Page 1

Im pressõ es NEW SLETTER

H ABIGRAF

SÃO PAULO

Ano 4 - número 22 - julho/agosto de 2008

14° Congraf revê o passado para revolucionar o futuro No ano de comemoração dos 200 anos do início das atividades de impressão no País, o 14° Congresso Brasileiro da Indústria Gráfica propõe aos profissionais do setor aprender com suas experiências e transformar os negócios.

Para responder pela comercialização de espa­ ços de exposição da feira de produtos e serviços gráficos, que acontece paralelamente ao con­ gresso, a Abigraf se associou à Francal Feiras. A promotora também orientará as empresas sobre a montagem dos estandes, que têm metragens variáveis entre 9 e 50 metros quadrados.

Serviço: 14“ Congresso Brasileiro da Indústria Gráfica (Congraf) - www.congraf.org.br. A bigraf-Tel.: (0xx11) 5087.7745 e-mail: demark@abigraf.org.br Jantar de recepção para os associados do 13° Congraf, última edição do evento, ocorrida em 2005.

São Paulo foi a cidade escolhida para sediar o 14° Congresso Brasileiro da Indústria Gráfica (Congraf), entre 14 e 17 de outubro. 0 evento ocupará uma área de 1.200 metros quadrados do Palácio das Convenções do Parque Anhembi. Organizado pelo Abigraf Nacional, em parceria com a Abigraf-SP, Sindigraf-SP e ABTG, o even­ to foi estruturado sob o tema "Olhar o passado, projetar o futuro". A proposta é refletir sobre a história do setor e avaliar sua trajetória, de ma­ neira a superar erros, encontrar alternativas para os problemas existentes e inovar tecnologicamente para revolucionar o futuro. A expectativa dos organizadores é trazer para o encontro mais de três mil profissionais de todo o Brasil, além de visitantes internacionais. Este ano, entretanto, o ineditismo está na re­ alização, de forma paralela ao Congraf, do I Con­

gresso de Impressão Digital (Condigi), organizado pelo Grupo de Impressão Digital (GEDIGI), da Abigraf. 0 evento trará palestras de renomados profissionais nacionais e internacionais. Parcerias A comodidade dos congressistas será ga­ rantida pela agência Must Tour, contratada para cuidar dos detalhes para participação. A parceria prevê descontos de até 15% em passa­ gens aéreas da GOL e abatimentos que vão de 10 a 20% para hospedagem nos hotéis sugeri­ dos. Para aqueles que optarem pelo pagamento antecipado de hotel ou solicitarem emissão de passagens por seu intermédio, a agência con­ cederá o seguro viagem. A M ust Tour também está encarregada pelos traslados, recepção e gerenciamento de atividades extras.

Francal: Telefone: (11) 2226.3100 ou e-mail: rosangela@francal.com.br. Must Tour: Telefone: (11) 3284-1666 e e-mail: musttour@musttour.com.br. Mais detalhes sobre a programação no site: www.abigraf.org.br

índice Página 2 - Regulamento do 18“ Prêmio Fernando Pini está disponível. Página 3 - Fiesp lança movimento contra a CSS Página 4 - ABTG lança consultoria para pequena e micro empresa. Página 5 - Vem aí a 1a CAFS Página 6 - 3a Semana de Artes Gráfica de Ribeirão Preto. Página 7 - Novos associados Abigraf.


