Page 1


2

Abril

Geral/Opinião

2017

Jô Nunes

Felipe Nopes

Unisc entrega donativos arrecadados no Trote Solidário

Palavra da Reitoria O tempo parece estar quase sempre apressado. Daqui a poucos dias, já teremos cumprido o primeiro bimestre do ano letivo e sem demora o primeiro semestre fecha suas cortinas. Aproveitemos, pois, cada hora, cada minuto, para construir o nosso saber, ampliar nossas experiências e nos tornar pessoas mais completas, sábias, éticas e capazes de colaborar vivamente na construção de uma sociedade melhor. Da universidade se espera isso: ser fonte de um futuro mais digno, de vidas mais plenas, de corações iluminados. Ainda em fevereiro, recebemos bem mais de mil novos estudantes, que escolheram a Unisc como sua casa de formação. Destacamos os ingressantes nos recém-criados cursos de Biomedicina e Engenharia de Controle e Automação. Que sejam bem-vindos e se sintam totalmente acolhidos por toda a comunidade universitária. Se se depararem com dúvidas, incertezas, desconfortos, perguntem, busquem respostas que certamente existem. Afinal, aqui encontraram um espaço diferente, mas que em nada pode gerar instabilidade ou mal-estar. E se vieram até aqui, é porque acreditam ser lugar capaz de ajudar a construir o seu futuro. A exemplo do que vem acontecendo nos últimos anos, o trote se revestiu de caráter solidário, deixando para trás práticas que não mais se justificam. É da universidade que devem partir exemplos de convivência respeitosa, de recepção sem violência, sem gerar pânico ou constrangimentos. Recepção como a que nos proporcionou a Orquestra da Unisc em mais uma memorável exibição de alegria e sensibilidade que a arte sabe semear em cada coração acolhedor. No ano de 2017, despontam alguns momentos de grande significado para a história da Unisc. A primeira turma do primeiro curso - Ciências Contábeis - festeja 50 anos de sua formatura. Os cursos de Letras e Pedagogia comemoram 50 anos de sua criação, contribuindo com quase seis mil professores formados para o desenvolvimento sobretudo da educação regional. São apenas dois exemplos do extraordinário papel do ensino superior inserido em nossas comunidades com cujo desenvolvimento estamos inteiramente comprometidos. A excelente infraestrutura, o qualificado corpo docente e técnico-administrativo, o grande leque de oportunidades advindo da possibilidade de acessar bolsas, de integrar grupos de pesquisa, a preocupação da Universidade em oferecer ensino de fato superior, tudo isso é importante. E a isso queremos acrescer o desejo de que nesta Instituição as pessoas sejam felizes. Que todos venham às aulas e ao trabalho com alegria e quando retornarem aos seus lares, mesmo cheios de tarefas e desafios, que o mais leve dos pesos seja sua alma satisfeita. *Elenor Schneider, Pró-Reitor de Graduação.

Os alimentos arrecadados pela Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc) durante a realização do Trote Solidário, que promoveu corrida e caminhada noturnas no anel viário da Instituição, foram entregues na segunda-feira, dia 20 de março, ao Banco de Alimentos de Santa Cruz do Sul (Basc). O encontro contou com a presença de representantes da Comissão de Recepção aos Calouros, do Basc e das entidades parceiras. Segundo o pró-reitor de Graduação, Elenor Schneider, todos os anos o Trote Solidário gera uma ação educativa. “Fazemos essa entrega ao Basc com muita alegria. É um serviço da universidade para a comunidade”, salientou. “Estamos muito felizes com o apoio recebido da Unisc. Vamos fazer uma triagem das doações para distribuí-las de forma proporcional a várias entidades”, ressaltou o presidente do Basc, Valdir Bruxel.

Expediente Conselho Editorial

Jornal da Unisc

Reitora: Profª. Carmen Lúcia de Lima Helfer

Órgão Informativo da Universidade de Santa Cruz do Sul,

Vice-Reitor: Prof. Eltor Breunig

entidade filiada ao Consórcio das Universidades Comuni-

Pró-Reitor de Graduação: Prof. Elenor José Schneider

tárias Gaúchas (Comung), ao Conselho de Reitores das

Pró-Reitora de Pesquisa e Pós-Graduação:

Universidades Brasileiras (Crub) e à Associação Brasileira

Profª. Andréia Rosane de Moura Valim

das Universidades Comunitárias (Abruc).

Pró-Reitor de Administração: Prof. Dorivaldo Brites Pró-Reitor de Planejamento e Desenvolvimento

Versão On-line: Bruno Franco e Luiza Rabuski

Institucional: Prof. Marcelino Hoppe

www.unisc.br

Pró-Reitor de Extensão e Relações Comunitárias:

Endereço: Av. Independência, 2293, bloco 3, sala 309.

Prof. Angelo Hoff

Santa Cruz do Sul/RS. CEP: 96.815-900. Telefone: (51) 3717-7466

Jornalistas responsáveis: Josemar Santos, reg. prof. 13.267

Onde encontrar: A Banca, Aquarius Hotel Flat

Felipe Nopes, reg. prof. 12.320

Residence, Biblioteca Municipal, Casa das Artes, Colégio

E-mail: imprensa@unisc.br

Luiz Dourado, Escola Ernesto Alves, Escola Willy Carlos Fröhlich, Escola Goiás, Escola Nossa Sra. do

Projeto Gráfico e Capa: Agência da Casa

Rosário, Hospital Santa Cruz, Iluminura Livraria Café,

Editoração Eletrônica: Assessoria de Imprensa

Shopping Santa Cruz, Agência FGTAS/Sine, Zaffari, Campus de Venâncio Aires, Campus de Sobradinho,

Revisão

Campus de Capão da Canoa, Campus de Montenegro e

Roque Neumann

Campus de Santa Cruz (Centro de Convivência, Clínica de Fisioterapia, Reitoria e blocos 5, 8, 12, 18 e 53).

*Este material é produzido em papel reciclável.


Abril

2017

3

Ensino Engenharia de Produção realiza visita técnica

EGRESSA GANHA PRÊMIO NACIONAL DE ARQUITETURA

Divulgação Divulgação

Graduada em Arquitetura e Urbanismo pela Unisc, no segundo semestre de 2015, Thaís Denise Zatt, de 22 anos, só tem motivos para comemorar. No dia 7 de março de 2017, ela recebeu o prêmio Opera Prima, na categoria Imagine com Vidro, em cerimônia realizada em São Paulo. O reconhecimento resultou do seu Trabalho Final de Graduação (TFG), orientado pela professora Clarissa Robaina Leite, que acompanhou Thaís na premiação. “Este é o maior prêmio que um aluno formando em Arquitetura pode receber. Tive a felicidade de Professora Clarissa Leite e Thaís Zatt ser uma das vencedoras e isso indica que estou no caminho certo, o que me deixa muito feliz. Foi uma honra ter meu nome reconhecido por ícones da arquitetura”, vibra Thaís, que agora cursa a pós-graduação em Sistemas Estruturais, na Unisc. A proposta da estudante foi a maquete de um Museu e Centro de Pesquisas Paleontológicas e Arqueológicas, todo projetado em vidro espelhado, no terreno do histórico aqueduto de Candelária. O Opera Prima, em sua 27ª edição, é um dos concursos mais relevantes da área no país, promovido pelo portal de arquitetura ArcoWeb e patrocinado pela marca de vidros Cebrace. Dos 417 trabalhos inscritos, 25 foram selecionados nas etapas regionais, sendo cinco de cada região do concurso. Destes foram escolhidos, pela Comissão Julgadora Nacional, os cinco vencedores dessa edição.

GAJ atua no Juizado Especial Federal de Santa Cruz do Sul

Divulgação

O Gabinete de Assistência Judiciária (GAJ) da Unisc segue atuando em processos eletrônicos junto ao Juizado Especial Federal (JEF) da Subseção Judiciária de Santa Cruz do Sul. Já foram distribuídas diversas demandas em área cível e previdenciária, tendo sido firmado convênio com a Justiça Federal, em 2014. Serve de exemplo o caso de uma moradora do interior do município de Sinimbu, de iniciais M.S., com 44 anos de idade, que teve o benefício de auxílio-doença negado pelo INSS, embora sendo diagnosticada com transtorno obsessivo compulsivo (TOC). Por intermédio do GAJ, foi ajuizada ação no JEF de Santa Cruz do Sul, onde o juízo deferiu a antecipação dos efeitos da tutela para determinar que o INSS restabelecesse imediatamente o benefício de auxílio-doença e, no mérito, condenou a autarquia a conceder o benefício desde a data de entrada do requerimento, em 8 de junho de 2015, e a pagar valores retroativos. Conforme o coordenador do GAJ, professor Vinícius Ferreira Laner, a competência do JEF leva em conta o valor da causa de até 60 salários mínimos e que tenham como parte ré a União, autarquias, fundações e empresas públicas federais. “A implementação do processo eletrônico contribui à evolução processual. A aplicação atua positivamente à medida que diminui os custos e aumenta a celeridade, sem obstar direitos e garantias individuais e fundamentais”, destacou Laner.

Aula Inaugural do Secretariado Executivo

Nos dias 17 e 18 de março, os alunos do curso de Engenharia de Produção, acompanhados pelo professor Daniel Augusto Hoppe, da disciplina Engenharia do Produto, estiveram nas cidades de Ivoti e Gramado, na serra gaúcha, visitando indústrias do ramo de bebidas. O intuito da viagem foi conhecer parte da cadeia produtiva e debater com os fabricantes os detalhes do processo de concepção e de desenvolvimento de cervejas, cachaças, vinhos e espumantes. No restante do semestre, os alunos irão desenvolver o projeto de uma cerveja, passando pelo levantamento e tratamento de informações de mercado, concebendo soluções para o produto em si, considerando desde o design da embalagem até campanhas de marketing. “Os conhecimentos adquiridos auxiliam na familiarização dos alunos com a engenharia do produto e com os problemas de desenvolvimento e fabricação, gerando oportunidades de debates sobre inovações nesses processos”, salientou o professor Daniel Augusto Hoppe.

Simpósio multidisciplinar discute a obesidade Divulgação

Auditório do Memorial da Unisc sediou o evento

Divulgação

No dia 30 de março, o curso de Secretariado Executivo promoveu a sua Aula Inaugural, tendo como tema Inovação e Internacionalização. O evento contou com as palestras Empreendedorismo e Inovação e Internacionalização e Oportunidades, ministradas, respectivamente, pelo cofundador e diretor de negócios da Tekann Mobile Solutions, Alison Mann, e pela coordenadora da Assessoria para Assuntos Internacionais e Interinstitucionais da Unisc (AAII), Cristiana Mueller. O cofundador e diretor de negócios da Tekann Mobile Solutions, Alison Mann da Tekann Alison Mann, falou sobre sua experiência enquanto empreendedor e vislumbrou as possibilidades de inserção dos estudantes de Secretariado Executivo nas empresas de Tecnologia da Informação (TI). Já a coordenadora da AAII da Unisc, Cristiana Mueller, abordou a importância de um intercâmbio na vida dos acadêmicos de Secretariado Executivo, bem como das oportunidades oferecidas pela Universidade. A valorização dos profissionais que possuem aprofundados conhecimentos em uma segunda língua esteve também em discussão. “Foi um evento sensacional, pois tratamos de assuntos atuais e fundamentais para a vida acadêmica, profissional e pessoal dos estudantes. Contamos ainda com a presença de palestrantes que trouxeram vivências profissionais muito interessantes e que podem servir de modelo para todos”, destacou a coordenadora do curso de Secretariado Executivo, Andréa Aparecida Konzen.

