Issuu on Google+

DOMINGO MACEIÓ - ALAGOAS 21 DE JULHO DE 2013 N0 1800 R$ 3,00

TRIBUNA

EXEMPLAR DO ASSINANTE

INDEPENDENTE

tribunahoje.com

Terra de ninguém

ADAILSON CALHEIROS

Complexo habitacional que reúne cinco conjuntos e está situado entre três municípios, carece de serviços públicos básicos como iluminação, coleta de lixo e pavimentação de ruas, mas os moradores não sabem a quem recorrer. A demarcação das divisas é contestada pelos prefeitos, o que gera situações como a de dona Neide França, que mora em um conjunto pertencente a Satuba, registrou seu imóvel em Rio Largo, mas recebe correspondências com endereço de Maceió. PÁGINA 9

PAPA NO BRASIL

FRANCISCO ABRE NA SEGUNDA-FEIRA A JORNADA MUNDIAL DA JUVENTUDE

INFRAESTRUTURA ROBERTO FERNANDES ANUNCIA RECUPERAÇÃO DE RUAS E AVENIDAS O secretário municipal de Infraestrutura Roberto Fernandes anuncia a realização de obras de drenagem e pavimentação em diversos trechos de Maceió.

Por que dependentes fogem do tratamento A falta de psiquiatras e a imposição da orientação religiosa na recuperação de dependentes químicos são as principais causas de abandono dos tratamentos para recuperação.

PÁGINA 10 e 11

PÁGINA 2 TEMPO Bom a parcialmente nublado com possiblidades de chuvas em áreas isoladas

Mínima

20º

Máxima

29º

Marés

02:11 08:38 14:51 20:58

2.1 0.1 2.1 0.2

FINANÇAS DÓLAR COMERCIAL R$ 2,22 R$ 2,38 DOLAR PARALELO R$ 2,10 R$ 2,20 OURO: R$ 93,50 POUPANÇA: 0,4551%

O Papa Francisco desembarca nesta segunda-feira no Brasil para abrir, na terça-feira (23) a Jornada Mundial da Juventude, que reunirá até o dia 28 deste mês 1,5 milhão de jovens de todo o planeta. O evento também a primeira grande visita internacional do papa Francisco desde sua nomeação como líder máximo da Igreja Católica.

PÁGINA 19

REFORMA ELEITORAL O QUE PENSAM OS POLÍTICOS ALAGOANOS PÁGINAS 3, 4 e 5


TRIBUNAINDEPENDENTE

2 POLÍTICA MACEIÓ - DOMINGO, 21 DE JULHO DE 2013

Política

A malha asfáltica de Maceió é muito antiga, mais sujeita à deterioração e depois das chuvas, novos buracos aparecem. Tapar buracos é paliativo”. ROBERTO FERNANDES SECRETÁRIO MUNICIPAL DE INFRAESTRUTURA

Meta é ir além do ‘tapa-buraco’

Secretário de Infraestrutura, Roberto Fernandes, promete obras de impacto na capital alagoana no próximo semestre SECOM-MACEIÓ

ESPLANADA Por VINÍCIUS TAVARES (interino)

Enxurrada de indenizações

O

governo pagou R$ 4,3 milhões em indenizações, entre 2011 e 2013, a parentes de mortos na Guerrilha do Araguaia, nos anos 70. Deste total, R$ 2,1 milhões foram pagos a herdeiros de beneficiários já falecidos, que não tinham direito segundo a Lei de Mortos e Desaparecidos. São US$ 3 mil a cada um dos familiares por despesas médicas, por busca de informação e dos restos mortais dos desaparecidos; mais US$ 45 mil para cada familiar direto e US$ 15 mil para cada familiar não direto por dano imaterial.

Depósito judicial SDH aguarda decisão da Corte Interamericana de Direitos Humanos para depositar ainda este ano quantias a outros 12 herdeiros de beneficiários falecidos.

A quem cabe A questão da identificação dos beneficiados foi submetida ao Departamento Internacional da Advocacia-Geral da União para cumprimento da decisão judicial.

Cautela Governo trata com cuidado a divulgação de nomes para proteger a intimidade dos familiares das vítimas. Herdeiros foram definidos em sentença da Corte IDH de 2010.

Teleconferência O ex-prefeito de São Paulo José Serra (PSDB) é convidado para teleconferência sobre Tendência da Economia e Desafios da Política. Infraestrutura, concorrência, política industrial, sustentabilidade e comércio exterior são temas de interesse da GO Associados, promotora do debate. Lula, André Singer, entre outros, já participaram.

Pegando fogo Delcir Sonda driblou BMG e adquiriu 20% do zagueiro Dória, do Botafogo. Evitou, assim, saída do atleta por dívidas com o banco. Grupo DIS já emprestou R$ 2,5 milhões para pagar salários, mas atrasos continuam. Sintomas do fechamento do Engenhão.

11 uvas e uma taça Vinícola de Bento Gonçalves selecionou 11 uvas para o vinho licenciado pela FIFA servido em eventos oficiais da Copa de 2014. Deputado Jerônimo Goergen (PP-RS) atuou nos bastidores para bater concorrentes dentro e fora do Brasil. Garrafa a R$ 40.

Remediado Depois da farra no transporte de autoridades para a Copa das Confederações, Força Aérea abre concurso para contratação de 80 médicos com inicial bruto de R$ 7,452 mil.

Tipo Obama Contratado pelo escritório do Facebook, advogado paulista trabalha forte no lobby na Câmara em emenda da minirreforma eleitoral que libera campanha paga na internet.

Só oficial A Câmara organiza ida de comitiva de deputados federais ao Rio de Janeiro para recepcionar o Papa Francisco durante Jornada Mundial da Juventude. Após transporte de autoridades para Copa das Confederações, a vigilância contra mordomia é absoluta.

O memorial

Dona Sara Kubitschek tinha dificuldades para encontrar e comprar um terreno em Brasília para construir o Memorial JK, quando a notícia chegou através do general Sylvio Frota ao presidente João Batista Figueiredo. Ele a convidou para um café no Palácio do Planalto, prontamente atendido. Lá, Figueiredo abriu um mapa de Brasília e mostrou vários pontos e que cederia um deles para ela. Apontou o terreno perto do famoso Cruzeiro da primeira missa, no eixo monumental. Era justamente o que ela, com os olhos vidrados, tinha escolhido. Ali, ergueu-se o memorial, onde jaz o fundador. Com Maurício Nogueira e Adelina Vasconcelos www.colunaesplanada.com.br contato@colunaesplanada.com.br Twitter @leandromazzini

EDITORIA DE POLÍTICA COM ASSESSORIA

S

em dúvida alguma o nome mais citado nos últimos meses na Câmara de Vereadores da capital é o do secretário municipal de Infraestrutura, Roberto Fernandes. Pelo seu jeito ‘nem aí’ para as críticas segue trabalhando para dar a Maceió realmente um perfil de mobilidade mais aceitável, sem buracos, vias com drenagem funcionamento, e claro, em tempos de chuva, menos alagamentos. O secretário espera um segundo semestre bem melhor que o primeiro, agora com orçamento para executar obras que o maceioense tanto precisa.

Tribuna Independente - Após as chuvas, a Seminfra e a Defesa Civil caíram em campo nas vistorias em áreas de risco. Existe um projeto para a contenção de barreiras nessas áreas? Roberto Fernandes Estamos realizando um edital de licitação para fazer a contratação de empresa especializada para a elaboração de Projetos Executivos de Engenharia, destinados às áreas de riscos. Esse trabalho tem como base um mapeamento que está sendo atualizado pela Defesa Civil, pois não adianta iniciarmos nada sem planejamento e repetirmos os erros do passado. T.I. - Quais as principais obras para este segundo semestre? Roberto Fernandes Temos um cronograma extenso. Faremos a drenagem no Virgem dos Pobres I. Temos a conclusão de obras como o prolongamento do Corredor Vera Arruda, drenagem e pavimentação na Rua Progresso, na Serraria; drenagem e pavimentação da Avenida Pilar, contorno de quadra em frente à Casa Viera, no Bairro de Cruz das Almas, partindo da Avenida Penedo e da Rua Professor Ernani Figueiredo Magalhães. Também temos a Drenagem no Village Campestre, as obras de drenagem e pavimentação em diversas ruas do Graciliano e a conclusão do Projeto de drenagem e pavimentação que beneficiará os moradores do Inoocop e Eustáquio Gomes. A lista é grande e segue com a drenagem e pavimentação em diversas Ruas do Conjunto Santa Lucia, Avenida Josefa Melo, via que ligará a Avenida Gustavo Paiva, em Cruz das Almas, às Avenidas Marcio Canuto e Juca Sampaio, situados no Barro Duro. Uma passagem de nível será construída sobre a Juca Sampaio fazendo uma ligação da nova via com a Marcio Canuto, além das obras da Avenida Pierre Chalita. T.I. - Como está o cronograma da operação tapa-buracos? Roberto Fernandes - Diariamente montamos nossa programação. A nossa

Roberto Fernandes explica que problemas da Pierre Chalita só poderão ser resolvidos no verão

[Pierre Chalita] Temos que esperar o verão, para tomar as providências e evitar uma tragédia”

A finalidade das obras é facilitar o escoamento das águas. Estamos trabalhando diariamente com desobstrução e limpeza de galerias”.

Os equipamentos precisam de manutenção, Temos galerias com mais de 40 anos”.

equipe faz vistorias pela cidade para ver os locais que precisam dos serviços da operação tapa-buraco. A imprensa tem nos ajudado informando os locais que precisam de reparos. Contamos com a assessoria de comunicação da Secretaria para atender as demandas solicitadas pela imprensa. Vale ressaltar que nossa programação sofre alterações no dia de chuva, pois não é possível trabalhar com o pavimento molhado. T.I. - Qual a situação da malha asfáltica de Maceió? Roberto Fernandes - A malha asfáltica de Maceió é muito antiga, mais sujeita à deterioração e depois das chuvas, novos buracos aparecem. Tapar buracos é uma alternativa paliativa, mas que não resolve por completo. No verão, faremos mudanças nos pontos mais críticos. A população pode ajudar encaminhando suas solicitações pelo número 3315-5007, como também estamos no projeto Bairro Vivo. T.I. - Como o senhor avalia o primeiro semestre de gestão à frente da Seminfra? Roberto Fernandes Apesar das dificuldades de trabalhar nos primeiros meses sem o orçamento aprovado, o Município avançou positivamente. A atual gestão encontrou o município numa situação bastante complicada, muitas ruas pavimentadas sem drenagem, obras inaca-

badas e falta de manutenção. Estamos tomando medidas emergenciais, que a cidade necessitava há muito tempo. A cidade está precisando de muitas obras, as chuvas que caíram este mês mostram os problemas na drenagem e escoamento de água em Maceió. T.I. - Como melhorar isso? Sobre as obras de drenagem e escoamento em várias regiões de Maceió? Roberto Fernandes - Estamos realizando melhorias em vários pontos da cidade. As ações de manutenção vêm sendo realizadas diariamente desde o início do ano, mas é uma estrutura gasta, que requer um trabalho imenso. Os equipamentos precisam de manutenção, Temos galerias com mais de 40 anos. T.I. - O que já foi feito efetivamente? Roberto Fernandes - Na Grota do Aterro foram realizados serviços de grande relevância para a comunidade que sofria no inverno com um grande volume de água que entrava nas casas. Após receber sugestões dos moradores, a Seminfra realizou obras de retificação do canal, recuperação lateral com sacaria de solo e cimento e estão em fase de conclusão de uma nova ponte metálica, que foi destruída pelas chuvas. A finalidade das obras é facilitar o escoamento das águas. Estamos trabalhando diariamente com desobstrução e limpeza de

galerias, recuperação de pavimento, boca de lobo, recuperação de tubulação, canaletas, substituição de tubos e calhas de descida de água. No Centro de Maceió foram construídos poços de visitas, bocas de lobo e recapeamento evitando alagamentos e melhorando o tráfego de veículos e pedestres. T.I. - Há obras previstas para a Avenida Pierre Chalita? Roberto Fernandes - A obra da Pierre Chalita foi entregue em dezembro de 2012, mas desde o inicio do ano, deslizamentos frequentes de encostas levaram a Prefeitura a fazer interdições. A Prefeitura estuda medidas a serem tomadas e já publicou um decreto que suspende temporariamente edificações e intervenções de engenharia nas áreas da Avenida Pierre Chalita. O decreto tem como base o risco de deslizamento provocado pelas construções irregulares e foi publicado após a elaboração de um mapeamento técnico de toda a região. As barreiras estão muito encharcadas e se houver qualquer movimentação de terras vai ser um desastre total, temos que ter muita calma e esperar o verão, para tomar as providências para que o local volte a ser seguro e possa ser transitado por moradores e condutores de veículos. O Ministério Público Estadual está apurando os danos ambientais causados.


TRIBUNAINDEPENDENTE

Conjuntura

FLAVIO GOMES DE BARROS - flavio.gb@ig.com.br

Ruidoso silêncio

D

o jornalista Sandro Vaia: Com exceção dos últimos atos de vandalismo no Leblon, perto da casa do governador do Rio, Sérgio Cabral, o resto do Brasil parece ter entrado numa espécie de compasso de espera, entre o rumor da conquista da Copa das Confederações e a expectativa da visita do papa. O resultado prático das manifestações foi manter o preço das passagens do transporte coletivo paradas por mais algum tempo (o que segundo alguns prefeitos ameaça cidades de falência, mas ninguém se comove com isso) e mostrar que o País das Maravilhas de Alice só existia na cabeça de João Santana e sua trupe de animadores de auditório. A verdade é que o país permanece essencialmente o mesmo, ainda que vitimado por algumas gritantes barbeiragens gerenciais, mas a percepção sobre ele mudou do dia para a noite, sem que ninguém consiga avançar sobre a essência do problema. Ontem estávamos às portas do Paraíso, hoje vislumbramos o inferno cada vez mais próximo. As condições econômicas objetivas do mundo mudaram bastante, em nosso prejuízo, e não existe ninguém disposto a bancar a ideia de que tudo não passa de uma ‘marolinha’, pois quem fez isso no passado sabe muito bem que hoje estamos sofrendo as consequências da irresponsabilidade e da leviandade de ontem. Num texto escrito para o jornal “Valor Econômico” e debatido na Feira Literária de Paraty, o economista André Lara Rezende, um dos pais do Plano Real, resumiu com uma frase aquilo que estamos sentindo, mas não sabemos explicitar com clareza: o ‘mal estar contemporâneo’... As ruas parecem ter mais algo a dizer. O que será?”

Nem aí O governador Téo Vilela tem estado em tiroteio cerrado, recentemente, por conta de notícias desagradáveis para o governo, algumas de fundo político, na observação do Palácio República dos Palmares. Mas ele não perde a tranquilidade. Não responde ao que considera provocação e enaltece os fatos positivos da sua administração.

Folgado Um ex-prefeito alagoano, que só chegou aonde chegou pelo importante apoio da sua cara metade, pois antes de entrar para a política não tinha voto nem patrimônio, não tem do que reclamar. Sem mandato, esperando ordens superiores, tem todo o tempo livre. Apesar do tempo livre, repatriou um grande amigo só para cuidar das suas finanças.

A anotar Informa Bernardino Souto Maior, em seu blog, no Cada Minuto, que se o deputado federal Alexandre Toledo trocar o PSDB pelo PSB poderá concorrer a vice-governador, tendo o senador Renan Calheiros (PMDB) como cabeça de chapa. O fechamento desse provável acordo incluiria o governador Téo Vilela (PSDB) candidato ao Senado.

Facilidade

MACEIÓ - DOMINGO, 21 DE JULHO DE 2013

POLÍTICA

3

O que eles priorizariam na reforma eleitoral Políticos alagoanos foram questionados sobre o que eles entendem como prioridade SANDRO LIMA/ARQUIVO

CADU EPIFÂNIO EDITOR DE POLÍTICA

G

overno não age, ele reage! Essa máxima corre pelos meios políticos desde que o mundo é mundo, e a prova disso é que a reforma política tão cobrada nos levantes sociais de junho último fez o Governo e o Congresso Nacional suscitar a discussão, mas pelo visto vai ficar só nisso. Esta semana, o deputado federal Cândido Vaccarezza (PT-SP), presidente do grupo de trabalho formado na Câmara para propor a reforma política disse que as alterações no sistema político não vão servir para 2014. Pena! De todo modo o debate foi provocado e procuramos políticos alagoanos a exporem o que eles entendem como pontos priotirários para a tão espera reforma. O vereador por Maceió, Wilson Júnior (PDT), pede além da mudança da legislação, uma alteração na postura e nos personagens que hoje exercem a política nacional. “Para se fazer uma reforma política, teríamos que trocar muitos personagens, contudo existem vários fatores importantes a serem discutidos e modificados, porém o mais importante hoje seria

Heloisa Helena e Wilson Júnior têm posições fortes que tiram a ‘proteção’ dos políticos

acabar com a imunidade parlamentar ou foro privilegiado para crimes seja de qual nível for, praticados por políticos antes, e/ou durante seu mandato. Só vamos diminuir essa violência, quando conseguirmos mudar esse código penal atrasado”, su-

geriu o parlamentar-mirim. Uma colega de Plenário do vereador Wilson Júnior, Heloísa Helena (PSOL) conhece bem os caminhos do Congresso Nacional e de lá ela sempre batalhou pela moralidade nas hostes legislativas e palacianas, sen-

do assim ela entende como prioritários, temas polêmicos que desagradam a muitos. “Fim do sigilo bancário, fiscal e telefônico; fim da irrevogabilidade dos mandatos; corrupção como crime hediondo”, prioriza a ex-senadora.

RENAN FILHO

A Nossa Junta Comercial de Alagoas é considerada a mais eficiente do Brasil, o que explica, em parte, o número de empresas de porte que se instalaram aqui nos últimos anos. A vinda da Cerâmica Portobello é exemplo: Fábio Farias, representante no Estado, diz que a agilidade da Junta foi decisiva para a opção por Marechal Deodoro.

Fartura “Alagoas é um destino de muitos destinos”. É o que costuma dizer a secretária estadual do Turismo, Danielle Novis, para explicar a pluralidade de opções que o Estado oferece, além de Maceió, portal de entrada de turistas que aqui chegam. Aliás, segundo ela, pelos dados da CVC Maceió só perde para Porto Seguro na venda de pacotes da operadora.

Conversa fiada O ex-presidente Lula, ainda a principal liderança do PT, defende mudanças na postura do partido, como forma de reencontrar sua identidade. Pode até funcionar, mas se o PT continuar falando em “elites”, “classes conservadoras” e “burguesia” não mudará. Até porque “elite” e “burguesia” têm a ver com ex-petistas que se deram bem no poder.

Atração natural Apesar da infraestrutura incipiente na Serra da Barriga, Jacineide Maia, secretária de turismo de União dos Palmares, festeja a quantidade de turistas que foram se inteirar sobre Zumbi dos Palmares no primeiro semestre de 2013: estão identificados 2.174 visitantes oriundos de várias regiões do Brasil e, também, turistas de 15 outros países.

O fato é que temos hoje um governo fraco e uma crise. Há uma crise à procura de um governo.” JOSÉ SERRA Duas vezes candidato à Presidência da República, procurando se colocar como opção do PSDB ou outro partido na disputa pela sucessão de Dilma Rousseff

* Será hoje, às 10 horas, na Catedral Metropolitana de Maceió, a missa do sétimo dia da morte do empresário Álvaro Vasconcelos Filho, atingido por um ônibus, segunda-feira passada, quando pedalava uma bicicleta, na rodovia AL-101 Sul. * O cantor e compositor carioca Ivan Lins é o personagem abordado hoje no programa “Aplauso”, pela Rádio Educativa FM, a partir das 10 da manhã. Ivan Lins é um dos músicos brasileiros de maior sucesso no exterior. * O Ministério Público Federal em Alagoas convida instituições de ensino superior para firmar convênio de estágio em Administração, mediante processo seletivo público. Até 6ª feira, 26, na sede da instituição. Informações: 2121-1491/1470. * A Bienal Internacional do Livro de Alagoas, maior evento literário alagoano, terá a sua 6ª edição, de 25 de outubro a 3 de novembro, no Centro Cultural e de Exposições de Maceió, este ano inserida nas comemorações ao ano de Portugal no Brasil (2012-2013). * Ainda em outubro, de 9 a 12, Maceió sediará a Feira do Empreendedor, também no Centro Cultural e de Exposições. Iniciativa do Sebrae, o evento tem o objetivo de estimular o empreendedorismo e ampliar o acesso à informação e capacitação. * Está disponível Edital de Chamada Pública Educação Empreendedora nas instituições de ensino superior, visando estreitar a parceria entre elas e o Sebrae, através da inclusão do ensino do empreendedorismo nas grades curriculares. O vai até 12 de agosto. * Às 16 horas de hoje, em Juazeiro (BA), contra o Juazeirense, o CSA tenta fugir da lanterna na Série D, sem gol marcado nem ponto ganho; às 19 horas, em Campina Grande, o CRB, na zona do rebaixamento da Série C, precisa ganhar do Treze.

