Issuu on Google+

QUINTA-FEIRA MACEIÓ - ALAGOAS 27 DE JUNHO DE 2013 N0 1779 R$ 1,50

ADAILSON CALHEIROS

TRIBUNA

INDEPENDENTE

EXEMPLAR DO ASSINANTE

tribunahoje.com

BOLA NA REDE

Brasil vence Uruguai e está na final

Em jogo emocionante, a seleção brasileira venceu ontem o Uruguai no Mineirão por 2x1, com gols de Fred e Paulinho. Cavani descontou para os uruguaios. O resultado assegurou a disputa com o vencedor de Espanha e Itália - que decidem hoje à tarde no Castelão, em Fortaleza - do título da Copa das Confederações.

MORTE NA PISTA

POLÍCIA ACUSA SMTT DE APAGAR PROVAS DE ATROPELAMENTO O ciclista Amadeu Emanuel dos Santos, 53, morreu atropelado ontem na Avenida Fernandes Lima por Fiat Strada, conduzido por uma mulher. a Central de Polícia acusa a SMTT de ter retirado do local o veículo e a condutora antes da perícia, a pretexto de que a levaria para depor, o que não aconteceu.

PÁGINA 9

SENADO FEDERAL

PROJETO APROVADO TORNA CORRUPÇÃO CRIME HEDIONDO

PÁGINA 14

BOLA NO CONGRESSO Manifestantes jogam para os parlamentares

O gramado do Congresso Nacional ficou coberto ontem por 594 bolas de futebol colocadas por manifestantes para cobrar atendimento das reivindicações feitas durante as passeatas pelo país. As bolas representavam cada um dos parlamentares e o objetivo foi dizer que “a bola está com eles”. No final da tarde, as bolas foram chutadas em direção ao congresso, mas caíram no espelho d’água.

O Senado aprovou ontem o projeto que qualifica corrupção e outros delitos contra o serviço público como crime hediondo, em resposta a uma das demandas da onda de manifestações que tomou o país nas últimas semanas.

PÁGINA 7 EM MENOS DE 24H

SENADORES APROVAM NOVO TEXTO PARA O REPASSE DO FPE PÁGINA 7

VOTAÇÃO SECRETA ESTÁ COM OS DIAS CONTADOS NA CÂMARA FEDERAL

PÁGINA 7

PÁGINA 7

EM CANAL FECHADO

VEREADOR QUESTIONA GASTOS DE DIVULGAÇÃO DE SESSÕES DA CÂMARA PÁGINA 2

MP VAI INVESTIGAR DESAPARECIMENTO DE R$ 4,7 MILHÕES DA ASSEMBLEIA PÁGINA 5 TEMPO Bom a parcialmente nublado com possiblidades de chuvas em áreas isoladas

Mínima

20º

Máxima

29º

Marés

00:24 06:30 12:58 19:09

0.3 2.1 0.2 1.9

FINANÇAS DÓLAR COMERCIAL R$ 2,18 R$ 2,18 DOLAR PARALELO R$ 2,21 R$ 2,36 OURO: R$ 89,00 POUPANÇA: 0,4134%

OUTRO DIA DE PROTESTOS EM MACEIÓ ADAILSON CALHEIROS

No quarto protesto em massa, manifestantes paralisaram ontem o trânsito na Avenida Fernandes Lima. Dessa vez o número de manifestantes foi bem menor: 500, segundo estimativa da SMTT. Os servidores do Dnit também protestaram, por melhorias salariais, e os concursados da Polícia Militar promoveram manifestação na porta do palácio pedindo nomeação. PÁGINA 9


TRIBUNAINDEPENDENTE

2 POLÍTICA MACEIÓ - QUINTA-FEIRA, 27 DE JUNHO DE 2013

Política

Depois de alegarem falta de tempo para LDO, vereadores não comparecem Apesar do presidente da Câmara dos Vereadores de Maceió, Chico Filho (PP), ter alegado ser necessário postergar o recesso para a votação da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), a falta de quórum atrasa a apreciação de projetos. Ontem, apesar de haver quórum para a sessão, não havia vereadores suficientes para a apreciação de matérias. Chico, ouvindo o jogo do Brasil pelo rádio, defendeu os colegas: “Não tem nada haver com o jogo, ou com a manifestação, simplesmente não houve quórum”.

Vereador questiona contrato de TV

Para Kelmann Vieira, TV Câmara não tem mais sentido sem a transmissão das sessões ao vivo; ele quer extinção

ESPLANADA LEANDRO MAZZINI - contato@colunaesplanada.com.br

Garanhão de idosas motivou projeto da ‘Cura gay’

A

o contrário do que possa imaginar a massa popular, a motivação do projeto da ‘Cura gay’ é tão tragicômica quanto a interpretação que tomou os debates. A proposta nº 234 surgiu em 2011 quando o deputado João Campos (PSDB-GO) tomou as dores de uma psicóloga de Niterói (RJ), advertida pelo Conselho de Psicologia ao tratar quadro de ‘distúrbios sexuais’ de um jovem. Criado pela avó, ele procurou a profissional para ajuda, porque só conseguia se relacionar com idosas na faixa etária acima dos 65. Por motivos óbvios, a coluna vai preservar a psicóloga e seu cliente.

Os infiltrados A polêmica foi tanta que a psicóloga fechou o consultório, ao descobrir que movimentos GLBT ‘infiltravam’ pacientes para testá-la.

Veja bem O projeto não prevê ‘tratamento para gays’ nem obriga os psicólogos a fazê-lo. Ele susta parágrafos da resolução do Conselho de Psicologia, mas pode abrir caminho.

Interpretações Já os movimentos GLBT acreditam que, ao sustar os itens, naturalmente abre-se a porta para o ‘tratamento’ e incita-se o psicólogo a aceitar eventuais pacientes.

Ilustres da Corte Luís Barroso tomou posse no STF com dia agitado. Dois convidados ilustres: Renan Calheiros, denunciado na Corte, suspeito de pagamento a amante com dinheiro de empreiteira. E José Sarney, que censura o Estadão por reportagem que de maracutaias do filho. Faltou o deputado Natan Donadon passar ali para pegar sua ordem de prisão.

Na conta As seguradoras de Brasília abriram o cofre. Dezenas de carros foram danificados desde o início dos protestos na Esplanada. Na Chapelaria, principal entrada do Congresso, depredaram um Fiat Brava e um Renault Duster, ambos de servidores.

MP fortalecido Com a derrubada da PEC 37, o PSDB estuda apresentar proposta para regulamentar as atividades do Ministério Público, sem tirar poderes de investigação da instituição. A ideia surgiu de Carlos Sampaio (SP), líder do partido, durante reunião na Terça.

E o do Congresso? Na reunião de líderes, o deputado Beto Albuquerque (PSB-RS) cobrou o fim das férias de 60 dias para promotores e procuradores – o chamado recesso Judiciário.

O guru O deputado Feliciano (PSC-SP) gravou um vídeo explicando o projeto da ‘Cura gay’, que apoia, após ser aconselhado por um analista legislativo da Câmara.

Milhas Diamante Um casal de velhinhos judeus israelenses foi detido no embarque do Aeroporto de Guarulhos. A senhorinha levava três sacolas de diamantes, duas delas dentro do ‘corpo’, e a outra no absorvente. Minibagagem de milhões de dólares.

Sem abraço A Presidência vetou proposta do senador licenciado Crivella (PRB-RJ) para o Dia da Amizade Brasil-Israel. Nada com os velhinhos de Cumbica. É que propôs para 29 de Novembro – o Dia da Solidariedade à Palestina. Deve mudar para 12 de Abril.

Sindicato Apesar da resistência do Sindilegis, foi criado o Sindicomlegis, que pretende filiar comissionados do Congresso. Falta o registro no Ministério do Trabalho. Os deputados Izalci (PSDB-DF), Bolsonaro (PP-RJ), entre outros prestigiaram o evento.

Delegado blogueiro Foi assassinato o delegado aposentado Paulo Magalhães, em Campo Grande (MS), que editava o Blog Brasil Verdade. Não há notícias da motivação. O deputado Mandetta (DEM-MS) vai cobrar investigações.

Especialista em Tocha Acredite. Bomba tanto no Rio o mercado para os Jogos Olímpicos que o Comitê Rio 2016 abriu vaga para ‘Especialista em Revezamento da Tocha’.

Jaleco na pista A Federação Nacional dos Médicos conclama a categoria a ir às ruas dia 3 de Julho contra a ideia da presidente Dilma de importar profissionais.

Ponto Final E essa zaga da Seleção Brasileira: parece um bando de meninas jogando Queimada. Com MArcos Seabra e Vinicius Tavares www.colunaesplanada.com.br contato@colunaesplanada.com.br Twitter @leandromazzini

ASCOM CÂMARA

ERIK MAIA REPÓRTER

A

Câmara Municipal de Maceió (CMM) está querendo renegociar o valor pago para a manutenção dos serviços de transmissão das sessões via internet e via TV Assembleia. Segundo os vereadores, o valor pago hoje daria direito a transmissão ao vivo das sessões, via TV Assembleia, o que deixou de acontecer após a mudança de horário da sessão da manhã para as tardes. A polêmica foi levantada pelo 1º secretário da Mesa Diretora, vereador Kelmann Vieira (PMDB). Em uma entrevista de televisão, o peemedebista disse que a Casa de Mário Guimarães tinha um custo de R$ 57 mil, para manter os equipamentos e transmiti-las apenas durante as madrugadas, não havendo a transmissão das sessões ao vivo, via canal de TV fechada, com era antigamente. “O meu posicionamento foi no sentido de conter gastos. No começo do ano, a imprensa alagoana deu ampla visibilidade às discussões sobre o aumento do duodécimo da Casa. Eu sempre me posicionei contra a esse aumento, então como primeiro secretário, eu proponho que nós devemos cortar custos desenecessários”, defendeu o parlamentar. Kelmann diz ainda que não é contra ao funcionamento da TV Câmara, mas acha que o contrato inicial não está sendo cumprido. Por este motivo, o vereador defende que no caso das sessões não poderem mais ser transmitidas ao vivo, a TV Câmara deveria ser extinta. “O contrato deste serviço contava com a transmissão ao vivo da sessão e eu concordo com a Heloísa Helene [Psol], quando ela afirma que essa é uma ferramenta que dá visibilidade as ações da Câmara, mas com a mudança no horário das sessões esse contrato perdeu o sentido”, explicou. Outro ponto que o peemedebista usa como argumento é a possibilidade do uso de uma emissora de TV aberta onde as sessões poderão ser transmitidas. “O presidente vem batalhando junto ao Senado a liberação da concessão da TV Senado, onde poderíamos assim manter esse serviço em sinal aberto atingindo um público bem maior do que a transmissão da sessão corujão”, declarou. PRESIDÊNCIA O presidente da Câmara, Chico Filho (PP), corrigiu seu 1º secretário ao informar o valor do contrato “de R$ 52 mil” e esclareceu que o contrato prevê a transmissão ao vivo e as reprises, em outros dois horários, como também nos finais de semana. Mas Chico Filho também acha que o valor pago é alto já que as sessões não são mais transmitidas ao vivo. “Eu já conversei isso com o Kelmann. Também acho que o valor é alto, já que não dispomos mais da transmissão via TV. Por isso, nós estamos avaliando a planilha de custos para saber se podemos renegociar esse valor junto a empresa”, pontuou o presidente.

Kelmann Vieira denuciou que preço da sessão ‘corujão’ é injusto e pede olhar rigoroso em contrato

TV CÂMARA

HORÁRIO

Mudança Empresário alega que pode resolver houve alteração do contrato Com a mudança do horário das sessões da Câmara Municipal de Maceió (CMM), o contrato de transmissão da TV Câmara foi alterado. O proprietário da empresa contratada pelo Legislativo para prestar este serviço, Marcos Damascena, informou que os vereadores sabiam do contrato e que outras soluções foram apresentadas a Casa. “Nós cobramos o valor de mercado e na verdade, se for ver direitinho, estamos abaixo dele. Afinal de contas, todo o equipamento é disponibilizado a Câmara em tempo integral, inclusive durante os finais de semana. Quanto à transmissão ao vivo, ela continua sendo realizada, mas pela internet. Para isso nós fizemos um aditivo no contrato, e investimos em recursos para este fim, mas sem alteração de valores, porque a estrutura é praticamente a mesma”, esclareceu Damascena. O presidente da CMM,

Chico Filho (PP), confirmou que o contrato de transmissão vigente foi realizado na gestão anterior, bem como a alteração causada pela mudança de horário das sessões do parlamento-mirim. “Houve sim uma alteração no contrato que foi celebrado na legislatura passada. Mas eu não sei informar a diferênça de custos entre uma transmissão por TV fechada ou por internet”, disse o vereador. Já Marcos Damascena, explicou que a diferença de custos é referente a aquisição de serviços contratados para que a transmissão ao vivo seja realizada. “Nós compramos um extreme, que é o recurso para transmitir a sessão, e contratamos uma empresa no Paraná que fica responsável pelo acesso múltiplo; ou seja, ela é responsável por transmitir o nosso link aos vários internautas que acompanham as sessões”, esclareceu. (EM) SANDRO LIMA/ARQUIVO

Sessões da Câmara agora são exibidas na TV pela madrugada

polêmica

O debate que está implícito no sentido ou não do contrato de transmissão ao vivo das sessões da Câmara Municipal de Maceió é a mudança do horário das sessões há pouco mais de dois meses. Segundo alguns parlamentares, a mudança de horário causou prejuízos ao funcionamento normal da Câmara, já que, por conta do horário, as sessões deixam de apreciar matérias importantes por falta de quórum. Como já mostrado na edição de terça-feira (25), da Tribuna Independente, o vereador Galba Neto (PMDB) está coletando assinaturas para voltar às sessões ordinárias para as manhãs de terças, quartas e quintas-feiras. “Eu nem pensava no contrato de transmissão, mas esse é apenas um dos aspectos que levam a mostrar que há impossibilidade de manter as sessões vespertinas”, explicou Galba. Um dos que aprovaram a mudança da sessão é o peemedebista Kelmann Vieira. No entanto, ele deixa claro que assinou o projeto do colega de partido. “Eu aprovei a mudança de horário para as tardes, mas eu assinei sim, o projeto do Galba. Agora, tenho um problema de horário, porque como eu sou delegado de Polícia, e exerço a profissão e posso ser designado para uma delegacia onde eu tenha que adequar o meu horário em função do horário da sessão”, comentou Kelmann. Até o momento, Galba conseguiu nove assinaturas em favor do projeto e espera conseguir pelo menos mais duas, para que tenha maioria. Caso ele consiga as onze desejadas, o projeto deve ser apresentado ainda antes do recesso. “Quem sabe eu não consigo as assinaturas necessárias e a Câmara volta do recesso para sessões matutinas?”, concluiu. (EM)


TRIBUNAINDEPENDENTE

Conjuntura

FLAVIO GOMES DE BARROS - flavio.gb@ig.com.br

Para a rua ver

D

e editorial de “O Estado de São Paulo”: “A rua não só tem o direito de apontar o dedo para os governantes, como é bom que o faça: mil vezes melhor uma sociedade estridente do que uma sociedade apática - se essas forem as únicas alternativas. Mas a rua não tem a obrigação de oferecer aos poderes do Estado, mastigadas, as soluções para as mazelas que justificadamente denuncia. Quando essas se empilham e perduram, apesar das promessas que se ouvem a cada ciclo eleitoral e das reiteradas juras das autoridades de que se esfalfam para cumpri-las, é da ordem natural das coisas que a rua, esgotada a sua paciência e tendo redescoberto o seu poder de pressão, queira para já as mudanças que façam do Brasil, em síntese, um país sem corrupção e com serviços públicos equiparáveis em qualidade ao volume de impostos que se pagam por eles. Afinal, se duas semanas de manifestações levaram à anulação do aumento dos preços das passagens em dezenas de cidades e obrigaram a presidente Dilma Rousseff a legitimar a rua como interlocutora do governo – ‘eu estou ouvindo vocês’, assegurou -, muitos hão de se sentir estimulados a adotar a palavra de ordem do Maio de 1968, na França: ‘Sejam realistas, exijam o impossível’. Só que o Estado não pode ser voluntarista - e quando assim se comporta proporciona um espetáculo de oportunismo, se não de hipocrisia, que não engana a ninguém...”

À vontade Se o governador Téo Vilela quiser, por algum motivo, exonerar o secretário da Educação, advogado Adriano Soares, pode ficar à vontade. Não há receio de contrariar, politicamente, os padrinhos da sua indicação. Não se sabe exatamente a razão, mas há indícios de que as relações entre afilhado e padrinhos já não são as mesmas.

Convicção O deputado estadual Antônio Albuquerque foi o único a ficar contra projeto de Lei que cria o Conselho Estadual de Políticas Públicas para o Público LGBT. E explicou porque é contra o casamento homossexual: “Acredito que seja uma anomalia. Tenho respeito por todos, mas não posso ir contra os meus eleitores e, também, o Espírito Santo de Deus”.

Pelo idoso O deputado Ronaldo Medeiros (PT) contabiliza como uma das maiores conquistas do seu primeiro mandato a sanção, por parte do governador Téo Vilela, de lei de sua iniciativa garantindo gratuidade aos idosos de mais de 60 anos no transporte intermunicipal. Pela lei, a cada viagem dois idosos viajam de graça e os demais pagam só 50%.

Viva o verde Estudos da Prefeitura de Maceió indicam a derrubada das árvores do canteiro central como uma das hipóteses mais viáveis para melhorar o fluxo de veículos na Avenida Fernandes Lima. Em termos de custos e de tempo, é o projeto mais fácil de executar. Há temor, no entanto, de uma reação contrária de ambientalistas.

Dito e feito O prefeito Rui Palmeira colocou em prática uma das suas promessas de campanha, ao criar o projeto “Adote uma área pública”. Agora, o município pode fazer parcerias com cidadãos, entidades de classe e empresas visando recuperar e manter logradouros públicos, além de implantar projetos urbanísticos e paisagísticos em Maceió.

Nada a ver Aldo Rebelo, ministro dos esportes, nosso conterrâneo de Viçosa, foi questionado por jornalistas sobre o financiamento da União para obras em estádios de futebol. Argumentou que a imprensa também é financiada pelos governos, pois empresas oficiais anunciam nos meios de comunicação. Poderia ter arranjado desculpa melhor.

Falou... Joaquim Barbosa, presidente do STF, disse que o Brasil vive crise de “representatividade” e “legitimidade” e está “cansado de reformas de cúpula”: “A Independência foi um conchavo de elites portuguesas e brasileiras. Na República, o povo esteve totalmente excluído, acordou no dia 15 de novembro sem saber o que estava ocorrendo”.

Acerto de contas De Ilimar Franco, em “O Globo”: “Há petistas associando a queda da popularidade da presidente Dilma com os protestos. Esses petistas, em sua maioria paulistas e do entorno do ex-presidente Lula, fomentam o movimento ‘Volta Lula’ a cada dificuldade. O argumento de agora é que Dilma foi vendida como ‘a porta de entrada do PT na classe média’, segmento que tomou as ruas.”

Se as condições fossem as mesmas e o futuro não fosse opaco, eu repetiria. Eu não só assinei o AI-5, como assinei a Constituição de 1988.” ANTONIO DELFIM NETTO Ex-ministro dos governos militares e atualmente guru do governo petista, em declaração corajosa e sincera

* A confirmação do fechamento do Cine Sesi, após nove anos de funcionamento, é um duro golpe na cultura alagoana. As exigências do Corpo de Bombeiros foram apenas um detalhe. Já havia essa tendência, internamente. Mas vale louvar o trabalho de Marcos Sampaio. * Programação de hoje do São João de Maceió, em Jaraguá: festival de coco de roda, Kafonas do Forró, Cláudio Rios, Irineu Nicácio e banda, Zé Mocó, Ivaldo Maceió e, como atração maior, o paraibano Flávio José. A partir das 20 horas. * O Sebrae realiza, hoje, mais um seminário de acesso ao crédito aberto ao público, com o objetivo de esclarecer as dúvidas dos empreendedores individuais que precisam do acesso a linhas de crédito para seus negócios. Às 19 horas, na sede do Sebrae/AL. * O Tribunal Regional Eleitoral de Alagoas prorrogou até 31 de julho o regime de plantão adotado para a execução das atividades no prédio sede, localizado na Praça Sinimbu. Desde sete de junho foi instituído o plantão, por risco na estrutura do prédio sede. * Jorge VI renunciou ao cargo de presidente do CSA, a poucos dias das comemorações do centenário do clube (7 de setembro). Mesmo contestado, interna e externamente, conseguiu fazer o clube sobreviver, em época de pouca receita, e recuperá-lo administrativamente.

MACEIÓ - QUINTA-FEIRA, 27 DE JUNHO DE 2013 POLÍTICA

3

PEC 37: MP sempre será ameaçado por políticos “Se não fosse a mobilização popular, a proposta teria sido aprovada”, diz Sérgio Jucá SANDRO LIMA/ARQUIVO

ANDREZZA TAVARES REPÓRTER

A

tão polêmica PEC 37, que limitaria o poder de investigação do Ministério Público, foi reprovada ontem, e como era de se esperar, MP e sociedade comemoraram. “A vitória não foi da instituição, e sim do povo, que derrotou a PEC 37”, declarou o procurador-geral de Justiça, Sérgio Jucá. Para o chefe do MP alagoano, se não fosse o clamor do povo, que foi às ruas protestar, provavelmente, a Proposta de Emenda Constitucional nº 37 seria aprovada. “Há 30 dias achávamos que a PEC iria ser aprovada, mas com as manifestações, e com as vozes do povo nas ruas, o Congresso tomou outro rumo”, enfatizou Jucá, dizendo que o momento não é de discursos triunfais e sim, de trabalho. Mesmo com a reprovação da PEC 37, o procurador-geral afirmou que as ameaças contra o Ministério Público vão sempre existir. “O Ministério Público incomoda os poderosos, por isso que as ameaças persistirão”. Segundo ele, até o momento não existem outras PECs que ameaçem o poder de atuação do órgão, porém alguns

Procurador geral de Justiça, Sérgio Jucá, recordou que projetos de lei ainda ameaçam MP

Projetos de Lei, como a ‘Lei da Mordaça’ - que blindaria parlamentares em investigações - foram apresentados nesse sentido. “Acredito que nos próximos meses não haverá uma nova proposta”, ressaltou. Sérgio Jucá elogiou os

membros do Congresso que votaram pela rejeição da PEC e agradeceu ao povo pela mobilização e exemplo de cidadania. Ele também agradeceu à imprensa por dar publicidade aos trabalhos realizados pela instituição. A PEC 37 foi repovada

com 430 votos contrários, nove a favor, e duas abstenções. Ontem, após registrar seu voto, o deputado federal por Alagoas, Renan Filho (PMDB) postou uma foto em sua página do Facebook, a foto de sua confirmação contra a PEC.

