Page 1

Ano 2 - número 10 - julho de 2006

Sindígraf-SP lança "Academia de Estratégia e Tecnologia Gráfica" Portal de e-learning disponibilizará serviços de consultoria e treinamento em tempo real, a partir de agosto.

A c a d e m iA

------------------- — DE—--------------------

O

l M

n

m

n

A

U l/ V Í / lU lin /

r

ESTRATÉGIA ETECNOLOGIA DA INDÚSTRIA GRÁFICA

0 Sindicato das Indústrias Gráficas Estado de São Paulo (Sindigraf-SP) está lançando a Academia de Estratégia e Tecnologia Gráfica - projeto desen­ volvido pela Associação Brasileira de Tec­ nologia Gráfica (ABTG), com o apoio da América Brazil. Trata-se de um sistema di­ ferenciado de desenvolvimento de pessoas e empresas, construído para ser aplicado em gráficas de qualquer porte, a qualquer hora e lugar. A Academia, por meio de um portal elearning disponibilizado nos sites do Siste­ ma Abigraf, prestará serviços como con­ sultorias e treinamentos em tempo real, além de fóruns, links com os principais sites complementares de parceiros e for­ necedores, agenda de eventos e divulga­ ção permanente de soluções e novidades

do setor. 0 sistema conta com programas de vídeo, CD-ROM e outros importantes recursos para aplicação, à distância, de temas como estratégia e gestão, técnica e tecnologia. Com preços acessíveis aos usuários, a Academia já tem 30 conteúdos prontos e apresenta algumas facilidades, como uma equipe própria para manutenção de conteúdo e suporte técnico ao internauno ta, sala restrita para as empresas e aces­ so exclusivo, a partir do site da própria companhia. Outro diferencial do serviço é o funcionamento tanto em banda larga quanto estreita. "As empresas brasileiras estão fra g ­ mentadas num país de dimensões co nti­ nentais, o que d ificu lta a disseminação do conhecim ento e do desenvolvim ento pessoal e empresarial de seus funcioná­ rios. Além destes obstáculos, os custos reais das consultorias para atualização técnica e empresarial são elevados, es­ pecialm ente para as empresas de m enor porte. Foi pensando nisso, que resol­ vemos criar essa ferram enta", destaca C ontranio Riccioppo Jr., consultor da América Brazil e um dos idealizadores do projeto.

Participe Para conhecer a Academia de Estra­ tégia e Tecnologia Gráfica basta acessar os sites do Sistema Abigraf w w w .abigraf. org.br, www.abigraf.org.br/sp, www.sindigraf.org.br ou www.abtg.org.br, a partir de agosto.

índice: Página 2 Exportação de cadernos cresce 140% Página 3 Participe de nossa pesquisa de opinião Página 4 Semana de Artes Gráficas supera expectativas Página 5 Revista Abigraf recebe prêmio da Anatec Página 6 Inscrições para o concurso "Theobaldo De Nigris" Página 7 Entrevista: Studio A Fotolito Gráfica


IM PRESSÕES ________ ABIGRAF - SP/ Associação Brasileira da Indústria Gráfica Regional São Paulo ■Editorial

Por uma economia mais arejada As estimativas de crescimen­ to do Brasil e da América Latina em 2006 evidenciam que o Copom está persistindo no erro ao manter elevada a taxa básica de juros. Fosse diferente, ainda que hoje consiga obter razoável expan­ são, a indústria e demais setores produtivos poderiam crescer bem mais. Sim porque é mesmo a indús­ tria o setor que mais influência o crescimento do PIB e determina a capacidade de um país de investir em tecnologia, aumentar a produ­ tividade, agregar valor às exporta­ ções, criar empregos e gerar melhor distribuição de renda. A preocupa­ ção é exatamente essa: no Brasil, a indústria tem encontrado imensos obstáculos para desenvolver todo o seu potencial, uma vez que sofre fortemente com os juros mais altos

