Page 1

vigiai www.vigiai.net

Informativo Evangélico Virtual Ano 01 Edição 60

A sua revista virtual diária evangélica: 19.11.2017


sumário

INSTITUCIONAL 1 - Capa 2 - Sumário 3 - Expediente 4 - Editorial 5 - Projeto da “nova” Vigiai Virtual 6 - Nostalgia Vigiai 7 - Reportagem fotográfica Vigiai PARCERIAS 8 - ANAMEL 12 - Convenção Batista Mineira 20 - Convenção Batista Fluminense 22 - Gilberto Garcia 26 - Gilson do Carmo Batista 28 - Igreja Batista em Parque do Carmo 30 - Moizés de Oliveira 34 - Revista Fidelidade 36 - Editora Cristã Evangélica 38 - Rede Batista de Educação 42 - Vida Total da Igreja ARTIGO 44 - CHAMADO E MISSÃO - CARLOS OLIVEIRA PARA ESPANHA

2 | VIGIAI VIRTUAL 60 | novembro de 2017


vigiai

Informativo Evangélico Edição 60 www.vigiai.net Novembro de 2017

Criação Fabiano Sousa (In Memoriam) Jornalista e Designer Mtb-SP 66.300 Editor e diagramador Jornalista Vital Sousa Mtb-SP 63.588 E-mail: vital.sousa@gmail.com facebook.com/vital.sousa.3 Produção Vital Publicações www.vigiai.net Contatos E-mail: vigiai.net@gmail.com facebook.com/vital.sousa.3 Nota Os artigos assinados são de responsabilidade exclusiva dos seus autores, e não representam necessariamente a opinião do Informativo. É proibida a reprodução total ou parcial de reportagens, entrevistas, artigos, ilustrações e fotos, sem a prévia anuência dos titulares dos direitos autorais. “Vigiai, pois, porque não sabeis em que dia vem o vosso Senhor; sabei, porém, isto: se o dono da casa soubesse a que vigília da noite havia de vir o ladrão, vigiaria e não deixaria minar a sua casa. Por isso ficai também vós apercebidos; porque numa hora em que não penseis, virá o Filho do homem.” (Mateus 24:42-44)

Para mais de um milhão de internautas

novembro de 2017 - VIGIAI VIRTUAL 60 | 3


editorial

Vital Sousa, editor

Os nãos à Globo! Vital Sousa, editor

Recebo cotidianamente uma enxurrada de pedidos de boicotes à Globo, principalmente quando é lançada uma nova novela em sua programação e que contradiz aos interesses e costumes de um grupo. Eu não assisto novelas, mas percebe-las como um grande teatro popular é inegável - quando assisto - avalio como boas atuações sob o aspecto teatral, entretanto nem sempre o conteúdo me agrada. E quando o conteúdo não me agrada, exerço o meu direito como telespectador: mudo de canal, simples assim. Que a Globo faz apologia as mais variadas, todos nós sabemos, da mesma maneira como defendemos os valores que acreditamos, realidade que estou careca de saber. Mas é inegável o valor cultural que a Rede oferece, principalmente com os seus telejornais e com as emissoras do grupo, principalmente a Globo News. Como a emissora vive de audiência, todos os boicotes são válidos, mas não faço campanhas.

Ser bereiano é um conceito onde devemos verificar se as coisas são assim mesmo como são apregoadas, não é um conceito de dúvida como de Tomé, mas um conceito de pesquisa. Vamos pensar ao contrário? Quanto bem tem trazido a Globo ao povo brasileiro? E quanto mal? E a premissa do pensamento “ao contrário” deve permear os nossos posicionamentos. Qual o grande bem que a Igreja Católica trouxe à humanidade e qual o grande mal? Qual o grande bem que a política traz e qual grande mal? Qual é o grande bem que a justiça humana traz e qual o seu grande mal? Qual o grande bem que a escola brasileira tem trazido e qual o grande mal? Pensando ao contrário, em diversas situações, certamente seremos menos manipulados e poderemos obter um pensamento pessoal mais sólido e eficaz.

A liberdade de cada um deve ser exercida e Que façamos os boicotes que quisermos, mas através dela, o direito de escolha do que melhor com a consciência da busca do melhor para nós se adeque para a sua vida. mesmos e para a sociedade na qual estamos inseridos. Os mil e um interesses políticos de cada grupo nos devem trazer à lembrança a orientação Que as bênçãos do Senhor sejam abundantes! bíblica de sermos bereianos. 4 | VIGIAI VIRTUAL 60 | novembro de 2017


NOVO PROJETO DA REVISTA VIGIAI VIRTUAL DIÁRIA - 01.12.2017 INSTITUCIONAL 1 - Capa 2 - Sumário 3 - Expediente 4 - Editorial 6 - Nostalgia Vigiai 7 - Reportagem fotográfica Vigiai PARCERIAS Segundas-feiras: ANAMEL - Capa 4/12 Revista Fidelidade - Capa 11/12 Terças-feiras: Convenção Batista Mineira Capa 19/12 Vida Total da Igreja Capa 26/12 Quartas-feiras: Convenção Batista Fluminense Capa 6/12

Quintas-feiras: Editora Cristã Evangélica Capa 14/12 Sextas-feiras: Gilberto Garcia, advogado Capa 01/12 Sábados: Gilson do Carmo Batista, pastor Capa 23/12 Igreja Batista no Parque do Carmo, Sao Paulo-SP Capa 30/12 Domingos: Moizés de Oliveira, advogado e pastor Capa 03/12 Rede Batista de Educação Capa 10/12 DESTAQUE DO DIA NOTÍCIAS DO DIA

novembro de 2017 - VIGIAI VIRTUAL 60 | 5


Nostalgia Vigiai

6 | VIGIAI VIRTUAL 60 | novembro de 2017


Reportagem fotogrรกfica

novembro de 2017 - VIGIAI VIRTUAL 60 | 7


EDUARDO MAYR Vice-Presidente da ANAMEL

8 | VIGIAI VIRTUAL 60 | novembro de 2017


“ADVOGADO É DOUTOR” Eduardo Mayr Doutor por direito e por tradição, acrescento. O primeiro registro da palavra “doutor” estaria em um Cânon do ano 390 d.C., por Marcel Ancyran, editado pelo concílio de Saragosso. É o que lembra o jurista mineiro Olavo Luís de Mesquita Diniz, o qual acrescenta que, pelo mesmo, ficava proibido declinar-se dessa qualidade – doctorum – sem permissão (Code de L’Humanité, ed. 1778…, Verdon).

interpretavam as leis mosaicas, designando como Phisicum os médicos e curandeiros.

