Page 1

SABES QUEM EU SOU?


O Burro de Miranda


Origens • Pensa-se que foi adotado como animal doméstico antes do cavalo; • A sua origem procede do Egipto; • Chegou à Europa 5 milénios antes de Cristo (para alimentação humana, produção de híbridos e mais tarde para os serviços de carga e transporte).


Comportamento Social • São animais sociais; • Chama-se “burrada” a um grupo de burros; • Nenhum dos membros do grupo é dominante para sempre ;

• São animais de temperamento dócil, forte e muito inteligentes, que não perdem a sua personalidade no contacto com os humanos; • Tal como o “cão” criam laços afetivos com as pessoas.


Comunicação Visual e Vocalizações • A posição das orelhas é uma parte importante da linguagem corporal do burro: Exemplos: numa ameaça branda, para morder os burros colocam as orelhas para trás e esticam o pescoço em direção ao adversário; durante o cortejo as orelhas estão em pé e viradas para a frente; a cumprimentar, as orelhas estão em pé e voltadas para frente e geralmente segue-se um toque com o nariz (nariz com nariz); estão infelizes ou cansados as orelhas ficam deitadas de lado, (na posição horizontal em relação ao corpo).

• A vocalização, que emitem com maior frequência, é um característico Hi-Hõ – o zurro. • As funções do zurro são diversas, por exemplo, juntar o grupo, procurar um animal perdido ou avisar os outros sobre o seu estatuto (importância).


Cópula • Durante a cópula os machos frequentemente mordem o pescoço da fêmea, podendo feri-las com alguma gravidade. • Por vezes, é necessário ajudar o macho a encaminhar o pénis na direção certa.

Alimentação • Necessidades imediatas: água, comida e abrigo; • Devem ser alimentados a horas regulares, pelo menos duas vezes por dia;


Os cinco sentidos 

Os burros têm uma visão panorâmica, pois os seus olhos estão localizados de lado na cabeça dando-lhes a capacidade de observar o que se passa por trás deles. Têm uma excelente visão noturna;

O sentido auditivo é apurado e as suas orelhas nunca estão paradas, mexendo-se para captar os sons em seu redor. É um animal muito sensível ao barulho, nomeadamente não gosta que se grite perto dele, nem do latido dos cães, mas consegue suportar o ruído sem se agitar; O seu paladar habilita-os a identificar o que é comestível; Em relação ao olfato, pensa-se que este seja um sentido importante, uma vez que os burros conhecem os objetos e os humanos através do cheiro. Também usam o olfato para reconhecer o que podem ou não comer; Usam o tato, através dos seus lábios fortes e muito sensíveis, que estão cobertos por centenas de pelos que reagem ao toque. O seu corpo com uma pele fina, podendo ferir-se com facilidade, é coberta de pelos e é também muito sensível ao toque.


Curiosidades • Tradicionalmente muito utilizados na agricultura; • Na cultura das hortas, têm a vantagem de exercer um menor estrago sobre os solos, por serem mais leves que as restantes espécies utilizadas na lavoura e não estragam tanto as plantas como as máquinas; • Hoje em dia, são uma resposta eficaz às necessidades de transporte das pessoas, e da comida para o gado - transporte a dorso -, são utilizados para lavrar a vinha, para semear e arrancar batata. E desempenham também a importante função de fazer companhia aos seus donos; • Na vertente agrícola/ecológica, o excremento de burro, juntamente com a palha utilizada na cama dos animais, faz um excelente elemento fertilizador das terras.


Fotos e Sites Site: www.aepga.pt AEPGA - Associação para o Estudo e Protecção do Gado Asinino Outros sites: http://quintapedagogica.cm-lisboa.pt/ - Quinta Pedagógica dos Olivais

Burro de miranda