Page 1


Carta ao Leitor Olá universitárix! Existe fase da vida melhor e ao mesmo tempo pior do que a que estamos vivendo? Pois é! Depois de darmos o pontapé inicial nessa longa jornada na universidade, aprendemos que a vida acadêmica não é o “mar de rosas” que imaginamos e sonhamos durante o Ensino Médio. Antes mesmo de ingressarmos no curso dos sonhos (ou em alguns casos, nem tão sonhado assim), passamos pelo aterrorizante vestibular; uma união entre mudanças, desespero e tensão. Depois de descobrir a aprovação, nós, ingênuos calouros, acreditamos que tudo será absolutamente perfeito e nossa vida estará feita. Estilo filme adolescente da sessão da tarde. Bom... é triste informar, mas como já dizia o grupo de pagode, “Era cilada!” Exageros à parte, temos que dizer a verdade. São passados para nós inúmeros textos, exercícios e trabalhos. Tentamos cumprir tudo dentro dos devidos prazos, além de procurar participar de monitorias, grupos de estudo, projetos de extensão, empresas juniores, palestras, debates... ufa! É coisa pra caramba! Tudo isso, cada vez mais vai nos sobrecarregando e começamos a ser atingidos pelo estresse e pela ansiedade. 24 horas parecem insuficientes para cumprir todas as tarefas do dia. É por isso que esse guiazinho contra a ansiedade durante a vida acadêmica (e não apenas durante ela) foi criado: com o intuito de ajudá-lo a passar por esse período tão complicado, corrido e paradoxalmente delicioso que são “os tempos de faculdade”. Aqui, você encontrará dicas sobre alimentação, exercícios, otimização de tempo dentre outros “helps” para auxiliá-lo nessa etapa da vida. Mesmo em meio a cobranças, sobrecargas e prazos apertados é importante salientar que este é um momento único e é imprescindível que saibamos aproveitá-lo da melhor maneira possível. Espero que as dicas sejam úteis e não se esqueçam de procurar ajuda profissional! Um abraço cheinho de amor com cheirinho de camomila! Yasmim Nascimento - Gerente da Presidência


Índice 4

O que é Ansiedade e seus sintomas

6

Primeiras Dicas

8

Atividades físicas e respiratórias para ajudar no controle da ansiedade

10

Alimentos que auxiliam no dia-a-dia para manter a ansiedade longe

11

Chazinhos para te deixar calminho e fazê-lo dormir melhor

13

Incensos e Óleos Essenciais: Aromas para trazer calma entre uma prova e outra


O QUE É ANSIEDADE A

nsiedade é um termo geral para vários distúrbios que causam nervosismo, medo, apreensão e preocupação. É uma reação que todo indivíduo experimenta diante de algumas situações do dia a dia, como falar em público, expectativa para datas importantes, entrevistas de emprego, vésperas de provas, exames de saúde dentre outras. Porém, algumas pessoas vivenciam tais reações de forma mais frequente e intensa, que pode ser considerada patológica e comprometer a saúde emocional. Os transtornos de ansiedade diferenciam-se do medo ou da ansiedade provisórios, com frequência induzidos por estresse, por serem persistentes. O meio acadêmico, devido a sobrecarga de trabalhos, estudos e cobranças, infelizmente estimula essas reações e é por isso que devemos ficar sempre alerta para diferenciarmos o friozinho no estômago do bicho papão que nos causa insônia.

ALGUNS

SINTOMAS Enxergar perigo até nas coisas simples Indivíduos com transtornos de ansiedade em geral superestimam o perigo nas situações que temem ou evitam. Estão sempre esperando pelo pior. Assaltar a geladeira ou descontar todos os sentimentos do mundo na panela de brigadeiro Ao menor sinal de preocupação as pessoas recorrem ao brigadeiro, um docinho no cantinho do armário ou qualquer outro alimento na geladeira para aliviar a tensão. Comer indiscriminadamente, sem fome, por ansiedade, estresse ou outra emoção negativa é um sinal de alerta. Não conseguir tirar aquela sonequinha mesmo contando carneirinhos Sentem dificuldade para dormir ou apresentam episódios de insônia em vésperas de eventos importantes. Não conseguem se desligar do que fizeram ao longo do dia e passam a noite processando o que farão no dia seguinte. Sofrer com aquela dorzinha chata Estão sempre com dores nas costas, ombros e nuca. Quanto maior a preocupação e o desânimo, maior a possibilidade de transferir as tensões para a região cervical.


