Page 1

Foto da piscina com borda infinita, um dos destaques da área de lazer

CONTEÚDO PATROCINADO:

JUL. 2017

RE VISTA VERO

DUAS TORRES, 120 UNIDADES ED. 211

C A PA P U B L I C I TÁ R I A

APARTAMENTOS COM 136 M² E 168 M² EMPREENDIMENTO EM MEIO À NATUREZA

ANO 17 • ED. 211 • JUL. 2017

ÁREA DE LAZER COMPLETA PARA TODA A FAMÍLIA PG. 34

E NO SITE DA VERO VOCÊ CONFERE MAIS FOTOS DO BOULEVARD TAMBORÉ

AS FAMÍLIAS DE ALPHAVILLE E REGIÃO

Um clube PARA MORAR

Realização

Mais de 40 mil m² de terreno, sendo 21 mil m² de área verde preservada. Conheça o Boulevard Tamboré, da MPD, que lança sua última fase B O U L E V A R D T A M B O R E . C O M . B R

Realização e construção


Barueri e Região Barueri e Região

RICARDO AMORIM

MÁRCIO R ACHKORSK Y

CARLOS JÚLIO

BOB WOLLHEIM

JUL. 2017

Melhores Empresas para Trabalhar Melhores Empresas para Trabalhar

ED. 211

VEJA AS 30 GANHADORAS PG. 86

+ ESPECIAL SAÚDE PG. 50

PERSONAGENS DA REGIÃO ▪ UMA JOVEM ESPORTISTA E EMPREENDEDORA ▪ UM VETERANO DE GUERRA ▪ UMA ESPECIALISTA EM TV A PARTIR DA PG. 70

filhinhos? PAPAI, MAMÃE E

Será que esse ainda é o único modelo familiar na nossa região? A VERO levantou dados do IBGE e fez uma enquete exclusiva para descobrir V E R O . C O M . B R

▪ FILMES PARA VER NA NETFLIX ▪ LUGARES PARA TOMAR VINHO ▪ PROGRAMAS CULTURAIS ▪ COISAS PARA FAZER COM OS PEQUENOS A PARTIR DA PG. 80


EDITORIAL DIRETOR-GERAL

Marcos Lage Gozzi marcos@vero.com.br DIR E T O R A E X EC U T I VA

Roberta Furlan robertafurlan@vero.com.br

almoça junto, todo dia... N

a música interpretada pelos Titãs, a família é bem tradicional, com papai, mamãe e titia... Mas será que, por aqui, elas também são assim? Na nossa matéria de capa, você vai descobrir alguns dados curiosos sobre as novas formações familiares em Alphaville, no Brasil e no mundo (!). Fica aqui um aperitivo: a entrada da mulher no mercado de trabalho está diretamente ligada às mudanças que se observam por aí. A gente, aqui na VERO, sabe como é gostoso almoçar com quem a gente ama, mesmo que não seja todo dia. E vale registrar: independentemente da composição da família, somos a favor de todas as formas de amor <3 Thais Sant’Ana Editora-chefe

EDITORA-CHEFE

Thais Sant’Ana thais@vero.com.br EDITORA-ASSISTENTE ON-LINE

Gabriela Ribeiro reportagem@vero.com.br REP OR TAGEM

Beatriz Bononi e Gabriella Butieri (estagiária) jornalismo@vero.com.br ARTE

Giulia Carrara (designer) e Thiago Lyra (diretor de arte convidado) design@vero.com.br C OLUNIS TA S

Bob Wollheim, Carlos Júlio, Marcio Rachkorsky e Ricardo Amorim FOTOGRAFIA

Diego Rabello, Rogério Alonso, Vanilla Fotografia e Zé Gabriel REVISÃO

3GB Consulting MARKETING

Milena Beber (coordenação), Isabella Magalhães (assistente) e Fernanda Ferfila (estagiária) COMERCIAL

Ana Paula Lima, Leia Serva e Lucimara Pinheiro FINANCEIRO SAFE BACK OFFICE

Andrea Rodrigues (gerente), Weslley Damasceno (auxiliar financeiro) e Luis Gustavo Oliveira (estagiário) ________________________________ EDITORA LAGE

Orgânico Working, Alpha Square Mall Av. Sagitário, 138, lj 72, Alphaville, Barueri-SP, (11) 4195-9666, vero.com.br ________________________________ C T P, I M P R E S S Ã O E ACABAMENTO

Gráfica Log & Print 20 mil exemplares

*ERRAMOS: na edição passada, na seção Novidades, a foto da porta é ilustrativa e não representa um modelo comercializado pela Pormade.


CONTÉM ED. 211 — JUL. 2017

Novidades

38

20 MULHERES FORTES

Monica Pimentel conquistou carreira de sucesso na televisão

72

QUEM SÃO AS FAMÍLIAS DE ALPHAVILLE?

Colunas

→ BOB WOLLHEIM. 26 → CARLOS JÚLIO. 28 → DR. CONDOMÍNIO. 30 → RICARDO AMORIM. 32

74

PERSONA

Natural de Portugal, o comerciante José Saraiva conta sua história de vida

DICAS

→ CULTURA. 80 → PARA OS PEQUENOS. 81 → ROTEIRO GOURMET. 82 → NETFLIX. 83

saúde p ESPECIAL

CONFIRA DICAS DE DIFERENTES ESPECIALISTAS

50

EXECUTIVO E ESPORTISTA

Com apenas 21 anos, Ingrid Polini está à frente de uma empresa de TI e é ultramaratonista

76


QUEM

faz

Um time de doze mulheres e dezenas de colaboradores trabalha para você receber a VERO em casa todos os meses. Conheça alguns deles: Rogério Alonso, fotógrafo

acredita

Esta revista é uma cortesia para você porque existem parceiros que acreditam na nossa ideia:

"Sorria, você está na Bahia." Essa é a marca registrada do nosso fotógrafo para fazer nossos retratados se sentirem confortáveis e saírem lindos nas páginas da VERO. Especialista em moda e skatista profissional, ele é nosso parceiro de longa data e já participou de vários projetos por aqui!

Léia Serva, executiva de contas Mãe do Miguel e dona do cabelo mais estiloso da VERO, ela é só bom humor e sorrisos – ninguém nunca viu ela brava, não. Atua na linha de frente da revista, na área comercial da VERO, mas está sempre atenta aos pedidos da redação! E não se deixe enganar pela sua aparência quietinha, ela adora uma festa!

Fernanda Ferfila, estagiária de marketing Recém-chegada ao time, ela tem 18 anos e é dançarina. Mas também manda muito bem quando o assunto é comunicação e marketing – ela até ganhou um prêmio na faculdade um dia desses. Atenciosa e disposta, já chegou com um caminhãozinho de sugestões e opiniões ;-)

Gustavo Gotfry

Tudo que a gente faz na VERO é para atender a um público muito exigente, nossos leitores, amigos-vizinhos! Conheça-os:

Silena Moral Niscolo “A VERO passa muitas informações sobre a região, isso faz com que a comunidade se una cada vez mais. É muito bom!”, conta nossa leitora, que é formada em Relações Públicas.

Moacyr Felix Presidente da Associação Comercial e Industrial de Barueri (ACIB) e paicoruja, ele garante: “Gosto da proximidade que a VERO proporciona entre comunidade e empresas”.

Rodrigo Santos

Paula Gatti Buongiorno

Professor de inglês e apaixonado por trilhas, elogia: “A VERO dá cara para as pessoas que participam da vida de Alphaville e nos lembra dos eventos legais por aqui”.

Além de ser consultora de comunicação, ela adora fotografia. Sobre a VERO, conta: “Gosto das colunas do Ricardo Amorim e Carlos Júlio. E, claro, das matérias sobre Alphaville”. 14

V E R O

Ele é administrador da concessionária Kia Akta Motors e, nas horas vagas, adora viajar de moto. “Gosto da diversidade de conteúdo que a VERO oferece para os leitores e parceiros”, conta.

-

J U L .

2 0 1 7

Beatriz Bollbuck Nadar é o hobby da diretora de Marketing da Pormade. “A VERO é incrível tanto para quem quer vender quanto para o leitor, que recebe produtos, serviços e conteúdo da região”, elogia.


LEITOR

Fotógrafo

A gente queria saber como os moradores da região aproveitam esse tempinho frio. Confira os cliques dos nossos vizinhos, que ainda ganharam vouchers do Real Burger para aquecer

Juliana Knopik Via Instagram Publicado dia 19 de junho de 2017

Olha esse look de frio todo estiloso da filha da Ju. Não é uma graça? Elas estavam lá na Suíça.

Quer ver sua foto aqui? Poste com a

#MinhaFotoNaVERO

e fique ligado nas redes sociais. Tem sempre prêmios por lá!

Nicole Loss

Jaqueline Oliveira

Via Instagram

Via Instagram

Publicado dia 14 de junho de 2017

Publicado dia 19 de junho de 2017

Não tem nada mais gostoso do que ficar quentinho perto da fogueira com o pet, né?

A Jaque está focada. O sol até apareceu para dar uma esquentadinha na hora do crossfit. 16

V E R O

-

J U L .

2 0 1 7


OI?

Vero responde

Nesta seção os leitores mandam as perguntas e nós vamos atrás das respostas. Envie a sua também! → reportagem@vero.com.br → @revistavero → facebook.com/revistaveroalphaville → 11.96328.1862 (whatsapp)

CEIÇA SCHETTINI:

Por que deixaram de realizar a festa junina na Mamoré, em frente ao muro do Res. 1? De acordo com o Alphaville Tênis Clube (ATC), a festa tomou uma grande proporção, o que dificultou a organização. Além disso, a vizinhança começou a reclamar do barulho, da dificuldade de acesso aos prédios, etc. Por esse motivo, a festa voltou a ser feita dentro do clube, para associados e seus convidados.

BIANCA COSTANTINI:

Quais os espaços com atividades para crianças pequenas na região?

PATRÍCIA VICIANA CAMARGO LOPES:

Programação para os pequenos é o que não falta, e há muitas opções para os papais que querem deixar os pimpolhos aos cuidados de monitores enquanto resolvem algumas coisas com tranquilidade. Os shoppings da região, por exemplo, contam com locais fixos para a criançada brincar. No Iguatemi Alphaville tem a Vila Animada, uma minicidade cheia de atividades. No Toy Company, no Shopping Tamboré, há brinquedos para os pequenos se divertirem. Também há monitores e atividades em vários restaurantes daqui. Em Aldeia da Serra, o destaque fica com a Oficina Criar e Brincar, com brincadeiras monitoradas para crianças de seis meses a nove anos. Além disso, os malls sempre preparam atrações especiais temporárias. Na seção Agendinha (pág. 81) você confere o que acontece por aqui em julho. Ah, e claro, não podemos esquecer que o bairro conta com espaços ao ar livre para os pais que querem aproveitar com os pequenos: tem a praça Oiapoque, a pista de cooper no 18 do Forte e o Parque Ecológico do Tietê.

Existe academia que ofereça flamenco para adultos em Alphaville? Infelizmente, não. Mas não é motivo para desanimar! Por aqui, há várias escolas de dança: tem no Centro Comercial, no Centro de Apoio, no Alpha Conde... Em todas elas há outras modalidades, como jazz, hip-hop, dança do ventre, de salão. Tem até especializada em pole dance! De qualquer forma, fica aqui a nossa dica para as academias da região: que tal flamenco? ;) Lá no site da VERO tem a lista completa com as escolas de dança em Alphaville.

Pergunte ao Oráculo

Simples, amigo. Na ida, é sempre aquela ansiedade. Estamos animados, com a expectativa de que a viagem vai ser maravilhosa, querendo chegar logo ao destino para viver tudo isso, e a sensação que temos é que o tempo não passa. Já na volta, ninguém se importa com o tempo que a viagem vai levar, e a explicação disso está no fenômeno chamado depressão pós-férias, em que a única coisa que conseguimos pensar é na preguiça de voltar à rotina. Mas tenha calma, amigo, a dica para se curar desse mal também é simples: aceita, que dói menos. #voltaférias 18 V E R O

-

J U L .

2 0 1 7

ISTOCKPHOTO

Por que, quando viajamos, o trajeto de volta parece mais curto que o de ida?


Novidades POR AQUI

COMER, COMER!

Al. Araguaia, 180 – Mezanino – facebook.com/100hertzbikestudio

DECORAÇÃO PARA SE INSPIRAR Neste ano, a Florense, marca de móveis planejados que conta com loja em Alphaville, é um dos destaques da Casacor, mostra de arquitetura, design de interiores e paisagismo. Os móveis estão presentes em sete ambientes assinados por renomados profissionais da área. A exposição acontece no Jockey Club, em São Paulo, até o dia 23 desse mês. De terça a domingo, das 12h às 21h. Av. Lineu de Paula Machado, 1075 – São Paulo – casacor.abril.com.br florensealphaville.com.br

CASA SUSTENTÁVEL Breno Viana, Jonatas Pacheco, Bruno Camargo e Luana Carvalho são os criadores do projeto vencedor do desafio Casa AQUA – concurso de projetos de casas sustentáveis lançado pela Cipasa Urbanismo e Inovatech Engenharia. Na edição de agosto da VERO, você confere uma matéria exclusiva com todos os detalhes dos vencedores. 20 V E R O

-

J U L .

2 0 1 7

Até dia 20 de julho, acontece a primeira edição do Menu Especial de Inverno Iguatemi Alphaville. Os restaurantes Apleebee’s, Galeto’s, Nagaré, PF Chang’s, Pirajá, Pobre Juan, Prime Burguer e Ráscal estão com cardápio exclusivo para os dias frios, com entrada, prato principal e sobremesa por até R$ 59,90. De segunda a sexta, a partir das 18h iguatemi.com.br/ alphaville Agora, o bairro Tamboré conta com uma nova unidade do fastfood de comida árabe Habib’s. Funciona 24h e conta com drive-thru, delivery, salão de festas e espaço kids. Al. Araguaia, 3.207 3003-2828 Com decoração de tema indígena, abriu as portas em Alphaville a hamburgueria Tupan Bar Burger, já conhecida em Barueri. A casa oferece hambúrgueres de 140 g com blend secreto, batata rústica, onion rings, milk-shake e outras delícias. Av. Vênus, 280 facebook.com/ tupanfoodbeer

DIVULGAÇÃO

PARA PEDALAR No fim de julho, chega a Alphaville um espaço de bike indoor: a 100 Hertz Bike Studio. Além das aulas da modalidade, o local será instalado num ambiente que conta com serviços de barbearia, lanchonete fi t, clínica estética e crossfi t. Os alunos podem reservar sua bicicleta pelo site e optar por comprar aulas avulsas ou pacotes promocionais.


Boas da região 5 COISAS

Várias iniciativas culturais e de lazer têm surgido por aqui para atender a uma demanda que não para de crescer. Confira algumas dicas para aproveitar com a família ;) texto: Beatriz Bononi

1.

4.

ARENA DE EVENTOS EM SANTANA A prefeitura da cidade já começou a construir o primeiro espaço da região dedicado exclusivamente a cultura, arte e lazer. O espaço de 1.700 m2, no bairro Campo da Vila (perto da Estr. dos Romeiros), vai receber shows, congressos, feiras, entre outros. A previsão é que as obras sejam concluídas em junho de 2018.

OFICINAS CULTURAIS GRATUITAS Você sabia que Barueri disponibiliza, gratuitamente, diferentes atividades ligadas à cultura? E detalhe: para todas as idades. Tem aula de dança, de música, de artes visuais e teatro.

2.

