__MAIN_TEXT__
feature-image

Page 1

e m f oco Ano 4 | Edição nº 12 | Janeiro, Fevereiro e Março

Amafresp reformula modelo diante da pandemia de Coronavírus. Pág. 12

Coronavírus

Telemedicina

Amafresp apresenta 69% dos filiados com fatores de risco para Covid-19. Pág. 04

Serviço de consulta por videoconferência começa a ser oferecido aos filiados. Pág. 14 1


ÍNDICE ABRE ASPAS

EDITORIAL

CORONAVÍRUS

Filiado(a),

Pág. 03

Pág. 04

CENTRAL DE ATENDIMENTO Pág. 11

ESPECIAL Pág. 12

TELEMEDICINA Pág. 14

RAIO X Pág. 15

VIVER BEM Pág. 19

EXPEDIENTE Amafresp em foco Diretoria da Amafresp: Renato Pei An Chan Analista de Comunicação: Flávia Sapienza Revisor: Francyne Nunes Designer: Guilherme Potenza Circulação: 2020 E-mail: amafresp@afresp.org.br

É tempo de parar e refletir. Neste momento, não nos cabe falar apenas das ações administrativas e estratégicas em curso na Amafresp, apresentar números de gestão ou noticiar sobre os casos de Covid-19 entre nossos filiados. Paira no ar uma mistura de preocupação e esperança. Uma parcela da sociedade possui enormes receios com os desafios econômicos, políticos e sociais que vem pela frente em busca da normalidade passada. Por outro lado, outra parcela vislumbra a oportunidade de ruptura e uma certeza de que vivemos hoje um ponto de inflexão para que a sociedade moderna promova mudanças de comportamento e aprenda a ter uma vida equilibrada entre consumo, natureza, família, trabalho e espiritualidade. Em qual grupo cada um de nós deseja estar? Seremos donos das nossas próprias escolhas ou vamos permanecer aguardando que alguém resolva nossos problemas? Faremos melhor uso do nosso tempo e energia? Estaremos dispostos a construir uma sociedade que seja mais solidária, que valorize menos a imagem e as postagens em redes sociais e tenha um olhar para dentro de si? Façam suas escolhas. E por falar em sociedade solidária, recentemente vivemos uma das maiores demonstrações de carinho, respeito e dedicação ao próximo. Isso veio de todos os colaboradores da Afresp que viabilizaram nossa tradicional Campanha de Vacinação. O trabalho realizado foi mais do que o simples cumprimento de uma obrigação profissional. Mais de 60 profissionais se engajaram durante o período de quarentena e isolamento social, para levar a 6000 filiados uma dose de conforto e um gesto de acolhimento através das nossas vacinas da gripe. Expresso aqui minha gratidão e o orgulho de tê-los em nossas equipes, pondo em prática a missão e os valores humanos tão prezados por nossa associação. Com as recomendações de quarentena, já esperávamos uma queda nos procedimentos assistenciais de saúde. Foi possível notar uma sensível queda de frequência nos atendimentos de pron-

ANS- N o 31763- 2

2

to-socorro e muitas cirurgias eletivas foram adiadas para os próximos meses. Será uma oportunidade de recompor os recursos consumidos do nosso Fundo de Reserva no ano de 2019 e, também, nos preparar para o atendimento de um esperado pico da Covid-19 a partir de maio, bem como o posterior atendimento das cirurgias adiadas. Das dificuldades, nascem as oportunidades. É neste momento que foi possível nos reinventar e trazer gradativamente novos serviços aos nossos filiados: começamos 2020 com a implantação das clínicas de atenção primária em São Paulo, iniciamos o atendimento pelo AmaZap, oferecemos a alternativa do sistema de drive thru para as vacinas e desde final de abril, temos a grande inovação do momento, a telemedicina. Nas últimas semanas acompanhamos os desencontros e ações descoordenadas entre as esferas governamentais no combate à Covid-19. Diante da ineficiência do Estado em cumprir o seu papel social, como sua capacidade de planejamento e execução do retorno das atividades econômicas, e novas regras para o isolamento social, a grande certeza que temos é: o autocuidado com ações preventivas, tanto físicas quanto mentais é a melhor forma de evitarmos o contágio. Na Amafresp, chegamos ao final do mês de abril com 18 casos confirmados de Covid-19, dos quais três resultaram em óbitos. Nossas condolências às famílias. Gerir um plano de saúde em meio à pandemia nos obriga a ser precavidos, mas, ao mesmo tempo, é um combustível que nos motiva a promover mudanças de valores, mentalidade e comportamento do usuário. Certamente, trabalhando em sinergia com nossos filiados, sairemos melhores deste processo e levaremos à Amafresp condições para que tenhamos um plano cada vez melhor. Agradecemos a sua confiança. Cuidem-se. Renato Pei An Chan Diretor da Amafresp


abre aspas “Acompanho o trabalho da equipe Amafresp na Campanha Saúde desde 2011, já participei como prestadora, já tive o imenso prazer de fazer parte dessa equipe e agora pelo segundo ano participo como prestador com a equipe de enfermagem. Agradeço imensamente pela oportunidade e parabenizo a equipe Amafresp pelo cuidado e carinho com os seus associados”. Djacira Maia Maia - equipe de enfermagem

“Estivemos em Bragança Paulista, meu marido e eu, para tomarmos a vacina. Clínica excelente, profissional competente e super rápido. Agradecemos”. Maria Cecilia Castellani - filiada

“Trabalho excelente de vacinação! Parabéns a toda equipe. Fomos nos vacinar hoje às 15h, no estacionamento da Afresp. Fomos vacinados dentro do carro com a maior eficiência que eu já vi! ORGULHO da nossa Amafresp”. Eliana Pessoa - filiada

“Inacreditável isso. Rede credenciada? Só tem uma perto da minha casa e lá não tem!!!! Comprem a quantidade de acordo com os associados. Palhaçada.” Cintia Fernandes - filiada

“Eu compareço todos os anos à campanha e esse ano achei essa inovação excelente, esse sistema de drive trhu vai facilitar bastante”. Helio Lino de Almeida - filiado

“Por que aqui em Ribeirão não temos vacinas e na capital tem? A cota deles é melhor do que a nossa? Não fazem mais que obrigação e ficam fazendo média com os idosos da capital sempre.” Comentário publicado em grupo de WhatsApp de Ribeirão Preto

“Também achei muito organizada a vacinação dos idosos. Parabéns a todos da Afresp”. Regina Beni - filiada

