Issuu on Google+

Ano 51

Edição 432

Dezembro

2008

Glasstec 2008

Vidreiros do mundo todo reúnem-se em Düsseldorf

Abravidro


Sumário

12

Foto: Messe Dusseldorf/Tillmann

Dudu Leal

Evento

Entidades vidreiras dão adeus a 2008

Messe Dusseldorf/Tillmann

24

Nossa capa Glasstec: o mundo e o vidro em um só lugar

Glasstec – destaques

Inovações tecnológicas

Página 18

feitas de vidro

Veja nesta edição

4 5 Dario de Freitas

67

Mostra

Palavra do leitor

39

Glasstec – tendências Produtos apresentam vidro de maneira inusitada

47

Glasstec – arte Peças artísticas com vidro

50

Glasstec – imagens Confira quem foi clicado na Glasstec 2008

55

Ampliação Solutia inaugura terceira linha de extrusão de PVB

60

Mundo do vidro Ano termina com muitas novidades do setor

72

Falando em normas 2008: doze meses de iniciativas e realizações

74

Vidro em dia Programe-se para 2009

78

Ache fácil Quem procura fornecedores acha aqui

de trabalho

Dario de Freitas

75

Para o seu negócio

ConstruBusiness traz mensagem positiva apesar da crise

82

edição 432

Editorial Em dia com os novos tempos

8 30

Casa Office: vidro na decoração do ambiente

Aqui na redação Temos muito trabalho pela frente

Glasstec – equipamentos Máquinas com tecnologia de ponta

Índice de anunciantes

3


Aqui na redação

Temos muito trabalho pela frente

F

azer a cobertura jornalística de um evento tão importante e grandioso como a Glasstec é sempre uma experiência inesquecível. Desta vez foi ainda mais especial, pois pudemos contar com um número expressivo de brasileiros e colher suas impressões do evento in loco, encaminhando tudo on line para o Brasil por meio de nosso portal na Internet. Como se sabe, o mercado de vidros no Brasil vem crescendo a taxas sempre maiores do que o Produto Interno Bruto (PIB) nacional. No entanto, ao participar da feira, ampliamos horizontes e percebemos que ainda temos muito espaço para ocupar. Pessoalmente, sempre me surpreendem no exterior as tecnologias para processar grandes volumes de vidro, em linhas totalmente automatizadas, sem interferência de mão-de-obra. Na maioria dos casos, produzem vidros que já temos aqui, mas em escala gigantesca. Vendo isso fico sempre bastante otimista com os rumos de nosso setor e, também, de nossa revista. Ao observar o desenvolvimento da indústria vidreira em outros países, concluímos que temos muito trabalho pela frente, o que é muito motivador. Em clima de final de ano, fechamos esta edição bastante satisfeitos com os recordes batidos em 2008: a revista cresceu no número de páginas, no volume de anunciantes e, principalmente, na qualidade das reportagens realizadas. Tudo feito para que você, leitor, tenha acesso a uma fonte de informações de credibilidade, muito atualizada e colocada de maneira acessível. Por tudo isso, não me canso de agradecer a todos os nossos entrevistados; aos anunciantes, que acreditaram em nossa revista como o veículo ideal para seus investimentos; à diretoria da Abravidro, pelo total apoio a este trabalho; e a toda nossa equipe, que não mede esforços para fazer sempre o melhor. Bom Natal e um 2009 maravilhoso para todos nós! Celina Araujo Editora

o vidroplano Revista mensal da Associação Brasileira de Distribuidores e Processadores de Vidros Planos (Abravidro) Fundada pelo Sindicato do Comércio Atacadista de Vidro Plano, Cristais e Espelhos do Rio de Janeiro, em 1957 Registrada no INPI em 14-6-95 • ISSN 1518-4773 Entidade Responsável Presidente Primeiro-vice-presidente Segundo-vice-presidente Terceiro-vice-presidente

Abravidro Wilson José Farhat Júnior João Antônio Magdalena Roberto Ferreira da Silva Roberto Menedin

Diretores Aldo Machado Simões Alexandre Pestana Carlos Heinen José Carlos Labate De Donato Ronaldo Bittencourt Filho Conselho Fiscal Titulares Dario Abrahão Farhat João Alves Parreira Walter Luis Araújo Guarino Conselho Fiscal Suplentes Celso de Almeida Magalhães Rosemari Bremm Oliveira Germano Samir Cardoso

Secretaria-adjunta Diretores-titulares Comitê de Ação Regional Júlio Sérgio Nakano Comitê de Assuntos Tributários Ricardo Oliveira Comitê de Laminadores Luiz Carlos Mossin Comitê do Setor Moveleiro Émerson Arcênio Comitê de Temperadores Fernando Pires do Valle

Entidades Associadas Associação Brasiliense de Vidraçarias (Abravid) Presidente: Ronaldo Bittencourt Filho Associação Catarinense das Empresas Vidreiras (Ascevi) Presidente: Samir Cardoso Associação dos Distribuidores e Processadores de Vidros do Paraná (Adivipar) Presidente: Rosemari Bremm Oliveira Germano Associação Mineira do Comércio Atacadista, Varejista e dos Beneficiadores do Vidro (Amvid) Presidente: Alexandre Pestana Sindicato das Indústrias de Beneficiamento e Transformação de Vidros e Cristais Planos do Estado de São Paulo (Sinbevidros) Presidente: Roberto Menedin Sindicato do Comércio Varejista de Material de Construção, Maquinismos, Ferragens, Tintas, Louças e Vidros da Grande São Paulo (Sincomavi) Presidente: Reinaldo Pedro Correia Sindicato do Comércio Atacadista de Vidro Plano, Cristais e Espelhos do Estado de São Paulo (Sincavesp) Presidente: Celso de Almeida Magalhães Sindicato do Comércio Atacadista de Vidro Plano, Cristais e Espelhos do Estado do Rio de Janeiro (Sincavidro) Presidente: Roberto Ferreira da Silva Sindicato das Indústrias de Vidros, Cristais, Espelhos, Cerâmica de Louça e Porcelana no Estado do Rio Grande do Sul (Sindividro-RS) Presidente: Carlos Heinen Corpo Editorial Diretor Wilson Farhat Júnior Editora e Jornalista-responsável Celina Araújo – MTb 29.080 Reportagem e Redação Geisa Araújo Barbosa Leonardo Freitas Priscila Áurea Victor Bianchin Colaboradora Beatriz Strawinsky Preparador de Texto Amorim Leite Editoração Eletrônica Cristiane Martins Carratu Assistente de Arte Guilherme Nunes Redação e Departamento Comercial Associação Brasileira de Distribuidores e Processadores de Vidros Planos (Abravidro) Rua Monte Alegre, 61, 11º andar, Perdizes, 05014-000 São Paulo, SP, Tel: (11) 3873-9908, fax: 3873-9910 www.ovidroplano.com.br - ovidroplano@abravidro.org.br Produção Editorial e Gráfica Edições Amorim Leite Rua Gama Lobo, 2.141, 04269-001, Ipiranga, São Paulo, SP Tel. (11) 5068-3502 amorim@verbuscomunicacao.com.br

4o

vidroplano

dezembro 2008


Editorial

Em dia com os novos tempos Celina Araújo

A

o participar da Glasstec 2008, quando o tema da energia solar se mostra tão proeminente, percebemos um amplo mercado para empreendimentos do setor vidreiro nas próximas décadas.

Inicialmente, o desafio era o desenvolvimento de tecnologia eficaz para

exploração das energias renováveis. Muito se evoluiu nesse campo, pois a geração de energia obtida por m2 nos painéis solares se multiplicou muito nos últimos anos. Agora, o momento é para um envolvimento maior dos governantes de todo o mundo, criando linhas de financiamento que viabilizem e estimulem a adoção de novas fontes de energia – independente da variação de preço do petróleo no mercado mundial. Outro ponto que me chamou a atenção na feira da Alemanha foi o número de empresários brasileiros investindo no aumento da capacidade produtiva de suas empresas. Em paralelo às indústrias de base – que não postergaram seus investimentos diante desta crise econômica mundial sem precedentes –, os processadores de vidros se preparam com estrutura adequada para atender um crescimento de demanda que, mesmo em menor escala, certamente deve ocorrer.

Wilson Farhat Júnior Presidente da Abravidro

Finalizo esta mensagem de final de ano agradecendo por todo o apoio que tivemos na Abravidro durante 2008: à nossa diretoria, que assumiu o desafio de um novo mandato iniciado no mês de maio; às entidades e empresas afiliadas, que se mantém confiantes na capacidade de trabalho de nossa associação e a todos os anunciantes de O Vidroplano e apoiadores de nossos eventos, que tornaram possível a concretização de nosso plano de ação. A todos vocês, prezados leitores de nossa revista, encaminhamos os votos de boas festas e de um Ano-novo repleto de prosperidade.

Fale com o presidente! Abravidro Tel.: (11) 3873-9908 wfarhat@abravidro.org.br

edição 432

5


Palavra do leitor

Agradecimentos Gostaríamos de agradecer à equipe de O Vidroplano pela reportagem publicada sobre nossa empresa na edição 429 (setembro) na seção “Vidro em obra”. Gostamos muito. Ficou acima de nossa expectativa. Ed Robson Morelato Vidraçaria Omega Vidros Americana, SP

Agradecemos à revista O Vidroplano pela matéria publicada na edição 430 (outubro) referente à certificação da empresa Vidrominas pelo Instituto Nacional de Me-

trologia, Normalização e Qualidade Industrial (Inmetro) e Instituto Falcão Bauer da Qualidade (IFBQ). Aproveitamos a oportunidade para cumprimentar a equipe da Associação Brasileira de Processadores e Distribuidores de Vidros Planos (Abravidro) pela dedicação e trabalho em prol do desenvolvimento do setor vidreiro e aperfeiçoamento de suas técnicas de produção, aplicação e desempenho. Gostaríamos de salientar que continuaremos à inteira disposição da entidade vidreira e de todos os seus associados para prestamos apoio técnico. Márcia Gonçalves L. A. Falcão Bauer Centro Tecnológico de Controle da Qualidade Ltda.


Correção Na edição 431 (novembro) de O Vidroplano, na seção “Palavra do leitor”, reproduziram-se algumas perguntas enviadas pelo arquiteto Isac Martins Gonçalves que foram respondidas pelo coordenador de Normalização do ABNT/CB-37 e CSM 21, Silvio Ricardo Bueno de Carvalho, e pelo Engenheiro de Aplicação de Produto da Cebrace, Remy Dufrayer. As questões se referiam a um projeto de rasgo grande (6 x 0,80 m) em um forro de gesso reforçado para receber um vidro jateado. Em uma das perguntas, o leitor questiona se existe vidro laminado de 4 mm. A pergunta correta é: 1) existe temperado de 4 mm? Nesse caso, a resposta é sim. Importante esclarecer que, ao contrário do que saiu publicado, não existe laminado de 4 mm.

Participe! Este espaço está reservado para sua crítica, sugestão ou dúvida. Entre em contato conosco! Tel. (11) 3873-9908, fax 3873-9910 abravidro@abravidro.org.br


Evento

2009, seja bem-vindo! Prontos para o novo ano que se inicia, empresários vidreiros dão adeus a 2008 em clima de festa Fotos: Dudu Leal

Encontro dos vidreiros da Região Sul reuniu aproximadamente noventa participantes

12 o

vidroplano

P

ara finalizar mais um ano cheio de conquistas no setor vidreiro, duas grandes celebrações foram realizadas. As três entidades vidreiras do Sul do Brasil uniram suas comemorações em um grande evento, o Encontro dos Vidreiros da Região Sul. De 21 a 23 de novembro, a Associação dos Distribuidores e Processadores de Vidros do Paraná (Adivipar), a Associação Catarinense das Empresas Vidreiras (Ascevi) e o Sindicato

das Indústrias de Vidros, Cristais, Espelhos, Cerâmica de Louça e Porcelana no Estado do Rio Grande do Sul (Sindividro-RS) receberam, no Hotel Serra Azul, em Gramado (RS), aproximadamente noventa participantes. O ponto alto do evento foi uma reunião geral, quando foram analisados os principais índices do setor referente ao ano de 2008 e as projeções para o próximo ano. No dia 14 de novembro, cerca de trezentos profissionais do vidro se reuniram na Casa Petra, em São Paulo, para o jantar promovido pelo Sindicato das Indústrias de Beneficiamento e Transformação de Vidros e Cristais do Estado de São Paulo (Sinbevidros). Entre os pronunciamentos, destacou-se a fala do deputado estadual Jonas Donizetti, que está acompanhando de perto a questão da substituição tributária do ICMS no Estado. Pronunciou-se também o coronel Nelson de Almeida, representando o Corpo de Bombeiros do Estado de São Paulo, que está analisando as normas vidreiras para inclusão nas instruções técnicas da corporação.

dezembro

2008


No Sul 1

Maria e Samir Cardoso, da Ascevi e Marcos Ferreira, da Guardian

2

Conversa entre presidentes: Samir Cardoso (Ascevi), Carlos Heinen (Sindividro) e Wilson Farhat Júnior (Abravidro)

3

Wilson Farhat Júnior, Gilberto Ribeiro (Vidrobox), Luiz Jorge Pinheiro (Cebrace) e Luiz Fernando Tirone (Saint-Gobain Glass)

