Page 1


2

Novembro

2013

Desirê Allram

Geral/Opinião

TecnoUnisc em ritmo acelerado Ao circular pelo campus da Unisc Santa Cruz, chamam a atenção as novas estruturas que estão sendo construídas. São as primeiras unidades do Parque Científico e Tecnológico da Unisc (TecnoUnisc). Para a Região do Vale do Rio Pardo, isso representa uma ação importante para incentivar e dinamizar o desenvolvimento de outros setores da atividade econômica, promovendo assim, maior diversificação da produção. O Parque Tecnológico, desde sua concepção, teve sua constituição alicerçada na interação e na articulação existente entre a Unisc, os órgãos públicos e o setor empresarial local e regional. O TecnoUnisc está estruturado respeitando as necessidades, peculiaridades e características dos diferentes segmentos a serem instalados. Com base na tradição de pesquisa, na interação da Unisc com o Setor empresarial e nas demandas e potencialidades regionais, as áreas de atuação do TecnoUnisc são: Tecnologia da Informação e da Comunicação; Tecnologia Ambiental; Biotecnologia; Oleoquímica; e Tecnologia em Sistemas e Processos Industriais. A estrutura proposta, para a implantação e consolidação do TecnoUnisc, traduz o esforço conjunto da região pela busca de recursos destinados à instalação e ao desenvolvimento do Parque Tecnológico e que integram as ações comunitárias, institucionais, do poder público e da sociedade civil. Para melhor entendimento, apresenta-se um breve histórico das Unidades já em implantação . Unidade I: Em construção no campus-sede da Unisc, próximo ao bloco 50, contempla as instalações do Centro de Excelência em Produtos e Processos Oleoquímicos e Biotecnológicos. Com 724 m2, está sendo edificada com o aporte financeiro da Secretaria Estadual da Ciência, Inovação e Desenvolvimento Tecnológico (SCIT/RS), com contrapartida da Unisc. Também conta com a aquisição de equipamentos adquiridos com recursos da Emenda Parlamentar da Bancada Gaúcha dos Deputados Federais junto ao Ministério da Ciência e Tecnologia e com importante parceria do governo municipal de Santa Cruz do Sul. Unidade II: Em construção ao lado do bloco 17 da Unisc, se refere às instalações do Centro de Pesquisa e Desenvolvimento de Empresas Tecnologicamente Inovadoras. O prédio de 669,12 m² tem apoio financeiro do Programa RS Tecnópole da SCIT. Também abrigará a Itunisc, o PMT/VRP e o NITT. Unidade III – é objeto de edital submetido à SCIT/RS em maio deste ano, visando à construção de um prédio projetado em dois pavimentos com estrutura física para sete ambientes, destinados às instalações de empresas de base tecnológica, auditório e laboratório de criatividade e prospecção de tecnologia para o desenvolvimento de novos produtos. Unidade Externa – É a área anexa ao Parque da Expoagro Afubra, na BR 471, em Rincão Del Rey, Rio Pardo, num total de 12 hectares. Fruto de uma parceria entre a Unisc, a Afubra e o Município de Rio Pardo, essa unidade se destinará à instalação futura das empresas de base tecnológica, voltadas ao desenvolvimento e à inovação. Também abrigará do Centro Vocacional Tecnológico (CVT) do Vale do Rio Pardo. Dessa forma, o TecnoUnisc se consolida como parte de um conjunto de ações que visam manter e aperfeiçoar a interação entre universidade, setor empresarial e diferentes esferas governamentais. Fernando Stanck, Coordenador do TecnoUnisc

Jornada Acadêmica da Fisioterapia Foi realizada no dia 15 de outubro a abertura da 10ª Jornada Acadêmica do curso de Fisioterapia. A atividade inaugural do evento ocorreu na sala 101 e contou com a presença da fisioterapeuta e professora da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Marisa Gonçalves. Na oportunidade, a docente falou sobre sua experiência como a responsável pelo atendimento imediato e pelo tratamento contínuo das vítimas do incêndio da Boate Kiss, ocorrido em janeiro deste ano, em Santa Maria. Entre os tópicos abordados por Marisa, estiveram as mudanças nos protocolos de saúde ocasionados após a tragédia, principalmente no que se refere ao tratamento de queimaduras do sistema respiratório. As atividades seguiram até o dia 17 de outubro. O evento foi promovido pela coordenação e pelo Diretório Acadêmico do curso de Fisioterapia, com apoio do Departamento de Educação Física e Saúde e da Mercur.

Ciência sem Fronteiras oferece bolsas A Assessoria para Assuntos Internacionais e Interinstitucionais da Unisc (AAII) está com inscrições abertas para bolsas do Programa Ciência sem Fronteiras (CSF). O Programa visa propiciar a formação de recursos humanos altamente qualificados nas melhores universidades e instituições de pesquisa estrangeiras, com vistas a promover a internacionalização da ciência e tecnologia nacional, estimulando estudos e pesquisas de brasileiros no exterior, inclusive com a expansão significativa do intercâmbio e da mobilidade de graduandos e graduados. As instituições de destino serão definidas com base no critério de qualidade da instituição e pertinência quanto às áreas prioritárias do Programa Ciência sem Fronteiras. As chamadas podem ser conferidas na íntegra através do site www.cienciasemfronteiras.gov.br.

Expediente Conselho Editorial

Revisão

Reitor: Prof. Vilmar Thomé

Roque Neumann e Beatriz Menezes Sperb

Vice-Reitor: Prof. Eltor Breunig

Jornal da Unisc

Pró-Reitora de Graduação:

Órgão Informativo da Universidade de Santa Cruz do Sul,

Profª. Carmen Lúcia de Lima Helfer

entidade filiada ao Consórcio das Universidades Comuni-

Pró-Reitora de Pesquisa e Pós-Graduação:

tárias Gaúchas (Comung), ao Conselho de Reitores das

Profª. Rosângela Gabriel

Universidades Brasileiras (Crub) e à Associação Brasileira das

Pró-Reitor de Administração:

Universidades Comunitárias (Abruc)

Prof. Jaime Laufer Pró-Reitor de Planejamento e Desenvolvimento

Tiragem: 6 mil exemplares

Institucional: Prof. João Pedro Schmidt

Versão On-line: www.unisc.br

Pró-Reitora de Extensão e Relações Comunitárias:

Jônatas Stacke e Willian Ceolin

Profª. Ana Luisa Teixeira de Menezes Endereço: Av. Independência, 2293, bloco 3, sala 309. Santa Jornalistas responsáveis

Cruz do Sul/RS. CEP: 96.815-900. Telefone: (51) 3717-

Josemar Santos, reg. prof. 13.267

7466.

Felipe Nopes, reg. prof. 12.320 Colaboração: Maurício Beskow

Onde encontrar: A Banca, Aquarius Hotel Flat Residence, Biblioteca Municipal, Casa das Artes, Colégio Luiz

E-mail: imprensa@unisc.br

Dourado, Escola Ernesto Alves, Escola Willy Carlos Fröhlich, Escola Goiás, Escola Nossa Sra. do Rosário,

Projeto Gráfico e Capa: Agência da Casa

Hospital Santa Cruz, Iluminura Livraria Café, Shopping

Editoração Eletrônica: Assessoria de Imprensa

Santa Cruz, Agência FGTAS/Sine, Zaffari, Campus de Venâncio Aires, Campus de Sobradinho, Campus de Capão da Canoa, Campus de Montenegro e Campus de Santa Cruz (Centro de Convivência, Clínica de Fisioterapia, Reitoria e

*Este material é produzido em papel reciclável.

blocos 5, 8, 12, 18 e 53)


Novembro 2013

Professor da Unisc em evento no Nordeste Divulgação

Divulgação

LICENCIATURA EM COMPUTAÇÃO APRESENTA TRABALHOS NA UFRGS Os estudantes do curso de Licenciatura em Computação da Unisc, Cristiane Pinto, Diego Limberger e Elisângela Schena, acompanhados pela professora Marcia Jochims Kniphoff da Cruz, participaram do Seminário de Iniciação Científica da Ufrgs, de 21 a 25 de outubro, em Porto Alegre. Dois trabalhos representaram o Programa Institucional de Iniciação à Docência (Pibid) e outro os Projetos de Pesquisa/Extensão Contribuição da Tecnologia Computacional para a Assistência Social e Unisc Inclusão Digital. Os trabalhos do Pibid envolveram a questão dos softwares livres residentes, ou seja, que não necessitam de Internet para rodar nos computadores com Linux e as

3

Ensino

Professor Gonzaga (à esquerda) Profª Márcia e os alunos Elisângela, Diego e Cristiane atividades do Pibid utilizando Cloud Computer ou Computação nas Nuvens, que se refere à utilização de computadores e servidores compartilhados e interligados por meio da Internet para armazenamento dos trabalhos do Subprojeto de Informática.

O trabalho apresentado sobre os projetos de Pesquisa e Extensão abordou o tema Neurociência e Abstração Reflexionante para o aprendizado da programação. Mais informações estão no blog do curso licenciaturaemcomputacaounisc.blogspot.com.br/.

O professor do curso de Direito da Unisc, Gonzaga Adolfo, participou de 9 a 12 de outubro do 2º Encontro Internacional de Direitos Culturais, realizado na Universidade de Fortaleza (CE). O docente coordenou o grupo de apresentações de trabalhos sobre Direitos Autorais, no qual ainda apresentou um artigo sobre a crise da gestão coletiva e a nova formatação do ECAD. Gonzaga (na foto à esquerda) também foi o mediador da palestra de encerramento com o professor da Universidade de Lisboa, Vasco Pereira da Silva, tendo como debatedor o professor Humberto Cunha (Unifor).

Cepejur lança livro com artigos de alunos O Centro de Pesquisas Jurídicas do curso de Direito da Unisc (Cepejur) lançou o primeiro livro acadêmico, em formato e-book, que apresenta artigos derivados dos trabalhos de conclusão de curso, intitulado Direito (Re)discutido. Trata-se da apresentação dos trabalhos realizados por alunos em conjunto com os respectivos orientadores, e que avaliados mereceram atenção especial para publicação. Segundo o organizador do livro e coordenador do Cepejur, professor Theobaldo Spengler Neto, a publicação nesse formato é inédita no sul do Brasil, porque respeita exclusivamente os trabalhos apresentados e defendidos

Unisc desenvolve software para facilitar a procura por imóveis

pelos alunos. “O objetivo é estimular o acadêmico de graduação à pesquisa jurídica, perpassando por outras áreas afins. A possibilidade de publicação passa pelo desenvolvimento do trabalho que, sendo reconhecido como hábil, é indicado pelo professor orientador”, disse. O docente acrescen-

tou também que mais um volume será publicado neste ano. Já a terceira edição está prevista para ser lançada em fevereiro de 2014. O material está disponível no link http://www.unisc.br/portal/pt/cursos/graduacao/direito/ cepejur/publicacoes-cepejur.html.