O bacharel em Direito que efetivamente milita e exerce a profissão de advogado faz jus a esse título. Em seu Dicionário de tecnologia jurídica, Pedro Nunes explicita: “Bacharel em Direito – primeiro grau acadêmico, conferido a quem se forma numa faculdade de direito. O portador deste título, que exerce o ofício de advogado, goza do privilégio de doutor” (ord. L 11 Tit. 66,42; O que é certo, contudo, é que o título Doctores Pereira e Sousa, Crim. 75 e not. 188; Trindade, Sapientiae só veio a ser utilizado em Roma pág. 157, nota 143, in fine e pág. 529; Aux. Jur. e outorgado aos filósofos e àqueles que 355, Ass 93). promoviam conferências públicas sobre temas filosóficos, notadamente jurídicos. Tem-se Há notícias de um alvará régio editado por D. notícia de que tais títulos honoríficos foram Maria Pia, de Portugal, pelo qual os bacharéis concedidos a filósofos como Santo Tomás em Direito passaram a ter o direito ao tratamento de Aquino, Duns Scott, Rogerio Bacin e São de doutores. Como esse alvará – lei, na época Boaventura, cognominados ainda de Angélico, – nunca chegou a ser revogado, perdura o seu Sutil, Maravilhoso e Seráfico, respectivamente. efeito com a outorga do título de “doutor” a todos os advogados militantes. Um rábula de notável As universidades foram avaras na concessão saber jurídico foi agraciado com esse título desse título. A de Bolonha o outorgou a um por meio de um alvará régio especial: Antônio advogado que passou a ostentar o título Doctor Pereira Rebouças, que não era formado em Legum, ao lado dos Doctores ex Ioix, somente nenhuma faculdade de Direito. dado àqueles versados na ciência do Direito. Essa lei remanesce em vigor, como tantas outras Em suas origens, esta honraria era atribuída a que nunca foram revogadas, como o nosso advogados e juristas, e não a qualquer outra Código Comercial, que é de 1850. profissão. Há notícias de protestos feitos em relação aos médicos, que indevidamente se Por tradição e por direito, são os advogados apropriaram do título, reservado aos homens “doutores”. que cultivavam as ciências do espírito. O livro dos livros, a Bíblia, refere-se aos “Doutores Fonte: http://www.editorajc.com.br/advogadoda Lei”, referindo-se aos jurisconsultos que doutor/ novembro de 2017 - VIGIAI VIRTUAL 60 | 9


“FAIRPLAY” Eduardo Mayr Nós todos, que fazemos das carreiras jurídicas profissão, haveremos que ter e exteriorizar aquilo que os ingleses chamam de “fairplay”. “Fairplay” não tem uma tradução precisa, sendo mais sentido do que explicado, tratando-se de uma como que atitude peculiar frente à vida, uma forma estóica de se comportar, uma espécie de “Weltanschauung”, ou um como que “alto astral” ético, a demonstrar um refinamento de conduta, uma forma gentil de lidar com aquilo que nos desagrada.

convive com os outros integrantes da “família forense”, havendo que manter uma postura absoluta mente ética no trato das coisas da Justiça.

Os árabes, cuja sabedoria milenar é sempre reconhecida, recomendam o uso da astúcia, afirmando que “- uma abóbora vale mais que uma cabeça sem astúcia”, havendo um ditado que afirma: “qualquer um pode triunfar pela força, mas só os homens de inteligência superior sabem triunfar com a astúcia”. No vernáculo, “astúcia” tem uma conotação depreciativa, Procurando consolidar o conceito: uma lembrando a arte de enganar o próximo. Mas honestidade de propósitos, uma forma de não é desta astúcia que estamos falando. É de proceder com dignidade, ou tudo isto em algo diferente. Atribui-se a Henrique IV, rei da conjunto. Aquele bom senso que nos leva a não França, a frase “apanham-se mais moscas com se aborrecer com os insultos ou reveses, tão uma colher de mel do que 20 barris de vinagre”, comuns no desempenho de nossas atividades. que o folclore alemão condensou para “não é Exemplificadamente, a posição tomada por com vinagre que se apanham moscas” (Vinagre: Lincoln, quando seus adversários o acusavam “Essig”, azedo até no nome…). de ser um homem “de duas caras”, e que fez com que não retrucasse, chamando seus desafetos Os clientes passam, certamente. Resolvido o de asnos ou nomes indecorosos, mas que o seu caso, o caso seu, certamente para eles o levou a responder com inequívoco “fairplay”: mais importante caso do Judiciário, não mais “Meus senhores, deixo a decisão à Assembléia. retornam, normalmente. Mas os integrantes Se eu tivesse duas caras, andaria com esta?” da “família forense” continuam, e assim, como Assim procedendo, fez com que os presentes irmãos, todos hão que conviver em harmonia. rissem, e ganhou a admiração e simpatia de Não é de boa política criarem-se áreas de todos, inclusive seus adversários, sem insultá- atrito, pois é certo que só recorrem aos insultos los ou humilhá-los. aqueles que não conseguem vencer com argumentos e bom humor. A propósito, quando O que desejo sublinhar, com isto? É que o Lady Nancy Astor disse ao venerável primeiroAdvogado, o Defensor Público, o Promotor ou ministro Winston Churchill: “Winston, se eu o Procurador e Justiça, ou mesmo o Juiz de fosse sua mulher, poria veneno no seu café…”, Direito, não deve se deixar levar pela ira ou por este retrucou com “fairplay” sentimentos menos nobres. Cada qual lida e 10 | VIGIAI VIRTUAL 60 | novembro de 2017


“E eu, querida Nancy, se você fosse minha mulher, o tomaria de bom grado”. Lembro do insigne ministro Ary Franco, ao examinar Processo Penal no “Velho Casarão do Catete” – e recentemente se comemorou o 100º aniversário de seu nascimento – dirigindo-se ao “bedel”, “cargo” que não mais existe, uma espécie de “factótun” nas salas universitárias, pediu-lhe que trouxesse “um feixe de feno”, referindo-se ao aluno que estava sendo examinado, insinuando tratar-se ele de uma cavalgadura. O aluno respondeu, na hora: “E para mim, Sr. bedel, um cafezinho. Risadas gerais. Esperávamos, todos, uma explosão do velho mestre. Mas este, com “fairplay”, riu também, deu nota máxima ao aluno e vaticinou que ele viria a ser excelente político. De fato: o aluno é hoje deputado federal pelo nosso Estado. Mutatis mutandis, na Inglaterra, fato assemelhado ocorreu quando o juiz George Jeffrey apontou sua bengala para um réu, observando: “Há um velhaco na ponta de minha bengala”, tendo réu perguntado: “Em que ponta, meritíssimo?” Mansur Chalitta, ilustre escritor e jornalista, certa feita escreveu que a verdade provoca revolta ou concórdia conforme as palavras com que é revestida. Contou que um sultão sonhava que havia perdido todos os seus dentes, e o adivinho da corte, chamado a explicar o significado do sonho, vaticinara: “Que desgraça, senhor! Cada dente caído representa a morte de um parente de vossa majestade!”. Em conseqüência, foi açoitado por ordem do furioso sultão. Outro, chamado em seguida, lhe disse “Excelso senhor, grande felicidade vos está reservada. O sonho significa que havereis de sobreviver a todos os vossos parentes”. Recebeu então 100 dinares de ouro de recompensa pelo agora agradado sultão. Ambos disseram a mesma coisa. Mas a maneira de dizer fora diferente. O que desejo transmitir é exatamente isto: não devemos fazer uso, em nossos trabalhos jurídicos, petições e arrazoados, pareceres ou sentenças, de vinagre ou fel, e em nossa atividade profissional, por mais desgastante que seja, mantenhamos sempre bom ânimo. Usemos, sim, palavras suaves, que agradam ao coração. “Fairplay” é o senso de humor e ironia, mas sem quebra da respeitabilidade, dignidade e decoro. Não é de bom alvitre desentendermonos, nós que mantemos de pé o banquinho tripé

onde se assenta altaneira a Sra. Justiça, com seus eventuais achaques e benquerenças. Lembremo-nos de que há uma antinomia eventual entre o legal e o justo, e que há formas variadas de interpretar o mesmo dispositivo legal, não havendo na verdade certo ou errado (haveria uma jurisprudência “certa” e outra “errada”?) mas sim argumentos melhores ou mais convincentes, e outros com menos capacidade persuasória. Também, que o conteúdo da lei muda com o tempo, e muda também no espaço, às vezes por imposição da mídia, outras vezes pelos usos e costumes. Não devemos vencer, simploriamente. Acima de tudo, devemos convencer, e por isto qualquer argumentação há que ser cuidadosamente fundamentada, pois muitas vezes deve-se entender a missão do Juiz moderno não apenas como e tão-somente fazer Justiça, mas também, e acima de tudo, evitar que em nome da lei se comentam injustiças. Já se afirmou que a injustiça, sob o manto da lei, é abominável. Couture tinha razão quando prelecionava que se há de ter fé, crendo no Direito, melhor instrumento para o humano convívio; crendo na Justiça, como objetivo normal do Direito; na paz, como o substituto piedoso da Justiça; e acima de tudo na liberdade, sem a qual não há direito, nem justiça, nem paz. Acrescentaria: e que todos nós ajamos eticamente, com alma nobre e elevada, com “fairplay”, a fim de nos tornarmos admirados e respeitados por todos, e o mundo melhor, com mais sorrisos e alegria, sem preconceitos, ódios e contendas, mas com mais paz e amor, este, o dom maior de que nos falava São Paulo. Fonte: http://www.editorajc.com.br/fairplay/

