Issuu on Google+


2

Novembro

2011

Divulgação

Jô Nunes

Página 2

Palavra da Reitoria A Unisc, pelo quarto ano consecutivo, foi reconhecida mais uma vez como uma das 150 Melhores Empresas para Você Trabalhar no Brasil, figurando na 15ª edição do Guia das Revistas Exame/Você S.A. É a única Instituição de Ensino Superior do Estado agraciada com esse título nos anos de 2008, 2009, 2010 e 2011. Essa é a maior pesquisa de clima do país e contou com a participação de 504 empresas. Mais de 140 mil empregados responderam as questões da pesquisa. Das empresas participantes, 243 receberam vista in loco de jornalistas da Revista e dessas 150 foram eleitas como as melhores empresas para se trabalhar. Tal pesquisa é realizada pela Fundação Instituto de Administração (FIA), por meio do Programa de Estudos em Gestão de Pessoas (Proged), com o apoio da Revista Exame. Esse guia tornou-se uma referência em práticas de Gestão em Recursos Humanos no Brasil, acompanhando a evolução das empresas brasileiras no investimento em seu principal ativo: os funcionários. Após concluída a pesquisa, toda Instituição/Empresa que atingiu acima de 90% da amostra mínima estabelecida na metodologia recebe o Sumário Executivo. Por meio desse documento, é possível comparar a performance da Instituição com a média das 150 melhores e com a média das organizações que se situam na mesma faixa – de tamanho, tempo de operação, locais de traba-lho, salário médio, ramo de atividade e região de atuação. Com essa análise em mãos, acredita-se que é mais fácil identificar o que está adequado no ambiente organizacional da Instituição e quais aspectos merecem atenção e desenvolvimento. Nessa lógica, o Sumário Executivo se torna um instrumento de apoio para essa tarefa tão delicada que é gerir pessoas, conciliando as expectativas dessas com as diretrizes estratégicas da Instituição. Essa iniciativa também associa-se à Pesquisa de Clima da Unisc que é realizada de forma bianual, por meio de uma parceria entre os setores de Recursos Humanos e Informática e a pró-reitoria de Planejamento e Desenvolvimento Institucional. Ambas as pesquisas fornecem indicadores e dados detalhados de como promover melhorias e desenvolvimento na Instituição. Analisando-se os resultados, percebe-se que a Unisc possui, em praticamente todos os indicadores, média superior à média das 150 Melhores Empresas para se Trabalhar, caracterizando-se como uma Universidade que pertence ao grupo de Instituições que valoriza e leva muito a sério a gestão de pessoas, porque acredita que, além de promover o crescimento individual e profissional de seus colaboradores, também contribui para o desenvolvimento do município, da região e do país. Jaime Laufer, Pró-Reitor de Administração

Trabalho da Unisc é premiado na Amrigs Integrando a programação da Semana do Médico 2011, a Associação Médica do Rio Grande do Sul (Amrigs) realizou no dia 17 de outubro, em seu auditório, a entrega do 4º Prêmio de Publicações Médicas Gaúchas. Foram premiados os melhores artigos científicos publicados na Revista da Amrigs, no período 2010/2011. O trabalho da acadêmica do curso de Farmácia da Unisc, Elisandra Anton, orientado pela professora Lia Possuelo, ganhou no ano de 2010 o prêmio de honra ao mérito do Salão de Ensino da Unisc. O mesmo trabalho foi submetido para publicação na revista da Amrigs. Neste ano, o trabalho intitulado Avaliação Epidemiológica da Influência dos Genes GSTM1 e GSTT1 na Susceptibilidade ao Câncer de Mama em Mulheres Atendidas em um Hospital do Sul do Brasil: Um Estudo Piloto, foi novamente premiado, dessa vez com o 4º Prêmio de Publicações Médicas Gaúchas da Amrigs. A autoria é de Elisandra Maria Anton, Andréia Rosane de Moura Valim, Jane Dagmar Pollo Renner, Marcelo Luis Dotto e Lia Gonçalves Possuelo.

Expediente

JORNAL DA UNISC: Órgão Informativo da Universidade de Santa Cruz do Sul,

Conselho Editorial

entidade filiada ao Consórcio das Universidades Comunitárias

Reitor: Prof. Vilmar Thomé

Gaúchas (Comung), ao Conselho de Reitores das Universidades

Vice-Reitor: Prof. Eltor Breunig

Brasileiras (Crub) e à Associação Brasileira das Universidades

Pró-Reitora de Graduação:

Comunitárias (Abruc)

Profª Carmen Lúcia de Lima Helfer Pró-Reitor de Pesquisa e Pós-Graduação:

Tiragem: 7 mil exemplares

Prof. Rogério Leandro Lima da Silveira

Versão On-Line: Erion da Silva Lara e João Rauber

Pró-Reitor de Administração:

Site: www.unisc.br/jornaldaunisc

Prof. Jaime Laufer Pró-Reitor de Planejamento e Desenvolvimento

Endereço: Av. Independência, 2293, bloco 3, sala 309. Santa

Institucional: Prof. João Pedro Schmidt

Cruz do Sul/RS. CEP: 96.815-900. Telefone: (51) 3717-7466.

Pró-Reitora de Extensão e Relações Comunitárias:

E-mails: lpereira@unisc.br e josemarsantos@unisc.br

Profª Ana Luisa Teixeira de Menezes Onde encontrar: A Banca, Aquarius Hotel Flat Residence, Editores:

Biblioteca Municipal, Casa das Artes, Colégio Luiz Dourado,

Josemar Santos, reg. prof. 13.267

Escola Ernesto Alves, Escola Willy Carlos Fröhlich, Escola

Felipe Nopes, reg. prof. 12.320

Goiás, Escola Santa Cruz, Escola Nossa Sra. do Rosário, Galeria Farah, Hospital Santa Cruz, Iluminura Livraria Café,

Reportagem e Redação:

Shopping Center Santa Cruz, Agência FGTAS/Sine, Zaffari,

Josemar Santos, reg. prof. 13.267

Campus Venâncio Aires, Campus Sobradinho, Campus

Felipe Nopes, reg. prof. 12.320

Capão da Canoa e Campus Santa Cruz: Central de Informações, Centro de Convivência, Clínica de

Projeto Gráfico e Capa: Agência da Casa

Fisioterapia, Reitoria e blocos 5, 8, 12, 18 e 53

Editoração Eletrônica: Assessoria de Imprensa Revisão: Roque Neumann e Beatriz Menezes Sperb

Este material é produzido em papel reciclável.


Novembro

2011

3

Ensino

Projeto Memória de Empresas na Internet realiza encontro

CURSO DE ENFERMAGEM REALIZA VISITA TÉCNICA À CTA

Os estudantes do curso de Comunicação Social da Unisc promoveram no dia 17 de outubro o 2° Encontro de colaboradores e o 1° Sarau de contadores de história. O evento ocorreu na sede da Adunisc e integrou a disciplina de Metodologia da Pesquisa, em que os alunos realizam um resgate da memória institucional de empresas da região. Esses trabalhos fazem parte do projeto de extensão Memória de Empresas na Internet, coordenado pela professora Ana Maria Strohschoen. O encontro serviu para apresentar os trabalhos e para agradecer as empresas que oportunizam essas atividades para os acadêmicos. A proposta consiste em disponibilizar na internet as histórias das empresas coletadas. O objetivo é fazer uma seleção e arquivo dos relatos já obtidos e, a partir dos históricos já elaborados pelos alunos, fazer uma referência de memória institucional na região e disponibilizar o material, abastecendo o site a cada semestre com novos históricos. O conteúdo pode ser conferido no site http://hipermidia.unisc.br/ pesquisarebom. Segundo os estudantes, desde 2006, através do projeto, começara a aparecer referências em páginas de algumas empresas, mas nem sempre com um conteúdo completo. “Assim, em 2009, tivemos a ideia de levar esse material feito pelos alunos para um site nosso da pesquisa. Nesse sentido, pensamos sobre o que significa esta compreensão da memória como suporte e conteúdo, adequando os arquivos de relatos para áudios, vídeos e fotos”, afirmam. O projeto está em andamento e já contabiliza históricos de mais de 20 empresas dos vales do Rio Pardo e Taquari, como Copame, Cindapa, Spengler, Rojão Pneus, Pousada Engelmann, Matte Viagens, entre outras. A cada semestre novos trabalhos são realizados pelos alunos.

Os estudantes do curso de Enfermagem da Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc) realizaram uma visita técnica à empresa CTA, de Venâncio Aires, no dia 20 de outubro. A atividade teve como objetivo proporcionar conhecimentos a respeito da assistência de enfermagem ao trabalhador sadio ou portador de doenças decorrentes dos processos de trabalho, além de conhecer as atividades e atribuições do enfermeiro na área de saúde do trabalhador. A visita atende o conteúdo programático da disciplina Enfermagem em Saúde Ambiental e Coletiva - Saúde do Trabalhador, com a complementação prática a partir dos conceitos teóricos

Divulgação

Atividade integra a disciplina Enfermagem em Saúde Ambiental e Coletiva - Saúde do Trabalhador

Visita à empresa CTA ocorreu no dia 20 de outubro abordados em sala de aula. A visita foi acompanhada pelas professoras Suzane Beatriz Frantz Krug

e Luciane Schmidt Alves, pela enfermeira e pela técnica de segurança do trabalho da empresa.

Ciclo de palestras Conhecendo a OAB/RS

Viagem de estudos a Brasília ocorreu de 25 a 27 de outubro

A Comissão do Jovem Advogado e a Escola Superior de Advocacia, com o apoio do curso de Direito da Unisc, promoveram no dia 31 de outubro o ciclo de palestras Conhecendo a OAB/RS. Esse ciclo está sendo realizado em vários cursos de Direito do Estado do Rio Grande do Sul, sendo a vez da Universidade de Santa Cruz do Sul. O encontro ocorreu no Anfiteatro do Bloco 18, e foi aberto ao público. As palestras são as seguintes: Vinicius Cervo: A importância da ética para o advogado; Leonardo Barcelos de Oliveira: A prática na advocacia e os desafios com a abertura de um escritório; e Fernanda Osorio: A especialização como ferramenta ao mercado de trabalho. távamos em frente do Palácio quando soubemos que a Presidente Dilma Rousseff estava em sua casa e logo sairia para um compromisso. Ficamos aguardando com a bandeira do RS e da Unisc. A presidente passou, baixou o vidro do carro e nos acenou. Quando viu a

bandeira de seu estado passou uma mensagem para o chefe de segurança nos convidando para conhecer o Palácio da Alvorada. Total quebra de protocolo, já que não era dia de visitação, mas nos presenteou”, comentaram as professoras da Instituição.