Estudantes do curso de Odontologia avaliam saúde bucal de escolares Um grupo de estudantes formandos do curso de Odontologia da Unisc realizou um levantamento epidemiológico para avaliar a condição da saúde bucal de crianças e adolescentes em idade escolar no município de Santa Cruz do Sul. Embora esse não fosse o objetivo principal do trabalho, como resultado os acadêmicos detectaram o uso inadequado de aparelhos ortodônticos nos escolares, que são contraindicados em casos de doenças bucais, como cáries e problemas gengivais (gengivite). Também foi observado que não está sendo respeitada a idade dos pacientes, já que os aparelhos fixos não são a melhor indicação para todas as faixas etárias. Foi registrado, ainda, que algumas técnicas de instalação dos aparelhos foram desrespeitadas, como aparelhos fixos instalados em dentes de leite e braquets (estrutura do aparelho fixo, metálico ou de porcelana, que é colada à superfície dental para que o fio ortodôntico seja preso). Frente a isso, os estudantes formandos e a professora que orientou as atividades, Beatriz Baldo Marques, esclarecem que nessas circunstâncias o aparelho ortodôntico pode se apresentar como um vilão na boca de crianças. Também alertam para a necessidade de verificar se o profissional que está realizando o tratamento é habilitado, pois o ideal é que o profissional seja especialista em ortodontia e tenha registro no Conselho Regional de Odontologia. “A higiene bucal é sempre importante, mas principalmente quando do uso de aparelhos ortodônticos, pois esses facilitam a retenção de restos alimentares que servem de substrato para bactérias causadoras de problemas bucais”, salientaram.

A Unisc, por meio do Núcleo de Inovação e Transferência de Tecnologia (NITT), recebeu o certificado de registro do programa de computador RentAHouse. O aplicativo foi desenvolvido para Smartphones com Android ou com suporte Java, bem como o Webservice, que vai possibilitar o cadastro de imóveis por parte das imobiliárias. O trabalho integrou uma atividade realizada para a disciplina de Programação de Dispositivos Móveis, do curso de Engenharia de Computação da Unisc. Conforme o professor da disciplina, Rolf Fredi Molz, a inovação poderá ser usada por pessoas que precisam comprar ou alugar um imóvel em grandes cidades e que tenham a internet móvel já incluída no seu dia a dia. Para esse aplicativo existem dois tipos de mercados, o de usuários que possuem os dispositivos móveis, além das imobiliárias que desejam ter mais um ponto de divulgação para seus imóveis. Para alcançá-los, é necessário iniciar por cidades com grande número de habitantes, onde a internet móvel esteja disseminada e o fluxo de locação e venda de imóveis seja alto, aumentando os benefícios do uso do RentAHouse. “Essa atividade inovadora oferece ao usuário agilidade na hora de comprar ou alugar um novo imóvel. A partir desse novo programa não será mais necessário ficar visitando sites ou até mesmo imobiliárias à procura de imóveis disponíveis. Basta estar na região na qual se deseja residir e com o aplicativo buscar por imóveis disponíveis de acordo com a sua preferência”, revelou o docente. O software já está disponível para licenciamento e pode ser adquirido pelas empresas interessadas. Mais informações sobre o programa podem ser obtidas pelo telefone (51) 37177516 ou pelo e-mail nitt@unisc.br.


4

360°

O mestre Alexandre Schmitt, egresso do Programa de PósGraduação em Administração – Mestrado (PPGA), da Unisc, teve artigo indicado à premiação de melhor trabalho da área de Operações do 16º SemeAd 2013, evento nacional promovido pelo Programa de Pós-Graduação em Administração da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo (FEAUSP). O artigo, intitulado O arranjo produtivo leiteiro inserido no arranjo produtivo alimentício da região do Vale do Taquari – RS, foi elaborado em conjunto com a professora Rejane Maria Alievi.

PPGA - II Os docentes do Mestrado em Administração, Rejane Maria Alievi, Douglas Wegner e Heron Begnis, tiveram artigo aprovado para ser apresentado no 16º SemeAD, em São Paulo. O trabalho intitulado O ciclo de vida das redes empresariais: uma avaliação do estágio de desenvolvimento de redes no sul do Brasil foi elaborado em conjunto pelos professores. Além disso, o professor Douglas Wegner também teve outro trabalho aprovado: o artigo Decisões estratégicas na gestão de operações: o caso da Indústria de Móveis Pereira Ltda., desenvolvido em parceria com o professor João Carlos Bugs, do Departamento de Ciências Administrativas da Unisc.

PPGA - III Os alunos da disciplina de Relações Interorganizacionais, do Mestrado em Administração, participaram de uma palestra com Joel Schmidt, vice-presidente da Redemac, rede associativa do segmento de materiais de construção formada por 45 associados, que engloba 60 pontos de venda no estado do Rio Grande do Sul. Na oportunidade, o palestrante apresentou a história da empresa, seu processo de constituição, estratégias cooperativas, benefícios oferecidos aos associados e as práticas de gestão adotadas pela rede. A atividade proporcionou aos alunos a aproximação de aspectos teóricos discutidos na disciplina com a realidade das redes associativas.

2013

Viagem de estudos Divulgação

PPGA - I

Novembro

Direito de Sobradinho realiza saída de campo No dia 1º de outubro, estudantes do curso de Direito da Unisc, do campus de Sobradinho, realizaram saída de campo com o professor Vinícius Laner e com técnicos da Emater para a realização de atividades da disciplina de Direito Agrário. Os alunos visualizaram minifúndios, pequenas e médias propriedades rurais produtivas entre os municípios de Arroio do Tigre e Estrela Velha e também a tecnologia usada em grandes propriedades rurais, entre Estrela Velha e Salto do Jacuí. Além disso, foram feitas visitas às comunidades quilombola e índios kaingang, que ocupam áreas na localidade da colônia Júlio Borges, interior de Salto do Jacuí, visto que ambas buscam legitimar, junto ao Governo do Estado, lotes para assentamentos. A localidade é ocupada por 35 famílias descendentes de escravos africanos e por 42 famílias descendentes de indígenas. O grupo visitou, ainda, os assentamentos Capão Bonito, única modalidade de agrovila, e Rincão do Ivaí, na divisa dos municípios de Salto do Jacuí e Júlio de Castilhos, onde estão assentadas 35 famílias. Os visitantes foram recebidos no salão comunitário, onde ocorreu a ilustração do histórico do assentamento e troca de experiências entre os colonos e os estudantes, além do suporte técnico feito pelos agentes da Emater. Conforme o professor Laner, “a atividade foi proveitosa e proporcionou que os estudantes vissem de perto o choque de realidades que existe no meio rural”, salientou.

Comitê Pardo No dia 1º de outubro, nas dependências da Unisc, ocorreu a reunião extraordinária do Comitê Pardo para a votação da vazão de referência para os rios da bacia hidrográfica do Rio Pardo. Houve palestra com o diretor do Departamento de Recursos Hídricos do Governo do Estado do Rio Grande do Sul, Marco Mendonça, e, em seguida, procedeu-se a votação. Os membros da plenária, composta por representantes dos usuários da água, representantes da população da bacia e órgãos públicos, optaram pela vazão Q90, que não compromete o desenvolvimento econômico da região. A próxima etapa será o encaminhamento da deliberação ao Conselho Estadual de Recursos Hídricos e, então, a Q90 referenciará a emissão de outorgas para a bacia. O processo de capacitação para a votação iniciou em maio deste ano com o técnico da Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam), Diego Carrillo, seguido da palestra do engenheiro Henrique Kotzian, que auxiliou na elaboração do plano de bacia.

Artigo premiado O professor do Departamento de Ciências Econômicas e coordenador adjunto do Programa de PósGraduação em Desenvolvimento Regional da Unisc, Silvio Cezar Arend, teve seu artigo premiado pelo Conselho Federal de Economia (Cofecon) no 19º Prêmio Brasil de Economia. O trabalho, intitulado O impacto da reforma da Previdência Social Rural Brasileira nos arranjos familiares, foi classificado em terceiro lugar na categoria Artigo Técnico ou Científico. A coautoria é da professora e pesquisadora do Programa de Mestrado e Doutorado em Sociologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs), Marilia Patta Ramos. A pesquisa dos docentes explorou o efeito da reforma da Previdência Social Brasileira de 1992 para os trabalhadores rurais e avaliou o impacto do aumento da renda dos idosos na composição dos domicílios, em termos de possíveis mudanças nos arranjos familiares. A entrega do prêmio ocorreu no dia 4 de setembro, durante o 20º Congresso Brasileiro de Economia, realizado em Manaus, no Amazonas.

Entre os dias 23 e 26 de outubro, 25 estudantes do curso de Comunicação Social da Unisc estiveram no Rio de Janeiro para conhecer a infraestrutura e a rotina produtiva de grandes organizações comunicacionais. Segundo a professora Fabiana Piccinin, que acompanhou os alunos, foi realizada a visitação aos estúdios da Rede Globo no Projac, em Jacarepaguá, maior complexo de produção televisiva da América Latina, o qual abriga as cidades cenográficas destinadas às gravações de novelas e de seriados, além dos programas de auditório. Além do Projac, também foram visitados os estúdios do Canal Futura, emissora educativa da Fundação Roberto Marinho associada à Unisc TV, e o escritório carioca da agência de publicidade DM9.

