Page 1

EXEMPLAR DO ASSINANTE

MACEIÓ - ALAGOAS 28 E 29 DE OUTUBRO DE 2017

EDIÇÃO N0 3.013

R$ 4,00

INDEPENDENTE

tribunahoje.com

ENTREVISTA CIENTISTA POLÍTICA EXPLICA PORQUÊ A SOCIEDADE ESTÁ DESMOBILIZADA

GRETCHEN CURTE NOVA FASE DE SUCESSO NA CARREIRA

Para a cientista política Luciana Santana, a passividade com que a sociedade assiste ao desmonte do Brasil deve-se ao fato de a condução da agenda política do governo Temer atender às lideranças do movimento que derrubou Dilma e à acomodação da esquerda pós-eleição de Lula em 2013. PÁGINA 2

Aos 58, Gretchen está curtindo nova fase na carreira. Após o sucesso com a participação no clipe Swish Swish, de Katy Perry, assinou contrato para a Família Miranda, que se mostrará em reality, e está lançando uma loja de camisetas no e-commerce. SUPLEMENTO

Ministro ofende jornalista alagoano em rede social e sindicato aciona MP MARX BELTRÃO, DO TURISMO, NÃO GOSTOU DE REPORTAGEM PRODUZIDA POR DAVI SOARES NO SITE DIÁRIO DO PODER E O ATACOU EM UM GRUPO DE WHATSAPP QUE AMBOS PARTICIPAM. “MAU CARÁTER DE CARTEIRINHA, PICARETA”, DISSE O MINISTRO. “VOCÊ É VIGARISTA QUE RECEBE PARA FAZER MATÉRIA TENDENCIOSA. VOU TE PROCESSAR”, DISSE AINDA. O JORNALISTA RESPONDEU QUE TEM ADVOGADO PARA SE DEFENDER E O SINDJORNAL ANUNCIOU QUE VAI LEVAR O CASO AO MINISTÉRIO PÚBLICO ESTADUAL. PÁGINA 4 SANDRO LIMA

CIDADÃO DE MACEIÓ

JOÃO DÓRIA DIZ QUE CANDIDATURA A PRESIDENTE SERÁ DEFINIDA EM JANEIRO O prefeito João Dória, de São Paulo, agora é também cidadão maceioense. Ele recebeu o título ontem, em solenidade que contou com a presença do também tucano Rui Palmeira, prefeito de Maceió. À imprensa, Dória disse que em janeiro sairá a decisão sobre se será candidato a presidente da República. “O que posso garantir”, disse ele, “é que em 2018 o PSDB estará unido”. PÁGINA 3 SITUAÇÃO ENDÊMICA

FORÇAS ARMADAS TAMBÉM SOFREM COM CASOS INTERNOS DE CORRUPÇÃO

EM SOLENIDADE, prefeito João Dória faz sinal de agradecimento pelo título de cidadão maceioense que recebeu

PÁGINA 7

IGOR COUTO / CORTESIA

SÉRIE B

CRB PERDE PARA O FIGUEIRA E FICA MAIS PERTO DO REBAIXAMENTO

O CRB flerta cada vez mais com o rebaixamento. Foi assim nesta sexta-feira diante do Figueirense, em Santa Catarina. Jogando mal, o Galo foi derrotado por 3x1 e ficou a uma posição da degola.

AGRESSÃO A IDOSOS

SÃO MIGUEL DOS MILAGRES, UM PARAÍSO À ESPERA DE TURISTAS A bela e badalada cidade espera receber mais de três mil turistas entre dezembro e janeiro. A expectativa é confirmada com recente destaque que ganhou na mídia nacional. PÁGINA 13

TEMPO

Bom a parcialmente nublado com possiblidades de chuvas em áreas isoladas

Mínima

23º

Máxima

30º

MARÉS

03:49 10:11

0.8m 1.5m

16:30 22:32

0.9m 1.6m

FINANÇAS

GRANDE MAIORIA DOS CASOS OCORREM DENTRO DA FAMÍLIA

Delegacias especializadas registraram este ano em Alagoas 1.995 casos de violência contra idosos. Negligência e abuso financeiro são as principais agressões. PÁGINA 9

DÓLAR COMERCIAL DÓLAR PARALELO R$ 3,24

R$ 3,25

R$ 3,19

R$ 3,42

OURO:

R$ 131,84

POUPANÇA: 0,4696%


TRIBUNAINDEPENDENTE

2 POLÍTICA MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 28 E 29 DE OUTUBRO DE 2017

Política

Existe um discurso hoje que é difícil de ser engolido pela sociedade: É melhor agora mantê-lo para ter estabilidade. É preferível aguentar até 2018 com essa suposta estabilidade econômica LUCIANA SANTANA CIENTISTA POLÍTICA

“Michel Temer desmobilizou a sociedade”

Para cientista política Luciana Santana, acomodação da esquerda após eleição de Lula também explica letargia

ESPLANADA LEANDRO MAZZINI - contato@colunaesplanada.com.br

EXTRA Debandada boliviana

C

ongressistas acompanham – e cobram – de perto o caso do pedido de asilo de dois bolivianos ao Governo do Brasil, até agora sem sucesso para os hermanos no Ministério da Justiça. Eles são o promotor Marcelo Ricardo Soza Alvarez e o segurança João José Laguna Saavedra. O promotor Sosa investigou a morte de três estrangeiros por forças oficiais do Governo de Evo Morales, e encontrou muita coisa estranha. Quer sair de lá.

El irlandés Um dos mortos é um irlandês cuja família não compreendeu até agora o que houve. Nos bastidores, há suspeita de que o governo boliviano pretende considerá-los terroristas.

E aí? O deputado Alfredo Kaefer (PSL-PR) mandou ofício para o ministro da Justiça, Torquato Jardim, pedindo providências sobre o caso. Evo vem ao Brasil mês que vem.

Bota-fora Aliás, no ofício enviado ao ministro, o deputado Kaefer frisa que “são quase 1.000 líderes bolivianos expulsos pela política do atual governo” de Morales.

Pé na porta Lula da Silva está com um pé no gabinete do Planalto caso não seja impedido pela Justiça de concorrer. Há discreto movimento de grandes empresários que admite apoiá-lo. A vitória depende do Barba. Se mantiver os índices na pesquisa, basta uma carta para a FIESP (elite paulista), CNI (industriais do País) e Febraban (bancos) garantindo que vai manter a política econômica e monetária do atual Governo.

Lula.. lá Com a bênção dessa turma e com o tradicional apoio das centrais sindicais, Lula está lá. Aliás, foi assim que, em 2002, com a Carta ao povo brasileiro, Lula sinalizou para o triunvirato que não romperia paradigmas; não teve apoio deles, mas não houve resistências. E ainda chamou um tucano, o Henrique Meirelles, para cumprir a promessa

Por fora Ciro Gomes (PDT) quer ser o candidato de centro-esquerda, principalmente ocupar o vácuo que Lula pode deixar se for impedido pela Justiça. Difícil será conquistar o coração dos petistas. O PDT acha que puxa até 10% dos eleitores de Lula para Ciro.

Pobre Minas A Vale lucrou R$ 7 bilhões no trimestre. Mas quer mais. É sócia da Samarco (que volta a operar em 2018, mas não construiu uma casa para atingidos da barragem em MG).

Hein!? Foi criada a Frente Parlamentar pela Defesa da Bicicleta como meio de transporte, com 209 excelências. Ganha 1 bombom quem provar que 10 deles tocam pedal toda semana.

What!? Com Donald Trump sem saber onde fica o Brasil, a Câmara agiu. Com 202 deputados, criou a Frente Parlamentar Mista pelo Fortalecimento das Relações Comerciais Brasil-Texas, o estado americano. Coisa inédita fora da relação bilateral entre países.

Postagem oficial Caiu Francisco Esquef, vice-presidente de Finanças que trabalhava para por as contas dos Correios em ordem. Assumiu Carlos Fortner, ligado ao ministro Gilberto Kassab (PSD), que controla a estatal. A assessoria dos Correios informou que “mudanças são naturais nas empresas, e visam o aperfeiçoamento da gestão”.

Tocando em frente Vencidas as duas denúncias na Câmara Federal, o presidente Michel Temer determinou aos ministros que façam um levantamento “minucioso” dos programas e ações para tentar passar a impressão de que o Governo não ficou paralisado.

Reforma voltou Longe dos holofotes desde que a primeira denúncia contra o presidente Temer chegou à Câmara, em julho, o secretário de Previdência Social do Ministério da Fazenda, Marcelo Caetano, já agendou encontros com líderes governistas na Câmara para articular a votação da reforma da Previdência. Mas o Congresso não quer mais.

Mistério Na última sexta, um sedan de luxo, que não era da Infraero, entrou o pátio e foi até a porta do Boeing do voo 2061 da Gol buscar uma passageira. Com Equipe DF, SP e Nordeste www.colunaesplanada.com.br contato@colunaesplanada.com.br Twitter @leandromazzini

SANDRO LIMA

CARLOS AMARAL REPÓRTER

O

s últimos catorze meses têm sido de muita turbulência política. O período em que o país passou a ser governado por Michel Temer (PMDB) é repleto de denúncias e escândalos de corrupção, inclusive envolvendo o próprio presidente da República. Mesmo assim, as mobilizações nas ruas brasileiras cessaram ou se tornaram incipientes. Não há mais aquele clamor em passeatas e panelas sendo batidas sempre ao se noticiar mais um caso de usurpação por parte dos detentores de mandatos públicos. A Tribuna Independente conversou com a cientista política da Universidade Federal de Alagoas (Ufal) Luciana Santana sobre esse fenômeno. Para ela, entre os principais fatores estão na atual agenda governamental que atende aos interesses da elite econômica e num processo de acomodação da esquerda após a eleição de Lula em 2013. Tribuna Independente – Tivemos há pouco tempo grandes mobilizações de rua que se diziam contrários à corrupção e, de repente, parou. Até mesmo dos setores ligados à esquerda. Qual a sua avaliação disso, por que não tem mais gente protestando na rua hoje no Brasil como há pouco tempo? Luciana Santana – Em relação aos movimentos à direita, aqueles que tiveram maior importância durante o processo de impeachment – inclusive eles tiveram importância decisiva em relação ao comportamento dos parlamentares – se explica muito porque houve mudança de posicionamento do governo. Se a gente pega as pautas, em comparação ao período com a Dilma [Rousseff, PT] e agora, a gente percebe que existe mudança e muitas dessas propostas atuais atendem a determinados segmentos que estavam por trás das manifestações [impeachment]. São grupos empresariais, bancada ruralista... Se a gente pega e analisa a fundo as propostas, a gente vê certa coerência também com o que pensam esses grupos. Isso explica um pouco esse tipo de comportamento e também é possível perceber que a preocupação maior daquelas manifestações não era o combate à corrupção, e sim um questionamento de posicionamento político contrário ao que defendia a Dilma e o PT. Tribuna Independente – Está muito claro o fato de que aquelas manifestações não eram contra a corrupção? Luciana Santana – Você pode acompanhar todo o comportamento desses movimentos tanto quanto o que está se vendo no cenário nacional. Os principais atores do governo Temer, no Executivo e no Legislativo, estão envolvidos em escândalos de corrupção. E com casos explícitos, com materialidade em relação ao envolvimento desses atores. Há processos tramitando. Há políticos que tiveram presença importante no processo de impeachment que estão presos, como o Eduardo Cunha [PMDB] que, eu diria, foi o principal responsável desde o primeiro momento ao aceitar o processo em 2015. A gente tem fatos concre-

Luciana Santana destaca que as mobilizações da sociedade encerraram e não eram contra à corrupção

Isso explica um pouco esse tipo de comportamento e também é possível perceber que a preocupação maior daquelas manifestações não era o combate à corrupção, e sim um questionamento de posicionamento político

A gente consegue perceber como funciona o jogo político. Existe uma barganha muito grande entre esses atores políticos que não existia com a Dilma. Essa força que o Temer tem hoje dentro do parlamento, mesmo reduzido um pouco agora depois das denúncias, vem da possibilidade de barganha

Se a gente pega as pautas, em comparação ao período com a Dilma [Rousseff, PT] e agora, a gente percebe que existe mudança e muitas dessas propostas atuais atendem a determinados segmentos que estavam por trás das manifestações

tos da existência de corrupção, inclusive nos grupos que tinham simpatia dos grupos que fizeram aquelas manifestações. Eu acredito que existia uma crítica muito séria em relação ao governo Dilma, o que é legítimo que exista porque todos os governos precisam ter oposição para serem mais responsivos à população. É importante haver dissenso na sociedade. Essa crítica se mostrou claramente nas eleições de 2014 quando Dilma venceu por margem bem apertada. Além disso, houve problemas sérios no governo Dilma em relação à condução da base de apoio... Tribuna Independente – O que houve de mais problemático nessa relação? Luciana Santana – A plataforma de governo durante a campanha eleitoral de 2014 foi praticamente negada, desde o primeiro momento. Principalmente no que diz respeito às questões econômicas. Na campanha não ficou claro a perspectiva de uma eventual crise econômica e isso era aventado nos bastidores por economistas que, independente de quem fosse o governo, a partir de 2015 enfrentaria uma crise econômica séria. Tinha já fatores internos que indicavam isso, como também uma conjuntura internacional desfavorável. A campanha da Dilma não deixou claro isso. E quando ela assumiu o mandato em janeiro de 2015 teve de enfrentar esse problema, esse desgaste. Tribuna Independente – A senhora falou em desgaste da Dilma, mas o Michel Temer, segundo as recentes pesquisas, possui impopularidade alta. Sua aprovação tem índice de margem de erro, mesmo assim isso não é suficiente para fazer os parlamentares a sequer permitir que ele seja investigado... Luciana Santana – Existe um discurso hoje que é difícil de ser engolido pela sociedade: ‘É melhor agora mantê-lo para ter estabilidade. É preferível aguentar até 2018 com essa suposta estabilidade econômica, com essa suposta melhoria nos indicadores econômicos, do que criar uma nova crise’. Estabilidade para quem? É preciso entender como funciona a política no âmbito da relação entre Executivo e Legislativo. Isso está ficando muito explícito a cada votação que acontece no Congresso Nacional, que tem foco maior por parte da imprensa. A gente teve vários casos, desde que o Temer assumiu. Reformas impopulares, como a trabalhista, por exemplo. Esses

processos de apuração em relação à conduta de determinados políticos, inclusive o presidente. A gente consegue perceber como funciona o jogo político. Existe uma barganha muito grande entre esses atores políticos que não existia com a Dilma. Essa força que o Temer tem hoje dentro do parlamento, mesmo reduzido um pouco agora depois das denúncias, vem da possibilidade de barganha, de troca, que era praticamente impossível de acontecer com a Dilma. Ou acontecia numa escala muito menor. Tribuna Independente – Falando do outro lado agora. O Temer tem implantado uma série de medidas impopulares, mas que agradam a elite, porém nem isso tem feito com que os setores atingidos por essas medidas se mobilizem. Porque há essa letargia? Luciana Santana – Na verdade, não tenho resposta pronta para isso. Até gostaria de investigar, pesquisar como a população está absorvendo isso [medidas do governo Temer]. Uma coisa é a gente ter uma percepção, ela avalia mal o governo. Mas tentar identificar o motivo de não reivindicar... Tenho algumas hipóteses, que tem a ver com a própria conjuntura dos movimentos e os partidos de esquerda no Brasil. A gente teve 13 anos de governos de esquerda, ou de centro-esquerda. Partidos ou grupos que passam muito tempo no poder sofrem desgaste natural. Administração na política acaba favorecendo isso. Se a gente pega desde 2003, quando Lula assumiu, a gente vinha tendo um comportamento da esquerda de mais acomodação. Já não tinha os sindicatos com força, em greves, manifestações. Claro que a conjuntura era mais favorável do ponto de vista econômico. Essa acomodação contribuiu para o processo de desorganização desses movimentos sociais e das instituições representativas de esquerda. Perdeu-se a oportunidade de criar canais de maior mobilização. Imagine o desgaste que é se apresentar como filiado ao PT, por exemplo. É enorme. Por quê? Porque desde 2013 começou a consolidar um processo anti-PT muito grande no Brasil. Nisso se leva junto o PCdoB, o PDT... As pessoas se identificarem ficou mais constrangedor, eu diria. Então, acaba se comprando muito esse discurso de que os partidos e os movimentos são todos iguais. Também tem muito de como a mídia focou esse desgaste que o PT sofreu nos últimos anos.


TRIBUNAINDEPENDENTE

Conjuntura

FLAVIO GOMES DE BARROS - flaviogomesdebarros55@gmail.com

“Está tudo acanalhado”

C

id Benjamin, jornal “O Dia”: “A frase acima é da lavra de um tio-avô meu, já falecido. Não o conheci, mas suas histórias eram famosas na família. Moreno escuro, quase mulato, simpático, usava brilhantina no cabelo e gostava de dançar. Diante das safadezas dos políticos (sim, elas já existiam na época!), afirmava como um mantra: “Está tudo acanalhado”. Talvez não haja expressão melhor do que esta do Tio João para definir o quadro brasileiro hoje. A gangue que dá as cartas no Planalto perdeu a compostura. Quem ainda não está preso corre atrás da imunidade e busca desculpas esfarrapadas para tentar escapar da punição. A compra de apoios num Congresso desmoralizado é aberta. Quando não para buscar a proteção de corruptos, para a aprovação de medidas que favoreçam empresas no assalto aos cofres públicos. A essa altura, os gângsteres nem tentam mais alegar inocência. Resumem-se a tentar desqualificar os denunciantes, lixando-se para a montanha de provas... É um desastre para o país a ideia de que todo mundo é corrupto e que a política é o terreno da roubalheira. Isso só serve ao imobilismo, à manutenção do status quo e ao aparecimento de aventureiros, salvadores da pátria e candidatos a ditadores. E, com isso, tudo vai ficar cada vez mais acanalhado mesmo.”

TV Mar O secretário estadual da Fazenda, George Santoro, e a médica Célia Rocha, ex-prefeita de Arapiraca, são os entrevistados desta 2ª feira, 30, do programa “Conjuntura”, na TV Mar, canal 25 da Net. O programa se inicia às 9h30, ao vivo, e terá reprises ao longo da semana, em horários diversos, até o próximo domingo.

Em alta Site Cada Minuto: “Pesquisa realizada por um grupo de empresários alagoanos revelou o nome do procurador-geral de Justiça, Alfredo Gaspar de Mendonça, como um dos mais cotados para ocupar uma vaga no Senado. Os números revelaram que Alfredo Gaspar é o candidato com maior índice de aceitação.”

Ampliação O senador Benedito de Lira, líder do PP no Senado Federal, anunciou, da tribuna da casa, a aprovação do Projeto de Lei 4450/2016, de sua autoria, que amplia a área da atuação da Codevasf em Alagoas. O projeto do senador Benedito de Lira contempla 82 dos 102 municípios do Estado com diversas ações.

Recado José Thomaz Nonô, presidente do DEM/AL, no ato de filiação ao partido de 60 jovens lideranças, de diversos municípios: “Vocês, jovens, não podem se omitir. Não podemos abrir mão dessa ferramenta tão importante que é o voto, porque, com todos os problemas, ainda não inventaram um sistema melhor.”

Exceção Em plena crise do setor sucroalcooleiro a Usina Coruripe consegue se destacar, ao ponto de receber da revista “Época” o prêmio “Melhor do Agronegócio”. Para Jucelino Sousa, presidente da empresa, “o prêmio confirma a eficácia das ações voltadas para a melhoria que implantamos nos últimos anos”.

Homenagem O prefeito Rogério Teófilo indicou dois nomes para constar nos selos comemorativos dos 93 anos de Arapiraca: Nelson Rosa, mestre de coco, embolador, poeta popular e Patrimônio Vivo da Cultura Alagoana, e o professor e servidor público José Rodrigues. A obliteração dos selos será 2ª feira, 10 horas, na Casa da Cultura.

Opinião Do deputado federal Jair Bolsonaro (PSC/RJ), sobre o ex-ministro Ciro Gomes (PDT): “Temos muitas coisas em comum. Nossa defesa é pelo Brasil, mas pecamos às vezes pelas palavras que dizemos. Ele uma vez perdeu a eleição presidencial porque falou que a missão mais importante da mulher era dormir com o marido.”