Desejar sair correndo quando necessário falar em público Somente ao pensar na necessidade de realizar uma apresentação para uma plateia; sinais como sudorese excessiva, mãos geladas, taquicardia, falta de ar e respiração ofegante aparecem. Preocupar-se em excesso Estão sempre preocupados com o futuro. A preocupação excessiva é uma fonte de dores de cabeça, úlceras, ansiedade e estresse, podendo inclusive afetar o sistema imunológico. “Mas cê tá brava?” Irritabilidade, mudanças de humor repentinas e sem explicação aparente. Pessoas que estão a ponto de entrar em um ataque de nervos, podem passar da euforia ao pranto rapidamente. Esses sintomas surgem em momentos de maior pressão e estresse, por exemplo, nos dias daquelas provas discursivas de sabe-se lá quantas questões. “O que os olhos não vêem a paranóia inventa” Medos irracionais de estar perdendo alguma coisa, de não ser bom o suficiente, medo do fracasso ou de não ser aceito também perseguem pessoas ansiosas. Extremamente autocríticos, são os primeiros a não se sentir capazes o suficiente para concluir determinada atividade. Não parar de balançar as pernas ou ficar batucando com a caneta na mesa Dificuldade de concentração, inquietação e fadiga. O indivíduo apresenta uma angústia intensa, não consegue ficar quieto, caminha de um lado para o outro, desespera-se. “Minha mão congelou, coração disparou” Nos momentos de ansiedade, podem surgir sintomas físicos como tremores, cansaço fácil, sensação de falta de ar ou asfixia, coração acelerado, suor excessivo, mãos frias e suadas, boca seca, tontura, náuseas, diarréia, desconforto abdominal, ondas de calor, calafrios, micção frequente, dificuldade para engolir, sensação de engasgo, entre outros. Pensamento obsessivo O pensamento obsessivo é uma incapacidade de controle sobre pensamentos e imagens, angustiantes e recorrentes. “Complicada e perfeitinha” O perfeccionismo caracteriza-se pela insistência em estabelecer padrões altos e pela busca incessante em alcançar tais padrões. De fato, os perfeccionistas muitas vezes têm alto desempenho, porém, o preço desse sucesso pode ser a infelicidade e insatisfação crônicas. Está fortemente ligado ao medo de errar e a comportamentos de auto-sabotagem, como a procrastinação. Como a perfeição é algo pratica mente impossível de se atingir, pessoas perfeccionistas acabam sofrendo com a ansiedade por não atingir o objetivo estabelecido. Aquela famosa gastrite nervosa Um dos sistemas mais afetados pelo estresse e ansiedade é o gastrointestinal. Dores, má digestão, mal-estar no abdômen, diarreia e azia são alguns desses sinais que podem causar incômodo. Ansiedade excessiva e estresse agudo podem alterar as funções gastrointestinais por meio do sistema nervoso. Como consequência dessas alterações podem surgir úlceras, gastrites, doenças inflamatórias, refluxo gastroesofágico e síndrome do intestino irritável.


