Page 1

Jornal Sindical - Maio de 2017 - 1

Jornal Sindical “COMPANHEIRO METALÚRGICO”

SindicaTO dOS meTalÚrgicOS de gUarUlhOS, arUJÁ, mairipOrã e SanTa iSabel - anO 23 - nº 249 - maiO 2017 União e ação

Telefone 2463.5300 • E-mail: sindicato@metalurgico.org.br • Site: www.metalurgico.org.br

Classe trabalhadora unida combate reformas de Temer Foto: Claudio omena

• GREVE GERAL EM GUARULHOS, 28 DE ABRIL

nOSSa lUTa É JUSTa - avança a mobilização sindical contra as reformas trabalhista, previdenciária e terceirização de tudo. quatro datas

marcam essas lutas: 15 de março, dia de protestos e paralisações, dia 28 de abril, greve nacional, dia 21 de maio, ato unitário em Guarulhos e, dia 24, ocupa Brasília com 150 mil manifestantes de todo o país. Nosso Sindicato teve participação destacada em todos esses atos. o presidente José pereira dos Santos comenta: “além da retirada desses projetos da pauta no Congresso Nacional, queremos eleições diretas. Com Temer não dá mais”. Páginas centrais

• OCUPA BRASÍLIA, 24 DE MAIO

SindicaTO negOcia e garanTe pagamenTO de plr na baSe

pÁ g in a 3


2 - Jornal Sindical - Maio de 2017

 eDItOrIAL

Povo sem direitos significa Nação mais pobre

josé Pereira dos Santos

Presidente do Sindicato

E-mail: pereira@metalurgico.org.br

No ato Ocupa Brasília, dia 24 de maio, nosso Sindicato levou várias faixas. A principal dizia: Os direitos são a propriedade do povo. Quisemos deixar clara nossa posição em defesa dos direitos, por saber que, sem eles, o trabalhador perde conquistas, perde proteção, perde renda. Ou seja, fica mais pobre. Quando o presidente Jango instituiu o 13º salário, a elite alegava que as empresas iriam quebrar. Hoje, o 13º faz a alegria do comércio no final de ano. E muitos comerciários também ganham mais, porque recebem comissão sobre as vendas.

Em razão de minha participação em entidades sindicais internacionais, conheço vários países. Quais são os mais pobres? Justamente aqueles onde as pessoas quase não têm direitos. E os mais desenvolvidos? Aqueles que protegem os trabalhadores e possuem uma legislação social avançada. Brasil - É hipocrisia dizer que a redução de direitos ajudará o Brasil. O que ajudará é termos um projeto de

Países prósperos são justamente aqueles cujas leis protegem o povo

 POLÍtICA NACIONAL

Temer tem 5% de apoio População pede Diretas TSE julgará Dilma-Temer A gravação pelo dono da JBS e outras delações da Lava Jato fragilizam ainda mais Michel Temer. Com menos de 5% de aprovação, ele balança e pode cair.

Cresce o movimento por eleições Diretas. O primeiro grande ato aconteceu no Rio de Janeiro, dia 28. Cerca de 100 mil pessoas participaram. Músicos tocaram de graça.

desenvolvimento que valorize a economia nacional, fortaleça a indústria, melhore a educação, gere empregos e distribua renda. Unidade - O sindicalismo se une em torno da bandeira “Nenhum direito a menos!”. Por isso, já fizemos protesto nacional, greve geral e ocupamos pacificamente a Capital Federal. Essa luta continua, porque é justa. Peço a cada trabalhador da nossa base que se integre a essas mobilizações. Autor - A frase “Os direitos são a propriedade do povo” é do saudoso dr. Aníbal Fernandes, grande defensor dos trabalhadores e aposentados.  PrOFISSIONAL De mÍDIA

Julgamento da chapa DilmaTemer deve ocorrer dia 6 de junho no Tribunal Superior Eleitoral. Em caso de condenação das contas, ambos podem perder os direitos políticos.