Sem votos para mais nada” RICARDO NOBLAT Jornalista, sobre a perda de espaços do presidente Michel Temer junto ao Congresso Nacional

* O desembargador Otávio Praxedes, presidente do Tribunal de Justiça, estará na AMA na próxima segunda-feira, dia 30, para falar sobre o programa “Moradia Legal”, de regularização fundiária, que já tem adesão de 25% dos municípios alagoanos. * Já a partir das 11 horas a AMA reúne prefeitos e o Ministério Público Estadual, para um novo debate que tem como objetivo evitar demandas judiciais contra os municípios e seus gestores. O Procurador Geral Alfredo Gaspar de Mendonça participará. * Um projeto organizado por alunos de Teatro da Ufal, o “Manifestarte”, recebe neste sábado crianças para apresentação de “Dando asas à imaginação”. A partir das 13 horas, no Espaço Cultural da Ufal, na Praça Visconde de Sinimbu. Acesso gratuito. * Neste sábado, no espaço Middô Eventos, a cantora Leila Maria apresenta “Billie, Ella & Eu”, show com músicas de Billie Holiday e Ella Fitzgerald, ícones da música internacional. A partir das 22 horas. Contato e informações: 3235.5301 / 99928.8675. * O programa “Aplauso” deste final de semana é dedicado à cantora Elza Soares, nome de destaque na música brasileira. Sábado, das 15 às 17 horas, na AM; domingo, das 10 horas ao meio-dia, na Educativa FM. Produção e pesquisa de Givaldo Kleber. * Neste sábado, no Hotel Jatiúca, o nutricionista esportivo Rafael Longhi, dará palestra sobre “Práticas nutricionais do estresse oxidativo no esporte e no envelhecimento celular”, para médicos e nutricionistas. Inscrições em eventosaformula@gmail.com.

MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 28 E 29 DE OUTUBRO DE 2017 POLÍTICA

3

Doria decide em janeiro sobre sair candidato Prefeito de São Paulo é homenageado com título concedido por vereadores SANDRO LIMA

BRUNO MARTINS REPÓRTER

N

a tarde da última sexta-feira (27), o prefeito de São Paulo João Doria (PSDB) foi homenageado pela Câmara de Vereadores de Maceió com o título de cidadão honorário da capital alagoana. A entrega foi feita em evento no Hotel Ritz Lagoa da Anta, bairro de Cruz das Almas. Em breve coletiva após o evento, ele detalhou que a decisão sobre sua candidatura à presidência da República só será tomada definitivamente em janeiro de 2018. E que a confirmação desta será feita pelo PSDB. “Ainda é cedo para se tomar a decisão. Tenho dito que em 2018 o PSDB estará unido. Estaremos juntos, o governador Geraldo Alckmin, eu e todos aqueles que tenham interesse pelo Brasil, pelo interesse maior, que não é interesse partidário e muito menos pessoal. Mas em janeiro de 2018 essa decisão estará cristalizada e aí o PSDB vai anunciar”, frisou o prefeito de São Paulo. Sobre o título de cidadão honorário, inciativa do vereador Chico Filho (PP) subscrita por Zé Márcio Filho (PSDB), ele se disse muito honrado e afirmou que conversou com o prefeito

João Doria informou que a sua candidatura à presidência depende da decisão do seu partido, o PSDB

Rui Palmeira (PSDB) para alinhar programas conjuntos entre os dois municípios. “Aumenta a minha responsabilidade para realizarmos programas conjuntos, aliás já desenhamos para que possamos na área de saúde,

educação, principalmente, cooperamos principalmente com o benefício da população mais carente. O título aumenta a satisfação e a responsabilidade como homem público para proteger, olhar, sempre o que for possível

para o bem de Alagoas”, relatou durante a coletiva. Ele foi perguntado sobre a repercussão negativa da homenagem. Para ele, não houve repercussão negativa. “Tanto não houve que eu recebi o título”.

AVALIAÇÃO

Tucano cobra decisões do PSDB sobre Temer O prefeito de São Paulo, João Doria, também comentou sobre a votação da segunda denúncia contra o presidente Michel Temer. Questionado sobre a posição do PSDB na votação, ele acredita que o partido teve uma posição democrática que permitiu que os parlamentares votassem com a própria convicção. No entanto, o prefeito da capital paulista vê o partido em cima do muro. “É uma crítica. Tenho direito de ser crítico também. Não preciso concordar com tudo que o PSDB formula. O PSDB precisa sair do muro. Precisa ter as decisões. Certas ou erradas, mas ter lado. Eu aprendi na vida a ter lado”, pontuou João Doria. O tucano disse que a melhoria do país passa pela geração de empregos e o desenvolvimento econômico. E que isso passa, invariavelmente, pela aprovação das reformas e pelas privatizações “É ter uma agenda mais focada no Brasil e completar as reformas. O mesmo Congresso Nacional que teve grandeza de votar favoravelmente pela reforma trabalhista e deu um passo importantíssimo para o país, deve agora debater, votar a reforma previdenciária. Deve discutir e votar a reforma tributária. É assim que o Congresso e o próprio governo, segundo adiante nas suas decisões de privatizações, podem contribuir para reverter a crise do desemprego, do flagelo social e colocar o Brasil de volta na trilha do crescimento econômico”, afirmou Doria. CRÍTICA A LULA Doria comentou sobre postagem do ex-presidente Lula nas redes sociais de que ele estaria fugindo do cargo de prefeito de São Paulo para concorrer à presidência. “Eu não fujo de nada na

SANDRO LIMA

Lula foi alvo de críticas de João Doria, seu provável adversário na corrida presidencial no próximo ano

minha vida, ao contrário do Lula. Quem é o fugitivo é o Lula. Quem pediu para ser nomeado ministro com medo de ser preso? Fui eu ou foi o Lula? Quem tem medo? O Lula é um covarde, isso que ele é e eu vou dar a resposta a ele na mesma medida onde ele me ofereceu a sua manifestação. Pelas redes sociais. Ele verá”, ressaltou com veemência o prefeito de São Paulo. Ele também citou o ex-presidente quando questionado sobre de quem era o custeio das viagens a Aracaju e Maceió, onde recebeu homenagens nesta semana. “Eu quem custeio as minhas viagens. Eu que pago, o avião é meu, o combustível é meu, o carro é meu e eu pago. Eu sou diferente do Lula, sou diferente do PT que gosta das benesses do poder. Eu pago aquilo que

eu faço”, encerrou. Com 59 anos, pai de três filhos, casado há 25 anos e filho de nordestino “com enorme orgulho”, João Doria contou um pouco de sua história antes de receber o título de cidadão honorário cedido pela Câmara de Vereadores de Maceió. Filho de pai baiano, ele citou as origens nordestinas e as dificuldades pelas quais sua família passou. Ao adentrar na área política, citou o que pensa sobre o presente e futuro do país e atacou os setores esquerdistas, como os governos de Lula e Dilma, além de dizer que o futuro do Brasil não passa nem pela extrema direita nem extrema esquerda. NA POLÍTICA João Doria entrou na disputa para a prefeitura de São Paulo passando pela disputa das prévias. “Não foram

prévias fáceis, eu não tinha vivência, mas tinha coragem, determinação. Comecei desacreditado a campanha das prévias. Ninguém acreditava, era o ‘coxinha’, ‘riquinho’, todos os pejorativos que vocês podem imaginar, inclusive com o famoso fogo-amigo. Disputei e ganhei”, afirmou. Ele passa então à campanha propriamente dita. A disputa foi contra três ex-prefeitos da capital, Fernando Haddad, Marta Suplicy e Luiza Erundina, os quais Doria fez questão de ressaltar que eram ou chegaram a ser membros do PT, além de Celso Russomano. Segundo Doria, ele possuía apenas 2% das intenções de voto no início da campanha e terminou com sua eleição ainda no primeiro turno com 53% dos votos válidos. (B.M.)


4

TRIBUNAINDEPENDENTE

POLÍTICA MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 28 E 29 DE OUTUBRO DE 2017

BARTOLOMEU DRESCH bartolomeu_dresch@hotmail.com.br

Preso, porém roubando

P

essoas ligadas ao ex-ministro e ex-deputado, Henrique Eduardo Alves, atuaram, segundo a Polícia Federal, para ocultar parte do seu patrimônio, mesmo após sua prisão, em Junho deste ano. De acordo com o delegado de Combate ao Crime Organizado da PF no Rio Grande do Norte, Oswaldo Scalezi, “o ex-ministro continuou articulando para transferir parte de seus bens para dar a entender que seu patrimônio estaria de acordo com as rendas por ele declaradas”. Alves está preso em Natal por suspeita de corrupção e lavagem de dinheiro em desvios nas obras de construção da Arena das Dunas, na capital do Rio Grande do Norte. Policiais também identificaram um esquema criminoso que fraudava licitações em diversos municípios daquele estado, obtendo recursos para alimentar a campanha do ex-ministro do Turismo ao governo do estado do Rio Grande do Norte. A PF garante que, mesmo detido, Alves continuou articulando, usando empresas de forma fraudulenta, e recebendo valores para distribuir aos assessores e para si mesmo.

Nise é tema de palestra Nesta segunda feira (30) às 19h30 no Museu da Imagem e do Som (MISA) a professora, antropóloga e doutora Luitgarde Oliveira Cavalcante Barros fará uma palestra abordando a vida e a obra da médica psiquiatra Nise da Silveira. “A iniciativa da palestra é o reconhecimento pelo relevante trabalho desta alagoana ilustre junto ás instituições de Saúde Mental e o pioneirismo das ações que desencadearam a Reforma Psiquiátrica no país” disse o Secretário de Estado da Comunicação, jornalista Enio Lins. A palestra “Nise da Silveira: uma história de vida” é gratuita e aberta ao público.

Jornalista é ofendido por ministro do Turismo Marx Beltrão discorda de matéria jornalística e promove xingamentos

O

EDITORIA DE POLÍTICA

ministro do Turismo, Marx Beltrão (PMDB) está envolvido numa polêmica após discordar, de forma veemente de uma matéria jornalística produzida e apurada pelo portal Diário do Poder, escrita pelo jornalista Davi Soares. Davi foi alvo de uma série de xingamentos em um grupo de WhatsApp. A matéria pivô da discussão dizia que Beltrão só teria demitido o chefe da assessoria parlamentar do Ministério do Turismo após a sua prisão pela Polícia Federal (PF). O jornalista, então, publicou o link da reportagem no grupo denominado “De Fatos”, no qual o ministro

fazia parte e diante da postagem atacou Soares. “Davi, você não tem escrúpulos ao fazer matéria tendenciosa. Mal caráter de carteirinha. Vou te processar e você vai ter que provar, picareta”, disse o ministro em um dos trechos dos ataques. Em outro momento da conversa no grupo de troca de mensagens, Beltrão alega que o jornalista foi informado que ele não conhecia o acusado. E daí lança outros xingamentos. “Isso é canalhice, você foi informado e sabe que eu nem conheço esse cidadão. Você é um vigarista que recebe para fazer matéria tendenciosa. Não é a primeira vez que você faz sacanagem

comigo. Vou te processar, seja ético, exerça sua profissão com profissionalismo e não sendo um vigarista. Vá à Polícia Federal se informar e se retrate. Você está sendo um profissional mau caráter.” SEM MEDO Em resposta ao ministro do Turismo, o jornalista Davi Soares disse nunca ter se intimidado “diante da truculência e desequilíbrio dos poderosos bem nascidos em Alagoas, com tristes histórias de covardias contra seu povo”. “Atuo no jornalismo político há somente uma década em Alagoas. E sempre busquei ouvir o contraditório, como fiz agora. O que inclusive já foi feito, na própria

matéria, através da nota do Ministério do Turismo. Seria feito mais ainda, se o ministro tivesse respondido aos contatos que fiz hoje. Para quem duvida ou prefere que fosse o contrário, lembro que a imprensa ainda é uma instituição livre nesse País e neste Estado, protegida pela nossa Constituição. E quando o senhor Marx Beltrão retomar o equilíbrio, verá que não há nada que desabone sua honra. Há uma matéria jornalística. Somente. Sempre podemos aprender com as críticas. Enfim, também tenho advogado, confio na Justiça e sei os meios legais de buscá-la, seja contra os poderosos, ou contra os seus capachos”, disse o jornalista. FOTOS PÚBLICAS

Nise é tema de palestra 2 A professora Luitgarde é alagoana de Santana do Ipanema, e hoje é reconhecida como uma das principais pesquisadoras das manifestações sociais e culturais do sertão nordestino. Tem graduação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e doutorado e mestrado em Ciências Sociais pela Universidade Católica de São Paulo. Atualmente é professora da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (graduação e pós-graduação). Tem experiência na área de Antropologia, com ênfase nos temas: pensamento social brasileiro: catolicismo popular; antropologia da violência; antropologia da literatura; memória e história oral: movimentos sociais-antropologia política. É autora de diversos livros com o enfoque em lideranças sertanejas e movimentos sociais do Nordeste.

CNBB: Portaria é retrocesso A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) classificou de desumana e considerou um retrocesso a portaria do Ministério do Trabalho, que alterou as regras para classificação e combate ao trabalho escravo. “Tal iniciativa elimina proteções legais contra o trabalho escravo arduamente conquistadas, restringindo-o apenas ao trabalho forçado com o cerceamento da liberdade de ir e vir. Permite, além disso, a jornada exaustiva e condições degradantes, prejudicando assim, a fiscalização, autuação, penalização e erradicação da escravidão por parte do Estado brasileiro” disse em nota a CNBB, repudiando a portaria.

CNBB: portaria é retrocesso 2 A nota distribuída pela entidade, reconhece a importância da decisão do Supremo Tribunal Federal de suspender a “portaria da escravidão”, conforme intitula a confederação, e destaca que o país “tem o dever de repudiar qualquer retrocesso ou ameaça à dignidade e liberdade da pessoa humana”. O vice-presidente da CNBB, dom Murilo Krieger alertou que a defesa não deve ser feita apenas por bispos, mas assumidas por todos os “que, conscientes de seus direitos, devem assumir seu protagonismo perante as realidades do mundo, e não podemos ficar só esperando soluções vindas do alto, no sentido de altas autoridades, mas temos que mostrar que, como cidadãos, temos o direito de nos manifestar” a firmou Krieger.

Visita a hospitais Com o objetivo de realizar uma avaliação do andamento das obras, o governador em exercício, Luciano Barbosa, juntamente com técnicos do governo, visitou os trabalhos que estão sendo feitos no Hospital da Mulher, no Poço, e também no Hospital Metropolitano, na Avenida Menino Marcelo. No primeiro, a comitiva visitou os oito andares já construídos, onde a parte estrutural já está concluída. Restam apenas as etapas de acabamento e equipagem. O investimento é de R$ 25.757.717,08. Quando estiver pronto vai ofertar 127 leitos, com capacidade para realizar 1.500 consultas e exames, além de 225 parto de risco habitual por mês. A previsão de entrega é para Abril do próximo ano.]

Visita a hospitais 2 Já as obras do Hospital Metropolitano, localizado na parte alta da capital, estão caminhando rapidamente. Quando pronto a unidade disponibilizará 180 leitos para atendimento. Os recursos são de R$ 64.524.701, 80, e atualmente, só na obra, já emprega 150 pessoas diretamente. O trabalho no local está sendo acelerado, com a abertura de mais um turno de atividades, para compensar o atraso provocado pelas chuvas que caíram nos últimos meses em Maceió. Segundo o secretário de Infraestrutura, Humberto Carvalho, que acompanhou o governador, a determinação agora é de acelerar os trabalhos colocando o maior número possível de trabalhadores nos três turnos. • O Conjunto Graciliano Ramos, estará até Domingo recebendo os amigos da comunidade, para participarem e degustarem as delícias da 1ª Feira Gastronômica do bairro. • São 17 empreendimentos gastronômicos da parte alta da cidade, com uma ampla oferta de pratos diversos, atendendo a todos os gostos, garante a Associação de Moradores, organizadora do evento • As barracas estão instaladas no entorno da praça central do conjunto, e no local pode se encontrar massas italianas, pasteis, acarajé, tapioca, caldinhos de diversos sabores, feijoada, mocotó, rabada e outras iguarias. • Estarão participando da feira: Mangiare Massas Recheadas, Sabor da Mainha, Caldíssimo Guimarães, Das Terras Tapiocas, Casa do Cuscuz e Cia., Ceva Sabores e Bebidas, Pastelaria O Topadão, Espetinho do Carlinhos, Feijoada da Naza, Barraca do Sanduba, Big Lanches Família, Coxicopos, Galeto Bom Tempero, Ateliê Doce Marcelle, La Cucina, Restaurante Baobá Raízes e Tradições, Merendeiras da Semed e a Mãe Neide com seu conhecido acarajé baiano. • A feira contará também com várias apresentações artísticas e expressões culturais, mostra de artesanato e homenagem pela passagem do 125º ano de nascimento de Graciliano Ramos, comemorado ontem (27).

Ministro Marx Beltrão rebateu a matéria em um grupo de troca de mensagens e acusou Davi Soares de mau caratismo e vigarice

DEFESA

Sindjornal repudia e quer acionar o MPE O Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Alagoas (Sindjornal) já se posicionou sobre o assunto, considerado mais um ataque à imprensa livre em Alagoas. A entidade condena a maneira como o ministro Marx Beltrão tratou o jornalista. De acordo com o presidente Isaias Barbosa, Davi Soares terá todo o apoio do sindicato. “Todo o apoio ao Davi Soares porque a gente condena todo e qualquer forma de ataque ou de violência contra o jornalista. Se ele se sentiu ameaçado, a gente aconselha que ele faça um

NOVEMBRO

Convenção do PSDB acontece em Maceió A convenção estadual do PSDB será realizada em Maceió, na sede do partido, no próximo dia 11 de novembro, informa o presidente dos tucanos de Alagoas, ex-governador Teotonio Vilela Filho. Na quinta-feira (26), Teotonio esteve com o futuro presidente estadual da executiva, o prefeito de Maceió Rui Palmeira, e com o prefeito de Arapiraca, Rogério Teófilo, e decidiram que o evento terá formato de reunião partidária. Segundo o ex-governador, em Alagoas o partido está organizado e unido.

boletim de ocorrência para que seja aberto um inquérito e com o inquérito correndo a gente cobra da justiça que sejam apurados os fatos”, garantiu o presidente do Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Alagoas. Barbosa avalia que as agressões verbais e físicas contra jornalistas estão fugindo do controle em Alagoas. Na última quinta-feira (26), uma equipe da TV Gazeta foi agredida por assessores da deputada estadual Thaise Guedes, que estava na sede da Polícia Federal prestando esclarecimentos.

Ela é acusada pela Polícia Federal e indiciada em mais de 25 crimes de peculato na Assembleia Legislativa do Estado. “Está uma coisa séria. A função do jornalista é divulgar os fatos, se qualquer cidadão seja ele político, empresário ou um cidadão comum da sociedade que não quer ver seu nome jogado na lama, que ele faça por onde ele ser notícia e ser notícia boa. No entanto, se ele se envolve com algo ilícito, ele tem que pagar por isso e o papel do jornalista é informar a sociedade do que está acontecendo. Estava conver-

sando com um colega da Associação de Repórteres Fotográficos e Cinematográficos [Arfoc] e junto ao presidente da Associação dos Cronistas Desportivos de Alagoas [ACDA] iremos procurar o Ministério Público Estadual para gente ver o que pode fazer. Vamos buscar todos os caminhos para que possamos ajudar aos nossos colegas e que eles tenham o direito de livre expressão, que é constitucional. Eles querem sempre se esconder atrás da imunidade e tornar tudo isso impune”, assegurou o presidente do Sindicato dos Jornalistas. (E.P.)


TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 28 E 29 DE OUTUBRO DE 2017 POLÍTICA

5

Prefeito mantém agenda de vistorias Rui Palmeira esteve no Murilópolis acompanhando as obras de pavimentação em regiões afetadas pelas chuvas ASSESSORIA

EDITORIA DE POLÍTICA COM ASSESSORIA

O

Prefeito Rui Palmeira destacou que os recursos federais já estão sendo utilizados por sua gestão em diversas obras na capital alagoana

prefeito Rui Palmeira vistoriou na última, sexta-feira (27), os trabalhos das equipes da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminfra) nos bairros da Serraria e Farol. O vice-prefeito Marcelo Palmeira também acompanhou as obras de drenagem no Murilópolis e as ações de pavimentação das ruas Miguel Palmeira e Bela Vista, no Farol. As obras de drenagem e recuperação da encosta do Murilópolis estão sendo as primeiras medidas emergenciais efetuadas após a liberação de recursos federais para serviços de restabelecimento de locais que sofreram com as ações das chuvas em Maceió. Foram R$ 24 milhões destinados para reconstrução e contenção de encostas em 24 pontos da capital. “Foi um estrago muito grande causado pelas chuvas e agora, nesse período mais seco, nós estamos fazendo a recomposição, iniciando com uma drenagem e depois com a reconstrução da área afetada. Essa é a primeira obra realizada a partir da liberação dos

recursos federais e já estamos em fase de processo e licitação da outras obras em localidades importantes que também sofreram com a ação da chuva”, destacou o prefeito. O vice-prefeito, Marcelo Palmeira, lembrou que esse foi um incidente que assustou a população em decorrência da sua dimensão. “Essa é uma obra importante, que causou preocupação para todos os moradores da região e foi isolada em tempo hábil durante a temporada de chuvas. Nesses 15 dias de sol, nós conseguimos avançar bastante nos serviços”. Segundo o Secretário Municipal de Infraestrutura, Ib Brêda, os serviços devem ser encerrados em até 60 dias e o a permanência do tempo seco é fundamental para que a obra seja realizada dentro do prazo. “Com a estiagem, nós nos preocupamos primeiro em tratar da parte de drenagem, que está sendo feito agora, com a tubulação para escoamento das águas e após isso faremos o talude, para recuperação da encosta, recompondo também o passeio público, que foi totalmente danificado devido à erosão”, disse o secretário Ib Brêda. SANDRO LIMA

UNIÃO DOS PALMARES

Compra de caixões deve ser explicada O Ministério Público do Estado de Alagoas (MPE/AL), por meio das 1ª e 2ª Promotorias de Justiça de União dos Palmares, enviou ofícios ao prefeito de União dos Palmares, Areski Freitas (PMDB), solicitando informações sobre a compra de urnas funerárias no valor de mais de R$ 1 milhão e a respeito do repasse de verba pública para o time de futebol Zumbi Esporte Clube. Esta última iniciativa da prefeitura, inclusive, já estava em execução. Sobre as urnas funerárias, a Prefeitura de União dos

Palmares realizou pregão eletrônico, a pedido da Secretaria Municipal de Assistência Social, para comprar caixões de modo a atender famílias de baixa renda. O valor destinado a esse serviço custaria aos cofres públicos R$ 1.109.084,85. O pregão foi realizado com a participação de três empresas. Porém, antes que a compra fosse realizada junto a pessoa jurídica vencedora, o fato foi denunciado ao Ministério Público, que expediu ofício ao chefe do Poder Executivo, requerendo todas as informa-

ções relativas ao processo. FUTEBOL Também chegou ao conhecimentos dos promotores Carlos Davi Lopes e Adilza Inácio de Freitas, da 1ª e da 2ª Promotorias de Justiça de União dos Palmares respectivamente, que o município iria repassar um total de R$ 100 mil para o time de futebol da cidade, inclusive, cifras que foram autorizadas pela Câmara de Vereadores daquele município. Até o momento, o repasse já teria atingido o montante de R$ 38 mil. Do mesmo modo, novo ofício foi

encaminhado a Areski Freitas para que ele dê explicações sobre o assunto. “São inconcebíveis essas atitudes da gestão, especialmente porque os servidores públicos estão há três meses sem receber salários. Se não há recursos suficientes para honrar com o pagamento da folha de pessoal, não tem cabimento gastar dinheiro comprando urnas funerárias e fazer doação para time de futebol. O Ministério Público não vai aceitar que isso ocorra”, enfatizou o promotor Carlos Davi Lopes.

Areski de Freitas precisa enviar justificativa ao Ministério Público


6

OPINIÃO

TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 28 E 29 DE OUTUBRO DE 2017

Opinião

A pior democracia

E

ntre os 18 países pesquisados pelo Latinobarómetro, ONG chilena que avalia os humores dos latino-americanos, aq democracia brasileira é a pior em funcionamento na atualidade. Os números form anunciados nesta sexta-feira e indicam que apenas 13% dos brasileuiros consultados se declaram satisfeitos com o funcionamento da democracia no Brasil, ficando atrás até da Venezuela, país tão achincalhado pelos partidários de direita brasileira. No país de Nicolas Maduro, 22% estão satisfeitos com o que a maior parte dos governos e mídia ocidental chama de ditadura. O relatório deixa claro que a insatisfação não é com a democracia como modelo de organização política. No Brasil, por exemplo, 62% consideram a democracia como o melhor sistema de governo, porcentagem que, no conjun-

to da América Latina, sobe para 70%. O apoio à democracia, aliás, vem subindo sistematicamente, desde o piso mais baixo encontrado (30% em 2001, penúltimo ano do governo Fernando Henrique Cardoso). Agora é de 43%, 11 pontos acima de 2016. O descontentamento, que é geral na região, é, portanto, com o funcionamento do modelo, não com ele propriamente dito. O menor índice de todos. Menos da metade dos 30% que são a média desde o México até a Patagônia.De zero a dez, que nota dá à democracia em seu país? De novo, o menor, 4,2. Seu país é governado para o povo ou para os interesses de grupos poderosos? Oura vez o “pior da classe”: para o bem do povo, apenas 3%, um sétimo da média do continente ampliado, 21%, e menos da metade do penúltimo colocado, o Paraguai, com 7%.

LAUREZ CERQUEIRA Escritor

Magistrados estão nus As togas caíram. Magistrados estão nus, devassados. Depois de os ministros do Supremo Tribunal Federal tornarem-se coniventes com o golpe de Estado e verem as próprias misérias expostas em praças públicas, afloraram tensões na corte. O bate-boca entre os ministros Luiz Roberto Barroso e Gilmar Mendes é sintomático. Os termos que saltaram do palavrório deles são constrangedores. Tudo indica que a decisão de não mandar prender o senador Aécio Neves, ficando ele protegido, o STF foi reduzido ao mais baixo nível dos últimos tempos, tendo os ministros que lidar agora com a desmoralização perante a sociedade. O STF, guardião da Constituição, das garantias civis e do Estado democrático de direito, instância máxima de proteção da democracia, abandonou a nação ao relento da tempestade do golpe de Estado tramado por bandidos que se escondem na política. Permitiu que o país fosse presidido por Michel Temer, um “chefe de quadrilha”, considerado pela Polícia Federal no relatório entregue ao Ministério Público e ao próprio tribunal. Em um país desenvolvido e democrático, comprometido com a legalidade, essa situação não perduraria. Mesmo com todas as provas em mãos, de que a presidenta Dilma não cometeu crime de responsabilidade, e que os votos de parlamentares do Congresso Nacional foram comprados com dinheiro da corrupção para derrubá-la, o STF não pauta, não debate e não julga o pedido de anulação do impeachment. Prefere estar ao lado dos fora da lei, dos privilegiados, dos do-

nos do poder econômico, a estar ao lado da legalidade, do cumprimento de suas funções constitucionais. Para se manter no poder, Michel Temer compra os votos de parlamentares na cara dura, com dinheiro público, como um “mensalão”, para derrubar pedidos de autorização, do proprio tribunal, para processa-lo. Diferentemente da Ação 470, do “mensalão”, que condenou pessoas sem provas. A distribuição de verbas por Michel Temer é publicada no Diário Oficial. É prova líquida e certa. E os ministros do STF, absortos, debruçados sobre as janelas a contemplar a paisagem da Praça dos Três Poderes. A situação de desgaste do STF, por tornar-se parte do golpe, é tão grave que não resistirá a uma pesquisa de opinião para verificar sua credibilidade. Não só o STF, mas todo o Judiciário está na berlinda. A perseguição do juiz Sérgio Moro, juntamente com o Ministério Público, contra o ex-presidente Lula, e a obsessão por impedir que ele se candidate à presidência da República nas próximas eleições, mesmo estando disparado na preferência popular, é o que há de mais explícito e aberrante do Estado de exceção. A corrupção, os abusos com os supersalários, acima do teto estabelecido pela Constituição, decisões obscurantistas como a de censurar redações do ENEM, perseguição a juizes pelo Conselho Nacional de Justiça por não se alinharem ideologicamente com o golpe de Estado, e tantas outras mazelas, fazem parte de uma lista inaceitável. São casos que revelam claramente o Estado de exceção ao

qual o Brasil está submetido, com a colaboração de parte da magistratura brasileira. O golpe de Estado não expôs apenas a corrupção instalada no Congresso Nacional, para dar sustentação ao governo ilegítimo de Michel Temer, mas o judiciário, que sempre viveu coberto pelas togas opacas. Por todos os cantos do país, há um resmungar que tudo isso envergonha, indigna, revolta cidadãs e cidadãos. Nos bares, restaurantes, encontros de famílias, nas redes sociais, as lamentações formam um burburinho, mas ao mesmo tempo grande parte delas soa como revolta surda, falsa moral. Como se a revolta estivesse aplacada pela pregação ideológica neoliberal, mitificadora da meritocracia, do individualismo e da competição, que crepita subliminarmente nas programações dos grandes impérios de comunicação, reproduzida nas redes sociais. Todos os envergonhados, indignados, revoltados e todas as forças políticas democráticas ativas precisam tomar a atitude de marcar o dia, a hora e a praça para protestar contra o desmonte do país, a entrega do nosso patrimônio público, as tais reformas, derrubar o governo ilegítimo e corrupto de Michel Temer e dar início a uma jornada de reconquista da democracia, do Estado democrático de direito e retomada do país das mãos do crime organizado. Esse dia pode ser 15 de novembro com todos os candidatos à presidência da República que se opõem ao golpe de Estado, defendam o país e a democracia, no mesmo palanque. Programa mínimo, por favor!

DANIELLE MENDONÇA Jornalista

INOCÊNCIO NÓBREGA

Uma carta ao presidente

Jornalista. inocnf@gmail.com

Voto inflacionário São poucos os que andam entusiasmados com os hábitos de cultura política de nosso País. Certas exemplaridades institucionais e democráticas, inauguradas já nos albores republicanos, apesar de duramente contestadas são praticadas à larga. A estabilidade e a normalidade do sistema de governo são interrompidas pela tradição dos golpes de estado, estado de sítio, ditaduras explícitas, Atos Institucionais, mandatos sustados, perseguições à mídia independente; prisões e deportações a patriotas, intervenções militares, erros da Justiça; Congresso fechado ou jugulado, enfim os três poderes harmônicos e visivelmente corrompidos. Baixos valores, éticos e morais, conspiram contra a ordem democrática e constitucional. Relembremos o casuísmo da reeleição de FHC, em janeiro de 1997. A volúpia de alguns parlamentares fez com que o ex-presidente, para sua aprova-

ção, lançasse mão de expedientes espúrios, mediante o emprego de dinheiro vivo, liberação de verbas, troca de alguma obra e concessões de rádio e TV. Dois deputados federais, beneficiados pelo esquema, renunciaram e três outros absolvidos. Um outro, teria recebido, na época, R$ 200.000,00, exigidos para emitir seu voto favorável, somando-se a cerca de 50 outros pares. Valores não descobertos, em razão da “Operação Abafa”, do Governo/Rede Globo. O fato vem se repetindo, desde o golpe de 2016. Buscando interromper, embora provisoriamente, o processo movido pela PGR contra ele e dois ministros, Temer recorre à negociação dos votos, da Câmara dos Deputados, pagos pelo Tesouro Nacional. A dinheirama, portanto, corre solta no Palácio do Jaburu e nos corredores do Congresso Nacional. Somente para volta de Aécio ao plenário, fala-se em

R$ 200 milhões, que teriam sido rateados entre 44 senadores votantes, obedientes ao seu esquema. Chega a R$ 6 bilhões, o dispêndio pela compra de votos, fartamente distribuído entre parlamentares, para garantirem a sustação do andamento da devassa. Fazendo as contas, o voto ficou inflacionado em mais de R$ 4.500%. A escalada desse tenebroso descortino corre célere, enquanto se atrofiam os três Poderes da República, por exemplos pífios de trabalho e honestidade. FHC ditou regras de como se suga uma Nação. As ambições políticas, cada vez mais acesas, continuarão, em detrimento aos direitos sociais e à soberania nacional. O voto inflacionário, obra do Executivo e Legislativo, promete alcançar cifras estratosféricas nos próximos mandatos, se o povo não reagir, pondo um freio nesses desgovernos.

O final do ano se aproxima e a sua cadeira estará sob a votação do povo brasileiro em alguns meses. Embora você não saiba o que é ter o prestígio de ser eleito por votação, sabemos que a batalha para ocupar esta posição foi a duras penas e custou caro para o país, afinal, o sim ou o não dos deputados é vendido por “muitos dinheiros”. Que pena para o Brasil! Podíamos estar neste momento escrevendo uma carta de agradecimento, e não de repudio. Mas preciso cumprir com a minha obrigação como jornalista: de deixar claro que o povo não concorda com essas manobras e muito menos com as suas decisões. Logo você Temer, um constitucionalista renomado, que foi por anos admirado pelos advogados do nosso país. Os brasileiros estão cansados. Exaustos de levantar cedo para trabalhar, de pegar ônibus lotado, de ser assaltado, de pegar dinheiro emprestado e de no final do mês se sentir derrotado por não conseguir mais uma vez pagar todos os boletos e ainda ouvir do telejornal que a luz vai aumentar. Eu confesso que ao escrever este texto me senti muito frágil, afinal, se nem o poder judiciário tem voz

Presidente José Paulo Gabriel dos Santos

INDEPENDENTE Rua da Praia, 134 - sala 303 - centro - Maceió Alagoas Endereço Comercial: Av. Menino Marcelo - 10.440 - Serraria Maceió - Alagoas - CEP: 57.083.410 CNPJ: 08.951.056/0001 - 33

Jorgraf UM PRODUTO:

Cooperativa de Produção e Trabalho dos jornalistas e gráficos do Estado de Alagoas

Diretor administrativo-financeiro Flávio Peixoto Editor geral Ricardo Castro ricardojcastro@yahoo.com

Diretora comercial Marilene Canuto

neste país, o que posso esperar? Às vezes me sinto até em um livro de ficção, como uma personagem, que conta sem acreditar no que descreve em palavras estranguladas de raiva e indignação. É muita sujeira, é muita ganância, é muita falta de respeito com o país. Sr. Presidente, esta cadeira que sentas hoje jamais o permitirá sentar novamente. É o fim. Sua excelência pode até me julgar inocente, ingênua, mas eu sinceramente preciso acreditar na força que o povo tem por meio do voto; ah! Se cada um soubesse disso. É para isso que eu estou aqui, firme, acreditando que as minhas palavras não serão em vão. E não venham com este papinho de dizer que os líderes do nosso país são exatamente um extrato da nossa sociedade. Não, não. Não vou deixar este discurso estúpido ser repetido tantas vezes até que se torne uma verdade. A culpa não é nossa e não vamos admitir. A sacanagem é tamanha que o povo, além de ter os direitos rasgados, além de ser humilhado, tem que se sentir culpado? O povo precisa de instrução. Precisa de educação. A ignorância é um instrumento antigo de

LOCALIDADE ALAGOAS

VENDA AVULSA DIAS ÚTES R$ 2,00

OUTROS ESTADOS R$ 3,00

LOCALIDADE ALAGOAS

ASSINATURAS SEMESTRAL R$ 300,00

OUTROS ESTADOS R$ 500,00

DOMINGO R$ 4,00 R$ 5,00

dominação, afinal conhecimento é poder e vocês fazem o uso de todas as ferramentas para manter esta realidade. Vou te contar de onde vem o meu otimismo. Vejo diariamente adolescentes se espremerem no transporte público para assistir às aulas da faculdade, mesmo depois de um dia inteiro de trabalho. Vejo o pai aconselhar o filho que vale seguir no caminho do bem, que o crime não compensa. Vejo o balconista contar piadas para o café servido não descer amargo. É por isso que bato no peito e acredito no nosso país. Eu sei da força que temos, eu a sinto pulsar dentro de mim. A gente sabe recomeçar e estamos prontos para as batalhas, que são diárias. Somos fortes. Somos brasileiros. Peço que você repense. Se você puder voltar o filme para rever cada uma das suas atitudes, talvez consiga até concordar comigo. Inclusive, não coloque Deus nas suas trapaças. Escute atentamente a voz do povo que grita “Fora Temer”. Você é tão religioso e não sabe a máxima que diz que a voz do povo é a voz de Deus? Então, vá fazendo as malas porque a sua passagem já está comprada.

PABX: 82.3311.1338 COMERCIAL: 82.3311.1330 - 3311. 1331 REDAÇÃO: 82.3311.1328 - 3311.1329 CENTRAL DE ASSINANTE: 82.3311.1308

ANUAL R$ 600,00

comercial.tribunaindependente@gmail.com redação.tribunaindependente@gmail.com

R$ 1.000,00

OS ARTIGOS ASSINADOS SÃO DE RESPONSABILIDADE DOS SEUS AUTORES, NÃO REPRESENTANDO, NECESSARIAMENTE, A OPINIÃO DESTE JORNAL.


TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 28 E 29 DE OUTUBRO DE 2017 POLÍTICA 7 LULA MARQUES

LULA MARQUES

Iregularidades cometidas por agentes militares das Forças Armadas são julgadas pelo STM

Casos de desvios de verbas põem em dúvida credibilidade de intervenção política no país pelo Exército

Corrupção fere também Forças Armadas STM condenou, em sete anos, 132 militares e mais 299 esperam julgamento por fraudes e até furto de tanque

E

m setembro deste ano, o general do Exército Antonio Hamilton Mourão discursava com autoridade. A uma plateia atenta, ele se mostrava incomodado com a corrupção que atinge o país e disse que os militares estariam dispostos a executar uma intervenção se o Judiciário não “resolver o problema político”, numa alusão a políticos corruptos. O discurso de Mourão causou polêmica e refletia a tese propagada por grupos que defendem uma eventual intervenção militar de que as Forças Armadas estariam

“imunes” à corrupção e, portanto, poderiam dar um fim à crise política vivida pelo país nos últimos anos. Investigações conduzidas pelo MPM (Ministério Público Militar) e um levantamento inédito do STM (Superior Tribunal Militar) mostram, porém, que, assim como as demais instituições brasileiras, as Forças Armadas também sofrem com os casos de corrupção. Denúncias feitas pelo MPM apontam para desvios milionários praticados tanto por praças quanto por oficiais de alta patente. Os ca-

JUSTIÇA

DIVÓRCIO FORJADO

Condenados já são 132 e há 299 na fila

O secretário de Controle Interno do Ministério da Defesa, André de Sena Paiva, afirma que não há como afirmar que as Forças Armadas estão imunes à corrupção. “As Forças Armadas são integradas por parcela representativa da sociedade. Nenhuma organização ou país está imune à corrupção”, afirmou. Paiva diz ainda que “na formação e educação do militar, fato desabonadores da ética e da moral são repudiados e devidamente punidos”. Levantamento inédito feito com dados fornecidos pelo STM (Superior Tribunal Militar) mostra que, entre 2010 e 2017, 132 militares das Forças Armadas foram condenados pela Justiça Militar pelos crimes de corrupção passiva, corrupção ativa ou peculato, o equivalente a 0,04% do contingente total das Forças Armadas, estimado em 334 mil pessoas. Outros 299 militares ainda aguardam julgamento. Nesse período, pelo menos 12 oficiais foram expulsos e perderam seus postos e patentes por crimes ligados a desvios de recursos públicos das Forças Armadas.

sos vão de cobrança de propina em contratos a roubo de peças de tanques militares. Nesta reportagem, é mostrado que mais de uma centena de militares já foi condenada por crimes como esses entre 2010 e 2017 e que a falta de transparência no controle dos gastos pode criar o ambiente perfeito para que a corrupção se propague. O MPM (Ministério Público Militar) identificou, nos últimos dez anos, desvios de pelo menos R$ 191 milhões nas Forças Armadas. Boa parte deste valor é resultado de crimes como fraudes a li-

citações, corrupção passiva, ativa, peculato e estelionato. O valor é resultado de um levantamentofeito com base em informações repassadas pelo MPM. Procurado pela reportagem, o Ministério da Defesa diz fazer auditorias para a avaliação dos gastos das Forças Armadas, que “nenhuma organização ou país está imune à corrupção” e que “na formação e educação do militar, fatos desabonadores da ética e da moral são repudiados e devidamente punidos”. O levantamento tem como base um conjunto de 60

denúncias feitas pelo MPM e mostra que a corrupção não apenas existe nas Forças Armadas, mas que ela é praticada tanto por praças (cabos e soldados) quanto por oficiais de alta patente, a elite entre os militares. O MPM é um braço do Ministério Público Federal especializado na apuração de crimes cometidos por militares ou civis contra as Forças Armadas. Seus promotores e procuradores são civis, embora alguns deles já tenham tido carreira militar.

Por pensão, oficial casou com a nora A análise dos dados extraídos das denúncias oferecidas pelo MPM permite dizer que o perfil dos casos de corrupção nas Forças Armadas é semelhante ao de outras instituições públicas civis. Há desvios causados por crimes como fraudes a licitações em hospitais militares, pagamento indevido de diárias a oficiais da Aeronáutica, desvio de combustíveis e apropriação de dinheiro público. Há, também, casos típicos de uma organização militar como o de soldados que roubaram peças de um tanque de guerra no Sul do país para vendê-las a um ferro-velho e o de um coronel do Exército reformado que, às vésperas de sua morte, se divorciou de sua mulher e se casou com a de seu próprio filho apenas para garantir que a sua pensão fosse paga por mais tempo. O MPM criou, em novembro do ano passado, um núcleo de apoio ao combate à corrupção. Sediada em Brasília, esta unidade fornece treinamento e apoio técnico-logístico para promotores militares espalhados pelo Brasil. Para o procurador-geral da Justiça Militar, Jaime Cassio de Miranda, as Forças Armadas estão, como qualquer outra instituição, sujeitas à corrupção.

REPRODUÇÃO

Para julgadores, as Forças Armadas estão sujeitas à corrupção como qualquer outra instituição

CONDENADO

AVALIAÇÃO

SEM CERIMÔNIA

Em setembro deste ano, por exemplo, um coronel do Exército foi condenado a cinco anos de prisão pelo STM por peculato (apropriação de dinheiro ou recurso público em decorrência do cargo que exerce) no caso que investigava desvios de verba pública para obras de recuperação da rodovia BR-163, que corta o Centro-Oeste e parte da região Norte. Os promotores identificaram desvios de R$ 4 milhões. O coronel foi acusado e condenado por ter liberado o pagamento de recursos às empreiteiras contratadas pelo Exército sem que as obras tivessem sido concluídas.