SHOWS, PEÇA E STAND UPS NO TEATRO MUNICIPAL DE BARUERI A programação de um dos principais equipamentos culturais da região está cada dia mais legal. Só neste ano já teve shows de Oswaldo Montenegro, Guilherme Arantes, os musicais “Mama Mia” e “A Bela e a Fera”, entre outros. Atualmente, estão em cartaz o musical “Beatles para crianças” e a peça “Bonitinha, mas ordinária”, de Nelson Rodrigues.

3.

5.

EVENTOS AO AR LIVRE O que não falta aqui na região são eventos para reunir a família e os amigos ao ar livre. Em Aldeia da Serra, por exemplo, acontece todo fim de semana o “Fim de Semana na Praça”, com food trucks, música, atividades e exposições. Todo mês também tem, tanto em Aldeia da Serra como em Alphaville, na praça Oiapoque, a Feira de Artesanato.

MUSEUS LOCAIS O da Bíblia é um clássico: por lá estão a menor Bíblia do mundo e a Bíblia Hebraico-latim, de 1546, uma raridade. Mas Barueri também conta com a Pinacoteca Municipal, com obras de arte moderna, do abstracionismo e até contemporânea. Já em Santana de Parnaíba tem o Museu Histórico e Pedagógico Casa Anhanguera, sabia?

22 V E R O

-

J U L .

2 0 1 7


5 COISAS

Dá pra melhorar

Se tem uma coisa que irrita qualquer motorista é esta: você está lá, dirigindo numa boa, e, de repente, o carro se treme todo. São as ruas remendadas. Por aqui tem de monte fotos: Gabriella Butieri

1.

Que outro tema você gostaria de ver aqui? Indique para a gente em vero.com.br

CAMPEÃ DOS BURACOS MAL TAPADOS Se fôssemos colocar todos os remendos da Via Parque, encheríamos a página toda. Olha um trechinho

4.

REMENDOS DE TODAS AS IDADES Na Rio Negro (bem na saidinha da Drogaria Onofre), não dá nem pra decifrar onde acaba um remendo e começa outro. A sinalização do chão também ficou prejudicada

2.

ATÉ CEDEU Já na descida da Av. Andrômeda, sentido Via Parque, do lado da Cachaçaria Água Doce, o remendo está quase virando uma valeta

5.

3.

MAIOR TREME-TREME Ali, no finalzinho da Estr. Paiol Velho, é remendo e rachadura pra tudo quanto é lado. Inclusive na lombada

VIROU LAGO

ACHO QUE NINGUÉM VAI PERCEBER QUE TINHA UM BURACO AQUI!

Pertinho do Alpha Plus, é preciso tomar cuidado. Além de ter remendo na rua toda, uns estão cedendo e virando buraco 24 V E R O

-

J U L .

2 0 1 7


PENSAMENTO EMPREENDEDOR

o pior também!

O MELHOR DO BRASIL SOMOS NÓS.

Precisamos dar um basta para cada um de nós! Pros nossos jeitinhos e nossos pequenos pecados

Bob Wollheim

é fundador do youPIX e do Startupi, autor de “Empreender não é brincadeira” e venture corp da Endeavor

TENHO ESCRITO MUITO aqui nesta coluna sobre o que estamos vivendo em nosso país. É um momento de reinvenção, de redescoberta e, consequentemente, de dor e sofrimento. Estamos desvendando a grande contravenção que virou nosso país, mas nos descobrindo pequenos contraventores, ao mesmo tempo. Reclamamos nas redes sociais de tudo o que está acontecendo, mas seguimos nos pequenos delitos, na fila dupla, no furar fila, nas pequenas sonegações e contravenções que julgamos menores, perdoáveis. Portanto, ainda seguimos nos autoperdoando, mas com certa dose (coisa nova no país) de angústia. Passei uma semana nos EUA, em Los Angeles, e é impressionante como a coisa funciona. Falo das pequenas coisas, da fila, do tr nsito, das pequenas contravenções que não acontecem, ou até acontecem, mas numa dose tão menor do que a nossa, né?! De vez em quando, alguém comenta que a corrupção, apesar de muito grande, é algo pequeno comparativamente ao tamanho da economia brasileira. Tenho dúvidas se os números são bem computados, e, mesmo que sejam, penso que o espírito da corrupção atrapalha muito mais o país do que temos informação e noção, e do que as contas diretas nos permitem calcular. Acredito que boa parte do atraso do país está nesse espírito do jeitinho, do fazer um por fora, de dar uma voltinha pra conseguir o que se quer. enho refletido muito, como imagino que muitos brasileiros têm, não sobre Brasília e os políticos, mas sobre nós mesmos, pessoas comuns, cidadão brasileiros, e nossa culpa nesse imbróglio todo em que nos metemos. 26 V E R O

- J U L .

2 0 1 7

Culpar “alguém” tem sido uma das piores coisas pois não assumimos nossos erros e não promovemos uma mudança como povo. Tenho buscado minha culpa; também participei desse círculo vicioso que, sem que tenhamos nos atentando, tanto nos coloca pra baixo! Por outro lado, uma semana nos EUA nos mostra como somos um povo incrível, friendly, leve, relax, divertido, criativo, e que curte a vida e curte curtir a arte de viver. Somos muito únicos no mundo, uma grande mistura de raças que tem uma pegada mais leve sobre viver. Mas então por que ainda somos o Brasil atrasadão, da corrupção, do jeitinho, da coisa complicada e do lobby? Minha modesta compreensão do assunto – e uma provocação aos leitores e a mim mesmo, claro – é que ainda não acordamos o quão MAIS INCRÍVEIS poderemos ser como nação se cada pessoa se comportar melhor, se a gente quiser menos “levar vantagem” sobre o outro e agir mais como comunidade, uma nação! Não é Brasília, somos nós! Não são os políticos, somos nós! Não é alguém, sou eu, você, cada um de nós! Não é a grande bandalheira, é o nosso pequeno jeitinho! O melhor do Brasil é o brasileiro, o pior também. Estamos dando muito do nosso pior e precisamos dar um basta! Um basta para cada um de nós! Pros nossos jeitinhos, pros nossos pequenos pecados. Aí, galera, Brasília muda, os políticos mudam e a gente muda como país. Bora reinventar nosso país?

Escreva para neuronio@vero.com.br e conte o que achou desta coluna!


SUCESSO

Sim, você pode AVANÇAR COM OS INCONFORMADOS Os melhores líderes são aqueles que compreendem os inconformados e os convertem em aliados

Carlos Júlio

é consultor, palestrante, escritor e pesquisador no campo da administração de negócios

EM GERAL, os gestores se comportam de maneira receosa diante dos colaboradores inconformados. É natural, porque os inconformados atuam como poderosos motores da mudança. E a mudança, inevitavelmente, nos afasta, mesmo que temporariamente, da zona de conforto. Outro problema diz respeito à preservação da autoridade. Os inconformados são normalmente vistos como ameaças ao poder constituído. Em um tempo marcado pela mudança constante, porém, os melhores líderes são justamente aqueles que compreendem os inconformados e os convertem em aliados no processo permanente de reinvenção. E os inconformados não são, necessariamente, os superempreendedores que revolucionam setores inteiros da economia. Podem ser, em menor grau, funcionários do chão de fábrica ou dos fundos do escritório, aqueles que, aqui e ali, tentam novas soluções para problemas antigos. O economista Michael Housman realizou uma pesquisa para tentar compreender por que determinados profissionais de atendimento ao cliente se mantinham em seus empregos por mais tempo que seus colegas. Descobriu que os funcionários que usavam o Chrome e o Firefox para navegar na internet mantinham-se 15% mais tempo no posto do que aqueles que usavam o Internet Explorer ou o Safari. Imaginou que fosse apenas coincidência e, para tirar a questão a limpo, fez mais uma investigação. Descobriu que a turma do Chrome-Firefox faltava 19% menos do que a turma do Explorer-Safari. Seguiu em frente e descobriu que o primeiro grupo fechava mais vendas, em chamadas mais curtas. E 28 V E R O

-

J U L .

2 0 1 7

mais: depois de 90 dias no emprego, esses profissionais alcan avam n veis de satisfação do cliente que o segundo grupo levava 120 dias para obter. Esse grupo do Chrome-Firefox não é mais bem-sucedido em função da qualidade dos navegadores que utilizam. Nem é porque supostamente sabem mais de tecnologia. A diferença é que essa turma cultiva algum inconformismo. São pessoas que não aceitam o padrão estabelecido e ousam escolher o diferente. O Explorer vem no pacote do Windows. O Mac tem o Safari pré-instalado. Para usar Chrome ou Firefox é preciso rejeitar o padrão, assumir algum risco e instalar um navegador diferente. No trabalho, segundo o estudo, essas pessoas são saudavelmente divergentes. Buscam novos modos de vender e solucionar problemas. Criam roteiros originais para fazer as coisas, corrigem protocolos, melhoram suas próprias condições laborais e, assim, ficam no emprego por mais tempo. Muitos de nós começamos a vida como “inconformados”, mas acabamos dobrados pelo sistema. Dessa forma, perdemos a sensibilidade, rebaixamos o senso crítico, aceitamos os padrões e nos acomodamos no menos ruim. Portanto, a primeira dica vai para você que lidera: procure dialogar com seus colaboradores divergentes. Agregue-os sempre que possível. A segunda vai para você, que tem esse espírito inquieto e rebelde. Esqueça o coquetel molotov. Procure uma abordagem apropriada para mostrar as vantagens do seu novo padrão. É assim que vencemos preconceitos e constituímos a novidade que nos remete ao futuro. Escreva para neuronio@vero.com.br e conte o que achou desta coluna!


DR. CONDOMÍNIO

Soberania

DA VONTADE E DA MAIORIA

Para trazer tranquilidade nas decisões sobre temas polêmicos, uma ferramenta sensacional são as enquetes e pesquisas

Marcio Rachkorsky

é advogado, especialista em condomínio, comentarista da TV Globo e Rádio CBN

CONDOMÍNIOS são organismos vivos, entes dinâmicos, ambiente onde muitas coisas acontecem ao longo de um único dia. Quem vive em condomínio busca harmonia, sossego, segurança e comodidade, mas acima de tudo quer um lugar que evolua, que seja a cada dia um espelho dos gostos e vontades da maioria dos moradores. Ocorre que, por conta de uma lei mal elaborada e de convenções e regulamentos desatualizados e ultrapassados, muitos condomínios estão literalmente parados no tempo, engessados por regras absolutamente formais, que impossibilitam evolução e desenvolvimento, prestigiando a letra fria da regra, em detrimento da vontade da maioria. Existem ainda os formalistas de plantão, sempre com um artigo ou parágrafo da convenção na ponta da língua, a pregar que nada pode ser alterado no condomínio sem o famigerado qu rum qualificado, quase nunca atingido nas vazias e desprestigiadas assembleias. Felizmente, muitos síndicos, administradores, advogados e até mesmo juízes já perceberam a importância de fazer valer a vontade da maioria, de forma a dinamizar as decisões tomadas em assembleia, ainda que, para tanto, seja necessária uma interpretação mais liberal da lei e das convenções, sempre com equilíbrio, bom senso e segurança jurídica. Por outro lado, já é hora de os moradores de condomínio serem minimamente responsáveis e participarem das assembleias, pois s ficar reclamando de nada adianta, já que as deliberações são tomadas sempre em reunião presencial. 30 V E R O

- J U L .

2 0 1 7

Abaixo, alguns temas que podem ser votados por maioria simples: → individualização do consumo de água e gás. → transformação do apartamento do zelador (desde que sem uso) em academia ou outra área comum de lazer. → criação de espaço pet, espaço mulher e outras áreas de facilities. → criação de vagas adicionais para motos. → reformas úteis para aumentar a utilização de áreas comuns já existentes. → envidraçamento de varanda. → locação do topo para antena de telefonia (mediante estudo técnico). → implementação de projeto de segurança. → alteração e modernização do regulamento interno. Alguns temas mais complexos ainda necessitam de votação por qu rum qualificado dois ter os ou unanimidade), dentre os quais: → alteração da convenção de condomínio. → obras voluntuárias. → alteração de fachada ou projeto arquitetônico. Para trazer mais tranquilidade nas decisões sobre temas mais polêmicos, uma ferramenta sensacional e que gera boa segurança jurídica é a realização de enquetes e pesquisas, que normalmente têm boa aceitação dos moradores, mas não substituem a presença nas assembleias.

Escreva para neuronio@vero.com.br e conte o que achou desta coluna!


EC ONOMI A FÁCIL

sem governo UM PAÍS

A essência da corrupção brasileira está na promiscuidade entre o Estado e a iniciativa privada

Ricardo Amorim

é economista, palestrante, apresentador do Manhattan Connection e presidente da Ricam Consultoria

NÃO, NÃO ME REFIRO À ATUAL SITUAÇÃO do Brasil, em que a cor-

rupção em escalas inimagináveis, envolvendo o próprio presidente Temer, acabou com as condições de governabilidade e paralisou o Congresso e o país. Aliás, exatamente como já havia acontecido com sua antecessora, Dilma Rousseff. Trata-se de um tema ainda mais importante para que o combate à corrupção seja bem-sucedido e para que um país possa se tornar mais rico e mais justo: uma brutal mudança de mentalidade na relação da sociedade brasileira com o Estado. Imagine que o Brasil não tivesse governo. Se não houvesse governo, não haveria orçamentos superfaturados de obras públicas. Marcelo Odebrecht e outros empreiteiros não teriam por que nem como subornar políticos e agentes públicos, nem estes teriam como achacá-los. Se não houvesse governo, não haveria bancos estatais, como o BNDES. Sem o BNDES, Joesley Batista teria que buscar outras fontes de financiamento para a , e não teria razão para dar mais de R$ 1 bilhão a 1.829 políticos, incluindo o presidente Temer e os ex-presidentes Lula e Dilma. Sem governo, a Petrobras não seria estatal. As decisões da empresa não teriam motivações políticas, seriam motivadas pela busca de resultados para a empresa e seus acionistas. Dezenas de bilhões de reais desviados por corrupção não teriam ido para o ralo. 32 V E R O

-

J U L .

2 0 1 7

Se não há governo, políticos não teriam como comprar o apoio de setores da sociedade com programas de benef cios a grupos espec ficos como olsa- am lia, isen es fiscais, linhas de crédito subsidiado e outros, devolvendo a alguns uma boa parcela do dinheiro que tomaram de todos nós via impostos. Ok, você deve estar se perguntando, e como garantir segurança, educação básica e saúde de qualidade a todos, além de combater a miséria, sem governo? O ponto é exatamente esse. Para ter foco e dinheiro para isso, para não corromper e ser corrompido, para não sufocar a produção e o emprego no Brasil com impostos extorsivos e para executar bons serviços públicos, o governo não pode e não deve fazer todo o resto. A essência da corrupção brasileira está na promiscuidade entre o Estado e a iniciativa privada. Quanto maior o Estado, maior a promiscuidade. Um Estado agigantado que distribui “favores” é fonte constante de corrupção. Quanto menos o Estado se envolver diretamente na economia – apenas regulando seu funcionamento –, menos corrupção e mais riqueza haverá. Para ser máximo em efici ncia, promo ão de desenvolvimento e imune à corrupção, o Estado tem de ser mínimo em tamanho.

Escreva para neuronio@vero.com.br e conte o que achou desta coluna!


↘PUBLIEDITORIAL

PRA VIVER E SE DIVERTIR

Dois em um:

APARTAMENTO E CLUBE EM UM SÓ LUGAR

Em vero.com.br você confere mais fotos do empreendimento

Com última fase recém-lançada, Boulevard Tamboré traz aos moradores conceito de condomínio-clube

Foto aérea do lazer do residencial

CONHEÇA O BOULEVARD TAMBORÉ Empreendimento chega à última fase com 120 unidades disponíveis em duas torres → Duas metragens: 136 m² e 168 m² → 4 dormitórios ou 3 suítes → 2 e 3 vagas → Elevador com biometria →Mais de 20 itens de lazer

34 V E R O

-

J U L .

