Page 1

Portfolio Angelo Dias


Jornalismo e Diagramação Ano I Nº 0 – NOV/2010 - Revista Experimental - USJT

Final de semana, o que fazer? A noite para todos os estilos The Wonders Os donos de um sucesso só Ele é Boy! Kid Vinil fala sobre a carreira e os novos projetos

Jovem Senhora Há 45 anos a Jovem Guarda arrastava multidões e comandava os jovens. Como estão os cantores que marcaram a história da música brasileira


J&D

Os trabalhos do núcleo objetivam estreitar o elo com a sociedade, promovendo soluções e conhecimentos que aprimoram a condição da vida humana e do meio ambiente. O núcleo mantém o Portal Universo Sustentável, que publica notícias, publicações, artigos e trabalhos acadêmicos de alunos, ex-alunos e colaboradores, com temas relacionados à Sustentabilidade. O serviço oferecido pelo núcleo é de extrema importância para o desenvolvimento das empresas envolvidas, como o caso da parceria com a FIESP, que existe desde 2008, e o Laboratório Empresa da Universidade São Judas Tadeu. Angelo Dias

PARCERIA: UNIVERSIDADE SÃO JUDAS TADEU E FIESP

O Núcleo de P+L e Sustentabilidade da Universidade São Judas Tadeu foi criado em 2005 a partir de projetos desenvolvidos por alunos e professores, nos anos anteriores, que visavam à Sustentabilidade do planeta. Com isso, o número de trabalhos direcionados para a conservação do meio ambiente cresceu significativamente, sendo necessário a formação de um núcleo que pudesse administrá-los. Ele presta serviços de consultoria a empresas e entidades que estão em busca de melhorias no processo produtivo, visando a implantação de projetos sustentáveis, bem como em ações de Produção Mais Limpa.

Laboratório de Energia Solar da Universidade São Judas Tadeu


J&D

6

jornal o ingresso

CAPITULAR

Segunda Edição Definitiva de Sandman lançada Versões brasileira e americana não tem mesma qualidade Angelo Dias

USJT

MAIO/2011

1‘ SEMESTRE

R$0,75

cada versão, a representação dos personagens. O caos criado por estas diferenças faz parte do imaginário do autor, e não é feito por acaso. O criador da série é Neil Gaiman, um britânico ganhador de 13 Eisner, o Oscar

dos quadrinhos. Outro trabalho aclamado do autor foi o livro Stardust, que acabou virando filme. Além de Sandman, publicou romances e poesias, e também compôs e gravou um disco com sua esposa, a musicista Amanda Palmer.

Ficha Técnica Editora: Panini Brasil Autor: Neil Gaiman Ano: 2010 Número de Páginas: 620

Angelo Dias

Virada Cultural apresenta novidades

A editora Panini lançou o segundo volume da Edição Definitiva Sandman, do premiado autor Neil Gaiman. A versão contém o arco – conjunto de histórias do mesmo universo – Estação das Brumas. Em 620 páginas, também apresenta extras como o roteiro original da edição 23, onde o Senhor dos Sonhos encontra o Senhor do Inferno. Apesar da coletânea ter ganhado novas cores e capa dura, a versão Absoluta, dos Estados Unidos, tem qualidade superior. A série foi lançada no Brasil pela editora Globo, de 1989 a 1996, em 75 revistas, mas a versão mais aceita entre os fãs é a da editora Conrad, que lançou todos os dez arcos, com capa dura e grande formato. A edição americana, lançada em 2006 pela editora Vertigo, tem capa de couro e é 20% maior que a Edição Definitiva brasileira. Além disso, tem quatro volumes e um extra já lançados nos EUA. O editor de vídeos do site de entretenimento Omelete, Ramon Mineiro, é leitor aficionado das histórias de Gaiman. “Li quase todos os livros da Conrad, e alguns em inglês na internet. A tradução é fiel, a linguagem é clara e a parte gráfica é impecável. Espero que a versão da Panini seja tão boa quanto”, comenta. Sandman, os quadrinhos, contam a história de Sonho, um dos sete Perpétuos, entidades que, em formas humanas, dão coesão ao universo. Sem eles, a vida entraria em colapso. São Perpétuos: Morte, Destruição, Delírio, Destino, Desespero, Desejo e Sonho. Na história, estes seres entram em contato com humanos, anjos, demônios e outras criaturas fantásticas. Pelo grande apelo ao subconsciente, a característica gráfica do quadrinho é diferente do normal: ao invés de quadros delimitados, balões de falas organizados e personagens com feições humanas, os desenhistas da publicação modificam, a

Banda Daniel Belleza e os Corações em Fúria: Um dos participantes do palco indie

As duas versões, a americana (a esquerda) e a brasileira (a direita): diferenças claras de tamanho, material e qualidade

Compreensão Daniel Lopes Divulgação

Uma das atrações foi a banda Apolônio, que apresentou o repertório de seu novo disco Stand Your Ground, gravado no estúdio de Dudu Machado, baterista da banda Pitty. Além de Apolõnio, o festival contou com Daniel Belleza e os Corações em Fúria, uma banda veterana de rock de São Paulo.