REJEITADA!

Niedja Kaspary exalta vitória do povo Para a procuradora da República, em Alagoas, Niedja Kaspary, a vitória pela reprovação da PEC 37 também é do povo. “O importante é que a PEC não foi arquivada e nem retirada de pauta. Ela foi votada e rejeitada e essa vitória não foi do Ministério Público, essa vitória é do povo, que não se calou diante deste tipo de manobra”, destacou. Para Niedja Kaspary, a corrupção no Brasil já é

grande e ainda persite; com a aprovação da PEC 37, o que seria um risco, poderia ser bem maior. “Quem iria investigar os casos de torturas, que ainda são praticados pela Polícia? A própria polícia?”, indagou. A procuradora disse que não é contra a investigação policial, mas não pode haver monopólio. “Cada um, com sua esfera de atuação”, reforçou. “Vários países mais avançados copiaram o nosso modelo de Ministério Públi-

co”, informou. A Polícia não tem muita credibilidade com a população. De acordo com Kaspary, isso talvez seja decorrente do sucateamento da própria Polícia, que muitas vezes não tem material de logística para trabalhar, dentre outros problemas já conhecidos da sociedade. De acordo com Niedja Kaspary, o Ministério Público Federal tem uma estatística que é acompanhada em tempo real. “Prestamos con-

tas do nosso trabalho. Todas as denúncias, oitivas, ações, reuniões de trabalho, dentre outros, fazem parte da estatística, que é tão séria que não dá margem para manipulações”, relatou. “E as polícias Federal e Civil será que têm? Quantos crimes foram solucionados? Quantos inquéritos relatados?, questionou a procuradora, ressaltando que apenas pergunta se essas instituições possuem estatísticas. (A.T.)

PEC DA DISCÓRDIA

Proposta tentou desarmonia entre as partes Dentre as várias Propostas de Emendas Constitucionais (PECs) a de número 37, foi a primeira e a mais grave na tentativa de diminuir o poder de investigação do Ministério Público, conforme afirmou o procurador-geral de justiça, Sérgio Jucá. Defendida como ‘PEC da Impunidade’, para o Ministério Público, e ‘PEC da Legalidade’ para os delegados, na verdade é a “PEC da Discórdia”, na opinião do

chefe do Ministério Público de Alagoas. “A PEC 37 quis acabar com a harmonia entre o MP e a Polícia. A proposta era prejudicial a sociedade”, declarou. A emenda foi apresentada há mais de um ano pelo deputado federal Lourival Mendes (PTdoB-MA). O fim dela foi uma das bandeiras presentes nas manifestações que tomaram conta do Brasil nas duas últimas semanas, que contou com a

participação de milhares de brasileiros. Segundo a procuradora da República, Niedja Kaspary, os argumentos usados na PEC 37 de que Ministério Público era órgão acusador, e que por isso não agiria com parcialidade são equivocados. “O Ministério Público não pretende acusar nenhum inocente e quando acusa, faz em nome da sociedade. Agimos sempre com imparcialidade”, atacou

DETALHE

Resultado foi comemorado ao som do hino Após a PEC 37 ter sido reprovada, promotores de Justiça, que acompanhavam a votação, deram as mãos e cantaram o hino nacional brasileiro. “Estou muito emocionada em fazer parte deste momento histórico e gostaria de agradecer a toda a imprensa que colaborou na divulgação da campanha contra a impunidade em todo o país”, declarou a promotora Adilza Freitas.

Niedja Kaspary. MANIFESTAÇÕES Para o procurador-geral de Justiça, Sérgio Jucá, as manifestações foram impressionantes. “Isto é prova de que o povo acredita e confia na instituição, que trabalha em defesa dos direitos da sociedade”, reforçou. “Acompanhei várias manifestações pela TV, e até no Japão, brasileiros protestaram contra a PEC 37”, contou Jucá. (A.T.)

PRESSÃO

Rejeição foi resposta do Congresso Para o cientista político e professor universitário, Ranulfo Paranhos, a rejeição da PEC 37, foi a resposta do Congresso para a sociedade. “A presidenta Dilma [PT] já havia se pronunciado, os ministérios também, e o Congresso ficou parado. Não saberia se o Congresso suportaria tanta pressão”, salientou. Ranulfo Paranhos não acredita que o voto dos parlamentares foi visando o pleito de 2014, mas segundo ele, ninguém poderá usá-lo como marketing de campanha, pois a grande maioria votou contra a PEC 37, porém quem foi favorável, poderá ter isso usado por seus adversários.


TRIBUNAINDEPENDENTE

4 POLÍTICA MACEIÓ - QUINTA-FEIRA, 27 DE JUNHO DE 2013

BARTOLOMEU DRESCH bartolomeu_dresch@hotmail.com.br

Faturamento do comércio

E

m 2011 o comércio registrou uma receita liquida de R$ 2,1 trilhões, que significou um crescimento na ordem de 10,53% em relação ao ano anterior, um percentual um pouco abaixo do registrado na passagem de 2009 para 2010 quando se chegou a 14,2%. De acordo com a Pesquisa Anual do Comércio, divulgada ontem, o setor empregou 9,8 milhões de pessoas, um crescimento de 400 mil empregados em relação ao ano anterior. Os trabalhadores do comércio receberam, naquele ano, R$ 130,2 bilhões em salários, retiradas e outras remunerações, segundo levantamento feito pelo IBGE, com base em amostragem feita junto a 80 mil estabelecimentos. O Instituto estima em 1.571 milhão a quantidade de empresas comerciais no país. O IBGE divide a atividade em três grupos: comércio varejista; atacadista e revenda de combustíveis e lubrificantes. A maior parte dos estabelecimentos (79,7%) e dos empregados (73,6%) esta no comércio varejista, mas é no setor de atacado que esta a maior fatia da receita operacional líquida (40,8%). Três segmentos se destacam na atividade varejista: hipermercados e supermercados; combustíveis e lubrificantes; e lojas de departamentos, eletrodomésticos e móveis. Juntas, responderam por 56% da receita liquida da revenda total do varejo. No comércio atacadista o destaque foi para as empresas revendedoras de combustíveis e lubrificantes que somaram 1.839 estabelecimentos e contribuíram com 26% da receita liquida da revenda (R$ 227,6 bilhões).

PEC 37: Parlamentar pediu correção de voto Deputado federal João Lyra defendeu-se dizendo que era contra a emenda CORTESIA/ASSESSORIA

Arrumando a casa O novo diretor geral da Rádio Difusora de Alagoas, Ednaldo Vasconcelos, o Dinho, vai aos poucos tomando conhecimento dos desafios que tem pela frente. Mesmo sem ser radialista, Ednaldo tem um vasto conhecimento em Administração de Empresas (formado pela Ufal, com especialização na Universidade de Ribeirão Preto (SP), e MBA pela Fundação Getúlio Vargas), além de gestor na área cultural, aspecto que lhe vai ser bastante útil na condução da emissora mais antiga do estado. Filho do radialista Edécio Lopes, que tambem chegou a dirigir a emissora no governo Manoel Gomes de Barros (97/98), o novo diretor presidiu a Liga dos Blocos Carnavalescos de Maceió e até recentemente ocupava uma diretoria da Santa Casa de Misericórdia.

Manifestação sindical Para não perder a oportunidade que as ruas oferecem, as principais sindicais brasileiras decidiram realizar uma paralisação geral no próximo dia 11 de Julho. Além da CUT e Força Sindical, participarão dos protestos a UGT, CTB e Nova Central, além da CSP-Conlutas e CGTB. Elas reivindicarão mudanças na política econômica do governo federal, combate à inflação, o fim do fator previdenciário, redução da jornada de trabalho para 40 horas semanais e regulamentação da terceirização, entre outros pontos. Também participará do protesto o Movimento dos Trabalhadores Sem Terra, fechando rodovias pelo país em defesa da reforma agrária.

Urgência na segurança A Secretaria de Defesa Social e os orgãos a ela vinculados ganharam do governo mais 180 dias em situação de Urgência Administrativa. A medida sequencia a agilização de propostas e medidas na área da segurança pública em Alagoas, especialmente nas ações incluídas no Plano Brasil Mais Seguro. A medida permite ainda a contratação direta de serviços e de pessoal por tempo necessário até a realização dos processos licitatórios. Nestes próximos seis meses a pasta também terá prioridade na tramitação de processos junto aos orgãos da administração direta e indireta.

Câmara muda o FPE Aproveitando que o foco da imprensa estava na votação da PEC 37 pelo Senado, a Câmara dos Deputados aprovou na madrugada de ontem algumas mudanças no projeto que estabelece novos critérios para distribuição dos recursos do Fundo de Participação dos Estados (FPE). O texto agora volta ao Senado. A proposta aprovada pelos deputados mantém o atual modelo de distribuição do fundo até o final de 2015. A partir de 2016, os Estados vão receber os mesmos valores do ano anterior, mas a arrecadação extra do Fundo será dividida com base em dois critérios: tamanho da população e da renda domiciliar per capita. Essas medidas estavam na proposta aprovada semana passada pelos senadores.

Câmara muda o FPE 2 Os deputados, no entanto, incluíram duas mudanças na proposta. A primeira estabelece que se algum Estado ficar com uma parcela menor do que recebia antes da nova regra, a União terá de compensar a perda financeira. A outra prevê que eventuais desonerações concedidas pela União terão efeito apenas na cota de arrecadação federal, não tendo impacto nos repasses do FPE e FPM (Fundo de Participação dos Municípios). O texto estabelece ainda que para efeito de repasse do FPE e FPM o produto de arrecadação do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) e Imposto de Renda será acrescido do montante das desonerações.

TV aberta na fechada A transmissão do sinal das emissoras de televisão abertas nas operadoras por assinatura continua em discussão. O debate já chegou inclusive á Comissão de Ciência, Tecnologia, Comunicação e Informática da Câmara que tenta intermediar a questão inclusive com técnicos da Anatel. A maioria das operadoras alega não dispor de condições técnicas de abrigar todos os canais abertos obrigatórios (são 14) na tv paga, mas admitem discutir o caso, se houver uma redução deste número de canais para oito, por exemplo.

João Lyra esclareceu seu voto equivocado: “Jamais concordei com a retirada de poderes do MP”

VOTOS

Procurador da República elogiou postura da bancada federal O procurador da República, Rodrigo Tenório, parabenizou, ontem, a bancada federal alagoana sobre os posicionamentos durante a votação da PEC 37. Por meio de seu perfil no Twitter, ele os parabenizou. “Parabéns aos deputados alagoanos Maurício Quintella [PR], Rosinha da Adefal [PTdoB], Renan Filho [PMDB], Arthur Lira [PP], Givaldo Carimbão [PSB] e Alexandre Toledo [PSDB] pelo voto (...). Parabéns também ao deputado Paulão [PT], que também se posicio-

nou contra a PEC”, escreveu. Comentando sobre a proposta, Rodrigo Tenório avaliou que “o país se livrou de um risco tremendo”. Conforme seu entendimento, o arquivamento da proposta que amarraria as mãos do Ministério Público “só aconteceu porque o povo resolveu se levantar contra o absurdo”. “Se aprovada, o Brasil seria o único país do mundo a adotar o modelo acusatorial e retirar poder de investigar do titular da ação penal”, explicou Tenório. Como ponto positivo, na

avaliação do procurador, houve a interação entre o MP e o Legislativo brasileiro. “O diálogo entre o MP e o parlamento foi retomado com força nunca antes vista. Outra lição: não é prudente ridicularizar o impacto que manifestações populares tem nos destinos da nação”, avisou. Sobre este poder de discussão, levantado das massas, ele comentou. “Alguns, com desdém, imaginaram, erroneamte, ser possível antecipar, com precisão, resultados dos protestos ao dizer ‘não dará nada’. Deu”.

SERTÃO

Desembargador eleitoral mantém vereador de Major afastado ERIK MAIA REPÓRTER

O desembargador eleitoral Alberto Jorge Correia de Barros Lima indeferiu, monocraticamente, a liminar onde Leopoldo Antônio Morais Amaral (PSDB), vereador afastado do cargo, em Major Izidoro, solicitou o retorno as funções legislativas enquanto que o processo não estivesse em transitado e julgado. O desembargador do Tribunal Regional Eleitoral do Estado (TRE/AL) não entendeu que a decisão do juiz da

31ª Zona Eleitoral, Fausto Magno, fosse teratológica, ou seja, uma aberração jurídica. “Ainda que o vereador eleito seja afastado de seu mandato e, por consequência, assuma seu lugar o respectivo suplente, não se constata afronta ao ‘regime representativo democrático’, como alegado pelo autor, visto que a sentença se encontra, como já afirmado nesta decisão, bem fundamentada e não se classifica como teratológica”, diz parte da decisão. Os advogados do parlamentar afirmaram que o juiz

teria decidido levando em consideração uma “prova surpresa”, que teria sido juntada aos autos indevidamente pelo Ministério Público. O desembargador eleitoral Alberto Jorge explicou que os Tribunais Superiores tem concedido esse tipo de liminar desde que haja consequências danosas a partir da decisão e caso o requerimento seja feito com boa intenção. Leopoldo Amaral e seu tio, o ex-prefeito Italo Amaral (PMN), foram condenados por terem trocados sacos de cimento por votos.

• Acontece na manhã de hoje (a partir das 9h30) uma oficina do Programa de Qualificação Museológica, ministrada pela doutoranda Ana Cláudia Magalhães, no auditório do Museu Théo Brandão. • O tema central da atividade envolve Noções Básicas de Conservação e Preservação do Acervo Museológico e será destinada a gestores, operadores, monitores, facilitadores e museólogos de Alagoas. • As inscrições podem ser feitas no local do curso e são gratuitas. Ao final do curso os participantes receberão um Certificado de Frequência. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 8833 3588. • Para discutir a questão da fluoretação e a presença de flúor natural nos poços artesianos, a Secretaria Estadual da Saúde promove durante todo o dia de hoje, um encontro com os municípios da 4ª Região da Saúde. • O evento acontece durante todo o dia, no Fórum de Capela e o publico alvo são coordenadores e técnicos de Vigilância em Saúde Ambiental, Atenção Básica, Saúde Bucal e orgãos ligados às questões ambientais. O Conselho Regional de Odontologia também deve participar do evento. • Foram convidados representantes dos municípios de Atalaia, Cajueiro, Capela, Chã Preta, Mar Vermelho, Paulo Jacinto, Pindoba, Quebrangulo e Viçosa.

AUSENTE

MANDELA VIVE!

Outro fato inusitado que permeou a votação da PEC 37 na terça-feira, 25, foi a ausência do deputado federal alagoano Francisco Tenório (MD). Delegado por formação, o parlamentar era voto certo à favor da proposta que dava exclusividade de poderes investigativos às polícias Civil e Federal. A ausência de Chico Tenório foi sentida, mas ela não foi provocada por iniciativa dele, e sim em virtude do cancelamento do voo da Avianca Maceió-Brasília, para o horário escolhido por Tenório.

O deputado federal Paulão (PT) utilizou a tribuna da Câmara Federal para fazer um pronunciamento em solidariedade a família do líder negro sulafricano Nelson Mandela. O parlamentar ‘matou’ o primeiro presidente negro da África do Sul, já que o falecimento de Mandela não era confirmado por nenhuma agência de notícia internacional. Nelson Mandela segue - até o fechamento desta edição - sob os cuidados médicos, visto que seu estado de saúde ainda é crítico.

Cancelamento de voo impediu voto de Chico

Em pronunciamento, Paulão comete gafe

A

s redes sociais são o termômetro político da atualidade e foi de lá que dava para sentir o tamanho do alívio pela extinção da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 37. Porém, restou ao deputado federal João Lyra, presidente regional do PSD, explicar-se de porque está na lista dos nove parlamentares que votou à favor da promulgação da PEC 37. Em primeiro lugar, o deputado utilizou seu perfil no Twitter para se explicar. “Amigos, infelizmente ocorreu um engano e eu errei meu voto. O correto seria votar de acordo com o que foi decidido pela bancada do PSD”. Mais tarde, após ser massacarado nas redes sociais, a assessoria de imprensa do parlamentar distribuiu uma nota oficial esclarecendo o fato. De acordo com o conteúdo do texto, João Lyra já tinha um trabalho encampado contra a proposta que extinguia os poderes investigativos do Ministério Público, monopolizando as polícias judiciárias na apuração dos inquéritos e processos judiciais. “Todos sabiam de minha posição contrária à PEC, porque jamais concordei com a retirada de poderes do Ministério Público, um absurdo que mexe com o quadro jurídico do país”, disse o deputado alagoano, por meio da assessoria. Conforme assegurou o parlamentar, o que de fato houve foi um equívoco ao votar no plenário da Câmara dos Deputados. Logo após constatar o equívoco, João Lyra afirmou que “o lamentável incidente resultou do tumulto havido durante a votação eletrônica: É a primeira vez que acontece isso em minha longa passagem no Congresso Nacional e aproveito para desculpar-me perante os meus eleitores, o PSD e membros do próprio MP e de outras instituições envolvidas no mérito da PEC”. De volta as redes sociais, o deputado federal João Lyra disse também que, ontem, encaminhou junto à Mesa Diretora da Câmara Federal dos Deputados um pedido de correção de seu voto. REJEIÇÃO EM MASSA A Câmara dos Deputados rejeitou na noite da terça-feira (25), por 430 votos a nove, e duas abstenções, a PEC 37. Todos os partidos recomendaram a rejeição do texto. Tal fenômeno aconteceu em consequência dos atos de repúdio a intenção de ‘desarmar’ o Ministério Público. Os reclames contra a PEC 37 fizeram parte dos pleitos dos manifestantes que se espalharam por todo o país há duas semanas.


TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - QUINTA-FEIRA, 27 DE JUNHO DE 2013 POLÍTICA

5

Jucá promete apurar denúncia de JHC Chefe do MP Estadual está esperando o delato chegar em suas mãos para iniciar investigação do ‘sumiço’ de R$ 4,7 mi

Cotidiano LININHO NOVAIS - contato@lininho.com

Vozes das ruas

D

e Luiz Gonzaga Belluzzo sobre a força das multidões nas ruas do Brasil: “Os sabichões da opinião nativa arranham os cérebros congelados na mesmice. Perplexos diante das invectivas populares que os inclui no rol dos manipuladores do poder, trataram rapidamente de reinterpretar os propósitos das passeatas. Os círculos bem-pensantes não conseguem esconder o desconforto com a reaparição do monstro da liberdade. Os propósitos estão escondidos nas entrelinhas das frases estampadas nos cartazes, a dizer muito mais do que proclamam. O caudal das multidões inconformadas se debate para romper as amarras de um estilo de vida – o modelo social, econômico e político – que consolida a violência cotidiana nos ônibus lotados, nas consequências de um processo de urbanização que transportou a miséria do campo para as cidades, na desigualdade e na insegurança. Os que sofriam as dores seculares da exclusão e da miséria absoluta foram entronizados no mundo da economia monetária e do consumo. Agora exigem segurança, saúde e educação garantidas pelas políticas públicas”.

C

omo resposta à provocação - no bom sentido, é claro - do deputado estadual João Henrique Caldas (PTN) sobre a intervenção do Ministério Público Estadual (MP/AL) nas contas da Assembleia Legislativa do Estado. O chefe do órgão ministerial, procurador geral de Justiça, Sérgio Jucá, confirmou que vai apurar a denúncia de sumiço de R$ 4,7 milhões, em saques bancários, no ano de 2011. Segundo Sérgio Jucá, é obrigação do Ministério Público atuar neste caso de possível desvio de dinheiro

público. O chefe do MP prometeu que vai fiscalizar os documentos para ter mais informações. Além de JHC, o deputado estadual Judscon Cabral (PT) foi convocado para apresentar mais artifícios que indiquem um suposto ato de improbidade. “Estou desde ontem [terça-feira, 25] tentando falar com os dois deputados para pedir que eles reúnam as provas que colheram para ingresso de uma representação no Ministério Público. Somente assim, após análise do material, poderemos agir no sentido de tomar as

providências legais”, explicou. O deputado João Henrique Caldas foi pivô de mais uma denúncia contra a Mesa Diretora da Casa de Tavares Bastos. Apenas por meio de decisão judicial, o parlamentar teve acesso a movimentação financeira da Assembleia, no ano de 2011. No ‘pente fino’ destes documentos, foram identificados saques na conta do Legislativo, na Caixa Econômica Federal, que juntos somaram R$ 4,7 milhões. Entretanto, segundo investigação de JHC, estes sa-

DIVULGAÇÃO

Numa atitude louvável o superintendente Municipal de Iluminação Pública, Ib Brêda, afastou os dois funcionários que estavam no carro de onde partiu o disparo que atingiu um estudante durante um protesto na noite do dia 17 de junho, na Avenida Fernandes Lima.

