Page 1

TERÇA-FEIRA MACEIÓ - ALAGOAS 29 DE JANEIRO DE 2013 Nº 1656 R$ 1,50

TRÂNSITO VAI MUDAR NA ORLA PARA AS PRÉVIAS CARNAVALESCAS A partir das 18h desta sexta-feira várias ruas serão interditadas para o “Jaraguá Folia”. No sábado, o trânsito da orla da Pajuçara muda, a partir das 6 horas, para os desfile dos blocos Pinto da Madrugada e Turma da Rolinha. O Bloco do Prazer tem seu desfile confirmado para sexta à noite, no Jaraguá.

TRIBUNA

INDEPENDENTE

Foi preciso acontecer a tragédia em Santa Maria (RS) para mobilizar autoridades do Estado e da capital por medidas que possam prevenir ocorrência análoga em Maceió. Em reunião, ontem, o Ministério Público avisou que quer o fechamento de todas as boates, casas de shows e até igrejas que não estejam adequados às normas de segurança. E, segundo o Corpo de Bombeiros, apenas um estabelecimento - Le Hotel - tem projeto de segurança, ainda assim só no papel. PÁGINA 11 RIGOR GERAL

SMCCU começa hoje a fiscalizar estabelecimentos A SMCCU vai iniciar hoje fiscalização de boates e casas de shows em Maceió. Na mira dos fiscais, o alvará de funcionamento de cada estabelecimento. O superintendente da instituição, Alfredo Gazzaneo, disse que também a Secretaria do Meio Ambiente e o Corpo de Bombeiros vão fiscalizar.

DELEGADOS NÃO CONCURSADOS PODEM PERDER OS CARGOS PÁGINA 10

MAIS DOIS MUNICÍPIOS EM ESTADO DE EMERGÊNCIA; AGORA SÃO TRINTA E DOIS PÁGINA 3

BENEDITO DE LIRA ABONA EM EVENTO FICHAS DE NOVOS FILIADOS AO PP

tribunahoje.com

Boates de Maceió estão irregulares e MP quer impedir funcionamento

PÁGINA 10

CAOS ADMINISTRATIVO

EXEMPLAR DO ASSINANTE

EMPRESÁRIO Mauro Hoffmann, um dos sócios da boate, se apresentou e foi preso; nos cemitérios, a dor das famílias enlutadas

PREFEITOS ‘ACORDAM’ APÓS TRAGÉDIA EM SANTA MARIA A tragédia de Santa Maria dentro de uma boate fez os prefeitos do Brasil acordarem para o risco que locais mal preparados ou vistoriados representam para seus frequentadores. No dia seguinte ao incêndio que matou 236 jovens, os gestores de diversas capitais, desde Manaus até São Paulo, anunciaram medidas para evitar desastres.

PÁGINA 7

PÁGINA 11

AÇÃO ‘PREVENTIVA’

CÂMARA DE VEREADORES VAI CRIAR COMISSÃO PARA AVALIAR REGULAMENTAÇÃO PÁGINA 11

ADAILSON CALHEIROS

PÁGINA 2 NOVO SOCIALISTA

ALEXANDRE TOLEDO QUER CONVERSAR COM EDUARDO CAMPOS ANTES DE SE FILIAR

ESTUPRADOR DO FRANCÊS ATACA MAIS UMA TURISTA

PÁGINA 3

Em menos de uma semana, o estuprador do Francês voltou a atacar e desta vez conseguiu seu objetivo. A vítima foi uma turista de 52 anos de idade, natural de Brasília, que caminhava na praia próximo às ruínas do leprosário. PÁGINA 9

CONTA DE LUZ

DIREITOS DA MULHER

PÁGINA 4

DENUNCIADO MAIS UM ROMBO NA PREFEITURA DE SÃO JOSÉ DA LAJE

TARIFA DEVERÁ FICAR 22% MAIS BARATA PARA AS EMPRESAS ALAGOANAS PÁGINA 13

JUIZADO RECEBE MÉDIA DE 160 AÇÕES MENSAIS DENUNCIANDO AGRESSÕES RUÍNAS do leprosário, na Praia do Francês, são o local preferido pelo estuprador para levar suas vítimas após rendê-las na praia ASCOM / ALZIRJUNIOR

TEMPO

SECOM PMM

20º

Máxima

30º

Marés

04:58 11:00 17:09 23:24

2.1 0.3 2.1 0.2

A ministra Marta Suplicy, da Cultura, anunciou ontem ao prefeito Rui Palmeira, em Brasília, a construção de duas praças dos esportes e da cultura em Maceió, com telecentro, teatro e cinema. E prometeu vir à inauguração.

FINANÇAS DÓLAR COMERCIAL R$ 2,00 R$ 2,00 DOLAR PARALELO R$ 2,06 R$ 2,18 OURO: R$ 109,00 POUPANÇA: 0,4134%

MARTA SUPLICY

Ministra promete praças de esporte e cultura para Maceió

Bom a parcialmente nublado com possiblidades de chuvas em áreas isoladas

Mínima

PÁGINA 9

CANAL DO SERTÃO - Mesmo antes de funcionar, a obra já

dá resultados positivos, absorvendo 1,5 mil trabalhadores. Pág. 14

AO FINAL da reunião, Marta e Rui posaram para fotografias

PÁGINA 5


TRIBUNAINDEPENDENTE

2 POLÍTICA MACEIÓ - TERÇA-FEIRA, 29 DE JANEIRO DE 2013

Política

Senador pretende trilhar caminho de parceria com tucanato municipal O senador Benedito de Lira está fazendo o dever de casa e assim trilhando um caminho tranquilo para ficar bem na foto. Só de recursos para climatizar o Centro de Convenções de Maceió, por exemplo, o parlamentar conseguiu R$ 40 milhões, por meio do Ministério da Integração Nacional. Para a Feirinha do Tabuleiro - na parte alta da cidade -, Biu de Lira destinou R$ 3 milhões. O senador prometeu trabalhar alinhado com o prefeito Rui Palmeira (PSDB), de Maceió.

PP: Biu abona ficha de novos filiados

Senador Benedito de Lira aposta na renovação do Partido Progressista e seu enraizamento nos municípios de AL

ESPLANADA LEANDRO MAZZINI - contato@colunaesplanada.com.br

Comissões & Palanque

T

udo definido no Senado para sexta-feira. O senador Fernando Collor (PTB-AL) presidirá a Comissão de Infraestrutura, a que fiscaliza obras do PAC de Dilma. Pela atuação na CPI do Cachoeira, Vital do Rêgo (PMDB-PB) se alça à poderosa CCJ. A não menos importante Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) fica com Lindbergh Farias (PT-RJ). E a de Assuntos Sociais (CAS) com Ana Rita (PT-ES). Todos eles são pré-candidatos ao governo de seus estados.

Epa, epa Maior plantador de soja do mundo e homem do agronegócio, o senador Blairo Maggi (PR-MT) será brindado com a Comissão de Meio Ambiente e Defesa do Consumidor.

A dois Os concorrentes de Renan, senadores Randolfe (PSOL-AP) e Pedro Taques (PDT-MT) jantaram ontem em Brasília. Estudam lançar um só.

Frevo Randolfe passou o fim de semana no Recife e se encontrou com senador da ala independente Jarbas Vasconcelos (PMDB), de quem ouviu apoio.

Renan e os tucanos A vitória do senador Renan Calheiros (PMDB-AL) para a presidência do Senado está garantida na sexta, na conta de aliados. Ele prometeu cargos até para PSDB, partido que ajudou a derrubá-lo em 2007. Os tucanos manterão controle da Primeira-Secretaria, responsável por licitações e contratos. Será de Flexa Ribeiro (PA).

PT na patota A despeito da denúncia no STF contra ele, Renan já fechou a futura Mesa Diretora da Casa Alta: Os vice-presidentes serão Jorge Viana (PT-AC) e Eunício Oliveira (PMDB-CE). Eunício porém está reticente, quer ser líder da bancada.

Disputa Renan e José Sarney tentam controlar uma briga. Romero Jucá (RR), a quem prometeram a liderança do PMDB na Casa, enfrenta resistência de Eunício Oliveira (CE). Para compensar, a dupla oferece ao cearense a liderança do Bloco. Nada decidido.

Sossego Foi oferecida a Comissão de Relações Exteriores ao senador José Sarney, que perderá o posto máximo do Senado. Ele não quis. Quer sossego na cadeira no plenário.

Dupla resistência Da ala dos senadores independentes do PMDB, de fato mesmo só sobraram dois: Jarbas e Pedro Simon (RS). Apesar de outras contras, ninguém ensaiou se lançar contra Renan.

Dois estilos O ex-presidente Lula, que não apareceu no local do acidente da TAM em 2007, se apressou ontem a soltar nota oficial antes da própria presidente Dilma. Ela deixou agenda oficial no Chile para se solidarizar com as famílias de Santa Maria (RS).

Lobinho Saindo de uma reunião recente com a presidente Dilma, o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão (PMDB-MA), foi indagado por um ministro por seu silêncio. Ele, à meia voz e olhos arregalados, confessou: “Quem? Eu?! Morro de medo dela!”

Na canela ]Questionado sobre relatório do TC-DF que aponta superfaturamento de R$ 200 milhões na obra do estádio nacional, o governador Agnelo Queiroz (PT) não escondeu o constrangimento. “É mais caro porque é sustentável”.

Aperto total Sem a bonança dos últimos anos, os prefeitos do encontrão com a presidente Dilma passam aperto em Brasília. Muitos dividiram táxi, foram a pé dos hotéis para o centro de convenções e há os que ficaram em apartamentos de amigos e deputados.

Sem festa É que muitos alcaides de oposição eleitos encontraram as prefeituras falidas ou depenadas pelos antecessores. Até dinheiro de lanchinho foi cortado.

Viva Dercy! Leonardo Conde organiza a homenagem “Dercy bem Brasileira” de 19 a 24 de Fevereiro no espaço cultural dos Correios no Rio. Com mostra de fotos e filmes.

Ponto Final Imprudência, falta de fiscalização e prenúncio macabro: O site da Boate Kiss informava o evento “Agromerados”. Com MArcos Seabra e Vinicius Tavares www.colunaesplanada.com.br contato@colunaesplanada.com.br Twitter @leandromazzini

ARQUIVO/SANDRO LIMA

EDITORIA DE POLÍTICA COM REDAÇÃO

D

ois mil e catorze já começou e ninguém quer admitir, pelo menos no meio político. Ontem, o senador Benedito de Lira (PP) quis demonstrar sua força eleitoral num café da manhã para novos filiados de seu partido. Durante o evento, só se falava à ‘boca miúda’ sobre a real intenção da solenidade que oficilizou a entrada de novos membros na legenda partidária, as eleições para o Palácio. Para fotalecer o Partido Progressista rumo ao ano eleitoral de 2014 - onde se decide o sucessor do governador Teotonio Vilela Filho (PSDB) e o novo senador por Alagoas, em vaga única -, pelo menos, pouco mais de 200 personalidades assinaram a ficha de filiação ao PP sob as bênçãos do senador mais votado por Alagoas, nas eleições de 2010. A expressiva votação de 904.345 votos de confiança no experiente político deu verdadeiras asas a Benedito de Lira. Sua força já é conhecida e mais de R$ 300 milhões já foram levantados para Alagoas, só em 2012, mirando diversas áreas administrativas e municípios alagoanos. Maioria dos recursos são oriundos dos Ministérios das Cidades e da Integração Nacional, onde Benedito de Lira goza de grande prestígio e abetura. Tudo de olho em 2014, como dizem as especulações, onde o senador é apontado como possível nome do Palácio República dos Palmares para enfrentar a oposição no Estado. O tom do discurso do senador Benedito de Lira durante o café da manhã, ontem, foi de ‘união’ e sem polêmicas. “Vamos dar as mãos para ajudar Alagoas”, assim resumiu sua fala aos novos filiados e presentes. O clima de ‘paz e amor’ pairava e brigas só eram admitidas em busca de recursos em prol do Estado. “Estamos aqui até hoje, porque queremos brigar pelo melhor, mas a renovação é necessária. Não podemos continuar aceitando os piores números da Saúde, da Educação, da Assistência Social sendo ligados diretamente ao Estado de Alagoas”, afirmou o parlamentar. SENADO Já sobre o embate pela vaga no Senado Federal, que deve ficar entre o governador Teotonio Vilela Filho e o senador Fernando Collor de Mello (PTB), Benedito de Lira também desconversou e se utilizou da trégua entre as partes para se chegar num resultado melhor para Alagoas. “Acho que é muito cedo para isso. Lógico que precisamos construir bases bem antes do processo eleitoral, mas o momento não é de críticas e sim de mostrar trabalho e posteriormente intensificar uma campanha, o que deveria acontecer na virada de 2013 para 2014”, disse. Collor e Vilela vem se engalfinhando em programas de rádio desde o final do ano, antecipando inevitavelmente os debates sobre o ano eleitoral de 2014.

Senador Benedito de Lira defendeu a união de forças em prol de Alagoas e criticou embates

NOVAS FILIAÇÕES

‘Progressistas’ apostam suas fichas em evangélicos alagoanos O senador Benedito de Lira começou com o ‘pé embaixo’ o ano e com essas filiações indicadas milimetricamente para reforçar o partido, os caminhos do parlamentar podem ser facilitados pela nova tropa partidária. Segundo o secretário geral do PP em Alagoas, o ex-vereador por Maceió, Alan Balbino, se filiaram mais de 200 nomes, estrategicamente selecionados, pelo visto. Segmentos importantes da sociedade ganharam nova representação entre os ‘progressistas’. Primeiro filiado, que teve sua ficha referendada por Benedito de Lira, foi o pastor Jonas Bispo Pereira. O segundo

foi outro evangélico, o presidente da Ordem dos Pastores de Alagoas, pastor Jorge Augusto de Araújo, que tem representação nos 102 municípios alagoanos. O segmento evangélico é fortíssimo, como se sabe e será fundamental para os planos de Lira. Com o crescimento dos evangélicos no Brasil, revelado pelo Censo Demográfico do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) 2010, políticos, e o próprio PP, pelo que parece, já começaram suas estratégias para alcançar essa parcela da população. Desde 2000, o Brasil viu a população evangélica crescer em 16 milhões, chegando a 42,3

milhões de pessoas em 2010. Só de candidatos que se pronunciaram como evangélicos nas eleições de 2012, foram mais de 212 que levantaram a bandeira do protestantismo como identidade partidária nos 102 municípios alagoanos. Em 2014, como a população de evangélicos é crescente, de acordo com o que diz o IBGE, os evangélicos serão tão importantes quanto. MULHERES Quem também teve sua ficha abonada pelo senador foi o empresário Carlos Alberto Alves, empresário gráfico; e Marileide Conrado da Silva, representando o segmento das mulheres empresárias. (EP)

NOVATOS

Campanha de filiações vai se ampliar por todo o Estado O apetite eleitoral é grande e não deve ser saciado nem tão cedo. Os novos filiados do Partido Progressista representam parte significativa da sociedade, como os setores empresarial, sindical, religioso e de conselhos de classe. Os novos integrantes da legenda representam 12 cidades, além de Maceió. Eles vêm de União dos Palmares, Satuba, Rio Largo, Murici, Matriz do Camaragibe, Porto Calvo, Campo Alegre, Messias, São José da Laje, Boca da Mata, Arapiraca e Palmeira dos Índios e chegam com uma missão já pública do presidente estadual do partido, o senador

Benedito de Lira, ou seja, ampliar as discussões em torno de temas como saúde, educação, segurança, desenvolvimento econômico e infraestrutura. “O partido tem se fortalecido permanentemente e esse ato apenas externa essa realidade”, explica o secretário-geral do partido, ex-vereador Alan Balbino, secretário-geral do PP em Alagoas. De acordo com Alan Balbino, atos idênticos irão acontecer em diversas cidades do interior do Estado. “Essa receptividade comprova a aceitação que o partido tem tido em todo o Estado de Alagoas. O PP possui

mais de 16 mil filiados, sendo o primeiro entre todos os partidos”, acrescentou. “Além disso, o partido tem 115 vereadores, 20 prefeitos e está representado pelos diretórios e comissões nos 102 municípios”, concluiu Balbino. O senador Benedito de Lira reforçou que o objetivo maior desse novo processo de filiações é fortalecer o partido e trabalhar para trazer novos projetos e recursos para o Estado de Alagoas. “O momento é de construir bases e fortalecer as já existentes para construir um caminho de unidade dentro do partido”, salientou o parlamentar. (EP)


TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - TERÇA-FEIRA, 29 DE JANEIRO DE 2013

POLÍTICA

3

Justificativas do TC serão distribuídas hoje Tribunal de Contas deve divulgar os dados das cidades que prestaram contas sobre decretos de emergência ARQUIVO

RENATO BUARQUE COLABORADOR

O

Pleno do Tribunal de Contas vai distribuir as alegações apresentadas pelos prefeitos alagoanos ao decretarem situação de emergência

ARQUIVO

LAJE

Segunda denúncia contra ex-gestor O ‘débito energético’ herdado por Rodrigo Valença (PMDB), em São José da Laje, não foi o único listado pelo atual gestor. Na semana passada, a reportagem da Tribuna Independente noticiou um outro ‘rombo’ deixado por Marcio José Lyra, o Dudui (PP). Apenas com os empréstimos consignados dos servidores públicos lajenses são R$ 330 mil em débitos junto as instituições financeiras. No Banco do Brasil, lembrou Rodrigo Valença, o débito deixado por Dudui é de R$ 179.755,40 referentes aos últimos três meses de 2012. O valor da dívida com o Banco Rural é um pouco menor, R$ 162.081,53, mas nem por isso deve ser ignorado. Sem o repasse dos valores aos bancos, os servidores municipais da cidade foram pegos de surpresa e tiveram seus nomes incluídos nos órgãos de proteção ao crédito como SPC e Serasa. Esta não foi a primeira vez que Dudui, durante sua gestão, acumulou dívidas. Em 2004, o ex-prefeito atrasou em dois meses o pagamento dos servidores municipais, inclusive o 13º dos anos de 2004 e 2003. O prefeito atual está negociando com os bancos o débito para tentar viabilizar os convênios, que São José da Laje tanto precisa para crescer e gerar empregos. Valença deseja regularizar a situação dos funcionários junto às instituições bancárias. Segundo o secretário de Comunicação, Gustavo Balbino, a dívida configura crime de apropriação indébita, além de improbidade administrativa. Na semana passada, o prefeito já tinha anunciado que iria denunciar o caso ao Ministério Público Estadual e aos demais órgãos competentes; agora as dívidas com a Eletrobras também serão denunciadas. “Dudui demonstra que não tem medo da Lei, porque é conhecedor dos processos que poderá responder”, disse.

Tribunal de Contas do Estado de Alagoas (TCE-AL), por meio dos seus conselheiros, na sessão ordinária de hoje, vai divulgar a lista dos municípios que atenderam à solicitação da Corte de Contas. O TCE solicitou que houvesse uma prestação de contas sobre a real situação de cada cidade. Em razão da decretação, por parte dos novos gestores, da situação de emergência administrativa, por supostos problemas financeiros deixados por gestores anteriores. Ao todo, até a data da solicitação da prestação de contas, 30 municípios do interior de Alagoas já haviam decretado situação de emergência, o que chamou a atenção dos conselheiros do Tribunal de Contas. Ontem, o número chegou a 32 cidades. Conforme a deliberação do TCE-AL, que agiu em conjnto com o Ministério Público de Contas, os prefeitos das cidades, dadas em estado crítico, do ponto de vista financeiro e administrativo, teriam o prazo máximo de 48 horas para apresentar dados que robustecessem a análise

por parte da Corte de Contas, para que a situação de emergência nas cidades seja realmente ratificada. Outro aspecto importante é que, vários destes municípios, cujos prefeitos decretaram situação de emergência administrativa já teriam entregues os documentos que justificariam o tal decreto, porém os nomes destas cidades não foram divulgados pelo Tribunal, o que, como já foi mencionado, só deve mesmo acontecer na sessão ordinária da Corte de Contas desta terça-feira. Inicialmente, os processos de prestação de contas são endereçados à Presidência do Tribunal, que redistribuiu os casos para a equipe técnica de cada conselheiro, após o devido levantamento possam dar o seu parecer sobre cada caso. No início de cada ano, é feito um sorteio, que designa qual conselheiro cuidará dos assuntos inerentes a cada município, que são distribuídos de forma equânime entre cada membro da Corte. Na edição de ontem do Diário Oficial do Estado, outras duas cidades também decretaram situação de emergência: Cajueiro e Olho d’Água Grande.

CAJUEIRO

Prefeita quer devassa no Fundo de Previdência

Ex-prefeito Dudui voltou a ser acusado de ter deixado débito para seu sucessor Rodrigo Valença

ELETROBRAS

Dudui deixa débito de mais de R$ 327 mil em São José da Laje O prefeito de São José da Laje, Rodrigo Valença (PMDB), tem tomado um verdadeiro susto a cada dia à frente do Executivo lajense, descobrindo uma série de irregularidades deixadas pelo ex-prefeito Marcio José de Lyra, o Dudui (PP). Desta vez, quem bate na porta da prefeitura é a Eletrobras Distribuição Alagoas. As notificações da concessionária de energia alagoana que chegam à Prefeitura de São José da Laje são ‘reavisos’, formalizando débitos referentes aos 12 meses de atraso nas contas de energia das escolas municipais, dos postos de saúde, das bombas de água, do cemitério, dos mercados públicos, da repetidora de TV, das secretarias municipais, do estádio

de futebol, do único hospital da cidade, e até da sede da prefeitura municipal. O valor do débito chega a R$ 327.000. O valor em aberto referente às unidades consumidoras do município de São José da Laje deixado pelo ex-prefeito Dudui, foi parcelado por ele com a Eletrobrás, mas nunca chegou a serem adimplidas - reforça a administração de Rodrigo Valença -, haja vista que em março de 2012, o serviço de energia elétrica foi cortado dos mercados públicos, do matadouro e até da sede da prefeitura. Segundo o prefeito Rodrigo Valença, Dudui chegou a fazer um parcelamento com a empresa mas não cumpriu o acordo. “Por conta disto a dívida vem acumulando

com juros e multas e poderá comprometer o município, uma vez que a Eletrobras irá suspender o fornecimento de energia em 15 dias, por causa do débito deixado pela gestão passada”, explicou o prefeito. Valença está preocupado com a situação e está tentando fazer um novo acordo com a Eletrobras. De todo modo, o prefeito garantiu que vai acionar a assessoria jurídica do município para responsabilizar o ex-prefeito Dudui, que deixou um grande débito para o erário público. GATO Em 2012, a gestão de Dudui foi acusada de fazer um ‘gato’ para iluminar os prédios públicos de São José da Laje.

A prefeita do município de Cajueiro, Lucila Toledo, do PSDB, decretou situação de emergência administrativa, por 90 dias na cidade. Dentre os inúmeros problemas detectados por ela, ao assumir o comando do Executivo, um chamou a atenção da nova gestora e faz referência à atual situação do Fundo de Aposentadorias e Pensões do Município, o Fapen. Segundo a prefeita Lucila Toledo, todas as aposentadorias em vigência, assim como as pensões pagas pela administração de Cajueiro, deverão ser revistas, bem como, as concessões de novos benefícios, de qualquer natureza estão temporariamente suspensas. Além disso, segundo Lucila Toledo, todos os servidores do quadro efetivo da Prefeitura Municipal de Cajueiro deverão comparecer à sua secretaria de origem para que seja feito um re-

cadastramento, para o reordenamento da folha de pagamento do funcionalismo público do município. “A situação do Fapen é complicada, nós observamos que a Prefeitura de Cajueiro, po meio do Fundo de Aposentadoria possui um débito enorme e nós precisamos verificar o que de fato está acontecendo, por isso adotamos as medidas que estão contidas no decreto de emergência”, explicou a prefeita Lucila Toledo. Mas, segundo ela, os problemas da cidade não se restringem apenas à parte previdenciária. “Precisamos adotar esta medida para ver se conseguimos administrar Cajueiro. Temos problema na Educação, com o corte até mesmo do fornecimento de energia; na Saúde, com os Postos de Saúde em situação ruim e não podemos ficar deste jeito”, ressaltou a prefeita do município Cajueiro. (R.B.)

