Issuu on Google+

12

FORTALEZA - CEARÁ - BRASIL Terça-feira, 10 de janeiro de 2012

VERDE

ABC da Caatinga

11 DE JANEIRO

Dia do Controle da Poluição por agrotóxicos O agrotóxico é considerado uma das maiores fontes de poluição do solo e recursos hídricos. A contaminação produzida mata animais, polui rios e lençóis freáticos gerando um grande problema ao meio ambiente e à saúde humana. Causa câncer, podendo afetar o fígado, a hipófise, o hipotálamo e as glândulas sexuais a partir da aplicação e ou da ingestão do produto. Razão mais do que suficiente para no Brasil, o dia 11 de janeiro é dedicado ao Controle da Poluição por Agrotóxicos. É uma forma de conscientizar população sobre riscos e impactos provenientes do uso indiscriminado ou não, de agrotóxicos.

Na Caatinga

A utilização de agrotóxicos é comum na Caatinga. Devido ao período de lavoura ser curto, apenas durante o período chuvoso do ano, os agricultores não podem correr o risco de perder a lavoura inteira devido ao ataque de alguma praga, usam o agrotóxicos para evitar isso.

Mais informações:

www.acaatinga.org.br

No Clima da Caatinga, sem agrotóxico O Projeto No Clima da Caatinga, patrocinado pela Petrobras através do Programa Petrobras Ambiental, no Curso de Manejo Correto do Solo dissemina para os agricultores do entorno da Reserva Natural Serra das Almas, como utilizar adubo orgânico para a proteção da sua produção agrícola. Com esse adubo a planta adquire mais resistência contra pragas e doenças, evitando o uso dos agrotóxicos.

PRODUZINDO O ADUBO ORGÂNICO

O PODER DO CONSUMIDOR Como consumidores podemos dar preferência aos alimentos produzidos sem agrotóxicos, no supermercado procure os produtos com o selo da certificação orgânica. Nos supermercados de Fortaleza, já há disponível legumes, verduras, frutas, ovos e até carnes orgânicas. Ao comprar o orgânico, você além de consumir um produto de melhor qualidade sem agressão ao meio ambiente, estará contribuindo para a regularização de todo o processo de produção, como é exigido pelo selo.


ABC da Caatinga Nr. 50- 10 de janeiro.PDF