Divulgação

Divulgação

Pela primeira vez a Virada Cultural contou com um palco voltado para bandas independentes. Jovens produtores e músicos de uma nova cena que surgiu com o aparecimento de home estúdios, organizaram uma das novidades do evento, o palco SP Indie. E foram mais de 26 horas de shows ininterruptos. Ao abrir mão do cachê, as bandas optaram pela qualidade sonora, alugando melhores equipamentos, dessa forma mais caros, o que não decepcionou o público, que pode ouvir as bandas com uma reprodução sonora com mais definição.

Página 4 - Clave

O museu, na estação da Luz de Metrô e CPTM

Sandman em Jorge Luiz Serrano nova edição A Graphic Novel Sandman ganha nova edição pela editora Panini. Sandman: Edição Definitiva está em seu segundo volume. Com características diferentes da versão americana - de mesmo preço - o livro cai nos gostos dos fãs. O escritor Neil Gaiman, indicado a prêmios Eisner, é o autor do livro. Ele descreve o mundo dos sonhos com a vivência de Morpheus, a personificação do Sonho. Com elementos de fantasia, mitologia e até Shakespeare, Gaiman diverte adultos e crianças, mas seu trabalho é direcionado ao público mais velho. A complexidade dos textos e das imagens não são recomendadas aos mais novos, com cenas de erotismo, nudez e violência.

A influência de desenhos animados, como Bob Esponja, e a expectativa de ganhar O Festival do Minuto, o maior evento de animação da América Latina. São alguns dos motivos para o animador Jorge Luiz Serrano, 23 anos, buscar melhorar as suas habilidades nesse tipo de arte. O gosto por desenhos começou desde criança, e os seus maiores desejos são os de conseguir ganhar dinheiro com projetos freelance nessa área. Ganhar prestígio ao ser tornar vencedor de um evento de animação conhecido do público também é uma meta. Jorge conta suas preferências, suas formas de trabalhar e suas ambições no mundo da animação ao responder uma entrevista exclusiva.

Página 6 - CaPitular

Página 5 - Cavalete

Kate e William: Até em lego!

Kate - Nasce Uma Princesa

Ficha Técnica Autor: Joseph, Claudia Tradutor: Zide Neto, Gabriel Editora: Best Seller Ltda Categoria: Literatura Estrangeira Idioma : Português Número de Paginas : 294

Para quem gosta de um bom conto de fadas, e ainda no melhor estilo “Real”, “Kate - Nasce uma princesa” é um ótimo livro recomendado para os amantes de história, biografias ou para aqueles que gostam de um bom romance. O livro mostra um lado ainda não conhecido da princesa Kate Middlenton, contando a história dos pentavós paternos e maternos de Kate, passando por sua infância, pela faculdade, pelo seu namoro conturbado com o herdeiro do trono da Inglaterra e chegando até o, finalmente, pedido de casamento. Dona de um estilo clássico de se vestir e de uma postura naturalmente elegante, Kate encantou, não apenas o círculo de amigos de William, mas toda a família real. Contudo, por trás da aparência refinada e da educação primorosa, acessível apenas à alta elite inglesa, há uma história que irá surpreender o leitor desta biografia.

Divulgação

Morre o escritor Ernesto Sábato Considerado um dos maiores escritores argentinos do século 20, Ernesto Sábato morreu na madrugada do sábado do dia 30 de Abril, em consequência de uma pneumonia, aos 99 anos, em Santos Lugares, na província de Buenos Aires. O escritor, vencedor do Prêmio Cervantes de Literatura de 1984, escreveu obras fundamentais da literatura argentina como “O Túnel”, “Sobre Heróis e Tumbas” e “Abbadón, o Exterminador”, além de ter sido um grande defensor dos direitos humanos.

