Page 1

Exames de sangue levam até 60 dias para análise IM BOLECT IAL ESPE

Essio quer saber o motivo da demora. Página 2

Ano I - Número 1 - Atuação do vereador no mês de agosto de 2015

A SUA VOZ NA TRIBUNA

BOLETIM INFORMATIVO VEREADOR ESSIO MINOZZI JUNIOR - PARTIDO DA REPÚBLICA

Essio discute a segurança dos pedestres nas lombofaixas O aumento da vulnerabilidade da segurança dos pedestres e lentidão do tráfego de veículos nas avenidas Tabelião Passarella e Leonor de Oliveira levou o vereador Essio abordar o assunto na Tribuna. Página 6

REQUERIMENTO

INTERVENÇÃO NO HOSPITAL CHEGA AO FIM, MAS OS PROBLEMAS CONTINUAM No último dia 15 de agosto, o prefeito Márcio Pampuri publicou na Imprensa Oficial do Município o Decreto nº 7.571/15, que revoga o Decreto nº 3.622, de 02 de abril de 2001, e extingue a intervenção no Hospital Nossa Senhora do Desterro. Página 3

Veja vídeo sobre esse assunto no site www.professoressiominozzi.com.br - Link VÍDEOS

Essio solicitou ao prefeito o ‘módulo de atendimento’ por ADIs - Auxiliares de Desenvolvimento Infantil que atuam no Berçário I, Berçário II, Maternal I e Maternal II na rede municipal, modalidade creche, e sua respectiva norma legal, bem como o Quadro Escolar dos meses de julho e agosto de 2015 das Creches Municipais com salas, período, série e número de alunos matriculados. Página 7

EDITORIAL “O vereador que reivindica, muitas vezes contribui mais quando aponta os erros e cobra resultados do governo do que um séquito de apoiadores fiéis em sujeição” Página 2


Atuação do vereador Essio no mês de agosto de 2015 EDITORIAL

O dever do representante

O vereador que reivindica, muitas vezes contribui mais quando aponta os erros e cobra resultados do governo do que um séquito de apoiadores fiéis em sujeição Desde o começo da nova gestão estamos empenhados em ajudar o gestor público atender as necessidades da população que, em muitos casos, sofre por falta de saneamento básico, descaso com a saúde, com a educação, habitação, necessidades fundamentais para o povo poder viver bem e com o mínimo de dignidade. Nossa atribuição como vereador é de fiscalizar o Executivo e de propor leis que, em princípio, devem defender o interesse público, buscar a melhoria da qualidade de vida dos munícipes, propor políticas públicas para assegurar direitos a todos os cidadãos. Acredito que estamos empenhados em exercer nosso papel como representante do povo. Apesar de haver entendimentos contrários, buscamos apoiar a gestão quando ela visa a atender o bem comum e de alertar para as reivindicações dos moradores da cidade. Sujeição em nada pode ajudar o governante nem os moradores. Temos alertado, sugerido e orientado o governo - esta é a palavra correta, “orientado” - em vários projetos. O vereador que reivindica,

muitas vezes contribui mais quando aponta os erros e obra resultados do governo do que a comitiva de seguidores fiéis. Um bom exemplo disso é o fim da intervenção do Hospital e Maternidade Mairiporã, que em meados de dezembro orientamos sobre a necessidade de se adequar a legislação vigente e que para isso seria inevitável sair da intervenção. Também tivemos o cuidado de aprovar a lei que autoriza o executivo fazer repasses financeiros a entidade, para não prejudicar o serviço de saúde, mas também debatemos sobre a legalidade desses repasses, sempre com o objetivo de ajudar a administração pública não cometer erros, pois essa é nossa função. Os problemas estão aí para serem resolvidos. Nem sempre podemos resolver todos, mas fica válido o esforço e a vontade de ajudar. É preciso compromisso para que a gestão municipal possa beneficiar a população que nos elegeu para fiscalizar e representá-la e também elegeu o prefeito, acreditando em mudanças, em especial, na qualidade da Saúde Pública.

