__MAIN_TEXT__

Page 1

FIM DE SEMANA n MACEIÓ - ALAGOAS - 15 E 16 DE FEVEREIRO DE 2020 - Nº 3.583 -

R$ 4,00

PROGRAMA

Segundo dados do MPE, 928 pessoas desapareceram em Alagoas desde 2018

Quase 29% dos desaparecimentos registrados no Estado envolvem adolescentes de 12 a 17 anos. Os dados são do Programa de Localização e Identificação de Desaparecidos (Plid), coordenado pelo Ministério Público Estadual, e são contabilizados desde 2018, quando o acompanhamento iniciou. PÁGINA 9

tribunahoje.com RÍVISON BATISTA

AGÊNCIA ALAGOAS / MÁRCIO FERREIRA

CARÁTER SOCIAL

Corujões transportam 7 mil por mês em Maceió Apesar de não ser uma obrigação das empresas de ônibus, por não cobrir os custos, o transporte de passageiros nas madrugadas em Maceió tem caráter essencialmente social. Seis linhas de ônibus fazem o corujão atendendo mais de 7 mil passageiros por mês. A demanda é considerada baixa, mas ativa. Motorista que trabalha em uma das linhas afirma se sentir mais seguro neste horário. PÁGINAS 15 a 18

Equatorial Energia pode ser alvo de CPI na Assembleia Legislativa

Na PF, Renan Filho prestigia posse de superintendente Durante a posse do novo superintendente regional da Polícia Federal (PF) em Alagoas, João Vianey Xavier, o governador Renan Filho (MDB) destacou o trabalho da segurança pública que levou à diminuição dos índices de violência na capital e no Estado. PÁGINA 5

Centro de constantes denúncias de má prestação de serviços, aumento de tarifa energética e demissões, a Equatorial pode ser objeto de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) na Assembleia Legislativa do Estado. Integrantes da Câmara Federal e Câmara de Vereadores também pressionam a distribuidora para que melhore a qualidade do fornecimento. A empresa considera cobranças como naturais. PÁGINA 4

JARAGUÁ FOLIA LEVA MILHARES ÀS RUAS DO HISTÓRICO BAIRRO; PRÉVIAS SEGUEM NESTE SÁBADO COM O PINTO DA MADRUGADA EDILSON OMENA

SANDRO LIMA

Arapiraca gera menor número de empregos da história O Caged aponta que o segundo maior município de Alagoas teve saldo de apenas 200 novos postos de trabalho, em comparação do número de contratações contra o de demissões. O saldo é de 585 em três anos. PÁGINA 17

Sem badalação, praias encantam turistas no Estado

Milhares de pessoas iniciaram na noite de sexta-feira as comemorações do Jaraguá Folia nas ruas do histórico bairro de Maceió. Vários blocos desfilaram por toda a Sá e Albuquerque, contando com muito frevo e foliões fantasiados. Neste sábado, os festejos continuam com o tradicional Pinto da Madrugada, há 21 anos animando as prévias da capital. PÁGINAS 20 e D&A 1

PÁGINA 19

SANDRO LIMA

TV

ENTREVISTA SEM NONÔ CANDIDATO PELO DEM, DAVI MAIA DEFENDE OPOSIÇÃO UNIDA EM PROL DE JHC

GRACE GIANOUKAS VIVE A CAIPIRA ERMELINDA NA NOVELA DAS 19H, SALVE-SE QUEM PUDER

Deputado estadual do DEM defende que se Nonô não disputar a Prefeitura de Maceió pelo partido, oposição precisa se unir e fortalecer JHC (PSB).

A personagem da atriz na trama é da zona rural de São Paulo. “Ela é engraçada, amorosa, porque é bem mãezona, dona de um sítio”, diz.

PÁGINA 2

SUPLEMENTO

Bom com possiblidades de chuvas em áreas isoladas

Mínima

24º

Máxima

30º

MARÉS 02:04 08:23

0.2m 0.3m

14:32 20:45

2.0m 0.3m

FINANÇAS

DÓLAR COMERCIAL DÓLAR PARALELO R$ 4,30

R$ 4,30

R$ 4,27

R$ 4,54

OURO

R$ 219,40

POUPANÇA 0,3715%


POLÍTICA

2

ESPLANADA

MACEIÓ - ALAGOAS SÁBADO E DOMINGO, 15 E 16 DE FEVEREIRO DE 2020

LULA E FRANCISCO

FREVO RACHADO

ITAIPU AVANÇA

CRIME

mercado de água mineral dobrou neste verão a produção no Estado do Rio de Janeiro – com vendas em especial na capital e região metropolitana – com a crise de gestão e de qualidade da água ‘tratada’ pela CEDAE, a companhia estadual. Informações de altos teores de coliformes fecais e até detergente encontrados na água das torneiras e chuveiros fizeram o cidadão recorrer ao maior consumo nas distribuidoras de bebidas. Foram produzidos e envasados mais de 460 milhões de litros de água desde janeiro – praticamente o dobro do mesmo período do ano passado, relata à Coluna o diretor do Sindicato Nacional da Indústria de Águas Minerais, Marcelo Pacheco.

Não foi essa cena toda espalhada pelos aliados nas redes. Detalhes da visita do ex-presidente Lula da Silva ao Papa Francisco vêm do padre brasileiro Augusto Bezerra, radicado em Roma e que acompanha de perto a agenda do Santo Padre. Em suma, não houve interesse institucional do Vaticano, e o encontro foi encarado internamente e pela comunidade internacional católica como um grande favor a um pedido do petista.

Dividido após as denúncias do advogado Antônio Campos, irmão do falecido Eduardo, parte do PSB pernambucano já defende o nome do deputado federal Tadeu Alencar para disputar a prefeitura do Recife, em lugar de alguém do poderoso clã.

A usina hidrelétrica de Itaipu alcançou ontem a marca histórica de 2,7 bilhões de megawatts-hora (MWh) de energia acumulada desde o início da operação, em 84. A direção estima chegar a 3 bilhões em 2023, quando completam-se 50 anos do Tratado com Paraguai, e quando as cláusulas serão revisadas.

O policial federal Ronaldo Heeren foi assassinado a tiros na Favela do Rola, no Rio, dominada por milícia. Nenhuma palavra do ministro Moro e do presidente Bolsonaro.

NOS GALÕES

OBA-OBA DA REZA

LEANDRO MAZZINI - contato@colunaesplanada.com.br

Ouro branco

O

O envase destes milhões de litros foi (e é) distribuído em garrafas de 750 ml, 1,5 litro, 20 litros, entre outros tamanhos encontrados no mercado.

FATOR VERÃO De acordo com Pacheco, que também opera extração e envase, o consumo maior está nos quatro meses do verão, período que destina 60% da produção do ano para a venda.

SUBMERGIU A EBC em São Paulo perdeu todos os equipamentos –câmeras, computadores e acessórios – com a inundação da sede na Vila Leopoldina, na recente enchente.

Segundo relato via whatsapp para amigos, o encontro não entrou na agenda oficial do Papa, “isso não é importante politicamente para nós”. “O Serviço Fotográfico do Vaticano não se fez presente. Os meios de comunicação oficiais da Santa Sé não fizeram nenhum caso para o encontro”, relata o padre.

SEGURANÇA... As construtoras podem economizar R$ 470 milhões por ano com a nova norma que simplifica as regras de saúde e segurança da construção civil. A estimativa da Secretaria de Política Econômica é baseada em informações da Câmara Brasileira da Indústria da Construção e da Pesquisa Anual da Indústria da Construção.

...NO CANTEIRO A principal mudança da NR 18 se refere à autonomia das empresas para executar as normas de segurança e saúde no trabalho usando tecnologia de ponta. Até agora, há anos havia uma trava no segmento porque devia seguir exatamente o que mandavam as normas de prevenção sem a inclusão de novos equipamentos e tecnologia.

REPUTAÇÃO Além do compliance na gestão – envolvendo treinamento de milhares de funcionários e diretores – a JBS implementou due diligence para avaliação reputacional de fornecedores. No ano passado foram realizadas 9.486 análises pelo software. “Estamos cumprindo nosso papel de conscientizar colaboradores e parceiros”, afirma Marcelo Proença, diretor global de Compliance da JBS.

ESPLANADEIRA # A TIM registrou lucro líquido normalizado em 2019 de R$ 2,04 milhões, alta de 32,1% na comparação com 2018. # As inscrições do edital ‘Resistência’ do Fundo Brasil se encerram no dia 28. A fundação vai doar até R$ 40 mil para cada uma das organizações contempladas que defendem os direitos humanos no Brasil.

Com equipe DF, SP e Noedeste www.colunaesplanada.com.br contato@colunaesplanada.com.br Twitter @leandromazzini

SANDRO LIMA

SUCESSÃO EM MACEIÓ

Davi Maia vai de JHC se Nonô não for candidato Deputado comenta projeção do DEM, mas defende uma união de forças da oposição para que o deputado federal seja eleito THAYANNE MAGALHÃES

Davi Maia também tratou das questões ambientais e cita que o Estado precisa priorizar o meio ambiente

REPÓRTER

Davi Maia tinha 16 anos quando se filiou ao Partido da Frente Liberal (PFL), atual Democratas (DEM). Desde então, ele traçou a sua posição política de direita, defensor do mercado livre e estado mínimo, mas se tornou conhecido em Alagoas por suas medidas em defesa do meio ambiente. À Tribuna, o deputado estadual tratou sobre a ausência de políticas ambientais em Alagoas, além de garantir que se José Thomaz Nonô (DEM) não disputar a Prefeitura de Maceió, ele fica ao lado de JHC, pré-candidato à sucessão de Rui Palmeira (PSDB) na capital.

Tribuna Independente – Deputado, a sua principal bandeira é a defesa do meio ambiente. São vários discursos na Assembleia Legislativa do Estado, neste sentido. Em Alagoas, temos IMA -AL, FPI do São Francisco do MP Estadual, entre outros órgãos que demonstram estar preocupados com a situação ambiental no Estado. Em sua avaliação, Estado e municípios ainda não priorizam a pauta ambiental? Davi Maia – Sem duvida nenhuma, especialmente se a gente falar do Estado de Alagoas. Aqui não tem políticas ambientais claras. No IMA [Instituto do Meio Ambiente] por exemplo, a grande massa do instituto é para fazer propaganda e distribuir sacola de plástico na praia. Isso não é política ambiental. Quando aconteceu o problema do óleo nas praias, por exemplo, não houve um estudo do IMA sobre os impactos do desastre. Acontecimentos como esse em outros locais do mundo mostram que os impactos

vão nos acompanhar nos próximos 20 anos. E nós temos flora e fauna, um bioma, muitos frágeis, como a costa dos corais e os mangues. No IMA não existia rubrica para áreas degradadas e nem monitoramento e triagem de animais silvestres. Só para a comunicação eram gastos R$ 440 mil. Para não ficar só na reclamação, nós realocamos R$ 400 mil desse recurso para a recuperação de áreas degradadas e para a questão dos animais silvestres. O que mais me deixou feliz foi que a medida foi aprovada pelo governador, mostrando que, mesmo sendo oposição, estamos ajudando a traçar um plano para o meio ambiente. Até 2019 o IMA servia apenas para propaganda. Tribuna Independente – O deputado avalia que o discurso do governo Bolsonaro tem incentivado ainda mais o desmatamento, grilagem de terras, desrespeito à cultura indígena? Davi Maia – O discurso do começo do governo Bolsonaro sim, especialmente do ministro do Meio Ambiente

Ricardo Sales, influenciou. Mas, eu tenho as minhas restrições com a política indigenista do Brasil e não concordo muito com algumas áreas serem consideradas de preservação. Alagoas é um grande exemplo disso porque muitos indígenas estão morando em áreas que não são preservadas. Eles não estão preservando nada. Era melhor que o Governo do Estado fizesse uma política de reforma agrária e distribuísse terra para esses índios. No Brasil 11% do território é de área protegida e muitas delas estão na mão dos índios. Eu não concordo que se fala exploração econômica nessas áreas, porque a legislação diz que a área não pertence a ninguém, é da União. Mas tem índio explorando economicamente de forma ilegal, seja com mineração ou plantando soja. O que atrapalha a conservação ambiental no Brasil é a falta de regulamentação fundiária. Um dos grandes problemas da Amazônia são assentamentos localizados em áreas de proteção, mas ninguém sabe onde começa e onde termina

Era melhor que o Governo do Estado fizesse uma política de reforma agrária e distribuísse terra para esses índios. No Brasil 11% do território é de área protegida e muitas delas estão na mão dos índios”

Gostaria de articular com o prefeito Rui Palmeira (PSDB) e com o senador Rodrigo Cunha (PSDB) para que todos estivessem no mesmo barco do JHC”

a terra. Tribuna Independente – As suas ações, projetos e discursos no Legislativo repercutem positivamente para o fortalecimento do seu partido, o Democratas (DEM). E o momento político do DEM em Brasília também é de projeção. O DEM caminha para uma disputa à Prefeitura de Maceió ou deputado tem alguma articulação para apoiar um dos pré-candidatos que se apresentam? Davi Maia – Primeiro eu quero dizer que sou filiado ao PFL (Partido da Frente Liberal) desde 2003 e nunca tive outro partido. Depois que mudou para Democratas, na minha opinião, se esqueceu muito das suas ideias liberais. Sobre as eleições, fica difícil dizer quem vamos apoiar antes das convenções. O DEM tem um nome expressivo em Alagoas que é o José Thomaz Nonô e poderia ser um dos candidatos na disputa da Prefeitura de Maceió. Eu, particularmente, caso Nonô não seja candidato, gostaria que o grupo de oposição ao governador Renan Filho [MDB] marchasse com JHC [pré-candidato à prefeitura pelo PSB]. Gostaria de articular com o prefeito Rui Palmeira [PSDB] e com o senador Rodrigo Cunha [PSDB] para que todos estivessem no mesmo barco do JHC na disputa, construindo uma frente ampla de oposição ao governo. O que eu

tenho medo é de ver a oposição sendo pulverizada. Por fim, neste contexto, não sou candidato a nada e pretendo concluir o meu mandato. Tribuna Independente – O deputado faz parte de uma corrente política – se assim podemos chamar –, o RenovaBr. A iniciativa se fortalece pelo País e defende candidaturas sem ligações a partidos políticos. Este é o caminho a ser seguido? Davi Maia – Não. Primeiro deixa eu esclarecer. O Renova não é uma corrente política, é uma escola de políticos. Tem gente que defende sim candidatura avulsa, e eu posso lhe dizer que um dos grandes expoentes disso é o nossos diretor de ensino que é o Gabriel Azevedo, que é um vereador em Belo Horizonte. Ele defende que a legislação seja alterada [no Brasil não é possível se candidatar para um cargo político sem estar filiado a um partido]. Esteve no Supremo Tribunal Federal (STF) e as candidaturas avulsas estão para ser julgadas. Eu sou contra. Eu acho que para você ser candidato, na democracia, é preciso que haja partidos fortes. O que não pode acontecer é esse balcão de negócios que virou o Brasil, com 33 partidos, que viraram meramente cartórios onde você chega e registra sua candidatura, sem apresentar propostas. Em alguns você precisa pagar para se candidatar.


POLÍTICA

CONJUNTURA FLÁVIO GOMES DE BARROS

flaviogomesdebarros@gmail.com

Estranho privilégio

V

inícius Valfré, no “Estadão”: “Entre 2009 e 2011, a União gastou mais de R$ 4 bilhões por ano com o pagamento de pensões a filhas solteiras de militares, como apurou o Estado à época. No período, o benefício foi pago para 90.900 mulheres. O valor destinado às filhas solteiras representava 16% de todo o montante gasto com a Previdência dos militares. O privilégio foi extinto em dezembro de 2000, mas quem já era integrante das Forças Armadas naquela data teve a chance de manter o benefício, desde que aceitasse pagar 1,5% a mais de contribuição previdenciária. A remuneração das herdeiras militares não depende do estado civil, ao contrário da condição imposta a filhas de servidores civis - elas precisam se manter solteiras se quiserem continuar como pensionistas. Em entrevista ao Estado, na semana passada, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse que não se deve mexer em direito adquirido ao comentar o pagamento às filhas solteiras. “O que está aí temos acertado que a gente não mexe”, afirmou. Após a série de reportagens, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), encomendou um estudo para verificar a possibilidade de entrar no Supremo Tribunal Federal (STF) com o objetivo de reverter o pagamento das solteiras do Legislativo. Os valores não são divulgados nem mesmo por meio da Lei de Acesso à Informação (LAI). Na prática, os militares vêm negando pedidos por interpretarem que as informações são de caráter pessoal.

TENDÊNCIA Dá-se como certo que Luciano Barbosa, vice-governador e secretário estadual da Educação, disputará a Prefeitura de Arapiraca. Com grandes chances de ter como vice na chapa a atual vice-prefeita, Fabiana Pessoa. A questão é convencer Ricardo Nezinho, deputado estadual, que disputou o cargo em 2016.

HONRARIA Presidente da Usina Coruripe, Mario Luiz Lorencatto, ao receber o título de Executivo do Ano no Prêmio MasterCana Nordeste 2019: “Esse é um reconhecimento não apenas da minha gestão, mas do esforço conjunto de todos da Coruripe. Seguiremos juntos em direção ao desenvolvimento sustentável da nossa empresa.”

CHANCE Até 6 de maio o TRE/Alagoas espera, para regularização, 356 mil eleitores que não votaram nem justificaram ausência por três eleições consecutivas. Caso haja dúvidas sobre a regularidade do título, basta acessar o site www. tre-al.jus.br. Ou então procurar os cartórios eleitorais ou postos nos shoppings.

3

MACEIÓ - ALAGOAS SÁBADO E DOMINGO, 15 E 16 DE FEVEREIRO DE 2020

No Posto Ipiranga do bolsonarismo, pobre só tem lugar como frentista”

CONCORRÊNCIA O advogado Cauby Freitas deve ser mais uma vez candidato a prefeito de Murici, pelo PSDB, em oposição à família Calheiros, que comanda a política no município há vários anos. Ele se reuniu com o presidente do PSDB/AL, senador Rodrigo Cunha, e definiu as primeiras metas para a campanha deste ano.

FESTA NA ORLA! Este sábado é o dia mais esperado em Alagoas por quem curte o pré-Carnaval, com o desfile de vários blocos na orla de Pajuçara e Ponta Verde, chamado de Sábado Maior pelos que fazem a Liga Carnavalesca de Maceió. Das 9 às 17 horas. Domingo é a vez do Banho de Mar à Fantasia e do Bloco Vulcão.

OPINIÃO Chico Alves, no UOL: “A língua de Guedes já o traiu outras vezes, como quando disse que o problema da pobreza brasileira é do pobre que não sabe poupar, ao fazer coro ao presidente Bolsonaro para tecer críticas estéticas à primeira-dama ou na ocasião em que justificou a possibilidade da aplicação de um novo AI-5”.

BERNARDO MELLO FRANCO Jornalista

* Cláudio Humberto Rosa e Silva: “O que faziam no Oscar, evento elitista, capitalista, e não-inclusivo, a herdeira da Andrade Gutierrez (empreiteira da Lava Jato) Petra Costa, um sujeito de boné do MST e uma índia fazendo cara feia?” * Uma comissão do Sindicato dos Policiais Civis se reuniu com o secretário Fabrício Marques, da Seplag para tratar do piso salarial da categoria. O resultado da reunião será informado 2ª feira, 13 horas, no Clube de Engenharia. * A secretaria estadual da Educação, lança, na próxima segunda-feira, o Programa de Alfabetização em Regime de Colaboração Criança Alfabetizada. O evento acontece a partir das 9 horas, no Centro de Convenções de Maceió. * A secretaria de Saúde de Maceió realiza, de segunda (17) a sexta-feira (21) próximas, mais uma edição do Bazar Inclusivo

Arapiraca tem a pior geração de empregos da história

para usuários dos Centros de Atenção Psicossocial das Residências Terapêuticas e pessoas em situação de rua. * A Secretaria de Segurança Comunitária e Convívio Social de Maceió informa que neste domingo (16) e no da próxima semana (23) não haverá o projeto Domingo de Lazer na Avenida Sílvio Viana, orla marítima da cidade. * As festividades de Carnaval serão realizadas em oito pontos de Maceió, de 21 (Jaraguá) a 25 de fevereiro em diversos Polos: Pontal da Barra, Ponta Grossa, Fernão Velho, Benedito Bentes, Jacintinho, Pajuçara e Ipioca. * O CRB joga neste sábado em Natal, contra o América/ RN, às 16 horas, pela Copa do Nordeste. Domino é a vez de nova participação do CSA na competição, recebendo no Trapichão, às 18 horas, o Botafogo da Paraíba.