Voto distrital e unificação das eleições Heloisa Helena lembrou que ficou estigmatizada por seus algozes como uma parlamentar ‘sem projetos’, ledo engano. A vereadora, que voltou inclusive a ser sondada para disputar uma nova eleição para o Senado, em 2014, recordou de alguns projetos polêmicos, que caberiam bem na reforma política que as ruas pleiteiam. “Quando senadora apresentei três projetos pedindo justamente isso [fim dos sigilos, corrupção como crime hediondo...], mas sou conhecida como a ‘sem-projeto’. Eu também apresentei outro projeto, que exige a quarentena após o fim do mandato. Os políticos continuariam sem sigilo mesmo 10 anos após o fim do amndato”, disse a vereadora por Maceió. Na análise do deputado federal Renan Filho (PMDB) o que os responsáveis pela discussão da reforma política deveriam priorizar era ouvir o clamor das ruas. “As prioridades na reforma política deveriam ser o fim das coligações partidárias, o estabelecimento de coincidência de mandatos e o voto majoritário e distrital aplicado à eleição proporcional”, defendeu. A proposta sobre a coin-

AGÊNCIA CÂMARA

Para o deputado federal, Renan Filho, em primeiro lugar deveria vir o fim das coligações partidárias

cidência de mandatos é interessante, do ponto de vista do custeio dos pleitos. Seria a proposição de eleições gerais para a escolha através do voto direto e secreto de todos os cargos eletivos, sejam eles

do Executivo ou do Legislativo, federal, estadual ou municipal. Já o voto majoritário e distrital impõe a lógica territorial no sistema, pois para o partido obter muitas cadeiras

é necessário a concentração dos votos nos distritos: votos espalhados em vários distritos distribuem não elegem nenhum candidato. É um candidato por partido, ou com distritos plurinominais. (CE)

PESO

DISTRITAL MISTO

De modo direto o voto distrital funcionaria da seguinte maneira num país como o Brasil, com dimensões continentais. O Estado seria dividido em vários distritos, e cada distrito elegeria um deputado por maioria simples (50% dos votos mais um). Assim, o candidato mais votado é eleito. Porém, vale lembrar que o eleitorado brasileiro é enorme - cerca de 125 milhões - e os Estados têm grandes territórios. Isso torna as eleições excessivamente caras, estimulando a corrupção.

Outro defeito que põe o voto distrital na berlinda é que os candidatos colhem votos em todo o Estado e não prestam contas a ninguém, pois não sabem quem representam. Os eleitores não se lembram em quem votaram e os deputados não sabem quem os elegeu. Neste sentido, o voto distrital misto seria o ideal, apontam alguns estudiosos, por que ele manteria, ainda que só parcialmente, o voto proporcional, o qual tem tradição no país. O distrital simples daria menor chance de vitória aos pequenos partidos.

Distrital encarece eleições no país

Voto se manteria proporcional


TRIBUNAINDEPENDENTE

4 POLÍTICA MACEIÓ - DOMINGO, 21 DE JULHO DE 2013

BARTOLOMEU DRESCH bartolomeu_dresch@hotmail.com.br

Técnica para Down

P

esquisadores americanos acreditam ter alcançado uma técnica que pode trazer resultados importantes na definição de alterações genéticas para pessoas com a Síndrome de Down. Os cientistas garantem ter conseguido “desligar” em células humanas de laboratório, o cromossomo responsável pela síndrome. A pesquisa foi publicada na revista “Nature” e pode ajudar no futuro ao desenvolvimento de tratamento para males associados a essa condição. A maioria das pessoas nasce com 23 pares de cromossomos, incluindo os que determinam se sexo, totalizando 46 em cada célula. Pessoas com a Síndrome de Down tem três, em vez de duas, cópias do cromossomo 21, condição que esta associada a dificuldades de aprendizado, maior probabilidade de desenvolver mal de Alzheimer precocemente e um risco maior de problemas cardíacos congênitos. A terapia genética já foi usada para tratar de problemas causados por genes individualmente, mas se considerava praticamente impossível “anular” um cromossomo inteiro. Agora os cientistas da Universidade de Massachusetts mostraram que isso pode ser feito, mesmo dependendo ainda de muitas outras pesquisas. A ONG britânica Down’s Syndrome que divulga informações sobre a síndrome e fornece apoio aos portadores, considerou os resultados bem animadores. “As descobertas podem ter implicações significativas para futuras pesquisas, que podem trazer benefícios reais a pessoas com a síndrome” disse uma das diretoras da Organização.

Visões diferentes de uma mesma reforma Alexandre Toledo, Maurício Quintella, Paulão, Zé Márcio, França Júnior dão opiniões REPRODUÇÃO

ANDREZZA TAVARES REPÓRTER

A

Projetos do Rei O cantor Roberto Carlos parece ter tomado gosto pelo setor imobiliário. Dois anos depois de ter lançado um empreendimento em São Paulo (o luxuoso home and office de 40 andares “Horizonte JK”), no bairro do Itaim Bibi, outros cinco lançamentos estão na fila da vez. Quatro em terras paulistas e um aqui pertinho, em Aracaju. O primeiro empreendimento vendeu todas as 346 unidades. Liquidou tudo a R$ 18 mil o metro quadrado, garantindo o Valor Geral da Venda (VGV) de quase R$ 300 milhões. Até o final deste mês o Rei lança com seus sócios o “Horizonte Jardins” em Aracaju, que reúne em um só edifício 136 apartamentos de hotel e 364 salas comerciais.

Projetos do Rei 2 Nos negócios imobiliários de Roberto Carlos também estão presentes suas manias e superstições. Tons de marrom, roxo, lilás e preto estão fora de cogitação. Evento de lançamento no mês de Agosto é proibido, dia 13 então nem pensar. Apresentação noturna de projeto á imprensa ou ao mercado, só em noite de lua cheia ou nova. Na verdade o Rei pretendia mesmo, até antes de lançar o primeiro prédio, construir condomínios de casas nas principais cidades brasileiras. As ruas teriam nome das suas músicas e não faltaria um coreto. O projeto não vingou por falta de terrenos adequados, mas ainda não foi descartado.

Capital da computação Entre os dias 23 a 26 Maceió será a capital brasileira da computação, com a realização no Centro Cultural e de Exposições, do 33º Congresso da Sociedade Brasileira da Computação (CSBC). O evento, um dos maiores do gênero, reunirá professores, pesquisadores, empresários, técnicos e estudantes de todo o país. Pela primeira vez o Congresso será realizado em Alagoas e terá a coordenação e organização do Instituto de Computação (IC) da Ufal. O tema do evento é “Cidades Inteligentes: Desafios para a Computação” e as discussões versarão sobre os impactos da Tecnologia da Informação e da Computação sobre o cidadão.

Capital da computação 2 Os interessados em participar do Congresso podem inscrever-se no site do evento e podem obter mais informações junto á Sociedade Brasileira de Computação inclusive para inscrição de trabalhos, ou para participar dos minicursos e outras atividades que farão parte do corpo do evento. Os organizadores do Congresso tambem pretendem incluir na pauta o projeto de implantação do Polo Tecnológico a ser construído no bairro de Jaraguá, recentemente anunciado pelo Secretário de Ciência e Tecnologia de Alagoas, Eduardo Setton e pelo próprio governador Teotonio Vilela Filho.

Salvando o rabo De acordo com uma resolução do Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV) esta proibida no Brasil a prática da caudectomia – amputação ou corte da cauda de caninos para fins estéticos. O procedimento é comum em raças como Cocker Spaniel, Pinsher, Poodle, Boxer, Pitbull, Rotweiller e Dobermann com a finalidade de “embelezar” o animal. Outras práticas consideradas inadmissíveis pelo Conselho desde 2008 são a Cordectomia (cirurgia que retira as cordas vocais dos animais), a Conchectomia (para levantar as orelhas) e a onicectomia (extração das unhas dos gatos).

Fiscalização intensiva O trabalho de fiscalização feito pela Agência Reguladora de Serviços Públicos de Alagoas (Arsal) neste primeiro semestre no Transporte Intermunicipal de Passageiros resultou em 1.336 autos de infração. Deste total foram computadas ainda 220 apreensões. Das notificações, 148 foram para o transporte convencional (ônibus); 346 ao transporte complementar legalizado (vans) e 842 ao transporte irregular de passageiros, incluindo vans e táxis clandestinos. Outras irregularidades detectadas foram o não cumprimento dos horários das viagens, excesso de passageiros, motoristas em situação irregular diante da Arsal e ausência de faixa de identificação nos complementares autorizados. • A Casa da Moeda lançará na próxima terça feira (23) a medalha comemorativa à visita do papa Francisco ao Brasil. Produzido em bronze, prata e ouro, o item tem 50 milímetros de diâmetro. • Serão confeccionadas ao todo, 10 mil medalhas, sendo 7 mil em bronze, 2.950 em prata e 50 em ouro. A de bronze custará R$ 45 e a de prata, R$ 230, sem o frete. Já a de ouro será produzida somente sob encomenda. • Para consultar o preço é preciso ligar para o Clube da Medalha pelos telefones (21) 2414-2365 / 2414-2567, ou enviar e-mail para medalha@ cmb.gov.br. • No anverso (lado considerado principal), a medalha traz a imagem do papa Francisco em destaque, como a legenda “Visita do Papa ao Brasil”. No fundo, a era 2013 e o padrão formado pelos tijolos vazados, vistos do interior da Basílica de Nossa Senhora Aparecida. • No reverso há uma composição com os nomes das cidades onde o Papa passará: Rio de Janeiro e Aparecida (SP). E também dos locais onde celebrará missas: Catedral Metropolitana do Rio de Janeiro e Basílica Nossa Senhora Aparecida.

Classe política alagoana luta por mudanças urgentes no sistema político e defesas são fortes

PT E PSDB

Paulão e Jorge Dantas optam por financiamento público O financiamento público de campanha também é defendido pelo deputado federal Paulo Fernando dos Santos, o Paulão (PT), e também o vice-presidente da Associação dos Municípios de Alagoas (AMA), o prefeito de Pão de Açúcar, Jorge Dantas (PSDB). Os dois políticos acreditam que o financiamento de campanha exclusivamente público daria uma maior igualdade de disputa entre os candidatos. “O principal tema a ser discutido na reforma políti-

ca deve ser o financiamento público de campanha com uma fiscalização intensa, pois hoje, não se tem estrutura para coibir a venda de votos”, declarou Paulão. O petista informou que em vários países é estabelecido um parâmetro onde o grande mote é o financiamento público de campanha. “O financiamento público dá uma maior representação as bases populares”, completou o parlamentar. LISTA EXTENSA O prefeito Jorge Dantas também aposta no financia-

mento de campanha com dinheiro público para dar uma maior igualdade entre os adversários. “O financiamento público de campanha tornará o processo mais democrático”, disse Jorge Dantas, colocando o item no terceiro lugar na lista de prioridades, a frente do fim da reeleição e Legislativo limitado. “Em quarto lugar na ordem de prioridades da reforma política seria o voto distrital, em minha opinião”, concluiu o vice-presidente da AMA. (AT)

OPINIÃO CONTRÁRIA

Financiamento exclusivamente privado é defendido por vereadores Ao contrário dos posicionamentos relatados acima pelos políticos alagoanos, os vereadores Zé Márcio (PSD), de Maceió, e França Júnior (PSDB), de Palmeira dos Índios, são favoráves ao financiamento privado de campanha. Eles são enfáticos ao dizerem que “dinheiro público deve ser usado em benefício da sociedade”. “Dinheiro público deve ser usado para a melhoria dos serviços públicos e não para bancar palanque eleitoral, foi isso que cobraram as manifestações nas ruas”,

ressaltou França Júnior. “Quem quiser se eleger, que procure os meios para tal e aqueles que desrespeitarem a lei tentando privilegiar seus doadores de campanha que sejam punidos pela Justiça”, destacou o tucano. França Júnior revelou, inclusive, ter recebido do partido quantias ínfimas para o financiar suas campanhas. Ele lembrou que no caso de financimento público o dinheiro será gerenciado pelos comandantes do partido. O vereador Zé Márcio dis-

se que financiemento público não tornará pleito igual coisa nenhuma, pois “o privado nunca deixará de existir porque não se tem um controle efetivo das despesas de campanha”. Zé Márcio lembrou que a sociedade já é sobrecarregada e que as eleições têm um custo alto. “Além de tudo isso, vamos pegar mais dinheiro e colocar na política; no entanto, o candidato ainda vai gastar por fora, pois existem gastos que não aparecem na prestação de contas”, lamentou. (A.T.)

CRÍTICA

TRANSPARÊNCIA

O vereador por Maceió, Zé Márcio (PSD), que é a favor do financiamento privado de campanha, criticou a forma como a prestação de contas dos gastos de campanha são feitas. “Deveria ser mais simples. A forma como está não se justifica. A prestação de contas hoje é um desafio para qualquer contador pois a exigência é absurda”, declarou o parlamentar. Vale ressaltar que a prestação de contas é mera burocracia, pois só pune, quem deixa de apresentá-las à Justiça Eleitoral.

O deputado estadual Isnaldo Bulhões (PDT) tem um entendimento bem peculiar sobre o financiamento público de campanha, prezando pela maior clareza nos atos eleitorais. “Isso é um ponto que ninguém pode discutir e que deve ser aprovado de imediato, para que se dê transparência, e para que se acabe com os famosos ‘caixas 2’. Acabando assim com as informações dúbias na prestação de contas de candidatos, né?”, disse o parlamentar de Santana de Ipanema.

Prestação de contas deve ser mais simples

Financiamento público por mais nitidez

discussão em torno da reforma política ganhou maior visibilidade após as manifestações populares que tomaram conta do país em junho. O projeto tramita no Senado há cerca de dez anos, mas somente após os protestos voltaram a ser o foco entre os parlamentares. Vários pontos da reforma política foram discutidos como o modelo de financiamento de campanha, reeleição, sistema eleitoral para eleições de deputados e vereadores, fim das coligações partidárias, suplência do Senado, voto secreto no Congresso; e referendo popular, para apreciação do texto, dentre outros temas que dividem opiniões. Como estamos vendo, as visões são divididas. Para o deputado federal Alexandre Toledo (PSDB), a reforma política deve ser mais abrangente e feita com responsabilidade. “Não se pode fazer uma reforma política a ‘toque de caixa’; é querer resolver em dez dias o que não foi resolvido em dez anos”, criticou o parlamentar. “Esta é uma resposta do governo federal às manifestações populares para dizer que não ficou na inércia, colocando a responsabilidade para o Congresso”, ressaltou Toledo, dizendo que na verdade, o que está discutindo é uma reforma eleitoral. O tucano defende o fim das coligações por que elas são uma peça só de eleição. “A coligação representa o quê? Elas não têm durabilidade e se extinguem depois das eleições”, destacou Alexandre Toledo, lembrando que com o fim das coligações. os eleitos serão aqueles mais votados “prevalecendo a vontade popular”. O ex-prefeito de Penedo defende ainda o voto em lista fechada. “O voto distrital tem importância e o voto misto dará mais compromisso ao parlamentar”, salientou Alexandre Toledo. Ele também defende o financiamento público de campanha, que para ele, proporcionará uma maior democracia no pleito eleitoral. QUINTELLA Outro parlamentar que defende o financiamento público de campanha é o deputado federal Maurício Quintella (PR). “Sou a favor do financiamento público de campanha com forte fiscalização para dar mais chances das pessoas participarem”, declarou Quintella. O deputado ainda aproveitou a oportunidade para se manifestar à favor do voto em lista. Esses dois pontos deveriam ser prioridades na opinião dele.


TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - DOMINGO, 21 DE JULHO DE 2013 POLÍTICA

5

Marx defende clareza nas votações Para o peemedebista, todos os pontos da reforma política devem ser debatidos e revistos para que povo ganhe voz

Cotidiano LININHO NOVAIS - contato@lininho.com

Como pode?

O

dinâmico jornalista Odilon Rios escreveu em seu blog: “A procuradora-chefe do Ministério Público Federal em Alagoas, Niédja Káspary, vai sentar no banco dos réus no dia 20 de agosto. Ela é ré em uma ação, movida pela Associação dos Proprietários do Loteamento Residencial Oceanis, onde mora, no bairro São Jorge. A briga é por causa do pagamento da taxa de condomínio”.

Falando nisso... ... Sempre alvo de escândalos, Niedja Káspary este ano já foi denunciada por assédio moral por servidores do MPF. Em outrora a procuradora já foi acusada por moradores do condomínio onde reside, de apontar uma arma de fogo durante reunião.

Profissional A mesma Niedja Káspary que ‘vive’ no olho do furacão ao se contrapor na convivência com servidores e vizinhos, recebe elogios por parte de profissionais do direito que a admiram por sua forma ágil de resolver problemas que precisem se seu parecer.

Em missão A ex-prefeita Kátia Born recebeu de Eduardo Campos – governador de Pernambuco e presidente do PSB – a missão

Calote E o cantor evangélico Talles Roberto causou constrangimento entre seus fãs que desejam curtir o show do artista em União dos Palmares. Utilizando o nome de Deus para conquistar espaço na mídia o cantor não subiu ao palco deixando frustrados milhares de seguidores.

Nova estrutura Sobre as informações referentes ao programa ‘Alagoas tem pressa’ publicadas na edição da última sexta-feira (19) o secretário Luiz Otávio Gomes esclareceu que desde o mês de fevereiro que não acontecem reuniões devido à estruturação em todo projeto.

Relacionamento Ainda esclarecendo as publicações, Luiz Otávio deixou claro que seu relacionamento com todos os secretários do Governo é de uma sintonia agradabilíssima, e onde todos contam com sua parceria para concretização de planejamentos, e que não existe nem um tipo de desentendimento entre os iguais do Palácio República dos Palmares.

Monitoramento Assim, Luiz Otávio Gomes ressaltou que sua função dentro do programa “Alagoas tem pressa” é apenas monitorar e apresentar os relatórios, e que as cobranças são feitas pelo próprio Teotônio Vilela.

Rateio Do presidente da AMA, Marcelo Beltrão, sobre as novas regras de distribuição do FPE: “É no município onde tudo acontece e já está na hora do governo federal promover uma atualização nos convênios federais e na reforma tributária para que essa carga de serviços impostos aos municípios possa ser executada com qualidade e sem prejuízo a quem mais precisa: o cidadão”.

OAB consumidor A comissão de Direitos do consumidor da OAB, presidida pela advogada Sâmia Jucá, divulgou os horários de atendimento ao público: dias de segunda e quarta, das 08 às 12 horas; e terças e quintas, das 13 às 17 horas.

Cadastro único Elisabeth Hernandes - coordenadora de Integração de Ações do Departamento do Cadastro Único do Ministério - estará na próxima reunião dos prefeitos na Associação dos Municípios Alagoanos, segunda-feira (22), às 10h, para orientar prefeitos e secretários municipais de Assistência Social sobre a importância de preencher corretamente o CADÚNICO.

Assistência Com o intuito de discutir e cobrar políticas públicas de saúde para as pessoas portadoras do vírus HIV e demais doenças sexualmente transmissíveis, o Ministério Público Estadual realiza audiência pública nesta segunda-feira, dia 22, a partir das 09 horas no auditório da Procuradoria Geral de Justiça.

Fiscalização comercial Técnicos da Gerência de Energia Elétrica da Agência Reguladora de Serviços Públicos do Estado de Alagoas (Arsal) realizam, entre os dias 22 e 30 de julho, uma fiscalização comercial na sede da Eletrobrás Distribuição Alagoas, nas agências e postos de atendimento da capital e interior.

Balança Considerado um dos cartões postais mais conhecidos do Estado, a praia da Pajuçara, ganhará um novo Mercado de Peixes sendo a entrega agendada para a próxima segunda-feira, 22.

ALHEIOS À LEI

Justiça deve observar apoios ‘marginais’ A argumentação do deputado João Lyra pela manutenção das coligações segue explicando que elas são fruto da própria legislação vigente. “Temos de reconhecer que as coligações partidárias são um produto da própria Lei. É claro que cada organização [partidos] aspira e tem direito à recepção de recursos do Fundo Partidário [recursos públicos] e horário na TV e rádios. O problema a evitar é quando apoios sejam feitos ao arrepio da Lei, o que exige maior e eficaz fiscalização por parte da Justiça”.

SANDRO LIMA

CADU EPIFÂNIO EDITOR DE POLÍTICA

O

s pontos da pretensa reforma política são diversos e chegam a diversas linhas de pensamento e de ideologia. É a oportunidade que o país tem de debater uma política melhor para os brasileiros e assim permitir que pessoas com boas intenções, de fato cheguem no Poder, possibilitando deste modo que as políticas públicas melhorem realmente. Com um pensamento pautado pela transparência no manejo da coisa pública, o pré-candidato a deputado federal, e ex-prefeito de Coruripe, Marx Beltrão (PMDB), prega que o diálogo sobre os pontos devem ser exaustivamente discutidos para que a população entenda o que pode mudar. “Todos os pontos sobre a reforma política precisam ser discutidos e revistos de forma que atendam aos anseios da população. Mas devido ao sentimento de descrédito e revoltada da sociedade, acredito que o ponto do voto secreto [no Congresso] deva ter uma atenção especial. Sou a favor do fim do voto secreto no Congresso Nacional”, explicou Beltrão. Conforme o pretenso can-

Marx Beltrão, é pré-candidato à uma vaga na Câmara, e aprova fim do voto secreto no parlamento

didato, “a publicidade é essencial ao ato público no sistema republicano, seja ele no Congresso Nacional, nas Assembleias Legislativas e nas Câmaras Municipais”. O voto, para Marx Beltrão, “é a principal atividade parlamentar e deve ocorrer

à vista da sociedade, pois a regra das votações públicas e abertas deve prevalecer, como propõe o projeto de resolução da CCJ [Comissão de Constituição e Justiça, do Senado Federal]. Só assim, os eleitores poderão conferir a linha de conduta de quem ele

confiou o voto.” A iniciativa já está com o caminho andado, pois a CCJ aprovou a Proposta de Emenda Constitucional que determina o fim do voto secreto para quaisquer votações no Congresso. Falta o plenário votar.

SEM RECURSOS E COM TETO

JL é pelo financiamento público puro Segundo o deputado federal João Lyra (PSD), há um evidente contraste entre o que propôs a presidenta Dilma Rousseff (PT) e o que, agora, está propondo seu partido, “o que mostra que a chamada base aliada descolou-se quase por completo do comando do governo. Não há coesão em torno de pontos da reforma proposta, parecendo que o PT abandonou sua principal bandeira: o financiamento público de campanhas eleitorais”.

