Page 1

EXEMPLAR DO ASSINANTE

MACEIÓ - ALAGOAS 30 E 31 DE DEZEMBRO DE 2017

EDIÇÃO N0 3.053

R$ 4,00

INDEPENDENTE

tribunahoje.com

ENTREVISTA CAROLINA OLIVEIRA ESPERA MANTER MOMENTO ESPECIAL ANO QUE VEM

RUI PALMEIRA: “TODO POLÍTICO SONHA EM GOVERNAR SEU ESTADO”

A atriz Carolina Oliveira comemora a diversidade de trabalhos realizados em 2017 na televisão, cinema e até na música. Foram dois longas, um curta e o lançamento do filme Encantados. Na TV, fez a primeira fase de “Apocalipse”. Para 2018, quer continuar a viver um momento especial com a sétima arte. SUPLEMENTO

O prefeito Rui Palmeira, de Maceió, vai reunir seu grupo político agora em janeiro para discutir a sucessão estadual. Em princípio, ele evita assumir a candidatura, mas reconhece que “todo político sonha em governar seu Estado”. Ele também fez uma avaliação de sua gestão este ano e revela expectativas para 2018. PÁGINA 2

MEGA DA VIRADA VAI PAGAR O MAIOR PRÊMIO DA HISTÓRIA SANDRO LIMA

VALOR ESTIMADO É DE R$ 280 MILHÕES, O MAIOR DA HISTÓRIA DA LOTERIA. SE UM APOSTADOR ACERTAR SOZINHO AS SEIS DEZENAS, E APLICAR TODO O PRÊMIO NA POUPANÇA, RECEBERÁ CERCA DE R$ 1,1 MILHÃO MENSAIS EM RENDIMENTOS. OU, SE QUISER, O SORTUDO TAMBÉM PODE COMPRAR 933 CARROS DE LUXO, CADA UM NO VALOR DE R$ 300 MIL REAIS, OU 14 MIL PACOTES PARA A COPA DO MUNDO DA RÚSSIA, A R$ 20 MIL CADA. PÁGINA 16 SANDRO LIMA

AMARELO

EXPECTATIVA GERAL

POLÍTICOS ALAGOANOS TORCEM POR SUPERAÇÃO DE CRISE NO PRÓXIMO ANO

CONTRA A CRISE

PÁGINA 3

COMUNICAÇÃO

VEJA OS FATOS QUE A GRANDE MÍDIA ESCONDEU DO PÚBLICO EM 2017 PÁGINA 7

INTRIGANTE

ASTEROIDE COM FORMATO DE CAVEIRA SE APROXIMA DA TERRA Um asteroide de 700 metros em forma de caveira está vindo em direção ao nosso planeta. Da última vez em que aproximouse da Terra, em 2016, passou a 486 mil quilômetros de distância. Astrônomos já se mobilizam para estudá-lo. PÁGINA 10

TEMPO

Bom a parcialmente nublado com possiblidades de chuvas em áreas isoladas

Mínima

23º

Apostando na tradição de escolher uma cor específica para expressar seus desejos no Ano-Novo, muitos maceioenses vão se vestir de amarelo, que simboliza dinheiro e riqueza. A opção seria um contraponto às dificuldades financeiras vividas no ano. O branco, que representa a paz, continua campeão de preferência. PÁGINA 14 Máxima

30º

MARÉS

01:04 07:23

2.0m 0.3m

13:34 19:51

2.0m 0.2m

FINANÇAS

DÓLAR COMERCIAL DÓLAR PARALELO R$ 3,31

R$ 3,31

R$ 3,28

R$ 3,48

OURO

R$ 135,58

POUPANÇA 0,4273%


TRIBUNAINDEPENDENTE

2 POLÍTICA MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 30 E 31 DE DEZEMBRO DE 2017

Política

Sem dúvida, todo político sonha em governar sua cidade, seu Estado. Mas essa é uma situação que caberá ao nosso grupo, no momento adequado, decidir RUI PALMEIRA - PSDB PREFEITO DE MACEIÓ

Rui defende grupo forte para eleição

Prefeito de Maceió avisa que a partir de janeiro os partidos começam o debate visando a disputa governamental

ESPLANADA LEANDRO MAZZINI - contato@colunaesplanada.com.br

EXTRA Desandou

A

pesar de ter assinado carta de intenção de filiação, não vai nada bem, desde quarta-feira, a negociação entre os Bolsonaro e Adilson Barroso, presidente nacional do Patriota. Adilson quer Jair como candidato a presidente pelo partido, mas reclama que a família cresceu o olho sobre a legenda. Em áudio distribuído para militantes próximos, Barroso admite que atendeu a todas as demandas do deputado, e entregou ‘triplicado’: trocou nome de partido, cedeu o controle de 26 diretórios etc. Mas agora o pré-candidato quer a presidência do Patriota para um dos filhos, e também a maioria dos assentos no diretório nacional. Isso Barroso não topa.

Planos A e B Barroso diz que a documentação está pronta para Bolsonaro se filiar. Mas caso ele não queira, o Patriota já tem dois outros nomes para lançar a presidente.

Boi na linha No áudio de 4 minutos no qual desabafa para próximos, Barroso diz que um advogado do Rio, que auxilia Bolsonaro, tenta tomar o partido para a família do militar.

Vaivém Adilson Barroso diz que perdeu 11 deputados do PEN (antigo nome da legenda) por causa de Bolsonaro. Ligou para cada um e perguntou se eles querem voltar. Toparam.

Plano B Enquanto isso, como revelou a Coluna, Bolsonaro, também insatisfeito porque não conseguiu ainda controlar o Patriota, passou a conversar com o Partido da República

Bolsa-Família O clã Vieira Lima custa cerca de R$ 70 mil aos cofres públicos por mês. Preso na Papuda (DF), o ex-ministro Geddel Lima recebeu R$ 14 mil de aposentadoria da Câmara Federal. A mãe dele, denunciada no caso dos R$ 51 milhões em um apartamento, é viúva de Afrísio Vieira Lima, ex-deputado federal e estadual: recebeu cerca de R$ 32 mil da Câmara.

Direito de viúva O deputado federal Lúcio Vieira Lima tem salário de R$ 33 mil, também denunciado e alvo de pedidos de cassação no Conselho de Ética: pode ter que trabalhar de tornozeleira eletrônica em 2018, ou pelo menos é isso o que quer a PGR.

Devagar Aliás, apresentado no dia 7 de dezembro, os pedidos de cassação sequer foram instaurados. Um relator ainda será designado para decidir se abre ou não o processo.

Dois pesos Enquanto governadores avaliam processar o ministro Carlos Marun, por suposta chantagem - empréstimos da Caixa em troca de votos de suas bancadas para a Reforma da Previdência - o deputado Jovair Arantes, líder do PTB e a quem cabe a escolha do ministro do Trabalho, tem discursado por um “pacto federativo” e batido na União.

Saúde.. Apesar da expectativa que se criou sobre o julgamento do STF sobre o direito de a Polícia Federal conduzir delações premiadas, a Corte retorna a pauta em Fevereiro com foco na saúde: pleitos de entidades médicas e seguradores sobre planos de saúde.

..na pauta Tem entidade lutando para que, em caso de negativa de cobertura do plano, a empresa não seja obrigada fornecer informações e documentos ao consumidor. Outro processo, esse de repercussão geral, relatado pelo ministro Gilmar Mendes, visa decidir se o SUS pode ser ressarcido por prestar atendimento a beneficiários de planos privados. Com Equipe DF, SP e Nordeste www.colunaesplanada.com.br contato@colunaesplanada.com.br Twitter @leandromazzini

SANDRO LIMA

EDITORIA DE POLÍTICA COM ASSESSORIA

O

prefeito Rui Palmeira (PSDB) chega ao final do seu primeiro ano do segundo mandato após enfrentar uma grave crise econômica, bem como ter de recuperar locais por conta das fortes chuvas que caíram na capital em meados de 2017. O ano de 2018 chega para o gestor da capital alagoana com uma expectativa de um grupo político para tê-lo disputando o cargo de governador. Para Rui, as conversas evoluem, no entanto ainda é preciso esperar essa composição. Tribuna Independente –Qual a sua avaliação do ano de 2017, do ponto de vista da sua gestão à frente da Prefeitura? Rui Palmeira – Tivemos um ano de muito trabalho, com muitas demandas por ações emergenciais, principalmente em decorrência das fortes chuvas, que impactaram significativamente o planejamento da gestão, especialmente nas áreas de Infraestrutura, Assistência Social, Defesa Civil e Habitação. O período chuvoso se prolongou até setembro, lamentavelmente, com a perda de vidas e danos severos à estrutura da cidade. Desde o final de maio, a Prefeitura desenvolveu um trabalho intenso de reparação de danos no asfalto, em galerias de águas pluviais, na reestruturação de áreas de encostas para assegurar a mobilidade da população. Em outra frente de ação, a mais importante, mobilizamos uma força-tarefa para cuidar das pessoas afetadas pelas chuvas, no que contamos com a ajuda da população e do governo federal. Providenciamos abrigo, auxílio-moradia e kits de higiene e alimentação e agora no final do ano, conseguimos, com a entrega do Residencial Maceió I, abrigar mais de mil famílias no ambiente seguro de suas próprias casas. Tribuna Independente - Maceió tem grande demanda por moradia popular. O que a Prefeitura de Maceió tem feito para minimizar o déficit habitacional? Rui Palmeira - Uma das principais metas da gestão é a melhoria das condições de Habitação da população, onde temos conseguido grandes conquistas. Estamos concluindo agora no início de 2018, com a entrega do Residencial Jorge Quintella, a entrega de 10.32 moradias e no início de dezembro, assinamos com a Caixa Econômica Federal o contrato para a construção de mais 740 unidades habitacionais. Só este ano, 1.700 famílias egressas de áreas de risco foram cadastradas no programa habitacional da Prefeitura de Maceió. Vítimas de desastres naturais, como as pessoas que perderam suas casas no inverno de 2017 em Maceió, tiveram prioridade na entrega do Maceió I, que entregamos no dia 20 de dezembro, beneficiando 3.900 famílias

Rui Palmeira fez questão de destacar os avanços na capital no primeiro ano do segundo mandato

Vamos reunir nosso grupo político, avaliar as possibilidades e com certeza, teremos candidaturas fortes para as eleições estaduais

A Prefeitura vai recorrer da decisão do MPE porque temos convicção, e os estudos técnicos comprovam essa afirmação, de que o sistema reduz o número de acidentes, preservando vidas no trânsito

Estamos concluindo a reforma do PAM Salgadinho, que é a maior unidade ambulatorial do Estado, reestruturando, o Laclim. Na Educação, aumentamos o número de matrículas nas escolas da rede municipal

com moradia digna. Com isso, conseguimos reduzir em 21% do déficit habitacional em Maceió. Tribuna Independente - Que outras conquistas o prefeito destacaria deste ano para a população de Maceió? Rui Palmeira – Estamos concluindo a reforma do PAM Salgadinho, que é a maior unidade ambulatorial do Estado, reestruturando, o Laclim. Na Educação, aumentamos o número de matrículas nas escolas da rede municipal, saindo de 51 mil, em 2016, para 57 mil, em 2017, em contraponto aos números do Censo da Educação Básica, que aponta redução no número de matrículas na rede pública. O aumento de vagas é resultado das melhorias que temos promovido na rede, com a reestruturação das escolas, promoção da acessibilidade e a expansão da rede de atendimento à Educação Infantil. Com os investimentos nos projetos de expansão, a perspectiva para 2018 é aumentar ainda mais o atendimento. Além do investimento na recuperação da malha viária, investimos na melhoria da mobilidade, com a reestruturação dos abrigos de ônibus e a descentralização do atendimento para emissão do Cartão Bem Legal, que dá mais segurança ao usuário do transporte público e em parceria com a CBTU, foi a reativada a linha férrea até o Jaraguá, o que viabilizou uma nova estação do VLT, ampliando as condições de mobilidade em Maceió. Tribuna Independente – O PSDB conseguiu eleger prefeitos e vereadores em municípios importantes em Alagoas. Aliada à sua gestão em Maceió, o PSDB terá Rui Palmeira candidato ao Governo de Alagoas? Rui Palmeira – Em 2017, foco, foi cuidar da cidade, que foi muito castigada pelo inverno. A partir de janeiro, que está aí, discutiremos as questões políticas para 2018. Vamos reunir nosso grupo político, avaliar as possibilidades e com certeza, teremos

candidaturas fortes para as eleições estaduais. Tribuna Independente – O Governo de Alagoas é um cargo que o prefeito almeja em sua carreira política? Rui Palmeira – Sem dúvida, todo político sonha em governar sua cidade, seu Estado. Mas essa é uma situação que caberá ao nosso grupo, no momento adequado, decidir. Tribuna Independente – Qual a avaliação do prefeito sobre a decisão judicial que não permite os pardais (fiscalização eletrônica) em Maceió? Rui Palmeira – A implantação da fiscalização eletrônica foi fiscalizada pelo Ministério Público Estadual (MPE). Licitação, contrato, tudo é legal e o sistema foi implantado com base em estudo prévio, com acompanhamento de especialistas e engenheiros do órgão. A Prefeitura vai recorrer da decisão do MPE porque temos convicção, e os estudos técnicos comprovam essa afirmação, de que o sistema reduz o número de acidentes, preservando vidas no trânsito. Tribuna Independente – O prefeito afirmou que o deputado estadual Antonio Albuquerque estaria atrapalhando a Prefeitura de Maceió a conseguir certidões e conseguir empréstimos. Por qual motivo o parlamentar está prejudicando a gestão municipal? Rui Palmeira – Essas certidões normalmente são emitidas em 24h. Por isso, não faz sentido que estejam sendo retidas há meses, sem nenhuma justificativa de ordem técnica, apesar de a Prefeitura ter formalizado reiteradamente sua solicitação ao Tribunal de Contas. O único motivo que pode estar atrapalhando a emissão destas certidões é a questão política. Lamentamos, pois quem perde com isso é a população de Maceió. Por isso, a Prefeitura de Maceió vai ingressar com um mandado de segurança para destravar os financiamentos que vão viabilizar a execução de obras de melhoria estrutural por toda a cidade.


TRIBUNAINDEPENDENTE

Conjuntura

FLAVIO GOMES DE BARROS - flaviogomesdebarros55@gmail.com

Intimidação da justiça Jornalista Jorge Oliveira: “O Zé Dirceu é um cara ousado, independentemente de ser comprovadamente um corrupto. Articulador político do PT e conselheiro privilegiado do ex-presidente Lula, condenado por roubar dinheiro público, o Zé já demonstrou em vários momentos que não teme a justiça, mesmo depois dos vários anos de cadeia nos presídios brasileiros. Agora mesmo ele lança a campanha “Dia de Fúria” para intimidar os juízes do TRF4 que vão revisar, no dia 24 de janeiro, a condenação de nove anos imposta ao Lula pelo juiz Sérgio Moro. O ex-ministro, ainda sob a vigilância da justiça, gravou um vídeo e espalhou pela rede social, no qual convoca os militantes petistas para um protesto em Porto Alegre para pressionar os desembargadores. Condenado várias vezes, Zé teve a pena aumentada para 30 anos e 9 meses por esse mesmo tribunal, mas isso não o intimidou a se voltar contra os magistrados que julgam, em segunda instância, os processos da Lava Jato... Livre, por uma ação do STF, quer agora cantar de galo, ignorando que a qualquer momento pode voltar à cela quando se esgotarem seus recursos junto ao tribunal de Porto Alegre. De volta à prisão certamente continuará a vida nababesca. O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, acaba de aprovar uma aposentadoria para ele de R$ 9.600,00, mesmo sendo um deputado cassado.”

Referência Admira a vitalidade de Jota Duarte, ex-deputado estadual e ex-prefeito de Palmeira dos Índios. Aos 93 anos, costuma andar sozinho, transmitindo plena lucidez e praticando todas as atividades de uma pessoa de menos idade. Contribuem muito para isso exercícios físicos que nos últimos anos passou a fazer, numa academia.

Desencanto Este 2017 que está se acabando reafirmou em Alagoas uma situação bastante negativa: jovens políticos, principalmente prefeitos, que surgem dando a impressão de renovação, mas repetem exemplos ruins dos mais antigos. Nem se intimidam com sucessivas ações enérgicas da Justiça, do Ministério Público e da Polícia Federal.

Frustração A Confederação Nacional de Municípios emitiu nota de repúdio, subscrita pela AMA, contra a decisão da União de não liberar, em 2017, um prometido auxílio financeiro às prefeituras. “A atitude surpreendeu todos os prefeitos e prefeitas do Brasil, que confiaram na palavra e compromisso do presidente Temer”, diz trecho da nota.

Desfalque O Ministério Público Estadual pode perder seu chefe, Alfredo Gaspar de Mendonça Neto, a partir de 2018. É que são fortes as pressões para que o Procurador Geral de Justiça seja candidato a um mandato político. E um vídeo distribuído pelo próprio Alfredo Gaspar nas redes sociais insinua uma possível candidatura dele.

Alternativa José Thomaz Nonô, secretário de Saúde de Maceió, admite que o prefeito Rui Palmeira não tem condições de cumprir uma promessa de campanha: a construção de um hospital municipal. Os R$ 5 milhões obtidos pelo senador Benedito de Lira, através de emenda, serão utilizados na construção de uma UPA no Jacintinho.

Renovação Sangue novo no turismo: André Duarte Santos, diretor do Hotel Coqueiro Express, assumiu a presidência do Sindicato dos Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares; Milton Gouveia Vasconcelos, diretor dos Hotéis Maceió Mar e Acqua Suites, é o novo presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis, seção Alagoas.

Inversão Site “Congresso em Foco”: “Geraldo Alckmin (PSDB), superou Lula (PT) na bolsa de apostas das principais lideranças do Congresso Nacional para ser o próximo presidente da República. A polarização da disputa entre os dois já era o cenário projetado pela cúpula do Parlamento em agosto. Agora, porém, as posições se inverteram.”

O revés na tentativa de proteger corruptos é mais um golpe na imagem do presidente” ELIANE CANTANHEDE Jornalista, sobre o presidente Michel Temer

*O cardiologista José Wanderley Neto e José Thomaz Nonô, secretário de Saúde de Maceió e presidente do DEM/AL, são os entrevistados do programa “Conjuntura”, na TV Mar (canal 25 da NET), na próxima 2ª feira, 9h30m, com reprises durante a semana. *A Prefeitura de Maceió anuncia que na virada do ano haverá a tradicional queima de fogos em cinco pontos da orla marítima, com duração de 12 minutos. Não foi programado, no entanto, nenhum show de réveillon por iniciativa do município. *Já o Governo de Alagoas promoverá réveillon nos dois bairros mais populosos de Maceió. No Benedito Bentes, a partir das 19 horas, na Praça Padre Cícero; no Jacintinho, a programação terá início às 21 horas e inclui diversas atrações musicais, *Neste sábado, acontece pré réveillon no estacionamento do Parque Shopping Maceió, em Cruz das Almas, intitulado “Garota White”, com Wesley Safadão e Dennis DJ. A festa tem início previsto para as 22 horas, com recomendação de se usar traje branco. *A SMTT informa que a partir deste domingo, 31, a linha 012 (José da Silva Peixoto/Centro) deixará de funcionar aos domingos. Os moradores da Pitanguinha serão atendidos aos domingos pela linha 027 (Vila Saem/ Centro), nos dois sentidos. *O editor desta “Conjuntura” entra de férias no mês de janeiro. A coluna estará de volta na edição de 2 de fevereiro. Aos estimados leitores o agradecimento por nos acompanhar em 2017 e os votos de Feliz Ano Novo, apesar de tantos pesares.

MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 30 E 31 DE DEZEMBRO DE 2017 POLÍTICA

3

Políticos esperam diminuição da crise Projeção para 2018 é manter os programas em prol da população ADAILSON CALHEIROS

CARLOS VICTOR COSTA REPÓRTER

E

m 2017, a crise política sempre esteve nas frases dos detentores de mandato seja em Alagoas ou no cenário de outras federações. Para o ano que inicia, a esperança é de mudança na situação. Tocar projetos e encarar os desafios é o que deve ser feito. Esta é uma defesa do governador Renan Filho (PMDB), mesmo com a crise nacional atrapalhando o desenvolvimento de muitos estados. “Organizamos as finanças, revisamos contratos e isso garantiu que nós tivéssemos investimentos necessários em infraestrutura, saúde, educação, segurança. Mantemos os salários em dia, fornecedores e fizemos investimentos necessários para o estado”. Para 2018, Renan Filho ressalta que a principal agenda do governo será a de seguir melhorando a vida das pessoas. “O governo vai dar foco aos programas que vêm dando certo, como a ampliação dos Centros Integrados de Segurança Pública (Cisp). Na educação, vamos seguir com o programa de ampliação das escolas em tempo integral. Na saúde,

Governador Renan Filho assegura que o Estado seguirá honrando seus compromissos em 2018

iremos ampliar a Unidade de Emergência do Agreste e seguir trazendo novos serviços para o Hospital Geral. Vamos lançar um grande mutirão de cirurgias em Alagoas”, destacou. LEGISLATIVO O segundo poder, o Le-

gislativo, segundo o vice -presidente da Assembleia, Francisco Tenório (PMN), o Brasil mostra sinais de recuperação. “No final de ano houve a compra e a comercialização de diversas máquinas e equipamentos. É um sinal

de que a economia vem se recuperando. E Alagoas, como está saneado e em boa situação financeira, deverá ter um 2018 de muitos investimentos e com certeza a população sairá lucrando nesse momento”, avalia o parlamentar.

RECURSOS

Instabilidade tem condições de prosseguir Para o líder da bancada federal alagoana, o deputado Ronaldo Lessa (PDT), 2017 foi de muita dificuldade, principalmente por conta do governo Michel Temer. “A crise é geral. O governo, em minha avaliação, piora a situação quando abre mão para refinanciamento indiscriminadamente, de recursos que seriam importantes para a previdência social. Portanto, eu acho que agravou ainda mais a situação de 2017. Não foi pior porque temos aqui dois ministros e evidente que os dois têm lutado muito para que seus ministérios tenham atividades aqui e estão jogando recursos onde pode, na medida do possível em Alagoas”. Sobre 2018 a expectativa, para o deputado é de permanência das dificuldades, citando que por mais que se esforcem a bancada, elas vão com recursos reduzidos para os estado. “Uma coisa que tem ajudado muito é a unidade. Acho que, por exemplo, tanto o governador, como o prefeito de Maceió e o presidente da Associação dos Municípios Alagoanos [AMA], têm a compreensão e o apoio. A bancada diverge nos temas nacionais, evidentemente cada um com suas ideias partidárias, mas as questões de Alagoas, sempre há uma unidade e essas três autoridades [Renan, Rui e Hugo] tem um comportamento importante e que tem ajudado bastante”, destaca. Quando a temática é voltada aos municípios, o presidente da AMA, Hugo Wanderley, acredita que o momento político seguirá em instabilidade. “Temos um presidente da República com baixa aprovação, com a bancada de sustentação pequena no Congresso. Não será possível nem aprovar as reformas que ele propôs. Isso

SANDRO LIMA

Ronaldo Lessa destaca unidade da bancada; Hugo Wanderley cita foco das pautas municipalistas

causa uma instabilidade no mercado financeiro. Então a expectativa para 2018 é de muita cautela, como foi de 2017. Teremos uma eleição presidente ainda totalmente indefinida porque temos nomes com grande chance de vitória que possivelmente podem ser barrados pela justiça. Então o quadro político e consequentemente financeiro é muito instável. É um ano que tem a expectativa de ser pior do que esse ano que está acabando, mas vamos manter a serenidade, apertar as rédeas, mas do que já apertou, porque quem sofre com isso consequentemente é a população”, justifica Wanderley. Em 2017, mesmo com to-

dos os problemas, Wanderley destacou os avanços que a Associação conseguiu para os municípios, principalmente tratando do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). “Nós avançamos em muitas pautas importantes para os municípios. Conseguimos efetivar 1% do FPM de julho, que foi aprovado quando o senador Renan Calheiros [PMDB] era o presidente do Senado. Conseguimos que derrubassem o veto do encontro de contas. Mas, os problemas ainda continuam, como a questão do repasse dos recursos dos programas federais e a queda de arrecadação, por exemplo. Em 2018 vamos

continuar lutando pelas melhorias. E também teremos pautas importantes tramitando no Congresso, como o reajuste do Fundeb e o 1% de setembro”. À frente da prefeitura de Maceió, Rui Palmeira aguarda que a economia se recupere. “O país passou por um cenário de muita incerteza e turbulência política, mas dá sinais de recuperação, como mostram os recentes números do emprego, do comércio e da produção industrial. Nesse sentido, apesar dos sinais de recuperação ainda tímidos, podemos esperar maior estabilidade para 2018”, analisa o gestor da capital alagoana. (C.V.C.)


4

TRIBUNAINDEPENDENTE

POLÍTICA MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 30 E 31 DE DEZEMBRO DE 2017

BARTOLOMEU DRESCH bartolomeu_dresch@hotmail.com.br

O acordo dos presídios

A

quantidade de armas de fogo e objetos perfurantes encontrados nos presídios brasileiros por militares das Forças Armadas em vistorias feitas neste ano, sugerem que haja algum tipo de acordo entre os agentes do sistema prisional e os criminosos. A afirmação partiu do Ministro da Defesa, Raul Jungmann. Segundo ele, 11 mil militares do Exército, Marinha e Aeronáutica inspecionaram 31 presídios de seis estados (Acre, Amazonas, Pará, Rio Grande do Norte, Rondônia e Roraima) em 2017. Somadas, as seis unidades prisionais abrigam 22.970 detentos. Nas revistas foram encontradas 10.882 armas e objetos perfurantes, e isso significa que existe uma arma para cada dois detentos cumprindo pena nos presídios inspecionados. “O fato do sistema prisional admitir que um em cada dois presos esteja armado é um escândalo. Como isso foi parar lá dentro? A gente chega a pensar se não existe algum tipo de leniência, um acordo entre os que trabalham nos presídios e aqueles que estão presos” afirmou Jungmann. Com a palavra os agentes penitenciários.

Patrono dos direitos humanos Ícone na luta contra a opressão, com um trabalho reconhecido internacionalmente, Dom Helder Câmara, eterno Arcebispo de Olinda e Recife, recebeu o título de Patrono Brasileiro dos Direitos Humanos. A lei que concedeu a homenagem foi sancionada esta semana pelo Presidente da República. Dom Hélder iniciou o seu trabalho em defesa dos mais pobres no vizinho estado de Pernambuco, mas o seu enfrentamento em nome da Igreja Católica, contra a opressão da ditadura militar, o tornou respeitado e reconhecido em todo o país. Ele foi nomeado como Arcebispo de Olinda e Recife em 1964, justamente o ano do golpe militar no Brasil.