O Boletim Expressão é uma publicação do mandato do Vereador Essio Minozzi Junior (PR - Partido da República) com o objetivo de divulgar o trabalho legislativo em pról da comunidade mairiporanense. Jornalista Responsável: José Luis Gonçalves de Moraes - MTB: 33.836 Comentários e Sugestões: vereadoressio@gmail.com www.professoressiominozzi.com.br

2

Exames de sangue levam até 60 dias para análise Serviços básicos de diagnóstico como um exame de sangue em Mairiporã chegam a demorar mais de 60 dias para ficarem prontos. Isso após a espera para consulta médica que na maioria das vezes demora meses. Na última sessão legislativa de agosto, o vereador Essio pediu explicações sobre o motivo da demora. Questionou se o longo período de espera pode comprometer a eficácia do diagnóstico. Há casos em que o tempo para a coleta che-

ga a 70 dias e o resultado mais alguns dias. A empresa prestadora desse serviço vem sendo contratada pela prefeitura de Mairiporã a anos e nunca houve reclamação nesse sentido. A população tem questionado esse retardamento e estão preocupadas com a situação, pois temem que todo esse tempo possa prejudicar o tratamento médico. Diante dessa situação o vereador solicitou ao prefeito explicações objetivas dos motivos de tanta demora.

Veja vídeo sobre esse assunto no site www.professoressiominozzi.com.br - Link VÍDEOS

Vereadores recebem Dirigente de Ensino Câmara analisa aumento dos atos infracionais de menores

O professor Celso Nicoleti, dirigente regional de ensino, esteve reunido com a comissão de vereadores que analisa o aumento dos atos infracionais de menores em Mairiporã. Eles pediram informações sobre a evasão escolar de alunos e os procedimentos de prevenção adotados pela Diretoria de Ensino de Caieiras. Segundo a juíza, Dra. Ana Paula, a maioria dos atos infracionais cometidos em Mairiporã são realizados por menores

que estão fora da escola, “na faixa etária acima de 14 anos que entre 90 a 95% estão fora da sala de aula”. O dirigente mostrou indicadores da diminuição da evasão escolar nos últimos anos tanto com alunos do ensino médio como do ciclo II do ensino fundamental. Afirmou que há vagas suficientes nas escolas estaduais, que a diretoria está preocupada com os alunos fora da escola e já estabeleceu meta para zerar a evasão escolar. A reunião aconteceu no último dia 18 de agosto e foi presidida pelo vereador professor Essio, com a participação dos vereadores Rafael Tadeu e Édio de Oliveira Souza.


3

Atuação do vereador Essio no mês de agosto de 2015

INTERVENÇÃO NO HOSPITAL CHEGA AO FIM, MAS OS PROBLEMAS CONTINUAM Desde 2001 o Hospital e Maternidade de Mairiporã, propriedade da empresa privada sem fins lucrativos Associação Nossa Senhora do Desterro, esteve sob intervenção da Prefeitura. No último dia 15 de agosto, o prefeito Márcio Pampuri publicou na Imprensa Oficial do Município o Decreto nº 7.571/15, que revoga o Decreto nº 3.622, de 02 de abril de 2001, e extingue a intervenção no Hospital Nossa Senhora do Desterro. Com isso a Prefeitura só poderá repassar dinheiro ao Hospital para suprir a demanda no atendimento público. Na última sessão legislativa de agosto (25) a Câmara Municipal aprovou novo repasse ao hospital mesmo após o fim da intervenção. O vereador Essio Minozzi, que justificou seu voto favorável em favor daqueles que utilizam o serviço de saúde, solicitou ao prefeito Marcio Pampuri informações acompanhada do instrumento que vincula a Prefeitura com a entidade após a intervenção. Essio pediu que o prefeito envie a Câmara para análise, o mecanismo legal que permitirá a Prefeitura repassar recursos públicos à entidade para que o hospital continue em funcionamento. Segundo ele o texto da Lei aprovada é igual a Lei que permitia o repasse durante a intervenção da Prefeitura. O prefeito Marcio Pampuri foi obrigado publicar o Decreto após o Tribunal de Contas de São Paulo julgar irregular a intervenção do Hospital e apontar que a única fonte de renda da entidade é proveniente do erário público, sendo assim o Hospital só poderia contratar mediante licitação e concurso público.

Veja vídeo sobre esse assunto no site

www.professoressiominozzi.com.br - Link VÍDEOS

OS PROBLEMAS - Durante o período de intervenção a carência de médicos em diversas áreas e precária estrutura material, física e de equipamentos, e a falta de uma recomposição dos critérios de gestão administrativa hospitalar, fez com que o Hospital fosse alvo de críticas pela sociedade mairiporanense. Resta saber se com o fim da intervenção, os recursos financeiros serão suficientes para manter o hospital em funcionamento, uma vez que a entidade terá que utilizar dinheiro proveniente do Sistema Único de Saúde (SUS) para manter o atendimento ao usuário.

OPINIÃO Artigo publicado na última semana de agosto

Fim da intervenção no Hospital O prefeito Dr. Marcio Pampuri decretou o fim da intervenção no Hospital Nossa Senhora do Desterro por determinação do Tribunal de Contas. Desde o último dia 14 a entidade adotará uma nova forma de gestão, assegura o prefeito em seu decreto 7.571/2015. Qual seria essa nova forma? O prefeito precisa esclarecer. Oito meses se passaram desde dezembro do ano passado quando se noticiou a necessidade do fim da intervenção. Na época falei com o prefeito ser inevitável ao sair da intervenção seguir a legislação vigente. (http://www.professoressiominozzi.com.br/index.php?view= pageArtigo&id=252&pg=2). De lá para cá o governo firmou um convênio com a entidade para prestação de serviços médicos ambulatoriais e hospitalares tendo como referência o SUS – Sistema Único de Saúde. In-

suficiente, pois desde antes da intervenção de 2001 o hospital recebia pelos serviços através do SUS. Esse convênio é de 30 meses com repasses de recursos SUS Mairiporã de mais de 4,9 milhões de reais por ano, 414 mil reais mensais. O governo também encaminhou projeto de lei idêntico aos do período da intervenção para repasses de recursos públicos a entidade para cobrir despesas com oito plantões diários de doze horas no período diurno e cinco plantões noturnos mais o correspondente os recursos para décimo terceiro salário. Recursos para seis meses, de setembro a fevereiro, de 650 mil reais mensais e parcela de 380 mil reais para décimo terceiro salário totalizando R$ 4.280.000,00. Para evitar a interrupção dos serviços do hospital prejudicando a população optei por voto favorável ao projeto, mas

questionei a falta de instrumento que vincula a prefeitura à entidade para fundamentar o repasse desses recursos visando o interesse público. Essas iniciativas demonstram que a entidade continua sendo ‘sustentadas’ pelo Poder Público o que fere o marco regulatório que disciplina as relações entre o Estado e o Terceiro Setor, no caso a Prefeitura de Mairiporã e o Hospital N. S. do Desterro. Num ano, prevalecendo tais valores, será perto de 13,5 milhões de reais de recursos públicos da saúde repassados a entidade. Para os usuários o que importa nessa “parceria” é obter serviços de boa qualidade. Essa responsabilidade continua sendo da prefeitura. Com intervenção ou fora dela seu empenho, a meu ver, seria a garantia de serviços de saúde com qualidade.


Atuação do vereador Essio no mês de agosto de 2015

4

SOLICITAÇÕES DO VEREADOR ESSIO AO PREFEITO MUNICIPAL Durante o mês de agosto o vereador Professor Essio apresentou indicações em que solicita ao prefeito Dr. Márcio Pampuri providências na manutenção e melhorias em bairros da cidade. As solicitações vão desde reparos em estradas, capina e poda da vegetação nas vias, até sinalização com intuito de evitar acidentes. Acompanhe.

Pedidos para o bairro Mato Dentro

OPINIÃO Artigo publicado na primeira semana de agosto

Vagas em creche: fazendo as contas

No início do mês de agosto o vereador Essio Minozzi solicitou ao prefeito Marcio Pampuri patrolar e cascalhar a Estrada Floresta e a rua dos Córregos no residencial Parque Florestal Marciano no bairro Mato Dentro. O vereador justificou que moradores solicitaram a manutenção, em que alega que as vias encontram-se com buracos dificultando o acesso dos veículos e moradores as residências.

Também no bairro Mato Dentro o vereador solicitou sinalização vertical e horizontal nas lombadas na Estrada Henrique Barbosa Ortiz antiga Estrada do Mato Dentro. Segundo o vereador Essio, existem no local lombadas sem sinalização o que dificulta a visualização podendo causar acidentes.

Manutenção no bairro Boa Vista O vereador Essio solicitou ao prefeito municipal manutenção na rua João Nembergue, bairro Boa Vista próximo a Estrada Velha de Bragança. O vereador justifica que a via encontra-se com buracos o que dificulta o acesso dos veículos e moradores as residências.

A prefeitura informou ter em julho 947 matrículas nas creches municipais em resposta ao requerimento onde solicitei a quantidade matrículas. Dessas matrículas 76 são da creche inaugurada em maio no Jardim Pereira em Terra Preta. Portanto, a informação do relatório quadrimestral de apenas 741 matrículas estava errada. Menos mal. No entanto a creche do Jd. Pereira com apenas 76 crianças chama atenção, pois foi anunciado pelo governo municipal “capacidade para atender mais (+) de 100 crianças de 0 a 3 anos.” Sendo assim, há 24 vagas disponíveis que pode diminuir um pouquinho a quantidade de crianças inscritas em Terra Preta no cadastro de espera. Nessa lista há 268 crianças cujas famílias buscam por vagas. No Berçário I são 41 inscrições, no Berçário II são 89 inscrições, no Maternal I são 60 inscrições e no Maternal II são 78 inscrições. Há, portanto, demanda para atendimento. Confira a lista completa com 944 inscrições à espera de vagas: http://mairipora. sp.gov.br/wp-content/uploads/2014/06/Vagas1.pdf Se há espaço físico para atendimento e se há crianças procurando por vagas então está faltando contratar recursos humanos: professor e auxiliares de desenvolvimento infantil (ADIs) para essa creche. Sabedor dessa necessidade solicitei à prefeitura mais ADIs exatamente para possibilitar completar sua capacidade física de atendimento. Agora resta aguardar empenho do governo ao atendimento dessa minha solicitação por mais servidores, pois ela beneficiaria mais algumas crianças e seus familiares.

Veja vídeo sobre esse assunto no site www.professor essiominozzi.com.br - Link VÍDEOS


5

Atuação do vereador Essio no mês de agosto de 2015

Iluminação pública no Residencial Jardim Céu Azul Os moradores da rua Orion no Residencial Jardim Céu Azul solicitaram ao vereador Essio intervenção junto ao prefeito municipal para que a iluminação pública seja restabelecida no local. Segundo o vereador a solicitação já foi feita a Empresa Elektro e até o momento a manutenção das luminárias não foi atendida. Os moradores dizem que o local é ermo e devido ao horário que os alunos chegam da escola correm riscos de assalto e outros tipos de violência.

A pedido da Associação de Moradores do bairro Aldeia de Mairiporã, o vereador Essio Minozzi solicitou ao prefeito Marcio Pampuri realocar quatro postes entre a Ala-

meda Tupiniquins e Estrada Olho D Água. Segundo o vereador os postes estão no meio do mato, o que impede possível instalação de luminárias na região.

Requerimento apresentado pelo vereador Essio na sessão legislativa do dia 11 de agosto Solicito ao Excelentíssimo Prefeito de Mairiporã, Dr. Marcio Cavalcanti Pampuri, o envio de cópia dos Balancetes de Receitas e Despesas dos períodos de 01/05/2015 a 31/05/2015, mês de Maio, e 01/06/2015 a 30/06/2015, mês de junho. JUSTIFICATIVA Nesses dois períodos a Câmara Municipal de Mairiporã recebeu o demonstrativo orçamentário empenhado e balancete analítico de despesas

empenhadas. Para o acompanhamento efetivo da aplicação dos recursos públicos os balancetes de receitas e despesas, diferente dos enviados, informam além da dotação inicial, alterações e seus saldos, também os empenhos no período, atual e a pagar, os liquidados e os pagos. Neste sentido solicito tais balancetes dos meses de maio e junho já que esses documentos eram enviados rotineiramente à Câmara no vigésimo dia útil do mês subseqüente.

www.professoressiominozzi.com.br

Manutenção no bairro do Marmelo Professor Essio solicitou ao prefeito municipal manutenção viária na estrada do Marmelo próximo do bar da dona Amélia. Segundo ele, moradores do bairro reclamam que a estrada encontra-se com buracos o que dificulta o acesso de ônibus e moradores com seus veículos.


Atuação do vereador Essio no mês de agosto de 2015

6

Essio discute a segurança dos pedestres nas lombofaixas Na sessão legislativa do dia 11 de agosto o vereador Prof. Essio discutiu na Tribuna o aumento da vulnerabilidade da segurança dos pedestres e lentidão do tráfego de veículos nas

avenidas Tabelião Passarella e Leonor de Oliveira. Segundo ele o governo municipal optou por instalar lombofaixa em substituição as tradicionais lombadas e faixas de

pedestres. Com isso pretendia diminuir o congestionamento e, ao mesmo tempo, preservar a travessia de pedestre. Essio argumentou que “na prática a lombofaixa ainda não vem cumprindo com esses ob-

jetivos. Para funcionar corretamente o governo deve adotar providências para melhorar a sinalização viária, tornar a fiscalização mais efetiva e fazer uma campanha de orientação para os pedestres“, disse.

OPINIÃO Artigo publicado na segunda semana de agosto

Lombofaixa requer cuidados O governo escolheu instalar lombofaixa nas avenidas Tabelião Passarella e Leonor de Oliveira em substituição as tradicionais lombadas e faixas de pedestres. Visa dar mais agilidade ao tráfego de veículos a fim de diminuir o congestionamento e, ao mesmo tempo, preservar a travessia de pedestre. Antes os veículos eram obrigados a parar na lombada e novamente na faixa quando havia pedestre para atravessar. Agora apenas uma única vez e, ainda, quando há pedestre. Teoricamente diminui as paradas dos veículos e o pedestre pode fazer a travessia com segurança. Na prática a lombofaixa ainda não vem cumprindo com esses objetivos. Para funcionar corretamente algumas providências são necessárias. Melhorar a sinalização viária (as sinalizações em alguns lugares ficam escondidas por árvores), mais fiscalização e os condutores dos veículos e os pedestres necessitam de orientações. Ainda há lombada sem sinalização alguma e faixa de pedestres com a sinalização

horizontal desgastada e sem placa indicativa. Em todo o trajeto não há sinalização horizontal indicando ao condutor a travessia de pedestre necessária para evitar acidentes na lombofaixa como já vem ocorrendo. Os pedestres continuam utilizando normalmente os locais das antigas faixas, mesmo apagadas. Antes os pedestres atravessavam nas faixas com a retaguarda de uma lombada que a antecedia. Agora não há a lombadas nem a faixa. O risco de acidentes aumenta. Os condutores já habituados têm parado para o pedestre nos locais das antigas faixas, mas nem sempre isso ocorre aumentando a possibilidade de atropelamento nesses locais. O governo precisa estar atendo a essas consequências e agir rapidamente para proteger vidas humanas. Inevitável sugerir a melhoria da sinalização horizontal na proximidade das travessias de pedestres com efetiva fiscalização pelos agentes municipais de trânsito e uma campanha focada no pedestre orientando a travessia nas lombofaixas instaladas.

Veja vídeo sobre esse assunto no site www.professoressiominozzi.com.br - Link VÍDEOS


7

Atuação do vereador Essio no mês de agosto de 2015

OPINIÃO

Valorizar quem trabalha Artigo publicado na terceira semana de agosto

Com o aumento do atendimento de crianças em creches municipais o governo, inevitavelmente, tem que aumentar os seus servidores para garantir a qualidade desse serviço. Contratar Auxiliares de Desenvolvimento Infantil (ADIs) pelo concurso público vigente com urgência e valorizar o trabalho dessas profissionais são iniciativas que se espera do governo num momento como esse. Fundamental reconhecer o papel essencial das ADIs no atendimento as crianças de 0 a 3 anos nas creches municipais. São elas quem acompanha o dia-a-dia do desenvolvimento

dessas crianças. Porém a valorização dessas profissionais nem sempre ocorre. Desde as condições adequadas de trabalho e, muito menos, o reconhecimento com salários compatíveis com a importância e responsabilidade do trabalho que desempenham. A valorização dessas profissionais estimulando-as no seu aperfeiçoamento profissional e melhores salários são iniciativas necessárias para garantir a qualidade de atendimento às crianças das creches municipais. Cuidar de bebês requer competência e habilidades específicas para acompanhar o desenvolvimento, a adequada alimentação e a higiene. Uma coisa é alimentar e trocar a fral-

O vereador Essio Minozzi solicitou ao prefeito Marcio Pampuri manutenção viária com patrol e cascalho na rua São Carlos depois do trecho com asfalto no Bairro Santa Luzia em frente ao campo do São Luiz, no Rio Acima. Segundo o vereador, o pedido é da moradora Nilda que reclama que a via encontra-se com valetas trazendo muitos transtornos, causando prejuízo e dificuldade de acesso as residências.

Sinalização na estrada Norberto Antonio de Morais Professor Essio pediu através de indicação ao prefeito municipal sinalização viária horizontal e vertical em toda a extensão da estrada Norberto Antonio de Morais até a segunda portaria

do Residencial Jardins Cinco Lagos. O vereador justifica que os moradores do Residencial reclamam que a sinalização está apagada em vários trechos trazendo risco de acidentes.

da de um bebê, outra é de doze em um ambiente coletivo. Essa quantidade máxima de bebês por dupla de ADIs não pode ser ultrapassada para não comprometer a qualidade do atendimento para nossas crianças. Apesar de trabalharem em dupla, dar conta de atendimento com qualidade para doze bebês ao mesmo tempo, convenhamos requer muita determinação e responsabilidade. Garantir condições adequadas de trabalho é responsabilidade do governante. Ao valorizar as ADIs além de necessário para estimular essas profissionais o governo demonstra o respeito ao direito de atendimento com qualidade para as crianças atendidas nas creches municipais.

Essio pede redutores de velocidade na Estrada Jardim da Serra A pedido dos moradores do bairro Barreiro, o vereador Essio solicitou ao Prefeito Municipal instalação de redutores de velocidade (lombada) na Estrada Jardim da Serra. Segundo o solicitante os veículos e motos estão trafegando em alta velocidade na via trazendo risco de acidentes aos moradores. Essio já havia solicitado a instalação desses redutores em outubro do ano passado através de indicação. Na época o departamento responsável fez a demarcação no local, mas até o momento não foi instalado. Sendo assim, o vereador Essio solicitou novamente o pedido e aguarda providências.

Auxiliares de Desenvolvimento Infantil (ADIs) REQUERIMENTO Senhor Presidente, REQUEIRO à Douta Mesa, depois de ouvido o colendo plenário, que seja enviado ofício ao Excelentíssimo Senhor Prefeito Municipal, Dr. Marcio Cavalcanti Pampuri, solicitando o ‘módulo de atendimento’ por ADIs - Auxiliares de Desenvolvimento Infantil que atuam no Berçário I, Berçário II, Maternal I e Maternal II na rede municipal, modalidade creche, e sua respectiva norma legal, Bem como o Quadro Escolar dos meses de julho e agosto de 2015 das Creches Municipais com salas, período, série e número de alunos matriculados. JUSTIFICATIVA

As creches municipais que atendem crianças de 0 a 3 anos de idade contam com as ADIs, profissionais que atuam no desenvolvimento dessas crianças. Cada ADI tem a obrigação de cuidar de uma certa quantidade, de acordo com a idade das crianças. Para isso há norma legal, decreto e/ou resolução, que estabelece a quantidade máxima para que cada uma dessas profissionais possa garantir o acompanhamento adequado e necessário nos berçários e maternais. Sendo assim, solicito os módulos dos Berçários I e II e Maternais I e II vigentes hoje para a rede municipal de ensino. Necessário, também, a quantidade de crianças matriculadas por série (BI, BII,MI e MII). Neste sentido, dentro das prerrogativas do mandato de vereador em defesa do interesse público, de acordo com o inciso VII do artigo 214 do Regimento Interno e inciso XII do artigo 70 da Lei Orgânica do Município de Mairiporã, solicito tais informações. Plenário “27 de Março”, 18 de agosto de 2015. ESSIO MINOZZI JUNIOR Vereador


Atuação do vereador Essio no mês de agosto de 2015

Moradores do recanto Céu Azul reclamam a falta de sinalização e manutenção nas vias do bairro Atendendo a solicitação do Sr. Marco Tasso junto com demais moradores da rua Recanto Céu Azul, o vereador Essio Minozzi apresentou indicação na última sessão legislativa de agosto em que solicita manutenção na via que está com o mato alto em suas laterais e valetas em toda extensão. Segundo o vereador a falta de cuidados no local tem dificultado o acesso de veículos e pedestres às residências principalmente em dias de chuvas. A falta de sinalização também é um problema na rua Skander Tellian do mesmo bairro. O vereador Essio Minozzi solicitou providências ao prefeito municipal, para que seja realizados serviços de manutenção

com patrol e cascalho na Rua Recanto Céu Azul, e implanta-

ção de sinalização vertical e horizontal na rua Skander Tellian.

Essio cobra contratos da Prefeitura Desde abril a Prefeitura não envia à Câmara cópias de vários contratos firmados e publicados na Imprensa Oficial do Município. Com isso, segundo o vereador Essio Minozzi, a atuação dos vereadores que tem a responsabilidade de acompanhar os gastos públicos fica comprome-

tida, uma vez que sem esses documentos os vereadores não podem saber efetivamente como estão sendo aplicados os recursos públicos. Essio cobrou o envio com urgência desses documentos para que possam ser analisados o mais breve possível.

8

NOVAS INSTALAÇÕES

Creches precisam de segurança para alunos e professores A Comissão de Educação da Câmara visitou as novas instalações das creches Silvia Piunti e Tia Laura onde constataram que nas duas unidades vários reparos necessários à segurança dos alunos e professores precisam ser efetuados. Na última sessão legislativa de agosto, que aconteceu no dia 25 a Comissão representada pelo vereador Essio Minozzi Junior (presidente), solicitou ao prefeito a instalação de barra lisa nos corredores que foram revestidos com reboco, grade de proteção onde ficam os cilindros de gás, proteção nas canaletas no entorno do prédio, balcão para manipulação de alimentos e exaustor. Segundo o vereador falta até campainha no portão de entrada entre outros acessórios importantes à segurança.

Acompanhe as notícias sobre a atuação do vereador Essio Minozzi no site do mandato:

www.professoressiominozzi.com.br O Boletim Expressão tem por finalidade divulgar a atuação do vereador Essio Minozzi Junior como representante da população mairiporanense no Poder Legislativo Municipal

Boletim expressão - edição especial 1  

Boletim especial com os trabalhos realizados durante o mês de agosto

Advertisement