Eduardo Mayr

é Desembargador aposentado, residente no Rio de Janeiro-RJ, casado com Elisabet Mayr, congrega na Igreja Presbiteriana do Brasil. novembro de 2017 - VIGIAI VIRTUAL 60 | 11


12 | VIGIAI VIRTUAL 60 | novembro de 2017


novembro de 2017 - VIGIAI VIRTUAL 60 | 13


14 | VIGIAI VIRTUAL 60 | novembro de 2017


novembro de 2017 - VIGIAI VIRTUAL 60 | 15


16 | VIGIAI VIRTUAL 60 | novembro de 2017


novembro de 2017 - VIGIAI VIRTUAL 60 | 17


18 | VIGIAI VIRTUAL 60 | novembro de 2017


novembro de 2017 - VIGIAI VIRTUAL 60 | 21


22 | VIGIAI VIRTUAL 60 | novembro de 2017


www.direitonosso.com.br gilbertogarcia@direitonosso.com.br +55 (21) 2696-5244 +55 (21) 99912-6678 Rua: Antonio Teles de Menezes, 41/408 Centro – São João de Meriti/RJ CEP. 25.520-630

novembro de 2017 - VIGIAI VIRTUAL 60 | 23


Culto na Ilha de Villegagnon/RJ em 17.11.2017 marca as comemorações dos 500 anos da Reforma Protestante Gilberto Garcia, presidente da Comissão de Direito e Liberdade Religiosa do IAB (Instituto dos Advogados Brasileiros) participou do encerramento das comemorações dos 500 anos da Reforma Protestante, num Culto de Gratidão à Deus, promovido pela CPAD (Casa Publicadora das Assembleias de Deus no Brasil), ligada a CGADB (Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil), na Ilha de Villegagnon, no Auditório da Escola Naval, no Rio de Janeiro, local do primeiro Culto Protestante realizado no Brasil em 10 de março de 1557, registrando click fotográfico no Memorial de Gratidão idealizado pela Igreja Presbiteriana do Brasil.

24 | VIGIAI VIRTUAL 60 | novembro de 2017


109ª Assembleia da Convenção Batista Fluminense, Estância Raposo, Itaperuna/RJ

por sua esposa, Diaconisa Dra. Soraia Garcia, que participou no sábado, 14.07.17, na PIB de Raposo, do Encontro Anual dos Diáconos Batistas do Rio de Janeiro. Organização pela Associação Batista ExtremoNorte, registre-se nesta 109ª Assembleia da CBF, ocorreu a eleição da Nova Diretoria, período de 2017/2019, tendo sido o mais votado para Presidente, o Pr. Vanderlei Marins (PIB Alcântara/RJ), que, estará, juntamente com a Diretoria da CBF, à frente da 110ª Assembleia da Convenção Batista Fluminense, agendada para Teresópolis/RJ, de 18 a 21.07.2018.

Realizada dias 12 a 15 de julho de 2017, no Centro de Convenções do Hotel Fazenda Raposo, com mais de 1.000 inscritos – a Assembleia Anual dos Batistas Fluminenses, contou com mensageiros-delegados, de Igrejas Batistas do Estado do Rio de Janeiro, exceto do Município do Rio de Janeiro (Convenção Batista Carioca/RJ), além dos Encontros da JUBERJ, ADIBERJ, UMHBF e UMFBF.

Fonte: O Direito Nosso de Cada Dia h t t p : / / w w w. d i r e i t o n o s s o . c o m . b r / 1 0 9 a assembleia-da-convencao-batista-fluminenseestancia-raposo-itaperunarj/

Neste Conclave Denominacional, neste ano, na Estância de Raposo, Cidade de Itaperuna/ RJ, foram apresentados os planos, debatidos os projetos, aprovados os Relatórios do Conselho Fiscal, contendo o Planejamento Financeiro e Relatório Fiscal das Organizações Executivas e Organizações Auxiliares da CBF, sob a presidência do Pr. Geraldo Geremias, da Terceira Igreja Batista em Macaé/RJ. No click fotográfico o Dr. Gilberto Garcia apresentou aos irmãos na 109ª Assembleia da CBF, e presenteado o Pr. Geraldo Geremias, com a Obra Coletiva “Direito e Cristianismo”, vl. 2, onde ele é um dos autores de um dos 14 artigos, num livro de 368 páginas, sob o tema: “Blindagem Jurídica Estatutária das Igrejas”, organizado pelo Grupo Virtual “Juristas de Cristo”, publicado pela Editora Betel. O Presidente pregou na Sessão de Abertura, tendo contado na Comissão de Assessoria Parlamentar (Assessoria Jurídica), com o Dr. Gilberto Garcia, Relator Geral, PIB São João de Meriti/RJ, tendo sido acompanhado em Raposo, novembro de 2017 - VIGIAI VIRTUAL 60 | 25


Pr. Gilson do Carmo Batista

Saudades!

26 | VIGIAI VIRTUAL 60 | novembro de 2017


Pr. Bruno Roa Pr. Bruno Roa - Incansável homem de Deus que gostava de evangelizar e se deleitava em implantar novas igrejas. Fundador do SETEBOE - Seminário Teológico Batista Oásis da Esperança, onde se revezava com sua esposa Drª Ana Maria Ferreira Roa nas noites enquanto lecionava teologia no STO. Apegado aos livros e em especial à Bíblia Sagrada, consagrou várias vidas ao ministério da Palavra e também prefaciou um dos meus livros. Pastoriou várias igrejas batistas na Zona Oeste-RJ. Hoje é homenageado como Patrono da Biblioteca do SETEBOE, deixando-nos saudades eternas! Ademir Carneiro de Oliveira. 19/01/2013 Três morrem em acidente entre carro e caminhão na PR-445 Um acidente gravíssimo na PR-445 fez três vítimas fatais por volta das 9h deste sábado (19). De acordo com a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), o acidente aconteceu no km 6 da rodovia, no trecho entre Tamarana e Mauá da Serra. Segundo informações do Corpo de Bombeiros, um veículo Siena (KWJ-4293/Mauá da Serra) e um caminhão-trator Scania R 124 (MHH-5580/ Curitiba) colidiram. Os dois veículos transitavam no mesmo sentido quando o Siena teria saído da terceira faixa para desviar de um galho, invadido 17/11/2017 Abner Nagem: Ele foi meu aluno de História Eclesiástica. Muitas saudades.

