Page 1

ABIGRAF SÃO PAULO Associação Brasileira da Indústria Gráfica

Ano 2 - número 8 - março de 2006

Sindigraf-SP oferece novo programa de capacitação, com cursos que contemplam empresas do Interior do Estado de São Paulo. Página 5.

Indústria gráfica aumenta número de empregos em 2005 Para auxiliar os empresários, Abigraf lança nova edição de sua Pesquisa Salarial Pesquisa Salarial

Para auxiliar os empresários gráficos na contratação e cor­ reta remuneração de seus colaboradores, o Sindigraf-SP, em parceria com a Abigraf-SP, acaba de concretizar a 141 edição da Pesquisa de Salários e Benefícios na Indústria Gráfica Paulista. O objetivo da pesquisa é disponibilizar às gráficas informa­ ções precisas sobre o mercado de trabalho do setor, possibili­ tando a estas avaliar suas estruturas de custos e auxiliar na definição de estratégias salariais. A pesquisa está disponível a todas as gráficas, por R$ 150,00 para associadas do Sindigraf-SP e da Abigraf-SP e R$ 240,00 para não-sócias. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (11) 5087-7777. índice: Página 2 Vem aí o 16S Prêmio Brasileiro de Excelência Gráfica Fernando Pini.

Área de produção: novas vagas em 2005.

De acordo com levantamento do Departamento de Estudos Econômicos da Abigraf, em 2005, a indústria gráfica brasileira, constituída por cerca de 15,5 mil empresas, a maioria de pequeno e médio portes, contratou 8.743 trabalhadores. Isto significou variação positiva de 4,28% em relação a 2004, quando o número de postos de trabalho já havia cres­ cido 4,57% em comparação a 2003, com a contratação de 8.954 profissionais.

Página 3 GIRO apresenta o primeiro estudo estatístico com rotativas offset. Página 4 Abigraf integra a recém-criada Câmara Setorial do Livro, Literatura e Leitura. Página 5 Abigraf-SP inaugura biblioteca no município de Tanabi Página 6 As principais feiras do setor, programadas para abril e maio de 2006.


IM PR ESSÕ ES

ABIGRAF-SP/ Associação Brasileira da Indústria Gráfica Regional São Paulo

■ Editorial

Fazendo a nossa parte Nesta edição, o leitor toma conhecimento de duas iniciativas direcionadas a impulsionar a leitura no Brasil: a inauguração de mais uma biblioteca no interior do Estado - como parte do programa da Secretaria de Estado da Cultura, patroci­ nado pela Abigraf-SP - e nossa participação como membro da recém-formada Câmara Setorial do Livro, Literatura e Leitura (CSLLL). Por que nos engajamos em campanhas que promo­ vem a leitura no País? Com certeza, não se trata apenas de buscar, com isso, impul­ sionar os negócios do seg­

mento gráfico editorial. A verdade é que o livro é o principal meio de difusão do conhecimento, da cultu­ ra, das ciências e da infor­ mação técnica, o melhor caminho para o desenvolvi­ mento socioeconômico das sociedades. E o livro conti­ nua sendo um meio de baixo custo para atingir esse objetivo. Infelizmente, o índice de compra espon­ tânea de livros é inferior a um exemplar por habitante/ano. Um problema que tem suas raízes na exclusão social, no desemprego, na péssima distribuição de renda, na má qualidade do

ensino público, entre outros fatores. Para solucionar tama­ nhos problemas, é necessá­ rio que todos façam sua parte. Ao integrar a CSLLL teremos a oportunidade de participar de forma próativa da estruturação de programas e projetos que definem os rumos da leitura e do acesso à informação neste País. Estamos fazendo a nossa parte. E cobramos governos, autoridades e a própria sociedade para que também desempenhem o papel que lhes cabe. Boa leitura!