A falta de uma polícia judiciária militar especializada dificulta a apuração de crimes como os de corrupção nas Forças Armadas. A afirmação é do Procurador-Geral da Justiça Militar, Jaime Cassio Miranda. Segundo ele, se Exército, Aeronáutica e Marinha tivessem uma polícia judiciária. Nas Forças Armadas, os crimes militares são investigados, inicialmente, pelos próprios militares. Quando há suspeitas de que um crime foi cometido, um militar, geralmente um oficial, é designado para atuar como se fosse uma espécie de delegado e investigar o caso. Esse militar vai chefiar o chamado “inquérito policial militar”.É esse inquérito que será encaminhado ao MPM, formado por civis, e que poderá servir de base para uma denúncia ou não.

Um dos casos mais curiosos apurados pelo MPM aconteceu em 2015, na cidade de Santa Maria, no Rio Grande do Sul. Lá, fica sediada o 3º Grupo de Artilharia de Campanha, formado por veículos blindados, entre eles, tanques de guerra do tipo M108. Em dezembro daquele ano, um soldado e um cabo furtaram diversas peças dos tanques M108 que fazem parte do grupamento e as venderam para uma oficina. No total, as peças incluíam portas traseiras, tampas e outros equipamentos dos blindados que pesavam em torno de 320 quilos. Peças que, no mercado internacional, custariam mais de R$ 100 mil, foram vendidas por R$ 912,50.

Coronel foi preso por desviar verbas de BR

“Polícia judiciária especializada é necessária”

Peças de tanque de guerra desaparecem

Das 60 denúncias, 59 foram encaminhadas ao TCU (Tribunal de Contas da União) em meados de setembro. O encaminhamento foi feito a pedido do tribunal como parte dos procedimentos de controle das contas das Forças Armadas. O órgão é um dos responsáveis pela análise das contas públicas das Forças Armadas. A que ainda não foi encaminhada ao TCU ainda está sob sigilo e aguarda uma decisão da Justiça Militar para se transformar em ação penal.

TRAMITAÇÃO

Militares e civis julgam transgressor O levantamento feito utilizou dados fornecidos pelo STM referentes a todos os processos que tramitaram ou tramitam na primeira e na segunda instâncias da Justiça Militar entre 2010 e agosto de 2017. Este levantamento, porém, não permite diferenciar os militares entre praças (soldados, cabos e sargentos, por exemplo) e oficiais. Na maioria dos casos, quando um militar do Exército, Marinha ou Aeronáutica comete um crime, ele é investigado pelas próprias Forças Armadas, que instauram um IPM (Inquérito Policial Militar). Se forem encontrados indícios de que o praça ou oficial cometeu um crime, esse inquérito é remetido ao MPM (Ministério Público Militar), a quem cabe oferecer a denúncia à Justiça Militar ou não. No MPM, os promotores e procuradores são todos civis. Na Justiça Militar, os julgamentos são feitos por juízes civis e militares.


8 PUBLICIDADE MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 28 E 29 DE OUTUBRO DE 2017

TRIBUNAINDEPENDENTE


MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 28 E 29 DE OUTUBRO DE 2017

TRIBUNAINDEPENDENTE

Cidades

CIDADES

9

Programação das prévias carnavalescas prevê volta do Pinto da Madrugada em 2018 Durante café da manhã realizado nessa sexta-feira (27), foi divulgada a programação das prévias carnavalescas de Maceió em 2018. A novidade é a volta do Pinto da Madrugada. Outra novidade é a mudança de percurso do Jaraguá Folia. Segundo Edberto Ticianeli, organizador do evento, o desfile dos blocos sairá do Museu Theo Brandão e até a estátua da liberdade, em Jaraguá. Serão três dias de Jaraguá Folia. Dinho Lopes, presidente da Liga, adiantou que a partir de novembro haverá pré-Carnaval nos bairros de Maceió em todos os finais de semana, além de um pré-reveillon. Ele disse ser importante proporcionar alegria e geração de emprego e renda, com destaque para bares, ambulantes e músicos.

78% dos casos de violência contra o idoso são dentro de casa De janeiro a setembro deste ano foram 1.995 notificações no Estado; negligência e abuso financeiro são os mais recorrentes

EVELLYN PIMENTEL REPÓRTER

R

emédios que não são oferecidos, cuidados insuficientes, cartão do banco confiscado e agressões de toda espécie. Situações como estas são vivenciadas por muitos idosos que deveriam receber apoio e amor incondicional dos familiares e entes próximos. Cerca de 78% dos casos de violência contra o idoso acontecem dentro de casa. É o que diz o coordenador estadual da Pastoral da Pessoa Idosa, Crismédio Vieira. Vieira afirma que quando o idoso recebe tratamento inadequado ou chega a ser vítima de violência, sofre consequências severas. “O principal prejuízo é a pessoa idosa ter a dignidade roubada ou sufocada. Antes de qualquer coisa, a dignidade deve estar em primeiro lugar. Alguém tem que cuidar dessa dignidade. O primeiro ponto de apoio é a família. Se não há esse apoio, o idoso fica desamparado.” De janeiro a setembro deste ano, a Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP-AL) registrou 1.995 casos de violência contra o idoso nas delegacias especializadas, por meio do programa Cuidando de Você. De julho de 2016 em diante já são 3.199 casos registrados. De acordo com a coordenadora do programa, Núbia Matta, o abuso financeiro e a negligência se destacam entre as denúncias e partem prioritariamente da família. “Em quase sua totalidade os agressores são da própria família. Em primeiro lugar os filhos, seguidos de netos e cônjuges. Hoje, independente do que seja crime, fazemos o encaminhamento para a visita domiciliar para montar o relatório e, aí, identificar o que foi crime”, explica Matta. Para a defensora pública do Núcleo de Proteção contra a Pessoa Idosa, Luciana Faro, é preocupante o fato de os familiares não oferecerem um convívio humaniza-

do ao idoso negando direitos. “O que choca mais é que quem realmente pratica a violência é a própria família. Isso é o que choca mais. Quem deveria estar cuidando, zelando, tendo mais atenção é quem pratica a violência. Muitas vezes acontece de a família estar desagregada e o filho que, de repente, volta para o convívio e vê a falta de organização. Aí, procura a Defensoria, a Polícia, para poder reorganizar as finanças. Normalmente é o que acontece. A maior agressão é a financeira, quando o idoso não tem poder de decidir se vai ficar com o cartão do banco ou com o que vai gastar o dinheiro. Muitos mantêm o próprio lar”, diz a defensora. Mas segundo o coordenador da Pastoral, o maior problema está na subnotificação, principalmente em áreas críticas como as periferias e o interior do estado. “Ainda existe coisa muito profunda. Abuso sexual, violência física. Acontece e não se tem nem onde denunciar. Uma coisa é uma delegacia na capital, outra coisa é no interior do Sertão alagoano. Isto precisa ser visto”, pontua. Para Luciana Faro, nos casos de violência há uma relação distorcida entre o familiar/cuidador e o idoso. “Em todos estes casos, ele é negligenciado, a voz dele não existe. O que existe é a vontade de quem está ali comandando de ir ao banco, usar o dinheiro como quer, de mandar no idoso e determinar para que será o dinheiro. Às vezes, o idoso é capaz, mas nos casos do idoso incapaz a situação é mais grave, é o que sofre mais violência, porque é o que deveria ser melhor cuidado”, explica a defensora pública. REDE DE PROTEÇÃO Desde o ano passado, o Governo do Estado adotou o programa Cuidando de Você, uma rede de proteção que inclui Ministério Público Estadual (MPE-AL), Defensoria Pública e Centro de Referência Especializado em Assistência Social (Creas) nas ações.

AGÊNCIA BRASIL

De julho de 2016 até agora foram 3.199 casos de violência contra o idoso registrados em Alagoas pela Secretaria de Segurança Pública

REDE DE PROTEÇÃO

“Violência familiar é silenciosa e subnotificada” A coordenadora da rede de proteção ao idoso explica que na capital existem quatro delegacias de referência. Um novo sistema para dinamizar o banco de dados classificando os tipos de violência tem sido viabilizado e a previsão é que passe a funcionar no próximo ano. “Quando se trata do idoso, o caso é para ontem, porque, a depender do tipo de violência e da situação de saúde, ele pode vir a óbito. Esse sistema serve para que possamos trabalhar interligados com informações precisas porque até o momento Alagoas não tem um banco de dados deste tipo”, reforça Núbia Matta. A rede do Cuidando de Você atua de maneira descentralizada, de acordo com Núbia. “Dentro do programa temos quatro delegacias de referência, o 4º DP no Pinheiro, 5º DP no Salvador Lyra, 6º DP na Cruz das Almas e 8º DP no Benedito Bentes, além do 181 e 100, Ministério Pú-

blico e Defensoria Pública”. “No que diz respeito a violência intrafamiliar, que é silenciosa, subnotificada e que acontece pelo próprio parente, esses casos chegam para o programa em quase que totalidade através do Disque Denúncia 181 e Disque Direitos Humanos 100. A gente não sabe precisar quem são, porque são denúncias anônimas. Mas geralmente são vizinhos, outros familiares. Dificilmente o idoso vai reportar algum caso de violência. Muitos acham que é normal, que o parente não tem paciência ou eles temem represálias”, ressalta Núbia Matta. Se na capital existe o suporte, Crismédio Vieira alerta que a situação no interior do estado se complica. Dos 102 municípios alagoanos, apenas 26 contam com Conselho de Proteção ao Idoso. “Dos 102 municípios, apenas 26 Conselhos estão criados por lei. Faço um apelo para que nenhum municí-

pio fique sem conselho, em nome do Conselho Nacional para que os municípios e a sociedade civil se mobilizem e criem seus conselhos. Precisamos de municípios amigos da pessoa idosa para ter um estado que com 200 anos de história também se torne amigo da pessoa idosa”. Núbia Matta detalha que, nos casos onde o idoso está submetido a condições degradantes, pode haver o encaminhamento a abrigos. “Já tivemos casos graves de idosos subnutridos, que sofriam abusos físicos, estavam muitos machucados e, para preservar a vida da pessoa idosa, tivemos que retirá-lo e institucionalizar esse idoso. O que não é nosso objetivo principal. Fazemos isso quando realmente a gente percebe que é necessário”, destaca. Para Vieira, o problema vai além da questão familiar, precisa ser visto como uma necessidade social. “É muito preocupante, porque

esse olhar para a criação e efetivação de políticas públicas, essa rede de proteção a pessoa idosa ainda deixa muito a desejar. A pessoa idosa ainda não é prioridade para o poder público e para a sociedade”. De acordo com o coordenador da Pastoral, falta visibilidade para o tema. Na maioria dos casos a pobreza e as falhas no cumprimento do Estatuto do Idoso são agravantes para a violência. “Não há visibilidade para o tema. As pessoas não sabem onde fica a delegacia. Falta articulação. A sociedade civil precisa se organizar, promover debate, participar das audiências, debater, tomar o espaço que tem, para falar do problema da saúde, da assistência, da educação. Esses espaços precisam ser acessíveis. O peso da idade a torna mais lenta. É normal. Você envelhece e começa a ter limitações. Mas isso não é um problema”, ressalta Vieira. (E.P.)


10

CIDADES

TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 28 E 29 DE OUTUBRO DE 2017

Dia da Consciência Negra terá mais destaque Projeto “Vamos Subir a Serra!” promove uma série de atividades na orla da Pajuçara no período de 15 a 19 de novembro AGÊNCIA ALAGOAS/KAIO FRAGOSO

Programação inclui viagem pela história do Quilombo dos Palmares, em visita à Serra da Barriga, em União

A

orla da Pajuçara, em Maceió, será palco de um encontro educativo, cultural, político-econômico-social e histórico, durante os dias 15 a 19 de novembro, quando acontecerá o evento Vamos Subir a Serra! Mais que um período festivo, em alusão ao Dia da Consciência Negra, comemorado em 20 de novembro, o Projeto Vamos Subir a Serra visa transformar a data em um calendário de maior relevância nacional, com uma série de atividades que irão reafirmar a importância do episódio histórico da luta pelo apogeu da liberdade no Quilombo dos Palmares. Outra finalidade é fomentar e evidenciar as potencialidades do povo negro através de eventos simultâneos com a temática étnico-racial, tais como: feira de produtos afrosquilombolas, ciclo de palestras com nomes de referência local e nacional, tendo como foco o empreendedorismo afro, pertencimento étnico, turismo étnico, empoderamento da mulher negra e a Serra da Barriga como marco fundante. Também estarão acontecendo oficinas, lançamentos de livros, cine-fórum, performances artísticas culturais, desfile Afro -in e uma viagem pela história do Quilombo dos Palmares, em visitação à Serra da Barriga, em União dos Palmares. ATRAÇÕES Entre os palestrantes nacionais já estão confirmados o ator, cantor e humorista Érico Brás, que vai falar sobre Mídia e Racismo, bem como a cantora e atriz Negra Li, que vai abordar o empoderamento da mulher negra. O evento será realizado pelo Centro de Cultura e Estudos Étnicos Anajô, entidade vinculada aos Agentes de Pastoral Negros do Brasil (APNs), em parceria com a Núcleo Zero e gestão de Simone Benchimol. A atividade visa envolver não só a comunidade local, mas toda a sociedade, chamando atenção para a legitimação da ocupação de espaços pela população negra com igualdade, em todas as áreas. AÇÕES INTEGRADAS Durante cinco dias, a Praça Multieventos será palco referência de valorização da cultura afro. Além do Espaço Cultural Zumbi dos Palmares, que funcionará em uma grande tenda climatizada, também estarão acontecendo na praça as atividades do Projeto Saurê, promovido pela Prefeitura de Maceió, e o Encontro de Maracatus de Baque Virado, protagonizado pelo grupo percussivo Maracatu Baque Alagoano. PARCERIAS O Projeto Vamos Subir a Serra integra as atividades comemorativas ao Mês da Consciência Negra, e conta com o patrocínio do Sebrae, da Braskem e da Federação das Indústrias de Alagoas (Fiea), além da parceria da Prefeitura de Maceió, por meio da Fundação Municipal de Ação Cultural e do governo federal, através da Fundação Cultural Palmares.


TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 28 E 29 DE OUTUBRO DE 2017

CIDADES

11

Cultura e ecoturismo são atrativos dos Quilombos Governo do Estado, poderes públicos municipais e iniciativa privada buscam consolidar destinos no interior do Estado

B

erço da resistência negra, a região Quilombola de Alagoas, na Zona da Mata do Estado, guarda o passado de luta e tradição do povo alagoano. O misto de história, cultura, gastronomia e ecoturismo fazem dessa localidade um dos principais destinos turísticos alagoanos. Somente em União dos Palmares, por exemplo, no próximo dia 20 de novembro, mais de 50 mil pessoas são esperadas para as celebrações do Dia Nacional da Consciência Negra. A região dos Quilombos compreende treze municípios, de acordo com o novo Mapa do Turismo do Governo Federal. Por lá, o destaque é para as cidades de União dos Palmares, com o Parque Memorial Quilombo dos Palmares, na Serra da Barriga, e Murici, que possui grande potencial para o ecoturismo e turismo de aventuras, com uma rota de cachoeiras e trilhas na mata. Os municípios da região buscam planejamento, projetos e ações para consolidar e fomentar a atividade turística. Em União dos Palmares, por exemplo, o executivo municipal busca,

em parceria com o trade turístico local, por em prática o planejamento anual de fomento ao turismo. “Nós temos um plano de ações para todo o ano. Estamos realizando ações que façam com que o povo palmeirense se aproprie da história de Zumbi. Promovemos também a capacitação da rede hoteleira e demais serviços turísticos, para que possam atender da melhor forma os turistas que nos visitam”, conta José Artur Correia Alves, secretário de turismo de União dos Palmares. Visando fomentar a atividade turística em União dos Palmares, o Governo do Estado irá pavimentar o acesso a Serra da Barriga. Segundo o secretário de turismo do município, depois da pavimentação, o fluxo irá triplicar no local. “Essa luta é de muitos anos. A expectativa é que a gente triplique o número de visitas diárias. Atualmente, em meses de alta temporada como janeiro, fevereiro e março recebemos 400 pessoas mensais”, explica o secretário José Artur Correia Alves. O roteiro turístico em União dos Palmares ainda

inclui a visita ao Memorial Jorge de Lima, que celebra a vida e obra deste que é um dos grandes autores alagoanos, e a casa de Maria Mariá, importante figura feminina palmeirense. Para atender aos turistas, a cidade conta com uma rede hoteleira de cinco empreendimentos. Um sexto está em fase de elaboração do projeto. A gastronomia e o artesanato também ocupam importantes espaços no turismo local. Os destaques são o restaurante Baobá, localizado na subida para Serra da Barriga, e o artesanato da Vila Muquem, comunidade de remanescentes quilombolas. À frente do Baobá, a mãe Neide Oya D’Oxum, que é patrimônio vivo de Alagoas por difundir a cultura afro -brasileira, emprega dez pessoas no restaurante, tendo o efetivo aumentado especialmente para a ocasião do 20 de novembro. “A Serra da Barriga é o berço da cultura negra em Alagoas. É o útero que pariu a nossa liberdade. As pessoas vêm pra cá para conhecer o modo de vida do povo quilombola e sua comida. Todas as

quartas-feiras, nós temos os passeios onde apresentamos a serra com capoeira e artesanato”, conta Mãe Neide. União também é casa para outros dois patrimônios vivos do Estado, a mestre artesã Irinéia e a Dona Marinalva, ambas da comunidade quilombola Vila Muquém. Por lá, elas fazem do barro sua arte, com a tradicional produção de cerâmicas utilitárias e figurativas. As artesãs herdaram de seus ancestrais a técnica e o talento para moldar o barro, e esse saber tornou-se parte da identidade local e fonte de renda. Para o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Rafael Birto, a expansão do turismo na região dos Quilombos representa a interiorização do desenvolvimento, que é um dos principais focos do Governo do Estado. “Interiorizar o turismo em Alagoas é essencial para o desenvolvimento econômico do Estado. A atividade turística gera emprego e renda para população. O nosso papel é fomentar esses produtos para que eles se consolidem como atrativos turísticos”, argumenta.

FESTIVAL QUILOMBOLA

Sedetur promove segunda edição do evento Também em alusão ao Dia Nacional da Consciência Negra, a secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur), promove a 2º edição

do Festival Quilombola, entre os dias 17 e 20 de novembro, no estacionamento do Parque Shopping, em Maceió. Nesta edição, cerca de

dezessete restaurantes estarão no evento servindo pratos inspirados na cultura dos Quilombos e serão comercializados a um preço fixo de R$ 15. Além da co-

mida, o festival contará com artesanato, apresentações culturais, artísticas e oficinas de cabelo e maquiagem inspirados na cultura afro -brasileira.

AGÊNCIA ALAGOAS/KAIO FRAGOSO

Gastronomia é um dos grandes atrativos da região dos Quilombos

MURICI E LAJE

Ecoturismo ganha destaque nos municípios Destinadas aos amantes da ecologia, as reservas oferecem aos visitantes um ambiente tranquilo, proporcionando um verdadeiro encontro com a natureza. Nessa região, no município de São José da Laje, está a Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN). No espaço é possível encontrar corredores de bambuzais, nascentes de água potável, lagos e espaços de preservação de aves em extinção. Distante de Laje 47km, a cidade de Murici, ainda na Zona da Mata Alagoana, encanta como um santuário ecológico. No município está

localizada a maior reserva de Mata Atlântica de Alagoas, onde o visitante pode fazer passeios para nove cachoeiras de beleza singular. Tiririca, Sororró, Três Saltos, Teófilo, Vila D’Água e Canoas encantam aos turistas que curtem o contato da natureza. A cidade ainda é rota para aqueles que estudam aves. Isso porque em Murici habita uma grande diversidade de aves endêmicas e ameaçadas de extinção, como o Pintor Verdadeiro, Choquinha de Alagoas, Cuspidor de Máscara Preta e Anambé de Asa Branca.