> Artigo

O perverso tributo da concorrência desleal Em 2007, a Imprensa Oficial do Estado de São Paulo (Imesp) faturou R$ 226,17 milhões, um número que seria mero indicador de competente gestão, se não fosse esta uma em­ presa de economia mista do governo paulista que, divergindo das funções para as quais foi criada, exerce concorrência desleal contra as gráficas privadas. A Fazenda do Estado de São Paulo é o segundo maior orçamento nacional e isso faz imensa diferença no caso da Imesp, especialmente no aspecto de investimentos em máquinas e equipamentos. Não é necessário, por exemplo, pagar juros aos bancos, como fazem as empresas privadas do setor. Além disso, tem quase uma reserva de mercado no cliente estatal, mas, assim mesmo, avança no mercado privado, executando serviços para este. A Imesp desvia-se de suas funções pré-definidas, a exemplo da impressão do Diário Oficial. Atua também como gráfica, imprimindo papéis e formulários do governo estadual, federal e de outros estados. No entanto, o balanço ora divulgado indica parcela expressiva do faturamento advinda de clientes do setor privado. Além da questão econômico-mercadológica, a atua­ ção do Estado na cadeia produtiva da comunicação é bastante questionável sob a ótica e a ética da democracia. Ao se imiscuir em mercado que não lhe compete, a Imesp prejudica toda a indústria gráfica paulista. Há que se considerar, ainda, que a concorrência desigual exercida pela companhia de economia mista do Governo de São Paulo embute um subreptício tributo, talvez o mais perverso deles, o dos subsídios, pago, em última instância, pela sociedade. Fabio Arruda Mortara Presidente da Abigraf-SP

> Entidade

Regulamento do 18° Prêmio Fernando Pini está disponível 0 regulamento da 18s Prêmio Brasileiro de Excelência Gráfica Fernando Pini já está disponível no site da Associa­ ção Brasileira de Tecnologia Gráfica (ABTG) - w w w .a b tg . org.br. Em comemoração aos 200 anos do setor no País, o concurso contemplará, neste ano, a categoria de peças artesanais, produzidos em impressão tipográfica com efeitos, matriz de metal ou madeira, xilografia, calcografia, coloti-

pia e OUtras.

17Qedição do concurso teve show de encerramento

com a banda Titãs e recorde de público.

Expediente 0 informativo Impressões é uma publicação mensal da Associação Brasileira da Indústria Gráfica Regional São Paulo (Abigraf-SP), com apoio institucional do Sindicato das Indústrias Gráficas no Es­ tado de São Paulo (Sindigraf-SP). Responsabilidade editorial: Ricardo Viveiros & Associados Oficina de Comunicação, empresa filiada à Associação Brasileira de Comunicação Empresarial (Aberje). Redação: Ada Caperuto e Carina Eguía. Editoração Eletrônica: Conceito Comunicação - Impressão - RWA Gráfica / Impresso em papel Starmax 115g, da Votorantim Celulose e Papel./ Contatos Abigraf Tel. (0xx11) 5087-7777 - e-mail: dmark@abigraf.org.br - site: www.abigraf.org.br. 2 > IMPRESSÕES ABIGRAF I


> Mercado

Fiesp lança movimento contra a volta da CSS No início de julho, a diretoria da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (FIESP), liderada por seu presidente, Paulo Skaf, reuniuse com empresários, autoridades e lideranças para lançar o Movimento Contra a CSS (Contri­ buição Social para a Saúde) A entidade está mobilizada novamente, a exemplo do que ocorreu no ano passado, quan­

> Notícias

do liderou a campanha que contribuiu com a extinção da CPMF (Contribuição Provisória sobre Movimentações Financeiras). Como naquela ocasião, cerca de duzentas entidades de classe e entidades parceiras, a exemplo da Abigraf Nacional, reafirmaram o compromisso de lutar contra a criação deste novo tributo, que já foi declarado inconstitucional pelo Con­ selho Superior de Assuntos Jurídicos e Legis­ lativos (Conjur) da Fiesp. Skaf considera a ten­ tativa de criação da nova CPMF "um absurdo" e um "desrespeito ao Senado Federal - que votou pelo fim da contribuição no ano passado - , à Câmara dos Deputados, que discute a proposta de Reforma Tributá­ ria, e à sociedade brasileira". 0 presidente da FIESP também reiterou que as informações divulgadas na mobilização do ano passado, de que o fim da CPMF não afetaria os programas sociais do governo federal nem o IPCA (índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo). 0 jurista Alcides Jorge Costa, membro do Conjur, confirmou a inconstitucionalidade da CSS, caso o projeto seja aprovado também pelo