Mário César de Camargo Presidente da Abigraf Nacional

■Premiação

Inscrições para o 16° Prêmio Fernando Pini começam em julho A Associação Brasileira de Tecnologia Gráfica (ABTG) já está preparando a 16a edição do Prêmio Brasileiro de Excelência Gráfica Fernando Pini. O con­ curso, já consagrado como o mais importante do País no setor e referência de qualidade para o mercado, é aguardado com ansiedade pela indústria gráfica, que vê na premiação uma excelente ferramenta de marke­ ting no fortalecimento de sua marca. As inscrições começam em 17 de julho e vão até 15 de setembro. Os finalistas serão conhecidos no dia 24 de outubro, em coletiva de imprensa, e a cerimônia de premiação acontece em 28 de novembro, em São Paulo. Não perca tempo, comece desde já a separar seus melhores trabalhos e corra o risco de ser um dos gran­ des vencedores do ano.

Festa de entrega da 15s edição da premiação.


IMPRESSÕES

ABIGF^F-SP/ Associação Brasileira da Indústria Gráfica Regional São Paulo

■Mercado

GIRO apresenta o primeiro estudo estatístico com rotativas offset Análise revela otimismo das gráficas em relação ao futuro

O Grupo de Impressores com Rotativa Offset (GIRO), constituído no âmbito da ABTG, acaba de divulgar o resultado de um estudo estatístico da indústria brasileira de gráficas com rotativas offset. A pes­ quisa, desenvolvida pela AMSG Consultoria, avaliou o desempe­ nho do setor no ano de 2004 e traçou projeções para o período de 2005 a 2007. No total, partici­ param 1 7 gráficas. Em 2004, o setor de rotativas offset apresentou crescimento de 11,8% , com faturamento total de R$ 2,9 bilhões. O valor é equiva­ lente a 18,15% do faturamento total da indústria gráfica, que, nesse mesmo período, foi de R$

16,08 bilhões. O segmento de revistas mostrou-se como o mais importante em termos de participação de ven­ das, com 29% do total faturado. Em seguida vem o de livros, com 25% das vendas. Os segmentos de manuais e jornais são os menos expressivos em termos de fatura­ mento, ambos com 1% do total vendido. A atuação do setor de rotativas no mercado externo ainda é peque­ na, apesar do número relevante de gráficas com atividades de exporta­ ção. Trinta e cindo por cento das grá­ ficas pesquisadas realizaram vendas externas no ano de 2004. Porém, as exportações responderam por ape­ 3

nas 1,2% das vendas do setor. A concentração das exportações deu-se, basicamente, em dois mer­ cados geográficos: América do Norte (6 7% ) e América Latina (33% ). O segmento de livros foi o que obteve maior participação, com 59% das vendas. As demais exportações se restringiram aos segmentos de catálogos e revistas, com 23% e 18%, respectivamente. Em 2004, o setor foi responsável por 8,7% da mão-de-obra empre­ gada na indústria gráfica, totalizan­ do 1 7.660 colaboradores. A maior concentração de funcionários per­ manece na área de produção, com cerca de 74% do total de pessoas empregadas. Com relação ao nível de qualifi­ cação da mão-de-obra, a pesquisa apontou um maior número de fun­ cionários com nível médio - 67,8% . Foi apurado também que 17,7% possuem nível superior e 14,5% têm nível básico. O nível de ocupação das unida­ des produtivas do setor em 2004 foi de 68% . A pesquisa também apontou que o índice médio de ter­ ceirização foi de 3,5% do volume total produzido. No mesmo período, o setor con­ sumiu cerca de 584,4 mil toneladas de papel. Apesar da predominância da utilização de papel de fabricação nacional, o volume de papel impor­ tado se mostrou bastante expressi­ vo, alcançando 35% do total con­ sumido.


IMPRESSÕES

ABIGRAF-SP/ Associação Brasileira da Indústria Gráfica Regional São Paulo

■Notícias

ONS 27 põe em votação normas técnicas

Manual Técnico Ambiental

Até 31 de março, dois projetos de Normas Técnicas, elaborados pela ONS 27 e ABTG, estarão em votação no site da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABN T). Os projetos são destina­ dos aos segmentos de rótulos e etiquetas auto-adesivas e de impressos de segurança. Além disso, foi publicada em 2 de m arço a Norma NBR 1520 1:2006 - Tecnologia gráfica - Livros Didáticos - Classificação de defeitos e métodos de ensaio, que irá nortear os fabricantes de livros didáticos, com dados objetivos, mensuráveis e passíveis de verificação.