do mundo, a despeito das reduções paulatinas da Selic nos últimos me­ ses. Também é prejudicada pelos impostos exorbitantes, restrição do mercado interno e a dificuldade de exportar, provocada pelo câm­ bio sobrevalorizado. Os reflexos dessas dificuldades impostas pela política econômica estão claros no pequeno índice de crescimen­ to anual do PIB brasileiro que, no ano passado, foi de 2,3%. Estudo divulgado pela Comissão Econômi­ ca para América Latina e o Caribe (Cepal) estima que os países da região crescerão, em média, 4,6% em 2006, e cerca de 4% em 2007. Pois bem, para o Brasil, ainda que seja a maior e mais desenvolvida indústria do Continente, a previsão de crescimento econômico é de apenas 3,5%. E este índice pode

ser ainda menor caso se mantenha a tendência sinalizada pelo Copom de uma sequência de decréscimos modestos na taxa básica de juros - algo sem explicação, uma vez que a meta inflacionária está até mesmo sendo superada. Essas con­ tradições têm prejudicado muito o Brasil, que precisa crescer de modo vigoroso para resgatar o déficit social e vislumbrar possibilidades mais amplas de desenvolvimento. Trabalhadores e empresários, numa atitude de verdadeira superação, vêm conseguindo manter vivos os setores produtivos, garantindo um mínimo de fôlego e competitivida­ de para o País. Assim, é justo que a sociedade reivindique uma política econômica mais arejada, criativa e ousada, capaz de viabilizar dura­ douro ciclo de expansão do PIB.

*Alfried Karl Plõger é presidente da Abigraf Regional São Paulo

■Mercado

Exportação de cad ern o s cresce 140% nos prim eiros quatro m e se s de 2006 As vendas de cadernos brasileiros ao mercado externo cresceram 140,2% nos quatro primeiros meses de 2006, em relação ao mesmo perío­ do do ano passado. Os dados são do Departamento de Estudos Econômicos (Decon) da Abigraf. Segundo a entidade, o desempenho possibilitou ao segmento atingir o pico da série dos últimos dez anos: US$ 23,8 milhões, ou 19,2 milhões de toneladas. "Esse resultado mais que compensou as quedas consecutivas observadas nos mesmos períodos dos dois anos anteriores", destaca Mário César de Camargo, presidente da Abigraf Nacional. Dentre as razões que contribuíram para este excelente resultado, des­ taca-se o aumento das salvaguardas norte-americanas à importação de produtos da China. Para se proteger da entrada em larga escala de artigos chineses, os Estados Unidos - principal mercado de destino das vendas externas de cadernos brasileiros - aumentaram a alíquota de importação para esse país. Tal fato permitiu ao Brasil alavancar suas vendas deste item. "Nesse sentido, também não podemos deixar de enaltecer o trabalho rea­ lizado pelo Graphia - grupo de exportação do setor gráfico constituído no âmbito da Abigraf-, que tem colaborado muito na promoção e prospecção do setor gráfico brasileiro no exterior", enfatiza Mário César.


IM PRESSÕES ________ ABIGRAF - SP/ Associação Brasileira da Indústria Gráfica Regional São Paulo ■Pesquisa

Participe de nossa pesquisa de opinião

Prezado leitor, estamos aprimorando este boletim e solicitamos sua colaboração. Responda a pesquisa abaixo e envie para a Abigraf pelos correios: (Rua do Paraíso, 533 - Paraíso, São Paulo -SP - CEP: 04103-000) ou via Fax: (11) 5087-7747. As empresas que responderem concorrerão a 1 exemplar do Guia de Parametrização de Tempos e Custos e a 1 exemplar do Manual Técnico-ambiental da Indústria Gráfica. Serão sorteados 10 guias e 10 manuais. Participe!

4 - Quais conteúdos não são interessantes para você?

5 - A linguagem utilizada lhe agrada? Nome: ( (

Empresa: Cargo:__ Telefone: e-mail: _ CNPJ:__

) Sim ) Não

Por que? _

1 - Você recebe regularmente nosso informativo? ( (

6 - O layout do informativo está bom?

) Sim ) Não

( (

2 - Lê o conteúdo completo? ( ( (

) Sim ) Não

Por que?

