Issuu on Google+

Le Bon Vivant by Unique Stays

Destino: O que trazer do Minho? Destination Minho - Portugal

Atravessar Gilbraltar Crossing Gilbraltar

O que faz a M煤sica por N贸s? What does the Music for us?

2014 . JAN-MAR www.uniquestays.pt | #uniquestays | @uniquestays


1

BEM-VINDOS! WELCOME

Bem-vindos à primeira edição da revista "Le Bon-Vivant MAG" by Unique Stays. Uma revista inteiramente online de periodicidade trimestral que reúne na mesma edição conteúdo de desejo aos amantes da boa vida e da filosofia Life at ease.

Welcome to the first edition of " Le Bon Vivant - MAG " by Unique Stays . A fully online quarterly magazine that brings together content in the same issue of desire for lovers of the good life and philosophy Life at ease .

Descomplicado, mas exigente, o "Bon-vivantismo" reconhece um bom vinho de olhos vendados e consegue depreender a qualidade de um hotel, através de um "raio-x mental" tirado num microsegundo de visualização de uma simples fotografia. Passa despercebido, mas gosta de ser apreciado, não fosse o seu dia a dia uma exaustão de emails, chamadas, reuniões e apelos dos mais variados grupos sociais (casa, trabalho, família). É o oposto que aqui se fala: a indulgência! Uma vida sem pressas que traz calma para apreciar, contemplar e ouvir o que de melhor se faz, para bel-prazer dos nossos dias.

Uncomplicated , but demanding, " Bon - vivantismo " recognizes a good wine blindfolded and can infer the quality of a hotel through a " mental x-ray " is taken in a micro - second of viewing a simple photograph . Goes unnoticed, but likes to be appreciated, it was not his day to day exhaustion of emails, calls , meetings and appeals of various social groups ( home, work , family ) . It is the opposite that is spoken here : the indulgence ! Living an unhurried life that brings calm to enjoy , contemplate and listen to what is done best to wishes of our days .

Vicie-se nos artigos sobre "destinos", clicando nos vídeos e opções interactivas de partilha. Debruce-se na rubrica "mentes brilhantes, corpo saudável" e adira a um lifestyle que perpetua a saúde e rejuvenesce as ideias, quer com dicas de hábitos alimentares em receitas originais, quer com as últimas tendências do fitness e do self-training. Temas como golf, sailing, horse ridding e experiências de outdoor têm lugar no ponto "defy"- num desafio à aprendizagem, ao aperfeiçoamento e ao enriquecimento da alma. A inspiração não nasce sozinha, cultiva-se ;) 1

Addicted on Articles on " destinations " by clicking on the videos and interactive sharing options . Lean is in " brilliant minds , healthy body " and adhere to a healthy lifestyle that perpetuates and rejuvenates the ideas or tips on eating habits in original recipes , whether with the latest fitness trends and self -training . Topics such as golf , sailing , horse ridding and outdoor experiences take place under " defy " - a challenge to learning, improving and enriching the soul . Inspiration alone is not born , grows up ;)


1

BEM-VINDOS! WELCOME

Bem-vindos à primeira edição da revista "Le Bon-Vivant MAG" by Unique Stays. Uma revista inteiramente online de periodicidade trimestral que reúne na mesma edição conteúdo de desejo aos amantes da boa vida e da filosofia Life at ease.

Welcome to the first edition of " Le Bon Vivant - MAG " by Unique Stays . A fully online quarterly magazine that brings together content in the same issue of desire for lovers of the good life and philosophy Life at ease .

Descomplicado, mas exigente, o "Bon-vivantismo" reconhece um bom vinho de olhos vendados e consegue depreender a qualidade de um hotel, através de um "raio-x mental" tirado num microsegundo de visualização de uma simples fotografia. Passa despercebido, mas gosta de ser apreciado, não fosse o seu dia a dia uma exaustão de emails, chamadas, reuniões e apelos dos mais variados grupos sociais (casa, trabalho, família). É o oposto que aqui se fala: a indulgência! Uma vida sem pressas que traz calma para apreciar, contemplar e ouvir o que de melhor se faz, para bel-prazer dos nossos dias.

Uncomplicated , but demanding, " Bon - vivantismo " recognizes a good wine blindfolded and can infer the quality of a hotel through a " mental x-ray " is taken in a micro - second of viewing a simple photograph . Goes unnoticed, but likes to be appreciated, it was not his day to day exhaustion of emails, calls , meetings and appeals of various social groups ( home, work , family ) . It is the opposite that is spoken here : the indulgence ! Living an unhurried life that brings calm to enjoy , contemplate and listen to what is done best to wishes of our days .

Vicie-se nos artigos sobre "destinos", clicando nos vídeos e opções interactivas de partilha. Debruce-se na rubrica "mentes brilhantes, corpo saudável" e adira a um lifestyle que perpetua a saúde e rejuvenesce as ideias, quer com dicas de hábitos alimentares em receitas originais, quer com as últimas tendências do fitness e do self-training. Temas como golf, sailing, horse ridding e experiências de outdoor têm lugar no ponto "defy"- num desafio à aprendizagem, ao aperfeiçoamento e ao enriquecimento da alma. A inspiração não nasce sozinha, cultiva-se ;) 1

Addicted on Articles on " destinations " by clicking on the videos and interactive sharing options . Lean is in " brilliant minds , healthy body " and adhere to a healthy lifestyle that perpetuates and rejuvenates the ideas or tips on eating habits in original recipes , whether with the latest fitness trends and self -training . Topics such as golf , sailing , horse ridding and outdoor experiences take place under " defy " - a challenge to learning, improving and enriching the soul . Inspiration alone is not born , grows up ;)


LE BON VIVANT

MAG

Destinos . Destinations Minho, Portugal Minho Region, Portugal p.3

Mentes Brilhantes, Corpo Saudável . Billiant Minds, Healthy Body Tábua e Faca / Cut Board & Knife p.9

Defy Experiência de QuedaLivre / Skydiving Experience p.12

7 Sentidos . 7 Senses Olfacto . Smelling O que faz a Música por nós? / What can Music make to us? p.14

Tema de Capa . Cover Theme: Atravessando Gilbraltar / Crossing Gilbraltar p.20

Objectos de Desejo . Desire Objects by Sofia Fernandes (Ás 9 no Meu Blogue) p.23

© Todos os direitos reservados// all rights reserved - 2014

A presente revista é de distribuição gratuita, produzida e editada sob a responsabilidade do clube de hotéis de charme Unique Stays® // This magazine is distributed free of charge, produced and edited under the responsibility of the charming hotels Unique Stays Club ®: www.uniquestays.pt | info@uniquestays.pt | (+351) 911 765 855

ii


LE BON VIVANT

MAG

Destinos . Destinations Minho, Portugal Minho Region, Portugal p.3

Mentes Brilhantes, Corpo Saudável . Billiant Minds, Healthy Body Tábua e Faca / Cut Board & Knife p.9

Defy Experiência de QuedaLivre / Skydiving Experience p.12

7 Sentidos . 7 Senses Olfacto . Smelling O que faz a Música por nós? / What can Music make to us? p.14

Tema de Capa . Cover Theme: Atravessando Gilbraltar / Crossing Gilbraltar p.20

Objectos de Desejo . Desire Objects by Sofia Fernandes (Ás 9 no Meu Blogue) p.23

© Todos os direitos reservados// all rights reserved - 2014

A presente revista é de distribuição gratuita, produzida e editada sob a responsabilidade do clube de hotéis de charme Unique Stays® // This magazine is distributed free of charge, produced and edited under the responsibility of the charming hotels Unique Stays Club ®: www.uniquestays.pt | info@uniquestays.pt | (+351) 911 765 855

ii


2

MINHO Escondido por baixo da Galiza espanhola, no canto mais a Nordeste de Portugal, há uma região tradicional, conservadora mas luxuriante e encantadora. As montanhas de interior atraem chuvas e desenham tons verde na paisagem, com tonalidades dignas de uma palete Pantone®. Ainda se trabalha a madeira à moda antiga (e que trabalhos!), joalharia artesanal riquíssima (escolha de vedetas de Hollywood), vive-se o mundo rural de quem toda a gente conhece encontrando-se nos mercados vibrantes e romarias religiosas. Guimarães é a cidade-berço do país, tendo sido aí que D. Afonso Henriques nasceu conquistando país abaixo aos Mouros. ................... Hidden beneath the Spanish Galicia in the furthest north-east corner of Portugal, traditional, conservative but lush and enchanting region lays. The interior mountains attract rain and draw green tones in the landscape, with a worthy of a Pantone ® palette. Here wood is still crafted old-fashioned way (and what amazing works!), Rich handmade jewelery (chosen by Hollywood superstars), the rural living where everyone knows each other, gattering on vibrant markets and religious pilgrimages. Guimarães is the birthplace of the country, the place where D. Afonso Henriques was born, conquering the country from the Moors all the way down. 3


2

MINHO Escondido por baixo da Galiza espanhola, no canto mais a Nordeste de Portugal, há uma região tradicional, conservadora mas luxuriante e encantadora. As montanhas de interior atraem chuvas e desenham tons verde na paisagem, com tonalidades dignas de uma palete Pantone®. Ainda se trabalha a madeira à moda antiga (e que trabalhos!), joalharia artesanal riquíssima (escolha de vedetas de Hollywood), vive-se o mundo rural de quem toda a gente conhece encontrando-se nos mercados vibrantes e romarias religiosas. Guimarães é a cidade-berço do país, tendo sido aí que D. Afonso Henriques nasceu conquistando país abaixo aos Mouros. ................... Hidden beneath the Spanish Galicia in the furthest north-east corner of Portugal, traditional, conservative but lush and enchanting region lays. The interior mountains attract rain and draw green tones in the landscape, with a worthy of a Pantone ® palette. Here wood is still crafted old-fashioned way (and what amazing works!), Rich handmade jewelery (chosen by Hollywood superstars), the rural living where everyone knows each other, gattering on vibrant markets and religious pilgrimages. Guimarães is the birthplace of the country, the place where D. Afonso Henriques was born, conquering the country from the Moors all the way down. 3


Para os mais esquecidos, é neste pedaço de país esquecido e por isso mesmo autêntico que está demarcada a Costa Verde, virada ao Atlântico por um lado e à cadeia montanhosa da Peneda-Gerês pelo outro. E que extensões de praias virgens encontramos em Viana do Castelo, longe de grandes aglomerados de turistas, frequentes em praias demasiado populares. É também aqui, na encosta de eucaliptos e pinheiros que encontramos o Monte de Santa Luzia e o seu “breath-taking” santuário. Indescritível e provavelmente o monumento mais fantástico do país, se considerarmos não só a sua riqueza mas também envolvência e vista. Edificação iniciada em 1903, rumores referem que é inspirada no Sacre-Coeur em Paris.