12

CIDADES

MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 28 E 29 DE OUTUBRO DE 2017

TRIBUNAINDEPENDENTE

O Sucesso do Silêncio é tema de campanha

Rede de Biblioteca Cesmac faz homenagem a Charles Chaplin, ator da era da revolução industrial que usava linguagem não verbal

O

AÍLTON VILLANOVA ailton.villanova@gmail.com COM DIEGO VILLANOVA

Castigo divino

O

distinto cidadão intitulado Euripledes Ernandes tem dois problemas na vida e, segundo ele próprio define, “conviver com eles é algo atroz”. O primeiro desses problemas é a dúvida cruel que tem a respeito da honestidade da esposa e, o segundo, é carregar o incrível apelido que lhe botaram quando ainda era adolescente. “Cara de Tábua” é o apelido. Fora isso, tudo bem pra ele, “graças a Deus!” Cara de Tábua, ou melhor Euripledes, quase nasceu na sacristia de um templo católico. Seus pais, Manuel Jacinto e Maria Efigênia eram, respectivamente, sacristão e zeladora da igreja do bairro onde residiam, no Recife antigo. Não poderia ocorrer diferente: Euripledes virou coroínha, com direito à fitinha amarela (com a cruzinha azul) da saudosa da Cruzada Eucarística, e outras benesses mais. Mal se tornou rapazinho, apaixonou-se pela menina-moça Gertrudes, filha de uma paroquiana. Três anos mais tarde, levou-a ao altar. Gertrudes chamava a atenção de todo mundo não apenas pela sua boniteza, quanto pelo corpo escultural que possuía. E o rebolado dela? Coisa de louco! Euripledes morria de ciúmes da mulher, que passava todo o seu tempo livre debruçada na janela. Para completar o conjunto da obra, os seios da Gertrudes, que eram belos demais, só faltavam pular pelo decote da blusa quando a criatura estava apoiada no batente da janela. Um dia, o marido chegou pra ela e desabafou: - Tudinha, não aguento mais esta dúvida... E ela, com a cara mais inocente do mundo: - Que dúvida, Pepé? - Por acaso você anda me traindo? - Mas que conversa é essa, Pepé? Olha que você me ofende! É claro que não estou lhe traindo! De onde você tirou essa ideia? - E por que você usa vestidos tão curtos e decotados, me diga?! A gostosura fez beicinho: - É para lhe agradar, meu amor! - E por que essa pintura todas na cara? - É também pra lhe agradar... Eu sei que você me acha bonita assim. Euricledes coçou a testa e continuou insistindo nas perguntas: - E por que você agora cismou de chegar tão tarde da ginástica? - Ah, meu filho, é justamente porque fico caprichando na modelação do corpo, pra lhe agradar mais ainda. Você não querer me ver feito uma mocoronga... ou vai? O cara não se deu por satisfeito: - Me responda porque é que que, quando eu passo na rua, os meus amigos ficam me apontando e rindo muito? - Acho que é porque estão contentes por saber que você é feliz! O ex-coroínha faz mais uma pausa, respirou fundo e disparou: - E por que o nosso filho se parece com vizinho? Sem paciência com aquele interrogatório todo, e na falta de melhor argumento de convencimento, a mulher respondeu, na bronca: - Ora, Pepé, só pode ter sido castigo de Deus! - Castigo de Deus?! Ôxi! - Sim senhor! Ele lhe castigou porque você duvida demais de mim!

O supersônico Tremendo gozador, o Aldrábio de tudo faz uma piada. Outro dia, ele lia um jornal estiradão no sofá da sala quando, em dado momento, chegou o filho Juninho, com um caderno na mão: - Paínho, me ajude aqui no dever de casa... - Okêy, meu filho! Diga lá! E o menino: - O que é um avião supersônico? Aldrábio ajeitou-se no sofá e respondeu: - Escreva aí: “avião supersônico é uma merda de avião que anda mais rápido do que fofoca de vizinho!” Rá, rá,rááá... O garoto chateou-se: - Ah, painho, brincadeira tem hora! Você acha que vou escrever isso no trabalho do colégio? - Tem razão, meu filho. Então, escreva: “avião supersônico é um desgraçado dum aparelho voador que, quando vai se estabacar no chão, nem dá tempo do piloto gritar por socorro!” Carta de louco O carteiro chegou ao hospital psiquiátrico e entregou uma carta destinada ao interno Tamal Lucco. Ele olhou para o envelope com indiferença e depois colocou-o em cima da mesa da recepção. Outro louco, que chegava na ocasião, reparou no detalhe, aproximou-se do Tamal e indagou: - Você não vai abrir, não? - Eu não... O curioso então perguntou: - Posso abrir pra você? - Pode. Ao receber a autorização do colega, o doido curioso rasgou imediatamente envelope. Quando tirou o papel de dentro, havia apenas a folha em branco. Frustrado, ele perguntou ao outro: - Quem pode ter mandando isso pra você? Tamal Lucco respondeu: - Ah, é do meu irmão. É que faz três anos que a gente não se fala...

Sucesso do Silêncio. Esse foi o tema da campanha do Silêncio realizado em toda a Rede de Biblioteca Cesmac, iniciando no dia 23 de outubro e finalizando neste domingo (29), data em que se comemora o dia Nacional do Livro. A campanha teve como homenageado Charles Chaplin, o grande silenciador que interpretou a era da revolução industrial. Charles Chaplin se destacou através da linguagem não verbal e trouxe grandes e relevantes exemplos para a humanidade, como o de que para fazer algo grandioso não é preciso o grito, mas muitas vezes o silêncio. Os funcionários da Rede Biblioteca Cesmac vestiram literalmente a camisa contendo a frase “O som aniquila a grande beleza do silêncio’’ (C.C). Durante o evento houve distribuição de marca-página e exibição de filmes para quem quisesse apreciar a arte do silêncio. O ator Jamerson dos Santos, caracterizado de Charles Chaplin, circulou pelos salões de leitura nas bibliotecas, conscientizando os usuários que o silêncio é essencial para transformar o espaço, num local mais agradável e propício para a busca do conhecimento. As Bibliotecas são os pontos de encontros mais escolhidos e desde então tornam-se primordiais para estudar, ler, pesquisar, com-

partilhar ideias, realizar estudos em grupos e individuais. Inclusive, para tirar aquela soneca nos horários de descanso. São diversas experiências enriquecedoras quando aplicadas com respeito e responsabilidade, que contribuem para a formação acadêmica e pessoal de cada usuário. O Cesama destaca que é importante ter em mente mais uma vez que há outras pessoas utilizando o mesmo espaço, e que embora seja coletivo, o silêncio deve ser individual. “Pesquisas realizadas na Rede de Bibliotecas Cesmac apontam que os ruídos e barulhos nas Bibliotecas aumentaram em razão do mal uso de Smartphones nas dependências desse setor. Adotamos as placas com avisos de ‘proibido lanches’, ‘proibido celular’. Porém, nos dias atuais, a segunda placa fica em desuso e não desperta tanto respeito e atenção aos frequentadores de bibliotecas. É praticamente impossível não utilizar os celulares nos tempos atuais, principalmente quando estamos ociosos nos lugares, seja por esperar algo ou alguém. A placa substituta seria ‘proibido falar ao telefone’ ou ‘por favor, coloque o celular no modo silencioso’ em razão da conversa paralela e ou os ruídos de jogos e chamadas que incomodam e tira a concentração dos usuários”, afirmou a coordenadora de bibliotecas da IES, Eliete Souza de Araújo.

CidadesemFoco ROBERTO BAIA robertobaiabarros@hotmail.com

De novo???!!!

C

om Carlo Bandeira: Preso por duas vezes, Fabinho Aurélio, ex-prefeito de Girau do Ponciano, foi levado para a central de Polícia junto com o Advogado Edebiel Victor de Oliveira, presidente da Comissão de Licitação de Girau, na gestão do ex-prefeito. O ex-prefeito Fabinho Aurélio, filho do ex-prefeito, também de Girau do Ponciano, José Aurélio, já fora preso por suspeita de desvio do dinheiro Público.

Desvios de dinheiro Essa é a terceira fase de uma operação que ainda investiga compra de medicamentos com notas fiscais frias. As investigações constatam que houve desvio dos cofres públicos, dos recursos que seriam destinados à compra de remédios.

Advogado na prisão Dessa vez, o presidente da Comissão Permanente de licitação de Girau do Ponciano, na gestão do ex-prefeito, o Advogado Edebiel Victor de Oliveira, filho do vereador por Arapiraca Edvânio do Zé Baixinho (PSL), teve a prisão preventiva decretada pela 17ª Vara Criminal do Ministério Público Estadual, junto com o Fabinho Aurélio.

Presídio O ex-prefeito e o advogado foram levados para a Central de Polícia de Arapiraca, de onde serão encaminhados para Maceió e prestaram depoimento ao MPE. Na sequência, farão exames de corpo de delito no IML e seguirão para o Sistema Prisional de Alagoas.

Captação de recursos O presidente da AMA, Hugo Wanderley, alerta sobre a importância da presença de todos os prefeitos na captação de recursos, agentes de desenvolvimento municipais de Alagoas na reunião da AMA e destaca o papel que o governo do Estado, através da Semarh está fazendo na implementação do Plano Estadual de Resíduos Sólidos, que viabilizou o financiamento dos planos municipais.

Ajuizamento “A AMA está atuando para evitar ajuizamento de gestores e municípios”, afirmou. O presidente também reconhece o papel do MP na fiscalização e diz que os prefeitos estão empenhados em acabar de vez com os lixões e promover a melhoria da saúde pública através da destinação correta dos resíduos.

CEI na Região Norte O governador em exercício Luciano Barbosa anunciou nesta sextafeira, 27, a instalação do primeiro Centro de Educação Integral (CEI) da Região Norte, no município de Porto Calvo. A informação foi divulgada durante a assinatura da ordem de serviço para a reforma da Escola Estadual Nossa Senhora da Apresentação, unidade educacional escolhida para abrigar o CEI.

Educação integral

Luciano Barbosa lembrou a dedicação de alunos e professores da escola, que implementou a educação integral para 94 alunos antes mesmo da adaptação da unidade. Ao lado dos secretários de Estado da Saúde, Laura Souza, e Infraestrutura, Humberto Carvalho, o governador em exercício também garantiu a construção de um ginásio de esportes para os alunos e a comunidade.

Ordem de serviço Luciano Barbosa e a secretária de Estado em exercício da Educação, Laura Souza, assinaram, nesta sexta-feira, 27, a Ordem de Serviço para dar início às obras de recuperação da Escola Estadual de Ensino Integral Nossa Senhora da Apresentação, em Porto Calvo. Além das melhorias pedagógicas, as reformas realizadas pelo Governo do Estado tem proporcionado outro benefício aos alunos: a esperança.

Coletiva em Arapiraca O prefeito de Arapiraca, Rogério Teófilo, convocou uma entrevista coletiva com a imprensa local para apresentar a estrutura da festa dos 93 anos de emancipação política que, na próxima segunda-feira (30), deverá reunir mais de 10 mil pessoas no Bosque das Arapiracas, o novo local do evento.

Presentes A coletiva ainda contou com as presenças da vice-prefeita Fabiana Pessoa e dos secretários Silvestre Rizzato (Cultura), Mônica Pessoa (Educação) e Vanessa Sampaio (Serviços Públicos), além de representantes da Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT), que apresentaram os croquis da organização do evento em suas respectivas áreas. ... No local da festa, a Prefeitura já organizou toda estrutura de banheiros químicos, iluminação, cronograma de limpeza, organização do trânsito com interdição de ruas, segurança, apoio de ambulâncias, entre outros. ... “Feche os olhos e sinta…”. Quem aqui não consegue terminar essa frase melódica? Talvez alguém novo demais para entender o que foi toda aquela movimentação pulsante dos anos 1960. ... A Jovem Guarda foi um marco na cultura brasileira, ao lado da Tropicália de Caetano Veloso, Os Mutantes e Gilberto Gil – esta última, completando 50 anos este mês. “… um beijinho agora!”. Essa música que não sai da cabeça é de um dos grandes grupos que surgiram naquela leva inspirada pela invasão britânica na música pop ocidental. Um desses expoentes no Brasil era o Renato e Seus Blue Caps.


TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 28 E 29 DE OUTUBRO DE 2017

Economia

ECONOMIA

13

Black Friday deve ter alta de 19% no comércio eletrônico Black Friday deve movimentar R$ 2,2 bilhões no comércio online brasileiro este ano, alta de 19% ante 2016, impulsionada por uma melhor condição econômica dos brasileiros, prevê a BlackFriday.com. br, idealizadora do evento no país. A estimativa, que tem como base o tráfego do site, mostrou que em outubro, mês que antecede o evento, o portal teve 37% mais acessos que em 2016.

Luz terá taxa extra de R$ 5 a cada 100 kWh Bandeira tarifária vermelha será aplicada nas contas de luz de novembro; reservatórios de hidrelétricas estão em baixa

A

bandeira tarifária que será aplicada nas contas de luz de novembro será a vermelha patamar 2, com acréscimo de R$ 5 para cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos. Segundo a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), não houve evolução na situação dos reservatórios das usinas hidrelétricas em relação ao mês anterior. “Ainda que não haja risco de desabastecimento de energia elétrica, é preciso reforçar as ações relacionadas ao uso consciente e combate ao desperdício”, diz a agência. Na última terça-feira (24), a Aneel aprovou uma proposta de reajuste de quase 43% sobre o atual valor da bandeira tarifária vermelha patamar 2, a mais cara do sistema, passando o valor da taxa extra de R$ 3,50 para cada 100 quilowatts-hora (kWh) e passarão a pagar R$ 5 de taxa extra, já a partir de novembro. Em outubro, a bandeira vermelha patamar 2 foi acionada pela primeira vez desde que o sistema passou a contar com duas graduações para a cor vermelha, em janeiro de 2016. A decisão foi tomada devido à baixa vazão das hidrelétricas, porque as chuvas em setembro ficaram abaixo da média. Por causa do atual cenário de falta de chuvas, o Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico (CMSE) decidiu que vai fazer reuniões semanais para analisar as condições de fornecimento de energia no país. O nível dos reservatórios das regiões Sudeste e Centro-Oeste, os mais importantes do país, estavam

CORTESIA IGOR COUTO

Ainda que não haja risco de desabastecimento de energia elétrica, é preciso reforçar as ações relacionadas ao uso consciente e combate ao desperdício” AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA

em 17,9% de sua capacidade máxima. No mesmo período de 2001, quando houve um grande racionamento de energia do país, o índice estava em 21%. Sistema O sistema de bandeiras tarifárias foi criado em 2015, como forma de recompor os gastos extras com a utilização de energia de usinas termelétricas, que é mais cara do que a de hidrelétricas. A cor da bandeira é impressa na conta de luz (vermelha, amarela ou verde) e indica o custo da energia em função das condições de geração. Quando chove menos, por exemplo, os reservatórios das hidrelétricas ficam mais vazios e é preciso acionar mais termelétricas para garantir o suprimento de energia no país. Nesse caso, a bandeira fica amarela ou vermelha, de acordo com o custo de operação das termelétricas acionadas.

São Miguel dos Milagres, capital da Rota Ecológica dos Milagres, espera receber mais de três mil turistas de dezembro a janeiro

MÍDIA NACIONAL

São Miguel dos Milagres é destaque Alta temporada promete ocupação máxima em hotéis e pousadas da região CLAUDIO BULGARELLI SUCURSAL LITORAL NORTE

Com a proximidade da alta temporada, os destinos turísticos de Alagoas começam a ganhar destaque na mídia nacional. É o caso de São Miguel dos Milagres, capital da Rota Ecológica dos Milagres, principal meta do turismo do litoral norte no verão 2017/2018, com expectativa de receber mais de três mil turistas somente nos meses de dezembro e janeiro, que recebeu matéria com grande destaque na edição do último dia 26 na Folha de São Paulo. Analisando o potencial turístico de Alagoas, com

destaque para São Miguel dos Milagres, a reportagem enaltece as belezas naturais, onde as praias ocupam o primeiro lugar na preferencia dos turistas, além dos serviços hoteleiros, com suas pousadas de charme, o artesanato, feito de raízes de manga e jaqueira, além da beleza dos suplás (jogo americano para mesa de jantar) feito de fibra de bananeira e a culinária, especialmente para as agulhinhas fritas, o polvo à vinagrete e os lagostins grelhados. Localizado no Litoral Norte, a 100 km de Maceió, o município de São Miguel dos Milagres, onde dos mais antigos povoamentos de Ala-

goas, tem cerca de 8.000 habitantes e é conhecido por ser um dos principais destinos para quem quer aproveitar as festas de fim de ano. Apesar de pequena, a cidade mostra seu grande potencial turístico na alta temporada. A proximidade do turista com a natureza é um dos maiores atrativos do destino. O contato com as belezas naturais torna a estadia inesquecível, onde pousadas simples e pousadas de charme proporcionam comodidade aos visitantes. Tudo isso tem atraído turistas de todo Brasil. A previsão de ocupação hoteleira na semana entre o Natal e o réveillon está aci-

ma dos 95%. Para o hoteleiro Wilson Domingos, da pousada Recanto dos Milagres, “São Miguel é um dos melhores destinos turísticos do Nordeste, pois oferece um pouco de tudo, com o diferencial das praias”. O turista de São Paulo, de onde vêm à maioria dos visitantes, Rudimar Antunes, que estava visitando a Praia do Toque, parou para conversar com a reportagem e foi categórico: “É a primeira vez que venho e estou encantado. Os preços ainda não compatíveis, apesar de algumas pousadas exagerarem nos valores das diárias. Mas compensa. Isso aqui parece mais o paraíso”.


14

ECONOMIA

TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 28 E 29 DE OUTUBRO DE 2017

ASCOM/FIEA

Estudantes da Escola Sesi/Senai de Maceió na Feira de Inovação, Tecnologia e Empreendedorismo: criatividade da nova geração

Escola Sesi/Senai mostra projetos inovadores Argamassa de pneus usados, gesso derivado de madeira são alguns deles

T

em argamassa feita a partir de pneus usados, gesso derivado de madeira não utilizada, aplicativo que monitora o uso de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) dentro da indústria e robôs criados e programados para exercer diversas tarefas. Estes são alguns dos projetos desenvolvidos por alunos da Escola Sesi/Senai de Maceió, localizada no Benedito Bentes, que estão sendo apresentados durante a Feira de Inovação, Tecnologia e Empreendedorismo. A mostra seguiu aberta ao público até as 22 horas da sexta-feira, 27, no shopping Pátio Maceió, parte alta da capital.

O diretor da Escola Sesi/ Senai de Maceió, professor Carlos Abreu, conta que os estudantes estão muito empolgados com os projetos apresentados. O público também tem reagido de forma positiva às ideias demonstradas pela garotada. “O nosso objetivo é demonstrar às pessoas que a nossa escola é diferenciada, que estimula a inovação, o empreendedorismo e as tecnologias voltadas à resolução de problemáticas, principalmente, da indústria”, disse. O vigilante Carlos André da Silva, 37 anos, visitou a feira e elogiou a criatividade dos alunos. “Acho muito bom porque levar as novas gera-

ções a criar (projetos inovadores) desenvolve o nosso Brasil”, afirmou. Ele visitava o estande da equipe que desenvolveu a argamassa sustentável “PoliCimento”, feita a partir de pneus usados. “Ela não tem água na sua composição, que é substituída por dióxido de carbono líquido, bem mais barato. Usamos, ainda, silicato de cálcio e fibra de borracha retirada de pneus inservíveis, que são jogados na natureza de maneira inadequada. O cimento também está na composição do produto, para fazer a ligação de todos os componentes”, explica Henrique Farias, 17, do 2° ano de Edificações.

Na mesma linha da sustentabilidade, o Smart City consiste na criação de um espaço virtual onde as pessoas poderão cadastrar e entregar eletrônicos que não utilizam mais – tablets, celulares e computadores. A ideia é que cada descarte gere um bônus com descontos nas compras realizadas em empresas parceiras do projeto. “A gente quer, com isso, reduzir a quantidade de lixo tecnológico e ajudar as pessoas a descartar de maneira correta aqueles aparelhos que para elas não têm mais utilidade”, detalha Djalma Nascimento, 16 anos, do 1° ano do curso técnico em Informática da Escola Sesi/Senai de Maceió.


TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 28 E 29 DE OUTUBRO DE 2017

PUBLICIDADE

15


16

ESPORTES

MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 28 E 29 DE OUTUBRO DE 2017

TRIBUNAINDEPENDENTE

Corinthians quer caldeirão contra Ponte Timão está pressionado e precisa da vitória fora de casa para seguir longe da ameaça de Palmeiras e Santos

ACRÉSCIMOS

EDMILSON TEIXEIRA etjornalista@gmail.com

Mais um treinador

O

projeto acabou. Vanderlei Luxemburgo, após cerca de cinco meses de trabalho, não é mais técnico do Sport. O treinador foi demitido, na quinta-feira, após derrota por 2 a 0, para o Junior Barranquilla-COL, pela ida das quartas de final da Copa Sul-Americana. No total, Luxemburgo deixa o Sport com retrospecto de 11 vitórias, oito empates e 15 derrotas. Após a partida, o técnico se dirigiu aos microfones e anunciou, ele mesmo, sua demissão.

Positivo Com o empate no sábado passado contra o Fortaleza na final da Série C fechou a temporada 2017 do CSA. Como mandante, o time fez 27 jogos: 16 vitórias, sete empates e quatro derrotas. Cinco partidas foram com os portões fechados. Com as rendas de 22 jogos, o clube arrecadou R$ 3,4 milhões. As despesas das partidas deixaram o lucro em R$ 1,9 milhão. Os custos foram de R$ 1,5 milhão.

