Page 1

FIM DE SEMANA n MACEIÓ - ALAGOAS - 16 E 17 DE MARÇO DE 2019 - Nº 3.352 -

R$ 4,00

STF SUSPENDE ACORDO QUE DARIA R$ 2,5 BI DA PETROBRAS A FUNDAÇÃO DA LAVA JATO O ministro Alexandre de Moraes, do STF, suspendeu o acordo firmado entre a Petrobras e representantes da Lava Jato liderados por Deltan Dallagnol para criar uma fundação independente ligada aos procuradores da operação. Dallagnol até já negociava com bancos investimento para os R$ 2,5 bilhões oriundos da Petrobras. PÁGINA 7

site: tribunahoje.com

Grupo espanhol arremata concessão do Aeroporto Zumbi dos Palmares O Aeroporto Internacional Zumbi dos Palmares foi arrematado pelo grupo espanhol Aena Desarrollo, que vai administrar o Bloco Nordeste composto por outros cinco terminais. Com oferta de outorga de R$ 1,9 bilhão, a perspectiva do governo federal é que o aeroporto receba maiores investimentos. Essa avaliação também é do governador Renan Filho (MDB), que acompanhou o leilão realizado em São Paulo. Para ele, a concessão “é um passo importante para fortalecimento do turismo e atração de investimentos para Alagoas”. PÁGINA 4

HOMENS-CANGURUS

SANDRO LIMA

SANDRO LIMA

Pinheiro: senador diz que situação do bairro é “gravíssima” O senador Rodrigo Cunha deixou ainda mais alarmados os moradores do Pinheiro ao declarar, em entrevista, que a situação do bairro é “gravíssima”, uma “catástrofe anunciada”. Ele propôs audiência pública sobre o tema no Congresso Nacional. PÁGINA 11

Criada na ALE a Frente Parlamentar de Defesa da Mulher PÁGINA 3

MPT vai notificar governo do Estado sobre demissões

Quando a força de trabalho humano é sugada até a última gota de sangue

PÁGINA 13

SANDRO LIMA

Obrigados a cortar pelo menos 7 toneladas de cana nas 8 horas de trabalho para atingir a meta e não serem demitidos, cortadores de cana podem morrer no canavial. Eles são vítimas de um distúrbio hidroeletrolítico chamado canguru, uma extrema perda de controle sobre os movimentos que trava braço, barriga e perna; alguns têm cãibra até na língua. O fato é registrado no livro “Os homens-cangurus dos canaviais de Alagoas”, do sociólogo Lúcio Verçoza, que mostra o nível de exploração humana ainda existente. CADERNO ESPECIAL

PROCURADOR-CHEFE REIVINDICA DE OTÁVIO LESSA MAIS AUTONOMIA PARA FUNCIONAMENTO DO MPC

Enio Pimenta avalia que sua gestão à frente do Minis tério Público de Contas trouxe avanços significativos, entre eles indicar um conselheiro para a Corte. PÁGINA 2

Mínima

24º

Máxima

30º

PÁGINA 9

TV

ENTREVISTA

Bom com possiblidades de chuvas em áreas isoladas

Laje institui “Dia da Saudade” para lembrar de tragédia

ALICE WEGMANN ESTARÁ NA NOVELA “ÓRFÃOS DA TERRA”, COM ESTREIA MARCADA PARA ABRIL

Atriz viverá Dalila, uma vilã manipuladora “de mão cheia” que vive em Londres e mora no Líbano. “Tive de buscar aulas em árabe”, conta ela. SUPLEMENTO

MARÉS 06:00 12:04

0.7m 1.7m

18:38

0.5m

FINANÇAS

DÓLAR COMERCIAL DÓLAR PARALELO OURO R$ 3,82

R$ 3,82

R$ 3,79 R$ 3,99

R$ 160,63

POUPANÇA 0,3715%


POLÍTICA

2

ESPLANADA

LEANDRO MAZZINI - contato@colunaesplanada.com.br

EXTRA

Caixa vai lucrar com conta do MP

S

e vingar o projeto da força-tarefa do Ministério Público na Lava Jato de abocanhar os R$ 2,5 bilhões do acordo de leniência da Petrobras com acionistas americanos, a Caixa – onde a conta pode ser aberta, em juízo – vai lucrar R$ 150 mil por ano apenas com taxas de administração. São inacreditáveis R$ 12.500 por mês de desconto do saldo, conforme carta da DIJUR – Diretoria Jurídica do banco à qual a Coluna teve acesso. O saldo inicial seria de metade desse presente – R$ 1,25 bilhão, administrado em “conta gráfica” pelo banco e com movimentação apenas autorizada por juiz competente. Procurada, a Caixa não se posicionou até a noite de ontem. Os outros R$ 1,25 bilhão, o MP propõe no acordo com a Justiça americana aplicar num fundo especial a ser gerido pelos procuradores, para ações de combate à corrupção.

PRESENTINHO A direção da Caixa ficou tão feliz que propõe renumerar o saldo em juízo com taxa Selic, muito superior à TR referencial aplicada em saldos das contas de sua carteira.

QUE CONGRESSO!

BRILHO DO VICE

YANKEES

A coisa anda estranha na Câmara Federal. O deputado Boca Aberta (PROS-PR) disse na tribuna que é fã dos filmes do ator pornô e deputado Alexandre Frota (PSL-SP).

Na contramão do presidente, o vice General Mourão tem rodado o Brasil em palestras e seminários. Será o palestrante principal do Lide Brasília na terça, no Brasília Palace, evento comandado pelo empresário Paulo Octavio com a nata do PIB da capital.

A disputa pela presidência dos Estados Unidos já começou na oposição, enquanto o presidente Donald Trump – com o marqueteiro de campanha condenado e preso – balança no cargo. O jovem texano Robert O’Rourke e o veterano Joe Biden, ex-vice de Barack Obama, se destacam na disputa pela preferência dos Democratas.

TURMA DO ÓLEO DISPUTA PELO SALDO Mas a proposta pode melar, porque a matriarca da garotada da Lava Jato, a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, deu pito oficial e quer que o Supremo Tribunal Federal interfira a favor do Tesouro, para onde deve ir os R$ 2,5 bilhões.

CHURRAS DO ZECA

FOMENTO

MACEIÓ - ALAGOAS SÁBADO E DOMINGO, 16 E 17 DE MARÇO DE 2019

Condenado na Lava Jato e solto com liminar do ministro Dias Toffoli, presidente do STF, José Dirceu comemora hoje seus 73 anos com churrasco em casa de amigo no Lago Norte, em Brasília. Viaja para São Paulo, de carro, na segunda-feira, para fazer outra festa na capital com amigos da faculdade. De tornozeleira.

Há dias aterrissou no aeroporto de Brasília, na base aérea da FAB, um Boeing oficial dos sheiks dos Emirados Árabes. E dele desceu discreta comitiva.

BASE DA OPEP Não é questão de segredo de Estado, mas vale ressaltar que o Brasil tem sido a ponte de diálogo da OPEP, dos poderosos produtores de petróleo, com Juan Guaidó, o quase-presidente da Venezuela – hoje com a maior reserva de petróleo do mundo.

MÁFIA AIR É sempre a mesma história. As aéreas, apertadas no cofre, culpam os governos e usam a mídia para pressionar a baixa do ICMS sobre o querosene de aviação. Mas nenhuma letra sobre as altas taxas aeroportuárias cobradas pelos concessionários (para passageiros e empresas) e ninguém fala em baixar as altas tarifas das passagens.

A DIVINA A Banda de Ipanema já escolheu a homenageada do desfile do Carnaval de 2020. Será a grande cantora Elizeth Cardozo, falecida em 1990 e que faria 100 anos em julho. É tida como uma das melhores intérpretes do samba canção no Brasil.

Com equipe DF, SP e Noedeste www.colunaesplanada.com.br contato@colunaesplanada.com.br Twitter @leandromazzini

ENTREVISTA

SANDRO LIMA

MP de Contas ainda à espera de autonomia Prestes a deixar o cargo de procurador-chefe do MPC, Enio Pimenta aguarda que o TCE evolua com o projeto junto à ALE

CARLOS AMARAL

O

REPÓRTER

procurador-chefe do Ministério Público de Contas (MPC) de Alagoas, Enio Pimenta, deixa o posto no final deste mês. Após dois anos à frente da instituição, ele aponta como grande conquista dos últimos dois anos a presença do ex-membro, Rodrigo Cavalcante, do MPC no pleno do Tribunal de Contas do Estado (TCE), não sem destacar a atuação em questões com a tarifa do transporte público de Maceió e dos lixões nos municípios alagoanos, ao lado do Ministério Público Estadual (MPE), mesmo diante de dificuldades impostas por falta de autonomia financeira e de demanda por servidores. Tribuna Independente – Sua passagem à frente do MPC encerra agora no final de março, o que o senhor enxerga como avanços nos últimos dois anos e o que ainda deve melhorar? Enio Pimenta – A gente teve nos últimos dois anos, além das dificuldades naturais de um órgão que não tem autonomia – principalmente por conta da falta de servidores e recursos tecnológicos –, a gente teve um desfalque na quantidade de procuradores devido à saída do doutor Rodrigo Cavalcante para o pleno do Tribunal de Contas, que foi uma grande conquista – talvez a maior porque essa luta se arrastava desde 2012, cujo assento tem previsão constitucional –, mas isso também traz questões negativas ao MPC. Ficamos com um procurador a menos e tivemos situações de afastamentos naturais, o que nos deixou atuando boa parte do tempo com três, quatro procuradores. Em que pese isso, a gente tem conseguido dar vazão aos processos que chegam aqui. O MPC nunca foi gar-

galo para o Tribunal, temos boa celeridade, ainda mais se comparar com os órgãos discutivos da Corte, como as diretorias técnicas. Também participamos de diversos treinamentos e eventos da Escola de Contas. Tivemos atuações importantes na questão da tarifa urbana de Maceió, que é um trabalho que vem se consolidando ao longo do tempo, em parceria com o Ministério Público Estadual [MPE]. Também atuamos em questões de coleta de lixo urbano, dos aterros, também junto com o MPE. Foi uma série de trabalhos que refletem positivamente nossa atuação para a sociedade. Tribuna Independente – Estrutura e autonomia são os principais gargalos do MPC? Enio Pimenta – O que acontece é que existe um entendimento sobre o Ministério Público de Contas – e isso não é só em Alagoas – ainda dominante no Supremo Tribunal Federal [STF], que deve ser rediscutido em breve, de que os MPs de Contas funcionam como um órgão dos tribunais de

Contas. Então, seria uma unidade interna das cortes. Isso acaba gerando dificuldades porque não gerimos nosso orçamento nem nossos servidores. Numa eventual substituição de servidor, por exemplo, tenho de fazer um pedido à presidência do TCE. Não temos um quadro próprio de servidores e sobre isso chegou a ser enviado um Projeto de Lei à Assembleia Legislativa Estadual [ALE] no ano passado para ser feita a estruturação definitiva do MPC, cargos e servidores. Hoje atuamos com servidores emprestados dos gabinetes dos conselheiros. Tribuna Independente – E como está o trâmite disso na ALE? Enio Pimenta – O texto chegou a ser discutido nas comissões, mas não avançou. Daí ele foi pedido de volta pelo TCE à época, pela conselheira Rosa Albuquerque, sob argumentação de alguns pontos precisavam ser melhor discutidos, principalmente o impacto orçamentário-financeiro. Estamos em tratativa com o conselheiro Otávio Lessa [atual presidente do TCE] para que o

Enio Pimenta cita que ter um conselheiro no TCE oriundo do MP de Contas é uma conquista histórica

O texto chegou a ser discutido nas comissões, mas não avançou. Daí ele foi pedido de volta pelo TCE à época, pela conselheira Rosa Albuquerque, sob argumentação de alguns pontos precisavam ser melhor discutidos, principalmente o impacto orçamentário-financeiro”

A gente tem de ter em mente que o controle da administração pública é um misto de técnico – tribunais de contas – com político – Poder Legislativo”

Projeto volte a ser encaminhado ao parlamento, já que ele já foi aprovado pelo pleno do Tribunal. Apesar de a agente seguir funcionando dentro do Tribunal, só o fato de ter melhor estrutura de trabalho já será um grande avanço. Por mais que se tenha uma série de sistemas de análises, tudo no fim das contas será feito por pessoas. E, realmente, temos essa necessidade. O que queremos não é nada fora da realidade do MPC. Já é um avanço cada procurador ter uma equipe de três servidores em seus gabinetes, mas cada conselheiro tem dez cargos comissionados a sua disposição. A gente teve uma mudança importantíssima agora no final do ano passado que é a possibilidade de os auditores-substitutos de conselheiro poderem relatar processos originariamente. Isso ampliou o número de relatores do TCE, de seis para nove. Isso vai melhorar muito a produtividade do Tribunal, mas cada procurador vai ficar responsável por processos de duas relatorias. Com a quantidade maior de processos e com a carência que temos de servidores, teremos mais dificuldades, mas acredito que conseguiremos dar a vazão necessária a eles. Tribuna Independente – O senhor citou a presença do doutor Rodrigo

Cavalcante no pleno do TCE como uma conquista da instituição, mas até que ponto essa presença é importante não só para o MPC como para a sociedade, de uma forma geral? Enio Pimenta – Para além das questões institucionais e constitucional, já que há a previsão que um dos cargos de conselheiro seja ocupado por membro do MPC, a gente tem de ter em mente que o controle da administração pública é um misto de técnico – tribunais de contas – com político – Poder Legislativo. Não à toa, nos processos de prestação de contas de governadores e prefeitos, uma etapa necessária para o julgamento nos parlamentos é o parecer técnico do Tribunal de Contas. Essa necessidade de uma manifestação técnica, num espaço em que os conselheiros são predominantemente da política, o ingresso de um membro com passagem pelo Ministério Público de Contas ou pela auditoria – com desvinculação política desde a origem –, isso acaba reforçando a manifestação técnica dos tribunais. Entendemos que ainda não é o ideal e até a Atricon [Associação dos Membros dos Tribunais de Contas do Brasil] já defende ser preciso ampliar o corpo técnico, principalmente, no órgãos deliberativos.


POLÍTICA

CONJUNTURA

FUNDEF

FLÁVIO GOMES DE BARROS

flaviogomesdebarros@gmail.com

Fundação Lava Jato

S

ite “Migalhas”: “Os procuradores de Curitiba ainda continuam sonhando com estapafúrdia ideia de ter Fundação Lava Jato. No site do MPF fizeram longa e arengada defesa dessa vergonhosa iniciativa. Dizem, sem perder a arrogância, que suspenderam espontaneamente a criação, mas não desistiram. O que nos parece estranhíssimo é que eles afirmam categoricamente que, se o dinheiro não ficar com eles, tem que ser entregue aos EUA. Tal insistência na informação (que não consta em acordo público algum) leva o problema para outra seara: o que “esse pessoal” tratou que não se sabe? É preciso deixar claro que, caso tenha sido feito um acordo às esconsas com autoridades de outro país, podemos estar diante de um problema de soberania e segurança nacional. Ou seja, pode haver mais coisas entre Curitiba e Washington do que sonha nossa vã filosofia. Se até há poucos dias os integrantes da força-tarefa de Curitiba podiam alegar que esse negócio da Fundação era um problema de comunicação e tudo não passava de um mal-entendido, a cada minuto isso vai ficando impossível. Com efeito, a defesa que eles fazem dessa sandice vai consolidando a autoria. E como já há R$ 2,5 bi de materialidade. Os jornais informam que a ANPR, associação dos procuradores, fez escritinho contra a PGR. O que os jornais não dizem, mas é bem o momento de contar, é que o presidente da mencionada associação, José Robalinho Cavalcanti, faz burburinho porque é candidato à vaga de Dodge. Ou seja, tudo por um carguinho. E como neste torvelinho o que não há é unanimidade, Robalinho já está sendo duramente criticado.”

ASCOM / ALE

O deputado federal João Henrique Caldas (PSB/AL) propôs a criação da Subcomissão Permanente dos Precatórios do Fundef do Novo Fundeb no âmbito da Comissão de Educação na Câmara Federal. “Os precatórios do Fundef podem representar uma revolução na educação de municípios e estados se bem aplicados”, diz.

“TÔ FORA”

GLAUCOMA Por proposta do deputado estadual Davi Davino Filho (PP) a Assembleia Legislativa promove 2ª feira, 9 horas, audiência pública para debater a execução do Programa de Combate ao Glaucoma pelo SUS em Alagoas. Os recursos eram de R$ 1,3 milhão, em 2017, e o Ministério da Saúde federal reduziu para R$ 237 mil.

PREVIDÊNCIA

“O Antagonista”: “Sérgio Petecão, senador pelo PSD do Acre, decidiu negar o convite para ser vice-líder do governo no Congresso. A indicação, já publicada no Diário Oficial, havia sido feita por Jair Bolsonaro. O deputado Marx Beltrão, de Alagoas, também foi assim orientado e negou convite para ser vice-líder.”

Na segunda-feira, 18, às 9 horas, na Procuradoria-Geral de Justiça, a Associação do Ministério Público de Alagoas realiza o debate “A Reforma da Previdência”. Vão ser debatedores o presidente da AL Previdência, Roberto Moisés, e a Procuradora de Estado Rosana Cólen Moreno, especialista em Regime Próprio de Previdência.

PRESENÇA

OPINIÃO

Representando o Brasil na 63ª Sessão da Comissão Sobre o Estatuto da Mulher, a deputada federal Tereza Nelma (PSDB) participou da palestra “Sexismo, assédio e violência contra as mulheres no parlamento”. A palestra fez parte de encontro promovido pela ONU, em Nova York, com parlamentares de vários países.

3

MACEIÓ - ALAGOAS SÁBADO E DOMINGO, 16 E 17 DE MARÇO DE 2019

Cláudio Humberto Rosa e Silva: “Os ministros do STF desconstruíram o entendimento da força-tarefa da Lava Jato, confirmado em dezenas de condenações, de que Caixa Dois em campanha eleitoral é pagamento de propina, antecipada ou não. Dez em cada dez réus da Lava Jato devem ter varado a noite comemorando.”

Começou a se fechar a janela de combate à corrupção política” DELTAN DALLAGNOL Coordenador da força-tarefa do MPF que atua na Lava Jato, sobre a decisão do STF entendendo que a Justiça Eleitoral é competente para julgar crimes relacionados à operação

* Adufal, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Ufal e Sintufal promovem 2ª feira o seminário “A Previdência Social em Retalhos”, no auditório da Biblioteca Central da Ufal. O evento, de 8h30m às 21 horas, é gratuito.

*Neste sábado ocorre um encontro do Batata Records, no Centro Cultural Arte Pajuçara. Participação de João Menezes, Marvin Vieira, Phylipe Nunes Araújo, Cris Braun, Beto Guedes e Eduardo Pereira. A partir das 19 horas. O ingresso custa R$ 10,00.

*Cerca de 120 jovens de 16 a 30 anos estarão reunidos neste sábado, na Faculdade Estácio Maceió, unidade Jatiúca, para “A Maior Aula do Mundo’’, promovida pela AIESEC Brasil, em parceria com o UNICEF. As inscrições são gratuitas.

* O cantor e compositor Almir Lopes é a atração deste sábado, a partir das 21 horas, no Restaurante Brazeiro, na Avenida Jatiúca, 234. Voz, violão e teclado com muita Música Popular Brasileira e também sucessos internacionais. Contato: 99351.9663.