For the oblivious, thisis a forgotten piece of the country and therefore authentic, where we’ll fin the demarcated Costa Verde, facing the Atlantic on one side and the mountain on the Peneda -Geres on the other side. And what great sand extensions of unspoilt beaches we find in Viana do Castelo, away from large clusters of tourists, frequent at popular beaches. It is also here, on the slopes of eucalyptus and pine trees, that we find the Monte de Santa Luzia and his breath-taking sanctuary. Unutterable and probably the most amazing monument of the country, considering not only its richness but also surroundings and views. Buildings started in 1903 and rumors state that is inspired in the Sacre - Coeur in Paris .

Em Ponte Lima, o Rio Lima é qualquer coisa de incrível com 31 arcos de pedra sobre a água, numa ponte romana que data o século XIV, denominada Arcozelo. Começa na Igreja de Santo António no Parque do Arnado e termina no acolhedor Largo de Camões com as suas esplanadas e fonte em forma de bomboneira.

In Ponte de Lima, Lima River is somewhat amazing with 31 stone arches over the water, a Roman bridge dating fourteenth century , called Arcozelo. Starts at St. Anthony's Church in the Park and ends at the cozy Camões Square with its terraces and fountain candy box-shaped .

Barcelos dispensa apresentação, com as suas opulentas praças, igrejas e edifícios centenários que mais parecem obras escultóricas, tal é a arquitectura em pedra, para não falar do simbólico galo de barcelos em cores exuberantes, actualmente adaptado como peça de design com cores florescentes e adereços espampanantes (plumas e brilhantes). Reza a lenda que um crime de autor não identificado permanecia mistério, até à acusação de um galego que por terras lusas passava. A sua inocência provou-se no último momento da sua vida, antes do enforcamento, quando o galego refere “É tão certo eu estar inocente, como certo é esse galo cantar quando me enforcarem” e assim sucedeu, tendo sido salvo pelo galo posteriormente esculpido em representação no Cruzeiro do Senhor do Galo.

Barcelos needs no introduction, with its opulent plazas, churches and centuries-old buildings that look more like works of sculpture, for its stone architecture, not to mentioning the symbolic Barcelos Rooster in lush colors, which has been adapted nowadays as a piece of design with fluorescent colors and furnishings flamboyant ( feathers and glitterings). Legend says that a crime made by an unidentified author remained mystery until a Galician who passed by lusas lands was charged. The proof of his innocence, was made at the last moment of his life, before the hanging, when the Galician refers " It's so right I am innocent, as certain is that cock sings when I hanged " and so it was, having been saved by the cock later escupltured, representing the Cruzeiro do Senhor do Galo .

4


Para os mais esquecidos, é neste pedaço de país esquecido e por isso mesmo autêntico que está demarcada a Costa Verde, virada ao Atlântico por um lado e à cadeia montanhosa da Peneda-Gerês pelo outro. E que extensões de praias virgens encontramos em Viana do Castelo, longe de grandes aglomerados de turistas, frequentes em praias demasiado populares. É também aqui, na encosta de eucaliptos e pinheiros que encontramos o Monte de Santa Luzia e o seu “breath-taking” santuário. Indescritível e provavelmente o monumento mais fantástico do país, se considerarmos não só a sua riqueza mas também envolvência e vista. Edificação iniciada em 1903, rumores referem que é inspirada no Sacre-Coeur em Paris.

For the oblivious, thisis a forgotten piece of the country and therefore authentic, where we’ll fin the demarcated Costa Verde, facing the Atlantic on one side and the mountain on the Peneda -Geres on the other side. And what great sand extensions of unspoilt beaches we find in Viana do Castelo, away from large clusters of tourists, frequent at popular beaches. It is also here, on the slopes of eucalyptus and pine trees, that we find the Monte de Santa Luzia and his breath-taking sanctuary. Unutterable and probably the most amazing monument of the country, considering not only its richness but also surroundings and views. Buildings started in 1903 and rumors state that is inspired in the Sacre - Coeur in Paris .

Em Ponte Lima, o Rio Lima é qualquer coisa de incrível com 31 arcos de pedra sobre a água, numa ponte romana que data o século XIV, denominada Arcozelo. Começa na Igreja de Santo António no Parque do Arnado e termina no acolhedor Largo de Camões com as suas esplanadas e fonte em forma de bomboneira.

In Ponte de Lima, Lima River is somewhat amazing with 31 stone arches over the water, a Roman bridge dating fourteenth century , called Arcozelo. Starts at St. Anthony's Church in the Park and ends at the cozy Camões Square with its terraces and fountain candy box-shaped .

Barcelos dispensa apresentação, com as suas opulentas praças, igrejas e edifícios centenários que mais parecem obras escultóricas, tal é a arquitectura em pedra, para não falar do simbólico galo de barcelos em cores exuberantes, actualmente adaptado como peça de design com cores florescentes e adereços espampanantes (plumas e brilhantes). Reza a lenda que um crime de autor não identificado permanecia mistério, até à acusação de um galego que por terras lusas passava. A sua inocência provou-se no último momento da sua vida, antes do enforcamento, quando o galego refere “É tão certo eu estar inocente, como certo é esse galo cantar quando me enforcarem” e assim sucedeu, tendo sido salvo pelo galo posteriormente esculpido em representação no Cruzeiro do Senhor do Galo.

Barcelos needs no introduction, with its opulent plazas, churches and centuries-old buildings that look more like works of sculpture, for its stone architecture, not to mentioning the symbolic Barcelos Rooster in lush colors, which has been adapted nowadays as a piece of design with fluorescent colors and furnishings flamboyant ( feathers and glitterings). Legend says that a crime made by an unidentified author remained mystery until a Galician who passed by lusas lands was charged. The proof of his innocence, was made at the last moment of his life, before the hanging, when the Galician refers " It's so right I am innocent, as certain is that cock sings when I hanged " and so it was, having been saved by the cock later escupltured, representing the Cruzeiro do Senhor do Galo .

4


>> à esquerda/ on the left: Unique Nature & Spirit Hotel Minho, Vila Nova da Cerveira

Vila Nova da Cerveira é também um ponto de paragem obrigatória, entre o Rio Minho e a montanha, a escassos quilómetros de Espanha, por Valença. No alto do Monte do Castro avista-se uma escultura em ferro de um cervo, demarcando o ponto de partida para percursos pedestres impressionantes com vista para o rio e quem sabe para cervos também. E se após os passeios remanescer a sede de deambular à beira rio, a altura não podia ser melhor, já que o passeio à beira rio sofreu melhorias que desafiam ao passeio de bicicleta e piqueniques nos dias de sol. • 5


>> à esquerda/ on the left: Unique Nature & Spirit Hotel Minho, Vila Nova da Cerveira

Vila Nova da Cerveira é também um ponto de paragem obrigatória, entre o Rio Minho e a montanha, a escassos quilómetros de Espanha, por Valença. No alto do Monte do Castro avista-se uma escultura em ferro de um cervo, demarcando o ponto de partida para percursos pedestres impressionantes com vista para o rio e quem sabe para cervos também. E se após os passeios remanescer a sede de deambular à beira rio, a altura não podia ser melhor, já que o passeio à beira rio sofreu melhorias que desafiam ao passeio de bicicleta e piqueniques nos dias de sol. • 5


Vista Rio Minho / Minho River view

Vila Nova da Cerveira is also a mandatory stop, between Minho River and the mountain, a few kilometers from Spain from Valencia. At the top of Monte Castro a iron sculpture of a deer is seen, marking the starting point for awesome hiking trails overlooking the river and perhaps also for a deer. And if after the rides, a wander

wish for waterfront walk remains, the timing could not be better, since the river boardwalk suffered improvements that defy the bike ride and picnic on sunny days. •

6


Vista Rio Minho / Minho River view

Vila Nova da Cerveira is also a mandatory stop, between Minho River and the mountain, a few kilometers from Spain from Valencia. At the top of Monte Castro a iron sculpture of a deer is seen, marking the starting point for awesome hiking trails overlooking the river and perhaps also for a deer. And if after the rides, a wander

wish for waterfront walk remains, the timing could not be better, since the river boardwalk suffered improvements that defy the bike ride and picnic on sunny days. •

6


>> à esquerda/ on the left: Unique Cosmo Carom’s Boutique Hotel, Ponte de Lima

7


>> à esquerda/ on the left: Unique Cosmo Carom’s Boutique Hotel, Ponte de Lima

7


Unique Historic & Tradition Quinta da Bouça D’Arques, em Viana do Castelo, Viana do Castelo

8


Unique Historic & Tradition Quinta da Bouça D’Arques, em Viana do Castelo, Viana do Castelo

8


DE BICICLETA ATÉ VIANA DO CASTELO VIANA DO CASTELO BY BICYCLE BY CÉLIA PEDROSO

Primeira etapa - Lisboa-Campanhã- Barroselas - Quinta da Bouça d'Arques.