2 0 1 7

DIVULGAÇÃO

E

m meio a uma grande procura por apartamentos maiores e com áreas de lazer mais completas na região, a incorporadora e construtora MPD lançou a terceira e última fase do Boulevard Tamboré – prevista para ser entregue em maio de 2020 –, com 120 unidades em duas torres. “A concepção do Boulevard trouxe a possibilidade de projetar duas plantas com possíveis configurações, atendendo diferentes perfis de moradores, e o lançamento da terceira fase chega em um momento bastante positivo”, diz o presidente da MPD, Mauro Dottori.


Foto da piscina adulto com borda infinita

O destaque do residencial fica por conta do conceito condomínio-clube. Por lá, além de churrasqueira, espaço gourmet, fitness, piscinas, salão de jogos e quadras, há também espaços diferenciados como a sala de artes marciais, ateliê, pet agility e espaço beauty, todos equipados e prontos para uso. Tudo isso é possível em função do tamanho do terreno: são mais de 40 mil m², divididos entre as torres e as áreas comuns. No quesito segurança, o empreendimento também não fica atrás. Tem elevador com biometria. Nas unidades, destaque para o living integrado ao terraço gourmet com churrasqueira com ampla abertura entre a sala e o terraço. A localização também é um ponto-chave pela proximidade com a capital paulista, sem deixar o quesito tranquilidade de lado: são 21 mil m² de área verde preservada em seu entorno, proporcionando aos moradores uma vista de tirar o fôlego para a natureza.

Foto da sala de artes marciais

Foto do ateliê

35 V E R O

-

J U L .

2 0 1 7


↘PUBLIEDITORIAL

PRA VIVER E SE DIVERTIR

COM CARA DE CLUBE A área de lazer completa é um dos destaques do empreendimento, que traz o conceito condomínio-clube. Confira as opções que o residencial oferece para aproveitar CHURRASQUEIRA ESPAÇO GOURMET Foto da briquedoteca

FITNESS LAZER INFANTIL: PLAYGROUND, BRINQUEDOTECA PISCINAS DESCOBERTAS ADULTO E INFANTIL PISCINA COBERTA PISCINA COM BORDA INFINITA Foto da sala fitness

ESPAÇO DE DESCANSO COM SAUNA SECA QUADRA DE TÊNIS/SQUASH PET AGILITY SALÃO DE JOGOS INFANTIL, JUVENIL E ADULTO SALA DE ARTES MARCIAIS Foto da churrasqueira

ATELIÊ ESPAÇO BEAUTY LANCHONETE

→ Boulevard Tamboré Al. Cores da Mata, 10, Tamboré, (11) 4152-3570

Foto do espaço beauty

boulevardtamboré.com.br

36 V E R O

-

J U L .

2 0 1 7


CAPA

famĂ­lias n AS

38 V E R O

- J U L .

2 0 1 7


no Brasil ESTÃO MUDANDO... E POR AQUI?

As mulheres têm filhos cada vez mais tarde; muitos casais optam por não ter filhos; novas famílias são formadas, cada vez mais, por pessoas separadas ou divorciadas, que juntam filhos e enteados no novo lar; além disso, há mais pessoas que vivem sozinhas e crescem os relacionamentos homoafetivos. Isso tudo é realidade no Brasil e no mundo. Por aqui, a VERO conversou com diferentes modelos de família e fez uma enquete com 500 leitores para entender o cenário. Confira!

TUDO JUNTO E MISTURADO

texto: Thais Sant’Ana fotos: Zé Gabriel e Rogério Alonso

Nesta grande família, Amanda e Fábio uniram os filhos de relacionamentos anteriores numa casa só. Da esquerda para a direita: Giulia, Leonardo, Amanda, Fabio, Davi, Isabella, Henrique e Lucas 39 V E R O

-

J U L .

2 0 1 7


V

Em Alphavie... DADOS DA ENQUETE VERO SOBRE AS FAMÍLIAS DE ALPHAVILLE E REGIÃO*

50% dos respondentes são casados no civil e no religioso 18% são casados

apenas no civil, e 1% apenas no religioso

15% moram juntos. Desses, 10% têm união estável e 5% não têm nem sequer a declaração de união estável 16% não são casados

DOS QUE NÃO SÃO CASADOS: 78% nunca foram casados antes

20% são divorciados 2% são viúvos

NO BRASIL**

há 4,4 milhões de lares compostos por casais que se separaram anteriormente ou são viúvos (16,3%). Do total de famílias, 36,4% dos casais não são casados formalmente; 3,1% da população brasileira é divorciada

ocê sabia que, no Brasil, um em cada quatro casamentos termina em separação? Se olharmos esse dado isoladamente, a coisa pode parecer um pouco trágica. Mas a boa notícia é que a vida é feita de recomeços, e atualmente 4,4 milhões de lares são compostos por casais que se separaram anteriormente ou são viúvos. De acordo com o nstituto rasileiro de eografia e Estatística (IBGE), esse é o novo retrato da família brasileira. E mais: esses novos casais já não veem mais – pelo menos não tanto quanto antigamente a necessidade de oficializar a união. No país todo, segundo o IBGE, 36,4% dos casais não são casados formalmente. E há 2,5 milhões de enteados vivendo com padrastos ou madrastas. Esse é mais ou menos o caso de Amanda Ciccarino Borges. Aos 36 anos, ela já era mãe de Lucas, de 19, e Leonardo, 12. Foi quando conheceu abio. Ele tamb m tinha filhos do casamento anterior. Três, mais precisamente: Giulia, 18; Isabella, 15; e Henrique, 11. Em pouco tempo, eles decidiram se juntar – e vir morar em Alphaville, para garantir qualidade de vida para a extensa prole. No caso deles, a união foi oficializada no civil. E ainda tiveram o ltimo herdeiro, Davi – hoje com 1 ano e 9 meses. “A verdade é que ninguém achava que isso fosse dar certo. Mas hoje, nossa casa é uma alegria. Fomos indo aos poucos, e tudo deu certo. A gente almoça e janta todo mundo junto, todos os dias, e cada um tem seu dia de lavar a louça. Eu me dou muito bem com as meninas, que já são adolescentes. Sou eu quem conversa, quem leva ao médico. Os meninos, que têm a mesma idade,

40 V E R O

- J U L .

2 0 1 7

( * ) D A D O S D E U M A E N Q U E T E F E I T A P E L A V E R O C O M 5 0 0 L E I T O R E S , V I A S U R V E Y M O N K E Y, D E F O R M A E S P O N T Â N E A , S E M M E T O D O L O G I A C I E N T Í F I C A . ( * * ) D A D O S D O I B G E

CAPA


Quantas peoas MORAM NA CASA?* 3% têm mais de

6 pessoas

31% dos lares têm

3 pessoas

7,5% têm

1 pessoa

8% têm

5 pessoas

21% têm

2 pessoas

29,5% têm

4 pessoas

NO BRASIL, a média de moradores por domicílio é de 3,3 pessoas **

são superamigos. E não tem essa de meus fi lhos e seus filhos... ão todos nossos”, conta, radiante, a advogada, que ainda abriga em casa um labrador, três calopsitas e um maltês. manda tamb m faz parte de outro pequeno grupo – no Brasil e em Alphaville –, que é o de famílias com mais de seis habitantes dividindo a mesma casa. Por aqui, de acordo com uma enquete da VERO (feita via SurveyMonkey com 500 leitores), 3% dos lares têm mais de seis habitantes. No país, dois grupos crescentes são os que mais chamam a atenção em relação ao número de habitantes da casa: o de casais sem fi lhos e o de famílias unipessoais – os solteiros. Para se ter uma ideia, nos últimos cinco anos, segundo o E, o n mero de casais sem fi lhos teve um

aumento mais significativo, de , para , . Em contraposição, diminuiu o número de casais com fi lhos, que foi de , para , . á o n mero de pessoas morando sozinhas, as chamadas famílias unipessoais, saltou de 10,4% para 14,6%. Por aqui, os números são um pouquinho diferentes. De todos os respondentes da enquete, os casais sem fi lhos representam , . s casais com filhos são a grade maioria: , . s fam lias unipessoais somam 5%. Mara Pallotta é uma das que decidiram não ter filhos. “ asei pela primeira vez com anos. ão tenho a menor ideia do porquê, mas nunca tive vontade de ter filhos. E olha que eu sempre gostei de brincar de boneca na inf ncia”, diverte-se. “ a verdade, na minha vida, sempre priorizei estudo 41

V E R O

-

J U L .

2 0 1 7

FILHOS CANINOS

Da esquerda para a direita: Mara Pallotta e o marido, Fabio Marão, e os cachorros Aloha, Tango e Maui


CAPA

FAMÍLIA UNIPESSOAL

Sim, esse é o termo do IBGE para quem mora sozinho, como Lucas. Em breve, ele vai mudar de lado nas estatísticas: “O casório é ano que vem!“

Mais pessoas que vivem sozinhas, mais divórcios, menos filhos e aumento dos casamentos homoafetivos em todo o país. Essas alterações estão ligadas a alguns fatores: à maior participação da mulher no mercado de trabalho (agora ela escolhe quando ou se quer casar e ter filhos) e às alterações na legislação, como divórcio simplificado e união estável 42 V E R O

- J U L .

2 0 1 7


A composição

Alphaville* Brasil**

( * ) D A D O S D E U M A E N Q U E T E F E I T A P E L A V E R O C O M 5 0 0 L E I T O R E S , V I A S U R V E Y M O N K E Y, D E F O R M A E S P O N T Â N E A , S E M M E T O D O L O G I A C I E N T Í F I C A . ( * * ) D A D O S D O I B G E

DOS LARES 16,1% 19,9%

e trabalho. Quando casei, tinha acabado de me formar. Era professora de ballet e só queria dar aula”, explica. “ problema que meu primeiro marido queria ter fi lhos. segundo á tinha um filho. atual tamb m não queria e ama cachorros. ronto, deu certo”, ri. sso porque, no lugar de fi lhos humanos, ela decidiu ter fi lhos cachorros. r s: ango, aui e Aloha. “As pessoas me olham meio estranho. Acredito que ser mãe é legal. Mas escolhi os meus fi lhos”, diz.

Casal sem filhos

2,9% 2,5% Casal sem filhos e com parentes (enteados, avós, pais, sogros, nora, genro, etc.)

42,3% Casal com filhos

4,8% 5,5%

FAMÍLIA DE UM SÓ? á ucas artins, anos, morador da região do do Forte Empresarial, é um dos representantes das famílias unipessoais da região. “Morei a vida toda em São Paulo. Foram 29 anos ao lado da Marginal Tietê. Trabalho na área comercial e já tenho um dia a dia bem din mico, movimentado. os finais de semana, quero abrir a janela e ver árvores. Por isso vim pra lphaville, em busca de sossego”, conta. A diferença é que Lucas pretende passar para o outro lado da estatística em pouco tempo: “Eu namoro, atualmente. Estamos noivos. Ano que vem é o casório. Ela é de São Paulo também, mora com os pais, mas eu a convenci, e ela vem para cá. amos construir nossa fam lia aqui”, diz. Destaque para uma particularidade do nosso bairro: além dos 60% de famílias que compreendem casal com filhos, pelo menos contam também com outros parentes morando junto, como avós, genros, noras. As mães solteiras são apenas 5%. E os homens solteiros não ultrapassam 1%. Menos de 1% disse que divide a casa com amigos. No Brasil, nos últimos cinco anos, o percentual de mães solteiras mulher sem c n uge, com filhos) caiu de 18,2% para 16,3%. O número de pais solteiros cresceu bem pouco, de 3,1% para 3,7%. á a casa de atheus erez, de anos, mais tradicional: “Desde que me entendo por gente, moro com meus avós, meus pais e meu irmão. Meus tios e tias, com meus primos, moravam na rua de trás. udaram-se faz uns cinco anos”, conta.

Casal com filhos e com parentes

4,4%

1,5% 4%

Mulher sem cônjuge, com filhos e com parentes

0,7% 3,1%

Homem, sem cônjuge e com filhos

0,4% 0,6% Homem, sem cônjuge, com filhos e com parentes

8,7% 5,8% Outros

Em Alphaville*: só 5% são famílias unipessoais, ou seja, compostas de uma única pessoa, no Brasil** são 14,6%. Na Europa, a média é de 27,7% 43

V E R O

16,3%

Mulher, sem cônjuge e com filhos

-

J U L .

2 0 1 7

60,4%


CAPA

LEVA A VOVÓ JUNTO

Filhos, pais e avós na mesma casa. Da esquerda para a direita: Joel e Leia (acima), Lucas, Ivonne e Matheus (abaixo)

“Sempre moramos com meus avós paternos. eu av faleceu no ano passado, ficou s a minha avó. O que permitiu isso foi a proximidade que minha mãe tem com os sogros”, explica. E completa: “Pra mim, sempre foi bom. Criei laços muito fortes com meus avós. Sempre passamos todas as datas e comemorações juntos. Os meus pais sempre mimaram a gente, claro, mas os meus avós... Acho que não tem nada como mimo de avós. Nem imagino como vai ser quando a gente casar”, ri. á na aria iaz tem um caso um pouquinho diferente. Natural da Argentina, ela veio para a

região ainda nova, há 30 anos. Chegou com o marido, o pai dele e os irmãos. Acontece que o pai faleceu, e os meninos decidiram continuar a dividir o mesmo teto. “Eu sou a esposa do mais velho. emos um fi lho de anos. irmão do meio do meu marido também é casado, mas não tem fi lhos, e mora unto com a gente. á o irmão mais novo ainda solteiro”, relata. “A casa é bem grande, e durante a semana, cada um tem a sua rotina, e a gente quase não se encontra. as fim de semana sagrado. paixão pelas motos une toda a família [os três irmãos são apaixonados por arle avidson .” “ ra mim, maravilhoso que meu fi lho more com os tios. Gera cumplicidade. Sempre digo que ele tem os pais para educar e os tios para mimar. Acho que esse modelo de família demonstra que, inconscientemente, estamos resgatando o conceito de cuidar, de família, de ter um olhando pelo outro”, diz. A antropóloga Isabela Oliveira concorda: “Temos ouvido falar muito sobre o conceito de coligação atualmente. Mas, na verdade, ele é bem antigo; nas tribos indígenas e periferias, por exemplo, ele é supernatural. Isso acontece quando familiares que não os pais se tornam todos corresponsáveis pela educa ão das crian as”, diz. “A verdade é que estamos vivendo um momento único na formação da sociedade. Ao mesmo tempo em que há isso do resgate de tradições e hábitos, há a criação de comportamentos completamente novos”, completa. DUAS MAMÃES Moradora de longa data da região, Erica Nogueira, de 36 anos, é o exemplo vivo dessa nova realidade. Ela tamb m divorciada e tem um fi lho do primeiro casamento. Seu relacionamento atual,

44 V E R O

- J U L .

2 0 1 7


e com filhos

CASADOS

*

Quase cinquenta por cento dos moradores que responderam à pesquisa têm entre dois e três filhos. E a maioria absoluta dos papais e mamães se mantém casada. Confira!

22% não têm filhos

28% têm

1 filho

( * ) D A D O S D E U M A E N Q U E T E F E I T A P E L A V E R O C O M 5 0 0 L E I T O R E S , V I A S U R V E Y M O N K E Y, D E F O R M A E S P O N T Â N E A , S E M M E T O D O L O G I A C I E N T Í F I C A . ( * * ) D A D O S D O I B G E

1% têm

5 filhos

QUANTOS FILHOS VOCÊ TEM?