) Sim ) Não ) somente as partes que me interessam

3 - Quais conteúdos são interessantes para você: ( ( ( ( ( ( ( (

7 - Você gostaria de continuar recebendo:

) Matérias sobre as tecnologias do setor gráfico ) Matérias sobre a Abigraf (eventos, premiações, feiras etc.) ) Notícias sobre o Sindigraf (negociações, acordos políticos,

( (

impostos etc.) ) Calendário e conteúdo de cursos e palestras ) Matérias sobre o conteúdo de livros e publicações ) Matérias de cunho jurídico (legislação: tributária e trabalhista, previdenciária etc.) ) Estatísticas do setor ) Dicas técnicas sobre produção e manutenção de equipamentos

) Sim ) Não

Por que?____________________________

8- Em sua empresa, quantas pessoas lêem o Boletim Impressões? Outros: (______ ) Pessoas

3


IM PRESSÕES ________ ABIGRAF - SP/ Associação Brasileira da Indústria Gráfica Regional São Paulo Notícias

Ministério Público entra com ação para suspender Correio Híbrido

Abigraf disponibiliza duas novas publicações Duas importantes publicações para a indústria gráfica já estão dis­ poníveis na Abigraf: Guia de Parametrização de Tempos e Custos da Indústria Gráfica Brasileira (patrocinado pelo Sindigraf-SP, desenvolvido pelo GE-Prom e coordenado pela ABTG).

A ação contra a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT), impetrada pelo M inistério Público Federal (MPF), no Dis­ trito Federal, reivindica a suspensão do processo de im planta­ ção do Correio Híbrido Postal, que teria custo de R$ 4,3 bilhões. A justificativa é de que o serviço fere o princípio de isonomia e a livre concorrência. Na ação, o MPF explica que o monopólio da ECT é exclusivo para o envio de carta, cartão postal, telegrama e correspondência agrupada, não incluindo, portanto, outros tipos de impressos. Assim como a Abigraf e a Abraform, o MPF considera que a entrada da estatal ECT nesse mercado causaria desequilíbrio econômico no setor que presta o serviço. Estaria caracterizado, conforme alertam há tempos as duas entidades, um novo monopólio - fator agravado pelo preço maior do que o praticado pelo mercado.

Guia de Parametrização de Tempos e Custos

da Indústria Gráfica Brasileira

Manual Técnico-ambiental da Indústria Gráfica - M etodo­ logia de Prevenção à Poluição, Identificação e Redução de Resíduos em Processos Gráfi­ cos (desenvolvido por meio de um convênio entre os Sindicatos de São Paulo, Paraná e Rio Grande do Sul, com apoio das Abigrafs e entida­ des ambientais destes Estados, sob orientação técnica da ABTG).

Definida a data de entrega do Prêmio Fernando Pini

Para adquirir suas publicações, entre em contato com a Abigraf, pelo telefone (11) 5087-7745.0 valor de cada uma é R$ 50,00 (mais custo de frete).

A cerimônia de entrega da 16a edição do Prêmio Brasileiro de Excelência Gráfica Fernando Pini, promovido pela Abigraf Nacional e pela ABTG, acontecerá em 28 de novembro, no Expo Barra Funda, em São Paulo, com apresentação da jornalista Renata Ceribelli, da TV Globo e show de Alceu Valença. "A festa do Prêmio Fernando Pini é um momento muito especial, aguardado com ansiedade por todo o setor, que vê na ocasião uma excelente oportunidade para rever amigos e confraternizar", destaca Fabio Arruda Mortara, pre­ sidente da ABTG. A edição deste ano deve superar o sucesso alcan­ çado nos anos anteriores. Em 2005, foram inscritas 1.573 peças, de 164 empresas, provenientes de 14 estados. As inscrições começam em 17 de julho e vão até 15 de setembro. Mais informações no site da ABTG (www.abtg.org.br).

