Page 1

DOMINGO MACEIÓ - ALAGOAS 4 DE AGOSTO DE 2013 N0 1812 R$ 3,00

TRIBUNA

INDEPENDENTE

SANDRO LIMA

EXEMPLAR DO ASSINANTE

tribunahoje.com

PREFEITURAS EM PÉ DE GUERRA POR TERRITÓRIOS SÃO AO TODO 51 MUNICÍPIOS ALAGOANOS EM CONTENDA. RAZÕES DAS DISPUTAS SÃO OS ROYALTIES DO PETRÓLEO E DO GÁS, MAIOR FPM E MAIS HABITANTES (E VOTOS). QUESTIONAMENTOS ACERCA DOS LIMITES TERRITORIAIS DAS CIDADES NUNCA FORAM DEVIDAMENTE RESOLVIDOS PELO IBGE PÁGINA 9

Funerárias formolizam cadáveres sem acompanhamento de médicos

AO LADO do prefeito Carlos Alberto Canuto, morador Sebastião de Lima mostra pedra que seria como marco na delimitação de divisa entre Pilar e Marechal

ALMAGIS É CONTRA DEMISSÃO DE JUIZ

POR LEI, ELAS TERIAM DE UTILIZAR LOCAL APROPRIADO PARA PREPARAÇÃO DE CORPOS E TER ACOMPANHAMENTO DE PROFISSIONAIS DA SAÚDE. SEM ISSO, PESSOAS PRESENTES AOS VELÓRIOS CORREM RISCO DE CONTRAIR DOENÇAS

CORRUPTO

Para o presidente da entidade Pedro Ivens a aposentadoria compulsória - pena aplicada hoje a juízes corruptos - é punição e não prêmio. A PEC 53, que tramita no Senado, propõe punições que vão de advertência à demissão.

PÁGINA 10

PÁGINA 3

MELHORANDO O IDEB

FUTEBOL

PREFEITURA INVESTE NA EDUCAÇÃO DE MACEIÓ

VASCO X BOTAFOGO E CSA X JUAZEIRENSE

Maceió retoma o trabalho na educação para mudar o quadro negativo no Ideb. Com financiamento de instituições públicas e privadas, investe para melhorar a infraestrutura, modernizar e construir 20 creches.

Sem Juninho, o Vasco enfrenta neste domingo o Botafogo, líder do Brasileirão. Já o CSA, que sequer faz gol, encara o Juazeirense e uma difícil matemática para tentar continuar na Série D.

PÁGINA 5

PÁGINA 15

SECOM AL / NENO CANUTO

AVANÇOS PROGRESSIVOS

ALAGOAS REGISTRA SEGUNDO MAIOR CRESCIMENTO NACIONAL NO IDHM 2013 Alagoas obteve o 2º maior crescimento no ranking do IDHM entre os 27 estados, o que equivale a um percentual de 33,97% de aumento, supe-rado apenas pelo Maranhão (34,24%). Na última década, itens como educação e longevidade registraram crescimento surpreendente. PÁGINA 7

TEMPO

Bom a parcialmente nublado com possiblidades de chuvas em áreas isoladas

Mínima

20º

Máxima

28º

MARÉS

02:06 08:26

1.9 14:28 0.4 20:38

1.8 0.5

FINANÇAS

DÓLAR COMERCIAL DOLAR PARALELO R$ 2,27

R$ 2,27

R$ 2,26 R$ 2,43

OURO: R$ 97,50

POUPANÇA: 0,4551%


TRIBUNAINDEPENDENTE

2 POLÍTICA MACEIÓ - DOMINGO, 4 DE AGOSTO DE 2013

Política

A ideia do projeto, em verdade, é dar uma valorização maior a escolha do eleitor. E aquele que tiver mais chance de ser eleito que se comporte, o alerta é esse”. GUSTAVO FERREIRA ADVOGADO ELEITORAL

Eleitor pode voltar as urnas este ano

Alagoas está prestes a ter eleições suplementares em algumas cidades; advogado Gustavo Ferreira explica o motivo

ESPLANADA LEANDRO MAZZINI - contato@colunaesplanada.com.br

A Justiça voa

O

vice-presidente da Câmara dos Deputados, André Vargas (PT-PR), aproveitou a interinidade no comando e usou a prerrogativa do cargo numa campanha que conotou causa própria. Fez série de quatro viagens, ‘a serviço’, em jatinho da FAB apenas na última Quarta-feira, para visitar Curitiba, Belo Horizonte e Salvador – três das quatro eventuais sedes de novos Tribunais Regionais Federais. À noite, desceu em Brasília. Foi Vargas quem promulgou, como presidente interino do Congresso, o projeto de criação dos TRF’s, em discordância com o presidente do Senado, Renan Calheiros, e o presidente do STF, Joaquim Barbosa, que apontam gasto desnecessário.

Articulação aérea.. O vice da Câmara decolou de Londrina, sua cidade, na Quarta às 7h25. Passou por Curitiba, BH e Salvador ‘para articular a criação dos TRF’s’, relatou à coluna.

.. e a jato Vargas reuniu-se com governadores, que pedem os TRF’s. Os encontros foram relâmpago, segundo diário de bordo. Não ficou mais que três horas em cada cidade.

Poderoso Na Quinta, o vice abriu mão de voo comercial, no qual costuma viajar, e requereu novo jato da FAB, para voltar para casa. Fez escala em SP ‘para deixar o Guido Mantega’.

Rede balança... Uma curiosidade da Rede de Marina Silva em levantamento feito pela coluna: não há qualquer registro do futuro partido em cartórios de Pernambuco, terra do presidenciável Eduardo Campos (PSB), e no Acre, terra natal da pré-candidata, onde imperam os irmãos Viana (PT). Em outros seis grandes estados, a Rede balança no trâmite do TRE.

.. mas não cai Há registro de assinaturas da Rede em 10 cartórios eleitorais do estado de São Paulo, onde foram expedidos os reconhecimentos apenas em São Bernardo do Campo e Ourinhos. Em 10 processos encontrados no Rio, todos ainda tramitam.

Devagar Em Brasília, de 20 processos, só dois tiveram aval dos cartórios. Em Minas, com 17 registros, houve avanços apenas em BH e Montes Claros. A Bahia conta com um processo. No Paraná, de 21 protocolos, seis foram rejeitados e o restante tramita.

(Pé)sado O governador J. Wagner (BA) está usando bota ortopédica no pé esquerdo. Igual à que Dilma usou na praia. Wagner torceu o pé em caminhada, mas não alterou rotina.

Liberou A presidente vetou o PL 6.127/09 que previa atividade exclusiva de servidores do Estado a função dos funcionários do IBGE. Ou seja, censo pode ser terceirizado.

AeroPepe Com um país deste tamanho, há quem repare no governo (e não é qualquer autoridade), o vaivém do ministro Pepe Vargas (Desenvolvimento Agrário) em jatos da FAB para agenda no RS, sua base. Viagens para Caxias, Erechim, Passo Fundo e Porto Alegre.

Toma lá, dá cá O pastor Silas Malafaia criticou no Twitter a humildade do Papa: ‘O Vaticano possui uma das maiores reservas de ouro do mundo’. Num retwitte surgiu uma resposta: ‘Vocês chegam lá, eles fazem isso há mais tempo’.

Varredura O secretário de Planejamento do DF, Luiz Paulo Barreto, pretente economizar R$ 100 milhões este ano com nova regulamentação de licitações, sem contratos emergenciais. A priori, serão para prestadores de serviços de limpeza e segurança.

Voz do povo Na página e-Democracia, do Portal da Câmara dos Deputados, há um Forum, onde o internauta pode opinar sobre a Reforma Política. A maioria das postagens são contrárias ao financiamento público de campanha.

E-Democracia A página foi criada pelo Grupo de Trabalho da Câmara em 16 de julho para dar suporte ao projeto de Reforma Política. Técnicos compilam respostas e enviam às lideranças.

Dia seguinte Da procuradora da República Raquel Dodge em relação à PEC 37 e credibilidade: ‘Foi o acordar da sociedade, em relação à mudança do desenho do MPF’.

Ponto Final Amarildo da Rocinha é a Dana de Tefé dos pobres. Onde estão? Com Maurício Nogueira e Adelina Vasconcelos www.colunaesplanada.com.br contato@colunaesplanada.com.br Twitter @leandromazzini

SANDRO LIMA

ANDREZZA TAVARES REPÓRTER

J

á disseram que Alagoas é uma ilha política no Brasil. Têm causos políticos que só acontecem aqui, e nesta seara, as eleições de 2012 nem bem terminaram e o Tribunal Regional Eleitoral do Estado de Alagoas (TRE/AL) pode determinar, pelo menos, outras quatro ou cinco eleições suplementares. Os eleitores de Palestina, Belém, Olho D’Água do Casado, Delmiro Gouveia, de imediato podem ter que voltar às urnas - tudo depende do TRE/AL. Todavia, porque isso acontece? Procuramos o especialista em Direito Eleitoral, professor universitário - e muito disputado entre os políticos - advogado Gustavo Ferreira para comentar sobre as nuances dessa guerra eleitoral. Tribuna Independente - Como funciona hoje a legislação para caso de afastamento de chefes do Executivo? Gustavo Ferreira - A jurisprudência atual da Justiça Eleitoral não é previsão legal em canto nenhum, isso foi uma criação do TSE [Tribunal Superior Eleitoral], aliás, especificamente uma criação do ministro Carlos Ayres Brito. É que quando o prefeito afastado ganhou nas eleições com menos de 50% dos votos válidos, o segundo colocado assume. Quando o prefeito é afastado e ele tiver ganho com mais de 50% dos votos válidos, aí nova eleição. Esse é o entendimento hoje do TSE. Fazendo um parêntese: votos válidos são todos os votos dados numa eleição, excluindo os brancos e nulos. Todo voto dado a um candidato, é voto válido. T.I. - O que muda com a reforma eleitoral? Gustavo Ferreira - O projeto hoje é bem interessante, ele na verdade quer que sempre tenha eleição, independentemente do percentual de votos que o prefeito teve. Porque isso? Aí tem uma motivação. Isso é interessante. Porque essa mudança? O fato de muitas vezes permitir a posse do segundo colocado, na opinião de alguns; eu não concordo. Mas na opinião de outros, tem estimulado um aumento de demanda na Justiça Eleitoral, principalmente daqueles que perderam a eleição, e o primeiro colocado teve mais da metade dos votos válidos. Ficarão com 30%, 40%, 49,9% é muito menos da metade. Então, isso está, na visão de quem elaborou o projeto, estimulando que os segundos colocados, nessas situações, entrem com demandas eleitorais para poderem assumir a prefeitura, por exemplo. Para evitar esse estímulo às ações eleitorais, aí surgiu a ideia de, ‘não, vamos diminuir isso, vamos acabar com essa possibilidade de dar posse au-

Reforma eleitoral não deve diminuir número de ações de ‘segundos colocados’, acredita advogado

Para evitar esse estímulo às ações eleitorais, aí surgiu a ideia de, ‘não, vamos diminuir isso, vamos acabar com essa possibilidade de dar posse automática do segundo, vai ter sempre nova eleição’

Dos clientes que ficaram na segunda colocação, que entramos com ação, e que automaticamente assumem, de dez, três assumem; sete é para ter nova eleição. Até por que a maioria dos municípios alagoanos só tiveram dois candidatos”.

Se perguntassem para um político se ele preferia oito anos de cadeia ou oito anos sem poder ser votado, a imensa maioria ia preferir a prisão”.

tomática do segundo, vai ter sempre nova eleição’. T.I. - Congresso vai aprovar a proposta? Gustavo Ferreira - É bem provável que o projeto seja votado este mês, não sei o resultado, porém é provável que a votação aconteça. Hoje, eu imagino que passe no Congresso, mas a briga é grande. Até por que se a gente for avaliar nós tivemos nas eleições para governador, em 2006, nós tivemos dois novos governadores que assumiram o mandato herdando, digamos assim, sem passar por novas eleições, foi o caso da Roseane Sarney [PMDB], no Maranhão, e o caso do José Maranhão [PMDB), na Paraíba. Isso criou um clima um pouco de insatisfação com essas situações e esse projeto na verdade é muito claro, foi uma reação à época e agora está sendo reapresentado, a essa movimentação que aconteceu, especificamente para governador. No caso de presidente, governador e prefeitos, adotam o sistema majoritário de votação, ganha quem tem mais votos. Nós adotamos para prefeitos, nos municípios com menos de 200 mil eleitores, o majoritário simples, o que quer dizer, ganha quem tem mais votos, independente do percentual dos votos. O caso prático disso foi a eleição em Rio Largo, em 2012. O Toninho [Lins, PSB] teve pouco mais de 26%, Elmesson [PRB] teve 25%, a Fátima [PSD] 23%, o Marcos Vieira [DEM] quase 20%, e

ainda surgiu um quinto colocado com 6% [Daniel Pontes, do PSDB]. Toninho é o prefeito! Ah, mas 3/4 da população disseram não para ele, mas ele é o mais votado? É! Nos municípios com mais de 200 mil eleitores, eleições para governador e presidente, aí você tem primeiro turno. Quem tiver mais da metade dos votos válidos ganha no primeiro turno; no segundo turno, vão os dois mais bem votados e quem tiver mais votos leva. T.I. - Sendo aprovada, diminuiria o número de processos? Gustavo Ferreira - Eu acho que não. Eu tiro lá pelo escritório. Dos clientes que ficaram na segunda colocação, que entramos com ação, e que automaticamente assumem, de dez, três assumem; sete é para ter nova eleição. Até por que a maioria dos municípios alagoanos só tiveram dois candidatos, então, quem ganha, obviamente teve a maioria dos votos válidos. A imensa maioria é para ter nova eleição mesmo. E isso não vai reduzir o número de ações. Destes três, eu sei que entrariam com uma ação, mesmo se não assumissem. A briga pelo poder é grande! A meu ver, posso até estar equivocado, mas não vai alterar o número de ações. Porque a ideia de quem está fora, na hora que ele entra com a ação, se ele ganhar a ação, ele produz uma eleição que ele pode concorrer e ser eleito, e na pior das hipóteses, ele torna inelegível seu adver-

sário. É um processo que compensa. Não é um mau negócio, olhando friamente. T.I. - As mudanças favoreceriam o segundo colocado? Gustavo Ferreira - A ideia é favorecer o voto; que o eleitor escolha. Pode ser o segundo colocado ou seja quem o eleitor queira na prefeitura. Os eleitores podem dizer: ‘aquele segundo colocado não é o prefeito ou o governador que eu quero’. A ideia do projeto, em verdade, é dar uma valorização maior a escolha do eleitor. E aquele que tiver mais chance de ser eleito que se comporte, o alerta é esse. Favorece o regime democrático e ao mesmo tempo alerta que o candidato tem que ganhar sem fazer nada. Na verdade, o estímulo é a autocensura. Acho que esse caminho, posso até estar errado, mas talvez produza um efeito maior. T.I. - Ao seu ver, a inelegibilidade para afastados é pouco? Gustavo Ferreira - Se você falar para um político que ele vai ficar inelegível não é só, é tudo! São oito anos de inelegibilidade. Pode ser a determinação se ele vai ter vida pública futura ou não. Dói muito mais, estou sendo sincero. Muita gente diz: ‘ah, deveria ter pena de prisão’. Os caras tirariam de letra. Se perguntassem para um político se ele preferia oito anos de cadeia ou oito anos sem poder ser votado, a imensa maioria ia preferir a prisão.


TRIBUNAINDEPENDENTE

Conjuntura

FLAVIO GOMES DE BARROS - flavio.gb@ig.com.br

A crise agora é geral

O

pífio crescimento da economia brasileira se reflete, em consequência, na situação econômico-financeira dos Estados. Alagoas se inclui nesse contexto. Além da diminuição da receita proveniente de repasses federais, a receita própria cai, por consequência. E existe o outro lado amargo da questão, na iminência de fechamento do orçamento para 2014, que há de ser consumado em setembro deste ano: a previsão de crescimento de custos com pessoal no ano que vem é de 20%, aumentando tal despesa para R$ 1,85 bilhão. Já existe, na área financeira do governo estadual, a determinação de congelar o custeio do Executivo. Na prática isso significa que as cotas financeiras dos órgãos estatais permanecerão em 2014 nos mesmos valores deste ano. O governador Téo Vilela está ciente disso e, em função do cargo, terá a desgastante responsabilidade de informar ao Judiciário e ao Legislativo que é impossível falar em aumento dos duodécimos. Pela gravidade da situação, isso será tratado diretamente pelos chefes dos três poderes. E Téo Vilela, baseado nos dados fornecidos pelo corpo técnico, não terá margem para negociação. Terá de usar da franqueza para dizer que para aumentar os repasses terá de tirar do Executivo, que na verdade não tem de onde tirar. Traduzindo: a crise, que era global e virou nacional, passou a ser também estadual.

Fazendo história O deputado estadual João Henrique Caldas, em primeiro mandato, conseguiu o que muita gente, em muito tempo, não conseguiu: tornar públicas informações relevantes, apesar de negativas, da Assembleia Legislativa. Cabe aos ditos órgãos competentes uma providência para que o trabalho do parlamentar não tenha sido em vão.

Contra indicação Ganha intensidade o comentário de que o governador Téo Vilela poderia desistir de concorrer ao Senado para ser ministro do TCU. Não parece razoável. Indiciado na Operação Navalha, por proposta do próprio TCU, ele teria muito a explicar, caso isso venha a se confirmar. O desgaste, de efeito pessoal e político, não compensaria.

Plebiscito A possibilidade de Téo Vilela não disputar o Senado, seja por conta de nomeação para ministro do TCU ou por concluir o mandato de governador, transformaria a disputa pela única vaga ao Senado num confronto direto e ideológico. É que, afora ele, os dois possíveis pretendentes são o senador Fernando Collor e a vereadora Heloísa Helena.

MACEIÓ - DOMINGO, 4 DE AGOSTO DE 2013 POLÍTICA

3

PEC 53 quer mais rigor contra juízes corruptos Proposta exclui a aposentadoria compulsória no rol das punições; Almagis pondera REPRODUÇÃO/BLOG POLÍCIA E POLÍTICA

EDITORIA DE POLÍTICA COM REDAÇÃO

V

italiciedade é a garantia legal concedida a certos titulares de funções públicas, civis e militares de carreira, de permanecerem em seus cargos até atingirem a idade prevista para a aposentadoria compulsória - 70 anos -, sendo vedado o afastamento ou demissão, à exceção de motivo estabelecido por lei ou por sentença judicial transitada em julgado. A Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 53/2011 quer acabar com isso na carreira jurídica. Acontece que senadores defendem que a aposentadoria compulsória a magistrados corruptos, por exemplo, é um prêmio e não punição. De outro, juízes e desembargadores que querem ter preservadas garantias previstas na Constituição. Essa PEC exclui a aposentadoria compulsória do rol de punições a magistrados afastados por crimes de corrupção e institui um regime disciplinar, que vai da advertência à demissão a esses magistrados. Com a inclusão de um substitutivo, os efeitos da PEC, se aprovada, também irão se estender aos integrantes do Ministério Público. O presidente da Associação dos Magistratos de Alagoas (Almagis), juiz Pedro Ivens de

Magistrados - já devidamente condenados - não ganhariam a aposentadoria compulsória

França, se pronuciou e repudiou a proposta. “A grande questão que deve ser o centro de toda essa discussão é a vitaliciedade da magistratura. A vitaliciedade na carreira da magistratura é uma garantia constitucional, é cláusula pétrea.