4 filhos 10% têm

37 % têm

3 filhos

2 filhos

DOS QUE TÊM FILHOS

11,5% estão casados há até 5 anos

91%

8%

são casados

1%

não é casado

25%, entre 10 e 15 anos 15%, entre 15 e 20 anos

ANOS

é a idade com que os homens têm o primeiro filho; as mulheres têm com 29 anos

25

ANOS

é a média de idade em que os filhos saem de casa

DOS QUE JÁ FORAM CASADOS

já foram casados

27% estão casados entre 5 e 10 anos

ANOS

é a idade média com que os respondentes se casam

32

2% têm

DOS CASADOS

26

23,5% ficaram casados entre 20 e 30 anos 23,5% ficaram casados entre 10 e 15 anos 23,5% ficaram casados entre 5 e 10 anos

11%, entre 20 e 30 anos

17,5% ficaram casados entre 15 e 20 anos

5%, entre 30 e 40 anos 4,5%, entre 40 e 50 anos

12% ficaram casados por até 5 anos

1%, há mais de 50 anos

NO BRASIL, a taxa de fecundidade é de 1,9 filho, e 20,2% dos casais não têm filhos**

45 V E R O

-

J U L .

2 0 1 7


Segundo o IBGE, no Brasil há 58 mil casais homossexuais. 52,6 mil deles vivem no Sudeste. 53% dos casais são de mulheres, e 47%, de homens

no entanto, é homoafetivo: “Estou há cinco anos com a Bruna. Moramos junto há três. Ela, eu e meu fi lho, oão ictor, de anos”, conta. “Muitas pessoas veem meu relacionamento como um choque. as o oão ictor, não. Ele trata de forma natural. Ele tem uma relação de mãe com a Bruna. Como uma segunda mãe. Temos guarda compartilhada, e ele vê o pai com frequ ncia”, lembra. “ s at nos programamos para sentar e conversar com ele. Mas ele é muito inteligente, e quando fomos fazer isso, á sabia, com uns 8 anos. Nossa preocupação sempre foi ele se sentir confortável com a relação. E foi um processo natural”, explica. “Não sinto ainda que o futuro vai ser sem preconceito. nfelizmente, não s na questão de homossexualidade, ainda há muito preconceito. Quando comecei a me relacionar com a Bruna, minha irmã mesmo me questionou. Mas acredito que os jovens, minha geração e a próxima, a do oão ictor, vão ter maior entendimento. s escolas e os órgãos responsáveis ainda não estão preparados. as introduzir isso na educa ão seria timo”, finaliza.

residência

TIPOS DE

**

PORQUE SOMOS FAMÍLIA DORIANA Por aqui, a maioria das famílias deve se manter no modelo tradicional – aquele da propaganda de margarina. Isso tem muito a ver com a formação do nosso bairro. “A diminuição dos números de casamentos e o aumento de divórcios também t m muito a ver com motivos fi nanceiros. usta caro casar-se e manter-se casado. Como nosso bairro é predominantemente de classe AB e procurado justamente pelas pessoas que querem constituir famílias, isso acontece menos por aqui, e assim deve permanecer”, explica o sociólogo Rafael Rodrigues. Ainda de acordo com ele, outro dado evidente nas estatísticas nacionais, que tem ressalvas – e explicações históricas – na região, é a quantidade de filhos. “ importante lembrar que, antigamente, as pessoas tinham mais filhos porque eles representavam mais mão de obra. Nas áreas rurais, filhos eram riqueza, porque significavam mais gente trabalhando na ro a. Quando voc traz isso para o modelo urbano, a coisa muda de figura. o e filho gasto, e isso se reflete na sociedade como um todo. Mas menos nas classes AB, como no nosso bairro”, conta afael.

50% vivem em casa, e 50%, em apartamento 83% vivem em casa própria (61% quitada, e 22%, financiada)

17%, em casa alugada NO BRASIL*, há predomínio de domicílios particulares permanentes do tipo casa (88,6%); domicílios do tipo apartamento são ocupados por 10,8% da população. A condição de ocupação dos domicílios é principalmente em domicílios próprios (73,5%), seguido por domicílios alugados (18,0%) e cedidos (7,8%).

46 V E R O

- J U L .

2 0 1 7

( * ) D A D O S D E U M A E N Q U E T E F E I T A P E L A V E R O C O M 5 0 0 L E I T O R E S , V I A S U R V E Y M O N K E Y, D E F O R M A E S P O N T Â N E A , S E M M E T O D O L O G I A C I E N T Í F I C A . ( * * ) D A D O S D O I B G E

CAPA


FAMÍLIA MODERNA

Com 11 anos, João sempre levou o relacionamento da mãe, Erica, e sua esposa, Bruna, numa boa

E as escolas?

Por aqui há cada vez mais escolas mudando um pouco a abordagem em relação às famílias e à diversidade. Um exemplo é o “Dia da Família”, adotado em algumas instituições: “Em maio celebramos esse evento mais focado nas mães. E em agosto, damos ênfase aos pais. Assim conseguimos convidar toda a família e introduzir a diversidade”, explica Antônio Granado, gestor da Kids Place. Na Escola Internacional, as comemorações do Dia dos Pais e do Dia das Mães foram mantidas, mas proporcionam interação com a família toda: “Nossas atividades desenvolvem o espírito de união, permitindo que pai, mãe, avós, tios, madrastas e padrastos, etc. participem e vivenciem essas datas de extrema importância no desenvolvimento emocional de crianças e jovens”, explica Ricardo Chioccarello, gestor da escola. No Colégio Mackenzie, há opções para todos: “Temos eventos direcionados às famílias no Dia dos Pais e no Dia das Mães. E na segunda quinzena de maio, comemoramos o Dia da Família com a tradicional Festa da Roça, maior evento do colégio há 19 anos”, conta Vera Maria Alves Mendes, diretora da instituição.

47 V E R O

-

J U L .

2 0 1 7


↘PUBLIEDITORIAL

VITRINE SODIMAC

chegou

O INVERNO JÁ

Nesse tempinho gelado, nada melhor que receber os amigos em casa para tomar um vinho, não é mesmo? Selecionamos itens da Sodimac Homecenter que vão deixar sua casa ainda mais aconchegante no frio

2.

Conjunto para vinho com três peças (R$ 52,90)

3.

1.

Almofadas de veludo (R$ 29,90 cada)

Conjunto para fondue com dez peças (R$ 89,90)

4.

Taça para espumante de 180ml (R$ 16,90)

5.

Taça para vinho branco de 360ml (R$ 16,90)

48 V E R O

-

J U L .

2 0 1 7


6.

Porta-copos com cinco peças (R$ 39,90)

10.

Caneca Jumbo preta (R$ 19,90)

8.

Velas de copo decorativa (R$ 24,90) e perfumada (R$ 44,90)

7.

Garrafa térmica de inox (R$ 59,90)

11.

Caneca Tulipa amarela com violeta (R$ 16,90)

9.

Bule Wave de aço inox (R$ 99,90)

12.

Caneca Tulipa preta (R$ 13,90)

Sodimac Homecenter Al. Araguaia, 1.801, Tamboré 0300-763-4622, sodimac.com.br

49 V E R O

-

J U L .

2 0 1 7


Bem-estar ESPECIAL SAÚDE E

PA R A S U A FA M Í L I A

Colunas: nutrição para a família toda, problemas com varizes, cuidados na menopausa • Odontologia • Novidades em diagnósticos • Pílulas de saúde • O colchão ideal

JULHO • 2017

ISTOCKPHOTO

Nas próximas páginas, você confere a visão de especialistas e novidades em tratamentos e diagnósticos


↘COLUNA ASSINADA

SAÚDE

Saúde vascular

NA FAMÍLIA

Mesmo que não tenha nenhuma doença aparente, é muito importante se consultar com um médico vascular. Prevenir sempre é o melhor remédio! Dr. André Castro

DIVULGAÇÃO

CRM-SP 94098 cirurgião vascular e sócio da Nunes Clínica

E

mbora não sejam tão frequentes como o check-up cardiológico ou ginecológico, algumas das principais doenças vasculares devem ser lembradas em cada fase da vida ou na presença de casos na família. Nas mulheres, a partir da adolescência, podem surgir as primeiras telangiectasias (vasinhos) e até mesmo pequenas varizes. Nessa fase, embora possível, não costumamos intervir para retirá-las. Somente se dá orientação, sobretudo sobre o uso de contraceptivos, que podem aumentar o problema. Na fase adulta, homens e mulheres já podem apresentar sintomas de dor e inchaço nas pernas, podendo ou não ser associados a varizes. Algumas doenças devem ser pesquisadas, como alterações renais, hepáticas ou de tireoide, além das próprias varizes, por meio do exame clínico ou do ecodoppler. A partir dos 50 anos, as doenças arteriais começam a ganhar importância, sobretudo se a pessoa for tabagista, diabética ou 51 V E R O

-

J U L .

2 0 1 7

hipertensa. Dor nas pernas ao andar costuma ser o principal sintoma. Os aneurismas também devem ser pesquisados, principalmente se houver história na família. E por fim, a aterosclerose nas artérias carótidas deve ser lembrada, visto ser uma doença silenciosa e com potencial para causar derrame (AVC). Com isso, observamos a importância de consultar um médico vascular, mesmo que não haja nenhuma doença aparente. Aqui vale o ditado: prevenir é o melhor remédio!

Fale com o Dr. André atendimento@nunesclinica.com.br


↘COLUNA ASSINADA

SAÚDE

menopausa

CUIDADOS COM A PELE E OS CABELOS NA

Dra. Flavia Addor

Dermatologista, mestre em dermatologia e pós-graduada em nutrologia, é autora do livro “O doce voo da Juventude” (Objetiva) e “Envelhecimento Cutâneo”, dirigido a médicos (GEN-AC)

V

ocê sabia que, durante a menopausa, perde-se 2% do colágeno da pele por ano? Parece pouco, mas essa perda reduz visivelmente a elasticidade, a firmeza, a espessura e a resist ncia cut nea. pele vai ficando progressivamente mais fina e frágil, além de mais seca, com maior tendência a irritações e coceiras. A mucosa genital também tende a ressecar, o que pode dificultar a atividade sexual e favorecer infecções. Já nos cabelos a mudança também ocorre: ele vai se tornando “ralo”, afinado e demora mais a crescer. Ao mesmo tempo, percebe-se o aparecimento de pelos indesejáveis em áreas como queixo e pescoço. Nesse momento, a dermatologia pode intervir melhorando a qualidade de vida e preparando a pele e cabelos para os próximos anos. RENOVAÇÃO A prescrição de medicamentos tem dupla ação: no tratamento dos sinais do envelhecimento e na prevenção dos danos causados pela menopausa. Os procedimentos como preenchimentos, lasers, peelings, etc., são complementares ao tratamento medicamentoso e têm, inclusive, melhor resultado na pele previamente tratada. O couro cabeludo passa pelo mesmo programa de tratamento. Aqui o grau de comprometimento pode ser avaliado com a tricoscopia digital, que permite também dar um prognóstico da recuperação dos cabelos. REPOSIÇÃO Hidratantes com ativos repositores são a escolha tanto para a face como para o corpo. Limpadores apropriados, sobretudo para peles mais sensíveis ou áreas mais delicadas, como a dos olhos, também podem ser usados. 52 V E R O

-

J U L .

2 0 1 7

A reposição do colágeno oral é outro ponto importante: há muitos tipos de colágeno, mas nem todos atuam da mesma maneira. Com a menopausa e a consequente aceleração do envelhecimento, o uso de antioxidantes também pode ser necessário. Mas é preciso monitorar, pois doses muito altas levam a desequilíbrios metabólicos e da própria imunidade. A TRH (terapia de reposição hormonal) pode trazer ganhos reais à pele e à saúde, mas tem contraindicações, por isso, deve ser discutida com o ginecologista. NUTRIÇÃO Mais do que restringir alimentos, é necessário orientar o uso de fibras, alimentos com propriedades funcionais anti-inflamat rias e antioxidantes. uso de probióticos tem demonstrado, em vários estudos, a melhora de propriedades da pele. PROTEÇÃO O uso de protetores solares é muitas vezes questionado por interferir na síntese da vitamina D. Atualmente, todos os consensos médicos publicados mundialmente – incluindo as orientações da Organização Mundial de Saúde – recomendam a suplementação da vitamina D. A fotoproteção por medicamentos pode ser pensada, de acordo com cada caso: pele muito clara, antecedentes de câncer de pele, manchas, etc. ESTILO DE VIDA O sedentarismo traz prejuízos à saúde, mas o exercício pesado também pode acelerar o processo de envelhecimento, pelo maior consumo de antioxidantes naturais. A dermatologia pode e deve oferecer um tratamento global. Converse com a Dra. Flavia Addor contato@flaviaaddor.com.br WhatsApp – (11) 99979-6775

DIVULGAÇÃO

O tratamento dermatológico da pele e cabelos na menopausa deve passar por uma avaliação global da saúde e estilo de vida, personalizando as medidas terapêuticas


↘COLUNA ASSINADA

SAÚDE

Nutrição

PARA A FAMÍLIA TODA

Já pensou em ter um cardápio equilibrado nutricionalmente feito especialmente para você?

Dra. Juliana Casali

DIVULGAÇÃO

Nutricionista especializada em nutrição pediátrica pelo HCFM-USP, consultora de amamentação, personal diet e chef de cozinha

A

tualmente, os temas relacionados à nutrição e alimentação saudável estão em alta. As informações também estão mais acessíveis, e a ciência está em constante evolução. No entanto, existe um paradoxo: os índices de doenças crônicas, transtornos alimentares e obesidade não param de crescer. E mais: persiste ainda uma visão restrita e dicotômica do “saudável” e “não saudável”, dos alimentos “bons e ruins”, e o prazer de comer é muitas vezes associado à culpa. Esse quadro, muitas vezes, afeta toda a família, o que me fez pensar, estudar e me capacitar nesse tipo de atendimento. final, as fam lias estão cada vez mais modernas e dinâmicas, e precisam amenizar a correria do dia a dia e melhorar a qualidade de vida com variações gastronômicas, sofisticadas ou simples, mas com praticidade sempre. Já pensou em ter um cardápio equilibrado nutricionalmente feito especialmente para você? Ou então uma lista de compras personalizada para a família? Esses são alguns dos serviços diferenciados oferecidos pela clínica. Também é possível fazer acompanhamento nos locais de abastecimento: supermercado, feira livre ou hortifr ti, com a verifica ão da qualidade dos alimentos no ato da compra; além de armazenamento e organização da dispensa e geladeira; elaboração de diversas receitas explorando as possibilidades de cada alimento; apresentação e decoração de pratos, tornando-os mais atrativos e saborosos; orientação e treinamento para cozinheiras; realização de terapia nutricional enteral (para 53 V E R O

-

J U L .