First step - Lisbon- Campanha - Barroselas - Quinta Bouça d' Arques .

Distância de bicicleta: 4 kms | Grau de dificuldade: baixo

Cycling distance : 4 km | Difficulty : Low

À partida, na Gare do Oriente, tudo era uma novidade. Viajar com mochila às costas, de comboio, lembrava os tempos nostálgicos do InterRail e em que o caminho de ferro representava um transporte obrigatório para sair do rectângulo e viajar pela Europa. Como se isso não bastasse havia outro "apetrecho" inédito, para menos para mim: viajar com uma bicicleta quase à tiracolo. Trata-se de um modelo citadino que se dobra ao meio, e depois também no guiador e nos pedais, permitindo o seu transporte fácil numa bagageira automóvel ou, neste caso, num comboio de longo curso - a CP não aceita bicicletas abertas nos Alfa e Intercidades, excepto se forem desdobráveis ou embaladas, que se arrumam nos compartimentos destinados à bagagem.

Upon departure, at Gare do Oriente, everything was new. Traveling with backpacking, by train, reminded of the nostalgic days of InterRail and that the railroad represented a required transport out of the box and travel in Europe. As if that was not enough there was another " fixture " unprecedented at least for me: travel with a bike almost by tow. It is a city model bike that folds in half, and then also on the handlebar and pedals, allowing easy transport in your car or in this case on a long distance train luggage - CP does not accepts bicycles on Alfa Pendular train routes and Intercity ones, unless they are folding or packaged, where they get stored in the luggage compartments.

  Desde logo, este "meu" modelo desdobrável fez sensação: os outros passageiros da carruagem miravam com curiosidade e, à chegada à Campanhã, as atenções continuavam, havendo quem a comparasse a uma cadeira de rodas. Seria assim ao longo das três etapas, sempre que estava dobrada, a bicicleta suscitando reparos e olhares divertidos. 

First, this folding model of " my" made sense the other passengers of the coach took aim with curiosity and, on arrival Campanhã, the attention continued, being even compared to a wheelchair. And there it was over the three steps ahead, everything it was bent, there would be bicycle remarks and amused glances.

9


DE BICICLETA ATÉ VIANA DO CASTELO VIANA DO CASTELO BY BICYCLE BY CÉLIA PEDROSO

Primeira etapa - Lisboa-Campanhã- Barroselas - Quinta da Bouça d'Arques.

First step - Lisbon- Campanha - Barroselas - Quinta Bouça d' Arques .

Distância de bicicleta: 4 kms | Grau de dificuldade: baixo

Cycling distance : 4 km | Difficulty : Low

À partida, na Gare do Oriente, tudo era uma novidade. Viajar com mochila às costas, de comboio, lembrava os tempos nostálgicos do InterRail e em que o caminho de ferro representava um transporte obrigatório para sair do rectângulo e viajar pela Europa. Como se isso não bastasse havia outro "apetrecho" inédito, para menos para mim: viajar com uma bicicleta quase à tiracolo. Trata-se de um modelo citadino que se dobra ao meio, e depois também no guiador e nos pedais, permitindo o seu transporte fácil numa bagageira automóvel ou, neste caso, num comboio de longo curso - a CP não aceita bicicletas abertas nos Alfa e Intercidades, excepto se forem desdobráveis ou embaladas, que se arrumam nos compartimentos destinados à bagagem.

Upon departure, at Gare do Oriente, everything was new. Traveling with backpacking, by train, reminded of the nostalgic days of InterRail and that the railroad represented a required transport out of the box and travel in Europe. As if that was not enough there was another " fixture " unprecedented at least for me: travel with a bike almost by tow. It is a city model bike that folds in half, and then also on the handlebar and pedals, allowing easy transport in your car or in this case on a long distance train luggage - CP does not accepts bicycles on Alfa Pendular train routes and Intercity ones, unless they are folding or packaged, where they get stored in the luggage compartments.

  Desde logo, este "meu" modelo desdobrável fez sensação: os outros passageiros da carruagem miravam com curiosidade e, à chegada à Campanhã, as atenções continuavam, havendo quem a comparasse a uma cadeira de rodas. Seria assim ao longo das três etapas, sempre que estava dobrada, a bicicleta suscitando reparos e olhares divertidos. 

First, this folding model of " my" made sense the other passengers of the coach took aim with curiosity and, on arrival Campanhã, the attention continued, being even compared to a wheelchair. And there it was over the three steps ahead, everything it was bent, there would be bicycle remarks and amused glances.

9


A viagem para o Porto foi aproveitada para ler mas também para conversar uma disponibilidade de tempo e concentração que ao volante é impossível. E apesar da velocidade, aprecia-se a paisagem com outros olhos… Além de que as carruagens, mesmo as do Intercidades, são bastante confortáveis.

The trip to Porto was appropriate to read but also to talk - an availability of time and concentration that on the wheel is impossible. And despite the speed, you can appreciate the landscape with new eyes ... In addition, the coaches, even the Intercity, are quite comfortable.

At Campanhã, we had time to arm the Na Campanhã, tempo para armar as bici- bikes and eat a “Francesinha” (local cletas e comer uma francesinha endish) while waiting for the regional train quanto se espera pelo comboio regional to Barroselas, near Viana do Castelo, deaté Barroselas, perto de Viana do Casparting from the Douro and Minho termitelo, com partida do terminal do Douro e nal. On these regional and interregional Minho. Nestas carruagens regionais e coaches is now possible to transport the inter-regionais já é possível transportar bicycles open, hanging them on a hook. as bicicletas abertas, pendurando-as This load compartment - that looks like a num gancho. Este compartimento de cell - can either be located at the last or carga - que mais parece uma cela the first carriage, so it is best to always tanto pode ficar na última como na priask at the station. The gap between the meira carruagem, pelo que é melhor platform and the door of this carriage is sempre pedir informações na estação. O quite sharp, making it difficult to climb desnível entre a plataforma e a porta de- for what should be in the right place sta carruagem é bastante acentuado, di- when the train arrives. ficultando a subida pelo que convém estar no sítio certo quando chega o comboio. photo by 7cero, Enrique Díaz

10


A viagem para o Porto foi aproveitada para ler mas também para conversar uma disponibilidade de tempo e concentração que ao volante é impossível. E apesar da velocidade, aprecia-se a paisagem com outros olhos… Além de que as carruagens, mesmo as do Intercidades, são bastante confortáveis.

The trip to Porto was appropriate to read but also to talk - an availability of time and concentration that on the wheel is impossible. And despite the speed, you can appreciate the landscape with new eyes ... In addition, the coaches, even the Intercity, are quite comfortable.

At Campanhã, we had time to arm the Na Campanhã, tempo para armar as bici- bikes and eat a “Francesinha” (local cletas e comer uma francesinha endish) while waiting for the regional train quanto se espera pelo comboio regional to Barroselas, near Viana do Castelo, deaté Barroselas, perto de Viana do Casparting from the Douro and Minho termitelo, com partida do terminal do Douro e nal. On these regional and interregional Minho. Nestas carruagens regionais e coaches is now possible to transport the inter-regionais já é possível transportar bicycles open, hanging them on a hook. as bicicletas abertas, pendurando-as This load compartment - that looks like a num gancho. Este compartimento de cell - can either be located at the last or carga - que mais parece uma cela the first carriage, so it is best to always tanto pode ficar na última como na priask at the station. The gap between the meira carruagem, pelo que é melhor platform and the door of this carriage is sempre pedir informações na estação. O quite sharp, making it difficult to climb desnível entre a plataforma e a porta de- for what should be in the right place sta carruagem é bastante acentuado, di- when the train arrives. ficultando a subida pelo que convém estar no sítio certo quando chega o comboio. photo by 7cero, Enrique Díaz

10


A minha falta de jeito para pendurar a bicicleta seria desde logo demonstrada. Felizmente o guia-ciclista e fotógrafo destas três etapas estava lá para me salvar do ridículo... Tirando a minha atrapalhação, esta segunda parte em comboio regional, cerca de 1 hora e 15 minutos de viagem, cumpre-se com agrado, até porque o comboio é igualmente confortável, exceptuando um cheiro a desinfectante que por alguma razão se sentiu à ida… A pouco e pouco, a paisagem vai ficando menos urbana e ao chegarmos a Barroselas já se observa o Minho em todo o seu verde esplendor.

My clumsiness to hang the bike would be immediately demonstrated. Fortunately the cyclist-guide and photographer of these three steps was there to save me from the ridiculous ... Taking my clumsiness, this second part in regional train, about 1 hour and 15 minutes away, is fulfilled with satisfaction because the train is equally comfortable except a smell of disinfectant that for some reason felt the way ... little by little , the landscape will become less urban and reach Barroselas already observed Minho in all its green splendor.

Da pequena estação até à Vila de Punhe são cerca de quatro quilómetros de bicicleta. O percurso é plano, no início, pela estrada principal. Surgem depois algumas inclinações que se vencem com calma e - confesso - desmontando a bicicleta e caminhando. À ida, um atalho pelos vinhedos e campos, pareceu o mais conveniente, mas o piso, em gravilha, dificulta imenso a pedalada, sobretudo com este tipo de bicicleta. Este caminho é mais bonito e calmo, mas obriga a esforços redobrados…

The small station to the village Punhe are about four kilometers by bicycle. The route is flat at the beginning by the main road. Arise after some inclinations that mature slowly and - I confess - dismounting the bike and walking. In the way, a shortcut through the vineyards and fields, seemed the most convenient, but the floor in gravel difficulted pedaling, especially with this type of bike. This is way more beautiful and calm, but requires redoubled efforts ...

  A Quinta da Bouça D'Arques é o reconfortante porto de abrigo, um belo exemplar das casas solarengas minhotas, com cerca de 300 anos. Recebe-nos uma entrada emoldurada por vinhas em latada algo que que os filmes americanos tentam recriar quando mostram uma paisagem mediterrânea. Mas esta é mesmo de cortar a respiração... Além da casa antiga, nas dependências que foram recuperadas onde eram os estábulos e os abrigos dos animais - encontram-se agora quartos e suites acolhedores, com paredes em pedra, bem como um salão comum para convívio, com lareira e jogos.

Quinta Bouça D' Arques is a comforting haven, a beautiful example of Minho manor houses, with nearly 300 years. A framed trellis vineyards on entry welcomes our passage- something that American movies try to recreate when they show a Mediterranean landscape . But this is really breathtaking ... Besides the old house on the premises that were recovered - where were the stables and animal shelters are now rooms and cozy suites with stone walls, as well as a communal lounge for socializing with fireplace and games .

11


A minha falta de jeito para pendurar a bicicleta seria desde logo demonstrada. Felizmente o guia-ciclista e fotógrafo destas três etapas estava lá para me salvar do ridículo... Tirando a minha atrapalhação, esta segunda parte em comboio regional, cerca de 1 hora e 15 minutos de viagem, cumpre-se com agrado, até porque o comboio é igualmente confortável, exceptuando um cheiro a desinfectante que por alguma razão se sentiu à ida… A pouco e pouco, a paisagem vai ficando menos urbana e ao chegarmos a Barroselas já se observa o Minho em todo o seu verde esplendor.

My clumsiness to hang the bike would be immediately demonstrated. Fortunately the cyclist-guide and photographer of these three steps was there to save me from the ridiculous ... Taking my clumsiness, this second part in regional train, about 1 hour and 15 minutes away, is fulfilled with satisfaction because the train is equally comfortable except a smell of disinfectant that for some reason felt the way ... little by little , the landscape will become less urban and reach Barroselas already observed Minho in all its green splendor.

Da pequena estação até à Vila de Punhe são cerca de quatro quilómetros de bicicleta. O percurso é plano, no início, pela estrada principal. Surgem depois algumas inclinações que se vencem com calma e - confesso - desmontando a bicicleta e caminhando. À ida, um atalho pelos vinhedos e campos, pareceu o mais conveniente, mas o piso, em gravilha, dificulta imenso a pedalada, sobretudo com este tipo de bicicleta. Este caminho é mais bonito e calmo, mas obriga a esforços redobrados…

The small station to the village Punhe are about four kilometers by bicycle. The route is flat at the beginning by the main road. Arise after some inclinations that mature slowly and - I confess - dismounting the bike and walking. In the way, a shortcut through the vineyards and fields, seemed the most convenient, but the floor in gravel difficulted pedaling, especially with this type of bike. This is way more beautiful and calm, but requires redoubled efforts ...

  A Quinta da Bouça D'Arques é o reconfortante porto de abrigo, um belo exemplar das casas solarengas minhotas, com cerca de 300 anos. Recebe-nos uma entrada emoldurada por vinhas em latada algo que que os filmes americanos tentam recriar quando mostram uma paisagem mediterrânea. Mas esta é mesmo de cortar a respiração... Além da casa antiga, nas dependências que foram recuperadas onde eram os estábulos e os abrigos dos animais - encontram-se agora quartos e suites acolhedores, com paredes em pedra, bem como um salão comum para convívio, com lareira e jogos.

Quinta Bouça D' Arques is a comforting haven, a beautiful example of Minho manor houses, with nearly 300 years. A framed trellis vineyards on entry welcomes our passage- something that American movies try to recreate when they show a Mediterranean landscape . But this is really breathtaking ... Besides the old house on the premises that were recovered - where were the stables and animal shelters are now rooms and cozy suites with stone walls, as well as a communal lounge for socializing with fireplace and games .

11


Além das caminhadas no bosque da propriedade, a quinta tem uma piscina, óptimos relvados para descansar ou fazer um picnic e disponibiliza bicicletas BTT para os hóspedes. Estas são realmente úteis para fazer um percurso pela ciclovia do Rio Lima até Ponte de Lima, ou para visitar, por exemplo, a Viana do Castelo, a meia dúzia de quilómetros. 

No regresso ao Porto, já com o tempo e a logística estudada, tudo pareceu mais simples. E até se encontrou um restaurante nas imediações da Campanhã que guardou as bicicletas sem problema: o Compadre. Já em Lisboa, e com as pernas mais calejadas, houve ainda pedalada e entusiasmo para chegar de Santa Apolónia até Santos… Admito: nunca tinha andado de bicicleta no centro de Lisboa e gostei muito.

Apart from hiking in the woods -part of the property, the farm has a pool, great lawns to rest or have a picnic and MTB bikes available for guests. These are really helpful to make a journey through the Lima River bike path to Ponte de Lima, or to visit, for example, Viana do Castelo, half a dozen kilometers.

On return to OPorto, having the lesson learned, with time and logistics, everything seemed simpler. And even a restaurant was found near the campaign that saved the bikes without issue: the Compadre. Already in Lisbon, and with legs feeling more calloused, there was still more pedaling and enthusiasm to get to Santa Apolonia to Santos ... I admit: I had never ridden a bicycle in the center of Lisbon and enjoyed.

12


Além das caminhadas no bosque da propriedade, a quinta tem uma piscina, óptimos relvados para descansar ou fazer um picnic e disponibiliza bicicletas BTT para os hóspedes. Estas são realmente úteis para fazer um percurso pela ciclovia do Rio Lima até Ponte de Lima, ou para visitar, por exemplo, a Viana do Castelo, a meia dúzia de quilómetros. 

No regresso ao Porto, já com o tempo e a logística estudada, tudo pareceu mais simples. E até se encontrou um restaurante nas imediações da Campanhã que guardou as bicicletas sem problema: o Compadre. Já em Lisboa, e com as pernas mais calejadas, houve ainda pedalada e entusiasmo para chegar de Santa Apolónia até Santos… Admito: nunca tinha andado de bicicleta no centro de Lisboa e gostei muito.

Apart from hiking in the woods -part of the property, the farm has a pool, great lawns to rest or have a picnic and MTB bikes available for guests. These are really helpful to make a journey through the Lima River bike path to Ponte de Lima, or to visit, for example, Viana do Castelo, half a dozen kilometers.

On return to OPorto, having the lesson learned, with time and logistics, everything seemed simpler. And even a restaurant was found near the campaign that saved the bikes without issue: the Compadre. Already in Lisbon, and with legs feeling more calloused, there was still more pedaling and enthusiasm to get to Santa Apolonia to Santos ... I admit: I had never ridden a bicycle in the center of Lisbon and enjoyed.

12


3

MENTES BRILHANTES, CORPO SAUDÁVEL

BRILLIANT MINDS, HEALTHY BODY BY: SORAIA MOURINHO

“O homem come. Apenas o homem inteligente sabe comer.” Jean-Anthelme Brillat-Savarin 
 Mais e mais pessoas há com um interessante monismo: inteligentes, bonitas, bem sucedidas, com noções estéticas sofisticadas de simplicidade, com um livestyle singular. Aquela ideia da genialidade associada a pessoas distraídas e apenas geniais numa só matéria, já era! Simplesmente, porque não dá para dissociar a nossa mente do nosso corpo. .......... "The man eats. Only the intelligent man knows to eat" Jean Anthelme Brillat-SavarinThere are more and more people with an interesting monism: smart, beautiful, successful, sophisticated aesthetic with notions of simplicity, with a singular livestyle. That idea of genius associated to distracted people and genius in one field only, is a thing from the past! Simply because you can not separate the mind from our body. 13

photo by kissthegroom.com


3

MENTES BRILHANTES, CORPO SAUDÁVEL

BRILLIANT MINDS, HEALTHY BODY BY: SORAIA MOURINHO

“O homem come. Apenas o homem inteligente sabe comer.” Jean-Anthelme Brillat-Savarin 
 Mais e mais pessoas há com um interessante monismo: inteligentes, bonitas, bem sucedidas, com noções estéticas sofisticadas de simplicidade, com um livestyle singular. Aquela ideia da genialidade associada a pessoas distraídas e apenas geniais numa só matéria, já era! Simplesmente, porque não dá para dissociar a nossa mente do nosso corpo. .......... "The man eats. Only the intelligent man knows to eat" Jean Anthelme Brillat-SavarinThere are more and more people with an interesting monism: smart, beautiful, successful, sophisticated aesthetic with notions of simplicity, with a singular livestyle. That idea of genius associated to distracted people and genius in one field only, is a thing from the past! Simply because you can not separate the mind from our body. 13

photo by kissthegroom.com


Há uma necessidade enorme de nos sentirmos completos, de sermos multifacetados, ecléticos. A forma como nos alimentamos é muito expressiva desta vontade de diversidade. A necessidade alimentar é primária, no entanto…vamos além Hipócrates (somos o que comemos), ou seja deixaremos a história para ver através de estórias! Algumas tardes e serões na cozinha fazem-me considerar que: As pessoas mais interessantes que tenho conhecido são pessoas que amam o mundo da comida, conhecedoras das categorias, qualidade e confecções dos alimentos. Com critério de cumprir a sazonalidade, ou mais excêntricos, grow local eat local or eat what your taste want to eat, elas ritualizam os tramites em redor destas ocasiões. Já pensaram no tempo que os foodies investem, na escolha dos seus alimentos, na confecção, na pesquisa, nas conversas, e na ocasião refeição? Têm as suas profissões, as suas redes de amigos e familia e ainda outros interesses, e dormem. A criatividade é estimulada ao máximo, as cores, as texturas, os sabores, serei ousada o suficiente para dizer que os foodies são pessoas mais felizes e bonitas! Conhecem a ancestralidade da alimentação, mas também entendem a cozinha molecular, não há tabús, há valores, há atitudes, mas sobretudo, muita criatividade e despreconceito.

There is a huge need for us to feel complete, to be multifaceted, eclectic. The way we feed ourselves is a true form of expression of that will for diversity. The food is a primary need, however ... we go beyond Hippocrates (you are what you eat), meaning we leave the story to see through stories! Some afternoons and evenings in the kitchen make me consider that: The most interesting people I have known are people who love the world of food, knowledgeable of categories, quality of food and dish makeup. Comply with criteria of seasonality, or more eccentric, grow location eat eat what your taste or want to eat, they ritualize the procedures around these occasions.

Have you thought at the time that foodies invest in their choice of food, in making, in research, conversations, and on occasion meal? They have their own professions, their networks of friends and family and even other interests, and sleep. Creativity is maximally stimulated, the colors, the textures, the flavors, I will be bold enough to say that foodies are happier and beautiful people! Know the ancestry of nourishment, but also understand the molecular cuisine, no taboos, but values, but attitudes, and above all, a lot of creativity and unprejudice.

14


Há uma necessidade enorme de nos sentirmos completos, de sermos multifacetados, ecléticos. A forma como nos alimentamos é muito expressiva desta vontade de diversidade. A necessidade alimentar é primária, no entanto…vamos além Hipócrates (somos o que comemos), ou seja deixaremos a história para ver através de estórias! Algumas tardes e serões na cozinha fazem-me considerar que: As pessoas mais interessantes que tenho conhecido são pessoas que amam o mundo da comida, conhecedoras das categorias, qualidade e confecções dos alimentos. Com critério de cumprir a sazonalidade, ou mais excêntricos, grow local eat local or eat what your taste want to eat, elas ritualizam os tramites em redor destas ocasiões. Já pensaram no tempo que os foodies investem, na escolha dos seus alimentos, na confecção, na pesquisa, nas conversas, e na ocasião refeição? Têm as suas profissões, as suas redes de amigos e familia e ainda outros interesses, e dormem. A criatividade é estimulada ao máximo, as cores, as texturas, os sabores, serei ousada o suficiente para dizer que os foodies são pessoas mais felizes e bonitas! Conhecem a ancestralidade da alimentação, mas também entendem a cozinha molecular, não há tabús, há valores, há atitudes, mas sobretudo, muita criatividade e despreconceito.

There is a huge need for us to feel complete, to be multifaceted, eclectic. The way we feed ourselves is a true form of expression of that will for diversity. The food is a primary need, however ... we go beyond Hippocrates (you are what you eat), meaning we leave the story to see through stories! Some afternoons and evenings in the kitchen make me consider that: The most interesting people I have known are people who love the world of food, knowledgeable of categories, quality of food and dish makeup. Comply with criteria of seasonality, or more eccentric, grow location eat eat what your taste or want to eat, they ritualize the procedures around these occasions.

Have you thought at the time that foodies invest in their choice of food, in making, in research, conversations, and on occasion meal? They have their own professions, their networks of friends and family and even other interests, and sleep. Creativity is maximally stimulated, the colors, the textures, the flavors, I will be bold enough to say that foodies are happier and beautiful people! Know the ancestry of nourishment, but also understand the molecular cuisine, no taboos, but values, but attitudes, and above all, a lot of creativity and unprejudice.

14


Curiosidade:

Curiosity:

Existe uma relação entre o consumo de chocolate e os países onde vivem os vencedores do Prémio Nobel.

There is a relationship between chocolate consumption and the countries where Nobel Prize winners live.

O cardiologista Franz Messerli, estava deitado num quarto de hotel quando parou para pensar sobre um estudo que mostrava como o flavonóide do cacau pode aprimorar as nossas habilidades cognitivas. Ele começou a analisar se os países de onde mais saíam vencedores do Prémio Nobel consumiam muito chocolate. E concluiu: quanto maior o consumo de chocolate per capita (kg/habitantes) de um país, maior o número de génios premiados com o Nobel, a cada 10 milhões de pessoas.

The cardiologist Franz Messerli was lying in a hotel room when stopped to think about a study that showed how cocoa flavonoid can enhance our cognitive abilities. He began to examine whether the countries from which they more Nobel Prize winners ate too much chocolate. He concluded: the higher chocolate consumption per capita (kg / inhabitants) of a country, the greater the number of geniuses Nobel laureates, every 10 million people.

Os suíços, com 8 milhões habitantes, já levaram 29 premiações, cada habitante come quase 10 quilos do doce por ano. A Suécia e Alemanha também. Seguindo a média encontrada pela investigação, para ganhar mais um Nobel, qualquer país precisa aumentar em 400 gramas do consumo anual de chocolate. •

The Swiss, with 8 million inhabitants, brought already 29 awards, each inhabitant eats nearly 10 pounds of candy a year. Sweden and Germany as well. Following the average found by research to win another Nobel, any country needs to increase by 400 grams of the annual consumption of chocolate.

15


Curiosidade:

Curiosity:

Existe uma relação entre o consumo de chocolate e os países onde vivem os vencedores do Prémio Nobel.

There is a relationship between chocolate consumption and the countries where Nobel Prize winners live.

O cardiologista Franz Messerli, estava deitado num quarto de hotel quando parou para pensar sobre um estudo que mostrava como o flavonóide do cacau pode aprimorar as nossas habilidades cognitivas. Ele começou a analisar se os países de onde mais saíam vencedores do Prémio Nobel consumiam muito chocolate. E concluiu: quanto maior o consumo de chocolate per capita (kg/habitantes) de um país, maior o número de génios premiados com o Nobel, a cada 10 milhões de pessoas.

The cardiologist Franz Messerli was lying in a hotel room when stopped to think about a study that showed how cocoa flavonoid can enhance our cognitive abilities. He began to examine whether the countries from which they more Nobel Prize winners ate too much chocolate. He concluded: the higher chocolate consumption per capita (kg / inhabitants) of a country, the greater the number of geniuses Nobel laureates, every 10 million people.

Os suíços, com 8 milhões habitantes, já levaram 29 premiações, cada habitante come quase 10 quilos do doce por ano. A Suécia e Alemanha também. Seguindo a média encontrada pela investigação, para ganhar mais um Nobel, qualquer país precisa aumentar em 400 gramas do consumo anual de chocolate. •

The Swiss, with 8 million inhabitants, brought already 29 awards, each inhabitant eats nearly 10 pounds of candy a year. Sweden and Germany as well. Following the average found by research to win another Nobel, any country needs to increase by 400 grams of the annual consumption of chocolate.

15


4

DEFY


4

DEFY


Só a gravidade e o céu, numa sensação de pequenez que faz admirar este planeta // Only gravity and the sky, a feeling of smallness that enhances the wonder of this planet

A ausência de elementos e sensação de libertação total são duas experiências incríveis associadas à queda-livre. Quando se interroga um paraquedista ou um cliente que acaba de experimentar o voo livre, o que mais gostou, contrariamente ao que se imagina não é a adrenalina, nem o risco, mas sim, o vazio e o desprendimento de gravidade. Se uma modalidade desportiva “at ease”, esta será seguramente uma delas. Só a gravidade e o céu, numa sensação de pequenez que faz admirar este planeta visto de cima, sentido-o com o todo o corpo. A Skydive Portugal é uma empresa que opera em Évora, escolhendo os hotéis Unique Stays para refúgio perfeito de um fim-de-semana único.

The absence of elements and a feeling of total liberation are two incredible experiences associated with skydiving. When asked a skydiver or a client who just tried the free falling, what more did he enjoyed, contrary to what one imagines is not adrenaline, or the high risk, but the emptiness and gravity adsense. If there should be an “at ease” a sport, this would surely be one. Only gravity and the sky, a feeling of smallness that enhances the wonder of this planet viewed from above, feeling it with the whole body. Skydive Portugal is a company that operates in Evora, selecting the Unique Stays hotels for the perfect getaway for a weekend, week one. •

17


Só a gravidade e o céu, numa sensação de pequenez que faz admirar este planeta // Only gravity and the sky, a feeling of smallness that enhances the wonder of this planet

A ausência de elementos e sensação de libertação total são duas experiências incríveis associadas à queda-livre. Quando se interroga um paraquedista ou um cliente que acaba de experimentar o voo livre, o que mais gostou, contrariamente ao que se imagina não é a adrenalina, nem o risco, mas sim, o vazio e o desprendimento de gravidade. Se uma modalidade desportiva “at ease”, esta será seguramente uma delas. Só a gravidade e o céu, numa sensação de pequenez que faz admirar este planeta visto de cima, sentido-o com o todo o corpo. A Skydive Portugal é uma empresa que opera em Évora, escolhendo os hotéis Unique Stays para refúgio perfeito de um fim-de-semana único.

The absence of elements and a feeling of total liberation are two incredible experiences associated with skydiving. When asked a skydiver or a client who just tried the free falling, what more did he enjoyed, contrary to what one imagines is not adrenaline, or the high risk, but the emptiness and gravity adsense. If there should be an “at ease” a sport, this would surely be one. Only gravity and the sky, a feeling of smallness that enhances the wonder of this planet viewed from above, feeling it with the whole body. Skydive Portugal is a company that operates in Evora, selecting the Unique Stays hotels for the perfect getaway for a weekend, week one. •

17


5

7 SENTIDOS 7 SENSES

Promover a experiência de sensações inesquecíveis através de fragrâncias é uma arte que se consegue com muita ciência. Uma fórmula perfeita consegue recriar com apenas uma gota um campo inteiro de flores e transmitir múltiplas sensações. Somos especialistas na criação de perfumes fragrâncias como assinaturas olfactivas que traduzam, de forma diferenciadora, a mensagem que os nossos clientes pretendem transmitir. Na essência, a i-sensis cria emoções que resultam numa envolvência com a marca e que seja uma ligação afetiva, criadora de bemestar e de felicidade. To promote unforgettable experience sensations through fragrances is an art that recquires hard work. A perfect formula can recreate, with just a drop an entire field of flowers and transmit multiple sensations. We specialize in creating perfume fragrances and olfactory signatures that reflect, on a differentiating way, the message that our customers want to convey. In essence, the i-sensis creates emotions that result in involvement with the brand and it's an emotional attachment, creator of well-being and happiness.