Vem aí a Semana de Artes Gráficas de Ribeirão Preto Depois do sucesso da primeira Semana de Artes Gráficas, realizada em Bauru, em maio, e que teve a participação de aproximadamente 250 pessoas, a Abigraf espera reunir um grande público na Semana de Artes Gráficas de Ribeirão Preto, que acontecerá de 21 a 25 de agosto de 2006. A programação inclui fóruns de Gestão, Técnico e de Vendas, com um módulo da Escola de Vendas, iniciativa desenvolvida pela ABTG. Também serão apresentadas palestras dos presidentes da Abigraf Re­ gional SP e da ABTG. Até o final de 2006 estão previstos eventos em São José dos Campos, São José do Rio Preto e Campinas. Mais informações pelo telefone (11) 6097-6700.

cu o

__ i

o a»

_a o

Cd

Premiados na edição 2005 comemoram a conquista do troféu Fernando Pini Em Bauru, evento reuniu cerca de 250 pessoas

4


m m

ABIGRAF - SP/ Associação Brasileira da Indústria Gráfica Regional São Paulo

Nova agência Abigraf

Novo site Desde maio, o portal do Sistema Abigraf está de cara nova. A responsabilidade pela mudança é do Departamento de Marke­ ting, que contratou os serviços da Baizer Tecnologia para fazer a reestruturação do site. Por enquanto, estão no ar as novas pá­ ginas da Abigraf Nacional e da ABTG. Mais do que a facilidade de navegação e a atualização diária, as novas páginas oferecem recursos como RSS, que facilita o acesso ao conteúdo de notícias, e Podcast, que funciona disponibilizando conteúdos de áudio, en­ tre outras inovações. O que vale ressaltar é a maior interatividade permitida, o que inclui até mesmo uma pesquisa sobre a opinião dos internautas. Conheça e vote no www.abigraf.org.br e www. abtg.org.br. Edtar Ext*

Um dos anú n cio s cria d o s para a 16a edição do Prêmio Fernando Pini

Favor**» Ferramentas Ajuda

Inscrições abertas a partir de 17/07/2006. Iciqueparaattvareu«r wtecontrato]

AcafM polormkdmwapjblqrafjíifliir

A WF/Motta Propaganda é a nova agência de propaganda do Sistema Abigraf - Nacional, Regional-SP, ABTG e Sindigraf-SP. A empresa foi contratada para atender às propostas de criar pe­ ças de comunicação que "falem" diretamente com as empresas gráficas - pequenas, médias ou grandes. A primeira campanha desenvolvida foi para o Prêmio Brasileiro de Excelência Gráfica Fernando Pini, composta por três anúncios diferentes, entre ou­ tros materiais. Já estão prontas também as peças para a próxima convenção do GIRO. Mas a principal tarefa da agência, que já está em desenvolvimento, é uma campanha para fomentar o associativismo - demanda que gerou a nova concorrência ganha pela WF/Motta Propaganda.

Publicações da Abigraf conquistam II Prêmio ANATEC Em cerimônia realizada no dia 6 de junho, a Abigraf, por meio da Clemente & Gramani Editora foi agraciada com três troféus do II Prêmio ANATEC de Mídia Segmentada, que elegeu as me­ lhores publicações de 2005. A editora recebeu o troféu de Ouro na categoria Capa (com a Revista Abigraf); foi também Ouro na categoria Anuário (com o Anuário Brasileiro da Indústria Gráfica); e levou Prata na categoria Publicação Segmentada (Revista Abi­ graf). A Revista Abigraf é produzida pela Clemente & Gramani Editora desde 1983 e o Anuário Brasileiro da Indústria Gráfica, desde 1996.

Equipes da Abigraf e da Clemente & Gramani Editora na entrega do Prêmio


ABIGRAF - SP/ Associação Brasileira da Indústria Gráfica Regional São Paulo

Agenda de eventos

Cursos ABTG

Julho

De 11 a 14 de julho de 20 0 6 , das 18h45 às 21h45: Custos e Orçamentos para Indústria Gráfica II

De 24 a 27 de julho 20 0 6 , das 18h45 às 21h45: Impressão Offset com qualidade Agosto De 8 a 11 de agosto de 200 6, das 18h45 às 21h45: Implantação e Parametrização dos Sistemas Informatizados de Gestão