Monitoramento Imagens das Câmeras de Videomonitoramento da Secretaria de Estado da Defesa Social flagraram um homem na noite de terça-feira, 25, com atitudes suspeitas. Graças ao flagrante feito pelas câmeras e procedimentos adotados por agentes da Segurança Pública, foi possível evitar um suicídio.

E a nota? Ao tentar esclarecer – ou justificar – a denuncia de JHC sobre as supostas irregularidades em pagamentos por parte da Mesa Diretora da Casa de Tavares Bastos, a nota oficial deixou ainda mais complicada a situação dos dirigentes do parlamento estadual.

Bruno Toledo – sucessor do presidente da Assembleia – reagiu por meio do twitter às declarações de JHC: “Atitudes com notória conotação eleitoral, sociedade tem que saber que tem político com origem sanguessuga tentando ludibriar sua consciência”.

Na mídia A Folha de São Paulo trouxe sua primeira página: “o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), anunciou ontem uma agenda com pelo menos 17 propostas nas áreas de educação, saúde, segurança pública, transparência e combate à corrupção. Para garantir que tudo seja votado e, segundo ele, dar uma resposta às vozes que vêm da rua, o presidente do Senado ameaça até cancelar o recesso legislativo previsto para meados do mês que vem”.

Em Marechal Não deixando ficar para trás a primeira capital do estado mobiliza um protesto marcado para o dia 01 de julho. Intitulado de “acorda Marechal” o movimento é contra o preço das passagens, falta de segurança, Iluminação na AL-101 SUL, Educação, Saúde em Marechal Deodoro.

Clima tenso Nervos à flor da pele. Esse é o clima entre palacianos que defendem a candidatura de Teotonio Vilela ao Senado Federal, porém muitos temem a chegada de Thomaz Nonô, pois sabem que o ritmo será diferente, ou seja, com o pé no acelerador.

Liberado A decisão em liberar o ‘cavalo de pau’ na festa da juventude em Santana do Ipanema dividiu a população na cidade sertaneja. Mesmo com a assinatura do TAC junto ao Ministério Público, quem garantirá que o evento terá a segurança devida para os espectadores?

Contratualização Uma parceria firmada no Agreste de Alagoas tem beneficiado os pacientes da região, em especial da cidade de Arapiraca. Trata-se da contratualização de 54 leitos realizada pela Secretaria de Estado da Saúde, junto com o município, e o Hospital Chama. A iniciativa tem garantido vagas de retaguarda para a Unidade de Emergência Dr. Daniel Houly e para o Hospital Regional.

MESA

PSTU debate novos anseios da população Nesta sexta-feira (28), o PSTU/AL realizará a mesa “Nossa luta não é só por R$ 0,55”, que debaterá os atos que sacudiram todo o Brasil, nas últimas semanas. Este espaço acontecerá às 18h, na Sede do PSTU/ AL, na Rua 13 de Maio, nº 75, no Poço, e estarão na mesa o presidente estadual do partido, Paulo Bob, e os militantes Wibsson Ribeiro e Laís Cavalcante. Na avaliação do partido, “esses atos não acabaram e começam a inserir as demandas dos movimentos sociais e dos trabalhadores nas manifestações”.

‘ALAGOAS EXIGE’

MCCE quer auditoria no Governo

Decisão acertada

Contra-ataque

ques não tiveram comprovação alguma de seu destino. Assim como todo cidadão, o procurador geral de Justiça foi informado do delato do deputado João Henrique por meio da imprensa. Deste modo, Sérgio Jucá aguarda ainda a protocolização da denúncia no órgão ministerial. “Espero que oficializem a denúncia o quanto antes para que possamos agir”, recomendou Jucá. Em nota, a Mesa Diretora afirmou que os saques eram legais e resultado de empréstimos consignados.

Assembleia Legislativa do Estado deve voltar a ser investigada pelo Ministério Público

O MCCE quer uma auditoria pública nas contas do governo do Estado. Antonio Fernando da Silva, o Fernando CPI, coordenador do Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral, em Alagoas, confirmou, ontem, que quer informações mais detalhadas sobre as dívidas que o Executivo está acumulando. Durante a reunião do ‘Alagoas Exige’, levante pensado pelo MCCE/AL para cobrar melhorias estruturais e de bem estar social do Estado, Fernando CPI e o diretor jurídico do Movimento, Adriano Argolo, apresentaram uma pauta de pleitos, que serão solicitados ao Ministério Público Estadual (MP/AL), Tribunal de Contas de Alagoas (TCE/ AL), como ao próprio Palácio República dos Palmares e à Prefeitura da capital. Na seara do Executivo estadual, o ‘Alagoas Exige’ quer a redução do duodécimo da Assembleia Legislativa do Estado (ALE) e a aplicação dos recursos nas áreas de saúde, educação e segurança. O MCCE exige ainda a redução dos cargos comissionados do Estado; a convocação imediata dos aprovados nos últimos concursos público; como também a redução dos gastos com publicidade; a melhoria na estrutura das delegacias, e a utilização do Fundo de Transporte Urbano para melhorias de rodovias estaduais. Já a pauta da Prefeitura de Maceió concerna na implantação e aplicação do Plano de Mobilidade Urbana; a utilização dos recursos do Fundo Municipal de “Não vamos às ruas, em primeiro momento, vamos dialogar, discutir para ver se somos atendidos pela Prefeitura e Governo”, disse CPI. Sobre a auditoria no governo do Estado, o pedido será protocolado hoje, assegurou o coordenador do MCCE/AL.

NA HORA H!

MP cria GT da Saúde para agilizar ações Durante a entrevista cedida a Rádio Gazeta, ontem, o procurador geral de Justiça, Sérgio Jucá, confirmou que o Ministério Público Estadual está criando um Grupo de Trabalho na área da Saúde. O grupo terá o mesmo método de trabalho que atua o de combate à improbidade administrativa. Sérgio Jucá pretende intensificar as ações no segmento para garantir o direito ao cidadão de acesso à saúde. A coordenada do grupo, disse o procurador, será a promotora Micheline Tenório.


6

OPINIAO

TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - QUINTA-FEIRA, 27 DE JUNHO DE 2013

Opinião

Agronegócio em alta

O

s financiamentos obtidos pela agricultura empresarial bateram recorde para a safra 2012/13, alcançando R$ 106,14 bilhões entre julho de 2012 e maio deste ano, alta de 30% sobre o mesmo período da safra anterior. O ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Antônio Andrade, comentou os resultados do Plano Agrícola e Pecuário 2012/13. Essa é a maior demonstração da confiança do produtor de que o mercado continuará aquecido. O valor dos empréstimos obtidos em 11 meses, além de recorde absoluto em uma safra, mostra que os produtores contratarão quase que totalmente os R$ 115,25 bilhões previstos na temporada atual. Vale destacar o resultado dos financiamentos para investimento, que re-

fletem os gastos do produtor para modernizar a produção nas propriedades rurais. Foram R$ 28,89 bilhões contratados para modalidades de investimento no período, ou seja, 2% a mais que os R$ 28,3 bilhões previstos para a temporada atual. O resultado também representa alta de quase 52% sobre os mesmos meses da safra 2011/12, quando somou R$ 19,06 bilhões. Os programas de Sustentação de Investimento (PSI-BK) e de Apoio Nacional ao Médio Produtor Rural (Pronamp) continuam como as principais modalidades de crédito rural em volume de financiamentos. O resultado mostra o aumento cada vez maior do produtor em elevar a produtividade a partir de técnicas modernas e sustentáveis no país.

RICARDO KOTSCHO Jornalista

Reforma política é ato de coragem Confesso que fiquei surpreso quando entrei no táxi na tarde desta segunda-feira, depois de sair do dentista, e o motorista, que me reconheceu da televisão, já foi logo falando que a presidente Dilma Rousseff vai propor um plebiscito para fazer a reforma política, a tal reforma mãe que o país reclama há séculos. A cada crise, desde que me conheço por gente, toda vez que o povo saía às ruas ou havia um impasse no governo, sempre se voltava a falar na necessidade de uma profunda reforma política no país, mas eu já tinha perdido as esperanças de ver isso acontecer ainda na minha geração. Por isso, depois de tantos presidentes que passaram pelo Palácio do Planalto após a redemocratização do país, e não tomaram esta iniciativa vital para a nossa democracia, só me cabe dar os parabéns à presidente Dilma pelo ato de coragem de abrir a reunião com prefeitos e governadores apresentando a proposta de uma Constituinte exclusiva para, finalmente, se fazer a reforma política. Ao chegar em casa, perguntei a um assessor próximo de Dilma de quem foi esta brilhante ideia, e ele riu: “Foi da presidente, claro...”. Diante da enxurrada de críticas e reivindicações levadas às ruas nos últimos dias, contra tudo e contra todos, esta era a melhor, ou talvez a única, saída democrática e republicana que restava

a uma presidente acuada pelo varejo das demandas da sociedade em confronto aberto com os políticos. Se o povo dos monumentais protestos que ocuparam as praças e ruas do país queria retomar sua participação nas grandes decisões nacionais, das quais se sentiu afastado nos últimos anos, nada melhor do que um plebiscito para que este mesmo povo possa escolher as regras do jogo daqui para a frente. De uma só tacada, Dilma deu razão aos manifestantes, colocou na roda os governantes de Estados e Municípios, deu um chega para lá nos radicais, e retomou a iniciativa do jogo, sem ter que brigar com ninguém. Sabemos todos que a maioria dos políticos do governo e da oposição não queria nem ouvir falar em reforma política para não perder os privilégios que o atual sistema político-partidário-eleitoral lhes dava para se perpetuarem no poder. Qual político agora terá coragem de se manifestar contra o plebiscito da reforma política? Dilma foi direto ao assunto principal antes de discutir outras medidas urgentes, nas áreas de combate à corrupção e investimentos em educação, saúde, transportes públicos e segurança, antes que a situação fugisse do controle, para evitar uma crise institucional, estimulada neste final de semana por comunicadores populares e revistas que pediam para o povo não sair nunca

mais das ruas. Com qual objetivo? “O Brasil está maduro para avançar e já deixou claro que não quer ficar parado onde está. (...) Agora o povo nas ruas quer mais. Quer uma representação política permeável, uma sociedade em que o cidadão, e não o direito econômico, esteja em primeiro lugar. É bom que o povo esteja dizendo isso em alto e bom som. Cabe a cada um de nós ouvir”, disse Dilma, que também propôs uma lei para transformar corrupção em crime hediondo. O que ainda não está definido é como e quando Dilma pretende encaminhar a sua proposta de plebiscito para a reforma política, provavelmente por meio de uma PEC (Proposta de Emenda Constitucional) . O plebiscito poderia ser feito junto com as eleições de outubro de 2014. Se dependesse só do governo, porém, seria convocado o mais rápido possível _ a melhor maneira de acalmar as ruas e levar o debate para as instâncias em que o povo decide pelo voto. Para completar este ato de coragem e mostrar que não tem medo do julgamento das ruas, Dilma poderia incluir entre as questões do plebiscito a reeleição, implantada em meio ao primeiro governo de Fernando Henrique Cardoso. Seria a melhor forma de saber de que lado está a maioria do povo que não aparece na televisão nem nas capas de revista. Valeu, Dilma!

MIRABEL ALVES Advogado e Secretário da Comissão de Direitos Humanos da OAB/AL

MARCELO RONALDSON COSTA

Reduzir para quê? Tanto se fala da redução da maioridade penal, assunto sobre o qual opino contrariamente a essa redução de 18 para 16 anos, por várias razões, inclusive porque o sistema prisional brasileiro é uma calamidade e não deveria ser assim, exatamente para que se cumprisse o que está previsto na Constituição Federal e em nossos códigos. Quando uma criança ou um adolescente pratica um ato criminoso, diz-se que ele (a) praticou um ato infracional. Diante de tal prática do ato infracional, se praticado por uma criança, a ela serão ofertadas medidas de proteção, lembrando que infância é a fase que o ser humano atravessa entre zero e 12 anos. Se o crime é cometido por um adolescente, pessoa entre 12 e 18 anos a ela são aplicadas medidas socioeducativas que vão desde a advertência até a restrição da liberdade, com a internação, o que representa uma punição do Estado sobre aquele (a) adolescente. O Brasil tem cerca de 20 mil adolescentes cumprindo medidas socioeducativas de internação, enquanto o sistema prisional brasileiro está abarrotado com 500 mil presos adultos, sendo a quarta população carcerária do planeta. Sempre nos vem a pergunta: por que uma criança ou um adolescentes delinque? Podemos entender que essa é uma questão complexa, vez que sendo a criança e o adolescente um ser em desenvolvimento está vulnerável a uma série de fatores internos e externos a sua própria essência. Adequada é a opinião da educa-

dora Tânia Zagury sobre o adolescente, diz ela: “É comum períodos de serenidade sucederem-se a outros de extrema fragilidade emocional com demonstração frequente de instabilidade... Sentem-se imortais, fortes, capazes de tudo... As emoções são contraditórias. Deprimem-se com facilidade, passando de um estado meditativo e infeliz para outro pleno de euforia...” (Educar Sem Culpa, Tânia Zagury, pág. 82). Se o adolescente já é vulnerável em relação ao ato infracional, a criança o é ainda mais, tanto que Estatuto da Criança e do Adolescente, ao invés de prever medidas de caráter punitivo, traz as chamadas medidas protetivas previstas no art. 101 daquela lei. Um dos maiores problemas para a criança e o adolescente brasileiro são os conteúdos transmitidos nas emissoras de televisão abertas e que nos atinge diretamente. É triste ver o quanto se apologiza o crime com produções cinematográficas, especialmente as americanas. Os filmes trazem tantas imagens de mortes, inclusive, algumas com requintes de perversidade e crueldade, tornando as armas de fogo um objeto do desejo a ser alcançado por pessoas bonitas, bem resolvidas e com sucesso na vida, sem nos esquecer dos filmes de terror com seus conteúdos igualmente violentos. Não se mostra, por exemplo, que quem porta uma arma de fogo de forma ilegal está infringindo a Lei 10.826/2003 em seu artigo 14, onde está previsto que o porte ilegal é punido com pena de reclusão

TRIBUNA

INDEPENDENTE

Rua da Praia, 134 - sala 303 - centro - Maceió Alagoas Endereço Comercial: Av. Menino Marcelo - 10.440 - Serraria Maceió - Alagoas - CEP: 57.083.410 CNPJ: 08.951.056/0001 - 33

Coronel PMAL da R/R. Membro da A.A.I.

de 2 a 4 anos, inclusive, sendo tal crime inafiançável. O que os produtores dos filmes de violência não avisam é que os crimes que estão estampados na telona e nas tevês, sob uma roupagem muitíssimo recheada de belos efeitos especiais são previstos na legislação penal e que a sua prática leva as pessoas para a cadeia, que no Brasil não ressocializa ninguém. A mídia criminosamente dissemina a violência e nada tem sido feito para barrar esse abuso que, inclusive, fere a Lei 8.069/90 em seu Art. 76 que diz: “As emissoras de rádio e televisão somente exibirão, no horário recomendado para o público infanto-juvenil, programas com finalidades educativas, artísticas, culturais e informativas”. Os próprios desenhos animados têm, alguns evidentemente, conteúdo violento e são exibidos em horários matinal, o que viola a lei. Reduzir a maioridade penal é uma prova da nossa incompetência, enquanto sociedade, para educar e preparar as nossas crianças e adolescentes para serem cidadãos preparados para os desafios que os aguardam. Quem defende a redução da maioridade penal está sendo omisso e a omissão é proteção para quem nega politicas de inclusão social para as nossas crianças e adolescentes. Antes de pensarmos e reduzir a maioridade penal, devemos despertar para a violência que nossos jovens estão sendo vítimas e que temos obrigação de protegê-los para que tenhamos uma sociedade mais pacífica para nós, nossos filhos e as futuras gerações.

Jorgraf UM PRODUTO:

Cooperativa dos Jornalistas e Gráficos do estado de alagoas

O eco das vaias

As demoradas vaias que saudaram (!) à presidente Dilma, na abertura dos jogos da Copa das Confederações, no estádio Mané Garrincha, em Brasília, continua ecoando em todo o Brasil e no exterior. Os referidos apupos estão revestidos de singular simbolismo, que podem ser entendidos como verdadeiros gritos de alerta. O País se fez representado nas arquibancadas daquela arena esportiva. A buliçosa indignação, que de há muito, teimava em corroer as entranhas de cada um de nós, explodiu numa implosão espontânea e, ao mesmo tempo, individualmente coletiva. A questão dos vinte centavos no aumento das passagens do transporte coletivo, serviu como efervescência , mormente quando em São Paulo, o governo e prefeitura alardearam em túmidas declarações , que era impossível rever os reajustes e que os novos preços estabelecidos, seriam mantidos. Tais afirmativas, serviram de salvo-condutos motivadores dos primeiros e pálidos protestos por parte dos estudantes . Foi

PRESIDENTE Antonio Pereira Filho DIRETOR ADMINISTRATIVO FINANCEIRO: José Paulo Gabriel dos Santos Editor geral: Ricardo Castro

o breve iniciar. Logo, o povo se ombreou aos estudantes e as vozes tomaram às ruas. Porém, aqueles que têm o poder de mando, continuaram deleitados no mundo irreal em que vivem, numa prática de crescentes desmandos e atos ímprobos entre seus pares . Eles não atentaram ou não quiseram perceber que, as vaias acontecidas , nos traduziam algo sintomático. Elas formavam o envoltório do turbilhão que estava por acontecer, traduzindo-se nos inúmeros fatos que ora agitam a vida sócio-política do País. Imaginaram que tudo seria solucionado em frações de segundos, apenas ditando leis de cima para baixo; como costumeiro . Foi necessário, que os manifestantes , em suas idas e vindas, chegassem literalmente ao topo do Congresso Nacional e tentassem invadir o Itamaraty, para comunicar aos inquilinos de plantão, que o poder emana do povo e em seu nome deve ser exercido. Tais imagens, divulgadas além-fronteiras , transcendem o imaginável.

Após duas décadas, entrementes ao lodo que se avolumava, eis que ressurge a juventude brasileira , a qual não mais deseja representar o papel de marionetes. Ao contrário, acordou, se alevantou e nos passos de suas manifestações , ruma em busca e conquista de breve recomeço . As avenidas, praças , estradas e pontes ,foram palcos do magistral espetáculo oferecido por aqueles e aquelas que desejam um novo caminhar . A empreitada para que a Copa do Mundo do próximo ano, fosse realizada no Brasil, nunca foi abraçada como prioridade pela sociedade brasileira . Foi obra de um grupelho, composto por pessoas que empunharam a bandeira do falso nacionalismo, mas que tinham “outros reais” motivos. Hoje, nos assaltam as indagações: E agora, o que será feito, como será feito e quando será feito ?. Por ora, só o diálogo levará às mudanças. Sabemos que “um País mudo, não muda sua história e, jamais se transformará numa Nação”. Não esqueçamos que o eco é a repetição de sons. Repetição.

Nosso noticiário nacional é fornecido pelas agências: Agência Folha e AGência Nordeste PABX: 82.3311.1338 COMERCIAL: 82.3311.1330 - 3311. 1331 REDAÇÃO: 82.3311.1328 - 3311.1329 CENTRAL DE ASSINANTE: 82.3311.1308 - 3311.1309 comercial.tribunaindependente@gmail.com redação.tribunaindependente@gmail.com

ricardocastro@tribuna-al.com.br

DIRETORA COMERCIAL: Marilene Canuto

OS ARTIGOS ASSINADOS SÃO DE RESPONSABILIDADE DOS SEUS AUTORES. NÃO REPRESENTANDO, NECESSARIAMENTE, A OPÍNIÃO DESTE JORNAL.


TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - QUINTA-FEIRA, 27 DE JUNHO DE 2013 POLÍTICA 7

Cardozo volta a defender plebiscito para definir novos rumos do país

Prefeito do PT suspeito de promover o extermínio de cães é afastado

O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, voltou a defender a realização de plebiscito para que o povo defina os rumos políticos do Brasil. Segundo ele, esse tipo de consulta é melhor do que o referendo, pois a população poderá escolher previamente as questões que serão discutidas e não se limitar a concordar com a pauta já definida pelos Poderes ou discordar dos itens. Para Cardozo, o povo poderá ser preparado para entender e opinar sobre temas complexos que a reforma política compreende. “Há condições de fazer uma propaganda, uma discussão, uma interação da sociedade com os temas”, declarou.

Acusado de autorizar o extermínio de cães em Santa Cruz do Arari, na Ilha de Marajó, o prefeito Marcelo Pamplona (PT) foi afastado do cargo por 90 dias por decisão liminar da Justiça local. O juiz da comarca de Soure, também no arquipélago paraense, assinou a medida cautelar depois que o Ministério Público acusou o prefeito de tentar impedir o andamento das investigações. Segundo o MP, o prefeito estava usando o seu poder político para intimidar testemunhas. Até o momento, foram ouvidas oito pessoas, entre moradores e funcionários da prefeitura.