O Museu da Língua Portuguesa, dedicado à valorização e difusão do nosso idioma (patrimônio imaterial), apresenta uma forma expositiva diferenciada das demais instituições museológicas do país e do mundo, usando tecnologia e recursos interativos para a apresentação de seus conteúdos. Além das exposições permanentes e temporárias, o museu desenvolve uma série de ações paralelas importantes para a aproximação da instituição com o seu público como, apresentações de pequenos espetáculos teatrais e musicais, cursos de leitura, oficina de escrita e capacitação para contadores de histórias, assim como palestras e seminários.

Museu da Língua Portuguesa Abre de terça a domingo: Bilheteria: 10h às 17h. Museu: 10h às 18h. Praça da Luz, s/nº Centro - São Paulo - SP (11) 3326-0775 museu@museulp.org.br


J&D

o arretado riscando a faca no fuleiro USJT

segundo semestre

grátis

olegaldaweb.com

a música nordestina e sua qualidade Axé, baião, forró e até rock inundam a cultura nordestina, e a musicalidade do povo é vista em todos os lugares do Brasil, com seus ritmos e danças únicas.

Essa característica de miscigenação é uma das mais marcantes na nossa cultura. A mistura do nordestino com o resto da população incrementa os ritmos

com suas características, fazendo deles uma música totalmente brasileira. O Brasil todo agradece a riqueza da cultura que contribui a cada dia com nossos costumes.

PÁGINA 5

Dança e alegria moda da natureza humor da terrinha O remelexo e a requebrada do forró atingem qualquer classe, cor e característica. O ritmo dançante faz a alegria dos salões, dos músicos e principalmente dos dançarinos

PÁGINA 4

Com o clima da região, a vestimenta nordestina faz fama e deixa os entusiastas ansiosos por novos lançamentos. A cultura é tão forte que influencia em cada peça.

PÁGINA 6

Engraçado e inteligente, o humor do nordeste faz piada com atualidades e se renova a cada dia. Com personagens marcantes, a comédia se faz parte do dia-a-dia.

PÁGINA 7

8 oxente!

Cabra da Peste! Um nordestino que veio, viu e venceu a grande metrópole de São Paulo Angelo Dias Há 27 anos, José Gentil Parente chegava no bairro da Mooca, em São Paulo. Depois de uma viagem da cidade de Sobral, no Ceará, o jovem de 15 anos estava disposto a tentar a sorte na cidade grande. Com 42 anos, Parente, hoje conhecido como Choró, é dono de 21 imóveis, todos na Mooca, incluindo um bar com seu nome. Quando sua região sofria um período de seca, o jovem mudou de vida. “Eu não tinha muita escolha. Ou trabalhava ou sobrevivia”, diz Choró. Veio para São Paulo sozinho, e ao chegar aqui foi procurar emprego com uma pessoa que só conhecia de nome. Conseguiu o cargo em um bar, seu primeiro serviço. Após dois anos e seis meses, o jovem abriu seu próprio negócio na rua Tobias Barreto, na Mooca. Um ano depois, abriu o Choró’s bar, com seu irmão Carlos Aurélio Parente, na esquina da rua Taquari com a rua Bresser. Tendo clientela comum, o bar ocupava um espaço não muito grande. Mas, em 1993 a universidade São Judas Tadeu, no mesmo quarteirão, inaugurou sua nova entrada frontal, o que alavancou os negócios. “Em 93 as coisas mudaram. Com a faculdade, a clientela aumentou muito, o que me

Conversível a vista, na época o carro nacional de maior valor. Como era jovem e nordestino, o gerente da concessionária desconfiou e chegou a perguntar da procedência do dinheiro. Choró o levou ao banco e seu gerente tomou suas dores e autorizou o pagamento, provando ao vendedor que não tinha motivo pra desconfiar do rapaz. Seus empregados são todos Angelo Dias conterrâneos, e ele quer continuar assim. “Eu emprego como me empregaram um dia. Meu funcionário é um recruta. Eu trago ele pra São Paulo, dou moradia e emprego certo, ele cresce e corre atrás da própria vida, que nem eu”. Ele acredita que é mais fácil trabalhar com conterrâneos. “Ainda existe preconceito hoje. Meu RG vale aqui ou lá, não sei porque ser tratado de modo diferente”, comenta Choró. Com uma história de sucesso, o cearense José Gentil Parente, o Choró vive uma vida simples, mesmo com todas as suas conSua vida teve altos e baixos, quistas. Mesmo com ensino fune também teve preconceito. “Eu damental incompleto, ele tem 20 nunca sofri preconceito por que imóveis alugados e não pensa em não ligo, então, não sofro. Mas fechar seu bar. Mas de onde vem o teve um acontecimento que mar- seu apelido? “Eu tinha o cabelo do cou minha juventude”, conta. Ele Chitãozinho e Chororó. Me apelifoi comprar um Ford Escort XR3 daram de Choró... e ficou!”. fez ampliar o bar. Agora em 2009 ampliei mais uma vez, pois o espaço ficou pequeno”. Choró conta que sua maior dificuldade foi a habitação. Quando veio para São Paulo, morou no porão de seu primeiro emprego. Ao abrir o Choró’s Bar, dormiu nele por um ano, antes de comprar sua casa. “Eu não queria pagar aluguel. Queria comprar tudo a vista, sem dívidas”, relata.