PRIMEIRAS DICAS Mantenha foco de atenção no presente Quando sua mente está dedicada integralmente ao momento atual você tem total capacidade de análise, julgamento e ação, portanto esta é uma boa forma de controlar a ansiedade. Quando a mente passeia aleatoriamente entre passado e futuro sem direcionamento para um planejamento você pode se perder nas ideias, deixando a ansiedade tomar conta. Otimize o seu tempo organizando o seu dia Com a quantidade de tarefas diárias que temos que cumprir é importante colocar em ordem tudo o que deve ser feito, a decidir o grau de prioridade de cada coisa. Deixar “a vida me levar” não é uma boa ideia, uma vez que o acúmulo de tarefas e a desorganização gera ansiedade e você corre o risco de perder importantes compromissos por ter se esquecido. Além da sempre lembrada agenda, de papel e dos post-its, segue alguns aplicativos que podem auxiliá-lo a otimizar as 24 horas do seu dia:

OptimizeMe : É um aplicativo que busca melhorar o bem-estar do usuário, analisando as suas atividades diárias. Para tal, o aplicativo precisa saber tudo o que você faz no dia. As atividades são divididas em quatro categorias: saúde, criatividade, rotina e prazer. Quando dias suficientes forem analisados pelo aplicativo (para todas as funções é preciso gravar 12 dias), ele proporciona gráficos e tabelas que relacionam as suas atividades com o seu bem-estar. É possível isolar uma certa atividade para ver o quanto ela afeta o estresse e a saúde, por exemplo. Também há a possibilidade de marcar pessoas nas atividades para ver quem faz mais bem ao usuário no dia a dia. Com os dados obtidos, é possível criar metas a serem atingidas. Homeslice : O app surgiu com o intuito de facilitar a vida de quem divide a moradia e tornar a vivência em conjunto bem mais agradável. O aplicativo tem quatro abas. Uma com uma lista de produtos de compras, outra tarefas relacionadas a limpeza e uma de contas. Em cada uma delas, é mostrada uma lista em que cada item pode estar verde (em estoque, feito ou pago) ou vermelho. Além disso, há uma aba onde os avisos das outras três são mostrados. Em cada uma das compras ou contas, é possível colocar um valor gasto. O aplicativo automaticamente divide o valor entre todos os usuários no grupo. Wunderlist : Se você está cansado de encontrar aplicativos por aí com interfaces complicadas de se mexer, o Wunderlist é para você. Esse organizador de tarefas tem umas das plataformas mais simples que você vai encontrar. Além disso, seu aplicativo para mobile é ainda melhor que sua versão desktop, garantindo que sua organização esteja com você onde quer que você vá. Mantenha os ambientes arrumados Quem vive na bagunça gasta tempo para achar o que precisa, acumula coisas sem utilida-


de, dificultando o bem-estar e acaba por criar sentimentos de ansiedade. Trabalhar, estudar e viver em ambiente minimamente organizado auxilia no equilíbrio emocional e controle da ansiedade. Além disso, pessoas com uma organização maior do seu tempo conseguem aproveitá-lo melhor, o que reduz muitos fatores causadores de ansiedade. Então, escolha o dia mais tranquilo da semana para você organizar algumas coisas em casa:

