a product message image
{' '} {' '}
Limited time offer
SAVE % on your upgrade

Page 1

Edição #28 | Distribuição gratuita

UMA DAMA

ENTRE NÓS Chieko Aoki, presidente da rede de hotéis Blue Tree, mostra o seu grande legado na arte da hospitalidade

CONSUMO FIEL Como funcionam os programas de recompensa

PÁTRIA MINHA Lisboa: charme, origens e diversão na medida certa

COMPORTAMENTO Trabalhar é preciso, viver também GASTRONOMIA O melhor da comida portuguesa em São Paulo


São João da Bahia. É festa no interior e show de bola na capital.

O São João da Bahia é a maior festa regional do Brasil. Tem forró no interior e arrasta-pé na capital. Comida típica, sanfoneiro do bom e foguetório pra iluminar cada gol da Seleção. A vibração neste ano é em dobro, até porque a gente quer comemorar junto com você.

Chapada Diamantina

Fotos: Michel Rey - Jotafreitas/Bahiatursa.


Pelourinho - Salvador

disque bahia turismo (71) 3103.3103 bahia.com.br @turismobahia


EUROPA COM A CV

A CVC cuida de cada detalhe e ainda oferece guias falando português

A CVC tem mais de 100 opções à sua escolha com ro

7 dias – saídas o ano tod

10X

239,

REAIS

SEM JUROS À vista R$ 2.390. Base US$ 978. Pacote parte terrestre. Inclui transporte aeroporto/ hotel/aeroporto, percurso em ônibus moderno e climatizado, acompanhamento de guia, 6 diárias de hospedagem sendo 3 em Paris e 3 em Londres com café da manhã e passeios. Preço para saída 11/dezembro. Roteiro Série Conquistas.

10X

236,

REAIS

SEM JUROS À vista R$ 2.360. Base US$ 968. Pacote parte terrestre. Inclui transporte aeroporto/ hotel/aeroporto, percurso em ônibus moderno e climatizado, acompanhamento de guia, 6 diárias de hospedagem sendo 3 em Roma, 1 em Florença, 1 em Veneza e 1 em Milão com café da manhã e passeios. Preço para saída 11/dezembro. Roteiro Série Conquistas.

A PARTIR DE

Madri e Paris

7 dias – saídas o ano todo A PARTIR DE

Itália

7 dias – saídas o ano todo A PARTIR DE

Paris e Londres

10X

212,

SEM JUROS À vista R$ 2.120. Base US$ 86 Pacote parte terrestre. Inclui hotel/aeroporto, percurso em climatizado, acompanhament hospedagem sendo 2 em Mad Paris com café da manhã, 1 ja saída 15/dezembro. Roteiro S

7 dias – saídas o ano tod

10X

273,

REAIS

SEM JUROS À vista R$ 2.730. Base US$ 1.118. Pacote parte terrestre. Inclui transporte aeroporto/ hotel/aeroporto, percurso em ônibus moderno e climatizado, acompanhamento de guia, 7 diárias de hospedagem sendo 3 em Londres, 1 em Bruges, 2 em Amsterdã e 1 em Frankfurt com café da manhã, 1 jantar e passeios. Preço para saída 14/dezembro.Roteiro Série Conquistas.

10X

265,

REAIS

SEM JUROS À vista R$ 2.650. Base US$ 1.088. Pacote parte terrestre. Inclui transporte aeroporto/ hotel/aeroporto, percurso em ônibus moderno e climatizado, acompanhamento de guia, 7 diárias de hospedagem sendo 3 em Londres, 1 em Bruges, 2 em Amsterdã e 1 em Frankfurt com café da manhã, 1 jantar e passeios. Preço para saída 9/novembro. Roteiro Série Conquistas.

A PARTIR DE

Lisboa e Madri

8 dias – saídas o ano todo A PARTIR DE

Paris e Países Baixos

8 dias – saídas o ano todo A PARTIR DE

Londres e Países Baixos

10X

207,

SEM JUROS À vista R$ 2.070. Base US$ 84 Pacote parte terrestre. Inclui hotel/aeroporto, percurso em climatizado, acompanhament hospedagem sendo 3 em Lisb da manhã e passeios. Preço p Roteiro Série Conquistas.

Vá até a CVC mais próxima, fale com seu agente de viagens ou acesse www.cvc.com.br PARAÍSO ..................................................................2146-7011 ABC ATRIUM SHOPPING......................................3135-4555 BOULEVARD CASA VERDE................................. 3586-4858 BRAZ LEME............................................................3586-7888 CONSOLAÇÃO ....................................................... 2103-1222 EMBU PLAZA SHOPPING ....................................4704-3536 EXTRA MOOCA ...................................................... 2062-3711 EXTRA SEZEFREDO .............................................3683-3479

GOLDEN SQUARE SHOPPING .............................3135-4111 GRAND PLAZA SHOPPING .................................4979-5006 HEITOR PENTEADO.............................................. 2361-5852 HIPER CARREFOUR ARICANDUVA ....................2269-5380 HIPER CARREFOUR LIMÃO................................ 3858-6405 HIPER CARREFOUR TABOÃO - PAULICEIA ........4178-4377 HIPER CARREFOUR VERGUEIRO ....................... 4121-9877 HIPER D´AVÓ TABOÃO..........................................4138-9393

HIPER EXTRA GAMELINHA ITAQUERA.............2746HIPER EXTRA GUAIANASES.............................. 2553HIPER EXTRA TIETÊ .............................................. 2289 HIPER EXTRA TIQUATIRA....................................2684MAUÁ PLAZA SHOPPING .................................... 4519MOGI DAS CRUZES - CENTRO ............................4798MOOCA PLAZA SHOPPING .................................3548OSASCO PLAZA SHOPPING................................3652-

Prezado cliente: os preços são por pessoa em apartamento duplo com saídas de São Paulo. Preços, datas de saída e condições de pagamento sujeitos a reajuste e dispo Taxas de embarque cobradas pelos aeroportos não estão incluídas nos preços e deverão ser pagas por todos os passageiros. Ofertas válidas até um dia após a publicação


VC

oteiros de 7 a 29 dias para toda a Europa. Consulte.

68. i transporte aeroporto/ m ônibus moderno e to de guia, 6 diárias de dri, 1 em Bordeaux e 3 em antar e passeios. Preço para Série Conquistas.

Portugal

8 dias – saídas o ano todo

9 dias – saídas o ano todo

10X

214,

REAIS

SEM JUROS À vista R$ 2.140. Base US$ 878. Pacote parte terrestre. Inclui transporte aeroporto/ hotel/aeroporto, percurso em ônibus moderno e climatizado, acompanhamento de guia no destino, 7 diárias de hospedagem sendo 3 em Praga, 2 em Budapeste e 2 em Viena com café da manhã e passeios. Preço para saída 26/agosto. Roteiro Série Conquistas.

A PARTIR DE

, REAIS

Leste Europeu A PARTIR DE

do

10X

258,

REAIS

SEM JUROS À vista R$ 2.580. Base US$ 1.058. Pacote parte terrestre. Inclui transporte aeroporto/ hotel/aeroporto, percurso em ônibus moderno e climatizado, acompanhamento de guia no destino, 8 diárias de hospedagem sendo 3 em Lisboa, 1 em Évora, 1 em Coimbra, 2 em Porto e 1 em Lisboa com café da manhã e passeios. Preço para saída 14/novembro. Roteiro Maravilhas de Portugal Série Conquistas.

Encantos da Europa

11 dias – saídas o ano todo

11 dias – saídas o ano todo

, REAIS

48. i transporte aeroporto/ m ônibus moderno e to de guia, 6 diárias de boa e 3 em Madri com café para saída 12/dezembro.

10X

424,

REAIS

SEM JUROS À vista R$ 4.240. Base US$ 1.738. Pacote parte terrestre. Inclui transporte aeroporto/ hotel/aeroporto, percurso em ônibus moderno e climatizado, acompanhamento de guia no destino, 10 diárias de hospedagem sendo 2 em Dubrovnik, 1 em Split, 1 em Zadar, 1 em Zagreb, 1 em Veneza, 1 em Florença e 3 em Roma com café da manhã e passeios.Preço para saída 28/agosto. Roteiro Série Conquistas.

A PARTIR DE

Croácia e Itália A PARTIR DE

i

do

10X

375,

r

-9100 -6385 9 1101 -5325 -4700 -2220 -4810 -3600

PARK SHOPPING SÃO CAETANO ...................... 4233-8400 POLI SHOPPING CENTER GUARULHOS ...........2475-0321 RIBEIRÃO PIRES ...................................................4828-1868 SANTO ANDRÉ (CENTRO) ................................... 2191-8700 SHOPPING ANÁLIA FRANCO..............................2108-5300 SHOPPING CAMPO LIMPO ..................................5513-8484 SHOPPING CENTER PENHA ...............................2135-0700 SHOPPING D ..........................................................3313-8340

REAIS

SEM JUROS À vista R$ 3.750. Base US$ 1.538. Pacote parte terrestre. Inclui transporte aeroporto/ hotel/aeroporto, percurso em ônibus moderno e climatizado, acompanhamento de guia no destino, 10 diárias de hospedagem sendo 3 em Paris, 3 em Londres, 1 em Bruges, 2 em Amsterdã e 1 em Frankfurt com café da manhã e passeios. Preço para saída 11/dezembro. Roteiro Série Conquistas.

SHOPPING DIADEMA ...........................................4057-8600 SHOPPING ITAPECERICA ....................................2344-4700 SHOPPING ITAPEVI .............................................. 4143-7979 SHOPPING MOGI DAS CRUZES .......................... 4799-2166 SHOPPING MORUMBI .........................................2146-7200 SHOPPING VILA OLÍMPIA....................................3045-8677 SONDA SBC.............................................................4941-2546 SUZANO..................................................................4748-6693

onibilidade. Condições de pagamento com parcelamento 0+10 vezes sem juros no cartão de crédito e 1+9 no boleto bancário. o deste anúncio. Câmbio 25/3/2014 base US$ 1,00 = R$ 2,44.


carta ao leitor Edição #28 | Distribuição gratuita

UMA DAMA

ENTRE NÓS

A ARTE DE

RECEBER

©2014 Viagens S/A - Foto da capa: Érico Hiller

Chieko Aoki, presidente da rede de hotéis Blue Tree, mostra o seu grande legado na arte da hospitalidade

CONSUMO FIEL Como funcionam os programas de recompensa

PÁTRIA MINHA Lisboa: charme, origens e diversão na medida certa

COMPORTAMENTO Trabalhar é preciso, viver também GASTRONOMIA O MELHOR DA COMIDA PORTUGUESA EM SÃO PAULO

VALE_2_ViagensSA_#028.indd 1

25/04/14 08:52

O

Publisher Andrea Magalhães

oportuno do que se inspirar nas grandes lições de hospitalidade, a essên-

Editora Executiva Simone Galib

país está prestes a receber milhares de estrangeiros para a Copa do Mundo. Não bastam apenas o jeitinho e a cordialidade dos brasilei-

ros: todos os nossos serviços serão colocados à prova. Portanto, nada mais cia da hotelaria, dadas por Chieko Aoki, presidente da rede Blue Tree, e considerada referência nesse quesito. Em entrevista à editora executiva Simone Galib, ela fala um pouco sobre toda a sua experiência, que vem colocando em prática ao longo dos últimos 30 anos. Nossa capa mostra que ela merece, sim, o título de “a dama da hotelaria”, como é conhecida no setor. Belo exemplo a ser seguido! E já que estamos em temporada de consumo e movimento, escalamos o jornalista Fabio Steinberg para investigar como funcionam os programas de fidelidade, que envolvem créditos, pontos, milhas, descontos e brindes, e que são cada vez mais utilizados pelo mercado para alavancar vendas e conquis-

Diretora Executiva Adriana Pompeu

Direção de Arte Marcelo Max Colaboradores Carlos Barbosa, Érico Hiller, Fabio Steinberg, Geninho Goes, José Avillez, Juliana Pessoa, Mário Potomati, Mylene Keiko e Toni Sando Administrativo / Financeiro Adriana Magalhães Contato e Publicidade www.viagenssa.com contato@viagenssa.com Tel.: +55 11 2355.2606 / +55 11 98633.1111

tar clientes. O resultado é uma reportagem didática, que aponta vantagens e desvantagens, explicando todas as regras do jogo. Na hora de fazer as malas, nada melhor do que voltar às origens e se divertir muito. O ponto de partida é Lisboa, a charmosa capital que fala a

Impressão e acabamento

Tiragem 20.000 exemplares

nossa língua, tem história, ótima comida e fervilhante vida noturna. Só que Portugal, um país de distâncias curtas, oferece muito mais. Se não puder viajar agora, a seção de gastronomia traz o melhor da culinária portuguesa em São Paulo. Não dá para perder.

Distribuição gratuita nos ônibus Airport Bus Service, ações em aeroportos, feiras e eventos (definidos por edição), mailing direcionado, hotéis, bares e restaurantes. A revista Viagens S/A respeita a liberdade de expressão. As matérias, reportagens e artigos são de responsabilidade exclusiva de seus signatários.

Boa viagem!

facebook.com/ViagensSABrasil

®

Andrea Magalhães Publisher andrea@viagenssa.com

8

| Edição #28 |


sumário

12. mercado Moeda de troca

18. Bolsa de Viagens Mercado e tendências

12.

22. Capa Uma dama entre nós

30. Conexão Destino, gente e afins

34. Cultura 36. Gastronomia Comer, beber e trabalhar

38. Chef S/A 40. Espaço Férias

22.

No aconchego de Lisboa

50. comportamento Muito além do trabalho

54. pensata Sorte ou azar

56. curtas

38.

58. bastidores 62. Tecnologia 64. Calendário Feiras e eventos

66. Impressões

40.