J&D

ESCREVA

SEU LIVRO VENHA PARTICIPAR DE UM MÊS DE ABANDONO LITERÁRIO

TIRE AS IDEIAS

DA GAVETA!

50.000 PALAVRAS

EM

UM

MÊS

Um projeto para aqueles que sempre quiseram escrever mas nunca conseguiram arranjar tempo ou apoio. Se você quer tirar as ideias da cabeça e jogá-las no papel, esse mês pode mudar a sua vida. Experimente escrever sem olhar para trás.

O NaNoWriMo é para você. Venha nos conhecer!

~ PARE DE ADIAR E COMECE A ESCREVER ~ CONVERSE COM ___________________________________________________ NO LOCAL ________________________________________________________ PARA MAIS INFORMAÇÕES DESTE PROJETO MIRABOLANTE E DIVERTIDO!

PAR AB ÉN S Decidir participar do NaNoWriMo é o primeiro passo. Assine seu nome nesta ficha, preencha suas informações e você estará a um passo de escrever seu livro.

Descubra o prazer de escrever com o NaNoWriMo. Nome: Telefone: É aluno? Se sim, de qual curso? Qual tipo de livro gosta de ler? Sobre o que gostaria de escrever? (se não souber, não tem problema! É ainda melhor!)

Eu, _____________, vou escrever 50.000 (cinquenta mil) palavras em um mês no NaNoWriMo. E isso vai ser incrível. (assinatura)


J&D

thgiseye

Editora Focus Nº 1 - Mês 1 - Ano 1

eyesight

GueRRa, luz e SomBRaS De RoBeRT Capa

A

eye sight Bob Wolfenson - Robert Capa J.R. Duran - Guy Bordin

sua carreira de fotógrafo começa no fim do ano de 1931, uma vez que aparece a fotografar Leon Trótski, no meio de múltiplas dificuldades, durante um congresso em Copenhaguem. O aparecimento do nazismo e a religião judaica de Robert fazem com que em 1932 ele tenha que deixar Berlim, dirigindo-se para Viena e depois, Paris. Em 1934 encontra Gerda Taro, e no ano seguinte ambos criam o personagem Robert Capa, repórter mítico de nacionalidade estadounidense, pelo que André Friedmann se declara associado a Gerda Taro, sua primeira namorada, também fotógrafa-produtora. O nome de Robert Capa de repente fica célebre e, logo que se descobre que ele se serve de um pseudônimo, a notoridade do repórter está assegurada. Em 1936, Capa e Gerda Taro partem em reportagem para o meio da Guerra Civil em Espanha, onde Gerda encontra a morte no ano seguinte. Em Junho de 1944 participa no desembarque da Normandia, o Dia D. Depois da guerra, com David Seymour, Henri CartierBresson e George Rodger, funda a Agência Magnum (constituída oficialmente em 1947). Nos primeiros tempos, ocupa-se na orga-

6

nização da estrutura, partindo em seguida para o “terreno”. Robert Capa fotografou a Guerra Civil Espanhola, onde tirou a sua mais famosa foto (“A morte do soldado legalista”), a Guerra Civil Chinesa e a II Guerra Mundial com lentes normais, o que fez com que ele se tornasse um dos mais importantes fotógrafos europeus do século XX. Capa morreu na Guerra da Indochina, em 25 de maio de 1954, ao pisar sobre uma mina terrestre. Seu corpo foi encontrado com as pernas dilaceradas. A câmera permanecia entre suas mãos.


Fotografia


FOTO

Turquia, 2013


FOTO

Turquia, 2013


FOTO

Itรกlia, 2012


FOTO

Madrid, 2011


FOTO

S達o Paulo, 2010 e 2009


FOTO

S達o Paulo, 2010


Veja mais clique: www.angelodias.com.br jornalismo 路 design 路 fotografia 路 escrita 路 audio&visual

Portfolio - Angelo Dias  

Jornalismo, design e fotografia

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you