* A atriz e cantora Bibi Ferreira é a focalizada desta semana no Programa “Aplauso”, com produção de Givaldo Kleber e apresentação de Marcos Vasconcelos. Sábado, 15 horas, Difusora AM; domingo, 10 horas, Educativa FM (Maceió e Arapiraca).

* A rodada do Campeonato Alagoano de 2019 deste final de semana tem todos os jogos no domingo, às 16 horas: Coruripe x CSA (Coruripe), CRB x CEO (Maceió), ASA x Jacyobá (Arapiraca) e Murici x Dimensão Saúde (Murici).

Assembleia cria Frente Parlamentar da Mulher Objetivo é ampliar debate sobre pautas defendidas pelas classes feministas no Estado ASCOM / ALE

CARLOS VICTOR COSTA REPÓRTER

A

Para Cibele Moura, precisa haver integração com outros poderes

CAUSA

Iniciativa quer apoio do Executivo e Judiciário Para a deputada Fátima Canuto (PRTB), a violência contra a mulher precisa ser debatida todos os dias pela sociedade e principalmente pelo Poder Público. Com a bancada feminina maior esse ano, a deputada acredita que as mulheres ganharão voz dentro da Assembleia. “Esses temas como a violência, feminicídio, rede de proteção, direitos iguais, são assuntos importantes e que devem ser escutados por nós, deputadas, e nós tomaremos providências para que esse cenário de violência seja revertido. A Frente tem um papel fundamental dentro da Assembleia e foi pensando nas mulheres alagoanas que tomamos essa iniciativa”. Segundo a deputada Cibele Moura, as principais bandeiras da Frente serão estabelecer uma rede de apoio para o enfrentamento e combate à violência contra a mulher, assegurando, por meio de leis, políticas públicas voltadas para a classe feminina. Além de iniciativas de proteção e acolhimento às mulheres

que sofrem violência. “Trabalharemos ainda em iniciativas protetivas, e para isso vamos buscar o apoio dos demais poderes, como o Judiciário e o Executivo estadual e municipal. Temos certeza que as portas estarão abertas para esta causa que é de todos. Queremos ainda assegurar o acesso das mulheres alagoanas a políticas de educação, saúde, trabalho, enfim, garantir a todas cidadania”. A deputada destaca ainda que a bancada feminina é histórica e fará a diferença porque está, neste sentido, com um único objetivo: enfrentar e combater essa chaga que é a violência contra a mulher e o feminicídio. “Vamos buscar o apoio dos demais poderes e de todas as instituições envolvidas nessa luta que é de todos nós. Vamos trazer a temática para o Parlamento, fazendo o debate dentro desta Casa, mas vamos também trazer as mulheres e suas representatividades para o debate”. (C.V.C.)

pesar de ainda precisar de uma regulamentação regimental, a Assembleia Legislativa do Estado (ALE) aprovou na última semana a criação de sete frentes parlamentares, entre elas a que versa sobre a Defesa da Mulher Alagoana que tem como autoras as cinco deputadas Jó Pereira (MDB), Flávia Cavalcante (PRTB), Fátima Canuto (PRTB), Ângela Garrote (PP) e Cibele Moura (PSDB). Neste contexto, a reportagem da Tribuna procurou as deputadas para saber quais as principais bandeiras que serão encampadas pela Frente Parlamentar e se pautas defendidas por classes feministas, a exemplo de direitos iguais e combates à violência serão temas de defesa delas dentro da Assembleia Legislativa. Em fevereiro, a deputada Jó Pereira (MDB) protocolou um requerimento para que a presidência da ALE desarquivasse o Projeto de Resolução Nº 79/2017, criando a 15ª Comissão de Direitos da Mulher na Casa. O pedido foi uma iniciativa da bancada feminina. A comissão visa facilitar as discussões, o acompanhamento de ações, o recebimento de denúncias, em especial referentes às vítimas de violência de qualquer espécie, e a busca por soluções de demandas relativas à proteção da mulher alagoana. Caberá ainda à comissão a fiscalização de programas governamentais com foco nessa proteção, da aplicação de recursos destinados a políticas públicas em diversos setores (saúde, segurança, educação e trabalho), voltadas à mulher, em especial nas regiões mais carentes do Estado. À Tribuna, Jó Pereira lembrou que a Frente Parlamentar das Mulheres ainda não está criada oficialmente, mas que já existe todo

Jó Pereira e Flávia Cavalcante citam que o Estado precisa proteger as mulheres de forma permanente um entendimento entre a bancada feminina, visando a unidade em prol dos assuntos relacionados às mulheres, citando que um dos primeiros resultados dessa unidade, inclusive, é a sessão especial que a bancada vai realizar nesta segundafeira (18), para discutir o enfrentamento à violência contra as mulheres em Alagoas. “Será muito importante também a criação de uma Comissão Permanente na Casa, específica da mulher. Com esse instrumento, teremos condição de utilizar todo o arcabouço de poderes atribuídos às comissões para discutir várias pautas femininas, em relação à segurança pública, saúde, educação, mercado de trabalho, agricultura familiar, assistência social e demais políticas públicas estruturantes”. O fortalecimento dessas políticas, segundo a parlamentar é de suma importância não só para a população feminina, mas para toda a sociedade, devido à dívida histórica do Poder Público nessas áreas. “Para empoderar as mu-

lheres e combater a violência doméstica, o feminicídio, precisamos enxergar que não basta focar apenas na segurança, pois se trata de uma rede bem mais complexa. Precisamos agir na base, dando-lhes suporte e oportunidades inclusive de trabalho para que ela possa se libertar da teia da violência doméstica. Entendo que há muito tempo não existe planejamento, projeto para o país nessas áreas, o que atinge muito as mulheres, principalmente as mais vulneráveis. Em meu primeiro mandato, me engajei para desenvolver esses setores e, como conselheira do Fundo de Combate e Erradicação da Pobreza (Fecoep), busquei projetos que pudessem mapear, estruturar e fomentar essas políticas públicas”. Ela destaca que para este segundo mandato está mais entusiasmada pelo fato de contar agora com mais quatro deputadas. “Nesse segundo mandato, estou mais entusiasmada, devido a maior proximidade que conquistamos junto à sociedade civil organizada e pelo fato de agora

ter mais quatro colegas, as deputadas Fátima Canuto, Ângela Garrote, Flávia Cavalcante e Cibele Moura, que são sensíveis às causas da mulher e irão lutar para melhorar a vida de todas as alagoanas”, diz Jó Pereira. A deputada Flávia Cavalcante (PRTB) entende que o objetivo principal da Frente é debater todos os assuntos relacionados à mulher, como violência, saúde, mercado de trabalho. “A ideia é propor discussões dentro da Assembleia Legislativa com realização de sessões públicas e especiais para que a gente possa ter um conhecimento mais aprofundado do tratamento da mulher nos diversos segmentos sociais e de posse destas informações vamos fazer o nosso principal papel que é fiscalizar e buscar soluções para que a mulher consiga igualdade”. De acordo com a parlamentar, a violência contra mulher sempre foi uma realidade, mas que hoje a Lei Maria da Penha é um instrumento que traz um pouco mais de segurança para as mulheres.


4

POLÍTICA

TRIBUNALIVRE

DESMONTE DO FUNCIONALISMO O governo federal anunciou o corte de 21 mil cargos, funções e gratificações técnicas da administração pública. Esta ação faz parte na agenda de 100 dias do governo Bolsonaro e é um dos primeiros passos para o desmonte do funcionalismo público. O corte acontecerá em 31 de julho, com a extinção de 12.408 funções e 4 gratificações técnicas. A máquina administrativa quer economizar em torno de R$ 195 milhões por ano.

BARTOLOMEU DRESCH

bartolomeu_dresch@hotmail.com.br

Brasil cede Alcântara

O

s governos do Brasil e dos Estados Unidos vão assinar um novo acordo de salvaguardas tecnológicas para utilização da Base de Lançamento de Alcântara, no Maranhão. A confirmação da assinatura foi anunciada pelo presidente Jair Bolsonaro e pelos ministros Ernesto Araújo (Relações Exteriores) e Luiz Henrique Mandetta (Saúde). O presidente brasileiro viaja neste domingo (17) com uma comitiva de seis ministros, e no dia 19 tem encontro com o presidente Donald Trump na Casa Branca. A comitiva retorna ao Brasil na quarta-feira, dia 20. Sem entrar nos detalhes sobre os termos do acordo o chanceler disse que o objetivo é transformar a base em principal ponto para o lançamento de foguetes. Bolsonaro afirmou que um acordo nos mesmos moldes foi costurado pela gestão do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, mas “a questão ideológica atrapalhou” disse o presidente.

PROVA DE VIDA O Instituto Nacional de Seguro Social (INSS) irá suspender aposentadorias e pensões de segurados que não apresentaram, nos últimos 12 meses a prova de vida. O bloqueio será feito no benefício de março, que é pago agora no final do mês e início de abril. Cerca de um milhão de beneficiários estão nesta situação, anunciou o Instituto. A prova de vida é um procedimento simples que consiste no aposentado se apresentar a agencia bancária com um documento de identidade com foto.

MACEIÓ - ALAGOAS SÁBADO E DOMINGO, 16 E 17 DE MARÇO DE 2019

DESMONTE DO FUNCIONALISMO 2 RENAN NO BAIXO CLERO? Depois de 40 dias discretos para relaxar da derrota na disputa para a presidência do Senado, o senador Renan Calheiros (MDB-AL) voltou a vestir o figurino do “velho Renan” e não deixa dúvidas de que pretende liderar a oposição. Nesta semana, deu várias entrevistas e assinalou, que na sua opinião o governo Bolsonaro “parece sem rumo” e vive um momento de “autoflagelação”. Disse que o modelo da reforma da Previdência enviada ao Congresso “enfrentará resistências”, apesar de considerar o ministro Paulo Guedes “bem-intencionado”.

RENAN NO BAIXO CLERO? 2 Para definir o que chamou de autoflagelação, Renan disse que o Palácio do Planalto é “insuperável” na produção de fatos negativos. “O ministro da Educação (Ricardo Vélez Rodriguez) é um horror, o das Relações Exteriores (Ernesto Araújo) não fica atrás”. O senador alagoano disse ainda que respeita a vitória de Bolsonaro na eleição, mas que ele não pode manter a divisão da sociedade pelas redes sociais “não deixando que os ódios sejam superados”.

De imediato serão fechadas 6.587 vagas (31,4%) que estão desocupadas. Fazem parte desta primeira leva 159 cargos, 4.491 funções e 1.487 gratificações. Outras 2.001 gratificações técnicas deixarão de ser ocupadas em 30 de abril. Ao fim do período, o número de cargos, funções e gratificações será reduzido de 131 mil para 110 mil. O total de servidores civis ativos é de aproximadamente 632 mil.

BARRAGENS NO SERTÃO O governador Renan Filho assinou a homologação das licitações para a construção de oito barragens perenes a partir do Canal do Sertão. As obras devem beneficiar diretamente as populações dos municípios de Pariconha, Delmiro Gouveia e Água Branca. Os serviços partirão do quilômetro zero até o km 65 e terão investimentos de R$ 7,1 milhões. Em breve o governo pretende autorizar a construção dessas barragens.

Empresa arremata aeroporto por R$ 1,9 bilhão

• O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), chamou de “cretinos” os procuradores da força-tarefa da Operação Lava-Jato em Curitiba. • “Se eles estudaram em Harvard, não aprenderam absolutamente nada”, ironizou. “São uns cretinos, não sabem o que é um processo civilizatório, não sabem nem o que é um processo” disse Mendes. • O ministro criticou o fundo anticorrupção de R$ 2,5 bilhões que seria criado pelo Ministério Público junto com a Petrobrás, mas que foi impugnado pela Procuradora-Geral da República, Raquel Dodge. • Os procuradores, por sua vez, criticaram a posição do STF em decidir que crimes comuns, como corrupção e lavagem de dinheiro devem ser julgados pela Justiça Eleitoral.

ADAILSON CALHEIROS

Grupo espanhol Aena Desarrollo é a nova administradora do Zumbi dos Palmares, terminal aéreo de passageiros em Alagoas EDITORIA DE POLÍTICA COM ASSESSORIA

O

grupo espanhol Aena Desarrollo vai administrar o Aeroporto Internacional Zumbi dos Palmares, na região metropolitana de Maceió. Com oferta de outorga de R$ 1,9 bilhão, o consórcio foi o grande vencedor do leilão que arrematou o chamado Bloco Nordeste, formado ainda pelos terminais de Recife, João Pessoa, Aracaju, Juazeiro do Norte e Campina Grande. Para o governador Renan

Filho (MDB), que acompanhou na última sexta-feira (15) o leilão realizado pelo Governo Federal na B3, em São Paulo (SP), a concessão do Aeroporto Internacional Zumbi dos Palmares é “um passo muito importante” para o fortalecimento do turismo, a atração de novos investimentos e a geração de mais empregos em Alagoas. “Isso vai garantir para os seis aeroportos arrematados, dentre eles o Zumbi dos Palmares, investimentos de mais de R$ 2 bilhões, colaborando decisivamente para o desenvolvimento do turismo em nosso Estado e em

todo o Nordeste”, avaliou o governador de Alagoas. A oferta de outorga da Aena foi de R$ 1,9 bilhão pelo Bloco Nordeste, o que surpreendeu os participantes do leilão. A proposta representa um ágio de 1.010%. A expectativa é de que a empresa vencedora faça um investimento de R$ 2,1 bilhões nos seis terminais, sendo R$ 788 milhões nos cinco primeiros anos do contrato. O Aeroporto Zumbi dos Palmares deve receber R$ 411 milhões em investimentos. “Essa medida hoje é fundamental, porque o turismo

Edital para nova concessão deve ser apresentado segunda AGÊNCIA BRASIL

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas informou na sexta-feira (15) que o governo apresentará na próxima segunda-feira (18) o edital de chamamento para a sexta rodada de concessão de aeroportos. Freitas deu a informação em entrevista coletiva após o leilão de privatização de 12 aeroportos na B3. A próxima rodada também trará três blocos, com terminais das regiões Norte e Sul, e outro grupo, chamado de Eixo Central. A previsão é que o leilão ocorra em agosto de 2020. Na prática, o edital dá início aos estudos para a próxima rodada de leilões de aeroportos, definindo valores por cada bloco e expectativas de investimentos.

Serão colocados em leilão mais 22 terminais. O Bloco Sul, formado por nove aeroportos, inclui dois terminais em Curitiba, um em Foz do Iguaçu e um em Londrina, no Paraná; um em Navegantes e um em Joinville, em Santa Catarina; um em Pelotas, um em Uruguaiana e um Bagé, no Rio Grande do Sul. O Bloco Norte engloba sete aeroportos: um em Manaus, um em Tabatinga e um em Tefé, no Amazonas; um em Porto Velho; um em Rio Branco e um em Cruzeiro do Sul, no Acre; e um em Boa Vista. No terceiro lote, o chamado Eixo Central, estão os terminais de Goiânia, de São Luís e Imperatriz, no Maranhão; de Teresina, no Piauí; de Palmas, no Tocantins; e de Petrolina, em Pernambuco.

A sétima rodada de concessão de aeroportos, prevista para o primeiro semestre de 2022, incluirá os terminais de Congonhas, em São Paulo, e Santos Dumont, no Rio de Janeiro. “Congonhas e Santos Dumont ficam para a ultima rodada. Como são aeroportos muito importantes, eles vão ajudar a compor a sustentabilidade da Infraero. Por isso vamos aguardar os preços irem se sustentando no mercado”, afirmou o ministro Tarcísio de Freitas. LANCES Foram leiloados em São Paulo 12 aeroportos. O certame superou a outorga estipulada pelo governo de R$ 2,1 bilhões. No total, os lances pelos três blocos somaram R$ 2,377 bilhões. Os terminais concedidos

Aeroporto Internacional Zumbi dos Palmares, em Maceió, pode receber maiores investimentos após a privatização

é uma das principais vertentes para o nosso desenvolvimento. Quando ele se fortalece, gera emprego e oportunidades para as pessoas”, acrescentou Renan Filho. O grupo vencedor do leilão do Bloco Nordeste admi-

nistra 46 aeroportos na Espanha - dentre os quais o de Barajas, em Madri, e o de El Prat, em Barcelona – além de 12 terminais na América Latina, e o aeroporto de Luton, em Londres. O secretário de Estado do Desenvolvimento EconômiDIVULGAÇÃO

Ministro Tarcísio Gomes de Freitas informou que haverá mais leilões

co e Turismo, Rafael Brito, também acompanhou o leilão em São Paulo. Ele afirmou que a empresa Aena tem vocação para o turismo com participação em hotéis, sendo a maior transportadora de passageiros desta categoria no mundo.

estão localizados nas regiões Nordeste, Sudeste e Centro -Oeste, e, juntos, recebem 19,6 milhões de passageiros por ano, o que equivale a 9,5% do mercado nacional de aviação. O investimento previsto para os três blocos é de R$ 3,5 bilhões, no período de 30 anos. O primeiro bloco arrematado foi o do Nordeste, que teve o maior número de ofertas. Formado pelos aeroportos de João Pessoa e Campina Grande, ambos na Paraíba; do Recife; de Maceió e de Aracaju e de Juazeiro do Norte, no Ceará, o bloco recebeu seis propostas. O maior lance foi do grupo espanhol Aena Desarrollo Internacional, que ofereceu R$ 1,900 bilhão para pagamento à vista, um ágio de 1.010,69%. Em segundo lugar, ficou o grupo suíço Zurich Airport, com oferta de R$ 1,851 bilhão, um ágio de 982,05%. O grupo também arrematou o Bloco Sudeste. Em terceiro lugar, o Consórcio Região Nordeste, que ofertou R$ 1,785 bilhão, com ágio de 949,31%.


POLÍTICA

5

MACEIÓ - ALAGOAS SÁBADO E DOMINGO, 16 E 17 DE MARÇO DE 2019

Maceió adere ao Amigo da Pessoa Idosa

Estratégia se divide em diversas fases; números de ações e políticas públicas para esta população devem aumentar na capital ASSESSORIA

EDITORIA DE POLÍTICA COM ASSESSORIA

SERTÃO

C

om o objetivo de conscientizar a população idosa vulnerável e gerir o envelhecimento saudável dos maceioenses, a Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas) promove diversos eventos e discussões sobre a qualidade de vida deste público. Na sexta-feira (15), durante um seminário sobre envelhecimento feminino, a Semas assinou a adesão da Estratégia Brasil Amigo da Pessoa Idosa, que propõe políticas públicas e penalidades para a violação dos direitos dos cidadãos com mais de 60 anos. De acordo com o diretor do Departamento de Atenção ao Idoso do Ministério da Cidadania, Leonardo Milhomem, que ministrou a primeira palestra do evento, o Governo Federal vê a Estratégia Brasil como um caminho para o envelhecimento ativo e sustentável, além de um meio para reafirmar o compromisso com a efetividade do Estatuto do Idoso. “Este plano estratégico configura um cenário que busca acertos na efetividade dos direitos e do Estatuto do Idoso. Com o programa, o Governo Federal tem como objetivo primário a centralidade e o protagonismo das pessoas idosas ao longo de suas trajetórias, para que possamos encontrar caminhos ativos e sustentáveis para o processo de envelhecimento”, explicou Milhomem. Ainda segundo o diretor do Departamento de Atenção ao Idoso do Ministério da Cidadania, o foco do programa é a população idosa vulnerável. “Há uma diferença entre as pessoas que envelhecem com condições financeiras e as que não envelhecem. É muito difícil aproveitar o tempo livre e manter a saúde em dia sem os recursos necessários. Então, tendo isso em vista, nosso foco é justamente a população idosa vulnerável e o número dessas pessoas inscritas no Cadastro Único

Prefeitura de Delmiro é alvo de operação do MP

Leonardo Milhomem ministrou palestra em Maceió para tratar de um tema que vem sendo cada vez mais notável (CadÚnico) já ultrapassa os R$ 6 milhões em um contexto R$ 26,9 milhões”, disse. A Estratégia se divide em diversas fases (adesão, diagnóstico, aprovação, ações obrigatórias, execução dos planos e monitoramento dos resultados) e, por meio delas, se espera um cresci-

mento nos números de ações e políticas públicas para esta população específica. Segundo a secretária-adjunta de Assistência Social de Maceió, Nadja Braga, a adesão foi um grande passo para o município de Maceió. “Nós já trabalhamos o público idoso nos Cras com ações

de fortalecimento de vínculos e qualidade de vida. É um trabalho importante de garantia de direitos e redução das desigualdade. A partir do Estratégia Brasil, teremos o fortalecimento das políticas públicas voltadas às pessoas idosas”, destacou.