4

Elas merecem um clique: Rosemari Bremm (Adivipar) reencontra amiga

5

Elias Freire (UBV), Gilberto Ribeiro, Sérgio Minerbo (UBV), Carlos Heinen, Wilson Farhat Júnior e Rafael Ribeiro (Vidrobox)

6

Yveraldo e Neide Gusmão (Gusmão Representações), Bernardo (Dorma) e Margô Grimberg (Good Goods), Cássia e Ézio Cabib (Marval), Márcia e Nelson Libonatti (Glass Vetro)

7

Luiz Fernando Tirone, Sérgio Lima e Marcela Calabre, da Saint-Gobain Glass, e Carlos Alberto (Vibrás)

8

Oliveira (Guaporé Vidros), Aristides Linhares (Vidrolar), Emerson Arcênio (Adivipar), José Carlos Cavalieri e Gilmar Chiodi (Temperline)

9

10

11

12

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

Sorriso no rosto: Samir Cardoso (Ascevi) e Rosemari Bremm (Adivipar) À direita, Márcio Moreira de Souza (Mercovidros) coloca o papo em dia com colegas do setor Wilson Farhat Júnior se pronuncia durante reunião entre fabricantes e processadores de vidro Flávio Alves Vanderlei, Sérgio Lima e Marcos Mendes (Cebrace) e Rosemari Bremm (Adivipar)

edição 432

13


Em São Paulo

1

1

Coronel Nelson de Almeida, Ibelson F. de Sousa (Terra de Santa Cruz), e Ubiratan Lima (Guardian), entre Major Ricardo e Major Wilson, representantes do coronel-comandante Manoel Antônio da Silva, do Corpo de Bombeiros de São Paulo (Divisão de Segurança contra Incêndio)

2

Entre amigos: José Ubirajara Fantin (Terra de Santa Cruz), Ézio Cabib (Marval) e Jean-Paul Clèment (Criavidros)

3

Roberto Menedin (presidente do Sinbevidros) recepciona Jonas Donizetti, deputado estadual de São Paulo, e sua esposa

4

Roberto Wertzner (Cebrace) com Kátia Sugimura e Luiz Fernando Tirone (Saint-Gobain Glass)

5

Sorriso no rosto: equipe UBV em peso

6

Roberto Menedin, Ubiratan Lima (Guardian) e Heber Dutra (Amvid)

7

Olha o passarinho: equipe Glaston a postos para o flash

8

Roberto Menedin entre Luiz Jorge Pinheiro, Valdmir Silva e Flávio Alves Vanderlei (Cebrace)

9

Retratos de mulher: Laurenil de Castro (Belga Metal), Candice Crochiquia (Sinbevidros) e Adriana Araújo (Belga Metal)

10

Margô e Fábio Grimberg (Good Goods) e Bernardo Grimberg (Dorma)

11

Roberto Menedin recebe Mark Lacasse e toda a equipe da Guardian

2 2

4

3

5

6

7

9

8

10 12

11

14 o

vidroplano

Ronaldo Koloszuk (Alclean) encontra amigos da Divinal Vidros

12

dezembro

2008


Capa

O mundo e o vidro em um só lugar Profissionais vidreiros de todo o globo reúnem-se em Düsseldorf para a maior feira do setor Messe Dusseldorf/Tillmann

Glasstec faz jus à forma como é conhecida: é o maior evento do setor vidreiro do mundo

C

om cerca de 1.300 expositores ocupando os mais de 73 mil m2 de área montada, a Glasstec roubou para si todas as atenções do mercado entre os dias 21 e 25 de outubro, fazendo jus à fama de maior feira mundial do setor vidreiro. Contaram-se cerca de 55 mil visitantes, entre eles, aproximadamente, duzentos brasileiros. Comemorativa, de 20º aniversário do evento, a Glasstec deste ano abordou o tema Vidro e energia. Em todas as partes da feira, foi possível observar diversas empresas oferecendo soluções relativas à captação de energia solar, apontando essa área como uma tendência para os próximos anos. Mais uma vez, a revista O Vidroplano esteve lá representando a imprensa brasileira. Percorremos a feira durante quatro dias de exibição e conferimos de perto novidades interessantes e os destaques do evento. Surpreendente Muitas empresas apresentaram estandes inusitados para atrair os visitantes. A Isra Vision, por exem-

18 o

vidroplano

dezembro 2008


plo, especializada em inspeção visual do vidro, contou com uma modelo de corpo todo pintado, remetendo à sua área de atuação. Outro destaque foi a fabricante espanhola Cricursa. Inspirada pela idéia do silício, matéria-prima para o vidro, o design de seu estande apresentava ambientes lembrando volumes poliédricos, tais quais as moléculas de minerais à base de silício, como o quartzo. Trabalhando efeitos de iluminação azul e laranja, o espaço era atrativo para os olhos e seguia uma idéia muito disseminada durante a Glasstec: beleza unida à funcionalidade. As inúmeras opções de painéis de vidros solares, tão importantes no contexto de preservação ambiental deste novo século, demonstraram o esforço das empresas em oferecer produtos mais seguros, eficazes e rentáveis, ajudando na disseminação dessa tecnologia para os próximos anos. Impressionante também a variedade de robôs, utilizados na produção de peças de vidro plano em série, como na indústria automotiva, por exemplo. Muito comum na Europa, mas ainda novidade no Brasil, as vans para transporte de vidro facilitam muito o trabalho dos instaladores. As chapas são colocadas nas laterais do veículo e no espaço interno do furgão. Armazenam-se também ferramentas e outros materiais utilizados pelo instalador. Vale ressaltar ainda que a União Brasileira de Vidros (UBV) era a única empresa com matriz brasi-

edição 432

leira com estande na feira. O estande da Associação de Câmaras de Vidro do Mercosul (Acavime) serviu como ponto de distribuição das revistas Vidrotecnia, da Argentina, e O Vidroplano, do Brasil, ajudando na exposição do mercado brasileiro para o mundo. Competição vidreira Uma das atrações inusitadas da Glasstec foi a realização da edição 2008 do International Master Fitter Competition. Trata-se de uma disputa entre instaladores especialistas em vidro automotivo – homens e mulheres. As provas consistem em trocar os vidros laterais e párabrisas de carros dentro de um determinado espaço de tempo. Quem realiza a tarefa com mais qualidade e segurança leva o prêmio.

Inspeção visual: a modelo da Isra Vision tem corpo todo pintado para promover o ramo da empresa

Fotos: Celina Araújo

Cricursa: estande com design diferenciado faz analogia com cristais de silício, matéria-prima do vidro

19


O ganhador foi Jeff Olive, dos Estados Unidos, seguido de Gergely Igazvölgyi, da Hungria. Daniel Andersen, da Dinamarca, e Toshiyuki Isohata, do Japão, empatados, ficaram com o 3º lugar. Também participaram da competição profissionais da Alemanha, França, Itália, Países Baixos, Noruega, Romênia e Suécia.

Para os instaladores vidreiros: furgão com um suporte embutido para carregar o vidro e um espaço especial para guardar as ferramentas

Na Índia Bienal, a Glasstec volta em 2010, de 28 de setembro e 2 de outubro. Mas os profissionais vidreiros de todo o mundo não precisarão esperar até lá para voltarem a se reunir, pois será realizada, em 2009, na capital da Índia, Nova Deli, de 2 e 4 de dezem-


Messe Dusseldorf/Tillmann

Vedetes: vidros solares e tecnologias envolvidas nessa forma de captação de energia

bro, a Glasspex, versão compacta da Glasstec. Essa feira, também bienal, foi criada para ser uma versão menor da Glasstec, ainda aberta ao mercado mundial, mas situada em um pólo de expansão do setor vidreiro. A Índia, que atualmente passa por um notável processo de crescimento, enxerga bons momentos para seus setores automobilístico e de construção civil. A Glasspex será organizada pelo mesmo grupo responsável pela Glasstec: o Messe Düsseldorf.

Fale com eles! Cricursa www.cricursa.com Glasstec www.glasstec.de International Master Fitter Competition www.interautoglass.org Isra www.isravision.com


Destaques

Inovação feita de vidro Mostra de tecnologia da Glasstec evidencia novas formas e conceitos no uso do material Fotos: Messe Dusseldorf/Tillmann

C

omo ocorre há vários anos, um dos pontos altos da Glasstec foi a mostra Glass Technology Live, que reúne inovações tecnológicas com vidro. Dessa vez, mais de trinta escritórios de arquitetura e institutos de pesquisa estiveram envolvidos. Com o tema específico Vidro e energia, a exposição exibiu vidros fotovoltaicos, sistemas termo-solares, proteção térmica e solar e luz e transparência. Além disso, foi realizada também uma série de pa-

24 o

vidroplano

lestras ministradas por empresas como a Saint-Gobain Glass e Schott Solar, que apresentaram suas soluções mais recentes em relação ao vidro e à energia. Repleta de soluções inusitadas, a Glass Technology Live arrancou olhares de surpresa e admiração dos mais de 55 mil visitantes. Algumas delas, porém, causaram uma sensação extra no público. Confira nas próximas páginas de O Vidroplano os lançamentos que mais chamaram a atenção.

dezembro 2008


Ponte de vidro curvo Para provar que a eficiência do vidro abre um novo mundo de possibilidades para arquitetos implementarem suas visões, a Seele (www.seele-online.com), produziu e instalou na feira uma ponte de vidro em arco com 7 m de comprimento, formada por vidro laminado curvo de 37mm de espessura. No ponto mais alto, a ponte tinha 2 m de altura. O conjunto pesava 1,7 t e suportava um peso de 7,2 t.

Celina Araújo

Vidro de 12 m O produto da Innoverre GmbH & Co. KG (www.innoverre.de) é uma viga de vidro temperado de 12 m de comprimento – tamanho máximo em que pode ser fabricado. A idéia era criar um produto que substituísse as tradicionais coberturas feitas de vidro apoiado em vigas de metal

edição 432

25


Painéis solares Messe Dusseldorf/Tillmann

O vidro como agente fundamental no aproveitamento da energia solar foi algo muito forte na Glasstec. Prova disso é que a Glass Technology Live apresentou muitas novidades relacionadas à energia solar. Portanto, à disposição dos visitantes estavam painéis fotovoltaicos e de captação solar das maneiras mais diferentes que se podem imaginar


Fotos: Celina Araújo

O CPC Collector é um dispositivo eletrônico da SolarFocus (www.solarfocus.co.uk) para captação de energia solar. Seu diferencial é que os captores são verticais, facilitando a absorção da luz que penetra de forma inclinada. Essa característica é especialmente benéfica na primavera e no outono, estações em que até 80% dos raios do Sol atingem os telhados em ângulo inclinado

O telhado energético da Systaic (www.systaic.com) é um sistema criado para a captação de energia nos telhados de casas e prédios. Cada unidade de captação de energia tem apenas 1 x 1 mm e é composta por um sistema de cabos encapsulados por um vidro anti-reflexo laminado com PVB, que, por sua vez, é encoberto por uma camada de poliuretano. Essa proteção previne a formação de musgos


Equipamentos

Tecnologia de ponta Equipamentos de última geração atraem a atenção na feira de Düsseldorf

O

s estandes com as mais diversas inova-

tivos. Os destaques, entretanto, ficaram por conta das

ções nos maquinários para vidro esta-

soluções totalmente automatizadas, que dispensam

vam dispostos em quatro pavilhões – do

qualquer necessidade de mão-de-obra nos diversos

14 a 17. Os equipamentos apresentados despertavam

tipos de processamento do vidro.

a atenção dos visitantes da megafeira por vários mo-

Fotos: Celina Araújo

Bottero do Brasil A companhia lançou seu centro de usinagem: o Bimatech Power Center. A tecnologia tem cinco eixos, permite a lapidação do vidro já curvado e possibilita trabalhar com até 59 ferramentas. A mesa de corte automática modelo 352 Evolution foi outro destaque da Bottero. O equipamento atinge a velocidade de corte de 200 m por minuto e permite a substituição dos cabeçotes de acordo com a necessidade do cliente. A lapidadora Victralux 108 CD, que possui oito rebolos e quebra-canto também chamou a atenção dos visitantes. Tel. (11) 4072-303.

Bystronic: mesa de corte de vidro a laser para o mercado de fotovoltaicos

Bystronic Glass Renato Vicelli, Gianluca Ceriani e Rodrigo Adão da Bottero

30 o

vidroplano

Para a empresa, a Glasstec foi o ponto de encontro para mostrar seus principais produtos. A linha de laminação para vidros com até 80 mm de espessura é um deles. Para o mercado de fotovoltaicos, a companhia exibiu a mesa de corte de vidro a laser, que dispensa o processo de lapidação nas bordas do vidro. O equipamento corta o vidro com material de sílica colocado na superfície. Por último, a Bystronic apresentou a nova geração da linha de lapidadoras para vidros automotivos, a Champ’speedgrind. De acordo com a empresa, esses equipamentos trabalham com velocidade máxima de 30 m por minuto e medidas calculadas diretamente na máquina. Tel. (19) 3935-3533

dezembro 2008


Jean-Paul e Bernadette Clèment: representantes da Dip Tech em solo brasileiro

Cefla A empresa levou para a Glasstec a Unicoater. Trata-se de uma máquina de pintura a rolo para vidro que permite a aplicação, com apenas um equipamento, de elevada quantidade de tintas ou esmaltes cerâmicos para criar efeitos chapados com cobertura total e quantidade mínimas para criar diferentes efeitos acetinados. Antes, os métodos de acabamento requeriam duas máquinas independentes ou a troca dos rolos aplicadores, gerando, assim, desperdício de tempo e custos. A Unicoater é projetada com um cabeçote operante composta de dois diferentes rolos aplicadores que podem ser utilizados alternadamente, de acordo com o acabamento desejado. Tel. (41) 3306-8800.