Armário de roupas: procure deixar organizado de forma que você tenha maior facilidade de achar as peças necessárias no momento. O mesmo vale seus sapatos. Assim você perderá menos tempo em achar as “brusinhas” e menos estressado na pressa para pegar o busão. O dinheiro que você gastou em xerox ao invés de coxinha: vão passando os semestres e a quantidade de xerox, provas e papeladas no geral vão só aumentando. Reserve um tempo para rever esses papéis e separar aqueles que ainda lhe terão serventia, desfazer e até mesmo doar alguns para os colegas de períodos anteriores. Converse com um amigo A redução eficiente da ansiedade geralmente é uma questão de distração, uma vez que sua mente pode ser sua pior inimiga quando se tem sintomas graves de ansiedade. Uma dica é bater um papinho com alguém que você gosta e confia. Pode ser por chamada de voz, áudios no whatsapp, mas preferencialmente, saia para tomar um lanchinho e colocar a conversa em dia. Não esconda sua ansiedade. Fale sobre seus sentimentos e explique o que você está sentindo. Ouça músicas alegres Mesmo que não pareça fazer muita diferença, ouvir sua música favorita pode ter um efeito poderoso sobre a sua ansiedade. No entanto, o segredo é não apenas escolher músicas que você goste, mas também ouvir a música que representa a maneira que você quer sentir. Músicas que promovem o alto astral e o relaxamento. A realidade é que a música afeta suas emoções. Assim, enquanto muitas pessoas acham que é relaxante ouvir música cheias de raiva quando você está com raiva ou música triste quando você está triste, a verdade é que este tipo de música só vai ajudá-lo a entrar ainda mais em contato com essas emoções negativas. É a hora de colocar aquele pagodinho, escutar os forrós do auge do Falamansa ou aquela MPBzinha fofa que fala sobre amor, (mas nada de escutar as músicas de bad da Gal Costa heim?! Guarde-as para outros momentos.) Aprenda a enganar seus pensamentos ansiosos A ansiedade não aparece do nada. Quando você tem um ataque de ansiedade, é porque sua mente tem a tendência de cair em pensamentos negativos, muitas vezes sem o seu controle. Porém, por vezes você consegue controlar essa ansiedade com força de vontade. Para muitos, entretanto, é mais fácil falar do que fazer. Por isso apresentamos uma estratégia que pode ser eficaz:

Um “check-list” de perguntas: Quando receber um ataque de ansiedade, tenha em mãos uma listinha de perguntas para questionar a si mesmo sobre sua presente experiência. Quanto maior for seu check-list, melhor suas chances de identificar as causas da sua ansiedade. Algumas sugestões de perguntas incluem: • Há uma razão para acreditar que algo está errado? • Quais são as evidências de que algo está errado? • Será que eu não estou fazendo tempestade em copo d’água?


DICA DE OURO XÔ PREGUIÇA A prática de exercícios físicos é a solução natural mais recomendada por médicos para diminuir a ansiedade

A

atividade física é segura, boa para o cérebro e um antídoto poderoso para a depressão e ansiedade, além de ter efeito tanto imediato quanto a longo prazo. Se você se exercitar regularmente, terá maior auto-estima e se sentirá mais saudável. Fazer exercícios físicos estimula o organismo a produzir endorfina, hormônio responsável por causar uma sensação de alegria e bem-estar, além de produzir norodrenalina e serotonina, os quais, auxiliam na estabilização do humor. Sabemos, porém, que a realidade financeira do universitário, na maioria das vezes, é um grande empecilho na prática de atividades físicas. Mensalidades de academia, roupas caras de ginástica, tênis apropriados. A falta de tempo também é uma reclamação. Mas ei! Calminha aí! Dinheiro não é mais desculpa! Separamos para você 3 exercícios simples e que não necessitarão de gastos. Além disso Estudos mostram que 21 minutos é o tempo necessário de prática das atividades físicas diárias para que o exercício reduza os níveis de ansiedade de forma considerável. Vale a pena utilizar alguns minutinhos do seu dia para uma vida mais calma, não é mesmo? Então confere aí!

Atlética da Universidade Para aqueles que gostam de praticar esportes, uma dica é entrar para Atlética da Universidade e fazer parte de treinos de que mais sente afinidade. Corrida Não requer grandes gastos. No máximo será necessário a aquisição de um tênis apropriado para a atividade. Este esporte ajuda a perder peso e queimar calorias ao mesmo tempo em que fomenta a liberação de serotonina. A serotonina ajuda a melhorar o humor e a saúde mental. Se você adicionar este esporte a sua vida, descobrirá que também melhora a qualidade do sono e aumenta as horas de descanso. Dança Dançar ajuda seu corpo a liberar endorfinas. Elas ajudam a controlar a ansiedade e o estresse ao mesmo tempo em que melhora sua saúde cardiovascular. A única coisa que você precisa é colocar uma boa música e começar a se movimentar um pouco. Conforme avançam os segundos, você começa a se sentir mais confortável e pega o ritmo. Ainda que a dança não seja seu forte, não a descarte! Caminhadas É a forma mais simples de controlar a ansiedade. Não requer idas à academia nem comprar roupas especiais. Trata-se de um exercício tão completo que se o fizer pela manhã, seus efeitos durarão durante o dia inteiro.