Senado Federal e sancionado pelo Presidente da República. A CSS também viola o princípio da moralidade administrativa, já que o referido tributo, quando ainda CPMF, teve sua cobran­ ça, por emenda constitucional, rechaçada pela sociedade através do Congresso Nacional em dezembro do ano passado, não podendo ser novamente recriada, agora por lei complemen­ tar. Os conselheiros da entidade avaliam que há ainda um flagrante desvio de finalidade da referida con­ tribuição, ao se pretender ter acesso aos dados financeiros dos contribuintes através das movimentações bancárias. Ao final do encontro, Skaf lançou oficial­ mente a campanha Sou Contra a CSS, que terá ações similares às realizadas no movimento contra a recriação da CPMF. Já está no ar o site www.soucontraacss.com.br, que recebe as assinaturas da população contrária à cria­ ção do novo tributo. As entidades parceiras também distribuirão abaixo-assinados. A cam­ panha terá balcão de informações, adesivos, faixas, selos, folhetos explicativos e camise­ tas, com o objetivo de mobilizar a sociedade.

do setor

A Heidelberg do Brasil conta com mais três profissionais da área técnica, que chegaram para reforçar as equipes de Fortaleza (um técnico mecatrônico), Recife (especialista em acabamento) e Belo Horizonte (téc­ nico eletrônico).

A Veracel vai ampliar os investimentos na companhia em 2008. Boa parte deste acréscimo servirá para aumentar a área plantada, visando ga­ rantir maior oferta para implantação de uma segunda linha para produção de celulose de fibra curta na empresa, a partir do eucalipto.

As caixas de papelão ondulado são hoje responsáveis por embalar cer­ ca de 90% do que circula de produtos no mundo, de acordo com índices da Associação Brasileira de Papelão Ondulado (ABPO). 0 setor acumu­ lou, até o mês de maio, vendas na ordem de 934,3 mil toneladas.

Aumentar a produtividade, melhorar a qualidade, reduzir custos e diver­ sificar a produção são as metas do Grupo Bignardi que está implantando, neste ano, um projeto de ampliação industrial.

0 conceito TransPromo começa a ser difundido no mercado brasileiro por iniciativa da BMK, GMC, HP e Print Laser. As quatro empresas estão juntas na criação do TransPromo M ídia Institute. Novas texturas, design e materiais são algumas das novidades da Pombo Lediberg na Coleção 2009 de agendas, cadernos e produtos de escritórios, que foram apresentadas em junho ao mercado. Tupahue Tintas instalou um espaço próprio na na Escola Senai Theobaldo De Nigris. Para saber mais, entre em contato pelo telefone 0800 7717 907.

A IBF - Indústria Brasileira de Filmes está colocando em operação, ainda em caráter experimental, sua terceira linha de produção de chapas de impressão offset. Com essa unidade, o total da capacidade instalada da em­ presa passará a ser de 35 milhões de metros quadrados/ano de chapas. A International Paper alterou sua nova estrutura organizacional, no início deste mês, promovendo a fusão das diretorias Jurídica e de Assuntos Corporativos e Comunicação. Com a união destas diretorias, foi criada uma nova área chamada diretoria Jurídica e de Assuntos Corporativos. A VCP inaugurou em Santos (SP), em 18 de junho, o Monumento 18 de Junho, em homenagem ao centenário da imigração japonesa ao Brasil.

ABIGRAF - SP/ Associação Brasileira da Indústria Gráfica Regional São Paulo > 3


> Notícias

Novas regionais no Norte e Nordeste do País Em 16 de maio, a Abigraf Nacional instalou oficialmente a Abigraf Regional Pará, a 19a repre­ sentante da entidade no país, com sede na capital, Belém. A presidência da entidade está a cargo do empresário José Conrado Azevedo Santos. Três dias depois, na cidade de Maceió, foi inaugurada a Abigraf Regional Alagoas, que tem como presi­ dente o empresário Floriano Alves da Silva Júnior. Os eventos contaram com a participação de alguns dos principais líderes gráficos do País.