Incertezas e economia com o “mais do mesmo” Para Cid Olival, da Ufal, país chegou ao fundo do poço e não desce mais CARLOS AMARAL REPÓRTER

O

ano de 2018 promete ser repleto de novidades e, para além da Copa do Mundo da Rússia, incertezas na política e economia sem novidades. O ambiente tumultuado do país tende a se agravar devido à eleição presidencial, a primeira após o processo de impeachment de Dilma Rousseff (PT), cujo sucessor é recordista de impopularidade. O nível do emprego, apesar de alguma melhora estatística no final deste ano, é ruim. O dinheiro circulante nas ruas diminuiu e direitos sociais foram retirados. Como de praxe, as medidas adotadas que criaram esse

quadro agradam ao mercado financeiro. No ambiente político propriamente dito, diversos atores tentam seu lugar ao Sol num agressivo vale-tudo de bastidor perceptível aos olhos mais sensíveis às nuances da política brasileira. Nessa seara vale também o uso do Judiciário como indutor da política e da econômica, por tabela. E vice-versa. Para o economista Cid Olival, da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), o cenário em 2018 segue sendo bastante difícil e a economia no país, ao contrário do discurso oficial, não está em recuperação. “Falácia”. “A gente meio que chegou ao fundo do poço e não tem

mais o que descer. A expectativa para 2018 é que a gente tenha uma taxa de crescimento muito baixa, mas não negativa. O que já é um aspecto positivo. No entanto, as reformas feitas, como a trabalhista, e a aprovação da PEC do teto dos gastos tiram o Governo da economia e deixa o setor privado. O problema é que ele está na espreita por causa das incertezas políticas”, comenta o economista. Além dos números macroeconômicos, ele pontua o problema da distribuição de renda, em queda no país, de acordo com sua análise. “A distribuição de renda vai se agravar. A reforma trabalhista aumentou a precariedade dos empregos e se

têm explodido notícias de demissões no setor privado para contratações de novas pessoas pelas novas regras e com salários mais baixos. Isso freia a economia. Sem falar no salário mínimo, que teve um menor reajuste. Mesmo com taxa de inflação baixa, não há ganho real de renda por parte da população. Isso tem impacto direto no consumo. Fora a contenção dos programas de transferência de renda”, diz Cid Olival. É neste cenário econômico que os partidos políticos tentarão “vender seu peixe” nas eleições de 2018, tentando não se arranhar com as investigações e processos sobre casos de corrupção, cada vez mais midiáticos e dominantes nos noticiários. ARQUIVO PESSOAL

Patrono dos direitos humanos 2 De imediato Dom Helder começou a estruturar e organizar os movimentos religiosos e sociais nos quais sempre se destacou na luta contra o autoritarismo e contra os abusos aos direitos humanos. Ele também foi um dos fundadores da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) entidade que ainda hoje ocupa lugar de destaque nas questões nacionais. Ele foi o único brasileiro indicado quatro vezes para o Prêmio Nobel da Paz. Dom Hélder faleceu em 1999, nos fundos da Igreja de Nossa Senhora da Assunção das Fronteiras, no Recife, que foi transformado em museu. No Memorial Dom Hélder Câmara estão expostos objetos como livros, quadros, roupas e móveis de uso pessoal do arcebispo.

Ocupação chega a 100% Maceió deve ganhar mais de uma dezena de novos hotéis nos próximos dois anos, e eles serão mais do que necessários para atender à demanda de turistas. Exemplo disso é a ocupação hoteleira nas festas de fim de ano, que, segundo a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis em Alagoas (ABIH-AL) chegou a 100% em Maceió. Ou seja, todos os quartos de hotéis e pousadas da capital alagoana estão ocupados neste feriadão. A taxa representa um aumento de 15% em relação ao mesmo período do ano passado. Para o secretário de Turismo de Maceió, Jair Galvão “este foi um ano especial para o turismo em Maceió” graças ao aumento do fluxo de turistas e a geração de emprego e renda.

Uma morte cruel Após passar cerca de 15 anos de sua vida, presa em um cubículo por seus próprios país, uma mulher japonesa morreu congelada, segundo informou a imprensa da cidade de Neyagawa, na província de Osaka. A mulher, que media apenas 1,45 metro, estava com desnutrição extrema e pesava apenas 19 quilos quando foi encontrada pela polícia local. A mulher viveu confinada em um quarto de 3 metros quadrados, sem calefação, desde que tinha 16 anos. Os pais da jovem, Kakimoto e a esposa Yukari Kakimoto, prenderam a filha porque ela sofria de um transtorno mental que a deixava muito violenta. Eles confessaram que a alimentavam uma vez por dia.

Uma morte cruel 2 Airi Kakimoto ficou confinada por mais de uma década e meia, em um quarto construído pelo seu pai, que instalou um banheiro improvisado e um tubo conectado a um tanque instalado na parte externa da casa para que pudesse beber água. O quarto tinha ainda uma porta dupla que somente abria por fora e uma câmera de vigilância. Os pais da jovem, que deve ter morrido em 18 de Dezembro, foram presos por abandono de cadáver, acusação que as autoridades japonesas costumam apresentar, até que provas suficientes sejam reunidas para a abertura de uma investigação por assassinato.

“Twitter é dos esquerdopatas” O deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) afirmou esta semana que o Twitter é a rede social dos “esquerdopatas” e que suas ideias “precisam ser combatidas em todos os campos”. Disse o parlamentar “o terreno onde há mais esquerdopatas em ação é o twitter. Pessoas com pensamento diferente deles, tem que se mobilizar e os contrapor com a verdade também nesta rede social. Suas ideias precisam ser combatidas” disse Bolsonaro. Ele não esconde suas intenções de concorrer à Presidência da República em 2018 e nas pesquisas de intenção aparece em segundo lugar, sempre atrás do ex-presidente Lula. • Uma empresa europeia resolveu produzir o menor aparelho celular do mundo, pelo menos por enquanto. Trata-se do Zanco Tiny T1. • O aparelho tem 4,67 centímetros de altura por 2,1 de largura, 1,2 centímetros de espessura e pesa apenas 13 gramas. Além disso há uma tela de 0,49 polegadas de resolução de 64X33 pixels, teclado numérico, alto-falante, microfone, entrada para chip nano, porta de carregamento USB. • O telefone funciona em redes 2G e dispõe de bateria que permite o uso por três dias em tempo de espera e três horas de conversação. Armazena ainda 300 números de contato e 50 ligações e mensagens de textos mais recentes. • Porém, e sempre tem um porém, o mini-celular não instala aplicativos, não tem câmara e tem pouco espaço para carregar arquivos. Ele tem memória RAM de 32MB, e também 32MB de armazenamento, sem espaço para cartões de memória.

Economista Cid Olival, da Universidade Federal de Alagoas, comenta sobre as perspectivas em ambos os cenários no ano que inicia

DOMÍNIO

Partidos grandes são favoritos para eleições Se as incertezas políticas afetam diretamente o grau de investimento na economia, maus resultados nessa área afetam diretamente o jogo político. Essa relação de mão dupla dá o tom das disputas eleitorais e do ânimo e disposição do eleitorado. Contudo, é nesse “baile” que partidos e pretensos candidatos tentam se firmar e se pôr como alternativas para 2018. Para o cientista político Ranulfo Paranhos, da Ufal, a eleição presidencial do próximo ano deve girar em torno dos grandes partidos. “O Geraldo Alckmin passou a ocupar o espaço de destaque no PSDB com a crise do Aécio e também se livrou do João Dória [prefeito de São Paulo]. Além disso, ele sai do grande estado do país. O Bolsonaro deve desidratar na campanha. Seu discurso empolga agora, a analista de internet, mas na tevê ele não consegue competir com os grandes partidos. O grosso do eleitorado não aceitas extremismos, e o Bolsonaro tem discurso extremista para o conservadorismo”, pontua Ranulfo Paranhos. FATOR LULA Para o cientista político, em caso de Lula não ser candidato em 2018, o petista deve ser o centro da campanha eleitoral ao menos em seu início. Se sua presença não gerar resultados, o ex-presidente será deixado de lado. “Como o tempo de campanha diminuiu, é possível que na primeira rodada dos guias na tevê ele seja

SANDRO LIMA

Cientista político Ranulfo Paranhos fala sobre disputa no governo

o grande alvo. Positiva ou negativamente. Mas se isso não surtir efeito, será colocado de lado. Ele será o eixo central da eleição, talvez, no início. Se assim será até o fim, vai depender disso. Particularmente, acredito que se perca o interesse”, comenta Ranulfo Paranhos. Contudo, o cientista político ressalta que se Lula for candidato será o centro da campanha eleitoral invariavelmente, ao menos até o 1º turno. “Se ele for candidato, é o alvo de todos”, enfatiza.

ALAGOAS Já em relação à disputa pelo Governo do Estado, Ranulfo Paranhos entende que ela se dará em torno de Renan Filho (PMDB) – candidato à reeleição – e Rui Palmeira (PSDB), prefeito de Maceió. Segundo ele, o peemedebista poderia estar melhor junto ao eleitorado. “Tem pesquisas de bastidores que apontam uma distância menor do que se imagina entre Renan Filho e Rui Palmeira, principalmente diante das ações do Governo pelo estado. Acredi-

to que isso seja rejeição ao fato de ele ser um Calheiros. Mas é claro que ainda está muito longe da eleição e teremos campanha nas ruas e na tevê”, pontua Ranulfo Paranhos. Para ele, Rui acerta em não tornar pública sua decisão sobre candidatura em 2018. “Acredito que está certo em esperar. E com a saída de cena do Teotonio Vilela Filho [PSDB], ele ganhou mais espaço. É difícil Rui não ser candidato porque o grupo que o apoia faz muita pressão e ele deverá ter apoio do Palácio do Planalto, que quer derrotar Renan Calheiros [PMDB] por ter se tornado o maior inimigo do Michel Temer [PMDB] no Senado”, analisa. Ranulfo Paranhos ressalta recentes informações de que o presidente Temer está investindo nas candidaturas dos ministros Marx Beltrão (PMDB) para o Senado e de Maurício Quintellla (PR), ou para o Senado ou para a Câmara dos Deputados. Além do senador Benedito de Lira e de seu filho, deputado federal Arthur Lira – ambos do PP. (C.A.)


TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 30 E 31 DE DEZEMBRO DE 2017 POLÍTICA

5

Temer e Congresso terão de encarar crise Desafio de voltar a crescer sem o avanço do emprego precário é um dos cenários apresentados ao presidente DIVULGAÇÃO

Michel Temer não conseguiu aprovar a Reforma da Previdência em meio ao desgaste político e crise econômica que ainda afeta ao país

O

EL PAÍS

ano de 2017 se despede e foi definitivamente de notícias mais animadoras para a economia brasileira. O ano de 2017 chega ao fim com um índice de inflação rondando os 3%, ante 6,29% de 2016, e com a taxa básica de juros de 7% ano, o menor patamar histórico. Além disso, o fantasma do desemprego vem, ainda que timidamente e com oscilações, em trajetória de queda. Diante desse cenário mais alentador, o presidente Michel Temer aproveitou o pronunciamento de fim de ano para afirmar que agora o país está “em ordem” e “mais barato para viver”. O nível ainda elevado do desemprego pode ser mais um entrave para um crescimento mais virtuoso. Apesar do desemprego ter começado a cair antes do estimado por algumas instituições financeiras, a composição dos novos empregos é ruim. O desemprego no país recuou para 12,2% no trimestre encerrado em outubro. No

trimestre anterior, encerrado em julho, a taxa havia sido de 12,8%. Segundo dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) Contínua, 586 mil pessoas deixaram a fila do emprego no período. Houve, no entanto, um aumento de vagas informais ao invés de postos com carteira. Das 2,303 milhões de vagas geradas no país ao longo deste ano, 75%, ou 1,743 milhão, são informais, segundo a Pnad, o que inclui tanto os empregos por conta própria como os empregos sem carteira assinada. Os postos restantes foram gerados pelo setor público. O ano terminou ainda com uma nota inesperada: o fechamento de vagas em novembro. No mês passado, o Brasil viu sumir 12.292 vagas formais de emprego. Os números são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados nesta quarta-feira pelo Ministério do Trabalho. Os dados frustraram o mercado porque os agentes financeiros era a criação de vagas.

DIVULGAÇÃO

MOMENTO

Efeitos não devem ser sentidos nas cifras Novembro foi o primeiro mês em vigor da reforma trabalhista, mas ainda é bastante cedo para vincular estatisticamente as cifras a esse fato. Seja como for, 2018 será o ano em que empresários, trabalhadores e Justiça testarão para valer as utilidades e os problemas das novas regras trabalhistas, que podem impactar também na qualidade dos empregos a serem criados. Há quase uma dezena de ações questionando a reforma no Supremo Tribunal Federal sem falar de uma regulação

por Medida Provisória ainda pendente de aprovação no Congresso. AJUSTES No plano político e das contas do Estado, ainda está ativa a bomba-relógio das contas públicas. A economia ainda precisa de um ajuste fiscal grande ante os déficits projetados. No ano prestes a começar, a estimativa é de um rombo de 159 bilhões de reais. Caso as agendas de reformas e do ajuste não avancem, a atividade econômica pode voltar a retroceder, e o país continuará a gastar mais do arrecada nos próxi-

mos anos, como vem acontecendo desde 2014, o que faz a dívida pública brasileira aumentar cada vez mais. Atualmente, de acordo com o Banco Central, ela está em 74,4% do PIB, e se situa acima da média de 48% do PIB dos países emergentes. Em 2017, as várias renegociações de dívidas, como os diversos parcelamentos de débitos tributários (Refis) não ajudaram o quadro fiscal. Além disso, uma liminar do STF suspendeu o adiamento do reajuste dos servidores - que traria alívio de R$ 6 bilhões de reais.

Sem falar que a equipe econômica ainda luta para tentar restabelecer cobrança de alguns tributos suspensos no Governo passado e nem sequer discute outras opções como mexer progressivamente na tributação da renda e dos dividendos empresariais. Justamente esta questão de não tratar da tributação das dívidas de grandes empresas que tem deixado parte da classe política e população com o tom de voz mais críticos contra as decisões do presidente Michel Temer. (El País)

Henrique Meirelles tem feito a defesa de mais uma reforma

FEVEREIRO

Sem força política, reforma fica para início de 2018 O maior revés, no entanto, foi o Governo Temer não ter tido força política para votar e aprovar a reforma da Previdência, adiada para fevereiro. Projeções do Ministério do Planejamento apontam que, sem a reforma da Previdência, os gastos que o Governo não pode cortar (como aos benefícios previdenciários, pessoal, abono e seguro desemprego) vão saltar de 91,8% do orçamento neste ano para 101,4% em 2022. Ou seja, não haverá dinheiro para fazer investimentos e a equipe econômica terá que fazer um malabarismo para fechar suas contas. Atualmente, os investimentos públicos já estão minguados. Eles alcançaram apenas 2% do PIB em 2017, o mais baixo nível da série histórica, iniciada em 1995. Na avaliação do economista Nelson Marconi, da FGV, dificilmente Temer conseguirá aprovar em 2018, ano eleitoral, uma reforma da Previdência. “É uma matéria muito polêmica para um fim de mandato. Isso vai gerar uma dificuldade fiscal maior e um aumento da insegurança sobre o que vai acontecer no próximo Governo. Acho que está muito claro que, tirando o [Jair] Bolsonaro, que é muito imprevisível, todos os candida-

tos terão uma preocupação com a questão fiscal”, explica. Segundo o economista, certamente tudo isso vai fazer com que o próximo ano haja mais especulações no mercado financeiro. “O que pode gerar mais turbulência no câmbio e pode dificultar a equipe econômica de Temer a continuar o ciclo de queda da taxa de juros”. Sergio Valle, economista-chefe da MB Associados, concorda que dada a situação fiscal, é impossível pensar que a reforma da Previdência não será aprovada no máximo em dois anos, mesmo que mais enxuta. “Ela estará no radar dos candidatos. Toda a discussão que aconteceu neste ano foi importante para os congressistas e a população terem consciência dos problemas e dos números da nossa Previdência”, diz. Outro desafio complicado que a gestão de Temer terá que enfrentar em 2018 para manter as contas públicas sob controle será o teto de gastos. A PEC do teto, promulgada em 2016, estabeleceu que os gastos da União não poderão crescer mais do que a inflação do ano anterior durante os próximos vinte anos. “Como a inflação esse ano foi muito baixa, a correção do aumento de gastos vai ser muito baixa também”, ressalta Marconi.


6

OPINIÃO

TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 30 E 31 DE DEZEMBRO DE 2017

Opinião

Constituição e emendas

O

Congresso Nacional promulgou quatro emendas à Constituição Federal em 2017. Com as novidades, o Brasil está próximo de alcançar a marca de 100 mudanças no texto original de 1988. Entre as mudanças estão as que instituem novo regime especial de pagamento de precatórios, atualização das regras eleitorais, a liberação de práticas como as vaquejadas e os rodeios em todo o território brasileiro, e a que possibilita que servidores que tenham mantido qualquer tipo de relação de trabalho com os ex-territórios de Roraima e do Amapá optem pelo quadro em extinção do Governo Federal. Prestes a completar 30 anos, a Constituição recebeu em média 3,3 emendas por ano desde a promulgação, chegando em 99 agora em dezembro. Em 2016 foram cinco, incluindo uma relativa aos precatórios, a alteração nº 94. Outras duas também tratam de temas econômicos, uma de legislação eleitoral e a última estabelece o Tribunal Superior do

Trabalho como órgão do Poder Judiciário. A proposta relativa aos precatórios deste ano é de autoria do senador José Serra (PSDB/SP), foi a última a ser aprovada e estende de 2020 para 2024 o prazo para estados e municípios quitarem os débitos. A partir dessa data, o mecanismos de precatórios deverá ser extinto, ficando a Administração obrigada a quitar suas obrigações em até seis meses. Conforme o texto, os débitos deverão ser atualizados pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo Especial – IPCA-E. A emenda também proíbe que recursos levantados com base nos depósitos judiciais circulem pela conta dos estados e municípios; estabelece que depósitos judiciais podem ser usados para pagamento de precatórios, aumentando o volume de recursos; e cria mecanismos de financiamento mais fáceis para entes públicos e mais garantias para manutenção da liquidez do fundo garantidor dos depósitos judiciais.

MAURO DONATO Jornalista

Temer e a Globo No começo de outubro, o presidente Michel Miguel Temer reuniu-se com os irmãos Marinho, donos da Globo, num jantar ‘reservado’, algo camuflado na agenda oficial. Pegos no pulo, tanto Michel Temer quanto os Marinhos soltaram notas esclarecendo que o encontro tinha sido apenas para pedir apoio para a reforma da Previdência e que a conversa se deu de maneira “absolutamente republicana, sem pedidos ou promessas de qualquer das partes”. Segundo a Folha, o convescote ocorreu na casa de Roberto Irineu Marinho e contou com seu irmão João Roberto Marinho, além do vice-presidente de Relações Institucionais da Globo, Paulo Tonet. Temer se queixou sobre a cobertura de seu governo pelos jornais, rádios e canais de TV do grupo. Reclamou que o Globo foi o veículo que divulgou a conversa entre ele e o empresário Joesley Batista. Falou de um editorial que pedia sua renúncia. E de um outro que praticamente sentenciava Michel Miguel como culpado na compra de silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha.

Por que os Marinhos teriam marcado um jantar se só Temer fez pedidos, é algo a se debruçar. O que mais se sabe do encontro é que, depois de tanto chororô, o presidente soltou um ‘veja bem’. Como se insatisfeito com a receptividade oferecida pelo alto comando ali sentado diante de seus apelos, Michel Miguel começou um discurso acerca das ‘injustiças’ contra ele. Afirmou que delações não podiam ser tomadas a sério daquela forma, que o conteúdo delas nem sempre é conclusivo, que muitos o fazem para se livrar das penas, que não comprou o silêncio de Eduardo Cunha, que isso, que aquilo. E então veio o ‘veja bem’. Michel Miguel mencionou o caso Fifa, as denúncias envolvendo a Globo, a delação de J. Hawilla, da agência Traffic. O presidente enviou um claríssimo ‘vocês sabem do que estou falando’ para os irmãos Marinho. Chantagem? Uma espetada? Ou só o roto falando do remendado? Coincidentemente, a partir dali a Globo passou a pegar leve com ele. Os telejornais noticiam diariamente uma retomada da economia e o aumento

do índice de empregos. Nos intervalos, propaganda oficial. Sumiram dos destaques e manchetes os R$ 500 mil que rolavam na mala de Rodrigo Rocha Loures, ex-assessor especial e um de seus homens de confiança, sumiu Geddel Vieira Lima, parou-se de perguntar de quem afinal são os R$ 51 milhões que estavam no bunker em Salvador. Não existe almoço – nem jantar – grátis. O que aconteceu naquela noite de 4 de outubro foi um acerto informal de propaganda gratuita do seu governo, além de uma demonstração clara, claríssima, de que a velha mídia não sobrevive sem a promíscua relação com os cofres públicos. A Globo colocou Temer lá e quis mostrar que poderia também catapultá-lo, como fez com Collor e Dilma. Perdeu a briga e ainda teve que pagar o prato de comida e ser condescendente com alguém que possui 3% de aprovação. Pela suavidade do tratamento recente do clã Marinho que o governo tem recebido, é de se supor que na hipótese de um novo encontro, o presidente irá agradecer com um “Tem que manter isso aí, viu?”

AYRTON CENTENO Jornalista

As grandes frases de 2017 Apoiado em seu cajado, 2017 ruma trôpego e combalido para sua última morada. É hora de garimpar as tiradas que podem sobreviver ao ano em estado terminal. Como todas as listas, esta merecerá todas as críticas do mundo por incluir o que não deveria ou por esquecer o que não poderia. São frases que podem revelar ironia, inteligência, cinismo, indignação, desprezo mas também desfaçatez, que tem sido o pano de fundo do nosso drama nesses tempos estúpidos. Vamos a elas: “A minha expulsão não é uma punição. É biografia” (Senadora Kátia Abreu ao ser expulsa do PMDB por ser oposição ao golpe e a Michel Temer) “Romero Jucá, esse canalha, esse crápula do Brasil, esse ladrão de vidas e almas alheias” (Idem, em seu primeiro discurso na tribuna do Senado após ser expulsa) “Tem que manter isso, viu?” (Temer sendo gravado por Joesley Batista e concordando com o “tratamento especial” dado pelo empresário ao ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha, preso em Curitiba) “O Rodrigo. Pode passar por meio dele, viu? Da minha mais estrita confiança” (Temer dizendo a Joesley que, na ausência de Geddel Vieira Lima, o contato seria através de outro deputado, Rodrigo Rocha Loures, do PMDB, do Paraná, seguido, filmado e preso dias depois com mala contendo R$ 500 mil entregues pela JBS de Joesley) “Eu quero dizer que eu vi a fita, eu vi a mala de dinheiro, eu vi a corridinha na televisão” (Ministro Luis Roberto Barroso, do STF, discutindo com seu colega Gilmar Mendes e enfatizando que ouviu a fita que incrimina Temer, a mala de dinheiro e a “corridinha” de Rocha Loures antes de ser preso) “Uma única mala talvez não desse toda a materialidade criminosa que a gente necessitaria para resolver se havia ou não crime, quem seriam os partícipes e se haveria ou não corrupção” (Diretor da PF, Fernando Segóvia, em sua primeira entrevista, referindo-se à mala dos 500 mil reais entregue a Rocha Loures, representante de Temer jun-

Presidente José Paulo Gabriel dos Santos

INDEPENDENTE Rua da Praia, 134 - sala 303 - centro - Maceió Alagoas Endereço Comercial: Av. Menino Marcelo - 10.440 - Serraria Maceió - Alagoas - CEP: 57.083.410 CNPJ: 08.951.056/0001 - 33

Jorgraf UM PRODUTO:

Cooperativa de Produção e Trabalho dos jornalistas e gráficos do Estado de Alagoas

Diretor administrativo-financeiro Flávio Peixoto Editor geral Ricardo Castro ricardojcastro@yahoo.com

Diretora comercial Marilene Canuto

to à empresa) “Só pode ser brincadeira” (Ex-procurador-geral da república, Rodrigo Janot, ironizando a declaração de Segóvia) “Nós vamos (gravá-lo) só porque ele é bandidão mesmo” (Joesley Batista explicando ao executivo da JBS, Ricardo Saud, por que iria gravar o então presidente do PSDB, Aécio Neves) “Adoraria disputar com alguém com o logotipo da Globo na testa” (Lula, comentando a então possível candidatura do apresentador Luciano Huck à presidência) “Bolsonaro é filho legítimo do casamento entre a Lava Jato e a Rede Globo” (Sociólogo Jessé de Souza, autor de A Elite do Atraso, em entrevista) “Se pegar dez Bolsonaros e espremer não cabe num pires” (Ministro Aloysio Ferreira Nunes prevendo que Jair Bolsonaro não tem a menor chance contra Lula em um eventual segundo turno) “A elite da comunicação, a elite empresarial e a elite política é que farão as reformas tão necessárias. Delegar isso ao “seu João” e à “dona Maria” é irresponsabilidade” (Prefeito Nelson Marchezan Junior (PSDB), de Porto Alegre, mandando a plebe procurar o seu lugar) “Ele é um bunda mole” Vereador Cláudio Janta (Solidariedade), de Porto Alegre, ex-líder do governo na câmara municipal, respondendo ao prefeito Marchezan Junior, que chamou os vereadores de “cagões”) “O Temer é aquele marido desempregado que, em vez de procurar emprego, sai vendendo as coisas da casa” (Lula, sobre a privataria temerária) “Sabe o que é isso? É coisa de preto...” (Apresentador William Waack, então na TV Globo, em vídeo vazado que foi parar no Youtube. Waack irritara-se com o barulho de buzinas nas ruas de Washington/DC antes de começar uma entrevista) “Eu quero ouvir o William Bonner pedindo desculpas na Globo. [Imita o apresentador do Jornal Nacional]: “Boa noite. Queríamos pedir desculpas para o Luiz Inácio Lula da Silva porque tudo o que se falou dele foi mentira”.

LOCALIDADE ALAGOAS

VENDA AVULSA DIAS ÚTES R$ 2,00

OUTROS ESTADOS R$ 3,00

LOCALIDADE ALAGOAS

ASSINATURAS SEMESTRAL R$ 300,00

OUTROS ESTADOS R$ 500,00

DOMINGO R$ 4,00 R$ 5,00

(Lula, em coletiva em dezembro de 2017) “Meu filho não é ladrão, ele é doente” Marluce Lima, mãe de Geddel Vieira Lima, logo após a descoberta de que o filho guardava R$ 51 milhões em malas em um apartamento de Salvador) “Se denunciaram Aloysio por 500 mil eu tô fodido” (Lucio Vieira Lima, deputado do PMDB e irmão de Geddel, refletindo sobre o futuro e citando a denúncia contra o chanceler Aloysio Ferreira Nunes) “Minha morte foi decretada no dia do meu afastamento da universidade” (Reitor Luis Carlos Canciller de Olivo, da UFSC, em bilhete deixado no bolso de sua calça, encontrado no dia em que suicidou por não suportar a humilhação a que foi submetido ao ser preso com estardalhaço pela PF e submetido, inclusive, a revista íntima) “Quando a humanidade errou e não parou Hitler no momento certo? Quando a humanidade errou e não parou Mussolini no tempo certo? E fiquei pensando: eles estão de volta” (Desembargador Lédio de Andrade discursando no velório de Canciller) “É inadmissível que o país continue tolerando práticas de um Estado policial, em que os direitos mais fundamentais dos cidadãos são postos de lado em nome de um moralismo espetacular” (Trecho de nota da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior sobre a ação da PF e a morte de Cancillier) “O pobre tem fome, não tem hábito alimentar” (Prefeito de São Paulo, João Dória, quanto ainda tentava distribuir a farinata, produzida a partir de alimentos próximos da data de vencimento, aos pobres. “Eu só não te dou um soco agora, porque você é um merda” (Deputado Sergio Zveiter, então no PMDB-RJ, após ler seu relatório contra Temer na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara, e ser provocado pelo colega Darcísio Perondi, do PMDB/RS) “Ninguém fez tanto pelo país como eu nos últimos 20 anos” (Temer em discurso demonstrando preocupante afastamento do mundo real)

PABX: 82.3311.1338 COMERCIAL: 82.3311.1330 - 3311. 1331 REDAÇÃO: 82.3311.1328 - 3311.1329 CENTRAL DE ASSINANTE: 82.3311.1308

ANUAL R$ 600,00

comercial.tribunaindependente@gmail.com redação.tribunaindependente@gmail.com

R$ 1.000,00

OS ARTIGOS ASSINADOS SÃO DE RESPONSABILIDADE DOS SEUS AUTORES, NÃO REPRESENTANDO, NECESSARIAMENTE, A OPINIÃO DESTE JORNAL.


TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 30 E 31 DE DEZEMBRO DE 2017 POLÍTICA 7

O que a grande mídia ocultou de você Ao atender interesses políticos e econômicos, imprensa tradicional escondeu fatos que mudaram a vida dos brasileiros AGÊNCIA SENADO

Depoimento do doleiro Rodrigo Tacla Duran, que denunciou a indústria das delações capitaneadas por Carlos Zucolotto, compadre de Sergio Moro, foi silenciado pela grande mídia

GREVE GERAL

SILÊNCIO

Depois de esconder que 300 mil pessoas foram protestar na Praça da Sé por eleições diretas em 1984, a imprensa minimizou – ou ocultou completamente – as manifestações que levaram 1 milhão de pessoas às ruas em março contra as reformas do governo e pelo Fora Temer; assim como apenas a Folha de S.Paulo noticiou as diretas na época, foi o único jornal a destacar o protesto que levou 250 mil à Avenida Paulista; jornal O Globo minimizou a paralisação que ocorreu em quase todos os estados e envolveu categorias importantes, como transportes, bancários e professores; já o Estado de S.Paulo transformou a manifestação e greve dos brasileiros em um problema de trânsito. A greve geral ganhou destaque em muitos dos principais veículos da mídia internacional. Os jornais, El País, Clarín, BBC, The Wall Street Journal e Deusth Welle destacaram a paralisação em suas páginas na internet. Segundo a britânica BBC, a greve resultou em uma série de paralisações parciais e ressalta que “milhões de trabalhadores, incluindo os funcionários do transporte público, de bancos e professores paralisarem suas atividades.

No Brasil, a velha mídia, liderada pela Globo, fingiu que não viu a viagem de Lula pelo Nordeste, onde ele tem dito em alto e bom som que será candidato a presidente. Mas o jornalismo de guerra não registrou os fatos como eles são. A viagem de 18 dias do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pelo Nordeste, no projeto Lula Pelo Brasil, teve repercussão internacional. Enquanto isso, a mídia brasileira escondeu a viagem. Com enunciados como “Lula busca conforto nos banhos de multidão” e “Lula em missão de reconquista no Nordeste“, em revistas como “L’Express” e “Le Point”, a cobertura francesa acompanhou a caravana do petista dia a dia. Sites que cobrem toda a Europa, como o “Euronews”, também acompanharam a viagem. O jornal britânico The Guardian chamou o petista de “herói da esquerda” e afirmou que ele vem sendo “adulado” pelo povo nordestino; “Ele continua sendo o presidente brasileiro mais popular em décadas, se não na história do país”, descreve o correspondente Dom Phillips.

Imprensa viu apenas caos no trânsito

Caravana de Lula sequer

foi noticiada

PREVIDÊNCIA

Relatório de comissão é visto com gozação A CPI da Previdência apresentou, em outubro, o relatório final. Segundo o texto de mais de 500 páginas, do senador Hélio José (PROS-DF), não há déficit na Previdência Social, pelo menos não da forma como foi propagada pelo governo. O parlamentar sustenta que existe manipulação de dados para forçar esse déficit. Mas o caso foi noticiado com gozação por colunistas dos principais veículos de comunicação da grande mídia, cujos donos têm interesse na aprovação da reforma da previdência, assim como interferiram na aprovação da reforma trabalhistas que gerou demissões no país.

CHANTAGEM

Doleiro inverte heroísmo de Moro e a imprensa se cala Tacla Duran revela a indústria de delações no Brasil O depoimento de Rodrigo Tacla Duran. Este é um assunto que definitivamente não interessou nem um pouco à imprensa. Tacla Duran é um ex-advogado da Odebrecht acusado pela Lava Jato por envolvimento nas fraudes de licitações da Petrobras. Segundo o Ministério Público, o seu escritório era responsável por lavar a grana das propinas das construtoras envolvidas no esquema. Ele atuava como doleiro e foi preso no final de 2016 na Espanha, mas não pôde ser extraditado por ter cidadania espanhola e, portanto, responde o processo em liberdade. Desde agosto, Tacla Duran tem acusado o advogado Carlos Zucolotto, padrinho de casamento de Sergio Moro e ex-sócio de sua mulher, de negociar clandestinamente uma delação premiada. O doleiro afirma que Zucolotto teria oferecido abrandamento da pena e diminuição da multa em troca de um paga-

mento de R$ 5 milhões, que seria feito por caixa dois. Sergio Moro se pronunciou apenas uma vez sobre o caso. Afirmou que o amigo é “sério e competente” e que é “lamentável que a palavra de um acusado foragido da Justiça brasileira seja utilizada para levantar suspeitas infundadas sobre a atuação da Justiça”. Ora, ora. Se a espinha dorsal da Lava Jato está baseada em delações de criminosos, por que justamente agora devemos desqualificar a declaração de um? É claro que, como qualquer delator da Lava Jato, Tacla Duran pode estar mentindo. Mas depois das provas apresentadas por ele em uma sessão da CPI da JBS, fica difícil desacreditar completamente no doleiro. Durante depoimento de quase quatro horas via teleconferência, Duran apresentou imagens de conversas por celular em que o padrinho de casamento de Sergio Moro admite que está intermediando os detalhes

do acordo de delação com um misterioso “DD”. Duran submeteu as imagens à perícia da Associação Espanhola de Peritos, que garantiu serem verdadeiras. E qual foi a reação de Zucolotto, Moro e cia diante do depoimento de Duran na CPI? Nenhuma. Silêncio absoluto. Zucolotto não apareceu nem para negar que houve a conversa JOSÉ SERRA-SUÍÇA José Serra continua sendo um fenômeno. Seu nome aparece em diversos casos de corrupção, mas não vemos colunistões da Globo especulando e vociferando contra ele, nem capas de revistas semanais lhe tratando como um criminoso. Nunca mais se falou a respeito da suposta conta na Suíça em que ele teria recebido R$ 23 milhões em propinas da Odebrecht. Depois de uma manchetinha aqui e outra ali, escândalos do Serra caem em um buraco negro.(João Filho - The Intercept)

A

s regra básicas do jornalismo que incluem entre as características a credibilidade, a fidelidade dos fatos e a imparcialidade, passaram longe dos olhos e ouvidos dos telespectadores, ouvintes e leitores se for levar em conta o conteúdo da informação transmitida pela grande mídia brasileira neste ano de 2017. Os casos foram diversos nos últimos doze meses e a ocultação de fatos importantes somente vieram a mostrar a associação, com interesses políticos e econômicos, entre os veículos de comunicação social, o Poder Judiciário, o Ministério Público Federal, os segmentos econômicos constituídos pela indústria, comércio e setor agropecuário e até as corporações policiais como as forças armadas, polícia federal e polícias militares em alguns estados. Essa força-tarefa foi responsável por esconder a derrocada de um projeto político que levou ao poder o vice-presidente Michel Temer e que impôs medidas impopulares aos brasileiros, como a reforma trabalhista que resultou só em novembro desse ano o fechamento de 12 mil vagas, a reforma da previdência que mantém privilégios para políticos, servidores do legislativo e judiciário e a volta da escravização do trabalho rural e urbano. Não fosse o papel da mídia alternativa e das redes sociais, os brasileiros não teriam conhecimento de que a Rede Globo pagou propina à Conmenbol e à Fifa pelo controle de competições de futebol, que o senador Aécio Neves teve proteção do poder judiciário que evitou a prisão e, consequentemente, a cassação do parlamentar acusado pela Procuradoria da República de negociar propina de R$ 10 milhões com a JBS, de ameaçar matar o próprio primo que serviu de “mula” na condução das malas e de desafiar o mandato judicial ao fazer reuniões políticas quando havia sido proibido. Essas mídias sociais também revelaram ao Brasil a inversão da denominação de “herói” do juiz Sérgio Moro ao revelar ao país, o doleiro Tacla Duran, chantageado pelo compadre do magistrado, Carlos Zuculotto também sócio da mulher dele, Rosângela Moro. Zucolotto é acusado por Tacla Duran de cobrar propina dele para que Moro reduzisse pena imposta ao doleiro, acusações de remessa ilegal de dólares para o exterior em favor da construtora Odebrecht. Enquanto isso, a mídia tradicional ocultou a caravana de Lula pelo Nordeste, Espírito Santo, São Paulo e Rio de Janeiro e que levou milhares de pessoas às ruas. Minimizou pesquisas de opiniões sobre a disputa presidencial de 2018, nas quais o petista lidera desde o início do ano. A greve geral realizada em março e abril deste ano também foi escondida do noticiário de televisão, jornais e revistas brasileiros mas ganhou destaque em muitos dos principais veículos da mídia internacional. Os jornais, El País, Clarín, BBC, The Wall Street Journal e Deusth Welle destacaram a paralisação em suas páginas na internet., assim como o relatório conclusivo da comissão da Câmara dos Deputados de que não há déficit financeira na previdência social. Os fatos que contaram com a omissão da grande mídia são inúmeros e essa reportagem refresca a memória do leitor neste final do ano com alguns deles.


8 PUBLICIDADE MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 30 E 31 DE DEZEMBRO DE 2017

TRIBUNAINDEPENDENTE


MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 30 E 31 DE DEZEMBRO DE 2017

TRIBUNAINDEPENDENTE

Cidades

CIDADES

9

Placas do projeto Nossa Praia são recolocadas na orla de Maceió As placas educativas do projeto Nossa Praia foram recolocadas na orla da capital, na manhã dessa sexta-feira (29). A placas foram removidas na última terça-feira (26) pela Secretaria Municipal de Segurança Comunitária e Convívio Social (SEMSCS). A equipe do órgão ambiental havia sido surpreendida com a ação, porque se trata da terceira edição do projeto Nossa Praia: verão 2017/2018. Os técnicos dos setores Jurídico e de Educação Ambiental do Instituto do Meio Ambiente do Estado de Alagoas (IMA/ AL) conseguiram reaver as 12 placas educativas do projeto Nossa Praia apreendidas pela Prefeitura de Maceió e todas foram recolocadas.

Dietas pobres em carboidratos são eficazes Especialista explica que a composição dos alimentos irá determinar como eles atuam no organismo das pessoas LUCAS FRANÇA REPÓRTER

S

egundo os especialistas, algumas pesquisas realizadas mostram que as dietas pobres em carboidratos (Low Carb) com percentuais inferiores aos preconizados pelas diretrizes atuais e ricas em boas gorduras são eficazes para a redução de peso independente da contagem de calorias, sendo a exclusão de alimentos industrializados, ricos em açúcares sob as suas mais diversas denominações, como dextrose, maltodextrina, xarope de milho, xarope de malte, açúcar invertido.

Inclusive, funcionam também para o tratamento de doenças como diabetes, síndrome dos ovários policísticos, obesidade, câncer e mal de Alzheimer A nutricionista Alane Costa, especialista em obesidade e pediatria e que utiliza a estratégia Low Carb, diz que a composição dos alimentos irá determinar de que forma eles atuam no organismo. “O consumo rotineiro de alimentos ricos em açúcar, como os chocolates e sobremesas em geral, por exemplo, promovem o aumento da produção de insulina pelo pâncreas o que, em longo prazo, poderá comprometer

o adequado funcionamento do órgão, podendo levar o indivíduo a desenvolver resistência à insulina e diabetes”, explica Alane Costa. A nutricionista afirma que as saladas contém uma variedade de nutrientes, dentre eles, as fibras, que auxiliam no adequado funcionamento intestinal que, por sua vez, está diretamente relacionado à saúde do cérebro. “Devemos considerar que, quanto mais natural for a nossa alimentação, mais nutrientes ela nos fornecerá. Dessa forma, é preciso pensar em qualidade nutricional e não apenas em quantidades”, ressalta Alane.

ACERVO PESSOAL

LUTA CONTRA BALANÇA

Técnica em enfermagem diz que sempre fez dieta para emagrecer A técnica de enfermagem Viviana Sant’Anna disse que sempre fez dieta e que muitas vezes voltou a engordar. “Fiz dieta com orientação de um nutricionista e endocrinologista. As dietas muito restritivas não funcionam porque o paciente com certeza vai abandonar. O ideal é comer de tudo com moderação. Sempre voltei a engordar novamente porque o nutricionista queria que perdesse muito peso em pouco tempo, com uma restrição alimentar muito grande e isso às vezes me fez desistir da dieta”, contou. A técnica de enfermagem contou que mudou totalmente a alimentação e mudou completamente os hábitos. “Mudei completamente minha alimentação. Troquei frituras por grelhados, assados, guisados, incluí muitas frutas e verduras, muita salada, cortei pão, refrigerante, bebidas alcoólicas, faço seis pequenas refeições por

dia, bebo muita água e faço atividade física seis vezes por semana. Fazer dieta é bem complicado. Depende muito da força de vontade de cada pessoa. Sempre procurava alimentos saudáveis, mais a tentação pelos alimentos calóricos era muito grande. É muito difícil, pois a pessoa está acostumada a comer de tudo e, de repente, se vê privada de comer coisas ‘gostosas’. É complicado. Mas agora estou bem. Posso comer de tudo. A atividade física é muito importante no processo de emagrecimento, aliada a uma reeducação alimentar ’’, explicou. Viviana conta que passou por uma cirurgia bariátrica a sete meses e já conseguiu eliminar 22 quilos. “A quem diga que a cirurgia é o caminho mais fácil, mais não é. Somos obesos em eterna luta contra a obesidade. Mesmo com a cirurgia é preciso de reeducação alimentar”, esclarece. Já o estudante David

Luã, de 22 anos, não passou por cirurgia, mas conta que vive de dieta desde mais jovem. “Pesava 126 quilos. Com dietas acompanhadas por um especialista e acompanhada de exercícios físicos cheguei a pesar 68. Atualmente estou com 79 quilos e seguindo uma alimentação balanceada”, conta. Segundo a nutricionista, os horários e as quantidades das refeições também podem interferir no bom ou mau resultado da dieta. “É importante comer quando sentimos fome, mas dentro de um cardápio balanceado, planejado individualmente, com alimentos que promovam saciedade e evitem maus hábitos alimentares como beliscar entre as refeições ou comer em demasia alimentos ricos em calorias, mas de pouco valor nutricional, fatores estes que estão diretamente relacionados a resultados insatisfatórios dentro de um planejamento alimentar”, ressalta. (L.F.)

Viviana Sant’Anna mudou completamente os hábitos alimentares: “Fazer dieta é complicado, depende da força de vontade” ACERVO PESSOAL

David Luã tem 79 kg, mas já pesou 126 kg; ele diz que sempre fez dieta e hoje segue uma alimentação balanceada


10

CIDADES

TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 30 E 31 DE DEZEMBRO DE 2017

Sai edital de concurso para a Educação Período de inscrição para certame começa no dia 2 de janeiro e prossegue até o dia 1° de fevereiro

O

Governo de Alagoas divulgou no Diário Oficial do Estado (DOE/AL) o edital para o concurso da Secretaria de Educação de Alagoas (Seduc). A publicação detalha todas as regras do certame, que será organizado e realizado pelo Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cespe/Cebraspe). Segundo o edital do certame, 850 vagas devem ser preenchidas para o cargo de professor. Os aprovados serão distribuídos entre as 13 Gerências Regionais de Ensino (Geres), que atendem a todo o Estado de Alagoas. O concurso será regido pelo Cebraspe, com auxí-

lio da Secretaria de Estado do Planejamento, Gestão e Patrimônio (Seplag), Procuradoria Geral do Estado (PGE) e da Seduc. “Todo o processo de realização deste concurso foi feito baseado, sobretudo, na transparência. O Governo de Alagoas se sobressai mais uma vez em realizar um certame deste tamanho e, sem dúvidas, esse é um grande passo para melhorar a educação dos jovens alagoanos. Firmamos o compromisso de divulgar o edital ainda em 2017 e, após todo um trabalho de equipe, conseguimos cumprir com o prazo”, explica o secretário titular da Seplag, Fabrício Marques Santos.

De acordo com o edital, as vagas são para as professores das disciplinas de Artes, Biologia, Ciências, Educação Física, Filosofia, Física, Geografia, História, Inglês, Matemática, Português, Química e Sociologia. No geral, o certame contará com duas fases: uma de provas objetivas, de caráter eliminatório e classificatório, de responsabilidade do Cebraspe; e uma segunda de avaliação de títulos, de caráter classificatório, de responsabilidade da Seduc. INSCRIÇÕES E PROVAS O período de inscrições para o concurso começa a partir das 20h do próximo dia 2 de janeiro e prossegue até às 18h do dia 1° de fevereiro de 2018.

O procedimento deverá ser feito somente via internet, no portal do Cebrespe. A Secretaria do Planejamento disponibilizará em sua sede ponto de acesso para os candidatos que não possuem acesso à internet. Conforme divulgado, a taxa de inscrição é de R$ 95. As provas objetivas, que ocorrerão em Maceió e Arapiraca, terão a duração de 3 horas e 30 minutos e serão aplicadas na data provável de 1º de abril de 2018, no turno da tarde. Além de todos os requisitos para a realização da inscrição no certame, o edital publicado também possui informações sobre remuneração, jornada de trabalho, avaliações e lotação.

AGÊNCIA ALAGOAS / VALDIR ROCHA

Concurso público vai suprir carência de professores na rede pública

FORMA DE CAVEIRA

Estranho asteroide volta a passar perto da Terra em 2018 ILUSTRAÇÃO: J.A.PEÑAS/SIN

Corpo celeste foi chamado de Asteroide do Halloween por semelhança com caveira

Um pequeno asteroide que, ao girar em torno de seu eixo, mostra semelhança impressionante com uma caveira deve passar perto do nosso planeta novamente em 2018. O corpo celeste 2015 TB145 foi apelidade de “Asteroide do Halloween” pelos cientistas porque a última vez que passou perto da Terra foi na época em que muitos países comemoram o Dia das Bruxas, no fim de outubro de 2015. Na época, ele estava a uma distância de aproximadamente 486 mil quilômetros - apenas 1,3 vezes a distância da Lua à Terra. A proximidade significava que o objeto estava mais iluminado. Por isso, cientistas europeus, americanos e latino-americanos apontaram seus instrumentos para o 2015 TB145. Em algumas das imagens, o asteroide se assemelhava, em alguns ângulos, a

um crânio humano por causa do seu relevo e das condições de iluminação. O pesquisador Pablo Santos-Sanz, dos Instituto de Astrofísica da Andaluzia (IAA-CSIC), também organizou campanhas de observação do asteroide para descobrir suas características. Em novembro de 2018, o Asteroide do Halloween poderá ser observado mais uma vez. No entanto, ele passará a uma distância 105 vezes maior que a da Terra à Lua - o que ainda é próximo o suficiente para que seja possível estudá-lo. Um encontro mais emocionante, segundo os pesquisadores, voltará a acontecer em 2088, quando o 2015 TB145 passará pela Terra a uma distância equivalente a 20 vezes a distância entre nosso planeta e o satélite. DESCOBERTAS O Asteroide do Halloween tem entre 625 a 700 metros de diâmetro, segundo o es-

tudo publicado por Pablo Santos-Sanz e sua equipe no periódico Astronomy and Astrophysics. Eles também descobriram o período de rotação do corpo celeste, o que seria a duração do seu “dia” - entre 2,94 horas e 4,78 horas, de acordo com a observação e os cálculos deles. E determinaram seu formato, uma elipse achatada, que reflete apenas entre 5% e 6% da luz do sol que a atinge. “Isso significa que é um asteróide muito escuro, só um pouco mais reflexivo que o carvão”, disse Santos-Sanz em nota. Atualmente, acredita-se que o Asteroide do Halloween pode ser um cometa extinto, que perdeu bastante água e outros componentes voláteis durante as voltas que deu ao redor do Sol. Isso é semelhante ao que se considera a respeito do objeto interestelar Oumua-

mua, que causou surpresa por seu formato de “charuto” e também parece ser um tipo de cometa “disfarçado” de asteroide. Em geral, asteroides e cometas são diferenciados por sua composição (os primeiros são mais rochosos e metálicos, e os últimos têm uma proporção maior de gelo e rochas) e pelo tipo de órbita ao redor do Sol. Mas nem sempre é fácil diferenciá-los com as observações que a distância permite fazer. Agora, os pesquisadores aguardam que novembro de 2018 traga mais novidades sobre a natureza destes objetos. “Apesar de essa passagem próxima não ser tão favorável, conseguiremos como obter novos dados que podem aumentar nosso conhecimento sobre a massa dele e outras que passam pelo planeta”, disse Pablo Santos-Cruz.


TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 30 E 31 DE DEZEMBRO DE 2017

CIDADES

11

Saúde tem investimento histórico em 2017

Construção de hospitais, novas ambulâncias, reforma de unidades e estruturação da assistência são alguns destaques

O

ano de 2017 ficará na história como o de maior investimento de todos os tempos na saúde pública de Alagoas. Este marco começa pela construção de novos hospitais na capital e no interior, melhorias nas unidades já existentes, aquisição de novas ambulâncias para renovar 100% da frota do Samu e ampliar o serviço de transporte de pacientes, e estruturação da assistência e linha de cuidados para que os usuários do SUS tenham um atendimento mais ágil e humanizado no Estado. Para o Governo do Estado a Saúde é prioridade e, de fato, estamos vivendo um novo momento. Prova disso é que somente este ano foi dado início às obras do Hospital da Mulher e Hospital Metropolitano, em Maceió, e do Hospital Regional do

Norte, em Porto Calvo. As três construções seguem em ritmo acelerado, inclusive as da capital serão entregues no próximo ano. Também para 2018, estão previstas as construções de mais dois hospitais regionais, em União dos Palmares e Delmiro Gouveia, que já foram licitadas. Há 30 anos não era feito nenhum investimento para a ampliação da Rede de Saúde do Estado. Somente nessas cinco unidades, o Governo do Estado está investindo mais de R$ 150 milhões, e serão gerados cerca de 700 leitos para assegurar o bem-estar dos alagoanos que moram do Litoral ao Sertão do Estado. O Hospital da Mulher, por exemplo, irá garantir maior conforto, segurança e um melhor atendimento às alagoanas, especialmente às gestantes de risco habitual.

O Hospital Metropolitano será referência em urgência e emergência e vai ajudar a desafogar o HGE, além de garantir atendimento de qualidade à população da parte alta de Maceió e aos moradores de municípios circunvizinhos. No interior, o Hospital Regional do Norte vai beneficiar mais de 160 mil alagoanos da região Norte com seus 123 leitos, distribuídos para maternidade, pediatria, cirurgia e clínica médica. Também serão destinados leitos para Unidade de Terapia Intensiva (UTI) adulto, Unidade de Cuidados Intermediários (UCI) neonatal e enfermaria canguru, além de serviços de nefrologia. Os hospitais de União dos Palmares e Delmiro Gouveia beneficiarão os moradores da Zona da Mata e Sertão Alagoano.

CARLA CLETO / ASCOM SESAU

Obras do Hospital Metropolitano estão adiantadas e marcam investimentos feitos no ano de 2017

EMERGÊNCIA

Samu de Alagoas tem frota de ambulâncias renovada em 100% O Governo adquiriu 40 novas ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) com recursos próprios e recebeu outras 20 do Ministério da Saúde. Com a aquisição desses veículos, a frota foi 100% renovada, garantindo que o socorro chegue mais rápido ao alagoano e com mais comodidade aos socorristas. Cada ambulância é equipada com o que há de mais moderno no mercado e custou ao Estado R$ 194 mil, totalizando mais de R$ 7,6 milhões investidos. Todas as 36 Bases Descentralizadas de Alagoas estão receben-

DIVULGAÇÃO

Samu tem todos os veículos novos e com modernos equipamentos

do os novos veículos. Graças a aquisição das novas viaturas, a Central Maceió conseguiu reativar mais uma Base Descentralizada da capital, em Guaxuma, que havia sido desativada em 2015 pela falta de ambulância. Essa base, a quarta em Maceió, irá melhorar o tempo-resposta das ocorrências para os turistas e moradores dos bairros de Cruz das Almas, Ipioca, Riacho Doce e povoados do Litoral Norte. TRANSPORTE SANITÁRIO O Serviço de Transporte Sanitário (Sets), também conhecido como Transporte de Pacientes, que con-

siste no deslocamento de pacientes entre unidades de saúde estaduais e hospitais conveniados para realização de exames e internações, recebeu o reforço de 17 novos veículos. As ambulâncias, apelidadas carinhosamente de “amarelinhas”, foram adquiridas com recursos próprios do Governo do Estado, totalizando investimento de R$ 2.920.225,15, e distribuídas entre as unidades de saúde estaduais para transportar os enfermos com mais agilidade e conforto. DOADORES DE SANGUE Para melhorar a assis-

tência do Hemocentro de Maceió (Hemoal) e de Arapiraca (Hemoar), as unidades foram contempladas com uma Van cada. Os veículos são utilizados exclusivamente no novo serviço destinado ao transporte de doadores, que consiste em levar grupos menores para realizarem a coleta na sede dos órgãos, facilitando o acesso dos voluntários à doação de sangue, e, consequentemente, contribuindo para manter o estoque estabilizado, além de assegurar mais conforto e comodidade aos profissionais que atuam nas coletas externas.

146.400 ATENDIMENTOS

HGE ganha novas especialidades médicas e mais infraestrutura Os números impressionam. Foram 146.400 pacientes atendidos de janeiro a dezembro deste ano pelo Hospital Geral do Estado (HGE). No decorrer do ano, novas especialidades médicas foram inseridas na linha de cuidados referenciados. Mais nefrologistas, cardiologistas, reumatologistas e neurologistas especializados no atendimento infantil começaram a traçar novas estratégias na atenção à saúde. Os últimos a somarem neste diferencial profissional foram os cirurgiões-dentistas, que passaram a atuar na UTI, dando ao HGE o posto de pioneiro entre os hospitais públicos alagoanos a incluir esta especialidade entre as escalas de trabalho deste setor. “Iniciamos com a UTI Geral, mas pretendemos levar os cirurgiões-dentistas para outras áreas fechadas, como a UTI Pediátrica,

THIAGO HENRIQUE / ASCOM SESAU

Secretário de Saúde vistoria atendimento no Hospital Geral do Estado

Unidade de AVC, Centro de Tratamento de Queimados e Unidade de Dor Torácica (cardiologia). A inclusão objetiva reduziu o tempo de internamento, melhorou a qualidade de vida do usuário, diminuiu os gastos com medicações de alto custo, diagnosticou com mais agi-

lidade doenças graves, reduziu a indicação de nutrição parenteral e liberou leitos para novos doentes que também precisam do cuidado intensivo”, informou a gerente do HGE, Marta Mesquita. Também em 2017, o hospital se tornou o primeiro na rede pública estadual a

oferecer, através do SUS, o estudo eletrofisiológico, um método de alta complexidade que avalia as propriedades elétricas do coração e sistema de condução. A conquista foi importante para aqueles que sofrem de taquicardia [aceleração dos batimentos cardíacos] e bradicardias [ritmo cardíaco lento]. Esses pacientes, geralmente, davam mais de uma entrada nas unidades de saúde e saiam sem o tratamento curativo. EQUIPAMENTOS Ainda no HGE, foram postas em funcionamento oito máquinas do serviço de hemodiálise, sendo quatro de diálise e quatro de osmose. Com isso, o que antes era oferecido por um único par de aparelhos, que só funcionam juntos, a no máximo três doentes renais por dia, agora passa a ser oferecido a até 12. Visando proporcionar

atendimento digno e de melhor qualidade aos pacientes, reformas estruturais no interior do maior hospital público de Alagoas foram realizadas, a exemplo da Pediatria, Área Vermelha (clínica e trauma) e Área Azul. Na Pediatria, inclui-se a UTI, foi realizada a troca do telhado, pintura, reparos nos mobiliários e climatização de toda a área de socialização e estar dos acompanhantes. Na Área Vermelha foram revitalizados os mobiliários, recuperado o gesso, revisada as redes de gases, recolocados bate-macas, instalados azulejos nas pias, pintura das paredes e feito o tratamento do piso. A recepção da Área Azul também foi completamente reformada. Em vários setores do hospital foram instalados novos aparelhos de ar-condicionado e instaladas mais de 400 lâmpadas LED.