Felipe Nopes

O curso de Direito da Unisc Campus de Capão da Canoa realizou a 2ª viagem de estudos a Brasília, de 25 a 27 de outubro. O grupo formado por 40 alunos, na maioria formandos, foi acompanhado pelas professoras Karina Brendler e Lilian Agraso Alves. Os estudantes conheceram o Supremo Tribunal de Justiça, a Câmara dos Deputados, o Senado Federal, o Conselho Federal da OAB e o Supremo Tribunal Federal, quando puderam assistir ao julgamento de constitucionalidade do exame da ordem, no dia 26. A programação turística e cultural também contou com um tour pela cidade, quando estiveram no memorial JK, na Catedral de Brasília, no Palácio do Planalto, na Esplanada dos Ministérios, no Lago Paranoá, na Ponte JK e no Palácio da Alvorada, local em que reservava uma surpresa. “Es-

Divulgação

Curso de Direito Capão da Canoa em Brasília

Alimentação é tema de debates Para comemorar a Semana Mundial da Alimentação, o curso de Nutrição da Unisc, o Conselho Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional, a 13ª Coordenadoria Regional de Saúde - RS e a Política Estadual de Alimentação e Nutrição promoveram um ciclo de palestras no dia 19 de outubro, no anfiteatro do bloco 18. Os temas abordados foram Cesta Básica Nacional em Santa

Cruz do Sul, pelo professor e economista Sílvio Cezar Arend; O direito humano à alimentação adequada, pelo professor Irio Luiz Conte, presidente da Rede Internacional de Informação e Ação pelo Direito Humano à Alimentação e membro do Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional; Fome-obesidadedesperdício: não alimente este problema, por Letícia Eifler,

nutricionista especialista em Nutrição Clínica do programa Cozinha Brasil, do Sesi; e Obesidade e infertilidade: implicações metabólicas, hormonais e manejo nutricional, por Geórgia Becker, nutricionista especialista em Fisiologia do Exercício. Segundo a nutricionista Letícia, de 30% a 40% dos alimentos são desperdiçados antes de serem consumidos, visto que são

Palestras foram realizadas no anfiteatro do bloco 18 da Unisc

transportados de forma inadequada em caminhões com excesso de carga. Ela também explicou que a maior quantidade de nutrientes é encontrada nos ramos, cascas, talos, folhas e sementes dos alimen-

tos. "Estamos tentando criar uma nova consciência para o uso convencional dos alimentos, adaptando receitas ao gosto regional e quebrando alguns tabus alimentares das pessoas."


4

A Incubadora Tecnológica da Unisc (Itunisc) promove dia 22 de novembro, uma palestra sobre Inovação e Rentabilidade em Vera Cruz. O evento inicia às 15h30, na sede da Associação Comercial, Industrial, Serviços e Agropecuária de Vera Cruz (Acisa). O objetivo é mostrar a importância de as empresas estarem sempre em processo de inovação, tanto para aumentar a rentabilidade quanto para fidelizar os clientes. A palestra, a ser ministrada pelo engenheiro Marco Antônio Fernandes de Oliveira, é dirigida aos associados da Acisa de Vera Cruz. O palestrante é professor do curso e do Mestrado em Administração da Unisc, assessor de gestão da Itunisc e palestrante e consultor do Grupo Focel - Gestão, Valor e Sustentabilidade. Já no dia 25, a coordenação da Itunisc realiza atendimentos nas dependências da Incubadora Tecnológica de Vera Cruz durante todo o dia. Na oportunidade, pretende-se receber empresários e pessoas da comunidade para atendimentos diferenciados, de forma a orientar quanto a dúvidas para o processo de incubação de projetos inovadores.A incubadora apoia projetos nas áreas de oleoquímica, biotecnologia, tecnologia ambiental, produção vegetal, logística, tecnologia da informação e comunicação e metal-mecânica. O objetivo é mobilizar as empresas da região interessadas em conhecer os setores e obter informações direcionadas. A Itunisc Vera Cruz está localizada na Rua Cláudio Manoel, 381. Mais informações podem ser obtidas pelo email incubadora@unisc.br ou pelo fone 3715 4899.

Semana do MP em Capão da Canoa Com o tema o Ministério Público e a Constituição: o direito a ter direitos, foi realizada, de 18 a 20 de outubro, a Semana do Ministério Público do Litoral Norte 2011. As atividades ocorreram na Casa de Cultura Érico Verissimo, na Avenida Flávio Boianowski, 789, Zona Nova, em Capão da Canoa, sob a coordenação da professora Caroline Fockink Ritt. A programação contou com palestras e de um Júri Simulado que contou com a participação dos alunos do curso de Direito da Unisc.

Divulgação

Itunisc Vera Cruz promove palestra sobre Inovação

Novembro

360º

2011

Dia Nacional da Consciência Negra na Unisc

Seminário Nacional Pró-Saúde e PET-Saúde Foi realizado em Brasília (DF), nos dias 19 e 20 de outubro, o Seminário Nacional dos Pró-Saúde e PET-Saúde. A Unisc foi representada pela coordenadora do Pró-Saúde I, Beatriz Baldo Marques; pela representante do Pró-Saúde II, Chana de Medeiros da Silva; pela coordenadora do Núcleo de Saúde Coletiva e dos PET-Saúde/Saúde da Família e PET-Saúde/Saúde Mental, Margarida da Silva Mayer; e pela acadêmica de Psicologia e bolsista do PET-Saúde/Vigilância em Saúde, Pauline Schwarzbold da Silveira. O evento teve como objetivo discutir a caminhada conjunta entre os dois programas, pensando-se um novo edital para continuidade dos Programas Nacionais Pró-Saúde e PET Saúde. Representantes da Secretaria da Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde (SGTES), do Ministério da Saúde (MS), apresentaram os dados coletados nos 10 Seminários Regionais ocorridos de norte a sul do país no mês de setembro, enfatizando a importância de prosseguir fazendo, ampliando, contemplando e avaliando. As palestras trouxeram como temas propostas de ações integradas entre os Ministérios da Saúde e da Educação: formação e qualificação do SUS; o alcance dos projetos para além das fronteiras do País (Pró e PET-Saúde como modelos para se pensar as práticas nos demais países da América Latina); os processos de regionalização do SUS e a construção de redes de atenção à saúde; o papel das Instituições de Ensino Superior (IES) na formação dos profissionais e os desafios do trabalho em equipe; e os desafios e as perspectivas que os projetos têm a partir das novas metas que a SGTES pretende alcançar. O desafio que ficou no final do seminário foi o de a Instituição concorrer ao novo edital previsto para o final de novembro, possibilitando a continuidade dos projetos que têm transformado a realidade do ensino e da extensão da Universidade na área da saúde, ampliando os horizontes da graduação e estabelecendo encontros efetivos entre ensino, serviços e comunidade.

Workshops Centro de Línguas O Centro de Línguas e Culturas (Celinc) promoveu, no dia 14 de outubro, o 5º Workshop Centro de Línguas, com o tema TOEFL: What is this test? General Information. O evento ocorreu na sala 502, bloco 5, no campus da Unisc de Santa Cruz do Sul. O Test of English as a Foreign Language (TOEFL) é um teste elaborado pelo Educational Testing Service (ETS), localizado na cidade de Princeton, em Nova Jersey, com a função de avaliar a proficiência em inglês dos interessados. Os resultados do exame são exigidos por universidades americanas para alunos internacionais que queiram estudar regularmente ou candidatarem-se às bolsas de estudo. O workshop foi ministrado pelos professores André Luiz Maurer e Karen Santorum, que explicaram como funciona o teste, a pontuação e quais são as habilidades exigidas. Houve ainda um pequeno simulado para praticar e visualizar um modelo de prova. Já no dia 26 de outubro, foi realizado o 6º Workshop Centro de Línguas: Customs and culture around the world. O evento ocorreu na sala de videoconferências da Biblioteca da Unisc e abordou os costumes, a diversidade cultural existente no mundo e a idiossincrasia de cada povo. Apresentado em inglês pela professora Vera Maria Assmann, que possui vasta experiência em business e no exterior, o workshop fez um passeio pelo mundo, explorando no mapa as peculiaridades e a ampla diversidade de diversos países.

Mestrado em SPI inscreve para turma 2012 O Mestrado em Sistemas e Processos Industriais (SPI), da Unisc está com inscrições abertas, até o dia 30 de novembro, para a turma 2012. A proposta é formar profissionais que apliquem seus conhecimentos na geração de novas tecnologias e que estejam qualificados para trabalhar com a implementação de controle e de otimização de processos industriais em universidades, em centros de pesquisa ou em empresas. Para o ingresso, os candidatos realizarão uma prova, entrevista e análise da carta de recomendação. A prova de seleção ocorre no dia 8 de dezembro. As inscrições podem ser feitas pelo site www.unisc.br/ ppgspi.

Para marcar o Dia Nacional da Consciência Negra, 20 de novembro, em homenagem à luta do quilombola alagoano Zumbi dos Palmares, o campus da Unisc de Santa Cruz do Sul sedia três eventos alusivos à data. No dia 17 de novembro, às 19h30, no saguão do Diretório Central de Estudantes (DCE), ocorre a 9ª edição do Encontro Universitário de Negros e Negras (EuNegro/a). Será um círculo de debates, com relatos de experiências e trabalhos. O bate-papo contará com apresentações artísticas, aberto a todas as pessoas interessadas em debater a superação do racismo. No final do dia 18 de novembro, no palco do Centro de Convivência, acontece a apresentação do grupo de percussão infantojuvenil do Projeto Águia Agito, mantido pela Sociedade Cultural e Beneficente União. Cerca de 20 ritmistas mirins trazem o som clássico dos carnavais da região e do Brasil. Na mesma data, um pouco mais tarde, às 19h15, haverá o Painel Literatura Infantil e Racismo, para apresentar reflexões e discutir aspectos da discriminação étnico-racial envolvidos nas produções textuais dirigidas a crianças. O local é o auditório do Bloco 53, na sala 5328. As painelistas serão a escritora santa-mariense, Maria Rita Py Dutra, com premiações na área da literatura infantil; a professora e doutora em teoria da literatura, Rosane Maria Cardoso; e a acadêmica de psicologia Juliana Dornelles de Souza, monitora do projeto sociocultural Águia Agito, em Santa Cruz do Sul. Além da comunidade acadêmica, também a comunidade em geral está convidada a participar de todos os eventos. O acesso é livre, sem custo e sem necessidade de inscrição prévia. As promoções envolvem o Grupo de Trabalho pela Promoção da Comunidade Negra em Santa Cruz do Sul (GT-AfroSCS); Sociedade Cultural e Beneficente União (SCB União); Diretório Central de Estudantes da Unisc (DCE); Núcleo de Arte e Cultura (NAC); Departamento de Letras; e Pró-Reitoria de Extensão e Relações Comunitárias da Unisc (Proext). Mais informações podem ser obtidas pelo fone (51) 3717-7320 ou pelo e-mail proext@unisc.br.