Foi realizado no dia 13 de março, no auditório do Memorial da Unisc, o 2º Simpósio Multidisciplinar sobre Obesidade, organizado pelo curso de Medicina. Essa edição teve como tema Quando a obesidade se torna um problema de saúde? e objetivou a reunião de públicos de diversas áreas de interesse no assunto e da comunidade em geral. A Obesidade Mórbida foi o assunto tratado na palestra de abertura, proferida pelo professor, cirurgião geral, pesquisador na área e coordenador da Liga Acadêmica de Cirurgia Geral do curso de Medicina, Rafael Antoniazzi Abaid. Na sequência, profissionais de diferentes áreas, como Endocrinologia, Psicologia, Nutrição e Cirurgia expressaram seus pontos de vista sobre o tema. De acordo com o professor Rafael Antoniazzi, a obesidade é uma epidemia que vem crescendo a cada ano. “Mais da metade da população está acima do peso. Aproximadamente, um em cada cinco brasileiros é obeso nos dias atuais. Essa doença está relacionada com outras patologias crônicas, como cardiovasculares, diabetes, hipertensão e câncer. Tais enfermidades respondem por 72% das mortes no país”, alertou.


4 3ª Semana de Estudos Acadêmicos

Juremir Machado da Silva participa do Conversas sobre leitura Numa promoção do Programa de Pós-Graduação em Letras - Mestrado e Doutorado, foi realizado no dia 28 de março, na sala 1006, bloco 10, mais uma edição do Conversas sobre leitura. O convidado para essa edição foi o escritor, jornalista e professor, Juremir Machado da Silva. O tema do encontro voltado a toda a comunidade acadêmica, com prioridade para os mestrandos e doutorandos do Programa, foi Natureza e cultura: do campo à biblioteca. A iniciativa acontece desde 2007, quando se chamava Encontros de Leitura e Cognição. De 2009 a 2011, passou a ser identificado como Livros e Leitura. A partir de 2012, o bate-papo mudou para o atual nome. Ele ocorre uma vez por mês, geralmente na última segunda-feira, dependendo da agenda do convidado.

Clínica de Fisioterapia A Clínica de Fisioterapia da Unisc atende pacientes com alterações ortopédicas, traumatológicas, neurológicas, uroginecológicas, reumatológicas, cardiorrespiratórias e dermato-funcional. Através da Fisiounisc, o curso de Fisioterapia e a Unisc, como Instituição, oferecem um importante serviço à comunidade regional. Os atendimentos são prestados mediante agendamento pelo telefone (51) 3717-7538.

Professores da Escola Educar-se participam de evento voltado a práticas filosóficas com as crianças No dia 23 de março, nas salas 1001 e 1002, bloco 10, alguns professores da Escola de Educação Básica Educar-se foram convidados para participar do Seminário Especial no Programa de Pós-graduação em Educação que teve como palestrante o professor do Núcleo de Estudos de Filosofias e Infâncias (NEFI) da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Walter Kohan (foto). Entre as questões que foram expostas, o professor apresentou seu projeto de extensão Filosofia com crianças. Por ser uma instituição que acredita no sujeito pensante, ativo e crítico, o objetivo do encontro foi propor uma reflexão com os professores e, assim, planejar ações e vivências dentro da Escola. O evento foi organizado pelo grupo de pesquisa Estudos Poéticos: Educação, Linguagem e Infâncias da Unisc.

Unisc sedia o Seminário Planejamento Municipal e Integração Regional

Divulgação

Volta às aulas na Unisc Montenegro Fotos: Divulgação

Felipe Nopes

Na tarde do dia 16 de março, ocorreu no auditório do Memorial da Unisc o Seminário Planejamento Municipal e Integração Regional, promovido pelo Tribunal de Contas do Rio Grande do Sul (TCE-RS), por meio da Escola Superior de Gestão e Controle Francisco Juruena. A programação contou com as palestras Programa de Gestão de Qualidade Municipal (PGQM), da Prefeitura Municipal de Santa Cruz do Sul; Planejamento Estratégico e Programa da Qualidade no TCE/RS; e Planejamento Estratégico de Desenvolvimento da Região Funcional 2, encerrando com um debate. O evento envolveu prefeitos, secretários municipais e técnicos que atuam nas áreas de planejamento e administração dos munícipios da região dos Vales do Rio Pardo e Taquari, além da comunidade acadêmica. O seminário foi realizado com a parceria do Conselho Regional de Desenvolvimento do Vale do Rio Pardo (Corede/VRP), do Conselho de Desenvolvimento do Vale do Taquari (Codevat) e do Núcleo de Gestão Pública da Unisc.

Para marcar o início do ano letivo, a Unisc de Montenegro realizou, no dia 30 de março, um evento de volta às aulas. A ação contou com a participação de estudantes e de professores dos cinco cursos de graduação do campus – Administração, Ciências Contábeis, Educação Física, Sistemas para Internet e Análise e Desenvolvimento de Sistemas –, além dos funcionários da Instituição. Houve distribuição de cachorroquente e de refrigerante aos alunos, tendo a música ficado por conta de Douglas Alves.

2017

Conversando sobre Turismo

Divulgação

Estão abertas, até o dia 11 de maio, as inscrições para o curso de extensão 3ª Semana de Estudos Acadêmicos – Curso de Direito, voltado para estudantes e público em geral. O objetivo é contribuir na formação dos acadêmicos de Direito com a promoção de um conjunto de palestras e de debates sobre temas atuais. O curso ocorrerá de 15 a 19 de maio, no Auditório Central da Unisc, em Santa Cruz do Sul. Valor por participante: R$ 20,00, até o dia 24 de abril, e R$ 30,00, de 25 de abril a 11 de maio. Os interessados devem se inscrever pelo site www.unisc.br, no link Extensão – Eventos.

Abril

360°

O curso de Turismo da Unisc, com apoio do Sebrae e da Amigos da Praça do Chafariz (Apriz), trouxe novamente a Santa Cruz do Sul a turismóloga e consultora em turismo, Ivane Fávero, para a primeira edição de 2017 do projeto Conversando sobre Turismo. O evento ocorreu no dia 31 de março, na sala 101, bloco 1 da Unisc. O tema da palestra foi Inovação e Criatividade no Turismo. Ivane é especialista em Gerenciamento do Desenvolvimento Turístico pela Universidade de Caxias do Sul (UCS) e em Gestão Pública Municipal pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs) e mestre em Turismo pela UCS. Foi secretária de Turismo dos municípios de Bento Gonçalves e de Garibaldi. Atuou como gestora de Turismo do Sebrae Serra Gaúcha e consultora do Sebrae Brasil e do Instituto Marca Brasil, junto ao Ministério do Turismo. Autora do livro Políticas do Turismo – planejamento na Região Uva e Vinho, é também vice-presidente para a América Latina da Associação Internacional de Enoturismo e consultora na área do Turismo. A palestrante é a idealizadora do evento Garibaldi Vintage, que reúne exposição de carros antigos, restaurantes e vinícolas locais em uma rua histórica da cidade que fica lotada de pessoas com trajes que remetem aos anos de 1920 a 1960.

Encontro entre universidades Com o intuito de aproximar as instituições brasileiras das organizações participantes da feira de intercâmbio Expo Educação Austrália e Nova Zelândia, a LAE – Educação Internacional promoveu, no dia 23 de março, na Associação Leopoldina Juvenil, em Porto Alegre, um café da manhã entre as universidades. O evento contou com a participação de instituições gaúchas, dentre elas a Unisc, representada pelos integrantes da Assessoria para Assuntos Internacionais e Interinstitucionais (AAII), a coordenadora Cristiana Mueller e André Maurer. Primeira a receber a feira, a cidade de Porto Alegre teve 15 representantes das maiores universidades da Oceania, entre elas aquelas que fazem parte do G8, grupo formado pelas melhores universidades da Austrália.


Abril

2017

5

Geral

APESC COMEMORA 55 ANOS Éverton Teixeira

A Associação Pró-Ensino em Santa Cruz do Sul (Apesc) completou, no dia 17 de março, 55 anos de atuação. No início da década de 60, a comunidade santa-cruzense se mobilizou e uniu esforços para implantar o ensino superior na região. Assim, em março de 1962, era fundada a Apesc, Instituição sem fins lucrativos, integrada por entidades representativas da comunidade: sociedades escolares e religiosas, associações empresariais e profissionais, sindicatos, empresas de comunicação e clubes de serviço. O engajamento da Apesc com a sociedade, atualmente, se concretiza por meio das ações desenvolvidas pelas suas quatro instituições mantidas: a Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc), a Escola de Educação Básica Educar-se, o Centro de Educação Profissional da Unisc (Cepru) e o Hospital Santa Cruz (HSC), buscando sempre direcionar seus esforços para o desenvolvimento da região do Vale do Rio Pardo e das demais áreas onde atua. Em junho de 1993, a Universidade de Santa Cruz do Sul foi reconhecida, concretizando-se, assim, a grande meta da Apesc com relação ao ensino superior na região. Hoje, a Unisc conta com 13 mil alunos, oferecendo 55 cursos de graduação, dezenas de especializações, oito mestrados e cinco doutorados. Desde 1998, a Unisc oferece cursos em diversos municípios, com campi em Santa Cruz do Sul, Capão da Canoa, Montenegro, Sobradinho e Venâncio Aires. Em 2003, a Apesc passou a atuar na área da saúde, com a aquisição do Hospital Santa Cruz, maior casa de saúde da região. Sempre atenta ao seu compromisso com a melhoria da qualidade de vida da população, a Apesc orgulha-se de ser uma entidade comunitária de referência nacional, título a que faz jus pelo trabalho sério que vem realizando ao longo das mais de cinco décadas, com qualidade, compromisso social e humanismo, na busca da justiça e da dignidade humana. Ver a Apesc chegar aos 55 anos é motivo de grande orgulho para todos que trabalharam e trabalham por ela e também é motivo de orgulho para a comunidade santa-cruzense e gaúcha. A Instituição enfrentou dificuldades, mas manteve um crescimento contínuo, superando as expectativas do momento de sua criação. “Por toda essa trajetória de superação e de conquistas, a entidade muito tem a agradecer a todos que fizeram parte dessa história ao longo dessas mais de cinco décadas e, singelamente, manifesta o reconhecimento a todos aqueles que, de uma forma ou de outra, colaboraram para a sua consolidação, constituindo-se no que é hoje: uma instituição reconhecida e respeitada nacionalmente pelos serviços que presta através de suas mantidas”, enfatizou a presidente da Apesc e reitora da Unisc, Carmen Lúcia de Lima Helfer.