No balanço do mar de Aruba


A Europa e América Latina nunca estiveram tão perto Europa: Paris · Lisboa · Milão · Roma · Bruxelas · Amsterdam · Londres · Frankfurt · Munique* Espanha: Madri · Barcelona · Vigo · Bilbao · Ibiza · Valencia · Málaga · La Coruña · Palma de Mallorca *Embarque para Munique a partir de 05 de maio.

A partir de 16 de abril uniremos Salvador a Santiago do Chile num voo sem conexões.

www.aireuropa.com Voos diretos para Madri e demais conexões na Europa partindo de Salvador e São Paulo. Consulte seu agente de viagens para saídas de outras cidades. Para maiores informações: (71) 3347-8899 | (11) 3876-5607


mercado

MOEDA DE TROCA • por Fabio Steinberg

Shutterstock

Créditos, pontos, milhas, descontos, brindes. Saiba como funcionam os programas de fidelidade, cada vez mais usados para atrair consumidores e alavancar vendas. Em 2012, somente nos Estados Unidos, 811 milhões de participantes vieram do segmento de viagens

12

| Edição #28 |


A

imagem de um menino montado em um burro que mantém à frente da cabeça

do animal uma vara de pescar com uma cenoura na ponta é muito conhecida. Agora transponha esse modelo para o universo do consumo. O menino é o comerciante. O burro,

to aos combustíveis, das atrações

desculpe a analogia, é o consumi-

ao aluguel de veículos, não há se-

dor. E a cenoura atende por nomes

tor que deixe de usar e abusar da

como programa de recompensa,

ferramenta para melhorar o seu

lealdade, vantagem, fidelidade, be-

desempenho financeiro. A rigor,

nefício, milhagem ou nomenclatura

apenas as empresas de cartões de

similar. Ele dá pontos, créditos, mi-

crédito não possuem programas de

lhas, descontos, brindes, enfim todo

recompensa, mas no lugar ofere-

tipo de mimo que visa conquistar o

cem seguros, benefícios e assistên-

coração e a fidelidade do cliente. Eis

cias. “Normalmente, os programas

aí, de forma sintética, como funcio-

de fidelidade são desenvolvidos

na o mecanismo mais usado em to-

pelos bancos emissores e não pelas

das as frentes comerciais possíveis

bandeiras”, esclarece Sabrina Scia-

para alavancar as vendas.

ma, da Visa. Até mesmo as avalia-

Em viagens e turismo, a

ções individuais de acomodações,

situação não é diferente.

restaurantes e atrações feitas pelo

Pelo contrário. Difícil

site TripAdvisor valem pontos na

encontrar um seg-

Multiplus. Se, por um lado, as prin-

mento dessa ca-

cipais cadeias hoteleiras mantêm

deia econômica

seus próprios programas de recom-

que não esta-

pensa, os hotéis independentes -

beleceu algum

70% dos casos, no Brasil - não ficam

tipo de programa

trás. Ao se associar a redes, como a

para incentivar com-

Preferred Hotel Group, eles passam

pras de seus serviços ou

a contar com o benefício para seus

produtos. Dos hotéis às com-

clientes, explica Carina Bendeck,

panhias aéreas, dos restaurantes

diretora regional da empresa para

aos cruzeiros, dos cartões de crédi-

Brasil e Argentina.

| www.viagenssa.com |

13


mercado

BENEFÍCIOS DOS PROGRAMAS Veja, a seguir, como consumidores e empresas podem se beneficiar com os programas de recompensa. O conceito se tornou tão difundido que até a fronteira que separa o que é dinheiro de verdade e virtual está cada vez mais difícil de distinguir. Um exemplo é a parceria da PayPal com o programa Smiles. “Somos o único facilitador de pagamentos que aceita as milhas do Smiles como forma de pagamento dos 9 milhões de sites que usam o PayPal”, explica Fernando Pantaleão, diretor geral da empresa que, no Brasil, já atinge 2,8 milhões de usuários ati-

Consumidor Ganha descontos ou pontos que servem para futuras compras ou prêmios. Obtém privilégios diferenciados em função do seu status no programa. Empresa Acaba indiretamente beneficiada, pois o viajante tem uma experiência pessoal gratificante, mesmo sendo uma viagem de negócios. O tratamento privilegiado dos colaboradores se reflete na imagem da empresa, que sentem satisfação pelo trabalho e apresentam melhor desempenho. Fornecedor Encoraja a lealdade do consumidor. Dados como perfil, hábito e gosto do cliente viabilizam um marketing melhor direcionado. Permite verificar a situação financeira e de crédito do cliente. Cria uma moeda virtual que gera trocas de produtos sem uso de dinheiro.

vos. “Tanto o cliente Smiles, quanto o site que aceita PayPal são beneficiados pela parceria. O site oferece mais uma opção de pagamento,

ciam ao segmento de viagens. Só as

almente indispensável, ainda mais

enquanto o cliente pode utilizar as

companhias aéreas responderam na

em determinada companhia aérea

milhas para realizar os seus desejos

época por 371 milhões de associa-

e com a passagem comprada por

de consumo em uma ampla rede de

dos, seguido pelos hotéis, com 161

aquele cartão específico? Ou qual

fornecedores”, conclui Pantaleão.

milhões. Diante de um movimento

o critério que determinou a escolha

De acordo com o censo feito

dessa ordem, não há fornecedor que

de um hotel - conforto, localização,

pela consultoria Coloquy, em 2012

possa se dar ao luxo de ignorar essa

qualidade dos serviços - ou sim-

dos 2,65 bilhões de participantes de

oportunidade de negócios.

plesmente uma oportunidade para

programas de lealdade nos Estados

Fotos: divulgação

Unidos, 811 milhões (31%) perten-

Fernando Pantaleão, da PayPal

14

| Edição #28 |

VIAGENS DE NEGÓCIOS

o funcionário ganhar alguns pontos a mais no seu programa de lealda-

No entanto, a porca torce o

de? Ou numa viagem de negócios

rabo quando se trata do universo

em que o empregado possa optar

corporativo, e em especial, as via-

pelo meio de pagamento, ele não

gens de negócios. É que convivem

seria incentivado a usar o cartão de

sob um mesmo teto duas lealdades

crédito que oferece benefícios pes-

do consumidor que são por vezes

soais em vez de buscar a modali-

antagônicas: a que ele deve à em-

dade que traz menores custos para

presa para a qual trabalha e que

sua organização?

afinal paga a conta, e ao programa

O fato é que os programas de

que o premia quanto mais utilizar o

recompensa são uma realidade e

produto. Por exemplo, como ter cer-

torna-se praticamente impossível a

teza que uma viagem de um profis-

sua restrição pelos viajantes corpora-

sional de Porto Alegre a Belém é re-

tivos. Por isso, uma visão pragmática


COMO CULTIVAR A FIDELIDADE Há cinco fatores que precisam ser levados em conta na hora de criar um programa de recompensa. da questão parece ser o melhor cami-

1. Os clientes odeiam “surpresas” – as pessoas gostam de ser premiadas por aquilo que conquistaram, mas se preocupam com o que os outros pensam. Assim, prioridade no check-in do hotel em vez de satisfação tornase fonte de antipatia em relação aos demais hóspedes na fila.

nho para as empresas enfrentarem o dilema. “Talvez, o viajante tenda a escolher um fornecedor de acordo com seu programa de recompensas, mas se a empresa possui um programa de viagens bem estruturado e uma política de viagens mandatória, bem redigida e clara sobre as regras para escolha dos fornecedores, poderá checar se ocorreram desvios através de relatórios gerenciais”, comenta Eliane Martins, coordenadora de gestão de viagens da Continental Brasil Ind. Automotiva. Ela lembra

Eliane Martins, da Continental Brasil

também que a ferramenta OBT (online booking tool) também ajuda a empresa no cumprimento das políticas

CONFLITOS DE INTERESSES

ao parametrizar justificativas e flu-

Mas há ainda uma questão ain-

xos de aprovação diferenciados toda

da mais delicada: a quem pertencem

vez que uma regra é descumprida.

de verdade as recompensas obtidas por milhas voadas ou quartos de hotéis ocupados pagos por uma empresa? Não seria legítimo converter essas recompensas em algum tipo de benefício financeiro, como descontos, ou ainda passagens ou hospedagens gratuitas a favor da própria organização? Como as respostas são dificílimas de responder, explica-se a omissão da vasta maioria dos fornecedores consultados para participar desta matéria. Isto não significa que esses conflitos de interesse sejam incontornáveis. O próprio mercado tem encontrado fórmulas eficazes que ajudam a superar as dificuldades. A rigor,

Tricia Neves, da Mapie

elas se dividem em três. A primeira,

2. Eles gostam de ganhar prêmios – por isso são mais leais a programas que oferecem créditos ou viagens do que participar de concursos ou sorteios. 3. Quanto mais pontos, melhor – estudos demonstram que não importa se o cliente ganha algo, pois o que ele valoriza mais são os números de pontos acumulados - quanto mais altos, melhor. 4. O consumidor gosta de se divertir e de prêmios diferenciados - mais que dinheiro, a meta é criar lealdade por meio da criatividade e do envolvimento emocional do cliente com a marca ou produto. 5. Clientes também gostam de ser leais - faz parte do comportamento humano estabelecer uma relação de confiança baseada na fidelidade, algo que tende a se ampliar com a experiência e o tempo.

| www.viagenssa.com |

15


mercado

CARTÃO DE ‘DESLEALDADE’

mais liberal, é quando as empresas entendem que, embora paguem as despesas, as eventuais recompensas dadas pelos fornecedores pertencem individualmente a seus funcionários. A segunda forma de encarar a questão é mais radical: as empresas exigem que os benefícios

Muitos comerciantes são céticos em relação aos programas de recompensa. Para eles, além dos altos custos de manutenção, há um duvidoso retorno sobre os investimentos. Pior: na tentativa de atrair novos clientes, eles acabam subsidiando os usuários assíduos. Foi assim que surgiu o cartão de “deslealdade”. Ele premia justamente clientes infiéis a um fornecedor exclusivo, ou seja, privilegia quem adota um comportamento errático e descomprometido em relação a frequência a empresas ou redes determinadas. Em três cidades norte-americanas, lojas de cafés independentes iniciaram um processo experimental que premia justamente quem visita uma variedade de estabelecimentos. Já pensou se a moda pega?

eventualmente recebidos por seu pessoal sejam integralmente devolvidos a ela própria como, por exemplo, em passagens ou diárias de ho-

mente, os fornecedores tratam os

precisam ser cada vez mais inteli-

tel. Essas situações são mais comuns

benefícios para a empresa e viajante

gentes, interessantes e adequados

nos mercados americano e europeu.

como programas distintos. As van-

ao seu público alvo”, afirma a con-

A terceira maneira, mais conciliado-

tagens para a empresa geralmente

sultora em hotelaria Trícia Neves,

ra, é quando os fornecedores resol-

estão vinculadas a descontos sobre

da Mapie. Fernando Pantaleão, da

vem beneficiar com créditos tanto as

a tarifa, enquanto o viajante usu-

PayPal, complementa: “A tendência

empresas como os viajantes.

frui de serviços como check-in pri-

é optar por programas que tenham

Na prática, os melhores progra-

vativo, embarque expresso, brinde

maior facilidade de uso e de resga-

mas de recompensa são os que en-

de boas-vindas ou entrega de jornal

te dos créditos, transparência nos

contram soluções inteligentes capa-

no apartamento do hotel, upgrade

processos e acesso através dos dis-

zes de equilibrar, ao mesmo tempo,

de classe de voo, uso da sala vip,

positivos móveis”.

os interesses do trio consumidor,

late check-out sem cobrança etc.”,

empresa e fornecedor. “Normal-

explica Eliane Martins. Hoje, até mesmo um marcia-

Foto: divulgação

no de passagem pela Terra corre o risco de ser convidado a ingressar em um ou mais programas de fidelidade. Com tantas opções, ficou quase impossível optar pelos melhores deles, e controlar essa contabilidade complexa que permita aproveitar os benefícios de cada um ao máximo. É como se uma pessoa mantivesse em casa quantias variadas de inúmeras moedas de países diferentes. Onde esse processo vai parar? “A transparência e facilidade nas regras e na forma de resgatar seus benefícios são manCarina Bendeck, da Preferred

16

| Edição #28 |

datórias e os prêmios e vantagens

QUEM SÃO OS MELHORES? Pesquisa realizada este ano pela FlyerTalk apontou os vencedores de três categorias no setor de viagens: Companhia aérea AAdvantage, da American Airlines Hotel Preferred Guest, da Starwood’s Aluguel de veículos Gold Plus Reward, da Hertz


bolsa de viagens

mercado e tendências • por Fabio Steinberg fabio@steinberg.com.br

fotos: Shutterstock

SÃO PAULO, A BOLA DA VEZ HOTÉIS NOS AEROPORTOS

E

nquanto o Brasil amarga a conquista de Lima, no Peru, considerado pela consultoria Skytrax o melhor aero-

porto da América do Sul, os concessionários dos principais terminais brasileiros se desdobram para resgatar o atraso crônico. Uma das prioridades é desenvolver nos terminas a hotelaria, um negócio até recentemente ignorado pelas autoridades aeroportuárias. Além da óbvia prestação de serviços, esse segmento oferece excelentes taxas de ocupação e menor desembolso pelos investidores. É que, como o terreno é uma concessão, a economia chega a 40%. Apesar disso, exceto Galeão (Rio) e Brasília, nenhum aeroporto brasileiro tem hoje hotéis operando em suas instalações. Esse quadro deve mudar em breve. Viracopos, em Campinas, contará em 2017 com 500 quartos sob a bandeira TRYP. Guarulhos ganhará, em 2016, dois Wyndham Grand Collection: um fora do terminal e outro interno para passageiros internacionais em trânsito que não querem passar pela imigração. Há ainda a GJP, de Guilherme Paulus, já presente no Galeão, e que ganhou licitações para construir e operar hotéis nas áreas dos aeroportos de Vitória, Santos Dumont (Rio) e Confins (Minas Gerais).

