Issuu on Google+

SĂ BADO MACEIĂ“ - ALAGOAS 17 DE NOVEMBRO DE 2012 NÂş 1598 R$

1,50

TRIBUNA

INDEPENDENTE

EXEMPLAR DO ASSINANTE

tribunahoje.com

ApagĂľes geram transtornos hĂĄ quase 20 dias aos maceioenses

(QWUHTXLQWDIHLUDHDPDGUXJDGDGHRQWHPVHLVEDLUURVGH0DFHLyÀFDUDPDOWHUQDGDPHQWHVHPHQHUJLDHOpWULFDSRUTXDVHVHWHKRUDVDIHWDQGR DRUODPDUtWLPD-DFLQWLQKR)HLWRVDH6HUUDULD0RUDGRUHVHFRPHUFLDQWHVGL]HPTXHQmRFRQVHJXHPVHTXHUHVWDEHOHFHUFRQWDWRFRPDFHQWUDOGH DWHQGLPHQWRGD(OHWUREUDV6HJXQGRDHPSUHVDR~OWLPRDSDJmRRFRUUHXSRUSUREOHPDQXPFDERGHWUDQVPLVVmRGDVXEHVWDomRGH&UX]GDV$OPDV Pà GINA 4

MINIPRONTO-SOCORRO VOLTA A FICAR SEM MÉDICO PLANTONISTA Mesmo após a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) instaurar procedimento para investigar falta de plantonistas nos minipronto-socorros, o problema voltou a acontecer ontem. Desta vez foi na unidade João Firemann, no Jacintinho. A coordenadora do ambulatório disse que a mÊdica plantonista adoeceu e não conseguiu outro mÊdico para substituí-la.

PĂ GINA 4

ALAGOANA ESTà NA SEMIFINAL DA OLIMP�ADA DE L�NGUA PORTUGUESA A alagoana Francine Joana da Conceição de Melo, 11, aluna GHHVFRODS~EOLFDHP9LoRVDHVWiQD6HPL¿QDOGDV2OLPStDGD Nacional de Língua Portuguesa. Ela disputa com 125 estudantes do País. Com o pai falecido, Francine mora com a mãe, que Ê diarista, e o irmão mais velho desempregado. FRANCINE JOANA, aluna de uma escola municipal, exibe seu poema inspirado na rotina da feira de sua cidade, Viçosa

PĂ GINA 5

MILTON RODRIGUES

PAULO MALUF É CONDENADO A DEVOLVER MAIS DE R$ 21 MILHÕES Pà GINA 7

RAINHA ALERTA PARA O RISCO DE JOSÉ DIRCEU SER MORTO NA PRISĂƒO PĂ GINA 7 TEMPO Bom a parcialmente nublado com possiblidades de chuvas em ĂĄreas isoladas

MĂ­nima

20Âş

MĂĄxima

29Âş

MarĂŠs

06:00 12:08 18:15

2.0 0.4 2.0

ACIDENTE DEIXA 3 FERIDOS E CONGESTIONA JACARECICA A colisĂŁo ontem entre um Kia Sorento e uma Parati, em Jacarecica, deixou quatro feridos. Na quinta, trĂŞs morreram e WUrVÂżFDUDPIHULGRVHPRXWURDFLGHQWHHP5LR/DUJR

ELEIÇÕES NA OAB

DEBATE HOJE NA TV PODE SER DECISIVO PARA OS CANDIDATOS PĂ GINA 2

PĂ GINAS 5

FINANÇAS DÓLAR COMERCIAL R$ 2,07 R$ 2,08 DOLAR PARALELO R$ 2,09 R$ 2,21 OURO: R$ 114,80 POUPANÇA: 0,4134%

FERIADĂƒO

PRESTAĂ‡ĂƒO DE CONTAS MACEIOENSE APROVEITA MINISTÉRIO DA SAĂšDE SUSPENDE PARA FAZER COMPRAS E VERBAS PARA 15 CIDADES ALAGOANAS SE DIVERTIR NAS PRAIAS PĂ GINA 3

PĂ GINA 4

MUNDIAL DE FUTSAL

Brasil decide ¿QDOFRQWUD a Espanha A seleção brasileira de futsal venceu ontem por 3x1 a Colômbia, com grande atuação de *DEULHOHYDLGLVSXWDUD¿QDOGR mundial da modalidade contra a Espanha pela quinta vez. O jogo serå às 9h deste domingo.

JOGO DE VIDA OU MORTE

CRB PRECISA VENCER O GUARANI HOJE PARA FUGIR DO REBAIXAMENTO PĂ GINA 8 INDEFINIĂ‡ĂƒO

NOVO DIRETOR DO CSA PODE SAIR ANTES MESMO DE SE APRESENTAR PĂ GINA 8


TRIBUNAINDEPENDENTE

2 POLĂ?TICA MACEIĂ“ - SĂ BADO, 17 DE NOVEMBRO DE 2012

PolĂ­tica

&DQGLGDWRVFRQÂżUPDPTXHYmRSDUD GLVFXWLULGHLDVHQmREDL[DULDV O candidato Ă  presidĂŞncia da OAB/AL, :HOWRQ5REHUWR, da chapa “PrerrogDWLYDpD2UGHP´pRXWURTXHFRQÂżUPRXSUHVHQoDHSURPHWHXTXHYDLSDUD discutir as propostas para a categoria. ClĂĄudia Amaral, da chapa “Nossa Ordem ĂŠ Outraâ€?, referenda o debate e igualmente disse que vai ao encontro na emissora para discutir ideias. No Ăşltimo bloco do debate, os candidatos poderĂŁo fazer perguntas entre si, sem dĂşvida ĂŠ o momento mais esperado da campanha e pode decidir o pleito.

OAB/AL: debate pode ser decisivo

7RGRVRVFDQGLGDWRVjSUHVLGrQFLDGD2UGHPFRQÂżUPDUDPSUHVHQoDQRSULPHLURHQFRQWURQD79KRMH

ESPLANADA /($1'520$==,1, contato@colunaesplanada.com.br

A China vem aĂ­

A

China vem com tudo para cima da economia do Brasil, com possibilidade de compra de empresas. O homem que serå principal conselheiro do futuro presidente chinês, Xi Jinping, Ê Wan Jiang. (OHIDODSRUWXJXrVÀXHQWHPHQWHPRURXQR%UDVLOSRUDQRVHFRQKHFH DIXQGRDHFRQRPLDVHXVSHUFDOoRVHDVEUHFKDVSDUDRSRUWXQLGDGHV Revela fonte da coluna, próximo de Jiang, que ele orientarå Jinping a se aproximar da presidente Dilma Rousseff. O sucessor de Ho Jintao serå R¿FLDOL]DGRHP0DUoRQRž&RQJUHVVRGR3DUWLGR&RPXQLVWD

CadĂŞ Como tudo ĂŠ mistĂŠrio na China, atĂŠ a sucessĂŁo na cĂşpula comunista, os chineses bloquearam por ora conversas com polĂ­ticos e diplomatas brasileiros.

5HFDGR Um brasileiro professor de Harvard, onde a China banca centenas de estudantes, testemunhou recentemente diĂĄlogo memorĂĄvel entre o diretor da universidade e representante de Jintao.

RULHQWDO O americano agradeceu o envio dos alunos e envaidecido citou o ensino americano como vanguarda e exemplo no mundo. Ela, fria, respondeu um ‘por enquanto’.

&kPDUDGHYROYHPDQGDWRV Em sessão solene programada para 5 de Dezembro, a Câmara vai devolver simbolicamente os mandatos a 173 ex-deputados cassados pelo regime militar a partir de 1964. Os pesquisadores descobriram que GHOHVHVWmRYLYRVHVHUmRFRQYLGDGRV$SHVDUGHR¿FLDORHYHQWR QmRUHVSDOGDMXULGLFDPHQWHHYHQWXDLVLQGHQL]Do}HV¹PXLWRVGHOHVMi receberam.

&DSD3UHWD Entre os homenageados estĂŁo Rubens Paiva, desaparecido no regime em 1971, e TenĂłrio Cavalcanti, o famoso Capa Preta com fama de maWDGRUQR5LRIDOHFLGRHP6HUiODQoDGRXPOLYURFRPIRWRVHÂżFKD Autoria de DĂŠbora Bitiah de Azevedo e MĂĄrcio Nuno Rabat.

3DLQHO A Câmara ganharĂĄ painel para seu acervo no SalĂŁo Verde. Uma obra de 2m x 7m do artista plĂĄstico Elifas Andreato. Quem viu, o apelida de ‘Guernica brasileira’, pelas imagens que lembram violĂŞncia e cenas de torturas em trĂŞs quadros sequenciais.

&ROLVmR Comenta-se no mercado que o grupo CAOA, dono da Hyunday no %UDVLOSHUGHX5PLOK}HVFRPDVIUDXGHVHQFRQWUDGDVSHOR%DQFR Central no Banco Cruzeiro do Sul.

3URPRomR Numa forma de fortalecer o partido no Sul, o deputado Eduardo Sciarra (PSD-PR) deve ser o novo líder do PSD na Câmara a partir de Fevereiro.

%DWDOKDGRVPDoRQV O grĂŁo mestre do Grande Oriente do Brasil, Marcos JosĂŠ da Silva, GHFUHWRXLQWHUYHQomRQDVORMDVGR5LRHLQGLFDRPHVPRSDUDDVGH3HUQDPEXFRH%UDVtOLD$GLVSXWDSHODSUHVLGrQFLDGDLQVWLWXLomRHVTXHQWD FRPDSDUWLFLSDomRGHSROtWLFRV

&DPSDQKD 6LOYDWHQWDUHHOHLomRFRQWUDRVHQDGRU0R]DULOGR 37%55 $SDGULQKDGR por Michel Temer, Benedito Ballouck se fortalece em SP. Apagado no 6HQDGR0R]DULOGREULOKDQDPDoRQDULD3URPHWHUHGLUHFLRQDUGR RUoDPHQWRGH5PLOK}HVDQXDLVSDUDORMDVPHQRVIDYRUHFLGDV

&DQHWDGDQmR Estå bravo o senador Francisco Dornelles (PP-RJ). Em prol do Rio, diz que não pode ser resolvido por canetada o erro de cålculo que resultou HPDGLVWULEXLomRGHUR\DOWLHV¾,VVRQmRSRGHVHUFRUULJLGRQDV Mesas Diretoras’, diz. Defende nova lei ou veto.

3FGR%FRP$OYHV $EDQFDGDGR3&GR%R¿FDOL]DQDSUR[LPDWHUoDIHLUDGXUDQWHDOPRoRUHXQLmRQD/LGHUDQoDGR3DUWLGRRDSRLRjHOHLomRGRGHSXWDGR+HQULque Alves (PMDB) para Presdência da Câmara dos Deputados.

7RGRSRGHURVR Henrique Meirelles, ex-presidente do Banco Central, ĂŠ escoltado por RQGHDQGDKiDQRVSRUTXDWURVHJXUDQoDVEHPDUPDGRV1DGDGH DJHQWHV6mRFRQWUDWDGRVSHOR%DQN%RVWRQTXHMiSUHVLGLX

([)XUDFmR A bela ex-assessora do Senado que posou para a Playboy, Denise Rocha, tem cobrado R$ 5 mil para participar de eventos.

3RQWR)LQDO SerĂĄ que a China vai querer censurar tambĂŠm a Dilma Rousseff? Com 0$UFRV6HDEUDH9LQLFLXV7DYDUHV www.colunaesplanada.com.br contato@colunaesplanada.com.br TZLWWHU#OHDQGURPD]]LQL

REPRODUĂ‡ĂƒO

(',725,$'(32/Ă‹7,&$ COM REDAĂ‡ĂƒO

S

emana decisiva para a disputa pela presidĂŞncia da seccional alagoana da Ordem dos Advogados do BrasĂ­l (OAB/AL). ApĂłs o escândalo de supostas compras de anuidades, os candidatos se degladiaram por meio de QRWDV RĂ€FLDLV DFXVDo}HV H agora o encontro serĂĄ frente a frente. Hoje, a partir das KQD793DMXoDUDDĂ€OLGD da Rede Record em Alagoas, Rachel CabĂşs, Welton 5REHUWR 7KLDJR %RPĂ€P ClĂĄudia Amaral e Marcelo Brabo vĂŁo debater entre si pela primeira vez suas plataformas de campanha. 3RUPHLRGHVHXSHUĂ€OQR Twitter, a candidata pela chapa “OAB Para Todosâ€?, 5DFKHO&DE~VFRQĂ€UPRXVXD participação no debate. “O debate na TV ĂŠ um momento especial desta campanha. SerĂĄ a primeira vez que uma eleição da OAB terĂĄ um debate televisivo em canal aberto. Isso mostra a importância da Ordemâ€?, destacou CabĂşs. A candidata salientou ainda que “este encontro coloca

Candidatos5DFKHO:HOWRQ IRWRDFLPD 0DUFHOR&OiXGLD7KLDJRÂżFDUDPIUHQWHDIUHQWHHPGHEDWH

os candidatos em contato com um número maior de eleitores e ao mesmo tempo serve para comparar propostas. Com a tranquilidade de ter feito uma gestão voltada para o advogado e com 80% de aprovação, acredito que este serå um en-

contro para engrandecer ainda mais nossa campanhaâ€?. Marcelo Brabo, candidato pela chapa “Mais OABâ€?, WDPEpP FRQĂ€UPRX SUHVHQça e avaliou que ĂŠ no debate onde se sabe quem ĂŠ quem. â€œĂ‰ uma oportunidade de demo-

cratizar o debateâ€?. O candiGDWR7KLDJR%RPĂ€PGDFKDpa “Renova OABâ€?, vai estar presente tambĂŠm no debate da TV Pajuçara e garante que vai para “discutir propostas, nĂŁo para embatesâ€?, deixou claro.

MENOS DE UMA SEMANA

1DUHWDÀQDOFDQGLGDWRVDYDOLDPGLVSXWD As eleiçþes da OAB/AL estão marcadas para acontecer no próximo dia 23 de novembro. AtÊ lå, os candidatos devem suar muito para alcançar as derradeiras adesþes - se Ê que ainda existem advogados indecisos. Hå menos de uma semana do pleito, os candidatos começam a analisar a corrida pela sucessão de

Omar CoĂŞlho e jĂĄ manifestam a satisfação de um certo dever cumprido. O candidato pela chapa “Prerrogativa ĂŠ a Ordemâ€?, Welton Roberto disse que sua campanha serviu para ressuscitar a categoria e fazer com que o advogado seja mais valorizado. “A esperança ĂŠ de soerguer a advocacia, realizar um plei-

to democrĂĄtico e devolver a OAB aos advogados com decĂŞncia, dignidade e independĂŞnciaâ€?, resumiu o candidato. Rachel CabĂşs, da chapa “OAB Para Todosâ€?, descreveu que a campanha ĂŠ uma das mais disputadas da histĂłria e com reais chances de eleger uma presidente. “Apesar de algumas chapas

apelarem para o jogo rasteiro, baixo, estamos tranquilos, pois o trabalho de duas gestþes do presidente Omar Coêlho, das quais fui vice-presidente, foram aprovados pela classe. Onde inclusive, a última estå com 82 % de aprovação�, disse. As demais chapas não se pronunciaram atÊ o fechamento desta edição. (EP)

-8,=&$5/265(0Ă‹*,2

MP tem 10 dias para se manifestar sobre caso O MinistÊrio Público Estadual (MP/AL) tem dez dias para se manifestar sobre o processo administrativo disciplinar no qual o juiz JosÊ Carlos Remígio ainda responde na Justiça Estadual. Em despacho publicado na edição de ontem do Diårio Online da Justiça, o desembargador Otåvio Leão Praxedes intimou o magistrado e sua defesa para que tambÊm apresentem suas UD]}HVÀQDLVQRPHVPRSUDzo disponibilizado ao MP. O magistrado JosÊ Carlos Remígio foi aposentado compulsoriamente - maior pena destinada a um juiz em atividade - pelo Tribunal de Justiça do Estado de $ODJRDV H FRQÀUPDGD SHOR Conselho Nacional de Justiça (CNJ). No mês de abril deste ano, o CNJ referendou a sentença imposta ao juiz após a defesa de Carlos Remígio solicitar revisão da punição. Ele respondeu por agressão física cometida contra sua ex-companheira Clåudia Granjeiro de Souza, hoje com 36 anos - e por abuso de poder contra policiais militares. O relator do processo no CNJ foi o conselheiro Mar-

DIVULGAĂ‡ĂƒO

'HVHPEDUJDGRU forneceu mesmo prazo para defesa de Carlos RemĂ­gio se pronunciar em processo

celo Nobre. Na decisão do conselheiro do CNJ, pesou o fato de a conduta de JosÊ Carlos Remígio não corresponder às expectativas e obrigaçþes necessårias ao H[HUFtFLRSURÀVVLRQDOGDPDgistratura.

$SyVWHUVLGRSHJRHPà Dgrante espancando, em via pública, sua ex-companheira – na Êpoca, namorada –, o juiz ainda teria tentado intimidar a autoridade policial que o abordou. As informaçþes eram que o acusado te-

ria quebrado o para-brisa do carro com pancadas dadas com a cabeça da mulher. Na avaliação do conselheiro, a decisão do TJ/AL foi correta, portanto o juiz deve ser mantido afastado da magistratura.


TRIBUNA,1'(3(1'(17(

Conjuntura

FLAVIO GOMES DE BARROS - ÀDYLRJE#LJFRPEU

Renan e o Ibama

D

e Raimundo Gomes, assessor de imprensa do senador Renan Calheiros, recebemos o texto: “Gostaria de esclarecer ao amigo, para seu conhecimento, que a denĂşncia que o MinistĂŠrio PĂşblico Federal estĂĄ fazendo contra o senador Renan e sua propriedade, a AgropecuĂĄria Alagoas Ltda., estĂĄ fora da realidade. Primeiro, a estrada, com aproximadamente 5km, foi pavimentada hĂĄ mais de 20 anos para EHQHÂżFLDURDFHVVRjDQWLJDWRUUHGD(PEUDWHOTXHQmRIXQFLRQDPDLV no local. A estrada serve atualmente para acesso a um laboratĂłrio de estudos sobre melhoria da cana-de-açúcar da Ufal, que funciona na localidade. O Renan nada tem a ver com o acesso. A polĂŞmica, ao que parece, deve ser caracterizada como retaliação do Ibama, que tenta foroDUDEDUUDSDUDRVHQDGRUOLEHUDURSURFHVVRTXHEHQHÂżFLDDUHSDUWLomR com uma sĂŠrie de melhorias, inclusive salarial. O processo, como vocĂŞ WHPFRQKHFLPHQWRHVWiHPSRGHUGR5HQDQHVyVHUiGHYROYLGRj&&- do Senado, onde estava para ser votado quando ele pediu vistas do processo, enquanto nĂŁo for resolvida a liberação ambiental do Estaleiro Eisa, em Coruripe. O Ibama estĂĄ fazendo de tudo para atingir o senador. Mas essa denĂşncia que levou ao MPF nĂŁo o preocupa, pois ele nada tem a ver com o acesso em paralelepĂ­pedo em uma ĂĄrea de proteção ambiental. Renan, inclusive, ĂŠ um dos muricienses que mais defendem o meio-ambiente em sua cidade, sobretudo naquela ĂĄrea da estação ecolĂłgica.â€?

Sucesso A campanha “Conheça Viçosa: terra do folclore DODJRDQR´IRLVHOHFLRQDGDSDUDSDUWLFLSDUGDÂżQDO do prĂŞmio Creative Sandbox Brief, do Google. A iniciativa ĂŠ do publicitĂĄrio viçosense AndrĂŠ Misael Vilela, que lançou a proposta hĂĄ quatro meses. &ODVVLÂżFDGDFRPRWHUFHLUDLGHLDPDLVYLVWDQD SiJLQDGRSUrPLRRSURMHWRÂżFRXHQWUHDVPHlhores iniciativas do paĂ­s. A festa do Google serĂĄ dia 10, em SĂŁo Paulo.

Palpite O deputado federal Givaldo CarimbĂŁo (PSB/AL) deu entrevista a Everson Vieria Belo, no semanĂĄrio “Primeira Ediçãoâ€?, sobre as eleiçþes de 'LVVHQmRFUHUTXH-RVp7KRPD]1RQ{VHMDFDQGLGDWRDRJRYHUQR Para ele, os governistas irĂŁo de Benedito de Lira. Para CarimbĂŁo, a oposição concorrerĂĄ com Fernando Collor ou Renan Calheiros.

A anotar A tendĂŞncia, hoje, ĂŠ que Alexandre Toledo, se resolver mesmo exercer o mandato de deputado federal (ocuparĂĄ a vaga do prefeito eleito Rui Palmeira, em janeiro), deverĂĄ trocar o PSDB pelo PSB. Segundo alguĂŠm prĂłximo a ele, seria mais fĂĄcil para Toledo atuar em favor de Alagoas se estiver num partido da base de apoio de Dilma Rousseff.

Agenda 2PDLVQRYRPHPEURGR7ULEXQDOGH-XVWLoD)HUQDQGR7RXULQKRGH Omena Souza, foi empossado, formalmente, como desembargador, e jĂĄ HVWiHPSOHQDDWLYLGDGH0DQWHQGRDSUD[HQR-XGLFLiULRKDYHUiXPD SRVVHVROHQHQRSOHQRGR7-FRPSDUWLFLSDomRGHFRQYLGDGRVDPLJRVH familiares. EstĂĄ agendada para o dia 7 de dezembro.