18

photo by moorseal.com


5

7 SENTIDOS 7 SENSES

Promover a experiência de sensações inesquecíveis através de fragrâncias é uma arte que se consegue com muita ciência. Uma fórmula perfeita consegue recriar com apenas uma gota um campo inteiro de flores e transmitir múltiplas sensações. Somos especialistas na criação de perfumes fragrâncias como assinaturas olfactivas que traduzam, de forma diferenciadora, a mensagem que os nossos clientes pretendem transmitir. Na essência, a i-sensis cria emoções que resultam numa envolvência com a marca e que seja uma ligação afetiva, criadora de bemestar e de felicidade. To promote unforgettable experience sensations through fragrances is an art that recquires hard work. A perfect formula can recreate, with just a drop an entire field of flowers and transmit multiple sensations. We specialize in creating perfume fragrances and olfactory signatures that reflect, on a differentiating way, the message that our customers want to convey. In essence, the i-sensis creates emotions that result in involvement with the brand and it's an emotional attachment, creator of well-being and happiness.

18

photo by moorseal.com


FRAGÂNCIA EMOCIONAL . EMOTIONAL FRAGRANCE A assinatura olfactiva, pode ser utilizada por empresas ou marcas, para a aromatização dos espaços corporativos e/ou comerciais e concretizada numa infinidade de produtos perfumados, tais como: ambientadores, velas, sabonetes, difusores de paus de bambu, papel perfumado, lápis perfumados, vários produtos de merchandising. Este conceito, sendo devidamente utilizado, apela aos sentidos e define uma personalidade inerente ao espaço, que comunica sofisticação e promove uma atmosfera de bem-estar, atrativa, em sintonia com o ambiente, cores e texturas, reforçando as qualidades do produto e marca.

The olfactory signature can be used by companies or brands, for the flavoring of corporate and / or commercial areas, implementing a vast selection of scented products such as: air fresheners, candles, soaps, diffusers, bamboo sticks, scented paper, scented pencils , various merchandising. This concept, being properly used, appeals to the senses and sets a personality inherent to the space that communicates sophistication and promotes an atmosphere of well-being, attractive, in tune with the environment, the colors and textures, enhancing the qualities of the product and brand.

19


FRAGÂNCIA EMOCIONAL . EMOTIONAL FRAGRANCE A assinatura olfactiva, pode ser utilizada por empresas ou marcas, para a aromatização dos espaços corporativos e/ou comerciais e concretizada numa infinidade de produtos perfumados, tais como: ambientadores, velas, sabonetes, difusores de paus de bambu, papel perfumado, lápis perfumados, vários produtos de merchandising. Este conceito, sendo devidamente utilizado, apela aos sentidos e define uma personalidade inerente ao espaço, que comunica sofisticação e promove uma atmosfera de bem-estar, atrativa, em sintonia com o ambiente, cores e texturas, reforçando as qualidades do produto e marca.

The olfactory signature can be used by companies or brands, for the flavoring of corporate and / or commercial areas, implementing a vast selection of scented products such as: air fresheners, candles, soaps, diffusers, bamboo sticks, scented paper, scented pencils , various merchandising. This concept, being properly used, appeals to the senses and sets a personality inherent to the space that communicates sophistication and promotes an atmosphere of well-being, attractive, in tune with the environment, the colors and textures, enhancing the qualities of the product and brand.

19


O QUE A MÚSICA PODE FAZER POR NÓS

WHAT MUSIC MAKE FOR US BY TIAGO BETTENCOURT

Não percebo como se vive sem música. Não percebo. O facto é que de vez em quando conheço pessoas que me dizem “a música não faz parte do meu dia a dia”.  Talvez isso seja possível, talvez haja até pessoas que não precisam, que estão bem, que não lhes faz falta... mas será que se um dia a coisa se desse, e uma música lhes batesse à porta, será que não lhes acrescentava qualquer coisa?

I do not understand how to live without music. I do not understand. The fact is that every so often I meet people who say "music is not part of my daily life." Maybe this is possible, maybe there even people who do not need, who are well, who does not miss music ... but what if a thing happened, such as music knocking the door, wouldn’t it add them some meaning?

20


O QUE A MÚSICA PODE FAZER POR NÓS

WHAT MUSIC MAKE FOR US BY TIAGO BETTENCOURT

Não percebo como se vive sem música. Não percebo. O facto é que de vez em quando conheço pessoas que me dizem “a música não faz parte do meu dia a dia”.  Talvez isso seja possível, talvez haja até pessoas que não precisam, que estão bem, que não lhes faz falta... mas será que se um dia a coisa se desse, e uma música lhes batesse à porta, será que não lhes acrescentava qualquer coisa?

I do not understand how to live without music. I do not understand. The fact is that every so often I meet people who say "music is not part of my daily life." Maybe this is possible, maybe there even people who do not need, who are well, who does not miss music ... but what if a thing happened, such as music knocking the door, wouldn’t it add them some meaning?

20


Eu nunca sonhei em ser músico. Tudo aconteceu completamente por acaso enquanto fazia o meu curso de Arquitectura e de repente a minha primeira banda, amadora, foi convidada para gravar um disco. Quando dei por mim era músico profissional e a música é hoje o meu trabalho e obviamente parte integral da minha vida. No entanto gosto de olhar para trás, para a altura em que não sonhava e nem punha a possibilidade de ser músico, e a verdade é que não me lembro de mim sem música, nunca. Nem de mim nem, nem dos meus pais, nem dos meus amigos. Desde a altura dos discos infantis ainda de vinil, até ter idade suficiente para comprar cassetes virgem e gravar músicas directamente da rádio na aparelhagem do meu pai. Lembro-me do que senti, quando ouvi pela primeira vez um beat do Michael Jackson, uma harmonia dos Beach Boys, uma canção de amor do Jaques Brel. Lembro-me dos anos que crescia por cada 3 minutos de música, o que aprendia! A música era a minha companhia quando estava sozinho, quando estava com amigos, com as namoradas. A música mostrava-me caminhos a seguir, dava-me respostas, ajudava-me a perceber o mundo, as emoções, as pessoas, a mim próprio. Através da música fui aprendendo o mundo de uma maneira sensorial, que me obrigou a ver para lá das coisas, por trás de cada som, harmonia, palavra, estava esse mundo inteiro com outras cores, cores essas que eram, essas sim, as reais. Sei que quando comecei a escrever aos 21 anos, já trazia muitas coisas por dizer. Como se durante a minha vida até ali tivesse acumulado qualquer algo invisível dentro de mim, e que naquela altura podia devolver, pelo mesmo meio, a música.

I never dreamed of being a musician . It all happened quite by chance while doing my graduation in architecture and suddenly my first band, amateur, was invited to record an album. Next thing I was a professional musician and music is my job today and obviously an integral part of my life. However I like to look back to the time when I didn’t even dream nor imagine the possibility of being a musician, and the truth is that I do not remember myself without music, ever. Neither me, nor my parents, nor my friends. Since the height of children's albums, still in vinyl, until I was old enough to buy blank cassettes and record songs directly from the radio in my dad's old stereo. I remember how I felt when I first heard one beat of Michael Jackson, a harmony of the Beach Boys, a love song of Jacques Brel. I remember the years I grew for every 3 minutes of music, how I learned! Music was my company when he was alone, when I was with friends, with girlfriends. The music showed me ways to go , gave me answers, helped me understand the world, the emotions, people, myself. Through music I learned the world in a sensory way, it made me see things beyond, behind every sound, harmony, word, was this whole world with other colors, these colors they were, indeed and yes, real. I know that when I started writing at age 21, already had many things to say. As for my life until then had accumulated any invisible something inside me, and that he could return at that time, by the same means, the music .

21


Eu nunca sonhei em ser músico. Tudo aconteceu completamente por acaso enquanto fazia o meu curso de Arquitectura e de repente a minha primeira banda, amadora, foi convidada para gravar um disco. Quando dei por mim era músico profissional e a música é hoje o meu trabalho e obviamente parte integral da minha vida. No entanto gosto de olhar para trás, para a altura em que não sonhava e nem punha a possibilidade de ser músico, e a verdade é que não me lembro de mim sem música, nunca. Nem de mim nem, nem dos meus pais, nem dos meus amigos. Desde a altura dos discos infantis ainda de vinil, até ter idade suficiente para comprar cassetes virgem e gravar músicas directamente da rádio na aparelhagem do meu pai. Lembro-me do que senti, quando ouvi pela primeira vez um beat do Michael Jackson, uma harmonia dos Beach Boys, uma canção de amor do Jaques Brel. Lembro-me dos anos que crescia por cada 3 minutos de música, o que aprendia! A música era a minha companhia quando estava sozinho, quando estava com amigos, com as namoradas. A música mostrava-me caminhos a seguir, dava-me respostas, ajudava-me a perceber o mundo, as emoções, as pessoas, a mim próprio. Através da música fui aprendendo o mundo de uma maneira sensorial, que me obrigou a ver para lá das coisas, por trás de cada som, harmonia, palavra, estava esse mundo inteiro com outras cores, cores essas que eram, essas sim, as reais. Sei que quando comecei a escrever aos 21 anos, já trazia muitas coisas por dizer. Como se durante a minha vida até ali tivesse acumulado qualquer algo invisível dentro de mim, e que naquela altura podia devolver, pelo mesmo meio, a música.