B

eleza não põe mesa. Esse ditado popular nunca foi tão apropriado para explicar por que pela primeira

vez a capital paulista desbancou o Rio de Janeiro na pre-

ferência dos viajantes sobre o melhor destino turístico do país. O reconhecimento veio por meio do TripAdvisor, o que dá um gostinho especial de vitória por refletir a opinião independente de milhares de viajantes. Mas, a premiação não caiu do céu. Além dos méritos que pertencem à cidade, da qualidade dos serviços e dos produtos ao comportamento amigável dos moradores, há duas instituições que tiveram papel fundamental. Voltadas para o turismo de uma capital que também foi considerada a terceira melhor da América do Sul, trabalharam muito para chegar a esse resultado a São Paulo Convention & Visitors Bureau e a SPTuris. Diferente da maioria das congêneres no Brasil, elas funcionam de forma integrada. Porém, o mais importante é que contam com profissionais motivados, que colhem agora os frutos de uma atuação séria e contínua. 18

| Edição #28 |


fotos: Shutterstock

GESTOR DE VIAGENS EM AÇÃO

U

m novo estudo da GBTA em que os gestores de viagens norte-americanos avaliam o seu papel nas em-

presas no que tange à hospedagem de profissionais traz uma boa notícia. Mais da metade (58%) diz que têm hoje maior controle sobre as políticas da empresa em relação aos hotéis do que no passado. Os entrevistados indicaram também suas quatro principais responsabilidades em hospitalidade. São elas: obter economias e controlar custos, assegurar que os viajantes utilizem os fornecedores preferenciais, promover mais uma mudança de comportamento em relação às viagens do que forçar o cumprimento de

A ESTRADA DA FELICIDADE

O

que faz uma viagem se transformar em boa ou má experiência? Uma pesquisa realizada pela agên-

cia de viagens Monogram junto com o psicólogo Shawn

políticas corporativas e obter apoio à aderência das regras.

Achor avaliou a conexão entre viagem e felicidade, e

Na hora de escolher um hotel, pesam para os gesto-

qual o seu efeito sobre estresse e recuperação de ener-

res de viagens, em ordem de importância, os seguintes

gias. A conclusão é que 97% dos viajantes globais se sen-

fatores: localização (85%), descontos negociados (82%)

tem satisfeitos quando quatro fatores ocorrem simulta-

e segurança (53%). Quanto às amenidades oferecidas

neamente durante a jornada:

gratuitamente pelos hotéis, a mais importante é o wi-fi

Estresse minimizado: não gastar tempo à toa para

(98%), seguido do café da manhã (83%), estacionamento

entender as coisas, não se sentir familiarizado com o

no próprio local (76%), transporte para o aeroporto (59%),

destino ou ter de arranjar transporte.

instalações de fitness (56%) e business center (47%).

Planejamento antecipado: serve não só para reduzir as preocupações, como para contornar potenciais problemas. Conexões locais: contar com quem conheça bem o destino, seja um guia, amigo ou pessoa indicada. Viajar para longe: as melhores viagens são as que levam a lugares muito distantes de casa. Moral da história: o viajante feliz não se hospeda em hotéis ruins ou mal localizados, não enfrenta problemas de transporte do aeroporto ao hotel e entre cidades, não gasta tempo para descobrir aonde ir e o que fazer, e sempre conta com conexões pessoais ou assistências de profissionais locais.

TUBARÃO? SÓ NO MAR

E

cologicamente alinhada com os novos tempos, a rede Starwood resolveu banir dos cardápios dos 1.300 restaurantes de seus 1.200 hotéis em todo o mundo um prato que já foi considerado refinado no passado. Trata-se da sopa

de barbatana de tubarão, o que faz extrair do mar 100 milhões destes animais, levando em alguns casos à sua redução em até 99% nas últimas décadas. Com a iniciativa, algo que já fez também em relação às tartarugas marinhas e às baleias, a Starwood de forma pioneira pretende influenciar viajantes e ser um agente de mudança da prática. “É uma tremenda boa notícia, pois os tubarões têm um papel fundamental para manter o ecossistema dos oceanos”, festejou Peter Seligmman, CEO da ONG Conservation International.

| www.viagenssa.com |

19


bolsa de viagens

ÚTIL E AGRADÁVEL

O

s walking tours, ou seja, turismo a pé, a cada dia se tornam mais populares. Nasceram com a Context Travel, uma rede de estudiosos e

profissionais de história da arte, escritores, arquitetos e gastrônomos. Eles organizam tours falados em inglês em 24 cidades para pequenos grupos em cidades culturais. Agora, juntou-se à Flytograph, especializada em produzir bookings de fotos de viagens. As duas empresas criaram uma experiência inédita: seminários com caminhadas e que são fotografados por profissionais. Assim, o viajante pode se concentrar nas informações sobre a cidade e fotos: Shutterstock

seus aspectos culturais, enquanto as memórias são registradas por um fotógrafo. A aliança já funciona em Berlim, Praga e Amsterdã. “Essa é a parceria perfeita: nós criamos momentos significativos, enquanto a Flytographer os captura”, resume Natalie Holmes, da Context.

DIRETO DA ITÁLIA

FAST FOOD DOS VOOS

N

M

ceitos que até então seguiam caminhos paralelos: o do supermercado com

lizaram a venda de passagens aére-

produtos de qualidade e o de restaurantes em ambiente agradável. Hoje,

as. Pelo menos foi o que aconteceu

são duas dúzias de lojas Eataly espalhadas pelo mundo. Com o lema “a vida

na Tailândia. A empresa low-fare

é muito curta para não comer e beber bem”, só as unidades de Turim e de

Thai AirAsia transformou as 7.800

Roma recebem anualmente 11 milhões de visitantes. Agora, chegou a vez

lojas de conveniência 7-Eleven, mui-

do Brasil. No final de 2014, a rede chega a São Paulo, em parceria com o

to populares e espalhadas por todo

grupo de supermercados St. Marche. Mas há mais novidades: em dezembro

o país, em balcões de venda de seus

de 2015 vem aí a Fico Eataly World, parque temático voltado para glutões.

tickets. Tanto as reservas como os

Localizado em Bologna, na Itália, será dedicado integralmente à comida e à

pagamentos podem ser feitos na

bebida. A escolha não poderia ser mais apropriada, pois a região é conhecida

hora para qualquer voo doméstico

como a capital gastronômica do país. Basta dizer que é a única do mundo a

e internacional que saia da Tailân-

possuir uma Universidade do Sorvete.

dia, sendo que as passagens podem

unca a gastronomia italiana ganhou tanto destaque depois que em 2007 nasceu em Turim a rede Eataly. O maior mérito de seus fundado-

res, Oscar Farinetti e Luca Baffigo Filangieri, foi unir em um lugar dois con-

ais um duro golpe foi dado nas agências de viagens que,

no passado, praticamente monopo-

ser adquiridas até 24 horas antes da viagem. Embora 75% das vendas da Thai AirAsia sejam feitas online, o novo canal suplementar traz uma contribuição de peso. Anualmente, a rede 7-Eleven tailandesa agrega 600 lojas por ano para receber 30 milhões de clientes. Para dar uma ideia do que isso representa, no Brasil seria o mesmo se a GOL começasse a comercializar passagens aéreas ao mesmo tempo nos mais de 600 McDonald’s, 730 Lojas Americanas e 3.600 lojas do Boticário. 20

| Edição #28 |


capa

22

| Edição #28 |


MULHER DE FINO trato • por Simone Galib fotos Érico Hiller

Considerada referência em administração e marketing da hospitalidade, Chieko Aoki, presidente da Blue Tree Hotels, revela aqui um pouco de toda sua experiência e mostra por que é conhecida, tanto no Brasil, quanto no exterior, como a ‘dama da hotelaria’

| www.viagenssa.com |

23


capa

altura do trabalho que vem realizando há três décadas, onde se transformou em referência de administração e marketing de hospitalidade. Chieko Aoki chega para a en-

24

| Edição #28 |

A

trevista, já pedindo desculpas pelos

especialmente vivenciar no dia a

e usando um colar de pérolas, ela

dia, esse conceito tão fundamental,

imediatamente nos acomoda em

tão simples, porém nem sempre

uma sala anexa ao lobby do Blue

praticado com maestria, do

Tree Faria Lima, previamente pre-

que a empresária Chieko

parada para o encontro. Dispensa

Aoki, uma mulher que

o garçom e faz questão de servir

no Brasil foi precursora

o café aos seus convidados. “Não

da arte de bem servir o

gosto que ninguém me sirva. Os

hóspede, dosando ele-

clientes estão sempre em primei-

gância, discrição e ino-

ro lugar”, diz, com naturalidade,

vação. Com uma visão

a presidente da Blue Tree Hotels.

de longo alcance, ba-

E serve novamente o cafezinho ao

gagem cultural, bom

longo da conversa, que ela conse-

gosto e senso apura-

gue transformar em um bate papo,

do de observação,

quase informal, mas recheado de

ela criou nos últi-

informações e opiniões, sempre

mos 30 anos ser-

muito objetivas. Sim, dona Aoki,

viços e modelos

como é chamada carinhosamente

de gestão que

pelos seus colaboradores, é uma

foram copiados

anfitriã nata e sabe como cativar

por muitos; con-

quem está ao seu lado.

hospitalidade é a essência

poucos minutos de atraso. Elegan-

da hotelaria. E quem me-

temente vestida, maquiagem dis-

lhor para exemplificar, e

creta, cabelo preso em um coque

quistou milhares

Nascida no Japão, “o país da

de hóspedes, co-

simplicidade e dos detalhes”, como

lecionou importan-

ela mesma define, Chieko veio para

tes prêmios, nacio-

o Brasil aos 7 anos. Formada em di-

nais e internacionais,

reito pela Universidade de São Pau-

e sempre imprimiu sua

lo, com cursos em administração na

marca por onde passou.

Universidade de Sofia, em Tóquio, e

Não por acaso é conhe-

de administração hoteleira, na Cor-

cida no setor como “a

nell University, nos Estados Unidos,

dama da hotelaria”. Ali-

ela ingressou na hotelaria nos anos

ás, uma classificação à

1980 e não parou mais, “nem mes-


foto: divulgação

O Blue Tree Park Búzios Beach Resort, na praia de Tucuns (RJ): super infraestrutura de lazer de frente para o mar

mo para tirar férias”. Trabalhou

SERVIÇOS DIFERENCIADOS

A ideia se espalhou pelo Brasil.” Ou-

em diversos lugares do mundo,

Na verdade, foi o Caesar Park

tro serviço inovador foram as guest

como Estados Unidos, Ásia e Euro-

São Paulo o canteiro de ideias onde

relations mulheres para acompa-

pa, mas foi aqui que construiu sua

Chieko jogou as sementes que ren-

nhar, especialmente nas refeições,

própria história, cujas bases foram

deriam excelentes frutos ao longo

algumas executivas - poucas, na

alicerçadas em 1982, quando era

de sua bem sucedida trajetória na

ocasião, que viajavam sozinhas, es-

diretora de marketing e de vendas

hotelaria. Foi a pioneira, por exem-

pecialmente estrangeiras. “Eu mes-

do Caesar Park São Paulo, um cin-

plo, em implantar o serviço de café

ma me sentia constrangida em co-

co estrelas na rua Augusta, que já

no lobby, com biscoitinhos finos,

mer sozinha”, explica. A iniciativa

naquela época exibia o conceito de

como cortesia. “Percebemos que os

também acabou copiada por outros

hotel-boutique, porém um pouco

hóspedes, logo após o check out,

hotéis, inclusive internacionais.

maior, e que fez muito sucesso. “Ele

sentiam vontade de tomar um café,

Os hóspedes habitués eram ain-

nasceu para ser inovador e oferecer

algo que faz parte da cultura do bra-

da mais mimados. Chieko mandava

tratamento personalizado”, conta.

sileiro, antes de ir embora”, explica.

sua equipe fotografar (em papel) o

Depois, Chieko tornou-se presiden-

Deu certo. E depois vieram as águas

quarto, nos mínimos detalhes, dei-

te da rede Caesar Park Hotels & Re-

aromatizadas. “As pessoas ficavam

xando-o exatamente como o hóspe-

sorts e da mais antiga e tradicional

mais tempo no lobby. Senhoras da

de queria “para que ele se sentisse

companhia hoteleira dos Estados

região começaram a frequentar o

em casa, na volta”. Foi também na-

Unidos, a Westin Hotels & Resorts.

hotel só para tomar um cafezinho.

quele hotel que ela imprimiu o nome

| www.viagenssa.com |

25


foto: divulgação

capa

Blue Tree Park Lins, a 430 km de São Paulo, tem um parque aquático com piscinas de águas termais

OUTROS DESAFIOS

dos hóspedes em caixas de fósforos e

Eram outros tempos. Chieko

guardanapos; onde implantou o pri-

relembra que naquela época não

Bastante sintonizada com as

meiro apartamento em estilo japo-

havia computador, tudo era escrito

tendências internacionais, Chieko

nês, com tatami, e que virou o pre-

à mão, inclusive as reservas, e regis-

Aoki sempre viajou muito, frequen-

dileto dos brasileiros, especialmente

trado em fichas de arquivo. Para ela,

tando hotéis de todos os tipos e em

casais em lua-de-mel; e inaugurou

a tecnologia facilitou a vida, mas eli-

diferentes continentes, o que lhe

o Mariko, o primeiro restaurante ja-

minou a vontade de dar atendimen-

serviu de exemplo e de plataforma

ponês em um estabelecimento cinco

to personalizado ao hóspede. “Hoje,

de trabalho. “Eu me inspirava em

estrelas, que recebeu toda a famí-

o funcionário está mais preocupa-

restaurantes, no atendimento de

lia imperial japonesa e foi também

do em achar o seu nome na tela do

lojas refinadas e na própria hote-

muito frequentado por políticos, por

computador do que oferecer um

laria, onde todos usavam luvas, do

formadores de opinião e por celebri-

sorriso. Antes, sabíamos até a hora

mensageiro ao garçom”, relembra.