A Prefeitura de Delmiro Gouveia, localizada no alto Sertão alagoano, foi alvo de uma operação, na última sexta-feira (15), desencadeada pelo Ministério Público Estadual (MPE) com mandados de busca e apreensão nas Secretarias Municipais de Finanças, Administração e na Comissão Permanente de Licitação. A operação foi comandada de perto pelo procurador-geral de Justiça, Alfredo Gaspar de Mendonça Neto, além dos pelos promotores de Assessoria Técnica do MP Estadual, Vicente Porciúncula, Humberto Bulhões e Luiz Tenório, e pelos promotores de justiça de Delmiro Gouveia João Batista Santos Filho e Bolivar Cruz Ferro. A medida cautelar foi deferida, a pedido de Alfredo Gaspar, pelo desembargador José Carlos Malta Marques. O trabalho, segundo Ministério Público Estadual, é fruto de dois procedimentos investigatórios criminais comandados pelo próprio chefe da instituição e apura contratos com valores aproximados de R$ 20 milhões, está investigando fraudes em licitação em

diversos tipos de contratos firmados entre a Prefeitura de Delmiro Gouveia e empresas nas áreas de locação de veículos e maquinário, escritórios de contabilidade e de gerenciamento de contratos e prestadoras de serviço para aquisição de combustível e de produtos de laboratório. A assessoria de comunicação do Ministério Público confirmou na sexta-feira (15) que houve o recolhimento de uma farta documentação, especialmente contratos e aditivos, processos de pagamento, relatórios e livros de procedimento e fiscalização referentes a diversos tipos de serviços entre os anos de 2017 e 2019. As investigações se concentram principalmente contra empresas de locação de veículos. A reportagem da Tribuna Independente tentou manter contato com o prefeito de Delmiro Gouveia, Padre Eraldo (PSD), para repercutir a operação do MP Estadual que investiga fraudes no município. Apesar das constantes tentativas, a reportagem não conseguiu êxito. O espaço segue aberto para a versão da prefeitura. (E.P.) ASCOM / MPE

Alfredo Gaspar de Mendonça coordenou operação e apreendeu documentos

RECICLAGEM

AMA lança campanha Municípios Sustentáveis Com 100% dos municípios sem lixões, o que fez de Alagoas um marco referencial, sendo o primeiro estado do Nordeste a cumprir a legislação, a Associação dos Municípios Alagoanos – AMA – , que foi a grande articuladora desse processo,- dá início a uma segunda fase para divulgar a cultura da logística reversa, principalmente quando se fala de reciclagem. Com o objetivo de despertar a atenção da comunidade, do poder público e incentivar a capacidade criativa e inovadora, a AMA criou a campanha “Municípios Sustentáveis”, o mascote Zé Verdinho teve seu nome escolhido nas redes sociais. A ideia da campanha é oferecer às prefeituras material de divulgação e assim atingir a população para uma mudança de comportamento, adotando hábitos mais saudá-

veis para o meio ambiente. O Zé Verdinho vai explicar, ensinar e transformar cada pessoa em agente multiplicador da educação ambiental no desenvolvimento das iniciativas e mudanças de atitudes da população. Para gerente de comunicação da AMA, Zélia Cavalcanti, os municípios alcançaram uma conquista muito importante acabando com os lixões, mas o trabalho não acabou. “Agora começa outra etapa importante: a conscientização da população sobre o destino dos resíduos sólidos”, afirmou. Através da educação ambiental, os gestores poderão economizar – já que é pago por tonelada de resíduo levado aos aterros sanitários – garantir a preservação de meio ambiente e a inclusão social dos catadores.


6

OPINIÃO UM PRODUTO:

Cooperativa dos Jornalistas e Gráficos do estado de Alagoas

Rua da Praia, 134 - sala 303 - centro - Maceió Alagoas Endereço Comercial: Empresarial Humberto Lôbo Av. Menino Marcelo - 9.350- Serraria Maceió - Alagoas - CEP: 57.083.410 CNPJ: 08.951.056/0001 - 33

queda de 0,8% na produção da indústria nacional em janeiro frente a dezembro do ano passado se refletiu em seis dos 15 locais pesquisados. A indústria paulista, que representa cerca de 34% da produção nacional, caiu 1,8%, abaixo da média do país. Os dados são da Pesquisa Industrial Regional, divulgada hoje pelo IBGE. Segundo o analista da pesquisa, Bernardo Almeida, o resultado de São Paulo foi influenciado pelo baixo desempenho da indústria farmacêutica. “Neste ano, as férias coletivas na indústria farmacêutica, que constitui um polo industrial importante no estado, ocorreram em janeiro, acarretando uma menor produção”, explica. ntre os demais locais com resultados negativos, Mato Grosso, com queda de 5,4% sofreu o maior recuo, pressionado principalmente pela indústria alimentícia. Também foram registradas quedas de 2,6%

PRESIDENTE José Paulo Gabriel dos Santos DIRETOR ADMINISTRATIVO FINANCEIRO: Flávio Peixoto EDITOR GERAL: Ricardo Castro ricardocastro@tribuna-al.com.br

Engenheiro civil e diretor do Clube de Engenharia de Alagoas

Nestes últimos tempos temos visto, com frequência inusual, graves eventos de desastres em obras de engenharia. Barragens colapsadas, bairros inteiros instabilizados, ciclovias desabadas, deslizamentos, inundações... São problemas que diariamente nos visitam, seja através da imprensa formal, seja através das redes sociais de que participamos. Teria a Engenharia nacional empobrecido? Se tornado menor? Mais “burra”? Claro que não! Nunca se formou tantos engenheiros e nunca nossas Escolas de Engenharia tiveram tão bons mestres e doutores a garantir a qualidade do ensino. Só que não se faz Engenharia apenas na Academia. Os engenheiros são permanentemente formados no dia a dia dos projetos e obras. Utilizando os ensinamentos básicos que aprenderam nas carteiras escolares, adaptam-se às novas tecnologias que surgem ininterruptamente, buscando executar seus trabalhos cada vez mais rápi-

Jornalista. inocnf@gmail.com

O jornalista gaúcho Juremir Machado grafa que João Goulart nasceu a 1º de março de 1918, na Estância Iguariaçá, S. Borja, porém - dizem seus biógrafos - que seu pai, o estancieiro Vicente Rodrigues Goulart, tê-lo-ia registrado como se dera em 1919. Não consegui referências de sua ancestralidade se açoriana, apenas corruptelas do sobrenome, quais de origem flamenga: Goulaert, Goulard. Mais precisamente, João Belchior Marques da Silva Goulart. O “Marques da Silva”, segundo o historiador Dorgival Terceiro Neto, apanhou dessa clã sertaneja da Paraíba, de que era patriarca Benedito Marques da Silva Acauã, advogado e deputado geral, através de seu filho, de idêntico nome. Este, igualmente formado em

comercial.tribunaindependente@gmail.com redação.tribunaindependente@gmail.com

OS ARTIGOS ASSINADOS SÃO DE RESPONSABILIDADE DOS SEUS AUTORES. NÃO REPRESENTANDO, NECESSARIAMENTE, A OPINIÃO DESTE JORNAL.

no Espírito Santo, 2,2% na Bahia, 1,3% no Rio de Janeiro, e 0,4% no Ceará. Já dos locais com resultados positivos, o Amazonas registrou o maior ganho, 5,2%, influenciado pelo setor de bebidas. Também apresentaram crescimento Pernambuco, com 3%, Rio Grande do Sul, 2,6%, Goiás, 2,6%, Pará, 1,7%, Nordeste 1%, Santa Catarina, 0,8%, Minas Gerais, 0,7%, e Paraná, 0,7%. A pesquisa também comparou os resultados de janeiro de 2019 com janeiro de 2018. Nessa análise, houve quedas em dez locais, acompanhando o recuo de 2,6% na indústria nacional. Embora tenha registrado o maior crescimento no resultado mensal, a indústria do Amazonas obteve o pior desempenho frente a janeiro do ano passado, com queda de 10,5%. Já o Paraná apresentou a maior expansão, com crescimento de 8,1%.

Batatas quentes de Bolsonaro

do, mais seguros e mais baratos. Mas então, porque tantos fracassos, tantos desastres? Na verdade, por trás de cada um deles está a falta de Engenharia. Num processo cruel e irresponsável, os últimos anos viram a Engenharia e especialmente seus profissionais serem levados a cumprir um papel secundário, longe do tamanho de suas responsabilidades e conhecimentos. O desmonte de grupos de projetos e pesquisa, a partir da possibilidade de que obras sejam licitadas e contratadas com “projetos básicos” (estudos preliminares, na verdade!!), iniciou o caminho do declínio. Tais contratações levaram à desmoralização dos orçamentos que, durante a construção sempre são duplicados ou triplicados. A onda privacionista está acabando de fazer o trabalho sujo, na medida em que elimina as equipes de engenharia no serviço público, desestrutura as áreas de pesquisa e desenvolvimento e impede que os investimentos públicos sejam fiscalizados e acompanhados por equipes isentas de interesses econômicos. Alagoas mostrou esta semana que está na frente deste movimento de atraso, ao liquidar o Serviço de Engenharia do Estado de Alagoas – Serveal e, em breve, dar

ao Departamento de Estradas de Rodagem – DER o mesmo destino. Na Casal, uma pressão privacionista, capitaneada pela Secretaria da Fazenda e pelo BNDES, pretende reduzir a empresa a um quarto do tamanho atual, vez que não lhe interessa encerrar as atividades da empresa estadual, considerando o arcabouço legal em que estamos sujeitos. As equipes técnicas do setor público precisam ser ampliadas, renovadas, valorizadas e instrumentadas até para que possam acompanhar adequada e tecnicamente a aplicação dos eventuais investimentos que o próprio setor privado venha a aplicar no Estado. Ao contrário, o Governo opta pela extinção dos organismos estaduais responsáveis por estas importantes atividades! Mal sinal! Tristes tempos se aproximam. Enquanto isso, vidas e investimentos estão sendo perdidos, não por conta da Engenharia, mas sim, pela falta de Engenharia que insistimos em patrocinar. No final, os custos serão muito mais altos, quando tivermos de reestatizar estes serviços, como ocorre hoje em várias partes do mundo que, tempos atrás, também se renderam à tentação de privatizar seus serviços públicos.

Direito, chegara ao território sul -riograndense, onde alcançou altos cargos no mundo jurídico. Sua esposa tinha ascendência dos Goulart. Aos 27 anos já percorrera, em lombo de burro, várias partes do Rio G. do Sul, comprando gado para as fazendas de Getúlio Vargas, seu futuro padrinho. Estreitando amizade com o irmão do ex-presidente, Protásio Vargas, envereda-se pela política, filiandose ao antigo PSD, depois foi para o PTB. Pertencia à classe média -alta, nem por isso desprezara os menos favorecidos e operariado. Elege-se, por duas vezes, vice -presidente da República, a segunda em 1961, assumindo em razão da memorável Campanha da Legalidade, liderada pelo seu cunhado, Leonel Brizola. Os ministros militares haviam vetado sua posse. Prometia fazer um governo voltado para o social e, seguindo carta-programa de seus antecessores, a autodeterminação dos povos. Presidiria as eleições para o Planalto, previstas para 1965, quando o Golpe militar do

ano anterior ceifou seu mandato. Um dos candidatos potenciais ao cargo, Carlos Lacerda, ao tempo governador da Guanabara, pretendia arregimentar seus correligionários da Bahia e Paraíba, saindo de Salvador e nesse sentido agendou uma visita à capital paraibana, a fim de inaugurar um comitê de campanha. “Corvo da Olaria”, assim conhecido, pela pertinaz perseguição aos mendigos cariocas de rua, um declarado agente do imperialismo, para em favor deste desestabilizar a democracia e soberania brasileiras da época. Março, dia três, dar-se-ia o fatídico encontro, não fora os protestos, arregimentação de forças estudantis, homens de imprensa e do povo, além de operários, juntos na outrora sede da Faculdade de Direito, praça central de João Pessoa. Confiro o episódio, pois eu fiz parte do grupo, que nos custou punições, na ditadura. Ganhamos a batalha, mas perdemos a guerra. Permitam-nos, todavia, fazermos do nosso exemplo homenagens à centenária data.

Jango INOCÊNCIO NÓBREGA

REDAÇÃO: 82.3311.1328 - 3311.1329

Billo

Engenharia em crise? RICARDO VIEIRA

PABX: 82.3311.1338 COMERCIAL: 82.3311.1330 - 3021. 8780

DIRETORA COMERCIAL: Marilene Canuto

Produção industrial em queda

A

MACEIÓ - ALAGOAS SÁBADO E DOMINGO, 16 E 17 DE MARÇO DE 2019

FLORESTAN FERNANDES Jornalista e escritor

Como diz um grande amigo, a batata de Bolsonaro está assando. Quando vai torrar é a grande incógnita. A apreensão feita pela Operação Lume de 117 fuzis na casa de um miliciano ligado ao crime em Rio das Pedras deve ter deixado a caserna em polvorosa. Imagino que muitos oficiais das três forças militares devem estar pelas tampas com as trapalhadas produzidas pelo presidente e por seus filhos. As relações de intimidade do clã com as milícias é algo insuportável para o futuro da nossa democracia. E vem colocando em risco a credibilidade e a boa avaliação das Forças Armadas. Principalmente porque hoje elas são uma espécie de avalistas do governo Bolsonaro. Um fio tênue separa as trapalhadas do clã da imagem de sobriedade e profissionalismo das três forças. Só no primeiro escalão são 9 oficiais de alta patente, incluindo o vice Mourão. No segundo e terceiro escalões são cerca de 100 militares. Amigos em Brasília dizem que na esplanada dos ministérios e em empresas estatais foram acomodados em cargos comissionados mais uma centena de parentes e indicados de militares. As desavenças entre generais já vêm acontecendo por conta das incertezas de um governo paralisado e sem rumo que cada dia que passa se assombra com as maluquices postadas pelo Twitter presidencial. Em entrevista recente, o ex-presidente Fernando Henrique, filho de general, fez um alerta sobre os riscos de um governo militarizado: “Todo mundo gosta de um pouco de poder, mordomias e salário, o problema que eu temo é que eles confundam os papéis. Até agora não confundiram”. Até um cabo sabia que Bolsonaro não tinha equilíbrio emocional para um cargo de tamanha importância. Mas nunca os que o acompanhavam

imaginaram que teriam que socorrer os deslizes quase diários do presidente. O fato de o presidente ter como vizinho de condomínio o miliciano Ronnie Lessa, preso sob acusação de ter participado da emboscada que levou às mortes de Marielle e de Anderson Gomes, coloca mais lenha na fogueira das batatas quentes da família Bolsonaro. Não é à toa que o presidente convocou os jornalistas para uma entrevista em que o tema era a reforma da previdência. Pelo jeito Bolsonaro tentou uma aproximação com os grandes veículos para baixar a temperatura. Mas não deu sorte. Fez isso justamente no dia de uma tragédia que levou à morte de 10 pessoas em uma escola na

grande São Paulo. Os tiros em Suzano atingiram em cheio a principal bandeira de Bolsonaro. Depois do armamento pesado encontrado na Operação Lume fica ainda mais claro que são as milícias as maiores interessadas na legalização da venda e do porte de armas no país. Será que o nosso Exército concorda com isso? Creio que não. Se foi, de certa maneira, fácil colocar Bolsonaro no Palácio do Planalto, difícil vai ser tirá-lo. Podemos em breve ter a repetição de disputas como a do grupo de Geisel contra a do general Silvio Frota. Por enquanto a única coisa certa é que existe um cheiro forte de batata assando.


BRASIL

MACEIÓ - ALAGOAS SÁBADO E DOMINGO, 16 E 17 DE MARÇO DE 2019

STF suspende acordo bilionário entre a Lava Jato e Petrobras

7 REPRODUÇÃO

Ministro Alexandre de Moraes atende pedido da PGR e anula ação em que procuradores gerenciariam verba de R$ 2,5 bilhões

A

lexandre de Moraes, ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), decidiu na sexta-feira (15) suspender todos os efeitos do acordo entre a força-tarefa da Lava Jato, a Petrobras e o Departamento de Justiça dos EUA, que visava a criação de uma fundação para gerir R$ 2,5 bilhões da empresa. De acordo com informações da imprensa, Moraes também interrompeu a tramitação de todas as outras ações que questionam o acordo e intimou os envolvidos no trato a prestarem infor-

mações à Corte dentro de, no máximo, dez dias. O ministro determinou o bloqueio de todos os valores que foram depositados na conta da 13ª Vara Federal de Curitiba e submeteu qualquer movimentação desse dinheiro à “expressa decisão do Supremo Tribunal Federal”. “AUTORIDADES BRASILEIRAS” Na decisão, Moraes declara que “em que pese ser meritória a atuação dos agentes públicos na condução dos inquéritos e ações penais da Operação Lava Jato, bem como nos propósitos externados no acordo, os procura-

dores, em princípio, exorbitaram das atribuições que a Constituição Federal delimitou para os membros do Ministério Público”. “Importante destacar, ainda, que os termos do acordo realizado entre a Petrobras e o governo norte-americano, além de não indicarem os órgãos do MPF/PR como sendo as ‘autoridades brasileiras’ destinatárias do pagamento da multa, igualmente jamais indicaram a obrigatoriedade ou mesmo a necessidade do depósito dos valores ser realizado perante a 13ª Vara Criminal Federal de Curitiba”,

Procurador da República Deltan Dallagnol seria um dos que gerenciariam verba bilionária do acordo acrescenta o ministro. DALLAGNOL INCOMODADO Numa série de publicações em sua conta no Twitter, o procurador Deltan Dallagnol reagiu à suspensão da fundação da Lava Jato com críticas à procuradora-geral da Repú-

Decisão sobre crimes eleitorais favorecerá Lula A decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), de quinta-feira (14), segundo a qual competência para investigar crimes como corrupção e lavagem de dinheiro, quando relacionados a crimes eleitorais, é da Justiça

Eleitoral, provocou reação da força-tarefa da Lava Jato. O julgamento foi considerado importante derrota da chamada “República de Curitiba” e da Procuradoria-Geral da República (PGR). A força-tarefa e a PGR,

derrotadas, defendiam a separação de competências: a Justiça Federal seria responsável por julgar os crimes comuns e a Justiça Eleitoral, apenas os casos de crimes especificamente eleitorais . O ministro Marco Aurélio

Mello afirmou que a decisão do STF, que dá aos tribunais eleitorais competência sobre crimes comuns, como corrupção e lavagem de dinheiro, pode levar à anulação de condenações. “Essas (sentenças) podem ser afastadas ante a

blica, Raquel Dodge. Em ação apresentada junto ao STF, Dodge contesta a criação da fundação e diz que o Ministério Público Federal (MPF) não tem poderes para gerir recursos e a Justiça Federal não tem competência

para homologar o acordo. Dallagnol compartilhou reportagem do jornal O Globo e citou um trecho em que são evidentes os questionamentos acerca da decisão da PGR e convocou ato para esse domingo (17) contra o STF.

incompetência absoluta do órgão que a prolatou”, disse. A reação da força-tarefa foi imediata. Um dos mais importantes protagonistas da Lava Jato, o procurador Carlos Fernando dos Santos Lima manifestou inconformismo e preocupação com uma eventual anulação da condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

“Se o STF mandar tudo ser enviado para a Justiça Eleitoral, por que não vão anular a condenação do Lula?”, questionou Lima. “A condenação do caso triplex não é só pelo triplex, é um dinheiro de corrupção encaminhado também para o Partido dos Trabalhadores. Então, também tem uma questão eleitoral”, acrescentou.


