Issuu on Google+

Qualidade de Vida

com frutas!


o vilão

Provavelmente, você já ouviu falar dos RADICAIS LIVRES. Eles são formados em nosso organismo e exercem um papel importante no funcionamento do corpo humano. Porém, sua presença em excesso (stress oxidativo) representa um grande risco a nossa qualidade de vida. Dentre as causas externas mais prováveis de formação de radicais livres estão: poluição ambiental, gases de escapamento de veículos, raios X, radiação ultravioleta do sol, fumo, fumaça de cigarro, álcool, resíduos de pesticidas, stress e alto consumo de gorduras saturadas (frituras e embutidos).

o mocinho

Nada melhor que os ANTIOXIDANTES para combater os radicais livres do corpo humano. Os antioxidantes são moléculas com cargas positivas que se combinam com osradicais livres, de carga negativa, tornando-os inofensivos. Uma alimentação balanceada, rica em frutas e vegetais de cores variadas, aliada a um estilo de vida saudável (prática de exercícios físicos, equilíbrio entre a vida pessoal, profissional e espiritual) é essencial para uma vida repleta de QUALIDADE! Com o objetivo de orientar a população sobre uma alimentação saudável, o Ministério da Saúde elaborou um Guia Alimentar para a População Brasileira, que busca contribuir para a melhoria da qualidade de vida.


vida moderna:

Comodidade ou Comodismo?

É inquestionável os benefícios e a facilidade que a vida moderna trouxe ao ser humano. O avanço constante da medicina, as cirurgias plásticas, os novos e inacreditáveis aparelhos eletrônicos e a tão cobiçada conveniência. Os efeitos colateriais deste modo de vida também apareceram: poluição, destruição do meio ambiente, sedentarismo, má alimentação, stress, falta de energia e muitos outros. Conheça um destes vilões e um destes mocinhos e saiba como ter mais QUALIDADE EM SUA VIDA.

frutas

grandes aliadas Deliciosas, coloridas e com aromas únicos e marcantes, as frutas devem fazer parte de nossa alimentação diária. Elas possuem, além dos nutrientes essenciais e de micronutrientes como minerais, fibras e vitaminas, diversos compostos bioativos. Eles incluem os denominados polifenóis, especialmente os flavonóides (antoxantinas e antocianinas). Estes compostos têm a capacidade de captar os radicais livres, apresentando atividade antioxidante. Segundo o Guia para uma Alimentação Saudável, do Ministério da Saúde, é recomendado o consumo de 3 porções ou mais de frutas diariamente. Conheça abaixo algumas frutas que se destacam por serem fontes desses nutrientes e compostos! É de dar água na boca!


uva

ameixa

É fonte de vitamina C e selênio. Contém vitamina B1, niacina, vitamina B2, vitamina B6, vitamina A, ácido fólico, magnésio, fósforo, potássio, ferro, cálcio e manganês. É fonte também de um antioxidante natural extraído das sementes de uva, chamado de procianidina. Seus componentes bioativos são os flavonóides e as procianidinas, que atuam como sequestradores de radicais livres.

A ameixa é fonte de vitamina C. Contém vitamina A, niacina, vitamina B1, vitamina B2, ácido pantotênico, vitamina B6, ferro, potássio, fósforo, magnésio, cobre, zinco, selênio e manganês.


açaí

acerola

É rico em fibras, ferro, vitamina B1 e é fonte de vitamina C. Contém proteína, cálcio, niacina, fósforo e um elevado teor de pigmentos antocianinas que são antioxidantes naturais. O açaí é uma das frutas mais nutritivas da Amazônia. É extremamente perecível e deve ser processada rapidamente na fabricação de sucos.

É uma fruta especialmente rica em vitamina C e tem baixo valor energético, além de conter vitamina A, vitamina B1, vitamina B2, ácido fólico, ácido pantotênico, potássio, fósforo, ferro, cálcio, magnésio e pigmentos naturais como os carotenóides. Estes pigmentos tais como o beta-caroteno e o licopeno são capazes de se converterem em vitamina A e são antioxidantes naturais.


cupuaçu

romã

É uma fruta rica em vitamina C. Fonte de ferro, contém também vitamina A, vitamina B1, vitamina B2, cálcio e fibra.

É fonte de polifenóis e de outros antioxidantes. Contém vitamina C, niacina, vitamina B1, ácido pantotênico, vitamina B6, potássio, fósforo, magnésio, flavonóides polifenóicos. Os polifenóis incluem antocianidinas, catequinas, taninos, entre outros compostos.


cramberry

blueberry

É fonte de vitamina C e contém também vitamina K, vitamina A, vitamina B6, vitamina B2, zinco, potássio, fósforo, magnésio, ferro e luteína, que é um membro da família dos carotenóides, conhecida por outros de seus membros, como o beta-caroteno e o licopeno. São pigmentos naturais lipossolúveis com capacidade antioxidante.

É uma das frutas frescas mais ricas em pigmentos antocianos, que são antioxidantes. Tem um conteúdo particularmente elevado de polifenóis, tanto na casca quanto na polpa.


camu-camu

A grande importância deste fruto como alimento é devido ao seu elevado teor de vitamina C. Este fruto é mundialmente conhecido como fonte natural de ácido ascórbico. Um outro componente de interesse no camu-camu são as antocianinas, no fruto, que são compostos com atividade antioxidante.

Referências Bibliográficas Guia alimentar para a população brasileira: promovendo a alimentação saudável / Ministério da Saúde, Secretaria de Atenção à Saúde, Coordenação-Geral da Política de Alimentação e Nutrição. Brasília: Ministério da Saúde, 2006. Kuskoski E.M. ET AL. Frutos tropicais silvestres e polpas de frutas congeladas: atividade antioxidante, polifenóis e antocianinas. Cienc. Rural vol.36 no.4 Santa Maria July/Aug. 2006. Estudo Nacional de Despesa familiar: tabela de composição de alimentos – IBGE. Susanne U Mertens-Talcott. Absorption and Antioxidant Effects of Polyphenolics from Acai (Euterpe Oleracea Mart) in Healthy Human Volunteers. The FASEB Journal. 2007;21:103.7. Bobbio ET AL. Identificação e Quantificação das Antocianinas do Fruto do Açaizeiro (Euterpe oleracea) Mart. Ciênc. Tecnol. Aliment. v.20 n.3 Campinas set./dez. 2000. Tabela de composição de alimentos: Suporte para decisão Nutricional. Profa. Sônia Tucunduva Philipi. Brunini M. A. ET AL. Caracterização física e química de acerolas provenientes de diferentes regiões de cultivo. Rev. Bras. Frutic. vol.26 no.3 Jaboticabal Dec. 2004. Vera Lúcia Arroxelas Galvão de Lima, ET AL. Polpa congelada de acerola: efeito da temperatura sobre os teores de antocianinas e flavonóis totais. Rev. Bras. Frutic. vol.24 no.3 Jaboticabal Dec. 2002 Tabela de composição de alimentos: Suporte para decisão Nutricional. Profa. Sônia Tucunduva Philipi. Martim E.C.O. et al. Lesão renal aguda por glicerol: efeito antioxidante da Vitis vinifera L. Rev. bras. ter. intensiva vol.19 no.3 São Paulo July/Sept. 2007 Gilvanete Maria Ferreira G.M. et AL. Efeito da temperatura e taxa de cisalhamento nas propriedades de escoamento da polpa de Cupuaçu (T. grandiflorum Schum) integral. Rev. Bras. Frutic. vol.30 no.2 Jaboticabal June 2008. José Carlos Fachinello. Mirtilo. Rev. Bras. Frutic. vol.30 no.2 Jaboticabal June 2008. Luciane Couto da Silva, Et Al. Meio Nutritivo, Reguladores de Crescimento e Frio no Estabelecimento In Vitro de Mirtilo (Vaccinium ashei Reade) Cv. DELITE. R. Bras. Agrociência, Pelotas, v. 12, n. 4, p. 405-408, out-dez, 2006. USDA National Nutrient Database for Standard Reference Vvedenskaya IO, et al. Characterization of flavonols in cranberry (Vaccinium macrocarpon) powder. J Agric Food Chem. 2004 Jan 28;52(2):188-95 Pedersen CB, et al. Effects of blueberry and cranberry juice consumption on the plasma antioxidant capacity of healthy female volunteers. Eur J Clin Nutr. 2000 May;54(5):405-8 Aviram M. et al, Pomegranate juice consumption reduces oxidative stress, atherogenic modifications to LDL, and platelet aggregation: studies in humans and in atherosclerotic apolipoprotein E–deficient mice1,2. Am J Clin Nutr 2000;71:1062–76. MAEDA. R.N. ET AL. Estabilidade de ácido ascórbico e antocianinas em néctar de camu-camu (Myrciaria dubia (H. B. K.) McVaugh). Ciênc. Tecnol. Aliment., Campinas, 27(2): 313-316, abr.-jun. 2007.


Monavie Folder