Cinco ações de prevenção (traumas, queimaduras, AVC, diabetes e pé-diabético) foram levadas às ruas de Maceió, realizadas através da solidariedade e do amor ao próximo. A dedicação dos próprios servidores do hospital é tamanha, que chamou atenção do programa Fantástico (Rede Globo), que acompanhou a rotina do médico Paulo Valões, um representante dos tantos profissionais dedicados e empenhados no restabelecimento dos pacientes que dão entrada no maior hospital público de Alagoas. Na avaliação do secretário de Estado da Saúde, Christian Teixeira, há dez meses no comando da pasta, 2017 foi um ano de arregaçar as mangas, assumir o desafio de encarar os problemas – alguns persistentes – e exercer verdadeiramente a vontade de fazer as coisas acontecerem.

48 MUNICÍPIOS

Reforma no Hospital de Emergência do Agreste visa ampliar atendimento Com mais de 45 mil atendimentos realizados de janeiro até a primeira semana de dezembro, o Hospital de Emergência Daniel Houly, conhecido do HE do Agreste, segue recebendo investimentos do Governo de Alagoas para ampliar a oferta de serviços a 48 municípios do interior de Alagoas. Com a reforma que o Governo está realizando, em breve o hospital passará de 40 para 120 leitos, além de ter garantida a ampliação da área de UTI, que terá

acréscimo de 13 para 20 leitos. As obras de triplicação de leitos estão mais de 98% concluídas. Além do aumento no número de leitos, a unidade hospitalar está passando por reformas em toda sua estrutura física e recebendo novos e modernos equipamentos. No início de dezembro, por exemplo, recebeu quatro novos aparelhos, sendo dois de osmose e duas máquinas para hemodiálise, num investimento superior a R$ 200 mil.

O hospital ganhou, também, um moderno equipamento de tomografia, com investimento do Governo de Estado de R$ 2 milhões. Em um ano de funcionamento, o tomógrafo já realizou 13.253 exames em pacientes com politraumas e, também, em casos clínicos como Acidente Vascular Cerebral (AVC) e alguns tipos de biópsias. CARDIOPEDIATRIA O Projeto Coração de Estudante, mantido pela Sesau em parceria com a Fundação Cordial, do Hos-

pital do Coração de Alagoas, atendeu, somente este ano, 3.306 crianças de dois a seis anos com rastreamento e identificação precoce de cardiopatia congênita. Desde o seu lançamento, em junho de 2016, 3.397 pequenos corações já foram beneficiados com o serviço. CORAÇÃOZINHO A Casa do Coraçãozinho também colhe bons frutos com o atendimento humanizado e eficiente às crianças com cardiopatia congênita. De janeiro de 2017 até 15 de

dezembro último, o serviço 100% SUS realizou 1.779 consultas e mais de 100 ecocardiogramas nos pequenos alagoanos. CIRURGIAS UROLÓGICAS Até pouco tempo, em Alagoas, havia uma demanda reprimida por cirurgias na área de urologia. Para ter acesso a esse procedimento, que era realizado, na grande maioria dos casos, pelos planos particulares de saúde, a população acabava acionando a Justiça. Contudo, após o Termo de Ajustamento de

Conduta (TAC) firmado entre a Sesau, a Defensoria Pública Estadual e a Secretaria de Saúde Municipal de Maceió, a fila de espera por cirurgias na área de urologia conseguiu ser reduzida. Essa parceria com a Defensoria Pública foi de suma importância, pois assegurou que a demanda reprimida fosse atendida com maior celeridade. De julho a dezembro, 130 pacientes, dos 200 que esperavam por cirurgias, já foram operados.


12

CIDADES

MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 30 E 31 DE DEZEMBRO DE 2017

TRIBUNAINDEPENDENTE

Ações atraem todas as idades no interior Equipes da Saúde estiveram em todos os municípios contemplados pelas 6ª, 7ª e 8ª edições do Governo Presente

D

AÍLTON VILLANOVA ailton.villanova@gmail.com COM DIEGO VILLANOVA

O problema era o marido!

A

quele que viveu no Bom Parto dos ainda tempos áureos, entre os anos 50 e 60, principalmente os mais jovens, se lembra muito bem da singular figura do “Lindo”, cujo nome de batismo e nos assentamentos do Registro Civil é Linduarte Alcides Sobrinho. Lindo era operário da Fábrica Alexandria. Gomeirão, sorriso largo, apesar da ausência de um dos dentes frontais (isso pra ele era bronca safada), possuía uma cabeleira tipo Elvis Presley e o único barbeiro que ele permitia tocá-la era seu Manuel Pereira, o saudoso Seu Manu. Lindo apreciava andar elegante. Suas roupas de passeio, sempre de linho, eram confeccionadas pelo mestre Olivério Villanova. Bom dançante, esse mancebo costumava exibir-se nos bailes promovidos pelo sindicado dos trabalhadores da Alexandria e quando cismava de traçar um bolero do Bienvenido Granda ou da Núbia Laffayete com sua parceira preferida, Maria Cícera, filha do marceneiro Anísio Gaguinho, era bastante aplaudido, principalmente pelo garoto Milton, filho de seu Manu. Apenas dois dançarinos o superavam nos bailes do sindicato: o Dérlis Correia e o Benedito Vieira, o Caçota. Essa dupla era insuperável, e para eles o nosso “galã” tirava o chapéu. Nos dias de baile, que eram sempre os sábados, os habituês costumavam frequentar o bar administrado por seu Jason Ferreira e que funcionava na parte de trás da sede do sindicato. Num desses sábados, depois de ter gasto um bocado do solado dos sapatos, Lindo correu até o bar para tomar um refrigerante e lá se deparou com uma morena muito bonita, com a qual entrosou um papo. No meio da conversa, ele deixou explícita a sua má intenção: - Com esse barulho de música nos nossos ouvidos, a gente não ouve nada do que falamos, não é mesmo? Quem tal a gente dar uma esticadinha até um lugarzinho mais discreto? - Por exemplo? – indagou ela. - O escurinho do sapotizeiro que fica em frente à casa do seu Natalício dentista, pai do Zé Roberto... A moça descartou a ideia: - Olha, posso lhe parecer um pouco antiquada, mas não sou mulher de andar pelos lugares escuros. - Mas no escuro a gente fica bem à vontade! - Pra mim, não dá e não insista! Meu marido, que e reformado da Polícia Militar é meio louco e muito ciumento. Ele pode ficar mais louco ainda e pretender matar você. Não olhe, mas ele vem vindo aí! Depois desse susto Lindo nunca mais foi visto no Bom Parto. Dizem que ele se mudou, às pressas, para São Paulo e ainda hoje permanece por lá.

Desvairada sexual??? Essa não! Estudioso do comportamento humano, doutor Lunário Mastrúcio não tinha motivos para reclamar da vida até que resolveu se pós-graduar, nos Estados Unidos, em Psicoparasimpatologia Ampliada das Variações Humanas. Seu consultório, então, transformou-se num verdadeiro manicômio. Bem que o doutor Lunário tentou mudar de especialidade, mas estava deveras comprometido com a clientela e tão maluco quanto a própria. O caro leitor sabe muito bem que o comportamento humano é um bocado complexo. Se o cara é doido, não admite que o tratem como tal e, quando é bom do juízo, acha que o consideram pirado. Destrinchar o juízo de um psicopata era tudo que Sintonildo queria. Quando, enfim, descobriu que esse tipo de indivíduo vive no limite porque precisa de excitação, era tarde demais: estava envolvido com uma doida que adorava levar porrada no pau da venta e, como consequência disso, as economias da infeliz eram consumidas em sucessivas cirurgias reparadoras. Mas a venta continuou torta. O leitor já viu história mais sem pé e nem cabeça? Pois é, história de psicopata é assim, complicada. Bela tarde, Sintonildo acordou de uma soneca com a massa cinzenta emborcada, para atender a um telefonema: - Alôôô? Quem porra está querendo falar comigo? Uma voz feminina respondeu do outro lado da linha: - Sou eu, doutor... a Creolínea. Olha, estou telefonando para lhe dizer que estou apaixonadérrima pelo meu cachorro! E ele, fazendo a maior força para manter-se calmo: - Ora, minha querida, isso não constitui problema nenhum. É muito comum as pessoas se afeiçoarem a animais, principalmente cachorros. Eu e minha mãe, por exemplo, adoramos nossa cadelinha poodle... - O senhor não entendeu, doutor. Eu me sinto atraída fisicamente por ele! - Hmmmm, vejamos... – refletiu o doutor – E se você o trocasse por uma cadela? - O quêêê? Tá pensando que sou sapatão ou uma dessas desvairadas sexuais? Me respeite!

urante as 6ª, 7 ª e 8ª edições do Governo Presente, a Sesau esteve em todos os municípios contemplados desenvolvendo diversas ações que atraíram pessoas de todas as idades. Ao todo, 47.312 pessoas foram beneficiadas com serviços de medição de glicemia, aferição de pressão arterial, testagem rápida para sífilis, HIV e hepatites B e C, bem como avaliação antropométrica (peso e altura), com orientação de nutricionista. As novidades este ano foram as consultas especializadas de cardiologia e ortopedia. Além da Arena da Primeira Infância, que atendeu a crianças e adolescentes e, com um olhar todo especial, orientou as grávidas e mamães que estiveram presentes. GROTAS Com o projeto ‘Vida Nova nas Grotas’, realizado pelo Governo do Estado em parceria com o Programa das Nações Unidas para os Assentamentos Humanos (ONU Habitat), 9 mil alagoanos de 15 comunidades da capital foram beneficiados com diversos serviços e ações de saúde, incluindo palestras sobre saúde bucal, Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs) e vários tipos de vacinas. Com isso, a Sesau atuou para prevenir uma série de doenças, facilitando o acesso da população às políticas públicas de saúde. ENCHENTES Para atender desabrigados e desalojados dos 13 municípios

mais afetados pelas fortes chuvas deste ano, a Sesau distribuiu 27 kits de medicamentos e insumos enviados pelo Ministério da Saúde. Além disso, a parceria entre a secretaria e o Exército Brasileiro trouxe o Hospital de Campanha para Marechal Deodoro, instalado em uma área estratégica para atender, também, os moradores dos municípios de Pilar e Atalaia que tiveram contato com as águas das enchentes e contraíram diarreia, dermatites e infecções respiratórias, entre outras doenças. PARQUE TECNOLÓGICO Para trazer mais eficiência nos serviços ofertados pela Sesau, em especial às unidades que lidam diretamente com a população alagoana, a pasta adquiriu 500 novos computadores. Além do HGE, foram beneficiados o Samu de Maceió e Arapiraca e o Componente Especializado de Assistência Farmacêutica (Ceaf). O prédio sede e anexos da Sesau também receberam novas máquinas. ESTRUTURAÇÃO Numa parceria com a Secretaria de Estado da Ressocialização e Inclusão Social (Seris), sete reeducandos trabalharam no serviço de manutenção e revitalização do prédio sede e fachada dos prédios anexos da Sesau. Além disso, a reforma nos prédios foi realizada também por meio de parcerias com empresas privadas, diminuindo consideravelmente os gastos para o Estado. CARLA CLETO

CidadesemFoco ROBERTO BAIA robertobaiabarros@hotmail.com

Balanço geral

C

om Live Comunicação - “Um esforço para oferecer atendimento humanizado e de qualidade na grande missão de salvar vidas”. Foi com essa frase que o provedor do Hospital Regional Nossa Senhora do Bom Conselho, Magela Pirauá, destacou os dados divulgados nesta semana sobre o número de cirurgias realizadas na instituição. Só entre janeiro e setembro deste ano, o Hospital Regional realizou 3128 cirurgias. Uma media de 346,5 por mês. Só em cirurgia obstétrica foram 1465 procedimentos. Já as cirurgias gerais foram realizadas 885 vezes.

Referência nacional

As cirurgias bucomaxilo, na qual o HR é referência nacional desde o ano passado, voltou a apresentar números impressionantes. Nos nove primeiros meses do ano foram 459 operações. O que garante uma média de 51 procedimentos todo mês. Os dados mostram também que ocorreram 295 cirurgias vasculares e 24 otorrinas.

Cirurgias

Para o diretor médico Ulisses Pereira, o crescimento no número de cirurgias mostra o resultado do trabalho que vem sendo desenvolvido pelos profissionais do hospital. “Somos referência em atendimento de média e alta complexidade, principalmente quando falamos de cirurgias emergenciais. Esses dados revelam que os tratamentos estão dando certo e que o nosso serviço garante qualidade para população”, comentou.

Esforço da direção

O provedor Magela Pirauá afirmou que o resultado mostra o esforço da direção do hospital em viabilizar as cirurgias. “Um esforço para oferecer atendimento humanizado e de qualidade na grande missão de salvar vidas. Por isso é indiscutível o quanto estamos avançando no atendimento aos pacientes”, disse.

Foram denunciados

O Ministério Público Estadual de Alagoas (MPE/AL) denunciou na quarta-feira, 28, o prefeito do município de Mata Grande, Erivaldo de Melo Lima, o Erivaldo Mandú, e os vereadores Diana Gomes Brandão Malta – também secretária de Governo, Joseval Antônio da Costa, Teomar Gomes Brandão e Josivânia Cordeiro Freitas de Oliveira por dois crimes contra administração pública previstos no Código Penal brasileiro (CPB). O MP também requereu a condenação dos denunciados por crime de corrupção e a perda dos cargos do prefeito e dos vereadores.

Estão presos

Os acusados estão presos desde o último dia 24, em uma operação do Grupo Estadual de Combate às Organizações Criminosas (Gecoc), cujas prisões foram determinadas pelo desembargador Celírio Adamastor, que estava no plantão do Tribunal de Justiça. Atendimento em saúde durante o Governo Presente em Capela

ANO MEMORÁVEL

Secretário destaca alto investimento no setor Para o secretário Christian Teixeira, 2017 ficará na história de Alagoas como um ano memorável, caracterizado pelo desembolso do maior investimento de todos os tempos em saúde pública. “Nenhum governo tinha conseguido, até então, destinar tantos recursos para que esse bem essencial chamado saúde pudesse estar acessível aos alagoanos que dependem do SUS”, afirma o gestor. Além da construção de novos hospitais, o secretário lembra que o Governo do Estado já está com o processo de licitação de mais duas unidades de saúde no interior em andamento, para que as obras sejam iniciadas no ano que está chegando. “Além de todos esses investimentos [descritos acima] em todas as áreas da saúde pública estadual, vale ressaltar o olhar diferenciado que tivemos para o HGE, maior hospital público de Alagoas, e para o Samu, responsável pelos primeirossocorros em caso de acidentes, que além de ter sua frota 100 % renovada, contou com a aquisição de uma aeronave 0 km para o Samu Aeromédico - o único no país que possui um helicóptero exclusivo para salvamentos”, enfatiza Christian Teixeira. Apesar de reconhecer que muito foi realizado pela saúde estadual em 2017, o gestor da Sesau afirma que gostaria de ter feito mais no espaço de dez meses em que assumiu o comando da pasta. “Fizemos o que foi possível, mas vamos continuar trabalhando, com planejamento, critério e determinação para proporcionar ganhos ainda maiores a todos os alagoanos na área de saúde em 2018”, afirmou. Christian Teixeira apro-

veitou para agradecer a cada servidor, gestor e parceiro que contribuiu para que 2017 fosse um ano de substancial avanço nos serviços de saúde dos alagoanos. Pediu que esse empenho seja redobrado em 2018. “Temos metas grandiosas para atingirmos e necessitamos do desprendimento e comprometimento de todos”, justificou o secretário. Ao governador Renan Filho e sua equipe de auxiliares, o gestor da Sesau fez um agradecimento especial pelo apoio que sua gestão tem recebido. Prometeu continuar correspondendo à confiança do Chefe do Executivo, que o incumbiu da reponsabilidade de fazer com que os serviços da saúde pública cheguem com mais rapidez e qualidade aos mais de 90% dos alagoanos que dependem do SUS em Alagoas. PARA 2018 Melhoria da rede de atenção pré-hospitalar e ampliação do acesso aos serviços de pronto atendimento prestados à população alagoana. Essas são duas das principais metas estabelecidas pela Sesau para 2018. O pontapé será a reforma de dois ambulatórios 24 horas de Maceió, que serão recuperados e transformados em UPAs. Os ambulatórios Assis Chateaubriand, no Tabuleiro do Martins, e o João Fireman, no Jacintinho, terão a estrutura física modificada e passarão a funcionar como UPAs tipo II. A mudança visa um melhor serviço clínico, tanto na estrutura física e reforço de equipamentos modernos, quanto no atendimento qualificando à população por meio de profissionais capacitados.

As provas

A denúncia foi ajuizada pelo chefe do MPE/AL, Alfredo Gaspar de Mendonça Neto, em função do foro por prerrogativa de função de que goza o denunciado Erivaldo de Melo Lima. Segundo o procurador-geral de justiça, as provas acostadas aos autos são suficientes para mostrar que o prefeito de Mata Grande praticou o crime de corrupção. “Era um verdadeiro ‘mensalinho mata-grandense’. O teratológico ilícito destinava-se a manutenção de apoio político, evitar a fiscalização dos atos do prefeito pela Câmara de Vereadores, bem como a aprovação dos projetos por ele enviados”, afirmou Gaspar.

Foi enquadrado

Erivaldo de Melo Lima foi enquadrado no artigo 333 do Código Penal, que qualifica como crime “oferecer ou prometer vantagem indevida a funcionário público, para determiná-lo a praticar, omitir ou retardar ato de ofício”. Já os vereadores foram denunciados pelo ilícito previsto no artigo 317, que tipifica como crime “solicitar ou receber, para si ou para outrem, direta ou indiretamente, ainda que fora da função ou antes de assumi-la, mas em razão dela, vantagem indevida, ou aceitar promessa de tal vantagem”.

Show da virada 1

O prefeito Júlio Cezar recebeu hoje (28) representantes do Serviço de Atendimento Móvel (Samu), Corpo de Bombeiros, Unidade de Pronto Atendimento (UPA), Polícia Militar, Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (Smtt), Vigilância Sanitária, Secretaria Municipal de Saúde (SMS), Secretaria Municipal de Serviços Públicos e Convívio Urbano (SPCU) e o coordenador do Natal de Luz, secretário de Planejamento Adalberon Sá, para ajustar o plano de contingência a ser executado durante o Show da Virada, no réveillon, próximo dia 31, véspera de Ano Novo. Os empresários responsáveis pela queima de fogos que será feita durante a festa também participaram da reunião.

Show da virada 2

ZZO prefeito Júlio Cezar pediu atenção especial ao Corpo de Bombeiros quanto à fiscalização dos barraqueiros que usarão botijões de gás para o preparo de alimentos e à instalação dos fogos que serão estourados na passagem de 2017 para 2018. O prefeito também lembrou que o local da festa está sendo monitoramento por câmeras de segurança, para dar um maior suporte na identificação dos participantes do evento. “Será proibida a circulação de veículos nas proximidades da Praça, para evitar acidentes. Somamos esforços para que a festa aconteça com a maior tranquilidade e para que possamos, no dia primeiro de janeiro, fazer um balanço da festa com ocorrência zero. Teremos policiamento reforçado para garantir a segurança dos participantes da festa, além das câmeras de videomonitoramento”, destacou o prefeito. ... Em Santana do Ipanema o MPE, por meio da Promotoria de Justiça, abriu um procedimento preparatório de inquérito civil para apurar denúncias sobre danos ambientais provocados pelo Hospital Regional Dr. Clodolfo Rodrigues de Melo. A portaria está publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) desta quinta-feira (28). ... Conforme a portaria, a promotoria recebeu peças de informações que retratam diversas irregularidades em desfavor do meio ambiente. Todas as irregularidades teriam sido praticadas pelo hospital. ... Entre as irregularidades, estão, o lançamento de resíduos sólidos, líquidos, gases e detritos em desacordo com as exigências estabelecidas em lei e atos normativos.


MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 30 E 31 DE DEZEMBRO DE 2017

TRIBUNAINDEPENDENTE

Cidades

CIDADES

13

Réveillon: SMTT fará interdições em trechos de acesso à orla de Ponta Verde A Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT) informou que fará interdições na parte baixa da cidade para garantir a segurança viária das pessoas que irão prestigiar a queima de fogos no Réveillon na orla de Maceió. As interdições acontecerão a partir da Rua Professora Hígia Vasconcelos e se estenderão até a Rua Deputado José Lages, ambas no bairro da Ponta Verde. A partir das 16h do dia 31, o trecho já estará parcialmente interditado e a partir das 18h, haverá o isolamento total desta parte de acesso à praia, obtendo acesso, apenas, moradores e comerciantes da região. O isolamento da via será mantido até às 4h da manhã do dia 1º de janeiro, podendo acabar um pouco mais cedo, a depender da dispersão da população.

ACERVO PESSOAL

SANDRO LIMA

Para taxistas, corridas durante a virada já não são tão compensatórias, mas ajudam; alguns profissionais trabalharão no Ano Novo, outros, não

Enfermeiro Robério passará a noite da virada cuidando de pacientes no hospital

Festa, não!

Profissionais “viram” o ano trabalhando Eles se desdobram para garantir serviços essenciais durante as comemorações para assistir a população

EVELLYN PIMENTEL REPÓRTER

E

nquanto muitos comemoram a virada do ano velho para o ano novo, diversos profissionais estão na labuta para garantir serviços essenciais. É o caso do enfermeiro Robério de Medeiros, de 33 anos, sendo 10 anos de profissão. A virada de ano para ele será de muito trabalho. “Eu sou enfermeiro e a gente depende de escala. Quando chega no fim do ano independente se você trabalhou no ano anterior, você vai trabalhar normalmente. É ruim por uma parte porque a gente deixa família, irmãos, mãe, toda essa questão a gente deixa, só que a gente já está acostumado, sabe que é da nossa profissão. Isso é diariamente. No nosso aniversário, por exemplo, comemora em outra data, não que não seja importante, mas temos o trabalho. Quando a gente escolhe trabalhar na área de saúde

como médico ou enfermeiro, a gente já sabe que vai ser preciso abdicar de inúmeras coisas. Festas de fim de ano, Carnaval, São João, enquanto todo mundo está se divertindo, a gente está cuidando das pessoas, deixa a nossa diversão naquele dia para cuidar do outro” Segundo Robério existem dificuldades em conciliar o trabalho no dia festivo e o desejo de ficar com a família, mas o amor pela profissão fala mais alto. Ele afirma já ter se acostumado com a rotina de trabalhar durante datas festivas, mas diz que encontrou um ‘jeitinho’ de se confraternizar tanto com os colegas, quanto com os familiares. “Esse ano estou escalado em um hospital particular de Maceió. Ano passado eu não trabalhei na virada, mas trabalhei no feriado do dia 1º. Aí quando estamos de plantão a gente se confraterniza entre colegas de trabalho e depois quando arrumamos um tempinho, ligamos para a família

ou liga antes e deseja que o próximo ano seja maravilhoso”, detalha. O enfermeiro acrescenta que mesmo sentindo falta de passar com a família, valoriza o fato de poder trabalhar. “Eu espero que no próximo ano eu continue trabalhando, já que a crise hoje tá grande. Infelizmente a gente passa o dia 31 trabalhando, mas damos graças a Deus porque temos um trabalho. E os milhares de brasileiros que não tem como trabalhar?”, ressalta. ESCOLHA Para taxistas, as corridas durante a virada não têm sido compensatórias Eraldo dos Santos, de 38 anos é taxista há 7 anos e conta que trabalhar durante a virada de ano ajuda na composição da renda. Mas segundo o taxista, garantir um extra tem seu lado ruim. “Deixar a família é o mais difícil, mas tem que deixar a família de lado um pouco e cair em campo para tentar garantir a renda de casa. A

gente dá uma esticadinha, geralmente eu fico até umas 3h da manhã. Antes dava para fazer um dinheiro extra, mas agora com esses aplicativos fica mais difícil né”, afirma. Veterano ao volante, o também taxista Valdomiro Manoel, de 62 anos acumula 37 anos no ofício. De tanto passar as comemorações longe de casa, ele garante que este ano não irá trabalhar durante a virada. “Já trabalhei muito, agora não vou trabalhar mais não. Já trabalhei e não quero mais, cansei. Acho que não vale mais a pena, não rende o mesmo dinheiro de antes. Eu fico até o horário comercial e depois vou embora”, detalha. Para Antônio Silvestre, de 57 anos e taxista há 11, a concorrência com aplicativos dificulta a vida do taxista na virada de ano. Ainda segundo ele, retornar mais cedo para casa passou a ser mais vantajoso. “Eu prefiro estar em casa. Antes valia a pena, mas hoje

não vale mais. Hoje está muito esculhambado, tem lotação, tem aplicativo e para mim não compensa ficar na rua. A gente antes ficava até meia-noite ou mais porque sabia que ia ganhar alguma coisa, hoje não”. De acordo com o taxista, o medo da violência também o motivou a deixar de ‘rodar’ durante as primeiras horas do Ano Novo. “A gente se arrisca muito, tem o risco de assalto. Já sofri tentativa de assalto durante uma virada de ano. A gente passa a noite rodando para lá e para cá, mas corre sério risco. É muito arriscado , tem muito bandido nas ruas, prefiro ficar com minha família e eles acham ótimo porque ficam mais tranquilos. Quando a gente está na rua, a família não tá sossegada, fica aquela aflição sem saber se vai chegar bem, se vai chegar vivo”, garante. À DISPOSIÇÃO A virada do ano também será de muito trabalho para

os técnicos da Eletrobras Distribuição Alagoas. A empresa informou que disponibilizará 100 equipes entre os dias 29 de dezembro de 2017 e 2 de janeiro de 2018 para atuar na capital e interior do estado. “São 100 equipes que vão ficar em Maceió e no interior de plantão em pontos estratégicos a partir das 18h do dia 29 até as 8h do dia 2 de janeiro. É um procedimento padrão de datas festivas para que, caso haja alguma interrupção de fornecimento, as equipes consigam resolver o mais rápido possível”. Segundo a Eletrobras, o serviço segue um planejamento previamente definido e as equipes são informadas com antecedência sobre os horários e locais dos plantões. “Elas ficam de sobreaviso, caso tenha alguma ocorrência elas são deslocadas do ponto mais próximo até o local do problema”, informou a empresa por meio de assessoria de comunicação.