A prioridade, na visão do parlamentar, é uma visão diferente sobre o financiamento das campanhas políticas. “Os temas mais importantes da reforma se concentram justamente no financiamento das campanhas e nas coligações partidárias, ressaltando-se que o Congresso já delibera sobre a suplência de senadores e sobre o voto secreto nas deliberações da Câmara e do Senado”, disse JL. O deputado explicou o sistema vigente deu sua opinião

sobre tal. “Atualmente vigora o sistema misto, público e privado, com recursos originários do Orçamento da União, e de doações de empresas e empresas e pessoas físicas. Acredito que esse sistema é bom, podendo ainda continuar a ser adotado, porém aperfeiçoando-se os critérios de doações, que parecem ser os de maior vulnerabilidade”, defendeu. Em caso de mudança, esclarece João Lyra, “a alternativa seria a do financiamento

público puro, onde os partidos e candidatos ficam proibidos de receberem dinheiro de pessoas físicas e jurídicas, e um teto é estipulado”. A respeito do futuro das coligações, JL não aprova o fim das alianças entre os grupos. “Seria uma violência impedir que os partidos legalmente reconhecidos pelo TSE [Tribunal Superior Eleitoral] fossem proibidos de juntarem suas bandeiras e propostas quando da realização das eleições”, pregou. (CE)


6

OPINIAO

TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - DOMINGO, 21 DE JULHO DE 2013

Opinião

Turismo e a fé católica

A

Jornada Mundial da Juventude (JMJ) promete atrair milhares de pessoas ao Rio de Janeiro nesta semna e movimentar o turismo na Cidade Maravilhosa durante os seis dias de realização do evento. Somente nos aeroportos, cerca de 700 mil pessoas são esperadas em dez dias, segundo a Infraero. O ponto alto será a passagem do papa pela praia de Copacabana, no dia 25, quando mais de 1 milhão de pessoas devem assistir ao desfile e aos shows. O mesmo público é esperado para a Missa em Vargem Grande. Até o dia 7 de julho, mais de 310 mil peregrinos estavam inscritos no evento, com uma participação expressiva de estrangeiros, totalizando 40% desse público. Já os voluntários somavam 60 mil pessoas. Nesse caso, 90% são brasileiros. Os aeroportos Antonio Carlos Jobim e Santos Dumont, no Rio, terão aumento de 30% no número de funcionários para atender ao incremento da demanda, se-

gundo a Infraero. A estimativa é que os dois aeroportos tenham, em média, uma circulação adicional de 70 mil visitantes por dia, um aumento de 60% em relação ao mês de junho. Assim, em dez dias, 700 mil pessoas devem pousar na capital fluminense. Os itinerários da fé entraram na programação de boa parte dos visitantes da Jornada Mundial da Juventude (JMJ). A igreja organizou passeios para cidades como Natividade, cuja principal atração é uma réplica da casa de Nossa Senhora, e Itaboraí, a cidade das cavalhadas. Há também atrações gratuitas como visitas guiadas a igrejas e trilhas organizadas por escoteiros. As viagens motivadas pela fé ocupam um espaço cada vez mais importante no turismo brasileiro. No ano passado, foi o principal motivo de turismo para 1,17 milhão de brasileiros e trouxe para o país 16,3 mil visitantes estrangeiros, de acordo com o Ministério do Turismo.

JOÃO LYRA Deputado federal pelo PSD de Alagoas

Os PIBs do Brasil Em artigo publicado no Valor Econômico, edição da última quarta-feira, o economista Francisco Lopes, ex-presidente do BC, parece ter descoberto a pólvora: no segundo trimestre de 2013, “a economia brasileira estava crescendo no ritmo de 4% ao ano”. O número foi extraído do Índice de Atividade do Banco Central, o IBC-BR. Antes de tudo, é bom esclarecer que Chico Lopes, como é conhecido na comunidade de analistas econômicos, é formado pela UFRJ e pós-graduado em Harvard (USA), e um dos mais qualificados profissionais da área no Brasil. Em sendo assim, encontra-se habilitado para formular pensamentos e ideias que contrariam a posição passiva da chamada opinião pública. Ao contrapor-se aos números oficiais do BC, Lopes rompe com a rotina e diz claramente que há outro índice de crescimento do PIB, além do oficial, e muito maior do que ele. As repercussões do artigo de Chico Lopes deixaram perplexos grande parte

da mídia e um sem número de consultores atuantes no mercado, que neste instante devem estar clamando desesperadamente que “isso não pode ser!”. Em sua análise, Lopes reitera que “isso pode ser, sim” e chama a atenção para um ponto que temos destacado neste mesmo espaço, ao afirmar: “na realidade, a única coisa que fica clara aqui é que a mídia especializada e a grande maioria dos analistas da economia parecem sofrer atualmente de um pessimismo obsessivo”. De fato, reitera o autor, a leitura única, que foi feita nos números do BC, leva sempre as pessoas a se sensibilizarem somente por informações que confirmam suas crenças ou hipóteses, “ignorando qualquer evidência em sentido contrário”. Lopes é de opinião que “todo esse pessimismo foi produzido apenas pela observação de que a variação percentual de maio sobre abril do IBC-BR, com ajuste sazonal, foi de menos de 1,4%”.

Acontece, porém, que essa série de variação mensal tem muito ruído e o economista recomenda opina que “a forma mais segura para se analisar o movimento do PIB é usar dados trimestrais”. E esse foi o critério usado por Chico Lopes para chegar a uma sequência impressionante de crescimento do PIB, bem diversa dos dados oficiais: 1,55% até janeiro, 1,71% até fevereiro, 2,86% até março, 3,5% até abril e 3,74% até maio. O estudo de Francisco Lopes é revelador e curioso, mostrando que há outros métodos para o cálculo do PIB, além dos adotados pelo Banco Central. Mas é preciso checar sua aplicação prática, visando a atender as exigências de consultores e especialistas atuantes no mercado. Depois disso, é possível que até surjam outros PIBs do Brasil, uma interessante contribuição para permitir novas visões de análise da evolução da economia nacional.

RENAN CALHEIROS Senador pelo PMDB e presidente do Congresso Nacional

Sintonia do Congresso

OLÍVIA DE CÁSSIA Jornalista

Reflexões Tenho pensado muito nos últimos tempos que a gente pode melhorar o nosso desempenho na vida quando acredita que tudo pode ser diferente e mais positivo quando estamos de bem conosco e com a vida. Essa constatação se deu desde o momento em que eu resolvi adotar em minha vida outro comportamento, outra conduta, procurando melhorar a minha autoestima. Percebi que apesar das dificuldades que surgem na minha rotina atrapalhada, eu tenho conseguido superá-las com mais firmeza, com discernimento. Mas chegar até esse estágio não é fácil. Cansei de ter pena de mim, cansei de me ver como alguém que quase não dava certo e que tudo era muitoatrapalhado e visto de forma dificultosa. Não quero mais me sentir como se eu fosse um estorvo e isso eu já sei. São passos que às vezes podem parecer difíceis de dar, mas que a gente vai conseguindo quando se percebe de outra forma, sem autopiedade e sem comiseração.

Essa fala pode até parecer uma mensagem de autoajuda; que seja, mas tenho me tornado um ser humano melhor, sou hoje mais positiva, sem medos bobos e sem a renúncia de meus melhores sentimentos. Todos nós queremos ter uma vida feliz e sabemos que se adotamos uma atitude positiva o retorno será melhor do que teríamos com uma atitude ao contrário.Às vezes, por diversas situações na nossa vida, seja por conta de um amor perdido, de uma dispensa no emprego ou da perda de um ente querido, somos afetados de alguma forma, impiedosamente. Nessas horas, se não mantivermos um pouco de dignidade e afeição por nós mesmos,se não tivermos afeto nossa qualidade de vida vai abaixo e podemos nos tornar pessoas amargas, até agressivas, às vezes atropelando todo mundo. Percebi, ao longo dessa minha trajetória que esse comportamento adverso não nos leva a lugares muito salutares e muito menos perfeitos. Com isso nos tornamos pessoas sem

TRIBUNA

INDEPENDENTE

Rua da Praia, 134 - sala 303 - centro - Maceió Alagoas Endereço Comercial: Av. Menino Marcelo - 10.440 - Serraria Maceió - Alagoas - CEP: 57.083.410 CNPJ: 08.951.056/0001 - 33

muita graça e indesejáveis até, por conta do nosso pessimismo e da forma negativa com que vemos o mundo. Depois de muitas idas e vindas eu resolvi me amar e deixar de ter pena de mim, deixar de ficar lamentando a perda de um amor que já não me acrescentava nada e que só queria me tirar o que eu tinha de melhor, deixar que a minha coragem superasse meus medos. Mas a gente só percebe isso muitas vezes quandoapanha muito da vida e chega quase ao fundo do poço para poder se reerguer feito uma fênix, o pássaro da mitologia grega que ressurgiu das cinzas. Tenho pensado muito em algumas situações que vivi e cada vez eu me convenço de que saí fortalecida disso tudo. Em muitas ocasiões, a vida exige que a gente jogue a toalha e peça arrego; em outras a vida pede que você arregace as mangas e vá à luta, que busque conquistar seus sonhos e que não se deixe dominar. Fica a reflexão para este domingo; fiquem com Deus.

Jorgraf UM PRODUTO:

Cooperativa dos Jornalistas e Gráficos do estado de alagoas

O civismo é sempre bem vindo. Ele fortalece a democracia e estreita as relações das instituições com a sociedade brasileira, que está atenta e quer, principalmente, ser ouvida e atendida, preferencialmente. Vivemos um novo tempo e a sociedade, que questiona tudo e todos, cobra essa nova agenda. A produtividade nas sessões do Congresso Nacional, do Senado Federal e da Câmara dos Deputados, nos últimos dias, demonstra que o Parlamento está, efetivamente, querendo se aproximar cada vez mais da sociedade brasileira. As manifestações contribuíram para desenferrujar as estruturas burocratizadas do processo legislativo, tornando-o mais ágil e mais permeável às demandas sociais. O processo legislativo é cheio de manobras regimentais e políticas. Vimos, agora, que ele pode e deve ser mais célere. A democracia avança mais PRESIDENTE Antonio Pereira Filho DIRETOR ADMINISTRATIVO FINANCEIRO: José Paulo Gabriel dos Santos Editor geral: Ricardo Castro

quando conferimos agilidade ao processo legislativo, que é burocratizado, lento e anacrônico. Além de robustecer a democracia, o ativismo faz evoluir os conceitos de cidadania. Deixamos de ser meros contribuintes quando passamos a cobrar do Estado suas responsabilidades. Passamos então de contribuintes a cidadãos. É isso que as ruas dizem: cansamos de ser contribuintes passivos e exigimos ser protagonistas como cidadãos. O Congresso Nacional está sendo pautado pela sociedade e não há demérito nisso. Se existe alguém que pode e deve pautar o Congresso é a sociedade. Antes ser pautado pela sociedade do que ser esquecido por ela. Nas últimas semanas votamos perto de 40 proposições, entre Projetos de Lei, Emendas Constitucionais, resoluções, votados em apenas duas semanas, inclusive com votações às segundas e

sextas feiras. Ainda estão na pauta prioritária, a Lei do Passe para o transporte escolar, o fim do foro privilegiado, a eliminação da aposentadoria como pena disciplinar para promotores e juízes condenados por corrupção ou outros crimes e o Plano Nacional de Educação. Na questão do transporte escolar, cujas fontes estão sendo identificadas e conferidas, é preciso ficar claro que todas as nações que estão à frente do Brasil, economicamente, custeiam o transporte e é um equívoco raciocinarmos apenas no binômio tarifas-impostos. A fonte é o Orçamento. Apenas 3,8 milhões de estudantes pagam a meia passagem. Esta é a dura realidade brasileira. A celeridade não é inimiga da responsabilidade. Ninguém está abrindo a chave da irresponsabilidade fiscal. Pelo contrário. Tudo está sendo analisado e sopesado.

Nosso noticiário nacional é fornecido pelas agências: Agência Folha e AGência Nordeste PABX: 82.3311.1338 COMERCIAL: 82.3311.1330 - 3311. 1331 REDAÇÃO: 82.3311.1328 - 3311.1329 CENTRAL DE ASSINANTE: 82.3311.1308 - 3311.1309 comercial.tribunaindependente@gmail.com redação.tribunaindependente@gmail.com

ricardocastro@tribuna-al.com.br

DIRETORA COMERCIAL: Marilene Canuto

OS ARTIGOS ASSINADOS SÃO DE RESPONSABILIDADE DOS SEUS AUTORES. NÃO REPRESENTANDO, NECESSARIAMENTE, A OPÍNIÃO DESTE JORNAL.


TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - DOMINGO, 21 DE JULHO DE 2013 PUBLICIDADE 7


8 PUBLICIDADE MACEIÓ - DOMINGO, 21 DE JULHO DE 2013

TRIBUNAINDEPENDENTE


TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - DOMINGO, 21 DE JULHO DE 2013

Cidades

CIDADES

9

Imóvel fica em Satuba, foi registrado em Rio Largo e tem endereço de Maceió A autônoma Neide França dos Santos mora no Conjunto Margarida Procópio, que pertence a Satuba, mas diz que registrou seu imóvel em Rio Largo e que suas correspondências têm como endereço o bairro Santos Dumont, em Maceió. Outro comerciante, Marcos dos Santos, angustiado pela quantidade de água acumulada em seu ponto comercial, reclamou. “Todos os anos chega o carnê do IPTU e há três anos que a gente vive dentro d’água. Entra prefeito e sai prefeito e nada se resolve”. O prefeito de Satuba, Paulo Acioli, que ouviu a reclamação, pediu para ver o carnê do IPTU, que não está sendo emitido há três anos para a região, mas o comerciante desconversou.

Área entre três cidades é terra sem dono Complexo Brasil Novo tem carências básicas como saneamento e coleta de lixo e moradores não sabem a quem cobrar ANA PAULA OMENA REPÓRTER

O

s moradores do Complexo Brasil Novo, composto por cinco conjuntos habitacionais - Guriatã, Mário Mafra, Cruzeiro do Sul, Hélio Vasconcelos e Margarida Procópio - localizado na estrada que dá acesso à Usina Utinga Leão, já não sabem mais a quem cobrar melhorias na região e se sentem abandonados. O motivo é que o território fica entre três municípios e até hoje não foi definido se a área é de responsabilidade de Rio Largo, Satuba ou Maceió: é uma terra sem dono. A reportagem esteve no local e ouviu o apelo dos moradores, que cobram ações de saneamento, iluminação, pavimentação de ruas, coleta de lixo e outros benefícios que são de responsabilidade da Prefeitura Municipal, mas ninguém sabe de qual município.

O comerciante José Maria Almeida Pinto, diz que somente os clientes mais fiéis ainda procuram os seus serviços de mecânico. É que desde 2005, quando a Ceasa foi construída, em frente a sua oficina, o local virou uma lagoa toda vez que chove e espanta sua clientela. “A gente não sabe a quem recorrer, porque dizem que o residencial Portal do Renascer pertence a Satuba, mas pelo mapa territorial a divisão é de Rio Largo. A Prefeitura de Rio Largo já disse que não vai fazer nada pelos moradores deste local, que é responsabilidade de Satuba. Tem casa que a sala é em Rio Largo e a cozinha em Satuba”, revelou. O prefeito de Satuba, Paulo Acioli, que esteve no local com a equipe de reportagem, enfatizou que um relatório de revisão de divisão territorial emitido pelo Instituto de Terras e Reforma Agrária de Alagoas (Iteral)

no ano de 2010 indicava que aquela área passaria a ficar com Rio Largo, porém até o momento o mapa territorial feito pelo IBGE ainda está desatualizado. “Não podemos fazer nada nesta área enquanto o problema de divisão não for resolvido. Isso precisa ser definido para saber quem é de quem. É lamentável a situação, mas os três prefeitos devem se unir para entrar em consenso. Um não pode invadir a área do outro. Como vou arrumar a casa do outro? Depois será configurada improbidade administrativa ou não?”, indagou o prefeito de Satuba. Paulo Acioli disse que, por conta das dúvidas sobre a divisão territorial, mantém coletas de lixo, pavimentação de ruas, escolas e até Programa de Saúde da Família na divisão de Rio Largo. Ele justifica dizendo não saber exatamente onde é a demarcação.

Abandono de manilhas para drenagem é o reflexo do conjunto residencial, onde prefeituras não atuam ADAILSON CALHEIROS

DOIS CONJUNTOS

Alterações no mapa pendentes desde 2007

Moradores são ‘isentos’ do IPTU no território sem propriedade Os moradores dos conjuntos Margarida Procópio e Portal do Renascer, no Complexo Brasil Novo, não estão pagando o Imposto Predial Territorial Urbano (IPTU) desde 2010, segundo afirma o prefeito de Satuba, Paulo Acioli. Ele explica que a ‘isenção’ se dá exatamente em virtude da celeuma gerada pela divisão territorial no local, que é imprecisa. Ele afirma, no entanto, que nos primeiros seis meses de gestão, tem trabalhado para garantir a melhoria da cidade em benefício dos moradores. “Como vou tomar conta de uma ilha de ruas se pertence a outro município”, reforçou. “Por isso solicitei novamente uma revisão de divisão territorial com todos os municípios conflitantes para não restar mais dúvidas. Faço questão

de estar presente nesta visita dos técnicos e gostaria que os demais prefeitos, de Rio Largo e Maceió, se fizessem presentes”, declarou. Paulo Acioli explicou que há cerca de 50 anos, o Conjunto Margarida Procópio era de Rio Largo, porém há 20 anos passou a ser de Satuba, agora pela nova divisão realizada pelo Iteral voltou a pertencer a Rio Largo. “A Prefeitura de Rio Largo agora que está interessada na área do Conjunto Margarida Procópio em virtude da construção de mais de seis mil casas pelo governo do Estado. Antes ninguém queria porque só acumulava problema. Era como um filho rejeitado, ou seja, que ninguém quer”, destacou. “Hoje, porque a previsão pela obra destas casas é da população saltar de 14.800 para

42 mil em sete anos, a Prefeitura de Rio Largo está fazendo questão”, disparou Acioli. “Pela indefinição territorial, Satuba realiza coleta de lixo em 15 ruas de Rio Largo e mantem 250 alunos em uma escola de Rio Largo”, acrescentou. A prefeita de Rio Largo, Eliza Alves da Silva (PRP), foi contactada pela reportagem da Tribuna Independente, mas seus telefones celulares estavam desligados. Um assessor da Prefeitura informou que o assunto deveria ser tratado diretamente com a gestora. O diretor de Geoprocessamento da Secretaria de Planejamento de Maceió, Tácio Rodrigues, confirmou que há o problema, mas disse que só poderia dar mais detalhes sobre a divisão dos municípios na próxima semana. (A.P.O.)

Prefeito de Satuba, em meio à população, diz que área é ‘filho rejeitado’ SANDRO LIMA

VELHO PROBLEMA

Municípios querem saber onde estão localizados imóveis e ruas Em junho passado, uma reunião entre Iteral, IBGE, Associação dos Municípios de Alagoas (AMA) e prefeitos alagoanos, ressaltou a necessidade de um trabalho político, no sentido de regularizar a situação dos limites territoriais de Alagoas, problema este que se arrasta desde 2007. Foi naquele ano que foi iniciado o trabalho para a definição de locais públicos, recolhimento de impostos, domicílio eleitoral, ações na justiça, e para que a Assembleia Legislativa pudesse criar memoriais descritivos e mapas por meio de leis. Este ano, dos 102 municípios, 77 foram tiveram seus limites revisados, o equivalente a 75,5% das cidades. Desses 77 municípios revisados, apenas nove

foram por revisão total, sendo eles: Senador Rui Palmeira, Girau do Ponciano, Jequiá da Praia, Passo de Camaragibe, Ouro Branco, Maravilha, Rio Largo, Craíbas e Capela. Nestas cidades, são feitas a localização de prédios públicos, obras ou empreendimentos de grande porte, como a duplicação da BR-101 e o Canal do Sertão, para o recolhimento de impostos, localização de sítios, povoados e localidades para a comprovação do domicílio eleitoral. Além disso, a revisão permite a melhor localização territorial de crimes e outras ações na justiça para a distribuição de comarcas correspondentes. Estão previstas visitas para atividades de revisões territoriais até 31 de agos-

to próximo nas cidades de Arapiraca, União dos Palmares, Murici, Mata Grande, Inhapi, Maribondo e Branquinha. Segundo o presidente da AMA, Marcelo Beltrão, ao longo dos anos, muitos municípios foram prejudicados, e corrigir as distorções não significa beneficiar uma ou outra cidade, e sim promover a justiça. “Ainda existem disputas de população, escola, postos de saúde, indústrias, e até de centros urbanos. É necessário que se faça uma força-tarefa para agilizar o processo que se arrasta há seis anos”, ponderou. “O Iteral tem feito um excelente trabalho tentando resolver, mas a demanda é grande, leis antigas e limites que já não existem mais”, lembrou. (A.P.O.)

IBGE

Presidente do Iteral diz que estudos estão adiantados em Alagoas

Devido à demanda por correção de divisão de municípios em todo o Brasil, desde 2007, o IBGE nunca entregou um mapa da malha territorial com as correções feitas pelo Instituto de Terras e Reforma Agrária de Alagoas (Iteral), segundo informou o órgão estadual. O IBGE não quis se pronunciar e disse que o assunto deveria ser tratado com o Iteral. “Eles não mandaram nenhuma resposta oficial, mas colocam que é muita demanda do Brasil inteiro que fica concentrada no Rio de Janeiro”, informou o Iteral, por meio da assessoria de imprensa. O órgão explicou ainda que, no caso de Alagoas, as correções foram feitas há seis anos. “Há também um prazo para a publicação no Diário Oficial da União, outro prazo para que os prefeitos recorressem e depois o Estado”. “O Iteral identifica o problema para os municípios solicitantes e os confrontantes, discrimina o limite e se houver concordância com os municípios que foram revisados a questão é resolvida. Não havendo, vai de acordo com o que consta na Constituição Federal e na estadual e segue o processo na Justiça”, explicou. O presidente do Iteral, Alan Balbino, destacou que os estudos estão sendo realizados. “Os trabalhos estão bem adiantados, existe atendimento rigoroso de engenheiros, agrônomos, cartógrafos para acelerar. A polêmica é nacional. A Constituição de 88 se tornou uma das mais dinâmicas na alteração de divisas, possibilitou o surgimento de novos municípios, com isso a malha mudou, são alterações contínuas e diárias, e os institutos tiveram que se adequar no geoprocessamento. Tem que ter muita habilidade, porque no final tem uma consequência enorme para uma cidade, podendo alterar a situação patrimonial e econômica da população quando aquele município perde área territorial”.


