Page 1

Ano 2 - núm ero 7 - fevereiro de 2005

Eleições e Copa do Mundo devem aquecer os negócios da indústria gráfica nacional. Página 3.

Abigraf participa da Graphics of the Américas Feira aco nteceu p arale lam e n te à co n ferên cia X p lo r In te rn a tio n al, fo calizand o in o vaçõ es da im pressão tra d icio n a l e d ig ital. Destaques

COA 2005: feira acontece no Miami Beach Convention Center.

A Associação Brasileira da Indústria Gráfica (Abigraf Nacional) marcou presença em mais um expressivo evento da indústria gráfica mundial, a 31- edição da Graphics of the Américas, a segunda maior exposição internacional do setor de comuni­ cações gráficas nos Estados Unidos. Neste ano, a feira aconte­ ceu de 3 a 5 de fevereiro, paralelamente à conferência Xplor International, da associação mundial de sistemas de docu­ mentos eletrônicos. Em estande conjunto com a Confederação Latino-Americana da Indústria Gráfica (Conlatingraf), a Abigraf Nacional fez uma participação institucional na feira que, depois de passar por atualização, foi definida por seus organizadores como "o even­ to do futuro". Isso porque, o fato de combinar a exposição dos mais recentes produtos - o tradicional offset, a impressão dig­ ital, softwares, pré e pós-impressão -, com sete conferências no mesmo local, assegurou aos visitantes uma representação precisa dos caminhos futuros da indústria, marcada pela con­ vergência de tecnologias e soluções.

A Graphics of the Américas 2006 foi marcada por uma forte expansão nos produtos e tecnologia para o segmento digital, que pode ser conferida em áreas de exibição específicas, focadas no atendimento às dúvidas dos gráficos e dos profis­ sionais de criação, marketing e publicidade. A indústria de documentação eletrônica também contou com um grande espaço para softwares, mailing, impressão transacional e soluções em TI. Os visitantes conferiram produtos e tecnolo­ gias de mais de 500 empresas, em mais de 500 mil metros quadrados de área, no Miami Beach Convention Center. Pela primeira vez, a GOA abrigou a Xplor's Global Document Exchange, com a apresentação de sete palestras num mesmo local. A conferência sobre documentação eletrônica da Xplor focou a impressão tradicional e a transacional, incluindo o ciclo de vida dos documentos, do conceito de criação ao design, produção e distribuição, e arquivo para reaplicação, como também tópicos novos, inclusive recursos humanos e caminhos para o desenvolvimento de negócios.

índice:

Í

Página 2 Exportações: artigos de papelaria podem aumentar sua participação no comércio exterior. Página 4 GE-DIGI planeja estratégias de atuação em 2006. Página 5 Vem aí o 10B Anuário Brasileiro da Indústria Gráfica Página 6 Conheça a programação de cursos da ABTG para o primeiro trimestre. Página 7 Gráfica Marreco: nova associada Abigraf.

1


IMPRESSÕES

ABIGRAF - Associação Brasileira da Indústria Gráfica

■Editorial

Jogando a favor do Brasil

Este 2006 de eleições e Copa do Mundo é estratégi­ co para a Nação. O Brasil precisa, contudo, de um projeto de país e não mais de programas improvisados para empurrar a realidade

com a barriga. E um projeto de país começa pela redução efetiva das despesas do setor público com superávit nominal, com con­ trole da inflação sem o recurso recessivo dos juros. Também é necessário esta­ belecer nova e eficiente política de crédito para a produção e o consumo, exe­ cutar política comercial mais eficaz, além das reformas política, trabalhista e tributário-fiscal, e da imple­ mentação prática das Parcerias Público-Privadas. A Abigraf, uma das mais atu­ antes e engajadas entidades de classe brasileiras, soma-se aos anseios da sociedade pela adoção de ações voltadas ao avanço do Brasil. Em 2005, participou das mobilizações contra atos deletérios, como a medida

provisória que aumentaria impostos dos prestadores de serviços. Comemorou 40 anos de vida, realizou seu 132 Congresso Nacional, assistiu, ao lado da parceira ABTG, à consolidação do Prêmio de Excelência Gráfica Fernando Pini como princi­ pal referencial de qualidade, teve decisiva influência no sucesso da Feira Escolar e, sobretudo, manteve seu firme trabalho em prol do fortalecimento do setor, como os consórcios de exportação coordenados pela Regional São Paulo e os grupos empresariais. Para a indústria gráfica, eleições e Copa do Mundo são fatores de estímulo, à medida que suscitam aumento da produção de materiais impressos. Mas, mais do que isso, os