Planos de saúde para gráficas de todos os portes

ABTG lança consultoria para micro e pequenas empresas

Acordo firmado recentemente entre a Abigraf-SP e a Amicci Corretora pode ser o caminho para que os dirigentes de empresas associadas à instituição consigam encontrar alternativas ade­ quadas ao tamanho da empresa, sem C O R R E T O R A DE S E G U R O S comprometer seu orçamento. De acor­ do com a diretora executiva do Siste­ ma Abigraf, Sônia Regina Carboni, o maior diferencial desta parceria é que gráficas de todos os portes terão a oportunidade de contratar bons planos de saúde a preços bastante competitivos. Para quem desejar, há, também, a opção por pacotes vantajosos para planos odontológicos somados aos de saúde. A empresa administra contratos de saúde para todo o quadro de colaboradores de grandes empresas, o que inclui mais de 300 mil pessoas. Site: www.amiccicorretora.com.br.

A ABTG Junior é uma consultoria direcionada às micro e pequenas empresas gráficas. Sua estrutura disponibiliza um técnico que, em visita às empresas, elabora um diagnóstico industrial, composto por itens como Análise do Fluxo Produ­ tivo, Controles Produtivos e de Qualidade, Aspectos Técnicos de Produção, Organização e Métodos, dentre outros aspectos contemplados pelas normas das Boas Práticas de Fabricação. Assim, as micro e pequenas gráficas podem ter acesso fa­ cilitado a uma consultoria especializada, obtendo conheci­ mentos amplos sobre ferramentas de controle de processos e de gestão que garantam maior produtividade. Visite o site: www.abtg.org.br.

O

a m I CCI

Alfried Plõger recebe o título de cidadão paulistano

0 vereador Jorge Perez entrega o título ao empresário da Alfried Plõger, presidente da Abigraf Nacional 4 > IM PRESSÕES ABIGRAF

0 presidente da Abigraf Nacional, Alfried Plõger, recebeu em junho o título de Cidadão Paulistano, outorgado pela Câmara Municipal de São Paulo, con­ forme Decreto Legislativo nQ0019/2007 de autoria do vereador Jorge Perez. 0 evento contou com personalidades da política, empresários, dirigentes de en­ tidades de classe, além de parentes e amigos. Alemão de nascimento, natura­ lizado brasileiro, Plõger tem uma sólida trajetória no setor privado, além de for­ te participação em entidades de classe e no campo da benemerência.

Campinas recebe Seccional da Abigraf São Paulo A Abigraf-SP instalará em Campinas uma unidade Sec­ cional. Este é um importan­ te passo rumo à conquista das metas de interiorização da entidade, que deverá se concretizar em 23 de agosto, data prevista para o lança­ mento do prédio e posse da presidência e diretoria.


72a Assembléia Geral Ordinária e XXI Congresso Latino Americano da Indústria Gráfica

ABTG revisa seu Guia Ambiental Criado em 2003 pela ABTG, em parceria com a Fiesp e CETESB e patrocínio do SindigrafSP, o Guia Ambiental deverá agora, por profunda Á passar, revisão. 0 trabalho está sendo desenvolvido pela Comissão de Questões Ambientais e de Segurança do Organismo de Normatização de Segurança de Tecnologia Gráfica (ONS 27) da ABTG. Trata-se de um orga­ nismo de normatização seto­ rial, credenciado pela ABNT, segundo critérios aprovados pelo CONMETRO, para elaborar Normas Técnicas, nacionais e internacionais. Todos que tiverem interesse podem participar do processo de reestruturação do material. Para isso basta entrar em contato com Maíra da Cos­ ta, na ABTG, pelo telefone (0xx11) 2797-6704 ou e-mail: mcosta@abtg.org.br. G U IA T É C N IC O A M B IEN TA L D A IN D Ú ST R IA G R Á F IC A