Promoção à alimentação saudável No dia 5 de novembro, no Auditório Central da Unisc, foi realizado o Seminário Regional do Sistema de Segurança Alimentar e Nutricional (Sisan), que avaliou a possibilidade de os municípios dos Vales do Rio Pardo e Taquari aderirem ao Sisan. O evento foi aberto à comunidade regional, em especial aos gestores públicos e às entidades ligadas à segurança alimentar e nutricional. O Sisan é um sistema público que reúne diversos setores do governo e da sociedade civil com o propósito de promover políticas, planos, programas e ações que garantam o Direito Humano à Alimentação Adequada (DHAA) no território nacional. Como o Sisan já se encontra estabelecido no âmbito federal e está dando os primeiros passos na esfera estadual, busca-se, também, alcançar a adesão dos municípios. O evento contou com a presença do professor Miguel Medeiros Montaña, presidente do Conselho de Segurança Alimentar e Nutricional Sustentável do Rio Grande do Sul (Consea-RS). Além de sediar o seminário, a Unisc também é uma das apoiadoras para a sua realização, tendo representação no Conselho Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional Sustentável de Santa Cruz do Sul, por meio da professora Francisca Wichmann, subcoordenadora do curso de Nutrição.


Novembro 2013

Atual pró-reitora de Graduação venceu o pleito com 2.644 votos Felipe Nopes

Carmen festejou a vitória após o anúncio do resultado

vas de inovação levaram a esse resultado muito bonito para nós”, declarou a atual pró-reitora de Graduação, que será a primeira mulher a comandar a Unisc. “Fico muito feliz com isso, mas não é uma questão de gênero. O que vai de fato nortear o trabalho será o comprometimento, a dedicação e a expectativa de conseguirmos realizar o que prometemos. Vamos trabalhar com muito diálogo, respeito, participação e valorização das pessoas”, salientou.

Após mais de oito horas para a contagem dos votos, a Comissão Eleitoral Central anunciou, na manhã do dia 9 de novembro, a professora Carmen Lúcia de Lima Helfer, da chapa Você no centro de tudo, como a nova reitora eleita da Unisc, com 2.644 votos (50,87%). Em segundo lugar ficou o professor Carlos Renê Ayres, com 2.067 votos (27,58%), e em terceiro, o professor João Pedro Schmidt, com 1.283 votos (21,55%). O escrutínio iniciou por volta das 22h30 de sexta-feira, no Auditório Central da Universidade. Reunida com integrantes e apoiadores da sua chapa para comemorar a vitória, Carmen afirmou que a conquista é fruto do trabalho de dedicação da sua equipe. “Todos que se uniram em torno de um programa de gestão e de perspecti-

Pleito tranquilo O pleito eleitoral ocorreu de forma tranquila de 4 a 8 de novembro. Estavam aptos a votar 12.951 eleitores dos campi da Unisc de Santa Cruz do Sul, Venâncio Aires, Capão da Canoa, Sobradinho

e Montenegro, do Hospital Santa Cruz (HSC) e da Assembleia Geral Comunitária da Associação PróEnsino em Santa Cruz do Sul (Apesc). O voto foi facultativo e teve peso de 40% para os docentes, 40% para os estudantes, 10% para os técnicos administrativos e 10% para os membros da assembleia da Apesc. Para o cálculo do percentual do peso do voto, considerou-se o total de votantes de cada categoria. A cerimônia de posse dos eleitos será na segunda quinzena de dezembro e os cargos serão assumidos oficialmente em janeiro. Os eleitos Reitora: Carmen Lúcia de Lima Helfer Vice-reitor: Eltor Breunig Pró-reitor de Graduação: Elenor José Schneider Pró-reitora de Pesquisa e PósGraduação: Andréia Rosane de Moura Valim Pró-reitor de Administração: Jaime Laufer Pró-reitor de Planejamento e Desenvolvimento Institucional: Marcelino Hoppe Pró-reitor de Extensão e Relações Comunitárias: Angelo Hoff Resultado final da apuração Total de votos: 6.145 Brancos e nulos: 151

Divulgação

Programa PET–Saúde em Rio Pardo

Reunião ocorreu dia 25 de outubro em Rio Pardo

reunião foi o Câncer de Mama, que é o assunto trabalhado na campanha do Outubro Rosa, orientando sobre medidas de prevenção, a importância do

autoexame, entre outros. Também foi distribuído um folder com as devidas informações sobre o Câncer de Mama. A reunião teve a participação de 15 pessoas.

Propet-Saúde participa de seminário nacional Divulgação

CARMEN LÚCIA É ELEITA A NOVA REITORA DA UNISC

Na reunião mensal do grupo de diabéticos e hipertensos da ESF Higino Leitão, ocorrida do dia 25 de outubro, em Rio Pardo, as bolsistas do Propet-Saúde, Ilse Severo Ferreira e Indiara Zambarda Pinto, promoveram uma tarde interativa entre os diabéticos e hipertensos,a equipe de saúde da ESF Higino Leitão, representada pelo enfermeiro Fábio Ramos Londero, e as agentes de saúde, onde abordaram o Diabetes Mellitus e a Hipertensão, retirando dúvidas sobre as referidas doenças e contribuindo com informações, a fim de que proporcione a esse grupo uma melhora na qualidade de vida. Outro assunto abordado na

5

Geral

Nos dias 5 e 6 de novembro ocorreu em Brasília, no Hotel Nacional, o Seminário Nacional do Programa de Reorientação da Formação Profissional na Saúde (PRÓ-Saúde) e do Programa de Educação pelo Trabalho para a Saúde (PET- Saúde). A Unisc foi representada pela coordenadora do Propet-Saúde, Lia Possuelo. Estiveram presentes mais de 350 representantes dos programas PRÓ-Saúde e PET-Saúde de universidades e secretarias de saúde de todo o Brasil. No encontro foram discutidos os encaminhamentos dos programas ministeriais da Secretaria de Gestão do Trabalho e de Educação em Saúde, no que se refere à sustentabilidade, integração ensino-serviço-comunidade, comissão gestora de acompanhamento local, segurança do paciente, entre outras temáticas. Durante o evento também foi possível articular um Seminário Estadual que ocorre em março de 2014, em Santa Maria.

Intercambista colombiano realiza pesquisas na Unisc Desirê Allram

Durante o mês de outubro, o mestrando em Química com ênfase em Química Analítica, Luis Alfonso Salazar, da Universidad del Quindío (Uniquindío), localizada em Armênia, na Colômbia, esteve na Unisc para desenvolver atividades de pesquisa em dois programas de mestrado, a fim de aprender novas metodologias sobre o biodiesel. Os professores Luciano Marder, do mestrado em Sistemas e Processos Industriais, e Rosana Schneider, do mestrado em TecnoLuis Alfonso Salazar logia Ambiental, acompanharam e orientaram as atividades realizadas pelo intercambista na Unisc. Segundo Salazar, o Brasil, por ser uma potência na área de biodiesel, tem contribuído para agregar novas perspectivas ao seu estudo sobre contaminantes relacionados a esse tipo de combustível. “Espero aprender sobre a temática para depois aplicar o conhecimento adquirido, a partir desses processos, na realidade da minha região”, salientou o colombiano. A Unisc possui convênio com a Uniquindío por meio dos mestrados em Sistemas e Processos Industriais, em Tecnologia Ambiental e em Educação, o qual prevê a realização de pesquisas em conjunto e a mobilidade tanto de docentes quanto de alunos.


6

Novembro

Geral

2013

DENIS BURGIERMAN REALIZA PALESTRA NA UNISC Atividade abriu a programação do 4º Salão de Ensino e de Extensão e do 19º Seminário de Iniciação Científica Felipe Nopes

Teatro integrou a programação dos eventos Com base no contexto histórico do país durante a era de Getúlio Vargas (1930-1945), foi apresentada a peça O papai pirou nas ondas do rádio, no dia 24 de outubro, no Auditório Central da Unisc, dentro da programação do 4º Salão de Ensino e de Extensão e do 19º Seminário de Iniciação Científica. O espetáculo foi dirigido por Néstor Monteiro e escrito por Guto Greco. A trama, ambientada em um programa de rádio da década de 40, narrou o conteúdo de cartas envidas pelos ouvintes. Os rádio-atores reviveram a história de uma pacata família que teve sua rotina transformada quando o pai, Napoleão, levou um choque ao tentar consertar o rádio. Confuso e atordoado pelo susto, Napoleão passou a confundir a ficção com a realidade e assumiu o papel de herói de novela e ícone histórico. A família, por conselho do médico, decidiu não contrariá-lo e entrou nessa enlouquecida história, na qual todos se divertiram.

A professora Marcia Kniphoff da Cruz, do Departamento de Informática da Unisc, participou como painelista do 2º WorkshopEscola de Informática Teórica (WEIT 2013). O evento ocorreu de 15 a 17 de outubro, no campus da Universidade Federal do Rio Grande (Furg), e teve por objetivo divulgar e promover aspectos teóricos da computação, de forma a congregar estudantes e pesquisadores. A promoção foi da Furg, da Universidade Federal de Pelotas (UFPel) e da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs). Marcia apresentou o painel O pensamento computacional no ensino fundamental e médio, que também contou com a participação dos professores Ecivaldo de Souza Matos, do Instituto Federal de São Paulo (IFSP), e Daltro José Nunes, da Ufrgs. O trio de docentes expôs exemplos de diver-

Divulgação

Docente participa de painel de informática

Matos, Marcia e Nunes durante o evento, em Rio Grande sos programas e projetos que promovem atividades para o desenvolvimento do pensamento computacional nos diferentes níveis de ensino; as vantagens e as dificuldades que o ensino da computação, desde os primeiros anos da educação, pode trazer para a aprendizagem de modo geral; e o papel dos cientistas da computa-

ção nesse processo. “Abordamos a experiência da nossa Licenciatura em Computação tanto na questão do ensino como nos projetos de pesquisa, de extensão e do PIBID. Também apresentamos artigos publicados pelos docentes do curso e a importância dessa graduação para a sociedade”, salientou Marcia.

dade presente na sociedade em que vivemos. “As pessoas não conseguem entender nem dar conta de tanta complexidade que existe. Por isso, precisamos de novas estruturas de comando”, ressaltou. Burgierman também destacou que é necessário que haja uma mudança de lógica da civilização e apresentou o que considera como lógica industrial (processo linear, produção padronizada, especialização crescente, controle hierarquizado e planejamento rígido) e lógica complexa (processo sistêmico, produção diversa/ modular, multi/transdisciplinaridade, controle em rede e plataforma flexível). As atividades dos eventos seguiram até o dia 25 de outubro, na Unisc.