10

CIDADES

MACEIÓ - DOMINGO, 21 DE JULHO DE 2013

TRIBUNAINDEPENDENTE

Abandonar tratamento é regra em Alagoas Estado oferece atendimento a dependentes químicos por meio de unidades terapêuticas, mas elas têm precariedades ALAIN LISBOA

ALAIN LISBOA REPÓRTER

A

Psicólogo afirma que dependentes querem tratamento, mas precisam de ajuda de profissionais qualificados

POUCA RECUPERAÇÃO

Comunidades terapêuticas têm falhas, na visão de especialista Profissionais que trabalham diariamente com dependentes químicos no Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas (Caps AD) e no Hospital Psiquiátrico Portugal Ramalho, ambos em Maceió, dizem que as comunidades terapêuticas não tratam os internos de maneira adequada porque não dão suporte necessário a essas pessoas. “O ideal é o acompanhamento de perto com profissionais especializados. Tem gente que pensa que o dependente químico não quer tratamento, mas isso não é verdade, o que ocorre é que ele está adicto, escravo da droga, que o manipula e cau-

sa o sofrimento psíquico”, explicou Hugo Nogueira. Segundo ele, a dependência química é uma doença que não tem cura, mas tem tratamento. O psicólogo afirma que a desistência do dependente durante o tratamento acontece porque poucas são as clínicas subsidiadas pelo Estado que oferecem o serviço assistido por profissionais qualificados, mesmo que o paciente tenha que ir de maneira involuntária. “Essas pessoas buscam uma maneira de tornar a vida controlável, mas é preciso que haja dispositivos sociais, por exemplo. Muitos procuram ajuda, mas

depois, quando saem daqui, vão para onde? Para as ruas, onde estão vulneráveis a consumirem drogas?”, explicou Nogueira. Apesar disso, o superintendente de Promoção da Cultura da Paz, da Sepaz, Adalberon Sá, diz que as pessoas que vão às comunidades terapêuticas conseguem sim adquirir outra consciência e estariam menos propensas a recaídas. “Muitos não concluem o período desejado - de seis meses - e voltam pra cá [para o convívio urbano], mas quando se deparam com alguma situação onde eles podem ter alguma recaída, eles mesmos voltam para os centros”, disse. (A.L.) ADAILSON CALHEIROS

precariedade da saúde pública em Alagoas tem atingido de maneira contundente os dependentes químicos do estado que, sem clínicas especializadas para a desintoxicação e tratamento do vício, acabam perdidos e mortos no submundo das drogas. Há três anos, o governo estadual subsidia 1.200 vagas de internação voluntária em cerca de 40 comunidades terapêuticas espalhadas em todo o estado como tentativa de ressocializar, através da prática religiosa e atividades como plantio de hortaliças, os dependentes químicos que buscam ajuda através da Secretaria Estadual de Promoção da Paz (Sepaz). A iniciativa das comunidades é bem intencionada, mas sem médicos psiquiatras para atender os dependentes e com a ligação do tratamento com a religião, muitos se afastam e não conseguem se livrar da dependência. O psicólogo Hugo Nogueira, que atua no Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas (Caps AD), em Maceió, calcula que para cada 80 dependentes químicos, pelo menos 50 querem recuperação, mas 60% desistem no meio do caminho por não se adaptarem ao método de tratamento. A diretora do Centro, assistente social Teresa Tenório, diz que a desistência acontece por diversos motivos: “Como a falta de medicação e por conta da natureza das atividades. Aqui, a gente tem grupos de teatro, atividades esportivas, atendimento médico individual, e nas comunidades é mais a questão da religião, da espiritualidade e do trabalho. Nem todos se adaptam, mas alguns vão”, explicou. Recentemente, ela encaminhou quatro pacientes para uma comunidade, mas todos voltaram em menos de uma semana. Porém, a assistente social ressalta que em alguns casos os internos conseguem se adaptar nas comunidades, e não se adaptam no Caps.

SEM LEITOS

Demanda por ‘especializadas’ vai para Justiça

Superintendente da Sepaz defende eficácia do tratamento nas comunidades e destaca rede de apoio

ALTERNATIVA

Pacientes vão para comunidades por falta de vagas em hospitais Recentemente seis leitos do Hospital Ib Gatto Falcão, em Rio Largo, foram disponibilizados pela Secretaria de Estado de Promoção da Paz (Sepaz), para receberem dependentes químicos, com acompanhamento médico. Porém, não basta ir ao local e pedir a internação. Para conseguir uma vaga, é necessário ir até o Centro de Acolhimento para Pessoas com Dependência Química, que funciona das oito às 18 horas, na Rua Silvério Jorge, nº 500, próximo ao Museu Théo Brandão, em Maceió, e

passar por uma triagem com psicólogos, assistentes sociais e enfermeiros, que indicarão se é necessária a internação no hospital ou numa das 40 comunidades terapêuticas para desintoxicação através da abstinência do vício. “Somente com o encaminhamento do Centro de Acolhimento é que pode haver o internamento no hospital Ib Gatto”, explicou a superintendente de Políticas Sobre Drogas da Sepaz, Luiza Sampaio Costa. Ainda assim, a insuficiência de leitos condiciona o

encaminhamento de pessoas às comunidades terapêuticas. “Nós conversamos com a família e com o próprio dependente e, de acordo com a recuperação, ele recebe a oportunidade de ser reinserido no mercado de trabalho”, disse o superintendente de Promoção da Cultura da Paz, Adalberon Sá. “Hoje, a gente percebe que quando eles saem da internação, já não se envolvem com o consumo e tráfico de drogas da mesma forma de antes. Quando eles sentem que vão recair, já voltam para lá”, acrescentou. (A.L.)

Em Alagoas, a maioria das pessoas necessitam de tratamento monitorado por profissionais. Não é a toa que é crescente o número de famílias que têm procurado a Defensoria Pública Estadual com pedidos para internação compulsória numa das clínicas especializadas conveniadas com o poder público. De janeiro até hoje, mais de 150 ações de internamento involuntário foram impetradas pela defensora Manuela Carvalho Menezes. Este número poderia ser maior, caso a justiça não tivesse aumentado a burocracia para dar entrada no processo. “Até outubro do ano passado era mais fácil conseguir a autorização do juiz, porque não era necessário que se apresentasse um laudo médico indicando a necessidade do internamento”, disse. Antes, apenas a solicitação de um psicólogo era suficiente para a internação desse tipo de paciente. Ainda segundo a promotora, Alagoas tem carência de clínicas públicas exclusivas para desintoxicação. Menezes diz que particulares conveniadas com o poder público já estão com as capacidades esgotadas e que já foi preciso internar dependentes alagoanos em clínicas de outros estados. Familiares que precisem de laudos médicos para o internamento de parentes dependentes químicos, exigidos pela justiça, podem procurar gratuitamente a equipe médica do Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas. (A.L.)


TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - DOMINGO, 21 DE JULHO DE 2013 CIDADES

11

Recuperação de viciados fica incompleta No Portugal Ramalho, dependente faz desintoxicação e volta às ruas; no Caps, ele vai quando quer e não dorme no local EM TRATAMENTO

DDDDD

ALAIN LISBOA REPÓRTER

Dentro do Caps, dependente vê uma ‘vida nova’

S

em recursos públicos suficientes para todos os que precisam, familiares ou parentes de viciados em drogas buscam maneiras paliativas para resolver o problema no Hospital Psiquiátrico Portugal Ramalho, em Maceió. Lá, cerca de 30 leitos estão disponíveis para essas pessoas, por ordem do Ministério da Saúde, mas mesmo assim não há um tratamento especializado dessas pessoas, apenas a desintoxicação. Passado os efeitos da droga, o dependente tem alta e volta ao convívio social, a mercê de possíveis recaídas. O hospital, desde a reinauguração do Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas (Caps AD), em maio, tem encaminhado boa parte dos pacientes para lá ou para clínicas particulares, caso a família prefira e tenha condições financeiras. Uma das alternativas foi escolhida pela família do mecânico Jean de Lima Santos, 38, que sofre de alcoolemia e é levado pela mãe e a esposa periodicamente ao Caps AD porque a família não tem condições de interná-lo numa clínica particular. “Ele já arrumou muita confusão: fez ameaças com faca, quebrou objetos e arrumou brigas. Então procuramos o Portugal Ramalho, que nos indicou o Caps, mas não tenho observado nenhuma melhora, porque não tem como ele ficar direto aqui. Seria bom que ele fosse internado por um tempo”, disse a mãe de Jean, que não quis ser identificada. A psicóloga Cícera Pinheiro, que acompanha a evolução do rapaz, diz que o serviço prestado pelo Caps é o ideal, mas que não tem como internar todos os que procuram, pois existem 13 leitos para uma demanda diária de 80 pessoas. O paciente, assim como nas comunidades terapêuticas, deve querer ser ajudado. “Ele gostou do atendimento, mas não vem todo dia”, disse.

Caps faz atendimento de pessoas como Juan de Lima, mas família não vê melhora e deseja internação

RAIZ DO PROBLEMA

Sepaz aposta em ações de prevenção e reinserção do dependente na sociedade Apesar das deficiência que Alagoas tem no atendimento de dependentes químicos, a Secretaria de Estado de Promoção da Paz tem criado ações que contribuem com a recuperação daqueles que conseguem avançar no tratamento. A Sepaz tem apostado no programa Acolhe Alagoas, de estímulo à internação voluntária subsidiada pelo Estado. Nas unidades de internação, mesmo que não haja um tratamento médico, o interno tem chance recuperação a partir da iniciativa tomada por ele próprio. No final da internação – de aproximadamente seis meses -, a Sepaz também encaminha essas pessoas ao mercado de trabalho, através de uma parceria com a Secretaria de Estado do Trabalho, Emprego e Qualificação Profissional. Uma importante aposta da Sepaz é a construção de centros onde sejam utilizadas ações de mediação de conflito. A secretaria também pretende inserir a ideia da resolução pacífica de problemas sociais já nas escolas, através

ALAIN LISBOA

Ações para tratar dependentes não são a única forma de combate às drogas, segundo defende Sepaz

do preparo dos alunos com a capacitação de professores. A instalação do primeiro centro estratégico deve ser em Maceió, no Benedito Bentes mas, no futuro, outro deve ser construído no Jacintinho. Segundo o superintendente, o problema da violência pública pode ser comparado a uma doença que atinge uma pessoa e deve ser combatido como tal. “A violência já está na rua, mas como atingir o

que a causa? Pensa-se logo em mais polícia ou mais presídios, mas tem que atingir a causa, a questão é cultural, todas as ações tem que envolver a sociedade, o próprio indivíduo deve entender a importância de colaborar”, disse. Mesmo com tantas deficiências, seja no sentido de combate às drogas ou outros fatores diretamente ligados à violência no estado, acreditar na recuperação não só do

indivíduo, mas também da sociedade dispondo de recursos e centros que estimulem as pessoas através de medidas socioeducativas e preventivas são importantes ações propostas pela Sepaz. A secretaria reconhece as deficiências, mas ainda assim é tomada como modelo para outros estados, como Rondônia, Rio de Janeiro e Espírito Santo, que levaram para lá as ações realizadas aqui.

Em Alagoas, existem outros dois Centros de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas (Caps AD), além do de Maceió. Um fica em Arapiraca e outro em Palmeira dos Índios. O tratamento feito nesses locais dura em média 15 dias, mas existem casos excepcionais, como o do adolescente J.A.S.S., de 17 anos, que já está internado há três semanas em Maceió, se recuperando de um surto psicótico que teve devido ao uso de drogas e de ferimentos numa tentativa de homicídio que teria sofrido. O menor, que diz ser natural de Boca da Mata, deu entrada no Hospital Geral do Estado (HGE) sob o efeito de crack há pouco mais de um mês, após ter levado uma facada na altura das costelas. Sem parentes ou conhecidos que fossem atrás dele, coube ao o psicólogo Hugo Nogueira, que também trabalha no HGE, solicitar a transferência do adolescente para o Caps, onde ele permanece internado, sem notícias de familiares. O jovem, que mal podia andar, hoje dança e até pratica esportes. “Já tem três semanas que estou aqui e já sinto que minha vida mudou. Eu me sinto bem, me sinto ótimo. Aqui tem futebol e janta na hora certa. Eu não tenho mais nem vontade de voltar a usar drogas”, disse o adolescente. Hugo Nogueira reconhece os avanços na saúde do menor. “Ele ainda não tem o raciocínio estabilizado. Mas um tratamento vem sendo feito com ele. Não existe a recaída porque tem um medicamento que inibe a vontade de uso da droga”, explicou o psicólogo.


12

CIDADES

MACEIÓ - DOMINGO, 21 DE JULHO DE 2013

TRIBUNAINDEPENDENTE

Projeto busca recuperação de nascentes Cursos d’água que fazem parte da Bacia do São Francisco contam com mobilização de moradores de Arapiraca e Limoeiro

CidadesemFoco ROBERTO BAIA robertobaiabarros@hotmail.com

Parceria com a Ufal

A

informação é da jornalista Simoneide Araújo: Professores do Curso de Economia de Santana do Ipanema se reuniram, na quinta-feira (18), com a equipe da Prefeitura de Arapiraca, para discutir a parceria entre a Universidade Federal de Alagoas (Ufal) e a Secretaria Municipal de Indústria, Comércio e Serviços (Semics). O que se pretende é reestruturar o Conselho Municipal de Desenvolvimento Econômico da cidade.

Outras ações

Teoria e prática

Anderson Moreira, Luciano Barbosa, Hérmani Magalhães e Alcides Neto discutiram a proposta à prefeita Célia Rocha, à secretária da Semics, Myrka Lúcio, e à secretária-adjunta Sandra Alves. Além da reestruturação do conselho, foi discutido também o apoio em outras ações como a Casa do Empreendedor, associações e cooperativas do município, estudos e diagnósticos socioeconômicos, entre outros. O próximo passo será a efetivação da parceria por meio de um acordo de cooperação técnica para selar a união de esforços em prol do desenvolvimento de Arapiraca.

“Esta parceria irá fortalecer, ainda mais, a relação entre a Ufal e a Prefeitura de Arapiraca, contribuindo para que os alunos da universidade participem, junto com os professores, desse processo de gestão pública e participativa. Assim os professores terão a oportunidade de aliar a teoria dada em sala de aula com a prática”, destacou Hérmani.

Pão de Açúcar Um grupo de 48 jovens viajou, no último dia 15, com destino a São Paulo e Rio de Janeiro. A saída de Pão de Açúcar aconteceu às 20 horas, logo após a celebração da “missa de envio”, na Igreja Matriz do Sagrado Coração de Jesus. Um ônibus foi fretado para conduzir os jovens católicos que vão participar da Jornada Mundial da Juventude, no período de 23 a 28 de deste mês, no Rio de Janeiro, com a presença do Papa Francisco.

DAVI SALSA REPÓRTER

R

epresentantes de associações de moradores de Arapiraca e Limoeiro de Anadia, no Agreste alagoano, estão participando, desde o mês de junho deste ano, de audiências públicas e oficinas preparatórias de projeto para recuperação e conservação das nascentes e cursos d’água que fazem parte da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco. A iniciativa do projeto é do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco (CBHSF), com a participação da Phyto Engenharia e Consultoria, Agência de Bacias Peixe Vivo (AGB) e das prefeituras de Arapiraca e Limoeiro de Anadia. De acordo com o engenheiro da Phyto Engenharia, Carlos Leal, a recuperação das nascentes é fundamental por conta dos fatores que influenciam de forma direta na qualidade de vida da população ribeirinha e dos municípios do semiárido de Alagoas. Ele cita como exemplo as obras de saneamento, coleta e tratamento de resíduos sólidos, controle da erosão, contenções de margens e reflorestamento de matas ciliares e do entorno das nascentes. ETAPAS O projeto está sendo executado em várias etapas, incluindo o planejamento,

mobilização social com oficinas de trabalho, identificação e seleção das nascentes nos dois municípios, reconhecimento de campo, cadastramento, diagnóstico ambiental, coleta de água e ações de educação ambiental, além de análise dos resultados obtidos no diagnóstico e planejamento das ações de recuperação das nascentes. No início deste mês, o grupo realizou uma oficina com os moradores da comunidade de Bananeiras, na zona rural de Arapiraca, para fazer um diagnóstico da situação do Riacho Piauí, que nasce na área urbana da cidade, percorre vários bairros, culminando com o armazenamento na Barragem de Bananeiras. A líder comunitária Marluce Barbosa lamentou a demora na execução do plano de recuperação da nascente. “A água não pode ser consumida e nossa comunidade sofre com a poluição advinda dos detritos jogados pelas pessoas ao longo do leito do riacho, na cidade de Arapiraca”, afirmou a moradora. Neste sábado, foi a vez de os moradores do Sítio Flexeiras, na zona rural do município, participarem da segunda oficina para apresentação do plano de recuperação das nascentes da Bacia do Riacho Piauí. Já na segunda-feira, o grupo fará um trabalho de mobilização social no município de Limoeiro de Anadia. DAVI SALSA

Despesas com viagem Para realizar a viagem e poder transformar em realidade o sonho de ver o Papa e, ainda, visitar outros lugares de referência da fé católica, os jovens tiveram que desembolsar dinheiro para pagar as despesas com locação de um ônibus e alimentação durante os quinze dias de excursão religiosa.

Comunidade católica

Guaratinguetá

Também contaram com a colaboração financeira da comunidade católica local e de algumas autoridades, dentre essas, o prefeito Jorge Dantas(Pão de Açúcar), o deputado federal Givaldo Carimbão e o prefeito Cristiano Mateus(Marechal Deodoro). “A experiência de conhecer o Sumo Pontífice da Igreja Católica Apostólica Romana é o sonho de todos os fiéis católicos, principalmente os jovens que precisam de referências e modelos cristãos nestes dias conturbados vividos pela humanidade”, disse o prefeito Jorge Dantas.

Durante a permanência na região Sudeste, os jovens pão-de-açucarenses visitarão as cidades de Guaratinguetá, Aparecida, Cachoeira Paulista e Rio de Janeiro. Dentre os locais que serão visitados estão: Comunidade Canção Nova, Sede Nacional da Renovação Carismática, Santuário Frei Galvão, Santuário Nacional de Nossa Senhora da Conceição Aparecida e Jornada Mundial da Juventude, sendo este último compromisso, na cidade do Rio de Janeiro.

Pontos turísticos Fazem parte do pacote de viagem contratado pelos jovens pão-deaçucarenses: ônibus para realizar o percurso Pão de Açúcar/Cachoeira Paulista/Rio de Janeiro, visita aos principais pontos turísticos e religiosos, hospedagem em pousada e alojamentos. Entre os jovens pão-de-açucarenses está o sacerdote Gerônimo Pereira Bezerra, pároco da cidade de Belo Monte. O retorno do grupo dar-seá no próximo dia 29, com saída da cidade do Rio de Janeiro. Confira abaixo as programações do Papa Francisco.

Santa do Ipanema O Campus do Sertão realiza entre os dias 22 e 25 de julho, a I Semana de Economia de Santana do Ipanema, com a temática “A gestão do desenvolvimento para o Semiárido”. O evento reunirá acadêmicos da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), representantes de secretarias do Estado e do Banco do Nordeste do Brasil (BNB).

Desenvolvimento rural Entre os temas em debate estarão o desenvolvimento rural, os arranjos produtivos locais como estratégia para o desenvolvimento da região, empreendedorismo, a produção agropecuária e as mudanças recentes na economia do semiárido, cujas discussões serão promovidas na Câmara dos Vereadores de Santana do Ipanema.

... Durante a Semana, também ocorrerão minicursos sobre Cooperativismo e Desenvolvimento Local; Desenvolvimento e Nova Socioeconomia do Rural; Informação para o Planejamento e Desenvolvimento, além de Negociação e Gestão de Conflitos, todos realizados no dia 22, das 14h às 18h no Colégio Divino Mestre. ... Técnicos da Gerência de Energia Elétrica da Agência Reguladora de Serviços Públicos do Estado de Alagoas (Arsal) realizam, entre os dias 22 e 30 de julho, uma fiscalização comercial na sede da Eletrobras Distribuição Alagoas, nas agências e postos de atendimento da capital e interior. ... Segundo a gerente de Energia da Arsal, Alessandra Jordão, a fiscalização acontece anualmente com duração de sete dias e tem como objetivo a verificação de procedimentos relativos à qualidade do atendimento aos consumidores, como: pedido de ligação nova; suspensão do fornecimento; religação da unidade consumidora; irregularidades e desvios de energia elétrica; mercado de energia, medição para faturamento e arrecadação; verificação e aferição da medição, entre outros.