Imortal Outra posse que estĂĄ envolvendo o mundo jurĂ­dico ĂŠ a do advogado Fernando Maciel, como membro da Academia Alagoana de Letras. EstĂĄ marcada para 30 de novembro. Maciel vai substituir o escritor e jurista Humberto Gomes de Barros, falecido em junho deste ano. E jĂĄ estĂĄ conhecendo a obra do antecessor, para fundamentar seu discurso.

Cara a cara A gravação da conversa entre dirigentes da OAB/AL sobre o pagamento de anuidade de advogados inadimplentes em troca de apoio na eleição da entidade acirrou ainda mais o clima da campanha. E då uma conotaomREHPPDLRUDRGHEDWHHQWUHRVFDQGLGDWRVjVKRUDVGHKRMHQD TV Pajuçara, ao vivo, com mediação do jornalista Ricardo Mota.

Exploração Bastou se falar na possibilidade de aumento nos preços dos combustíYHLVDWpR¿QDOGRDQRSDUDRVSRVWRVGH$ODJRDVUHDMXVWDUHPVHXVSUHoRV1mRKiDSDUHQWHPHQWHQHQKXPDMXVWL¿FDWLYDWpFQLFD2SUREOHPD Ê antigo e de difícil solução. Tanto assim que nem uma CPI instalada na Assembleia Legislativa conseguiu desvendar os mistÊrios do setor.

“JĂĄ ouvi que o pedagĂłgico ĂŠ colocar as pessoas na cadeia. O pedagĂłgico ĂŠ recuperar os valores desviados.â€?â€? JOSÉ ANTONIO DIAS TOFFOLI 0LQLVWURGR67)GHIHQGHQGRSHQDVÂżQDQFHLras ao invĂŠs de prisĂŁo para os condenados do MensalĂŁo

* Os trabalhos de Vicente Ferreira na Coleção Karandash, com pinturas TXHUHWUDWDPDQDWXUH]DGRIROFORUHHGRSDWULP{QLRDUTXLWHW{QLFRGH 0DFHLyÂżFDPH[SRVWRVVRPHQWHDWpKRMH*DOHULD&HVPDFGH$UWH)HUnando Lopes. Informaçþes: 3215-5094. +RMHjVKRUDVRÂżOPHÂł$SHQDVXPDQRLWH´GDGLUHWRUDLUDQLDQD 0DVV\7DGMHGLQVHUiH[LELGRQD6HVVmRGH$UWHGR.LQRSOH[GR0DFHLy 6KRSSLQJFRPFODVVLÂżFDomRDQRV,QIRUPDo}HV:::FLQHPDGHDUWH FRPEU 1DVXDHVWUHLD0DFHLyDGLYDGRUHJJDHPXQGLDO'H]DULHVHDSUHVHQWDKRMHjQRLWHQD9R[5RRPHP-DUDJXiDQWHFHGLGDSHODVEDQGDV &LGDGH5DVWD5HJJDHVVrQFLDH16&DOpPGRV'-V0DUFHOR3HGUD Mascarado e Roby Fatihy. Informaçþes: 3032-0088. * O luau do Bar e Restaurante Baru, na Barra Nova, tem como atração, KRMHjQRLWHRJUXSREDLDQR$UDNHWXQXPDQRLWDGDFRPSDUWLFLSDomR WDPEpPGDVEDQGDV(VTXDGUmRGH%DOOL1-HLWRV$PRGDH'M3LWmR ,QIRUPDo}HVH * O espetĂĄculo “A poltrona escuraâ€?, com o ator CacĂĄ Carvalho e direção de Roberto Bacci, pela Primeira Mostra do Teatro de Alagoas, serĂĄ apreVHQWDGRKRMHjVKQR7HDWUR'HRGRUR,QJUHVVRD5,QIRUPDçþes: 3315.5656. $WRUFLGDGR&5%HVWiFRQÂżDQWHQDYLWyULDVREUHR*XDUDQLKRMHjV KQR7UDSLFKmR2WLPHSUHFLVDYHQFHUHWRUFHUSRUWURSHoRVGH *XDUDWLQJXHWiH%UDJDQWLQRSDUDGHSHQGHUVyGHVLQDOXWDSHODSHUPD QrQFLDQD6pULH%GR&DPSHRQDWR%UDVLOHLUR

MACEIĂ“ - SĂ BADO, 17'(129(0%52'(2012

POLĂ?TICA

3

4XLQ]HFLGDGHVĂ€FDPVHP recursos para a SaĂşde MinistĂŠrio suspendeu verbas por falta de preenchimento de informaçþes DIVULGAĂ‡ĂƒO

NIGEL SANTANA REPĂ“RTER

N

ão bastasse a crise que afeta os municípios, o MinistÊrio da Saúde não chegou com boas novas para Alagoas. Foram suspensos ontem os repasses destinados à årea de Vigilância Sanitåria para 1.421 municípios que não abasteceram regularmente o Sistema de Informação Ambulatorial. (VSHFLÀFDPHQWH DTXL QR Estado, 15 cidades estão nessa lista publicada no Diårio 2ÀFLDO GD 8QLmR 'H DFRUGR com o MinistÊrio, Limoeiro de Anadia, Campestre, Colônia Leopoldina, Dois Riachos, Estrela de Alagoas, Pindoba, Girau do Ponciano, Olho d’à gua do Casado, Pariconha, Pindoba, CoitÊ do Nóia, Piranhas, Feira Grande, São Miguel dos Campos e Roteiro, não devem contar com esta verba. Para recuperar a verba TXH ÀFRX UHWLGD QR WHUFHLro quadrimestre de 2012, os gestores devem atualizar as informaçþes nos sistemas do MinistÊrio da Saúde, que repassarå os recursos no mês seguinte ao da regularização. Segundo o MinistÊrio, a suspensão dos repasses Ê usada como forma de garantir a aplicação correta dos recursos e a prestação de contas das cidades. Só existe esse tipo de sanção quando os prefeitos atrasam o preenchimento das

Para reverter situação, municípios devem atualizar informaçþes o quanto antes para receber verbas

informaçþes obrigatórias por pelo menos dois meses consecutivos, o que aconteceu de fato nas 14 cidades alagoanas, segundo o MinistÊrio da Saúde. Ressalte-se que a situação da Saúde pública de diversos municípios em Alagoas Ê considerada grave. Em muitos casos de doenças comuns, as pessoas procuram atendimento no Hospital Geral do (VWDGRRXDWpPHVPRQD8QLdade do Sertão e Agreste.

Com relação Ă  suspensĂŁo dos repasses do MinistĂŠrio da SaĂşde, os prefeitos nĂŁo se pronunciaram sobre o caso e o que devem fazer. ENCONTRO Certamente mais essa ‘bomba’ serĂĄ discutida no “SeminĂĄrios Novos gestores 2013-2016â€?, promovido pela Associação dos MunicĂ­pios Alagoanos (AMA) e Federação das Associaçþes de MunicĂ­pios de Sergipe (Fames), que acontece nos dias 19 e

20 de novembro, no Hotel Vilage Barra, na Barra de São Miguel. Lå prefeitos eleitos vão receber noçþes de administração, políticas públicas, manejo de verbas federais, como da Educação e Saúde; serão apresentadas palestras sobre Trânsito, Mobilidade, Segurança, Meio Ambiente. Para inscriçþes e outras informaçþes, o evento dispþe do site http://www.novosgestores.cnm.org.br/novosgestores/intro.asp.

MAIS DE R$ 1 BILHĂƒO

Galba convoca vereadores para votar LOA O baixo número de vereadores que vão às sessþes ordinårias na Câmara de Maceió Ê um problema recorUHQWH QHVWH ÀQDO GH PDQGDto. Com apenas três dias de trabalho, diante dos olhos da população, a presidência da Casa faz um apelo aos parlamentares para que possam comparecer à Casa. Os vereadores estão sendo convocados para derrubarem os vetos da prefeitura da capital sobre a criação das Secretarias da Pesca e da

NA BRONCA

Quintella volta a criticar Eletrobras O deputado federal MaurĂ­cio Quintella Lessa (PR) voltou a criticar nas redes sociais o serviço prestado pela Eletrobras Distribuição Alagoas. Por meio de seu Twitter, o parlamentar disse que a empresa tem uma gestĂŁo desastrosa. â€œĂ‰ um dos maiores problemas na vida do alagoano. Os anos passam e nĂŁo melhora em nada!â€?. Quintella se referiu as contantes quedas na distribuição de energia na capital.

Criança e da Juventude. De acordo com Galba Novaes (PRB), presidente da Casa, a Lei OrçamentĂĄria Anual (LOA) tambĂŠm precisa ser aprovada em tempo hĂĄbil para que o prĂłximo prefeito entre 2013 sabendo das verbas que devem ser investidas em MaceiĂł. “Todos nĂłs sabemos de nossa obrigação. Estou pedindo o comparecimento dos senhores vereadores para deliberar os assuntos relativos ao parlamento. Precisamos

votar o Orçamento para a prefeitura. É uma responsabilidade e tanto analisar uma peça que då ao próximo prefeito R$ 1,7 bilhþes em verbas para serem aplicadas para a melhoria dos maceioenses. Em dezembro, precisamos fazer com que a Lei Orçamentåria Anual esteja aprovada como manda o regimento interno�, declara Novaes. CÂMARA Para o Legislativo Municipal as cifras em 2013

SRGHP Ă€FDU FRQJHODGDV 2 Orçamento da Casa estĂĄ previsto em R$ 50 milhĂľes. Segundo Galba Novaes, existe a previsĂŁo de aumento em 4,5% em decorrĂŞncia do aumento da receita da prefeitura de MaceiĂł. “Os vereadores que se elegeram precisam fazer um estudo em relação ao Orçamento da futura Câmara. Se houve incremento na prefeitura de R$ 200 milhĂľes, a Casa poderĂĄ receber R$ 8 milhĂľes, em teseâ€?, explica. (N.S)


4

CIDADES

TRIBUNAINDEPENDENTE

0$&(,Ă?6Ăˆ%$'2'(129(0%52'(

%$572/20(8'5(6&+EDUWRORPHXBGUHVFK#KRWPDLOFRPEU

Posição corajosa

U

PGRVPDLVFRQFHLWXDGRVMRUQDOLVWDVEUDVLOHLURV0DXUR6DQWD\DQD SXEOLFRXRQWHPQR-RUQDOGR%UDVLOGR5LRGH-DQHLURXPDDQiOLVH EDVWDQWHO~FLGDVREUHRMXOJDPHQWRGRFKDPDGRPHQVDOmRSHOR 6XSUHPR7ULEXQDO)HGHUDO2VHXHQWHQGLPHQWRVREUHRFDVRFRQWHVWD DJUDQGHPtGLDQDFLRQDOHFRQIURQWDFRPDSUySULDDQiOLVHGRVPLQLVWURV GR67)(LVDOJXQVWUHFKRV³2MXOJDPHQWRGD$omRTXHFKHJDDR VHX¿PFRPVHQWHQoDVSHVDGDVFRQWUDTXDVHWRGRVRVUpXVFRUUHR ULVFRGHVHUFRQVLGHUDGRFRPRXPGRVHUURVMXGLFLiULRVPDLVSHVDGRV GDKLVWyULD6HFRQWUDDOJXQVUpXVKRXYHSURYDVVX¿FLHQWHVGRVGHOLWRV FRQWUDRXWURVRVMXt]HVTXHRVFRQGHQDUDPDJLUDPSRUGHGXomR*XLDUDPVHSHORVVLORJLVPRVDEHQJDODGRVSDUDLQFULPLQDUDOJXQVGRVUpXV 2UHODWRUGRSURFHVVRQmRDWXRXFRPRMXL]LPSDUFLDOIH]VHVXEVWLWXWR GDSROtFLDHSDVVRXDHQJHQKRVDVGHGXo}HVSDUDFRQFOXLUTXHRJUDQGH UHVSRQViYHOIRUDRHQWmRPLQLVWURGD&DVD&LYLO-RVp'LUFHX3RGHPRV DWpDGPLWLUSDUDFRQFOXLURUDFLRFtQLRTXH'LUFHXIRVVHRPHQWRUGRV DWRVWLGRVFRPRGHOLWXRVRVPDVIDOWDUDPSURYDVHVHPSURYDVQmRKi FRPRVHFRQGHQDUQLQJXpP´2UHQRPDGRMRUQDOLVWDWDPEpPID]XP FRPSDUDWLYRFRPRMXOJDPHQWRGDPRQDUTXLDIUDQFHVDQD5HYROXomRGH OiHPHVDOLHQWDTXHRMXOJDPHQWRHPDPERVRVFDVRVIRLSROtWLFR (FRQFOXLGDVHJXLQWHIRUPD³$QDomRSHORVVHXVUHSUHVHQWDQWHVIRLR WULEXQDO267)pRFLPRGR3RGHU-XGLFLiULR6XDVHQWHQoDQmRSRGH VHUFRQVWLWXFLRQDOPHQWHFRQWHVWDGDPHVPRSRUTXHHOHpWDPEpPR WULEXQDOTXHGHFLGHVHLVVRRXDTXLORpFRQVWLWXFLRQDORXQmR$KLVWyULD PDLVFHGRRXPDLVWDUGHIDUiDUHYLVmRGHVVHSURFHVVRSDUDLQ¿UPiOR SRUQmRDWHQGHUiVH[LJrQFLDVGRGXHSURFHVVRIODZQHPjOHJLWLPLGDGHSDUDUHDOL]DUXPMXOJDPHQWRSROtWLFR2MXOJDPHQWRSROtWLFRGH'LUFHX MXVWRRXQmRMiIRLIHLWRSHOD&kPDUDGRV'HSXWDGRVTXHOKHFDVVRXR PDQGDWR

O minĂŠrio alagoano $JDUDQWLDIRLGDGDSHORH[HFXWLYRH&(2GD$XUD0LQHUDOVFRPSDQKLDTXHFRQWURODD0LQHUDomR9DOH9HUGH-DPHV %DQQDQWLQHHVWDVHPDQDHP:DVKLQJWRQDVREUDV GHFRQVWUXomRGD0LQHUDGRUDHP&UDtEDVFRPHoDP QRVHJXQGRVHPHVWUHGH2LQWHUORFXWRUIRLR VHFUHWiULR Luiz OtĂĄvio GomesGR3ODQHMDPHQWRHGR 'HVHQYROYLPHQWR(FRQ{PLFR2SUD]RSDUDH[HFXomR GDVREUDVpGHDPHVHVHVHUmRLQYHVWLGRV86 PLOK}HV6HUmRJHUDGRVHPSUHJRVGXUDQWHDFRQVWUXomRH PDLVSRVWRVTXDQGRIRULQLFLDGDDSURGXomR2H[HFXWLYRDPHULFDQR GLVVHDLQGDTXHDVQHJRFLDo}HVFRPR%1'(6SULQFLSDODJHQWHÂżQDQFLDGRUGRSURMHWRHVWmRDYDQoDGDVVHQGRTXHDFDUWDFRQVXOWDGHYHVHU DSURYDGDDWpRÂżPGHVWHDQR

O minĂŠrio alagoano 2 'HDFRUGRFRP-DPHV%DQQDQWLQHDWpDJRUDDHPSUHVDMiLQYHVWLX DSUR[LPDGDPHQWH5PLOK}HVHPSHVTXLVDVHP$ODJRDVJHUDQGR HPSUHJRVGLUHWRV$0LQHUDGRUD9DOH9HUGHMiGLVS}HGHUHFXUVRV QDWXUDLVSDUDSURGX]LUSHORVSUy[LPRVGH]RLWRDQRVXPWRWDOGH PLOK}HVGHWRQHODGDVGHFREUHH[WUDtGDVGDVMD]LGDVH[LVWHQWHVHP&UDtEDV$UDSLUDFDH,JDFL2SURMHWRFRPSOHWRGHLPSODQWDomRGDPLQHUDGRUDVHUiDSUHVHQWDGRHPGH]HPEURDRJRYHUQDGRU7HRWRQLR9LOHOD)LOKR SHORSUySULRH[HFXWLYRGD$XUD0LQHUDOVTXHYLUiD$ODJRDVDJUDGHFHU SHVVRDOPHQWHRDSRLRTXHRJRYHUQRHVWiGDQGRDRHPSUHHQGLPHQWR

Situação medieval $RD¿UPDUTXHRVLVWHPDSULVLRQDOEUDVLOHLURp³PHGLHYDO´RPLQLVWURGD -XVWLoD-RVp(GXDUGR&DUGR]RVDELDRTXHHVWDYDIDODQGR2SDtVKRMH WHPXPGp¿FLWGHYDJDVHHPGDVSULV}HVKiPDLVGR TXHQRYHSUHVRVSRUYDJD$SHQDVQR3LDXtRQ~PHURGHSUHVRVQmRp PDLRUTXHDVYDJDVH[LVWHQWHV2VHVWDGRVFRPPDLRUHVSUREOHPDVGH VXSHUORWDomRVmR6mR3DXOR PLOSUHVRVDPDLV 0LQDV*HUDLV  PLODPDLV H3HUQDPEXFRFRPPLOGHWHQWRVDPDLV2VGDGRVVmR GRVLVWHPD*HRSUHVtGLRVGR&RQVHOKR1DFLRQDOGH-XVWLoDTXHUHYHOD DLQGDTXHDVLWXDomRSRGHULDVHUSLRUMiTXHKiHPDEHUWR PDQGDGRVGHSULVmRTXHQmRIRUDPFXPSULGRVQRSDtV

Situação medieval 2 $VXSHUSRSXODomRFDUFHUiULDpPXLWRJUDYHPDVH[LVWHPYiULRVRXWURV SUREOHPDV([LVWHPGHQ~QFLDVGHWRUWXUDGHIRVVDVHQWXSLGDVGH SUpGLRVFRQGHQDGRV(DLQGDWHPDVLWXDomRGHIDFo}HVTXHGRPLQDP RVSUHVtGLRVFREUDPSRUVDERQHWHVDWpUHPpGLRVHGURJDV3DUDPXLWRV DVLWXDomRYDLH[SORGLUHPEUHYH'HDFRUGRFRPR0LQLVWpULRGD-XVWLoD R%UDVLOHQFHUURXFRPSUHVRVVHQGRTXHVmRDQDOIDEHWRVRXFRPHQVLQRIXQGDPHQWDOLQFRPSOHWR3UDWLFDPHQWHDPHWDGH WHPPHQRVGHDQRV'RWRWDOHVWmRSUHVRVSRUIXUWRVRX URXERVVHPRXVRGHDUPDV0DVRFULPHTXHPDLVHQFDUFHUDpRWUi¿FR GHGURJDVGHWHQWRV

A Arena, de volta 1mRpEULQFDGHLUDQmR$$OLDQoD5HQRYDGRUD1DFLRQDODFRQKHFLGD $UHQDTXHUYROWDU2SDUWLGRTXHGHXVXVWHQWDomRDRUHJLPHPLOLWDU EUDVLOHLURWHYHRVHXHVWDWXWRGH UH FULDomRSXEOLFDGRQR'LiULR2¿FLDO GD8QLmRHVWDVHPDQD$LQGDIDOWDXPERFDGRSDUDFKHJDUDVHUXP SDUWLGRSROtWLFRHHVWDUDSWRDGLVSXWDUXPSURFHVVRHOHLWRUDOPDVR SULPHLURSDVVRIRLGDGR$VLJODVHGHQRPLQDFRQVHUYDGRUDQDFLRQDOLVWD HDVVXPLGDPHQWH³GHGLUHLWD´HSUHWHQGHUHFROKHUHPWRGRR%UDVLO PLODVVLQDWXUDVRXWUDHWDSDQHFHVViULDSDUDVHFRQVROLGDUFRPRVLJOD SDUWLGiULD6HXVIXQGDGRUHVDFUHGLWDPTXHFRQVHJXLUmRRDSRLRSRSXODU GHPHLRPLOKmRGHSHVVRDVDWpDEULOGRSUy[LPRDQR

A Arena, de volta 2 $$UHQDÂłRULJLQDO´GLJDPRVDVVLPIRLFULDGDHPFRPRLQWXLWRH[SOtFLWRGHDSRLDURJROSHPLOLWDUQR%UDVLOLVVRORJRDSyVR$WR,QVWLWXFLRQDO QžTXHH[WLQJXLXWRGRVRVSDUWLGRVSROtWLFRVHFULRXRELSDUWLGDULVPR $UHQDH0'%2VGRLVDFDEDUDPHPSRUGHFLVmRGR&RQJUHVVR HVHWRUQDUDP3'6H30'%1HVWD$UHQDGHDJRUDTXHPDVVLQDR HVWDWXWRpDJD~FKD&LEHOH%XPEHO%DJLQVNLDQRVHVWXGDQWHGH 'LUHLWRGD8QLYHUVLGDGHGH&D[LDVGR6XO 56 $OLiVVHXVSULPHLURV FRPSRQHQWHVVmRTXDVHWRGRVHVWXGDQWHVXQLYHUVLWiULRV(OHVHVFROKHUDPRQRPH6HJXQGR&LEHOHDQRYD$UHQDQmRWHPQDGDGHIDVFLVWDRX H[WUHPLVWDÂłeDSHQDVGHGLUHLWD´GL]HOD ‡4XHPVDEHDSUHFLDUXPDERDSHoDWHDWUDOHHVWiGLVSRQtYHOQHVWH ViEDGRWHPDRSRUWXQLGDGHGHDFRPSDQKDUQR7HDWUR'HRGRURR HVSHWiFXORÂł$3ROWURQD(VFXUD´GH/XLJL3LUDQGHOOR ‡6mRWUrVLQWHOLJHQWHVKLVWyULDVGRHVFULWRULWDOLDQRWRGDVHVWUHODGDV SHORDWRU&DFi&DUYDOKRTXHMiSDVVRXSHOD5HGH*ORERQDQRYHOD 7RUUHGH%DEHOGH2DWRUGiRFRUSRHDYR]DHVVDVKLVWyULDV ‡1DSULPHLUDGHODV&DFiLQWHUSUHWDXPVROLWiULRYL~YRDVHJXQGD KLVWyULDQDUUDDVLWXDomRGHXPIDPRVRDGYRJDGRHVHXLQFRQIHVViYHO SUD]HU1DWHUFHLUDH~OWLPDRGUDPDGHXPKRPHPTXHWHPQDVPmRV XPPLVWHULRVRSRGHU ‡2HVSHWiFXORÂł$3ROWURQD(VFXUD´MiIRLDSUHVHQWDGDPDLVGH YH]HVHPIHVWLYDLVHHPWHPSRUDGDVFrQLFDVQR%UDVLOHQD(XURSD$ SHoDpGLULJLGDSHORLWDOLDQR5REHUWR%DFFLGD)RQGD]LRQH3RQWHGHUD 7HDWURHUHQGHXDRDWRU&DFi&DUYDOKRR3UrPLR6KHOOGH0HOKRU$WRUH HP ‡3LUDQGHOOR  pXPGRVDXWRUHVPDLVFXOWXDGRVGRPXQGR 6HXVOLYURVHVXDVSHoDVTXHUHWUDWDPRGUDPDGRVHUKXPDQRFRQWHPSRUkQHROKHUHQGHUDPR3UrPLR1REHOGH/LWHUDWXUDHP $SHoDHVWDUiQRSDOFRGR7HDWUR'HRGRURKRMHjVKFRPLQJUHVVRVQDELOKHWHULD DSDUWLUGDVK GR7HDWURDSUHoRVPyGLFRV5H 5DPHLDHQWUDGD

MaceiĂł registra sĂŠrie de apagĂľes hĂĄ quase 20 dias 3RSXODomRGHYiULRVEDLUURVÂżFRXjVHVFXUDVSRUPDLVGHVHLVKRUDVRQWHP

ANA PAULA OMENA REPĂ“RTER

A

s quedas constantes de energia em todos os bairros de Maceió jå incomodam a SRSXODomRGDFDSLWDOGHVGHRÀQDO de outubro. Entre a quinta-feira e a madrugada de ontem, seis bairURVGH0DFHLyÀFDUDPVHPHQHUgia elÊtrica por quase sete horas. Foram afetados, sobretudo, aqueles situados na orla marítima e tambÊm o Jacintinho e o Feitosa. Vårios moradores reclamaram, pois, segundo eles, as ligaçþes para a central de atendimento da Eletrobras só foram completadas horas depois do início do apagão. No bairro do Feitosa, por exemplo, algumas quadras tiveram o fornecimento de energia elÊtrica no início da tarde da quinta-feira e só foi restabelecido por volta das duas horas da manhã. Uma das proprietårias de

XPDSDQLĂ€FDomRTXHĂ€FDQR)HLtosa, Sabrina Malta, disse Ă  reportagem que as oscilaçþes de energia sĂŁo frequentes no estabelecimento e o medo dela ĂŠ perder WRGDDPHUFDGRULDTXHĂ€FDQRIUHezer. “TrĂŞs vezes na semana falta energia aqui, mas a conta de luz nĂŁo deixa de chegarâ€?, reclamou. O comerciante JosĂŠ Maria de Oliveira tambĂŠm reclamou da Eletrobras. “Esta Eletrobras estĂĄ deixando a desejar. Para oferecer um bom serviço, a empresa precisa se organizar mais e nĂŁo ĂŠ o casoâ€?, disparou. ELETROBRAS Segundo o diretor de operaçþes da empresa, Valdir de Abreu, apĂłs o apagĂŁo uma equipe composta por 20 pessoas foi acionada. Ele disse que o fornecimento de energia foi cortado por conta de um problema num cabo de transmissĂŁo localizado no bairro de Cruz das Almas.

SANDRO LIMA

Praias urbanas WLYHUDPJUDQGHPRYLPHQWRPDVQmRÂżFDUDPORWDGDV

LAZER E COMPRAS

SEM ATENDIMENTO

Maceioense procurou praia Falta de mĂŠdicos persiste nos ambulatĂłrios da capital e comĂŠrcio no feriadĂŁo ALANA BERTO REPĂ“RTER

UsuĂĄrios do Sistema Ăšnico de SaĂşde (SUS) que procuraram o AmbulatĂłrio 24 Horas JoĂŁo Fireman, localizado no Jacintinho, na Ăşltima quinta-feira (15), nĂŁo puderam ser atendidos pela falta de mĂŠdico plantonista. O problema se repete mesmo apĂłs a Secretaria de SaĂşde instaurar procedimento para investigar os mĂŠdicos faltosos. Segundo a coordenadora Administrativa do AmbulatĂłrio JoĂŁo Fireman, Kelita CortĂŞs, a GHĂ€FLrQFLD GH PpGLFRV p PXLWR grande, no entanto, no feriado o problema teria ocorrido porque a mĂŠdica escalada para o plantĂŁo adoeceu. “O posto nunca Ă€FDVHPPpGLFRSRLVSHQVDPRV muito no usuĂĄrio. Infelizmente a mĂŠdica adoeceu e em cima da hora nĂŁo conseguimos outro

mÊdico para cobrir o plantão�, MXVWLÀFRX A falta de mÊdico nos postos de saúde Ê uma reclamação constante dos pacientes que procuram estas unidades. No último dia 24 de outubro, a dona-de-casa ModÊstia Antonia Bezerra, de 54 anos, procurou atendimento na Unidade de Saúde Assis Chateaubriand, no Tabuleiro, e não conseguiu. Ela faleceu no local. O caso foi encaminhado à Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). $ÀOKDGHGRQD0RGpVWLD-Dnielly Bezerra contou que após a morte da mãe jå ouviu de outras pessoas que faltaram mÊdicos no posto em que sua mãe não encontrou atendimento. O presidente do Sindicato dos MÊdicos de Alagoas, Wellington Galvão, alegou que faltam mÊdicos no Estado e que RV SURÀVVLRQDLV VmR PDO UHPXnerados.

Para aproveitar o feriadĂŁo, muitas pessoas passaram o dia de ontem nas praias de MaceiĂł, e houve tambĂŠm os que preferiram ir Ă s compras no centro da capital, onde o movimento foi considerado satisfatĂłrio. De acordo com o presidente da Aliança Comercial, Olinto OzĂłrio, o movimento foi bom. “Havia muita gente nas ruas fazendo compras e valeu ter mantido as lojas abertasâ€?, comemorou. As lojas do Centro abrirĂŁo normalmente hoje, segunda-feira e terça-feira, dia 20, quando ĂŠ comemorado o Dia da ConsciĂŞncia Negra. “Este domingo o comĂŠrcio serĂĄ fechado. SĂł iremos abrir aos domingos a partir de dezembroâ€?, contou ele. No dia 20 tambĂŠm funcionarĂĄ normalmente o MaceiĂł

Shopping, na Mangabeiras, e o Shopping PĂĄtio MaceiĂł, no Tabuleiro do Martins. Eles abrem no horĂĄrio das 10 Ă s 22 horas. Quanto aos supermercados, o AtacadĂŁo terĂĄ expediente das sete Ă s 21 horas, e as lojas do Extra abrirĂŁo em horĂĄrio habitual: a do bairro de Mangabeiras permanecerĂĄ aberta 24 horas e a do Farol, das sete atĂŠ meia noite. A rede GBarbosa vai funcionar com o horĂĄrio habitual em todas as lojas: Serraria e Praia, das sete Ă s 22 horas; Stella Maris, sete Ă s 23 horas; Tabuleiro e Benedito Bentes, das sete Ă s 21 horas; e GBarbosa do Shopping PĂĄtio MaceiĂł, das oito Ă s 22 horas. As lojas do Grupo Walmart vĂŁo manter o horĂĄrio normal.


TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIĂ“ - SĂ BADO, 17 DE NOVEMBRO DE 2012

CIDADES

5

$ODJRDQDpVHPLÀQDOLVWDGHROLPStDGD Francine Joana foi uma das 125 estudantes brasileiras selecionadas para disputar competição de Língua Portuguesa

Cotidiano LININHO NOVAIS - contato@lininho.com

PT e o ‘mensalĂŁo’

D

o economista Luiz Gonzaga Belluzzo em sua coluna na Carta Capital: “O desempenho nas eleiçþes, o sucesso das polĂ­ticas sociais e o reconhecimento popular nĂŁo absolvem o Partido dos Trabalhadores dos pecados da Realpolitik e dos emprĂŠstimos contraĂ­dos em bancos de espertezas e hipocrisias do establishment nativo. NĂŁo hĂĄ outro caminho senĂŁo purgar as culpas e retomar a luta pelo avanço da igualdade e da democracia dos cidadĂŁos, o que inclui a defesa da diversidade de ponWRVGHYLVWDHGRVPHLRVSDUDH[SUHVViORV1DVRFLHGDGHGRVVLJQLÂżFDGRVLQYHUWLGRV HSHUYHUWLGRVFDEHjVDVVRFLDo}HVGHFLGDGmRVOXWDUHPSHODÂżVFDOL]DomRLQIDWLJiYHO dos poderes pĂşblicos e privados, sobretudo daqueles que pretendem se embuçar com as mĂĄscaras de senhores da liberdade. Imagino que assim podemos vislumbrar a derrota do transformismo que dĂĄ sobrevida ao pacto oligĂĄrquico que assola o PaĂ­s. Os senhores abandonaram os coturnos e as baionetas para recorrer aos mĂŠtodos sutis HHÂżFLHQWHVGHWRUWXUDFROHWLYDGRVFLGDGmRVFRPDVWpFQLFas da desinformação, do massacre ideolĂłgico e da “espetacularizaçãoâ€? da polĂ­tica.

ANA PAULA OMENA REPĂ“RTER

A

estudante Francine Joana da Conceição de Melo, de 11 anos, que estå no 5º ano da Escola JosÊ Pimentel Amorim, em Viçosa, Alagoas, Ê só felicidade. Ela estå na SemiÀQDO GDV 2OLPStDGDV GH /tQJXD Portuguesa, sendo a única selecionada no Estado. Francine venceu as duas etapas: regional e estadual, e segue para Fortaleza RQGHGLVSXWDUiD6HPLÀQDOFRP 125 estudantes selecionados no Brasil, nos próximos dias 21 e 22. Francine venceu na categoria Poemas e teve cerca de 30 dias para desenvolver textos que abordassem alguma característi-

ca na sua cidade natal. De acordo com a professora dela, MĂĄrcia Barbosa Martins, a garota passou por uma seleção dentro da prĂłpria escola e produziu vĂĄrios textos que focavam a cidade de Viçosa atĂŠ elaborar o que foi escolhido. A aluna fez um poema onde retrata a feira municipal de Viçosa. “Ela e todo o povo viçosense estĂŁo muito felizes. Parece que QRFRPHoRDĂ€FKDGHODQmRWLQKD caĂ­do, sabe. Depois foi que ela SHUFHEHXHĂ€FRXUDGLDQWHJUDYRX logo o poema, e um carro de som saiu anunciando pela cidadeâ€?, declarou a professora de Francine. A docente lembrou que esta nĂŁo foi a primeira vez que a Escola JosĂŠ Pimentel Amorim foi

selecionada em olimpíadas. Ela lembra que, embora Francine seja de família carente e more no Conjunto Padre Cícero, onde antes se concentravam barracos de lona, a menina nunca deixou de sonhar com um futuro melhor. ´2SDLGH)UDQFLQHpIDOHFLGR e ela mora com a mãe que Ê diarista e um irmão mais velho que estå desempregado. Eles vivem apenas da renda do Bolsa Família. Ela Ê uma lutadora, estamos WRGRV WRUFHQGR À]HPRV DWp XPD cotinha para que Francine vå para Fortaleza vestida adequadamente. As passagens aÊreas foram doadas pelo governo do Estado�, concluiu. ETAPAS São três etapas de premiação

QDV 2OLPStDGDV 1D SULPHLUD professores e alunos escolhidos com os melhores 125 textos de cada gĂŞnero vĂŁo receber medalhas de bronze, livros e o direito a participar de diversas atividades GHIRUPDomRFRPRRĂ€FLQDVGHOHLtura e escrita e visitas culturais. 1D HWDSD VHJXLQWH RV VHOHFLRQDdos receberĂŁo medalhas de prata e um tablet, e as escolas, uma placa de homenagem. 1D FRQFOXVmR GD ROLPStDGD prevista para ocorrer em dezembro, em BrasĂ­lia, serĂŁo premiados 20 alunos que receberĂŁo medalhas de ouro e um notebook. JĂĄ as escolas ganharĂŁo laboratĂłrios de informĂĄtica com dez microcomputadores e uma impressora, alĂŠm de projetor, telĂŁo e livros. REPRODUĂ‡ĂƒO FACEBOOK

Encontro e parceria No início do mês de dezembro o governador Teotonio Vilela irå reunir todos os prefeitos eleitos e reeleitos para apresentar a real situação vivida pelo governo estadual, bem como buscar parcerias com os municípios que desenham o apoio institucional.

Cavalgando AmanhĂŁ acontecerĂŁo duas grandes cavalgadas em Alagoas. A primeira intitulada de ‘Cavalgada da Liberdade’ farĂĄ um percurso de cinquenta e quatro quilĂ´metros entre a Serra da Barriga em UniĂŁo dos Palmares e a Serra Dois IrmĂŁos na cidade de Viçosa. A outra denominada de ‘Cavalgada da RepĂşblica’ terĂĄ como trajeto os canais e povoados na cidade de Marechal Deodoro.

Campo de batalha Pela primeira vez na história a badalada eleição para a presidência da OAB terå um debate transmitido por um canal de TV. Hoje os cinco postulantes ao cargo estarão frente-a-frente nos estúdios da TV Pajuçara, e a sociedade espera ouvir propostas, diferentemente do que DFRQWHFHQDVUHGHVVRFLDLVTXDQGRRERPEDUGHLRXOWUDSDVVDRFDPSRSUR¿VVLRQDO

DossiĂŞs 6HDVQRWtFLDVVHFRQÂżUPDUHPRGHEDWHGHORJRPDLVQD793DMXoDUDSRGHUiGHVFHURQtYHO a qualquer momento, algo que poderĂĄ fragilizar a OAB, por meio de seus candidatos, independente de quem esteja no comando. Membros de algumas chapas estarĂŁo com cartas nas mangas, para um possĂ­vel ataque em rede televisiva.

Narcisista Como não Ê de se admirar, em qualquer solenidade membros do segundo escalão do Governo de Alagoas fazem questão de terem seus nomes anunciados pelo cerimonial. Quando isso não acontece à cobrança Ê imediata, e muitas vezes deixa uma ferida aberta.

Agouro A novidade que muitos acreditam, porĂŠm vindo da casa de Tavares Bastos, nĂŁo surpreende ninguĂŠm, quando alguns de seus membros jĂĄ articulam uma possĂ­vel ‘nova eleição’ para mesa diretora. Algo totalmente sem escrĂşpulo, e uma falta de respeito atravĂŠs dos comentĂĄrios sĂłrdidos que ‘amigos’ se utilizam.

Absurdo Deputados estaduais que caminhavam pela orla marĂ­tima, pararam numa das barracas para saborear uma ĂĄgua de coco e entre um papo e outro, chegaram Ă  conclusĂŁo de que o que o TRE fez com o mandato do deputado JHC foi um ‘estupro jurĂ­dico’.

Em alerta O Procon em Alagoas deu início a operação de caça aos exploradores de plantão que usurpam os valores de suas mercadorias e serviços, e jå deixa claro que os consumidores que se sentirem lesados podem acionar o órgão pelo telefone 151.

Fantasia (PDLVXPDYH]UHSRUWDPRQRVjIDOWDGH¿VFDOL]DomRGD&DSLWDQLDGRV3RUWRVHPQHVVDV praias e lagoas. No último feriado, a utilização de jet-ski por adolescentes colocou a vida de inúmeros banhistas que estavam na Prainha da Barra Nova. Serå necessårio um acidente de repercussão para que a Marinha possa tomar uma atitude referente à sua representação em Alagoas?

Trocando posição A petista Genisete Lucena poderå mudar de posição, atualmente ela comanda a Fundação Palmares em Alagoas, mas a convite do prefeito eleito Beto Baía (PSD), seu destino serå a Secretaria Municipal de Cultura na terra da liberdade.

Unidos O prefeito eleito de Pilar, Carlos Alberto Canuto (PMDB), apesar de não ter elegido a maioria na Câmara de Vereadores, porÊm o xadrez ganha nova forma, e atÊ o inicio da nova gestão Canuto terå uma ampla bancada.

SĂƒO MIGUEL

Acusado de roubos ĂŠ assassinado no feriado O jovem Jonathan Douglas, 16, o “AnĂŁozinhoâ€?, conhecido em SĂŁo Miguel dos Campos por praticar roubos na regiĂŁo do Centro, foi assassinado ontem de madrugada dentro de uma casa onde tentou se esconder. O crime ocorreu na Rua AndrĂŠ Bastos, conhecida como ‘Rua do CabarÊ’. De acordo com a PolĂ­cia Militar, na terça-feira ele havia roubado uma senhora na porta do Banco do Brasil e acabou sendo apreendido, mas foi liberado por ser menor. Ele levou um tiro no braço e outro na cabeça.

Com apenas 11 anos, aluna de escola pĂşblica do interior de Alagoas e de origem humilde, Francine escreveu o poema sobre a feira livre

REDUĂ‡ĂƒO DO VALOR DA ENERGIA

IndĂşstria cobra debate sobre MP 579 VALDI JUNIOR COLABORADOR

A votação da medida provisória 579 que prevê a redução mÊdia de 20% no valor das tarifas de energia elÊtrica nos próximos dias no Congresso 1DFLRQDO DLQGD QmR p SRQWR SDFtÀFRHPERUDR*RYHUQR)Hderal deseje por em vigência uma tarifa mais baixa para o consumidor a partir de janeiro. A existência de 431 emendas à MP pode retardar investimentos e anular os efeitos das benesses do pacote de redução do custo da eletricidade.

2HQJHQKHLURFLYLO*HREHUWR Espírito Santo, vice-presidente de Planejamento EstratÊgico GR)yUXP1DFLRQDOGH6HFUHWirios de Estado para Assuntos de Energia, disse ser preciso um amplo debate sobre o projeto de modo que contemple o FRQVXPLGRU²QDSRQWDÀQDOGD cadeia produtiva – e tambÊm as empresas do setor elÊtrico. 1mR UHVWDP G~YLGDV UHVsalta Espírito Santo, que a MP 579 Ê fundamental para o País. Contudo, a forma e a velocidade como serå colocado em vigência esse plano pode comprometer o crescimento

ESPECIALISTA

“Consumidor jĂĄ poderia estar pagando menosâ€? 2 HQJHQKHLUR FLYLO (VStULWR Santo, declara que, apesar de algumas desvatagens da MP 579 para as indĂşstrias, a redução do custo da energia elĂŠtrica se fazia necessĂĄria, pois, ĂŠ impossĂ­vel o cidadĂŁo e o setor industrial continuarem pagando caro por uma energia elĂŠtrica cuja maioria dos investimentos realizados na construção das hidrelĂŠtricas jĂĄ foram amortizados. A Eletrobras jĂĄ comunicou ao mercado que vai aceitar os termos previstos na MP 579 ao renovar todas as concessĂľes. Ela responde por 67% de toda a geração que foi incluĂ­da no rol das usinas que terĂŁo a renovação antecipada. Para o presidente da Federação das IndĂşstrias do Estado de Alagoas (Fiea), JosĂŠ Carlos /\UD D PHGLGD SURYLVyULD UHpresenta um alento e vislumbra dias melhores para a indĂşstria nacional, porque reduz o valor

da tarifa de energia elĂŠtrica que ĂŠ uma matĂŠria prima indispensĂĄvel em qualquer fĂĄbrica. (QWmR GL] /\UD R SUHoR menor da energia elĂŠtrica vai impactar positivamente a cadeia produtiva de diversos segPHQWRV ´2 FXVWR YDL FDLU FRQsideravelmente, e a indĂşstria brasileira terĂĄ condiçþes de ser mais competitiva nos mercados interno e externoâ€?. Portanto, os termos da MP 579, antes de serem aprovados QR &RQJUHVVR 1DFLRQDO H FRORcados em vigĂŞncia, precisariam de mais discussĂŁo na sociedade, porque o barateamento da energia elĂŠtrica tambĂŠm vai afetar negativamente a arrecadação de ICMS. “A principal receita dos estadosâ€?, alerta o engenheiro civil Jackson Pacheco, secretĂĄrio-adjunto de Energia e Recursos 1DWXUDLV GD 6HFUHWDULD GH 3ODnejamento e Desenvolvimento do Estado de Alagoas.

econômico do País em mÊdio e longo prazo. AlÊm disso, a MP 579 corre risco de ser contestada judicialmente, adverte o engenheiro. Isso porque o artigo 246 da Constituição diz que qualquer alteração no setor de energia elÊtrica tem que ser feita por meio de projeto ou emenda constitucional. 2 IRUPDWR GHVVD PHGLGD SURYLVyULD YDL DVÀ[LDU R PHUcado livre, empurrando as indústrias a comprarem energia QRPHUFDGRFDWLYR2XVHMDYDL eliminar a barganha da indústria em adquirir uma energia

a um preço mais competitivo, uma vez que a energia no mercado cativo jå tem preço estabelecido pela União, no caso, a Eletrobras. Esse cenårio pode prejudicar as indústrias do setor industrial eletro intensivo. Aqui, em Alagoas, a indústria de cloro e soda, que tem a energia como insumo imprescindível no processo de fabricação de produtos, teme os efeitos da MP 579. Cålculos feitos por especialistas apontam perda de competitividade no mercado devido à possibilidade do aumento do custo da energia.

TRĂ‚NSITO VIOLENTO

Acidente deixa quatro IHULGRVQD$/1RUWH PETRÔNIO VIANA MILTON RODRIGUES REPÓRTERES

Um acidente ocorrido ontem à WDUGHQD$/1RUWHQREDLUUR de Jacarecica, em Maceió, deixou quatro pessoas feridas. A colisão aconteceu quando um veículo Kia 6RUHQWR SUDWD GH SODFD 10% 5277, saía da Associação do MinistÊrio Público de Alagoas e foi atingido por uma Parati preta sem placa, pertencente ao Sindicato dos Taxistas de Alagoas. 4XDWUR SHVVRDV ÀFDUDP PDchucadas, mas apenas duas chegaram a ser conduzidas ao HosSLWDO*HUDOGR(VWDGR +*( SHOR Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Vårias unidades do Corpo de Bombeiros foram enviadas ao local porque havia vazamento de combustível. 2V PRWRULVWDV GRV GRLV YHtFXlos, que não quiseram falar com a

imprensa, chegaram a um acordo e os carros puderam ser removiGRVGDSLVWDOLEHUDQGRRĂ X[RGH veĂ­culos. MORTES 1R LQtFLR GD PDQKm GR IHULDdo da Proclamação da RepĂşblica, quinta-feira, trĂŞs jovens morreUDPHWUrVĂ€FDUDPIHULGRVHPXP acidente envolvendo um Ford Focus, na Avenida Fernando Affonso Collor de Mello, entrada de Rio /DUJR 2 YHtFXOR VH FKRFRX FRQtra um muro, matando KrislaiQH /XLVD GRV 6DQWRV GH  DQRV dançarina da banda de forrĂł Capa de Sela, Bruna da Conceição dos Santos, 23 anos, vocalista da banGD 3DL[mR 3URLELGD H 1LFKRODV 6RX]D 6LOYD  DQRV 2V IHULGRV foram Roseane Santos de Castro, 25, e Elaine Zacarias, 23, ambas dançarinas da banda ForrozĂŁo das $QWLJDVDOpPGH(YRQHL*XVWDYR Silva da PaixĂŁo, 20 anos. Eles foram hospitalizados, mas receberam alta ontem.


6

OPINIAO

TRIBUNAINDEPEND-

MACEIĂ“ - SĂ BADO, 17 DE NOVEMBRO DE 2012

OpiniĂŁo

O

Acordos para controle de doenças

s MinistÊrios da Saúde do MercoVXOÀUPDPVHWHDFRUGRVTXHHVWDEHOHFHPDo}HVLQWHJUDGDVSDUD o controle e prevenção de doenças. 2VGRFXPHQWRVYLVDPFRQWULEXLUSDUD D GLPLQXLomR QR Q~PHUR GH FDVRV H

AĂ?LTON VILLANOVA ailton.villanova@gmail.com

A loura endividada

I

nstituiçþes evangĂŠlicas de tudo quanto ĂŠ denominação – atĂŠ aquela do “Amor Divinoâ€? –, estĂŁo invadindo emissoras de rĂĄdio e televisĂŁo. E exibem os mais insĂłlitos espetĂĄculos, YHUGDGHLUDVHQURODo}HVFRPXPD~QLFDÂżQDOLGDGHIDWXUDUDOWR3DVWRUHVHFRQJrQHUHV GLVFXUVDPSHUDQWHPLFURIRQHVHGHVÂżODPGLDQWHFkPHUDVGH79DOJXQVGHOHVFRPD GHVHQYROWXUDGHDVWURVFLQHPDWRJUiÂżFRV2XWURVTXHUHQGRVHURSUySULR&ULVWRSURPHWHQGR milagres. Pastor FraudĂ­lio DelĂşrbio era um desses que adoravam dar uma de santo milagroso. Bom de papo, ele tambĂŠm nĂŁo podia ver uma donzela dando sopa que logo chegava junto, cheio de catequização. NĂŁo faz muito tempo, eis que na saĂ­da de determinado shopping ele deu de cara com a lourinha chamada Solideusa, cujo semblante demonstrava tristeza. AĂ­, DelĂşrbio nĂŁo se fez de rogado: - Boa tarde, linda jovem... - Boa tarde. – respondeu a moça. - Cumprimentos em Cristo. Posso saber por que tanta angĂşstia numa criatura tĂŁo excelsa? E a garota: - Estou vivendo um drama muito triste. Sem crĂŠdito na praça, nĂŁo consigo comprar nada. Devo pra todo mundo, desde que perdi o emprego e, no momento, nĂŁo vejo solução... JĂĄ pensei atĂŠ em me matar! - Aleluia, Jesus! - É mesmo. Estou desesperada. O senhor precisava ver o monte de carnĂŞs e faturas atrasados que tenho lĂĄ em casa. Acho que a solução seria eu morrer mesmo! - Calma senhorita! VocĂŞ precisa ĂŠ de ajuda espiritual. NĂŁo custaria nada vocĂŞ comparecer a minha igreja para uma sessĂŁo de descarrego. (RQGHpTXHÂżFDDVXDLJUHMD" O “pastorâ€? ensinou-lhe o endereço e na quarta-feira seguinte a moça baixou lĂĄ, toda embonecada, no meio de um culto festivo. Era cantoria, era louvação e era choradeira. Maior loucura! Assim que bateu o olho na lourinha, o pastor chamou-a ao palco. Ela subiu lĂĄ e logo se viu agarrada pelo cara, que bradava: - Eis aqui, irmĂŁĂŁĂŁooosss, uma criatura que necessita ser salva do fogo do inferno! Ela estĂĄ possuĂ­da do demĂ´nio! Aleluia! - Aleluia! Aleluia! Aleluia! – respondeu a galera. Nesse momento entrou em cena outro “pastorâ€?, um negrĂŁo parrudĂŁo, parecido com o ER[HDGRU(YDQGHU+ROOLÂżHOG(OHDSRQWRXRGHGmRSDUDDJDURWDHGHXXPEHUURFKHLRGH analfabeticidade: - Abondona esse corpo que nĂŁo te pertence, demĂ´nho! Dizaloja! (ele queria dizer “desalojaâ€?) Esse corpo nĂŁo te pertence, demĂ´nho! Dizaloja! Em seguida, o negĂŁo se aproximou da moça e, colocando a mĂŁo na sua cabeça, lascou outro berro mais apavorante ainda: - Dizaloooja, demĂ´nho! Estou ordenando!Dizaloooja! Em nome de Cristo, dizaloja! Sob pressĂŁo, a garota cedeu: - TĂĄ Bom, tĂĄ bom! Eu falo! Lojas Pernambucanas! Lojas Americanas, Magazine Alvorada! Armazens Luiza...

*XHUUDGHSURÂżVV}HV 1XPEDU]LQKRGHÂżQyULRVQDRUODGH3DMXoDUDGLVFXWLDPXPDGYRJDGRHXPPpGLFR Dizia o mĂŠdico: - VocĂŞs advogados sĂŁo uns sacanas... Pegam o coitado de um cliente e sĂł o largam quando ele estĂĄ na ruĂ­na! No que replicou o causĂ­dico: - Bom, pelo menos os deixamos vivos!

6HPPDLVGHORQJDV

O sujeito pagou a consulta na clínica do doutor LatÊrcio Bezerra e em seguida apresentou-se ao esculåpio, que indagou: - Qual o seu problema, cidadão? - Fortes dores no estômago. - O mÊdico examinou daqui, examinou dali e concluiu: - Vamos fazer uma endoscopia, um exame de urina, um de fezes e... - Espere aí! – interrompeu o paciente – Pra quê tantos exames? Eu sou veterinårio e só de dar uma olhada no animal jå sei o que ele tem! E doutor LatÊrcio: - Ok. Então, leve esse medicamento, tome duas vezes ao dia e, caso não melhore dentro GHXPDVHPDQDQyVWHVDFUL¿FDPRV

RemÊdio de morte 2GHV¿OHGHHYDQJHOL]DGRUHVQDWHOHYLVmRWHPSURWDJRQLVWDVSDUDWRGRVRVJRVWRV$OJXQV ousam, na maior cara de pau, exigir dinheiro do incauto que o prestigia com a sua audiência, em troca de uma suposta salvação. E escampam impunes desses achaques, dessas chantagens, porque estão protegidos, conforme Ê dito no texto que abre esta coluna. 'RODGRGHFiDRSpGRUiGLRRXGLDQWHGRDSDUHOKRGHWHOHYLVmRXPDPXOWLGmRGH³¿pLV´p engabelada por espertalhþes... Entre os explorados, encontrava-se a mais humilde das cristãs (vamos dar-lhe o nome de GRQD0DULD TXHSDVVDYDKRUDVD¿RUHSDUDQGRQDSHUIRUPDQFHGRVSUHJDGRUHVUDGLRI{QLFRV HWHOHYLVLYRV$WpTXHXPGLDSLQWRXQDWHOLQKDXPWDOGH0LVVLRQiULR$JDSLWR QRPH¿FWtFLR naturalmente), arvorando-se Deus e anunciando milagres. Dono de um discurso capaz de derrubar atÊ helicóptero supersônico, o cara logo despertou a atenção de dona Maria, que era portadora de um calo seco no dedo mindinho do pÊ esquerdo, e que incomodava demais. Todo tipo de remÊdio para extirpå-lo, ela havia aplicado no infeliz sem obter resultado positivo algum. CrÊdula ao extremo, dona Maria estava ligada no papo do cara quando, empolgado, ele proclamou: &DURVLUPmRV2PLODJUHVDOYD%DVWDXPJROHGDiJXDTXHEHQ]HUHLHYRFrV¿FDUmRERQV dos seus males em segundos. Minha ågua benta cura qualquer doença, qualquer incômodo. AtÊ calo seco! $RHVFXWDULVVRGRQD0DULDFKRURXGHDOHJULDH¿FRXHVFXWDQGRRUHVWRGDUHFRPHQGDomR do missionårio: ,UPmRVSDUDVHUHPEHQH¿FLDGRVFRPPLQKDiJXDPLODJURVDYRFrVYmRID]HURVHJXLQWH peguem um copo bem limpinho, encha de ågua e, em seguida, deposite-o sobre o seu aparelho de televisão. Quando eu terminar a minha pregação, dentro de duas horas, mas ou PHQRVYRFrVDEHEHUmRSRUTXHDiJXDHVWDUiVDQWL¿FDGD O missionårio terminou de falar, despediu-se dos telespectadores e saiu do ar. Esperançosa de cura, dona Maria pegou o copo e bebeu sua ågua quente, em razão da temperatura elevada produzida pelo aparelho de TV. (ODQmR¿FRXERDGRFDORODPHQWDYHOPHQWH0DVPRUUHXGHSQHXPRQLD

TRIBUNA

INDEPENDENTE

Rua da Praia, 134 - sala 303 - centro - Maceió Alagoas Endereço Comercial: Av. Menino Marcelo - 10.440 - Serraria Maceió - Alagoas - CEP: 57.083.410 CNPJ: 08.951.056/0001 - 33

robertobaiabarros@hotmail.com

A vez de Nezinho

R

eeleito vereador, 5RJpULR Nezinho tem tudo para ser o prĂłximo presidente da &kPDUD0XQLFLSDOGH$UDSLUDFD E nos bastidores nĂŁo se fala em outra coisa. A expectativa, agora, ĂŠ para a posição da prefeita eleita CĂŠlia Rocha, que jĂĄ iniciou diĂĄlogo para ter ao seu lado a maioria dos vereadores e, principalmente, eleger o presidente do Poder Legislativo. Ă€ boca miĂşda, fala-se que dos vereadores eleitos, pelo menos 12 jĂĄ sĂŁo CĂŠlia desde “criancinhaâ€?.

eURXERPHVPR

6DFDQDJHP

Quem conhece a cidade de Piranhas, em Alagoas, de cara se apaixona. É de tirar o fôlego atÊ PHVPRGHSUR¿VVLRQDLVOLJDGRVj årea turística. Poderia, no entanto, subir os degraus do turismo em Alagoas e permanecer no topo. Infelizmente, Piranhas estå na contramão por conta de alguns comerciantes inescrupulosos que exploram e atendem muito mal o turista. Essa gente trabalha com restaurantes, bares e hotÊis e assaltam os turistas em plena luz do dia.

Roubo ou nĂŁo, a verdade ĂŠ que esses sujeitos continuam sacaneando os turistas e impedindo o avanço do turismo no municĂ­pio. Deveriam, sim, estar em uma cela prĂłpria para ladrĂľes. Para a infelicidade da população e do turista, esse “genteâ€?, tambĂŠm, comercializa bebida e comida. Lembrando que para toda regra tem exceção e os dedos das mĂŁos nĂŁo sĂŁo iguais. Muitos comerciantes desse ramo sĂŁo pessoas dignas e merecem respeito. Assim nĂŁo dĂĄ caba veio. CadĂŞ o MP?

([SORUDomR

O cadastramento das famílias para aquisição de moradias nos dois novos conjuntos residenciais que estão sendo construídos em Arapiraca prossegue atÊ o próximo dia 21 deste mês de novembro. A informação Ê da Secretaria Municipal de Assistência Social. O trabalho estå sendo realizado no Ginåsio Poliesportivo João Paulo II, entre o Parque Ceci Cunha e o Bosque das Arapiracas.

Felizmente, nĂŁo sĂŁo todos e toda regra tem exceção. Agora, nĂŁo ĂŠ H[DJHURDOJXPDÂżUPDUTXHSHOR menos 70% dos “empresĂĄriosâ€? metem a faca no goela dos visitantes. Para se ter uma ideia, uma simples cerveja de 250ml custa em alguns bares nada mais nada menos do que quatro reais.

0RUDGLDV

,QVFULo}HV Para efetuar as inscriçþes, como prÊ-requisito, as famílias devem estar inseridas no Cadastro Único (Cad Único) da Secretaria de Assistência Social, para terem GLUHLWRjLQFOXVmRGRVQRPHVQDUHODomRGRVEHQH¿FLiULRV O cadastramento estå sob a coordenação das secretarias de Assistência Social e de Desenvolvimento Urbano e Habitação. De acordo com as secretårias de Assistência Social, AdÊlia Lúcia, e de Desenvolvimento Urbano e Habitação, Caroline Albuquerque, o prazo foi ampliado D¿PGHTXHWRGDVDVSHVVRDVVHMDPDWHQGLGDVQRFDGDVWUDPHQWR

Aderiram

$PSOLDomR

As Unidades de Saúde da Família (USF) de Arapiraca que aderiram ao Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Båsica (PMAQ) obtiveram resultados positivos na avaliação realizada pelo MinistÊrio da Saúde. De acordo com o resultado, divulgado para todo o país, o município de Arapiraca apresentou 87,5% das Equipes de Saúde da Família como ótimas ou boas, e 2,5% como regulares.

O PMAQ objetiva ampliar a capacidade de ofertas de serviços de saúde que assegurem maior acesso e qualidade, de acordo com as necessidades da população. AlÊm de ser um dos requisitos para a continuidade da liberação de recursos, a avaliação externa Ê uma das quatro fases do programa, que se complementam formando um ciclo contínuo de melhoria do acesso e da qualidade da Atenção Båsica.

5HVXOWDGR O prefeito Luciano Barbosa (PMDB) mais uma vez parabenizou a secretåria Sandra Mårcia Lima e toda equipe da Secretaria de Saúde pelo resultado. O PMAQ foi instituído pelo MinistÊrio da Saúde atravÊs da Portaria nº 1.654, de 19 de julho de 2011 e tem como fases – adesão e contratualização; desenvolvimento; avaliação externa; e recontratualização.

Importante ³2UHVXOWDGRGHVVHWUDEDOKRpPXLWRLPSRUWDQWHSDUDWRGRVQyVD¿PGHTXH possamos ouvir opiniþes externas acerca do trabalho preventivo realizado nas unidades de saúde de Arapiraca. Jå avançamos muito, inclusive como referência nas åreas da promoção e da atenção båsica, mas temos a consciência de que ainda podemos fazer muito mais�, acrescentou o prefeito Luciano.

FILIADO AO

Jorgraf UM PRODUTO:

Cooperativa dos Jornalistas H*UiÂżFRVGRHVWDGRGHDODJRDV

SRUGDVPRUWHVQR%UDVLO2REMHWLYRGR3ODQRpGLPLQXLURQ~PHUR WRWDO GH PRUWRV SRU HVVH JUXSR GH GRHQoD HP GH] DQRV HP SDtVHV FRPR 8UXJXDL $UJHQWLQD %UDVLO &KLOH H Peru.

DHVWUHLWDUDLQGDPDLVVHXVODoRVSDUD DPSOLDUDTXDOLGDGHGDVD~GHGHVXDV SRSXODo}HV As DCNT (diabetes, câncer, doenças FDUGLRYDVFXODUHV H UHVSLUDWyULDV FU{nicas, entre outras) são responsåveis

yELWRV GD OHLVKPDQLRVH WXEHUFXORVH GHQJXH +,9$LGV H GRHQoDV FU{QLFDV QmRWUDQVPLVVtYHLVQDUHJLmR 2V 0LQLVWpULRV GD 6D~GH GRV SDtVHVPHPEURVHDVVRFLDGRVGR%ORFRVH FRPSURPHWHP GH PDQHLUD LQRYDGRUD

PRESIDENTE Antonio Pereira Filho DIRETOR ADMINISTRATIVO FINANCEIRO: JosĂŠ Paulo Gabriel dos Santos Editor geral: Ricardo Castro

etjornalista@gmail.com

%DUUDGH6mR0LJXHO

E

QWUHVHJXQGDHWHUoDIHLUDGD VHPDQDTXHYHPDFLGDGHGD %DUUDGH6mR0LJXHOVHUiSDOFR GRVQRYRVSUHIHLWRVHOHLWRVWDQWRGH $ODJRDVFRPRGH6HUJLSH(OHVYmR SDUWLFLSDUGHXPVHPLQiULRSURPRYLGR SHOD&RQIHGHUDomR1DFLRQDOGRV0XQLFtSLRVFRPRWHPD2SRQWRGHSDUWLGDSDUDXPDJHVWmRGHTXDOLGDGH2 HYHQWRDFRQWHFHQR+RWHO9LODJH%DUUD 1RVHPLQiULRVHUmRGLVFXWLGRVDVUHDLV FRPSHWrQFLDVSROtWLFDVHDGPLQLVWUDWLYDVGRVPXQLFtSLRVHRGHVHQYROYLPHQWR GHXPPRGHORGHJHVWmRHĂ€FLHQWHSDUDH[HFXWDUVXDVDWULEXLo}HV 2VWHPDVDERUGDGRVVHUHODFLRQDPDRFRWLGLDQRGDDGPLQLVWUDomR S~EOLFDPXQLFLSDOFRPRVD~GHHGXFDomRHĂ€QDQoDV2IXWXUR SUHIHLWRGH&DSHODEustaquinho Moreira (PSDB)JDUDQWLXVXD SUHVHQoDSURPHWHQGRVHLQWHLUDUGHWRGDSURJUDPDomR

Maceió / Arapiraca Dezesseis alunos dos projetos Tri-Criança e Criança Integrada, SDWURFLQDGRVSHOD3HWUREUDVHVWDUmRDPDQKmQR;,;'HVD¿R Internacional de Ciclismo, promovido pela TV Gazeta em Alagoas. As inscriçþes foram realizadas mediante convite dos organizadores que organizam modalidades que acontecerão entre o percurso de Maceió a $UDSLUDFD2'HVD¿RpDPDLRUFRPSHWLomRGHFLFOLVPRGR(VWDGR(OH possui a mais longa e dura competição de ciclismo do Brasil. É o evento nordestino mais esperado pelos atletas que, segundo os organizadores, SRVVXLHVFULWRVEUDVLOHLURVKLVSkQLFRVHHXURSHXV

0DFHLy$UDSLUDFD2XWURV O Consolador, por meio dos projetos mencionados, serå representado por oito crianças de Maceió, dois de Igaci e seis de Pilar. Seis deles terão a largada no município de São Miguel dos Campos para percorrerem XPDGLVWkQFLDGHNP2VRXWURVGH]LQLFLDUmRVXDSDUWLFLSDomRQD Barra de São Miguel, quando terão que pedalar por 33 km atÊ chegar a Maceió.

Coruripe Cerca de 50 jipeiros de todo o Nordeste vão acelerar os motores no V Jeep Cross Coruripe, de hoje atÊ amanhã. O evento corresponde à terceira etapa do Campeonato Alagoano. E pra quem pensa que só homens encaram a velocidade, essa competição conta com a categoria feminina com cinco representantes. Jipeiros de São Luiz, Natal, João Pessoa, Recife, Gravatå, Caruaru, Garanhuns, Ibateguara, São JosÊ GD/DMH0XULFL0DFHLy$UDSLUDFD$UDFDMXH6DOYDGRUMiFRQ¿UPDUDP presença.

&RUXULSHÂą5HOLJLmR

Por falar em Coruripe, amanhã a comunidade participa da busca do mastro que inicia festejo à padroeira Nossa Senhora Imaculada Conceição, evento que se estende atÊ o dia 8 do próximo mês. Tradição de mais de duzentos anos vai reunir pessoas mata adentro para manter YLYDDWUDGLomR2PDVWURVHUi¿QFDGRHHUJXLGRHPIUHQWHjLJUHMDPDWUL]

Bacia Leiteira

Hå oito dias, o presidente da Cooperativa de Produção Leiteira de Alagoas (CPLA), Aldemar Monteiro, embarcou para uma missão tÊcnica internacional no Canadå junto com representantes do Governo e lideranças do setor produtivo do leite alagoano. O objetivo da missão, TXH¿QGDQHVWHViEDGRpJDUDQWLUQRYDVSDUFHULDVHDFRUGRVGH cooperação tÊcnica para a cadeia produtiva do leite alagoana, alÊm de apresentar os investimentos de Alagoas na região da Bacia Leiteira e no Polo Agroalimentar de Batalha.

Pilar

O encerramento do calendårio de leilþes do Nordeste acontece durante a 12ª Vaquejada de Pilar, uma das mais importantes do Brasil, no próximo dia 7 de dezembro, às 21h, no Parque Arthur Filho. O Leilão esse ano chega a sua 8ª edição. Cavalos das raças Quarto-de-Milha e Paint Horse com excelência genÊtica para vaquejada serão ofertados HPDSUR[LPDGDPHQWHORWHV2UHPDWHFRPHUFLDOL]DUiDQLPDLV¿OKRWHV de campeþes e os próprios campeþes.

Pilar - Ano

Durante o evento serĂĄ realizado o PrĂŞmio “Melhores do Ano da Vaquejada 2012â€?. Na ocasiĂŁo, haverĂĄ a entrega de trofĂŠus para os competidores que participaram das etapas ao longo ano. A premiação ĂŠ realizada anualmente pelo Portal Vaquejada e reĂşne os principais vaqueiros, cavalos, criadores, proprietĂĄrios de equipes e empresas do UDPR6HJXQGR5RGULJR/RXUHLURGLUHWRUGDOHLORHLUDRÂżFLDOGRHYHQWR Agreste LeilĂľes, o prĂŞmio pode ser considerado no meio como o Oscar da Vaquejada.

Nosso noticiĂĄrio nacional ĂŠ fornecido pelas agĂŞncias: AgĂŞncia Folha e AGĂŞncia Nordeste PABX: 82.3311.1338 COMERCIAL: 82.3311.1330 - 3311. 1331 REDAĂ‡ĂƒO: 82.3311.1328 - 3311.1329 CENTRAL DE ASSINANTE: 82.3311.1308 - 3311.1309 comercial.tribunaindependente@gmail.com redação.tribunaindependente@gmail.com

ricardocastro@tribuna-al.com.br

DIRETORA COMERCIAL: Marilene Canuto

OS ARTIGOS ASSINADOS SĂƒO DE RESPONSABILIDADE DOS SEUS AUTORES. NĂƒO REPRESENTANDO, NECESSARIAMENTE, A OPĂ?NIĂƒO DESTE JORNAL.


TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIĂ“ - SĂ BADO, 17 DE NOVEMBRO DE 2012 BRASIL/MUNDO 7

Brasil / Mundo

Erro de operadora faz apostador do RS ganhar duas vezes na Lotofåcil Um apostador do Rio Grande do Sul ganhou sozinho, duas vezes, no mesmo sorteio. Tudo graças a um erro da operadora da caixa da lotÊrica. O caso ocorreu na agência do balneårio Cassino. Um apostador foi à casa e fez um jogo simples da Lotofåcil, no valor de R$ 1,25. Os 15 números que arriscou (02, 05, 07, 08, 09, 11, 13, 14, 16, 17, 18, 22, 23, 24 e 25) foram os sorteados. Assim, o prêmio seria dividido entre nove pessoas, o que teria dado ao sortudo cerca de R$ 150 mil. Durante o processamento da aposta, na hora de dar baixa ao jogo do apostador, a operadora de caixa enviou, sem querer, duas vezes o resultado.

Maluf ĂŠ condenado a devolver R$ 21,7 mi Ă  Prefeitura de SP 'HFLVmRIRLGD&RUWHGH-HUVH\SDUDtVRÂżVFDOEULWkQLFRHVHUHIHUHDGHVYLRHP

A

Corte de Jersey, paUDtVR ÀVFDO EULWkQLFR condenou duas empresas ligadas ao deputado federal e ex-prefeito de São Paulo, Paulo Maluf (PP-SP) a devolverem pelo menos R$ 21,7 milhþes (10,5 milhþes de dólares) desviados dos cofres públicos da capital paulista em 1998, Êpoca em que seu aliado Celso Pitta administrava a cidade. A VHQWHQoD ÀQDO GR SURFHVVR foi divulgada ontem pelo órgão judiciårio e ainda cabe recurso. Os magistrados aceitaram a argumentação dos advogados da prefeitura de que duas empresas offshore ligadas ao ex-prefeito e a seu ÀOKR )OiYLR 0DOXI IRUDP

ANDRÉ FOTOJORNALISMO

usadas como instrumento de lavagem de dinheiro. A rota do desvio de recursos envolvia empresas brasileiras responsåveis pela construção de obras contratadas pela prefeitura paulista, contas em Nova Iorque e pagamenWRÀQDOQR'HXWVFKH%DQNGH Jersey. O procurador-geral do município, Celso Augusto CoccaUR )LOKR FODVVLÀFRX D GHFLVmR como inÊdita entre os municípios brasileiros e lembrou que RVMXt]HVDLQGDGHÀQLUmRRYDORU dos juros a serem pagos pelo ex-prefeito, que terão função não apenas de recomposição monetåria, mas tambÊm punitiva. Os 10,5 milhþes de dólares citados na sentença são referentes aos valores à Êpoca. Paulo Maluf Ê acusadoGHGHVYLRGHGLQKHLURGXUDQWHDJHVWmRGRSUHIHLWRD¿OKDGR&HOVR3LWD

PRESIDĂŠNCIA STF

Barbosa faz convite a Lula para a posse O ministro do Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa, convidou o ex-presidente Luiz InĂĄcio Lula da Silva para sua posse como presidente da Suprema Corte. $ LQIRUPDomR IRL FRQĂ€UPDGD pelo cerimonial do STF. Barbosa assumirĂĄ como mandatĂĄrio do ĂłrgĂŁo na prĂłxima quinta-feira, substituindo o colega Carlos Ayres Britto, cuja aposentadoria foi publicada onWHPQR'LiULR2Ă€FLDOGD8QLmR O ex-presidente Lula, no entanto, nĂŁo deverĂĄ comparecer Ă  cerimĂ´nia. Ele estĂĄ em uma viagem pelos continentes africano e asiĂĄtico e deverĂĄ retornar ao Brasil apenas em 24 de novembro. A excursĂŁo estava programada para acontecer em 2011, mas foi adiada devido ao tratamento do exSUHVLGHQWH FRQWUD R FkQFHU No dia da posse de Barbosa, Lula estarĂĄ na Ă?ndia recebendo o prĂŞmio Indira Gandhi. Ontem, o ex-presidente esteve na Ă frica do Sul e se encontrou com o presidente do paĂ­s, Jacob Zuma. Na reuniĂŁo, que durou cerca de uma hora e dez minutos, Lula reforçou um convite para que Zuma participe do seminĂĄrio “Novos HQIRTXHVXQLĂ€FDGRVSDUDDFDbar com a fomeâ€?. O encontro acontecerĂĄ nos dias 4 e 5 de março do ano que vem em Adis Abeba, na EtiĂłpia, e conta com o apoio do Instituto Lula.

MENSAGEM TUCANA

JOSÉ RAINHA

O PSDB divulgou ontem nota para elogiar o trabalho do Supremo Tribunal Federal (STF), um dia apĂłs o PT ter emitido crĂ­ticas sobre o assunto. Assinada pelo presidente do partido, SĂŠrgio Guerra, o partido destaca que a Corte estĂĄ “mudando a cultura do paĂ­s, Ă  luz da Constituição, garantindo que a lei seja aplicada a todos, mesmo que sejam ricos ou poderososâ€?. Sem mencionar o PT, o partido

Civil, JosĂŠ Dirceu, pode ser assassinado na prisĂŁo, caso venha a cumprir na cadeia parte da pena a que foi condenado pelo Supremo Tribu-

representa, vai ser um alvo fĂĄcilâ€?. Condenado a 10 anos e dez meses de prisĂŁo, alĂŠm de multa de R$ 676 mil, por ter sido considerado o “chefeâ€?

ano e onze meses em regime fechado. Para o ministro do STF Joaquim Barbosa, relator do processo, o rĂŠu deve ir para uma prisĂŁo comum.

SOB CUIDADOS

FAIXA DE GAZA

EQUADOR

CASO ELIZA

O arquiteto Oscar Niemeyer, 104 anos, teve uma hemorragia digestiva ontem, mas o quadro jå foi controlado, segundo a assessoria do Hospital Samaritano, no Rio de Janeiro, onde permanece internado. De acordo com o mÊdico Fernando Gjorup, o estado clínico do paciente ainda Ê delicado e requer cuidados por conta da idade avançada. No entanto, Niemeyer HVWiO~FLGRHVHJXHD¿VLRWHUDSLD respiratória. Não hå previsão de alta.

Militantes do Hamas lançaram ontem um foguete contra JerusalÊm, na primeira vez que a cidade onde estå sediado o governo de Israel foi alvo de artilharia aÊrea vinda de Gaza. A rådio das ForoDV$UPDGDVGH,VUDHOFRQ¿UPRX que um míssil caiu em uma årea ao norte da cidade - e que não houve relatos de mortos ou feridos. Após o ataque, ministros israelenses receberam um pedido para aprovar a convocação de atÊ 75 mil reservistas.

Um grupo de moradores da cidade Uequatoriana de Guayaquil tentou inscrever um burro para concorrer nas eleiçþes de fevereiro do ano que vem no paĂ­s, mas nĂŁo obteve sucesso. O animal, batizado de “Senhor Burroâ€?, “iriaâ€? concorrer a uma cadeira na Assembleia Nacional. Daniel Molina, lĂ­der do grupo de apoio ao candidato burro, disse que o objetivo era chamar a atenção dos eleitores sobre a seriedade da eleição parlamenta.

A três dias do julgamento dos cinco acusados do desaparecimento e morte de Eliza Samudio, a expectativa Ê de um confronto intenso entre a defesa e a acusação do goleiro Bruno Fernandes de Souza. A ausência do cadåver Ê um dos principais aspectos do caso. De um lado, os advogados de ex-atleta sustentarão que se não hå corpo, não hå crime. A GHIHVDD¿UPDTXHTXHURXYLURH[ marido da mãe de Bruno, que estå preso em Governador Valadares.

Em nota, PSDB diz que STF ‘ZĂŠ Dirceu pode ser assassinado na cadeia’ O lĂ­der sem-terra JosĂŠ nal Federal (STF). “Dentro do esquema conhecido como Rainha JĂşnior disse ontem do presĂ­dio quem manda ĂŠ o mensalĂŁo, o ex-ministro terĂĄ ‘mudou a cultura do paĂ­s’ que o ex-ministro da Casa crime e ele, por tudo o que de cumprir pelo menos um opta em exaltar o julgamento na nota e o papel do STF. “Para o PSDB, o Supremo Tribunal Federal vem cumprindo o seu papel e tem contribuĂ­do enormemente para o fortalecimento das nossas instituiçþes e da democracia no %UDVLOÂľDĂ€UPDPRVWXFDQRV O tom da nota do PSDB ĂŠ oposta ao adotado pelo PT, que DĂ€UPRX HP GRFXPHQWR FRP cinco pĂĄginas divulgado na Ăşltima quarta-feira, que o STF fez um julgamento polĂ­ticoâ€?.

Oscar Niemeyer tem hemorragia digestiva

Hamas lança missil contra JerusalÊm

Burro Ê lançado candidato a deputado

Julgamento começa na segunda-feira


8

ESPORTES

0$&(,Ă?6Ăˆ%$'2'(129(0%52'(

Esportes

TRIBUNA,1'(3(1'(17(

Dirigentes podem sair do CSA mesmo antes de se apresentar no Mutange 2QRYRGLUHWRUGHIXWHEROSURÂżVVLRQDOGR&6$ Marquinhos MossorĂłDLQGD pDJXDUGDGRHP0DFHLy3RUpPHOHSRGHQmRYLUPDLVSDUDR0XWDQJH$ UD]mRpDVDtGDGRHPSUHViULR5DIDHO7HQyULRGRSURMHWRVREUHDPRQWDJHP GRHOHQFRSDUD0RVVRUyH[&DPSLQHQVH 3% HTXHHVWDYDSDUWLFLSDQ GRGHXPFXUVRGH3RUWXJDOIRLFRQWUDWDGRSRU7HQyULR$VHFRQÂżUPDUVHUi DWHUFHLUDEDL[DQRFOXEHDQWHVPHVPRGHDSUpWHPSRUDGDFRPHoDUSRLVMi QmRYmRFRQWLQXDURDVVLVWHQWHWpFQLFR5RGULJR)RQVHFDHRSUHSDUDGRUItVLFR 5RGULJR$OEXTXHUTXH3DUDHVWHV~OWLPRVSRVWRVRSUHVLGHQWH-RUJH9,GLVVH TXHGHYHRSWDUSRUQRPHVORFDLV7XGRLVVRSDUDHFRQRPL]DUGHVSHVDV

CRB faz hoje o jogo de vida ou morte *DORHQFDUDR*XDUDQLHYLWyULDGiFKDQFHGHEULJDUFRQWUDRUHEDL[DPHQWRQD~OWLPDURGDGDGHUURWDSRGHGHFUHWDUDTXHGD

O

CRB faz hoje o jogo mais importante do ano. Em campo, os atletas precisam vencer o Guarani para continuar a briga para fugir do rebaixamento. Uma derrota, combinada a outros resultados, pode decretar hoje o rebaixamento do clube. O Galo apresentarå duas novidades ao seu torcedor para o duelo de hoje, às 15h20, no Rei PelÊ, pela penúltima rodada da SÊrie B do Campeonato Brasileiro. Sem poder contar com Diego Aragão e Ricardinho, ambos suspensos, Roberval Davino deverå escalar Ângelo e Aloísio Chulapa, respectivamente. O atacante Denílson faz um teste na boca no túnel para saber se tem condiçþes de jogo. Caso seja aprovado ele serå titular no lugar de Chulapa. O lateral direito e o experiente atacante foram testados nos treinos e deverão ser confirmados na equipe. Desta

maneira, a equipe deverĂĄ entrar em campo com: Cristiano, Ă‚ngelo, Ednei , RodrigĂŁo e Gleidson; Marcinho Guerreiro, Gilberto, JadĂ­lson e Geovani; AloĂ­sio Chulapa (DenĂ­lson) e Luiz Paulo. A equipe regatiana encontra-se em uma situação difĂ­cil na SĂŠrie B. O time nĂŁo depende somente de suas forças para evitar o rebaixamento porque alĂŠm de vencer suas partidas ainda torce para GuaratinguetĂĄ e Bragantino tropeçarem. â€œĂ‰ o Ăşltimo jogo do CRB em casa nesta SĂŠrie B e todos sabem que o campo cheio faz uma grande diferença ao adversĂĄrio. Temos que lotar, gritar e incentivar os jogadores neste momento importante da competição. Os preços sĂŁo os mesmos sem aumentoâ€?, confirmou o presidente Marcos Barbosa. Os bilhetes seguem a R$ 10 para qualquer setor de arquibancada e R$ 30 cadeiras especiais. UOL

$6&20&5%

TĂŠcnico Roberval DavinoGHYHSURPRYHUGXDVPXGDQoDVQRWLPHHDLQGDH[LVWHDFKDQFHGH'HQLOVRQVHUHVFDODGRPHVPRFRPOHVmR

POLĂŠMICA

Goleiro diz que Galo vai ‘comprar juiz’

Juliano MiMRJRXQR&5%HGLVVHTXHRFOXEHSRGHULDFRPSUDURMXL] $6&20&5%

Duas camisas alÊm da alviverde: Votoraty e CRB. A pouca experiência longe do Brinco de Ouro, porÊm, Ê suficiente para que o goleiro tenha uma noção das dificuldades que o Bugre terå na partida deste såbado, contra o CRB, em Maceió, pela penúltima rodada da SÊrie B do Campeonato Brasileiro. Juliano defendeu a equipe alagoana no início de 2011, durante o Estadual. Ficou poucos meses por lå, mas sabe a pressão a que o Guara-

ni serĂĄ submetido. O goleiro, que mantĂŠm contato com alguns companheiros daquela ĂŠpoca, espera tudo do duelo de sĂĄbado, principalmente uma pressĂŁo extracampo. “JĂĄ passei algumas coisas para o Tadei. Tenho alguns jogadores amigos lĂĄ e falei que a pressĂŁo vai ser muito grande. O presidente vai armar uma guerra, com promoção de ingressos, vai tentar comprar juiz se for preciso. Vai tentar fazer de tudo. É complicado jogar no Nordes-

te e, se nĂŁo ficarmos espertos, sairemos de lĂĄ com uma derrotaâ€?, disse o goleiro, que assumirĂĄ a vaga de Emerson, suspenso por trĂŞs cartĂľes amarelos. Sabendo da mĂĄ sequĂŞncia defensiva do Guarani na SĂŠrie B (sofreu 17 gols nas Ăşltimas oito partidas), Juliano entra no time com a missĂŁo de nĂŁo deixar a sequĂŞncia continuar. “O CRB vem com tudo, por isso temos que esperar o momento certo par matar a

partida e sem tomar gols. Tomamos gols em praticamente todos os jogos, mas neste jogo não podemos tomar. Vencer por 1 a 0 para a gente jå Ê gol de título, Ê extremamente importante�, afirmou o novo camisa 1. Esta serå a nona partida como titular de Juliano na temporada. Ele substituiu Emerson duas vezes no Campeonato Paulista, outras duas na Copa do Brasil e em quatro oportunidades na SÊrie B do Brasileiro.

RESPOSTA

Barbosa promete ação contra Juliano 3UHVLGHQWHHPLWHQRWDR¿FLDOHFRQVLGHUDGHFODUDomRJUDQGHRIHQVDDRVQRUGHVWLQRV

Presidente Marcos Barbosa UHEDWHXDVSROrPLFDVFRPQRWDRÂżFLDO

O presidente do CRB, Marcos Barbosa, não deixou barato a declaração do goleiro Juliano, do Guarani, de que seria capaz de comprar juiz se fosse preciso para fazer o time alagoano vencer o jogo deste såbado pela SÊrie B do Campeonato Brasileiro. Barbosa divulgou uma nota de repúdio à insinuação de Juliano, que jå jogou pelo CRB. Os dois times lutam contra o rebaixamento para a SÊrie C. No fim da nota, o

presidente do clube alagoano informa que darĂĄ entrada na Justiça com uma ação de danos morais contra o goleiro do Guarani. Confira abaixo partes da nota publicada no site oficial do CRB: “O Clube de Regatas Brasil, clube de futebol profissional representante do Estado de Alagoas e da regiĂŁo Nordeste no Campeonato Brasileiro da SĂŠrie B, atravĂŠs de seu presidente executivo Marcos Barbosa, vem, de

SÉRIE C

ĂšLTIMO JOGO

Chapecoense encara Oeste na Arena CondĂĄ

ASA volta para Arapiraca e espera por Chiquinho

3D\VDQGX,FDVD &KDSHFRHQVHH 2HVWH(VWDVTXDWUR HTXLSHVMiFRQTXLV WDUDPVHXDFHVVRj 6pULH%GR%UDVLOHLUmR HPHDJRUDLUmR VHHQIUHQWDUQDIDVH VHPLÂżQDOGD6pULH& 2QWHPR3D\VDQGX UHFHEHXR,FDVDQD $UHQD9HUGHHP 3DUDJRPLQDV,QYLFWD GHQWURGD$UHQD &RQGiD&KDSHFRHQVHUHFHEHKRMHjVKR2HVWHQRMRJRTXHIHFKD DURGDGD2HVWiGLRGD&KDSHFRHQVHGHXPRVWUDVGHVXDLPSRUWkQFLD QDUHWDÂżQDOGD6pULH&TXDQGRRWLPHFDWDULQHQVHYHQFHXFLQFRMRJRV VHJXLGRVHPFDVDHVRIUHXDSHQDVXPJRO

$GHOHomRGR$6$UHWRUQDKRMH DUD$UDSLUDFDDSyVRMRJRGH RQWHPFRQWUDR3DUDQi1HGR ;DYLHUFRPDQGDQWHWpFQLFRGR $OYLQHJURHVSHUDFRQWDUFRP RUHWRUQRGRODWHUDOHVTXHUGR Chiquinho BaianoTXHÂżFRX QDFLGDGHGH$UDSLUDFDVHUHFX SHUDQGRGHXPDOHVmR2QWHP HOHIRLOLEHUDGRSDUDRVWUHLQD PHQWRVFRPEROD2H[SHULHQWH ODWHUDOGHYHÂżFDUjGLVSRVLomR GRWpFQLFR1HGR;DYLHUSDUDR MRJRIUHQWHDR&5%QRGLD GHQRYHPEURQDÂ?H~OWLPD URGDGDGDFRPSHWLomR&KLTXL QKRYHPVHQGRXPGRVGHVWD TXHVQRWLPH

público, formalizar veemente repúdio às declaraçþes do atleta Juliano da equipe do Guarani publicadas em grandes portais de internet, às quais coloca em dúvida a idoneidade e conduta dos profissionais responsåveis pela direção do clube alagoano. Por estas e outras razþes, o CRB, apoiado pelos clubes do Nordeste do Brasil nesta SÊrie B, reafirma a sua posição contråria a qualquer

VENDER ATLETAS

Corinthians-AL lança estratÊgia de marketing 2&RULQWKLDQV$ODJRDQRFRQWLQXD VHQGRUHIHUrQFLDQDH[SRUWDomR GHWDOHQWRVSDUDRIXWHEROGR H[WHULRUPDVRGHSDUWDPHQWRGH PDUNHWLQJGR7LPmRSHQVDQGR HPIRUWDOHFHURVWDWXVGRFOXEH YHPFRORFDQGRHPSUiWLFDXPD HVWUDWpJLDYROWDGDSDUDDPSOLDUD PDUJHPGHGLYXOJDomRGHVGHRV MRJDGRUHVIRUPDGRVQDVFDWHJR ULDVGHEDVHDWpRVDWOHWDVSUR¿V VLRQDLV$SULQFLSDOOLQKDDGRWDGD SHORPDUNHWLQJpDSURGXomR GRFRQWH~GRGHDSUHVHQWDomR HP'9'HHQYLDUSDUDJUDQGHV HPSUHViULRVGRPXQGRWRGR

declaração que coloque em dúvida suas pråticas Êticas dentro do futebol e sua maneira de atuar com honestidade e moral. O departamento jurídico do CRB vai ingressar com uma ação de danos morais contra este jogador, que, com sua declaração ofensiva e caluniosa, atingiu não só o CRB como todos os clubes do Nordeste. A pråtica desta direção Ê de imenso respeito a todos os clubes do Sudeste, como de todo o Brasil�.


TRIBUNAINDEPENDENTE

0$&(,Ă?6Ăˆ%$'2'(129(0%52'( DIVERSĂƒO&ARTE

Michael Jackson morreu virgem, GL]QRYDELRJUDÂżDGRFDQWRU

%HQLFLRGHO7RURQHJRFLDLQWHUSUHWDUR WUDÂżFDQWH3DEOR(VFREDUQRFLQHPD

8PDQRYDELRJUD¿DGH0LFKDHO-DFNVRQHVFULWDSHORH[HGLWRUGD UHYLVWDDPHULFDQD³5ROOLQJ6WRQH´UHYHODTXHRSRSVWDUPRUUHXYLUJHP6HJXQGRRMRUQDO³1HZ<RUN7LPHV´RDXWRUGH³8QWRXFKDEOH´ UHODWDTXHRUHLGRSRSQXQFDWHYHUHODo}HVVH[XDLV³(OHPRUUHX FRPRXPYLUJHPGHDQRVQXQFDWHYHUHODo}HVVH[XDLVFRP QHQKXPKRPHPPXOKHURXFULDQoDRTXHRFRORFRXHPXPHVWDGR HVSHFLDOGHVROLGmRTXHHUDXPDJUDQGHSDUWHGRTXHRIH]WmR~QLFRFRPRDUWLVWDHWmRLQIHOL]FRPRVHUKXPDQR´HVFUHYHX6XOOLYDQ

O ator Benicio del Toro estå negociando assumir o papel do narcotra¿FDQWHFRORPELDQR3DEOR(VFREDUQRFLQHPD$VLQIRUPDo}HVVmRGD UHYLVWD³9DULHW\´'HDFRUGRFRPDUHYLVWD'HO7RURHVWiSUHVWHVDFRQ¿UPDUVXDSDUWLFLSDomRQRORQJD³3DUDGLVH/RVW´XPDSURGXomRGH PLOK}HVGHHXURV$V¿OPDJHQVVHUmRUHDOL]DGDVQR3DQDPi,QVSLUDGR HPXPDKLVWyULDUHDOR¿OPHDFRPSDQKD1LFNXPMRYHPVXU¿VWDTXH YDLYLVLWDUVHXLUPmRQD&RO{PELDHDFDEDFRPHoDQGRXPURPDQFH FRPXPDJDURWDVHPVDEHUTXHHODpVREULQKDGH(VFREDU

1

A SOMBRA DE ANNY Animado, com menos tumulto

N

ova opção para quem deseja passar o RÊveillon na beira do mar, com ótima opção de música um pouco menos de tumulto. Jå reconhecido como excelente opção para bar de paria, o Praerô, na Barra de São Miguel, agora lança seu RÊveillon. O Praêro garante investir ainda mais nos seus diferenciais que vão desde a gastronomia, passando pelo bar, prestação de serviços e principalmente pela grande estrutura. No RÊveillon Praêro 2013 apenas mesas (dois e/ou quatro lugares) serão vendidas e o serviço serå All Inclusive, onde todos os convidados terão a disposição um buffet de alto padrão, composto por mesa de frios, salgados volantes, quatro opçþes de jantar e cafÊ da manhã, tudo com a assinatura do chef Thiago Falcão. Mesas para duas pessoas terão direito a um champanhe; mesas para quatro, ganharão um champanhe e um uísque 12 anos. à gua, refrigerante e cerveja tambÊm serão All Inclusive, jå as bebidas diferenciadas poderão ser compradas no bar. Mesa para quatro pessoas: R$ 1.300 e para duas pessoas: R$ 650.

&DOFDGDHPWUDoRVSHFXOLDUHVHTXHVXUSUHHQGHPSHOD GHVWUH]DHDRPHVPRWHPSRDWpQHFHVViULR ÂľGHVFRPSURPLVVRÂśDREUDGDDUWLVWDDUDSLUDTXHQVHYHPSDUDUÂż Q FDU

MĂŠxico livre

7XGRSDUDRVMRJRV

2JRYHUQRPH[LFDQRVXVSHQGHX DREULJDWRULHGDGHGHYLVWRVDRV YLDMDQWHVFRORPELDQRVHSHUXDQRVTXHGHVHPEDUFDPQRSDtV QDFRQGLomRGH³YLVLWDQWHVVHP SHUPLVVmRSDUDUHDOL]DUDWLYLGDGHV UHPXQHUDGDV´$PHGLGDDGRWDGD SHOR0p[LFRID]SDUWHGR7UDWDGR GD$OLDQoDGR3DFt¿FRQRTXDODV QDo}HVSDUWLFLSDQWHVSUHWHQGHP criar uma årea de livre circulaomRGHEHQVFDSLWDLVVHUYLoRVH SHVVRDV&RPRDQ~QFLRR0p[LFR SUHWHQGHDPSOLDURVLQWHUFkPELRV WXUtVWLFRVDOpPGHSURPRYHUDV UHODo}HVFRPHUFLDLVHLQYHVWLPHQWRVGRSDtVFRPVHXVSDUFHLURVGD $OLDQoDGR3DFt¿FR

$FODVVLÂżFDomRGRVKRWpLVQR5LR GH-DQHLURYDLVHUHVWHQLGRHDWpR ÂżQDOGHRVKRWpLVQmRSDVVDP SRUDYDOLDomRR0LQLVWpULRGR 7XULVPRYDLGHL[DUWXGRFRPRHVWi QHPSDUDPDLVQHPSDUDPHQRV 2SHGLGRHPQRPHGRVHWRUIRL IHLWRSHORSUHVLGHQWHGD)HGHUDomR%UDVLOHLUDGH+RVSHGDJHPH $OLPHQWDomR )%+$ $OH[DQGUH 6DPSDLR2SUD]RUHJXODUGR 6%&ODVVpGHWUrVDQRV'HVVD IRUPDRVHVWDEHOHFLPHQWRVTXH FRQFOXtVVHPRSURFHVVRQRLQtFLR GHWHULDPTXHVHPRELOL]DU SDUDUHQRYDUDDGHVmRPHVHV DQWHVGRV-RJRV2OtPSLFRVGR5LR GH-DQHLURHP

Veadeiros 1 SĂł tem intimidade com a natuUH]DTXHPQHODYLYHPDVFRP XPERPJXLDTXHH[SOLTXH DVDSOLFDo}HVPHGLFLQDLVGDV SODQWDVRVIUXWRVFRPHVWtYHLV HRWLPEUHGRVSiVVDURVDV FDPLQKDGDVSHOD&KDSDGDGRV Veadeiros podem se tornar PRPHQWRV~QLFRVGHLQWHUDomR FRPDULFDELRGLYHUVLGDGHGR &HUUDGR$WULOKDSDUDD3RQWH GH3HGUDpDRSRUWXQLGDGH LGHDO1RLQtFLRFRPDPDWD IHFKDGDHEHPYHUGHKi XPDOHJLmRGHPDULPERQGRV LQRIHQVLYRVGHEXQGDYHUPHOKD HVLQDLVGDSUHVHQoDGHDQLPDLVFRPRIRUPLJXHLURVDUURPEDGRVSRU WDPDQGXiVHFRTXLQKRVDEHUWRVSRUPDFDFRSUHJRÂŹPHGLGDHPTXH VHVREHDSDLVDJHPÂżFDDPDUHODHVHFDeRFHUUDGRUXSHVWUHWRPDQGR FRQWD

Veadeiros 2 1DVSHGUDVWRUQDVHIUHTXHQWHROtTXHQDPDUHORHFRUGHIHUUXJHP XPIXQJRLQGLFDGRUGHSXUH]DQRDU1RDOWRDDPSOLWXGHGRFKDSDGmR VHUHYHOD2UXtGRGRFDVFDOKRVRERVSpVGiOXJDUDXPDVLQIRQLDGH SiVVDURVFLJDUUDV VHIRUpSRFDGHDFLJDUUDFDQWDU HDRFKDFRDOKDUGDV IROKDVDUUHSLDGDVGRVEXULWLV1RYDPHQWHFRPRGLULD*XLPDUmHV5RVD ³2VHQKRUHVFXWHREXULWL]DO´

â&#x20AC;&#x153;AfrĂłdromoâ&#x20AC;? O secretĂĄrio nacional de Programas de Desenvolvimento GR7XULVPRGR0LQLVWpULRGR 7XULVPR)iELR0RWDUHFHEHX HPVHXJDELQHWHRFDQWRUH FRPSRVLWRUEDLDQR&DUOLQKRV %URZQ2DUWLVWDDSUHVHQWRX DSURSRVWDGHFULDomRGHXP novo roteiro cultural para a &LGDGH%DL[DGH6DOYDGRU %$ TXHWHPRREMHWLYRGH impulsionar o desenvolviPHQWRWXUtVWLFRGDUHJLmR $LQLFLDWLYDSUHWHQGHFULDU HVSDoRVHFRQGLo}HVSDUD resgatar a arte e cultura do SRYRDIULFDQRQD%DKLDHQYROYHQGRDiUHDTXHYDLGR0HUFDGR0RGHOR j)HLUDGH6mR-RDTXLP8PDGDVDo}HVpDFRQVWUXomRGRÂł$IUyGURPR´ HVSDoRDOWHUQDWLYRSDUDRVGHVÂżOHVGHJUXSRVDIURVHDIR[pVÂł3UHFLVDPRVUHWRPDUDLPDJHPFXOWXUDOGRFDUQDYDOGH6DOYDGRUTXHWHPVH GHVIRFDGRQRV~OWLPRVDQRV$LGHLDpGHUHQRYDUDFXOWXUDORFDO´GLVVH &DUOLQKRV%URZQ

BRENO AIRAN REPĂ&#x201C;RTER

A

lagoas tem se mostrado um belo de um celeiro de novos artistas das telas. E agradĂĄveis surpresas apareceram nos Ăşltimos tempos, a exemplo mĂĄximo do jornalista Herbert Loureiro, que tem um traço peculiar e jĂĄ conquistou olhares internacionais ( Herbet fez exposição no Sesc durante o inĂ­cio deste mĂŞs). Apesar disso, apenas no mĂŞs de setembro Ăşltimo ele apresentou suas obras em carĂĄter solo, em sua bela exposição â&#x20AC;&#x153;Caravana: NĂŁo Perca a Bandeiraâ&#x20AC;?, organizada na Pinacoteca da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), em MaceiĂł. Mas nĂŁo sĂł de capital â&#x20AC;&#x201C; sem dubiedades â&#x20AC;&#x201C; vive a arte. Em Arapiraca, as pinceladas tĂŞm por vezes um tom mais brando, brincalhĂŁo, mas ainda assim que sĂŁo referĂŞncia. Marcelo Mascaro, Allan Carlos Monteiro e JĂşnior Borges representam o que a cidade tĂŞm de melhor, sĂł para citar estes. E eis que surge uma nova leva. Desleixada, sem compromisso como a juventude tem de ser mesmo. E nomes como o de Anny Jessyca Garcia Silva aparecem para brindar e coroar essa espera por sempre algo novo â&#x20AC;&#x201C; nĂŁo ĂŠ essa a mania do homem? Mexer em tudo que dĂĄ certo? E seu mexido ĂŠ Ăşnico. Anny Garcia, como ĂŠ conhecida artisticamente, pĂľe seu sangue O+ na tela â&#x20AC;&#x201C; nĂŁo literalmente â&#x20AC;&#x201C; e chega a ilustrar suas obras-de-arte com nuances atĂŠ de seus pincĂŠis de maquiagem (!). Sua exposição estĂĄ em voga no Memorial da Mulher Ceci Cunha, no Centro de Arapiraca, desde o dia 10 deste mĂŞs e vai atĂŠ o prĂłximo sĂĄbado, 19. Ă&#x2030; a primeira vez que ela expĂľe seu material â&#x20AC;&#x201C; na abertura, havia mais de 50 assinaturas no livro de visitas. â&#x20AC;&#x153;NĂŁo esperava tanta gente. Foi muito bom. Estou atĂŠ agora sem

palavras... Eu realmente pensei que nĂŁo iria ninguĂŠm e as pessoas que foram, pararam mesmo, para analisar meu trabalho, tentar encontrar alguma mensagemâ&#x20AC;?, conta ela Ă  reportagem da Tribuna Independente. A mostra faz parte do projeto â&#x20AC;&#x153;Artistas Pintam em 7â&#x20AC;?, do Memorial, que jĂĄ apresentou os promissores Nikolaus Nogueira e Ricardo Jansem. Depois das investidas primeiras de Garcia, quem deve tomar o salĂŁo ĂŠ Eliane Rocha. KAKATU Bem num canto frondoso da ĂĄrvore em seu quintal, a pequena Anny absorvia tudo o que havia a ser redor. Folhas ao lĂŠu, o ar do CinturĂŁo Verde de SĂŁo Paulo; alguma coisa mudou a forma de ela de sentir o mundo. Da cama pra escola, de lĂĄ pro quintal. Era essa sua rotina em Mogi das Cruzes-SP. Ela foi parar na cidade interiorana ainda com um ano de vida, embora tivesse nascido em MaceiĂł. (Ă&#x20AC;OWURXGDTXHOHOLQGRMDUGLPR que precisava para depois transparecer em seus traços na tela. Com cerca de 12 anos, ela voltou para Alagoas, contudo levando consiJRXPSRXFRGDLQĂ XrQFLDGHGHVFHQdentes de imigrantes japoneses que por ventura tenha conhecido por lĂĄ. Sua mimese tem olhos puxados. Isso deve-se Ă  grande paixĂŁo sua pela artista de Hong Kong, a conceituada Victo Ngai, que tem um esmero e delicadeza notĂłrios. Anny Garcia contextualiza a coisa toda para seu universo calorento e, muito embora, sombrio. )mGHĂ&#x20AC;OPHVGHWHUURUJRUHH trash, a estudante de Arquitetura e Urbanismo, da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), faz o mĂłrbido kantiano ganhar um tracejo atĂŠ ÂśDOHJUH¡HPVXDVPmRVĂ&#x20AC;QDV A exemplo disso, hĂĄ o Kakatu: um monstro â&#x20AC;&#x201C; com nome aproveitado de um pĂĄssaro â&#x20AC;&#x201C; que voa de tela em tela. Segundo a artista, existe uma sequĂŞncia rĂ­tmica e com enredo nĂŁo

WmRGHĂ&#x20AC;QLGRDLQGD Num dos quadros, â&#x20AC;&#x153;o Kakatu sobrevoa a cidade onde, abaixo, crianças estĂŁo brincando com a Morte, representada por outra criancinhaâ&#x20AC;?. â&#x20AC;&#x153;HĂĄ coisas tĂŁo introspectivas que a gente nĂŁo consegue explicar direitoâ&#x20AC;?, pontua ela, falando o que nĂŁo precisa ser rebuscado. JAZZANDO Antes de qualquer pincelada, a mĂşsica. Para executar o que faz de melhor, Garcia ouve geralmente Dark Jazz, uma vertente meio sombria do estilo, que dĂĄ um clima a mais no que ela pretende. MĂşsicas da banda Bohren & der Club of Gore ambientam sua exposição, por exemplo. â&#x20AC;&#x153;O surrealismo das suas obras e o seu traço nos passam uma sensação bastante singular. VocĂŞ nĂŁo consegue olhar uma obra dela rapidamente; vocĂŞ se sente obrigado inconscientemente a observar cada detalhe, cada milĂ­metro quadrado da tela e, a cada observação feita, encontra-se algo novo. Ă&#x2030; incrĂ­vel! A noite de estreia foi sensacional! Toda a iluminação do saguĂŁo onde as telas estavam foi especialmente FRQĂ&#x20AC;JXUDGDSDUDDH[SRVLomRHD mĂşsica ambiente abraçava o lugar com uma atmosfera pesada e densa, TXHDPSOLĂ&#x20AC;FDYDRVHQWLPHQWRWUDQVmitido pelos trabalhos. Anny Garcia pGHĂ&#x20AC;QLWLYDPHQWHXPDGDVJUDQdes artistas da nossa regiĂŁo, cujo talento começa a tornĂĄ-la conhecida tambĂŠm fora do Estado de Alagoasâ&#x20AC;?, depĂľe o colega aspirante a arquiteto Danyel Gomes, de 20 anos. Desde criança, ela se aventurava nos rabiscos. Primeiro, a aquarela. Depois, pintura sobre madeira e ilustração com caneta nanquim. â&#x20AC;&#x153;Em tela mesmo, sĂł comecei no ano passado, usando tinta acrĂ­lica e a Ăłleo. PincĂŠis? Ah, uso de todos os tipos! AtĂŠ os dedos... atĂŠ os pincĂŠis da minha maquiagemâ&#x20AC;?, diz ela, sorrindo, com os punhos jĂĄ lavados com ĂĄgua e o solvente tĂ­ner. Outro talento da terra, Nikolaus Nogueira, 18, estudante de Design, na MaurĂ­cio de Nassau, diz que conhece Anny de longa data, mas nĂŁo sĂł por isso ĂŠ fĂŁ de seu trabalho. â&#x20AC;&#x153;Adoro o estilo dela, despreocupado. As camisas que ela faz tambĂŠm sĂŁo incrĂ­veis! No meu aniversĂĄrio, ela me presenteou com uma dâ&#x20AC;&#x2122;O Labirinto com o David Bowieâ&#x20AC;?, comenta Nogueira, que estreou tambĂŠm no Memorial, apesar de jĂĄ ter pintado toda a sede do Coletivo Popfuzz, em MaceiĂł. Garcia ĂŠ isso. SinĂ´nimo de apuro, leveza, poesia visual sem frescura e rima de decassĂ­labos. Aqui o abstrato ganha forma no subconsicente. Ou mais. â&#x20AC;&#x153;Ă&#x20AC;s vezes, aparecem â&#x20AC;&#x2DC;coisasâ&#x20AC;&#x2122; nos quadrosâ&#x20AC;?, avisa a artista de 21 anos, a mais velha da casa. Mais nĂŁo se assustem, espectadores, ela ĂŠ uma boa irmĂŁ e tem futuro. JĂĄ este, nĂŁo sombrio.


2

TRIBUNAINDEPENDENTE

DIVERSĂ&#x192;O&ARTE MACEIĂ&#x201C; - SĂ BADO, 17 DE NOVEMBRO DE 2012

Para Sambar Hoje Ê a vez do grupo Sambô colocar todo mundo para dançar na casa Maikai (Stella Maris), a partir das 22h. A noite ainda conta com o show dos alagoanos da banda Afarra. Os ingressos variam de R$ 80 a R$ 1.500 (camarote para dez pessoas). Jå no dia 22, na mesma casa, a atração Ê a dupla sertaneja Vitor & Leo. Preços de R$ 100 a R$ 800 (mesa quatro pessoas). Vendas na academia Ação Livre (Stella Maris). Mais Informaçþes: 3305-4400.

Ă&#x2030; hoje no Baru Hoje, Ă s 20h, no luau do Bar e Restaurante Baru, na Barra Nova, quem agita a noite ĂŠ o Araketu, em festa que ainda tem a presença das bandas EsquadrĂŁo de Balli, NJeitos, Amoda e Dj PitĂŁo. Mais informaçþes podem ser obtidas atravĂŠs dos telefones 9114-4000 e 3325-4884.

Desabafons com Paloma

ComĂŠdia em pĂŠ

Projeto Social

Comemorando 20 anos de teatro, o ator Christiano Marinho sobe ao palco do Teatro do Sesi, hoje, às KHQRSUy[LPRGLDQRPHVPR horårio, com a peça Desabafons com Paloma. O ingresso custa R$ 15, a meia entrada, e R$ 30, a inteira. Mais informaçþes podem ser obtidas pelos telefones 9967-1074 e 3032-2234.

Considerado um dos maiores humoristas da nova geração, 0DUFHOR$GQHWHVWDUiHP0DFHLy amanhã, às 21h. Em apresentação única no Teatro Gustavo Leite, no centro de convençþes, o espetåculo promete render boas gargalhadas.Ingresso: R$ 60 (inteira) / R$ 30 (meia). Censura: 16 anos. Contato: 3032-5210 ou 9601-2828.

O BalĂŠ e Cia. de Dança Maria EmĂ­lia Clark (foto ao lado), e seu Projeto Social realizarĂŁo no Teatro Gustavo Leite â&#x20AC;&#x201C; Centro de Convençþes â&#x20AC;&#x201C;, em JaraguĂĄ, nos dias 23, 24 (sexta e sĂĄbado, Ă s 19h), e 25 de novembro (domingo, Ă s 16h e 19h) o seu novo espetĂĄculo â&#x20AC;&#x153;Por toda eternidade e mais um diaâ&#x20AC;?, que contextualiza a vida e a obra de Roberto Carlos. Quanto: R$ 60 e R$ 30 (meia-entrada). Os ingressos estĂŁo Ă  venda na Academia de Dança Maria EmĂ­lia Clark. Telefones para contato: 3336-8292 e 3031-3040.

A Megera Domada Com direção de Homero Cavalcante, o NĂşcleo de Tetro Amador (NPE), traz para o Teatro do Sesi, na Pajuçara, na SUy[LPDWHUoDIHLUDjVjVKD peça â&#x20AC;&#x153;A Megera Domadaâ&#x20AC;?, de William Shakespeare. O espetĂĄculo tambĂŠm se apresenta no Teatro do Sesi de Arapiraca, nos dias 17 e 18, Ă s 19h. A entrada ĂŠ franca. Para mais informaçþes, o contato ĂŠ (82) 3215-5094.

Coleção Karandash Pinturas que retratam de forma poÊtica a natureza do folclore e do patrimônio arquitetônico de 0DFHLy$H[SRVLomRHVWDUiQD Galeria Cesmac de Arte Fernando Lopes atÊ este såbado. Mais informaçþes podem ser obtidas pelo telefone (82) 3215-5094.

Manuel DiĂŠgues JĂşnior As exposiçþes â&#x20AC;&#x153;Artes PlĂĄsticas, â&#x20AC;&#x153;Linha do Tempo de Manuel DiĂŠgues JĂşniorâ&#x20AC;? e â&#x20AC;&#x153;Cordelâ&#x20AC;?, ambas com curadoria assinada pela arquiteta Morgana Duarte HTXHFRPHPRUDPR&HQWHQiULRGR,OXVWUH$ODJRDQR0DQXHO'LpJXHV-~QLRUHVWDUmRQR0XVHX3LHUUH&KDOLWDDWpDRÂżQDOGHQRYHPEUR2HYHQWRpXPD homenagem ao centenĂĄrio do alagoano Manuel DiĂŠgues JĂşnior. FALE CONOSCO - A Agenda ĂŠ um serviço gratuito de orientação ao leitor. Os interessados em divulgar eventos, shows e exposiçþes podem enviar material atravĂŠs do endereço: tiagenda@hotmail.com

RESUMO DE NOVELAS GLOBO 18h LADO A LADO

Catarina avisa que quer alugar o teatro e Diva não gosta. Jurema se preocupa ao saber que Berenice ainda gosta de ZÊ Maria. Edgar se revolta com a chegada de Laura. Constância conhece Esther e decide casar Albertinho com HOD/DXUD¿FDGHVFRQIRUWiYHOFRP0HOLVVD&DQiço abraça Berenice, assim que avista ZÊ Maria. Laura avisa a Jurema que Isabel estå voltando SDUDR%UDVLO/DXUDGHVFRQ¿DGDDQVLHGDGHGH Jurema em falar com Isabel. Catarina faz o papel de Diva e todos aprovam sua atuação. Edgar procura Laura na casa de Constância.

GLOBO 19h GUERRA DOS SEXOS

Juliana se afasta de Fåbio, mas não consegue ir embora. Vânia chega em seu apartamento pouco antes de Manoela. Charlô ouve Agenor falando sobre uma nova sabotagem à Positano e o prende. Nando conta o que houve entre ele e Roberta no iate e Otåvio ri da ingenuidade do motorista. Nenê chega com um homem malencarado à casa de Semíramis e um investigador os observa. Fåbio agradece Carolina por ter avisado a Vânia sobre Manoela. Manoela exige que Felipe mande Vânia embora. Kiko acusa Roberta de ter um caso com Nando.

GLOBO 21h SALVE JORGE

HelĂ´ liga para AntĂ´nia e Arturo atende e conÂżUPDTXHVXDQRUDHVWiFRPXPQRYRQHJyFLR Morena nĂŁo consegue contar para Theo sobre sua possĂ­vel viagem para o exterior. LĂ­via avalia Rosângela e JĂŠssica. Lucimar avisa a Nilceia que elas serĂŁo despejadas se nĂŁo pagarem o reajuste do aluguel. Morena viaja com Junior para um evento da cavalaria. Morena conhece AĂ­da na pousada. Buque descobre que Pepeu estĂĄ ganhando dinheiro alugando o iate de 0XVWDIDSDUDWXULVWDV=\DKGiXPDĂ&#x20AC;RUSDUD Bianca. MaitĂŞ encontra Wanda na rua.

RECORDE 21h BALOCOBACO

Não hå exibição aos såbados.


TRIBUNAINDEPENDENTE

0$&(,Ă?6Ă&#x2C6;%$'2'(129(0%52'( DIVERSĂ&#x192;O&ARTE

3

FLĂ VIO RICCOFRODERUDomR-RVp&DUDORV1HU\ZZZWZHWWHUFRPĂ&#x20AC;DYLRULFFR

Record aprova â&#x20AC;&#x2DC;Got Talentâ&#x20AC;&#x2122; e estuda possĂ­vel volta de â&#x20AC;&#x2DC;O Aprendizâ&#x20AC;&#x2122;

E

m nota divulgada na Ăşltima semana, contestando informaçþes aqui publicadas, a Record antecipou no embalo alguns dos seus planos para o ano que vem. Novidade, novidade mesmo, por enquanto, mas que jĂĄ era conhecida, sĂł o lançamento do â&#x20AC;&#x153;Show Got Talentâ&#x20AC;?, famoso pelo seu sucesso nas versĂľes das Tvs dos Estados Unidos e Inglaterra. O SBT, numa versĂŁo bem tupiniquim, tentou fazer alguma coisa parecida com o â&#x20AC;&#x153;Qual ĂŠ o seu talento?â&#x20AC;?, tempos atrĂĄs, mas que nĂŁo passou de um rascunho bem mal feito. Saiu do ar por determinação da Justiça.O â&#x20AC;&#x153;Show Got Talentâ&#x20AC;? irĂĄ ocupar o lugar do â&#x20AC;&#x153;Ă?dolosâ&#x20AC;?, que atualmente tem no ar a sua Ăşltima edição. Em estudos tambĂŠm a possĂ­vel volta de â&#x20AC;&#x153;O Aprendizâ&#x20AC;?, novamente com a apresentação de Roberto Justus. O departamento de vendas jĂĄ se colocou a favor, porque o seu retorno comercial sempre IRLLQWHUHVVDQWH5HVWDQRHQWDQWRGHĂ&#x20AC;QLUFRPR serĂĄ o programa. O formato, em si, se aprovado, YLUiFRPDOJXPDVPRGLĂ&#x20AC;FDo}HVHPUHODomRjYHUVmR anterior.

Rascunhando 1RVLQWHUYDORVGHJUDYDo}HVGR ³$JRUDHWDUGH´HQRVGDV¿OPDJHQV GDFRPpGLD´0DWRVHPFDFKRUUR´ 'DQLOR*HQWLOLVHJXHWUDEDOKDQGRQR URWHLURGRORQJD³&RPRVHWRUQDURSLRU DOXQRGDHVFROD´eXPWUDEDOKRTXH HOHSUHWHQGHGHVHQYROYHUDLQGDQR SULPHLURVHPHVWUHGRDQRTXHYHP

(VWiIHFKDGRRHOHQFRGDFRPpGLD GUDPiWLFD³6DQJXHQDFDL[DSUHWD´ FRPWH[WRHGLUHomRGH-{%LODF 7DtV$UD~MR/XL]+HQULTXH1RJXHLUD(OYLUD+HOHQD-DGHVRQ)LDOKR H=XOPD0HUFDGDQWHVmRRVQRPHV HVFROKLGRV$HVWUHLDHVWiSUHYLVWD SDUDGHMDQHLURHPORFDODLQGD DVHUGH¿QLGR6HUmRDSHQDVGRLV PHVHVGHDSUHVHQWDo}HV

Vai mudar 26%7DWpRÂżQDOGRDQRGHYH FRPHoDUDLQVWDODUQRYRVHTXLSDPHQWRVGHHGLomRQRGHSDUWDPHQWRGH MRUQDOLVPR7XGRYDLIXQFLRQDUFRPR QRVSURJUDPDVGDOLQKDGHVKRZV FRPR$YLGVRIWZDUHPDLVXWLOL]DGR SHORSHVVRDOGH79H&LQHPD

0DUFRV3DXORDLQGDHP0DQDXV QD~OWLPDVHPDQDMiWLQKDWXGR DMXVWDGRSDUDRVHXSUy[LPRÂżOPH TXHVHULDURGDGROiHQR5LRHQWUH MXOKRHDJRVWRGRSUy[LPRDQR ,DWUDWDUGDVGURJDVQDIURQWHLUDH WHULDWRGRRDSRLRGR([pUFLWRORFDO (VWDYDFKHLRGHSODQRVHPXLWR DQLPDGR

Momento difĂ­cil :DOWKHU1HJUmRFRPWRGDFHUWH]D IRLXPGRVTXHPDLVVHQWLXDPRUWH GH0DUFRV3DXOR(UDPPXLWR SUy[LPRV$PLJRVGHQWURHIRUDGD WHOHYLVmR$OLiVGLDVDQWHVR 1HJUmRKDYLDSHUGLGRXPLUPmR PpGLFRHP$YDUp)RUDPGRLV JROSHVPXLWRIRUWHV

Só vai torcer +HUDOGR3HUHLUDTXHQHVWD~OWLPD VHPDQDFREULXDVIpULDVGR%RQQHU QR³-RUQDO1DFLRQDO´HVWiFRPWXGR PDUFDGRSDUDDVXDYLDJHPDR -DSmRQRFRPHoRGRPrVTXHYHP &RULQWLDQRYDLFRPDPXOKHUHDV ¿OKDVSDUDDVVLVWLUDR0XQGLDOGH Clubes.

PALAVRAS CRUZADAS DIRETAS

Dele fazem parte a cremação e o embalsamento Situação constrangedora

(?) Silva, apresentador da Globo LendĂĄrio mago da histĂłria do Rei Arthur

Que trabalha de maneira lenta (fem.)

Ricky Vallen, cantor fluminense

Atuação em prol de uma causa Agência da ONU para a saúde

Menor espĂŠcie de macaco existente

Š Revistas COQUETEL 2012

Proeza impressionante Graceja

Luiza (?), jurada do programa â&#x20AC;&#x153;Ă?dolosâ&#x20AC;?

Apresentar (provas) como defesa

A regiĂŁo dos cerrados (abrev.)

Diâmetro (símbolo) 2.100, em romanos Circulação de fofocas (bras.)

Ponto central do furacĂŁo

De difĂ­cil compreensĂŁo (fig.)

TarcĂ­sio Meira, ator Tecla de micros

(?) Lee, diretor de â&#x20AC;&#x153;Hulkâ&#x20AC;? Corretas

Rato, em inglĂŞs Realizado no presente

(?) Guedes, apresentador de TV

Guerra descrita na â&#x20AC;&#x153;IlĂ­adaâ&#x20AC;? Repugnante Ente folclĂłrico (bras.) Banha Tabatinga, no Amazonas

Camiseta estampada que funciona como ingresso de trios elĂŠtricos

Grito de incentivo em touradas

(?)-arbítrio, capacidade de escolha Secreção hepåtica auxiliar na digestão (?) pÊ nem cabeça: destituído de lógica

Tântalo (símbolo) A favor de

Editor (abrev.) â&#x20AC;&#x153;Internoâ&#x20AC;?, em PIB

S E

Cidade natal de Fagner (CE)

Grande quantidade (pop.)

M 3/ang â&#x20AC;&#x201D; rat. 4/bile â&#x20AC;&#x201D; iara â&#x20AC;&#x201D; olho. 5/sagui. 6/ti-ti-ti. 7/façanha.

100

Solução RI O S O

E N E T R A R I FU

S E P R V M I Ă&#x2021; O

I D O N E A M E R L I M

F B A R G U I S I T A O L S E A N G G M A U R I A T A P U L R A L I

F P A Ă&#x2021; O Ă&#x2021; O S A A S B N C I A H O D A M A T M T I C O A T L B I L E T I S I V O E R OR M Ă&#x2022; E S

BANCO

Bate-rebate ......Passado o furacĂŁo Sandy e a eleição americana, o repĂłrter da Globo, Alan Severiano, jĂĄ estĂĄ de volta Ă  emissora, em SĂŁo Paulo. $5HGH79DQXQFLRXWUrV HYHQWRVGR$)&$PD]RQ)RUHVW &RPEDWHP0DVGHYHIHFKDU o ano com um sĂł. ......Depois de alguns dias de descanso, William Bonner retoma o comando do â&#x20AC;&#x153;Jornal Nacionalâ&#x20AC;? na segunda-feira. $SyVDVDtGDGH.LWW\%DOLHLUR DQXQFLDVHTXHDUHGDomRGD(VSQ %UDVLOSDVVDUiSRUXPDUHIRUPXlação. ......A palavra â&#x20AC;&#x153;reformulaçãoâ&#x20AC;? ĂŠ sempre assustadora nos bastidores de qualquer TV. Ă&#x2030; meio que sinĂ´nimo de demissĂŁo. $5HGH79YDLQRYDPHQWHID]HU RVEDVWLGRUHVGRFDUQDYDOXWLOL]DQGRVHSUDWLFDPHQWHGDPHVPD HTXLSHGRDQRSDVVDGR ......E quanto ao â&#x20AC;&#x153;Sob Medidaâ&#x20AC;?, novo programa da Daniela Albuquerque, ao contrĂĄrio da Luciana Gimenez, a sua estreia nĂŁo serĂĄ agora. 6HQDGDVHDOWHUDUDWpOiGHYH ÂżFDUSDUDRÂżPGHMDQHLUR ......Ainda a propĂłsito da Rede TV!, a cada dia aparece um nome de comprador diferente. SĂł na Ăşltima semana foram uns 3. (QHQKXPGHOHVFRQVXOWDGR VDELDULJRURVDPHQWHGHQDGD

Teatro

Tinha tudo acertado

www.coquetel.com.br

Thais Fersoza jĂĄ ĂŠ um nome garantido no elenco de â&#x20AC;&#x153;Dona Xepaâ&#x20AC;?, em produção na Record, para estrear em março ou abril do ano que vem. Esta serĂĄ a primeira novela com no mĂĄximo 90 capĂ­tulos. Adaptação do Gustavo Reiz e direção de Ivan Zettel

TV TUDO

HORĂ&#x201C;SCOPO

Ă RIES - D Âą$HQHUJLD /XQDUHPVXDRLWDYDFDVDWHQGHD GHL[DUVHXVVHQWLPHQWRVH[DOWDGRV SRGHQGRID]HUFRPTXHYRFrVH VLQWDPDLVIUiJLO3HUFHEDRTXH YRFrSUHFLVDPXGDUHFRPRDJLUHP VLWXDo}HVGHOLFDGDV1RDPRU$FRQMXQWXUD6RO/XDWHQGHDIDYRUHFHU DUHVROXomRGHDOJXQVFRQĂ&#x20AC;LWRV TXHDPHDoDPDHVWUXWXUDGHVHX UHODFLRQDPHQWRDPRURVR2DPRU QmRSRGHVHUSHUIHLWR$VVXPDVHXV HUURVHIDoDGLIHUHQWH TOURO Âą D ÂąeKRUDGH SHUGHURVPHGRVTXHH[LVWHPGHQWUR GHYRFr$FRQMXQWXUD6RO/XDHP VHXFDPSRGHFULVHWHQGHDGHVWDFDUVXDHQHUJLDLQWHULRUWUD]HQGR PDLVFRQÂżDQoDGLDQWHGRVREVWiFXORV6LJDHPIUHQWH GĂ&#x160;MEOS â&#x20AC;&#x201C; (21/5 a 21/6) â&#x20AC;&#x201C;A harPRQLDHQWUH6ROH/XDSRGHWUD]HU PDLRUGHWHUPLQDomRSDUDFRQFOXLU SURMHWRVHPVHXWUDEDOKR$SURYHLWH SDUDID]HUYtQFXORVTXHSRGHUmROKH DMXGDUIXWXUDPHQWH$XQLmRID]D IRUoD1RDPRUHVWHpRPRPHQWR SDUDTXHYRFrSDUHHUHĂ&#x20AC;LWDVREUHDV TXHVW}HVTXHQmROKHDJUDGDPHP VHXURPDQFH1mRLQYLVWDGHPDLV QHPFULHH[SHFWDWLYDV)DoDDVXD SDUWHHQmRHVTXHoDDVRXWUDV SULRULGDGHV CĂ&#x201A;NCER â&#x20AC;&#x201C; (22/6 a 22/7) â&#x20AC;&#x201C; Neste PRPHQWRVHXODGRPDLVEULQFDOKmR SRGHHVWDUHPGHVWDTXH$SURYHLWH SDUDFRQKHFHUHFRQYHUVDUFRPSHVVRDVTXHSHQVDPFRPRYRFr4XHP VDEHQRYDVSDUFHULDVQmRVXUJHP" LEĂ&#x192;O â&#x20AC;&#x201C; (23/7 a 22/8) â&#x20AC;&#x201C; A harmoQLDHQWUH6ROH/XDHPVHXFDPSR GDIDPtOLDWHQGHDHTXLOLEUDUVHXV UHODFLRQDPHQWRVtQWLPRV$EXVH GDFULDWLYLGDGHSDUDVHGLYHUWLUHP JUXSRHVHDSUR[LPDUPDLVGHTXHP YRFrDPD VIRGEM Âą D Âą2GLDGH KRMHWHQGHDVHUSURGXWLYRQRTXH GL]UHVSHLWRDRVVHXVSODQRVFRP SHVVRDVSUy[LPDV6XDFRPXQLFDomRSRGHHVWDUIDYRUHFLGD JDUDQWLQGRRFRQVHQVRHPPXLWDV TXHVW}HV'LDORJXH1RDPRU UHDYDOLHDOJXPDVDo}HVWRPDGDVHP UHODomRDRVHXJUDQGHDPRU1mR SHUFDDFDEHoDGLDQWHGRVFRQĂ&#x20AC;LWRV HHYLWHRVSUREOHPDVVHPSUHTXH SRVVtYHO)RUWDOHoDVHXURPDQFH LIBRA Âą D ÂąeKRUDGH RUJDQL]DUPHOKRUDVVXDVHPRo}HV

Deu um perdido 1RVWHVWHVTXHD)R[6SRUWVUHDOL]RX QR%DUUD6KRSSLQJ5LRSDUDGHVFREULUQRYRVQDUUDGRUHVDOJXpPTXH VHLGHQWL¿FRXFRPR³VHJXUDQoD7DUOL %UDJD´FREURXGRVLQWHUHVVDGRVXPD WD[DGHLQVFULomR4XHYDULDYDGH DFRUGRFRPRIUHJXrVHQWUHH UHDLV 'HSRLVGHUHFHEHU³WXGRRTXHWLQKD GLUHLWR´R¿JXUDQXQFDPDLVIRLYLVWR 3LRUpTXHPXLWRVVHGHL[DUDPHQJDQDUHSDJDUDPSRUDOJRTXHHUDGH graça.