Senado: corrupção é crime hediondo

Projeto que estava arquivado desde 2011 foi aprovado ontem pelos senadores e será apreciado na Câmara MARCOS OLIVEIRA

Projeto que considera a corrupção como crime hediondo foi aprovado ontem ,pelos senadores e agora será analisado pela Câmara

E

m votação no plenário do Senado na tarde de ontem, os parlamentares aprovaram o projeto 204/2011, de autoria do senador Pedro Taques (PDT-MT) que inclui a corrupção na lei que tipifica os crimes hediondos (entendidos pelo poder Legislativo como os que merecem maior reprovação por parte do Estado). Durante a votação da matéria, representantes dos manifestantes que protestaram ontem, em Brasília subiram às galerias do plenário e acompanharam a sessão. A proposta, que ainda precisa ser aprovada na Câmara, aumenta as penas para os crimes de concussão, corrupção ativa e passiva. Na concussão - quando o agente exige dinheiro ou vantagens -, a pena mínima passa de dois para quatro anos de prisão. O tempo máximo continua sendo oito anos. O condenado também está sujeito ao pagamento de multa. A pena mínima para cor-

rupção passiva (em que o acusado recebe dinheiro ou vantagens, mas não exige tê-las) passa de dois para quatro anos. A reclusão máxima fica mantida em 12 anos, também com pagamento de multa. A sanção é a mesma para os acusados de corrupção ativa (em que o agente ofecere dinheiro ou vantagens). Os acusados de cometer crime hediondo não têm direito à concessão anistia, graça ou indulto, impede a liberdade mediante fiança e e torna mais rigoroso o acesso a benefícios como livramento condicional e progressão do regime de pena. Também foram incluídos no rol de crimes hediondos o peculato (quando um funcionário público usa seu cargo para apropriar ou desviar valores, bens móveis, de que o funcionário tem posse justamente em razão do cargo/função que exerce) e “excesso de exação”. Este crime também é típico do funcionário público contra a administração pública.

DECISÃO INÉDITA

STF determina prisão do deputado Natan Donadon O Supremo Tribunal Federal (STF) determinou ontem a imediata expedição do mandado de prisão contra o deputado Natan Donadon (PMDB-RO), condenado em outubro de 2010 a 13 anos, quatro meses e dez dias de prisão em regime inicialmente fechado pelos crimes de formação de quadrilha e peculato. É a primeira vez que alguém condenado pelo tribunal será preso desde a Constituição de 1988. Como ainda tinha o direito de recorrer da sentença, Donadon ainda está em liberdade, exercendo o mandato. Na sessão desta quarta-feira, os ministros decidiram que o novo recurso proposto tinha “caráter meramente prote-

latório” — e, por isso, o réu deveria ser preso. A decisão foi tomada no julgamento dos segundos embargos de declaração apresentados pelo parlamentar — uma espécie de recurso do recurso. A defesa alegou que Donadon não poderia ser preso, porque era deputado. Um dia antes de ser condenado pelo STF, Donadon renunciou ao mandato que exercia. No mesmo ano, ele concorreu novamente a deputado, foi eleito para um novo mandato e tomou posse em 2011. Na sessão de ontem ministro Teori Zavascki ressaltou que não há incompatibilidade entre a atividade parlamentar e a prisão.

STF determinou ontem a imediata expedição do mandado de prisão contra o deputado Natan Donadon (PMDB-RO)

CÂMARA

FPE

A CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) da Câmara aprovou ontem uma PEC (Proposta de Emenda à Constituição) que acaba com o voto secreto na análise de cassações de mandatos de deputados e senadores. A proposta é mais um item da “agenda positiva” criada pelo Congresso em respostas aos protestos que tomam as ruas de vários Estados pelo país. A medida vale para casos de falta de decoro parlamentar e condenação criminal com sentença transitada em julgado (sem chances para recursos da condenação). O texto segue agora para uma comissão especial que precisa ser criada pela Câmara. Se aprovada, terá que passar por dois turnos de votação no plenário da Casa, precisando de 308 votos para ser confirmada. Essa proposta foi aprovada no ano passado pelo Senado.

Menos de 15 horas depois de a Câmara votar a proposta, o Senado aprovou ontem novo texto para o projeto que cria novos critérios de repasse para o Fundo de Participação dos Estados (FPE), garantindo que os estados não terão redução nos repasses, caso a União faça as chamadas desonerações tributárias. O texto aprovado também protege os municípios de redução de repasses. A proposta foi incluída no texto pelo líder do DEM na Câmara, deputado Ronaldo Caiado (GO), e apoiado pelo relator da matéria no Senado, Walter Pinheiro (PT-BA). O projeto foi aprovado por 55 votos a favor e apenas um contra, além de uma abstenção. Mas os senadores derrubaram uma outra proposta que havia sido aprovada pelos deputados e que obrigava a União a compensar eventuais perdas que os estados tiverem com os novos critérios.

CCJ aprova Senado aprova fim da votação novos repasses secreta na casa para estados


TRIBUNAINDEPENDENTE

8 BRASIL/MUNDO MACEIÓ - QUINTA-FEIRA, 27 DE JUNHO DE 2013

Brasil

Ao comemorar rejeição da PEC-37 promotor dispara palavrão no Facebook Uma declaração postada no Facebook do promotor do MPDF (Ministério Público do Distrito Federal), Dario Cru, causou polêmica e gerou até uma advertência ao magistrado. Na publicação na rede social, Cru fez um comentário em relação à votação que derrubou a PEC (Projeto de Emenda Constitucional) 37. “Depois da reprovação da PEC, eu gostaria de mandar uma msg [sic] pra esse nosso país [sic]: Brasil, vai tomar no...” Em seguida, em um comentário feito na própria publicação, o promotor resolveu redirecionar a mensagem e disse que seu desejo se aplicava apenas ao Congresso Nacional e aos delegados de polícia.

Mundo

Manifestantes marcam reunião hoje no Senado

HYUCBYBCYBV

Representantes vão expor ao presidente as reivindicações das ruas UARLEN VALERIO

Manifestações em Belo Horizonte levaram preocupação a polícia devido ao jogo da seleção brasileira

CASAMENTO GAY

PROTESTOS EM MG

A Suprema Corte dos Estados Unidos concedeu ontem uma histórica vitória para partidários dos direitos dos homossexuais ao determinar que o governo federal reconheça os casamentos entre pessoas do mesmo sexo em Estados onde isso já é legal e abrindo caminho para seu reconhecimento na Califórnia, o mais populoso Estado do país. Mas, como já se esperava, a Corte não adotou uma sentença mais abrangente reconhecendo que os homossexuais têm o direito fundamental de se casarem. Por isso, a decisão não terá consequência nos mais de 30 Estados que não reconhecem a prática.Os dois casos, ambos decididos pelo placar de 5 x 4, diziam respeito à constitucionalidade de parte de uma lei federal de 1996, a Lei de Defesa do Casamento (Doma, na sigla em inglês).

cífico na tarde de ontem em Belo Horizonte-MG reuniu mais de 50 mil pessoas ficou tenso durante a passagem pela avenida Abrahão Caram, na Pampulha. A Polícia Militar disparou bombas de gás lacrimogênio após um grupo de pessoas tentar derrubar a grade que dá acesso ao Mineirão. Os manifestantes queriam chegar ao estádio e alegavam que tinham o direito de manifestar em qualquer lugar. Durante a confusão, duas pessoas caíram do Viaduto José Alencar, no encontro entre as avenidas Abrahão Caram e Antônio Carlos. O primeiro homem que caiu, Douglas Henrique de Oliveira Souza, de 21 anos, foi resgatado por helicóptero e encaminhado ao Hospital de Pronto-Socorro João XXIII, onde está internado em estado gravíssimo. No momento da queda,

Corte dos EUA Vândalos infiltrados causam dá vitória aos incêndios, saques e conflitos O protesto que começou pa- universitários que protestadefensores

vam em frente à Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) isolaram a área para que houvesse o resgate. A outra vítima, Daniel de Oliveira Martins, de 28 anos, também caiu do mesmo viaduto durante as manifestações. Ele foi levado, consciente, ao João XXIII com fratura no rosto e suspeita de fratura na perna esquerda. O deputado Durval Ângelo informou, pelo Twitter, que existia um acordo para interdição do viaduto durante a manifestação, mas, de acordo com um vídeo que circula pela internet, os manifestantes tinham sido orientados a não subir no local. DEPREDAÇÃO Um grupo com cerca de 200 pessoas, que voltava para a avenida Abrahão Caram, depredou quatro ônibus da linha 5401 ao passar pela rua Alameda Ipê Branco.

R

epresentantes dos manifestantes vão se reunir hoje com o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), para apresentar ao senador as demandas dos movimentos. A reunião está marcada para as 18h. Eles estiveram hoje com o parlamentar, mas o encontro serviu apenas para marcar a reunião de hoje. Mais cedo nesta quarta, o mesmo grupo levou uma pauta de reivindicações para o presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN). Ao deputado eles pediram o arquivamento do projeto de lei 728/2011, que trata sobre a definição de atos terroristas. Segundo os manifestantes, a proposta restringiria a manifestação popular no período de Copa do Mundo e Copa das Confederações, já que os protestos seriam considerados atos terroristas. O projeto, no entanto, afirma que serão classificados como terroristas aqueles que provocarem ou difundirem pânico ou terror generalizado, ofensa à integridade física das pessoas por motivos variados (ideologia, religião, política, preconceito racial, étnico ou xenófobo). Eles também pedem o fim do voto secreto. A proposta de emenda à Constituição que determina voto aberto nos processos de cassação de mandatos foi aprovada hoje pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara e ainda deve passar pelos plenários da Câmara e do Senado. As demandas seguem e pedem mais investimentos em educação, segurança e saúde, melhorias imediatas no transporte público e a formação de uma comissão parlamentar de inquérito (CPI) para investigar os gastos com a Copa do Mundo.

Bolas de futebol foram colocadas ontem no gramado do Congresso


TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - QUINTA-FEIRA, 27 DE JUNHO DE 2013

Cidades

CIDADES

9

Linhas de ônibus que circulam na Ufal têm acréscimo no período noturno A Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito de Maceió (SMTT), em parceria com empresas de ônibus, aumentou o número de coletivos que circulam no campus da Universidade Federal de Alagoas em Maceió. O acréscimo nas linhas teve início terça-feira atendendo a reivindicações antigas dos alunos da universidade. A linha Eustáquio Gomes-Centro passa a ter mais uma viagem com saída às 22h; Forene-Trapiche tem mais uma viagem às 22h20 e Eustáquio-Ponta Verde às 22h30. Já a linha B.BentesEustáquio, passando pelo Santos Dumont, Forene, Graciliano Ramos, Village Campestre I e II e Pátio Maceió, agora tem sua última viagem às 22h.

Quarto protesto do mês é esvaziado De 10 mil, na quinta-feira da semana passada, total de participantes caiu para 500 ontem, segundo cálculo da SMTT ALAIN LISBOA REPÓRTER

S

omente neste mês, Maceió chegou ao quarto dia de protestos em massa. Ontem, o dia foi marcado por atos realizados por diferentes segmentos sociais que paralisaram desde o trânsito - como de costume - a alguns serviços públicos. Apesar de seguir uma sequência, o protesto iniciado por volta das 16 horas de ontem, intitulado “Ato Por Um País Melhor”, composto em sua maioria por estudantes, teve menos adeptos que os três realizados anteriormente, também convocados pelas redes sociais. Se antes, os protestos que paralisaram o trânsito da Avenida Fernandes Lima eram motivados pelo aumento da passagem de ônibus, ontem, o motivo da manifestação não ficou evidente. A falta de um foco e de

um líder para o movimento, além do jogo da Seleção Brasileira contra o Uruguai, teriam determinado o número de participantes. De 10 mil pessoas registradas no último protesto, na semana passada, aproximadamente quinhentas foram às ruas ontem, como calculou a SMTT. “Como o movimento não tem organicidade, um direcionamento, ele tende naturalmente a cair no esvaziamento. Qual é o objetivo do protesto? Agora deveria ser um momento de amadurecer o movimento, que precisaria de formação política, que também não existe”, analisa o sociólogo Jorge Vieira. Um dos coordenadores do ato, o estudante Gefferson Cavalcante, também não soube precisar o objetivo principal do ato. “A gente quer chamar a atenção da mídia e do governo para o que está escrito nos cartazes”, explicou. ADAILSON CALHEIROS

ADAILSON CALHEIROS

Cada um protestou contra o que quis; segundo um dos coordenadores do ato, intenção foi chamar atenção do governo para reivindicações

‘VOZ DO POVO’

Cartazes citam até desenhos animados

Alguns motoristas não tiveram paciência e discutiram com manifestantes

EM BLOQUEIO

Motorista ‘irritado’ passa por cima do pé de estudante Um estudante que bloqueava a via que fica por trás da Escola Tavares Bastos, na Praça do Centenário, acabou atropelado por um motorista que dirigia uma L200 de cor prata, durante o protesto na Avenida Fernandes Lima, ontem à tarde. Segundo o estudante, que não foi identificado, o motorista teria conseguido furar o bloqueio porque supostamente apontou uma arma de fogo para o manifestante. “Quando eu vi a arma, eu saí da frente, mas mesmo assim ele passou por cima do meu pé”, disse. Mais tarde, já durante a caminhada na Avenida Fernandes Lima, um policial militar à paisana, inconformado com o tempo de espera no trânsito, também teria tentado furar o bloqueio e discutiu com os manifestantes, que o acu-

saram de estar armado e de ter quebrado a câmera fotográfica de um deles. O policial, que seria um sargento, não teve o nome divulgado e saiu do local escoltado por uma viatura da polícia. O Batalhão de Polícia de Trânsito nega a informação. DESVIOS Ao longo de toda a Avenida Fernandes Lima, motoristas tiveram que ter paciência ou buscar vias alternativas para desviar da passeata que, ao chegar ao Cepa, voltou à Praça do Centenário. Muitos passageiros desceram dos ônibus e seguiram a pé a viagem. Apesar dos registros divulgados pelos manifestantes, o protesto foi tranquilo e terminou por volta das 20 horas, quando o grupo, já disperso, cantou o hino nacional brasileiro.

Através de cartazes, os manifestantes protestaram ontem pelo que já era reivindicado nos atos promovidos anteriormente: mais investimentos para a educação e saúde. Mas alguns, irreverentes, usaram até frases de desenhos animados para chamar a atenção das pessoas. “É um ato diferente, apartidário, é a voz do povo falando num ato por um país melhor. Estamos fazendo o que o povo escolher fazer”, disse um dos coordenadores do ato, Gefferson Cavalcante. A escola Tavares Bastos chegou a liberar seus alunos mais cedo para participar do evento. Segundo o diretor, Herik dos Prazeres Silva, muitos alunos são adeptos do movimento. “No ato anterior, a escola até disponibilizou cartolinas para os alunos participarem”, disse. Entre os cartazes com frases de desenhos animados, um tinha a citação do super-heroi Lanterna Verde: “No dia mais claro, na noite mais densa, o mal sucumbirá perante minha presença”. Outra, em referência ao Super Homem, dizia que o povo é a Kriptonita da presidente Dilma Rousseff. MAIS UM Na tarde de ontem, também às 16 horas, novamente na Praça do Centenário, mais um ato aconteceu. Este, coordenado pelos manifestantes que iniciaram o primeiro dos quatro protestos realizados neste mês em Maceió, contra o aumento da passagem de ônibus, mas que também já ganhou outras bandeiras de reivindicação. O cientista político Sávio Almeida não confirma que será de imediato, mas já enxerga o enfraquecimento desses eventos. “Vai haver um momento em que isso vai terminar. Não sei de que forma, se vai terminar por ele mesmo, por esvaziamento, se quando o objetivo for atingido. Mas quem vai considerar isso, se não há uma liderança?”, questionou.

PROCEDIMENTOS ERRADOS

Motorista atropela ciclista, some e Polícia Civil culpa a SMTT RÍVISON BATISTA REPÓRTER

Uma polêmica tomou conta do atropelamento com morte na tarde de ontem na Avenida Fernandes Lima, no Farol, que teve como vítima o ciclista e serralheiro Amadeu Emanuel dos Santos, 56 anos. De acordo com a Central de Flagrantes da Polícia Civil, a SMTT chegou ao local do acidente primeiro e não comunicou o fato ao Centro Integrado de Operações da Defesa Social. A condutora responsável pela morte foi liberada e o veículo, um Fiat Strada branco, retirado antes da perícia. De acordo com agentes da Central de Flagrantes, a SMTT fez o procedimento errado no local de crime, já que se trata de um homicídio culposo (sem a intenção de matar). “O car-

ro não chegou nem a vir para a Central. O que aconteceu foi que a SMTT retirou o veículo do local junto com a condutora. Não houve perícia porque o carro sumiu junto com a condutora”, diz um agente. Até por volta das 21 horas, a condutora não havia aparecido. Um homem se apresentou na Central, se dizendo proprietário do veículo. Ele foi ouvido pelo delegado Vinícius Ferrari, mas até o fechamento desta edição não havia terminado o depoimento. A Polícia Civil vai levantar imagens de câmeras de videomonitoramento para entender a situação. EXPLICAÇÕES A SMTT contesta a versão da polícia. Segundo o diretor de operações de trânsito da SMTT, Zenildo Calheiros, a motorista responsável pelo acidente foi por vontade própria à Central

de Flagrantes antes da chegada das viaturas da SMTT. “O que nos passaram foi que a moça estava com medo de ser agredida por amigos e parentes da vítima”, disse. De acordo com Zenildo, a SMTT não conduziu o carro, nem a condutora do veículo para outro local. “Isso não aconteceu. Quando nós chegamos, o carro estava sendo estacionado perto de um posto de combustível. Havia um rapaz que não sabemos se estava com ela na hora do acidente ou se chegou depois. Ele passou os documentos do veículo. Ela não estava mais lá e nós não mexemos nesse carro”, afirma. Zenildo ainda disse que, quando a SMTT chegou ao local, uma viatura do Samu estava constatando o óbito. “No caso, o Samu deveria ter acionado o Ciods”, disse.

NA PAJUÇARA

Servidores do Dnit se manifestam para cobrar equiparação salarial Greve nacional cobra salários iguais aos pagos na ANTT NIGEL SANTANA REPÓRTER

Representados pelo comando de greve estadual, os servidores do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes em Alagoas (Dnit) entraram no segundo dia de greve nacional. O Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público Federal (Sintsep) também esteve presente no ato realizado ontem de manhã, na sede do órgão, no bairro de Pajuçara. Nabuco Filho, do comando de greve, declarou à Tribuna Independente que a luta dos servidores é pelo reenquadramento do Dnit como órgão estratégico para o Brasil. Além disso, os trabalhadores reivindicam que os salários

sejam equiparados ao dos servidores da Agência Nacional dos Transportes Terrestres (ANTT) e da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq), órgãos criados na mesma lei do Dnit. “A mesma lei que criou o Dnit, elaborou também a ANTT e a Antaq. Por que eles ganham 50% a mais que os servidores do Departamento? Não estamos rivalizando ou criticando os outros órgãos. Nós queremos a equiparação salarial porque todos foram criados na mesma lei. Precisamos ainda da capacitação dos servidores, organização do regimento interno, além da definição sobre as nossas competências e atribuições em alguns setores”, destacou Nabuco Filho. O comando de greve nacio-

nal é o competente em administrar as negociações junto ao governo federal. A paralisação, segundo os servidores do Dnit em Alagoas, é por tempo indeterminado. SERVIÇOS O presidente do Sintsep, Jorgelson Veras, e o representante dos servidores, Nabuco Filho, relatam que a greve atinge os serviços diretos do Dnit em Alagoas. A duplicação da BR-101, por exemplo, está parada por falta de fiscalização. Outras obras devem paralisar porque os fiscais estão de braços cruzados. O setor administrativo e de protocolo não terão expediente enquanto não houver uma posição favorável do governo federal quanto à equiparação dos salários.


10

CIDADES

MACEIÓ - QUINTA-FEIRA, 27 DE JUNHO DE 2013

TRIBUNAINDEPENDENTE

Aprovados da PM cobram convocação Em mais um protesto ontem, candidatos cantaram parabéns por um ano do edital e exigiram cumprimento de prazos SANDRO LIMA

ANA PAULA OMENA NIGEL SANTANA REPÓRTERES

O

Com irreverência, manifestantes pediram convocação de dois mil

s aprovados no concurso da Polícia Militar, realizado em 2012, também se manifestaram ontem em Maceió. Eles fizeram um ato público ontem de manhã em frente ao Palácio República dos Palmares, sede do governo estadual. Mais de 100 pessoas com faixas, cartazes, apitos e nariz de palhaço reivindicaram do governador mais agilidade na convocação. Rodrigo Lima, um dos aprovados, explicou que alguns candidatos gastaram entre R$ 2 mil e R$ 3 mil para a realização de exames. Houve quem gastou até R$ 9 mil. Como forma de protesto, os aprovados levaram um bolo e cantaram parabéns por um ano de lançamento do edital do concurso. “Na prática, estamos so-

frendo com essa criminalidade, estamos sem trabalhar. O manifesto é pacífico e tem o intuito de chamar a atenção do governador Teotonio Vilela Filho [PSDB] para que a convocação dos aprovados seja ágil”, salientou Rodrigo. De acordo com os aprovados, mais de duas mil pessoas que passaram no concurso estão à espera da convocação. Deste quantitativo, mil estão na reserva técnica. REUNIÃO Pouco depois do início do protesto, o governador Teotonio Vilela Filho convidou para uma reunião os representantes dos aprovados no concurso da Polícia Militar. O chefe do Executivo destacou que o objetivo era conhecer as reivindicações do grupo. Os representantes do movimento, acompanhados do presidente da Associação dos Praças da Polícia e Bombeiros

Militares (Aspra/AL), Wagner Simas, destacaram que a principal reivindicação é a celeridade na convocação dos concursados. Outros pontos também foram citados, como a convocação da reserva, somando 2.097 novos policiais, e o cumprimento dos prazos estabelecidos no edital inicial do certame. De acordo com os representantes, a data inicial marcada para agosto foi transferida para 19 de setembro. “Com esse calendário, as aulas do curso de formação só devem ser iniciadas em janeiro”, disse a aprovada para a reserva técnica Juliana Matos, que defendeu a utilização de escolas estaduais para as aulas, facilitando a formação de todos os aprovados, inclusive os da reserva. O governador garantiu que vai acompanhar pessoalmente o processo para que não haja

atraso na admissão dos aprovados. “Onde houver possibilidade de diminuir o prazo sem incorrer em risco de atrasos com novas demandas jurídicas, eu, pessoalmente, vou me empenhar para resolver”, disse o governador, afirmando que vai procurar o Centro de Seleção e de Promoção de Eventos da Fundação Universidade de Brasília (Cespe/UNB), entidade que realizou o concurso. Com relação à convocação da reserva, o governador explicou que depende dos limites impostos pela Lei de Responsabilidade Fiscal. “Minha prioridade é chamar todos o quanto antes. Logo que for possível dentro da LRF, os convocarei”, afirmou. Será feito ainda um estudo técnico com a possibilidade de diminuir o tempo do curso de formação, sem perder a carga horária, nem a qualidade do curso.