empresários desejam o for­ talecimento perene da economia e a garantia de um mercado em constante expansão. Assim, que se quebrem em 2006 dois pa­ radigmas brasileiros: a prevalência dos interesses eleitorais sobre os nacionais; e a subjugação da consciên­ cia pela alegria do futebol. Tomara que sejamos hexacampeões do mundo, mas que também possamos vencer a miséria, a cor­ rupção, o desemprego e todos os obstáculos ao desenvolvimento. De nada adiantará vencer em grama­ dos da Alemanha se conti­ nuarmos perdendo de goleada no jogo da história! Alfried Karl Plõger Presidente da Abigraf Regional São Paulo

■Exportações

Retom ada das exportações e an o eleitoral favorecem segm ento de artigos de papelaria D ados prelim inares apo ntam crescim ento do seto r em 2 0 0 5 2006 promete ser um bom ano para o segmento de artigos de papelaria. Além da expectativa de retomada das expor­ tações - com a adoção de uma política mais restritiva dos EUA aos produtos chineses e a um possível aumento dos juros americanos, elevando a cotação do dólar - as eleições deverão ampliar a demanda governamental por materiais escolares. O presidente da Abigraf-SP, Alfried Plõger, aposta no crescimento do setor: "devido à ênfase governamen­ tal de apoio à educação e a cultura e

considerando que é ano eleitoral, as expectativas são de reforço nas com­ pras de materiais escolares pelo gover­ no com vistas a atender a demanda das escolas públicas", afirma. Dados preliminares até setembro de 2005 - apurados pelo Departamento de Estudos Econômicos (Decon) da Abigraf - também apontaram bons resultados, com crescimento de 8% no faturamen­ to anual do segmento, o que represen­ ta acréscimo de 4% em relação às ven­ das em Reais em 2004, quando a recei­

ta foi de R$ 1,75 bilhão. Os artigos de papelaria respondem por quase 18% da balança comercial da indústria gráfica nacional.


IMPRESSÕES

ABIGfòAF - Associação Brasileira da Indústria Gráfica

■Mercado

Indústria gráfica deverá crescer entre 10% e 11 % em 2006 Com resultad o s p o sitivo s em 2 0 0 5 , eleiçõ es e Copa do M undo prom etem cen ário an im ad o r

FIFA WORLD CUP

GGRm pny S006

Dados preliminares do Departamento de Estudos Econômicos (DECON) da Associação Brasileira da Indústria Gráfica (Abigraf) apontaram crescimen­

to real no faturamento da indústria grá­ fica de 3,3% em 2005, em relação a 2004. Mário César de Camargo, presi­ dente da Abigraf Nacional, comemora os resultados: "o setor cresceu acima da expansão do PIB, que não deverá pas­ sar de pífios 2,5%, segundo as mais oti­ mistas estimativas", salienta. Para este ano, a estimativa de desempe­ nho aponta acréscimo nominal do fatu­ ramento da indústria gráfica entre 10 e 11 %. Mário César explica que "tradicio­ nalmente, o setor gráfico tem expansão de dois a quatro pontos percentuais acima do PIB, que deverá evoluir entre 4% e 4,5%, conforme as primeiras pro­ jeções". As perspectivas positivas são resultado de diversos fatores: interna­ cionalmente, o crescimento da econo­ mia e do comércio mundiais, a perspec­

tiva de fim do ciclo de alta dos juros norte-americanos e o bom desempe­ nho de países como China e índia são alguns dos destaques; no Brasil, o ano eleitoral - acompanhado do aumento de investimentos públicos - e a Copa do Mundo tradicionalmente aquecem a economia. "Estimamos que as eleições gerais, jun­ tamente com a Copa do Mundo, pos­ sam representar algo próximo a US$ 380 milhões de acréscimo no fatura­ mento do setor, contribuindo com cerca de 5% do total do crescimento previsto para o exercício", destaca Mário César. Em 2002, período que também contou com os dois eventos, o incremento dos resultados foi de apro­ ximadamente 4%, o equivalente a US$ 176 milhões.