I never dreamed of being a musician . It all happened quite by chance while doing my graduation in architecture and suddenly my first band, amateur, was invited to record an album. Next thing I was a professional musician and music is my job today and obviously an integral part of my life. However I like to look back to the time when I didn’t even dream nor imagine the possibility of being a musician, and the truth is that I do not remember myself without music, ever. Neither me, nor my parents, nor my friends. Since the height of children's albums, still in vinyl, until I was old enough to buy blank cassettes and record songs directly from the radio in my dad's old stereo. I remember how I felt when I first heard one beat of Michael Jackson, a harmony of the Beach Boys, a love song of Jacques Brel. I remember the years I grew for every 3 minutes of music, how I learned! Music was my company when he was alone, when I was with friends, with girlfriends. The music showed me ways to go , gave me answers, helped me understand the world, the emotions, people, myself. Through music I learned the world in a sensory way, it made me see things beyond, behind every sound, harmony, word, was this whole world with other colors, these colors they were, indeed and yes, real. I know that when I started writing at age 21, already had many things to say. As for my life until then had accumulated any invisible something inside me, and that he could return at that time, by the same means, the music .

21


Quando ouço alguém dizer que não ouve música, seja ela qual for, que a música não faz parte do seu dia a dia, tenho dificuldades em perceber.

When I hear someone say they do not hear music, whatever it is, that music is not part of your daily life, I have difficulty understanding.

Acho que, falando muito objectivamente, há coisas que uma boa música nos oferece que não vamos buscar a mais lado nenhum. Por mais psicólogos que haja, por mais antidepressivos que a industria invente, por mais drogas que existam no submundo. Nada tem esta capacidade de nos tocar, de maneira real, consciente, sóbria, física e emocionalmente, de maneiras diferentes, pontualmente. Nada, nos quebra estas defesas, tão características do ser humano, com a naturalidade de um abraço.

I think very objectively speaking, there are things that a good music offers us that we will not seek anywhere else. As psychologists there, however antidepressants that industry invents, no drugs exist in the underworld. Nothing has this ability to touch us in a real way, conscious, sober, physically and emotionally, in different ways, punctually. Nothing breaks these defenses, so characteristic of the human being, with the naturalness of a hug.

photo by Arul Prakash 22


Quando ouço alguém dizer que não ouve música, seja ela qual for, que a música não faz parte do seu dia a dia, tenho dificuldades em perceber.

When I hear someone say they do not hear music, whatever it is, that music is not part of your daily life, I have difficulty understanding.

Acho que, falando muito objectivamente, há coisas que uma boa música nos oferece que não vamos buscar a mais lado nenhum. Por mais psicólogos que haja, por mais antidepressivos que a industria invente, por mais drogas que existam no submundo. Nada tem esta capacidade de nos tocar, de maneira real, consciente, sóbria, física e emocionalmente, de maneiras diferentes, pontualmente. Nada, nos quebra estas defesas, tão características do ser humano, com a naturalidade de um abraço.

I think very objectively speaking, there are things that a good music offers us that we will not seek anywhere else. As psychologists there, however antidepressants that industry invents, no drugs exist in the underworld. Nothing has this ability to touch us in a real way, conscious, sober, physically and emotionally, in different ways, punctually. Nothing breaks these defenses, so characteristic of the human being, with the naturalness of a hug.

photo by Arul Prakash 22


(...) sem música, metade de nós fica sempre por descobrir // (...)without music, half of us is always to discover

Objectivamente, a música pode ser aquele amigo que aparece em nossa casa e nos diz exactamente aquilo que queremos ouvir, na altura certa, nos dá aquele empurrão que precisávamos para perceber tudo à nossa volta, e reagir. A música pode ser aquela pessoa que nos segreda de noite, que nos adormece. Pode ser quem nos acorda, quem nos tira da cama e nos atira de volta ao mundo. Quem nos ajuda a fazer exercício! O melhor companheiro de viagem... um bom livro, um bom filme. Percebo que seja possível viver sem isto. É realmente possível não querer saber disto, mas se o que a música pode fazer por nós é tanto, que não deixo de achar que sem música, metade de nós fica sempre por descobrir. .......... Objectively, the music can be that friend that appears at our house and tell us exactly what you want to hear at the right time, gives us that push we needed to perceive everything around us, and react. Music can be that person who whispers at night that numbs us. Can rise us, taking us out of bed and throw us back into the world. Who helps us to exercise! The best travel companion ... a good book, a good movie. I realize that you can live without it. Is it really possible not want to know about this, but what music can do for us is so much more, for I never cease to find that without music, half of us is always to discover. •

23


(...) sem música, metade de nós fica sempre por descobrir // (...)without music, half of us is always to discover

Objectivamente, a música pode ser aquele amigo que aparece em nossa casa e nos diz exactamente aquilo que queremos ouvir, na altura certa, nos dá aquele empurrão que precisávamos para perceber tudo à nossa volta, e reagir. A música pode ser aquela pessoa que nos segreda de noite, que nos adormece. Pode ser quem nos acorda, quem nos tira da cama e nos atira de volta ao mundo. Quem nos ajuda a fazer exercício! O melhor companheiro de viagem... um bom livro, um bom filme. Percebo que seja possível viver sem isto. É realmente possível não querer saber disto, mas se o que a música pode fazer por nós é tanto, que não deixo de achar que sem música, metade de nós fica sempre por descobrir. .......... Objectively, the music can be that friend that appears at our house and tell us exactly what you want to hear at the right time, gives us that push we needed to perceive everything around us, and react. Music can be that person who whispers at night that numbs us. Can rise us, taking us out of bed and throw us back into the world. Who helps us to exercise! The best travel companion ... a good book, a good movie. I realize that you can live without it. Is it really possible not want to know about this, but what music can do for us is so much more, for I never cease to find that without music, half of us is always to discover. •

23


6

TEMA DE CAPA/ COVER THEME: ATRAVESSANDO GILBRATAR CROSSING GILBRALTAR BY CATARINA VARÃO Para lá do estreito de Gilbraltar começa África- um mundo para nos aventurarmos num espírito árabe. A viagem começa com saída de Lisboa numa rota que exclui auto-estradas e portagens. Serpenteando as estradas secundárias absorve-se a paisagem e percorre-se verdadeiramente cada ponto percorrido e, Céus, como passamos por sítios incríveis! O destino é Chefchaouen, mas esta travessia não é sobre a chegada ao destino, mas sim o sabor da viagem em cada quilómetro.

Beyond the Strait of Gibraltar Africa begins- a world to venture into an Arab spirit. The journey starts from Lisbon, on a route that excludes highways and tolls. Meandering back roads one can absorb up the landscape and can travels truly every passage, and Heaven, how incredible the sites we pass through! The destination is Chefchaouen, but this journey is not about arriving at the destination, but the taste of travel in each kilometer made.

24


6

TEMA DE CAPA/ COVER THEME: ATRAVESSANDO GILBRATAR CROSSING GILBRALTAR BY CATARINA VARÃO Para lá do estreito de Gilbraltar começa África- um mundo para nos aventurarmos num espírito árabe. A viagem começa com saída de Lisboa numa rota que exclui auto-estradas e portagens. Serpenteando as estradas secundárias absorve-se a paisagem e percorre-se verdadeiramente cada ponto percorrido e, Céus, como passamos por sítios incríveis! O destino é Chefchaouen, mas esta travessia não é sobre a chegada ao destino, mas sim o sabor da viagem em cada quilómetro.

Beyond the Strait of Gibraltar Africa begins- a world to venture into an Arab spirit. The journey starts from Lisbon, on a route that excludes highways and tolls. Meandering back roads one can absorb up the landscape and can travels truly every passage, and Heaven, how incredible the sites we pass through! The destination is Chefchaouen, but this journey is not about arriving at the destination, but the taste of travel in each kilometer made.

24


Toda a atmosfera de Tarifa a Gilbraltar evoca Sul e Mar // The whole atmosphere from Tarifa to Gibraltar evokes South and Sea Entramos em Espanha a Norte do Parque Natural do Vale do Guadiana, em Mértola, percorrido o caminho de Alcácer do Sal e Serpa. Apontamos a Gibraleón e se o tempo for nosso amigo, vale mesmo a pena deambular pelo Parque Nacional de Doñana, para uma experiência “faroeste” na Romeria El Rocio. Cruzando o Parque Natural Los Alcornocales, os imponentes montes de Gilbraltar formamse diante de nós. Toda a atmosfera de Tarifa a Gilbraltar evoca Sul e Mar: do aspecto descontraído dos locais, às esplanadas convidativas num tempo que abranda para sentir aquela brisa própria. Cruzar o estreito de ferry até Marrocos, Tanger é uma curta viagem que nos transporta até outro mundo e outra cultura.

We entered Spain at the northern side of the Guadiana Valley Natural Park, in Mértola, passed the path of Alcacer do Sal and Serpa. We aim to Gibraleón and if time is our friend, it’s worth roam the Doñana National Park, for a "western" experience at Romeria El Rocio. Crossing the Alcornocales Natural Park, the towering mountains of Gibraltar form before us. The whole atmosphere from Tarifa to Gibraltar evokes South and Sea: the relaxed appearance of the locals, the inviting terraces in a time-slow to feel that breeze of its own. Crossing the Strait by ferry to Morocco, Tangier is a short trip that transports us to another world and another culture.

25


Toda a atmosfera de Tarifa a Gilbraltar evoca Sul e Mar // The whole atmosphere from Tarifa to Gibraltar evokes South and Sea Entramos em Espanha a Norte do Parque Natural do Vale do Guadiana, em Mértola, percorrido o caminho de Alcácer do Sal e Serpa. Apontamos a Gibraleón e se o tempo for nosso amigo, vale mesmo a pena deambular pelo Parque Nacional de Doñana, para uma experiência “faroeste” na Romeria El Rocio. Cruzando o Parque Natural Los Alcornocales, os imponentes montes de Gilbraltar formamse diante de nós. Toda a atmosfera de Tarifa a Gilbraltar evoca Sul e Mar: do aspecto descontraído dos locais, às esplanadas convidativas num tempo que abranda para sentir aquela brisa própria. Cruzar o estreito de ferry até Marrocos, Tanger é uma curta viagem que nos transporta até outro mundo e outra cultura.