14

CIDADES

TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 30 E 31 DE DEZEMBRO DE 2017 ADAILSON CALHEIROS

Amarelo aparece como aposta dos maceioenses para a virada de ano Desejo de prosperidade divide opiniões, mas ainda há quem prefira manter o tradicional branco no Réveillon EVELLYN PIMENTEL REPÓRTER

P

A cor amarela é a aposta de muitos alagoanos para sair da crise em 2018, segundo produtora de moda

rosperidade, amor, sucesso, paz. É comum fazer votos para o ano que se inicia e muitos usam as roupas para anunciar os desejos. Mas para alguns, o tradicional branco vai dar lugar ao amarelo, que segundo a superstição, atrai riquezas. A produtora de moda, Manu Mortari garante que o amarelo é a aposta para este Réveillon em Alagoas, inclusive para ela, que vai vira o ano usando a cor em suas roupas. “O que eu tenho visto é que por conta da crise financeira muita gente vai virar de amarelo. Por exemplo, eu vendo roupa também, e o amarelo saiu mais que o branco e todo mundo com o mesmo discurso de que era por conta da prosperidade e tal. Na verdade não tem uma tendência, a tendência segue o que foi lançado no início da estação, mas existe uma preferência de cor das pessoas, como uma

questão de esperança mesmo, inclusive em vou virar de amarelo para ver se o negócio melhora [risos]”, afirma a produtora de moda. É o caso da vendedora Nilma Martins, de 32 anos que afirma que o amarelo vai dominar nos últimos segundos de 2017 e início de 2018. “Minha roupa vai ser amarela né. Já escolhi o que vou usar, dizem que chama dinheiro, então vai ser bom”, diz. O casal Layla Chagas, de 17 anos, e José Cláudio, de 22, divide opinião quando o assunto é a cor da roupa. Ela aposta no amarelo, já ele prefere o tradicional branco. “Amarelo, né, para a gente ganhar ouro [risos]”, diz Layla. Juntos há um ano e dois meses, eles contam que irão passar a virada de ano juntos. “Eu ainda não decidi a minha roupa, mas provavelmente vai ser branco e, se Deus quiser, vou passar com ela”, fala o jovem apaixonado. Engrossando o time dos

que desejam prosperidade para 2018, a estudante Lidiane Alice, de 28 anos, não abre mão do amarelo. “Eu vou passar de amarelo. Dizem que é bom , que ganha dinheiro [risos]. Já tenho um amarelinho lá separado no guarda-roupa, já guardadinho”, revela. Já Thainá Araújo, de 19 anos, almeja paz em 2018. “Só branco, sempre branco. Todos os anos uso branco e já escolhi a roupa desse ano, vai ser branco com azul, porque já é tradição, né.” Cícero Ricardo, de 19 anos, segue a linha dos tradicionais. “Eu vou de branco, igual a Pai de Santo”, brinca o jovem. Manter a tradição também é a aposta de José Carlos, de 45 anos. Ele afirma não querer outra opção de cor para a virada de ano. “Eu gosto muito de branco. Até agora não escolhi a minha roupa. Vim no shopping inclusive para escolher uma camisa para a virada, mas com certeza vai ser o branco”, diz. ADAILSON CALHEIROS

Apesar da aposta no amarelo, muitas pessoas ainda preferem manter a tradição e virar o ano de branco ADAILSON CALHEIROS

O que tenho visto é que por conta da crise financeira muita gente vai virar de amarelo. Eu vendo roupa também e o amarelo saiu mais que o branco e todo mundo com o mesmo discurso de que era por

conta da prosperidade. Thainá vai manter a tradição de todos os anos e usar branco no Réveillon

MANU MORTARI PRODUTORA DE MODA

PRODUTORA DE MODA

“Homens seguem a linha tradicional” Para a produtora de moda, os homens seguem a linha mais tradicional, mas não descartam a preocupação em se vestir bem e andar conforme as tendências da moda. “Os homens sempre foram vaidosos, mas têm consumido muito mais informação. Até no Instagram eles acabam vendo sem querer as tendências, isso ajuda. As pessoas estão muito mais preocupadas com o corpo, e a tendência hoje é ser fitness, e

os homens tem usado roupas mais justas, camisas mais apertadas, bermudas mais curtas e estampadas. Tem grifes que lançaram bermudas com estampas exclusivas para a virada de ano”, diz. Cores a parte, Manu Mortari destaca que é preciso escolher peças de acordo com o ambiente e que as apostas seguem as tendências da estação. O importante, segundo ela, é estar em sintonia com os desejos para 2018. “Geralmente você se veste

de acordo com o lugar onde vai passar a virada. Você não vai usar salto se for para a praia, por exemplo, e não vai usar joias pesadas, até por conta que você vai estar num lugar aberto. É mais adaptar o local com os desejos para a virada de ano. A tendência são as mesmas do Verão: roupas fluidas, vestidos longos, peças feitas a mão, crochê, filé, que é uma tendência também para o Alto Verão que vai de janeiro até o Carnaval” (E.P.)


TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 30 E 31 DE DEZEMBRO DE 2017

CIDADES

15

Alagoanos se planejam para a noite da virada

Muitas pessoas já decidiram onde passar o Réveillon, mas dizem que podem ocorrer mudanças; outras vão decidir no dia da festa LUCAS FRANÇA REPÓRTER

A

contagem regressiva para a chegada de 2018 já começou e muita gente está se preparando e planejando onde vai passar a noite da virada. E tem opções para todos. O ritual de passagem de um ano para o outro, é um das festas mais aguardadas para muita gente. Tem aqueles que gostam de badalação, os que preferem ficar em casa com a família e os que juntam a turma e viajam para curtir o Réveillon em casas de veraneio, seja no litoral ou outras regiões do Estado. A dona de casa, Rosa dos Santos costuma reunir parentes e amigos para ir a Orla curtir a virada do ano observando a tradicional queima de fogos. “Costumo ir à praia todos os anos com a turma. Quando dá errado, a gente se reúne em casa e comemora todos juntos. Para esse Réveillon não planejei

nada específico ainda. Geralmente decidimos no dia e as vezes ocorre mudanças”, contou. O estudante Luã David dos Santos, também costuma sair com os amigos para Orla ou algum barzinho comemorar a chegada do ano que se inicia. Mas, esse ano fará diferente. “Quando não vou para algum evento particular, quase sempre venho para a orla curtir a queimas de fogos e confraternizar com os amigos. Mas, comecei a namorar há pouco tempo, então, esse ano, irei passar o Réveillon no Litoral Sul com a família da minha namorada a convite deles”, explicou. Outra que também pretende ir a Orla é a dona de Casa Jaudinete dos Santos. “Geralmente fico em casa, assisto o show da virada pela TV, vou à missa com meu pai e meus filhos e voltamos para casa. Mas, se dê certo e eu conseguir alguém para cuidar dos meus filhos, esse ano quero ir para Orla”, comenta.

ACERVO PESSOAL E EVELLYN PIMENTEL

Jaudinete (dir.) pretende ir para orla da captial; Rosa Santos (centro) ainda vai decidir; e Luã vai para o Litoral Sul passar o novo ano com a namorada

CAPITAL E INTERIOR

Eventos gratuitos prometem animar a chegada de 2018 em AL SECOM MACEIÓ/PEI FON

Orla de Maceió é uma das opções para receber 2018 com show piromusical

Para quem não quer ficar em casa e nem gastar muito dinheiro tem as festas gratuitas organizadas pelas prefeituras e Governo do Estado. Na Capital, quem for a Orla vai receber o novo ano com o show piromusical (fogos lançados ao ritmo de músicas festivas) que acontecerá em cinco pontos da Orla marítima e terá duração de 12 minutos. Os fogos serão lançados a partir de balsas posicionadas na enseada da Pajuçara, Alagoinhas e em três pontos da Ponta Verde.

BAIRROS No Benedito Bentes, a comemoração começa a partir das 19h, na Praça Padre Cícero, ao lado do Terminal Integrado de ônibus do bairro. O 1º Encontro de MCs abre o evento com a apresentação de duplas de hip hop. A partir das 21h30, a banda Xamego de Menina sobe ao palco, e à 00h30 o cantor Marciel Valente anima o público. O bairro do Benedito Bentes também contará com uma celebração da virada do ano, que vai ser realizado pela prefeitura comunitária da região, com o

apoio do Governo do Estado de Alagoas e da Secretaria de Estado da Cultura. Já no Jacintinho, a festa ficará por conta do sertanejo Matheus Moraes, seguido pela cantora Millane Hora e a banda Arroxonados, a partir das 21h. Nos dois bairros ainda haverá queima de fogos, estrutura de banheiros químicos e segurança com a presença da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros. INTERIOR Em Arapiraca, o evento será no Bosque das Arapira-

cas, com a apresentação musical de Nelsinho Silveira a partir das 22h. Em Palmeira dos Índios a festa se estende até o dia seis de janeiro com uma vasta programação. Na cidade de Marechal Deodoro, também terá atração gratuita na noite da virada. Em Coruripe a população terá dois locais para escolher onde irá passar o Réveillon, pois haverá programação no centro da cidade e no Pontal de Coruripe. Outras cidades do interior também prepararam programação para receber 2018 em grande estilo. (L.F.)

EVENTOS PAGOS

Réveillons particulares devem agitar alagoanos e turistas Com praias deslumbrantes, gastronomia singular, artesanato autêntico e uma ampla rede de hotéis, Maceió está entre os destinos mais desejados do Brasil nesse período do ano. E não vão faltar festas para celebrar a chegada de 2018. A reportagem da Tribuna Independente lista alguns dos principais Réveillons particulares que aconteceram na capital e no interior. CELEBRATION Um dos principais Réveillons da capital alagoana já está na 14ª edição e é considerado o maior réveillon all inclusive do Brasil. O Réveillon Celebration terá como atrações principais Léo Santana, Gusttavo Lima, Bell Marques e Aviões do Forró, além de muita música eletrônica. O local do evento será

em frente à praia de Cruz das Almas. Os pontos altos da festa são as atrações musicais de peso, o open bar premium, o cardápio diversificado, a tenda eletrônica e uma bela queima de fogos para receber 2018 em grande estilo. Para atender ao estilo de diversos públicos, o Réveillon montará sete ambientes diferentes. Para cada ambiente, foi elaborado um cardápio específico. A expectativa de público é de 12 mil pessoas. De acordo com Sérgio Feitosa, um dos organizadores do a união das maiores produtoras de eventos do Nordeste aconteceu para abrilhantar ainda mais o sucesso do maior réveillon do Estado. “Ter este ano a as maiores produtoras organizando, junto o maior Réveillon all inclusive do Brasil, só consolida

DIVULGAÇÃO

Principal Réveillon pago de Alagoas deve receber 12 mil pessoas

ainda mais o sucesso deste evento, que movimenta toda economia do estado, principalmente a cadeia hoteleira e gastronômica. É incontestável que nossa capital já é o segundo destino mais desejado do Brasil durante esta época do ano, já que temos a temporada mais quente e

agitada do país”, afirma Sérgio Feitosa. RÉVEILLON DO CAFÉ Outro réveillon que está na lista dos melhores, também vem com uma programação especial. E abrirá suas portas a partir das 22h, O Réveillon do Café, contará com uma grande estrutu-

ra montada a beira mar do bairro de Ipioca. Quem for ao local poderá brindar a chegada do novo ano ao som de muita música eletrônica com Djs nacionais e internacionais, em uma mega festa, cheia de beleza e requinte e um, cardápio diversificado. Entre as atrações estará: O projeto DubDogz, comandado pelos Djs mineiros Marcos e Lucas Schmidt, Joy Corporation, o projeto de deep house, que começou com a dupla de produtores Felipe Sabbá e Guilherme Xac, o projeto Shapeless, dos produtores Edson Júnior e Rômulo Tsvetcoff e o DJ português Pete Tha Zouk. RÉVEILLON VIRADA 2018 A proposta do Virada 2018 é fazer uma mistura das festas do selo COOL, trazendo diversidade musical e uma alternativa dife-

renciada para o público da cidade. A grande atração será a drag queen Pabllo Vittar. A artista maranhense de 22 anos é uma das revelações de 2017 e já arrecadou cerca de 90 milhões de visualizações com seus videoclipes no YouTube. Em momento ímpar na carreira, ela recentemente lançou seu segundo disco. Além da cantora dona dos hits ‘K.O.’ e ‘Todo Dia’, o evento, que promete surpreender, contará com atrações locais, como o samba e o MPB de Naná Martins na programação, e outros nomes. O evento acontecerá no Armazém Uzina. Além dessas opções os barzinhos e restaurantes da capital também estão com programações especiais para a noite da virada. (L.F. Com assessorias)

LITORAL NORTE

Festas badaladas trazem novo ano com vasta programação CLAUDIO BULGARELLI SUCURSAL LITORAL NORTE

As festas de Réveillon devem agitar o Litoral Norte de Alagoas na noite da virada. NEMVEM Em sua quinta edição, o Réveillon NemVem, que acontece na Praia de Guaxuma, é opção de festa alternativa no Litoral Norte. Este ano o evento conta com shows de Academia da Berlinda (PE), Ding e Sabaki, além de um timaço de DJs que agitam a Barraca Bar Brasil. Preparada para re-

ceber 800 pessoas, a festa irá reverter parte do lucro para instituições sociais de Alagoas, como aconteceu nas edições anteriores do evento. Nessa festa, quem desejar pode levar a própria bebida. RÉVEILLON DOS MILAGRES Réveillon dos Milagres, da produtora TJ, que ao contrário do que sugere o nome, não acontece em São Miguel dos Milagres e sim na praia do Marceneiro, no município de Passo de Camaragibe, com vários DJs. VIRA-VIROU

Réveillon Vira-Virou, em Porto da Rua, São Miguel dos Milagres é realizado pelo Restaurante Milagres do Porto. O evento conta com três atrações: a cantora Márcia Fernanda, a Orquestra Nostalgia e o DJ Heron Full. Começa às 21h e só termina às 5h. Ainda em São Miguel dos Milagres acontece o Réveillon organizado pela prefeitura na orla de Porto de Rua, com atrações locais e queima de fogos. PORTO DE PEDRAS Réveillon Patachow, na praia do Patacho, em Porto

de Pedras. A festa promete aos seus convidados uma celebração em alto nível, com open bar premium, café da manhã, 8 horas de festa e boa música. Animação com três atrações: a DJ Lala K, DJ Renato da Mata e DJ Pepe Jordão. Em Porto de Pedras também acontece a festa organizado pela prefeitura do município, na Praça de Eventos, com queima de fogos e três atrações: Edson Razek, Forró Modelo e tenda eletrônica com Dj Nyno. MARAGOGI Em Maragogi, aconte-

ce o Circuito Pé na Areia 2018, no Pontal do Maragogi, na praia de Barra Grande, com Nação Zumbi e Djs Alana Marques & Nasa. Depois de 4 anos em Carneiros esse famoso Réveillon desembarca no local. Conhecido nacionalmente, o Pontal fica localizado a apenas 20 minutos de Carneiros, na beira da praia e conta com uma estrutura de banheiros climatizados, chuveirão no dancefloor e fácil acesso. Também na cidade acontece o Réveillon organizado pela prefeitura, na Praça

de Eventos, com queima de fogos, trio elétrico e atrações musicais, como Forró Mô Fio e Eduardo Pollozzi. Ainda em Maragogi, acontece o Réveillon do Salinas Maragogi. Além de ser tudo incluso na diária, haverá queima de fogos, atrações musicais e DJs. Também haverá Réveillon no Hotel Praia Dourada Maragogi Park. À beira mar, o hotel oferece quatro noites com opção de pensão completa ou meia pensão, festa com orquestra, ceia especial e show pirotécnico.


16

CIDADES

MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 30 E 31 DE DEZEMBRO DE 2017

Mega da Virada paga maior prêmio da história da Caixa

TRIBUNAINDEPENDENTE SANDRO LIMA

Apostadores alagoanos sonham com a bolada de R$ 280 mi que será sorteada neste domingo para ajudar família e quitar dívidas ANA PAULA OMENA REPÓRTER

N

a noite deste domingo, a Mega da Virada deve pagar o maior prêmio da história da Caixa Econômica Federal. O valor estimado em cerca de R$ 280 milhões é para quem acertar sozinho as seis dezenas do bilhete. O sorteio será realizado em São Paulo no domingo (31), e após às 20h um ou mais brasileiros poderá virar o Ano Novo sorrindo à toa. Ajudar a família está entre os principais desejos dos apostadores da Mega da Virada, que não desanimaram apesar das longas filas que encontraram nas casas lotéricas de Maceió. Eles fizeram uma fezinha em busca de transformar o seu sonho em realidade. Adriano José da Silva, auxiliar de cozinha, é um deles. Ele contou que, caso ganhe o montante, pretende quitar as dívidas, se ajudar e ajudar a família. Carla Mendes, técnica de enfermagem, disse que já jogou três vezes, uma delas com um grupo do trabalho. “É tanta grana que a gente fica esperançosa de que pode dar certo. Fizemos um bolão

entre os colegas de trabalho, estamos confiantes. Meu desejo é ajudar minha família, pagar as dívidas e viajar bastante”, frisou. Para garantir a grana e tornar-se um milionário, o apostador precisa acertar os seis números do bilhete, que será sorteado neste domingo (31), ás 20h horário de Brasília, no Caminhão da Sorte, na cidade de São Paulo. Seu Mário Cândido, aposentado, não desperdiçou tempo. Ele falou que joga o ano todo, mas o mês de dezembro é especial. “Não acumula, então a gente sabe que sai de qualquer jeito”, ressaltou. Bem cauteloso com os desejos caso leve a aposta milionária, ele preferiu não publicizar suas vontades: “Deus sabe o que vou fazer se ganhar esse prêmio”. O técnico em edificações, Lael Oliveira, também comungou dos desejos dos demais, e pretende ajudar a família, pagar as dívidas e comprar imóveis. As apostas poderão ser feitas até às 13h do domingo. A aposta simples custa apenas R$ 3,50 e pode ser feita nos volantes especiais da Mega

da Virada ou nos volantes comuns da Mega-Sena. Titulares de conta corrente na Caixa podem fazer suas apostas na Mega da Virada pelo computador, tablet ou smartphone utilizando o Internet Banking. RENDIMENTO Aplicada integralmente na Poupança da Caixa, a fortuna renderia ao ganhador o equivalente a outro prêmio de loteria por mês, cerca de R$ 1,4 milhão. Caso prefira, o sortudo pode investir em bens e adquirir 37 imóveis no valor de R$ 6 milhões, ou uma frota de mais de 50 helicópteros. O primeiro sorteio da Mega da Virada foi feito em 2009, quando dois ganhadores dividiram R$ 144,9 milhões. Em 2016, seis ganhadores dividiram o prêmio, no valor de R$ 220,9 milhões. De acordo com a Caixa, as apostas tinham sido feitas em Salvador (BA), Fortaleza (CE), Trizidela do Vale (MA), Belo Horizonte (MG), Campo Grande (MS) e Fazenda Vilanova (RS). Informações sobre o resultado da Mega da Virada poderão ser consultadas na Agência Caixa de Notícias: www20.caixa.gov.br/Paginas/ Default.aspx .

Muitos maceioenses preferiram não deixar para última hora e, nessa sexta-feira, já fizeram suas apostas SANDRO LIMA

Mário Cândido joga o ano todo, mas diz que a Mega da Virada é especial: “Não acumula e sai de qualquer jeito”


TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 30 E 31 DE DEZEMBRO DE 2017

Economia

ECONOMIA

17

Impostos no Brasil “abocanham” quase um terço de toda produção A carga de impostos chegou, em 2016, a 32,38% do Produto Interno Bruto (PIB), isto é, tudo o que o Brasil produz, segundo dados foram divulgados pela Secretaria da Receita Federal. O resultado indica uma alta de 0,2 ponto percentual em relação a 2015 e foi influenciado, principalmente, pela queda do PIB no ano, com redução real de 3,5% na comparação com o ano anterior. De acordo com a Receita Federal, a variação da participação dos impostos sobre o PIB também teve a influência do Regime Especial de Regularização Cambial e Tributária, a Lei da Repatriação.

DIVULGAÇÃO

Praia da Barra de Camaragibe integra os 50 km da chamada Rota Ecológica cercada por um mar cristalino e trechos intocáveis com um modelo de exploração do turismo made in Alagoas que está dando certo

Rota Ecológica tem 80 pousadas de charme Trecho do litoral alagoano, repleto de piscinas naturais, teve “privilégio” de não ter sido atingido pelo turismo de massa CLAUDIO BULGARELLI SUCURSAL LITORAL NORTE

A

lagoas sempre teve suas praias da moda: primeiramente as da capital: Pajuçara nos anos 60, Ponta Verde e Jatiúca nos anos 70/80. Depois vieram as vizinhas Francês e Barra de São Miguel nos anos 80, e depois as até então pouco conhecidas Gunga e Maragogi nos anos 90. Neste século XXI, começou a despontar para o turismo e para a mídia nacional o pedaço do litoral alagoano que, paradoxalmente, era o que menos havia sofrido a intervenção humana: as praias do Litoral Norte, nos municípios próximos a São Miguel

dos Milagres,Passo de Camaragibe e Porto de Pedras. Este trecho sossegado do litoral alagoano, repleto de piscinas naturais, teve o “privilégio” de não ter sido atingido pelo turismo de massa, mesmo que atualmente haja ônibus de turismo que saem de Maceió com destino a estas praias. O caráter isolado destas praias de mar tranquilo se deve ao fato da estrada litorânea que cobre todo o Estado de Alagoas fazer exatamente um desvio quando passa por este trecho: a rodovia AL 101 Norte passa sempre pelo litoral, exceto no trecho de 50 km que passou a ser chamado de Rota Ecológica. Não que a Rota Ecológica

seja de difícil acesso: de jeito nenhum. Em menos de duas horas se chega a este trecho do litoral alagoano por estradas asfaltadas. No caminho, vê-se vilas de pescadores, cidadezinhas do interior que pararam no tempo… Uma grande vantagem, por sinal. Diante de uma natureza preservada, muitos empresários (uns nativos, uns de fora do Estado e outros inclusive de fora do país) começaram a instalar pousadas onde a grande atração é a promessa de relaxamento, de fuga do estresse das grandes cidades. Estas pousadas foram crescendo, em quantidade e em qualidade. Quantitativamente, já são aproximadamente 80; em termos da quaDIVULGAÇÃO

lidade, algumas já venceram vários prêmios nacionais e internacionais. O especialista em turismo, Ricardo Freire, que escreve para diversas revistas nacionais, sendo o primeiro jornalista a falar em rota ecológica, sentenciou em seu blog Viagem na Viagem: “O Brasil é repleto de belas paisagens em que os hotéis sofisticados são substituídos por cor local, simpatia e informalidade. Mais do que em outras regiões do país, você pode encontrar essa arte depurada do bem viver no Litoral Norte de Alagoas. Ao longo de 50 quilômetros de praias belíssimas, servidas apenas por uma estrada secundária apelidada de Rota

Ecológica, encontra-se a mais interessante coleção de pousadas de charme do litoral brasileiro”. Claro que para conhecer esses pequenos recantos de paraíso, é preciso muito dinheiro no bolso, esquecer os sapatos em casa e exercitar o luxo supremo de não ter nada para fazer. Mas, mais do que um conjunto de pousadas de charme, cercada por um mar cristalino e por praias intocáveis, a Rota Ecológica consiste em um modelo de exploração do turismo made in Alagoas que está dando certo: divulga o nome do Estado sem grandes investimentos de marketing, respeita o meio ambiente e valoriza a mão de obra local.

O grande trunfo da chamada “Rota Ecológica”, o trecho do litoral de Alagoas entre Barra do Camaragibe e Porto de Pedras, é a desproporção entre a quantidade de seres humanos e as belíssimas praias quase selvagens. O inferno são os outros, certo? Pois neste paraíso as areias estão eternamente vazias, até mesmo na alta temporada. O fenômeno não é obra de São Miguel dos Milagres, mas sim de um tipo de ocupação em que as pousadas comportam pouquíssimos hóspedes a preços altíssimos. Ou seja, uma maravilha para quem tem a conta bancária recheada e um problema para o resto da humanidade.

LITORAL

Destino Alagoas é capa da revista internacional Contacto Turístico

Revista paraguaia contempla todas as regiões turísticas do Estado, enaltecendo belezas e atrativos

As belezas das praias de mar azul cristalino e vastos coqueirais espalhados pela costa alagoana estampam a capa de mais uma revista este ano. Desta vez é a edição de dezembro da revista Contacto Turístico, publicação do Paraguai especializada em turismo. A publicação, que é distribuída em agências de viagens e bancas de vendas do país, traz uma reportagem especial em página dupla que contempla todas as regiões turísticas do Estado, do Litoral ao Sertão, enaltecendo as belezas e atrativos de Alagoas, em todas as suas potencialidades, incluindo

o turismo de experiência vivenciado no Quilombo, em União dos Palmares, no interior do Estado. Articulada pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur), a publicação tem uma tiragem de três mil exemplares da versão impressa e mais de dezoito mil acessos/mês em sua versão digital. Caso fosse paga, essa mídia custaria mais de R$ 6 mil aos cofres públicos. O secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Rafael Brito, explica que esse trabalho de mídia é essencial para a pro-

moção do Destino em âmbito internacional. “Nós estamos cada vez mais recebendo turistas internacionais. Com uma malha área fortalecida, mais de seis mil estrangeiros estiveram em terras alagoanas este ano, número três vezes maior do que o registrado no ano retrasado. Os números são resultado direto do nosso trabalho de divulgação do Destino, como este da revista Contacto. E o melhor: de graça. Somente nos últimos anos economizamos mais de R$ 18 milhões dos cofres públicos com mídia espontânea, por meio de articulação”, conta o secretário Rafael Brito.


18

ECONOMIA

TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 30 E 31 DE DEZEMBRO DE 2017 DIVULGAÇÃO

DICAS

Momento da rematrícula inspira cuidados aos pais 1 - A Instituição de Ensino deve apresentar planilha ou justificativa de custos quando propõe um aumento de mensalidade superior ao índice de inflação. O consumidor pode questionar; 2 - Uma lei federal (9870/1999) proíbe a exigência de materiais de uso coletivo como papel higiênico, giz, produtos de limpeza entre outros que não sejam os materiais didáticos e de uso pessoal; 3 - A escola não está obrigada a aceitar o parcelamento da dívida, mas não pode reter qualquer documento, caso o aluno inadimplente decida se transferir para outra escola;

Para quem vai renovar a matrícula, é preciso questionar índices de reajuste se estiverem muito acima dos índices de inflação e negociar

Associação alerta contra aumento escolar abusivo

4 - De acordo com a Lei nº 9870/99, o atraso no pagamento das mensalidades não pode acarretar punições como: afastamento do aluno das au-

las, proibi-lo de fazer provas ou qualquer outro tipo de punição; 5 - Não deve ser exigida a presença ou anuência de fiador para firmar a rematrícula. Esta é uma prática abusiva por parte de algumas escolas; 6 - É permitida a cobrança de taxa de material escolar, mas só pode ser obrigatória se o produto solicitado não for encontrado em outros locais, como sãos os casos de apostila e material pedagógico específico da escola; 7 - Durante a rematrícula o responsável financeiro não deverá pagar valor extra por “atividades extracurriculares” de forma obrigatória, discriminada ou não na mensalidade. Estas atividades são opcionais e devem ser cobradas separadamente ou ainda descritas no boleto ou documento que comprove sua realização.