A BIG RA F E A PO IA D O RA O FICIA L DA BRASILPACIC 2006 A feira, prom ovida pela A lcân tara M achado, acontece em São Paulo, de 2 4 a 28 de abril entidades brasileiras: ABEAÇO, ABIEA, ABIEF, ABFLEXO/FTA Brasil, ABIMAQ, ABIPLAST, ABIPET, ABPO, ALIPLAST, Comitê de Design da ABRE, Centro de Tecnologia da Embalagem, entre outras.

A ABIGRAF dará apoio institucional à BRASILPACK 2006, principal evento especializado da indústria de embalagens no Hemisfério Sul. Promovida pela Alcântara Machado, a feira, que acontecerá de 24 a 28 de abril, estima reunir cerca de 800 expositores, de 30 diferentes países e 40 mil compradores e profissionais do setor da indústria de embalagem. Este ano, a BRASILPACK traz novidades, com destaque para a realização de dois eventos integrados: o Salão Embala Inovação e Tendências e a Flexo Latino América. A feira contará, ainda, com espaço destinado às linhas de produção - composto por máquinas, equipamentos e insumos - e com o Salão Embala Inovação e Tendências - que antecipará ao mercado as últimas novidades desenvolvidas pela indústria de embalagens. Além do apoio da ABIGRAF, a BRASILPACK 2006 contará com a parceria da Messe Düsseldorf e das mais expressivas 3


IMPRESSÕES

ABIGRAF - Associação Brasileira da Indústria Gráfica

■N o tíc ia s

Abigraf-SP leva educação para o interior de São Paulo E n tid a d e p articip a da in a u g u ra çã o de b ib lio tecas com c o n c u rso d e le itu ra e d o a ç õ e s . T rês c id a d e s fo ra m a g r a c ia d a s com a in ic ia t iv a em 2 0 0 5 .

A Associação Brasileira da Indústria Gráfica Regional São Paulo (Abigraf-SP) está mudando as perspectivas dos moradores do interior de São Paulo. Em parceria com a Secretaria de Estado da Cultura, a associação tem estimulado à prática da leitura com a inauguração de bi­ bliotecas no interior do Estado e com a promoção de concur­ sos literários com alunos de escolas públicas, aumentando o acesso à educação e à infor­ Inauguração da Biblioteca Municipal de Taquaral mação. O primeiro município contem­ so literário com crianças e adoles­ centes do município. Com base em plado foi Gastão Vidigal, localizado um livro da biblioteca, elas na região de São José do Rio Preto. escreveram uma redação, avaliada Na ocasião, a associação doou 500 livros e um computador para a por representantes da entidade e por professores de português. Os nova biblioteca. Além de doar os livros e um computador, a Abigraf vencedores tiveram a oportunidade de conhecer a cidade de São Paulo, Regional SP promoveu um concur­

a sede da entidade, a Escola Senai Theobaldo De Nigris e assistir ao musical "Fantasma da Ópera". A próxima cidade agraciada foi Taquaral, na região de Ribeirão Preto, que recebeu 587 livros e um computador. Em dezembro de 2005, mais uma biblioteca foi inaugurada com apoio da Abigraf -SP e pre­ sença do presidente da associ­ ação, Alfried Ploger. Jardinópolis ganhou mil livros — todos recomendados pela Secretaria da Cultura. "Estamos buscando parcerias junto à iniciativa priva­ da e órgãos municipais e estaduais para zerar o número de cidades paulistas sem bibliotecas públicas. Além disso, o projeto também visa despertar na criança e no adoles­ cente o prazer da leitura", destacou Ploger.

GE-DIGI discute estratég ias de atu ação Cerca de 40 empresários gráficos integrantes do GEDIGI - Grupo Empresarial de Impressão Digital, consti­ tuído no âmbito da Abigraf Regional São Paulo - , reuniram-se em novembro de 2005 para desenvolver pro­ postas de trabalho e o planejamento estratégico para o período de 2006-2008. As ações sugeridas pelo grupo contemplam eventos, como wokshops de impressão digital e palestras técni­ cas; aproximação com outras entidades; lançamento do Portal E-Learning, meio de divulgar informações do

segmento para todo o Brasil; adaptação e tradução do livro "Impressão Digital: a tecnologia a serviço da comunicação", para lançamento em países de língua espanhola; pesquisas e análises de mercado, dentre outras iniciativas. Todas as atividades sugeridas serão discutidas pelos membros do grupo, assim como as sugestões e críticas feitas pelos presentes. Interessados em mais detalhes podem participar das reuniões periódicas promovidas pelo GE-DIGI na Abigraf, em São Paulo.