A perda do cargo só pode ser aplicada mediante ação judicial própria para esse fim, resguardados o devido processo legal e a ampla defesa”, ressaltou o magistrado alagoano. Na justificativa da PEC, o autor da proposta, senador

Humberto Costa (PT-PE), afirma que a pena de demissão a magistrados já é prevista em casos de ação penal transitado em julgado, porém, jamais é aplicada. “Em seu lugar, aplicam a de aposentadoria com vencimentos proporcionais”, disse.

PARA PEDRO IVENS

Mercado Circula no mercado imobiliário a informação de que o empresário Nivaldo Jatobá, que já foi prefeito de São Miguel dos Campos e deputado estadual, teria fechado negociação com um grupo econômico de Dubai para venda da área do Gunga, em Roteiro. Algo em torno de R$ 250 milhões, para implantação de dois mega resorts.

Merecimento O jornalista e radialista Jorge Moraes receberá, na próxima 6ª feira, 9 de agosto, o título de Cidadão Honorário de Maceió, por proposta do vereador Eduardo Canuto. O evento será na Câmara Municipal de Maceió. Moraes, nascido no Rio de Janeiro, veio para cá aos cinco anos de idade e tem sido uma referência na área de comunicação.

Agenda A Associação dos Cronistas Desportivos de Alagoas comemora, amanhã, 70 anos de fundação, completados em 22 de julho. Às 17 horas, no Estádio Rei Pelé, com diversas homenagens. Dentre elas, duas póstumas: a José Sebastião Bastos, ex-dirigente da CBF e da Federação Alagoana de Futebol, e a Heider Silveira, ex-presidente da FAF.

Saudade Dominguinhos será homenageado, hoje, com uma manifestação na orla de Ponta Verde, com participação de músicos e admiradores. A concentração será às 10 horas, no Sete Coqueiros, e de lá o grupo irá até a barraca da PM em frente ao Pedra Virada, onde, às 12h30m, haverá uma apresentação de vários sanfoneiros. Informações: 9981.4018.

Trata-se do exercício de uma garantia constitucional de um cidadão” THIAGO BOMFIM Presidente da OAB/AL, sobre o pedido da entidade ao Conselho Estadual de Segurança para que o deputado estadual João Henrique Caldas receba proteção

* O cantor, compositor e instrumentista Dominguinhos, falecido há poucos dias, recebe, também hoje, a homenagem do programa “Aplauso”, na Educativa FM, pelo conjunto da sua obra. Das 10 horas ao meio-dia, com produção de Givaldo Kleber. * O Concerto aos Domingos, iniciativa da secretaria estadual de Cultura e do Instituto Histórico e Geográfico de Alagoas, apresenta, hoje, a pianista pernambucana Maria Clara Fernandes de Lima. Às 10 horas, no IHGA, com entrada franca. * Repetindo o que vem acontecendo em todo o Brasil, está sendo anunciada para hoje, às 8 da manhã, na orla de Ponta Verde, uma manifestação dos médicos, contra o governo federal. Há uma recomendação para se vestirem de preto, como protesto. * Será lançada amanhã, às 8 horas, na sede do Sindicato dos Corretores de Alagoas, a IV Edição do Prêmio Sincor de Jornalismo Alberto Marinho, que conta com a parceria do Sindicato dos Jornalistas. A premiação acontecerá no dia 19 de novembro. * A terceira edição do Festival de Cinema Universitário de Alagoas será realizada entre 12 a 16 de novembro, na cidade de Penedo. As inscrições estão abertas somente até amanhã, na Coordenação de Assuntos Culturais da Ufal, para filmes de até 30 minutos. * A Secretaria Municipal de Assistência Social promove a VII Conferência Municipal de Assistência Social, convocada pelo Conselho Municipal de Assistência Social, amanhã e depois, no Centro de Convenções de Maceió. * Um jogo entre dois clubes em situações adversas. Assim será CSA x Juazeirense, hoje, no Trapichão. O time baiano ainda luta por sucesso na Série D do Brasileiro, mas ao CSA, sem nenhum ponto ganho e sequer um gol marcado, só resta entrar em campo.

‘Proposta é um atentado a democracia’ O presidente Pedro Ivens denomina a PEC 53 de um ato contra a democracia. “É preciso deixar claro que a prerrogativa da vitaliciedade, antes de ser destinada à magistratura, é uma garantia para a sociedade. Magistrados independentes garantem a segurança jurídica e o estado democrático de direito. Qualquer tentativa de quebra das garantias constitucionais da magistratura é golpe contra a democracia”, pontuou. No entendimento de Ivens, a aposentadoria compulsória é pena e não prêmio. “A Constituição Federal já prevê a perda do cargo, mediante ação própria. As associações da classe, até em âmbito nacional, não são contra a punição de juízes que apresentem desvios no exercício da função”, lembrou. A argumentação do presidente da Almagis mostra que as entidades nacionais da magistratura como a AMB (Associação dos Magistrados do Brasil), Anamatra (Associação dos Magistrados da Justiça do Trabalho) e Ajufe (Associação dos Juízes Federais) apresentaram uma proposta, que deve

DIVULGAÇÃO

Pedro Ivens, presidente da Almagis, adverte que vitaliciedade na magistratura está na Constituição

constar no texto final da PEC 53. “Em casos em que tribunais e conselhos identificarem crimes hediondos [Lei 8.072/1990] e equiparados [tráfico ilícito de entorpecentes, tortura e terroris-

mo], bem como nos crimes de corrupção ativa e passiva, concussão e peculato na modalidade dolosa, seja inadmissível a aplicação aposentadoria proporcional, devendo, nestes casos, o tribunal de origem ou o CNJ

[Conselho Nacional de Justiça], encaminharem as provas de tais fatos a quem de direito, para a proposição de ação de perda do cargo, resguardados a ampla defesa e o devido processo legal”, ressaltou. (EP)

JUIZES E POLÍTICA

SENADO

A PEC foi retirada de pauta no dia 11 de julho, por um pedido de vista da Mesa Diretora para atender a um acordo entre o Senado e entidades ligadas aos magistrados e membros do Ministério Público. A previsão é que a proposta volte agora com o retorno dos trabalhos no Congresso. O acordo consiste na inclusão de substitutivos que flexibilizam a proposta para decretar a perda da aposentadoria compulsória somente depois de condenação transitada em julgado, como querem os magistrados.

Para o senador Humberto Costa, a punição disciplinar máxima para juízes e promotores condenados deve ser a demissão. Com os substitutivos do relator Blairo Blairo (PRMT), em caso de ilícitos penais puníveis com perda de cargo, o CNJ ou o Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) ficarão obrigados a representar ao MP para que proponha, em 30 dias, a ação para a perda do cargo. Magistrados pediram ao presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB), apoio.

Acordo pode firmar a paz entre as partes

Substitutivos deve ser apreciado este mês


TRIBUNAINDEPENDENTE

4 POLÍTICA MACEIÓ - DOMINGO, 4 DE AGOSTO DE 2013

BARTOLOMEU DRESCH bartolomeu_dresch@hotmail.com.br

O minério da Vale As obras civis da usina de beneficiamento da Vale em Serra Sul, no Pará, foram iniciadas esta semana, sob a responsabilidade do Grupo Andrade Gutierrez. A construtora venceu a licitação para as obras da planta de processamento do minério de ferro do projeto 311D e para a construção da extensão de um ramal ferroviário, em contratos avaliados em torno de R$ 1,5 bilhão. O empreendimento é o primeiro e mais promissor da Serra Sul, em Carajás, em plena selva amazônica, exigindo novas tecnologias de empresas estrangeiras para reduzir impactos ambientais, fator importante para a obtenção das licenças. O negócio entre a Vale e a Andrade Gutierrez integra um conjunto de contratações incluídas no investimento de R$ 8 bilhões pra erguer a mina e a planta de processamento, somados aos R$ 11,6 bilhões necessários para a construção de ferrovia e porto, num investimento total da mineradora de US$ 19,6 bilhões. O primeiro contrato, assinado em Junho, é de R$ 922 milhões para a execução das obras civis do terminal ferroviário com extensão de 50 km, que fará a ligação entre a usina e a Estrada de Ferro Carajás. O segundo, assinado em Julho, tem o valor de R$ 552 milhões, destinados á construção da usina de beneficiamento. Com 3 mil trabalhadores o projeto esta previsto para iniciar a produção em 2016, atingindo capacidade máxima em 2018, de 90 milhões de toneladas, o que equivale ao que a Vale já extrai da região atualmente. A produção total de minério de ferro da Vale do Pará, quando S11D estiver em plena capacidade será de 230 milhões de toneladas, incluindo os 40 milhões de toneladas do projeto Carajás Adicional que deve ser implantado até o final do ano. A produção atual de Carajás é de 109 milhões de toneladas anuais, cerca de um terço de todo o minério que a Vale produz.

Porcelana alagoana Alagoas deverá ganhar uma fabrica de porcelana, de acordo com diretores da empresa Oxford de Santa Catarina, que estiveram em Maceió para iniciar as negociações e conhecer o programa de benefícios fiscais. No contato com o Secretário de Planejamento e Desenvolvimento Econômico Luiz Otávio Gomes, os empresários garantiram que estão dispostos a investir R$ 47 milhões de reais na construção da fábrica, utilizando 563 trabalhadores. A Oxford é uma das maiores fabricantes de porcelana, cerâmica e cristais das Américas há 58 anos. Sua sede fica na cidade de São Bento do Sul, em Santa Catarina, com uma filial no município de Pomerode, também em terras catarinenses. A vinda para o Nordeste faz parte do plano de expansão da empresa.

Cultura do sorgo A produção de sorgo na região sul de Alagoas pode vir a ser mais um vetor da economia local. Uma recente reunião definiu que para as primeiras experiências com o produto serão destinados cerca de 10 hectares para a Cooperativa dos Produtores do projeto Marituba desenvolver o plantio, contando com o apoio da Cooperativa Pindorama. O sorgo produzido será destinado á venda para a Cooperativa dos Produtores de Leite da Agricultura Familiar da Bacia Leiteira de alagoas e para o Sindicato do Leite. As sementes serão doadas pela Secretaria de Agricultura, além do suporte técnico para acompanhar o plantio, análise do solo, adubação e fertilização.

Stradivarius recuperado A polícia de Londres conseguiu recuperar um valioso e legítimo violino Stradivarius roubado em 2010. O instrumento de 1696 estava sob a tutela da renomada violinista coreana Min-Jin Kim e foi levado quando ela estava em um café de uma das estações do metrô. O valor estimado do violino é de US$ 2,5 milhões e na época os ladrões foram presos, e garantiram terem vendido o mesmo por US$ 150 a um desconhecido. A artista coreana se sentiu responsável pela perda e somente agora reconheceu o original apresentado pela polícia, que não explicou como chegou ao instrumento.

Lucro da cerveja A fabricante de bebidas Ambev registrou um lucro líquido de R$ 1,88 bilhão no segundo trimestre de 2013, um recuo de 1,1% se comparado ao mesmo período do ano passado (R$ 1,90 bilhão). No semestre houve um avanço de 0,2%, para R$ 4,22 bilhões. A receita liquida da companhia cresceu 9,9% na comparação entre os segundos trimestres passando de R$ 6,82 bilhões para R$ 7,50 bilhões. Em seis meses a receita chegou a R$ 15,27 bilhões. No segundo trimestre a venda de cerveja atingiu 26,845 milhões de hectolitros, e de não alcoólico ficou em 10.139 milhões de hectolitros. A Ambev tem no seu portfólio as cervejas Antártica, Brahma e Stella Artois, e os refrigerantes Pepsi, Guaraná Antártica e Sukita, além do isotônico Gatorade e o chá Lipton Ice Tea, entre outros.

Alagoas portenha O estado de Alagoas vai se fazer presente no Road Show Top Dest, que começa hoje (4) a 17 de Agosto em nove cidades argentinas, entre elas Buenos Ayres, Córdoba e Rosário. O vizinho país é um dos principais mercados emissores de visitantes para Alagoas, daí a importância do evento. A expectativa é de que em cada cidade sejam capacitados cerca de 100 agentes de viagens, que deverão incrementar o fluxo de turistas argentinos para Alagoas, além de fortalecer as articulações para captação de voos fretados para a próxima temporada. Também serão realizados workshops de apresentação do destino Alagoas, com seus serviços e produtos.

Reforma política Criado há apenas uma semana, o site do Grupo de Trabalho da Câmara dos Deputados, incumbido de receber sugestões para o anteprojeto de reforma política, havia sido visitado 16 mil vezes com 64 mil acessos. Entre as ideias mais populares apresentadas pelos eleitores estão a criação de mecanismos para limitar os salários dos deputados, o fim do voto obrigatório, do voto secreto nas sessões, das regalias parlamentares e dos cargos comissionados. O portal recebeu até agora 14 mil votos em 126 ideias propostas e outros 113 tópicos de discussão foram criados. Ao total, foram registradas 1.016 participações. São Paulo lidera o ranking de acessos por cidade (16,05%), seguida de Brasília com 11,22%. • Por favor, essa pesquisa é séria. Cientistas da Universidade de Florença, na Itália (uma baita universidade!) criaram polêmica ao afirmar que o tamanho dos testículos esta relacionado a doenças cardíacas e hipertensão. • Segundo os pesquisadores, quanto maiores as glândulas, maior a probabilidade de desenvolver essas doenças. Além disso, estes homens também tendem a ser mais pesados e a beber mais álcool. • A pesquisa analisou 2.809 homens que procuraram clinicas de distúrbios sexuais, gravaram o tamanho dos seus testículos e testaram o nível dos seus hormônios durante sete anos. Foi detectada a presença de um hormônio específico, regulador da progesterona que afeta o tamanho dos testículos e pode ser a causa dos danos à saúde. • “Embora o tamanho dos testículos estejam associados à saúde reprodutiva, nossos resultados indicam que este parâmetro pode ser usado para sinalizar riscos cardiovasculares” disse a líder do estudo, médica Giulia Rasterelli. • Como a pesquisa foi feita em homens com disfunções sexuais, os pesquisadores concordam que as conclusões não servem para todos os homens. Nem tampouco especificaram o que seriam, exatamente, testículos grandes.

Prefeitura retoma Educação de Maceió Secretária Ana Dayse tem três iniciativas que vão mudar a realidade da capital

O

s números não mentem. Alagoas possui uma das piores posições do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). O índice que ranqueia a educação baseado na capacidade de leitura e compreensão de texto, além de averiguar noções de matemática, traz a tona uma dura realidade, enfrentada principalmente pelas crianças de classes sociais menos privilegiadas. Considerando que os números do Ideb são de 2011, essa realidade é impulsionada também pelo baixo desempenho da rede pública municipal de Maceió, que até então, não tinha conseguido emergir da situação caótica a qual se encontrava. O Ideb médio da capital é 2,8. Muito longe da média nacional estipulada que é 5. Este ano é ano de realização da Prova Brasil, que visa avaliar o grau de aprendizagem e desempenho dos alunos das sérias iniciais e finais – 5º e 9º ano. O que será que o município tem feito para mudar esse quadro? Aos olhos da sociedade, os passos para o avanço parecem ser lentos, mas na visão da secretária municipal de Educação, Ana Dayse Dorea, falta muito um pouco para Maceió surpreender o Brasil. “Não podemos mais ficar olhando para os erros dos outros e nos lamentando. Temos um grande desafio pela frente. Estamos sendo incentivados e planejando um futuro diferente para rede pública de Maceió”, afirmou a secretária da Educação, Ana Dayse Dórea. Compreendendo a Educação de forma sistêmica, a secretária e sua equipe já realizaram feitos nunca antes vistos. Em seis meses de gestão, a Secretaria conta com o financiamento de instituições públicas e privadas que acreditaram no projeto da Educação de Maceió. MARCO Três iniciativas marcantes vão potencializar a metodologia de ensino e aprendizagem, além de trazer instrumentos pedagógicos para as salas de aulas da rede. São eles, o Projeto Paralapracá (metodologia de aceleração de aprendizagem na educação infantil), do Instituto C&A, os projetos Brincar e Entre na Roda (formação de professores e contação de estórias), da Fundação Volkswagen, e o Projeto Quebra Tabu (educação sexual para o ensino fundamental). “Estas iniciativas não geraram nenhum ônus para o Município, apenas benefícios. Não compramos nenhum projeto, não pagamos nada. Só quem tem a ganhar é o aluno”, frisou Ana Dayse.

SECOM-MACEIÓ

Prioridade da secretária é melhorar o Ideb de Maceió e aproximá-lo da média nacional

INFRAESTRUTURA

Prefeitura construirá 20 novas creches; obras já começaram Para que a Educação cresça como estima a secretária Ana Dayse, a rede precisa crescer em sua infraestrutura. Após anunciado cancelamento de uma licitação de reformas, no último mês de julho, a gestora acredita que com o novo certame licitatório, a reforma das unidades escolares será melhor executada. “Cancelamos a licitação por dois motivos. Primeiro porque precisamos de reformas significativas. Tem muita escola desgastada que precisa de investimentos maiores

do que haviam sido previstos. Segundo, tentamos viabilizar junto à Procuradoria que os custos fossem atualizados. Era uma reinvindicação dos construtores, haja vista que a licitação vencida por eles era de 2011. Entretanto, as planilhas atualizadas não chegaram. Como já sabíamos que as necessidades de reformas eram superiores as elencadas na licitação, optamos (Semed e PGM) por cancelar e fazer uma que atendesse, efetivamente, o que as escolas precisam”, explicou. Porém, Ana Dayse apon-

ta mais uma conquista da Educação: a construção de 20 novas creches na capital. Com as obras em andamento e previsão de entrega para o ano letivo de 2014, as unidades devem beneficiar 4.200 crianças entre zero e seis anos. Segundo a secretária, os recursos foram garantidos por meio Pró-Infância, um dos projetos dentro do Plano de Ações Articuladas (PAR), do governo federal. “Com o PAR temos a possibilidade de captar recursos federais nas áreas que nós citamos como prioritárias”, contou.

MERENDA

Município consegue liberação em Brasília e pratos não ficam vazios cluída. De lá pra cá, todas as parcelas mensais estão sendo repassada e nossa equipe tem mantido a prestação de contas rigorosamente em dia e orientando os diretores a como fazê-la”. Para que situações como essa não se repitam, a expectativa é que o Município possa aumentar a contrapartida da merenda escolar com recursos próprios e garantir que, mesmo quando situações de suspensão de repasse aconteçam, as aulas não sejam suspensas ou atrasadas por falta de comida.

O ano já havia começado, mas a merenda não chegava. Tudo porque o recurso do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) foi suspenso. A dispensa vazia, alunos fora da sala e pais aflitos levaram a secretária Ana Dayse direto à Brasília. O motivo: a gestão anterior não prestou contas do recurso federal. “Sem a devida prestação, não tem recurso na conta. Temos que fazer o registro que isso não foi culpa das Escolas. Muito pelo contrário, todas elas entregaram

em tempo hábil. Foi a gestão anterior que não enviou o relatório de 2005 e, com isso, o repasse das três últimas parcelas de 2012 foi suspenso”, esclarece Ana Dayse. Junto com o prefeito Rui Palmeira (PSDB), a secretária rumou à capital federal em busca de solução e desde março, ninguém ouviu mais falar em falta de merenda em Maceió. “Estivemos em Brasília no final de fevereiro e em 08 de março recebemos a boa notícia que os recursos seriam liberados até que a análise fosse con-

TECNOLOGIA

SOCIAL

Outro desafio da Educação é se modernizar. Nos planos da secretária Ana Dayse estão a virtualização do Sistema. O projeto será beneficiado no Plano Diretor de Tecnologia do Município e vai ampliar o número de laboratórios de informática da rede. “Planejamos que toda a Rede Municipal de Ensino esteja conectada e interligada. Isso vale para sede, que tem uma demanda de atividades virtuais significativas dentro do Portal do Ministério da Educação (MEC), mas principalmente nas escolas”.

