Page 1

EXEMPLAR DO ASSINANTE

MACEIÓ - ALAGOAS 11 E 12 DE FEVEREIRO DE 2017

EDIÇÃO N0 2.837

R$ 4,00

INDEPENDENTE

tribunahoje.com

PARDAIS EM MACEIÓ SERÃO RELIGADOS DIA 20 A PREFEITURA CONFIRMOU A DATA DE RELIGAÇÃO DOS PARDAIS DE TRÂNSITO EM MACEIÓ E ANUNCIOU UMA CAMPANHA EDUCATIVA A PARTIR DE SEGUNDA-FEIRA PARA CONSCIENTIZAR OS CONDUTORES SOBRE A VOLTA DA FISCALIZAÇÃO ELETRÔNICA. O SUPERINTENDENTE DE TRÂNSITO DA SMTT, ANTÔNIO MOURA, GARANTIU QUE O OBJETIVO “É PRESERVAR A VIDA E FAZER COM QUE ACIDENTES NÃO ACONTEÇAM”, DESCARTANDO QUE HAJA “INDÚSTRIA DE MULTAS”. PÁGINA 10 AGÊNCIA ALAGOAS / MÁRCIO FERREIRA

Policiais militares de Alagoas têm o maior piso inicial da Região Nordeste LEVANTAMENTO DA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DAS ENTIDADES REPRESENTATIVAS DOS MILITARES BRASILEIROS APONTA QUE AO ENTRAR NA CORPORAÇÃO, O SOLDADO EM ALAGOAS RECEBE PISO DE R$ 3.522,88. PÁGINA 5

ADAILSON CALHEIROS

RECICLANDO COM ARTE

Projeto Relix alerta sobre perigos da destinação inadequada de resíduos e incentiva a transformação do lixo com viés artístico. PÁGINA 9

SANDRO LIMA

VALÉRIA CORREIA

REITORA AVALIA CORTES, AVANÇOS E CRISE POLÍTICA Em seu segundo ano como reitora da Ufal, Valéria Correia faz uma avaliação dos avanços, cortes de gastos, atuação nos campos de pesquisa e extensão e entra na discussão sobre a instabilidade política no País. PÁGINA 4

COPA DO NORDESTE

CSA TENTA REABILITAÇÃO EM CASA E CRB ENCARA O ABC EM NATAL PÁGINA 16

“UNIÃO TEM TRANSFERIDO MAIS RESPONSABILIDADES QUE RECURSOS” Recém-empossado presidente da AMA, o prefeito Hugo Wanderley, de Cacimbinhas, avalia que o governo federal tem transferido aos municípios mais responsabilidades que recursos e por isso pretende manter as reivindicações à União por maior atenção e suporte aos municípios. PÁGINA 2

TEMPO

Bom a parcialmente nublado com possiblidades de chuvas em áreas isoladas

Mínima

23º

Máxima

32º

MARÉS

03:58 10:06

2.2m 0.2m

16:11 22:30

2.3m 0.0m

FERNANDA LIMA ACHA QUE SEMPRE HÁ “NOVAS QUESTÕES” SOBRE SEXO

Aos 39, Fernanda Lima retoma as apresentações do programa “Amor & Sexo” com temas que debatem tabus e preconceitos com muita descontração. Casada com Rodrigo Hilbert, é mãe de gêmeos de 8 anos. “Já falamos de tudo, mas há sempre novas questões para atingir sempre mais pessoas”, diz. SUPLEMENTO

FINANÇAS

DÓLAR COMERCIAL DÓLAR PARALELO R$ 3,11

R$ 3,11

R$ 3,11

R$ 3,26

OURO:

R$ 123,00

POUPANÇA: 0,7274%


TRIBUNAINDEPENDENTE

2 POLÍTICA MACEIÓ - SÁBADO e DOMINGO, 11 E 12 DE FEVEREIRO DE 2017

Política

Nós sabemos que o governo federal cria muitas tarefas para os munícipios, mas não aponta de onde vão sair os recursos para mantê-los. Então as cidades têm perdido muito HUGO WANDERLEY PRESIDENTE DA AMA

Cobrança junto ao governo permanece

Presidente da Associação dos Municípios Alagoanos diz que o governo federal precisa ser mais justo com as prefeituras

ESPLANADA LEANDRO MAZZINI - contato@colunaesplanada.com.br

EXTRA

Cofrinho quebrado

O

s problemas do ex-bilionário Eike Batista, preso no complexo de Bangu no Rio de Janeiro, só começam – e vão resvalar no seleto grupo político que ele ajudou. O MP Federal e a Polícia Federal já têm informações sobre um fundo de investimentos com iniciais GV em Nevada, estado americano de Las Vegas, a meca da lavagem de dinheiro. Há suspeitas de que seja uma ‘poupança’ do empresário e de um pool de políticos – de todas as esferas – que o ajudaram em financiamentos no BNDES.

Vegas é uma festa O fundo teria hoje algo em torno de US$ 300 milhões – ou R$ 1 bilhão.

Sorria, sorria Rumo à sabatina no Senado e à cadeira de Teori Zavascki, Alexandre de Moraes contratou uma assessoria de imagem. Na praça, isso não sai por menos de R$ 50 mil.

Fim do mundo Uma amostra do caos moral do País. Subcomandante da PM de Mesquita (RJ) apanhou e foi impedido por mulheres de entrar no Batalhão aos gritos de ‘safado’ e ‘vagabundo’.

10 anos depois.. Em março de 2007 os quatro governadores do Sudeste eleitos se reuniram no Palácio das Laranjeiras, no Rio, para discutir ação conjunta no combate à violência e tráfico de armas. Paulo Hartung, do Espírito Santo, foi o porta-voz da falácia. Aécio Neves (MG), José Serra (SP) e Sérgio Cabral (RJ) os expectadores. Juntos com o povo.

Te cuida, Moraes Crítica contumaz do governo de Michel Temer, a senadora Ana Amélia (PP-RS) alerta a Alexandre Moraes sobre o frente-a-frente no Senado para o STF. “Na sabatina, como ocorreu com o ministro Edson Fachin, terão muitas tentativas de pegadinhas”

Guerra e Paz 1 A indicação do presidente da CCJ no Senado deixou sequelas no PMDB. Foi tensa a reunião que chancelou Edison Lobão (MA). O concorrente, Raimundo Lira (PB), a quem havia sido prometido o cargo, disparou: “Prevaleceu a interferência externa”, em alusão ao Planalto e ao ex-presidente do Senado, José Sarney (MA).

Guerra e Paz 2 À Coluna, o senador Lobão prega o discurso conciliador: “Raimundo Lira é meu amigo. Não vai ficar nenhum arranhão dessa disputa. Se ele fosse o indicado, teria o meu voto.”

Alfinetada Derrotada na disputa pelo comando da CCJ, a senadora Marta Suplicy teve um consolo. Ganhou a Comissão de Assuntos Sociais e elogia Renan Calheiros: “Ele é habilidoso”.

Número mágico O rombo do Banco Panamericano foi calculado em pouco mais R$ 700 milhões, mas depois da auditoria chegou a R$ 4,3 bilhões. O detalhe é que, no relatório final de posse da Coluna, está escrito que a auditoria não seguiu padrões internacionais.

Troco Na reunião deliberativa do Fundo Garantidor de Créditos, os diretores de BB, Caixa e Bradesco apoiaram a ajuda ao Pan, menos o Itaú. A coincidência que poucos meses depois o Itaú tomou multa milionária da Receita Federal.

Sustinho O susto de Aécio Neves no pouso de emergência do jatinho da Líder no aeroporto de Cumbica (SP) na quinta à noite não chegou perto do que passou a banda Skank anos atrás, em king air fretado da empresa. A porta do avião abriu em pleno voo.

Alta tensão O clima anda tenso na Procuradoria-Geral da República após a transmissão ao vivo da reunião do chefe de gabinete, Eduardo Pellela, com parlamentares da oposição. Rodrigo Janot estava em cerimônia de recepção do presidente argentino Mauricio Macri no STF e delegou o encontro ao assessor. Pellela não sabia que estava sendo gravado.

Pente-fino O desconforto foi tamanho que, a partir de agora, haverá controle rigoroso no uso de celulares e equipamentos de filmagem em reuniões com o PGR ou assessores.

Ponto Final Paga-se bem uma foto do tamanho do sorriso de Anthony Garotinho, que de casa vê seus desafetos Eduardo Cunha e Sérgio Cabral na cadeia. Com Equipe DF, SP e Nordeste www.colunaesplanada.com.br contato@colunaesplanada.com.br Twitter @leandromazzini

SANDRO LIMA

CARLOS VICTOR COSTA REPÓRTER

H

ugo Wanderley (PMDB), prefeito de Cacimbinhas, já teve o desafio de gerir a União dos Vereadores de Alagoas (Uveal), agora terá pela frente a administração da Associação dos Municípios Alagoanos (AMA). Eleito em consenso para o biênio 2017-2018, ele concedeu entrevista para a reportagem da Tribuna Independente e falou sobre o início do trabalho na entidade municipalista e garantiu fazer uma gestão de parceria com todos os prefeitos.

Tribuna Independente - A crise econômica e política ainda estão em alta e gera preocupação para os municípios. Qual o perspectiva para 2017? Será um ano de dificuldades? Hugo Wanderley - O ano de 2017 será de muitas dificuldades. Vivemos um cenário nebuloso na economia nacional. A instabilidade política também dificulta que nós possamos enxergar alguma abertura do cenário que está por vir. Agora é o momento de os prefeitos terem muita cautela, segurar as rédeas da administração, enxugar gastos, fazer caixas de emergência, para que possamos ultrapassar essa tempestade sem correr o risco de desmantelar as máquinas públicas, mantendo as contas minimamente em dia com fornecedores e folha de pagamento. Tribuna Independente - Como estão sendo seus primeiros dias de gestão na AMA? Hugo Wanderley - Estamos fazendo levantamento de pessoal. Temos uma equipe muito boa e que trabalha há um bom tempo aqui. Acredito que maioria do pessoal será mantido aqui. Iniciamos nossos trabalhos com a abertura do evento da Controladoria Geral da União (CGU), que foi importantíssimo que contou com a participação do Tribunal de Contas do Estado (TCE). As capacitações que realizamos com o auxílio desses órgãos são fundamentais. Esse trabalho preventivo junto com os gestores e com os controladores. A AMA sempre tem orientado aos prefeitos a importância de reforçar esses quadros dentro do município. É um momento de muita dificuldade de arrecadação dos municípios, então a gente tem que capacitar os técnicos municipais para que eles possam incrementar melhor as receitas dentro do município. Porque sabemos que existe uma cultura dentro das pequenas cidades de não se pagar o IPTU e o ISS, impostos municipais. Então a gente tem que está capacitando o pessoal para que possamos juntos, superar essa crise e incrementar receita dentro dos municípios. Tribuna Independente - As bandeiras de lutas tradicionais no municipalismo têm sido o aumento do FPM e aumento

Hugo Wanderley destaca que os municípios vêm perdendo receita enquanto o governo impõe responsabilidades

Claro que a AMA tem sofrido um abalo por conta da queda dos repasses do FPM. A AMA não tem mais os mesmos repasses, anterior à crise, mas investimos muito na capacitação

Agora é o momento de os prefeitos terem muita cautela, segurar as rédeas da administração, enxugar gastos, fazer caixas de emergência, para que possamos ultrapassar essa tempestade

A AMA é uma entidade apartidária. Tradicionalmente, tem feito eleições por consenso, inclusive nessa última eleição foram contemplados todos os segmentos políticos

dos repasses do governo federal para custeio de serviços. O que deve ser acrescido este ano nas demandas junto ao governo federal? Hugo Wanderley - Além disso, a AMA tem lutado também na disparidade do tratamento do governo federal com seus entes federados. Nós sabemos que o governo federal cria muitas tarefas para os munícipios, mas não aponta de onde vai sair os recursos para mantê-los. Então as cidades têm perdido muito. Com o tempo, a AMA e a Confederação Nacional dos Municípios (CNM) tem conquistado algumas vitórias dessa pauta municipalista, como o 1%, a questão da multa da repatriação, mas também temos muitas outras pautas tramitando no Congresso. Nós vamos trabalhar firmes junto com a bancada federal para que possamos avançar e que os munícipios possam ter um alívio financeiro nos próximos anos. Tribuna Independente - A transparência ainda é um problema que as prefeituras alagoanas precisam se adequar e cumprir a lei. O que deve ser feito para que os municípios atendam a legislação? Hugo Wanderley - Não vejo a transparência como um problema, vejo ela como uma solução. É importante que o gestor esteja atento a essas questões, praticamente todos os prefeitos estão tentando acertar nesse quesito. É muito importante e a população clama por transparência. O povo quer saber como está sendo gastos os recursos públicos. Então é importante os gestores estarem antenados à modernização. Temos hoje uma grande leva de novos gestores, prefeitos jovens que estão se adaptando facilmente a essa questão. A AMA tem trabalho forte nesse sentido, buscando parcerias com o TCE, com a CGU, que por sinal tem uma parceria muito estreita com a nossa instituição, para capacitar, esclarecer os gestores da importância da transparência. Tribuna Independente - Qual a dificuldade de

se ter uma transparência mais clara? Hugo Wanderley - O problema está na alimentação dos dados. As vezes as prefeituras precisam procurar uma empresa que tenha a responsabilidade de alimentar o portal. Importa muito você ter um controlador experiente no município, que entenda, saiba qual a importância daquela ferramenta e que alimente regularmente aquele site. Por isso temos orientado os prefeitos sobre a importância de ter uma controladoria, de ter uma procuradoria atuando forte dentro da administração. Tribuna Independente - A AMA tem os 102 municípios associados? Qual a condição orçamentária da instituição e como é destinado os recursos repassados das prefeituras à AMA? Hugo Wanderley - Hoje temos os 102 municípios associados. Ainda estou fazendo levantamento financeiro da instituição. Claro que a AMA tem sofrido um abalo por conta da queda dos repasses do FPM. A AMA não tem mais os mesmos repasses, anterior à crise, mas investimos muito na capacitação, através dos cursos. Temos um quadro de técnicos competentes e que acompanham o dia a dia dos municípios na área da seca, que auxilia na elaboração dos decretos, tirando as dúvidas dos prefeitos. Tribuna Independente - Além ser uma instituição importante na defesa municipal, a AMA também pode ser considerada fundamental para a composição e organização tanto nas eleições municipais como gerais? Hugo Wanderley – A AMA é uma entidade apartidária. Tradicionalmente, tem feito eleições por consenso, inclusive nessa última eleição foram contemplados todos os segmentos políticos. Então a AMA não se envolve diretamente em eleições. É natural que cada prefeito disputa a eleição dentro dos seus partidos, mas a entidade não se envolve politicamente nessas questões.


TRIBUNAINDEPENDENTE

Conjuntura

FLAVIO GOMES DE BARROS - flaviogomesdebarros55@gmail.com

Pegando no tranco

D

o jornalista Carlos Chagas: “Até algumas décadas era comum certos carros só pegarem no tranco. Parecia normal, ninguém se escandalizava diante do vexame oferecido nas ruas. O tempo passou, os automóveis se sofisticaram e poucos ainda se lembram daqueles idos. O governo Temer, no entanto, manteve o costume. Só pega no tranco... Assim foi feito com o ministro da Justiça, que virou ministro do Supremo Tribunal Federal, abrindo vaga sabe-se lá para quem. Moreira Franco teve seu ministério rebatizado para refugiar-se no abrigo da proteção burocrática. Eliseu Padilha já subiu as escadas do cadafalso. Enquanto isso, Michel Temer continua desmanchando direitos sociais e satisfazendo as elites em suas mínimas reivindicações. Cooptou a maioria parlamentar e aprova tudo que for do interesse do andar de cima, dando as costas para as reais necessidades populares. Enquanto isso, até a operação Lava Jato vai perdendo combustível, com cada vez menos corruptos na cadeia, cumprindo pena em suas mansões. O escândalo verificado no Espírito Santo ameaça estender-se por outros estados ao tempo em que o desemprego se multiplica e a população se exaspera. Breve esse calhambeque deixará de transitar, não havendo mecânico que dê jeito. De tranco em tranco, melhor voltar ao tempo das carroças.”

Encontro Do “Estadão”: “Um grupo de oito senadores fez uma ‘sabatina informal’ com o ministro licenciado da Justiça Alexandre de Moraes, indicado ao Supremo Tribunal Federal (STF), no barco do senador Wilder Morais (PP-GO), em Brasília”. Um dos presentes foi Benedito de Lira (PP/AL), da Comissão de Constituição e Justiça.

Espaço O cargo de vice na chapa de Renan Filho, para a disputa da reeleição, é trunfo para negociação. Luciano Barbosa, atual vice e secretário da Educação, deve ser candidato a deputado federal. Se a opção for por um vice do PMDB de Renanzinho e Luciano, um nome forte é o do deputado e ministro Marx Beltrão.

Orgulho De Renan Filho, sobre o fato de a PM de Alagoas ter a maior remuneração inicial (R$ 3.368, 86) do Nordeste: “É preciso valorizar o profissional, o PM dedica a sua vida pela segurança de uma sociedade. Somos orgulhosos e gratos a nossa corporação que tem exercido um grande trabalho de combate ao crime e redução da violência”.

Responsabilidade Os prefeitos Rui Palmeira, de Maceió, e Rogério Teófilo, de Arapiraca, são as principais bases do PSDB para a disputa eleitoral de 2018, especialmente em relação aos cargos de governador e senador (duas vagas). O desempenho deles, que comandam os principais colégios eleitorais do Estado, pode fazer a diferença.