Em nova iniciativa para orientar o setor gráfi­ co sobre as ações que contribuam para a pro­ dução am bientalm ente correta, o Sindigraf-SP está lançando o "M anual Técnico A m biental da Indústria Gráfica - m etodologia de prevenção à poluição, identificação e redução de resíduos em processos gráficos". A publicação abrange os principais processos de im pressão, com o offset, flexografia, serigrafia e tipografia, sendo dirigida a em presários e técnicos, com infor­ m ações sobre práticas destinadas a to rnar a pro­ dução mais lim pa e sustentável. O m anual foi desenvolvid o pelo sind icato e tem a c o n ­ trib u içã o essencial de diversos p arceiro s e apoiadores.

Instaurada Câmara Setorial do Livro A Abigraf é uma das entidades setoriais mem­ bro da recém-criada Câm ara Setorial do Livro, Literatura e Leitura (C SLLL), novo canal de discus­ sões e estudos da política nacional do livro, leitura e bibliotecas, que abrirá portas para o diálogo entre os produtores de livros e o Governo Federal. Em âm bito estadual, foi criado o Conselho Consultivo de Literatura, que irá elaborar políticas e programas de incentivo à leitura. O novo orga­ nismo também soma a participação ativa da Abigraf.

GE-PROM desenvolve guia de tempos e custos O Grupo Empresarial de Impressos Promocionais (GE-PROM ), da Abigraf-SP, desenvolveu o Guia de Tempos e Custos da Indústria Gráfica Brasileira. O material é destinado a orientar as gráficas deste segmento sobre como parametrizar os tempos de seus processos produtivos. O guia apresenta indi­ cadores de tempos e modelos de mapas de custos para as operações produtivas de uma "gráfica padrão", que foram validados por medições in loco. O lançamento está previsto para o primeiro semestre de 2006. Mais informações na ABTG, pelo telefone (11) 6097-6700.

4


IMPRESSÕES

ABIGRAF-SP/ Associação Brasileira da Indústria Gráfica Regional São Paulo

Lideres Gráficos das Américas

Abigraf-SP inaugura mais uma biblioteca no Interior

Em fevereiro, a Printing Association of Florida (PAF) e a Confederação Latino-am ericana da Indústria Gráfica (C o n lating raf) anunciaram os nomes dos prem iados com o título G rap hic Arts Leaders of Am éricas 2 0 0 6 . Foram hom enagea­ dos Fernando Leiro (Artes Graficas M odernas, A rgentina) e John C . W urst (H enry W urst Inc., Estados Unidos), em cerim ônia realizada no The A lexander Hotel em M iam i, Florida (EU A ). A cerim ônia integrou a program ação da feira G raphics of the Am éricas 2 0 0 6 , da qual a Abigraf Nacional participou com estande, ao lado da C onlatingraf. Uma das bibliotecas inauguradas pela Abigraf-SP em 2005.

Programa "Bate-papo com a tecnologia" Este ano, a ABTC espera repetir o sucesso alcan­ çado em 2005, quando passou a realizar o "Batepapo com a tecnologia", série de palestras que trou­ xe nomes como Luiz Carlos Burti, Cláudio Baronni, Valter Baptista e Luis Carlos Bonasio. Para falar sobre a trajetória de sucesso da Pancrom, Klaus Murrins, diretor superintendente, e Adilson Roberto da Silva, diretor comercial, estarão em 10 de abril, na sede da ABTG. Não perca.

Para incentivar o hábito da leitura, a Abigraf-SP continua, em 2006, sua programação de instalação de bibliotecas no Interior do Estado de São Paulo. No próximo dia 7 de abril, a diretoria da entidade esta­ rá na cidade de Tanabi para inaugurar o novo espa­ ço dedicado aos livros. Em 2005, a Abigraf-SP patro­ cinou a instalação de outras três bibliotecas, dentro de iniciativa que integra o programa "São Paulo: um Estado de Leitores", lançado em 2003, pela Secretaria de Estado da Cultura, com apoio da inicia­ tiva privada.