2 0 1 7

idosos, acamados ou em situações de necessidades espec ficas e suplementação nutricional. Todas essas opções são baseadas no inovador método da “Nutrição Comportamental”, que tem abordagem cient fica comprovada e que direciona, aconselha e auxilia o indivíduo a desenvolver consciência alimentar, comer com atenção plena e ter boa relação com a comida e com o corpo. O atendimento pode ser voltado para a educação alimentar individual ou familiar, manutenção do peso, dietas direcionadas a indivíduos saudáveis ou que auxiliem no tratamento e controle de diversas patologias, como hipertensão, dislipidemia, diabetes, câncer, obesidade, doenças do trato digestório, neuropatias. Com opção para atendimentos em domicílio ou em consultório em Alphaville e São Paulo, contamos ainda com equipamento para exame de composição corporal por meio de bioimpedância. Assim, é possível estabelecer, junto com o paciente, programas nutricionais para crianças, adolescentes, adultos e idosos, auxiliando cada um a identificar e traçar seus próprios objetivos, adequando as mudanças de hábitos alimentares e aflorando a satisfa ão pessoal de adotar um novo estilo de vida, além do envolvimento familiar para que aprendam a respeitar as restrições dos demais da família. Essa é a maneira que encontrei para mostrar todo o meu conhecimento na prática e estar sempre presente na vida dos meus pacientes, dando confian a e aten ão plena, al m de carinho e resultados concretos. Converse com a Dra. Juliana Casali nutrijucasali@gmail.com WhatsApp – (11) 96394-4928


↘PUBLIEDITORIAL

SAÚDE

Sorriso bonito

GARANTE AUTOESTIMA E EMPREGO BOM Diversos estudos revelam que estar com a estética dos dentes em dia faz bem; há 22 anos no bairro, o especialista em plástica gengival e prótese cosmética Dr. Paulo Dal Médico dá dicas para um sorriso perfeito texto: Beatriz Bononi

CONHEÇA O DR. PAULO DAL MÉDICO Cirurgião-dentista formado pela Universidade Mogi das Cruzes (UMC), Dr. Paulo tem mais de 40 anos de carreira. É especialista em próteses e fez cursos de especialização em plástica gengival e prótese cosmética na Universidade de São Paulo (USP)

54 V E R O

-

J U L .

2 0 1 7

o formato dos dentes”, explica Dr. Paulo. Há um ano, o dentista, que já está há 22 anos no bairro, atende em um novo espaço com 100 m², três salas de atendimentos, sala de esterilização com duas autoclaves – aparelho para esterilizar –, além de infraestrutura completa para a realização de cirurgias. O consultório conta ainda com serviços de ortodontia, feitos pela profissional ra. abiana adad, e implantodontia, pelas mãos do Dr. José Vitor Couto Dal Médico, e se destaca também por ser um dos poucos da região com raio X de imagem computadorizada e aparelho cirúrgico de ultrassom.

→ Dr. Paulo Antonio Dal Médico Av. Sagitário, 138, sala 305, Torre City (11) 4195-5940 pdalmedico@hotmail.com

ZÉ GABRIEL

Q

ue ter um sorriso bonito impacta diretamente na autoestima todo mundo sabe. Mas você sabia que o sorrisão tamb m pode significar mais chances de ser efetivado em um trabalho? É o que garante um estudo recente publicado na revista americana “American Journal of Orthodontics & Dentofacial Orthopedics”. Para todas essas questões, existe uma área da odontologia que trabalha exclusivamente com a estética dos dentes. O cirurgião-dentista Dr. Paulo Antonio Dal Médico é um dos únicos especialistas do bairro em plástica gengival e prótese cosmética, e explica: “A plástica gengival é a correção da gengiva e é indicada para quem tem gengivas muito grandes ou retraídas, por exemplo. Já a prótese cosmética envolve a colocação de coroas de porcelana, lâminas e lentes de contato, que corrigem desde a cor até


↘PUBLIEDITORIAL

SAÚDE

CHEGA A ALPHAVILLE NOVA TECNOLOGIA DE

reonância magnética Com aparelho de última geração, o Hospital Israelita Albert Einstein de Alphaville oferece mais conforto, rapidez e até playlist exclusiva de músicas durante o exame texto: Gabriella Butieri

FÁ B I O ME ND E S

Q

uando se fala no exame de ressonância, a primeira coisa que surge na cabe a o inc modo de ficar um tempão dentro daquela máquina barulhenta e fechada. Pensando nisso, a unidade de Alphaville do Hospital Israelita Albert Einstein traz uma nova tecnologia: a Ressonância Magnética de 3 Tesla, um aparelho de última geração para diagnósticos. “O equipamento é um grande avanço para nós, não só em detalhamento de imagem, que garante maior efici ncia nos diagn sticos, como também em termos de conforto e bem-estar para os pacientes”, explica Ronaldo Hueb Baroni, coordenador médico do setor de ressonância magnética do Einstein. O campo magnético do novo equipamento tem o dobro de intensidade das máquinas convencionais. Isso permite que o exame seja realizado mais rapidamente: de 20 a 30 minutos. A Ressonância Magnética de 3 Tesla também oferece mais conforto, principalmente para pacientes claustrofóbicos, já que o túnel do equipamento é mais curto e amplo, com 70 cm de diâmetro, e a

sala é iluminada com luz natural. Além disso, por conta de uma parceria com o Spotify, serviço de música digital, o paciente pode ouvir uma playlist durante o exame – há opções por faixa etária ou ele pode selecionar suas próprias músicas. Sem falar que o novo equipamento garante resultados ainda melhores na detecção tumoral de próstata, nos estudos vasculares, na identifica ão de les es pequenas e exames neurol gicos, á que tem um detalhamento maior, com imagens de altíssima resolução e detalhes anatômicos. E o melhor, tudo isso sem emitir radiação.

→ Hospital Israelita Albert Einstein Av. Juruá, 706 – Alphaville (11) 2151-8600 einstein.br 55

V E R O

-

J U L .

2 0 1 7


↘PUBLIEDITORIAL

PÍLULAS DE SAÚDE Confira dicas de especialistas da região para ficar com a saúde em dia

BEM-ESTAR E AUTOESTIMA

PREVENÇÃO DE ALZHEIMER

Devido ao espaçamento, perder um dente afeta a mastigação. Com isso, exige-se ainda mais dos outros dentes para compensar, resultando no comprometimento da arcada dentária. Além disso, a fonética e a estética ficam abaladas, influenciando na aparência, vida social e profissional. "Por isso, o implante dentário tem atraído as pessoas em busca de bem-estar e autoestima", afirma a especialista em implante dentário Dra. Maura Bechini, que sempre realiza esse procedimento em seus pacientes.

A doença de Alzheimer é o tipo de demência mais comum no idoso. Por ser totalmente incapacitante, física e mentalmente, sua prevenção é essencial. Existem pesquisas que apontam a importância da atividade física, no entanto, a estimulação da cognição é fundamental. Um estudo recente mostrou melhora nas queixas de esquecimento dos idosos que usam o computador – quanto mais complexa a atividade, melhor.

Converse com a Dra. Maura – (11) 4191-2859

Converse com a Dra. Cristina – (11) 4208-2983 cefservicosmedicos@outlook.com

maurabechini@hotmail.com

Dra. Maura Bechini – implantodontista

Dra. Cristina Claro França – geriatra

(CRO 53563)

(CRM 73302)

Mulheres que adotam cuidados pessoais como equilíbrio na alimentação e prática de atividade física podem apresentar melhora significativa nos sintomas pré-menstruais, seja em curto, seja em longo prazo. Uma dieta balanceada com vitamina B6, vitamina E, cálcio, magnésio, manganês e de triptofano – como alimentos integrais, leite e nozes – auxilia bastante e melhora os principais sintomas da TPM. Além disso, reduzir o sal, açúcar, cafeína e álcool pode ajudar na diminuição da retenção de líquidos.

Dra. Juliana Casali – nutricionista (CRN3 47.567)

Converse com a Dra. Juliana – nutrijucasali@gmail.com WhatsApp – (11) 96394-4928

56 V E R O

-

J U L .

2 0 1 7

DIVULGAÇÃO

DIETA PARA MELHORAR OS SINTOMAS DA TPM


↘PUBLIEDITORIAL

SAÚDE

O colchão ideal

TRAZ MAIS SAÚDE PARA SUA VIDA

A TEMPUR® tem colchões e acessórios para dormir que, aliados a hábitos de vida saudáveis, garantem ótimas noites de sono

Confira a lista com colchões diferentes da marca em vero.com.br

POR QUE É TÃO IMPORTANTE INVESTIR EM UM BOM COLCHÃO? → Evita doenças como escoliose, cifose e lordose → Aumenta a qualidade de vida → Assegura noites de sono revigorantes

Bases ajustáveis da marca têm o sistema Zero G , que eleva as pernas a uma altura maior que a do coração, ajudando na diminuição das dores nas costas e ombros

DIVULGAÇÃO

P

raticar exercícios físicos regularmente, consumir pouca cafeína à noite e manter uma alimentação saudável são hábitos essenciais na rotina de quem deseja um sono de qualidade. Mas, além disso, é preciso se preocupar também com o colchão e o travesseiro. Nesse contexto, um material que conquista cada vez mais espaço e reconhecimento no mercado mundial é o viscoelástico, produto notável por ser sensível à temperatura, oferecer conforto único e se ajustar perfeitamente ao corpo. A TEMPUR® é a única fabricante autorizada pela US Space Foundation a produzir os colchões com a original espuma de células abertas. “Quem dorme bem vive mais feliz e tem um melhor desempenho no trabalho. Temos observado que o brasileiro mudou muito o pensamento sobre a im-

portância de ter um bom colchão, a fim de melhorar a qualidade do sono”, afirma Walter Borghi, diretor da marca no Brasil. Na loja BedTime do Iguatemi Alphaville, é possível encontrar três diferentes coleções de colchões: Original, Cloud e Sensation, além de uma linha completa de acessórios para dormir e camas com base que se ajusta por meio de controle remoto. Conheça mais sobre a TEMPUR® e entenda como o “colchão da NASA” pode melhorar a sua maneira de dormir: br.tempur.com.

→ Tempur Iguatemi Alphaville (11) 98773-1257 br.tempur.com 57

V E R O

-

J U L .

2 0 1 7


↘PUBLIEDITORIAL

DELIVERY

para pedir comida 5 MOTIVOS

PELO DELIVERY MUCH

Há tempos, pedir comida em casa deixou de ser uma tarefa complicada. Com os aplicativos de delivery, não é mais preciso falar no telefone e ainda dá para ver as opções de diversos restaurantes antes de decidir. Mas sabia que agora há um aplicativo feito especialmente para nossa região? Conheça o Delivery Much! texto: Beatriz Bononi

2.

É GRATUITO

Para baixar o app, você não paga nada, e ele está disponível nas plataformas iOS e Android. É só fazer o download, pedir e pronto.

3.

E CHEGA RAPIDINHO!

Como os restaurantes são todos pertinho de casa, seu pedido chega mais rápido. É só abrir o app (ou entrar direto no site Delivery Much), selecionar o restaurante, escolher a refeição no cardápio, fazer o pedido e esperar ele chegar quentinho em casa.

4.

REAL TIME

Depois que você fizer o seu pedido, dá para acompanhar tudo pelo celular ou tablet. Você consegue ver o status da preparação da refeição, a previsão de entrega e até se o motoboy já está a caminho ;)

5.

QUEM NÃO AMA UMA PROMOÇÃO?

O Delivery Much, em parceria com alguns restaurantes cadastrados, também oferece várias promoções para os usuários. Tem cupons de desconto, entrega e pedidos grátis, sorteios e muito mais! É só ficar de olho nas páginas no Facebook e no Instagram para saber de tudo ;)

facebook.com/deliverymuchbarueri deliverymuch.com.br

58 V E R O

-

J U L .

2 0 1 7

ISTOCK

1.

TEM TUDO DAQUI

O aplicativo reúne diversos restaurantes de Barueri e região: pizzarias, comida japonesa e saudável, entre outros. E ainda tem espaço para muito mais, isso porque novos restaurantes podem se cadastrar no app, e os usuários também podem indicar seus favoritos.


↘PUBLIEDITORIAL

TURISMO

Diversão que começa AO SAIR DE CASA

De transfer para aeroporto a fretamento corporativo. A City Tour Brasil oferece as melhores opções para fazer o caminho até o destino final ser muito mais legal texto: Gabriella Butieri

C

até o hotel, às reuniões, fazer um tour para conhecer São Paulo com os pontos turísticos, etc. “São muitas as possibilidades para atender à necessidade de transporte dos clientes – de carro de passeio a helicóptero. Já na parte de lazer, queremos que o caminho seja um evento também, então oferecemos, por exemplo, uma equipe de recreação quando os nossos passageiros são crianças. Já para o pessoal mais velho que curte balada, a gente indica o ônibus open bar, com a bebida de preferência e playlist criada por eles”, explica Ana Carolina Turbian, sócia da marca. Para contratar os serviços da empresa, você pode ligar ou ir ao escritório da City Tour Brasil e fazer uma consultoria exclusiva para entender qual é o melhor serviço para você. → City Tour Brasil Alpha Square Mall Av. Sagitário, 138, lj 72 Alphaville, (11) 2424-6512/08 (11) 99985-1689 www.citytourbrasil.com.br 60

V E R O

-

J U L .

2 0 1 7

GIULIA CARRARA

á entre nós, quando vamos a um evento, uma balada com os amigos ou até mesmo uma viagem em família, queremos que a curtição comece assim que saímos de casa, não é mesmo? E é isto que a City Tour Brasil – empresa especializada em transporte e mobilidade – faz: deixa o caminho até o seu destino mais divertido, sem preocupações e com conforto. Desde janeiro, a marca trabalha com as empresas e moradores de Alphaville, oferecendo transfer para aeroporto e portos, serviços para viagens, fretamento corporativo, mobilidade para eventos e, o principal, uma consultoria exclusiva: “Fazemos o estudo da real necessidade dos clientes, assim eles contratam o serviço certo e evitam custos desnecessários”, conta Fernando Turbian, diretor comercial da City Tour Brasil. Vamos imaginar que alguns empresários de outro estado precisam vir para Alphaville para algumas reuniões; a it our rasil analisa o perfi l desse grupo, faixa etária, gosto musical, lugares que gostariam de conhecer, entre outros. Assim, monta toda a mobilidade dos clientes, como buscar no aeroporto, levar


↘PUBLIEDITORIAL

PROFISSIONAL DO MÊS

Casa da designer de interiores Lilian Bianchini e do empresário Geraldo Vieira: tons claros e aparência clean exigiram cuidado extra com a estrutura do ar-condicionado

Projeto arquitetônico de Ramiro Fernandes

completo PACOTE

texto: Gabriella Butieri

Quem nunca, no meio da obra, precisou parar tudo para pensar na estrutura do ar-condicionado? A designer de interiores Lilian Bianchini e o empresário Geraldo Vieira uniram, num só lugar, duas empresas para entregar soluções completas

C

om ampla experiência na área de arquitetura e design – 18 anos mais exatamente, sendo 12 deles em Alphaville –, a designer de interiores Lilian Bianchini e o marido e empresário do ramo de ar-condicionado, Geraldo Vieira, estavam construindo sua própria casa, aqui no bairro,

quando se depararam com um problema comum: como integrar o ar-condicionado ao padrão da casa? Lilian, claro, já tinha passado por isso várias vezes em seus projetos, mas nunca tinha pensado em como unir os dois negócios. “O projeto da nossa casa contemplava uma área de lazer grande, com jardim 62 V E R O

-

J U L .

2 0 1 7

e ambientes integrados, planejado para atender todos os gostos da nossa família. Com bastante luz, tons claros e aparência clean. E isso, claro, exigia um cuidado extra com a estrutura do ar-condicionado”, conta ela, que está à frente do Studio Design Lilian Bianchini. Foi quando ela e seu marido decidiram


FOTOS DAUMER DE GIULI

Pé-direito alto, ambientes integrados e bastante luz são os destaques do projeto

criar uma nova empresa, a JGTEC Service Ar Condicionado. Hoje as duas empresas caminham juntas oferecendo arquitetura, design de interiores e estruturas de ar-condicionado, como projetos, instalação e manutenção. “A construção durou, ao todo, 12 meses, com a estrutura do ar-condicionado, e

nos mostrou que ter as duas empresas era fundamental para atender bem os clientes”, diz Lilian, que é especializada em residências de alto padrão, escritórios corporativos, lojas e shoppings. Para ela, a empatia e a confian a entre o cliente e a empresa trazem sucesso em seus projetos. 63 V E R O

-

J U L .