dades do país. Tanto o restaurante,

em que cada hóspede acordava”,

No final da década de 1990, ela deu

quanto o hotel viviam lotados. Fo-

conta. Embora os hotéis administra-

outro passo ousado. Percebendo que

ram muitos hóspedes ilustres, entre

dos por dona Aoki sejam hi-tech e

surgia um novo segmento, o de ne-

eles a popstar Madonna, que costu-

equipados para a vida moderna, ela

gócios e eventos, a empresária criou

mava pedir uma profusão de águas

mesma não se diz grande adepta de

uma rede voltada para esse setor,

e flores brancas na suíte. “Aprendi

muita tecnologia. “Detesto respon-

com novo conceito, mas valorizando

muita coisa no hotel, especialmente

der e-mails. São quase 500 por dia.

sempre o seu foco de atenção: o hós-

o requinte personalizado. As pes-

Adoro o Whatsapp, porque só man-

pede. O objetivo era oferecer qualida-

soas, mesmo as que tinham mais

tenho contato com quem realmente

de, conforto e excelência em serviços

dinheiro, não eram tão arrogantes,

preciso”, diz. Também não está pre-

com padrão cinco estrelas a preços

mas sim refinadas”, diz.

sente em nenhuma rede social.

competitivos de quatro estrelas. “Eu

26

| Edição #28 |


não queria abrir mão dos bons serviços. Então, busquei um produto que

O QUE É HOSPITALIDADE?

tivesse um custo-benefício melhor”, diz. Ela vendeu o Caesar Park e ficou com a marca Caesar Towers que, em 1997, passou a se chamar Blue Tree Hotels, rede que leva o sobrenome de sua fundadora – Aoki em japonês significa árvore azul. Árvore esta que ao longo dos últimos anos foi espalhando suas raízes em diversos destinos estratégicos do país. Hoje, a rede fundada por Chieko Aoki opera 23 hotéis em 18 cidades brasileiras, que totalizam 4.793 apartamentos, divididos nas submarcas Blue Tree Park (hotéis e resorts padrão cinco estrelas); Blue Tree Premium (hotéis quatro estrelas com serviços de cinco); e Blue Tree Towers (padrão quatro estrelas), que envolvem 2,3 mil colaboradores diretos. Em 2012, seus hotéis tiveram um faturamento bruto de R$ 325,5 milhões, índice que representou crescimento de 27,5% em relação ao ano anterior, quando fa-

A excelência de serviços, tão bem exercida por Chieko Aoki, não decorre única e exclusivamente de treinamento, embora ele seja constante entre seu staff, mas sim de uma bagagem cultural própria, de uma postura diante da vida, que ela traz de sua raiz. A seguir, alguns “mandamentos” básicos, colocados em prática no dia a dia pela empresária. CONCEITO – “A hospitalidade não tem forma. É a prática de você fazer as pessoas ficarem bem. O ser humano gosta de se sentir importante. Por isso, é fundamental conhecer a “alma” dele. Mas, primeiro precisamos trabalhar a nossa para poder enxergar a do outro.” FOCO – “É sempre o hóspede. Devemos perceber e antecipar suas necessidades. Se ele se chateou o dia inteiro, precisa voltar ao hotel onde vai ficar bem, recarregar suas energias. É o local em que será valorizado e respeitado. Não quero saber se algo vai ficar bonito no quarto e sim se será bom para o hóspede.” SIMPLICIDADE – “É a beleza que você enxerga na essência. Se tiver só uma flor no quarto, ela deve ser maravilhosa. Sim, porque o simples é difícil e chama muito mais a atenção.” TRADIÇÃO – “Precisamos preservar nosso patrimônio, porque o passado não volta - é uma riqueza que devemos manter. Turismo é agradar o viajante, é passar a cultura local de uma forma positiva.” CONSCIÊNCIA – “Uma das piores coisas em um determinado lugar é o lixo, porque revela o nível educacional. Ele não tem nada a ver com pobreza e sim com cidadania e moral. Você joga o lixo e o outro passa por cima. Quando viajo, reparo muito se as ruas são limpas e as casas, idem. A pessoa cuidadosa é limpa e simples.”

turou R$ 255,5 milhões. Mas, ela quer ir além: a ideia é administrar até 2017, 14 novos empreendimentos, sendo nove no

que é o servir com a alma e a obsti-

Às vésperas da Copa do Mundo, a

interior de São Paulo, um em Belo

nação pela qualidade e pela excelên-

empresária, que foi eleita pela revis-

Horizonte, duas unidades no Rio

cia, tão valorizados pelos japoneses.

ta americana Forbes, no ano passado,

de Janeiro - uma delas em Macaé

Aqui, ela procurou harmonizá-los

como a segunda mulher de negócios

-, mais dois em Santa Catarina, um

com a alegria, com a cordialidade e

mais poderosa do Brasil, finaliza

em Santo Amaro da Imperatriz e

com a criatividade dos brasileiros.

para o hóspede do Blue Tree um guia

outro em Itajaí. Com esse plano de

O resultado para o seu negócio tem

completo sobre o Brasil, que será dis-

expansão, a Blue Tree pretende ad-

sido muito bom, mas em termos de

tribuído nos hotéis. Sua bem treina-

ministrar, ao todo, 55 hotéis em ter-

Brasil, segundo ela, ainda há muito

da equipe de colaboradores já está

ritório nacional nos próximos anos.

o que fazer. “Se o país quiser cres-

devidamente a postos para entrar

cer no turismo (hoje ocupa o 52º no

em campo, acolhendo a todos com

MIX DE CULTURAS

ranking internacional), precisa pro-

gentilezas, bons serviços, sorrisos e

Apesar de viver muitos anos no

fissionalizar essa cordialidade. Não

simpatia, aliás, a marca registrada da

Brasil, Chieko Aoki nunca abando-

adianta ter uma fazenda bonita e

chefe e da rede que administra com

nou algo que ela traz em seu DNA,

não cuidar dela”, afirma.

pulso firme e toque de classe!

| www.viagenssa.com |

27


As viagens são sempre fonte de inspiração e aprendizado para a empresária Chieko Aoki, que já percorreu boa parte do mundo. A seguir, algumas de suas cidades prediletas.

TÓQUIO E KYOTO

Shutterstock / Sean Pavon

Em Tóquio tudo funciona, tem serviços fantásticos e comida excelente. Já em Kyoto, sinto-me atraída pela preservação das tradições. Gosto muito do passado. Você não pode o criar de novo, mas projeta o futuro.

Divulgacao / Marcos Hirakama

capa • GIRO PELO MUNDO

SÃO PAULO Adoro essa energia da cidade, onde tudo acontece ao mesmo tempo, com tamanha variedade de eventos e entretenimento o ano inteiro. E o melhor é que as pessoas vão a todos os lugares...

Shuttersck / S. Borisov

ZURIQUE

Shutterstock / Leumgchopan

Pequena, tranquila, mas com todas as características de uma grande cidade. Interior com cara de metrópole. Além disso, é maravilhosa no inverno.

SINGAPURA É voltada para o turismo, com várias opções de lazer e de compras, além de ser muito bonita. 28

| Edição #28 |

VENEZA

Shutterstock / Nejron Photo

Uma cidade que tem tradição, romance, histórias lindas. Ela nos remete ao passado.


Terra da Garoa apresenta

Ulysses Cruz Cervelli

de

com

José Rubens Chachá

*Consulte sempre nossa agenda.

e um fantástico elenco de bailarinos, atores, cantores e músicos

Um espetáculo de luzes, sons e sabores! Sextas e Sábados* Abertura/jantar: 21h Espetáculo: 23h

O Brasil inteiro de uma só cidade! Adquira seu ingresso: Av. São João, 555 Centro - São Paulo - SP Serviço de Valet no local

55 11 3361 3538 www.terradagaroa.com.br www.ingressorapido.com.br


Destino, gente e afins

conexão

• por Simone Galib Fotos divulgaçãso

simone@viagenssa.com

COPA NAS ALTURAS

Q

uer assistir aos jogos da Copa no maior clima de requinte e com São Paulo a seus pés? O endereço é o Bar do Terraço Itália, um dos locais mais icôni-

cos da cidade, que está preparando um camarote exclusivo, com comidinhas, bebidinhas e kit torcedor, para aqueles que buscam um ambiente mais requintado, longe dos botecos barulhentos ou da casa de amigos. O bar, que normalmente tem um clima totalmente intimista, com banda ao vivo de jazz, perfeito para happy hours e conversas à luz de velas, vai se transformar durante o mundial: ganhará um telão e TVS de alta definição, além de decoração temática. O chef Pasquale Mancini assina o cardápio de petiscos, que inclui queijo brie quente com caramelo artesanal e nozes, seleção de queijos e frios, mini pastéis mistos e escondidinho de carne seca, outras opções. No quesito coquetéis, a barman Simone Volpato vai incluir bebidas típicas e cores da bandeira de alguns países. O drink Itália, por exemplo, é feito à base de Sambuca, Curaçao, Martini Branco e vodca. Já o de Portugal, tem vinho do Porto, água tônica, limão e hortelã. O preço do bufê é de R$ 151,00 por pessoa –as bebidas são cobradas à parte. O camarote vai funcionar entre os dias 12 e 26 de junho, e não apenas nos jogos do Brasil. Programa também ideal para empresas reunirem clientes ou funcionários. Mas as reservas precisam ser feitas com antecedência. Olé!

30

| Edição #28 |


PARAÍSO DE LUXO

O

que já era bom, ficou ainda melhor. O legendário hotel Eden Rock, em St Barths, ilha perdida na

imensidão azul-turquesa do Caribe francês e ponto de encontro de celebridades internacionais, passou a ser administrado pela Coleção Oetker, empresa europeia com super prestígio na hotelaria de luxo. Construído há 70 anos em um platô rochoso na baía de St Jean, cercado por praias de areias brancas e um recife de coral com rica fauna marinha, o hotel é considerado um dos melhores do mundo. Ele oferece 34 acomodações privativas e exclusivas, encravadas na rocha, ao longo da praia ou no meio dos jardins. As “villas” Nina e Rockstar (de 16 mil m², incluindo um estúdio de gravação com a lendária mesa de mixagem de som usada por John Lennon para gravar “Imagine”) são outras opções de acomodação. A gastronomia também é cinco estrelas, assinada pelo chef executivo mundialmente conhecido Jean-Georges Vongerichten, da sofisticada cozinha de Nova York. Tudo ali lembra um cenário de filme! www.edenrockhotel.com

PEDAÇO TROPICAL

E

já que estamos falando em Caribe, os brasileiros vão começar a ouvir a falar

muito mais de Santa Lucia, nas Pequenas Antilhas, que foi considerada a melhor ilha caribenha pelos leitores da conceituada revista Condé Nast Traveller e que acaba de ganhar uma representação comercial aqui, a iTour, com vasta experiência em operação e desenvolvimento de produtos turísticos, para trabalhar o mercado sul-americano. Repleta de cachoeiras naturais, vistas deslumbrantes, praias com palmeiras, muitos quilômetros de florestas virgens e montanhas, a ilha também é classificada como um dos destinos mais românticos do planeta. Natureza exuberante é o que não lhe falta, além de bons hotéis. www.saintlucianow.com

| www.viagenssa.com |

31


GUARULHOS VIP

D

emorou, mas aconteceu: o Aeroporto Internacional

Fotos divulgaçãso

conexão

de São Paulo, em Guarulhos, acaba de ganhar um es-

paço personalizado, de 600 m², para passageiros de voos internacionais, que vão embarcar, desembarcar ou estão em conexão. Batizado de Vila GRU, oferece quatro salas tipo lounge, uma outra de reunião, áreas de trabalho com mesa para computador, espaço infantil, bistrô com opção à la carte, banheiros com chuveiros, além de SPA, com manicure –tudo decorado com muito bom gosto. De olho no público mais endinheirado, há profissionais que acompanham o cliente desde a recepção até a porta do avião e, no desembarque, da saída da aeronave até o carro, sem com que ele não se preocupe com absolutamente nada. Para ter acesso à vila vip, que fica na área internacional do Terminal 1, de frente para o pátio de aviões, o passageiro não precisa ser cliente de cartão de crédito ou ter bilhetes de primeira classe ou business. Basta desembolsar R$ 800,00 (se for um casal, o outro paga mais R$ 400,00). A equipe faz o check in, despacha a bagagem –tudo isso sem filas, além de poder desfrutar de todos os serviços (exceto spa e manicure). Reservas: villagru@gru.com.br

TOQUE DE CLASSE

E

stá programando uma viagem para Veneza? Não deixe, então, de conhe-

cer o novíssimo restaurante do Belmond Hotel Cipriani. O nome? Oro (que significa ouro em italiano) tem tudo a ver com o cenário, afinal sua principal sala de jantar fica sob um teto todo folheado a ouro, onde se destaca um lustre artesanal feito em murano. Na decoração existem ainda lindas esculturas em verde-esmeralda e candelabros de vidro soprado. À frente da cozinha, o chef duas estrelas Michelin Davide Bisetto reinterpretou o menu do hotel, investindo nos melhores ingredientes da cidade. O espaço tem ainda uma sofisticada enoteca, com mais de mil rótulos selecionados. Para almoço de negócios e jantares ao ar livre, o melhor lugar é o terraço, cheio de guarda-sóis litrados, com vista para o belo rio San Giorgio. Tudo muito refinado! www.belmond.com

32

| Edição #28 |


LONDRES, À MODA DO CHEF

E

le sempre foi um garoto prodígio. Com apenas 28 anos, James Hollister se formou em gastronomia e trabalhou

em vários restaurantes londrinhos descolados. Depois de pilotar fogões e panelas por 12 anos em pubs, restaurantes e hotéis cinco estrelas, ele se mudou, em 2009, com a mulher e a filha para o Brasil. Em São Paulo, trabalhou ao lado dos estrelados chefs Alex Atala, no Dalva e Dito, e de Erick Jacquin, no La Brasserie. Hoje é o chef do gastrobar Exquisito, na Bela Cintra, onde usa técnicas contemporâneas em receitas clássicas latino-americanas, com um toque autoral. E a pedido desta coluna, ele criou um roteiro personalizado em Londres. Confira a top list. Camden Lock - Com uma pegada ‘rock’n’roll’, o bairro reúne punks, roqueiros, tatuados, turistas e muitas tribos, ofe-

Borough Market - Uma das maiores feiras da cidade, com-

recendo pubs, feiras, lojas de arte e quitutes diferenciados.

parável com o Mercado Municipal de São Paulo, o Mercadão.