INSPIRA, EXPIRA

NÃO PIRA! Q A respiração correta é uma poderosa aliada para aliviar o sentimento de estresse e ansiedade no dia a dia

uando você está muito estressado e alguém lhe sugere que dê uma respirada mais fundo para se acalmar e contar até 10 não é à toa. Respirar da forma correta pode ajudar muito no controle do corpo e da mente. A resposta está no chamado Complexo pré-Botzinger, um grupo de células que fica no bulbo neural, região que conecta o cérebro à medula espinhal. O Complexo funciona como se fosse um “marca-passo da respiração”, ou seja, é graças a ele que o seu organismo inspira e expira, milhares de vezes por dia, sem que você precise


pensar nisso. Entretanto, ele tem mais uma Depois solte o ar no mesmo tempo. Por fim, função. fique sem ar pelo mesmo período. Cientistas da Universidade da Califórnia Alteração de narinas descobriram que o Complexo se comuni- Outra técnica é respirar por uma narina de ca com outra área do cérebro: o locus co- cada vez, inspirando por uma e expirando eruleus, uma região que gerencia o nível de por outra. A ordem deve ser trocada a cada alerta -portanto, de estresse- do indivíduo. respirada. Respirar fundo e lentamente provoca alterações no Complexo, que envia sinais elétricos para o locus coeruleus, que deixa você calmo. Esse mecanismo também funciona no sentido oposto (tendemos a ficar ofegantes quando estamos nervosos), e ajuda a explicar a eficácia da meditação, que tem o controle da respiração como um de seus elementos centrais. Separamos algumas técnicas de respiração que vão ajudar no controle da ansie dade e algumas podem ser realizadas em qualquer lugar. Só pra começar Procure momentos para respirar lentamente apenas pelo nariz. Exercícios de três a sete minutos são indi cados pelos especialistas. Experimente deixar a saída do ar durar um tempo maior do que a entrada. Usando o diafragma Esse tipo de respira ção ajuda a regular o organismo e o sistema nervoso. A dica é respirar lenta e profundamente e observar o próprio movimento: o diafragma deve abaixar na sua contração na inspiração. Respiração abdominal deitada Deite na cama, com as luzes apagadas, e coloque as mãos sobre o abdômen. É preciso contar enquanto se respira, para criar um ritmo. Pode-se inspirar contando mentalmente até quatro e expirar no mesmo tempo, sempre pelas narinas. Três em três Deixe o ar entrar no seu corpo enquanto você conta lentamente até três. Segure o ar nos pulmões novamente por três segundos.


TIRANDO A BARRIGA DA

MISÉRIA Alimentos que auxiliam no dia a dia para manter a ansiedade longe

É

aconselhável prestar atenção nos tipos de alimentos que consumimos e a qualidade deles. Ingerir alimentos que transportem neurotransmissores ao cérebro é importante. Eles são os que levam mensagens ao cérebro, regulam o humor, os níveis de energia, o apetite e diversas outras funções do corpo. A chave está no aumento do consumo de alimentos ricos em vitamina B12 , gorduras EPA (Ácido Eicosapentaenóico), magnésio e cálcio.

Uva A uva, além de ser uma fruta energética, é fonte de vitaminas do complexo B, que auxiliam no funcionamento do sistema nervoso Central. Frutas cítricas Estudos comprovaram que a vitamina C, presente nas frutas cítricas, diminui a secreção de cortisol, hormônio liberado pela glândula adrenal em resposta ao estresse e à ansiedade e responsável por transmitir a notícia de estresse para todas as partes do corpo. Seu consumo promove o bom funcionamento do sistema nervoso e aumenta a sensação de bem-estar.