We entered Spain at the northern side of the Guadiana Valley Natural Park, in Mértola, passed the path of Alcacer do Sal and Serpa. We aim to Gibraleón and if time is our friend, it’s worth roam the Doñana National Park, for a "western" experience at Romeria El Rocio. Crossing the Alcornocales Natural Park, the towering mountains of Gibraltar form before us. The whole atmosphere from Tarifa to Gibraltar evokes South and Sea: the relaxed appearance of the locals, the inviting terraces in a time-slow to feel that breeze of its own. Crossing the Strait by ferry to Morocco, Tangier is a short trip that transports us to another world and another culture.

25


Atracamos no caótica porto de polícias e ajudantes, onde os passaportes e o chá marroquino são o “pão-nosso-de-cada-dia”. Paciência é recomendada, bem como perícia nos afazeres fronteiriços.

Docked in the chaotic port, police and helpers, where passports and Moroccan tea are the "day-to-day-experience” awaits. Patience is recommended, as well as expertise in frontier affairs.

Uma vez libertos a estrada desenha-nos a cadeia montanhosa do Rif, até à cidade azul de Chefchaouen. E hoje este é o nosso abrigo e temos permissão para nos deixar deslumbrar. O chão, as paredes, as portas, as janelas e até as vestes das pessoas são azuis em tonalidades infinitas que vão do branco ao roxo, sem esquecer os verdes, já que estamos nas montanhas.

Once freed, the road again draws us throught the Rif mountain range, into the blue city of Chefchaouen. And today this this is our shelter and we have permission to stay and be dazzled. The floors, walls, doors, windows and even the clothes of the local people are blue in limitless shades ranging from white to purple, without forgetting the green, since we are in the mountains.

E deixamo-nos embriagar pelas cores frias.

And we let ourselves be intoxicated by the cool colors.

E apenas contemplamos, porque a beleza “cools us”

And we gaze only, for beauty has the power to cool.

26


Atracamos no caótica porto de polícias e ajudantes, onde os passaportes e o chá marroquino são o “pão-nosso-de-cada-dia”. Paciência é recomendada, bem como perícia nos afazeres fronteiriços.

Docked in the chaotic port, police and helpers, where passports and Moroccan tea are the "day-to-day-experience” awaits. Patience is recommended, as well as expertise in frontier affairs.

Uma vez libertos a estrada desenha-nos a cadeia montanhosa do Rif, até à cidade azul de Chefchaouen. E hoje este é o nosso abrigo e temos permissão para nos deixar deslumbrar. O chão, as paredes, as portas, as janelas e até as vestes das pessoas são azuis em tonalidades infinitas que vão do branco ao roxo, sem esquecer os verdes, já que estamos nas montanhas.

Once freed, the road again draws us throught the Rif mountain range, into the blue city of Chefchaouen. And today this this is our shelter and we have permission to stay and be dazzled. The floors, walls, doors, windows and even the clothes of the local people are blue in limitless shades ranging from white to purple, without forgetting the green, since we are in the mountains.

E deixamo-nos embriagar pelas cores frias.

And we let ourselves be intoxicated by the cool colors.

E apenas contemplamos, porque a beleza “cools us”

And we gaze only, for beauty has the power to cool.

26


OBJECTOS DE DESEJO DESIRE ITEMS

BY SOFIA FERNANDES

7


OBJECTOS DE DESEJO DESIRE ITEMS

BY SOFIA FERNANDES

7


Chega Primavera, os dias maiores, a vontade de vestir roupas mais leves, mais coloridas, de sair de casa para aproveitar os muitos dias de sol numa das imensas esplanadas que o nosso querido país nos oferece.

The inspirations for this edition are a hymn to all the good things that the change of season brings.

As inspirações desta edição são um hino a todas as coisas boas que a mudança de estação nos traz.

Nova colecção Fresca, colorida, desenhada para pessoas felizes. Camisola de riscas com bordados coloridos. Lanidor 64,90 EUR

O meu perfume de Primavera // My Spring scent: Happy, Clinique. 45 EUR

É tudo de bom para a hidratação da nossa pele. // It’s all good for skin hydratation. O Baume Gourmand Corps, Caudalie. 18 EUR

À espera de Moby Dick, Nuno Amado, wook 12,51 EUR

Spring arrives, the greatest day, the desire to wear more colorful, leaving home lighter clothes to enjoy the many days of sunshine in one of the huge terraces that our dear country offers us.

Os maravilhosos // The amazing Adidas Farm. Preço sob consulta // Price under query

Écharpe bi-color Lanidor 29,90 EUR

Gregory Porter, Liquid Spirit iTunes Store 9,99 EUR

Happy Mist, Rituals. O meu aroma (e terapia) favorito.// My favorite aroma (and therapy). 12 EUR

28


Chega Primavera, os dias maiores, a vontade de vestir roupas mais leves, mais coloridas, de sair de casa para aproveitar os muitos dias de sol numa das imensas esplanadas que o nosso querido país nos oferece.

The inspirations for this edition are a hymn to all the good things that the change of season brings.

As inspirações desta edição são um hino a todas as coisas boas que a mudança de estação nos traz.

Nova colecção Fresca, colorida, desenhada para pessoas felizes. Camisola de riscas com bordados coloridos. Lanidor 64,90 EUR

O meu perfume de Primavera // My Spring scent: Happy, Clinique. 45 EUR

É tudo de bom para a hidratação da nossa pele. // It’s all good for skin hydratation. O Baume Gourmand Corps, Caudalie. 18 EUR

À espera de Moby Dick, Nuno Amado, wook 12,51 EUR

Spring arrives, the greatest day, the desire to wear more colorful, leaving home lighter clothes to enjoy the many days of sunshine in one of the huge terraces that our dear country offers us.

Os maravilhosos // The amazing Adidas Farm. Preço sob consulta // Price under query

Écharpe bi-color Lanidor 29,90 EUR

Gregory Porter, Liquid Spirit iTunes Store 9,99 EUR

Happy Mist, Rituals. O meu aroma (e terapia) favorito.// My favorite aroma (and therapy). 12 EUR

28


CONTRIBUIÇÕES // CONTRIBUTORS Catarina Varão Apaixonada por viagens, de profissão, caçadora de hotéis e charme como lema de vida. Especializada em consultoria em hospitalidade, turismo e tecnologias // Travel passionate for profession, charm hotel seeker for living. Core areas are hospitality and tourism consultancy and technology.

Célia Pedroso Jornalista de viagens, autora do livro ‘Eat Portugal’ e mentora e tour leader no Eat, Walk & Drink. // Travel journalist, author of the book ‘Eat Portugal’ and mentor and tour leader at Eat, Walk & Drink.

Sofia Fernandes Mãe e Blogger do Às 9 no Meu Blogue. Também desenvolve Coach em várias empresas e é CEO da Grow Consulting- connecting the dots. // Mother and Blogger of ‘Ás 9 no meu Blogue”. Coach for several companies and CEO of Grow Consulting- connecting the dots.

Sofia Gomes Directora comercial na i-Sensis Perfume Design e marketeer sensorial // Commercial director at i-Sensis Perfume Design and sensorial marketeer.

Soraia Mourinho Directora comercial do Hotel Gat Rossio e formadora em alternative lifestyle e Food & Beverage na TH2. // Commercial director at Gat Rossio Hotel and alternative lifestyle and Food & Beverage former at TH2.

Tiago Bettencourt Músico português e inspirador da alma eternamente apaixonada pelas coisas simples da vida. // Portuguese musician and motivational of an eternally in love for simple things in life soul.

THANK YOU :) Um muito obrigada a todos os nossos contribuidores, amigos e seguidores que tornaram esta edição possível. A próxima, lançada em Junho trará calor e ideias para o Verão a não perder. Sugestões aceitam-se por email. ..... A big ‘thank you’ to all our followers, friends and contributors that made this edition possible. Next one will be launched in June and will bring hot and Summer ideas not to miss. Suggestions are most-welcomed by email. unique.personality@uniquestays.pt xxix


CONTRIBUIÇÕES // CONTRIBUTORS Catarina Varão Apaixonada por viagens, de profissão, caçadora de hotéis e charme como lema de vida. Especializada em consultoria em hospitalidade, turismo e tecnologias // Travel passionate for profession, charm hotel seeker for living. Core areas are hospitality and tourism consultancy and technology.

Célia Pedroso Jornalista de viagens, autora do livro ‘Eat Portugal’ e mentora e tour leader no Eat, Walk & Drink. // Travel journalist, author of the book ‘Eat Portugal’ and mentor and tour leader at Eat, Walk & Drink.

Sofia Fernandes Mãe e Blogger do Às 9 no Meu Blogue. Também desenvolve Coach em várias empresas e é CEO da Grow Consulting- connecting the dots. // Mother and Blogger of ‘Ás 9 no meu Blogue”. Coach for several companies and CEO of Grow Consulting- connecting the dots.

Sofia Gomes Directora comercial na i-Sensis Perfume Design e marketeer sensorial // Commercial director at i-Sensis Perfume Design and sensorial marketeer.

Soraia Mourinho Directora comercial do Hotel Gat Rossio e formadora em alternative lifestyle e Food & Beverage na TH2. // Commercial director at Gat Rossio Hotel and alternative lifestyle and Food & Beverage former at TH2.

Tiago Bettencourt Músico português e inspirador da alma eternamente apaixonada pelas coisas simples da vida. // Portuguese musician and motivational of an eternally in love for simple things in life soul.

THANK YOU :) Um muito obrigada a todos os nossos contribuidores, amigos e seguidores que tornaram esta edição possível. A próxima, lançada em Junho trará calor e ideias para o Verão a não perder. Sugestões aceitam-se por email. ..... A big ‘thank you’ to all our followers, friends and contributors that made this edition possible. Next one will be launched in June and will bring hot and Summer ideas not to miss. Suggestions are most-welcomed by email. unique.personality@uniquestays.pt xxix


Le Bon Vivant #1