Page 1

8

Verde

Fortaleza-Ceará-Brasil Terça-feira, 26 de abril de 2011

ABC da

Caatinga

Conheça mais em: www.acaatinga.org.br

Semana Nacional da Caatinga D

e 25 a 30 de abril, em Fortaleza, acontece a Semana Nacional do Bioma Caatinga. Hoje e amanhã, o evento será no Hotel Oásis Atlântico a partir das 8h com a apresentação de projetos para a Caatinga e discussão sobre o papel do poder público em ações para o Bioma, tecnologias para uso sustentável de seus recursos naturais, experiências exitosas na região e a construção de protocolo de intenções pelo reconhecimento da importância do Bioma Caatinga em nível nacional. Apesar de ser o único bioma exclusivamente brasileiro, a Caatinga não é reconhecida como Patrimônio Nacional em nossa Constituição, como a Mata Atlântica, a Amazônia e o Pantanal o são. Puro desconhecimento de nossos legisladores que, como

a maioria dos brasileiros, desconhecem as belezas e a biodiversidade deste ecossistema único no mundo. Um equívoco que a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 504/10, que tramita no Senado, está tentando reverter. A elevação da Caatinga a patrimônio nacional corrige uma injustiça histórica com este bioma desvalorizado e esquecido pela sociedade. Com a aprovação da PEC, a Caatinga ganhará maior destaque no cenário nacional o que possibilitará a atração de novas parcerias e de recursos para a sua conservação e a promoção de uso sustentável dos seus recursos naturais. Torçamos.

BIODIVERSIDADE DA CAATINGA

Violete

Sinônimos Populares: jacarandá-violeta, pau-violeta, pau-violete Nome científico: Dalbergia cearensis Ducke

O nome desta espécie é derivado da cor exuberante do cerne da madeira (parte interna do tronco). O violete caracterizase como uma planta endêmica da caatinga (só ocorre neste bioma) que pode atingir 8 m de altura e diâmetro do caule de 15-20 cm com tronco ereto e galhos tortuosos. A madeira de cor roxo-escuro apresenta grande potencial econômico sendo utilizada para diversos fins e destinada a usos especiais, como fabricação de móveis, objetos de adorno, confecção de instrumentos musicais, caixas e estojos entalhados, cabos de faca e objetos de decoração. Diversos móveis de Dom João VI e Napoleão Bonaparte foram confeccionados com a madeira desta espécie. O alto preço obtido com a madeira levou esta espécie a elevados índices de exploração. Com isso, o violete encontra-se em perigo de extinção no Estado do Ceará. Devido à importância cultural e econômica desta espécie, torna-se de extrema importância o plantio de mudas em programas de reflorestamento e reposição florestal, principalmente, em áreas de mata ciliar.

SINTA O CLIMA DA CAATINGA Habitantes de Fortaleza e outros centros urbanos pouco conhecem a caatinga e não relacionam o seu consumo e hábitos com a degradação dos recursos naturais no interior do Estado. Lenha e carvão são consumidos em grande quantidade em churrascarias, pizzarias, padarias etc., além de grande quantidade de água e produtos agropecuários, todos oriundos das regiões semiáridas. A degradação da caatinga impacta não apenas na falta de matérias-primas e alimentos, mas também no regime das chuvas e no clima do Estado. O Projeto No Clima da Caatinga, realizado pela Associação Caatinga e patrocinado pela Petrobras, através do Programa Petrobras Ambiental, realizará ações de educação ambiental em Fortaleza e em Crateús para a valorização da biodiversidade da caatinga e mobilização da sociedade para a sua conservação. Saiba mais em: www.noclimadacaatinga.org.br

Móveis de Dom João VI e Napoleão Bonaparte foram confeccionados com madeira de violete

ABC da Caatinga Nr. 13 - 26 de abril  

ABC do Jornal O Estado

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you