IMPRESSÕES

ABIGRAF - Associação Brasileira da Indústria Gráfica

GT-Jovem apresenta seus projetos para 2006

Abigraf prepara o 10° Anuário Brasileiro da Indústria Gráfica

O Grupo de Jovens Empresários, formado no âmbito da Associação Brasileira da Indústria Gráfica Regional São Paulo (Abigraf-SP), apresentou seus projetos para 2006 em encontro promovido em dezembro último. O evento reuniu, além de integrantes do grupo, o presidente da Abigraf-SP, Alfried Plòger, e o presiden­ te do Centro Interamericano para Inovação, Formação e Desenvolvimento Tecnológico da Indústria da Comunicação Gráfica - Cifag, Max Schrappe. Jorge Perez, coordenador do GT-Jovem, apresentou as duas principais iniciativas do grupo para 2006: o projeto "Criação de valor com vantagens competiti­ vas através de compras partilhadas" - que prevê um estudo de gestão de compras e tem a proposta de contribuir para a perenidade das empresas, gerando negócios de forma partilhada - e atuações na área cultural - com a produção de livro sobre a vida e car­ reira de Fernando Pini, um dos maiores nomes da indústria gráfica nacional, o que representará a opor­ tunidade de trocar experiências com entrevistados gráficos e demais pessoas que conviveram com Pini.

Está em elaboração a mais com pleta publicação da indústria gráfica, o Anuário Brasileiro da Indústria G ráfica. Editado pela Abigraf Regional SP, com autorização da Abigraf Nacional 109Anuário Brasileiro e elaborado pela Cleda Indústria Gráfica mente&Gramani Edito ra e C o m u n i­ cações, a obra, de fácil consulta, traz informações segm en­ tadas por Estados e por tipo de ativida­ de, além de números e análises que traçam o desem penho do setor. 2005/2006 Capa da última edição do anuário

E sc o la d e V e n d a s te rá d u a s n o v a s tu rm a s em 2 0 0 6 C om o objetivo de tornar as empresas gráficas mais pró-ativas em suas relações com erciais com o m ercado, a Associação Brasileira de Tecnologia Gráfica (A BTG ) e a Abigraf Nacional criaram em 2005 o projeto "Escola de Vendas Mário César de Cam argo". Destinado a gerentes técnicos e de vendas, coordenadores, con­ sultores e analistas de vendas, analistas com erciais e orçamentistas, o curso obteve grande aceitação na primeira edição. Por

isso, em 20 06 , serão abertas duas turm as, uma em maio e uma em outubro. As aulas, m inistradas na sede da A B T G , em São Paulo, possuem atividades práticas, discussão de casos e e xe rcício s in divid u ais e em grupo. Mais informações no site w w w .ab tg .o rg .b r, pelo telefone (1 1 ) 6097-6700 ou ainda pelo e-mail ab tg @ ab tg .o rg .b r.


IMPRESSÕES

ABIGRAF - Associação Brasileira da Indústria Gráfica

Agenda Abigraf

Cursos ABTG

De 12 a 20 de fevereiro

De 19 a 24 de fevereiro

O rçam entos para Indústria Gráfica I.

15a Feira Internacional do Livro de Havana 2006 Havana - Cuba

IMPRINTA 2006 - 9â Feira e Congresso Internacional de Pré-lm pressão Dusseldorf - Alemanha

De 20 a 24 de março, das 18h45 às 21 h45

De 12 a 24 de fevereiro

De 13 a 16 de fevereiro, das 19 às 22h

G erenciam ento de Cores e Tratam ento de Im agens.

De 2 7 a 30 de março, das 18h45 às 21 h4 5 A qualidade é im portante para sua em presa? Im plantação de Sistema da Q ualidade.