Novembro

2011

5

360º

ENCONTRO NA UNISC ABORDA O PRECONCEITO SEXUAL No dia 1º de novembro, no anfiteatro do bloco 18 da Unisc, um grande debate abordou questões relacionadas ao preconceito sexual e aos direitos humanos à população LGBT (gays, lésbicas, bissexuais e transgêneros). Tratase do primeiro encontro da campanha Santa Cruz sem Preconceito, lançada em agosto deste ano. O encontro foi promovido pela ONG Desafios, de Santa Cruz, em parceria com os Diretórios Acadêmicos dos cursos de Psicologia, Comunicação Social e Direito, além do DCE-Unisc. O evento contou com a participação de acadêmicos, docentes, convidados e comunidade em geral e foi composto por três painéis. O primeiro, conduzido pela coordenadora de eventos Mary Silva, apresentou a ONG Desafios, sua criação, seus objetivos e outras informações sobre a entidade. O segundo painel, ministrado pelo psicanalista, doutor em Ciências Humanas e professor de Psicologia da Unisc, Eduardo Saraiva, teve como tema Preconceito sexual: diferenças, desigualdades, intolerâncias. Através do con-

Felipe Nopes

Debate promovido pela ONG Desafios, de Santa Cruz do Sul, foi realizado no Anfiteatro do Bloco 18

Integrantes da ONG e convidados participaram da apresentação de três painéis

ceito de heteronormatividade, ele debateu sobre a transformação das diferenças sexuais em desigualdades sexuais. Já André Viana Custódio, professor de Direito e do Mestrado e Doutorado em Direito da Unisc, foi o palestrante do terceiro e último painel, que tratou sobre o tema Políticas Públicas e Di-

reitos Humanos LGBT no Brasil: avanços e desafios. Ele abordou a implementação de políticas públicas e suas estratégias para a garantia de direitos humanos à população LGBT, considerando a expansão do sistema jurídico no reconhecimento de novos direitos e a garantia de oferta e acesso universal aos serviços públicos de

atendimento, proteção e justiça no Brasil contemporâneo. Custódio também direcionou o debate para o reconhecimento dos direitos civis, tais como a união estável e o casamento, e para as estratégias de enfrentamento ao preconceito e à reprodução da violência institucional. Segundo o presidente da ONG

Desafios, Ruben Quintana, a campanha Santa Cruz sem Preconceito, que é permanente, nasceu com o objetivo de chamar a atenção da sociedade quanto ao respeito ao próximo, combatendo qualquer tipo de violência por intolerância e reduzindo os casos de discriminação. Outro objetivo da ação é promover um diálogo com os órgãos de segurança pública e alertar para a necessidade da criminalização da homofobia. "Vamos ampliar nossos trabalhos com promoções de outros debates, fóruns, seminários e blitze, com distribuição de folders e adesivos. A maioria dos preconceitos que o ser humano tem é por falta de informação. E a questão da homofobia não está ligada somente aos gays. Ela já é um caso de segurança pública", disse, referindo-se aos recentes casos de pessoas que foram agredidas por terem sido confundidas com homossexuais. Após a apresentação dos painéis, foi realizado um debate com o público presente mediado pelos integrantes da ONG Desafios e pelos painelistas.

Grupos de idosos exibem seu talento

A Casa das Artes Regina Simonis recebe a Exposição Fotográfica do Projeto Retratos da Vida. São 26 fotos que mostram a vida e a realidade de nove participantes do projeto. A inauguração ocorreu no dia 3 de novembro e as imagens ficam expostas até o dia 26 desse mês. O Projeto Retratos da Vida é coordenado por Alexandre Davi Borges, professor do curso de Comunicação Social e coordenador do curso Superior de Tecnologia em Fotografia, da Unisc. Realizado na Escola Municipal José Leopoldo Rauber, em Santa Cruz do Sul, o projeto faz parte do Programa Vivências Comunitárias da Unisc e ocorre há quatro anos.

No dia 21 de outubro, o projeto Ações para o Envelhecimento com Qualidade de Vida, da Unisc, promoveu a 4ª Mostra de Artes Velhos Arteiros e a 14ª Mostra Artística. O evento ocorreu no Auditório Central da Universidade e foi dividido em dois momentos: exposição de trabalhos de artesanato confeccionados por idosos de Santa Cruz do Sul e região e apresentações artísticas de teatro, dança, declamação, corais e outras manifestações culturais. A programação integrou os Jogos para Integração do Idoso de Santa Cruz do Sul e reuniu grupos da terceira idade atendidos pela Unisc.

Centro de Línguas marca presença na Oktoberfest De 6 a 15 de outubro, o Centro de Línguas e Culturas da Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc) esteve presente na 27ª Oktoberfest e Feirasul com o Programa Cultural. Temáticas que reiteradamente aparecem nos contos, principalmente a floresta, os castelos e a diligência, foram abordadas em alemão e português. Em cada encontro foi apresentado um filme que contemplou a temática tratada. As atividades ocorreram no Espaço Cultural, localizado no Parque da Oktoberfest. Entre as atrações, destaque para os contos - ou märchen, em alemão - recolhidos da tradição oral alemã pelos Irmãos Grimm, que publicaram muitas das histórias que povoaram e povoam o imaginário infantil no mundo inteiro, entre elas O Gato de Botas, Gata Borralheira, Chapeuzinho Vermelho, Branca de Neve, Rapunzel e A Chave de Ouro.

Divulgação

Exposição fotográfica


6

Novembro

Geral

Curso de Fisioterapia é representado na Holanda

Atividade reuniu professores, acadêmicos e comunidade

Comemorado em 13 de outubro, o Dia do Fisioterapeuta foi festejado de forma diferente por alunos, professores e Diretório Acadêmico do curso de Fisioterapia da Unisc. Nessa data, em frente ao bloco 34, acadêmicos das disciplinas Mecanoterapia e Mas-

soterapia desenvolveram uma atividade prática para avaliar o equilíbrio das pessoas. Orientados pela professora Ângela Cristina Ferreira da Silva, o grupo de estudantes montou um circuito com aparelhos utilizados para testar e potencializar o equilíbrio.

Edunisc lança obras na Feira do Livro de POA Obra: Políticas de inclusão: Gerenciando Riscos e Governando as Diferenças. Autoras: Adriana Thoma e Betina Hillesheim. Data/horário: 05/11/2011-14h30. Situação/ Editoria: Impresso. Obra: Marcas do trabalho em equipe na saúde: formação e atenção. Autoras: Angela Silva, Eunice Viccari e Terezinha Klafke. Data/horário: 05/11/2011-20h30. Situação/ Editoria: Impresso. Obra: Transversos. Autora: Marli Silveira. Data/horário: 05/11/201114h30. Situação/ Editoria: Impresso. Obra: Uma aventura na fazenda. Autor: Henrique Webber Andriolo.Data/horário:05/11/201114h30. Situação/ Editoria: Impresso. Obra: Pesquisa, políticas e formação de professores: distintos olhares.Autores: Betina Hilleshein e Felipe Gutsack. Data/ horário: 05/11/2011-15h30. Situação/ Editoria: Editoração + Rev. Obra: Aprendendo palavras através da leitura. Autoras: Lucilene Bender de Souza e Rosangela Gabriel. Data/horário: 05/11/201115h30. Situação/Editoria: Editoração + Rev.

Obra: Da teoria à prática: gêneros discursivos & práticas escolares de leitura e escrita. Autoras: Onici Claro Flores e Dercy Akele. Data/horário: 05/11/201115h30. Situação/ Editoria: Impresso. Obra: Jornalismo Digital: audiovisual, convergência e colaboração. Autores: Demétrio de Azeredo Soster e Walter Teixeira Lima Junior. Data/horário: 08/11/201115h30. Situação/Editoria: Editoração + Rev. Obra: Meio ambiente e a casa contente. Autora: Jacqueline Annes. Datahorário: 08/11/201117h30. Situação/ Editoria: Impresso Obra: Anistia Ampla, Geral e Irrestrita. Autoras: Carla Simone Rodeghero, Gabriel Dienstmann e Tatiana Trindade. Data/horário: 08/11/2011-19h30.Situação/ Editoria: Impresso Obra: Estudos Hispânicos: história, língua e literatura. Autores: Eduardo Dutra e Rosane Cardoso. Data/horário: 10/11/201114h30. Situação/ Editoria: Impresso Obra: Memória e cultura do carvão em Santa Catarina. Autor: Carlos Renato Carola. Data/horá-

rio: 10/11/2011-14h30.Situação/ Editoria: Impresso Obra: Quando o futuro morreu? Autor: Rudinei Kopp. Data/horário: 10/11/2011-14h30 Obra: Parteiras, buchudas e aperreios.Autora: Soraya Fleischer. Data/horário: 10/11/201116h30.Situação/Editoria: Editoração. Obra: História das ideias: proposições, debates e perspectivas. Autores: Marçal de Menezes Paredes, Carlos Henrique Armani Data/horário: 10/11/2011-14h. Situação/ Editoria: Memorial RS Obra: Curso de Medicina da UNISC: aprendizagem baseada em problemas (ABP). Autoras: Giana Sebastiany e Marília D. Bastos. Data/horário: 10/11/201114h30.Situação/Editoria: Editoração + Rev. Obra: Uma poética da memória: o holocaustro na obra de Jorge Semprun. Autor: Romar Rudolfo Beling. Data/horário: 10/11/201114h30.Situação/Editoria: Editoração Obra: Romance-folhetim alemão. Autora: Greicy Weschenfelder. Data/horário: 10/11/2011-15h30 Situação/ Editoria: Editoração

Divulgação

Felipe Nopes

DIA DO FISIOTERAPEUTA NA UNISC A atividade contou com a participação de pessoas da comunidade presentes na Clínica de Fisioterapia e dos próprios alunos, que tiveram que percorrer todo o circuito. De acordo com a professora Ângela, a ideia foi sair do nicho da sala de aula e mostrar para os estudantes que a realidade é diferente. "A fisioterapia trabalha para reorganizar os movimentos através dos movimentos. Por isso, estamos trabalhando com dispositivos para avaliar e melhorar o equilíbrio das pessoas", explicou. Para Gabriela Kern, 21 anos, acadêmica de Fisioterapia, a iniciativa contribuirá de forma significativa para o aprendizado dos alunos. "É importante porque, durante um teste, conseguimos avaliar bem os níveis de equilíbrio dos pacientes", apontou. "Gostei muito e acho que tenho um bom equilíbrio", disse Isabel Portela, 50 anos, que participou da atividade.

2011

Congresso contou com a participação de 25 mil inscritos

O curso de Fisioterapia da Unisc esteve representado na Holanda pela professora Isabella Martins de Albuquerque, que participou do European Respiratory Society Annual Congress. O congresso, que contou com a participação de 25 mil inscritos, ocorreu na cidade de Amsterdam, de 24 a 28 de setembro. O trabalho científico apresentado foi desenvolvido pelo Fisioterapeuta, egresso da Unisc e mestrando em Ciências Médicas da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs), Dannuey Machado Cardoso. O trabalho ci-

entífico foi orientado pelas professoras da Unisc, Dulciane Paiva e Isabella Albuquerque, envolvendo a participação do acadêmico do curso de Fisioterapia da Unisc, Renan Trevisan Jost. O evento anual é organizado pela European Respiratory Society (ERS) e conta com a presença de profissionais do mundo todo. “A participação nesses eventos é de suma importância, principalmente em função da obtenção de atualização e, principalmente, do contato com os pesquisadores de referência”, afirma a professora Isabella Martins de Albuquerque.