Ótimo lugar para saborear um ‘pint’ (o tradicional copo de

Possui as melhores carnes, peixes, carne de caça, produtos

cerveja usado na Inglaterra e na Alemanha).

artesanais, pubs, restaurantes e vendedores de comida de rua. É um dos meus lugares favoritos de Londres.

Covent Garden - Cenário de filmes e comerciais, é o lar da National Opera House e da loja original dos sapatos Dr.

The Swan at the Globe - Restaurante rústico e aconchegan-

Martens Store. Perfeito para aproveitar um fim de tarde na

te, fica colado no teatro renovado de Shakespeare. Ambien-

praça e depois experimentar a comida de um dos vários

te perfeito para experimentar a tradicional comida inglesa,

restaurantes. Às quintas, conheça a feira de artesanatos,

antes de assistir a uma peça. http://www.loveswan.co.uk/

brinquedos e utensílios de mágica. Parques - Londres têm muitos, mas recomendo o St. JaBrick Lane - Uma rua inteira de comida indiana. Próxima

mes’ Park, o Hyde Park e o Greenwich Park. São ótimos lu-

à pequena rua Brick Lane, conheça o restaurante Tayyabs

gares para relaxar fora da correria da cidade. No Greenwi-

(www.tayyabs.co.uk), bastante renomado por suas carnes

ch Park, fica o Meridien do Greenwich, que define o horário

feitas no forno tandoor.

GMT. Oferece uma vista espetacular do Rio Tâmisa.

TEMPO DE BEM-ESTAR

H

ora de cuidar do corpo e da mente: começa em maio mais uma edição do Spa Week, que oferece tratamentos de estética e beleza,

envolvendo centenas de spas, profissionais e fornecedores, a preços muito convidativos. Este ano, cinco estados (São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná, Minas Gerais e Bahia mais o Distrito Federal) participarão do evento, que na última edição atendeu 22 mil pessoas no país e este ano é patrocinado pelo sabonete Palmolive Nutri-Milk Dupla Hidratação. O evento termina no dia 31. Os tratamentos em São Paulo e Rio vão custar R$ 75,00, enquanto em Brasília, o valor será de R$ 70,00. Deu vontade de relaxar? Confira a lista de spas e terapias no site www.spaweek.com.br

| www.viagenssa.com |

33


cultura

• por Simone Galib

O melhor do cinema e um livro com lições eternas e inspiradoras de Gandhi

LIÇÕES DE GANDHI

O RETORNO DA ARANHA

U

N

m dos maiores líderes da huma-

ão vai faltar adrenalina para

nidade, Mahatma Gandhi, além

quem é fã dos super-heróis.

de ter lutado durante toda a vida pela

Em O Espetacular Homem-Aranha 2,

independência da Índia, buscando a

Peter Parker (Andrew Garfield) está

paz entre hindus e muçulmanos, dei-

com a vida bastante atarefada: ele

xou uma herança eterna para a para

precisa enfrentar bandidos como

as gerações futuras: seus pensamen-

Homem-Aranha e também passar

tos e filosofia. Utilizando esse gran-

algum tempo nos braços da amada

de legado, M.S. Deshpande elaborou

Gwen (Emma Stone), o que trans-

uma seleção dos escritos do líder, que

forma a sua formatura do ensino

resultaram no livro O caminho da paz

médio em algo distante. Peter não

(Ed. Gente, 96 pág.), que acaba de ser

esqueceu a promessa que fez ao

lançado no Brasil. A primeira edição

pai de Gwen, de que a protegeria

surgiu na Índia, em 1971, e se tornou um clássico. A trajetória do líder leva os leitores a redespertarem espiritualmente. Mas, o livro respeita questões

HISTÓRIA DO BRASIL

F

mantendo-se à distância, mas ele não vai poder cumpri-la. A situação começa a mudar com o surgimen-

atos reais da história contempo-

to de um novo vilão, Electro (Jamie

rânea do país podem ser revisi-

Foxx), e o retorno de um velho ami-

tados em Getúlio, estrelado por Tony

go, Harry Osborn (Dane DeHaan).

sabedoria. Aliás, seus ensinamentos

Ramos, em mais uma de suas inter-

Enquanto isso, o rapaz descobre

já inspiraram grandes nomes da his-

pretações brilhantes, e Drica Morais.

novas pistas sobre seu passado.

tória mundial, como Winston Chur-

Com direção de João Jardim, o longa

Ação na medida certa para quem

chill, Albert Einstein e Martin Luther

narra a conspiração político-militar,

gosta do gênero.

King. Leitura obrigatória!

que culminou no suicídio de Getúlio

religiosas, pois seu objetivo é passar as lições a todos e ser uma fonte de

Vargas, presidente da República, em 1954, considerado revolucionário e que se auto denominava o “pai dos pobres”. O filme relembra a intimidade dos 19 últimos dias da vida de Getúlio, quando ficou isolado no Palácio do Catete, no Rio de Janeiro, enquanto seus opositores o acusam de ser o mandante do atentado contra o jornalista Carlos Lacerda, onde morreu o major Vaz. Não faltam emoção e entretenimento nos episódios que levaram o polêmico presidente a dar um tiro no coração, sozinho em seu quarto. A caracterização de Tony Ramos também está perfeita. Vale conferir!

34

| Edição #28 |


Comer, beber e... trabalhar

gastronomia

• por Andrea Magalhães

O melhor da culinária fotos Mauro Holanda

portuguesa em São Paulo A Bela Sintra Comandada por Carlos Bettencourt, a casa é referência em culinária portuguesa. Os chefs Ilda Vinagre e Valdir Gomes trazem receitas tradicionais de bacalhau com toque contemporâneo, como o à Gomes de Sá e o à Lagareiro. Vale a pena também experimentar o Mil Folhas de Bacalhau, Bacalhau Dourado e Bacalhau Espiritual, além de carnes e frutos do mar, como o camarão à Bela Sintra. Para a sobremesa, há várias opções, mas o Toucinho do Céu e o Sericaia do Alentejo o levam a Portugal. E para acompanhar, há uma adega com 130 rótulos dos melhores vinhos. Rua Bela Cintra, 2325, tel. 11 38910740, Cerqueira Cesar www.abelasintra.com.br

Chiado Restaurante com a proposta de ser descontraído para comer, bebericar, ver e ser visto. É regido pelas referências ibéricas na gastronomia e em sua arquitetura. O nome é inspirado no bairro lisboeta e a área externa nos remete aos pátios de Andaluzia. É nesse ambiente que o chef Chicão prepara no tacho de cobre a Paella de frutos do mar nos almoços de domingo. O serviço irreverente nos convida a nos servir à vontade diretamente na estação. Também encontramos pestiscos e uma seleção de tapas para acompanhar os drinks, além dos tradicionais pratos de bacalhau, com destaque para o Bacalhau à Chiado. Av. Jurucê, 776, tel. 11 5041-5276, Indianópolis www.chiadorestaurante.com.br

36

| Edição #28 |


Taberna 474 Um restaurante que mantém as raízes ibéricas, com enfoque para a culinária da orla portuguesa com toques brasileiros, que nos remete às antigas tabernas da península com um pé no nosso litoral, utilizando mandiocas, farofas e cumbucas de barro. A temática praiana permeia toda a taberna onde são preparados peixes, frutos do mar e carnes assadas na lenha e no carvão. Há diversos tipos de porções, como pataniscas de bacalhau, ostras de Santa Catarina e de Cananéia, tostados de chourizo com cebolas. Entre os principais pratos, destacam-se o Bacalhau à Tasca Velha, as sardinhas portuguesas e o Polvo do Chef. Para sobremesas, aposte no pastel de nata e no pudim de leite. Para acompanhar, escolha um bom vinho da adega que reúne mais de 150 rótulos, em sua maioria portugueses. Há aproximadamente 30 opções de cervejas, desde as artesanais até as em cascos de 600ml. Rua Maria Carolina, 474, tel. 11 3062-7098, Jardim Paulistano. www.taberna474.com.br

O Forno do Padeiro É um lugar simpático e acolhedor com três andares mais subsolo. Na decoração, há azulejos e detalhes que remetem à antiga corte portuguesa. Da cozinha saem pratos artísticos, que incluem o famoso bacalhau com natas, arroz de pato e cataplanas. Também

encontramos

degustação

de petiscos e drinks. Não deixe de experimentar a Sangria Azul que, além de satisfazer o paladar, encanta os olhos. E além de tudo isso, os clientes ainda têm a surpreendente visão da adega do restaurante sob seus pés, com a melhor seleção de vinhos. Praça Nossa Senhora Aparecida, 235, tel. 11 4328-7005, Moema. www.ofornodopadeiro.com.br

| www.viagenssa.com |

37


chef s/a

fotos Paulo Barata/Divulgação

gastronomia

PRÁTICO E REFINADO!

• por José Avillez

Camarões à Bulhão Pato (4 porções)

INGREDIENTES

800 g de camarão 40/50 50 g de alho laminado, sem gérmen e descascado 80 ml de vinho branco Suco de limão Coentros finamente laminados Azeite e sal a gosto

um pouco, vire um a um para que fiquem cozinhados uniformemente, refresque com o vinho branco, junte os coentros e retire do lume. Finalize com o suco de limão e retifique os temperos com sal. Sirva de imediato.

MODO DE FAZER

Descasque o camarão, retire a tripa e tempere com sal. Em uma frigideira antiaderente, coloque um pouco de azeite, deixe aquecer ligeiramente, junte o alho laminado e deixe cozinhar cerca de 30 segundos, sem ganhar cor. Acrescente os camarões, deixe cozinhar

38

| Edição #28 |

José Avillez é chef dos restaurantes Belcanto, Cantinho do Avillez, Café Lisboa e Pizzaria Lisboa.


espaço férias

NO ACONCHEGO DE

Shutterstock

LISBOA

Arco da praça do Comércio

40

| Edição #28 |


• por Andrea Magalhães

A cidade que fala a nossa língua é cheia de charme, monumentos históricos, cultura, boa gastronomia e vida noturna fervilhante. Porém, Portugal tem muito mais...

| www.viagenssa.com |

41


Shutterstock / Arseniy Krasmevsky

espaço férias

L

isboa é um dos lugares mais surpreendentes do mundo, é uma cidade deliciosa, charmo-

sa e única. Se você quer se divertir, comer bem, beber um ótimo vinho, conhecer um pouco das suas origens, e o que é melhor, se comunicando em sua própria língua, não pense duas vezes: faça a sua mala e embarque. Comece logo por um passeio na avenida da Liberdade, ampla, com muitas árvores e lojas das melhores grifes internacionais. Por lá repare em todas as estátuas es-

As sacadas típicas da arquitetura de Lisboa

palhadas pelos jardins e siga em direção à praça dos Restauradores

Saindo do Rossio caminhando,

mas hoje é só um lugar bonito em

onde encontrará o grande Obelisco,

vá em direção à rua Augusta, ótimo

que podemos ver o rio Tejo, lá há

erguido em 1886, que comemora a

lugar para fazer umas comprinhas.

diversos restaurantes e bares baca-

libertação do país do domínio es-

Ainda curtindo o passeio, vá até a pra-

nas, vale a pena conferir.

panhol, ele é um dos marcos da ci-

ça do Comércio, passando pelo lindo

Voltando em direção à rua do

dade, e um pouco mais adiante há

Arco Triunfal, que teve o início de sua

Ouro, aproveite e conheça outra

outro marco, a Estação do Rossio

construção 20 anos após o grande ter-

atração da cidade: o Elevador do

(que vai para Sintra). Seguindo em

remoto que assolou Lisboa. Acessível

Carmo, uma construção do século

frente, está a praça Dom Pedro IV,

por um elevador, cuja entrada se lo-

19 muito elegante e que liga a rua

conhecida como Rossio, onde fica o

caliza na rua Augusta, o mirante que

do Ouro à rua do Carmo. Ao sair do

Teatro Nacional, a estátua de Dom

se encontra no topo do monumento

elevador uma surpresa o espera: as

Pedro e a Pastelaria Suíça, parada

oferece uma vista deslumbrante da

ruínas da igreja do Carmo - ela foi

obrigatória para tomar um café e

emblemática praça do Terreiro do

destruída pelo terremoto de 1755,

se iniciar na degustação (se prepa-

Paço, a Baixa Pombalina, a Sé, o Cas-

mas os arcos originais continuam

re para muitas) dos doces de ovos e

telo de São Jorge e o rio Tejo.

lá e são impressionantes.

tostas (sanduíches) desta pastelaria bem tradicional da cidade.