“Tomar a vacina sem sair do carro, sem necessidade de estacionar, foi bom e muito prático. O agendamento funcionou muito bem e facilitou bastante”. Roberto Hideo Hirai - filiado

Quer participar do abre aspas? Envie suas sugestões, elogios, críticas e dúvidas para amafresp@afresp.org.br 3


CORONAVÍRUS AMAFRESP APRESENTA 69% DOS FILIADOS COM FATORES DE RISCO PARA COVID-19 A confirmação do primeiro caso do novo Coronavírus no Brasil aconteceu no dia 26 de fevereiro de 2020 e, desde então, as medidas de quarentena e isolamento social têm ajudado na diminuição da velocidade de contágio da população em geral. Na Amafresp, considerando os casos com exigência de autorização prévia, tivemos até o início do mês de abril o registro de 15 casos, sendo 3 deles resultantes em óbitos; todos de filiados com mais de 60 anos de idade e portadores de doença crônica. O estudo do grupo de risco foi realizado através da análise cadastral, do perfil de utilização de consultas e tipos de exames

realizados pelos filiados, desta forma, os números apurados levam em conta uma classificação indicativa de risco, e não um diagnóstico objetivo. Neste levantamento foi possível constatar que 13.981 filiados pertencem a algum grupo de risco que torna mais perigosa a contaminação pela Covid-19. Por conta dessas características da sua carteira, da inexistência, até o momento, de vacinas, ou protocolos de cura, a Amafresp reforça que sejam seguidas rigorosamente as orientações do Ministério da Saúde e que sejam utilizados todos os seus canais de atendimento administrativo e médicos à distância (Amazap, Telemedicina e Orientação Médica por Telefone).

INTRODUÇÃO COVID-19 | ESTUDO AMAFRESP Nesta fase da pandemia do Coronavírus utilizamos nossa ciência de dados para identificar as pessoas que possivelmente têm morbidades preexistentes. Com essa identificação, podemos mapear os grupos de risco que estão mais vulneráveis ao COVID-19. Veja a tabela abaixo: GRUPO 1 - 59 anos ou mais, oncológico, possui 2 a 4 morbidades dentre: cardiovascular, diabetes, pulmonar, hipertensão; GRUPO 2 - 59 anos ou mais, oncológico, possui 1 das morbidades dentre: cardiovascular, diabetes, pulmonar, hipertensão; GRUPO 3 - 59 anos ou mais, possui 2 a 4 morbidades dentre: cardiovascular, diabetes, pulmonar, hipertensão; GRUPO 4 - 59 anos ou mais, possui 1 das morbidades dentre: cardiovascular, diabetes, pulmonar, hipertensão; GRUPO 5 - 59 anos ou mais, oncológico; GRUPO 6 - Oncológicos de 0 a 58 anos, possui 2 a 4 morbidades dentre: cardiovascular, diabetes, pulmonar, hipertensão; GRUPO 7 - Oncológicos de 0 a 58 anos, possui 1 das morbidades dentre: cardiovascular, diabetes, pulmonar, hipertensão; GRUPO 8 - Gestantes, possui 2 a 4 morbidades dentre: cardiovascular, diabetes, pulmonar, hipertensão; GRUPO 9 - Gestantes, possui 1 das morbidades dentre: cardiovascular, diabetes, pulmonar, hipertensão; GRUPO 10 - Gestantes; GRUPO 11 - 0 a 58 anos, possui 2 a 4 morbidades dentre: cardiovascular, diabetes, pulmonar, hipertensão; GRUPO 12 - 0 a 58 anos, possui 1 das morbidades dentre: cardiovascular, diabetes, pulmonar, hipertensão; GRUPO 13 - 59 ou mais, possui doenças reumatológicas; GRUPO 14 - 59 ou mais; GRUPO 15 - Pacientes oncológicos de 0 a 58 anos; Obs.: A classificação tem como base nosso algoritmo de classificação de vidas, que verifica se houve alguma utilização com procedimentos e ou exames que sugerem tal morbidade, atribuindo assim, uma ou mais cronicidades aos beneficiários nos últimos 12 meses.

4


FILIADOS AMAFRESP EM GRUPOS DE RISCO

CHEGADA DO CORONAVÍRUS EXIGE TOMADA DE MEDIDAS EMERGENCIAIS Ao longo dos últimos meses, a Amafresp vem tomando uma série de medidas para amparar seus filiados e permitir que todos possam receber todo tipo de orientação administrativa ou médica no conforto do seu lar. Além da reformulação e antecipação da Campanha Saúde 2020 para vacinação contra gripe (detalhes na página 12), foram reforçados os atendimentos telefônicos pelos números (11) 38868853/ 8855/ 8857, pelo e-mail relacionamento@afresp.org.br e foi lançado o AmaZap, novo canal de atendimento via WhatsApp. O canal, que passou a funcionar em 23 de março pelo número (11) 2920-5166, permite a realização de pedidos de credenciamento médico, reembolso, emissão de segunda via e consulta a diversas informações de forma mais rápida, com registro de protocolo, após um simples envio de mensagens por este aplicativo. O já existente serviço de orientação médica por telefone, Amafresp Emergência (0800 173 017), teve a sua divulgação reforçada para uso pelos filiados. Outro serviço que veio agregar a qualidade da Amafresp é a Telemedicina. Oferecendo ao associado a possibilidade de ser atendido por meio de consulta médica por vídeo, a inovação tornou desnecessária a ida ao consultório ou pronto-socorro. O serviço será lançado no mês de abril e estará disponível a todos os usuários, exceto os que estejam em período de carência.

Para contribuir com o sistema de saúde para liberação de leitos cirúrgicos e evitar o risco de contágio, também foi solicitado aos filiados que cancelassem ou adiassem todas as cirurgias e procedimentos eletivos. Adicionalmente, aos usuários dos serviços do Hospital Sírio Libanês e Laboratórios Fleury, passou a ser aceito o envio por e-mail dos termos de Diferença de Tabela e Franquias. Para mais orientações, os associados devem enviar mensagem para centraldeguias@afresp.org.br. Por se tratarem de um serviço essencial, as atividades da Amafresp não foram interrompidas, mas buscando preservar a saúde e segurança dos nossos colaboradores, foram implantados o esquema de rodízio e o trabalho em home office, e hoje são mantidos menos de 20% dos colaboradores nas atividades presenciais da Amafresp. Foto: Acervo Afresp

Estamos aqui por vocês. Fiquem bem em casa por nós!