In loco Em Arapiraca, Rogério Teófilo iniciou um estilo próprio de gestão, ao fazer visitas de surpresa em órgãos públicos. É um meio de conhecer bem o trabalho que está sendo executado, sem fazer aviso prévio. Teófilo aproveita para, além de avaliar o trabalho, ouvir reivindicações dos servidores e dos gestores.

Carnaval As prévias carnavalescas prosseguem neste sábado, com o baile “Verde e Branco”, do Iate Clube Pajussara. Todas as mesas foram vendidas. A programação das prévias prevê Jaraguá Folia para o dia 17, e no dia 18, na Ponta Verde, saída dos blocos Turma da Rolinha, Pecinhas de Maceió, Confraria do Rei e Samba de Nego.

Opinião Jornalista Jorge Oliveira: “Enquanto alguns ministros do STF forem fecundados no casulo da política, o país não deve esperar imparcialidade no julgamento desse tribunal. Agora mesmo estamos vendo os ministros Gilmar Mendes e Marcos Aurélio se posicionarem contra as prisões preventivas da Lava Jato.”

Leilão na CCJ é um escárnio” MERVAL PEREIRA Jornalista, sobre o fato de o senador Edison Lobão (PMDB/MA), envolvido na Operação Lava Jato, ser presidente da Comissão de Constituição e Justiça

* O governador Renan Filho reúne prefeitos e secretários municipais na 2ª feira, para apresentar um programa que visa ampliar a qualidade da educação, com foco no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica. Às 9 horas, no Centro de Convenções. * A SMTT retoma, de forma educativa, na próxima 2ª feira, a fiscalização por pardais eletrônicos em ruas de Maceió. Até o dia 19, os equipamentos estarão ligados somente no intuito de alertar aos condutores. No dia 20, infratores serão multados. * Neste sábado, no Orakulo Chopperia, na Praça Rayol, acontece a prévia carnavalesca da La Mafia, com concurso da Globeleza e da nova dançarina do Tchan. Início às 22 horas. O som será comandado por vários DJs. Ingressos de R$ 25,00 a R$ 40,00. * O Museu da Imagem e do Som de Alagoas recebe a exposição “Cetim”, da artista plástica Alessandra Cunha, que foi contemplada no Edital de Exposições Temporárias 2016/2017 da Secult. A mostra está aberta para visitação até 28 de fevereiro. * O Centro de Belas Artes de Alagoas, da Secult, abriu 20 vagas para o novo curso de percussão, com ênfase no pandeiro. As aulas serão ministradas pelo integrante a Orquestra dos Tambores, Wilson Santos. Matrículas entre 13 e 17 de fevereiro. * Gestores e técnicos municipais da Saúde intensificam na próxima semana as ações de combate e controle do Aedes aegypti no I Encontro Temático Sobre Vigilância em Saúde, que será realizado das 8 às 13 horas, no Conselho Regional de Medicina. * A Copa do Nordeste tem neste sábado jogos de CSA (16 horas, no Trapichão, contra o Itabaiana) e CRB (20h30m, em Natal, contra o ABC). Na 2ª feira o CSA volta a campo, pelo Campeonato Alagoano: joga às 20h30m, em Coruripe, contra o Coruripe.

MACEIÓ - SÁBADO e DOMINGO, 11 E 12 DE FEVEREIRO DE 2017 POLÍTICA

3

Albuquerque confirma Arthur em secretaria Gabinete Civil não confirmou a mudança e diz que escolha é política SANDRO LIMA

CARLOS VICTOR COSTA REPÓRTER

A

Secretaria de Estado de Trabalho e Emprego (SETE) terá um novo secretário. É o que garantiu o deputado estadual Antonio Albuquerque (PTB) em entrevista à Tribuna Independente. Segundo o parlamentar, Arthur Albuquerque, que é filiado ao PMDB, e seu filho mais novo, será o novo titular de uma das pastas mais importantes do Governo do Estado. “Ele [Arthur Albuquerque] vai ser o secretário sim. Mas eu preferia que você confirmasse com o governador, afinal de contas o governo é dele, né verdade? Mas está acertado mesmo. Ou ele [Renan Filho, PMDB] ou o gabinete civil informam. É bom consultar o Fábio Farias [chefe do Gabinete Civil]”, declarou o parlamentar, ressaltando ainda o acordo realizado om o chefe do Poder Executivo. Em contato com o Gabinete Civil, a assessoria de comunicação do órgão informou que a mudança no secretariado é uma decisão política e que no momento apropriado será divulgada. Já a assessoria de Renan

Antonio Albuquerque confirmou que Arthur Albuquerque assume secretaria de governo Renan

Filho (PMDB), disse que o governador está em Brasília e que não falava sobre especulação, pronunciando-se apenas quando tivesse tudo certo acerca de qualquer mudança. ESPECULAÇÕES Durante a última sema-

na, algumas especulações traziam Arthur Albuquerque como principal nome para assumir a pasta do Trabalho e Emprego do Estado, que já teve três secretários durante esses dois anos de mandato de Renan Filho. QUEM É

Arthur Albuquerque tem 26 anos e entrou na política recentemente quando disputou o cargo de prefeito em Limoeiro de Anadia. Mesmo com apoio do pai e do próprio governador, acabou perdendo a eleição no município.

DESENVOLVIMENTO

Prefeito estreita acessos com o Sebrae-AL O prefeito Rui Palmeira (PSDB) participou na sexta-feira (10), de uma reunião para alinhamento da parceria entre a Prefeitura de Maceió e o Sebrae Alagoas. No encontro, foram apresentados os resultados dos trabalhos até o ano passado e os planos para 2017. Na oportunidade, Rui ressaltou que a parceria com o Sebrae tem sido fundamental para o processo de modernização da prefeitura e desenvolvimento da cidade. “O Sebrae tem uma expertise muito grande, sobretudo, voltada ao micro e pequeno empreendedor. Nós estamos buscando alternativas para desburocratizar a prefeitura e avançamos nesse sentido. Muita coisa a partir deste ano vai ser feita através da internet, no site da prefeitura a população vai poder ter acesso a uma série de serviços ao invés de se deslocar para um órgão da prefeitura”, disse. “Viemos buscar apoio e ouvir dos consultores do Sebrae sugestões pra melhorar os serviços da prefeitura. Quero agradecer a todos que fazem o Sebrae pela parceria. Agora é momento de reafirmar essa relação, porque muita coisa ainda pode

ASSESSORIA

Prefeito Rui Palmeira deixou claro, durante a reunião, que a prefeitura está aberta a iniciativas

avançar”, acrescentou. Para o diretor técnico do Sebrae em Alagoas, Ronaldo Moraes, a reunião foi um momento ímpar. “Até 2013 nós tínhamos muita dificuldade de trabalhar com a prefeitura, havia uma

dificuldade grande de ter essa sensibilidade para o desenvolvimento da micro e pequena empresa. O prefeito Rui é um gestor que sabe da importância da micro e pequena empresa para o desenvolvimento de qualquer

local e um desenvolvimento mais democrático, mais distributivo”, pontuou. “Rui Palmeira vem apoiando uma série de iniciativas que o Sebrae estimula para que governantes tomem iniciativas”. disse.

BARRA

SALÁRIOS

A população carente da Barra de Santo Antônio começou essa semana a receber em casa a visita dos médicos do Programa Saúde da Família (PSF), informou, na sexta-feira (10) a prefeita Emanuella Moura (PSDB). Segundo Emanuella, nas gestões anteriores não aconteciam essas visitas. “Essa é uma ação importante na prevenção e também para que alguns diagnósticos possam ser reconhecidos antes de a doença se agravar”, destaca a prefeita da Barra de Santo Antônio.

Arapiraca informou que, devido a uma queda de energia registrada na madrugada de sexta-feira (10) na região do Centro Administrativo, uma pequena parte dos servidores contratados da Saúde e Educação não tiveram os salários disponibilizados em suas contas. O processamento, portanto, deverá ser feito na segunda-feira (13), e os salários deverão estar disponibilizados nas contas desses servidores do município na manhã da próxima terça-feira (14).

Médicos iniciam Queda de energia afeta pagamentos A Prefeitura de atendimento sem casa


4

TRIBUNAINDEPENDENTE

POLÍTICA MACEIÓ - SÁBADO e DOMINGO, 11 E 12 DE FEVEREIRO DE

BARTOLOMEU DRESCH bartolomeu_dresch@hotmail.com.br

Energia limpa em Alagoas

A

empresa Ipanema Construções, de Maceió, teve um projeto aprovado pelo FNE Sol. A empresa de materiais de construção é a primeira em Alagoas a ser contemplada com essa linha de crédito. O programa de financiamento do Banco do Nordeste (BNB) é voltado para implantação de sistemas de energia fotovoltaica em empresas nordestinas. A empresa investiu em torno R$ 100 mil para implantar o sistema, instalado pela empresa Energia Plena e Inove Consultoria, que rendeu 65 placas e 16,9 kWp de potência. A energia gerada pela fonte renovável é injetada na rede da distribuidora para que possa ser consumida em seguida. Antes da regulamentação, um imposto tornava inviável o custo e benefício na implantação. A iniciativa conta com o apoio do Governo do Estado, através da Sedetur, que diz que a regulamentação do Convênio 16 (firmado em setembro do ano passado, com objetivo é isentar o imposto sobre ICMS cobrado sobre a geração distribuída de fontes renováveis) traz importante contribuição no desenvolvimento dos setores empresariais, comerciais e residenciais ao reduzir custos na isenção de impostos.

Reitora corta gastos e cita avanços na Ufal Maria Valéria Correia conviveu com contingenciamento de recursos em 2016 SANDRO LIMA

P

Salto no Ideb O governador Renan Filho reúne prefeitos e secretários municipais nesta segunda-feira (13) para apresentar um programa que vai envolver todas as cidades alagoanas e que tem como meta ampliar a qualidade da educação, com foco no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). O encontro acontece a partir das 9h, no Centro Cultural e de Exposições Ruth Cardoso, em Jaraguá. O novo programa tem como foco o ensino fundamental I e II. As ações serão voltadas para a melhoria de indicadores, como taxa de aprovação, distorção entre idade e série e condição de trabalho dos servidores da Educação. Para o secretário de Educação e vice-governador do Estado, Luciano Barbosa, esse primeiro encontro é fundamental para integrar gestores municipais e Governo na missão de dar um salto no ensino em Alagoas. Barbosa destaca que os municípios detêm 95% das matrículas dos anos iniciais e 75% dos anos finais.

Chico Buarque e o fazendeiro Alvo de queixa-crime feita pelo compositor Chico Buarque, o fazendeiro paulista Guilherme Gaion Junqueira Motta Luiz pagou R$ 2 mil de multa para não ser processado por ele após publicar ofensas no Facebook. O fazendeiro aceitou o acordo proposto pelo Ministério Público e ficou livre da ação penal. Ele afirmou na rede social que Chico se beneficiava na Lei Rouanet e, por isso, se posicionara favoravelmente ao governo Dilma Rousseff. Com o acordo, o juiz Marco Couto extinguiu o processo distribuído para o 4.º Juizado Criminal do Leblon. Motta Luiz, porém, ainda é réu em outra ação, na 44.ª Vara Cível do Rio, em que o cantor cobra indenização por danos morais.

Chico Buarque e o fazendeiro 2 O fazendeiro fez a afirmação no Facebook após um incidente ocorrido em dezembro de 2015. Chico estava saindo de um restaurante no Leblon e foi hostilizado por um grupo, que o interpelou agressivamente por seu posicionamento político. Motta Luiz estava no grupo e ironizou Chico, dizendo “para quem mora em Paris é fácil” – o compositor reside no Rio, mas tem um apartamento na capital francesa. E ainda disse: “Você é um merda.”

Se a moda pega Os episódios envolvendo policiais militares no Espírito Santo já começam a fazer coro em outros Estados. A capitã Ana Paula Moutinho, de 37 anos, lotada no 31º BPM (Recreio dos Bandeirantes), no Rio de Janeiro, foi presa administrativamente, ontem, por incitar a greve da Polícia Militar do Rio de Janeiro por meio de seu perfil em uma rede social. De acordo com informações da assessoria de imprensa da corporação, a agente postou “mensagens agressivas à sociedade”. A decisão da prisão da policial foi tomada pelo comando de seu batalhão, seguindo o regulamento de disciplina da corporação. Ana Paula ficará detida por 72 horas, até este domingo, no 20º BPM (Mesquita), na Baixada Fluminense.

Se a moda pega 2 Em sua publicação no Facebook, a capitã mostra fotos de comentários de internautas pedindo que agentes da Polícia Militar não abandonassem a população durante a greve. Em resposta, Ana Paula declarou: “Só cuidaremos dos nossos! Fujam pras colinas”. A capitã ficou conhecida do público em outubro do ano passado quando amamentou um bebê durante uma ocorrência, na comunidade do Terreirão, no Recreio dos Bandeirantes, na Zona Oeste do Rio. Na época, a policial havia acabado de se tornar mãe. Ao chegar no local, ela encontrou a mulher, que aparentava cerca de 30 anos e estava visivelmente transtornada. Ela dizia que pretendia dar o bebê ou abandoná-lo. Ana Paula tentou convencê-la a buscar um familiar que pudesse ficar com a guarda. Nesse meio tempo, ela amamentou o recém-nascido. O caso foi publicado em uma rede social, onde fez sucesso. * As penas previstas para Eike Batista e Sérgio Cabral juntas somam quase 100 anos. A denúncia oferecida na sexta-feira pelo Ministério Público Federal (MPF) contra Eike no âmbito da Operação Eficiência, um desdobramento da Lava-Jato no Rio, prevê pena de até 44 anos para o empresário pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro.] * Já Cabral foi denunciado duas vezes por corrupção passiva, duas por lavagem de dinheiro e uma por evasão de divisas. Assim, poderia pegar entre 12 e 50 anos de prisão, caso seja condenado por todos os crimes. * Segundo o MPF, Eike é acusado de pagar vantagem indevida ao ex-governador Sérgio Cabral (PMDB) de US$ 16,5 milhões para que ele atuasse em suas funções de modo a favorecer os interesse privados no Estado do Rio das empresas administradas por ele. * O MPF conclui ainda que Eike efetivou o pagamento por meio de operadores indicados pelo peemedebista. Este é o dinheiro envolvido na falsa venda de uma mina de ouro envolvendo o Grupo X e as empresas Venta Gold Corp, Arcadia e Centennial Asset Mining. De acordo com a denúncia, Eike atuou em conjunto com Godinho e Cabral, com a colaboração de sua mulher, Adriana, cujo escritório teria recebido R$ 1 milhão.

CARLOS AMARAL REPÓRTER

Maria Valéria Correia ressalta que foi preciso tomar medidas criteriosas para conter os gastos na Ufal

COBRANÇAS

Discursos de ódio preocupam devido à instabilidade política A segunda edição do Fórum Social Alagoano – a primeira foi realizada em 2004 – terá quatro temas centrais: saúde; educação; soberania alimentar e agricultura familiar; e cultura e arte. “Queremos escutá-los [movimentos sociais] para formular políticas de extensão e de pesquisa nessas áreas”, comenta Valéria Correia, que reafirma – como fizera em sua campanha para a Reitoria – a abertura da Universidade aos movimentos organizados, especialmente os do campo. “Quando os movimentos agrários estiveram em Maceió no ano passado, durante o abril vermelho, que relembra um massacre de trabalhadores rurais, eles sempre passavam pela Universidade, mas só passavam. Em 2016, eles foram acolhidos pela instituição e organizamos um debate com eles”, relata. A reitora também ressaltou a postura de diálogo que manteve com o movimento estudantil durante a ocupação da Reitoria, no último mês de outubro, e com técnicos administrativos e professores em suas greves, também no final de 2016. “Nossa relação é dialogo e respeito à autonomia dos movimentos. Com os servidores, tivemos negociações muito equilibradas. Essa é nossa postura,

respeito e diálogo”, diz Valéria. CONJUNTURA O primeiro ano da professora Valéria Correia à frente da Ufal coincidiu com um dos períodos mais conturbados da História brasileira. Em 2016, a então presidenta Dilma Rousseff (PT) foi afasta do cargo e a crise política – e econômica – que se arrastava no país desde 2015 segue em voga. “A situação política do Brasil afetou a Ufal, do ponto de vista financeiro e do ponto de vista politico. Neste último, a Universidade se posicionou, através do Conselho Universitário, contra a Proposta de Emenda Constitucional [PEC] 241, hoje 55. Fizemos um estudo que mostrou que se a medida fosse aplicada em 2006, em 2016 teríamos apenas 50% dos recursos que temos hoje A Ufal não estaria funcionando”, crava. Segundo ela, a intenção da PEC 55, na educação, é acabar com a gratuidade no ensino superior público. “O debate por trás disso é quebrar a gratuidade da Universidade. Já há outros projetos no Congresso para derrubar a gratuidade na pós-graduação. Isso é precedente. Primeiro se cobra na pós e depois na graduação. E não é a elite que está na universidade pública, que em tese, pode pagar para estudar”, afirma Valéria.

DISCURSOS DE ÓDIO Além da instabilidade política e enfraquecimento da economia, o atual momento do Brasil também tem como reflexo a proliferação de discursos de ódio e intolerância. Para Valéria Correia, isso é algo que preocupa. “Tenho me preocupado que isso se manifeste na Ufal. A Universidade é um espaço plural, onde todas as ideias devem ser respeitadas de forma democrática. Porém, não posso permitir homofobia, racismo e intolerância religiosa e política, até porque não se pode permitir acirramento de preconceitos. Isso é algo que não se permite na sociedade e na Universidade é que não pode ocorrer”, afirma. Mesmo assim, a reitora garante que o único caso concreto de intolerância que a Ufal presenciou em seu primeiro ano de gestão foi o caso dos jovens – um deles usando vestimentas do Exército Brasileiro – que foram ao Instituto de Ciências Humanas, Comunicação e Artes (ICHCA). “Tomamos uma medida enérgica para apurar. Aquilo foi uma declaração de ódio aos estudantes de esquerda que, segundo quem praticou aquele ato, se concentram no ICHCA. Fizemos nota de repúdio e cobramos a devida apuração do caso junto à Polícia Federal e ao Exército”, diz Valéria.