Técnico em Recursos Humanos é o novo curso oferecido pelo Cepru O Centro de Educação Profissional da Unisc (Cepru) está com inscrições abertas, até dia 24 de abril, para o novo curso Técnico em Recursos Humanos, podendo ser feitas no site www.unisc.br ou diretamente na Central de Atendimento da Unisc, no bloco 5, sala 513. A taxa de inscrição é de R$ 30. O curso Técnico em Recursos Humanos visa capacitar o estudante a atuar no apoio à gestão superior das organizações, no âmbito da gestão de pessoas, com visão sistêmica de um setor de recursos humanos, em empresas e instituições públicas e privadas, do comércio, da indústria e de serviços. As aulas presenciais noturnas ocorrem de segunda a sexta-feira no primeiro semestre deste ano, e em quatro dias semanais a partir do segundo semestre, com carga horária de 800 horas e duração de 27 meses. “Estudantes do primeiro ano do Ensino Médio também podem realizar o curso, desde que, para isso, apresentem comprovante de matrícula e frequência. Para os demais, é necessária a apresentação do certificado de conclusão”, lembrou o coordenador do curso, Julian Israel Lima. O Técnico em Recursos Humanos é habilitado a elaborar documentações administrativas, apurar e aferir frequência de funcionários, benefícios, férias, afastamentos, contratações, folha de pagamentos, entre outras rotinas trabalhistas. Além disso, pode exercer atividades de planejamento, organização e execução de programas de capacitação e desenvolvimento de pessoal, bem como de processos de recrutamento e seleção.

Professor da Comunicação tem tese indicada ao Prêmio Compós

Divulgação

Divulgação

Mestres em Direito são titulados no Ceará O Programa de Pós-Graduação em Direito (PPGD) da Unisc está titulando os alunos da turma de mestrado oferecida no Ceará. Trata-se do final das atividades do Mestrado Interinstitucional (Minter) que o PPGD realizou em parceria com a Universidade Regional do Cariri (Urca). A aulas iniciaram em abril de 2015, com 30 alunos, e o curso foi encerrado em março de Curso foi realizado em parceria entre PPGD e Urca 2017, com as defesas de dissertações dos mestrandos. A oferta de mestrados e de doutorados interinstitucionais é regulada pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), que visa oportunizar o acesso à pós-graduação a alunos que estão em regiões do país onde esse nível de ensino é raro ou inexistente. No caso da Urca, a instituição está localizada na região do Cariri, na cidade de Crato, com aproximadamente 120 mil habitantes. Para o bacharel em Direito pela Urca, professor e coordenador do curso de Direito da Faculdade Paraíso do Ceará (FAP-CE) e mestrando do Minter, Giácomo Farias, a Unisc fez uma grande diferença no seu processo de titulação. “Se não fosse pela Instituição, eu teria que deixar minha família e minha profissão para buscar, em grandes centros urbanos, um curso de mestrado. Não há dúvida de que a Unisc cumpriu com sua missão de socializar o conhecimento, visando à formação de cidadãos livres, capazes e solidários”, destaca. A coordenadora do PPGD da Unisc, Marli Marlene Moraes da Costa, observa que foram muitos os ensinamentos durante os dois anos de atuação no Ceará. “A nossa experiência com a realização do Minter no Cariri foi maravilhosa. A boa vontade das pessoas que nos receberam, o entusiasmo dos alunos, a acolhida carinhosa dos gestores, dos docentes e dos discentes da Urca contribuíram muito para o resultado positivo do programa”, ressalta.

Pétalas lançadas de helicóptero por familiares das vítimas da tragédia O professor do Departamento de Comunicação Social da Unisc, Bruno Kegler, teve a sua tese indicada pelo Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Informação (Ufrgs) ao Prêmio Compós 2017. O estudo intitulado Redes de comunicação pública, visibilidade e permanência do acontecimento público Tragédia Kiss (Santa Maria, Brasil, 2013), foi orientado pela professora Maria Helena Weber (Ufrgs) e defendido em 31 de maio de 2016. Anualmente, os Programas de pós-graduação indicam à Diretoria da Compós (Associação Nacional dos Programas de Pós-Graduação em Comunicação) uma tese e uma dissertação que julgam mais representativas da produção discente. O Prêmio Compós de Teses e Dissertações Eduardo Peñuela busca incentivar a qualidade da produção científica e proporcionar visibilidade a essa produção. Neste ano, a premiação ocorre em São Paulo, de 6 a 9 de junho. Bruno Kegler é graduado em Comunicação Social - Publicidade e Propaganda (UFSM) e atua na Unisc desde 2013, especialmente nos cursos de Jornalismo, Publicidade e Propaganda, Relações Públicas e Produção em Mídia Audiovisual.


6

Abril 2017

Geral

AULA INAUGURAL INTEGRADA ABORDA CENÁRIOS ECONÔMICOS Felipe Nopes

Antonio Fraquelli ministrou palestra no Auditório Central da Unisc O economista, advogado, pesquisador e professor aposentado da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs), Antonio Carlos Fraquelli, foi o palestrante da Aula Inaugural Integrada dos cursos de Administração e de Ciências Contábeis, realizada na noite do dia 21 de março, no Auditório Central da Unisc. Fraquelli abordou o tema Cenários Econômicos, os quais são compostos por três dimensões: política, econômica e administrativa. Para falar sobre o assunto, dividiu a palestra em dois momentos: no primeiro, apresentou o cenário internacional, e, no segundo, o cenário nacional. Segundo Fraquelli, a economia americana está em fase de aceleração, enquanto a do Japão passa por um momento de desaceleração e a da União Europeia se mantém estabilizada. “Vejo que o Brasil está retomando o crescimento econômico e estamos saindo da recessão. Porém, a grande barreira para o país é a crise política. Ela tolhe o presidente para tomar certas medidas econômicas, por exemplo”, apontou. Apesar das dificuldades enfrentadas, Fraquelli acredita que a economia brasileira crescerá 0,5% este ano e 1,5% em 2018.

Divulgação

Naac participa de colóquio de pesquisas sobre deficiência A coordenadora do Núcleo de Apoio Acadêmico (Naac), Raquel Ribas Fialho, participou do 3º Colóquio Franco-latino-americano de Pesquisas sobre Deficiência, realizado de 9 a 11 de março, na Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), em Porto Alegre. A promoção foi da Escola de Humanidades da PUC-RS; da Fundação de ArticuRaquel Ribas Fialho na PUC-RS, em Porto Alegre lação e Desenvolvimento de Políticas Públicas para Pessoas com Deficiência e Altas Habilidades do Rio Grande do Sul (Faders); do Instituto Nacional Superior de Formação e de Pesquisa para a Educação dos Jovens Deficientes e dos Ensinamentos Adaptados (INS HEA), de Paris; do Programa Deficiências e Sociedade da Escola dos Altos Estudos de Paris (Ehess); e da Société Européenne de Recherche sur le Handicap (Société Alter), com apoio da Universidade Estadual do Rio Grande do Sul (Uergs), do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense (IFSul) e da Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos). O tema central dessa edição do colóquio foi Igualdade de direitos e acesso a uma vida digna: desafios e controvérsias na questão social da deficiência. O evento deu ênfase à troca de vivências e de estudos, como reforço no desenvolvimento para sustentação e ampliação de políticas de inclusão de pessoas com deficiência, acessibilidade (desenho universal) e, consequentemente, responsabilidade social, cidadania e dignidade. Segundo Raquel, “o colóquio trouxe mostras de que nossas ações na Unisc caminham para o melhor atendimento e a consideração das diferenças existentes, reforçando a necessidade de efetivarmos, cada vez mais, mecanismos que possibilitem a igualdade nas condições de acesso e de permanência no ensino superior”, salientou.

Leis de incentivos fiscais federais e projetos da Apesc Os mecanismos de incentivos fiscais existem no Brasil há mais de duas décadas, permitindo que pessoas jurídicas e físicas destinem percentuais de seus impostos, que seriam pagos ao governo, a projetos que beneficiem a comunidade. O Poder Público deixa de arrecadar parte de recursos para incentivar projetos sociais, culturais, educacionais e esportivos. A participação nos diversos mecanismos de incentivos é uma decisão facultativa de cada empresa e pessoa física. É importante obter conhecimento sobre a legislação que rege cada mecanismo, para, assim, optar pela melhor escolha e fazer com que o recurso seja destinado a projetos que atendam às necessidades da comunidade. São exemplos desses projetos: shows musicais, espetáculos de dança, de teatro, programas de esporte para crianças e adolescentes que se encontram em vulnerabilidade social, projetos que preveem aquisição de livros para bibliotecas, preservação e restauração de prédios históricos e construção de Centros Culturais, entre várias outras áreas determinadas por cada mecanismo. Para utilizar os incentivos fiscais federais, as empresas precisam necessariamente ser tributadas com base no lucro real. A empresa que recolher impostos por lucro presumido ou que for optante do Simples Nacional não poderá usufruir do mecanismo. A Lei Federal de Incentivo à Cultura, ou Lei Rouanet, nº 8.313, de 23 de dezembro de 1991, é uma das leis mais utilizadas pelas empresas em todo Brasil. Toda empresa tributada com base no lucro real pode destinar até 4% do seu imposto de renda devido a um projeto cultural e obter dedução total desse valor no imposto de renda (artigo 18) ou dedução parcial (artigo 26). Determina o artigo 18 que as pessoas jurídicas podem abater 100% no imposto a ser pago, enquanto, em projetos enquadrados no artigo 26, o abatimento no imposto a pagar é de apenas 40% do valor da doação, podendo, porém, considerar 100% do valor aplicado como dedutível na despesa operacional, aumentando, desse modo, seu incentivo em até 25%. Pessoas físicas também podem fazer doações através da Lei Rouanet para projetos culturais, enquadrando-se nos artigos 18 e 26. Para tanto, é necessário que a Declaração Anual de Imposto de Renda seja feita pelo modelo completo, que permite ao doador destinar até 6% do imposto de renda devido a projetos culturais. A pessoa física que optar por apoiar um projeto aprovado nos termos do artigo 18 poderá abater 100% do valor doado, e, em relação ao artigo 26, é possível que o doador deduza 80% do valor doado. A Apesc também desenvolve projetos aprovados pela Lei Rouanet e pela Lei de Incentivo ao Esporte e atualmente está em execução o segundo projeto da Orquestra, que prevê 11 apresentações na região. O projeto Cestinha também recebe recursos através do Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (FMDCA). Em Santa Cruz do Sul, o Comdica é o órgão responsável pela aprovação e destinação dos recursos que são obtidos de doações de Imposto de Renda, através do FMDCA. Dessa maneira, aproveitando o período de realização da Declaração de Imposto de Renda, convidamos a comunidade acadêmica a destinar parte do seu imposto ao Projeto Cestinha. Para obter outras informações e orientações, contate o Escritório de Projetos, pelo telefone (51) 3717-7316, com Rosane Weiss. *Rosane Weiss, Escritório de Projetos - Proplan


Abril 2017

7

Fora de sede Educação Física realiza aula inaugural em Montenegro

GRUPO DE ESTUDOS DE DIREITO CIVIL EM VENÂNCIO AIRES

Divulgação

Divulgação

O Grupo de Estudos em Direito Grupo no início das atividades de 2017 Civil, liderado pelo professor Luiz Gonzaga Silva Adolfo, iniciou os trabalhos no dia 10 de março. Neste semestre, o objetivo será discutir temas relacionados à constitucionalização do Direito Civil, por meio da leitura de artigos de pesquisadores da área. Serão seis encontros, sempre às sextas-feiras, das 18h às 18h45. 32 alunos estão inscritos para essa edição, que é a terceira semestral do Grupo. Os acadêmicos participantes de ao menos cinco reuniões vão receber um certificado equivalente a 10 horas, que poderão ser utilizadas no núcleo flexível. “É muito importante a participação dos alunos no Grupo, pois une ensino, pesquisa e extensão”, enfatizou o coordenador do curso de Direito, Vinicius D´Andrea de Medeiros. O segundo encontro do Grupo vai ocorrer no dia 24 de março, com o tema Estatuto da Cidade e o Novo Código de Processo Civil: primeiras considerações sobre o impacto e a simbiose dos diplomas, de Rodrigo Mazzei e Bruno Pereira Marques. No dia 7 de abril, a pauta será o Estado da arte, riscos do desenvolvimento e a proteção do consumidor frente às incertezas contidas no porvir, de Marcos Catalan. Em 28 de abril, a matéria tratada será Audiência pública na Justiça do Trabalho: uma proposta teóricoprática de inspiração romanista junto aos magistrados do Tribunal Regional do Trabalho da 12° Região no Brasil, escrito por José Isaac Pilati. O Direito das Famílias e a crise da autonomia do Direto no horizonte humano e cultural da pós-modernidade, de Lucas Abreu Barroso, será o objeto de discussão do quinto encontro, no dia 12 de maio. Já no dia 2 de junho, o texto É possível uma responsabilidade civil sem dano, de Bruno Leonardo Câmara, pautará os debates. O encontro marcará o término dos trabalhos do Grupo de Estudos em Direito Civil neste semestre.