5


HOSPITAIS CREDENCIADOS PARA REALIZAÇÃO DO EXAME DE CORONAVÍRUS Após longas negociações comerciais, onde a variação das propostas de valores destes exames variava de R$150 a R$ 800, foi divulgada durante o mês de março a lista de prestadores credenciados pela Amafresp que podem realizar o exame para detectar a Covid-19. Para realização dos exames será exigida a apresentação do pedido médico contendo as devidas justificativas clínicas. Durante o mês de maio, a Amafresp divulgará as condições de reembolso para os filiados que não conseguirem realizar os exames de PCR e Sorologia na rede credenciada. Trata-se de uma medida excepcional, dada a dificuldade de se encontrar prestadores que tenham disponibilidade deste tipo de teste.

Confira a lista dos hospitais credenciados:

6

REGIONAL

CIDADE

HOSPITAL

ABCD

Santo André

CHRISTOVAO DA GAMA SA

ABCD

São Bernardo do Campo

NOTRE DAME - HOSPITAL SAO BERNARDO SA

ABCD

São Bernardo do Campo

NOTRE DAME INTERMEDICA SAUDE - NOTRE CARE

ABCD

São Caetano do Sul

SOCIEDADE PORTUGUESA BENEFICENCIA DE SAO CAETANO DO SUL

ARAÇATUBA

Araçatuba

HOSPITAL CENTRAL

ARARAQUARA

Araraquara

IRMANDADE DA SANTA CASA DE MISERICORDIA DE ARARAQUARA

BAURU

Bauru

ASSOCIACAO BENEFICENTE PORTUGUESA DE BAURU

CAMPINAS

Campinas

CASA DE SAUDE VERA CRUZ

CAMPINAS

Campinas

HOSPITAL VERA CRUZ S/A

CAMPINAS

Campinas

NOTRE DAME INTERMEDICA SAUDE - HOSPITAL RENASCENÇA

FRANCA

Franca

HOSPITAL SÃO JOAQUIM DE FRANCA

GUARULHOS

Guarulhos

HOSPITAL CARLOS CHAGAS

GUARULHOS

Guarulhos

NOTRE DAME INTERMEDICA SAUDE - HOSPITAL E MATERNIDADE GUARULHOS

GUARULHOS

Mogi das Cruzes

HOSPITAL E MATERNIDADE IPIRANGA

GUARULHOS

Mogi das Cruzes

NOTRE DAME - CASA DE SAUDE E MATERNIDADE SANTANA SA

JUNDIAI

Atibaia

HOSPITAL NOVO ATIBAIA

JUNDIAI

Bragança Paulista

SANTA CASA DE BRAGANÇA PAULISTA

JUNDIAI

Jundiaí

NOTRE DAME INTERMEDICA SAUDE - PAULO SACRAMENTO

MARÍLIA

Marília

HOSPITAL BENEFICENTE UNIMAR

MARÍLIA

Marília

SANTA CASA DE MISERICORDIA DE MARILIA

OSASCO

Barueri

NOTRE DAME INTERMEDICA SAUDE - PRONTO SOCORRO BARUERI

OSASCO

Osasco

NOTRE DAME INTERMEDICA SAUDE - HOSPITAL CRUZEIRO DO SUL

PIRACICABA

Limeira

MEDICAL MEDICINA COOPERATIVA ASSIST. DE LIMEIRA

P. PRUDENTE

Presidente Prudente

HOSPITAL E MATERNIDADE PRESIDENTE PRUDENTE LTDA-HOSPITAL IAMADA

RIBEIRÃO PRETO

Ribeirão Preto

HOSPITAL SÃO LUCAS

SANTOS

Guarujá

NOTRE DAME INTERMEDICA SAUDE - FREI GALVÃO

SANTOS

Santos

HOSPITAL ANA COSTA

S. J. DO RIO PRETO

São José do Rio Preto

FUNDAÇÃO FACULDADE REGIONAL DE MEDICINA S. J. RIO PRETO-HOSPITAL DE BASE

S. J. DOS CAMPOS

Caçapava

POLICLIN

S. J. DOS CAMPOS

Jacareí

POLICLIN


S. J. DOS CAMPOS

São José dos Campos

POLICLIN

S. J. DOS CAMPOS

São José dos Campos

HOSPITAL SÃO JOSÉ

SÃO PAULO

São Paulo

A C CAMARGO

SÃO PAULO

São Paulo

ASSOCIAÇÃO HOSPITALAR FILHAS DE NOSSA SENHORA DO MONTE CALVARIO

SÃO PAULO

São Paulo

ESHO – EMPRESA DE SERVIÇOS HOSPITALARES LTDA

SÃO PAULO

São Paulo

FLEURY - CNPJ: 60.840.055/0117-61 - OSWALDO CRUZ VERGUEIRO - somente no Hospital

SÃO PAULO

São Paulo

HOSPITAL ALVORADA TAGUATINGA

SÃO PAULO

São Paulo

HOSPITAL BP e BP MIRANTE

SÃO PAULO

São Paulo

HOSPITAL E MATERNIDADE METROPOLITANO

SÃO PAULO

São Paulo

HOSPITAL E MATERNIDADE SANTA JOANA S/A

SÃO PAULO

São Paulo

HOSPITAL DO CORAÇÃO

SÃO PAULO

São Paulo

HOSPITAL INFANTIL SABARA

SÃO PAULO

São Paulo

HOSPITAL NOVE DE JULHO

SÃO PAULO

São Paulo

HOSPITAL SANTA PAULA

SÃO PAULO

São Paulo

INSTITUTO BRASILEIRO DE CONTROLE DO CANCER

SÃO PAULO

São Paulo

LEFORTE

SÃO PAULO

São Paulo

NOTRE DAME INTERMEDICA SAUDE - MONTE MAGNO

SÃO PAULO

São Paulo

HOSPITAL OSWALDO CRUZ - UNIDADE DA PAULISTA

SÃO PAULO

São Paulo

PRO MATRE

SÃO PAULO

São Paulo

SAMARITANO

SÃO PAULO

São Paulo

HOSPITAL SANTA CATARINA

SÃO PAULO

São Paulo

SÃO CAMILO

SÃO PAULO

São Paulo

SÃO CAMILO - POMPEIA

SÃO PAULO

São Paulo

SOC BENEFICENTE DE SENHORAS HOSP. SIRIO LIBANES (haverá franquia normal)