ARTISTAS DA TERRA

São João de Maceió valoriza a cultura local Declarado Patrimônio Vivo de Alagoas, o instrumentista Chau do Pife foi ontem uma das atrações do São João promovido pela Prefeitura de Maceió, com o tema de Jacinto a Tororó, São João é em Maceió. A festa, que teve início no dia sete com o forró nos mercados, segue até o dia 30 de junho, levando animação às comunidades e valorizando

os artistas locais. Considerados um dos instrumentistas mais talentosos do país, sobretudo pela originalidade e virtuosidade, Chau do Pife se disse encantado com a possibilidade de participar da festa. “Pela primeira vez me sinto valorizado. Não sou contra a participação de artistas de fora,

mas a gente se machuca quando o que é bom é dado apenas a quem vem de fora. Por isso agradeço a oportunidade que o governo do prefeito Rui Palmeira vem dando a mim e aos artistas da terra, de participar desta festa tão bonita”, disse emocionado. Outra artista da terra que se apresentou no São João de Ma-

ceió foi Zeza, líder do Coco da Zeza. O grupo, um dos mais tradicionais da capital, se apresentou no palco de Fernão Velho. “Estamos muito felizes em participar de um São João que homenageia duas grandes personalidades da cultura popular do Estado, Jacinto Silva e Tororó do Rojão,” explicou Fagner, um dos integrantes do Coco.

COMO GERENCIAR SUA CARREIRA EM COMUNICAÇÃO

E

m qualquer atividade profissional, a carreira é um processo divergente, frequentemente cíclico, raramente previsível, por vezes com retrocessos e movimentos laterais, exigindo constante monitoramento. Da mesma forma que não existem garantias na vida, também não existe garantia de carreira. Mas, múltiplos caminhos – raramente previsíveis – sempre demandarão permanente atualização e reinvento da trajetória profissional. Os interessados neste tema têm a oportunidade de descobrir detalhes sobre ele por meio do curso online que será realizado no dia 3 de julho, das 19h às 22h. Para isso, basta investir R$ 79,90. Mais detalhes no http://educacao.comunique-se. com.br.

ORATÓRIA PARA COMUNICADORES TÉCNICAS DE ARGUMENTAÇÃO No próximo dia 6 de julho, das 09h às 17h, profissionais de comunicação irão identificar de que maneira sua argumentação pode ser mais eficaz, sobretudo para aqueles que atuam na área de publicidade (apresentação de campanha) e assessoria de imprensa/relações públicas (atendimento em agência). Fabiana Grieco, doutoranda em Ciências da Comunicação pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA/USP), vai debater com os participantes do curso sobre modelo de comunicação, comunicação eficaz, elementos que compõem o processo comunicacional, expressão verbal e não verbal e a utilização de recursos de apoio. Mais informações no endereço eletrônico http://educacao. comunique-se.com.br. O investimento é de R$ R$ 450,00.

REPRESENTANTES ALAGOANOS

PALESTRANTES DO ENJAI

Os delegados eleitos no 8º Encontro Estadual de Jornalistas em Assessoria de Comunicação – o EJAI – vivem a expectativa para participar do 19º Encontro Nacional dos Jornalistas em Assessoria de Imprensa (ENJAI), que será realizado, no Rio de Janeiro, entre os dias 22 e 25 de agosto. Estarão em pauta os caminhos e o papel da assessoria de imprensa. O encontro nacional será realizado no Rio’s Presidente Hotel e terá como tema central a assessoria de imprensa nos grandes eventos e o interesse público do jornalismo.

Entre os debatedores já confirmados estão o gerente de imprensa da Petrobras, Lúcio Pimentel, e o gerente de esportes do UOL, Murillo Garavello. A programação completa será divulgada no início de junho, junto com a abertura das inscrições. O XIX ENJAI vai contar também com o painel sobre o perfil do jornalista brasileiro. Os professores da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) Jaques Mick e Samuel Lima vão apresentar pesquisa sobre os profissionais da imprensa.

DELEGADOS ALAGOANOS Foram eleitos para representar Alagoas, durante o 19º Encontro Nacional dos Jornalistas em Assessoria de Imprensa (ENJAI), no período de 22 a 25 de agosto, os jornalistas Helciane Angélica, Ricardo Moresi, Emanuelle Vanderlei, Valdice Gomes e uma estudante do Centro Universitário Cesmac. A eleição dos delegados alagoanos foi realizada no último dia do 8º Encontro Estadual de Jornalistas em Assessoria de Comunicação – o EJAI, realizado no último fim de semana.


TRIBUNAINDEPENDENTE

AÍLTON VILLANOVA ailton.villanova@gmail.com

MACEIÓ - QUINTA-FEIRA, 27 DE JUNHO DE 2013

CIDADES

11

Segurança terá R$ 8 mi a mais em investimentos Recursos servirão para aumentar vagas de Centro de Ressocialização em Maceió

D O cara do aperto

F

inalzinho da década de 50, início dos anos 60. Eram tempos da rumba do chá-chá-chá, do bolero e do mambo, sobrando uma lasquinha pro jazz. Esses rítmos mexiam realmente com a rapaziada. Nessa época, a Rádio Difusora de Alagoas reinava absoluta, porque era a única no estado. Mantinha sempre cheios os seus programas de auditório, inclusive com atrações internacionais como, por exemplo, El Cubanito e sua orquestra de mambos, Bienvenido Granda, Orquestra Românticos de Cuba, etc. Era um delírio. Todas as vezes que o negrão El Cubanito e sua trupe (sempre sob o patrocínio de J. Castro & Cia., uma firma importante no comércio de Maceió) acabavam de participar das audições festivas da Difusora, eles eram disputadíssimos por clubes sociais de Maceió, que enfrentavam o problema dos penetras. Um dia, terminado o show na emissora oficial, o grupo cubano deveria se apresentar na finada União Beneficente Portuguesa, que ficava na Senador Mendinça, ao lado do Teatro Deodoro. A casa estava entupida de gente e o seu principal dirigente, preocupado com os penetras, chamou os porteiros e ordenou: - Não quero moleza, hein? Seja quem for, só entra pagando. O cachê da orquestra é caríssimo e nós não podemos ter prejuízo. Perto de começar o espetáculo, o pessoal da trupe - incluindo o astro principal El Cubanito e as rumbeiras -, começou a chegar e se dirigir à porta dos fundos, por onde deveria ter acesso ao palco. E os porteiros atentíssimos. Os caras se identificavam e emburacavam. Em dado momento, o porteiro-chefe Djalma Santana deu a ordem para o fechamento do portão, certo de que não havia ninguém da comitiva para entrar. Foi quando apareceu um cara todo apressado e se dirigiu ao tal portão. Aí, o Djalma berrou de lá: - Êpa! Pra onde vai? E o sujeito com sotaque cubano: - Que és esto, amigón? Yo soy de la orquestra! - Que orquestra, rapaz? Já entrou todo mundo, até as rumbeiras, se você quer saber. - Pero, no sabes que tien aquelo que face “ugh”, em médio el mambo? Djalma ficou sem resposta e o camarada completou: - Posto que soy aquelo que face “ugh”! E embocou. Imediatamente apareceu outro cara, afobadinho para entrar. Djalma tentou fazer valer, mais uma vez,a sua autoridade: - Peraí, meu amigo! Tu não vem com essa de que é da orquestra, porque já passou todo mundo por aqui... cantor, rumbeira, até o cara que faz “ugh”! O afobadinho retrucou: - Y quien tu pensas que apierta sus cujones, ham? E entrou.

Crescimento rápido O comerciante Ernesto Monteiro, vivíssimo, por sinal, possuia uma rede de lojas de tecidos na região sertaneja, com sede em Santana do Ipanema. Um certo dia de época natalina, apareceu na loja principal o agricultor Severino Erasto: - Bom dia, seu Arnesto. Vim comprá uns paninho pra móde a mulé fazê umas ropinha pros sambudinho lá de casa... O comerciante pegou um corte de brim dos mais fuleiros, exibiu pro matuto e disse: - Esta aqui é uma peça lorde, seu Biu. Dá certinho pr’os seus rapazinhos. Pode levar sossegado que é pano de primeira. - Será qui incóie, seu Arnesto? - De jeito e maneira! Não encolhe e nem desbota! O agricultor levou o pano. Na primeira lavada, foi aquele vexame: a roupa dos garotos encolheu toda. O matuto ficou furioso. Mandou um por um dos filhos vestir a roupa e se mandou com eles para a loja do velho Ernesto, disposto a se desmantelar, pois nunca tinha sido enganado daquele jeito. Mas o comerciante ao reparar, de longe, na cara do Severino e temendo o pior, agiu com vivacidade. Quando o matuto e os filhos chegaram a porta da loja, Ernesto saltou na calçada de braços abertos: - Benza Deus, seu Biu! Como os seus filhos cresceram!

Ah, roxo, não! Dona Gerusa, mulher do fazendeiro Aldegundes Batista era danada de pidona. Todas as vezes que o marido montava na caminhoneta para viajar à capital, ela saltava na frente e pedia: - Me traga um vestido novo, viu, meu véio? Se o Aldegundes viajasse à Maceió duzentas vezes, o mesmo tanto de pedidos ela fazia. Na última vez que o fazendeiro montou no carro para cumprir a mesma tarefa, ele preparou uma resposta no capricho, para dar à mulher. Mal Aldegundes botou o pé no estribo do carro, Gerusa encostou: - Olha lá, hein, Aldegundes? Não vá esquecer de trazer o meu vestido! - Vê se não chateia, mulher! Eu trago! - Que cor? - Da cor do seu fiofó! - Ah, não, Aldegundes! Roxo eu não quero!

Nem o dedo cabia! O editor gráfico Miguel Pierri, antigo companheiro de jornal, é ligadão num rango. Ainda garoto, residindo em São Paulo, onde nasceu, ele foi com o nono (avô) que era italiano, à uma festa chique na casa de um parente. Comida à beça e Miguel perdido no meio de manjares e pitéus napolitanos. O avô do Miguel proseava num canto com alguns patrícios, recordando os tempos da velha Itália, quando viu o netinho passar com a carinha assustada e branco que nem cera de vela. E como suava frio! - Miguel, tu passa male, Miguel? - perguntou o avô preocupado. - É, vô. Tô sentindo um troço estranho... - Ma che? Bebeu muito? Há exagerato, bambino? - Não, vô. Sabe aquelas coxinhas? Eu comi umas sessenta, vô! - Mamma mia, filhoto! Precisava comer tanto? Vá lá atrás da casinha e tenta engumitá. Enfia o dedo na guela, filhoto! E o Miguel: - Ah, vô, se coubesse um dedo, eu comia mais uma...

Bêbado impaciente Um grupo de amigos jogava xadrez, disputando um pequeno campeonato. O local era o bar do Agrício, situado na Jatiúca. Nisso, chega um bêbado e fica ao lado da mesa, só assistindo... As horas foram passando. Uma, duas, três, quatro, cinco... E o bêbado lá, só de butuca. Até que um dos competidores resolveu saber se ele queria jogar também. - Ei, amigo! Você tá olhando a gente jogar há horas! Venha jogar também! E o bêbado: - O quê?! Jogar xadrez? Eu não tenho paciência pra nesse negócio não!

urante reunião ocorrida ontem na Secretaria de Estado do Planejamento e do Desenvolvimento Econômico (Seplande) foram definidas novas inversões de valores dos recursos destinados para a segurança pública no Estado. A área recebeu um acréscimo de R$ 8 milhões dentro do Programa de Apoio ao Investimento dos Estados e Distrito Federal (Proinveste), passando a contar com recursos da ordem de R$ 135 milhões para a execução de projetos. O valor acrescentado servirá para aumentar a lotação de um novo Centro de Ressocialização, localizado em Maceió, que vai oferecer 1.200 vagas e está orçado em R$ 58 milhões. A construção de uma Unidade Prisional do Agreste, instalada no município de Craíbas, também está entre os projetos para a segurança pública, e vai gerar outras 800 vagas. O secretário de Estado da Defesa Social, Dário Cesar, ressaltou que o modelo de ressocialização dentro do sistema prisional oferece novas perspectivas de vida

AGÊNCIA ALAGOAS

Secretários de Planejamento e Defesa Social definiram remanejamento

para os reeducandos. “Esse formato nos leva a crer que o índice de reincidência das infrações seja reduzido. Nossa proposta é dar ao reeducando a chance de ser inserido novamente na sociedade e não cometer outros delitos”, afirmou o secretário. O videomonitoramento da região entre os municípios da Barra de Santo An-

tônio e Barra de São Miguel, e nas cidades de Arapiraca e Palmeira dos Índios foi outra ação avaliada na reunião. Com a aquisição de câmeras, infraestrutura e treinamento de equipes de operação, esses municípios devem ser devidamente monitorados pela Secretaria de Estado da Defesa Social (Seds) até o ano que vem.

Além dessa iniciativa, a segurança pública vai contar também com a implantação do sistema de radiocomunicação digital da Seds. Com recursos do Proinveste e do Fundo Nacional de Segurança Pública (FNSP), o Estado terá o gerenciamento desse sistema estruturado, além da aquisição de terminais e manutenção prevista. O secretário de Estado do Planejamento e do Desenvolvimento Econômico, Luiz Otávio Gomes, avaliou a importância desses investimentos e o comprometimento das equipes diante do esforço necessário para a sua realização. “Alagoas atravessa um momento importante em seu desenvolvimento e garantir a segurança do cidadão alagoano é o dever do Governo do Estado. Viabilizamos investimentos, desenvolvemos projetos e trabalhamos incansavelmente para que tudo seja realizado no seu devido tempo. Como coordenadora desses recursos para o Estado, a Seplande tem se empenhado para oferecer o auxílio necessário às demais Secretarias”, concluiu.

OPERAÇÃO

‘Lei Seca’ reduz índice de acidentes Ação integrante do plano Brasil Mais Seguro completa um ano amanhã Em Alagoas, a operação Lei Seca completa um ano amanhã. Ela foi lançada como parte integrante do Plano Nacional de Segurança Pública e integra o programa Brasil Mais Seguro – Alagoas. Neste ano, o Detran/AL identificou uma redução de acidentes considerável, comparado ao mesmo período do ano anterior. Em um ano, a redução foi 8,4%, ou seja, uma média de 500 acidentes evitados. Este número cresce, quando se trata de acidentes com vítimas feridas. Com

a fiscalização intensificada, foi registrada a redução de 20,5%, evitando que 400 pessoas ficassem feridas nas estradas. Ainda de acordo com o Detran/AL, houve uma redução de 14,3% nos índices de acidentes fatais. INFRAÇÃO Em um ano, 435 veículos foram apreendidos; 623 condutores se recusaram a realizar o teste de alcoolemia e foram autuados, como prevê o Código de Trânsito Brasileiro; 767 carteiras de habilitação foram recolhidas e 84 pessoas foram pre-

sas em flagrante por crime de trânsito. Também foram registradas outras 2.248 infrações diversas de condutores. Pela nova lei, em vigor desde o dia 21 de dezembro de 2012, é considerado crime conduzir veículo automotor com capacidade psicomotora alterada em razão da influência de álcool ou de outra substância psicoativa que determine dependência. A infração para o condutor que estiver alcoolizado ou se negar a fazer o teste é considerada gravíssima. Além de

uma multa de R$ 1.915,40 e a perda de sete pontos na carteira de habilitação, será aberto um processo administrativo no Detran e o condutor estará sujeito a ter o direito de dirigir suspenso por 12 meses, terá que realizar um curso de reciclagem e uma prova. FISCALIZAÇÃO A fiscalização acontece diariamente, em pontos da capital e do interior do Estado. Os locais das ações são definidos através de um mapeamento de rotas de acidentes e saída de bares.

PESQUISA DA OAB FELIPE VICENTE

Defesa Social contesta dados sobre violência

O secretário de Defesa Social, Dário Cesar, afirmou, na terça-feira, que Alagoas registrou redução no número de homicídios de jovens nos primeiros cinco meses de 2013, se comparado ao mesmo período do ano passado. A declaração foi feita no mesmo dia em que a Comissão de Direitos Humanos da Ordem dos Advogados do Brasil em Alagoas divulgou um relatório apontando aumento desse mesmo índice. Segundo o secretário, na faixa etária entre 18 e 24 anos, o índice de crimes violentos letais intencionais reduziu 1,3%. Segundo a OAB, entre janeiro e maio deste ano, o total de assassinatos de pessoas com até 24 anos (incluindo crianças) aumentou 9,6%. A diferença é que a pesquisa da OAB abrange uma faixa maior de idade. O Estado não questionou o índice de homicídios nessa faixa etária. Segundo os dados da Defesa Social, entre janeiro e maio de 2012 foram registrados 320 homicídios na faixa etária de 18 a 24 anos, enquanto este ano o número ficou em 316. Nesta faixa etária, os índices de redução foram menores que a média geral, que fica em torno de 10%. Para se ter uma ideia, a redução na faixa entre 25 e 29 anos foi de 15,8%.

Mais dois delegados investigam desaparecimento de garotinho

O delegado-geral da Polícia Civil, Paulo Cerqueira, designou ontem que mais dois delegados investigarão o desaparecimento do menor Felipe Vicente da Silva, de dois anos de idade, que está sumido desde o dia 16. Para investigar o caso, foram designados os delegados Denisson Albuquerque e Antônio Henrique. O caso vem sendo investigado pela delegada Bárbara Arraes, titular da Delegacia Especial dos Crimes contra a Criança e o Adolescente. A comissão que está apurando o delito divulgou que já foram ouvidas seis testemunhas, a maioria são parentes e vizinhos. A mãe da criança também já prestou depoimento. A criança desapareceu no Conjunto Cleto Marques Luz, no bairro do Tabuleiro do Martins em Maceió. COBRANÇA Familiares da criança foram ontem até ao Palácio do Governo do Estado, no Centro de Maceió, e fizeram um protesto para cobrar rapidez nas investigações e para clamar à população que ajude a encontrar o menino Felipe. Um tio do menor, Rubens

ARQUIVO PESSOAL

Felipe desapareceu no dia 16, no Conjunto Cleto Marques Luz

Filho, falou à reportagem da Tribuna Independente e explicou a motivação da família para o ato de ontem. “O protesto foi para cobrar mais ajuda do Governo e da Prefeitura para localizar a criança”. Segundo os familiares do garoto, várias informações chegam a eles todos os dias por meio de pessoas que alegam ter visto a criança. Eles afirmam que tudo é repas-

sado para a polícia, mas até agora nenhuma informação levou ao verdadeiro paradeiro de Felipe. O delegado-geral informou que a Policia Civil desenvolve todos os esforços no sentido de localizar o menor. Ele solicita que quem tiver informações que possam ajudar a polícia pode manter contato por meio do Disque Denúncia telefone: 181. O anonimato é garantido.


12

ECONOMIA

TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - QUINTA-FEIRA, 27 DE JUNHO DE 2013

etjornalista@gmail.com

Alagoas na Copa

U

ma grande oportunidade para alguns municípios alagoanos que têm se destacado ultimamente na produção artesanal. É que na última semana, foi criado com a finalidade de selecionar o melhor do artesanato alagoano para ser comercializado durante um mês inteiro, em quatro cidades da Copa do Mundo da FIFA 2014, o Edital de Chamada Pública do Projeto Expoart. É uma oportunidade de negócios e disseminação da cultura alagoana nessas cidades do país e no exterior. O edital foi lançado na sede do Sebrae/AL.

Alagoas na Copa - norma Para participar do projeto, serão escolhidas até 30 empresas alagoanas de artesanato, entre elas, associações de artesãos, microempresas, cooperativas, microempreendedores individuais (MEI) e artesãos com DAP (Declaração de Aptidão ao Pronaf) que produzam artesanato com alto valor agregado e que possuam identidade alagoana em sua qualidade estética

Pilar

Delmiro Gouveia

O Hospital Nossa Senhora de Lourdes que conta agora com Geraldo Cavalcante como seu novo Provedor, foi agraciado por um empresário na terça-feira, com um pacotão de medicamentos básicos, que chegou a somar a quantia de pouco mais de 4.800 reais. O Hospital aos poucos vem sendo reabilitado com a nova direção e com apoio da prefeitura, depois de um grande fracasso administrativo da gestão anterior, que há poucos dias renunciou aleatoriamente o comando do órgão.

Ontem, o prefeito Valdo Sandes sancionou a Lei nº 1071/2013 que cria o Conselho Municipal da Juventude (CMJ). O Conselho é um órgão colegiado, de caráter permanente, deliberativo, consultivo, fiscalizador e de representação da população jovem do município e está vinculado diretamente a Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social.

Penedo

Delmiro - visão

Lá em Penedo pequenos pecuaristas que lidam na criação do gado leiteiro estão impressionados com um novo método de trabalho que foi implantado pela Codevasf. Para que se tenha uma ideia, a produção diária de leite por vaca praticamente triplicou. É a tecnologia de pasto rotativo, conhecida também como método Voisin.

Segundo o prefeito Valdo Sandes, a criação do órgão é de extrema importância. “Através do Conselho Municipal da Juventude serão formuladas diretrizes, políticas públicas e programas relacionados para a promoção da melhoria das condições de vida dos jovens”, disse.