Divulgação

Jornalista falou sobre as estruturas de comando existentes nas empresas

Na noite do dia 21 de outubro, no Auditório Central da Unisc, ocorreu a abertura do 4º Salão de Ensino e de Extensão e do 19º Seminário de Iniciação Científica, promovidos pelas pró-reitorias de Graduação, de Extensão e Relações Comunitárias e de Pesquisa e Pós-Graduação. A programação dos eventos teve início com a palestra Inovação em tempos de colapso, ministrada pelo jornalista Denis Russo Burgierman. Diretor de redação da revista Superinteressante, integrante da equipe da revista Vida Simples e autor de quatro livros, Burgierman falou sobre as estruturas de comando hierárquico e as estruturas híbridas (compostas por comitês, colegiados etc.) existentes nas empresas, além da imensa complexi-

Peça O papai pirou nas ondas do rádio

PL das Comunitárias é aprovado pelo CCJ A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), reunida no dia 9 de outubro, aprovou o Projeto de Lei das Comunitárias, de relatoria do senador Luiz Henrique da Silveira (PMDB/SC). Sendo o mesmo em caráter terminativo na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania do Senado Federal, seguiu para sanção da presidente Dilma Rousseff. A principal inovação do projeto é o reconhecimento das comunitárias como instituições diferenciadas das empresas privadas, facilitando a sua relação com os órgãos públicos e possibilitando que firmem convênios e parcerias para o desenvolvimento de inúmeras atividades nas áreas de educação, saúde, direitos humanos e tecnologia, entre outras vantagens. Segundo o reitor da Unisc,

Vilmar Thomé, a conquista é fruto do trabalho de dezenas de lideranças das Universidades Comunitárias Brasileiras. “Esse reconhecimento proporcionará a possibilidade da ação conjunta entre o Estado e as instituições comunitárias, atualmente dificultada por razões de ordem legal, e facilitará o acesso a editais e financiamentos, antes disponíveis apenas para as universidades públicas”, disse. “Será possível, por exemplo, o compartilhamento de recursos físicos e humanos de forma ampla entre estatais e instituições comunitárias. Essa ação cooperada viabilizará uma atuação mais eficaz do Estado rumo ao desenvolvimento e ao fortalecimento da sociedade civil em sua capacidade de gerar soluções para os desafios de expansão e qualificação da educação brasileira”, complementou o reitor.


Novembro

2013

7

Geral

ESCOLA DE MÚSICA RECEBE R$ 120 MIL DA EMPRESA JTI Felipe Nopes A Escola de Música da Unisc recebeu, no dia 4 de outubro, na sala de reuniões da Reitoria, a doação de R$ 120 mil da fumageira Japan Tobacco International (JTI), que possui sede no município. A verba será destinada à compra de equipamentos e ao pagamento de professores da escola. “Com os recursos que adquirimos, planejamos trabalhar até meados de 2015”, apontou o coordenador do Núcleo de Arte e Cultura da Unisc, professor Luiz Augusto Costa a Campis. Segundo o diretor de Assuntos Corporativos e Comunicação da JTI, Flávio Goulart, a iniciativa possibilitará o desenvolvimento de diversas ações entre a empresa e a Universidade. “Esse apoio que estamos dando é importante

para preservar e manter a cultura local, como a música clássica”, salientou, referindo-se à Orquestra da Unisc, oriunda da Escola de Música. Para o reitor Vilmar Thomé, o repasse da fumageira vai contribuir ainda mais com o desenvolvimento da prática musical. “O sucesso da nossa orquestra não é por acaso”, ressaltou. De acordo com o coordenador da Escola de Música, professor Leandro Schaefer, a partir de agora a Universidade poderá oferecer aulas de instrumentos que não são oferecidas em escolas da região. “Queremos aumentar o número de alunos, realizar saraus e fazer com que a Escola de Música some forças com a Orquestra da Unisc, pois uma está ligada à outra”, revelou. Também participaram do

Desirê Allram

Valor doado pela fumageira será destinado à compra de equipamentos e ao pagamento de professores

Repasse da verba ocorreu no dia 4 de outubro, na sala de reuniões da Reitoria

encontro, pela Unisc, a próreitora e o coordenador de Extensão e Relações Comunitárias, Ana Luisa Teixeira de Menezes e

Governador Tarso Genro abre eventos do curso de Direito

Ricardo André Machado; o próreitor de Planejamento e Desenvolvimento Institucional, João Pedro Schmidt; a analista técnica

de projetos, Rosane Weiss; e a colaboradora do Núcleo de Arte e Cultura, Julie Eick.

Acadêmicas são premiadas em congresso Divulgação

Desirê Allram

Alunas da Unisc apresentaram três trabalhos

Realizado nos dias 4 e 5 de outubro, no anfiteatro do bloco 18 da Unisc, o 3º Seminário Estadual de Direito e 1ª Semana Acadêmica do Curso de Direito contou com a presença do governador do Rio Grande do Sul, Tarso Genro, que fez o discurso de abertura. Em seu pronunciamento, Tarso contou que aceitou com muita honra o convite para participar do evento. “Não vacilei e aceitei de imediato”, disse. O governador também reforçou a necessidade de se construir um estado moderno e inovador. “Temos que pensar numa relação da humanidade com a naturalidade, para produzirmos seres humanos mais felizes, assim como um futuro mais adequado para nossos filhos e netos”, ressaltou. A promoção do evento foi do curso de Direito e do Diretório Acadêmico Arthur Germano Fett, com apoio da Rede LFG e da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) – Subseção Santa Cruz do Sul.

As acadêmicas do curso de Engenharia Agrícola da Unisc, Cristiane Werlang, Gisele Elise Diedrich, Mariane Santos Dorneles e Maria Tereza Rodrigues de Freitas, apresentaram três trabalhos no 27º Congresso Nacional de Estudantes de Engenharia Agrícola e Engenharia Agrícola e Ambiental, dos quais dois foram premiados com um tablet. O evento ocorreu de 22 a 27 de setembro, no município de Alegrete (RS), e teve como tema A Engenharia Agrícola nos processos logísticos da agricultura brasileira, abordado pelas dificuldades para escoamento das últimas safras e pelo déficit de unidades armazenadoras que o Brasil vem enfrentando. Os trabalhos apresentados pelas alunas da Unisc foram desenvolvidos nas disciplinas do curso, por meio de estudos de caso nas áreas de Processamento Agroindustrial I – Grãos; Processamento Agroindustrial III – Produtos de Origem Animal; e Saneamento Agrícola. As acadêmicas salientaram a importância da participação em eventos como esse, no qual houve a possibilidade de conhecer diversas culturas e realidades, bem como trocar experiências com outros estudantes, professores e palestrantes de todo o Brasil.


8

Institucional

Novembro

2013

VIVA UNISC RECEBE MAIS DE 7 MIL VISITANTES Público presente conheceu os cursos, os serviços e a infraestrutura da Instituição e participou de diversas atividades Realizada no dia 30 de outubro, no campus de Santa Cruz do Sul, a edição de 2013 do Viva Unisc recebeu mais de 7 mil visitantes, entre alunos e professores, vindos de 138 escolas de ensino médio de 52 municípios dos Vales do Rio Pardo e Taquari, do Centro-Serra e da região da Quarta Colônia. Durante todo o dia, o público presente conheceu os cursos, os serviços e a infraestrutura da Instituição e pôde participar de diversas atividades divididas em 75 oficinas. O local com a maior concentração de visitantes foi o Ginásio Pedagógico, no qual esteve concentrada a Mostra de Cursos. Acadêmicos e docentes de todos os cursos oferecidos pela universidade apresentaram as opções para a carreira profissional e esclareceram dúvidas. Houve, ainda, visitas orientadas aos laboratórios, Unisc Tour Motorizado, Biblio Tour, pocket show com a banda Bidê ou Balde, no Centro de Convivência, distribuição de brindes e o recebimento de mais de 1,4 mil inscrições para o Vestibular de Verão 2014. Fotos: Felipe Nopes


Novembro

2013

9

Geral

CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO COMPLETA 20 ANOS Seleção 2014 Com cerca de 390 estudantes e 33 professores, o curso de Ciência da Computação completou 20 anos de atuação na Unisc. A data foi comemorada no dia 2 de outubro, na sede da Associação dos Docentes da Unisc (Adunisc), com coquetel, apresentação da história do curso e a presença de seus docentes e acadêmicos. Segundo a coordenadora do curso, professora Beatriz Lux, o objetivo é ampliar, cada vez mais, a abrangência da graduação em Ciência da Computação. “Começamos com um pequeno grupo de docentes da região e a maioria deles permanece conosco até hoje. Todos sempre procuraram a atualização para oferecer um ensino de qualidade aos nossos alunos”, destacou Beatriz. A coordenadora ressaltou também que o curso está focado na internacionalização e possui convênio com a Ostfalia Hochschule für Angewandte Wissenschaften, Universidade de Ciências Aplicadas da

Desirê Allram

Comemoração reuniu acadêmicos e professores do curso na sede da Adunisc

História do curso foi apresentada durante o evento festivo

Alemanha, para a realização de projetos em robótica. Para que os estudantes possam dispor de uma infraestrutura de ampla qualidade, o curso conta

com laboratórios modernos e bem equipados, entre eles os de Eletrônica e Física, de Programação, de Redes de Computadores, de Robótica e Hardware, de Computação

Universidade promove seminário sobre saúde na terceira idade

O Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional – Mestrado e Doutorado (PPGDR) da Unisc está com inscrições abertas, até o dia 20 de novembro, para a seleção 2014. A área de concentração do programa é o Desenvolvimento Regional, devendo o candidato vincular o seu projeto a uma das três linhas de pesquisa – Território, Planejamento e Sustentabilidade; Estado, Instituições e Democracia; e Organizações, Mercado e Desenvolvimento. As inscrições podem ser feitas pelo site www.unisc.br/ ppgdr, no qual também se encontram dados sobre processo de seleção, vagas, bibliografia recomendada, documentação necessária, corpo docente, estrutura curricular, entre outras. Mais informações sobre o processo de seleção 2014 podem ser obtidas na secretaria do PPGDR, na sala 1023, bloco 10 da Unisc, ou pelo telefone (51) 37177392.