2 0 1 7

→ Studio Design Lilian Bianchini e JGTEC Service Ar Condicionado Shopping da Construção Estr. Municipal Bela Vista, 917 – lj 418 (11) 4152-6722 – (11) 99656-7886 lilianbianchini.com.br – jgtecservice.com.br


↘PUBLIEDITORIAL

AUTOS

Blindagem

MAIS LEVE

Há cinco anos no mercado de Alphaville, concessionária Kia Akta Motors firmou parceria com a Bélico Blindagens e oferece veículos com pronta entrega

Com tecnologia moderna e materiais mais leves, o peso da blindagem foi reduzida em até 20%"

Todas as partes do carro recebem revestimento de proteção, como vidros, painel, bancos, portas, teto e tapeçaria.

N

desenvolveu uma tecnologia moderna, com materiais mais leves, que reduzem em 20% o peso da blindagem. Em vez de revestir todo o carro com aço, ela usa a manta de aramida, que reduz em at g o resultado final do trabalho. a o fica apenas nas molduras das portas, espelhos retrovisores, fechaduras, maçanetas e nas pontas dos vidros. O serviço de blindagem custa a partir de R$ 39.900.

→ Akta Motors Estr. da Aldeinha, 356, Alphaville, (11) 3173-1100 aktamotors.com.br

64 V E R O

-

J U L .

2 0 1 7

DIVULGAÇÃO

a hora de comprar um carro, o que você mais leva em consideração? Itens de segurança e conforto provavelmente estão entre as prioridades. Pensando em unir ainda mais essas duas vantagens, a concessionária Kia Akta Motors fez uma parceria com a Bélico Blindagens, empresa que oferece serviço de blindagem com cinco anos de garantia. “Assim os clientes podem comprar um veículo 0 km, com pronta entrega, já com a blindagem feita. Nós percebemos que, além do conforto e segurança que os modelos KIA já oferecem, o mercado carecia de veículos blindados com acabamento superior, sem comprometer o custo/benefício dos veículos”, conta Gustavo Gotfryd, diretor do Grupo Akta. O grande diferencial é que a Bélico


↘PUBLIEDITORIAL

CLIQUES

maestro

POCKET SHOW DO

João Carlos Martins fez um concerto exclusivo no The Garden Gramercy Park, em Alphaville. Os convidados aproveitaram para visitar o decorado do empreendimento No início de junho, a Brookfield Incorporações convidou os moradores de Alphaville para um pocket show exclusivo do maestro João Carlos Martins. O evento gratuito teve o lançamento do filme "João, O Maestro" e aconteceu no estande do The Garden Gramercy Park, em Alphaville – um fim de semana antes, o empreendimento contou com show de Luiza Possi.

O residencial oferece apartamentos de 200 m2 e cobertura duplex com 387 m2. Além disso, os moradores de lá têm o privilégio de ter um parque com lago na "porta de casa", já que, em frente ao condomínio, há uma área verde com 26.800 m2. Sem contar a segurança, que ele garante por ficar em uma rua fechada. Confira o que rolou no pocket show!

2

3

1 Pocket show do maestro João Carlos Martins no estande do empreendimento The Garden Gramercy Park

5

6

4

7

8

66 V E R O

-

J U L .

2 0 1 7

→ The Garden Gramercy Park Av. Andrômeda, 850 (11) 3522-3385 br.brookfield.com/ thegarden

VA N I L L A F O T O G R A F I A

1. João Carlos Martins e sua orquestra 2. Natália Silvestre 3. Natália Pattaro 4. Bruno Bassi 5. Marcondes 6. Gustavo de Paulo 7. Ricardo Laham 8. Flávia Schmidt


↘PUBLIEDITORIAL

SOPA DE LE TRINHAS CONHEÇA AS NOVIDADES DAS ESCOLAS DA REGIÃO

FÁBRICA DE ROCKSTARS Quem nunca teve o sonho de formar uma banda e fazer um grande show? Para alguns parece até um desejo impossível, mas na School of Rock, escola de música, não é. Na temporada British Invasion, adultos e crianças, a partir de 9 anos, aprendem a tocar clássicos de bandas como The Beatles, Rolling Stones e Black Sabbath, além de Oasis, Imagine Dragons e Coldplay. Mais: os alunos são tratados como verdadeiros rockstars, com material de divulgação do show na região, making of, clipe do dia da apresentação e ensaios semanais na escola. facebook.com/schoolofrockalphaville

VIAGEM PARA O FUTURO Já imaginou ter uma escola “invadida” por drones? Foi o que aconteceu na Escola Castanheiras na Virada Techcamps, feita em parceria com Techcamps Brasil, que introduz o desenvolvimento da lógica computacional de maneira lúdica. No evento, os alunos participaram de atividades como montagem de minidrones, desenvolvimento de aplicativo de controle do drone, introdução ao mundo da modelagem e impressão em 3D, além de se divertirem com atividades de música e movimento e jogos ao ar livre. escolacastanheiras.com.br

JULHO CHEIO DE ATIVIDADES No Berçário e Escola de Educação Infantil Pichotinho, a criançada de 1 a 5 anos tem uma programação especial de férias. Por lá, alunos e não alunos participam de diferentes recreações e brincadeiras para deixar esse período do ano ainda mais divertido e cheio de conhecimento. São quatro semanas de atividades que vão até o dia 28 de julho. pichotinho.com.br 68 V E R O

-

J U L .

2 0 1 7

DIVULGAÇÃO

PARTIU FÉRIAS Nada melhor do que passar um tempo de qualidade durante o período de férias escolares, não é mesmo? Em julho, o Colégio Pentágono oferece um curso de férias de duas semanas. São cursos, oficinas, brincadeiras, além de passeios a parques, museus e teatros, entre outras atividades, para os alunos de 2 a 10 anos. Detalhe: em todas as atividades, as crianças são acompanhadas por monitores e professores especializados. Mais informações na secretaria da unidade. colegiopentagono.com


TA L E N T O S TRÊS JOVENS PERFIS DIFERENTES COM O MESMO OBJETIVO: VIVER FAZENDO O QUE AMAM

ELA UNIU MODA E SUSTENTABILIDADE O COMPOSITOR DOS FAMOSOS Diego Monteiro é o compositor de canções que estão na boca de famosos por aí, como Luan Santana e Ivete Sangalo. O morador de Alphaville tem 26 anos, mas respira música desde muito jovem: com 12 ganhou o primeiro violão. Aos 18, começou a compor. A primeira canção a fazer sucesso foi “Estrela”, cantada por Hugo Pena e Gabriel. “Tenho o trabalho dos sonhos. É gratificante ouvir grandes nomes cantando minhas composições, como Fernando e Sorocaba”, conta.

Foi depois de um bate-papo com a mãe sobre uma jaqueta antiga, mas que ainda estava na moda, que Alessandra Teixeira, moradora de Alphaville, começou a trabalhar com moda sustentável, customizando acessórios de couro e jeans antigos. O que antes era hobby tomou grandes proporções e virou negócio. Hoje, com 17 anos, ela dedica o tempo fora da escola à personalização: “Pego peças do cliente e personalizo do jeitinho que ele quer. Os valores variam entre R$ 100 e R$ 350, depende do tamanho, dos detalhes e da complexidade do trabalho”.

l

Conhece algum talento daqui? Mande para o e-mail jornalismo@vero.com.br 70 V E R O

- J U L .

2 0 1 7

DIVULGAÇÃO

ARTE REALISTA E ALTRUÍSTA Sophie Reitermann, 21 anos, artista e moradora de Aldeia da Serra, teve a natureza muito presente em seu crescimento e, por gostar tanto de observar os animais, a jovem começou a desenhá-los. Quando entrou na faculdade de Engenharia, as aulas de desenho a incentivaram a se dedicar ainda mais a esse hobby. Hoje vende suas artes no Brasil e para alguns países do exterior como Alemanha, Estados Unidos e Inglaterra. "Uma parte é doada para ONGS de animais, mas não para por aí: quero ajudar espécies ameaçadas de extinção e o reflorestamento com o meu trabalho!" conta.


MULHERES FORTES

A jornalista e moradora de Alphaville foi a primeira diretora artística de uma rede nacional de televisão

câmeras

POR TRÁS DAS

MONICA PIMENTEL

H

á quatro anos, a jornalista e moradora de Alphaville Monica Pimentel conquistou o cargo de vice-presidente de conteúdo da Discovery Networks Brasil. Mas muito antes de chegar a essa posição, Monica já enfrentava grandes desafios, que a engrandeceram como profissional. Ela passou por grandes jornais, revistas e emissoras de televisão, mas foi em 2003 que aconteceu a grande guinada em sua carreira: ela se tornou a primeira diretora artísti-

texto: Beatriz Bononi foto: Rogério Alonso

ca mulher em uma rede nacional de televisão, a RedeTV. “Na TV aberta, o mercado é predominantemente masculino, principalmente quando falamos em posições de comando. Acho que o segredo é não ficar olhando isso como um problema. Eu foquei nos meus objetivos e metas e segui em frente. Acho que as mulheres podem ajudar a mudar um pouco essa visão. Em qualquer lugar haverá pessoas que acreditam e que não acreditam em você, e acho que não 72 V E R O

-

J U L .

2 0 1 7

Esta seção homenageia a trajetória profissional das mulheres. Indique uma história para a gente em vero.com.br

podemos nos deixar influenciar por isso”, conta. Hoje, com mais de 30 anos de carreira, ela está à frente de uma grande equipe, predominantemente feminina. Casada há 24 anos e mãe de dois filhos, ela não tem papas na língua para falar, com orgulho, de seus feitos profissionais: “Quando comecei a trabalhar, imaginei que chegaria aqui. Sempre tive uma meta muita clara, de crescer profissionalmente, e alcancei. Não me arrependo de nada”, finaliza.


VOCÊ MORA EM ALPHAVILLE OU TAMBORÉ?

ASSINE A VERO GRATUITAMENTE VERO.COM.BR/CADASTRO

A assinatura gratuita da Vero é válida somente para moradores das regiões de Alphaville, Tamboré e Aldeia da Serra. Dessa maneira, evitamos o desperdício e garantimos a entrega para quem deseja! A distribuição sem assinatura continua sendo feita por tempo indeterminado.


PERSONA

português

Homenagem a personagens inspiradores da região

HISTÓRIAS DE UM GUERREIRO

JOSÉ SARAIVA

Ele foi para a guerra na África e dormiu em cima de sacos de farinha na primeira padaria em que trabalhou texto: Beatriz Bononi foto: Diego Rabello

Q

Nas horas vagas, o morador de Alphaville gosta de cuidar de suas plantas. “Aqui tem pimenteira, lichia. É o meu cantinho que eu adoro cuidar.”

74 V E R O

-

J U L .

2 0 1 7

uem imagina que da tradicional cozinha portuguesa só saem bolinhos de bacalhau está muito enganado. “Quase todo domingo, a família se reúne em casa. Sou eu que vou para a cozinha. Faço macarronada e paella, que é uma das minhas especialidades”, conta José Saraiva, 66 anos. Essa versatilidade toda deve ter a ver com a história de vida dele. Hoje morador de Alphaville, ele nasceu em Portugal e trabalhou na roça quando pequeno; com 7 anos mudou-se para Moçambique, na África – onde conheceu a esposa –, e serviu na Guerra de Moçambique por três anos. “Eu tinha 21 anos, e era muito difícil, pois nós saíamos para o mato e não sabíamos se voltaríamos vivos.” Em 1978 José veio para o Brasil em busca de uma vida melhor. A oportunidade que encontrou foi em uma padaria. “Cheguei sem nada, dormia em cima dos sacos de farinha.” Lá aprendeu muito, e pouco tempo depois, abriu sua própria padaria. Detalhe: na região, ele já teve três, incluindo a primeira padaria de Alphaville, Alpha Pães, inaugurada em 1981 na Al. Araguaia. No bairro ele também teve um restaurante com delícias portuguesas. Hoje se dedica inteiramente à família: “Sempre passei para meus fi lhos a import ncia do trabalho e da família. Eles são tudo para mim”, conta ele sobre a mulher, Isabel, com quem casado há anos, os tr s fi lhos, runo, 40, Sandra, 31, e Sabrina, 28, e os quatro netos – o mais novo, José Pedro, de 2 anos, é o xodó, claro.


E X E C U T I V O E E S P O R T I S TA

nos negócios

ELA É ULTRA NAS CORRIDAS E

INGRID POLINI

Quer indicar um personagem para esta seção? Acesse vero.com.br

texto: Beatriz Bononi foto: Rogério Alonso

Com apenas 21 anos, Ingrid se divide entre comandar uma empresa de TI e praticar sua grande paixão: a corrida

C

“A corrida é meu momento de meditação, me ajudou a ter mais paciência, mais foco também no trabalho”, diz.

76 V E R O

-

J U L .

2 0 1 7

om quantos anos despontam os jovens atletas? Se considerarmos que, para competir em uma Olimpíada, por exemplo, é preciso ter, no mínimo, 14 anos, uma pessoa de 21 ainda poderia ser considerada um jovem atleta, certo? Agora, imagine se, além de competir em alta performance, essa pessoa tivesse a própria empresa de tecnologia da informação. Essa é a Ingrid Polini. Formada em Administração, a moradora de Alphaville é ultramaratonista e, quando ainda estava na faculdade, abriu seu próprio negócio, a empresa de TI SafetyDocs, que está há quatro anos no mercado. “Trabalhamos com um sistema para regulatório. Sou diretora operacional e coordeno tudo. É difícil ser tão nova e estar à frente de uma empresa, é um mercado que tem gente mais velha e tem muito machismo, mas encaro numa boa”, relata. Foi com essa mesma coragem que, aos 19 anos, Ingrid decidiu mudar de vida. Ela começou a correr para emagrecer e acabou se apaixonando pelo esporte. Em apenas dois anos, já estava correndo sua primeira ultramaratona. “Todos falavam que eu não poderia correr, porque era nova e não tinha tempo de corrida, mas eu fui. Em outubro de 2016, corri meus primeiros 21 km; em março deste ano, já estava correndo os 56 km.” O resultado tão rápido faz parte de uma rotina pesada de treinamento, que envolve treinos de fortalecimento e de rua, fisioterapia e boa alimentação. “Eu amo correr, é meu momento de paz. A parte mais complicada é conciliar com meus compromissos profissionais. as dou um jeitinho.”


Cliques do mês GENTE

De premiação a aula de culinária. Confira fotos dos eventos que movimentaram Alphaville no último mês!

1

2

8

7

Evento Fitness Day em comemoração aos 20 anos da Tivolli Sports em Alphaville 3. Franco Filho, Fabrizio Tivolli, Franco, Loredana Tivolli e Solange Tivolli

3

Premiação do Desafio CasaAqua na Florense Alphaville 6. Ivo Szterling, Oriana Reynolds, Cristina Maczka, Marcos Egídio e Luis Henrique Coquetel do condomínio Life Park, em Alphaville 7. Daniel Luxo 8. Dr. Renato Ishikawa

Oficina de culinária no estande da Wave Alphaville 4. Luís Henrique e Marcela Gianni 5. Chef Claude Troisgros

4

5

78 V E R O

-

J U L .

2 0 1 7

D I V U L G A Ç Ã O E VA N I L L A F O T O G R A F I A

Evento de tênis da Baltic Volvo no Alphaville Tênis Clube (ATC) 1. Mauro Chemello, Luiz Rezende, Marcelo Melo, Luiz Fernando e Nelson Luiz 2. Marcos Chiaparini

6


↘COLUNA ASSINADA

DICAS DE CARREIRA

a chuva chegar?