PRECATÓRIOS

Decisão sobre Fundeb está empatada no TCE A discussão no Tribunal de Contas do Estado (TCE) sobre o destino que os prefeitos alagoanos devem dar aos recursos dos precatórios do Fundeb está empatada em três votos. A minerva será dada pela presidente da Casa, conselheira Rosa Albuquerque, que pediu vistas ao processo na última sessão do pleno da corte de contas na última terça-feira (7). O pedido de vista pode ser prorrogado “a critério do Tribunal”. Também é permito aos conselheiros mudarem seus votos.

rofessora do curso de Serviço Social, Valéria Correia tomou posse como reitora da Universidade Federal de Alagoas (Ufal) em 22 de janeiro de 2016. Completado um ano à frente da maior instituição de ensino de Alagoas, ela revelou os principais problemas encontrados pela instituição e como pretende imprimir sua marca na Reitoria. Em visita à Redação da Tribuna Independente, Valéria Correia cita a diminuição de recursos para administrar a Ufal e as medidas que vem adotando para superar esse tipo de dificuldade. “Estamos fazendo um ano de gestão e, logo de início, enfrentamos grandes desafios, como o contingenciamento de recursos. Depois houve descontingenciamento de recursos para o custeio, o que foi positivo. Porém seguimos com capital em 50%. Por isso tivemos que adotar algumas medidas, criteriosas e pensadas, para conter gastos. Criamos um Grupo de Trabalho para revisar alguns contratos e outro sobre energia, porque queremos a Ufal com suficiência energética. Encontramos a Universidade com muitos problemas em infraestrutura, inclusive nos prédios novos, mas os estamos resolvendo”, diz. Sobre a sustentabilidade energética na Ufal, a reitora completa que esse projeto ainda está no início e que também pretende implantar um biodigestor no Restaurante Universitário (RU). “Vamos, ao menos, iniciar esse processo no Campus A.C. Simões, mas não sei se conseguiremos implantar nos demais campi. Vamos participar de um edital da Aneel para implantar energia solar em alguns prédios e também um biodigestor no RU”, explica. PESQUISA Problemas estruturais na Ufal já vêm de longa data, mas nem só de tijolos a instituição sobrevive. O tripé: pesquisa, ensino e extensão é uma importante característica da Universidade. Mesmo diante do corte de recursos, a reitora tem conseguido modelar a política de atuação da Universidade em relação à sociedade. “Tivemos corte de bolsas na pós-graduação, o que nos gerou dificuldades, mas tivemos algumas novidades na extensão. Abrimos um edital novo sobre atividades extensionistas em círculos comunitários, com o objetivo de priorizar projetos que dialoguem com a sociedade, principalmente no entorno dos campi, na capital e interior”.

APLICAÇÃO

Procurador defendeu novas discussões Para o conselheiro Anselmo Brito, Ana Raquel e Alberto Pires - estes últimos conselheiros substitutos -, os recursos devem ser usados somente na área do Fundef, mesmo ele já extinto desde 2006 e substituído pelo Fundeb. O caso voltou à pauta do TCE porque o procurador-geral de Contas, Rafael Alcântara, defendeu sua rediscussão devido às alterações na composição do pleno da corte. Em julgamento realizado em 2016, Rosa Albuquerque votou aplicação dos recursos na educação.


TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - SÁBADO e DOMINGO, 11 E 12 DE FEVEREIRO DE 2017 POLÍTICA

5

PM-AL tem o maior piso inicial do NE Remuneração de soldado recém-formado é de R$ 3.522,88 e o valor deixa o Estado no topo dos pagamentos MARCIO FERREIRA/AGÊNCIA ALAGOAS

EDITORIA DE POLÍTICA COM ASSESSORIA

A

Polícia Militar de Alagoas (PM/AL) possui o maior salário inicial da região Nordeste, de acordo com levantamento recente feito pela Associação Nacional das Entidades Representativas dos Militares Brasileiros (Anermb), que listou os salários iniciais dos policiais militares no país. Assim que entra na corporação o soldado em Alagoas recebe um piso de R$ 3.522,88. Ainda na fase de estudo, o soldado recebe R$ 1.367,15 durante curso que dura em média nove meses. O valor deixa Alagoas no topo das remunerações entre os nove estados nordestinos e em nono lugar a nível nacional, ficando atrás somente de Brasília, Rondônia, Tocantins, Goiás, Santa Catarina, Minas Gerais, Paraná e Rio Grande do Sul. O valor, de acordo com a entidade, não inclui gratificações, já que a Polícia Militar de Alagoas recebe pelo sistema de subsídio, no qual não possui verbas extras, apenas indenizatórias. Em dezembro de 2015, o Estado concedeu um aumento de 5% referente ao Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). A corporação alagoana conta com um efetivo total de 7.318 policiais ativos e atuantes nas ruas do estado.

Polícia Militar de Alagoas recebe por meio do sistema de subsídio e não possui verbas extras, e sim apenas as indenizatórias THIAGO SAMPAIO

AL 101 NORTE

Duplicação avança em frentes de trabalho

Trabalhos seguem em ritmo intensificado para melhorar o tráfego

Mobilidade urbana é uma das grandes questões que norteiam as ações das gestões estaduais e municipais em todo o mundo, já que é o resultado de um conjunto de políticas de transporte e circulação que visam proporcionar o acesso amplo e democrático ao espaço urbano. O Governo de Alagoas, por meio da Secretaria de Transporte e Desenvolvimento Urbano, atua nessa área com diversas obras espalhadas por todo o Estado. Em Maceió, a maior obra

de mobilidade é a duplicação da AL-101 Norte, que está em sua primeira fase, onde acontece simultaneamente a construção do viaduto de Jacarerica, da primeira – do total de três pontes – que serão construídas sobre o Rio Jacarecica, além da implantação das galerias fluviais e a realocação da rede elétrica. No viaduto de Jacarerica, a equipe técnica da Setrand avança nesta semana para instalação da pré-laje – base de sustentação da laje do

elevado. Já na ponte, a estrutura intermediária está finalizada, aguardando apenas a cura – processo de secagem das vigas – para que possa receber o trecho de pista. A construção das galerias fluviais, responsáveis por captar e dar um destino adequado a água das chuvas está 40% concluída. O secretário de Transporte e Desenvolvimento Urbano, Mosart Amaral, ressalta a atuação dos engenheiros e técnicos em dar celeridade a

uma obra tão relevante para o Estado. “Os engenheiros e demais técnicos da Setrand estão empenhados e trabalhando com afinco nesta obra que é um projeto que transforma a mobilidade urbana não só de Maceió, mas como de toda Alagoas. A obra, quando finalizada, irá melhorar a fluidez no trânsito na região norte do Estado, incentivando o turismo e impulsionando o desenvolvimento econômico de todo o Estado”, explica Mosart.

BENEFÍCIO

Tribunal de Justiça libera R$ 2 milhões em precatórios O Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ/AL), localizado no centro da capital alagoana, entregou na sexta-feira (10) R$ 2.050.207,75 em precatórios e Requisições de Pequeno Valor. O dinheiro era esperado por pessoas como a auxiliar de enfermagem Ana Paula da Silva, que aguardava há 18 anos para receber o que o Município de Jacuípe ficou lhe devendo quando foi demitida da Prefeitura. Não é muito dinheiro, ela diz, mas vai ajudar a reformar a casa. “Quando o prefeito assumiu, ele botou o povo pra fora, e eu também. A gente procurou um advogado e botou na Justiça. Hoje a Justiça foi feita, depois de esperar tanto. Pensei que ia morrer e não ia ver a cor do dinheiro”, conta Ana Paula. O presidente do Tribunal de Justiça de Alagoas, desembargador Otávio Leão Praxedes, frisou que tudo está sendo feito dentro dos ditames legais. “Vocês, quando estão recebendo esses alvarás, não estão devendo absolutamente nada ao presidente do Tribunal, ou aos diretores. A nossa missão é legal”, ressaltou o magistrado que preside a Corte. O juiz Ygor Figueirêdo,

auxiliar da Presidência do TJ-AL, explicou que apesar da dificuldade histórica com os precatórios, nos últimos anos a questão tem sido tratada com prioridade pelo Tribunal. “Infelizmente a percepção desse direito às vezes demora. Mas hoje em dia a gente consegue imprimir um ritmo muito mais rápido graças à dedicação da equipe de precatórios, que é de uma presteza e competência acima da média”. Os 35 alvarás liberados permitem a retirada imediata do dinheiro no banco. Os credores são pessoas (físicas ou jurídicas) que possuíam o crédito junto a entes públicos e ingressaram com ações no Judiciário. Advogados que atuaram nas causas também receberam alvarás referentes aos honorários. No caso, os valores eram devidos pelo Estado de Alagoas e pelos Municípios de Campo Alegre, Jacuípe, Maceió, Palmeira dos Índios, Porto Calvo e São José da Laje. Do total entregue neste primeiro lote de 2017, o Laboratório Sabin de Patologia Clínica de Alagoas recebeu R$ 1.552.232,88, de uma dívida junto ao Município de Maceió.


6

OPINIAO

TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 11 E 12 DE FEVEREIRO DE 2017

Opinião

Crimes contra a mulher

E

m todo o país, 4.832 mulheres foram assassinadas em 2014. Só no estado de São Paulo, onde foi registrado o maior número de casos, foram 613 homicídios. Em quase todos os estados, à exceção do Paraná, a maioria das vítimas eram pretas e pardas. É o que revela o Panorama da Violência contra as Mulheres no Brasil, uma compilação inédita de indicadores nacionais e estaduais realizada pelo Observatório da Mulher contra a Violência (OMV), ligado ao Instituto de Pesquisa DataSenado. O estudo analisou o número de homicídios de mulheres registrados em 2014 no Sistema de Informações sobre Mortalidade, do Ministério da Saúde. A taxa foi de 4,6% de assassinatos para cada 100 mil mulheres no país. Do total de vítimas, 62% eram pretas ou pardas. Os estados do Amapá, Pará, Roraima, Pernambuco, Piauí e Espírito Santo apresentaram taxa de homicídio de

mulheres pretas e pardas mais de três vezes superior à de mulheres brancas. O Panorama verificou que, de 2006 a 2014, enquanto a violência letal contra mulheres brancas foi reduzida 3%, em média, no mesmo período, a taxa de homicídios de mulheres pretas e pardas aumentou cerca de 20%. Foram registrados 58.438 estupros no Brasil em 2014. Foram 48,1 casos a cada 100 mil mulheres. As Regiões Norte e Sul apresentaram os maiores índices de estupro, quando comparadas com o restante do país. Acre, Mato Grosso do Sul e Roraima apresentaram registros de ocorrências superiores ao dobro da média nacional. O estudo também mostrou uma disparidade: no Espírito Santo, Goiás, Paraíba e Rio Grande do Norte, os quatro estados em que as taxas de homicídios de mulheres foram superiores à média nacional, os registros de estupro são inferiores à metade da média no país.

PE. MANOEL HENRIQUE DE MELO SANTANA Vigário Episcopal de Maceió

Construir pontes, não muros

O desabafo é de Papa Francisco, não de forma retórica, mas crítica. O seu olhar parte de sua missão e de seu lugar. Vemos que os muros sempre nos separaram. São muros físicos no passado como limites e fronteiras de países e povos. Outros muros nasceram por rejeição ao outro, à sua cultura ou sua religião. Muitos muros são ideológicos, portadores de olhares indiferentes e inimigos. São muitas as razões que dividem os homens e as mulheres até por questões de gênero. As classes se dividem e se opõem mutuamente. Enquanto isso, na filosofia moderna vou encontrar um aprendizado mui responsável para a convivência na pluralidade e um exercício permanente de respeito à dignidade e aos direitos humanos. Acharia muito justo que estes ensinamentos viessem de Paulo ou de algum outro teólogo, que na linha cristã estivessem trazendo para a atualidade alguma exigência humanizadora de paz. A Europa, depois de duas grandes guerras dentro de um mesmo século, aprendeu os horrores da morte e os destroços materiais e humanos. Uma geração doente, assustada, soube superar-se na medida do possível e renascer das cinzas, apesar do muro que mo-

lestava e envergonhava os bravos alemães. Conheci famílias alemãs que tinham vergonha de Hitler. Mas o muro caiu e as duas Alemanhas souberam se dar as mãos para construir a modernidade. É verdade que os ingleses fizeram nascer o Appartheid, vergonhosamente, separando os negros e o brancos. Aqui no Brasil, a Casa Grande jamais permitiu que a Senzala misturasse destinos, apesar das amas de leite e da feijoada inventada a partir dos restos alimentares das mesas de seus Senhores. Na filosofia européia, eu ainda encontrei Sartre vociferando que o inferno são os outros. Pena que este grande pensador existencialista não tenha alcançado um outro tempo, ao lado de outros pensadores, apontando para outro momento, quando viver significava tomar parte no diálogo, fazer perguntas, dar respostas, dar atenção, responder, estar de acordo. Já no distante século XVII se dizia que era impossível pensar o ser humano fora das relações com o outro. “O EU é impossível sem o Tu”, diz Friedriche Jacobi, em 1946. A presença do outro, com seu rosto, nos interpela, impele a sair de mim mesmo, porque essa presença do outro quebra o ciclo egoísta, obrigando a fazer a experiência

do descentramento. Heidegger propunha o ser consciente como lugar do encontro e do reencontro com Deus. Emmanuel Lévinas, judeu, soube incluir a carícia humana na vivência humana, como poucos souberam. Gabriel Marcel pensava que o amor engaja o ser total do homem, e acolhe o outro como subjetividade e presença. O amor é fonte do ser e o amor me faz existir. Lévinas vê ainda o amor como transcendência que conduz ao outro. Para ele, o amor é capaz de proporcionar futuro fértil, como advento de um mundo que há de vir. O amor confere primazia ao outro. O amor é necessário para que o homem seja histórico e não apenas objeto. O sujeito só pode ser chamado pelo amor. Garaudy situa o amor na radicalidade ontológica e não só no plano psicológico: “Sem o amor, o homem ou a sociedade podem funcionar, mas não existir”. Perder a graça da vida é ter perdido a graça do amor, isto é, do próprio Deus. Há um caminho perdido, que não precisa ser o de Santiago de Compostela, mas de um longo caminho pessoal e interpessoal, numa dialogia provocativa, fonte eterna de pessoalidade, seres possíveis de ser como seres infieri.

INOCÊNCIO NÓBREGA Jornalista. inocnf@gmail.com

Radiofonia RENAN CALHEIROS Líder do PMDB no Senado Federal.

Regras claras No encerramento do ano legislativo de 2016, o Plenário do Senado aprovou o projeto (PLS 405/2016) que reabre o prazo para adesão ao regime especial de repatriação de recursos do exterior. De iniciativa da Comissão Diretora do Senado, o texto hoje está sob análise da Câmara dos Deputados. Pelo texto aprovado, o prazo para adesão ao Regime Especial de Regularização Cambial e Tributária será reaberto em 2017 por 120 dias, contados do trigésimo dia a partir da publicação da norma. O Regime Especial de Regularização Cambial e Tributária se revelou um instrumento bem-sucedido de regularização de ativos, em que diversos setores do mercado reconheceram o bom desempenho do programa, o qual recuperou para os cofres públicos cerca de R$ 50 bilhões.

O regime poderia ter tido mais sucesso se as dúvidas surgidas durante o prazo para a adesão fossem devidamente sanadas pela Secretaria da Receita Federal do Brasil e não houvesse a forte expectativa da prorrogação do prazo. Assim, a reabertura do prazo é justa e possibilitará a arrecadação de importantes recursos. Por meio desse regime especial, o contribuinte poderá promover a regularização de recursos, bens ou direitos de origem lícita, não declarados ou declarados incorretamente, remetidos, mantidos no exterior ou repatriados por residentes ou domiciliados no país. Com o novo projeto, a alíquota do Imposto de Renda sobe dos atuais 15% para de 17,5%. Como a multa corresponde a 100% do valor do imposto devido, o percentual total a ser pago pelo declarante que

aderir ao programa durante o novo prazo será de 35%. Do valor arrecadado com a multa, o governo vai repassar 46% aos estados, ao Distrito Federal e aos municípios. Paralelamente a proposta tem o objetivo de ajudar a resolver o problema fiscal em 2017, como ocorreu parcialmente em 2016. Sem esses recursos, muitos estados e municípios não teriam pago o funcionalismo. A estimativa é que a arrecadação com este novo projeto ficará entre R$ 20 bilhões e R$ 30 bilhões. A repatriação foi feita nos principais países porque há um acordo mundial de regularização das contas bancárias, buscando transparência e o fim de paraísos fiscais. No Brasil, ele está sendo feito pelo Congresso, de maneira transparente e com regras muito claras.