Divulgação

Estudantes dos cursos de Administração, acompanhados pelo professor Leon Faller, e de Ciências Contábeis, acompanhados pela professora Clari Schuh, ambos da Unisc de Montenegro, estiveram, no dia 23 de março, no Grêmio Gaúcho para assistir à peça teatral Qual vai ser?, promovida pela Fundação Sicredi e pelo Ministério da Cultura. O espetáculo abordou temas como educação financeira, consumo consciente, empreendedorismo e cooperativismo. Qual vai ser? é um projeto itinerante com apresentações gratuitas à comunidade. Sucesso de público e de crítica em sua primeira edição, a peça teve, em 2015, abrangência de oito estados e 92 municípios, atraindo mais de 28 mil pessoas.

Reforma da previdência em debate na Unisc Venâncio Aires

Divulgação

Foi realizada no dia 13 de março a Aula Inaugural do curso de Direito da Unisc Venâncio Aires, atividade que marcou o início do primeiro semestre de 2017. O auditório do campus sediou uma palestra ministrada pelo advogado e especialista em Direito Previdenciário, Alexandre Triches, com o tema A Reforma da Previdência e seus Reflexos. O evento contou com a presença de acadêmicos e docentes do curso. Também participaram da atividade o presidente da Subseção da OAB de Venâncio Aires, Marcos Thiel; a coordenadora da Unisc Venâncio Aires, Andréia Haas; a vereadora Sandra Wagner; e o suplente de vereador Nestor de Azevedo. “A atividade foi de suma importância, porque vários pontos acerca do tema em discussão foram levantados, o que proporcionou um rico debate entre os convidados e os acadêmicos. Esse assunto é atual e impacta diretamente na vida de todos nós”, afirmou o coordenador do curso, Vinícius Medeiros.

Curso de Administração promove Aula Magna Divulgação

Acadêmicos da Unisc Montenegro assistem à peça teatral

O curso de Educação Física da Unisc de Montenegro promoveu a sua aula inaugural no dia 7 de março, no campus universitário. A coordenadora do curso, professora Úrsula Müller, deu as boas-vindas aos estudantes, que receberam informações sobre o Diretório Acadêmico (DA), a formatura da primeira turma de Educação Física da Unisc de Montenegro e as horas do núcleo flexível. Em seguida, ocorreu uma palestra sobre Educação Ambiental, ministrada pela professora e engenheira química de Montenegro, Cristina Varisco, seguida pelo professor Everton Deiques, que assumiu a Delegacia do Rio Grande do Sul no início de 2015. Ele falou sobre o projeto que desenvolve, intitulado Professores de Educação Física sem Fronteiras da FIEP-RS, o qual faz parte de um trabalho da Fédération Internationale de Education Phisyque (FIEP).

O curso de Administração, em parceria com o curso de Ciências Contábeis, ambos da Unisc de Montenegro, promoveu nesta quartafeira, dia 5 de abril, Aula Magna com a palestra Admirável Mundo Novo: a economia da 4ª Revolução Industrial, ministrada pelo presidente da WayToGrow, Ronaldo Aloise Júnior. O palestrante é engenheiro mecânico e pós-graduado em Engenharia de Software e Fontes Alternativas de Energia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs). Atuou como diretor de empresas como HP, Dell e Datacom. Na indústria de semicondutores, foi diretor da Intel no Brasil e CEO da HT-Micron, onde coordenou a construção de uma fábrica de semicondutores na área de sistemas. Possui mais de 35 anos de experiência em empresas nacionais e multinacionais na área de Tecnologia da Informação e Telecom, além de extenso currículo de trabalhos na iniciativa privada. A Aula Magna também contou com a presença do administrador, diretor e sócio do Instituto Brasileiro de Meritocracia (IBMérito), Antônio Silvano Szezecinski. Segundo a coordenadora do curso de Administração da Unisc de Montenegro, professora Ione Sardão da Silva, o evento atingiu seus objetivos. “Não só pela integração entre os cursos, mas também pela participação de docentes e de alunos presentes no campus, proporcionando a apresentação e a discussão de temas na área de gestão dos negócios, como terceirização, meritocracia, ética e sua relação com a tecnologia, entre outros”, salientou.


8

Institucional

Josemar Santos

Josemar Santos

APLICATIVO MINHAS TURMAS OTIMIZA A ROTINA ACADÊMICA

Abril 2017

Show de volta às aulas Fotos: Desirê Allram

Equipe do Setor de Informática

Desde o começo deste semestre, a Unisc disponibiliza aos seus alunos e professores o aplicativo Minhas Turmas. O app pode ser baixado na Google Play e na Apple Store. Mais de 5,6 mil acadêmicos já utilizam o serviço. Criado pela equipe de funcionários do setor de informática da Instituição, o aplicativo visa integrar e centralizar informações de vários serviços para alunos e professores no ambiente on-line. Além disso, intenciona-se reduzir a quantidade de impressões e auxiliar o estudante na organização da sua rotina universitária com informações importantes, como dia, local e conteúdo das disciplinas, assim como mantê-lo ciente de sua regularidade e simplificar o acesso aos serviços virtuais da biblioteca. O aplicativo segue em desenvolvimento, com constantes atualizações das funcionalidades implementadas. Outros serviços estão em fase de análise para serem oferecidos, como a integração do Minhas Turmas com o sistema EaD, com base nas sugestões feitas pelos acadêmicos. A estudante do sétimo semestre de Direito, Chaiene Meira de Oliveira, utiliza o aplicativo diariamente. “É uma ferramenta muito importante para o monitoramento da sua assiduidade, pois facilita o acesso aos planos de ensino das disciplinas matriculadas e é mais rápida do que o sistema EaD”, salientou. Já a professora do Departamento de Letras, Ana Cláudia Munari, afirma que utiliza o Minhas Turmas especialmente para a realização da chamada. “Trata-se de uma ferramenta de extrema praticidade, visto que o acompanhamento das presenças dos acadêmicos durante as aulas pode ser feito em tempo real e de forma totalmente digital”, revelou. Para instalar o aplicativo, o aluno pode acessar o link http://bit.ly/minhasTurmas pelo celular, que vai redirecioná-lo para a loja específica do sistema operacional do aparelho. Caso o acesso ocorra pelo computador, os respectivos links serão mostrados. A equipe do Setor de Informática explica que as marcas do Minhas Turmas são a função intuitiva e a simplicidade em seu uso. Há um tutorial de instrução destinado aos professores no aplicativo. Docentes e discentes utilizam o mesmo aplicativo. As diferenças estão na interface e nas funcionalidades para cada perfil de usuário. A equipe do Setor de Informática da Unisc enfatiza que foi feita a opção pelo desenvolvimento de um aplicativo pequeno, mas que fosse capaz de impactar positivamente no dia a dia dos estudantes e dos professores. Ao mesmo tempo, novas funcionalidades podem ser implementadas no Minhas Turmas ou até em outros aplicativos separados para uso específico, visto que um app grande e pesado é incapaz de agregar tanto quanto outros menores, mas focados em suprir as necessidades dos usuários. “Estamos recebendo muitos retornos positivos dos usuários e críticas construtivas sobre o aplicativo, o que nos deixa bastante felizes com o resultado. Nós comemoramos esses feedbacks, pois são um incentivo para o desenvolvimento de mais aplicativos de qualidade”, ressaltaram os integrantes da equipe do Setor de Informática da Unisc.

Reitora da Unisc participa de solenidade em universidade de Porto Alegre Luciano Valério

A reitora da Unisc, Carmen Lúcia de Lima Helfer, participou, como representante do Consórcio das Universidades Comunitárias Gaúchas (Comung), da cerimônia de posse da reitora da Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (UFCSPA), Lucia Campos Pellanda, e dos novos membros da reitoria. O evento ocorreu no dia 30 de março, no salão nobre da UFCSPA, e reuniu alunos, professores, técnicos Carmen Lúcia (de vestido azul) representou o Comung administrativos, terceirizados, autoridades e convidados. Após a solenidade, houve uma comemoração por adesão realizada no Clube do Comércio.

O estacionamento do Memorial da Universidade foi palco para a realização do show de volta às aulas, que este ano teve como atração o Concerto de Rock apresentado pela Orquestra da Unisc. O evento ocorreu no dia 22 de março, no turno da noite, e atraiu um grande público ao local. O repertório do espetáculo contou com canções das bandas The Doors, Creedence, The Beatles, Rolling Stones, Queen, Metallica, Pink Floyd, Guns N’ Roses, Black Sabath, U2 e Legião Urbana, assim como dos cantores Cazuza e Raul Seixas.

Novo serviço de acesso ao sistema da Biblioteca A Unisc disponibiliza à comunidade acadêmica mais uma ferramenta para facilitar o acesso ao sistema da Biblioteca de forma mais rápida e prática, agora por meio de smartphones e de tablets. Com o novo serviço, é possível fazer consulta ao acervo, renovações e verificar reservas de obras, tanto da Biblioteca Central, no campus de Santa Cruz do Sul, quanto nas bibliotecas dos campi de Venâncio Aires, Sobradinho, Capão da Canoa e Montenegro. A ferramenta é baseada no software de gerenciamento da Biblioteca (Pergamum), tendo sido desenvolvida pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR). Para utilizá-la, basta acessar de um smartphone ou tablet o link http://biblio.unisc.br/mobile.