DDDDD

Proteste orienta os consumidores sobre preços de mensalidades em 2018

P

ara quem vai renovar a matrícula, é preciso questionar os índices de reajuste se estiverem muito acima dos índices de inflação e negociar. A instituição deve justificar porque a mensalidade vai subir e se haverá investimento em melhorias, por exemplo. De acordo com a Lei nº 9.870, não existe um teto de reajuste escolar, contudo o valor proposto deve estar de acordo com as despesas da escola. Neste caso, ainda de acordo com a lei, deve ser apresentada uma planilha de custos a ser previamente apresentada para os pais, 45 dias antes do fim do período de matrícula. Entre os itens que cola-

boram para o aumento da mensalidade estão: os custos pessoais, material, reforço com pedagogos, aluguéis e encargos. Também podem estar inclusos, materiais especiais ou construção de espaços diferenciados, como laboratório de ciência ou piscina. O aumento da capacidade de alunos não deve constar nessa lista. “Mesmo no cenário de desaceleração da inflação, o aumento das mensalidades escolares costuma ficar acima desta taxa. Isso porque salários de professores costumam ter o aumento real e outros investimentos, tais como equipamentos e franquiamentos de metodologias, costumam ser

repassados aos consumidores. Entretanto aumentos acima de 7 ou 8% em um contexto inflacionário de 3% ao ano, são inaceitáveis e difíceis de explicar” diz Henrique Lian, diretor da Proteste. Caso o valor esteja elevado, com um aumento acima do esperado, os valores podem ser questionados pelos pais ou responsáveis com os diretores da instituição de ensino. “Infelizmente, é pouco comum entre as escolas a divulgação das contas e a explicação dos aumentos. Ela deveria ser exposta de maneira transparente, como em um condomínio”, acrescenta Lian. Informar-se sobre onde o

dinheiro será investido é direito do consumidor e, se não satisfeito com os porquês, a Proteste sugere que os pais se unam por meio da Associação de Pais e peçam a planilha de custos da escola. Se a escola fizer alguma exigência que desrespeite o Código de Defesa do Consumidor, denuncie. Sem acordo, existe a possibilidade das ações coletivas dos consumidores ingressarem com ação judicial. Caso o consumidor, ainda sim, não consiga nenhum retorno da escola é recomendável procurar associações de defesa do consumidor, tal como a Proteste, que poderão auxiliá-lo da melhor maneira. DIVULGAÇÃO

É fundamental ir às compras com antecedência para não precisar ser obrigado a pagar mais caro de última hora, dizem especialistas

PESQUISAR

Como economizar na compra do material escolar Para quem tem filhos, um dos maiores gastos no início do ano é com a compra do material escolar. Mas, devido à falta de educação financeira, muitas despesas se acumulam e as famílias se perdem em meio a tantas contas para pagar, ultrapassando, muitas vezes, o limite do seu orçamento financeiro. A maior dúvida nesse momento é como economizar sem ter que abrir mão de obter os itens que as crianças necessitam. Para começar, é sempre recomendável que pensem o quanto precisam trabalhar para conseguir o seu salário. A partir daí, fica fácil valorizar esse dinheiro, aprendendo a pesquisar preço e, principalmente, a negociar os valores das compras.

Além de ter consciência do quanto poderá dispor para a aquisição do material escolar, após fazer o diagnostico financeiro, é fundamental ir às compras com antecedência para não precisar ser obrigado a pagar mais caro de última hora. Elaborei algumas orientações sobre o assunto. São elas: Procure conversar com outros pais e tentar fazer a compra em conjunto, pois, assim, a probabilidade de conseguir preços menores aumenta; Junte o material escolar do ano anterior e veja a possibilidade de reutilizá-los. É possível ainda reaproveitar livros didáticos do filho mais velho para o mais novo, se for o caso. Se não der, faça uma boa ação e

doe o material para crianças ou jovens de famílias que não possuem condições de comprá-los; Faça uma lista do que precisa comprar para não se perder e acabar rendendo-se aos impulsos consumistas, deixando de economizar para os sonhos; Converse com os filhos antes de sair às compras, explicando a situação em que a família se encontra e o quanto poderão gastar com os materiais. Caso contrário, eles poderão achar que é possível comprar tudo na loja e acabará sendo mais difícil não ceder aos pedidos – o que levará a um gasto maior do que o planejado; Quando estiver na loja, seja sincero e explique ao vendedor de forma clara o que você pre-

cisa, buscando sempre a melhor opção de pagamento. Sempre pergunte “quanto aquele produto custa à vista?”, para conseguir bons descontos. Se tiver que pagar a prazo, veja se as parcelas caberão no orçamento mensal. Comprar materiais escolares requer cuidados, mas o investimento vale a pena, pois é o que dará a base necessária para os estudos. Preocupar-se em economizar sem deixar de proporcionar o que a família precisa faz parte do processo de educação financeira. Passe esses ensinamentos aos pequenos, pois, se aprenderem agora, se tornarão adultos mais conscientes e saudáveis financeiramente.

ANO NOVO

Planeje o pagamento do IPVA e do IPTU Segundo o doutor em Educação Financeira, Reinaldo Domingos, dois dos gastos que mais “atrapalham” a vida financeira dos brasileiros são o IPVA e o IPTU, mas não precisa ser assim. O grande erro está em não programar seu pagamento com antecedência. Como a maioria das pessoas não traçam um planejamento anual, acabam começando um ano novo com dificuldades financeiras, já que no período há também gastos com matrícula e material escolar, entre outros. Uma dúvida muito comum em relação ao IPTU e ao IPVA é sobre a condição de pagamento: é melhor à vista ou a prazo? Antes de ter essa resposta, é preciso saber em que situação financeira você se encontra: endividado, equilibrado financeiramente ou investidor. Se for a primeira ou segunda opção, dificilmente conseguirá fazer o pagamento à vista, restando o caminho do parcelamento. Lembrando que se deve evitar ao máximo recorrer a empréstimos, limites do cheque especial ou qualquer outra

maneira de crédito do mercado financeiro, pois isso apenas se tornaria uma bola de neve, devido aos juros altíssimos cobrados. Agora, caso a situação financeira esteja mais confortável, sendo investidor, recomendo, sem dúvida nenhuma que o pagamento seja feito à vista, já que obterá 3% de desconto no IPVA e 6%, em média, no IPTU. Mas é importante ficar atento aos compromissos futuros; muitas pessoas se deixam levar pelo bom desconto e acabam esquecendo que haverá outras contas a serem pagas naquele mesmo mês ou nos próximos. De que adianta pagar à vista e conseguir desconto em uma despesa e não ter dinheiro suficiente para quitar as outras? Isso nos leva a outro importante aspecto da educação financeira: ter reserva financeira. Isso evita problemas como esse e nos deixa mais seguros, em caso de imprevistos. Enfim, com planejamento, é possível terminar e começar o ano com segurança de uma vida financeira saudável e muitas realizações.


TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 30 E 31 DE DEZEMBRO DE 2017

ESPORTES 19

CSA testa neste sábado a base de 2018

Azulão encara o time amador do Sindicato dos Atletas em um jogo-treino com dois tempos de 50 minutos no Mutange

ACRÉSCIMOS

EDMILSON TEIXEIRA etjornalista@gmail.com

Histórico

S

ob a ótica do futebol internacional, fica difícil apontar o que marcou mais 2017. Foi o ano da consolidação da tecnologia do árbitro de vídeo, certamente. Da hegemonia do Real Madrid, que conquistou praticamente tudo que se propôs a disputar. E, ao mesmo tempo, do “nascimento” de uma equipe na Inglaterra com potencial para quebrar recordes atrás de recordes: o Manchester City de Pep Guardiola. E aqui em Alagoas, a conquista brasileira do CSA, da Série C, depois de uma espetacular campanha.

Decepção Na verdade esse foi o último ano antes da Copa do Mundo da Rússia e, portanto, pudemos presenciar a consagração dos países classificados e a força da Alemanha campeã da Copa das Confederações com um time de jovens. Mas, 2017 também vai ser lembrado por fracassos impressionantes: que o digam Itália, Holanda, Chile e Estados Unidos, todos fora do Mundial.

Hegemônico O Real Madrid foi o grande time de 2017. Conquistou cinco de seis títulos possíveis: Campeonato Espanhol, Liga dos Campeões, Supercopa da Europa, Supercopa da Espanha e Mundial de Clubes. Só faltou a Copa do Rei – o time foi eliminado pelo Celta nas quartas de final e viu o Barcelona ser campeão.

Merecedor Cristiano Ronaldo chegou às quartas de final da Liga dos Campeões com desvantagem de 11 a 2 para Messi na tabela de artilharia. Quem ficou vivo viu a história: o craque português marcou cinco gols nas quartas de final (Bayern), três na semi (Atlético de Madrid) e dois na decisão (Juventus) para superar o argentino (12 a 11). E o Real Madrid, claro, foi campeão. É possível dizer que ele garantiu o prêmio de melhor do mundo naquele período (abril e maio).

Caçulinha Torcedores de Capela abraçaram de coração a ideia do Dimensão Saúde disputar o Campeonato Alagoano no ano que vem, hospedado naquela cidade. Trata-se do caçulinha da competição que entra na disputa com a bagagem de Campeão da Segundona. Com um detalhe: foi batizado agora de Dimensão Capela. A competição 2018 será a mais abreviada de todos os tempos; com apenas oito jogos. Isso por conta da Copa do Mundo e as competições nacionais que CRB,CSA e ASA vão disputar. O Dimensão estreia em Arapiraca contra o ASA e faz seu segundo jogo em casa, contra o CRB.

Contratação

O

torcedor do CSA poderá matar a saudade do time neste sábado. O Azulão entra em campo para o primeiro teste da pré-temporada. O duelo será um jogo-treino diante da equipe do Sindicato dos Atletas Profissionais do Estado de Alagoas, às 15h15, no CT Gustavo Paiva no Mutange, e o torcedor azulino poderá assistir o amistoso. A entrada custará 1 kg de alimento não perecível. O jogo-treino marcará o encerramento da campanha Natal Solidário do Sócio do Maior, que arrecadou alimentos nas ultimas duas semanas em troca de um copo personalizado do Maior Campeão de Alagoas. Os alimentos serão doados a famílias carentes da comunidade do Mutange, sede histórica do clube marujo. O amistoso deste sábado

será em caráter de jogo-treino com dois tempos de 50 minutos. O técnico Flávio Araújo deve utilizar duas equipes, uma em cada tempo. Os atletas serão relacionados para o jogo de acordo com um relatório que será feito pela preparação física em conjunto com a fisiologia e a fisioterapia. Alguns atletas que estão retornando de lesão ou ainda em busca de um melhor condicionamento físico, serão poupados da partida. O duelo será contra o time do Sindicato dos Atletas Profissionais, que mantém a equipe em um projeto que já existe há três anos para manter em atividade atletas que estão sem contrato. O time, treinado pelo ex-jogador Lau, mantém seus treinamentos no Clube Fênix e no Estádio João Batista.

RCORTEZ / ASCOM CSA

Leandro Kível busca um lugar no time titular do CSA em 2018

MODELOS

CRB confirma atrações da festa da camisa Galo lança novo uniforme no dia 10 de janeiro na casa de shows Maikai A nova linha de uniformes do CRB para a temporada 2018 será lançada no dia 10 de janeiro, a partir de 20h, na casa de show Maikai, na Jatíuca. A vendagem dos ingressos já começou. A fornecedora de material esportivo Rinat continua responsável pelos uniformes do Galo. Os preços foram definidos em R$ 200 (para sócios adimplentes) e R$ 220 (para quem não é sócio). O valor pode ser dividido em até 3x no car-

tão de crédito, em caso de compra à vista, há 10% de desconto. O torcedor que adquirir o ingresso garante a nova camisa oficial, modelo número três, e o acesso ao evento, que terá open bar de cerveja, refrigerante e água. “Mais uma festa de lançamento de uniforme, desta vez para a temporada 2018. Uma festa que entrou de vez no calendário da Nação Regatiana. O torcedor que tiver interesse em ir para a festa, pode comparecer nos

pontos de venda. Lembrando que quem compra o ingresso tem direito à terceira camisa e curtir a festa, que será open bar, contar com atração musical e presença vip. Tenho certeza que o torcedor que for não vai se arrepender”, convidou o diretor de marketing, Thales Henrique. Essa será a quarta edição de lançamento de uniformes do Regatas na casa de show. O clube deve divulgar na próxima semana as atrações

Nino Paraíba vai defender o Bahia na próxima temporada. É o que garante o empresário do jogador, André Castilho. Destaque da Ponte Preta no Brasileirão, mesmo com o rebaixamento do time para a Série B, o lateral-direito de 31 anos só deve se pronunciar sobre o acerto com o novo clube no dia da apresentação, que ainda não tem data marcada. O tempo de contrato não foi divulgado.

do evento. Neste ano, a modelo Carol Nakamura desfilou com os uniformes, enquanto o comentarista esportivo Alê Oliveira conduziu a cerimônia. Estande do Galo (Maceió Shopping) e Arena das Torcidas (Amélia Rosa, Shopping Farol e Serraria). MODELOS Estão confirmadas as presenças das modelos Lorena Improta e Jordana Guimarães. As bandas ainda serão confirmadas. ASCOM FAF

Fórmula 1 Nesta sexta-feira fez quatro anos que o ex-piloto alemão Michael Schumacher sofreu um grave acidente enquanto esquiava e, desde então, seu estado de saúde é mantido sob sigilo absoluto pelos familiares e pessoas próximas ao heptacampeão da Fórmula 1. Na próxima quarta, dia 3, Schumacher estará entrando para seus 49 anos de idade e desde a tragédia ele nunca mais foi visto em público.

Anonimato Depois de bater a cabeça numa rocha, o ex-piloto Michael Schumacher ficou cerca de seis meses em coma no hospital de Grenoble, foi transferido posteriormente para um hospital suíço em Lausanne e, em seguida, para sua mansão em Gland, na Suíça. Quatro anos depois, são muitas as perguntas sobre Schumi. Uma das mais frequentes é: qual a estratégia financeira que seus familiares usam para mantê-lo vivo?

Estrutura Por decisão da mulher Corinna, o alemão Michael Schumacher está internado em uma sala da sua enorme casa sob a supervisão de uma equipe médica composta por 15 pessoas e coordenada pelo doutor Richard Frackowiak. Tudo isso custa uma fortuna para a família, responsável pela gestão do dinheiro arrecadado nos seus tempos de piloto da F1.

Seleções Visando uma “revolução” no calendário do futebol, a Fifa pretende acabar de vez com os amistosos envolvendo as seleções europeias, introduzindo uma Liga das Nações, que deverá começar a partir de setembro de 2018. O objetivo da entidade que rege o futebol no mundo em acabar com os jogos amistosos tem a ver com o escândalo de corrupção apurado nos últimos anos na Fifa .

Critério Segundo a Fifa, nos últimos anos, estas partidas se transformaram em uma máquina de lavagem de dinheiro. Com a criação desta competição, Brasil e outras nações dos demais continentes não poderão mais enfrentar seleções da Europa fora de uma Copa do Mundo.

Técnico O Sevilla anunciou na quinta-feira, a contratação do italiano Vincenzo Montella, ex-Milan, como seu novo treinador. O técnico, que também tem passagens por Roma, Catania, Fiorentina e Sampdoria, estava sem clube desde o fim de novembro, quando foi demitido pela equipe rossonera.

Sete de Setembro foi o campeão alagoano sub-20 e ganhou a vaga para representar o Estado na Copa São Paulo de futebol júnior em 2018

EM JANEIRO

Sete e Santa Cruz prontos para Copa SP Representantes de Alagoas viajam neste final de semana para a competição A bola vai rolar para a garotada. A Federação Paulista de Futebol confirmou os grupos com os 128 participantes da Copa São Paulo de Futebol Júnior 2018. Esse é o número recorde da Copinha. O estado de São Paulo, com 55 participantes, sendo 32 “times-sede”, representa o de maior número de clubes. Todos os estados estão representados na maior competição de base do país. Os representantes de

Alagoas são Sete de Setembro e Santa Cruz, respectivos campeão e vice do Campeonato Alagoano Sub-20 desta temporada. O Sete está ao lado de Flamengo -SP, Goiás e Guarulhos no Grupo 29, sediado em Guarulhos. O Santa Cruz ficou no Grupo 16, que terá sede em Itu. Vila Nova-GO, XV de Piracicaba-SP e Ituano completam a chave. Atual campeão e maior vencedor do torneio com dez títulos, o Corinthians vai jo-

gar na cidade de Araraquara. Vice-campeão ano passado, o Batatais jogará em Bebedouro. Grandes sensações das divisões de base do Campeonato Paulista nesta temporada, Ponte Preta e Palmeiras também têm estreias marcadas. O clube campineiro estreia no dia 3 de janeiro, às 20h, contra a Chapecoense, pelo Grupo 12, em Franca. Já o Palmeiras tem compromisso diante do Luverdense, no dia 2 de janei-

ro, às 21h30, em Taubaté, pelo Grupo 27. No Grupo 4 (sede em Novo Horizonte), o Santos estreia contra o América-RN, às 19h15 do dia 2 de janeiro, enquanto o São Paulo, que está no Grupo 10 (Ribeirão Preto) faz a primeira partida contra o Cruzeiro-DF, no dia 3, às 19h15. Segundo maior campeão, o Fluminense estreia contra o Mogi Mirim, no dia 3 de janeiro, às 15h30, em Marília, pelo Grupo 8.


20

ESPORTES

MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 30 E 31 DE DEZEMBRO DE 2017

Esportes

TRIBUNAINDEPENDENTE

Corredores africanos são sempre os favoritos para os primeiros lugares

A edição do ano passado da Corrida de São Silvestre,teve o desfecho tal como nos últimos anos. E com direito a recorde e sprint. Desde 2011 só dá africano em primeiro na linha de chegada para os homens. Desde 2007 só dá africana na prova feminina. A queniana Jemima Sumgong, 31 anos, campeã olímpica da maratona na Olimpíada de 2016, no Rio de Janeiro, campeã da Maratona de Londres, confirmou de forma soberana o favoritismo e dominou, do princípio ao fim, a prova feminina. Na prova masculina, a disputa foi mais intensa e emocionante, com os etíopes Dawit Admasu e Leul Aleme e o queniano Stephen Kosgei brigando até a reta final pelas primeiras posições, deixando Giovani dos Santos na quarta. Mas Leul Aleme, num sprint surpreendente nos últimos 300 metros, quando pegou a reta final da Avenida Paulista, ficou com o primeiro lugar.

As feras de Alagoas para a São Silvestre Corredores de várias equipes do Estado se juntam para formar um grupo forte em busca de marcas históricas

E

CORREDOR WELINTON

CORREDOR CLEBSON

CORREDOR BORBA

CORREDOR JADSON

CORREDOR EVANDRO

CORREDOR SIDNEY

m uma edição repleta de atrações do exterior, o atletismo brasileiro também estará forte na 93ª Corrida Internacional de São Silvestre, programada para este domingo, dia 31 de dezembro. Alguns dos principais nomes do país confirmaram presença na principal prova de rua da América Latina, com destaque para Giovani dos Santos, quarto no ano passado, e Tatiele de Carvalho, sétima em 2016. A largada no domingo, a partir das 7h20 (horário de Maceió), será na Avenida Paulista, altura da rua Frei Caneca, e a chegada em frente ao prédio da Fundação Cásper Líbero. Alagoas estará representada por grande talentos, que viajaram na última quinta-feira e já estão treinando na Avenida Paulista. Para fortalecer o grupo, muitas equipes diferentes que já são formadas no Estado, para disputa das competições regionais e locais, fizeram um mix de união por Alagoas. Com objetivo de elevar o nome da Terra dos Marechais para o Brasil, um grupo de 15 atleas, de 9 equipes diferentes, se juntou para disputar a tradicional corrida de São Silvestre, dia 31 dezembro. A delegação embarca amanhã (29). São atçeyas das equipes Vida Saudável; Running 4Life; +Adrenalina; Guepardo; Guga Loyde; Selva Runner; Alagoas Running; Monstros Run Team; Sprint Final e Éder Aleixo. “Será um grande momento para a corrida de Alagoas com esses 15 atletas juntos pelo Estado”, disse o corredor Luciano. Principal nome masculino do Brasil na prova, o mineiro Giovani dos Santos chegará mais uma vez como esperança de vitória nacional, o que não acontece desde 2010, quando Marilson dos Santos garantiu o topo do pódio. Giovani, que garantiu um lugar no pódio nas últimas seis edições, vem embalado pelo hepta na Volta Internacional da Pampulha, no começo do mês, e promete dar trabalho para os estrangeiros. Outros nomes fortes no masculino serão Franck Caldeira, campeão em 2006, Wellington Bezerra, bicampeão do ranking da CBAt e quarto na Maratona de São Paulo 2017, Gilberto Lopes, vice na Eu Atleta 10K Rio 2017, Valério Fabiano e Éderson Pereira, entre outros. Já entre as mulheres, as atrações serão Tatiele de Carvalho, melhor brasileiro no ano passado, Joziane Cardoso dos Santos, campeã na Pampulha em 2014 e da Eu Atleta 10K Rio deste ano, Andréia Hessel, terceira na Meia de São Paulo e na Eu Atleta 10K Rio, e quinta na Maratona de São Paulo, todos neste ano, e Adriana Aparecida Silva, vice-campeã da Meia Maratona de São Paulo 2017. O percurso deste ano teve ajustes para aumentar a área de dispersão. O primeiro deles é na largada, que será próximo à Rua Frei Caneca, à frente do local do ano passado. O outro foi no Centro, na região do Largo o Arouche. Saíram do percurso as ruas Sete de Abril e Dr. Bráulio Gomes. O percurso de 15 km foi implantado em 1991. Este ano, os participantes da São Silvestre não terão problemas com o excesso de calor. A previsão é de que São Paulo fique com muitas nuvens pela manhã, até com mormaço e alguns momentos com o sol aparecendo.

CORREDOR LUCIANO

Máxima prevista de 28°C. A meteorologista Josélia Pegorim avisa que “a chance de chover na madrugada e no início da manhã do domingo é relativamente alta, mas no decorrer da manhã, o risco de chuva é menor e os corredores vão poder contar com períodos de tempo seco”. Há possibilidade de chuva, mas que deve ocorrer com fraca a no máximo moderada intensidade. A tarde e a noite, há possibilidade de algumas pancadas de chuva, mas sem risco para tempestades fortes. O Comitê Organizador pede gentilmente que atletas sem inscrição não compareçam, pois não há como dimensionar os serviços e o consumo excessivo pode gerar a falta de serviços e hidratação para os inscritos. E destaca que essas dinâmicas estão sendo implantadas para melhor atender aos atletas inscritos oficialmente. A infraestrutura do evento é dimensionada para o número oficial de inscritos, cerca de 30 mil, não contemplando serviços a atletas sem inscrição (“pipocas”). Serão sete postos de água, um a mais que no ano passado, com volume para atender somente aos inscritos. Como consta em regulamento, não haverá serviços extras e hidratação excedente para atletas sem inscrição. “Durante a prova, todo cuidado é pouco para evitar desidratação e problemas com as altas temperaturas. De toda a energia que é gasta em uma corrida, aproximadamente 70% é destinada a manter a temperatura interna do corpo equilibrada. Apenas 30% do total da energia gasta na corrida levam você do ponto de partida ao ponto de chegada. Isso nos dá uma noção da importância de manter o corpo apto a se resfriar. Durante a atividade física, o corpo perde uma grande quantidade de água e alguns eletrólitos (sais minerais) pelo suor, com o objetivo principal de evitar o aumento excessivo da temperatura corporal”, disse Luciano, dos dos atletas de Alagoas. EX-CAMPEÃO Émerson Iser Bem surpreendeu a todos ao conquistar a Corrida Internacional de São Silvestre em 1997, superando o queniano Paul Tergat, que é pentacampeão da prova e vinha de um bicampeonato. Vinte anos depois da vitória histórica, o ex-corredor de longas distâncias voltará à prova para competir apenas por diversão. Ainda reconhecido pelo público, o ex -atleta de 44 anos disse não se importar com a atenção que recebe apesar de isso ter o atrapalhado na época em que competia. “Eu voltei a correr para emagrecer”, brincou o maratonista. “Vou fazer a prova com minha esposa e um amigo. Naquela época eu era um atleta de competição e estava mais preparado no ano seguinte. Porém não estava em condições de fazer uma prova tranquila porque tinha muita gente e agito. Nós, de forma geral no atletismo, não estávamos preparados para esse tipo de atenção. Foi uma coisa que atrapalhou um pouco. No ano anterior, eu estava descansando na véspera. Faltou saber lidar com esse tipo de cobrança que é normal, mas não tínhamos naquela época um entendimento de como lidar com isso e isso me atrapalhou um pouco”.

CORREDORES GALVÃO E MIX

CORREDORA NÍVEA

CORREDOR ALFREDO

CORREDOR FERNANDO

CORREDORA SANDRA HELENA

CORREDORA MARINA

CORREDORA LUCIANA


TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 30 E 31 DE DEZEMBRO DE 2017 DIVERSÃO&ARTE 1

Disney estaria reunindo equipe para nova versão de “A Pequena Sereia” Com A Bela e a Fera sendo uma das maiores bilheterias de 2017, a Disney segue investindo nas suas versões em live action para animações clássicas. Para A Pequena Sereia, o estúdio está reunindo um time de profissionais premiados. Segundo o Omega Underground, além de Lin-Manuel Miranda, que trabalhará com Alan Menken nas canções do filme, o longa contará com Dion Beebe, diretor de fotografia que levou o Oscar por Memórias de uma Gueixa e foi indicado por Chicago, Colleen Atwood, figurinista vencedora de 4 Oscars (Animais Fantásticos e Onde Habitam, Alice no País das Maravilhas, Memórias de Uma Gueixa e Chicago, e John Myhre, vencedor de 2 Oscars (Memórias de Uma Gueixa e Chicago). A escalação indica que Rob Marshall, diretor de Memórias de Uma Gueixa e Chicago, vai mesmo comandar essa versão de A Pequena Sereia. A Pequena Sereia ainda não tem data para chegar aos cinemas.

SOBRE

M

ária (Alexandra Borbély) e Endre (Morcsányi Géza) são dois funcionários de um abatedouro de gado. Ele é o diretor financeiro, ela acaba de ocupar o cargo de inspetora de qualidade. Em comum, têm a profunda inadequação social: o chefe quase não possui muitos amigos, e carrega traumas como antigas histórias de amor e um braço paralisado. Mária não conversa com ninguém, recusa-se a tocar outras pessoas ou tratálas com familiaridade, e manifesta traços obsessivos-compulsivos. On Body and Soul constitui um filme romântico, crente na ideia de que toda pessoa ferida e estranha está à espera de outra pessoa ferida e estranha. A intenção da narrativa, previsível e árdua, é aproximar duas pessoas que não sabem amar. Ele, porque já amou demais no passado e evita se machucar novamente. Ela, porque jamais se aproximou de quem quer que seja, sendo considerada pelos colegas ao redor como uma figura fria e arrogante. Mas Mária quer, e muito, se apaixonar. Interpretada por Borbély como um tipo robótico, incapaz da mínima expressão facial, esta personagem pouco simpática talvez conquiste o espectador por suas tentativas tragicômicas de se adequar à vida sensível: ela busca freneticamente músicas que a façam sentir algo, espreme um purê de batatas quentes na mão, compra um bicho de pelúcia que possa lhe despertar alguma ternura.

sonhar

Corpo e Alma é um filme que se pretende simples, mas na verdade é uma obra rara

As cenas têm a mesma graça de ver o Exterminador do Futuro tentando esboçar um sorriso: elas divertem por complicar uma tarefa que nos parece simples, natural. A melhor escolha de roteiro da diretora Ildikó Enyedi é aproximar a dupla no plano lúdico. Os dois passam curiosamente a ter o mesmo sonho à noite: ela se imagina como cerva, e ele como veado, numa paisagem coberta de neve. Nada acontece nesse cenário, exceto pela aproximação dos dois únicos animais presentes. Nos sonhos, alterados todas as noites e sentidos simultaneamente por ambos, eles não precisam se preocupar em corresponder às regras sociais: reduzidos à condição de bichos, podem se farejar de modo instintivo. A ausência de racionalidade torna-se um horizonte invejável para estes desajustados emocionais. No plano imagético, On Body and Soul revela-se discreto, funcional. O sonho possui uma beleza austera, mas as cenas passadas no tempo real são cruéis (em especial os momentos de abate do gado), em

cores pastéis, pouco agradáveis. Enyedi filma de modo banal vidas banais, colocando Endre e Mária em cenários frios, pouco convidativos. Os close-ups nos rostos reforçam a intimidade que os personagens evitam: é como se a câmera forçasse a proximidade recusada pelos dois, sublinhando o conforto já evidente nas atuações. On Body and Soul - FotoPrevisível na intenção de juntar esses “emotivos anônimos” (ou seriam apáticos anônimos), o filme encontra na ostensiva estranheza o seu interesse, mas também a sua limitação: os dois personagens são definidos por pouco mais que suas esquisitices. Certamente, este é um cinema mais áspero do que a média de produções indies de Sundance, que costumam caminhar para um otimismo forçado, mas a aproximação de Mária e Endre não deixa de soar um tanto triste: eles se unem menos por escolha do que por instinto de sobrevivência. Conhecendo o final que levam os animais sem humanidade – o abate – eles são obrigados a se adequar à norma. Há algo perverso na exposição dos marginais com um ponto de vista externo; como se ríssemos e tivéssemos piedade deles pela inferioridade que apresentam em relação aos seres humanos comuns (os colegas de trabalho, o espectador). A lúdica compaixão de On Body and Soul é acompanhada de um amargo revés: o paternalismo em relação aos protagonistas, beirando o desprezo.