SÃO PAULO

São Paulo

SPDM - ASSOCIACAO PAULISTA PARA O DESENVOLVIMENTO DA MEDICINA – HOSPITAL SÃO PAULO

SÃO PAULO

São Paulo

HOSP. SANTA ISABEL- IRM. STA CASA MIS. SAO PAULO

SÃO PAULO

São Paulo

HOSPITAL SANTA CRUZ

SÃO PAULO

São Paulo

FUND INST DE MOLESTIAS DO APARELHO DIGESTIVO E DA NUTRI

SOROCABA

Sorocaba

NOTRE DAME INTERMEDICA SAUDE - HOSPITAL MODELO

SOROCABA

Sorocaba

NOTRE DAME - HOSPITAL SAMARITANO LTDA

SOROCABA

Sorocaba

HOSPITAL EVANGELICO DE SOROCABA

TAUBATÉ

Taubaté

POLICLIN

7


CONHEÇA OS TIPOS DE TESTES EXISTENTES PARA A COVID-19 O diagnóstico laboratorial da Covid-19 pode ser feito em dois momentos: • Quando o paciente apresenta sintomas suspeitos da doença e precisamos saber se ele está infectado com o vírus da Covid-19 ou não. Nessa fase aguda da doença, quando o paciente apresenta sintomas, o diagnóstico laboratorial é importante, pois são muito semelhantes a várias outras doenças virais e só o exame laboratorial vai fazer o diagnóstico correto. Assim, nessas condições, o melhor exame laboratorial é a pesquisa do vírus Covid-19 por PCR, que é uma técnica de biologia molecular, altamente precisa, e demora de 24 a 48 horas para se obter o resultado. Alternativamente, ainda nessa fase aguda da doença, existe o teste rápido que tenta captar os primeiros anticorpos. Trata-se de um exame impreciso, tem baixa eficácia e pode dar como resultado um falso negativo, ou seja, o fato do exame dar negativo não garante que o paciente não esteja com a doença. A melhor contraprova é realizar o exame pelo PCR. • O segundo momento a se fazer o exame é em uma fase mais tardia, quando o paciente já se curou da doença. Nesse caso,

algumas semanas ou meses depois é possível a realização de uma sorologia para o Covid-19, o que permitirá medir os anticorpos formados pelo organismo contra o vírus. Nesse exame, dosa-se as imunoglobulinas que vão mostrar se o paciente tem ou não anticorpos contra o vírus, ou seja, o paciente que sabidamente teve a infecção pelo vírus desenvolverá esses anticorpos e sua sorologia vai ser positiva. Como a infecção pode evoluir de forma assintomática ou pouco sintomática, algumas pessoas podem ter anticorpos sem nunca ter sabido que tiveram a infecção viral. Nessa fase atual da epidemia, recomenda-se fazer o diagnóstico em todos os pacientes sintomáticos, mas em razão da baixa disponibilidade desses exames, reserva-se a maioria dos testes apenas para os casos de pacientes internados. Vale lembrar que os vírus sofrem rápida mutação e diversas vezes essa imunidade adquirida nessa epidemia pode não proteger contra outros vírus da família Corona. Atualmente a Amafresp oferece cobertura apenas para a pesquisa da Covid-19 por PCR.

SINTOMAS

CORONAVÍRUS

RESFRIADO

GRIPE

Febre

Comum

Raro

Comum

Fadiga

Às vezes

Às vezes

Comum

Tosse

(geralmente seco)

Comum

Suave

(geralmente seco)

Espirro

Não

Comum

Não

Dores

Às vezes

Comum

Comum

Coriza ou nariz entupido

Raro

Comum

Às vezes

Dor de garganta

Às vezes

Comum

Às vezes

Diarreia

Raro

Não

Às vezes em crianças

Dor de cabeça

Às vezes

Raro

Comum

Falta de ar

Às vezes

Não

Não

Comum

Fonte: Dasa e OMS

8


A EXPERIÊNCIA DE QUEM VIVENCIOU A COVID-19

Foto: Acervo Pessoal

Você sabe como foi contaminada? Adotava algum tipo de medida de prevenção antes do contágio? Não é possível afirmar com total certeza, mas possivelmente eu me contaminei em razão de uma viagem a São Paulo no dia 13 de março. As medidas de isolamento somente foram adotadas a partir da semana seguinte. Ao tempo da contaminação, as medidas de prevenção estavam adstritas à recorrente higienização das mãos, ao cuidado em tocar o rosto e evitar toques ao cumprimentar colegas e familiares, a tossir e espirrar no braço, ao uso de álcool em gel, e ao não compartilhamento de objetos pessoais. Todos esses cuidados eu adotei, até porque os bons hábitos de higiene fazem parte da minha rotina, mas isso não foi o suficiente para evitar o contágio. Quais foram os primeiros sintomas que sentiu para suspeitar que estava infectada pelo Coronavírus? Exatamente uma semana após meu retorno, no dia 21 de março, eu amanheci com dor de garganta e, ao longo do dia, senti dores de cabeça e apresentei febre baixa, em torno de 37,5° C. No dia seguinte, senti muitas dores no corpo, em especial na região do pescoço, olhos e lombar. Cheguei a imaginar que poderia ter contraído dengue. Mas então tive desconforto abdominal e intestinal, e uma tosse seca e persistente. Como havia muitas coincidências de sintomas, optei por fazer o teste no dia 24 de março, do tipo PCR. O resultado positivo para coronavírus saiu no dia 31 de março, mas segundo as recomendações dos órgãos de saúde, eu me mantive em isolamento desde o primeiro sintoma, optando pela fruição de férias pelo período de 30 dias. Como se sentiu nos dias seguintes? Você chegou a ser internada? Eu apresentei somente sintomas leves, o desconforto maior ocorreu nos três primeiros dias. Após esse período, já não apresentava estado febril ou dores mais relevantes. Fiquei com tosse por mais alguns dias, mas a recuperação foi muito rápida. Não precisei de internação ou medicação específica, e nem apresentei quadro de insuficiência respiratória em qualquer momento. Como foi ficar isolada durante a doença? O isolamento, por si só, é algo que se opõe à socialização típica dos seres humanos. Gostamos da nossa individualidade e até de momentos de solidão, desde que decorram da nossa liberdade de escolha. Então ‘não poder sair’, ‘não poder estar perto de pessoas’, ‘não poder trabalhar’ são imposições desconfortáveis. De outro lado, precisei cuidar da manutenção da casa e da interação escolar da minha filha, então foi um período difícil, porém necessário. De adaptação e aprendizado. Mas nada que não fosse absolutamente tolerável, especialmente em razão da situação.