Abril 2017

9

Geral

DOCENTES VINDOS DA ARGENTINA VISITAM A UNISC Felipe Nopes

A reitora Carmen Lúcia de Lima Helfer recebeu, no dia 22 de março, na sala de reuniões do gabinete da Reitoria, dois professores da Universidade Tecnológica Nacional (UTN), da Argentina, Hugo Gorgone e Guillermo Guillen. A visita, intermediada pela Assessoria para Assuntos Internacionais e Interinstitucionais (AAII) da Unisc, também contou com a presença do pró-reitor de Planejamento e Desenvolvimento Institucional, Marcelino Hoppe, e da coordenadora da AAII, Professores (à esquerda) foram recebidos na Reitoria Cristiana Mueller. A vinda dos docentes teve por objetivos dar continuidade à parceria interinstitucional; reforçar o acordo e os convênios com os cursos de Engenharia; tratar sobre a viagem do curso de Ciências Contábeis, que ocorrerá no mês de maio; e organizar atividades junto ao curso de Administração. “Não só entre os alunos, mas também entre os professores a troca de experiências é fundamental, pois internacionaliza muito a Universidade. Reforçamos que outras atividades são bem-vindas e a Unisc é parceira”, ressaltou a reitora. No dia seguinte, 23 de março, pela manhã, os docentes argentinos tiveram encontro com os professores do curso de Ciências Contábeis, Márcia Frey e Renê Seibert. Já à tarde, ocorreu uma reunião com os professores do curso de Administração, Vanderlei Becker Ribeiro e Carlos Moyano. Hugo Gorgone atua na coordenação do Centro Tecnológico de Desenvolvimento Regional Los Reyunos, em San Rafael, e Guillermo Guillen é secretário de Extensão Universitária da UTN, na Facultad de San Rafael.

Projeto Correio do Lino beneficia crianças da Pediatria do Hospital Santa Cruz Divulgação

Depois da revitalização do setor da Pediatria no Hospital Santa Cruz (HSC) e da invasão do Lino e de sua turma como nova identidade visual da unidade, surge o Correio do Lino, resultado de um projeto das alunas do curso de Comunicação Social - habilitação Relações Públicas da Unisc, Luiza Klein, Ana Paula Grasel, Natielli Quoos e Camila Roos, realizado durante as aulas da disciplina de Campanha de Relações Públicas. “Nessa disciplina temos que escolher uma causa e criar uma campanha interna e externa. Optamos por trabalhar com a Pediatria, tendo a primeira campanha que planejamos e desenvolvemos sido a interna, que se intitulou Correio do Lino”, disse Luiza. No dia 25 de março, uma das alunas se caracterizou de carteiro e distribuiu cartinhas do personagem para as crianças internadas, incentivando-as a escreverem Alunas de RP idealizaram o projeto e/ou desenharem para o Lino em uma folha em branco que também foi entregue. Para que as crianças se sintam especiais, suas cartinhas serão respondidas individualmente por alunos bolsistas do curso de Pedagogia da Unisc e entregues no leito em que estão internadas ou, ainda, caso já tenham recebido alta, serão enviadas para suas casas. O objetivo é que cada semana alguém se caracterize de carteiro do Lino e faça a ação. Na mesma data, foi realizada uma capacitação com os funcionários presentes para que eles dessem continuidade à ação após o término do trabalho das alunas. “O Correio do Lino surgiu para dar continuidade ao projeto de revitalização da Pediatria e para fortalecêlo junto ao público interno. A campanha irá proporcionar um momento lúdico, de descontração e de criatividade para as crianças, fazendo com que uma relação entre elas e o personagem Lino seja criada”, explicou Luiza. Conforme a estudante, o trabalho também busca auxiliar as crianças a esquecerem, mesmo que por alguns instantes, o motivo que as faz estarem ali, minimizando os efeitos negativos que a internação causa. A nova identidade visual da Pediatria, inaugurada no final de 2016 com a temática dos livros do Lino, tem o objetivo de contribuir para uma recuperação mais rápida das crianças internadas. Painéis alusivos aos personagens - idealizados pela diretora de Ensino, Pesquisa e Extensão do HSC, Giana Diesel Sebastiany estão instalados nos corredores da internação pediátrica e nos espaços de recreação desde o ano passado. Os painéis reproduzem a história do primeiro volume. No dia 7 de dezembro de 2016, foi lançado o volume 2 do livro infantil, intitulado O Natal de Lino e Laila.

Nota da Unisc sobre segurança Jô Nunes Devido aos últimos acontecimentos registrados no campus da Unisc em Santa Cruz do Sul, a Universidade vem a público se manifestar sobre os ocorridos, destacando algumas questões pertinentes. Entre elas, o fato de circularem diariamente pelo campus mais de 10 mil pessoas, pois o caráter comunitário da Instituição permite que a comunidade também tenha acesso aos serviços e à infraestrutura disponível. Assim sendo, a segurança é realizada por meio de câmeras de segurança e vigilância, inclusive móvel, que está atenta principalmente quanto à circulação externa aos prédios. Entretanto, fomos pegos de surpresa por esse tipo de ação criminosa que resultou (conforme registros policiais) em duas ocorrências a usuários, um roubo na Biblioteca e uma extorsão no Centro de Convivência, locais de grande fluxo de pessoas, algo até então sem registro. Diante da situação, procuramos auxiliar a polícia na identificação dos envolvidos, situação que foi resolvida a partir da verificação das imagens por meio das câmeras de segurança instaladas nos locais. Realizado esse procedimento, consideramos que a questão foi esclarecida, mas de modo algum estamos tratando esses casos como isolados. Estamos, sim, atentos e aumentamos nossa vigilância, especialmente nos locais dos registros. Apesar desses acontecimentos, ressaltamos que o baixo índice de ocorrências comparado ao grande fluxo diário de pessoas que a Unisc registra é resultado do trabalho que vem sendo realizado pela Instituição, no sentido de dar maior segurança para quem circula pelo campus.

*Gilson Alves, coordenador da Coordenação do Campus da Unisc.

Festa de boas-vindas aos acadêmicos na Unisc VA Divulgação

No dia 22 de março, a Unisc Venâncio Aires realizou uma celebração para marcar oficialmente o início das atividades acadêmicas relativas ao primeiro semestre letivo de 2017. O evento contou com a participação de um DJ, que animou os alunos com qualificada trilha sonora. Aos presentes, também foi servido um variado coquetel. As atrações oferecidas proporcionaram muita descontração aos acadêmicos. A festa serviu também para colocar em sintonia o público presente. Nesse sentido, os estudantes veteranos aproveitaram a data para dar as boas-vindas aos calouros da Instituição.


10

Geral

Abril 2017

CURSO DE LETRAS DA UNISC COMEMORA 50 ANOS Durante a sua trajetória, o curso de Letras já diplomou mais de 2.800 estudantes Fotos: Marcel Lovato

O curso de graduação em Letras da Unisc está completando 50 anos de história em 2017. As atividades tiveram início em 1967, junto ao extinto Colégio Sagrado Coração de Jesus, na época dirigido pelas Irmãs Franciscanas, funcionando como uma extensão da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras Imaculada Conceição de Santa Maria (FIC), hoje Unifra. Inicialmente, eram oferecidas habilitações em Francês e Inglês e respectivas literaturas, tendo formado as primeiras turmas em 1970. Já o reconhecimento dos cursos ocorreu em 1973, com a criação da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Santa Cruz do Sul, mantida pela Associação Pró-Ensino em Santa Cruz do Sul (Apesc). De acordo com o professor Elenor Schneider, decano do curso de Letras e atual pró-reitor de Graduação, na época, o ensino superior não possuía espaço próprio para funcionamento. “Em decorrência, Letras, assim como outras licenciaturas, teve suas aulas no então Colégio Sagrado Coração de Jesus. Todos os professores eram horistas, havia poucos livros, pagamentos de salários atrasados, enfim, todas as dificuldades de quem dá seus primeiros passos na vida”, destacou. Juntamente com Ciências Contábeis e Direito, os cursos mais antigos, e, em seguida com a Escola Superior de Educação Física (Esef), a Apesc passou a centralizar a administração geral de Ângela Fronckowiak e Carlos Ayres suas mantidas, criando posteriormente as Faculdades Integradas de Santa Cruz do Sul (Fisc). A partir de então, outros cursos superiores foram criados, culminando com o reconhecimento da Universidade de Santa Cruz do Sul, em 1993. A trajetória do curso de Letras também registra a criação da revista Signo, publicada pelo Centro de Estudos e Pesquisas Linguísticas e Literárias (Cepell), ligada ao Departamento de Letras e ao Programa de Pós-Graduação em Letras da Unisc. A Signo circula com periodicidade semestral, sendo que, a partir de 2007, a revista passou a ter apenas versão eletrônica. O periódico é voltado à publicação de artigos científicos na área de Letras - Linguística e Literatura. A partir de 1981, ocorreu também a oferta de cursos de férias, inicialmente destinados a professores que não possuíam graduação. Em meados da década de 80, Letras passou a contar com cursos de pós-graduação em nível de especialização em Língua Portuguesa, Língua Inglesa e Literatura Brasileira, destinados especialmente aos egressos da graduação. No início dos anos 90, formou turma em Língua Alemã e passou a oferecer também habilitação em Língua Espanhola. Atualmente, mantém os cursos de graduação em Língua Portuguesa, Inglesa e Espanhola. Nesses 50 anos de existência ininterrupta, o curso de Letras da Unisc já diplomou mais de 2.800 estudantes em suas diversas habilitações. O corpo docente é composto por mestres e doutores em suas respectivas áreas de conhecimento, assegurando o elevado nível de qualidade da Unisc. “Professores formados com solidez e qualidade têm ótimas perspectivas de trabalho. Uma sociedade que deseja cidadãos comprometidos com um projeto de desenvolvimento digno não pode prescindir do professor. É por isso que as licenciaturas que formam bons educadores vêm cumprindo o importante papel social de qualificar as diferentes instâncias educativas da vida em comunidade”, disse a coordenadora do curso, Ângela Fronckowiak, mestre em Teoria da Literatura (Ufrgs) e doutora em Educação (Ufrgs). “O mercado de trabalho para o professor nunca deixará de ser promissor, até mesmo porque é cada vez maior a procura pela aprendizagem da Língua Portuguesa e das línguas estrangeiras. Isso abre amplo espaço de atuação em segmentos novos, como, por exemplo, escolas de idiomas. Além do mais, a crescente mobilidade econômica demanda profissionais qualificados a se comunicar com pessoas de diversas partes do mundo, para o que devem estar preparados com amplo domínio de línguas”, revelou o chefe do Departamento de Letras, Carlos Ayres, mestre em Letras - Estudos da Linguagem (UFSM) e doutor em Letras - Estudos Linguísticos (UFSM). Com o intuito de manter contato permanente com estudantes e egressos, o curso de Letras da Unisc mantém ativa a sua fanpage (https://www.facebook.com/letras.unisc), onde procura socializar as ações promovidas pelo curso. Os relatos, na sequência, retratam essa interação: “Amo poder dizer que me formei em Letras nessa Instituição. Apesar de já fazer algum tempo (em 2000), percebo que o curso só evolui e acompanhou a transformação que o tempo traz. É preciso acompanhar o movimento que a tecnologia e a modernidade estabelecem. Sem isso, o contato entre o ontem e o hoje não aconteceria” (ELENA DE OLIVEIRA). “Baita experiência! O diploma é só consequência, o que realmente vale a pena são as descobertas, os debates, a troca de vivências, o fascínio de aulas e professores que são (e sempre serão) fontes inspiradoras” (VIVIAN FERREIRA PODLASINSKI).