A Educação é uma das principais peças na formação do indivíduo. Além das lições que se aprende em casa, sobre como respeitar os mais velhos, olhar para os lados quando vai atravessar a rua, cumprimentar as pessoas ao chegar ou sair, a escola que deve ser compreendida como um ambiente de aprendizagem, que muitas vezes se torna a melhor referência de formação das crianças. “Temos buscando investir nas pessoas. Retomados a formação dos professores”, completou Ana Dayse.

Rede está sendo modernizada

De olho no futuro e investir em gente


TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - DOMINGO, 4 DE AGOSTO DE 2013 POLÍTICA

5

Pré-candidatura: ousadia para fortificar Cientista política não acredita que antecipação de nomes para 2014 prejudique pretensos postulantes a cargos

Cotidiano LININHO NOVAIS - contato@lininho.com

O Inhapí do Celso

D

ivulgado o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), Alagoas fica em último lugar. A cidade com pior IDH do Estado está localizada no Sertão alagoano, na divisa com Pernambuco. Inhapí, um município pequeno quase que sem desenvolvimento é comandado há anos pela família do ex-presidente da Assembleia Legislativa, Celso Luis. Atualmente, Celso está como prefeito de Canapí, outro reduto eleitoral. Os destinos das duas cidades vivenciam agora o comprometimento da gestão em relação aos investimentos nos serviços de saúde, educação e saneamento básico.

Deu certo Assim como o atual prefeito de Maceió, Rui Palmeira (PSDB), o deputado estadual João Henrique Caldas (PTN) não é benquisto na Assembleia Legislativa. Rui não teve bons relacionamentos por causa das constantes denúncias de irregularidades na Casa de Tavares Bastos. Resultado: Rui Palmeira disputou o mandato de deputado federal e venceu. JHC, ainda pensa na possibilidade de deixar o parlamento estadual e se mandar para Brasília.

Ramificação E Celso Luis já está trabalhando fortemente para eleger seu filho, Tenorinho Malta, para deputado estadual. Segundo o prefeito de Canapí, as cidades sertanejas clamam por um representante na ALE.

PSDB? Nas rodas políticas o assunto é a filiação do prefeito Rui Palmeira no PSDB. Pela postura política, Rui não é considerado um tucano. Recebe servidores, empresários, abre diálogo com a população, está presente com o povo, e seu distanciamento do governador Teotonio Vilela Filho é evidente.

Juntos Visando estar presentes no governo estadual em 2015, os deputados estaduais Antonio Albuquerque (PTdoB) e João Beltrão (PRTB) têm se reunido constantemente em busca de mais apoios para suas candidaturas. JB é eleitor nato do senador Fernando Collor, e o apoiará se sair para governo ou Senado. Já Antonio Albuquerque, guarda algumas mágoas do governador Teotonio Vilela porque durante seu mandato na ALE, as proposições do parlamentar quase nunca são atendidas pelo Executivo.

Na mira O mandato do prefeito Zezeco (PP), na cidade da Barra de São Miguel, vem mostrando que a paradisíaca praia não está morta politicamente. Para o pleito de 2014, diversos políticos estão mirando Zezeco para pedir apoio. No entanto, o primeiro da lista é Arthur Lira, filho do senador Benedito de Lira, dono do PP em Alagoas.

Preocupado O deputado estadual Dudu Holanda (PSD) tenta buscar maneiras para se reeleger na Assembleia Legislativa. Entusiasta do PSD em Alagoas, Dudu analisa friamente a situação do partido, que sem o deputado federal João Lyra na linha de frente, compor chapa será uma batalha.

Lamento A crítica do advogado Welton Roberto à atuação do presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Alagoas (OAB/AL), de que para receber uma nota zero teria que trabalhar bastante, surtiu efeito. Em resposta, Bomfim disse que o palco das eleições foram desarmados e que apenas lamenta a fala de Welton.

Outras gestões O presidente da OAB/AL alfinetou as gestões anteriores da seccional. Thiago Bomfim disse que a Ordem não irá cumprir o papel de sair em defesa de interesses políticos como fizeram nas gestões passadas. Bomfim só não nominou se a gestão seria de Marcos Bernardes de Mello ou Omar Coêlho de Melo, pai e filho, respectivamente.

Crise O vice-prefeito de Traipu, Erasmo Dias (PRTB), informou que rompeu com a prefeita Conceição Tavares (DEM). Ele aponta diversas irregularidades na gestão e diz que não concorda com os rumos tomados pela administração municipal. os secretários municipais de Agricultura, Benedito Pinheiro; de Obras, Maxwell Correia e de Esportes, Maike Nascimento entregaram os cargos. Conceição Tavares, por sua vez, disse que as informações não procedem.

Participação O presidente da Câmara Municipal de Maceió, Chico Filho (PP), quer que os vereadores voltem a participar das discussões sobre o preço da tarifa de ônibus na capital. Ele apresentou uma emenda à Lei Orgânica do Município alterando o artigo 100, que passaria a prever que as decisões tomadas pelo Conselho Municipal de Transportes a respeito da tarifa, sejam convalidadas pela Câmara, antes do envio ao Executivo.

BRENO AIRAN/ARQUIVO

EDITORIA DE POLÍTICA COM REDAÇÃO

O

período eleitoral começa a pegar fogo em março de 2014, com a descompatibilizações de gestores públicos, que devem concorrer aos cargos eletivos; porém, as fagulhas estão se acendendo desde já. Na avaliação de analistas políticos, a antecipação do período eleitoral com o anúncio das candidaturas pode trazer riscos desnecessários às futuras campanhas, mas também serve como termômetros para balizar as ações até 2014 e fortalecer nomes. A coordenadora do curso de Ciência Política da Ufal, professora Luciana Santana enfatiza que para os políticos, tudo gira em torno desse período, então é hora deles turbinarem aparições. “Uma coisa deve ficar bem clara, os políticos estão sendo movidos por seus interesses políticos-eleitorais. Seu comportamento nos cargos que ocupam segue sobre impactos endógenos, ou seja, são respostas às regras estipuladas para o cargo, mas também sofre influência [e muito forte] da esfera eleitoral, ou seja, da população que vota e que busca resul-

Conforme a professora Luciana Santana, a prática para testar nomes políticos deveria ser outra

tados positivos dos representantes eleitos”, ressaltou. Sem entrar no mérito da discussão, a cientista política comenta que “sobre como eles [os políticos] são cobrados por resultados, partidariamente ou de for-

ma clientelista, o fato é que, durante seus mandatos, os políticos sempre ‘jogam para a plateia’, suas decisões ou participações nos resultados considerados positivos como forma de verificar seu desempenho político e eleitoral”.

FAZ PARTE Antecipar as candidaturas, segundo ela, faz parte dessa estratégia, ou seja, os partidos ou os líderes dos partidos buscam identificar as chances que seus candidatos tem em um novo pleito eleitoral.

ARRISCAR

Busca de apoiadores e testes motivam O doutor em Sociologia e cientista político amazonense, Gilson Gil, ponderou que é habitual lançar candidaturas um tempo antes do período eleitoral. Segundo ele, é nesse momento que os partidos testam a ‘força política’ dos virtuais candidatos com pesquisas para avaliar as reais dimensões de cada nome. Já Luciana Santana pontua que o caminho deveria ser outro. “Não diria que seja prejudicial ou não, acredito que a lógica deveria ser ou-

tra, mas não é. Partindo de algo real, se o desempenho for positivo, provavelmente isso pode trazer alguma vantagem, mas é difícil mensurar com mais de um ano das eleições”, enfatizou Para a professora, “a conjuntura política do momento pesa muito no resultado de uma eleição e nos últimos pleitos, a nível nacional tivemos demonstrações claras disso. Até mesmo entre o primeiro e o segundo turno as alterações no resultado

podem ser grandes. Como passamos por um período conturbado com muitas manifestações nos últimos dois meses, o que estamos percebendo nos últimos dias, em Alagoas, são antecipação de possíveis nomes que podem ser apresentados ao grande público e para que as avaliações internas nos partidos já possam ser feitas com vistas a buscar os melhores nomes para a disputa”. Por sua vez, o sociólogo Luiz Antônio do Nascimento

classificou os pré-candidatos como “candidatos de si mesmo” e disse que os anúncios pretendem “valorizar o ‘passe’ do candidato para que ele possa se oferecer como um nome às negociações”. Gilson Gil afirmou que interessa aos candidatos lançarem seus nomes pelo fato de demonstrar que podem galgar cargos maiores na vida pública. “Também pode começar a arranjar financiadores e coletar apoios políticos”. (EP)


6

OPINIAO

TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - DOMINGO, 4 DE AGOSTO DE 2013

Opinião

Crimes contra o erário

O

Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) aprovou, por unanimidade uma recomendação para que todos os membros do Ministério Público, da União e dos Estados, se esforcem para auxiliar no cumprimento da Meta 18 do Poder Judiciário que prevê o julgamento, até o final do ano, das ações de improbidade administrativa e das ações penais nos crimes contra a administração pública distribuídas até dezembro de 2011. De acordo com a relatora da proposta, conselheira Taís Ferraz, é fundamental a participação dos membros do MP, uma vez que a instituição exerce papel fundamental na apuração das responsabilidades pela prática de atos de improbidade. “O sucesso da meta depende, em muito, da disponibilidade dos membros do parquet (Ministério Público) para o comparecimento a audiências e participação em outros atos processuais”, justi-

ficou a conselheira. Contar com o apoio do Ministério Público será fundamental para o sucesso da meta.A decisão do CNMP é uma ótima iniciativa. Até o final de julho 39,77% da meta já havia sido cumprida pelos tribunais estaduais e Tribunais Regionais Federais (TRFs). Dos 120.981 processos distribuídos até dezembro de 2011, 48.120 já foram julgados. O melhor desempenho foi do Tribunal de Justiça do Paraná (TJPR) que atingiu 99% da meta, com o julgamento de 5.004 ações. O menor índice alcançado foi do Tribunal de Justiça da Bahia, que das 3.373 ações conseguiu julgar 175. Em Alagoas, o desafio será árduo para os componentes do Ministério Público da União e do Estado de Alagoas, devido ao incontáveis número de gestores envolvidos em irregularidades.

JOÃO LYRA Deputado federal pelo PSD de Alagoas

Boas notícias para o Brasil Nem mesmo o vandalismo instalado em alguns estados da Federação, como prática cotidiana, é capaz de ofuscar duas boas notícias veiculadas nos últimos dias e de grande significado para o Brasil. A primeira, divulgada pelo Instituto de Pesquisa Aplicada (IPEA), revela que o Brasil tem hoje o menor nível de desigualdade social da história documentada do País. Com efeito, medida pelo índice de Gini, 0,527, em 2011, é a menor desigualdade desde 1960. Ademais, o órgão assinala que, entre 2001 e 2011, a renda real dos brasileiros 10% mais pobres cresceu 91,2% contra 16,6% dos 10% mais ricos. De acordo com o IPEA, o aumento da renda na base da pirâmide relativiza o fraco desempenho do Produto Interno Bruto (PIB), no ano passado (0,9%). Dados desse porte e natureza vêm sendo desprezados pelos analistas, cujo discurso predominante faz crer à opinião pública que “o País estaria à beira de uma hecatombe econômica”, como bem registrou Benjamin Steinbruch na Folha de S.Paulo (Xô, pessimismo, 30/07). Contrastando com a opinião dos que costumam torcer contra o Brasil, é um imperativo fazer repercutir o trabalho do IPEA; informar à população

dos benefícios do aumento da renda real dos brasileiros e da consequente melhora dos padrões de vida das grandes maiorias. A segunda notícia veio do Atlas de Desenvolvimento do Brasil-2013, elaborado pela Organização das Nações Unidas (ONU), mostrando que o Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) dos municípios brasileiros subiu 48% em duas décadas, saindo do nível “muito baixo” para outro considerado “alto”. Os dados foram calculados com base nos Censos de 1991, 2000 e 2010, não captando, portanto, o governo da presidenta Dilma Rousseff. O Atlas traz dados emblemáticos, que obrigatoriamente devem ser citados. É o caso, por exemplo, do IDHM, formado pelas variáveis renda (0,739), a esperança de vida ao nascer ou longevidade (0,816), a que chegou mais perto de um, e a educação, que apresentou o menor crescimento no período, situando-se em 0,637. Aliás, a ONU destaca o capitulo educação como o ponto fraco do estudo, embora essa variável tenha experimentado o notável crescimento de 128% no período, mas insuficiente para puxar o IDHM para cima. Isso decorreu do fato de quase 30% das cidades bra-

sileiras (1770) apresentarem um índice inferior a 0,500 (“muito baixo”) no quesito educação, onde somente cinco apresentaram notas superiores a 0,799. Outro dado a destacar no Atlas é a quantidade de cidades de IDHM “muito baixo”: em 1991, eram 85,8%; hoje, são somente 0,6%. Os números das duas notícias impressionam por sua profundidade e importância, servindo para uma análise evolutiva da sociedade brasileira das duas últimas décadas, sobretudo no que respeita às crescentes melhorias nos níveis de bem estar dos mais pobres e carentes. Nesse sentido, não se pode negar que o Brasil está promovendo a justiça social, em grande escala, traduzida em um intenso combate à fome, ao desabrigo, às enfermidades, à ignorância e à violência, que envergonham a todos nós e diminuem o conceito de nação que vimos construindo, renhida e competentemente. Para finalizar, nada custará seguir a sabedoria no derradeiro conselho de Steinbruch em seu mencionando artigo: “Nem otimismo ingênuo, nem pessimismo doentio. Esta seria uma boa norma de conduta para todos os que torcem pelo Brasil e batalham pela melhoria de vida dos brasileiros”.

OLÍVIA DE CÁSSIA

GUILHERME PITTA guilherme@guilhermepitta.com

Jornalista

Diretor de Atendimento ao Associado da Associação Médica Brasileira (AMB) Prof. Adjunto, Doutor, de Cirurgia da Uncisal

Reconhecendo os erros

O governador do Rio de Janeiro, Sergio Cabral, assumiu nesta quinta-feira (1º) que cometeu erros em seu segundo mandato. O reconhecimento dessa culpa foi feito publicamente, em uma entrevista na Rádio CBN. “Sem dúvida aqui no Rio, eu também cometi erros. Erros de diálogo, erros de incapacidade de dialogar, que sempre foi a minha marca”, pontou Cabral. Esse reconhecimento foi diante do questionamento a respeito das manifestações que estão acontecendo naquele Estado. “Acho que da minha parte faltou mais diálogo, uma capacidade de entendimento e de compreensão, poderia citar várias situações em que essas questões se deram. Mas, eu não sou uma pessoa soberba, que não está aberta ao diálogo. Para mim, a democracia é um bem intangível”, disse Cabral. A afirmação do governador, pode até ser demagógica como a da maioria dos políticos que conhecemos e estamos acostumados a conviver, masme fez pensar como seria bom se todos nós reconhecêssemos nossos próprios erros: é uma virtude, não só para o gestor de um Estado como o Rio de Janeiro. Ele pode ter cometido todos os enganos do mundo, mas o fato de reconhecê-los publicamente já ganha pontos comigo. Estamos acostumados a presenciar arrogância de muitos homens

públicos diante de questionamentos da imprensa a respeito de seus equívocos. Não há nada pior num ser humano do que a arrogância e a capacidade de se achar o dono da verdade. É difícil para muitas pessoas adotarem em seu comportamento uma atitude de humildade e reconhecer os próprios erros numa cultura como a nossa. Raramente se encontra uma atitude de arrependimento numa sociedade competitiva e a gente que convive no dia a dia com diversos tipos de caráter sabe disso. Quase ninguém reconhece que está errado e diz: “Estou errado. Sinto muito; por favor, me perdoe”, “muito obrigado”, “fique com Deus”. Pelo contrário: com muita frequência a gente escuta: “Vou processar você! Vou levá-lo à Justiça”, “Você vai se dar mal”. Tenho a fama diante de alguns colegas de ser tola demais e condescendente com algumas pessoas. Nessa época globalizada, a palavra humilde mudou de significado e foi deturpada para pobreza de espírito e \ou ignorância e fraqueza. O escritor e blogueiro Roberto Recinella observa que humildade é a coragem de assumir que posso estar errado e exige a responsabilidade de aprender com as experiências e conhecimentos disponíveis ao seu redor. “Segundo a filosofia judaica, se a tolerância é o motor

TRIBUNA

INDEPENDENTE

Rua da Praia, 134 - sala 303 - centro - Maceió Alagoas Endereço Comercial: Av. Menino Marcelo - 10.440 - Serraria Maceió - Alagoas - CEP: 57.083.410 CNPJ: 08.951.056/0001 - 33

da vida, a humildade é o seu combustível”, destaca o escritor. Muitas pessoas têm vergonha ou orgulho de reconhecer que cometeram algum engano, em alguma prática ou fala diante dos outros e mesmo tendo as evidências desses enormes enganos são renitentes, intransigentes e não admitem seus erros. Eu já cometi infinitos enganos na vida e aprendi com meus pais a arte da humildade: isso nãoquer dizer que tenhamos que ser submissos e baixar a cabeça perante o seu semelhante. “Às vezes somos complacentes demais com nossos erros, agimos com uma condescendência que não usamos para com os erros dos outros. Dois pesos e duas medidas. Saber que errou e não voltar atrás é ter compromisso com o erro. Se você percebe que errou e acha que esse erro não foi uma besteira qualquer, pode tirar dele uma lição”, escreve Manuel Felipe em seu Facebook. Talvez o que penso e o que digo não possam interferir na opinião do outro, não tenha muita serventia para muita gente ou alguém possa achar que seja hipocrisia de minha parte falar sobre assuntos outros que não pertençam a minha seara de jornalista. Mas tenho desenvolvido um aprendizado profundo a cada dia depois que adotei novas práticas em meu comportamento. Bom domingo e fiquem com Deus.

Jorgraf UM PRODUTO:

Cooperativa dos Jornalistas e Gráficos do estado de alagoas

A Legião dos Amputados A prevalência do diabetes na população geral brasileira e alagoana está chegando a 10% de indivíduos, que terão pelo menos 50% de problemas com os seus pés. Chamamos esses pacientes de portadores de pés diabéticos, que se caracterizam por alterações da sensibilidade (dormências, queimor, pontadas e furadas nas pernas), as quais denominamos de neuropatia diabética em botas e que acomete a maioria dos pacientes e podem ou não estar associados com problemas de circulação, com o risco de amputações maiores ou menores nesses indivíduos. No nosso Estado, apenas 13% da população possui plano, seguro ou convênio de saúde, sobrecarregando o SUS, que não tem conseguido atender os pacientes com problemas nos pés. Em 2010, em levantamento do Data SUS, foram registradas mais de 42.000 cirurgias de amputações menores e maiores, um verdadeiro genoPRESIDENTE Antonio Pereira Filho DIRETOR ADMINISTRATIVO FINANCEIRO: José Paulo Gabriel dos Santos Editor geral: Ricardo Castro

cídio para a nossa população brasileira. A situação é ainda mais grave em Alagoas, que chegou perto de 1.000 cirurgias mutiladoras anuais, sendo campeã no Brasil. É preciso que todos se mobilizem para essa causa, realizando um mutirão de atitudes para que possamos minorar o sofrimento de pacientes de risco de ferimento e posterior amputação no nosso HGE ou no Hospital de Coruripe. Não podemos deixar de prescindir dos Conselhos de Saúde, das Associações de diabéticos e do Ministério Público para cobrar, fiscalizar e ajudar na execução desses programas, para que sejam prioritários, executados e tenham aporte financeiro suficiente para sua implementação. A AMB e o Cremal estão realizando em Alagoas projeto piloto de treinamento de médicos da atenção primária dos municípios, com o objetivo de diminuir em 50% as amputações no Estado. Precisamos do

apoio dos gestores estadual e municipal para podemos instituir um programa definitivo de treinamento de todos os médicos da atenção primária, estabelecer polos de atenção secundária com especialista nas dez regiões de saúde do Estado e pelo menos três serviços de alta complexidade no Estado – nas macrorregiões de Maceió e Arapiraca –, com o fluxograma definido para os pacientes que precisam de exames de laboratórios e de imagem, curativos, cirurgias vasculares e endovasculares. Implantando esse programa, estaremos gastando apenas 30% do que se gasta com as atuais internações hospitalares, amputações e liminares na Justiça para cirurgias de alta complexidade. Tivemos várias experiências vitoriosas em municípios que implantaram esse programa, como no Rio de Janeiro, Brasília, Natal, Aracaju, Rio Branco e outros, que diminuíram os índices de amputações.