a faixa central e colidido contra o caminhão. Após a colisão, o carro caiu em uma ribanceira de aproximadamente 10 metros. A condutora do carro, identificada como Ana Maria Ferreira Roa, de 59 anos, e os passageiros, Bruno Roa, de 62 anos, e Maria da Paz Oliveira Ferreira, de 84, morreram na hora. O motorista do caminhão, Hamilton dos Santos, de 52 anos, não ficou ferido. Fonte: http://www.bonde.com.br/bondenews/ parana/tres-morrem-em-acidente-entre-carro-ecaminhao-na-pr-445-258044.html

José Carlos Do Rego: Muitíssimo honrado por Deus pois realizou nosso casamento em agosto de 2012! Não menos honrado por ter sido convidado por ele para cooperar como facilitador Luciano Serenado: Meu professor no STO. no seminário dirigido por ele. Grande homem de Suas aulas não eram apenas aulas, eram Deus!! CULTOS de Celebração a Deus! Saudades!! Maria Ângela Da Rosa Felipe: Sem palavras Sergio Muguet: Grande amigo e exemplo de himem de Deus! Saudades! Tiago Dos Santos: Esteves Muito me ajudou no ministério pastoral e mesmo antes de Hercilia Vieira: Deixou saudades !!! ingressar nele. Fiz a oração de gratidão por sua vida no culto de despedida na IB OÁSIS DA Ana Lucia Araujo: Foi meu professor no ESPERANÇA. SEMINÁRIO DA PIB DE PACIÊNCIA! Esse sorrisão carismático dele....que saudade! Elison Amaral Leite: Um homem que marcou minha vida com seu carinho e visao missionaria. Robson Faria: Continua vivo... Em nossas Saudade dos bons momentos que vivemos na memórias e com Deus. Aleluia! Deixou marcas PIB SANTA CRUZ. memoráveis por onde passou. José Carlos Do Rego: Gosto de lembrar de Shirley Baptista de Souza: Faz muita falta. como pronunciava meu nome: “... Roocê Carlos. Marcos Augusto Oliveira: Meu professor.. Boas lembranças de uma pessoa simples e muita saudade!! amável. novembro de 2017 - VIGIAI VIRTUAL 60 | 27


28 | VIGIAI VIRTUAL 60 | novembro de 2017


IBPC INVESTINDO NAS NOVAS GERAÇÕES Dois momentos distintos e um único foco, novas gerações. A grande maioria dessas crianças está na igreja e duas delas até fazem parte da Diretoria atualmente. Louvado seja o Senhor, pois muito está por vir.

novembro de 2017 - VIGIAI VIRTUAL 60 | 29


Parte VII Ética e moral. Em seu artigo “Ética não é silicone” o irmão faz uma diferenciação entre ética e moral. Tem como explicar porquê ética não é silicone? Muito simples meu caro, o silicone você molda a figura como bem entender. O silicone não faz parte do corpo, ele é implantado e usado para, na maioria das vezes, mudar a aparência, a forma das partes onde ele é implantado. Ética não se implanta numa pessoa como se implanta um silicone. Vejo ética como uma reflexão que faço sobre as consequências de meus atos na comunidade, no outro e para o outro, assim decido se devo ao não pratica-los, o que não se confunde com moral, pois enquanto a moral é forjada pelo conjunto de costumes de uma comunidade, de um povo, a ética é pessoal. Aquilo que é moral para mim, pode não ser para o outro, vai depender da formação, do meioambiente de cada ser, cada grupo. A moral se impõe, ética não. Um mesmo sujeito pode ter a mesma formação moral e ter um comportamento completamente aético em relação a outro sujeito do mesmo grupo. Eu diria que a moral é forjada a partir de fatores exógenos, enquanto a ética é uma prática a partir de fatores endógenos. Prova disso que os “códigos de ética” em nada impedem os membros de um determinado grupo de ter um comportamento aético.

considerada pequena em relação a densidade populacional do Rio, só aceitei ser Presidente atendendo pedido de irmãos, e considerando que nossas demandas não provocariam maiores desgastes, ainda assim, não me sinto tão confortável. Penso que o Pastor deva ser o líder espiritual. Se espiritualmente as coisas vão bem, a tendência é que as coisas materiais sejam executadas com probidade, tendo por escopo tão somente o crescimento do Reino, através do cumprimento de nossa missão – IR E FAZER DISCIPULOS. Quando comento isso com alguns colegas, a pergunta que fazem é a mesma, como você vai manter o controle da igreja se não for o Presidente? Minha resposta sempre é a mesma. Se eu tiver uma vida integra, de dependência total de Deus, se o meu testemunho como Pastor perante minhas ovelhas for compatível com o que a Palavra de Deus determina, não terei problemas de ser ouvido e atendido (obedecido para alguns). Quando o Pastor é presidente ele é obrigado a tomar determinadas decisões administrativas que, regra geral, vai provocar desgaste com alguns membros, daí, quando estiver pregando o membro contrariado vai enxergar o gestor, o presidente e não o seu Pastor, ungido de Deus para levar a mensagem, o que é uma perda muito grande. Por outro lado, as questões administrativas Em 11.12.2011 o irmão defendeu que o demandam tempo impedindo o Pastor de Pastor não deve ser o Presidente da igreja, dedicar-se tão somente ao apascentar o rebanho mas a maioria continua sendo. A sua opinião e ministrar a Palavra. Imagina você estar continua a mesma? Por que? preparado para ir ministrar a Palavra e vem um Sim. Minha opinião continua sendo a mesma. daqueles problemas que só o presidente pode Na igreja que pastoreio, sendo uma igreja resolver. 30 | VIGIAI VIRTUAL 60 | novembro de 2017


Penso que atrapalha sua ligação com Deus, exceto quando se faz apenas um discurso, lê-se uma mensagem. Mas quando se é mensageiro, é difícil misturar as duas coisas. Pastorado feminino. O irmão sempre esboçou uma ideia pro pastorado feminino, depois de aceito parcialmente na denominação e o consequente racha, qual é a sua avaliação sobre o assunto? Esse assunto foi muito mal conduzido em nosso meio. Foi um tal de transferir responsabilidades sobre a decisão final que provocou o estado de coisas que vivemos. Em nossa OPBB-Carioca, a matéria foi aprovada, mas desconheço a filiação de alguma pastora até a presente data (ao menos em algum momento que não pude estar presente). O radicalismo é sempre prejudicial para qualquer comunidade. O ponto de equilíbrio é o x da questão. Ao invés de diálogos, defesa de posição, ouvimos criticas veladas de ambas as partes. Todos quiseram, e continuam querendo, impor seu posicionamento ao invés de ouvir o outro e buscar um ponto de equilíbrio. Temos Pastora na diretoria de nossa OPBB, penso que isso corresponde a uma posição equilibrada. Uma das frases mais contundentes do irmão foi ao amigo, Vanias, juiz aposentado de Manaus e diz: “Realmente nossa CBB não tem se “metido” nas igrejas, mas tem se OMITIDO perigosamente em algumas

situações onde ela poderia se posicionar, fazendo-as se sentirem órfãs, daí alguns prejuízos irreparáveis que estamos o povo está sofrendo, e a muito tempo, o que reflete diretamente na cooperação (plano cooperativo). Enquanto isso alguns lobos estão fazendo a festa.” No caso da IB Pinheiro - homossexualismo, a CBB foi lá em Alagoas, mas não entrou no mérito dos bens. Lembro da sua defesa na PIB Ipanema em função do patrimônio. Por que da sua preocupação tão recorrente com o patrimônio físico das igrejas? Vital, como já disse antes, sou criado no evangelho, e sempre numa igreja batista, embora tenha frequentado igrejas presbiteriana e metodista. Sou Cristão Batista. Desde criança com muita alegria eu contribui para a Obra Batista no Brasil. Era daqueles que juntava moedinhas nos cofrinhos das cadernetas de poupança para entregar nas campanhas missionárias. Tinhamos tremenda alegria em encher os cofrinhos e entrega-los na igreja. Assim como eu, centenas, milhares de irmãos, inclusive nossos irmãos americanos, dedicou suas ofertas para consolidar a obra batista no Brasil. Há cerca de 20 anos comecei a perceber que muitos “pastores” não tinham comprometimento com a Obra Batista. Começou um carreirismo desenfreado e estavam (como muitos estão) interessados tão somente em manter sua fonte de renda e passaram a se apropriar de nossas igrejas como patrimônio pessoal. novembro de 2017 - VIGIAI VIRTUAL 60 | 31