AÍLTON VILLANOVA ailton.villanova@gmail.com

O velho (e saliente) Dedé

T

odas as vezes que o velho Delúrbio Fedegoso, 89 anos, popularmente conhecido - no Bom Parto e adjacências, como “Dedé” - alardeava que ainda “dava no couro”, a turma caía na gaitada, zonava mesmo com ele. Certo dia, seu Dedé contava suas proezas numa esquina do bairro (ah, tempos aqueles!), onde residiu a vida inteira: - Pois é, meus caros, mulher pra mim tem que topar todas as paradas em cima de uma cama. Brinco em serviço, não! Querem saber de uma coisa? - Queremos! - antecipou-se o mecânico Godofredo Moura, o “Godô. - Fiquem vocês sabendo que eu não me troco por dez desses meninos que se dizem machos. As mulheres podem fazer fila que eu traço todas, numa boa! Aí, o carroceiro Manuel Parísio entrou no papo com a pretensão de depreciar a pessoa do ilustre ancião: - Tá conversando, vovô! Esse seu pintinho mixuruca aí não levanta nem com um guindaste daqueles do Cáis do Porto! Quá, quá, quá... A turma em redor do velhusco acompanhou a gargalhada do Parísio. Dedé emputeceu: - Então, qualquer um de vocês traga a mamãezinha pra eu comer, e depois peça a ela pra contar como foi o riscado! Rá, rá... Considerando-se ofendido, saltou o lanterneiro intitulado Zé da Chapa, e ameaçou: - Pois o senhor vai ver o que é bom pra tosse, viu? Dito isto, o “caboco” rodou nos calcanhares e foi bater na casa de uma prostituta chamada “Odetona”, notória campeã de todas as modalidades de baratos sexuais horizontalinos, verticalinos e o escambáu, apesar de sua pouca idade - 25 anos. Chegou lá expôs os seus planos desmoralizadores para a puta executar em desfavor de Dedé, e esta, muito da safada, topou na hora, mediante pagamento adiantado de 50 cruzeiros. Dinheiro na bolsa, Odetona rumou à noite para a casa do ancião com o plano na cachola, que consistia no seguinte: na hora em que ela estivesse despida diante do velho, Zé da Chapa e sua patota invadiriam a residência e fariam aquela zorra. Mas não houve tempo pra isso. Quando a galera se preparava para a desmoralização ao velho Dedé, aconteceu um negócio incrível: de dentro da casa do sobredito disparou uma Odetona peladona, com os peitões saculejando, no maior desespero, e aos berros: - Socorro! Segurem esse velho tarado da gota serena! Me acudam, senão ele me lasca! Atrás dela corria seu Dedé, nuzinho, equilibrando-se em três pernas.

Questão de semelhança Oficinas com a comunidade fazem levantamento das demandas

O Cizino Irineu, mais conhecido nas rodas boêmias como Cirineu, é chegadão a uma piada, e a uma charada, também. O tempo todo ele está querendo envolver os outros nas suas maladragens. No bar do Zezão, situado no Barro Duro, ele encontrou o amigo Abionésio, que maltratava umas canelinhas de siri com o acompanhamento de uma cervejinha gelada. Aí, atacou: - Ô Bioné, me responda a uma pergunta, pra início de conversa... - Manda lá. - respondeu o amigo. - Você sabe qual a diferença entre uma secretária, uma laranja e um alicate? - Putaquipariu! E já estão chupando alicate também?!

Carango acabado Empresário abonado, muito convencido de que tudo nele é do bom e do melhor, doutor Aglaubonésio tem uma secretária boazuda que é, também, muito gozadora, piadista pacas. Por outro lado, dedicadíssima, ela é quem cuida de todos os negócios do patrão. Certa feita, eles foram convidados a participar de uma convenção internacionacional, em São Paulo e foram lá. Assim que chegaram, a secretária sempre eficiente e prestativa, notou que o zíper da calça de Aglaubonésio estava aberto. Discretamente, chegou junto dele e disse: - Doutor... a “garagem” do senhor está aberta! O coroa se recompôs e retrucou, cheio de cinismo: - Por acaso você notou dentro da minha garagem um Rolls Royce conversível? - E ela, sem perder a piada: - Não. Vi um fusca amarelo amassado e com dois pneus furados!

Sacrifício e aplausos Numa viagem de recreio, onze pessoas ocupavam um helicóptero. De repente, os motores da aeronave pifaram e, minutos mais tarde, essas pessoas se encontravam penduradas em um único cabo de outro helicóptero que tentava salvá-las. Lutavam desesperadamente pela vida um homem e dez mulheres, todas louras lindíssimas. Mesmo naquela agonia toda, decidiram que uma pessoa deveria se soltar porque o cabo só suportava exatamente dez e estava na iminência de quebrar e todos morreriam. Mas ninguém conseguia decidir quem deveria ir para o sacrifício. O homem, porém, num gesto de profundo desprendimento, falou emocionado para as louras: - Garotas, decidi me lançar ao sacrifício, porque nós homens estamos acostumados a abdicarem das coisas em favor dos seus semelhantes... Igualmente emocionadas, as louras largaram o cabo para aplaudir o herói!


TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - DOMINGO, 21 DE JULHO DE 2013

Economia

ECONOMIA

13

Treinamentos acontecem nos hotéis e estão sob a coordenação da Secretaria do Turismo Os treinamentos acontecerão nos hotéis e estão sob a coordenação da Secretaria de Turismo do Estado (Setur) e outros pela Secretaria Municipal de turismo de Maceió (Semptur). A diretora executiva do Sindhotéis explica que a maioria do pessoal que já trabalha em hotéis e com turismo já tem domínio de línguas estrangeiras, principalmente pessoal de recepção e eventos. “Em se tratando de gerência, eles são bem preparados. Para os demais, o Pronatec iniciará várias turmas de inglês e espanhol para todas as funções e dentro dos estabelecimentos”, destaca. Eliete também ressalta que os funcionários do setor hoteleiro estão fazendo cursos de qualificação como de atendimento, idiomas e de formação.

Hotéis de Alagoas se preparam para Copa Estado poderá ser centro de treinamento para seleções, além de contar com a vinda de turistas que estarão no Nordeste OLÍVIA DE CÁSSIA REPÓRTER

O

setor hoteleiro de Alagoas se para a Copa do Mundo de Futebol, que acontece no país em 2014. A Copa é um dos maiores eventos esportivos do planeta e acontecerá no Brasil pela segunda vez na história: a primeira foi em 1950. A Tribuna Independente ouviu representantes do segmento hoteleiro do Estado para saber como estão os preparativos, pois durante o evento, Alagoas deverá receber centenas de turistas de várias partes do mundo. Maceió tem tudo para ser um Centro de Treinamento das seleções. Além disso, os turistas que estão no Nordeste tendem a visitar outros pontos turísticos próximos. A diretora executiva do Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares, e Similares de Alagoas (SHRBS-AL), Eliete Morais, disse que há uma expectativa do setor para a Copa do Mun-

do, pois a ocupação dos hotéis do litoral de Alagoas (Norte e Sul), na Copa das Confederações, não teve baixa temporada. “A ocupação esteve em torno de 80 a 85% em junho e consideramos muito boa”, destaca. Eliete Morais observou que os hotéis do Estado têm capacidade para a demanda que deve vir no ano que vem, principalmente porque está havendo implantação de novos hotéis e ampliação de vários outros já existentes como preparativo para o evento. Dados da entidade, atualizados em 5 de março deste ano, indicam que, juntos, em Maceió, Japaratinga e Maragogi, há 87 estabelecimentos filiados ao Sindicato, entre hotéis, motéis, restaurantes, pousadas e afins. DESDE 2012 Segundo ela, o setor vem se preparando desde o segundo semestre de 2012, com treinamentos da mão de obra, ampliação do número de leitos, modernização dos equipamentos

hoteleiros, parcerias com o setor público para melhorias na segurança pública do governo, segundo ela, a climatização do Centro de Convenções e melhorias da infraestrutura das cidades. Eliete destaca que o número de turistas esperados para 2014 é de um acréscimo de 80% a mais da ocupação do que em junho deste ano. Comparando esse número com os números de outro ano em que não houve evento tão grande no Brasil, por exemplo, 2012, ela avalia que será um crescimento de 90 a 95% o número de turistas em junho e julho de 2014. IDIOMAS O setor hoteleiro também está treinando pessoal desde 2012, segundo Eliete, por meio do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) e em agosto próximo terão início vários cursos pelo Pronatec Copa, “inclusive de idiomas, em Maceió e Maragogi, que serão gratuitos”, informa.

Turismo esteve em alta em junho no Estado, coincidindo com Copa das Confederações em outras capitais

TURISMO

Seguimento de olho nas Olimpíadas de 2016, no Rio Alfredo Rebelo, diretor executivo do Maceió Atlantic Suítes, disse que o setor hoteleiro de Alagoas, não só vem se preparando para a Copa de 2104, mas também para eventos diversos, como as próximas Olimpíadas, que serão realizadas em 2016, no Rio de Janeiro, entre outras atividades. Segundo Alfredo Rebelo, o hotel está preparado para qualquer evento: seja ele a Copa, as Olimpíadas ou outro qualquer, pois vem se modernizando ao longo dos anos. “Há muito tempo o setor hoteleiro alagoano vem investindo na qualidade dos produtos oferecidos a seus

hóspedes: investimentos em equipamentos, modernização tecnológica, que propicia um conforto maior”, explica. Segundo o diretor executivo, o sistema de segurança da empresa, hoje, é um dos mais modernos, tem tecnologia de ponta. Ele observa que há uma melhoria contínua na empresa e que o hotel implantou há sete anos a ISO em 100% dos apartamentos. “Fomos o primeiro hotel do Nordeste a ter ISO em 100% dos apartamentos; não é fácil ter um empreendimento desse vulto: isso significa o compromisso com a qualidade”, avalia.

A secretária do estado de Turismo, Danielle Novis, disse que a expectativa para o turismo alagoano com vistas a eventos como a Copa é a melhor possível. Segundo Novis, em janeiro de 2012, o Ministério do Turismo chancelou nove municípios alagoanos como destinos turísticos próximos as 12 cidades-sedes e que têm potencial para receber um grande fluxo de turistas. “A ideia do MTur é incentivar o visitante a conhecer os atrativos turísticos localizados no entorno das sedes, aumentando o fluxo turístico, a distribuição de renda e a geração de emprego”, destacou.

MINISTÉRIO

Estado tem nove cidades na rota da Copa para turistas São 88 produtos e 184 destinos brasileiros em municípios distantes até três horas (via terrestre) ou até duas horas (via aérea) dos palcos da Copa. Em Alagoas, além de Maceió e Maragogi, as outras cidades alagoanas escolhidas pelo Ministério do Turismo são: Japaratinga, Porto de Pedras, São Miguel dos Milagres, Barra de Santo Antônio e Paripueira, no Litoral Norte, e Marechal Deodoro e Barra de São Miguel, no Litoral Sul. Segundo a secretária, depois da determinação federal, a Setur-AL vem trabalhando a campanha “Alagoas: As Praias da Copa” em feiras do

setor turístico. Mesmo não atuando como sede, Maceió, está listada pelo Comitê Organizador Local da Copa do Mundo de 2014 (COL) da Fifa como uma das possíveis cidades que podem atuar como Centro de Treinamento para Seleções. Outra estratégia do governo foi criar o Comitê da Copa do Mundo, por meio do Decreto nº 14.090, de 10 de junho de 2011, pelo governador do Estado, Teotonio Vilela Filho, com o objetivo de construir uma “força-tarefa” para transformar Alagoas em Centro de Treinamento. ”, explicou. CONHECIMENTO Essa semana, a Associa-

ção Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel-AL) promoveu a Semana do Conhecimento, com oficinas e palestras e em agosto o Sindicato de Hotéis, Restaurantes e Similares de Alagoas (SHRBS-AL) estará promovendo com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) um Curso de Gestão de Estoques e outro de Gestão de Pessoas e equipes na medida, dentre outros que estão programados para este segundo semestre/2013. Todos esses cursos e capacitações, segundo Eliete Morais, são em vista de eventos como a Copa 2014.


14

ECONOMIA

TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - DOMINGO, 21 DE JULHO DE 2013

Cachaça Gogó da Ema é ouro em concurso Escolha foi durante o Concours Mondial de Bruxelles, edição Brasil 2013

A

Cachaça Gogó da Ema foi premiada com medalha de Ouro em um dos principais concursos de degustação às cegas, de vinhos e destilados do mundo. O Concours Mondial de Bruxelles (10ª edição Brasil - 2013), foi realizado no resort de praia do Brasil, Costão do Santinho, em Florianópolis (SC), no qual concorreram 257 amostras de vinhos e destilados de todas as regiões do país. Originalmente nordestina, a Cachaça Gogó da Ema é produzida artesanalmente em Alambique de Cobre, no município de São Sebastião (AL). Na oportunidade, a Ca-

chaça Gogó da Ema Tradicional, envelhecida por dois anos em barris de bálsamo, foi classificada na categoria Ouro, recebendo medalha e selo internacionais de qualidade e autenticidade do produto. Entre os destilados concorrentes, estiveram presentes as principais amostras da produção nacional, com rótulos de 10 estados: Alagoas, Bahia, Ceará, Minas Gerais, Paraíba, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo. Tendo o SEBRAE como patrocinador, este ano o evento teve a participação de produtos vindos de todos os estados produtores

do país. Das amostras inscritas de vinhos, 40% ficaram com a Serra Gaúcha, 30% Santa Catarina, 20% da região da Campanha (RS) e 10% de amostras do Paraná, Vale do São Francisco, Bahia e Minas Gerais. Todos foram avaliados dentro dos critérios internacionais, por um júri formado por especialistas brasileiros e estrangeiros. Representando o Brasil: Deise Novakosky (sommelier e colunista do jornal “O Globo”), Affonso Ritter (colunista do “Jornal do Comércio” de Porto Alegre), Sérgio Inglez de Souza (enófilo e escritor) e Renato Frascino (enófilo e

palestrante), entre outros. Os estrangeiros: Rudolf Knoll (Alemanha), Peter de Leeuw (Suíça), Juko Iwamoto (Japão), Isabel Mazzuchelli (Uruguai) e Silvia Cava (Chile), foram alguns dos que também fizeram parte da escolha e das premiações deste ano. No Brasil, o próximo Spirits Selection será realizado em junho de 2014, desta vez, também, com apoios do Itamaraty e do Instituto Brasileiro da Cachaça (IBRAC), no mesmo Resort, onde desde 2012 é realizada a versão brasileira do Concurso Mundial de Bruxelas, que avalia vinhos e destilados nacionais.

Cachaça alagoana Gogó da Ema é feita artesanalmente em São Sebastião

EVENTO

Artesã alagoana de filé exporá em Nova Iorque

Wendy Sherry é artesã alagoana que representará a arte do Estado em exposição na cidade de Nova Iorque, no mês de setembro

Wendy Sherry Oliveira Barros é o nome da artesã alagoana que irá expor suas peças no evento “Mulher Artesã Brasileira”. A exposição será realizada de 09 a 18 de setembro deste ano em Nova Iorque, Estados Unidos, e pretende reunir 15 produtoras de diferentes regiões brasileiras. Moradora do povoado de Barra Nova, localizado em Marechal Deodoro, Wendy é uma entre várias alagoanas que trabalham com o filé, especificamente na Cooperativa das Artesãs de Barra Nova (Cooperatiban). Ela também faz parte do Grupo da Indicação Geográfica do Filé, que é acompanhado pela Unidade de Turismo e Economia Criativa (UTEC) do Sebrae Alagoas. A artesã se inscreveu pela

internet e respondeu a um questionário que tratava sobre sua rotina de trabalho e sobre como o artesanato mudou a sua vida. Ela também enviou fotos de peças possíveis de expor, como um colar, uma sandália decorada, um jogo americano e uma capa de almofada, tudo à base do filé. A expectativa para aprovação não era grande, mas a esperança estava ali. A emoção ao saber da aprovação foi grande. “Viver isso é algo sem dimensão. Realmente, essa é uma oportunidade real e de muita responsabilidade, pois estarei representando não somente o artesanato e meu estado, mas também um pouco do Brasil”, falou Wendy, acrescentando que está ansiosa pelo impacto da exposição do seu trabalho.

RENDA

Wendy começou sua arte aos 12 anos Desde os 12 anos, a artesã executa trabalhos manuais. Ela começou com o fuxico, que diz ter aprendido com sua avó. Mas foi quando ela se mudou para o povoado que passou a ter interesse pelo filé, e, hoje, aos 33 anos, tem o artesanato como profissão. Cristina Moreira, analista da UTEC do Sebrae Alagoas, explica que essa é uma boa chance de todas as artesãs presentes serem reconhecidas internacionalmente. “Isso é resultado de um trabalho que vem sendo feito gradualmente com os artesãos de Alagoas. Aos poucos, eles vão aprimorando o trabalho e ganhando

destaque local, nacional e internacional”, comenta a analista. “Uma oportunidade como essa é única, e a Wendy estará levando com ela para expor em Nova Iorque todo um saber de mais de mil mulheres que fazem o bordado filé. Uma prova de que a parceria entre as associações de artesãos, o Sebrae, a Secretaria de Estado do Planejamento e do Desenvolvimento Econômico (Seplande), a Universidade Federal de Alagoas (Ufal) e tantos outros parceiros vem dando resultados de conquista efetiva de mercado”, declara Vanessa Fagá Rocha, geren-

te da UTEC . Além de Alagoas, os estados nordestinos Ceará, Paraíba, Pernambuco e Piauí estarão sendo representados por artesãs na exposição internacional. EXPOSIÇÃO A Exposição “Mulher Artesã Brasileira” será realizada em setembro, em Nova Iorque, na sede da Organização das Nações Unidas (ONU). O evento proporcionará uma oportunidade única de aprimoramento profissional por meio de ações como a própria exposição e a divulgação nas mídias em âmbito internacional. O objetivo principal do evento é

alavancar o olhar artístico, sensível a toda diversidade existente na produção do artesanato brasileiro. Para que os projetos e as representantes dos estados fossem aprovados, foi realizada uma avaliação pela Comissão de Seleção composta por profissionais da Associação Brasileira de Exportação de Artesanato (ABEXA), do Programa do Artesanato Brasileiro (PAB), do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) e do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas, instituições parceiras nesse processo.

EM ESTRUTURAÇÃO

Projeto de Startups em Alagoas Nada de jogos ou balada. A onda do momento para os jovens são as “startups”, empresas iniciantes ou em fase de desenvolvimento, com grande potencial de crescimento, que têm a inovação e a tecnologia como premissa. Em Alagoas, esse tipo de negócio já começou a crescer e despertou a visão de mercado do Sebrae Alagoas, que está com projeto em fase de estruturação para atender a esse público. “A criação do Projeto de Startups de Alagoas pretende ampliar as políticas setoriais e as fontes de financiamento, bem como traçar um mapeamento de mercado e posicionamento dos produtos, visando ao

fortalecimento das startups alagoanas e a sua eficiência comercial”, disse Alba Antunes, analista da Unidade de Comércio e Serviços do Sebrae Alagoas. De acordo com Sandra Torres, gerente da Unidade, o projeto pretende atender, até 2015, 60 startups digitais de Maceió, das quais 58% serão microempresas e 42% microempreendedores individuais. “Estamos focados em atender empreendedores de negócios inovadores com base tecnológica, formalizados ou não. Segundo o portal de internet Brasil Econômico, a quantidade de pessoas físicas que aplicaram recursos e conhecimento em startups no país passou de

5,3 mil, em 2011, para 6,3 mil, em 2012, 18% a mais. Queremos nos preparar para atender essa demanda com qualidade e proporcionar a estrutura e o conhecimento necessários para esse novo nicho de mercado”, destacou Sandra. O projeto será desenvolvido em uma parceria entre o Sebrae Alagoas, a Secretaria de Estado da Ciência, da Tecnologia e da Inovação, entre outros parceiros. ESTUDO A velocidade de processos é uma das maiores vantagens competitivas de uma startup. Além disso, uma das suas fortes características é que nem sempre é preciso se dedicar

exclusivamente a esse tipo de negócio. No estudo “Perfil de Startups da cidade de Maceió”, desenvolvido pelo Sebrae em 2012, 67% dos respondentes declararam não se dedicar de forma integral à empresa e, mesmo assim, 58% das empresas já possuem faturamento mensal correspondente a até R$30 mil. O estudo, que foi desenvolvido para subsidiar a criação do projeto, mostra que 100% das startups alagoanas entrevistadas são de base tecnológica e possuem sócios jovens, a maior parte com formação em Administração, Sistemas de Informação e Ciências da Computação.

Filé, artesanato genuinamente alagoanao que será mostrado nos EUA

MOVIMENTO

Alagoas Competitiva prorroga inscrições para o prêmio O Movimento Alagoas Competitiva (MAC) prorrogou as inscrições da premiação de Micro e Pequenos Empresários (MPE) para até o dia 16 de agosto. Os interessados que ainda não se inscreveram podem preencher a ficha através do site www.alagoascompetitiva.org.br. O objetivo do prêmio não é apenas o reconhecimento, mas também incentivar as empresas a aperfeiçoarem a sua administração, definindo melhores estratégias, bem como a organização das suas ações. Segundo a superintendente do Movimento Alagoas Competitiva, Isabella Bezerra, o MPE

Alagoas irá premiar as melhores gestões, que se destacaram na busca pelo desenvolvimento das empresas e na obtenção de resultados. “O MAC busca promover a sustentabilidade e o desenvolvimento do Estado através de ações em gestão nas empresas. O prêmio é todo baseado no modelo de excelência da gestão da Fundação Nacional da Qualidade, um modelo internacional que existe em mais de 100 países, adaptado para a realidade econômica de cada um. Nós analisamos as gestões das empresas locais com um alinhamento a este modelo já pré-definido”, explica Isabella.


TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - DOMINGO, 21 DE JULHO DE 2013 ESPORTES 15

Esportes

Anderson Silva supera Minotauro como brasileiro mais bem pago do UFC Anderson Silva deixou o octógono do UFC 162 sem cinturão, com o primeiro nocaute tomado na carreira e a queda no ranking peso por peso da organização para o terceiro lugar. Mas em outra lista, a das bolsas que o evento paga para seus competidores, a bolada que ele recebeu para lutar fez com que ele vire o brasileiro mais bem pago da história do Ultimate. De acordo com um estudo, Anderson agora lidera entre os brasileiros com o maior salário. Ele ganhou R$ 1,35 milhão (US$ 600 mil) pela participação, valor que seria ainda maior caso vencesse e recebesse um bônus pelo resultado. Na comparação com Minotauro, agora Anderson aparece com US$ 3,471 milhões, contra US$ 2,89 milhões do baiano.