42

| Edição #28 |

A praça do Comércio abrigou

A essa altura se já bateu a fome,

durante 400 anos o Palácio Real,

aqui vai a indicação de dois restau-


Shutterstock / Krzysztof Slusarzy

O famoso e legítimo pastel de Belém

e escritor? Há uma outra estátua em

compras. Há desde lojas típicas mui-

homenagem a ele muito bacana bem

to legais, como A Vida Portuguesa,

pertinho: fica na praça da Árvore a

até grandes marcas internacio-

uns 10 minutos de caminhada.

nais. Existe também um peque-

Agora é hora de se perder nas

no shopping na rua Garret, o Ar-

ruazinhas, veja os portugueses mais

mazém do Chiado, onde tem um

transados, repare nos prédios, nos

pouco de tudo, com destaque para

azulejos, no varal que fica sempre

uma grande FNAC e uma Sephora.

para o lado de fora das casas, nas velhinhas sentadas na pracinha, en-

ROTEIRO MEDIEVAL Comece o dia com um belo café

o lugar, e aproveitando para fazer

da manhã num dos hot-points dos

Shutterstock / Martin Lemann

fim, ande tranquilamente curtindo

rantes bem perto e com preços acessíveis. Apesar da cotação do euro frente ao real, comer em Portugal não é caro. Experimente o Café Royale (largo Rafael Bordalo Pinheiro, 29) ou Café no Chiado (largo do Picadeiro, 10). Após o almoço, segure sua vontade, mas não peça sobremesa, complete sua refeição com o sorvete mais famoso de Portugal. Ele fica em frente ao Armazém do Chiado e chama Santini. Ah, e lembrando: sorvete lá se fala gelado. Faltou o café? Na rua Garret há o importantíssimo A Brasileira. Sente-se, tome um cafezinho e aproveite para tirar foto junto ao bronze de Fernando Pessoa. Gosta do poeta

Bonde, lá chamado de Eléctrico, em direção ao Bairro Alto

| www.viagenssa.com |

43


Shutterstock / Martin Lemann

espaço férias

O Castelo de São Jorge oferece uma das mais belas vistas de Lisboa

comer um bom bacalhau, ótimas

ro da Estrela-Lapa (rua Buenos Ai-

carnes e uma entradinha de cas-

res, 25). Dizem os lisboetas que os

cas de batata incrível! O mais legal

pasteis de nata são ainda mais gos-

é que o restaurante fica no meio de

tosos do que os originais de Belém,

uma vila, então você vê de pertinho

vale conferir e dar o seu voto. Na

todos os costumes locais, e conhece

saída bem ao lado, vá até a Basílica

as lojinhas de produtos artesanais

da Estrela, a mais bonita da cidade.

que ficam pelo caminho. É um bom

De lá, pegue o Elétrico 28 em dire-

lugar para comprar aquelas famo-

ção ao Martin Moniz e chegue até

sas toalhas de mesa e cerâmicas.

o bairro da Alfama. Esse passeio de

Em direção ao Castelo de São

bondinho é tão turístico que vale a

Jorge, pare no Mirante de Santa Lu-

pena! O Alfama é o único bairro de

zia, aqui pode-se ver a cidade intei-

Lisboa cuja maioria dos prédios não

ra e ganhar fôlego para chegar ao

foi destruída pelo grande terremo-

castelo, que fica numa subida. O

to e ainda preserva ares medievais.

Castelo de São Jorge é um dos pas-

Desça na parada Sé, na Igreja da Sé,

seios obrigatórios de Lisboa. A en-

um marco arquitetônico e depois

trada custa 7 euros e vale cada cen-

dê uma passada na igreja de San-

tavo. Ele é uma fortaleza em ruína

to Antônio, que fica logo ao lado.

e, por ficar acima de toda cidade,

Foi nessa igreja que Santo Antônio

tem uma das vistas mais deslum-

nasceu, então se você quiser casar

brantes de Lisboa. Construído em

é nela que você tem que rezar.

meados do século 11, a fortificação

Caminhando, vá em direção ao

preserva ainda 11 torres e apresen-

largo de São Miguel, lugar especial

ta alguns elementos arquitetônicos

para almoçar, procure o restaurante

característicos das fortificações mi-

Santo Antônio de Alfama, lá se pode

litares de época islâmica.

44

| Edição #28 |

Mosteiro dos Jerônimos

Shutterstock / Torsten Krueger

lisboetas: Pastelaria Cristal no bair-


E agora, para relaxar, que tal

rada obrigatória, não é? Quem come

obra começou em 1502 e é cheia de

tomar aquele vinho do fim da tarde

uma vez fica com água na boca só de

elementos navais, fique de olho nas

num lugar especial pertinho do caste-

lembrar-se dele! Mais a frente, está

cordas, âncoras e peixes talhados

lo e com a mesma vista? Vá ao Resto

o Mosteiro dos Jerônimos, uma cons-

nas colunas. Dentro da igreja, que

do Chapitô (na Costa do Castelo, 1/7).

trução linda e impressionante. Obra

fica anexada ao Mosteiro, você en-

Um lugar mágico que mistura espe-

fundamental da arquitetura Manue-

contra o túmulo de grandes nomes

táculos circenses a um restaurante

lina, o Mosteiro dos Jerónimos foi

da história, como Vasco da Gama,

elegante. Depois do vinho, se quiser,

encomendado pelo rei D. Manuel 1º,

Luís de Camões e rei Don Sebastião,

fique para jantar no mesmo local, o

pouco depois de Vasco da Gama ter

entre outros. E no Claustro fica o tú-

restaurante é um dos mais gostosos

regressado da sua viagem à Índia. A

mulo de Fernando Pessoa. Shutterstock / André Gonçalves

da cidade: come-se muito bem com os melhores vinhos da região. O prato mais famoso de lá é a Raia.

BELÉM Belém é o bairro mais marcante em termos de patrimônio relacionado com os descobrimentos. Foi da sua praia que partiram os navios do navegador Vasco da Gama para a descoberta do Caminho das Índias e em todo o lado se respira a grandeza do antigo império português. Antes de se aventurar pela história, comece com um café da manhã no tradicional Pastel de Belém. Esse é o original e o meu preferido. Monumento do Descobrimento, com a Ponte 25 de Abril ao fundo Shutterstock / Vadim Petrakov

Não preciso nem falar que ele é pa-

Torre de Belém

| www.viagenssa.com |

45


Saindo de lá dê uma passadinha no CCB (Centro Cultural de Belém), ele é gratuito e tem sempre exposições bem interessantes. Atravessando o

Shutterstock / Europhotos

espaço férias

jardim, por um túnel subterrâneo, vá direto ao Padrão do Descobrimento, o monumento tem a forma de uma caravela estilizada. Dom Henrique, o Navegador, está na proa, com uma caravela nas mãos. Nas duas outras filas estão as estátuas de heróis portugueses ligados aos descobrimentos, como o poeta Camões, o pintor Nuno Gonçalves com uma paleta, bem como navegadores, cartógrafos e a realeza. Repare na rosa dos ventos entalhada no piso, é linda! Caminhando mais um pouquinho, encontra-se a famosa e maravilhosa Torre de Belém. A torre, que já foi usada como forte e prisão política, hoje é um patrimônio mundial da Unesco. O monumento reflete influências islâmicas e orientais,

Castelo da Pena em Sintra

que caracterizam o estilo manuelino. Um dos lugares mais bonitos da

bom, e não vá esperando bares como

bela mesa de sinuca e um ambiente

cidade, tem a vista do Tejo e da pon-

os tradicionais em que você fica sen-

para lá de pitoresco. Vale a pena!

te 25 de Abril que é um espetáculo.

tado, bebendo. No Bairro Alto tudo é

ESTORIL, CASCAIS E SINTRA

Para almoçar, recomendo o

feito em pé, como se fosse uma fes-

restaurante À Margem, na beira

ta de rua, as pessoas se vestem com

Você não pode deixar de reser-

do Tejo, entre o Padrão do Desco-

uma roupa muito confortável e um

var um tempinho para conhecer

brimento e a Torre de Belém. Ele é

bom sapato, pois as ruas são muito

essa região, maravilhosa. No Esto-

bem leve, gostoso e agradável.

acidentadas. Aqui vemos gente do

ril, a vida cultural e a animação são

mundo inteiro. Para ouvir um fado,

uma constante, apoiada por uma

vá à Tasca do Chico. É um fado mais

oferta hoteleira diversificada e de

moderno e frequentado por lisboetas.

qualidade, aonde se destacam algu-

Não perca de jeito nenhum o Bair-

Para beber como um português,

mas das melhores unidades do país.

ro Alto, mas não se atreva a chegar

um bom lugar para vinhos em Lis-

Especialmente o Palácio Estoril, pon-

antes das 23h. De quinta a domingo,

boa é a Garrafeira Alfaia, lá as pesso-

to de encontro da realeza europeia

as ruas por lá bombam. Dezenas de

as são descoladas e grandes conhe-

no período da 2ª Guerra e, ao mesmo

bares, um do lado do outro, abrem

cedoras de vinho. Para beber drinks

tempo, frequentado por espiões bri-

suas portas e vendem de simples

malucos, o Pavilhão Chinês é o lugar;

tânicos e alemães, que muitas vezes

cervejas (chamadas de imperiais) a

originalmente um museu de brin-

se enfrentavam no seu bar.

drinks malucos com Absinto. Entre

quedos, virou um bar especializado

O agente secreto inglês Ian Fle-

pela rua da Atalaia e sai andando

em drinks e chás. Existe uma sala

ming, em maio de 1941, como mui-

em busca de diversão. Tudo é muito

só de soldadinhos de chumbo, uma

tos outros escritores e cineastas,

NOITE EM LISBOA A noite de Lisboa começa tarde.

46

| Edição #28 |


Shutterstock / Carlos Caetano Shutterstock / Kamizz

Cabo da Roca com vista para Azenhas do Mar

também se inspirou nessa atmosfera romanesca, quando trabalhava para a inteligência britânica, para escrever Casino Royale, que viria a originar um dos primeiros filmes da saga James Bond, o 007. Entre os bons momentos que você pode apreciar na Costa do Estoril, está a excelência da oferta

Praia de Cascais, na Costa do Estoril: pausa para os frutos do mar

gastronômica dos seus restaurantes. Prove alguns dos mais típicos

gostam de esportes. O Autódromo

estrutura. No essencial, as tacadas

pratos da zona, com destaque para

do Estoril, o mais importante circui-

no Estoril são prazer puro para to-

o marisco e o peixe, como a lagosta

to do país, é palco de competições

dos os jogadores que pisam os seus

suada, o robalo, o sargo ou o me-

nacionais e internacionais. Com um

famosos e internacionais greens.

morável linguado de Cascais.

conjunto de magníficos campos de

Seguindo um pouquinho mais

golfe, o panorama dessa região para

a frente, viradas para sul, as praias

os adeptos é, de fato, muito aprazí-

contiguamente ligadas a partir do

SABOREAR A VIDA Um dos grandes sabores da

vel. Considerados os melhores da

estuário do Tejo oferecem águas

vida é a adrenalina, e essa não fal-

Europa, encontram-se em locali-

calmas, finas areias e modernos

ta à zona do Estoril, com uma oferta

zações privilegiadas e com ótimas

equipamentos, para proporcionar

múltipla e variada para todos os que

condições de equipamento e infra-

toda a comodidade. Desde a praia

| www.viagenssa.com |

47


Shutterstock / Jose Ignacio Soto

espaço férias

Pôr do Sol em Cabo da Roca

Cassino Estoril

de Carcavelos, ideal para a prática

nha, a vegetação exuberante e o mi-

siderado um dos polos mais repre-

de surfe, até ao Guincho, o paraíso

croclima único. Esse é seguramente

sentativos da animação nacional,

do windsurfe, descobrirá muitas

um dos ex-libris de Portugal, classi-

oferece um conjunto extraordiná-

outras, diferentes entre si, mas com

ficado pela Unesco como patrimô-

rio de atividades lúdicas - desde as

o máximo prazer em comum. Local

nio da humanidade. Os palácios da

variadíssimas modalidades do jogo

privilegiado para a prática de espor-

Pena e dos Mouros são bons repre-

até grandes momentos de entrete-

tes náuticos, dos mais radicais aos

sentantes dessa riqueza preservada.

nimento, com espetáculos diários.

mais sofisticados, a Costa do Esto-

A elevada umidade proporcio-

Hora de ir embora, saia sempre

ril oferece condições únicas para os

na uma fantástica flora que ajuda

pela marginal, junto ao mar, até

apaixonados pelo mar, com infraes-

a criar o ambiente romântico que

chegar a Lisboa e com certeza sen-

truturas de qualidade onde se des-

caracteriza a vila. Vale passar um

tirá um desejo de que essa estrada

taca a moderna Marina de Cascais.

tempo caminhando pelas ruas do

nunca acabe.

Porém, você não encontrará ape-

centro para apreciar a arquitetu-

nas um mar e uma extraordinária

ra, o comércio e o artesanato. Não

linha de costa com atrativos dessa

se pode esquecer de provar os fa-

região, mas um patrimônio histórico,

mosos “travesseiros” e “queijadas”

onde se realça a deliciosa e pitoresca

numa pastelaria local; a mais fa-

Vila de Cascais, revelando importan-

mosa é a Piriquita.

tes obras arquitetônicas e artísticas.

Voltando

pela

estrada

que

A oferta cultural é riquíssima, man-

atravessa a montanha desfrute a

tendo-se viva e proporcionando um

paisagem e, quando se aproximar

prazer muito longe do enfadonho. A

do oceano, visite o Cabo da Roca, a

natureza ocupa igualmente um lu-

ponta mais ocidental do continen-

gar de destaque. Em complemento

te europeu, considerado o fim do

ao mar, os espaços verdes são abun-

“mundo conhecido” até ao século

dantes. O Parque Natural Sintra-

15. Aprecie o pôr do sol nesse local.

-Cascais é visita obrigatória para os

Continue pela estrada principal e

amantes do ecoturismo, com diver-

atravesse a maravilhosa praia do

sas atividades à disposição.