 Deu NA ImPreNSA

Veículos cobrem e repercutem atuação sindical DESTAQUE Ações metalúrgicas e demais lutas receberam ampla cobertura na imprensa de Guarulhos e região

Várias ações sindicais tiveram grande repercussão. Jornais, TVs e sites destacaram a greve geral, passeatas e as comemorações dos 54 anos da nossa entidade. Guarulhos Hoje e Folha Metropolitana cobriram ato na praça Getúlio Vargas, em 11 de abril; greve geral em 28 de abril; ato unitário

dia 21 no Bosque Maia; e o Ocupa Brasília, realizado em 24 de maio. As ações também foram divulgadas pela TV Destaque, com o jornalista Júlio Cesar; TV Guarulhos, nos programas Voz do Trabalhador e Tribuna Livre, com Roberto Samuel; Radar de Notícias, na rádio Imprensa e TV Guarulhos, com

Pedro Notaro; na TVT; e nos sites da Força Sindical e CNTM (Confederação dos Metalúrgicos). Voz - O Voz do Trabalhador (TV Guarulhos, Canal 3 da Net) divulgou a comemoração dos 54 anos do nosso Sindicato. O evento foi prestigiado por sindicalistas metalúrgicos da Bélgica.

REpóRTER EuRICo E Sua vISão CRÍTICa Eurico Souza Cruz é guarulhense da

gema - nasceu no hospital Bom Clima, há 29 anos. Repórter atento, acompanha o dia a dia da cidade por meio da sua atuação na Folha Metropolitana. atualmente, trabalha mais na editoria de política. porém, já cobriu esportes no antigo Diário de Guarulhos. O convívio com a política afina sua visão. Ele opina: “É pena que a corrupção esteja enraizada no Brasil, envolvendo políticos que decidem os destinos do país. É preciso haver mais ideologia, mais atitude decente, pra que eles não frustrem a população”.

JORNAL SINDICAL - Sindicato dos Metalúrgicos de Guarulhos, Arujá, Mairiporã e Santa Isabel. Sede: rua Harry Simonsen, 202, Centro de Guarulhos, CEP 07013-110. Telefone 2463.5300. Site: www.metalurgico.org.br - E-mail: sindicato@metalurgico.org.br - Subsede Arujá: rua Silmar Montoni, 215, Center Ville, CEP 07401-135. Telefone 4655.3596. Subsede Mairiporã: rua José Claudino dos Santos, 122, Jardim São Francisco II (Terra Preta), CEP 07600-000. Telefone 4486.1615. Clube de Campo: rua Galáxia, 126, Parque Primavera, Guarulhos, CEP 07142-390. Telefone 2402.3811. Colônia de Férias em Caraguatatuba: (12) 3887.1250. Hotel-Fazenda Vista Linda em Vargem: (11) 4598.1215. Produção: Agência Sindical - 3255.6559. Fotos: Claudio Omena, Carlos Salles, Ivanildo Porto e Rômulo Magalhães. Texto: Luiz De Salvo Neto (Titico) e João Franzin. Edição: João Franzin e Robson Gazzola. Diretoria: José Pereira dos Santos (presidente), Josinaldo José de Barros (vice-presidente), Célio Ferreira Malta (secretário-geral), José Barros da Silva Neto (1º secretário), Pedro Pereira da Silva (2º secretário), Alex Sandro de Lima (tesoureiro-geral) e Josete Machado Filho (1º tesoureiro). Suplentes: José João da Silva, José Dilton Braga da Silva, José Carlos Santos Oliveira, Ricardo Pereira de Oliveira, Antonio Francisco da Silva, Roseli do Carmo Lima e Eduardo Apóstolo Santos Oliveira. Conselho Fiscal: Augusto Valdomiro Knupp, Daniel Hermínio Estevan e Eronides Rafael Galdino. Suplentes: Sonia Regina Dombski, Adriano Alves de Oliveira e Elenildo Queiroz Santos. Delegados na Federação: Heleno Benedito da Silva (licenciado) e Evandro Pereira. Suplentes: José Pedro da Silva e Lúcia Ottone de Amorim. Impressão: BanGraf. Tiragem: 32 mil exemplares. Maio de 2017.