8

PUBLICIDADE

MACEIÓ - ALAGOAS SÁBADO E DOMINGO, 16 E 17 DE MARÇO DE 2019


CIDADES

MACEIÓ - ALAGOAS SÁBADO E DOMINGO, 16 E 17 DE MARÇO DE 2019

Laje institui “Dia da Saudade” nos 50 anos de cheia

9

ADAILSON CALHEIROS

Solenidade é marcada por muita emoção e comove pessoas de todas as gerações, que lotaram Igreja Matriz de São José WELLINGTON SANTOS REPÓRTER

Q

uando os jovens soldados do tiro de guerra do Exército brasileiro instalado no município de São José da Laje fizeram soar as notas tristes do saxofone com a “Marcha do Silêncio”, não foram poucas as pessoas de todas as gerações da cidade que não conseguiram segurar as lágrimas e emoções. Dessa forma, foi realizada na quinta-feira (14) a missa solene na Matriz de São José, padroeiro do município, em homenagem e memória das mais de 1.200 pessoas mortas e mais de uma centena de desaparecidos até hoje no episódio que marcou os 50 anos da tragédia que devastou a cidade de São José da

Laje, depois de uma enxurrada de água no fatídico dia 14 de março de 1969. A solenidade teve ainda a aposição floral colocada no altar-mor da matriz, lotada de autoridades, personalidades, gente do povo e sobreviventes da tragédia que depositaram uma corbelha de flores brancas. Em função dos 50 anos completados este ano e com o intuito de resgatar a memória e preservar a história da cidade, o prefeito de São José da Laje, Rodrigo Valença, encaminhou Projeto de Lei à Câmara Municipal de Vereadores que visa instituir no município o dia 14 de março como data anual em memória das vítimas da enchente de 1969, intitulada de “Dia da Saudade”. “Nada mais justo e um

gesto sensível do que lembrar para sempre dessas pessoas inesquecíveis e tão amadas por seus entes, instituindo o Dia da Saudade”, destacou o vice-prefeito Jerciton Freitas, um pernambucano radicado em São José da Laje há 22 anos, representando o prefeito Rodrigo Valença na solenidade, uma vez que o gestor titular se encontrava em Brasília. “Esse dia de homenagens e reflexão não é só para os lajenses, mas para todas as pessoas que se sentem acolhidas aqui em nossa cidade, porque naquele dia 14 de março de 1969 muitos turistas se encontravam em nossa cidade na festa do padroeiro São José”, completa o vice-prefeito pernambucano, que se considera lajense de coração.

ADAILSON CALHEIROS

Ex-prefeito de São José da Laje, Paulo Roberto Pereira, o “Neno”, tinha 9 anos à época da enchente

Lotada de autoridades, gente do povo e sobreviventes, missa solene lembrou mortos da cheia de 1969 ADAILSON CALHEIROS

Celebração em memória póstuma ocorreu na Igreja Matriz de São José da Laje, padroeiro do município

Emoção toma conta de todas as gerações de lajenses na matriz Dona Enaura Felizberto dos Santos, 72 anos, foi uma dessas pessoas que não seguraram as lágrimas que insistiam em cair copiosamente do rosto marcado pelas lutas da vida ao longo da solenidade. “Ô meu filho, muita gente que morava perto de mim morreu e outras desapareceram para sempre”, contou. Aos nove anos de idade, Paulo Roberto Pereira de Araújo, hoje com 58 anos, também presente à missa solene, relembrou que a imagem das pessoas mortas passando a todo instante na sua frente nunca saiu da cabeça. “Não tem como esquecer aquelas cenas. Isso marca qualquer criança”, diz Araújo, que já foi prefeito de São José Laje. A equipe do jornal Tribuna Independente recebeu na ocasião uma deferência especial da prefeitura do município por ter produzido uma ampla

reportagem sobre os 50 anos da enxurrada em Caderno Especial, além de um documentário detalhando o episódio da enchente do Rio Canhoto, em razão da chuva em excesso e mais o rompimento da barragem da

Aquelas cenas de gente morta me marcaram e marcariam qualquer criança, porque foram muito tristes” PAULO ROBERTO PEREIRA Ex-prefeito de São José da Laje, que tinha 9 anos na época da tragédia

Usina Serra Grande na cabeceira dos outros rios, no agreste setentrional de Pernambuco. A avalanche invadiu ruas, vielas e tudo que encontrara pelo caminho como um tufão, causou a morte de mais de mil e duzentas pessoas, segundo dados oficiais e fez desaparecer para sempre outras centenas de pessoas que não tiveram direito a sepultamento por parte dos entes queridos. Em número de mortos, oficialmente 1.256 mortos registrados, segundo dados da Secretaria Extraordinária de Governo, à época, o episódio de São José da Laje está entre os maiores do planeta até hoje, segundo entidades que se preocupam com estatísticas relacionadas a grandes tragédias no mundo. A tromba de água derrubou ainda centenas de residências, prédios públicos e comerciais.


10

CIDADES ESTÃO ADIMPLENTES

CIDADES EMFOCO ROBERTO BAIA

robertobaiabarros.hotmail.com

Agricultores beneficiados

A

Prefeitura Municipal de Arapiraca, através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Rural, entregará mais boletos quitados da dívida contraída da linha de crédito do Programa de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) dos agricultores beneficiados com a Lei Municipal. O evento acontecerá, às 10 horas, no prédio da Casa da Cultura, situado na Praça Luiz Pereira.

BOLETOS QUITADOS Todos os agricultores que restavam irão receberam seus boletos devidamente pagos pela prefeitura, podendo agora buscar novos meios para investir em suas produções. 600 trabalhadores rurais estão sendo beneficiados com a lei.

“O município de Arapiraca é pioneiro em quitar a dívida de agricultores inadimplentes, entregamos os boletos pagos para 600 produtores rurais que deviam o Banco do Nordeste. A Prefeitura entrou com a primeira parcela para que eles ficassem adimplentes e tivessem condições de serem beneficiados com a lei que dá esse rebate e então poder efetuar o pagamento posteriormente”, disse Fabiana Fontes, superintendente da secretaria. A superintendente destacou ainda que a secretaria tem um quadro técnico, credenciado junto ao banco, para elaboração de créditos para o agricultor familiar.

CRIMES AMBIENTAIS Na manhã de sexta-feira (15), o Ministério Público Federal (MPF) em Alagoas promoveu reunião de trabalho com representantes da Polícia Federal, da Secretaria do Patrimônio da União (SPU), e dos órgãos de fiscalização ambiental Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e Instituto do Meio Ambiente de Alagoas (IMA/AL), a fim de traçar estratégias para maior efetividade na investigação de crimes ambientais no estado, especialmente no litoral alagoano.

TRABALHO EM CONJUNTO Para a procuradora da República Raquel Teixeira, titular do ofício do meio ambiente, é importante que o MPF e os órgãos de fiscalização ambiental trabalhem em conjunto, afinando as prioridades e as rotinas de trabalho para alcançar maior efetividade em eventuais judicializações, especialmente as criminais.

MACEIÓ - ALAGOAS SÁBADO E DOMINGO, 16 E 17 DE MARÇO DE 2019

ATUAÇÃO PREVENTIVA Todos concordaram que o mais importante é buscar evitar que o dano ambiental venha a ocorrer ou se torne irreversível, razão por que estratégias de atuação preventiva integrada entre os órgãos também foram debatidas.

POLÍCIA FEDERAL Encaminhamentos – Os órgãos (ICMBio, Ibama e IMA) se comprometeram a encaminhar ao MPF o cronograma das fiscalizações, com possível participação do MPF e Polícia Federal, com a finalidade de que os processos administrativos decorrentes das autuações sejam encaminhados ao MPF já com suficiente instrução.

OCUPAÇÃO IRREGULAR Além das operações de fiscalização a cargo dos órgãos ambientais, a procuradora da República afirmou que expedirá recomendação às concessionárias de serviço público, a fim de que adote providências no sentido de evitar a ligação de energia elétrica e água em Área de Preservação Ambiental, sem que a unidade possua licenciamento devido. A medida visa dificultar a ocupação irregular de áreas protegidas

... O Mercado do Artesanato Margarida Gonçalves sediará pelo segundo ano consecutivo a Semana do Artesão. O evento acontecerá do dia 19 de março até o dia 23 de março.

... A programação terá apresentações culturais, apresentação musical com uma banda local de forró e uma feirinha com produtos de artesãos de Arapiraca e toda a região. ... A semana é idealizada pela Prefeitura Municipal de Arapiraca, através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo, e conta com o apoio da Doce Popular, Biscoitos Trigo e cia, Panificação Brasília e Atacadão. ... Um espaço destinado para comercialização de peças artesanais, confeccionadas por artista da terra e cidades convidadas bem como de comidas típicas. A feirinha contará com a presença de uma banda de um sanfoneiro animando o local.

HIV: pacientes em estágio inicial têm ambulatório de acolhimento

AGÊNCIA ALAGOAS

Ofertado pela Sesau, serviço visa cumprir meta para estabilização e adesão ao tratamento por portadores do vírus em AL

P

ara atender especificamente quem acaba de ser diagnosticado com HIV em Alagoas, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) colocou em funcionamento o Ambulatório de Acolhimento para pessoas com sorologia positiva. O serviço está sendo ofertado no Laboratório Central de Alagoas (Lacen), localizado no bairro Jatiúca, em Maceió. As instalações buscam o cumprimento, no Estado, da ambiciosa meta 90/90/90 estabelecida pelo Programa Conjunto das Nações Unidas, que estabelece o prazo até 2020 para que pelo menos 90% dos os habitantes de Alagoas que estejam vivendo com HIV saibam que têm o vírus; que 90% de todos aqueles com infecção diagnosticada recebam terapia

antirretroviral e, ainda, que 90% dos que já estejam recebendo a terapia tenham supressão viral. Ou seja: adquiram boa saúde mesmo sabendo da sua soropositividade. O ambulatório objetiva ampliar e agilizar o acesso ao tratamento de usuários recém-diagnosticados, dar assistência qualificada e diferenciada, totalmente focada para o momento mais decisivo do tratamento, além de desafogar e apoiar os ambulatórios especializados, que poderão concentrar esforço na manutenção da adesão e continuidade do tratamento. Segundo a infectologista e superintendente de Vigilância em Saúde da Sesau, Mardjane Lemos, os usuários ficarão no ambulatório até que seja atingida a carga viral indetectável e a

Serviço busca o cumprimento da meta 90/90/90 estabelecida pelo Programa Conjunto das Nações Unidas para que, até 2020, 90% das pessoas vivendo com HIV sejam diagnosticadas; que destas, 90% estejam em tratamento; e que 90% deste grupo tenha carga viral indetectável

adesão consolidada ao tratamento com os antirretrovirais. A partir de então, os pacientes serão encaminhados para o segmento nos Serviços Ambulatoriais Especializados (SAE). “Recomendamos que todos os casos novos de HIV diagnosticados nas unidades de Saúde, bem como em ações itinerantes do Estado de Alagoas, sejam encaminhados ao Ambulatório de Acolhimento. O pa-

ciente que descobre ser soropositivo precisa de muita atenção nos primeiros meses, pois é um período que demanda mais cuidado no que diz respeito à adesão ao tratamento”, disse Mardjane Lemos. Ainda segunda ela, o período limite para que o paciente fique com sua carga viral indetectável é de no máximo seis meses. Caso isso não aconteça, é porque ele não está tomando a me-

dicação de forma correta. Nesse mesmo período, a maioria deles tem também uma boa resposta da imunidade. “Seis meses é o tempo para que ele passe a demandar de menos cuidado de profissionais ao seu lado. Então, colocar um usuário que está estável num serviço que já tem muito paciente, é totalmente diferente daquele que precisa de toda uma atenção”, explicou.

Desde fevereiro, unidade já conseguiu assistir 32 usuários AGÊNCIA ALAGOAS

Nos últimos 5 anos, Alagoas registrou 3.841 casos de infecção pelo HIV

O serviço, que funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h, e das 13h30 às 17h30, conta com uma equipe multiprofissional, formada por duas infectologistas, um farmacêutico, duas enfermeiras, duas psicólogas e um técnico de enfermagem. Desde fevereiro, o Ambulatório de Acolhimento já conseguiu assistir 32 usuários, proporcionando, assim, melhoria na qualidade de vida, adesão ao tratamento e longevidade. “Como a equipe é toda voltada para pacientes novos, a abordagem é totalmente diferente da que é feita a usuários que abandonaram o tratamento ou

daqueles que já estão desenvolvendo doenças oportunistas, como tuberculose. Por isso, o foco do ambulatório é todo em cima da estabilização e adesão ao tratamento”, ressaltou. Para ter acesso ao serviço, o agendamento pode ser feito pelo próprio usuário ou pelo serviço que o diagnosticou. Mardjane Lemos afirma que a orientação passada a todos os profissionais é que, diante de um teste rápido positivo, não deixe o paciente sair sem que a consulta seja marcada. De acordo com ela, a consulta está demorando, em média, cinco dias para ser agendada no Ambulatório de Acolhimento.

DADOS Em 33 anos, de janeiro de 1986 até a primeira quinzena de março deste ano, foram registrados 6.982 casos de Aids em Alagoas, segundo dados do Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Sinan). Do total de diagnosticados com a síndrome, 4.631 são homens (66,3%) e 2.351 mulheres (33,7%). A maior concentração dos casos da doença está nos indivíduos com idade entre 30 a 39 anos. Já no período de janeiro de 2014 até a primeira quinzena de março deste ano, foram notificados no Sinan, 3.841 casos de infecção pelo HIV em Alagoas, sendo 2.289 em homens (59,6%) e 1.552 em mulheres (40,4%).

SERVIÇO Ambulatório de Acolhimento funciona de segunda a sextafeira, das 8h às 12h, e das 13h30 às 17h30

EQUIPE

Serviço conta com uma equipe multiprofissional, formada por duas infectologistas, um farmacêutico, duas enfermeiras, duas psicólogas e um técnico de enfermagem

AGENDAMENTO Para ter acesso ao serviço, o agendamento pode ser feito pelo próprio usuário ou pelo serviço que o diagnosticou


CIDADES

AILTON VILLANOVA AÍLTON VILLANOVA

aílton.villanova@gmail.com

(COM DIEGO VILLANOVA)

A desventura do boníssimo Valmir

J

ornalista culto, advogado competente, escritor brilhante e pesquisador emérito, o saudoso colega Valmir Calheiros de Siqueira de quando em vez passava por um apertozinho, inclusive por conta dos seus frequentes lapsos de memória. Um dia, ele sofreu acidente em dose tripla que o deixou horizontalizado num leito hospitalar. Eu conto. Empenhava-se o genial companheiro no conserto de uma porta, em sua residência, quando, em dado momento, uma barra de madeira despencou de altura superior a 2metros e- pleft! – se abateu sobre sua cabeça. Foi terrível! Da madeira destacavase um prego filho da puta de grande, que foi esbarrar a poucos milímetros do cérebro do caro colega. Pegaram o Valmir Calheiros e correram com ele para o HPS (que à época existia). A tábua também foi junto, pregada na careca dele. Com muita perícia, os doutores de plantão no nosocômio conseguiram arrancá-la com prego e tudo. Terminada a tarefa cirúrgica, o médico-chefe recomendou: - O senhor já pode ir pra casa doutor Valmir. Mas eu o aconselho a tomar muuuiiito cuidado! Inclusive, evite botar o juízo para pensar... - Mas por quê? – indagou Valmir meio grogue da anestesia. - É que pode prejudicar na recuperação da massa cefálica, que foi

lesionada. O caso é serio! - Pode deixar, doutor, que eu me cuidarei direitinho. Posso ir? Nivaldete, a minha esposa, está me esperando em casa. - Pode ir! Naquilo que Valmir levantou-se da mesa para ir embora, a janela da sala de cirurgia foi empurrada para dentro por uma lufada de vento. Aí, aconteceu novo desastre: a quina da maldita janela atingiu em cheio o ferimento que acabara de ser suturado e o jornalista desabou desmaiado de tanta dor. E lá voltaram os esculápios a consertar o novo estrago na cabeça do velho Calheiros. Providenciado o segundo curativo, o hospital liberou novamente o paciente, que decidiu voltar pra casa de taxi. Colocaram Valmir no carro e o motorista, meio aloprado, arrancou cantando pneus. Na primeira esquina – vabei! –, trombou violentamente num poste e o jornalista, que viajava no banco de trás, foi catapultado para a frente. Valmir saiu voando por cima do banco dianteiro e enfincou a cabeça no para-brisa do veículo, espatifando-o. Nem é preciso dizer que o colega voltou para o hospital. Os doutores do plantão do HPS o receberam com espanto: - De noooovvvooo???!!! Médicos, enfermeiros, auxiliares de enfermagem e alguns voluntários passaram várias horas arrancando os cacos de vidro do “telhado” do Valmir. Terminado o serviço, ele ponderou com os extenuados médicos e auxiliares: - É melhor que eu fique logo internado, para o caso de ocorrer novo acidente. Arrumaram-lhe uma vaga na UTI.

MACEIÓ - ALAGOAS SÁBADO E DOMINGO, 16 E 17 DE MARÇO DE 2019

FINALMENTE, A VOCAÇÃO! A época em que Antônio Sapucaia (hoje desembargador aposentado) era juiz de direito da comarca de Atalaia, a polícia local capturou o elemento conhecido como Dé da Neusa, taradão acusado de um monte de crimes capitulados como “atentado ao pudor” e algo mais cabeludo. Concluido o respectivo inquérito policial, o delegado que o presidiu colocou o indivíduo à disposição do magistrado Sapucaia. No dia designado para a audiência no fórum, eis Dé da Neusa se deparou com o doutor Sapucaia, num dia em que ele se achava menos invocado que de costume. O magistrado pegou a ficha de antecedentes do indigitado transgressor, franziu a testa e, cheio de ironia, o encarou por cima dos óculos: - Ora, mas isso é que é currículo decente! Furto! Roubo! Tráfico de Drogas! Atropelamento com fuga! Lesão corporal! Estupro! Estupro! Estupro...! Danou-se! Como é que você me explica isso, rapaz? E o meliante, com a cara mais lisa do mundo: - Ah, excelência, é que custei a descobrir a minha verdadeira vocação!