VAI COMPRAR GALOCHAS OU ESPERAR

Perguntaram o que aquela menina fazia, de guarda-chuva e galochas, pelas ruas ensolaradas: “Estou preparada para quando a chuva vier”

Juliana de Lacerda Camargo

Sócia-fundadora da R122, managing partner do Capítulo Brasil da Coaching4Today’s e autora do livro “Avançando para o Alvo” (Willëm Books)

HÁ BASTANTE TEMPO , me contaram a história de uma terra em que havia muito não chovia, e o povo local, que dependia de uma economia agrícola, começava a sentir fortemente. um dado dia em que fi is estavam na igreja, clamaram a Deus que liberasse a chuva dos c us ainda naquela semana, pois a situação era insustentável. No dia seguinte àquela oração coletiva, viu-se uma pequena menina andando de guarda-chuva e galochas pelas ruas ensolaradas. A cena chamava atenção e gerava curiosidade em todos, at que algu m teve coragem de perguntar a ela o que estava fazendo. Sua resposta foi simples e segura: “ Estou preparada para quando a chuva vier”. t onde sei, essa narrativa fict cia, mas me faz refletir sobre o que vejo acontecer com a grande maioria das pessoas no dia a dia. Se você parar para pensar, provavelmente tem sonhos ou desejos em que geralmente reflete, mas que parecem utópicos e distantes demais, não ossivelmente voc tamb m pense em ideais “menores e mais fáceis”, mas que tamb m se mant m no campo das ideias e num mundo ideal. Uma academia, uma dieta, um hábito, e por aí vai. 79 V E R O

-

J U L .

2 0 1 7

Quer concorrer ao livro “Avançando para o Alvo“, da coaching Juliana de Lacerda? Entre no FB da VERO e mande um inbox!

Voltando à história da menina... Qual a diferença dela para as demais pessoas daquele lugar ão sei qual a lição que você tira daí, mas pra mim duas coisas chamam atenção: a f e a prepara ão. Você provavelmente já participou de um casamento, ou talvez seja casado. Já acompanhou a chegada de um beb , se a seu, se a de algu m próximo... Ainda que existam riscos, a f e a prepara ão estão presentes, certo E quando voc via a, participa de um evento, uma entrevista or que funciona orque algu m acreditou e agiu edo e f são o oposto da mesma moeda: a imaginação. Claro que existem variáveis, mas grandes homens e mulheres sempre escolheram ver o “copo meio cheio” (e não meio vazio), e por isso se prepararam para aquilo que colocavam como meta. Seja lá qual for o tamanho do seu sonho ou meta, quero deixar esta reflexão e estimular voc a acreditar que pode dar certo e dar o primeiro passo em direção a isso. Bora comprar as galochas isso a .

Escreva para jlacerda@r122coaching.com.br


D I C A S C U LT U R A I S

DIVULGAÇÃO

PROGRAMAS PARA O MÊS DE JULHO POR NA.SALA E TAG EVENTOS

EXPOSIÇÃO

MODOS DE VER O BRASIL

Em comemoração às três décadas do Itaú Unibanco, 800 obras do acervo do instituto foram levadas para a Oca, no Parque do Ibirapuera. Lá, ocupam quatro andares, dispostas em orientação radial, como constelação. Até 13 de agosto.

Prepare-se: de agosto a dezembro tem uma programação cheia de palestras:

De ter. a dom., das 9h às 18h. Oca: Pq. do Ibirapuera, portão 3. Gratuito

ESPETÁCULO

→ Luiz Felipe Pondé dá curso sobre

A superprodução francesa está no Teatro Renault. Vencedor de mais 125 prêmios de teatro, o musical mais antigo do mundo é baseado no clássico romance de Victor Hugo.

→ Jaime Spitzcovsky fala sobre

LES MISERÁBLES

Q

Na vizinhança!

TEATRO

BONITINHA, MAS ORDINÁRIA

Um dos maiores clássicos da dramaturgia brasileira terá apresentação única em Barueri, no Teatro Municipal. É uma montagem da peça homônima de Nelson Rodrigues, que foi escrita e encenada pela primeira vez em 1962. Dia 7 de julho, às 21h

geopolítica internacional: segundas, às 20h30 → Luiz Estevam de O. Fernandes

fala sobre história: sextas, às 14h

Até outubro. Qui. e sex., às 21h; sáb., às 16h e às 21h; dom., às 15h e às 20h. Teatro Renault (Av. Brigadeiro Luís Antônio, 411 – República, SP). A partir de R$ 50. renault.com.br

MÚSICA

SIMPLESMENTE ELIS

(R. Ministro Raphael de Barros

Uma homenagem especial à cantora Elis Regina, que marcou as décadas de 1960 a 1980, com Didi Gomes.

Monteiro, 255 – Centro, Barueri).

Dia 20 de julho, às 21h. Teatro Gazeta

Ingressos R$ 40.

(Av. Paulista, 900 – Bela Vista, SP).

facebook.com/artmaisgrupodeteatro

Ingressos R$ 80. teatrogazeta.com.br

Teatro Municipal de Barueri

Shakespeare: terças, às 10h30

E todo mês tem o Na.SALA do Cinema de Arte: após um filme da programação Cinema de Arte do Cinépolis do Iguatemi Alphaville, quem tem a carteirinha do Na.SALA participa de um debate conduzido por especialistas. E ainda: concorre a sorteio de ingressos; ganha descontos na Livraria Saraiva e no restaurante Pirajá; recebe newsletter sobre os filmes com comentários dos professores do Na.SALA. R$ 50 por semestre. Esta coluna é assinada pelo Projeto Na.SALA, que traz cultura a Alphaville

Literatura

Experiências literárias | Todos os meses um nome de peso do cenário literário sugere um livro, e a TAG envia a obra para a casa de seus 13 mil assinantes. Para se tornar parte do clube de leitura, assine: taglivros.com 80 V E R O

-

J U L .

2 0 1 7

DIVULGAÇÃO

LIMONOV, DE EMMANUEL CARRÈRE O escritor, dramaturgo e jornalista brasileiro Marcelo Rubens Paiva é quem indica o livro. A obra conta a história de um garoto, nascido na União Soviética nos anos 40, que cresce em meio ao caos: no underground russo, envolve-se com bandidos, militares, escritores. Em busca de prestígio, foge para os EUA, onde passa por experiências como poeta, mendigo, político e escritor de sucesso. Considerado um “romance de não ficção”, a obra sagrou-se vencedora dos principais prêmios literários da França.


S O LTA N D O A I M A G I N A Ç Ã O

se divertir

PRA LER E

Julho é mês de férias! O clube de assinatura de livros infantis Leiturinha selecionou três livros para entreter a criançada. E tem também uma seleção de programas com os pequenos na região

NHAC!, de Carolina Rabei Editora: Brinque-Book É uma história sobre afeto e amizade. Nhac, o porquinhoda-índia, tem tudo de que precisa. Mas há algo intangível que lhe falta... Falta para Nhac uma companhia, uma amizade verdadeira! A obra se aprofunda em questões que podem contribuir para o desenvolvimento afetivo e social dos pequenos e é ideal para crianças de 3 a 4 anos.

DIVERSÃO EM CASA, de Macmillan Children’s Editora: Girassol Este livro ensina os pequenos a explorar a criatividade e descobrir o que cada cantinho de casa pode oferecer de divertido para suas brincadeiras. É recomendado para pequenos de até 3 anos.

Agora a Leiturinha promove o hábito da leitura compartilhada para mais de 50 mil famílias, distribuídas em mais de 4.000 cidades brasileiras. Assine: leiturinha.com.br

O PATINHO (IN)VERSO, de Kate Manhães e Rhelga Westin Segundo as autoras, a história foi inspirada no antigo conto do Patinho Feio. Incorporado à imaginação de Pedrinho, personagem deste livro, nasceu o Patinho (in) verso, um mestre na reciclagem. A obra ensina sobre os ecobrinquedos! Imagine só: criar brinquedos sem gastar nada, com coisas, muitas vezes descartáveis, que temos em casa. É ideal para crianças de 6 a 12 anos.

PROGRAMAÇÃO • JUL.2017

DIA 16/7

ATÉ 23/7

ATÉ 30/7

A criançada vai poder se divertir com a atração “Show do Bita”, que traz histórias musicais que unem educação e muita alegria. Evento acontece às 17h. A partir de R$ 35. bilheteriaexpress.com.br

O evento do Discovery Kids, que acontece no Piso Tocantins, traz diferentes atividades lúdicas para as crianças com o objetivo de incentivar a preservação do meio ambiente. É gratuito. iguatemialphaville.com.br

Na atração “Carros 3 da Disney-Pixar”, a criançada vai poder treinar por um circuito que leva até uma grande corrida final de autorama. Gratuito. shoppingtambore. com.br

TEATRO MUNICIPAL DE BARUERI

IGUATEMI

81 V E R O

-

J U L .

2 0 1 7

TAMBORÉ

DIVULGAÇÃO

Agendinha


ROTEIRO GOURMET

vinho

4 LUGARES PARA TOMAR

Se tem uma coisa que combina com o friozinho é uma boa taça de vinho harmonizada com uma comidinha gostosa. Na região há boas casas para o deleite. Confira!

Ville Du Vin Grand Cru Que tal aproveitar um bom vinho harmonizado com um prato da culinária francesa? No bistrô é possível ter essa experiência em um local bem charmoso. A sugestão da casa é o camarão à provençal com risoto de pupunha (R$ 132) e, para acompanhar, vinho rosé francês Aime de Provence (R$ 25 taça e R$ 89,90 garrafa). Al. Tocantins, 75, (11) 4208-6061, villeduvin.com.br

O vinho Mancura Etnia (Sauvignon Blanc, Cabernet, Sauvignon Carménère, R$ 14/taça de 187 ml) e Morande Reserva (Cabernet Sauvignon, R$ 29/taça) são algumas das opções que o cliente pode desfrutar na casa. Já para quem quer usufruir de uma experiência enogastronômica, a sugestão do bistrô, com dois ambientes e decoração rústico-moderna, é o carré de cordeiro ao molho suave de hortelã e gengibre (por R$ 85). Al. Araguaia, 1.443, (11) 4191-8707, grandcrualphaville.com.br

O bar fica em um espaço aconchegante e ideal para encontrar os amigos e curtir uma boa bebida. Por lá, há opções de vinhos de Portugal (Confidencial tinto por R$ 59,17) e da África do Sul (Stellenbosch Pinotage Merlot por R$ 73,45). E para completar, o wine bar oferece petiscos, como queijos e salgadinhos de boteco, e tem programação de música ao vivo.

A casa tem quatro máquinas Enomatics, sistema de preservação e serviço de vinho em taça, em que é possível degustar vinhos brancos e tintos em doses de 25, 75 e 150 ml. São quatro variedades de branco e 20 de tinto disponíveis (dose inicial de 25 ml, a partir de R$ 6). Para quem quer usufruir do bistrô, o restaurante traz pratos da cozinha francesa e um cardápio para o happy hour com petiscos.

Av. Valville, 550, (11) 2853-5458

Al. Araguaia, 540, (11) 2078-7880, vinea.com.br

Take Your Time

82 V E R O

-

J U L .

2 0 1 7

DIVULGAÇÃO

Vinea


maratonar NETFLIX

PARA

É sempre assim, o ano mal começa e quando percebemos já estamos no meio dele. Antes que cheguem as festas, que tal separar um tempinho para colocar as séries em dia? Aqui vão algumas dicas dos leitores e da VERO

RITA

2015

3 TEMPORADAS

16

Para quem quer fugir um pouco das séries convencionais, a indicação da VERO é das boas! A trama retrata o dia a dia de uma professora politicamente incorreta, mãe solteira de três adolescentes e cheia de problemas cômicos. É uma típica dramédia. Mas, avisamos: é pra maiores de 16 anos, ok?

DIVULGAÇÃO

REIGN

LAS CHICAS DEL CABLE

SHERLOCK

“São três temporadas que narram a trajetória de Mary Stuart. A jovem escocesa fica noiva do príncipe Francis, da França, e, pouco depois, se torna rainha da Escócia e da França. A série me prendeu a atenção do começo ao fim” Camila Torres, 34 anos

l

indica

“Para quem gosta de narrativas misteriosas, nada melhor que as histórias do detetive mais famoso do mundo, Sherlock Holmes, que é muito bem representado por Benedict Cumberbatch. Assisto a vários episódios em um dia” Fernanda Mendes,

"A série espanhola se passa em Madrid, na década de 20, início da expansão da telefonia. Na trama, mulheres lutam para entrar no mercado de trabalho e se impor numa sociedade machista. Tem intriga, romance e o charme retrô” Roberta

38 anos

Cheregati, 40 anos

Você também pode participar desta seção. Pra você, qual o melhor filme brasileiro que está disponível na Netflix e por quê? Mande para o e-mail jornalismo@vero.com.br 83 V E R O

-

J U L .

2 0 1 7


memes L I S TA

OS 6 MELHORES

DE TODOS OS TEMPOS

Hoje em dia a internet é movida a memes. A gente resolveu separar os mais hilários para contar aqui. Concorda com a gente? #RindoMuito

3

2

1.

A comemoração do Galvão quando o Brasil ganhou a copa de 94 é clássica. O melhor é que virou meme e a gente usa quando termina um trabalho complicado ou aquele dia que parece nunca ter fim. É o favorito da redação!

2.

"AHAM, CLÁUDIA. SENTA LÁ!"

Xuxa já era desbocada desde a época dos programas de TV para baixinhos. Quem não lembra da “bronca” que ela deu na pequena Cláudia? Isso virou meme, e todo mundo já usou – pelo menos uma vez – para responder perguntas sem noção ou brincadeirinha sem graça.

5

4

3.

DILMA E AS METAS

5.

6

Quem nunca fez cara cínica e falou, com uma voz irritante, uma frase cheia de is para contrariar alguém? “Com essas tatuagens você não vai arrumar emprego”, e a resposta é muito madura: "Cim essis tatuagi vici ni vai arrumir empregui".

4.

6.

Como não rir lembrando da nossa querida Glória Pires como comentarista no Oscar. E, é claro, o brasileiro não deixou barato e transformou num meme hilário. Não sabe responder algo? “Não sou capaz de opinar” é a melhor resposta que você pode dar. 84 V E R O

-

J U L . 2 0 1 7

D 12

“PIRQUI VICI NIM IMIDIRICI”

No quesito meme, nossa ex-presidenta nunca deixou a desejar. O mais engraçado é o discurso sobre metas. E é fácil aplicar no dia a dia: por exemplo, se alguém perguntar até que horas vai o happy hour, não crie uma meta, mas quando atingi-la, é só dobrar a meta.

“NÃO SOU CAPAZ DE OPINAR”

T p d n

N br cr

GLÓRIA MARIA NA MONTANHA-RUSSA

Quando falamos nela, logo pensamos numa fábrica de memes. Em uma montanha-russa na Jamaica, seus gritos e caras hilárias fizeram o povo rir e inventar vários memes. “Eu, quando olho meu saldo bancário” vai bem com a print da Glória Maria assustada.