Dip Tech No espaço da israelense Dip Tech, que atua no Brasil por meio da Criavidros, os visitantes tiveram a oportunidade de conhecer uma impressora digital a jato de tinta com cerâmica vitrificável. A máquina imprime cinco cores de uma única vez e elimina a necessidade de telas, fotolitos e afins em um processo mais rápido e simples. É destinada à impressão de imagens em série ou personalizadas. Os vidros impressos pela máquina passam pelo forno de têmpera ou de curvatura para a vitrificação da tinta. Esses vidros têm aplicação nas indústrias de construção civil, automotiva, eletrodoméstica e moveleira. Tel. (11) 3719-0114

Glaston A companhia apresentou a linha integrada para vidros de controle solar – vai desde o carregamento de vidro até o forno de têmpera contínuo. A empresa também enfatizou a prestação de serviços ao mercado – ponto tão importante, que passou a contar com estrutura própria e gerente exclusivo para a América do Sul. Moreno Magón, vice-presidente de vendas e serviços da Glaston, destaca a campanha para melhor aproveitamento dos rebolos, que tem como objetivo utilizá-lo por mais metros lineares sem necessidade de troca do insumo. Em seu estande, a empresa mostrou ainda a lapidadora bilateral VX e a furadora e fresadora HDM. Tel. (11) 4061-6511 José Carlos Jerônymo, Moreno Magon (Glaston), Eduardo Shu Fong (Albat + Wirsan), Madalena Silva (Marsyl) e Moisés Pinheiro (Glaston)

edição 432

Vincenzo Pruscini e Douglas Ramos, da Intermac

Intermac O Primus, centro de usinagem de lapidação vertical a jato de água, foi o produto que recebeu atenção especial no espaço da empresa italiana. Segundo a companhia, ele corta qualquer material com até 250 mm de espessura. A mesa de corte Genius 37RS, de recorte automático para portas e janelas, também foi um dos lançamentos apresentados pela companhia. O equipamento possui uma opção de remoção de camada de low-e para fabricação do vidro duplo. Outro destaque, a furadeira e recorte automático para portas e janelas, Série V, identifica peças por meio de códigos de barras. Tel. (54) 8118-1556

31


As empresas Forel, Keraglass, Macotec e Schiatti Angelo são representadas no Brasil pela Gusmão Representações. Tel. (11) 2991-2020

32 o

Forel

Keraglass

A empresa destacou diversos produtos, entre eles a mesa de corte vertical para vidro laminado que funciona apenas com um operador. Segundo a Forel, a chapa de vidro é carregada automaticamente com software de fácil programação. O operador apenas descarrega o vidro. A companhia também apresentou a linha de laminação para vidros especiais (low-e e refletivo), uma máquina para fabricação de vidro duplo estrutural com prensa elétrica – o equipamento abastece a câmara de gás e realiza a selagem secundária automaticamente – e, por último, um escâner para o controle de qualidade do vidro. Ele identifica o formato do material e passa a informação para a selagem automática. www.forelspa.com

No estande da companhia, destaque para o forno de têmpera equipado com a tecnologia de pré-aquecimento do vidro a 500 graus. Outro ponto importante foram as máquinas de laminação de vidro com EVA. Como exemplo do produto aplicado, apresentava-se um revestimento de laminado com EVA e glitter. A empresa expôs também fornos de curvatura para vidros cilíndricos ou esféricos e exibiu a planta da linha de produção da Eletroglass, uma empresa que será inaugurada no interior de São Paulo e que utilizará equipamentos da Keraglass. www.keraglass.com

Loris Cavasin, gerente de exportações da Forel

Juliana Pereira e Stefano Spezzani (diretor), da Keraglass

Macotec

Schiatti Angelo

A fabricante de mesas de corte apresentou um modelo que possui um único painel de controle para duas máquinas. O plano de corte é enviado antes e o operador apenas descarrega a máquina que corta o vidro com o tamanho mínimo de 2 cm e possui virador de peças de 0 a 360 graus. www.macotec.it

A italiana Schiatti Angelo aproveitou a Glasstec para lançar duas novas máquinas. A primeira é uma lapidadora bilateral copo com dez rebolos, que já é uma marca registrada em solo brasileiro. A segunda é a furadeira XYZ com controle gráfico CNC, apresentada ao mercado pela primeira vez durante a feira. www.schiattiangelosrl.com

Macotec: mesa de corte com um único painel de controle para duas máquinas

Yveraldo Gusmão (Gusmão Representações), representante da Schiatti Angelo no Brasil, entre Angelo e Alessandro Schiatti

vidroplano

dezembro 2008


As companhias Adelio Lattuada, Adi, Emar, Lovati e Maver, que exibiram seus produtos durante a Glasstec, são representadas no Brasil pela Brglass - tel. (11) 2933-9709

Adelio Lattuada

Adi

A empresa italiana mostrou máquinas para lapidação de vidros multilaminados, adequados para proteção contra vandalismo. Os equipamentos são capazes de lapidar vidros com até 80 mm de espessura (blindados). www.adeliolattuada.com

No espaço da empresa, os visitantes conferiram rebolos diamantados e resinas para todos os tipos de lapidadoras (retilíneas e bilaterais) e biseladoras. A companhia também destacou seus rebolos para fresas de centros de usinagem. www.adi.it

J.C. Vellozo, representante da Adelio Lattuada no Brasil, e Adelio Lattuada, ao lado de seu filho

Representantes da ADI e J. C. Vellozo

Emar

Maver

Oferecem equipamentos para produção de vidro termoacústico (duplo), como a aplicadora de butil, extrusoras hot melt (derivado do butil, é o único material monocomponente que pode ser usado em vidros insulados), silicone de bicomponente e as linhas automáticas para montagem de painel. www.emar.it

No espaço da companhia, foi possível conferir as mesas de corte semi-automáticas e automáticas para vidros monolíticos e laminados. www.maverglass.com

Divulgação Maver

Maver: mesas de corte para vidros monolíticos e laminados J. C. Vellozo, representante da Emar no Brasil: equipamentos para produção de vidro termoacústico (duplo)

Divulgação Lovati

Lovati

Lovati: centro de usinagem BEM

edição 432

A empresa levou para a megafeira seus centros de usinagem fabricados com três, quatro ou cinco eixos. De acordo com a Lovati, eles possuem dois mandris de alta produção de peças seriadas. A companhia destacou ainda o centro de usinagem BEM, com entrada de roletes desenvolvidos para produção de vidros baixo emissivos. O centro de usinagem Mistral, destinado a recortes de ferragens ou dobradiças em vidro temperado, também foi um dos destaques da Lovati. www.lovatifratelli.com

33


Lisec O estande da Lisec ocupou uma área de 2.600m 2 mais da metade de um pavilhão da feira -, a maior participação da empresa em todas as edições da Glasstec. Eram cinco linhas em funcionamento, com destaque para o PerfectScan, um detector de imperfeições no vidro. Ele identifica desde uma trinca grande até uma marca de dedo no vidro. Além disso, a companhia apresentou um sistema de armazenamento inteligente de peças semi-acabadas para alimentação das linhas de lapidação ou de vidro duplo. A linha de usinagem e lapidação vertical com jato de água foi outra novidade exibida pela empresa. www.lisec.com

Cássia e Ézio Cabib, da Glass Vetro: representantes da Marval no Brasil

Lisec: Emílio Giamboni (gerente de Vendas no Brasil) e Manfred Lesiak (diretor de Marketing do Grupo Lisec)

Marval A Marval escolheu a Glasstec para lançar sua nova linha automática com sistema robotizado de selagem secundária para vidro duplo. A máquina é preparada para acoplar, automaticamente, vidros para instalação glazing. Tel. (11) 2195-0505


Tendências

Diferentes e inovadores Lançamentos da feira surpreendem pela variedade e criatividade

N

a megavitrina de Dusseldorf, produtos an-

feira traz um pouco de tudo o que o mundo vem de-

tes inimagináveis se materializam diante

senvolvendo com o nosso material. Confira algumas

de nossos olhos. Da propagada energia

desta novidades, garimpadas por nossa reportagem

solar até os softwares para equipamentos, passando

durante a cobertura da feira.

por ferragens, vidros especiais e para decoração, a

ENERGIA SOLAR Fotos: Celina Araújo

Scheuten Fabricante de células de captação solar, a Scheuten concedeu entrevista coletiva à imprensa para falar de seus produtos, como o Multisol, um dispositivo para captação de energia solar, e fazer previsões para o setor. Segundo a empresa, em 2007 o mercado de energia solar evitou a emissão de 3 GWp (global warming potential) – medida de como um gás contribui para o aquecimento global. Em 2010, a previsão é de que esse mercado produza o equivalente a 10 GWp e, em 2020, a 50 GWp – dos quais, acredita a Scheuten, 20% serão captados por meio do thin film, um tipo de dispositivo de captação (o outro fabricado por ela é o crystalline silizium). Para os próximos três anos, a empresa também afirma que os painéis fotovoltaicos deverão ter seu custo compensado pelo aumento no preço da energia, que deve crescer. www.scheutensolar.com

Scheuten: dispositivo para captação de energia solar

Interpane A Interpane levou sua linha de revestimentos com materiais especiais para vidro triplo insulado e soluções em fotovoltaicos e energia solar. O Iplus HT ajuda a aumentar a permeabilidade em todo o alcance da luz solar. O Iplus3L e o Iplus 3CL proporcionam isolamento térmico e o Ipachrome é ideal para ambientes com alta umidade atmosférica. Os vidros, que podem ser temperados e laminados, recebem sistemas de multicamadas à base de cromo e não acumulam nenhum tipo de sujeira em seus tons coloridos, cada vez mais populares entre os consumidores. O Super Warm Glazing Iplus 3CL possui fator solar de 55% e transmissão de luz de 72%, com excelente neutralidade. www.interprojekt.org

edição 432

39


AGC O estande da companhia foi parada obrigatória dos visitantes que puderam conhecer, entre muitos produtos expostos, o vidro antibacteriano. Perfeito para banheiros e hospitais, o produto elimina 99,9% das bactérias de sua superfície e pode ser encontrado em três modelos: Planibel (transparente), Lacobel (com 25 opções de cores, além de opções metálicas) e Mirox (espelho de alto desempenho). Temperado ou não, o vidro antibacteriano pode ser utilizado como revestimento de paredes e divisórias de ambientes. Resistente a riscos, manchas e corrosão, a película de polipropileno do antibacteriano protege o vidro caso haja quebra, além de manter suas características em locais úmidos, como banheiro e cozinha. O Planibel Tri foi outro lançamento da AGC. Insulado com duas câmaras, o produto é formado por três placas de vidro e uma camada de magnetron (revestimento de óxido de metais). A válvula, que dá maior aproveitamento do calor, otimiza a energia solar. O Audioglass, outra novidade, reúne dois vidros extrafinos laminados com uma camada intermediária de polivinil butiral (PVB) e provê uma tecnologia de som revolucionária que amplifica o som. Resistente a arranhões mais profundos, maior transparência e melhor proteção contra radiação ultravioleta, o produto veio para tornar a sonoridade do ambiente mais apropriada às necessidades do consumidor. Por último, a AGC expôs também o vidro antiderrapante – não desliza, é translúcido e não é transparente. www.yourglass.com

40 o

vidroplano

Vidro antibactericida: produto elimina 99,9% das bactérias de sua superfície

Audioglass: tecnologia revolucionária amplifica o som

dezembro 2008


PINTURA Ferro Enamel A empresa levou para a megafeira o Side One, esmalte cerâmico aplicado na parte externa do vidro. Sem gerar reflexos, o produto ganha na fidelidade de cores em suas sete opções básicas. Atóxico e com tonalidades miscíveis entre si, o Side One é resistente a agentes químicos e às alterações do clima. Outro destaque da empresa foi a pasta de prata. De acordo com a Ferro Enamel, o produto possui um filete mais fino, porém com a mesma capacidade elétrica condutora do metal e é usado em desembaçadores de vidros automotivos. O Lustreflex, técnica de pintura que faz com que o vidro reflita como um espelho, foi outra novidade mostrada pela companhia. www.ferro.com

Side One: esmalte cerâmico resistente a agentes químicos e às alterações do clima

Doralux: tinta ecológica sem chumbo ideal para espelhos

Fenzi A linha de pintura Doralux foi o grande destaque do estande da Fenzi. Ideal para espelhos, a tinta ecológica sem chumbo dividiu espaço com o Decover e o Tempver, produto pertencente à linha de tintas para decoração interna. O Decover tem duas novas tintas: Aquaglass (à base de água para pintura de vidros comuns) e Glasslux (à base de óleo especial). Para a área de selantes e perfis para vidro duplo, a empresa levou o Chromatech Ultra. Feito de aço inox com uma capa de policarboneto por dentro, ele permite maior isolamento de temperatura em relação ao alumínio. www.fenzigroup.com