Um taxista precisa de carro para exercer sua profissão. Uma escola precisa de um prédio para funcionar plenamente, caso contrário, não terá condições de abrigar seus alunos e oferecer-lhes condições para um bom aprendizado. A maioria dos templos batistas são frutos do esforço pessoal de milhares de pessoas que abdicaram, muitas vezes, de desfrutar dos recursos que dispunham para construir templos para a expansão da Obra Batista. Foram ofertas de trabalhadores, viúvas, crianças e muitos irmãos norte-americanos. Não acho justo entregar o patrimônio adquirido para a obra Batista nas mãos de mercenários, de pessoas que com o titulo de “pastor batista” simplesmente se apropriam dos templos e outros bens, afastam os batistas autênticos, se associam a seitas ou outras denominações (embora não consiga enxergar como denominação), e fica tudo bem, desde que continue usando a placa de “batista”.] Nossa CBB é devedora a esses irmãos que tem sido ignorados. Por que? É um pequeno grupo, pouca gente, como já ouvi de alguns “lideres” que continuam até hoje “liderando”. Fui portador pessoal de pedido de irmãos (2 deles morreram tristes, se sentindo abandonados pela denominação, depois de terem entregado suas vidas à obra Batista) à nossas lideranças, e até hoje – NADA. Ouvi pessoalmente de um desses irmãos (não vou citar o nome por não ter pedido autorização da família) que não podia acreditar que a denominação ia deixar esse estado de coisas se perpetuar. Esse irmão morreu aos 95 anos de idade com os joelhos calejados, pois diariamente se colocava de joelhos pedindo a Deus que a denominação fizesse algo pela igreja e os batistas ocupassem novamente o templo. Acompanhei esse irmão. Compartilhei de sua tristeza. Com mais de 80 anos de idade foi excluído juntamente com sua família e mais de 20 outros irmãos por não concordarem com as heresias impostas pelo “pastor” hoje “apostolo”. Pediu ajuda a Convenção local e a CBB e até hoje – NADA. Antes de morrer, em todas as visitas cantávamos hinos do Cantor Cristão e ele relembrava, ainda com alegria, da historia de denominação. Confesso que ainda me resta um “fio” de esperança, mas essa gestão vai passar – e então?

apascenta-dor e “pastor” espalha-dor”. O Pastor Apascenta-dor é aquele que atendendo o chamado do Mestre apascenta as ovelhas dando-lhes do bom alimento, cuidando de suas feridas, mantem a unidade da igreja. O Pastor apascentador, apascenta, alivia a dor das ovelhas. O “pastor” espalha-dor é aquele que assume o cargo, a função (para ele não é missão) de “pastor”, não lhes dá alimento saudável, ao invés de curar ele causa feridas, cria grupos segundo seus próprios interesses espalhando as ovelhas. Quando ele espalha, divide o corpo espalhando dor entre as ovelhas, daí ser um “espalha-dor”. A Operação Lava-Jato revelou problemas financeiros com o recebimento de valores pela Assembleia de Deus em Campinas e uma igreja católica de Brasília. Na introdução do seu artigo “Quando o feio vira bonito” o irmão expõe tais mazelas. Isto é tão comum assim? Com certeza é mais comum do que se imagina. Vivemos num país das aparências, da propaganda, da mídia. Como vários lideres das igrejas foram contaminados por esse mal, infelizmente tem-se buscado mostrar “resultados”, “obras”, “benefícios” que não passam de mera maquiagem, como o povo foi induzido a admirar e decidir pela aparência, basta uma boa propaganda que todos aplaudem e até mesmo passam a defender “gestor por sua excelência”.

A maquiagem acabou sendo o motivo principal da destituição da ex-Presidente Dilma. A maquiagem se faz presente também em nossa denominação? R – Infelizmente sim. Desde 2005 acompanho nossas Assembleias (faltei apenas em MS), e desde a primeira assembleia, no Rio Centro, leio e ouço relatórios que não retratam exatamente nossa realidade. O público de um modo geral quase vai ao delírio com determinadas palavras de ordem, com chavões de impacto, quando não se mostra TUDO que precisa ser mostrado, para mim já é uma apresentação maquiada. Quando estive interventor em nosso Colégio Batista Shepard, contrariei colegas que me sugeriram e até mesmo se ofereceram para ajudar na “montagem” de um relatório de maneira que impactasse o “publico”, pois o “povo gosta disso, quer ver coisas impactantes, quer ver Faça uma síntese do seu artigo: Pastor sangue. .”. 32 | VIGIAI VIRTUAL 60 | novembro de 2017


Optei por um relatório técnico, sem pirotecnia como os que eram apresentados, sem teatro, sem denuncismo, apenas apresentando a realidade, e fui muito criticado porque não “soube aproveitar o momento”. Não poderia e jamais apresentaria um relatório para “inglês ver” só para agradar este ou aquele, inclusive dos resultados positivos que alcançamos. Os resultados positivos, entendo, nada mais ser do que o cumprimento da obrigação de quem está na execução de uma missão. Em nossa denominação alcançar resultado positivo, mesmo que fruto de uma maquiagem (por não mostrar tudo que precisa ser mostrado), é o máximo, mostra que o gestor é o cara, o que não concordo. Fazer bem é dever nosso. Recebi para ser diretor do Colegio Batista no mesmo período em que atuei como relator da comissão interventora, então, era minha obrigação realizar um trabalho correto, sem macula, sem desvios, afinal, estava gerindo recursos de terceiros (da denominação) e representando toda uma comissão eleita pelo povo batista carioca para o enfrentamento daquele momento pontual.

o Sr não recebe?”, “não temos que ofertar as primícias para o “pastor”?. Já ouvi o seguinte: “eu pensava que era batista e não tinha nada a haver. . .” A segunda das quatro últimas é: De onde viemos? R – Viemos de uma formação sólida, missionária, cumpridora do IDE DE JESUS, cumpridora e obediente a Palavra, Cristocêntricos. Viemos de uma denominação em que a igreja local fazia diferença, viemos pastoreados por homens comissionados por Deus, não por “desempregados” com boa oratória buscando uma oportunidade para um ganho fixo sem muito esforço, sem conhecimento da Palavra e da denominação, logo, sem comprometimento algum . . . A terceira: O que faremos? R – Ou reagimos já, voltemos a cuidar das ovelhas, da igreja local, enfrentamos ousadamente o inimigo, afastando-os da “liderança” (cuidando para que se convertam), ou vamos sendo pulverizados aos poucos até não sermos mais reconhecidos como uma denominação . . .