Nosso noticiário nacional é fornecido pelas agências: Agência Folha e AGência Nordeste PABX: 82.3311.1338 COMERCIAL: 82.3311.1330 - 3311. 1331 REDAÇÃO: 82.3311.1328 - 3311.1329 CENTRAL DE ASSINANTE: 82.3311.1308 comercial.tribunaindependente@gmail.com redação.tribunaindependente@gmail.com

ricardojatoba@ig.com.br

DIRETORA COMERCIAL: Marilene Canuto

OS ARTIGOS ASSINADOS SÃO DE RESPONSABILIDADE DOS SEUS AUTORES. NÃO REPRESENTANDO, NECESSARIAMENTE, A OPÍNIÃO DESTE JORNAL.


TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - DOMINGO, 4 DE AGOSTO DE 2013 POLÍTICA 7

Indicador de educação teve nova metodologia de cálculo no IDHM 2013

Alagoas apresentou evolução no IDHM em 10 anos com melhoras significativas

No IDHM 2013, o indicador de educação foi calculado com uma nova metodologia. No IDHM anterior, de 2003, eram levadas em conta a taxa de alfabetização dos adultos e a taxa bruta de frequência à escola. No IDHM 2013, esse indicador ficou mais exigente e passou a considerar os adultos com ensino fundamental completo e até que ponto as crianças e os jovens estão frequentando e completando determinados ciclos da escola com a idade adequada. A divulgação dos dados do IDHM do país apresentados pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) teve grande repercussão.

No quadro geral, em Alagoas, a evolução dos Índices de Desenvolvimento Humano medido pelo Pnud, entre 2000 e 2010, apresentou melhoras significativas nos três segmentos que formam o índice: vida longa e saudável (longevidade), acesso ao conhecimento (educação) e padrão de vida (renda). Com base no Censo do IBGE, o Índice de Desenvolvimento Humano Municipal leva em conta três componentes: expectativa de vida ao nascer, educação e renda per capita.

Dados do IDHM apontam que a educação foi um dos itens que mais cresceram em Alagoas em 10 anos

Mapa que indica evolução no índice de desenvolvimento humano nos municípios de Alagoas

AL tem 2 maior alta de IDHM na década a

No item Educação, o estado foi o que apresentou o maior crescimento com percentual de evolução de 84,40%

O

resultado do Atlas de Desenvolvimento no Brasil 2013, que mede o Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM), com números de 2010, divulgado na quarta-feira (29) pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud), aponta Alagoas como o 27º IDH Municipal entre os estados brasileiros, mesma posição que ocupava no Atlas de 2000. No en-

tanto, as políticas públicas implantadas pelo Governo no período já renderam bons resultados, mudando a cor do mapa do desenvolvimento alagoano. e acordo com os números do Pnud, ao longo da década 2000-2010 – sendo seis anos do governo anterior e quatro da atual gestão –, Alagoas obteve o 2º maior crescimento no ranking de IDHM entre os 27 estados, o equivalente

a um percentual de 33,97% de aumento, superado apenas pelo Maranhão (34,24%). O resultado permitiu que a classificação do IDHM saltasse de “muito baixo” em 2000 – atingindo 98 dos 102 municípios – para “baixo” – em 86 municípios (veja os mapas nesta página). O ranking de evolução dos indicadores do IDHM leva em consideração itens como Educação, Longevidade e

Renda. Em Alagoas, o vetor Educação, por exemplo, apresentou mais um resultado surpreendente. Os dados revelaram que Alagoas pulou de 0, 282 no ano de 2000 para 0,520 em 2010, o que resultou em um percentual de evolução de 84,40%, o maior aumento percentual entre todos os estados brasileiros. Outro item que colocou o Estado na 1ª colocação entre

os que mais evoluíram no IDHM foi o do quesito Longevidade. Nesse ponto, entre o período de 2000/2010, o percentual de evolução de crescimento foi de 16, 69%. Já no item Renda, o Estado aparece como o 6º maior entre todos os Estados do país, com uma evolução de 11, 67% entre os anos de 2000/2010. O resultado mostra que, assim como Alagoas, o Nordeste também acompanhou

essa evolução em relação ao Brasil, uma vez que foi a região com maior evolução do IDH. Outro dado significativo no IDH divulgado pelo Pnud, tendo como base o ano de 2010, foi que apenas dois municípios - Inhapi e Olivença -, ambos localizados no alto Sertão alagoano, continuaram com desempenho classificado como “muito baixo”.

IDHM

Municípios saltaram de patamar baixo para médio Ainda no IDHM divulgado em 2010, 13 municípios passaram do índice de “muito baixo” e atingiram o patamar de “médio”, sem passar pelo índice “baixo”. Já 86 municípios apareceram no patamar de “baixo” e a capital, Maceió, com índice de IDHM “alto”. Em 2000, a capital alagoana aparecia com índice “baixo”, evoluindo para “alto” em 2010. Com relação ao Estado de Alagoas, como um todo, apenas 4,9% dos municípios estão abaixo da média de IDHM entre os 50 com menor evolução no índice. Entre os municípios que aparecem na lista estão Roteiro, Mata Grande, Olho D’Água Grande, Olivença e Inhapi, estando os dois últimos com IDH baixo (0.499). Os outros três possuem índices medianos, ocupando o 42º lugar (Olho D’Água Grande), o 47º lugar (Mata Grande) e 50º lugar (Roteiro), com 0.503, 0.504 e 0.505, respectivamente. De acordo com o superin-

tendente de Fortalecimento do Sistema Descentralizado da Secretaria de Estado de Assistência Social, Edmilson Vasconcelos, as políticas públicas do Governo de Alagoas e os programas sociais disponibilizados pelo governo federal foram imprescindíveis para a retirada desses municípios da situação de vulnerabilidade social. “Nessas cinco cidades, a Transferência Direta de Renda faz circular mensalmente mais de R$ 2 milhões, atendendo a 11.357 famílias, o que equivale a aproximadamente 70% daquelas cadastradas e beneficiárias dos programas sociais. Isto nos dá a dimensão da importância desta ação para cada uma das famílias e para a economia do município”, afirma. A publicação Atlas do Desenvolvimento Humano no Brasil 2013 utiliza dados do censo demográfico de 2010 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Treze municípios alagoanos estão com um médio índice de desenvolvimento humano , conforme consta no mapa exposto acima

ABUSO SEXUAL

SHOW CONFUSO

Para CNBB, lei pode facilitar aborto A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) publicou nota oficial sobre a sanção da lei 12.845/2013, que regulamenta o tratamento dado a vítimas de violência sexual. No texto, os bispos lamentam que o Artigo 2º e os incisos IV e VII do Artigo 3º não tenham sido vetados pela presidente Dilma Rousseff. Entre esses tópicos, estava a chamada “profilaxia da gravidez”, com adoção da pílula do dia seguinte para evitar a gestação da vítima. Para a Igreja, o método já seria considerado um abortivo.

Rita Lee terá que indenizar policiais sergipanos A cantora Rita Lee foi condenada a indenizar os policiais militares que xingou durante show no festival Verão Sergipe, em Aracaju, em janeiro no ano passado. Na ocasião, a cantora interrompeu a apresentação e passou a insultar os policiais que buscavam drogas entre o público. Após a confusão, ela chegou a ser detida. A decisão, expedida pelo Supremo Tribunal Federal (STF) na última terça-feira, é final. Não cabe mais recurso. A cantora tem prazo de 15 dias para fazer o pagamento -- caso contrário, cabe multa de 10% sobre o valor.

MAIS MÉDICOS

Andifes dá apoio aoprograma do governo A Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes) decidiu apoiar o Programa Mais Médicos. O posicionamento foi divulgado, em nota, após reunião plenária da associação em Belém (PA). A associação entendeu que o programa do governo tem o “mérito de fortalecer o Sistema Único de Saúde [SUS], voltado para atender a toda a população, principalmente as parcelas mais excluídas do país”.


8 PUBLICIDADE MACEIÓ - DOMINGO, 4 DE AGOSTO DE 2013

TRIBUNAINDEPENDENTE


TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - DOMINGO, 4 DE AGOSTO DE 2013

Cidades

CIDADES

9

Metade das cidades alagoanas solicitou revisão de território nos últimos anos Municípios que solicitaram revisão de divisão territorial nos últimos cinco anos em Alagoas somam 51. São eles: Santana do Ipanema, Estrela de Alagoas, Quebrangulo, Chã Preta, Ibategurara, Joaquim Gomes, Marechal Deodoro, Anadia, Olho d’Água das Flores, Olivença, São José da Tapera, Girau do Ponciano, Paulo Jacinto, Craíbas, Messias, Pão de Açúcar, São Sebastião, Flexeiras, Pilar, Tanque d’Arca, Taquarana, Carneiros,

Senador Rui Palmeira, Traipu, Mar Vermelho, Lagoa da Canoa, Campo Grande, Arapiraca, Igreja Nova, Palestina, Jequiá da Praia, Igaci, Satuba, Rio Largo, Barra de Santo Antônio, Passo de Camaragibe, Água Branca, Viçosa, Matriz de Camaragibe, Branquinha, Junqueiro, Feira Grande, Belém, Teotônio Vilela, Ouro Branco, Cacimbinhas, Jacaré dos Homens, Monteirópolis, Maravilha, Novo Lino e Colônia Leopoldina.

51 municípios brigam por territórios Com dúvidas em relação às divisas, prefeitos pedem revisão na tentativa de conquistar benefícios como maior FPM ANA PAULA OMENA REPÓRTER

N

a tentativa de garantir mais população, participação em um campo de petróleo e gás, a posse de uma escola, um posto de saúde, indústrias e até mesmo centros urbanos inteiros, 51 municípios alagoanos, ou seja, exatamente a metade, brigam por território na Justiça ou na esfera administrativa. Os problemas gerados por conta de dúvidas na localização de suas divisas não são novos e existem

porque os prefeitos estão interessados em elevar o valor do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), em receber royalties de petróleo e gás ou em garantir mais votos. Um dos símbolos dessa disputa é o litígio judicial envolvendo limites territoriais entre Marechal Deodoro e Pilar. A briga se arrasta há pelo menos dez anos, e o prefeito do Pilar, Carlos Alberto Canuto, alega que após a chegada da Petrobras na cidade, a disputa ficou ainda mais acirrada. Um relatório de acertos

feitos no dia 24 de julho deste ano, na distribuição dos royalties, divulgado pela Agência Nacional de Petróleo (ANP), mostra, em dinheiro, o tamanho da briga. O documento aponta a retenção de valores até que sejam delimitados os territórios e definidos os beneficiários dos royalties do campo de petróleo e gás localizado próximo à divisa das duas cidades. Segundo informação da ANP, os valores - cerca de R$ 1 milhão por mês encontram-se retidos na Secretaria do Tesouro Nacional, tendo em vista

as dúvidas com relação à exata localização da Estação Coletora de Pilar e da UPGN de Alagoas. A retenção permanece até decisão administrativa do Instituto de Terras e Reforma Agrária de Alagoas (Iteral) quanto à localização destas instalações. A reportagem tentou contato durante toda a semana com o prefeito Cristiano Matheus, de Marechal Deodoro, por celular, mensagem de texto, por meio de sua assessoria de comunicação, porém até o fechamento desta edição não obteve êxito. SANDRO LIMA

SANDRO LIMA

Divisa entre Pilar e Marechal Deodoro é marcada por uma pedra

CONFLITO

Moradores vivem ‘crise de identidade’ nas divisões

Enquanto falta escola e posto de saúde na região de conflito, existem duas igrejas católicas no mesmo povoado, sendo uma em cada cidade

Seu Sebastião Antônio de Lima, de 60 anos, mora na divisão entre Pilar e Marechal Deodoro, há cerca de 16 anos, e conta que vive uma crise de identidade por conta do conflito entre as duas cidades. “Sou pilarense e nunca deixarei de ser, até porque, Marechal nunca apareceu para fazer qualquer benefício nem pela sua área”, criticou. O prefeito de Pilar, Carlos Alberto Canuto, ressaltou que crianças e adultos que carecem de assistência médica ou escola no Povoado Galhofa, que é de Marechal, utilizam o benefício em Pilar. Mas enquanto não há escola ou posto de saúde próximo do povoado, na área

deodorense, bem na região de conflito das duas cidades existem logo duas igrejas católicas dentro do Povoado Camurupim, uma do lado de Pilar e outra de Marechal Deodoro. Segundo Carlos Alberto Canuto, o Instituto de Terras e Reforma Agrária de Alagoas (Iteral) já teria reconhecido a área do Povoado Camurupim, como sendo do município de Pilar, porém Marechal Deodoro contesta. “O Pilar está perdendo benefícios em decorrência dos bloqueios. Não tem como entrar em consenso com o prefeito Cristiano Matheus, porque esta briga é antiga e rola há mais de dez anos. Só por meio judicial mesmo”, declarou. (A.P.O.) SANDRO LIMA

CONFLITO COM MARECHAL

Pilar ‘deixa’ de arrecadar R$ 1 milhão Repasse de valores de royalties ficam retidos na Justiça até esclarecimentos O prefeito de Pilar, Carlos Alberto Canuto, critica os prefeitos que passaram por Marechal Deodoro por terem se interessado pela área de Pilar após visualizarem possíveis rendimentos com a posse do local. “Áreas do Pilar nunca foram contestadas por Marechal Deodoro, mas após a instalação da Petrobras neste campo, todos querem ganhar”, frisou Canuto. Ele explica que Marechal

Deodoro questiona a área da Unidade de Recepção e Distribuição de Gás que gera mais royalties do que a Unidade de Processamento de Gás Natural de Alagoas, sendo esta última até mais próxima de Marechal. Para Canuto, pelo fato de a Unidade de Recepção e Distribuição ser mais distante da divisa do que a Unidade de Processamento, não tem lógica Marechal brigar por uma e não pela

outra. O impasse prossegue e apenas a Justiça irá determinar a liberação dos valores dos royalties, que segundo o prefeito do Pilar serão investidos na infraestrutura da cidade. Segundo o prefeito, o município está arrecadando aproximadamente R$ 300 mil de royalties mensais. Se não fosse o impasse com Marechal Deodoro, a cidade chegaria a arrecadar cerca de R$ 1 milhão com o bene-

fício. Em Alagoas, existem 161 poços produtores terrestres para a apuração de royalties. Os dados são da Agência Nacional de Petróleo (ANP). 72 deles, somente em São Miguel dos Campos, 45 em Pilar, 16 em Maceió, 11 em Marechal Deodoro, sete em Satuba, quatro em Rio Largo, dois em Roteiro e dois em Coqueiro Seco. Além de um em Coruripe e um em Jequiá da Praia. (A.P.O.)

Canuto tem planos para a cidade com valores de royalties retidos REPRODUÇÃO / SEPLANDE

VILA SÃO FRANCISCO

Quebrangulo e Paulo Jacinto na briga Prefeitos ainda não entraram em consenso sobre localização de comunidade Outra briga histórica por território em Alagoas é entre Quebrangulo e Paulo Jacinto. O prefeito de Quebrangulo, Manoel Tenório, destacou que ainda não teria solicitado a revisão de divisão territorial da cidade, porém iria se reunir com o prefeito de Paulo Jacinto, Nildo do Jaime para tentar entrar em consenso quanto à situação dos dois

municípios. Uma Vila, chamada ‘São Francisco’, é o alvo dos questionamentos: parte dela está em Quebrangulo e a outra parte em Paulo Jacinto. “Enquanto não se define qual parte pertence a que cidade, os serviços básicos continuam sendo realizados nos pedaços que pertencem a Quebrangulo e por Paulo Jacinto”, disse

Manoel Tenório. O Instituto de Terras e Reforma Agrária de Alagoas (Iteral) vem efetuando revisões nos limites territoriais dos municípios alagoanos desde o ano de 2007, já que naquele ano estava sendo realizado um censo pelo IBGE. O órgão federal mudou a metodologia de construção de mapas e deixou o sistema convencio-

nal para o Sistema de Posicionamento Global (GPS). A mudança gerou dúvidas dos municípios em relação a seus territórios, porque, também, os mapas estavam desatualizados, gerando solicitações de revisão por parte das prefeituras. O Iteral já fez mais de 70% das revisões, mas o IBGE ainda não realizou a atualização oficial. (A.P.O.)

Territórios alagoanos estão sendo revisados, mas falta atualização


10

CIDADES

MACEIÓ - DOMINGO, 4 DE AGOSTO DE 2013

TRIBUNAINDEPENDENTE

Mortos são preparados de forma irregular Em Maceió, funerárias realizam formolização de cadáveres sem acompanhamento médico, conforme determina lei SANDRO LIMA

OLÍVIA DE CÁSSIA REPÓRTER

C

entrais de velórios e funerárias de Maceió podem ser punidas, caso seja aplicada a lei que determina que a preparação de cadáveres, por meio da formolização, deve ser feita apenas em local apropriado e com acompanhamento de um médico. Os cuidados, conforme as legislações referentes à atividade, evitam que vítimas de doenças infecto-contagiosas sejam meio de contaminação mesmo após a morte, e ainda garantem que a formolização seja feita em condições sanitárias ideais. “Mas muitas funerárias indevidamente fazem o procedimento”, afirma o professor e médico legista Gerson Odilon Pereira, integrante do Conselho Regional de Medicina de Alagoas (Cremal). “Pela legislação, pessoas que falecem de doenças contagiosas como hepatite, tuberculose, meningite, entre outras, devem ser veladas em caixões lacrados, pois as bactérias são facilmente transmitidas pelo ar e não devem ser expostas para que pessoas da família, parentes ou amigos a toquem”, explica. Mas a realidade é bem diferente. A reportagem da Tribuna Independente recebeu

Funerárias devem ter local apropriado para preparação do corpo e com acompanhamento médico

uma denúncia de que centrais de velórios e funerárias de Maceió estariam colocando formol e preparando indevidamente os corpos nos mesmos locais onde estariam sendo velados, causando risco e constrangimento aos familiares. Segundo Ricardo da Silva (nome fictício), numa central de velórios de Maceió, a funerária teria preparado o corpo de um parente seu, que morreu de infecção generalizada, no local onde o corpo estava sendo velado.