‘SOFTWARE’ Albat + Wirsam

Socabelec

Integrados para trabalhar em conjunto desde a produção até a área comercial, os softwares da empresa incluem dados desde a legislação tributária do Brasil até as variáveis de venda de um Estado para o outro. Com sistemas para gerenciar máquinas de todas as marcas, a organização e o controle estão garantidos de acordo com o planejamento, além da monitoração dos prazos de entrega dos produtos, sempre levando em conta a produção da empresa. Modular, o sistema verifica, inclusive, se o produto pedido para o cliente pode ser entregue na data solicitada. www.a-w.de

A empresa belga, fabricante de soluções para automação dos processos em vidro, será um nome importante no mercado brasileiro no ano que vem. Isso porque ela anunciou, durante a Glasstec, com exclusividade para a revista O Vidroplano, sua chegada ao Brasil em 2009. A Socabelec montará um escritório em Curitiba em uma ação que promete balançar o setor vidreiro nos próximos meses. No estande montado no pavilhão Messe Düsseldorf, a empresa apresentou sua opção de máquinas para transporte de vidros, controladas por softwares bem avançados. www.socabelec.com

Eduardo Shu Fong, representante de Vendas da Albat + Wirsam no Brasil

David Andreolli e Marco Veri: empresa Belga no Brasil em 2009

edição 432

41


FERRAGENS Colcom

PBA

A Colcom, fabricante italiana de ferragens para vidro presente no Brasil por meio da parceria formada com a Belcom, mostrou na Glasstec uma dobradiça especial que dispensa a utilização de mola hidráulica. A ferragem abre para ambos os lados, interno e externo, e é utilizada em boxes, portas basculantes e vitrinas. De acordo com a empresa, em breve o produto será apresentado no Brasil. Tel. (11) 4392-2944

No estande da PBA, o destaque ficou por conta das fechaduras incorporadas no design dos puxadores de porta. Eficientes e discretas, elas permitem diversas possibilidades estéticas para quem trabalha na fabricação de vidros para portas e janelas. www.pba.it

Colcom: dobradiça especial dispensa a utilização de mola hidráulica

PVB

42 o

PBA: fechaduras incorporadas no design dos puxadores de porta

GRAVAÇÃO A ‘LASER’

Solutia: Sérgio Andrade apresenta novo rolo de PVB com 3,32 m de largura

3D: gravação tridimensional a laser em tampos de mesa de vidro

Solutia

Laser Zentrum

A Solutia marcou presença na Glasstec para levar inovações ao mercado arquitetônico. Em seu estande, era possível conferir seu novo rolo de PVB com 3,32 m de largura – 11 cm a mais do que o maior rolo atual. A empresa também lançou seu PVB acústico e o PVB para vidro fotovoltaico, cujos filmes contêm silício, material que já tem características de condução elétrica, o que aumenta o rendimento. Outro destaque foi o Pollar White, PVB branco de filme único, que pode trazer brancura total (uso interno) ou parcial (uso externo). www.solutia.com

A criação de modelos de vidro em 3D já não é mais um trabalho artesanal. Foi o que mostrou a nova máquina da Laser Zentrum, que executa o trabalho de gravação tridimensional a laser em tampos de mesa de vidro, a exemplo do que já é feito com blocos de cristal. O trabalho se destaca pela alta precisão e também por não agredir a superfície do vidro, uma vez que a gravação é feita na parte interna da peça. www.laserzentrum-hannover.de

vidroplano

dezembro 2008


VIDROS ESPECIAIS Schott Os vidros LightPoint (com led) e SmartGlass (com filme de cristal líquido) foram os grandes destaques do estande da Shott. O Mirona, semi-espelhado que alterna entre transparente e espelho prateado, disputou as atenções com o Narima, vidro de efeito colorido que se altera conforme reflexos, ângulos e condições de luz. O Artista, feito com pedaços coloridos de vidro e derretido no forno, transforma-se em um único vidro decorativo após o derretimento. O plano Imera, sem textura e colorido na fabricação, mostrou-se perfeito para ambientes internos e externos, além do laminado Luminescente. Ideal para luz de emergência e decoração, ele contrasta com o luminoso Bevel Light System, baseado no já citado Light Point, que ilumina o vidro por meio de leds sem uso de fios. O novo sistema é ideal para a iluminação de bordas de prateleiras em que jóias, relógios e outros produtos de alto valor ficam em exposição. A fonte luminosa quase não é visível e chama a atenção dos visitantes para os produtos expostos. www.schott.com

Luca Papaiz, da Eurocentro no Brasil, destaca a persiana motorizada e a fachada de persiana Antes: sem o luminoso Bevel Light System

Depois: Bevel Light System ilumina a prateleira por meio de leds sem uso de fios

edição 432

Screenline A Pellini, detentora da marca ScreenLine de persianas insuladas fabricadas no Brasil pela EuroCentro, destacou dois sistemas: a persiana motorizada e a fachada de persiana. A primeira, com painel solar externo, funciona por meio de energia solar de forma autônoma e sem fios. Ou seja, o vidro, com persiana e painel solar, “alimenta-se” sozinho para fechamento e abertura do sistema. A fachada de persiana é composta por um comando magnético no vidro duplo. Se comparada às persianas tradicionais automatizadas (roll on), os sistemas da marca Screenline ganham destaque pelo custo inferior e seu comando robotizado externo. A fachada inteligente e a persiana motorizada não requerem manutenção e serão lançadas comercialmente em solo brasileiro em 2009. Tel. (11) 2197-1100

43


DECORAÇÃO

Sevasa A espanhola Sevasa apresentou na Glasstec a LuxRaff, sua linha de vidros acetinados trabalhados com ácido. Antiderrapantes, eles recebem de fábrica um tratamento especial chamado Alfluor, que garante ainda alta resistência contra arranhões e manchas. Além disso, também fácil de limpar, o que o torna recomendável para aplicações como balcões, mesas, escadas e afins. www.sevasa.com

Sevasa: linha LuxRaff de vidros acetinados trabalhados com ácido


SGG O vidro impresso SGG Albarino roubou a cena no estande da Saint-Gobain Glass. Utilizado em sistemas fotovoltaicos, garantindo maior absorção de luz solar, o produto possui quatro tipos de textura com funções diferenciadas. O Albarino T possui textura em ambos os lados para uso em painéis e coletores térmicos. O Albarino S contém uma textura padrão para utilização em painéis fotovoltaicos. O Albarino P tem, em sua superfície, pequenas pirâmides que proporcionam um ganho de transmissão de energia de 10% a 70% com incidência de luz. A textura riscada do Albarino G aumenta a transmissão de energia e permite que a água da chuva não se acumule em sua superfície. A companhia também apresentou uma série de padrões já disponíveis no Brasil: SGG Thela, da linha Decor-Lite; SGG Máster-Carré, Master-Point e Master-Lens, da linha MasterGlass; e o recém-lançado Master-Shine. www.saint-gobain-glass.com

SGG Albarino: produto utilizado em sistemas fotovoltaicos garante maior absorção de luz solar


Arte Vinheta

Entre retalhos, Titulo 1p titulo 2 e cortes cores olho artísticas, acessórios e esculturas com vidro Peças olhop dão reflexos diferentes à Glasstec

N

Fotos: Celina Araújo

a Glasstec 2008, as novidades não se limitaram ao aspecto industrial. O vidro usado para fins artísticos também teve seu espaço, assumindo formas, cores e estilos que deram um ar todo diferente para quem percorria os pavilhões. Com toda essa diversidade, quem saiu ganhando foi o público, que podia fazer uma pausa entre as visitas aos estandes técnicos para apreciar a beleza de peças artísticas produzidas com vidro e cuidadosamente trabalhadas. Confira algumas delas. Texto

Bicho envidraçado Todas as peças coloridas desse animal são de vidro. Repare nas curvas e detalhes. A obra é do artista romeno Mihai Topescu (www.topescu-glassstudio.com)

Tudo conceitual, é claro

Prata no vidro

E se o vidro saísse da sua janela e fosse parar nos seus pés? A Glasstec expôs diversos modelos de sapatos de vidro. Bolsas também foram envidraçadas

O PMC3 é um produto para aplicar em peças pequenas de vidro – bijuterias, por exemplo. Após aplicada, a novidade se transforma em prata e adere ao vidro

edição 432 edi•‹o 370

47 0


Ecovidro Transformar o vidro em árvore também foi idéia de Mihai Topescu. Não ficou igualzinho a um coqueiro?

Painéis coloridos Estes painéis são heterocromáticos – tom sobre tom – e feitos a partir de uma técnica de impressão com luz em várias chapas de vidros, criando um efeito tridimensional. O criador é o artista peruano Antonio Máro (www.antoniomaro.com), que mora na Bélgica

Vidro ao vivo E teve até gente trabalhando o vidro no meio da exposição, realizando trabalhos de gravação ou lapidação manual e também com maçarico

48 o

vidroplano

dezembro 2008


Galeria

Glasstec: o Brasil esteve lá Entre máquinas, ferramentas e muito, muito vidro, foi possível encontrar diversos rostos conhecidos do setor vidreiro nacional. Saiba quem representou o Brasil no maior encontro mundial do vidro Fotos: Celina Araújo

1

1

2

4

3

5

50 o

2

Nielsen Business Media na Glasstec: João Paulo Picolo e Silvia Perdigão Barbugian (Bia)

3

Glasstec: ponto de encontro dos amigos Cláudio Vieira Cruz (Litoral Vidros), Altemir de Freitas Zampareti (Visa Vidros) e Geraldo Domingues (Cifel Fornos)

4

Direto do Rio de Janeiro: Madalena Silva (Marsyl) entre José Edson Esteves (Vidraçaria Salete) e Gilberto Franco (Próalumínio e Vidros)

5

Homens de negócios: Christian Conde Antônio (Vitrotec), Paulo César Carvalho (Ferro Enamel), Valdir Conde Antônio (Vitrotec) e Holzen Geisler (Ferro Enamel)

6

Pose para a foto: Erwin Galtier (Glaverbel) e Régis Reis (Bing Reis)

7

Laços de família: Hosana Hérica Bortolotti e Nicéa Maria Bortolotti (Lumiere)

8

Dupla dinâmica: Daniel Leicand e Lucy Cabral, da Abrasipa

6

7

8

vidroplano

Prontos para garimpar novidades: Wilson Farhat Júnior (Abravidro), o consultor Paulo Duarte, Roberto Wetzner (Cebrace), Alexandre Bonato (M. Simões) e Carlos Henrique Mattar (Cebrace)

dezembro 2008


9

Grupo unido: Fred Fernandes (Vidrobens), Amarildo das Neves (Vidrosul), Rodrigo Guerrero (Cyberglass), Flávio Sirotto (Arbax), José Joaquim Miguel (Polividros) e João Neves (Vidroline)

10

Sorriso à vista: Igor Schultz, Adriana Araújo Schultz, Laurenil de Castro e Ivano Collio (Belcom)

11

Vipel em peso: Clairton da Mota, Rafael da Mota e Christian Alves

12

UBV, única empresa brasileira na Glasstec: Regina Eringis, Sérgio Minerbo, Sandra Sernaglia e Elias Freire Júnior

13

Sérgio Andrade (Solutia) e Eduardo Heinen (Vidroforte)

14

Representantes do nordeste brasileiro: Sérgio e Débora Ottoni (Ferragens Nordeste)

15

Miranda e Marco Antônio (Mirandex): atuação no ramo vidreiro de pai para filho

16

Rafael da Mota, Christian Alves e Antônio Carlos Faustino da Silva (Vipel), Walter Guarino (Vitrum), Gilberto Franco (Próalumínio e Vidros) e Moisés Pinheiro (Glaston)

17

Os irmãos Oliveira: Leandro, Joaquim e Ricardo de Oliveira (Vitral)

18

Após a Glasstec, em Paris: Marco Mussolino (Metalúrgica GMS), Waldirene e Edson Bianchi (Reiki) e Dilma Magalhães (RF Comércio de Vidros)

19

Cezarino e Adélia Freitas (Vidraçaria Freitas) e Francisco e Ana Martucci (Use Mak)

20

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

Margarete de Souza, Maria e Enival Delgnello (Mercovidros)

edição 432

51


21

23

25

27

29 29

31

52 o

vidroplano

21

Danilo Gatto (Guardian) e Lucy Cabral (Abrasipa)

22

Mark Lacasse (Guardian) encontra Wilson Farhat Júnior (Abravidro)

23

Brasileiros no estande da Adelio Lattuada: Nicola Lattuada (Adelio Lattuada), J.C. Vellozo (Brglass), Eneida Bolzan (Viprado), Adelio Lattuada, Fernando Bolzan (Viprado) e Jozeli Baptista (Via HG Turismo)

24

Jacinto e Franklin Marques (SF Industrial)

25

Luiz Fernando Tirone e Marcelo Junqueira de Andrade (SaintGobain Glass)

26

Wanderley Jorge (VB Design), Fábio Lutke (Space Glass), Ivan Lopes (Belga Vidros) e Fernanda Lutke (Space Glass)

27

Brindando: Luiz Jorge Pinheiro (Cebrace) e Wilson Farhat Júnior

28

Integração: representantes da Rohden Vidros, Glassmaxi, VTC e Americanbox

29

Do sul do Brasil: Eduardo Heinen, Emerson Arcênio (Vidrolar), Vitor Carlos Três (Vitor Carlos Três), Jerônimo Sikora (Decorvidros) entre amigos

30

Equipe PKO e o professor Roberto Lamberts (Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC)

31

Luiz e Fernando Cintra (Rei dos Vidros), Walter Guarino (Vitrum), Flávio Alves Vanderlei (Cebrace), Eric Parreira (VPM) e Toninho (Vitrum)