DAVI SALSA

Município registrou a criação apenas de 585 novos postos de trabalho, segundo dados apresentados pelo Caged DAVI SALSA

SUCURSAL ARAPIRACA

H

á dez anos, Arapiraca, segunda maior cidade de Alagoas, localizada na região Agreste, figurava entre os principais municípios do Nordeste na lista das localidades consideradas as “Metrópoles do Futuro”. O feito foi destacado, à época, pela revista Veja, cuja reportagem enalteceu o crescimento alcançado pela “Capital do Agreste”, nas áreas econômica e social. A publicação traçou um panorama de como as cidades localizadas no interior do Brasil estavam se tornando metrópoles. A reportagem da revista

reforçou o que a extinta Gazeta Mercantil e o Instituto Florenzano Marketing já haviam descoberto dois anos antes, com a colocação de Arapiraca entre os 33 municípios mais dinâmicos do Brasil. Considerada a “Locomotiva do Desenvolvimento”, a cidade, porém, vem registrando, nos últimos três anos, o pior desempenho na geração de empregos, em comparação com os anos de 2014, 2015 e 2016. Os dados mais atualizados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), órgão vinculado ao Ministério do Trabalho, mostram que Arapiraca teve o seu pior desempenho na história. Em 2019, a ci-

dade contabilizou saldo de apenas 200 novos postos de trabalho, incluindo já as contratações e demissões. Em Alagoas, ficou atrás de municípios como Colônia Leopoldina, que gerou 251 empregos; Marechal Deodoro com 213 novos postos de trabalho; Maragogi com 204; Junqueiro com 323 novos empregos; Rio Largo com 651 e São Miguel dos Campos, que gerou 1.125 novos postos de trabalho em 2019. Maceió teve indicador negativo porque o número de demissões foi maior que o de contratações, e aparece com saldo de menos 186 vagas no mercado de trabalho. Os números do Cadastro

Secretaria notifica empresas com ausência no cadastro mercantil EDITORIA DE POLÍTICA COM ASSESSORIA

A Secretaria Municipal de Economia (Semec), por meio do edital nº 001 Maceió/AL, publicado no Diário Oficial do Município (DOM) do dia 11 de fevereiro de 2020, notifica as empresas em funcionamento que ainda não possuem o cadastro mercantil registrado na base de dados da Secretaria. O edital é resultado de um trabalho de mapeamento de empresas realizado pela gestão da Semec, que identificou que mais de 6.800 estabelecimentos ainda não foram cadastrados na Secretaria. De acordo com Gilberto Meister, auditor fiscal da Semec e um dos responsáveis pelos projetos de inova-

ção e cidades inteligentes, essa medida visa atualizar a base de empresas em funcionamento em Maceió. “Nós identificamos que muitas empresas possuem registro de atividade na Junta Comercial ou na Receita Federal, mas não possuem o cadastro mercantil na nossa base de dados. Ao regularizarem essas pendências, essas pessoas jurídicas serão observadas quanto ao cumprimento de suas obrigações e licenciamentos e contribuindo, por meio da taxa de funcionamento, para a manutenção dos serviços de fiscalização de funcionamento do município’’, ressalta. Ele também destaca que a regularização e a adesão dessas empresas à relação de contribuintes do municí-

pio afetam a expectativa de arrecadação e permite dados mais precisos e atuais sobre o recolhimento. O anexo do edital, com os 6.864 notificados, está disponível em www.online. maceio.al.gov.br, em ‘Serviços para Empresas e Autônomos. As empresas notificadas devem comparecer à Semec ou em qualquer unidade de atendimento da secretaria nas Centrais Já (Shopping Farol, Maceió Shopping e Pátio Maceió) munidas do CNPJ, do contrato social, de documentos de identificação pessoal e qualquer documentação que fundamente as alegações de que a empresa não deveria ser cadastrada ou que não houve a referida infração. O edital também informa

Arapiraca estava entre as cidades com as melhores perspectivas de desenvolvimento econômico do Nordeste Geral de Empregados e Desempregados também mostram que, no ano anterior, em 2018, Arapiraca gerou 579 empregos, e, em 2017, o índice foi negativo com 194 postos de trabalhos a menos na cidade. Somados os três últimos anos, a cidade ganhou apenas 585 novos empregos. Para ter uma ideia da decadência no mercado de trabalho na segunda maior cidade de Alagoas, ainda de acordo com os dados do Ca-

ged, entre os anos de 2014 e 2016, Arapiraca gerou 3.181novos postos de trabalho, sendo 1.083 novas vagas em 2014; 2.080 em 2015 e o saldo de 18 novas vagas em 2016. Essa tendência negativa dá sinais de como será o ano de 2020. No início deste mês de fevereiro, a fábrica da Coca-Cola confirmou em nota que a unidade localizada no Distrito Industrial de Arapiraca terá a sua linha de produção de refrigeDIVULGAÇÃO

Medida visa atualizar empresas em funcionamento em Maceió

rantes desativada. A decisão foi anunciada para os funcionários e mais 25 postos de trabalho foram extintos no município. Em nota enviada à imprensa, a direção da empresa revelou a produção será feita em Maceió, mas o setor comercial e o departamento de logística continuarão funcionando no distrito industrial de Arapiraca. Juntos, os dois setores irão manter 250 trabalhadores ainda em atividades.

que “A ausência de informações cadastrais, e de suas alterações dentro de 30 dias da ocorrência, para estabelecimentos situados no município de Maceió constitui infração prevista no Art. 88, I, da Lei nº. 6.685/2017”. Em 2019, esse mesmo mapeamento resultou na convocação para a regularização de mais de 20.000 estabelecimentos que estavam inativos e que foram alterados para a situação de ‘baixa’. Segundo Gilberto, essa atualização também tem impacto positivo nos dados referentes à taxa de inadimplência do Município. “Essas baixas dizem respeito às empresas que não estavam operando e que já não pagavam taxas como, por exemplo, a de Licença e Funcionamento [TLF]. Essa mudança traz melhorias na nossa base de dados sobre a inadimplência e nos dá uma noção mais clara sobre esse percentual, que até então era impreciso, já que essas empresas cobradas não existiam mais’’, conclui.


4

POLÍTICA

MACEIÓ - ALAGOAS SÁBADO E DOMINGO, 15 E 16 DE FEVEREIRO DE 2020

TRIBUNALIVRE

AS PENSÕES INACREDITÁVEIS Um pente-fino do Tribunal de Contas da União nas pensões pagas pelo governo, apontou casos inacreditáveis, alguns publicados pela Revista Piauí. Um deles veio de uma funcionária aposentada da Câmara dos Deputados, hoje com 97 anos. Mesmo aposentada ela também recebia pensão “por ser filha solteira sem cargo público permanente”, de um guarda-mor das alfândegas das Alagoas, falecido havia 80 anos. A união tentou suspender um dos benefícios, mas a beneficiária entrou na justiça e ganhou a causa.

BARTOLOMEU DRESCH

bartolomeu_dresch@hotmail.com.br

Maconha contra o Alzheimer

U

m grupo de pesquisadores do Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo, conseguiu combater os sintomas do Alzheimer usando um composto canabinoide. Os testes apresentaram bons resultados em ratos nos quais houve a simulação dos estágios iniciais da doença. Os resultados foram publicados na revista científica Neurotoxicity Research. Na pesquisa os ratos receberam no cérebro a droga estreptozotocina (STZ) que provoca uma deficiência no metabolismo dos neurônios. Em seguida, foram aplicados teste da memória dos ratos, com o reconhecimento de objetos. Os testes foram repetidos com o intervalo de uma hora e de um dia, para avaliar a memória de curto e longo prazo. A partir dai os ratos começaram a ser tratados com o ACEA, uma forma sintética de um dos compostos extraídos da maconha. Ele se liga a um receptor no hipocampo, parte do cérebro afetado pela doença. Houve então uma “reversão do déficit cognitivo” e os resultados foram bastante positivos.

CONSCIÊNCIA NO CARNAVAL O Serviço de Atendimento Médico de Urgência (SAMU) lançou uma campanha de conscientização no período do carnaval, para minimizar ocorrências atendidas pelo serviço durante a folia. O objetivo é reduzir o número de acidentes de trânsito motivados pela velocidade e por misturar álcool e direção.

AS PENSÕES INACREDITÁVEIS 2 IMUNIDADE TRIBUTÁRIA As empresas comerciais que atuam como intermediárias entre fabricantes e compradores, em operações de importação e exportação (trading companies) tem imunidade tributária nas exportações, segundo os ministros Alexandre de Moraes e Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal. Eles julgaram uma norma da Anvisa, que questionava a isenção de impostos para empresas que atuam na exportação de forma indireta, como no caso das tradings.

IMUNIDADE TRIBUTÁRIA 2 Os ministros do STF entenderam que as tradings estão contempladas no artigo 141 da Constituição, que determina que as contribuições sociais “não incidirão sobre as receitas decorrentes das exportações”. Foram duas ações, relatadas pelos ministros Alexandre de Moraes e Edson Fachin, que decidiram pela manutenção da imunidade tributária para as companhias que fazem a intermediação entre empresas compradoras e fabricantes. Eles foram seguidos pelos demais ministros da Corte.

A Justiça garantiu seu direito às duas pensões no valor máximo permitido. Em dezembro de 2019, os valores eram os seguintes: aposentadoria de R$ 41,7 mil da Câmara, mais R$ 56 mil da pensão do pai. A cada um foi aplicado o teto do funcionalismo, hoje fixado em R$ 39,2 mil, que equivale a um salário de ministro do Supremo Tribunal Federal. Assim essa beneficiária recebe igual a dois ministros do STF.

DOIS BILHÕES DE USUÁRIOS O WhatsApp anunciou que o aplicativo alcançou a marca de 2 bilhões de seguidores em todo o mundo. Isso significa que a plataforma dobrou de tamanho, já que em 2017 ela tinha 1 bilhão. O aplicativo pertence ao Facebook, que pagou US$ 22 bilhões em 2014. No comunicado, o WhatsApp afirmou que a encriptação, uma das características mais polêmicas do aplicativo, é um diferencial e uma necessidade da vida moderna.

Equatorial Energia pode ser alvo de CPI na Assembleia

• No mês de janeiro passado, a Secretaria de Segurança Pública de Alagoas registrou cinco assaltos a coletivos na capital do Estado. • O percentual representou uma queda de 50% em relação ao mesmo período do ano passado, quando aconteceram 10 assaltos. • Os assaltos a ônibus sempre representaram uma ameaça constante aos mais de 280 mil usuários do transporte coletivo, além dos trabalhadores rodoviários. • A redução dos assaltos se deve a uma atenção maior por parte das autoridades policiais ao circuito rodoviário e a retirada de assaltantes da convivência social.

ASCOM / ALE

Enxurrada de críticas sobre os serviços da empresa leva parlamentares a pressionarem distribuidora por melhorias JAIRO SILVA

COLABORADOR

O

serviço de distribuição e fornecimento de energia elétrica em Alagoas, que é de responsabilidade da Equatorial Energia após a privatização da Companhia Energética de Alagoas (Ceal) em 2019, é avaliado de forma negativa por diversos parlamentares alagoanos. Tanto consumidores quanto políticos têm reclamado de forma constante sobre os sucessíveis aumentos na conta de energia elétrica, bem como a suspensão de fornecimento sem o devido restabelecimento a contento. A “pressão” sobre a empresa Equatorial é exercida nos três níveis políticos do estado: municipal, estadual e federal. Nestas esferas, os parlamentares têm recebido constantes reclamações dos

consumidores que sentem no bolso, os efeitos da administração da empresa que controla a distribuição de energia no Estado. Estão em curso ao menos duas ações políticas para

Faremos primeiro uma audiência pública. Havendo entendimento entre os parlamentares, poderá ser aberta uma Comissão Parlamentar de Inquérito [CPI] para averiguar as denúncias de irregularidades” INÁCIO LOIOLA Deputado estadual - PDT

EDILSON OMENA

Equatorial cita que aumento tarifário valerá a partir de março de 2020

cobrar a Equatorial explicações em relação às reclamações feitas pelos usuários acerca dos aumentos sucessivos nas faturas mensais e os cortes indevidos. Um ofício foi protocolado no Ministério Público Federal em Alagoas (MPF/AL) solicita apuração sobre os aumentos sucessivos nas contas de energia dos alagoanos. Uma audiência pública pode ser aprovada pela Assembleia Legislativa do Estado (ALE) para cobrar explicações à empresa sobre as suas politicas de aumento de tarifas, os cortes de energia e a sua capacidade técnica de atender as demandas de energia no estado. O rosário de reclamações pode culminar, sobretudo, na abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para que deputados estaduais investiguem as denúncias de irregularida-

Inácio Loiola também tem recebido constantes reclamações e Assembleia Legislativa vai buscar respostas da Equatorial des na prestação de serviços da Equatorial. “Faremos primeiro uma audiência pública. Havendo entendimento entre os parlamentares, poderá ser aberta uma Comissão Parlamentar de Inquérito [CPI] para averiguar as denúncias de irregularidades, com o propósito de resolver os problemas que têm lesionado os alagoanos”, garante o deputado estadual Inácio Loiola (PDT), em entrevista à Tribuna. Para o deputado estadual Davi Maia, é importante que o consumidor cobre, mas o

Legislativo também estará fazendo a sua parte, questionando à empresa Equatorial. “Questionaremos com base em quais estudos a Equatorial vem adotando essas medidas. A empresa tem uma concessão pública e é necessário que informe corretamente o que motivou esse aumento nas contas. Também pediremos que a empresa apresente os dados que informam qual defeito do medidor e explique os motivos da troca. Além de sugerirmos melhorias nas áreas

de atendimento ao cliente, como quando o funcionário da empresa chega para abordar um cliente e que ela melhore alguns procedimentos técnicos que identificamos”, destaca. Já o vereador por Maceió, Francisco Sales (PPL), ressalta que a sociedade também precisa participar das audiências públicas, apontando quais os prejuízos que a Equatorial está causando ao consumidor. Sales é mais um contra o aumento de 12% no aumento da tarifa energética.

Distribuidora vê cobranças com naturalidade Em Brasília, o líder da bancada federal alagoana, deputado Marx Beltrão (PSD), chegou a denunciar que a empresa Equatorial Energia usa de propaganda enganosa. “Além da atuação criticada em todos os cantos de Alagoas, com cortes irregulares, cobranças indevidas, taxas abusivas e apagões, a empresa faz uma campanha que induz ao erro. Faz propaganda enganosa. Os investimentos de R$ 16,8 milhões divulgados pela Equatorial são públicos e já haviam sido empenhados antes da privatização da Eletrobras. E a empresa não dá transparên-

cia aos R$ 545 milhões que, por obrigação contratual, teria que investir. É muito desrespeito”, afirma Marx Beltrão. NATURALIDADE Em nota à Tribuna, a Equatorial afirma que está à disposição dos poderes legislativos – Assembleia, Câmara Federal e Câmara de Vereadores –, para prestar esclarecimentos. “O poder legislativo cumpre seu papel e nós como distribuidora e detentora de uma concessão pública, estamos à disposição para prestar os esclarecimentos necessários”. Já em relação ao aumento que será discutido em au-

diência pública com a população, a nota da Equatorial assegura que este aumento já estava previsto desde o leilão da Eletrobrás em 2019. “A Revisão Tarifária Extraordinária é um dispositivo previsto no edital do leilão e no contrato de concessão. As regras são definidas pela Agência Reguladora”. Na nota a Equatorial Energia explica como será o processo para a concessão do aumento da tarifa. “Nessa revisão, a Aneel [Agência Nacional de Energia Elétrica] calcula a receita necessária para cobertura dos custos operacionais eficientes e a remuneração adequada

sobre os investimentos para expansão e melhoria do sistema”. Ainda na nota, a Equatorial afirma que os valores ainda estão em aberto e que a aprovação depende da agencia reguladora. “O processo ainda está em uma fase preliminar no qual os valores podem sofrer alterações, mas o efeito médio previsto pela Aneel nesse momento é de 12,02%. Para os consumidores de baixa tensão a previsão é de um efeito de 11,36%. Os valores que ainda serão definidos e homologados pela Agência entrarão em vigor somente após 3 de maio de 2020”, finaliza. (J.S.)


POLÍTICA

MACEIÓ - ALAGOAS SÁBADO E DOMINGO, 15 E 16 DE FEVEREIRO DE 2020

Renan Filho destaca avanços na segurança

INTELIGÊNCIA

Superintendente vai atuar com mapeamento e projetos

Governador participa da posse do novo superintendente da Polícia Federal em Alagoas ASSESSORIA

EDITORIA DE POLÍTICA

D

COM ASSESSORIA

urante a posse do novo superintende regional da Polícia Federal (PF) em Alagoas, João Vianey Xavier, o governador Renan Filho (MDB) destacou, na última sexta-feira (14), a diminuição dos índices de violência na capital e em todo o Estado. Ao defender o trabalho cooperativo das forças de segurança, ele afirmou que a meta do Governo de Alagoas é deixar a taxa de homicídios, por grupo de 100 mil habitantes, abaixo da média nacional. “O nosso Estado é hoje, talvez, o que mais reduz violência no país com relação ao governo anterior. Já chegamos a ter aqui a taxa perto de 80 homicídios para cada grupo de 100 mil habitantes. Hoje, estamos próximos de 30 homicídios para cada grupo de 100 mil habitantes e a nossa meta é colocar Alagoas abaixo da média nacional, mesmo estando localizado na região mais violenta do país, que o Nordeste brasileiro”, declarou Renan Filho, que deu as boas-vindas ao novo superintendente. A solenidade foi realizada na sede da Superintendência Regional da PF, localizada no bairro Jaraguá, e reuniu diversas autoridades, sobretudo aquelas ligadas à Segurança Pública.

Governador Renan Filho e João Vianey Xavier durante a solenidade de posse para o comando da PF no Estado Renan Filho citou, ainda, que Maceió detém, na atualidade, a menor taxa de homicídios para cada grupo de 100 mil habitantes dos últimos 30 anos. “Na capital, especialmente, nós chegamos a ter 110 homicídios para cada grupo de 100 mil habitantes e hoje estamos abaixo de 30, com 29,8 homicídios”, salientou. O governador atribuiu os excelentes resultados alcançados pela Segurança Pública

de Alagoas aos robustos investimentos feitos na área, possibilitados pelo eficiente ajuste fiscal, que reduziu despesas desnecessárias, aumentou a receita e abriu caminho para o maior volume de investimentos feito por uma unidade da federação no país, vis-à-vis a sua receita corrente líquida. “Estaremos sempre preparados para a cooperação; inclusive, quando for necessário fazer investimentos para tanto, o

5

Estado estará pronto. O nosso trabalho à frente de Alagoas é exatamente como propôs o diretor-geral da Polícia Federal [Maurício Leite Valeixo], um trabalho cooperativo para que a gente combata o crime de maneira geral e ofereça mais possibilidade de o Estado avançar”, declarou Renan Filho. O governador assegurou que os investimentos em segurança devem continuar durante a sua gestão.

Baiano de Feira de Santana, o novo superintendente regional da Polícia Federal em Alagoas, João Vianey Xavier, é detentor de um extenso currículo. Ele iniciou sua carreira no cargo de delegado em 2002, no município de Ilhéus, localizado na Bahia. Depois de passar por diversas divisões e delegacias especializadas, chefiou, em 2018, a Divisão de Inteligência Policial e, posteriormente, a Coordenação de Gestão Estratégica. Em 2019, atuou como coordenador de Inteligência da PF, deixando o cargo para assumir a Superintendência Regional da PF em Alagoas. “A intenção é buscar trazer os ensinamentos da maior eficiência na execução das atribuições da Polícia Federal. Eu costumo trabalhar com orientação a projetos, mapeamento de processos e a ideia é que esses ensinamentos sejam aproveitados aqui na rotina de Alagoas”, afirmou Vianey, que substitui no cargo de superintendente o delegado Rolando Alexandre de Souza. Rolando Alexandre teve

uma atuação importante à frente da Polícia Federal, principalmente no que diz respeito às eleições municipais, com constantes ações da superintendência nos municípios alagoanos. “As demandas aqui de Alagoas são muito parecidas às existentes nos outros Estados do Nordeste. A ideia é dar o melhor possível da nossa experiência para que elas sejam, da melhor maneira possível, resolvidas”, acrescentou Vianey. Já o diretor-geral da Polícia Federal em Alagoas, Maurício Leite Valeixo destacou, justamente, o trabalho conjunto das forças policiais, dos órgãos e parceiros estratégicos. “Não podemos e não devemos, enquanto servidores públicos, agir isoladamente, ao contrário, devemos atuar de forma conjunta, em parceria, unindo esforços com a finalidade de reduzir os elevados índices de crimes, através de uma investigação pautada na inteligência, na técnica e na qualidade da prova”, considerou diretor-geral da Polícia Federal em Alagoas.

COMBUSTÍVEL

Deputado pedirá maior investigação em comissão O deputado federal José Nelto vai apresentar um requerimento solicitando a criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar as alterações no preço dos combustíveis, afim de verificar se existe excesso de tributação na composição do preço da gasolina e outros combustíveis. A excessiva carga tributária representa um entrave à produção e contribui para elevar o custo de toda a cadeia produtiva nacional. “O intuito da CPI, é para investigar primeiramente os impostos do governo federal [PIS/Cofins e Cide], bem como o imposto dos governos estaduais, o ICMS. (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços). Posteriormente, queremos investigação sobre os preços cometidos no transporte do combustível pelas distribuidoras, do preço nos postos de combustíveis e também do

refino do petróleo. Vamos fiscalizar toda a cadeia produtiva”, disse o deputado. De acordo com a Receita Federal, a União arrecadou R$ 24,6 bilhões com PIS/ Cofins cobrados sobre combustíveis em 2019. Com a Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (Cide), foram R$ 2,7 bilhões, o que soma quase R$ 27,4 bilhões só com tarifas sobre gasolina, etanol, diesel e outros combustíveis. Os preços da estatal, porém, representam apenas parcela do valor cobrado nas bombas (30% na gasolina e 54% no diesel). O restante do preço são impostos, custos de transporte e margens de lucro de postos e distribuidoras. O presidente da Fecombustíveis (federação que reúne os postos), Paulo Miranda, explica que é normal que os repasses demorem uma a duas semanas para chegar às bombas.


6

OPINIÃO UM PRODUTO:

Cooperativa dos Jornalistas e Gráficos do estado de alagoas

Rua da Praia, 134 - sala 303 - centro - Maceió Alagoas Endereço Comercial: Empresarial Humberto Lôbo Av. Menino Marcelo - 9.350- Serraria Maceió - Alagoas - CEP: 57.083.410 CNPJ: 08.951.056/0001 - 33

ntre 2013 e 2019, o percentual de brasileiros que separa o lixo para reciclagem em suas casas e que descarta os aparelhos eletrônicos e eletrodomésticos velhos de forma correta aumentou, indicando maior consciência na disposição de resíduos. Ainda no tema de consumo sustentável, ressalta-se que em torno de um em cada três brasileiros (31%) está disposto a pagar mais por produtos fabricados de maneira ambientalmente correta, ou seja, com baixa emissão de poluentes e resíduos. Ao mesmo tempo, 36% pagariam mais caro por alimentos orgânicos e 37% pagariam mais caro por produtos de origem animal que minimizem o sofrimento animal e permitam que eles vivam de maneira mais próxima do natural. Os brasileiros também têm o hábito de punir com boicotes empresas que

PRESIDENTE José Paulo Gabriel dos Santos DIRETOR ADMINISTRATIVO FINANCEIRO: Flávio Peixoto EDITOR GERAL: Ricardo Castro ricardocastro@tribuna-al.com.br

Jornalista, professor e escritor

A última demonstração de total desprezo a cultura em geral, do presidente Jair Bolsonaro, chocou aqueles que entendem ser a cultura, o conhecimento em geral da história e literatura. Ele disse que os livros disponíveis para leitura nas escolas (didáticos e demais), possuem muitas letras e páginas e te ainda “viés comunista”. Só precisou esse comentário, para o governador de Rondônia, seu aliado, retirar das bibliotecas obras literárias importantes de autores brasileiros e estrangeiros. Isso deixou-me triste, diante do trabalho prazeroso e voluntário que venho realizando desde 2013, na zona rural de Viçosa, disponibilizando as crianças e adolescentes, filhas de trabalhadores rurais, uma Biblioteca-Escola, inclusive com todos os livros retirados das públicas pelo governador do Estado do Norte. Não vou esmorecer com esse tipo de

Advogado e escritor

As multicoloridas fitas e não menos reluzentes apetrechos, que ornamentam numa descomunal aquarela os chapéus dos guerreiros e reisados, quando das sonoras e aplaudidas noites natalinas, traduzem ainda que de forma apenas visual o brilho que inebria e ofusca os olhares atentos da alvissareira turba, de um povo nascido sob a égide de suas tradições religiosas e coloniais, legado indelével de seus antepassados portugueses e afro-ameríndios. Num misto de oralidade e testemunhos epistolares, eis que desponta no imaginário lúdico de nossa gente os causos, lendas e estórias [quase sempre fictícias], comumente contadas em rodas de prosas entre os velhos e afamados mestres do saber popular, que se ufanam em terem presenciado algumas de suas narrativas heróicas e peripécias envolvendo figuras de nosso folclore, indo desde o contato com curupiras nas caçadas coletivas em matas, passando por alucinações ao escutar o eco do canto

CENTRAL DE ASSINANTE: 82.3311.1308 - 3311.1309 comercial.tribunaindependente@gmail.com redação.tribunaindependente@gmail.com OS ARTIGOS ASSINADOS SÃO DE RESPONSABILIDADE DOS SEUS AUTORES. NÃO REPRESENTANDO, NECESSARIAMENTE, A OPINIÃO DESTE JORNAL.

apresentam comportamentos dos quais eles discordam. Pelo menos um dos seguintes motivos já levou 62% da população a boicotar marcas ou empresas: violações a direitos trabalhistas; testes ou maltrato a animais; crimes ambientais;d iscriminação de qualquer tipo; ou posicionamento político. Parcela significativa dos brasileiros está preocupada com os efeitos da produção sobre o meio ambiente. São consumidores que procuram saber se as empresas adotam procedimentos para prejudicar o menos possível o meio ambiente, como reduzir a emissão de poluentes e a quantidade de resíduos descartados. Entre os brasileiros, 19% afirmam que sempre verificam se os produtos que vão adquirir foram produzidos de forma ambientalmente correta. Outros 19% afirmam que verificam às vezes.

atitude de gestores públicos insensíveis a educação e cultura. Nunca precisei deles, nem de Lei Rouanet. Não tenho CNPJ, nem qualquer tipo de contato com políticos. Indiferentemente do que vem ocorrendo no Brasil, onde se estimula o uso indiscriminado d Internet, um pesquisa feita recentemente entre estudantes universitários dos EUA, Japão, Alemanha e Eslovênia, constatou que a maioria (92% prefere os livros impressos aos e-books (via Internet, alegando que conseguem se concentrar mais no texto impresso do que nos da versão digital. Afirmam ainda que a experiência é totalmente diferente de que se tem ao sentir nas mãos o livro, virando as páginas, viajando para os lugares, se sentindo os próprios personagens. Meu hábito de leitura, vem da infância. Em minha casa tinha livros, jornais e revistas. Meu pai era colunista de jornal, poeta, violonista e difusor da cultura em geral, herança de meu avô eu nas décadas de 1920/3/4/5, assinava o Jornal de Alagoas, lendo diariamente e em voz alta, explicando a “matutada”,

Record, Globo e o “capitão” filhos e parentes, da varanda de sua casa, tudo que ocorria no Brasil e no mundo. Segui à risca, me tornando jornalista e professor. Mais ainda, no mesmo cenário de meu avô: o Povoado Bananal, em Viçosa, ode escolhi para instalar minha Biblioteca/ Escola e um Museu. Tem ainda o Clube do Livro, onde por se escolher qualquer livro para ler em casa e devolver intacto, ainda tirando algum dúvida comigo. Assim, sou qual foi o escritor argentino Jorge Luiz Borges, que dizia sempre: “imagino que o paraíso é uma espécie de livraria”. Leio em média, três livros por mês, enquanto os brasileiros lêem dois por ano. Tento conscientizar meus alunos a gostar de ler, escrever e pesquisar. Venho conseguindo. Mas é um trabalho de “formiguinha”, pois a maioria prefere mesmo usar o celular e as redes sociais. Na Escola dos Sábados Professora Maróca Pimentel (minha bisavó), não se usa celular. Tem de se contentar com os livros distribuídos nas 10 estantes com portas envidraçadas e centenária. Pode ler ainda a Folha de São Paulo, Tribuna Independente e a Folha de Alagoas.