“Uma catástrofe anunciada”, diz Rodrigo Cunha COLABORADORA

E

m entrevista à imprensa na tarde dessa sexta-feira (15), o senador Rodrigo Cunha repassou novas informações sobre os estudos no bairro do Pinheiro. Após reunião com geólogos da Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais (CPRM) e secretários de Defesa Civil em seu gabinete, o parlamentar demonstrou preocupação e acredita que a situação “é uma catástrofe anunciada”. Propositor de uma audiência pública sobre o tema no Congresso Nacional, marcada para a próxima quinta-feira (21), Cunha afirmou que, caso o desenho que foi feito se confirme, a área vai ser considerada inabitável. Toda a bancada alagoana foi convidada para a sessão, que terá transmissão ao vivo. Tudo isso deve ser oficialmente divulgado com o relatório final dos estudos, em um prazo máximo de 15 dias. “Eles não querem empurrar com a barriga”, disse o senador. Sobre as causas, que até agora estavam no campo das hipóteses, Rodrigo aponta minerações como causa mais provável e diz que os responsáveis devem indenizar as famílias para não sofrer processos judiciais e continuar atuando no setor. Na reunião ele teria sido informado que a situação do Pinheiro é a prioridade absoluta para a Defesa Civil Nacional. Mais até que as barragens, que chamaram a atenção do país após a tragédia de Brumadinho. Em detalhes, ele explicou

porque a chuva pode aumentar o risco para as famílias que continuam na região. A água funcionaria como um lubrificante que vai alargando as rachaduras e aumenta a possibilidade de aprofundamento vertical das aberturas no solo. Não só é um problema que aconteceu e deixou sequelas no solo, ele continua acontecendo e o solo afundando. Classificando a situação como gravíssima, ele garante que as informações são legítimas. “Não é achismo, não é fake das redes sociais”. E se compromete a não medir esforços para chegar a uma solução. A CPRM não confirmou o prazo, mas também não desmentiu o senador. Através de sua assessoria, esclareceu que “os estudos estão numa fase importante, que consiste no processamento, interpretação e integração dos dados geofísicos, batimétricos, entre eles, imagens de satélite que foram adquiridas pela CPRM”. E informou que isso possibilitará apontar com a segurança as origens do fenômeno e a elaboração de relatório para orientar as autoridades e a população sobre a real situação do bairro Pinheiro, para

que a partir de então as medidas necessárias sejam tomadas. “Estamos trabalhando para apresentar de maneira transparente os resultados dos estudos tão logo estejam concluídos”, informou o órgão à reportagem.

PREFEITO PASSARINHEIRO O saudoso colega Manuel Nunes Lima era o editor da página de Municípios da Gazeta de Alagoas e resolveu dar uma incrementada na sobredita. De modo que programou uma série de matérias especiais através das quais teriam maior relevo, durante determinado período, as potencialidades naturais do litoral alagoano. Para o pontapé inicial à promoção, o próprio Nunes decidiu, ele próprio, manter os primeiros contatos com os prefeitos da região. Elegeu Japaratinga como arrancada para a iniciativa e mandou-se pra lá. Assim que assentou o solado dos pés em território japaratinguense, Nunes Lima dirigiu-se imediatamente à prefeitura municipal, onde foi recebido por um dos assessores do chefe da edilidade, que foi logo avisando: - Infelizmente sua excelência, o prefeito, não está atendendo hoje, porque está cuidando de um problema importantíssimo! Nunes entendeu, claro. Afinal, para que serve um prefeito? O cara tem mesmo é que se preocupar com os problemas do município. Nunes procurou uma hospedaria, acomodou-se lá e, dia seguinte, bem cedinho, voltou à prefeitura. O mesmo papo: “Ele não pode atender”. Aí, Nunes, tarimbadão, manjou na jogada e resolveu dar um pulinho na residência do alcáide. Ali, naturalmente, receberia a informação verdadeira e quente, acerca do seu paradeiro. O jornalista bateu na porta do da casa do prefeito, uma garotinha veio atender: - O quié, moço? Nunes presenteou-a com um confeitinho, para ganhar sua confiança e, por fim, indagou: - O prefeito está, minha filha? A menininha piscou os olhinhos e respondeu: - O painho num tá não! - E onde eu poderia encontrá-lo, você sabe? - Ah, moço, sei não. Só sei que desde ontem ele anda por aí com uns meninos, petecando passarinhos!

SANDRO LIMA

Senador aponta mineração como provável causa de fenômeno no Pinheiro e diz que relatório final deve sair em 15 dias EMANUELLE VANDERLEI

11

Rodrigo Cunha diz que resultado dos estudos pode considerar o bairro inabitável


12

CIDADES

HISTÓRIAS DO

VELHO CAPITA A festa de Pafinha

N

inguém sabia seu nome verdadeiro, que dirá sobrenome. Os amigos, as colegas de trabalho, a conheciam como Pafinha. Moça bonita, pele clara, cabelos escuros, olhos vivos, meio estrábicos. A boca rosada escancarava um permanente sorriso. Esbanjava beleza e graça de quem é jovem e feliz. Era uma líder entre as companheiras de trabalho. Todos amavam aquela moleca sapeca. Pafinha trabalhava muito, fazia vida na Boate Tabariz. Tornou-se a rapariga predileta do dono do cabaré e da noite da cidade, o popular Mossoró. Pafinha nasceu em Pariconha, sertão das Alagoas, sua família passava fome. Até 15 anos só havia conhecido miséria e pobreza. Um cabo de polícia, casado, encantouse com a beleza da menina. Estuprou-a. Para amenizar a situação com os pais da moça, prometeu casa e amigação e levou a menina para a capital. Largou Pafinha na zona do bairro boêmio de Jaraguá. Tornar-se prostituta foi uma grande transformação. Cursou a universidade da vida. Era a mais querida do cabaré. Tratava os frequentadores da boate pelo nome, podia ser delegado, senador, coronel ou capitão. Tinha intimidade com qualquer autoridade, sem cerimônia.

Pafinha possuía fortaleza e valentia atávicas, gabava ser sobrinha-neta de Maria Bonita. Intransigente em seus princípios sexuais, não admitia virar o disco, ou seja, fazer sexo anal. Certa noite, um jovem boêmio, acadêmico, bonito, família abastada, levou Pafinha para o quarto. Depois de alguns carinhos, exigiu que ela virasse. Ela recusou. O jovem empurrou-a, ela caiu de bruços, na cama. Pafinha, estatelada, enfiou a mão no criado-mudo, tirou uma faca da gaveta, levantouse, avançou, deu uma estocada em direção ao jovem. Ele protegeu-se com o braço. Levaram o rapaz para o Pronto Socorro onde levou 20 pontos. Mossoró teve que esconder Pafinha, por uns tempos, num sítio de coqueiros que ele tinha pras bandas da praia de Jacarecica Na época, nas tardes de domingo, havia um grande bingo na cidade, a renda era fonte de recurso para construção do estádio de futebol Trapichão. Todo domingo pela tarde Mossoró levava algumas raparigas ao bingo, tomava uma mesa reservada, pedia cerveja e dava uma cartela para cada uma marcar com feijão o número cantado. Certo domingo, Pafinha deu maior

MACEIÓ - ALAGOAS SÁBADO E DOMINGO, 16 E 17 DE MARÇO DE 2019

sorte, bateu o bingo, ganhou um carro importado, Impala. Um agiota comprou o carro na hora. Dinheiro que a menina jamais pensou possuir. Na mesma noite ela iniciou uma festa em Jaraguá. Todos queriam abraçá-la, pedir dinheiro emprestado. A festa durou oito dias e oito noites. Pafinha não tinha noção de economia, seu coração solidário e generoso emprestou e deu muito dinheiro. Fez festa na ZBN, Zona do Baixo Meretrício, para os estivadores, pescadores, catraieiros, os amigos das horas vagas de mergulho no mar que não frequentavam os cabarés luxuosos dos casarões de Jaraguá. Uma semana de alegria e diversão durou a festa da Pafinha. Só acabou quando ela percebeu não ter mais um centavo do dinheiro do bingo. Terminou o dinheiro de Pafinha, ela continuou com sua vida normal de prostituta. Durante a tarde, quando se acordava, Pafinha vestia um maiô, descia à praia e mergulhava no mar da Avenida da Paz. Frequentava uma birosca, gostava de ouvir histórias de Seu Rodolfo, velho pescador, sobre peixes enormes, Yemanjá, sereias, botos salvando vidas, empurrando afogados à beira-mar. Pafinha nadava mal, boiava, mergul-

hava, até o pôr-do-sol avermelhar a enseada. A sertaneja sentia-se feliz no imenso oceano; dizia estar ali seu destino. Quando escurecia retornava a ser estrela, a reinar no salão de dança da Boate Tabariz. Contam os amigos e a lenda que ela desapareceu num banho de mar, seu corpo nunca foi encontrado. Alguns dizem convictos que Yemanjá veio buscá-la e transformou-a em um boto bonito que vagueia no mar salvando afogados. Há tempos não acontece afogamento no mar da Avenida da Paz. Quando algum banhista mais afoito levanta os braços se afogando, aparece de repente um boto mergulhando, empurrando, salvando o afogado, deixando-o na marola, em seguida mergulha de volta, retorna ao fundo do mar, se juntando ao cardume de botos que vivem na enseada. Durante as conversas noturnas nos bares, no mercado, nos cabarés, na zona da boemia, os marinheiros, pescadores, prostitutas contam histórias de salvamentos inexplicáveis. Atribuem esses milagres à Pafinha. Depois que desapareceu no mar tornou-se santa protetora dos boêmios, dos bêbados, das prostitutas e dos afogados de Jaraguá.

Arapiraca terá plano de prevenção ao suicídio

CORTESIA / CHARLES PETUBA

Em 10 anos, HE do Agreste atendeu 5.075 casos de tentativa; projeto visa identificar pessoas com depressão DAVI SALSA

SUCURSAL ARAPIRACA

D

irecionar o trabalho na prevenção de problemas psicossociais na atenção básica, com a sensibilização dos profissionais de saúde e mobilização da sociedade, a fim de identificar pessoas com depressão e comportamentos que podem levar à prática do suicídio. Com esse propósito, a saúde pública em Arapiraca lançará, nos próximos dias, um plano municipal para reforçar a rede de atenção primária e identificar e acompanhar mais de perto os indivíduos que apresentem esse tipo de perfil. Para tanto, a coordenadora municipal de Saúde Mental de Arapiraca, enfermeira Edna Veríssimo, vai apresen-

tar o Plano Municipal de Prevenção ao Suicídio, no próximo dia oito de abril. A apresentação ocorrerá durante reunião do Grupo de Ações Contra o Suicídio, que é formado por médicos, psicólogos, assistentes sociais e enfermeiros do Hospital de Emergência Daniel Houly, além de especialistas da Universidade Estadual de Alagoas (Uneal), Ufal, Centro de Valorização da Vida (CVV), Secretaria Municipal de Saúde, Unidades Básicas de Saúde (UBS), Centro de Atenção Psicossocial e Instituto Médico Legal (IML) de Arapiraca. ESTATÍSTICAS Os dados mais recentes mostram que a segunda maior cidade de Alagoas lidera todas as estatísticas de tentativas ou mortes por suicídio. Enquanto a média nacio-

ARAPIRACA Os dados mais recentes mostram que a segunda maior cidade de Alagoas lidera todas as estatísticas de tentativas ou mortes por suicídio

ÍNDICE

Arapiraca tem índice de 10 tentativas por grupo de 100 mil habitantes

BRASIL

A média nacional é de cinco tentativas de suicídio por 100 mil habitantes

nal é de cinco tentativas de suicídio por 100 mil habitantes, o levantamento mais recente mostra que Arapiraca tem índice de 10 tentativas por grupo de 100 mil habitantes.

Plano busca reforçar a rede de atenção primária para identificar e acompanhar indivíduos com depressão A assistente social Ana Lúcia Lima revela que o mais recente relatório publicado pelo Hospital de Emergência Daniel Houly contabilizou, no período de 2008 a 2018, o número alarmante de 5.075 atendimentos a pacientes que tentaram tirar a própria vida. Desse total, 3.606 pacientes eram mulheres. A principal causa das tentativas de suicídio é por envenenamento. O levantamento também mostra que o maior quantitativo de ocorrências é de jovens com idade entre 20 e 29 anos. A cidade de Arapiraca registrou, no período, 2.513

casos, enquanto Girau do Ponciano vem em seguida com 263 ocorrências de tentativas de suicídio. Lagoa da Canoa vem em terceiro lugar com 228 casos. A fonte das informações é do Sistema Nacional de Agravos de Notificação (Sinam) do Ministério da Saúde. Por conta dessa realidade, desde setembro de 2016 que o maior hospital público do interior de Alagoas, o HE do Agreste, vem desenvolvendo ações conjuntas com as instituições parceiras e a Secretaria Municipal de Saúde, com reuniões periódicas, palestras e campanhas educativas para prevenção do suicídio.

A psicóloga Mônica Leal destaca a importância do lançamento do Plano Municipal de Prevenção ao Suicídio como um importante instrumento para o problema. “É uma realidade muito triste e preocupante que atinge pessoas em idade produtiva e de todas as classes sociais. O assunto requer uma urgente mobilização de todos os profissionais de saúde, gestores públicos, da classe política e de toda a sociedade, para que possamos desenvolver mais ações preventivas e de promoção da saúde física e mental dos jovens e adultos em nossa região”, acrescentou.


ECONOMIA

MACEIÓ - ALAGOAS SÁBADO E DOMINGO, 16 E 17 DE MARÇO DE 2019

13

MPT notificará governo sobre demissões Serveal descumpre acordo realizado para garantir proteção de empregos; trabalhadores protestam contra saída em massa

O

Ministério Público do Trabalho (MPT) deve notificar o Secretário de Planejamento de Alagoas (Seplag), o presidente dos Serviços de Engenharia do estado (Serveal) e a Procuradoria Geral do Estado (PGE) a explicarem, em audiência marcada para a próxima quinta-feira, 21, a demissão em massa de 68 trabalhadores celetistas da empresa pública. Os trabalhadores foram informados sobre o encerramento das atividades, mas encontraram o Serveal de portas fechadas na manhã da sexta-feira, 15. Durante reunião reali-

zada com trabalhadores do Serveal, nesta sexta, o procurador do MPT Cássio Araújo afirmou que há questões que precisam ser esclarecidas, entre elas o pagamento de rescisões e a necessidade de indenizar os trabalhadores com base em um acordo que foi descumprido pela empresa. No acordo, firmado em julho de 2018 e homologado na 3ª Vara do Trabalho de Maceió, o Serveal assegurou aos trabalhadores a proteção da relação de emprego em contrapartida à suspensão da progressão salarial bianual por antiguidade dos empregados.

Uma das cláusulas do acordo prevê que a proteção à demissão dos trabalhadores deve ser assegurada entre 1 de janeiro de 2017 a 31 de dezembro de 2022. A medida se aplica aos empregados que aderiram aos termos da conciliação, durante o período de suspensão da aplicação do plano de cargos e salários da categoria. Ainda segundo o procurador, como uma empresa pública precisa de autorização legal para ser criada ou extinta, juridicamente o Serveal ainda continua existindo. “Até a aprovação de uma lei pela Assembleia Legislativa, a Ser-

veal continua existindo. Enquanto isso, os responsáveis devem esclarecer um trâmite que garanta todos os direitos aos trabalhadores”, explicou. Durante a reunião, realizada na sede do MPT, trabalhadores da Serveal demonstraram preocupação com o descumprimento do acordo, já que abriram mão de uma progressão salarial para ter seus empregos mantidos. Empregados também receberam a informação de que as rescisões estão sendo elaboradas sem a inclusão dos quatro anos de estabilidade – conforme o acordo – a que teriam direito os trabalhadores.

A audiência a ser realizada na quinta-feira, 21, acontece na sede do Ministério Público do Trabalho, no bairro de Jatiúca, às 11h. A falta de compromisso para solucionar o problema ou a não quitação dos direitos trabalhistas têm suas consequências jurídicas. MOBILIZAÇÃO Dezenas de servidores celetistas, entre engenheiros, arquitetos e profissionais do apoio se reuniram na manhã da sexta-feira (15), em frente ao Palácio República dos Palmares, no Centro de Maceió, na tentativa de sensibilizar o governo do estado de Alagoas a voltar atrás na decisão de

extinguir o Serveal (Serviços de Engenharia do Estado de Alagoas S/A). Cerca de 68 servidores com mais de 30 anos de vida laboral no órgão estão atônitos desde ontem (14) quando foram surpreendidos com a demissão em massa. A decisão ocorreu após assembleias realizadas pelo Conselho Deliberativo e também atingiu 62 servidores da Carhp (Companhia Alagoana de Recursos Humanos e Patrimoniais). A deliberação de ambas as empresas ocorreu com representantes dos acionistas, que incluem majoritariamente representantes do Governo do Estado. DIVULGAÇÃO

ASSESSORIA

Procurador Cássio Araújo recebeu servidores dos Serviços de Engenharia do Estado na manhã de sexta-feira Funcionários terão seus direitos trabalhistas assegurados, conforme a Consolidação das Leis do Trabalho

Serveal e Carhp são inviáveis financeiramente, diz Estado A extinção da Carhp (Companhia Alagoana de Recursos Humanos e Patrimoniais) e do Serveal (Serviços de Engenharia do Estado de Alagoas S/A), iniciada na quinta-feira (14), deve gerar uma economia de, pelo menos, R$ 24 milhões por ano apenas com folha de pagamento. A liquidação das empresas vai reduzir um déficit financeiro que vem se agravando ao longo dos anos e possibilitará novos investi-

mentos em áreas prioritárias para a população alagoana. O funcionamento do Serveal não justifica seu alto custo aos cofres públicos: somente a folha de pagamento dos 68 funcionários onera o Tesouro Estadual em cerca de R$ 15 milhões por ano – a média salarial dos técnicos do órgão é de R$ 14 mil e dos funcionários administrativos é de R$ 10 mil. De acordo com o último relatório apresentado ao Con-

selho Fiscal, em 2017, os serviços executados pelo Serveal naquele ano teriam custado, no máximo, R$ 4 milhões se tivessem sido contratados a outra empresa do mercado. Já a folha de pagamento da Carhp, com 62 funcionários, gira em torno de R$ 9,2 milhões por ano, com salários que vão de R$ 1.900 a R$ 23 mil. A decisão de extinguir as duas empresas vinha sendo discutida internamente ao

longo dos últimos dois anos e se fundamenta em estudos de viabilidade financeira, que comprovaram a insustentabilidade dos órgãos. Nesse período, o Governo do Estado tentou reverter a situação, porém as atividades das empresas não correspondem aos custos gerados por elas. Em quatro anos, o gasto com pessoal chega a, aproximadamente, R$ 60 milhões no Serveal e R$ 37 milhões na Carhp. Pagas as indeniza-

ções trabalhistas resultantes das demissões dos funcionários, o Estado terá R$ 72 milhões, no mínimo, para investir em Saúde, Segurança e Educação ao longo desta gestão. A Carhp e o Serveal reafirmam que todos os funcionários terão seus direitos trabalhistas assegurados, conforme a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), e todos os compromissos com fornecedores serão honrados.

Durante o processo de liquidação, a Carhp continuará administrando a entrega das escrituras definitivas de imóveis aos mutuários da antiga Cohab (Companhia de Habitação Popular de Alagoas), enquanto que os serviços executados pelo Serveal serão absorvidos pela Secretaria de Estado da Infraestrutura (Seinfra) e pela Secretaria de Estado de Transporte e Desenvolvimento Urbano (Setrand).


14

ECONOMIA

MACEIÓ - ALAGOAS SÁBADO E DOMINGO, 16 E 17 DE MARÇO DE 2019

Empresários do Pinheiro debatem crédito em reunião

DIVULGAÇÃO

Fecomércio e Sebrae se reúnem com o Banco do Nordeste e a Desenvolve; oficina será realizada no dia 26 deste mês

R

epresentantes da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Alagoas (Fecomércio AL), do Sebrae Alagoas e da Associação dos Empresários do Pinheiro se reuniram na manhã da sexta-feira (15.03) com a direção da Agência de Fomento de Alagoas (Desenvolve) em busca de assegurar linha de crédito em condições especiais para os empresários do bairro. O resultado foi positivo. Será realizada uma Oficina de Crédito no próximo dia 26 de março, às 15h, na Desenvolve (localizada na Rua Dr. Antônio Cansanção, 465 - Ponta Verde), que atendeu a uma sugestão da gerente de Políticas Públicas do Sebrae, Renata Fonseca. De acordo com o presidente da Desenvolve, Flávio Dória, e o diretor de Desenvolvimento de Projetos, Israel Lessa, esse contato será para ouvir as necessidades dos empresários.

Na oportunidade, o presidente da Associação dos Empresário do Pinheiro, Alexandre Sampaio, comprometeu-se a fazer um mutirão com os empresários no bairro, na próxima semana. CRÉDITO BNB Na quinta-feira (14.03), na Fecomércio, o superintendente do Banco do Nordeste do Brasil (BNB), Pedro Ermírio, e o gerente da agência BNB no Pinheiro, Sérgio Santos, estiveram em reunião com o presidente e a assessora técnica da Federação, respectivamente Wilton Malta e Graça Carvalho, e com a gerente de Políticas Públicas do Sebrae, Renata Fonseca. Segundo Graça Carvalho, o objetivo foi ouvir da instituição bancária as possibilidades de concessão de crédito, com mecanismos de facilitação de pagamento, incluindo carência para pagar, e verificar a situação dos empresários do Pinheiro que já têm contrato de financia-

mento no BNB. No início da reunião, o assessor econômico da Federação, Felippe Rocha, apresentou a pesquisa inicial do Instituto Fecomércio e falou sobre a nova pesquisa que está sendo trabalhada pela entidade, reforçando, inclusive, a importância da participação dos empresários do Pinheiro no preenchimento da pesquisa cujo link está disponível nos sites da Fecomércio, do Sebrae e na página do facebook da Associação. O BNB disse que a instituição está disponível para construir alternativas. No próximo dia 27 de março, às 19h, no Sebrae, haverá uma Oficina de Crédito, ministrada pelo BNB. O convite é extensivo a todos os empresários do Pinheiro para que possam entender bem as possibilidades. As tratativas foram iniciadas a partir do envio dos ofícios assinados conjuntamente entre a Fecomércio e o Sebrae Alagoas.

Intenção é conseguir uma linha de crédito diferenciada para atender os empresários do bairro Pinheiro

Inadimplência cresce 1,78% em fevereiro, indica CNDL e SPC Brasil Em fevereiro, os sinais de acomodação da inadimplência confirmam a tendência registrada no mês anterior. Dados apurados pelo Indicador de Inadimplência, da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), apontam que mesmo com o crescimento da ordem de 1,78% do número de consumidores negativados na comparação anual, o avanço foi o menor registrado desde dezembro de 2017. Quanto ao número de dívidas, houve queda de 1,01%

em relação a fevereiro de 2018. Contudo, assim como registrado nos Indicadores de janeiro deste ano, o volume de pendências continua crescendo em dois setores específicos: o de bancos, com avanço de 2,04%; e o de água e luz, com aumento de 11,38%. Em contrapartida, comércio e comunicação registraram quedas de 6,91% e 9,57%, respectivamente. A economista-chefe do SPC Brasil, Marcela Kawauti, destaca que o crescimento da inadimplência em menor ritmo no País se dá simultaneamente ao au-

/hapvidasaude

mento da oferta de crédito, segundo dados do Banco Central. “Por muito tempo, o avanço da inadimplência foi mitigado pela oferta de crédito diminuída. Agora, a desaceleração ocorre a despeito do crescimento das concessões, indicando um cenário melhor para o mercado de crédito”, explica a economista. Mas o consumidor não pode se descuidar. Uma maior oferta de crédito no mercado pode ser tentadora, chegando a levar as pessoas a contrair dívidas que a levem a negativação.

/hapvida.saude

www.hapvida.com.br

Não deixe que o seu silêncio fale mais alto do que a sua voz.

todosportodas A violência contra a mulher cresce e posiciona o Brasil como o 5º país em feminicídio. Atos cometidos por homens que motivados por posse, ciúmes, desprezo pelo gênero já ameaçavam ou agrediam suas companheiras. Um problema com raízes profundas que, além das legislações e leis penais, precisa de políticas educativas, mobilização social, denúncia e a consciência de que todos e todas têm verdadeiramente os mesmos direitos.


ESPORTES nos

ACRÉSCIMOS

EDMILSON TEIXEIRA etjornalista@gmail.com

Desespero

U

m embate sem precedência promete emocionar o Campeonato Alagoano 2019 nesta última rodada da fase classificatória. É que neste domingo em Murici, o time da casa enfrenta o Dimensão Capela, precisando de apenas um empate para fugir da degola do rebaixamento. Para o visitante, somente a vitória lhe interessa, para assim permanecer na Primeira Divisão.

CRONISTAS Jorge Moraes foi eleito na última segunda-feira, presidente da Associação dos Cronistas Esportivos de Alagoas-ACEA. Prometeu três anos de intenso trabalho voltado para os associados de forma inovadora, sobretudo no estádio Rei Pelé, onde os profissionais estão carentes de uma qualidade melhor de serviço nas cabines de rádio e setor de imprensa de um modo geral.

RETORNO

O goleiro Ivan teria mandado a ex-namorada colocar a senha do celular para que ele tivesse acesso ao conteúdo. Ao negar, Ivan e a mulher teriam entrado em luta corporal que terminou com a vítima com um corte no dorso do pé. Ainda segundo o G1, o salão de beleza chegou a ser destruído durante a briga.

Um dos pesos pesados da Copa do Nordeste, em decisão da direção passada resolveu simplesmente abandonar a competição regional alegando falta de lucratividade entre outras criticas infundadas. No entanto, confirmando promessa de campanha do atual presidente, Milton Bivar o clube voltará à competição onde é tricampeão depois de dois anos de ausência. Segundo o presidente, as tratativas com a Liga do Nordeste, estão avançadas.

CONSEQUÊNCIA A vitima, que foi levada ao hospital, sofreu uma fratura na falange do pé esquerdo. A dona do salão prestou esclarecimentos na Justiça e afirmou que a briga visivelmente foi motivada por ciúmes.

DESTAQUE A cidade de Santa Luzia do Norte/AL está em festa. Pois seu filho, o árbitro José Ricardo Laranjeira, que integra o quadro nacional da CBF foi escolhido pela Comissão de Arbitragem da Federação Alagoana de Futebol para apitar as partidas do Campeonato Mundial Escolar de Futebol Masculino e Feminino. A competição acontecerá em Belgrado, na Sérvia, de 06 a 14 de abril. Será a primeira experiência do árbitro alagoano em uma competição internacional.

Um dos fatos inusitados da semana ocorreu em Santa Catarina. É que o goleiro Ivan Soares, da Chapecoense, estava sendo procurado por roubar o celular de um homem na rua, o ameaçando com uma faca e invadir um salão de beleza e agredir a ex-namorada. Segundo o ‘G1’, o jogador exigiu o aparelho celular da ex-namorada com uma faca no pescoço.

O convite surgiu pela Confederação Brasileira de Desporto Escolar (CBDE) à CA-FAF, que escolheu o árbitro José Ricardo Laranjeira para representar a arbitragem brasileira na competição mundial. Laranjeira viaja no início do mês de abril e estará acompanhado da árbitra assistente Vaneide Vieira de Gois (CBF/ SE). Eles serão os únicos representantes da arbitragem nacional durante a competição na Europa.

DETALHES “Estamos praticamente garantidos. O presidente da Federação Pernambucana já nos deu garantia, a CBF já nos deu garantia, então, tá tudo certo. No próximo ano, o Sport já volta para a competição. Está tudo certo quanto a isso” garantiu Milton Bivar. A última participação do Sport na Copa do Nordeste foi em 2017, quando foi vice-campeão ao perder a decisão para o Bahia.

JOGO DE MARKETING No embalo das boas recordações é que este ano o Corinthians, por receber uma sugestão da Nike, sua fornecedora de produtos esportivos, resolveu prestar uma grande homenagem ao fenômeno Ronaldo. Isso para marcar uma década da estreia do centroavante no clube, sobretudo, relembrando a vitoriosa temporada de 2009, que acabou com um título paulista e um da Copa do Brasil. A passagem do jogador no Timão durou até 2011.

Em risco, Botafogo precisa vencer clássico com o Flu

15

MODELO

LANCE

PROCEDÊNCIA

INUSITADO

MACEIÓ - ALAGOAS SÁBADO E DOMINGO, 16 E 17 DE MARÇO DE 2019

A homenagem a Ronaldo consiste no uso da camisa número 1 do Corinthians, numa alusão ao uniforme utilizado há dez anos. A camisa 2, por sua vez, será em homenagem aos 50 anos da torcida uniformizada “Gavião da Fiel” A camisa branca receberá finas listras verticais semelhantes ao modelo usado por Ronaldo e companhia naquele ano. O lançamento será entre abril e maio.

EXCLUSIVO

A campanha de lançamento tem sido feita exclusivamente pela Nike. É a própria empresa norte-americana quem tem alinhado com o ex-jogador a questão do uso de sua imagem para as peças publicitárias. Procurados, Nike e Ronaldo ainda não comentaram sobre a campanha.

MAIS UM MUNDIAL Depois de 2014, com a Copa do Mundo, agora 2019 aparece como mais uma vez o Brasil sendo palco de competição internacional promovida pela FIFA. A informação foi dada nesta sexta-feira, pelo presidente da entidade mundial, Gianni Infantino. Trata-se do Mundial Sub-17, que deixou de acontecer no Peru, por falta de estrutura daquele país.

ASSESSORIA

Alvinegro projeta estreia de Diego Souza e entra em campo pressionado

O desafio do Botafogo neste domingo às 19h é contra o Fluminense, no Maracanã. Para seguir vivo na luta pelo bicampeonato estadual, o Botafogo sabe que precisa vencer a Taça Rio. Faltando três rodadas para o fim da fase de classificação do segundo turno, uma vitória no clássico é essencial. “Temos jogos de extrema importância pela frente. Estamos trabalhando e evoluindo. Criar identidade em campo. O mais importante é vencer, não o gol do Erik. Quero títulos na minha carreira”, disse o atacante Erik. Ele é o principal xodó da torcida do Botafogo em 2019. Mas o artilheiro do time na temporada com seis gols vai precisar dividir esse posto com

a maior contratação recente do clube: Diego Souza. Nada que preocupe o camisa 11, aliás. Para ele, uma vitória do Alvinegro vale mais do que qualquer desempenho individual. “Independente do destaque individual de cada partida, no final vamos sempre valorizar todo o grupo. O que mais me deixa feliz é sair de campo vitorioso. Independe de quem seja o melhor em campo. Tenho um pai apaixonado pelo clube, eu me identifiquei bastante também. Estamos ganhando um grande jogador e ele (Diego Souza) está ganhando uma família”, frisou. Com quatro pontos conquistados no Grupo C da Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca, o Botafogo

terá uma missão ingrata para atingir as semifinais. O Glorioso vai precisar, para afastar os riscos de ficar de fora da etapa decisiva, vencer os três próximos compromissos. O primeiro deles será o clássico contra o Fluminense. Cientes desta necessidade, os jogadores do Botafogo preferem pensar em um desafio de cada vez. O treinador Zé Ricardo projetou a partida e quer a equipe focada. SP X PALMEIRAS São Paulo e Palmeiras receberam uma boa notícia. Após entrarem com o pedido de efeito suspensivo para contar com Gonzalo Carneiro e Moisés neste sábado, no Choque-Rei, às 16h30 (de Brasília), no estádio do Pacaembu, ambos os clubes tiveram suas

requisições atendidas pelo Tribunal de Justiça Desportiva (TJD-SP). Expulso pela violenta entrada em Rafael Carioca no empate sem gols com o Red Bull, pelo Campeonato Paulista, Carneiro vinha ganhando mais espaço desde que o técnico interino Vagner Mancini assumiu o comando do Tricolor. O atacante uruguaio, entretanto, até agora não mostrou muita eficiência dentro da área. Mas não foi apenas o São Paulo que se beneficiou com o pedido de efeito suspensivo. Do outro lado do muro, o Palmeiras também fez a requisição ao TJD-SP para contar com Moisés no Choque-Rei do próximo sábado e, como o rival, foi atendido.

Fluminense e Botafogo fazem o clássico da rodada no Carioca


ESPORTES

16

MACEIÓ - ALAGOAS SÁBADO E DOMINGO, 16 E 17 DE MARÇO DE 2019

Coruripe quer tomar liderança do CSA Hulk recebe o Azulão neste domingo no Estádio Gerson Amaral com a possibilidade de terminar a fase em primeiro lugar ASCOM CSA

Cassiano fez o primeiro gol com a camisa do CSA e deve seguir como titular na partida deste domingo

Coruripe e CSA entram em campo neste domingo, às 16h, de olho na liderança do Campeonato Alagoano. É jogo que vale muito. Os rivais estão bem perto na tabela. O Azulão tem 13 pontos e um saldo de 6 gols. O Hulk soma 10 pontos e apenas 1 gol de saldo. Precisa então de uma vitória por três gols de diferença para ultrapassar. Tem que ficar de olho ainda no CRB, que também tem 13 pontos. O certo é que o jogo deste domingo no Estádio Gérson Amaral em Coruripe aponta quem terá vantagem na disputa das semifinais. O primeiro e o segundo colocado da primeira fase joga por dois resultados iguais na soma de saldo de gols e também faz a segunda partida em casa. “Toda vantagem nesse momento é importante. Queremos o título”, disse o técnico Elenilson Santos que tem a volta do zagueiro Jessé que cumpriu suspensão automática. Marcelo Cabo vai com força máxima. Vai com o que ele tem de melhor. A dúvida fica na lateral esquerda se ele coloca Rafinha, que é da posição, ou

mantém Celsinho improvisado. Ele está muito confiante no resultado. “Se a gente for ver o panorama do futebol brasileiro, eu acho que a performance de 61,9% do CSA é uma boa performance para o início de temporada onde uma equipe ainda está se montando. Nós temos jogadores que ainda nem estrearam. A gente pede um voto de confiança. A gente ainda está organizando o CSA pra sequência da competição”, disse Cabo. ARBITRAGEM Jonata de Souza Gouveia (FAF) comanda o duelo, sendo auxiliado por Brígida Cirilo Ferreira (CBF/AL) e Francisco Raimundo Freitas (FAF). O uruguaio Juan Marcus Cartagena (FAF) fica como quarto árbitro e Silvio Acioli dos Santos (FAF) será o analista. ARAPIRACA Em Arapiraca, no estádio municipal Coaracy da Mata Fonseca, o ASA recebe o Jaciobá, em partida que terá arbitragem de Andrey Matheus Fonseca (FAF). Ana Paula dos Santos (CBF/AL) e Carlos Vinícius Cavalcante (FAF) serão os

assistentes. José Jaini Oliveira Bispo (FAF) fica como quarto árbitro e José Roberto Pimentel (FAF) será o analista. Sem mais chances de classificação, o Alvinegro cumpre apenas tabela. Para o Jaciobá, a vitória é o foco principal, mas em caso de empate, o time de Pão de Açúcar também chega à semifinal se o CEO não vencer o CRB, por ter um ponto a mais na classificação que o tricolor de Olho d’Água das Flores. MURICI A última Rodada do Alagoano Carajás promete muita emoção neste domingo com os quatro jogos que fecham a Primeira fase do Estadual. Durante esta semana a Comissão de Arbitragem definiu a escala dos árbitros em sorteio realizado na sede da FAF. Os quatro jogos começam simultaneamente às 16h. Uma das partidas que chama mais atenção na Rodada, por envolver a luta contra o rebaixamento é entre Murici e Dimensão Capela, no Estádio José Gomes da Costa, na cidade de Murici.

CRB encara o CEO no Rei Pelé com objetivo de ser o primeiro A torcida regatiana está na bronca. Mas neste domingo é hora de virar a chave da Copa do Nordeste para o Campeonato Alagoano. No Estádio Rei Pelé, às 16h, em Maceió, já classificado para a semifinal, o CRB recebe o CEO com arbitragem de Márcio dos Santos Oliveira (FAF). Wagner José da Silva (CBF/ AL) e Fernanda Felix da Silva (FAF) serão os assistentes. Wiomar Santana de Oliveira

(FAF) ficará como quarto árbitro e Lydia Pollyana Castela (CBF/AL) será a analista. O Galo entra em campo de olho na vitória para tentar encerrar a Primeira fase na liderança. Quinto colocado com oito pontos, o CEO tem a árdua missão de vencer o CRB e ainda torcer por um tropeço de Jaciobá ou Coruripe. O técnico Roberto Fernandes pode aproveitar a situa-

ção para testar alguns jogadores. É jogo para avaliações e ver quem do elenco está apto a seguir. O presidente Marcos Barbosa já avisou que vai trazer até 8 reforços. Muita gente será dispensada. O revés diante do Náutico (2x1) foi explicado pelo treinador. “Foi a primeira derrota do CRB sob meu comando em casa: são 13 jogos invicto em casa. Acham que nosso time é imbatível? Não. Foi a minha

primeira derrota como treinador do CRB aqui dentro do Rei Pelé. No futebol, nenhum time é imbatível, muito menos o CRB. Se você perguntar quem são os dois jogadores mais regulares do CRB, eu acho que vai ser unanimidade: Mardden e Claudinei. Hoje, eles falharam. E falharam num jogo que eu não tinha um jogador de poder de fogo no ataque. Nós não tínhamos nem o Victor Rangel,

nem o Zé Carlos”. INGRESSOS Para poder empurrar o Galo nesse jogo o torcedor regatiano terá a sua disposição os seguintes preços nos ingressos: arquibancadas altas R$ 15 e cadeira R$ 30. Baixa não será aberta. Segundo o volante Ferrugem, o apoio do torcedor regatiano é um trunfo fantástico e que pode fazer a diferença em busca da vitória. “O nosso torcedor é muito apaixonado e passa uma energia

incrível para o time durantes os jogos. Contamos com o Rei Pelé lotado”, disse ele. Os ingressos podem ser encontrados nos seguintes pontos de venda: Poly Sports (Centro e Maceió Shopping), Loja Regatas – Oficial do CRB (Avenida Dr. Antônio Gomes de Barros – Jatiúca), Kiosk Sports (Shopping Pátio), Via Esportiva (Via Expressa), Estande do Galo (Shopping Maceió) e Bar do Carlão (Trapiche).