CHÃ PRETA

Ex-prefeita desmente situação de emergência No dia 15 de janeiro, o prefeito de Chã Preta, Audálio Holanda (PSDB), decretou situação de emergência no município em que administra, por 90 dias. Ele alegou “total ausência de informações financeiras’. Ontem, a antecessora dele, Rita Tenório (PMN), desmentiu as alegações de Holanda. A ex-prefeita de Chã Preta, Rita Tenório, esteve no Tribunal de Contas do Estado (TCE) para entregar documentos de sua gestão ao presidente da Corte, conselheiro Cícero Amélio. Tenório contestou o Decreto de Emergência feito pelo prefeito Audálio Holanda. Ela reuniu diversos documentos que comprovam a ilegalidade do Decreto. “Trouxe aqui no TCE documentação completa para mostrar que isso não é ne-

cessário, não existe”, defendeu-se a ex-gestora. Segundo a ex-prefeita, os documentos foram remetidos também ao Ministério Público Estadual. Ela assegurou ainda que a Câmara Municipal da cidade também receberá cópias. Rita Tenório se defende da acusação de que tais documentos não estavam na sede administrativa da prefeitura. “Ele disse que estávamos atrasados e eu quero que o Tribunal de Contas faça uma investigação”, pontuou a ex-prefeita. Amélio afirmou que os documentos serão enviados a relatora, conselheira Maria Cleide. “Ela fará a análise técnica e após essa avaliação, haverá a divulgação sobre a legalidade do decreto que será submetido ao pleno do Tribunal”, explicou.


TRIBUNAINDEPENDENTE

4 POLÍTICA MACEIÓ - TERÇA-FEIRA, 29 DE JANEIRO DE 2013

BARTOLOMEU DRESCH bartolomeu_dresch@hotmail.com.br

Histórico de fraudes

O

governo federal promove, em Brasília, um encontro nacional com os prefeitos para garantir apoio político à presidente Dilma Rousseff. O método foi criado pelo então presidente Lula com o objetivo de aproximar os municípios do governo. No entanto, as parcerias que foram firmadas com boa parte das cidades brasileiras têm dado muita dor de cabeça, especialmente à Controladoria Geral da União, responsável pela fiscalização da aplicação de recursos federais. Em um relatório divulgado recentemente a CGU relata irregularidades como fraudes no pagamento do Bolsa-Família, desvios em programas de saúde, educação e merenda escolar entre outros casos. De acordo com o ministro Jorge Hage, da CGU, algumas das irregularidades ocorrem por falta de informação dos gestores ao lidar com verba federal. Ele explica que na investigação se apura qual o grau de irregularidade, mas o mais comum é sem dúvida o desvio para enriquecimento ilícito. “De 2003 até agora já foram demitidos mais de quatro mil servidores públicos envolvidos com irregularidades. Quando os prefeitos estão envolvidos abrimos uma tomada de contas especial, que detalha quem são os responsáveis e quantifica os prejuízos. Eles são acionados administrativamente para fazer o ressarcimento aos cofres públicos do que desviaram”, diz o ministro Hage. Segundo a Confederação Nacional dos Municípios (CNM), 3.588 cidades brasileiras (64,4% do total) estão impedidas de celebrar convênios com o governo federal por irregularidades apontadas pelo Cadastro Único de Convênios com o Tesouro (Cauc). E por isso mesmo muitos não receberam os repasses do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). Já os municípios garantem serem credores de R$ 30 bilhões do fisco.

Toledo diz que vai trabalhar pelo bem do Estado Ex-secretário quer audiência com Eduardo Campos para sacramentar ida ao PSB SANDRO LIMA/ARQUIVO

A

Táxis monitorados Um Termo de Cooperação Técnica será firmado esta semana e deverá garantir um monitoramento aos táxis da capital. O documento será assinado pelo presidente do Sindicato dos Taxistas, Ubiraci Correia e pelo secretário de Defesa Social, Dário César. Permitirá a implantação de chips nos veículos que vai permitir o monitoramento dos veículos garantindo a segurança tanto do motorista quanto dos passageiros. O sistema também foi apresentado ao Sindicato das Empresas de Ônibus que igualmente poderá adotar o monitoramento. Todos os taxistas que aderirem ao sistema terão seus dados guardados no Ciods. Eles podem obter mais detalhes no próprio Sindicato da categoria.

Faturamento da fé De acordo com reportagem publicada no último domingo pela Folha de São Paulo, a arrecadação das igrejas no Brasil (incluindo católicas, evangélicas e as demais), somou R$ 20,6 bilhões somente em 2011. O valor foi obtido junto à Receita Federal por meio da Lei de Acesso à Informação. Dos R$ 20,6 bilhões, a maior parte foi entregue diariamente às igrejas, somando um total de R$ 14,2 bilhões. Também estão entre as fontes de receita a venda de bens e serviços que alcançam R$ 3 bilhões, e R$ 460 milhões em rendimentos, ações e aplicações, Ainda de acordo com a Folha, entre 2006 e 2011, a arrecadação anual dos templos apresentou um crescimento real de 11,9%, de acordo com informações declaradas à Receita e corrigidas pela inflação.

Delegados na mira O Conselho Estadual de Segurança decidiu ontem solicitar informações à Procuradoria Geral de Justiça e à diretoria administrativa da Polícia Civil, a respeito da situação administrativa dos 124 delegados que hoje compõem os quadros da Polícia Civil de Alagoas. Isso em função da denúncia recebida pelo Conseg de que a maior parte dos delegados teria sido nomeada para o cargo sem prestar concurso público. O relator do processo é o conselheiro Carlos (Cacá) Gouveia. Estão amparados pela lei, mesmo sem ter prestado concurso público, os delegados que atuavam como agentes ou escrivães e que ascenderam ao cargo antes da promulgação da Constituição Federal de 88. A nomeação posterior é considerada ilegal.

Execução de sem-terra O assassinato do líder do Movimento dos Sem Terra em Campo dos Goitacazes (RJ), Cícero Guedes dos Santos, que era alagoano, tem todas as características de execução. Ele foi morto com dez tiros, sendo quatro na cabeça e seis no tórax, na madrugada do último sábado ao sair de uma reunião no assentamento Luiz Maranhão, na Usina Cambahyba. A vítima foi sepultada no domingo, tinha 49 anos, casado e pai de cinco filhos. Ele coordenava o assentamento Zumbi dos Palmares, no Sítio Brava Gente, em Campos. É o terceiro sem-terra assassinado na região nos últimos dois meses. A polícia descartou a hipótese de latrocínio, pois nada foi levado da vítima.

Execução de sem-terra 2 O acampamento coordenado por Cícero Guedes fica em um antigo engenho com sete fazendas e 3.500 hectares. Para a direção nacional do MST, não há dúvidas que o crime esteja ligado à questão das terras. Há 14 anos espera-se que a Justiça desaproprie o terreno, mas desde novembro que 200 famílias ocupam a área, que pertence aos herdeiros de Heli Ribeiro Gomes, vice-governador do Estado Rio de Janeiro, entre 1967 e 1971. Também existem denúncias recentes de que os fornos da Usina Cambahyba foram usados para cremar corpos de integrantes da luta armada no período da ditadura militar, já que Heli Ribeiro é apontado como simpatizante e financiador das forças de repressão.

Bancos de pele O Ministério da Saúde já acionou bancos de pele nacionais e estrangeiros, caso seja necessário possíveis enxertos nas pessoas que sofreram queimaduras no incêndio que atingiu a boate Kiss, em Santa Maria (RS). Segundo o ministro Alexandre Padilha, este material não é utilizado no primeiro atendimento. “Geralmente ele é utilizado cerca de quatro dias após do incêndio, de acordo com a evolução do quadro do paciente”. Segundo ele, cerca de 20% das vítimas do incêndio internadas em hospitais têm grandes queimaduras, que exigem maiores cuidados. A maior parte destes feridos (39) já foi transferida para um centro de referência de queimados em Porto Alegre. Outra preocupação das equipes médicas é o efeito tardio da fumaça inalada pelas pessoas que estavam na boate. • Técnicos da Codevasf discutem hoje (29) projetos de instalação de minifábricas de sequilhos nos povoados de Mutamba Torta, em Junqueiro e Riachão, em Taquarana. • Os projetos já foram aprovados pela Codevasf e o objetivo da visita é dar mais celeridade na implantação dessas minifábricas. • As duas comunidades beneficiadas, detêm 70 famílias, chegando a 350 pessoas que serão favorecidas com o beneficiamento de 100 a 150 quilos de macaxeira por dia. • A partir de hoje os postos do Sistema Nacional de Empregos (Sine) voltam a emitir as Carteiras de Trabalho. O acordo que possibilitou o retorno das emissões foi assinado semana passada pelo Superintendente Regional do Trabalho, Israel Lessa, e pelo secretário do Trabalho, Emprego e Qualificação Profissional, Alberto Sextafeira. • O serviço será reativado nos postos do Sine localizados nos bairros do Jaraguá, Benedito Bentes e Farol. E tambem nos municípios de Penedo, Coruripe, Maragogi, São Miguel dos Campos e Arapiraca.

RENATO BUARQUE COLABORADOR

Toledo quer fazer de seu mandato um elo entre bancada e governo

bancada federal de Alagoas, que representa o Estado no Congresso Nacional, ganhou um novo membro. Trata-se de Alexandre Toledo, do PSDB, que deixou o comando da Secretaria de Estado da Saúde para assumir a vaga, que ficou em aberto com a saída de Rui Palmeira - ele trocou a Câmara dos Deputados pela Prefeitura de Maceió. O novo deputado federal por Alagoas conversou com a Tribuna Independente e falou de sua expectativa após assumir, em caráter definitivo, a vaga na Câmara. Toledo explicou, inicialmente, que não haveria uma solenidade de posse, uma vez que ele já havia assumido, temporariamente ao cargo de deputado federal, quando Rui se afastou da função em razão da disputa eleitoral do ano passado. “Eu não precisarei tomar posse, porque já o fiz em junho, quando Rui Palmeira se afastou para disputar a Prefeitura de Maceió. Já

assumi o cargo, só faltava apenas me desvincular da Secretaria de Saúde, o que já aconteceu. Então, fiz a devida comunicação à Mesa da Câmara, e quando os trabalhos legislativos voltarem eu já estarei no exercício pleno da função”, pontuou. Ele afirmou ainda que pretende fazer com que o seu mandato seja mais um elo entre o Governo do Estado e a bancada federal, para que novas metodologias de trabalho sejam implementadas para angariar recursos e viabilizar projetos nas mais diversas áreas para Alagoas. “Sei da importância do meu mandato e sei também o papel que terei de desempenhar na Câmara dos Deputados. Gostaria de dizer que tenho um bom nível de relacionamento com a maioria dos membros da bancada federal, o que deve facilitar muito nesse processo de adaptação na função que passo a exercer. Quero fazer com que a minha estada em Brasília sirva como mais uma ponte de interação entre o governo e os meus pares, para que possamos trabalhar cada vez mais por Alagoas”, finalizou Toledo.

CARIMBÃO SOBRE TOLEDO

“Ida para o PSB precisa ser discutida”

Outro ponto relativo à posse do deputado federal Alexandre Toledo na Câmara Federal, em Brasília, diz respeito à declarações dadas pelo parlamentar de que pretendia deixar seu partido de origem, o PSDB, para se filiar ao PSB. Em entrevista à Tribuna Independente, o líder da bancada do PSB na Câmara Federal, o deputado federal Givaldo Carimbão não descartou a adesão de Toledo aos quadros do seu partido, mas destacou que

alguns detalhes ainda precisam ser alinhavados para que a migração entre legendas de fato aconteça. Carimbão explicou que o principal entrave neste sentido seria a orientação do Supremo Tribunal Federal (STF) de que o mandato parlamentar pertence ao partido e não ao candidato, a famosa fidelidade partidária, que poderia gerar algum tipo de conflito de interesses. O deputado federal explicou ainda que mesmo o PSB (dele) e o PSDB (de Alexan-

dre Toledo) tendo um bom relacionamento em âmbito nacional, algum outro partícipe deste processo, como um outro político, ou mesmo um ente da Justiça Eleitoral, pode evocar a questão da fidelidade partidária e atrapalhar o processo de migração. “O deputado Alexandre Toledo é um homem de conduta proba e nós temos plena confiança na sua capacidade de trabalho e da sua vontade de trabalhar por Alagoas e ele seria mui-

to bem-vindo no PSB. Agora, precisamos discutir essa mudança. O PSDB e o PSB se relacionam bem, mas alguém de fora, pelos mais diversos motivos pode alegar a infidelidade partidária e isso não pode acontecer. Tivemos casos, aqui mesmo em Maceió, de políticos que perderam mandatos por trocar de partido na hora errada, como a vereadora Fátima Santiago, que foi enquadrada nesta questão, mesmo com o entendimento da sua legenda”, disse (R.B.)

KÁTIA BORN

“Chegada de Toledo ao PSB é um fato”

Já a secretária de Defesa da Mulher e dos Direitos Humanos e presidente regional do PSB, em Alagoas, Kátia Born, afirmou que as negociações para a ida de Alexandre Toledo, do PSDB, para o seu partido, já estão bem adiantadas. A secretária Kátia Born explicou que algumas passoas ainda precisam ser consultadas, para evitar qualquer tipo de constrangimento futuro, mas que as conversas entre as partes existem e têm sido bem pro-

veitosas, no que diz respeito à referida mudança. Kátia Born salientou ainda que o governador de Pernambuco, Eduardo Campos, maior nome em termo de representatividade do PSB, em âmbito nacional, também acompanha esta negociação, e que uma conversa entre ele e Alexandre Toledo não está descartada para a ratificação do nome do novo deputado federal pelo Estado de Alagoas, nas fileiras da referida agremiação partidária.

Outro ponto destacado por Kátia Born está ligado ao fortalecimento do PSB em Alagoas, tanto nos municípios, quanto em relação ao Governo do Estado. Segundo ela, a legenda tem ganho muita força nos municípios após as eleições do ano passado, bem como com a presença de inúmeros representantes no secretariado do governador Teotonio Vilela Filho (PSDB), que indicou três nomes ligados à legenda para atuar na atual gestão tucana.

PENSAMENTO

SAÚDE

O deputado Alexandre Toledo, do PSDB, afirmou que ainda não se dedicou com mais atenção à questão da troca de partido. Ele salientou que, nesse primeiro momento de transição após sua saída da Secretaria de Estado da Saúde deverá servir para resolver alguns problemas ainda em relação à sua passagem pela Sesau. “Não sei se mudarei de partido. Tenho coisas da Sesau importantes para resolver”. Jorge Villas Boas assume interinamente o lugar de Alexandre Toledo à frente da pasta.

O secretário interino de Estado da Saúde, Jorge Villas Boas, afirmou que o momento de indefinição quanto ao novo gestor ainda inibe algum tipo de ação mais incisiva, mas que pretende manter o modo de atuação do ex-chefe da Sesau. “Muitas coisas ainda vão ser resolvidas, principalmente quem vai assumir a Pasta, por isso não podemos tomar nenhuma medida mais urgente. Vamos manter a equipe, o jeito de trabalhar, com o mesmo foco de atuação, que já vem dando certo”.

Toledo quer deixar a Sesau em ordem

Villas Boas quer manter foco

“Nosso partido tem ganho muito prestígio com a indicação de três secretários de Estado, com a conquista de novas prefeituras no interior e a vinda do deputado federal Alexandre Toledo consolidaria esse processo de expansão. Nosso presidente nacional, o governador Eduardo Campos, está acompanhando essas conversas e nós queremos promover o encontro dos dois, para que esta vinda se confirme, pois a legenda só tem a ganhar”, disse Born (R.B.)


TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - TERÇA-FEIRA, 29 DE JANEIRO DE 2013

POLÍTICA

5

Dilma: ‘Compensações virão em março’ Prefeitos alagoanos recebem notícia da presidente sobre dívidas com o INSS e dinheiro dos royalties fica mais longe FÁBIO POZZEBOM/ABR

COLUNA SEMANAL DA PRESIDENTE DILMA ROUSSEFF Ubiratã Fonseca Lima, 52 anos, radialista de Posse (GO) – Presidenta, nosso município apresenta um alto índice de pessoas contaminadas pela doença de Chagas. As casas de barro da zona rural são locais preferidos do inseto barbeiro. Qual solução a senhora poderia apresentar para nossa população? Presidenta Dilma – Ubiratã, a melhoria das condições habitacionais é essencial para o controle da doença de Chagas, pois o barbeiro se aloja nas frestas de casas precárias, como as de pau-a-pique. Por isso o Minha Casa Minha, Vida também atua nas áreas rurais, onde já investiu R$ 1,4 bilhão desde 2009 para beneficiar 60,6 mil famílias, sendo 41,5 mil só em 2012. Em Goiás, a Caixa Econômica Federal já realizou 1.536 contratos nessa modalidade. Famílias com renda anual de até R$ 15 mil podem ter financiamento com subsídio de até R$ 30,5 mil para a construção de sua casa ou de até R$ 18,4 mil para uma reforma. Famílias com renda acima de R$ 15 mil até R$ 60 mil também são financiadas, sem subsídio. Além disso, em 2012, a Fundação Nacional de Saúde, a Funasa, por meio do Programa Melhoria Habitacional para o Controle da Doença de Chagas, destinou R$ 20 milhões para melhoria habitacional, como reboco e pinturas, em áreas de grande infestação em 39 municípios de nove Estados. Para o seu município, serão destinados R$ 500 mil. Desde 2006, o Brasil interrompeu a transmissão pela principal ameaça domiciliar, o barbeiro Triatoma infestans. E os três milhões de portadores da doença recebem gratuitamente o medicamento benzonidazol do Sistema Único de Saúde, o SUS. O Brasil é o único país produtor deste medicamento e exporta para outros que necessitam dele. Joelmir Francisco Couto, 29 anos, analista de produção de Fortaleza (CE) - Como faço para conseguir o vale cultura? E qual é o valor? Tenho que me cadastrar? Presidenta Dilma - Joelmir, a sua empresa precisa aderir, voluntariamente, ao programa, para você ter acesso ao Vale-Cultura. Poderão participar empresas públicas e privadas que declarem imposto de renda com base no lucro real. O benefício é de R$ 50 mensais concedidos prioritariamente aos trabalhadores que recebem até cinco salários mínimos por mês, para gastar em cinemas, teatro, livrarias e outras áreas culturais. Ele foi criado para apoiar o acesso da população à cultura e é semelhante ao Vale Transporte ou ao Vale Refeição. Os beneficiários com renda de até cinco salários mínimos terão um desconto mensal máximo de R$ 5 no contracheque. Acima dessa renda, o desconto será progressivo, de R$ 10 a 45. A empresa poderá deduzir o custo do seu imposto de renda a pagar, limitado 1% do imposto devido. As empresas e os produtores da área cultural interessados em receber pagamentos com o Vale Cultura também deverão fazer sua adesão. O benefício será pago em um cartão magnético e não será permitida sua troca por dinheiro. Com o Vale Cultura, Joelmir, os trabalhadores terão mais acesso à produção cultural e os produtores terão um público maior para prestigiar as suas atividades. Mensagem da Presidenta Dilma sobre a redução das tarifas de energia elétrica Caros leitores, desde o dia 24 de janeiro as tarifas de energia elétrica estão mais baratas. A redução foi de pelo menos 18% para os consumidores residenciais e de até 32% para a indústria, a agricultura, o comércio e os serviços (veja o percentual exato de queda, por concessionária, em http://www.aneel.gov. br/aplicacoes/noticias/Output_Noticias.cfm?Identidade=6426&id_ area=90 ). É uma redução concreta. Isso significa que as futuras atualizações tarifárias previstas nos contratos das distribuidoras incidirão sobre uma base menor, e não sobre a tarifa que vigorava antes do dia 24 de janeiro. Nós garantimos a diminuição mesmo para quem mora nos Estados atendidos por empresas que não aceitaram o acordo proposto pelo Governo. O barateamento da energia soma-se a outras medidas que já adotamos para baixar os custos das empresas e das famílias, ampliar o investimento, aumentar o emprego e garantir mais crescimento para o país. Também continuamos trabalhando para dobrar, em 15 anos, nosso parque gerador de energia, que hoje é de 121 mil MW. Em 2013 colocaremos em operação 8,5 mil MW de capacidade nova de geração e 7,5 km de novas linhas. Portanto, temos e teremos energia das mais diversas fontes para assegurar o crescimento do Brasil, a redução das desigualdades regionais e a melhoria da qualidade de vida de todos.

Presidente Dilma Rousseff assegurou que não fará modificação na política dos royalties

CIDADANIA

Ministra confirma praças dos esportes e da cultura para Maceió O prefeito da capital alagoana, Rui Palmeira (PSDB), e o presidente da Fundação Municipal de Ação Cultural (Fmac), Vinícius Palmeira, conseguiram, em Brasília, que Maceió seja contemplada com um projeto que deve mudar a realidade de algumas áreas de risco na capital alagoana. A ministra da Cultura, Marta Suplicy, anunciou ao prefeito a construção de duas praças dos esportes e da cultura em Maceió. As praças dos esportes e da cultura (PECs) incluem telecentros, teatro, cinema,

bibliotecas, além de Centros de Referência de Assistência Social (Cras). As PECs - como são chamadas - compõem as ações do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2), no eixo Comunidade Cidadã, que levam ações e projetos efetivos de combate à violência e exclusão social, por meio de atividades que aliam Esporte, Educação e Cultura. Os equipamentos serão construídos em regiões de vulnerabilidade social em Maceió. “A ministra se mostrou receptiva aos pleitos de Ma-

ceió e garantiu a construção de duas praças de esportes e cultura. Agora, nosso objetivo é levar o projeto para outras localidades e assim dar oportunidade para o jovem nas áreas de esporte, cultura e lazer, só assim conseguiremos uma concorrência saudável”, avaliou Rui. Marta Suplicy elogiou a iniciativa da administração do prefeito e assegurou que estará presente ao lançamento da pedra fundamental do projeto. “Encontramos um prefeito jovem, dinâmico e com vontade de fazer”, disse a ministra de Dilma.

‘BOMBA?’

Adiada coletiva de Rui Palmeira para a próxima quinta-feira Justamente em virtude dessa permanência do prefeito de Maceió, Rui Palmeira, em Brasília, forçou o gestor a adiar a coletiva de imprensa, tão aguardada pela mídia alagoana. A nova data foi confirmada pela Secretaria Municipal de Comunicação para esta quinta-feira (31), às 15h, na sede da Procuradoria Geral do Município, na Av. Pedro Monteiro. Ontem pela manhã, o ex-prefeito da capital Cícero Almeida (PSD) avisou que iria acompanhar a entrevista coletiva marcada pelo

prefeito tucano. Almeida revelou que iria contestar algumas colocações feitas por Rui Palmeira. Segundo o que contam os bastidores políticos e fiéis aliados a Almeida, o temor é que esta coletiva pode desencadear novas denúncias contra a administração passada. Rui Palmeira e secretários vêm salientando sempre a ‘herança maldita’ deixada pela gestão que findou em dezembro último. DENÚNCIAS Entre os vários itens que podem ser explicitados na coletiva, alguns deles serão

as denúncias de contratação e pagamento de Oscips sem contratos, relação da prefeitura com empresas irregulares e superfaturamento na contratação de vários serviços. Motivos pelos quais levou a administração atual de suspender licitações ainda em curso e cancelar pagamentos oriundos da gestão almeidista. Cícero Almeida, por meio de corregeligionários, adiantou que não ficará ‘calado’ diante de possíveis futuras alegações contra suas duas gestões à frente da administração da capital alagoana.

CORURIPE

Prefeitura cede área para TRT 19 O prefeito de Coruripe, Joaquim Beltrão (PMDB), assumiu compromisso com o presidente do Tribunal Regional do Trabalho da 19ª Região (TRT 19), Severino Santos, para doar um terreno com área de 2 mil m², onde será construída a Vara do Trabalho da cidade. O projeto de lei está sendo elaborado e deverá ser votado na Câmara de Vereadores após o recesso. De acordo com os assessores do TRT 19, as obras estão previstas para se iniciarem em junho deste ano. “O município está se tornando polo, visando os investimentos futuros, como a instalação do estaleiro. Dessa forma, o TRT está se antecipando e estamos dando todo o apoio”, garantiu Beltrão.