Com grande ímpeto os EUA comemoraram, em 2013, o centenário do vôo dos irmãos Wright, por eles considerados os pioneiros da aviação no mundo. A dupla obteve o sucesso pelo deslocamento no ar, por quase um minuto, do aparelho Flyer 1. Preteriram o brasileiro Santos Dumont, o primeiro a decolar, em 1901, do campo de Bagatelhe, França, seu aeroplano 14-Bis, perante testemunhas de jornalistas e autoridades. Fazem useiro e vezeiro dessa prática, ao desconhecerem o padre nordestino Francisco João de Azevedo o verdadeiro inventor da máquina de escrever, em seu posto invocando Christopher Lathan Sholes. O sacerdote paraibano deixou-se enganar por um tal de John Pratt, a ele cedendo peças principais do projeto, já inteiramente testados em exposições anteriores, levando-os este à Remington & Sons, que a produziu, comercialmente. O Brasil é vítima de uma terceira preterição, desta feita envolvendo o surgimento da radiodifusão, cujos estudos científicos iniciais se desen-

Presidente José Paulo Gabriel dos Santos

INDEPENDENTE Rua da Praia, 134 - sala 303 - centro - Maceió Alagoas Endereço Comercial: Av. Menino Marcelo - 10.440 - Serraria Maceió - Alagoas - CEP: 57.083.410 CNPJ: 08.951.056/0001 - 33

Jorgraf UM PRODUTO:

Cooperativa de Produção e Trabalho dos jornalistas e gráficos do Estado de Alagoas

Diretor administrativo-financeiro Flávio Peixoto Editor geral Ricardo Castro ricardojcastro@yahoo.com

Diretora comercial Marilene Canuto

volviam em Cambridge, pelo prof. Clerck Maxwell, secundado por norte-americanos e alemães. Contemporâneo outro padre patrício, Roberto Landell de Moura que, por volta de 1890, previa a radiotelefonia sem fio, justamente o celular de hoje. Os intentos do sul-riograndense Landell só vieram a ser reconhecidos mediante Carta Patente nº 3.279, dez anos depois. Em solo estadunidense, em 1904 lhes são outorgados três Cartas Patentes, como precursor do “telégrafo e telefone sem fio, e transmissor de ondas sonoras”. Entretanto, não o suficiente para a história, que tem no italiano Guglielmo Marconi descobridor do rádio, simplesmente por haver patenteado cinco anos antes suas pesquisas. A radiofonia brasileira é oficialmente reconhecida pela Rádio Sociedade do Rio de Janeiro (1823), embora seguida das primeiras transmissões da Rádio Clube de Pernambuco, em 1819. É marcada, também, pela fundação (1934) da Rádio Es-

LOCALIDADE ALAGOAS

VENDA AVULSA DIAS ÚTES R$ 2,00

OUTROS ESTADOS R$ 3,00

LOCALIDADE ALAGOAS

ASSINATURAS SEMESTRAL R$ 300,00

OUTROS ESTADOS R$ 500,00

DOMINGO R$ 4,00 R$ 5,00

cola Municipal do R. de Janeiro, depois Roquete Pinto, nacionalmente conhecida. Dia festivo em João Pessoa, 25.01 1937, onde se instala, sob prefixo PRI-4, a Rádio Tabajara da Paraíba. Livro e inúmeros depoimentos narram suas atividades e características de emissora dotada de uma fina equipe de radiojornalistas, difusora da cultura, das artes e de uma política sempre independente e nordestinada, apesar de continuar estatal. Dispensam-nos de maiores considerações históricas. Ao ensejo de seus 80º aniversário é de dizer-se que ela foi formadora, na juventude da época, de uma consciência nacionalista. Ao tempo o saudoso diretor Adalberto Barreto integrou suas ondas curtas à Campanha da Legalidade, retransmitindo os discursos de Leonel Brizola, reprimindo a atitude dos militares, que queriam impedir a posse do presidente J. Goulart. Manteve, por coerência, avessa ao golpe contra Dilma Rousseff, nunca aceitando a ilegitimidade do atual governo República.

PABX: 82.3311.1338 COMERCIAL: 82.3311.1330 - 3311. 1331 REDAÇÃO: 82.3311.1328 - 3311.1329 CENTRAL DE ASSINANTE: 82.3311.1308

ANUAL R$ 600,00

comercial.tribunaindependente@gmail.com redação.tribunaindependente@gmail.com

R$ 1.000,00

OS ARTIGOS ASSINADOS SÃO DE RESPONSABILIDADE DOS SEUS AUTORES, NÃO REPRESENTANDO, NECESSARIAMENTE, A OPINIÃO DESTE JORNAL.


TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 11 E 12 DE FEVEREIRO DE 2017 BRASIL 7

Caos urbano: o que dizer às crianças? Cenas de saques, rebeliões, assaltos, tiros, bombas vistas ao vivo ou pela TV provocam medo da infância à adolescência

O

som de tiros à distância, o noticiário que nunca desliga, o silêncio da cidade vazia. Sem policiamento, a sensação de insegurança e o medo tomaram conta de cidades do Espírito Santo nesta semana. Mais vulneráveis a mudanças, as crianças sentiram muito os efeitos dos dias de cárcere forçado em casa. “Elas ficam estressadas, angustiadas. Mesmo muito pequenas elas conseguem entender que algo está fora do lugar”, afirma a psicóloga e psicoterapeuta especializada em família, Débora Monteiro Coelho. Segundo ela, quando questionados pelos pequenos, os pais não devem mentir. “Os pais têm que ser verdadeiros, mas buscando a linguagem da criança. O importante é não se apavorar, caso contrário você desespera a criança”, explica. A psicóloga orienta que os pais, tendo dificuldade de ex-

plicar a situação em linguagem simples, transformem em uma história, explorando o lado lúdico, mas ainda com informações verdadeiras. Segundo pesquisa divulgada em julho pelo Ibope, 61% das crianças e adolescentes de São Paulo sentem medo de violência e roubo. Ao ver essas cenas ao vivo, o medo se transforma em terror. Outra dica importante, segundo Débora Coelho, é reforçar e garantir que estão todos seguros. “Tem que tranquilizar. Os pais podem dizer que vão utilizar o tempo em casa para ficarem juntos, para brincar e que vai ser divertido. A família pode ver filmes, cozinhar e brincar, por exemplo”. A coordenadora de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente da Defensoria Pública do Rio de Janeiro Eufrásia das Virgens disse que é necessário refletir

sobre o dever de todos nós, família, sociedade e Estado, protegermos crianças e adolescentes, colocando-os a salvo de toda forma de negligência, discriminação, violência, exploração, crueldade e opressão, como determina a Constituição de 88 no seu artigo 227. Vemos o debate sobre a infância e juventude ser pautado, principalmente em nosso Estado, pela discussão do aumento de atos infracionais atribuídos a adolescentes, e pouco se fala e discute sobre as crianças vítimas de violência, seja na família, seja nos espaços públicos”, questiona. Talvez porque não incomode a ninguém a criança sofre silenciosamente a violência nos espaços onde deveria ser protegida, como a família, ou porque quando pede socorro não se garante devidamente o direito a ser ouvida e ter sua opinião considerada.

GAZETA ONLINE

Cenas vistas ao vivo ou pela televisão sobre caos urbano deixam crianças confusas e com medo

EXPLICAÇÃO

Em cada fase pode ser dada uma boa lição

Em cada idade, uma boa lição a dar: 3 a 5 anos: brigas com coleguinhas ou irmãos por causa de brinquedos Olhe nos olhos dele e diga para emprestar o brinquedo, pois um dia pode precisar de algo emprestado do amiguinho. Incentive a troca. 5 a 8 anos: competição excessiva no futebol ou em aulas de dança Explique que todos têm oportunidades. Esporte é atividade coletiva, é preciso aprender a jogar de forma solidária. 8 a 11 anos: situações de bullying (perseguição) na escola Pergunte ao seu filho: você queria passar por isso? O bullying prejudica muito a criança – tanto quem pratica quanto quem sofre. 11 a 15 anos: brigas, gritos e até violência contra os pais O filho pode pensar o que quiser, ter opiniões diferentes, mas gritar e ser violento, não! Dê liberdade para que mostre suas opiniões sem o reprimir, mas, sobretudo, exija respeito.

VIOLÊNCIA URBANA

Psicóloga especialista dá dicas sobre esclarecimentos

Mãe, esse tanque de guerra é de verdade? Se eu fizer coisa errada, você me leva pra polícia? Nas últimas semanas, o país só fala de rebeliões em presídios, sqques a lojas, assaltos e assassinatos. Como explicar tanta violência às crianças? Falando abertamente, ensinando o que é certo e errado. A psicóloga especialista em terapia familiar Renata Lommez, AnaMaria dá dicas para esclarecer o assunto a seus filhos e transformar esse caos em lições de cidadania para tornar o mundo melhor. Acredite, isso está nas mãos dos nossos filhos!

Veja com seu filho os noticiários e os jornais. Assim, você tira as dúvidas dele, evitando que o pequeno se infome só com colegas, que podem confundi-lo. . Explique o que é direito e dever. Manter-se dentro das leis, tratar as pessoas com igualdade e pensar no próximo é fundamental na vida. . Leve-o para visitar escolinhas ou creches de pessoas menos favorecidas. Assim ele descobre que existem muitas realidades e diferenças, e que, se todos tivessem oportunidades iguais, a violência com certeza seria menor.

OPINIÃO

Para especialistas, ideal é dosar detalhes O ideal é dosar – não esconda o tema nem entre em detalhes. “A criança precisa mais de conforto dentro de casa do que de explicações sobre comportamentos que ela não compreende”, garante a psicóloga Anette Lewin. A dica é não introduzir o assunto gratuitamente. “Só responda o que ela perguntar. Até por volta dos oito anos de idade, as crianças não percebem a violência como imaginamos. A psicóloga infantil Suzy Camacho, terapeuta familiar e autora do livro “Guia Prático dos Pais” (Editora Paulinas), diz que este tema só começa a afligir o pequeno a partir dos dez anos, a menos que existam ameaças reais ou os pais se mostrem muito temerosos.


8 PUBLICIDADE MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 11 E 12 DE DOMINGO DE FEVEREIRO DE 2017

TRIBUNAINDEPENDENTE


MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 11 E 12 DE FEVEREIRO DE 2017

TRIBUNAINDEPENDENTE

Cidades

CIDADES

9

Apenas 1% do lixo na Suécia vai para os lixões e 99% é reaproveitado Noventa e nove por cento do lixo na Suécia é reaproveitado. Apenas 1% do lixo produzido pelos suecos vai para lixões, o restante é reciclado, reutilizado ou transformado em energia renovável. A eficiência do sistema de gestão de resíduos na Suécia é tão grande, que o país é obrigado a importar lixo de outras nações para garantir a sua produção de energia. A nação escandinava tem 32 usinas especializadas no aproveitamento da biomassa para a produção de eletricidade. O sucesso do modelo sueco é fruto de um trabalho de décadas. Desde 1970 o país possui leis de logística reversa e a reciclagem se faz presente em todos os setores. Todas as empresas e pessoas são obrigadas a separarem adequadamente seu lixo e os fabricantes precisam se responsabilizar pela recolha dos resíduos pós-consumo originados por seus produtos.

e t r a

Reciclando com Apoiado pelo Governo de Alagoas, projeto Relix propõe alertar sobre perigos constantes da destinação inadequada de resíduos e mudança na vida dos catadores do Estado FOTOS: ADAILSON CALHEIROS

PAULA NUNES ESPECIAL PARA TRIBUNA

A

profissão é uma realidade e todo mundo conhece. Os catadores de lixo são essenciais no processo de idealização de um planeta sustentável. Mas infelizmente eles ainda não são tratados com tamanha importância. Sendo assim, a mudança desse pensamento requer tempo e, por isso, a Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh) está na linha de frente para apoiar causas que incentivem a sustentabilidade e evitem a geração exagerada de resíduos sólidos. Uma dessas iniciativas é o Projeto Relix. A proposta do projeto é alertar sobre perigos constantes da destinação inadequada de resíduos em Alagoas, incentivando a transformação do lixo por meio de arte. Para ampliar esta discussão junto aos catadores, serão doadas bicicletas denominadas de ciclolix que vão contribuir com os trabalhadores na coleta adequada de resíduos sólidos. O veículo tem capacidade para carregar até 500kg e vai mudar a vida de quem tira do lixo o sustento de suas famílias. Maria Patrícia de Lima é um exemplo entre os catadores alagoanos, que obtêm, diariamente, uma renda a partir do lixo das ruas da cidade. Todos os dias, há quatro anos, ela circunda as ruas do Complexo Habitacional Benedito Bentes. O trabalho árduo e o percurso em ritmo pausado mantêm a atenção da catadora voltada aos cantos das calçadas, em busca das lixeiras e meios-fios. Desprezada pelos olhares da maioria, é da rua que ela consegue o dinheiro para sobreviver, com a catação de latinhas, garrafas PET, vidros e outros resíduos que podem ser utilizados para reciclagem e, consequentemente, para venda. Aos 37 anos, a pele marcada pelo sol forte não esconde o esforço exigido pelo trabalho. Maria Patrícia aparenta ter mais idade. Atualmente, além das ruas, ela trabalha na parte interna da Cooperativa dos Catadores de Alagoas (Cooprel) - única que faz coleta seletiva de resíduos no Estado. Sendo dia após dia exposta às alternâncias do tempo, aos riscos de acidente durante o recolhimento de material, a mulher se orgulha do trabalho e diz não sentir vergonha do que faz para sustentar a família. Ela acorda às 6h20 da manhã e inicia o dia coordenando e realizando atividades dentro da cooperativa, descarregando caminhão, separando os resíduos, além de realizar o desmanche dos materiais com a prensa. O lucro mensal da catadora varia entre R$ 400 e R$ 500. “Fazemos de porta a porta, não têm grandes geradores para doar, por isso diaria-

Catadora de lixo, Maria Patrícia diz que todos os dias convive com o preconceito por trabalhar com o lixo. Para ela, o projeto vai garantir mais dignidade aos profissionais

mente temos que estar nas ruas. Nós dependemos das donas de casa para termos o nosso dinheiro. Às vezes as empresas nos chamam”, justifica. Mãe de três filhos, Patrícia sonha com um futuro diferente para eles. A mais velha, Bárbara de Lima, trabalha com a mãe na coleta de resíduos, mas ela garante que “fica na cola” para que a filha opte por outro caminho. “Eu quero que ela saia daqui, porque não quero esse futuro para ela”, afirma. Emocionada, ela relata que todos os dias ainda precisa conviver com o preconceito por trabalhar com lixo. Mas não demora muito e o sentimento muda. Orgulhosa, ela frisa a dignidade do trabalho que realiza. “Não estamos mexendo no que é de ninguém e tampouco estou fazendo nada errado e ilegal. Mas para muita gente ainda é humilhante. Sofremos muito com isso”, diz. Além disso, os catadores sofrem com os assaltos. Na cooperativa, os ladrões vão em busca de cobre e latas para vender. “Já houve casos que os bandidos roubaram ferramentas, máquinas de corte de cobre e alguns tonéis. Além disso, um computador. Por isso, tivemos que mexer nas coisas aqui. Colocamos vários cadeados para tentar mudar essa realidade de insegurança”, expõe Maria Patrícia. Patrícia afirma que a chegada da ciclolix vai garantir dignidade aos catadores. “O trabalho aqui é feito com o nosso corpo. Precisamos carregar as carrocinhas nas ruas, com as mãos, e elas são pesadas. E o pior de tudo: as pessoas nos tratam como indigentes. Com a ciclolix, além de facilitar nosso trabalho, porque nós vamos carregar menos peso, quando tiver coletas mais próximas, iremos com nossas ciclolix”, enfatizou a catadora. A cooperativa conta com 23 catadores e vai receber quatro ciclolix, que serão divididas por escala entre os trabalhadores do local. “Já estamos numa guerra, todo mundo quer a bicicleta. E eu já disse que se houver alguma quebra, a pessoa que quebrou vai pagar o conserto, porque agora todo mundo vai querer. Novidade todo mundo quer! Vai nos ajudar muito”, completa Patrícia. O Relix iniciou suas ações em setembro de 2014, em Pernambuco, em sintonia com os objetivos do Plano Nacional de Resíduos Sólidos e teve uma larga repercussão nas mídias regional e nacional. Em Alagoas o projeto prevê uma intensa lista de atividades, envolvendo apresentações teatrais em escolas e indústrias, doação de lixeiras seletivas a escolas e de bicicletas coletoras a associações e cooperativas de catadores, exposição fotográfica, lançamento de história em quadrinhos, além de intervenções em espaços públicos, com o intuito de criar consciência da necessidade de não apenas reciclar o lixo, mas de evitá-lo o máximo possível.