Semana Acadêmica de Geografia De 22 a 24 de novembro, a Unisc realiza a Semana Acadêmica do curso de Geografia. Haverá oficina e palestras sobre o tema do evento, que é O ensino da geografia na atualidade. Todas as atividades terão início às 19 horas (confira a programação abaixo). As inscrições devem ser feitas no Departamento de História e Geografia, sala 506, bloco 5, ou pelo e-mail dhgtur@unisc.br. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 3717-7378. Programação: 22/11 (terça-feira) Oficina Recursos digitais para o ensino de geografia Roberto Cassol e João H. Quoos (UFSM) Local: Lab. 1 (Laboratório de Informática - bloco 17) 23/11 (quarta-feira) Geografia escolar: de conteúdos a conceitos ou de conceitos a conteúdos? Guilherme Reichwald (IF-Sul e NUE/Ufrgs) Local: sala 625, bloco 6 24/11 (quinta-feira) A geografia do custo zero: a busca do belo e da imaginação no ensino de geografia Nestor André Kaercher (Ufrgs) Local: sala 625, bloco 6


Novembro

2011

7

Geral

PROFESSORES DA COMUNICAÇÃO SOCIAL LANÇAM CINCO LIVROS Obras são resultantes de pesquisas dos docentes e de suas experiências em sala de aula e em projetos

Cinco lançamentos de livros marcaram a participação de professores do curso de Comunicação Social da Unisc em seções de autógrafos em Santa Cruz do Sul, na 57ª Feira do Livro de Porto Alegre e no Rio de Janeiro, desde o dia 4 de novembro. As obras são resultantes das pesquisas que os docentes da Instituição realizam e de suas experiências em sala de aula e em projetos de pesquisa e extensão. O livro Pesquisa em jornalismo (Editora Feevale, 2011), organizado por Cárlida Emerim, da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), é focado em telejornalismo e conta com a participação das professoras Fabiana Piccinin e Ângela Felippi, ambas do curso de Comunicação Social, além do professor Rogério Leandro Lima Silveira, da graduação em Geografia, e da mestranda em Desenvolvimento Regional da Unisc, Rozana Ellwanger. Jornalismo digital: audiovisual, convergência e colaboração (Edunisc, 2011), organizado pelos professores Demétrio de Azeredo Soster (Unisc) e Walter Teixeira Júnior (Casper Líbero), é composto por artigos de 12 pesquisadores ligados à Rede de Pesquisa Aplicada em Jornalismo e Tecnologias Digitais (Jortec) e busca interligar os campos de conhecimento científico que envolvem o jornalismo e as tecnologias digitais conectadas. Tecnologia pra quê? (Armazém Editorial, 2011), organizado pelos professores Mônica Pons e César Steffen, por sua vez, debate as incidências e os impactos que as novas tecnologias de informação e comunicação adquirem ao integrar o cotidiano da sociedade, bem como analisa os movimentos de convergência que têm ocorrido nas mídias por meio da utilização de novos dispositivos eletrônicos e a repercussão e os desdobramentos desses processos na sociedade informacional. Os textos de Tecnologias pra quê? estão organizados em quatro blocos temáticos: Internet, Dispositivos Móveis, TV Digital e Games (jogos eletrônicos), totalizando 12 artigos com diferentes e diferenciados focos e problematizações. César Steffen também estará lançando seu Midiocracia: as relações entre mídia e política redesenham as democracias contemporâneas (Armazém Digital, 2011). O livro analisa as relações entre os campos político e midiático, no sentido de observar quais impactos, novos desenhos e novos formatos à ascendência da mídia, enquanto operadora e circuladora dos conteúdos e das informações, trazem novos desenhos à democracia. Por fim, o professor Rudinei Kopp lançará seu Quando o futuro morreu? Mídia e sociedade na literatura distópica de Zamiatin, Huxley, Orwell, Vonnegut e Bradbury (Edunisc/ Gazeta, 2011). O livro parte da perspectiva que imaginar, acreditar ou projetar que o futuro será finalmente a época na qual a sociedade viverá o melhor dos mundos costuma ser identificado como uma utopia. Ou seja, um olhar otimista. Mas e quando o futuro passa a ser imaginado como um tempo pior? Um tempo no qual o homem e a sociedade foram transformados a ponto de não serem mais capazes de decidir sobre o seu destino, de não perceberem mais o que e quem são? Tem-se, então, uma imaginação distópica, um mundo que deixou de acreditar no futuro e passou a temê-lo.

Agenda de Lançamentos 9º SBPJor -Pesquisa em jornalismo (Feevale, 2011) -Jornalismo digital: audiovisual, convergência e colaboração (Edunisc, 2011) Data: 4/11/2011 57ª Feira do Livro de Porto Alegre - Jornalismo digital: audiovisual, convergência e colaboração (Edunisc, 2011) Data: 8/11/2011 - Quando o futuro morreu? Mídia e sociedade na literatura distópica de Zamiatin, Huxley, Orwell, Vonnegut e Bradbury Data: 10/11/2011 -Tecnologia pra quê? Os dispositivos tecnológicos de comunicação e seu impacto no cotidiano (Editora Armazém Digital, 2011) Data: 15/11/2011-19h30, no Memorial. -Midiocracia: as relações entre mídia e política redesenham as democracias contemporâneas (Armazém Digital, 2011) Data 12/11/2011,- 20 horas, no Pavilhão de Autógrafos. Em Santa Cruz do Sul (Livraria Iluminura) - Quando o futuro morreu? Mídia e sociedade na literatura distópica de Zamiatin, Huxley, Orwell, Vonnegut e Bradbury Data: 18/11/2011- 19 horas Lançamento Coletivo - Pesquisa em jornalismo (Feevale, 2011) -Jornalismo digital: audiovisual, convergência e colaboração (Edunisc, 2011) -Tecnologia pra quê? Os dispositivos tecnológicos de comunicação e seu impacto no cotidiano (Editora Armazém Digital, 2011) Data: 10/12/2011-10 horas

Tabajara Ruas na Unisc O escritor, jornalista e diretor de cinema Tabajara Ruas esteve na Unisc no dia 21 de outubro, quando palestrou sobre a Adaptação Literária no Cinema. O evento foi promovido pelo curso de Comunicação Social com apoio do Mestrado em Letras. Tabajara falou sobre o longa-metragem Os Senhores da Guerra - Parte 1 - Passo das Carretas. Como escritor, tem oito romances publicados no Brasil e traduzidos para 10 países. Entre as obras estão O amor de Pedro por João, Os varões assinalados e Netto perde sua alma. Esse último Tabajara transformou em longa-metragem em 2001. O filme recebeu 15 prêmios e participou de 28 mostras e festivais.


8

Novembro

Reportagem

2011

EVENTO DA UNISC DESTACA PRODUÇÕES ACADÊMICAS

Felipe Nopes Com apresentação conjunta do Corpo de Dança e da Orquestra Jovem da Unisc foi aberto, na noite do dia 24 de outubro, o 17º Seminário de Iniciação Científica e 2º Salão de Ensino e de Extensão - Vivenciando a Integração. Realizada no Auditório Central da Unisc, a abertura do evento contou com a presença do vice-reitor Eltor Breunig; da pró-reitora de Graduação, Carmen Lúcia de Lima Helfer; do pró-reitor de Pesquisa e Pós-graduação, Rogério Leandro Lima da Silveira; e da próreitora de Extensão e Relações Comunitárias, Ana Luisa Teixeira de Menezes, além de demais docentes, acadêmicos e colaboradores da Instituição. Até o dia 28 de outubro, foram realizadas palestras e apresentações de 228 trabalhos de alunos bolsistas que integram os programas de Iniciação Científica. O objetivo foi divulgar a produção acadêmica da Unisc e de outras instituições de ensino superior (IES) e promover o intercâmbio em diferentes áreas do conhecimento e eixos temáticos. Além dos trabalhos presenciais, outras produções foram apresentadas na modalidade EaD, por meio do site da Assessoria para EaD. Organizado pelas pró-reitorias de Graduação, de Extensão e Relações Comunitárias e de Pesquisa e Pós-graduação, o evento contou também com o apoio do CNPq e da Fapergs. “Para a Unisc, esse momento significa a busca aprofundada do conhecimento. Queremos mudar e transformar a

Fotos: Felipe Nopes

Trabalhos produzidos na Universidade e em outras IES foram apresentados durante o 17º Seminário de Iniciação Científica e 2º Salão de Ensino e de Extensão pre há algo para descobrir e estamos sempre buscando mais”, afirmou o palestrante. Encerramento

Vice-reitor Eltor Breunig e pró-reitores realizaram a abertura do evento no Auditório Central sociedade e este é um momento de encontro com as mudanças que a vida nos traz”, apontou a professora Ana Luisa Teixeira de Menezes, pró-reitora de Extensão e Relações Comunitárias. Em seu pronunciamento, a professora Carmen Lúcia de Lima Helfer, pró-reitora de Graduação, destacou a consolidação do Salão de Ensino e Extensão. De acordo com ela, nesta edição do evento foram inscritos 331 trabalhos, sendo selecionados 161 de ensino e 157 de extensão. “É uma grande expansão e isso é muito bom para a Universidade”, disse.

Para o vice-reitor da Unisc, Eltor Breunig, é a união de esforços que tem feito com que a Instituição ganhe destaque nos cenários estadual, nacional e internacional. “Nossa universidade está alicerçada no tripé da pesquisa, do ensino e da extensão. E é da conjugação dessas três atividades que surgem os novos conhecimentos”, salientou. O evento teve o envolvimento de mais de 600 alunos apresentando trabalhos e cerca de 70 professores, que promoveram debates nas salas de aula, além de 21 bolsistas e diversos colaboradores envolvidos na organização e na

Orquestra Jovem da Unisc realizou apresentação conjunta com o Corpo de Dança

logística das atividades. Palestra A programação de abertura também contou com a palestra Pesquisa e Extensão: integração com o ensino da graduação, ministrada pelo professor Wanderley Chieppe Felippe, pró-reitor de Extensão e professor titular da PUC de Minas Gerais. Segundo ele, é impossível uma pessoa entrar e sair de um curso sem ser transformada. “A formação universitária, até certo ponto, é transmissão. Mas a partir daí ela é descoberta, pois sem-

O evento foi encerrado no dia 28 na sala 101, bloco 1, com a presença do reitor Vilmar Thomé; do pró-reitor de Pesquisa e Pós-graduação, Rogério Leandro Lima da Silveira; da pró-reitora de Extensão e Relações Comunitárias, Ana Luisa Teixeira de Menezes; e da coordenadora de Graduação, Maria Sallette Sartori, além de docentes e alunos. "O amadurecimento da universidade passa pelas três diversidades, que são a pesquisa, o ensino e a extensão. Além disso, a universidade serve para contribuir com a educação qualificada dos acadêmicos", observou Thomé. Conforme o pró-reitor Silveira, o evento também proporcionou um momento de reflexão sobre os estudos apresentados pelos estudantes nas diferentes áreas do conhecimento. Ele agradeceu a todos os envolvidos na organização e divulgação do evento, o qual cumpriu as suas metas. O encerramento do 17º Seminário de Iniciação Científica e 2º Salão de Ensino e de Extensão também contou com a participação da professora Maria Margarida Martins Salomão, da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF). Ela ministrou a palestra As relações interdisciplinares na pesquisa e suas implicações para a sociedade, quando apontou as tendências no quadro mundial do desenvolvimento econômico e suas condições externas e internas.

Professor Wanderley Felippe falou sobre pesquisa e extensão


Novembro

2011

9

Reportagem Os trabalhos premiados Categoria Ensino Médio

Proposta de utilização de danio rerio como organismo modelo para a avaliação do potencial genotóxico das águas do Rio Pardinho (RS) Viviany Antoniazzi e as alunas de graduação Fernanda Zenkner e Tatiane de Aquino, orientadas pelos professores Daniel Prá, Andreas Köhler e Alexandre Rieger

Categoria Graduação Área de Ciências Humanas: Reitor Vilmar Thomé participou do encerramento do evento no dia 28 de outubro O que os documentos dizem sobre o mito da escravidão no Rio Grande do Sul Maximiliano Meyer, orientado pelos professores Olgário Paulo Vogt e Roberto Radünz Educação e linguagens: a escrita e os professores Charlene da Silva Freitas e Ângela Alenice Rothmund, orientadas pelo professor Felipe Gustsack Envelhecimento: relações pessoais e de amizades Cintia Kroth de Araújo, Cláudia Maria Corrêa Cardoso, Etiane Pereira Moreira e Evelin Wegner, orientadas pelas professoras Miriam Beatris Froemming e Silvia Coutinho Areosa Área das Ciências Exatas, da Terra e Engenharias:

Professora Maria Margarida Martins Salomão, da UFJF, ministrou palestra na sala 101

Prêmio Destaque na Iniciação Científica 2011 No dia 1º de novembro, a Unisc, por meio da Pró-reitoria de Pesquisa e Pós-graduação, realizou a cerimônia de premiação dos trabalhos que foram destaque no 17º Seminário de Iniciação Científica. Dividido em duas categorias, o Prêmio Destaque na Iniciação Científica 2011 foi entregue para um trabalho de Ensino Médio e 12 trabalhos de pesquisa de graduação da Unisc. Os estudantes premiados receberam menção honrosa e terão suas produções publicadas em forma de artigo. Além disso, um aluno de cada trabalho premiado ganhará o pagamento da inscrição e do transporte para um evento científico nacional ou internacional, de escolha do acadêmico, até o valor de quatro créditos básicos da graduação. Realizada no Centro de Convivência da universidade, a premiação foi conduzida pelo reitor da Unisc, Vilmar Thomé, pelo pró-reitor de Pesquisa e Pós-graduação, professor Rogério Lima da Silveira, e pela coordenadora de Pesquisa, professora Andréia Rosane de Moura Valim. O evento contou ainda com a presença de demais docentes da instituição, alunos, funcionários e comunidade. Para representar cada área do conhecimento e acompanhar os premiados ao palco, atores participaram da cerimônia caracterizados de Albert Einstein, Karl Marx, Charles Darwin e Mona Lisa (representando Leonardo da Vinci).