Projetos para mercados serão apresentados hoje

Objetivo é trabalho de requalificação para análise do prefeito e do governador

O

andamento dos trabalhos dos técnicos de diversos órgãos municipais e estaduais que visam a requalificação dos mercados públicos e feiras do Mercado da Produção, do Tabuleiro do Martins e de Jaraguá será apresentado em reunião de trabalho, na manhã desta quinta-feira (27), ao prefeito Rui Palmeira, governador Teotonio Vilela, deputados, vereadores, secretários e outras autoridades. A reunião, que contará com as presenças da secretária municipal do Trabalho, Abastecimento e Economia Solidária, Solange Jurema, do coordenador do processo de requalificação, Eli Vila Nova, e da secretária-adjunta da Semtabes, Cristina Nolasco, acontecerá no Hotel Maceió Atlantic Suites (antigo Meliá), no Salão Guaxuma, Av. Álvaro Otacílio, na Jatiúca, a partir das 10h. Os dados serão apresentados pelo consultor José Alberto Muricy, especialista na requalificação de mercados e feiras de todo o país. Sua consultoria, que objetiva a requalificação dos três mercados, é fruto de parceria entre a Prefeitura de Maceió, através da Semtabes, e a representação alagoana do Serviço Nacional de Apoio ás Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

ALAGOAS 24 HORAS

Requalificação atingirá mercados públicos e feiras do Mercado da Produção, Tabuleiro e de Jaraguá

QUEM É De Salvador, Bahia, José Alberto Costa Muricy é administrador de empresas, especializado, mestre, com cursos de Planejamento, Qualidade Total, ISO 9000, Auditor Líder, Custos, Faturamento e Medicina. Palestrante e instrutor, tem vasta experiência como executivo e consultor. É também professor universitário, diretor da SBAO e da Muricy Consultoria Ltda.,

Cultura nas escolas Atenção representantes de escolas públicas de Marechal Deodoro, Arapiraca, União dos Palmares e São Miguel dos Campos; o prazo para a inscrição das escolas no programa do governo federal “Mais Cultura nas Escolas” foi prorrogado até o dia 10 de agosto. O anúncio foi feito pela coordenadora-geral de Cultura e Educação da Secretaria de Políticas Culturais do Ministério da Cultura, Carla Dozzi. Esses municípios assim como Maceió estão situados em áreas de vulnerabilidade social definidas pelo programa Juventude Viva, por isso só eles têm direito a participar.

Cultura nas escolas - apoio Cada escola deve preparar um ‘Plano de Atividade Cultural’, especificando qual atividade será executada, por que, como, por quanto tempo e quanto custa. A Secretaria de Estado da Cultura de Alagoas (Secult) está disponibilizando apoio técnico àqueles interessados em inscrever seus projetos por meio da Superintendência de Formação e Difusão Cultural. O programa vai apoiar diversas linguagens artísticas (música, teatro, audiovisual, literatura, circo, dança, contação de histórias, artes visuais) e manifestações da cultura (rádio, internet, jornal, culinária, mitologia, vestuário, mestre e saberes populares).

Cultura nas escolas - valores Em 2013, serão investidos R$ 100 milhões para financiar cinco mil projetos. Cada um dos contemplados vai dispor de valores entre R$ 20 mil e R$ 22 mil. Os recursos financiam, entre outros itens, a contratação de serviços culturais necessários às atividades artísticas e pedagógicas. Os valores serão repassados diretamente às escolas, via Programa Dinheiro Direto na Escolas/Fundo Nacional do Desenvolvimento da Educação (FNDE).

Iteral

Iteral - municípios

O Governo do Estado está programando investir R$ 150 mil reais na reforma e recuperação dos quatros núcleos fundiários do Instituto de Terras e Reforma Agrária de Alagoas – ITERAL. O investimento abrange a recuperação das instalações elétricas e hidráulicas dos prédios públicos, além dos serviços de alvenaria, pintura e manutenção dos escritórios regionais, que viabilizam o atendimento aos pequenos agricultores familiares, na região do agreste e sertão alagoanos.

O projeto elaborado pelo diretor técnico de Política Agrária e Fundiária do ITERAL, Jaime Silva, e aprovado pela Secretaria de Estado de Planejamento e Desenvolvimento Econômico irá viabilizar melhorias na prestação dos serviços públicos estaduais, dos núcleos fundiários, localizados nos municípios de Delmiro Gouveia, Santana do Ipanema, Palmeira dos Índios e Arapiraca.

Leite nas escolas Após a repercussão de que praticamente 80% dos municípios não seguem ao que é proposto no Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), na compra de leite, a Cooperativa de Produção Leiteira de Alagoas (CPLA), juntamente com outras entidades ligadas à agricultura familiar, irá discutir a situação com os prefeitos na próxima segunda-feira, na sede da AMA.

Leite nas escolas - incentivo O presidente da CPLA, Aldemar Monteiro, reforça o quanto Alagoas possui autossuficiência em produção de leite para vender às escolas da rede pública municipal. “Vamos citar casos de sucesso entre os nossos associados, além de apresentar que a Bacia Leiteira alagoana pode fornecer para o setor, mas necessita de incentivo por nossas prefeituras e assim fixar homem no campo”, frisou Aldemar.

ARGENTINO

Grupo estuda abrir fábrica em Alagoas Empresários do grupo argentino Inplast estiveram na Secretaria de Estado do Planejamento e do Desenvolvimento Econômico (Seplande), ontem (26), para tratar sobre a possível implantação de uma unidade fabril em Alagoas da Braspack, uma das marcas da companhia. A reunião é decorrente de um encontro ocorrido entre os empresários e técnicos do Governo de Alagoas, durante a Feira Internacional do Plástico (Feiplastic), ocorrida no mês de maio.

gerente administrativo da SOB/Coeso e autor da revista Glosas em Quadrinhos. Possui intenso envolvimento em trabalhos comunitários. É também especialista em consultoria para requalificação de mercados públicos, com experiências bem-sucedidas em cidades de outros Estados do país, a exemplo de Bahia, Rio de Janeiro e São Paulo, através do Projeto Sebrae de Modernização de

Feiras Livres e Mercados. No mês de março, Muricy esteve em Maceió e visitou os três mercados objetos de sua consultoria, acompanhado pela secretária-adjunta da Semtabes, Cristina Nolasco e por integrantes da Semtabes e do Sebrae. Após as visitas, foi marcada uma oficina, que aconteceu durante uma semana, no início do mês de maio, na sede do Sebrae Alagoas.


TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - QUINTA-FEIRA, 27 DE JUNHO DE 2013

ECONOMIA 13

Estudo revela potencial eólico de Alagoas Pesquisa da Ufal sobre produção é coordenada pelo professor Roberto Lyra e conduzida pelo estudante Isidro Tuleni

CidadesemFoco ROBERTO BAIA robertobaiabarros@hotmail.com

Arapiraca na frente

E

m seu oitavo ano consecutivo disputando campeonatos na capital alagoana, a quadrilha estilizada de Arapiraca, Canarraiá, do bairro de Canafístula, levou o nome da cidade mais uma vez para as finais. Na noite de quarta-feira (26), os integrantes concorreram no Concurso de Quadrilhas Forró e Folia, da TV Gazeta, no Arraial Central do São João de Maceió, erguido no estacionamento do bairro de Jaraguá.

Trabalho legal Com os esforços da prefeita Célia Rocha (PTB) e da secretária Municipal de Cultura e Turismo (Sectur), Tânia Santos, dois ônibus levaram o grupo que compõe a Canarraiá até Maceió no final da tarde. A quadrilha ficou entre as cinco melhores colocadas dentre as 30 participantes de toda Alagoas. “Desde 2005, a gente compete e representa a nossa Arapiraca. Ficamos honrados em sempre chegar à final, porque, assim, a Canarraiá acaba se tornando referência quando se fala na cidade. No mais, somos a única do interior”, diz o animador Wellington de Magalhães.

Quadrilha Participarão das finais as quadrilhas Amor Junino, Luar do Sertão, Dona Dadá e Amanhecer do Sertão, todas de Maceió. Ademais, as notas alcançadas nesta investida serão assomadas ao Concurso Regional de Quadrilhas Juninas, no qual a componente de Arapiraca também participou e obteve boa nota. Exaltando o amor com o tema “O combustível que move o São João vem de dentro do coração”, a Canarraiá promete invadir o tablado e entrar para a história.

Será dividido Conforme a Liga das Quadrilhas Juninas (LQJAL), o valor de R$ 15 mil será dividido entre os 30 grupos participantes, proporcionalmente. A quadrilha que se sagrar vencedora representará Alagoas no concurso da Rede Globo Nordeste, no dia 29, em Cabo de Santo Agostinho, interior de Pernambuco. A disputa é mais uma realização da Organização Arnon de Mello (OAM), em parceria com a Federação das Indústrias do Estado de Alagoas (Fiea).

Limpeza e iluminação Por determinação da prefeita Célia Rocha (PTB), a Secretaria Municipal de Limpeza, Iluminação Pública e Serviços (Selip) está realizando em toda comunidade arapiraquense ações de capinação, varrição e retirada de entulho nas comunidades.

Moradores

Empenho

A secretária Rita Nunes informou que os bairros de Baixa Grande, Santa Esmeralda e Novo Horizonte tiveram os entulhos retirados em sua totalidade, pelas equipes montadas para a limpeza dos pontos mapeados em Arapiraca. Ela pede o apoio dos moradores para colocarem o lixo doméstico nos dias programados e, também, ajudarem na fiscalização dos entulhos jogados nas vias públicas.

Nos próximos dias, as comunidades de Olho d’Água dos Cazuzinhas, Itapoã, Planalto e Caititus também irão receber às ações da frente de serviço de capinação. Ainda na quarta-feira (26), uma equipe tem mostrado empenho e determinação na limpeza da ferrovia que cruza as ruas Maurício Pereira e Camilo Colier – região da Estação Ferroviária de Arapiraca à antiga Fumageira -, e da duplicação da AL-220.

Melhorias “A intenção da prefeita Célia Rocha é garantir melhorias e condições de tráfego dos cidadãos, tanto no caminho a pé, quanto no trajeto feito por bicicletas. Uma rodovia mais limpa impede que o cidadão invada a rodovia”, informou Rita Nunes.

Aprovação

Passe livre

Pela segunda vez este ano, o Senado aprovou e, desta vez em regime de urgência, as novas regras para distribuição dos recursos do Fundo de Participação dos Estados – o FPE. Em sessão extraordinária, convocada pelo presidente Renan Calheiros, os senadores aprovaram as novas regras para o FPE que entrarão em vigor, a partir de 2016. Os coeficientes atuais que definem a distribuição dos recursos entre os estados e o Distrito Federal permanecem vigentes até 31 de dezembro de 2015.

Já tramita no Senado projeto que institui o Programa Passe Livre Estudantil, para assegurar gratuidade em transporte público coletivo para estudantes do ensino fundamental, médio e superior. O autor do projeto, senador Renan Calheiros, afirmou que pedirá que o projeto tramite em regime de urgência, sendo votado diretamente pelo Plenário. Segundo Renan, para ter direito ao beneficio o estudante deve estar matriculado em instituição de ensino, pública ou privada, com frequência comprovada.

... Após receber o apoio da presidente Dilma Rousseff, foi a vez de o presidente da Câmara, Henrique Alves, e do governador do Amazonas, Omar Aziz, cumprimentarem o presidente do Senado, Renan Calheiros, pela iniciativa de apresentar projeto de lei que cria o Programa “Passe Livre Estudantil”, de âmbito nacional. ... Para os estudantes, geralmente sem fonte de renda própria, o custo das passagens de ônibus, trem e metrô pode ser um impeditivo para a frequência regular às aulas, avalia Renan. ... O autor do projeto do passe livre considera justo que os alunos também possam contar com a gratuidade no transporte público, já assegurada aos idosos, à pessoa com deficiência e ao policial fardado.

Acesse:

tribunahoje.com

A informação que você não tinha no seu dia-a-dia

E

m todo o mundo, a ordem é buscar alternativas que auxiliem no desenvolvimento e não agridam o meio ambiente. No setor de produção energética, a preocupação é ainda maior. Na Universidade Federal de Alagoas, pesquisadores do Instituto de Ciências Atmosféricas (Icat) avaliam potencial do Estado de Alagoas para produção de Energia Eólica, provenien te do vento. O Agreste do Estado é a região mais favorável para essa atividade. Sob orientação do professor Roberto Lyra, o estudante Isidro Tuleni desenvolve estudos sistemáticos da análise de velocidade e regime de ventos no Nordeste. De acordo com o discente, a região possui uma particularidade. “Aqui, há junção complementar entre as energias hidrelétrica e eólica. Ou seja, ciclo alternado entre vazão de rios e de ventos”, destacou. Inicialmente, Tuleni dedi-

Roberto Lyra coordena pesquisas sobre Energia Eólica em Alagoas

cou seus estudos a seis municípios alagoanos – Feliz Deserto, Roteiro, Maragogi, Girau do Ponciano, Palmeira dos Índios e Água Branca – e utilizou os softwares Excel e Wind Atlas Analysis and Application Program (Wasp), para filtrar e analisar padrões estatísticos

do vento em função dos dados e avaliar potencial eólico das regiões, respectivamente. De acordo com Roberto Lyra, para uma localidade estar apta à produção de energia eólica são necessárias velocidade do vento e localização favoráveis. “O vento deve ter média a partir de 6 m/s. Além disso, o local precisa ser de fácil acesso e ter proximidade com subestação elétrica, para que a energia seja distribuida”, pontuou. Em Alagoas, o Agreste é a localidade mais favorável para implantação de parques eólicos. Isidro Tulani usou como exemplo o município Girau do Ponciano e o comparou a outros. “De modo geral, o território alagoano tem condições favoráveis para produção de energia eólica. Algumas regiões são mais propícias, como é o caso de Girau do Ponciano, no Agreste, que possui vento com velocidade anual média de 8,30 m/s. No Sertão, Água Branca registra

vento com velocidade média de 8,0 m/s. Já no litoral a média é de 6 a 7 m/s”, reforçou. O Litoral também possui grande potencial para produção de energia eólica, mas os resultados não superam o Sertão e o Agreste devido à incidência de fenômeno climático comum na costa litorânea: as brisas terrestres. “Há efeito entre a brisa terrestre [do continente para o mar] e os ventos alísios [do mar para o continente]. Como, durante a noite, os ventos alísios vêm do mar para a terra e a brisa terrestre, da terra para o mar, eles praticamente, se ‘anulam’ durante a noite”, justifica Tuleni. Características climáticas também interferem na incidência dos ventos. Segundo a pesquisa, no Sertão, a velocidade do vento é maior em período chuvoso e noturno. No Agreste e no Litoral, no período diurno e na estação seca.

EM 2008

Atlas sobre energia dos ventos foi publicado Na Ufal, as pesquisas na área de Energia Eólica foram aprofundadas a partir de 2006, ano em que teve início a confecção do Atlas Eólico de Alagoas. O material, publicado em 2008, foi financiado pela Eletrobras e contou com a participação dos professores Roberto Lyra, Marco Moura e Ricardo Amorim, e de quatro alunos da instituição. Lyra explica que o Atlas, com

medições dentro de padrões internacionais, é o primeiro passo para implantação de parque eólico em qualquer região. Para a construção do material foi necessária instalação de seis torres anemométricas (quatro de 50 e duas de 100 metros de altura) nos seis municípios envolvidos na pesquisa. Tradicionalmente, Alagoas já é responsável por grande parte da energia elétrica produzida no

Brasil, por meio de hidrelétrica e álcool. Com base no Atlas Eólico alagoano, o Estado também possui arsenal valioso e sustentável: o vento. “A pesquisa estimou que nosso Estado tem potencial para produção de cerca de 60% da energia elétrica que consome, a partir da energia eólica”, salientou Lyra. O pesquisador também revelou que a velocidade média do vento em Alagoas é calculada em

8 m/s, número considerado significativo. “O ideal seria 15 m/s, mas esse nosso saldo já é importante. Com energia eólica, conseguimos maior economia ambiental, já que essa alternativa não inunda regiões e pode combinar suas atividades com outras, como a agricultura e a pecuária. O Estado é o único do Nordeste que não possui parque eólico, mas já existem possibilidades”, ponderou.

VARIAÇÕES

Fundação ajuda desenvolver modelos de previsão eólica Roberto Lyra também ressaltou fundação de grupo nacional para desenvolvimento de modelos de previsão de ventos em pequena escala. Para ele, isso estimula a produção científica e ajuda a minimizar problemas da área no Brasil. “O nosso País ainda não detém o domínio tecnológico para elaboração de Atlas eólicos. O mapeamento é feito no Exterior e nós pagamos caro pelos serviços. Além disso, o ONS [Operador Nacional de Sistema Elétrico] precisa, urgentemente, de um boa previsão do vento em curto prazo. O vento varia rapidamente, oscila com frequência e nós precisamos saber como será o vento no dia seguinte. Em média e grande escalas essas previsões são relativamente fáceis, mas, na escala do parque eólico, é muito mais difícil”, destacou o docente. Em 2010, a equipe concorreu a edital do Conselho Nacional de Desenvolvimento Cien-

tífico e Tecnológico (CNPq) e teve o projeto Previsão do vento em partes eólicas do Nordeste aprovado. A proposta alcançou o investimento de R$ 700 mil, que devem ser revertidos em fonte de dados para pesquisadores de todo o Brasil. “Nosso intuito é montar experimentos na região Agreste, onde instalaremos torre anemométrica de 100 metros. Esse projeto contará também com medidas de turbulência atmosférica e medidas remotas. Também utilizaremos o SODAR, radar acústico efetua a medição do vento a partir de pulsos sonoros, a uma altura de 350 metros. O experimento servirá para todos os pesquisadores brasileiros, para validar estudos de modelos. Nós queremos ajudar a construir área mais homogênea e acessível”, enfatizou Lyra. A previsão é de que em agosto ou setembro tenham início as atividades do sítio experimental.


14 ESPORTES

MACEIÓ - QUINTA-FEIRA, 27 DE JUNHO DE 2013

Esportes

TRIBUNAINDEPENDENTE

Venda de ingressos de jogo entre ASA e Flamengo terá inicio amanhã A diretoria do ASA afirma que vai iniciar, desta vez, a venda dos ingressos para a partida entre o Alvinegro e o Flamengo, válida pela Copa do Brasil, a partir de amanhã. O bilhete custa R$ 100,00 e pode ser adquirido tanto em Arapiraca, no estádio Coaracy da Mata Fonseca, e nas lojas Só Esportes e Sportcal, quanto em Maceió, na sede da Federação Alagoana de Futebol (FAF), e na Abys Esportes. Anteriormente, a direção do time arapiraquense havia informado que a venda teria início na última terça-feira (25). Ao adquirir o ingresso para o jogo do ASA contra o time Rubro Negro, o torcedor também recebe o bilhete para assistir à partida entre o time alvinegro e o Chapecoense pelo Campeonato Brasileiro da Série B.

Paulinho salva Brasil contra Uruguai Seleção supera barreira armada e vence por 2 x 1 Celeste e garante vaga na final da Copa das Confederações

A

os 40min do segundo tempo, a apreensão por prorrogação já estava no ar. Mas Paulinho também estava lá. Decisivo, como o torcedor corintiano conhece. Estava lá para, com uma cabeçada perfeita, colocar o Brasil na decisão da Copa das Confederações. Neste sábado, no Mineirão, a Seleção Brasileira teve dificuldades contra o Uruguai, passou por sustos, mas manteve sua invencibilidade no torneio. Venceu por 2 a 1. A vitória também passou pela mão esquerda de Júlio César, que pegou pênalti cobrado por Forlán, e por Fred, autor do primeiro gol. Mas a Seleção Brasileira, que aguarda Itália ou Espanha para o domingo, precisou se desdobrar. Cavani marcou um em dia de falhas de David Luiz e Thiago Silva, e por pouco não fez mais um. O presente para os mais

de 54 mil torcedores, porém, estava guardado para o fim. Na cabeçada de Paulinho. A Seleção Brasileira agora fica no aguardo pelo que ocorrerá hoje na Arena Castelão, em Fortaleza, com italianos e espanhóis. Mas já sabe: no domingo, estará em campo no Maracanã para tentar seu quarto título da Copa das Confederações. O Brasil teve trabalho para furar a defesa do Uruguai. Fechados, os uruguaios provocaram seguidos passes errados da Seleção Brasileira. A estratégia celeste tinha tudo para dar certo. Aos 12 minutos, David Luiz agarrou Lugano na área. Pênalti. Forlán cobrou, mas Júlio César defendeu. A torcida festejou como um gol e o clima ficou favorável para o Brasil enfim entrar no jogo. Porém, as dificuldades para armar as

jogadas eram nítidas. Em lances isolados, a Seleção teve chances. A melhor aos 27 minutos, quando Hulk avançou com a bola, tabelou com Oscar, recebeu na área, mas chutou por cima. O Uruguai respondeu com Forlán, aos 29 minutos, num chute que levou perigo ao gol de Júlio César. Parte da torcida já demonstrava impaciência e os pedidos para as entradas dos atleticanos Bernard e Jô ganhavam força na arquibancada do Mineirão. A manifestação dos torcedores ganhou novo tom aos 40 minutos. Neymar recebeu grande lançamento na área, dominou no peito e tocou na saída do goleiro Muslera, que espalmou. Na sobra, Fred mandou para as redes. O artilheiro ganhou a torcida, que gritou seu nome e aplaudiu a Seleção na saída para o intervalo.