Jornal Sindical - Maio de 2017 - 3

 AÇÃO SINDICAL

PLR é a grande conquista dos trabalhadores

reydel - Assembleia vota proposta apresentada por nosso diretor Pepe.Trabalhadores também dizem não às reformas neoliberais que cortam direitos

Companheiros autorizaram doação de R$ 12,00 para o Instituto Meu Futuro O valor da Participação subiu 7% e pode chegar a R$ 3.905,00 para cerca de 500 funcionários da Reydel (Jardim Cumbica), conforme metas. A primeira parcela venceu em abril; segunda sai em fevereiro. Segundo o diretor Josete Machado Filho (Pepe), que é funcionário da empresa, a assembleia aprovou R$ 12,00 ao Instituto Meu Futuro, quando sair a segunda parcela. Dannen (Parque Haramy) PLR aumentou 9%, e valor pode chegar a R$ 1.200,00, com pagamento em outubro e novembro.

Lincoln Electric (Cumbica) Benefício sobe 11,51%. Pagamento em dezembro e janeiro. Além da PLR, o Sindicato negociou trabalho em sábados alternados. Rod-Car (Cumbica) - Participação pode chegar a R$ 1.235,00, com pagamento em outubro e abril. Gestamp (Santa Isabel) - Valor pode chegar a R$ 3.000,00, conforme metas. Primeira parcela será paga em junho. Os trabalhadores receberão 40% do valor total. A segunda sai em dezembro. Zinni & Güell (Bonsucesso) Valor pode chegar a R$ 1.350,00. Parcelas em agosto e março. Schwing-Stetter (Terra Preta, Mairiporã) - Primeira parcela da PLR de R$ 600,00 será paga em

setembro. O restante, conforme metas, sai em março de 2018. Newtec (Cumbica) - Primeira parcela do benefício será paga em junho, e a segunda sai em janeiro. Alumax (Bonsucesso) - Aumento de 8%. Pagamento em setembro e fevereiro. SMB (Jardim São Geraldo) - A Participação teve aumento de 9,8%. Pode chegar a R$ 3.360,00. Pagamento será em agosto e fevereiro.

smb - Diretores Daniel e Alex coordenam assembleia com os metalúrgicos da fábrica

Armco Staco sente peso da paralisação Após dois dias de greve, as reivindicações dos funcionários da Armco Staco (Cumbica) foram atendidas. Eles exigiam melhorias no plano

de saúde e regularização da cesta básica, atrasada há dois meses. A empresa fornecia convênio com coparticipação de 10% dos traba-

armco - Diretor Zóião propõe e companheiros aprovam greve, que durou dois dias

Tubocerto (Arujá) - PLR sobe 13%. Pagamento em maio e junho. BTM (Nova Cumbica) - Será de 15% do faturamento da empresa. Pagamento sairá em fevereiro. Proxxi (Vila Galvão) - Participação de 2017 teve aumento de 16,6%, e pode chegar a R$ 2.100,00. Em maio foi paga a primeira parcela do 13º salário deste ano, o valerefeição subiu 8,5% e os trabalhadores têm um ano de estabilidade.

lhadores e ampla rede de atendimento. Porém, mudou de operadora, elevando a participação para 30%, e cobertura limitada. Nosso diretor Pedro Pereira da Silva (Zóião) diz: “A coparticipação passou a ser de 15%. Já a regularização da cesta básica vai ser normalizada em abril”. Perfiluz (Cumbica) - Os funcionários queriam receber antecipação salarial, que deveria ser paga em 20 de abril. O Sindicato negociou e o problema foi resolvido.

www.metalurgico.org.br - Acesse e saiba mais sobre as ações sindicais

 komatsu/arujá

Equiparação aprovada O Sindicato negociou com a Komatsu (Arujá), atendendo a reivindicação dos cerca de 150 funcionários. Nosso diretor José Barros da Silva Neto informa: “A empresa se dispõe a implantar a equiparação até o dia 30 de junho. Os companheiros aprovaram”. É JUSTO - Lute por equiparação na sua empresa. Procure o Sindicato. Você terá todo nosso apoio. Ligue 2463.5300.