Mestres do folclore brasileiro OLEGÁRIO VENCESLAU DA SILVA

REDAÇÃO: 82.3311.1328 - 3311.1329

Billo

Desprezo ao livro JAIR PIMENTEL

PABX: 82.3311.1338 COMERCIAL: 82.3311.1330 - 3311. 1331

DIRETORA COMERCIAL: Marilene Canuto

Consumidor e o consumo consciente

E

MACEIÓ - ALAGOAS SÁBADO E DOMINGO, 15 E 16 DE FEVEREIRO DE 2020

atraente das Iaras, nas lagoas e lagos, chegando inclusive a serem perseguidos por homens lobos [transfiguração do lobisomem]. Este riquíssimo e indescritível acervo folclórico brasileiro, teve a certeza de sua perenidade ainda que às duras e penosas custas, graças ao destemor e profícua dedicação de devotados pesquisadores e ínclitos estudiosos que se doaram sem reservas aqui e alhures, no afã de reunir em obras o que um dia fora transmitido de forma oral. Todas as honrarias não seriam suficientes para demonstrar ao imortal potiguar Luiz da Câmara Cascudo (1898-1986), o reconhecimento por seus relevantes serviços a esta Pátria, que um dia lhe serviu de berço e hoje guarda avaramente seus restos mortais em jazigo perpétuo. O vaqueiro nordestino com seus aboios e toadas, num som frenesi e eloqüente protagonizaram os escritos inolvidáveis de nosso maior mestre e folclorista, a sombra de quem erigiu-se uma plêiade de outros mais. Ritmos descompassados numa apoteótica alusão ao nascimento do Messias, as pastorinhas em seus cordões [azul e encarnado], disputam a atenção da platéia, ao som das jornadas de Natal, festejando o menino Deus em terras caetés, tudo isso povoou o imaginário intelectual

do viçosense, nascido entre a casa grande e a bagaceira do engenho e que o povo consagrou como seu grande mestre – Dr. Théo Brandão (1907-1981), patrono de nosso folclore – máxime da inteligência alagoana. Se os estudos antropológicos, cuja temática folclórica encontra guarida e indissociável citação bibliográfica, a este memorável feito deve-se com os merecidos louros, aos verdadeiros e abnegados mestres [Gustavo Barroso, Mário Souto Maior, Pedro Teixeira de Vasconcelos, Silvio Romero, Couto de Magalhães, Bráulio do Nascimento, Cornélio Pires, Renato Almeida, José Maria Tenório Rocha, Rossini Tavares, Nina Rodrigues, Arthur Ramos, Vicente Sales, Paixão Cortez, Bruno de Menezes, Eneida Alvarenga, Afonso Arinos Peixoto, Raul Lody, Maria Stella Novais, Alceu Maynard, Nicanor Miranda, Leonardo Mota, José Maria de Melo, Ático Vilas Boas, Alfredo Rabaçal, Rodrigues de Carvalho,Valdomiro Silveira, Manoel Ambrósio, Lindolfo Gomes, Barbosa Lessa, Oswaldo Cabral], que um dia se inebriaram nas fontes caudalosas do saber, nascidas no âmago de nosso povo, cujos registros tornaram-se um lídimo oceano de conhecimento, aos novéis amantes das tradições de um Brasil miscigenado e sobretudo plural.

PEDRO SIMON CAMARÃO Jornalista

Domingo é o dia em que as principais emissoras de TV apresentam suas revistas eletrônicas. Na TV Globo, é o Fantástico. Na Record, o Domingo Espetacular. Ambos os programas exibiram reportagens sobre a morte do ex-policial militar carioca Adriano Magalhães da Nóbrega. Adriano é ex-capitão do Bope do Rio de Janeiro e foi expulso da corporação em 2014. Ele era procurado porque integrava um grupo de assassinos profissionais identificado como Escritório do Crime e ainda seria dirigente de um grupo de milicianos que explora a comunidade da Muzema, na zona Oeste do Rio de Janeiro. Muita gente deve saber que Adriano da Nóbrega não é apenas um miliciano carioca. O Escritório do Crime é o grupo acusado pela execução da vereadora do PSOL (RJ) Marielle Franco, crime que continua sem solução mais de um ano após ter ocorrido. Embora tenha sido citado nas apurações sobre a morte de Marielle, o miliciano não é apontado como um dos suspeitos. O que levou o ex-capitão do Bope aos noticiários mais recentemente foi a sua ligação com o clã Bolsonaro. O atual senador, Flávio Bolsonaro, prestou homenagens ao policial com moções de louvor na Assembleia Estadual do Rio de Janeiro quando ainda era deputado estadual. A primeira foi em 2003. O comportamento do miliciano foi elogiado por Flávio Bolsonaro. A segunda foi em 2005. Flávio concedeu a medalha Tiradentes ao PM, a mais alta honraria da Alerj. Na época da homenagem Adriano estava preso acusado de assassinar um guardador de carros que denunciou a ação de milicianos. A ligação de Adriano com os Bolsonaro vai além. A mãe e a esposa do miliciano foram empregadas por Flávio Bolsonaro como assessoras parlamentares. As duas são investigadas por participação no esquema de “rachadinhas” que seria articulado por outro assessor de Flávio, o Fabrício Queiroz. De acordo com as investigações, Adriano também receberia parte do dinheiro

do esquema. Todos os fatos elencados até aqui, certamente, são de interesse público, objetivo fundamental do jornalismo. Entretanto, constam apenas na reportagem apresentada pela TV Globo. A reportagem exibida pelo Fantástico durou cerca de 5 minutos, mas não exibiu a imagem de Flávio Bolsonaro, apenas mencionou o senador. Já a foto de Fabrício Queiroz foi exibida. A reportagem do Domingo Espetacular teve apenas 2 minutos e não fez qualquer menção ao clã Bolsonaro. Nada. O programa apenas indicou que o miliciano poderia ter ligação com o assassinato da vereadora Marielle Franco. É óbvio que os interesses políticos de cada uma das emissoras influenciam o conteúdo dos programas jornalísticos. Nesse caso, fica evidente que a TV Globo, emissora que vem sendo

atacada por Jair Bolsonaro desde o período eleitoral em 2018 e que perdeu enormes quantias de verba publicitária estatal desde o início do atual governo, tenta gerar desconfiança sobre o clã Bolsonaro. É bem verdade que não é necessário fazer qualquer “malabarismo” no texto. Os fatos são fortes. Por outro lado, a TV Record, emissora que vem recebendo mais verba do governo e que é de propriedade de Edir Macedo - líder da Igreja Universal que declara apoio incondicional a Jair Bolsonaro -, não toca no assunto e priva sua audiência do direito de se informar. A diferença de abordagem mostra que os veículos de informação constroem sentidos completamente diferentes sobre os mesmos fatos. O tema tratado aqui é apenas um. Diariamente, Globo e Record, bem como as outras empresas de comunicação, apresentam as notícias de acordo com seus próprios interesses.


PUBLICIDADE

7

MACEIÓ - ALAGOAS SÁBADO E DOMINGO, 15 E 16 DE FEVEREIRO DE 2020


8

PUBLICIDADE

MACEIÓ - ALAGOAS SÁBADO E DOMINGO, 15 E 16 DE FEVEREIRO DE 2020


CIDADES

MACEIÓ - ALAGOAS SÁBADO E DOMINGO, 15 E 16 DE FEVEREIRO DE 2020

Alagoas: número de desaparecidos passa de 900

9

EDILSON OMENA

Dados contabilizados desde 2018 são do MPE; maioria dos desaparecimentos ocorre na faixa etária de 12 a 17 anos EVELLYN PIMENTEL REPÓRTER

Q

uase 29% dos desaparecimentos registrados em Alagoas envolvem adolescentes de 12 a 17 anos. Os dados são do Programa de Localização e identificação de Desaparecidos (Plid) coordenado pelo Ministério Público Estadual (MPE). Ao todo, 928 pessoas são consideradas desaparecidas desde 2018. No primeiro ano de funcionamento do Plid em Alagoas, os registros de desaparecimento chegaram a 488, em 2019 o número caiu para 391. E os primeiros 45 dias de 2020 já houve 36 notificações. De acordo com a coorde-

nadora do Plid Alagoas, a promotora Marluce Falcão, desde o início do programa foram identificados 1.800 boletins de ocorrência envolvendo o desaparecimento de pessoas. O desafio agora é identificar quais pessoas ainda estão desaparecidas e quantas já foram localizadas. “Esse programa vem sendo operado desde 2018 e a sociedade tem que tomar conhecimento, tem que procurar porque o único programa que hoje funciona no Brasil é esse. Inclusive nós requisitamos à Polícia Civil todos os boletins de ocorrência dos últimos cinco anos de pessoas desaparecidas. Tivemos um retorno de 1.800 boletins de ocorrência. Estamos checando um

a um, se já foram encontrados, se não foram, se esta tendo investigação policial, se não está tendo. Se a família pode ser localizada para dar mais detalhes do ocorrido. Porque com esse sistema [Plid] nós temos em tempo real a condição de localizar alguém inclusive em outros estados”, explica Marluce Falcão. Depois dos adolescentes, 26% dos desaparecimentos ocorrem entre 34 e 53 anos. A maioria (61%) homens. Além disso, as pessoas autodeclaradas pardas compõem 53% dos desaparecidos. Em todo o país são mais de 70 mil pessoas consideradas desaparecidas para a Justiça. A promotora acrescenta que o programa utiliza in-

Segundo Marluce Falcão, desafio agora é identificar quais pessoas ainda estão desaparecidas e quantas já foram localizadas formações em tempo real e integradas ao sistema nacional, o que facilita buscas e identificação. “O Plid Alagoas, que é o Programa de Localização e Identificação de Desaparecidos, opera o Sinalid que é o Sistema Nacional de informação do Conselho Nacional do Ministério Público que faz o registro de pessoas desaparecidas em todo o país. Cada estado tem o seu Plid. Em Alagoas ele está em pleno funcionamento. É possível ter acesso em tempo real dessas esta-

tísticas, inclusive dessas diretrizes, pela idade, sexo, se é adulto ou criança no site do Ministério Público”, afirma a promotora. Recentemente, um caso de desaparecimento mobilizou o sistema de busca de quatro estados. “Nós encontramos um senhor que veio da argentina visitar os filhos. Chegando em São Paulo foi assaltado, perdeu tudo, inclusive o celular e ficou em estadod de choque. Como ele é idoso, teve uma perda de memória temporária e não sei

o que aconteceu que esse cidadão foi parar em Belo Horizonte. E ele iria para Sergipe, mas alguns familiares dele são de Alagoas e nos procuraram para que a gente pudesse acionar o MP e fizéssemos as buscas. Acionamos o Ministério Público de São Paulo, Minas Gerais e Sergipe e a gente trouxe esse cidadão, graças a Deus. Em menos de 48h já estava com a família. Isso é importante, uma colaboração de todos os MP’s, isso traz eficiência ao sistema”, detalha a promotora.

OAB: maioria dos casos é de sumiço de pessoas após abordagem policial Alagoas não possui uma delegacia especializada na investigação de desaparecimentos. Segundo a assessoria de comunicação da Polícia Civil (PC/AL), as investigações ficam a cargo da Divisão Especial de Investigação e Capturas (Deic). O órgão não informou o quantitativo de casos em investigação que estão em andamento ou foram conclusos. A Comissão de Direitos Humanos da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/AL) é uma das entidades que acompanha casos de desaparecimentos. De acordo com o membro da comissão, advogado Diego Omena, a maioria dos casos que chegam à comissão envolvem o sumiço de pessoas após abordagens policiais. “Especificamente os desaparecidos que chegam a comissão da OAB supostamente foram vistos pela úl-

ADAILSON CALHEIROS

Davi da Silva sumiu em 2014 após uma abordagem no Benedito Bentes

tima vez sendo abordados por policiais. Quando eles vão prestar boletins de ocorrência ou procuram a corregedoria, são informados de procurar a OAB ou até pelo fato de a comissão atuar a algum tempo nessa frente a OAB vem e toma as providências”. É o caso do jovem Davi Silva, que sumiu em 2014, na época com 17 anos. Ele desapareceu após uma abordagem policial no conjunto Cidade Sorriso I, no bairro do Benedito Bentes. Até hoje, seis anos depois não há informações sobre seu paradeiro. Para o Ministério Público, os militares Eudecir Gomes de Lima, Carlos Eduardo Ferreira dos Santos, Victor Rafael Martins da Silva e Nayara Silva de Andrade são responsáveis pelos crimes de homicídio duplamente qualificado, conexo aos crimes de ocul-

tação de cadáver, falta de comunicação de apreensão de adolescente, tortura e prevaricação. O processo administrativo contra os militares foi arquivado em 2018. Já o processo na Justiça Alagoana segue sem desfecho. Outro caso sem desfecho é o desaparecimento de Alan Teófilo Bandeira. Alan desapareceu no dia 23 de novembro de 2017, então com 29 anos, após uma partida de futebol no munícipio de Satuba. Desde então, o caso é considerado um dos mais complexos pela polícia. Não há indícios do paradeiro do rapaz, do carro, tampouco do celular. COMO PROCEDER Em caso de desaparecimento, a orientação é procurar uma delegacia mais próxima e registrar um Boletim de Ocorrência (B.O.) para que sejam iniciadas as investigações. Em seguida a

família pode procurar uma sede do MPE em qualquer parte do estado ou se dirigir ao Núcleo de Defesa dos Direitos Humanos do Ministério Público em Maceió para que o desaparecimento seja registrado no Plid. “O primeiro passo é fazer o boletim de ocorrência em qualquer delegacia. De posse do boletim de ocorrência pode se dirigir até o Ministério Público, no Núcleo de Defesa dos Direitos Humanos, que fica na Avenida Fernandes Lima, em frente ao Tribunal de Contas, para o atendimento desta família. Aqui eles serão orientados para que se inicie a busca imediata em se tratando de criança e adolescente. Em se tratando de adultos a Polícia Civil será comunicada para fazer buscas se for necessário até em outros estados”, afirma Marluce Falcão. (E.P.)


10

CIDADES ABSOLVIDOS

CIDADES EMFOCO

Terminou na noite de quinta-feira,13, o julgamento do empresário José Nilton Ferreira, os policiais militares José Sandro da Silva e Jair Matias dos Santos e o policial civil Paulo César da Silva Melo, acusados do sequestro e homicídio de Severino José Fernandes, o “Mago dos Ovos”.

ROBERTO BAIA

robertobaiabarros.hotmail.com

FRAGILIDADE DE PROVAS

Eleições em Craíbas

P

ré-candidato a prefeito da cidade de Craíbas, o empresário Teófilo Pereira (PP) deu um verdadeiro banho de política no atual prefeito Ediel Leite, cuja gestão tem sido bastante criticada pela população. Teófilo abriu um diálogo permanente com a Câmara Municipal e em uma jogada certeira ganhou o apoio de oito vereadores, inclusive do atual presidente da Casa, Sérgio Pedoca.

GRUPO FORTALECIDO Além de Pedoca, já fazem parte do bloco de sustentação da futura campanha do empresário rumo a Prefeitura de Craíbas, os vereadores Sônia do Tata, Niraldo Crispim, Fusquinha, Sargento Ivan, Eduardo Folha Miúda, Auberaldo e Oséas Ferreira.

CIDADE CASTIGADA Teófilo Pereira, segundo uma fonte ligada ao movimento comunitário daquela cidade, também conversou com outro vereador e nos próximos dias terá mais novidade em uma das cidades mais importantes do Agreste e que hoje está sendo castigada por incompetência administrativa e por falta de ações e serviços voltados para as famílias craíbenses.

Os réus foram inocentados por decisão da maioria do júri popular. O próprio Ministério Público, que tem a função de acusar, reconheceu a fragilidade de provas e pediu a absolvição aos Jurados. José Nilton Ferreira, era acusado de ser o mandante do crime, e os policiais militares José Sandro da Silva e Jair Matias dos Santos e o policial civil Paulo César da Silva Melo, eram acusados como executores do sequestro, assassinato e ocultação de cadáver da vítima, morta com extrema crueldade.

O CASO A vítima foi sequestrada no dia 06 de fevereiro de 2006, no momento em que chegava na residência onde morava, no bairro Cacimbas. Ele foi levado no próprio veículo, um Fiat Uno 1996, que foi encontrado carbonizado três dias depois em um canavial no município de São Sebastião. Passados mais cinco dias o corpo da vítima, sem a cabeça, foi encontrado em um canavial de Campo Alegre. Mago dos Ovos foi brutalmente assassinado, deve os órgãos genitais, mãos e pés cortados e a cabeça decepada. Após a morte, os assassinos ainda atearam fogo ao cadáver, que ficou parcialmente carbonizado. (Com Roberto Gonçalves).

MACEIÓ - ALAGOAS SÁBADO E DOMINGO, 15 E 16 DE FEVEREIRO DE 2020

OFERTA DE CURSO Nos 13 anos de funcionamento em Arapiraca, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) inova mais uma vez, com a oferta do Curso de Suporte Básico à Vida para técnicos de enfermagem e condutores socorristas. O curso tem carga de 100 horas e as aulas estão sendo realizadas no auditório do Núcleo de Educação Permanente (NEP) da Central Arapiraca.

TREINAMENTO O treinamento é destinado aos profissionais que atuam na II Macrorregião de Saúde, formada por 46 municípios do Agreste, Sertão e Baixo São Francisco. Segundo revela a coordenadora do NEP Arapiraca, enfermeira Katyenny Christine, o Curso de Suporte Básico à Vida está embasado na Portaria 2.048/2002, do Ministério da Saúde.

TROCA DE INFORMAÇÕES Na manhã de terça-feira, 14, , os técnicos de enfermagem receberam e trocaram informações acerca de temas como ética profissional, avaliação de cena, cinemática do trauma e parada cardiorrespiratória. O curso também aborda temas como traumatismos crânioencefálico, raquimedular, de tórax e abdominal, além de emergências clínicas e psiquiátricas, urgências obstétricas, entre outros procedimentos.

GIRAU FOLIA

O Município de Girau do Ponciano realizou no dia de ontem, sexta-feira, 14, a prévia carnavalesca 2020, com a escolha do Rei Momo e da Rainha do Carnaval, a qual aconteceu através da rede social Instagram. Também teve show com Rafa Swingão e Dany Kebrança na Praça de Eventos Vereador Elói Cabral, uma organização da equipe de Cultura da SEMEC – Secretaria Municipal de Educação e Cultura.

PROGRAMAÇÃO A programação do carnaval 2020 em Girau do Ponciano continua no dia 21, com a apresentação da Orquestra Joãozinho do Frevo às 16h e a noite arrastão com trio elétrico pelas principais ruas da cidade. A Orquestra Joãozinho do Frevo volta a se apresentar nos dias 22, 23, 24 e 25 juntamente com diversas outras atrações como bloco de rua, artistas locais e regionais. ... O público infantil está com o carnaval garantindo em Traipu. O bloquinho Dó-Ré-Mi-Fá sairá pelas ruas do município no primeiro dia de festa, sexta-feira (21), a partir das 17h, com concentração na Praça Coronel Neto. No bloquinho, ao lado das crianças, desfilarão palhaços, pernas de pau e bonecos gigantes. ... Mas a festa não acaba por aí. Às 19h começa a apresentação do Palhaço Mixuruca, artista arapiraquense premiado a nível nacional e estrela em diversos programas de TV, inclusive dos canais Globo e Multishow.

Instrumento detecta resíduo de arma de fogo Microscópio Eletrônico de Varredura adquirido pelo Estado permite ampliar imagens em alta resolução em 100.000 vezes

A

lagoas tornou-se, essa semana, um dos poucos estados do país aptos a realizar exames residuográficos que poderá solucionar, de forma rápida, crimes contra a vida ocorridos com o emprego de arma de fogo. Isso foi possível graças à aquisição do Microscópio Eletrônico de Varredura (MEV), que foi instalado no Laboratório de Química do Instituto de Criminalística. O equipamento é um dos mais modernos do mundo na análise automatizada de bancada que permite detectar principalmente resíduos de disparo de arma de fogo. Mas o MEV também poderá ser usado, de forma efetiva, para identificar vários outros tipos de elementos químicos, bem como aná-

lises que necessitem de alta ampliação, como, por exemplo, exames de resistência de materiais, para saber se esses foram seccionados ou rompidos pelo emprego de tração. “Os critérios de pesquisa mais comuns no exame residuográfico são a presença de chumbo, antimônio e bário. Agora, com a aquisição desse equipamento, a perícia criminal alagoana ficou mais moderna e bem estruturada nesta área, tornando-se um poderoso instrumento de redução da impunidade.” Explicou o perito criminal Thalmanny Fernandes Goulart, chefe do Laboratório de química do IC. O custo total da aquisição do microscópio foi de R$ 1,100 milhão, em um investimento

integral realizado pelo Fundo Estadual de Segurança Pública do Governo de Alagoas. Um grupo de peritos criminais já foi treinado para operar o novo equipamento que permite ampliar em até 100.000X imagens em alta resolução. Antes desse investimento, quando os peritos criminais eram acionados para realizar exames residuográficos em crimes como homicídios, latrocínios e suicídios, eles apenas coletavam as amostras para custodiá-las. Em seguida, entravam em contato com laboratórios periciais parceiros de outros estados para conseguir uma vaga disponível para realizar o exame, o que poderia levar meses até a conclusão do laudo.