Treze-PB e CRB jogam pela reabilitação Duelo pelo Grupo A do Campeonato Brasileiro da Série C pode valer uma saída imediata da zona de rebaixamento

L

uta de desesperados. Treze e CRB entram em campo neste domingo, às 19h, no Estádio Presidente Vargas em Campina Grande-PB, com o objetivo único de vencer e sair da zona de rebaixamento do Grupo A do Campeonato Brasileiro da Série C. O galo terá mudanças na equipe titular que entrará em campo por conta da suspensão por cartão vermelho que o atacante Schwenck deverá cumprir e da punição ao lateral Paulo Sérgio. Ele pegou quatro jogos de suspensão pelo Tribunal Superior de Justiça Desportiva (STJD). Ainda tem a baixa de Tiago Potiguar que foi negociado para atuar no futebol coreano. Com estes três desfalques certos, o técnico Márcio Goiano deve escalar o lateral Alex Murici no lugar de

Paulo Sérgio, o meia Marcos Antônio na vaga de Tiago Potiguar e o atacante Afonso para ocupar o ataque. Com estas modificações o time titular que deverá encarar o Treze terá a possível escalação: Júlio César; Alex Murici, Audálio, Marcos Vinícius e João Vitor; Marcinho Guerreiro, Johnatan, Danilo Sacramento e Marcos Antonio; Zé Paulo e Afonso. Para esse confronto foi escalado o árbitro piauense Antônio Dib Moraes de Sousa. Os assistentes da partida serão os pernambucanos Clóvis Amaral da Silva e Francisco Chaves Bezerra Júnior. Já o quarto-árbitro será o paraibano José Renato Soares. TREZE O técnico Vica prometeu mudanças na equipe. “Agora tem que trabalhar para se recuperar em casa. As

mudanças viriam naturalmente. Então vamos dá uma mudada na equipe. Tem o Cristian que atuou e é um jogador importante para nossa maneira de jogar. Deve voltar domingo”, disse. Lesionado desde a terceira rodada, o meia Cristian tem vaga garantida contra o CRB. Além dele, quem deve voltar é o lateral-direito Júnior Barbosa, que esteve com dengue, mas deve estar bem até o jogo contra o Galo da Pajuçara. A provável formação do Galo da Borborema tem: Éder; Hudson (Júnior Barbosa), Sandoval, João Paulo e Anderson Paim; Glauber, Richardson, Jé e Cristian; Paulista e Soares. OUTROS JOGOS Brasiliense x Fortaleza Baraúnas-RN x Cuiabá Águia x Santa Cruz Rio Branco x Sampaio Correa CADAMINUTO

ASCOM CRB

Marcos Antonio ganhou a vaga de Tiago Potiguar no setor de meio campo do CRB para o duelo hoje LANCE

CLÁSSICO

Deco é titular do Fluminense contra o Vasco

Atacante Roni chegou para tentar ajudar o CSA na reta final do Campeonato Brasileiro da Série D

PARADA DURA

Contra o Juazeirense, CSA luta para se manter vivo na Série D O CSA está motivado para neste domingo, às 16h, encarar o Juazeirense, pela 5ª rodada da Série D do Brasileiro. O jogo é de vida ou morte. Se vencer o azulão permanece com chances remotas e matemáticas de classificação. O time comandado pelo técnico Lino saiu de Maceió praticamente definido, mas teve problemas de última hora. O meia Kel, que poderia ser titular, voltou a sentir dores no joelho direito e fica fora da partida. Outra opção

ATLÉTICO-MG

Ronaldinho Gaúcho tem queda de rendimento Ronaldinho Gaúcho fez a sua pior atuação com a camisa do Atlético-MG no primeiro jogo da final da Libertadores. O atleta foi substituído antes da metade do segundo tempo, fato raro. A alteração promovida por Cuca foi um recado para mostrar insatisfação com o futebol do camisa dez. Gaúcho vive momento de queda na temporada. Após ficar de fora da Copa das Confederações, em que o Brasil foi campeão, o camisa dez viu o futebol cair de produção e principalmente a sua motivação diminuir.

seria Alisson, mas o meia pegou uma virose e também não viajou. Por fim, o treinador marujo barrou dois atletas porque no último treino no Mutange chegaram atrasados: o zagueiro Wagner Silva e o meia Alex Henrique, que também começariam contra o Juazeirense. Por conta disso, o treinador Lino teve que mudar o esquema tático e promover mudanças forçadas. Nos últimos trabalhos, que formaram a base Alves ficou na lateral-direita. Sem Kel, os

atacantes Pedrinho e Wilson ganharam vagas de titulares, já que um deles ficaria no banco e fazem o ataque com Rony. O provável CSA tem: Flávio; Alves, Sinval, Cleberson e Paulinho; Robson, Acácio e Patrick; Pedrinho, Wilson e Rony. OUTROS JOGOS Ypiranga-PE x Potiguar Botafogo-PB x Vitória Goianésia x Brasília Metropolitano x Malucelli Náutico-RR x Genus Nacional x Paragominas Águia Negra x Aparecidense

Na tentativa de empurrar a equipe para reagir no Campeonato Brasileiro, a torcida do Fluminense compareceu em bom número ao treinamento. Quem presenciou as atividades viu o técnico Abel Braga praticamente definir a entrada de Deco entre os titulares para enfrentar o Vasco da Gama no Maracanã. O coletivo foi vencido por 2 a 1 de virada pelo time titular. O centroavante Samuel abriu o placar, mas Rafael Sobis, em cruzamento de Bruno, e Fred, aproveitando passe preciso de Deco, sacramentaram a vitória da equipe principal, que ainda teve Diego Cavalieri, Digão, Gum, Carlinhos, Edinho, Jean e Wagner. Sobre desfalques, o treinador teve duas notícias distintas do departamento médico. O colombiano Edwin Valencia, que se lesionou na última quarta-feira, teve estiramento na panturrilha direita diagnosticado e ainda não tem previsão de retorno. Já Rhayner, que reclamava de dores na coxa, não deve ser problema para a oitava rodada. A tendência é que Abel não faça alterações para o clássico deste domingo às 18h30. A partida será a primeira do time tricolor no revitalizado Maracanã, justamente no dia em que o clube carioca completará 111 anos.

Deco volta ao Fluminense no clássico deste domingo contra o Vasco

BRASILEIRÃO

Ba-Vi cheio de equilíbrio na Arena Fonte Nova hoje

Um dos maiores clássicos do futebol brasileiro será disputado às 16h deste domingo, na Arena Fonte Nova. A expectativa para o primeiro Ba-Vi da Série A, após dez anos, é de equilíbrio. Ambos estão no clima do jogo. O forte Vitória de goleadas nos clássicos do estadual continua imponente e é vice-líder do Campeonato Brasileiro. No entanto, o frágil Bahia, incapaz de reagir às humilhações no primeiro semestre, deu lugar a um time organizado e que já bateu os poderosos Botafogo, Inter e São Paulo. O técnico do Vitória,

CAPELLO CRAVA

FÓRMULA 1

Treinador com passagem por grandes clubes da Europa, como Real, Milan, Juventus e Roma, Fabio Capello acompanhou de perto a ascensão de algumas das maiores estrelas do futebol. Atento ao mercado, o técnico italiano não poupou elogios ao atacante Neymar e projetou parceria de sucesso com Messi no Barcelona. “Neymar é um jogador extraordinário. Tem potencial técnico, velocidade, chuta com as duas pernas e ainda sabe estar sempre na melhor posição em campo. Será difícil bater o Barcelona com esta dupla com Messi”.

A atração dos últimos treinos livres da Fórmula 1 em Silverstone fica por conta da presença de Susie Wolff, com o carro da Williams. Em um meio predominantemente masculino, a escocesa de 30 anos foi para a pista e anotou a oitava marca entre dez carros. Para a piloto fica agora o desafio de tentar entrar numa corrida. A última mulher na Fórmula 1 foi a italiana Giovanna Amati, que, contudo, não conseguiu qualificar-se para nenhuma das três provas que tentou, em 1992.

‘Será difícil bater o Barça com Messi e Neymar’

Susie Wolff vai para pista e começa brilhar

Caio Júnior, comandou um treino tático no Barradão. Três atletas titulares não puderam participar da atividade: Wilson, Michel e Dinei. Mesmo assim, eles estão confirmados. Assim, o time titular foi formado por: Gustavo; Nino Paraíba, Victor Ramos, Gabriel Paulista e Danilo Tarracha; Edson Magal, Cáceres, Escudero e Renato Cajá; Maxi Biancucchi e Rômulo. Outra novidade será a presença de André Lima. OUTROS JOGOS Inter x Flamengo Atlético-PR x Corinthians Santos x Coritiba Goiás x Portuguesa


16

PUBLICIDADE

MACEIÓ - DOMINGO, 21 DE JULHO DE 2013

TRIBUNAINDEPENDENTE


TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - DOMINGO, 21 DE JULHO DE 2013 DIVERSÃO&ARTE

1

Yusuf Islam, ex-Cat Stevens, se apresenta no Brasil em novembro

Villa-Lobos e Bonfá garantem na Justiça direito de usar marca Legião

O músico Yusuf Islam, mais conhecido como Cat Stevens, vem ao Brasil em novembro para três shows. O cantor inglês, de sucessos como “Father & son” e “Wild world” fará dois shows em São Paulo, nos dias 16 e 17, no Credicard Hall, e um no Rio, no dia 20, no Citibank Hall. Está será sua primeira apresentação no país. Na capital paulista, os ingressos custam entre R$ 180 e R$ 950. No Rio, o preço varia entre R$ 480 e R$ 920. A venda geral começa no dia 31 de julho, pelo site da Tickets For Fun. Clientes Citi, Credicard e Diners terão acesso a pré-venda exclusiva entre os dias 24 e 30 de julho. Islam, que se converteu ao islamismo em 1977 e mudou de nome, abandonando a música, chegou a morar no Rio de Janeiro no começo da década de 1970.

O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro concedeu nesta quarta-feira (17) liminar que garante aos músicos Dado Villa-Lobos e Marcelo Bonfá o direito de usar livremente a marca Legião Urbana, o que, segundo eles, estava sendo cerceado pelos familiares de Renato Russo, líder da banda, que morreu em 1996. Como a legislação de direitos autorais brasileira define que os direitos sobre uma marca só podem ser de propriedade de uma única pessoa física ou jurídica, os músicos criaram a Legião Urbana Produções Artísticas, na qual Renato Russo era o sócio majoritário e os outros, minoritários. ARTE: SALVADOR HENRIQUE

T

GABRIELA RODRIGUES ESPECIAL PARA D&A

écnicas de manuseio de equipamentos utilizadas pelos DJs nas baladas, notícias sobre o mundo da cultura pop e da música eletrônica, dicas de eventos e performances de DJs alagoanos: a fórmula é inovadora e dá o tom do programa Studio DJ, no ar todas as noites de sábado a partir das 22 horas no TNH1 TV, disponível para assinantes no Canal 26 da Net e para o público em geral no site TNH1. A novidade, produzida em Alagoas e comandada pelo DJ Gunnga, que neste ano completa 19 anos de carreira, promete mexer com a juventude alagoana, especialmente com os amantes da dance music, techno e suas vertentes, e com o público ligado ao que rola nos bastidores do show business no Brasil e no mundo. O programa, que está no ar há duas semanas, tem surpreendido pelo formato inédito e pela linguagem simples e despojada que vem despertando interesse não só dos interessados em conhecer equipamentos, eventos e técnicas do

ENTRE AS PISTAS EO STUDIO Inédito no país e produzido em Alagoas, programa Studio DJ inova ao mesclar técnicas de discotecagem com entretenimento e cultura pop

mundo da discotecagem, mas do público que procura entretenimento e cultura alternativa. “O objetivo é levar informação e entretenimento de qualidade, tanto para o DJ profissional quanto o público que busca diversão e conhecimento. O diferencial do programa é aliar os interesses de Djs aos de um público mais dinâmico, que quer conhecer melhor os bastidores da música pop e eletrônica e procura se atualizar sobre o que há de mais novo neste segmento”, explica o DJ Gunnga. O DJ conta ainda que a ideia de produzir e apresentar um programa em estilo inédito surgiu informalmente: a partir de contatos com o também DJ, e gestor executivo do canal TNH1, Marcelo Martins, no programa de rádio Eletronight, que embala as noites de sexta-feira na rede Pajuçara FM. Em uma de suas participações no programa de rádio, Gunnga e Marcelo começaram a “alinhavar” ideias visando à divulgação da música eletrônica no Estado e a valorização da cultura dos DJs. A parceria extrapolou os estúdios da rádio e foi parar na TV e na internet. “O mais desafiador foi quando nos questionamos sobre quem iria apresentar e o Marcelo foi direto: você!!! Eu fiquei surpreso com o convite. É um desafio, mas muito empolgante”, afirma o DJ. Gunnga explica que o formato pioneiro é o grande diferencial do Studio DJ: o programa pretende mostar, nas palavras de seu próprio apresentador, “como o Dj realmente trabalha”. “Ao contrário das baladas e das rádios, em que as pessoas apenas curtem o som e sentem o DJ pela música, o programa leva o DJ e suas

técnicas ao Studio, em uma cabine de som montada exclusivamente para que o DJ produza, mostre o seu trabalho e manuseie os equipamentos”, informa. O programa é aberto com notícias, dicas de eventos e recomendações sobre técnicas e equipamentos para discotecagem e segue com entrevista e apresentação de um DJ convidado. “É a forma que encontramos de mostrar ao público, promoters e produtores que temos ótimos DJs no Estado, que devem se valorizar e ser valorizados como profissionais”, complementa Gunnga, enfático. O pioneirismo do Studio DJ também está no equilíbrio com que o programa aborda parcerias de DJs notáveis com artistas pop em evidência, como a do francês David Guetta com Rihanna e a do escocês Calvin Harris com Chris Brown. CARREIRA O Dj Gunnga, produtor e apresentador do Studio DJ, começou a tocar profissionalmente aos 17 anos. Em 19 anos de carreira, foi DJ residente em vários clubs em Maceió (como Life, Middõ, Aeroporco, Arena e, atualmente, no Le Hotel), Brasília-DF (Way) e em pubs de Londres – UK (Hoxton Pony, The Chappel e Dirty Dicks). Já integrou line-ups com nomes como DJ Marky, Felipe Venâncio, Patife e Carlo Dallanese e warm-ups para shows de artistas como Jota Quest, Pato Fu e Charlie Bronw Júnior. Gunnga também é o idealizador e professor do curso para DJs “Bassline”, que já formou vários DJs no Estado, e enfatiza o que é preciso para ter sucesso nesta profissão: “Para ser DJ tem de gostar do que faz, ter paciência, carisma, e sobretudo responsabilidade, pois enquanto muitos se divertem você trabalha, se dedica. Portanto, embora não pareça, ser DJ é um trabalho que exige profissionalismo como qualquer outro”.


2

TRIBUNAINDEPENDENTE

DIVERSÃO&ARTE MACEIÓ - DOMINGO, 21 DE JULHO DE 2013

Skank Skank volta aos Palcos de Maceió para mais um show. Desta vez o grupo mineiro se apresenta na cãs de show Musique para o lançamento do réveillon Absolut. O show será no dia 1 de setembro, um domingo e a festa começa a partir das 17h .

Pinacoteca Universitária Em exposição conjunta, “Simbioses Possíveis”, de Eva Cavalcante, e “Fruição Circular”, de Rosivaldo Reis, estão em cartaz na Pinacoteca Universitária. Com agendamento de visita em grupos e visitas guiadas em inglês, a mostra conjunta fica aberta ao público até o dia 26 de julho. As visitas podem ser feitas das 8h30 às 19h, às segundas, quartas e sextas; das 8h30 às 20h, às terças e quintas; e das 9h às 12h, em visitação especial no dia 6 de julho. A exposição ainda conta uma “Conversa de Arte” no dia 26 de julho, às 16h30. Mais informações podem ser obtidas através do telefone 3214-1545.

Salão de Fotografia Até o dia 31 de julho, a Fundação Pierre Chalita apresenta o seu 2º Salão de Fotografia. Com curadoria de Carlos Gama Junior, a exposição conta com 184 fotos, de 66 fotógrafos, e aborda a temática “Aspectos sociais, econômicos e culturais da realidade alagoana, considerando o passado, o presente e o futuro”. As visitas podem ser realizadas de segunda-feira a sexta-feira, das 8h às 12h e das 14h às 18h, e no sábado, das 8h às 12h.

Na Le hotel

Mostra

A boate Le Hotel divulgou a programação deste mês de julho. Serão noites regadas a forró e brega. Na próxima sexta-feira, a atrações são : Bandas Mô Fio e Galã do Brega. Os ingressos estão sendo vendidos no Folia Brasil (G.Barbosa - Stella Maris) e Viva Alagoas (Maceió Shopping). Mais informações: 3235.6950.

Em sua 3ª Edição a Mostra Sesc de Artesanato, ampliou o número de expositores, que para este ano estão expondo uma diversidades de peças produzidas com matéria-prima da região norte de Alagoas, como palha de Ouricuri, casca de coco, madeira, além dos bordados e rendas com o filé. Na Unidade Sesc Guaxuma.

PRAZO

Festival Inspirado no tema “Volta ao Mundo”, o Palato anuncia a sétima edição de seu esperado Festival de Inverno. Até o final de agosto, uma série de eventos e promoções pretende proporcionar aos alagoanos uma viagem pela gastronomia de diversos países, como pocket shows com receitas internacionais, jantares temáticos, cursos e apresentações de sax e jazz. Além disso, outra grande novidade deste ano é o “Passaporte Palato”, um concurso cultural que oferecerá como prêmio uma viagem para Portugal neste Réveillon, em parceria com a Transamérica Turismo. Para concorrer, basta reunir cinco carimbos no passaporte, obtidos com o consumo de itens ou pratos selecionados no Menu Sugestão do Festival de Inverno, e completar a frase “Passar o Réveillon em Portugal será...”. A resposta mais criativa que tiver os cinco carimbos será a vencedora. No próximo dia 26 tem Jantar Português – com show da fadista Irina Costa. Valor: R$89,90 (por pessoa para mesa de 4 lugares), R$109,90 (por pessoa para mesa de 2 lugares).

Prêmio Sesc de Literatura está com inscrições abertas

L

Bach O projeto Teatro Deodoro é o Maior Barato, realizado pela Diretoria de Teatros do Estado de Alagoas, apresenta nesta quarta (24) o espetáculo “De Sebastian Bach a Sebastião do Guerreiro”, do Trio PianosVoz. O espetáculo tem início às 19h, com ingressos a R$ 5,00 e R$ 10,00, no palco do Teatro Deodoro. Buscando unir o erudito ao popular, o trio PianosVoz é formado pelos músicos Ilbert Leaffa (piano), Manoel Vieira (piano) e Myrna (voz), que decidiram levar ao teatro um concerto de pianos e voz com um repertório que traz peças de grandes nomes clássicos, como Bach, Beethoven, Mozart e Vivaldi, e populares, como Mestre Sebastião do Guerreiro, Mestra Virgínia, Mestre Verdelinho, entre outros.

a s a c Em

o n a t n i u Q “ o t e j ro p o d es õ o ç ã u ç i d o d r e p a i A 9ª g i t s e r p e u e q s , ” a c a i n n e ê r c A s e t r a a e r d i e s f a a n t a in u q alago a t s e n z a m r t E , “ l a c a i c i s s u mú m o l u n c a á b t e a p e s e r a o (25) o es S o r d e w P o h m s o c O , . ” a i a r Casa P a v o s N o s e s d e a r d g i n i m o da Un c , h 9 o 1 d s o à c l o i a c í p o n , 0 tem in 0 , 0 1 , $ o R s o e d r 0 a 0 C o i g r é a R$ 5, S a n e r A e Teatro d eatro Deodoro. T o a o x e n a

FALE CONOSCO - A Agenda é um serviço gratuito de orientação ao leitor. Os interessados em divulgar eventos, shows e exposições podem enviar material através do endereço: tiagenda@hotmail.com

ançado há 10 anos pelo Sesc, o Prêmio Sesc de Literatura tem o proposito de revelar novos talentos e promover a literatura nacional, identificando escritores inéditos, cujas obras possuam qualidade literária para edição e circulação nacional. Os livros vencedores são publicados pela editora Record e distribuídos para toda a rede de bibliotecas e salas de leitura do Sesc e SENAC em todo o país, uma ação que além de divulgar as obras, abre as portas do mercado editorial aos estreantes. As obras devem ser escritas em língua portuguesa, por

autores brasileiros ou estrangeiros residentes no Brasil e destinadas ao público adulto. N��o é permitida a inscrição de menores de 18 anos, bem como de residentes no exterior. Serão premiados textos nas categorias Conto e Romance. As inscrições são gratuitas, válidas para todo o Brasil e vão até dia 31/07. Para participar é necessário ler o edital e se inscrever via internet.