Luciana Grillo, filiada da Amafresp, contraiu Covid-19 em março. Você tem alguma mensagem para aqueles que estão contaminados ou para seus familiares? Para as pessoas eventualmente contaminadas, minha mensagem é de serenidade, pois se estiverem fora dos grupos de risco, estatisticamente, o quadro clínico não deve evoluir para sintomas mais graves e eu acredito mesmo que milhares de pessoas sequer saberão que contraíram a doença, já que os testes têm ficado restritos aos pacientes com maior gravidade. Mesmo pessoas com algumas comorbidades têm apresentado recuperação clínica e imunológica satisfatória. É preciso, contudo, ser responsável com o isolamento em face à apresentação de sintomas gripais, em consideração àqueles cuja saúde possa ser mais suscetível do que a nossa. Não se trata de minimizar a dor daqueles que perderam pessoas amadas para essa doença, ainda tão desconhecida da ciência. A essas pessoas, como a todas aquelas que, por qualquer razão, sofreram a experiência do luto, eu registro a minha solidariedade mais sincera. Mas acho que é minha responsabilidade, pelo relato da minha experiência pessoal, tranquilizar as pessoas sobre a contaminação. Finalmente, eu tenho duas mensagens de caráter geral: desligue a TV! Filtre as informações! Evite o jornalismo sensacionalista que se retroalimenta da tragédia. Isso somente contribui para o pânico e pode inclusive despertar outros problemas de saúde de natureza física, mental e emocional. É claro que existe um papel social na divulgação de informações, mas de outro lado, o que temos presenciado é a disseminação irresponsável do medo e da dor. E tenha empatia! Tenha tolerância com pessoas que precisam trabalhar. Com pessoas que vão às ruas cumprir com atividades essenciais. Forte abraço a todos. Vai passar.

9


PERGUNTAS E RESPOSTAS SOBRE O NOVO CORONAVÍRUS O que é a Covid-19?

Como posso me prevenir para evitar o contágio?

Covid-19 é a doença infecciosa causada pelo último coronavírus, descoberto em dezembro de 2019. Este novo vírus, chamado SARS-Cov-2 era desconhecido antes do início do surto em Wuhan, na China.

• Lave as mãos com frequência, com água e sabão ou álcool gel 70%; • Cubra o nariz e a boca ao tossir e espirrar; • Use lenço descartável para higiene nasal; • Evite tocar nos olhos, nariz e boca; • Não compartilhe objetos pessoais.

Quais são os sintomas da Covid-19? Os sintomas mais comuns são febre, cansaço e tosse seca. Alguns pacientes podem ter dores, congestão nasal, coriza, dor de garganta e dificuldade para respirar.

O Ministério da Saúde também passou a orientar que a população use máscaras ao sair de casa, mesmo que sejam caseiras. Existem muitos tutoriais a fazer a sua própria máscara online, com tecidos que temos em casa. Que procedimentos de higiene seguir em casa? • Como o vírus se espalha por contato, deve haver desinfecção de objetos tocados com frequência, como maçanetas, corrimãos, celulares, cadeiras, teclados e brinquedos. É indicado também evitar o compartilhamento de objetos de uso pessoal, como copos, talheres e pratos; Como o coronavírus é transmitido? A transmissão do coronavírus ocorre pelo ar ou por contato pessoal com secreções contaminadas, como: • gotículas de saliva; • espirro; • tosse; • catarro; • contato pessoal próximo, como toque ou aperto de mão; contato com objetos ou superfícies contaminadas, seguido de contato com a boca, nariz ou olhos.

• Especialistas em saúde orientam retirar sapatos ao chegarem casa e colocar roupas sujas para lavar assim que chegar; • Tomar banho ao chegar da rua também é indicado, além de limpar itens trazidos de fora, como embalagens de alimentos, bolsas e sacolas; • O Ministério da Saúde recomenda a utilização dos produtos usuais de limpeza, dando preferência para o uso da água sanitária (solução de uma parte de água sanitária para nove partes de água) para desinfetar superfícies; • Para louças e roupas: usar produtos de uso habitual, separando itens de quem estiver infectado. Fonte: Hospital Albert Einstein e Ministério da Saúde

O período médio de incubação por coronavírus é de 5 dias, com intervalos que chegam a 12 dias, período em que os primeiros sintomas levam para aparecer desde a infecção. Quem tem risco maior para desenvolver um quadro grave da doença? As pessoas idosas e as pessoas com problemas médicos subjacentes, como pressão alta, problemas cardíacos, pulmonares ou renais, portadores de deficiência na imunidade ou diabetes têm maior probabilidade de desenvolver doenças graves. Quem estiver com febre, tosse e dificuldade de respirar deve procurar atendimento médico imediatamente.

10


AMAFRESP JÁ TEM CONSOLIDADA SUA CENTRAL DE RELACIONAMENTO COM O ASSOCIADO Um dos principais projetos que integram o Planejamento Estratégico da Amafresp, a reestruturação do atendimento ao filiado completou dez meses em abril, consolidando desde sua implantação diversas iniciativas de melhoria do relacionamento com o filiado. Símbolo dessa nova estrutura, a criação da Central de Atendimento organizou todas as demandas externas, o que permitiu a padronização das orientações, o controle dos chamados por meio de número de protocolos, diminuição nas reclamações da Ouvidoria e também trouxe aumento de eficiência para os demais departamentos da Amafresp, pois permitiu que os colaboradores dessas áreas pudessem focar nas suas atividades principais. Parceira contratada nesse novo modelo de atendimento, a SERCOM iniciou suas atividades com a Amafresp em outubro de 2019. Com ela, foram adotados, em nossa rotina de atendimento, novos projetos de tecnologia em comunicação, processos e ferramentas de controle. Nesse trabalho, foi alocada uma equipe dedicada especialmente à Amafresp, com quatro colaboradores treinados para atender todos os tipos de solicitações dos associados, de segunda a sexta, das 8h às 17h. O serviço atua com uma média de 200 chamadas telefônicas diárias, um índice de atendimento de 91% e um tempo médio de duração de três minutos. Além disso, está prevista para o mês de maio a inclusão de uma pesquisa eletrônica de satisfação ao final de cada atendimento. “A implantação deste projeto foi longa. Tivemos que mapear todos os processos internos, fazer um dimensionamento de demanda, o montante de investimentos necessários para melhorias, se valeria a pena ter pessoal e equipamentos próprios ou contratados. Quando decidimos pela contratação, partimos para a prospecção de mercado e a opção foi pela Sercom. É uma empresa que atua em vários segmentos econômicos, mais de 5 mil funcionários e já tinha em seu portfólio clientes da área de saúde”, explica o diretor Renato Chan. “Internamente também foi um grande aprendizado. Quebramos paradigmas e foi um projeto que envolveu muitas pessoas de diversos departamentos, que tiveram oportunidade de participar da criação de um dos principais processos de uma empresa, que é o atendimento ao cliente”, complementa a gerente da área, Rosangela Lázaro.