Programa de Pós-Graduação em Letras (PPGL) Acompanhando o processo de expansão da Unisc, foi implantado o Programa de Pós-Graduação em Letras (PPGL), oferecendo o curso de Mestrado desde 2005. Em novembro de 2016, recebeu da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) a aprovação para a implantação do curso em nível de Doutorado. “Foi um momento de concretização de um dos principais objetivos, o de apoiar sempre uma formação continuada de profissionais de Letras, de Comunicação e de áreas afins, assim como reforçar ainda mais o desenvolvimento de pesquisas da Instituição”, ressaltou a coordenadora do PPGL, Rosane Cardoso. “Tratase de um Programa interdisciplinar de intensa maturidade científica que já titulou mais de uma centena de mestres. Agora está tendo início um novo desafio que é o de formar doutores”, sublinhou a coordenadora adjunta do PPGL da Unisc, Rosângela Gabriel. As aulas da primeira turma de doutorado iniciaram em março deste ano. “Cursar o Mestrado em Letras na Unisc (2007-2009) foi algo extremamente significativo para a concretização dos meus sonhos pessoais e profissionais. O diploma de Mestre em Letras possibilitou-me a realização de concurso em universidades e o ingresso no doutorado em Letras, especialidade em Linguística Aplicada, na Ufrgs, cuja tese defendi em 2016” (MARISTELA JUCHUM - Turma 2014/2016). Rosane Cardoso (E) e Rosângela Gabriel “O mestrado foi uma experiência gratificante e enriquecedora no âmbito pessoal e profissional, pois além de proporcionar reflexões críticas, estudos teóricos e experimentais, estabelecer vínculos de amizade, ele se tornou um elemento diferenciador no currículo. Tive o privilégio de participar de uma pesquisa mais ampla, coordenada pela professora Rosângela Gabriel, em parceria com professores da Unescog - Unidade de Pesquisa em Neurociências Cognitivas da Université Libre de Bruxelles (ULB), Bélgica” (MARILANE MARIA GREGORY). Colóquio Nacional Leitura e Cognição Com o objetivo de contribuir para a reflexão conjunta e a articulação entre pesquisadores da área de Letras, serão realizados na Unisc, de 21 a 25 de agosto, a 8ª Conferência Linguística e Cognição, o 8º Colóquio Nacional Leitura e Cognição, o 2º Simpósio Internacional de Leitura, Literatura e Mídia e a 18ª Semana Acadêmica de Letras. A promoção é do PPGL, dos cursos de Letras e de Comunicação Social, do Grupo de Trabalho Linguística e Cognição e da Associação Nacional de Pós-Graduação em Letras e Linguística (Anpoll). Mais informações sobre esses eventos podem ser obtidas no site www.unisc.br/site/coloquio2017.


Abril

2017

11

Geral

Projeto capta e armazena água da chuva em propriedade agrícola

NITT/UNISC ENCAMINHA REGISTRO DE DISPOSIÇÃO APLICADA EM ELEMENTOS SULCADORES Felipe Nopes

Jonas Fogliatto (E) e Cristian Franck, idealizadores do projeto O Núcleo de Inovação e Transferência de Tecnologia da Unisc (NITT) encaminhou um novo pedido de registro de patente junto ao Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI), referente à disposição aplicada em articulação para elementos sulcadores. A invenção foi idealizada pelo professor do Departamento de Engenharia, Arquitetura e Ciências Agrárias, Cristian Josué Franck, e pelo engenheiro agrícola e técnico do laboratório de Engenharia Agrícola da Unisc, Jonas Pacheco Fogliatto. A criação, resultante do trabalho de conclusão de curso de Fogliatto, soluciona os inconvenientes apresentados no estado da técnica ao estabelecer um ângulo de giro horizontal delimitado para se ter um acompanhamento do sistema, conforme as curvas de nível e as ondulações existentes no solo de plantio. A proposta é fazer com que os sulcadores realizem a semeadura de forma mais eficiente, diferentemente dos equipamentos existentes que apresentam uma articulação vertical na extremidade da barra de tração. Segundo Fogliatto, a ideia surgiu do problema encontrado ao analisar o funcionamento da semeadora, cujos mecanismos de deposição da semente sofriam um desgaste antecipado e entortavam com facilidade. “A partir disso, pensou-se em modificações que pudessem reduzir esse esforço sem alterar o processo de fabricação da máquina. Com isso, deu-se início às pesquisas sobre desenvolvimento de produto e como organizar esse processo. Com alguns componentes criados e outros modificados, chegamos ao projeto final”, explica. Para Franck, a agricultura atual necessita continuamente de avanços tecnológicos para se manter competitiva. “Isso é válido para qualquer propriedade rural, seja ela grande, média, pequena, empresarial ou familiar. Através desse trabalho, percebemos que algumas modificações poderiam ser feitas para deixar o processo de implantação de culturas (semeadura e adubação) ainda melhor”, afirma. De acordo com o docente, o desafio foi grande e o resultado, gratificante. “Nosso desejo, a partir de agora, é que possamos desenvolver protótipos, apresentá-los a fabricantes e possibilitar aos agricultores brasileiros a utilização de máquinas mais modernas e que permitam produzir com maior qualidade”, aponta Franck. Mais informações podem ser obtidas junto ao NITT/Unisc pelo telefone (51) 3717-7516, pelo e-mail nitt@unisc.br ou ainda pessoalmente na sala 1603, bloco 16 do campus de Santa Cruz do Sul.

O Vale do Rio Pardo encontra-se na região Central do Rio Grande do Sul, sendo uma grande parte da sua economia e geração de renda centrada no setor rural. Predominantemente, possui uma economia pouco diversificada, voltada fortemente para a área do tabaco. A Unisc está inserida nesse contexto e vem trabalhando para o desenvolvimento da região, com um importante papel para diversificar a economia. Dessa forma, o curso de Engenharia Agrícola desenvolve, através dos seus 22 anos de atividades, trabalhos e projetos consolidados por seus alunos. Um dos projetos trata da reserva de águas da chuva, assunto que, atualmente, é discutido em fóruns nacionais e internacionais. Segundo o coordenador do curso de Engenharia Agrícola, Maurício Henrique Lenz, com o intuito de aproveitar a água da chuva para seu uso na dessedentação animal e pulverização agrícola, objetivou-se projetar um sistema de captação e armazenamento de água da chuva em uma propriedade agrícola. “A propriedade em questão situa-se no munícipio de Estrela Velha (RS) e visa diminuir os custos com a água da rede pública, utilizando os recursos naturais de forma mais eficiente”, explica. Por meio de estudos, estimou-se a demanda mensal e anual de água pelas atividades agropecuárias totalizadas em 192 m³. Realizou-se o balanço hídrico e obteve-se como resultado um reservatório de 9,68 m³ através do método de Rippl, escolhendo implantar, então, dois reservatórios com 5 m³ cada. Cálculos dos demais componentes do sistema, como calhas, condutores horizontais, condutores verticais e reservatório de descarte também foram realizados, assim como a indicação de manutenções no sistema. O custo estimado de implantação totalizou R$ 4.658,50 e o tempo de retorno sobre o investimento (Payback) em 9,7 anos com o preço atual de R$ 2,50 por m³ da água cobrado pela comunidade. Aplicando o projeto em uma residência familiar na zona urbana, onde o custo do m³ da água é mais caro, tem-se um tempo de retorno ainda menor (exemplo: Santa Cruz do Sul - base de cálculo referência de: Residencial B da Corsan com Payback de 3,6 anos). “Com a implantação do sistema, a propriedade deixará de consumir da rede, em média, 16 m³ mensais de água, o que auxiliará na redução do consumo de água pública e poderá vir a servir como modelo a ser implantado nas demais propriedades”, aponta Lenz.

Doutorandos da Universidade ganham bolsa para pesquisa no exterior

Projeto CINEjus

Cinco alunos de dois cursos de doutorado da Unisc foram contemplados com bolsa de estudo do Programa de Doutorado Sanduíche no Exterior (PDSE), da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). Eles terão a oportunidade de fazer parte de suas pesquisas em outros países. Os estudantes ficarão durante um semestre estudando e pesquisando em universidades americanas, canadenses e europeias, com o objetivo de qualificar a investigação iniciada no Brasil. Os selecionados e o país de destino são: Eduardo Pires – Doutorado em Direito – Portugal; Luiz Felipe Nunes – Doutorado em Direito – Portugal; Pedro Antonio Muller – Doutorado em Desenvolvimento Regional - Estados Unidos; e Vonia Engel – Doutorado em Desenvolvimento Regional – Portugal. Além deles, a doutoranda em Desenvolvimento Regional, Mariana Barbosa de Souza, ganhou uma bolsa do governo canadense para também fazer parte da sua pesquisa no exterior. Ela foi comtemplada por meio do Programa Futuros Líderes nas Américas (Elap). Mariana viajou para o Canadá em fevereiro e retornará em agosto deste ano.

Numa promoção do Grupo de Estudos Intersecções Jurídicas entre o Público e o Privado, com o apoio do Programa de Pós-Graduação em Direito - Mestrado e Doutorado (PPGD), está sendo desenvolvido o projeto de extensão CINEjus, coordenado pelo professor Jorge Renato dos Reis. Os encontros ocorrem uma vez ao mês, sempre nas quintasfeiras, das 16h às 17h30, na sala 5321, no bloco 53, com a exibição de filmes de cunho jurídico. Neste semestre, o enfoque é a Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência (Estatuto da Pessoa com Deficiência). O projeto é aberto à comunidade acadêmica, sem a necessidade de inscrição prévia. Os próximos encontros acontecem no dia 17 de abril, com o tema Os intocáveis, e no dia 5 de maio, com o tema Como Eu Era Antes de Você.


12

Extensão

UNIAMA REINICIA ATIVIDADES COM ALUNOS DA TERCEIRA IDADE

Abril 2017 Sobre Livros e Leituras completa 10 anos de atuação Divulgação

Felipe Nopes

Grupo aberto para debater literatura a cada mês

Felipe Nopes O curso de extensão Universidade do Adulto Maior (UniAma) deu início às atividades de 2017 no dia 13 de março, em encontro que reuniu, na sala 108 da Unisc, os integrantes da turma que se formou em 2016, da que está em andamento e da que iniciou neste semestre. As alunas formadas fizeram um relato de experiência de como foi fazer parte do UniAma. Em seguida, uma acadêmica e Alunas da nova turma foram recepcionadas na sala 108 bolsista do projeto Ações para o envelhecimento com qualidade de vida aplicou uma dinâmica de integração entre as três turmas. De acordo com a coordenadora do UniAma, Sâmara Bittencourt Berger, a partir deste ano o curso passa a integrar o Núcleo de Ação Comunitária da Unisc (NAC) e a contar com a parceria do curso de Nutrição, com a oferta da disciplina de Nutrição Funcional, agregada ao projeto do Serviço Integrado de Saúde (SIS) sobre envelhecimento e nutrição do idoso. “É um novo olhar para a terceira idade e para o envelhecimento, uma oportunidade de essa clientela social compartilhar os saberes acadêmicos com professores e os seus saberes construídos ao longo da vida, redescobrindo as possibilidades que podem ser potencializadas”, destacou a coordenadora. “São 50 idosos que irão ter a oportunidade de perceber-se úteis, ativos, construindo novos conhecimentos sobre si e a sociedade, melhorando a autoestima e a qualidade de vida. Dessa forma, poderão tornar-se agentes da mudança do paradigma sobre envelhecer em suas comunidades”, salientou Sâmara. O encontro também contou com a presença do pró-reitor e da coordenadora de Extensão e Relações Comunitárias da Unisc, Angelo Hoff e Paula Camboim Silva de Almeida, e do coordenador e da colaboradora do NAC, Iuri Azeredo e Luciana Oliveira Cunha. Saiba mais O UniAma é um curso de extensão multidisciplinar de dois anos, com o objetivo de oferecer um espaço de educação permanente para pessoas a partir de 60 anos.