Indignado, ele contou à reportagem que o mesmo senhor que pegou no caixão e preparou o corpo, aplicou o formol, na presença dos parentes, o que para ele é uma situação anti-higiênica e constrangedora, que deveria estar sendo fiscalizada. “Fui ao velório com meus filhos e constatei o absurdo: a funerária preparou o corpo do meu parente dentro do próprio local. Imagine um falecido como o meu parente, que tenha morrido de uma doença como meningite,

transmitindo infecção, bactérias e todos os outros tipos de doenças contagiosas”, observa. Ricardo disse que no caso do seu parente foi cobrado R$ 500 para a colocação do formol. A reportagem pesquisou em algumas empresas que prestam esse tipo de serviço e os preços variavam de R$ 200 a R$ 250. “Não há fiscalização nesses locais. Eu entendo que essas empresas, para funcionar, precisam de um alvará e quem fornece é a Vigilância Sanitária. Por que não há fiscalização?”, indaga.

FAMILIARES

Prática oferece risco de contaminação

ADAILSON CALHEIROS

Segundo o médico legista e membro do Conselho Regional de Medicina de Alagoas, Gerson Odilon, existe regulamentação em Alagoas para a preparação de cadáveres nas funerárias: “Está no site do CRM. A colocação de formol pelo técnico deve ser com acompanhamento médico, por conta do perigo que traz de contaminação à população. Algumas funerárias, indevidamente, fazem isso: colocam um comprimido de formol na boca do falecido ou aplicam indevidamente o produto”, disse. Segundo Gerson Odilon, essa prática das funerárias geralmente é feita por algumas empresas longe do IML e das vistas dos profissionais da medicina. “A exigência é que o corpo seja enterrado em até 24 horas [em casos de doenças infecto-contagiosas]. Se demorar mais, tem que tomar as providências Médico legista e membro do CRM diz que profissionais podem estar fazendo prática ilegal da medicina [como colocar maior quantidade de formol ou outro pro- problema [contaminação], vam próximas do cadáver no jetar uma mistura de formol e fenol no cadáver forçando duto utilizado na medicina se não for o médico acompa- velório. nhando, quem assume essa Segundo a medicina le- o sangue a sair do sistema legal]”, destaca. responsabilidade?”, indaga. gal, a colocação de formol circulatório. O fenol possui a ILEGALIDADE Gerson Odilon explica nos corpos tem o objetivo de propriedade de matar todos O médico avalia que realizar o procedimento sem a que em caso de morte por recuperar a cor natural e a os micro-organismos prepresença de um profissional doença contagiosa, o médi- aparência do cadáver, além sentes, enquanto o formol, da medicina é prática ilegal co também deve prescrever de controlar odores e alon- por sua vez, é um fixador de células que impede a decomda profissão. “Está no Código medicamento para os fami- gar o período de velório. A técnica consiste em in- posição. (O.C.) Penal. Se acontecer algum liares e pessoas que esta-

CRIME

Descumprimento está previsto no CP SANDRO LIMA

Promotor lembra que o risco gerado à saúde é passível de prisão

O promotor de justiça Ubirajara Ramos, que atua na Defesa da Saúde, no Ministério Público Estadual, disse que a desobediência à lei que determina que a formolização de cadáveres em funerárias deve ser feita em local apropriado e com acompanhamento médico é crime. “Está no artigo 268 do Código Penal, que dispõe sobre a infração de medida sanitária preventiva: infringir determinação do poder público, destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa, a pena é detenção de um mês a um ano e multa”, observa. Ramos destaca que o pa-

rágrafo único desse artigo do Código Penal diz que a pena é aumentada em um terço se o agente é funcionário da saúde pública ou exerce a profissão de médico, farmacêutico, dentista ou enfermeiro e explica que a fiscalização nesses locais deve ser de competência da Vigilância Sanitária. Ele também destaca que quando os pacientes morrem no Hospital de Doenças Tropicais (HDT), que atende casos de doenças contagiosas e precisam de isolamento, eles devem sair de lá e já serem enterrados, sob pena de infração do Código Penal. “É crime contra a saúde pública”. (O.C.)


TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - DOMINGO, 4 DE AGOSTO DE 2013

Sem qualificação, funerário adquire técnica na prática

CIDADES

11

SANDRO LIMA

Alguns têm curso sobre a prática de atrasar o processo de decomposição, mas a maioria faz ‘de qualquer jeito’

U

m funcionário de uma funerária localizada no bairro do Tabuleiro do Martins, que pediu para não ser identificado, porque “tem medo de ser linchado”, disse que diversas funerárias em Maceió têm capacitação para fazer a formolização de cadáveres, mas fazem sem acompanhamento médico. Algumas têm ambiente apropriado para a colocação do formol, mas outras fazem “de qualquer jeito”, conforme relata. Ele afirmou que muitos funcionários dessas empresas não têm o curso de tanatopraxia (uma técnica que consiste no atraso da decomposição de um cadáver), mas têm a técnica e colocam o formol mesmo irregularmente. “Existe, sim, funerária que faz de qualquer

jeito, em qualquer lugar. São os ‘urubuzinhos mais usurentos’”, denuncia. Na segunda funerária pesquisada pela reportagem, no Jacintinho, o proprietário informou os procedimentos que realiza no local. Ele disse que quando uma pessoa falece, “dependendo da doença, tem uma quantidade específica de formol, que depende da verificação do peso. Se for vítima de doença contagiosa, é preciso sepultar imediatamente”, reforça. FISCALIZAÇÃO A reportagem tentou todos os caminhos indicados para obter a informação sobre qual órgão é responsável por fiscalizar as funerárias em Maceió ou por fazer a formolização de cadáveres, quando necessário. O Serviço de Verificação de Óbitos

de Alagoas, por meio de sua assessoria, informou que o processo de formolização é feito pelas funerárias mesmo. “No caso de um doente que tenha morrido de uma doença como a hepatite, o vírus fica circulando durante um mês, mas a doença só é transmitida se as pessoas tiverem contato com a secreção”, explica. A assessoria também reforça que no caso de doença contagiosa, o morto tem que ser sepultado logo, mas há casos em que a família quer esperar um parente e que é preciso preparar o corpo. “A funerária faz o procedimento e o SVO não acompanha. Quando precisa, faz a necropsia para determinar a causa mortis e entrega o corpo à família para tomar as medidas necessárias”, observa. ASCOM MACEIÓ

Vigilância em unidades de saúde é a única ação feita em Maceió confirmada pelo órgão à reportagem

Ambiente apropriado e qualificação de funcionários são condições que nem todos os estabelecimentos têm

DESINFORMAÇÃO

Vigilância não confirma se fiscalização é realizada A Tribuna Independente entrou em contato por telefone com o diretor da Vigilância Sanitária do Estado, o médico veterinário Paulo Bezerra, para saber dele de quem é a competência para fiscalizar a colocação de formol nos cadáveres pelas funerárias, mas ele encaminhou a reportagem para falar com a Vigilância Sanitária Municipal. As tentativas de contato com o órgão começaram na quarta-feira: no primeiro dia, foram feitas cerca de dez ligações para o coordenador municipal da Vigilância Sanitária, Geovane Pacífico, e o telefone não atendeu. Na quinta-feira, a reportagem conseguiu falar com o coordenador, mas ele recomendou que falássemos com o técnico da equipe, o diretor da Inspetoria de Serviço de

Saúde da Vigilância, René Gondim, que, segundo ele, teria todas as informações sobre o assunto. Depois de muitas tentativas, a Tribuna conseguiu localizar o técnico, mas ele nos informou que não é sua atribuição esse tipo de fiscalização: “Meu trabalho é com hospitais, clínicas e laboratórios. A senhora fale com o coordenador Geovane Pacífico”, disse ele. Geovane, porém, informou que não possui as informações solicitadas. A promotora de Justiça Micheline Tenório, responsável pelo Núcleo de Defesa da Saúde do Ministério Público Estadual, disse que não recebeu denúncia acerca da prática irregular de formolização nas funerárias, mas que se existe a prática, é crime.

Segundo a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), que criou a Resolução RDC nº 147, de 4 de agosto de 2006, é da competência da Vigilância Sanitária: “eliminar, diminuir ou prevenir riscos à saúde e de intervir nos problemas sanitários decorrentes do meio ambiente, da produção e circulação de bens e da prestação de serviços de interesse da saúde”. A resolução ainda define “Conservação de Restos Mortais Humanos” como “ato médico que consiste no emprego de técnica, através da qual os restos mortais humanos são submetidos a tratamento químico, com vistas a manterem-se conservados por tempo total e permanente ou determinado, quais sejam, o embalsamamento e a formolização, respectivamente.


12

CIDADES

MACEIÓ - DOMINGO, 4 DE AGOSTO DE 2013

TRIBUNAINDEPENDENTE

Substância da laranja combate ansiedade Pesquisa foi feita pela Universidade Federal de Sergipe que comprovou propriedade psicoativa no óleo da fruta

CidadesemFoco ROBERTO BAIA robertobaiabarros@hotmail.com

Novos rumos

A

informação é da jornalista Clau Soares: O radialista Paulo Marcello já está atuando desde a última quinta-feira (01), na Rádio Metropolitana FM, em Arapiraca. Ele está coordenando a programação e as áreas de comunicação e publicidade. O profissional deixa a Rádio Novo Nordeste após nove anos. Em menos de um ano, a empresa já perdeu quatro radialistas para concorrentes: Ângelo Farias, Marcos Alexandre, Jairo Campos e, agora, Paulo Marcello.

Proposta nova

Vida e carreira

“A ideia é oferecer aos ouvintes uma programação bacana com os sucessos que o povo gosta de ouvir, mas com uma proposta nova e ousada. “Aceitei o desafio de mais uma vez coordenar a programação de uma FM - a última foi a 96 FM nos anos 90 - e agora vamos trabalhar unindo rádio, programação on line, redes sociais e cobertura de eventos”, explica Paulo.

Paulo Marcello, 42 anos, é natural de São Paulo (SP), casado e tem três filhas. Mora em Arapiraca desde os sete anos de idade, onde também fez o curso de Radialismo. Ele atua na área há 26 anos. Já trabalhou na Rádio Gazeta, São Miguel FM, Rádio Sampaio, extinta Popular (hoje Pajuçara), Novo Nordeste FM, 96 FM, Nova FM (onde continua até o dia 18/08, em virtude de contrato).

U

m grupo de estudantes da Universidade Federal de Sergipe (UFS) descobriu que existe uma substância na laranja que combate a ansiedade através da pesquisa intitulada ‘Investigação do potencial de produtos naturais como agentes terapêuticos nos transtornos comportamentais’. O projeto é coordenado pelo professor Damião Pergentino de Sousa que há 7 anos desenvolve estudos com produtos naturais, focando uma aplicação farmacológica no Laboratório de Química de Produtos Naturais e Sintéticos Bioativos. Com o desenvolvimento da pesquisa foi possível comprovar que o limoneno, substância encontrada no óleo da laranja, participa da ansiolítica, tem uma ação psicoativa que atua sobre o comportamento e combate a ansiedade. “O resultado foi obtido através da pesquisa básica. Nesta primeira etapa testamos apenas a atuação do limoneno em modelos experimentais relacionados à ansiedade e foi possível comprovar cientificamente que o componente majoritário do óleo da laranja, o citrus aurantitum,

contribui com sua atividade ansiolítica.Para obter um fármaco demora vários anos. A legislação é rigorosa, pois a etapa final é com o ser humano”, explica o professor. A pesquisa foi feita no laboratório sob a ótica da química medicinal. “A área central do sistema nervoso é uma das linhas da pesquisa. Estudamos há alguns anos uma forma de isolar as substancias psicoativas que atuam no comportamento humano com finalidade de corrigir possíveis distúrbios comportamentais ou neurológicos. Dentro da linha de psicofarmacologia, um dos nossos temas de trabalho é a ansiedade”, ressalta. O psicólogo Antônio Luciano Dantas define que ansiedade é um estado emocional que faz parte da natureza humana e funciona como alerta e estimulo para situações de vida, reais ou imaginarias, por exemplo: dirigir, fazer concurso, apresentar seminário, competir, sofrer assalto ou ser avaliado. “Em situações de risco real, como assalto, por exemplo, ela funciona através do medo como mecanismo de luta ou fuga”, explica. FREDSON NAVARRO

Estaleiro Eisa O presidente do Senado, Renan Calheiros, anunciou na tarde desta sexta, 2, que o Conselho do Fundo de Marinha Mercante concedeu prioridade para o financiamento da Estaleiro Eisa, em Coruripe, Alagoas. O valor do financiamento é de R$ 2 bilhões. O crédito já havia sido aprovado anteriormente, mas com a demora na concessão da licença ambiental, ele precisou ser renovado. Participaram ativamente da negociação para revalidar o crédito, o governador Teotonio Vilela Filho e o próprio senador Renan Calheiros.

Desenvolvimento

Corrupção

“Esta é uma obra fundamental para o desenvolvimento do Estado de Alagoas. Ela, pelos investimentos envolvidos e pela quantidade de empregos que irá gerar, tem capacidade de mudar substancialmente o perfil socioeconômico da região Sul de Alagoas e também do Estado. Por isso estamos fazendo além do possível para viabilizar o empreendimento o mais rápido possível. A renovação do crédito, depois de algumas conversas que tivemos em Brasília, é uma excelente noticia”, comemorou o presidente do Senado.

“A Relevância da transparência no combate à corrupção”. Este é o tema da palestra que será ministrada por Affonso Ghizzo Neto, promotor de Justiça do estado de Santa Catarina, no próximo dia 16, no auditório da sede do Ministério Público Estadual de Alagoas. A atividade, que está sendo organizada em parceria com o Focco - Fórum de Combate à Corrupção, tem o objetivo de incentivar o trabalho de enfrentamento aos crimes contra os cofres públicos.

Referência Affonso Ghizzo Neto, que é autor do livro “Corrupção, Estado Democrático de Direito e Educação”, lançado recentemente em Florianópolis, é uma referência no assunto dentro dos MPs brasileiros. Nessa obra, ele explica que o que o motivou a escrever sobre o tema foi à alta demanda de processos administrativos instaurados por conta do descumprimento às normas da moralidade pública. A mesma temática serviu de conteúdo para a sua tese de mestrado na UFSC - Universidade Federal de Santa Catarina.

Campo Alegre

Conferência

O dia dois de agosto de 2013 passou a ser um marco na cultura de Campo Alegre, onde artistas, produtores culturais e demais representantes da Sociedade Civil e do Poder Público, se reuniram no auditório da Escola Zenóbia Ferreira para a realização da PréConferencia Municipal de Cultura do Município.

A Prefeitura através da Secretaria de Cultura, Comunicação, Evento e Promoção ao Turismo, realizou o encontro, como preparação para a Conferência Intermunicipal de Cultura que acontecerá no próximo dia 06 de agosto em Teotônio Vilela com a participação de Campo Alegre, Junqueiro além do município sede Teotônio Vilela.

Raízes culturais A pré-conferência contou com a participação de representantes de várias raízes culturais do município, como o guerreiro, a capoeira, o grupo de baianas, grupos de dança, o teatro, músicos, artistas plásticos, entre outros produtores culturais.

... Sociedade Civil e Poder Público e os artistas e ou representantes de alguns grupos puderam debater a cultura local já dentro da abordagem do tema central da III Conferência Nacional de Cultura, que tem como tema: Uma política de Estado para a Cultura, Desafios do sistema Nacional de Cultura. ... O evento contou a palestra do professor agente de cultura Fernandes Palmeira que fez uma abordagem geral sobre o tema central ad Conferência, apresentando vários caminhos para o desenvolvimento da cultura de Campo Alegre e a nível nacional. ... A professora Eluzenita Chagas – Tia Lu, fez uma explanação sobre as riquezas culturais do município, passando por suas raízes até os dias atuais.

Limoneno encontrado na laranja contribui com sua atividade ansiolítica

AÍLTON VILLANOVA ailton.villanova@gmail.com

Eita remédio do “cabrunco”!

I

ngressei na faixa dos 50, coisa que não teria ocorrido se a competentíssima equipe de cirurgia do coração da Santa Casa, comandada pelo craque José Wanderley Neto, não tivesse entrado em campo a tempo. Baixei naquele nosocômio infartado, mais pra lá do que pra cá, pronto para encarar São Pedro. Saí zerado, com um monte de pontes de safena e com meia dúzia de distintos amigos, todos cardiologistas, felizes e satisfeitos com a minha rápida recuperação. Voltei lá tempos depois, aos 65 anos, para submeter-me a novo procedimento cirúrgico, no mesmíssimo coração, dado o fato de que cada uma das artérias que irrigam este órgão muscular estavam entupidas. Hoje em dia possuo nove safenas. É mole ou quer mais? Eu pensava que me achava livre de novo encontro com cirurgiões numa mesa de operações, mas eis que, há cerca de dois anos (e depois de submetido a exames de rotina) doutor Getúlio Jatobá, competente esculápio do Hospital do Açucar, descobriu que eu tinha câncer num dos meus rins e a vesícula estava estourada. Encarei numa boa os bisturis dos doutores Ricardo Soares da Costa e Antônio de Pádua Carvalho e hoje, segundo esses amigos, vai demorar um pouco mais para me deparar com Papai do Céu. As cicatrizes que se distinguem no meu corpo, me servem como admoestação para continuar respeitando e preservando a Vida. Ademais, representam a suprema ordem no sentido de que devo continuar mais e mais pobre. Explico: o que eu invisto em remédios não está no gibi. Hoje em dia, quase todos os meus vencimentos são comprometidos com a aquisição de medicamentos, sempre mais caros. Não existe, no mundo, negócio mais rentável e lucrativo do que produzir e comercializar remédios. Embora não precise comprovar o que estou dizendo, aqui vai um exemplo do que, por mais eu ganhe dinheiro trabalhando decente e honestamente, menos terei para fazer jus a sua obtenção. Dia desses, voltei ao consultório médico, para exame de rotina e um dos meus clínicos, me encarou com um sorriso que ia de orelha a orelha: - Você vai entrar numa medicação moderna e bastante eficiente, para melhorar o seu desempenho... E disse maravilhas do medicamento. Dessa vez quem riu fui eu: - Manda brasa, doutor. Remédio é comigo mesmo! E ele, cheio de cautela: - Olha, esse remédio é um pouquinho caro! - Ah, deixa comigo, rapaz! Nenhum remédio é caro quando se quer cuidar da saúde, é ou não é? – rebati cheio de entusiasmo. - É isso aí! Sai da clínica direto para a farmácia. Exibi a receita pro balconista e sapequei: - Me vê esse remedinho aí, meu jovem... O balconista pegou o medicamento, botou numa cestinha, passou-a às minhas mãos e me dirigi ao caixa. E haja a mocinha do caixa a digitar números e mais números. Terminou, olhou pra mim com a cara de piedade e disse: - São mil e quatrocentos reais! Achei que não tinha ouvido direito e pedi a garota para repetir. Ela repetiu: - São dois mil e quatrocentos reais! Gelei! Naquela hora não tive outro infarto – dessa vez fulminante -, porque doutor Wanderley Neto e sua equipe haviam caprichado na implantação das minhas NOVE pontes de safena.