17 de MAIO - Barros apresenta proposta


4 - Jornal Sindical - Maio de 2017

Greve geral e Ocupa Brasíli

classe trabalhadora repudia ataques embutid Companheiro(a): Nosso Sindicato tem participado de todos os atos, lutas e mobilizações em defesa dos direitos. Não aceitamos que o governo jogue nos ombros dos trabalhadores o peso da crise

econômica e política. Crise que nós não geramos! Repudiamos o desmonte da CLT; rechaçamos os ataques à Previdência Social; discordamos da terceirização de tudo, como querem Michel

Temer, o Congresso Nacional e setores patronais. Além desses atos unitários, o Sindicato mantém permanente ação na base, a fim de mobilizar a categoria e fortalecer a resistência aos ataques.

As Centrais Sindicais lideram as lutas nacionais e já discutem nova greve geral. A paralisação pode ocorrer entre final de junho e começo de julho, caso Temer não retire suas reformas neoliberais.

Guarulhos parou totalmente dia 28 de abril

EM cumbica - Trabalhadores da RodCar, Steel Rol, Omel, Randra e Permetal participam com o Sindicato da greve geral do dia 28. Mais de 25 mil metalúrgicos cruzaram os braços

Dia 28 de abril, nenhum ônibus rodou. Era a greve nacional por “Nenhum direito a menos!” Entre os metalúrgicos, 25 mil não trabalharam. Cruzaram os braços também Servidores municipais, professores da rede estadual, químicos, bancários e outras categorias profissionais.

Unidade - Nosso vice-presidente Josinaldo José de Barros (Cabeça) conta: “Às 3 da manhã, já estávamos em campo e só fomos parar à tarde. Foi uma bela greve, resultado da unidade do movimento sindical guarulhense”. Participaram, ao todo, 27 Sindicatos e seis Centrais Sindicais.

itapegica - Ato começou na madrugada

bonsucesso - Barros, Pereira e Knupp

Participamos de protesto unitário em 21 de maio

A unidade na luta estimulada pela greve geral continua. Tanto assim que dia 21 de maio fizemos novo protesto na cidade. Desta vez, junto ao Bosque Maia, parque também frequentado pela classe média guarulhense. Cerca de 200 pessoas participaram do Ato Unitário em Defesa dos Direitos. A forte chuva não

ALERTA - Sindicalistas querem que classe média entenda as maldades das reformas

desanimou os manifestantes, que fizeram passeata. O ato teve participação das Centrais Força, CUT, CSB, CSP-Conlutas e Intersindical e de 14 Sindicatos. Foi distribuído boletim conjunto que explicava a motoristas e transeuntes os motivos do protesto. Nas falas, repúdio às reformas e também Fora Temer e eleições diretas.


Jornal Sindical - Maio de 2017 - 5

ia reforçam luta por direitos

doS NaS REFoRMaS TRaBaLhISTa E pREvIdENCIáRIa

meTalÚrgicOS na linha de FrenTe - delegação da nossa categoria foi presença destacada no protesto ordeiro, que reuniu 150 mil trabalhadores em Brasília, dia 24 de maio.  reCADO DA trABALHADOrA

LuTa É paCÍFICa Rosalina Cristino é metalúrgica aposentada, sindicalizada há 28 anos. ao se aposentar, passou a participar ativamente das ações sindicais. a companheira era líder de produção na Giganardi (Itapegica). Sobre a manifestação ocupa Brasília, dia 24 de maio, ela testemunha: “Eu estive em Brasília e garanto que nossa manifestação foi pacífica. Reivindicávamos nossos direitos, que estão sendo cortados por projetos maldosos do Temer. Nossa luta é justa. Eu sou aposentada, mas muitos trabalhadores atuais talvez não conseguirão se aposentar. Temos de impedir essa maldade contra os brasileiros”.