De 25 a 28 de novembro, a Confederação Latino Ame­ ricana da Indústria Gráfica (Conlantingraf) realiza a 72a Assembléia Geral e o XXI Congresso Latino Americano da Indústria Gráfica, em Bue­ nos Aires, Argentina. Todas as atividades acontecerão CONFEDERAOON LATINOAMERICANA DE INDUSTRIA GRAFICA no edifício La Rural e o valor das inscrições será de USS 400 para congressistas e de US$ 150 para acompanhantes. As reservas de hotel devem ser feitas por meio da agência Turplata, com Patrícia: pchaganek@ turplata.com .ar - Tel.: 54 11 4394 3388 (ramal 15). Mais informações no site da Conlatingraf: www.conlatingraf.com

CONLATINGRAF

Sistema Abigraf oferece seguro de vida da Caixa

Vem aí a I a CAFS

Acordo estabelecido entre a Abigraf e a Caixa Econômica Federal permitirá aos empresários gráficos acesso ao Caixa Seguro de Vida Multipremiado Super. 0 pacote inclui indenização em caso de mor­ te por causas naturais e acidentais; invalidez permanente, total ou parcial, por acidente; indenização especial por acidente; cobertura para doenças graves; cobertura opcional para cônjuge e serviço de assistência funeral fami­ liar. "Três meses após a contratação do serviço, a Caixa dá ao cliente o di­ reito de participar de cinco sorteios mensais para o recebimento de uma indenização em vida no valor de R$ 10 mil reais", explica o gerente regional de pessoa física da Caixa, Mauro Martins Pereira. A cobertura do Seguro vai de R$ 20 a R$ 300 mil reais e pode ser contratado por pessoas de 16 a 65 anos, bastando, para isto, comparecer a qualquer agência da instituição financeira portando RG e CPF. Outras informações podem

A 13 CAFS - Copa Abigraf de Futebol Society, que acontece de 26 de julho a 27 de setembro, é uma das atividades programadas pela entidade para celebrar os 200 anos da chegada e instalação da Impressão Régia no Brasil. Poderão participar do torneio 32 equipes compostas por funcioná­ rios de até duas empresas gráficas associadas, fornecedoras do setor e colaboradores da entidade. Cada time contará com o mínimo de sete e o máximo de 18 atletas, além de trei­ nador e massagista. A equipe ven­ cedora receberá o título de campeã da "I Copa Abigraf de Futebol So­ ciety Troféu 200 anos da Indústria Gráfica no Brasil - 2008"'. Também haverá troféus para os três primei­ ros colocados, para o melhor arti­ MWWA toda a s u a HABLDADE DBNTFta lheiro e goleiro menos "vazado". Os OE CAMPOatletas das três equipes qualificadas e a melhor torcida organizada rece­ berão medalhas de honra ao mérito. Os jogos acontecerão sempre aos sábados, no C. E. Playball Pompéia, localizado à Avenida Nicolas Boer, 66. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone (11) 5087-7745. 0 regulamento do evento está dispo­ nível no site: www.batalha.com.br

ser obtidas no site da Caixa: http://www.caixaseguros.gov.br/. ABIGRAF - SP/ Associação Brasileira da Indústria Gráfica Regional São Paulo > 5


> Cursos

ABTG

Custos e Orçamento para Indústria Gráfica 14 a 17 de julho das 18h45 às 21 h45 Produção Gráfica 04 a 07 de agosto das 18h45 às 21h45 Custos e Orçamento para Indústria Gráfica 16 a 23 de agosto das 18h45 às 21h45 PCP para indústria Gráfica segmento editorial 25 a 27 de agosto das 18h45 às 21 h45 Escola de Vendas 08 a 12 de setembro das 18h45 às 21h45

> Agenda

de eventos

09 a 11/07 14a Propack China 2008 www.propakchina.net.