P la n o d e s a ú d e p a ra a sso c ia d o s A Associação Brasileira da Indústria Gráfica Regional São Paulo fechou parceria com a Clinicard Assistência Médica, empresa da área de saúde há 38 anos no mercado, que é especializa­ da em planos empresariais. A parceria oferece condições espe­ ciais em contratos de Planos de Saúde para todos associados Abigraf, tanto na contratação de Medicina em Grupo como para Medicina e Segurança do Trabalho. Os planos cobrem todas as especialidades médicas e serviços complementares para todas as categorias, do Referencial ao Executivo, inclusive tratamentos específicos, como acupuntura, homeopatia e

Agradecimentos A Abigraf Nacional agradece a todos os parceiros que apoiaram e patrocinaram as atividades rea­ lizadas em 2005, e que deram sua contribuirão essencial para o crescimento da indústria grafica nacional. • Adobe Brasil • Agfa Gevaert do Brasil • Alcantara Machado Feiras de Negócios • Alphaprint • Antalis do Brasil • Aquarius • Arjo Wiggins • Canon ao Brasil • Cia Suzano de Papel e Celulose • Confederação Nacional da Indústria • Comprint • Creo • Cromos Tintas • Crown • EFI Brasil • Fine Papers • Flint Ink do Brasil • Gammerler • Cegraf • Goss Heidelberg • Graf Bandeirantes • Fleidelberg do Brasil • Flenkel Ltda. • Hewlett-Packard Brasil • HotColor • IBF - Indústria Brasileira de Filmes • In Line • IPP - Intergrafica

• • • • • • • • • • • • • • • • • • • • • • • • • • •

HISPACK 2006 - Salão Internacional de Embalagem Barcelona - Espanha

De 9 a 19 de março

De 14 a 18 de fevereiro

De 27 a 30 de março

IPACK-IMA - Feira Internacional de Embalagem Milão - Itália

Feira Internacional do Livro de Bolonha Bolonha - Itália

19a Bienal Internacional do Livro de São Paulo 2006 São Paulo - Brasil

CSnicard ASSISTÊNCIA MÉDICA

geriatria. A Clinicard conta com ampla Rede Credenciada em São Paulo e está atualmente expandindo sua atuação de acordo com a demanda de novos contratos, além de manter uma Central de Atendimento 24 horas. A empresa tem como foco principal o gerenciamento e monitoramento da saúde das empresas, apresentando ações específicas de Medicina Preventiva dentro do Programa de Qualidade de Vida. Para mais informações, os associados Abigraf podem entrar em contato com a Clinicard pelo telefone (11) 3882-1 381

International Paper Kalmaq Klabin Kodak Polychrome KSR Distribuidora Laborgraf Messe Frankfurt Feiras Muller Martini Brasil Norske Pisa Nova Mercante de Papéis Océ-Brasil Premiata Tintas e Vernizes Printcolor Real Graphics Relevo Araújo Ripasa RR Donnelley Moore RWA Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE) Solna do Brasil SRS Stora Enso Sun Chemical UV Pack Votorantim Celulose e Papel Xerox do Brasil Zênite Sistemas

Entidades de apoio: • Associação Brasileira de Comunicação Empresarial (ABERjE) • Associação Brasileira Técnica de Flexografia (ABFLEXO) • Associação Brasileira das Indústrias de Etiquetas Adesivas (ABIEA)

• Associação Brasileira da Indústria de Embalagens Plásticas Flexíveis (ABIEF) • Associação Brasileira das Indústrias de Tintas para Impressão (ABITIM) • Associação Brasileira do Papelão Ondulado(ABPO) • Associação Brasileira da Indústria de Formulários, Documentos e Gerenciamento da Informação (ABRAFORM) • Associação Brasileira dos Fotógrafos de Publicidade (ABRAFOTO) • Associação Brasileira de Embalagem (ABRE) • Associação Brasileira de Editores de Livros (ABRE LIVROS) • Associação Brasileira Técnica de Celulose e Papel (ABTCP) • Associação dos Designers Gráficos (ADG) • Associação dos Agentes de Fornecedores de Equipamentos e Insumos para a Indústria Gráfica (AFEICRAF) • Associação Nacional das Editoras de Publicações (ANATEC) • Associação Nacional dos Profissionais de Venda em Celulose, Papel e Derivados.(ANAVE) • Associação Nacional dos Distribuidores de Papel (ANDIPA) • Associação Nacional de jornais (ANJ) • Associação Nacional dos Fabricantes de Celulose e Papel (BRACELPA) • Câmara Brasileira do Livro (CBL) • Fundação Instituto de Administração (FIA) • Feira Internacional de Papel e da Indústria Gráfica (FIEPAG) • Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SEN Al)