Projeto "Semanas de Artes Gráficas" O Sindigraf-SP e a Abigraf-SP estão desenvolven­ do projeto voltado à melhoria da capacitação técnica e de gestão da indústria gráfica do Interior do Estado de São Paulo, através de cursos, seminários, consulto­ rias e projetos especiais. A realização será da ABTG. Serão abrangidas as regiões de Bauru, Vale do Paraíba, Ribeirão Preto, Campinas/Jundiai e São José do Rio Preto . Os cursos envolvem três áreas: Gestão, Técnica e Vendas. A previsão para início das ativida­ des é abril. Mais informações podem ser obtidas na ABTG, pelo telefone (11) 6097-6700.

Público presente em palestra realizada no ano passado


IMPRESSÕES

ABIGRAF-SP/ Associação Brasileira da Indústria Gráfica Regional São Paulo

■Serviços

Cursos AE3TG: C alend ário de Even to s De 04 a 05 de abril, das 18h45 às 21h45

De 04 a 11 de abril IPEX 2006 - Feira Internacional de Impressão Inglaterra

Gestão Inovadora da Em presa G ráfica: C om o adaptar a em presa

Dia 07 de abril Inauguração da Biblioteca Municipal de Tanabi São Paulo

gráfica para as novas exigências do m ercado.

De 09 a 12 de abril Expo Celpa Sudeste 2006 - Efeitos dos Efluentes de Fábricas de Celulose e Papel Espírito Santo - Brasil

De 24 a 27 de abril, das 18h45 às 21h45 Produção gráfica. Mais inform ações podem ser obtidas na A B T G , pelo telefone (1 1 ) 6 0 9 7 -6 7 0 0 .

De 17 de abril a 08 de maio 32a Feira do Livro de Buenos Aires Buenos Aires - Argentina De 24 a 28 de abril Brasilpack Pavilhão de Exposições do Anhembi - São Paulo - SP De 09 a 13 de maio Grafitália 2006 - 10a Mostra de Equipamentos para a Indústria Gráfica de Edição e Comunicação Milão -Itália

A g en d a A b ig raf Reuniões:

De 09 a 13 de maio Converflex Europa 2006 - Feira Internacional de Equipamentos e Artigos para Conversão de Papel em Embalagem Milão - Itália

Dia 11 de abril Conselho Fiscal da Abigraf, Sindigraf-SP e ABTG

De 10 a 12 de maio Fispai Latino - Feira Internacional de Produtos, Embalagens, Equipamentos e Serviços para alimentação Miami Beach - EUA

Dia 18 de abril Assembléia da Abigraf-SP, Sindigraf-SP e ABTG

De 16 a 18 de maio Fespa Digital Printing Europe 2006 RAI Exhibition Centre

Dias 28 e 29 de abril 42a Assembléia Geral Ordinária

Dia 25 de maio Palestra de Alfried Plõger Escola Senai Jundiaí - SP

da Abigraf Nacional Dia 09 de maio

De 25 a 27 de maio Mexigráfika - VII Exposicion Internacional de Las Artes Graficas Conversão de Papel em Embalagem 6

Diretoria Setorial e Seccional da Abigraf-SP


IM PR ESSÕ ES

ABIGRAF-SP/ Associação Brasileira da Indústria Gráfica Regional São Paulo

■Entrevista

Gráfica Sillc Express associa-se à Abigraf Empresa especializada no segmento de embalagens, fundada há 12 anos, está localizada no município de Valinhos.

Parque gráfico agora se concentra na produção de embalagens.

Abrir um canal que permita ampliar seu fluxo de informações sobre a indús­ tria gráfica no Brasil e no mundo; bus­ car orientações mercadológicas para consolidar sua presença no setor; e ser mais participativa em questões que envolvam sua área de atuação - o seg­ mento de embalagens - foram alguns dos motivos que levaram a Gráfica Silk Express a se filiar à Associação Brasileira da Indústria Gráfica. Fundada em 1994, a Gráfica Silk Express começou a atuar no mercado executando serviços de serigrafia, for­ mulários contínuos, etiquetas em rolo e offset. Sem abandonar sua vocação ini­ cial, nem os clientes que mantém nesse nicho, há cerca de dois anos, a empre­ sa deu início a uma estratégia inovado­ ra: ingressar no segmento de embala­ gens, que poderia trazer-lhes novas e bem-sucedidas oportunidades de negó­ cios. Deu tão certo, que hoje este nicho de mercado é um dos principais para a gráfica, para o qual produz embalagens em papel cartão, prestando serviços para setores como a indústria alimentí­