05 a 07/08 Brazil Promotion 2008 www.brazilpromotion.com.br.

09 a 12/07 Expo Promocional 2008 e Serigrafia Sign 2008 www.gruposertec.com.br.

06 a 09/08 Feipack Rio 2008 www.diretriz.com.br.

13 a 15/07 Cosmoprof North America www.cosmoprofnorthamerica.com 17 a 19/07 Sign Busines & Digital Graphics Show www.nbm.eom/shows/08/g/ x/2008showschedule.html

> Destaque

Ribeirão Preto recebe a terceira Semana de Artes Gráficas Depois do sucesso alcançado nas edições anteriores, chega a Ribeirão Preto a 3a Semana de A rtes Gráficas. 0 programa foi criado pela ABTG com o intuito de levar tre i­ namento qualificado ao interior do Estado de São Paulo. As atividades acontecem de 21 a 25 de julho, das 18h00 às 22h00, na Escola Senai Eng. Octávio M. Eerraz (Rua Capitão Salomão, 1813, Ribeirão Preto - SP). 0 projeto é realizado pelo Sindigraf-SP, Abigraf-SP e ABTG. No dia 23 de julho, às 12 horas, o presidente da ABTG, Reinaldo Espinosa, almoça com empresários gráficos da região. 0 dirigente falará, den­ tre outros assuntos, sobre a "Indústria Gráfica Brasileira - Desafios e Perspectivas".

6 > IMPRESSÕES ABIGRAF

07 a 10/08 India Flexo & Converting Show www.indiaconvertingshow.com 18 a 21/08 Graphium Show e Embala Nordeste www.greenfield-brm.com


> Associados

ABTG discute certificação de florestas na Semana do Meio Ambiente Nos dias 29, 30 e 31 de julho, a ABTG dis­ cutirá temas polêmicos, como a certificação de florestas, gráficas verdes e a chapa verde na

Semana do Meio Ambiente. 0 evento acontece na sede da entidade (rua Bresser, 2315, capital paulista), das 18 às 21h30. As inscrições são

gratuitas e as vagas limitadas. Informações e inscrições pelo telefone (0xx11) 2797-6700 ou e-mail: abtg@abtg.org.br

SEMANA DO MEIO AMBIENTE DA INDÚSTRIA GRÁFICA Local: Rua Bresser, 2315 Data: 29,30 e 31 de julho de 2008 Horário: 18:00h às 21:30h Data 29/07

30/07

Conteúdo ___ Por que a gráfica precisa da certificação de florestas? O que isso significa? Coffee Break Cenário sobre o Papel Reciclado: viabilidade produtiva e impacto ambiental Tintas e vernizes não agressivos ao Meio Ambiente

ANAPE, Ind. De Papel e IPT

Sun Chemical, Overlake e Horstman

Coffee Break Como funcionam as "Chapas Verdes"? 31/07

Palestrantes VCP, Suzano, IP

Agfa, Fuji, Kodak

A Gráfica Verde: redução de resíduos, utilização de produtos não agrecivos, consumo de água e energia. Como fazer? Coffee Break Impacto do papel X impacto de outras mídias no Meio Ambiente Projeto de Norma sobre Papel Reciclado A grafica em direção a sustentabilidade ABTG - Reinaldo Espinosa

Silvio Isola (Gegraf) Paulo Gonçalves (Gonçalves)

Horário Tempo 18h00 - 19h30 90' 19h30 - 20h00 30' 20h00 - 21h30 90'

18h00-19h30

90'

19h30-20h00 20h00-21h30

30' 90'

18h00-19h30

90'

19h30-20h00

30'

21h30

90'