AGÊNCIA ALAGOAS

Equipamento foi instalado no Laboratório de Química do Instituto de Criminalística de Alagoas


CIDADES

AILTON VILLANOVA AÍLTON VILLANOVA

aílton.villanova@gmail.com

COM DIEGO VILLANOVA

Remédio pra caspa

E

u e o finado colega Reinaldo Cavalcante tínhamos um amigo que é pirado todo. Trata-se do Fedúlcio C. Pimpo. Há décadas ele conviveu conosco. Na época em que Reinaldo foi acadêmico de Psicologia, seu laboratório era o Fedúlcio. De outra parte, o irmão dele, Federaldo virá a ser, mais tarde, uma grande contribuição à ciência mundial. Aliás, o Federaldo, não. O seu cérebro. Bom. Ainda hoje, quando o indigitado Fedúlcio não está dando uma de filósofo, ele fica tirando ondas com a cara dos outros. Há ocasiões em que se tranca no quarto e passa semanas inteiras meditando. De quebra, entra em mais um período de abstinência de banho. Dia desses, com a cabeça mais fresca, lá estava ele bebendo água de coco na praia de Pajuçara quando chegou o amigo Zé Carlos, vulgo “Salada”, que abriu a boca e indagou: Ô Fedúlcio, tu que sabe das coisas, me diga aí um jeito pra acabar com caspa... Tu sabe?

- Sei. E quem é que está com caspa? É você? - Positivo. - É o seguinte... Você pega um fio elétrico, descasca as pontas e, em seguida, enfia uma delas na tomada... - Fio elétrico, amizade? - Isso mesmo. Depois que a ponta do fio estiver enfiada no buraco, você segura firme na outra ponta, a descascada. Aí, toma um choque filho da puta! - Qualé, meu? E como é que isso pode acabar com caspa? E o Fedúlcio: - Simplesmente simples, meu irmão. Quando você receber o choque elétrico, o seu cabelo vai ficar todo arrepiado, certo? - Certo. - Aí, é só passar o pente que a caspa cai, todinha!

SEM ÁLCOOL, NEM VER! Dois amigos do peito, Osmerlindo e Carmélio já tinha tomado todas, no barzinho do Pompeu, mas insistiam na penúltima. Daí a pouco o Osmerlindo sai com esta: - Ô meu, tu já teve a coragem de experimentar uma dessas cervejas sem álcool? - Não é nem quero! - Eu também não. Eu acho que quem inventou essa porcaria de cerveja devia estar de porre!

O QUE ELA TEM...? O sujeito muito bem vestido entrou o escritório do detetive particular

MACEIÓ - ALAGOAS SÁBADO E DOMINGO, 15 E 16 DE FEVEREIRO DE 2020

Porfírio Afonso, o Falcão, e foi logo falando: - Senhor detetive, tenho uma missão para sua pessoa! E o Falcão: - Pois não. Estou ao seu inteiro dispor. Do que se grata? - Quero que minha mulher seja seguida 24 horas por dia. - Já sei. O senhor quer saber se ela o trai, não é isso? – deduziu elementarmente o “sherloque”. - Isso eu já sei. O que eu quero é que o senhor descubra o que é que os outros caras vêem de bom nela!

APENAS OUTRO OLHO Tocou a campanhia na residência da jornalista Fátima Vasconcellos. Ocupada na arrumação do quarto de dormir, ela pediu à Gerusa, empregada doméstica: - Géo, atenda a porta, por favor. Mas, antes olhe no olho mágico. A funcionária fez o que a patroa recomendou e esta perguntou: - O que você está vendo do outro lado, Géo? Respondeu a doméstica: - Outro olho, doutora Fátima!

... TAL FILHO

Tarde de sábado, a distinta madame Rigoberta recebe a visita da amigona Noemí. Papo vai, papo

11

vem, a certa altura comenta Rigoberta com indisfarçável orgulho: - O Juninho, é igualzinho ao Fred, o pai dele... - Não diga! - Pois é. O Juninho só tem três aninhos e já adora mexer com o computador. Você precisa ver ele brincando com os disquetes do Fred... E Noemí: - Hummm... então o Juninho, com apenas três aninhos, já sabe por acaso colocar um disquete no computador? - Não é bem isso, Nô... ele fica brincando de fazer casinha com os disquetes... e acaba estragando tudo! Não é uma gracinha? O comilão Ariosto entrou em casa fulo da vida. Sua doce esposa Jaqueline, quis saber: - O que foi que houve, meu bem? Por que está com essa cara amarrada? E o Ari: - É esse tal de Osvaldo, o síndico. Ele só quer ser o bacana! - Qual é o problema? - Acabei de encontrar o canalha se vangloriando lá em baixo no saguão. Estava dizendo que já transou com todas as mulheres do prédio, menos uma! Jaqueline não se conteve: - Vá ver que é aquela fresquinha do 4° andar!

Estações esportivas propiciam saúde e lazer em Maceió

SECOM MACEIÓ

Equipamentos públicos estão instalados em diversos pontos da cidade e garantem atividade física gratuita à população

E

ncontrar locais para se exercitar gratuitamente em Maceió é tarefa fácil. Equipamentos destinados à atividade física estão instalados em diversos pontos da cidade. Tratase de academias públicas ao ar livre, mobiliários urbanos esportivos (os MUEs), além das inúmeras praças que oferecem estações voltadas à prática de exercícios físicos. Para o prefeito Rui Palmeira, os investimentos feitos no esporte contribuem diretamente com outros fatores de caráter social. “Uma vez que mais pessoas passam a praticar esporte, mais pessoas passam a ter maior qualidade de vida e

contribuem no combate à vulnerabilidade de doenças, como obesidade e a hipertensão. Além disso, mais jovens dentro das atividades esportivas acabam saindo da ociosidade”, destacou. “A Prefeitura continua investindo cada vez mais em equipamentos e serviços públicos que promovam o bem estar da população de Maceió, através de opções de lazer e da prática esportiva”, completou o prefeito. As Academias Públicas já são tidas como um sucesso. Localizadas na orla da Jatiúca e na Praça Nossa Senhora de Fátima, no Feitosa, se assemelham às particulares no que se refere a maquinários e por também

PREFEITO

Para o prefeito Rui Palmeira, os investimentos feitos no esporte contribuem diretamente com outros fatores de caráter social. “Mais jovens dentro das atividades esportivas acabam saindo da ociosidade”

ACADEMIAS

Localizadas na orla da Jatiúca e na Praça Nossa Senhora de Fátima, no Feitosa, as Academias Públicas se assemelham às particulares no que se refere a maquinários e por também possuírem uma equipe de instrutores para orientar os alunos

Academias públicas promovem ações de integração social Um aspecto que encanta ainda mais os que frequentam as academias são as ações de integração social promovidas nestes espaços. Profissionais e alunos se juntam e organizam rotineiramente cafés-da -manhã, comemorações e passeios que estimulam o contato entre eles, estreitando ainda mais os laços existentes. “Recebemos uma média de 50 alunos por dia, em sua maioria idosos, e tentamos desenvolver com eles uma filosofia que busca promover saúde de uma maneira geral. Muitos chegam aqui tristes, desanimados e

logo apresentam melhoras tanto no corpo quanto na mente”, relata o educador físico Tássio Lima, da Unidade Jatiúca. Aulas de dança, treinamento funcional e ginástica localizada também fazem parte das atividades realizadas nos espaços que garantem a vaga do aluno mediante o preenchimento de uma ficha cadastral e da doação de dois pacotes de leite, posteriormente destinados à entidades carentes. MUE Além das academias, mobiliários urbanos esportivos (MUE) estão espalhados por 10 pontos da orla de

Maceió e parte alta da cidade para garantir o acesso a todos os que visitam e moram na capital. É possível encontrar também estações para práticas esportivas em alguns pontos do Eixo Quartel e muitas praças da cidade. A exemplo da praça do Mirante do Jacintinho; Gastão Florêncio Miranda, na Santa Lúcia; praça do skate, na Ponta Verde; Rosa Mística, na Jatiúca; Edivaldo Alves de Santa Rosa, no conjunto Colina dos Eucaliptos; Genésio de Carvalho, na Gruta de Lourdes e praça da faculdade, no Prado.

Fábio Neto frequenta a Academia da Jatiúca desde a inauguração: “Fiz muitos amigos e curei minha tendinite” possuírem uma equipe de instrutores pronta para direcionar os alunos nos movimentos de musculação. Com 58 anos, Fábio Neto frequenta a unidade Jatiúca desde sua inauguração

e descreve satisfeito essa experiência. “Estou aqui, olhando para o mar enquanto realizo minha série de exercícios. Recebo ondas de energia que vem da natureza e me abastecem de

positividade. Em nenhuma academia paga eu encontrei esse benefício, além disso, já fiz muitos amigos e de quebra curei minha tendinite que me incomodava muito”, relata o aposentado.

SECOM MACEIÓ

Localizadas na orla da Jatiúca e no Feitosa (foto), as academias públicas já são tidas como um sucesso


12

CIDADES

HISTÓRIAS DO

VELHO CAPITA Banho de mar à fantasia

No domingo anterior ao carnaval a Avenida da Paz lotava de gente de toda espécie e classe social. A partir das oito da manhã começavam a aparecer as troças, as fantasias, as críticas, os blocos, as Escolas de Samba para o grande desfile do Banho de Mar à Fantasia coordenado pela COC - Comissão Organizadora do Carnaval da Prefeitura de Maceió. Nas imediações do Clube Fênix um palanque dava guarida para uma banda tocar músicas de carnaval e o povo na rua pulava e dançava até mais tarde no maior calor. Depois de passar pela Comissão Julgadora, alguns caiam no mar, um mergulho com fantasia no corpo, na água límpida transparente da Avenida. Iniciava o desfile oficial perante o palanque com os jurados escolhidos pela COC para entregar as taças de campeão. Primeiramente vinham as críticas e troças com a irreverentíssima turma do Bráulio Leite, Santa Rita, Rubens Camelo, Vadinho, Alipão, João Moura, Napoleão. Esses não perdoavam governo e governantes. Depois vinham fantasias. Tarzan e sua esposa eram o casal devorador de prêmios, saíam sempre de Tarzan e Jane durante o carnaval, porém

no Banho de Mar à Fantasia variavam como casais famosos: Sansão e Dalila; Marco Antônio e Cleópatra. Havia um grande folião, Fusco, militar da aeronáutica sempre gozava um enredo de um filme da época. Certa vez, o filme do momento era “Amar foi minha ruína”, Fusco fantasiou-se de moça grávida, e nas costas, um cartaz: “Amar foi minha ruína”. Lincoln Jobim um especialista, fantasiava-se de Seu Fortes, um louco conhecido na cidade, maltrapilho, à sua volta alguns cachorros, Lincoln era um artista, imitava Seu Fortes melhor que o próprio. O desfile finalizava com a competição entre os blocos carnavalescos: Vulcão, Bomba Atômica, Pitanguinha vai à Lua, Vou Botar Fora, Cara Dura, Cavaleiro dos Montes, Amigo da Onça, disputa era acirrada. Depois de passar pelo palanque dos jurados e receberem prêmios, os blocos continuavam arrastando as multidões pela avenida, atravessavam a ponte do Salgadinho e perto do coreto entravam na Rua Silvério Jorge, onde o general Mário Lima, em sua casa, esperava cada bloco com bate-bate de maracujá, cerveja

MACEIÓ - ALAGOAS SÁBADO E DOMINGO, 15 E 16 DE FEVEREIRO DE 2020

gelada e um bom tira-gosto para os músicos. O bloco tocava 4 ou 5 frevos, depois seguiam em frente; outro bloco já estava na porta. Minha casa era uma festa, amigos dançavam, faziam o passo na enorme varanda durante o restante da tarde. Acompanhávamos os blocos na entrada e saída, uma alegria entre os amigos, figuras das mais conhecidas entravam no embalo, como as badaladas cronistas, Lilian Rose e Maria Cândida, o deputado Guilherme Palmeira, a fina flor da burguesia alagoana, Almir Furtado, Edson Frazão, Marta Mendonça, delegado Aurino Malta, misturavam-se com o povão, era a democracia carnavalesca. Atrás dos blocos misturavam-se engenheiros e serventes, médicos e enfermeiras, capitão e soldado, filhas de Maria e prostitutas. Os blocos terminavam de tocar em minha casa ao anoitecer, antecipando o carnaval. Namoros feitos, outros desfeitos, a alegria do carnaval tomava conta da juventude. À noite o povão voltava para suas casas. Cansados, os blocos recolhiam seus estandartes esperando o carnaval chegar. Certa vez, Arnaldo, aluno do

NPOR, passou todo frajola por mim e outro amigo, dois guerreiros cansados. Ele deu um sorriso de superioridade mostrando sua companheira abraçada pela cintura. Era Guiomar, uma das empregadas domésticas mais disputadas da região. Ele dirigiu-se à praia agarrado na cintura fina da monumental mulata. A inveja é o pior sentimento do mundo. Eu e o amigo, depois de algum tempo, também descemos à areia fofa da praia, fomos nos achegando em direção onde Arnaldo amava Guiomar. Eles entretidos não perceberam, estávamos bem perto. Ao ver o casal abraçado, rolando na praia, lambuzando-se de areia, demos um grito para assustar nosso amigo e a bela Guiomar: “É a Polícia!!!!”. Arnaldo nu, completamente melado de areia, levantou-se gritando incontinente: “Sou tenente do Exército Brasileiro, sou tenente do Exército!” Só percebeu a brincadeira quando demos uma gostosa gargalhada. Logo nos retiramos, deixando os dois pombinhos se amarem. Ao olhar para trás percebi dois vultos na água calma e morna do mar, tirando a areia do corpo, a última fantasia, a derradeira do Banho de Mar à Fantasia.

Carnaval: aluguel de casas garante renda extra

CORTESIA

Corretor de imóveis diz que época é rentável e a procura é grande, principalmente em cidades do litoral alagoano LUCAS FRANÇA REPÓRTER

O

mercado imobiliário está em alta nas cidades do litoral alagoano, principalmente naquelas que vão ter programação no período de Carnaval. O aluguel de temporada é uma tendência nessa época e garantem o orçamento para proprietários de casas de veraneio. A jornalista e empresária Luana Nunes, por exemplo, comprou uma casa em um condomínio na Praia do Francês, Marechal Deodoro, já com a intenção de alugar nesses períodos e garantir uma renda extra. “Moramos em um estado privilegiado, que nos permite viver um verão durante quase o ano inteiro. Já com-

prei a casa com a intenção de veranear e, depois de deixá-la equipada com tudo que uma casa precisa ter, comecei a alugar. A procura começou a surgir naturalmente, pois o local é seguro, pertinho de Maceió, perto do mar morno da praia do Francês e com piscina privativa’’, explica Luana Nunes. A empresária explica que a casa é para uma família ou grupo de até cinco pessoas. “Meus hóspedes se sentem praticamente em casa. Há muito conforto, segurança motorizada, piscina privativa, área de lazer, internet e estacionamento”. A propriedade está disponível para o aluguel no site Airbnb especializado em aluguéis. Mas a proprietária conta que gosta de receber os hospedes para entregar a chave do imóvel.

TENDÊNCIA O aluguel de temporada é uma tendência nessa época e garantem o orçamento para proprietários de casas de veranei

Casa no Francês comporta família ou grupo de até cinco pessoas, segundo empresária e jornalista

RENDA EXTRA

A jornalista e empresária comprou uma casa em um condomínio na Praia do Francês com a intenção de alugar nesses períodos e garantir uma renda extra

PROCURA Segundo o proprietário de uma corretora de imóveis na Praia do Francês, Haroldo Gama, nesta época as pessoas procuram de fato muitos imóveis para curtir o Carnaval

“Desta forma consigo alcançar hóspedes do mundo inteiro e, também, alugo por conta própria quando

ACERVO PESSOAL

Advogada Taciana Neri (esq.) com a turma em Carnaval passado: “preferimos cidades com programação”

há disponibilidade no calendário eletrônico. Como neste ano de 2020 vamos ter nove feriadões, já organizei a casa para receber novos visitantes. O próprio site nos passa um breve histórico sobre os clientes que fazem a reserva. Quando eles chegam a Maceió, faço questão de recebê-los para entregar a chave. Na saída, da mesma forma, vou até o Francês para receber a chave de volta. Durante o período da hospedagem, estou sempre on-line e à disposição deles para fornecer as melhores

dicas e passeios dos nossos litorais’’, esclarece Nunes. O proprietário de uma corretora de imóveis na Praia do Francês, Haroldo Gama, disse que nesta época as pessoas procuram de fato muitos imóveis para curtir o Carnaval. “Este é um período de muita procura, principalmente em cidades do interior e no litoral. São grupos de amigos e famílias inteiras. É uma época de fato que garante renda extra. Vale a pena porque geralmente esses imóveis de praia ficam

fechados e têm gastos para mantê-los. Então, quando os donos não vão utilizar, para não ficarem fechados, colocam para alugar’’, explica Gama. Gama conta que existem uma demanda muito grande e a procura também. “As cidades estão crescendo. Muitos condomínios construídos nos balneários. A procura é boa – a questão é a economia que está rodando para o poder aquisitivo seja compatível para que as pessoas possam fazer turismo e movimente a nossa economia’’.

Advogada reúne amigos e familiares e loca imóvel para aproveitar feriadão Seja nos sites especializados, por indicação de amigos, via corretor de imóvel ou mesmo diretamente através do proprietário a busca pelas casas para curtir o Carnaval começa ainda faltando alguns meses. A advogada Taciana da Franca Neri sempre busca alugar casa para passar este período festivo. E segundo ela, a escolha é sempre em cidades do litoral alagoano e já utiliza todas essas maneiras de buscar o imóvel. “Preferimos sempre curtir no litoral. De início alugávamos as casas por indi-

cações de amigos, mas nos últimos anos buscamos em aplicativos especializados’’, relata Taciana. A advogada diz que nessa época, por se tratar de um período de muita demanda, os valores para os aluguéis costumam ser mais altos. “Por ser época específica e de grande procura, os valores ficam mais altos se comparados às demais épocas do ano, assim o caminho é pesquisar bem. Como o aluguel vai ser dividido pelo grupo, assim como as demais despesas, então melhora’’, comenta Neri. A foliã ressalta que o

grupo composto por 12 pessoas busca sempre cidades que tenham programação nos dias de festa. “Preferimos cidades com programação carnavalesca, já que a turma gosta da folia de Carnaval, de acompanhar os blocos, mas também de curtir em casa, recebendo os amigos. Então sempre que dá tentamos conciliar’’, esclarece a advogada. Taciana conta que já juntou os parentes e amigos para alugar casas e passar o Carnaval em Japaratinga, São Miguel dos Milagres e Barra de São Miguel e outras. (L.F.)


CIDADES

MACEIÓ - ALAGOAS SÁBADO E DOMINGO, 15 E 16 DE FEVEREIRO DE 2020

13

Destino Alagoas cresce 30% na Azul Cerca de 380 mil turistas chegaram ao Estado pela companhia no ano passado, que expandiu em 25% suas operações para Maceió ASCOM SEDETUR

As belezas e os atrativos turísticos alagoanos seguem crescendo na preferência do turista nacional e internacional. A Azul Linhas Áreas acaba de anunciar um crescimento de quase 30% no número de passageiros que chegaram a capital Maceió no comparativo dos anos 2018/2019. Apenas no ano passado, cerca de 380 mil turistas desembarcaram no Aeroporto Internacional Zumbi dos Palmares. Junto à expansão no número de passageiros, a Azul também apresentou crescimento de 25% da malha área alagoana. Os dados foram compartilhados, com exclusividade, nesta semana, durante reunião institucional com o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Rafael Brito, na sede da companhia, em São Paulo. Os resultados expressivos são frutos do acordo de conces-

são de incentivos do Governo de Alagoas, que reduz os impostos sobre o QAV (Combustível de Aviação) de 12% para 5% para as companhias aéreas e tem como contrapartida o aumento do número de voos por parte das empresas. A Azul é uma das beneficiadas com a redução do imposto desde junho do ano passado. “Tem sido nossa prioridade ter um relacionamento de proximidade com os grandes players do turismo nacional e internacional. As companhias aéreas são parceiros fundamentais para a consolidação do Destino Alagoas nos diferentes mercados, e temos trabalhado incisivamente no fortalecimento destas parcerias, por meio de diversas estratégias de promoção, como ações de marketing, campanhas de venda, mídias online e offline“, salienta o secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Rafael

As companhias aéreas são parceiros fundamentais para consolidação do Destino Alagoas nos diferentes mercados e temos trabalhado incisivamente no fortalecimento destas parcerias” RAFAEL BRITO Secretário Desenvolvimento Econômico e Turismo

Brito. Ainda na oportunidade, a empresa Azul Viagens confirmou que irá manter, durante a baixa temporada, quatro voos fretados provenientes de São Paulo (SP), Belo Horizonte (MG), Campinas (SP) e Ribeirão Preto (SP).

Dados foram compartilhados em reunião institucional com Rafael Brito, na sede da companhia, em SP

Vice-presidente do BB visita a Fiea Em visita a Alagoas, o vice -presidente de Varejo do Banco do Brasil, Carlos Motta, se reuniu com dirigentes de entidades do setor produtivo. Em encontro na Federação das Indústrias (Fiea), Motta conversou principalmente sobre os produtos que o BB destina às Micro e Pequenas Empresas. Recebido pelo vice-presi-

dente da Fiea, José da Silva Nogueira Filho, o vice-presidente afirmou que a instituição tem “todo interesse de saber e atender as necessidades do segmento da economia formado por micro e pequenas empresas”. Ele estava acompanhando do superintendente regional do BB em Alagoas, Eduardo Lima.

Respondendo a indagação das lideranças do setor, Carlos Motta disse que o Banco do Brasil quer retomar sua presença na área da construção civil. O encontro foi cordial, seguido de um almoço, e nele as lideranças empresariais alagoanas expuseram questões que podem estreitar as relações com a instituição bancária que

passa por um bom momento. No ano passado, o Banco do Brasil teve lucro líquido de R$ 17,8 bilhões, um crescimento de 32,1% em relação ao ano anterior. A própria instituição definiu esse resultado como o maior lucro da história do banco. Além do vice-presidente José Nogueira, participaram

ASCOM FIEA

da reunião na Federação das Indústrias os presidentes da Federação do Comércio, Gilton Pereira Lima, Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas, Leonardo Marques, dos sindicatos da Construção Civil, Alfredo Brêda, e da Indústria do Vestuário e Confecções, Francisco Acioli, o diretor-superintendente do Sebrae/AL, Marcos Vieira, e representantes da Federação da Agricultura e da Associação dos Criadores de Alagoas.

