__MAIN_TEXT__
feature-image

Page 1

COMUNICADO Em virtude da pandemia COVID-19, seguindo as orientações da Direção Geral da Saúde e da Nota pastoral do nosso Arcebispo, D. Jorge Ortiga, apelamos à compreensão de todos e insistimos na necessidade de todos se protegerem. Queremos informar o seguinte: 1. Apelamos a todos os paroquianos que tomem muito a sério a pandemia em curso, observando os cuidados de higiene pessoal e tudo fazendo para evitarem ao máximo a exposição pública, onde as possibilidades e perigo de contágio são maiores. 2. Sem cair no alarmismo, devemos ter bem presente que é pecado grave infringir os cuidados recomendados que favorecem a saúde pública. Por isso, a auto-exigência de colaboração e cooperação com o que as autoridades públicas nos propõem constitui uma obrigação acrescida para quem se afirma cristão. 3. Sobretudo os idosos e portadores de doenças crónicas, devem abster-se até de participar na Eucaristia, dado os perigos reais que correm e que também fazem correr os outros. Programação da Semana Santa 4. Toda a programação para o tempo da Quaresma, Semana Santa e Solenidades Pascais fica sujeita a alterações, cancelamentos ou adiamentos. Para já comunicamos o seguinte: a. Ficam cancelados os seguintes eventos: Procissão dos Passos; 24h para o Senhor; Conferência Quaresmal; Concerto Sacro; Via-Sacra; Procissão do Enterro do Senhor. b. Ficam adiadas as Confissões que remarcaremos após este surto epidémico ser superado. c. Fica cancelada a Visita Pascal. Cada família, no aconchego do seu lar, acolherá sugestões para a oração e encontrará modos festivos de celebrar este dia especial. Catequese 5. A catequese está suspensa até orientações contrárias, bem como todas as iniciativas ou propostas a ela associada, até ao fim do 2º período. Eucaristias 6. Enquanto não houver determinação em contrário, manteremos as Eucaristias. Relembramos as recomendações da Conferência Episcopal: a comunhão deve ser recebida apenas na mão e não na boca, omissão do gesto da paz, evitar contactos desnecessários e sempre que possível observar a aconselhada distância de um metro. a. Em consequência do já dito no ponto 5, suspendemos as seguintes Eucaristias e Celebrações da Palavra: Igreja do Sagrado Coração de Jesus, Capela de Nossa Senhora de Fátima (Granja) e Capela de Santo António (Cisterna) aos sábados às 16h45.


Vista aos Doentes 7. A visita dos párocos aos doentes e idosos fica adiada. Contudo, não deixaremos os doentes e idosos sem a nossa proximidade e auxílio espiritual. Grupos e Movimentos Paroquiais 8. Pedimos que as agendas pastorais dos Movimentos e Grupos Paroquiais seja cancelada, adiada ou reduzida ao indispensável. Deixamos aqui algumas indicações mais especificas: a. Sugerimos aos Grupos Corais que suspendam os ensaios e para as Eucaristias apresentem programa conhecido e simplificado para os seguintes momentos: Entrada, Salmo, Aclamação ao Evangelho, Santo, Cordeiro e Comunhão. b. Os Ministros Extraordinários da Comunhão devem avaliar com cada família e em cada caso a possibilidade de fazerem a normal visita para distribuição da Sagrada Comunhão. c. Os Agrupamentos de Escuteiros do CNE sigam as recomendações dadas pela Junta Regional que visam o cancelamento de todas as atividades e reuniões. Párocos e Atendimento Paroquial 9. O Cartório Paroquial estará encerrado, mas os párocos sempres disponíveis. Todos aqueles que tiverem assuntos inadiáveis para tratar com os párocos estabeleçam contacto por telefone ou e-mail. Quarentena forçada. Quaresma reforçada! 10. Todas estas medidas e recomendações devem ser acompanhadas pelo reforço da nossa oração. Não estamos dispensados de viver a Quaresma, celebrar a Semana Santa e saborear a Páscoa. Temos é de ser “originais” na forma e maneira de o fazer este ano. “Lutar de forma original contra o coronavírus” 11. Neste sentido e respondendo ao apelo do nosso Arcebispo na sua nota pastoral, criamos uma página no site da paróquia de Fafe (www.paroquidefafe.com) onde colocaremos subsídios para a vivência de todas as celebrações e solenidades que não pudermos realizar em comunidade. Estamos certos que a grande maioria dos cristãos compreenderá e aceitará estas orientações e determinações e pedimos ao fiéis a paciência na escuta e fortaleza na provação. Não devemos subestimar a gravidade da situação, nem cair em alarmismos desesperados. A responsabilidade de vencer esta pandemia é de todos e de cada um. Que a oração seja a nossa força em tempo que continua a ser de Esperança. Os párocos. Pe. José António Carneiro Pe. Vítor Manuel Araújo

Profile for Vitor Araújo

Comunicado às paróquias sobre o COVID-19  

Comunicado às paróquias sobre o COVID-19  

Advertisement

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded