Issuu on Google+

QUINTA-FEIRA MACEIĂ“ - ALAGOAS 6 DE SETEMBRO DE 2012 NÂş 1540 R$

1,50

TRIBUNA

INDEPENDENTE

DIVULGAĂ‡ĂƒO

TÉRCIO CAPPELLO / SECOM

EXEMPLAR DO ASSINANTE

tribunahoje.com

ADAILSON CALHEIROS

PARALIMPĂ?ADAS

SALDO POSITIVO

TRAFICANTES MIRINS

BRASIL CONQUISTA OURO, PRATA E BRONZE

GOVERNO FAZ BALANÇO DO ‘BRASIL MAIS SEGURO’

ALUNOS FAZEM ‘LISTA DE MORTE’ DE PROFESSORES

2%UDVLOGRPLQRXRSyGLRGRVPUDVRV7GDV3DUDOLPStDdas de Londres e levou todas as medalhas possĂ­veis da prova. 2RXURÂżFRXFRP7HUH]LQKD*XLOKHUPLQDFRPUHFRUGH PĂ GINA 10

2JRYHUQDGRU7HRWRQLR9LOHODHDVHFUHWiULDQDFLRQDOGH6HJXUDQoD5HJLQD0LNLDYDOLDUDPRQWHPRVGRLVPHVHVGRSODQRGH VHJXUDQoDHFRQVWDWDUDPTXHRVQ~PHURVVmRSRVLWLYRV

Professores da Escola Geraldo Melo, no Graciliano Ramos, IRUDPj6HFUHWDULDGH(GXFDomRSHGLUSURWHomRGHSRLVGHVHUHP LQFOXtGRVQXPD³OLVWDGHPRUWH´IHLWDSRUDOXQRVOLJDGRVDRWUi¿FR

PĂ GINA 11

PĂ GINA 10

Rui Palmeira dispara e pode ser eleito no primeiro turno INTERIOR DE PE

Justiça livra Chico Tenório de tornozeleira eletrônica

Pesquisa do Instituto Exatta divulgada ontem pela TV Pajuçara mostra que candidato tucano ganhou 13 pontos e agora tem 43% das intençþes de voto, enquanto que Ronaldo Lessa, em queda livre, perdeu quatro pontos e agora tem 24%. Jeferson Morais tambÊm caiu: tinha 10% e foi para 8%. Se Rui mantiver o ritmo de crescimento, serå eleito prefeito de Maceió no primeiro turno. Pà GINA 5 ADAILSON CALHEIROS

Desembargadores concordaram tambĂŠm com o retorno do exGHSXWDGRjVIXQo}HVGHGHOHJDdo, na Delegacia de Acidentes, PDVQmRSRGHUiSRUWDUDUPDV

ATAQUES EM SEIS DIAS, 3 BANCOS SĂƒO ‘EXPLODIDOS’ EM AL

PĂ GINA 27

Ontem, o ataque da “gangue da dinamiteâ€? foi em BelĂŠm, contra a agĂŞncia do Bradesco. A PolĂ­cia LGHQWLÂżFDDomRGHGXDVTXDGULOKDV

APOIO DE PESO

PĂ GINA 9

Lula pede para que eleitor de Palmeira vote em PatrĂ­cia Sampaio

CASO BĂ RBARA

FAMĂ?LIA FAZ APELO PARA QUE RESPONSĂ VEL DIGA ONDE ESTĂ O CORPO

Ex-presidente pede ao povo de Palmeira dos Ă?ndios que eleja “minha amiga PatrĂ­cia Sampaioâ€?, para “transformar a cidade com apoio da presidenta Dilmaâ€?.

PĂ GINA 10

ABSURDO!

PĂ GINA 4

BEBĂŠ VĂ?TIMA DE VIOLĂŠNCIA ESTĂ EM ESTADO GRAVE

TEMPO

Menino de oito meses e teve 11 costelas quebradas em Novo Lino e tem evidĂŞncias de abuso sexual. Caso foi denunciado ao MP.

Bom a parcialmente nublado com possiblidades de chuvas em ĂĄreas isoladas

MĂ­nima

20Âş

MĂĄxima

28Âş

MarĂŠs

00:38 06:47 12:53 19:08

0.6 1.7 0.6 1.7

FINANÇAS DÓLAR COMERCIAL R$ 2,03 R$ 2,03 DOLAR PARALELO R$ 2,10 R$ 2,19 OURO: R$ 111,30 POUPANÇA: 0,4780%

ENTRE OS DESTROÇOS, uma imagem de Jesus; as boleias dos veículos praticamente se desmancharam com o forte impacto

AGRICULTURA FAMILIAR DE ALAGOAS TERĂ R$ 161 MILHĂ•ES PĂ GINA 13

CAMINHĂƒO E CARRETA BATEM DE DUPLA ARROMBA FRENTE E DUAS PESSOAS MORREM AUTOMĂ“VEL EM &ROLVmRDFRQWHFHXQRÂżQDOGDWDUGHGHRQWHPQDFXUYDSUy[LPDj Usina Bititinga, entre Messias e Fleixeiras. A carreta levava carregaPHQWRGHIHUUR2VGRLVYHtFXORVÂżFDUDPFRPSOHWDPHQWHGHVWUXtGRV

PĂ GINA 9

PĂ GINA 10

VIOLĂŠNCIA

ESTACIONAMENTO E ACABA PRESA

RESIDĂŠNCIAS DE MACEIĂ“ VOLTAM A SER ALVOS DE GRUPOS DE ASSALTANTES

PĂ GINA 12

PĂ GINA 9


TRIBUNAINDEPENDENTE

2 POLĂ?TICA MACEIĂ“ - QUINTA-FEIRA, 6 DE SETEMBRO DE 2012

PolĂ­tica

Cargos de Conselheiro Federal da OAB são cobiçados nas chapas em disputa A cobiça pelos cargos na Ordem acontece mais ou menos assim. Conselho Federal: quem ocupar a cadeira consegue ter forte presença no cenårio da advocacia nacional. Ao todo, são 81 conselheiros. Cada Estado, tem direito a três nomes. AlÊm disto, os nomes de conVHOKHLURVHYLFHVSRVVXHPLPSRUWDQWHLQÀXrQFLDGHQWURGDSUySULD FKDSD(PJHUDOQRPHVOLJDGRVDLPSRUWDQWHVHVFULWyULRVHFRP poder de arregimentar votos.

2$%:HOWRQGHĂ€QH)DOFmRFRPRYLFH

Conselheiro federal começa a fechar sua chapa para a disputa pela presidência da Ordem em Alagoas; eleição Ê em novembro

ESPLANADA LEANDRO MAZZINI - contato@colunaesplanada.com.br

œ1mRDGPLWRTXHMXOJXHPPHXFDUiWHU¡

A

QRWDR¿FLDOGLYXOJDGDSHODSUHVLGHQWH'LOPD5RXVVHIISDUDUHEDWHUR artigo do ex-presidente Fernando Henrique foi a versão mais cordial GRVPDQXVFULWRVGHSUySULRSXQKRGDFKHIHGDQDomR¾1mRDGPLWR que julguem o meu caråter’, revelou ela para o senador Jorge Viana (PT$& QXPDFRQYHUVDQDWHUoD¾(OHIDORXGRPHXJRYHUQRSRUTXHHXIXL ministra de Minas e Energia e ministra da Casa Civil’, complementou para RDOLDGRVREUHRWH[WRSXEOLFDGRSRU)+&QRGRPLQJRFLWDQGR¾KHUDQoD pesada’ herdada de Lula.

Rascunhos 2WH[WRGLYXOJDGRpGDSUySULD'LOPD5RXVVHII(ODPHVPDUDVFXQKRXD nota no PalĂĄcio do Alvorada, domingo, tĂŁo logo leu o artigo do ex-presidente.

Do time Para Viana, os petistas estão orgulhosos da resposta da presidente Dilma. ¾6RXDPLJRGH)+&VRXDWpPDLVDOLDGRGHOHTXHPXLWRVSHVVHGHELVWDV mas ele foi infeliz’, diz o senador.

Clipping 'LOPDOrGLDULDPHQWHRVSULQFLSDLVMRUQDLV¹HUHYLVWDVQRV¿QDLVGHVHPDQD O håbito vem de quando era analista de informaçþes do saudoso ex-governador Leonel Brizola.

(GXFDomRQDJUiÂżFD Ao pedir investimento no ensino pĂşblico, a equipe do parlamentar errou a RUWRJUDÂżD8PDSORWWHU FDUWD]JUDQGHHPORQD Âż[DGDQXPGRVFRUUHGRUHV GD&kPDUDWUD]DIRWRGHHVWXGDQWHHDVSDODYUDVÂľ'HSXWDWR VLF )HGHUDO 3DXOR5XEHP6DQWLDJR$IDYRUGRVGR3,%SDUDD(GXFDomRÂś$JUiÂżFDWURFRXRÂľGÂśSHORÂľWÂśHFRQVWUDQJHXRSROtWLFR

Ritual ministerial É ritual de Garibaldi Alves (PMDB-RN). Senador licenciado do cargo, hoje ministro da Previdência, ele de costume atravessa a Esplanada para cortar o cabelo e engraxar o sapato na barbearia do Senado.

'HVFRQ¿DGR $QGDWmRGHVFRQ¿DGRGRDFRUGRFRPR37QD&kPDUDRGHSXWDGR+HQULTXH$OYHVOtGHUGR30'%TXHDRHQFRQWUDURQWHPSUHVLGHQWHGD&DVD 0DUFR0DLD 3756 HOHRDEUDoRXSRVRXSDUDIRWRHVROWRX¾$TXLpR futuro presidente da Câmara’.

Nova pasta Uma das prioridades de Marco Maia este mês Ê fazer avançar o projeto de lei 865/11 que cria a Secretaria Extraordinåria de Micros e Pequenas Empresas, o novo ministÊrio.

Sem palavras 2VSHWLVWDVGHIHQVRUHVGD03GR&yGLJR)ORUHVWDOGDSUHVLGHQWHÂżFDUDP PXGRVQDUHXQLmRGHOtGHUHVDRRXYLUGRGHSXWDGR&DLDGRTXHHODVHWUDWD GHÂľHVWHOLRQDWROHJLVODWLYRÂś

É fogo Defensor dos ruralistas, Caiado (DEM-GO) pregou a independência da CâPDUDVREUHR&yGLJR)ORUHVWDOPRGL¿FDGR¾(VVD&DVDQmRpXPSX[DGLQKR nem vassalagem da Presidência. Ela sempre se fez respeitar’.

Mundo global (VSHFLDOLVWDHPFREHUWXUDGHFRQÀLWRV SDVVRXSRU6tULD(JLWRH/tEDQR  Marcelo Rech – que viu de perto e sobreviveu a dois atentados mês passado no Oriente MÊdio – tem sido requisitado por empresårios e universidades para palestras.

PIB x PNE Estão preocupados os deputados da Comissão de Educação que foram este ano o ministro da Fazenda, Guido Mantega, para pedir os 10% do PIB SDUDRVHWRU¾(OHQHPVDELDRTXHHUDR31( 3ODQR1DFLRQDOGH(GXFDção)’, diz o deputado Izalci (PR-DF).

Frente da Grana A Frente Parlamentar para o Fortalecimento do Legislativo estå em gestação na Câmara. Os deputados defendem redução do valor das emendas individuais de R$ 15 milhþes para R$ 10 milhþes, mas que sejam impositivas.

Supremo esquecimento De um atento deputado: O Nordeste nĂŁo terĂĄ um ministro no Supremo 7ULEXQDO)HGHUDODSyVDDSRVHQWDGRULDGRVHUJLSDQR$\UHVGH%ULWWR

Acostamento 9LFHOtGHUGR33RGHSXWDGR-HU{QLPR*RHUJHQ 56 OLGHUDFRPLWLYDDR Planalto para cobrar inclusĂŁo da rodovia 386 no PAC. O estado nĂŁo foi agraciado no plano de concessĂŁo.

Ponto Final O Brasil evolui. Outrora, presidentes gladiavam-se aos berros. Agora, por textos bem redigidos Com Gilmar Correa e Vinicius Tavares www.colunaesplanada.com.br contato@colunaesplanada.com.br TZLWWHU#OHDQGURPD]]LQL

SANDRO LIMA

LUIS VILAR REPĂ“RTER

O

s cinco grupos que disputam a presidência da Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Alagoas (OAB/AL), começarDP D GHÀQLU VXDV FKDSDV H seus vices para concorrer ao cargo que hoje Ê ocupado pelo presidente Omar Coêlho de Mello. É um passo a mais QRVEDVWLGRUHVGDHOHLomRTXH deve mobilizar mais de cinco mil advogados no Estado. 'HQWUR GDV FRPSRVLo}HV  conforme apurou a Tribuna Independente  HVWmR sendo levados em conta os cargos de diretoria, mas - em HVSHFLDO  D IXQomR GH YLFH e de conselheiros federais, SHOR SRGHU GH LQà XrQFLD A fase das montagens das chapas Ê que tem feito RV GHEDWHV ÀFDUHP WHQVRV H com trocas de farpas. Entre os advogados, muitos ainda apostam em possíveis FRPSRVLo}HV HQYROYHQGR RV cinco candidatos, mas todos RV ´FDEHoDV¾ GH FKDSD VmR unânimes em afastar a possibilidade, mesmo diante das GLÀFXOGDGHV GH VH IRUPDU cinco frentes. O grande problema Ê que cada grupo deve ter 80 nomes para inscrever em outubro e disputar a presidência da Ordem. Como

3DUDRÂżFLDOL]DU escolha de seu vice, Welton Roberto promoverĂĄ evento no dia 15 de setembro

VmR FLQFR IUHQWHV VmR  candidatos num universo de aproximadamente cinco mil eleitores. Alguns candidatos jå avançaram neste sentido. É o caso, por exemplo, do conselheiro federal Welton Roberto - que tem feito uma cam-

SDQKDFRPXPDSUHRFXSDomR com o interior do Estado e vem mantendo diĂĄlogos com vĂĄrios setores da advocacia. Como jĂĄ havia sido antecipado pela Tribuna Independente, Welton Roberto FRQĂ€UPRXRQRPHGHVHXYLFH RĂ€FLDOPHQWH HOH PDUFKD DR

lado do advogado Fernando )DOFmR O anúncio da aliança jå tem inclusive data marcada. Welton pretende realizar XPD IHLMRDGD GH DGHVmR j FDPSDQKDQRSUy[LPRGLD de setembro, onde apresentaUi)DOFmRFRPRYLFH SANDRO LIMA

BASE DE WELTON

Raimundo Palmeira e JosÊ Costa o apoiam O conselheiro federal Welton Roberto na caminhada rumo à presidência da Ordem conta tambÊm com o apoio do colega criminalista Raimundo Palmeira e do advogado e candidato a vereador JosÊ Costa (PPS) - um dos catedråticos no Direito alagoano -, alÊm de setores da advocacia jovem. Com o movimento, a Prerrogativa Ê a Ordem, Welton Roberto Ê o segundo candidato a consolidar aliança envolvendo presidente e vice. (VSHUDVHDJRUDTXDLVVHUmR os nomes indicados pela chapa para conselheiro federal. Esta - em todos os grupos - Ê uma costura mais delicada HP IXQomR GD SRVVLELOLGDGH de apoios. 1DVLWXDomRDFDQGLGDWD Rachel Cabús foi a primeira a assumir campanha com a cabeça da chapa jå devidamente fechada - apesar de ter sido a última a entrar no påreo. Cabús marcha com Paulo Brêda e tem o apoio do atual presidente Omar Coêlho de Mello. A aliança Cabús-Omar foi apresentada durante um evento em um restaurante da capital. Coêlho comemorou o evento e destacou a presença de mais de 120 pessoas, dos quais muitos podem fazer parte da chapa. Na disputa pelo Conselho Federal da OAB, pelo grupo de Omar Coêlho e Rachel &DE~VHVWmRRSUySULR2PDU Coêlho de Mello e o atual conselheiro Pedro Acioli Filho, que tem sido um ferreQKRGHIHQVRUGDDWXDOJHVWmR nas mídias sociais. (L.V)

0DUFHOR%UDERH7KLDJR%RPÂżPDQDOLVDPRSHUÂżOLGHDOSDUDDSRQWDUHPFRPRVHXVUHVSHFWLYRVYLFHV

AMARAL JĂ TEM

%UDERH%RPĂ€PDLQGDHVWmR discutindo parceiros de chapa Outra chapa na disputa pela OAB/AL que jĂĄ possui a cabeça fechada ĂŠ a “Nossa Ordemâ€?, que assim como Welton Roberto e o candidato 7KLDJR%RPĂ€PGLDORJDFRP parte da advocacia jovem. Do lado da Nossa Ordem, a estratĂŠgia ĂŠ unir nomes representativos da advocacia pĂşblica com a advocacia privada. Assim, surge o nome de ClĂĄudia Amaral para a presidĂŞncia, tendo ao seu lado Luiz Carlos Almeida, representando o setor privado. Na chapa ainda se busFD GHĂ€QLo}HV HP UHODomR DRV TXH YmR HVWDU FRPSRQGR para o Conselho Federal. JĂĄ

do lado do advogado Marcelo Brabo - do movimento a OAB que Queremos - o grupo ainda deixa as portas abertas para possĂ­veis diĂĄlogos. Visto como um importante apoio por adversĂĄrios, Brabo chegou a dialogar com Welton Roberto em uma possĂ­vel FRPSRVLomR TXH QmR DFDERX ocorrendo. Com isto, o especialista em Direito Eleitoral trabalha no fechamento do grupo. De acordo com Brabo, ainda se discute nomes para vice. “Temos alguns nomes, mas DLQGDQmRGHFLGLPRVSRUTXH QmRTXHUHPRVIHFKDUSRUWDV mas sim que todos participem do movimento dando

VXDFRQWULEXLomRÂľGHVWDFRX Internamente no grupo dele se discute duas possibilidades: ou uma mulher ou alguĂŠm da ala da advocacia jovem. Uma forma de dialogar com outros dois setores da classe. 3RU Ă€P 7KLDJR %RPĂ€P do movimento Quero Fazer Parte, GL] TXH D GLVFXVVmR sobre seu vice estĂĄ em andamento e que hĂĄ nomes GHQWUR GR JUXSR TXH HVWmR sendo discutidos. “NaturalPHQWH TXH DLQGD QmR SRGHmos adiantar estes nomes, mas acredito que em uma semana jĂĄ teremos fechados os nomes de vice e de conselheirosâ€?, encerrou. (L.V)


TRIBUNAINDEPENDENTE

Conjuntura

FLAVIO GOMES DE BARROS - ÀDYLRJE#LJFRPEU

&RQYHUVDPROH

C

omo tem sido comum, das lideranças maiores do PT aos militantes mais açodados – principalmente os vivem de cargo pĂşblico desde quando o partido assumiu o poder – o presidente da legenda, Rui FalcĂŁo, tenta subverter a verdade dos fatos, ao dizer que a condenação do deputado JoĂŁo Paulo Cunha â€œĂŠ uma reação Ă s conquistas dos governos do ex-presidente Luiz InĂĄcio Lula da Silva e da presidente Dilma Rousseffâ€?. Ora, era de domĂ­nio pĂşblico e foi constatado pelo Supremo Tribunal Federal que o parlamentar petista foi um dos expoentes do MensalĂŁo, locupletando-se de dinheiro pĂşblico e envolvendo atĂŠ esposa nos negĂłcios escusos. Rui FalcĂŁo repete chavĂľes surrados, que ecoavam quando o PT era oposição e se apresentava como um partido de pessoas de bem, com propostas honestas. Diz ele: “Essa elite suja, reacionĂĄria, nĂŁo tolera que um operĂĄrio tenha mudado o paĂ­s. NĂŁo tolera que uma mulher dĂŞ continuidade a esse projeto... E quando sĂŁo derrotados nas urnas, eles lançam mĂŁo dos instrumentos de poder que ainda dispĂľe, desde a mĂ­dia conservadora, passando pelo JudiciĂĄrio, para tentar nos derrotar.â€? NĂŁo ĂŠ bem assim presidente. Hoje, o PT pratica, no poder, as falcatruas que denunciava como espĂşrias, a composição do STF ĂŠ quase toda de nomeados pelo PT e a mĂ­dia para ele conservadora ĂŠ a mesma que abriu espaços para que o PT chegasse aonde chegou. Rui FalcĂŁo mistura mentira, cinismo e hipocrisia.

MACEIĂ“ - QUINTA-FEIRA, 6 DE SETEMBRO DE  POLĂ?TICA

Chico Tenório se livra de tornozeleira eletrônica Câmara Criminal do Tribunal de Justiça permitiu retorno às atividades de delegado ADAILSON CALHEIROS

O governador TÊo Vilela e o secretårio estadual do Trabalho, Emprego H4XDOL¿FDomR3UR¿VVLRQDOAlberto Sextafeira, comandam, hoje, a entrega GHFHUWL¿FDGRVDSDUWLFLSDQWHVGR SURJUDPD4XDOL¿FD$ODJRDVFXVWHDGR com recursos do Fundo Estadual de Combate e Erradicação da Pobreza. Uma das metas de melhores resultados do atual governo Ê justamente a TXHVWmRGRHPSUHJRVKRUDVQR auditório do Senai, Poço. Não foi concedido porte de arma ao suplente de deputado, que deve voltar a ser delegado

Ronaldo Lessa jĂĄ passou atĂŠ pelo constrangimento de pedir desculpas, publicamente, a um magistrado (o hoje desembargador James MedeiURV 0DVQmRVHFRQWpP(PVDEDWLQDQDIDFXOGDGH)LWVHOHUHDÂżUPRX a ira ao JudiciĂĄrio alagoano: “Tem um bocado de ladrĂŁoâ€?. Referia-se Ă  liberação de precatĂłrios. EstĂĄ em www.reporteralagoas.com.br.

Represålia É fato notório, em Arapiraca, que a deputada federal CÊlia Rocha (PTB) WLQKDJDUDQWLGRDSRLRjFDQGLGDWXUDGH5RJpULR7Hy¿ORjSUHIHLWXUDGR município. Apesar disso, ele teve a surpreendente atitude de tambÊm concorrer. Para lembrar o compromisso, foi gravada uma música, falando em traição, que tem sido distribuída fartamente pela cidade.

Burla Desde 1988, a Constituição Federal proíbe acesso ao serviço público que não seja por concurso. Mas abre exceçþes. Estados e municípios, todavia, estão indo muito alÊm dessas exceçþes. O pior Ê que não são raros os casos em que as empresas prestadoras de mão-de-obra não cumprem suas obrigaçþes trabalhistas. E o Estado assume o ônus.

Nem tanto Informação do jornalista Ilimar Franco, em O Globo: “Os ex-presidentes do PT JosĂŠ Genoino e JosĂŠ Dirceu estĂŁo a cada dia mais apreensivos com os rumos do julgamento do mensalĂŁo. O caso mais grave ĂŠ o de Genoino. Deprimido, na volta das fĂŠrias, deve pedir licença do MinistĂŠrio da Defesa.â€? Podem atĂŠ estar apreensivos, mas de pote cheio.

Sucesso (PSUHHQGHGRUHVDODJRDQRVUHDOL]DUDPPDLVGHPLOHPSUpVWLPRVGR &UHGLDPLJRQRSULPHLURVHPHVWUHGH1RWRWDORSURJUDPDGHPLFURFUpGLWRSURGXWLYRGR%DQFRGR1RUGHVWHLQMHWRX5PLOK}HVHP $ODJRDVQRVVHLVSULPHLURVPHVHVGRDQRDPDLVTXHRPHVPR SHUtRGRGH$WpRÂżQDOGRDQRVHUmR5PLOK}HV

Fim de mundo Uma criança de oito meses foi abusada sexualmente, em Novo Lino, e ainda teve 11 costelas quebradas pelo agressor. Por mais incrĂ­vel que pareça, o acusado por tamanha monstruosidade ĂŠ o pai da criança. Tenha sido o prĂłprio pai ou quem quer que seja, volta uma indagação em voga no interior nesses casos: “Tem cadeia para um homem desses?â€?.

“

Recebi do ex-presidente Lula XPDKHUDQoDEHQGLWD1mRUHFHEL um país sob intervenção do FMI (Fundo Monetårio Internacional) RXVREDPHDoDGHDSDJmR¾¾ DILMA ROUSSEF Presidente da República, contestando um artigo de Fernando Henrique Cardoso, em que chamou de pesada a herança de Lula

* ImperdĂ­vel ĂŠ o mĂ­nimo que se pode dizer do show “PĂ­fano no jazzâ€?, com Chau do Pife, hoje, a partir das 19 horas, pelo projeto “Quinta no Arenaâ€?, no Teatro de Arena SĂŠrgio Cardoso. O artista integra o seleto grupo de PatrimĂ´nio Vivo de Alagoas. * A Orquestra SinfĂ´nica da Ufal se apresenta, hoje, Ă s 20 horas, no Teatro Deodoro, pelo projeto “Quinta SinfĂ´nicaâ€?. Na prĂłxima 3ÂŞ feira, dia 11, Ă s 15 horas, a orquestra estarĂĄ no “Concerto DidĂĄticoâ€?, no Espaço Cultural, na Praça Sinimbu. * Hoje Ă  noite, no OrĂĄkulo, na Praça Rayol, JaraguĂĄ, o cantor Seu Marola estarĂĄ se apresentando, com sucessos da mĂşsica nacional. O show tambĂŠm terĂĄ apresentação da banda SifrĂŁo e discotecagem do DJ )LQL]ROD,QJUHVVRVD5 * A Prefeitura de MaceiĂł promove hoje, das 8 Ă s 14 horas, no auditĂłrio da Faculdade Fits, em Cruz das Almas, audiĂŞncia pĂşblica para debater o projeto da Lei OrçamentĂĄria Anual. Inscriçþes no site www.sempla. maceio.al.gov.br. Informaçþes: 3315-3721. * Na gangorra que tem sido a participação dos clubes alagoanos na SĂŠrie B, ASA e CRB, que vinham de derrotas, ganharam bem, do Ipatinga [ HGR*DUDWLQJXHWi [ UHVSHFWLYDPHQWH$PERVWrPSRQWRV mas o ASA estĂĄ Ă  frente no saldo de gol.

NIGEL SANTANA REPĂ“RTER

T

Prioridade

RecaĂ­da

3

PESCA BAGRE

'HIHVDTXHUWLUDUFULPHGH ÂśIRUPDomRGHTXDGULOKD¡GDDomR A defesa de PatrĂ­cia Rocha (PSD) e DamiĂŁo dos Santos, o Tota (PSD), entĂŁo vereadores por Pilar, entrou com um embargo de declaração junto ao Superior Tribunal de Justiça para eliminar uma possĂ­vel existĂŞncia de contradição na sentença deĂ€QLGD SHOD Â? 9DUD &ULPLQDO GD &DSLWDO H UHIRUoDGD SHOD &kPDUD &ULPLQDO GR Tribunal de Justiça de Alagoas. A medida jurĂ­dica jĂĄ estĂĄ nas mĂŁos do ministroUHODWRU &DVR R PDJLVWUDGR julgue procedente, o procesVR QmR GHYH Ă€FDU PDLV FRP D Â? 9DUD H VLP UHWRUQDU j &RPDUFD GH 3LODU FRPR explica o advogado Welton Roberto. “O embargo ĂŠ justamente para suspender os efeiWRV GD GHFLVmR GD Â? 9DUD &ULPLQDO TXH FRQGHQRX RV vereadores por formação de TXDGULOKD 1D &kPDUD &ULminal do TJ, os desembargadores retiraram esse crime da ação. A medida serve ainda para retirar o processo GDÂ?9DUDHUHWRUQDUSDUD D &RPDUFD GR PXQLFtSLRÂľ analisa o advogado. ELEITORAL 7DPEpP HP LQVWkQFLD superior, mais precisamente no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), os advogados eleitorais de PatrĂ­cia Rocha e DamiĂŁo dos Santos tentam reverter a situação perdida

ASCOM PC

Patricia Rocha e DamiĂŁo Santos lutam para serem reeleitos

no Tribunal Regional EleitoUDO TXDQGR RV GHVHPEDUJDdores mantiveram o indeferimento das candidaturas. Mesmo com as acusaçþes e a condenação no TJ por crime de improbidade administrativa, Patrícia e Damião se colocaram à disposição do eleitorado para retornar à &kPDUDGH9HUHDGRUHV 2 IDWR p TXH 3DWUtFLD 5R-

cha e Damião dos Santos e mais cinco pessoas foram presas na operação Pesca Bagre, desencadeada em SHOR*UXSRGH&RPEDWH jV 2UJDQL]Do}HV &ULPLQRVDV (Gecoc). De acordo com as investigaçþes, aproximadamente foram desviados R$  PLO GD &kPDUD 0XQLFLpal de Pilar em fraude de liFLWDomR 16

TRĂŠS LOCAIS

BUSCANDO APOIO

A rotina dos candidatos à Prefeitura de Maceió segue neste quinta-feira. Rui Palmeira (PSDB) faz visita ao Mercado da Produção na Levada, às 8h; às 18h, participa de uma caminhada no Graciliano Ramos. A equipe de Nadja Baía (PPS) faz SDQÀHWDJHPjVKHPIUHQWH ao Cepa, no Farol; às 16h, faz caminhada no Denisson Menezes, Gama Lins e Lucila Toledo. Rosinha da Adefal estå em Brasília, mas, às 16h, estarå na Caravana da Cidadania, na Levada, Cambona e Bom Parto.

O candidato a prefeito de Maceió, Jeferson Morais (DEM) almoça às 12h, com os coordenadores de campanha; às 17h, faz caminhada na Levada. Ronaldo Lessa (PDT) permanece em Brasília. Alexandre Fleming (PSOL) estarå às 16h, na sede do PSTU para participar de um debate sobre educação. Os candidatos Galba Novaes (PRB) e SÊrgio Cabral (PPL) não encaminharam os seus compromissos de campanha atÊ o fechamento desta edição na noite de ontem.

%DtDIDUiFDPLQKDGD na parte alta GDFLGDGH

5RQDOGR/HVVDĂ€FD em BrasĂ­lia hoje

udo parece estar conspirando em favor de Francisco TenĂłrio 301  DWXDO SULPHLUR VXplente de deputado federal. 3RU WUrV YRWRV D XP D &kPDUD &ULPLQDO GR 7ULEXnal de Justiça de Alagoas decidou retirar a tornozeOHLUD HOHWU{QLFD GHOH TXH agora pode andar livremente por Alagoas sem o monitoramento do JudiciĂĄrio. Os desembargadores OtĂĄvio Praxedes, Orlando Manso e Edivaldo Bandeira Rios foram favorĂĄveis ao pedido da defesa de TenĂłrio. Apenas -RVp &DUORV 0DOWD 0DUTXHV se pronunciou contra. A Ăşnica derrota, se assim pode ser GHĂ€QLGD GL] UHVSHLWR jV DUgumentaçþes da defesa para TXH&KLFR7HQyULRUHWRUQDVVH ao posto de delegado, função TXHHOHH[HUFHUDDQWHVGHHQtrar para a polĂ­tica. Desta vez, o Ăşnico desemEDUJDGRU TXH VH PDQLIHVWRX contra foi Orlando Manso. $VVLP 7HQyULR Ă€FD PDQWLGR na Delegacia de Acidentes GH 7UkQVLWR H VHP SRUWH GH DUPD 6y QmR Ă€FDUi WUDEDlhando em funçþes adminisWUDWLYDV SRU TXH HVWi GH OLcença mĂŠdica. A reportagem da Tribuna Independente manteve contato com o advogado FĂĄbio Gomes. Ele informou TXH D &kPDUD &ULPLQDO LUi FRPXQLFDUDÂ?9DUD&ULPLQDO GD &DSLWDO SDUD TXH Gr prosseguimento Ă  retirada da tornozeleira dentro de um ou dois dias. ´$FUHGLWR TXH QmR GHPRra muito. O comunicado jĂĄ IRLUHPHWLGRjÂ?9DUDTXH por sua vez encaminha para DÂ?9DUDGH([HFXo}HV3HQDLV TXH p D UHVSRQViYHO pelo uso das tornozeleiras. AmanhĂŁ [hoje] ou sexta-feira o Francisco TenĂłrio nĂŁo deve XWLOL]DU PDLV DTXHOH DFHVVyULRÂľDWHQWDRDGYRJDGRDĂ€UPDQGRDLQGDTXHLUiLQVLVWLU QD -XVWLoD SDUD TXH &KLFR TenĂłrio volte a exercer sua SURĂ€VVmR O MANDATO Paulatinamente, o atual suplente pode estar preparando seu terno de posVH SDUD  &pOLD 5RFKD (PTB) ĂŠ tida como favorita a vencer as eleiçþes em Arapiraca. (VVD TXHVWmR WHP UHYROtado uma parcela dos eleitores na segunda maior cidaGH GH $ODJRDV Mi TXH &pOLD DĂ€UPRX TXH LULD FXPSULU RV TXDWURDQRVGHPDQGDWRTXH OKH IRL FRQĂ€DGR $R UHWRUQDU SDUD %UDVtOLD RV FULPHV TXH pesam contra Francisco TenĂłrio, inclusive o do cabo *RQoDOYHV GH  VHUmR MXOJDGRV HP LQVWkQFLD VXSHrior e nĂŁo mais pela Justiça FRPXP(QTXDQWRLVVRRGHlegado segue em campanha eleitoral pelas cidades.


4

TRIBUNA,1'(3(1'(17(

POLĂ?TICA 0$&(,Ă?48,17$)(,5$'(6(7(0%52'(2012

%$572/20(8'5(6&+EDUWRORPHXBGUHVFK#KRWPDLOFRPEU

Descarte de pilhas

O

Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renovåveis (Ibama) baixou uma norma instrutiva a respeito do controle correto sobre a fabricação, uso e o descarte de pilhas e baterias. A norma estabelece ainda uma sÊrie de regras para o transporte, a reciclagem e o acondicionamento, assim como a determinação para que fabricantes e importadores façam um relatório anual sobre os procedimentos adotados. Ficou estabelecido que os fabricantes terão de informar, nas embalagens e manuais, as novas regras aos consumidores. O descarte deverå ser feito em coletas seletivas próprias em postos de vendas ou nas fåbricas, mas nunca em lixos comuns. A coleta de pilhas e baterias descartadas tambÊm deve seguir algumas regras, como o acondicionamento, frequência do recolhimento do material, a destinação e as empresas envolvidas. O rigor tambÊm existe para o transporte do material, informando sobre os envolvidos no processo e os locais de origem e destino. A preocupação das autoridades Ê com as ameaças à saúde e ao meio ambiente, causados pelas substâncias contidas nas pilhas e baterias, como mercúrio, cådmio, chumbo, zinco-manganês e acalmo-manganês. Estudos mostram que algumas destas substâncias podem levar à anemia, a problemas neurológicos e ao desenvolvimento de câncer. No meio ambiente, o descarte de pilhas e baterias pode atingir os lençóis freåticos, o solo e a alimentação. $1RUPD,QVWUXWLYDGR,EDPDIRLSXEOLFDGDQR'LiULR2¿FLDOGD8QLmR

Mais transparĂŞncia O deputado Judson Cabral 37  voltou a cobrar da mesa diretora da Assembleia Legislativa, maiores explicaçþes sobre a aplicação dos quase R$ 5 milhĂľes provenientes de um contrato da Assembleia com a Caixa EconĂ´mica Federal, para manutenção das contas dos servidores do Legislativo. O parlamentar petista solicitou a realização de uma reuniĂŁo com todos os deputados para que o assunto seja amplamente discutido. “Eu mesmo tenho solicitaçþes e contribuiçþes e quero saber da destinação desse dinheiro, da sua prestação de contasâ€?, disse Judson. Ele sugeriu tambĂŠm que a Assembleia forme uma comissĂŁo parlamentar para o acompanhamento do Programa Brasil Mais Seguro-Alagoas, para que todos estejam a par dos resultados e dos parâmetros utilizados na aferição dos dados.

Fetiche mortal Um jovem casal capixaba, que se relacionava sexualmente usando fetiches como faca e armas de fogo, excedeu-se na pråtica e acabou causando uma tragÊdia. O fato aconteceu na cidade de Linhares, no Espirito Santo, dentro do apartamento do jovem Marcos RogÊrio Júnior (21). Sua namorada, Arielle Martins, tambÊm de 21 anos, foi encontrada morta, nua, com um tiro na boca. O caso aconteceu na segunda-feira e Marcos apresentou-se na terça-feira e assumiu o crime. Ele contou que os dois decidiram usar uma arma de fogo e enquanto Arielle, sentada no colo do namorado, passava a arma pela boca, ele se excitou e acabou disparando acidentalmente. O tiro entrou pelo cÊu da boca, saiu pela cabeça e ela morreu na hora. A arma pertencia ao pai do rapaz. Marcos serå indiciado por crime doloso.

$IHVWDGRÂżPGRDQR HĂĄ alguns anos que MaceiĂł tem se destacado entre as capitais do Nordeste pelas festas de RĂŠveillon. A cada ano, um nĂşmero maior de turistas SDVVDDIHVWDGHÂżPGHDQRQDFDSLWDODODJRDQDTXHVHPSUHWHPRIHUWDGR megaeventos, com atraçþes nacionais e internacionais. Diante da excelente DFHLWDomRRWUDGHWXUtVWLFRDODJRDQRUHVROYHXFULDUXPSURGXWRHVSHFtÂżFR batizado de “MaceiĂł, Capital do RĂŠveillonâ€?. O objetivo ĂŠ consolidar a capital GDV$ODJRDVFRPRGHVWLQRGDVIHVWDVGHÂżPGHDQRIRUWDOHFHQGRDLQGD mais seus atrativos tradicionais como a hospitalidade, a gastronomia e suas belĂ­ssimas praias e lagoas. O trabalho de divulgação deste novo produto WXUtVWLFRHQYROYHDVVHFUHWDULDVHVWDGXDOHPXQLFLSDOGH7XULVPRD$ELKHR MaceiĂł Convention Bureau.

Congresso de Odontologia Maceió sedia, a partir desta quinta-feira (6), o Segundo Congresso Internacional da Associação Brasileira de Odontologia, que acontecerå no Centro de Convençþes. Paralelo ao evento internacional acontece o 7º Congresso Alagoano de Odontologia. Serão ministrados cursos, debates, mesas reGRQGDVHSDOHVWUDVGLUHFLRQDGDVDSUR¿VVLRQDLVGDiUHDHVWXGDQWHVHHPSUHViULRVOLJDGRVjRGRQWRORJLDQDFLRQDO7DPEpPDFRQWHFHUiR6LPSyVLR GH6D~GH&ROHWLYD3ROtWLFD1DFLRQDOGH6D~GH%XFDO'HVD¿RVH3HUVSHFWLvas. O evento vai atÊ o såbado, dia 8, e as inscriçþes poderão ser feitas no endereço eletrônico www.maceiodonto.com.br, onde tambÊm poderão ser obtidas maiores informaçþes a respeito.

Indenização trilionĂĄria 27ULEXQDOGH-XVWLoDGR5LRGH-DQHLURMXOJRXHVWDVHPDQDXPDDomRTXH obrigava o Banco Bradesco a pagar uma indenização no valor de R$ 1,4 WULOKmRDKHUGHLURVGHXPFRUUHQWLVWD3RUYRWRVDR7-UHGX]LXRYDORU mas os advogados do correntista pretendem recorrer. A ação teve inĂ­cio em 1994, quando o aposentado da Varig, Valter Vital Bandeira de Melo, percebeu que R$ 4.505,00 desapareceram de sua conta corrente. Ele entrou na Justiça e o juiz decidiu que o banco deveria pagar o valor corrigido pelos juros do cheque especial que o banco cobraria se o aposentado tivesse a mesma quantia em dĂŠbito na sua conta. Em janeiro o valor chegou a R$ 1,4 WULOKmR2EDQFRIH]RFiOFXORFRPEDVHQDWD[DGHLQĂ€DomRHVyTXHUSDJDU R$ 17.203,76. Os desembargadores defendem um novo cĂĄlculo.

4XDOL¿FD$ODJRDV 8PQRYDWXUPDGHDOXQRVGRSURJUDPDHVWDGXDO³4XDOL¿FD$ODJRDV´ YDLUHFHEHURVFHUWL¿FDGRVGHFRQFOXVmRGRFXUVRQHVWDTXLQWDIHLUD   no auditório do Senai, Poço, às 10h. A formatura contarå com a presença GRJRYHUQDGRU7HRWRQLR9LOHOD)LOKRHGRVHFUHWiULRGR7UDEDOKR(PSUHJR H4XDOL¿FDomR3UR¿VVLRQDO$OEHUWR6H[WDIHLUD)RUDPRIHUWDGRVFXUVRV de pintor de obras, gesseiro, mestre de obras, camareira em meios de hospedagem, tÊcnicas de vendas, cozinheiro industrial, recepcionista em meios de hospedagem, pedreiro, armador de ferro, eletricista industrial e guia turístico. ‡$DQWLJD%DODQoDGD3DMXoDUDORFDOGHFRPHUFLDOL]DomRGHSHVFDGRVYDL dar lugar ao Mercado Peixe da Pajuçara, em um prazo de 90 dias. Uma parceria entre o Estado e o município viabilizou a construção do Mercado que vai custar R$ 178 mil. ‡2QRYRPHUFDGRWHUiVDOmRSDUDRSUHSDURGRVSHVFDGRVHSDUDDWHQGLPHQWRDRFRQVXPLGRUDPELHQWHSDUDWULDJHPGHSyVLWRDGPLQLVWUDWLYR GHSyVLWRGHSHVFDGRGRLVEDQKHLURVHRXWUDVGHSHQGrQFLDV$REUDYDL EHQH¿FLDUSHVFDGRUHVHFRQVXPLGRUHVFRPPDLVKLJLHQHHPHOKRUHVFRQGLo}HVGHDUPD]HQDPHQWRHGHFRPHUFLDOL]DomRGRVSURGXWRV ‡$SyVPDLVGHGRLVPHVHVGHSDUDOLVDomRR,QVWLWXWR)HGHUDOGH$ODJRDV (Ifal) retoma as aulas a partir da próxima segunda-feira (10). A decisão do Sindicato dos Servidores foi tomada em Assembleia, jå que houve acordo com o governo federal. ‡$RFRQWUiULRGRVWpFQLFRDGPLQLVWUDWLYRVTXHDVVLQDUDPRDFRUGRRV GRFHQWHVGR,IDOQmRDFHLWDUDPDSURSRVWDPHVPRDVVLPYmRUHWRUQDUjV VDODVGHDXOD ‡$SDUDOLVDomRGR,QVWLWXWR)HGHUDOGH$ODJRDVIRLGHÀDJUDGDQRGLD de junho, e atingiu todos os polos da instituição de ensino. AtÊ mesmo a Reitoria, que funciona na Jatiúca, paralisou as atividades. Alagoas possui 11 unidades do Instituto Federal, sendo uma na capital e dez no interior.

Prefeito segue com bens bloqueados pelo TJ CĂĄssio Reis, de ColĂ´nia, ĂŠ acusado de montar folha avulsa de pagamentos EDITORIA DE POLĂ?TICA COM REDAĂ‡ĂƒO

O

prefeito de Colônia de Leopoldina, Cåssia Alexandre Reis (PDT), tomou um baita susto na quinta-feira, 23 de agosto, ao saber que informação divulgada pela comunicação do Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ/ AL) trazia seu afastamento. Correção feita, Cåssio não foi afastado, mas as demais sançþes estão valendo atÊ o julgamento do mÊrito. Acontece que o juiz da cidade, Diogo de Mendonça Furtado, decidiu pelo afastamento da função pública de alguns rÊus no processo, ou melhor, de todos os secretårios municipais, com exceção do prefeito, cujo pedido de afastamento o MinistÊrio Público do Estado (MP/AL) solicitou em seguida. O magistrado local ainda solicitou a indisponibilidade dos bens dos rÊus, inclusive do prefeito, assim como a determinação da quebra dos VLJLORVÀVFDOHEDQFiULRFRPR tambÊm a busca e apreensão

ARQUIVO

de documentos em poder do municĂ­pio. O chefe do Executivo de ColĂ´nia e seu secretariado estĂŁo sendo acusados de contratação irregular de servidor, depĂłsito de importâncias destinadas ao programa de combate Ă  febre aftosa diretamente na conta do secretĂĄrio municipal, arrecadação irregular de tributos municipais incidentes sobre o abate de animais no matadouro e o seu transporte, gestĂŁo informal de uma “folha de pagamentosâ€? sem escrituração contĂĄbil, o pagamento de remuneração a pessoas nĂŁo integrantes da administração pĂşblica sem prĂŠvio empenho. ApĂłs oferta da denĂşncia do MP, o juiz solicitou o afastamento do prefeito por 180 dias, mas a desembargadora Nelma Padilha suspendeu o afastamento. Ele permanece no cargo atĂŠ a decisĂŁo de mĂŠrito. Entretanto, CĂĄssio Reis entrou com recurso solicitando a cessação imediata do bloqueio de seus bens e GDTXHEUDGRVVLJLORVĂ€VFDOH bancĂĄrio. Negado pela 1ÂŞ Câmara CĂ­vel, semana passada. Prefeito terĂĄ ainda que explicar contratação irregular de servidores

PALMEIRA DOS Ă?NDIOS

Lula pede votos para Patricia Sampaio O maior expoente do Partido dos Trabalhadores (PT) sem dúvida alguma Ê o ex-presidente Luiz Inåcio Lula da Silva. Como a presidente Dilma Rousseff (PT) não tem aparecido nas campanhas da legenda a qual faz parte, Lula então estå fazendo as honras da casa para os candidatos petistas e demais parceiros coligados, como foi o caso do ex-governador Ronaldo Lessa (PDT). Lula ÀJXURXHDWpKRMHDLQGDDSDUHFH QRV à DVKHV GR &KDSmR pedindo votos para Lessa. Nos próximos dias, os

eleitores de Palmeira dos Ă?ndios tambĂŠm serĂŁo agraciados com a imagem do mito petista, agora pedindo voto para a candidata a prefeita Patricia Sampaio (PT). TelĂľes espalhados nos comĂ­cios da deputada estadual vĂŁo apresentar o vĂ­deo. Lula lembra da implantação do Bolsa FamĂ­lia que, em especial, como ele prĂłprio cita, contemplou grande parte dos nordestinos por tabela - os moradores de Palmeira dos Ă?ndios. “Com a candidatura da minha amiga PatrĂ­cia Sam-

paio, o povo de Palmeira tem uma oportunidade extraordinĂĄria de transformar esta cidade num modelo de gestĂŁo administrativa em Alagoas. PatrĂ­cia tem compromisso com o povo, conta com meu apoio e o da Dilma para fazer a prefeitura avançarâ€?, narrou o ex-presidente. 7tSLFR GR SHUĂ€O OXOLVWD ele salienta a meta da gestĂŁo petista na cidade que ĂŠ zelar pelo social. “Esta ĂŠ a diferença que o nosso partido vai fazer em Palmeira dos Ă?ndios: com PatrĂ­cia prefeita, esta cidade histĂłrica

vai se transformar num modelo de gestĂŁo no interior de Alagoas, porque vamos unir esforços e mostrar como se poder cuidar bem melhor das pessoasâ€?. O vĂ­deo conclui remetendo a histĂłria da cidade. “Na terra em que Graciliano Ramos foi prefeito e Juca SamSDLR GLJQLĂ€FRX D DWLYLGDGH pĂşblica, o nosso partido vai trabalhar para dar o exemplo de como se deve administrar uma prefeitura com ĂŠtica e seriedade. Por isso, palmeirense, vote 13, vote PatrĂ­ciaâ€?, conclama Lula.

INTERESSE DA OAB

Berzoini serĂĄ relator da PEC do Quinto LUIS VILAR 5(3Ă?57(5

A Proposta de Emenda Constitucional (PEC 204/12) apresentada pelo deputado federal João Caldas (PEN) que visa alterar as regras do Quinto Constitucional para a escolha dos magistrados, vindos da advocacia e do MinistÊrio Público, na composição dos tribunais - jå tem XPUHODWRUGHÀQLGR O deputado federal petista Ricardo Berzoini serå o relator na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ)

da Câmara. A expectativa ĂŠ pelo parecer positivo, encaminhado-a para votação em plenĂĄrio. A PEC nasce de uma discussĂŁo no Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), tendo sido idealizada pelo conselheiro alagoano Pedro Acioli Filho. A proposta foi apresentada no Conselho Federal e ganhou o apoio dos pares. Logo, foi “adotadaâ€? pelo deputado JoĂŁo Caldas, que caiu em campo em busca de assinaturas no Congresso. As assinaturas necessĂĄrias

- como mostrou em ediçþes passadas a Tribuna Independente - foram coletadas em tempo recorde. Agora, com o início do processo de tramitação, a PEC foi encaminhada para a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) para receber o parecer de Berzoini. Acioli VHGL]FRQÀDQWHFRPDDSURvação da proposta pelos deputados. AtÊ porque, existe uma luta para que se busque apoio dos parlamentares de cada Estado da federação, no sentido de garantir os votos necessårios quando esta

CĂ?VEL

PORTE ILEGAL

O pedido de desbloqueio dos bens do prefeito Cåssio Reis foi apreciado na semana passada SHOD�&kPDUD&tYHOGR7-(OD foi unanimamente negada pelo relator, o desembargador TutmÊs Airan e seus pares, no dia 23 de agosto. Para não deixar dúvidas, todas as puniçþes contra o prefeito de Colônia estão valendo, exceto o afastamento dele do cargo, que aguarda a DQiOLVHGRPpULWRQR7-DLQGD sem data para acontecer. A assessoria jurídica do prefeito foi procurada, mas sem sucesso.

Durante audiência de instrução do processo que acusa o deputado estadual Nelito Gomes de Barros (PSDB) por porte ilegal de arma de uso restrito. O parlamentar sustentou que a pistola, ÀDJUDGDQDRSHUDomR7DWXUDQD (2007) pelos policiais federais, com Nelito, Ê na verdade do policial militar Alvacy JosÊ da Silva Rocha. O desembargador Edivaldo Bandeira Rios então remeteu o processo a Procuradoria Geral de Justiça para fazer oitiva com o policial militar e que ele assim esclareça o caso.

Foi 3ª Câmara que julgou ação de gestor

Nelito diz que arma era de policial militar

for para o plenårio. O objetivo da proposta Ê criar um processo de escolha direta para os representantes da Ordem dentro dos tribunais. Atualmente, a advocacia - quando abre a vaga do Quinto - elege, por meio de eleição convocada pela OAB, uma lista sêxtupla, que Ê encaminhada ao JudiFLiULR/iÀFDPWUrVQRPHV para o Executivo escolher. A alteração prevê uma eleição própria da categoria para formar a lista tríplice, encaminhada diretamente ao Executivo.


TRIBUNAINDEPENDENTE

0$&(,Ă?48,17$)(,5$ DE SETEMBRO DE 2012 POLĂ?TICA

5

Rui dispara com 43% em pesquisa Instituto Exatta apresenta nĂşmeros da campanha de prefeito em MaceiĂł, apĂłs o inĂ­cio do guia eleitoral na capital

Cotidiano LININHO NOVAIS - contato@lininho.com

O estranho mundo de FHC

O

MRUQDOLVWD/HDQGUR)RUWHVQRVUHPHWHDXPDUHĂ€H[mRHPVHXEORJ no portal ‘Carta Capital’ sobre o artigo do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso: “O artigo do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso sobre a herança do governo Lula Ă  presidente Dilma Rousseff nĂŁo ĂŠ sĂł uma pĂŠrola do ressentimento, embora seja possĂ­vel reduzi-lo quase a isso. Na verdade, antes fosse somente isso. O texto, amargo e transbordado de inveja, revela no todo um traço comum Ă  oposição no Brasil, desde a posse do ex-metalĂşrgico, em 2003, e a eleição de sua sucessora, em 2010: o absoluto descolamento da realidade. HĂĄ muitas nuances nesse fenĂ´meno, mas a causa central se encontra no cĂ­rculo fechado no qual polĂ­ticos e intelectuais oposicionistas, sobretudo do PSDB, buscam informaçþes e trocam impressĂľes sobre a polĂ­tica e a vida em geral. Esse cĂ­rculo, formado pelos setores mais conservadores da mĂ­dia e seus batalhĂľes de colunistas hĂĄ muito se mostrou incapaz de retratar a diversidade social brasileira, por incapaz de enxergĂĄ-la, compreendĂŞ-la e, por isso mesmo, reproduzi-la. FHC ĂŠ um produto direto dessa relação. Desde sua primeira candidatura, em 1994, pongado no sucesso do Plano Real, acostumou-se ao palanque seguro montado pelo baronato da imprensa brasileira, que o apoiou como um bloco inexpugnĂĄvel, num movimento mais fechado atĂŠ do que o apoio dado, 30 anos antes, aos militares que desfecharam o golpe de Estado de 31 de marco de1964â€?.

Dor de cabeça 5HWD¿QDOGHVHXPDQGDWRHRSUHIHLWRGH8QLmRGRV3DOPDUHV$UHVNL Freitas, deixarå a vida pública – pelo menos Ê o que se imagina – com XPDGRUFDEHoDFDXVDGDSRUFRQ¿DUGHPDLVHPVHXVDVVHVVRUHV2 processo por improbidade administrativa referente à aquisição de produtos para merenda escolar encontra-se no Tribunal de Justiça, onde Kil jå sofreu a primeira derrota.

Na frente A pesquisa Ibrape divulgada no site Cada Minuto sobre a eleição na cidade de Murici aponta o candidato a reeleição Remi Calheiros com 53% das intençþes de votos, deixando bem para trås os oposicionistas Cardoso e Cristiano Martins, com 16% e 10% respectivamente.

Cadê as escolas? O deputado federal Renan Filho utilizou da tribuna da Câmara dos Deputados para cobrar mais agilidade do Governo do Estado de Alagoas no processo de reconstrução das 20 escolas com doze salas. O processo licitatório jå foi iniciado, porÊm se passaram mais de dois anos com alunos e trabalhadores da educação dividindo o espaço em locais improvisados.

Falando nisso... ... Os trabalhadores em educação do Estado de Alagoas continuam na expectativa do novo Plano de Cargos, Carreira e Salårios, que jå foi anunciado pelo secretårio Adriano Soares.

Convocado Após a insistência de correligionårios do Palåcio República dos Palmares, o secretårio de Comunicação, Rui França, vai entrar no cenårio político de Arapiraca e Penedo, ajudando as coligaçþes tucanas. Para quem conhece o jeito de França fazer campanha sabe que vem chumbo grosso.

Criatividade O eleitor tem reclamado da falta de criatividade por parte dos publicitĂĄrios que produzem o horĂĄrio eleitoral tanto no rĂĄdio quanto na TV. Os programas estĂŁo cansativos e tem deixado a desejar, ĂŠ um verdadeiro ‘mamĂŁo com açúcar’, nĂŁo empolga a ninguĂŠm.

Perguntar não ofende A serviço de quem estão os dois helicópteros que chegaram a Alagoas? ERFDPL~GDFRPHQWDVHTXHDVDHURQDYHVVHUmRXWLOL]DGDVQDUHWD¿QDO de campanha, resta saber quem Ê o político ou os políticos.

Continua 2VSURIHVVRUHVGD8)$/FRPYRWRVDIDYRUFRQWUDHFLQFRDEVWHQçþes, decidiram pela continuidade da greve.

Telona A 6ª edição do Cine Sesi Cultural em Alagoas aporta em São Sebastião com exibiçþes de cinema em praça pública a partir desta sexta-feira, 7. 2V¿OPHVVmRH[LELGRVDRDUOLYUHHPiUHDFHGLGDDR6HVLHPDFRUGRFRP a prefeitura local. Em São Sebastião, o cinema serå montado no Largo Muniz Falcão.

Modelo A Escola Santos Ferraz, unidade da rede estadual de ensino, localizada em Taquarana, foi a grande vencedora do PrĂŞmio GestĂŁo Escolar 2012 em Alagoas. Em 2011, a escola conquistou segundo lugar. Em razĂŁo do tĂ­tulo, o diretor Jaelson Farias estarĂĄ embarcando, em outubro, para os (VWDGRV8QLGRVRQGHSDUWLFLSDUiGHXPLQWHUFkPELRLQWHUQDFLRQDOFRP dirigentes e professores.

Cavalgada Amanhã, 7, a cidade de Murici serå palco de mais uma edição da cavalgada da Independência, evento que reúne centenas de cavaleiros e amazonas em percurso que explora o potencial turístico da cidade.

ASSESSORIA

EDITORIA DE POLĂ?TICA COM REDAĂ‡ĂƒO

POLĂŠMICA

O

s nĂşmeros da pesquisa Exatta, divulgada ontem, demonstrou uma situação nunca antes imaginada no pleito eleitoral majoritĂĄrio na capital alagoana. A eleição para prefeito de MaceiĂł pode nĂŁo ter segundo turno. Foram perguntados a 500 eleitores de MaceiĂł, “se a eleição fosse hoje, em quem votaria para prefeito?â€?. O resultado foi avassalador. O deputado federal Rui Palmeira (PSDB) disparou nas intençþes de voto do eleitorado maceioense. SĂŁo agora 43% do tucano contra 24% conseguido pelo ex-governador Ronaldo Lessa (PDT), candidato do ChapĂŁo. 2V GHPDLV FDQGLGDWRV Ă€caram da seguinte forma: o deputado estadual Jeferson Morais (DEM) se manteve no terceiro lugar com 8% das intençþes de voto; o presidente da Câmara Municipal de MaceiĂł, Galba Novaes (PRB), tem 4%; a deputada federal Rosinha da Adefal (PTdoB) chegou aos 2% H $OH[DQGUH )OHPLQJ Ă€FRX com 1% - na Ăşltima do Exatta, ele nĂŁo pontuou. Foi o que aconteceu com Sergio Cabral (PPL) e Nadja BaĂ­a (PPS). A pesquisa foi realizada de 28 a 30 de agosto, entrevistando 500 eleitores na capital alagoana. A margem de erro da pesquisa ĂŠ de 4,38% para mais ou para menos. Nulos foram 1% e nĂŁo opinaram 7%. Levando-se em conta que a eleição acontece em pouco mais de um mĂŞs - 7 de outubro - Lessa tem que reverter a queda nas pesquisas. Rui foi o que mais cresceu 13 pontos percentuais, com o advento do guia eleitoral de rĂĄdio e TV. COMPARAÇÕES As primeiras pesquisas apontavam uma leve diferença entre Palmeira e LesVDFRQĂ€JXUDQGRXPHPSDWH tĂŠcnico. Os institutos Gape, Exatta e Ibope sĂŁo destoantes singelamente. PorĂŠm, o tucano se desgarou dos demais. No Gape, na primeira quinzena de julho, Lessa tinha 24%, seguido de Rui com 20%. O terceiro era Morais com 17%. Galba aparecia com 12% e Rosinha com 10%, Cabral fechava com 1%. Fleming e Nadja nĂŁo pontuaram. Na primeira quinzena de agosto o mesmo Exatta frisou a virada do tucano. Rui Ă€JXUDYD FRP  H R H[JRvernador alcançou 28%. Morais permanecia na terceira colocação, como o Gape, poUpPFRP5RVLQKDĂ€FRX nos 8%; Galba tinha 5%; e Nadja, 1%. Fleming e SĂŠrgio nĂŁo pontuaram. No Ibope, a situação era semelhante. O tucano teve 30%; Lessa obteve 28%; Morais, 10%; Galba e Rosinha, 6%; Nadja, 1%; Fleming e Cabral nĂŁo pontuaram tambĂŠm.

Candidato recorre contra pleito na OAB

LUIS VILAR REPĂ“RTER

Com nĂşmeros apresentados, pode nĂŁo haver segundo turno

OAB/ARAPIRACA

Omar CoĂŞlho volta a negar ilegalidade de eleição A eleição indireta da OAB/Arapiraca repercute e ganha ainda maiores dimensĂľes pelo momento eleitoral em que vive a OAB alagoana. Os adversĂĄrios da atual gestĂŁo apontam que o procedimento do conselho foi uma tentativa de manter em Arapiraca alguĂŠm que esteja ligado ao grupo que sustenta a candidatura de Rachel CabĂşs Ă  sucessĂŁo de Omar CoĂŞlho. O presidente da OAB/ AL, Omar CoĂŞlho, nega a acusação de irregularidades no pleito. Ele diz que nĂŁo mancharia sua gestĂŁo a confundindo com o processo eleitoral. “NĂłs temos o nome de uma candidata em Arapiraca e optamos que ela nĂŁo concorresse, justamente para nĂŁo misturar as coisas. O Firmino assume a gestĂŁo com o compromisso de nĂŁo ser candidato, completando o mandato que se encerra no prĂłximo dia 31 de dezembroâ€?, defendeu-se CoĂŞlho. Por outro lado, ainda nos bastidores, se fala da ligação de Wesley Souza com o grupo do advogado Marcelo Brabo, que ĂŠ candidato Ă  presidĂŞncia da Ordem. %UDER FRQĂ€UPD TXH :HVley Souza ĂŠ seu eleitor e faz parte do grupo, mas diz que nĂŁo teve qualquer interferĂŞncia na escolha do nome dele para a disputa e que sĂł foi informado depois que ele estaria no processo. O advogado eleitoral

tambĂŠm faz parte dos que apontam possĂ­vel irregularidade na forma como se deu o processo da escolha do presidente da subseção de Arapiraca. Marcelo Brabo usa o mesmo argumento de Wesley Souza. De acordo com ele, em eleição indireta, somente os conselheiros estaduais titulares ou respectivos suplentes votam. “Deve-se observar que o voto do presidente estadual nĂŁo estĂĄ previsto nos normativos do Conselho Federalâ€?, destacou. Ele diz ainda que Marcelo Teixeira nĂŁo poderia ter participado do processo por estar impedido de exercer a advocacia - estĂĄ Ă  frente da Procuradoria Geral do Estado, sendo assim - como salienta Brabo - integrante da administração pĂşblica. Marcelo Brabo diz ainda que - em relação ao recurso qualquer questionamento sĂł poderĂĄ ser feito, inclusive de forma judicial, pelo advogaGR :HVOH\ 6RX]D TXH Ă€FRX em segundo lugar no processo eleitoral. “As dĂşvidas levantadas na noite de ontem [terça-feiUD@GHVDĂ€DPRVSULQFtSLRV democrĂĄticos e a legalidade que tanto prezamos para a OAB e para a sociedade. Esperamos que a condução do presidente eleito recupere os valores em Arapiraca jĂĄ TXHDDWXDOLGDGHQmRUHĂ HWH a OAB que Queremosâ€?, reDĂ€UPRX %UDER SRU PHLR GH sua assessoria. (L.V)

SOLENEMENTE

É LEGAL!

QUE PROMESA

O presidente do Tribunal de Justiça (TJ/AL), desembargador Sebastião Costa Filho, empossou solenemente os desembargadores Paulo Barros e Klever Loureiro. Os dois magistrados tiveram acesso à Corte de Justiça pelos critÊrios de antiguidade e merecimento, UHVSHFWLYDPHQWH$WpR¿QDO deste ano de 2012, quem deve deixar o Tribunal de Justiça Ê o desembargador Orlando Manso. A aposentadoria do atual presidente do TRE/AL estå prevista para o mês de dezembro.

laridade na eleição da OAB Arapiraca difere do entendimento do tambĂŠm conselheiro federal Pedro Acioli Filho. Para ele, existe previsĂŁo legal para os votos de Teixeira e de CoĂŞlho com base no artigo 50 do Regulamento Geral. “Omar votou pelo desempate. E Teixeira nĂŁo estĂĄ impedido. Ele apenas exerce a função de procurador. Existe um caso semelhante que foi em relação a uma intervenção na seccional do ParĂĄâ€?, posicionou-se.

A candidata do PTdoB Ă  Câmara de Vereadores de SĂŁo Paulo, Mulher Pera, causou polĂŞmica na internet ao divulgar uma foto ousada para pedir votos. Em seu Twitter, a candidata divulgou uma imagem com o nĂşmero de sua candidatura nas nĂĄdegas. “Aqui a foto prometida com os 50 mil seguidores. Agora, se eleita for, mostro meu piercing Ă­ntimo... me ajudemâ€?, declarou a candidata, prometendo mais ousadia. A foto foi retirada do Twitter da candidata, mas segue circulando na web.

Desembargadores foram empossados

Pedro Acioli refuta alegação de Marcelo Brabo Mulher Pera promete O posicionamento de Marcelo mais ousadia Brabo sobre a suposta irregu-

O advogado Wesley Souza - que concorreu ao cargo de presidente da subseção da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), seccional Alagoas, em Arapiraca - vai recorrer junto ao Conselho Federal da OAB do resultado que acabou dando a vitĂłria ao ex-conselheiro JosĂŠ Firmino. Souza conĂ€UPRX TXH SUHWHQGH HQtrar com o processo, em entrevista exclusiva a Tribuna Independente. JosĂŠ Firmino foi eleito no inĂ­cio desta semana para o comando da subseção de Arapiraca apĂłs a renuncia do ex-presidente da entidade MaurĂ­cio Fernandes. Em caso de renĂşncia, o Regulamento Geral da OAB prevĂŞ que seja feita eleição indireta por meio do conselho seccional. Em um processo turbulento, JosĂŠ Firmino acabou vitorioso pelo placar apertado de 16 a 15. O problema - segundo Wesley Souza - ĂŠ que foram contabilizados dois votos que, segundo ele, nĂŁo poderiam ter existido. “Estes votos acabaram desempatando o processo e dando vitĂłria ao concorrente. Entendemos que nĂŁo foi o correto e vamos provocar o Conselho Federal em relação ao assuntoâ€?, salientou. O advogado destacou que nĂŁo pretende ingressar com qualquer tipo de ação no JudiciĂĄrio e que a busca ĂŠ por resolver o assunto na esfera administrativa. â€œĂ‰ um recurso interno, dentro da prĂłpria Ordem, sĂł que em instância superior. Duas pessoas - como frisei - nĂŁo poderiam ter votado. Uma delas ĂŠ o membro honorĂĄrio Marcelo Teixeira, que lĂĄ se encontrava e a outra era o prĂłprio presidente da OAB/ AL, Omar CoĂŞlho, que sĂł poderia votar em caso de desempate e nĂŁo foi o que ocorreu. Pois, o voto de Teixeira nĂŁo poderia ter sido contabilizado e foi ele que empatou e o Omar CoĂŞlho desempatouâ€?, detalhou. A visĂŁo de Wesley Souza ĂŠ tambĂŠm defendida pelo conselheiro seccional HenULTXH &DUYDOKR TXH DĂ€UPD que houve imposiçþes durante a votação do conselho. Ele acusa o presidente Omar CoĂŞlho de ter cassado a sua fala. Carvalho - conforme antecipou a Tribuna Independente na terça-feira, 4, tambĂŠm estuda a possibilidade de recurso contra o conselho - diz que ĂŠ legĂ­timo o direito de Wesley Souza recorrer. “Ele inclusive deve fazer isto, pois foi o mais prejudicadoâ€?, opinou.


6

OPINIAO

TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIĂ“ - QUINTA-FEIRA, 6 DE SETEMBRO DE 2012

OpiniĂŁo

Desigualdade social

C

om o objetivo de promover em nível regional os debates sobre o desenvolvimento, o tÊcnico do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), ocorreu na segunda-feira no Palåcio República dos Palmares, em Maceió, a edição estadual da Conferência do Desenvolvimento &RGH (QWUHRVWHPDVDERUGDGRVÀJXURX a dinâmica recente da economia brasileira, que, de acordo com os dados recentes, registrou crescimento mÊdio real de 4,3% ao ano entre 2004 e 2011, quase o dobro da mÊdia observada nas duas dÊcadas, imediatamente, anteriores e pouco menos de dois terços da mÊdia observada entre 1947 (o primeiro ano para o qual existem dados RÀFLDLV H A desigualdade social no país tambÊm foi tema recorrente no evento. Nas microrregiþes de alta renda do país vivem 54,4%

da população, mas elas concentram 77,2% do PIB brasileiro. As regiþes restantes representam mais de 70% na årea do país, abrigando 45,6% da população e apenas  GR WRWDO GDV ULTXH]DV SURGX]LGDV Um dos objetivos das conferências Ê criar uma trajetória de reversão das desigualGDGHVLQWHUHLQWUDUHJLRQDLVTXHYDORUL]H RVUHFXUVRVHQGyJHQRVHDVHVSHFLÀFLGDGHV culturais, sociais, econômicas e ambientais. Outra meta mencionada no debate, Ê criar condiçþes de acesso mais justo e equilibrado aos bens e serviços públicos no WHUULWyULREUDVLOHLURGHPDQHLUDDUHGX]LU as desigualdades de oportunidades vinculadas ao local de nascimento e moradia. Alagoas Ê um dos estados com o maior índice de desigualdade social e , por isso a importância do debate sobre desenvolvimento.

ANTONIO MACHADO Membro da AAI

Poço das Trincheiras O ideal aliado ao desejo de fa]HUHPDQDQDVSHVVRDVVXWLOPHQWH sem escolher idade nem nĂ­vel culWXUDO jV YH]HV HVVH VH DĂ RUD FRP mais intensidade como a auxiliar o primeiro. Constata-se isto no idealismo do Dr. Tobias Medeiros descendente GRV Ă€GDOJRV KRODQGHVHV TXH KLVtoricamente, foram os pioneiros do Poço das Trincheiras, cidade pequenina emancipada politicaPHQWHDRVGHMXOKRGHFRP uma ĂĄrea territorial de 291.935 km2, com uma população que asFHQGH D  KDE VHQVR   povo bom e pacato. Pois foi nessa cidade circundada de belas serras verdejantes, mormente nesta ĂŠpoca invernosa, que o visionĂĄrio Dr. Tobias Medeiros fundou o Centro Cultural do SertĂŁo no dia 10 de setembro de 2007, com o objetivo de preservar a cultura do sertĂŁo, onde jĂĄ existe um modesto museu com acervo valoroso, que aos poucos vem sendo visitado por estudantes, pessoas ligadas as artes e visitantes. Graças a teimosia e o esforço de seu fundador, a sede do Centro Cultural do SertĂŁo, estĂĄ sendo construĂ­da, trata-se de uma obra de fĂ´lego, dada sua imponĂŞncia, onde a primeira fase jĂĄ estĂĄ concluĂ­da com a cobertura, com diverVRVSDYLPHQWRVXPDYH]FRQFOXtGD a obra, tornar-se-ĂĄ um prĂŠdio de grande desenvoltura que certa-

mente chamarĂĄ atenção nĂŁo sĂł da cidade, mas de toda regiĂŁo sertaneja. O CCS. jĂĄ possui um quadro de sĂłcios relativamente bom e estĂĄ aberto Ă queles que desejarem se integrar como sĂłcio daquele sodalĂ­cio da cultura, tornando-se um elo cultural no valor e na preservação da cultura, sentenciava D. Helder Câmara: “NinguĂŠm ĂŠ melhor do que todos juntosâ€?. E em sendo 2012, ano do centeQiULRGRLQLPLWiYHO/XL]*RQ]DJD o Centro Cultural, prestou uma VLJQLĂ€FDWLYD KRPHQDJHP DR 5HL do baiĂŁo, cujo evento teve lugar no clube da cidade, onde vĂĄrias escolas com seus estudantes e professores, participaram, destacando-se a Escola Municipal Dr. Tobias Medeiros, que por meio de seus alunos apresentaram diversos nĂşmeros ligados a vida do artista, um dos membros do CCS. )H]XPDSDOHVWUDIRFDQGRDYLGD GH/XL]*RQ]DJDWUDoDQGRRSHUĂ€O de sua carreira artĂ­stica e sua vida no meio do povo nordestino, tudo isto tendo a frente o Centro Cultural do SertĂŁo, que, gradativamente vem conquistando espaços como um ponto referencial da cultura sertaneja. 'L]HP TXH p PXLWR LPSRUWDQWH VH ID]HU GDV KRUDV GH IROJD D OHLtura de um bom livro, e Dr. Tobias Medeiros, na sua senilidade, alĂŠm de ler muito ĂŠ ainda um feitor de

TRIBUNA

INDEPENDENTE

Rua da Praia, 134 - sala 303 - centro - Maceió Alagoas Endereço Comercial: Av. Menino Marcelo - 10.440 - Serraria Maceió - Alagoas - CEP: 57.083.410 CNPJ: 08.951.056/0001 - 33

livros, porque Ê escritor e dos bons, e ao criar esse centro cultural mostrou seu idealismo no dinamismo do trabalho da construção do prÊdio sede do CCS., Ê um senhor incansåvel, um defensor intransigente da cultura de Alagoas, e um apaixonado por sua Poço das Trincheiras. Hoje quando a velhice lhe bateu à porta, não se dobrou as suas injunçþes, mas deu a volta por cima e foi em frente, trabalhando, discursando parece um jovem tanta Ê a sua virilidade como um exemplo para os jovens de seu tempo. A homenagem que a CCS. presWRX DR 5HL GR EDLmR /XL] *RQ]Dga pela passagem de centenårio GH VHX QDVFLPHQWR GHYH ÀFDU registrado nos anais da historia daquela cidade sertaneja, como a pioneira no sertão a tomar essa iniciativa, haja vista o legado que R *RQ]DJmR GHL[RX XP GRV PDLV ricos acervos em nossa cultura popular, com músicas que se imorWDOL]DUDPFRPR$VD%UDQFD9R]HV da seca, Maceió a Triste Partida e tantas outras, que somente ele sabia cantar e encantar que se tornaram em verdadeiros hinos nordestinos. E o CCS., como preservador e guardião da cultura de um povo, não podia esquecer esse fato tão VLJQLÀFDQWH SRUTXH SUHVHUYDU D cultura, Ê tão importante quanto ID]rOD

FILIADO AO

Jorgraf UM PRODUTO:

Cooperativa dos Jornalistas H*UiÂżFRVGRHVWDGRGHDODJRDV

ALTAMIRO BORGES Jornalista

FHC: A inveja ĂŠ uma merda! O ex-presidente FHC jĂĄ deve ter se arrependido do artigo que publicou nos jornais O Globo e EstadĂŁo no Ăşltimo domingo. Tanto ĂŠ que ele sumiu do mapa. “A Folha nĂŁo conseguiu falar com FHCâ€?, lamenta hoje (04.09) o jornal tucano. Na sua defesa, apenas o jagunço que preside o PSDB, o SĂŠrgio Guerra, e alguns servos da mĂ­dia – como Ricardo Noblat, Merval Pereira e o pitEXOOGD9HMD JosĂŠ Serra, que despenca nas pesquisas, jĂĄ deve estar achando que o “amigoâ€? FHC escreveu as suas bravatas apenas para prejudicĂĄ-lo na eleição. A resposta mais contundente ao artigo partiu da presidenta Dilma Rousseff. (PQRWDRĂ€FLDOHODGHIHQGHX a “herança benditaâ€? de Lula e esculhambou FHC, acusando-o de reescrever a histĂłria com “ressentimentoâ€?. “NĂŁo recebi um paĂ­s sob a intervenção do FMI ou sob a ameaça de apagĂŁoâ€?, fustigou, lembrando a herança maldita de FHC. (OD HQIDWL]RX WDPEpP TXH Lula “nĂŁo caiu na tentação de uma mudança constitucional TXHREHQHĂ€FLDVVHÂľRXWUDERUdoada, relembrando a compra de votos para a reeleição do grĂŁo-tucano. A dura resposta de Dilma DWp VXUSUHHQGHX $Ă€QDO HOD vinha mantendo uma relação amigĂĄvel com o pavĂŁo do PSDB. Chegou a convidĂĄ-lo para jantar no PalĂĄcio do Planalto e enviou uma carta bajuladora QRVHXDQLYHUViULRGHDQRV confundido civilidade com conciliação. 7DOYH] HOD WHQKD VH LOXGLGR FRP )+& TXH FRPR GL] /XLV Nassif, nunca abandonou a sua “sĂ­ndrome de escorpiĂŁoâ€?. Quem sabe agora a presidenta tambĂŠm desperte diante de outros escorpiĂľes e romSDGHYH]RVHX´QDPRULFRFRP D PtGLDÂľ ² FRPR Mi LURQL]RX Lula. Mas a contundĂŞncia de DilPD p SOHQDPHQWH MXVWLĂ€FiYHO O artigo de FHC ĂŠ realmente um horror, carregado de inveja e ressentimento. Caso nĂŁo respondesse Ă  altura, ia parecer que a presidenta sucumbira Ă  manobra rasteira da oposição demotucana e da sua mĂ­dia venal, que tentam cravar uma cunha entre Dilma e Lula para estiPXODUDFL]kQLD “A presidenta Dilma Rousseff recebeu uma herança peVDGD GH VHX DQWHFHVVRUÂľ DĂ€Uma FHC jĂĄ na abertura do seu texto, apostando exatamente nesta divisĂŁo. Quanto ao mĂŠrito do artigo, ele ĂŠ patĂŠtico. O tucano pinta um quadro mentiroso sobre o governo de Lula em vĂĄrias ĂĄreas. Parece atĂŠ que a atual presidenta herdou um paĂ­s quebrado, rumo ao colapso. EgocĂŞntrico e narcisista,

PRESIDENTE Antonio Pereira Filho DIRETOR ADMINISTRATIVO FINANCEIRO: JosĂŠ Paulo Gabriel dos Santos Editor geral: Ricardo Castro

FHC não se olha no espelho! Um råpido comparativo demonstra que seu reinado Ê que foi um desastre completo. O povo sabe disto. Tanto que ele saiu do Planalto com a popularidade no ralo e Lula transmitiu a faixa presidencial com aprovação de PDLV GH  0HVPR DVVLP vale relembrar alguns dados: ECONOMIA

Salårio Mínimo – Passou de R$ 200,00, em 2002, para R$ 510,00, em 2010. Na comparação com o dólar, subiu de US$  SDUD 86  QR SHUtRGR O poder de compra do mínimo subiu de 1,4 cestas båsicas, em janeiro de 2003, para 2,4 cestas båsicas em julho de 2010. Emprego Formal – O governo Lula gerou 14,7 milhþes de empregos (2003-2010), enquanto o reinado de FHC (1995-2002) criou apenas 5 milhþes de empregos. Taxa de desemprego – Em 2002, ela era 9,2%. Em setembro de 2010, baixou para 6,2%, a menor taxa desde o início da medição pelo IBGE. ,Qà DomR²%DL[RXGH ao ano, em 2002, para 4,31% em 2009. Exportaçþes – Subiram de US$ 60,3 bilhþes, em 2002, para US$ 152,9 bilhþes em 2009. Reservas internacionais ²3DVVDUDPGH86ELOK}HV em 2002 para US$ 275 bilhþes em 2010. Dívida com o FMI – FHC entregou ao governo com uma GtYLGDDFXPXODGDGH86 bilhþes, em 2002. Lula quitou toda a dívida em 2005, e, hoje, Ê credor externo, tendo emprestado US$ 10 bilhþes ao FMI em 2009. Investimento Público - A taxa de investimento passou de 1,4% do PIB, em 2003, para 3,2% do PIB (abril de 2010). Risco Brasil – Teve um pico de 1.439 pontos em 2002. No governo Lula, ela baixou para 206 pontos em setembro de 2010. DESENVOLVIMENTO SOCIAL

Estrutura social – Em 2002, 44,7% da população tinha renda per capita mensal de atĂŠ meio salĂĄrio mĂ­nimo. Em 2009, o Ă­ndice havia caĂ­GRSDUDRTXHVLJQLĂ€FD que 27,9 milhĂľes de pessoas VXSHUDUDP D SREUH]D HQWUH 2003 e 2009. Programas de transferĂŞncia de renda – A soma de todos os programas de )+&WRWDOL]RX5ELOK}HV em 2002. JĂĄ o Bolsa FamĂ­lia, em 2010, destinou R$ 14,7 bilhĂľes para as famĂ­lias mais carentes. SAĂšDE

Desnutrição infantil – Caiu de 12,5%, em 2003, para HP Taxa de mortalidade infantil – Caiu de 24,3 mortes por mil nascidos vivos, em 2002, para 19,3 por mil em 2007. Saúde da Família – Em

2002, 4.163 municĂ­pios eram atendidos por 16.734 equipes. JĂĄ em 2010, 5.275 municĂ­pios sĂŁo atendidos por 31.500 equipes. Agentes comunitĂĄrios de saĂşde – Eram 175.463 agentes em 5.076 municĂ­pios em 2002. Hoje, sĂŁo 243.022 agentes em 5.364 municĂ­pios. SAMU 192 – Hoje, 1.437 municĂ­pios sĂŁo atendidos pelo SAMU, que nĂŁo existia antes do reinado de FHC. SĂŁo 1.956 ambulâncias que percorrem o Brasil atendendo casos de urgĂŞncia. AssistĂŞncia farmacĂŞutica – Os recursos do MinistĂŠrio da SaĂşde destinados Ă  distribuição de medicamentos no SUS passaram de R$ 660 milhĂľes, em 2002, para R$ 2,36 bilhĂľes em 2010. EDUCAĂ‡ĂƒO

Analfabetismo – A taxa de analfabetismo no Brasil caiu de 11,9% da população, em 2002, para 9,6% em 2009. Ensino TĂŠcnico – O nĂşmero de escolas tĂŠcnicas cresceu GXDVYH]HVHPHLDQRJRYHUQR /XOD1RĂ€QDOGHMiH[LVtiam 214 novas escolas. FHC sĂł construiu 11 escolas tĂŠcnicas. Prouni – Garantiu acesso j IDFXOGDGH SDUD  PLO jovens de baixa renda. Com FHC, o programa nĂŁo existia. Universidades Federais – Lula criou 15 novas universidades e inaugurou 124 novos campi, a maioria pelo interior do paĂ­s. FHC, o prĂ­ncipe da Sorbonne, criou apenas uma universidade. MatrĂ­culas no ensino superior – o nĂşmero de matrĂ­culas no ensino superior cresceu 63% entre 2003 e 2009, passando de 3,94 milhĂľes para 6,44 milhĂľes. POLĂ?TICA URBANA

Investimentos em habitação – Os recursos aplicados no setor foram R$ 7 bilhĂľes em 2002. Em 2009, foram R$ 63,3 bilhĂľes. Minha Casa, Minha Vida – O governo Lula criou o MiQKD&DVD0LQKD9LGDFRPD meta de construção de um milhĂŁo de moradias. FHC nunca investiu em programas de habitação popular. No artigo, o rejeitado FHC tambĂŠm critica a “crise moralâ€? herdada do governo Lula e, aproveitando a onda midiĂĄtica, cita o badalado “mensalĂŁoâ€?. Sobre corrupção, o ex-presidente nĂŁo tem qualquer moral para dar liçþes. Para nĂŁo cansar o leitor, sugiro a leitura do texto “Os crimes de FHC serĂŁo punidosâ€?, que apresenta uma longa lista de escândalos do seu triste reinado. Em sĂ­ntese, um rĂĄpido baODQoRFRQĂ€UPDDVSDODYUDVGH Dilma. O tucano tentou reescrever a histĂłria com “ressentimentoâ€?. 2XFRPRGL]RGLWDGRSRSXlar: a inveja ĂŠ uma merda!

Nosso noticiĂĄrio nacional ĂŠ fornecido pelas agĂŞncias: AgĂŞncia Folha e AGĂŞncia Nordeste PABX: 82.3311.1338 COMERCIAL: 82.3311.1330 - 3311. 1331 REDAĂ‡ĂƒO: 82.3311.1328 - 3311.1329 CENTRAL DE ASSINANTE: 82.3311.1308 - 3311.1309 comercial.tribunaindependente@gmail.com redação.tribunaindependente@gmail.com

ricardocastro@tribuna-al.com.br

DIRETORA COMERCIAL: Marilene Canuto

OS ARTIGOS ASSINADOS SĂƒO DE RESPONSABILIDADE DOS SEUS AUTORES. NĂƒO REPRESENTANDO, NECESSARIAMENTE, A OPĂ?NIĂƒO DESTE JORNAL.


PUBLICIDADE

TRIBUNAINDEPENDENTE

Brasil FIES

Financiamento pode ser estendido em atÊ 2 semestres 2 SUD]R GR ÀQDQFLDPHQWR estudantil concedido por meio do Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior (Fies) poderå ser ampliado por atÊ dois semestres consecutivos. O aluno continuarå a UHFHEHURÀQDQFLDPHQWRFDVR precise de mais tempo para concluir o curso. Isto ocorre em função de reprovação em uma matÊria, doenças e outras situaçþes que impliquem afastamento das aulas. Portaria publicada ontem QR 'LiULR 2ÀFLDO GD 8QLmR estabelece que o pedido de dilatação do prazo poderå ser feito pelo estudante entre o

semestre previsto para encerramento do curso e o primeiro trimestre do perĂ­odo referente Ă  ampliação. O pedido precisa ser validado pela ComissĂŁo Permanente de SupervisĂŁo e Avaliação (CPSA) em atĂŠ cinco dias. “Para cada semestre a ser dilatado, o estudante deverĂĄ efetuar solicitação no SisFies [Sistema Informatizado do Fies], devendo a primeira ocorrer a partir do semestre seguinte ao tĂŠrmino GH XWLOL]DomR GR Ă€QDQFLDPHQto, observado o limite de atĂŠ dois semestres consecutivosâ€?, informou o MinistĂŠrio da Educação.

MACEIĂ“ - SEXTA-FEIRA, 6 DE SETEMBRO DE 2012 BRASIL

7

Beijo no guia eleitoral de Joinville-SC ĂŠ comparado a ‘assoar o nariz Ă  mesa’ Um vĂ­deo usado na campanha do candidato do Psol, Leonel CamasĂŁo, em Joinville, no norte de Santa Catarina, estĂĄ causando pĂ´lemica. Tudo por conta de um beijo gay que aparece nas imagens. Segundo o “Jornal da Cidadeâ€?, o beijo ĂŠ “nojentoâ€? e “asquerosoâ€?. JoĂŁo Francisco da Silva, editor chefe do “Jornal da Cidadeâ€?, comparou o beijo ao ato de “alguĂŠm defecar em pĂşblico ou assoar RQDUL]jPHVD´2FDQGLGDWRDÂżUPRXTXHRYtGHRQmRVHUiUHWLUDGRGRDUÂł'D nossa parte nĂŁo tem problema nenhum manter o vĂ­deo no ar. PorĂŠm, estamos sofrendo agressĂľes verbais de diversas pessoas, inclusive jornalistasâ€?.

Brasil, o maior mercado consumidor de crack Pesquisa do Unifesp, aponta que paĂ­s tem 20% do consumo mundial

O

O elevado consumo de crack fez do Brasil o maior mercado mundial da droga; em cocaĂ­na paĂ­s ĂŠ segundo maior consumidor

NOJO DA CASA

Deputado chama Assembleia de Minas de chiqueiro e prostĂ­bulo “ProstĂ­buloâ€? e “chiqueiroâ€?. Essas foram as duas expressĂľes utilizadas, aos berros, pelo deputado estadual SĂĄvio Souza Cruz (PMDB) SDUD GHĂ€QLU D $VVHPEOHLD Legislativa de Minas Gerais (ALMG), ontem, na primeira sessĂŁo ordinĂĄria do mĂŞs de setembro. As declaraçþes do lĂ­der do PMDB na Casa foram feitas apĂłs o deputado InĂĄcio Franco (PV), que presidia a sessĂŁo, nĂŁo conceder a palavra ao peemedebista. SĂĄvio acusou a Mesa Diretora de nĂŁo “usar o mesmo pesoâ€? para a oposição e os

deputados da base aliada do governo de Minas. O peemedebista tentou discursar ao microfone da Casa para criticar a condução dos trabalhos na Assembleia, mas foi impedido por InĂĄcio Franco, que havia acatado a solicitação do deputado Duarte BeFKLU 36'  SDUD D YHULĂ€FDção de quĂłrum. A decisĂŁo do verde irritou o peemedebista, que, fora do microfone, exaltou-se e, em tom de voz elevado, se disse com “nojoâ€? da Casa e chamou a Assembleia de “prostĂ­buloâ€? e “chiqueiroâ€?. O peemedebista ainda disse que “em um

puteiro existem mais regras (do que na assembleia)�.A indignação do peemedebista começou depois que, em uma situação semelhante a que aconteceu com ele, o então presidente da Mesa concedeu a palavra ao deputado João Leite (PSDB) - da base aliada do governo. Såvio, junto a outros deputados da oposição, reclamaram de tratamento desigual à minoria. As palavras de Såvio repercutiram negativamente entre os outros deputados, que tentaram apaziguar os ânimos e acalmar o deputado.

APELIDOS

SENADO APROVA

MAU EXEMPLO

A funcionåria de uma empresa de Betim, na região metropolitana de Belo Horizonte, serå indenizada em R$ 10 mil por danos morais, por ser perseguida por alguns colegas de serviço, que a assediavam moralmente, chamando-a por apelidos pejorativos e referindo-se a ela com expressþes de baixo calão, sem que os supervisores e encarregados tomassem qualquer providência.

Mulheres de nove a 40 anos poderão ser imunizadas contra o papilomavírus humano (HPV) pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Projeto de lei com esse objetivo foi aprovado na quarta-feira (29) pela Comissão de Assuntos Sociais (CAS). O projeto terå que ser submetido à votação em turno suplementar. O texto do projeto inicial prevê imunização para as mulheres de 9 a 40 anos. Um substitutivo da senadora Marta 6XSOLF\ 3763 UHGH¿QLXSDUD nove a 13 anos o grupo prioritårio para vacinação contra o vírus

O desembargador aposentado do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul, Manoel Velocino Pereira Dutra, foi detido por volta das 22h30 de terça-feira, próximo à parada 52, da RS-040 (Viamão-Pinhal) por policiais do Comando Rodoviårio da Brigada 0LOLWDU'XWUDIRLÀDJUDGRGLULJLQdo em ziguezague um Peugeot 307, quando foi parado pelos policiais. O teste do bafômetro comprovou que ele tinha um teor de 1,26 miligrama de ålcool por litro de ar expelido, quase quatro vezes acima do limite.

Empregada indenizada SUS deve cobrir por danos morais vacinação contra o HPV

Desembargador dirige embriagado no RS

Brasil Ê o maior mercado mundial do crack e o segundo maior de cocaína, conforme resultado de pesquisa do Instituto Nacional de Pesquisa de Políticas Públicas do à lcool e Outras Drogas (Inpad) da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). Os dados do estudo - que ouviu 4,6 mil pessoas com mais de 14 anos em 149 municípios do país – foram apresentados ontem na capital paulista. Os resultados do estudo, que tem o nome de Levantamento Nacional de à lcool e Drogas (Lenad), apontam ainda que o Brasil representa 20% do consumo mundial do crack. A cocaína fumada (crack e oxi) jå foi usada pelo menos uma vez por 2,6 milhþes de brasileiros, representando 1,4% dos adultos. Os adolescentes que jå experimentaram esse tipo da droga foram 150 mil, o equivalente a 1%. De acordo com o relatório, cerca de 4% da população adulta brasileira, 6 milhþes de pessoas, jå experimentaram cocaína alguma vez na vida. Entre os adolescentes, jovens de 14 a 18 anos, 44 mil admitiram jå ter usado a droga, o equivalente a 3% desse público. Em 2011, 2,6 milhþes de adultos e 244 mil adolescentes usaram cocaína. O levantamento do Inpad revelou tambÊm que a cocaína usada via intranasal (cheirada) Ê a mais comum. Aproximadamente 5,6 milhþes de pessoas jå a experimentaram na vida e, somente no último ano, 2,3 milhþes À]HUDP XVR (QWUH RV DGRlescentes, o uso Ê menor, 316 mil experimentaram durante a vida e 226 mil usaram no último ano. A pesquisa tambÊm comparou o consumo de cocaína nas regiþes brasileiras em 2011. No Sudeste estå concentrado o maior número de usuårios, 46% deles. No Nordeste estão 27%, no Norte 10%, Centro-Oeste 10% e Sul 7%. Relatórios com resultado e metodologia estão na pågina do Inpad na internet.A pesquisa tambÊm comparou o consumo de cocaína nas regiþes brasileiras em 2011. No Sudeste estå concentrado o maior número de usuårios, 46% deles. No Nordeste estão 27%, no Norte 10%, Centro-Oeste 10% e Sul 7%.


8

MUNDO

TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIĂ“ - QUINTA-FEIRA, 6 DE SETEMBRO DE 2012

Mundo FORTE ABALO

Terremoto mata duas na Costa Rica Um forte terremoto atingiu a Costa Rica ontem matando ao menos duas pessoas, gerando deslizamentos, sacudindo prÊdios e provocando um råpido alerta de tsunami. O tremor atingiu uma região turística do país famosa entre astros de Hollywood e foi o pior em duas dÊcadas, causando pânico na capital San JosÊ, o corte de fornecimento de energia e comunicaçþes e a retirada de todos os pacientes de um hospital da FRVWDGR3DFtÀFR Duas pessoas morreram após o terremoto, de magnitude 7,6, uma delas em consequência de um ataque cardíaco, segundo a Cruz Vermelha. A outra vítima trabalhava em uma obra e morreu quando parte de um muro caiu.

Homem dorme em esteira de malas e Ê encontrado em raio X de aeroporto 8PKRPHPIRLHQFRQWUDGRGRUPLQGRQDHVWHLUDGHEDJDJHQVGRDHURSRUWR )LXPLFLQRHP5RPDQD,WiOLDDSyVIXQFLRQiULRVTXHLQVSHFLRQDYDPDV PDODVSHUFHEHUHPXPFRUSRQRDSDUHOKRGHUDLR;VHJXQGRRMRUQDO³7KH 7HOHJUDSK´2WXULVWDQRUXHJXrVGHDQRVVHJXLULDHPXPYRRSDUD2VOR QD1RUXHJD(OHFKHJRXDRDHURSRUWRFRPXPDPRFKLODHXPDODWDGHFHUYHMDQDPmR4XDQGRFKHJRXjiUHDGHFKHFNLQGDFRPSDQKLDDpUHDQmR HQFRQWURXQHQKXPIXQFLRQiULR(OHHQWmRHQWURXQDiUHDUHVHUYDGDSDUDRV IXQFLRQiULRVHDFDERXFDLQGRQRVRQRQDHVWHLUDGHEDJDJHQV

Aiea mostra imagens de “limpezaâ€? nuclear no IrĂŁ AgĂŞncia LQWHUQDFLRQDODÂżUPDTXHSDtVYLRORXSURYDGHDWLYLGDGHDW{PLFD

A

agência nuclear da ONU mostrou ontem uma sÊrie de imagens de satÊlites que contribuem para as suspeitas de que o Irã eliminou provas de atividade atômica numa instalação militar, disseram diplomatas ocidentais, embora o representante iraniano tenha minimizado a apresentação. As fotos, apresentadas numa reunião a portas fechadas do conselho da Agência Internacional de Energia Nuclear (Aiea, um órgão da ONU), indica esforços determinados nos últimos meses

para remover qualquer prova incriminadora da instalação de Parchin, segundo os diplomatas. Na imagem mais recente, de meados de agosto, um prĂŠdio onde a Aiea acredita terem ocorrido testes de explosivos relacionados ao desenvolvimento de armas nucleares --possivelmente hĂĄ uma dĂŠcada-- estĂĄ coberto pelo que parece ser uma lona rosa, segundo os diplomatas. â€œĂ‰ bastante convincenteâ€?, disse um diplomata ocidental que assistiu Ă  apresentação. “A Ăşltima imagem era muito clara. Dava para ver

o rosa.�O Instituto para a Ciência e a Segurança Internacional, uma entidade autônoma dos EUA, disse que a instalação pode ter sido coberta para que o Irã esconda o trabalho de limpeza do lugar. A Aiea vem tentando convencer o Irã a inspecionar a instalação militar de Parchin, algo que o Irã rejeita, alegando se tratar de uma unidade militar convencional. Na semana passada, a agência disse num relatório FRQÀGHQFLDO TXH ´H[WHQVDV atividades� realizadas desde fevereiro em Parchin --inclusive a demolição de alguns

prĂŠdios e a retirada de terra-- podem atrapalhar signiĂ€FDWLYDPHQWHDLQYHVWLJDomR no local, se e quando ela for autorizada. O embaixador do IrĂŁ na Aiea, Ali Asghar Soltanieh, disse que as atividades “alegadamente feitas na vizinhança desses ditos ORFDLV TXH IRUDP LGHQWLĂ€FDdosâ€? nĂŁo tĂŞm nada a ver com a investigação da ONU. “Meramente ter uma foto lĂĄ de cima, uma imagem de satĂŠlite... isso nĂŁo ĂŠ o jeito que a agĂŞncia deveria fazer VHX WUDEDOKR SURĂ€VVLRQDOÂľ disse ele a jornalistas depois da reuniĂŁo.

YONOMĂ‚MIS

ChĂĄvez nega confronto com garimpeiros O presidente venezuelano, Hugo ChĂĄvez, entrou ontem na polĂŞmica sobre o suposto massacre de indĂ­genas ianomâmis por garimSHLURVEUDVLOHLURVDRDĂ€UPDU que nĂŁo hĂĄ “rastros ou testemunhosâ€? do ataque, que teria ocorrido na regiĂŁo da fronteira entre Brasil e Venezuela. “Por nenhum lado apareceram rastros ou testemunhos, nem mesmo de indĂ­genas, sobre este massacreâ€?, disse ChĂĄvez em entrevista coletiva. O presidente garantiu que a comissĂŁo enviada pelo governo para investigar o caso percorreu “todos os povoadosâ€? da regiĂŁo e “conversou com os lĂ­deres indĂ­genasâ€?.“Andamos pela regiĂŁo, apesar das condiçþes DGYHUVDVÂľDĂ€UPRX&KiYH]


TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - QUINTA-FEIRA, 6 DE SETEMBRO DE 2012

Cidades

CIDADES

9

Inscrições para o prêmio Sincor de Jornalismo estão abertas até outubro As inscrições para o III Prêmio Sincor de Jornalismo Alberto Marinho - Edição 2012 - continuam abertas até o dia 20 de outubro. O Prêmio é um concurso jornalístico instituído por meio de uma parceria entre o Sindicato dos Corretores de Seguros de Alagoas (Sincor-AL), a Federação Nacional dos Corretores de Seguros (Fenacor) e a Escola Nacional de Seguros (Funenseg), com apoio GR6LQGLFDWRGRV-RUQDOLVWDV3UR¿VVLRQDLVGR(VWDGRGH$ODJRDV 6LQGMRUQDO  Podem ser inscritas reportagens publicadas nos jornais, TVs e sites de notícias HGLWDGDVHP$ODJRDVHSURGX]LGDVSRUMRUQDOLVWDVSUR¿VVLRQDLVEUDVLOHLURVRXSRU estudantes, publicadas entre dois de outubro de 2011 e 19 de outubro de 2012.

Três bancos são ‘explodidos’ em seis dias Modus operandi dos ataques muito parecidos leva delegada a acreditar que se trata de uma mesma quadrilha ANDREZZA TAVARES NIGEL SANTANA REPÓRTERES

T

rês agências bancárias foram assaltadas em Alagoas com uso de explosivos no período de seis dias. O último registro ocorreu na madrugada de ontem, no município de Belém, no Agreste do Estado, onde o alvo foi o banco Bradesco. Nos três casos, o modus operandi foi o mesmo, o que aumenta a chance de os crimes terem sido praticados pela mesma quadrilha. Conforme relatos da polícia, os bandidos agem da seguinte forma: de madrugada, em agências do interior do Estado, e se utilizam de dinamites para explodir caixas e cofres. “Pelo modus operandi, muito provavelmente é a mesma quadrilha que comete todos esses assaltos [mais recentes]”, declarou a delegada Maria Angelita, diretora da Seção Especial de Combate a Roubo a Bancos (Serb), da Divisão Es-

pecial de Investigações e Capturas (Deic) da Polícia Civil. A invasão ao Bradesco da cidade de Belém ocorreu na madrugada de quarta-feira. A Polícia Militar informou que os assaltantes chegaram à agência por volta de uma hora da manhã. Apesar de terem explodido o caixa, os bandidos não levaram o dinheiro, porque este ficou preso. Sem opção, os assaltantes fugiram do local. Ninguém foi capturado. CASOS IDÊNTICOS Na madrugada de terça-feira o alvo dos bandidos armados e encapuzados foi a agência do Bradesco de Inhapi, no Sertão alagoano, onde vigias noturnos foram feitos reféns. Bandidos levaram uma quantia não revelada. O carro utilizado no assalto, que tinha sido roubado em Piranhas, foi queimado logo depois do assalto. No dia 31 de agosto, foi a vez da agência do Banco do Brasil em Paulo Jacinto. Em ambas as situações, foram usados explosivos.

CORTESIA

Esta foi a segunda vez em dois dias que o banco Bradesco foi alvo de bandidos, que usaram explosivos para roubar o caixa ou o cofre ADAILSON CALHEIROS

ROUBO A BANCOS

Pelo menos duas quadrilhas ainda agem em Alagoas A diretora da Seção Especial de Combate a Roubo a Bancos (Serb), da Divisão Especial de Investigações e Capturas (Deic) da Polícia Civil, delegada Maria Angelita, afirmou que duas quadrilhas de assalto a bancos agem em Alagoas. “Os modus operandi delas são diferentes”, declarou a delegada. Uma das quadrilhas estaria agindo no interior, explodindo caixas eletrônicos e cofres para roubar o dinheiro. A última vítima dessa quadrilha seria o Bradesco do município de Belém, Agreste alagoano. A outra quadrilha estaria agindo na capital alagoana, em assaltos à mão armada, fazendo reféns funcionários e clientes dos bancos. Em alguns casos, bandidos estavam bem vestidos para não levan-

tar suspeita. ASSALTOS Na última segunda-feira, bandidos assaltaram uma agência do Itaú, localizada no bairro do Farol, em Maceió. Os funcionários foram rendidos antes de a agência abrir para começar o expediente e os bandidos levaram R$ 38 mil. Caso semelhante ocorreu no dia 10 de agosto, a um correspondente bancário do Santander, localizado na Faculdade Integrada Tiradentes (Fits), onde bandidos armados levaram R$ 16 mil, além de pertences de funcionários. Em junho deste ano, a agência do Itaú, no Tabuleiro do Martins, foi vítima dos bandidos, que levaram R$ 54 mil. Cerca de oito homens participaram da ação. (A.T.) SANDRO LIMA / ARQUIVO

Carreta e bitrem batem de frente e dois morrem PETRÔNIO VIANA ALANA BERTO REPÓRTERES

Desolado, motorista da carreta (toalha no ombro) observa local do acidente que matou sua mullher

DOIS CASOS

Residências de Maceió voltam a ser alvo de assaltos à mão armada Duas casas foram roubadas na capital, na mesma noite ANDREZZA TAVARES BRENO AIRAN REPÓRTERES

Delegada aponta quadrilha de assalto à mão armada e de explosões

ULTRAPASSAGEM

A Delegacia de Roubos e Furtos da Capital registrou dois assaltos a residências na noite da última terça-feira: um no Tabuleiro do Martins e outro na Jatiúca. Os casos foram os primeiros da delegacia, após a troca de comando, que ocorreu há dois meses. De acordo com o chefe de operações da delegacia especializada, José Alexandre Filho, as equipes estão nas ruas fazendo os levantamentos. “Não podemos afirmar nada por enquanto, mas tudo indica que esses dois assaltos tenham partido de quadrilhas diferentes”, informou o chefe de operações.

OS ASSALTOS Quatro homens armados invadiram uma residência no bairro da Jatiúca, em Maceió, na terça-feira à noite e fizeram um casal de refém. Os donos da residência, Luiz Geraldo Mascarenhas Filho e Francisca Nunes Azevedo Mascarenhas, foram trancados no banheiro da casa, enquanto os bandidos levavam o que podiam. Eles levaram uma TV LED, cinco celulares, um notebook, um relógio de pulso, uma aliança de ouro e R$ 10 mil em espécie. Segundo informações do 1º Batalhão de Polícia Militar (BPM), que esteve no local, o carro utilizado pelos assaltantes era um Gol branco, cuja placa não foi anotada pelos vizinhos.

SANTA AMÉLIA Em uma ação parecida, dois homens armados invadiram uma casa no Loteamento Santa Amélia, também na noite da última terça-feira. Eles prenderam os donos em um dos cômodos da casa e levaram tudo o que podiam carregar. Segundo informações repassadas à polícia, os bandidos teriam fugido a pé. “Vizinhos informaram não terem visto automóvel. Os bandidos ameaçaram os donos que, se olhassem para trás, eles atirariam e por isso os donos não puderam confirmar se eles estavam de carro”, explicou José Alexandre. Os proprietários da residência assaltada na Santa Amélia devem ser ouvidos hoje pelo delegado Valter Nascimento. Já os donos da casa da Jatiúca deverão prestar depoimentos na próxima segunda-feira.

Uma colisão ocorrida no final da tarde de ontem, nas proximidades do município de Messias, entre uma carreta e um caminhão bitrem, deixou duas pessoas mortas e uma ferida. O acidente ocorreu em uma curva em frente à Usina Bititinga, na BR-101, entre Messias e Fleixeiras. De acordo com informações obtidas pela Tribuna Independente no local do acidente o caminhão bitrem, da marca Ford, placa IAM-9555 de Aracaju, Sergipe, seguia viagem para a capital sergipana com uma carga de ração para gado e era seguido por outro veículo que prestava serviço para a mesma empresa. O motorista, identificado apenas como Antônio, teria tentado fazer uma ultrapassagem na curva e acabou atingindo de frente a carreta Scania de placa GVI-3345, de Inhapim, Minas Gerais. Com o impacto da colisão, a carreta foi jogada em um canavial às margens da rodovia. O veículo estava carregado com 30 toneladas de minério de ferro, que estava sendo transportado para Recife, Pernambuco. Dentro do veículo, estavam o motorista, Aurenísio Melo, de 37 anos, e sua esposa, Elisabeth Almeida, de 31 anos. O motorista do caminhão bitrem e a mulher que seguia na carreta ficaram presos às ferragens. Várias unidades do Corpo de Bombeiros e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), inclusive o helicóptero de resgate Arcanjo, foram ao local. O homem identificado como Antônio foi retirado dos destroços, mas morreu dentro de uma unidade do Samu quando era encaminhado ao Hospital Geral do Estado (HGE), em Maceió. A esposa do motorista da carreta acabou entrando em óbito durante as tentativas dos bombeiros de resgatá-la das ferragens. Aurenísio Melo foi conduzido com vida ao HGE. A cabine da carreta ficou totalmente destruída, principalmente o lado da passageira.


10

CIDADES

MACEIÓ - QUINTA-FEIRA, 6 DE SETEMBRO DE 2012

TRIBUNAINDEPENDENTE

Jovens negros são o alvo dos homicídios Governo de Alagoas apresentou ontem o segundo balanço do Plano Nacional de Segurança e fez alerta sobre índice ANA PAULA OMENA REPÓRTER

O

Governo de Alagoas anunciou ontem mais um balanço parcial após 60 dias do lançamento do Plano Nacional de Segurança Pública no Estado. Representantes de órgãos ligados à Defesa Social comemoram os números, embora reconheçam que as estatísticas ainda não são satisfatórias quando se trata de assassinatos entre jovens e negros. Para a secretária nacional de Segurança Pública, Regina Miki, bem como o secretário de Defesa Social, Dário César, e o governador de Alagoas, Teotonio Vilela Filho, o desafio do momento é justamente os crimes relacionados à raça negra. Oitenta por cento das vítimas assassinadas no Estado são jovens ne-

gros na faixa etária entre 15 e 29 anos. Em outro momento, Téo Vilela comemorou os números do Disque Denúncia (181) da Polícia Civil, que só tem aumentado nos últimos dois meses. Segundo ele, de 220 chamadas em janeiro deste ano, passaram para 841 em julho e 758 em agosto. A média diária de ligações em junho era de 13,9, passando para quase o dobro: 27,1 em julho. “Este é o resultado da integração entre polícias e sociedade que tem colaborado de forma expressiva no sentido de reduzir a criminalidade no Estado”, disse o governador. “Mais de 60% das denúncias recebidas foram confirmadas, o que facilitou que a polícia atuasse com sucesso. Isso demonstra o interesse da população pelo plano”, acrescentou. TÉRCIO CAPELLO

TÉRCIO CAPELLO

Segundo dados apresentados ontem pelo governo, 80% dos assassinatos em Alagoas têm como vítimas jovens negros de 15 a 29 anos

ALTERNATIVA AO CRIME

Alagoas terá ‘Programa Juventude Viva’

Para Regina Miki, Alagoas ‘trocou’ mortalidade infantil pela juvenil

Durante a apresentação dos dados parciais do Plano Nacional de Segurança Pública em Alagoas, o governo anunciou o Programa Juventude Viva – cujo piloto também será lançado no Estado, a exemplo do Brasil Mais Seguro. O secretário executivo da Presidência da República, Rogério Sotelli, disse que a iniciativa do Governo Federal visa implementar uma política de inclusão social e de cidadania para jovens,

que são as potenciais vítimas da violência. Conforme a secretária nacional de Segurança Pública, Regina Miki, em 1999, Alagoas ocupava o primeiro lugar no ranking de mortalidade infantil. Agora, está na 12ª posição. “O que acontece é que tiramos a morte da criança e deixamos vulnerável a juventude, ou seja, estamos dando apenas um fôlego de vida. Esse conceito precisa mudar. A cultura da violência tem

que ficar no passado em Alagoas”, mencionou Miki. O Plano da Juventude ainda não tem data para ser lançado, mas há a expectativa que a presidente Dilma Rousseff esteja presente na solenidade. O secretário executivo da Presidência da República continuará em Alagoas para os primeiros estudos da iniciativa. REDUÇÃO Os números divulgados pela cúpula da Segurança ASSESSORIA

OITO MESES

Conselho Tutelar denuncia violência contra bebê ao MPE MILTON RODRIGUES REPÓRTER

O caso envolvendo o bebê de apenas oito meses que teve 11 costelas quebradas em Novo Lino, distante 98 quilômetros de Maceió, foi denunciado pelo Conselho Tutelar de Maceió para a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/ AL) e para o Ministério Público Estadual (MPE), na tarde de ontem. A criança, de acordo com o conselheiro tutelar Rafael Martiniano, tinha sido deixada sozinha sob a vigilância do pai Antônio Benedito, enquanto a mãe saia para comprar galinha na segunda-feira (3). Nesse tempo, segundo depoimento dos familiares, a criança teria caído de uma al-

tura de cerca de um metro e fraturado 11 costelas. “A mãe disse que saiu para comprar galinha, e o pai ficou tomando conta. É muito estranho isso. Por isso denunciei o caso”, diz Rafael Martiniano, que acredita que o pai tenha agido com violência contra o filho. A criança foi internada em estado grave no Hospital do Açúcar, em Maceió e corre risco de morte. De acordo com a direção do hospital, ela só respira com ajuda de aparelhos e não tem previsão de alta. “Solicitamos também o afastamento imediato dessa criança do convívio familiar. Depois que ela receber alta, só poderá sair do hospital com um aval do Conselho Tutelar”, explica Rafael. ASSESSORIA

ACORDO

Famílias deixam prédio público e vão para casas

Moradores do Centro Comunitário Hélia Porto Lage, na Chã de Bebedouro, negociam com a Seinfra

PAI NEGA ACUSAÇÃO

Suspeita de abuso sexual está sendo investigada pelo delegado

Criança está internada do Hospital do Açúcar, com risco de morte

ontem indicam que houve uma queda de 5% no total de Crimes Violentos Letais e Intencionais (CVLI) registrados em Alagoas entre 27 de junho – dia em que o Plano de Segurança foi implantado no Estado – e 27 de agosto de 2012, se comparado ao mesmo período do ano passado. São 18 mortes a menos por homicídio, latrocínio, resistência seguida de morte e lesão seguida de morte, tipos de crime que formam os CVLI. (Com agências)

Um outro agravante da denúncia do Conselho Tutelar de Maceió entregue ao promotor de Justiça Luiz Medeiros, do Núcleo da Infância e Juventude do Ministério Público Estadual, e ao presidente da Comissão de Direitos Humanos da Ordem dos Advogados do Brasil em Alagoas (OAB/ AL), Gilberto Irineu, é o fato de a criança possivelmente ter sofrido abuso sexual. “Foi constatada uma secreção branca, parecendo esperma”, aponta o conselheiro. Porém o exame de corpo de delito ainda não foi divulgado

pelo Instituto Médico Legal (IML) que comprove o ato. O laudo deve sair dentro do prazo de dez dias. O pai do bebê, Antônio Benedito, foi ouvido na manhã de ontem pelo delegado Sílvio Costa, titular da 10ª Delegacia Regional em Novo Lino. Ao delegado, Antônio negou a violência e comentou que a criança costumava dormir na casa de outras pessoas da cidade. Com essa nova informação, o delegado solicitou diligências nas casas da região, que o garoto supostamente frequenta-

va. Segundo o delegado, a mãe da vítima também foi ouvida e o inquérito deve ser enviado o mais rápido possível à Justiça. ENTENDA O CASO A criança de oito meses foi levada pelos pais para o Hospital Geral do Estado (HGE) na segunda-feira (3). No hospital, para justificar as fraturas, eles alegaram que o bebê tinha caído de uma calçada. Como não havia leito no HGE para o internamento do bebê, os familiares tiveram que recorrer ao Hospital do Açúcar, onde ele recebe tratamento, mas permanece em estado delicado de saúde.

As 31 famílias que ocupam, há mais de trinta anos, as instalações do antigo Centro Comunitário Hélia Porto Lage, no bairro da Chã de Bebedouro, em Maceió, serão beneficiadas pelo programa habitacional do Governo do Estado. A informação foi confirmada pela Secretaria de Estado da Infraestrutura (Seinfra), que está orientando as famílias sobre a desocupação do prédio público. Após a desocupação, o Governo, por meio da Secretaria de Estado da Defesa Social, irá implantar no local o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). A superintendente de Articulação de Projetos Sociais da Seinfra, Angela Paim, explica que as famílias foram cadastradas pela Secretaria em 2008 e, no ano seguinte, foram inseridas na lista de espera para o Programa Minha Casa, Minha Vida. “Ao todo, são 31 famílias que deixarão a convivência insalubre do prédio para viver em suas casas, com a infraestrutura adequada para uma vida digna. Nossa perspectiva é que todas essas pessoas já comecem 2013 em casas novas”, disse a superintendente, que se reuniu com as famílias ontem. A aposentada Anália Lourença, de 80 anos, é uma das moradoras do prédio e expressa felicidade pela mudança. “Fico muito feliz com a notícia de que vou sair daqui, onde não vivo em boas condições, já que nem mesmo um banheiro eu tenho”, comemora a aposentada. A população será inserida também nas ações de desenvolvimento social, relacionadas a cursos profissionalizantes para geração de renda, educação ambiental e sanitária, entre outras atividades.


TRIBUNAINDEPENDENTE

AĂ?LTON VILLANOVA ailton.villanova@gmail.com

MACEIĂ“ - QUINTA-FEIRA, 6 DE SETEMBRO DE 2012

CIDADES

11

Escola denuncia lista de professores ameçados Aluno de apenas 14 anos acusado de homicídio fez ontem mais uma ameaça ADAILSON CALHEIROS

ALANA BERTO REPĂ“RTER

O Um freguĂŞs complicado!

S

e vocĂŞ acha que vida de dono de bar ĂŠ uma maravilha, estĂĄ redondamente enganado. Eita vida danada de difĂ­cil! Começa com a infelicidade de ter que suportar abuso de bĂŞbado. Essa classe, o leitor sabe, ĂŠ difĂ­cil de ser entendida e muito mais de ser tolerada. “BĂŞbado ĂŠ armada do cĂŁo!â€?, jĂĄ disse o filĂłsofo de circunstância Aldegundes AlfĂĄcio. Todo bĂŞbado ĂŠ rico, todo bĂŞbado ĂŠ valente, todo bĂŞbado ĂŠ bonito. Tem deles que quando estĂĄ esborrando o limite alcoĂłlico, acha atĂŠ que ĂŠ o dono do mundo. E quando ele entende de discursar, hein? Tem dono de bar que merecia ganhar o PrĂŞmio Nobel da Tolerância. Bem que o comitĂŞ de Oslo poderia levar em consideração essa ideia. Bem a propĂłsito de bĂŞbado, aqui vai um causo pinçado dentre os mais pitorescos do nosso vastĂ­ssimo repertĂłrio. Seguinte: Depois de ter ganhado uma grana preta na loteria esportiva, o popular Percival Aranha considerou de bom alvitre adquirir um bar. Logo um bar! Na primeira semana depois dessa aquisição, ele jĂĄ estava arrependido e com metade dos cabelos da cabeça toda grisalha. Mas, sujeito de opiniĂŁo, nĂŁo deu o braço a torcer. Continuou firme no batente, com o apoio do compadre Ramiro, que assumiu a função de garçom-chefe. Numa segunda-feira, ambiente tranquilo no bar, eis que ingressa no sobredito o tal de Tonibaldo InĂĄcio, visivelmente embriagado. Puxou a cadeira de uma mesa, sentou a bunda nela, estalou o dedo e chamou o Ramiro: - Ă” garçom! Ramiro encostou nele: - Pronto, meu amigo! O que vai querer? E o cara, cheio de direito: - Primeiramente eu vou querer que vocĂŞ mande desligar o ar-condicionado. O ambiente estĂĄ mais frio do que o Polo Norte! - Pois nĂŁo, senhor – respondeu o Ramirogar. – O que mais o senhor deseja? - Um uĂ­sque duplo. E, olha, do mais puro e legĂ­timo escocĂŞs, estĂĄ me ouvindo? Minutos depois, o cara estava chamando o Ramiro, novamente: - Garçom, agora ficou quente demais! Ligar o ar...! DaĂ­ a pouco olha o Tonibaldo: - Ă” garçom, meu filho! TĂĄ gelado de novo! - Deixa comigo! A esta altura o freguĂŞs que ocupava a mesa do lado, jĂĄ estava puto com o freguĂŞs. Mesmo assim, nĂŁo deixou de cumprimentar o Ramiro, em tom baixo de voz, quando este passava: - VocĂŞ estĂĄ de parabĂŠns pela paciĂŞncia! Esse sujeito ĂŠ realmente abusado! E o Ramiro: - Nem tanto... NĂłs nem temos ar-condicionado!

Boa estratĂŠgia! Madame AntiĂłquia conversava FRPDDPLJD1LFyVLDQDÂżODGRFDL[D do supermercado: - Sabe da Ăşltima, NicĂłsia? O meu marido agora pegou a mania danada de morder todo lĂĄpis que pega! Tu acredita numa coisa des-

sas? - Se acredito? E o meu tinha a PHVPtVVLPDPDQLD0DVHXRÂż] parar! - Foi mesmo?! Como vocĂŞ conseguiu? - Eu escondi a dentadura dele.

Queimada depois Muito tranquilo, encontrava-se o Liberalino lendo o seu jornal esparramado numa espreguiçadeira instalada no alpendre de casa, quando apareceu o ¿OKR&H]LQKDFRPRVHJXLQWHSDSR 3DLDPmHWDYDGL]HQGRjYL]LQKDQHVWDQWHTXHGHVHMDVHUFUHPDGD E o Liberalino: - Tô por dentro. Só que ela quer morrer primeiro. Que saco!

MĂŁe radical 1RVDOmRGHFDEHOHLUHLURVGR Astolfo, trĂŞs madames conversavam enquanto aguardavam a vez de serem atendidas. Em dado momento, uma delas suspirou: - Aaahhh! Nesses Ăşltimos GLDVDQGRWmRDOLYLDGDFRPR PHXÂżOKR9DOGLQKR

- É? O que foi que aconteceu com ele? – quis saber uma das mulheres. 'HL[RXGHURHUDVXQKDV - Ah, mas que felicidade! ParabÊns! Que remÊdio você usou para ele parar com o vício? - Mandei arrancar todos os seus dentes...

Ă” coitado! O TurĂ­bulo ĂŠ um cara altamente sentimental. Desde novinho. Poeta nas horas vagas, ele trabalha como balconista numa loja do comĂŠrcio da capital. Um dia, ele voltou pra casa com o maior ar de tristeza, dado o fato de que perdera o seu melhor amigo, o Cloraldo, acometido que fora, de um ataque IXOPLQDQWHGRFRUDomR$RGDUDLQIDXVWDQRWtFLDjHVSRVDHOHDFUHVFHQWRXD VHJXLQWHLQGDJDomR - Reginalda, meu amor, quando eu morrer tambĂŠm, vocĂŞ vai chorar muito? E ela: &ODURPHXQHJR9RFrQmRVDEHTXHHXFKRURSRUTXDOTXHUPHUGD"

Importante ĂŠ a conta Soldados da briosa PolĂ­cia 0LOLWDUĂ€DJUDUDPXPWD[LVWDQXPDWR criminoso repugnante e lhe deram um pau seguro. Em seguida, o conGX]LUDPjSUHVHQoDGDDXWRULGDGH SROLFLDOQDGHOHJDFLDGHSODQWmR O delegado ouviu a escabrosa histĂłria contada pelos militares, encarou o acusado e berrou:

%RQLWRQmRpVHXVDIDGR" 9RFrHVWXSURXPDWRXHHVTXDUWHMRXDSDVVDJHLUDGRVHXWi[LQmR foi? O que vocĂŞ tem a dizer, seu degenerado? E o cara: - Eu quero saber quem ĂŠ que YDLSDJDUDFRUULGDGRPHXWi[L sĂł isso!

que deveria ser uma instituição de ensino voltada a formar e educar pessoas se tornou um reduto de violĂŞncia e trĂĄfico de drogas. A escola Estadual Geraldo Melo, que iniciou o ano letivo hĂĄ apenas dois meses, possui uma lista com nove professores ameaçados de morte por alunos, jĂĄ este ano. A escola localizada no Conjunto Graciliano Ramos, em MaceiĂł, possui 2.160 alunos de idade a partir dos dez anos e dispĂľe de 46 professores. Apesar de ser uma escola com boa estrutura, virou um local de uso e trĂĄfico de drogas. Um dos banheiros da escola, que fica fechado permanentemente, teve o cadeado arrombado oito vezes, e ĂŠ o local que os prĂłprios estudantes denominaram como cracolândia. No local, os professores encontram frascos de lolĂł, restos de cigarro, maconha e pichaçþes com nomes de facçþes das quais os alunos participam. A direção atual da escola estĂĄ tentando conter o trĂĄfico e o BatalhĂŁo de Policiamento Escolar (Bpesc) vai frequentemente ao local para tentar conter a violĂŞncia. “O prĂłprio BatalhĂŁo Escolar afirmou ter um contingente pequeno para conter estes atosâ€?, esclareceu a professora Rejane Neves. A Ăşltima professora a ser ameaçada, NatĂŠrcia Andrade, ensina matemĂĄtica no 6Âş e 7Âş anos. O fato ocorreu

Professores e pais de alunos da Geraldo Melo temem pelo clima de violĂŞncia que predomina no local

na manhĂŁ de ontem, quando a professora pediu para que o aluno de nome fictĂ­cio Gabriel Silva, de 14 anos, desligasse o som que escutava em frente Ă  sala, para que ela pudesse continuar a aula. Segundo a professora, o aluno se recusou a desligar. “Eu disse para ele que alunos com este comportamento teriam que ser levados Ă  coordenação. O aluno entĂŁo saiu da escola afirmando que iria ensinar a todos os professores a obedecĂŞ-loâ€?. A professora disse que ele ainda afirmou nĂŁo

temer o BatalhĂŁo Escolar e concluiu: “De hoje, vocĂŞs nĂŁo passamâ€?, e saiu ameaçando os professores. De acordo com os professores, Gabriel ĂŠ acusado de assassinar um integrante da Mancha Azul e estaria indo Ă  aula armado. Os funcionĂĄrios da escola paralisaram as atividades ontem e afirmam que sĂł retomarĂŁo quando a Secretaria Estadual de Educação tomar as medidas cabĂ­veis. “NĂłs estamos reivindicando segurança, queremos um policial infiltrado na escola e que o Conselho Tutelar

seja mais atuante�, colocou NatÊrcia. O professor Joaquim Farias denunciou que o ano letivo da escola começou hå dois meses e, alÊm do atraso, ainda faltam cinco professores para completar o quadro. A professora NatÊrcia e a diretora Floriza Carla Araújo, que foram ameaçadas pelo estudante, fizeram um Boletim de Ocorrência na Delegacia da Criança e do Adolescente e relataram a situação na 14ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE).

ESCOLA GERALDO MELO

CarĂŞncias pioram situação do ensino &REUDQoDVÂż]HUDP6HFUHWDULDGH(GXFDomRH30PDUFDUHPUHXQLmR Os professores da Escola Geraldo Melo relataram os inĂşmeros problemas que sofrem na escola, como deficiĂŞncia nos recursos humanos, pais ausentes, falta de psicĂłlogos, de assistentes sociais e principalmente segurança, que nĂŁo prejudica sĂł os professores, mas tambĂŠm os alunos, que sĂŁo vĂ­timas de ameaças. Os professores chegaram a afirmar que estĂŁo pagando para trabalhar. “Existem pais aqui que rezam para que o filho morra, pois nĂŁo sabem o que

fazer com eles. Aqui nĂłs vivemos a cultura do medoâ€?, destacou a professora Rejane Alves. A professora NatĂŠrcia, que trabalha na escola desde 2004, contou que diante da situação pensou em pedir transferĂŞncia. “Eu pensei em mudar de escola, mas como educadora eu tenho um compromisso social e nĂŁo quero sair. Entretanto eu nĂŁo quero brincar de fazer educação. O Estado tem que dar condiçþesâ€?, desabafou a professora, que alegou ter medo de

BĂ RBARA REGINA

que algo aconteça a ela. PAIS A corretora financeira Elisabeth Cristina de Souza, que ĂŠ mĂŁe de uma adolescente de 15 anos, estudante da instituição hĂĄ trĂŞs anos, conta que nĂŁo existe segurança na escola e que se preocupa com a filha. “Eu sĂł fico tranquila e vou dormir quando ela chega da escolaâ€?, frisou a mĂŁe, que tambĂŠm tem outro filho estudando na Escola Geraldo Melo. A mĂŁe reclama que nĂŁo existe um controle na entra-

da da instituição. “Qualquer um entra aquiâ€?, emendou. O coordenador da 14ÂŞ CRE informou que jĂĄ estĂĄ ciente da situação e comunicou ao Comando da PolĂ­cia Militar. Hoje serĂĄ realizada uma reuniĂŁo com os professores, o BatalhĂŁo Escolar, a coordenação da 14ÂŞ CRE e a Secretaria Estadual de Educação para que medidas preventivas sejam tomadas. A Secretaria informou que deve pedir reforço do policiamento no entorno da escola. (A.B.) ADAILSON CALHEIROS / REPRODUĂ‡ĂƒO

Desesperada, família pede informaçþes para achar corpo ANA PAULA OMENA REPÓRTER

Num ato de desespero, um dos parentes da estudante de contabilidade BĂĄrbara Regina Gomes da Silva, de 21 anos, postou na rede social Facebook uma mensagem onde apela para que a pessoa responsĂĄvel pelo suposto sequestro e homicĂ­dio da garota pelo menos indique onde estĂĄ o corpo dela. A informação foi confirmada por uma prima de BĂĄrbara, que conversou com a reportagem na tarde de ontem. Segundo Raquel Porfalo, prima da jovem, foi um ato desesperado, pois de acordo com ela, a famĂ­lia nĂŁo aguenta mais a falta de informação sobre o paradeiro da estudante. “NinguĂŠm fala nada, e isso angĂşstia a famĂ­liaâ€?, declarou Raquel. A mĂŁe de BĂĄrbara, confor-

me relatou a prima, mal consegue falar, e conta com o apoio indispensĂĄvel do irmĂŁo mais novo da vĂ­tima. “ValĂŠria Leite [mĂŁe da desaparecida] estĂĄ desesperada. Ela sĂł tem o filho mesmo que ĂŠ o Ăşnico homem da casa. O pai de BĂĄrbara ĂŠ separado e mora no Recife, mas estĂĄ a caminho de MaceiĂł para acompanhar as investigaçþes policiaisâ€?, avisou. A Tribuna Independente tentou ouvir o delegado da Seção Antissequestro, AntĂ´nio Nunes, mas nĂŁo obteve ĂŞxito. Um agente da PolĂ­cia Civil, que nĂŁo quis se identificar, anunciou que hoje haverĂĄ novidades sobre o caso. BĂĄrbara Regina foi vista pela Ăşltima vez na boate Le Hotel, na Pajuçara, na madrugada do sĂĄbado, na companhia de um homem.

BĂĄrbara foi vista pela Ăşltima vez no sĂĄbado, em uma boate, acompanhada de um homem


12

CIDADES

MACEIĂ“ - QUINTA-FEIRA, 6 DE SETEMBRO DE 2012

robertobaiabarros@hotmail.com

A vez da juventude

E

Quem dera se todas as manifestaçþes realizadas nas cidades interioranas tivessem o mesmo foco, que Ê a defesa de um nome com PDQLIHVWDo}HVSDFt¿FDVH ordeiras. Estå de parabÊns os jovens que promoveram esse ato e que Feira Grande continue assim: sendo um exemplo de cidadania.

Homens arrombam veĂ­culo no estacionamento do HU Furto seria realizado por dupla que aguardava saĂ­da de gestante do hospital

m Feira Grande, a juventude saiu às ruas no último såbado e promoveu uma manifestação pelas principais ruas da cidade em apoio ao candidato a prefeito Dario Roberto. Foi um ato democråtico, sem violência e que acabou chamando a atenção da comunidade feira-grandense pela paz e tranquilidade do movimento.

Grande exemplo

TRIBUNAINDEPENDENTE

SANDRO LIMA

BRENO AIRAN ANA PAULA OMENA REPĂ“RTER

D “Terra das oportunidadesâ€? O conjunto residencial Alto das Colinas, localizado na cidade de Taquarana, no $JUHVWHGH$ODJRDVpRUHWUDWRÂżHOGR tratamento que o prefeito Alay Correia vem dando aos seus munĂ­cipes. Apesar de poucos anos de inaugurado, o conjunto habitacional ĂŠ o exemplo do descaso das autoridades locais com os moradores e, consequentemente, um verdadeiro desperdĂ­cio de dinheiro pĂşblico.

Absurdo De acordo com fotos e documentos encaminhadas para o e-mail deste colunista, as paredes das casas apresentam rachaduras e a laje que sustenta uma caixa d´ågua dos banheiros tambÊm estão rachadas e prestes a cair. Outro fato que revolta as famílias que ali residem, são os rebocos de pÊssima qualidade que estão caindo e deixando as casas com uma pÊssima aparência. Outro detalhe: as casas não possuem cozinha.

Abandono total Como se nĂŁo bastante isso, os prĂŠdios pĂşblicos tambĂŠm estĂŁo abandonados. Para constar, ao entrar no Facebook, o internauta pode acessar o grupo: Taquarana: a Verdadeira terra das Oportunidades. LĂĄ estĂŁo uma VpULHGHIRWRJUDÂżDVHYtGHRVTXH foram cedidos pela comunidade que jĂĄ nĂŁo suporta mais o descaso do prefeito.

Maternidade fechada Quanto às åreas de saúde e educação, são capítulos à parte. Basta VLPSOHVPHQWHD¿UPDUTXHD0DWHUnidade fechou as portas hå mais de um ano e a Unidade de Saúde Nossa Senhora de Fåtima funciona precariamente, chegando a ocorrer mortes por falta de mÊdicos, como foi o recente de uma adolescente TXHSHUGHXXP¿OKRSRUIDOWDGH assistência mÊdica.

Paulo Jacinto 1 No último såbado, dia 1º de setembro, Paulo Jacinto registrou uma grande caminhada pelas ruas da cidade, com uma estimativa de mais de Duas mil e oitocentas pessoas. 2DWRS~EOLFRDFRQWHFHXGHIRUPDSDFt¿FDHRUGHLUDFRPPXLWDVDWLVIDção e alegria por parte de todos, demonstrando total apoio ao candidato a prefeito do 40, o Nildo, e sua vice Zilda, que tem o apoio do atual prefeito Marcos Lisboa.

Paulo Jacinto 2

Na caminhada, as presenças dos deputados SÊrgio Toledo e Maurício Quintella, alÊm das lideranças políticas locais e candidatos a vereadores das duas coligaçþes do Nildo. Lideranças políticas e comunitårias de toda região acompanharam a caminhada, que percorreu as principais ruas da cidade.

Paulo Jacinto 3 De acordo com o deputado MaurĂ­cio Quintela, o sucesso da caminhada foi um grande exemplo de democracia e mostrou claramente a aprovação da administração municipal, que tem Ă  frente um gestor que trabalha em prol da sua comunidade. “Todos conhecem a competĂŞncia do prefeito Marcos Lisboa. Por isso ÂżFRIHOL]DRYHUXPDPDQLIHVWDomRGHDSRLRGHVVDQDWXUH]DFRPDSDUWLcipação da populaçãoâ€?, comentou o deputado.

Taquarana

Alves Correia

Por meio do Convênio 63175, pactuado junto ao MinistÊrio dos Esportes, a Prefeitura de Taquarana jå recebeu R$ 121.875, para a colocação do gramado e montagem do sistema de drenagem. O último repasse, no valor de R$ 73.125, ocorreu no dia 31/08/2010. No domingo passado a situação do gramado não era condizente com o aporte de recursos. AtÊ cavalo pastando foi encontrado no local. Segundo alguns futebolistas da cidade, o estådio municipal estå desativado desde 2006 e esporte por lå só se for o praticado por bodes, cabras e cavalos. Tem jeito?

Esta semana este colunista encontrou o radialista e candidato a prefeito de Arapiraca, Alves Correia, na porta de um supermercado no Alto do Cruzeiro. Em poucos minutos deu para sentir a sua popularidade. Alves simplesmente ao descer do carro foi cercado por eleitores que passavam no local e faziam questão de abraça-lo e anunciar o voto da família.

... Um desses eleitores, um homem simples e humilde, agradeceu o apoio do então deputado estadual Alves Correia para uma sobrinha que estava doente e que ele a levou para fazer um tratamento em São Paulo. ... A garotinha, que tinha um câncer na língua, foi curada e hoje goza de plena saúde, para a alegria da família. ... São atitudes como esta que mostra claramente a importância de um político que trabalha com decência. Como em nosso Estado a saúde pública praticamente inexiste, Ê fundamental uma mão amiga para cuidar dos enfermos. ... A propósito, de acordo com as pesquisas eleitorais realizadas em Arapiraca, Alves Ê o segundo colocado. Em primeiro lugar aparece a candidata do PTB, deputada federal CÊlia Rocha.

ois homens entraram como meros pacientes por volta das 10h30 de ontem no Hospital Universitårio (HU) Professor Alberto Antunes, no bairro da Cidade Universitåria, em Maceió. A intenção real deles era arrombar veículos no local. Acenando para os seguranças da Servipa, eles entraram em um veículo Chevrolet Corsa preto, de placa NLV-1973/AL, como quem iriam fazer algum procedimento mÊdico. Na verdade, um deles estava indo buscar a esposa gråvida que tinha ido fazer ultrassom. Categoricamente, o carro estacionou perto de um Kia Soul preto. Os dois homens saíram jå com ferramentas em punho: eles iam aproveitar a deixa e tentar roubar os objetos pessoais que haviam dentro daquele veículo. Neste instante, a dupla tentou roubar o Kia Soul, que era da chefe de Recursos Humanos do HU. Notando a movimentação estranha, os seguranças resolveram verificar o local. Sivaldo Leriado Xavier, de 35 anos, esposo da gråvida, e Edvaldo Florêncio da Silva, 33, jå tinham arrombado o automóvel e tira-

ARAPIRACA

Armas e veĂ­culos sĂŁo apreendidos em operação Uma operação conjunta do 3° BatalhĂŁo da PolĂ­cia Militar, de Arapiraca, Força Nacional e PolĂ­cia Civil, desencadeada no Agreste alagoano, resultou na apreensĂŁo de armas, aparelhos eletrĂ´nicos e veĂ­culos irregulares. A operação contou com cerca de 70 policiais e objetivou maximizar açþes preventivas no combate Ă  criminalidade, assim como coibir eventuais crimes praticados em função de condutas irregulares, a exemplo de porte ilegal de armas de fogo, comercialização de veĂ­culos com queixa de roubo ou furto, comĂŠrcio ilegal de mercadorias e trĂĄfico de drogas. Durante a ação policial foram apreendidas uma espingarda, uma garrucha, aparelhos eletrĂ´nicos, alĂŠm de doze veĂ­culos. Destes, duas motocicletas com o chassi adulterado e oito sem documentação de porte obrigatĂłrio. A operação foi coordenada pelo CapitĂŁo Anaximandro SĂĄ, subcomandante do 3° BPM, e pelo delegado IsaĂ­as Rodrigues, da Delegacia Regional de Arapiraca. Na ocasiĂŁo, o policiamento fez um cerco na “Feira da Trocaâ€?, situada no bairro Primavera, realizando abordagens a veĂ­culos e pessoas suspeitas. Enquanto isso, um helicĂłptero sobrevoou a ĂĄrea para evitar a evacuação de pessoas. “Esse tipo de atuação ĂŠ importante para afastar a criminalidade de nossa cidade, como tambĂŠm para proporcionar mais tranquilidade Ă  populaçãoâ€?, ressaltou o comerciante Santiago Santos, ao tĂŠrmino da operação.

Corsa preto foi usado pelos acusados para ajudar na ação, que foi frustrada pelos seguranças do local

do de lĂĄ um GPS e um pen drive. Para efetuar o furto, eles utilizaram uma tesoura, um alicate de corte, chaves de fenda e pedaços de arame. O supervisor da segurança do HU, Luciano Pereira, afirmou que nĂŁo hĂĄ um controle preciso de quem entra e sai da unidade de saĂşde. “Mas detivemos os assal-

tantes e acionamos a polícia�, pontua ele, que, no momento em que percebeu que havia algo errado, mandou que os portþes fossem fechados, para evitar fugas. Os envolvidos foram levados para a Central de Polícia Civil, no bairro do Prado, e devem responder na Justiça por furto qualificado.

MULHER Durante o furto, a mulher gestante de Sivaldo chegou ao estacionamento, o viu diante daquela confusão, sendo algemado pelos homens do Batalhão de Polícia Escolar (BPEsc), comandados pela tenente Carla. A esposa dele estava acompanhada de uma criança, mas elas nada tinham a ver com o crime, segundo a polícia.

ASSESSORIA& Comunicação Maceió Donto2012

C

omeça hoje, 6, e segue atĂŠ sĂĄbado, 8, no Centro Cultural e de Exposiçþes Ruth Cardoso, o II Congresso Internacional e VII Alagoano de Odontologia – MaceiĂł Donto2012. A realização ĂŠ da Associação Brasileira de Odontologia – Seção Alagoas e ĂŠ voltado para profissionais, tĂŠcnicos e estudantes locais, nacionais e internacionais. O debate central dessa edição traz a temĂĄtica “Diversificando a Odontologia atravĂŠs do Marketingâ€?. O presidente da ABO Nacional, que tem sede em SĂŁo Paulo, Newton Miranda de Carvalho, jĂĄ estĂĄ em MaceiĂł. Temas como o da palestrante do Paraguai, Maria Tereza Fernandez - “Odontologia para Pacientes com Necessidades Especiaisâ€?; “Endodontiaâ€? com Patrick Baltieri de SĂŁo Paulo e “SaĂşde Coletivaâ€? ministrado pelo professor doutor Arnaldo Caldas de Pernambuco, sĂŁo alguns dos inĂşmeros temas que serĂŁo trabalhados durante os trĂŞs dias de congresso. AlĂŠm disso, o evento tambĂŠm vai discutir sobre “GestĂŁo e Coaching – GestĂŁo Financeira Aplicada a Odontologia: Uma sessĂŁo de Coaching Group, com o convidado tambĂŠm de Pernambuco, FlĂĄvio Ribeiro. Informaçþes da Assessoria de Imprensa do evento.

$WXDOL]DomR3UR¿VVLRQDO 3UR¿VVLRQDLVGD$VVHVVRULD de Comunicação do Cesmac – a jornalista Riane Rodrigues (membro da Cejac/AL) e os acadêmicos de Jornalismo e Publicidade e Propaganda, Jean Albuquerque e Viviany Almeida, respectivamente – em busca GDDWXDOL]DomRSUR¿VVLRQDO com relação às mídias digitais,

SDUWLFLSDUDPGD�2¿FLQDGH Fan Page Corporativa, promovida pela Instituição de Ensino, em parceria com a Emcontexto Comunicação. Neste mês de setembro, uma sÊrie de eventos voltados à årea serão ofertados em Maceió, como o Fórum de Marketing Digital (21/09) e Alagoas Social Media (20/10).

Comunicação premiada Pelo segundo ano consecutivo, a Eletrobras foi eleita uma das trĂŞs empresas que melhor se comunicam com os jornalistas no setor elĂŠtrico, pela revista “NegĂłcios da Comunicaçãoâ€?. A premiação ĂŠ resultado de uma pesquisa que ouviu maios de 25 mil jornalistas de todo o PaĂ­s sobre empresas de 30 segmentos da economia com PHOKRUUHODFLRQDPHQWRFRPRVSURÂżVVLRQDLVGHLPSUHQVD$OpPGD Eletrobras, AES e Cemig tambĂŠm foram premiadas.

Congresso dos Jornalistas As inscriçþes para o 20º Congresso Estadual dos Jornalistas terminam no próximo dia 10. Os interessados devem se dirigir à sede do SindiFDWRGRV-RUQDOLVWDV3UR¿VVLRQDLVGR(VWDGRGH Alagoas (Sindjornal) para fazer a solicitação e SDJDUXPDWD[DTXHpGH5SDUDRVSUR¿Vsionais sindicalizados adimplentes e de R$ 150 para os inadimplentes. Em virtude dos poucos leitos disponíveis no Hotel Fazenda Cambarå, local do evento, as inscriçþes serão limitadas, EHQH¿FLDQGRDTXHOHVTXHSURFXUDUHPSULPHLUR o Sindicato. Não haverå inscrição/participação para acompanhantes e nem para jornalistas que não estejam sindicalizados. Foram reservadas 15 vagas para os estudantes de jornalismo da Ufal, Cesmac e FITs, sendo cinco para cada instituição de ensino. O preenchimento dessas vagas tambÊm serå por ordem de chegada e a taxa Ê de R$ 25. O tema central GR&RQJUHVVR(VWDGXDOVHUi³2VGHVD¿RVGR Jornalismo e sua contribuição para o desenvolvimento sustentåvel�. O evento Ê preparativo ao 35º Congresso Nacional dos Jornalistas. Informaçþes no telefone: 3326.9168. Acesse http://www.sindjornal.org.br/v2/.

Produção em Telejornalismo Com o objetivo de mostrar a estudantes e SURÂżVVLRQDLVGHFRPXQLFDomRDVGLYHUVDVIDses de produção de uma matĂŠria jornalĂ­stica, desde o inĂ­cio, com a pauta ou a rĂĄdio escuta, atĂŠ que ela seja veiculada em um telejornal, o Comunique-se Educação realiza, no prĂłximo dia 12, das 19h Ă s 22h, o curso de “Produção em Telejornalismoâ€?. A programação vai apresentar ao aluno a exata noção de todas as principais ĂĄreas presentes no telejornalismo e como fazer para encaminhar sua formação para o setor que se sentir com mais aptidĂŁo. AlĂŠm disso, o conteĂşdo conta com: Pauta e Factual; RĂĄdio Escuta (Apuração e Fontes); &KHÂżDGH5HSRUWDJHP&RRUGHQDomRGH Rede; VĂ­deorreportagem; Tipos de MatĂŠria, entre outros assuntos. O ministrante serĂĄ Evandro De Marco, formado em jornalismo pela Universidade Metodista de SĂŁo Paulo, pĂłs-graduação em PolĂ­tica e Relaçþes Internacionais pela Fundação Escola de Sociologia e PolĂ­tica de SĂŁo Paulo. Foi repĂłrter e vĂ­deorreporter da TV Bandeirantes e do jornal DiĂĄrio do Grande ABC. Atualmente ĂŠ editor, redator e locutor do programa “Os Donos da Bolaâ€?, tambĂŠm na Band. Outras informaçþes no link http://educacao.comunique-se.com.br.


TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIĂ“ - QUINTA-FEIRA, 6 DE SETEMBRO DE 2012

Economia

ECONOMIA

13

(PDWHU$/¿UPDSULPHLURDFRUGRGR 3ODQR6DIUDGD$JULFXOWXUD)DPLOLDU O Instituto de Inovação para o Desenvolvimento Rural Sustentåvel de Alagoas (Emater/AL) darå o pontapÊ inicial para execução do Plano Safra da Agricultura Familiar 2012/2013, lançado ontem em Maceió. Nos próximos dias a Emater/AL vai assinar com o Banco do Nordeste (BNB) um acordo de cooperação que faz parte do projeto de expansão do Plano Safra da Agricultura Familiar em Alagoas. No acordo de cooperação, o Banco do Nordeste disponibilizarå crÊdito de atÊ R$ 15 mil para o agricultor familiar HFDEHUij(PDWHU$/LGHQWL¿FDUHTXDOL¿FDURDJULFXOWRUFRPDVVLVWrQFLD tÊcnica, acompanhando o desenvolvimento das famílias.

Plano Safra: R$ 161 milhĂľes para Alagoas

,QYHVWLPHQWRVFRQWHPSODPFUpGLWRSURGXomREHQHÂżFLDPHQWRFRPHUFLDOL]DomRHDVVLVWrQFLDWpFQLFDQDDJULFXOWXUD

O

s programas voltados para a agricultura familiar alagoana terão R$ 161 milhþes no período 2012/2013, de acordo com o Plano Safra, lançado ontem, em solenidade realizada no Palåcio República dos Palmares, em Maceió, que contou com a presença do secretårio nacional de Agricultura Familiar do MinistÊrio do Desenvolvimento Agrårio, Laudemir Mßller. Em todo o País, o Plano Safra vai investir R$ 22,3 bilhþes. O lançamento tambÊm foi acompanhado pelo secretårio de Estado da Agricultura e do Desenvolvimento Agrårio, JosÊ Marinho Júnior, que representou o governador Teotonio Vilela; a diretora presidente da Emater-AL, Inês Pacheco; reSUHVHQWDQWHV GH LQVWLWXLo}HV Ànanceiras, associaçþes, federaçþes, cooperativas, agricultores, produtores rurais e tÊcnicos. Açþes Entre as açþes que são contempladas pelo Plano Safra da Agricultura Familiar 2012/2013, estão o Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), Garantia Safra, Assistência TÊcnica e Extensão Rural (Ater), Programa de Aquisição

de Alimentos (PAA), Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) e o Plano Brasil Sem MisĂŠria. Segundo Laudemir MĂźller, somente o Pronaf poderĂĄ disponibilizar aos agricultores de todo o Brasil atĂŠ R$ 18 bilhĂľes no perĂ­odo 2012/2013. “Esse recurso ĂŠ para custeio e tambĂŠm para investimento, dentro das diversas modalidades do Pronaf, como Agroecologia, Mulher, Eco, AgroindĂşstria, SemiĂĄrido, Jovem e Florestaâ€?, citou. Em Alagoas, o Pronaf poderĂĄ disponibilizar atĂŠ R$ 120 milhĂľes atĂŠ 2013. Para o secretĂĄrio de Estado da Agricultura, JosĂŠ Marinho JĂşnior, o Plano Safra pode colaborar para aumentar a produção e a produtividade em Alagoas. Ele tambĂŠm citou a parceria com o Governo Federal e o tratamento dado aos gestores alagoanos quando chegam a BrasĂ­lia. “Sempre somos muito bem recebidos nos ministĂŠrios e acreditamos que, nessa uniĂŁo de esforços, podemos construir um novo momento para a agropecuĂĄria alagoana. Temos apoio total do governador Teotonio Vilela para atingirmos esse objetivoâ€?, destacou Marinho.

ADAILSON CALHEIROS

Governo FHUWLĂ€FD 500 jovens

3ODQR6DIUDfoi apresentado pelo secretĂĄrio nacional da Agricultura Familiar Laudemir MĂźller, no PalĂĄcio

'2%$1&2'2125'(67(

Marechal ganha espaço cultural e de negócios A cidade de Marechal Deodoro sediarå o primeiro Espaço Nordeste de Alagoas, um equipamento cultural e negocial do Banco do Nordeste, em parceria com o Instituto Nordeste Cidadania (INEC), que visa promover a descentralização do acesso à cultura aliada à inclusão social, levando-se em conta tambÊm o atendimento aos micro e pequenos empreendedores urbanos e rurais e às MPEs. O Espaço Nordeste de Marechal Deodoro funcionarå no prÊdio do atual Espaço Cultural Santa Maria Magdalena da Alagoa do Sul, no Centro Histórico do município. As obras para adaptar a parte do Espaço Cultual que abrigarå o Espaço Nordeste jå iniciaram, com previsão de inauguração para o próximo mês de outubro. Serão seis salas, incluindo espaço de inclusão digital, sa-

ODVGHOHLWXUDVDODVGHRĂ€FLQD de arte, sala de atendimento aos microempreendedores, alĂŠm de espaço multiuso que se interligarĂĄ Ă  Biblioteca Municipal, e de atividades que acontecerĂŁo no auditĂłrio local, com capacidade para mais de 300 pessoas. Segundo o superintendente Estadual do BNB em Alagoas, JosĂŠ Expedito Neiva Santos, “o Banco do Nordeste tem como uma de suas estratĂŠgias prioritĂĄrias a ampliação de sua base de clientes e de seus negĂłcios, aliada Ă  expansĂŁo de sua presença em toda a ĂĄrea de atuação, por meio de canais de atendimento aos clientes. AlĂŠm disso, o Banco vem desenvolvendo estratĂŠgias de expansĂŁo de suas açþes culturais, visando possibilitar a melhoria de acesso a equipamentos e ou atividades culturais para toda a população nordestinaâ€?.

48$/,),&$d­2

DIVULGAĂ‡ĂƒO

3UpGLRRQGHvai funcionar Espaço Nordeste de Alagoas com equipes do banco, Prefeitura de Marechal e Inec

O Governo do Estado, por meio da Secretaria do Trabalho, (PSUHJR H 4XDOLÀFDomR 3URÀVsional, realiza o sonho de 500 jovens e adultos de Maceió nesta quinta-feira, com a entrega GH FHUWLÀFDGRV DRV FRQFOXLQWHV dos cursos do programa estaduDO 4XDOLÀFD $ODJRDV TXH QHVta etapa contou com recursos próprios do Fundo Estadual de Combate e Erradicação da Pobreza (Fecoep). A solenidade serå realizada no auditório do Senai Poço, às 9h, com a presença do governador Teotonio Vilela Filho e do secretårio de Estado do Trabalho, Alberto Sextafeira. Durante o evento, serão prestigiados os cinco alunos destaques dos cursos indicados por cada uma das entidades responsåveis pela execução das aulas. Eles receberão trofÊus como reconhecimento pela participação efetiva nas 200 horas/aula, pelo empenho no aprendizado e por terem se destacado enquanto alunos. O governo agradece ainda, com a entrega de trofÊu, à empresa responsåvel pela contratação de um maior número de proÀVVLRQDLVRULXQGRVGRVFXUVRVGR programa, uma vez que a oferta das turmas estå vinculada à demanda do mercado de trabalho. ´(VVD FHUWLÀFDomR UHSUHVHQta mais um passo do Governo do Estado para a promoção da inclusão social atravÊs do trabalho. Proporcionamos aos conWHPSODGRVDTXDOLÀFDomRSURÀVsional gratuita, o aumento do conhecimento, do nível de renda e a promoção da cidadania plena. Estamos empenhados na soma de esforços para o resgate da dignidade de pessoas que se encontram em situação de vulnerabilidade social e econômica�, garantiu o secretårio Alberto Sextafeira. Foram ofertados os cursos de pintor de obras, gesseiro, mestre de obras, camareira em meios de hospedagem, tÊcnica em vendas, cozinheiro industrial, recepcionista em meios de hospedagem, pedreiro, armador de ferro, eletricista industrial e guia turístico.


14

ECONOMIA

TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIĂ“ - QUINTA-FEIRA, 6 DE SETEMBRO DE 2012

etjornalista@gmail.com

Maribondo

S

Ăł era o que faltava

depois de tanto pelejar dos funcionĂĄrios pĂşblicos sobre o descaso do pagamento municipal que sempre caminhou em atraso nessa gestĂŁo do prefeito ZĂŠ MĂĄrcio. Pois bem, ontem quem pagou o pato foram os condutores de veĂ­culos que trafegavam na regiĂŁo, sobretudo pela BR-316. A rodovia foi interditada por um longo perĂ­odo, justamente pelos funcionĂĄrios que reivindicam cerca de trĂŞs meses sem ver a cor do dinheiro. Os vereadores que assanharam por duas vezes em cassar o prefeito, por conta atĂŠ de outras irregularidades, atĂŠ hoje nĂŁo agiram dessa IRUPDRĂ€FLDOPHQWH

Capela O candidato do PSDB, Eustaquinho Moreira, estå convidando todos os FDSHOHQVHVD¿PGHVHID]HUHPSUHVHQWHVQHVWHViEDGRQXPDJUDQGH caminhada pelas principais ruas da cidade, manifesto que vai resultar, QR¿QDOQXPJLJDQWHFRPtFLRHPSUDoDS~EOLFD2HYHQWRHVWiVHQGR WLWXODGRGH³$JUDQGHRQGDD]XO´

Oportunidade

Oportunidade - Alvo

TÊcnicos de enfermagem e condutores socorristas GRVPXQLFtSLRVGH Joaquim Gomes, Coruripe e São Miguel dos Campos participaram na terça-feira do curso de Atendimento PrÊHospitalar (APH) para %DVHV'HVFHQWUDOL]DGDV do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192).

O objetivo do treinamento foi de proporcionar aos tĂŠcnicos de enfermagem e condutores socorristas os conhecimentos QHFHVViULRVSDUDDUHDOL]DomRGR atendimento de urgĂŞncia e emergĂŞncia em ambiente prĂŠ-hospitalar. O treinamento IRLUHDOL]DGRQR1~FOHRGH(GXFDomR Permanente (NEP), na Central do Samu 192 em MaceiĂł. O curso tambĂŠm foi acompanhado por acadĂŞmicos do quinto ano de Medicina da Universidade de &LrQFLDVGD6D~GHGH$ODJRDV 8QFLVDO  como parte do estĂĄgio curricular obrigatĂłrio.

UniĂŁo dos Palmares Os candidatos que vĂŁo disputar a prefeitura, Manoel Gomes de Barros, R0DQRH%HWR%DtDVHUmRVDEDWLQDGRVSHORVDOXQRVTXHLQWHJUDPD UniĂŁo Municipal dos Estudantes Secundarista - Umes. O evento serĂĄ na noite da outra sexta-feira, no auditĂłrio da 7ÂŞ Crea.

SeminĂĄrio

RelatĂłrio

O Senai/AL informa que os produtores de leite, laticinistas e empresårios do setor podem ¿FDUWUDQTXLORVeTXHRyUJmR MiFRQ¿UPRXDUHDOL]DomRGR XV Seminårio e Exposição para Produtores de Leite e Derivados de Alagoas (Proleite), um dos espaços mais importantes de discussão sobre tecnologia, PDQHMRHSROtWLFDVS~EOLFDVSDUD o setor produtivo do leite em Alagoas.

A expectativa para edição de 2012 do Proleite Ê grande. De acordo com DRUJDQL]DomRGRHYHQWRQRDQR passado, o Concurso de Produtos /iFWHRVUHJLVWURXRPDLRUQ~PHURGH inscritos de todos os anos. Em 2009 foram 80 produtos inscritos, em 2010 foram 150, e no ano passado esse Q~PHURSDVVRXGRV

Data e local

O Seminårio acontecerå entre os dia 24 e 27 do próximo mês, durante a Exposição Agropecuåria e Produtos Derivados de Alagoas (Expoagro 2012), no Parque da Pecuåria, em Maceió. No ano passado o Proleite ocorreu durante a ([SREDFLD/HLWHLUDQRPXQLFtSLR de Batalha.

São Sebastião A VI edição do Cine Sesi Cultural em Alagoas aporta em São Sebastião com exibiçþes de cinema em praça S~EOLFDDSDUWLUGHVWDVH[WDIHLUD No ano em que o projeto completa 10 anos de existência, a população São Sebastião serå contemplada pelo projeto itinerante de cinema, em ano tão especial. AtÊ setembro, VHUmRFRQWHPSODGRVPXQLFtSLRV alagoanos pela iniciativa, que vai oferecer cinema gratuito atÊ o SUy[LPRGRPLQJRQR/DUJR0XQL] Falcão.

Dentistas Visando melhorar a remuneração e a aplicação dos direitos trabalhistas GRVFLUXJL}HVGHQWLVWDVGRV3URJUDPDVGH6D~GHGD)DPtOLD 36)V  municipais os diretores do Sindicato dos Odontologistas no Estado GH$ODJRDV 6RHDO VHPSUHYrPVHUHXQLQGRFRPRVSUR¿VVLRQDLV GDFDWHJRULDSDUDGHVFREULUDVGLVWRUo}HVH[LVWHQWHVQRVPXQLFtSLRV alagoanos. Segundo Airton Mendonça, presidente do Soeal, muitos EHQHItFLRVIRUDPDOFDQoDGRVGHVGHRDQRSDVVDGRHSUHFLVDPTXH eles tenham continuidade. O sindicato no momento estå lutando pelo processo de isonomia salarial.

Dentista - Alerta 6HJXQGRDGLUHWRULDGR6RHDOPXLWRVPXQLFtSLRVDODJRDQRVFRPDWp PLOKDELWDQWHVQmRSRVVXHPHTXLSHVGR3URJUDPDGH6D~GH%XFDO ³6mRUDURVRVPXQLFtSLRVTXHSRVVXHPRV&HQWURVGH(VSHFLDOL]DomR 2GRQWROyJLFDV &(2 3DUHFHLQFUtYHOPDVH[LVWHPPXQLFtSLRVVHP HTXLSHVGH6D~GH%XFDO20LQLVWpULRGD6D~GHMiIRLLQIRUPDGRGHVWD YHUJRQKDVLWXDomR´GHQXQFLRX$LUWRQ0HQGRQoD

MonteirĂłpolis

Pressa

Desde terça-feira que agricultores familiares do povoado Lagoa da Arara, na ]RQDUXUDOGH0RQWHLUySROLV participam do II Torneio Leiteiro da comunidade. A FRPSHWLomRYDLLGHQWL¿FDU quais os animais que PDLVSURGX]HPOHLWHQDV categorias vaca e novilha, premiar os proprietårios e estimular todos os produtores. O evento termina hoje.

O governo federal quer acelerar envio de recursos para regiþes em situação de HPHUJrQFLDYLDELOL]DQGRDVGHVSHVDV com açþes de socorro, assistência às YtWLPDVHUHVWDEHOHFLPHQWRGHVHUYLoRV HVVHQFLDLVGHPXQLFtSLRVH(VWDGRV Sobre esse assunto a Secretaria de Estado da Assistência e Desenvolvimento Social (Seades) promoveu, na terça-feira, uma palestra sobre o uso do Cartão de Pagamento de Defesa Civil, cujo objetivo Ê facilitar o repasse de verbas, melhorar a transparência, controlar os gastos e GHVEXURFUDWL]DURSURFHVVRGHFRPSUDV

Sistema de atendimento da Juceal ĂŠ modelo no paĂ­s

Junta Comercial, com seu modelo Facilita, tem recebido visitas tĂŠcnicas

A

Junta Comercial de Alagoas (Juceal), órgão que integra a Secretaria de Estado de Planejamento e Desenvolvimento Econômico (Seplande), vem colhendo bons frutos com a implantação de inovaçþes no atendimento. Desde que passou a operar com o portal Facilita Alagoas, a Juceal passou a ser vista como órgão modelo pelas demais Juntas de todo o Brasil. O portal, integrado à Redesim, Ê responsåvel pela desburocratização do processo de abertura e alteração de empresas, atraindo o interesse do país inteiro, que deseja implantar as mesmas facilidades. Segundo informaçþes do presidente da Juceal, JosÊ Lages Júnior, o órgão recebeu, esta semana, o presidente da Junta Comercial de Sergipe, Vinícius Mazza. O objetivo do encontro foi disseminar os detalhes acerca do sistema e da sua chancela digital. Vinícius Mazza, alÊm de presidente da Junta Comercial sergipana, Ê tambÊm presidente da Associação Nacional de Presidentes de Juntas Comerciais (Amprej). Outro que tambÊm esteve presente na capital alagoana nesta segunda-feira foi o tÊcnico da Junta Comercial do Estado de Mato Grosso (Jucemat), Derisvaldo Souza. Ele tambÊm buscava, em sua visita, detalhes sobre a chancela digital do portal Facilita Alagoas, responsåvel pela desburocratização no atendimento da Juceal. JosÊ

PRIMEIRA EDIIĂ‡ĂƒO

Portal integrado à Redesim Ê responsåvel pela desburocratização na movimentação de empresas

/DJHV -~QLRU DĂ€UPD TXH R interesse demonstrado pelas GHPDLV MXQWDV GR SDtV UHĂ HWH o acerto das iniciativas adotadas aqui. “No prĂłximo mĂŞs de outubro servidores da Junta Comercial do Estado de SĂŁo Paulo (Jucesp) tambĂŠm virĂŁo a Alagoas para entrar em contato com o nosso sistemaâ€?, informa o presidente. REDESIM Depois de promover palestras de disseminação para servidores de 10 municĂ­pios no Ăşltimo mĂŞs de agosto, a Juceal prepara, para este mĂŞs de setembro, um novo ciclo de capacitaçþes. A partir desta semana servidores de mais 70

2013

Atendimento do Sebrae Alagoas. De acordo com o gerente da Unidade de Atendimento Individual do Sebrae Alagoas, Marcos Alencar, os resultados mostram que os informais estĂŁo na mĂŠdia dos 39 anos, e os formais, dos 37. Com relação Ă  escolaridade, 36% dos nĂŁo formalizados tĂŞm o Ensino MĂŠdio incompleto; jĂĄ 52% dos empresĂĄrios formalizados estĂŁo com o Ensino MĂŠdio completo. “Entendemos que nossas soluçþes terĂŁo que levar em consideração o nĂ­vel de instrução GHVVHS~EOLFRDĂ€PGHOLGDUPRVGHIRUPDPDLVHĂ€FLHQWH com cada um delesâ€?.

MARAGOGI

Braskem prorroga inscriçþes Festival Gastronômico da para programa de estågio Lagosta chega à 3ª edição Os interessados em fazer parte da equipe da Braskem acabam de ganhar uma nova chance. A empresa, líder das AmÊricas em produção de resinas termoplåsticas e maior produtora mundial de biopolímeros, prorrogou as inscriçþes para o seu programa de Estågio 2013 atÊ o dia 13 de setembro. Ao todo, são cerca de 120 vagas em diversas åreas e regiþes do país e os candidatos devem se cadastrar pelo portal www.jovensbraskem.com.br. O Programa de Estågio 2013 vai selecionar universitårios, que terão a oportunidade de complementar a sua formação e unir o conhecimento teórico adquirido na universidade à pråtica. Os candidatos deverão terminar o curso entre dezembro de 2013 e dezembro 2014. Os estagiårios selecionados passarão por programas estruturados de desenvolvimento de competências tÊcnicas e comportamentais, alÊm da interação com as equipes de trabalho. Para poderem aplicar seus conhecimentos teóricos em atividades pråticas, eles desenvolverão projetos em suas åreas de atuação, sempre

com o acompanhamento dos líderes e da equipe de Pessoas & Organização da Braskem. SERVIÇO ‡&XUVRV $GPLQLVWUDomR Anålise de Sistemas, Ciências Biológicas, Ciências Contåbeis, Ciência da Computação, Ciências Econômicas, Ciências Sociais, ComÊrcio Exterior, Comunicação Social – Publicidade e Propaganda, Comunicação Social – Relaçþes Públicas, Design, Direito, Engenharias, Marketing, Pedagogia, Psicologia, Química (Industrial) e Relaçþes Internacionais, Serviço Social e todas as Engenharias, entre outros. ‡'XUDomRGRSURJUDPDHQtre um e dois anos. ‡5HTXLVLWRV RV FDQGLGDtos deverão terminar o curso entre dezembro de 2013 e dezembro 2014. ‡3URFHVVR VHOHWLYR LQVFULção, dinâmica de grupo, painel de negócios e entrevistas. ‡%HQHItFLRV DVVLVWrQFLD mÊdica, vale-refeição ou restaurante no local, vale-transporte e seguro de vida. ‡3UD]R GH LQVFULo}HV $Wp 13 de setembro.

Uniao dos Palmares - Obras As obras que estão sendo executadas em alguns bairros de União dos 3DOPDUHVHVWmRJHUDQGRLQ~PHURVWUDQVWRUQRVDSHGHVWUHVHPRWRULVWDV Segundo os moradores, jå não bastasse o caótico trânsito que atormenta o palmarino diariamente, a poeira e os buracos, tiram o sossego da população. Os problemas causados por essas obras, geraram durante a sessão da Câmara Municipal, na manhã desta terça-feira, 4, comentårios de alguns vereadores, que cobraram providências às empresas e ao SRGHUS~EOLFRSHODOLPSH]DHFRQFHUWRGRVORFDLVRQGHHVWmRVHQGR UHDOL]DGDVHVVDVREUDV

municípios, ligados à Redesim, participarão de palestras de capacitação promovidas pela Juceal, com o intuito de otimizar a operação do módulo de consulta prÊvia do sistema. As palestras ocorrem atÊ a próxima quarta-feira (12). 3HUÀOGRHPSUHHQGHGRU 2 3HUÀO GR (PSUHHQGHdor Individual Ê uma pesquisa demandada pelo Sebrae e pela Associação Brasileira dos Sebraes do Nordeste (Abase/ NE), visando levantar e analisar informaçþes essenciais VREUH R SHUÀO GHVVH S~EOLFR contribuindo para a avaliação de açþes desenvolvidas pelas Unidades de Conhecimento e

Acesse:

tribunahoje.com

A informação que você não tinha no seu dia-a-dia

Com o objetivo de movimentar a RegiĂŁo Norte do Estado durante o perĂ­odo de baixa temporada, serĂĄ realizada, em Maragogi e Japaratinga, a 3ÂŞ edição do Festival GastronĂ´mico da Lagosta. O evento ĂŠ uma estratĂŠgia que vem dando certo, pois oferece aos turistas a oportunidade de conhecer as praias paradisĂ­acas, belas paisagens e os sabores de Alagoas. A abertura foi realizada ontem, no Hotel Salinas de Maragogi, e os restaurantes participantes oferecerĂŁo os pratos Ă  base de lagosta do dia 7 ao dia 15 deste mĂŞs. Ana Cristina Moreira, analista da Unidade de Atendimento Coletivo Turismo, Artesanato e Cultura do Sebrae Alagoas, explica que a aquisição dos cupons com descontos para os pratos serĂĄ feita na hora em que o consumidor estiver no restaurante. “Os estabelecimentos oferecem diferentes pratos, mas somente aqueles que tĂŞm lagosta ĂŠ que concederĂŁo descontoâ€?, atenta Ana Cristina. Ela diz, ainda, que o festival

se torna importante para a movimentação das cidades da regiĂŁo, pois aumenta a ocupação de pousadas e hotĂŠis, alĂŠm de estimular as apresentaçþes culturais. Durante os dias de evento tambĂŠm serĂŁo ministradas palestras sobre “Atendimento ao Clienteâ€?, “Liderançaâ€? e outros temas, alĂŠm de apresentaçþes culturais com grupos locais que serĂŁo realizadas, todas as noites, na Praça Santo AntĂ´nio. Os visitantes tambĂŠm poderĂŁo ter acesso aos produtos de artesanato local que serĂŁo vendidos em barracas nos municĂ­pios. Na primeira edição, dez restaurantes foram inscritos, e 340 pratos Ă  base de lagosta foram consumidos. Na segunda, o nĂşmero de restaurantes aumentou para 14, e a consumação chegou a 1.230 pratos. Neste ano, foram inscritos 15 restaurantes, e a expectativa para o nĂşmero de pratos consumidos ĂŠ ainda maior. Desde o primeiro ano, o festival conta com apoio do Arranjo Produtivo Local (APL) Costa dos Corais.


TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - QUINTA-FEIRA, 6 DE SETEMBRO DE 2012

ESPORTES 15

Palmeiras e Sport no jogo do desespero Concorrentes diretos para não cair para a Segunda Divisão, adversários estão pressionados no Campeonato Brasileiro

C

oncorrentes diretos para não cair para a Segunda Divisão, Palmeiras e Sport farão um dos jogos mais decisivos da 22ª rodada do Campeonato Brasileiro 2012, hoje, às 21h, no Pacaembu. Caso consiga a vitória, o Palmeiras passa o time pernambucano e ajuda muito na sua luta para sair da zona de rebaixamento. Atualmente, o Verdão tem 17 pontos e o Sport tem 19, e estão em 18ª e 17ª posição, respectivamente. Felipão continua com problemas para conseguir escalar o time titular, mas a evolução nos últimos jogos é notória, mas o azar também está presente, visto que nos jogos contra Grêmio, Portuguesa e Santos o time jogou bem, mas não conseguiu converter isso em resultado positivo, conquistando somente 1 ponto nos 9 disputados. O grande desfalque será Hernán Barcos, que levou o terceiro cartão amarelo e será

substituído por Obina, que ainda não conseguiu decidir os jogos para o Verdão. Já o Sport, que vem de grande vitória contra o Santos, na Ilha do Retiro, tenta somar pontos, para que o Coritiba, que já tem 3 pontos de vantagem, não fique ainda mais distante. A torcida lamenta que a troca de Waldemar Lemos não ocorreu antes, pois com Wagner Mancini o time não conseguia jogar tudo o que vem jogando agora. O Palmeiras já trata o jogo como uma final e faz contas para se livrar do rebaixamento. O zagueiro Maurício Ramos disse nesta segunda-feira que para fugir da Série B de 2013 o time precisa alcançar 42 pontos, número que nas duas últimas edições foi suficiente para se garantir na Série A. “A partida contra o Sport é um jogo de seis pontos, é o jogo das nossas vidas.”, afirmou o jogador. “Nós, os jogadores, nos cobramos muito pela fase ruim do time e queremos esca-

par dessa”, contou. O PALMEIRAS Sport encerrou ontem os preparativos para o difícil jogo contra o Palmeiras. O técnico Waldemar Lemos comandou uma movimentação tática no campo principal da Ilha do Retiro, mas não definiu a equipe que entra em campo de frente contra o Verdão. Quatro jogadores estão suspensos. O lateral-direito Cicinho e os volantes Rithely e Naldinho levaram o terceiro cartão amarelo contra o Santos, no último domingo, quando o Leão venceu por 2x1. Já Edcarlos foi expulso. Por outro lado, o zagueiro/lateral William Rocha, o volante Rivaldo e o atacante Gilberto voltam a ficar à disposição. As principais dúvidas na escalação do time são em relação à defesa. William Rocha e Renê disputam uma vaga na lateral esquerda. Lembrando que William também é opção para a zaga, assim como Bruno Aguiar.

UOL

Sport venceu o Palmeiras no jogo do primeiro turno do Brasileirão disputado na Ilha do Retiro, em Recife TERRA

NO ENGENHÃO

Terezinha dá volta por cima e garante o ouro

Fluminense encara o Santos para permanecer entre os primeiros O Fluminense, segundo colocado no Campeonato Brasileiro de 2012, recebe o Santos hoje, às 21h, no Engenhão, pela vigésima segunda rodada do torneio, a segunda da fase de returno. O time das Laranjeiras empatou com o Figueirense na última rodada e perdeu a chance de assumir a ponta da tabela, já que o Atlético Mineiro, que é o líder, perdeu para o Corinthians. O tricolor carioca precisa vencer para continuar seguindo de perto o primeiro colocado e para isso conta com os gols de Fred, artilheiro do campeonato com 20 gols.

O Santos, após vencer o Campeonato Paulista de 2012 no começo do ano, não apresenta boa campanha no torneio nacional. O Peixe está na trigésima terceira colocação com 23 pontos acumulados em 21 rodadas. Longe do G4, o time briga para se manter afastado da zona de rebaixamento e para isso precisa fazer uma campanha melhor do que a apresentada no primeiro turno. O alvinegro praiano conta com o artilheiro André, que já balançou as redes por 4 vezes na competição. O Santos sofreu derrotas para Bahia (3 a 1, na Vila Belmiro) e Sport (2 a 1, em

Recife). O atacante André destacou que o time precisará ter calma e jogar de forma cautelosa para não voltar a ser derrotado diante de um rival que hoje divide a liderança da competição com o Atlético-MG. “O Fluminense é um grande time e não poderemos nos expor muito. Temos de ter paciência para marcar e qualidade para aproveitar as chances que surgirem”, afirmou o jogador, cujo primeiro gol como profissional foi marcado contra o time das Laranjeiras, em 2009, quando ele iniciava a sua trajetória pela equipe principal do Santos. G1

Santos está no desespero e Fluminense quer se manter no topo

BELFORT X JONES

Dana White espera uma luta ‘insana’ pelo cinturão

Jon Jones defende seu cinturão diante do lutador brasileiro Vitor Belfort no dia 22 de setembro

PARALIMPÍADA

Deixando para trás a polêmica que resultou no cancelamento do UFC 151, o presidente Dana White já voltou suas atenções para o próximo grande duelo da organização. Em entrevista ao programa de TV ‘’UFC Tonight’’, ele elogiou Vitor Belfort e previu um grande luta contra o americano Jon Jones, o atual campeão dos meio-pesados, que será realizada no UFC 152, no dia 22 de setembro, em Toronto, no Canadá. O chefão, no entanto, deixou escapar uma pequena crítica ao estilo do brasileiro, que, segundo ele, às vezes peca na movimentação e não parte com tudo para cima dos adversários, algo que teria plenas condições de fazer: “Eu acho que Vitor é in-

crivelmente talentoso e pode acabar com uma luta contra qualquer um. O problema é que ele ‘’congela’’ muito. Ele vai chegar lá e vai ficar olhando para você em vez de deixar suas mãos fazerem o trabalho. Se ele for lá e fizer o que pode e Jon Jones também, independentemente do que aconteceu com o UFC 151, vai ser uma luta insana”, disse Dana White. Dana voltou a enaltecer o fato de Vitor Belfort ter sido o único brasileiro a aceitar o combate, depois das recusas de Lyoto Machida e Mauricio Shogun. De acordo com ele, o carioca ainda está engasgado com a derrota sofrida diante do compatriota Anderson Silva na disputa do cinturão dos médios, em fevereiro do ano passado.

Do solo ao topo do pódio. Em uma competição marcada por histórias de quem ignorou as dificuldades para vencer na vida, Terezinha Guilhermina e Guilherme Santana usaram a velocidade para provar que não é preciso um passado trágico para bater no peito orgulhoso de uma volta por cima. Menos de 24 horas após viverem momentos de frustração com a queda do guia, que recebeu a solidariedade da velocista, nos 400m rasos T12, a dupla voltou ao Estádio Olímpico e pintou de dourado sua última imagem nas Paralimpíadas de Londres. Com 12s01, levaram a melhor nos 100m T11, quebraram o recorde mundial (12s04) e voltam para casa com dois ouros e a sensação de dever cumprido. Com “maria-chiquinha” no cabelo e a sua alegria de sempre, Terezinha fez a festa e vibrou muito com mais essa conquista. “Foi muito especial ter conquistado esse ouro depois de tudo que aconteceu ontem. Pude mostrar ao mundo que um dia podemos chorar, mas no outro temos a oportunidade de sorrir, de dançar... Essa medalha foi um presente, o sabor bem mais especial. Queria voltar para o Brasil sorrindo, e tenho um motivo enorme para isso agora”, comemorou a brasileira ao lado de seu guia, que também mostrou perserverança. O pódio da prova mais veloz para cegas dos Jogos foi todo brasileiro: Jerusa Santos, com o guia Luiz Henrique Barboza, cravou 12s75 e ficou com a prata, enquanto Jhulia Santos, com o guia, Fábio Dias de Oliveira, foi bronze, com 12s76.

GALÁTICOS

Real Madrid tenta contornar crise ‘financeira’ Imprensa diz que permanência de Kaká impediu o aumento de salário de C. Ronaldo Se Cristiano Ronaldo afirmou estar triste no Real Madrid por se sentir sem apoio dos companheiros de equipe, o clube levou azar ao tentar, sem sucesso, valorizar mais o atacante financeiramente. A cúpula merengue contava com a venda do brasileiro Kaká para preparar um aumento de vencimentos para o atleta português, mas teve

de segurar a renovação de contrato. A informação é do diário espanhol As, que afirma que o clube pensava em fazer um novo e recheado acordo com Cristiano mesmo antes do final da janela de transferências, mas, para isso, era primordial a venda de Kaká. Como isso não aconteceu, o clube continua a pagar os altos salários para o brasileiro (9 mi-

lhões de euros, assim como o próprio Ronaldo), o que impediu a ação da direção do time espanhol. O jornal afirma, ainda, que tanto a cúpula do Real como o técnico José Mourinho estavam convencidos de que Kaká deixaria Madri. O que os teria feito acreditar na saída do meia-atacante brasileiro foi a reunião do treinador português

com Kaká e seu pai, no dia 23 de julho, quando Mourinho teria deixado claro a eles que não tinha o jogador em seus planos. Apesar disso, a falta de ofertas pelo atleta fez com que ele não fosse negociado. Mesmo Kaká afirmando ser amigo de Cristiano Ronaldo e demonstrando apoio ao português no “triste” momento de sua carreira, ele

teria sido causador de outro problema para o Real Madrid: a equipe de basquete do clube também contava com o dinheiro da venda do brasileiro, para reforçar o seu elenco com um ou mais pivôs, mas, a exemplo de Cristiano Ronaldo, o time, que no basquete também tem como grande rival o Barcelona, ficou a ver navios.

Kaká afirma que é amigo de Cristiano Ronaldo


16

ESPORTES

MACEIÓ - QUINTA-FEIRA, 6 DE SETEMBRO DE 2012

Esportes

TRIBUNAINDEPENDENTE

ASA terá retorno de Edson Veneno para confronto no interior de Minas Gerais O time do ASA viajou ontem para o interior de Minas Gerais, onde nesta sexta-feira (7), ás 19h30, enfrentará o Boa Esporte Clube pela 23ª rodada da série B. O time arapiraquense venceu esta semana mais uma partida em seus domínios, desta vez a vítima foi o modesto Ipatinga, que foi goleado por 3 a 0. Para o duelo contra o Boa o técnico Nêdo Xavier terá o retorno do zagueiro Edson Veneno, que cumpriu suspensão automática. Estão ainda relacionados os goleiros Gilson e Jonatas; os laterais Gabriel e Chiquinho Baiano; os zagueiros Wallisson, Fabiano, Audálio e André Nunes; os volantes Cal, Lucas e Jorginho; os meias Didira, Valdívia e Davi Ceará; e os atacantes Roberto Jacaré, Rogério Maranhão, Henry e Lúcio Maranhão.

CRB faz hoje treino ‘noturno’ no Rei Pelé 7pFQLFR3LQWDGRFRPHoDGH¿QLURVWLWXODUHVGR*DORSDUDRGXHORGHVWHViEDGRFRQWUDRSHULJRVRWLPHGR*RLiV

F

im de festa, hora do trabalho. A vitória sobre o Guaratinguetá já é passado no CRB. O foco agora está no duelo contra o Goiás, neste sábado, às 16h20, no Estádio Rei Pelé. A delegação chegou ontem à tarde e teve folga na manhã desta quinta. À noite, às 18h, o técnico Pintado realiza um treinamento no Estádio Rei Pelé, onde começa a definir os titulares. O próprio treinador já falou que não vai mexer muito no time que atuou no interior paulista. Mas ele tem um problema na lateral-direita. O volante Diego Aragão, que estava improvisado na posição, tomou o terceiro amarelo e está fora do jogo. O zagueiro Ednei deve se manter no time após a lesão de Rodrigão, que fica afastado dos gramados por quatro semanas. Pintado tem as voltas de Chulapa e Gleidson. Outro que vive a expectativa de estrear é Carlinhos Bala. “Temos que resolver o problema da lateral-direita. As outras posições estão bem. Posso até pensar em promover o garoto Paulo da base”, revelou o treinador.

ASCOM CRB

PREPARATIVOS

Lorival espera melhora dos atacantes do CSA

Carlinhos Bala e Aloísio Chulapa vivem a expectativa de serem escalados para o jogo deste sábado contra o Goiás no Estádio Rei Pelé

Após o susto do início da semana, o técnico Lorival Santos espera a melhora dos atacantes do CSA. Warley sentiu um desconforto muscular, Paulinho Macaíba, Júnior Paraíba e Wagner se machucaram. Todos foram tratados e podem voltar hoje aos trabalhos. Pela manhã o Azulão tem folga e faz um coletivo à tarde no Estádio Rei Pelé. Se nenhum deles se recuperar até a véspera do jogo, Lorival vai improvisar com com Safira, Washington e Robério. A direção pediu que todos os jogadores se limitem a dar entrevistas sem fazer comentário algum a respeito do Campinense. “Neste momento o que menos importa é polemizar. O time tem é que se preparar para o jogo que vai determinar o futuro do CSA”, disse o presidente em exercício, Cícero Eugênio.


TRIBUNAINDEPENDENTE

0$&(,Ï48,17$)(,5$'(6(7(0%52'( DIVERSÃO&ARTE

Após cirurgia, John Mayer vai ¿FDUVHLVPHVHVVHPFDQWDU

Os Rolling Stones anunciam coletânea ‘Grrr!’ com hits e duas inéditas

O cantor John Mayer D¿UPRXSRUPHLRGHVHX7XPEOU TXH¿FDUiVHLVPHVHVVHPFDQWDU6HJXQGRRMRUQDO³86$ 7RGD\´0D\HUSDVVRXSRUXPDFLUXUJLDSDUDH[WUDLUXP JUDQXORPDQDVFRUGDVYRFDLVQRGLDGHDJRVWR(VWDp DVHJXQGDFLUXUJLDSHODTXDORFDQWRUSDVVDSDUDWUDWDUR JUDQXORPD$SULPHLUDIRLUHDOL]DGDHPRXWXEURGH

2V5ROOLQJ6WRQHVDQXQFLDUDPQHVWDWHUoDIHLUD  HPVHXVLWHR¿FLDORODQoDPHQ WRGRGLVFR³*UUU´FRPRVJUDQGHVVXFHVVRVGDEDQGDHGXDVP~VLFDVLQpGLWDV $FROHWkQHDTXHID]SDUWHGDFRPHPRUDomRGRFLQTXHQWHQiULRGDEDQGDFKHJDUi jVORMDVGRPXQGRLQWHLURHPGHQRYHPEURQRV(8$XPGLDGHSRLV³*ORRP DQG'RRP´H³2QH/DVW6KRW´VmRRVWtWXORVGDVGXDVIDL[DVQRYDVJUDYDGDV SHORV6WRQHVHP3DULVQRPrVSDVVDGRGHDFRUGRFRPVLWHGDEDQGD)RLD SULPHLUDYH]TXH0LFN-DJJHU.HLWK5LFKDUGV&KDUOLH:DWWVH5RQQLH:RRGVH UHXQLUDPHPHVW~GLRGHVGHTXH¿QDOL]DUDPRGLVFR³$%LJJHU%DQJ´HP

1

NOSTALGIA '(80 3$66$'2 RECENTE

O

ÀOPHGHDSRFDOLSVHH VHXVXEJrQHURGRWHUURU GHPRUWRVYLYRVQXQFD HVWHYHWmRYLYRQDFXOWXUD SRS$LGHLDGHXPDVRFLHGDGHHP IUDQJDOKRVHPTXHWXGRRTXHDV SHVVRDVWrPpRRXWURVHPRDSRLR GHWHFQRORJLDJRYHUQRRXPtGLD GHPRQVWUDXPDFHUWDQRVWDOJLD GHXPSDVVDGRUHFHQWHHPTXHR FRQYtYLRH[LVWLDGHPDQHLUDItVLFD VHPDLQWHUIHUrQFLDWHFQROyJLFDTXH YLYHPRVGLDULDPHQWHKRMH &RPDVIDFLOLGDGHVGRFRQWDWR GLJLWDOGDVXEVWLWXLomRGDFRQYHU VDSHOR´FKDWµHFRPRSDSRSDUD FRORFDUDVQRYLGDGHVHPGLDVHQGR VXSULGRSHORDFRPSDQKDPHQWRGD ´DWXDOL]DomRGHVWDWXVµPLOrQLRV GHFRQYtYLRItVLFRVmRGHL[DGRVGH ODGRXPDHYROXomRUiSLGDGHPDLV SDUDVHUDEVRUYLGD'DtDSURGXomR FDGDYH]PDLRUGHREUDVHPTXHR WHPDpDQHFHVVLGDGHGHFRQWDWR 3URFXUDVH8P$PLJR3DUDR )LPGR0XQGR 6HHNLQJD)ULHQG IRUWKH(QGRIWKH:RUOG  OHYDHVVDPHODQFyOLFDFRQVWDWDomR DXPQRYRSDWDPDU1HOHGRLV HVWUDQKRV6WHYH&DUUHOOH.HLUD .QLJKWOH\HQFRQWUDPVHSRUDFDVR

/RQJD DPHULFDQR PRVWUDTXH TXDQGRR ¿PHVWiSUy[LPR DOLEHUGDGH VHWRUQD HVVHQFLDOSDUDR KRPHPPHVPR TXHH[DJHUDGD

jVYpVSHUDVGDFKHJDGDGHXPDV WHURLGHj7HUUDTXHYDLDFDEDUFRP WRGDDYLGDGRSODQHWD 3DUWHGRDSHORGRÀOPHpDDP ELHQWDomRFULDGDSHODURWHLULVWDH GLUHWRUD/RUHQH6FDIDULD GH1LFN  1RUDK8PD1RLWHGH$PRUH0~ VLFD 1DVLWXDomRFULDGDSRUHODR PXQGRVHGLYLGHHQWUHDVSHVVRDVTXH EXVFDPYLYHULQWHQVDPHQWHGHSRLV GHDQRVGHPDUDVPRRVGHSULPLGRV LQFDSD]HVGHDFHLWDUVHXGHVWLQRHDV WXUEDVUHYROWDGDVTXHGHFLGHPVH DSURYHLWDUGDVLWXDomR 0DVKiWDPEpPDTXHOHVTXH FRQWLQXDPYLYHQGRFRPRVHQDGD HVWLYHVVHDFRQWHFHQGRTXHVHJXHP QDPHVPDWRDGDGHGHVLOXV}HVGH URPSLPHQWRVDPRURVRVHSDUHFHP DOKHLRVDRÀPGHWXGRIRFDGRVDSH QDVHPODPHQWDUVHXVSUySULRVSUR EOHPDV &RPRUHIRUoRGHXPHOHQFRGH DSRLRGHTXDOLGDGH TXHLQFOXL0DU WLQ6KHHQ0DUN0RVHV$GDP%URG\ :LOOLDP3HWHUVHQH3DWWRQ2VZDOG  RVSURWDJRQLVWDVYLYLGRVSRU&DUUHOO H.HLUDLQWHJUDPH[DWDPHQWHHVVH ~OWLPRJUXSR(OHXPYHQGHGRUGH VHJXURVVROLWiULRV(ODXPDLPLJUDQ WHLQJOHVDGHHVStULWROLYUH2ÀOPH

DFRPSDQKDRVHPXPDMRUQDGDGH DFHLWDomR $QRVWDOJLDGRFRQWDWRpVHQWLGD DRORQJRGRÀOPHTXHDSURYHLWD SDUDUHIRUoDUDUHJUHVVmRWHFQROy JLFDWDPEpPDWUDYpVGDP~VLFD $SHUVRQDJHPGH.HLUDDQGDR WHPSRWRGRDEUDoDGDDRVVHXV/3V HH[SOLFDFRPRUHFRQKHFHUXP ERPYLQLOTXDQWRPDLVJURVVRR GLVFRVmRPDLVIXQGRVRVVXOFRVR TXHPHOKRUDDTXDOLGDGHGRVRP 4XDQWRPDLV´ItVLFRµPHOKRU 2UDOHYHPHQWHF{PLFRRUD URPkQWLFRHGUDPiWLFRPDVVHP SUHVDWLVIDWRULDPHQWHHTXLOLEUDGR VHPIRUoDUDEDUUDSDUDH[WUDLU HPRomR3URFXUDVH8P$PLJR 3DUDR)LPGR0XQGRpWDPEpP VXUSUHHQGHQWHPHQWHEHPHVWUX WXUDGRFRPXPDLQHVSHUDGDH KRQHVWtVVLPDUHYLUDYROWDTXHQmR DIURQWDRVSHUVRQDJHQVRXDVLWXD omRFULDGD (PWHPSRVHPTXHODPHQWDPRV QRVVRGHVWLQRDWUDYpVGRWHUURU TXDQGRWHPRVQRVVRVSpVSX[DGRV SRUPRUWRVYLYRVSDUDOHPEUDUQRV GRTXmRDQWLQDWXUDOpDVRFLDOL]D omRSRUWHODVpUHYLJRUDQWHDVVLV WLUDXPÀOPHDVVLP


2

DIVERSĂƒO&ARTE

TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIĂ“ - QUINTA-FEIRA, 6 DE SETEMBRO DE 2012

Mr. Catra A casa de shows Musique (Stella Maris) abriga a festa ‘Fabulosa E-Vegas Maceió’, que tem como atração principal o show do cantor de funk Mr. Catra. Ele anda fazendo sucesso em vĂĄrias partes do Brasil. No dia 21 de setembro, a partir das 22h. Preços: R$ 35 (ĂĄrea vip tĂŠrreo) e R$ 60 (mezanino 1Âş Andar). Vendas no stand Folia Brasil (GBarbosa Stella Maris). Mais informaçþes: 3377-1886.

Gal Costa A Sue Chamusca Arte & Assessoria estĂĄ anunciado o novo show da cantora Gal Costa em MaceiĂł. A apresentação de “Recantoâ€? estĂĄ marcado para o dia 15 de setembro. A base do show ĂŠ o ĂĄlbum homĂ´nimo, mas ela passeia por sucessos de 40 anos de carreira. Ainda nĂŁo foram divulgados horĂĄrios, local e valor dos ingressos. É sĂł aguardar. Mais informaçþes: (82) 3235-5301.

Sonic Junior lança 2VXUSUHHQGHQWH6RQLF-XQLRUMiHVWiFRPQRYRWUDEDOKRQDSUDoDRiOEXP¾,QVSLUHœTXHRSUySULRDUWLVWDGH¿QHFRPR¾WDPEpPRDWRGHLQLFLDUDVREUHvivência física, completando um ciclo em que absorver, interiorizar e expirar permita a criação de uma nova obra’. O show de lançamento estå marcado para as 21h do próximo dia 14 de setembro, no Oråkulo (antiga Praça Rayol, Jaraguå). A noite ainda conta com DJs e a banda Alma de Borracha. Preço: R$ 30 e R$ 15 (meia-entrada). Mais informaçþes: 3326-7616.

Rock pesado

ForrĂł e Brega

TĂŞte Ă  tĂŞte

Devassas

Em turnê com o show comemorativo dos 30 anos de carreira, a banda de hardcore sacode Maceió no dia 21 de setembro. A partir das 22h no palco da casa Oråkulo (antiga praça Rayol, Jaraguå). Mais Informaçþes: 3326-7616.

A noite do próximo dia 14 de setembro no palco da casa Musique (Stella Maris) serå marcado pelo forró eletrônico rasgado do Galã do Brega e os sucessos da banda Forró dos Plays, que aproveita o show para gravar o novo DVD em Maceió. A noite ainda conta com a banda alagoana Cannibal. A partir das 22h. Preços: R$ 160 (camarote) e R$ 80 (pista). R$ 80 e R$ 40 (meia-entrada). Vendas: Folia Brasil (GBarbosa Stella Maris), Viva Alagoas (Maceió Shopping) e Fuzhou (Påtio Maceió). Mais informaçþes: 9306 -9306.

Fotos e telas dos artistas Suel e Locicks estarão expostas na Galeria Cesmac de Arte Fernando Lopes. A H[SRVLomR¿FDUiDEHUWDDR S~EOLFRGDVKjVK$JDOHULD¿FDORFDOL]DGDQD5XD Cônego Machado, no bairro do Farol. Mais informações: (82) 3215-5094.

A atriz Ivana Iza volta ao palco do Teatro Deodoro com a comĂŠdia “Devassas – O que as mulheres JRVWDULDPTXHÂż]HVVHPFRP elas na camaâ€?. Direção de FlĂĄvio Rabelo. De 27 a 30 de deste mĂŞs. K TXLQWDDViEDGR KQR GRPLQJR2VLQJUHVVRVHVWmRj venda no stand Sue Chamusca ou na bilheteria do teatro.

Arte Popular O trabalho de João das Alagoas, mestre do patrimônio vivo do Estado e renomado escultor de barro, estará exposto no Museu Palácio Floriano Peixoto (Mupa) até o próximo dia 7 de setembro. A mostra da Secretaria de Estado da Cultura (Secult) também expõe telas do pintor Ricardo Nascimento, que retratam imagens que representam a cultura popular de Alagoas. O Museu Palácio Floriano Peixoto está localizado na Praça Marechal Floriano Peixoto, QR&HQWURFRPYLVLWDomRWRGDVjVWHUoDVHTXDUWDV SRGHQGRIXQFLRQDUDWpDVKFRPDJHQGDPHQWRDQWHFLSDGR TXLQWDVHVH[WDVIHLUDVGDVjVKH ViEDGRVGRPLQJRVHIHULDGRVGDVjVK$HQWUDGDpJUDWXLWD FALE CONOSCO - A Agenda é um serviço gratuito de orientação ao leitor. Os interessados em divulgar eventos, shows e exposições podem enviar material através do endereço: tiagenda@hotmail.com

RESUMO DE NOVELAS GLOBO 18h AMOR ETERNO AMOR

A emissora nĂŁo forneceu o resumo deste capĂ­tulo.

GLOBO 19h CHEIAS DE CHARME

Penha descobre que foi injusta com Gilson. Cida SDUWLFLSDGHXPGHVÂżOH)DELDQUHFODPDFRP,QiFLR por ter saĂ­do com suas fĂŁs. Chayene fala para Socorro nĂŁo contar a ninguĂŠm que cantarĂĄ com ela no show de Luan Santana. Sarmento se emociona com o apoio de Cida. Chayene estranha o comportamento de Socorro. Tom descobre a farsa de ,QiFLRFRPVXDVImV5RViULRÂżFDFRPFL~PHVGH InĂĄcio/Fabian com Scarlet. InĂĄcio se livra do ponto eletrĂ´nico e manda um recado para Chayene por Eloy. Penha encontra Gilson no ChopeokĂŞ.

GLOBO 21h AVENIDA BRASIL

Tufão pede Nina em casamento. Ivana acusa a cozinheira de tentar seduzir os homens da família, e Jorginho tenta defender a namorada. Janaína incentiva Nina a aceitar o pedido de Tufão. Carminha H0D[FRPELQDPXPJROSH-DQDtQDÀDJUD0D[IDlando com Nina. Tufão não consegue disfarçar a tristeza ao se despedir da cozinheira. Verônica expulsa &DGLQKRGHFDVD1LQDIDODSDUD-RUJLQKRTXH¿FRX abalada com a declaração de Tufão. Noêmia discute com Cadinho. à gata e Tufão conversam. Carminha confronta Nina no apartamento de Jorginho.

RECORDE 21h MĂ SCARAS

Eliza decide continuar a viagem, mesmo depois de ver a foto de Tavinho. Johnny e Novais tentam impedir Otåvio (Martim) de ir ao aeroporto. Eliza ameaça Fausto e pede em troca a localização de Tavinho. Otåvio (Martim) e Bing Blond se encontram no aeroporto e acreditam que Eliza embarcou. Luma diz a Sotero que (GXDPDDSHQDV7{QLD-RVp0DULDDEUHRED~ e encontra os pertences que estavam com ZezLQKRQRGLDGRDFLGHQWH(OL]D¿QJHVHUPmHGH Tavinho e leva o menino para a casa de ValÊria.


TRIBUNAINDEPENDENTE

0$&(,Ă?48,17$)(,5$'(6(7(0%52'( DIVERSĂƒO&ARTE

3

JOĂƒO COTTA/GLOBO

FLĂ VIO RICCOFRODERUDomR-RVp&DUDORV1HU\ZZZWZHWWHUFRPĂ€DYLRULFFR

9LDJHPGR*LOEHUWR%DUURV DR5LRYLUDDYHQWXUDSHULJRVD

G

TV TUDO Mudança no esporte 1 &DUORV*RPHVR&*QmRpPDLV

ilberto Barros foi acompanhado da sua GLUHWRUGHHVSRUWHVGD%DQGHLUDQWHV HTXLSH DR 5LR GH -DQHLUR XWLOL]DQGR R 2FDVRYLQKDVHDUUDVWDQGRKiDOJXP KHOLFySWHUR GD 5HGH 79 SDUD QHFHVViULD WHPSRHDJRUDGHSRLVGHXPSHUtRGR GHIpULDVVDLXRFRPXQLFDGRGRVHX “visita tĂŠcnicaâ€? a uma ilha onde se pretende gra- GHVOLJDPHQWR &HQRJUDÂżDpGHVWDTXH YDU DOJXQV HVSHFLDLV GH Ă€P GH DQR 1D LGD YRR 2FDUJRSRUHQTXDQWRHVWiYDJR 3URGXWRVGHEHOH]DFDEHORHÂżJXULQRVQmRVmRRV~QLFRVLWHQVTXH WUDQTXLOR &pX GH EULJDGHLUR HP FLPD H PDU GH 0DVQmRIDOWDPSUHWHQGHQWHVDHOH FKDPDPDWHQomRGRS~EOLFRGHSURJUDPDVGD*ORER $FHQRJUDÂżDWDPEpPpXPVHWRUPXLWRSURFXUDGRQD&$7&HQWUDOGH $OPLUDQWHHPEDL[RWXGREHOH]D5HDOL]DGRRWUD$WHQGLPHQWRDR7HOHVSHFWDGRU Mudança no esporte 2 balho, todos a bordo novamente para a viagem de 1R7RS7HQTXHVHUiGLYXOJDGRVHPDQDTXHYHPLUmRDSDUHFHUDVSROWURYROWDHIRLDtTXHRSUREOHPDRXGUDPDFRPHoRX 'HDFRUGRFRPRTXHWDPEpPIRL QDVFRORULGDVXVDGDVQRÂł(QFRQWURFRP)iWLPD%HUQDUGHV´RTXDGURFRP (PSOHQRYRRRWHPSRIRLIHFKDQGRFKHJDUDPDV LQIRUPDGRDWRGRVDSDUWLUGHDJRUD RGHVHQKRGD5RViULR /HDQGUD/HDO HPÂł&KHLDVGH&KDUPH´HDOXÂżFDUmRVREDUHVSRQVDELOLGDGHGRGLFKXYDV H R SLORWR GHVYLRX R WUDMHWR WHQWDQGR HQ- UHWRUGHSODQHMDPHQWR-XFD6LOYHLUD PLQiULDUHGRQGDGDVDODGH9HU{QLFD 'pERUD%ORFK HPÂł$YHQLGD%UDVLO´ MUNIR CHATACK / RECORD FRQWUDUPHOKRUHVFRQGLo}HV(PYmR$DHURQDYH RVWUDEDOKRVTXHGL]HPUHVSHLWRD Ă€FRXYRDQGRHPFtUFXORVGDVKjVKVHP 0XQGLDOGH&OXEHV0XQGLDOGH H2OLPStDGDGH FRQVHJXLUYHQFHUD6HUUDGDV$UDUDV0HVPRFRP ,QFOXVLYHRVRUoDPHQWRVGHFDGDXP XP FRPDQGDQWH H[SHULHQWH j IUHQWH GRV WUDEDO- GHVVHVHYHQWRV KRVDSUHRFXSDomRIRLHQRUPH(RPHGRWDPEpP 3RUĂ€PWRGRVIRUDPSDUDUQR*XDUXMiHGHOi No ar em meio a calmantes e copos de ĂĄgua com açúcar, $*ORERMiLQLFLRXDFDPSDQKDGH RSWDUDPSRUYROWDUjVHGHGDHPLVVRUDHP2VDV- ODQoDPHQWRGRÂł7KH9RLFH%UDVLO´ 'HVGHD~OWLPDWHUoDIHLUDHVWmRQR FRHPFDUURVDOXJDGRV DUDVSULPHLUDVFKDPDGDVDSUHVHQWDQGRRVLQVWUXWRUHVGRSURJUDPD &OiXGLD/HLWWH'DQLHO/XOX6DQWRVH &DUOLQKRV%URZQ

Agora vai )LQDOPHQWHMiH[LVWHPRUGHQVQR 6%7SDUDGDULQtFLRDRVWUDEDOKRV GHSURGXomRGR%R]R$WpHQWmRR VLOrQFLRHPWRUQRGHVVHDVVXQWRHUD FRPSOHWR 1mRKiQRHQWDQWRSHORPHQRVDWp DJRUDQHQKXPDLQIRUPDomRVREUH GDWDGHHVWUHLDHKRUiULRQDJUDGHGH SURJUDPDomR

Foi bem ³7DSDV %HLMRV´UHSHWLXQD WHUoDIHLUDRVHXUHFRUGHGH DXGLrQFLDFRPSRQWRVGH PpGLDHGHVKDUH±SDUWLFLSDomRQRQ~PHURGHWHOHYLVRUHV OLJDGRV 1RKRUiULRR6%7¿FRXHPVHJXQGRFRPHD5HFRUG HPWHUFHLURFRP

Foi mal $5HFRUGQmRIRLQDGDEHPFRP DHVWUHLDGR³ËGRORV´QDQRLWHGH terça. 1DIDL[DGHFRQIURQWRRSURJUDPDPDUFRXQRFRQVROLGDGR DSHQDV$WUiVGH*ORER H6%7

PALAVRAS CRUZADAS DIRETAS

www.coquetel.com.br Ficha com Raposa dados do paciente Serra do Sol (RR) (Med.)

Š Revistas COQUETEL 2012

Proteção de policiais Rede, em inglês

Acompanhamento servido com feijĂŁo

Noz, em inglĂŞs

Mitra do pontĂ­fice

País africano que Ê o maior produtor de cacau do mundo Situação que pode levar ao despejo do locatårio

Alvo das pesquisas de boca de urna Anima (?), festival de animação realizado aOvo, em nualmente no Brasil inglês

Símbolo de placas de trânsito Fase do sono Barracas de feira Divisão do tênis A última companhia ou esquadrão de um corpo militar

Pastor (abrev.) Peter (?), o menino que voa (Lit. inf.)

Interjeição que exprime lamento

Um, em espanhol

2.001, em romanos BovĂ­deo que habita o Sul da Ă frica

FenĂ´meno da foto Kirlian (Esot.)

Parte do ecossistema A classe socioRecarga econômica dos ricos para a embalagem Ritmo musical vazia originado do samba Doenças sexualmente transmissíveis

Argolas de cadeia

Tira o vestuårio Biltre; infame Armação desmontåvel de obras Animação (fig.) (?) Moreira, locutor

Comboio de proteção a uma autoridade

"Abelha", em "apicultura" Adriana Calcanhotto, cantora gaĂşcha

Boletim de OcorrĂŞncia (abrev.)

Ă“rgĂŁo de VirgĂ­nia registro de (?), vedete patentes brasileira (sigla)

42

Solução C N O N T U L E I T E T A T R E E T A G E G U N A N D I C A E S P E L A N O G A S C O L I D O D E A

B

M U A N U D I A U R D A S T A I R R

A C A R I O O R E S O T Z P A R D O M M R A R E FI I M S A N P A I

I N A D I M P L E N C I A

BANCO

Adobe (?), plataforma para “websites�

2/un. 3/air — egg — net — nut — set. 12/rabo de arraia. 13/costa do marfim.