Recorde A maior renda da temporada foi na final da Série C. Com o aumento no preço dos ingressos, o CSA arrecadou R$ 661.442. A despesa nesse jogo fez o lucro ficar em R$ 453.576,24. Os maiores públicos foram nas quartas de final, contra o Tombense: 16 894 pagantes e 19 105 presentes. Os piores foram na estreia do Alagoano, contra o Murici, no Gerson Amaral: 1 382 pagantes e 1 539 presentes.

Desvantagem Na temporada 2017, o CSA ficou no prejuízo como mandante em sete partidas. Cinco foram com portões fechados, pela punição no Alagoano. O déficit foi de R$ 21.092,88. O borderô do clássico com o CRB, na primeira fase do estadual, não foi fechado. As partidas com público e no prejuízo foram contra o Murici (R$ 1.224,12) e Parnahyba (R$ 2.197,45).

Finalmente Esta semana a Fifa decidiu reconhecer como campeões mundiais os clubes que venceram o antigo Mundial Interclubes, confronto disputado de 1960 a 2004 entre o campeão sul-americano e europeu. A decisão foi tomada na manhã de sexta-feira, em reunião do Conselho da entidade em Calcutá, na Índia. Passam a ser considerados campeões mundiais, portanto, as seguintes equipes brasileiras: Santos - 1962 e 1963, Flamengo – 1981, Grêmio – 1983, São Paulo - 1992 e 1993.

A torcida do Corinthians fez a sua parte. Os ingressos para o jogo com a Ponte Preta, neste domingo às 16h (de Maceió), esgotaram no Estádio Moisés Lucarelli. Foram 3 mil bilhetes. Pelo lado da Ponte Preta a movimentação foi mais tímida, mas ainda assim a previsão é de casa cheia para o confronto que reeditará a grande final do Campeonato Paulista. O jogo da 31ª rodada pode definir o futuro do líder do Campeonato Brasileiro. Vindo de uma derrota para o Botafogo por 2 a 1, o Corinthians viu sua vantagem na liderança diminuir em relação a Palmeiras e Santos, que perseguem o rival nesta reta final de competição. Se não bastasse, o grupo de Fábio Carille está há três jogos sem vencer, com um empate diante do Grêmio e a derrota para o Bahia.

Por isso a torcida prometeu abraçar o time em busca de uma reação, já que a ‘gordurinha’ ainda é de seis pontos para o vice. Do outro lado, a Ponte Preta, dona da casa, vem de uma derrota para o Avaí num confronto direto, amargando mais uma rodada na zona de rebaixamento. O técnico Eduardo Baptista tem uma vitória, um empate e três derrotas nos últimos cinco jogos, o que prova que o momento em Campinas é de união com a torcida. O Timão deve ir a campo com: Cássio, Fagner, Balbuena, Pablo e Guilherme Arana; Gabriel, Maycon, Jadson, Rodriguinho e Romero; Jô. Mesmo sendo considerada a formação ideal por Carille, esta equipe foi utilizada apenas em 12 de 63 confrontos em 2017, com sete vitórias e cinco empates.

ASCOM CORINTHIANS

Corinthians terá escalação que nunca perdeu diante da Ponte Preta

BRASILEIRÃO

Vasco espera encarar Flamengo “cansado” Clássico carioca será no Maracanã e times querem subir na tabela O Vasco passou a semana toda trabalhando de olho no clássico contra o Flamengo neste sábado, às 18h (de Maceió), no Maracanã, no Rio de Janeiro, pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro. Enquanto isso, o Rubro-Negro teve um desgastante duelo, que ganhou por 1x0, diante do Fluminense pela rodada de ida das quartas de final da Copa Sul-Americana. Isso pode decidir o jogo a favor do Cruz-Maltino? Na visão dos vascaínos a vantagem não chega a tanto, mas também não deve ser total-

mente ignorada. Pelos lados de São Januário o discurso é o de impor um ritmo forte. “O Flamengo jogou no meio de semana e estamos no fim de temporada. Logicamente que tem um desgaste, mas não significa que o Vasco vai conseguir vencer o clássico por causa disso. O importante é trabalharmos no sentido de aproveitarmos tudo o que pode nos favorecer e logicamente que isso é algo que pesa. Vamos tentar impor um ritmo forte para tentar facilitar as coisas, pois é um duelo de muito

equilíbrio”, disse o lateraldireito Madson. Como tem comandando a maior parte dos treinos sem a presença da imprensa, o técnico Zé Ricardo só deverá revelar minutos antes do confronto a escalação para o duelo contra o Flamengo. O treinador perdeu para este jogo o zagueiro Breno, suspenso por ter sido expulso no empate por 1 a 1 com o Coritiba. Paulão será o substituto, compondo o setor com Anderson Martins. Quem permanece de fora é o atacante Luis Fabiano, que

ainda se recupera de uma contratura miofacial. Ele está sendo trabalhado para retornar contra o Vitória na próxima semana. SÁBADO 16h São Paulo x Santos 18h Flamengo x Vasco 20h Atlético-PR x Chape

DOMINGO

16h Fluminense x Bahia 16h Atlético-MG x Botafogo 16h Ponte x Corinthians 17h Sport x Coritiba 17h Vitória x Atlético-GO 18h Avaí x Grêmio

SEGUNDA

19h Palmeiras x Cruzeiro

Tipo Copa

UOL

O reconhecimento da Fifa reforça a possibilidade de que o duelo entre o campeão da Libertadores e o da Liga dos Campeões volte a acontecer. O Mundial de Clubes organizado pela entidade em 2000 pela primeira vez e depois continuamente desde 2005 passaria a ser disputado de quatro em quatro anos, no mesmo intervalo da Copa das Confederações, que seria extinta - essa mudança deve ser somente a partir de 2021.

Surpreendente “No domingo, eu vou ao Maracanã. Vou torcer pro time que sou fã”. A música, composta e interpretada por Neguinho da Beija-Flor, virou um hino das torcidas nos estádios de todo o país, retratando bem a importância que este dia da semana tem para o torcedor apaixonado por futebol. No entanto, se levarmos em conta os públicos da Série A do Brasileiro na atual temporada, tanto o sábado como a quinta-feira estão caindo mais no gosto dos torcedores na hora de apoiarem seus clubes de coração.

Dados Com 48 jogos realizados, o sábado registra média de 19.409 espectadores. Destaque para o empate por 2 a 2 entre São Paulo e Ponte Preta, no Morumbi, pela 23ª rodada, diante de 42.724 pessoas. Na sequência vem à quinta-feira, que em 28 partidas disputadas apresenta quase 16.350 pagantes por confronto. Neste dia, o maior público foi registrado na vitória do Coritiba por 2 a 1 sobre o São Paulo, também no Morumbi, pela 18ª rodada (53.635).

Tradicional O domingo é apenas o terceiro colocado, embora seja o dia com o maior número de confrontos e que apresentou os dois maiores públicos do campeonato: São Paulo 1 x 1 Corinthians (61.142 pagantes, maior público do Brasil na temporada), pela 25ª rodada, e São Paulo 3 x 2 Cruzeiro (56.052), pela 20ª rodada. No total foram 146 duelos, o que dá uma média de 15.870 torcedores.

Outros Completam a lista de médias diárias a segunda-feira (14.805 espectadores em 21 jogos), a quarta-feira (13.137 pagantes em 53 partidas) e a terça-feira, com apenas um jogo (13.029) - empate por 1 a 1 entre Fluminense e Atlético-PR, no Maracanã, pela quinta rodada.

Moreirão Em meio às comemorações festivas dos 127 anos de emancipação política de Capela, ocorridas no último dia 16, o prefeito Adelminho Calheiros (PMDB) entregou ao público desportista da cidade, a reforma do Estádio Municipal Manoel Moreira.

Lembrança “Aqui foi palco de grandes vitórias e continua sendo o maior orgulho para o povo da nossa terra, sobretudo pelo fato do time do Capelense, ter sido o primeiro do interior de Alagoas, a conquista três títulos estaduais”, comentou o prefeito Adelminho, enaltecendo o nome do saudoso prefeito José Vânio de Moraes, tido como um fiel defensor do esporte, que ficou na história do futebol alagoano no final dos anos 80, na qualidade de dirigente.

Vasco passou a semana toda trabalhando de olho no clássico contra o Flamengo neste sábado; partida vale pontos importantes na tabela

CSA confirma as primeiras parcerias

Azulão terá reforços do Santos, do Palmeiras e vai buscar outros jogadores

A

diretoria do CSA fechou parceria com Santos e Palmeiras. O presidente do Conselho Deliberativo, Raimundo Tavares, e o conselheiro João Feijó, gravaram um vídeo, em São Paulo, ao lado do presidente do Santos, Modesto Roma, e confirmaram um acordo com o Peixe para o ano que vem. A parceria deve envolver o empréstimo de alguns atletas para reforçar o elenco marujo nas disputas dos campeonatos regionais e na-

cionais. Porém, o número de jogadores envolvidos na negociação ainda será avaliado pelas duas diretorias. Modesto Roma acredita que os dois clubes terão benefícios com o acordo firmado. “É um prazer muito grande ter esse projeto de parceria, e avançarmos nessa colaboração de Santos e CSA para a grandeza do futebol alagoano. Vai ser uma parceria que dará muitos frutos”, afirmou. Segundo o dirigente Raimundo Tavares, os repre-

sentantes azulinos ainda visitam outros clubes do Rio de Janeiro antes de voltarem para Maceió. Eles já foram na Bahia, mas nenhum acerto foi confirmado. Em 2018 o CSA disputa a Copa do Nordeste, o Campeonato Alagoano, a Copa do Brasil e o Brasileirão da Série B. REFORÇOS Até agora nenhum jogador foi confirmado. O atual elenco se desfez e alguns atletas devem ser chamados para um acordo de renovação. Leandro Kível, ex

-ASA, está entre os nomes especulados. O presidente Rafael Tenório, confirmou o interesse no jogador, mas despistou sobre um possível acerto com o centroavante. “É um jogador que interessa, mas antes de qualquer contato, vamos resolver a situação com os nossos atletas”, disse. Outro nome que aparece com força é o do meia Caíque Valdívia, revelado pelo ASA. Atualmente, o jogador pertence ao Cruzeiro e está emprestado ao Criciúma.


TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 28 E 29 DE OUTUBRO DE 2017 DIVERSÃO&ARTE 1

Jordana Brewster e diretor Justin Lin voltarão à franquia ‘‘Velozes e Furiosos 9’’ A atriz panamenha e filha de mãe brasileira Jordana Brewster irá retomar o papel de Mia em ‘Velozes e Furiosos 9’, após sua ausência no último filme da franquia. Além dela, o diretor Justin Lin, das partes 3, 4, 5 e 6, também estará de volta nos dois próximos longas. O anúncio foi feito pelo ator Vin Diesel, numa transmissão ao vivo em sua página no Facebook. “Vocês querem que 9º e 10º filmes da franquia sejam incríveis. Nós ouvimos suas preocupações sobre onde a história deve chegar em seus capítulos finais. Adivinha quem é o diretor? Aquele que foi responsável por ressuscitar esta bela saga. Justin Lin!”, comemorou o astro. “E ele faz parte do DNA desta família, então queria o retorno imediato de uma pessoa, pois entendia a responsabilidade de entender Toretto e retomar sua irmandade. E é alguém que vocês pediam muito! Não tem ninguém mais Toretto do que minha irmã, Jordana Brewster!” Lançado em abril deste ano, ‘Velozes e Furiosos 8’ foi um grande sucesso de bilheteria, gerando mais de US$ 1 bilhão no mundo todo e provando que os fãs ainda não se cansaram das estripulias de Dominic Toretto e companhia. O nono filme da saga estreia em abril de 2020.

F

oi um acaso do destino que fez Kevin de Paula viver o Rei do Futebol em “Pelé: O Nascimento de uma Lenda”. Ele tinha apenas 18 anos, nunca havia atuado ou pensado em ser ator, mas estava no lugar certo na hora certa. O flamenguista de Duque de Caxias conta como foi essa história e fala sobre o desafio de atuar em inglês, o que fez com o cachê do filme e as dificuldades financeiras que está enfrentando hoje. Sua escalação aconteceu por acaso, certo? Sim. Eu estava jogando um campeonato pelo meu clube, Tigres do Brasil, em 2015. E nem sabia que a produção do filme estava indo lá no dia tirar fotos do estádio para usar como locação. Eu, por acaso, saí em uma delas. Passaram-se alguns dias, e a produção ligou para o clube e perguntou se eu estava interessado em participar do filme do Pelé. Achei legal e aceitei fazer o teste. Foram duas semanas de muita preparação porque não conhecia nada de inglês nem de atuação. Rolou teste de habilidade com a bola também. O último teste que fiz foi com o Seu Jorge, uma cena em que eles estão caminhando e conversando. Depois de uns dias, me ligaram falando que eu tinha passado porque o Seu Jorge gostou muito de mim. Quem me aprovou mesmo foi ele. E como foi a preparação depois? Você chegou a conhecer o Pelé? Eles alugaram um apartamento para mim no Leblon, e ficamos todos os dias – direto, das 7h às 19h – preparando com aula de inglês e atuação. Ali, eu já fazia algumas partes do filme, falando em inglês. Tinha dias que eu saía com dor de cabeça. Não era acostumado, era tudo primeira vez para mim. Conheci o Pelé só quando fui atuar com ele na cena

A VIDA DE UM

rei Kevin de Paula, jovem jogador, estreou como ator em “Pelé: O Nascimento de uma Lenda”; longa está em cartaz nos cinemas de Maceió e conta a vida do rei do futebol

do hotel, que filmamos em Petrópolis. Quando me viu, ele ficou parado uns três minutos me olhando, sem piscar. Fiquei meio sem graça. Aí, ele veio e me deu um abraço. Como foi atuar em inglês? Você teve que se dublar depois,

em português? Na verdade, eles me procuraram, mas depois não falaram mais nada. Então, não sou eu em português, não. Foi muito difícil no começo, falava muita coisa errada, ficava meio travado. Só depois de pegar a manha que comecei a me soltar mais. A Mariana (Nunes) e o Seu Jorge me ajudaram muito. Até hoje chamo a Mariana de “mãe”. Os diretores falavam um pouco de espanhol, então a comunicação com eles era um pouco mais fácil. E como foi reencenar as jogadas do Pelé? Foi a parte mais difícil. Porque a gente tinha que refazer várias vezes. Repetir de novo e de novo, mudar a câmera. Assistia aos vídeos da jogada original. Quem me ajudou a memorizar os movimentos foi um norte-americano, esqueci o nome dele. O mais difícil de todos foi a bicicleta, porque eu tive que fazer o movimento perfeito um monte de vezes, caindo toda hora. Foi meio cansativo e teve uma hora que eu me machuquei mesmo. E também quando ele dá o lençol e chuta. Mas foi bem bacana. Só quando eu estava muito cansado entrava o dublê. É como uma coreografia, repetir os passos de uma dança. Você quer seguir no futebol, e não como ator. Vai parar por aqui? Eu já me perguntei isso. Depois do filme, voltei para o futebol. Mas, hoje em dia, estou passando dificuldades financeiras que nunca tive na vida. Não tenho empresário, o que me prejudica muito como jogador, acabei de ser pai agora e estou há um ano sem receber no meu clube. Eu preferia seguir no futebol, mas sempre que alguém me procura para um teste, comercial, eu aceito numa boa, é um ganho a mais. Todo o dinheiro que recebi do filme, R$ 30 mil, foi investido na casa da minha mãe. A sala era a cozinha, e tinha um quarto só e um banheiro. Dei para ela, e ela fez os quartos dos meus irmãos e o dela. Eu peguei só R$ 1.000 para comprar um videogame.


2 DIVERSÃO&ARTE

TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 28 E 29 DE OUTUBRO DE 2017

Mostra “Alegoria da alma”

Projeto Sesc das Artes

O

violonista Alisson Freire é a próxima atração do projeto Sesc das Artes. O músico apresenta um concerto solo de violão neste sábado (28), às 17h, no Teatro Jofre Soares, Sesc Centro. No repertório, serão tocadas obras de compositores dos mais diversos períodos e estilos, como também compositores da Música Popular Urbana Brasileira. A entrada é gratuita e os ingressos para a atração começam a ser distribuídos uma hora antes de seu início.

II Festival Em Cantos De Alagoas

A programação da segunda edição do Festival Em Cantos de Alagoas está disponível. Com o objetivo de descobrir novos talentos e valorizar a produção musical alagoana, o Governo do Estado, através da Secretaria de Estado da Cultura (Secult), oferece ao público um alto nível da música popular brasileira. As apresentações acontecem de 30 de outubro a 2 de novembro, a partir das 19h, no Teatro Gustavo Leite, no Centro Cultural e de Exposições Ruth Cardoso, no Jaraguá. Artistas da terra convidados também ajudarão a abrilhantar o festival. No primeiro dia de audição, a cantora Nara Cordeiro vai realizar a abertura do evento; no segundo, é a vez do cantor Basílio Sé. O terceiro e quarto dia do II Em Cantos vai receber a cantora Ariele e o grupo Xique e Baratinho para encerrar o Festival. Entrada Franca.

A Galeria Gamma recebe a primeira exposição individual do artista Lucas Lamenha em solo alagoano. A mostra , “Alegoria da alma”, reunirá desenhos e pinturas inéditos que apresentam ao público a construção de uma expressão singular, através de personagens, frases e signos. Visitação: até dezembro de 2017. Horários de visitação: segunda a sexta – 14h às 19h / sábado – 09h às 13h.

O

universo repleto de esculturas de madeira produzidas pela artista Cida Vieira vai ser apresentado ao público na exposição Cida Madeira Vieira Mulher, que será aberta nesta segunda-feira (30/10), às 20h, no Complexo Cultural Teatro Deodoro, Centro de Maceió. Com curadoria de Fredy Correia, a mostra fica em cartaz até 30/11 e a entrada é gratuita. A visita pode ser feita de segunda a sábado, das 8h às 18h, exceto às quartas quando o horário vai até 20h, e, aos domingos e feriados, das 14h às 17h. Entrada Franca.

Miraculous: As Aventuras de LadyBug No dia 12 de novembro a heroína mais famosa da criança na atualidade ganha vida no palco do no Spazzio Gatti (próximo a entrada do Conj José Tenório – Serraria), ao lado de seu fiel parceiro, Cat Noir, no espetáculo Miraculous: As Aventuras de LadyBug. Ingressos: cadeira de pista – R$

A chamada estação das flores chegou e trouxe junto com ela o colorido das flores e os dias mais quentes. Para fazer os entardeceres ainda mais agradáveis, o Instituto do Meio Ambiente do Estado de Alagoas (IMA/AL), junto com a Orquestra Filarmônica de Alagoas, o projeto Concertos Para a Primavera, com quatro apresentações musicais e concertos didáticos em quatro cidades, a partir do dia 05 de novembro. A abertura acontece dia 05 de novembro, em Maceió, no teatro Gustavo Leite; o segundo concerto será realizado dia 11, no município de Penedo – região do São Francisco; o terceiro concerto será realizado em Piranhas – sertão alagoano; e o encerramento acontece dia 01 de dezembro, em Murici – localizado na zona da mata. Todos os concertos serão gratuitos. Os ingressos poderão ser trocados por um quilo de alimento não perecível. As pessoas que doarem um quilo de ração para animais poderão levar até dois ingressos. Os locais de distribuição serão divulgados nos próximos dias através das redes sociais do IMA/AL.

Os palhaços do Clowns de Quinta entram em cartaz com o espetáculo Cenas Clownssicas 3.0, no Centro Cultural Arte Pajuçara. O Grupo de palhaçaria segue em cartaz no Cine Arte Pajuçara até o próximo domingo (29), com apresentações sempre às quintas-feiras e sábados, a partir das 19h30, e, aos domingos, às 18h. Antes de chegar ao Centro Cultural Arte Pajuçara, os palhaços percorreram nove cidades do Agreste alagoano com apresentações gratuitas para os moradores.

Neste sábado (28), Maceió vai receber pela primeira vez o show do talento mais do que consolidado no atual cenário da música sertaneja, o paranaense Jefferson Moraes. O artista tem sido primeiro lugar das rádios do país com a música “Beber com Emergência” e será uma das atrações da festa “Villa Friends”. Além dele, o público terá ainda o show de Israel Novaes, Roda Sertaneja,

U

m projeto organizado por alunos de Teatro da Universidade Federal de Alagoas, o Manifestarte, chega na terceira edição com uma novidade para as crianças. Neste sábado (28), será apresentado Dando asas à imaginação e todos os holofotes estarão direcionados para os pequenos. Começa às 13h, no Espaço Cultural da Ufal, na Praça Visconde de Sinimbu. Entrada gratuita.

III Festival Pôr do Sol Cultural O Governo de Alagoas, por meio da Secretaria de Estado da Cultura (Secult), realizará o 3º Festival Pôr do Sol Cultural, que tem como intuito oferecer aos artistas alagoanos um palco para

mostrarem seus talentos. Foram selecionados 15 bandas de música e 15 grupos culturais, que se apresentarão de 23 de novembro a 17 de dezembro, a partir das 16h, na orla da Pajuçara.