Guincho até chegar a Cascais nova-

HORA DE SUBIR A SERRA

mente e siga pela Costa do Estoril. E, claro, para fechar a noite você

Chegando a Sintra, garanto que

não pode deixar de parar no Cassi-

você ficará fascinado pela monta-

no Estoril, o maior da Europa. Con-

48

| Edição #26 #28 |

PAÍS DE PEQUENAS DISTÂNCIAS Lisboa-Sintra - 32 km (40 minutos) Sintra-Cabo da Roca - 19 km (25 minutos) Cabo da Roca-Cascais - 16 km (20 minutos) Cascais-Estoril - 3 km (5 minutos) Estoril-Lisboa - 29 km (45 minutos)


comportamento

MUITO ALÉM DO

TRABALHO

• por Geninho Goes

Você é daqueles que só pensam em trabalhar? Para nosso articulista, a prosperidade não está relacionada apenas aos bens adquiridos, mas à capacidade de desfrutar suas conquistas. Trabalhar menos é uma arte

50

| Edição #28 |


T

rabalhar muito não é um problema de todas

década de 70 com as mães atuais. As mães “do passa-

as pessoas da face da Terra, pois infelizmente,

do” criaram seus filhos para que tivessem sucesso e isso

ainda existem lugares onde a falta de trabalho

incluía a escolha de uma boa profissão e êxito financei-

impera e a prosperidade não chega perto. A ideia de prosperidade relacionada apenas ao consumismo e ao acúmulo de bens é um dos motivos que fazem algumas

ro. As mães “atuais” criam os filhos para serem felizes.

ESCOLHAS

pessoas trabalharem tanto. Prosperidade não se refere

Essa sutil diferença entre ter sucesso e ser feliz é ou-

apenas aos bens que se adquire, mas sim à capacidade

tro aspecto que me faz pensar por que algumas pessoas

de desfrutar as conquistas.

trabalham tanto? Porque querem ter sucesso e medem

Por outro lado, vivemos em um mundo repleto de

o sucesso pelo volume de bens e dinheiro que acumu-

oportunidades tecnológicas, criadas com o propósito de

lam, o que não significa que serão felizes, ou que suas

trabalharmos menos, ou seja, os robôs agiriam por nós,

escolhas pelo dinheiro foram as mais corretas. Isso faz

enquanto desfrutaríamos do tempo livre com a família,

com que muitos sejam bem sucedidos financeira e pro-

fazendo o que nos desse prazer.

fissionalmente, mas extremamente infelizes com suas

Lembro como se fosse hoje do pai de uma amiga que temia perder o emprego em uma montadora de

escolhas. Foram movidos apenas pelo dinheiro e não pelo que realmente gostavam de fazer.

automóveis, pois os homens seriam substituídos pelas

Sem contar aqueles que confundem trabalho com

máquinas. Hoje, saímos do trabalho, mas quem disse

lazer quando se reúnem com clientes e fornecedores

que ele sai de nós? E nesse aspecto, trabalhar menos se

para jantar de negócios, e acham que estão se diver-

transformou em uma arte a ser aprendida.

tindo, ou quando, para relaxar, vão ler um livro ou ar-

O toque do celular, a mensagem recebida, o com-

tigo que traga mais conhecimento profissional, ou um

putador que vai no bolso e leva um contrato para ser

programa de TV que retrate o cenário da sua atividade

lido onde quer que você esteja neste planeta, ou quem

comercial. Trabalhar com prazer, com alegria e satis-

sabe em outro. O escritório cabe literalmente na pal-

fação é muito bom. É por meio do trabalho que o ser

ma da sua mão. Além disso, você sai do trabalho, mas

humano coloca o seu talento em prática, se expressa e

carrega na mente os problemas, os desafios, as metas,

demonstra a que veio.

as cobranças, os relacionamentos etc. Absolutamente

O problema está quando o ato de trabalhar ocupa

todos os fatos ficam registrados e você não encontra o

tanto o tempo da pessoa que ela não consegue ver a

botão para desligar.

vida além, ou seja, vive exclusivamente para produzir

Recentemente, tomei conhecimento de uma pes-

e não acha graça em outras atividades como amizades,

quisa que comparava o comportamento das mães da

viagens, um esporte, alguma atividade de lazer, um co-

| www.viagenssa.com |

51


comportamento

10 DICAS PARA AREJAR A VIDA

nhecimento que fuja dos interesses profissionais, um bom papo, tempo para namorar ou simplesmente para desfrutar do ócio sem culpa alguma. Confesso que já vive uma fase na vida com o tempo quase que totalmente voltado para o trabalho e, sinceramente, foi preciso um grande esforço para mudar e acredito que ainda seja preciso mais esforço para girar o botão de sintonia do trabalho para o lazer. O primeiro passo, e o mais importante, é perceber quando reduzir o ritmo. Pode ser que, além do prazer em trabalhar, o medo leve ao excesso. O medo da pobreza, de perder o que temos, de precisar do outro. Enfim, dominados por esse sentimento também podemos trabalhar muito além do que desejamos. Quem sabe, o segredo seja o equilíbrio entre as diversas atividades da vida. É preciso trabalhar para interagir e colocar o talento em prática e, da mesma maneira, devemos saber qual o nosso limite. Um dia desses na academia que frequento, encontrei um senhor com mais de 80 anos que, em poucas palavras, me disse que não precisamos de tanto para viver. Quanto mais velhos ficamos, menos precisamos acumular e por isso podemos comprar menos e, consequentemente, trabalhar menos. Podemos cuidar mais do corpo e, quem sabe, da alma para envelhecer melhor. Afinal de contas, caixão não tem gavetas e você vai deixar tudo que conquistou aqui mesmo. E com essa lição que somente um sábio pode proporcionar, comecei a refletir mais e estou trilhando um caminho de ação. Isso não significa parar de trabalhar, mas sim dar ao trabalho um novo significado, uma outra importância, criando espaço para outras atividades

1. Pratique algum esporte. Se você for um atleta, busque uma atividade que não tenha relação com seu trabalho. 2. Evite levar trabalho para casa, embora

muitas vezes ele esteja em você.

3. Não use o Facebook ou redes sociais para falar do seu trabalho. Use-as como uma atividade de lazer e relacionamento. Lembre-se da importância dos relacionamentos reais na vida das pessoas. 4. Evite acesso aos e-mails do celular ou de respondê-

los quando não tiver outra coisa para fazer.

5. Tenha amigos no trabalho, mas busque outros assuntos para conversar fora dele. 6. T ambém cultive amigos que não

tenham relação com seu trabalho.

7. Leia sobre assuntos que não tratem apenas da sua atividade profissional. 8. Veja graça em outras atividades, como

viagens, gastronomia, criação de animais etc.

9. Tire férias e se possível pequenos dias de descanso durante o ano. 10. Acumule o suficiente para viver bem, de

maneira digna e sem exageros. E se convive com alguém que precisa trabalhar um pouco menos, mostre que existe vida além do trabalho.

que me façam sentir o pulsar da vida.

Geninho Goes é escritor, palestrante, empresário, treina para uma maratona em junho, pratica esporte, viaja, às vezes, medita e busca trabalhar menos, embora ainda diga que trabalhe mais do que precisa.

52

| Edição #28 |


SEJA MAIS UM ASSOCIADO DO V E N H A

FA Z E R

PA R T E MOTIVOS PARA SER ASSOCIADO

"Um dos pilares da indústria de viagens e turismo são as reuniões, congressos, exposições, feiras comerciais, seminários, eventos e viagens de incentivo. Para contribuir com o sucesso de tudo isso, o SPCVB trabalha na captação de grandes e importantes eventos nacionais e internacionais, trazendo milhares de pessoas ao destino e que vão utilizar os serviços oferecidos, gerando receita adicional à cadeia produtiva. Também desenvolvemos programas de capacitação, treinando e qualificando taxistas, recepcionistas, lojistas, balconistas, caixas, garçons, policiais, frentistas, jornaleiros, bilheteiros, concierges, entre outros, para que sejam hospitaleiros e ajudem a construir o conjunto de boas recordações que farão com que os visitantes desejem voltar outras vezes. E, nesse contexto, nossos associados-mantenedores podem se aproveitar de todas as oportunidades geradas por essas atividades". Toni Sando de Oliveira, presidente executivo do São Paulo Convention & Visitors Bureau

OPORTUNIDADE DE NEGÓCIOS

PROMOÇÃO E MÍDIA

Participar dos encontros entre associados para networking ou exposição de produtos. Receber solicitações de representantes de eventos de entidades nacionais e internacionais e de gestores de viagens para cotação de serviços e produtos. Expor nas principais feiras do trade turístico como cooperado a baixo custo, além do acesso ao mailing de visitantes.

Promover seu produto ou serviço no BenefícioSP, com presença nas principais feiras e eventos apoiados, possibilitando acesso aos cupons de desconto via internet, vouchers impressos e/ou totens eletrônicos. Criar ações vinculadas à campanha São Paulo é Tudo de Bom e ações pontuais através de mailings segmentados dos associados. Inclusão do associado nos principais canais de divulgação da entidade: site, redes sociais, folders, mapas, newsletters, dossiês, etc.

INTELIGÊNCIA E INFORMAÇÃO Inscrever colaboradores nos programas de capacitação da Academia Visite São Paulo. Receber publicações periódicas para monitoramento dos principais eventos, indicadores e fatos relevantes do destino. Participar de congressos, palestras e fóruns da entidade e parceiros com custo diferenciado. • Com 30 anos de atuação no mercado, a Fundação 25 de Janeiro, com as marcas São Paulo Convention & Visitors Bureau (SPCVB) e Visite São Paulo, trabalha para ajudar a fazer girar a roda que impulsiona o turismo e os eventos. • Mobiliza seus associados e entidades de classe para dar assessoria técnica aos gestores de viagens e apoia promotores e organizadores, trazendo cada vez mais visitantes. • Contribui no desenvolvimento do destino São Paulo, beneficiando os habitantes e cada um dos setores da economia local.

Envie um e-mail agora mesmo e seja bem-vindo! queroserumassociado@visitesaopaulo.com

E O MAIS IMPORTANTE Contribuir com São Paulo, participando como sociedade civil organizada, na promoção e desenvolvimento turístico do destino.

• Oferece suporte para que o visitante possa vivenciar experiências positivas que o estimule a estender sua estada em pelo menos mais um dia. • Mobiliza o trade turístico para a criação de ações integradas de hospitalidade que encantem e surpreendam, fazendo com que os visitantes retornem outras vezes ao destino. • Integra, promove e capacita os profissionais do atendimento para faze-los entender a importância de bem receber os visitantes.

| www.viagenssa.com |

53


EM TRÂNSITO

SORTE • por Mylene Keiko

ou azar? Shutterstock

Emergência não tem hora nem lugar. Portanto, prevenir é melhor do que remediar. Veja como o seguro é um acessório indispensável na viagem Eu queria ir embora, voltar para o Brasil e falar com meus médicos. Mas, não podia sair do hospital com a hemorragia. Enfim, fui para o “bloco” - como eles chamam o centro cirúrgico.  Operei na segunda-feira à noite e na quarta-feira tive alta. Tudo muito simples por uma razão: tenho muita sorte, que nesse caso, se traduz em prevenção: fiz seguro viagem. Mesmo sendo cidadã italiana e meu passaporte me permitir utilizar os direitos compreendidos no Tratado de Schengen em vários países europeus, nunca viajo sem seguro. Não confio nos seguros dos cartões de crédito, pois já soube de vários casos onde a burocracia é tamanha e na maior parte são negados os reembolsos. Muitas famílias perdem seus patrimônios por causa da falta de prevenção. Inúmeras pessoas também não sabem que podem

C

ser “barradas” na imigração desses países na Europa,

Eu me considero uma pessoa de sorte. Na última

pital credenciado pela seguradora, eles tentaram resolver

om tantas fontes de informação disponíveis, quando sabemos de alguém que viajou e teve problemas de saúde, logo pensamos: “Quanto azar!”

caso não tenham o seguro mínimo de 30 mil euros. No meu caso, em todas as ligações, as informações foram precisas. E, ainda que eu não tenha ido a um hos-

viagem a Portugal, em menos de 48 horas no país, co-

da melhor forma possível, autorizando todos os procedi-

mecei a sentir fortes dores abdominais. Pensando ser

mentos médicos necessários. E me ligaram algumas vezes

algo simples, pois havia comido queijos fortes no jantar,

depois somente para perguntar como estava minha saúde.

tomei remédio para digestão e dor e fui dormir. Mas,

Sorte em uma viagem significa prevenção!

ao acordar, as dores eram ainda mais intensas. Destino: emergência do hospital mais próximo ao hotel. Após passar o dia fazendo exames, veio o susto ao final do dia quando me informaram que um cirurgião falaria comigo. Estava com uma hemorragia interna e, por causa dela, existiam dois diagnósticos: apendicite ou um cisto hemorrágico rompido no ovário.

54

| Edição #28 |

Mylene Keiko é representante comercial do Dom Pedro Hotels Portugal e Brasil.


Proteção e Recuperação de Veículos

Proteção e garantia de seu veículo

Garantimos seu veículo até R$ 40.000,00 contra roubo e furto

LIGUE - 0800 770 5565

Sem análise de perfil

fale conosco

0800 770 5565

www.protecaoagora.com.br contato@protecaoagora.com.br

ALGUNS BENEFÍCIOS Rastreador Localização do veículo via internet

11 3593-7401

Guincho 24 horas Transporte alternativo Serviços de chaveiro Troca de pneus elétrico e mecânico SOS el | www.viagenssa.com |

55


Fotos: José Cordeiro/Divulgação

curtas

SEM ESCALA

A

Turkish Arlines está oferecendo tarifas especiais para a rota São Paulo-Buenos Aires, na Argentina,

sem escalas. A franquia de bagagem é para duas malas de até 32 quilos. As passagens custam a partir de US$ 166 na classe econômica e US$ 555, na executiva. A promoção vai até dia 31 de maio, mas os bilhetes devem ser adquiridos com pelo menos uma semana antes da data do embarque. http://www.flyturkish.com.br

SINAL VERDE

E

m ritmo de contagem regressiva para a Copa do Mundo, diversos atrativos de São Paulo já estão recebendo

as novas placas de sinalização turística. No total, 53 pon-

tos da capital serão sinalizados com informações sobre o local em português, inglês e espanhol. A implantação das placas é uma das medidas da SP Turis (empresa municipal de turismo e eventos) para melhorar a estruturação do turismo na cidade. Até a abertura da Copa toda a sinalização para pedestres no Centro estará concluída.