32

Geraldo Domingues (Cifel), Sanilton Cardoso (Personal Glass), Altemir de Freitas Zampareti (Visa Vidros) Rafael Ribeiro (Vidrobox), Cláudio Vieira Cruz (Litoral Vidros), Alexandre Pestana (Pestana Vidros), Arthur Putrick (Lapidação Vidros)

22

24

26

28

30

32

dezembro 2008


Ampliação

Maior extrusora de PVB do mundo é belga Nova linha industrial da Saflex, na Bélgica, aumenta produção do material em 40 milhões de m 2

A

empresa americana Solutia inaugurou, no final de outubro, sua terceira linha de extrusão de polivinil butiral (PVB) na fábrica da cidade de Ghent, na Bélgica. O anúncio oficial foi feito em conferência para a imprensa durante a Glasstec, megafeira mundial do vidro, realizada em Düsseldorf, na Alemanha, e depois para os clientes em uma celebração na própria fábrica, quando contou com a cobertura exclusiva da reportagem de O Vidroplano. Com as novas instalações, a fábrica expande sua capacidade em 40 milhões de m2 na produção de filmes de PVB para vidro laminado. Isso faz da planta de Ghent, agora, a maior extrusora desse material do mundo. A grande inovação é a produção dos rolos de 3,3 m de largura por 800 m de comprimento, um padrão novo para a indústria mundial. As novas medidas aumentam o rendimento da produção e também permitirão a produção de vidros laminados maiores para a construção civil. “Esse projeto faz parte de nossa estratégia global de crescimento

edição 432

Divulgaçãoo

Terceira linha: aumento na produção de filmes de PVB em 40 milhões de m2

55


Celina Araújo

Empresários brasileiros da PKO e Terra de Santa Cruz conhecem a nova linha, apresentada por Sérgio Andrade


para a linha Saflex”, afirma Luc De Temmerman, presidente da divisão Saflex e vice-presidente sênior da Solutia Inc. De acordo com a Solutia, não foi preciso ampliar a área física da fábrica para abrigar a nova linha extrusora. Ela foi instalada dentro da área atual, aproveitando-se a infra-estrutura existente e a experiência de quarenta anos da fábrica na produção da linha Saflex. A Solutia anunciou também em outubro a ampliação da capacidade de sua unidade produtiva em Springfield, nos Estados Unidos, em 12 mil t métricas de resina de PVB. Por sua vez, a unidade belga, em Antuérpia, deverá ser expandida em 15 mil t métricas. Tu-

do isso até meados de 2010. A inauguração da nova linha industrial da Saflex na fábrica de Ghent foi prestigiada por vários brasileiros, entre eles, os empresários da Terra de Santa Cruz, da PKO Vidros, e o arquiteto Paulo Duarte. Todos foram recebidos pelo presidente da Solutia na América do Sul, Sérgio Andrade. No mundo Segundo informações da empresa, a linha Saflex – filmes de PVB para vidros laminados – está presente em aproximadamente 50% de todos os vidros arquitetônicos e automotivos do mundo. Além da linha Saflex, a Solutia produz, entre outras, as marcas

CPFilms (películas de poliéster para vidros) e Vydyne e Wear-Dated (fibras e polímeros de náilon de alto desempenho). Com sede nos Estados Unidos, a empresa emprega aproximadamente 6 mil pessoas em mais de sessenta escritórios e fábricas.

Fale com eles! Solutia Brasil Tel. (11) 3146-1811 www.solutia.com


No mundo do vidro por Beatriz Strawinsky

A revista Casa & Mercado rea-

vencedores foram: Americanbox

lizou, no dia 24 de novembro, a

(marca de boxe), Blindex (marca

entrega do Folha Top of Mind

de boxe e de vidro de segurança),

2008 – prêmio de brand aware-

Divinal Vidros (loja de vidros em

ness (consciência de marca) – para

geral), Dorma (marca de porta au-

46 categorias de produtos e ser-

tomática) e Guardian (marca de

viços. A cerimônia de premiação

espelho).

foi realizada no HSBC Brasil, em

A pesquisa completa, produzi-

São Paulo, e reuniu profissionais

da com base em mais de 6 mil en-

das áreas de arquitetura, design de

trevistas feitas em 172 municípios

interiores, representantes de anun-

de todos os Estados brasileiros,

ciantes e agências de publicidade

pode ser conferida no Anuário de

de todo o Brasil.

Casa & Mercado, lançado na mes-

Como

mestres-de-cerimônias,

Fotos: divulgação

Top of Mind 2008. O prêmio vai para…

Americanbox: Fernando de Donato, responsável pela área de Novos Negócios

ma noite.

coube à jornalista Marília Gabriela

Mais informações:

e ao ator Eduardo Moscovis anun-

(11)

ciar os representantes das marcas

0800-013-1234 (Blindex)

mais lembradas pelo público na

(11) 2827-2100 (Divinal)

pesquisa realizada pelo Instituto

(11) 4689-9200 (Dorma)

Datafolha. No setor vidreiro, os

(24) 3355-9500 (Guardian)

4393-6500

(Americanbox)

Blindex: Roberto Ferreira Júnior

Prêmio mineiro Além de ter sido a marca mais lembrada pelos especificadores no segmento Vidros em geral no Top of Mind, a Divinal Vidros também foi a marca mais lembrada no segmento Vidros entre os mineiros na pesquisa feita pelo Instituto Mineiro de Engenharia Civil (Imec). A empresa recebeu o prêmio Destaques de Engenharia de Minas Gerais 2008, que reconhece a iniciativa dos que preservam o conceito de seus produtos e serviços, mantendo, assim, boas relações com o mercado e contribuindo para o desenvolvimento da engenharia.

60 o

vidroplano

Abdo Moreira de Andrade, gerente-geral da Divinal de Belo Horizonte, recebe o prêmio Destaques de Engenharia de Minas Gerais 2008

dezembro

2008


Afeal comemora jubileu de prata

Guardian: arquiteta Elisabeth Abduch, diretora de Marketing e Negócios da empresa

Em 25 de novembro, cerca de duzentos participantes reuniram-se no Espaço do Bosque, em São Paulo, para comemorar os 25 anos de fundação da Associação Nacional de Fabricantes de Esquadrias de Alumínio (Afeal). O evento histórico reuniu todos os presidentes da entidade desde a sua fundação e serviu para encarar com otimismo o ano de 2009, ao reafirmar o compromisso com a qualidade e com o futuro. Por outro lado, a turbulência econômica mundial foi lembrada pelo presidente da associação, Roberto Papaiz: “A crise pode chegar ao Brasil, mas não com a força que já atingiu os países desenvolvidos”. Na mesma noite, foi lançado o livro A esquadria de alumínio na arquitetura – Design e tecnologia, de autoria de Vicente Wissenbach e Hosana Pedroso. A Associação Brasileira de Distribuidores e Processadores de Vidros Planos (Abravidro) prestigiou o evento com a presença de seu diretor Aldo Machado Simões e da secretária-executiva, Celina Araujo. Mais informações: (11) 3221-7144 www.afeal.com.br

Dorma: Dante Boccuto Júnior, gerente de Marketing e Produtos da Divisão de Portas Automáticas da Dorma do Brasil

Divinal Vidros: Fernando Passi, sócio-diretor

edição 432

Presidentes da Afeal, durante seus 25 anos de existência (da esq. p/ dir.): André Mehes Filho, Antônio Molina Spina, Lage Mourão Gozzi, Luiz Lucena, Marcílio Haman, Roberto Papaiz, Clóvis Pagani e João Batista Padilha

61


No mundo do vidro

Novidade à vista para produção de vidro A Associação Técnica Brasileira das Indústrias Automáticas de Vidro (Abividro) realizou, em novembro, no Hotel Holiday Inn, em São Paulo, o seu 19° Encontro Técnico. O evento anual tem como objetivo integrar e estimular a troca de conhecimento e experiência entre vidreiros, estudantes, acadêmicos, artistas e parceiros que desenvolvem trabalhos relacionados com o vidro. Neste ano, o encontro contou com cem participantes. Foram horas de palestras e workshops de temáticas atuais. Convidado especial, o palestrante Michael Greenman, diretor-executivo da Glass Manufaturing Industry Council, apresentou um panorama mundial do setor e expôs o que

ele acredita ser a mais importante inovação tecnológica da indústria vidreira desde o método float, desenvolvido pela Pilkington: o Submerged Combustion Melter. Tratase de uma caixa de metal que apresenta um sistema interno de fusão cerca de 20% mais eficiente que os fornos convencionais, com muito menos emissões de gases para o meio ambiente e com o custo cer-

ca de 60% menor, entre outros benefícios. Durante o evento, o presidente da Abividro, Morvan Figueiredo, divulgou informações sobre o Congresso Internacional do Vidro a ser realizado em 2010, no Club Med de Itaparica, na Bahia, e reunirá as principais entidades mundiais do setor. Mais informações: www.abividro.org.br

Ano novo, fábrica nova A Alclean, fabricante de kits para boxes de banheiro, instalações e sacadas, inaugura, no início de 2009, sua nova fábrica em São Paulo. Com esse empreendimento, triplicar-se-á a capacidade produtiva, informa Ronaldo Koloszuk, diretor-comercial da empresa. O investimento incluiu a construção de um novo galpão para abrigar diversos equipamentos importados e a nova extrusora de última geração. “O cenário da crise não impediu nossa decisão de ampliação dos investimentos”, relata Koloszuk. “Estamos em ascensão de vendas e ainda temos novos produtos em fase de teste a serem lançados. Acreditamos que, em tempos de crise, enquanto os outros choram, vendemos lenços.” Mais informações: (11) 4144-9090, www.alclean.com.br

62 o

vidroplano

dezembro

2008


O vidro entre os produtos expostos De 18 a 22 de novembro, o pavilhão do Riocentro, no Rio de janeiro, hospedou a 13ª edição de uma das mais importantes feiras do setor da construção na América Latina: a Construir. A mostra apresentou diversos lançamentos e o setor vidreiro assinava alguns deles. A Stam, por exemplo, mostrou sua fechadura 1005 para portas pivotantes, feita em zamac (liga composta de zinco, alumínio, magnésio e cobre). A roseta, que pode ser quadrada ou redonda, tem como diferencial a lingüeta e o rolete juntos. A Vitrum, por sua vez, exibiu o vidro Quadrato, da União Brasileira de Vidros (UBV), com o kit para boxe Elegance, da Idéia Glass. O produto da UBV, ideal para boxes, portas e divisórias, apresenta textura delicada em formato de quadrados e busca aliar bem-estar e

Praticidade: fechadura da Stam para portas pivotantes

edição 432

Construir, no Rio de Janeiro: segmento vidreiro marca presença

sofisticação à composição de ambientes arrojados e modernos. A Henkel, fabricante de adesivos, expôs o Sista Flextec FT101, produto que tem a função de vedar e selar objetos de vidro, como boxes de banheiro, fazendo com que partes internas e externas de vidro fiquem protegidas de vazamentos. O Stoneglass foi o destaque da PKO. De origem chinesa, o produto é fabricado em processo similar ao vidro impresso e é indicado para ser utilizado em pisos, paredes, bancadas e tampos de mesa. Mais informações: www.construir.com.br (11) 3205-7827 (Henkel) (11) 4791-8999 (PKO) (22) 2525-1000 (Stam) (21) 3475-1500 (Vitrum)

Vitrum: vidro Quadrato (UBV) e kit para boxe (Idéia Glass)

63


No mundo do vidro

Adeus, 2008! No final de novembro, a Associação Nacional de Vidraçarias (Anavidro) reuniu, no Espaço de Eventos Hakka, em São Paulo, executivos do setor vidreiro para a festa de encerramento do ano de 2008. Francisco Palácios Marim e José Joaquim Miguel, presidente da Anavidro-SP e Nacional, respectivamente, e o vice-presidente da Associação dos Comerciantes de Materiais de Construção de São Paulo (Acomac) foram os anfitriões. Durante o encontro, várias empresas vidreiras que se destacaram no cenário vidreiro em 2008 foram homenageadas e receberam o prêmio Destaque Anavidro: Divinal Vidros, Glass Vetro, MC Silik One, Metalúrgica Torres, Space Glass, Speed Temper, Tec-Vidro, Terra de Santa Cruz e Use Mak. Receberam o prêmio Personalidade do Vidro: Celso Almeida Magalhães (Vitrais Ma-Ge), Joaquim Gramicelli (Divinal Vidros) e

64 o

vidroplano

dezembro

2008


Acontece

Wilson Farhat (Valéria Vidros). Homenageou-se ainda in memoriam Mansur José Farhat. As fábricas vidreiras Cebrace, Saint-Gobain Glass e União Brasileira de Vidros (UBV) também foram lembradas e receberam um prêmio pelo apoio prestado à Anavidro Brasil e às regionais. Mais informações: (11) 3392-3558

olidariedade também está entre as ações do setor vidreiro. A Dorma decidiu arregaçar as mangas para ajudar seus clientes e parceiros de Santa Catarina. Para suavizar as preocupações comerciais de seus clientes, a empresa adotou algumas medidas: solicitação junto aos bancos de prorrogação de trinta dias em todos os títulos devidos. Mas não é só isso. Pedidos que já haviam sido feitos terão prazo de faturamento aumentado para trinta dias e pedidos realizados até 30 de junho de 2009 terão prazo estendido para trinta dias. Parabéns pela iniciativa!