Premiação no Centro de Convivência contou com a participação de atores caracterizados

Emprego de microalgas para fixação de dióxido de carbono, fitorremediação e produção de bioenergia em uma estação de tratamento de efluente urbano Mateus da Silva Szarblewski, orientado pelos professores Ênio Leandro Machado e Rosana de Cássia Schneider Avaliação de blocos cerâmicos de vedação segundo NBR 15.270 Elise de Conto, Cândida Angelin, Fernanda Herberts e Victória Pereira Freitas, orientadas pelo professor Marcus Daniel dos Santos Jogo computacional para apoio a pessoas com paralisia cerebral Jorlei Luís Baierle, orientado pelas professoras Beatriz Lux e Rejane Frozza Área das Ciências Sociais Aplicadas: Avaliação do nível de virtualização dos websites dos municípios do Vale do Rio Pardo (RS) Débora da Rocha Hoff e Rosana Klafke, orientadas pelo professor Douglas Wegner Memória, verdade e justiça no Brasil Cynthia Gruendling Juruena, orientada pelo professor Rogério Gesta Leal As representações da heterogeneidade regional do Rio Grande do Sul no Jornal Nacional, da Rede Globo Carolina Junqueira Lopes, orientada pela professora Ângela Cristina Felippi Área das Ciências Biológicas e da Saúde: Análise genotóxica de efluente de lavanderia hospitalar: ensaio cometa com daphnia magna Fernanda Fleig Zenkner e Camila Gonçalves Athanásio, orientadas pelos professores Daniel Prá, Alexandre Rieger e Eduardo Lobo Alcayaga Análise do perfil fitoquímico de tripodanthus acutifolius (ruiz & pavón) tieghem, loranthaceae Thais Klein de Souza e Juliana Maria Grüner, orientadas pela professora Chana de Medeiros da Silva Reparo de lesões no DNA em sangue periférico de pacientes portadores de doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC) Helen Tais da Rosa Silva, Anelise Rocha de Araújo, Clara Forrer Charlier e Paulo Ricardo da Rosa, orientados pelas professoras Andréia Rosane de Moura Valim e Andrea Lúcia Gonçalves da Silva


10

Novembro

Geral

2011

REITOR DA UNISC ACOMPANHA EVOLUÇÃO DO PROJETO VITAMINA

O reitor da Unisc, Vilmar Thomé, e a presidente do Conselho Regional de Desenvolvimento do Vale do Rio Pardo (Corede/ VRP), Mariza Christoff, visitaram, no dia 21 de outubro, propriedades rurais nos municípios que integram o Projeto Vitamina. Eles foram acompanhados pelos consultores técnicos de campo do Projeto, o Engenheiro Agrônomo Vladimir Machado Panta e o Médico Veterinário Leandro Marques Machado. O projeto Fortalecimento das Redes de Referência na Agricultura Familiar (Projeto Vitamina) possibilita que agricultores de sete municípios da Mesorregião Metade Sul (Mesosul) do Vale do Rio Pardo desenvolvam novas alternativas de renda em suas propriedades. O projeto tem o custeio do Ministério da Integração Nacional, com apoio do Conselho Regional de Desenvolvimento (Corede) e da Unisc, por meio do Polo de Modernização Tecnológica do Vale do Rio Pardo (PMT/VRP). O trabalho, que iniciou em 2010, envolve os produtores cadastrados nos municípios de abrangência da Unisc: Candelária, Encruzilhada do Sul, General Câmara, Pantano Grande, Passo do Sobrado, Rio Pardo e Vale Verde. A visita teve como objetivo acompanhar a evolução das atividades realizadas pelos produtores na bacia leiteira e na fruticultura.

Divulgação

Visita foi acompanhada pela presidente do Corede/VRP, Mariza Christoff, e pelos consultores técnicos de campo do Projeto, o engenheiro agrônomo Vladimir Machado Panta e o médico veterinário Leandro Marques Machado

Projeto possibilita que agricultores de sete municípios da Mesosul do Vale do Rio Pardo desenvolvam novas alternativas de renda

“Visitas técnicas são essenciais para acompanhar e conhecer na prática essa importante proposta de desenvolvimento sustentável”, afirmou o reitor Vilmar Thomé. Entre as atividades executadas neste ano pelo projeto para fortalecer a agricultura familiar, consta a realização de quatro cursos: de Gerenciamento financeiro da propriedade agrícola; de Culti-

vo agroecológico de frutas; de Boas práticas de fabricação no beneficiamento de frutas; e de Produtos elaborados a partir do soro do leite. O Projeto Vitamina envolve a produção de leite e frutas de forma integrada, através do investimento no cultivo de frutas e na qualificação do rebanho leiteiro. O incremento nas duas produções

Professor do Direito Unisc lança revista do MP O promotor de justiça criminal de Santa Cruz do Sul e professor do curso de Direito da Unisc, Eduardo Ritt, na condição de organizador, lançou dia 9 de novembro, na 57ª Feira do Livro de Porto Alegre, a edição especial nº 70 da Revista do Ministério Público. O ato ocorreu no átrio do Santander Cultural e integrou os festejos do 70° aniversário da Associação do Ministério Público Gaúcho, entidade de classe que congrega promotores e procuradores de justiça do Estado. Em sua 69ª edição, a Revista é uma publicação quadrimestral que aborda temas voltados à atividade ministerial e científica na área do direito. Conta com um conselho editorial formado por professores convidados de Universidades brasileiras e de outros países, como Estados Unidos, Espanha e Portugal. Também é disponibilizada no site www.amprs.org.br. A edição especial nº 70 conta com inúmeros articulistas de renome nacional e internacional, como o procurador de justiça, Lenio Streck; o desembargador, Vasco Della Giustina; o atual procurador-geral de justiça do Rio Grande do Sul, Eduardo de Lima Veiga; o vice-diretor da RBS, Paulo Tonet Camargo; entre outros nomes. Eduardo Ritt é Bacharel e Mestre em Direito pela Unisc, onde é professor das disciplinas de Criminologia, Direito Penal e Processo Penal do curso de Direito; e das Especializações - presencial e EaD - em Direito Penal e Processual Penal. Também é autor de vários artigos jurídicos e do livro O Ministério Público como Instrumento de Democracia e Garantia Constitucional, publicado pela Livraria do Advogado Editora, em 2002. Também é coautor do livro Estatuto do Idoso: aspectos sociais, criminológicos e penais, editado pela Livraria do Advogado, em 2008, juntamente com a professora da Unisc Caroline Fockink Ritt.

ocorre por meio do uso de adubo orgânico criado a partir do esterco do gado e da produção de pastagens junto aos pomares. O projeto finaliza suas atividades neste ano, prevendo para dezembro o lançamento de uma car-

tilha que contemplará as atividades realizadas durante o período de execução do projeto. Os produtores que participaram dos cursos oferecidos também receberão seus certificados nessa ocasião.

Mestrado em Letras inscreve para turma 2012 O Mestrado em Letras - Leitura e Cognição recebe, até o dia 25 de novembro, inscrições para o processo seletivo da turma 2012. As linhas de pesquisa são Texto, subjetividade e memória e Processos cognitivos e textualidade. O público-alvo são graduados em diversas áreas do conhecimento: Letras e áreas afins, Comunicação Social, Psicologia, História, Filosofia, Educação, Direito e outras. As inscrições podem ser feitas no site www.unisc.br/ppgl, no link "Inscrições e Seleção". O processo seletivo consiste de prova escrita, de caráter eliminatório, entrevista e análise da proposta de dissertação, do curriculum vitae e demais documentos. Há possibilidade de bolsas Prosup/Capes e BIPSS (bolsa interna no segundo ano do curso), além do Credipós, que oferece descontos na mensalidade, a ser restituído após o término do curso. A disponibilização de bolsas do programa segue os critérios de classificação do candidato na seleção, entre outros critérios específicos dos órgãos financiadores. No decorrer do ano, o curso oferece vagas para aluno especial. Nessa modalidade, o interessado poderá fazer até três disciplinas com 40% de desconto. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (51) 3717-7322.


Novembro

2011

11

Institucional

VILMAR THOMÉ É REELEITO COMO PRESIDENTE DA ABRUC

Livro do ForExt

Posse solene ocorreu no dia 7 de novembro, na PUC-RS Divulgação

Foi eleita a nova gestão da Associação Brasileira das Universidades Comunitárias (Abruc) para o Biênio 2011/2013. A eleição ocorreu durante a 22ª Assembleia Geral Extraordinária realizada no dia 7 de outubro, em Florianópolis (SC). O atual presidente e reitor da Unisc, Vilmar Thomé, foi reeleito para um mandato de mais dois anos. Ele terá como vice-presidente o reitor da Unifev, Marcelo Ferreira Lourenço. A posse solene ocorreu no dia 7 de novembro, na PUC-RS.

No dia 7 de outubro, em Florianópolis, mesmo dia da reeleição do reitor da Unisc, Vilmar Thomé, como presidente da Abruc, foi feito o pré-lançamento do livro Transcendendo fronteiras: a contribuição da extensão das instituições comunitárias de ensino superior (ICES). A obra é fruto da iniciativa do Fórum Nacional de Extensão e Ação Comunitária das Universidades e Instituições de Ensino Superior Comunitárias (ForExt) e tem como organizadores os professores Luiz Síveres, da Universidade Católica de Brasília (UCB), e Ana Luisa Teixeira de Menezes, pró-reitora de Extensão e Relações Comunitárias da Unisc. O lançamento oficial ocorreu em Porto Alegre neste mês de novembro. Os apoiadores e financiadores são a Abruc; a Associação Nacional de Educação Católica (Anec); o Consórcio de Universidades Comunitárias Gaúchas (Comung); a Associação Brasileira das Instituições Educacionais Evangélicas (ABIEE); e a Associação Catarinense das Fundações Educacionais (Acafe). “Esse trabalho é o resultado de uma colaboração qualificada de sujeitos que por muitos anos atuam na extensão universitária e em ação comunitária, objetivando dar um sentido ao saber e ao fazer extensionista”, comentaram os organizadores.