Carlos Motta (esq.) visitou a federação


14

PUBLICIDADE

MACEIÓ - ALAGOAS SÁBADO E DOMINGO, 15 E 16 DE FEVEREIRO DE 2020


ESPECIAL

MACEIÓ - ALAGOAS SÁBADO E DOMINGO, 15 E 16 DE FEVEREIRO DE 2020

15

RÍVISON BATISTA

Os expressos da meia-noite de Maceió

O cotidiano dos motoristas que dirigem ônibus pela madrugada e de quem depende do transporte público no horário em que a maioria da população está dormindo

ANA PAULA OMENA RÍVISON BATISTA REPÓRTERES

Seis linhas de ônibus fazem o corujão pelas ruas de Maceió, contabilizando mais de 7 mil passageiros transportados por mês, uma procura considerada baixa, porém ativa. Embora o medo de andar de ônibus seja real, segundo o Sindicato das Empresas de Transporte Urbano de Passageiros de Maceió, durante os meses do ano passado não houve registros de assaltos dentro dos corujões em Maceió. Para o sindicato, operações policiais têm contribuído para uma maior segurança nas madrugadas


ESPEC

16

CORUJÃO: O TRANSPORT Segundo o IBGE, mais de 10 milhões de pessoas trabalham entre 22h e 5h e necessitam do transporte público EDILSON OMENA

O garçom Hernandes Victor trabalha durante a noite e, muitas vezes, sente dificuldade de conseguir transporte público após largar depois da meia-noite

Rodando pela parte baixa durante a madrugada A rotina de trabalho do motorista Edvânio Rufino Vieira é a seguinte: durante a madrugada, dirige o ônibus em três viagens pelas avenidas e ruas de Maceió. Cada viagem dura, aproximadamente, uma hora e meia. A linha que o motorista trabalha é a Joaquim Leão – Ponta Verde, de número 797, da empresa Veleiro. “Saio da garagem da empresa às 23h30 e começo a primeira viagem, saindo do Terminal Rodoviário de Maceió [no bairro do Feitosa], às 23h50”, afirma Edvânio. O atual horário de trabalho do motorista é de 23h30 até as 5h30 da manhã.

O percurso que o motorista faz abrange, praticamente, toda a parte baixa da capital alagoana. Ao sair do Terminal Rodoviário, no Feitosa, o Joaquim Leão – Ponta Verde vai sentido ao Instituto Federal de Alagoas (Ifal), no bairro do Centro, e depois segue pela Avenida Siqueira Campos, que corta os bairros do Prado e do Trapiche da Barra. “Aí eu faço o retorno pelo terminal de ônibus no Trapiche, vou pela Avenida Cabo Reis [que corta o bairro da Ponta Grossa] e chego ao Conjunto Joaquim Leão, nas proximidades da Guarda Municipal de Maceió”, conta o motorista.

Dirigir à noite vira um costume, diz motorista A partir da segunda viagem, o motorista diz que o fluxo de passageiros é menor, porém há trabalhadores que param o ônibus depois de 1h30 da madrugada. Ele retorna ao Terminal Rodoviário às 2h45 e inicia a terceira viagem às 3h da madrugada. “Nesse horário, tem uma parada na garagem da Veleiro para pegar alguns funcionários, então depois continuo e encerro a viagem perto das 5h20”, afirma. Edvânio Vieira é motorista experiente. Trabalha com ônibus há 18 anos e faz o corujão há 2 anos. Antes da Veleiro (viação que trabalha há 5 anos), estava na empresa Cidade de Maceió, onde fazia o período diurno, mas, às vezes, tirava folga de companheiros que faziam o corujão. Foi nesse período que ele conheceu o que era guiar um ônibus pela madrugada. “Quando você se adapta ao horário noturno, vira um

costume. Não tem mais problema de sonolência nem problema de saúde que venha a ocasionar. Durante a noite, é necessário ter muita atenção no trânsito. Prestar atenção nas saídas e nas entradas das vias. Nos cruzamentos também. Não é só chegar e dirigir. Se torna um pouco perigoso, porque o tráfego diminui. Tem que tomar cuidado”, conta o motorista. Para manter a atenção durante o trabalho noturno, o motorista afirma que dorme durante o dia e diz que foi necessário mudar a rotina que tinha antes de fazer o corujão. ESTRATÉGIAS DE SEGURANÇA Edvânio fala que é inevitável a criação de um vínculo com o passageiro que utiliza o corujão. “A gente acaba conhecendo muita gente. Já pego o passageiro em um determinado local, porque tem ponto que não tem aquela visibilidade boa, não é muito claro, então o passageiro

Depois de passar pelo conjunto, o ônibus segue pelo bairro do Vergel do Lago, depois vai sentido ao Poço. Após sair do Conjunto Santo Eduardo no sentido à orla, começa o maior fluxo de passageiros da primeira viagem da noite de Edvânio. O ônibus passa pela Avenida Doutor Antônio Gomes de Barros (antiga Amélia Rosa), no bairro da Jatiúca, e trabalhadores que largam dos muitos bares e restaurantes na localidade já aguardam o corujão. “A maioria que aguarda por ali não é de simples passageiros. São funcionários que trabalham nos estabelecimen-

fica em um lugar em que o motorista enxergue que é ele”, diz. Na hora do desembarque. Edvânio conta que também para o ônibus em um lugar mais seguro para o passageiro, deixando os usuários do transporte coletivo mais próximos às residências. Sempre dirigindo com a atenção redobrada na sinalização de trânsito e nos cruzamentos, o motorista relata que nunca se envolveu em uma colisão. Ele também relata que nunca foi vítima de assalto durante os 18 anos da profissão. “Em caso de assalto, se uma viatura policial passar próxima, sinalizamos cortando luz ou ligando o alerta do veículo. Aqui, não temos o botão de pânico nos ônibus. Acho que seria algo viável. Acho que a Polícia Militar trabalha muito bem, mas poderia chegar mais junto. Apesar de fazer a revista de passageiros de vez em quando, não é com tanta frequência que isso acontece. Acho que existe a necessidade de a polícia chegar e abordar mais, de fazer uma revista de rotina”, comenta.

tos pelo bairro. Então se cria um vínculo entre passageiro e motorista por conta de se pegar todos os dias o mesmo ônibus”, relata. Após sair da Avenida Doutor Antônio Gomes de Barros, o corujão vai pela orla da cidade, onde, segundo Edvânio, sobem muitas pessoas que trabalham nos hotéis da Ponta Verde e da Pajuçara. Após esse percurso pelos bairros da orla, o ônibus segue de volta para o Vergel e depois retorna para o Terminal Rodoviário, onde Edvânio chega, geralmente, 15 minutos antes da segunda viagem da noite, que começa às 1h30 da madrugada.

R

aros, mas diários, os ônibus corujões de Maceió representam um alento na saga de diversos trabalhadores que voltam para casa no meio da madrugada ou que precisam estar antes das 5h no serviço. Na maioria, são pessoas que trabalham em bares, restaurantes, condomínios e estabelecimentos comerciais que, para sobreviver, labutam enquanto muitos estão dormindo.

São nos corujões de todos os dias que estão também os rodoviários, esses profissionais que percorrem distâncias durante as madrugadas transportando praticamente as mesmas pessoas, várias delas tendo o ônibus como parte de suas rotinas diárias há anos. No Brasil, conforme o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 13,4 milhões de pessoas no país trabalham entre 22h e 5h, pelo menos parcialmente, e, em sua maioria, dependem do transporte público para se locomover. Hernandes Victor dos Santos é garçom há 20 anos sempre trabalhando nas madrugadas. Atualmente, trabalha em um restaurante localizado próximo à orla marítima de Maceió e contou das dificuldades de transporte à noite, que, sem sombra de dúvidas, é ainda mais difícil, porém reforçou que melhorou muito em comparação ao que era antes. “Diante do que o trabalhador faz no período da noite, ao largar, bate aquele sono. E como o motorista já conhece e sabe quem são as pessoas que sobem sempre no mesmo ônibus, acontece de a gente dormir no ponto e o motorista chamar para gente subir. Do mesmo jeito, no ponto de destino, acorda a gente para descer”, garantiu. No entanto, o garçom faz uma ressalva quando o problema diz respeito aos horários e opções durante as madrugadas. “Maceió é uma cidade turística. Muitos bares e restaurantes funcionam durante toda a noite e os trabalhadores da madrugada são carentes de transporte noturno. Se perder, por exemplo, o transporte de meia-noite, complica. Muitas vezes, o aplicativo [do celular] fica sem corresponder aos horários dos ônibus. Resultado: já fiquei até 3h da manhã no ponto aguardando passar esse mesmo coletivo, porque o motorista, às vezes, desvia da rota”, criticou o garçom, contando sua experiência. “E outra, eu moro no Village Campestre II. O ônibus passa apenas na Via Expressa [Avenida Menino Marcelo] e não entra no bairro. Eu preciso andar mais de um quilômetro até chegar na minha casa. Acho que se faz necessário colocar mais ônibus para a população neste horário. Muitas vezes, o restaurante está cheio e não tenho condições de sair à meia-noite. Fico até 3h da manhã no ponto e é desgastante demais, correndo o risco de ser assaltado. Deus me livra todos os dias”, mencionou.

EDILSON OMENA

Edvânio Vieira trabalha como motorista de ônibus há 18 anos e dirige o corujão da Veleiro pelas madrugadas há 2 anos


CIAL

17

MACEIÓ - ALAGOAS SÁBADO E DOMINGO, 15 E 16 DE FEVEREIRO DE 2020

TE QUE CRUZA A NOITE RÍVISON BATISTA

RÍVISON BATISTA

O motorista de ônibus Valdemir França vai da parte baixa à parte alta da capital alagoana durante a noite e a madrugada

Dirigindo o corujão da linha 798, que corresponde ao ônibus Fernão Velho - Ponta Verde, Valdemir França faz três viagens, sendo a última às 4h da manhã

De um extremo ao outro de Maceió enquanto a maioria ainda dorme O motorista Valdemir França conta que já sentiu na pele por duas vezes a tensão de um assalto a ônibus. “Aconteceu uma vez no Rosanne Collor e outra vez no Rio Novo. Foi durante a madrugada. Não me amedrontou, porque eu já ando com o psicológico preparado para isso. Pegaram o dinheiro e os celulares dos passageiros e foram embora. Ninguém se feriu”, relata. Valdemir faz a linha 798, que corresponde ao ônibus Fernão Velho - Ponta Verde, da empresa São Francisco. O motorista cruza quase Maceió inteiro durante a noite e a madrugada. É um percurso que compreende a parte baixa da cidade, passando pelas praias, por exemplo, e a parte alta. Ele dirige o corujão

há 3 anos e meio. “Ao sair do Terminal Rodoviário de Maceió, pego pela Praça da Faculdade, depois dirijo por toda a orla de Maceió. Saindo das praias, vou para o bairro do Bebedouro, aí subo para a Chã da Jaqueira, vou aos Conjuntos João Sampaio e Rosanne Collor e pego em direção ao bairro do Clima Bom. Depois desço a ladeira da Mafrial para chegar aos bairros de Rio Novo e Fernão Velho e, depois de tudo isso, retorno para o Terminal Rodoviário para a próxima viagem”, conta o motorista. Assim como Edvânio Rufino, Valdemir França faz 3 viagens no coletivo da São Francisco. A primeira viagem de Valdemir começa às 23h40, a segunda inicia

às 2h da madrugada e a última já é às 4h da manhã. Cada viagem dura, aproximadamente, uma hora e cinquenta minutos. A última viagem é uma exceção e o motorista consegue terminar mais rápido, já que nessa o ônibus não entra no bairro do Rio Novo. Apesar do longo caminho que percorre, Valdemir afirma que é na orla da capital onde sobe a maioria dos passageiros. “Muita gente entra. É o pessoal que trabalha na praia. No decorrer da viagem, outros pontos se destacam também. A Chã da Jaqueira é movimentada durante a madrugada quando tem alguma festa, algum evento”, comenta. O motorista conta que no corujão de domingo para segunda

vai todo mundo sentado. Na segunda e na terça-feira também existe essa calmaria, já que são os dias em que muitos bares e restaurantes na orla não abrem. Na quarta, ele diz que não chega a lotar, mas já tem mais gente do que nos dias anteriores. “Na quinta, o corujão enche em duas viagens. Já vai gente em pé. Sexta também enche, porque já pega o trabalhador que faz um extra durante a noite”, afirma. AMOR PELA NOITE À reportagem, Valdemir confessa que ama o horário noturno e nunca dirigiu ônibus durante o dia. “Durmo a partir das 7h da manhã. Chego em casa umas 6h, tomo um cafezinho e relaxo. Consigo ter um bom sono até o início da tarde”, diz.

Comentando um pouco sobre a sensação de insegurança que muitas pessoas têm em relação a pegar um ônibus de madrugada, ele diz que acontece justamente o inverso, ou seja, a madrugada é mais segura do que o dia (apesar dos assaltos que sofreu). “Tenho visto muito a polícia na rua. Está muito eficiente. Mas durante esse tempo todo que faço corujão, a polícia só me parou para fazer a revista de passageiros umas três vezes. Talvez não parem tanto pela tranquilidade do horário. Por incrível que pareça, a madrugada, em comparação ao dia, tem um menor índice de ameaças. Talvez porque [criminosos] saibam que não existe renda no corujão. É mais no cartão [bilhetagem eletrônica]”, afirma.

Condutor de ônibus sente-se mais seguro trabalhando no horário noturno Motorista da empresa Real Alagoas há quase 5 anos, Anderson Mourão Ferreira dirige pela linha Village II, de número 097. Anderson é motorista há 10 anos. A empresa em que trabalhou antes da Real Alagoas foi a viação Cidade de Maceió, onde guiava o ônibus da linha Benedito Bentes – Ponta Verde. Ele conta que faz o corujão do Village II há cerca de um ano. “Algumas vantagens que me fizeram optar pelo horário à noite foram o adicional noturno e a hora extra. Também é um horário mais tranquilo de se trabalhar. Não tem trânsito. É sem estresse”, afirma o motorista. Após nove anos trabalhando no período diurno, Mourão conta que sente mais segurança trabalhando pela madrugada. “Durante o dia era mais arriscado em termos de assalto. Mas, graças a Deus, nunca passei por essa situação”, diz. Mourão sai da garagem da Real Alagoas com o Village II às 23h30, para iniciar a primeira viagem – partindo do Terminal Rodoviário de Maceió – às 0h. O percurso é grande e dura entre 1 hora e 50 minutos a 2 horas. Nesse tempo, enquanto muitos dormem, o corujão do Village II atravessa boa parte de Maceió. “Eu inicio a viagem pelo Terminal Rodoviário, depois desço no sentido ao Trapiche da Barra e ao Prado. Aí passo pelo

Jaraguá e vou para o Poço. A subida para a parte alta é pelo Farol, que atravesso e entro na Santa Lúcia. Aí pego pelo Salvador Lyra, Cleto Marques Luz, Graciliano Ramos e chego ao Village. Saio nas proximidades do Hospital Universitário, vou sentido ao Eustáquio Gomes, chego na Forene e retorno para o Terminal Rodoviário”, relata o motorista. A segunda viagem de Mourão inicia às 2h da madrugada e a terceira, às 4h20 da manhã. “A primeira viagem é sempre a mais movimentada. É a que mais sobem passageiros no corujão. Na Praça da Faculdade [no bairro do Prado] é onde há mais concentração de passageiros durante o percurso”, comenta. Mesmo a primeira viagem sendo a mais movimentada, geralmente todos os passageiros vão sentados no corujão do Village II. “Eu pego, no máximo, 25 passageiros durante a noite”, afirma. MAIS ILUMINAÇÃO Mourão diz que nunca sofreu um assalto durante o trabalho, mas comenta que poderia haver mais segurança no período noturno para quem trabalha no transporte público e para seus usuários. “Há uns pontos que são bem escuros. Podia haver mais iluminação nas vias públicas. Durante a noite, deveria ter mais patrulhamento da polícia. Eu me sentiria mais seguro. Prin-

RÍVISON BATISTA

Anderson Mourão conta que, entre as vantagens de se trabalhar durante a noite, estão o adicional noturno e a hora extra cipalmente, nos lugares mais ‘esquisitos’ na noite, como o Village e o Santos Dumont, por exemplo”, diz o motorista. Da mesma forma que o mo-

torista Edvânio Rufino, da Veleiro, Mourão diz que já conhece quem sobe no corujão do Village II. “Já sei onde o passageiro pega o ônibus, os horários e tudo

mais. Já sei onde o passageiro vai descer, então paro mais próximo à casa dele. Sempre seguindo o itinerário do ônibus”, afirma.


18

ESPECIAL

MACEIÓ - ALAGOAS SÁBADO E DOMINGO, 15 E 16 DE FEVEREIRO DE 2020

TRIBUNA HOJE / ARQUIVO

EDILSON OMENA

Presidente do Sinturb, Guilherme Borges, entende a importância dos corujões para trabalhadores

Corujões não garantem retorno financeiro Seis linhas de ônibus fazem o transporte público pelas vias da capital durante a noite e a madrugada A oferta de transporte público no horário especial noturno em Maceió não é uma obrigação das empresas de ônibus. Por esta razão, tem caráter essencialmente social. Guilherme Borges, presidente do Sindicato das Empresas de Transporte Urbano de Passageiros de Maceió (Sinturb-Mac), explicou que as linhas especificamente são sociais, pois os custos da operação não são pagos. “Sabemos a importância da linha para o usuário que a utiliza para ir ao trabalho, tanto durante a madrugada como ao voltar para casa depois de trabalhar. Porém, não é uma linha que garante retorno financeiro para cumprir os custos que ela tem com as viagens, além do número de passageiros ser baixo”, afirma. E há quem pense que nos fins de semana diminui o número de corujões. De jeito nenhum. As viagens são as mesmas para garantir ida e volta dos passageiros que usam este tipo de transporte coletivo na capital alagoana. “São, em sua maioria, trabalhadores, onde o serviço começa antes das 5h da manhã, ou que trabalham em bares e restaurantes e que largam depois das 0h”, disse Guilherme Borges. Ao todo, seis linhas de

ônibus fazem os trajetos dos corujões diariamente. Os itinerários são diferentes das linhas convencionais, atendendo mais bairros e também pontos estratégicos da cidade, como o Terminal Rodoviário de Maceió e também a Praça da Faculdade. As viagens começam, geralmente, às 23h30 e as últimas iniciam às 4h da manhã, finalizando perto das 5h30. Após isso, as linhas convencionais assumem. Seis linhas de ônibus fazem o corujão pelas ruas de Maceió, contabilizando 7.221 passageiros transportados por mês, uma procura considerada baixa, mas ativa. Cada uma delas faz três viagens por noite. Para se ter uma ideia da quantidade de pessoas que embarcam, apenas na linha 796 - que faz Benedito Bentes, Ponta Verde e Eustáquio Gomes, da Empresa Real Alagoas são 2.053 passageiros mensalmente. Em seguida, vem a linha 798, que transporta 1.759 passageiros por mês entre os bairros Ponta Verde e Fernão Velho, da empresa São Francisco. O corujão não dispõe de cobrador, como os convencionais, já que 75% dos passageiros possuem o Cartão Bem Legal e o utilizam como forma de pagamento.

Arquiteto e urbanista Renan Silva diz que falta mais investimento na mobilidade urbana de Maceió

Linha 796 – 2053 passageiros por mês (BENEDITO BENTES – PONTA VERDE – EUSTÁQUIO GOMES) Linha 798 – 1759 passageiros por mês (FERNÃO VELHO – PONTA VERDE) Linha 197 – 1144 passageiros por mês (IPIOCA – TRAPICHE) Linha 097 - 875 passageiros por mês (VILLAGE 2 – CENTRO) Linha 599 – 754 passageiros por mês (CRUZ DAS ALMAS/FEITOSA/SÃO JORGE/SANATÓRIO) Linha 797 – 636 passageiros por mês (JOAQUIM LEÃO – PONTA VERDE) Seis linhas de ônibus fazem o corujão pelas ruas da capital alagoana, contabilizando mais de 7 mil passageiros transportados por mês

Mobilidade urbana em Maceió ainda é tímida, diz urbanista Na visão do arquiteto e urbanista Renan Silva, a mobilidade urbana é considerada ruim e não se restringe apenas à capital alagoana. No entanto, ele destaca que algumas cidades brasileiras investem esforços para que o problema seja minimizado. “Por exemplo, Fortaleza, que vem passando por um verdadeiro processo de revolução na mobilidade com um avanço significativo da infraestrutura para os transportes não motorizados. A grande questão é que o espaço em Maceió é limitado, as ruas são limitadas e os veículos motorizados ocupam muito espaço. Então se deve pensar em ocupar os espaços de forma eficiente”, frisou. Em Maceió, conforme Renan Silva, existem algumas políticas públicas no sentido de melhorar a mobilidade urbana, porém

são tímidas, citando a faixa azul, para ele importantíssima para melhorar o fluxo dos ônibus que transportam mais pessoas, ocupando de forma mais eficiente os espaços, e que precisam de priorização para o deslocamento. “Essa priorização não beneficia apenas quem usa o ônibus, mas a todos, e essa é uma questão importante que deve ser sempre debatida. Muita gente pensa que, com a faixa azul, quem usa o carro perdeu o espaço no deslocamento. No primeiro momento isso é fato, porém quanto menos gente usar o carro, o transporte individual, mais espaço vai sobrar”, afirmou. “A partir do momento que o transporte coletivo apresentar mais atrativos e qualidades para as pessoas, considerando todos os aspectos, como preço da tarifa, confiabilidade, segurança, pontualidade, entre

outros, haverá uma tendência natural para sua maior utilização no deslocamento”, explicou. Outro avanço considerável é a integração temporal em Maceió, além das reformas de terminais de transporte que contribuem para o melhor fluxo de passageiros. De acordo com dados expostos pelo urbanista, 70% das pessoas em Maceió se deslocam através de ônibus, a pé ou de bicicleta. Os recursos são desproporcionados, isto é, não respeitam o volume significativo para que haja melhor qualidade nos serviços prestados à população. “O baixo investimento em transporte público leva a vários impactos, inclusive, na saúde humana. O transporte coletivo está abandonado, o volume de passageiros está diminuindo a cada ano, isso leva à necessidade de se elevar a

tarifa e, quando acontece, gera um impacto negativo no sistema, afastando as pessoas. Então, se não for buscado um equilíbrio econômico e atratividade no sentido de mais pessoas utilizarem o transporte coletivo de passageiros, vamos chegar a um momento de ter uma tarifa elevada, por exemplo, de R$ 15, para transportar ninguém”, observou Renan Silva. SEM ASSALTOS EM 2019 De acordo com o Sinturb, durante o ano passado não houve registros de assaltos dentro dos corujões em Maceió. Para o sindicato, operações policiais têm contribuído para uma maior segurança nas madrugadas. A SMTT reforça que, pelo Disque SMTT, no número 118, o maceioense pode registrar qualquer irregularidade referente aos coletivos de Maceió.