10

CIDADES

TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 11 E 12 DE FEVEREIRO DE 2017

Pardais voltam a multar a partir do dia 20 Fiscalização eletrônica será retomada nas avenidas Fernandes Lima, Durval de Góes Monteiro e Álvaro Otacílio BRUNO MARTINS REPÓRTER

N

essa sexta-feira (10), a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) confirmou a data da religação dos pardais. Será no dia 20 de fevereiro, uma segundafeira. Segundo falou o superintendente Antônio Moura, uma campanha educativa será realizada nesta semana, de 13 a 19, para comunicar condutores sobre a volta da fiscalização eletrônica. “No dia 20, os pardais já estarão fiscalizando e autuando no caso dos excessos cometidos”, disse Antônio Moura em entrevista a uma emisspora de TV local. Segundo ele, a decisão para religar os pardais demorou um pouco mais por conta de manutenção no equipamento. O superintendente rechaçou o que é bastante reclamado por motoristas de que os pardais seriam uma fábrica de multas. Para Antônio,

a diminuição no número de acidentes é o grande objetivo. “Não existe essa questão de indústria de multas. Em todas as capitais e cidades onde existem os pardais, a fiscalização eletrônica, está comprovada uma diminuição muito grande no número de acidentes. Estudos que foram feitos já comprovam. A intenção da prefeitura de Maceió é preservar a vida, é fazer com que acidentes não aconteçam. Não existe essa intenção de autuar. Na verdade, a prefeitura espera que não ocorram as autuações e as pessoas respeitem os limites estabelecidos”, pontuou. Sobre o problema no contrato inicial que causou a interrupção do serviço após ação do Tribunal de Contas do Estado, o representante da SMTT disse que não há ilegalidade. A fiscalização retorna nos cinco pontos pré-estabelecidos, dois na Avenida Fernan-

ADAILSON CALHEIROS

SMTT informou que realizará campanha educativa esta semana para comunicar condutores sobre volta da fiscalização

des Lima e dois na Avenida Durval de Góes Monteiro, na parte alta, e um na Avenida Álvaro Otacílio, na parte baixa. Além disso, Antônio Moura informou que outros cinco pontos ganharão a fiscalização. Porém, os locais ainda estão sendo escolhidos através de estudos. “Futuramente a gente vai estar expandindo para mais cinco pontos. O contrato prevê dez pontos. Está sendo feito um estudo para saber onde são os pontos de maior necessidade, onde o número de acidentes é maior na cidade e também a faixa exclusiva de ônibus. A prefeitura tem a intenção de ampliar a fiscalização ao longo da faixa exclusiva, tanto na parte alta como na parte baixa”, frisou o superintendente. “A gente pede ao maceioense que respeite os limites, que ele não será autuado e não correrá o risco de sofrer acidente”, encerrou Antônio Moura.

CHACINA DE PILAR

Suspeito diz que matou para se defender de ameaças Na tarde dessa sexta-feira (10), foi detido o último suspeito de envolvimento na chacina de Pilar, ocorrida na noite do dia 31 de janeiro. José Ailton da Silva, de 23 anos, foi detido na tarde de quinta-feira (9) e assumiu o crime. De acordo com ele, a família de Daiane, uma das vítimas da chacina, estava intimidando e ameaçando de morte os seus parentes. O assassinato de sua irmã Sandra, morta horas antes da chacina, teria sido o estopim para o crime que vitimou três pessoas, incluindo uma criança de dois anos. O delegado de Pilar, José Carlos dos Santos, relatou que o suspeito foi encontrado na casa de outro membro da quadrilha que ele faz parte, através de levantamentos realizados pela Polícia Civil e Polícia Militar e ajuda da população pelo Disque Denúncia, o 181. Para o delegado, a participação da população foi fundamental. Localizada em Piar no conjunto Jorge Barros, no bairro de Pernambuco Novo, a residência que pertence a José Adriano dos Santos, de 30 anos, era onde estava escondido José Ailton e sua esposa. No local, foram apreendidas 620 gramas de maconha e algumas pedras de crack. José Adriano foi detido em flagrante por suspeita de tráfico de drogas. Além de tráfico, a participação na quadrilha deve

SANDRO LIMA

José Ailton disse que intenção era apenas matar Daiane por conta de ameaças

fazer Adriano ser indiciado por organização criminosa. José Ailton confessou o crime e contou com detalhes como ocorreu a ação. “Ele nega que tenha a intenção de assassinar a criança. Diz que assassinou a dona Elisabete, depois arrombou a outra porta, encontrou a Daiane [que tinha 17 anos] no quarto, deu alguns tiros quando ela estava de pé. Ela caiu por cima da criança e ele disparou entre nove ou 11 disparos contra ela. José Ailton diz que a criança foi atingida por acidente”, declarou o delegado de Pilar. O delegado José Carlos disse que o laudo pericial será fundamental para apurar a intenção de Ailton ou não de matar também o garoto de

dois anos. Segundo o suspeito, ele entrou sozinho para cometer o crime, diferente do apurado pela investigação que aponta o envolvimento de Wedson Santos da Silva, de 31 anos, detido no dia do crime e apresentado em coletiva. José Ailton diz que perdeu a arma do crime, uma pistola de calibre 380, na fuga. Apesar de assumir o caso da chacina, o suspeito diz que não tem participação em outros três homicídios ocorridos em Pilar no mês de janeiro, apesar de provas e testemunhas mostrarem o contrário, conforme disse o delegado. As investigações também apontaram que José Ailton era o fornecedor de drogas de José Adriano. O suspei-

to da chacina dormia em um matagal atrás da residência, enquanto sua esposa ficava dentro da casa do detido por tráfico. RELATO O suspeito foi apresentado e demonstrava estar soluçando. Ele reafirmou várias coisas que o delegado havia falado. Confirmou que confessou o crime e disse que matou a criança sem saber. Ele alega que sua família estaria sofrendo ameaças dos parentes de Daiane e que tomou a decisão de matar a jovem de 17 anos após o assassinato de Sandra. Os depoimentos de José Ailton e de sua esposa sobre o caso dizem que Sandra e Daiane discutiam por conta de um ex-namorado. Daiane então teria ido para a casa de Sandra, chamado-a para o lado de fora da residência e dois homens numa moto efetuaram os disparos fatais. Cinco horas depois da morte de sua irmã, ele disse que invadiu a casa da família de Daiane pulando o muro, matou a mãe de Daiane, Elisabete, seguindo para o quarto do alvo. José Ailton negou saber que Daiane estava grávida de três meses e declara não ter intenção de matar a criança. Ele se disse arrependido, mas relatou problemas de ameaças à sua família. “Tentaram matar a minha mãe”, se explicou o suspeito. (B.M.)


TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 11 E 12 DE FEVEREIRO DE 2017

CIDADES

11

Ovo da Madrugada completa 9 anos com frevo em Penedo Prévia carnavalesca promete arrastar milhares de foliões neste sábado pelas ruas do Centro Histórico do município

O

bloco carnavalesco Ovo da Madrugada completa, neste ano de 2017, nove anos de frevo e folia nas ruas de Penedo. O aniversário da agremiação que alavancou o resgate do carnaval de rua na Cidade dos Sobrados acontece neste sábado (11), ao som de orquestras da prévia carnavalesca que reúne milhares de pessoas. Seguindo o roteiro dos anos anteriores, o Ovo da Madrugada desfila a partir da Praça Jácome Calheiros (Praça do Corêto), a partir das 10h, logo depois do encontro que reúne amigos, músicos, imprensa e foliões no Restaurante Boca da Cheia, um dos parceiros de primeira linha do bloco.

Puxado pelas orquestras Azes do Frevo e do Maestro Nilson, ambas de Penedo, e dos Irmãos Basílio (Orquestra de Traipú), o bloco desce em direção ao Centro Histórico. No percurso, carros-pipa da Usina Marituba – outra empresa que apoia o bloco desde sua primeira edição – refrescam os foliões em pontos estratégicos do desfile. Uma pausa na orla para alimentação dos músicos, com revezamento entre as orquestras para manter a folia, marca o início da volta ao local de saída do bloco, lá pelo início da tarde de sábado. Afilhado do Pinto e do Galo da Madrugada, o Ovo mantém firme a tradição, animado com frevo e

bonecos gigantes, encerrando a folia junto com o entardecer na mesma praça onde a festa começa. As camisas que ajudam a pagar os custos do bloco, também apoiado pelo comércio local, serão vendidas por R$ 30 pelos diretores ou nas lojas Primavest, Rios Modas Jovem, MAPE Presentes e nos restaurantes Forte Nassau e Boca Cheia. SERVIÇO O que: desfile do bloco carnavalesco Ovo da Madrugada. Quando: neste sábado. Onde: Penedo. Contatos da diretoria do cblco: Betinha Galvão (99903-6329), Júnior Dantas (99964-4496) e Monique Campos (99988-5790). DIVULGAÇÃO

Desfile do bloco Ovo da Madrugada pelas ruas de Penedo já é tradição nas prévias carnavalescas do município

BICENTENÁRIO

Alagoas será homenageada no Baile Verde e Branco neste sábado LUCAS FRANÇA REPÓRTER

Acontece também neste sábado (11), às 22hs, no Iate Clube Pajussara, o tradicional Baile Verde e Branco, dando continuidade as prévias carnavalescas de 2017 na capital. E este ano, o evento irá fazer uma homenagem aos 200 anos de Alagoas com o tema: “O Verde e Branco reverencia os 200 anos de Alagoas, a nossa estrela radiosa”. Além da temática, o baile Verde e Branco, que já acontece há 18 anos, traz como novidade o encerramento da festa na praia com os foliões. A orquestra saíra de dentro do clube para a orla de Pajuçara. A animação do evento vai ficar por conta da Orquestra Só Emoções de Pernambuco e Igbonan Rocha & Samba de Nêgo. Segundo o comodoro do Iate Clube Pajussara, Moacyr Alburquerque, um dos organizadores do baile, a cada ano as atrações são diferentes. “Todos os anos trazemos uma atração diferente para animar os foliões. Antes participavam apenas sócios do clube, mas atualmente o evento é aberto para quem comprar os convites”, explicou. Ainda de acordo com Moacyr, este ano a expec-

CORTESIA/MACEIÓ40GRAUS

Baile acontece há 18 anos; novidade hoje será o encerramento na praia

tativa de público é a melhor possível. “A casa estará cheia. Foi a melhor aceitação dos últimos anos. Já vendemos todas as mesas”, ressaltou. As mesas foram vendidas para os sócios do clube por R$ 300, e para os não sócio por R$ 400. O radialista Givaldo Kleber que se diz fã de bailes tradicionais de carnaval disse que o Verde e Branco é um baile bem família, cheio de encontros e reencontros. “Excepcionalmente este ano, não irei porque tenho um compromisso no interior. Preciso ser onipresente. O baile é muito bom. Participam desde crianças a idosos. É uma festa bem familiar”, disse.

CORES “O verde e branco era o tema de uma das prévias carnavalesca dos anos 70 e 80 e assim ficou até hoje”, explicou o comodoro do Iate Clube Pajussara. O Baile Verde e Branco sempre aconteceu no clube e os fundadores do evento foram os membros da antiga diretoria, que passaram a honra para os novos diretores. BANDA VULCÃO Neste domingo, a partir das 10h, tem o projeto “Vem Ver a Banda Tocar Frevo” da Banda Vulcão, formada por integrantes da Polícia Militar de Alagoas (PM). A banda se apresenta na orla de Ponta Verde, com muito frevo e marchinhas de carnaval.


12

CIDADES

MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 11 E 12 DE FEVEREIRO DE 2017

TRIBUNAINDEPENDENTE

Traipu quer ser incluída na rota turística Município anunciou construção do Paço Imperial, com revitalização do sobrado de Berilo Mota, onde se hospedou Dom Pedro II DAVI SALSA REPÓRTER

AÍLTON VILLANOVA ailton.villanova@gmail.com COM DIEGO VILLANOVA

Putas fracas demais!

T

odo homem que trabalha, tem que ter os seus momentos de descontração e prazer, nada mais justo. De modo que, montados nesse pensamento, ilustres e respeitáveis cidadãos da mais alta sociedade alagoana – entre tais grandes empresários e alguns políticos -, resolveram se dar ao direito de um exagerozinho e alugaram uma ilhota camuflada, no lado de lá da Lagoa Mundaú. Um pequeno paraíso, digamos assim. Lá, instalaram o seu “quartel general” libertinoso. Nos fins de semana, convidavam as mais maravilhosas mulheres de programa da praça, levavam pra lá e mandavam ver. Homéricos bacanais. Tinha noites que eles extrapolavam os limites da sacanagem. Negócio pra humilhar Sodoma e Gomorra. Gozado é que nesse grupo de ilustres só havia veteranos. O menos idoso andava pela faixa dos 60 anos. Mas as meninas que os acompanhavam nesse barato não podiam exceder o limite das 25 primaverinhas. Eram ou não eram degenerados, os velhuscos? Todas as vezes que esses ilustres retornavam à rotina diária dos seus respectivos escritórios e empresas em Maceió, deixavam o local das orgias aos cuidados do caseiro chamado José Cícero, mais conhecido como “Ciço Caracol”, caboco rude, porém trabalhador e muito leal. Ciço, (hoje apenas uma saudosa lembrança) era do tipo que costumava dizer o que pensava. Com ele não tinha esse negócio de meias-palavras. Dizia tudo na tábua da venta de quem quer que fosse. Belo dia, um dos habituês da ilha do pecado, chegou para a turma e falou: - Amigos, a coisa lá em casa está ficando complicada...! - Como assim? – quis saber o que se achava mais próximo. - É que minha mulher anda desconfiada! Ontem, ela reclamou quando eu disse que viajaria novamente neste final de semana. Chegou a dizer que era “papo furado” e que iria descobrir a minha mutreta! - E o que foi que ela disse mais? - Bom, ela disse que além de “estranhas” essas minhas viagens têm cheiro de mulher na parada! - Lascou! Saltou um terceiro e falou: - Coincidência ou não, a minha também está com a barba no molho. Quando eu falei também que voltaria a viajar neste final de semana, ela me olhou meio atravessado e disse, cheia de ironia, que eu não me desgastasse tanto, porque todas as vezes eu chegava em casa era “cansado demais”! - E o que é que gente vai fazer? Aí, o mais calado do grupo sugeriu: - Vamos, então, dar um “cala-a-boca” nelas... Uma espécie de colher de chá, entendem? - Mas como? - A gente inventa um piquenique e leva todas elas para a ilha! Não é uma boa? Que tal na semana que vem? - Joia! - Então, está combinado! Na semana seguinte os coroas agiram conforme o combinado. Como sempre faziam com as pecinhas que contratavam para os bacanais, eles mandaram as mulheres na frente, com a desculpa de que elas precisavam se familiarizar com o ambiente... e adotando providências no sentido de que todas ficassem bastante à vontade. À noite, quando os maridos desembarcaram na ilhota, Ciço Caracol os aguardava na maior expectativa. Então, o líder do grupo, um certo doutor Arnaldo, perguntou: - E então, seu Cícero, tudo em ordem? - Tudo, doutor! - E as mulheres... elas estão bem acomodadas? Com a maior cara de decepção, Ciço Caracol olhou para todos e respondeu: - Estão sim, senhor! Mas, doutor, me diga uma coisa... - Digo... - O que foi que aconteceu com as outras putas? Essas que o senhor e seus amigos trouxeram hoje, são fraquinhas demais! Cada uma mais feia e derrubada que a outra!

Uma questão de educação O Francelino Mota, o proverbial França, sempre foi meio doido. Nascido em Palmeira dos Indios, andou jogando pelada com o Arivaldo Maia que, por sinal, jamais teve a menor intimidade com a pelota, mas é o maior narrador esportivo do Nordeste, quiçá do Brasil. É também um dos maiores leiloeiros de gado do país. Pois bem, quando deixou a tradicionalíssima Palmeira, esse contemporâneo do Ari ingressou no ramo comercial, atuando como vendedor de ações da finada Telasa (Telecomunicações de Alagoas S.A.). Foi aí que ele saiu do anonimato e passou a frequentar meios mais evoluídos. Mas não deixava de ser um sem-vergonha, mulherengo e depravado. Bem dizer passou a residir na finada zona do meretrício do Canaã. Belo dia, cansado da vida de solteiro e das degenerações noturnas com as putas, decidiu que deveria se casar. Procura daqui, procura dali, encontrou uma jovem finíssima, dona de uma educação literalmente britânica, porque estudou em Londres. Boa pinta, bom papo, foi aceito pela requintada família da garota. Casaram. Festaço. Só dava grã-fino na cerimônia casamentífera. Durante o ato, França só pensava na lua-de-mel, que iniciaria depois do casório. Mal chegaram em casa, o safado partiu firme pra cima da esposinha - cujo corpo era por demais tentador -, agarrou-a, arrochou-a, jogou-a na cama, arrancou-lhe o sutiã e a calcinha e, quando se preparava para chamar na grande, ela gritou: - Para, França! Por favor, comporte-se! - Mas, meu amor... Agora estamos casados e sozinhos aqui no quarto! E ela, educada, mas muito firme: - Exijo que você se comporte na cama como se comporta num restaurante fino! - Desculpe. Tudo bem, meu amor. Dito isto, o cara fez meia-volta e entrou no banheiro. Tomou um banho caprichado, penteou-se, perfumou o corpo todo, vestiu um robe-de-chambre e deitou-se delicadamente ao lado da mulher. Em seguida, com toda a educação do mundo, falou ao ouvido dela: - Por gentileza, minha querida, queira me ceder o seu imaculado órgão genital! Pode ser?

D

ivulgar a cultura, as belezas naturais de forma sustentável e incluir o município na rota estadual do turismo. Esse é o objetivo do mais novo projeto criado pela Prefeitura de Traipu, que está investindo em parceria com a iniciativa privada para fortalecer o potencial turístico da cidade e aquecer a economia local. Na manhã dessa sexta-feira (10), o prefeito Eduardo Tavares (PSDB) e a secretária de Turismo, Cultura e Igualdade Racial, Suely Galvão, receberam uma comitiva de investidores, coordenada pelo empresário Hipólito da Costa, do Grupo Asa Branca. Também estavam presentes, o industrial José Alexandre dos Santos, do Grupo Coringa, de Arapiraca, os empresários Pedro Romualdo e Marcos Roberto da Silva, o Marquinhos do Acquabol, ambos do setor imobiliário, além do jornalista e juiz de Direito aposentado, José Firmino de Oliveira. O grupo visitou vários pontos turísticos da cidade, e, na

ocasião, o prefeito Eduardo Tavares anunciou a construção do Paço Imperial com a revitalização do histórico sobrado do senhor Berilo Soares Mota, onde ficou hospedado o imperador Dom Pedro II, no centro da cidade. A iniciativa tem como propósito resgatar o patrimônio histórico e cultural de Traipu, com a criação de um roteiro em homenagem ao caminho trilhado, no ano de 1859, por Dom Pedro II, que percorreu as margens do Rio São Francisco em Alagoas. A fachada do sobrado ainda guarda as características da época. O prédio histórico tem janelas, portas e o assoalho também é original. Ainda no centro de Traipu, existem outros monumentos como a Igreja Matriz de Nossa Senhora do Ó, o Rancho Opara e o Buraco da Maria Pereira, que fica na divisa com o estado de Sergipe. A história conta que Maria Pereira viveu escondida durante anos, com medo dos holandeses, num lugar onde a natureza é preservada com muita mata verde e água e cristalina.