Meia Paulinho comemora gol da vitória marcado para o Brasil no final do segundo tempo

CLÁSSICO

PREPARATIVOS

As seleções espanhola e italiana medem forças hoje nas semifinais da Copa das Confederações com objetivos diferentes, a Espanha querendo chegar à final desta competição pela primeira vez, enquanto a Itália quer se vingar da goleada sofrida na final da Eurocopa de 2012. A partida está marcada para hoje em Fortaleza, às 16h, um dia após Brasil e Uruguai decidirem em Belo Horizonte uma das vagas na final. O atacante inglês Gary Lineker dizia que o futebol é um jogo de onze contra onze que, no final, a Alemanha sempre vencia. Mas isso parece mais pertinente hoje quando se fala da Espanha. Esta tendência começou a mudar na Eurocopa de 2008, quando os espanhóis conquistaram o primeiro grande título dessa nova fase dominadora da ‘Fúria’, eliminando inclusive a Itália nas quartas de final. No segundo título continental da Espanha, em 2012, as duas seleções se cruzaram outras duas vezes, na partida de estreia (1-1) e na impressionante goleada por 4-0 na final. “É inevitável que se fale desta partida porque ela deixou ferida e ainda está fresca na memória de todos”, disse à Fifa.com o técnico italiano, Cesare Prandelli.

O CRB deve voltar para sequência da Série C com Júlio César; Paulo Sérgio, Audálio, Marcus Vinícius e Marcos Antônio; Marcinho Guerreiro, Johnnattan, Thiaguinho, Jairo (Zé Paulo), Danilo Sacramento e Thiago Potiguar; Schwenck. Nos treinos da semana passada e também esta o técnico Márcio Goiano manteve a base do grupo com apenas um atacante. Denílson começou como titular e agora o treina-

Espanha x Itália decidem outra vaga para final

Jorge Sexto, presidente do CSA pediu renúncia do cargo

CSA

Jorge VI renuncia e Cícero Eugênio é o novo presidente Após a renúncia de Jorge VI da presidência do CSA, o vice-presidente Cícero Eugênio assumiu o cargo e permanecerá nele até outubro, quando deve ser realizada uma nova eleição. A decisão do ex-presidente não foi uma surpresa para o dirigente, que afirmou já esperar o afastamento. - Não foi uma surpresa para ninguém que convivia com ele no dia a dia. Já sabíamos do problema de saúde dele, portanto não foi uma surpresa - revelou. Agora Cícero diz que vai focar no que já vinha sendo feito pelo ex-mandatário.

JORNALISTA Juca Kfouri sofre isquemia cerebral O jornalista Juca Kfouri foiinternado no Hospital Mater Dei, em Belo Horizonte (MG), por volta das 22h de terça-feira (25), após sofrer uma isquemia cerebral aguda - espécie de AVC (Acidente Vascular Cerebral). A informação foi confirmada pela instituição em boletim médico, divulgado nesta quarta (26). Apresentador e comentarista dos canais ESPN, Kfouri foi internado no CTI (Centro de Tratamento Intensivo) da Unidade Cardiovascular e submetido a exames especializados de rotina.

Ele adianta que não haverá mudanças drásticas em seu mandato, mas aponta que a diretoria já trabalha com estratégias de marketing para aproximar o torcedor do clube. - Vou cumprir o mandato até outubro, mas já posso adiantar que não haverá mudanças muito drásticas, não vai ter nada muito diferente do que já vinha sendo feito. Mas o que eu posso adiantar é que já estamos pensando em criar estratégias para atrair mais os nossos torcedores. É importante o apoio do torcedor azulino completou.

REAL MADRID

CRB descarta amistoso e técnico deve manter esquema tático que a gente optasse por resolver aqui mesmo. Vamos trabalhar agora em cima da realidade local, algum clube daqui do estado, mas provavelmente iremos usar os garotos da base. Vai ser interessante para os jogadores essa experiência. Vamos depois só confirmar o dia”, disse. A disputa de exibições antes da reestreia do Galo na Série C do Brasileirão, é um desejo principalmente da nova comissão técnica do CRB. ASSESSORIA

Elenco do CRB prossegue treinamentos, enquanto não realiza amistoso se preparar para série C

Carlo Ancelotti assume como novo técnico O italiano Carlo Ancelotti, que se desligou na terça-feira do Paris Saint Germain, foi apresentado um dia depois como novo treinador do Real Madrid para as próximas três temporadas, substituindo no cargo o português José Mourinho. A apresentação oficial de Ancelotti, nascido em 1959 na cidade de Reggiolo (Itália), aconteceu na tribuna de honra do Estádio Santiago Bernabéu. O mestre de cerimônias da cerimônia foi presidente do clube espanhol, Florentino Pérez.

dor optou por Schwenck. O CRB não achou um adversário para a disputa de amistosos. Ontem o presidente Marcos Barbosa confirmou que não vai mais procurar clubes de fora e o trabalho de sábado será contra uma equipe amadora local, ou até mesmo com o time Sub-18. “Encontramos muitas dificuldades para acertar esses amistosos. Problemas com datas, com locais e adversários, fizeram com

FIFA Romário detona secretário-geral Idolo da Seleção e atualmente exercendo o cargo deputado federal, Romário segue criticando a organização da Copa do Mundo de 2014 e com o foco principal na Fifa. Desta vez, o artilheiro falou grosso contra o secretário-geral da entidade, Jérôme Valcke.“Tem coisas que não posso deixar passar. Ontem (segundafeira) o cara-de-pau, chantagista e corrupto do Jerôme Valcke negou que a FIFA venha ao Brasil encher os cofres e ir embora. Chega a ser uma piada ouvir uma frase como essa”, disse o Deputado.


TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - QUINTA-FEIRA, 27 DE JUNHO DE 2013 DIVERSÃO&ARTE

Show de Avantasia no Brasil terá participação de Eric Martin, do Mr. Big

Mick Jagger é vaiado em show os Rolling Stones O vocalista dos Rolling Stones, Mick Jagger, foi vaiado pelo público durante um show em Washington, capital dos Estados Unidos, após fazer uma piada com o presidente Barack Obama. “Eu acho que o presidente Obama não está aqui essa noite, mas tenho certeza que ele está escutando”, disse Jagger, em referência ao escândalo envolvendo a NSA (Agência de Segurança Nacional). De acordo com a denúncia do ex-funcionário da agência Edward Snowden, a instituição monitorou os registros de ligações de milhões de telefones da Verizon, segunda maior companhia telefônica dos EUA. Também foram verificados dados de usuários de internet de todo o mundo em empresas de internet como Google, Facebook, Microsoft e Apple.

L T O A V A E D OC Um saudoso retorno ao passado e aos dias de Mike Wazowski e Jimmy Sullivan como universitários, em Universidade Monstros

N

ão é de hoje que estúdios exploram uma fonte de sucesso até que ela se esgote, transformando o que uma vez foi um aclamado sucesso de público e crítica em algo descartável. Universidade Monstros, o prelúdio de Monstros S.A. (2001) que chega mais de dez anos depois de seu predecessor, foge completamente desses padrões e prova que é possível cavar mais fundo e ainda encontrar ouro na mina. A trama mostra as origens da dupla que, em sua fase adulta, é a campeã em sustos da companhia de energia da cidade de Monstrópolis. O pequeno Mike Wazowski (voz de Billy Crystal na versão em inglês) é um sonhador e esforçado monstrinho que quer ser um grande assustador. Para isso, ele deve cursar uma das melhores faculdades no quesito sustos: a Universidade Monstros. Assim como todos os outros filmes da Pixar, Universidade Monstros não é feito só para divertir, mas

aprofunda-se em questões sociais e morais. Quando o estudioso Mike topa com popular Jimmy Sullivan (voz de John Goodman na versão em inglês), filho de um grande assustador que já chega ao campus com uma certa reputação, fica claro que, para a amizade começar a tomar forma, algo precisa mudar. Por ser um curso extremamente concorrido, é muito difícil ser bem sucedido no programa de sustos. A severa diretora Hardscrabble (voz de Helen Mirren na versão em inglês) exige de seus alunos uma mistura de talento nato e conhecimento técnico, algo que nem Mike nem Sullivan têm por completo. Resta recorrer aos Jogos de Susto, competição anual que premia a fraternidade mais assustadora da Universidade Monstros. Dentre inúmeras fraternidades, nenhuma das quais aceitará os renegados, eles encontram a Oosma Kappa (OK). Formada somente por deslocados e esquisitos que também

1

Na última década, Tobias Sammet, vocalista da banda alemã Edguy, lançou o projeto Avantasia, fez as duas partes de “The Metal Opera” e gravou os álbuns “The Scarecrow” (2008), “The Wicked Symphony” (2010) e “Angel of Babylon” (2010). No próximo dia 29 ele estará em São Paulo, na turnê do último álbum, “The Mistery Of Time” (2012). Em um show de três horas de duração, ele apresentará as músicas mais recentes e as dos primeiros discos do projeto e convidados como os vocalistas Michael Kiske (Unisonic, ex-Heloween), Eric Martin (Mr. Big), Thomas Rettke (Heavens Gate), Bob Catley (Magnum), Oliver Hartmann, Amanda Somerville e Sascha Paeth

O Ç OME

foram reprovados no Programa de Sustos, a OK precisa de apenas mais dois integrantes para participar dos jogos. Está formado, então, o grupo que tem de tudo para perder a competição. Estabelecida a narrativa de superação, é possível prever que o filme mostrará apenas vitórias para a adorável OK e seus membros. No entanto, enquanto Mike e Sullivan não se entendem e colaboram um com o outro, explorando suas habilidades e expondo suas fraquezas para que essas sejam repostas por algum colega, nada funciona. Está aí a primeira lição de Universidade Monstros, que institui a importância do trabalho em equipe. Em um momento no qual o avanço tecnológico parece ser mais importante que roteiro e construção de personagens, é acalentador sabe que ainda há uma certa preocupação com o enrendo. A Pixar mantém seu selo de qualidade, dá foco e estabelece uma gratificante meta final,

que acerta no desenvolvimento da trama e da narrativa. Abordando temas como bullying, superação de obstáculos e o valor dos estudos sem ser cafona, o estúdio faz de Universidade Monstros um filme convidativo a adultos e crianças de todas as idades, que conseguem se indentificar com os personagens e formar paralelos com suas próprias vidas. O maior acerto de Universidade Monstros, no entanto, é provar que existem inúmeros finais felizes ao longo de uma vida. Um prelúdio a Monstros S.A. não era esperado. Após os últimos momentos do filme de 2001, que deixa pendente um reencontro entre Sulley e Boo, seria óbvio mostrar uma possível amizade entre o monstro azul e a criança. Mas a Pixar foi sábia ao manter íntimo aquele momento único, nos mostrando que voltar ao passado e apreciar mais a história da amizade entre a bola verde e o grandalhão azul expande de forma inteligente o universo que conhecemos dez anos atrás.


TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - QUINTA-FEIRA, 27 DE JUNHO DE 2013 DIVERSÃO&ARTE

L SO R

IN/GLO

BO

Amarilys, personagem da Danielle Winits, vai ganhando importância a cada capítulo de “Amor à Vida” e deve crescer ainda mais a partir de agora. A troca, meio que inesperada e às pressas, de “Malhação” para a novela foi altamente positiva

Overdose do Britto Junior é prejudicial a todos

RAFAE

FLÁVIO RICCO - colaboração: José Carlos Nery - www.twitter.com/flavioricco

Palavra da Cultura

TV TUDO

Sobre as demissões dos últimos dias, neste começo de gestão do Marcos Mendonça, chega o seguinte comunicado: “O Comitê Jurídico do Conselho Curador da Fundação Padre Anchieta decidiu que as verbas rescisórias relativas às demissões de funcionários, efetuadas a partir do último dia 21, devem ser pagas pela instituição. Marcos Mendonça, diretor- presidente da Fundação, determinou a execução da medida”.

Vai ao vivo

B

ritto Junior apresentar a “Fazenda”, sem sair do “Programa da Tarde”, é uma coisa completamente sem sentido. E que acaba não sendo boa para ninguém – para o público em casa, para o próprio apresentador e até mesmo para a Record. Parece a televisão de um só, que alguém precisa se desdobrar e chegar a tanto – inclusive com a garganta já debilitada – porque não existe mais ninguém a altura, capaz de fazer, como a mesma competência, qualquer uma das duas funções. É o tipo da superexposição desnecessária e que não foi previamente avaliada. Todo mundo sabe que televisão é um mundo complicado. Tem a questão da vaidade, do não querer dar vez a ninguém, do cachê do merchandising e dos tantos outros problemas orbitando em torno, mas num caso como de agora, o prejuízo será inevitável para todos. Se já não está sendo.

Excepcionalmente no dia 14, o programa da Eliana será apresentado, ao vivo, no domingo do SBT, antecedendo a estreia de “Chiquititas”. É uma experiência que apenas virá a se repetir. A mesma coisa aconteceu no lançamento de “Carrossel”.

Iris com a Gabi

Bate-rebate

Como parte do mesmo processo, também foi acertada uma gravação de Iris Abravanel, mulher de Silvio Santos e responsável pela adaptação de “Chiquititas”, no “De Frente com Gabi”, da Marília Gabriela. Só falta marcar o dia.

·Dani Calabresa será a entrevistada de hoje no “Agora é Tarde”, da Band, em semana de festa, pelo segundo aniversário. ·No “Jornal Nacional”, terça-feira, William Bonner terminou de dar a notícia de 9 mortes no Rio, num confronto com a polícia... ·... E, bem na sequência, entrou Galvão Bueno, sorrindo, falando da Copa das Confederações. Que espelho é este? ·Aliás, foi uma noite esquisita. No estúdio do “Jornal da Globo”, mais tarde, alguém deixou vazar um chamado de rádio. ·SBT vai realizar a coletiva de “Chiquititas” na terça-feira, a partir das 11 da manhã. ·A TV Cultura inicia na segunda-feira a exibição do “Sítio do Picapau Amarelo”, produzido pela Globo entre 2001 e 2007. ·Jornalismo do SBT, desde a manhã de ontem, foi colocado em plantão para acompanhar os acontecimentos em Belo Horizonte. ·Roberto Cabrini, inclusive, deixou um pouco de lado o seu programa, para se integrar ao pessoal do departamento de jornalismo. ·Maria Casadevall acertou por obra, “Amor à Vida”, mas tudo caminha para terminar a novela com contrato longo na Globo... ·...O trabalho dela tem chamado atenção da direção da emissora.

Expectativa de sempre As coisas na Rede TV! continuam daquele jeito. Marcelo de Carvalho, um dos sócios, que chegou a fazer ameaças de novas demissões, viajou com a família, em férias, na noite de terça-feira.

Raio X Tem uma consultoria grande trabalhando no SBT e desenvolvendo um trabalho, “Laboris”, que visa radiografar a empresa em todos os seus diferentes setores. Toda a parte de pesquisa, desde os diretores até os funcionários, foi concluída. O desejo é medir a eficiência de cada um.

Correndo atrás

www.coquetel.com.br Peça de madeira usada por pedreiros Deutério (símbolo)

© Revistas COQUETEL 2013

(?) Miranda, Protestancantora te (bras.) sertaneja

Dois planetas do Sistema Solar O sentido Sufixo de da pele “acabado”

Chanel, príncipe danilo e asa-delta

Ouvido

Aquele que obtém algo sem direito

(?) empírico: baseiase em tentativas

Escolhido pelo voto Camada logo abaixo da crosta (Geol.)

Que diz respeito A região com mais estados (abrev.) Notre-(?), catedral parisiense de estilo gótico

O menor do ano é fevereiro Medicina (abrev.) Comer, em inglês

Thomas Edison, inventor (EUA)

Lambuzada Cerveja de alta fermentação

A função do promotor, no julgamento

Número de cordas do berimbau

Comitê Olímpico Brasileiro (sigla) Criado; camareiro

Agiu como Joaquim Silvério dos Reis (Hist.) Causam aversão ao cinófobo

Precede a estreia da peça (Teatro)

Cloreto de sódio Senhor (abrev.)

3/ale — eat. 4/sula. 5/manto. 9/usurpador.

56

Solução C D O O R T M ES E D T E O C D A O B E A L I O O S

www.coquetel.com.br

T A A D T O O M E N A T A C O U S S A R R

Nas BaNcas e Livrarias

J U P I T E R E N E T U N O

HERLOCK S

S C U R L E A N T F E E U A M L A E E C H

APRENDA A PENSAR COMO

D E U S E M P R E N A D D E I R C A

BANCO

Forma da ferradura

do reality “Your Face Sounds Familiar”, em vias de produção.

Noves fora

A direção da Band, depois de alguns cálculos, achou que não é bom estrear agora a nova tempoA Copa das Confederações acaba rada do “Quem fica em pé?”, com domingo, mas a direção da Bandeiran- José Luiz Datena.Só em setembro, tes já tem uma avaliação muito positiva com as gravações começando em meados de agosto. de tudo. E por aí se entenda os bons

Balanço favorável

Patrícia Abravanel continua em busnúmeros de audiência e faturamento alcançados. ca de um novo formato para apresentar no SBT. Ainda na semana Programa ao vivo passada, ela esteve em Cannes por este motivo. Se não aparecer outra Beetto Saad, no seu “Encontro de Craques”, do Bandsports, na terça, foi possivelmente o primeiro a dar a notícia que a Câmara tinha barrado a PEC coisa, deve restar a apresentação 37. Um dos participantes que lá estava imitou com a boca a música de um “plantão”. Furou todo mundo, com direito a comemoração no estúdio.

PALAVRAS CRUZADAS DIRETAS

HORÓSCOPO

ÁRIES - (21/3 a 19/4) – Júpiter chega à sua quarta e lhe indica um período favorável para a vida familiar, o que lhe incita a manter um convívio mais afetuoso com as pessoas mais queridas. Demonstre mais carinho, generosidade e propósito para dividir momentos íntimos. TOURO – (20/4 a 20/5) – Fase favorável para se aprofundar em seus estudos e em atividades que lhe agreguem mais conhecimento. Analise se é possível começar algum curso ou fazer alguma viagem. No amor, várias oportunidades de manter a racionalidade no relacionamento se apresentam diante de você. Mantenha o ânimo para compreender as dificuldades da relação. GÊMEOS – (21/5 a 21/6) – Júpiter chegando à sua segunda casa lhe estimula a procurar equilíbrio financeiro, já que o período tende a ser favorável para seu relacionamento com o dinheiro. Seus negócios devem atingir progresso com mais responsabilidade de sua parte. CÂNCER – (22/6 a 22/7) – Sua autoridade se destaca e você tende a liderar as pessoas a sua volta. Batalhe pelos seus sonhos. No amor, as forças de Júpiter lhe fazem refletir seus sentimentos no dia de hoje. Preserve uma postura diferenciada para não temer os desafios afetivos e exaltar o amor. Compreenda os problemas do dia a dia com sobriedade. LEÃO – (23/7 a 22/8) – Reanalise suas dificuldades pessoais no dia de hoje. A relação necessita de uma renovação para manter-se em equilíbrio. Invista no romance, ainda que lhe consuma tempo e cuidado além das medidas. VIRGEM – (23/8 a 22/9) – Período favorável para expandir suas relações de amizades, seja consolidando as existentes ou descobrindo novos amigos. A cumplicidade marca o momento, que tende a aumentar os vínculos. No amor, as forças de Júpiter lhe sugerem tolerância para enfrentar as dificuldades amorosas. LIBRA – (23/9 a 22/10) – Período bom para os negócios e de grandes possibilidades. Você tende a se

3

C’est fini O “Encontro”, da Fátima Bernardes, nas comemorações do seu primeiro aniversário, terça-feira, igualou o seu melhor desempenho no ano com 9 pontos. Aliás, em termos de audiência, de maneira geral, o frio dos últimos dias em São Paulo, era tudo o que as emissoras estavam esperando. Ficamos assim. Mas amanhã tem mais. Tchau!

NOVO PROJETO

dedicar com afinco nesta empreitada. Estabeleça seus planos e estratégias para não perder as oportunidades. ESCORPIÃO – (23/10 a 21/11) – Fase reflexiva em que a religiosidade se faz presente e lhe motiva a buscar conhecer melhor a si mesmo. As viagens são indicadas, assim como novas vivências marcam o período. No amor, promova uma verdadeira renovação na sua vida amorosa para manter a estabilidade emocional na relação afetiva. A passagem de Júpiter lhe auxilia a notar os pontos negativos e tornar o amor cada vez mais sincero e legítimo. SAGITÁRIO – (22/11 a 21/12) – Período delicado em sua vida em que as emoções encontram-se à flor da pele. Você tende a dar mais valor às pessoas a as coisas ao seu redor, o que lhe auxiliam em assuntos relacionados aos seus recursos. No amor, os problemas emocionais precisam ser encarados de forma mais clara, já que Júpiter lhe mostra o amor de maneira mais objetiva. CAPRICÓRNIO – (22/12 a 19/1) – Júpiter na sua sétima casa lhe estimula a entender melhor o mundo das pessoas, o que lhe deixa mais passível aos interesses alheios. Seus relacionamentos pessoais tendem a se fortalecer, com boa convivência e respeito. No amor, as dificuldades com o seu par precisam ser refletidas com eficácia. Dediquese na restauração do seu romance. AQUÁRIO – (20/1 a 18/2) – Mantenha a disposição para encarar as dificuldades do romance. Invista em novos conceitos para revitalizar a relação afetiva e não se preocupe tanto com os empecilhos no convívio amoroso. O bem-estar da relação depende de você. PEIXES – (19/2 a 20/3) -Júpiter na sua quinta casa inicia um período de grandes estímulos para curtir a vida na presença de amigos. Você tende a se abrir mais para os relacionamentos sociais. Não perca as novas possibilidades. No amor, aproveite para agir de forma cuidadosa e racional no seu relacionamento afetivo. Os problemas precisam ser revistos. Preserve seus sentimentos de forma mais dinâmica e em conformidade com as transformações.