Listamos alimentos saborosos e fáceis de Alface serem inseridos no dia-a-dia até mesmo de A alface é rico em lactucina e folato, que universitários para usar nas receitas e se lam- atuam no organismo como calmantes e prebuzar. vinem a depressão e confusões mentais. Chocolate Aveia Aos amantes de chocolate, boas notícias: A aveia é recomendada para a redução da Essa maravilha pode ser um grande aliado na ansiedade, pois promove a produção de horluta contra os sinto mas da ansiedade. Tente mônios que trabalham como antidepressivos consumir chocolate amargo 70% cacau. Ele é excelente para acalmar a ansiedade por reduzir o cortisol, um dos hormônios que produz o estresse. Banana A banana é a principal fruta com potássio, o que ajuda a garantir o fortalecimento do sistema nervoso, controlando os transtornos de ansiedade e estresse. Maçã A maçã é rica em fibras, carboidratos, zinco e selênio. O consumo da fruta combate a ansiedade e relaxa.


no corpo, além de ter altos níveis de vitaminas do complexo B, magnésio e fibras. Mel O mel ajuda o organismo a produzir a serotonina, um neurotransmissor responsável pela sensação de prazer e bem-estar, que regula as mudanças de humor que provocam a ansiedade. Ovos Os ovos são fontes de vitaminas do complexo B, acetilcolina e niacina. A carência dessas substâncias no organismo pode provocar ansiedade, depressão e apatia. Leite e derivados magros Eles são fonte de um tipo de aminoácido, o triptofano, que alivia os sintomas de ansiedade. Uma vez no cérebro, o trip-tofano aumenta a produção de serotonina, o hormônio da felicidade, que é um neurotransmissor capaz de relaxar e dar sensação de bem-estar.

Conselhos para sua vida diária Evite ao máximo o café em excesso Melhor tomar infusões de frutas ou ervas ou águas aromáticas. Uma dica é consumir o Chá verde que traz alerta e sensação de relaxamento. Uma das razões pode ser o aminoácido chamado de L-teanina. De acordo com pesquisas, a L-teanina ajuda a reduzir a frequência cardíaca aumentada e a pressão sanguínea, e alguns pequenos estudos em humanos descobriram que ela diminui a ansiedade. Tome bastante água Essencial para o bom funcionamento de todos os órgãos do corpo.


MOMENTO

ANCIÃO

Chazinhos para te deixar calminho e fazê-lo dormir melhor

O

utra alternativa baratinha que auxiliam na luta contra a ansiedade são os chás. Eles podem ser encontrados em lojas de produtos naturais ou até mesmo comprados naquelas caixinhas de diferentes marcas encontradas nos supermercados. As propriedades das ervas causam efeito calmante para o corpo e mente, desencadeando melhores noites de sono.


ção e combate da ansiedade. Fizemos uma listinha de chás fáceis de se Esse poder medicinal do chá se deve a preencontrar e de preços acessíveis: sença de alcaloides e flavonoides na bebida, que atuam diretamente no sistema nervoso central como calmantes e relaxantes. Alecrim: Conhecido por relaxar os nervos e acalmar Melissa: os músculos, o alecrim aumenta o fluxo san- Além do delicioso sabor adocicado, a melisguíneo estimulando o cérebro e a memória. sa traz diversos benefícios para quem a conPor conter ácido carnósico, um ácido com some com regularidade. propriedades antioxidantes essencial para o Para os mais ansiosos ela é tida como um sistema nervoso, ajuda a lidar com situações santo remédio, já que uma xícara antes de de stress. Muito indicado para situações de dormir reduz a ansiedade e o estresse, traestafa mental. zendo relaxamento e qualidade do sono. Camomila: A camomila funciona como um ansiolítico natural, que tranquiliza o sistema nervoso e é excelente para quem sofre de ansiedade ou insônia. Além de poderoso, o chá também possui um sabor que agrada o paladar e não apresenta riscos para o organismo, podendo ser consumido em grandes quantidades. Lavanda: As folhas de lavanda, também conhecida como alfazema, ajudam no relaxamento do sistema nervoso, promovendo uma redução da ansiedade. Além do chá de lavanda, também é possível usufruir dos benefícios da folha fazendo um banho com óleo extraído dela. Capim-Cidreira: Apesar de ser conhecidos por alguns como chá detox, ajudando seu corpo a se livrar do excesso de toxinas e gorduras, o chá de capim-cidreira também é uma boa opção de chá para ser tomado a noite. O chá tem propriedades sedativas e promove um efeito melhorando seu humor e aliviando o estresse. A erva atua na liberação de serotonina, uma substância química no cérebro que combate a depressão, ajudando também no aumento da auto-estima e confiança. Maracujá: Assim como a fruta, o chá de maracujá ajuda no relaxamento dos nervos e na preven-