CidadesemFoco ROBERTO BAIA robertobaiabarros@hotmail.com SIDINÉIA TAVARES_ INTERINA

Vereadora atuante

A

vereadora Sâmia Bida, eleita para sua primeira legislatura em Viçosa, está mostrando que mereceu os votos que os viçosenses lhe confiaram. Em apenas quarenta dias na Câmara ela já visitou comunidades, solicitou andamento em projetos e viabilizou a resolução de vários problemas da cidade, principalmente o de abastecimento de água.

Boletim informativo Sabendo que os vereadores precisam prestar contas de seus atos no legislativo, Sâmia Bida criou um boletim informativo mensal. O projeto, criado através de colaboração de eleitores e amigos, já foi apresentado para a população na última terça-feira e apresenta todas as atividades exercidas no mês e ainda prestar contas de em quê foi gasto a verba de gabinete da vereadora.

Empregados de volta

CORTESIA/FLÁVIO LEVISSON

Recentemente foi anunciada a reativação do Laboratório Farmacêutico de Alagoas (Lifal) e a contratação de cerca de 300 pessoas, através de uma Parceria Público-Privada. Mas na última sexta-feira (10), alguns ex-funcionários do laboratório procuraram o Ministério Público do Trabalho (MPT) para solicitar oficialmente uma audiência de conciliação para tentar a reintegração dos postos de trabalho.

Construção de roteiro turístico deve resgatar patrimônio histórico e cultural da cidade

Em negociação A assessoria do MPT informou que o procurador responsável pelo caso, Rodrigo Alencar, deve enviar a solicitação oficial à desembargadora Vanda Lustosa, relatora do processo que trata da demissão dos servidores. Espera-se que o próprio governador Renan Filho participe das negociações.

Tempo para aposentadoria O Sindicato Unificado dos Trabalhadores Petroleiros, Petroquímicos, Químicos e Plásticos (Sindipetro) propõe que 14 empregados com tempo pendente para aposentadoria retornem às atividades no Lifal. “Não consigo encontrar um motivo razoável para o afastamento dos trabalhadores. Nosso objetivo é buscar os meios legais para que os trabalhadores tenham o tempo garantido para a aposentadoria”, disse o procurador Rodrigo Alencar.

Criança feliz A Unicef reúne na próxima segunda-feira, 13, em Maceió, representantes de cinco estados nordestinos para a I Capacitação de Multiplicadores do Programa Criança Feliz. O evento que se estenderá até o dia 23 terá aulas teóricas no Centro Cultural e de Exposições.

Visitas A programação inclui visitas a Centros de Referência de Assistência Social e ao Centro de Recuperação e Educação Nutricional (Cren), no interior e na capital alagoana, para aplicação dos conhecimentos adquiridos. A capacitação terá como base o manual “Cuidados para o Desenvolvimento da Criança”, onde é descrito o método elaborado pela Unicef e Organização Mundial de Saúde (OMS), para multiplicadores de conhecimentos voltados para a primeira infância em todo o mundo.

Igreja Nova O Ministério Público do Estado de Alagoas (MPE/AL), por meio da Promotoria de Justiça de Igreja Nova, recomendou, na última quarta-feira (8), a realização de concurso público para provimento de cargos de procuradores jurídicos e contadores do Município. A recomendação é destinada à Prefeitura e Câmara de Vereadores Municipais, tendo como base a Instrução Normativa nº 3/2016 do Tribunal de Contas do Estado de Alagoas.

Atividades essenciais “Os serviços jurídicos e contábeis permanentes e rotineiros da Administração Pública constituem atividades essenciais e típicas de Estado, sendo indelegáveis ao particular, como regra, seja por meio de licitação ou mediante contratação direta”, considerou o promotor de Justiça Paulo Roberto de Melo Alves Filho, que também destacou a importância da continuidade de tais serviços, sobretudo por ocasião da alternância de mandatos.

Calendário A publicação dos editais dos concursos públicos para provimentos dos cargos de procurador jurídico e contador deve ocorrer até o dia 31 de julho. Caberá ao Município criar, por meio de Lei Municipal, a Procuradoria do Município e o Departamento de Contabilidade ou outras denominações equivalentes. ...A juíza Emanuela Porangaba, da comarca de Murici, expediu uma portaria proibindo a utilização de tintas de qualquer cor, dentro e fora dos blocos carnavalescos, e o uso de dispositivos de som, conhecidos como “paredões”, durante as festividades do carnaval. ... As medidas foram definidas em reunião da juíza com representantes do Ministério Público, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e os prefeitos de Murici e Branquinha, municípios que compõem à Comarca. ... De acordo com a Portaria, a decisão foi tomada levando em consideração a grave crise hídrica que afeta a região, fazendo com que os municípios sejam abastecidos por carros-pipas.


TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 11 E 12 DE FEVEREIRO DE 2017

Economia

IGP-M do aluguel acumula 5,40% em 12 meses O Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M), usado no reajuste de contratos de aluguel, registrou inflação de 0,10% na primeira prévia de fevereiro, taxa inferior ao 0,86% da primeira prévia de janeiro. Segundo a Fundação Getulio Vargas (FGV), com a prévia, o IGP-M acumula inflação de 5,40% em 12 meses. A queda da taxa entre janeiro e fevereiro foi puxada principalmente pelos preços no atacado, medidos pelo Índice de Preços ao Produtor Amplo. A inflação do subíndice recuou de 1,13% na primeira prévia de janeiro para 0,01% na primeira prévia de fevereiro.

Resgate do FGTS: como usar esse dinheiro?

FGTS

Calendário de contas inativas será anunciado dia 14

Ideal é que quantia possa melhorar qualidade de vida da pessoa e família

E

m meados deste mês, será divulgado o calendário de saques de contas inativas do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço). A renda extra vem em boa hora, mas é preciso cuidado para não colocar em risco a reserva financeira construída após meses - ou anos - de trabalho, de acordo com o presidente da Abefin (Associação Brasileira de Educadores Financeiros), Reinaldo Domingos. “Muitas pessoas usam rendas extras sem considerar sua situação financeira atual. Infelizmente, isso é comum. Portanto, procure levantar seus números e ter consciência se está em situação de equilíbrio, endividamento, inadimplência ou se é investidor. O ideal é que a quantia possa melhorar a qualidade de vida da pessoa e família, não apenas agora, mas especialmente no futuro. Afinal, o objetivo principal da existência desse fundo é ser um arrimo para o trabalhador em caso de demissão”, orienta Reinaldo Domingos. Confira abaixo orientações

para quem está em situação de inadimplência, de equilíbrio financeiro e também para quem já tem o hábito de investir. EM INADIMPLÊNCIA Caso o valor a ser resgatado seja suficiente para quitar alguma dívida em atraso totalmente, é interessante agir dessa forma. Mesmo assim, é válido negociar e conseguir descontos, diminuindo parte da dívida, para então fazer o pagamento à vista. Por outro lado, se não for para quitar 100% da dívida, avalie a opção de investir o valor para ter força para negociar no futuro. De uma forma ou de outra, o principal a ser feito nessa situação delicada é se educar financeiramente, ou seja, mudar seu comportamento para não mais retornar à inadimplência. O primeiro passo é olhar para a sua situação de forma honesta e levantar todos os números, traçando um planejamento para renegociar a dívida – agora ou no futuro – em parcelas quem respeitem o orçamento mensal. EM EQUILIBRÍO Ainda não ter um objetivo

DIVULGAÇÃO

É preciso ter consciência se a pessoa está em situação de equilíbrio, endividamento e inadimplência

estabelecido para o uso dessa renda extra é preocupante, pois na ausência de uma meta, o valor pode acabar sendo utilizado em compras supérfluas e de pouca importância, ao invés de contribuir para a conquista de um sonho. Cada pessoa deve ter no mínimo três: um de curto prazo (a ser realizado em um ano), outro de médio prazo (entre um e dez anos) e outro de longo prazo (a ser realizado a partir de dez anos).

ECONOMIA 13

Tanto na situação de equilibrado ou de investidor, é orientável fazer o saque das contas inativas assim que possível e aplicar o valor em investimentos como poupança, CDB ou tesouro direto, entre outras, que rendam mais do que o FGTS. A modalidade escolhida precisa corresponder ao prazo em que se deseja realizar o sonho, tendo em vista a possibilidade de resgatá-lo no momento desejado sem perder rendimentos.

O calendário de saques de contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) deve ser anunciado pelo governo no dia 14 de fevereiro. O cronograma de liberação do dinheiro ainda não foi divulgado oficialmente, mas os saques deverão ocorrer de acordo com o mês de aniversário do trabalhador. Depois da divulgação, a Caixa deverá começar a receber demandas sobre a retirada do dinheiro. “A liberação das contas inativas do FGTS é também política social. Temos R$ 42 bilhões retidos nessa fonte. No dia 14, me ajude se eu errar nas datas, os senhores vão começar a receber as demandas dos detentores das contas inativas”, disse o ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, a servidores da Caixa em evento . O banco vai criar canais exclusivos para informar os trabalhadores sobre o saque para que não haja uma corrida às agências. Poderão ser sacados os valores de todas as contas inativas do FGTS até 31 de dezembro de 2015, sem limi-

te de retirada. As contas inativas do FGTS são as que não recebem mais depósitos do empregador porque o contrato de trabalho foi suspenso. O trabalhador pode consultar a existência e o saldo de contas inativas do Fundo de Garantia por meio do site da Caixa, SMS, nas agências do banco e pelo aplicativo do FGTS. DÚVIDAS No dia 22 de dezembro de 2016, o governo anunciou uma série de medidas com o objetivo de estimular a economia. Dentre elas, está a autorização para o saque de todas as contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Desde o anúncio, muito tem se especulado sobre o assunto e informações incorretas têm circulado, principalmente nas redes sociais. Apesar de a Caixa ainda não ter definido os detalhes sobre como serão os procedimentos, já é possível esclarecer algumas dúvidas. A definição de como serão feitos os saques deve ser divulgada, de acordo com a assessoria do banco, até o fim da primeira quinzena de fevereiro.


14

ECONOMIA

TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 11 E 12 DE FEVEREIRO DE 2017

Criadores de games crescem 600% em 8 anos Faturamento do setor em 2016 foi de US$ 1,6 bilhão, 25% a mais que em 2014

E

nquanto o setor de serviços no Brasil tem sofrido quedas consecutivas, um nicho prospera em tendência oposta. Trata-se do mercado de produção de jogos virtuais. Em oito anos, o número de empresas desenvolvedoras de games aumentou em quase 600%. Já o faturamento do setor no país cresceu 25% entre 2014 e 2016. “Em 2008, tínhamos 43 empresas de games no Brasil. Em 2014, esse número subiu para 130. Hoje, são aproximadamente 300 empresas de games no país”, apontou Eliana Russi, diretora da Associação Brasileira dos Desenvolvedores de Jogos Digitais (Abragames). Segundo a entidade, levantamento feito pela NewZoo, uma das principais condutoras de pesquisas sobre a indústria dos games no mundo, mostra que em 2016 o setor faturou US$ 1,6 bilhão no Brasil, um aumento de 25% em relação a 2014, quando o mercado brasileiro de jogos digitais movimentou US$ 1,28 bilhão. Os números apresentados pela Abragames ratificam os dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que apontam cres-

cimento real dos serviços de informática, mostrando tendência inversa à dos demais serviços no país. Segundo o IBGE, na comparação entre novembro de 2016 com o mesmo mês do ano anterior, o volume de serviços no país registrou queda de 4,6%. Em contrapartida, o volume dos serviços de tecnologia da informação cresceram 4,2%. De acordo com o analista da Coordenação de Serviços e Comércios do IBGE, Roberto Saldanha, esse crescimento se deve ao mercado de games. “O setor de informática vem apresentando crescimento real ao longo dos últimos meses. A produção de games é o que tem impulsionado bastante o setor”, destacou o economista do IBGE. Outro dado da Abragames que evidencia o aquecimento do setor é a rodada de negócios realizada no BIG Festival. Organizado pela entidade, ele é considerado o terceiro maior festival de jogos independentes do mundo e o maior da América Latina. Segundo a Abragames, em 2014 o valor de negócios fechados a partir do festival foi de US$ 2,9 milhões. Em 2015, a soma foi de US$ 11

DIVULGAÇÃO

Desenvolvimento de jogos digitais tem impulsionado setor de serviços

milhões na geração de negócios. Já na quarta edição do evento, realizada em 2016, a estimativa da entidade é que a soma de negócios fechados chegue a US$ 20,7 milhões – um crescimento de cerca de 700% em dois anos. DEDICAÇÃO EXCLUSIVA Há 14 anos, o professor Raoni Dorim, de 37 anos, trabalha com jogos digitais, sempre prestando serviços a terceiros. Diante do aquecimento do setor, no entanto,

em 2016 ele percebeu que era hora de se dedicar exclusivamente ao mercado. Beneficiado por dois programas de aceleração no exterior, um no Vale do Silício e outro na Malásia, passou meses fora do Brasil e voltou disposto a investir no crescimento do mercado. “Depois dessas viagens, eu voltei pilhado. A primeira coisa que fiz foi montar a Gameing, Associação Mineira de Jogos”, disse Dorim.


TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 11 E 12 DE FEVEREIRO DE 2017

ESPORTES 15

Botafogo e Flamengo no Engenhão Rubro-Negro precisa apenas de um empate neste domingo para confirmar vaga nas semifinais da Taça Guanabara

O

Flamengo está pronto para no clássico deste domingo, às 18h30 (em Maceió), contra o Botafogo no Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ), pela quarta rodada da Taça Guanabara, primeiro turno do Campeonato Carioca. Com os dois times disputando competições paralelas, como a Copa Libertadores, para muitos o grau de interesse no Estadual é menor. Porém, na visão dos jogadores flamenguistas não é bem assim que a situação acontece. O zagueiro Rafael Vaz, por exemplo, não acredita que os dois times se poupem em campo. “Quando a bola rola, os jogadores não pensam que precisam se preservar para o jogo seguinte ou que estão enfrentando uma maratona de jogos. Querem apenas conquistar mais uma vitória e por isso

mesmo acredito que teremos um grande jogo no domingo. A rivalidade entre os dois clubes é muito grande e por isso mesmo ninguém pensa em deixar o campo com uma derrota. Vai ser muito disputado e decidido nos detalhes”, disse Rafael Vaz. O goleiro Alex Muralha segue a mesma linha de raciocínio do zagueiro. “O Flamengo e o Botafogo estão enfrentando uma série de jogos importantes e no meio de semana não foi muito diferente. O fato de disputar mais de uma competição faz com que as divisões de atenção aconteçam. Mas quando a bola rola o jogador não pensa muito em se poupar, pois sabe que do outro lado tem um rival qualificado e que a vitória é muito importante. Claro que a gente sempre planeja ter a semana livre para treinos, mas isso está ficando

cada vez mais raro e por isso mesmo que temos sempre que pensar no próximo adversário e tentar jogar bem”, avisou o arqueiro. Com nove pontos conquistados e cem por cento de aproveitamento, o Flamengo lidera o Grupo B da Taça Guanabara e precisa de um simples empate para assegurar a classificação para as semifinais. Em termos de escalação, Zé Ricardo faz mistério e só deverá revelar quem vai mandar a campo minutos antes do confronto. A acesso da imprensa às atividades foi proibido a maior parte do tempo durante toda semana. Quando os jornalistas foram liberados para entrar no Ninho do Urubu os atletas já estavam deixando o gramado. OUTROS JOGOS 16h Fluminense x Bangu 18h30 V.Redonda x Vasco

LANCE

Camilo e Arão vão se encontrar neste domingo no clássico entre Botafogo e Flamengo no Engenhão

PAULISTÃO

Corinthians terá turco Kazim para partida com o Santo André ASCOM TIMÃO

Kazim deve fazer seu primeiro jogo no Paulistão pelo Corinthians

O Corinthians terá o retorno do atacante Colin Kazim na partida contra o Santo André, neste sábado, na Arena, às 20h (em Maceió). Depois de desfalcar a equipe por três partidas por conta de um incômodo muscular na coxa direita, o inglês naturalizado turco está relacionado. Outros 20 jogadores se concentrarão no CT Joaquim Grava a partir desta sexta-feira e ficarão à disposição do técnico Fabio Carille.