De 21 a 24 de agosto de 200 6, das

26 a 29 de julho de 2006 Sign 2006 / Serigrafia Local: Expo Center Norte - São Paulo - SP Informações: www.ibratese.com.br / ibratese@ibratese.com.br e Tel.: (11) 6941.3400 01 a 03 de agosto de 2006 Brazil Promotion - Feira de soluções gráficas, brindes e serviços para a realização de eventos e merchandising no PDV. Local: Transamérica Expo Center - São Paulo - SP Informações: www.brazilpromotion.com.br / marketing@freeshop.com.br e Tel.: (11) 3723.5200 14 a 17 de agosto de 2006 Embala Nordeste 2006 - Feira Internacional de Embalagens Local: Centro de Convenções de Pernambuco - Recife - PE Informações: www.embalaweb.com.br / greenfield@greenfield.com.br e Tel.: (11) 5184.1515 24 a 27 de agosto de 2006 10° Encontro Nacional de Convertedores Local: Blue Tree Park - Angra dos Reis - RJ Informações: www.abiea.org.br

18h45h às 21h45: Serigrafia - Qualidade téc­ nica nos processos

Anote na agenda

28 a 31 de agosto de 2006 Escolar 2006 - Feira de produtos para escola, escritórios e papelaria Local: Pavilhão de Exposições do Anhembi - São Paulo - SP Informações: www.francal.com.br / feiras@francal.com.br e Tel.: (11) 4689.3100

Abertas as inscrições para o XIII Concurso "Theobaldo De Nigris"

dos documentos por meio eletrônico. Fazendo sua inscrição na Abigraf, você conta com a garantia de que seus produtos serão entregues den­ tro das condições especificadas para o julgamento, sem correr o risco de desqualificação por avaria no transporte ou por algum equívoco no encaminhamento do mesmo. Para mais informações, entre em contato pelo telefone (11) 5087-7746.

Prazo para inscrição dos trabalhos na Abigraf vai até 28 de julho. Até o dia 28 de julho, a Abigraf recebe inscrições de produtos bra­ sileiros para o XIII Concurso Latino-Americano de Produtos Gráficos “ Theobaldo De Nigris", tradicional prêmio promovido pela Confedera­ ção Latino-Americana da Indústria Gráfica (Conlatingraf). Podem parti­ cipar do concurso empresas da indústria gráfica, editoras, agências de publicidade, desenhistas e anunciantes, de qualquer lugar do Pais, que tenham produzido trabalhos para o mercado ou para clientes particula­ res entre 1o de setembro de 2005 e 30 de julho de 2006. A cerimônia de premiação acontecerá durante a 20° Congresso Latino Americano da Indústria Gráfica, em 5 de setembro, na Colômbia. Os ganhadores deste concurso poderão ter seus produtos inscritos para o Concurso In­ ternacional Premier Print Awards, organizado pela Printing Industries of América (PIA). O regulamento do concurso e a ficha de inscrição estão disponíveis no site da Conlatingraf (www.conlatingraf.org). Se preferir, mande um e-mail para fsantana@abigraf.org.br, solicitando o envio

Mário César de Camargo, Max Schrappe e Sônia Carboni na premiação 2005.

6


ABIGRAF - SP/ Associação Brasileira da Indústria Gráfica Regional São Paulo

IMPRESSÕES ■Entrevista

V

Bi

0

0

Studio A: pioneira na impressão digital de fotolitos no ABC Há 16 anos no mercado, gráfica amplia serviços, adquire uma Heidelberg Speed Master SM 72 e comemora a conquista da sede própria.

Numa época em que os foto­ litos eram produzidos quase que artesanalmente, exigia-se total dedicação dos profissionais que lidavam com isso. Tanto empenho fazia o trabalho se transformar em uma verdadeira paixão. E foi dessa dedicação que nasceu a idéia de fundar a Studio A, em 1990, na ci­ dade de Santo André, na região do ABC paulista. Apenas três anos depois de se lançar no mercado, a empresa já estava preparada para investir e ampliar suas atividades. E assim foi feito, com a compra de equipa­ mentos que transformaram a Stu­ dio A no primeiro bureau digital da região, e um dos únicos da grande São Paulo na época. O pioneirismo, os recursos modernos e sofis­ ticados, a diversidade de serviços e a capacidade de oferecer melhores preços, fizeram com que a empresa não demorasse a conquistar uma respeitável carteira de clientes. Em 1996, com o objetivo de au­ mentar o leque de serviços elabo­ rados, a Studio A se transformou também em gráfica, e pôde então oferecer os mais diversos impres­ sos à sua clientela. No início, a intenção era oferecer suporte ao bureau, mas o crescimento foi ta­ manho que tiveram que estender as atividades para o mercado ex­ terno, investindo sempre em quali­ dade e equipamentos novos. Ocupando um espaço de 1.200