Área Ambiental da Unisc presente na 17ª edição da Expoagro Afubra Divulgação

A Área Ambiental Unisc esteve presente, como convidada, na 17ª ExO objetivo foi promover a conscientização ambiental poagro Afubra, realizada nos dias 21, 22 e 23 de março, no Parque de Exposições, em Rincão Del Rey, Rio Pardo. Durante o evento, o público conferiu o trabalho realizado nas questões de coleta seletiva, reaproveitamento de materiais, compostagem e educação ambiental. Foram apresentados quatro sistemas de compostagem, técnica que aproveita a fração orgânica dos resíduos sólidos, reduzindo o envio para aterros sanitários e produzindo um composto rico em nutrientes, que pode ser utilizado como adubo orgânico, excelente para melhoria no desenvolvimento de flores, chás e hortaliças. Também foram expostos exemplos de reaproveitamento de materiais, como monitores de computadores transformados em vasos para flores e objetos de decoração, confeccionados a partir de paletes, caixas de madeira, garrafas PET, canos de PVC, vidros, disquetes e caixas de CDs. O principal objetivo foi promover a conscientização dos visitantes, mostrando exemplos de como é possível reduzir impactos ambientais através de pequenas atitudes. Nesse sentido, destacou-se o grande número de estudantes e pequenos agricultores familiares que visitaram o estande, interagindo com os técnicos da Área Ambiental e, assim, trocando experiências e construindo novas práticas de sustentabilidade, tanto no meio rural como no meio urbano.

No dia 2 de fevereiro de 2007 ocorreu o primeiro encontro do grupo Sobre Livros e Leituras. A iniciativa partiu de técnicos da Biblioteca da Unisc e de outros setores. O objetivo era reunir em Santa Cruz do Sul pessoas interessadas em compartilhar leituras e reflexões sobre obras literárias e assuntos correlatos. Desde lá, um conjunto diversificado de pessoas vem se encontrando mensalmente em um local previamente combinado. “Funciona como uma roda de conversa, bem informal, mas muito rica e agradável”, explica a bibliotecária da Universidade e uma das primeiras participantes da iniciativa cultural e comunitária, Jorcenita Alves Vieira. “No final de cada encontro, definimos a proposta para o próximo, que quase sempre é a leitura sobre alguma temática literária ou obra de um autor”, complementa. Dando início às atividades de 2017, o grupo esteve reunido no dia 18 de março, na Cafeteria Brandelero (Rua Júlio de Castilhos, 245, Centro), destacando os autores que receberam o Prêmio Nobel de Literatura, obras e biografias, além do significado da premiação, considerada a máxima distinção mundial entre os literatos. O encontro foi aberto ao público em geral, independente de escolaridade, e sem custo. Temas - Entre os vários temas já abordados nas reuniões do grupo Sobre Livros e Leituras, estão obras de autores consagrados, tais como Mário Quintana, Clarice Lispector, Machado de Assis, Gabriel García Márquez e Fiódor Dostoiévski, e escritores locais, entre eles, Mauro Ulrich, Romar Beling, Cassionei Petry, Mauro Klafke e Valesca de Assis. Também textos de estudiosos como Charles Darwin, Sigmund Freud e Karl Marx fizeram parte dos bate-papos. Gêneros como ficção científica, literatura fantástica, biografia, poesia, história em quadrinhos e questões como distopia, mulheres na literatura, adaptações ao cinema voltam seguidamente às conversas, conforme o interesse dos participantes. Mais detalhes podem ser obtidos no enderço https:// www.facebook.com/groups/livroseleituras.

Unisc oferece oficinas gratuitas de informática

O projeto de extensão Unisc Inclusão Digital (UID), em parceria com o curso de Licenciatura em Computação, oferece oficinas gratuitas abertas ao público de todas as idades, que abordarão conteúdos básicos de informática que se aplicam ao trabalho e ao estudo, como utilização de editor de textos e de planilhas eletrônicas (Excel). Também serão oferecidas as oficinas Introdução à Programação de Arduino (placas robóticas), Software gratuito para o desenvolvimento de vídeo-aulas, Resolução de problemas de informática e Ginástica cerebral, entre outras. O projeto ainda oferta, como novidade, oficinas digitais integralmente on-line. As inscrições para todas as atividades serão realizadas de 17 a 28 de abril, pelo telefone (51) 3717-7468 ou pelo e-mail inclusaodigital@unisc.br. Mais informações podem ser obtidas na página facebook.com/projetouid.


Abril

2017

13

Pesquisa

PROFESSORAS DE UNIVERSIDADE ESCOCESA EM MISSÃO NA UNISC

Visitantes do Equador e do México na Unisc

Marcel Lovato

As pesquisadoras Juliana Küster Filipe Bowles e Sandra Quickert, vinculadas à University of St. Andrews, na Escócia (Reino Unido), participam da missão de Pesquisa do projeto internacional Improving the Efficiency of complex processes through scalable quantitative analysis techniques, cujo foco está nas melhorias de processos hospitalares. As professoras estiveram em Santa Cruz do Sul, no mês de março, para dar continuidade às pesquisas iniciadas Grupo durante atividades realizadas na Unisc em 2016 pelos professores do Departamento de Computação da Unisc, Ricardo Czekster e Thais Webber, quando estiveram na Escócia. Entre as atividades, foram realizadas reuniões na Universidade, visitas técnicas aos Hospitais Santa Cruz e Bruno Born (Lajeado), bem como discussões sobre os modelos analíticos e de simulação que vêm sendo trabalhados ao longo do ano no projeto. Além disso, ocorreram produções de artigos científicos relacionados à temática do projeto e de novas propostas em órgãos de fomento nacionais e internacionais. A condução dos trabalhos aconteceu nas dependências do Programa de Pós-Graduação em Sistemas e Processos Industriais (PPGSPI), na sala 5340, bloco 53. O programa apoia o projeto que envolve outros pesquisadores e alunos da pós-graduação. O projeto Improving the Efficiency of complex processes through scalable quantitative analysis techniques conta com o apoio institucional da Unisc, do Hospital Santa Cruz, do Hospital Bruno Born (Lajeado), do Departamento de Computação, da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (PROPPG) e da Assessoria para Assuntos Internacionais e Interinstitucionais (AAII). Mais informações sobre o projeto podem ser obtidas pelos e-mails ricardoc@unisc.br ou thaiscs@unisc.br.

PPGD recebe o diretor-presidente da Fapergs para aula inaugural Felipe Nopes

Josemar Santos

Da esq. para dir.: Cheron, Cláudio, Victor Salinas, Carmen Lúcia, Susana Chamorro, Cristiana e Eduardo Lobo No dia 22 de março, a reitora Carmen Lúcia de Lima Helfer recepcionou a professora da Universidad Internacional Sek do Equador, Susana Chamorro. A docente esteve na Instituição de 14 a 25 de março, sendo acompanhada em pesquisas pelo professor Eduardo Alexis Lobo Alcayaga (PPGTA), que esteve em fevereiro passado na Uisek. Essas ações decorrem das tratativas originadas na visita do grupo de estudos do PPGTA e do PPGEdu da Unisc ao Equador, em 2016, e na vinda de professores equatorianos no mesmo ano à Unisc. Também estiveram presentes no encontro o estudante de Mestrado da Universidad Nacional Autónoma de México e que está desenvolvendo pesquisas na área de Limnologia, com orientação do professor Eduardo Alexis Lobo Alcayaga, Victor Hugo Salinas, os professores Cláudio José de Oliveira e Cheron Zanini Moretti (PPGEdu) e a coordenadora da Assessoria para Assuntos Internacionais e Interinstitucionais (AAII), Cristiana Mueller. Em função do convênio que a Unisc mantém com a Uisek, foram ofertadas cinco vagas para estudantes de graduação participarem do Summer School da Uisek, de 9 a 21 de abril, sendo selecionados os seguintes estudantes, que serão acompanhados pelo professor Heron Begnis: Daniele da Penha Gomes Placido (Pedagogia), Henrique Luis Schmidt (Ciência da Computação), Cleison Henrique Pilger (Engenharia de Produção), Nycole de Almeida Bassoaldo Mór (Relações Internacionais) e Aléxia da Silva Ellwanger (Relações Internacionais).

Visitantes no PPGTA

Divulgação

Da esq. para dir.: Marli da Costa, Andréia Valim, Odir Dellagostin e Mônia Leal Realizada na noite do dia 16 de março, na sala 5328, bloco 53 da Unisc, a aula inaugural do Programa de Pós-Graduação em Direito (PPGD) – Mestrado e Doutorado teve como palestrante o diretor-presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul (Fapergs), Odir Antônio Dellagostin. Promovido em parceria com a Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação da Unisc, o evento também contou com a presença da pró-reitora de Pesquisa e Pós-Graduação, Andréia Valim; da coordenadora e da coordenadora adjunta do PPGD, Marli Marlene Moraes da Costa e Mônia Hennig Leal, respectivamente; e de docentes e estudantes da Instituição. Dellagostin, que também atua como coordenador da área de Biotecnologia da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes); professor da Universidade Federal de Pelotas (UFPel); e pesquisador nível 1A do CNPq, falou sobre o atual momento da Fapergs acerca dos rumos da pesquisa no Rio Grande do Sul. O palestrante possui graduação em Medicina Veterinária pela UFPel; doutorado em Biologia Molecular pela University of Surrey (Inglaterra); e pós-doutorado pela mesma instituição.

Esq. p/ dir.: Lourdes, Susana, Eduardo Lobo, Victor e Jorge A Coordenação do Programa de Pós-Graduação em Tecnologia Ambiental - Mestrado e Doutorado, professores Lourdes Kist e Jorge André Moraes, receberam no dia 23 de março a professora equatorina Susana Chamorro e o estudante Mexicano Victor Salinas Camarillo. Na oportunidade, a coordenação do Programa reforçou a importância da vinda desses profissionais, no momento em que o PPGTA está buscando consolidar a internacionalização.


14

Abril

Variedades

INTERSECÇÕES JURÍDICAS ENTRE O PÚBLICO E O PRIVADO Organizado pelo professor da Unisc, Jorge Renato dos Reis, e pela advogada e mestranda em Direito, Fernanda Brandt, foi publicado o livro Intersecções Jurídicas entre o público e o privado: a constitucionalização do direito privado. A obra foi constituída a partir dos estudos do Grupo de Pesquisa que tem construído significativas reflexões nessa linha de mira nos últimos anos, sempre com tema de estudo pré-definido, e mantendo contatos com vários outros grupos de pesquisa da chamada Constitucionalização do Direito Privado, no Brasil e além-fronteiras. Os textos do volume abordam variados temas, todos de significativa complexidade e atualidade, que vão do princípio da solidariedade à responsabilidade civil nessa sociedade de risco. Passam pela eficácia horizontal dos direitos fundamentais nas relações interprivadas e pela propriedade como direito fundamental, até desaguar em assuntos como segurança no litoral norte gaúcho e possibilidade de alteração de nome e de gênero. O livro está disponível nas bibliotecas e no site da Unisc e no link http://www.unisc.br/pt/cursos/todos-os-cursos/mestrado-doutorado/mestrado/mestrado-e-doutoradoem-direito/publicacoes.