Marido crucificado Dada a sua magreza, o agrônomo Bercildo Machado era conhecido pelo apelido de Macarrão. Também não fazia questão de atender pelos vulgos de Magrão, Fiapo, Lombriga ou Arame Vestido. O rapaz era simpático, estudioso, mas tinha um complexo infeliz da sua raquitice. Bermuda ele não vestia para não exibir os cambitos. Também não andava sem camisa, porque só tinha a pele e o osso. Dona Bercelina, sua extremosa mãe, gastou tudo o que tinha comprando remédios e mais remédios pro filho querido “pegar um corpinho”. Nada. Um dia, Bercildo deixou o acanhamento de lado e partiu para conquistar a bonita donzela Maria Alice, filha da viúva Astrofásia, uma velhota cheia de moral. Conquistada a garota, Magrão avançou resoluto para o casório, que se realizou com muitos cânticos religiosos e orações mil. Faltou dizer que, além de bonita, Maria Alice tinha um corpo sensacional. Pois bem, logo após a cerimônia religiosa, o noivo lembrou-se da sua magreza e ficou preocupado. Chamou num canto o amigo mais chegado e desabafou: - Pô, Ascânio, eu sou magro demais! Como é que eu vou fazer para ficar nu na frente da Alicinha, sem que ela repare no monte de ossos que eu sou? O amigo coçou a cabeça, deu uma temperada na goela e aconselhou: - Faz o seguinte, Macarrão... antes de começarem a transar, você apaga a luz, faz charminho e vai ao banheiro. Em seguida, volta peladão e cai em cima dela, na ferocidade, entende? Mulher gosta disso, rapaz! - Será que vai dar certo, Ascânio? - Pode apostar, meu irmão. É tiro e queda! - Tá legal! – concordou o noivo dentro do terno folgadão. A festa do casório foi bonita e muito animada. Na hora em que os nubentes foram para o quarto conjugal, Bercildo pôs em prática o conselho do amigo. Começou alisando a moça, disfarçou, apagou a luz, fez o tal charminho e entrou no banheiro, avisando: - Me aguarde aí, meu amor! E ela, ansiosa, piscando os olhinhos: - Não demore muito, ouviu, meu amor? Bercildo não demorou nadinha no banheiro. Só fez tirar a roupa e voltar correndo, peladão, para os braços da amada. Da porta do quarto, ele pulou para a cama. No que pulou, Alicinha assustou-se e deu o maior berro: - Socorro, Bercildinho! Caiu um crucifixo em cima de mim!


TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - DOMINGO, 4 DE AGOSTO DE 2013

Economia

As empresas participantes do ALI recebem benefícios como desconto de até 90% nas consultorias tecnológicas do Sebrae, como o Sebraetec; possibilidade de outras parcerias empresariais; palestras gratuitas e descontos de 30% nos cursos do Senac e outros parceiros. Para aqueles empresários que têm interesse em receber atendimento dos Agentes Locais de Inovação, basta ligar para 0800 570 0800 e solicitar uma visita.

Programa Agentes Locais de Inovação é oferecido pelo Sebrae Alagoas para pequenos negócios

E

no ambiente das empresas, promovendo aumento no faturamento e na competitividade. Inovação não custa caro, e pode, sim, gerar um diferencial para as EPP”, explica Fábio Rosa, analista da Unidade de Acesso a Inovação e Tecnologia do Sebrae Alagoas. GRATUITO O atendimento do programa ALI é gratuito, continuado e especializado. O público são as empresas de pequeno porte, ou seja, aquelas com faturamento de R$ 360 mil até R$ 3,6 milhões/ano. Inicialmente, os agentes visitam as EPP para apresentar a proposta do programa; após a adesão, momento em que o empresário afirma seu compromisso e seu interesse em participar do programa e fornece informações sobre o negócio, o ALI realiza um diagnóstico empresarial e uma mensuração do grau de inovação necessário para aquela empresa; a partir daí, é estruturado um Plano de Trabalho. Ao final do programa, o empreendedor recebe uma devolutiva com as conclusões sobre as atividades realizadas.

13

Participantes do programa têm descontos de até 90% em consultorias tecnológicas

Inovação, mais competividade e soluções empresariais a custo zero specialmente desde 2006, quando a Lei Complementar n° 123 assegurou um tratamento diferenciado e favorecido à microempresa e à empresa de pequeno porte, estas disputam espaço no mercado com as médias e as grandes empresas. Mas, nesse contexto, como ter um diferencial para se tornar competitivo? Esse é o grande desafio das empresas de pequeno porte. Para atender essa necessidade, o Sebrae criou o Programa Agentes Locais de Inovação (ALI), que auxilia na sobrevivência dos negócios em um cenário cada vez mais competitivo e global, inserindo a cultura da inovação nas empresas e orientando os donos de negócios a entenderem que inovar nem sempre é sinônimo de grandes investimentos financeiros. Esse processo pode significar pequenas mudanças no layout das lojas, nas embalagens, na divulgação de produtos, etc. Inovar significa renovar, criar uma novidade. “É através do trabalho dos ALI que o empresário desmistifica o conceito de inovação e passa a inserir essa cultura

ECONOMIA

Programa leva agentes do Sebrae a realizarem diagnóstico empresarial em empresas de pequeno porte

PROGRAMA

ALI em destaque nacional

O primeiro ciclo do Programa ALI em Alagoas ganhou destaque nacionalmente, e foi realizado no período de janeiro de 2011 a dezembro de 2012. O segundo ciclo teve início este ano e já está em andamento: as capacitações dos agentes foram realizadas até junho e as visitas às empresas tiveram início em julho. Em Alagoas, o programa beneficia os municípios de Maceió, Arapiraca, Rio Largo, São Miguel dos Campos e Marechal Deodoro, atendendo empresas dos setores de indústria, comércio e serviços. Esse segundo ciclo deve ser finalizado em maio de 2015. De acordo com Poliana Moura, selecionada como ALI do Sebrae Alagoas nos dois ciclos, esse trabalho tem levado possibilidades reais para as empresas inovarem em produtos (bens ou serviços), processos e marketing, por exemplo, buscando aumentar os lucros e diminuir seus custos. “Minha maior satisfação é ver o desenvolvimento das empresas em que atuo e o reconhecimento de seus proprietários com relação ao trabalho dos agentes”, afirma Poliana.


14

PUBLICIDADE

MACEIÓ - DOMINGO, 4 DE AGOSTO DE 2013

TRIBUNAINDEPENDENTE


TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - DOMINGO, 4 DE AGOSTO DE 2013 ESPORTES 15

Esportes

CRB treina em um período e direção trabalha para trazer mais reforços O meia Jairo foi embora. Com ele esta semana já foram quatro saídas (Carlão, Alex Murici e Lucas Coelho). Agora a direção vai trabalhar para trazer mais reforços. Um lateral esquerdo e um meia já estão sendo negociados. “Estamos buscando o melhor para o CRB. O mercado da bola está complicado, mas vamos encontrar esse atleta”, disse o presidente Marcos Barbosa.Em campo neste domingo o técnico Roberval Davino comanda treinamentos em apenas um período. O atacante Afonso já está trabalhando a parte muscular.

CSA tem a última chance na Série D

Azulão encara o Juazeirense hoje no Estádio Rei Pelé, precisa vencer e ainda torcer por uma combinaçao de resultados

A

matemática é difícil, mas a ordem no CSA é acreditar até o fim. O Azulão trabalhou essa semana em ritmo forte para enfrentar o Juazeirense neste domingo (4), às 17h no Estádio Rei Pelé, em jogo da 7ª rodada da Série D. O técnico Lino comandou vários trabalhos no Mutange e fez o desenho do time. Porém, uma mudança foi feita por conta da ausência do zagueiro Cleberson. “O atleta sentiu dores no joelho direito e no aquecimento viu que não dava para treinar. Mas quem está de volta é o Flávio –goleiro-, que treinou normalmente”, informou o assessor Bruno Félix. O arqueiro Azulino estava sentido um desconforto muscular na coxa, mas já foi tratado. Sendo assim, Lino colocou o meia Alisson no time titular e fez alguns testes. Primeiro, ele colocou Alves de volta à zaga, já que ele

estava jogando improvisado na lateral-direita, e Alisson caiu pela direita. A outra opção foi com o zagueiro Sinval deixando de ser volante e retornando à sua posição de origem, tendo Alves mantido na lateral e Alisson ficando pelo meio. Mas com Cleberson voltando, o que deve ocorrer antes da partida contra o Juazeirense, o técnico Lino deve manter o mesmo time que enfrentou o Sergipe no último final de semana, com: Flávio; Walison, Cleberson, Wagner Silva e Paulinho; Robson, Sinval, Patrick e Alex Henrique; Pedrinho e Rony. O atacante Rogélio Balotelli entrou em acordo com a diretoria do CSA e vai ser reintegrado ao grupo. Após os dirigentes chegarem a alegar abandono de emprego do atleta, as partes se entenderam e ele já volta a treinar na próxima terça-feira.

O Azulão deve ainda dois meses de salários a Balotelli, mas ele aceitou ajudar a equipe no restante da Série D, e os dirigentes se comprometeram em quitar o débito. A diretoria do CSA confirmou os valores dos ingressos para o duelo contra o Juazeirense. Na oportunidade, a arquibancada baixa do Rei Pelé estará fechada. Para arquibancada alta, o valor é de R$ 10, com estudantes e idosos pagando R$ 5 (na Base Azul e lojas Thuck Jhones), e para cadeira o preço é R$ 40. Os pontos de vendas são: Base Azul (Mangabeiras), Lojas Thuck Jhones, lanchonete Super Bits (Av. Amélia Rosa) e Federação Alagoana. OUTROS JOGOS Nova Iguaçu x Tupi Londrina x Botafogo-SP Vitória x Botafogo-PB Parnahyba x Maranhão Paragominas x Nacional Ypiranga-AP x Gurupi Genus x Náutico-RR

ASCOM CSA

CSA joga toda as fichas hoje contra o Juazeirense pelo Brasileirão Série D TERRA

BRASILEIRÃO

Maceió recebe a primeira etapa do Circuito Caixa

Missão do Vasco no clássico carioca da rodada é parar o líder Botafogo A primeira partida sem Juninho, depois de duas vitórias consecutivas desde o retorno do Reizinho, escancarou a diferença entre as versões do Vasco com e sem o veterano. Aos 38 anos, o ídolo da torcida foi citado algumas vezes pelo técnico Dorival Junior na entrevista coletiva após a partida. Na primeira delas, aliás, de maneira espontânea, sem ser provocado por nenhum jornalista a respeito da chamada “Juninhodependência”. Poupado para o clássico deste domingo as 18h30 contra o Botafogo, por precaução de uma possível contusão (seria o terceiro jogo consecutivo do jogador), Juninho fez falta na criação das jogadas, em-

bora Pedro Ken, mais adiantado, tenha feito boa partida. Para Dorival, no entanto, a presença do camisa 8 torna o time mais regular e mais consistente. - O Vasco vem num processo de evolução e considero que tenhamos feito uma boa partida. Mas sentimos a falta do Juninho, do padrão de jogo que eles nos dá. É um jogador que cadencia o ritmo, que proporciona situações de jogo, que acha os espaços para saídas em velocidade – disse Dorival, enumerando as qualidades e a importância do jogador. Apesar da falta evidente que Juninho fez, Dorival elogiou muito seus comandados. Ele lembrou que, além de mui-

ta luta e entrega, o time conseguiu bom toque de bola, principalmente no início da partida. - Tivemos os primeiros 30 minutos de predomínio, com troca de passe, com profundidade e jogadas agudas, agressivas. Mas depois caímos, e é nesse momento que se sente a falta de um jogador como Juninho. Mas num todo o time evoluiu, mesmo sem um jogador muito importante, que define o padrão da equipe – afirmou Dorival. OUTROS JOGOS 16h Criciúma x Corinthians 16h Atlético-PR x Goiás 16h Ponte Preta x Fluminense 16h Flamengo x Atlético-MG 18h30 Vitória x Portuguesa 18h30 Grêmio x Internacional

Juninho Pernambucano é a esperança do Vasco no clássico

BARCELONA

Pesquisa mostra o clube do exterior mais querido no Brasil Uma pesquisa feita no último mês de julho confirmou o Barcelona como o time estrangeiro com mais simpatizantes no Brasil. A equipe de Neymar e Messi, foi citada por 24,9% dos entrevistados pela Stochos Sports & Entertainment, que, desde 2008, desenvolve estudo mais completo sobre o torcedor brasi-

leiro de Futebol. Rival do Barça, o Real Madrid aparece em segundo com 11,8% dos voltos. O time de Cristiano Ronaldo é seguido pelo Milan, que recentemente renovou o contrato de Robinho, com 3,7%. Campeão de tudo na última temporada, o Bayern de Munique é o sexto mais “queri-

do”, com 2,0%. O único sulamericano citado na pesquisa foi o Boca Juniors, com 1,4%. O time argentino surpreendeu ao superar os poderosos PSG (1,1%), Juventus (0,5%)e Inter de Milão (0,5%). A mesma pesquisa foi feita pela empresa em 2010. Desde então, o Barcelona

vem crescendo de popularidade no Brasil. Na época, o clube já aparecia na liderança com 13,3%, seguido pelo Milan, que tinha 8,7%. Os números mostram que a Espanha foi o país europeu que mais cresceu. Já a Itália vem perdendo simpatizantes. A Stochos Sports & Entertainment entrevistou 8.345

pessoas de todas as classes sócio-econômicas do Brasil. Elas foram abordadas em todos os Estados do Brasil e tinham idades a partir de 16 anos, com intervalos de 5 em 5, até 60 ou mais. Segundo a empresa, a margem de erro é de 1,1% para mais ou para menos, com intervalo de confiança de 95%.

ALAGOANO

CONTESTADO

EX-CLUBE

Ídolo do São Paulo na conquista do tricampeonato brasileiro e do Mundial de Clubes de 2005, o atacante Aloísio Chulapa vai disputar a Segunda Divisão do Campeonato Alagoano de 2013. O jogador, de 38 anos, falou sobre a nova experiência na carreira e agradeceu à diretoria do time da cidade de Boca da Mata, interior de Alagoas. “Será um prazer vestir a camisa do Santa Rita. O meu objetivo era mesmo ficar por aqui, perto da minha família. Então, quero agradecer pela confiança da diretoria

O ataque do São Paulo não marca há seis jogos. Mesmo assim, Luis Fabiano continua em alta com a diretoria e teve seu contrato prorrogado por mais nove meses. O vínculo que ia até março de 2015 agora se encerra em dezembro do mesmo ano. A prorrogação foi publicada no BID. O atacante esteve perto de deixar o clube após a eliminação do São Paulo na Copa Libertadores deste ano, chegando até mesmo a receber propostas de clubes da Turquia e da Grécia. Após uma conversa com Juvenal Juvêncio, o atacante decidiu permanecer no Tricolor.

Ronaldinho Gaúcho está fora do jogo contra o Flamengo, neste domingo, no Mané Garrincha, na capital federal. O motivo: opção do técnico Cuca, de acordo com a assessoria de comunicação do Atlético-MG. Rosinei deverá ser seu substituto na partida. O camisa 10 alvinegro participou do aquecimento com os demais titulares e depois realizou apenas um trabalho físico na Cidade do Galo, sem participar do coletivo. Foi o primeiro treino após a festa organizada para comemorar o título da Taça Libertadores.

Aloísio Chulapa vai jogar a segundona

CORRIDA

São Paulo estende contrato de Luis Fabiano

Ronaldinho está fora da partida contra o Fla

Maceió recebe neste domingo a primeira etapa do Circuito Caixa de Corrida de Rua. A tradicional competição contará com a participação dos principais atletas da modalidade vindos de vários estados do Nordeste. O ponto de concentração será na Praça Multieventos, no bairro da Pajuçara. A largada está prevista para as 7h30m. Os atletas terão que percorrer as distâncias de 5 e 10km. Na categoria elite, disputam atletas que tenham registro de corredor de rua na Confederação Brasileira de Atletismo ou em uma das federações estaduais, bem como currículo de tempos mínimos em provas oficiais. Todos os participantes que não se enquadrarem na categoria elite, competirão na geral, que será disputada por atletas da mesma faixa etária. Já na categoria especial (5km), competirão corredores portadores de necessidades especiais. Para as provas de 10km, o participante terá que ter no mínimo 18 anos de idade, enquanto que o percurso de 5km deve ser feito por atletas com no mínimo 15 anos. Todo atleta que completar o evento dentro do tempo máximo previsto receberá uma medalha de participação.


16

PUBLICIDADE

MACEIÓ - DOMINGO, 4 DE AGOSTO DE 2013

TRIBUNAINDEPENDENTE


TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - DOMINGO, 4 DE AGOSTO DE 2013 DIVERSÃO&ARTE

Grupo de percussão fará musical sobre Steve Jobs

Chris Evans vai estrear na direção com filme independente

O Afro Lata, braço percussivo do AfroReggae, vai mergulhar de cabeça na biografia de Steve Jobs. É que o diretor artístico do grupo, Johayne Hildefonso, prepara um musical sobre a vida o criador da Apple. Ainda em fase de pesquisa, a ideia de Johayne é misturar várias linguagens. Para tanto, o grupo vai ter aulas de esgrima e Le Parkour, além das oficinas convencionais de teatro e música. O espetáculo vai estrear em 2014. Na próxima semana, os 20 integrantes do elenco vão assistir a palestras sobre Jobs e a Apple, além de começar uma leitura orientada do livro escrito Walter Isaacson.

Chris Evans, mais conhecido por interpretar o personagem Capitão América nos cinemas, vai estrear atrás das câmeras com “1:30 train”, um filme independente sobre dois estranhos que se conhecem em uma estação de trem e passam a noite juntos, no estilo “Antes do amanhecer”. O roteiro será escrito por Ronald Bass, que venceu o Oscar por “Rain man”. O plano é que a produção comece nos próximos meses, antes de o ator repetir o papel de Capitão América na continuação de “Os Vingadores”.

1

AINDA UM

Mito do kung fu tinha 32 anos e estava prestes a lançar seu maior filme. Estreia no ocidente aconteceu como Kato, na série de TV ‘Besouro verde’

MESTRE H á 40 anos, com apenas 32 anos, morria Bruce Lee, vítima de um edema cerebral. Apesar de ter protagonizado apenas cinco filmes – Operação Dragão e O Jogo da Morte, seus últimos trabalhos, ainda não haviam sido lançados – foi o suficiente para virar mito e influenciar o cinema mundial. Bruce estreou no cinema asiático ainda criança durante a década de 1940, mas apenas a partir dos anos 60 se tornou conhecido. Nos EUA, seu primeiro papel de destaque foi como Kato, coadjuvante na série de TV Besouro Verde. Este personagem deu a ele

a chance de aparecer em alguns episódios do Batman e rendeu convites para pontas em outros programas televisivos. Operação Dragão, seu primeiro longa produzido no Ocidente, o transformaria num astro conhecido (e admirado) no mundo todo. Dono de uma técnica até hoje insuperável, Lee era capaz de façanhas absurdas, como praticar flexões usando apenas dois dedos, apanhar grãos de arroz jogados para o alto com um par de hashis, jogar tênis de mesa usando nunchaku como raquetes e acertar um soco a uma distância de quase um metro em apenas cinco centésimos de segundo. Reza a lenda, que sua velocidade era tão impressionante que exigia cuidados especiais durante as gravações. Em vez dos tradicionais 24 frames por segundo, seus golpes eram filmados em 32 frames e as cenas desaceleradas, para que fosse possível enxergar o que ele havia feito. Um ex-aluno garante que ele podia golpear e voltar para a posição de descanso antes da “vítima” esboçar uma defesa. Inspiração para diversos lutadores que se tornaram atores e para incontáveis filmes de ação, Bruce Lee continua vivo na memória dos fãs de artes marciais.


TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - DOMINGO, 4 DE AGOSTO DE 2013 DIVERSÃO&ARTE

3

GLOBO

FLÁVIO RICCO - colaboração: José Carlos Nery - www.twitter.com/flavioricco

Seriado da Fernanda Montenegro é para o ano que vem

TV TUDO Novela da novela

S

e tudo correr como se planeja, a série “Doce de Mãe”, protagonizada por Fernanda Montenegro, terá um total de 15 episódios e estreia, provavelmente, com a programação de abril em 2014. Está tudo combinado e estabelecido. Será um trabalho do núcleo do Guel Arraes, com redação-final e direção-geral de Jorge Furtado. Os textos estão quase concluídos e as gravações devem começar, entre novembro e dezembro, a maior delas em Porto Alegre, onde se desenvolvem as suas ações, e no Rio de Janeiro, em estúdios. O elenco é o mesmo do telefilme exibido no final do ano passado e que deu origem ao seriado. Além da Fernanda, intérprete da protagonista Dona Picucha, uma viúva, octogenária, participam como seus filhos Marco Ricca, Louise Cardoso, Matheus Nachtergaele e Mariana Lima. Existem boas possibilidades de Drica Morares também vir a integrar este elenco fixo. Está dependendo apenas de alguns poucos acertos.

No fim de toda a questão, verifica-se que entre corta ou não corta o cabelo da Marina Ruy Barbosa em “Amor à Vida”, todos saíram ganhando. A novela acabou se fortalecendo com a discussão e a atriz nunca foi tão procurada para fazer comerciais.

Tá em todas Luís Melo, muito na dele e meio sem querer, estará em cartaz em três horários diferentes, a partir desta segunda-feira. Na Globo em “Amor à Vida” e “O Cravo e a Rosa”, em estreia no “Vale a Pena..., além da “Casa das 7 Mulheres” no Viva. E tudo, dizem, pelo mesmo salário.

Primeiro programa O técnico Tite, Corinthians, será um dos convidados do “Baita Amigos”, programa do Neto, que estreia amanha, segunda, às 20h30, no canal Bandsports. Cuca, Atlético Mineiro, e Dorival Jr, Vasco da Gama, também são esperados, mas ainda não confirmaram presença.

Taís Araújo, Alexandre Nero e Otávio Augusto são alguns nomes cotados para o elenco de “Além do Horizonte”, novela de Carlos Gregório e Marcos Bernstein, substituta de “Sangue Bom” na Globo. Núcleo do Ricardo Waddington, com as primeiras cenas rodadas no Amazonas

Aniversário

Botou no banco

A CAT – Central de Atendimento ao Telespectador – da Globo News acaba de completar um ano de operações, com cerca de 200 mensagens recebidas diariamente. Para comemorar a marca, o “Globo News Literatura” irá apresentar uma dica de livro ou escritor enviada por um telespectador. Na estreia, no dia 09 de agosto, o livro escolhido será “O Sofá Laranja”, de Fania Szydlow Benchimol.

No próprio SBT já se brinca sobre “Carrossel”, que amanhã será reprisada a partir das 18h30. A novela, segundo eles, se transformou no “Chaves” dos próximos anos. Botou o mexicano na reserva.

Tranquilo Gugu Liberato tem demonstrado muita tranquilidade em relação ao seu futuro. De volta ao Brasil, depois de quase um mês entre Portugal e Estados Unidos, só a partir de amanhã ele voltará a ter contato com os assuntos profissionais.

Vai começar A partir de amanhã, a Record deve acelerar o passo na escalação de “Milagres de Jesus”. Como se informou, o diretor João Camargo, nesses últimos dias, se entregou inteiramente aos testes para a definição de alguns personagens. O início das gravações em setembro só não é totalmente confirmado pelo atraso nos figurinos e cenários.

PALAVRAS CRUZADAS DIRETAS

www.coquetel.com.br Efeito do acúmulo de lactato no músculo

© Revistas COQUETEL 2013

Aborrece; importuna Nascido sob o segundo signo do Zodíaco (Astrol.)

FelídeoNélson Filme de símbolo Gonçalves, 1997 com da fauna cantor Leonardo brasileira gaúcho DiCaprio

Ocidente (abrev.) Atriz que interpretou a Carminha em "Avenida Brasil"

Região industrial da Grande São Paulo

Está (pop.) Ocupante definitivo de cargo Enxergar

Dar unção a Perfil virtual no "Second Life" Castigo legal Crustáceo de praias

Doido; maluco Morder a (?): cair na armadilha (fig.) "Nacional", em Inpe Árvore usada em composições paisagísticas

Clássico do futebol carioca Acolá Entidade do tênis mundial (sigla)

Exato; determinado Medida de consumo de energia orgânica

Criadores de alguma coisa (fig.)

A L

Membro invertido do Curupira (Folcl.) "Yes, We (?)", slogan de Barack Obama

I Embalagem reciclável de alumínio

Medida da venda de gasolina (símbolo) 0,25 x 8 (Mat.) Material preso na baliza do futebol Uso industrial do ácido cítrico Escola Pública (abrev.) Verdura preferida do Popeye (TV) Tomar (?): assumir o cargo

Alberto Valério, piloto brasileiro

Região com nove estados (abrev.)

(?) Mata Atlântica, ONG ambiental

3/atp — can. 5/ungir. 6/avatar. 10/acidulante. RE

A S C U

I P E A B C R

www.coquetel.com.br

A D R I A N A E S T E V E S

Nas baNcas e livrarias

T A R O

olver s e r ê c o v a r a p

Solução I CO R A T U R A O I T U L T A R A I S F N A L O R L A I F I C L A D U LA N O T I N A F S E S

Os enigmas de Sherlock

43

O N T N G I Ç T A V A P E N I R I N C T P A R T D E A C I I E S P P O S

BANCO

Plínio Salgado, líder integralista

Baralho da cartomante

Reality 2

A Floresta, empresa de conteúdo da Elisabetta Zenatti (foto acima), iniciou a produção de dois realities shows, que misturam personagens reais e atores. Os detalhes desses programas ainda são sigilosos, mas em breve serão apresentados nas emissoras interessadas, para a devida avaliação.

Em relação a um deles, tudo vai girar em torno do universo dos médicos, em seus campos de atuação. Há o desejo, inclusive, de se montar o elenco com atores que realmente são formados em medicina. Os pilotos deverão ser gravados nas próximas duas ou três semanas.

ÁRIES - (21/3 a 19/4) – Curioso e interessando em tudo que o cerca, você captará algo novo e poderá se expressar de maneira também inovadora. Notícias mexerão com você de um jeito positivo. Novos interesses e descobertas. Viagens curtas a vista! Muita animação e mente ágil. Setor mais Protegido: Profissional TOURO – (20/4 a 20/5) – Ser adaptável é o grande segredo pra você se dar bem no campo financeiro hoje! Além disso, saiba se beneficiar de pequenas mudanças inesperadas no ambiente - nada de fincar o pé em agendas rígidas. Flua, abra-se para as pequenas surpresas da vida, que o enriquecerão. Setor mais Protegido: Sentimental GÊMEOS – (21/5 a 21/6) – Como a Lua transita hoje seu signo, é bom reservar mais tempo pra si do que para o resto do mundo e das pessoas, causas sociais ou culturais também podem aguardar 48 hs. Lua e Urano em ótimo aspecto anunciam esperanças novas e uma boa virada nos seus planos. Setor mais Protegido: Profissional CÂNCER – (22/6 a 22/7) – Júpiter e Plutão formam um ângulo tenso e difícil hoje, configurando confrontos e brigas para ver quem tem poder; se você ou o parceiro! Você está apressado, instável e mandão, os outros sentem que está caprichoso. Tenha tato e focalize apenas nos desafios importantes. Setor mais Protegido: Profissional LEÃO – (23/7 a 22/8) – Sol e Urano começam a abrir um aspecto fluente que favorece abertura a amizades e novas parcerias, desde que você some seu poder de criar e seu dom de administrar ao fluxo inquieto e errático de pessoas criativas, mas sem método. Vida social animada hoje Setor mais Protegido: Sentimental VIRGEM – (23/8 a 22/9) – Vênus em seu signo envia aspecto positivos a Marte em Câncer, esquentando a cena romântica. Você atrai pessoas que querem cuidado e colo, como um amigo que anda inseguro. Planos com ele podem dar certo. Sensualidade e carinho. Assuntos financeiros caminham bem. Setor mais Protegido: Profissional

·Agora vem a notícia que a Dani Calabresa nem chegou a gravar piloto do “Lo sabe no lo sabe”... ·... Aliás, ainda não há uma definição na Band sobre início de produção do programa... ·... Não será nenhuma surpresa, inclusive, se resolverem deixar para o ano que vem. ·Astrid Fontenelle já está gravando nova temporada do “Chegadas e Partidas”, do GNT. ·A Record e a produtora Medialand renovaram por mais dois anos o quadro policial “Câmera em Ação”, exibido no “Domingo Espetacular”. ·Pessoal da novela “Joia Rara”, próxima das 6 na Globo, usou as instalações do parque Beto Carrero, em Santa Catarina, para novas gravações. ·Depois de vários estudos e ameaços, parece que “Dona Xepa” vai ficar onde está... ·... A direção da Record concluiu que uma mudança agora no horário da novela só traria maiores prejuízos... ·... Inclusive com relação a sua substituta, “Pecado Mortal”, que é uma novela concebida para a faixa das 10 da noite.

C’est fini

Reality 1

HORÓSCOPO

Bate-rebate

LIBRA – (23/9 a 22/10) – Você pode contar com um poderoso entendimento de conjunto, captando o quadro geral. As minucias devem ficar para outra pessoa cuidar. Viagens, arranjos judiciais positivos e favoráveis são possíveis agora. Viradas imprevistas tem a ver com decisões do parceiro. Setor mais Protegido: Profissional ESCORPIÃO – (23/10 a 21/11) – A época favorece o aprofundamento e os questionamentos. O dia ressalta as conversas que podem esclarecer ainda mais certos pontos obscuros do passado. Questões relacionadas a heranças, pendências financeiras e judiciais tomam ótimo rumo, e pouco ortodoxo. Setor mais Protegido: Sentimental SAGITÁRIO – (22/11 a 21/12) – Você está mais aberto para os outros agora, o que é bom, mas requer alguns cuidados pra tudo fluir bem! Capriche na apresentação, nos modos delicados e na sofisticação. Você impressionará por isto. E vale para todos os campos - do profissional ao amoroso. Setor mais Protegido: Sentimental CAPRICÓRNIO – (22/12 a 19/1) – Clima astral bom pra engatar adaptações, novos tratamentos de saúde, resolução de problemas cotidianos, consertos e aperfeiçoamentos em geral; as miudezas da vida serão resolvidas facilmente com a ajuda da tecnologia, se você for flexível e aberto a novidades. Setor mais Protegido: Profissional AQUÁRIO – (20/1 a 18/2) – Responsabilidades grandes continuam sendo o tema mais importante do período - mas hoje há uma bela janela astral para você curtir ótimos papos e se divertir mais com amigos e pessoas queridas. Provas de amor, amizade e ambiente leve são essenciais pra você se sentir vivo. Setor mais Protegido: Sentimental PEIXES – (19/2 a 20/3) -Com o Sol em Leão você está percebendo direitinho como tem de organizar sua rotina e seu trabalho. Com a Lua em Gêmeos, seu coração está em casa, com a família e o ambiente intimo. Investimento financeiro positivo para melhorar a vida privada é a boa ideia pra hoje. Setor mais Protegido: Profissional

Depois de 10 dias de férias na Espanha, Nilton Travesso está pronto e preparado para a direção do próximo Teleton. O SBT já definiu a exibição do programa, em dois dias como sempre aconteceu, para 25 e 26 de outubro. A pré-produção, a partir de agora, será acelerada. Ficamos assim. Mas amanhã tem mais. Tchau!

CONCERTO AOS DOMINGOS

Pianista Maria Clara Fernandes de Lima se apresenta hoje em Maceió

O

Concerto aos Domingos apresenta no dia 4 de agosto, às 10h, a pianista Maria Clara Fernandes de Lima. O projeto, realizado no primeiro domingo de cada mês, acontece no Instituto Histórico e Geográfico de Alagoas (Ihgal) e tem o patrocínio exclusivo da Secretaria de Estado da Cultura (Secult). O objetivo é oferecer ao público a possibilidade de apreciar a música clássica. A pianista pernambucana, que já participou do Concerto em 2011, iniciou seus estudos de piano aos cinco anos. Foi aluna do Conservatório Pernambucano de Música e da Universidade Federal de Pernambuco. Em 1986, seguiu para a Áustria para estudar na Escola Superior de Música de Viena, recebendo o grau de mestra em 1997. Em junho de 2011, concluiu o curso de licenciatura em piano no Conservatório de Viena. Como recitalista e camerista, Maria Clara fez apresentação em várias cidades da Áustria. Além

de Munique, Milão, Roma, Berna, Zurique, Budapeste e Aman. No Brasil apresentou-se em diversas cidades como São Paulo, Recife, Petrópolis, Garanhuns, Maceió e João Pessoa. Para a apresentação no Ihgal, Maria Clara traz composições do inovador Claude-Achille Debussy, um fenômeno catalisador de diversos movimentos musicais em outros países. Para o grande público, seu nome está ligado aos esboços sinfônicos de “La Mer” (1905). Além de Debussy, a pianista apresenta “Quadros de uma Exposição” uma peça (suíte) escrita para piano por Modest Mussorgsky em junho de 1874. As músicas exploram a corrente folclórica russa e o estilo de piano é inovador em sua austeridade e ausência de tessitura. Claude Debussy era admirador confesso de Mussorgsky e estudou bastante esta suíte, pelo seu caráter singular. O Instituto Histórico e Geográfico de Alagoas fica localizado na Rua do Sol, 382, no bairro do Centro. Mais informações pelo telefone (82) 3223-7797.


2

TRIBUNAINDEPENDENTE

DIVERSÃO&ARTE MACEIÓ - DOMINGO, 4 DE AGOSTO DE 2013

Forfun A banda volta a Maceió para lançamento do DVD Ao vivo no Circo Voador. Forfun se apresenta no Orákulo Chopperia no dia 16 de agosto com as bandas $ifrão e Los Pregos. Ingressos antecipados nas lojas Freaks e Studio Poker.

Zezé de Camargo & Luciano

Skank

A dupla sertaneja volta a Maceió no dia 20 de setembro para um show na Musique. Os ingressos custam R$100 (pista), R$200 (mezanino) e R$150 (frontstage).

Dia 1° de setembro tem o lançamento do Reveillon Absoluto com Skank na casa de show Musique. O show começa a partir das 17h e a banda alagoana $ifrão também se apresentará, tocando Los Hermanos. Os ingressos estão sendo vendidos na loja online do Reveillon Absoluto. A pista e o frontstage custam R$80 (inteira) e o mezanino, R$120.

Semana do Audiovisual De 12 a 17 agosto será realizada uma mostra de filmes alagoanos na Praça Luiz Pereira Lima e no Lago da Perucaba, em Arapiraca. A SEDA 2013 também vai levar oficinas, debates, rodas de conversas e shows para o agreste alagoano.

Espetáculo três comediantes alagoano irão abordar de maneira criativa as várias fases da vida de um homossexual. O projeto, que leva o nome “Armaria...Tem cura namm!!!”, é comandado por Glauber Teixeira e interpretado por Christiano Marinho, Marcos de Jesus e Pierre Pellegrine, quer esclarecer todas as dúvidas sobre o assunto com muita leveza e risadas. A peça estreia no 10 dias de agosto, às 20hrs, no Teatro Deodoro. Os ingressos custam R$30 inteira e R$15 para estudantes. Vendas antecipadas no stand Folia Brasil e na bilheteira no Teatro. Informações: 3032-2234 e 9967-1074.

NENHUM DE NÓS

‘Nossa música ajuda a encontrar um equilíbrio’, diz Thedy Corrêa

S

ão 27 anos de Nenhum de Nós, quatro discos acústicos e repertório que vai além dos sucessos oitentistas “Astronauta de mármore” (versão de “Starman”, de David Bowie) e “Camila, Camila” (com letra entre as Espetáculo Assunta Brasil mais contundentes do O humorista Saulo Laranjeira traz deputado corrupto e seus vários perrock brasileiro). Mesmo sonagens para Maceió com o espetáculo “Assunta Brasil”. A apresentação assim, o vocalista Theserá no Teatro Deodoro, no dia 23 de agosto, a partir das 21h. Preço dos ingressos: R$50 (platéia, camarote, frisas) e R$40 (Balcão). Mais informady Corrêa continua a ções no 3315-5665/9979-5959/8837-6944 cantar os versos mais famosos de sua banda. “A gente tem orgulho 8º Edição Mostra Aldeia Sesc dos acertos e assume os No período de 16 a 25 de programação cultural da cidade, erros”, resume. agosto o Sesc Alagoas realiza apresenta produções nas mais Hoje, a banda gaúcha a 8ª edição da Mostra Aldeia variadas linguagens artísticas, faz de 80 a 90 shows Sesc Guerreiro das Alagoas. dança, teatro, circo, performanSem caráter competitivo a por ano. Diz ter público ces e intervenções urbanas, mostra que já é consolidada na com apresentações gratuitas. variado, renovado por discos como “Histórias

Aviões do Forró A banda comemora os 10 anos de sucesso na casa de show Musique, no dia 30 de agosto. Galã do Brega e Forró do Muído também farão parte da festa. O frontstage custa R$90 e a pista R$50. O mezanino terá open bar de vodka e caipirosca e custa R$70. Os ingressos estão sendo vendidos na loja online da Musique.

Saulo Fernandes e Jauperi O ex-vocalista da Banda Eva fará seu primeiro show solo em Maceió, no dia 16 de agosto, na Musique. O baiano Jauperi e o DJ Pitão completam a festa em comemoração aos 10 anos do Réveillon Celebration. Os ingressos custam R$40 (pista), R$60 (mezanino) e R$90 (frontstage) e estão sendo vendidos nas Lojas HIt e Wo. Mais informações: 3357-8007.

Minha Mãe é uma Peça O espetáculo que deu origem ao filme chega a Maceió no dia 22 setembro, no Teatro Gustavo Leite, no Centro de Convenções. O ator Paulo Gustavo irá interpretar no placo Dona Hermínia, uma mãe sempre preocupada com seus filhos. Ainda em cartaz nos cinemas, comédia já foi vista por mais de 4 milhões pessoas. Ingressos à venda em breve no stand Sue Chamusca, no Maceió Shopping. Informações: 3235-5301/9928-8675

FALE CONOSCO - A Agenda é um serviço gratuito de orientação ao leitor. Os interessados em divulgar eventos, shows e exposições podem enviar material através do endereço: tiagenda@hotmail.com

Reais, Seres Imaginários” (2001), “Paz e amor” (1998) e “Contos de água e fogo” (2011). esta semana lança disco acústico com show em São Paulo. Corrêa fala do lançamento e diz ter carinho pelos acústicos e analisa o sucesso e a queda do formato, popularizado com ajuda da MTV. Ele fala da relação da banda com os fãs, de projetos paralelos (como o musical sobre o livro “O apanhador no campo de centeio”, de J.D. Salinger) e das bandas que ouve por causa de sua filha Stella, com destaque para Restart e One Direction.


4

DIVERSÃO&ARTE

TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - DOMINGO, 4 DE AGOSTO DE 2013

“Os verdadeiros vencedores na vida são pessoas que olham para cada situação com a esperança de poder resolvê-la ou melhorá-la”

FOTOS BY CHICO BRANDÃO

N

Fernanda Brêda, uma jovem senhora bela e dona de uma Marina Berard e Carmosina Pereira Leite, duas gerações Martinha Lopes, uma empresária jovem e de muito sucesso classe que dispensa comentários, volta a circular em nossos distintas, duas belezas marcantes e clássicas, merecerá com a conhecida doceria Tan-Tan, brilhando a cada dia no eventos, sempre cercada de muito requinte. Parabéns, amiga! sempre o nosso carinho e a nossa admiração empresariado jovem da cidade. Parabéns, amiga!

Parabéns, Gilvan Leite!

o último dia 30, o nosso amigo Gilvan Leite, um empresário de sucesso, foi super solicitado. Ele teve seu telefone congestionado pela passagem de mais um parabéns. Gilvan é um amigo que todos que o cercam sabe do caráter, da simplicidade que ele possui dentro de si. Este ano, ele passou a grande data em São Paulo, em companhia de sua bemamada Marlene Leite, onde comemorou no mais alto estilo. Aproveitamos a oportunidade para desejar a este amigo querido paz, saúde e que você realize todos os seus sonhos. Você sempre merecerá os nossos aplausos. Parabéns!

Camarão cabloco INGREDIENTES: Para o Camarão Caboclo 10 camarões médios descascados com rabinho 1 colher (sopa) de azeite de oliva 100 ml de molho de jerimum com manga 1 colher de (sopa) de salsa picada 1 colher de (sopa) de coentro picado Sal e pimenta a gosto 60g de cuscuz de milho 60g de cuscuz de massa de mandioca

O

Para o Molho de Jerimum com Manga: ¹/2 cebola picada, 2 colheres (sopa) de azeite de oliva, 40ml de suco de manga, 1 colher (sopa) de manteiga, 100g de jerimum cozido e descascado, 1 dente de alho picado, 50ml de leite de coco MODO DE PREPARO Leve uma frigideira antiaderente ao fogo, puxe os camarões no azeite e, em seguida, acrescente o molho de jerimum com manga, deixe ferver, tempere com sal e pimenta e

Cashemere

finalize com o coentro e a cebolinha. Molho de Jerimum com Manga Com ajuda do liquidificador, bata o jerimum cozido, suco de manga e o leite de coco e reserve. Leve uma frigideira antiaderente ao fogo, junte o azeite com a manteiga e deixe esquentar um pouco. Acrescente a cebola e o alho e refogue durante alguns minutos. Junte o molho de jerimum com manga reservado e deixe ferver por alguns minutos.

FOTO BY CHICO BRANDÃO

cashmere é um clássico das baixas temperaturas. E, para este inverno, a boa notícia é que ele aparece atualizado: a peça ganhou desenhos temáticos ou geométricos e tornou-se perfeita para esquentar – sem encaretar! – o visual nos dias mais frios.

A

Sotaques

9ª edição do projeto “Quinta no Arena”, que prestigia produções alagoanas de artes cênicas e música, traz nesta quinta-feira, 08 de agosto, o espetáculo musical “Encontros e Encantos”, com o grupo Sotaques. O show tem início às 19h, com ingressos a R$ 5,00 e R$ 10,00, no palco do Teatro de Arena Sérgio Cardoso, anexo ao Teatro Deodoro.

P

Cinturão

restes a viver um investigador no longa “Até que a Sorte nos Separe 2″, Anderson Silva não para. Apesar de ter sofrido seu primeiro nocaute em sete anos, para o lutador Weidman, o brasileiro não teve nenhum contrato publicitário rescindido. Anderson mantém a sua agenda de compromisso com patrocinadores e gravações de comerciais. Em tempo: ele ainda tem pique para se preparar para a revanche de UFC com Chris Weidman, que será no dia 28 de dezembro.

O

Imaginarium

Concerto aos Domingos

Q

O

Concerto aos Domingos apresenta no dia 4 de agosto, às 10h, a pianista Maria Clara Fernandes de Lima. O projeto, realizado no primeiro domingo de cada mês, acontece no Instituto Histórico e Geográfico de Alagoas (Ihgal) e tem o patrocínio exclusivo da Secretaria de Estado da Cultura (Secult). O objetivo é oferecer ao público a possibilidade de apreciar a música clássica. O Instituto Histórico e Geográfico de Alagoas fica localizado na Rua do Sol, 382, no bairro do Centro. Mais informações pelo telefone (82) 3223-7797.

ue a gente adora jogos de tabuleiro você já percebeu, né? Mas a gente adorou também essa ideia de reciclar jogos velhinhos e fazer caderninhos e bloquinhos de anotação. Não fica charmoso e vintage? Assim a lembrança dos jogos continua ali e a gente não precisa jogar fora! Você pode conferir as opções na loja da Imaginarium localizada no 2º piso do Maceió Shopping. Vale a pena conferir!

Alagoas na Globo

A

Rede Globo vai homenagear o escritor Graciliano Ramos no Especial de Fim de Ano. Equipe de pesquisadores de elenco da emissora esteve essa semana na cidade de Viçosa, no Agreste alagoano, distante 96 quilômetros de Maceió. O objetivo é selecionar jovens entre 12 e 22 anos para participação no programa. A seleção irá movimentar a cidade.

Alecrim Ponta Verde

olsa de viagem tem de ter estilo, certo, glamurette? Para descansar em sua casa de campo, esta opção da Carmen Steffens é ideal. Clássica e com um bom tamanho, promete ser útil e ainda dar um up no seu look. Que tal? Você pode conferir as novidades na loja da empresária Nazaré Peixoto, no Maceió Shopping.

coluna TopNews tem uma excelente dica para você neste fim de semana. O Alecrim Verde, das amigas Elaine, Eliane e Zilma Tenório, serve deliciosos pratos todos os dias, no almoço e no jantar. A casa, localizada na Ponta Verde, é uma das mais concorridas da cidade. Não deixe de saborear as delícias do Alecrim.

B

Voluntários no MPE 2013 s gestores interessados em ser um dos avaliadores voluntários do Prêmio de Competitividade destinado às Micro e Pequenas Empresas de Alagoas ainda podem se inscrever. Todos os anos, os participantes obtêm aprendizado, aumento da rede de relacionamento, experiência, reconhecimento, melhora do currículo em conhecimento em gestão, o que pode alavancar a carreira do profissional. As inscrições devem ser feitas através do e-mail mpe@alagoascompetitiva. org.br ou do telefone (82) 33275880. As vagas são limitadas!

Carmen Steffens

S Mario Jorge Santos e Elvira Ribeiro, casal de oftalmologistas em nossa cidade, realizam um brilhante trabalho na equipe do Hospital de Olhos, Instituto da Visão. Parabéns, amigos!

N

Murumuru

o início de 2011, as mulheres descobriam todos os benefícios do óleo de argan, grande promessa para recuperar os cabelos fragilizados. De lá para cá, o sucesso do “ouro marroquino” despertou a indústria cosmética ao redor do mundo, que passou a investir em novas versões do produto, ainda mais eficazes e tecnológicas. Hoje, entretanto, novas matérias-primas se mostram promissoras no tratamento dos cabelos. Na lista de favoritos entre os experts, um ativo promete ser um grande aliado na rotina de beleza: a manteiga de murumuru. Encontrado na Amazônia, é rico em ácidos láurico e mirístico e seu diferencial está no controle de volume e redução do frizz, problemas comuns entre as mulheres brasileiras.

Chiara Gadaleta

O

jornalista James Silver está nos últimos preparativos para a sétima edição da Semana de Moda Alagoas Trend House. Considerado a quarta mais importante, a ATH vem atraindo o interesse da imprensa nacional, a exemplo da consultora de moda Chiara Gadaletta (foto), recémcontratada colunista da revista Estilo da Editora Abril. A top vem à Maceió cobrir o evento e produzir um editorial com as paisagens de Maceió como pano de fundo.

Minha mãe é uma peça

ucesso absoluto no cinema e na TV, com o Vai que cola, o espetáculo Minha Mãe é uma peça desembarca na capital alagoana no dia 22 de setembro. A apresentação, que tem à frente o ator Paulo Gustavo, será no Teatro Gustavo Leite e os ingressos já estão à venda no Maceió Shopping.

Todas as correspondências, como convites para esta coluna, e para Elenilson Gomes, deverão ser enviadas para Av. Sandoval Arroxelas, 840, Edf. Calliate Ap. 204 PV. CEP: 57035-230 As coleções primavera/ verão estão chegando e com ele a conhecida grife Água de Coco, localizada na Galeria Passeio Stella Maris, apresenta mais um modelo que a queridíssima Zélia Wanderley começa a trazer para as nossas amigas usarem na estação que se aproxima. Vale a pena conferir!

g

www.tribunahoje. com/topnews

elenilsontopnews@gmail.com

A


TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - DOMINGO, 4 DE AGOSTO DE 2013 VEÍCULOS 17

Veículos

Lexus lança o luxuoso sedã IS no mercado brasileiro A Lexus (foto), divisão de luxo da Toyota, tem um novo produto para o Brasil. A montadora japonesa lançou no mercado o sedã IS, um modelo que vem para concorrer com carros como o BMW Série 3, Mercedes-Benz Classe C e Audi A4. A novidade está disponível no País nas versões IS250 Luxury, por R$ 175 mil, e IS250 F Sport, à venda por R$ 188 mil. A lista de equipamentos do IS é longa. Um destaque presente no carro é o sistema multimídia com tela de 7 polegadas, entre outros.

Mercedes-Benz e Aston Martin fazem parceria

Os elementos principais da parceria serão acordos de suprimento entre a Mercedes e a Aston Martin

Acordo prevê fornecimento de motores e componentes eletroeletrônicos entre outras iniciativas possíveis

A

Mercedes-AMG GmbH, subsidiária e marca de alta performance da Daimler AG, e a Aston Martin Lagonda Ltd. anunciaram uma parceria técnica. Uma Carta de Intenções foi assinada pelas duas empresas. Os elementos principais da parceria planejada serão acordos de suprimento entre a Mercedes-AMG, a Mercedes-Benz Automóveis e a Aston Martin. A Mercedes-AMG fornecerá motores à Aston Martin, enquanto a Mercedes-Benz Automóveis fornecerá à fabricante inglesa de carros esportivos de luxo componentes eletroeletrônicos para futuros modelos da Aston Martin.

Além desses acordos, a Daimler receberá até 5% de participação na Aston Martin, independentemente de envolvimento monetário nos vários passos seguintes do desenvolvimento da parceria técnica. Ao mesmo tempo, a empresa participará, com o status de observadora, do Conselho Diretor da Aston Martin. Com base na Carta de Intenções, as partes trabalharão juntas, durante o segundo semestre deste ano, na elaboração dos acordos definitivos a serem assinados. “Estamos orgulhosos de trabalhar junto com a Aston Martin e fornecer trens de força e componentes eletroeletrônicos para seus futuros

carros esportivos. Isto é uma comprovação da expertise tecnológica e de desempenho da AMG e uma situação de ganho real para ambas as partes”, declarou Ola Källenius, CEO da Mercedes-AMG GmbH. “Escolhemos a AMG especificamente como base para este processo de desenvolvimento de trens de força. A Aston Martin procura tecnologia de ponta de fornecedores-chave ao redor do mundo e a oportunidade de incluir conteúdo da Mercedes-AMG GmbH em nossa nova geração de carros esportivos é, definitivamente, uma boa notícia”, explicou Ian Minards, diretor de Desenvolvimento de Produto

CESVI

Estudo mostra escassez de freios ABS nas motos brasileiras Somente 23% das motocicletas disponíveis no mercado brasileiro oferecem sistema antitravamento de freios (ABS), concluiu um estudo divulgado nesta semana pelo Cesvi Brasil (Centro de Experimentação e Segurança Viária). A fim de “mapear” o cenário das motos disponíveis atualmente no mercado nacional com ABS, a instituição analisou 357 versões de 199 modelos ven-

didos por 38 marcas no país, incluindo veículos elétricos. Os dados fazem parte do estudo “Segurança na Frenagem – identificando motos com freios a disco e ABS”, elaborado pelo Cesvi. O estudo também concluiu que a oferta do ABS é ainda mais escassa nos modelos de baixa cilindrada. Apenas quatro modelos abaixo de 500cc carregam o dispositivo de segurança

eletrônico como opcional: os modelos Honda CBR 250R, CB 300R, XRE 300 e a Kawasaki Ninja 300. Na base da pirâmide – motos de até 150cc -, nenhum dos 10 modelos mais vendidos do país sai de fábrica com o equipamento de série, seja ele eletrônico ou mecânico. Para quem quer moto com ABS para ter mais segurança, vai ter que desembolsar, em média, R$


18

PUBLICIDADE MACEIÓ - DOMINGO, 4 DE AGOSTO DE 2013

TRIBUNAINDEPENDENTE


TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - DOMINGO, 4 DE AGOSTO DE 2013 VEÍCULOS 19

AGILIDADE

HONDA

“Com uma estrutura de Call Center estamos ampliando o nosso horário de atendimento para oferecer mais agilidade e qualidade aos interessados em adquirir um seminovo da Volvo”, explica João Domingos Milano, coordenador de Seminovos da Volvo. O contato é o 0800 643 4443 com atendimento de segunda à sexta das 9h às 21h e aos sábados da 8h às 13h. O serviço funciona integrado ao site de vendas de caminhões seminovos da Volvo, que reúne todo o estoque disponível no país. O interessando pesquisa os modelos no site e entra em contato com a empresa via 0800. “Hoje, a maioria dos contatos para a compra de um caminhão seminovo é feita via telefone”, diz Cesar Costa, regional de vendas de seminovos. Desde que foi colocado no ar, em outubro do ano passado, o site de vendas de caminhões seminovos da marca (http://www.seminovosvolvo.com.br/) tem, em média, 16 mil acessos e recebe mais de 600 propostas de compra por mês. “O volume de negócios gerado pelo site superou as nossas expectativas e já representa 10% das vendas de seminovos”, destaca Milano. No site, o interessado encontra informações como preço, modelo e ano do caminhão, quilometragem rodada, detalhes e fotos, além de informações sobre financiamentos e as facilidades oferecidas pelo Banco Volvo para a aquisição dos caminhões da marca.

Lançada no mercado brasileiro em 1976 e líder no segmento de duas rodas há mais de três décadas, a nova linha CG está de cara nova. Consagrada como uma das motocicletas mais robustas, versáteis, confiáveis e econômicas da categoria, chega à sua oitava geração com mais de 10 milhões de unidades comercializadas. Na versão 2014, toda a família foi remodelada e agora apresenta um design que transmite maior fluidez e versatilidade. Entre as novidades da linha, que conta com os modelos CG 125 Fan (versões KS / ES / ESD), CG 150 Fan (versão ESDi) e CG 150 Titan (versões ESD / EX), estão o novo design do tanque de combustível, conjunto óptico, rabeta e assento. Na parte ciclística, o modelo apresenta um chassi totalmente redesenhado, com diferenciais em sua estrutura, que deixam o conjunto aproximadamente 4 kg mais leve. Com isso, a pilotagem está ainda mais equilibrada e segura. Destaque também para o novo painel de instrumentos, integrado à carenagem, totalmente digital, com aferição eletrônica de velocidade, a partir de sensor instalado no câmbio. A linha 2014 da família CG manterá suas duas opções de motorização: 125cc e 150cc, conhecidas pela sua eficiência, durabilidade, baixo custo de manutenção e economia de combustível. O modelo CG 125 Fan traz o motor do tipo OHC (Over Head Camshaft), 124,7 cm3, monocilíndrico.

Volvo lança Call Center para vendas

Veículo mais vendido do Brasil

Fábricas de Chennai e de Kawasaki são as importantes bases para o modelo de negócios asiático da montadora Daimler Trucks Asia

Daimler Trucks faz um ano na Índia

Caminhões médios e pesados já estão sendo vendidos ao mercado

A

Daimler India Commercial Vehicles (DICV), subsidiária 100% pertencente à Daimler AG, acaba de celebrar seu primeiro aniversário de produção: o 5.000º caminhão da marca BharatBenz saiu da linha de montagem de Chennai. Trata-se de um BharatBenz 2523 C pesado para canteiros de obras, com 25 toneladas de preso bruto total (PBT) e potência de

230 hp. A DICV lançou a produção em série dos caminhões BharatBenz com esse modelo em junho de 2012. “Desde o início da produção e o lançamento no mercado dos modelos pesados e médios, até as primeiras premiações da indústria, nós já obtivemos muitas conquistas”, afirma Marc Llistosella, diretor geral e CEO da DICV. “Entretanto, continuamos

a buscar mais. Expandiremos consistentemente nosso portfólio de produtos e a rede de concessionários e ofereceremos um total de 17 modelos com a marca BharatBenz até 2014”. Os caminhões médios de 9 a 12 toneladas e os pesados de 25 a 31 toneladas já estão sendo vendidos ao mercado. Os clientes podem escolher entre nove modelos diferentes. Além dos caminhões

Agreste

NIS I V US E J do S D “ E ÇO projeto s as N E da UR es do o t O L o sad d e O a a t r d z L i l u PAU ram sa era rea do do A apital a c a deix te”, que no Merc ves, na do, s l ri Agre s-feiras a Gonça te. Que jetos ta s quin Margarid do agre para pro pertóre nato politana lick Due s o seu o C metr com o de conta e l cont s, afina ota 10! o n futur usical é rio m

BharatBenz para a Índia, a DICV tem produzido os caminhões Fuso para mercados de exportação da Ásia e da África desde maio de 2013. Ao fazer isso, as duas subsidiárias, Mitsubishi Fuso Truck and Bus Corporation (MFTBC) e a Daimler India Commercial Vehicles (DICV) estão trabalhando de mãos dadas sob o guarda-chuva da Daimler Trucks Asia.

LOURDES RIZZATTO Jornalista e Fotógrafa lourdes.rizzatto@hotmail.com

MESTRE NELSON ROSA – PATRIMÔNIO Vivo de Alagoas – é um dos nomes marcantes que farão parte da exposição que será realizada pela Secretaria de Cultura e Turismo de Arapiraca neste mês de agosto, onde mestres e mestras da cultura popular serão homenageados. Reconhecimento mais do que merecido ao principal responsável por manter a tradição do “coco de roda alagoano” e por tornar a Vila Fernandes, zona rural de Arapiraca, “celeiro” do coco e das cantigas de trabalho das Destaladeiras de Fumo em Arapiraca há mais de setenta anos

ÃO o D N A tos sã R n A e B v e LIR EL m te A A e s F e M s A n L a R DE s cativ . Mas, e S I R d ca en EI o a g r d i a n p n a a o pers is em Ar , o form pital me al it a to a soci e agos cará a c ela cap oto d p r o mês tetura tr agreste s, o “ga u “ i e ia arqu litana do das fér tando s e n o trop ta. Além á aume alerias d r is paul gio” esta itando g í is ras da prod -how” v b o e e w Kno museus design nea â o , arte estres d tempor n de m tetura co i arqu

O PALHAÇO BIRIBINHA FOI contemplado com o “Prêmio Funarte Carequinha de Estímulo ao Circo”. Atualmente em temporada na cidade de Americana, em São Paulo, só retornará para Arapiraca em outubro quando estreia no Teatro do Sesi o espetáculo premiado pela Funarte

FERNANDO VALÕES ESTÁ com a agenda repleta de trabalho. Produtor cultural responsável pela descoberta de novos talentos, principalmente no agreste e sertão de alagoas, promete, em breve, trazer novidades para o cenário musical DIEGO FARIAS É UM DOS nomes masculinos mais cotados para publicidade em Arapiraca. O modelo que leva em seu currículo o título de Mr. Arapiraca, Mr. Alagoas e Mr. Nordeste está em um dos momentos mais “fashion” de sua carreira. Parabéns!


20

VEÍCULOS PUBLICIDADE

MACEIÓ - DOMINGO, 4 DE AGOSTO DE 2013

TRIBUNAINDEPENDENTE


Edição número 1812 - 04 de agosto de 2013  

tribunaindependenteedicaodigitaltribunahoje

Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you