Grupo da Unisc participa de evento internacional Com sete trabalhos de autoria de oito estudantes do Mestrado em Educação e de quatro professores, a Unisc participou, entre os dias 22 e 25 de outubro, do 21º Seminário Internacional de Investigación sobre Formación de Profesores para el Mercosur/Cono Sur, na cidade de Bahía Blanca, na Argentina. O evento ocorre anualmente desde 1993 e reúne pesquisadores da Argentina, do Uruguai, do Chile, do Brasil e da Venezuela, a fim de promover o intercâmbio acerca das políticas educacionais nos países do Mercosul/Conesul. Os trabalhos da Unisc foram: Formação de educadores em saúde: o Estado e as Políticas Públicas no Projeto Utópico é possível, de Kellen Gassen, Moacir Viegas e Cesar Goes;

Desirê Allram

Vivendo bem, até mais que 100 foi a temática escolhida para o 5º Seminário Integrado do Serviço Integrado de Saúde (SIS), ocorrido nos dias 2 e 3 de outubro, nas dependências do bloco 31 da Unisc. Alunos e professores dos cursos de Enfermagem, Psicologia, Medicina e Nutrição expuseram trabalhos de pesquisa, de extensão, de estágios curriculares e de práticas de disciplinas referentes à saúde do idoso. O evento teve como público-alvo acadêmicos, docentes e colaboradores da Unisc, assim como a comunidade em geral. As atividades foram abertas no dia 2, na sala 101, bloco 1 da Unisc, com a palestra Como envelhecer com Saúde, ministrada pelo médico Felipe Pomatti Chedid Lisboa. Houve, ainda, a divulgação do Guia da Saúde do Idoso e a realização do teste Você sabe o que fazer para envelhecer com saúde?, que forneceu dicas para o envelhecimento saudável. Já no dia 3, foram realizadas a palestra Estudos de casos clínicos comentados – Cuidado integral no envelhecimento, com

Gráfica/Processamento de Imagens, de Sistemas de Informação, entre outros. “Ter laboratórios bons e avançados é obrigação do nosso curso”, enfatizou Beatriz.

do PPGDR

Abertura do evento ocorreu na sala 101, bloco 1 da Unisc a médica Melissa Agostini Lampert, e o encontro Relato das vivências dos acadêmicos no cuidado individual, em grupo e visita domiciliar com idoso na Unisc. Para a coordenadora da área de Nutrição do SIS, professora Francisca Maria Assmann Wichmann, eventos desse porte são essenciais para refletir sobre a prática profissional, além de fortalecer a ligação entre a vida acadêmica e a comunidade. “Dessa maneira, privilegiamos as pessoas da comunidade e possibilitamos que os estudantes tenham a oportu-

nidade de aprender, através do serviço-escola, com a troca de experiências com os pacientes”, reiterou. Além de Francisca, o evento também foi coordenado pelas professoras Edna Linhares Garcia (Psicologia), Renata Becker Jucá (Medicina) e Vera Elenei da Costa Somavilla (Enfermagem). A organização ficou a cargo dos acadêmicos dos quatro cursos, dos funcionários do SIS, dos bolsistas do projeto de extensão sobre envelhecimento e da Liga da Geriatria do Envelhecimento, do curso de Medicina.

Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência da Unisc: integrando reflexão, teoria e prática na formação de professores, de Joice Nunes Lanzarini e Rudimar Serpa de Abreu; Educação Politécnica: a busca pela formação do “homem omnilateral” e os paradoxos de sua implantação nas escolas públicas do Rio Grande do Sul, de Rafael de Brito Vianna; Formação de professores: uma reflexão sobre práticas inovadoras no ensino das ciências da natureza e suas tecnologias na EJA, de Santos Wippel, Carmen Gabbi e Rosángela Nagel; A pesquisa em educação no contexto da formação de professores visando um trabalho emancipatório, de Carmen Gabbi, Suzani Wippel e Marlova Giuliani O trabalho com as tecnologias da informação e da comunicação: um desafio para a formação docente, de Joice Nunes Lanzarini e Felipe Gustsack; Educação romântica, mas não ingênua, de Adriana Janice Lenz.


10

Novembro

Geral

2013

PELA SEXTA VEZ, UNISC FIGURA ENTRE AS MELHORES EMPRESAS PARA SE TRABALHAR NO BRASIL Resultado foi divulgado após pesquisa realizada pela revista Você S/A e pela Fundação Instituto de Administração Divulgação

Cathia, Breunig e Jaqueline durante a premiação, em São Paulo

A Unisc foi eleita, pela sexta vez consecutiva, como uma das 150 melhores empresas para se trabalhar no Brasil, de acordo com a pesquisa realizada pela revista Você S/A e pela Fundação Instituto de Administração (FIA). O prêmio foi recebido no dia 9 de setembro, em São Paulo, pelo vice-reitor Eltor Breunig e pelas colaboradoras Cathia Rubert e Jaqueline Finkler, que representaram a Universidade. Todos os anos, a revista Você S/A e a FIA divulgam o ranking “150 Melhores Empresas para Você Trabalhar”. O Guia tem como base a maior pesquisa de clima organizacional do Brasil. Segundo a coordenadora do Setor de Recursos Humanos da Unisc, Juliana da Silva Corrêa, uma das maneiras de absorver a missão, a visão e os compromissos institucionais é através da prática, oportunizando uma metodologia teórico-vivencial para refletir sobre o seu papel

na organização. “A comunicação das estratégias aos colaboradores também é valorizada, pois aponta o caminho a ser trilhado por todos, sempre trazendo uma avaliação do que já se percorreu, além de vir ao encontro das principais características da gestão da Unisc, que são a democracia, a participação, a descentralização e a transparência administrativa”, salienta. Pesquisa de Clima Com a finalidade de avaliar a qualidade de vida no trabalho e coletar sugestões para melhorar o desempenho da Instituição, a cada dois anos a Unisc promove a Pesquisa de Clima Institucional. A partir da análise dos resultados, reforçou-se a necessidade da continuidade da ação de planejamento para o orçamento anual, uma conta financeira focada para promoções dos funcionários técnicos administrativos para me-

lhoria da remuneração. Houve, também, a ampliação dos cursos de Lideranças com programas específicos. Asas O Programa Asas de Qualidade de Vida é ofertado gratuitamente para funcionários, aprendizes e estagiários remunerados, promovendo e inovando as variadas atividades físicas, que visam à integração com os demais colegas para uma vivência com qualidade, alegria e saúde. O Asas Junior também tem a proposta de estimular as crianças à prática de exercícios físicos e à competição de forma saudável, assim como aproximar a família da Universidade. “Dentro desse contexto, o RH/SESMT promove ações preventivas, como palestras e capacitações, na área de Segurança e Prevenção de Acidentes, assim como o encaminhamento de fun-

Universidade também está entre as melhores instituições de ensino Dos dez cursos de graduação e seis tecnólogos da Unisc inscritos no Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade), sete deles consolidaram a presença da Universidade entre as 10 melhores do Rio Grande do Sul. Divulgado em outubro, numa escala de 1 a 5, o resultado da edição do Enade, realizado por concluintes no ano passado, destaca a colocação conquistada pelos cursos de Jornalismo e de Relações Internacionais, ambos com conceito 4 e entre os três melhores do estado. Também com conceito 4 figuram na lista os cursos de Licenciatura em Computação, Ciências Contábeis – campis de Santa Cruz do Sul e de Sobradinho – e de Administração – campus de Capão da Canoa. Já os cursos de Ciências Econômicas e de Secretariado Executivo obtiveram o conceito 3. O reitor da Unisc, Vilmar Thomé, mostrou-se satisfeito frente a crescente valorização dos cursos e atribuiu o bom resultado ao empenho dos alunos e do corpo docente da Instituição. Para Thomé, as colocações, assim como as boas condições de infraestrutura e as diversas opções de financiamento estudantil, são fatores essenciais na escolha da instituição pelo futuro acadêmico.

Dados da Unisc no Guia 2013 Você S/A Nota final – Índice de Felicidade no Trabalho (IFT): 79,9 Nota do funcionário – Índice de Qualidade no Ambiente de Trabalho (IQAT): 81,7 Nota da empresa – Índice de Qualidade na Gestão de Pessoas (IQGP): 75,7 cionários para sessões de psicoterapia, com auxílio da Instituição nos custos. Sendo diagnosticada a necessidade de um acompanhamento psicológico, os colaboradores podem realizar o tratamento com profissionais credenciados pelo RH/SESMT nos seus respectivos consultórios e receber o auxílio de pagamento”, explica Juliana. Carreira Para obter informações orientadoras sobre a remuneração, o Setor de Recursos Humanos tem como ação a consulta ao mercado. Assim, procuram-se referências mais próximas da realidade da Unisc, para que haja correção na tomada de decisão quanto à remuneração de um cargo. Além disso, o Programa de Capacitação da Instituição proporciona reflexão e uma metodologia teórico-vivencial, que serve de ferramenta para o planejamento de carreira. Todos os anos são oferecidos cursos que têm como objetivo estimular os participantes para desenvolverem competências técnicas e comportamentais, como o planejamento orientado para resultados; a habilidade de execução, de negociação e em atendimento; e a comunicação eficaz. Já na abertura de uma vaga, seja por substituição de funcionário ou por ampliação do corpo funcional, a primeira alternativa avaliada é de ser um processo de recrutamento interno, isto é, quando o funcionário já possui vínculo com a Instituição. Pertencer Um dos valores centrais que norteiam as ações da Unisc é o humanismo, que se consubstancia na busca do desenvolvimento integral das potencialidades humanas; no respeito a todas as pessoas e às diferenças entre elas; e no desenvolvimento da capacidade de viver em sociedade, de interagir criativamente com os outros e de transformar o meio social.