A quarta: Onde chegaremos? R – Se não agirmos já, se não partirmos para as O irmão compara a perda de identidade ao cirurgias corretivas imediatamente, pois já não há mal de Alzheimer. Uma grande parte dos mais tempo para tratamento ambulatorial, nem batistas estão com mal de Alzheimer? uso de paliativos, caminharemos para a “solidão R – Os Batistas mesmos, não. Considero do isolamento”, do desconhecimento, do não àqueles que estão em nosso meio, porem, com reconhecimento como uma denominação que já atitudes diversas de nossas práticas, afastadas foi evangelizadora, unida, forte, respeitada . . . de nossa historia e identidade como esse mal, não passaremos de uma lembrança para aqueles que misturado ao corpo tem provocado esses que se converteram, cresceram e deram a vida sintomas. Se não tratarmos, enquanto ainda há pela causa através da Obra Batista no Brasil. tempo, a contaminação será inevitável. O irmão começou um artigo recentemente com sete perguntas. E o terminou com quatro. Pode respondê-las? A primeira das quatro últimas é: Quem somos nós? R – Está aí uma resposta que persigo. . . QUEM SOMOS NÓS? Hoje tenho dificuldade de ensinar a historia dos Batistas para os novos membros da igreja. Para os novos decididos então, que dificuldade. Eles logo perguntam (isso tem ocorrido): “por que a igreja que também é “batista” é tão diferente?, “por que lá tem apóstolo? E a oferta das primícias, novembro de 2017 - VIGIAI VIRTUAL 60 | 33


www.revistafidelidade.com.br

CARTA AOS HEBREUS: A SUPREMACIA DE CRISTO A Carta aos Hebreus exalta a pessoa de Jesus Cristo como a perfeita revelação de Deus e mostra que Cristo é superior aos anjos, a Moisés, à Lei, ao sacerdócio levítico e aos sacrifícios do culto judaico. A Carta apresenta Cristo como o único que pode levar a Deus e encoraja os cristãos a perseverarem na fé, a manterem a esperança e se conservarem fiéis a Jesus em todas as circunstâncias da vida. Atualmente a fé cristã está sendo atacada, os crentes estão sofrendo pressões para adotarem posicionamentos contrários aos ensinamentos de Cristo e dos apóstolos, o estudo da Carta aos Hebreus nos encoraja a suportar toda oposição por amor a Cristo.

34 | VIGIAI VIRTUAL 60 | novembro de 2017


INSATISFEITO COM A REVISTA DA EBD? Então você está procurando uma outra revista que atenda as necessidades da sua igreja. Experimente a revista FIDELIDADE. Motivos para experimentar FIDELIDADE: 1) É uma revista bíblica e comprometida com as doutrinas batistas; 2) A linguagem da revista é clara e de fácil entendimento, sem perder a profundidade dos estudos; 3) A revista é didática, facilitando o trabalho do professor em conduzir a classe no entendimento do texto, na reflexão sobre assuntos e na aplicação à vida. O material gráfico é de excelente qualidade. Para conhecer a revista FIDELIDADE visite o site e você terá acesso ao conteúdo das revistas e poderá baixar alguns estudos. Conheça FIDELIDADE visitando: www.revistafidelidade.com.br Pr. Delcyr de Souza Lima Editor da revista FIDELIDADE

novembro de 2017 - VIGIAI VIRTUAL 60 | 35


36 | VIGIAI VIRTUAL 60 | novembro de 2017


A melhor forma de lidar com o uso de parábolas por Jesus é considerá-las um recurso didático ideal para alcançar Seus ouvintes e ensinar tudo o que era preciso aos discípulos dentro dos três anos de ministério.

Parábolas são histórias imaginadas ou verdadeiras, narradas com a finalidade de ensinar lições de sabedoria, de moral ou de religião.

São a sua mensagem mais persuasiva; um ensino proseador não poderia quebrar nossa inflexível vontade; mas a vista do pai vindo para dar as boas-vindas a seus filhos desobedientes deixa-nos totalmente indefesos.” COMPRAR

novembro de 2017 - VIGIAI VIRTUAL 60 | 37


novembro de 2017 - VIGIAI VIRTUAL 60 | 39


CURSO DE GRADUAÇÃO EM TEOLOGIA EAD FACULDADE BATISTA DE MINAS GERAIS O curso de graduação em Teologia na modalidade educação a distância – EAD da Faculdade Batista de Minas Gerais habilita o egresso para atuar em igrejas e ministérios pastorais, além de fornecer aos participantes conhecimento na área teológica. Na mediação didático-pedagógica dos processos de ensino e aprendizagem, esta modalidade utiliza meios e tecnologias de informação e comunicação para unir estudantes e professores no desenvolvimento das atividades educativas em lugares e/ou momentos diversos.

em Teologia estará apto a atuar em igrejas como pastor, missionário, ou em ministérios específicos, tais como jovens, família, aconselhamento, ensino e outros. Ele pode exercer o magistério no ensino religioso em escolas públicas e privadas, mediante licença dos órgãos competentes, ou atuar em ONGs, no desenvolvimento de projetos e atividades na área social, em pleno exercício da cidadania; além disso, há a possibilidade de exercer capelania em ambiente empresarial, prisional, militar, escolar e hospitalar.

Com a mesma carga horária e qualidade do curso presencial, a graduação em Teologia EAD da Faculdade Batista de Minas Gerais possui elevado conceito, atuando na formação do estudante que deseja conhecer ou aprofundar seus conhecimentos teológicos.

DIFERENCIAL Para ter a tranquilidade de estudar sem sair de casa, o estudante conta principalmente com a plataforma Blackboard, o mais conceituado AVA – Ambiente Virtual de Aprendizagem. Sua conceituação é atestada pela facilidade de acesso oferecida ao estudante, tanto por meio do computador quanto por tablet e até mesmo por celular. Além disso, o estudante é acompanhado por uma equipe qualificada de professores e tutores que o ajudarão na caminhada do conhecimento com profundidade e aproveitamento máximo do curso.

O curso de graduação em Teologia EAD foi criteriosamente avaliado e aprovado pelos líderes e pastores de Minas Gerais, uma liderança conhecida pelo respeito, zelo e cuidado minucioso para com a Palavra de Deus. Logo, o programa curricular é confiável e permitirá ao estudante uma sólida formação teológica numa das mais respeitadas instituições de educação superior – IES do país, e tudo isso com a comodidade de estudar em qualquer local e no horário de sua preferência. As avaliações são realizadas presencialmente, uma vez por semestre, na sede da Faculdade, tendo o estudante que comparecer conforme data estipulada no Calendário Escolar. Em consonância com a proposta metodológica, as disciplinas semestrais foram organizadas em dois grupos, e desta forma o estudante faz 2 (duas) provas semestrais, numa perspectiva interdisciplinar.

CARREIRA E MERCADO DE TRABALHO O papel do teólogo, em qualquer das mediações que realiza, influenciará os valores éticos, estéticos, culturais e os modos de vida da comunidade/sociedade. Desta forma, o bacharel 40 | VIGIAI VIRTUAL 60 | novembro de 2017

Prof. Claudinei Franzini Diretor da Faculdade Batista de Minas Gerais. Prof. Valseni Braga Diretor Geral da Rede Batista de Educação Prof. Magno Moura Cordenador dos cursos de Administração e Contabilidade da FBMG


CURSO DE GRADUAÇÃO EM TEOLOGIA EAD FACULDADE BATISTA DE MINAS GERAIS O curso conquistou nota 5 do MEC em infraestrutura tecnológica. Também é reconhecido pela qualidade no atendimento, pelo conteúdo de alto nível, pela experiência dos professores e pela elevada qualidade da plataforma Blackboard, uma das mais modernas ferramentas disponíveis para educação a distância.