A principal baixa para o confronto da segunda rodada do Campeonato Paulista é o meia Giovanni Augusto, que também por dores musculares na coxa direita foi cortado. Marquinhos Gabriel será titular no lugar dele. Principal contratação do clube na temporada, o meia Jadson ainda não tem condições de jogo e nem sequer ficará no banco. Contudo, minutos antes da bola rolar ele irá ao gramado da

Arena saudar a torcida. O Corinthians deve ir a campo diante do Santo André com: Cássio; Fagner, Balbuena, Pablo e Moisés; Gabriel; Marlone, Fellipe Bastos, Rodriguinho e Marquinhos Gabriel; Jô. SÁBADO 16h Ferroviária x Mirassol 16h Linense x Audax 18h Botafogo x Novorizontino DOMINGO 10h Red Bull x Santos 16h São Paulo x Ponte Preta 18h30 Ituano x Palmeiras 18h30 S.Bernardo x S.Bento


16

ESPORTES

MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 11 E 12 DE FEVEREIRO DE 2017

Esportes

TRIBUNAINDEPENDENTE

Alagoano tem Coruripe x Miguelense; Sete x Santa Rita neste domingo Dois jogos abrem a quinta rodada do Campeonato Alagoano neste domingo. O Coruripe encara o Miguelense no Estádio Gérson Amaral em Coruripe. Já o Sete de Setembro enfrenta o Santa Rita no Estádio Rei Pelé em Maceió. Os dois jogos acontecem às 16h. O Hulk e o Leão de Boca da Mata podem assumir as lideranças de seus grupos. “Estamos trabalhando forte para a classificação para o hexagonal. Vamos um passo de cada vez. Nosso time está encontrando o melhor futebol e tenho certeza que chegaremos bem nas decisões”, disse o técnico Joécio Barbosa, do Coruripe.

CSA joga em casa pela reabilitação Azulão encara o Itabaiana-SE pela Copa do Nordeste e precisa da vitória para aumentar as chances de classificação

A

direção do CSA confia em um Rei Pelé lotado neste sábado. O CSA entra em campo para encarar o Itabaiana pela terceira rodada da Copa do Nordeste. O jogo será às 16h e os preços dos ingressos foram reduzidos. Arquibancadas baixas custam R$ 10, altas custam R$ 20 e as cadeiras custam R$ 50. Outro fator que aumenta a confiança pelo bom público é que a partida não terá transmissão ao vivo pela TV. Duas mudanças já estão certas no time. O meia Cleyton sequer foi relacionado para o jogo. O técnico Oliveira Canindé encerrou a preparação para o jogo e divulgou a lista sem o jogados. Ele segue sem contar com o atacante Luis Soares, que se recupera de uma inflamação no tornozelo. O volante Panda, com desconforto muscular, também desfalca o time. O meia Didira, que

não enfrentou o Sport, está relacionado mas ainda sente dores no joelho. “Nós queremos acertar e não conseguimos, isso não frustra só torcedor, frustra o treinador, frustra os atletas. Agora temos que ter os pés no chão, nós ficamos de fora da Copa do Brasil na última quarta-feira, mas não podemos esquecer que tem a Copa do Nordeste, onde nós estamos vivíssimos, e também estamos vivos para buscar o título do Alagoano”, disse Canindé. DANIEL COSTA O departamento de futebol do CSA regularizou o meia Daniel Costa. O nome do jogador apareceu no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF. Mesmo regularizado, o atleta não deve participar do jogo contra o Itabaiana, pela Copa do Nordeste. Ele trabalha para melhorar o condicionamento físico.

O técnico do Itabaiana disse que diante da maratona de jogos, é um momento mais de diálogo. “Contra o CSA temos que ter atenção e não cometermos os mesmos erros do jogo do ABC aonde o adversário se aproveitou de alguns vacilos que cometemos. O intervalo de um jogo para o outro é muito pequeno, temos a viagem nesta sexta para Maceió e temos que recuperar os atletas para que tenham um bom desempenho, é um momento de mais conversa do que treinos. Nossa equipe tem tido uma forma de jogar tanto dentro como fora de casa e acredito que isso não vai mudar, temos que somar pontos nesse jogo para mantermos as chances de classificação, mas não podemos perder o equilíbrio durante o jogo, o CSA já mostrou que tem uma boa equipe e joga em casa”, explicou Ailton Silva.

ALISON FRAZÃO/ASCOM CSA

CSA espera grande público no estádio Rei Pelé e precisa da vitória diante do Itabaiana para se reerguer DOUGLAS SILVA / ASOM CRB

GALO

CRB tem difícil missão contra o ABC-RN pela Copa do Nordeste

Copa Verão de Beach Soccer com muitos jogos

Sérgio Mota está recuperado e volta ao time regatiano O CRB terá um compromisso complicado neste sábado contra o ABC-RN. O jogo é válido pela Copa do Nordeste, às 20h30, no Frasqueirão em Natal-RN, e o time do técnico Léo Condé precisa vencer para seguir vivo na briga por vaga na fase de mata-mata da competição regional. “O calendário brasileiro é complicado e sabíamos de tudo isso. São muitas competições ao mesmo tempo e temos esse desgaste. Voltamos para Maceió de Teresina na quinta e viajamos na última sexta para Natal. Agora vamos ter um jogo difícil com o ABC, mas somos líderes da chave e temos que buscar um bom resultado para manter essa primeira colocação”, disse. Condé conta com o retor-

no do meia Sérgio Mota, artilheiro do time na temporada com quatro gols. Mas é bem provável que ele tenha em campo um time mais cauteloso. A escalação de três volantes não está descartada. A delegação regatiana volta para Maceió domingo e joga contra o ASA na terça. O técnico Geninho sabe que precisa vencer para ficar em uma situação confortável no Grupo D. Em dois jogos, o ABC tem uma derrota e uma vitória, soma três pontos e está na terceira colocação. O CRB é o líder do grupo, com quatro pontos - um empate e uma vitória. Entre as principais preocupações de Geninho para o confronto, está a desclassificação do CRB na Copa do Brasil, após a derrota por 2 a 0 para o Altos, do Piauí.

Para o técnico alvinegro, o resultado inesperado pressiona o time alagoano para uma reação imediata. Como o próximo adversário do CRB é o ABC, espera-se que o time esteja “mordido” na partida do sábado. “Temos um jogo contra uma equipe forte, que tem rivalidade regional, e deve vir voando para cima de nós. É um jogo contra um adversário que é candidatíssimo à vaga e acho que vai ser difícil, muito difícil. Vai ser preciso uma motivação total. Nós vamos esquecer totalmente o estadual porque agora é pensar no CRB. Até o sábado, nós só vamos falar em CRB. Já estou até conversando com o pessoal das estatísticas, que nos dá apoio, para analisar o CRB”, declarou o técnico,

Meio-campo Sérgio Mota está de volta ao time do CRB no sábado

EFE

ESPANHOL

Barcelona está preocupado com a sensação Alavés

Luis Suarez, Neymar e Lionel Messi estarão em campo neste sábado para defender o Barcelona

PONTAL DA BARRA

O técnico do Barcelona, Luis Enrique, afirmou esta semana que vai precisar de uma boa atuação do time contra o Alavés, pela 22ª rodada do Campeonato Espanhol, neste sábado às 12h15 (em Maceió). O trio Messi, Suarez e Neymar está confirmado para o jogo e confiante em mais uma vitória. “Vai ser um jogo complicado e precisaremos de uma boa versão do Barça para vencer os três pontos”, falou Luis Enrique na coletiva de imprensa que antecede o jogo. “O Alavés é o time revelação, pelo que está fazendo e como está fazendo. São consistentes e estão numa excelente posição na Liga”, explicou o técnico espanhol. O treinador também elo-

giou o argentino Mauricio Pellegrino, que “conseguiu colocar sua cara no time”. “É uma equipe muito perigosa, com bons laterais, jogadores rápidos, que desequilibram”, acrescentou o técnico culé. Luis Enrique lembrou que o time basco venceu o jogo de ida, por 2x1, dentro do Camp Nou no primeiro turno. “Agora já não são tão surpresa... Já estamos na 22ª rodada e eles estão a 16 sem perder. Isso significa que tem um trabalho na equipe e que estão 100% motivados”. O Real Madrid é líder do Campeonato Espanhol com 46 pontos, um a mais que Barcelona e três a mais que o Sevilla. A equipe da capital tem dois jogos a menos que os rivais.

Quem gosta de “Beach Soccer”, o famoso futebol de areia, terá uma grande oportunidade de assistir grandes jogos. Acontece até o dia 16 deste mês, a “VII Copa Verão de Beach Soccer”, que vai reunir seis equipes em busca do título. A competição vai acontecer na Arena Aldzon da Silva, no Pontal da Barra e as equipes ficaram separadas da seguinte forma: No Grupo A estão Corinthians-Lagoa Azêda, Novo Horizonte e Posto 7. No Grupo B ficaram Real Jatiúca, Vasco-Lagoa Azêda e CRB. As partidas acontecem sempre a partir das 19h. O primeiro colocado de cada grupo se classificam para a decisão, que acontece na próxima quinta-feira (16). A premiação será feita para campeão e vice, que receberão troféus, medalhas e uma quantia em dinheiro a ser definida. O diretor da Federação Alagoana de Beach Soccer, Cristiano Lopes, enaltece a realização da competição no Estado. “É o pontapé inicial da modalidade no ano de 2017. Dessa forma queremos realizar um grande evento, onde contaremos com equipes de outras cidades”, afirmou.


TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 11 E 12 DE FEVEREIRO DE 2017 DIVERSÃO&ARTE 1

Brad Pitt será proitagonista de filme brasileiro de ficção científica Uma das maiores estrelas do planeta, Brad Pitt já pode se considerar um integrante do cinema brasileiro -- ou quase isso. O astro vai protagonizar “Ad Astra”, um filme produzido pela RT Features, empresa cinematográfica nacional comandada por Rodrigo Teixeira. O longa, que será dirigido e corroteirizado por James Gray (“Era uma Vez em Nova York”), é uma ficção científica futurista que traz Pitt como Roy McBride, um engenheiro espacial levemente autista. McBride parte em uma viagem pelo sistema solar para tentar localizar seu pai, que partiu há 20 anos em uma missão a Netuno, mas desapareceu. O roteiro é de Gray e Ethan Gross (“Fringe”). A empresa de Brad Pitt, Plan B, juntouse à RT Features e às produtoras Keep Your Head Productions e Mad River. O filme ainda está em fase de pré-produção.

DE OLHOS BEM ABERTOS

T

udo que Cinquenta Tons de Cinza precisava era de um diretor de thrillers baratos, e a melhor decisão que os envolvidos poderiam tomar era contratar James Foley para a continuação, Cinquenta Tons Mais Escuros. O diretor entende o potencial do material de E.L. James - que sempre foi comportado demais para virar um softcore decente e cria neste segundo filme uma farsa perfeita para os nossos tempos de cinismo. Como bom diretor de aluguel, Foley não ostenta. A primeira cena, um flashback da infância de Christian Grey, sublinha o dilema caricaturalmente edipiano que serve de tema ao longa, um protocolo narrativo para sintetizar todo o conflito que agora marca a vida de Anastasia e Grey, namorados que em momento algum deixam de ser polos opostos num jogo de poder. O flashback, porém, parece muito mais próximo de um filme de terror do que de um drama - a opção pelo tom sépia, a ameaça que busca o garoto debaixo da cama e é essa marca que Foley secretamente imprime ao filme, a do horror. Porque, uma vez superados os pudores de SM de Anastasia, este 50 Tons parece liberto para lidar com o horror mais profundo da série: a entrega da donzela que se anula conscientemente por uma fantasia de luxo e felicidade no mundo dos homens. Foley não faz um thriller erótico no sentido tradicional, como o grande público habituou-se a assistir com Kim Basinger ou Sharon Stone nos anos 80 e 90, e sim um suspense que se sabota o tempo todo com alarmes falsos - a presença da jovem que reaparece pálida como uma fantasma de Submissões Passadas, a do chefe psicótico que tem escrito “assédio” na testa, a da velha mestra imobilizada pelo botox a quem só restou o papel de esfinge misteriosa - para injetar em Anastasia o pior dos pavores, aquele que prescinde de uma ameaça consumada. Essa condição normalmente levaria à paranoia, e a pobre heroína se veria devorada pela dúvida. O grande lance diabólico de Cinquenta Tons Mais Escuros é que

Uma continuação de Cinquenta Tons de Cinza, o longa Cinquenta Tons mais Escuros tem um elenco pouco à vontade, roteiro fraco e nenhum dos atrativos de seu antecessor

Christian Grey - embora carregue sempre neste filme aquela barba por fazer, típica dos pequenos vilões - não se presta em nenhum momento às teorias da conspiração, que enfim dariam às incertezas de Anastasia uma válvula de escape. Quando Grey desaparece numa “reunião em outra cidade”, ele sequer dá margem a clássicas suspeitas de traição, porque não é um adúltero e sim um ícone do 1% - e ainda retorna como um Tarzan triunfante depois de atravessar uma selva a tempo da ioga matinal. Se este filme fosse um daqueles suspenses baratos de Supercine, o galã se

revelaria um assassino em série depois de conquistar a mocinha com sua incomensurável virilidade. O próprio James Foley já fez esse filme, Medo, em 1996, e de certa forma repetiu a dose dirigindo episódios de House of Cards. Mas Cinquenta Tons Mais Escuros, um thriller desestabilizante e quase ontológico sobre sua própria capacidade de manter suspenses, tem outras intenções. Anastasia Steele se blinda no autoengano, cercada de tipos falsos que homogeneamente atuam no artificialismo, das amigas histéricas aos senhores benevolentes da editora de livros, e com

eles traça um sinistro pacto de condescendência que, impregnado pelo mal estar dos podres de rico, contamina o mundo ao redor. Por trás da superfície evidentemente ridícula de 50 Tons, com seu ostensivo humor (in)voluntário, há uma farsa sobre resignação. O filme tem plena consciência disso, mas o único indício de que os personagens têm alguma noção do seu próprio ridículo é quando Anastasia responde ironicamente aos comandos de Grey - uma concessão mínima que o filme faz para não desmoronar com o peso da própria encenação e para se manter funcionando sob as mesmas regras, até o final. Depois de brincar de Bridget Jones, de filme de assédio, de exercício metalinguístico (melhor que a presença de Kim Basinger, só se Joe Eszterhas tivesse uma ponta no filme), Foley estaciona no conto-defadas, gênero desvirtuado aqui com um gostinho de misantropia no melhor estilo Paul Verhoeven, cineasta para quem a tal beleza americana antes de mais nada era uma questão de feiura. Nada impede que o terceiro longa abrace a violência do thriller erótico americano tradicional, em que o pecado do sexo sem culpa se pune com a morte, afinal. Como todo personagem aqui se comporta como se fosse o suspeito em potencial de eventuais crimes passionais, do latino da friendzone à gerente de RH, seria a resolução mais feliz se 50 Tons terminasse como o último capítulo de A Próxima Vítima (a novela), num grande baile de convidados desmascarados, dedos apontados e horrores consumados. Talvez Grey morra, redimido na dor, ou chacine a todos com brinquedos de grife de calibre mais alto, o sadismo derradeiro, ou tudo termine com Anastasia Steele reconhecendo seu alpinismo social - e vivendo em paz com isso. Por enquanto, o que temos é uma história prenhe de um potencial de destruição, mantida no teatro mais sinistro, ainda que dormente, de uma Seattle que poucas vezes esteve tão melancólica, cuja paisagem é marcada no fim do filme não pela lua cheia agigantada dos amantes, mas dos amaldiçoados.


TRIBUNAINDEPENDENTE

2 DIVERSĂƒO&ARTE MACEIĂ“ - SĂ BADO E DOMINGO, 11 E 12 DE FEVEREIRO DE 2017

Boteco da Kel

A

cantora Kel Monalisa vai estar na Choparia do Maikai, em Maceió. A folia vai ser no domingo, dia 12 de fevereiro, a partir das 16h. No boteco da Kel vai ter muita música e samba. Ingressos: Promocional R$15,00. Vendas: Maikai. Mais informaçþes pelo telefone: (82) 3305-4400.

Bailinho A maior banda infantil de Alagoas, a banda Cazuadinha, Ê uma das principais atraçþes do 8º Bailinho dos Seresteiros da Pitanguinha. O grupo comandado por Roberta Aureliano, comemora sua quinta participação na matinê infantil. O bailinho acontecerå no såbado, 12 de Fevereiro, a partir das 15h, no Centro de Convençþes de Maceió. Saiba mais sobre a banda na pågina facebook.com/bandacazuadinha. Mais informaçþes: 82 3235-5301

Desafio Insano In Company A alagoana IF Marketing, em parceria com a Liga dos Administradores, lança uma adaptação do jĂĄ conhecido Desafio Insano 72 horas, dessa vez voltado para empresas. Trabalhando com as necessidades especĂ­ficas de cada uma, o Desafio In Company farĂĄ com que os funcionĂĄrios voltem ‘reciclados’ e prontos para os desafios do mercado. Os interessados devem entrar em contato com a agĂŞncia atravĂŠs do e-mail ifmarketing@ifmarketing. com.br ou pelos telefones (82) 9 8848-0815 e (82) 9 9921-5193.

Tay Galega

Oficinas com Karla Melanias

Jude chega ao AntropofĂĄgico Miscigenado

J

ude Ê a convidada do movimento Antropofågico Miscigenado nesta terça-feira (14), no saguão do teatro Deodoro, no centro da capital. Criado pelos músicos Edi Ribeiro e Sebage, o Antropofågico Miscigenado tem reunido, regularmente, todas as terças-feiras desde a segunda semana de janeiro a nata dos

músicos alagoanos, ora como convidados ora dando uma canja – que acontece sempre depois do pequeno show principal. Na terça-feira, o recado Ê da Jude, em segunda apresentação ao vivo (a primeira foi no såbado, dia 4, no espaço Quintal Cultural, no bairro do Bebedouro). O Deodoro abre às 17h30 e a entrada franca.