A partir desse conceito de humanismo, a Instituição construiu o Programa Pertencer Unisc. Trata-se de um plano de inclusão fundamentado nos princípios do direito à cidadania e da inserção ao mundo do trabalho. Tem por objetivo promover, junto à Universidade, a contratação, o acolhimento e o desenvolvimento de pessoas com deficiência, e também junto ao grupo de trabalho ao qual venham a colaborar. Além disso, o programa busca a acessibilidade desse público a programas de qualificação e de desenvolvimento. Hoje, a Unisc conta com 60 pessoas com algum tipo de deficiência atuando em diversos setores. Capacitação Por meio de cinco tipos diferentes de iniciativas , os técnicos administrativos podem buscar o seu desenvolvimento nas modalidades de Bolsas de Pós-Graduação, Cursos e Eventos Externos, Programa de Capacitação Interno, Bolsas de Línguas e Educação para Jovens e Adultos (EJA). Em 2012 foram cerca de 10 mil horas de capacitação e, até o final de 2013, a previsão é de 13 mil horas. Por outro lado, a Instituição segue investindo nos docentes. Estes podem se incluir nas ações descritas acima, nos demais cursos de seu interesse e no Programa Pedagogia Universitária, desenvolvido para a realidade e as necessidades dos professores. Outra possibilidade é fazer o pleito para bolsas dos programas de pós-graduação. Novidades Em 2013, foram implantados o Vale-alimentação para os técnicos administrativos, sempre proporcional a sua carga horária de trabalho, e o Seguro de Vida em Grupo. Ambas as ações foram apontadas por meio das Pesquisas de Clima, tanto interna como externa, e implantadas após o estudo de viabilidade.


Novembro

2013

11

Geral

CURSO DE ODONTOLOGIA INAUGURA BLOCO CIRÚRGICO

Ambiente foi construído conforme a legislação da Vigilância Sanitária RDC nº 50

busca da Unisc pela excelência. “Buscamos parceiros com a mesma visão, ou seja, desenvolver uma odontologia de alto nível”, salientou. O vice-reitor Eltor Breunig apontou que as melhorias no curso têm sido contínuas desde que

foi implantado na Universidade. “Se o curso está bom, pode ficar ainda melhor”, disse. Após a inauguração, foi realizado um jantar comemorativo na sede da Associação dos Docentes da Unisc (Adunisc) para professores, acadêmicos, funcionários e egressos de Odontologia. Desirê Allram

Servo, Breunig e Milan na inauguração do novo espaço

Semana acadêmica Entre os dias 11 e 14 de novembro, no Auditório Central da Unisc, ocorreu a 15ª Semana Acadêmica do Curso de Odontologia. De acordo com o coordenador, professor Fábio Machado Milan, a intenção do evento foi instigar a participação dos acadêmicos por meio da integração e da atualização dos conhecimentos na área odontológica. O entendimento de que a atualização consolida o conhecimento foi compartilhado pelo professor Fabiano Bender Panta. “Novos questionamentos levam a novas percepções. São nos momentos científicos que temos contato com pensamentos diferentes, os quais nos abrem novas possibilidades dentro da profissão”, assegurou.

com 30 trabalhos inscritos por professores e acadêmicos da Instituição. Junto com a pesquisa cientifica, vale destacar a proximidade da vida acadêmica com a comunidade, na qual os estudantes, por meio de projetos de extensão, aprendem a aliar o conhecimento teórico com o prático, sem se distanciar do contato humano. Eliminar focos infecciosos, tratar os efeitos colaterais, em especial nos pacientes de radioterapia e de quimioterapia, e acolher o paciente para entender melhor o atendimento são algumas das motivações que levaram os acadêmicos Anderson Dotto e Douglas Henrique Specht a participarem do projeto Assistência Odontológica

Infraestrutura O Bloco Cirúrgico foi construído conforme a legislação da Vigilância Sanitária RDC nº 50 e dispõe de seis cadeiras odontológicas, seis negatoscópios, seis lixeiras de 12 litros e seis lixeiras de seis litros, todas com sensor de abertura e fechamento automático, seis mesas auxiliares, 12 fisiomochos, dois monitores WVC 148OPI, sistema de transmissão de imagens, dois vestiários e sistema de ar condicionado de expansão direta, com equipamentos de filtragem do tipo unidades de tratamento de ar (UTA).

em Paciente Oncológico, coordenado pelo professor José Luiz Piazza. Há dois anos com visitas semanais ao Centro de Oncologia Integrado (COI) do Hospital Ana Nery, eles ressalvam que os 190 procedimentos realizados no último semestre em 40 pacientes, com faixa etária entre 60 e 69 anos, foram gratuitos e iniciados apenas após a liberação médica de algum profissional do hospital. “É uma experiência diferenciada. Exige conhecimento específico nessa área, sem esquecer a humanização”, revela Specht. “Essa interação entre médico, dentista e paciente só tem a agregar ao tratamento. Com melhor efeito estético, a diminuição de alguns sintomas, como a xerostomia (pouco fluxo de saliva), melhora a autoestima e agrega mais qualidade de vida ao cotidiano do paciente”, complementa Dotto.

Benefícios após o tratamento Ao se recuperar da retirada de um tumor em um dos ossos da face, o que o fez ficar 22 dias internado na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI), o aposentado José Ernestides Zezara, 78 anos, reforça os benefícios trazidos pelo tratamento ao seu dia a dia. “Além da limpeza dos dentes, a saliva em minha garganta tornou-se menos espessa, contribuindo para melhorar a minha alimentação. Foi uma grande conquista não ter que me preocupar mais com isso”, conta Zezara.

Maurício Beskow

Criado em março de 1998, o curso de Odontologia da Unisc realizará, ao longo deste semestre, diversas atividades alusivas às comemorações dos seus 15 anos de atuação na Universidade. A primeira delas ocorreu no dia 4 de novembro, com a inauguração do Bloco Cirúrgico, junto ao bloco 32 do campus-sede. A ideia de implantação do espaço, que será utilizado para aulas de graduação e cursos de extensão e de pós-graduação, surgiu após a visita do coordenador do curso, professor Fábio Machado Milan, à fabrica de equipamentos odontológicos Gnatus, em Ribeirão Preto, São Paulo, com a qual a Unisc firmou parceria para a concretização do projeto. Com investimento de R$ 250 mil em infraestrutura, o Bloco Cirúrgico foi concluído em aproximadamente um ano e meio. Segundo Milan, o novo ambiente vai auxiliar no aprimoramento dos estudantes de Odontologia. “O que há de melhor e mais moderno está aqui dentro”, afirmou o coordenador. Para o gerente de Relações com o Mercado da Gnatus, Flávio José Servo, a parceria reflete a

Felipe Nopes

Ação realizada no dia 4 de novembro faz parte das comemorações dos 15 anos de atuação do curso na Universidade

Conhecimento técnico e contato humano Com 265 alunos matriculados e 51 profissionais no corpo docente, o curso de Odontologia tem consolidado sua relevância regional com a crescente participação em eventos, como os promovidos pela Associação Brasileira de Ensino Odontológico (Abeno),

Dotto e Specht (em pé) com o paciente José Zezara


12

Novembro

Extensão

2013

FISIOTERAPIA DA UNISC ACERTA PARCERIA COM A AACD

Josemar Santos A Unisc, por meio do curso de Fisioterapia, e a Associação de Assistência à Criança Deficiente (AACD) firmaram um contrato para a concessão de dispositivos destinados ao Programa de Concessão de Órteses e Próteses desenvolvido pela Instituição. A solenidade ocorreu no dia 10 de outubro, na sala de reuniões do Gabinete da Reitoria da Unisc. O documento foi assinado pelo reitor Vilmar Thomé e pela gerente da unidade da AACD/RS, Janaina Guimarães. Por meio do contrato, as próteses e órteses do Projeto deixam de ser oferecidas por uma entidade privada e passam a ser produzidas pela AACD. “A Unisc foi a primeira instituição a ser procurada para firmar essa parceria, que para nós será de grande valia”, disse Janaina Guimarães. Já a coordenadora do curso de Fisioterapia da Unisc, professora Angela Cristina Ferreira da Silva, explicou que a parceria prevê também outras ações. “Pelo acordo

Josemar Santos

Contrato prevê a concessão de dispositivos para o Programa de Concessão de Órteses e Próteses

Solenidade ocorreu na sala de reuniões do Gabinete da Reitoria da Unisc

existe a possiblidade de os estudantes realizarem estágios e intercâmbios, e de os bolsistas e professores receberem capacitação através do trabalho da Associação”, salientou. Também estiveram presentes no encontro o che-

fe de Gabinete da Reitoria da Unisc, Angelo Hoff; o encarregado técnico e o coordenador da Oficina Ortopédica da AACD, Cláudio Postal e Juliano Nascimento, respectivamente; além da acadêmica Camila Flores, representando os

bolsistas que atuam no Serviço de Reabilitação Física (SRFis). O Projeto de Concessão de Órteses e Próteses foi lançado em 2009 e beneficia pacientes de 67 municípios das regiões dos vales do Taquari, do Jacuí e do Rio Pardo. O SRFis, que está alocado na Clínica FisioUnisc, desenvolve um trabalho multidisciplinar, envolvendo os cursos de Fisioterapia, Nutrição, Enfermagem, Psicologia e Serviço Social, além de um médico, uma terapeuta ocupacional e uma fonoaudióloga para atender os pacientes amputados ou por-

Expedição do Atlântico ao Pacífico Divulgação

Inserção social dos idosos Firmado a partir de uma parceria entre a Unisc e a Unimed, ocorre no dia 19 de novembro, na sala 108, bloco 1 do campus-sede, o Ciclo de Palestras. A atividade inicia às 14 horas com a apresentação da tese de doutorado Os grupos e a participação social do idoso, da professora Rosane Brochier Kist, a fim de complementar a sua exposição acerca da temática na Semana do Idoso, em outubro. O evento é aberto à comunidade e destina-se a idosos, familiares, coordenadores de grupos, acadêmicos e professores interessados na temática e gestores públicos. A participação é gratuita.

Programa Propet-Saúde oferece oficina Divulgação

A primeira etapa da Expedição do Atlântico ao Pacífico contou com a participação de membros da Rede de Educação Ambiental Redenção do Pardo, vinculada ao Comitê Pardo, e de acadêmicos dos cursos de Ciências Biológicas e Engenharia Ambiental da Unisc. Os professores Jair Putzke e Eduardo Lobo coordenaram as atividades que foram desenvolvidas no dia 11 de outubro, nos municípios de Torres e Capão da Canoa. Dentre elas, o reconhecimento de espécies enJair Putzke e Eduardo Lobo coordenaram as atividades dêmicas, principalmente as consideradas em risco de extinção, e discussões dos efeitos das ações antrópicas sobre a natureza. A etapa seguinte da expedição foi realizada no Chile no período de 11 a 18 de novembro desse ano de 2013.

tadores de deficiência, cadastrados nas prefeituras das cidades onde residem. Já a AACD é uma entidade privada, sem fins lucrativos, que trabalha há mais de 62 anos pelo bem-estar de pessoas com deficiência física. Conta com um amplo serviço de assistência médica, pedagógica e social, voltado principalmente para crianças e adolescentes, promovendo a reabilitação e a reintegração social desses indivíduos. Possui unidades em várias partes do Brasil, inclusive em Porto Alegre.