Na moedinha

6yQDVHPDQDTXHYHPGHSRLVGR IHULDGRGHWHUoDVDLUiXPDGHFLVmR VREUHTXHPVHUiRFRQYLGDGRRXFRQYLGDGDGHHVWUHLDGRQRYRSURJUDPD GD/XFLDQD*LPHQH]QD5HGH79 $QD+LFNPDQQRX5DXO*LO2VGRLVMi HVWmRJUDYDGRV2GHOHQD³EROVDGH DSRVWDV´OHYDSHTXHQDYDQWDJHP

Escanteio

(PIXQomRGHVVDQRYDPH[LGDQDVXD SURJUDPDomRPRWLYDGDSHODLGDGD ³)D]HQGDGH9HUmR´SDUDDVKRUDV DGLUHomRGD5HFRUGGHFLGLXFDQFHODU DH[LELomRGDVVpULHV³&6,0LDPL´ ³'U+RXVH´³0RQN´HDWpRSROLFLDO ³&kPHUDHP$omR´ 6yR³&KULV´IRLSRXSDGR3LRUpTXH RQWHPMiWLQKDJHQWHIDODQGRHPRXWUD PXGDQoDGD³)D]HQGD´SDUDGD QRLWH

&¡HVWĂ&#x20AC;QL

Parece que agora nĂŁo devem mesmo existir novas mudanças. O talk-show da Luciana Gimenez irĂĄ estrear no prĂłximo dia 27, uma terça-feira. Na mesma data, antes dela, tambĂŠm serĂĄ lançado o humorĂ­stico â&#x20AC;&#x153;A Feira do Risoâ&#x20AC;?, com apenas 30 minutos de duração

A direção da Globo, como se anunciou, optou por nĂŁo tumultuar as coisas. AmanhĂŁ, 5 da tarde, segue tudo normal com a transmissĂŁo do campeonato brasileiro. A FĂłrmula 1, com o Grande PrĂŞmio dos Estados Unidos, ao vivo, na Ă­ntegra, sĂł no SporTV, tambĂŠm a partir das 17 horas. A Globo vai colocar um compacto depois do â&#x20AC;&#x153;FantĂĄsticoâ&#x20AC;?. Ficamos assim. Mas amanhĂŁ tem mais. Tchau!

TECNOLOGIA SDUDTXHDOJXPDVGLYHUJrQFLDVGH RSLQLmRQmRLQĂ&#x20AC;XHQFLHPRURPDQFH GHIRUPDQHJDWLYD5HĂ&#x20AC;LWDEHPDQWHV GHIDODURXDJLU(YLWHRVSUREOHPDV ESCORPIĂ&#x192;O â&#x20AC;&#x201C; (23/10 a 21/11) Âą6HXSDSHOGHOtGHUSRGHHVWDU IRUWDOHFLGRQHVWHPRPHQWRSRLV RVHXODGRFDULVPiWLFRWHQGHD HVWDUHPGHVWDTXH$EXVHGHVXD PDQHLUDHVSRQWkQHDSDUDFRQTXLVWDU RVRXWURV$SRVWHQLVVR1RDPRU SHUFHEDDUHDOQHFHVVLGDGHGHWHU PDLVDEHUWXUDHPRFLRQDOIUHQWHDR VHXJUDQGHDPRU7HQKDDWLWXGHV VLQFHUDVHLQYLVWDQRIRUWDOHFLPHQWR GHWRGRVRVVHXVVHQWLPHQWRV2 DPRUDJUDGHFH SAGITĂ RIO â&#x20AC;&#x201C; (22/11 a 21/12) â&#x20AC;&#x201C; 1HVWHPRPHQWRVXDIRUoDGHYRQWDGHSDUDFRQWRUQDURVREVWiFXORV GRGLDDGLDSRGHHVWDUIDYRUHFLGD $SURYHLWHSDUDFULDUYtQFXORVFRP TXHFRQÂżDPDVVHPSUHUHĂ&#x20AC;LWDDQWHV GHIRUPDWUDQTXLOD1RDPRUPDQWHQKDDWUDQTXLOLGDGHHUHĂ&#x20AC;LWDVREUH DLQĂ&#x20AC;XrQFLDUHDOGHVHXVVHQWLPHQWRVQDYLGDGHVHXSDU5HQRYHR DIHWRHDSURYHLWHSDUDPRVWUDUPDLV VHJXUDQoD&RQYHUVHPDLVVREUH LVVR CAPRICĂ&#x201C;RNIO â&#x20AC;&#x201C; (22/12 a 19/1) Âą(VWDSRGHVHUXPDIDVHTXH IDYRUHFHRVHXHQWHQGLPHQWRQR FDPSRGDVDPL]DGHV6HXSRWHQFLDO SDUDOLGHUDQoDSRGHHVWDUIRUWDOHFLGRID]HQGRFRPTXHYRFrFRQGX]D RVRXWURVFRPSOHQDKDUPRQLD1R DPRUWHQKDFDXWHODSDUDQmRID]HU FRQIXVmRGLDQWHGHWDQWDVHPRo}HV RSRVWDVHPVHXUHODFLRQDPHQWR DPRURVR5HQRYHRVVHXVVHQWLPHQWRVHUHSHQVHHPVXDVDWLWXGHV1mR WHQKDPHGRGHDPDU AQUĂ RIO â&#x20AC;&#x201C; (20/1 a 18/2) â&#x20AC;&#x201C; Sua YLGDSURÂżVVLRQDOSRGHVHUIDYRUHFLGDQHVWDIDVH&RQFHQWUHVXDV IRUoDVHPEXVFDGHUHVXOWDGRVPDLV SURGXWLYRV9RFrWHQGHDDJLUGH PDQHLUDPDLVREMHWLYDIRUWDOHFHQGR DLQGDPDLVHVWHSURFHVVR1RDPRU WHQKDXPDSRVWXUDHPRFLRQDOPDLV HTXLOLEUDGDFRPDVUHDLVFDUrQFLDV GHVHXURPDQFH PEIXES â&#x20AC;&#x201C; (19/2 a 20/3) -Procure ter FDOPDSDUDUHĂ&#x20AC;HWLUVREUHRVFRQĂ&#x20AC;LWRV TXHVHXURPDQFHYHPSDVVDQGR ,QYLVWDHPPDLVGLVSRVLomRSDUD PXGDUSRVLWLYDPHQWHRVHXUHODFLRQDPHQWR$SUR[LPHVHDWUDYpVGR GLiORJR

Cazuza volta aos palcos em 2013 em â&#x20AC;&#x2DC;versĂŁo hologramaâ&#x20AC;&#x2122;

C

azuza morreu em 1990, aos 32 anos. Em 4 de abril 2013, quando completaria 55, ele volta aos palcos, na forma de um holograma. SerĂĄ a primeira vez que um artista brasileiro revive por meio desse efeito especial. A ideia de ressuscitar

um músico por meio de um holograma chamou a atenção mundo afora em abril deste ano, quando o rapper americano Tupac Shakur (1971-1996), assassinado quase 16 anos antes, repareceu projetado em um show do tambÊm rapper Snoop Dogg, no festival Coachella, nos EUA. O projeto que homenageia o cantor carioca, ideali-

zado por Omar MarzagĂŁo e George Israel (do Kid Abelha e parceiro de Cazuza), terĂĄ shows de 90 minutos, em 20 dos quais a imagem do mĂşsico vai interagir com uma banda. Estimado em R$ 3 milhĂľes, o projeto prevĂŞ um show em SĂŁo Paulo, dois no Rio, um em Belo Horizonte e outro em BrasĂ­lia. Os idealizadores esperam captar R$ 2,5 milhĂľes por meio de mecanismos de fomento Ă  cultura via LVHQomRĂ&#x20AC;VFDOFRPRD Lei Rouanet. O desenvolvimento do holograma, que serĂĄ baseado em fotos e vĂ­deos de arquivo de Cazuza, ĂŠ realizado pela empresa francesa 4Dmotion. O processo tĂŠcnico, que deve durar seis meses, estĂĄ em sua segunda fase. Na primeira, que levou dois meses, foi feita uma pesquisa sobre Ă&#x20AC;JXULQRH[SUHVV}HVIDFLDLV gestos e trejeitos. As imagens utilizadas para o projeto foram feitas principalmente nos anos de 1986 e 1987 -os idealizadores optaram pelo perĂ­odo prĂŠ-doença de Cazuza, que morreu em decorrĂŞncia do vĂ­rus da Aids, para evitar a lembrança do artista debilitado.


4

DIVERSĂ&#x192;O&ARTE

TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIĂ&#x201C; - SĂ BADO, 17 DE NOVEMBRO DE 2012

â&#x20AC;&#x153;Quando Deus tira algo de vocĂŞ, ele nĂŁo estĂĄ punindo-o, mas apenas abrindo suas mĂŁos para receber algo melhorâ&#x20AC;?

FOTOS BY CHICO BRANDĂ&#x192;O

MĂĄrcia Marques

O

ntem, a aniversariante mais festejada do Ăşltimo dia 13, MĂĄrcia Marques, comemorou mais um niver no mais alto estilo. Marcinha recebeu familiares e um grupo de amigos para juntos comemorarem mais um ano de vida. O restaurante escolhido foi o requintado Maria Antonieta, onde o chef Breno Gama preparou um cardĂĄpio todo especial, com direito a vinhos que tiveram o destaque merecido. Foi uma noite de super amizades, positiva, muita energia e amigos verdadeiros. ParabĂŠns, 0DUFLQKDYRFrpXPVHUKXPDQR que dispensa comentĂĄrios.

Fernando Lamenha, jovem empresĂĄrio de sucesso em nossa cidade com a conhecida Buru Rodas, estĂĄ com vĂĄrias novidades no setor de rodas importadas para vocĂŞ VHDXWRSUHVHQWHDUQHVVHÂżPGHDQR

A conselheira Rosa Albuquerque, um ser humano iluminado, que sempre merecerĂĄ o nosso carinho e os nossos aplausos

Rodolfo OsĂłrio e Nina TeothĂ´nio, um casal â&#x20AC;&#x2DC;Ă­mparâ&#x20AC;&#x2122; em nossa sociedade, voltam a circular nos grandes eventos de nossa cidade

O que pesa Ă  primeira vista

FilĂŠ-mignon ao molho de cassis e chocolate

Â&#x2021; Mulheres se importam com o todo, o conjunto, a soma. Leia-se: estilo + roupa + cabelo. Numa segunda olhada ĂŠ que vem o interesse pelos detalhes: os olhos, os gestos, as mĂŁos, a boca.. Â&#x2021; Eles olham o corpo inteiro. E, muito depois, os lindos olhos verdes. Â&#x2021; Nem homens nem mulheres gostam de se deparar com um depoimento muito forte de estilo num primeiro encontro. Como a situação ĂŠ justamente para se conhecer e ver no que dĂĄ, apostam hum look neutro â&#x20AC;&#x201C; que, segundo dizem, deixa o terreno aberto para a aproximação, sem margem para rejeição imediata.

Â&#x2021;0$,6'(0,18726 Â&#x2021;325dÂŽ(6 INGREDIENTES Â&#x2021;3DUDDFDUQHHRPROKR Â&#x2021;NJGHÂżOpPLJQRQOLPSRHFRUWDGRHPWRXUQHGRVGHJFDGD Â&#x2021;GRVHGHFRQKDTXHSDUDĂ&#x20AC;DPEDU Â&#x2021;POGHFDOGRGHFDUQH Â&#x2021;POGHYLQKRWLQWRVHFR Â&#x2021;JGHFKRFRODWHFDFDX Â&#x2021;POGHOLFRUGHFDVVLV

Primavera/verĂŁo

S

DSWL¿OXVDSUHVHQWDQGRXPD EHODFROHomRSULPDYHUDYHUmR Adryelle Oliveira de parabÊns pela peças da conhecida franquia localizada no 2º piso do Maceió Shopping. Vale a pena conferir as novidades e arrasar no visual da estação.

O

s empresårios Leopoldo, DedÊ e o chef de cozinha Breno Gama jå estão recebendo reservas SDUDDVIHVWDVGH¿PGHDQRH confraternização na casa, uma das mais elegantes da cidade. Com serviço e menu impecåveis, a carta de vinhos Ê outro atrativo que dispensa comentårios. ParabÊns, DPLJRVYRFrVPHUHFHP

Santa Lolla

A

Natal

empresåria Sunça dos Anjos estå com tudo preparado para mais uma edição da festa de Natal na Sunça Casa Pajuçara. A festa acontece na terça, 20, a partir das K$HPSUHViULDDSUHVHQWDUiDV novidades de decoração para as IHVWDVGH¿QDOGHDQRDSURYHLWDQGR o momento para confraternizar a data junto aos seus clientes e amigos, que jå esperam ansiosos pelo encontro. A tarde promete ser de muito alto astral, regada a um bom espumante, comidinhas deliciosas e muitos clicks de Chico Brandão. Vale sim uma passadinha na loja para conferir de perto as mais belas peças de decoração que darão um toque todo especial à sua casa durante a expectativa pela chegada do Natal.

Rua dos Amores

ontagem regressiva para o show C do cantor e compositor Djavan, que apresenta pela primeira vez em

MaceiĂł o show de seu novo disco: â&#x20AC;&#x153;Rua dos Amoresâ&#x20AC;?. No repertĂłrio, os novos sucessos â&#x20AC;&#x153;BangalĂ´â&#x20AC;?, â&#x20AC;&#x153;Pecadoâ&#x20AC;?, â&#x20AC;&#x153;JĂĄ nĂŁo somos doisâ&#x20AC;? e â&#x20AC;&#x153;Ares sutisâ&#x20AC;?, alĂŠm das clĂĄssicas â&#x20AC;&#x153;Flor de lisâ&#x20AC;?, â&#x20AC;&#x153;Meu bem quererâ&#x20AC;? e â&#x20AC;&#x153;Samuraiâ&#x20AC;?, dentre outras. O show acontece no prĂłximo dia 7 de dezembro, na casa de shows Musique. Informaçþes: 

A

s novidades da Santa Lolla Maceió não param. A loja, comandada pela empresåria Carol Freitas, recebeu nos últimos dias mais peças do alto-verão da marca. Os calçados estão repletos de aplicaçþes de pedras, tachinhas e elementos que transmitem uma pegada mais street style. Sandålias rasteiras nos tons prateado, dourado e cobre são algumas das apostas da Santa Lolla. As bolsas estão maxi, em cores vibrantes. Para arrasar no verão, nada melhor que escolher os sapatos e acessórios certos. Eles, sem dúvida, dão RSRQWR¿QDOHPTXDOTXHUORRN Inspire-se!

Â&#x2021;PARA A BATATA GRATINADA Â&#x2021;NJGHEDWDWDFRUWDGDHPOkPLQDVÂżQDV Â&#x2021;POOHLWHLQWHJUDO Â&#x2021;POGHFUHPHOHLWHIUHVFR Â&#x2021;1R]PRVFDGDHVDODJRVWR Â&#x2021;3DUPHVmRUDODGRSDUDJUDWLQDU

Q

XHPMiDFRPSDQKDDVQRYLGDGHVGD7RPP\+LOÂżJHUQR%UDVLO tem um Ăłtimo motivo para comemorar. A grife norte-americana anunciou uma parceria com a holding de moda brasileira InBrands. A empresa agora terĂĄ os direitos para comercializar os produtos de vestuĂĄrio da marca - caracterizada por suas peças predominantemente em azul, branco e vermelho - no Brasil durante dez anos. As vendas dos produtos aos consumidores nessa nova fase da marca jĂĄ FRPHoDPQRGLDÂ&#x17E;GHMDQHLURGHHWrPWXGRSDUDVHULUUHVLVWtYHO Em MaceiĂł, a jovem empresĂĄria FlĂĄvia Coputinho Marroquim, tem a exclusividade da marca no conhecido Club Lyon

Origami

designer de acessĂłrios Fred Butler, responsĂĄvel por verdadeiras esculturas em forma de joias e bijus, juntou forças com a Swatch para uma parceria bem colorida. O relĂłgio lembra os origamis e esculturas de papel. Em edição limitada de 777 peças, o relĂłgio estĂĄ Ă  venda nas SULQFLSDLVORMDVGD6ZDWFKHFXVWDÂ&#x2026; FHUFDGH5 

S

onas AraĂşjo e Thiago JBistrot Maia vivem com o Four repleto de amigos

da sociedade. A bela casa, localizada na Rua Abdon Arroxelas, na Ponta Verde, conta com um cardåpio elaborado especialmente para este verão, que estå arrebentando e SURPHWHVHUVXFHVVRDWpR¿QDOGR ano. O restaurante jå começa a receber as primeiras reservas para DVIHVWDVFRQIUDWHUQL]Do}HVGH¿P de ano.

Assine a Tribuna Independente e esta coluna

pelo telefone (82) 3311-1308

Acesse o portal Tribunahoje.com e leia na Ă­ntegra a coluna Top News no Blog Elenilson Gomes

elenilsontopnews@gmail.com

Pets de luxo

tella McCartney, Vivienne Westwood, Gareth Pug e Mulberry unidos no mesmo projeto? Parece uma semana de moda! Mas o que mobilizou a criação destes top designers foi uma boa (e IRID FDXVD(OHVID]HPSDUWHGHXP grupo de 17 estilistas que criaram peças e acessórios para pets. As peças-desejo fazem parte de um leilão em prol do Battersea Dogs & Cats Home, fundação que cuida dos bichinhos abandonados do Battersea Park, em Londres.

Sabonete nÂş 5

Ă&#x2030;

o tipo de lançamento que Marilyn Monroe, fĂŁ da marca em questĂŁo, iria amarâ&#x20AC;Ś A Chanel lança edição limitada de sabonete FRPIUDJUkQFLDGHVHXPDLV famoso perfume, Chanel QÂ&#x192;(PYHUVmRRYHUVL]HG o sabonete vem ainda com XPDVDERQHWHLUDGHDFUtOLFR para deixar o seu banheiro um luxo sĂł!

PARA BATATA GRATINADA 8QWHXPDIRUPDFRPPDQWHLJDFRORTXHXPDFDPDGDGHEDWDWDVDOJXH e coloque a noz-moscada, outra camada de batata, despeje a mistura do OHLWHHFUHPHGHOHLWHIUHVFR DEDWDWDWHPTXHÂżFDUFREHUWDSHOROtTXLGR  SRUÂżPGLVWULEXDXPDFDPDGDJHQHURVDGHSDUPHVmR$VVHHPIRUQR SUHDTXHFLGRDÂ&#x192;&$VVHSRUXPDKRUDDWpÂżFDUGRXUDGR FINALIZAĂ&#x2021;Ă&#x192;O )ULWHRVÂżOpVHPXPSRXFRGHD]HLWHDWpRSRQWRGHVXDSUHIHUrQFLDH Ă&#x20AC;DPEHHPVHJXLGD0RQWHRSUDWRFRPXPSHGDoRGDEDWDWDRVGRLVÂżOpV coloque uma porção generosa de molho sobre a carne.

7RPP\+LOÂżJHU

A

MODO DE PREPARO PARA A CARNE E O MOLHO Aqueça o caldo de carne junto com o vinho, deixe ferver atÊ reduzir pela metade, acrescente o chocolate ralado e, fora do fogo, o creme de cassis. Reserve.

O

RĂŠveillon

3UDrURQD%DUUDGH6mR0LJXHOVH prepara para fazer bonito na hora de celebrar a virada de calendårio. Para entrar em 2013 num clima de energia positiva e felicidade contagiante, a casa estå preparando um RÊveillon perfeito para quem busca conforto, qualidade, boas atraçþes, e tudo isso à beira-mar da praia da Barra de São Miguel. Entre as atraçþes, serviço All Inclusive, com buffet de alto padrão, composto por mesa de frios, salgados volantes, quatro opçþes de jantar e cafÊ da manhã, tudo com a DVVLQDWXUDGRFKHI7KLDJR)DOFmR-iRVRPGDQRLWHYDL¿FDUSRUFRQWDGD orquestra Golden Time e da banda Affarra.

A

Curso de Ceia

chef Tatiana Brasil está preparando uma seleção HVSHFLDOtVVLPDGHUHFHLWDVSDUD seu próximo curso sobre Ceia de Natal. Cheio de glamour e fácil de preparar, o cardápio a VHUHQVLQDGRWUD]GHOtFLDVFRPR Salpicão Natalino, Lentilhas com Camarão, Peru ao Vinho e Batatas Caramelizadas à moda Tailandesa. Com duas opções de horário (uma turma jVKHRXWUDjVK RFXUVR VHUiUHDOL]DGRQRGLDQD cozinha experimental da loja Bontempo. As vagas são limitadas e custam R$ 100. Informações pelo WHO

O

Living

casal Ricardo Cintra e Ana Alice Vasco estĂĄ apostando em uma forte WHQGrQFLDQDFLRQDOSDUD presentear os casais de noivos da Living. Agora, alĂŠm de disponibilizar o mobiliĂĄrio PDLVGLYHUVLÂżFDGRGDFLGDGH a Living tambĂŠm oferece aos noivos a oportunidade de aprender mais sobre SODQHMDPHQWRÂżQDQFHLUR O cliente fechar o aluguel dos mĂłveis da sua festa de casamento na Living, ganha, sem sorteio, o curso: Casais inteligentes enriquecem juntos, inspirado no BestSeller de Gustavo Cerbasi. Show!

Look Afrodite da Bebesh, exclusividade da Maison Mårcia Maciel, para você DUUDVDUQHVVH¿PGH ano, entre as peças mais concorridas das araras da loja, localizada na Mårio de Gusmão, PV

J


Edição número 1598 - 17 de novembro de 2012