Nova sede da Studio A em Santo André

7

metros quadrados, a Studio A man­ tém sua sede em Santo André. Seu parque gráfico conta com imagesetters, ploters de 1,50m, scanners e sistemas de provas, impressoras offset 2 e 4 cores, impressora flexográfica 5 cores, guilhotina, corte e vinco, dobradeira, impressora de hot stamping, plastificadora e laminadora de filmes, além de grampeadeiras. No local, são elaborados os mais diferentes tipos de impressos, dentro dos segmentos promocio­ nal, editorial e de embalagens. O bom desempenho nos ne­ gócios em 2005 permitiu à Studio A concluir as obras de sua sede própria, localizada no bairro de Santa Terezinha, no mesmo mu­ nicípio - um projeto esperado há algum tempo. Para esse ano, a expectativa é de crescimento ainda mais acen­ tuado. Para atingir essa meta, a Studio A conta agora com um novo recurso: uma impressora Heidelberg Speed Master SM 72 nova, adquirida recentemente e que deve entrar em operação no próximo mês. Além disso, no ano passado também, a empresa passou a atu­ ar com o processo de impressão flexográfica, inaugurando assim uma nova marca: Mac Flex, um segmento do grupo Studio A intei­ ramente direcionado à prestação desse tipo de serviço.


ABIGRAF - SP/ Associação Brasileira da Indústria Gráfica Regional São Paulo

VOCÊ PODE FAZER TUDO COM OS PAPÉIS VCP. E 0 MELHOR. COM 0 DIFERENCIAL VOTORANTIM.

V Voioranrim

A VCP tem uma linha completa de papéis. Seja qual for a sua necessidade, nós temos um papel de qualidade para oferecer.

CelüloSC e Papel

Invista no resultado final do seu trabalho, peça papel pelo nome e sobrenome. Qualidade é Votorantim Celulose e Papel.

www.vcp.com br/papeísgrafícos

í á i Top P rin f

P rin tm ax Sinônimo das melhores apostilas. E também de cadernos, livros, agendas e formulários em geral.

Sinônimo de manuais impressos com qualidade. E também de livros, revistas e tablóides.

Papel offset ultrabranco com maior opacidade. mais sedoso e resistente, proporcionando melhor printabilidade. Gramaturas: 50.56.60.63.70. 75.90.120.150 e 100 g/m2.

Papel offset pigmentado com boa printabilidade. Gramaturas: 63 e 75 g/m!.

P«»T mAX f ----- ''

9 f U T W A X - a u O rr.A .

'

P p/ n t í /A** 3400100

^ a o Z it-íH 00

-£ T "

^t= iCA

r

M

üj

litii

A BlG R Ah

Expediente O informativo Impressões é uma publicação mensal da Associação Brasileira da Indústria Gráfica Regional São Paulo (Abigraf-SP), com apoio institu­ cional do Sindicato das Indústrias Gráficas no Estado de São Paulo (Sindigraf-SP). Responsabilidade editorial: Ricardo Viveiros Oficina de Comunicação, empresa filiada à Associação Brasileira de Comunicação Empresarial (Aberje). Projeto Gráfico - DeBrito Propaganda/ Editoração Eletrônica Conceito Comunicação e Design/ Impressão -RWA Gráfica./ Impresso em papel Starmax 115g, da Votorantim Celulose e Papel./ Contatos Abigraf Tel. (Oxx11) 5087-7777 - e-mail: dmark@abigraf.org.br - site: www.abigraf.org.br.

8

Boletim Impressões - Ano 2 - Edição 10  
Advertisement