Atividade foi sobre o uso de gerenciadores de bibliografias O Programa de Reorientação da Formação Profissional em Saúde e Programa de Educação pelo Trabalho (Propet-Saúde) ofereceu uma oficina sobre a utilização de gerenciadores de referências bibliográficas. A atividade ocorreu no dia 7 de outubro, na sala 101, da Unisc, e foi ministrada pela professora Lia Possuelo. O encontro contou com 113 participantes, entre estudantes dos cursos de graduação e de pós-graduação das diversas áreas da saúde, professores e funcionários da rede de atenção em saúde dos municípios de Santa Cruz do Sul, Venâncio Aires, Vera Cruz, Rio Pardo e Sinimbu.


Novembro

2013

PMT/VRP comemora 20 anos de atividades Josemar Santos

Desirê Allram

FINEP APROVA RECURSOS PARA UNISC INVESTIR EM PESQUISAS A Unisc foi contemplada com recursos da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), vinculada ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), no valor de R$ 1.937.614,98, que será destinado ao projeto Ambientes de desenvolvimento da pesquisa científica, tecnológica e humanística. O recurso foi solicitado por meio do Edital Infraestrutura de Pesquisa em Universidades Comunitárias 01/2013. O recurso será investido na construção do Bloco 10B QualiPG2, de 783,86m², ao lado do Bloco 10, próximo à Biblioteca Central no Campus de Santa Cruz do Sul, e na aquisição de equipamentos para pesquisa nos oito Programas de Pós-Graduação Stricto-Sensu: Desenvolvimento Regional; Direito; Letras; Sistemas e Processos Industriais; Tecnologia Ambiental; Educação; Promoção da Saúde e Administração Conforme a pró-reitora de Pesquisa de Pós-Graduação da Unisc, Rosângela Gabriel, esses recursos serão importantes para ampliar e qualificar ainda mais a infraestrutura de pesquisa da Instituição, visando à consolidação e à qualificação dos programas de pós-graduação. “A pesquisa científica necessita de investimentos constantes em melhorias no espaço físico e em equipamentos com tecnologia de ponta, a fim de buscar a consolidação dos programas de stricto sensu – mestrados e doutorados da Unisc. Esses novos laboratórios proporcionarão

13

Pesquisa

Atividades de aniversário ocorreram na sala 101 da Unisc

Bloco 10 - QualiPG/Finep foi erguido próximo à Biblioteca espaços para os grupos de pesquisa, constituindo-se em ambientes de interação, ricos em trocas referentes aos estudos realizados dentro das linhas de pesquisa”, salientou. O reitor Vilmar Thomé destacou a importância de a Instituição ter sido novamente contemplada com recursos da Finep/MCTI, pois mostra que a Universidade apresentou propostas qualificadas que permitiram o acesso aos Editais, pois IES de todo o Brasil disputavam os mesmos recursos. “A Unisc caracteriza-se, desde sua origem, como uma universidade comunitária, cuja política institucional de pesquisa valoriza continuamente a produção e a difusão de conhecimento científico e tecnológico, além da busca de maior articulação da ciência com o ensino e com as principais demandas sociais, econômicas, culturais e ambientais existentes nas regiões de atuação”, afirmou. Já a coordenadora de Pesquisa da Unisc, Andreia Valim, disse

que a Universidade conta atualmente com 41 grupos de pesquisa cadastrados junto ao CNPq, que reúnem professores e alunos dos cursos de graduação e de pós-graduação, além de pesquisadores de outras instituições de ensino. “Esses grupos desenvolvem projetos de pesquisa em todas as áreas do conhecimento, organizados para fortalecer o desenvolvimento de linhas de pesquisa da Unisc”, revelou. Recursos anteriores Em 2010, a Finep promoveu ação semelhante, quando destinou recursos para apoio à infraestrutura de pesquisa em universidades comunitárias. Na oportunidade, a Unisc foi contemplada com o valor de R$ 984.770,00. Com os recursos, foi construído o Bloco 10 - QualiPG/Finep. O prédio de 739 metros quadrados foi erguido entre a Biblioteca Central e a praça da Escola de Educação Básica Educar-se e está sendo utilizado desde o início deste ano.

Trabalhos de mestrado recebem prêmio Dois trabalhos desenvolvidos no Programa de Pós-Graduação em Sistemas e Processos Industriais – Mestrado, da Unisc, foram premiados no 17º Encontro Nacional de Química Analítica (ENQA), realizado de 6 a 9 de outubro, em Belo Horizonte, Minas Gerais. A primeira pesquisa, intitulada Determinação direta de taninos em casca de Acácia mearnsii por espectroscopia no infravermelho próximo, recebeu o prêmio de melhor pôster em Quimiometria. O estudo foi desenvolvido junto à empresa Seta S.A. e foi tema da dissertação de mestrado da acadêmica Caren Machado Menezes, sob orientação do professor Adilson Ben da Costa. O segundo trabalho ganhou o prêmio de melhor pôster na categoria Outros, no qual se destacam estudos emergentes em Química Analítica. O trabalho, intitulado Entalpiometria assistida por termografia no infravermelho: um novo método analítico aplicado à determinação da acidez de vinhos, está sendo desenvolvido em conjunto com a Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Participam desse projeto os professores Juliano Smanioto Barin (UFSM), Adilson Ben da Costa (Unisc) e Leonel Pablo Tedesco (Unisc). O Encontro Nacional de Química Analítica, promovido pela Divisão de Química Analítica, da Sociedade Brasileira de Química (SBQ), contou com mais de 1.000 participantes, entre docentes, pesquisadores, estudantes de graduação e de pós-graduação das diferentes áreas da química analítica e representantes da indústria química. O evento contabilizou 829 trabalhos apresentados nas áreas de Eletroanalítica, Espectroanalítica, Espectrometria de Massas, Instrumentação, Preparo de Amostras, Quimiometria, Química Ambiental e Técnicas de Separação, além da categoria Outros.

O Polo de Modernização Tecnológica do Vale do Rio Pardo (PMT/ VRP) completou 20 anos de atuação no dia 23 de outubro. Para marcar a data, foi realizada uma intensa programação na sala 101, da Unisc, com debates e palestras abertas à comunidade. O trabalho do Polo ocorre em parceria com o Conselho Regional de Desenvolvimento do Vale do Rio Pardo (Corede/VRP). O objetivo é fazer a articulação entre os setores da região, buscando criar uma identidade regional conforme as necessidades, com o objetivo de focar as ações para sugerir novos projetos. Conforme a gestora do PMT/VRP, Adriana Hintz Eick, ao longo dos 20 anos de atuação, aproximadamente 300 projetos de pesquisa e extensão foram desenvolvidos, tendo sido financiados pelos governos Estadual e Federal, empresas, associações, cooperativas e prefeituras. “É com esse objetivo que continuaremos trabalhando para o desenvolvimento da região do Vale do Rio Pardo”, considerou.

Seminário Interinstitucional de Pesquisa No dia 14 de novembro, a Unisc, por meio do Programa de PósGraduação em Letras – Mestrado, sediou o 3º Seminário Interinstitucional de Pesquisa (SIP). O evento reuniu pesquisadores de grupos de investigação da área da Literatura de programas de pós-graduação de universidades gaúchas, com o objetivo de estabelecer, durante os encontros, a troca e a discussão sobre as pesquisas já realizadas ou em andamento. A abertura ocorreu na sala 5328, bloco 53 da Unisc, com a palestra René Girard e a literatura: os irmãos Karamazov, ministrada pela professora Clara Oliveira, da Universidade do Minho, de Portugal. Em seguida, no mesmo local, houve a apresentação de 28 trabalhos dos grupos de pesquisa Leitura, literatura e cognição/ Genalic (Unisc), Ícaro (UFPel) e Literatura e autoritarismo (UFSM), a qual se estendeu até o final da tarde.

Unisc publica capítulos em livro da editora Springer O professor do Mestrado em Sistemas e Processos Industriais e do Departamento de Química e Física da Unisc, Luciano Marder, teve dois capítulos publicados no livro Electrodialysis and Water Reuse da editora Springer. O livro, que será lançado em 2014, foi editado pelos professores Andréa Moura Bernardes (Ufrgs), Marco Antônio Siqueira Rodrigues (Feevale) e Jane Zoppas Ferreira (Ufrgs), e já está disponível on-line para compra na íntegra ou de capítulos específicos. O professor Luciano Marder foi coautor nos seguintes capítulos: Electrodialysis Control Parameters, também de autoria do professor Valentin Pérez Herranz, da Universidad Politécnica de Valencia (Espanha); e Electrodialysis Treatment of Metal-Cyanide Complexes, também de autoria dos professores Marco Antônio Siqueira Rodrigues (Feevale), Andréa Moura Bernardes (Ufrgs) e Jane Zoppas Ferreira (Ufrgs).


14

Novembro

Variedades

2013

Divulgação

Atletismo Unisc ganha bronze nos JUBs

Divulgação

Com o tempo de 4 minutos e 14 segundos, a equipe de Atletismo da Unisc obteve medalha de bronze no revezamento 4 x 400, no dia 27 de outubro, durante os Jogos Universitários Brasileiros (JUBs 2013), em Goiânia (GO). O quarteto da Unisc foi composto pelas atletas Katiane Braga, Rafaela Ritz dos Santos, Emília Dopke e Jaqueline Weber. Na primeira posição ficou a equipe da Unifor do Ceará, enquanto a Uninassau de Pernambuco foi a segunda colocada. A Unisc também participou do evento na modalidade de Xadrez, representada pela enxadrista Mitiele Corrêa Majewski. Os 61º Jogos Universitários Brasileiros ocorreram numa realização da Confederação Brasileira do Desporto Universitário (CBDU), com apoio da Federação Goiana de Desporto Universitário (FGDU), do Ministério do Esporte, do Governo do Estado de Goiás e Prefeitura de Goiânia.