S

vai virar celebriO vidro dade no reality show Big Brother Brasil, exibido pela Rede Globo. A produção do programa divulgou em seu blog oficial, em dezembro, que dezoito pessoas serão escolhidas na reta final da seleção do BBB 9, mas apenas catorze entrarão na casa. Os outros quatro seguem direto para uma bolha, uma pequena casa de vidro. Os ‘quase BBBs’ ficarão por sete dias no espaço envidraçado. Enquanto isso, o público votará e decidirá quem vai para a casa do reality show. Os outros três se despedem do jogo. O Big Brother Brasil começa a ser exibido a partir de 13 de janeiro.

edição 432

65


Mostra

Negócio fechado (com vidro) Casa Office apresenta ao público ambientes que usam e abusam do vidro no espaço corporativo

Q

uem se interessa por arquitetura e decoração no ambiente de trabalho ganhou em 2008 um novo motivo para comemorar. Entre os dias 12 de novembro e 2 de dezembro, no Jockey Club de São Paulo, realizou-se a primeira Casa Office, versão corporativa da tradicional mostra Casa Cor. Com cerca de 3.300 m2 de área exposta, o evento apresentou cinqüenta ambientes projetados sob o tema Inovação e sustentabilidade. Em comum entre eles, além da criatividade dos arquitetos responsáveis, estava o emprego do vidro em portas, janelas, paredes, divisórias e peças de mobiliário. A União Brasileira de Vidros (UBV) foi a apoiadora e fornecedora oficial do Casa Office, marcando presença em treze ambientes. Além disso, ela também participou do evento levando o designer canadense Joel Berman para ministrar palestra em um dos dias do evento. A empresa do profissional, a Joel Berman Glass Studios, firmou parceria com a UBV para o fornecimento no Brasil de vidros pressurizados – uma linha pronta para instalar e disponível em quatro texturas e nas espessuras de 6, 8, 10 e 12 mm. Durante a palestra, Berman falou sobre o trabalho de sua empresa e os diversos serviços que ela presta, incluindo trabalhos com design diferenciado utilizando vidro impresso e fundido. Confira nas próximas páginas alguns dos destaques do evento que, já em sua primeira edição, promete ser uma grande vitrina para o uso do vidro no mercado arquitetônico.

edição 432

Divulgação UBV

O designer canadense Joel Berman, que veio ao Brasil a pedido da UBV e ministrou palestra na Casa Office

67


Sala da Diretoria

Livraria

Escolhido pelo Prêmio Casa Office como o “Melhor Ambiente mais Inovador”, o espaço da Piratininga Arquitetos Associados se destacou na mostra com suas laterais totalmente envidraçadas, somando 32 m2 de vidro temperado incolor de 8 mm da Pro Verde Oliveira Vidros. Doze espelhos de vidro cristal lapidado 6 mm, do mesmo fornecedor, cobriam uma das laterais externas

A União Brasileira de Vidros (UBV) decorou o ambiente de Maricy Marcos Borges com 25 m2 de vidro Antílope preto aplicado como revestimento também em outros espaços da mostra como a Livraria, o Restaurante e o Cyber Café. O vidro apresenta uma textura diferente que simula a pele de animal e contrasta com a madeira predominante no ambiente

Fotos: Dario de Freitas

Espaço Bem-estar

Sala do Presidente

Os 52 m2 do espaço das arquitetas Amelia e Bárbara Bratke, distribuídos em uma varanda com vista para o pátio do Jockey Club, tinham como objetivo unir as idéias de relaxamento e descontração. Os 15 m2 de vidros planos impressos no padrão Style espelhado aplicados na parede, com 3 mm de espessura, são da UBV

Ao mesmo tempo que mostra dois espelhos seculares em sua decoração, o ambiente da Fernando Brandão Arquitetura + Design também apresenta impressos da UBV que garantem o ar moderno. Os vidros são o Pirâmide, aplicado como divisória, e Pirâmide preto, utilizado como revestimento. Eles somam cerca de 50 m2 de área envidraçada

68 o

vidroplano

dezembro 2008


Lobby do Escritório São dois espaços criados pelos arquitetos Ana Cristina Barbosa e José Queijo Felix: uma recepção e uma sala de estar. O vidro marca presença como o divisor entre as duas. Para a tarefa, foi escolhido o Astral Plus (7/8 mm), da UBV, material que garante a privacidade e não impede a comunicação entre os dois ambientes. Os vidros Antílope espelhado (7/8 mm), Canelado preto (3/4 mm) e Style branco e preto (3/4 mm) aparecem como revestimento das paredes, somando 25 m2 de vidro

Beauty Center Um espaço compacto e ligado à área externa. A idéia de Mariza Cundari e Luis Henrique Pereira, com o Beauty Center, era criar, dentro da empresa, um ambiente em que a executiva pudesse cuidar da aparência. O toque do vidro ficou por conta da parede de espelho com bolinhas douradas da Vidrax, com 5 m2

edição 432

69


Suporte ao Presidente A sala da Arduino, Piacentini Arquitetos Associados, um espaço de relaxamento para os funcionários que trabalham próximos ao presidente, mostrou um espelho na cor grafite da Valéria Vidros recobrindo uma das paredes. Via-se também um revestimento de parede com o vidro Pirâmide branco da UBV, de 2 x 1,4 m e 3/4 mm de espessura

Escritório Sustentável Vidros, pedras, madeira de extração certificada e tintas à base de água foram utilizados no espaço da Athie Wohnrath Projetos e Gerenciamento, reforçando a idéia de sustentabilidade no escritório. Uma grande vidraça vermelha de vidro monolítico, com 6 mm de espessura e pintada a frio, sai do interior e se projeta para fora. Ela soma 55 m2. Juntas, as paredes de temperado 8 mm da varanda totalizam 35 m2. Todas as peças foram fornecidas pela Arvitec


Fale com eles! Ana Cristina Barbosa e José Queijo Felix (11) 5078-8497 Arduino, Piacentini Arquitetos Associados (11) 3044-9134 Arvitec Tel. (11) 2943-9133 Athie Wohnrath Projetos e Gerenciamento (11) 5501-6766 Bárbara e Amelia Bratke (11) 3743-9621 Casa Office Tel. (11) 3819-7955

Consultoria de Negócios Todas as paredes do ambiente ao ar livre da Fernanda Marques Arquitetos Associados foram envidraçadas para garantir incidência de luz natural, além de permitir vista panorâmica para a pista do Jockey Club. Para isso, foram utilizados 100 m2 de temperado incolor 10 mm fornecidos pela T2G Engenharia.

Fernanda Marques Arquitetos Associados (11) 3849-3000 Fernando Brandão Arquitetura + Design (11) 3845-2053

Joel Berman Glass Studios www.jbermanglass.com Luis Henrique Pereira e Mariza Cundari (11) 4153-1418 Maricy Marcos Borges (11) 3759-7350 Piratininga Arquitetos Associados (11) 3256-7077 Pro Verde Oliveira Vidros Tel. (11) 3621-9891 UBV Tel. 0800-709-0710 Valéria Vidros Tel. (19) 3878-9191 Vidrax Tel. (11) 6412-6839 T2G Engenharia Tel. (11) 4612-2167


Falando em normas

Finda-se 2008 e, com ele... ... ...os trabalhos de doze meses de iniciativas e realizações

O

ano que termina foi de muitas conquistas para o setor vidreiro. O mercado se expandiu e se abriu para novas oportunidades. Nós, que acompanhamos de perto essa evolução, também podemos fazer um balanço de 2008 e, entre muitas realizações, apontar algumas contribuições do ABNT/CB-37. No mês de dezembro, concluímos o trabalho de quatro normas técnicas. Duas delas (Projeto 37:000.04001 – Vidros automotivos – Reparação de pára-brisas – Danos e re-

72 o

vidroplano

quisitos para reparação – Classificação e o Projeto 37:000.04-002 – Vidros automotivos – Sistemas de reparo de pára-brisas – Métodos de ensaio) são totalmente novas e devem ser publicadas no início de 2009, quando estarão vigentes. As outras (ABNT NBR 14207 – Boxes de banheiro fabricados com vidros de segurança e ABNT NBR 14696 – Espelhos de prata) foram revisadas e estão agora mais bem inseridas no contexto atual do setor. Em 2008, investimos bastante na conscientização dos profissio-

nais sobre o uso do vidro de acordo com as normas técnicas. Isso pôde ser visto nas dezenas de palestras realizadas em todo o Brasil. Vidraceiros, arquitetos, engenheiros e designers foram beneficiados com esse trabalho e passaram a ter referências técnicas para especificação e aplicação de nosso material. Outra ação de destaque é a aproximação junto ao Corpo de Bombeiros de diversos Estados do Brasil, com o objetivo de regulamentar as normas técnicas do vidro na construção civil. E para contribuir no suporte a todo esse trabalho, juntou-se à equipe da Associação Brasileira de Distribuidores e Processadores de Vidros Planos (Abravidro), Clélia Bassetto, profissional experiente no trabalho junto a Comitês de Normalização. Após anos no ABNT/CB15, responsável pelas normas do setor moveleiro, Clélia já vem mostrando a que veio. Novos projetos Gostaria de frisar que, em 2009, as atividades de nosso comitê devem crescer. Já temos diversos novos projetos iniciados, como o da

dezembro 2008


Dario de Freitas

norma de vidro para controle solar e o da revisão de doze normas de vidros automotivos. Além disso, também está em fase de implementação um software que facilitará o acompanhamento e a participação, pela Internet, do desenvolvimento de nossas normas. Nada disso teria se concretizado sem o apoio e o compromisso de todas as pessoas que cederam seu precioso tempo participando das reuniões, avaliando textos técnicos e nos encaminhando sugestões. A todos, o nosso profundo agradecimento por mais este ano de dedicação. Aproveito também para enviar aos nossos leitores os votos de um Feliz Natal e um 2009 de muito sucesso.

Mais informações sobre o andamento de cada projeto, no site da revista: www.ovidroplano.com.br

Fale com eles! Abravidro Tel. (11) 3873-9908 cb37@abnt.org.br www.abravidro.org.br ABNT www.abnt.org.br

Silvio Ricardo Bueno de Carvalho, coordenador de Normalização do ABNT/ CB-37 e CSM 21


Vidro em dia

Evento

Período

O que é

Local / Contato

JANEIRO WINDOWS, DOORS & PROFILES PRIMUS ARCHITECTURAL GLASS

27 a 30/1

Focalizando o mercado vidreiro para arquitetura – janelas, portas e perfis –, a mostra apresentará aos visitantes máquinas para manufatura, fornos, máquinas de corte e acabamento e outros produtos. Além do vidro plano, também será possível visualizar vidros curvos, insulados, térmicos, acústicos e muito mais. Na programação constam ainda palestras e conferências relacionadas ao vidro.

Kiev, Ucrânia www.primus-exhibitions.com

24 a 27/3

Designers, arquitetos, decoradores, engenheiros, construtores e lojistas encontrarão na 4ª Kitchen & Bath Expo o que há de mais moderno no quesito produtos e acessórios para cozinhas e banheiros. A mostra será editada paralelamente à 7ª Feira Internacional de Revestimentos (Revestir). Em sua última edição, em 2008, a Kitchen & Bath atraiu aproximadamente 13 mil visitantes de mais de cinqüenta países. A Revestir 2008 reuniu 175 expositores que apresentaram as tendências mundiais em texturas, tamanhos e tecnologias para vários tipos de revestimento, incluindo o vidro.

Transamérica Expo Center Avenida Dr. Mário Villas-Boas Rodrigues, 387 Santo Amaro, São Paulo, SP

A 17ª edição da Feira Internacional da Indústria da Construção (Feicon Batimat) receberá arquitetos, engenheiros, decoradores e construtores em busca de produtos e lançamentos de empresas do setor de acabamento e construção em geral. Em 2008, a feira contou com mais de 160 mil visitantes vindos de várias partes do Brasil e do exterior.