DIVULGAÇÃO

1

"É TETRA"

Veja uma lista completa com os melhores vídeos virais de todos os tempos em vero.com.br


h o l u j e d s a i r é F Alphashopping no Traga os pequenos para se divertirem no nosso brinquedão De segunda a sábado, das 12h às 20h - É gratuito

Não há idade mínima para o brinquedo; permitido para crianças de até 1,20m de altura

Al. Rio Negro, 1033 – Alphaville - Barueri (11) 4191-1190 - www.alphashopping.com.br


GPTW

Conheça as 30 melhores EMPRESAS PARA TRABALHAR EM BARUERI E REGIÃO

Com destaque para aumento constante no número de participantes, lista da Great Place to Work (GPTW) chega à terceira edição com divulgação da VERO e Folha de Alphaville por Beatriz Bononi com colaboração de Gabriella Butieri

Banco Bradesco sobe uma posição, e a principal novidade na lista é o Mercado Livre

Empresas premiadas 2017 G R A ND E P O R T E

arcosdorados.com

bradesco.com.br

mercadolivre.com

BANCO BRADESCO

MERCADO LIVRE

Setor: serviços de alimentação

Setor: bancos e serviços de créditos

Setor: tecnologia da informação

Fundação no Brasil: 1979

Fundação no Brasil: 1943

Fundação no Brasil: 1999

Faturamento em 2016: R$ 5.139.791.000

Faturamento em 2016: R$ 157.279.120.000

Faturamento em 2016: R$ 1.562.592

O que a empresa oferece aos funcionários: coaching, mentoria e universidade corporativa

O que a empresa oferece aos funcionários: bolsa de idioma, graduação ou pós, mentoria, coaching e univ. corporativa

O que a empresa oferece aos funcionários: bolsa de estudos para curso de idioma e coaching

86 V E R O

-

J U L .

2 0 1 7

ARQUIVO VERO

MCDONALD'S


F

oram 70 empresas inscritas, 30 premiadas e milhares de pessoas envolvidas. Em 2017, o prêmio Melhores Empresas para Trabalhar, do Great Place to Work (GPTW), chegou à terceira edição, e os n meros refletem a sua consolidação como um dos mais importantes por aqui. “O escritório de Barueri e Região completou três anos em junho, e, nesse período, diversos eventos, ações e conteúdos sobre a importância de investir no ambiente de trabalho foram realizados e divulgados, o que contribuiu com a transformação do ambiente de trabalho de um maior número de empresas e, consequentemente, com o crescimento e consolidação da lista”, destaca Luise Freitas, uma das sócias do escritório na região. No Brasil a quantidade de empresas que participam dos rankings das Melhores Empresas para Trabalhar teve aumento significativo nos últimos anos: de 130 em 1997 para 1.564 em 2016. Nossa região contribuiu para esse crescimento. “Tivemos mais empresas participando

do processo, e o nível de maturidade para o tema ambiente de trabalho e o nível de excelência de diversas empresas aumentou mais ainda, o que nos possibilitou premiar mais empresas neste ano”, afirma a tamb m sócia do escritório Bárbara Gianetti. Entre as empresas de grande porte premiadas – com 1.000 ou mais colaboradores –, o McDonald’s se manteve na primeira posição pelo terceiro ano consecutivo. O Banco Bradesco aparece em segundo lugar, subindo uma posição em relação ao ano passado. novidade fica com o Mercado Livre, que aparece pela primeira vez no ranking. Na categoria de empresas de m dio porte – de 30 a 999 colaboradores –, os três primeiros são, respectivamente, Alelo, Reachlocal Brasil e Ticket. Segundo Bárbara, o ponto em comum das empresas premiadas a compreensão da importância de investir no ambiente de trabalho. “Essas companhias colocam os colaboradores no centro de seus negócios. Consequentemente, es-

embracon.com.br

bradescoseguros.com.br

CONSÓRCIO EMBRACON Setor: bancos e serviços de créditos Fundação no Brasil: 1988 Faturamento em 2016: R$ 4.609.237.821,47 O que a empresa oferece aos funcionários: bolsa de estudos de idioma, graduação ou pós e coaching

BRADESCO SEGUROS Setor: seguradoras

sas empresas têm A Alelo, que menos rotativiestava em 4º no dade voluntária, ano passado, neste maior satisfação ano chega à 1ª posição dos clientes, coentre as médias empresas (pg. 88) laboradores mais engajados e melhores resultados nos negócios”, diz. Luise complementa: “As Melhores Empresas para Trabalhar têm como um de seus principais diferenciais uma cultura baseada em relacionamentos de alta confian a, o que, na prática, gera resultados positivos para todos os envolvidos”. “É imprescindível termos uma equipe com pessoas com características complementares. Mas há traços que são fundamentais, como resiliência, espírito de equipe e garra. Buscamos fazer times de alta performance”, afirma o presidente do McDonald’s, Paulo Sergio de Camargo. “Sempre buscamos pessoas de alto desempenho, com experiência e energia para fazer parte da nossa equipe. Gestão de pessoas e comunica ão são parceiras estrat gicas nessa empreitada”, destaca Eduardo Gouveia, presidente da Alelo. Para o próximo ano, segundo Bárbara, o GPTW está preparando novidades para atingir mais empresas. “Estamos fazendo alguns ajustes em nossa metodologia, e, a partir de agosto, empresas que tiverem a partir de cinco colaboradores poderão aplicar nossa pesquisa”, finaliza.

Fundação no Brasil: 1935 Faturamento em 2016: R$ 71.419.000 O que a empresa oferece aos funcionários: bolsa de estudos de idioma, graduação ou pós, mentoria, coaching e universidade corporativa

87 V E R O

-

J U L .

2 0 1 7

Barueri e Região

Melhores Empresas para Trabalhar


GPTW

Empresas premiadas 2017

ALELO

alelo.com.br Setor: serviços financeiros e seguros Fundação no Brasil: 2003 Faturamento em 2016: R$ 26.360.876.676 O que a empresa oferece aos funcionários: bolsa de estudos para cursos de graduação ou pós, coaching e universidade corporativa

2º REACHLOCAL BRASIL

reachlocal.com/br

Setor: internet Fundação no Brasil: 2012 Faturamento em 2016: R$ 31.053.940,72 O que a empresa oferece aos funcionários: bolsa de estudos de idioma, mentoria, coaching e universidade corporativa

3º TICKET

ticket.com.br Setor: serviços profissionais Fundação no Brasil: 1976

MÉ D I O P O R T E

Faturamento em 2016: R$ 917.738.404,05 O que a empresa oferece aos funcionários: bolsa de estudos de idioma, graduação ou pós, coaching e universidade corporativa

BUSCAPÉ

buscapecompany.com.br Setor: serviços de internet Fundação no Brasil: 1999

GLOBAL SAÚDE

globalsaude.com.br

Setor: serviços de saúde Fundação no Brasil: 2008 Faturamento em 2016: R$ 1.986.650,55 O que a empresa oferece aos funcionários: bolsa de estudos para curso de graduação ou pós, mentoria e coaching

Faturamento em 2016: R$ 248.000.000 O que a empresa oferece aos funcionários: bolsa de estudos de idioma e coaching

7º LIVELO

pontoslivelo.com.br Setor: serviços financeiros e seguros Fundação no Brasil: 2014 Faturamento em 2016: não informado O que a empresa oferece aos funcionários: coaching e mentoria

WAPPA

wappa.com.br Setor: serviços de internet Fundação no Brasil: 2001 Faturamento em 2016: R$ 166.000.000 O que a empresa oferece aos funcionários: bolsa de estudos de idioma, graduação ou pós, mentoria, coaching e verba para o funcionário usar no programa de desevolvimento

88 V E R O

-

J U L .

2 0 1 7

BRAZIL FAST FOOD CORPORATION

bffc.com.br

Setor: varejo/alimentos/mantimentos Fundação no Brasil: 2006 Faturamento em 2016: R$ 1.377.784.300


O que a empresa oferece aos funcionários: bolsa de estudos de idiomas, graduação ou pós, coaching, universidade corporativa e verba para programas de desenvolvimento

9º MULTIPLUS

pontosmultiplus.com.br Setor: varejo Fundação no Brasil: 2009 Faturamento em 2016: R$2.349.015.479

10º KANTAR WORLDPANEL

kantarworldpanel.com

Setor: propaganda e marketing Fundação no Brasil: 1985 Faturamento em 2016: R$ 63.803.361 O que a empresa oferece aos funcionários: coaching, mentoria e universidade corporativa

11º NETPOINTS

netpoints.com.br Setor: tecnologia da informação Fundação no Brasil: 2011

Faturamento em 2016: R$ 4.000.000.000 O que a empresa oferece aos funcionários: bolsa de estudos para cursos de graduação ou pós, coaching e universidade corporativa

EMBALAGENS JAGUARÉ

jaguare.com.br

Setor: produção e manufaturas Fundação no Brasil: 1974 Faturamento em 2016: R$ 64.917.657,58 O que a empresa oferece aos funcionários: bolsa de estudos para cursos de graduação ou pós e universidade corporativa

13º UNDER ARMOUR BRASIL

underarmour.com.br

Setor: varejo / tecelagem / vestuário / calçados Fundação no Brasil: 2013 Faturamento em 2016: R$ 85.542.178,27 O que a empresa oferece aos funcionários: Mentoria, coaching e universidade corporativa

89 -

ASSURANT

assurantsolutions.com/brasil Setor: serviços financeiros e seguros Fundação no Brasil: 2002 Faturamento do ano: R$ 393.558.000

12º

V E R O

14º

J U L .

2 0 1 7

O que a empresa oferece aos funcionários: bolsa de estudos de idiomas, graduação ou pós e coaching

15º AES TIETÊ

aestiete.com.br Setor: energia Fundação no Brasil: 1899 Faturamento em 2016: R$ 2.779.246 O que a empresa oferece aos funcionários: bolsa de estudos de idiomas, graduação ou pós, mentoria e coaching

16º HUB PREPAID

hubprepaid.com.br

Setor: serviços financeiros e de créditos Fundação no Brasil: 2011 Faturamento em 2016: R$ 54.061.901,82 O que a empresa oferece aos funcionários: coaching


17º

SODEXO BENEFÍCIOS E INCENTIVOS

sodexobeneficios.com.br

Setor: serviços financeiros e seguros Fundação no Brasil: 1996 Faturamento em 2016: Não informado O que a empresa oferece aos funcionários: bolsa de estudos de idiomas, graduação ou pós, mentoria, coaching e verba para o funcionário usar no programa de desenvolvimento que quiser

e

INSCRIÇÕES 2018

Quer participar? As inscrições para a premiação em 2018 acontecem pelo site www. greatplacetowork. com.br. A empresa precisa estar sediada com CNPJ registrado em Barueri, Carapicuíba, Jandira, Itapevi, Santana de Parnaíba, Osasco e Pirapora do Bom Jesus. Mais informações pelo e-mail: baruerieregiao@greatplacetowork.com

e

18º

Setor: tecnologia da informação / serviços de internet

MARTIN BROWER

martinbrower.com.br

Fundação no Brasil: 1994

Setor: transportes

Faturamento em 2016: R$ 40.905.386,47

Fundação no Brasil: 1982

O que a empresa oferece aos funcionários: coaching

Faturamento em 2016: R$ 3.505.242.968,38 O que a empresa oferece aos funcionários: bolsa de estudos de idiomas, graduação ou pós, mentoria, coaching, universidade corporativa e verba para o funcionário usar no programa de desenvolvimento que quiser

GFT BRASIL CONSULTORIA INFORMÁTICA

gft.com

Setor: tecnologia da informação Fundação no Brasil: 2006 Faturamento em 2016: R$ 97.936.000 O que a empresa oferece aos funcionários: bolsa de estudos de idiomas, graduação ou pós, mentoria, coaching e verba para o funcionário usar no programa de desenvolvimento que quiser

20º

MERCADO ELETRÔNICO

me.com.br

90 -

J U L .

UNIVAR

univar.com/pt-br/brazil Setor: serviços industriais Fundação no Brasil: 2011 Faturamento em 2016: R$ 557.334.846,97

19º

V E R O

21º

2 0 1 7

O que a empresa oferece aos funcionários: bolsa de estudos de idiomas, graduação ou pós e coaching

22º CATHO

catho.com.br Setor: tecnologia da informação / serviços de internet Fundação no Brasil: 2000 Faturamento em 2016: R$ 244.583.259,37 O que a empresa oferece aos funcionários: bolsa de estudos de idiomas, coaching e universidade corporativa


23º SMILES

smiles.com.br Setor: serviços financeiros e seguros

Faturamento em 2016: R$ 380.175.097,65 O que a empresa oferece aos funcionários: bolsa de estudos de idiomas e coaching

OS NÚMEROS DAS EMPRESAS VENCEDORAS DO GPTW 2017

25 anos é a média de idade das empresas premiadas

Fundação no Brasil: 2013 Faturamento em 2016: R$ 1.707.000.000 O que a empresa oferece aos funcionários: bolsa de estudos de idiomas, graduação ou pós e coaching

24º ANDRITZ HYDRO

andritz.com

Setor: produção e manufaturas / energia Fundação no Brasil: 1998 Faturamento em 2016: R$ 691.779.048 O que a empresa oferece aos funcionários: bolsa de estudos de idiomas, graduação ou pós, coaching e mentoria

25º SASCAR

sascar.com.br Setor: tecnologia da informação/armazenamento e administração de informações Fundação no Brasil: 1999

SOBRE GPTW

Fundada nos Estados Unidos por Robert Levering e Amy Lyman há mais de 20 anos, o Great Place to Work realiza uma pesquisa anual que “Melhores Empresas para Trabalhar”, baseado na avaliação dos funcionários em cinco dimensões: credibilidade, respeito, imparcialidade, orgulho e camaradagem. Durante a pesquisa, mede-se também o nível de às nove práticas culturais em gestão de pessoas consideradas essenciais para gerar excelentes ambientes de trabalho. O Great Place to Work é pioneiro em conduzir essa pesquisa, existente em 53 países, nos seis continentes. No Brasil, o GPTW promove e divulga o ranking nacional e mais de 20 setoriais e regionais.

91 V E R O

-

J U L .

2 0 1 7

10 delas empregam funcionários fora do Brasil, somando 152 brasileiros que trabalham no exterior

35% dos funcionários das empresas têm de 26 a 34 anos, e 44% têm ensino superior completo

51% são mulheres, e 49%, homens

Há apenas 1 mulher no comando, e 51 anos é a idade média dos CEOs das empresas premiadas

43% das empresas oferecem universidade interna; 63% oferecem bolsas de estudos para cursos de idiomas

60% das empresas oferecem bolsas de estudos para pelo menos 50% dos funcionários para cursos de graduação ou pós-graduação

47% das empresas oferecem programas de coaching, e 43%, de mentoring

t


ON-LINE

vero.com.br COISAS QUE VOCÊ SÓ ENCONTRA EM

Conteúdo exclusivo, dicas dos nossos leitores, novidades e notícias de Alphaville e região. Confira alguns destaques do site da VERO e não deixe de nos acompanhar por lá!

1. 2.

3. 4.

Programas para fazer no fim de semana em Alphaville e região Toda semana tem uma lista nova com todas as atrações para aproveitar o “finde”. É o fim do mimimi de “por aqui não tem o que fazer”, hein?

5 dicas para uma entrevista de emprego Nossa leitora Janaina Peroto, profissional de RH, mandou dicas básicas e superimportantes para se destacar em uma entrevista.

100 V E R O

-

J U L .

2 0 1 7

8 petiscos para experimentar em Alphaville e região Hummm! É para qualquer um ficar babando, não é mesmo? Reunimos algumas opções – só delícia! – que você não pode deixar de provar.

Viajar, viajar e viajar Quem não ama? Nossos colunistas – e nossos leitores também – estão sempre dando dicas preciosas de viagens. Então, antes de fazer as malas, dá uma passadinha lá.


Revista VERO | JUL/2017  

Alphaville | Marcio Rachkorsky | Bob Wollheim | Carlos Julio | Ricardo Amorim | Educação | Condomínio | Novidades | Literatura | Netflix | P...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you