Eleição ocorreu no dia 7 de outubro, em Florianópolis (SC)

O Conselho Administrativo terá ainda a seguinte nominata: 2° vice-presidente: Pedro Rubens Ferreira Oliveira - reitor da Unicap 1º vogal: Mário Cesar dos Santosreitor da Univali 2º vogal: Ana Angélica Gonçalves Leão Coelho - reitora da Univale

Conselho Fiscal 1º Titular: Clemente Ivo Juliatto - reitor da PUC-PR 2º Titular: Márcio de Moraes - reitor da Umesp 3º Titular: Paulo Ivo Koehntopp - reitor da Univille 1º Suplente: P. Jesus Hortal Sánchez - professor da PUC-RJ 2ª Suplente: Joana Beatriz Barros Pereira – reitora da Unincor 3º Suplente: Delmar Henrique Backes - reitor da Faccat

Unisc, Inter e Unificado realizam atividades em Santa Cruz Integrando uma das propostas pedagógicas do curso de Pós-Graduação em Gestão Profissional do Futebol, a Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc), o Grupo Unificado e o Sport Club Internacional promoveram sábado, dia 29 de outubro, um dia de atividades em Santa Cruz do Sul. A proposta integrou a disciplina Marketing para clubes de futebol de pequeno e médio porte. Na oportunidade, os 60 alunos do curso saíram do Gigantinho, em Porto Alegre, pela manhã, para participar da aula prática na Unisc, no E.C. Avenida e no F.C. Santa Cruz, quando ocorreu um almoço de confraternização, que contou com a presença dos demais docentes do curso e de integrantes da reitoria da Unisc. Nos dois clubes, os estudantes ouviram explanações sobre a história e a estrutura administrativa das agremiações. “A ideia de trazê-los até aqui foi justamente para que conhecessem uma realidade diferente, de modo a entender como são gerenciados os clubes do interior, no que se refere à administração e ao marketing”, comentou o coordenador do curso e professor da disciplina, Everson Bello. O curso iniciou em 2010 e oferece diversas modalidades educacionais, incluindo cursos de capacitação, de atualização e de pós-graduação, cujo diferencial é o forte vínculo entre teoria e prática do esporte, entre o saber científico e o conhecimento de quem faz o esporte no dia a dia. Os encontros ocorrem quinzenalmente no Gigantinho, às sextasfeiras à noite e aos sábados durante todo o dia. Informações podem ser obtidas pelo site www.unisc.br/gestaodoesporte.

Reitor Vilmar Thomé foi um dos debatedores no evento

países da América Latina. O Brasil está diante de uma grande oportunidade para mudar esse índice, se considerar o fato de que as Universidades Comunitárias apresentam elevado padrão de qualidade, atuando nas várias áreas do conhecimento, incluindo cursos de pós-graduação, aliado ao fato de que suas atividades estão concentradas no turno da

noite. Existe então a possibilidade de aproveitamento da estrutura existente nessas instituições no período diurno. Diante disso, a Abruc apresentou ao Ministério da Educação uma proposta de implantação de um programa de bolsas para a compra de vagas nas universidades comunitárias, o que viabilizaria o alcance mais rápido da Meta 12 já apresentada.

Desire Pereira Allram

A Associação Brasileira das Universidades Comunitárias (Abruc), representada por seu presidente, o reitor da Unisc, Vilmar Thomé, participou do Seminário Nacional A Educação Superior no Contexto do Plano Nacional de Educação 2011/2020, promovido pela Secretaria de Educação Superior do Ministério da Educação. As Universidades Comunitárias foram representadas por 40 instituições, sendo o reitor Vilmar Thomé um dos debatedores no Painel: Ações Estratégicas para se atingir a Meta 12 do PNE: elevar a taxa bruta de matrícula na educação superior para 50% e a taxa líquida para 33% da população de 18 a 24 anos, assegurando a qualidade da oferta. Pelo senso de 2010 foi possível observar que apenas 17% dos jovens brasileiros com idade entre 17 e 24 anos estão matriculados ou concluíram o ensino superior. Esse índice está muito abaixo do verificado nos países desenvolvidos, cujo índice ultrapassa 60% e permanece abaixo do índice dos

Divulgação

Seminário debate a educação superior no PNE

Curso de Educação Física promove Oktober Kinder No dia 29 de outubro, acadêmicos do curso de Educação Física da Unisc receberam, no complexo esportivo da Universidade, alunos de várias escolas de Santa Cruz do Sul para participarem do Oktober Kinder, tradicional evento organizado pelos estudantes da disciplina de Recreação, ministrada pela professora Sandra Mara Mayer. A programação contou com várias atividades de recreação para as crianças.

Aula prática ocorreu na Unisc, no Avenida e no Santa Cruz


12

Novembro

Extensão

PET-SAÚDE/VIGILÂNCIA REALIZA ATIVIDADE DE SENSIBILIZAÇÃO

Seminário discute profecias para 2012 Será que, de fato, algo de muita importância vai acontecer no planeta Terra em 2012, conforme anunciam místicos do mundo todo, calcados em interpretações do Calendário Maia e em outras profecias? Essa questão foi objeto de debate entre estudiosos e acadêmicos no Seminário Holística 2011, que ocorreu nos dias 29 e 30 de outubro, no anfiteatro do bloco 18, no campus da Unisc de Santa Cruz do Sul. Entre os debatedores estavam o professor da Unisc e doutor em Sociologia, Cesar Hamilton Brito de Goes, também pesquisador nas áreas de religião e cultura, e estudiosos de ufologia, como o jornalista Ademar José Gevaerd, palestrante internacional e editor da Revista Ufo, considerada a maior publicação da área na América Latina. A programação intercalou palestras e painéis com projeção de documentários, exposições e apresentações artísticas. "Nosso objetivo é envolver os diversos tipos de pensamentos e culturas místicas, artísticas, filosóficas e científicas, buscando uma comunhão humana em vista de tantos sinais de crise em nosso planeta", afirmou Rafael Amorim, coordenador do seminário. Segundo ele, a designação "Holística 2011" do evento se refere à união de diversos pontos de vista sobre a vida e o conhecimento da humanidade. "Holos é o todo e queremos incluir a ciência, as religiosidades e outras teorias num evento de união do pensamento humano para o entendimento de quem somos e o que está acontecendo na Terra em nossos dias", definiu Amorim.

Divulgação

O projeto PET-Saúde/Vigilância em Saúde, da Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc) e da Secretaria Municipal de Saúde de Santa Cruz do Sul, participou do encontro de capacitação de enfermeiros sobre notificação de agravos à saúde do trabalhador. O trabalho ocorreu no dia 13 de outubro, no Hospital Santa Cruz (HSC), em parceria com a Vigilância Epidemiológica do município, com o Centro Regional de Referencia em Saúde do Trabalhador (Cerest/ Vales) e com a Comissão de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH) e Núcleo Hospitalar de Epidemiologia (NHE), do HSC. A atividade contou com a participação da tutora acadêmica, professora Suzane Beatriz Frantz Krug, e da preceptora Luciana Simon Fanfa. Na oportunidade, o PET Vigilância em Saúde desenvolveu atividades de sensibilização, utilizando material audiovisual elaborado pelos bolsistas do projeto com o auxílio dos enfermeiros do Hospital, no intuito de ressaltar a importância da atividade de notificação

Capacitação debateu agravos à saúde do trabalhador

dos agravos à saúde do trabalhador, fortalecendo os registros e as ações de vigilância e de prevenção. Também houve explanação da enfermeira Eliane Krummenauer do CCIH e NHE e de integrantes do Cerest sobre os procedimentos de preenchimento dos formulários de notificação. A ação desenvolvida pelo projeto do grupo tutorial Vigilância em Saúde: um estudo com trabalhadores cadastrados e não ca-

dastrados na Unidade Municipal de Referência em Saúde do Trabalhador de Santa Cruz, contempla objetivos do PET que se referem à capacitação e ao estímulo para a importância da notificação de agravos à saúde do trabalhador nos sistemas de informação e de organização de oficinas de capacitação de profissionais de saúde, visando ampliar a capacidade na identificação e notificação de acidentes de trabalho.

PET-Saúde da Unisc promove integração Foi realizado no dia 15 de outubro, no Centro de Convivência da Unisc, o 1º encontro de integração entre os grupos do Programa de Educação pelo Trabalho para a Saúde da Unisc (PET-Saúde). O momento foi compartilhado por cerca de 50 pessoas, entre acadêmicos, preceptores, tutores e coordenadores dos grupos PET-Saúde da Família, PET-Vigilância e PET-Saúde Mental. O encontro também contou com a presença da pró-reitora de Extensão e Relações Comunitárias da Unisc, professora Ana Luiza Teixeira de Menezes. As atividades de integração foram propostas pelo Grupo de Estudos e Trabalhos em Saúde Coletiva (Getesc) e pelos acadêmicos representantes dos PETs. O objetivo do encontro foi conhecer os integrantes de cada grupo, ampliar o conhecimento sobre as atividades que são desenvolvidas por cada um dos grupos, além de proporcionar momentos de diversão e reflexão em meio a tantas atividades diárias que são desenvolvidas. No final, todos os presentes fizeram uma avaliação do encontro e concordaram que é necessário que novas atividades como essa aconteçam com periodicidade determinada, e que o futuro desses programas sejam pensados conjuntamente, pois têm sido transformadores da realidade da academia e dos serviços de saúde, onde os grupos se envolvem.

Divulgação

VER-SUS: Integração Unisc e URI/Santiago

Comitiva da URI conheceu o DA da Psicologia e o Getesc estagiários do serviço-escola. O grupo tem o intuito de realizar uma edição do projeto VERSUS na URI de Santiago. Como a Unisc possui uma trajetória na realização desse projeto, os professores e estudantes daquela Instituição propuseram a aproximação

entre as universidades. A ideia é que o estreitamento dos elos entre as Instituições de Ensino Superior (IES) fortaleçam a continuidade de projetos comuns, como o VER-SUS, além de potencializar o movimento estudantil.

Divulgação

No dia 21 de outubro, acadêmicos e docentes dos cursos de Enfermagem, Farmácia e Psicologia da Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões (URI), Campus de Santiago, estiveram na Unisc para conhecer o movimento estudantil da Universidade e o projeto Vivências e Estágios na Realidade do Sistema Único de Saúde (VERSUS). Os acadêmicos e docentes da URI tiveram a oportunidade de acompanhar como é organizado o Diretório Acadêmico (DA) da Psicologia e o Grupo de Estudos e Trabalhos em Saúde Coletiva (Getesc). Também foram realizadas visitas aos laboratórios de Enfermagem e de Farmácia e ao Serviço Integrado de Saúde (SIS), onde foram recepcionados pelos

2011

Encontro na Unisc debate o tema adoção Foi realizado no dia 29 de outubro o 1º Encontro com pais adotivos da Comarca de Santa cruz do Sul. O evento ocorreu na Unisc, sendo a recepção e a abertura na sala 101, e os painéis e as discussões na sala 108. A promoção foi do Juizado Regional da Infância e Juventude sediado em Santa Cruz do Sul e da Unisc, por meio do Gabinete da Pró-Reitoria de Extensão e Relações Comunitárias (Proext) e do seu Núcleo de Ação Comunitária. O objetivo foi ampliar a qualificação dos candidatos a pais adotivos inscritos no cadastro da comarca santa-cruzense, seguindo o que determina a Lei de Adoção nº 12.010/2009.