SERVIÇO Prêmio Sesc de Literatura Inscrições: www.sesc.com.br/premiosesc Edital: www.sesc.com.br/docs/edital_PSL.pdf Data: Até 31 de julho


TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - DOMINGO, 21 DE JULHO DE 2013 DIVERSÃO&ARTE

3

DIVULGAÇÃO

FLÁVIO RICCO - colaboração: José Carlos Nery - www.twitter.com/flavioricco

Record ainda não tem definida a estreia do Lombardi

H

á duas situações envolvendo “Pecado Mortal”, novela de estreia de Carlos Lombardi na Record. A primeira, é que existe uma grande pressão em cima, para que o seu lançamento possa acontecer entre fim de setembro ou começo de outubro. Isso é inegável. Trama de época, entre as décadas de 40, 60 e 70, a sua produção requer muitos cuidados com elementos de cenografia e figurinos, dentre outros. Algo que exige atenção e não se pode queimar etapas. Tem ainda a questão da cidade cenográfica, em construção, em três diferentes pontos, um deles, uma favela, que só em agosto estará em condições de receber as suas primeiras gravações. Portanto, se o objetivo é fazer prevalecer esse cronograma, a Record, que andou demitindo centenas de profissionais, vai ter que colocar mais gente para trabalhar. Não existe outra saída. A equipe atual tem se desdobrado e trabalhado, inclusive, aos domingos.Quanto à outra situação, é que apesar de toda essa pressão, não se descarta uma estreia apenas em 2014. O problema é fazer “Dona Xepa” resistir até lá

TV TUDO

Branca Messina, conhecida pelos vários trabalhos no cinema, estará na segunda temporada da série “Copa Hotel”, do GNT, no ar a partir de setembro. Uma arquiteta, Luiza, que se relacionará com o protagonista Fred, Miguel Thiré. Branca levou o prêmio de melhor atriz coadjuvante pelo trabalho em “Não Por Acaso”, ao lado de Rodrigo Santoro e Cássia Kiss, e também filmou “400 contra 1”, com Daniel Oliveira

Misses Os concursos “Miss São Paulo” e “Miss Brasil”, ambos com transmissão da Band e apresentação de Renata Fan, estão com as datas definidas para os dias 17 de agosto e 28 de setembro. Quem também tem colaborado com esse evento é Nadja Haddad, apresentando algumas edições estaduais.

Bate-rebate

Tiro no escuro 1 O recolhimento do Walcyr Carrasco, evitando qualquer declaração sobre os próximos capítulos de “Amor à Vida”, pode servir de aviso a todos. É bom usar de certa cautela. Até mesmo o que já foi previsto para a novela, poderá perfeitamente ser modificado a partir de agora.

Tiro no escuro 2 Se faz necessário, inclusive, como recomendam algumas pessoas mais próximas do autor, não arriscar coisa nenhuma, de forma especial sobre o que irá acontecer com a personagem da Marina Ruy Barbosa. Aliás, muita coisa do que já saiu teria deixado o autor bastante contrariado, porque nunca foram informações adiantadas por ele.

Outra bobeada O mínimo que as emissoras deveriam fazer é cuidar um pouco melhor das suas coisas, especialmente aquelas que dizem respeito a sua programação. No website da Rede TV! ainda se anuncia na apresentação do programa, que o “É Notícia”, do Kennedy Alencar, é reprisado às segundas-feiras. Não é há muito tempo.

Correndo atrás A produção do “Fantástico” tem alguns nomes em vista, mas ainda não fechou quem será o próximo ou a próxima do “Medida Certa”. A estreia do quadro, nos mesmos moldes das edições anteriores, deve acontecer em meados de setembro.

Tempo necessário

Tempo ao tempo

Embora já existam autores interessados, a direção de Entretenimento da Globo vai evitar a escalação de Nanda Costa para qualquer outro trabalho este ano. Em vias de sair na capa e recheio da “Playboy”, ela ainda terá um tempo para que todos esqueçam a Morena de “Salve Jorge”.

O novo vice-artístico da Record, Marcelo Silva, ainda está tomando o pé da situação. Nenhuma grande medida foi anunciada até agora, porque antes de tudo ele precisa conhecer melhor o real desempenho de cada setor. As primeiras alterações mais drásticas só devem acontecer no decorrer de agosto.

Tem que justificar Também na Globo, a ordem é se ajustar aos novos tempos. Gravações de novelas e séries em países mais distantes, por exemplo, somente se o roteiro realmente exigir, houver a necessidade – como foi o caso de “Joia Rara” no Nepal. Exemplo que não deu certo é o de “Sangue Bom”. Tentaram gravar algumas cenas em Berlim, mas mandaram fazer tudo por aqui mesmo.

Um pouco de show “Joia Rara”, a próxima das 6, na Globo, já está num ritmo bem aceitável de gravações. Deve estrear com certa folga. É uma novela que vem exigindo cuidados redobrados da sua produção, porque são muitos os detalhes, como no caso da personagem da Mariana Ximenes. Existe todo um pessoal envolvido com música e dança em torno dela.

PALAVRAS CRUZADAS DIRETAS

www.coquetel.com.br Cantor e compositor de "Ébano" (MPB) Procedimento de rejuvenescimento facial

© Revistas COQUETEL 2013

Esporte Mário Soares, olímpico político de Robert português Scheidt

Extensos; compridos

Vogal que indica o masculino

Provocar assombro

Objetivo ausente na entidade filantrópica

Brilhantes; cintilantes Receita Federal (sigla) Atração do mirante Excessivamente

Apêndice da xícara

Consente; concorda Acusada em processo penal

A S Imprensa, em inglês

"(?) Internacional", filme de Hitchcock

Animalsímbolo da Rússia Elogios; apologias (fig.) Ponto cardeal do amanhecer (abrev.)

A

Ave de plumagem rosada

Forma do martelo Enfeite de cabelos

Albert Eckhout, pintor holandês

Rondônia (sigla)

Mastro de bandeiras Apatia (fig.) Pó de flores Invento de Dunlop

Pipoca, em inglês Ninharia Projeto de Darcy Ribeiro (RJ)

Obrigar a fazer algo Tecido fino de seda ou náilon

Período de maior atividade corporal

Dissimula Félix Pacheco, poeta

A menor flexão verbal

Divisão urbana Brinquedo giratório

Máquina da indústria têxtil A origem da palavra "peteca"

Movimento inicial do bumerangue

D. João (?), rei luso do séc. XVII

OL

AP

www.coquetel.com.br

O O S R F N U I E N L OA S O L P A U N C P O R N Z A E T U P I I V Ç Ã O I O S

Nas baNcas e livrarias

N O S G E M O A S R I I N G T A R CO I M R G A A E T I E A D A T A R

lver o s e r ê c o v a r pa

Solução L U M I I S A Z T M A I E S S L A M O O D A I E P A O F P D I C N O E G R M E N

Os enigmas de Sherlock

55

L P A S D E P R F R N A C D I O I N A D C O

BANCO

Eduardo Moscovis, ator carioca

4/anui. 5/press. 7/popcorn. 10/degradação. 11/comentários. 15/laser fracionado.

Lista organizada de nomes Processo natural como a erosão Notas

HORÓSCOPO ÁRIES - (21/3 a 19/4) – Intuição, pressentimentos, sensibilidade e mergulho em questões psicológicas e emocionais. Um dia em que você pode estabelecer uma bela ponte entre a razão e a emoção. Entreguese aos mistérios. Aceite aquilo que a mente racional não explica, mas o coração sente. Setor mais Protegido: Sentimental TOURO – (20/4 a 20/5) – Até dezembro há a tendência a reavaliações na carreira e nas inovações nela desejadas. Importante se comunicar com sensibilidade, abrindo o coração e ouvindo a intuição. Os relacionamentos alinhados com propósitos espirituais se aprofundam e se intensificam. Setor mais Protegido: Sentimental GÊMEOS – (21/5 a 21/6) – Revisão nos planos para o futuro, amizades e identidade grupal e social até dezembro. Dia importante para o trabalho, as emoções, as finanças. Recuperação física e energética. Momento que oportuniza a revelação dos seus valores mais essenciais. Viva de acordo com eles. Setor mais Protegido: Sentimental CÂNCER – (22/6 a 22/7) – Sol e Lua em signos de elemento água intensificam os sentimentos e sensibilidade dos cancerianos. Você se sente mais sintonizado com profundas emoções e com a intimidade transformadora. Urano fica retrógrado e até dezembro você reavaliará mudanças na carreira profissional. Setor mais Protegido: Profissional LEÃO – (23/7 a 22/8) – Uma regeneração emocional e espiritual está ocorrendo. Entregue-se a este processo. Dia de importantes revelações e intuições. O mais importante é o que se passa dentro de você. Urano muda o movimento e haverá reavaliações em viagens, estudos e questões legais, leonino. Setor mais Protegido: Profissional VIRGEM – (23/8 a 22/9) – As mudanças em questões emocionais e financeiras passam por revisões até dezembro. Hoje o dia favorece um diálogo profundo. Palavras que brotam do coração e não da razão. Novas situações estão se desenhando em termos de amizades, empresas e projetos conjuntos. Setor mais Protegido: Sentimental

·Baseado na obra de sucesso do finlandês Reijo Mäki, o canal +Globosat estreia na segunda-feira, dia 29, às 22 horas, a série “Vares – Beijo do Mal”. .. ·... A produção acompanha o investigador particular Jussi Vares em seu trabalho. ·Silvio Santos voltará a gravar os seus programas na outra semana. ·Aquela ”Bolada da Sorte”, no “Programa do Ratinho”, é uma coisa meio esquisita... ·... A primeira gravação, onde o cidadão ouve a piada, realmente não é cobrada, só que daí em diante começa a custar R$ 1,99. ·As pessoas que têm ligado, e as reclamações que chegam aqui são muitas, falam que isto é o tipo da coisa que faz lembrar os tempos do famigerado 0900. ·O Arte 1, da Band, está cumprindo inteiramente o seu compromisso com a alta qualidade. Todos os seus programas são muito bons... ·... Agora mesmo está no ar, em diversos horários, uma série em homenagem ao Luiz Sérgio Person... ·... No programa deste domingo, por sinal, irá ao ar uma entrevista exclusiva com a esposa do cineasta, Regina Jahé, e suas filhas Marina e Domingas Person. ·Depois de um descanso rápido de 15 dias, Marcelo Parada já reassumiu o comando do jornalismo do SBT.

C’est fini A direção do SBT está disposta a investir no seu elenco e trabalhar na imagem de cada um. Caso a caso e sem que isto interfira nas suas reais características. É o tal do verniz, algo muito próximo, por exemplo, do que foi feito com a Sabrina Sato, que mesmo saindo de um programa popular tem força comercial e trânsito livre nas mais diferentes áreas. Então é isso. Mas amanhã tem mais. Tchau!

SPC

LIBRA – (23/9 a 22/10) – Parcerias e relacionamentos passam por revisões até dezembro. Novo movimento de Urano. O espaço à individualidade é fundamental nas relações e isso será questionado, libriano. Dia importante para as situações profissionais e financeiras, com bons resultados. Setor mais Protegido: Sentimental ESCORPIÃO – (23/10 a 21/11) – A Lua em seu signo está em contato com Mercúrio. Coração e cabeça dialogam. Excelente dia para seguir a intuição e para compartilhar sentimentos e idéias, escorpiano. Confiar e compartilhar têm um poder curativo. E é tudo o que você precisa neste momento. Setor mais Protegido: Sentimental SAGITÁRIO – (22/11 a 21/12) – Mudanças afetivas passam por reavaliações até o mês de dezembro, sagitariano. O trânsito retrógrado de Urano pede que não seja impulsivo e egoísta nas questões amorosas. Dia que evidencia finanças e sentimentos compartilhados com os familiares. Setor mais Protegido: Sentimental CAPRICÓRNIO – (22/12 a 19/1) – Questões familiares, relativas à casa e imóveis passam por revisões até dezembro. Cuidado com atitudes precipitadas. Conscientize-se do que verdadeiramente você quer se libertar. Um dia benéfico ao entendimento emocional nas relações. Seja compreensivo. Setor mais Protegido: Sentimental AQUÁRIO – (20/1 a 18/2) – Dia que favorece o desenvolvimento profissional, se você faz as coisas com amor. Seus talentos estão em evidência, bem como a capacidade de renascer e de ajudar quem precisa. Fase importante de ajustes, de lidar com situações difíceis. Setor mais Protegido: Profissional PEIXES – (19/2 a 20/3) -Reconsiderações sobre seus valores, finanças, talentos e individualidade, pisciano. Até o mês de dezembro você estará reavaliando suas prioridades e como lida com o dinheiro. O dia beneficia atitudes carinhosas, sensíveis e a intuição que mostra caminhos importantes. Setor mais Protegido: Profissional

Só Pra Contrariar planeja turnê internacional e sonha com parcerias

O

Só Pra Contrariar está de volta com a formação original e cheio de planos para celebrar os 25 anos do grupo. Alexandre Pires, Fernando Pires, Serginho Sales, Luisinho Vital, Hamilton Faria, Alexandre Popó e Juliano Pires estão juntos novamente fazendo uma turnê pelo Brasil, que deve seguir por outros países e virar um DVD.

O projeto deve durar dois anos e promete surpresas para os fãs. Para a gravação do DVD, em agosto, em Porto Alegre, o grupo de Uberlândia prepara algumas parcerias. Uma é com a cantora cubana Gloria Estefan, a quem chamam de “madrinha internacional” por causa do dueto com Alexandre Pires na música “Santo santo”. Outra, ainda não confirmada, é com a dupla sertaneja Jorge e Mateus.

O show, que está em turnê desde maio, é recheado de sucessos como “Essa tal liberdade”, “A barata”, “Tão só”, “Depois do Prazer”, “Mineirinho”, entre outras. Além disso, tem canções novas para a gravação do DVD. Com o repertório eles pretendem ir além das fronteiras brasileiras e fazer uma turnê internacional. Um trecho do show de 25 anos do SPC dá outra ideia de projeto que pode estar por vir. A banda sempre toca sucessos de outros grupos que explodiram nos anos 90, como Negritude Júnior e Katinguelê, e imagina como seria fazer um grande show reunindo a nata da década do pagode romântico. “Temos um momento que fazemos um pout-porrir com músicas de Negritude Júnior, Katinguelê, Raça Negra, e a galera sempre canta. Quem sabe se a gente pudesse fazer um show e tocar todo mundo junto, seria maravilhoso. A gente sente com o público que seria um sucesso”, contou Alexandre Pires.


4

DIVERSÃO&ARTE

TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - DOMINGO, 21 DE JULHO DE 2013

“A vida é uma peça de teatro que não permite ensaios. Por isso, cante, chore, dance, ria e viva intensamente, antes que a cortina se feche e a peça termine sem aplausos”

RANDÃO

CHICO B FOTOS BY

C

super a m u , a r i e de Oliv a s o b r a B nossa o m ã e d n a t a r n o B p Nicole iver, des v e cante d r a a d m n li e , e a c h o gatin beleza d a m u m o c sociedade

os que iv o n e d l a s a t Attard, c n e olteiro s m e lé d C a e id v io r a ó r Marigia Ten s se prepara para deixa o estilo im s ís o lt d a to m a e encanta tembro e s e d s ê m no próximo

tenegro, n o M la u a P iga Ana m a a cerá o id e r r e e u m q e a r s p s o m An top, se o d p o t a usos ic d la p a s o s uma mé s o o e os n nosso carinh

Saiba lidar com convidados inconvenientes sem estragar o casamento

Q

uem nunca assistiu a cenas constrangedoras em casamentos? Ou é o primo metido a engraçadinho que começa a fazer piadas envolvendo as ex-namoradas do noivo; a amiga da noiva que bebeu demais e decidiu discursar aos gritos ou até aquele colega que resolveu brincar de pega-pega com as crianças no meio do salão. Essas não são cenas incomuns, mas o difícil é saber lidar com elas sem causar constrangimentos aos outros presentes ou aos próprios noivos. CONVIDADO (A SE RETIRAR) Pedir para um convidado sair da festa deve ser evitado, a não ser quando não há mais jeito de contornar a situação. Elisa Tavares, uma das sócias da assessoria de eventos Boutique de

Três, conta uma situação que foi extremamente constrangedora para os convidados. “Um casal bebeu muito e decidiu namorar de uma maneira quente demais. A moça era uma colega de trabalho do noivo. Avisado, o noivo deu o sinal verde: ‘pode retirá-la da festa’.” E assim foi feito, com toda a discrição necessária. Outra maneira de lidar com o problema, segundo Luciano Martins, empresário e responsável pelo espaço de eventos Casa Petra, localizado na zona Sul da capital paulista, é convidar gentilmente a pessoa que está passando dos limites a se dirigir a uma área reservada e se oferecer para chamar um táxi ou, se esse ainda não for o caso, entretê-la conversando sobre assuntos variados. Ou seja, a distanciando dos

Fonte da juventude

alegre, pedimos para os garçons servirem mais água, suco e outros convidados. refrigerante”, diz Nuria O mais importante é agir rapidamente. “Basta Belizario, proprietária um bêbado para acabar com uma festa inteira”, da assessoria de afirma Martins. E, se o convidado trapalhão casamento Le insistir em suas inconveniências, aí não tem Mariage. Servir águas jeito: é preciso chamar os seguranças, que aromatizadas e deverão agir com total discrição. “Já ao primeiro sucos diferentes é uma opção chique, elegante alerta, os seguranças devem ficar ao lado do e gostosa. Outra boa medida de precaução, diz ‘problema’, fato que pode evitar mais excessos”, Nuria, é o garçom observar durante a festa quem aconselha o empresário. já está mais alegre do que o habitual e diminuir BEBIDA COM LIMITE o ritmo de sua bebida. E nada de demorar Atitudes desagradáveis, muitas vezes, estão para oferecer o prato principal, acrescenta Elisa ligadas ao excesso de bebida e, por isso, é Tavares. “Se demorar muito, os convidados preciso que as equipes da organização e do já engatam na bebida e podem dar trabalho bufê fiquem atentas e trabalhem em conjunto. depois”. “Também é recomendável servir mais Se percebemos que o pessoal está muito opções de bebidas após o jantar”, diz a assessora

FOTOS BY CHICO BRANDÃO

O

Novidades no Mar Hotel

Marigia & Clément

U

m amor que atravessou continentes. Assim pode ser descrito o enlace entre os jovens Marigia e Clément, que acontece no mês de setembro. Para celebrar a união, uma cerimônia em Maceió, no dia 7 de setembro, onde moram os pais da noiva, e a outra no dia 21 de setembro, em Bordeux, na França. Mas a sofisticação não para por aí. Os pais da noiva, Fátima e Eraldo Tenório, preparam um super roteiro para que os convidados possam compartilhar esse momento tão especial na vida dos noivos e da família. Será simplesmente inesquecível. Daqui, só podemos desejar toda felicidade do mundo aos noivos.

Nuria, já que, com o estômago cheio, os efeitos do álcool serão minimizados. HISTÓRIAS SEM GRAÇA Em festas de casamento, também é bastante comum ter engraçadinhos que costumam estragar a magia do momento, contando histórias do passado do casal. “Vale sempre ter um plano contra pessoas sem limites. Também vale dar um toque aos engraçadinhos de plantão, que adoram constranger, principalmente o noivo, com histórias picantes do passado. “A pior coisa é fazer brincadeiras envolvendo o nome de ex-namoradas ou, no caso da noiva, de ex-namorados”, finaliza Marcelo Bacchin.

e uns tempos pra cá, o botox firmou lugar na cabeça da mulherada. E não é mais privilégio do rosto: agora virou opção também para os cabelos. A intenção, como no tratamento de pele, é preencher as zonas danificadas – e dar aquela esticada nos fios! Porém, apesar do nome e do efeito de “preenchimento”, as fórmulas do botox facial e do capilar não são as mesmas. O primeiro produto, baseado em toxina botulínica, é aplicado no consultório médico e atua “paralisando” a pele, tirando-lhe o aspecto enrugado. Já o segundo, especial para a escova utilizada nos salões de beleza, atua na fibra capilar com o aminoácido cisteína, responsável por recuperar os fios e conferir igual espessura da raiz às pontas. O resultado é um alisamento natural e cheio de movimento – com a vantagem de a escova de botox não conter formol, produto contraindicado e pra lá de perigoso para a saúde. O efeito nos cabelos dura aproximadamente três meses e, depois disso, os fios voltam à estrutura original.

Mahogany

29.11 Café & Bistrô

O

Mar Hotel Recife (PE) está em plena renovação. Além de estar com um novo bloco em construção, que acrescentará 130 novíssimos apartamentos executivos ao hotel, o atual prédio vai ganhar um novo andar VIP. Composto por 22 apartamentos, o 15º piso do Mar Hotel, antigo centro gastronômico, passará a conter novas acomodações. Quem optar por se hospedar neste andar exclusivo, depois de concluído, contará com vista privilegiada e amplos ambientes, além de privacidade e conforto. O empreendimento hoteleiro passará a oferecer, em 2014, 382 unidades habitacionais.

N

A

Alecrim

coluna TopNews tem uma excelente dica para você neste fim de semana. O Alecrim Verde, das amigas Elaine, Eliane e Zilma Tenório, serve deliciosos pratos todos os dias, no almoço e no jantar. A casa, localizada na Ponta Verde, é uma das mais concorridas da cidade. Não deixe de saborear as delícias do Alecrim.

A

Presente

presidenta Dilma Rousseff presenteará o papa Francisco com a escultura de um frade, feita pelo artista plástico paranaense João Turin, que morreu em 1949. A escultura de cobre tem 44 centímetros e retrata um religioso de meia idade, com um livro nas mãos. Dilma ficou encantada com a obra quando a viu em junho, exposta na capital paranaense. Os curadores da mostra disseram à presidenta que gostariam de que a escultura chegasse a Francisco. Dilma entregará a escultura ao papa na próxima segunda-feira (22), quando ele chega ao Rio para participar da Jornada Mundial da Juventude.

U

Schutz 285 Mário de Gusmão está se despedindo deste inverno em alto estilo. A Schutz Sale já esquentou o clima das lojas e para ficar ainda mais irresistível a temporada de last days chega com tudo para fazer a temperatura ferver com a entrada das remarcações up to 60%. Na compra de um par a cliente ganha o desconto de 40%, se levar dois pares garante 50% e a partir de três pares o desconte é de 60%. E ainda dá para parcelar em quatro vezes nos cartões. Mas como diz o ditado “O que é bom, dura pouco”. Melhor correr e aproveitar os últimos dias da #SchutzSale inverno 2013.

m dos mais novos associados à Associação Brasileira de Bares e Restaurantes de Alagoas, o 29.11 Café & Bistrô, já está usufruindo dos benefícios disponibilizados pela entidade. Prova disso, será a sua participação efetiva na II Semana de Conhecimento Abrasel. Durante os próximos dias, uma equipe de colaboradores do Bistrô irá se alternar, entre os cursos, palestras e oficinas da II Semana de Conhecimento em busca de capacitação, e novas informações que certamente serão transformadas em benefícios aos clientes da casa.