Fórum Empresarial pelo Clima A Unisc sedia no dia 18 de abril o Fórum Empresarial pelo Clima. O evento ocorre na sala 5222, bloco 52, com início às 14 horas. Durante o encontro, serão debatidos temas como a redução da pegada do carbono, o plantio de árvores e a energia de fontes renováveis. A realização é do projeto Adaptação à Mudança Climática do Vale do Rio Pardo, do Núcleo de Gestão Pública da Instituição, coordenado pelo professor do Departamento de Ciências Humanas e do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional da Unisc, Markus Erwin Brose. O Fórum Empresarial pelo Clima conta com o apoio da Associação dos Fumicultores do Brasil (Afubra), do Banco Sicredi, do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e do Conselho Regional de Desenvolvimento do Vale do Rio Pardo (Corede/VRP). Mais informações podem ser obtidas pelo e-mail ngp@unisc.br ou pelo telefone (51) 3717-7517.

Livraria Quatro vidas de um cachorro, de Wiliam Bruce Cameron Preço: R$ 34,90 Editora: Harpercollins Essa é a inesquecível história de um cão que - após renascer várias vezes - imagina que haja uma razão para seu retorno, um propósito a cumprir, e que, enquanto não o alcançar, continuará renascendo. Narrado pelo próprio animal, Quatro vidas de um cachorro aborda a questão mais básica da vida: Por que estamos aqui? Emocionante e com boas doses de humor, Quatro vidas de um cachorro é um livro para todas as idades, que mostra o olhar de um cão sobre o relacionamento entre as pessoas e os laços eternos entre os seres humanos e seus animais. Se você gostou de Marley & eu, vai adorar esta aventura que agora ganha as telas do cinema.

2017

Unisc na conferência da Faubai em Porto Alegre Divulgação

Esq. para dir:. Cristiana Mueller, Eltor Breunig e André Maurer A Unisc, por meio da Assessoria para Assuntos Internacionais e Interinstitucionais (AAII), esteve presente na conferência da Associação Brasileira de Educação Internacional, a Faubai 2017: New trends on internationalization of Higher Education: Social Engagement and Innovation. Neste ano, o evento ocorreu no Centro de Eventos da Fiergs, em Porto Alegre, entre os dias 8 e 12 de abril. Estiveram presentes pela Unisc o vice-reitor, Eltor Breunig, a coordenadora da AAII, Cristiana Mueller, e o técnico administrativo, André Maurer. Durante o encontro, foram levantados temas relacionados ao engajamento social e à inovação na internacionalização do ensino superior. Vice-presidentes e chefes de escritórios internacionais do Brasil e de diversos países, assim como especialistas em internacionalização do ensino superior e representantes de associações brasileiras e do exterior encabeçaram as discussões. Faubai Criada em 1988, a Faubai reúne mais de 180 gestores ou responsáveis por assuntos internacionais. A entidade promove a integração e a capacitação dos gestores da área, por meio de seminários, workshops e reuniões regionais e nacionais.

Biblioteca Voltar para casa, de Toni Morrison Editora: Companhia das letras Localização na estante: 813 M881v 2016 Quando Frank Money volta da Guerra da Coreia com mais cicatrizes do que as visíveis no corpo, encontra um mundo racista e desfigurado. Durante os anos de sua ausência, sua irmã Ycidra sobreviveu como pôde a uma sociedade machista e opressiva, em que as mulheres são sistematicamente abandonadas pelos maridos e muitas vezes mutiladas sem piedade. Ao se reencontrarem na pequena cidade de Geórgia, onde nasceram, os irmãos revisitam memórias da infância, e Frank retoma sua experiência traumática no campo de batalha para redescobrir a coragem que já não acreditava ter. Um romance sobre a forte ligação entre irmãos, a resinificação de um passado violento e a volta para casa.

Edunisc Educação e atenção básica na promoção da saúde: propostas e reflexões interdisciplinares. Organizadoras: Silvia Isabel Rech Franke, Miria Suzana Burgos e Letícia Borfe Formato: E-book/grátis para download A obra mostra que a saúde pode e deve ser vista com propriedade e rigor científico nas suas diferentes áreas, interligando sempre que possível os diferentes campos do conhecimento para fechamento de diagnósticos, prescrição e avaliação de resultados, sendo os conteúdos publicados fruto de objeto de estudo, desde a graduação, iniciação científica, projetos de pesquisa, extensão e de dissertações de mestrado, visando direcionamentos para a carreira docente e de pesquisa.


Abril

2017

Geral

15

NITT ENCAMINHA NOVO PEDIDO DE REGISTRO DE PATENTE Equipamento é utilizado para secagem de madeira por meio da energia solar Josemar Santos

No mês de março, o Núcleo de Inovação e Transferência de Tecnologia da Unisc (NITT/Unisc) encaminhou um novo pedido de registro de patente junto ao Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI). A solicitação é referente à criação de um dispositivo para secagem de madeira por meio da energia solar. A invenção é de autoria do professor do Departamento de Engenharia e do Programa de Pós-Graduação em Tecnologia Ambiental (PPGTA), Jorge André Ribas Moraes, e do técnico dos Laboratórios de Engenharia da Produção, Ítalo Rosa Policena. Pertencente ao Setor Tecnológico de Energias Renováveis, o produto utiliza a energia solar para secagem de madeira por meio da circulação de ar quente em ambiente fechado. Essa solução se caracteriza pela existência de um espaço de armazenamento, trocador de calor construído em PVC, um ventilador, placas fotovoltaicas, controle de temperatura e painel de comando. Conforme explicou o técnico dos Laboratórios da Engenharia da Produção, Ítalo Rosa Policena, em termos de funcionamento do dispositivo, a circulação do ar quente é feita por meio de um ventilador, que é alimentado por duas placas fotovoltaicas responsáveis pela captação da energia do sol e pela conversão em energia elétrica, dessa forma sustentando o ventilador de circulação e o sistema de controle do equiJorge André Ribas Moraes (E) e Ítalo Rosa Policena pamento. “Todo o processo é feito exclusivamente com energia proveniente do sol. O caráter intuitivo está na otimização do poder calorífico da lenha através da redução da umidade presente nas toras ou nos cavacos. Assim, objetiva-se proporcionar uma queima mais eficiente e com custos de energia menores”, detalhou. Segundo Moraes, a Universidade tem um papel fundamental, por intermédio do seu corpo discente e dos serviços de apoio, como os escritórios de projeto, núcleos de inovação e assessoria jurídica, no incentivo de que pesquisas de qualidade possam virar objeto de pedidos de patente, a fim de dar uma maior visibilidade à IES, aos seus alunos e aos docentes. “Esse é um caminho para que novas demandas e outras necessidades à sociedade sejam atendidas e, assim, possamos gerar incremento na qualidade dos produtos e serviços ofertados”, sublinhou o professor. Mais informações podem ser obtidas junto ao NITT, pelo telefone (51) 3717-7516, pelo e-mail nitt@unisc.br ou ainda pessoalmente na sala 1603, bloco 16, no campus de Santa Cruz do Sul.


Abril

Contracapa

2017

ESPORTE: UNISC RENOVA CONTRATOS DE PARCERIA COM ASSOEVA, AJUSC, ASSOCIAÇÃO SOBRADINHO E ASSAF Apoio ao esporte vem ao encontro da missão da Universidade de contribuir para o desenvolvimento da região Com o objetivo de apoiar o esporte da região, a Unisc renovou contratos de patrocínio com as equipes das regiões nas quais a Instituição está inserida. As solenidades ocorreram na sala 2535, no prédio da Reitoria. No dia 14 de março, foram renovados, por mais um ano, as parcerias com a Associação Esportiva de Venâncio Aires (Assoeva) e com a Associação de Judô Santa Cruz (Ajusc). Os documentos foram assinados pela reitora Carmen Lúcia de Lima Helfer e pelos presidentes Engelberto Henn, da Assoeva, e Leandro Couto, da Ajusc, na sala de reuniões da Reitoria. Henn afirmou sentir-se honrado e feliz com a renovação. “Assinar parceria com a Universidade significa manter a credibilidade e honrar os compromissos. Essa conquista é fruto de um longo trabalho e do esforço coletivo”, apontou. O fundador da Ajusc, Carlos Eurico Pereira, exaltou sua satisfação pelos 14 anos de parceria com a Universidade. “Temos muito orgulho em carregar o nome da Unisc. Nosso principal objetivo é promover a educação através do esporte”, salientou. Fotos: Felipe Nopes

Unisc e Assoeva reafirmaram a parceria

Equipe da Ajusc presente no evento

Já no dia 15 de março, foi a vez de a Unisc renovar o contrato de patrocínio com as equipes de futsal da Associação Sobradinho e da Assaf de Santa Cruz do Sul para a temporada 2017. A Associação Sobradinho está na Série Ouro e a Assaf disputa a Série Prata do Estadual de Futsal. Na oportunidade, a reitora da Unisc, Carmen Lúcia de Lima Helfer, reforçou a importância da continuidade dessas parcerias que vêm ao encontro da missão da Unisc. “Acreditamos no trabalho coletivo e no esporte como educação e saúde para formar cidadãos. Além do mais, este é o momento de recebermos o retorno das atividades que são realizadas pelos clubes e de percebermos que são ações que realmente fazem a diferença para o desenvolvimento das comunidades regionais”, revelou. Ao assinar o documento, o presidente da Associação Sobradinho, Deoner Silvestre Franceschett, ressaltou o trabalho forte realizado pelo clube com as escolinhas para a formação de atletas. “Temos dado uma atenção toda especial para as crianças, visando a uma formação profissional e de pessoas comprometidas com a sociedade. Hoje temos quatro atletas no time principal que vieram das escolinhas, algo que para nós é satisfatório e consolida aquilo que estamos construindo”, salientou. De sua parte, o presidente da Assaf de Santa Cruz do Sul, Cezar Gonçalves da Silveira, frisou que a história de 10 anos da Assaf se confunde com o apoio da Unisc. “É sempre bom contarmos com essa parceria, que para nós tem sido fundamental e irá continuar sendo para que a equipe tenha um bom desempenho nesta temporada”, enfatizou. Também participaram do encontro, pela Unisc, o vice-reitor, Eltor Breunig, o pró-reitor de Extensão e Relações Comunitárias, Angelo Hoff, a pró-reitora de Pesquisa e PósGraduação, Andréia Valim, o coordenador de Orçamento e Finanças, Rafael Henn, o coordenador da Assessoria de Comunicação e Marketing, Everson Carvalho de Bello, e o responsável pelo Unisc Esporte, João Francisco Rauber; pela Assoeva, o vice-presidente Vianei Hammes e o professor Daniel Soder; pela Ajusc, o diretor administrativo Geremias Marques; pela Associação Sobradinho, o treinador e coordenador das escolinhas Cigano e o secretário do clube Leonardo Guimarães; e pela Assaf, o diretor-financeiro Marcos Gressler. Fotos: Josemar Santos

Assinatura de contrato com a Ass. Sobradinho

Representantes da Assaf

Jornal da Unisc 168  

Jornal da Unisc Nº. 168, abril de 2017.

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you