Golpe da capoeira tambĂŠm chamado de meialua de compasso

"(?) o Homem", frase bĂ­blica

P R E S S E R V F A I N D V I G E N R A

Acusaram; denunciaram

“MĂĄscarasâ€?, com Miriam Freeland, tem conseguido em algumas ediçþes deixar a Record no segundo lugar de audiĂŞncia, o que comprova sua recuperação. A produção entra em suas Ăşltimas semanas no ar

Cinema 1

Cinema 2

$OJXPDVSHVVRDVDLQGDHVWUDQKDPTXDQGRDVVLVWHPÂżOPHV GD:DUQHUQD*ORERTXDQGR VHVDEHTXHH[LVWHXPYtQFXORDQWLJRGHVVDHPSUHVDFRP 6LOYLR6DQWRV0DVQmRKiQDGD GHDQRUPDO$FDGDUHQRYDomR GHFRQWUDWRR6%7LQGLFDTXDLV ÂżOPHVOKHLQWHUHVVDPHTXDLV SRGHPVHUOLEHUDGRV

1RPHLRGHWXGRLVVRH[LVWHXPFRPSOLFDGRURXOLPLWDGRUTXHpDÂłFODVVLÂżFDomRLQGLFDWLYD´ĂˆVYH]HVQmRWHP FRPRHQFDL[DUHVVHPDWHULDO -iSDUDD*ORERSRUH[HPSORR PDWHULDOGD:DUQHUpGHJUDQGHYDOLGDGHSULQFLSDOPHQWHQDÂł6HVVmRGD 7DUGH´6mRÂżOPHVSRUVHPDQD SRUPrVWRGRVREULJDWRULDPHQWHFRP ÂłFODVVLÂżFDomROLYUH´RXDWpDQRV

=LOXQD¿WD =LOX&DPDUJRH[PXOKHUGR=H]pPDLVXPDYH]IRLFRQYLGDGDSHOD%DQG SDUDLQWHJUDURHOHQFRGRUHDOLW\VKRZ³0XOKHUHV5LFDV´ 1DSULPHLUDHGLomRHODRSWRXSRUQmRSDUWLFLSDU$JRUDQDVHJXQGDTXH YHPSRUDtHVHSUHWHQGHUHXQLUXPQRYRJUXSRGH³ULFDV´D=LOX¿FRXGH SHQVDUHGHYHGDUXPDUHVSRVWDHQWUHKRMHHDPDQKm

HORĂ“SCOPO Ă RIES - (21/3 a 19/4) – O trĂ­gono /XD0HUF~ULRIDYRUHFHDVSDUFHULDV SURÂżVVLRQDLV3URFXUHSHVVRDVGH FRQÂżDQoD3RUpPDWHQVmRFRP 9rQXVVXJHUHTXHYRFrSHQVH GXDVYH]HVDQWHVGHID]HUJUDQGHV LQYHVWLPHQWRV TOURO – (20/4 a 20/5) –A asVRFLDomRHQWUH/XDH0HUF~ULRHQWUH VHXVLJQRHVXDiUHDVRFLDOSRGH ID]HUFRPTXHYRFrVLQWDYRQWDGH GHVDLUGDURWLQD3RUpPDWHQVmR FRP9rQXVVXJHUHTXHYRFrWHQKD FXLGDGRFRPDVDYHQWXUDV1RDPRU RUJDQL]HVHXVVHQWLPHQWRVSDUD QmRSHUGHUDFDEHoDFRPFRQĂ€LWRV GDURWLQDDGRLV0DQWHQKDRDIHWR HPSULPHLUROXJDUHWHQKDPDLV WUDQTXLOLGDGHSDUDUHVROYHUTXHVW}HV SHTXHQDV GĂŠMEOS – (21/5 a 21/6) – A FRQMXQomR/XD0HUF~ULRIDYRUHFHR SUD]HUHPVXDVUHODo}HVtQWLPDVH IDPLOLDUHV$SURYHLWHSDUDFRQYHUVDU HUHVROYHUDVTXHVW}HVSHQGHQWHV DVVLPFRPRSDUDVHGLYHUWLUHP IDPtOLD1RDPRUFRODERUHYRFr WDPEpPSDUDTXHDVPXGDQoDVHP VHXUHODFLRQDPHQWRDFRQWHoDP 3HUFHEDRTXHSUHFLVDVHUPXGDGR QDFRQYLYrQFLDDGRLVHVHMDPDLV Ă€H[tYHOFRPVHXSDU CĂ‚NCERÂą D Âą$SUHQGD DHQFDUDUPHOKRURVFRQĂ€LWRVSDUD QmRSHUGHUDFDEHoDFRPWDQWDIDFLOLGDGH'HPRQVWUHPDLVVHULHGDGH QDUHODomRGHL[DQGRRDPRUFUHVFHU HWUD]HUPXGDQoDVSRVLWLYDV LEĂƒO – D Âą2UJDQL]H VHXFRUDomRGHDFRUGRFRPDV QHFHVVLGDGHVGHVXDUHODomRQHVWH PRPHQWR7HQKDPDLVSDFLrQFLD GLDQWHGRVLPSUHYLVWRVHUHYHMDVHX FRPSRUWDPHQWRQHVWDVVLWXDo}HV VIRGEM – (23/8 a 22/9) – Lua e 0HUF~ULRHPWUtJRQRHQWUHVHXVLJQR HVXDiUHDHVSLULWXDOSRGHWUD]HU XPDYLVmRPDLVUHDOLVWDVREUHVXDV UHODo}HVSHVVRDLV3RUpPDWHQVmR entre Lua e VĂŞnus sugere que YRFrQmRGHL[HRDIHWRGHODGR1R DPRUQHVWHPRPHQWRpIDYRUiYHO TXHYRFrWRPHGHFLV}HVVHJXLQGR VHXFRUDomR,QYLVWDGHYHUGDGH SDUDTXHDVPXGDQoDVSRVLWLYDV DFRQWHoDPQDUHODomR7HQKDFDOPD HPDQWHQKDRHTXLOtEULR LIBRAÂą D ÂąeKRUDGH YDORUL]DUVHXHPSHQKRSDUDPDQWHU DVPXGDQoDVSHVVRDLVHPRUGHP

Vinícius Coimbra,GLUHWRUJHUDOGH ³/DGRD/DGR´VXEVWLWXWDGH³$PRU (WHUQR$PRU´HQVDLDFHQDFRPLåzaro Ramos e Milton Gonçalves,HPFLGDGH FHQRJUi¿FD$QRYHODHVFULWDSRU-RmR ;LPHQHV%UDJDH&OiXGLD/DJHHVWUHLD QDSUy[LPDVHJXQGDIHLUD

Bate-rebate ¡A TV Globo Internacional estreia o “Som Brasilâ€? na semana que vem. Ă‚2SULPHLURSURJUDPDGLDQDV $PpULFDVVHUiFRP=H]pGL&DPDUJR /XFLDQR ¡De acordo com as Ăşltimas informaçþes, a direção da Rede TV! desistiu de lançar este ano ainda o novo programa com Daniela Albuquerque e Gilberto Barros. Ă‚2TXHH[LVWHGHFRQFUHWRpD LQWHQomRGHFRQWDUFRPRVGRLV HPXPSURMHWR)DOWDSRUpPXP IRUPDWRTXHVyDJRUDFRPHoDDVHU SHQVDGR ¡Marcelo BonfĂĄ nĂŁo ĂŠ mais o produtor-executivo da Record News. Deixou a emissora. Teve um problema com ele. Ă‚Âł&RQH[mR5HSyUWHU´GR5REHUWR &DEULQLFKHJDKRMHjVXDÂ? HGLomRQR6%7FRPDH[LELomRGH XPHVSHFLDOGRVVHXVPHOKRUHV momentos. ¡Direção do SBT se reuniu na terça-feira. Todos saĂ­ram de boca fechada, mas foram discutidos aspectos da programação. Ă‚0RPHQWRVGDSDVVDJHPGR 0DUFHOR0pGLFLQR6%7QRVVHXV WHPSRVGHÂł$SUDoDpQRVVD´FRPR =RLQKRVHUmRPRVWUDGRVGRPLQJR QDHQWUHYLVWDSDUDRÂł'H)UHQWHFRP *DEL´ ¡A propĂłsito da Gabi, com todas as suas gravaçþes adiantadas, tanto no SBT como no GNT, ela se deu de presente um stop completo. SĂł volta na semana que vem.

&¡HVWÀQL $5HFRUGHVFODUHFHTXHVREUH DVPLOK}HVGHSHVVRDVTXH R³3URJUDPDGD7DUGH´SUHWHQGH DWLQJLUDOpPGDSRSXODomREUDVLOHLUD HVWmRRVWHOHVSHFWDGRUHVGD5HFRUG ,QWHUQDFLRQDO$tVLP 2³)DOD%UDVLO´DWXDOPHQWHDSUHVHQWDGRSRU$GULDQD5HLGH5REHUWD 3L]DFRQWLQXDFRPDXGLrQFLDPXLWR ERDQDVPDQKmVGD5HFRUG3HUPDQHFHH[DJHUDQGRQRVDVVXQWRV SROLFLDLVPDVYHPVHPDQWHQGR FRPQ~PHURVEHPH[SUHVVLYRV )LFDPRVDVVLP0DVDPDQKmWHP PDLV7FKDX

NOVIDADES 2UJDQL]HWDPEpPDVVXDVHPRo}HV DIDYRUGHVHXDPRU)DoDWXGRTXH IRUSRVVtYHOSDUDPDQWHURHTXLOtEULR GDUHODomR ESCORPIĂƒO – (23/10 a 21/11) – A KDUPRQLDHQWUH/XDH0HUF~ULRSRGH GHVWDFDUVXDFDSDFLGDGHGHOLGHUDQoDHDMXGDUSHVVRDVFRPSUREOHPDV3RUpPDWHQVmRGH9rQXV VXJHUHTXHWRPHFXLGDGRSDUDQmR DVVXPLURVSUREOHPDVGRSUy[LPR 1RDPRUpRPRPHQWRGHPDQWHUR DPRUHPSULPHLUROXJDU,QYLVWDVHX WHPSROLYUHSDUDFRQWRUQDURVFRQĂ€LWRVHQmRGHL[DUTXHHOHVDEDOHP DUHODomR1RIXWXURYRFrSRGHUi FROKHURVIUXWRVGHVXDGHGLFDomR SAGITĂ RIO – (22/11 a 21/12) – $SURYHLWHDKDUPRQLDOXD0HUF~ULR SDUDRUJDQL]DUVXDYLGDSURÂżVVLRQDO 7HQKDFXLGDGRDRWRPDULQLFLDWLYDVTXDQGRDTXHVWmRHQYROYHU RXWUDVSHVVRDV(ODVSRGHPUHDJLU FRQWUDDVVXDVDWLWXGHV1RDPRUR PRPHQWRpIDYRUiYHOSDUDHQFDUDU DVPXGDQoDVQDUHODomR7HQKD FRUDJHPGLDQWHGRVFRQĂ€LWRVVHPSUHTXHSRVVtYHO,QYLVWDHPVHX UHODFLRQDPHQWRHSULRUL]HRDPRU CAPRICĂ“RNIO – (22/12 a 19/1) – 5HDYDOLHVXDVDWLWXGHVHYDORUL]H RTXHOKHGiSUD]HU$SHQDVWHQKD FXLGDGRSDUDQmRHVTXHFHUGHVXDV UHVSRQVDELOLGDGHV1RDPRUQmR GHL[HTXHDVFRPSOLFDo}HVFRWLGLDQDVHDVPXGDQoDVGHKXPRUDEDOHPDUHODomR0DQWHQKDRFRQWUROH GDUHODomRHWHQKDPDLVDWHQomR FRPVHXDPRU AQUĂ RIO Âą D Âą3RGH VHUPXLWRERPTXHYRFrRUJDQL]H PHOKRUVXDVPXGDQoDVSHVVRDLV HUHSHQVHRPRGRGHHQFDUDUDV FRPSOLFDo}HVGDURWLQD,QYLVWDPDLV HPVHXURPDQFHHQRIXWXUR2VHX HVIRUoRDFDEDUiVHQGRUHFRPSHQVDGR PEIXES – (19/2 a 20/3) -O trĂ­gono /XD0HUF~ULRIDYRUHFHVXDFRPXQLFDomRHOKHDMXGDDHQWUDUHP DFRUGRFRPSHVVRDVSUy[LPDV 1DKRUDGHDMXGDUWRPHFXLGDGR SDUDQmRVHHQYROYHUQRVFRQĂ€LWRV DOKHLRV1RDPRUSURFXUHDGPLQLVWUDUPHOKRURTXHQmRID]VHQWLGR HPVHXUHODFLRQDPHQWR(WHQKD FXLGDGRSDUDOLGDUFRPRVFRQĂ€LWRV GHOH1mRSHUFDDSDFLrQFLDFRP TXHVW}HVSHTXHQDVHSUHVWHDWHQomRHPVXDVDWLWXGHV

Setembro traz muitos lançamentos para os fãs de rock

N

o hemisfĂŠrio Sul o mĂŞs de setembro traz a primavera, enquanto no Norte sigQLĂ&#x20AC;FDRĂ&#x20AC;PGDVIpULDVGH verĂŁo e uma avalanche de lançamentos da indĂşstria IRQRJUiĂ&#x20AC;FD9HMDDEDL[R alguns dos principais discos TXHFKHJDUmRjVORMDVH aos HDs nessa estação de retornos inesperados, consolidação (ou nĂŁo) de boas estreias e novas pĂŠrolas de UHQRPDGRVYHWHUDQRV 11/9 Bob Dylan - â&#x20AC;&#x153;Tempestâ&#x20AC;?: Aos 71 anos, Dylan lança seu 35Âş disco, â&#x20AC;&#x153;TemSHVWÂľQRGLD$FUtWLFDMi FODVVLĂ&#x20AC;FDRWUDEDOKRFRPRR melhor do bardo americano desde â&#x20AC;&#x153;Love and theftâ&#x20AC;?, de 2XoDDP~VLFD´'XTXHVQHZKLVWOHÂľ 17/9 The Killers â&#x20AC;&#x201C; â&#x20AC;&#x153;Battle Bornâ&#x20AC;?: ApĂłs um hiato de dois anos nos quais tocaram SURMHWRVVRORRVP~VLFRV voltam com o disco â&#x20AC;&#x153;Battle bornâ&#x20AC;?, com nome inspirado na inscrição da bandeira de Nevada, estado natal GDEDQGD2VLQJOH´5XQDwaysâ&#x20AC;? pode ser ouvido no <RX7XEH1RVLWHGDEDQGD os fĂŁs tĂŞm opção de comprar vĂĄrias ediçþes especiais do QRYRGLVFR Pet Shop Boys, â&#x20AC;&#x153;Elysiumâ&#x20AC;?: A veterana dupla de dance music lança seu 11Âş iOEXPGHHVW~GLRQRGLD 2ODQoDPHQWRGRGLVFRVHUi em Berlim, com a banda apresentando o ĂĄlbum na tQWHJUDQHVWDTXDUWDIHLUD

2VKRZVHUiWUDQVPLWLGR nesse link e o primeiro single, â&#x20AC;&#x153;Leavingâ&#x20AC;?, pode ser RXYLGRQR<RX7XEH Dinosaur Jr. â&#x20AC;&#x201C; â&#x20AC;&#x153;I Bet on Skyâ&#x20AC;?: Mais uma banda da safra de veteranos de YROWDHP$HGLomR especial do disco â&#x20AC;&#x153;I bet on skyâ&#x20AC;? com CD, LP, camisa e pĂ´ster autografado pela EDQGDMiHVWiHVJRWDGD 2XoDDFDQomR´:DWFKWKH FRUQHUVÂľQR6RXQGFORXG Grizzly Bear â&#x20AC;&#x201C; â&#x20AC;&#x153;Shieldsâ&#x20AC;?:$SyVRVXFHVVRGH´9Hckatimestâ&#x20AC;?, de 2009, o grupo americano de indie rock lança seu quarto ĂĄlbum, ´6KLHOGVÂľQRGLD2XoD os singles â&#x20AC;&#x153;Sleeping Uteâ&#x20AC;? e ´<HWDJDLQÂľ 24/9 No Doubt â&#x20AC;&#x201C; â&#x20AC;&#x153;Push & Shoveâ&#x20AC;?: Com o retorno de *ZHQ6WHIDQLTXHGHL[RXD banda de ska-pop em 2003 para sair em carreira solo, o No Doubt tenta retomar RVXFHVVRGRVDQRV 2XoDRSULPHLURVLQJOH ´6HWWOHGRZQÂľ Green Day â&#x20AC;&#x201C; â&#x20AC;&#x153;ÂĄUno!â&#x20AC;?:2 Green Day lança o primeiro disco de sua trilogia no dia (PQRYHPEUR´£'RVÂľ FKHJDjVORMDVHHPMDQHLUR pDYH]GH´£7UpÂľ2XoDR VLQJOH´2KORYHÂľ Mumford and Sons â&#x20AC;&#x201C; â&#x20AC;&#x153;Babelâ&#x20AC;?: 2XWUDEDQGD LQJOHVDTXHH[SORGLXFRPR lançamento do primeiro disFRHP$JRUDRJUXSR GHIRONURFNTXHUFRQĂ&#x20AC;UPDU a popularidade com o seJXQGRiOEXP´%DEHOÂľ2XoD RVLQJOH´,ZLOOZDLWÂľ


4

DIVERSĂ&#x192;O&ARTE

TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIĂ&#x201C; - QUINTA-FEIRA, 6 DE SETEMBRO DE 2012

â&#x20AC;&#x153;Esquecer ĂŠ uma necessidade. A vida ĂŠ uma lousa, em que o destino, para escrever um novo caso, precisa de apagar o caso escritoâ&#x20AC;? Fotos by Chico BrandĂŁo

Victoria Place

ontagem regressiva para o C big evento programado pelas empresĂĄrias Ana Loureiro e Moacira

Ferreira Hora e Ana Hora empresĂĄrios de sucesso em tudo que fazem merecerĂŁo sempre os nossos aplausos, pelo carĂĄter e valores que possuem

Galba Acioly Filho, revelacao jovem no empresariado alagoano nos comunicando a reforma da loja Hyundai na Mangabeiras e, que reabrira no inicio de outubro com o lancamento do ano HB-20 Hyundai. Aguardem!

Os empresĂĄrios Lucienne e Alexandre Moraes apresentando o closet linho black Wood, com vidro nocciola, da Evviva Bertolini. VocĂŞ encontra a Evviva nos bairros do Farol

VovĂłs chics

A

YyVSRGHPVHUOLQGDVGHVHMDGDVHFRQWLQXDUDID]HURSULQFLSDOSDSHOIHPLQLQRQDVQRYHODVQRVÂżOPHV e, melhor do que tudo, na vida real. TĂŞm netos assim como tĂŞm namorados, fazem exercĂ­cios, comem e bebem bem, e se mantĂŞm atualizadas e informadas sobre o que se passa no mundo. AlĂŠm disso, sabem tirar o mĂĄximo de suas possibilidades fĂ­sicas e intelectuais: estĂŁo cansadas de saber qual o melhor corte de cabelo para seu rosto, a melhor maquiagem para a luz do dia, da noite (e atĂŠ do elevador), as cores que favorecem, os decotes que enfeitam, como esconder as gordurinhas localizadas... AlĂŠm do mais, sĂŁo boas de papo, sabidas e interessantes. Elas sĂł correm um grande perigo: achar que podem tudo. Achar que, como tĂŞm boas pernas e corpinho em ordem, podem usar minissaias, decotes, barriga de fora, cabelĂŁo - todos os Ă­cones da juventude. NĂŁo podem. Ou melhor, nĂŁo devem. $GHTXDomRHGHVFRQÂż{PHWURVmRLPSRUWDQWtVVLPRVSDUDTXHHVVDVPXOKHUHVEDFDQDVHGHLGDGHLQGHÂżQtYHOQmRVHWUDQVIRUPHPHPÂżJXUDVHVWUDQKDV e hĂ­bridas que ganharam em juventude, mas podem perder a medida do acerto. AvĂłs, assim como toda mulher mais velha, podem ser chiquĂŠrrimas, muito extravagantes, muito interessantes ou muito o que quiserem. SĂł nĂŁo podem acreditar que tĂŞm 20 anos... P.S.: Para as maiores de 70 anos, estĂĄ liberado todo e qualquer recurso de moda. Pode muita bijouteria, roupas ĂŠtnicas, perfumes fortĂ­ssimos, cabelo EUDQFRYHUPHOKRURVDD]XOHVWXIDGRFKHLRGHODTXr4XDQWRPDLVH[WUDYDJDQWHVQDDSDUrQFLDPDLVSRGHURVDVÂżFDP

Xtend Barre

Q

uando se fala em uma modalidade que adapta passos do ballet clåssico com os princípios do Pilates, logo se imagina meninas esticando seus corpos delicadamente em uma atividade mais tranquila. No entanto o Xtend Barre não tem absolutamente nada de monótono. Em uma aula dinâmica, com exercícios aeróbicos que mantêm a frequência cardíaca em cerca de 135 batimentos por minuto, braços e pernas são trabalhados com a mesma LQWHQVLGDGHHQLQJXpP¿FDSDUDGR pelo tempo em que aula durar. Essa deve ser a nova modalidade nas academias para este verão.

A

ordem de serviço para construção da nova balança do peixe no bairro da Pajuçara. Tradicional ponto de venda do pescado, a nova estrutura, orçada em quase R$ 180 milhþes, terå espaço para comercialização, alÊm de estrutura de banheiro e higiene para atender aos consumidores locais e turistas. Mais um equipamento de valorização do nosso turismo.

Luis BrandĂŁo e JĂ´ BrandĂŁo XPFDVDODGMHWLYRTXHGLJQLÂżFDRQRVVR meio Empresarial e social da nossa cidade

O

E e 5 a 14 de setembro acontece a Semana do Pescado, campanha do MinistÊrio da Pesca e Agricultura para promover o consumo de peixe entre os brasileiros. A rede de supermercados GBarbosa adere à iniciativa com a proposta de oferecer preços baixos e estimular o consumo de pescados nas lojas. Para reforçar esta campanha serão realizadas açþes de degustaçþes nos dias 5 e 6 de setembro na unidade Hiper Stella Maris. Na ocasião, os clientes poderão saborear caldos de mariscos e receitas das marcas parceiras Leardini, Netuno e Costa Sul, das 9h às 12h e das 15h às 18h.

Hyundai

empresårio Galba Filho nos comunicando que a loja da Hyundai, localizada na Avenida Gustavo Paiva, passa para uma megarreforma neste mês de setembro e reabre no começo de outubro, quando acontecerå o lançamento do HB20, novo modelo da montadora, considerado uma revolução no mercado automobilístico. Os clientes e amigos aguardam ansiosamente o lançamento.

D

J

Ivetinha e Lurdinha Breda, empresarias `ouro` trazem para a Maison Glam na Ponta Verde mais um modelo exclusivo verao 2012-2013 John John. &RQÂżUDP

Assine a Tribuna Independente e esta coluna

pelo telefone (82) 3311-1308

Acesse o portal Tribunahoje.com e leia na Ă­ntegra a coluna Top News no Blog Elenilson Gomes

elenilsontopnews@gmail.com

Nova balança

Cor do sexo

governador O TĂŠo Vilela assinou a

amiga Marytânia Melro nos comunicando a chegada das peças da coleção primavera/verão 2013 na sua Teenager. A maison reúne as marcas mais badaladas do país, num mix cheio de estilo que garante a elegância das mulheres mais chics da cidade. Vale a pena conferir!

Pescado

Farinha de coco

óleo de coco jå transformou a rotina de muita gente que sofre para emagrecer. Depois dele, outro derivado da fruta deve fazer sucesso: a farinha (ou farelo) de coco jå aparece como parte da alimentação voltada à perda de peso. Esse produto Ê natural e tem baixos níveis de gorduras, jå que elas foram retiradas para formar o óleo de coco. AlÊm disso, a farinha de coco possui propriedades que favorecem a perda de peso, reduzem o colesterol ruim e atÊ controlam os níveis de açúcar no sangue. Os pesquisadores descobriram que a farinha de coco diminui o índice glicêmico dos alimentos e controla os níveis de colesterol das pessoas que comem sem impedir a absorção de outros nutrientes. Vendido em lojas de produtos naturais, o produto pode ser consumido acompanhando frutas, iogurte, vitaminas e atÊ mesmo em receitas, como substituta da farinha de trigo.

Fotos by Chico BrandĂŁo

Tudo novo

Todas as correspondĂŞncias para esta coluna, deverĂŁo ser enviadas para Av. Sandoval Arroxelas, 840, Edf. Calliate, Pv. CEP:57035-230

O

Cunha para celebrar os 15 anos da Galeria Victtoria Plave, que acontece no prĂłximo dia 11, na Fundação Pierre Chalita. Pela passarela, com WULOKDVRQRUDGR'-3HL[HGHVÂżODUmR Arezzo, Entre&vista, Ninoâ&#x20AC;&#x2122;s, Overend e Zoe, com makes assinados por O BoticĂĄrio e cabelos pela premiada equipe do Fios de Cabelo. O evento terĂĄ como ponto alto uma ação especial EHQHÂżFHQWHSDUDR0RYLPHQWR'DQGR as MĂŁos, que trabalha junto a crianças e adultos com atividades de ensino e lazer nas comunidades do Feitosa, Reginaldo II, Ouro Preto e Aldeia do Ă?ndio. Apadrinhando o evento, que contarĂĄ ainda com delĂ­cias assinadas pela chef FlĂĄvia Soares, estĂĄ um time mais do que VIP de patronesses, como Selma Calheiros Brito, Isabel TenĂłrio de Amorim, Rebeca BrĂŞda Pereira de Medeiros e Adeiza Toledo Lira. Os convites custam R$ 50,00 e jĂĄ estĂŁo Ă  venda nas lojas participantes. Garanta o seu!

H Stern

is o novo relĂłgio da linha de Diane Von Furstenberg para a H.Stern. Batizada de Power Watch DVF, a peça conta com caixa de aço de 40mm e mostrador reluzente de madrepĂŠrola adornado por 12 diamantes no lugar dos numerais. Para completar, hĂĄ um detalhe supercharmoso localizado na pulseira: ali, o mantra da estilista belgo-americana, â&#x20AC;&#x153;Love is /LIH´HVWiJUDYDGRHPOHWUDPDQXVFULWDQDFRUJUDÂżWH A peça que promete atiçar os ânimos das fashionistas chega Ă s lojas da joalheria espalhadas por todo o Brasil e custa R$ 2.660.

Cubas

A

arquiteta Nadeje Feitosa nos convidando para conhecer as novas da Coleção Bergan, na Idear Home Design. As cubas têm design pra lå de arrojado, alÊm de preços inacreditåveis. A idear, aliås, Ê parada obrigatória para os nossos amigos que estão construindo ou reformando e que desejam imprimir um toque de estilo e classe à VXDREUD1mRGHL[HPGHFRQIHULUDVQRYLGDGHVGDPDLVRQTXH¿FD instalada próximo à Praça Dois leþes.

F

Posse

oi bastante concorrida a posse dos dois novos integrantes do Tribunal de Justiça de Alagoas, desembargadores Klever Loureiro e Paulo Barros de Silva Lima. A solenidade ocorreu no Plenårio desembargador Olavo Cahet. Por lå, autoridades dos mais variados segmentos, alÊm de grande parte da Justiça alagoana. Sucesso aos novos desembargadores.

Dama

U

m estudo diz que quartos na cor roxa estimulam mais o sexo. De acordo com a pesquisa, o nĂşmero de relaçþes sexuais em quartos roxos â&#x20AC;&#x201C; ou que tenham lençóis ou mĂłveis nesta tonalidade - chegou a 3,49 por semana. Esse nĂşmero cai em quartos que tenham as cores vermelho ou azul em predominância, chegando a 3,18 e 3,14 relaçþes sexuais por semana, respectivamente. O levantamento foi feito com 2 mil pessoas e revelou, ainda, que o tipo de tecido dos lençóis de cama tambĂŠm sĂŁo estimulantes. Quem usa lençol de seda, por exemplo, tem mais sexo com o parceiro do que os casais que usam qualquer outro tipo de roupa de cama. O nĂşmero chega a 4,25 relaçþes sexuais. TĂĄ esperando o quĂŞ?

Fragrância

la se tornou conhecida E nacionalmente após lançar um livro com as receitas da família,

escrito em parceria com as irmĂŁs. Querida por todos, dona Yeda Rocha foi a aniversariante mais festejada do Ăşltimo dia 4. Festejada por familiares e amigos, alĂŠm da legiĂŁo de admiradores, dona ĂŠ conhecida pelo seu caracterĂ­stico bom humor e alegria de viver. Que Deus lhe conceda muita saĂşde e muitos anos de vida!

Vapor na

em aĂ­ a terceira edição da V â&#x20AC;&#x153;Vaporâ&#x20AC;?, que promete fazer a vĂŠspera de feriado mais agitada

da cidade! A festa, que acontece no dia 6 de setembro, às 23h, na boate Loop Lounge Club, traz como tema a novela Avenida Brasil. Para incrementar o fervo, a glória e o louvor da Irmã Zuleide, fenômeno das redes sociais, que tambÊm assume a pick-up da casa. Assinada pela Pixel Produçþes, selo de festas que detÊm a Vish e a Over Party, a Vapor Avenida Brasil vai do kuduro à unção,com muitas brasilidades, axÊ, funk e tecnobrega com os residentes David Andrade e Kakå Marinho e os convidados Gilbef, Die Mombergs e Lyndys Vasconcelos, alÊm, claro, da atração principal da noite, a Irmã Zuleide.

A

chegada da primavera pede fragrâncias mais leves, então a coluna tem uma dica super especial para os nossos amigos. Os queridos David e Lívia Pereira acabam de receber na Mahogany, no 2º piso do Maceió Shopping, novas fragrâncias de perfumes, cremes, loçþes corporais, alÊm de sabonetes líquidos. A dica especial Ê para conferir os produtos da linha Calêndula Mediterrâneo. Simplesmente maravilhoso!

Fios de Cabelo

A

s empresĂĄrias MĂ´nica e Monique Casado, dois nomes de peso quando o assunto ĂŠ cabelos, estĂŁo com inĂşmeras novidades na rede de salĂľes Fios de Cabelos. Com know how internacional, a dupla vem se destacando nos principais eventos de beleza do paĂ­s. ParabĂŠns, amigas!


Edição número 1540 - 6 de setembro de 2012