cia e laboratórios farmacêuticos. Atualmente, em seu quadro de fun­ cionários, a Silk Express conta com a colaboração dos serviços prestados por 52 funcionários. Em seu parque gráfico, que ocupa uma área de 1.500 metros quadrados, a empresa tem equipamen­ tos como impressoras Solna, uma delas quatro cores, meia folha; uma bicolor, de meia folha; e uma monocolor, meia folha. Os impressos são também produ­ zidos em uma máquina Roland bicolor, de folha inteira, além de uma cartucheira Ricall 70 cm de largura de entrada de máquina. "A única parte do trabalho que não realizamos internamente em nosso parque gráfico é a pré-impressão, que é terceirizada", explica João Camargo, diretor da Silk Express. Localizada no bairro de Vila Faustina II, no município de Valinhos, cidade com pouco mais de 82 mil habitantes, a 90 km da capital do Estado de São Paulo, a Silk Express se prepara para obter a certificação ISO 9001:2000. "Possuímos o certificado U.L., que é concedido por uma empresa credencia­ 7

da pelo Inmetro como Organização de Certificação de Produtos (OCP), apta a oferecer a marca oficial do Programa Brasileiro de Avaliação de Conformidade a produtos de clientes locais e interna­ cionais", ressalta Camargo. Avaliando o ano de 2005 como satisfatório para os negócios de sua empresa, o diretor da Silk Express acre­ dita em um 2006 de grande melhora para a indústria gráfica brasileira e, em especial para sua empresa. "Pretendo construir um novo parque gráfico, com sede própria e o dobro da área útil", revela. A preocupação com o espaço se justifica: João Camargo se prepara para investir em renovação tecnológica, com a aquisição de uma impressora quatro cores, de folha inteira. "Agora que nos associamos à Abigraf estaremos um passo à frente, obtendo um maior fluxo de informações sobre nossa área de atuação e sobre o mercado gráfico como um todo", finaliza o empresário.

João Camargo, diretor da SilK Express.


IM PR ESSÕ ES

ABIGRAF-SP/ Associação Brasileira da Indústria Gráfica Regional São Paulo

\ jp

o r a n tim

m i

gg Lumimax

Starmax

Couché, on machine. brilhante ou fosco, que oferece ótima qualidade de impressão Ideal para capas e miolos de revistas e materiais promocionais. Gramaturas de 70 a 115 g/m'.

1

REUNIRA NOSSA FAMÍLIA NÃO DÁ O MENOR TRABALHO.

I

N

F

O

R

M

A

T

I

V

V

V V o to ra n ti m

Papel offset pigmentado com boa printabilidade. Ideal para livros e tablóidcs. Gramaturas de 63 e 75 g/nr.

A Votorantim Celulose e Papel possui uma linha completa de papéis para atender às mais variadas necessidades dos usuários. São papéis fabricados com a qualidade de uma empresa que respeita o meio ambiente e investe constantemente no desenvolvimento de novos produtos. Papéis Lumimax, Starmax, Top Print e Printmax, uma família de produtos couché e offset com o atestado de qualidade que só a Votorantim pode oferecer.

■ f? ■ V o to ra n tim

B

3

Printmax

V otorantim Celulose e Papel «vww.vcp.com.br/papviigraficoi

O

Expediente O informativo Impressões é uma publicação mensal da Associação Brasileira da Indústria Gráfica Regional São Paulo (Abigraf-SP), com apoio institucional do Sindicato das Indústrias Gráficas no Estado de São Paulo (Sindigraf-SP). Responsabilidade editorial: Ricardo Viveiros Oficina de Comunicação, empresa fi­ liada à Associação Brasileira de Comunicação Empresarial (Aberje). Projeto Grafico - DeBrito Propaganda/ Editoração Eletrônica Conceito Comunicação e Design/ Impressão -RWA Gráfica./ Impresso em papel Starmax 115g, da Votorantim Ceiulose e Papel./ Contatos Abigraf Tel. (Oxxl 1) 5087.7777 - e-mail: dmark@abigraf.org.br www.abigraf.org.br.

8

Boletim Impressões - Ano 2 - Edição 8