FORÇA NO CURRÍCULO

A

Academia de Viagens promove ao longo do ano cursos para aqueles que querem aprender mais sobre

gestão de viagens e eventos corporativos. O público alvo é formado por clientes, fornecedores e agências de viagens em geral. Esses cursos serão ministrados em Porto Alegre (maio), Belo Horizonte (maio/junho), São Paulo e Curitiba

Shutterstock

(agosto), e Rio de Janeiro (outubro). O investimento para

56

| Edição #28 |

o sócio da ALAGEV é de R$ 1.424,00 e o não sócio paga R$ 1.780,00. www.academiadeviagens.com.br


bastidores

• por Andrea Magalhães e Adriana Pompeu

ENCONTRO PODEROSO

O trade turístico ganhou evento de peso no final de abril em São Paulo, com a realização de mais uma edição do WTM Latin America e do 41º Encontro Comercial Braztoa. Os salões do Transamerica Expo Center, em São Paulo, transformaram-se, entre os dias 23 e 25, em um gigante painel latino-americano, com muitos negócios fechados e centenas de contatos. Veja quem prestigiou um dos mais importantes encontros do setor. Fernando Ferrero, presidente da Bahiatursa

Cláudia Pessôa, secretária municipal da Prefeitura de Maceió Turismo, e Paulo Kugelmas, superintendente de marketing da Secretaria de Estado do Turismo de Alagoas

Ingrid Ferreira, representante no Brasil dos Hotéis One&Only, Atlantis e Mazagan Resort, Douglas Sawaki, representante de Negócios para Bahamas, Adriana Ferreira, gerente de vendas da Representação Turística CAMAR

Leandro Rattazzi, diretor do Escritório de Representação Turística do Havaí-FocusLatam 58

| Edição #28 |


Jaqueline Li, consultora de comunicação no Brasil, Trust H. J. Lin, diretor do Turismo de Taiwan, Andrea Chung, Turismo de Taiwan

Lert Narongchaisakun e Vivian Nakagawa, da Empresa Oficial do Turismo da Tailândia Nathalia Gontijo, analista de comunicação, e Valdir Luis Brabosa, secretário de Turismo de Embu das Artes

Liz Chuecas Galty, coordenadora do mercado Latino-americano da PromPeru

Oriana Gaete, gerente da Pousada Bellavista, Hernan Visillac, chefe de produto da Viña Santa Cruz, e Carla Ramirez Salazar, gerente geral do Hotel Vendimia. | www.viagenssa.com |

59


bastidores

• por Andrea Magalhães e Adriana Pompeu

SÓLIDA PARCERIA

Muita gente participou do Workshop & Trade Show CVC, realizado em 19 e 20 de março, no Expo Center Norte, em São Paulo, e considerado um dos encontros mais tradicionais do setor. Utilizando o tema “Construindo juntos o futuro”, o evento reuniu agentes de viagens e fornecedores de produtos que, além de conferir as novidades, colocaram em dia seus contatos de negócios. Também marcaram presença expositores nacionais e internacionais de hotéis, companhias aéreas e representantes do trade em geral.

Guilherme Paulus, fundador da CVC, e Vinicius Lages, ministro do Turismo

Luiz Eduardo Falco, presidente da CVC

Mara Zucchini, Maristela Estrella e Rubens Gomes, da Rede San Raphael Hotéis

Alessandra Feitosa, executiva de contas Sul/Sudeste), Luis Sobrinho, gerente geral Brasil, Lorena Mascarenhas, gerente comercial Norte Nordeste - Cia Aérea AirEuropa O ator Tiago Fragoso 60

| Edição #28 |

Elizabeth Menendes e Henrique Rosa, do Costão do Santinho Resort


Alexandre Cequetin e Ana Cláudia Nobile, representantes do Jatiúca Hotéis & Resorts

A atriz Maria Casadevall

Geninho Goes

Hyara Rodríguez, diretora geral, e Nadia Balanguer, do Ministério do Turismo do Uruguai

Lilian Vicente Silva, Marcelo Gomes, Elisa Gonzalez, da Royal Caribbean

| www.viagenssa.com |

61


tecnologia

PEQUENA NOTÁVEL

A

Amazon está lançando a Fire TV, um set-top

Fotos divulgação

• por Mario Potomati

TV BRASILEIRA COM WINDOWS 8

box com stream de vídeos em alta definição

que conta com sistema Android e acesso aos principais apps, como Netflix, Hulu, YouTube e ao catálogo de filmes da Amazon Instant Video. O aparelho conta com um processador de quatro núcleos e 2 GB de memória RAM (a Amazon acredita que evitará atrasos nos vídeos), GPU dedicada, vídeo 1080HD e som surround dolby digital plus. Para quem gosta de jogos, ele tem os próprios e os do Android para baixar, gratui-

empresa brasileira Apek acabou de lançar o primeiro televisor com sistema operacional Windows

tamente ou pagos.

8 do mundo. Tecnologia é o que não falta nesta smartt

Nos Estados Uni-

TV, que vem equipada com processador AMD quad

dos, começou a

core, 500 GB de armazenamento interno, SSD de 60 GB

ser vendido por

e tela touchscreen. Além de contar com vários apps dis-

US$ 99. Ainda

poníveis, pode ajudar muito no escritório com projetos

está sem data

gráficos e videoconferências. Chega ao mercado nos ta-

de lançamen-

manhos 39, 50 e 64 polegadas. Custa entre R$16 mil e

to no Brasil.

ÚLTIMA GERAÇÃO

R$ 27 mil.

PARA CURTIR OS JOGOS

A

Sony coloca no mercado sua câmera fo-

A

Sagemcom e a Philips lançaram o Screeneo, um projetor de LED moderno e compacto, de fácil

tográfica Alpha A7s, da

transporte. Ideal para uso doméstico ou em escritórios,

série full-frame mir-

tem projeção de curto alcance - com distância de ape-

rorless, com 12 mega-

nas 10cm da parede você tem uma tela de 50 polegadas

pixels, que nos per-

e a 44cm, uma de 100 polegadas -, podendo projetar ca-

mite imagens com

nal de TV, conteúdo multimídia e internet. Conta com

3840x2160px e que

tecnologia HD, 3D e caixas de som dolby digital 2.1 de

promete

impressio-

alta qualidade, assim como o Bluetooth para conec-

nar com um grau de

tar tablets e smartphones, Wi-Fi e Ethernet.

sensibilidade

ilu-

Permite ainda o acesso aos servidores

minação bastante elevado

de

DLNA e realizar conexões através

devido ao fato de seu ISSO máximo

do Android 4.2, entre outras

ser 409,600. Mas sua principal novidade é

novidades. O preço de

poder gravar vídeos na qualidade 4K. Porém, so-

lançamento na Euro-

mente vídeos com qualidade de 1080p ou mais

pa foi de 1.690 euros.

baixa são registrados internamente; para fazer

Ainda sem preço es-

uso do 4K, é necessário conectar um dispositivo

tabelecido no Brasil.

de gravação por HDMI. Sem data de lançamento e preço definidos no Brasil.

62

A

| Edição #28 |


SEU DIA PRECISA SER MAIS ÁGIL Atendimento especializado em sua empresa.

(11) 3624-1466 - corporate@p1travel.com.br - www.p1corporate.com.br

Reservas e emissão de bilhetes Aéreos, hotéis, locações de automóveis, receptivos para eventos e executivos em todo Brasil. Tudo para agilizar e otimizar o tempo de sua empresa e seus executivos.

Você ainda conta com uma ampla oferta de pacotes para você e sua família! Confira abaixo:

GRUPOS PARA A DISNEY EM JULHO DISNEY TEEN Saídas: 2, 4, 5, 7, 10, 14, 16, 17 e 18 Julho Noites: 12 A PARTIR DE Cia: TAM, Copa e Delta Airlines 9X U$ Hotel: Disney's Pop Century Resort +Entrada U$ 959. À vista U$ 3.830 ou Disney´s All Star Resort *Base saída 05 Julho voando DELTA.

319

GRUPO DE PESCARIA NO ALASCA

Saídas: 3 Julho e 10 Outubro Cia: Delta ou TAM Hotel: Disney´s All Star Resort A PARTIR DE

9X U$

266

Saídas 15 e 25 Agosto

TEMPORADA 2014

A P1 Travel Agência de Viagens pioneira em pacotes para pesca no Alasca, convida voce para se divertir com a pesca esportiva, se aventurar observando ursos, alces e a incrivel águia americana, tudo bem de perto e ainda se encantar com as lindas paisagens do destino como geleiras eternas visitadas em passeio de helicóptero. O período da viagem é perfeito para a pesca do King Salmon, Silver Salmon e Halibut e você não precisa levar nenhum equipamento, toda estrutura é oferecida localmente e já esta inlcusa no pacote. Taxa zero para as compras na cidade de Anchorage, aeroporto utilizado para chegada e saída ao Alasca!

Venha conhecer e se encantar com a terra considerada “A Ultima Fronteira”. Condições Gerais: Preços por pessoa "A partir de" base apto quádruplo, sujeito as alterações de preço e disponibilidade de lugares sem prévio aviso. Taxas não incluídas.

12 OU 8 NOITES

WWW.P1TRAVEL.COM.BR

Fone: 11 2949.4066 / 3624.1466 • Lazer: news@p1travel.com.br • corporativo: corporate@p1travel.com.br

P1 Travel Jd. Japão - Pça. Nippon, 40 lj. 1 - Jd. Japão • P1 Travel Jd. São Paulo - Av. Leôncio de Magalhães, 1004 lj. R

+Entrada U$ 796 À vista U$ 3.190

*Base saída 10 Outubro voando TAM.


feiras nacionais e internacionais

agosto / setembro

calendário

64

Brazil Promotion

Fita

Entur – Encontro Nacional de Turismo na Bahia

Equipotel

Avirrp e Fórum Avirrp

World Routes

Minas Tur

ILTM Americas

Expo Aero Brasil

Expo Internacional de Turismo ABAV

Ski & Golf Fair + Hype Sports

Encontro Comercial Braztoa

La Cita

Jata Tourism Expo Japan

Data: 5 a 7 de agosto Local: Transamérica Expo Center Informações: www.brazilpromotion.com.br

Data: 14 e 15 de agosto Local: Centro de Convenções da Bahia, Salvador Informações: www.enturbahia.com.br

Data: 15 e 16 de agosto Local: Centro de Eventos Taiwan, Ribeirão Preto (SP) Informações: www.feiraavirrp.com.br/

Data: 27 a 29 de agosto Local: Minas Centro, Belo Horizonte Informações: promoveeventosgo.com.br/

Data: 28 a 31 de agosto Local: São Jose dos Campos, São Paulo Informações: www.eabairshow.com.br

Data: 1º de setembro Local: Club Homs, São Paulo Informações: www.skigolffair.com.br

Data: 4 a 7 de setembro Local: Miami, EUA Informações: www.lacitaamericas.com

| Edição #28 |

Data: 4 a 7 de setembro Local: Cidade do México, México Informações: www.fitamx.com

Data: 15 a 18 de setembro Local: Anhembi, São Paulo Informações: www.equipotel.com.br

Data: 7 a 10 de setembro Local: Chicago, EUA Informações: www.routesonline.com

Data: Data: 22 a 25 de setembro Local: Riviera Maya, México Informações: www.iltm.com/americas/home/

Data: 24 a 28 de setembro Local: Anhembi, São Paulo Informações: www.abav.com.br

Data: 24 a 28 de setembro Local: Anhembi, São Paulo Informações: www.braztoa.com.br

Data: 25 a 28 de setembro Local: Tóquio, Japão Informações: t-expo.jp


impresssões

No balanço

do mar de

Aruba N

• por Carlos Barbosa

ão pude evitar o olhar de turista na primeira

va com a adrenalina em alta, optei por percorrer Aruba

vez em que estive em Aruba, no Caribe. O mar

através de um jipe. São diversas paradas, em um per-

de cor azul turquesa, tão comentado por todos,

curso emocionante. O Parque Nacional Arikok foi o que

de fato, impressiona. Sutilezas como a espontaneidade

mais me surpreendeu. O local é uma reserva natural,

e o carisma daquele povo são cativantes. Sim, essas fo-

que cobre quase um quinto da superfície da ilha.

ram as minhas primeiras impressões, mas que seguem

A verdade é que eu ainda estava disposto a mais

me acompanhando a cada vez que visito a ilha. A dife-

emoções, mas não esperava que a minha escolha de ir

rença, no entanto, é que a cada viagem eu sou surpre-

ao Farol Califórnia poderia me reservar uma das melho-

endido por um novo fator. E talvez seja isso, a certeza do

res lembranças da ilha. A vista daquele pôr do sol, alia-

inesperado, que me faça querer voltar sempre a Aruba.

da à visão panorâmica da costa oeste e de suas praias,

Em uma de minhas visitas, resolvi explorar o lado

formam o cenário ideal e são a imagem que me lembro

mais radical da ilha. Arrisquei algumas manobras no

cada vez que penso em Aruba.

windsurfe, já que os ventos alísios, 28 km por hora em média, asseguraram condições favoráveis para que, até mesmo um inexperiente como eu, pudesse se aventurar em águas mais tranquilas. Mas os experts não precisam se preocupar, já que ondas desafiadoras também não faltam por lá. Para quem prefere emoção em terra firme, a minha sugestão são os passeios em veículos 4x4. Como já esta-

66

| Edição #28 |

Carlos Barbosa é diretor da Aruba Tourism Authority (ATA) no Brasil.


Profile for Viagens S/A

Viagens S/A Edição 28  

O país está prestes a receber milhares de estrangeiros para a copa do mundo.Não bastam apenas o jeitinho e a cordialidade dos brasileiros: t...

Viagens S/A Edição 28  

O país está prestes a receber milhares de estrangeiros para a copa do mundo.Não bastam apenas o jeitinho e a cordialidade dos brasileiros: t...

Advertisement