ENDEREÇO Realização: Faculdade Batista de Minas Gerais Rua Varginha, 630 – Colégio Batista – CEP: 31110-130 Belo Horizonte, MG

PÚBLICO-ALVO Vocacionados que desejam conhecer mais sobre Deus e a Revelação da Bíblia Sagrada como pastores, missionários, obreiros, diáconos, presbíteros, professores de Escola Bíblica e capelães, ou alguém que queira compartilhar os ensinamentos bíblicos.

prof.reinaldoarruda@redebatista.edu.br

INVESTIMENTO Valor da mensalidade: R$398,00*

DIAS, HORÁRIOS, DURAÇÃO E CARGA HORÁRIA A qualquer tempo (desde que cumpra o prazo estabelecido pelo Calendário Acadêmico)

* Preço diferenciado para pagamento pontual *Para convênios será aplicado o desconto do acordo de cada contrato sobre o preço nominal (sem desconto) e não será cumulativo.

COORDENACAO Prof. Dr. Reinaldo

RECONHECIMENTO MEC E TITULAÇÃO Ato Legal – Reconhecido pela PORTARIA MEC nº 781 DE 5 DE DEZEMBRO DE 2016. Titulação – Bacharel

Duração: 4 anos

novembro de 2017 - VIGIAI VIRTUAL 60 | 41


Vamos Construir Seu Crescimento Juntos Vida Total da Igreja não é mais um programa de crescimento de igreja. É, antes, uma estratégia que ajudará a igreja a alcançar a sua comunidade através de um Evangelismo Contextualizado.

A Primeira Igreja Batista de Miranda do Norte realizou o Seminário Vida Total da Igreja com o Pastor Odilon Pereira, Coordenador VTI no Brasil e Países de Língua Portuguesa. Além da igreja local contamos com a participação de irmãos de Penalva e outras cidades da região. No domingo pela manhã toda a igreja saiu às ruas para proclamar o evangelho de casa em casa, e muitas vidas foram alcançadas para Cristo. Glórias ao Senhor! 42 | VIGIAI VIRTUAL 60 | novembro de 2017


CHAMADO E MISSÃO CARLOS OLIVEIRA PARA ESPANHA

Jesus é o maior de todos os missionários que deixou seu lugar, deixou o seu conforto, deixou o trono da glória, onde tinha milhões de anjos exaltando-o, ele deixou esse estado de conforto e de profunda adoração para assumir a forma de um homem, para se cansar entre nós para ser rejeitado, ferido e crucificado pelos que ele tinha vindo a servir. Gálatas 4: 4-5 diz: “Mas, quando chegou o cumprimento do tempo, Deus enviou seu Filho, nascido de uma mulher e nascido sob a lei, para redimir os que estavam debaixo da lei, para que recebêssemos a adoção de filhos.

Missionário é um cristão que obedece e leva o evangelho aos outros e portanto, do ponto de vista desta descrição, todos devemos ser missionários. O missionário é aquele que compartilha o evangelho em seu ambiente familiar e com amigos. Alguns são missionários transculturais porque Deus os chamou para pregar o evangelho em outra cultura, país ou nação. Mas, o chamado missionário é para todos os cristãos. Obedecendo as palavras de Jesus em Mateus 28 é para todos nós, Jesus disse: “Portanto, ide, e faça discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo”. J.Hudson Taylor, missionario ao interior de China disse: “Nós não fomos para a China porque o trabalho missionário ali era fácil ou seguro, mas porque Ele nos chamou. Nós não entramos em nossa posição com garantia de proteção humana, mas confiando na promessa de Sua presença. Os incidentes decorrentes de ser fácil ou difícil, de segurança ou de perigo, de aprovação ou desaprovação do homem não afetam de maneira alguma o nosso dever. Se as circunstâncias surgirem ao seremos envolvidos em algo especialmente perigoso, teremos a graça. Eu confio na profundidade e a realidade da nossa confiança no Senhor, pela fidelidade ao nosso chamado, provaremos que somos seguidores do Bom Pastor que não fugiram da mesma morte.” 44 | VIGIAI VIRTUAL 60 | novembro de 2017

Ensina-nos que Jesus era missionário, mas quando chegou a hora do cumprimento, Deus enviou seu filho nascido de uma mulher e nasceu sob a lei para redimir aqueles que estavam sob a lei para receber a adoção de crianças. O Pai enviou a Jesus, em 1 João 4: 9-10, 14 “Nisto o amor de Deus nos foi mostrado, em que Deus enviou seu Filho unigênito ao mundo, para que possamos viver por ele. Isto é amor: não que amássemos a Deus, mas que ele nos amou e enviou seu Filho em propiciação pelos nossos pecados. E vimos e testificamos que o Pai enviou o Filho, o Salvador do mundo.” Jesus foi o primeiro missionário, deixou o seu conforto e, apesar de ter sido rejeitado e terem zombado dele, os que o serviram não o receberam, o crucificaram e ele ainda assim serviu de exemplo de amor. Para todos, Deus nos convoca para ir e compartilhar, porque o chamada missionário é um chamado para compartilhar. Não é apenas para alguns, o chamado continua em nossas vidas para compartilhar com nossos vizinhos, colegas, familiares e com todas essas pessoas que o Espírito Santo guiar para lhes dar uma palavra. Também para compartilhar com outras nações e com outras culturas, mas o Senhor sempre continuará a nos chamar. O que você vai ser? Um missionário tanto pode dar forças como pode falhar também, mas não falha de imediato. Acredito que, através desses exemplos, Deus pode falar com nossas vidas e nos ensinar o que Ele quer para que compartilhemos e realizando a grande comissão que Ele nos confiou.


A passagem da grande comissão são as últimas palavras de Jesus e ele dá uma instrução para todos: Mateus 28: 18-20. Jesus veio e falou com eles, dizendo: “Toda autoridade me é dada no céu e na terra”. Vai, pois, e fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo; ensinando-os a guardar todas as coisas que eu lhe ordenei; e eis que estou com vocês todos os dias, até o fim do mundo.

de nossa nação para o mundo também. Sendo assim, si ser um missionário indo ou enviando a outro cheio do poder do Espírito Santo, haverá o pleno avivamento.