Com o atendimento da Central de Relacionamento consolidada, o próximo passo foi a implantação de um novo canal de comunicação via WhatsApp. O lançamento do novo canal, nomeado carinhosamente como AmaZap, pelo número (11) 2920-5166, estava programado para abril de 2020. Entretanto, com a pandemia do novo Coronavírus, a Amafresp adiantou o novo tipo de atendimento para o dia 23 de março, já que a recomendação para os filiados do plano é de priorizar o atendimento à distância e evitar o contato presencial pelo risco de contaminação. “Nossa intenção era lançar o AmaZap em abril, mas diante do aumento de demandas sobre o novo coronavírus e a própria redução da nossa equipe para o atendimento presencial, diminuímos os testes para apressar o lançamento”, explicaram a gerente da Amafresp Rosângela Lázaro e a líder do projeto, Liliana Torres. A nova ferramenta de atendimento por WhatsApp funciona como uma central e fornece orientações a todos os beneficiários do plano sobre rede credenciada, autorizações, cobertura de procedimentos e exames, solicitação de reembolso, pedido de 2ª via de carteirinha e muito mais. Cada chamado tem um número de protocolo de acompanhamento, para que todos os atendimentos possam ser respondidos. Participaram desse projeto de reestruturação do atendimento os colaboradores Amafresp Rosangela Lazaro, Liliana Torres, Edneia Sena, Milton Ferreira, Jackeline Cabral, Beatriz Cunha e Filomena Ferreira.

NÚMERO DE ATENDIMENTOS REGISTRADOS DE 01 A 20/04 | AMAZAP

11


especial

Fotos: acervo Afresp

CAMPANHA SAÚDE 2020: AMAFRESP REFORMULA MODELO DIANTE DA PANDEMIA DE CORONAVÍRUS A Campanha Saúde é o evento anual tradicional da Amafresp. Realizada há mais de 20 anos pelo plano de saúde de autogestão, a Campanha sempre buscou aliar serviços de saúde com momentos de confraternização entre os filiados, assim, além de vacinas contra gripe e pneumonia, serviços como exames preventivos de pressão arterial, glicemia/ perfil lipídico, hepatite C, IMC (Índice de Massa Corpórea), circunferência abdominal, entre outros, são oferecidos gratuitamente para os beneficiários. Historicamente, o planejamento para a organização do evento se inicia no mês de janeiro com a definição do tipo de vacina, negociação de valores, exames a serem realizados, parcerias nas áreas de enfermagem, patrocínios e cronograma das regionais, tudo para que a partir de março as inscrições sejam abertas aos filiados. Diante da chegada da pandemia de Coronavírus ao Brasil e as orientações de isolamento social dos órgãos de saúde, em um prazo de uma semana, foi necessária uma reformulação total da Campanha, tendo como objetivos priorizar segurança, capilaridade e agilidade para que nossos filiados pudessem ser imuni-

12

zados o mais rápido possível. Neste ano, a busca pela vacina da gripe contra o vírus influenza fez com que houvesse a falta do produto nas distribuidoras, ao mesmo tempo em que foi maior a demanda dos filiados da Amafresp, constatando-se um volume de cerca de 30% acima da média histórica de doses aplicadas.


Do pedido inicial de 7000 doses, foram entregues apenas 6000 por um dos fornecedores, obrigando a Amafresp a abrir ao filiado o acesso à rede credenciada durante o período de campanha, para que, desta forma, a demanda excedente fosse atendida.

RH e Diretoria Executiva. Para as cidades em que não foi possível realizar a vacinação pela própria Amafresp, a orientação é para que os beneficiários do plano se dirijam para vacinação na rede credenciada.

Seguindo o movimento do serviço público de saúde, a Amafresp também antecipou o calendário da campanha, iniciando as aplicações ainda no mês de março e as finalizando, para o Estado de São Paulo inteiro, em um intervalo de duas semanas. Além disso, seguindo as orientações da OMS (Organização Mundial da Saúde) e do Ministério da Saúde para conter a disseminação do Coronavírus e evitar qualquer tipo de aglomerações, em algumas localidades foi implementada a vacinação no formato drive thru com dias e horários agendados por grupos, para que os beneficiários do plano pudessem ser vacinados sem precisar sair do carro.

Seja pelo sistema de drive thru, ou pelo modelo tradicional nos escritórios regionais ou por agendamento nas redes credenciadas, foram mobilizados mais de 60 profissionais envolvendo Amafresp, Diretoria Regional, Comunicação, Administração, TI,

O Diretor da Amafresp, Renato Chan, explicou a dificuldade em realizar a Campanha Saúde deste ano devido à pandemia de Coronavírus: “O sucesso desta Campanha de Vacinação só foi possível pela experiência, dedicação e comprometimento de todos os profissionais que estiveram envolvidos. Parabenizo e expresso minha gratidão para com todos eles. A cada dia que passava havia a pressão do associado para iniciarmos a campanha e, por outro lado, as distribuidoras de vacinas não nos davam previsão de entrega, o que nos forçou a seguir um cronograma dinâmico e que era divulgado pontualmente para cada região. O esgotamento rápido das 6000 doses trouxe uma pressão adicional, por isso, abrir o acesso para a rede credenciada trouxe um custo adicional para a Amafresp, mas o mais importante é que todos estejam imunizados e despreocupados em relação à gripe influenza”.