Parque Anhembi Avenida Olavo Fontoura, 1.209 Santana São Paulo, SP

MARÇO

Fotos: Dario de Freitas

KITCHEN & BATH EXPO

FEICON

24 a 27/3

www.kitchenbathexpo.com.br

www.feicon.com.br

Consulte a agenda completa de eventos do setor acessando o site www.abravidro.org.br

74 o

vidroplano

dezembro 2008


Para o seu negócio

Passe livre para construir O Construbusiness, maior seminário da construção civil brasileira, afasta o temor da crise Fotos: Dario de Freitas

N

o dia 1º de dezembro, realizou-se, em São Paulo, na sede da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), o 7º ConstruBusiness – Seminário da Indús-

edição 432

tria Brasileira da Construção. A Associação Brasileira de Distribuidores e Processadores de Vidros Planos (Abravidro), membro atuante do Departamento da Indústria da Construção Civil (Decon-

7º ConstruBusiness: profissionais da construção civil discutem infraestrutura, habitação e crise econômica

75


Presença vidreira: Bernardo Grimber (Dorma) e Camila Pini (Alpex) entre os participantes do ConstruBusiness

Ibelson F. de Sousa (Abravidro) entre Juliano e Carlos Passi (Divinal Vidros)

Roberto Toyohara (Sekisui), e Ibelson F. de Sousa

76 o

vidroplano

Elias Freire e Sérgio Minerbo, da União Brasileira de Vidros (UBV)

Carlos Henrique Mattar e Roberto Wertzner (Cebrace)

cic) da Fiesp, organizadora do evento, é uma das patrocinadoras oficiais do seminário e incentivou a participação dos representantes do setor vidreiro na ocasião. O evento apresentou ao setor o Plano Nacional de Infra-estrutura, criado pelo Deconcic e lançado como parte da Política de Desenvolvimento Produtivo (PDP), desenvolvida este ano pelo governo federal. Outro projeto de destaque que mereceu estar na pauta de discussão é o Plano Nacional de Habitação (PlanHab), criado pela Secretaria Nacional da Habitação em 2007 para ajudar a diminuir o déficit de 8 milhões de moradias. A abertura do ConstruBusiness ficou por conta de José Carlos de Oliveira Lima, diretor titular do Deconcic e presidente do Sindicato Nacional da Indústria de Produtos de Cimento (Sinaprocim). Oliveira Lima falou sobre a crise econômica, mas foi otimista: “Temos bases sólidas para crescimento sustentado que permitirão que essa crise financeira mundial seja administrada sem grandes perdas”, disse ele, frisando ainda que o setor de construção civil não está sendo afetado pela turbulência internacional, embora deva sofrer ajustes. O dirigente disse também que podem ocorrer demissões em pontos localizados, mas a tendência do setor é de contratações. Cenário atual O assunto também foi abordado pelo ministro da Fazenda Guido Mantega. Fazendo um balanço

dezembro 2008


do cenário atual, ele ressaltou o crescimento da indústria de transformação (de cerca de 2%, em setembro de 2006, para 6,8% em setembro de 2007), os aumentos nos investimentos do governo federal e da taxa de investimento. De acordo com Mantega, o setor de construção civil tem grande potencial de crescimento e a Caixa Econômica Federal investirá pelo menos R$ 20 bilhões por ano na área. Além disso, a Caixa deverá ampliar de R$ 7 mil para R$ 25 mil o limite de financiamento para aquisição de material de construção. Mantega aproveitou o encontro para anunciar que o governo trabalha para acelerar a devolução de créditos tributários e deverá manter os investimentos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). Pelos cálculos do ministro, o Brasil crescerá pelo menos 4% no próximo ano. Entre as diversas autoridades presentes no Construbusiness, também fizeram seus pronunciamentos o presidente da Fiesp, Paulo Skaf, o presidente da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), Paulo Safady Simão, o presidente da Associação Brasileira da Infra-estrutura e Indústrias de Base (ABDIB), Paulo Godoy, e o presidente do Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Luciano Coutinho.

Hélzio Mascarenhas, secretário-executivo da Frente Parlamentar da Infra-estrutura, Marcos Otávio Bezerra Prates, diretor de competitividade da Secretaria do Desenvolvimento Produtivo (SDP) do Ministério de Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), Ibelson F. de Sousa (Abravidro) e Armando de Mello Meziat, secretário-executivo da SDP do MDIC

Luciane Negreiros e Camila Pini (Alpex)

Fale com eles! ConstruBusiness Tel. (11) 3549-4261 www.fiesp.com.br/construbusiness

edição 432

Robert William, Celina Araújo, José Valverde e Orlando Almeida Neto, do Comitê dos Jovens Empreendedores (CJE) da Fiesp

77


Ache fácil

Oportunidades SÃO PAULO Ferro Enamel/Glass System Esmalte cerâmico para impressão pelo processo screen e rolo; variedade de cores. Americana Tel: (19) 2108-9990; Fax: 2108-9954 ferrobrazil@ferro.com www.ferro.com Massfix – Reciclagem de Vidros Reaproveitamento de vidros planos e laminados. São Paulo Tel. (11) 2088-3637, Fax: 6436-0589 contato@massfix.com.br www.massfix.com.br

Acessórios para vidro PARANÁ Aluforte Perfis de alumínio para vidro temperado, box, gradil e esquadrias. Acessórios e ferragens para vidros. Curitiba: (41) 3386-7500 Cascavel: (45) 3321-2550 www.aluforte.com Intercontrol Films Películas arquitetônicas: proteção, estética e segurança. Curitiba Tel. (41) 3369-1882, Fax: 3369-3035 atendimento@intercontrol.com.br www.intercontrol.com.br Safira Componentes para Vidros Acessórios e ferragens para vidros temperados. Araucária Tel: (41) 3642-5050 safira@safirafer.com.br www.safirafer.com.br RIO DE JANEIRO Stam Metalúrgica Stam, a melhor opção em fechaduras para vidro temperado. Nova Friburgo Tel. (22) 2525-1000, Fax: 2525-1020 info@stam.com.br www.stam.com.br SÃO PAULO Abrasipa Produtos para polimento de vidros e recuperação de ferramentas diamantadas. São Paulo Tel. (11) 3933-2999, Fax: 3932-1720 abrasipa@abrasipa.com.br www.abrasipa.com.br

78 o

vidroplano

Al Puxadores e Ferragens Ferragens com tecnologia, qualidade e facilidade na instalação. São Bernardo do Campo Tel. (11) 4101-6800, Fax: 4354-8145 vendas@alpuxadores.com.br www.alpuxadores.com.br Alpex Alumínio Perfis de alumínio para vidro temperado, Kit Box 6 e 8 mm, Kit Engenharia 8 e 10 mm. São Paulo Tel. (11) 2215-8844, Fax: 2215-8844 aluminio@alpex.com.br www.alpex.com.br Arbax Rebolos para polimentos em vidro, Óxido de cério e lixas. São Paulo Tel: (11) 2965-9110; Fax: 2965-4663 arbax@arbax.com.br www.arbax.com.br Belga Metal Ferragens com preço, qualidade e prazo de entrega confiáveis. São Paulo Tel. (11) 4392-2944, Fax: 4392-3955 belga@belgametal.com.br www.belgametal.com.br Casa Castro – Ferreira Names Mais de 1000 itens em acessórios, máquinas, ferragens, etc. São Paulo Tel. (11) 3228-7444, Fax: 0800-117444 vendas@casacastro.com.br www.casacastro.com.br Dorma Molas, barras antipânico, puxadores, ferragens, portas automáticas. Barueri Tel. (11) 4689-9218, Fax: 4689-9260 vendas@dorma.com.br www.dorma.com.br Glasspeças Ferragens e acessórios para vidros temperados. São Paulo Tel. (11) 5677-1334, Fax: 5677-6486 vendas@glasspecas.com.br www.glasspecas.com.br Good Goods COLA UV para vidros, lâmpadas, ventosas e acessórios em geral. São Paulo Tel. (11) 5181-0800, Fax: 5181-0800 goodgoods@goodgoods.com.br www.goodgoods.com.br Gusmão Representações Acessórios para vidro duplo, rebolos, ventosas, linha de segurança. São Paulo Te. (11) 3998-2020; Fax: 3998-2028 gusmao@gusmao.com.br www.gusmao.com.br Megamax Alumínios, ferragens e acessórios

Para vidros temperados. São Paulo Tel. (11) 2507-8395; Fax: 2507-8395 mega.max@terra.com.br www.megamaxacessorios.com.br Tec-Vidro Kit Box Tec-Vidro. Referência de qualidade. São Paulo Tel. (11) 5682-2366, Fax: 5682-2360 www.tecvidro.com.br tecvidro@tecvidro.com.br Torres – Galpão do Vidraceiro Tudo em um único lugar; acessórios para vidros, perfis, kit Box. São Paulo Tel. (11) 2296-9000, Fax: 2295-8973 torressistemas@torressistemas.com.br www.torressistemas.com.br

Distribuidores e processadores de vidro BAHIA Glassmaxi Vidros temperados, jumbo, laminados, planos, impressos, espelhos e especiais. Salvador Tel. (71) 3444-3566, Fax: 0800-284-1288 comercial@glassmaxi.com.br www.glassmaxi.com.br Maxitempera Vidros temperados, laminados, de segurança, e para Box. Tel: (75) 3226-1101, Fax: 3226-1066 comercial@maxitempera.com.br www.maxitempera.com.br DISTRITO FEDERAL Vitral Vidros Planos Vidros laminados, temperados, distribuição de vidros planos, impressos e espelhos. Brasília Tel. (61) 3403-6100, Fax: 3403-6110 matriz@vitral.com.br www.vitral.com.br Vitral Vidros Planos Vidros laminados, temperados, distribuição de vidros planos, impressos e espelhos. Brasília Tel. (61) 3403-6200, Fax: 3403-6210 filial-tr3@vitral.com.br www.vitral.com.br GOIÁS Govidros Vidros temperados, curvos, laminados e acabamentos: bisotê – 3G – OG. Goiânia Tel. (62) 3558-5066, Fax: 3558-5066-R.226 govidros@govidros.brte.com.br www.govidros.com.br

dezembro 2008


Ache fácil

Milano Tempervidros Temperados, laminados, insulados, pintados, decoração, modulados. Aparecida de Goiânia Tel. (62) 4008-7226, Fax: 3283-7167 comercial@tempervidros.com.br www.tempervidros.com.br

Lamina Temper Uma empresa do Grupo Bend Glass. Temperados: diversas cores e espessuras. Contagem Tel. (31) 3362-8787, Fax: 3362-8787 lamina@laminatemper.com.br www.laminatemper.com.br

New Temper Vidro temperado, laminado, serigrafado, box, ferragens, alumínio, molas. Rio de Janeiro Tel. (21) 3448-8507; Fax: 3448-8508 Tel. (22) 2765-9655 www.newtemper.com.br

V.P.M. Vidros Planos Franqueados da Blindex. Vidros Curvos temperados, laminados, espelhos e chaparia Goiânia Tel. (62) 3297-3500, Fax: 3297-3513 vpm@vpm.com.br www.vpm.com.br

Pestana Vidros Vidros Temperados Blindex Belo Horizonte Tel (31) 3389-1750 Fax 3389-1770 pestana@pestanavidros.com.br

Vidraço Comercial Cristal, vidros, espelhos, vidro de segurança laminado, refletivos. Rio de Janeiro Tel. (21) 2201-6398, Fax: 2261-6154 sac@vidracocomercial.com.br www.vidracocomercial.com.br

Vitral Vidros Planos Vidros laminados, temperados, distribuição de vidros planos, impressos e espelhos. Goiânia Tel. (62) 3240-2400, Fax: 3240-2444 filial-go@vitral.com.br www.vitral.com.br MATO GROSSO DO SUL

Vitral Vidros Planos Vidros laminados, temperados, distribuição de vidros planos, impressos e espelhos. Uberlândia Tel. (34) 3233-8900, Fax: 3233-8901 filial-udia@vitral.com.br www.vitral.com.br PARANÁ

Douraglass Vidro temperado de 4 a 19mm, Box, espelhos, tampos. Dourados Tel. (67) 3424-0099; Fax: 3424-0099 douraglass@hotmail.com

Cristal Sete Vidros Temperados com selo Inmetro, tampos, espelhos, bisotes e ferragens. Apucarana Tel. (43) 3420-7100, Fax: 3420-7101 cristalsete@cristalsete.com.br www.cristalsete.com.br

LM Vidros Ltda Vidros temperados, laminados, refletivos e duplos Campo Grande Tel. (67) 3303-2433, Fax: 3303-2434 lmvidros@lmvidros.com.br www.lmvidros.com.br

Interbox Vidros temperados, serigrafados, e laminados com PVB. Araucária Tel. (41) 2108-1000, Fax: 0800-7070-057 comercial@interbox.com.br www.interbox.com.br

MINAS GERAIS

Linde Vidros Temperado de 3 à 19 mm, serigrafado, bisotado, lapidado, laminado e espelho. Rio Negro Tel. (47) 3641-4444, Fax: 3641-4400 linde@lindevidros.com.br www.lindevidros.com.br

Bend Glass Vidros acústicos, multilaminados, coloridos, temperados e espelhos. Contagem Tel. (31) 3361-5599, Fax: 3361-5599 bendglass@bendglass.com.br www.bendglass.com.br Cristaltemper Vidros Float, impresso, temperado, laminado, bisotado, espelho, ferragens e acessórios. Muriaé Tel. (32) 3729-8000, Fax: 3729-1000 cristaltemper@cristaltemper.com.br www.cristaltemper.com.br Divinal Vidros Vidros temperados, laminados, serigrafados, Refletivos, espelhos, tampos de mesa. Belo Horizonte Tel. (31) 2103-9633, Fax: 2103-9633 divinalbh@divinalvidros.com.br www.divinalvidros.com.br Itaipu Vidros Distribuidora de vidros, cristais e temperados. Belo Horizonte Tel. (31) 3385-7272, Fax: 3385-7272 itaipuvidros@terra.com.br www.itaipuvidros.com.br

edição 432

Temperlândia Vidros temperados, curvos, serigrafados, Bisotados e lapidados. Rolândia Tel. (43) 2101-6100, Fax: 0800-707-8373 temperlandia@temperlandia.com.br www.temperlandia.com.br Vidrolar Comercial de Vidros Vidros curvos, temperados e laminados, lapidados e bisotados. Curitiba Tel. (41) 3014-2200, Fax: 3014-2242 vidrolar@vidrolar.com.br www.vidrolar.com RIO DE JANEIRO Glass Rio Vidros laminados, box para pronta entrega, ferragens e acessórios em geral. Rio de Janeiro Tel: (21) 3416-4800; Fax: 3416-3099 glassrio@hotmail.com