título Ações foram propostas pelo Getesc e pelos acadêmicos


Novembro

2011

13

Pesquisa

UNISC PROMOVE ATIVIDADES PARA MARCAR A SEMANA NACIONAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA Josemar Santos A Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc), por meio Polo de Modernização Tecnológica do Vale do Rio Pardo (PMT/VRP), promoveu, no dia 20 de outubro, uma visita de estudantes à Reserva de Patrimônio Particular Natural da Instituição (RPPN). Na oportunidade, 33 alunos da 5ª série da Escola Municipal de Ensino Fundamental Luiz Schroeder, do bairro Cohab, participaram de atividades, como palestra, trilha ecológica e ações recreativas. O evento integrou a programação da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, que iniciou na terça-feira, dia 18, e ocorreu em parceria com o curso de Biologia, Unisc-Escola, Pró-Reitoria de Planejamento e Desenvolvimento Institucional, com o apoio das empresas Imply, Mercur, Xalingo, Afubra e Unimed. No total foram 60 visitantes que estiveram no local. “A ideia foi trazê-los para interagir com a fauna e a flora e fazer com que os alunos as entendam como uma necessidade para o nosso ecossistema. Queremos mostrar para eles como as espécies nos afetam e a importância da preservação do meio ambiente, além de divulgar as pesquisas que fazemos aqui e como elas podem se tornar úteis

Fotos: Felipe Nopes

Entre as ações desenvolvidas, ocorreu uma visita de estudantes da 5ª série da Escola Municipal Luiz Schroeder à RPPN

No total foram 60 visitantes que estiveram na RPPN da Unisc para participar de uma série de atividades

na vida das pessoas”, disse o professor Jair Putzke, que coordenou as atividades juntamente com o colaborador Nilmar Azevedo de Melo. “Esse momento é importante para os alunos ampliarem o conhecimento além daquilo que aprendem em sala de aula”, afirmou a gestora do PMT/VRP, Adriana Hintz Eick. Para a professora de Ciências da Escola Luiz Schroeder, Rejane de Oliveira, esse tipo de trabalho contribui para que os estudantes melhorem o aprendizado. “A teoria junto com a prática faz com que eles sejam mais conscientes da importância de preservar o meio ambiente e saibam reaproveitar o que usam. O fato de a Unisc promover esse tipo de atividade junto com a comunidade auxilia muito no nosso trabalho. Fiquei maravilhada com tudo que conhecemos aqui”, explicou. “Essa visita representa algo diferente e novas aprendizagens. Vi animais e fungos que não conhecia. É muito gratificante sair da sala de aula e fazer um trabalho como esse”, disse a estudante de 11 anos, Verônica Luiza da Silva. Workshop Na Semana Nacional de Ciência e Tecnologia da Unisc foram realizadas oficinas dos grupos de pesquisa da Universidade e o Workshop de Bioenergia, Oleoquímica e Bioctecnologia, no dia 19 de outubro. Na mesma data, foi realizada também a palestra Patentes de Biotecnologia, com a representante da Embrapa/ Brasília, Luciana Figueiredo.

Estudantes da Escola Municipal Luiz Schroeder participaram de uma trilha ecológica

Luciana Figueiredo falou sobre Patentes de Biotecnologia


14

Novembro

Variedades

UNISC E SESI RENOVAM PARCERIA PARA O PROJETO CESTINHA Criado em 2001, o Projeto tem a finalidade de proporcionar a prática do basquetebol para crianças e adolescentes de ambos os sexos

Criado em 2001 em Santa Cruz do Sul pelo Sesi em parceria com a Unisc, o Projeto Cestinha tem a finalidade de proporcionar para crianças e adolescentes de ambos os sexos, entre 9 e 15 anos, a prática do basquetebol, criando o gosto e o hábito para que mantenham as atividades aprendidas, incorporando-as no seu cotidiano, orientando-os a um processo emancipatório e cidadão, a partir das áreas da Educação e Saúde, e ao esporte com fins educativos. No total, são cerca de 1.200 crianças e adolescentes atendidos pelo Projeto, dos quais em torno de 80 são federados. Os treinamentos em Santa Cruz do Sul ocorrem

Divulgação

São cerca de 1.200 crianças e adolescentes beneficiados

nos bairros Bom Jesus, Menino Deus, Margarida/Aurora e nas escolas Alfredo Kliemann e Hildebrand; em Venâncio Aires, nas escolas Otto Brands, Cidade Nova e Monte das Tabocas; e em Vera Cruz, na escola Elemar Kroth. As atividades esportivas do projeto acontecem no complexo esportivo da Unisc e nos ginásios municipais e comunitários dos bairros atendidos. As atividades paralelas são realizadas nas dependências da Unisc, nas Clínicas de Odontologia e Fisioterapia, na Escola de Educação Básica Educar-se e no Polo Menino Deus, no bairro Menino Deus. As equipes federadas são formadas por alunos selecionados nos diferentes pontos de treinamento, disputando campeonatos promovidos pela Federação Gaúcha de Basquetebol (FGB). O projeto conta com 5 equipes, sendo

uma equipe Mini (12 anos); duas equipes Mirim (13 anos); uma equipe Infantil (14 anos); e uma Equipe SUB-15 (15 anos). O projeto conta ainda com o apoio das prefeituras de Venâncio Aires, Vera Cruz e Santa Cruz do Sul, da Pioneer Sementes e da Escola Educar-se.

Mostra resgatou a história de Venâncio Aires

Palestra debate os jogos olímpicos

Divulgação

O projeto

UNISC DE VENÂNCIO PROMOVE EXPOSIÇÃO Durante o mês de outubro, o campus da Unisc de Venâncio Aires, em parceria com o museu da cidade, promoveu a exposição Um pouco mais da história de Venâncio Aires. A mostra esteve localizada na Biblioteca da Instituição, onde foi possível conferir fotos históricas de diversos locais do município e do início da construção do Hospital São Sebastião Mártir. Uma das características das regiões de colonização alemã que pôde ser observada é a tendência da população em se unir em sociedades com fins econômicos, esportivos, recreativos, culturais, beneficentes e de socorro mútuo.

Josemar Santos

Em solenidade realizada no dia 18 de outubro, na sala de reuniões da reitoria, foi assinado o contrato de renovação de convênio do Projeto Cestinha/Sesi/Unisc. Estiveram presentes no encontro o reitor da Unisc Vilmar Thomé; o gerente de operações do Serviço Social da Indústria (Sesi), Saulo Oliveira; o vice-presidente regional do Centro das Indústrias do Rio Grande do Sul (Ciergs), Flávio Haas; o coordenador de Extensão e Relações Comunitárias da Unisc; Ricardo André Machado; o coordenador do Projeto Cestinha, Gilmar Weis; e o responsável pelo marketing esportivo da Unisc, Fabrício Gianezini.

2011

A Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc), por meio do curso de Educação Física e da Assessoria de Marketing Esportivo, e a Secretaria Municipal de Turismo, Esportes e Lazer (SMTEL) realizaram, no dia 1º de novembro, a palestra Megaeventos esportivos: o caso dos jogos olímpicos. O evento ocorreu no Ginásio Pedagógico da Unisc e foi conduzido pelo professor Konstantinos Georgiadis, reitor honorário da Academia Olímpica Internacional, vice-reitor da Universidade do Peloponnese, membro da Comissão para Cultura e Educação Olímpica do Comitê Olímpico Internacional e membro da Comissão Executiva da Sociedade Internacional de Historiadores Olímpicos.

Konstantinos Georgiadis

Dicas para ler Livraria

Biblioteca

Edunisc

Mentes Ansiosas - Medo e ansiedade além dos limites, de Ana Beatriz Barbosa Silva

Retrato de uma mulher desconhecida, de Vanora Bennett

Editora: Fontanar

Editora: Record

Preço: R$ 32,90

Localização na estante: 823 B472r 2011

Preço: R$ 35,00

‘O Retrato de uma Mulher Desconhecida’ inspira-se na vida familiar do filósofo Thomas More para traçar um painel da Europa do século XVI. Sua filha adotiva, Meg Griggs, começa a despertar para o amor em um período de turbulência político-religiosa. E seus pretendentes parecem fadados a ser tragados pela onda de mudanças que varre também a Inglaterra.

A publicação é resultado da V Mesa Coordenada da Rede JorTec, que visou interligar os campos do conhecimento científico que envolvem Jornalismo e as Tecnologias Digitais Conectadas durante o 8º Encontro Nacional dos Pesquisadores de Jornalismo (8º SBPJor), em São Luis, no Maranhão. Teorias e práticas no ensino no que tange à evolução dos conteúdos nas multiplataformas digitais.

O livro traz uma abordagem a respeito dos transtornos causados pelo medo e pela ansiedade, e como esses sentimentos podem tomar conta da vida das pessoas, transformando seus cotidianos. A autora tenta fazer o uso de sua experiência clínica para explicar o que acontece quando a ansiedade e o medo extrapolam os limites da normalidade e como é possível superar os distúrbios que eles provocam.

Jornalismo digital: audiovisual, convergência e colaboração, de Demétrio de Azeredo Soster e Walter Teixeira Lima Junior, 32 p.


Novembro

2011

E agora? Reflexões sobre carreira e profissão

Nenhum emprego vale a sua vida Se você estiver passando por uma dessas fases em que não dá vontade de sair da cama, se de vez em quando desaba sobre você aquela vontade de desistir de tudo, tenho duas ou três coisas a lhe dizer.

15

Adriano Silva Jornalista, palestrante, consultor. Atua com sua empresa, Doce Ofício, produzindo conteúdo para grandes marcas. Foi diretor do Núcleo Jovem da Editora Abril, chefe de redação do Fantástico na TV Globo. Trouxe o Gizmodo ao Brasil. Tem dois livros de negócios e carreira publicados - E agora, o que é que eu faço? - Tudo o que você precisa saber para construir a carreira dos seus sonhos e Tudo o que aprendi sobre o mundo dos negócios - Ideias para você ser mais feliz na vida corporativa. Tem um MBA pela Universidade de Kyoto, no Japão, e escreve todo dia no blog Manual do Executivo Ingênuo. adriano@doceoficio.art.br