IMPRESSÕES

ABIGRAF - Associação Brasileira da Indústria Gráfica

■E n t r e v is t a

Gráfica M arreco: tradição em Mogi-Guaçu Em presa filiou-se ã A b ig raf para manter-se antenada com as novidades d o m ercado

Com crescimento de 30% em 2005, em comparação ao ano anterior, e planos de crescer 40% em 2006, a Gráfica Marreco asso­ ciou-se recentem ente à Asso­ ciação Brasileira da Indústria Gráfica (Abigraf). O objetivo é continuar um processo de atuali­ zação contínua, estando a par das novidades do m ercado, tra­ zendo mais benefícios para seus funcionários e com a oportunida­ de de realizar novos contatos e oportunidades. A preocupação com seus funcio­

nários é uma das marcas da gráfi­ ca. Fundada em 1976, a Marreco oferece especialização contínua, com participação nas atividades desenvolvidas na escola do Senai Theobaldo De Nigris, localizada em São Paulo. Em 2006, o quadro - atualmente composto por 22 pessoas - foi ampliado com a con­ tratação de 8 de funcionários. A gráfica destaca-se, tam bém , por atuar de acordo com normas leis am bientais. Todos os resíduos gerados são cuidadosam ente gerenciados, com destinação cor­ 7

reta, e documentação total de acordo com as leis ambientais. Tradicional na cidade de MogiGuaçu, a Gráfica Marreco, que atua na área de impressos promo­ cionais e embalagens, está locali­ zada em sede própria há 28 anos, em um espaço de 600 m2. Possui os seguintes equipamentos: na área de impressão - GTO 52 x 36 4 cores, GTO 52 x 36 Bicolor, Sorm monocolor; e no acabamen­ to - uma máquina de corte, vinco e plastificação, form ato meia folha, e guilhotina automática.


ABIGRAF - Associação Brasileira da Indústria Gráfica

im p r e s s õ e s

s a

I V o to ra n tim

Couché, on machine, brilhante ou fosco, que oferece ótima qualidade de impressão. Ideal para capas e miolos de revistas e materiais promocionais. Gramaturas de 70 a 115 g/m1.

Starmax

V

REUNIR A NOSSA FAMÍLIA NÂO DÁ O MENOR TRABALHO.

o r a n iim

8 ^ Lumimax'

Couché. off machine, brilhante, semibrilho e fosco, que oferece excelente qualidade de impressão e maquinabilidade. Ideal para capas e miolos de revistas e materiais promocionais Gramaturas de 90 a 230 g/m'.

/

__________ /

A Votorantim Celulose e Papel possui uma linha completa de papéis para atender às mais variadas necessidades dos usuários. São papéis fabricados com a qualidade de uma empresa que respeita o meio ambiente e investe constantemente no desenvolvimento de novos produtos. Papéis Lumimax, Starmax, Top Print e Printmax, uma família de produtos couché e offset com o atestado de qualidade que só a Votorantim pode oferecer.

I

N

F

O

R

M

A

T

I

V

I® Printmax

Votorantim

O Offset Votoran

Celulose e Papel

Papel offset uhrabranco com maior opacidade, mais sedoso e resistente, que proporciona melhor produtividade e printabilidade Ideal para livros, cadernos formulários agendas e encartes Gramaturas de 50 a 180 g/m1.

O

E x p e d ie n t e O informativo Impressões é uma publicação mensal da Associação Brasileira da Indústria Gráfica (Abigraf). Responsabilidade editorial: Ricardo Viveiros Oficina de Comunicação, empresa filiada à Associação Brasileira de Comunicação Empresarial (Aberje). Projeto Gráfico - DeBrito Propaganda/ Editoração Eletrônica Conceito Comunicação e Design/ Impressão -RWA Gráfica./ Impresso em papel Starmax 115g, da Votorantim Celulose e Papel./ Contatos Abigraf Tel. (O xxl 1) 5087.7777 - e-mail: dmark@abigraf.org.br www.abigraf.org.br.

8

V o to ra n t

Top Print

> Papel offset pigmentado com boa printabilidade. Ideal para livros e tablóides. Gramaturas de 63 e 75 g/m1.

Boletim Impressões - Ano I - Edição 7