Manifestação leva 150 mil à Capital A Capital Federal viveu dia 24 de maio a maior manifestação de sua história. Mais de 150 mil trabalhadores de todo o País marcharam pela retirada de pauta das reformas trabalhista e previdenciária e também por eleições diretas. O presidente José Pereira dos Santos discursou, pediu a retirada das reformas e cobrou que o País volte a crescer, com emprego e renda. O vice Josinaldo José de Barros conta: “Nunca vi tanta gente junta. Espero que Congresso e governo tomem vergonha e atendam o povo”.

pereira - Nosso presidente foi um dos oradores no ocupa Brasília, dia 24 de maio

cOragem - diretores do Sindicato na luta

TirOS - polícia do dF usou bala de verdade

CENTRaIS SINdICaIS aRTICuLaM Nova GREvE Se o governo e o Congresso insistirem

junho e o começo de julho, a depender

nas reformas neoliberais, o país poderá

do andamento das reformas. Miguel Tor-

viver nova greve geral.

res, presidente da nossa Confederação

Esse tema foi debatido dia 29, durante

(CNTM), diz: “a classe trabalhadora não

reunião das nove Centrais, na sede da

engole reformas que cortam direitos”.

CTB, em São paulo. a data foi indicada para o final de

Fique ligado, companheiro. vamos à dia 29, na sede da CTB, em São paulo

luta, de novo, se precisar!


6 - Jornal Sindical - Maio de 2017

 OmeL e reYDeL

Sindicato acompanha eleições e apoia cipeiros Cipa é fundamental para a saúde e segurança do trabalhador. participe! O Sindicato acompanhou a eleição da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (Cipa) em duas empresas. Essas eleições mobilizaram 497 metalúrgicos. Na Omel Bombas e Injetoras (Cumbica), foram computados 111 votos. Na Reydel, fabricante de autopeças, do Jardim Cumbica, 386 votaram. O diretor Elenildo Queiroz Santos (Nildo), do Departamento de

Omel - Nossos diretores Jau e Nildo durante o processo eleitoral da Cipa

reydel - Cipeiros tiveram 386 votos

Segurança e Saúde do Trabalhador no Sindicato, esteve nas empresas, verificando o processo eleitoral. Nildo diz: “A função do cipeiro é muito importante. Ele zela pela saúde e segurança dos companheiros”.

Cipa? Procure o Sindicato e fale com um de nossos diretores. Compareça à nossa sede ou às subsedes de Arujá e Terra Preta (Mairiporã). Informações ou solicitações podem ser feitas pelo telefone 2463.5300.

Os três mais votados na Omel e os cinco na Reydel cumprirão mandato de um ano. Para desempenhar suas atividades terão estabilidade no emprego por dois anos. Exija - Sua empresa não tem

ENCoNTRo MuNdIaL dEBaTE FaLTa dE SEGuRaNça E MoRTES Na GERdau

Integrantes do Comitê Mundial na Gerdau em ouro Branco, Minas Gerais

Nosso diretor pedro pereira da Silva (Zóião) integra o Comitê Mundial dos Trabalhadores da Gerdau. Nessa condição, ele representou o Sindicato no Congresso Internacional dos trabalhadores do grupo, em Belo horizonte (MG). o evento reuniu representantes de Sindicatos e trabalhadores nas unidades da empresa de várias partes do mundo. Zóião afirma: “Um dos maiores problemas enfrentados pelos companheiros da Gerdau, em quase todos os países, é a insegurança. Na unidade de ouro Branco (Minas), só no ano passado, três companheiros morreram dentro da empresa vítimas de acidente de trabalho. os sindicalistas cobraram medidas efetivas de segurança e respeito à vida”.