13


AMAFRESP PASSA A OFERECER SERVIÇO DE TELEMEDICINA AOS SEUS FILIADOS Uma das maiores inovações na área de saúde começou a ser disponibilizada no dia 27 de abril aos filiados da Amafresp: a telemedicina, que permite a realização de consultas por videoconferência. Para fazer frente ao atual cenário causado pelo coronavírus, o Governo Federal editou a Lei nº 13.989, de 15 de abril de 2020, autorizando as operadoras de planos de saúde a oferecer esse serviço. Segundo o diretor Renato Chan, a Amafresp é uma das primeiras operadoras de autogestão a implantar esse serviço. Isso só foi possível porque a Amafresp já possui o know how por oferecer o serviço de telepsicologia contratado junto à empresa Conexa: “Estamos colhendo os benefícios por termos sido inovadores no ano passado e lançado a telepsicologia. Agora com a telemedicina, fazemos jus ao que a Amafresp sempre buscou, que é ofertar um serviço de qualidade e de acolhimento ao seu filiado. Em um momento como esse, de isolamento e quarentena, é importante oferecer ao nosso beneficiário qualquer tipo de apoio médico que ele precise, sem expô-lo ao risco de sair de casa. É uma ótima oportunidade dos filiados experimentarem e mudarem sua cultura.” Conheça mais sobre o Programa de Telemedicina da Amafresp: Quem é a operadora contratada pela Amafresp? O serviço de telemedicina será oferecido pela empresa Conexa, maior plataforma de telemedicina independente da América Latina e uma das pioneiras no Brasil, atendendo quase 4 milhões de vidas. A empresa já é parceira da Amafresp desde setembro de 2019 no Programa de Saúde Mental, avaliado no índice de qualidade NPS com nota 85 (escala de 0 a 100) pelos filiados. A Conexa tem médicos próprios? Além de médicos próprios da Rede Conexa, ela possui parcerias com outros grandes hospitais de São Paulo, como Hospital Alemão Oswaldo Cruz, Maternidade Santa Joana, HCOR, Nove de Julho e Hospital Santa Paula. Como faço para usar o serviço da Conexa? O acesso à plataforma da Conexa deve ser feito por meio do site https://app.conexasaude.com.br/login/amafresp ou baixando o aplicativo Conexa Saúde (disponível para Android e IOS). Todos os usuários da Amafresp foram previamente cadastrados na plataforma, mas cada um deve ativar sua conta junto à Conexa. Os filiados receberam e-mail para realizar a ativação e também podem ativar sua conta diretamente no link https://ativesuaconta.conexasaude.com.br/passo1/amafresp, caso não tenham recebido a comunicação. A telemedicina permite atender a todos os problemas de saúde? Estatísticas de outros clientes da Conexa e de operadoras em outros países, mostram que até 80% dos casos podem ser re-

14

solvidos por consulta virtual. A maioria dos atendimentos será conduzida por clínico geral, mas, caso seja necessário, um especialista poderá ser agendado no momento da consulta ou o paciente será encaminhado para atendimento presencial. Preciso agendar a consulta? Haverá duas modalidades de atendimento: o pronto atendimento e o atendimento agendado. O pronto atendimento já está disponível a todos os filiados e é oferecido pelos médicos da rede Conexa. Em um segundo momento, também haverá a possibilidade de agendamento de consulta com alguns dos médicos da Amafresp. Todos os médicos da Amafresp poderão atender por telemedicina? Telemedicina é mais do que um atendimento por Skype ou WhatsApp. A própria regulamentação federal exige que o médico utilize certificação digital. Dessa forma, a Amafresp está adquirindo licenças de uso da plataforma da Conexa para que parte da sua rede credenciada preste esse serviço. Ao exigir que o atendimento seja através dessa plataforma, será possível controlar a realização ou não da consulta. Além disso, será formado um prontuário eletrônico e a receita dos medicamentos será autenticada por certificação digital. Serão priorizados para o cadastramento os médicos de família da Amafresp, geriatras de confiança, médicos referenciados e outros profissionais que garantam o atendimento em cada uma das especialidades médicas. Meu médico (clínica) não foi habilitado para atendimento em telemedicina, mas me atendeu por WhatsApp. A Amafresp vai cobrir essa consulta? Por meio das Notas Técnicas expedidas pela ANS, foi determinado que há necessidade de acordo prévio entre operadora e rede credenciada para que o serviço de telemedicina seja oferecido. A partir do momento em que o médico ou a clínica não foi habilitado para atendimento por telemedicina, a Amafresp não reconhece a prestação deste serviço e glosará este atendimento. Essas consultas entram para a contagem e cobrança de coparticipação? As consultas de telemedicina são consideradas consultas realizadas e, portanto, entram na contagem anual de consultas ou terapias para cobrança da coparticipação. Como obtenho ajuda para utilizar a ferramenta? A Conexa possui um suporte técnico através de chat e qualquer tipo de dúvida que envolva o funcionamento da ferramenta pode ser tirada diretamente com a empresa. Demais dúvidas podem ser encaminhadas, preferencialmente, pelo nosso canal de atendimento no WhatsApp (Amazap), pelo número (11) 2920-5166.


raio x EVOLUÇÃO DA COTA JAN

FEV

MAR

ABR

MAI

JUN

JUL

AGO

22.958.921,41

21.061.239,92

23.129.093,72

-

-

-

-

-

ENCARGOS TRIBUTÁRIOS (2)

4.599,58

4.896,39

3.697,01

-

-

-

-

-

DEVOLUÇÃO DE COTAS (3)

11.198,11

9.457,41

12.128,43

-

-

-

-

-

TAXA ADMINISTRATIVA (7%) (4)

1.564.879,92

1.607.124,50

1.474.286,79

-

-

-

-

-

RECEITA RECIPROCIDADE (5)

1.081.217,13

684.929,07

1.391.765,77

-

-

-

-

-

410.749,28

180.354,24

73.325,81

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

23.047.632,61

21.817.434,91

23.154.114,37

-

-

-

-

-

QUANTIDADE DE COTAS (9)

36.007,70

35.882,20

35.716,20

-

-

-

-

-

VALOR REAL DA COTA (10)

640,08

608,03

648,28

-

-

-

-

-

VALOR DA COTA COBRADA (11)

635,00

635,00

635,00

-

-

-

-

-

CUSTOS DE ATENDIMENTO (1)

RECEITAS DIVERSAS (6) AJUSTE TX ADMINISTRATIVA 2018 (7) SALDO (8)

Notas explicativas: (1) Representa o total gasto com despesas assistenciais, reembolso, ressarcimento ao SUS, tributos dos prestadores retido na fonte pela Amafresp (2) Encargos tributários próprios da Amafresp (INSS autônomos + COFINS) (3) Devolução de valores cobrados em excesso (4) Em virtude do uso da estrutura física e de pessoal da Afresp é repassada à associação o montante de 7% dos valores dos custos assistenciais da Amafresp (5) Receita proveniente das associações de outros Estados por conta da utilização dos serviços da Amafresp por seus filiados (6) Receitas com origem na cobrança de coparticipação, franquias e diferença de tabela (7) Cobrança ou restituição de valores pagos à AFRESP a título de taxa administrativa do ano anterior (8) Saldo = (1)+(2)+(3)+(4)-(5)-(6) (9) Total de cotas ativas na Amafresp (10) Valor real da cota = (8)/(9) (11) Valor efetivamente cobrado em mensalidades - a partir de 2020 critério alterado para divulgação da cota pele regime de competência * Valor em previsão com base em contas a pagar e receber, contas em aberto e internações autorizadas.