Unisc no Circuito Sesc Atletismo

Seacom instiga novas perspectivas comunicacionais Com o slogan Em qual realidade você vive?, ocorre, de 28 de outubro a 1º de novembro, a 18ª Semana Acadêmica do Curso de Comunicação Social (Seacom), da Unisc. O objetivo foi estimular nos futuros comunicadores as diferentes percepções sociais propostas pela esfera comunicacional, assim como aproximálos das vivências profissionais. A programação do evento foi aberta com a palestra Protestos pelo Brasil, ministrada pelo coordenador de comunicação do grupo Mídia Fora do Eixo, Ney Hugo. Ele falou sobre a relevância dos novos paradigmas trazidos pelo grupo Mídia Ninja, de Porto Alegre, à imprensa tradicional durante as manifestações que tomaram conta do país em junho deste ano. Entre os palestrantes também estiveram o jornalista e coordenador da Assessoria de Comunicação Social do Tribunal de Contas do Estado (TCE-RS), Marcos Rolim; o fotógrafo da banda Fresno, Lourenço Fabrino; e o sócio-proprietário da Omelete Inteligência Integrada, João Riva, além de outros convidados das diferentes habilitações do curso. As palestras ocorreram no anfiteatro do bloco 18 da Unisc. Já as oficinas foram realizadas nos laboratórios e nas salas do curso.

Andressa Bandeira

A equipe de Atletismo da Unisc conquistou várias medalhas de primeira colocação durante o Circuito Sesc de Corridas, realizado no dia 6 de outubro, em Gramado. A prova foi dividida em percursos de 1 km e 2 km (infantil); e 3 km, 5 km e 10 km (adultos usuários e comerciários). No percurso de 3 km, os atletas da Unisc que conquistaram o 1º lugar foram: Filipe Matheus Cargnelutti, Pricila Silva e Almiro dos Santos, na categoria usuário; e Renan Backeld Correa na categoria comerciário. Além desses, o atleta Juliano Cardoso Kommer obteve o 2°lugar na categoria comerciário. Na prova de até 5 km a equipe Unisc se sagrou campeã na categoria usuário, com Adélio dos Santos e Anderson de Souza. Já no percurso de 10 km, Terli Tatsch ficou com o 2° lugar na categoria usuário. As etapas seguintes do Circuito Sesc ocorreram no dia 27 de outubro em Santa Rosa e no dia 15 de novembro em Santa Maria. A última etapa acontece no dia 8 de dezembro em Porto Alegre.

Ney Hugo abriu a programação do evento no bloco 18

Dicas para ler Livraria

Biblioteca

Últimos quartetos de Beethoven e outros contos, de Luis Fernando Verissimo Editora: Objetiva Preço: R$ 29,90

No coração do mar, de Charlotte Rogan Editora Intrínseca Localização na estante: 813 R721n 2013

Os cinco eram apaixonados pela Livia. Um dia ela teve a ideia de um pacto de sangue para unir a turma até a morte. A amizade sobreviverá ao ritual? O texto batiza ‘Os últimos quartetos de Beethoven e outros contos’, o primeiro livro só de contos de Luis Fernando Verissimo. Uma espanhola misteriosa, um ex-preso político atormentado, um expert em vinho que não bebe, um homem que precisa decidir até onde ir para ganhar uma promoção, uma violoncelista que exerce domínio sobre cinco amigos.

No verão de 1914, o naufrágio do navio de luxo Empress Alexandra lança uma mulher recém-casada numa luta pela própria vida. A salvação não é fácil e Grace Winter, juntamente com outros passageiros, se vê confinada a um barco salva-vidas superlotado. Durante 21 dias, os sobreviventes do naufrágio oscilam na vastidão do Atlântico e, para que uns vivam, outros terão que morrer. Uma história perturbadora sobre justiça, sobrevivência e decisões difíceis de serem tomadas.

Edunisc Relação entre capital social e saúde: a inserção da odontologia no SUS, de Francisco Roberto de Avelar Bastos Preço: R$ 43,00 [...] o autor demonstra com dados e teoria que as políticas públicas têm maior probabilidade de obter êxito quando a sociedade é mais organizada. [...] o funcionamento adequado da saúde no Brasil depende somente da efetiva participação, do ‘‘controle social’’ sobre o Estado e suas políticas por parte da sociedade organizada. Professores Doutores Everton Santos e Maximiano Tovo.


Novvembro

2013

E agora? Reflexões sobre carreira e profissão

Não há sentido algum em se defender da vida A diferença entre ser pupa e ser borboleta pode estar em detalhes tão óbvios quanto decidir romper o casulo – ou não

15

Adriano Silva Jornalista, palestrante, consultor. Atua com sua empresa, Damnworks, produzindo conteúdo para grandes marcas. Foi diretor do Núcleo Jovem da Editora Abril, chefe de redação do Fantástico na TV Globo. Trouxe o Gizmodo ao Brasil. Tem dois livros de negócios e carreira publicados - E agora, o que é que eu faço? - Tudo o que você precisa saber para construir a carreira dos seus sonhos e Tudo o que aprendi sobre o mundo dos negócios - Ideias para você ser mais feliz na vida corporativa. Tem um MBA pela Universidade de Kyoto, no Japão, e escreve todo dia no blog Manual de Ingenidades. adriano@doceoficio.art.br

Recebo no meu e-mail a seguinte mensagem de um leitor desta coluna: “Tenho 26 anos, sou formado em Administração e possuo MBA. Falo inglês, embora não de modo perfeito; já morei 10 meses fora e tenho muito pouca experiência profissional na minha área. “Desde adolescente, nunca soube exatamente o que fazer da vida. Não sabia o que me atraía profissionalmente – e confesso que até hoje não sei. “Percebo que não deveria ter entrado direto em uma faculdade e sim deixado as coisas fluírem mais. Confesso que nem ao menos sabia direito o que era uma faculdade. Entrei com 18 anos. Escolhi o curso mais por opinião de amigos e familiares. Eles me indicaram a Administração por ser uma carreira de grande abrangência e diversificada, que poderia me abrir alternativas futuras (já que não sabia ao certo o que fazer). Meu teste vocacional apontou para um estilo completamente diferente de escritórios, negócios e toda aquela burocracia de um ambiente de trabalho em uma sala, com vestimenta formal etc. “Acontece que não consigo entrar no mercado em um emprego ‘decente’, não consigo achar uma área que me agrade ou que me interesse e meu currículo parece não agradar a ninguém. Nem sequer estou sabendo direito como correr atrás disso. “Estou sem saber o que fazer. Já estou nessa há dois anos. Pensei em um concurso público ou em outro vestibular. Mas preciso ao menos trabalhar para sustentar meus estudos. Então isso não seria a primeira alternativa, pelo menos momentaneamente. “Vale ressaltar que não odeio minha formação. Gosto de muita coisa que abrange a área, mas também não gosto de um bocado de coisas. Só que, definitivamente, não me imagino um administrador de sucesso em uma grande corporação. E, para piorar, minha autoconfiança esta em baixa. “Você acha que vale a pena bater de porta em porta nas grandes empresas? Tenho visto que a maioria terceiriza o processo de RH ou só recebe CV pelo site. Raramente recebo telefonemas de empresas que gostaram do meu CV…” Caro amigo, Sinto nas entrelinhas da sua mensagem uma certa passividade, uma postura um pouco reativa. Você cita muitas impossibilidades, arrola muitas travas e amarras para não fazer as coisas. Acho que um pouco mais de agressividade da sua parte nesse momento seria bacana. Há momentos na vida em que é importante levar o barco devagar. E outros em que é necessário meter um motor na popa. Creio que uma postura mais proativa em relação às questões que estão lhe incomodando lhe faria muito bem. Você já citou, já pinçou, já diagnosticou tudo. É só reler sua mensagem. Está tudo lá, mapeado. Agora é agir. Para não correr o risco de ficar na defensiva demais. O próximo passo para quem investe nesse caminho por muito tempo é começar a achar culpas e desculpas externas para justificar a sua própria sorte ou o azar na vida. E, creia, o destino da gente pertence a nós – e somente a nós mesmos. Qualquer coisa que lhe aconteça será consequência direta das suas escolhas, do que você decidiu fazer ou não fazer ao longo do caminho. Os outros terão sempre muito pouco a ver com isso e não www.osfiguras.com.br poderão ser imputados. Você ouviu muito as pessoas que o cercam – o que é sábio. Você fez até um teste vocacional – o que não sei lá muito se ajuda. Você tem olhado bastante para fora, para o mercado. Agora é hora de olhar para dentro. De ter uma conversa íntima consigo mesmo. Aos 26, você não tem mais 16. Então você já se conhece mais. Talvez precise se conhecer mais ainda. Mergulhar dentro da sua cabeça e do seu coração para encontrar lá de fato o que lhe encanta, o que lhe faz feliz, o que faz a sua libido ronronar. As respostas que você está buscando estão todas, sem exceção, dentro de você. Não estou noutro lugar. Estão aí dentro. Não é uma busca fácil. Mas é a que lhe cabe fazer. Nesse caminho de se conhecer melhor, de verdade, de se assumir, para o bem ou para o mal, morar um tempo fora costuma ajudar. Você já o fez, não sei bem em que condições. Quem sabe você dá uma outra rolê? Sem depender de pai e mãe, botando a cara do mundo de verdade, correndo riscos e arcando com eles, para virar adulto, para virar indivíduo autônomo e independente. Vá atrás de você, de se encontrar, em outros países, imerso numa outra cultura. Costuma ajudar bem – uma jornada íntima, de experimentações, de assunção de responsabilidades com cara de gente grande. Isto é o que queria lhe dizer acima de tudo: para descobrir o sabor que mais lhe agrada, é preciso experimentar um bocado de gostos diferentes. E acho que você tem se defendido muito de encarar essas degustações. Tem ficado escondido esperando a carreira ideal chegar para lhe resgatar do marasmo como um príncipe encantado montado num cavalo branco resgata uma donzela. Isso não existe. É preciso tentar, sentir, sofrer, desistir, recomeçar, sorrir, apanhar, aprender, tentar de novo. Enfim: é preciso viver. Só vivendo a vida com toda a intensidade, sem medo de subir as ladeiras e de chacoalhar nos buracos, é que você vai aprendendo, bem, a viver. Uma coisa você já sabe: não quer ser administrador de empresas. Esse já é um tremendo começo. Boa sorte em tudo!


Jornal da Unisc 135  

Jornal da Unisc Nº. 135, novembro de 2013.

Advertisement