A

umento nos repasses do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) e apoio para ações nas áreas de Saúde e Educação estão entre os temas citados por prefeitos para serem discutidos com o governo federal. O tão esperado encontro com a presidente Dilma Rousseff (PT) começou bem para os gestores municipais. Eles ouviram dela que a partir de março, o governo federal começará a compensar os municípios que têm dívidas com a Previdência Social. Segundo a presidente Dilma, 833 municípios começarão a receber compensações de R$ 500 mil mensais. De acordo com ela, os municípios beneficiados foram os que concluíram primeiro a apuração das dívidas com o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Até dezembro, disse Dilma, o governo federal espera ter zerado a dívida de 796 municípios, o que representa 95% do total de prefeituras beneficiadas na primeira fase do programa. Ela informou ainda ter determinado a abertura de uma força-tarefa para acelerar a apuração das dívidas nas prefeituras de todo o país. A presidente rechaçou qualquer possibilidade de rever a política de divisão dos royalties do petróleo. “Não faço demagogia. A verdade é que não temos de onde tirar [recursos]. Temos visão de médio e longo prazo para as futuras gerações. Por isso, precisamos colocar muito dinheiro na educação”, afirmou. Tais anúncios Dilma fez durante a abertura do Encontro Nacional de Novos Prefeitos, que começou ontem (28) e vai até o dia 30, em Brasília. Prefeitos alagoanos estão marcando presença e participando da programação do encontro. A prefeita Célia Rocha (PTB), de Arapiraca, está participando acompanhada pelo seu vice Yale Fernandes (PMDB); da secretária de Governo, Cícera Pinheiro; coordenadora de Comunicação, Mônica Nunes; técnica Wanda Menezes e o assessor técnico João Paulo; a comitiva está trabalhando em áreas de interesse do município. Outra gestora alagoana que está ansiosa com o que o governo federal tem a apresentar é Conceição Tavares (DEM), de Traipu. Para ela, é uma boa oportunidade para conhecer ações que possam ser aplicadas na administração de Traipu. “Como se não bastasse o baixo índice de desenvolvimento em Traipu, estamos vivendo uma das maiores secas dos últimos anos. Esse é o momento propício para buscarmos parcerias e convênios que possam ajudar o nosso município a sair da situação em que está”, ressaltou.


6

OPINIAO

TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - TERÇA-FEIRA, 29 DE JANEIRO DE 2013

Opinião

Relação de trabalho

N

o final do ano passado, a Confederação Nacional da Indústria (CNI), com a participação da Federação das Indústrias de Pernambuco, apresentou documento intitulado 101 Propostas para Modernização Trabalhista. A iniciativa foi tomada com base em sinais da presidente da República Dilma Rousseff para alterar a legislação trabalhista que data de 1930. O documento norteou-se pela preocupação de preservar ganhos para os trabalhadores, porém, denomina como irracionalidades as atuais formas de pagamento de benefícios dos encargos previdenciários, na confecção de contratos de trabalho e de jornadas, nas licenças e qualificação de mão de obra, itens inseridos em arcabouço obsoleto, datado dos anos 1930, dissociado da realidade do país. Os industriais alegam que a atual legislação fomenta o antiemprego, devido à rigidez, alta burocracia, complexidades de rotinas, insegurança jurídica e formação de passivos injustos para os empregadores, bem ao contrário do que pregam os trabalhadores que vêem na proposta do governo a busca da retirada de benefícios que os protegem da exploração do empresariado. Uma das propostas dos empresários é a

criação da carteira de trabalho eletrônica, como modo de diminuir as fraudes e fortalecer as convenções coletivas. Outra será a criação de um fundo antiemprego que, na opinião dos industriais, pode revigorar a agroindústria. Enfim, medidas que, para a CNI, podem mover a economia do país, favorecendo mais o desenvolvimento com formalidade em empregos e crescimento expressivo, podem ser entendidas como retrocesso para os sindicatos. Embora, o país alcance patamares econômicos não vistos entre o final do século passado e início do atual, o empresariado reclama da desaceleração ocorrida nos últimos quatro anos, ocasião em que a média caiu de 5% para 2% em 2012. A reclamação pode funcionar como forte lobby para que direitos trabalhistas conquistados nos últimos anos sejam retirados por uma simples Proposta de Emenda Constitucional a ser proposta. No entanto, em pelo menos um item, trabalhadores e empregadores falam a mesma linguagem: a educação, pilar fundamental para os aumentos de inovação e produtividade, padece de efeitos bastante maléficos, sobretudo oriundos dos quase 30 anos de “desinvestimentos”, quando, entre os anos 1950 e 1980, foi bastante esquecida.

DEBORA DINIZ Antropóloga, professora da Universidade de Brasília e pesquisadora da ANIS - Instituto de Bioética, Direitos humanos e Gênero

Qual mal-entendido? Em nenhum momento, ele olhou para o nosso filho.” Priscilla Celeste Munk é mãe de uma criança negra de sete anos. No catálogo racial brasileiro, ela é uma mulher branca. Sua branquidade se anuncia pela cor da pele, mas também pela classe social. Foi como uma mulher branca, acompanhada de seu marido também branco, Ronald Munk, que vivenciou o racismo contra seu filho adotivo em um dos templos do consumo de luxo no país - uma concessionária de carros BMW no Rio de Janeiro. A cena foi prosaica: a família foi à concessionária e o filho se entreteve com uma televisão. O gerente os atendeu como um casal desacompanhado. Quando a criança se aproximou, a cor de sua pele resumiu a impertinência de sua presença em um lugar onde somente brancos e ricos seriam bem-vindos. Sem se dirigir ao casal, o gerente ordenou que a criança saísse da loja: “Você não pode ficar aqui dentro. Aqui não é lugar para você. Saia da loja. Eles pedem dinheiro e incomodam os clientes”. Imagino que o monólogo do gerente com a criança sem nome nem rosto, mas rejeitada pela cor, tenha sido adequadamente reproduzido pela mãe. A combinação entre um “você” que olha, mas ignora a criança, e um abstrato “eles”, que não olha, mas registra a desigualdade, é poderosa para resumir a racialização de classe da sociedade brasileira. Em poucas palavras, o gerente oscilou entre dois universos, ambos movidos pela mesma inquietação moral: como proteger os ricos dos pobres, os brancos dos negros. O gerente não cogitou estar diante de uma família multirracial, mas de clientes brancos e de um menino negro pedinte que perturbaria a tranquilidade do consumo.

Até aqui, não haveria nada de novo para a realidade da desigualdade social que organiza o espaço do consumo - engana-se quem pensa que os shoppings centers são locais de livre trânsito: as regras sobre como se vestir e se portar não permitem que todos igualmente ali transitem. A impertinência do caso é, exatamente, estremecer essa ordem silenciosa da desigualdade racial e de classe da sociedade brasileira. Por isso, com a devida sensibilidade do capitalismo global, a concessionária da BMW optou por descrever o caso como um “mal-entendido”. “Preconceito racial não é mal-entendido”, disse a família em uma campanha aberta sobre o caso, porém com cautela sobre a identidade do filho que se vê resumido à cor. Não tenho dúvidas de que esse é um caso de discriminação racial - a cor da pele importa para o reconhecimento do outro como um semelhante. É isso que chamamos racismo: descrição do outro como um dessemelhante e abjeto pela cor de seu corpo. A criança de 7 anos, antes mesmo de entender o sentido político do racismo na cena vivida, foi alvo de uma rejeição que resume sua existência. Assim será sua vida. O consolo familiar é que o garoto redescreveu para si que “crianças não eram bem-vindas à loja” e não se personalizou na rejeição pelo corpo. A ingenuidade infantil em breve será vencida pela observação cotidiana de práticas racistas. Com a perda da ingenuidade, a criança sem nome e com somente cor encontrará outro grupo para traduzir sua experiência de sentir-se abjeta - não será mais porque é uma criança em um ambiente de adultos, mas um adolescente, um homem ou um velho negro em um

mundo cuja ordem do consumo e da lei é, ainda, branca. Por isso, desejo explorar o argumento do “mal-entendido” para além de uma estratégia infeliz de marketing. De fato, há um mal-entendido ético que costurou o roteiro desse desencontro racial. Para ser reconhecido como um futuro adulto rico e potencial amigo da concessionária para a compra de carros de luxo, o garoto de 7 anos precisaria habitar um corpo inteligível para a casta dos ricos. Sua cor o torna um sujeito inimaginável. Para ser reconhecido, é preciso antes ser inteligível à ordem dominante. Crianças negras são ainda invisíveis ao universo do consumo, o que pode parecer óbvio dada a sobreposição da desigualdade de classe à desigualdade racial no País: negros são mais pobres que brancos, um fato que alimenta intermináveis controvérsias sobre as causas da desigualdade, se seriam elas de renda ou raciais. A verdade é que as crianças negras não são invisíveis apenas na concessionária da BMW, mas em escolas, hospitais ou espaços de lazer, isto é, como futuros cidadãos à espera da proteção de uma sociedade que se define como livre do racismo. Como em um experimento sociológico, o caso da família multirracial mostrou que a renda não é capaz de silenciar a rejeição racial: a criança se converteu em um ser abstrato, parte de uma massa de pedintes que incomodam os clientes ricos. Ao contrário do que imagina a loja da BMW, o mal-entendido não se resumiu ao diálogo entre o gerente e a família, mas entre quem imaginamos que somos como uma democracia racial e o que efetivamente fazemos com nossa diversidade racial.

ANTONIO MACHADO Membro da AAI.

Livro sem parágrafos

MARCELO RONALDSON COSTA Coronel PMAL da R/R. Membro da A.A.I.

As chagas de cada um Não sabemos os motivos que levaram um ator famoso e rico, a abandonar as luzes das ribaltas, isolando-se em “seu próprio mundo “, num lugar bucólico, onde a beleza do local, não esconde a sua solidão. As razões, por nós, desconhecidas, podem ser idênticas em tantas outras pessoas, surgindo repentinamente e repousando nos recônditos da alma humana. Ele, quase sempre, rodeado por notórias figuras dos segmentos das artes e da cultura, nos parecia irradiar permanente alegria. Porém, não se imaginava a dor lacerante que lhe ruía as entranhas. Talvez, tenha se cansado dos falsos sorrisos, dos elogios gratuitos e dos abraços; nem sempre sinceros. Quiçá, o lodo que permeia os tapetes vermelhos do “show business” tenha descolorido os seus cabelos brancos e enodoado os seus passos, mostrando quão vazia pode ser a vida e quão inócuo pode ser um existir; principalmente, quando nos sentimos nosso próprio deus. Pode ser que tamanha revol-

ta lhe tomara os sentidos, no minuto em que as cortinas se fecharam ao mesmo tempo em que os aplausos eram substituídos por passos que se afastavam. Sentiu-se só no meio da multidão. Sua vida era palco de dúvidas e incertezas. E a felicidade não fazia parte do enredo. É possível, que num momento de intensa reflexão, no seu mais íntimo interior, tenha percebido que os holofotes já lhe turvavam a visão, impedindo-o de vislumbrar coisas mais dignas e importantes para fazer parte do seu viver. Sem alarde, o ator preferiu ser o autor da peça que incluiu os últimos capítulos do seu drama pessoal. Então, sem adeus ou um até logo, esqueceu de todos e por todos foi esquecido. No seu novo set de filmagem, ele cria monólogos para afugentar a sua mais amarga realidade. Só voltou a ser lembrado, e mais uma vez idolatrado, após o trágico gesto final. Ah! Doce hipocrisia. Agora, o ator repousa no seu último abrigo, enquanto pessoas passam ao seu redor, num

TRIBUNA

INDEPENDENTE

Rua da Praia, 134 - sala 303 - centro - Maceió Alagoas Endereço Comercial: Av. Menino Marcelo - 10.440 - Serraria Maceió - Alagoas - CEP: 57.083.410 CNPJ: 08.951.056/0001 - 33

ambiente meramente protocolar; sem emoções. Tudo o mais, é tão frio quanto o corpo que ali jaz. Assim, a vida e os fatos da vida se sucedem. Enfim, o fim e a busca da paz. Quando um artista procura o anonimato, se concretiza o mais estranho dos paradoxos. Tal gesto parece explicitar várias perguntas e nenhuma resposta. Sabemos que o homem é um ser social e, por tal, se incompleta, quando se transmuda num eremita. E, em muitas das vezes, extremado orgulho o envolve em torturas, quando estas, desencadeiam comportamentos egoístas , muito além do que podemos imaginar. O narcisismo delirante coloca-o numa ilha cercada de águas turbulentas e areias movediças. Ninguém o alcança. Saber como encontrar a “tal felicidade” depende de cada um de nós. Dizem que é necessário procurar com paciência e sabedoria. Todavia, nem sempre as possuímos. Temos a única certeza : A felicidade está onde a colocamos! FILIADO AO

Jorgraf UM PRODUTO:

Cooperativa dos Jornalistas e Gráficos do estado de alagoas

Com a chegada de Dom João VI ao Rio de Janeiro em 1808, instalou-se a Imprensa Régia no Brasil, como abrir novas perspectivas de um mundo novo, mormente na literatura. Gradativamente, foram sendo impressos os primeiros livros, jornais, enfim, toda uma gama no campo concernente as letras do neo-pais. A invenção de Johannes Gutenberg, o criador da imprensa, revolucionou o mundo, porque foi o protótipo de tudo, registra-se que a Bíblia foi o primeiro livro impresso no mundo com 700 páginas, até se chegar ao sistema off sete e a internet, foram janelas que se abriram para os futuros computadores e similares. Hoje o livro, a escrita, tornam-se indispensáveis ao ser humano, dentro de suas mais variadas nuances e aspectos. Sentencia o pensador romano, Terencio que “habent sua fata libelli” (os livros têm seus destinos e seus fadários). A curiosidade para o conhecimento levou-me a comprar o livro Centenário da Imprensa Oficial de Alagoas (1912-2012), escrito pela fecunda e brilhante inteligência do escritor Fernando Coelho, que não conheço, trata-se de um trabalho de pesquisa e bem ordenado, com uma narrativa mais coloquial que histórica, haja vista os textos focados já serem em grande parte,

PRESIDENTE Antonio Pereira Filho DIRETOR ADMINISTRATIVO FINANCEIRO: José Paulo Gabriel dos Santos Editor geral: Ricardo Castro

do conhecimento do público leitor, sem deixar de ser a obra um marco inconteste na história da literatura alagoana. Surpreendeu-me, pois, a maneira como foi publicada a obra em apreço, não consta sequer um parágrafo, que em um passado não muito distante modulava o texto dando-lhe elegante beleza, porém hoje as regras são outras. Contudo, essa nova investida de escrever não tira a beleza e a grandiosidade da obra, que em muitos pontos me surpreendeu, talvez por meus parcos conhecimentos da história, quando o escritor Fernando Coelho envereda com muita propriedade, focalizando como a imprensa chegou e se desenvolveu no Estado de Alagoas, além de seu valor e importância para o desenvolvimento de um povo que buscava a cada passo sua estatização, na busca dos valores que gera o progresso e dignificam o homem, porque a imprensa é o espelho da sociedade. Nas 166 páginas do livro Centenário da imprensa oficial de Alagoas (1912-2012), a obra se fundamenta em fatos e feitos vivenciados, mormente em Alagoas, não obstante suas raízes estarem atávicas a passados remotos dentro de um cenário de 100 anos, quando o autor com sua genialidade rebusca fatos nos interstícios da história que marcaram tempo

e consequentemente, vidas humanas, dentro de uma pesquisa investigatória que torna a obra mais rica em conteúdo e informação, mesmo o autor centrado em obras já publicadas, o seu trabalho literário, constitui-se mais profundo, haja vista não enveredar pelas escritas rupestres, ou mesmo os hieróglifos de Champollion, porém seu livro está acima dessas nuances históricas que o tempo assiná-la, como vertente das pesquisas para a literatura universal. A obra que ora comento, parece não ter tido muita repercussão no Estado, quando um livro desse naipe precisa ser divulgado nas escolas por seu valor histórico e cultural, para que as novas gerações tomem conhecimento dos passos que assinalaram esse processo nas terras caetés. Escreveu o imortal Pe. Antônio Viera: “o livro é o mudo que fala, um surdo que respondo, um cego que guia, um morto que vive”, o livros são os faróis da humanidade, e a obra do escritor Fernando Coelho se enquadra justamente dento deste contexto, focalizando os diretores e presidentes que ascenderam ao comando da gráfica oficial do Estado, como um marco indelével na história literária com os fatos que permearam esse centenário das letras Alagoanas, escrita num livro sem metáforas e sem parágrafos.

Nosso noticiário nacional é fornecido pelas agências: Agência Folha e AGência Nordeste PABX: 82.3311.1338 COMERCIAL: 82.3311.1330 - 3311. 1331 REDAÇÃO: 82.3311.1328 - 3311.1329 CENTRAL DE ASSINANTE: 82.3311.1308 - 3311.1309 comercial.tribunaindependente@gmail.com redação.tribunaindependente@gmail.com

ricardocastro@tribuna-al.com.br

DIRETORA COMERCIAL: Marilene Canuto

OS ARTIGOS ASSINADOS SÃO DE RESPONSABILIDADE DOS SEUS AUTORES. NÃO REPRESENTANDO, NECESSARIAMENTE, A OPÍNIÃO DESTE JORNAL.


TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - TERÇA-FEIRA, 29 DE JANEIRO DE 2013 POLÍTICA 7

Governador Tarso Genro justifica prisões: ‘Para que nunca se repita’

Financial Times fala sobre Santa Maria com título: “Idiotia e progresso”

“Queremos que o caso seja investigado à exaustão, que dele possam decorrer mudanças inclusive legislativas em nível federal, estadual e municipal”, declarou o governador do Rio Grande do Sul, ontem (28) pela manhã; ele acompanhou o velório e o enterro das vítimas do incêndio na boate Kiss, de Santa Maria; mais cedo, a polícia prendeu o dono da casa noturna, Alessandro Spohr, e dois músicos da banda que fazia show no local. Na sede da 1ª Delegacia de Polícia (DP), o governador Tarso Genro elogiou o entrosamento de toda a área da Segurança Pública, o Instituto-Geral de Perícias (IGP) e a qualidade técnica dos trabalhos.

Sob o título de “Idiotia e Progresso”, o jornal britânico Financial Times analisa o que o trágico incêndio na boate Kiss, em Santa Maria, diz sobre o Brasil. Para a versão online do jornal britânico, “a lista de erros e falhas que levaram ao incêndio de sábado (26) à noite fazem o pior tipo de advertência”. Assinado pelo jornalista Jonathan Wheatley, o artigo destaca o fato de que muitos morreram no banheiro, para onde se dirigiram acreditando estar a caminho de uma das portas de saída. “Regulamentos dos mais básicos, propriamente aplicados, teriam evitado a tragédia e salvado a vida de 231 jovens. As autoridades enfrentarão questionamentos”, escreveu o articulista.

Prefeitos ‘acordam’ após tragédia no RS Em Salvador, será feita ‘inspeção rigorosa’ nas casas de show; boate sem documentação é fechada em Manaus

A

tragédia na boate Kiss, em Santa Maria (RS), despertou prefeitos do Brasil todo para o risco que estabelecimentos mal preparados ou vistoriados podem representar para seus frequentadores. No dia seguinte ao incêndio que matou 236 jovens, os gestores de diversas capitais, desde Manaus até São Paulo, anunciaram medidas para evitar que um desastre do tipo se repita. Em pauta, mais rigor na fiscalização, que, nesta segunda-feira (28), já levou ao fechamento de boates. Em São Paulo, o prefeito Fernando Haddad (PT) pediu a secretários a revisão do decreto baixado pelo ex-prefeito Gilberto Kassab (PSD), após o desabamento de uma unidade da Igreja Renascer. O decreto aumentou o rigor

Por todo o país, gestores de grandes capitais anunciam medidas para evitar que o desastre da boate Kiss se repita em outros lugares

de alvarás para imóveis que abriguem eventos com aglomerações de público. Haddad prevê ainda um plano ostensivo de fiscalização de prédios que abriguem shows noturnos.

PREFEITOS

Vistorias são feitas em diversos estabelecimentos O prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB), convocou ontem (28) uma reunião com representantes do Corpo de Bombeiros, da Coordenadoria de Defesa Civil do Recife (Codecir) e da Diretoria de Controle Urbano (Dircon) para definir detalhes sobre uma vistoria nas casas noturnas da cidade. Também está envolvida a Secretaria de Mobilidade e Controle Urbano do Recife, numa mobilização que tem por objetivo conferir se as licenças das boates estão em dia e se elas possuem saídas de emergên-

O prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), determinou uma inspeção rigorosa em todas as casas de espetáculo da capital baiana, para verificar se todas as normas de segurança

exigidas pela legislação estão sendo cumpridas. “Quem não estiver enquadrado nos padrões e normas técnicas será interditado”, disse o prefeito. “A tragédia de San-

ta Maria, que ganhou repercussão mundial, serve de alerta para todos nós”, disse o democrata. INTERDIÇÕES Em Manaus, fiscalizações realizadas por ordem

do prefeito Arthur Virgílio (PSDB) nesta segunda-feira já deram resultado. Em blitz com o apoio de órgãos municipais, a casa noturna All Night Pub foi interditada.

ALDO

‘Acidente não altera imagem do Brasil’

cia. Outro prefeito que se mexeu após o desastre de Santa Maria foi Paulo Garcia (PT), de Goiânia. Segundo o secretário de fiscalização, Allen Viana, “imediatamente após esse acidente gravíssimo, o prefeito determinou uma verificação do real estado da situação das casas de show de Goiânia”. Em entrevista a emissora de TV local, o secretário disse que as secretarias competentes vão “fazer o diagnóstico de todas as incrições que temos”.

Brasil é um país habituado a realizar grandes eventos com margem de segurança, garante ministro

OPOSIÇÃO

PSDB vai pedir investigação sobre discurso de Dilma em rede Expectativa é que Ministério Público veja uso indevido O PSDB anunciou em seu site que vai ingressar nesta terça-feira, às 14h30, com uma representação na Procuradoria-Geral da República (PGR) contra a presidente Dilma Rousseff. A expectativa do partido é que o Ministério Público Federal abra investigação sobre o “uso indevido da cadeia nacional de rádio e televisão convocada no último dia 23 de janeiro”. Na ocasião, segundo o partido, “a presidente se valeu de uma prerrogativa do cargo não para tratar apenas de assuntos de interesse do país, mas fazer sua autopromoção e atacar aqueles que ousam

discordar de seu governo”. Em nota divulgada no dia seguinte ao pronunciamento, o PSDB alertou que a manifestação da presidente ultrapassou “um limite perigoso para a sobrevivência da jovem democracia brasileira”. Segundo o partido, o pronunciamento da presidente teve objetivo político-partidário, não só em seu conteúdo como na forma como foi apresentado. “Na noite desta quarta-feira [23], o país assistiu à mais agressiva utilização do poder público em favor de uma candidatura e de um partido político: o pronunciamento da pre-

sidente Dilma Rousseff, em rede nacional de rádio e TV, sob o pretexto de anunciar, mais uma vez, a redução do valor das contas de luz, já prometida em rede nacional há quatro meses e alardeada em milionária campanha televisiva paga pelos contribuintes”, dizia a nota. O senador Aécio Neves (PSDB-MG) voltou a criticar o pronunciamento de Dilma Rousseff em artigo publicado na Folha de S.Paulo nesta segunda-feira (28). Segundo o tucano, a fala da presidente em rede nacional de rádio e televisão foi a “antecipação do debate eleitoral”.

O ministro do Esporte, Aldo Rebelo, rebateu, nesta segunda-feira (28), as críticas de veículos internacionais que dizem que a tragédia ocorrida em Santa Maria, no Rio Grande do Sul, mancha a imagem do Brasil no exterior. “O Brasil é um país habituado a realizar grandes eventos com margem de segurança e o acidente, por mais lamentável que seja, não vai alterar a imagem do país diante do mundo”, destacou em entrevista coletiva, em Brasília, depois de uma visita técnica da Fifa ao Estádio Nacional Mané Garrincha. GRANDES EVENTOS Segundo o ministro, o país sempre realiza grandes eventos como os carnavais no Rio de Janeiro e em Recife e que problemas graves nunca foram registrados. Aldo Rebelo lembra que a imagem do país é “consolidada” e que o mundo já sabe da capacidade do Brasil de fazer grandes eventos. O pronunciamento é uma resposta às críticas recebidas pela imprensa internacional, que questionam a capacidade do Brasil de sediar os jogos da Copa das Confederações e da Copa de 2014. A rede britânica BBC disse que o país tem de se mostrar preparado em situações de emergência. A NBC e o Financial Times também publicaram artigos criticando o governo brasileiro sobre a série de falhas que contribuíram com uma das maiores tragédias que o Rio Grande do Sul já viu. Até agora, foram confirmadas as mortes de 236 jovens.


8

TRIBUNAINDEPENDENTE

BRASIL MACEIÓ - TERÇA-FEIRA, 29 DE JANEIRO DE 2013

Brasil

Governo criará regras de incentivo às indústrias química e têxtil O governo federal negocia com setores da indústria o lançamento de regimes tributários nos moldes do Programa de Incentivo à Inovação Tecnológica e Adensamento da Cadeia Produtiva de Veículos Automotores (Inovar-Auto). De acordo com o ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel, entre os setores que podem ser beneficiados estão as indústrias química e têxtil. Segundo Pimentel, não há data para o lançamento das iniciativas, que dependem das condições orçamentárias do governo e da negociação com cada setor. “É um regime voltado para desenvolver a competitividade, assegurar o conteúdo tecnológico e estimular a produção nacional.”

101 mortos em boate eram alunos de universidade local Lista foi elaborada com base em relação preliminar divulgada pelo governo do Rio Grande do Sul

B

alanço publicado pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) diz que pelo menos 101 das 236 vítimas do incêndio na boate Kiss, em Santa Maria, eram estudantes da instituição de ensino. A lista foi elaborada com base na relação preliminar de nomes divulgada pelo governo do estado do Rio Grande do Sul. A relação foi elaborada com base no banco de dados de alunos da universidade. A UFSM destaca que o número pode aumentar porque alguns nomes foram divulgados com a grafia errada, o que impossibilita a conferência junto aos dados da universidade. Entre os mortos, 23 eram estudantes de agronomia, 16 cursavam tecnologia de alimentos, 15 estudavam medicina veterinária. A festa “Agromerados”, na boate Kiss, começou às 23h de sábado (26), de acordo com as informações divulgadas no site

da casa noturna. O evento era direcionado para jovens universitários da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Segundo o banner de apresentação, estudantes dos cursos de agronomia, medicina veterinária, pedagogia, zootecnia, técnico em agronegócio e técnico em alimentos eram os organizadores do evento. O evento tinha classificação etária de 18 anos e o ingresso custava R$ 15. As atrações confirmadas do evento no site da boate foram Gurizada Fandangueira, Pimenta e seus Comparsas e os DJs Bolinha, Sandro Cidade e Juliano Paim. INCÊNDIO O fogo na Boate Kiss, em Santa Maria, teria começado por volta das 2h30 de domingo (27), durante a apresentação da banda Gurizada Fandangueira, que utilizou sinalizadores para uma espécie de show pirotécnico.

SANTA MARIA

75 pacientes de tragédia ainda correm risco de morte As autoridades de saúde do Rio Grande do Sul e do governo federal estão especialmente preocupadas com os 75 pacientes vítimas do incêndio em Santa Maria que permanecem em estado crítico de saúde, com risco de morte. Somente na cidade onde ocorreu a tragédia com 231 mortos, existem 83 pacientes internados, sendo 33 em estado grave. Os pacientes em estado mais crítico são, em geral, os que estão intoxicados gravemente com a fumaça do incêndio ou sofreram queimaduras intensas. Para este último caso, o

Ministério da Saúde pediu ajuda a profissionais de hospitais de referência no Rio de Janeiro e do Paraná, além do Hospital Albert Einstein, de São Paulo. Segundo o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, os 75 casos gravíssimos incluem pacientes que precisam de diálise permanente, medicação para manter a pressão sanguínea e ventilação mecânica, por exemplo. Em dois casos, a situação é tão crítica que as pessoas não puderam ser transferidas de Santa Maria para Porto Alegre, porque não suportariam a viagem.

Desespero, revolta e dor dos familiares numa das maiores tragédias da história recente do Brasil

QUEIMADOS

SEGURANÇA

Policiais são treinados no Rio de Janeiro

Um grupo de 30 policiais civis e militares estão sendo treinados por especialistas espanhóis em prevenção antiterrorista, perícia criminal e investigação de homicídios, dentro do programa de cursos que deve preparar agentes brasileiros destacados para a segurança da Copa das Confederações, da Copa do Mundo, das Olimpíadas e da Jornada Mundial da Juventude. As aulas começaram ontem (28) com palestras do chefe do Grupo de Segurança Cidadã da Unidade de Turismo Seguro da Espanha, Fernando Diez Aresse, e da comissária da cidade espanhola de Marbella, Lidia Avivar Castro. O curso termina na próxima sexta-feira (1o). Segundo a superintendente de Educação da Secretaria de Segurança, Melissa Pongeluppi, “a troca de experiências com países que já sediaram grandes eventos é muito importante. Temos que ter essa integração com experiências que já foram bem sucedidas. Todo esse trabalho está sendo voltado para turistas e para a segurança geral do público nos eventos. Temos uma grande responsabilidade”, observou Melissa.

BOATE

Empresários Escassez de pele no Sul mobiliza têm prisões bancos de transplante do continente Material disponível em Porto Alegre só dá para um adulto A tragédia de Santa Maria ainda constitui um dos principais desafios no atendimento das vítimas de queimadura no país: os bancos de pele brasileiros agonizam com a escassez de tecido doado, material imprescindível para tratar os pacientes queimados e que precisam de enxerto, uma espécide de transplante cutâneo. Agora, para atender os sobreviventes do incêndio da boate Kiss – eles estão espalhados em 41 hospitais da região Sul –, o governo federal precisou mobilizar as centrais de transplante nacionais de toda a América Latina. As doações vindas de São Paulo, Pernambuco, Uruguai, Argentina e Equador já come-

çaram a chegar à Central de Transplante do Rio Grande do Sul, responsável por reunir e contabilizar os pacientes que precisam da pele doada para sanar as sequelas profundas e perigosas, resultantes do contato com o fogo. “Essa tragédia, infelizmente, nos pegou com um estoque de pele muito baixo”, lamentou a coordenadora da Central de Transplante do Rio Grande do Sul, Rosana Nothen. “Embora tenhamos vários tecidos sendo processados – é preciso uma triagem minuciosa para garantir a qualidade do tratamento –, temos apenas mil centímetros quadrados de material pronto para ser utilizado. A quantidade do nos-

so banco é suficiente para atender somente um adulto”, afirmou Rosana Nothen. Assim como fígado, rim, coração e córneas, a pele doada a ser utilizada no tratamento de saúde também deve ser retirada de pessoas com quadro de morte encefálica (em que os órgãos continuam funcionando, mas não há mais resposta do cérebro). A família do doador é quem pode autorizar a retirada do tecido. No ano passado, segundo a Associação Brasileira de Transplante de Órgãos (ABTO), apenas 18 doações de pele puderam ser aproveitadas em todo território nacional.

decretadas

A Defensoria Pública do Rio Grande do Sul ajuizou uma ação cautelar no Fórum de Santa Maria (RS), no início da noite de ontem (28), pedindo o bloqueio de bens dos donos da boate Kiss, onde aconteceu o incêndio que matou 231 pessoas no fim de semana. O pedido também abrange eventuais bens registrados em nome da boate como pessoa jurídica. “A Defensoria está pedindo a indisponibilização dos bens para garantir indenizações futuras, em razão da gravidade do fato, do número de envolvidos e temendo que os donos se desfaçam do patrimônio”, afirmou o defensor público geral do Estado, Nilton Leonel Maria.


TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - TERÇA-FEIRA, 29 DE JANEIRO DE 2013

Cidades

CIDADES

9

Dois dos homicidas mais procurados de Alagoas são presos no São Jorge José Antônio Ferreira dos Santos, o “Nego Dé”, e Tiago Sampaio Loureiro, o “Gueu”, foram presos durante uma operação da Radiopatrulha na noite de domingo (27), em uma gruta situada no bairro Sítio São Jorge. Ambos são acusados de diversos assaltos e homicídios. Gueu é apontado também como um dos integrantes de uma facção criminosa paulista. Os acusados foram levados para a Central de Polícia, no bairro do Prado. Lá, ao fazer o levantamento criminal, foi constatado que os dois estão na lista dos mais procurados em Alagoas. O Nego Dé matou, em 2012, o PM Cícero Soares de Melo, enquanto trabalhava fazendo um ‘bico’ em um supermercado no bairro da Santa Lúcia.

Em 48 horas, estuprador faz três vítimas Delegacia de Marechal Deodoro diz não ter registro dos casos mais recentes, possivelmente encaminhados para Maceió ANA PAULA OMENA REPÓRTER

A

pós 48 horas do último ataque, na quinta-feira (24), o ‘Estuprador do Francês’ fez uma nova vítima, no sábado (26), na praia, em Marechal Deodoro, num local conhecido como Leprosário, que faz referência a um hospital para onde escravos leprosos eram levados em fase terminal. Este mês, outros três casos de estupro foram registrados no município, localizado no litoral sul de Alagoas. O local tem sido o cenário dos ataques do estuprador, ainda desconhecido pela polícia de Alagoas, mas denunciado por meio de retrato falado feito com ajuda de uma das vítimas. Os moradores da praia do Francês acreditam que este homem que atacou novamente duas turistas na quinta-feira e uma outra no sábado seja o mesmo que ata-

cou uma mulher em 2011. “O suspeito dá um tempo para não ser pego e logo volta a atuar. Ele escolhe principalmente o início do dia, quando muitos turistas e moradores da cidade fazem caminhada, pelo sol estar mais baixo. Aqui no Leprosário existem pelo menos três trilhas e o estuprador usa como ponto de referência o hospital, que está sendo tomado pelo mangue e dunas”, explicou o morador Dédalo Araújo Amorim, que acompanhou a equipe de reportagem até o local, onde havia rótulos de preservativos. Na Delegacia de Marechal Deodoro, comandada pelo delegado Alcides Andrade, a Tribuna Independente foi informada de que os casos de estupros recentes não foram registrados lá, e que, possivelmente, as vítimas foram encaminhadas diretamente para a Central de Polícia, em Maceió. ADAILSON CALHEIROS

ADAILSON CALHEIROS

Antigo leprosário em ruínas: é para onde estuprador costuma levar suas vítimas; morador do Francês levou a equipe de reportagem até lá

VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER

Juizado recebe média de 160 ações/mês Desde a sua criação, em 2008, foram contabilizadas 18.357 processos

Rótulos de preservativos foram encontrados no local dos ataques

MARECHAL

Moradores denunciam a falta de policiais na cidade Durante a ida da Tribuna Independente a Marechal Deodoro, moradores abordaram a equipe para denunciar a falta de segurança na cidade. “Chegamos a procurar a Delegacia e fomos informados de que por conta da falta de efetivo não haveria condições de se iniciar as investigações sobre o estuprador. Se não fosse uma das vítimas que mora em Goiânia, que procurou a polícia judiciária do seu estado para relatar o ocorrido e descrever o retrato falado do estuprador, até hoje não saberíamos nem qual era a cor da pele do suspeito”, disse indignado um empresário da cidade, que preferiu o anonimato. “Estamos sabendo pela imprensa o que tem acontecido no Leprosário. Infelizmente nossa equipe é escassa”, relatou o chefe de operações da delegacia Luiz Carlos Albuquerque, que no momento da entrevista estava sozinho na distrital. Na última quinta-feira (24), duas jovens turistas

foram atacadas pelo estuprador, mas conseguiram correr e buscar ajuda. Já uma turista de Brasília que passeava com o esposo naquela área não teve a mesma sorte. Enquanto o marido parou para conversar com transeuntes, ela resolveu seguir e foi abordada pelo estuprador que, segundo ela, lhe pediu dinheiro e como ela não tinha, ele a arrastou e a violentou. Um guarda municipal disse que a vítima não tinha certeza se o retrato falado do estuprador corresponde ao indivíduo que a atacou, pois este usava um boné no momento da abordagem, mas a turista afirma que é bem parecido. Ela registrou queixa na Central de Polícia, tendo anteriomente recebido atendimento num posto de saúde do Francês. Uma reunião para discutir a segurança no local será realizada hoje, às 19h, na Associação Comunitária de Marechal Deodoro. (A.P.O.)

O 4ª Juizado da Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher contabiliza, nos últimos quatro anos, 18.357 processos em que mulheres são vítimas das agressões praticadas por companheiros ou familiares. Criada quatro anos atrás, a unidade judiciária sob responsabilidade do juiz Paulo Zacarias da Silva recepciona, mensalmente, uma média de 160 ações penais. Classificado pelo governo federal como o segundo estado do Brasil onde mais se registram casos de violência contra mulheres, Alagoas inaugurou seu juizado especial no dia 30 de maio de 2008. De acordo com a lei no 11.340, foi criado para julgamento e execução das causas decorrentes da prática de violência doméstica e familiar contra a mulher. Segundo o juiz Paulo Zacarias, em 2012, a unidade judiciária que funciona na Praça Sinimbu, centro de Maceió, recebeu 2.932 ações penais com medidas protetivas e 2.880 inquéritos e flagrantes. “Aqui, temos um atendimento diferenciado para com as mulheres”, informa o magistrado. Para o magistrado, o aumento pode ser explicado pelo efeito da divulgação das campanhas de combate à violência contra mulheres. “Quando as campanhas tornaram-se mais públicas, elas tomaram coragem e formalizaram as denúncias contra seus agressores. A tendência é que haja sempre aumento”, diz o juiz. Em sua maioria usuários de drogas lícitas e ilícitas, os agressores se beneficiam das justificativas apresentadas pelas vítimas de que as denúncias das agressões foram praticadas em “momentos de raiva”. Eis a razão pela qual, segundo o juiz Paulo Zacarias, muitas das vítimas desistem do processo antes de sua conclusão.


10

CIDADES

MACEIÓ - TERÇA-FEIRA, 29 DE JANEIRO DE 2013

TRIBUNAINDEPENDENTE

Conseg avalia exoneração de delegados Servidores foram nomeados na década de 1990 sem concurso público, o que fere a Constituição Federal de 1988 SANDRO LIMA

ANA PAULA OMENA ALANA BERTO REPÓRTERES

O

Discussão foi provocada por uma denúncia que aponta 107 delegados irregulares, mas Adepol contesta

Conselho Estadual de Segurança (Conseg) de Alagoas voltou a discutir ontem (28) a retomada de um antigo processo formalizado por uma denúncia ao conselheiro Carlos Gouveia, no dia 12 dezembro do ano passado, por um agente da Polícia Civil. Ele aponta a inconstitucionalidade da nomeação de 107 delegados de polícia que ingressaram no órgão sem concurso público, na década de 1990. A denúncia que pede a destituição imediata dos delegados é antiga e já foi motivo de supostas ameaças. Agora, o presidente do Conseg, Maurício Brêda, requisitou informações para a Procuradoria Geral do Estado (PGE) sobre esses servidores, e se for constatada a irregularidade, os delegados podem voltar a ser agentes de polícia, concurso para o qual foram aprovados.

JARAGUÁ FOLIA

No pedido por meio de ofício, Maurício Brêda requisitou dois documentos importantes para o levantamento das informações. Um é o resultado de um inquérito policial aberto em 1999 pelo Ministério Público Estadual (MPE) e o outro é um parecer da PGE de 2004, ambos sobre o assunto. O presidente do Conseg explicou que os delegados entraram na Polícia Civil após a Constituição de 1988, que exige a realização de concurso público para contratação de servidores. “Estes profissionais assumiram o cargo na década de 1990 e antes exerciam os cargos de agente de polícia e escrivão.” Para o presidente do Sindicato dos Policiais Civis de Alagoas (Sindpol), Josimar Melo, em caso de exoneração dos delegados, quem vai sofrer prejuízo é a população. Ele afirmou que se a nomeação dos delegados está sendo questionada, os inquéritos também podem ser. “As pessoas podem entrar na justiça para questionar as inBLOGJARAGUÁFOLIA

SMTT muda o trânsito nas ruas próximas aos locais de desfiles A Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito de Maceió (SMTT) divulgou as mudanças do trânsito para os eventos que antecedem o Carnaval na cidade. Diferentemente de anos anteriores, quando o fluxo de veículos ainda era permitido próximo dos locais de concentração dos blocos, a área da prévia deste ano não terá nenhum acesso se não somente dos foliões. De acordo com o Centro de Operações de Trânsito da SMTT, já a partir das 18h do dia 1o de fevereiro, data em que acontecerá o “Jaraguá Folia”, várias ruas do bairro serão interditadas. “O foco principal sempre será a pro-

teção da vida e a boa fluidez do trânsito. Para tanto, todo o esquema montado procurou satisfazer foliões e motoristas que passam próximos dos locais de concentração dos blocos”, salientou o coordenador de Operação de Trânsito, Thales Ronnan. Segundo o coordenador, este ano será a colocação de manilhas de concreto em algumas ruas onde ocorre o menor fluxo de veículos. “Além de impossibilitar o acesso de veículos, o emprego deste material possibilita uma maior distribuição de agentes de trânsito em outros locais”, acrescenta Ronnan. As barreiras com agentes estarão montadas em

ruas e avenidas como Sampaio Marques, Epaminondas Gracindo, final da Walter Ananias (perto da sede da PF) e na Cícero Toledo (saída do porto de Maceió). Com as mudanças, os veículos que vêm no sentido Pajuçara/Jaraguá terão que desviar por ruas que dão acesso à avenida Walter Ananias para dar continuidade do fluxo no sentido orla ou Centro. Já os ônibus que passam pela avenida Pedro Paulino não poderão seguir em frente pela rua do Uruguai e terão que entrar na avenida Walter Ananias, continuar pela rua paralela ao riacho do Salgadinho e sair na avenida Cícero Toledo. DIVULGAÇÃO

TRABALHADORES

Nova diretoria do Sintufal toma posse

Vias do bairro de Jaraguá serão interditadas para festa de foliões

PINTO E ROLINHA

Vias da Pajuçara também são interditadas no sábado

Estacionamento de veículos na orla da Pajuçara, onde ocorrem os desfiles, será proibido no sábado

vestigações”, colocou. Já na opinião do presidente da Associação dos Delegados de Polícia de Alagoas (Adepol), Antonio Carlos Lessa, não existe a possibilidade de estes delegados serem exonerados. “Na época, existia uma lei que contemplava quem era escrivão e agente de polícia e todo procedimento foi feito mediante análise da Procuradoria Geral do Estado”, explicou. Ele contestou a afirmação de que seriam 107 delegados nomeados. “Não é esse número, foram 60 delegados e hoje uns 52 estão na ativa.” O jurista Marcos Bernades de Melo alegou que a Constituição é clara sobre a nomeação para cargo público mediante aprovação em concurso. No entanto, ele também fala da teoria de funcionário de fato, que afirma que, caso o funcionário tenha sido nomeado irregularmente, porém em nome do principio da aparência e da boa fé, são válido os atos por ele praticados.

No dia 2 de fevereiro (sábado), a SMTT também fará alterações no trânsito da orla da praia da Pajuçara, onde haverá o desfile dos tradicionais blocos “Pinto da Madrugada” e “Turma da Rolinha”. Logo de manhã, partir das 6h, o trecho entre o Beer CRB e o Alagoinha ficará interditado para a passagem de veículos até as 16h. O tráfego deve ser feito pelas ruas Epaminondas Gracindo e Jangadeiros Alagoano, que ficam paralelas à orla de Pajuçara. O Coordenador de Operação de Trânsito da SMTT, Thales Ronnan, afirmou que nenhum tipo de veículo deverá permanecer no local onde os blocos passarão. Segundo ele, além dos veículos de passeio e motocicletas estarão proibidos de estacionar no lo-

cal trios elétricos, mini trios e veículos com equipamentos de som instalados em reboques, conhecidos como “paredões”. “A fiscalização acontecerá por meio de uma portaria que proibirá o estacionamento de veículos na orla da Pajuçara, mesmo sem alguma placa de sinalização. Nossos agentes estarão aptos a autuar por desacato quantas vezes forem necessárias os condutores que desobedeceram à ordem de retirada do veículo do local”, afirmou o coordenador. Para garantir a não permanência de veículos no trecho do desfile dos blocos, SMTT, BPTran e Secretaria Municipal de Proteção ao Meio Ambiente farão uma fiscalização já a partir da sexta-feira à noite (dia 1o) e madrugada do sábado.

A solenidade de posse da nova diretoria do Sindicato dos Trabalhadores da Universidade Federal de Alagoas (Sintufal), triênio 2013/2016, ocorreu na noite de sexta-feira (25) no Espaço Cultural, no Centro de Maceió. Os coordenadores gerais da gestão que assume são Sônia Lima, Emerson Oliveira e Jeamerson Santos. Durante a solenidade, o Diretório Central dos Estudantes (DCE) e a União Nacional dos Estudantes (UNE) fizeram saudações à nova direção do Sintufal e citaram várias lutas que unem estudantes, técnicos e professores da Ufal, como a luta contra a implantação das Empresas Brasileiras de Serviços Hospitalares. Também fizeram uso da palavra o Movimento de Luta de Classes (MLC), a Central dos Trabalhadores do Brasil (CTB) e a Associação dos Docentes da Ufal. Representando o reitor Eurico Lôbo, o chefe de gabinete Elias Barbosa saudou os membros da diretoria que se despedem e parabenizou os novos dirigentes, citando a importância da organização sindical dos técnicos administrativos. O novo coordenador geral do Sintufal, Emerson Oliveira fez questão de citar a data em que sua gestão toma posse, 25 de janeiro de 2013, dia em que a Ufal faz 52 anos de história. Oliveira enfatizou, ainda, a necessidade do empenho de todos na luta em defesa dos interesses da categoria, conclamando a participação da base, pois a eleição já passou e é chegado o momento de união e compromisso. BLOGJARAGUÁFOLIA

MACEIÓ

Blocos de Carnaval estão prontos para prévias O Programa de DST/Aids e Hepatites Virais da Secretaria de Saúde de Maceió está com tudo pronto para levar ao corredor da folia, no próximo dia 1o de fevereiro, o Bloco do Prazer, no bairro de Jaraguá, a partir das 20h. Criado há 19 anos pela Coordenação do Programa, a iniciativa visa reforçar a mensagem de prevenção e solidariedade. A troca da lata de leite Nan 1 (ou Nestogeno 1) pelo abadá começou ontem (28) na sede da

SMS, e continua esta semana, no horário da manhã. Este ano, o desfile tem como tema “Carnaval é diversão, mas tenha sempre sua camisinha à mão”. O foco é a prevenção com o uso contínuo da camisinha entre a população sexualmente ativa – hetero e homossexual –, segmento em que surge maior número de casos de Aids. Os dados do município registram que, de 1986 a 2012, foram diagnosticados 2.678

pacientes com a doença. Só em 2012, foram 166, dos quais 111 no sexo masculino e 55 no sexo feminino. A faixa etária que concentra o maior número de infectados é a de 20 a 34 anos de idade. “A campanha tem como objetivo primordial alertar para a importância do uso contínuo do preservativo, principalmente no período carnavalesco, quando a tendência da população em utilizar álcool e outras drogas de maneira exacerbada

tende a aumentar a vulnerabilidade às doenças sexualmente transmissíveis”, ressalta a coordenadora do Programa, Sandra Gomes. Os foliões podem pegar as camisas também nos Balcões da Prevenção instalados no Hiper Bompreço Jatiúca, das 9h às 15h, e no calçadão do comércio – próximo à Loja Insinuante –, das 9h às 15h. Todo o leite arrecadado será doado para crianças expostas ao vírus HIV atendidas pelo Centro de Tes-

tagem e Aconselhamento do Bloco I do PAM Salgadinho. ZONA POSTAL Outro bloco que também está com tudo pronto para as prévias é o Zona Postal. Em seu 13o desfile, o bloco, criado de forma independente por alguns funcionários dos Correios, hoje arrasta um público estimado em mais de 600 foliões. A concentração será na agência dos Correios da Rua do Sol, no Centro de Maceió, a partir das 17h.

‘Zona Postal’ atrai mais de 600


TRIBUNAINDEPENDENTE

AÍLTON VILLANOVA ailton.villanova@gmail.com

MACEIÓ - TERÇA-FEIRA, 29 DE JANEIRO DE 2013

CIDADES

11

MP quer fechar boates irregulares em Alagoas Segundo levantamento preliminar, só uma delas possui projeto de segurança SANDRO LIMA

BRENO AIRAN ANA PAULA OMENA REPÓRTERES

A

Era uma vez um casamento

O

Leopoldino Gastroso inventou de comemorar os dez anos de seu casamento com a cara consorte Etelvina de uma maneira mais incrementada: - Meu amor, que tal a gente curtir as nossas bodas matrimoniais num motelzinho bem aconchegante? - Num motel, meu filho?! - espantou-se a madame. - Claro, claro! Numa boa! Precisamos sair da rotina, amor. Dona Etelvina pensou, pensou e finalmente topou a parada. E os dois tiveram uma noite de amor inesquecível. Maravilhosamente inesquecível! Dia seguinte, ainda embevecida com o embalo das últimas horas, madame foi despertada pelo tilintar do telefone. Atendeu e uma voz feminina sapecou de lá: - Tá sabendo da última? Você está sendo chifrada pelo seu marido... - Quem é que está falando? Identifique-se, por favor! - Aqui é uma amiga. Desculpe se não me identifico. Eu só queria lhe avisar que o seu santo marido foi visto, ontem, saindo do motel “O Amor é Lindo” com outra mulher. Abra o olho! E desligou. À noite, Leopoldino voltou pra casa, todo contente, feliz da vida: - Oi, amor da minha vida! A mulher rebateu cheia de bronca: - Deixe de ser cínico! Estou sabendo que você foi visto, ontem à noite, com uma mulher num motel! E ele: - Mas é claro! Estive lá com a mulher da minha vida: você! Já esqueceu? - Maldita hora que aceitei ir para o infeliz daquele motel com você! Se arrependimento matasse... - Não exagere, meu amor! - Exagero, sim. Agora, a cidade inteira está comentando e eu aqui, com cara de otária! - Mas o que é isso, meu amor? Você não foi traída e nem enganada coisa nenhuma! Eu estava com você! - Mas o povo não sabe disso. Hoje eu re-

Chifrou, virou heroína!

Eurídice sempre foi uma mulher certinha. Em todos os sentidos. Jamais havia lhe passado pela cachola a ideia de chifrar o maridão Euclésio, tido e havido como gente muito fina. Entretanto, depois que ela conheceu o bonitão Raymundo Malvino, colega de trabalho do Euclésio, seu juizo deu um nó e o coração começou a bater fora do compasso. Amor à primeira vista. Gostosuda pra mais da conta, é claro que ela não deixou de ser percebida pelo tal Malvino, cuja fama sempre foi a de conquistador barato. De modo que passou a ser assediada pelo cara. Um dia, ela não conseguiu resistir às cantadas do safadão. Mas com restrições: nada de encontro em motéis, e nem xumbrego dentro do automóvel do cara. - Sou um mulher séria, Malvino. Essa é a primeira vez que estou sendo tentada a trair o meu marido... E o cara, cheio de más intenções: - Jamais pensei em lhe faltar com o devido respeito, minha querida. Como sou um cara solteiro e moro sozinho, nosso ninho de amor será o meu apartamento. Tá bom assim? - E se o Clezinho descobrir, Malvino? Acho que ele me mata! - Descobre nada. Mata nada. Aí, veio o dia do primeiro encontro dos adúlteros. Muito nervosa, e sob o pretexto de ir ao shopping, Euridice foi ao encontro do amante. Pegou dois ônibus e três taxis, para despistar. Protegida por um par de óculos escuros, Eurídice desembarcou em frente ao prédio onde residia o Raymundo Malvino e entrou lá, tremendo de medo. Afinal, era neófita no barato da corneação. Finalmente, ela se viu nos braços do guapo mancebo. Longe dos olhares curiosos e das linguas malditas, os dois enroscaramse na cama, aos beijos e abraços, nus como nasceram. Quando estavam partindo para os “finalmentes”, escutaram o baticum na porta. Apavorada, Euridice pulou da cama e caiu no meio do quarto. De olhos arregalados e coração aos pinotes, ela gemeu:

cebi o primeiro telefonema anônimo e fiquei com a cara no chão, desmoralizadíssima! Vou ter de lhe deixar! Leopoldino apavorou-se: - Não acredito! Você vai me deixar por causa de uma besteira dessa? - Vou, sim! - Mas meu amor... - Me largue! Estou decidida. Se eu não lhe deixar, o que não dirão as minhas amigas, hein? - A gente conta a verdade pra todo mundo. - E quem vai acreditar? Nada feito! Depois o meu advogado lhe procura. - Advogado? - Já liguei pra ele. É o doutor Cordeiro Lima. Ele vai se acertar com você. Adeus! Ao dirigir-se para a porta de saída, onde já se achava empilhado um monte de malas e maletas, Etelvina parou no meio do caminho, porque o telefone começou a tocar. O marido foi mais rápido. Pegou o aparelho e disse: - Alô? - É o Lepoldino? - indagou uma voz cavernosa. - É, é ele. Quem quer saber? - Um amigo. Liguei só pra lhe dizer que viram sua mulher saindo do motel “O Amor é Lindo” com um cara. Segura as pontas, bicho! Calado, e mais branco do que cera de vela, Leopoldino repôs o fone no gancho. Cheia de curiosidade, a mulher perguntou: - Quem era? - Um anônimo. - respondeu - Disse que viram você saindo do motel, com um cara... Etelvina exasperou-se: - Mas o homem era você, Leopoldino! - Eu sei, mas não fui identificado. - E por que não disse que era você? - Pra quê? E ele ia acreditar? - E agora, o que a gente faz? - A gente se separa. - Separar? - É. Já que você estava indo embora, pode ir! Não posso conviver com uma mulher que vai pro motel com um desconhecido. Ser chamado de corno não dá pra mim. Se manda!

- É o meu marido! E o Raymundo Malvino, mal se equilibrando em cima das canelas: - O Euclésio??? Não pode ser!!! Com certreza é o carteiro! Novas batidas na porta. Dessa vez com mais vigor. - Abram a porta! Aqui é a polícia! - berraram do lado de fora. Eurídice desmaiou. Nesse momento, um monte de soldados invadiu o apartamento. De venta acesa e de arma em punho, o comandante da tropa indagou: - Cadê o Pé de Galo? Onde está ele? - Que Pé de Galo, meu amigo? - respondeu Malvino. - Só estamos aqui eu e a minha noiva... E o milico-chefe insistindo: - Quero saber onde está esse bandido! Ele entrou pela janela dos fundos. O Pé de Galo é um bandido perigoso. Ele acabou de assaltar um banco nestante! Ele está aqui! De lá de dentro uma voz falou: - Atenção polícia! Eu estou aqui. Tenho uma refém comigo. Por sinal, muito da gostosa. Me deixem sair numa boa, do contrário ela morre! E Eurídice, peladona, protegendo a parte pudenda com as mãos, foi arrastada pelo bandido até a sala, sob a mira de uma pistola. Nesse momento, um monte de repórteres e fotógrafos de jornais, locutores de emissoras de rádio, além de cinegrafistas de tudo quanto foi de televisão invadiram o apartamento. Eurídice foi flagradas pelas câmeras naquela situação constrangedora. E milhares de aparelhos de TV ligados, mostrando tudo, ao vivo e em cores. Na casa de Eurídice, as crianças gritaram: - Olha a mãinha na televisão! Eurídice só voltou pra casa no outro dia, pronta pra tudo. Inclusive, para enfrentar o supremo sacrifício da morte. Os vizinhos a aplaudiram como uma heroína. O maridão, cheio de orgulho e vaidade, recebeu-a aos beijos e abraços: - Gostei de ver, meu amor! Você estava muito melhor do que a Darlene Glória naquele filme “Toda Nudez será Castigada”!

tragédia que ocorreu neste final de semana na cidade de Santa Maria, no Rio Grande do Sul, alertou todas as autoridades do país. No incidente, morreram mais de 230 pessoas, dentro da boate Kiss. Afinal, há segurança suficiente em casas de shows e boates Brasil afora? Foi esse questionamento que levou o procurador-geral substituto do Ministério Público Estadual (MPE), Diógenes Lira, a convocar uma reunião com diversos órgãos de Alagoas, ontem de manhã (28), quando ficou definido que os estabelecimentos que não se adequarem às normas serão fechados. O encontrou definiu ainda que em todas as casas de shows, boates e até igrejas do estado será averiguado se elas estão com irregularidades – sem alvará ou sequer projeto de segurança. Participaram do encontro na sede do MPE, no bairro do Poço, representantes do Corpo de Bombeiros, da Superintendência Municipal de Controle e Convívio Urbano (SMCCU), da Promotoria dos Direitos do Consumidor e da Promotoria dos Direitos da Infância e Juventude, estes últimos pertencentes ao Ministério Público. Segundo o Corpo de

Membros do Corpo de Bombeiros, SMCCU e promotores prometeram ‘varredura’ nos estabelecimentos

Bombeiros, apenas a boate Le Hotel, na Ponta Verde, tem um projeto de segurança, contudo, não posto em prática. “É melhor o empresário ‘perder’ dinheiro do que, mais tarde, vidas se perderem”, coloca o procurador Diógenes Lira. NÃO SÓ NA CAPITAL De acordo com Denise Guimarães, à frente da Promotoria dos Direitos da Infância e Juventude, em um levantamento preliminar, constatou-se que em 35 municípios alagoanos há boates

ou casas de shows e muitas delas irregulares. “O problema não é apenas aqui em Maceió”, frisa. “O mapeamento se inicia hoje [segunda-feira] e daremos um prazo para que as boates, casas de shows e igrejas se regularizem. Se não for cumprido, fecharemos os estabelecimentos”, garante. Hoje será assinado um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), no MPE, por todos os órgãos envolvidos. Também no mesmo dia, FOTOS E NOTÍCIAS

CASAS DE SHOWS

Após denúncias, vereadora cobra audiência pública

A vereadora Heloisa Helena (PSOL) se posicionou ontem (28) acerca da tragédia de Santa Maria, no Rio Grande do Sul, onde mais de 230 jovens morreram. Ela informou por meio de sua assessoria que pedirá uma audiência pública para que se revejam as concessões de funcionamento das boates de Maceió e se realizem novas vistorias, após denúncia de internautas que avisaram sobre algumas casas de shows que estariam funcionando na capital alagoana sem as mínimas condições de segurança. Ela cobrou, em seu posicionamento, que as autoridades responsáveis pela fiscalização e concessão de alvarás de funcionamento façam uma revisão em todas as boates e casas de shows de Maceió, para evitar que a tragédia de Santa Maria aconteça em Alagoas. “Após enxugarmos lágrimas por Santa Maria, nossa homenagem aos jovens é impedir impunidade e garantir eficácia em fiscalização nas cidades”, afirmou a vereadora em sua página no Twitter, no domingo. Alguns de seus seguidores chegaram a citar o nome de casas de shows funcionando a base de liminar. Alguns lembraram do incêndio ocorrido em uma dessas casas em junho de 2012. A vereadora afirmou que antes de final do recesso na Câmara de Vereadores irá articular os procedimentos necessários para exigir das autoridades competentes um mutirão, cobrando os planos de emergência, evacuação e gerenciamento de risco. O Corpo de Bombeiros já está revendo todas concessões de funcionamento de casas de shows, boates, shopping centers e supermercados.

haverá uma coletiva no Corpo de Bombeiros mostrando um balanço acerca dos estabelecimentos de Maceió que estão ou não adequados para festas – neste caso, levam-se em consideração o estado dos extintores e a facilidade de se chegar às saídas de emergência, por exemplo. Serão esplanados assuntos como: código de segurança contra incêndio e pânico; medidas de segurança em casas de show e boates; dicas de prevenção e de como agir em casos de emergência.

SEGURANÇA

Câmara criará comissão para analisar normas

Tragédia em boate no RS mobiliza os órgãos públicos de Maceió

LOCAIS COM MUITA GENTE

SMCCU inicia fiscalização de estabelecimentos hoje A Superintendência Municipal de Controle do Convívio Urbano (SMCCU) dará início hoje a uma fiscalização em boates e casas de shows em Maceió, com o objetivo de verificar se os estabelecimentos possuem autorização para funcionar. A ação obedecerá a um cronograma feito pelo órgão para que todos os locais sejam visitados. O superintendente adjunto da SMCCU, Alfredo Gazzaneo, explica que o alvará de funcionamento é emitido após os estabelecimentos terem recebido licenças do Corpo de Bombeiros, Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT) e Secretaria Municipal de Proteção ao Meio Ambiente (Sempma). Apenas após a concessão dessas autorizações, a SMCCU emite os documentos que autorizam as casas de shows e boates a funcionar. “A SMCCU emite o alvará final, mas ele só é liberado se o estabelecimento estiver com tudo regularizado junto aos outros órgãos. A nossa parte é verificar se as normas do Código de Edificações e Urbanismo

estão sendo respeitadas”, explicou Gazzaneo. Ele complementa, afirmando que o Corpo de Bombeiros precisa verificar a existência de um plano de combate a incêndio, existência de extintores e saídas de emergência. Já a Sempma é responsável por fiscalizar questões relativas à emissão de som e poluição sonora. A SMTT precisa ser informada sobre estacionamento e acesso ao local, para que não haja transtornos no trânsito. Gazzaneo afirmou ainda que o alvará da SMCCU é concedido uma única vez e o dono do estabelecimento precisa pagar uma taxa anual à prefeitura. O superintendente acrescentou que o Corpo de Bombeiros, a Sempma e a SMTT devem realizar fiscalizações constantes. Após a fiscalização nas casas de shows e boates, a SMCCU irá visitar igrejas, salões de festas e estabelecimentos com grandes aglomerações de pessoas para verificar a existência de alvarás de funcionamento.

O presidente da Câmara Municipal de Maceió, vereador Chico Filho (PP), irá propor a criação de uma Comissão Especial para estudar a regulamentação vigente que trata das normas de segurança para funcionamento de boates e casas de shows e eventos em Maceió. O objetivo da medida é verificar a necessidade de aperfeiçoamento da legislação, de modo a evitar que tragédias como a ocorrida na madrugada do último domingo (27), em Santa Maria (RS), não se repitam na capital alagoana. “Todos estamos consternados com o que ocorreu. É uma tragédia nacional. Mas como parlamentares, temos a obrigação de aprender com os erros cometidos e aperfeiçoar a legislação que trata do assunto, de modo a garantir mais segurança nos locais de diversão de Maceió”, afirmou. Além disso, segundo Chico Filho, a câmara irá cobrar do poder público municipal a fiscalização do cumprimento das normas de segurança em vigor pelas boates e demais estabelecimentos de diversão. A criação das Comissões Especiais está prevista no Capítulo III do Regimento Interno da Câmara de Maceió. Para sua criação, são necessárias as assinaturas de sete vereadores, que representam um terço da casa. Os integrantes da comissão serão indicados pelo presidente da câmara, respeitando a proporcionalidade partidária. MENSAGEM A mesa diretora da Câmara Municipal também enviou uma mensagem de pesar pela tragédia no Rio Grande do Sul. Foi manifestado ao prefeito, ao presidente da câmara e ao reitor da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) “a solidariedade e o sentimento às famílias das vítimas”.


12

CIDADES

MACEIÓ - TERÇA-FEIRA, 29 DE JANEIRO DE 2013

TRIBUNAINDEPENDENTE

BPA apreende iguana e preguiça perto de casas

robertobaiabarros@hotmail.com

Ex-prefeita contesta

A

s autoridades alagoanas estão de olho em alguns municípios alagoanos que “decretaram” estado de emergência. A desconfiança é geral. Mas é preciso que ex-gestores sigam o exemplo da ex-prefeita do município de Chã Preta, Rita Coimbra Tenório, que esteve no Tribunal de Contas para entregar documentos de sua gestão ao presidente Cícero Amélio. O seu objetivo foi bem claro: contestou o Decreto de Emergência feito pelo atual prefeito do município, Audálio de Vasconcelos Holanda.

Durante a ação, policiais encontraram cerca de 30 pássaros em residências

P

Documentos

Análise técnica

De acordo com informações, Rita Tenório reuniu diversos documentos que, segundo ela, comprovam a ilegalidade do Decreto Municipal. “Trouxe aqui no TC documentação completa para mostrar que isso (decreto) não é necessário, não existe”. Já mandei para o Ministério Público e vou levar para a Câmara de vereadores de Chã Preta. A atual gestão disse que esses documentos não estavam lá, que estávamos atrasados e eu quero que o Tribunal de Contas faça uma investigação”, disse a ex-gestora.

O presidente do Tribunal de Contas, conselheiro Cícero Amélio, disse na oportuniade que os documentos serão enviados para a relatora do município. “Os documentos serão distribuídos para a relatora Maria Cleide, que fará a análise técnica e após essa avaliação, haverá a divulgação sobre a legalidade do decreto que será submetido ao pleno do Tribunal”. Fonte: Assessoria

Mais polêmica Nesta quarta-feira (30), diretores da Cooperativa de Transporte Complementar Intermunicipal de Passageiros de Alagoas (Coopervan) terão um dia movimentado em Maceió. Isso porque, a partir das oito horas, o procurador-geral do Ministério Público Estadual (MPE), Sérgio Jucá, irá receber os representantes dos trabalhadores que entregarão as provas das denúncias apresentadas pelos próprios transportadores após o início do processo de assinaturas das outorgas dos permissionários aprovados na licitação promovida pela Agência Reguladora de Serviços Públicos de Alagoas (Arsal), classificada como inovadora, mas repleta de erros e denúncias de irregularidades, desde o seu lançamento.

Denúncias graves

Audiência

Segundo o presidente da Coopervan, Marcondes Prudente, as denúncias são graves, todas elas podem ser comprovadas com os documentos que já estão de posse dos diretores da cooperativa. “Essa licitação [do transporte complementar] não pode ser tratada como uma brincadeira. Muitos transportadores já foram lesados e os responsáveis serão denunciados e responsabilizados. Contra fatos e provas, não há argumentos”, disse Marcondes.

Logo em seguida, a partir das 11 horas, está marcada uma audiência com o corregedor-geral do Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ/AL), Alcides Gusmão da Silva, para pedir apoio aos desembargadores.

“Sem apadrinhamentos” “Nosso objetivo é esgotar todas as possibilidades de resolver esse problema o quanto antes na Justiça em Alagoas. Isso porque o TJ/AL já nos deu diversas vitórias em nossas reivindicações, já que estamos lutando com base na Lei e não a partir de apadrinhamentos e interesses políticos. Como existem acordos fechados na surdina com grupos políticos e alguns ditos representantes dos transportadores complementares, também na questão financeira – disso temos certeza e provas -, eles tentam burlar a lei a qualquer custo. A Justiça não pode ser confundida com a política em nosso país, onde tudo pode”, frisou o presidente da Coopervan.

Sem alvarás

Sem aprovações

O Corpo de Bombeiros de Alagoas informou, em reunião realizada na manhã de segunda-feira (28), em Maceió, que nenhuma casa de show de Alagoas possui certificado permitindo seu funcionamento. A informação é válida também para a cidade de Arapiraca.

O comandante do Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas, coronel Luis Antônio Honorato da Silva, informou que a instituição não aprovou nenhum projeto contra pânico e de combate a incêndio para casas de shows no Estado recentemente. Segundo ele, apenas a boate Le Hotel, em Maceió, apresentou o plano, mas o certificado está vencido.

Notificações “Já enviamos notificações para as empresas faz tempo, entretanto, não tivemos respostas. A partir de agora vamos intensificar a cobrança. O que é importante esclarecer é que, para conseguir o ‘habite-se’, documento de autorização para funcionamento, o estabelecimento comercial precisa ter o certificado de aprovação do Corpo de Bombeiros, o que nenhuma empresa possui atualmente. Inclusive, ele é uma das exigências para a concessão do alvará emitido pela prefeitra. Potanto, se os espaços estão abertos ao público e possuem esse alvará, tal documento foi emitido em desacordo com a legislação”, detalhou o oficial.

oliciais militares do Batalhão Ambiental resgataram durante operação no domingo, uma iguana e um bicho-preguiça que estavam próximos a residências, correndo risco de ser machucados, após solicitação de moradores. A iguana foi resgatada por volta das 10 horas da manhã em uma chácara no povoado de Massagueira pela patrulha ambiental do BPA. “O resgate foi um pouco trabalhoso, pois a iguana pulava de árvore em árvore tentando escapar, mas no final conseguimos resgatá-la”, informou o tenente Wenderson Viana. O animal foi resgatado e levado ao Ibama, onde ficará durante um mês e, posteriormente, será devolvido ao seu habitat natural. Já por volta das 15 horas, a mesma guarnição ambiental resgatou uma pre-

guiça no município de Santa Luzia do Norte. O animal estava com parte do pelo queimado, provavelmente pela passagem nas matas. A preguiça foi resgatada e levada ao Ibama, onde permanecerá aos cuidados de biólogos e depois será devolvida ao seu habitat natural. PÁSSAROS Já no sábado, por volta das 14 horas, policiais do BPA apreenderam cerca de 30 pássaros, em cativeiro, no Povoado de Massagueira, em Marechal Deodoro. A apreensão ocorreu durante o resgate de uma iguana, quando os policiais tentavam encontrar o local da ocorrência e constataram a presença dos pássaros em várias residências. Os pássaros foram levados ao Ibama e passarão por um período de adaptação e serão, posteriormente, devolvidos à natureza.

Comissão de Jornalistas pela igualdade racial - Cojira - AL VALDICE GOMES - INTERINA www.cojira-al.blogspot.com / cojira.al@gmail.com / @cojiraal (Twitter)

Preconceito racial não é mal-entendido

D

ois casos envolvendo denúncia de racismo, divulgados pela imprensa brasileira, esta semana, mostram bem que as entidades que defendem a igualdade racial no País não podem se descuidar em nenhum momento. E mais, que as autoridades precisam fazer cumprir as leis que qualificam e punem a prática de crime de racismo no Brasil. No primeiro caso, ocorrido no dia 12 deste mês, mas somente divulgado recentemente, o casal Priscilla Celeste e Ronald Munk, foi com seu filho de sete anos, que é adotado e negro, a uma concessionária da BMW, na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro. Enquanto o casal conversava com um vendedor, o menino ficou vendo TV na própria loja. Quando o garoto se aproximou dos pais, segundo o casal, o vendedor se dirigiu à criança e disse: “Você não pode ficar aqui dentro. Aqui não é lugar pra você. Saia da loja”. Quando Ronald Munk disse que o menino era seu filho, o vendedor ficou desconcertado e pediu desculpas. O casal reclamou à fabricante de veículos. Sete dias depois do ocorrido, a concessionária mandou e-mail ao casal dizendo que tudo não passou de mal-entendido. Nesse caso, é louvável a iniciativa do casal Ronald Munk e Celeste Priscilla, que indignados com a resposta da loja iniciou a campanha “Preconceito Racial Não é Mal-Entendido” nas redes sociais. O outro episódio aconteceu em Campinas, São Paulo. O comandante da 2ª Companhia do 8º Batalhão da Polícia Militar no município, capitão Ubiratan Beneducci ordenou a seus comandados a abordagem de suspeitos “de cor parda e negra”, acusados de praticarem assaltos em residências de um bairro nobre da cidade. A ordem provocou reação de entidades de direitos humanos que denunciaram a PM por discriminação. De acordo com o presidente da ONG Educafro, Frei David Santos, a ordem leva a entender que se os policiais cruzarem com suspeitos brancos não devem desconfiar deles. Se forem pardos e negros a abordagem deve ser imediata. “É assustador saber que ainda pode existir racismo dentro da polícia”, disse. O frei enviou uma carta de repúdio ao governador Alckmin e à Secretaria de Segurança do Estado de São Paulo, inclusive cobrando explicações sobre a ordem da PM de Campinas e solicitando dados estatísticos das abordagens, com ou sem mortes, realizadas pelo 8º batalhão, para verificar se há prática de racismo nas operações policiais. Nos dois casos, foi muito importante a reação da sociedade. Que o exemplo seja seguido também em nosso Estado, sempre que for preciso!

Zózimo Bulbul

Já o grupamento dos Bombeiros em Arapiraca afirmou que as casas de shows da cidade que possuem alvará da prefeitura contam também com o certificado do órgão. Logo, elas estão de acordo com as normas estabelecidas pelo Código de Segurança Contra Incêndio e Pânico, que prevê sinalização, saída de emergência e lotação máxima. Segundo o Tenente Duarte, do Setor de Artigos Técnicos, o certificado tem validade anual e quando vence, a empresa deve procurar renovar.

O Brasil perdeu esta semana, o cineasta, ator, diretor e roteirista Zózimo Bulbul, que faleceu na quinta-feira (24). Com uma carreira marcada pela luta contra o preconceito, Bulbul se destacou como ícone negro dos anos 60 por suas interpretações na televisão e no cinema, sendo o primeiro protagonista negro de uma novela brasileira e um dos principais atores dos filmes produzidos no movimento do Cinema Novo. O filme “Abolição”, dirigido pelo artista, marcou o centenário da Abolição da Escravatura no Brasil, descrevendo várias situações enfrentadas pelos afrodescedentes brasileiros até hoje. Ele também foi o criador do Centro Afro Carioca de Cinema, local destinado a exibir filmes de diretores africanos e afro-brasileiros.

... O número representa 35% do total de atendimentos da Unidade no fim de semana. Como de praxe, as quedas de moto são as campeãs de entradas na UE. Somente nas últimas 48 horas, 56 pessoas deram entrada alegando este tipo de acidente. Outros três foram vítimas de colisão entre moto e bicicleta, dois por colisão de moto com animal, dois por colisão entre carro e moto e dois por colisão entre motos. ... O diretor José Karlisson Valeriano alerta que os cuidados devem ser redobrados durante o Carnaval. “Muitas pessoas, durante o período momesco, ingerem grande quantidade de álcool e, de forma irresponsável, saem pilotando essas motos, colocando as suas e as vidas dos outros em risco. É preciso, acima de tudo, amor pela vida”, finalizou Valeriano.

Preguiça estava com parte do pelo queimado; Ibama faz avaliação

Exposição

Em Arapiraca

... A informaçãoé da Ascom: “A violência no trânsito parece não ter fim na cidade de Arapiraca e região. Somente nas últimas 48 horas, a Unidade de Emergência Doutor Daniel Houly (UEDH) registrou 62 atendimentos a pacientes vítimas de acidentes motociclísticos”.

BPA

Os admiradores das manifestações carnavalescas alagoanas têm a oportunidade de apreciar fotografias, máscaras, fantasias, telas, entre outras obras, reunidas num só local. A exposição “Alagoas de Tradições e Ritmos”, (foto) uma realização do Instituto Zumbi dos Palmares com o objetivo de dar visibilidade às expressões culturais do Estado, está aberta à visitação no Espaço Cultural Linda Mascarenhas, ao lado do Cepa, até 28 de fevereiro, de segunda a sexta, das 8h às 16h. A curadoria é de Persivaldo Figueirôa. A iniciativa inédita faz parte do Projeto IZP na Folia, que inclui programação especial voltada ao tema nas rádios Difusora e Educativa FM, além da TV Educativa. Crédito: Isaac Neves

CNPIR O Conselho Nacional de Promoção da Igualdade Racial (CNPIR) realiza sua 37ª Reunião Ordinária, nos dias 29 e 30 deste mês, no auditório da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, em Brasília. Entre os pontos de pauta, segundo nos informa o conselheiro Helcias Pereira, estão a apresentação da Minuta do Regimento Interno da 3ª Conferência Nacional de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (3ª Conapir); principais ações, planos e programas da Seppir e o Plano de Trabalho 2013 do CNPIR.

Comunidades tradicionais A Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial da Presidência da República (Seppir) realiza nesta terça-feira, 29 de janeiro, o lançamento do Plano Nacional de Desenvolvimento Sustentável dos Povos e Comunidades Tradicionais de Matriz Africana. A solenidade acontecerá às 17 horas, no Salão Negro do Ministério da Justiça, em Brasília, com a presença da ministra Luiza Bairros. O documento reúne políticas voltadas para a garantia de direitos, proteção do patrimônio cultural e da tradição africana no Brasil e o enfrentamento à extrema pobreza com ações emergenciais e de fomento à inclusão produtiva.

Maracatod@s

O Coletivo Maracatod@s, o mais novo grupo de maracatu de Alagoas, vai animar a concentração do Bloco Pó de Giz, do Sindicato dos Trabalhadores da Educação (Sinteal), na próxima sexta-feira, dia 1º de fevereiro, a partir das 19h, na Praça Rayol, em Jaraguá, durante mais uma edição da prévia carnavalesca Jaraguá Folia. Os ensaios do Maracatod@s, acontecem nas tardes de domingo, na Praça da Faculdade, no Prado, uma forma de levar a cultura popular aos espaços públicos da Capital.

CURTAS

§ Chegamos à edição nº 236 da Coluna Axé. Contribuições para a coluna podem ser enviadas para o e-mail cojira.al@gmail.com § Nesta terça-feira (29), às 9h, tem assembleia para a escolha dos representantes da sociedade civil, segmentos de Juventude (titular e suplente), no Comitê Gestor do Plano Nacional Juventude Viva em Alagoas. A reunião será na Sala dos Conselhos, do Palácio República dos Palmares. Ontem (28), foi a vez das entidades do movimento negro de Alagoas escolherem seus representantes. § No domingo (27), aconteceu o V Encontro de Formação do Quilombo Caapuera Pôr do Sol, com foco na formação continuada de monitores, instrutores, contramestres, mestres e simpatizantes de capoeira. Desta vez, o evento realizou-se na sede do Grupo de Capoeira Raízes Negras, do mestre Veneno, no Feitosa. § A Gerência de Diversidades da Secretaria de Estado da Educação e dos Esportes realiza, amanhã, 30 de janeiro, das 8h às 12h, no Centro de Formação, localizado no Cepa, uma manhã de diálogos referentes à visibilidade trans. A programação consta de exibição de vídeo e uma mesa sobre o tema: “Dialogando sobre identidade de gênero e educação”, seguida de debates. § Ele não é artista nem jogador de futebol. Mas virou herói nacional ao se destacar como o primeiro negro a assumir a presidência do Supremo Tribunal Federal. As máscaras com maior sucesso de vendas para o Carnaval 2013 são de Joaquim Barbosa, negro notável que marca a história do país como exemplo para toda a população.


TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - TERÇA-FEIRA, 29 DE JANEIRO DE 2013

Economia

ECONOMIA

13

Redesim da Junta Comercial deve ser implementada em todo o Estado Representantes do Sebrae Alagoas e da Junta Comercial do Estado de Alagoas (Juceal) se reuniram com a secretária Municipal de Finanças de Maceió, Renata Fonseca, para apresentar a ela a Rede Nacional para Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios – Redesim. Na ocasião, além de mostrar todo funcionamento do sistema e os dados mais recentes, também discutiram sobre a continuidade das ações de implementação. Durante a reunião, Renata Fonseca ratificou o apoio ao projeto e destacou que uma das prioridades da prefeitura é implantar a Redesim em Maceió até junho.

Desconto de energia para empresa é de 22% Redução na tarifa somente será sentida a partir das contas do mês de março, explica Eletrobras em entrevista coletiva

A

redução de 18% na conta de energia anunciada pela presidente Dilma Rousseff em janeiro deste ano só deverá ser constatada pelo consumidor alagoano no mês de março. O anúncio foi feito ontem (28), durante uma entrevista coletiva na sede da Eletrobras Distribuição Alagoas. O diretor de operações da estatal, Vladmir de Abreu, explicou que inicialmente a Medida Provisória adotada pela presidência da República só iria iniciar em fevereiro. Entretanto, a Eletrobras se deparou com a aplicabilidade desta decisão ainda em janeiro. Dessa forma, todo o planejamento foi modificado. Os consumidores que irão receber suas contas referentes ao mês de fevereiro devem efetuar o pagamento com um reajuste, segundo informou a Eletrobras. Será um retroativo por conta de a medida ter entrado em vigor este mês. “A tarifa nova, com a redução de 18% será sentida pelos consumidores em sua plenitude no mês de março. Teremos em fevereiro o tempo hábil para coletar quanto cada pessoa utilizou de energia em suas residências. É

DIVULGAÇÃO

ENERGIA

Micros e pequenos comemoram redução

Durante encontro com jornalistas, direção da Eletrobras explicou como se dará redução das tarifas

importante lembrar que esse desconto está valendo apenas para o consumo, e não para parcelamentos antigos e taxa de iluminação pública”, destacou o diretor de operações. No que diz respeito às empresas, o desconto na tarifa chega a 22%. No entanto, afirma Vladmir de Abreu, a

maioria dos clientes da Eletrobras Distribuição Alagoas está concentrada em residências. A expectativa nesse contexto é reduzir o número de inadimplentes. INVESTIMENTOS E CARNAVAL Com a proximidade do período carnavalesco, a Eletrobras informou que o Plano Verão já está em prática

desde o início de janeiro. A concentração de esforços será feitas nas cidades onde há mais presença de foliões. No Litoral Sul, por exemplo, os técnicos da estatal iniciaram a poda de árvores. Outra medida colocada em prática é lavagem de isoladores. A direção da empresa

comemorou ainda os investimentos feitos em Alagoanos em 2012. De acordo com Vladmir de Abreu, R$ 100 milhões foi o montante de recursos aplicados para melhorar a distribuição da energia. Para este ano, a depender dos processos de licitações, a intenção é investir R$ 180 milhões.

MÓVEIS

Sine abre vagas para empresa de grande porte em Alagoas

Os postos do Sistema Nacional de Emprego (Sine) Alagoas vão selecionar, nestas terça e quarta-feiras (29 e 30), profissionais para trabalhar em empresa de grande porte comercial. Estão sendo disponibilizadas 24 vagas para montador de móveis, com experiência na carteira de trabalho e idade acima de 23 anos; 14 vagas para ajudante de montagem, sem experiência na carteira e acima de 20 anos; e três vagas para técnico de montagem, com experiência e acima de 23 anos. Todos exigem Ensino Fundamental completo. A empresa busca ainda encarregado de posto de montagem, que tenha Ensino Médio completo, acima de 28 anos, condução própria, vivência na área de montagem de móveis, boa comunicação, conhecimentos em informática, habilidade escrita e fluência verbal.

Os trabalhadores interessados devem comparecer na sede do Sine Jaraguá, localizado na Rua Silvério Jorge, 368, nestas terça e quarta, pela manhã e à tarde, para a entrevista com a empresa. As unidades do Sine ainda dispõem de outras vagas, que estão divulgadas no site www. trabalho.al.gov.br. Para se cadastrar e concorrer a uma delas é preciso comparecer a uma das unidades do Sine munido dos documentos de identidade, CPF e carteira profissional. Para mais informações, os interessados devem entrar em contato pelo telefone 3315-1875. Alagoas conta com postos do Sine no Benedito Bentes, JÁ Farol, JÁ Centro e nos municípios de União dos Palmares, Maragogi, Coruripe, Delmiro Gouveia, Santana do Ipanema, Arapiraca, São Miguel dos Campos, Penedo, Marechal Deodoro, Palmeira

dos Índios e Pão de Açúcar. SEBRAE Na primeira semana de fevereiro, dias 4, 5 e 6, o Sebrae Alagoas irá oferecer o curso “Formação Básica de Facilitadores com foco no Ciclo de Aprendizagem Vivencial”. Aberto a qualquer interessado que trabalhe com instrutoria ou educação para adultos, é uma oportunidade para atualizar os conhecimentos sobre o CAV. A turma será ministrada pela mestra Maria Ângela Soares Lopes, da Universidade de Brasília. O Ciclo de Aprendizagem Vivencial (CAV) é uma metodologia que busca esclarecer os processos de aprendizado, através de vivências, relatos, processamentos, generalizações e aplicações práticas. Baseado em três pilares fundamentais - fazer, realizar e construir - o ciclo tem grande importância, em especial, para a educação empreendedora.

Proprietários de micro e pequenas empresas – aquelas que faturam até R$ 3,6 milhões por ano - aguardam com expectativa as novas tarifas da contas de energia, que passaram a vigorar desde a quinta-feira (24). Eles colocaram na ponta do lápis os impactos que os novos preços de energia vão representar para seus negócios. Mesmo quem já adotou iniciativas para diminuir o desperdício, faz planos para o futuro com o dinheiro que irá economizar. Dono de três padarias em Brasília, Cláudio Henrique de Faria acredita que poderá guardar por ano quase R$ 50 mil, e que esse dinheiro virá em boa hora, pois todas as padarias terão de trocar seus equipamentos de acordo com norma do Ministério do Trabalho e Emprego de 2010, que estabelece regras técnicas para máquinas e equipamentos utilizados em diversos setores produtivos. Para panificação e confeitaria, a portaria estipulou prazo de seis meses para a adequação de máquinas novas e de 18 a 66 meses para a troca de equipamentos antigos, variando de acordo com o tipo de máquina e o número de trabalhadores de cada empresa. “Qualquer redução de custos é bem-vinda para incentivar o desenvolvimento dos negócios, ainda mais quando se trata de um item essencial como energia elétrica”, afirma o presidente do Sebrae, Luiz Barretto. “O Brasil tem cerca de 63 mil padarias e quase a totalidade são micro ou pequenas empresas. Se levarmos em conta o exemplo desse empreendedor, estamos falando de uma economia anual de mais de R$ 1 bilhão somente nessa atividade”, completa. Já para a empreendedora Silvana Araújo, proprietária de um salão de beleza em Brasília, a redução da tarifa de energia vai gerar uma economia de pouco mais de R$ 2 mil por ano. Parece pouco, mas hoje já são aproximadamente 241,2 mil salões de beleza no país. Esse valor deve ser reinvestido no próprio salão para melhorar o atendimento. “O nosso comportamento está permitindo que pensemos em abrir mais uma loja em outro bairro da cidade”, diz orgulhosa a empresária.


14

ECONOMIA

TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - TERÇA-FEIRA, 29 DE JANEIRO DE 2013

etjornalista@gmail.com

Estrela de Alagoas

A

vereadora Elza Moura (PP) na qualidade de presidente da Câmara está na mira para assumir a Prefeitura de Estrela de Alagoas, caso o prefeito Arlindo Garrote permaneça preso em Maceió, assim como seu vice, José Teixeira, que se encontra foragido da Justiça. Ambos estão envolvidos num chamado esquema de ‘Simulação de obras públicas’, que funcionava de forma fraudulenta, conforme foi detectado pelo MP/AL, na Prefeitura de Estrela, entre os anos de 2009 e 2011. Elza que vem de um terceiro mandato consecutivo na presidência da Câmara é cria política da exprefeita Ângela Garrote, que também está presa. Lembrando que o prefeito Arlindo Garrote é o atual presidente do Cigip (Consórcio Intermunicipal para Gestão de Iluminação Pública). Ele foi eleito por aclamação na segunda-feira da semana passada, e na sexta, se entregou a polícia.

Jequiá da Praia O presidente da AMA, Marcelo Beltrão está agendando para apresentar aos prefeitos alagoanos durante reunião na sede da entidade, um trabalho que ele vem desenvolvendo em Jequiá da Praia. É um método, que visa reorganizar a rede de ensino. Organizada pelo Instituto Alfa Beta, o estudo faz um levantamento das rotas dos ônibus escolares, para otimizar os recursos da educação. O instituto realiza um cálculo de distância entre as unidades de ensino e a residência dos alunos.

Porto Calvo – Descaso Centenas de turistas, que diariamente seguem com destino a Maragogi e Japaratinga, se deparam com uma triste cena no trecho que corta o município de Porto Calvo. É que nenhuma providência foi tomada até agora quanto ao lixão da cidade, que por incrível que pareça, continua sendo depositado às margens da AL-101 Norte. Chocante em meio a isso tudo, são os catadors de lixo sem nenhuma proteção disputando com os urubus algumas umas coisas que ‘prestam’.

Maragogi /Japaratinga - Segurança Os prefeitos Henrique Madeira e Newberto Neves, Maragogi e Japaratinga respectivamente revelam que estão prontos para colaborar com o novo delegado Tarcísio Vitorino, que promete de início combater de forma eficaz e veemente o comércio de drogas naquela região de divisa. O delegado também quer dar celeridade à produção dos Boletins de Ocorrência, pois quer colocar nos hotéis de grande porte, uma pessoa capaz de produzi-los, e com isso, facilitar a celeridade do processo.

Maragogi / Japaratinga – Casa Outra preocupação do delegado foi saber qual é a área que foi doada pela prefeitura para a construção de uma nova delegacia, pois segundo ele, as condições da delegacia de Maragogi estão precárias e não atende mais ao volume de presos, além de sua má localização.

Barra de S. Antônio

Barra – Atrações

Restando poucos dias para a maior festa popular do País, a prefeitura anuncia sua programação e as principais atrações, que animarão os quatro dias de carnaval, na Ilha da Crôa. Por lá vão estar atrações regionais, bandas locais e nacionais, e uma atração especial para animar os blocos de rua.

No palco, vão estar: a banda O Rodo da Bahia; A Moda; Los Borrachos; Bora Bora; Celebridades do Forró; Môfio Elétrico; Êre; Nuka Mel; Só Kappas; A Tribo; Pankada e Explosão da Swingueira. Além dos blocos carnavalescos que desfilarão durante a tarde em todos os dias de momo.

Barra - Estrutura A tradicional Arena do Frevo, com 5.000m² na Ilha da Crôa, passou por um trabalho de limpeza e terraplanagem para acomodar e garantir a segurança dos mais de 20 mil foliões nos quatro dias de festa. As barracas serão padronizadas e banheiros químicos serão distribuídos por todo o local. Polícia Militar, Polícia Civil, Cavalaria, Corpo de Bombeiros e Marinha vão garantir a segurança, além de médicos que estarão de plantão no Posto de Saúde 24h e ambulâncias para os casos de maior gravidade.

Saneamento Durante toda essa semana, técnicos dos 102 municípios alagoanos estão participando da primeira oficina de capacitação sobre política e plano municipal de saneamento básico. O evento começou ontem e está concentrado na sede da AMA, onde é promovido pela Assemae e Funasa. A meta desses trabalhos é oferecer condições aos servidores para elaboração dos planos municipais, de acordo com as exigências da atual legislação. Na verdade o objetivo desta oficina é aumentar o número de profissionais capacitados em elaborar os planos para que atendam a demanda de seus municípios. O curso possui 32 horas/aula e é totalmente gratuito.

São Miguel dos Campos Irreverência foi o que não faltou no último domingo lá em São Miguel, com a presença do bloco de rua ‘Pé na Cova’. A agremiação é tida como a que verdadeiramente abre o Carnaval da cidade. Com uma urna funerária, ocupada a cada hora por um dos organizadores do bloco, os foliões desfilaram pelas ruas da cidade com um estandarte com a lista dos que estão com o ‘pé na cova’ em 2013. “Bem que o bloco poderia ter a concentração no cemitério, ficaria bem mais original”, brincou um dos foliões, fantasiado a rigor.

Vale do Paraíba Na última sexta-feira, na Câmara de Vereadores de Atalaia, representantes locais, além de Capela, Chã Preta, Viçosa e Cajueiro participaram de uma reunião organizada pela 4º Companhia de Polícia Militar. O tema do evento foi o Carnaval 2013. Trataram sobre como se dará o funcionamento das festividades carnavalescas nessas cidades, sobretudo discutindo entre outras coisas os horários de início e término dos eventos, a questão abusiva do uso dos carros de som, entre outras propostas.

Acesse: tribunahoje.com A informação que você não tinha no seu dia-a-dia

Cresce o número de mulheres na indústria

Qualificação feminina conquista funções que são historicamente masculinas

A

s mulheres estão conquistando cada vez mais o mercado de trabalho no segmento da indústria e da construção civil, atuando em cargos anteriormente dominados pelos homens. Mecânica Industrial, Soldagem e Caldeiraria são alguns dos desafios encarados por mulheres que decidiram lutar por um lugar ao sol. A prova disso foi a formatura da segunda turma alunos que se profissionalizaram no município de Rio Largo, no último domingo (27), onde dez mulheres conquistaram o certificado que as credencia para a função de soldadora industrial, além de outras cinco mecânicas de mesmo porte. O curso foi promovido por uma entidade sem fins lucrativos e que alcança a faixa mais humilde da população local. Criada pelo vereador Marcio Santos (PSD), ela forma novos profissionais a cada seis meses e tem chamado a atenção cada vez mais de mulheres que querem ingressar no competitivo mercado de trabalho com o diferencial da especialização. Os cursos têm noções básicas na área escolhida e também contemplam aulas práticas, promovidas pela

Dona-de-Casa encara formatura como uma oportunidade para busca de um emprego na região

equipe que atualmente conta com dez integrantes. Todos os sábados à tarde, os instrutores promovem os estudos, cobrando de cada aluna o valor simbólico de R$ 10 para o custeio das apostilhas. Nascido e criado em Rio Largo, Marcio Santos explicou durante a diplomação que a principal motivação foi perceber que os colegas de infância estavam se perden-

ALAGOAS

do, sem perspectiva de crescimento. “Alguns se envolveram com drogas, outros eram explorados pelos antigos patrões por não terem o diploma”, disse o vereador. “Vê-los aqui, recebendo a oportunidade de mudar de vida é algo que não tem preço”, acrescentou emocionado. No Brasil, as mulheres são mais da metade da popu-

lação e já estudam mais que os homens, mas ainda têm menos chances de emprego e ganham menos desempenhando as mesmas funções dos homens. Nos últimos anos, de acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a distribuição de renda melhorou, mas a desigualdade entre homens e mulheres, ainda é muito significativa.

CANAL DO SERTÃO

Canal do Sertão transforma Rendimentos realizam vida de trabalhadores sonhos de topógrafo Falta pouco para que os primeiros 65 quilômetros do Canal do Sertão entrem em operação e comecem a levar água para a região que é anualmente castigada pela seca em Alagoas. Mas, mesmo antes de entrar em funcionamento, a maior obra de infraestrutura hídrica de Alagoas já trouxe resultados positivos e mudou a vida de centenas de sertanejos que dedicam força e tempo para a construção do canal. Atualmente, cerca de 1,5 mil pessoas se revezam na construção do canal, a maior parte delas moradores do Sertão alagoano. Um deles

é o topógrafo Almir Fernandes, de 27 anos, morador do povoado Sinimbu, em Delmiro Gouveia. Nascido e criado no município sertanejo, Almir sabe bem o sofrimento de enfrentar um longo período de estiagem e a consequente dificuldade econômica. Para ele, a construção do Canal do Sertão significou uma grande mudança de vida, pois foi na obra que encontrou seu primeiro trabalho. “O Canal do Sertão mudou a minha vida, pois foi aqui que consegui o meu primeiro emprego e cresci profissionalmente”, lembra Almir.

Com os rendimentos conquistados na obra, Almir Fernandes reuniu as condições financeiras necessárias para alcançar outro sonho: casar e constituir uma família. “Hoje estou casado e tenho uma linda filha de dois anos de idade. Com o que ganho consigo oferecer a elas uma vida digna”, afirmou o topógrafo. Segundo Almir, trabalhar na construção do Canal do Sertão tem sido uma realização profissional e também pessoal, uma vez que está participando diretamente em uma obra que vai mudar a vida dos sertanejos. “O Canal do Sertão mudou a minha vida e vai mudar a vida dos sertanejos. Sinto-me feliz e realizado por estar trabalhando em algo que vai trazer melhorias para o povo que por tantos anos vem sofrendo com a falta de água”, disse.

ORGULHO Outro trabalhador que faz relatos emocionados é o armador de ferragens Gilberto Paixão dos Santos, de 40 anos. Mesmo com toda a experiência adquirida ao longo de 23 anos de atuação no setor de construção civil e tendo participado de várias obras de grande porte ao longo da carreira, Gilberto ainda se impressiona com as dimensões do Canal do Sertão e também faz elogios à finalidade do empreendimento. “Esta é uma das maiores obras na qual já trabalhei. É fantástica não somente pelo tamanho, mas também pelo resultado que vai trazer. Estamos trabalhando em um presente para os sertanejos, algo que vai melhorar suas vidas, que vai tirá-los do sofrimento da falta de água. A gente se sente orgulhoso por isso”, afirmou Gilberto.


TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - TERÇA-FEIRA, 29 DE JANEIRO DE 2013

ESPORTES 15

Fifa afirma que não vai tolerar atrasos Valcke lamenta tragédia no RS, diz que prazo foi estendido e lembra que sedes vão bancar custo de estrutura temporárias

O

secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, visitou ontem as obras do Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha, no Distrito Federal. Acompanhado do ministro do Esporte, Aldo Rebelo, do presidente do Comitê Organizador Local, José Maria Marin, e dos membros do Conselho de Administração do COL, os ex-jogadores Ronaldo e Bebeto, o dirigente comentou o atraso nas obras das arenas, previstas inicialmente para ser entregues no fim de 2012, e voltou a lamentar a tragédia que aconteceu em Santa Maria, no Rio Grande do Sul. “É um dia triste para o Brasil. O presidente da Fifa, Joseph Blatter, enviou uma carta à presidente Dilma Rousseff de pêsames e para expressar a sua solidariedade”, disse o dirigente. Valcke foi questionado ainda sobre o atraso nas obras dos estádios. Anteriormente, a previsão era a de que as arenas para a Copa das Confe-

derações fossem inauguradas até dezembro de 2012. No entanto, a Fifa estendeu o prazo para as cidades-sede até o fim de abril. O dirigente lamentou os problemas, mas disse que o assunto já foi solucionado. “É claro que queríamos que os prazos tivessem sido cumpridos, que era dezembro de 2012. Mas foi tomada uma decisão com todas as partes e as arenas serão entregues até meados de abril. Não é possível atrasar mais. Temos que estar com tudo pronto para os eventos-teste”, afirmou Jérôme Valcke. O dirigente rasgou elogios ao Mané Garrincha, que deve ser inaugurado em 21 de abril, no aniversário de Brasília. “Sobre o estádio, é uma bela arena. Talvez uma das mais belas que eu já vi em todas as minhas visitas”, disse o dirigente. O secretário-geral afirmou que viu defeitos nos jogos inaugurais do Castelão, em Fortaleza.

“Esses eventos servem para consertar falhas. Vimos alguns defeitos no Castelão que precisam ser corrigidos. No momento, aqui em Brasília, a pessoa mais importante é a engenheira das obras do estádio”, observou. Atualmente, o Estádio Nacional de Brasília está com 87% das obras concluídas. A arena vai receber o jogo de abertura da Copa das Confederações, no dia 15 de junho de 2013, entre Brasil e Japão. Na Copa do Mundo, o Mané Garrincha vai ser sede de um jogo da Seleção na primeira fase e outros seis confrontos, incluindo a decisão do terceiro e quarto lugares. Antes da visita ao Estádio Nacional, Valcke teve uma reunião com o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo. A Fifa e a pasta assinaram um acordo que estabelece as obrigações na área para a realização da Copa do Mundo de 2014 e da Copa das Confederações. TERRA

Foto histórica de Ary Vidal orientando Oscar durante as competições internacionais de basquete

G1

Comitiva com Ronaldo, Aldo, Agnelo, Bebeto, Valcke e Marin na obra de Brasília ontem na visita

TRAGÉDIA

GRANDE BRASILEIRO

Grêmio pede Basquete perde o técnico Ary adiamento de Vidal, herói do Pan de 1987 jogo contra LDU Histórias de técnicos que mudam o jogo no intervalo se espalham por todos os esportes, mas, trocando a ordem das palavras, técnicos que mudam a história do esporte no intervalo são raros. Quando a seleção brasileira de basquete foi para o vestiário na metade da decisão dos Jogos Pan-Americanos de Indianápolis, em 1987, carregava o peso de uma derrota por 14 pontos. As palavras do treinador Ary Vidal a portas fechadas para seus comandados, ainda que tenham sido apenas “voltem lá e joguem”, mudaram a trajetória da bola laranja no Brasil. Oscar, Marcel & Cia voltaram, jogaram, reagiram e arrancaram

uma medalha de ouro memorável no quintal dos americanos. Não foi o maior feito do basquete verde-amarelo, mas foi o mais emblemático. Lembrado até hoje pelos torcedores, 25 anos depois, o triunfo ganhou uma nota triste nesta segunda-feira. Aos 77 anos, Vidal morreu no Rio de Janeiro e transformou em memória mais de meio século de dedicação à modalidade que amava. O enterro será hoje no Cemitério do Caju, na zona norte do Rio de Janeiro. O ouro no Pan de 1987 é a imagem mais marcante da carreira de Ary Vidal, mas outros grandes momentos se enfileiraram desde 1959, quando iniciou.

TERRA

MILHÕES

Galatasaray surpreende a todos e anuncia contratação de Drogba O Galatasaray voltou a surpreender o mundo da bola e anunciou ontem a contratação do marfinense Didier Drogba. Cobiçado por gigantes da Europa como Milan e Juventus, o centroavante terminou o seu contrato milionário com o Shanghai Shenhua, da China, e assinou com o clube turco por um ano e meio. Especula-se que a transação tenha rondado os € 7 milhões (R$ 19,1 milhões). O anúncio foi feito na

própria TV do Galatasaray. O presidente Unal Aysal comunicou a conclusão das negociações empolgado com a possibilidade de tê-lo ao lado do holandês Wesley Sneijder, ex-Inter de Milão e recém-contratado pelo time do brasileiro Felipe Melo. “Grandes clubes podem alcançar alvos mais elevados com maior meta. Drogba disse que estava muito feliz de jogar por um grande clube como Galatasaray no futuro. Ele se reuniu

com o nosso técnico (Fatih Terim) e decidiu vir para o Galatasaray”, afirmou o mandatário. Na última terça-feira, dia 22, o meia Sneijder foi apresentado oficialmente pelo Galatasaray. Contratado junto ao Inter de Milão por € 7,5 milhões (R$ 20 milhões) ele foi, obviamente, muito festejado pelos torcedores em sua chegada. Ao assinar contrato até junho de 2016, afirmou ainda que a proposta do clube turco foi a melhor que recebeu.

Drogba, ex-Shanghai, agora é novo reforço do Galatasaray TERRA

REFORÇO

Inter de Milão confirma ida de dirigente ao Brasil por Paulinho O Inter de Milão investirá forte por Paulinho. Prova disso é a viagem do diretor Marco Branca ao Brasil para negociar diretamente com o Corinthians. Quem confirmou a informação foi o próprio presidente nerazzurro, Massimo Moratti. - Branca está agora no Brasil e veremos como essa missão seguirá e se há condições de contratá-lo. Ainda é cedo no Brasil e vai levar tempo para ter novidades disse o mandatário por volta da hora do almoço desta

segunda-feira. Depois, Moratti deu a entender que a transferência é possível de ser completada. - Negócios são realizados se as condições estão lá para ser concluídas. Como as coisas estão, pelo que eu sei, a compra de Paulinho pode ser possível. Mas se essas condições mudarem, então não. Dinheiro, ao que parece, já não será um grande obstáculo. O clube italiano pretende utilizar boa parte do montante das vendas de Wesley Sneijder ao Galata-

saray e Philippe Coutinho, praticamente confirmado no Liverpool. O holandês custou € 7,5 milhões (R$ 20 milhões), enquanto o brasileiro deverá ser negociado por € 12 milhões (R$ 32,7 milhões). O presidente, porém, diz que não aceitou a proposta pelo ex-jogador do Vasco por dinheiro. - Vender Coutinho foi por uma razão, e não com a ideia de converter em dinheiro, mas temos uma necessidade maior em diferentes áreas”, disse.

Paulinho é alvo declarado do Internazionale de Milão para 2013

O presidente do Grêmio, Fábio Koff, pediu para Conmebol o adiamento do jogo de volta contra LDU marcada para amanhã. Segundo Koff, não há clima para a partida após a tragédia que resultou na morte de mais de 200 pessoas em Santa Maria, na madrugada de domingo. “É muito difícil que os torcedores, principalmente aqueles que conhecem e têm parentes entre as vítimas, venham ao estádio torcer ou ter momentos de descontração. Esse é um momento de luto e dor e precisamos respeitar isso”, destacou o presidente. O mandatário e o diretor executivo de futebol Rui Costa mantiveram contato com diretores da Conmebol, detentores dos direitos de transmissão e patrocinadores da Libertadores. Com o adiamento, além de respeitar o luto pela tragédia ocorrida, o Grêmio ainda ganharia tempo para evolução do gramado da Arena, que ainda apresenta muitas falhas e preocupa o clube. Ontem as bilheterias da Arena foram abertas. Houve um pequeno tumulto pois torcedores chegaram desde a madrugada para ficar nas filas em busca de ingressos para o jogo, mas como houve um incêndio nas cercanias do estádio durante a noite de domingo o abastecimento de energia elétrica esteve suspenso. A situação foi normalizada no início da tarde. As vendas seguem pela internet e também nas bilheterias na Arena. Em caso de adiamento, as entradas seguirão valendo, só com data remanejada. O Grêmio perdeu o jogo de ida para LDU em Quito por 1 a 0. Para seguir na Libertadores, precisa vencer por dois ou mais gols de diferença. Quem passar entra no grupo 8 da competição ao lado de Fluminense, Caracas, da Venezuela, e Huachipato, do Chile. A tragédia de Santa Maria aconteceu na boate Kiss. Após o show pirotécnico da banda Gurizada Fandangueira, uma faísca gerou incêndio na casa noturna. Dois músicos e um dos donos da boate foram presos preventivamente. No domingo, os jogos do Estadual foram cancelados e serão disputados após o Carnaval.


16

ESPORTES

MACEIÓ - TERÇA-FEIRA, 29 DE JANEIRO DE 2013

Esportes

TRIBUNAINDEPENDENTE

Mesmo com sequência negativa, direção do Murici confirma permanência de Bilu Mesmo com os resultados negativos nas últimas rodadas do Campeonato Alagoano, Bilu continua no comando técnico do Murici. O time, que não vence há quatro partidas, é o penúltimo colocado na tabela de classificação, com quatro pontos. Considerado um elenco de peso, o alviverde ainda não deslanchou no Estadual. Em cinco rodadas, a equipe da Zona da Mata tem uma vitória, um empate e três derrotas. O Murici deve anunciar a contratação de mais dois reforços. Os nomes são mantidos em sigilo. Na próxima rodada, amanhã (30), às 16h, o time enfrenta o CEO, líder do campeonato, no Estádio José Gomes da Costa, em Murici.

CEO se mantém na liderança isolada Final de semana é marcado por goleadas e tabela de classificação fica ‘embolada’ após cinco rodadas do Alagoano 2013

O

CEO é o destaque. O clube de Olho D’Água das Flores lidera o Campeonato Alagoano de forma absoluta, com 12 pontos e quatro vitórias seguidas. Mas os grandes destaques da rodada deste final de semana foram as goleadas. Corinthians-AL e CSA marcaram juntos dez gols e contribuíram para elevar a média da competição. Só neste fim de semana, as redes balançaram 15 vezes no Alagoano, média de 3,75. Um dos destaques foi o atacante Everaldo, que marcou dois gols na goleada do azulão - a maior do campeonato - sobre

o Sport Atalaia, por 6 a 0, no Estádio Rei Pelé. A boa vitória fez o time do Mutange chegar aos dez pontos e assumir o segundo posto na tabela, dois pontos atrás do líder CEO. O Corinthians acionou a máquina de fazer gols e marcou oito vezes em apenas duas rodadas. Com Eduardo Neto no comando do time, o Tricolor conquistou duas vitórias e já ocupa a terceira colocação no campeonato, agora com nove pontos. O CEO foi econômico nos gols, mas manteve o excelente aproveitamento. O time do Sertão venceu o Comercial por 1 a 0, em casa, e soma

agora 12 pontos na tabela. A meta do técnico Jaelson Marcelino é conquistar a primeira colocação para garantir a vaga na Copa do Brasil. “Com os pés no chão, vamos trabalhando e conquistando os pontos na competição. Temos de manter o ritmo para seguir na liderança”, disse. ZONA DE PERIGO Na disputa entre os lanternas, o CSE levou a melhor sobre o Murici e, de virada, conquistou sua primeira vitória no Estadual neste sábado (26), por 2 a 1. Novo treinador da equipe, Elenilson Santos já assistiu ao jogo nas arquibancadas do Estádio Juca Sampaio, em Palmeira. O Tri-

ASCOM CSA

color e o Alviverde continuam ocupando as duas últimas colocações, com quatro pontos conquistados. PRÓXIMA RODADA A 6ª rodada vai ser toda disputada nesta quarta-feira. O CSA visita o União, no Estádio Orlando Gomes, o Corinthians-AL duela com o Sport em Atalaia, e o CSE encara o Comercial na cidade de Viçosa. Todas essas partidas começam às 15h15. Às 16h, o líder CEO enfrenta o Murici, no Estádio José Gomes da Costa. RESULTADOS CSE 2x1 Murici CEO 1x0 Comercial CSA 6x0 Sport Corinthians 4x1 União

JOGO DA VOLTA

CRB terá novidades contra o Campinense Time descansou pouco e tenta devolver o placar sofrido na casa do adversário A delegação do CRB chegou ontem (28) em Maceió, por volta das 4h, após a partida deste domingo (27) contra o Campinense, no interior paraibano. Como perdeu por 1 x 0, o galo caiu para o 3o lugar do grupo D com três pontos, e está a três do vice-líder Santa Cruz e quatro do próprio Campinense. E é novamente contra a raposa que o galo vai ter

uma partida decisiva amanhã, às 19h15, no Estádio Rei Pelé, pela 4ª rodada da Copa do Nordeste, a primeira dos jogos do returno. Se vencer, o time regatiano continua na briga pela classificação. Se não vencer, pode ficar a seis pontos da vaga na próxima fase, ou seja, se complicando e praticamente sendo eliminado. O técnico Heriberto da

Cunha só vai ter dois dias para preparar o grupo. Ontem, os atletas que viajaram para Campina Grande receberam folga durante a manhã e a tarde fizeram um trabalho regenerativo. Contra o Campinense, a equipe tem uma boa notícia. Após cumprir três jogos de suspensão, por conta de um gancho em competições nacionais no ano passado, o meia Marcos Antônio volta

a ser opção. Outra boa notícia pode ser no ataque. Schwenck está prestes a ser regularizado. Hoje, Heriberto faz o coletivo apronto. Os bilhetes começaram a ser vendidos nos tradicionais pontos sendo o principal na loja do clube, na Pajuçara. Os valores são os mesmos: R$ 10, arquibancada baixa; R$ 15, alta, e R$ 30, cadeira especial. ASCOM CRB

CSA não tomou conhecimento do Sport e aplicou uma goleada

TRICOLORIDO

Pela reabilitação, CSE traz pacote com muitos reforços

Elenco do CRB treina hoje para encarar outra vez o Campinense pela Copa do Nordeste; no primeiro jogo na Paraíba, o galo perdeu de 1x0

Reformulação é a palavra-chave no CSE. Após conseguir a sua primeira vitória no Campeonato Alagoano, quando venceu o Murici por 2 a 1, o tricolor continua reformulando o seu elenco. O presidente Antônio Oliveira confirmou a contratação de mais quatro reforços. O meio-campista Alisson, que estava no futebol sergipano, o meia-atacante Thiago Neiva, que vem do futebol baiano, além do zagueiro Jessé e o atacante Alex Lima, que pertencem ao Corinthians-AL. Segundo o mandatário tricolor, os reforços devem se apresentar em Palmeira dos Índios hoje Alisson, Thiago Neiva e Jessé já estão acertados e chegam hoje. O Alex Lima também está para chegar, mas

falta acertar a parte financeira. Como prometido na semana passada, o presidente afirmou que o mesmo número de reforços contratados seria o de jogadores dispensados do elenco atual. “Marcio Duarte, Dunga e Cleiton já não fazem mais parte do plantel. Na noite desta segunda-feira (28) houve uma reunião entre diretoria e comissão técnica. Já temos alguns nomes para completar as dispensas, mas precisamos do aval do treinador (Elenilson Santos)”, explicou Antônio Oliveira. Queiroz, Robélio e Danilo Pires foram os outros reforços contratados pelo CSE. Danilo, inclusive, estreou no jogo contra o Murici com uma assistênci. REPRODUÇÃO FACEBOOK

GRANA EXTRA

ASA próximo de acertar com a Caixa Dirigentes alvinegros vão a Brasilia-DF para negociar o patrocínio do banco Hoje, dirigentes do ASA e a prefeitura de Arapiraca viajam para Brasília, no intuito de fechar uma parceria com a Caixa Econômica Federal, que poderá estampar sua marca na camisa do clube. Embarcam para a capital federal o presidente Jotinha Alexandre, o diretor de futebol José dos Santos Oliveira, a prefeita de Ara-

piraca Célia Rocha e o vice-prefeito Yale Fernandes, além do advogado do ASA. “Existe essa especulação, mas não há nada definido. Para fechar uma parceria com a Caixa é preciso não dever nada a ninguém”, comentou Oliveira. Ainda segundo ele, o clube tem uma pendência com o FGTS (Fundo de Garantia

do Tempo de Serviço) e a diretoria está trabalhando neste sentido para quitar essa única dívida do ASA. EM CAMPO Amanhã (30), o time tem um jogo de vida ou morte na Copa do Nordeste. Se perder, o ASA está eliminado da competição. Para ASA x Vitória, às 21h15, o torcedor poderá comprar seu

bilhete a partir das 9h do dia do jogo, nas bilheterias do Estádio Municipal. Os valores serão R$ 10 para arquibancada baixa e R$ 20 para a alta, com estudantes e idosos pagando a metade do preço. O técnico Leandro Campo poderá ter o desfalque do atacante Rodrigo Dantas que sentiu uma lesão.

Torcedores do ASA já publicaram possíveis modelos da nova camisa


TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - TERÇA-FEIRA, 29 DE JANEIRO DE 2013 DIVERSÃO&ARTE

The Cure anuncia shows em São Paulo e no Rio, em abril

Michelle Williams descarta reunião do Destiny’s Child

A icônica banda The Cure fará dois shows no Brasil em abril. No dia 4, o grupo toca na HSBC Arena, no Rio de Janeiro, e depois vem a São Paulo, onde se apresenta no Estádio do Morumbi (zona sul de São Paulo) no dia 6/4. Os ingressos começam a ser vendidos em 18 de fevereiro no site Live Pass --os valores ainda não foram divulgados. Responsável por hits como “Boys Don’t Cry” e “Friday I’m In Love”, The Cure é formado por Robert Smith (voz e guitarra), Jason Cooper (bateria), Roger ´O Donnell (teclados), Simon Gallup (baixo) e Reeves Gabrels (guitarra).

Apesar dos fortes rumores indicando que Beyoncé faria uma reunião do Destiny’s Child em sua apresentação no Super Bowl, sua colega de grupo Michelle Williams negou que estaria participando do evento. Em entrevista a uma rádio americana, Michelle foi enfática: “Não está confirmado. Foram rumores. Eu vou estar no musical ‘Fela!’ nesse dia”. Os boatos sobre uma reunião das Destiny’s Child começaram quando o grupo anunciou a coletânea “Love Songs”.

O AMOR EM TEMPOS DE DITADURA Candidato argentino ao Oscar não escapa dos problemas do ‘filme de ditadura com criança’, mas tem delicadeza, verdade e uma bonita história de amizade

A

rgentina, 1979. Juan é um menino de 12 anos, filho de revolucionários do movimento Montoneros, que enfim deixa o exílio no Brasil e retorna a seu país natal, oprimido pela ditadura. Em seu novo lar, poderá conviver novamente com seus pais e seu grande amigo, o tio Beto. Para tanto, no entanto, Juan terá de adotar um novo nome: Ernesto, nome de batismo de seu ídolo, Che Guevara. A história acima, baseada em fatos reais, é a sinopse do filme Infância Clandestina (Infancia Clandestina, 2011). Como pode-se perceber, uma história sobre o amor. Sim, amor. Amor por seu país. Amor por seus pais. Amor exala da forte amizade entre o pequeno Juan e o tio Ernesto. Consciente ou não, pouco importa: a verdade é que um menino

Como Ernesto, faz novos amigos e conhece Maria. O filme, então, torna-se uma sensível história sobre o primeiro amor. Curiosamente, a pureza, pueril, antes percebida cede lugar a uma responsabilidade adulta, dolorida, na condução desse sentimento. É a ditadura a fazer o que poderia haver de mais terrível: macular a infância, ainda que clandestina, de Juan/Ernesto. É curioso notar o tratamento que o cineasta Benjamin Ávila dispensa às outras atrocidades cometidas pelo governo ditatorial argentino. Ao invés de mostrá-las cruamente, o que poderia causar um choque excessivo, ou escondê-las, permitindo que o espectador imaginasse o que os militares causariam às suas vítimas, o diretor e roteirista opta

opção acentua a gravidade das situações mais tensas e permite que Ávila explicite um cotidiano violento sem ter de abrir mão da sutileza na condução de sua narrativa. Assim, apesar de tecnicamente impecável em vários aspectos, Infância Clandestina demonstra força pela condução segura do diretor, o que é uma grande surpresa. Afinal, Benjamín Ávila é um estreante em longas-metragens a contar um relato pessoal bastante delicado, o que poderia redundar numa obra afetada. Então, ainda que tenha uma postura política de esquerda bem definida, a pessoa Ávila despeja sua carga emotiva nas relações familiares que estabelece, sendo privilegiado pelas grandes atuações de Ernesto Alterio e, principalmente, Natália Oreiro, eleva-

por militares durante a ditadura e desaparecida desde então. O resultado é magnífico. Influenciado por obras como Quando Papai Saiu em Viagem de Negócios (Otac na sluzbenom putu, 1985), Minha Vida de Cachorro (Mitt liv som hund, 1985) ou até mesmo o recente O Ano Em Que Meus Pais Saíram de Férias (idem, 2006), Benjamin Ávila escala o estreante Teo Gutiérrez Romero como protagonista e torna, a exemplo de Kusturica, Halström e Hambúrguer, a inocência do olhar infantil diante de barbáries ainda mais vulnerável. Assim constroi-se uma trama dotada de extremo apuro e comovente singeleza, que nasce de uma pretendida homenagem do diretor à sua mãe e transforma-se num importante relato sobre a ditadura. Mais do

1


2

TRIBUNAINDEPENDENTE

DIVERSÃO&ARTE MACEIÓ - TERÇA-FEIRA, 29 DE JANEIRO DE 2012

Jaraguá Folia No dia 1º de fevereiro tem Jaraguá Folia. A festa, que conta com a participação de mais de 80 blocos, começa às 20h e só termina às 2h, na madrugada do dia seguinte. Em sua programação, o início dos desfiles se dá na Rua Sá e Albuquerque (no sentido Praça Marcílio Dias/Praça Dois Leões), às 20h, mas, às 18h, o evento tem abertura com o cortejo do Bloco Filhinhos da Mamãe, que parte do pátio da Igreja N. S. Mãe do Povo com destino ao Museu Theo Brandão, onde os foliões fazem a festa.

Pinto da Madrugada No dia 2, a partir das 7h, o bloco Pinto da Madrugada agita a orla de Maceió. A previsão é a de que este ano 200 mil pessoas compareçam a maior prévia carnavalesca de Alagoas.

Boteco da Lua Kfofo, em Jaraguá Com atrações de frevo e marchinha às quintas-feiras, o Boteco da Lua apresenta, na quinta-feira, às 21h, “O melhor dos Carnavais de Olinda e Salvador”. Com couvert de R$ 5, a banda do estabelecimento agita os foliões com músicas e frevos de Dodô, Osmar, Armandinho, Alceu Valença e Moraes Moreira. O Boteco da Lua fica na Praça da Faculdade, no bairro do Prado, em Maceió.

A Pixel Produções realiza no dia 2 de fevereiro, no Kfofo, em Jaraguá, a sua prévia carnavalesca CarnaPixel. Este ano, a balada começa às 16h e vai até às 2h, totalizando dez horas de muita alegria em uma dobradinha que reúne as consagradas Vish e Vapor em uma única festa. A prévia será dividida em dois blocos: a brasilidade e o tropicalismo da Vapor com David Andrade e Kaká Marinho, dividindo o palco com os convidados Hipster Alagoano, Gilbef e Lyndys; e o pop e o trash da Vish, com Marcsheep, João Paes e Deri Andrade, junto aos residentes David Andrade e Kaká Marinho. Os ingressos estão à venda a R$ 20 no estande Viva Alagoas (Maceió Shopping) e no Eventick (http://eventick.com.br/carnapixel).

Prévias do Sesc

No dia 1º de fevereiro, a unidade do Sesc em Maceió coloca dois blocos nas ruas da capital alagoana para agitar os foliões. Às 15h, com concentração no calçadão da Rua do Comércio, é a vez do Bloco Já Fui Bom Nisso e Ainda Sou. Já às 19h, o Bloco do Comerciário ganha as ruas de Maceió com muito frevo. A concentração é no Sesc-Poço. As camisas podem ser adquiridas por meio da troca de dois litros de leite Longa Vida. Para mais informações, o contato é o 0800 284 2440.

Baile de Carnaval da Terceira Idade No dia 7, às 14h, quem comanda a animação é o Baile de Carnaval da Terceira Idade. Com concursos de Rei e Rainha do Carnaval e Melhor Fantasia, ao som da banda Painel do Tempo, a Unidade do Sesc em Arapiraca pretende transportar os foliões para o universo das marchinhas que marcaram época. Para participar, basta contribuir com R$ 2, para quem tem carteira do Sesc, e R$ 3, para quem não tem carteira. Mais informações podem ser adquiridas pelo telefone 3482-2400.