Na telona

Luz da Lua

Jéssica Marques e Estefane Bernardi, duas belas gatas que brilharam no último dia 12 no aniversário de Marlene Leite no belo restaurante Maria Antonieta

ão consegue tirar os olhos dele? Aproveite o Dia dos Pais para demonstrar o quanto ele é especial. Presenteie com a fragrância Tabak, da Mahogany. Você encontra esse e outros perfumes na loja dos amigos Lívia e David Pereira, localizada no 2º piso do Maceió Shopping.

om o setor aquecido no Brasil e no mundo, cresce cada vez mais a procura por profissionais especialistas em Petróleo e Gás. No nordeste, por exemplo, começaram a surgir demandas do présal. Visando atender a um público de alunos específico, a União de Faculdades de Alagoas (Unifal) inseriu em sua programação o curso de especialização em Petróleo e Gás. As matrículas já estão abertas e, assim como os demais cursos da instituição, a pós-graduação é presencial e tem duração de 18 meses. As aulas serão ministradas por professores do eixo Rio-São Paulo a partir do dia 3 de agosto e visam formar profissionais com conhecimentos sobre o desenvolvimento do setor no Brasil e no mundo, a fim de atuar na área.

Botox no cabelo

D

Frotox, também chamado de Focus Cold Therapy, ainda está em fases de estudos lá fora e promete suavizar as rugas tão bem quanto seu antecessor. A diferença é que a técnica usa o frio (nitrogênio líquido), sem qualquer toxina, para congelar e desativar temporariamente os nervos de determinados músculos da face. Divulgado no último Anti Aging Medicine World Congress, em Mônaco, a vantagem é que o método causa menos desconforto e pode ainda ser feito por mulheres com alergia ou resistência às substâncias da toxina botulínica. E aí, será que a novidade pega por aqui?

Procura-se

A

Lasr days Schutz

A

caba de ser divulgado o trailer do longa “The Fifth Estate”- “O Quinto Estado” em tradução livre -, que conta a história do site Wikileaks e de seu controverso fundador, o australiano Julian Assange, que liberou informações sigilosas militares de operações dos Estados Unidos no Iraque e no Afeganistão para a mídia mundial. Em tempo: Julian Assange vive hoje exilado na embaixada do Equador em Londres, depois de ter sido condenado em um caso de abuso sexual na Suécia. O jornalista já declarou ser contrário ao filme.

Todas as correspondências, como convites para esta coluna, e para Elenilson Gomes, deverão ser enviadas para Av. Sandoval Arroxelas, 840, Edf. Calliate Ap. 204 PV. CEP: 57035-230

E

mpresária Ângela Monteiro ultimando os preparativos para a inauguração do seu novo empreendimento, a loja Luz da Lua, que abrirá as portas no Maceió Shopping, no dia 1º de agosto. Será um sucesso, sem sombra de dúvida.

Andrea e Moacira Cunha, empresárias consagradas na moda alagoana, apresenta neste domingo, da maison Casa Moa, um modelo exclusivo da Animale, que já está com uma grande festa de preços. A loja está localizada na Av. Deputado José Lages. Vale a pena conferir!

g


TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - DOMINGO, 21 DE JULHO DE 2013 VEÍCULOS 17

Veículos

Bravo Wolverine estreia nas concessionárias Fiat do Brasil Enquanto o filme Wolverine - Imortal chega aos cinemas, a Série Especial Bravo Wolverine chega à rede de concessionárias Fiat. Essa parceria inédita com a Fox Film, além de ampliar as opções na gama do Bravo, deixa o modelo muito mais atraente para conquistar o público que gosta de ser reconhecido pela escolha e não abre mão de exclusividade. Esta Série Especial, que parte da versão Bravo Essence 1.8, ganha conteúdos tecnológicos muito desejados pelo consumidor.

FORD apresenta o New Fiesta sedan 2014

Com preço a partir de R$ R$49.990 o modelo é um compacto premium

A

Ford apresentou o New Fiesta Sedan 2014, que chega no mercado a partir deste mês. Lançado no Brasil simultaneamente com a América do Norte, é um carro completo e sofisticado, desenvolvido para atender uma nova geração de consumidores. Ele chega com preço a partir de R$ R$49.990 e destina-se ao segmento de compactos premium. As duas versões de acabamento do veículo, SE e Titanium, são as mais completas da categoria. Ambas são equipadas com motor Sigma

1.6 TiVCT de 130 cv, com sistema de partida a frio “Ford Easy-Start” e a opção de transmissão manual ou automática PowerShift, com padrão A de economia com etanol ou gasolina. “O New Fiesta Sedan complementa a família com uma opção moderna e que surpreende pelo conteúdo diferenciado na categoria. Ele foi projetado para ser a nova referência do segmento”, diz Oswaldo Ramos, gerente geral de Marketing da Ford.O New Fiesta Sedan também é um dos mais seguros do segmento.

Dirigibilidade é o ponto forte do Sedan. Motor é o Sigma 1.6 16V TiVCT, produzido em alumínio e com duplo comando de válvulas variável

TECNOLOGIAS

Garmin lança GPS com projeção de imagens A Garmin, empresa norte-americana de tecnologias de navegação, apresentou este mês um GPS que projeta as informações da rota, tráfego e direções desejadas em uma pelicula fixada no para-brisas do veículo. O aparelho tem funcio-

namento semelhante ao do Head-Up Display, equipamento presente apenas em veículos de luxo, fazendo com que o motorista não desvie o olhar da estrada. Além das informações fornecidas pelo GPS, o dispositivo também pode ser

conectado a smartphones compatíveis com os aplicativos Garmin Street Maps e Navigation, sistemas de áudio do veículo e Bluetooth. A Garmin divulgou que o aparelho chegará ao mercado norte americano até setembro por US$

129 (cerca de R$ 291). É mais um avanço tecnológico ao alcance do consumidor que exige sofisticação e qualidade em acessórios para o seu carro. O GPS é um equipamento cada vez mais utilizado por diversos condutores.


18

VEÍCULOS MACEIÓ - DOMINGO, 21 DE JULHO DE 2013

TRIBUNAINDEPENDENTE

Ford começa a produzir cargo extrapesado no Brasil Marca não diz quantidade que está produzindo nem fala sobre sua meta de vendas

A

Ford celebrou a produção do primeiro Cargo extrapesado na fábrica de São Bernardo do Campo, no ABC paulista, na manhã da terça-feira, 25. Apesar de já estar sendo produzido em série, o modelo, responsável por colocar a Ford neste segmento, só estará disponível nas concessionárias em setembro. O novo diretor de operações de caminhões da Ford América do

Sul, Guy Rodriguez - que substitui Oswaldo Jardim (leia aqui) -, conta que a capacidade produtiva da unidade não foi alterada para antecipar as vendas. “Temos cerca de 700 funcionários trabalhando em um turno, durante cinco dias, o que nos capacita a produzir tanto o extrapesado como a nova Série-F, que começa a ser fabricada no ano que vem (leia aqui). Atualmente, a planta é ca-

paz de fazer 160 caminhões por dia, volume ao qual temos nos aproximado”, comentou Rodriguez. Algumas alterações foram feitas na unidade para receber o novo caminhão. Uma das mudanças foi a elevação do teto e dos transportadores aéreos para acomodar a cabine de tamanho maior. A Ford diz que a linha de montagem também recebeu novos equipamentos para garan-

tir o nível de qualidade e produtividade, mas não revela quais. Tanto o desenvolvimento do Cargo, que é o primeiro caminhão global e também o primeiro extrapesado da marca, quanto a adaptação da fábrica, foram realizados com parte do investimento de R$ 670 milhões, que tem sido aplicado pela Ford Caminhões no período 2011-2015 para ampliar a sua participação no seg-

mento de comerciais. O maior dos Cargo, segundo Oswaldo Jardim, que participou de todo o seu projeto, começou a ser desenvolvido em 2009 em parceria com a Ford Turquia, onde o já é vendido desde janeiro deste ano. É equipado com motorização FPT de 420 cavalos de potência tanto para o modelo com tração 6X2 (configuração Cargo 2042) quanto para o 6X4 (Cargo 2842).

VFR 1200X

Pacote completo de acessórios A motocicleta VFR 1200X Crosstourer acaba de ganhar um pacote completo de acessórios para facilitar a rotina dos motociclistas na hora de pegar estrada. Disponível por meio das concessionárias Honda Dream, o novo conjunto é formado por seis itens fundamentais em viagens mais longas: cavalete central para estacionamento, parabrisa dianteiro estendido, protetor de carenagem, kit de malas laterais, bolsa interna e top box. As novas malas laterais e a top box permitem um transporte mais prático das bagagens. Com o cavalete central, é possível estacionar a motocicleta com a roda traseira, o que facilita o manuseio do bagageiro e a realização de manutenção. Completando o pacote, o parabrisa estendido protege o motociclista. O conjunto tem preço de R$ 12.032,99 e itens podem ser vendidos separadamente

KM

Aprenda a calcular o consumo Ford não revelou detalhes do novo modelo que passa a fazer da linha Cargo e nem preço do extrapesado brasileiro (preços do segmento giram de R$ 350 mil a R$ 400 mil)

PRÊMIO

Fox Bluemotion utiliza motor três cilindros

Carro que é 1.0 já é considerado o mais moderno feito pela Volkswagen no Brasil A novidade do Fox Blue-

motion 2014, apresentado

na semana passada em Campinas (SP), é motor 1.0 de três cilindros, o mais moderno feito pela Volkswagen no Brasil. As vantagens dessa tecnologia são redução do consumo e de emissões de poluentes. O motor, feito na fábrica de São Carlos (SP), tem 75 cavalos de potência quando usa gasolina e 82 cv com álcool. O bloco e o cabeçote são feitos de alumínio, o que reduz o peso é 24 kg mais leve que o motor anterior. Ele acelera de 0 a 100 km/h em 13,5 segundos

e atinge 166 km/h. Com etanol, faz 0 a 100 km/h em 13,2 segundos. A redução no consumo de combustível é de 17%, segundo a fábrica. Outra melhoria é o sistema de partida a frio, que dispensa o tanquinho de gasolina: o álcool é aquecido em câmaras ao lado das válvulas injetoras. Basta um toque na chave para iniciar o processo de partida, mas o motorista precisa acionar o pedal de embreagem. O Fox 1.0 Bluemotion é o quinto modelo da VW com essa tecnologia, que tem como objetivo tornar a mobilidade Modelo VW Fox Bluemotion tem 75 cavalos de potência quando usa gasolina e 82 cv com álcool sustentável.

CAMATTE

ANEF

Toyota criou um carro elétrico para crianças (foto), o Camatte, que atinge 40 km/h e tem lugar para os pais, que vão no banco traseiro e têm acesso aos comandos, que podem ser acionados caso eles percebam que a criança está conduzindo o veículo de forma perigosa. O objetivo da montadora é transformar as crianças de hoje, em fãs de carros do amanhã, conforme o representante da montadora japonesa, Kenji Tsuji, criador do carro. O Camatte ainda é apenas um protótipo, pois ainda não foi submetido aos testes de segurança. Se aprovado, entrará em linha de montagem.

A liberação de recursos para o financiamento de veículos (foto), fechou abril com um desempenho melhor em relação aos outros meses do ano, mostrando crescimento de 8,5% segundo a Anef, a associação das financeiras das montadoras. Com o IPI reduzido até o final de 2013, as financiadoras também conseguiram bons resultados, apresentando um aumento na liberação de recursos. Em abril foram liberados R$ 9,8 bilhões, contra R$ 9 bilhões em março. A expectativa é de um crescimento de 6% este ano. A inadimplência teve uma pequena queda com relação ao mês de abril de 2012. Hoje o índice é de 6,3%, contra 7% há 12 meses.

Toyota desenvolve carro para criança

Aumentam os recursos para financiamento

Acompanhar o consumo médio de seu veículo ajuda na identificar problemas. Para começar procure completar o tanque. Em seguida, zere o hodômetro parcial. No próximo abastecimento, verifique quantos litros foram utilizados para completar o tanque novamente.Se você fizer a divisão dos quilômetros rodados pela quantidade de litros, terá a média em quilômetros por litro (km/l). E quem prefere saber o valor gasto em reais por quilômetro percorrido também pode fazer uma conta simples para chegar à resposta. O princípio é praticamente o mesmo. Comece abastecendo o veículo e zere o hodômetro. Assim que abastecer novamente, complete o tanque e anote quantos reais gastou. Daí é só dividir o valor gasto pelo número de quilômetros marcados no hodômetro. O resultado será o valor gasto por quilômetro rodado. O consumo pode variar conforme trajetos, bem como do modo de condução de cada motorista e das condições do trânsito. Motoristas que tendem a “pisar” mais visitar com frequência os postos de abastecimento.

HONDA

CBR 1000RR Fireblade e GL 1800

Verdadeiros sonhos sobre duas

rodas, os modelos Honda CBR 1000RR Fireblade (foto), e GL 1800 Gold Wing se apresentam na versão 2013 com novas cores. Descendente direta das pistas, a CBR 1000RR Fireblade chega às com duas opções inspiradas nas motocicletas do Team Honda nos campeonatos de MotoGP e Endurance. A primeira traz a cor do “Repsol Honda Team”, disponíveis nas versões Standard e ABS. Já a opção baseada na motocicleta do campeonato de Endurance é branca com detalhes em azul e vermelho, apenas na versão


TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - DOMINGO, 21 DE JULHO DE 2013 BRASIL 19

Brasil recebe 2ª feira o papa Francisco Mais de um milhão de jovens de todo o mundo participam da Jornada Mundial da Juventude no Rio REUTERS

C

om um público estimado em 1,5 milhão de pessoas, a Jornada Mundial da Juventude (JMJ) 2013 ocorre entre os dias 23 e 28 de julho, no Rio de Janeiro. O evento, realizado a cada dois ou três anos, promove um encontro internacional de jovens católicos o Papa. A última edição da JMJ ocorreu em 2011, em Madri, na Espanha, e reuniu

cerca de 2 milhões de pessoas, de mais de 190 países. O evento marca também a primeira grande visita internacional do papa Francisco desde sua nomeação como líder máximo da Igreja Católica, em 13 de março desde ano. O Pontífice chega ao Rio de Janeiro na tarde deste segunda-feira com retorno a Roma previsto para o dia 28. O DIA

As obras do Campus Fidel estão sendo finalizadas para que, na quinta-feira, o papa Francisco reze a primeira missa no Brasil

Papa Francisco chega ao Brasil nesta segunda-feira na primeira grande visita internacional

CATÓLICOS

RECEPÇÃO

A Igreja latino-americana conta com 432 milhões de fiéis, de um total de 1,2 bilhão no planeta, segundo a Conferência Episcopal da América Latina (Celam), com sede em Bogotá. Porém, a região só tem 15 cardeais em atividade (sem incluir os dois do Caribe, o de Cuba e o outro da República Dominicana), que são os mais altos prelados e que participam da eleição do Papa, caso tenham menos de 80 anos. O país latino-americano com maior porcentagem de católicos em relação à população é o Paraguai (89%), seguido pelo México (87%); e o de menor porcentagem é o Uruguai (47%), seguido pela Bolívia (59%). A Celam não tem informações sobre os países caribenhos, mas a Igreja cubana estima que haja 10% de católicos no país. EVASÃO O Brasil, país com o maior número de católicos do mundo, tem registrado uma queda desses fiéis e um crescimento dos evangélicos, espíritas e daqueles que se declaram sem religião. O catolicismo foi a religião oficial do Estado brasileiro até 1891, quando a Constituição Republicana instituiu o Estado laico. Apesar da diversidade de crenças, a população brasileira é majoritariamente cristã, sendo a maior parte católica.

Francisco com a escultura de um frade, feita pelo artista plástico paranaense João Turin, que morreu em 1949. A escultura de cobre tem 44 centímetros e retrata um religioso de meia idade, com um livro nas mãos. Dilma ficou encantada com a obra quando a viu em junho, exposta na capital paranaense. Os curadores da mostra disseram à presidenta que gostariam de que a escultura chegasse a Francisco. No último dia 15, Samuel Ferrari Lago, responsável pelo acervo de João Turin, entregou a peça ao Palácio do Planalto. Dilma entregará a escultura ao papa nesta segunda-feira quando ele chega ao Rio para participar da Jornada Mundial da Juventude. “Não tenho dúvida de que

A cruz peregrina, um dos símbolos da Jornada Mundial da Juventude no Rio de Janeiro passou por Penedo, em janeiro deste ano REUTERS

Maior número Escultura de um frade será está entre os o presente da presidenta Dilma Rous- o presente estará em boas países latinos seffA presidenta presenteará o papa mãos. Será um pedacinho do

Sua agenda no Brasil contempla a visita à comunidade de Varginha, no complexo de Manguinhos, na zona norte do Rio, e ao Hospital São Francisco de Assis. Além disso, terá um encontro com a sociedade no Theatro Municipal, no centro da cidade, e ao Santuário de Aparecida, em São Paulo. O ponto alto fica por conta de duas grandes celebrações na praia de Copacabana, na zona sul do Rio, nos dias 25 e 26. A programação do primeiro dia da visita do Papa Francisco ao Rio de Janeiro inclui um trajeto de papamóvel pelas ruas do Centro do Rio de Janeiro nesta segunda-feira. Todo o Séquito Papal se deslocará para o Palácio Guanabara, de helicóptero, não acompanhando o Santo Padre no passeio de papamóvel pela cidade. O Papa vem ao Rio para participar da Jornada Mundial da Juventude (JMJ Rio2013). Ao desembarcar na base área do aeroporto Galeão, às 16h, o Papa Francisco segue de carro fechado até a Catedral Metropolitana. Lá, o Santo Padre embarcará no papamóvel, no qual circulará por ruas do centro da cidade. “A decisão corresponde à vontade do Santo Padre de aproximar-se, desde sua chegada, da população e atende, ainda, a questões logísticas ligadas ao deslocamento pela cidade”, de acordo com nota oficial do COL. TWITTER O Papa Francisco enviou sexta-feira uma nova mensagem por meio de sua conta no Twitter (@pontifex) aos jovens católicos que participarão no Rio de Janeiro da Jornada Mundial da Juventude. “Jovens amigos, tantos de vocês já chegaram ao Rio e muitos outros estão chegando nestas horas. Faltam apenas três dias para nos vermos”, disse o Papa na versão em português de seu perfil, que ao todo soma mais de 2,8 milhões de seguidores.

SEGURANÇA

Estilo de Francisco gera dilema

Desfile do papa em carro aberto leva preocupação para o esquema montado para proteger o pontífice:”não é nada agradável”, diz general

A escolha do papa Francisco em dispensar o papamóvel blindado na Jornada Mundial da Juventude, em meio à expectativa de protestos durante o evento que começa na próxima terça-feira no Rio de Janeiro, criam um dilema para as autoridades responsáveis pela segurança do pontífice, forçando-as a adaptar suas medidas preventivas, segundo analistas ouvidos pela BBC Brasil. Na última quinta-feira, o general José Abreu, coordenador de segurança das Forças Armadas, disse em entrevista coletiva que a escolha do papa será respeitada, mas “não é nada agradável” para a segurança, ante o perigo de algum “ato hostil” na jornada, que deve atrair um público estimado em até 1,5 milhões de pessoaas.

RECUPERAÇÃO

CONSTRASTES LOCAIS

REPRESENTAÇÃO

A cadeira que o Papa vai usar em um dos eventos foi construída no interior de São Paulo por dependentes químicos em processo de recuperação.Seis dependentes químicos em processo de recuperação no Lar São Francisco, em Jaci, interior de São Paulo, foram escalados para fazer a cadeira que o Papa vai usar na visita ao hospital mantido pela instituição, no Rio de Janeiro, no dia 24 de julho.

A BBC Brasil ouviu representantes de diferentes continentes sobre suas expectativas quanto ao evento, incluindo suas percepções sobre o Brasil e o Rio de Janeiro. A maioria tende a apoiar a onda de protestos que ocorre no Brasil, e nega preocupações, apesar de citarem a criminalidade e a violência ao comentarem os contrastes locais.Entre a ala mais jovem da Igreja, há também a expectativa de que o novo papa promova reformas — distantes, porém, de temas mais “espinhosos”.

Em Alagoas, mais de 600 jovens vão participar da Jornada no Rio de Janeiro, com uma expectativa do grupo aumentar num total de até 2000 pessoas.Segundo o arcebispo de Maceió Dom Antônio Muniz diz que a expectativa para a jornada é muito boa. “Nós estamos nos preparando para este momento há um ano. A poucos dias da jornada, nós já enviamos parte dos jovens que vão trabalhar como voluntários e depois enviaremos outras pessoas”, afirmou

Cadeira foi feita por dependentes quimicos

Paraná, do Brasil, no Museu do Vaticano. A escolha da presidenta pela escultura é a valorização dos artistas brasileiros. Isso é muito importante”, disse Lago . “A escultura é lindíssima. A presidenta, quando viu, parou e ficou admirando, quis saber todos os detalhes.” Na escultura, o frade é representado como um homem de meia idade, levemente curvado, calvo e com uma longa barba. O religioso está com os olhos voltados para baixo e parece ler atentamente. O estilo de Turin é considerado, por alguns especialistas em arte, como paranista. O movimento paranista foi fundado por intelectuais e artistas que defendiam o resgate e a preservação da cultura regional do Paraná.

Jovens apoiam protestos e não temem violência

Alagoanos na JMJ podem chegar a 2 mil


20

PUBLICIDADE VEÍCULOS

MACEIÓ - DOMINGO, 21 DE JULHO DE 2013

TRIBUNAINDEPENDENTE


Edição número 1800 - 21 de julho de 2013