ECONOMIA

MACEIÓ - ALAGOAS SÁBADO E DOMINGO, 15 E 16 DE FEVEREIRO DE 2020

19

Praias sem badalação que encantam Considerado como o lado B de Alagoas, litoral alagoano é vasto em belezas e atrativos seja ao Norte ou ao Sul CLAUDIO BULGARELLI SUCURSAL REGIÃO NORTE

O

litoral alagoano é cheio de surpresas e mesmo aquelas praias que são menos conhecidas e nem tão badaladas encantam pessoas do estado e turistas, tanto é que muitas agências já organizam passeios passando por esses locais ou levando seus passageiros diretamente. Conheça um pouco dessas praias, consideradas como o lado B de Alagoas com encantos e belezas próprias desses locais. Indo para o Norte ou para o Sul, não vão faltar motivos para você dar uma parada. Pratagy - Em direção ao Litoral Norte, se você não vê a hora de descansar em um paraíso perfeito

para todas as idades, chegou a hora de conhecer Pratagy, a belíssima orla que fica a 15 km do centro de Maceió. Esse lugar mágico mistura mar, rio e Mata Atlântica. Considerada um dos recantos da cidade, é uma boa opção para os que buscam uma bela paisagem para admirar e relaxar. Costuma receber um bom número de turistas durante a alta temporada, mas ainda é pouco conhecida pela maior parte dos que visitam o município nas férias. Moradores da região e pescadores são os principais frequentadores do lugar. De mediana extensão, conta com uma boa faixa de areia dourada e fina, o mar é levemente movimentado, formando pequenas ondas dependendo do tempo. Sonho Verde - Dentre as incontáveis estrelas do litoral alagoano,

jamais poderia ser esquecida uma praia que há algum tempo já ganhou a admiração dos moradores do Estado e, mais recentemente, vem conquistando os turistas, especialmente os italianos. Trata-se da Praia do Sonho Verde. Situada entre as praias de Paripueira (ao sul) e Tabuba (ao norte), Sonho Verde respira uma tranquilidade que faz você se sentir bem distante de um centro urbano. Ilha da Croa - Localizada na Barra de Santo Antônio, a Ilha da Croa é uma das grandes atrações do município. Só que, ao contrário do que o seu nome indica, não se trata de uma ilha, e sim de uma península. É verdade que, com a construção da ponte, o acesso à “ilha” se tornou mais fácil, mas ainda assim, é um lugar que tem muitos encantos, como o Rio Santo Antônio e

suas praias. Praia dos Morros - Deserta, paradisíaca, cinematográfica e a menos conhecida e explorada de toda a Rota Ecológica dos Milagres. Assim se apresenta a Praia dos Morros, a mais bela do município de Passo de Camaragibe, que é uma verdadeira perfeição para quem quer desfrutar de momentos tranquilos em meio a uma paisagem de tirar o fôlego. A foz do Rio Camaragibe, a água azul cristalina e as falésias atraem os turistas em busca da chance única de percorrer caminhos que parecem intocados por pegadas humanas. Mas conhecer esse cenário tem seu preço, porque fica numa região de difícil acesso, mas essencial para ser visitada, afinal como a mais bonita do município, merece o grau de dificuldade.

Praia do Riacho- Em São Miguel dos Milagres, no povoado de mesmo nome, tem trechos desertos – movimentado mesmo, somente na faixa de areia da pousada e restaurante Recanto dos Milagres, que recebe grupos vindos de Maceió. Completam o cenário as piscininhas de águas transparentes e os coqueiros. Boa para caminhadas – vindo da Praia do Toque, são 45 minutos. Praia tranquila de águas calmas. Um bom lugar para descansar e fugir do cotidiano agitado das grandes cidades. Costuma receber um bom número de turistas durante a alta temporada, que aproveitam para relaxar e repor as energias Praia da Lage. Menos famosa que sua irmã, Patacho, mas não menos bela, tem visual caribenho que agrada. O povoado a 100 km

DIVULGAÇÃO

Praia dos Morros, deserta e paradisíaca, é a menos conhecida e explorada de toda a Rota Ecológica

DIVULGAÇÃO

Exótica Praia de Jacarecica do Sul é rodeada por falésias avermelhadas com até 15 metros de altura

Praia do Saco ainda é pouco frequentada Praia do Saco - Em direção ao Litoral Sul, localizada na Massagueira de Baixo, com aproximadamente 3 quilômetros de extensão, essa praia é considerada uma das menos frequentadas da região. Seu belo visual encanta os diversos visitantes que chegam ao lugar durante a alta temporada, que aproveitam para relaxar e tomar um refrescante banho de mar. É uma boa opção para todos os públicos, atraindo famílias e jovens. Conta com uma espaçosa faixa de areia clara e fina, o mar é calmo, de águas claras e lim-

pas, muito propício para o banho e prática de esportes náuticos. Praticamente inexplorada pelo turismo, essa praia é propícia ao descanso, e os visitantes que chegam ao lugar desfrutam de bons momentos. Praia de Jacarecica do Sul - A mais ou menos 60 km de Maceió está a bela e ainda pouco conhecida Jacarecica do Sul. Rodeada por falésias avermelhadas com até 15 metros de altura, que atribuem ao local um cenário mais selvagem, a praia conta não só com o mar, mas também uma la-

goa de água doce em uma de suas extremidades. Não há nenhuma infraestrutura e uma das formas de acesso é pelo passeio conhecido como Circuito Pau de Arara, através das dunas de Marapé. LAGOA AZEDA A Lagoa Azeda pertence à Lagoa Azeda. Esta praia tem um mar bem mais tranquilo que Jequiá, e não tem falésias, mas a sua Lagoa exótica traz vários turistas à região todos os anos. Uma das características que faz da Lagoa Azeda um grande convite postal é o fato de que o mar

da capital e a 20 km de Maragogi tem um visual paradisíaco, com mar apaixonante de águas mornas. Na maré baixa, eis que surgem as tão aguardadas piscinas naturais. A boa notícia é que ainda é pouco frequentada por turistas, tornando-se naturalmente mais exclusiva. Há pousadas bem convidativas e românticas. Praia de Antunes- Em Maragogi é ideal para mergulho, feito em águas calmas, mornas e cristalinas, onde se observam corais e até barcos naufragados. Na praia do Antunes, o visual paradisíaco e cenográfico parece até que saiu de um filme. Na maré baixa, bancos de areia se formam no mar de águas quentes e calmas, facilitando o acesso até as piscinas naturais. O pôr do sol é imperdível.

é sempre tranquilo, independente da maré. É uma praia de grande extensão e em alguns locais tem cenários de desertificação. Com as suas belezas naturais diversas, a praia é um dos encantos litorâneos de Alagoas. LAGOA DO PAU A Praia da Lagoa do Pau fica situada no Litoral Sul, e como qualquer uma das seis praias do município de Coruripe, oferece uma paisagem simplesmente divina. Esta praia fica próxima à Praia do Pontal de Coruripe, e é uma excelente opção para quem

gosta de tranquilidade, usufruindo de uma paisagem paradisíaca. A Praia da Lagoa do Pau é de grande extensão, e o ponto mais atrativo é mesmo a tranquilidade que ela oferece aos seus visitantes. Por essa mesma razão ela é considerada como um refúgio da cidade. MIAÍ DE BAIXO Mais famosa que sua irmã, a praia de Miai de Cima, com aproximadamente 8 quilômetros de extensão, essa praia é considerada uma boa opção para os que preferem lugares menos movimentados. Seu clima tranquilo é propício ao descanso, onde o visitante pode desfrutar de bons momentos, seja com a família ou amigos. Costuma receber um pequeno número de turistas durante a alta temporada, que aproveitam para relaxar,

tomar um refrescante banho de mar e repor as energias. Essa praia é ainda pouco explorada pelo turismo, o que faz com que não seja muito conhecida. Conta com uma grande faixa de areia dourada e fofa, o mar é agitado, apresentando boas ondas a maior parte do tempo. Feliz Deserto - Considerada uma das menores cidades do litoral alagoano, é vista como uma boa opção para os que buscam paz e sossego. Seu clima tranquilo encanta os diversos turistas que chegam ao lugar durante a alta temporada, que aproveitam para relaxar, tomar um refrescante banho de mar. O município é repleto de belezas naturais, como é o caso de suas praias, umas movimentadas, enquanto outras são praticamente desertas, propícias ao descanso. (C.B.)


20

GERAL

MACEIÓ - ALAGOAS SÁBADO E DOMINGO, 15 E 16 DE FEVEREIRO DE 2020

Jaraguá Folia reúne multidão em bairro histórico Festejos abriram as prévias carnavalescas na capital com desfiles dos blocos pela Rua Sá e Albuquerque RÍVISON BATISTA REPÓRTER

A

conteceu, na noite de sexta-feira (14), o Jaraguá Folia, uma das prévias carnavalescas mais animadas de Maceió. Com vários blocos passando por toda a Rua Sá e Albuquerque, no bairro do Jaraguá, foliões das mais diversas idades desfilaram com suas fantasias e aproveitaram muito o frevo das orquestras. Durante a noite no evento, era possível ver muitas crianças acompanhadas dos pais, o que mostra que a festa é para toda a família. A concentração dos blocos aconteceu na Praça Sinimbu.

Tereza Carvalho é uma das organizadoras do Bloco do Prazer. À reportagem da Tribuna, ela explicou qual a temática do bloco. “O Bloco do Prazer é da Secretaria Municipal de Saúde que tem o objetivo de trazer mensagens de prevenção para o Carnaval. Então, a gente tem todo um trabalho de distribuição de preservativos, orientação para população e a gente também participa do desfile”, explicou a organizadora. Além da folia e da temática da prevenção, Tereza explica que o bloco também tem um viés social. “Nós trocamos as camisas dos blocos e arrecadamos 700 latas de leite para as crianças expostas ao vírus ao HIV. A gente

agradece muito à sociedade por isso”, comentou. Diversidade musical era algo fácil de encontrar no meio da folia. Nas proximidades do bar Lorde Nelson Rest Pub, rock e marchinhas de Carnaval misturavam-se no meio da multidão. A foliã Tatiana Magalhães é frequentadora do Jaraguá Folia e estava no local. “Primeiramente, eu adorei que os desfiles voltaram para a Sá e Albuquerque. Acho que, dessa maneira, ganha mais em ambientação histórica. Quando os blocos passam, criam outro clima. Até onde eu vi, as coisas estão bem estruturadas”, disse. Em frente ao bar, o cantor Wado se apresentava acompanhado de

Jaraguá Folia contagia os foliões dos blocos que desfilam pelas ruas do histórico bairro de Jaraguá uma banda. Tales Teixeira faz parte da organização do Jaraguá Folia e, ao falar com a reportagem da Tribuna, reforçou que o evento é feito para toda a família. “Estamos esperando, em média, 50 mil pessoas, entre participantes dos blocos e foliões que vêm assistir. Nenhuma ocorrência foi registrada até agora, tudo está bem organizado. Esse evento é muito família. Como se pode perceber, é criança

brincando, são os pais passeando com os filhos”, afirmou. SÁBADO E DOMINGO Tão tradicional quanto a noite da sexta-feira no Jaraguá é a manhã de sábado (15), entre as orlas de Pajuçara e Ponta Verde, quando milhares de foliões se reúnem para seguir o Pinto da Madrugada, Patrimônio Imaterial da Cultura de Alagoas e um dos maiores blocos de pré-carnaval do país. A previsão é de que

Polícia prende jornalistas que apuravam morte de miliciano O repórter Hugo Marques e o repórter fotográfico Cristiano Mariz, ambos da revista Veja, foram detidos na manhã de ontem enquanto tentavam entrevistar o fazendeiro Leandro Abreu Guimarães, peça-chave para esclarecer a morte do miliciano Adriano da Nóbrega. Eles foram cercados por duas viaturas da Polícia Militar da Bahia

e, mesmo após se identificarem como jornalistas, foram abordados. “Como é que vocês descobriram esse endereço?”, indagou várias vezes um dos soldados, segundo a própria Veja. Depois da revista, a polícia apreendeu o gravador da equipe. A Veja publica na edição desta semana fotos do corpo de Adriano que re-

forçam a tese de que ele foi executado - e não morto durante troca de tiros. Os especialistas consultados pela revista afirmaram que as marcas vermelhas localizadas próximas à região do peito do miliciano indicam um disparo a curta distância. “É um disparo a uma distância na qual a pólvora ainda tem energia cinética suficiente

para adentrar o corpo. Então, foi um disparo a curta distância. O que é a curta distância? Depende da arma e da munição. Seriam 40 centímetros, no máximo, imaginando um revólver ou uma pistola. Mais que isso, não”, afirma o médico legista Malthus Fonseca Galvão, professor da Universidade

de Brasília e ex-diretor do Instituto Médico Legal do Distrito Federal. A Secretaria da Segurança Pública esclarece que moradores de uma localidade em Pojuca, Litoral Norte da Bahia, ligaram para polícia informando que homens, dentro de um carro, Gol, placa de Belo Horizonte, estavam rondando a região.

mais de 200 mil foliões marquem presença às 10h. No mesmo dia, muitos blocos tradicionais terão como palco a mesma avenida, a exemplo das Pecinhas de Maceió, da Turma da Rolinha e do Bloco do Rei. No domingo (16), a folia volta à orla de Maceió, no ritmo do frevo do Bloco Vulcão, ao lado da Turma da Esquina, do Seu Porteiro & Dona Zeladora e de dezenas de outros blocos de rua.

A PM foi acionada, abordou o grupo e fez a condução até a Delegacia Territorial. Após se identificarem como jornalistas, foram liberados. Nenhum equipamento foi danificado, alterado ou ficou apreendido. A Associação Nacional de Editores de Revistas (ANER) e a Associação Nacional de Jornais (ANJ) repudiou a ação abusiva da Polícia Militar (PM) da Bahia.As associações aguardam que as autoridades apurem os fatos com rigor.


ESPORTES nos

ACRÉSCIMOS

EDMILSON TEIXEIRA etjornalista@gmail.com

MACEIÓ - ALAGOAS SÁBADO E DOMINGO, 15 E 16 DE FEVEREIRO DE 2020

quente. Afinal, o protagonismo no duelo costuma eternizar personagens na rivalidade gaúcha. Índio, D’Alessandro, Fernandão, Danrlei, Luan e Paulo Nunes são sempre lembrados por gols decisivos no clássico. Vale para o mal também. Dunga e Erazo, por exemplo, também vêm à mente por erros.

O

diretor executivo de futebol do São Paulo, Raí, afirmou ao Conselho Deliberativo do clube, em reunião realizada na noite da quinta-feira, que o momento é de vender jogadores, não de contratar. O São Paulo não trouxe nenhum novo jogador para esta temporada. O principal investimento do clube foi na compra dos direitos do goleiro Tiago Volpi, que estava emprestado pelo Querétaro, do México. O negócio custou US$ 5 milhões (cerca de R$ 22 milhões).

EMBATE GAÚCHO

Neste sábado à tarde Grêmio e Inter se enfrentam no primeiro Gre-Nal de 2020 já com o futuro em jogo em um duelo decisivo pelo Campeonato Gaúcho. O clássico que acontece no Beira-Rio, vale vaga na final do primeiro turno do Gauchão. Mas o capítulo 423 da rivalidade centenária entre gremistas e colorados também para guarda espaço para o “batismo de fogo” de estreantes dos dois lados.

QUADRO

O número de caras novas ainda depende das escalações guardadas a sete chaves por Renato Gaúcho e Eduardo Coudet. Mas o clássico deste sábado deve ter ao menos seis “novatos” nas formações iniciais. O número de estreantes pode ser até maior e superar as 10 novidades no decorrer do clássico.

HISTÓRICO Trata-se de um elemento a mais para um Gre-Nal que já começa

ALAGOANO EM ALTA

OUTROS

SITUAÇÃO Pedrinho perdeu toda a pré-temporada do Corinthians para servir a Seleção Brasileira no Pré-Olímpico (ondez recebeu da CBF 300 mil pela classificação). No Corinthians ele entrou em campo na Libertadores, na última quarta, depois de fazer apenas um treino sob o comando do técnico Tiago Nunes. Durou 28 minutos sua participação no torneio continental.

COTAÇÃO EM ALTA Com 22 anos, Nino assumiu o desafio de ser titular da Seleção Brasileira no Pré-Olímpico na Colômbia. O jovem zagueiro até então só havia jogado duas vezes fora do país como profissional, contra Peñarol no Uruguai e Atlético Nacional na Colômbia, ambas com o Fluminense na Copa Sul-Americana de 2019. Mas o garoto mostrou personalidade e fez da missão dada uma missão cumprida ao ajudar na suada classificação do País para os Jogos Olímpicos de Tóquio, no Japão.

COMPLICADO

ARAPIRAQUENSES

Camisa 10 do Corinthians na temporada de 2020, o alagoano Pedrinho pode disputar dois torneios com a camisa alvinegra além do Paulistão: o Campeonato Brasileiro e a Copa do Brasil. O meia tem negociação encaminhada com o Benfica, de Portugal, clube ao qual deve se apresentar em junho.

MÁQUINA DO TEMPO

Travada

A Mercedes deu fim ao mistério e divulgou na manhã desta sexta-feira na Inglaterra o seu carro para a disputa da temporada de 2020 da Fórmula 1. Vencedora dos últimos seis campeonatos de pilotos e construtores, a escuderia alemã quer manter o reinado e ainda se tornar a primeira a conquistar por sete vezes seguidas os dois mundiais. O time será novamente representado pelo hexacampeão Lewis Hamilton e pelo finlandês Valtteri Bottas.

DE VOLTA PARO SEU ACONCHEGO Foram cinco anos distantes. Depois da China e de Porto Alegre, Diego Tardelli voltará para Belo Horizonte para a terceira passagem com a camisa do Atlético-MG. A sétima contratação oficial do Atlético de 2020 chegará nos braços da torcida e com dois dos três mais importantes títulos da história do clube no currículo. Ainda há fome por gols, marcas e recordes.

Após a campanha do acesso, o Sport largou com o pé esquerdo em 2020 e chegou ao limite com o Guto Ferreira. Eliminado da Copa do Brasil na primeira fase, ele não resistiu aos números e deixou o comando da equipe depois de quase um ano no cargo. Agora sem treinador, o time pernambucano tem a segunda pior campanha dentre os clubes da Série A, com 44% de aproveitamento.

TENTATIVA O Palmeiras enviou o diretor Anderson Barros e o advogado Leonardo Holanda à Colômbia para tentar a contratação do lateral-direito Daniel Muñoz. Porém, o Atlético Nacional, de Medellín, está fazendo jogo duro na negociação e não quer abrir mão do atleta. A diretoria neste momento está pessimista com relação à contratação do jogador. Os termos colocados até agora são vistos como complicados pelo Palmeiras, que começou a observar Muñoz na disputa do Torneio da Flórida, em janeiro.

21

Só o RB Bragantino, campeão da Série B, tem desempenho inferior neste ano (33%), enquanto o Vasco é o terceiro da lista (45%). São números que ilustram um início de ano negativo, mas com particularidades distintas para cada equipe. O que se trata é de apenas equipes que nesta temporada vão fazer parte da Primeira Divisão do Brasileirão.

Em meio à lapada que levou do CRB na quarta-feira ao ser derrotado por 4 x 0, a ASA anunciou naquele mesmo dia contratação de mais um jogador para o Campeonato Alagoano. Trata-se do meia Carioca, que defendeu recentemente o Nacional/PB. O jogador tem 27 anos, se apresento nesta sexta e vive a expectativa de atuar já neste sábado, contra o Coruripe. A figura já atuou também no Treze/PB e no Lucena/SC.

Corinthians e São Paulo invertem papéis de objetivo

REPRODUÇÃO

Tricolor disputa Paulista para se acertar e o Timão chega após queda na Libertadores

O

São Paulo recebe a visita do Corinthians neste sábado às 19h, no estádio do Morumbi, com papéis devidamente invertidos em relação a um ano atrás. Enquanto o Tricolor disputa o Paulista e tenta se acertar para o restante do ano, o Timão chega para o duelo depois de uma queda precoce na Pré-Libertadores da América. Em 2019, o clube do Morumbi entrou em campo quatro dias antes de enfrentar o rival para encarar o Talleres, da Argentina. Depois de perder por 2 a 0 no jogo de ida,

não conseguiu ameaçar a meta adversária e acabou apenas empatando sem gols em pleno Morumbi, somando uma inédita eliminação na fase preliminar do torneio. Com o time em baixa e André Jardine já sendo tratado como um erro da diretoria para o começo da temporada, o Tricolor foi à Arena para encarar o Corinthians, também em começo de trabalho, mas tranquilo após ganhar um Derby e se classificar na Copa do Brasil. Resultado: 2 a 1 para os donos da casa, com gol de canela de Gustavo para fechar

o placar. Alguns pontos das duas eliminações, aliás, aparecem em comum. Em ambos os casos, as equipes não puderam usar jogadores importantes no jogo de ida por causa de convocações para seleções brasileiras de base. No ano passado, o volante Luan, que terminou a temporada como titular, só ficou à disposição na volta, após o encerramento do Sul-Americano sub-20. Já em 2020, Pedrinho não pôde jogar a ida porque estava com a sub-23 no Pré-Olímpico. O camisa 10 corintiano

ainda aparece em outra coincidência: levou um cartão vermelho na partida, assim como aconteceu com Éverton, no ano passado, pelo Tricolor. O resultado, como todos já sabem, foi uma eliminação marcante para cada um no torneio. SÁBADO 16h30 Guarani x Novorizontino 19h00 Bragantino x Oeste 19h00 Inter de Limeira x Santo André 19h00 São Paulo x Corinthians DOMINGO 16h00 Palmeiras x Mirassol 19h00 Ferroviária x Santos

ASCOM GRÊMIO

Ramiro e Reinaldo devem se encontrar no clássico paulista neste sábado

REI

Pelé acalma fãs do mundo sobre quadro depressivo

Everton Cebolinha é uma das principais armas do Grêmio para o clássico deste sábado contra o Internacional pelas semifinais do Gauchão

Gre-Nal 423 vale vaga na final do turno O Grêmio está pronto para o clássico. O Gre-Nal 423 ocorre às 16h30 deste sábado, no Beira-Rio. Quem vencer encara Caxias ou Ypiranga na final do primeiro turno. Empate leva decisão para os pênaltis. Assim como foi durante toda a semana até aqui, o Grêmio manteve os portões fechados à imprensa. O técnico Renato

Gaúcho comandou um treinamento de cobranças de pênaltis e manteve o mistério sobre a escalação para o Gre-Nal pelas semifinais do Campeonato Gaúcho. Com isso, as únicas certezas para o Gre-Nal são os desfalques, todos lesionados. Geromel, Jean Pyerre, Thaciano e Kannemann são as baixas no

lado tricolor. O argentino inclusive passou por cirurgia no pé nesta quarta-feira e para por três a quatro semanas. Uma provável escalação gremista para o Gre-Nal tem: Vanderlei; Victor Ferraz, David Braz, Paulo Miranda e Cortez; Maicon, Matheus Henrique, Alisson, Luciano (Thiago Neves) e Everton; Diego Souza.

Após a atividade com acesso liberado para a imprensa, os jornalistas foram convidados a se retirar para que os atletas treinassem cobranças de pênaltis. André saiu mais cedo do treino e não participou com o restante do elenco. O atacante está fora dos planos do Tricolor e saiu da lista de inscritos do Gauchão.