Jornal Sindical - Maio de 2017 - 7

 dia 19 de maio

Mães recebem homenagem e lotam sede Defesa dos direitos marcou o encontro das metalúrgicas Centenas de mães se reuniram dia 19 de maio durante homenagem prestada por nosso Sindicato. O auditório ficou lotado de companheiras da ativa e aposentadas. O presidente José Pereira dos Santos saudou as mães e conclamou as mulheres a uma presença mais ativa na vida sindical e políti-

FORÇA! - Diretoria do Sindicato com trabalhadoras da ativa e aposentadas, num evento de força e garra da mulher

Departamento Feminino do Sindicato, o evento teve também aula de auto maquiagem, limpeza de pele, entrega de brindes e apresentações musicais. Houve palestra sobre os impactos negativos da reforma da

Previdência na vida da mulher, com Sandra Gomes, do nosso Departamento Jurídico. A diretora Roseli Lima comenta: “Estou feliz em ver trabalhadoras e aposentadas mostrando que não aceitam corte de direitos”.

Categoria elege cinco na direção da Força Estadual

UTILIZE O Convênio odontológico

Pereira com mãe Keila Gomes, da Projinox

Nosso Sindicato participou dia 12 de maio do 8º Congresso da Força Sindical São Paulo, realizado em Piracicaba. O evento teve participação de dirigentes de todo o Estado de várias categorias. Os cerca de 1.200 delegados aprovaram ações pelo fortalecimento do sindicalismo e debateram meios de mobilizar as bases contra as reformas trabalhista e previdenciária. Dirigente químico Danilo Pereira foi reeleito para dirigir a Força no Estado nos próximos quatro anos. Nossa categoria terá cinco representantes na diretoria: José Barros da Silva Neto, que continuará coordenador da Força/Regional Guarulhos; Heleno B. da Silva, que permanecerá na secretaria de

ca: “Vocês já são maioria e podem mudar os rumos do Brasil, entregue hoje nas mãos da pior elite”. Ele observou que as reformas do governo Temer prejudicam principalmente a mulher. Atividades - Organizado pelo

Meio Ambiente; Roseli Lima, que ocupará suplência na diretoria Financeira; além de Márcia de Aquino e Raquel de Jesus, que tomarão posse no Sindicato em julho, como suplentes da nossa diretoria.

Para José Pereira dos Santos, “nossa presença na direção é o reconhecimento do bom trabalho que fazemos em Guarulhos e região”. CONHEÇA MAIS. ACESSE WWW.FSINDICALSP.ORG.BR

delegação - Nossa categoria participa com destaque do Congresso forcista

Aniversariantes Do MÊS DE junho - Dia 5, Leandro B. Santos (secretaria); 6, Célio Malta (diretoria) e Luzia Maria S.Oliveira (subsede Arujá); 17, Carlos Latine (Vargem); 23, Elenil de Lima (Jurídico); 29, Eva de Souza (barbearia) e José Pedro da Silva Carioca (diretoria); e 30, Silvia Julião Marcelino (assessoria) e Sonia Dombski (diretoria). julho - Dia 2, Eduardo Oliveira - Tieta (diretoria); 5, Alexandre Dias (assessoria); 10, Eliomande Santana (Clube); e 23, Carliucio S. Santos - Chitão (assessoria).

O Sindicato disponibiliza diversos convênios nas áreas de saúde, educação e lazer. Um dos mais procurados é o odontológico. São vários consultórios à disposição em Guarulhos, como Vila Galvão, Ponte Grande, Jardim São João, Jardim Cumbica, Pimentas, Parque São Miguel, Taboão e Centro da cidade, além de Arujá e Terra Preta (Mairiporã). É necessário o sócio fazer recadastramento. Basta ir à nossa sede (rua Harry Simonsen, 202, Centro, Guarulhos) ou às subsedes de Arujá (rua Silmar Montoni, 215, Center Ville) e Mairiporã (rua José Claudino dos Santos, 122, Jardim São Francisco II, Terra Preta).