Filhos do Moleque No dia 8, um dia antes do sábado de Carnaval, o bloco Filhos do Moleque anima a folia na Praça Moleque Namorador, no bairro de Ponta Grossa

As Pecinhas de Maceió No dia 2, das 12h às 18h, o bloco As Pecinhas de Maceió comemora 30 anos de desfile com Parangolé, Conversa Fiada e Cannibal. As entradas estão à venda na loja Maxhu’s, no Maceió Shopping, ao preço de R$ 80. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 9981-4018 ou pelo e-mail aspecinhasdemaceio@ig.com.br. FALE CONOSCO - A Agenda é um serviço gratuito de orientação ao leitor. Os interessados em divulgar eventos, shows e exposições podem enviar material através do endereço: tiagenda@hotmail.com

RESUMO DE NOVELAS GLOBO 18h LADO A LADO

Berenice tira Caniço da casa de Catarina. Etelvina considera Túlio um bom companheiro para Jurema. Jurema agradece a padre Olegário por tê-la ajudado a sair da cadeia. Elias beija Isabel, que se emociona. Guerra fica noivo de Celinha, deixando claro para Constância que isso não o faz ser um membro da família Assunção. Laura avisa a Isabel que Albertinho concordou em encontrá-la no teatro. Zenaide depõe contra Isabel, seguindo as orientações de Constância. Laura e Edgar se encontram.

GLOBO 19h GUERRA DOS SEXOS

Charlô gosta de ver Otávio com ciúmes por causa de Zenon. Nieta se desespera com a saída de Dino de sua casa. Nando insiste que Juliana explique por que foi procurá-lo. Roberta se irrita com Kiko e afirma que ele será responsabilizado pelos prejuízos que causou. Natália tenta consolar Felipe. Roberta fica perplexa ao descobrir que o sequestro de Nando foi planejado por Analú. Nando não deixa Juliana ir embora. Kiko beija Analú. Otávio se irrita com a afirmação de Vânia de que ele está com ciúmes de Charlô. Charlô flagra Nando e Juliana juntos.

GLOBO 21h SALVE JORGE

Wanda é presa, e Lívia sugere que ela convoque Stênio para defendê-la. Helô fala para Lucimar que Morena está envolvida com drogas. Helô discute com Stênio por causa de Wanda. Helô pede para fazer um reconhecimento com Wanda. Farid critica Mustafá por ter saído de casa depois de descobrir a mentira de Berna. Morena pede para conversar com Helô. Élcio insiste que Érica não vá embora. Márcia ouve Theo discutindo com Morena. Antônia visita Wanda. Berna e Delzuite chegam à delegacia para fazer o reconhecimento.

RECORDE 21h BALACOBACO

Norberto implora por sua vida e diz a Paulo que pode torná-lo rico, dando-lhe a Aventura Radical. Mirela inventa que quer conversar com Eduardo e Celina estranha o comportamento da amiga e de Vicente. Celina diz para Mirela que ficou balançada ao ver Vicente e a arquiteta pede que a amiga pare de falar. Mauro conta para Eduardo que o dono da Aventura Radical é também o dono da lancha que matou Teresa e Nestor. Isabel vai ao hospital ver Magno, mas é expulsa quando a enfermeira descobre que ela é esposa de Norberto.


TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - TERÇA-FEIRA, 29 DE JANEIRO DE 2013 DIVERSÃO&ARTE

3

GLOBO

FLÁVIO RICCO - colaboração: José Caralos Nery - www.twetter.com/flavioricco

Engana trouxa

Achei legal

TV TUDO

E

missoras de televisão, como Globo e Bandeirantes na aberta, e todo torcedor de futebol, de maneira geral, estão sendo tremendamente enganados com a realização dos campeonatos regionais. Há, e não é de hoje, um completo desinteresse das próprias equipes na competição, algumas delas jogando com times reservas, deixando as suas principais peças para disputas mais importantes. Nada pode resistir à tamanha indiferença. A qualidade dos jogos está bem abaixo da média e os baixos índices que essas emissoras vêm registrando é apenas uma consequência desse pouco caso. Está na hora de rever o formato dessas competições, porque a continuar desse jeito o prejuízo será ainda maior. Na parte que nos toca, entende-se que este é o momento das emissoras de TV – que pagam alto por algo de tão baixo valor – tomarem uma posição enérgica a respeito de tudo. Ou as federações responsáveis e os próprios clubes envolvidos, que recebem alto por isso, passam a promover algo que valha e possa atender o desejo de todos ou é melhor não fazer coisa nenhuma. O que está aí não passa de um grande engana trouxa.

Na escalação de “Chiquititas”, louve-se a atitude do SBT ao se lembrar de nomes como Liza Vieira, Sandra Pêra, Giovanna Gold e Virgínia Nowick. Todos, me refiro aos nomes, há muito tempo esquecidos pelas outras emissoras.

Tragédia no RS A RBS, afiliada da Globo no Rio Grande do Sul, foi a primeira emissora a chegar no local da tragédia em Santa Maria, ainda na madrugada do domingo (28). Também é a única emissora que mantém uma base na cidade. Por isso mesmo, teve as suas imagens repercutidas por vários canais do mundo inteiro, inclusive a CNN, que, no Brasil, mantém acordos de exclusividade com Record e BandNews TV.

Mobilização Foi comovente a mobilização de quase toda a imprensa, na cobertura dos tristes acontecimentos de Santa Maria, tanto os que estavam mais ou menos preparados para isso. O choque provocado pela tragédia fez com que a maioria encontrasse meios de superar as mais diversas dificuldades, especialmente de ordem operacional e, principalmente, emocional.

Coisa de vagabundo A única nota destoante de tudo é a condenável ação dos desocupados. Gente desprovida de qualquer caráter ou sentimento, que mesmo num momento como este resolve inventar ou brincar com coisas na Internet. Foram criados perfis falsos de advogados e dos donos da boate Kiss. Alguns, lamentavelmente, não tiveram o cuidado de checar e embarcaram nessa furada.

Pessoal de fora A exemplo de tantos outros jornalistas brasileiros, representantes das emissoras estrangeiras, com base aqui no Brasil, também souberam se locomover rapidamente para atender a necessidade da informação. Foram os casos de Shasta Darlington, da CNN, e Teresa Bo, da Al Jazeera. As duas, no meio da tarde de domingo, já estavam em Santa Maria.

Como se explica?

Está nas mãos de Mário Meirelles, diretor do “TV Xuxa”, o roteiro de um filme infantil, escrito pela atriz Mônica Carvalho junto com Tiago Santiago. Monica, que recusou convites para TV porque tem planos de aumentar a família, irá participar da “Paixão de Cristo”, como Maria, em Pernambuco, em março

‘Chiquititas’ 1 O SBT já tem definido o elenco de “Chiquititas”, substituta de “Carrossel”, com gravações em fevereiro. Guilherme Boury e Manoela do Monte serão os protagonistas. No mais, Amanda Acosta, Julia Oliiver, Cintia Cruz, Lívia Inhudes, Rayssa Chaddad, Bianca Paiva, Gabriella Saraivah, Giulia Garcia, Ernando Tiago, Carolina Chamberlain, Donato Veríssimo, Sophia Valverde, João Gabriel, Gabriel Santana, Anna Livya Padilha, Thiago Wittner, Guilherme Vieira, Filipe Cavalcanti, Sandra Pêra, João Acaiabe, Virginia Nowick, Giovanna Gold, Liza Vieira, Lisandra Parede, Julia Gomes, Lorena Ticci, Amanda Furtado, Emilio Eric, Pedro Henrique, Naoki Takeda, Letícia Navas, Daniel Andrade, Roberto Frota, Naiumi Goldoni e Pedro Lemos.

‘Chiquititas’ 2 Também estão garantidas em “Chiquititas” as participações de Larissa Manoela, Jean Paulo Campos, e Lívia Andrade, os três de “Carrossel”, depois de um estratégico descanso de imagem. A estreia da novela deverá acontecer entre junho e julho.

www.coquetel.com.br

© Revistas COQUETEL 2013

Prêmio de “Central do Brasil” (1998)

Estrutura Cômodo do circo para vinhos Tipo de energia como a eólica

Despesas feitas em processo judicial

Dar um (?): passear Dinastia inglesa

Ciclo comemorado no réveillon

A

N O Lei (?): proíbe dirigir embriagado

“Entrar”, em “introduzir” Pinguim e ema A terça parte de um signo zodiacal Ingrediente da paelha (pl.)

Que se exercitam pouco 30 dias Molécula com dados genéticos

Principal, em inglês Vulcão ativo mais alto da Europa

(?) bem: causar boa impressão

Colocara na balança Apelido de “Antônio”

4/main. 5/tudor. 8/decanato. 9/calamares. 10/urso de ouro.

BANCO

Então; portanto

Setor hospitalar (?) Pitt, ator (Cin.)

O filho submisso às ordens dos pais

Aditivo alimentar que acentua o sabor

35

Solução

U R

RA

D E N T ES

O

© 2013 Classic Media, LLC.

R N A

I O S

pegando fogo nas bancas!

A R O M A T I Z A N T E

os tempos!

S O A R

de todos

A P O DE O G I T A S U B D I E O M R O P E T ES C A N A M A

mais encapetado

S U S T E N T A V E L

do diabinho

A U R Q C U I O B A I N C A D C A

A volta

Bate-rebate ·Sem surpresas, a Globo, uma vez mais, irá mostrar o “BBB – Especial de Carnaval”, ao vivo. ·O registro do programa já consta no Ministério da Justiça. · jornalista Ana Luiza Guimarães assumirá o comando do “RJTV 2ª edição” em julho, próximo. ·Márcio Gomes, o atual apresentador, será deslocado para o Japão, no lugar do Roberto Kovalick. ·Ana Luiza é âncora do “Bom Dia Rio”, mas trabalha temporariamente no “Bom Dia Brasil”, no posto da Renata Vasconcellos. ·Que, por sua vez, como todo mundo sabe, está cobrindo as férias da Patrícia Poeta. ·Geraldo Luiz, ontem (28), na Record, disse que não iria mostrar as fotos, em seu poder, da tragédia em Santa Maria. ·Ninguém esperava outra coisa. Mas se não tinha intenção de mostrar, por que dizer que tinha? ·Nathalia Timberg, um dos grandes nomes da televisão e do teatro, também estará na próxima novela das 9, escrita por Walcyr Carrasco.

C’est fini Nem vou revelar nomes, emissora e marca, mas como definir uma coisa dessas? Ontem (28), foi veiculado comercial, em meio a um incêndio, em que o cidadão depois de convencido a se jogar, cai numa marca de colchão e dorme. Tem cabimento numa hora dessas? Então é isso. Mas amanhã tem mais. Tchau!

Roberto Pirillo não teve seu contrato renovado pela Record, depois de vários trabalhos na emissora. Mas, pelo menos no caso em questão, não teve desvio. Rapidamente foi acertada a sua participação em “Pé na Cova”, do Miguel Falabella, na Globo.

PALAVRAS CRUZADAS DIRETAS

A Record irá promover, na noite desta quarta-feira (30), a final da silenciosa “Fazenda de Verão”, com três finalistas e a presença de todos os participantes eliminados. Igual à outra, mas sem atração musical. Resta saber por quê. Se por economia ou porque a produção decidiu que deve ser assim.

HORÓSCOPO ÁRIES - (21/3 a 19/4) –Fase produtiva, envolvente e animada pra você! Energia não faltará. Namorar e se divertir são chamarizes poderosos. Equilibre as demandas sociais com isto. Impaciente com filhos? Controle-se e seja justo com eles. Carta do Dia: 5 de Paus, que significa Fracasso TOURO – (20/4 a 20/5) – Mais demandas vem vindo por ai. Provocação é como você encara a ordem de um superior?O chefe anda exigente, enquanto você só precisa de paz e acolhida em casa. Alternância de estado de humor torna tudo meio tenso. Carta do Dia: 2 de Ouros, que significa Dificuldade/ Indolência GÊMEOS – (21/5 a 21/6) – Você começa a fase super receptivo e a fim de se entender bem com seu meio, o que estimula aprendizado e troca de informações importantes. Estudos e desenvolvimento de habilidades em alta. Livre-se de fanáticos! Carta do Dia: Rei de Copas, que significa Poder de Concretização, Respeito CÂNCER – (22/6 a 22/7) – Lua e Marte formam um ângulo perigoso para as suas finanças hoje. Portanto evite negociar salários, quanto irá cobrar por um serviço ou produto. Também não é bom dia para compras. Sua autoconfiança não está das melhores. Carta do Dia: O Enforcado, que significa Sacrifício LEÃO – (23/7 a 22/8) – Clima astral bom pra você investir em si mesmo, praticando esportes, cuidando do corpo e da mente. Vale se distanciar das pessoas. Senão, acabará irritado ou irritará alguém. Você precisa de afeto e não de teorias rígidas hoje. Carta do Dia: 4 de Ouros, que significa Projetos VIRGEM – (23/8 a 22/9) – Desconforto, mau humor, mania de perseguição? Pode ser. Reserve o dia para atividades criativas e prefira o isolamento às agitações sociais. Você se sentirá melhor e fará menos estragos. Combata a irritabilidade. Carta do Dia: 3 de Espadas, que significa Amizade, Equilíbrio LIBRA – (23/9 a 22/10) – Sem

duvida uma ótima fase para você se envolver com novos projetos criativos, sejam eles profissionais ou não. Hoje porem é importante não marcar reuniões com amigos envolvidos nestes projetos. No amor, seja paciente. Carta do Dia: Rainha de Paus, que significa Poder Material, Amorosa ou Fria ESCORPIÃO – (23/10 a 21/11) – Com Marte em Aquário você está envolvido com assuntos íntimos, com sua casa e parentes. Mas a fase começa pedindo um olhar mais atento ao que se passa na vida profissional e com sua reputação. Suscetibilidade. Carta do Dia: 8 de Paus, que significa Rapidez SAGITÁRIO – (22/11 a 21/12) – Período de Lua cheia sempre traz brigas e confrontos, mas hoje a agressividade está maior por ai. Você por exemplo: se insistir em bancar o dono da verdade, pode apostar em conflitos. Mas serão inúteis, somente destrutivos. Carta do Dia: Valete de Ouros, que significa Reflexão, Novidades CAPRICÓRNIO – (22/12 a 19/1) – Finanças acendem alerta vermelho hoje; gastar impulsivamente será um perigo apenas pra você, que terá de lidar com uma enorme dívida mais tarde. Seja menos rígido ao lidar com as pessoas pra não falar no deserto. Carta do Dia: O Mundo, que significa Fertilidade AQUÁRIO – (20/1 a 18/2) – Sol e Urano em bom aspecto trazem originalidade e inovação. Oportunidade de surpreender. Manifestações de egoísmo e e atitudes do tipo ‘primeiro eu’ resultarão em magoas do parceiro, do sócio ou de um cliente. Carta do Dia: Valete de Espadas, que significa Vigilante e Atento PEIXES – (19/2 a 20/3) -Ótima fase bem pra você, há sinais de uma bem vinda independência financeira a caminho. Você pode acertar um novo trabalho, ou ter noticias sobre uma nova fonte de renda, um trabalho. Mau humor deve ser controlado. Carta do Dia: A Força, que significa Força, Domínio

Tom Jobim será homenageado no o 24 Prêmio da Música Brasileira

T

om Jobim será o homenageado da 24ª edição do Prêmio da Música Brasileira. O evento – que ainda não tem data definida – acontecerá em junho, no Theatro Municipal no Rio de Janeiro. A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa da premiação.

Na edição do ano passado, João Bosco foi o grande homenageado da noite. O cantor e compositor teve sua trajetória contada por meio de imagens de arquivo. Na ocasião, o ator José Wilker leu um texto de Aldir Blanc sobre o amigo, que completou 40 anos de carreira ano passado.


4

DIVERSÃO&ARTE

TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - TERÇA-FEIRA, 29 DE JANEIRO DE 2013

“Tudo o que um sonho precisa para ser realizado é alguém que acredite que ele possa ser realizado” FOTOS BY CHICO BRANDÃO

Todas as correspondências, como convites para esta coluna, e para Elenilson Gomes, deverão ser enviadas para Av. Sandoval Arroxelas, 840, Edf. Calliate Ap. 204 PV. CEP 57035-230

Enfocamos a bela empresária Carol Azevedo, feliz da vida com o sucesso que a clínica de estética Oligoflora vem fazendo em nossa sociedade

O sucesso é uma realidade na vida de Flavia Soares, que começa 2013 com uma agenda repleta - e seu Buffet dispensa comentários. Parabéns, amiga!

É possível passar o Verão fresquinha e com estilo; veja dez dicas

O

Verão é a estação mais esperada por muita gente, afinal são três meses de muito sol, calor, praia, cerveja gelada e corpos à mostra. Porém, para quem curte moda, também é a época do ano mais difícil de escolher o que vestir. As temperaturas altas pedem roupas mais fresquinhas, com pernas de fora e sapatos abertos, eliminando qualquer look com muitas camadas de tecido ou que cubra demais o corpo, o que pode limitar muitas opções. Com alguns pequenos truques, é possível passar o Verão com roupas elegantes, sem pingar de suor. Veja abaixo dez dicas de styling: 1. Arregace as mangas: se você tem uma blusa ou blazer de tecido leve de mangas compridas, basta puxá-las para cima e dobrar a barra. Além de deixar o look mais fresco, ainda

Dot

A

cria um ar despojado sem perder a elegância; 2. Dê um nó na camisa: muito usado nos anos 1990, o nó na barra da camisa voltou e é perfeito para o Verão. Ele tira a seriedade da peça e dá um toque descontraído ao look, podendo ser usado com short ou saia de cintura alta, ou ainda, quem tiver a barriga sarada, pode arriscar deixar um pouquinho de pele à mostra (com moderação, claro); 3. Lenço na cabeça: se você não dispensa o uso do lenço no Inverno, não é preciso guardá-lo no fundo do armário no Verão. Basta tirá-lo do pescoço e amarrar na cabeça, criando um visual descolado que ainda protege o couro cabeludo do sol; 4. Blusa meio presa, meio solta: um truque simples que pode dar uma cara nova ao look. As blusas soltinhas são as preferidas da estação, porque não grudam no corpo e deixam o ar ventilar. Mas para que ela não te “engorde”,

Parabenizamos a conhecida banqueteira Ana Costa, que neste dia 29 será super-homenageada, por estar comemorando mais um niver. Parabéns, amiga!

basta prender um pouquinho da barra no short, saia ou calça (pode ser na frente ou mais de lado), deixando a parte de trás solta. Isso ajuda a equilibrar as proporções e delinear a silhueta; 5. Acessórios de cabelo: no calorão fica difícil se manter fresquinha com os cabelos soltos. Aproveite as altas temperaturas para fazer penteados presos e levantar o look com acessórios de cabeça estilosos; 6. Sobreposição com transparência: quem curte moda adora brincar com as sobreposições de peças em um único look. Porém, no calor, é quase impossível cobrir o corpo com mais de uma camada de tecido sem pingar de suor. Uma boa alternativa é apostar nas peças com transparência, que são leves e podem ser usadas por cima de outras justinhas; 7. Foco nos acessórios: as roupas básicas e frescas do Verão podem ficar estilosas quando incrementadas com acessórios poderosos. Os maxicolares estão em alta e podem ser o foco do look. A tendência do

Assaí Atacadista

N

gradecendo o convite para o café da manhã para apresentação das ações dos planos do Grupo Pão de Açúcar para o Nordeste e, em especial, para Alagoas, ainda durante 2013. O novo empreendimento Assaí Atacadista será apresentado em um coquetel no dia 31 e em entrevista coletiva também no dia 31 deste mês. Agradecemos o convite.

L

Renda

N Gerente de Marketing da Club Social, Juliano Rodrigues, em companhia do diretor da agência Hagua, o publicitário Hamilton Mattos, durante o Circuito Club Social de Surf, na praia de Maracaípe, em Porto de Galinhas, no último final de semana

Fontana di Trevi

U

ma das buffteiras mais queridas e competentes da seara, a talentosa Ana Costa (Du Buffet Ana Costa), será a aniversariante mais festejada desta terça-feira. Com agenda lotada neste começo de ano, Ana terá seu telefone congestionado pela imensa legião de amigos que ligarão para desejar felicidades por mais uma virada de calendário. Daqui, não poderíamos deixar de desejar toda felicidade do mundo à nossa amiga. Parabéns, querida!

O

N

ão tem como negar, o desfile de alta-costura da Chanel deixou muita gente suspirando. Já viu a maquiagem gótica? Além do make, vieram parar na nossa lista de desejos as meias-calças de renda que atravessaram o Grand Palais. Especialmente em formato de flores, usada por Cara Delevingne. Chique!

A

Fendi vai patrocinar a restauração de algumas fontes históricas da Itália, começando pela mais famosa delas, a Fontana di Trevi. O trabalho vai ficar pronto em 2015, quando a marca completa 90 anos. Para comemorar, o cartão postal servirá de cenário para um desfile. Especula-se que Karl Lagerfeld lançará ainda este ano um livro de fotos dos monumentos escolhidos. Uau!

Dior

pelo telefone (82) 3311-1308

elenilsontopnews@gmail.com

Bela Vitrine

sta semana nos chamou a atenção na Mário de Gusmão a belíssima vitrine da loja Etiqueta dos amigos Kitty e Zito. A tradicional loja Etiqueta apresenta neste estabelecimento na Ponta Verde uma moda despojada, descontraída, muito bonita. Parabéns, Kitty e Zito, pelo bom gosto e requinte.

Andréa e Moacira Cunha apresentam modelo de Mabel Magalhães exclusivo para a Casa Moa. A maison é referência entre as mais elegantes da cidade e fica localizada na Rua Deputado José Lages, PV

g

Assine a Tribuna Independente e esta coluna

Acesse o portal Tribunahoje.com e leia na íntegra a coluna Top News no Blog Elenilson Gomes

KLA

esta coluna, queremos apresentar aos nossos leitores a consagrada empresa KLA Educação Empresarial. O grupo KLA Internacional tem como representante em nossa cidade o conhecido empresário Amilton Guimarães. Em 3013, a KLA vai trazer grandes nomes para o nosso Estado, para palestras voltadas aos empresários e empresárias que atuam em Alagoas. O nome KLA veio para ficar em terras caetés, contribuindo para o nosso desenvolvimento empresarial e econômico. Aguardem novidades.

E

Palestra

advogado e escritor Carlos Mero ultimando os preparativos para a Journée d’Études, quando proferirá palestra, no dia 8 de fevereiro, intitulada “Une Nègre Fulô et deux regards poetiques”, na condição de convidado especial. Trata-se de uma comparação entre o “A Negra Fulô”, de Jorge de Lima, e “Outra Negra Fulô”, de Oliveira Silveira. Antes de chegar a Toulouse, passagens por Berlim, Dresden e Praga. Reconhecimento internacional mais do que merecido. Sucesso, amigo!

Massaguerinha em alta

esta primeira coluna da semana, queremos parabenizar o já consagrado restaurante Massaguerinha, localizado na Av. Deputado José Lages, Ponta Verde. Visitando a conhecida casa, ficamos maravilhados com o cardápio, a variedade dos pratos e o serviço perfeito, um verdadeiro cartão de visitas para os turistas e os amigos que apreciam tais delícias em local aprazível junto do mar. Aproveitamos a oportunidade para parabenizar o amigo empresário Claudio Tenório, por ter trazido as delicias da Massagueira para o bairro da Ponta Verde. Parabéns.

Ana Costa embra que Marc Jacobs lançou o Dot? Pois o perfume acaba de chegar ao Brasil, e a gente aposta que já está na wishlist de muitas glamurettes. O frasco “charmoso, espirituoso e energético”, como disse o designer para o “WWD”, é um clássico só pela embalagem. Segundo Marc, poá é “atemporal e apaixonante” e, além de tudo, joaninhas dão sorte. O aroma de frutas vermelhas, jasmim e outros extratos já está disponível no site da Sephora.

“pulseirismo” - usar várias pulseiras de uma vez - continua forte na estação e acrescenta cor na produção; 8. Barra dobrada: se você não abre mão de usar calça, uma das alternativas para dar um toque de frescor ao look é dobrar as barras, deixando os tornozelos à mostra; 9. Passe a tesoura: modernize e transforme as peças de Inverno, deixando-as com a cara do Verão. Corte aquela blusa que não usa mais e faça um top cropped ou recicle aquele jeans velho, transformando-o em um shortinho curto; 10. Óculos poderosos: Quanto menos roupa, mais difícil fica criar um look estiloso. Na praia, uma das soluções para se destacar é apostar em um óculos de sol bacana, que combine com o seu estilo e com sua roupa de banho.

O

desejo do dia é para os glamuzinhos. As fashionistas estão in love com o “kit criança” da Dior. Tem coisa mais fofa do que mamadeira e chupeta de luxo? Fica a dica para os próximos chás de bebê.


Edição número 1656 - 29 de janeiro de 2013  

edicaodigitaltribunaindependentetribunahoje

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you