FALE CONOSCO - A Agenda é um serviço gratuito de orientação ao leitor. Os interessados em divulgar eventos, shows e exposições podem enviar material através do endereço: tiagenda@hotmail.com

RESUMO DE NOVELAS GLOBO 19h

Neste sábado (28), o dia está reservado para o show da cantora carioca Leila Maria, considerada um nos nomes mais importantes da atual cena do jazz nacional. Esta será a primeira vez que Leila vem à Maceió. Para a sua estreia escolheu um repertório pra lá de especial: eternos sucessos de duas Divas do jazz mundial, Billie Holiday e Ella Fitzgerald. Middô (Rua Valdo Omena, Ponta Verde). Abertura da casa: 22h. Mesas para 4 pessoas: Mesa frente palco: R$ 360,00, Mesa lateral palco: R$ 320,00, Mesa 2º piso: R$ 300,00. Reservas e vendas de mesa: 3235-5301 / 99928-8675. Mais Informação: 82 32355301.

Jefferson Moraes

Projeto Concertos Para a Primavera

Espetáculo Cenas Clownssicas 3.0

GLOBO 18h

45 (meia) e R$ 90 (inteira) / cadeira de longe – R$ 35 (meia) e R$ 70 (inteira). Vendas: Alethia – Maceió Shopping, Livraria Leitura – Parque Shopping e Soraya Farias Acessórios – Rua Eng. Mário de Gusmão, 507 – Ponta Verde. Venda de ingressos no site: www.eventim.com.br .

Show Billie, Ella & Eu

GLOBO 21h

RECORD 21h

TEMPO DE AMAR

PEGA PEGA

O OUTRO LADO DO PARAÍSO

O RICO E LÁZARO

Matias ameaça Maria Vitória, e Vicente a defende. Matias é preso pela Polícia, e Justino e Tiana veem a cena. Januária e Hans agradecem Vicente e Maria Vitória pela prisão de Matias. Lucinda sonda Maria Vitória sobre a proximidade com Vicente. Lucinda furta uma camisa de Inácio dos pertences de Maria Vitória. Em Morros Verdes, Delfina destrói a carta que Maria Vitória enviou para José Augusto. No Rio, Celeste sente dores, e Bernardo e Eunice a ajudam. Com a ajuda de Firmino, José Augusto sequestra Mariana em Portugal.

Luiza e Eric discutem. Malagueta comenta com Maria Pia que Eric terá problemas com a polícia. Wanderley insiste para que Sandra Helena liberte Agnaldo. Douglas avisa a Gabriel que o matriculou na escola. Sandra Helena paga a fiança de Agnaldo. Pedrinho apresenta Arlete como sua namorada a Luiza e Eric. Lourenço conversa com Maria Pia sobre Athaíde. Domênico alerta a equipe para um e-mail com documentos comprometedores.

Gael afirma a Clara que não sabia das intenções da mãe quando se casou com ela. Sophia garante a Lívia que irá explorar as esmeraldas. Lívia comenta com Renato sobre as esmeraldas. Nádia se enfurece quando Raquel cozinha pratos típicos para Gustavo e seus filhos. Gael ajuda Estela. Elizabeth sai para o jantar com Jô e Natanael avisa seu detetive. Renan chega ao restaurante e Jô vai embora. Josafá se aconselha com Mercedes. Sophia embriaga Gael e o envenena contra Clara. Gael briga com Clara e ela pede o divórcio.

Não há exibição aos sábados.

Highlander, Garota Sertaneja e Paulinho Balbino. O evento acontece a partir das 23h30 na casa de show Maikai, no bairro da Jatiúca. Os ingressos já podem ser adquiridos no Maikai (individuais e lounges), Celebration Store, no Parque Shopping (individuais) Acesso Vip do Parque Shopping, Viva Alagoas no Maceió Shopping ou ainda pela lojadeingressos.com (formato individual).


TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 28 E 29 DE OUTUBRO DE 2017 DIVERSÃO&ARTE 3

Em suspense

FLÁVIO RICCO - colaboração: José Carlos Nery - www.twitter.com/flavioricco

Novela da Globo se caracteriza por possuir elenco de protagonistas

“O

Outro Lado do Paraíso”, a nova da Globo, faixa das 9 da noite, com a garantia que o nome do Walcyr Carrasco passou a representar, tem se destacado também por um elenco do outro mundo, em se tratando de novelas no Brasil. Reunir nomes como Fernanda Montenegro, Lima Duarte, Marieta Severo, Glória Pires, Laura Cardoso, Nathália Timberg, Juca de Oliveira a outros tantos como Ana Lucia Torre, Grazi Massafera, Eliane Giardini, Bianca Bin, Sérgio Guizé, Bárbara Paz, Juliano Cazarré, Rafael Cardoso, Eriberto Leão, Ellen Rocche, Juliana Caldas, Mayana Neiva, Igor Angelkorte, Luís Melo e Marcelo Novaes, sem qualquer exagero nos coloca diante de uma novela formada só com protagonistas.

Quase uma covardia

E já em aquecimento, outra fera, Thiago Fragoso como Patrick, em cena a partir da segunda fase, para ajudar a avó Beatriz (Nathalia) e Clara (Bianca), ambas internadas numa mesma clínica psiquiátrica de forma compulsória. Advogado acima de qualquer suspeita, com o decorrer do tempo será revelado segredo guardado de muito tempo. Divulgaçã0/SBT

Mudanças estruturais

O cargo “diretor de rede” não existe mais no SBT. Foi extinto. Roberto Franco, hoje como diretor de Assuntos Regulatórios e Relações Institucionais, foi o último a exercê-lo. Carlos Bertolazzi vai aparecer em “Carinha de Anjo”, no SBT, no início de novembro. Vai como ele mesmo, para contracenar com Fátima (Rai Teichimam), entre outros nomes da novela.

TV TUDO Será?

A decisão da Band, em não continuar com o “Pânico” no final do ano, impactou de tal maneira o mercado, que acaba nos levando a algumas conclusões. Será que o excesso de moralismo, hoje em cartaz, também não passou a jogar contra o programa?

Exemplo

Márvio Lúcio, o Carioca, por ser grato ao Tutinha e Emílio Surita, em várias ocasiões recusou convites de outras TVs. Inclusive da Globo, mais de uma vez. Agora é deixar correr e aguardar os acontecimentos.

Programa do Serginho

Pabllo Vittar, Luan Santana e o grupo italiano Il Volo são os convidados do “Altas Horas”, depois do “Zorra”. Um dos assuntos tratados é a participação da Pabllo no show da Fergie, no “Rock in Rio”.

Outro papo que já rola, mas não confirmado pela casa, fala da mudança de Daniel Slaviero, que já presidiu a Abert e hoje dirige o SBT em Brasília, para assumir novas funções na estrutura da rede. A emissora não confirma.

Mesmo niu bons sempre reu Mesmo o “Pânico” . sua equipe Band e valores em ma pare na que o progra em outro lugar, várias e tinu con não certeza, soas, com dessas pes ar no o se encaix conseguirã como aconteceu com Tal no desvio. mercado. guém ficou o “CQC”. Nin

Está em questão

Ainda sobre possíveis mudanças que a Record possa vir a fazer na sua grade diária, parece definitivo que o “Cidade Alerta” voltará a ter a sua duração ampliada. O problema é decidir de qual lado vai estourar. Se terminam com “Os Dez Mandamentos” e nem colocam a sua segunda temporada ou terminam com o jornal local. Para acomodar, uma das duas hipóteses irá prevalecer.

Rodada dupla do Mundial sub-17, na Band, na manhã deste sábado. Disputa do terceiro lugar, Brasil e Mali, com narração de Oliveira Andrade e comentários do Paulo Jameli, a partir das 9h15. Na sequência, a final, Inglaterra e Espanha, Teo José e Neto.

O projeto para a construção da nova sede e estúdios do jornalismo da Record, na base da Barra Funda, em São Paulo, foi aprovado pela sua direção. O início das obras está previsto para o início de 2018.

No embalo

isa raquecido, Outradesco falcado e enf

Futebol

Está aprovado

De volta das férias, Felipe Andreoli vai ancorar o “Esporte Espetacular” deste domingo fora dos estúdios do programa, em função da corrida “Partiu, Globo”. Transmitida pelo “EE”, a prova conta com percursos de 4 e de 7 quilômetros em torno dos estúdios, de cidades cenográficas, do acervo de figurinos e da área de efeitos visuais dos Estúdios Globo, em Jacarepaguá. Fernanda Gentil, normal, seguirá na base do Jardim Botânico.

C’est Fini Internamente, na Band e BandSports, é dada como certa a continuidade de transmissões do tênis de Roland Garros. O que ninguém consegue garantir é se já existe algum contrato assinado. Então é isso. Mas amanhã tem mais. Tchau!

Bate-rebate ·Na Bandeirantes os pedidos de férias do Datena já não são mais levados a sério... ·... No momento seguinte ao que ele diz que vai sair, acaba desistindo... ·... Dona Matilde, a parceira de todas as horas, nem acredita mais... ·... A propósito, a próxima está marcada agora para o começo de novembro. Será? ·Está dando muito certo o programa “Manhã Leve”, apresentado pela Maria Cândida, diariamente, na TV Aparecida... ·... Uma profissional que sabe muito bem colocar em prática a experiência adquirida ao longo da carreira. · No “GloboNews Literatura” deste sábado, 19h30, Luísa Belchior conversa com Dan Brown, autor de “Anjos e Demônios”, “O Código Da Vinci” e “O Símbolo Perdido”... ·... E que acaba de lançar “A Origem”. Entrevista gravada em Barcelona, onde se passa a ficção que trata de assuntos como religião, ciência e tecnologia. ·Está em fase final a escalação da nova novela do João Emanuel Carneiro... ·... Tanto ele, autor como o diretor Dennis Carvalho se empenharam com muita disposição neste trabalho.

HORÓSCOPO dificuldades afetivas. Expresse confiança para vencer os conflitos. ESCORPIÃO – (23/10 a 21/11) – A desarmonia da Lua com Vênus sugere problemas sentimentais que prejudicam sua habilidade comunicativa. Neste momento assuma uma atitude mais serena sem expor suas inquietações. Evite críticas excessivas e se dê o respeito. No amor, controle o ciúme. SAGITÁRIO – (22/11 a 21/12) – Conflitos territoriais cobram da sua sensatez neste período em que a desarmonia da Lua com Vênus sensibiliza seu ambiente social. Fuja de brigas e busque uma convivência de paz com todos. No amor, procure resolver os conflitos e agir de forma prática para que a convivência

se harmonize cada vez mais. Seja mais sociável e coloque as emoções em ordem. CAPRICÓRNIO – (22/12 a 19/1) – A tensão da Lua com Vênus desarmoniza seu signo e o setor profissional, o que indica uma fase de inquietações que prejudicam seu rendimento profissional por conta de suas inquietações. Não se abata pelas dificuldades. Preserve sua imagem. No amor, não tenha medo de resolver os problemas do relacionamento afetivo. Preserve a estabilidade emocional e dedique-se cada vez mais ao conforto pessoal junto de quem ama. AQUÁRIO – (20/1 a 18/2) – A desarmonia da Lua com Vênus indica uma fase em que as negatividades se destacam e que compromete questões importantes de sua

vida. Relaxe para recuperar as forças. No amor, reveja as dificuldades rotineiras, apesar do momento ser favorável para investir na tranquilidade. Assuma uma atitude livre e sensata para preservar seu cotidiano estável. PEIXES – (19/2 a 20/3) -As iniciativas coletivas ficam vulneráveis a brigas que prejudicam as conciliações. A Lua no setor de amizades em desarmonia com Vênus deixa você sensível a adotar uma atitude que tende a prejudicar a sintonia coletiva. No amor, A tensão da Lua com Vênus preestabelece a você uma atitude sensata para lidar com o amor com mais intensidade. Faça com que o romance se harmonize cada vez mais. Entenda as divergências e expresse fidelidade com o amor.

PALAVRAS CRUZADAS DIRETAS

www.coquetel.com.br

© Revistas COQUETEL

Luta pela autonomia dos bascos (sigla) Natalie Portman, atriz de Cinema

Pedra passada na pele do cliente pelo barbeiro, após o corte Segurar com força

Indicação do acento grave (pl.) (?) Montada: um dos símbolos do Canadá

Objeto de estudo da Balística forense

Significado do "P", na sigla CPI

Forma de propaganda em redes sociais

Que destoa dos demais

Aspecto olfativo do monóxido de carbono (?) consciente: uma das preocupações dos ambientalistas A 1ª vogal

O cavalo castanhoamarelado Liga esportiva em que atua Lebron James (sigla) A dimensão oposta à espiritual Balcão para a exibição de produtos Conduta

O do Titanic foi causado pelo impacto com um Indício de iceberg gravidez

Substituto do mestre de obras

Mogno (bras. pl.)

Cede O banho tomado imediatamente após a sauna Perder os sentidos Roentgen (símbolo)

Excelente, em inglês (?) Leão, cantora

Traje de magistrados

Itamar Franco, político mineiro

Diadema, no ABCD paulista

Antonio Gaudí, arquiteto Sua catalão Majestade (abrev.) Ímpeto

Hortaliça muito consumida em saladas

Prova da ginástica artística Dar a volta por (?): recuperar-se

Nota de real com o maior valor

Fábio Júnior, cantor de "Pai"

Doce que melhora o humor Zomba Eduardo Moscovis, ator brasileiro

34

Solução

A V B D P

A C

I

P O L I

S E S A

R

C

M

A

C I

R S B

A

C A O L T

I

U A M E N G E M P A I R R R E P A A N N R C ON S A I T R U A R E SM A G S A S C O E M M O D U C H A

D O

V L I O A

A L F A C E

G

N A U F R E T A

I M A G O T

I L T

E

T R A J E T O D O P R O J

BANCO

101, em algarismos romanos

O bem oferecido em uma hipoteca

R I

Glória (?), repórter Variedade de laranja

I N O D O R O

Marca do visual da bruxa, nos contos infantis Estado de Ji-Paraná (sigla)

M A T E R I A L

cuidado com a informação que compartilha para não gerar conflitos. Evite expor suas vulnerabilidades e fracassos. VIRGEM – (23/8 a 22/9) – A tensão da Lua com Vênus sugere cuidado com a sua vida financeira que fica vulnerável a impulsividade. Pratique a economia criativa sem se deixar levar por atrações dispendiosas. No amor, encare os problemas ligados ao relacionamento afetivo. A tensão da Lua com Vênus destaca um momento de conflito entre seus sentimentos e atitudes. Busque conciliações na convivência afetiva. LIBRA – (23/9 a 22/10) – A tensão da Lua com Vênus sugere mudanças significativas na relação afetiva. Busque confiança emocional para lidar com as

M

perto de quem você gosta traçando planos e garantindo a realização dos sonhos amorosos. GÊMEOS – (21/5 a 21/6) – Lua e Vênus tensionados desarmonizam a oitava e quinta casa indicando uma fase em que você tende a cometer excessos que comprometem sua vida social e financeira. Economize com criatividade. CÂNCER – (22/6 a 22/7) – Expresse espontaneidade ao lidar com os problemas que tendem a minar o romance. Encare-os com bom senso e serenidade. Repense a situação do seu relacionamento afetivo sem perder a tranquilidade. LEÃO – (23/7 a 22/8) – A tensão da Lua com Vênus no setor comunicativo e de relacionamentos profissionais sugerem

3/eta — nba. 4/baio — nara. 5/prime. 6/alface — caobas. 11/discrepante.

ÁRIES - (21/3 a 19/4) – Desarmonizando o setor profissional e o de relacionamentos, a tensão da Lua com Vênus destaca a necessidade de buscar conciliações com as pessoas no trabalho, apesar dos conflitos nos grupos. Adote uma atitude participativa e pacífica. TOURO – (20/4 a 20/5) – A tensão da Lua com Vênus indica e necessidade de preservar a estabilidade interior para não absorver as emoções do entorno. Pratique hábitos saudáveis e felizes. No amor, a tensão da Lua com Vênus sugere uma atitude mais cuidadosa com o relacionamento afetivo. Entenda e respeite a pessoa querida. Esteja mais


4

ESPECIAL

TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 28 E 29 DE OUTUBRO DE 2017

FOTOS BY SÍLVIO EUGÊNIO

Wagner, Roberta Martins, Ana Macedo, Adryana Moura, Rosana, Audifax, Wendel, Marcela Coelho Luciana, Paulinha, Kleanne, Drica, Tatiana, Audifax, Cristiane, Roberta, Ingrid, Giselle, Janine, Felipe, Juliana, Wendel, Kelly e Helion

Os anfitriões Audifax e Wendel Seabra no Ritz

Wendel, Adryana Moura e Audifax Seabra

Audifax Seabra, Rosana Chinche e Wendel Seabra Audifax Seabra, Dra. Ana Macedo e Wendel

N Wendel, KLeann Fireman e Audifax Seabra

Audifax Seabra, Helion e Wendel Sebra

Antônio Fon, Wamir Bechó, Chico Brandão, Audifax, Gal Brandão e Wanderson Medeiros

Walmir Bechó, o anfitrião e Wanderson Medeiros

Roberta , Luciana Amaral, Ana Macedo, Audifax Seabra e João Curvelo

Tatiana Palmeira e Audifax Seabra

15 anos do Atelier Audifax Seabra este final de semana, TopNews tem o prazer de enfocar o grande acontecimento que tivemos no último dia 25 em nossa sociedade. O grande mestre da alta costura Audifax Seabra, juntamente com o querido amigo Wendell Seabra, reuniram cerimonialistas, decoradores, fotógrafos e demais profissionais especializados em casamento para um café da manhã no Ritz Lagoa da Anta, onde Audifax apresentou um belíssimo projeto para comemorar os 15 anos do seu ateliê. As noivas que fecharem contrato até o dia 25 de dezembro de 2017 pagarão R$ 15 mil por um vestido de sonhos, exclusivo, assinado por um dos mais talentosos estilistas da

Audifax, Drica Cerqueira e Wendel

O anfitrião, a banqueteira Leninha Machado e Wendel Seabra

nova geração, valor que pode ser parcelado. O pacote inclui além do vestido, os sapatos da Loja Dona Rosa, o dia de noiva no Zenna Spa do Ritz Lagoa da Anta, locação de tiara e joias com Rosana Chinche, tratamento de pele de rádio frequência micro agulhadas com a dermatologista Ana Macedo e clareamento dentário com a conhecida odontóloga Adryana Moura. É realmente um presente luxuoso para as noivas da estação. Nesta coluna, TopNews registra os amigos que se fizeram presentes no delicioso café da manhã que foi oferecido por Audifax e Wendell Seabra. Parabéns, queridos, estiveram presentes os amigos:

Laura Amaral, Audifax, Wendel e Eva Amaral

O anfitrião, Roberta e Wendel Seabra

Felipe Lyra e Audifax Seabra

Audifax Seabra, Giselle Buarque e Wendel Seabra O super Chico Brandão, Audifax e Gal Brandão

Natália Fon, Audifax e Ana Lydia Seabra

Audifax Seabra e Luciana Amaral

O super Sílvio Eugênio, Audifax e Anginha Eugênio

O anfitrião Audifax apresentando o projeto dos 15 anos do ateliê Audifax Seabra

Audifax agradece aos fornecedores e parceiros durante esses 15 anos de sucesso na alta costura

A executiva Marcella Coelho falava sobre o dia da noiva no belo Ritz Lagoa da Anta


ANO 5 |322

BELEZA para

TODOS! CIRURGIÃO PLÁSTICO

ANDRÉ DE MENDONÇA DESMISTIFICA PROCEDIMENTO E GARANTE: SER BELO COM “AJUDINHA” DA MEDICINA É SIM, E MUITO, POSSÍVEL!

BEAUTY

s! Plu MAQUIADOR LAVOISIER ENSINA SEGREDOS PARA CONSEGUIR O EFEITO GLAM DA MAKE DE BRUNA MARQUEZINE


LUXO

EDITORIAL

2 | Maceió - Domingo, 29 de Outubro de 2017

Por James Silver | jamessilver@smag.al

CO|CRIAÇÃO A Bontempo, marca com expertise no desenvolvimento de móveis totalmente personalizados de alto padrão (pilotada em Maceió por Tatiana Moraes), inclui em seu portfólio novas tecnologias e materiais para tornar os espaços cada vez mais personalizados. Neste sentido, a marca apresenta as Portas Vestire, uma cocriação do Studio Bontempo com a equipe de design do estúdio italiano Decoma. Ideal para aplicação em armários e closets, as Portas Vestire são compostas por diferentes tipos de tecido – Percalle, Cotone e Sartoria – aplicados diretamente no perfil de alumínio. Como diferencial, não há a necessidade de suporte para fixação, além de oferecer ventilação para parte interna do armário – evitando acúmulo de poeira, ácaros e mofo.

LOOK

“Somente realize um procedimento de cirurgia plástica, com um cirurgião plástico qualificado e capacitado”. A orientação pode parecer óbvia, mas André de Mendonça – nosso personagem de capa – explica o motivo numa entrevista exclusiva. Além desse tema o cirurgião plástico esmiúça porque a beleza está disponível para todos. “E qualquer intervenção no campo da cirurgia plástica deve preservar, integralmente, a saúde do paciente”, complementa. Por essas e outras já deu pra ver que a beleza é a pauta principal desta edição... E não da pra falar no assunto sem tocar nela que é referência no tema, Bruna Marquezine, que atrai olhares por onde passa. A atriz é a estrela participou de um tutorial com o visagista Lavoisier, que revela o passo a passo para conquistar a maquiagem da atriz. “Comecei caprichando na preparação da pele que, na minha opinião, é a regra básica para conquistar o efeito máximo em qualquer maquiagem. Depois, escolhi uma cor intensa para os lábios, que reflete a personalidade da Bruna e a deixa ainda mais sofisticada e elegante. ”, conta o expert. Acompanhe o step by step na sessão Beauty... Na coluna Luxo! – logo aí ao lado – o assunto volta à baila com notinha sobre a linha c1g da Contém1g Makeup – composta por produtos que custam de R$ 19,00 a R$ 58,00 para quem tem um orçamento menor, mas faz questão de estar sempre maquiada, com as cores que são tendências da estação. A Nova linha tem dezenas de cosméticos. Tudo para compor diversos looks para arrasar em todas as ocasiões... Quer mais?!? Não há como ter beleza sem qualidade de vida... E a nutri Viviane Ferreira da várias dicas para isso na coluna Bem Estar... Quer mais ainda?!? Ela que é uma belezinha de pessoa, Zenita Almeida, traz notinhas a granel em sua coluna Zik...

James Silver editor

Presidente - José Paulo Gabriel dos Santos Dir. Adm/financeiro - Flávio Miguel Peixoto Editor Geral - Ricardo Castro Dir. Comercial - Marilene Canuto Comercial: 082.3311.1330 Redação: 082.3311.1328

James Silver | Editor especialmente convidado Marcelle Limeira | Assistente de produção Diagramação | Jonathan Canuto

| Tribuna Independente

JEWELRY

Como hoje em dia só se fala em influencers, a Flu Look convidou alguns dos representantes desta geração de comunicadores para estrelar seu neo shooting. Além deste colunista, gente do calibre de Gilka Mafra e João Curvêlo, Camila Marx (foto), Flávio Cansanção e a fofa Lara – que tem mais de 500K de seguidores – fotografaram no Estúdio MCZ40Graus representando os novos tempos e um mundo de experiências. Com sua inovadora visão de estilo, a rede de óticas arma coquetel dia 31.10, às 18h, para brindar a primeira Pop Up Store, no Maceió Shopping – uma loja conceito que funciona num contêiner moderno e de fácil acesso ao seus clientes. “Tradição e modernidade com o know how dos nossos 50 anos, esperando você”, convida Alessandra Nutels, diretora de marketing da Flu Look.

Com trabalho reconhecido em todo o Brasil, o designer de jóias Miguel Alcade (foto) acaba de lançar uma coleção sofisticada de coroas e acessórios para noivas. Batizada de The Queen conta com um acervo de 10 peças confeccionadas em ouro e pedras preciosas. Interessou?!? Essas peças podem ser locadas pelo valor de 8 a 15 mil reais ou vendidas por 80 a 150 mil reais.

PISANTE

A Melissa reedita sua celebrada parceria com Vivienne Westwood para o Verão’18, batizada por Mapping com a autenticidade e irreverência da estilista britânica, traduzindo o seu olhar único em peças divertidas (R$120,00 cada), porém sofisticadas, e unindo o seu estilo marcante ao design inconfundível da marca.


Tribuna Independente | Maceió - Domingo, 29 de Outubro de 2017

LUXO

|3

Por James Silver | jamessilver@smag.al

CONGA

‘Rainha dos memes’, Gretchen resolveu tirar graça das montagens postadas sobre ela na internet e curtidas por Katy Perry e Nicki Minaj. A dona do Freak Le Boom Boom acaba de fechar uma parceria inédita com a Reserva. A cantora lançou uma loja de camisetas masculinas e femininas dentro do e-commerce da marca. Na tshirteria da Gretchen, além dos memes, há modelos com os principais refrões das músicas que levaram a cantora a vender milhões de discos em quatro décadas de carreira, e ainda imagens históricas da artista. A tee que traz a imagem pensativa da rainha do rebolado sob a palavra “atenta” tem tudo para ganhar milhões de likes na vida real. “É hoje o meme mais divulgado da internet. Meus fãs amam!”

MAKING OF

É com um dos rostos mais carismáticos da TV, Fernanda Lima, que a Rafitthy está fazendo seu shooting para a Campanha Winter 2018, tendo como cenário nada menos do que um entardecer de tirar o fôlego em Los Angeles, nos EUA, nesta quinta, 19 de outubro. Clicado pelo fotógrafo italiano Claudio Carpi, o queridinho das celebrities, em pontos turísticos da cidade que já abrigou os mais famosos artistas do mundo, o editorial tem como paisagem a Calçada da Fama e o letreiro de Hollywood, emoldurando lindamente a silhueta da apresentadora e os novos produtos da marca, desenvolvidos para fazer a mulher contemporânea brilhar ainda mais.

fax... fax...

VIRADA

Neste ano, quem escolher Maceió como destino das suas comemorações de ano novo pode contar com mais uma opção já que a drag queen da vez – Pabllo Vittar – é presença confirmada no Virada 2018, uma mistura das festas do selo Cool, trazendo diversidade musical e uma alternativa diferenciada para o público no Armazém Uzina. Além da cantora dona dos hits ‘Corpo Sensual’ e ‘K.O.’, o evento ainda contará com atrações nacionais como a celebridade digital, Lana Almeida e o DJ carioca, Rafael Newbold. Além das atrações locais, como o samba e o MPB de Naná Martins (foto) e a explosão do grupo drag Boom Drag

O Iguatemi Talks, realizado em Sampa, reuniu os principais editores e críticos de moda do mundo, como Tim Blanks, e gente do calibre de Carlos Jereissati Filho, Alexandre Birman, Paulo Borges, Erika Palomino, Luiza Barcelos, Patricia Bonaldi, Lolita Hannud, Camila Coutinho, Giovanni Bianco e mais e mais... ........................................................

CHEAP Chegou a linha c1g da Contém1g Make-up – composta por produtos que custam de R$ 19,00 a R$ 58,00 para quem tem um orçamento menor, mas faz questão de estar sempre maquiada, com as cores que são tendências da estação. A Nova linha tem 17 batons, 10 diferentes tonalidades de corretivo facial, base efeito natural e pó compacto, máscara para cílios, seis opções de cores de blush e delineador líquido. Tudo para compor diversos looks para arrasar em todas as ocasiões!

Com profissionais altamente qualificados: como o nefrologista Flávio Teles (na foto com as doutoras Luciana Sampaio e Ana Katarina), cirurgião vascular , urologistas, enfermeiras, nutricionistas, assistentes sociais e psicólogos, a RenalCenter é a primeira clínica no bairro da Serraria, em Maceió, especializada na prevenção e tratamento de doenças renais... ..................................................... Conquistando todo o país, a Beryllos, única rede brasileira de cuticularia, acaba de conquistar Alagoas, pelas mãos da franqueada Camila Dâmaso, que já possui uma unidade da Sóbrancelhas, rede especializada em embelezamento do olhar e da face... ............................................... A unidade estará localizada em Jatiúca e oferecerá um novo método para fazer as unhas, o de “cutilagem”, onde é utilizado um micromotor exclusivo com uma ponta desbastadora de cutícula, que tem a finalidade de afinar e polir com segurança para não machucar a cliente, e também minimiza infecções. A rede também possui uma linha completa de produtos para cuidados com as mãos e pés, além dos seus esmaltes individuais de 4 ml.


4 | Maceió - Domingo, 29 de Outubro de 2017

| Tribuna Independente

CAPA

BELEZA para

TODOS!

CIRURGIÃO PLÁSTICO ANDRÉ DE MENDONÇA DESMISTIFICA PROCEDIMENTO E GARANTE: SER BELO COM “AJUDINHA” DA MEDICINA É SIM, E MUITO, POSSÍVEL! EDIÇÃO JAMES SILVER TEXTO CARLA DIAS FOTOS DIVULGAÇÃO

Ele é alagoano, formando na Universidade Federal de Alagoas (UFAL), e tem mais de 15 anos de experiência em sua especialidade médica, a cirurgia plástica. Saberes adquiridos por meio de sua atuação em Maceió, em 6 anos de especialização, em seu Doutorado na USP, nos constantes cursos que participa no Brasil e nos Estados Unidos e na experiência adquirida em consultas e cirurgias. Tudo ao alcance de quem procura beleza, e vê na cirurgia plástica um passaporte para alcançar belas formas e corpos esculpidos, com saúde e rigor médico. Seu nome, André de Mendonça. Membro titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) e da Sociedade de Cirurgia Plástica dos Estados Unidos (EUA), André de Mendonça falou com exclusividade para o Tudo!. No bate papo, sugestões, dicas e orientações para homens e mulheres que querem elevar a autoestima, ficar mais bonitos e bonitas, mais sexies, mas ainda acham que cirurgia plástica é algo inacessível, ou complexo demais para nós, simples mortais. RIGOR MÉDICO A primeira dica do cirurgião: “somente realize um procedimento de cirurgia plástica, com um cirurgião plástico qualificado e capacitado”. A orientação pode parecer óbvia, mas André de Mendonça explica que “a segurança do procedimento é essencial, e isso um profissional médico pode assegurar. Além do mais, há excelentes cirurgiões plástico em Alagoas. E qualquer intervenção no campo da cirurgia plástica deve preservar, integralmente, a saúde do paciente”, afirma.


Tribuna Independente | Maceió - Domingo, 29 de Outubro de 2017

|5

CAPA

POR ONDE COMEÇAR Importante: a cirurgia plástica é um procedimento que busca “corrigir” ou “aperfeiçoar” algo que incomoda o paciente em sua aparência. Por exemplo: reduzir mamas consideradas muito grandes... ou inserir prótese de silicone e aumentar mamas consideradas pequenas... Ou tornar um nariz mais harmônico... ou reduzir abdome, melhorar aparência de pálpebra... remodelar orelhas em abano, excluir aquela gordurinha localizada em excesso... portanto, por onde começar? “Tudo começa na consulta. O médico ouve o paciente, o aconselha, e indica o procedimento mais adequado... ou não, podendo até contra indicar. Tudo começa na consulta com cirurgião. É ai que vai ficando estabelecido o que dá, ou o que não dá para fazer”, explica André de Mendonça. O TOP 5 Mas o que é mais pedido nos consultórios? Qual o top 5 das cirurgias plásticas? André de Mendonça explica: “primeiro vem a lipoaspiração. Com esta cirurgião, é retirada gordura em excesso de áreas como o abdome, por exemplo”, indica. “Inserção de próteses de silicone nas mamas femininas também está entre as mais procuradas. As próteses aumentam o volume e embelezam as mamas...” afirma o médico. A rinoplastia, famosa cirurgia do nariz, também está entre as mais procuradas. “Diria que a cirurgia do nariz vem despontando entre as mais buscadas, porque o nariz é um elemento essencial para a harmonia e beleza do rosto” considera André. Outra muito demandada é a abdominoplastia, cirurgia que reduz o volume do abdome. “Mas atenção, esta não é uma cirurgia de emagrecimento. E sim de redução de volume abdominal” explica André de Mendonça. Ah a face! A face é umas das regiões do corpo mais demandadas. “Procedimentos que reduzem rugas e marcas de expressão, como a aplicação de Toxina Botulínica, o popular Botox, também são muito pedidas, além de diversos tipos de preenchimento” diz André. MULHERES E HOMENS Engana-se quem pensa que somente mulheres procuram os consultórios dos cirurgiões plásticos. “Hoje em dia cada vez mais homens buscam procedimentos estéticos em geral. E cirurgias plásticas também” reitera o médico. “Ainda há um pouco de timidez por parte de alguns homens em buscar os consultórios, mas felizmente esta timidez vem diminuindo. Para os mais tímidos, é possível agendar consultas em horários diferenciados e exclusivos. O importante é sentir se bem” diz André E ONDE ACHAR UM MÉDICO? “Somos mais de 30 cirurgiões plásticos em Alagoas. Talento, conhecimento e qualidade não faltam em nosso estado”, fala André de Mendonça. “É importante buscar informações, indicações com amigos, parentes, pacientes que já operaram ou se submeteram a algum procedimento. O mais importante é que este profissional seja um médico qualificado para esta função” diz. Por fim, fica a sugestão: procure já um cirurgião plástico capacitado. Somente ele poderá esclarecer suas dúvidas. A beleza está ao alcance de todos!


BEAUTY

6 | Maceió - Domingo, 29 de Outubro de 2017

| Tribuna Independente

BEM ESTAR

MAQUIADOR LAVOISIER REVELA TRUQUES PARA CONQUISTAR A MAKE DE BRUNA MARQUEZINE EDIÇÃO JAMES SILVER FOTOS DIVULGAÇÃO

ACOMPANHE O PASSO A PASSO: Passo 1: Comece aplicando o Primer Matificante Longa Duração em todo o rosto. Em seguida, escolha a base SkinPerfection do tom da sua pele e espalhe pelo rosto, com a ajuda de um pincel de fibras duplas. “Na Bruna Marquezine eu usei a cor Bege 2”, conta Lavoisier. Passo 2: Para disfarçar olheiras e pequenas imperfeições, aposteno Corretivo. Em seguida, use o Pó Solto Matificante na zona T para controlar a oleosidade da pele.

AGROECOLÓGICO

#COLORMATTE

Por Viviane Ferreira | vivibfnutri@hotmail.com

Os alimentos agroecológicos são produzidos por agricultores que não utilizam agrotóxicos, e vão muito além: eles entendem a natureza sistêmica do belo trabalho que realizam, operam em harmonia com a natureza, olham para as causas de algum possível desequilíbrio, tratam suas plantas para que elas sejam sadias e nutritivas, cuidam do solo e da água, pensam na biodiversidade de toda a propriedade. A agroecologia busca trazer novos sentidos para a agricultura, recuperando algumas práticas e valores tradicionais, não é uma classificação de produtos, mas uma visão de mundo, abrangente e que fala de mudanças profundas, incluindo as questões sociais e culturais. Ela é um movimento em resposta à revolução verde e às consequências indesejadas que ela trouxe: a decadência dos solos, a monocultura, as secas e distúrbios no ciclo da água, as contaminações tanto dos agricultores quanto da natureza, a perda de biodiversidade, a concentração de renda e dependência de multinacionais, o êxodo rural e muitas outras questões. Essa forma de agricultura

AGENDA

Passo 3: Para deixar a pele natural, com ar de saudável, use Blush nas maçãs do rosto em direção às têmporas. Depois, é a vez de iluminar, aplicando o Pó Iluminador Solto no centro da testa, ponte do nariz, têmporas, acima dos lábios e centro do queixo. Passo 4: Chegou a hora de conquistar um olhar marcante, abusando da Diva Máscara para Cílios Alongamento Perfeito. Passo 5: O toque final do look fica por conta do Batom Lápis #ColorMatte (R$ 17,99) na cor Cereja Top – da Eudora. “Não tem segredo na hora de aplicar, o formato em lápis facilita o contorno dos lábios e proporciona um visual mate incrível!”, explica o maquiador.

CONVENÇÃO Ainda da tempo de se inscrever para a 4ª Convenção Norte e Nordeste VITAFOR.

está fortemente baseada na ciência, mas na ciência do futuro: holística e sistêmica, ao contrário da ciência fatorial, que olha somente para os sintomas e para cada parte isoladamente. É chamada de agro-eco-lógica por seguir a lógica do local, dos fatores naturais (solo-águaclima) de um lugar. Nela, existe um componente quase “artesanal, humano, respeitoso e pessoal, pois cada agricultor deve estabelecer uma relação com a terra, ser um grande observador da natureza e trabalhar em harmonia com ela. Na prática, além da questão óbvia de nenhuma aplicação de agrotóxicos sintéticos e do uso de remédios da natureza em caso de doenças ou insetos indesejados, o foco é na compreensão de porque esse inseto ou doença apareceu e na correção do desequilíbrio que permitiu que isso acontecesse. Muitas vezes, o inseto ou doença fora de controle é um sinal de que algo não está certo - e saber ler esses sinais, é uma ajuda valiosa! É uma agricultura que não está preocupada em diminuir impactos negativos, mas em regenerar e cuidar dos ecossistemas. Busque alimentos agroecológicos!


Tribuna Independente | Maceió - Domingo, 29 de Outubro de 2017

zik

|7

zenitaalmeida@gmail.com

EXPOSIÇÃO

Verinha e Dalmo Peixoto foram os anfitriões perfeito recebendo na sua Galeria Gama, convidados, amigos e imprensa na exposição do artista plástico Lucas Lamenha “ Alegoria da Alma”. Telas belíssimas foram vista de perto para quem gosta e entende de obra de arte. Parabéns ao Lucas, e a Galeria Gama que vem promovendo a cultura alagoana através de exposições como esta.

POLÍTICA

Bem poucas pessoas entram na política como experiência, a exemplo da ex-deputada e ex-Secretária de Educação Maria José Viana. A experiência foi tão desastrosa dentro da Assembleia por não compactuar com as falcatruas, que decidiu se afastar para sempre. Outras seguem o contrario, entra e nunca mais deseja sair. É o caso da ex-deputada e ex-prefeita de Arapiraca Celia Rocha. Pode até dar um tempo, mas log estar de volta.

PROGRAMA

Para um bom programa de fim de semana uma boa ideia é visitar a Casa Cor que segue até o dia 10 de dezembro, expondo 28 ambientes com a participação de 43 profissionais de arquitetura. A Casa Cor é aberta ao público de terça a sábado das 16h ás 22h, e domingo das 13h ás 20h. Ingressos R$:30,00 (inteira) e R$:15,00(meia).

O arquiteto Guto Bernardes e Fernando Ribeiro entre os bambambãs que prestigiaram o vernissage da exposição Alegoria da Alma de Lucas Lamenha, na Galeria Gamma

Querido e amado por toda sociedade, o colunista André Fon promoveu mais uma festa belíssima com a presença de convidados, amigos e autoridades.

INOVAÇÃO

A família Malbec acaba de ganhar mais um integrante de peso. Malbec Gold mantém o DNA já consagrado de Malbec, com um toque amadeirado e quente, somado à exclusiva tecnologia Goldsense, que promete uma nova experiência de perfumação, aumentando o poder de atração, autoconfiança e segurança dos homens. Perfeito para aqueles que não querem passar despercebidos!

FESTIVAL

SAÚDE

O Hospital Aldeota, da rede exclusiva do Hapvida em Fortaleza (CE), recebeu acreditação nos serviços prestados na área de saúde. O certificado foi expedido pela Organização Nacional de Acreditação (ONA) e garante a qualidade nos serviços prestados pela unidade, no atendimento e segurança aos pacientes.

Após uma série de oficinas culturais e espetáculos realizados em escolas da rede pública do Estado, a terceira edição do Festival de Teatro de Alagoas (Festal) chega ao fim de sua programação. A terceira edição do Festal foi uma das beneficiadas pelo Edital Algás Social 2016-2017 e entra no cenário cultural do Estado como um marco na construção colaborativa entre os artistas e grupos cênicos locais.

CULTURA

Alagoanas, donas de um talento declarativo e genético de seus pais, percursores de projetos e obras fantásticas de suas épocas, as irmãs Ana Maia e Rosa Piati, vem promovendo a cultura em Alagoas desde os anos de 1990 quando criou o Espaço de um Galpão em Jaraguá, (Jaraguá Artes Stúdio) para desenvolver a arte e cultura entre os arquitetos e designers alagoanos. Ali elas desenvolveram eventos, trouxeram nomes famosos de São Paulo e Rio de Janeiro para palestras e cursos, fizeram exposição de artistas local e de outros Estado. Foram as primeiras arquitetas ter uma loginha de pequenos produtos em papelaria produzidos por elas. Em seguida, fizeram seu ateliê no fundo do quintal de suas casas, e depois para uma casa antiga de seus pais localizada no bairro do farol. Ali puseram sua primeira loja Piloto com produtos em designers mais avançado. Participaram de feiras internacionais, ampliando relacionamento com os mais diversos arquitetos e designers do todo o mundo. Hoje, com sua loja localizada no Mirante Santa Terezinha, antes ofuscado e pouco conhecido pela omissão do poder público, mesmo sendo uma das mais belas vista da cidade, elas decidiram investir fazendo uma pintura de sua criação em todo piso da rua onde está localizado sua loja, e hoje promove eventos, a exemplo do que aconteceu recentemente com apresentação de uma violonista portadora de Down.


Requinte e bom gosto esperando por f

Edição número 3013 - 28 e 29 de outubro de 2017  

tribunaindependenteediçãodigitaltribunahoje

Edição número 3013 - 28 e 29 de outubro de 2017  

tribunaindependenteediçãodigitaltribunahoje

Advertisement