INCENSOS E ÓLEOS

ESSENCIAIS Aromas para trazer calma entre uma prova e outra

O

s óleos essenciais e incensos estão por aí há séculos, tendo seu uso registrado até mesmo em tempos bíblicos. Eles vêm sendo utilizados desde tempos imemoriais em várias culturas. Os óleos essenciais têm seu uso mais comum na aromaterapia, ciência promovida pelo cirurgião francês Jean Valnet. Eles são 100% naturais, extraídos de flores, folhas, cascas ou raízes de plantas. Apesar de ser importante checar se você está usando óleos puros, ou seja, que não foram diluídos em químicos ou aditivos; eles podem dar aquele alívio tão esperado tendo seu uso comprovado como remédio natural contra a ansiedade.

Óleo Essencial Composto Immune Plus (Laranja Selvagem, Cravo, Canela, Limão Siciliano, Alecrim e Eucalipto): A Laranja Selvagem presente neste composto, produz um óleo de aroma muito doce, com efeitos antidepressivos por amenizar a angústia, o stress e a ansiedade, auxiliando no tratamento de ataques de pânico, processo de luto e choque. Este composto também tem o poder de melhorar a circulação sanguínea mantendo o corpo em estado calmo. O alecrim, presente neste composto, tem efeitos para o cérebro e principalmente para o sistema nervoso. Melhora a memória, a concentração, alivia as dores de cabeça, fadiga mental e exaustão nervosa.

Óleo Essencial de Hortelã-pimenta: O óleo tem inúmeras propriedades terapêuticas, sendo bastante útil no combate à fadiga mental, depressão, stress, dores de cabeça, enxaquecas, tonturas, fraqueza e estados de choque, melhorando significativamente a Listamos os óleos e incensos que podem agilidade mental e os níveis de concentração. auxiliar os ansiosos de plantão: Óleo Essencial de Camomila: Óleo Essencial de Lavanda: Com seu aroma calmante e relaxante, a caOs benefícios do óleo essencial de lavanda momila auxilia na harmonia interna, reduzinincluem um efeito calmante e relaxador. É do a irritabilidade, o excesso de pensamentambém um restaurador do sistema nervoso, tos, ansiedade e preocupação. ajudando na busca da paz interior, sono, inquietação, irritabilidade, ataques de pânico, estômago nervoso e tensão nervosa em geral. O incenso é composto por materiais provenientes de plantas aromáticas que são combinadas com óleos essenciais e que quando queimados, liberam um aroma purificador.


Incensos para atrair paz, calma e equilĂ­brio:

Alecrim Arruda Camomila Erva Doce Eucalipto


Flor de Laranejeira Flor de LĂłtus Jasmim Lavanda LĂ­rio


Maçã Melissa Rosas Sândalo Violeta


Profile for Ana Luíza Pereira

Um Guia Contra Ansiedade  

E-book criado quando fazia parte da Mosaico Comunicação Jr. com o intuito de complementar as informações disponíveis para o setembro amarelo...

Um Guia Contra Ansiedade  

E-book criado quando fazia parte da Mosaico Comunicação Jr. com o intuito de complementar as informações disponíveis para o setembro amarelo...

Advertisement