Vidros Belém Vidros: laminados múltiplas camadas, curvos e termoacústicos. Rio de Janeiro Tel. (21) 2589-0430, Fax: 2589-8167 sac@vidrosbelem.com.br www.vidrosbelem.com.br SANTA CATARINA Linde Vidros Temperado de 3 à 19 mm, serigrafado, bisotado, lapidado, laminado e espelho. Mafra Tel. (47) 3641-4444, Fax: 3641-4400 linde@lindevidros.com.br www.lindevidros.com.br SÃO PAULO Americanbox Vidros temperados planos / modelados e impressos, serigrafados e espelhos. São Paulo Tel. (11) 4393-6500, Fax: 4393-6547/6505 americanbox@americanbox.com.br www.americanbox.com.br Contempera Beneficiamos vidros para o seu conforto e segurança. São Paulo Tel. (11) 2827-7255, Fax: 2827-7268 contempera@uol.com.br www.contempera.com.br Coveb Vidros Vidros: Comuns, temperados e laminados. São Paulo Tel. (11) 2958-2250; Fax: 2958-2250 coveb@uol.com.br Cyberglass Vidros Laminado, Temperado, Curvo, Serigrafado, Impresso e Espelhos. São Paulo Tel. (11) 2914-7211, Fax: 2914-1488 cyberglass@uol.com.br www.cyberglass.com.br Diamante Vidros Vidros duplos para refrigeração, linha branca, moveleira e engenharia. São Caetano do Sul Tel. (11) 4224-3666, Fax: 4229-6040 diamante@diamantevidros.com.br www.diamantevidros.com.br

79


Ache fácil

Divinal Vidros Vidros temperados, laminados, serigrafados, Refletivos, espelhos, tampos de mesa. São Paulo Tel. (11) 2827-2100, Fax: 3037-2966 jaguaré@divinalvidros.com.br www.divinalvidros.com.br

São Mateus Vidros Temperado, laminado, espelho, tampo de mesa, chapas e corte. São Paulo Tel. (11) 2010-7515, Fax: 2010-7515 smvidros@saomateusvidros.com.br www.saomateusvidros.com.br

Garante Indústria de Vidros Comuns, têmpera, serigrafia, laminado jato de areia, colagens, acessórios. Santo André Tel. (11) 4451-5077, Fax: 4451-5102 garante@garantevidros.com.br www.garantevidros.com.br

Speed Temper Vidros temperados de 4 a 19 mm, box, laminados, tampos e espelhos. São Roque Tel. (11) 4716-9110, Fax: 4716-2011 vendas@speedtemper.com.br www.speedtemper.com.br

Glassec Vidros Laminado, insulado, serigrafadocolorido-refletivo-Lowe São Paulo Tel. (11) 3952-1399, Fax: 3952-1390 glassec@glassecvidros.com.br www.glassec.com

Tempersul Temperados em geral, Box para banheiro, kits e ferragens. Dracena Tel. (18) 3821-8220 Fax. 3821-8222 tempersul@vidrosuldracena.com.br

Interbox Vidros temperados, serigrafados, e laminados com PVB. São Paulo Tel. (11) 2108-1000, Fax: 0800-7070-057 interbox-sp@interbox.com.br www.interbox.com.br M Simões Vidros temperados, laminados, blindados, alto impacto, antiinvasão e decorados. São Paulo Tel. (11) 3389-0999, Fax: 3208-0691 msimoes@msimoes.com.br www.msimoes.com.br Mansur Vidros Laminados, temperados, especiais, projetos, instalações e envidraçamento de sacadas. São Paulo Tel. (11) 2955-6644, Fax: 2955-6730 vendas@mansurvidros.com.br www.mansurvidros.com.br Menedin / Qualidrex Laminados, temperados, curvos, serigrafados, blindados, insulados. Guarulhos Tel.(11) 2611-1100, Fax: 2611-1126 vendas@menedin.com.br www.menedin.com.br Nazario Vidros Temperados na dimensão de até 2400 x 4200, laminados, tampos de mesa. Praia Grande Tel. (13) 3596-9110, Fax: 3481-1133 nazario@nazariovidros.com.br www.nazariovidros.com.br Penha Vidros Curvo, laminado, anti-reflexo, Corta-fogo, extra clear, spider glass. São Paulo Tel. (11) 3333-3713, Fax: 3333-3713 contato@penhavidros.com.br www.penhavidros.com.br

80 o

vidroplano

Terra de Santa Cruz Vidros Vidros temperados, laminados, curvos, Blindados, Box, Guarda-Corpo. São Paulo Tel. (11) 2291-4611, Fax: 2693-6331 www.terradesantacruzvidros.com.br terrastacruz@terra.com.br TVT Vidros Temperados Vidro temperado certificado Inmetro, Construção Civil, moveleiro, linha branca. Várzea Paulista Tel: (11) 4606-8330; Fax: 4606-8333 tvt@tudoemvidro.com.br www.tudoemvidro.com.br Valéria Vidros Vidros para indústria moveleira: espelhos, tampos de mesa, temperados, serigrafados. Louveira Tel. (19) 3878-9191, Fax: 3878-9194/95 contato@valeriavidros.com.br www.valeriavidros.com.br Vidroline Vidros temperados, laminados, serigrafados, insulados, refletivos. Taubaté Tel: (12) 2123-8888; Fax: 2123-8884/8823 vidroline@vidroline.com.br www.vidroline.com.br Vidrosul Dracena Distribuição de chaparia, vidros Fantasia Float e espelhos. Dracena Tel. (18) 3821-8220 Fax. 3821-8222 vidrosul@vidrosuldracena.com.br

Tel. (41) 3306-8800, Fax: 3306-8801 ceflabrasil@cfdb.com.br www.cefla.it Maclinea Linha para pintura a rolo ou cortina com sistema de secagem em vidros planos Curitiba Tel. (41) 3316-3938, Fax: 3316-3945 maclinea@maclinea.com.br www.maclinea.com.br SANTA CATARINA Incovisa Máquinas Forno têmpera horizontal e máquinas para Vidros. Palhoça Tel. (48) 3202-9900, Fax: 3202-9919 comercial@incovisa.com.br www.incovisa.com.br Vipel Vidros temperados planos e curvos, laminados Duplos, serigrafados e decorativos. Tubarão Tel. (48) 3631-0100; Fax: 3631-0111 vipel@vipel.ind.br www.vipel.ind.br SÃO PAULO Bystronic Glass Soluções completas para corte, linhas de insulado e laminado. Indaiatuba Tel. (19) 3935-3533/3534, Fax: 3935-3532 vendas@bystronic-glass.com.br www.bystronic-glass.com.br Brglass Máquinas e ferramentas para beneficiamento de vidros São Paulo Tel. (11) 2993-9709, Fax: 2993-8651 brglass@uol.com.br Glaston Corporation Equipamentos Tamglass e Z. Bavelloni Diadema Tel. (11) 4061-6511, Fax: 4061-6516 brasil@glaston.net www.glaston.net Glastronic Rolos Cerâmicos, ferramentas de corte, embalagem de vidro. Barueri Tel. (11) 4192-4566 Fax: 4192-4574 e.saler@terra.com.br

PARANÁ

Gusmão Representações Acessórios para vidro duplo, rebolos, ventosas, linha de segurança. São Paulo Te. (11) 3998-2020; Fax: 3998-2028 gusmao@gusmao.com.br www.gusmao.com.br

Cefla Finishing Máquinas de aplicação e secagem de esmaltes cerâmicos para vidro. Fazenda do Rio Grande

Jateamento Brasibras Máquinas de jatear vidro. Peças e acessórios para jatear vidros. São Paulo

Máquinas e equipamentos

dezembro 2008


Ache fácil

Tel. (11) 2914-0249, Fax: 2914-1840 sac@brasibras.com.br www.brasibras.com.br Lisec do Brasil Máquinas para corte, vidro duplo e linhas de laminação com PVB. Vinhedo Tel. (19) 3876-2520, Cel. 9740-7079 emilio.giamboni@lisec.com www.lisec.com VipDoor/Solution Portas automáticas: deslizantes, pivotantes, telescópicas, curvas, herméticas e antipânico. São Paulo Tel. (11) 2673-6633, Fax: 2673-0149 contato@vipdoor.net www.vipdoor.com.br ou www.vipdoor.net Serviços PARANÁ SystemGlass Revolução de Software Gerencial para vidraçarias e têmperas. Curitiba Tel. (41) 3346-4000; Fax: 3346-4000 comercial@systemglass.com.br www.systemglass.com.br

SÃO PAULO Corp System O melhor e mais completo software para indústria de vidro. São José dos Campos Tel: (12) 3941-3753, Fax: 3941-1780 comercial@corpsystem.com.br www.corpsystem.com.br Corte Certo Software para otimização de corte de chapas, controla estoque de chapas e retalhos, etc. São Paulo Tel. (11) 3673-1119, Fax: 3803-9091 cortecerto@cortecerto.com www.cortecerto.com Pacaembu Têmpera de Vidros Vidros temperados, bisotados e serigrafados. São Caetano do Sul Tel. (11) 4221-1999, Fax: 4229-5478 pacaembutempera@terra.com.br www.pacaembuvidros.com.br Vidraçarias

Distribuidor Blindex no estado do Acre. Rio Branco Tel. (68) 3224-5599 Fax. 3224-5599 vidro_norte@yahoo.com.br PARANÁ Engevidros Engenharia de fachadas, coberturas e Pisos de vidros, guarda-corpos. Curitiba Tel. (41) 3332-5335, Fax: 3332-6878 engevidros@engevidros.com.br www.engevidros.com.br PIAUÍ Maratá Vidros Vidros laminados, Box para banheiro, tampos de mesa, temperados para engenharia. Teresina Fone: (86) 3218-1889, Fax: (86) 3218-6160 maratavidros@globo.com www.maratavidros.com.br

ACRE Vidronorte Vidros comuns, laminados, temperados,

Associados Abravidro ALBAT + WIRSAM (11) 3661-5276

DOURAGLASS (67) 3424-0099

MANSUR VIDROS (11) 2955-6644

SEGMEQ (85) 3276-5095

VIDROBENS (17) 3234-6300

AMERICANBOX (11) 4393-6500

DUPONT DO BRASIL (11) 0800-17-17-15

MAXITEMPERA (75) 3226-1101

SOLUTIA BRASIL (11) 3146-1800

VIDROFORT (86) 3220-6444

MENEDIN (11) 2611-1100

SPACE GLASS (11) 4223-4151

VIDROFORTE (54) 3224-8800

MIRANDEX (69) 3422-1404

SPEED TEMPER (11) 4716-9110

VIDROLAR COMERCIAL (41) 3014-2200

MURIAÉ (32) 3729-8000

TEMPERLÂNDIA (43) 2101-6100

VIDROLINE VIDROS (12) 2123-8888

NATURA VIDROS (15) 3273-1648

TEMPERLINE (45) 3037-2700

VIDROMINAS (35) 3292-2440

TEMPERMAX (15) 3238-5100

VIMINAS (27) 3398-1500

TEMPERMED (45) 3264-3610

VIPDOOR/SOLUTION (11) 2673-6633

TEMPERSUL (18) 3821-8220

VIPEL (48) 3631-0100

TEMPERVIDROS (62) 4008-7226

VIPRADO (54) 3293-1524

TERRA DE SANTA CRUZ (11) 2291-4611

VITOR CARLOS TRÊS & CIA. (54) 3449-1499

TVT VIDROS (11) 4606-8330

VITRAL VIDROS PLANOS (61) 3403-6100

ARTEMPER (16) 3663-6255 BEND GLASS (31) 3361-5599 BESCHIZZA (DVB) (16) 4009-1500 BYSTRONIC GLASS (19) 3935-3533 CASAS BANDEIRANTES (87) 3831-1520 CHEMETALL DO BRASIL (11) 4066-8801 C.N.V. TÊMPERA (11) 3382-0888 CONTEMPERA (11) 2827-7255

ENGEVIDROS (41) 3332-5335 ESTRELA VIDROS (27) 2124-7500 GARANTE (11) 4451-5077 GLASSEC (11) 3952-1399 GLASSMAXI (71) 3444-3566 GOVIDROS (62) 3558-5066 ILHA DOS CRISTAIS (11)3508-4888 INCOVISE (11) 6446-3856

NAZÁRIO (13) 3596-9110 NEW TEMPER (21) 3448-8500 NORVIDRO (81) 3376-4424 NOVO TEMPO VIDROS (16) 3969-9898

CRISTAL SETE VIDROS (43) 3420-7100

INTERBOX (41) 2108-1000

PALÁCIO DOS CRISTAIS (11) 2452-6330

CYBERGLASS (11) 2914-7211

ITAIPU VIDROS (31) 3385-7272

PENHA VIDROS (11) 3333-3713

DIAMANTE (11) 4224-3666

IV CENTENÁRIO (11) 2093-5833

PESTANA VIDROS (31) 3389-1750

DIVINAL 11) 2827-2100

LM VIDROS (67) 3303-2433

ROHDEN VIDROS (47) 3562-0706

DORMA (11) 4689-9200

M. SIMÕES (11) 3389-0999

SCHOTT BRASIL (11) 4591-0239

edição 432

VALÉRIA VIDROS (19) 3878-9191 VIDRAÇARIA LINDE (47) 3641-4444 VIDRAÇARIA MARINHO (85) 3535-5500

VITRUM (21) 3475-1500 V.P.M. VIDROS PLANOS (62) 3297-3500 VTC TECNOLOGIA (11) 4496-1919

81


ovidroplano_432_dezembro08