Fui chamado para um trabalho com visão para a Espanha em querer abençoar esta nação porque aqui é um verdadeiro campo missionário e Deus vai reavivar esta nação e seremos um campo missionário para toda a Europa. Uma maldição que alguns consideravam que aqui Não importa o quanto o avivamento tenha era um cemitério missionário terminou em 2000. supostamente tido uma igreja, porque se não Estamos trabalhando, orando e repreendendo tem visão missionária para a nação ou nações para mudar a situaçao do missionário aqui. em culturas, línguas, povos, o avivamento pode O SENHOR está enviando valentes servos a ser um fogo de palha. Porque em Atos 1: 8 Espanha. Que Deus nos abençoe e que prossiga diz, que quando recebemos o Espírito Santo, nesta visão de nos apoiar. Minha missão é recebemos poder para testemunhar ao mundo ganhar almas e fazer discípulos, conto com inteiro. o apoio do Espírito Santo e a graça de Jesus Cristo nesta missão. Existem muitas experiências de fé como alguns que caem no chão dando sorrisos, tremendo e Quero ver a grandeza da GLÓRIA DE DEUS na falando em línguas e assim por diante ... Mas Espanha. Estou convencido de que ainda está eles não vão às missões, porque, primeiro eles por vir o melhor e será muito frutífera a plantação não têm estatura de fé, não estão prontos; em para depois colhermos os bons frutos. Veremos segundo lugar, não são enviados, porque a o fruto do nosso trabalho mais do que podemos missão está contratando obras e reformando esperar e até imaginar. Estamos aguardando a edifícios;  querem, mas não sabem como investir redenção das almas perdidas e o avivamento que naqueles missionários.Temos de medir nossa é possível e esperamos um grande avivamento espiritualidade e manifestações externas,  não prometido para Espanha. podem provar nada, mas somente obediência à Palavra de Deus. Queremos um  reavivamento, uma igreja forte e unida. Somos membros do Corpo de Cristo e O Senhor não quer sacrifício e sim obediência, o propósito de Deus é nos levar à maturidade, o que Ele diz em I Samuel 15:22. No entanto, à estatura de Seu Filho. Nosso objetivo não o avivamento total não são apenas milagres é seguir outras religiões, ou aqueles que vêm físicos, mas causa de santidade, unidade, com doutrinas tortuosas e irrigadas, mas seguir oração e intercessão. Muitos não sabem sobre a igreja do Novo Testamento, tudo o mais está o pleno avivamento em suas vidas. Eles acham abaixo do normal. Se queremos o avivamento que estão cheios, sentem emoções e vão na da igreja primitiva e o crescimento numérico frente da oração ou aplaudem muito. Eu sou a que experimentaram, devemos usar os mesmos favor de tudo isso, e também pratico, mas não métodos. é tudo, porque o verdadeiro avivamento total é mais do que isso. Os Atos dos Apóstolos constituem o modelo para a igreja de hoje e, da mesma forma, as Epístolas Quando os pastores, irmãos e irmãs obedecerem estabelecem a doutrina. Vamos descartar todo o ao Senhor em relação a uma grande comissão, resto. Este é o modelo que Deus nos deu para veremos o apoio de Deus muito marcado em a Sua igreja, e é PODEROSO. Nós tentamos nossas vidas e ministérios. Deus honra aqueles adaptá-lo para o século XXI, mas perdemos que O honram. A obediência atrai a benção em o poder que a igreja primitiva tinha. A igreja todas as áreas da igreja. Oramos para que o primitiva foi preenchida com o Espírito Santo avivamento total chegue à Espanha, começando e unida na oração e é isso que queremos hoje com a capital Madri para as menores das nações, para a poderosa igreja atual. novembro de 2017 - VIGIAI VIRTUAL 60 | 45


Todo movimento tem seus antecedentes, mas muitas vezes, tenta nesta plataforma virtual motivar-nos a orar por um grande avivamento para o mundo como a última chuva chamada serôdia. Eu acredito em um grande avivamento do Espírito Santo, de uma maneira extraordinária. Deus está trazendo um verdadeiro avivamento e que aquele da reforma é necessário, as igrejas precisam se reformar, voltar às doutrinas dos apóstolos e dos profetas, sendo a pedra angular de fundação Jesus Cristo porque há muita apostasia nas igrejas de hoje e não há trabalho missionário na grandeza do avivamento.

Tenho um ministério com rádio, onde estou há muitos anos com a “Radioencuentro”. Também estou escrevendo um livro já faz dez anos para publicação do livro em espanhol, português e inglês e se possível em outras línguas. Estou ansioso para começar no centro de Madri um trabalho pioneiro, do zero, com obras de revival total. Alguns dos meus discípulos querem isso também. O SENHOR fará grandes coisas na Espanha. O SENHOR irá prover minhas necessidades para trabalhar em tempo integral, porque não tenho patrocinador para esta grande missão, e a única ayuda é a minha fé, com a visão do chamado para trabalhar aqui, pagando o preço.

Os missionários não são enviados para novas cidades, renovam ou criam novos edifícios, mas o investimento em homens preparados com chamados específicos está falhando. Um dia senti uma fome no meu ser espiritual que às vezes eu fui a lugares solitários na vigília para Ore por mim e me apoie neste projeto. orar e meditar na Palavra de Deus. Foi também naqueles dias que o meu chamado ao ministério Amém! cristão foi feito, então eu posso dizer isso: NÓS PRECISAMOS DE UM REAVIVAMENTO TOTAL PR: CARLOS ANTONIO DE OLIVEIRA   URGENTE! Nota: Uma pontuação sobre a minha chamada e missão na Espanha-Madrid, cheguei aqui alguns anos atrás. Ele foi recebido pela Igreja Batista de Madri, trouxe várias recomendações da minha igreja de origem, do meu país (Brasil), tive uma promessa de uma possível ajuda econômica que nunca me enviaram, por razões que só Deus conhece. Ele era um membro de uma igreja que me convidou para ser membro e dar o meu dízimo, depois disso foi dito isso, mas o pastor que convidou, não gostava dos missionários ou não confiava neles. Então, ele foi a outra igreja inglesa, como membro, porque ali ele tinha uma referência e liberdade para fazer o trabalho de evangelismo. Durante dias, meses e anos, tenho pregado nas ruas de Madri, e em outros pontos como Parque do Retiro, Moncloa, Sol, Plaza Mayor e na Plaza Isabel II “Ópera”, geramos muitas crianças espirituais nesses anos, e ajudamos a iniciar várias igrejas. Com a ajuda de uma missão, você poderia começar um forte ministério em unidade. A verdade é que venho cooperando, ajudando e participando de muitos ministérios em Madri. 46 | VIGIAI VIRTUAL 60 | novembro de 2017


novembro de 2017 - VIGIAI VIRTUAL 60 | 47


Faça o seu livro com a Vital Publicações, eles fizeram e gostaram... Peça o seu orçamento já!

ências, torado quem io aos buição

Moraes

Reflexões

vra de onde, e, vez ra nos o é um nação

Pastorais

ortante urar na a mais e logo oi fácil

Todos nós precisamos de palavras de alento e estímulo. Às vezes a carga fica muito pesada e a pressão da vida torna-se quase insuportável. Quando você se sentir assim, leia uma meditação, deixe a inspiração da Palavra de Deus acontecer naturalmente. As meditações estão divididas por semanas, tratando de temas do nosso cotidiano.

Pr. Washington Rodrigues e Família Professor e Pastor da Igreja Batista Carioca, no Rio de Janeiro-RJ.

Pr. Guilherme Gimenez

Professor da Faculdade Teológica Batista de São Paulo e Pastor da Igreja Batista Betel, São Paulo-SP.

Pr. Paulo Roberto Sória

Pastor da Igreja Batista no Alto da Mooca, São Paulo-SP.

REFLEXÕES PASTORAIS é o compartilho de viver o pastorado, intensamente, dia após dia, sob a ótica genuinamente bíblica. Marcos Amazonas com muita singeleza e inteligência expõe um conteúdo rico de ensinos e sobretudo de sua história de vida; exemplo de servo fiel e humilde, sem os ufanismos desnecessários da hipermodernidade. Suas palavras são meigas e doces, entretanto diretas e fortes, demonstrando sua postura de um pastor do rebanho do Senhor. REFLEXÕES PASTORAIS irradia luz no bojo das incongruências inventadas e tão dirimidas na igreja desse século, enfatizando biblicamente as palavras da Santa Palavra, evidenciando-as sem subterfúgios para a construção dos caminhos cristãos. REFLEXÕES PASTORAIS é uma ínfima parte do testemunho de um “ser humano que é igual aos outros seres humanos”, conforme o autor pontua com contundência. E nos remete a pensar e agir, com coerência: para os que buscam aconselhar e sobretudo, para os que querem ser aconselhados. O autor testifica a sua busca: “Estes textos são as reflexões de um pastor que tem muito que caminhar, muito a aprender, mas que na caminhada do seu ministério e do seu

Vigiai virtual 60  
Vigiai virtual 60  
Advertisement