TRIBUNAINDEPENDENTE

2 DIVERSÃO&ARTE MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 30 E 31 DE DEZEMBRO DE 2017

Complexo Cultural Teatro Deodoro lança edital

Os artistas locais têm uma excelente oportunidade para expor seus trabalhos. O Complexo Cultural Teatro Deodoro abriu edital para selecionar uma exposição individual ou coletiva, que vai ocupar a galeria de arte do espaço no período de 15/03 a 15/05/2018. As inscrições vão até 25/01 e devem ser feitas por correspondência. A lista com todos os documentos exigidos no edital estão disponíveis pelo link http://www.diteal.al.gov. br/selecao-de-projeto-de-artes-visuais-para-exposicao-no-complexo-cultural-0032017/. O resultado será divulgado no dia 02/02 no site da Diteal, www.diteal.al.gov.br, e no Diário Oficial do Estado, DOE.

Festival Maceió Verão

Claudia Leitte é a grande atração nacional da primeira noite do Festival Maceió Verão 2018, que nesse ano será realizado no Estacionamento de Jaraguá. Além dela, também sobem ao palco os cantores alagoanos Igbonan Rocha e Wilma Araújo. Dia 06 de janeiro, às 17h, no Estacionamento do Jaraguá, Entrada Franca.

Réveillon Virada 2018

Celebration Week – Garota White O maior fenômeno musical do país, Wesley Safadão desembarca em Maceió hoje, a partir das 22h, para reunir uma multidão na Arena Parque Shopping, dando início ao

Réveillon nos bairros do Jacintinho e Benedito Bentes

A festa de fim de ano, em Maceió, está garantida. O Governo de Alagoas, por meio da Secretaria de Estado da Cultura (Secult), promove o réveillon nos dois bairros mais populosos da capital, Jacintinho e Benedito Bentes. A comemoração para a chegada de 2018 começa a partir das 19h, na praça Padre Cícero, ao lado do Terminal Integrado de Ônibus do complexo I, no Benedito Bentes. O 1º Encontro de MCs abre o evento com a apresentação de duplas de hip hop. A partir das 21h30, a banda Xamego de Menina sobe ao palco, e à 00h30 o cantor Marciel Valente anima o público. No Jacintinho, a festa ficará por conta do sertanejo Matheus Moraes, seguido pela cantora Millane Hora e a banda Arroxonados, a partir das 21h. Nos dois bairros haverá queima de fogos, estrutura de banheiros químicos e segurança com a presença da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros.

ensaio da virada do ano com o Garota White, no pré-réveillon da Celebration Week. Nesse dia, que todos se vestem de branco, a noite vai contar também com o som do Dennis DJ e o show da cantora

Réveillon Celebration

A contagem regressiva para a festa da virada do maior Réveillon all inclusive do Brasil já começou e traz novidades em sua 14ª edição. Com o tema “O Brasil celebra aqui”, o Réveillon Celebration apresenta um novo conceito em festas de alto padrão e traz parcerias de peso para proporcionar grandes atrações e a melhor experiência para festejar o Ano Novo. Atrações: Bell Marques | Aviões do Forró | Léo Santana | Gustavo Lima. Neste domingo (31), das 21h às 9h. Para mais informações acesse o site: www. reveilloncelebration.com.

Márcia Fellipe. Ingressos: R$ 160 (camarote feminino), R$ 260 (camarote masculino) e R$ 130 (frontstage). Pontos de venda: Celebration Store (Parque Shopping) e Lojas Hering. Canais especiais: Sem

2ª Mostra de Fotojornalismo e Vídeo de Alagoas

Hora, Efolia, Safeticket, Bilhete Certo e Ingresso Prime.Vendas Oline: loja.reveilloncelebration. com.br, www.lojadeingresso. com, www.ingressorapido. com.br Mais informações: (82) 3357-8007.

Exposição Gabeia

Um belo resumo da produção alagoana de fotos e vídeos jornalísticos vai ser apresentado ao público na 2ª Mostra de Fotojornalismo e Vídeo de Alagoas, organizada pela Associação de Repórteres Fotográficos e Cinematográficos do Estado. A exposição fica até 15 de janeiro, no Complexo Cultural Teatro Deodoro, e podendo ser visitada de segunda a sábado, das 8h às 18h, às quartas até às 20h, e, aos domingos e feriados, das 14h às 18h. Grupos de escolas e instituições devem fazer o agendamento gratuito por um dos telefones (82) 98884-6885 e 988195010 ou pelo e-mail escolasditeal@ gmail.com. A entrada e o agendamento são gratuitos.

Os fotógrafos Adilson Andrade, Arthur Celso, Felipe Almeida, Jorge Vieira e Luna Gavazza revelam seus olhares sobre o Mercado da Produção de Maceió na exposição Gabeia. A exposição fica aberta até 14/01, no Complexo Cultural Teatro Deodoro e pode ser visitada de segunda a sábado, das 8h às 18h, às quartas até 20h, e, aos domingos e feriados, das 14h às 17h. A entrada é gratuita. Grupos de escolas e instituições devem fazer o agendamento gratuito por um dos telefones (82) 98884-6885 e 988195010 ou pelo e-mail escolasditeal@gmail. com.

FALE CONOSCO - A Agenda é um serviço gratuito de orientação ao leitor. Os interessados em divulgar eventos, shows e exposições podem enviar material através do endereço: tiagenda@hotmail.com

RESUMO DE NOVELAS GLOBO 18h

GLOBO 19h

GLOBO 21h

RECORD 21h

TEMPO DE AMAR

PEGA PEGA

O OUTRO LADO DO PARAÍSO

APOCALIPSE

Inácio tenta conversar com Lucinda, mas se incomoda com sua agressividade e vai embora. Lucinda é rude com Gregório e Leonor. Macário afirma que pode ajudar José Augusto, que desconfia. Tereza se espanta com a ambição de Fernão. Delfina não gosta quando José Augusto anuncia que Izabel cuidará da festa de Mariana. Pepito cobra que Celina trabalhe mais no negócio das geleias. Celeste sugere que Maria Vitória se case com Vicente. Giuseppe beija Gilberte sem que ninguém perceba. Alzira confronta Bernardo no cabaré.

Dom comunica a Sabine que os pais biológicos tomaram uma decisão com relação ao crime cometido por ela. Pedrinho aconselha Nelito a esquecer Cíntia e aproveitar a vida. Raquel chega de viagem e Douglas sente ciúmes da reação de Gabriel com a mãe. Douglas se entristece quando Raquel lhe avisa que levará Gabriel para o cruzeiro.

Clara fala de Mariano para Patrick e ele pede para conversar com o garimpeiro. Renato discute com Lívia e afirma a Tomaz que o levará para ver Josafá e Cacau sempre que o menino quiser. Suzy comenta com Clara sobre o sumiço de peças íntimas. Renato beija Clara. Mariano conta para Clara e Patrick sobre as péssimas condições de trabalho impostas por Sophia nas minas. Cido chantageia Samuel. Renato surpreende Clara e Patrick ao chegar para a noite de Ano Novo. Duda se embriaga e fala de seu passado para Laerte.

Não há exibição aos sábados

Neste ano, quem escolher Maceió como destino das suas comemorações de ano novo pode se preparar para brindar a virada em grande estilo com a dragqueen PablloVittar. Sendo um dos nomes mais comentados do Rock In Rio 2017, após uma apresentação com a cantora norte americana Fergie no festival, a artista estreia no Virada 2018 com uma mega show. O evento, que promete surpreender, ainda contará com atrações nacionais como a celebridade digital, Lana Almeida e o DJ carioca, Rafael Newbold. Além das atrações locais, como o samba e o MPB de Naná Martins e a explosão do grupo drag Boom Drag. Dia 31 de dezembro de 2017, a partir das 22h30, no Armazém Uzina. Ingressos: R$ 120 (pista) e R$ 250 (área K.O. – open bar. Vendas: Disponíveis através do site www. virada2018.com.br ou nos stands do Viva Alagoas, Acesso Vip e Folia Brasil. Mais informações: 82 999170787.


TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 30 E 31 DE DEZEMBRO DE 2017 DIVERSÃO&ARTE 3 “Ilha de Ferro”, já em produção na Globo, obra do falecido autor Max Mallman é definida assim: “Dois irmãos que não se bicam. Duas mulheres que não levam desaforo para casa. Está formado o quarteto romântico que vai enfrentar, cada um a sua maneira, inúmeras situações-limite”. Por aí entenda-se Cauã Reymond, Maria Casadevall, Klebber Toledo e Sophie Charlote.

FLÁVIO RICCO - colaboração: José Carlos Nery - www.twitter.com/flavioricco

“Adnight”, do Adnet, fez de tudo para não ter um próximo

Sabe tudo

Impressionante

A Band tem em seus interiores um veterano profissional da área, Marco Antonio Zago, que de televisão sabe tudo. E mais um pouco. Na complicada área de programação poucos entendem tanto quanto ele. Falta é marketing pessoal.

E

ntre os tantos acertos da Globo nos programas de temporada, com certeza, o “Adnight” não pode ser incluído entre eles. E não pode porque nas duas edições levadas ao ar, não fez por merecer. Em seu segundo ano, mesmo com modificações em relação ao primeiro, alguns erros se repetiram, passando a todos a impressão de algo meio perdido, em busca de uma direção a tomar. E que nunca foi encontrada. Não chega a decepção completa, mas em se tratando do Marcelo Adnet, artista com tantos e comprovados recursos, se espera muito mais, pelo menos um trabalho no nível do “Tá no Ar”, que ele faz tão bem. É sempre complicado discutir a fórmula. A participação do rico elenco da Globo, em toda e qualquer situação, conta pontos importantes, porém, as brincadeiras no palco, que também deveriam incluir o telespectador em casa, na grande maioria das vezes fica só entre eles. Existem até algumas tentativas, mas isto nunca acontece. Aí não dá. O “Adnight”, por tudo até aqui, se mostrou que ainda não é um produto na medida do Adnet. Já existem sérias dúvidas sobre uma próxima temporada.

C’est Fini

Como conjunto, o musical da Hebe Camargo, atualmente em São Paulo, é um espetáculo que ninguém pode perder. Chama atenção, inclusive, a atenção e acerto na escolha dos atores para os papéis de Nair Bello, Lolita Rodrigues, Mazzaropi e tantos outros que fizeram parte da vida dela. Nada se compara, no entanto, ao desempenho da Débora Reis no papel-título.

A Globo, já a partir da próxima terça-feira, dia 2, vai dar o start na sua cobertura do Carnaval. Por enquanto, todo a responsabilidade ficará a cargo das suas emissoras locais, em dar um panorama do que está sendo preparado nas mais diferentes cidades Ficamos assim. Mas amanhã tem mais. Tchau!

TV TUDO Mesma equipe

Muito na dele

Programação

Até segunda ordem

Nos últimos tempos foram poucos os casos de surgimento de novos apresentadores de programa. Na década em curso o único caso que chama atenção é do Tiago Leifert. Desde o seu começo na Globo, depois de passar pelo SporTV, se saiu bem em todos. Do “Globo Esporte” até os atuais “Big Brother e “The Voice”. Vale o registro.

HORÓSCOPO

pode ser importante para as finanças, a sexualidade e a intimidade dos librianos. É um momento em que ficam mais claros os seus valores essenciais e o que é necessário para colocá-los em prática. Questões muito importantes relacionadas a imóveis e à família. Números da Sorte: 7, 11, 14, 23, 38, 45 ESCORPIÃO – (23/10 a 21/11) – A Lua está no signo oposto ao seu, enfatizando os relacionamentos escorpianos. Um dia para agir sem pressa, buscando a harmonização de diferenças entre você e as pessoas. Os contatos profissionais estão favorecidos, mesmo sendo esta uma época de finalizações. Números da Sorte: 8, 15, 16, 32, 39, 40

SAGITÁRIO – (22/11 a 21/12) – Momento de manter um ritmo sereno para a realização das últimas tarefas do ano, sagitariano. Seus valores agora estão mais sólidos e você tem mais maturidade para lidar com quaisquer questões. O apoio de pessoas é fundamental na realização de seus projetos. Números da Sorte: 1, 3, 17, 19, 25, 49 CAPRICÓRNIO – (22/12 a 19/1) – Desafios entre a individualidade capricorniana e as demandas da família. Cuidado com reações abruptas e radicais, que podem ferir os relacionamentos. É preciso ouvir mais a intuição em decisões que podem estar sendo difíceis. Números da Sorte: 2, 5, 25, 28, 31, 39

AQUÁRIO – (20/1 a 18/2) – Momento em que você tende a estar mais sereno em relação a momentos anteriores, aquariano. É um bom dia para conversas, passeios e para o contato com a natureza. É necessário que tenha consciência do que precisa ser eliminado em sua vida. No amor, mostre os seus sentimentos sem receios. Números da Sorte: 1, 17, 21, 39, 41, 47 PEIXES – (19/2 a 20/3) -É necessário ter uma atitude mais experimental e inovadora nesse momento. Cuidado com ações precipitadas que possam levar a prejuízos materiais. A intuição deve ser utilizada na realização de negócios. No amor, se gosta de alguém tome a iniciativa. Corra atrás da felicidade. Números da Sorte: 5, 7, 12, 19, 34, 37

PALAVRAS CRUZADAS DIRETAS

www.coquetel.com.br

© Revistas COQUETEL

Montanha da (?): postal da Marca histórica do Cidade do Cabo, na África do Sul início da Guerra do Patrocinador de Delegacia Paraguai, lembrada intervalos comerciais (abrev.) em dezembro de 2014

O mágico, pelos truques que aplica Clube popular de dança (bras.)

Acessório do braço de Thiago Silva durante os jogos da Copa de 2014 Aqueles que são vítimas de calamidades

Cai em flocos Animal do arado Opõem-se às consequências

Histórias como as de Esopo

Ivete Sangalo, cantora baiana de "Festa"

O aço de panelas Rondônia (sigla)

Composto gasoso da respiração Luxúria (p. ext.) Jogo de pontaria

Cheiro repugnante (bras.)

Ondas Curtas (abrev.) Limpo (com água) Prêmio de Jornalismo

(?) Verissimo, escritor Quantia

Levantei; ergui De novo! Sean Connery, astro do Cinema

Divisória da quadra de tênis Conterrâneo de Vera Fischer Estimativa (abrev.) Cerveja inglesa (?) de enterro: fisionomia triste

Observatório Nacional (sigla) Peça giratória de ventiladores

Parte albuminosa do ovo

A palavra "guerra", por sua origem Defeito que causa a parada do motor

Caco (?), atuou em "Novo Mundo" Cachinhos (?), personagem infantil

Estado dos habitués de praias naturistas

Tecido de roupas de recémnascidos (?) Guedes, chef brasileiro Nanica

Estudar (o livro) André (?), tenista Bairro boêmio carioca

(?), brilho e matiz: as três informações do sinal elétrico de TVs em cores 40

Solução

C C F C

D A R D O I L U S O R

C O T A N A S

G A F I E I R A

R E D E R O M E S A

B I S B O I L

P A N U N C I A N T E

Ç A P A L E N

O C D E L

A L E M Ã E S S O O V A L

A R I O N

E

S E S Q U I C E N T

BANCO

S A

forma como expressa as suas ideias. É importante saber ouvir as outras pessoas e respeitar verdades diferentes das suas. O dia pode apresentar imprevistos, então é preciso ter flexibilidade e jogo de cintura. Números da Sorte: 4, 7, 13, 27, 29, 31 VIRGEM – (23/8 a 22/9) – Vários planetas estão transitando os signos de elemento terra, virginiano. O momento é favorável para estabelecer um ritmo mais de acordo com suas verdadeiras necessidades. Notícias interessantes e capacidade de agir com mais prudência e maturidade. Números da Sorte: 11, 14, 25, 34, 47, 48 LIBRA – (23/9 a 22/10) – Um dia que

R O T O R

GÊMEOS – (21/5 a 21/6) – Amizade, amor e relacionamentos estão em pauta hoje na vida dos geminianos. Cuidado com a tendência a querer controlar as pessoas e os acontecimentos. O que você quer modificar nos outros, saiba transformar em si mesmo. Números da Sorte: 9, 12, 15, 23, 27, 41 CÂNCER – (22/6 a 22/7) – Momento ideal para diminuir o ritmo e fazer um balanço de 2017, canceriano. É um momento de colheita de tudo o que você semeou ao longo do ano. Pode contar com apoios importantes para a realização de seus intentos. Números da Sorte: 9, 11, 16, 24, 37, 39 LEÃO – (23/7 a 22/8) – Um dia em que você deve evitar a veemência na

E D U

ÁRIES - (21/3 a 19/4) – Um dia de energia produtiva, que pode ser interessante para reconhecer os seus talentos. Quanto mais você tiver pés no chão, maturidade e responsabilidade, melhores resultados conquistará. O dia pode trazer boas novidades no plano profissional e material. Números da Sorte: 6, 8, 13, 19, 33, 49 TOURO – (20/4 a 20/5) – A Lua se movimenta em seu signo, destacando as emoções e as questões familiares dos taurinos. Manter a calma e a temperança e ter um ritmo tranquilo são essenciais neste momento. Você pode agir mais de acordo com suas verdades e ideais. Números da Sorte: 1, 9, 17, 19, 26, 34

A L E

Celso Portiolli será o entrevistado da Eliana no seu programa especial deste domingo. Os dois, disfarçados, surpreendem a platéia do Raul Gil

A propósito de filmes, o SBT pretende manter todos os seus horários de exibição, especialmente nas noites de terça, sexta e sábado, mesmo não tendo mais contrato com nenhuma grande distribuidora internacional. As compras do material seguirão sendo feitas através de empresas independentes.

A T

Indo assim

C L A R A

São grandes as possibilidades da Record fazer alguns ajustes na sua grade de programação. Existem estudos em cima disso. Mas, como a Band, nada para tempos tão imediatos. Só março ou abril e olhe lá.

N U S

Nada de imediato

F A I X A D E C A P I T Ã O

Amanhã irá ao ar o último “Pânico na Band”, já em gravação e com o programa totalmente desligado da casa. O seu espaço, nas noites de domingo, a principio, num primeiro momento, será destinado a exibição de filmes. Dá-lhe Steven Seagal!

Bate-rebate ·Maria Casasdevall, citada acima, não tem uma carreira tão longa assim... ·... Só em 2011, dois anos depois de estrear no teatro, ela fez seu primeiro trabalho na Globo, em “Lara com z”... ·... De lá para cá foram outros cinco, até chegar agora em “Ilha de Ferro”. Uma carreira interessante. ·Só agora, no começo do ano, será decidido o destino do campeonato francês na televisão brasileira... ·... O SporTV continua dono do campeonato em disputa... ·... Mas os direitos do próximo triênio serão disputados em janeiro. ·Todos que trabalham diretamente com Silvio Santos tiveram suas férias transferidas no SBT... ·... Assim como as dele, a de todos ficou para só depois do Carnaval... ·... Mas como o aviso da mudança aconteceu com antecedência ninguém teve qualquer prejuízo por causa disso.

D

A princípio a Band não irá apresentar grandes alterações na sua programação em 2018. Tudo caminha para continuar na mesma. Não existem meios de investir, no momento atual, em novos produtos.

3/ale — cio. 4/esso — lapa — mesa. 5/alemã. 6/ilusor. 8/gafieira. 9/saturação.

A saída de Diego Guebel da Band não terá consequências na equipe do “MasterChef”. Embora ele fosse muito próximo de todos, a equipe, com a apresentadora Ana Paula Padrão e os jurados – Jacqin, Carosella e Fogaça – seguirá sendo a mesma.


4 DIVERSÃO&ARTE

TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 30 E 31 DE DEZEMBRO DE 2017

“Conservemos viva a nossa fé por meio da oração e dos sacramentos, estejamos vigilantes, para não nos esquecermos de Deus” FOTO BY CHICO BRANDÃO

Otimismo e alegria para o Ano Novo

F

inal de ano é tempo de festa e celebração, mas também de reflexão, de análise e de recomeços. Para trás fica um ano que agora acaba, e dele devemos guardar o bom e esquecer o menos bom. Do sofrimento e das lágrimas guardemos apenas a certeza de que a elas sobrevivemos. Dos erros guardemos a aprendizagem; e das dificuldades guardemos o momento da superação. Devemos sentir alegria e gratidão por mais um ano vivido, e apesar de tudo que tenha acontecido, o importante é que chegamos até aqui. E hoje somos mais experientes, mais fortes e mais sábios. Agora é tempo de encher o coração de otimismo, esperança e sonhos, é tempo de recomeçar e renovar, pois um novo ano vai começar e devemos vivê-lo e aproveitá-lo ao máximo. Desejos de um feliz e próspero Ano Novo a todos os nossos parceiros, colaboradores, colegas de trabalho e leitores. Que 2018 seja um ano de muita luz e esperança renovada a todos nós!

Janga no dia 1º

O

Neste último final de semana do ano, TopNews presta uma homenagem a um super casal em nosso mundo social e empresarial, no nosso Estado eles simbolizam solidez, sucesso, equilíbrio em tudo que fazem. Em 2017 o casal contribuiu muito para o desenvolvimento econômico e social de Alagoas. Eles são Rafael e Dinha Tenório, eles se despedem deste ano na certeza que 2018 será um ano de muito trabalho, de mais esperanças e realizações. TopNews aproveita a oportunidade para desejar ao casal um feliz 2018, amigos. Ao empresário Rafael Tenório, que vem desenvolvendo um grandioso trabalho à frente da presidência do CSA, ela, Dinha Tenório, uma executiva ouro que comanda com maestria a Objetiva Distribuidora, formam um casal top do top para quem desejamos tudo de melhor neste Ano Novo que chega nesta segunda. Feliz Ano Novo, amigos, vocês são especiais. Saudades!

Souvenir

O

ator Sylvester Stallone pagou 400 mil dólares, o equivalente a mais de 1,3 milhão de reais, para ficar com a estátua do boxeador Rocky Balboa que aparece no terceiro filme da série, lançado em 1982. A obra recém-adquirida pelo ator e produzida pelo escultor Thomas Schomberg para ‘Rocky III’ (1982) estava instalada no San Diego Gall of Champions, museu dedicado à história do boxe que encerrou suas atividades no início de 2017.

O

Imersão 2018

FOTO BY CHICO BRANDÃO

A

A

Maceió Shopping com horário diferenciado

O

O

A

Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT) fará interdições na parte baixa da cidade para garantir a segurança viária das pessoas que irão prestigiar a queima de fogos no Réveillon na orla de Maceió. Serão mobilizados 80 agentes de trânsito e fiscais de transporte estarão distribuídos para dar apoio às festividades no dia 31 de dezembro. Fiquem atentos. Os pontos de interdição podem ser conferidos no www.maceio.al.gov.br.

Réveillon em Maceió

Prefeitura de Maceió, por meio da Fundação Municipal de Ação Cultural (Fmac), informa que a tradicional queima de fogos da capital está garantida durante a noite da virada de ano. O show piromusical (fogos lançados ao ritmo de músicas festivas) acontecerá em cinco pontos da orla marítima e terá duração de 12 minutos.

Da Veneto Tratoria

Interdição na orla

Audifax e Wendell

coluna TopNews aproveita a oportunidade, na última coluna do ano, para desejar ao estilista Audifax Seabra e ao executivo Wendelle Seabra, um feliz 2018, que vocês, amigos, possam brilhar ainda mais no Ano Novo que chegou. Audifax, você é um mestre que a cada ano vem se superando juntamente com o seu amado Wendell. Feliz Ano Novo, amigos, saúde e sucesso sempre na vida de vocês!

dia 1º está chegando e com ele a Imersão System, que tem à frente os empresários Eraldo e Fátima Tenório e Carlos e Vanessa Palmeira, além de Marígia Tenório Attard, dá início à contagem regressiva para o embarque de mais de 150 jovens e adolescentes para Orlando, onde irão vivenciar uma das mais importantes experiências de suas vidas. Serão 30 dias perfeiçoando o inglês e visitando parques, shoppings, arenas esportivas e tudo mais. Será mais uma imersão que ficará na história da System. Parabéns, amigos!

já consagrado Da Veneto Tratoria, dos amigos e empresários Thiago Brandão e Mauro Filho, informa que retornará as suas atividades na próxima terça-feira (2), para você que quiser curtir um delicioso jantar de ano novo, num ambiente requintado e aconchegante. Feliz Ano Novo,. Amigos, que 2018 seja de muitas novidades e sucesso! Saudades, amigos.

restaurante Janga, que tem à frente os empresários Rodolfo, Nado e Francineide Freire, comunica aos nossos amigos que a casa encerra as suas atividades às 16h do dia 1º e abre normalmente no dia 1º para almoço e jantar. Feliz ano novo amigos, que 2018 seja um ano de muitas realizações.

E

lenilson Gomes aproveita a última coluna do ano para desejar a todos os amigos e leitores TopNews um feliz Ano Novo, que 2018 seja um ano de muita paz interior, saúde mil, que todos os nossos sonhos sejam realizados com essa nova história que começamos a viver em 2018. Seguimos a vida informando, divulgando os grandes acontecimentos do Estado e enaltecendo os grandes valores no empresariado, cultura, medicina, enfim, em todos os segmentos. Feliz Ano Novo, amigos, que 2018 seja de muitas vitórias! FOTO BY ARQUIVO PESSOAL

Maceió Shopping continua com horário ampliado para facilitar as compras durante o mês de dezembro e nestes últimos dias de 2017. Até 30/12 – Todas as lojas e praça de alimentação funcionam de 09 até 23h; cinemas funcionam de acordo com a programação normal; Dia 31/12 – Todas as lojas e praça de alimentação funcionam de 09 até 20h; cinemas fechados; Dia 01/01/18 – Praças de alimentação funcionam de 12 até 21h; lojas fechadas; cinemas funcionam com programação normal. Durante este período de funcionamento com horário ampliado, aos domingos, das 9h às 15h os consumidores estão isentos do pagamento da taxa de estacionamento.

O

Favo de Mel em 2018

tradicional Buffet Favo de Mel, que tem à frente os empresários José Maurício Cansanção, Alexandre e Leninha Machado, desejam a todos os seus clientes um feliz ano-novo. Em 2018, o tradicional buffet, com mais de 35 anos de atuação, estará mais uma vez preparado para realizar a festa dos seus sonhos. A equipe Favo de Mel prepara grandes novidades nas gastronomia internacional. Aproveitamos para desejar um feliz ano novo para todos que fazem o tradicional buffet. Feliz ano-novo!

J

Turismo econômico

aneiro costuma ser um dos meses do ano mais procurados pelos viajantes, devido à festa de Réveillon bem como as férias. Essa alta demanda pode contribuir para um aumento no valor das passagens aéreas, especialmente na primeira semana do ano, tendo em vista as férias coletivas. A boa notícia é que, a partir de fevereiro, o preço dos e-tickets já demonstram queda, viabilizando a aguardada viagem do ano para os turistas mais econômicos.

Morena Rosa no Réveillon

Maria Antonieta Restaurante

a última coluna do ano, TopNews e a empresária Márcia Maciel trazem para os nossos leitores, em especial para as nossas amigas, um belíssimo modelo da conhecida grife Morena Rosa para você usar neste dia 31. Com o modelito você começará o ano no mais alto estilo. A coleção réveillon Morena Rosa’18 as nossas amigas poderão encontrar na Maison Márcia, localizada na Rua Mário de Gusmão, Ponta Verde. Vale a pena conferir!

opNews aproveita a oportunidade para parabenizar e aplaudir os empresários Leopoldo, Dedé e Breno Gama, eles que comandam com sucesso o consagrado restaurante Maria Antonieta e o Armazém Guimarães. Nomes de sucesso que ao longo dos dias se solidificam como experts em administração. Não poderíamos deixar de parabenizar pelo brilhante trabalho realizado na gastronomia alagoana. Parabéns, amigos, um feliz Ano Novo para vocês! Que o ano de 2018 seja de muita paz, de muito sucesso. A trajetória de vocês é merecedora da nossa admiração e dos nossos aplausos.

N

T

E

las são mulheres de sucesso, elas sem se destacam em nossas reuniões sociais e empresariais em nossa sociedade, elas são Ruth Rocha, Cacilda Sampaio, Mariza Pacheco e Silvia Nonô, elas passam a virada do ano em grande estilo, cercadas de muito amor dos familiares. Aproveitamos a oportunidade para desejar um feliz 2018 para todas vocês, amigas queridas. Feliz Ano Novo!


ANO 5 |331

UM BANHO DE ESTILO!

TATIANA ALVIM ESTREIA NOVA TEMPORADA DO QUADRO BANHO DE LOJA NO

PROGRAMA + ESTILO

TRANSFORMANDO O VISUAL DOS TELESPECTADORES DA TV PAJUÇARA

RÉVEILLON

LÉO SANTANA ENTRE AS ATRAÇÕES DO CELEBRATION


EDITORIAL O calor dos trópicos traz novidades para a telinha da TV Pajuçara... quando estava no hospital paulista tratando de um câncer a primeira dama de Maceió Tatiana Palmeira começou a descobrir outros interesses. Mexendo na internet, descobriu a consultoria de estilo. Isso fez com que seus olhos brilhassem. Serviu de estímulo para atravessar aquele momento difícil. Fez um curso de formação, em São Paulo, e começou a atuar na área. Daí para receber o convite para ser a nova titular do famoso quadro Banho de Loja – do programa +Estilo (exibido aos sábados na Record TV) – foi um pulo... E esse assunto, claro, tinha que virar capa e recheio desta edição... Há muitas pessoas que acreditam que a energia do réveillon pode fazer a diferença para o próximo ano. Por isso, a escolha sobre onde começar 2018 e qual o tipo de festa, deve ser feita com cuidado. Nossa coluna Luxo! – em edição especial de página dupla – tem opções diversas para cada público: das baladas tradicionais a festas mais sofisticadas, private, passando por celebrações pé na areia para atrair boas vibrações e possibilitar o contato com a natureza. Por isso, selecionamos os principais eventos dos mais variados estilos pelo Brasil e mundo afora... Mas já que estamos na capital do Réveillon, o Celebration trará Léo Santana, abrindo a festa da virada, com muita swingueira, Gusttavo Lima, Bell Marques e Aviões revezam o palco para cantar sucessos do universo sertanejo, só as antigas do axé e muito forró eletrônico, além dos hits do verão ao som do DJ Pitão. Já a tenda eletrônica (com ambiente climatizado) promete ferver a pista com 12 horas de set-list nas pick-ups que começam a agitar o público a partir das 21h, com DJs Ale Rauen (SP), ‎Kiko Franco (SP), ‎Rawa (RJ) e muito mais... Cerca de 12 mil pessoas são esperadas para festa assinada por Sérgio Feitosa, CEO da Celebration Entretenimento, em conjunto com as maiores produtoras do Nordeste... Para quem deseja comemorar a virada do ano ao lado do fenômeno artístico Pabllo Vittar... ele(a) virá a Maceió como principal atração do réveillon Virada 2018, da Cool. A festa da virada, que acontece a partir das 23h do dia 31 de dezembro, no Armazém Uzina, também traz o samba da alagoana Naná Martins e a discotecagem do grupo Boom Drag, além da celebridade digital Lana Almeida e do DJ carioca Rafael Newbold... Neste ano, Carneiros (PE) e Pipa (RN) entram na lista de cidades que recebem festas bacanas durante a temporada, junto com Jericoacora (CE), Trancoso (BA), Barra Grande (BA), São Miguel do Gostoso (RN), Fernando de Noronha (PE) e, claro, São Miguel dos Milagres, em Alagoas – onde chiques e famosos são esperados aos montes... Quer mais?!? Isso é Tudo! – o último do ano...

James Silver editor

Presidente - José Paulo Gabriel dos Santos Dir. Adm/financeiro - Flávio Miguel Peixoto Editor Geral - Ricardo Castro Dir. Comercial - Marilene Canuto Comercial: 082.3311.1330 Redação: 082.3311.1328

James Silver | Editor especialmente convidado Marcelle Limeira | Assistente de produção Diagramação | Jonathan Canuto

2 | Maceió - Domingo, 31 de Novembro de 2017

| Tribuna Independente

BEAUTY

make nova ANO NOVO,

NA CONTAGEM REGRESSIVA PARA O INÍCIO DE UM NOVO CICLO, GARIMPAMOS PRODUTINHOS PARA ARRASAR NA VIRADA DO ANO EDIÇÃO JAMES SILVER FOTOS DIVULGAÇÃO

Água Termal Mineralizante (R$ 49,90 150g) Vichy enriquecida com 15 minerais raros. Acalma, refresca, fortifica e hidrata a pele, além de prevenir o envelhecimento precoce

Effaclar BB Blur Pó (R$ 99,90) La Roche-Posay transforma imediatamente a superfície e a tonalidade da pele. Esta é uma opção de maquiagem leve para quem sofre com oleosidade e brilho durante o dia

Arctic Holiday – Matte Lipstick (R$ 89,90) KIKO Milano com acabamento mate extremo tem uma aplicação agradável e confortável, depositando uma cor pura e intensa, que reveste os lábios com tonalidades modernas

Sombra Metal Crush (R$ 119,00) Kat Von D se espalha facilmente proporcionando um tom incrivelmente intenso e metalizado. Sua fórmula conta com o Color-Soaked Concentrate™, uma técnica em que o pó de alta pigmentação é processado de uma maneira exclusiva, garantindo que cada partícula fique uniforme e suave para um efeito cremoso e radiante. É uma das melhores técnicas de pigmentação e perolamento encontradas em uma sombra de longa duração

Lustrous Faves (R$ 115,00) MAKE UP FOR EVER contém um Artist Metallic Gloss e um iluminador Star Lit Powder. Os dois produtos oferecem brilho para a make, destacando olhos e bochechas

Iluminador Facial Glowing Finish (R$ 89,90) Mary Kay nas cores Gold, Silver e Bronze


Tribuna Independente | Maceió - Domingo, 31 de Novembro de 2017

|3

BEAUTY

Air Blush (R$ 255,00) Marc Jacobs Beauty vem com duas cores, para customizar e criar a maquiagem que mais combina com você

Delineador Monsieur Big (R$ 159,00) Lancôme é ultra flexível, que desliza pelas pálpebras, deixando uma linha intensamente preta, com acabamento vinil. A fórmula é resistente à água

Arctic Holiday – Eyeshadow Palette (R$ 149,90) KIKO Milano paleta com sombras compactas com acabamentos diferentes: metálico, acetinado e mate

Bright Future Skin Tint SPF 25 (R$ 99,00) Sephora Collection oferece benefícios como proteção solar, luminosidade, cobertura e tratamento em um único produto

Máscara Monsieur Big (R$ 139,00) Lancôme seu pincel ondulado e sua fórmula garantem 12 vezes mais volume instantaneamente! Monsieur Big possui pigmentos de carvão e sua fórmula, na cor preta profunda, é intensificada por pigmentos que captam e refletem a luz

Radiance Primer (R$ 199,00) Smashbox traz um brilho natural para a pele a partir de uma hidratação profunda, que reduz a aparência dos poros, linhas finas e imperfeições

Paleta Alchemist (R$ 209,00) Kat Von D traz pérolas refrativas 360°, mergulhadas em um revestimento prismático para oferecer o dobro do poder transformador. Cada um dos quatro tons da paleta absorve luz de todos os ângulos para criar um espectro de efeitos luminosos especiais, perfeitos para acabamentos personalizados e para explorar sua veia artística

Rouge Balm SPF 20 (R$ 65,00) Sephora Collection hidratante labial, com fórmula em gel, que oferece fator de proteção solar 20, além de colorir e hidratar os lábios


xxx

LUXO

4 | Maceió - Domingo, 31 de Novembro de 2017

| Tribuna Independente

Por James Silver | jamessilver@smag.al

Virada MIAMI (EUA)

Considerado um dos hotéis mais concorridos para a o réveillon, o luxuoso e icônico W South Beach, que já hospedou nomes como Madonna e Leonardo Di Caprio, receberá as principais festas da região de Miami Beach. A festa principal será na área da piscina, que é cercada de palmeiras, conhecida como WET deck. Como atração principal terá as irmãs gêmeas australianas Miriam e Olivia, com o duo eletrônico Nervo. As irmãs são conhecidas por terem criado e também produzido músicas para Kylie Minogue, Steve Aoki, David Ghetta, conquistando inclusive um Grammy com a música “When love takes over”. A dupla também já participou dos principais festivais de música no mundo como o Tomorrowland e Lollapalooza. Entre os hits da noite vão figurar “Anywhere you go”, Alone” e “Forever and Nothing”. Os ingressos vão US$1.800 a US$15.000.

Há muitas pessoas que acreditam que a energia do réveillon pode fazer a diferença para o próximo ano. Por isso, a escolha sobre onde começar 2018 e qual o tipo de festa, deve ser feita com cuidado. Tem opções diversas para cada público: das baladas tradicionais a festas mais sofisticadas, private, passando por celebrações pé na areia para atrair boas vibrações e possibilitar o contato com a natureza. Por isso, selecionamos os principais eventos dos mais variados estilos pelo Brasil e mundo afora. Confira.

RÉVEILLON

celebration

O maior réveillon all inclusive do Brasil, o Réveillon Celebration, realiza a sua 14ª edição com o tema “O Brasil celebra aqui”, num dos mais belos cartões-postais da capital alagoana, a beira-mar de Maceió. A praia queridinha dos amantes do surf, localizada em Cruz das Almas, promete as melhores experiências na festa da virada 2018. Com o clima praiano da estação mais quente do ano, os pontos altos da festa são as atrações musicais de peso, o open bar premium, o cardápio diversificado, a tenda eletrônica e uma bela queima de fogos para receber 2018 em grande estilo. Uma das novidades deste ano no palco do Réveillon Celebration é a presença de quatro atrações musicais que estão nas paradas de sucesso. Léo Santana é quem abre a festa da virada, com muita swingueira, chamando para a contagem regressiva para 2018. Gusttavo Lima, Bell Marques e Aviões revezam o palco para cantar sucessos do universo sertanejo, só as antigas do axé e muito forró eletrônico, além dos hits do verão ao som do DJ Pitão. Já a tenda eletrônica (com ambiente climatizado) promete ferver a pista com 12 horas de set-list nas pick-ups que começam a agitar o público a partir das 21h, com DJs Ale Rauen (SP), ‎Kiko Franco (SP), ‎Rawa (RJ) e muito mais. Uma atração a mais da 14ª edição do Réveillon Celebration, montado numa estrutura de 33 mil m², é o Palco Abraço 360º. Localizado na Arena Hapiness, o novo espaço vai proporcionar o registro dos melhores momentos da chegada de 2018, com a visão geral do evento para as fotos. Também na Arena Hapiness, os 200m de comprimento de balcão do bar garantem o serviço de bebidas para quem vai curtir a chegada do ano novo na curtição do espaço ‘pé na areia da festa’ e assistir às atrações musicais no palco com 60m de cenário repleto de efeitos especiais. Para atender ao estilo de diversos públicos, o Réveillon Celebration montou sete ambientes diferentes, com decoração assinada por João Curvelo. Da ‘Arena Hapiness’ - um espaço ‘pé na areia’ para assistir aos

shows no clima praiano - ao Lounge Premium - área mais luxuosa da festa de fim de ano -, o público tem ainda as opções do ‘Front Make a Wish’; ‘Lounge Hope’, ‘Lounge Love’ e ‘Lounge Individual’; e o conforto da mesa com seis cadeiras do ‘Espaço Joy’. Para cada ambiente, foi elaborado um cardápio específico para as opções de comidinhas, como salgados, doces, mesa de frios, frutas e café da manhã. Na Arena Hapiness, o buffet Sabor Ami comanda o serviço da Praça de Alimentação. E a chef Tatiana Brasil, do buffet Gourmeteria, lidera o serviço gastronômico no Front Make a Wish e também nos lounges do evento - nesses espaços, a comida japonesa do Tuna Sushi e Tepan completam as opções. No Lounge Premium, também assinado pelo buffet Gourmeteria, tem ainda a exclusividade de um prato especial do Wanchako, o famoso arroz de polvo. Para acompanhar, whisky importado 8 anos e 12 anos, vodka nacional e importada, energético, espumante, cerveja, refrigerante e água estão entre as opções de bebidas servidas nos ambientes. Cerca de 12 mil pessoas são esperadas para o Réveillon Celebration, que conta com mais de dois mil colaboradores no staff - dentre as equipes de limpeza (cuidando de todos os detalhes, inclusive os 300 banheiros de alvenaria), segurança, garçom, produção, iluminação e som. De acordo com Sérgio Feitosa, CEO da Celebration Entretenimento, a união das maiores produtoras do Nordeste aconteceu para abrilhantar ainda mais o sucesso do Réveillon Celebration. “Ter este ano a Premium Entretenimento e a Luan Promoções organizando, junto com a Celebration Entretenimento, o maior réveillon all inclusive do Brasil, só consolida ainda mais o sucesso deste evento, que movimenta toda economia do estado, principalmente a cadeia hoteleira e gastronômica. É incontestável que nossa capital já é o segundo destino mais desejado do Brasil durante esta época do ano, já que temos a temporada mais quente e agitada do país”, afirma Sérgio Feitosa.

MILAGRES

A cerveja Corona confirma presença em mais um período do réveillon, sob sua assinatura This Is Living, que incentiva o público a viver momentos ao ar livre, na companhia de amigos e um inesquecível pôr do sol. O projeto da continuidade ao “Summer Trip Corona”, que durante o ano selecionou um consumidor da marca para conhecer diversas cidades do Brasil junto com três amigos, e se encerra em um dos destinos do réveillon. Neste ano, Carneiros (PE) e Pipa (RN) entram na lista de cidades que recebem a marca durante a temporada, junto com Jericoacora (CE), Trancoso (BA), Barra Grande (BA), São Miguel do Gostoso (RN), Fernando de Noronha (PE) e, claro, São Miguel dos Milagres, em Alagoas – onde a cerveja Corona já marcou presença durante o mesmo período dos últimos anos. O Corona Sunsets já passou também pelas cidades de São Paulo, Angra dos Reis, Florianópolis e Rio de Janeiro e promete ter mais oito edições históricas nestes paraísos. Após a abertura de sua exposição em Miami, o paulista Sanches desembarcou em São Miguel do Milagres, durante o período do Réveillon. Entre os dias 26 de dezembro e 03 de janeiro, o artista plástico realizará intervenções por algumas casas, ruas, bares e praças da cidade, utilizando-se de sua técnica característica de lettering com cores, para espalhar mensagens de prosperidade e esperança para o ano que se iniciará. É por lá que acontece o ‘Réveillon dos Milagres’, realizado pela produtora Tamo Junto em parceria com a Fishfire, que recebe festas temáticas diversas no período entre o Natal e Ano Novo. Sanches ainda desenvolverá um painel que será mapeado com luzes e projeções para o evento Music Motion, que acontece no dia 27 de dezembro. “Fiquei muito feliz com o convite para levar minha arte a esse destino tão especial do Brasil. O que realizarei no réveillon poderá ser curtido e apreciado o ano todo pela comunidade local.”, comenta o jovem artista de 25 anos.


Tribuna Independente | Maceió - Domingo, 31 de Novembro de 2017

LUXO

|5

Por James Silver | jamessilver@smag.al

SÃO PAULO

festas’18

Pabllo vittar

Para quem deseja comemorar a virada do ano ao lado do fenômeno artístico Pabllo Vittar... ele(a) virá a Maceió como principal atração do réveillon Virada 2018, da Cool. Os ingressos para a noite da virada custam R$ 140 o ingresso para a área pista e R$ 270 a área K.O. (open bar). Os tickets estarão a venda em diversos pontos físicos: nos estandes do Acesso VIP ou do Viva Alagoas, ambos localizados no Maceió Shopping, no Parque Shopping e Unicompra Farol. Além da loja do Folia Brasil, no G Barbosa Praia, ou na Central de Ingressos, situada no Extra Mangabeiras. A festa da virada, que acontece a partir das 23h do dia 31 de dezembro, no Armazém Uzina, também traz o samba da alagoana Naná Martins e a discotecagem do grupo Boom Drag, além da celebridade digital Lana Almeida e do DJ carioca Rafael Newbold. O evento é para maiores de 18 anos e conta com o apoio das empresas Hotel Tropicalis, Janga Restaurante, Bodega do Sertão e Fisioteravida.

PARA ELAS | Confeccionado para um público que valoriza a elegância e a sofisticação, o mix da Invoice Calçados se traduz em propostas exuberantes e repletas de brilho, se configurando como a opção ideal para acompanhar a mulher contemporânea nas festas de fim de ano. Em versões que passeiam dos metalizados às aplicações, a coleção exala requinte de maneira plural.

PARA ELES | Para as festas de fim de ano em grande estilo! Para acompanhar a energia leve e atrair as mais positivas vibrações para 2018, a dica da Mormaii é apostar na trend dos White Sneakers, que chegou faz algumas temporadas e promete não sair de cena tão cedo. De shape suave em contraponto com linhas arrojadas nos modelos são opções perfeitas para acompanhar a vida agitada e impactante da galera jovem que é hiperconectada à natureza e aos esportes ao ar livre.

Maresias | Considerado o principal beach club do litoral paulistano, o Parador Maresias receberá o Réveillon Fire Up com os principais DJS da nova cena paulistana, entre eles: Marc Ransson e Marco Violent, mais conhecidos pelo codinome Hot Bullet, o DJ Soldera, residente do Anzuclub, extinta casa noturna de Itu considerada uma as 100 melhores pela DJ Mag, o DJ Edu Zottini e o músico Almir Sax. O day club, que possui mais de 1.000 m2 e passagem direta para a praia de Maresias, promete um réveillon inesquecível no litoral de São Paulo. A partir de R$ 6.000,00* (Camarote para 10 pessoas com garçom, espaço privativo e bebidas)

Tivoli Mofarrej | Pelo 6º ano consecutivo, o hotel Tivoli Mofarrej São Paulo, que recentemente conquistou o oscar da hotelaria com a melhor suíte presidencial do país, abrirá as portas para o Réveillon ‘Celebre 2018’, que foi eleito um dos mais badalados da capital paulista. A virada reunirá todo o jet set paulistano com atrações especiais. Produzido pela MAK, agência de Brand Experience e Live Marketing, a edição de 2018 contará com open bar, jantar especial, além dos DJs Mau Garcia, Ludmila Prado e a tradicional escola de samba paulistana Rosas de Ouro. E para os convidados que adoram começar o ano com pé direito, a festa ainda terá cartomantes e tarólogas para consultas e previsões. Preços: R$750* (masc) e R$550* (feminino) Campinas | O Réveillon 2018 no Royal Palm Plaza, localizado em Campinas e eleito o melhor hotel do país pela revista Viagem & Turismo este ano traz como atração principal na virada do ano, o show do Monobloco, grupo carioca consagrado por trazer diversos ritmos e estilos musicais à batida do samba. Outra atração da programação, no dia 30 de dezembro, a partir das 21h30, é MC Maloka, sucesso no Youtube e que trazstand up comedy para adultos, com diversas paródias de músicas famosas, principalmente com os sucessos das duplas sertanejas, como João Neto & Frederico e Fernando & Sorocaba. Toda a família confere atividades como campeonato de tênis de mesa, grupo de corrida, comedy show com monitores, clínica de tênis, futebol de sabão, teatro Miniville com os personagens Fofa Flor, Currupaco Paco e comandante Átila, show de mágica, slackline, badminton e a corrida São Silvestrinha – que acontece dia 31 de dezembro, às 18h.

Para celebrar o ano novo em grande estilo a marca alagoana Gabriela Fantin Acessórios preparou uma coleção cheia de glamour e brilho. As peças estão ainda mais ricas e bem trabalhadas como as comemorações de fim de ano pedem. A nova linha traz: body chains, chockers marcantes, sobreposição de colares, mix de pulseiras, maxibrincos... Tudo que você precisa para celebrar com muito estilo esse réveillon. Sobre a temática da campanha a designer Cil Oliveira afirma que “Em 2018 desejamos que nossas clientes celebrem as coisas mais importantes! Celebrem o amor, a família, os amigos, a vida! Celebrem sempre! Celebrem com GF!” Os acessórios são uma excelente escolha para arrematar as composições nesse fim de ano.

RIO

DE JANEIRO

A festa New Year’s Party 2018 acontecerá no terraço do hotel Laghetto Stilo Barra Rio, com a vista incrível da Praia da Barra. O evento é open bar (espumante incluído) e terá como atrações DJ e a apresentação da Banda Woodlab, uma das mais animadas e irreverentes da cena rock, que fará um show especial, tocando algumas músicas do novo albúm lançado pela Universal e uma homenagem a diversas bandas nacionais, que fizeram sucesso nos anos 90. O menu será de finger food, como tábua de queijos e frios, pães, sanduíches, ilha de frutas e doces. Preço: R$450*


6 | Maceió - Domingo, 31 de Novembro de 2017

| Tribuna Independente

CAPA

A consultora Tati Alvim propõe uma transformação no visual das telespectadoras do programa +Estilo na reestréia do quadro Banho de Loja (gravado em meio ao mix de lojas do Maceió Shopping)

estilo UM BANHO DE

TATIANA ALVIM ESTREIA NOVA TEMPORADA DO QUADRO BANHO DE LOJA NO PROGRAMA +ESTILO TRANSFORMANDO O VISUAL DOS TELESPECTADORES DA TV PAJUÇARA DA REDAÇÃO FOTOS NIHELI BRAGANTI

É com o propósito de democratizar o luxo que o Mais Estilo reestréia neste sábado, 30, na TV Pajuçara um quadro consagrado – o Banho de Loja – com nova colaboradora: Tatiana Alvim. O projeto ganha o reforço e expertise da consultora de estilo para transformar o look dos telespectadores. “Esse é um programa que sempre acompanhei e adoro, pois garante informação de qualidade e muita descontração principalmente para o público feminino alagoano. Daí ter recebido com tanta honra esse novo desafio”, comenta Tatiana. Se você ainda não ligou o nome à pessoa... a nova colaboradora – advogada por formação – é a primeira dama de Maceió, Tatiana Araújo Alvim Palmeira. Essa brasiliense – filha de paraibana e alagoano – veio morar em Maceió aos 16 anos e hoje divide-se entre a nova empreitada profissional, os compromissos ao lado do prefeito Rui Palmeira e os cuidados com as filhas Beatriz e Isabele. O convite para integrar o cast do programa surgiu durante participação de Tatiana no quadro Gourmet, onde o Chef Breno Gama – que comanda as caçarolas do charmoso restaurante Maria Antonieta – cozinha para os convidados enquanto James Silver os entrevista. Durante a conversa gravada na Cozinha Gourmet da Bontempo o jornalista descobriu uma nova faceta profissional da primeira dama. No período de três meses em que permaneceu em um hospital em São Paulo, tratando um câncer no sistema

linfático, Tatiana encontrou uma nova profissão. “Quando um episódio desses acontece, você muda. Eu tinha um cotidiano muito corrido, trabalhava muito. Aí você começa a refletir sobre qualidade de vida. O quanto vale a pena correr, tanto é que, quando estava no hospital, comecei a descobrir outros interesses. Mexendo na internet, descobri a consultoria de estilo. Isso fez com que meu olho brilhasse. Serviu de estímulo para mim”, relembra. Logo em seguida já fez um curso de formação, também na capital paulista, e começou a atuar na área. Agora ela empresta seu conhecimento para fazer uma completa transformação no visual das telespectadoras do programa. Desde o estudo da colorimetria recomendada para a pessoa, passando pela escolha de looks e sugerindo uma make adequada e um novo corte de cabelo. Tudo para garantir, principalmente, uma mudança interna – uma ganho significativo de auto estima. Com a apresentação de James Silver, o Mais Estilo, mostra o universo do lifestyle. Trazendo ainda culinária, bem estar (com a nutri Viviane Ferreira), moda (com Belle Acioly) e a cobertura de grandes eventos com o quadro Ahazza apresentado por Flávio cansanção. Uma atração repleta de grandes oportunidades para quem quer se aproximar à mulher alagoana e conquistar excelentes resultados.

+Estilo O programa de entretenimento exibido na TV Pajuçara – afiliada Record TV – todos os sábados às 14h


Tribuna Independente | Maceió - Domingo, 31 de Novembro de 2017

|7

zik

zenitaalmeida@gmail.com

Ela representa exatamente o que nossa mensagem de um feliz ano novo quer enfatizar: que a amizade, a garra, a força e o amor dominem as nossas ações, a nossa vida. Assim é essa lutadora, a Diretora Comercial da Tribuna Independente, Marilene Canuto. E com essa homenagem a ela queremos representar todos os nossos colegas – gráficos e jornalistas – que há 10 anos batalham para fazer desse jornal uma realidade

3,2,1...

Hoje se encerra mais um ano e o mundo inteiro vive a festa da celebração universal. Luzes brilham ao redor do planeta, onde o clima é de total beleza e romantismo, festa, muita festa. Esta é minha última coluna deste ano e eu aproveito para deixar com vocês um texto do saudoso poeta e escritor Mário de Andrade, do qual tenho uma verdadeira admiração pelas obras, e que sirva como reflexão para todos nós. “Contei meus anos e descobri que terei menos tempo para viver daqui pra frente do que já vivo até agora. Tenho muito mais passado do que futuro. Sinto-me como aquele menino que recebeu uma bacia de cerejas. As primeiras ele chupou displicente, mas percebendo que faltam poucas, rói o caroço. Já não tenho tempo para lidar com mediocridades. Não quero estar em reuniões onde desfilam egos inflamados. Inquieto-me com invejosos tentando destruir quem eles admiram, cobiçando seus lugares, talentos e sorte. Já não tenho tempo para conversas intermináveis, para discutir assuntos inúteis sobre vidas alheias que nem fazem parte da minha. Já não tenho tempo para administrar melindres de pessoas, que apesar da idade cronológica, são imaturas. Detesto fazer acareação de desafetos que brigam por majestosos cargos. As pessoas não debatem conteúdos, apenas os rótulos. Meu tempo tornou-se escasso para debater rótulos, quero a essência, minha alma tem pressa. Sem muitas cerejas na bacia, quero viver ao lado de gente humana, muito humana, que sabe rir de seus tropeços, não se encantam com triunfos, não se considera eleita antes da hora, não foge de sua mortalidade. Caminhar perto de coisas e pessoas de verdade. O essencial faz a vida valer a pena. E para mim basta o essencial” Desejo a todos os meus leitores um sorriso como forma mais simples de encarar os desafios, que todos os nossos medos não nos afaste da nossa FÉ. Que o nosso coração seja a forma mais honesta de lutar pelos nossos sonhos. Que o ano de 2018 venha cheio de amigos, que cada um de nós possa ser melhor para nós mesmo e para os outros. Servindo, amando, perdoando e ajudando nas transformações do planeta.


Edição número 3053 - 30 e 31 de dezembro de 2017  
Edição número 3053 - 30 e 31 de dezembro de 2017  

tribunaindependenteediçãodigitaltribunahoje

Advertisement