ESPECIAL

MACEIÓ - ALAGOAS SÁBADO E DOMINGO, 16 E 17 DE MARÇO DE 2019


2

MACEIÓ - ALAGOAS SÁBADO E DOMINGO, 16 E 17 DE MARÇO DE 2019

ES


SPECIAL

MACEIÓ - ALAGOAS SÁBADO E DOMINGO, 16 E 17 DE MARÇO DE 2019

3


4

ESPECIAL

MACEIÓ - ALAGOAS SÁBADO E DOMINGO, 16 E 17 DE MARÇO DE 2019


MACEIÓ - ALAGOAS SÁBADO E DOMINGO, 16 E 17 DE MARÇO DE 2019

DIVERSÃO&ARTE

4 décadas de

BOA MÚSICA

É

Katy Perry se diz aberta à colaboração com Taylor Swift

D

urante uma entrevista ao ET Tonight, Katy Perry disse que está aberta à possível colaboração com Taylor Swift. A cantora foi breve e respondeu como uma inteligência artificial, usando a persona de seu último clipe, “365”, em colaboração com Zedd. Questionada sobre uma possível parceria, Katy disse apenas “Estou aberta, aberta. Sou uma Inteligência Artificial adorável”.

Dido virá pela primeira vez ao Brasil no fim do ano

C

antora Dido acertou a sua primeira vinda ao Brasil, que deve acontecer no segundo semestre de 2019, possivelmente no fim do ano. Cidades, datas e locais devem ser anunciados em breve. A cantora inglesa virá divulgar o seu quinto álbum de estúdio, Still On My Mind, lançado este mês. Still On My Mind foi escrito e gravado na Inglaterra, resultado da parceria de produção/composição com seu colaborador de longa data e irmão (fundador do Faithless) Rollo. O primeiro álbum da cantora em cinco anos segue o disco de 2013, Girl Who Got Away.

Cantora Ná Ozzetti comemora 40 anos de carreira e confirma a grandeza de sua voz

só uma voz. De completa potência e delicadeza. Estranha perfeição. A personalidade artística de Ná Ozzetti se revela não apenas nas suas composições e parcerias como também se pauta pela interpretação irrevogável: aquela que decifra os conteúdos virtuais inscritos na composição e revela-os numa forma surpreendente para o público e para o próprio autor. Com 40 anos dedicados à música, Ná é reconhecida como uma intérprete de refinamento, em constante evolução de sua linguagem e atuando de forma incessante, criativa e independente. Na discografia, vinte álbuns: solos, ao lado do icônico Grupo RUMO ou em projetos especiais como o duo com Zé Miguel Wisnik, o duo com André Mehmari e com o grupo Passo Torto. Nascida em São Paulo no dia 12 de dezembro de 1958, Ná Ozzetti iniciou sua carreira musical com o Grupo RUMO em 1979, lançando 6 LPs com o conjunto. O primeiro álbum solo foi publicado em 1988, intitulado Ná Ozzetti, pelo qual recebeu o Prêmio Sharp de revelação feminina na categoria MPB. No segundo disco, NÁ, lançado em 1994, passou a apresentar suas composições e com este trabalho conquistou o Prêmio Sharp nas categorias de melhor disco e melhor arranjador (Dante Ozzetti) no segmento pop-rock. Em homenagem à conterrânea Rita Lee, lançou o álbum Love Lee Rita, em 1996, e três anos depois, o CD Estopim, com canções inéditas e parcerias com Luiz Tatit, Dante Ozzetti, Itamar Assumpção e Zé Miguel Wisnik. Do saudoso momento dos Festivais de Canção nas Televisões, Ná Ozzetti recebeu o prêmio de “melhor intérprete” em 2000 – Rede Globo de Televisão -, interpretando a canção “Show”, de Fábio Tagliaferri e Luiz Tatit. Da premiação, nasceu o disco Show, com repertório de clássicos das décadas de 1940 e 50. Dos trabalhos mais recentes, Ná Ozzetti ainda apresenta os apresenta ao vivo. Em 2005, lançou com o pianista e compositor

André Mehmari o CD e DVD Piano e Voz, um dos discos mais emocionantes da cantora. Na sequência, lançou o álbum Balangandãs, com canções de Assis Valente, Synval Silva, Ary Barroso, Dorival Caymmi e Braguinha, eternizadas na voz de Carmem Miranda, uma das principais referências no cantar de Ná Ozzetti. Por este trabalho, Ná ganhou o Prêmio Bravo de melhor disco popular. Com a mesma banda – Dante Ozzetti, Mário Manga, Sérgio Reze e Zé Alexandre Carvalho -, gravou os discos Meu Quintal (2011), com canções autorais, e Embalar (2013). Ao longo de sua carreira, Ná Ozzetti colaborou com grandes artistas, entre eles Zé Miguel Wisnik – com quem gravou o álbum Ná e Zé em 2015 -, Luiz Tatit, Suzana Salles, Itamar Assumpção, Zélia Duncan, Mônica Salmaso, Ivan Vilela, Kiko Dinucci, Rodrigo Campos, Romulo Fróes, Kristoff Silva e Passo Torto – que resultou no CD Thiago França (2015). Outras parcerias estão nos arredores do palco, como o recente trio com a cantora Patrícia Bastos e Dante Ozzetti. Ná Ozzetti é uma das grandes intérpretes da história da música brasileira. Uma cantora que construiu sua arte com liberdade, fazendo do seu estudo pessoal, um importante capítulo na estética da canto dos dias de hoje. Uma artista com 40 anos de atividade musical. Festa aos nossos ouvidos e corações. Viva, Ná Ozzetti!


2

MACEIÓ - ALAGOAS SÁBADO E DOMINGO, 16 E 17 DE MARÇO DE 2019

CARIOCA - MÁS COMPANHIAS

No dia 23 de Março, no Teatro Deodoro, às 20h, Stand Up Comedy Carioca em “Más Companhias”. personagens Bolsonabo, Dilma Ducheff, Pedro Paulo, Bóris, Pastor Cráudio, Lelé Santos, Jô Suado e Didi Mais Cedo! Ingressos: Plateia Inteira R$ 80,00 + taxa Plateia Meia R$ 40,00 + taxa Mezanino Inteira R$ 60,00 + taxa Mezanino Meia R$ 30,00 + taxa. Mais informações em: http://bit.ly/ CariocaMaceio .

TRIBUTE QUEEN EXPERIENCE IN CONCERT

PELL MARQUES PROGRAMA SÁBADO SHOPPING

O Programa Sábado Shopping Show estará mais uma vez presente no Shopping Popular de Maceió com uma super apresentação. Mais uma vez o programa terá aquele momento de descontração e gargalhadas com o quadro “Tente Não Rir”. Agora completando seu primeiro mês de programa, se fará presente novamente a participação ao vivo de Boston, EUA as Correspondentes Internacionais Elis e Lea, falando sobre como as mulheres nordestina estão mudando a forma de pensar dos homens da América no ramo da construção e falando sobre vários assuntos atuais em um papo super legal com Pell Marques. Pell Marques tem como marca registrada trazer oportunidades para artistas locais e está abrindo um espaço para as crianças que cantam, dublam, dançam ou que tenham outro dom artístico para se apresentarem ao vivo no quadro “Sonho de Criança” e mostrar ao mundo todo seu talento. Elas podem se inscrever no quadro “Sonho de Criança” ligando para o telefone da produção (82) 99676-8755. O Programa Sábado Shopping Show com Transmissão ao vivo pelo Facebook (perfil Pell.Marques) das 10:30h até ás 12:30h.

ESPETÁCULO OBSCURICENIDADES

Obscuricenidades é a nova montagem do Corpo Cênico, equipamento Cultural da Universidade Federal de Alagoas, que estreia no próximo 22 de março, às 19h, no Teatro Sala Preta, no Espaço Cultural da Ufal, na Praça Visconde de Sinimbu. A entrada é gratuita! Esse espetáculo é uma criação colaborativa, realizada por alunos do curso de licenciatura em Dança e participantes do Corpo Cênico. e Jailton de oliveira Correia.O espetáculo Obscuricenidades passeia prioritariamente pela linguagem da dança e surge a partir de inquietações e fascínios sobre o tempo presente.

CONCERTO SESC PARTITURAS

Música que diverte inspira e transforma, e no Sesc as ações musicais são eloquentes e contribuem para que a arte chegue aos quatro cantos do país. Um dos destaques é o Projeto Sesc Partituras, que realiza concertos simultâneos promovidos pela Rede Sesc em todo o Brasil. O projeto realiza no dia 13/04, às 16h, no Teatro Jofre Soares, na Unidade Sesc Centro, a apresentação musical com o grupo PercUfal -Grupo de Percussão da ETA/UFAL, trazendo em seu repertório desde obras consagradas a arranjos da música popular e do folclore brasileiro, desenvolvendo um trabalho pioneiro no estado de Alagoas. Entrada gratuita. Mais informações: 0800 284 2440.

FIM DE SEMANA NO MUSEU

Os setores de Geologia e Paleontologia do Museu de História Natural (MHN) da Universidade Federal de Alagoas (Ufal) convidam o público a entrar no mundo das cavernas, fósseis e minerais na 24ª edição do Fim de Semana no Museu, que acontece neste sábado (16) e domingo (17), na Sede do MHN. O Fim de Semana no Museu acontece na sede do MHN, localizado na Avenida Amazonas, no Prado (Praça da Faculdade). As atividades acontecem das 9h às 12h e das 14h às 17h.

STAND UP COMEDY

Casem, é ótimo! Sucesso de Rafael Cunha, atualmente com 1,7 milhões de seguidores no Instagram, Rafael narra todos os dias situações corriqueiras junto à família, além de produzir pegadinhas que ficaram conhecidas entre os internautas, como “Senha da WiFi”, “O síndico da rua” e “Vendedor irritante”. Stand Up Comedy, dia 5 de Abril, às 21h, no Teatro Deodoro. Sessão Única. Venda online: www.lojadeingresso.com .

Espetáculo revisita os grandes sucessos da banda Queen com orquestra e participação do grupo Magic Queen. O momento não poderia ser mais propício: com o sucesso do longa Bohemian Rhapsody nos cinemas, mostrando a trajetória de Freddie Mercury (1946-1991), líder da banda britânica Queen, o público poderá conferir o show Tribute Queen Experience in Concert, um tributo à Banda Queen, que mistura cover, rock’n roll e erudito, no Teatro Gustavo Leite, com apresentação única no dia 5 de abril, sexta feira, às 20 horas. Ingressos: Plateia A - Inteira: R$ 130,00 e Meia: R$ 65,00. Plateia B - Inteira: R$ 100,00 e Meia: R$ 50,00 Mezanino Inteira: R$ 90,00 e Meia: R$ 45,00.

MACEIÓ E ARAPIRACA MOSTRA CINE SESC

Com o tema “A poesia do cotidiano e das cidades”, o CineSesc apresenta quatro longasmetragens e seis curtas, entre hoje e 28 de março, nas unidades Sesc Centro, em Maceió, e Sesc Arapiraca. As produções estão entre filmes alagoanos e estrangeiros, e mesclam poesias, singularidades, culturas, patrimônio, e tantos outros elementos que irão incitar muitas reflexões nos cinéfilos. Maceió: Dias: 20 e 27 de março. Horário: 12:30. Nos dias 21 e 28 de março. Horário: 17:00. Local: Teatro Jofre Soares, Sesc Centro. Rua Barão de Alagoas, 229. Arapiraca: Dias: 20, 26 e 27 de março. Horário: 19:30. Local: Teatro Hermeto Pascoal. R. Manoel Francisco Cazuza – Santa Edwiges. Entrada Gratuita.

EXPOSIÇÃO “MEMÓRIAS TRANSEUNTES”

Em cartaz na Unidade Sesc Centro, a Exposição “Memórias Transeuntes”. As obras são dos artistas e pesquisadores, Diogo Bessa e Hugo Bernabé que buscam retratar, através de pinturas e objetos diversos, as múltiplas personalidades do homem armazenadas em seu subconsciente. O público poderá visitar as obras até o mês de março, sempre de segunda a sexta-feira, das 12h30 às 18h. A entrada é gratuita. Mais informações: (82) 3201-1370 / 1371.

BALADA MIX 2019

A primeira Balada do ano é a Mix! E na nossa terceira edição vamos matar a saudade do alagoano que conquistou o Brasil Mano Walter, tem também o swingão do Parangolé e o showman Tony Salles, o romantismo do poeta Dorgival Dantas, o repertório nobre de Wallas Arrais e aquele arrocha do Luanzinho Moraes. 5 de abril de 2019 no Arapiraca Garden Shopping. Abertura dos portões 20hs. Ingressos: R$ 42 - Área Vip (Frontstage). R$ 62 – Camarote. Vendas: Em Arapiraca: Lojas Via G (Centro) e Clube Melissa (Arapiraca Garden Shopping); Em Maceió: Folia Brasil (G Barbosa Stela Maris) e Viva Alagoas (Maceió Shopping); Vendas Online: http://farrachique.com.br/ event/18692. Mais Informações 82-9.9943.0909.

ROLÊ DO AVIÕES

Estão prontos para o melhor rolê de 2019, apertem os cintos, o comandante está chegando e não vem só! Pra completar o rolê tem que ter pagode e de primeira qualidade, o fenômeno Ferrugem vai botar todo mundo pra cantar e pra fechar a conta, todos os sucessos do Saia Rodada e Xande dos Aviões. Dia 30 de Abril, às 22h no Estacionamento do Parque Shopping.

CURSO DE MUSICALIZAÇÃO INFANTIL

O Sesc abre inscrições para o Curo de Musicalização Infantil. As inscrições podem ser realizadas até o dia 29 de março, na Unidade Sesc Centro. O curso será baseado na vivência da música de manifestações culturais de diferentes regiões do Mundo, com enfoque especial nas manifestações populares brasileiras. As aulas contarão com a vivência em vários instrumentos musicais e na prática de canto, sempre focando nas atividades coletivas e em trabalhar da forma mais ampla e diversificada os elementos da música. Valores Mensalidade: Trabalhador do comércio. Bens e Serviços e dependente: R$ 50,00. Conveniado: R$ 60,00. Usuário: R$ 80,00. Mais Informações: 3201-1373 / 3201-1374

ESPETÁCULO MUSICAL “ELZA”

Diva da MPB e monumento à coragem e perseverança, a cantora Elza Soares é celebrada no espetáculo Musical “Elza”. O espetáculo é dividido em quadros dramáticos, cada um amarrado em torno de um tema que define vida e obra da cantora carioca, desde seu nascimento e infância pobre, no Rio de Janeiro dos anos 1930 a 1940, até os dias de hoje. Dia 30 de março, às 20h e 31 de março às 19h. Local: Teatro Gustavo Leite. Ingressos: Plateia A - Inteira: R$ 120,00 e Meia: R$ 60,00 Plateia B - Inteira: R$ 95,00 e Meia: R$ 45,00 Mezanino - Inteira: R$ 70,00 e Meia: R$ 35,00. Ingresso solidário – Para quem levar 1 kg de alimento não perecível Vendas Online: www.lojadeingresso.com. Mais Informações: 3032-5210 ou 99601-2828.

ESPAÇO ALAGOAS FEITA À MÃO

Celebrar a cultura popular ao lado de quem constrói a identidade de Alagoas por meio do artesanato. É com esse intuito que a Sedetur inaugurou na sexta-feira (15) o Espaço Alagoas Feita à Mão. Localizado na área externa do Maceió Shopping, o ambiente funcionará, diariamente, até o dia 14 de abril, das 14h às 22h. O espaço será voltado para exposição e vendas da produção artesanal na Loja Conceito Alagoas Feita à Mão, que operou entre os meses de dezembro e fevereiro no Corredor Vera Arruda, no bairro da Jatiúca. Para contemplar as diversas tipologias do estado, os artesãos serão divididos em quatro grupos em um sistema de rodízio. Ao todo, serão mais de 50 artesãos, cooperativas, associações e grupos produtivos.

COUNTDOWN PARTY!

Let’s party! Está chegando a festa mais esperada do ano! A Countdown Party, que acontece no dia 23 de março, a partir das 18h, no Maikai Maceió, vai ser imperdível! Corram para garantir seu ingresso no lote promocional e participar da contagem regressiva para o Imersão System 2020! Pontos de venda: System Tours Viagens e Turismo e System Gruta.

CORETFAL

O Coral do Instituto Federal de Alagoas (Coretfal) está com processo seletivo aberto para novos coralistas dos naipes tenor e baixo que desejam ingressar no grupo. A seleção é aberta para estudantes, servidores e toda a comunidade. Para participar, o interessado deve comparecer à sala do Coretfal, no Ifal campus Maceió, no Centro, nos dias 25 ou 26 de março, às 18h30. A escolha de novos coralistas é comandada pela maestrina Fátima Menezes. De acordo com o desempenho nos testes, os cantores serão selecionados para suprir vagas abertas no Coretfal ou serão encaminhados para aprimoramento no curso de Técnica Vocal ofertado pela instituição.

BANDA PULSAR TRIBUTO AO PINK FLOYD NO REX BAR

A banda Pulsar realiza um tributo à banda inglesa de rock progressivo Pink Floyd e promete um show de tirar o folego para quem curte um rock de qualidade em Maceió. A abertura fica por conta da banda Alma de Borracha, com um repertório diversificado de clássicos. O evento acontece neste sábado (23), a partir das 22h, no Rex Bar, no Jaraguá. A banda Alma de Borracha, presente no cenário musical desde 2001, traz uma leitura mesclando com pitadas próprias clássicos do rock, pop rock anos 60 aos 90 e MPB anos 70.

FALE CONOSCO - A Agenda é um serviço gratuito de orientação ao leitor. Os interessados em divulgar eventos, shows e exposições podem enviar material através do endereço: tiagenda@hotmail.com

RESUMO DAS NOVELAS GLOBO 18h ESPELHO DA VIDA Priscila sente a presença de Felipe no carro. Gilson interroga Sheila, que acaba revelando que dopou Cris a mando de Isabel. Isabel convence Alain a retomar o namoro dos dois. Gilson intima Isabel a depor. Na delegacia, Sheila revela todas as armações de Isabel. Alain liga para Grace e pede que ela proteja Priscila. Cris/Julia conta a Padre Luiz que Henrique é filho biológico de Eugênio. Hildegard aceita ajudar Otávio e Augusto, mas exige que os dois afastem Danilo de Cris/Julia. Gilson determina prisão de Isabel.

GLOBO 19h VERÃO 90 Otoniel aconselha João a ir para casa, com receio de que o sobrinho faça algo que prejudique sua liberdade condicional.Diego leva Larissa para casa. Manu diz a Jerônimo que não gostou de ter sido beijada por ele e afirma que os dois são apenas amigos. Jerônimo afirma a Manu que a ama.Jerônimo é seguido por um carro. Quinzão entrega dinheiro para Gisela, escondido de Mercedes, e revela a saudade que sente da filha e da neta. Jerônimo recebe uma ligação marcando um encontro na pensão de Odélia, e se surpreende ao ver Galdino. No jantar oferecido por Mercedes, o Duque de Kiev apresenta a todos sua esposa, a duquesa Vanessa.

GLOBO 21h O SÉTIMO GUARDIÃO Júnior conta para Sóstenes que Murilo se mudou para a casa de Valentina. Laura conta para Gabriel por que tentou seduzi-lo. Júnior é hostil com Luz. Sóstenes procura Murilo, que pede para conversar com o pai em sua casa. Marcos Paulo pede que Mattoso troque o esconderijo das fórmulas verdadeiras. Os guardiães procuram por Feliciano no casarão. Olavo repreende Lourdes Maria por falar dele para Valentina.

RECORD 21h JESUS Não há exibição aos sábados.


MACEIÓ - ALAGOAS SÁBADO E DOMINGO, 16 E 17 DE MARÇO DE 2019

REPRODUÇÃO / INSTAGRAM

CANAL 1

A PROPÓSITO

FLÁVIO RICCO - colaboração: José Carlos Nery - www.twitter.com/flavioricco

Programa no ar na Band, agora só com o dinheiro na frente

NOVA PERSONAGEM

N

a Band, meio que de propósito, há um silêncio obrigatório, quase que absoluto, em torno de alguns projetos, entre os quais, os dois novos produtos da manhã, o “Primeiro Jornal”, do Joel Datena, e o “Aqui na Band”, com apresentação de Silvia Poppovic.Mesmo com produção adiantada e já em fase de gravação de pilotos, ninguém até agora está autorizado a comentar ou muito menos fornecer qualquer informação sobre o andamento deles, antes que a parte comercial de um e de outro se viabilize inteiramente. Há todo um cuidado sendo observado para que os mesmos erros ou desventuras de outras ocasiões não venham mais a se repetir. A proposta de agora, a de vender antes para colocar no ar depois, é encarada como uma necessidade absoluta e indiscutível. E que passa a valer de modo geral, não só no caso do entretenimento, mas também para os produtos do esporte e jornalismo. É a fase do maior juízo.

TV TUDO DIA DE TRABALHO A princípio, está marcada para este sábado a gravação do piloto do “Primeiro Jornal”, do Joel Datena. Apresentação dele, com participação da Joana Treptow e direção de Vildomar Batista. A Band, pelos motivos já expostos, ainda não tem data de estreia.

BOM NÚMERO A Globo está trabalhando para estrear “Órfãos da Terra”, no dia 2 de abril, com cerca de 20 capítulos gravados. É uma frente confortável, em bom tamanho, até mesmo diante da necessidade de um eventual ajuste com a novela já andando.

MORANDO LÁ

Zezeh Barbosa gravou uma participação especial em “Verão 90”, ainda sem data de exibição. Ela surgirá na novela como mãe de Dandara (Dandara Mariana) e Patrick (Klebber Toledo). A mainha dos dois.

Era uma ideia da Globoplay investir em um spin-off da “Malhação 2012”. “Fatinha, pra causar – uma história de Malhação”, nome deste trabalho, tinha como base a personagem de Juliana Paiva. Oficialmente, a Globo diz que o projeto “não foi pra frente”, mas, na plataforma de streaming, tem uma ala defendendo sua produção, até para que possa atrair o público adolescente.

CUMPRINDO TABELA

TV DE GENTE GRANDE

Quem esperava alguma coisa a mais na televisão neste 2019, se considerar esses três meses do começo, não deve estar muito satisfeito.Até agora, data hoje, nenhuma das principais emissoras apresentou nada de novo ou diferente. E o pior: o silêncio é completo sobre os próximos tempos.

Em um trabalho todo desenvolvido por Ruth Reis, a sua diretora de arte, todos os 46 canais da TV Vanguarda, do Boni, no Vale do Paraíba, estão com nova identidade visual. É uma TV que não deve nada a nenhuma outra, nem entre as maiores. Só o seu jornalismo conta com várias unidades móveis, modernos mochilinks e o helicóptero VANCOP que opera 24 horas na região.

POSIÇÃO NA GRADE A minissérie “Se eu fechar os olhos agora” será exibida na Globo de 15 a 30 de abril, em 10 episódios. No ar às segundas, terças, quintas e sextas, após “O Sétimo Guardião”. Quarta, como todos sabem, espaço do futebol.

DIVULGAÇÃO

FAGUNDES NELA

Johnny Franco, filho do Moacyr Franco, está morando e trabalhando em Portland, plantando a carreira por lá, e sendo sempre chamado para abrir os shows dos grandes astros americanos. Depois do “Disco de Ouro”, em 2018, com “Road”, música de autoria dele e do Bruno Martini, Johnny agora está lançando “Treated Like Grass”, já colocada em tudo quanto é spotify da vida.

Em “Se eu fechar os olhos agora”, Antonio Fagundes faz o misterioso Ubiratan, que não revela a ninguém o verdadeiro motivo que o levou para a fictícia cidade de São Miguel. O seu caminho se cruza com o de Paulo (João Gabriel D’Aleluia) e Eduardo (Xande Valois), e os três acabam se unindo para investigar a morte de Anita (Thainá Duarte).

BATE–REBATE · Na tarde deste sábado, o SBT tem a estreia do novo programa da Maisa... · E a Globo vai levar ao ar o último “Tá Brincando” da temporada. · A Globo construiu uma monstruosa cidade cenográfica para “O Sétimo Guardião”... · Mas o interessante é que as cenas gravadas lá sempre são muito poucas. · Toda a alta cúpula da CNN, que estava nos Estados Unidos, já retornou ao Brasil... · Foram realizados estágios em Atlanta e Nova York, um trabalho que lá é chamado de imersão... · A ordem de agora é acelerar os trabalhos por aqui... · Acredita-se, inclusive, que até o final deste mês já estará definida a sua sede principal, em São Paulo... · Além de outras, como no Rio e em Brasília.

Horóscopo

ARTE

Exposição Silêncio reúne obras de cinco fotógrafos no Complexo Cultural Silenciar, muitas vezes, é parar para refletir, interpretar, pensar, repensar e ouvir o seu próprio eu. A partir deste pensamento, surgiu o tema da nova exposição do Complexo Cultural Teatro Deodoro, no Centro de Maceió. Silêncio será aberta na próxima terça-feira, a partir das 19h. Silêncio apresenta olhares de cinco fotógrafos: Mônica Suruagy, Ednalva Almeida, Erica Santos, Felipe Vieira e Juliana Barreto. Eles integram o grupo Amigos da Fotografia, formado com o intuito de debater, trocar experiências e compartilhar ideias sobre essa arte. A partir das reuniões periódicas dos fotógrafos, surgiu a exposição e foram sendo desenvolvidas as etapas para realização do evento. “Será a primeira exposição aberta este ano no Complexo Cultural Teatro Deodoro com este grupo novo que realiza uma importante ação motivada pelo amor à fotografia. Parabenizo aos fotógrafos pelo trabalho e convido ao público para que compareça, tenha seus momentos de Silêncio e prestigie a arte alagoana”, concluiu Sheila Maluf, diretora presidente da Diteal. Com aproximadamente 50 imagens, a mostra revela momentos que ficaram eternizados pelas lentes dos fotógrafos, como belezas naturais e monumentos. Ao decidir o tema da exposição, os fotógrafos descobriram em suas pesquisas Thomas Baccaro havia realizado uma mostra com o mesmo tema em 2012 e fez o seguinte comentário: “Vi que essas imagens se encaixavam, conversando entre si”. Foi exatamente a mesma conclusão que o grupo Amigos da Fotografia tinha chegado ao observar as fotos que compõem a coletiva.

3

ÁRIES - (21/3 a 19/4) – As responsabilidades que precisa assumir em família repercutem no futuro e em suas decisões profissionais. Seja sábio e congruente para realizar feitos a família com entendimento dos desafios. O desejo de inovar é forte e pode trazer afastamentos necessários de pessoas. TOURO – (20/4 a 20/5) – A comunicação é importante para dar ordem e tônus aos projetos. É um dia bom para promover reuniões ou expor suas ideias, principalmente as que necessitam de planos elaborados para impulsionar a carreira. Você está em processo de mudança e precisa permitir a entrada do novo. GÊMEOS – (21/5 a 21/6) – Busque organizar as finanças, principalmente as contas. Os investimentos vêm exigindo de você compromisso e dedicação. O céu colabora com os planos e o seu desenvolvimento profissional. Reflita sobre um novo campo de atuação, que traz a necessidade de afastamento de pessoas do seu convívio. CÂNCER – (22/6 a 22/7) – As responsabilidades são altas entre você e o cônjuge. Podem ser tocadas também experiências comerciais e sociedades. Está sendo exigido a se posicionar com cordialidade e cooperação. A maturidade e a sabedoria são fatores imprescindíveis para o seu desenvolvimento. Fortaleça a fé e a credibilidade em si mesmo. LEÃO – (23/7 a 22/8) – O céu lhe dá condições de perceber as mudanças por que vem passando, como um fator necessário para o seu desenvolvimento emocional. É um dia para assumir os compromissos no trabalho com maturidade e através do autoconhecimento. No final do dia, deverá pensar sobre suas posturas e a necessidade de liberdade. VIRGEM – (23/8 a 22/9) – O seu desafio é interagir em grupo e assumir responsabilidades para projetos que o deixam em destaque. É necessário amadurecer as suas necessidades pessoais e talentos. O relacionamento passa por curas e ressignificação. Busque compreender a necessidade de liberdade, que causa medos e bloqueios. Saúde: Mantenha a calma em situações de tensão. LIBRA – (23/9 a 22/10) – As

Cruzadas responsabilidades que vem assumindo são altas, mas devem ser exercidas com sabedoria entre a família e a carreira. Está sendo levado a encarar o futuro com disciplina e maturidade. É um dia positivo para perceber os resultados e o que pode ser feito. Seja flexível a mudanças de planos. Saúde: Invista no otimismo para benefício próprio e para ajudar os que o rodeiam. ESCORPIÃO – (23/10 a 21/11) – A fé sobre as coisas da vida e sobre si mesmo deve ser desenvolvida para ampliar as relações. Está sendo exigido a permitir a entrada de novas informações e, consequentemente, as relações de convivência. As decisões são favoráveis e positivas para ampliar o seu campo de visão. Há mudanças no relacionamento que podem gerar afastamentos. SAGITÁRIO – (22/11 a 21/12) – É desafiador lidar com aspectos financeiros e assumir uma nova postura sobre o equilíbrio dos recursos materiais. Você precisa ampliar o seu campo de visão sobre si mesmo e desenvolver suas competências e vocação. É um bom dia para tomar decisões, mas deve inovar e permitir as mudanças. CAPRICÓRNIO – (22/12 a 19/1) – Você precisa amadurecer as suas posturas e percepções em relação às pessoas de sua convivência e principalmente sobre o relacionamento. É um dia positivo para tomar decisões, mas deve agir com sabedoria em seu julgamento. O céu aponta possíveis afastamentos com filhos e para os afetos próximos. AQUÁRIO – (20/1 a 18/2) – É imprescindível amadurecer a rotina e o trabalho. Existem exigências que são preciosidades para o seu desenvolvimento. É um dia de oportunidades profissionais e para estabelecer metas financeiras. Há mudanças no relacionamento e desafetos que necessitam de ajustes. PEIXES – (19/2 a 20/3) -É um dia para avaliar as posturas com filhos, o lazer e experiências que evidenciam o seu bem-estar. Os projetos exigem de você mais dedicação e responsabilidade. Está aberto a se comunicar e expressar o que pensa. Mas deve avaliar os exageros existentes que causam desafetos com pessoas próximas. Saúde: Relaxe: não tem motivos para estar preocupado.

PREPARO FÍSICO O experiente Ricardo Linhares, além de estar fazendo a supervisão de texto de “Amor de Mãe”, novela de Manuela Dias na fila das nove, também está acompanhando a “Malhação” de 2020, escrita por Priscila Steinman. Tudo isso e mais os seus próprios projetos.

C’EST FINI Alguns registros ainda que divulgados com atraso, mas não podem passar batidos. O clássico Fortaleza e Ceará, domingo passado, no Castelão, com bola rolando entre 16h03 e 18h03, marcou 36 pontos de média com picos de 40 para a TV Verdes Mares. Audiência de final de novela. Então é isso. Mas amanhã tem mais. Tchau!


4

MACEIÓ - ALAGOAS SÁBADO E DOMINGO, 16 E 17 DE MARÇO DE 2019

“Nesta vida, pode-se aprender três coisas de uma criança: estar sempre alegre, nunca ficar inativo e chorar com força por tudo o que se quer”

TOP

Elenilson Gomes

elenilsontopnews@gmail.com

FOTO BY ARQUIVO PESSOAL

VR COSMÉTICOS APRESENTA

N

este final de semana, a VR Cosméticos, a mais nova loja do Maceió Shopping, que tem à frente as empresárias Vanessa Rodas e Joyce HastenReiter, traz para a nossa sociedade a linha de cosméticos Raisa, que hoje apresenta um perfume para as mulheres chics da cidade chamada Rosa Perfeita nº 1, uma fragrância ímpar, com notas orientais amadeiradas e a sutileza do fougére. Deve ser usado pela mulher que deseja deixar um rastro de feminilidade, elegância, delicadeza e sofisticação por onde passar e prepare-se para grandes conquistas! Convidamos as nossas amigas para conhecer e se presentear com essa maravilha. Vale a pena conferir mais uma super dica TopNews!

NO MÊS INTERNACIONAL DA MULHER, TOPNEWS HOMENAGEIA JANETE LÔBO o mês internacional da mulher, a coluna TopNews homenageia a grande dama chamada Janete Lôbo. Escrever sobre esta grande mulher muito me orgulha. Janete Lôbo é um presente de Deus para todos nós. Sua bondade emociona a todos que a conhecem, sua missão aqui entre nós é ajudar ao próximo. Ela é uma grande mulher, uma grande dama que tem Deus em sua vida todos os dias. Neste mês internacional da mulher, a coluna TopNews, em nome de todas as mulheres alagoanas, homenageia a senhora com muito amor, respeito e carinho. Parabéns, grande dama, a senhora é um presente de Deus para todos nós. A senhora, sem dúvida alguma, é uma mulher adjetivo, que o nosso Deus conserve a senhora por muitos e muitos anos. Receba essa homenagem que foi feita com muita emoção e muito carinho. A senhora, Janete Lôbo, sempre merecerá os nossos aplausos. Parabéns!

N

LIQUIDA CHILLI

GLITTER O ANO TODO

F

oi-se o tempo em que glitter era sinônimo de produções apenas carnavalescas. Muito visto nas passarelas das últimas semanas de moda do hesmisfério norte, o brilho veio da boca ao cabelo. Quer adotar a tendência e não sabe por onde começar? Para não correr o risco de errar, invista primeiro no glitter furta-cor. Depois, aposte no prata e em seguida no dourado e só depois nas cores!

FOTO BY ARQUIVO PESSOAL

ENSAIO FOTOGRÁFICO DA APAE NO MACEIÓ SHOPPING

A

Q

Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais – Apae Maceió – realizará uma exposição fotográfica entre os dias 18 e 23 deste mês, no Maceió Shopping, para marcar o Dia Internacional da Síndrome de Down, celebrado em 21 de março. O cenário escolhido para a realização do ensaio foi a Estação Ambiental Cinturão Verde, da Braskem. Treze crianças e jovens atendidos pela Apae vivenciaram uma tarde de atividades lúdicas e muita diversão no Cinturão. Toda a ação foi registrada pelo fotógrafo Gustavo Sarmento.

ue tal valorizar seu olhar com um Chilli novinho, hein? As lojas, quiosques e loja virtual esperam você com modelos incríveis de óculos de sol, relógios e armações de grau e, o melhor, alguns deles estão com descontos inacreditáveis. Consulte os modelos e cores disponíveis nas lojas Chilli nos maiores shoppings da capital.

SUCESSO DO JANGA PRAIA

O

Janga Praia, mais novo restaurante da cidade, que tem à frente os empresários Nado e Francineide Freire, vem fazendo muito sucesso em nossa sociedade. A bela casa, localizada na orla da Ponta Verde, com cardápio maravilhoso, tem deixado nossos amigos maravilhados com as opções em frutos do mar. Aproveitamos para aplaudir o menu, a carta de vinhos e o atendimento perfeito do Janga Praia. Parabéns, Nado e Francineide!

ST. PATRICK’S DAY:

SABOR SOLIDÁRIO

C

A

PizzaFone Maceió lança, na próxima segunda-feira, a Pizza Apala como um novo sabor no seu cardápio. A iniciativa faz parte de uma parceria dos empresários Régis e Luiz Gustavo Martins e a Apala que destinarão um percentual de cada pizza vendida à Instituição. A pizza, assinada pelo chef Gustavo Almeida, tem os seguintes ingredientes: Molho de tomate, pimenta do reino, azeitona verde fatiada, presunto, mussarela, queijo do reino, queijo parmesão, fio de azeite e pitada de orégano. O preço é de apenas R$ 39,90 (balcão e delivery) e ficará no cardápio o ano inteiro. Também está disponível no aplicativo Ifood (a partir de hoje). Vamos provar este sabor solidário?

MINDTALK EXTREME

Q

uem quer garantir uma vaga na maior conferência de inovação de Alagoas não pode mais perder tempo. Isso porque as inscrições para o MindTalk Extreme já estão na reta final. O evento, que é totalmente gratuito, acontece nos dias 19 e 20 de março, no Centro Cultural e de Exposições Ruth Cardoso. A conferência conta com uma programação imersiva, pensada de modo a estimular as experiências sensoriais dos participantes.

CAMARÃO DO BAR DAS OSTRAS

E

la é um ser humano maravilhoso, abençoada por Deus, ela vem se destacando na gastronomia em nosso Estado quando falamos em buffet, estamos falando em Márcia Vasconcelos, uma banqueteira que se destaca em nossa sociedade com o já consagrado Buffet Márcia Vasconcelos, localizado no bairro do Farol. Parabéns, amiga, seu buffet está sempre presente nos acontecimentos sociais e empresariais da nossa cidade. Parabéns, Marcinha, você sempre merecerá os nossos aplausos!

EVVIVA NA SUA CASA

E U

ma das casas mais bacanas da cidade, o Maria Antonieta traz em seu cardápio o alagoaníssimo Camarão do Bar das Ostras, a famosa receita de camarão, patrimônio imaterial do estado de Alagoas, servida com farofa, arroz branco e salada de tomate, cebola e coentro. Aproveitamos a oportunidade para parabenizar os amigos Dedé, Leopoldo e Breno Gama e a todos que fazem a bela casa. Parabéns, amigos!

stá reformando a sua, quer uma sala dos sonhos, convidamos você para conhecer o showroom dos móveis Evviva, que você encontra no bairro do Farol, na Avenida Fernandes Lima, e na Ponta Verde, na Rua Mário de Gusmão. Aproveitamos a oportunidade para parabenizar os empresários Alexandre e Lucienne Morais pelo sucesso da marca em nossa cidade. Vale a pena conferir!

elebrado em diversos países no dia 17 de março, o St.Patrick’s Day, ou Dia de São Patrício, santo padroeiro da Irlanda, transformouse em uma das maiores festas cervejeiras do mundo. Neste domingo (17), o Parque Shopping também embarca na “onda verde” com uma programação temática gratuita especial para os apreciadores de uma boa gelada. A partir de 16h, na Praça de Alimentação, a cervejaria alagoana Hop Bros comandará um workshop sobre a produção da cerveja, em um bate-papo descontraído para os curiosos sobre a bebida. Logo em seguida, a banda Sifrão anima o público com seu pop-rock.

MARA MAC NA BÁSICO CHIC

N

este final de semana, TopNews e a empresária Zélia Wanderley apresentam para os nossos leitores um belo modelo outono/inverno 2019 da conhecida grife Mara Mac. A nova coleção as nossas amigas poderão encontrar nas lojas Básico Chic no Farol, próximo ao Parque Gonçalves Lêdo, e na Ponta Verde. Convidamos as nossas amigas para conhecer o outono/inverno na Básico Chic!


Profile for Tribuna Hoje

Edição número 3352 – 16 e 17 de março de 2019  

Tribuna Independente Edição Digital Tribuna Hoje

Edição número 3352 – 16 e 17 de março de 2019  

Tribuna Independente Edição Digital Tribuna Hoje

Advertisement