Atleta do Século, Pelé tranquilizou os seus admiradores através de uma nota oficial divulgada por sua assessoria. Veículos de imprensa do mundo inteiro divulgaram a informação de que o Rei do Futebol estaria com depressão, após uma entrevista concedida pelo seu filho, Edinho, ao GloboEsporte.com. Na entrevista, o ex-goleiro afirmou que o pai estava acanhado e com um quadro depressivo devido às limitações de mobilidade, após um transplante de quadril mal-sucedido em 2012. Contudo, a mídia internacional traduziu a declaração ao pé da letra e muitos meios de comunicação afirmaram que Pelé estava com depressão. “Ele tá bastante fragilizado em relação à mobilidade. Ele fez o transplante do quadril e não fez uma reabilitação adequada, ideal. Então, ele está com esse problema da mobilidade, que acaba acarretando uma certa depressão, um quadro ali”, afirmou Edinho. Em nota oficial, o Rei agradeceu a preocupação

dos fãs e afirmou que passa por dias bons e maus. No entanto, disse que tem seguido a sua agenda e comentou sobre eventos recentes que ele participou, como o encontro com o presidente da CBF, Rogério Caboclo, gravação do seu documentário, sessão de fotos e campanhas publicitárias. Edson Arantes do Nascimento completará 80 anos em outubro. Há cerca de oito anos, o Atleta do Século tem aparecido publicamente em cadeiras de rodas ou com auxílio de andador, justamente pelo seu problema no quadril que dificulta a sua mobilidade. “Obrigado por suas orações e preocupações. Eu estou bem. Estou completando 80 anos este ano. Eu tenho meus dias bons e maus. Isso é normal para pessoas da minha idade. Não tenho medo, sou determinado, sou confiante no que faço. Na semana passada, tive a honra de me encontrar com o presidente da CBF no estúdio em que eu estava gravando meu documentário”, diz parte da nota.


ESPORTES

22

MACEIÓ - ALAGOAS SÁBADO E DOMINGO, 15 E 16 DE FEVEREIRO DE 2020

Pressionado, CSA encara o Botafogo-PB Azulão espera grande presença do público no Estádio Rei Pelé para buscar uma reabilitação na Copa do Nordeste

A

pressão é grande. Eduardo baptista chegou e empatou na estreia contra o CSE. Neste domingo o CSA tem um adversário mais qualificado e de maior prestígio. O Azulão encara o Botafogo-PB, às 18h, no estádio Rei Pelé, precisando de forma urgente pontuat na Copa do Nordeste. Até aqui, a campanha maruja tem duas derrotas (Sport e Ríver) e um empate (CRB). Após o empate do meio de semana, o técnico avaliou a atuação do elenco e pediu paciência para a sequência do trabalho. “ão pode mudar tudo e todo mundo de uma só vez. Aos poucos, a gente faz as mudanças necessárias para não tirar a confiança dos atletas. É normal que aconteça isso. A ansiedade pelo resultado gera a insegurança. E isso eu tenho trabalhado bastante com eles. A gente pedia essa posse mais vertical, de achar alguém por dentro, como fez o Jean, que criou boas chegadas”, disse Eduardo. O grupo se reaprentou na sexta-feira, faz mais

um treinamento neste sábado e concentra para o jogo domingo. Já para este segundo compromisso, o treinador deve promover mudanças táticas e de peças. O rendimento do ataque não está bom, e Eduardo quer mais consistência na marcação. Novos nomes para contratações em breve não estão descartados. “Eu tenho que observar, ter muita calma. Nós sabemos que alguns jogadores ainda não renderam o esperado. É observar em treinamentos, jogos, observar diariamente. Nós não podemos chegar aqui e descartar 10 jogadores. Ainda é muito cedo. Estamos conversando com a diretoria e, devagarzinho, a gente vai trazendo o que é necessário”. ADVERSÁRIO O Botafogo-PB está motivado pela classificação na Copa do Brasil. Chega à Maceió com Léo Moura no comando do time. A dúvida fica por conta da presença do atacante Kelvin. O camisa 23 se lesionou ainda no fim do primeiro tempo do confronto contra o Atlético-BA. De acordo com Fá-

AUGUSTO OLIVEIRA / ASCOM CSA

Dois jogos abrem a quarta rodada

Eduardo Baptista está buscando acertar o CSA para a sequência de jogos em casa pelo Nordestão bio Farias, médico do clube, o atleta passou por uma tomografia, que apontou uma luxação no cotovelo esquerdo. Por precaução, o jogador vai ser examinado através de uma ressonân-

cia magnética para certificar se há ou não alguma gravidade maior no local lesionado. SÁBADO 16h Ceará x Bahia 16h America-RN x CRB

18h Nautico x Sport 20h Confiança x River DOMINGO 18h CSA x Botafogo-PB 18h Vitória x Freipaulistano SEGUNDA-FEIRA 20h Imperatriz x Fortaleza

Contra o América-RN, CRB precisa quebrar tabu negativo Um CRB motivado. Um CRB confiante. Um CRB que precisa quebrar um tabu negativo forte. Nos últimos dez jogos do clube diante do América-RN, atuando na casa do adversário, foram seis derrotas e quatro empates. Nos registros do site ogol, o Regatas nunca venceu o Dragão jogando em Natal-RN. Números expressivos que

servem para que o técnico Marcelo Cabo use como fator de incentivo. Em 2016, também pela Copa do Nordeste, o Galo perdeu de 1x0 na Arena das Dunas. Foi o último confronto entre as equipes. Neste sábado, o duelo em vermelho e branco acontece no mesmo campo, às 16h, com os times querendo somar pontos no Nordestão 2020.

ALAGOANO

“Temos que manter a mesma pegada. Talvez melhorar a concentração. Os resultados estão bons, mas precisamos buscar mais melhorias. Nós vemos que estamos no caminho certo, mas ainda é um caminho longo e sempre podemos melhorar”, disse o atacante Léo Gamalho. Neste confronto contra o América-RN, os jogadores

mostram respeito ao adversário. “É um time perigoso, não vai ser fácil. O técnico deles vai estar motivado para nos vencer”, comentou o o goleiro Edson Mardden. É possível que Cabo mantenha a estrutura tirular com Edson Mardden; Lucas Mendes, Xandão, Ewerton Páscoa e Igor Cariús; Claudinei, Carlos Jatobá e Rafael Longuine;

Maurinho, Léo Gamalho e Erick. “Nosso setor ofensivo está lindo de ver. No passado, o CRB teve muitos empates, mas agora estamos buscando sempre ir para frente. Acho que estamos nos conhecendo melhor agora. Ainda acho que precisamos melhorar. Longuine e eu já começamos a nos entender”, destacou Gamalho.

LESÃO

Neymar segue como dúvida nos próximos jogos do PSG Líder do Francês com 12 pontos de vantagem para o segundo colocado, o PSG visita o Amiens neste sábado. O duelo com o Borussia Dortmund em jogo de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões é na próxima terça-feira, na Alemanha, às 17h. Neymar é dúvida nos dois. Ele segue seu ritmo de treinos pelo PSG. Embora não saiba se terá condições para entrar em campo, o brasileiro participa das atividades com o elenco. Inclusive esta semana viajou para Dusselforf, na Alemanha, onde participou de um evento de uma

marca de roupas. O atacante se machucou após uma queda durante a vitória por 5 a 0 do Paris contra o Montpellier, pela 22ª rodada do Campeonato Francês. Ele continuou em campo naquela partida, mas desfalcou o time de Thomas Tuchel nos três jogos seguintes: contra Nantes e Lyon, pelo Francês, e diante do Dijon, na última quarta, pela Copa da França. Neymar participou na última quinta-feira do treino em Paris e viajou para Dusselforf, na Alemanha, onde participou do lançamento de uma coleção de

A Federação Alagoana de Futebol detalhou as datas e os horários dos jogos da quarta rodada do Alagoano Smile 2020. O jogo entre Coruripe e ASA abre a rodada neste sábado, às 17h, no Estádio Gerson Amaral, em Coruripe. A rodada tem sequência no domingo com a partida entre CEO e CSE, às 16h, no estádio Edson Matias, em Olho D’Água das Flores. A quarta rodada do Alagoano Smile 2020 será encerrada somente no dia 22, sábado de Carnaval, com dois jogos. Murici e CSA jogarão às 17h no estádio José Gomes da Costa, em Murici. Jaciobá e CRB se enfrentam às 16h, com local a ser definido. O ASA está na quarta colocação do Alagoano, com quatro pontos, e tenta a reabilitação no estadual. Para isso está se reforçando. O Alvinegro contratou mais um jogador para o Campeonato Alagoano. O clube anunciou o acerto com o meia Carioca, que defendeu recentemente o Nacional/PB. O jogador tem 27 anos, se apresentou e vive a expectativa de atuar no sábado, contra o Coruripe. uma marca de roupas que o patrocina. O evento contou também com a modelo brasileira Alessandra Ambrosio. Em sua chegada ao local, o atacante era esperado por vários fãs alemães. Ele tirou fotos e distribuiu alguns autógrafos. O técnico Thomas Tuchel deu entrevista coletiva ontem. Na última quarta, após golear o Dijon por 6 a 1 e avançar à semifinal da Copa da França, o treinador alemão não o garantiu para o jogo contra o Borussia Dortmund. “Não posso dizer 100% que ele terá condições de jogar contra o Borussia. Não sei. Vamos conversar e decidir se ele poderá jogar no sábado contra o Amiens. Não posso arriscar sua saúde. É uma decisão médica porque o risco é grande”, comentou o técnico do PSG. REPRODUÇÃO

Neymar participou do treino em Paris e viajou para Dusseldorf, na Alemanha, onde foi a evento


MACEIÓ - ALAGOAS SÁBADO E DOMINGO, 15 E 16 DE FEVEREIRO DE 2020

DIVERSÃO&ARTE

Filme sobre Justin Bieber bate recorde de visualizações

J

ustin Bieber: Seasons, a série documental sobre o cantor canadense, quebrou recordes no YouTube. De acordo com a Variety, o primeiro episódio da produção teve mais de 32 milhões de visualizações em sua primeira semana na plataforma. Com isso, o seriado ultrapassou o primeiro episódio da 2ª temporada de Liza On Demand e se tornou a maior estreia da história do YouTube Originals. O seriado em dez episódios acompanha o cotidiano do cantor após o cancelamento de sua turnê em 2017. É possível assistir à produção com legendas em português pelo YouTube.

John Krasinski quer estrelar Quarteto Fantástico

N

os últimos anos, Emily Blunt e John Krasinski se tornaram queridinhos do público para estrelar um remake de Quarteto Fantástico, como Mulher Invisível e Senhor Fantástico, respectivamente. Enquanto não sabemos nada sobre os planos da Marvel para o grupo de heróis, uma notícia já é boa: o astro de The Office e Jack Ryan topa! Em entrevista para o Total Film, Krasinski declarou que adoraria interpretar Reed Richards numa futura produção do UCM. Vale lembrar que John Krasinski fez testes para o papel do Capitão América.

foli Chegando aos 21 anos de fundação, o bloco Pinto da Madrugada desfila neste sábado na orla da Pajuçara, reafirmando seu compromisso com a cultura alagoana, a alegria do Carnaval e prometendo arrastar uma multidão ao som do frevo e de velhas marchinhas

V

JOÃO DIONISIO SOARES EDITOR DE D&A

ai longe o ano em que quatro amigos Braga Lira, Eduardo Lira, Maciel Lima e Marcos Davi, amantes do carnaval, sentindo falta da folia em Maceió, tiveram a ideia de montar um bloco e desafiar quem acreditasse que Maceió não é cidade para os festejos de momo. Isso foi em 1999 e o projeto era fazer uma brincadeiras, se divertir e ter uma para comemorar. Amantes do frevo pernambucano, eles batizaram o bloco de Pinto da Madrugada. Provavelmente, eles não tinham ideia, mas estava nascendo ali uma das tradições mais alegres e festejadas da capital alagoana. Duas décadas depois o bloco, que no primeiro desfile contava apenas como uma orquestra e reuniu cinco mil pessoas (para espanto de seus fundadores) na orla da Pajuçara virou arrasta uma multidão de mais de 200 mil pessoas , tem 18 orquestras e virou Patrimônio Imaterial de Alagoas. O objetivo dos seus fundadores ultrapassou qualquer expectativa, já que

de uma brincadeira o desfile do Pinto da Madrugada passou a ser um marco na cultura carnavalesca de alagoas. E para este ano o bloco está preparando uma homenagem aos mestres da cultura popular de Alagoas. Com o tema “Alagoas, um mar de cultura”, o bloco vai destacar as principais manifestações culturais alagoanas em todo o desfile. Segundo os diretores do Pinto da madrugada o tema nasceu do objetivo de exaltar a diversidade alagoana. “Quando os fundadores se afastaram e nos, os filhos , assumimos, pensamos em manter a mesma essência. O nosso slogan era o mesmo sentimento e uma nova geração. O Pinto só se tornou oque é por que os quatro fundadores criaram algo extremamente conceitual, coma filosofia alicerçada na cultura local. Mantivemos os objetivos de resgatar o carnaval de rua e o frevo, mas com inovação. A ideia é mostrar que Alagoas é um terra rica culturalmente, que Maceió é mais que um lugar com um mar bonito. Por isso, exaltar a cultura, mostrar que temos raízes culturais e reafirmar isso é importante. Por isso, por exemplo, quando refizemos nossa marca o mascote ganhou um chapéu de guerreiro”, conta Hermann Braga, diretor do Pinto da Madrugada. O bloco cresceu tanto, que agora é importante para a economia local nos dias que ficaram consagrados como as prévias carnavalescas de Maceió. Hermann Braga ressalta que um estudo recente feito pelo Observatório da Economia Criativa e da Economia do Turismo do Estado de Alagoas (OBECT), sob a responsabilidade do professor doutor Elder P. Maia Alves,

mostrou que dos R$ 148 milhões que as prévias carnavalescas de Maceió movimentaram em 2019, 80,4% ou R$ 119 milhões estão diretamente ligados ao Pinto da Madrugada. Esse montante representa cerca de 0,5% do Produto Interno Bruto (PIB) do município de Maceió em valores atualizados. “A economia criativa é uma realidade em nosso Estado e o Pinto da Madrugada é um propulsor desse movimento. Precisamos, junto com o poder público, valorizar e fortalecer isso. O bloco Pinto da Madrugada é de todos os alagoanos. Nos mesmo criamos vários eventos, fortalecemos o Mungunzá do Pinto, fizemos o pinto na pracinha, o bloquinho em um shopping, uma, lojinha com produtos do Pinto e hoje temos dez eventos além do desfile principal ”, afirma Braga. Com o apego à cultura de sua terra, o bloco sempre teve como meta resgatar a autenticidade dos festejos, à base de muito frevo e com a efetiva participação popular. E alguns foliões acreditam que é justamente por isso que o Pinto faz tanto sucesso. “Um dos grandes diferenciais do Pinto é contar com foliões de todas as idades. Famílias inteiras se encontram na avenida, em um sentimento de paz e brincadeira, sem brigas, sem violência. É um dos blocos mais bonito do País, que leva o nome de Alagoas para todo Brasil. Por isso, reúne pessoas que passam o não pensando no bloco e veem brincar em paz”, diz Hermann O casal Lucas Horta e Fernanda Moraes não perdem um desfile do Pinto desde sua fundação, sempre fantasiados eles dizem que os filhos também acompanham essa tradição familiar. “Já fizemos fantasias completas para toda família, de protesto contra situação politica. Só faltamos dois anos por motivo de doença na família, mas acompanhamos na TV. O Pinto é mais que um desfile, é um acontecimento”, disse Fernanda. Lucas ainda completou: “passamos uns quatro meses entre pensar a fantasia e confeccionar. Na verdade, às vezes mais por que saímos de um desfile já pensando no próximo. E o pinto da madrugada é isso, família, união, carnaval como só que meus pais falavam que era na infância dele. Não existe mais Maceió sem o pinto da Madrugada”, disse.


2

MACEIÓ - ALAGOAS SÁBADO E DOMINGO, 15 E 16 DE FEVEREIRO DE 2020

CAMAROTE

O evento mais disputado do pré-carnaval alagoano chega à sua 9ª edição. Neste sábado (15), a orla de Pajuçara irá receber Margareth Menezes e Millane Hora no Camarote Palato 2020! O Camarote é um dos benefícios exclusivos dos clientes Black do Programa Fidelidade Palato. Além dos convites, os Clientes Black terão acesso à compra de ingressos extras. Após a pré-venda, os demais clientes também poderão adquirir uma quantidade limitada de ingressos, que estarão disponíveis no site https://www.palato.com.br/camarote.

BLOCO PARA CRIANÇAS

Carnaval é uma festa que se deve brincar desde pequeno. Com esse pensamento foi criado o bloco Amiguinhos do Karlota´s, que tema cantora e dançarina Carla Perez como principal atração. Com circuito entre a barraca Lopana e o Antigo Alagoinhas, o bloco vai sair neste sábado (15). e tem atrações já na concentração, com um pequeno lanche e muita animação com recreadores. Os adultos vão de abadá e as crianças de fantasia e pulseira. Mais informações: (82) 98125-8720.

SHOW DE HUMOR INIMIGO DO NÍVEL

Dono de um talento único, o recifense Rodrigo Marques acumula em seu currículo diversos trabalhos que o credenciam como um dos principais nomes do humor no Brasil. Apesar do diploma de jornalista, Rodrigo está no Stand Up comedy desde 2008. Seu bom humor no palco já levou Rodrigo para diversas cidades do Brasil e do mundo. Independente do local, Rodrigo arranca risadas por onde passa com seu aclamado show solo de stand up comedy. Em setembro de 2019, Rodrigo esteve em Maceió com seu Show “O problema é meu” e agora retorna a capital alagoana com o seu novo show “Inimigo do Nível”, no próximo dia 22 de março, às 20h, No Teatro Deodoro, prometendo arrancar bem mais risadas com seu estilo de humor único. Ingressos: R$ 30. Vendas na Bilheteria do teatro.

FOGUEIRA EM ALTO MAR

Ana Carolina é cantora, compositora, empresária, arranjadora, produtora e instrumentista brasileira. Conquistou quatro vezes o Prêmio Multishow de Música Brasileira, três vezes o Troféu Imprensa, venceu o Prêmio TIM de Música e tantas outras premiações. E volta para Maceió, no dia 21 de março, em única apresentação, de sua turnê nacional Fogueiras em Alto Mar, que comemora 20 anos de carreira da cantora. A apresentação será no Space Maceió Shopping.

EXPOSIÇÃO CARNELEVARIUM II

Uma das festas mais alegres, queridas e conhecidas mundialmente, carnaval, é a inspiração para os artistas que expõem suas obras na exposição “Carnelevarium II – Prazeres da Carne”, que está em cartaz no Complexo Cultural Teatro Deodoro, com entrada gratuita. Participam desta exposição Adriana Jardim, Adriano Arantos, Ana Cláudia, Ana Karina, Árthemis Gabriela, Arthur Celso, Baboo, Dênnys Oliveira, Diego Barros, Chico Simas, Eduardo Bastos, Ermesson Pereira, Gil Lopes, Gustavo Lima, Ives, Jorge Vieira, Lula Nogueira, Manuela Constant, Munganga, Nicolas Elifas, Pedro Cabral, Persivaldo Figueiroa, Rafael Reis, Rogério Silva, Rolderick Leão, Salles Tenório, Simone Freitas, Sophia Laranjeiras, Suel, e Weber Bagetti. A mostra fica em cartaz até 27 de março e pode ser visitada de segunda a sábado, das 8h às 18h, e, aos domingos e feriados, das 14h às 17h. Grupos de escolas e instituições sociais podem agendar a visita guiada pelo escolasditeal@gmail.com ou (82) 98884-6885 gratuitamente.

TRIBUTO BEE GEES

Fundado em 2004, pelo publicitário, músico e produtor Mauro Toledo, Bee Gees One Tribute os embalos continuam retrata, com total excelência e riqueza de detalhes, os 50 anos da vida e obra dos Bee Gees, trio formado pelos irmãos Barry, Robin e Maurice Gibb. O show que chega a Maceió no dia 18 de abril, no teatro Gustavo Leite, é baseado em tudo o que os Bee Gees realizaram, sem se basear em apenas um show, reproduzindo a trajetória e uma viagem por cada época, assim como, os arranjos que os consagraram. Bee Gees One Tribute é Bee Gees em sua melhor fase, ou seja, a década de 70 e 80, com interpretação de canções jamais executadas ao vivo pelos próprios Bee Gees!

JORGE ARAGÃO

No dia 23 de maio, Jorge Aragão, o consagrado sambista carioca, celebra 70 anos de vida com um show repleto de sucessos no Teatro Gustavo Leite. A apresentação está marcada 21h30. No repertório, sucessos como “A Possibilidade”, “Vou Festejar”, “Coisinha do Pai”, “Enredo do Meu Samba”, “Moleque Atrevido”, “Lucidez” e sua incrível versão instrumental, no cavaquinho, da erudita “Ave Maria”, já estão confirmados. A produção ainda não liberou os valores dos ingressos.

PELL MARQUES PROGRAMA SÁBADO SHOPPING SHOW

Sábado dia 15 é dia de Sábado Shopping Show! Pela primeira vez no Programa temos a honra de trazer a fera MC Tutu. Jahlagoas vem pra trazer muito Reggae para nós! Paulinho da Bahia é mais um sucesso que promete muito! E para finalizar os Parceiros do Samba para trazer um samba diferenciado para a platéia mais alegre de Alagoas. Lembrando que a entrada é franca, venha assistir ao vivo toda a nossa programação. O Programa Sábado Shopping Show é comandado pelo apresentador Pell Marques todos os sábados no Terminal Rodoviário de Maceió João Paulo ll, localizado no Bairro do Feitosa, com Transmissão ao vivo pelo Facebook (perfil pell.marques) das 15:30h ás 16:30h, Flashs ao Vivo pelo Instagram (@pellmarques) e cobertura completa no blogdopell.com.

SUCESSOS DO NETINHO

Imagine um só lugar onde você vai poder encontrar música boa, gente bonita, open bar s e aquele clima de carnaval que todo mundo adora. Pensou? Então, a gente te apresenta o Camarote Celebration que, agora em 2020, traz para o público alagoano quatro atrações de peso: Netinho, Trio Elétrico, Bruninho e Live and Beats. A festa vai acontecer neste sábado, dia 15 de fevereiro, a partir das 10h, data marcada para o grande desfile do Pinto da Madrugada e dos demais blocos que integram a Liga Carnavalesca de Maceió. O Camarote Celebration abrirá suas portas a partir das 10h – e seguirá até às 18h, com uma decoração típica do período de momo e uma estrutura que está sendo preparada para deixar a festa marcada na memória afetiva dos foliões. Ingressos: R$ 182,00 – Espaço arena (Open bar premium)| R$ 252,00 - Lounge Varanda (All inclusive). Vendas: Lojas Hering (Ponta verde, Parque Shopping, Pátio Shopping e Walmart Gruta.