BRACELPA ABTCP20h00

Coquetel de Encerramento

20h30

Palestra do presidente da Abigraf-SP tem excelente repercussão Antecipando a programação da terceira edição da Semana de Artes Gráficas de Ribei­ rão Preto, que ocorrerá de 21 a 25 de julho, o presidente da Abigraf-SP, Fabio Arruda M ortara, realizou, em 4 de julho, uma palestra para empresários gráficos da região. Com excelente repercussão por parte do público, a apresen­ tação, denominada "Indústria Gráfica Brasi­ leira Desafios e Perspectivas", trouxe tópicos de grande importância, com números recentes do mercado nacional e mundial. "Acredito que este tipo de oportunidade é muito importante para os empresários, pois eles têm a chance de ter acesso a informações que serão funda­ mentais para seus negócios". 0 panorama do setor apresentado pelo presidente da Abigraf-SP foi iniciado com a demonstração dos números da indústria gráfi­ ca brasileira em 2007. Mais do que apresentar simples informações, o dirigente lançou alguns pontos para reflexão. "Creio que este tipo de

provocação faz com que os profissionais pa­ Mortara discutiu ainda os aspectos mer­ rem para pensar no próprio negócio, agregan­ cadológicos do setor, anunciou os principais do novos pontos de vista, outras maneiras de desafios para os próximos anos, trouxe um pa­ lidar com o gerenciamento de suas empresas e norama do mercado internacional e apresen­ a abordagem mercadológica", avalia Mortara. tou as principais tendências para os próximos Neste aspecto se destaca a análise qualita­ anos. Finalizando o programa, foram demons­ tiva apresentada, que demarcou os principais tradas as perspectivas para 2008, que incluem pontos que diferenciam o mercado gráfico de o aumento da renda da população e a queda ontem e de hoje. Antes, um tempo da taxa de juros, algo que contri­ em que os clientes procuravam a buirá para ampliar a demanda por gráfica para contratar serviços, a produtos gráficos. "No ano passa­ qualidade de impressão estava do, as exportações dos cadernos limitada pela tecnologia de então brasileiros não se sustentaram no e o atendimento era muito mais mesmo patamar de 2006, mesmo ABIGRAF restrito à região de atuação da com o embargo norte-americano SÃO PAULO empresa. Agora é necessário bus­ aos chineses. Há entrada de outros car os clientes, em uma amplitude concorrentes naquele mercado e os maior de alcance, mas com a vantagem de po­ nossos produtos perdem competitividade em der oferecer a estes um serviço de altíssima função do câmbio. A previsão é que tenhamos qualidade, proporcionada pelas recentes ino­ resultado negativo na balança comercial do vações técnicas. setor gráfico", concluiu o dirigente.

/ i#

ABIGRAF - SP/ Associação Brasileira da Indústria Gráfica Regional São Paulo > 7


hbnet.com.br

0 papel couché off machine que oferece excelente qualidade de impressão e maquinabilidade. 0 papel ideal para catálogos, encartes, impressos promocionais, livros, mala direta, manuais e miolo e capas de revistas. Gramaturas de 90,115,150,170 e 230 g/mz.

m

Starmax 0 Couché Versátil Votorantim

tZ Papel couché on machine que oferece ótima qualidade de impressão. O papel ideal para capas, catálogos, encartes, impressos promocionais, livros, mala direta, manuais, miolo e capa de revistas e tablóides. Gramaturas de 70,80,90 e 115 g/m2.

L

Image O Couché Arte Votorantim

Papéis gráficos revestidos Image e Starmax da Votorantim. Brilho na impressão e Fazer papel EcoEficiente significa produzi-lo de forma sustentável, garantindo o equilíbrio entre os 5 elementos fundamentais à vida: água, terra, ar,

cores vibrantes em ambas as faces. Excelente maquinabilidade e elevado grau de brancura. Printabilidade em destaque e versatilidade nas aplicações.

energia e pessoas. Utilizar os recursos naturais de forma responsável. Assim se faz papel e celulose.

Imprima com papéis couché Votorantim.

VCP Votorantim

Boletim Impressões - Ano 4 - Edição 22