Primeiro: fique tranquilo que essa é uma sensação comum a 90% das pessoas que atuam em mercados competitivos como o seu. Depois, pense que talvez o que esteja ocorrendo não seja nada mais do que um certo desequilíbrio em sua vida - muito trabalho, pouco lazer. Muito tempo no escritório, quase nenhum fora dele. A fórmula de dar tudo para a empresa, e nada para você, não dá certo no longo prazo. Tudo bem trabalhar pesado aqui e ali, quando a situação exige. Talvez até num sábado, lá de vez em quando. Mas quando a exceção vira regra, e quando o esforço extra vira rotina, aí não há quem aguente. E não é bom para ninguém. Nem para a empresa - porque a produtividade cai. Há pelo menos duas formas de lidar com essa realidade: 1. Conversar sempre, abertamente, com seu chefe. Ele é o principal interessado em que você não entre num processo de burn out. Em ambientes workaholics, geralmente há um bocado de ineficiências no jeito de trabalhar. O desgaste poderia ser menor se o trabalho fosse melhor organizado. Uma equipe madura pode sempre propor, em conjunto, um novo fluxo para o chefe. Que fique claro: levem para ele não apenas o problema, mas também uma solução. Importante: não façam soar como uma reclamação coletiva, como um motim, como uma lavagem de roupa suja, não a coloquem contra a parede. Façam soar como o time, superengajado, propondo um jeito para trabalhar melhor e produzir mais. 2. Se o chefe não se sensibilizar, e não for inteligente o suficiente para trabalhar com o time e não contra ele, há uma última alternativa: deixar o chefe do chefe conhecer a situação que se criou, o problema que está posto e a proposta do time para resolvê-lo. Atenção: sempre de modo positivo, discreto, respeitoso, falando o mínimo possível para não parecer insurgência, insubordinação ou que vocês estão armando coletivamente contra o chefe. Trata-se de uma operação delicada - mas quando a situação é limítrofe, quando não há outra alternativa, talvez essa seja a única alternativa. É o chamado último recurso. (É sempre bom saber o quanto a equipe está disposta a ficar junta e coesa ao longo desse processo todo. E espere pelo inevitável: um ou dois roerão a corda no meio do caminho. Isso sempre acontece. Só esteja certo de que não seja só você que, sozinho, vai dar o passo à frente...) É hora de desacelerar Quanto a mim, faz 20 anos que eu acelero, que eu virei caxias, um baita CDF, que eu me impus o tribalium. Faz mais tempo, para dizer a verdade. São exatos 23 anos correndo em ritmo agudo. Desde os 17, quando mudei de cidade, para iniciar a faculdade na capital, e comecei a me dar conta do degrau da escada em que me encontrava. Decidi que queria estar mais acima. Bem mais. Ou noutra escada talvez. Havia muita coisa que eu não tinha e queria para mim. Não sabia bem como chegar lá. Então baixei a cabeça e enfiei o pé lá embaixo. Culturalmente, eu pertencia à classe A. Financeiramente, cheguei a habitar alguns anos na classe D. Essa é uma posição muito dura - sua cabeça convive num determinado círculo e seu bolso, em outro. Quem é classe D de corpo e alma vive menos angústias com a sua condição, creio eu. Aqui no íntimo eu costumo criticar bastante o menino que fui. Afinal, quem consegue ter orgulho do que fazia e pensava quando jovem? Mas isso aquele garoto fez muito, muito certo: infeliz com o lugar em que estava, agiu forte para mudar a situação. Reagiu se lançando com todas as forças na direção daquilo que lhe parecia um bom Norte a seguir. Agradeço muito àquele garoto por isso. O grande combustível que ele, ou eu, queimamos ao longo dessa jornada foi sempre o desejo de virar classe média, de ter os confortos de uma vida melhor. Cheguei lá dez anos depois. Aos 27 estava na maior cidade do país, num cargo de direção de uma grande empresa, morando num bairro de classe média alta, dirigindo o carro dos sonhos do brasileiro - um Vectra! - e não precisava mais escolher os pratos do cardápio pelo preço. Ou por outra: podia sair para comer fora quando quisesse, sem ficar conferindo o extrato bancário dia sim, dia não. Minha realidade anterior era de não poder quase nunca. E quando podia, era o preço que determinava minhas escolhas. Que eram, portanto, na maioria das vezes, escolhas pobres. (Note que esse é um bom parâmetro para definir se o sujeito entrou ou não na classe AB - a liberdade gastronômica.) Era para eu ter brindado com uma Veuve Clicquot, dado meu plano por encerrado com sucesso e ter mudado a marcha do carro. Você fez isso? Eu também não. Como acontece por aí nas melhores famílias, a gripe passou e eu continuei tomando os remédios. Quando você subiu vinte andares, por que não subir mais vinte? Se a carreira de verdade só dura uns 30 anos, por que se poupar? Por estratégia ou por vício, por atitude ou por inércia, continuei acelerando. Tinha outras coisas a conquistar. Tem sempre um monte de coisas que você ainda deseja. No meu caso, o santo graal virou, nos últimos anos, gerar condições para ter uma aposentadoria e uma velhice tranquilas. Minha geração é a primeira que sempre soube que não pode contar com a previdência pública. As gerações anteriores podem alegar que foram enganadas, traídas, usurpadas pelo governo. Nós não. Nós já sabemos que não poderemos contar com o INSS. Então cada um tem que dar o seu jeito. Como não é meu plano virar lá na frente um peso na vida dos meus filhos, de novo reagi me lançando na direção daquilo que julgava ser um bom Norte a seguir. Outro causa nobre. Em nome da qual tenho queimado também um bocado de combustível. Parece bobagem, mas ter rompido a casa dos 40 anos tem sido bastante simbólica para mim. Tenho revisto, somente agora, e de verdade, uma série de coisas. Podia ter feito essas reflexões aos 39, assim como poderia fazê-las ano que vem, aos 41. Mas o fato é que estou corrigindo algumas rotas nesse momento. E estou feliz com isso, com essa energia que veio não sei de onde para operar essas pequenas grandes mudanças em minha rotina. Há no pano de fundo, pela primeira vez com clareza prática em minha vida, e não mais como uma certeza teórica e distante, a sensação palpável de que a minha existência tem fim e de que estou me aproximando dele, inexoravelmente. Sempre foi assim, claro. Só que agora é mais assim do que antes, entende? Estou começando o segundo tempo da vida. E não há mais tempo a perder. Nunca houve. Mas agora soa mais premente não perder tempo como o que é supérfluo, com espumas e falsas necessidades, com atividades que são meio e não são fim. Minha nova ansiedade é só investir tempo no que for essencial, com pessoas e coisas que me são caras - e que eu tantas vezes tenho inevitavelmente negligenciado. Então está na hora de desacelerar. De fazer mais o que eu gosto e de ser mais feliz no minuto a minuto, a cada hora que passa. O esquema de me arrebentar cotidianamente em nome de uma conquista futura, de um pote de ouro colocado lá na frente, no fim www.osfiguras.com.br do arco íris, não me serve mais. Essa estratégia fez muito por mim, é verdade. Mas não serve mais.


Contracapa

CENTRO DE LÍNGUAS REALIZA FESTA DE HALLOWEEN Uma noite de diversão, dança, gastronomia e vivência cultural. Assim foi a 1ª Festa de Halloween do Centro de Línguas e Culturas da Unisc, realizada no dia 28 de outubro, na sede da Associação dos Docentes da Unisc (Adunisc), em Santa Cruz do Sul. Houve decoração típica da tradicional comemoração do Dia das Bruxas, apresentações Fotos: Divulgação

musicais, mesa de guloseimas com doces temáticos, salgados e balada com o DJ Samuel, além de performances especiais que contextualizaram a origem do Halloween. Durante a festa, ocorreu um concurso de fantasias. A mais original foi premiada com um semestre gratuito de curso no Centro de Línguas e Culturas da Unisc.

Gastronomia esteve representada na mesa de guloseimas Participantes se caracterizaram conforme o tema da festa

Autográfos na Feira do Livro

Divulgação

Professores que atuam ou atuavam no Serviço de Reabilitação Física da Unisc autografaram o livro Marcas do trabalho em equipe na saúde: formação e atenção. A sessão de autógrafos ocorreu no dia 5 de novembro, às 20h30, na 57ª Feira do Livro de Porto Alegre. O livro é organizado pelas professoras Angela Cristina Ferreira da Silva, Eunice Maria Viccari e Teresinha Eduardes Klafke. Sede da Adunisc ganhou decoração especial de Dia das Bruxas

Disputas beneficiam a nova UTI do Hospital Santa Cruz

Sessão de autógrafos ocorreu na Feira do Livro de Porto Alegre

Mestrado e doutorado em Desenvolvimento Regional Estão abertas, até o dia 23 de novembro, as inscrições para o processo seletivo da turma 2012 do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional - mestrado e doutorado, da Unisc. O programa tem sua concepção alicerçada na interdisciplinaridade, por meio da atividade de pesquisa, debate e reflexão sobre as mudanças econômicas, políticas e culturais no âmbito da esfera estatal e da sociedade civil, suas repercussões no território e no universo material e simbólico das comunidades regionais. O público-alvo são graduados e/ou mestres em diversas áreas do conhecimento, preferencialmente nas áreas de Ciências Humanas e Sociais Aplicadas, interessados na temática do Desenvolvimento Regional. As inscrições podem ser feitas pelo site www.unisc.br/ ppgdr, no qual também podem ser encontradas informações detalhadas sobre a estrutura do curso, o corpo docente e o processo seletivo, assim como orientações para elaboração de anteprojeto de dissertação/tese e sugestões de bibliografias. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 3717-7392.

A coordenação da Liga de Integração do Futebol Amador de Santa Cruz do Sul (Lifasc), em conjunto com os clubes, realizou a cobrança de ingressos na categoria titular na segunda fase da Copa Nova UTI HSC/Taça Arno Mandler, que ocorreu no dia 30 de outubro. Mas foi por uma boa causa, visto que o valor foi revertido para a construção da nova Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Santa Cruz. Segundo o coordenador geral da Lifasc, Inácio Vogt, trata-se de uma iniciativa muito importante. “Levamos esta ideia aos clubes que, no mesmo momento, aprovaram. Estamos levando o nome deste projeto no nosso campeonato e nada mais justo do que darmos uma retribuição ao hospital”, afirmou. A cobrança começou a ser feita apenas na fase de mata-mata no valor de R$ 2,00.

Evento aborda a Propriedade Intelectual na indústria Será realizada, no dia 16 de novembro, a palestra A importância da Propriedade Intelectual para o desenvolvimento da indústria, juntamente com o Comitê Consultivo do Projeto Extensão Industrial Exportadora (Peiex). O evento ocorrerá na sala 5328, bloco 53, às 19h30, no campus da Unisc de Santa Cruz do Sul. O projeto tem o apoio do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) por meio da Agência Brasileira de Promoção de Exportação e Investimentos (Apex-Brasil), Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (Fiergs), entidades setoriais e Unisc. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 37177663, pelo e-mail peiex@unisc.br ou diretamente na Unisc, na sala 201-B, bloco 2.

Novembro

2011

Debate sobre comunicação e turismo A Unisc, por meio dos cursos de Comunicação Social e Turismo, promove, no dia 17 de novembro, a palestra Comunicação e Turismo: Relações Públicas na área hoteleira. A atividade, com ênfase em hotelaria e comunicação organizacional, inicia às 19h30, na sala 5328, e será ministrada pela gerente de eventos do Hotel & Spa do Vinho de Bento Gonçalves, Maria Angélica Dadalt. Formada em Comunicação Social - Habilitação em Relações Públicas pela Universidade Federal do Paraná, também possui experiência em grandes empresas, como Mercure Prinz (Joinville/SC), Prisma Engenharia (Curitiba/PR) e Triton (Curitiba/PR). Além disso, atuou fora do Brasil quando fez intercâmbios nos Estados Unidos (Denver/CO - High School), Itália (Firenze/TO - Estudo Italiano) e França (Bordeux - Treinamento Claudalie). Com inglês fluente e italiano intermediário, veio para o Rio Grande do Sul trabalhar na Vinícola Miolo, onde permaneceu por um ano como assistente de marketing. Além dos estudantes de Comunicação Social e Turismo, o encontro também é aberto aos profissionais da área.

Palestra do Peiex O Projeto Extensão Industrial Exportadora (Peiex) promoveu, no dia 24 de outubro, a palestra Introdução da Empresa ao Sistema Ambiental. O evento, realizado na sala 702, bloco 7, no campus da Unisc de Santa Cruz do Sul, abordou os temas Resíduos, Efluentes, 3R, 5S, Licenças Ambientais, 5W 2H e PDCA. O Peiex tem como objetivo principal a resolução de problemas técnico-gerenciais e tecnológicos e visa incrementar a competitividade e promover a cultura exportadora empresarial nos municípios do Vale do Rio Pardo e das regiões Centro Serra e Central do Rio Grande do Sul.

Movie Session O Centro de Línguas e Culturas (Celinc) promoveu mais uma edição do Movie Session com a exibição do filme Rio. A sessão ocorreu no dia 7 de novembro, na sala de videoconferências da Biblioteca da Unisc, no campus de Santa Cruz. Após o filme, houve atividades com os participantes ministradas pela professora Ângela Rohr.


Jornal da Unisc