TRIBUTO AO QUEEN NO GUSTAVO LEITE

Depois do sucesso do longa Bohemian Rhapsody nos cinemas, mostrando a trajetória de Freddie Mercury (1946-1991), líder da banda britânica Queen, o público poderá conferir o show Tribute Queen Experience in Concert, um tributo à Banda Queen, que mistura cover, rock’n roll e erudito, no Teatro Gustavo Leite, com apresentação única no dia 29 de Março, no Centro de Convenções. O show conta com a participação especial da banda Magic Queen que, após anos de estudos, pesquisas e laboratório, buscou a excelência em cada detalhe artístico e musical do Queen, trazendo de forma protagonista o mais el tributo ao QUEEN das Américas. Ingressos: Plateia A - Inteira: R$ 160,00 e Meia: R$ 80,00 Plateia B - Inteira: R$ 140,00 e Meia: R$ 70,00 e Mezanino – Inteira: R$ 120,00 e Meia: R$ 60,00. Mais informações: 3032-5210 ou 996012828.

ATRAÇÕES PERNAMBUCANAS

O Bloco do Rei, mais uma vez, promete arrastar uma multidão neste sábado (15), pelas ruas de Maceió com seus já conhecidos desfiles. Desta vez serão dois trios, um carro de apoio, duas atrações: Almir Rouche um dos principais puxadores do Galo da Madrugada (Pernambuco) e Junior Canibal (Atração também Pernambucana) que fará muito Axé das Antigas, fazendo todo mundo tirar o pé do chão e relembrar os tempos de Maceó Fest. Os acessos ao bloco custam em torno de R$ 50 e R$ 55. Mais informações e vendas na sede do Bloco, que fica no Bar do Rei, na Av. Brasil, no conjunto Santo Eduardo.

ELAS ESTÃO COM TUDO

As pecinhas de Maceió é um dos mais irreverentes blocos carnavalescos de Maceió. Com anos de desfile sem nenhuma interrupção, a agremiação arrasta uma multidão de foliões fiéis durante as prévias carnavalescas de Maceió. Este ano o desfile acontece neste sábado (15). e animação ficará por conta com o axé da dupla Rafa e Pipo Marques, que chega direto de Salvador. Para comprar o acesso ao bloco: https://doity.com.br/pecinhas-promoover.

MEL NASCIMENTO E AS MULHERES NA RODA DE SAMBA

Quem disse que Maceió não tem carnaval ? No sábado de Zé Pereira, 22, a partir das 20h, a folia vai começar pra valer com Mel Nascimento e as Mulheres na Roda de Samba dando o ponta pé inicial na programação de carnaval da Santorégano. A festa terá uma repertório recheado com muito frevo e samba. As fantasias são muito bem vindas para desfilar criatividade e descontração na pista de dança mais animada da cidade. Na programação da folia de momo tem um time de peso animando todas as noites desse super feriado, Patrícia Lima, Andrea Moraes e muito mais. Couvert artístico R$:15,00. Mais informações : (82) 3355-1222

FALE CONOSCO - A Agenda é um serviço gratuito de orientação ao leitor. Os interessados em divulgar eventos, shows e exposições podem enviar material através do endereço: tiagenda@hotmail.com

RESUMO DAS NOVELAS GLOBO 18h ÉRAMOS SEIS Lola tenta se manter forte diante de Alfredo. Genu pede que Lúcio se cuide. Julinho decide ficar no Rio de Janeiro. Soraia pede que Julinho termine seu noivado. Selma comenta com Adelaide que gostaria de tentar um novo método de tratamento com Justina. Natália se prepara para viajar para o Rio de Janeiro. Clotilde convida Padre Venâncio para ser o padrinho de Francisco. Adelaide anuncia a Emília que trabalhará como jornalista durante a revolução. Alfredo e Lúcio partem para a guerra.

GLOBO 19h SALVE-SE QUEM PUDER Rafael se emociona quando Alexia/Josimara reproduz o áudio gravado por Kyra. Juan convence Mário a participar do concurso de culinária promovido por Martinez. Gabi beija Juan, que não corresponde. Luna/Fiona lembra de Téo. Dionice incentiva Bia a namorar Tarantino. Téo e Úrsula discutem. Tammy seduz Tarantino no vestiário do ginásio. Dominique elogia Renzo por seu trabalho. Alan apresenta Kyra/Cleyde, a nova babá das crianças, para Petra.

GLOBO 21h AMOR DE MÃE Danilo fica devastado com a notícia sobre o aneurisma de Thelma. Álvaro comemora a derrocada de Vitória, e Raul e Sandro se preocupam. Lurdes descobre que Elias não é Domênico, e todos se compadecem. Lídia toma conhecimento da ficha policial de Tales e expulsa o rapaz de sua casa. Tales chantageia Lídia. Betina admira a dança de Marina. Elias afirma à mãe que Ryan gravará uma música dele.

RECORD 21h O RICO E LÁZARO

Não há exibição aos sábados.


3

MACEIÓ - ALAGOAS SÁBADO E DOMINGO, 15 E 16 DE FEVEREIRO DE 2020 CAMILLA MAIA/TV GLOBO

CANAL 1

PRÓXIMA DAS SEIS

FLÁVIO RICCO - colaboração: José Carlos Nery - www.twitter.com/flavioricco

Globo tem “O Anjo de Hamburgo” como uma de suas produções mais arrojadas

A

Globo concluiu em Buenos Aires a principal etapa de gravações da série de época “O Anjo de Hamburgo”, protagonizada por Sophie Charlotte e Rodrigo Lombardi. Depois de uma folga para o elenco, os trabalhos terão sequência nos Estúdios Globo, no Rio, para terminar em meados de março. Previsão de lançamento mundial na LA Screenings, nos Estados Unidos, em maio. Na dramaturgia da Globo há uma aposta muito forte em torno de “O Anjo de Hamburgo” e o avanço que ela poderá representar nas pretensões de ampliar seu mercado no mundo.Aliás, uma das principais exigências na montagem do elenco foi que todos tivessem um inglês fluente. A série, realizada em parceria com a Sony Pictures Television, conta a história de Aracy de Carvalho, papel de Charlotte, mulher de Guimarães Rosa, que arriscou sua vida para salvar centenas de judeus na Alemanha nazista. “Hamburgo” também retrata um dos principais e mais tristes momentos da história mundial, “A Noite dos Cristais”, na noite do dia 9 para 10 de novembro de 1938. A ação foi marcada pela destruição de símbolos judaicos. Sinagogas, casas comerciais e residências de judeus foram invadidas e seus pertences destruídos. Milhares foram torturados, mortos ou deportados para campos de concentração. A direção é de Jayme Monjardim.

TV TUDO DE UM LADO... As chuvas em São Paulo, com todas as consequências, levaram a maior parte das TVs a realizar um dos melhores trabalhos jornalísticos dos últimos tempos. Programações foram derrubadas, com apresentadores e repórteres não medindo esforços para oferecer uma grande cobertura. Isto é indiscutível.

... MAS DE OUTRO Não existe nada mais execrável, em situações do tipo, tragédias, mortes etc, que as emissoras ou alguns comunicadores tentarem se louvar pelas audiências conquistadas. É uma completa falta de noção. Inaceitável.

PRÉ-PRODUÇÃO “Em Seu Lugar”, da Lícia Manzo, substituta de “Amor de Mãe”, já deu início aos seus trabalhos. Por enquanto, ensaios de mesa e preparação de elenco. Estreia em maio.

A PROPÓSITO A Globo, por outro lado, confirma que a produção da novela de João Emanuel Carneiro, que virá na sequência de “Em Seu Lugar”, será antecipada. Com a sinopse e primeiros capítulos aprovados, os trabalhos serão disparados a partir da segunda quinzena de março, para estrear em novembro.

José Dumont e Gabriela Medvedovski serão Eudoro e Pilar, em “Nos Tempos do Imperador”, a próxima novela das seis na Globo. Ele, viúvo, fazendeiro e coronel na Bahia, é pai de Pilar (Medvedovski) e Dolores (Daphne Bozaski). Pilar foi mantida em um convento e prometida em casamento para o filho de seu compadre Ambrósio (Roberto Bonfim), Tonico (Alexandre Nero). Ela, porém, se apaixona por Samuel, personagem de Michel Gomes.

PARTICIPAÇÃO Aline Riscado e Junno Andrade, como convidados especiais, irão aparecer em dois episódios de “Matches”, nova série de comédia que estreia na terça-feira que vem, 21h40, no Warner Channel. Juliana Silveira, João Baldasserini, Evelyn Castro e Renato Livera formam o elenco fixo. Texto de Carolina Castro e Marcelo Andrade, com direção de Duda Vaisman e Calvito Leal.

MAIOR DE TODOS

CINEMA

Na Record, existe um forte entusiasmo em torno do trabalho que está sendo realizado em “Gênesis”, próxima novela bíblica. Há, internamente, quem se arrisque a dizer que vai superar o sucesso conquistado por “Os Dez Mandamentos” e “A Terra Prometida”.

Vera Holtz acaba de completar seu trabalho nas filmagens de “Tia Virginia”, totalmente rodado em Friburgo. Direção de Fábio Meira, o mesmo de “As Duas Irenes”, responsável também pela produção ao lado de Janaína Diniz.

LADO IMPORTANTE

· Não andou a história de um novo jornal na Band, às 3h da manhã...

Impossível para qualquer um apostar no sucesso de uma novela ainda sem ela ter iniciado a sua exibição. Contudo, o fato de “Gênesis” ter um elenco que vai empregar mais de 200 atores deve ser louvado. Resta aguardar se também haverá história para todos.

· E, como silêncio é completo e ninguém fala mais nele, dificilmente voltará a andar.

POR SUA VEZ Camilo Pellegrini, que substituiu Emílio Boechat na escrita de “Gênesis”, passa a contar também com Stephanie Ribeiro e Raphaela Castro como colaboradoras. Segundo a emissora, as duas “foram formadas na Record e já participaram de outros trabalhos”.

BATE–REBATE

· Antonio Guerreiro, vice de jornalismo da Record, passou os últimos dias em Nova York... · As reuniões realizadas têm muito a ver com o futuro do seu departamento. · A Globo tem tudo para continuar promovendo no “Tela Quente” material do Globoplay... · “Arcanjo Renegado”, por exemplo. A procura pela série bombou após a exibição de segunda-feira... · E há os que ainda colocam em dúvida o poderio da TV aberta... · Ou tentam diminuir a sua importância. · “Tigre Verón” é a série argentina que o TNT Séries exibe às segundas-feiras, meia-noite. Merece atenção. · Antes de entrar na casa do “BBB”, Babu Santana estava confirmado na série “Auto Posto”, do Commedy Central.

Horóscopo

PARASITA

Mark Rufallo pode estrelar série da HBO Desde o seu lançamento no ano passado, Parasita vem ganhando uma legião de admiradores. E na última edição do Oscar, todo o respeito acumulado pelo longa culminou em uma vitória histórica, já que a obra venceu a estatueta de Melhor Filme. Nenhuma produção estrangeira havia conquistado tal feito. Entretanto, o alcance de Parasita ainda não chegou ao fim. Uma série derivada está sendo produzida pela HBO, e aparentemente, o ator Mark Rufallo irá ser um dos protagonistas. A informação vem de fontes da revista Collider. A produção ainda está em estágios iniciais, e sua narrativa ainda não foi finalizada. Porém, o diretor Bong Joon Ho está juntando esforços com Adam McKay, que venceu o Oscar de Melhor Roteiro Adaptado em 2015, por A Grande Aposta. A série terá por volta de cinco a seis episódios, e os detalhes ainda estão sendo mantidos em segredo. De acordo com o diretor de Parasita, a obra será uma expansão do filme. Mark Rufallo já foi indicado três vezes ao Oscar: Em 2010, por Minhas Mães e Meu Pai, depois em 2014 por Foxcatcher: Uma História que Chocou o Mundo, e por último em 2015, por Spotlight - Segredos Revelados.

ÁRIES - (21/3 a 19/4) – É um momento viável para se comunicar reservadamente com pessoas que o ajudam a solucionar acordos comerciais e financeiros. É preciso avaliar o quanto está encaixado com os seus valores e também com os assuntos do coração. Desapegue-se do que não está sob o seu controle. Saúde: Poderá sofrer de algumas dores reumáticas. TOURO – (20/4 a 20/5) – É um bom dia para realizar contatos com amigos ou com uma pessoa específica que o ajuda a realizar os seus projetos ou a colocar as ideias em movimento. Junto com tudo isso, há introspecção para interagir com afetos e acordos comerciais. Saúde: Faça exercício físico ao ar livre. GÊMEOS – (21/5 a 21/6) – É um bom dia para conversar com colaboradores e para expor as suas ideias com o objetivo de realizar planos viáveis para o seu desenvolvimento. O dia é produtivo. Mas é preciso analisar como deseja interagir com algumas pessoas, visando a qualidade dos afetos ou custos materiais. Saúde: Faça uma limpeza geral aos seus dentes para poder ter um sorriso radiante. CÂNCER – (22/6 a 22/7) – É um excelente dia para focar em atividades que lhe proporcionem alegria. Você vai se sentir motivado a sair e expressar aquilo em que acredita para as pessoas próximas. A autoestima deve ser desenvolvida, se quiser obter o que é seu de direito. Dinheiro: Não gaste aquilo que não pode. Pense no futuro. LEÃO – (23/7 a 22/8) – O céu favorece acordos e negociações relacionadas ao imóvel ou a eventos em família. Mudanças fortes afetam as relações de convivência. Busque examinar os seus valores e a qualidade dos laços com pessoas importantes para o seu desenvolvimento. Dinheiro: Vida profissional favorecida, contudo não seja tão distraído. VIRGEM – (23/8 a 22/9) – É um bom dia para interagir com pessoas do seu convívio e colocar a conversa em dia. No relacionamento, haverá a oportunidade de compartilhar ideias. Ficam em destaque os assuntos do coração e as experiências que precisam ser ressignificadas.

Cruzadas LIBRA – (23/9 a 22/10) – É preciso colocar as suas ideias em prática no trabalho. O céu colabora com os investimentos e traz novas possibilidades materiais. Talvez seja necessário se posicionar diante de uma situação financeira com uma pessoa importante. Saúde: Poderá sofrer de dores de cabeça. ESCORPIÃO – (23/10 a 21/11) – É um excelente dia para sair e se divertir. Você vai sentir a necessidade de se comunicar e lidar com projetos que o motivam. É preciso avaliar o quanto você se sente valorizado no trabalho ou na forma como interage com a rotina. Saúde: Com disciplina e controle vai ultrapassar um momento menos bom neste setor. SAGITÁRIO – (22/11 a 21/12) – É um bom dia para ampliar a sua percepção sobre as necessidades da família; pode acontecer uma conversa reservada com uma pessoa. O céu recomenda que você dê atenção às necessidades de afeto e se cure com a ajuda do perdão. Saúde: Evite lugares fechados, faça caminhadas. CAPRICÓRNIO – (22/12 a 19/1) -É um excelente dia para sair da rotina e interagir com projetos pessoais e amizades. É favorável conversar e trocar informações pertinentes ao seu desenvolvimento. Avalie a qualidade dos afetos com pessoas mais íntimas. Dinheiro: Momento favorável neste setor. AQUÁRIO – (20/1 a 18/2) – É um excelente dia para promover as metas e realizar novos movimentos profissionais. O céu favorece o setor financeiro e traz soluções administrativas. Mas é preciso avaliar as relações de afeto com pessoas do seu convívio. Na saúde: O seu estado nervoso pode levá-lo a pequenos acidentes. PEIXES – (19/2 a 20/3) -Uma conversa é importante para ampliar o seu campo de visão sobre estudos, viagens e eventos nos quais você esteja inserido. O céu também pede uma reflexão sobre como lidar com investimentos. Amor: De tanto pensar naquilo que já viveu, pode perder oportunidades de viver o amor plenamente. Abandone o seu passado e viva o presente intensamente, pare de lamuriar-se e viver na nostalgia.

C’EST FINI O SBT, em Porto Alegre, agora confirma a contratação de Brunna Colossi, ex-RBS. Será ela a nova apresentadora do “Mas Bah!”, que vai ao ar todos os sábados, a partir das 12h30. Ficamos assim. Mas amanhã tem mais. Tchau!


4

MACEIÓ - ALAGOAS SÁBADO E DOMINGO, 15 E 16 DE FEVEREIR0 DE 2020

TOP

“ Nesta vida, pode-se aprender três coisas de uma criança: estar sempre alegre, nunca ficar inativo e chorar com força por tudo o que se quer”

FOTO BY CHICO BRANDÃO

PARABÉNS,

Elenilson Gomes

elenilsontopnews@gmail.com

FOTO BY ARQUIVO PESSOAL

ELIANE LIMA!

H

oje, TopNews não poderia deixar de presta uma homenagem à grande mulher, mãe, executiva ouro que passará o dia recebendo homenagens mil dos mais variados segmentos em razão de mais um parabéns que ela celebra neste sábado com seus familiares, estamos falando da querida amiga Eliane Lima, ela que terá muitas emoções recebendo homenagens em razão da grande data. Escrever sobre Eliane Lima muito me orgulha e hoje TopNews presta essa homenagem pelo seu aniversário. Parabéns, amiga, que o nosso Deus sempre esteja ao seu lado te abençoando e te guiando. Felicidades mil para você. Parabéns!

PARIS 6 NO MACEIÓ SHOPPING

O

clima parisiense deve invadir Maceió nos próximos meses. Trata-se da chegada do grupo Paris 6 à capital alagoana, no Maceió Shopping, com inauguração prevista para o primeiro semestre de 2020. Inspirado nos bistrôs do 6º distrito da Cidade Luz, a marca traz o Paris 6 Petit, com loja no estilo café e menu especial e seleção de criações famosas do sócio-fundador do Paris 6, Isaac Azar. No menu, cafés, bolos, tartelettes, eclairs entre outras opções exclusivas do modelo de loja e uma diversidade de souvenirs.

E

les formam um casal up to date em nossa sociedade, eles são nomes de destaque no mundo empresarial e social do nosso Estado. Estamos falando da aniversariante do dia, Eliane Lima, em companhia do seu amado Arione Cândido. O casal hoje recebe a nossa homenagem e os nossos aplausos. Parabéns, Eliane Lima. Parabéns!

UNHAS COM

O presidente da TVCOM/Maceió, Roberto Pires Alemão, e o diretor financeiro, Gentil Malta, enquanto aguardavam reunião na Caixa Econômica Federal. Em pauta, novos projetos no setor da comunicação. A coluna Top News parabeniza os amigos pelo grande sucesso da TVCOM

FOTO BY ARQUIVO PESSOAL

FOTO BY ARQUIVO PESSOAL

GLITTER

A

dereços e texturas estão ganhando cada vez mais força no universo da manicure. Ainda mais agora no Carnaval - nada combina melhor do que glitter (de preferência biodegradável) para deixá-las com a cara da folia carnavalesca. O grande destaque desta temporada são as unhas com glitter, para você brilhar muito nos bloquinhos. Escolha o seu e arrase!

FAROFA NA PRAÇA

A

contagem regressiva para a semana mais animada no ano começou. E já pra entrar no clima de carnaval, os coletivos SANTA+ e Pixel se unem trazendo, na última sexta, 14, a segunda edição da ‘Farofa’ mais carnavalesca de Maceió, durante o Jaraguá Folia. O evento é aberto, gratuito e colaborativo, e acontece na Praça Bom Jesus dos Navegantes, das 20 às 02h, no bairro histórico do Jaraguá.

PARABÉNS, CARLA PEIXOTO!

A

coluna TopNews não poderia deixar de parabenizar a grande dama e querida amiga Carla Peixoto, ela que no último dia 13 recebeu homenagens em razão de mais um parabéns que ela comemorou cercada dos seus familiares e amigos. Foi uma noite de muitas emoções. A celebração ocorreu na bela loja Casa Deux, na Rua Mário de Gusmão, Ponta Verde, e foi organizada pelo seu filho, Guido, e o amigo Emerson. Nomes expressivos da sociedade feminina se fizeram presentes à comemoração. TopNews aproveita a oportunidade para desejar a esta grande mulher felicidades mil e que o nosso Deus todo poderoso sempre esteja ao seu lado.

IMAGINARIUM NA SUA CASA

E

mpresária Márcia Marques, um nome de sucesso no empresariado feminino em nossa, está de parabéns. Sua loja Imaginarium, no 2º piso do Maceió Shopping, acaba de receber lindas peças para decorar os vários cômodos da sua casa com estilo, originalidade e muito bom humor. A Imaginarium tem peças exclusivas, que você irá adorar. Vale a pena conferir as novidades que a Imaginarium tem para você!

PARABÉNS, FERNANDO AZEVEDO!

T

opNews, nesta coluna, aplaude e parabeniza este grande empresário, grande executivo que se destaca no empresariado alagoano, estamos falando do grande amigo Fernando Azevedo, ele que no último dia 13 foi o aniversariante mais festejado em nossa sociedade. Um grupo de amigos prestou uma bela homenagem ao aniversariante em um badalado restaurante português, tudo aconteceu no mais alto estilo, em clima de muita amizade e energia positiva. Aproveitamos a oportunidade para desejar a este grande amigo saúde, paz e muito sucesso em sua vida. Parabéns!

D

ona de uma beleza bem brasileira, ela é um ser humano iluminado, uma jornalista e empresária do mais alto quilate. Estamos falando da sempre bela Gabriela Garrido, que começa a se destacar como empresária em nossa sociedade com a Oxage Yoga em Maceió e Arapiraca. Agora, Gabriela convida você para conhecer a Oxage Yoga Ponta Verde, localizada na Galeria Boulevard, na Rua Mário de Gusmão, Ponta Verde. A bela loja espera os nossos amigos com cintas cirúrgicas e modeladoras de todos os tamanhos. Parabéns, Gabriela Garrido!

FINAL DE SEMANA NO MARIA ANTONIETA

N

este final de semana, os empresários Leopoldo e Dedé Gama e o chef Breno Gama, eles que comandam o restaurante Maria Antonieta, convidam os nossos amigos para passar momentos inesquecíveis no almoço e no jantar. Localizado na Avenida Amélia Roda, você vai ter uma culinária deliciosa, atendimento impecável e uma carta de vinhos premiada, além de música perfeita ao som um maravilhoso piano de cauda. Venham conferir e viver momentos perfeitos!

E

les formam um casal top do top em nosso mundo social e empresarial da cidade, estamos falando do empresário Alexandre em companhia da sua amada Fernanda Trami, ansiosos com a chegada do primeiro herdeiro em março. O casal também comemora o grande sucesso da clínica de pé Dr. School, localizada na Ponta Verde. Parabéns, amigos, vocês são merecedores da nossa admiração e dos nossos aplausos. Parabéns, amigos!

HIDRATAÇÃO COM BABOSA

C

ertamente você já ouviu falar sobre fazer hidratação com babosa. Isso porque usar plantas para fazer diversos tipos de tratamentos de beleza faz parte da nossa cultura há tempos e é algo que permanece até hoje. Conhecida também como aloe vera, a babosa é uma das plantas mais famosas nesse sentido. Ela é muito utilizada no tratamento de queimaduras e também para fins estéticos. Pesquisas existentes sobre a composição fitoquímica, mostram que a planta exerce função que auxilia no processo de cicatrização em tecidos humanos. Ela pode ser usada na pele, cabelo e até como alimento funcional.

Profile for Tribuna Hoje

Edição número 3583 - 15 e 16 de fevereiro de 2020  

tribunaindependenteediçãodigitaltribunahoje

Edição número 3583 - 15 e 16 de fevereiro de 2020  

tribunaindependenteediçãodigitaltribunahoje

Advertisement