Irmãos redefinem infância da Turma da Mônica

A

o receberem, em fevereiro de 2011, a missão de narrar uma história inédita com Mônica, Cebolinha, Cascão e Magali, os irmãos mineiros Vitor e Luciana Cafaggi imaginaram que seria simples. “Temos tanta intimidade com esses personagens que nos pareceu tranquilo desenvolver uma aventura deles”, diz Vitor, 35, sobre as figuras icônicas criadas por Mauricio de Sousa há 50 anos. Às vésperas do lançamento do especial “Turma da Mônica: Laços”, segundo volume da série “GraphicMSP” (o primeiro, “Astronauta: Magnetar”, de Danilo Beyruth, é do ano passado), a dupla sente o frio na espinha. “Antes de entregar o material finalizado, olhei e pensei: ‘Gente, é a Turma da Mônica. Ninguém vai publicar desse jeito!’”, relembra Lu, 25. O “jeito” a que a quadrinista se refere está na liberdade que o diretor de planejamento editorial da Mauricio de Sousa Produções (MSP), Sidney Gusman, lhes deu para uma visão pessoal das criações do artista paulista. A premissa surgiu na noite do convite. O roteiro foi aprimorado ao longo dos meses com desenhos, linhas narrativas paralelas e flashbacks. “Pensamos numa história que desenvolvesse as relações entre cada personagem de forma mais intimista e afetiva”, conta Vitor.

“Laços” se inicia com o desaparecimento de Floquinho, cachorro do Cebolinha, que então se junta aos melhores amigos para uma busca. A base para as situações veio de filmes juvenis oitentistas como “Os Goonies” (1985) e “Conta Comigo” (1986), referências na formação de Vitor e Lu. “Eles vão precisar de companheirismo para avançar”, comenta ela. Munidos de técnicas distintas de desenhos, os irmãos dividiram a tarefa de dar corpo visual a “Laços”. Vitor fez os traços da narrativa central, enquanto Lu se debruçou nos flashbacks, dando ao álbum claras diferenças de tom, texturas e cores ao longo de suas 68 páginas. “Mesmo nos dividindo, dávamos palpites no que cada um fazia. Tem intervenções da Lu em desenhos meus, por exemplo”, relembra Vitor. A dupla reflete, fora dos quadrinhos, a ternura que tenta inserir na história. “Confiamos muito no olhar do outro, somos parecidos no que buscamos”, destaca Lu. Os dois se encontraram com Mauricio de Sousa após “Laços” estar pronta. Com a HQ nas mãos, o “pai” da Turma da Mônica se mostrou entusiasmado e chamou o trabalho de “uma belezinha”. “Ele disse que nunca tinha visto os personagens daquela forma”, conta Vitor, com tímido orgulho e a sensação de missão cumprida.


2

TRIBUNAINDEPENDENTE

DIVERSÃO&ARTE MACEIÓ - QUINTA-FEIRA, 27 DE JUNHO DE 2013

Lollapalhoça

No Jaraguá

Nesta sábado, a partir das 23h, tem São João alternativo no Orákulo: o Lollapalhoça 2013. A banda Bazzinga já confirmou presença. Mais informações podem ser obtidas pelos telefones 3326-7616 e 3313-8075.

Hoje é a final dado campeonato de quadrilhas estilizadas, no estacionamento de Jaraguá, onde foi levantada uma cidade cenográfica. Isso a partir das 19h. Depois show com Pinóquio; Trio Tradição Nordestina; Chau do Pife; Eliezer Setton; Clã Brasil e Novinho da Paraíba.

Arraiá da Zil Nesta sexta-feira, às 21h, Micheline Encanta, Eliane Moreno e Diogo Lima agitam o Arraiá da Zil no Oráculo Chopperia. Os ingressos podem ser adquiridos por R$ 20. Mais informações podem ser obtidas através do telefone 8854-0536.

Mais Caetano

Cia Deborah Colker

Neste sábado, Caetano Veloso se apresenta na Musique com o Show Abraçaço. Os ingressos estão à venda no Folia Brasil, no Viva Alagoas e na Mammoth Store, ao preço de R$ 50, a pista; R$ 80, o mezanino; e R$ 800, a mesa para quatro pessoas com direito a uma garrafa de Chandon, Absolut ou J Walker Red. Mais informações podem ser adquiridas através dos telefones 3327-8700 e 9306-9306.

Salão de Fotografia

A Cia Deborah Colker é um dos mais importantes grupos de dança do Brasil e do Mundo. Mais do que isso, é peça fundamental na divulgação, valorização e popularização da dança no País. São 20 anos de carreira, 10 espetáculos em repertório, centenas de apresentações em 60 cidades brasileiras e turnês internacionais passando por 20 países da América do Norte, América do Sul, Europa e Ásia. Veja os espetáculos e as datas que a companhia apresentará em Maceió: Dias: 10 / 07 às 21h – Nó; 12 / 07 às 21h – Tatyana; 13 /07 às 19h – Tatyana; 14 / 07 às 20h – Velox. Ingressos: Plateia – R$ 120,00 (inteira) e R$ 60,00 (meia-entrada). Mezanino – R$ 100,00 (inteira) e R$ 50,00 (meia-entrada). Vendas: stand Sue Chamusca – Maceió Shopping – Térreo. on line pelo site www.suechamusca.com.br

Até o dia 31 de julho, a Fundação Pierre Chalita apresenta o seu 2º Salão de Fotografia. Com curadoria de Carlos Gama Junior, a exposição conta com 184 fotos, de 66 fotógrafos, e aborda a temática “Aspectos sociais, econômicos e culturais da realidade alagoana, considerando o passado, o presente e o futuro”. As visitas podem ser realizadas de segunda-feira a sexta-feira, das 8h às 12h e das 14h às 18h, e no sábado, das 8h às 12h.

Pinacoteca Universitária

Muito Viva

Em exposição conjunta, “Simbioses Possíveis”, de Eva Cavalcante, e “Fruição Circular”, de Rosivaldo Reis, estão em cartaz na Pinacoteca Universitária. Com agendamento de visita em grupos e visitas guiadas em inglês, a mostra conjunta fica aberta ao público até o dia 26 de julho. As visitas podem ser feitas das 8h30 às 19h, às segundas, quartas e sextas; das 8h30 às 20h, às terças e quintas; e das 9h às 12h, em visitação especial no dia 6 de julho. A exposição ainda conta uma “Conversa de Arte” no dia 26 de julho, às 16h30. Mais informações podem ser obtidas através do telefone 32141545.

Claudia Rodrigues, atriz de grande sucesso na TV Globo com A Diarista, Sai de baixo e Zorra Total, chega ao Teatro Deodoro nos dias 5, 6 e 7 de julho com o espetáculo “Muito Viva!”. A atriz divide o palco com o jovem e talentoso ator de TV e teatro, Ítalo Guerra, e conta a história de uma faxineira tem dificuldades em sobreviver num mundo repleto de situações inusitadas, do qual se diz vítima. Litinha, interpretada por Claudia, revela ao público suas intimidades e também a de outros personagens que tomam forma diante do público. Com humor caustico, mas repleto de compaixão, o espetáculo é o retrato de mulheres oprimidas que lutam diariamente por independência. Valor do Ingresso: R$ 80,00 (inteira) e R$ 40,00 (meia) Para estudantes, idosos e clientes da Porto Seguro Seguradora. Vendas: Mr. Cat ou pelo site gaproducoes.com. Mais informações: (82) 3032 5210 ou 9601 2828.

FALE CONOSCO - A Agenda é um serviço gratuito de orientação ao leitor. Os interessados em divulgar eventos, shows e exposições podem enviar material através do endereço: tiagenda@hotmail.com

RESUMO DE NOVELAS GLOBO 18h FLOR DO CARIBE

Alberto e Dionísio negam que as joias sejam deles. Alberto acompanha Isabel e os agentes até a polícia. O piloto finge que não conhece Alberto e ele consegue se livrar da acusação. Dionísio fica furioso com Alberto por ter perdido suas joias. Carol conta a Lino que Maria Adília morreu há três anos, segundo vídeo gravado por seu marido. Veridiana não acredita que a filha esteja morta. Dionísio revela a Alberto que queimou as fotos que estavam no bunker. Alberto pergunta a Ester se foi ela quem fez a denúncia contra ele e Dionísio para a polícia.

GLOBO 19h SANGUE BOM

Plínio e Malu se surpreendem com a revelação de Fabinho. Bárbara pede que Gilson a ajude a separar Bento de Amora. Tina se lamenta com Áurea de ter atingido Kevin com sua vingança. Bento expulsa Bárbara da casa de Gilson. P Damáris invade um show de Brunetty. Vinny leva Renata na Para Sempre. Verônica e Érico trocam olhares no Cantaí. Glória se emociona ao ver como Bento deixou seu jardim. Bárbara, Bento e Amora se surpreendem quando Malu chega acompanhada de Fabinho na festa de Luz.

GLOBO 21h AMOR À VIDA

Paloma explica por que não pode beijar Bruno e o tranquiliza. Niko e Eron convidam Amarilys para gestar o filho que eles pretendem ter. Márcia se arruma para seu casamento com Atílio. Lutero é oficialmente afastado do cargo de diretor clínico do hospital. César pede para Lutero ajudá-lo a descobrir o que aconteceu no parto de Luana. Nicole exige saber de Vinícius quanto tempo de vida ela tem. Joana fala para Lutero que Glauce fez o parto de Paulinha. Atílio foge do cartório. Ninho aparece no hospital e Paulinha o compara com Bruno.

RECORD 21h DONA XEPA

Rosália finge ser o documento de uma cliente e deixa François desconfiado. O jovem decide segui-la, mas é interrompido pelos capangas que trabalham com Tairone. Cintia entrega os arquivos de vídeo para Miro, que confessa estar preocupado com a reação de Xepa às câmeras. Robério e Graxinha estranham ao ver o carro preto da Vila. Rosália manda o corretor expulsar a família do terreno e vender sua propriedade. Tímida, Xepa se prepara para o inicio da palestra e Feliciano tenta manter a calma diante da impertinência dos alunos.

POINT

Bebel Gilberto lança primeiro DVD, gravado no Arpoador

B

ebel Gilberto lança o primeiro DVD de sua carreira, “Bebel Gilberto in Rio”, que tem como cenário a praia do Arpoador, na zona sul do Rio, onde o show foi gravado em dezembro de 2012. Em entrevista, a cantora diz que a escolha do lugar foi simbólica. “Se fosse gravar em um teatro, eu nem consigo imaginar o que seria. Tinha que ser totalmente ao ar livre, utópico”, afirma. “Samba da benção” é a canção de abertura do show, que ainda conta com uma versão de “Rio”, de Duran Duran, participações especiais de Chico Buarque e Flávio Renegado, e “Preciso dizer que te amo”, escrita com Dé e Cazuza. Bebel promete que no Rock in Rio, que acontece em setembro deste ano, cantará “Todo o amor que houver nessa vida” em homenagem que será feita ao seu grande amigo. “Se não fosse Cazuza, eu não seria uma compositora e cantora hoje em dia”, diz. Bebel também comentou o caso judicial que seu pai, João Gilberto, enfrenta com a EMI desde 1992 para receber as matrizes

(que são as versões originais de um disco) de “Chega de saudade���, “O amor, o sorriso e a flor” e “João Gilberto”, além do compacto em vinil “João Gilberto” cantando as músicas do filme “Orfeu do Carnaval”. “Meu pai merece tudo pelo o que ele lutou esse tempo todo”, afirma a cantora. Sobre a escolha do Arpoador para gravar, disse que foi um presente de todos os lados. “A gente queria fazer ao ar livre, mas não tinha certeza se ia conseguir fazer no Arpoador. Foi um presente trazer a nostalgia de tudo o que eu vivi lá e a paisagem que é o meu lugar preferido. É o meu point. Sempre vou dar um mergulho no Arpoador, quando eu quiser levar um gringo, vou levar no Arpoador”. Segundo ela, “tinha que ser totalmente ao ar livre, utópico. Queria retratar o amanhecer, o entardecer, o anoitecer, o azulão, são momentos muito presentes na minha vida. Eu adoro o céu, sou apaixonada pelas estrelas, pela luz do dia, pelo sol, pelos planetas. Tenho uma ligação muito forte principalmente com o mar. Todo mundo sabe: “Chama a Bebel para uma praia que ela fica feliz”.


4

DIVERSÃO&ARTE

TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - QUINTA-FEIRA, 27 DE JUNHO DE 2013

“A alegria está na luta, na tentativa, no sofrimento envolvido e não na vitória propriamente dita”

O

O BRANDÃ

CHIC FOTOS BY

O valor de Márcia Maciel

N

zas le e b s a u d , a a Barbos n ia r ciais, d o A s e s to io r n e ó n im e acontec s Adriana T o n m a c ta s idade. e de c s a e r d p s m o e ic s p e ó qu e filantr is ia r a s e r p ndas! m li e s ê c o v a r a Aplausos p

amigo m u , o t e N dovaldo lo C o v ti erência u g c e a x n e o o lh a r a a b p a hante tr il Aplausos r b m erece! u m o ê d c n o a v z , li o a e ig éns, am b que vem r a r a P . ió e c Ma da Renault

oana, g la a a d o m estaque d e d ia r á crème s e o r l, p ie m c e a l, M ie c ia on Márc is Márcia Ma a m ua loja. a s u s m e m e e d e a r id p hics da c c reúne sem s e r e lh u m das iga! de la creme Aplausos, am

esta coluna queremos parabenizar e aplaudir o grande valor da moda alagoana chamado Márcia Maciel. Mulher de fibra, atuante, dona de uma visão empresarial privilegiada, mulher chic, comanda com sucesso a bela maison Márcia Maciel, localizada na Rua Mário de Gusmão, na Ponta Verde. Ela sempre enaltece a mulher alagoana com seu bom gosto, seu requinte e sua sensibilidade. Hoje, a coluna TopNews homenageia esta grande mulher que muito tem feito pelo bem-estar e beleza da mulher alagoana. Parabéns, Márcia, você é um exemplo de mulher que sempre merecerá os nossos aplausos. Parabéns, amiga!

Jeans no trabalho: Glória Kalil ajuda a fugir do informal para introduzir o tecido nos escritórios modernos

Q

uase unanimidade, a calça jeans é uma das peças favoritas da moda e do nosso guarda-roupa. Mas o material, apesar de democrático, não se encaixa em qualquer ambiente de trabalho e por isso acaba relegado aos momentos fora do escritório. Algumas empresas permitem que o jeans circule, mas é preciso lembrar que isto não é abertura para manter o visual desleixado. Pensando nisso, Glória Kalil ajuda a sofisticar as produções com jeans para fazer bonito nos escritórios. “O blazer com camisa e skinny é um trio que gosta de andar junto na moda e que

oferece diversas maneiras de entrar no escritório”, analisa Glória. Só fique atenta para não escolher um skinny muito apertado. “Recomenda-se que esta modelagem tenha sempre um percentual de fio elástico, pois proporciona maior conforto para quem fica sentada o dia todo, além de não marcar demais o corpo. Mas justo demais é exagero”. O blazer também possui um detalhe importante: invista sempre nos modelos que cubram o bumbum, pois revelam menos e não quebram o tom sério do trabalho. Outras modelagens, como a flare, também são opção, pois são um pouco mais largas

A

Promoção

e não marcam tanto o corpo. Por outro lado, a moda peças tipo boyfriend e oversized é proibida no ambiente corporativo. “Estas são melhores para fora do escritório, assim como as de lavagem detonada ou rasgadas e os estampados”, indica Glória. Para quem quer variar a combinação com blazer, experimente suéteres, túnicas e jaquetinhas, como indica Glória. “Produções mais sofisticadas também podem entrar em escritórios modernos”. Os acessórios devem manter a sobriedade das peças escolhidas: evitando cores muito chamativas da moda ou sapatos muito abertos.

FOTO BY CHICO BRANDÃO

F

oi sucesso absoluto a 3ª Convenção da Intercoiffure Brasil, que reuniu grandes profissionais do Universo da Beleza do Brasil e da América Latina. O evento foi patrocinado pelas empresas L’oréal, Ilike e Wella e contou com a consultora de moda Cristina Franco, entre tantos outros experts. O encerramento aconteceu em grande estilo, na última terça, 25, com um grande desfile beneficente aberto ao público no Teatro Deodoro. Representando Alagoas, a rede Fios de Cabelo, que possui em sua equipe diversos profissionais membros da Intercoiffure, e também foi anfitriã do evento, marcou presença no palco, com a participação de Mônica Casado (Coordenadora Regional da Intercoiffure no Norte e Nordeste do Brasil), Monique Casado, Aline Oliveira, Denise Félix, Sergio Fenix, Rose Amaral e Isabela Barca. Sucesso absoluto.

rquiteta Nadeje Feitosa nos comunicando mais uma novidade da sua Idear Home Design. A loja está com descontos de até 50% no porcelanato Gyotoku, para ponta entrega. O descontos vale para as linhas Zeus, Metrópole e Cristal. Para conferir é só dar uma passada na loja localizada na Rua João Gualberto Pereira do Carmo, Praça Lions, Ponta Verde. Telefone 33179241/8752-7872.

P

ara quem está acompanhando os primeiros capítulos de Saramandaia, fiquem atentos à linda música A cor do desejo, tema dos personagens de Lilia Cabral e José Mayer. A música é de autoria dos alagoanos Junior Almeida e Ricardo Guima e está sendo cantada por Ney Matogrosso e Junior Almeida no belo clipe Memória da Flor.

J

Ritz Suítes

ovem, arrojada e competente, a empresária Mariaela Coelho, mostrando que o DNA fala mais alto e dando um show na gerência operacional do Ritz Suítes, localizado na praia de Cruz das Almas, e que registrou 100% de ocupação no último feriadão. Parabéns, amiga!

Todas as correspondências, como convites para esta coluna, e para Elenilson Gomes, deverão ser enviadas para Av. Sandoval Arroxelas, 840, Edf. Calliate Ap. 204 PV. CEP: 57035-230

R

Atma Beleza

eferencial de qualidade em tratamentos, o Studio Atma Saúde e Bem Estar inaugura esta semana o Atma Beleza. Agora há um SPA de pés e mãos onde você pode reservar alguns minutinhos do seu tempo para se cuidar. AS outras novidades são o Banho de Lua e a depilação à cera, quente ou fria. Tudo isso em um local estratégico: no Edifício The Square, na Jatiuca.

C

No prelo

Saramandaia

Samba Alagoas

ontagem regressiva para a realização do Samba Alagoas. A apresentação oficial acontece nesta quinta-feira, 27, a partir das 19h30, na Choparia Maikai. A festa promete repetir o sucesso das edições anteriores.

Sempre avessos às badalações, registramos nesta quinta os amigos André Quintella e Andréia Moreira, um casal adjetivo que sempre merecerá o nosso carinho e os nossos aplausos

O

advogado e escritor Carlos Méro nos comunicando que já está no prelo, pela Editora Viva, o livro de contos Travessias, de sua autoria em parceria com Cristina Duarte-Simões. Ela é professora de Literatura Brasileira na França. Depois de haver atuado nas Universidades de Aix-enProvence, Avignon e Toulouse, passa agora a exercer o magistério na Universidade de Montpellier. O lançamento do livro deverá acontecer em agosto, aqui em Maceió e em Montpellier.

Roteiros

F

átima e Eraldo Tenório e Vanessa e Carlos Palmeira não param de trabalhar e apresentam para os nossos amigos os roteiros com as viagens dos sonhos. A System Tour está com roteiros incríveis, com pacotes pra lá de especiais. Além da agência de turismo, a turma é referência quando o assunto são programas de intercâmbio. Informações pelo telefone 3214-3090. Parabéns, amigos!

Fios de Cabelo

S

Tangerina

e você gosta de lábios marcados, mas sua relação com o batom vermelho ainda não amadureceu o suficiente, temos a solução um pouco mais leve e igualmente impactante: cor de laranja! O tom de tangerina é marcante e sexy na medida - e ainda te poupa de se preocupar com o restante do make up. Algumas boas camadas de máscara e voilá, linda e luminosa!

D

E

dênia Diniz apresenta mais uma bela peça da coleção outono/ inverno da Plátanos. A maison, especializada em acessórios, joias e semijoias, localizada na Deputado José Lajes, é parada obrigatória das mulheres mais elegantes da cidade. Vale a pena conferir!

cor está em alta e é a cara do inverno: tons de ruivos mais densos e sombrios, mas não menos quentes para equilibrar com o clima de baixas temperaturas. As madeixas avermelhadas, que imprimem atitude e uma certa ousadia, vão muito bem com roupas escuras e neutras. E ainda são mais apropriadas para as peles clarinhas, não bronzeadas ao sol, que, aliás, pode ser um inimigo e fazer com que a coloração desbote muito facilmente. Portanto, a hora é agora. Coloristas experientes na cor sugerem as mechas como uma forma mais sutil e elegante de aderir ao visual.

D’Itália

Pelo

o vestido de carne usado por Lady Gaga a colares feitos de crânios de faisão, alguns designers usam todo e qualquer tipo de material para chamar atenção do mundo da moda. E a última que promete deixar muita gente de cabelo em pé é o casaco feito com 100% de pelos retirados de peitos masculinos. A ideia veio da marca inglesa de leite Wing Co., que quer protestar contra a moda do homem totalmente depilado. Para isso, foram usados mais de um milhão de fios, num trabalho que levou cerca de 200 horas para ser concluído. Se a causa é animadora, o preço a ser pago pelo casaco não é: a peça custa 2.499 libras , cerca de R$ 8.700.

Plátanos

A

Vermelho

E

m Maceió, D’Irália in box foi criado para levar até você um variado cardápio de massas italianas. Receitas elaboradas com massas importadas da Itália e os melhores ingredientes disponíveis no mercado. O sabor da cozinha italiana acondicionado em exclusivas caixinhas e feito na hora para você. Mais informações pelo site www.ditaliainbox.com.br ou pelo telefone: 3432-3666.

As amigas Andréa e Moacira Cunha, duas empresárias ‘ouro’ em nossa sociedade, tem mais uma novidade exlcusiva da sua conhecida maison Casa Moa. Hoje, as amigas apresentam para a TopNews um modelo de outono/ inverno 2013 da Animale

g



Edição número 1779 - 27 de junho de 2013