MAIORES PRESTADORES NO GERAL

15


PERFIL DEMOGRÁFICO

19.619 BENEFICIÁRIOS

Abril de 2019 a Março de 2020

CUSTOS POR GRUPO DE DESPESA

16


PROPORÇÃO DE CUSTOS POR GRUPO DE DESPESA (%)

MAIORES USUÁRIOS Maiores usuários | Beneficiários classificados por % no Custo Operacional Total RANKING

IDADE

PRESTADOR PRINCIPAL

SINISTRO TOTAL

1

9

HOSPITAL NOVE DE JULHO

R$ 3.038.365,88

2

91

HOSPITAL SANTA CATARINA

R$ 1.967.154,06

3

66

HOSPITAL BENEFICÊNCIA PORTUGUESA

R$ 1.507.407,69

4

0

HOSPITAL BENEFICÊNCIA PORTUGUESA

R$ 1.135.076,11

5

2

HOSPITAL SABARÁ

R$ 1.127.527,48

6

95

HOSPITAL NOVE DE JULHO

R$ 1.117.450,78

7

1

CLÍNICA SÃO JOSÉ LTD

R$ 1.106.979,62

8

62

HOSPITAL SAMARITANO

R$ 1.089.215,33

9

84

UNIMED DO EST. SP- F

R$ 1.000.104,54

10

60

HOSPITAL EDMUNDO VASCONCELOS

R$ 937.450,41

11

79

UNIMED DO EST. SP- F

R$ 933.489,76

12

82

HOSPITAL NOVE DE JULHO

R$ 926.365,26

13

75

ASSISTCARE SERVICOS

R$ 920.978,82

14

71

HOSPITAL SÍRIO-LIBANÊS

R$ 904.344,84

15

80

HOSPITAL ALEMAO OSWALDO CRUZ

R$ 887.054,42

EVOLUÇÃO MENSAL DOS CUSTOS ASSISTENCIAIS

17


FREQUÊNCIA DE UTILIZAÇÃO

Taxa mensal em consulta eletiva por beneficiário Abril de 2019 a Março de 2020

Média de exames por beneficiário no mês

Taxa mensal em pronto-socorro por beneficiário

Taxa de internação hospitalar

18


viver bem

PSICOLOGIA POSITIVA: UM CONCEITO PARA UMA VIDA MAIS FELIZ Já sabemos que a Psicologia tem importância significativa para a saúde mental e física do ser humano. Porém, o que nem todo mundo conhece é um conceito chamado de Psicologia Positiva, que tem como um dos seus principais criadores o psicólogo americano Martin Seligman. Historicamente, a psicologia clássica buscou dar ênfase aos aspectos patológicos com tratamentos medicamentosos, colocando em segundo plano outros aspectos emocionais, como o bem-estar psicológico, a paz interior, a gratidão e a valorização para o que se tem, e não daquilo que sentimos falta em nossas vidas. O conceito de Psicologia Positiva foi desenvolvido no final da década de 90, a partir da intenção de Seligman de entender por meio de estudos o que faz a vida de uma pessoa realmente feliz e estender o papel de atuação do psicólogo para além do tratamento dos sofrimentos e distúrbios mentais, de forma que o paciente pudesse alcançar a felicidade. Segundo o psicólogo, que também é diretor do Centro de Psicologia Positiva da Universidade da Pensilvânia, nos Estados Unidos, o objetivo da Psicologia Positiva é encontrar os aspectos positivos na vida das pessoas para ajudá-las a ter mais qualidade de vida, além de se relacionar melhor com as pessoas e lidar melhor com suas emoções. Esse novo ponto de vista, entretanto, não excluiria a psicologia e tratamento dos sofrimentos de cena, mas atuaria como uma prática complementar. Seligman propõe exercícios para aumentar o bem-estar e diminuir fatores inerentes à depressão. Um primeiro exercício seria a “Visita de agradecimento”, que consiste em telefonar

ou escrever uma carta de agradecimento a uma pessoa importante em sua vida. Outro exercício seria o das “Três bênçãos”, o qual sugere em que se escrevem três coisas que correram bem durante um dia, buscando entender o porquê desses acontecimentos terem acontecido dessa forma. Por fim, propõe uma terceira tarefa sobre a autoimagem. Nessa etapa, propõe identificar as próprias fortalezas pessoais e, a partir disso, encontrar novas formas de se adaptar e se auto-organizar. Ainda em seu estudo, Seligman explica que sua Teoria da Felicidade é formada por cinco elementos centrais: a Emoção Positiva (gerada a partir da realização de atividades que fazem bem para cada pessoa), Engajamento (representado por momentos de foco pleno durante as atividades do seu dia a dia e que não sejam feitas com um sentimento de obrigação), Relacionamentos, Propósito e Realizações. Outro conhecido nome na área de psicologia positiva é o professor Tal Ben-Shahar. Famoso após a divulgação on-line de sua aula em Harvard, ele aponta que o tempo gasto em redes sociais tem influenciado nos níveis de felicidade ao redor do mundo. “O equívoco de muitas pessoas é a crença de que as coisas fora de seu controle são as mais importantes para a felicidade e as redes sociais potencializam esse sentimento”, diz ele. O professor completa: “Faça uma lista longa das coisas que acha que farão você feliz. E dessa lista, escolha duas, não mais que duas coisas, e se comprometa com elas. A solução é fazer com consistência pequenas mudanças. E lembre-se, que somos humanos. Devemos nos dar o direito de errar e não vamos ser felizes o tempo todo”.

Se interessou pela Psicologia Positiva? Conheça mais sobre o assunto no site https://www.authentichappiness.sas.upenn.edu/, da Universidade da Pensilvânia. 19


COM A UNIVERS, A ESCOLHA É SUA.

Aproveite toda a modernidade e benefícios que só a Univers pode oferecer em qualquer uma das mais de 2.000 lojas Drogasil e Droga Raia espalhadas pelo Brasil.

%

de desconto* em medicamentos genéricos tarjados.

20 a partir de

%

de desconto* em medicamentos de marca tarjados.

IMPORTANTE: Apresente o seu cartão Amafresp direto no caixa.

UNIVERS. Cada vez mais perto de você. www.univers-pbm.com.br

*OS DESCONTOS PODERÃO SER ALTERADOS SEM COMUNICAÇÃO PRÉVIA.

40 a partir de

Profile for afrespsp

Amafresp em Foco - Ed. 12  

Amafresp em Foco - Ed. 12  

Profile for afrespsp
Advertisement

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded