Page 1

UNIVERSIDADE DE AVEIRO

MESTRADO EM SISTEMAS ENERGÉTICOS SUSTENTÁVEIS


A. GIL ANDRADE-CAMPOS | LUÍS TARELHO Diretores


MENSAGEM DA COORDENAÇÃO

O Mestrado em Sistemas Energéticos Sustentáveis da Universidade de Aveiro confere aos seus alunos a capacidade de analisar qualquer sistema energético e de promover a sua eficiência ao encontro da sustentabilidade. Na última década, os sistemas energéticos e a sua eficiência tornaram-se vitais para a sociedade, cuja dependência da energia é cada vez maior. As empresas, quer Portuguesas quer internacionais, necessitam de racionalizar a energia utilizada de forma sustentável e de a utilizar eficazmente. Para isso, e tendo em conta a importância técnica, política e financeira desta área, as empresas requerem trabalhadores e colaboradores competentes e especialistas nestes assuntos. Para enfrentar estes desafios, a Universidade de Aveiro criou um programa que integra disciplinas nas áreas da energia, engenharia mecânica, engenharia do ambiente, materiais, gestão, desenvolvimento de produto, política e regulação e engenharia industrial. Estas disciplinas são lecionadas pelos mais destacados profissionais da área da energia e sustentabilidade que partilham a sua experiência e conhecimento acumulados ao longo dos últimos anos. Este Mestrado foi desenvolvido para explorar estas novas oportunidades relacionadas com a energia e sustentabilidade. Abordando casos práticos e competências técnicas e sociais, pretendemos formar especialistas em sistemas energéticos e sustentabilidade energética, perfis que hoje em dia são muito procurados e valorizados pelas empresas do setor energético, grandes consumidores de energia, e gabinetes de projeto, assim como pelos serviços da administração central, regional e local, institutos de investigação e universidades. A missão da Universidade de Aveiro é criar conhecimento, expandir o acesso ao saber em benefício das pessoas e da sociedade. Este Mestrado foi desenhado para responder totalmente a esse desafio.

“No MSES desenvolvi o meu conhecimento e a minha capacidade de identificar, prevenir e solucionar problemas que abrangem as áreas energéticas, ambientais, da mecânica, de gestão e de engenharia.” Michael Russo Licenciado em Engenharia do Ambiente pela Universidade de Aveiro. Mestre em Sistemas Energéticos Sustentáveis, em 2016, também pela Universidade de Aveiro. Comissão de curso 2015-16. Trabalha em sistemas de energia renovável.


APRESENTAÇÃO

O Mestrado em Sistemas Energéticos Sustentáveis (MSES) consiste numa formação internacional integrada nos domínios das tecnologias energéticas, ambiente e desenvolvimento sustentável. A formação tem em atenção a multidisciplinaridade e transversalidade dos problemas energéticos e ambientais, suas soluções e as dimensões económica e social do desenvolvimento sustentável. Este Mestrado, cuja taxa de empregabilidade é de ~100%, responde aos problemas atuais da eficiência energética sentidos pelas empresas quer nacionais quer internacionais. A formação encontra-se estruturada no sentido da compreensão dos processos, tecnologias, economia e política associados aos sistemas energéticos, no contexto da sustentabilidade do fornecimento e procura de energia. São abordados conteúdos nos domínios dos processos de conversão de recursos energéticos convencionais e renováveis, materiais e tecnologias em conversão e utilização de energia, metodologias de utilização eficiente de energia, instrumentação e medida em processos energéticos e ambientais, política energética e ambiental, os conceitos de desenvolvimento sustentável e as políticas conducentes ao desenvolvimento sustentável.

A organização curricular composta por disciplinas de opção permite ao aluno, após um 1º ano de formação estruturante, optar por uma formação mais especializada, de entre uma das principais áreas de formação oferecidas. Deste modo, o aluno pode aprofundar e complementar os conhecimentos já adquiridos com uma formação mais orientada para um determinado domínio dos Sistemas Energéticos Sustentáveis. Dado o caráter multidisciplinar da formação, estão envolvidos vários departamentos da Universidade de Aveiro, nomeadamente: o Departamento de Ambiente e Ordenamento, o Departamento de Engenharia Mecânica, o Departamento de Economia, Gestão, Engenharia Industrial e Turismo, o Departamento de Engenharia de Materiais e Cerâmica, e o Departamento de Física.


Competências Os objetivos visados pelo ciclo de estudos são concretizados na articulação do conjunto de conteúdos de formação especializada nas áreas da energia, ambiente, materiais e gestão, de modo que a integração desses conhecimentos permitirá a um Mestre em Sistemas Energéticos Sustentáveis evidenciar as seguintes competências: · intervenção na área da gestão dos recursos energéticos, recorrendo a energias renováveis e a sistemas energéticos eficientes; · avaliar opções para a conversão, distribuição e utilização de energia de forma racional e sustentável; · intervenção na área da gestão integrada do ambiente, quer através de sistemas de gestão ambiental, quer por intermédio da aplicação de ferramentas de prevenção e controlo integrado da poluição, como tecnologias de produção mais limpas, análise de ciclo de vida e eco-eficiência; · conhecimento avançado dos métodos de monitorização e da instrumentação utilizada nos domínios da energia e do ambiente; · aptidão para usar, de um modo independente, princípios, conceitos, e instrumentos de análise, técnicas e matéria legal, que lhe permitam encontrar a solução mais adequada para a resolução de problemas energéticos e ambientais em contextos alargados e multidisciplinares;

· capacidades na perspetiva de identificar, prevenir ou minimizar situações de risco, quantificar e resolver problemas energéticos e ambientais específicos ao nível dos operadores industriais ou dos operadores públicos, através de soluções técnicas que sejam eficientes sob os pontos de vista económico, ambiental e social; · visão integrada do setor energético e ambiental com ênfase na capacidade de análise, conceção, planeamento, implementação, gestão, operação, controlo e comunicação de soluções aplicadas nas empresas, nas organizações e no território em consonância com o novo paradigma do desenvolvimento sustentável englobando as suas vertentes Económica, Social, Ambiental, Tecnológica e Energética. Saídas Profissionais O Mestre em Sistemas Energéticos Sustentáveis tem uma formação que lhe permitirá desenvolver uma atividade profissional autónoma (criando a sua empresa), ou integrado em equipas, no setores agrícola, industrial, serviços e consultoria, nomeadamente em empresas do setor energético, grandes consumidores de energia, e gabinetes de projeto, assim como nos serviços da administração central, regional e local, institutos de investigação e universidades. Direcção A direção do curso está a cargo dos Professores Doutores Gil Andrade-Campos e Luís Tarelho.


Destinatários O Mestrado em Sistemas Energéticos Sustentáveis dirige-se, principalmente, a alunos que finalizaram uma licenciatura recentemente e pretendem obter conhecimentos avançados em sistemas energéticos e políticas sustentáveis. Podem candidatar-se os detentores de grau de licenciado ou equivalente legal em domínio científico adequado (tal como Engenharias, Física, Química, etc.) ao ingresso no ciclo de estudos. O MSES dirige-se também a quadros de empresas e a profissionais com interesse em desenvolverem práticas ou negócios em e com sistemas energéticos.


ESTRUTURA CURRICULAR

1º ano › 1º semestre

ects

2º ano › 1º semestre

ects

Materiais em Tecnologia

6

Opção II, III e IV

6

Política Energética e Regulação

6

· Análise Energética de Processos

6

Energia e Ambiente

6

· Avaliação e Gestão de Projectos

6

Conversão de Energias Convencionais

6

· Eco-design e Eco-eficiência

6

Gestão de Energia

6

· Empreendedorismo e Criação de Empresas

6

· Energia, Mobilidade e Transportes

6

1º ano › 2º semestre

ects

· Gestão da Qualidade do Ar

6

Transporte e Armazenamento de Energia

6

· Modelação de Sistemas Ambientais

6

Conversão de Energias Renováveis

6

· Processamento Avançado de Materiais

6

Métodos Experimentais em Energia

6

· Projeto de Sistemas Energéticos

6

Opção

6

· Reciclagem e Novos Produtos

6

· Aquecimento,Ventilação e Ar Condicionado

6

· Térmica de Edifícios

6

· Conversão Fotovoltaica

6

· Térmica Industrial

6

· Energia Solar Térmica

6

· Dissertação/Projeto/Estágio

12

· Engenharia e Desenvolvimento de Produto

6

· Gestão da Inovação e da Tecnologia

6

2º ano › 2º semestre

ects

· Materiais em Conversão de Energia

6

Dissertação/Projeto/Estágio 30

· Sistemas de Apoio à Decisão

6

· Sistemas de Gestão Ambiental

6

Seminário 6

60

Horário O Mestrado em Sistemas Energéticos Sustentáveis decorre em horário laboral.

Local Universidade de Aveiro, Aveiro, Portugal.

60


DOCENTES

A. Gil Andrade-Campos. Recebeu o doutoramento em Engenharia Mecânica da Universidade de Aveiro em 2005, onde é atualmente professor auxiliar. É também investigador convidado do CEMUC (Centro de Eng. Mecânica da Universidade de Coimbra) e do LiMATb (Laboratório de Engenharia de Materiais da Universidade de Bretanha-Sul, França). É especialista em métodos inversos de otimização aplicados a sistemas mecânicos e energéticos. É detentor dos prémios Jovem Investigador Prof. João Martins em Mecânica Aplicada e Computacional 2015 e Special prize of the Jury do Scientific prize of ESAFORM 2013. É autor de dois livros. António Carrizo Moreira. É formado em Engenharia Electrotécnica e Mestre em Gestão da Empresas pela Universidade do Porto. Fez Doutoramento em Gestão na Universidade de Manchester, Inglaterra. Foi Bolseiro da JNICT e da FCT. Alia ao seu percurso académico uma experiência industrial, tanto a nível nacional como internacional. É Professor Auxiliar no Departamento de Economia, Gestão, Engenharia Industrial e Turismo da Universidade de Aveiro e Investigador no GOVCOPP. António José Barbosa Samagaio. Completou a Licenciatura em Engenharia Mecânica em 1978 na Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP) e o Mestrado e Doutoramento (PhD) em Engenharia Mecânica, na área das Ciências Térmicas, na University of Illinois At Urbana-Champaign, USA, em 1987. É atualmente Professor Associado do Departamento de Ambiente e Ordenamento e investiga problemas sobre Energia em Edifícios, em particular o comportamento de Materiais de Mudança de Fase na construção. Carlos Relvas. Professor Auxiliar no Departamento de Engenharia Mecânica da Universidade de Aveiro, tem desenvolvido atividade científica e pedagógica na área de conceção 3D e engenharia e desenvolvimento de produto. É autor do livro Controlo Numérico Computorizado: conceito fundamentais e tem mais de 40 artigos publicados em

revistas internacionais e mais de 100 outras publicações e comunicações em congressos. É responsável pelo Laboratório de Desenvolvimento de Produto e Prototipagem Rápida do DEM-UA. Fernando Neto. Foi Assessor do Conselho de Administração e gestor de energia na Fábrica Mendes Godinho entre até 1987. Doutorou-se pelo Cranfield Institute of Technology, Reino Unido, em 1992. Foi Professor Auxiliar no Instituto Superior de Transportes entre 1993-1996 e Diretor do Departamento de Física e Energia entre 1994-1996. Até 1996 foi Diretor do Conselho Diretivo da Extensão do Entroncamento. Desde 1996 é professor auxiliar no Departamento de Engenharia Mecânica da Universidade de Aveiro. Fernando Marques. Doutorado em Ciência e Eng. de Materiais, é Prof. Catedrático do Departamento de Eng. de Materiais e Cerâmica e membro do CICECO. Estuda materiais cerâmicos usados na produção, armazenamento e conservação de energia, tema central de uma das disciplinas por si lecionadas. Orientou dezenas de jovens em programas de mestrado, doutoramento e pós-doutoramento. Integra regularmente comités de conferências e revistas científicas e é coautor de mais de duas centenas de artigos em revistas internacionais. João Dias-de-Oliveira. Doutorou-se em Engenharia Mecânica na Universidade de Aveiro em 2013 e é atualmente Professor Auxiliar. Obteve a licenciatura e mestrado pré-Bolonha em Engenharia Mecânica na mesma instituição. É docente em várias áreas, nomeadamente em disciplinas de Engenharia e Desenvolvimento de Produto. É especializado em mecânica computacional, mais especificamente em desenvolvimento de software de simulação e em otimização. Luís Tarelho. Professor em Sistemas Energéticos Sustentáveis e Engenharia do Ambiente na Universidade de Aveiro e investigador no CESAM. Leciona disciplinas tais como Ter-


modinâmica, Conversão de Energias Renováveis, Energia e Ambiente e Engenharia de Sistemas de Tratamento. Orienta Mestrados e doutoramentos em combustão, pirólise e gasificação de biomassa, gestão e caracterização de resíduos de combustão. É especialista no desenvolvimento e otimização de tecnologia e processos de conversão termoquímica de biomassa em fornos de leito fluidizado. Tem desenvolvido metodologias e infraestruturas para o estudo de processos termoquímicos, caracterização de condições operacionais e tratamento de gases resultantes. Manuel Arlindo Matos. Licenciado em Engenharia do Ambiente (UA), mestre em Transferência e Conversão de Energia (IST) e doutorado em Ciências Aplicadas ao Ambiente (UA). Leciona nas áreas do controlo de efluentes gasosos, do tratamento e gestão de resíduos, da conversão de energia e ecologia industrial. Tem desenvolvido trabalhos em tecnologias do tratamento de resíduos, na modelação da gestão de resíduos e na conceção de sistemas de instrumentação e medida. Publicou mais de 80 artigos, relatórios técnicos, textos de apoio à lecionação e construiu vários protótipos. Margarida Coelho. Doutorada no IST em 2005, é Professora Auxiliar no DEM-UA e coordena o grupo de investigação Transportation Technology do Centro de Tecnologia Mecânica e Automação. A sua especialidade incide na área de Energia e Transportes. Tem mais de 35 artigos publicados em revistas, 5 capítulos de livros e mais de 120 artigos em conferências. Coordenou vários projetos – 3 financiados pela FCT, 4 pela FLAD. Foi Coordenadora local de 1 Projeto Europeu SUDOE e é Vice-coordenadora de 1 Projeto Interreg Europe. Myriam Lopes. É Doutorada em Ciências Aplicadas ao Ambiente pela UA e Professora Auxiliar do Departamento de Ambiente e Ordenamento, onde leciona disciplinas de mestrado e doutoramento, entre as quais Poluição Atmosférica e Alterações Climáticas, Gestão Ambiental, Sistemas de Gestão Ambiental e Metabolismo Urbano. É Investigadora

do CESAM e membro da REALP, desenvolvendo projetos relacionados com política energética, alterações climáticas, qualidade do ar e impactos na saúde. Participou em mais de 25 projetos de investigação científica e liderou o projeto. Coordena nacionalmente o projeto CLAiR-City do H2020. Mónica Oliveira Correia. Licenciada e Doutorada em Engenharia Mecânica, Ramo de Transferência de Calor, pela University of Glamorgan no Reino Unido. É Docente da Universidade de Aveiro e co-autora de 8 capítulos de livros, 41 publicações em revistas científicas, 65 em atas de conferências. Supervisionou 5 pós-doutoramentos, orientou 3 teses de doutoramento e mais de 26 teses de mestrado. É membro da IMechE, Coordenadora da Plataforma tecnologia dos moldes & plásticos da Universidade de Aveiro, participou em 12 e liderou 6 projetos de Investigação e em Consórcio. Investiga em materiais poliméricos, testes de novos materiais e fluidos bem como o ecodesign e ecoeficiência. Nelson Amadeu Dias Martins. Doutorado pelo IST em Engenharia Mecânica/Termodinâmica Aplicada, é Professor Auxiliar da Universidade de Aveiro onde leciona disciplinas relacionadas com energia, particularmente em AVAC/refrigeração. É diretor do programa doutoral em sistemas energéticos sustentáveis. É autor de mais de 50 publicações em revistas internacionais, livros, relatórios técnicos e artigos em atas de conferências. Foi delegado para o comité de energia da comissão europeia e é perito qualificado para a qualidade do ar e energia em edifícios (PQ196) e indústria (TR743). É membro do TEMA, SPMet, da OE e da SPCE. Rui Borges Lopes. Terminou o doutoramento em Gestão Industrial em 2011 e é docente dos cursos de Engenharia e Gestão Industrial desde 2005. Foi consultor de tecnologias de informação, sendo atualmente investigador do Centro de Investigação e Desenvolvimento em Matemática e Aplicações (CIDMA). Investiga em sistemas de apoio à decisão e investigação operacional em problemas logísticos.


INFORMAÇÕES GERAIS

Grau conferido mestrado

démico superior estrangeiro. Para mais detalhes ver edital em https://www.ua.pt/dem/course/92/?p=3.

Duração 2 Anos (4 Semestres lectivos)

Critérios de selecção Os candidatos à matrícula serão selecionados pelo júri de seriação do ciclo de estudos, tendo em conta os seguintes parâmetros: a) Curriculum académico; b) Curriculum científico; c) Curriculum profissional.

Regime letivo diurno / laboral Área(s) científica(s) Ciência e Engenharia dos Materiais Ciências e Engenharia do Ambiente Engenharia Mecânica Física Gestão Idioma(s) de lecionação Português e Inglês Propinas 1063,47€ / ano (estudantes nacionais) 5500,00€ / ano (estudantes internacionais de países fora da UE) Número de vagas 40 Diretor de curso António Gil d’Orey de Andrade Campos Departamento(s) / escola(s) politécnica(s) Departamento de Ambiente e Ordenamento Departamento de Economia, Gestão, Eng. Industrial e Turismo Departamento de Engenharia Mecânica Habilitações de acesso Podem candidatar-se os detentores de grau de licenciado ou equivalente legal em domínio científico adequado ao ingresso no ciclo de estudos, assim como os titulares de um grau aca-

Período de candidatura 18 a 29 de abril (1ª fase), 18 de Julho a 12 de Agosto (2ª fase), 26 a 30 de setembro (3ª fase) Formalização de candidaturas A candidatura deverá ser efetuada exclusivamente via internet através do endereço http://paco.ua.pt. Lista de documentos necessários à instrução do processo de candidatura Bilhete de identidade ou cartão do cidadão ou outro documento de identificação para o caso de candidatos estrangeiros; Certificado de habilitações indicando o grau com que se candidata; Certificado das disciplinas dos cursos de que o candidato é portador, assim como a classificação e respetivos créditos; Outros documentos que o candidato considere pertinentes para apreciação do seu mérito curricular. Pagamento da candidatura A candidatura tem o custo de 20 € (não reembolsável). Só serão consideradas válidas as candidaturas cujo pagamento tenha sido efetuado dentro do prazo estabelecido. Para mais informações contatar Prof. Doutor António Gil Campos, Dep. De Engenharia Mecânica, Universidade de Aveiro Telefone: +351 234 370 830 | gilac@ua.pt, https://www.ua.pt/dem/PageCourse.aspx?id=92


UNIVERSIDADE DE AVEIRO

A Universidade de Aveiro (UA) é uma fundação pública com regime de direito privado que tem como missão a intervenção e desenvolvimento da formação graduada e pós-graduada, a investigação e a cooperação com a sociedade. Criada em 1973, rapidamente se transformou numa das mais dinâmicas e inovadoras universidades do país. Frequentada por cerca de 15.000 alunos em programas de graduação e pós-graduação, a UA desde cedo assumiu um papel de relevância no panorama universitário do país, inserindo-se no grupo da frente no que diz respeito à qualidade das infraestruturas que oferece, à qualidade da sua investigação e à excelência do seu corpo docente. A UA é um parceiro privilegiado de empresas e de outras entidades nacionais e internacionais, com as quais coopera em diversos projetos e programas e às quais presta importantes serviços, sendo por isso um espaço de investigação onde se desenvolvem produtos e soluções inovadoras que contribuem para o avanço da ciência e tecnologia. Missão da UA Criar conhecimento, expandir o acesso ao saber em benefício das pessoas e da sociedade, através da investigação, do ensino e da cooperação. Assumir um projeto de formação global do indivíduo, ser ator na construção de um espaço europeu de investigação e educação, e de um modelo de desenvolvimento regional assente na inovação e no conhecimento científico e tecnológico.

Uma das mais dinâmicas e inovadoras universidades do país Associados e colaboradores


Mestrado em Sistemas Energéticos Sustentáveis  

Mestrado em Sistemas Energéticos Sustentáveis

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you