8 - Jornal Sindical - Maio de 2017

 FutSAL metALÚrGICO

Campeonato tem 15 equipes inscritas Jogos são realizados aos sábados e domingos no Clube de Campo Nosso Campeonato de Futsal começou dia 21 de maio. Foram disputados três jogos no ginásio poliesportivo do Clube de Campo (Parque Primavera). Trata-se da 13ª edição do certame, que é organizado pelo Departamento de Esportes do Sindicato. Só sindicalizados participam. O diretor José Barros da Silva Neto diz : “O Campeonato mobiliza cerca de 200 atletas. Na primeira fase, as partidas serão aos sábados e domingos, a partir das 9 horas”.

aberTUra - diretor Evandro agradece aos atletas na abertura do certame, dia 21 de maio, no poliesportivo do Sindicato

Grupos - As 15 equipes foram divididas em três grupos. O grupo A (jogos aos sábados) é formado pelas equipes da Elecon, Marília, NTN, Randra e Yamaha.

Grupo B reúne Brunilo, Dyna, Julio Simões, Tec-Fil e U-Shin. Grupo C tem Continental, Granei, Madri, Raft e Steel-Rol. Prêmios - Haverá troféus e

Clube fecha em junho para manutenção

peSQUeirO - poderá ser utilizado normalmente, de quarta a domingo

O Clube de Campo do Sindicato, no Parque Primavera, fecha para manutenção a partir de 1º de

junho. Como ocorre todos os anos, as instalações passarão por revisão e reparos. O objetivo é garantir

segurança aos usuários, quando o Clube for reaberto. Abertos - Pesqueiro, campo de futebol e ginásio poliesportivo continuam abertos ao público e podem ser utilizados normalmente. Funcionamento - O Sindicato informa que, no retorno às atividades - provavelmente em setembro - o Clube terá novo regime de funcionamento. Será aos sábados, domingos e feriados, das 8h30 às 17h30. Atualmente, o principal equipamento de lazer da categoria abre de quarta a domingo.

medalhas aos três primeiros colocados. O quarto também receberá troféu. Além deles, serão premiados goleiro menos vazado e artilheiro. Entrada grátis. Participe!

LEvaNTou 160 KG! antônio Luiz dos Santos, sócio há 15 anos, conquistou o título paulista de supino, Master II (atletas acima de 50 anos). Ele levantou 157,5 quilos. após essa conquista, venceu o 1º Desafio de Supino RAW, em maio, em atibaia, ao levantar 160 quilos.

A UNIÃO NUNCA FOI TÃO NECESSÁRIA! O sindicalismo brasileiro é um dos mais atuantes do mundo. Veja: 15 de março - Dia Nacional de Protestos e Paralisações em defesa dos direitos; dia 28 de abril - greve nacional contra as reformas da Previdência, trabalhista e a terceirização irrestrita; dia 24 de maio - Ocupa Brasília pela retirada das reformas, com mais de 150 mil manifestantes. Mas, por lutar e defender direitos, o sindicalismo está sob ataque do governo Temer e do Congresso Nacional. Acima deles, mandando neles, está o poder econômico, especialmente o capital internacional. Por isso, nunca nossa união foi tão necessária. E união, entre a classe trabalhadora, começa pela sindicalização e participação. Fique sócio. Seu gesto significa emprego, CLT, Carteira assinada, PLR e salário decente. PROCURE O SINDICATO. Na sede em Guarulhos. Ou nas subsedes de Arujá e Mairiporã (Terra Preta). Fique sócio também pelo site www.metalurgico.org.br

Jornal Sindical - Maio 2017  

Publicação do Sindicato dos Metalúrgicos de Guarulhos e Região. Formato: Tablóide, 8 páginas, 4 cores, 35 mil exemplares. Produção: Agência...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you