Belo O cantor Belo vai estar no Maikai, no dia 7 de abril. Em seu dÊcimo ano de carreira solo, o cantor lança agora seu 10º ålbum e vai animar a noite dos maceioenses com muito samba e música romântica. Mais informaçþes pelo telefone: (82) 3305-4400. Vendas: Maikai -Viva Alagoas -Acesso Vip.

tarinense cantora ca vai estar Tay Galega ira vez me pela pri itrazendo mu em Maceió, p em um po to reggae e o. cial acústic show espe ão serå no A apresentaç Arte Pajural ltu Cu Centro h. Os ingres çara, às 19 os ser comprad sos podem no s, an Be na loja Chillin g. oppin Maceió Sh

A

Com intuito de estimular a criatividade e a interação com a natureza, por meio da arte, a artista Karla Melanias realizarå hoje e no dia 18 de fevereiro oficinas para crianças na Pinacoteca Universitåria. As atividades acontecerão nos turnos matutino (10h às 12h) e vespertino (14h às 16h) e serão voltadas para a criação de pintura, desenho, colagem e escultura com utilização de matÊria orgânica vegetal (flores, folhas, legumes e frutas). Os inscritos precisarão trazer os materiais necessårios para a execução do trabalho: cartolina, papÊis e/ou tecidos, cola branca, flores, folhas, sementes e/ou frutos naturais. As crianças deverão estar acompanhadas por um adulto, que farå a inscrição antecipadamente, via e-mail, especificando os seguintes dados do participante: nome completo, idade, dia de participação e contato telefônico. Serão disponibilizadas, gratuitamente, 40 vagas por turno. Entrada gratuita. Mais informaçþes: 3214 – 1545 | pinaufal@gmail.com.

Carnaval do BicentenĂĄrio

Show beneficente

O tão aguardado Jaraguå Folia agrega vårios grupos jå conhecidos pela população, como o bloco Filhinhos da Mamãe e o tradicional No Escurinho Ê Mais Gostoso, que acontecem no dia 17 de fevereiro, a partir das 18h. A novidade para este ano Ê o retorno do bloco Filhos da Pauta, organizado por jornalistas alagoanos, que volta a desfilar nas ruas do boêmio bairro. Outra novidade das prÊvias carnavalescas Ê o Carnaval Nota 10, que irå reunir milhares de foliþes na orla da capital, no såbado (18), das 9h às 17h. A festa contarå com a animação de orquestras de frevo e dos blocos Amigos do Rei, Samba de Nêgo, Pecinhas de Maceió, Turma da Rolinha, Sururu na Lama, Adultos na Folia e Crianças na Folia. Durante os dias de momo tambÊm serão realizados eventos festivos. No såbado de carnaval, o bloco Filhinhos da Mamãe desfila na orla de Pajuçara, no domingo (26), o bloco Nêga Fulô anima a orla de Ponta Verde e, na terça-feira (28), blocos afros agitam a avenida marítima.

O artista Geraldo Cardoso e o artista Xameguinho do Acordeon se juntam para fazer uma festa beneficente amanhĂŁ Ă s 19h30. Local: SalĂŁo da Igreja de Santa Rita, prĂłximo a praça centenĂĄrio, “Caçarola Nordestina, SĂŁo JoĂŁo fora de ĂŠpocaâ€?. Os valores arrecadados bem como 1 kg de alimento serĂĄ doado para Casa de Ranquines, instituição filantropica que cuida de idosos, pessoas carentes. Mais informaçþes: (82) 3326-2089

Bloco “Samba de NĂŞgoâ€? O mĂşsico Igbonan Rocha promove seu bloco “Samba de NĂŞgoâ€? no dia 18 de fevereiro, Ă s 19h, na Avenida Dr. AntĂ´nio Gouveia, entre a Pajuçara e a Ponta Verde. A concentração em frente ao Hotel Enseada contarĂĄ com a bateria da escola GaviĂľes da Pajuçara e o bloco terĂĄ participaçþes especiais de cantores e cantoras de samba. FALE CONOSCO - A Agenda ĂŠ um serviço gratuito de orientação ao leitor. Os interessados em divulgar eventos, shows e exposiçþes podem enviar material atravĂŠs do endereço: tiagenda@hotmail.com

RESUMO DE NOVELAS GLOBO 18h

GLOBO 19h

GLOBO 21h

RECORD 21h

SOL NASCENTE

ROCK STORY

A LEI DO AMOR

A TERRA PROMETIDA

Milena aceita o pedido de casamento de Ralf. Mocinha sofre com o pesar de Tanaka. Gaetano e Geppina trocam juras de amor. Louzada e Carolina se interessam um pelo outro, e Ana nota. Elisa admira Padre Julião. Carolina afirma a Louzada que confia em Alice. Com a ajuda de seus amigos, Mario faz uma serenata para Alice na delegacia. Lenita se aconselha com Alice. Mario garante a Alice que descobrirå os motivos da vingança de Cesar contra sua família. Mocinha implora para que Cesar desista de seus planos contra Alice e Tanaka.

Edith se desespera ao ver JĂşlia caĂ­da e chama Gui. Yasmin tira LĂŠo da sala e Zac vai embora irritado. Gui tenta saber notĂ­cias de JĂşlia. JF gosta de ser bem tratado por LĂĄzaro. A banda perde a entrevista e JF culpa Gui. Zac descobre que JĂşlia perdeu o bebĂŞ e conta para todos da banda. Yasmin convence LĂŠo a convidar NĂŠia para seu casamento. Gui se preocupa com JĂşlia. Zac e Yasmin se encontram. Nicolau avisa a Luana que Marisa ofereceu um quarto em sua casa para ela morar. Gui questiona Marisa sobre a morte de Alex.

Pedro ameaça Tião. Augusto exige que Ciro saia de sua casa. Vitória conta para Sílvia por que Caio nasceu antes do tempo. Helô tem uma parada cardíaca e Letícia se desespera. Laura tenta se desculpar com Pedro. Flåvia conta para Salete sobre sua conversa com Misael. Misael se preocupa com a aproximação de Yara e Ciro. Letícia e Edu se despedem de Helô. Magnólia se preocupa com a liberdade de Ciro. Letícia esquece seu celular no hospital e volta para buscar o aparelho. Marina beija Tiago.

Não hå exibição aos såbados.

Baile Lança Perfume Com direito a abadĂĄ, camarote open bar e copos personalizados, o prĂŠ-carnaval Lança Perfume promovido pela produtora alagoana Santa, promete agitar a noite maceioense. A festa acontece no sĂĄbado (18), no OrĂĄkulo Chopperia. Entre os atrativos estĂŁo: doses de cachaça para os 100 primeiros, ambulantes distribuindo flau de catuaba e jurubeba pela pista, barracas temĂĄticas com drinks e, claro, decoração temĂĄtica! Mas nĂŁo para por aĂ­. A festa terĂĄ o camarote vip, com direito ao abadĂĄ, open bar e copo personalizado da festa. O open bar com direito Ă cerveja, catuaba, vodka, caninha com mel, gabriela, ĂĄgua e refrigerante - a NOITE TODA! đ&#x;˜œđ&#x;˜œđ&#x;˜œ đ&#x;˜œđ&#x;˜œđ&#x;˜œđ&#x;˜œđ&#x;˜œe seu ingresso e confira os valores no link: https://www.eventick.com.br/ lanca-perfume Ingressos fĂ­sicos: Chilli Beans (MaceiĂł Shopping)


TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 11 E 12 DE FEVEREIRO DE 2017 DIVERSÃO&ARTE 3 Divulgação

Dilema

Carlos Alberto de Nóbrega foi orientado a continuar apostando em reprises de grandes momentos de “A Praça é Nossa” por causa da ótima audiência. Mas o problema constatado é o seguinte: se fizer isso, ele será obrigado a sacar alguém do programa ou diminuir espaço... E agora? Problema.

FLÁVIO RICCO - colaboração: José Carlos Nery - www.twitter.com/flavioricco

Record planeja gravar novas versões de “A Escrava Isaura”

De volta

P

or “pressão” de fora, a Record e a produtora Casablanca planejam gravar novas versões da novela “A Escrava Isaura”. No plural mesmo! O assunto entrou em discussão há poucos dias, mobilizando representantes das duas empresas, com grandes chances de ganhar contornos definitivos muito em breve. Segundo apurado, a ideia é fazer um remake puro e simples da história de Bernardo Guimarães, que já teve Lucélia Santos (Globo) e Bianca Rinaldi (Record) como protagonistas, para depois, em continuidade, estender a história para as novas gerações, entre filhos e netos. Lembrando que a Record já exibiu, e até com relativo sucesso, um trabalho de Gustavo Reiz, “Escrava Mãe”, protagonizado por Gabriela Moreyra, neste mesmo universo. Mas por que voltar ao tema, se ele já foi tão esmiuçado? Por pressão do mercado internacional! Constatou-se que a obra ainda possui um enorme interesse de TVs de outros países, desde que a “entrega” aconteça dentro dos novos padrões tecnológicos, uma vez que a de 2004, dirigida por Herval Rossano, ficou ultrapassada.Resumindo, as novas “Isauras”, se tudo se confirmar, serão gravadas em 4K, como todas as últimas novelas da casa sob a gestão da Casablanca.

TV TUDO

Munir Chatack/

Pelo andar da carruagem, o “Pânico”, da Band, não fará nenhuma contratação nesta temporada. Ao contrário. De acordo com a equipe, a ordem é enxugar consideravelmente o elenco e até outros setores. Ficar com o mínimo necessário. Ficamos assim. Mas amanhã tem mais. Tchau!

Apoio importante

O autor Ricardo Linhares, convidado para auxiliar os titulares de “A Lei do Amor” na Globo, esenvolverá este trabalho até o encerramento da novela. Só depois irá se dedicar a um novo projeto.

Embalado

Ratinho está mesmo em uma grande fase no SBT com seu programa diário. Mesmo exibindo reprises, ele só perde para a Globo na faixa de confronto. Ou seja, segundo lugar sem susto.

Bate-rebate

Na mira

Se ainda não foi, Bianca Rinaldi será chamada pela parceria Record-Casablanca para participar de um desses novos trabalhos, que irão se originar de “A Escrava Isaura”. Atualmente, a atriz cumpre jornada no teatro com a peça “Nove em Ponto”, sucesso em São Paulo.

Vamos acertar

A Bandeirantes fixou 7 de março como data de estreia da próxima temporada do “Masterchef”. Edição com participantes amadores.

Ih, Nojento!

O cantor Nego do Borel, de “Malhação” e “Dança dos Famosos”, está em negociação avançada com a Globo para interpretar um tipo inspirado em Tião Macalé, no remake de “Os Trapalhões”, que estreia no segundo semestre na Globo. O personagem, como se recorda, foi vivido pelo comediante Augusto Temístocles da Silva, morto em outubro de 1993.

Após “Os Dez Mandamentos”, Talita Younan fechou com a Globo para ser uma vilã em “Malhação – Viva as diferenças”, estreia da Globo em 24 de abril.Na história de Cao Hamburger, ela será uma das “Ks”. A mais malvadinha é a K1, no caso, a personagem de Talita. Carol Macedo será a K2, e Gabriela Medvedovski, a K3.

C’est Fini

Aguinaldo Silva encerrou mais um tour por Portugal e agora vai entregar os 7 primeiros capítulos de “O Sétimo Guardião”, sua próxima novela, para a Teledramaturgia da Globo. Também vai apresentar uma lista com nomes de atores que pretende contar.

O diretor Edgard Miranda orienta Ângelo Paes Leme e Gustavo Leão nos bastidores de gravações da novela “O Rico e Lázaro”. Na próxima história bíblica, Paes Leme interpreta o vilão babilônico Nebuzaradã, enquanto Leão, o guerreiro hebreu Rabe-Sáris, irmão do protagonista Zac (Igor Rickli).

Olha o que ele fez

Nos corredores do SBT, circula a informação que, certo dia, Dudu Camargo disse para Silvio Santos que o noticiário das manhãs deveria ser colocado de uma forma mais descontraída. E deu no que deu.

Silvio Santos engatou marcha à ré na questão sobre o fim do “Domingo Legal”... ·... O programa de Celso Portiolli vai continuar na grade, mas ainda mais pressionado no SBT... ·...Vai ter que justificar essa recueta do patrão. ·Ator e diretor, Guga Coelho foi chamado para “Belaventura”, na Record... ·...Ele vai integrar o núcleo de humor, como irmão de Bárbara Borges... ·... Já definido, o elenco de “Belaventura”, que entrará na sequência de “Escrava Isaura”, ainda está em fase de preparação. ·Record não fechou as portas para Leonardo Vieira. Numa próxima conversa, as partes poderão se entender. ·Para fazer o programa de “Dança”, da Xuxa, no antigo Recnov, a Endemol precisou se entender com a Casablanca, responsável pelos estúdios... ·...Entenda-se, pagar pelo aluguel do espaço. ·Os programas “Desengaveta” e “Fazendo a Festa”, do GNT, terão edições gravadas no INCA(Instituto Nacional de Câncer).

HORÓSCOPO comprometer sua segurança pessoal. Não se abale facilmente e faça bom uso dos recursos ao seu dispor. ESCORPIÃO – (23/10 a 21/11) – Conflitos antigos tendem a abalar a convivência com as pessoas, neste período em que a Lua se desarmoniza na nona casa. Não exponha suas emoções para não ficar em desigualdade com relação às outras pessoas. SAGITÁRIO – (22/11 a 21/12) – O contato tenso da Lua com Júpiter, Urano e Plutão no setor material e social destaca a necessidade de economizar com os programas de lazer e adotar uma atitude gentil com sua privacidade. Não se exponha tanto. No amor, as divergências entre você e a pessoa querida indicam

o quanto você deve investir no amor. Organize suas emoções e seja coerente com o afeto. CAPRICÓRNIO – (22/12 a 19/1) – Controle sua impaciência e procure ser o mais versátil possível frente às divergências, já que a Lua na sétima casa se desarmonia a outros astros. Minimize os conflitos ao máximo, diante das divergências. Preserve a serenidade no amor. AQUÁRIO – (20/1 a 18/2) – Problemas ligados ao seu dia a dia são indicados pela desarmonia da Lua com Júpiter, Urano e plutão, especialmente com relação à condução coletiva das tarefas, nesta fase. Mantenha-se distante de pessoas complicadas. No amor, coloque

seu romance em ordem. Seu comportamento precisa ter coerência com seu pensamento e sentimentos, pois os problemas diários tendem a surgir por conta da falta de ousadia para lidar com os conflitos pessoais. Seu afeto precisa se fortalecer. PEIXES – (19/2 a 20/3) -A Lua em desarmonia no setor social motiva sua impulsividade e você fica vulnerável a um roteiro perigoso. Não se guie por seus instintos. Economize e mantenha a calma. No amor, promova mudanças significativas no romance. A desarmonia da Lua auxilia você a rever de forma sensata os problemas que desestabilizam suas emoções. Expresse mais tolerância com quem ama.

PALAVRAS CRUZADAS DIRETAS

www.coquetel.com.br Principal prêmio do Festival de Berlim

Agente de alergias Situação daquela que foi vítima de sequestro

© Revistas COQUETEL

Conterrâneos de Bruno e Marrone Condição da rua propícia a assaltos

Altura aproximada de um prédio de 30 andares Roentgen (símbolo)

Tipo de macarrão usado em doces

O sinal hippie de paz e amor "(?) Eu Quero", marchinha de Carnaval

Detetive (?), alter ego do Bolinha (HQ)

O Rei das Selvas (HQ)

(?)-olhado: energia negativa (pop.) Momento "Nacional", em PNB de instabilidade conjugal Berne (Zool.)

Utensílio comum na área de serviço Prática financeira censurada na Bíblia Personagem central da "Odisseia", de Homero Apresentadora do SBT (2014)

Passível de ser reparado (o erro)

Filtro do sangue Material fibroso Enzima que atua na digestão Triturar

Entrar em (?): Roupa cofazer-se mumente branca, de presente garçons O modo como morreu o filósofo Sócrates

Sucesso de Katy Perry Triste, em inglês Pena; lástima

Paisagem ímpar na aridez do deserto

Deprimidos, física ou moralmente 6

Solução

S V U

R A P T A D A

V R

P S O L E I A R R A A N AV H A M O E R

E L I A N A

U L I S S E S

P A I N A

S A D

D O

G N D E O U R O T R I A V M A M Ã E Z A N N L O C T S U R A R I M A S E E T R O S

BANCO

C E N A

LEÃO – (23/7 a 22/8) – A desarmonia da Lua com outros astros, no seu setor de crise, indica problemas que você acreditava ter resolvido antes. Evite dramatizar demais. Preserve a praticidade para visualizar as resoluções. VIRGEM – (23/8 a 22/9) – A desarmonia da Lua com outros astros destaca um período emocionalmente sensível para os relacionamentos de amizade. Os conflitos podem aumentar e comprometer a convivência mútua. Equilibre-se. No amor, priorize a paixão e evite conflitos. Assuma uma atitude pacífica para o romance se fortalecer. LIBRA – (23/9 a 22/10) – A Lua no setor profissional, em desarmonia com outros astros, indica problemas que tendem a

E

desarmonia. Controle sua impulsividade e não se deixe guiar por superficialidades. Moderação é a palavra de ordem. No amor, as cobranças pessoais que você faz a pessoa querida precisam ser revistas com afetuosidade. A Lua faz você questionar os problemas mais complexos assim como os mais simples. Opte por comportamentos que fortaleçam a sua relação. CÂNCER – (22/6 a 22/7) – As transformações que você e a pessoa querida fazem no romance precisam acontecer de forma gradual. A relação a dois não vai entrar nos eixos por causa de uma atitude de mais intransigência. Tenha bom senso e consideração com seu amor.

3/sad — ura. 5/paina. 6/aranha — lipase. 7/aletria — ulisses. 13/noventa metros.

ÁRIES - (21/3 a 19/4) – A desarmonia da Lua na área familiar indica fatos inesperados que conferem estresse e apatia a você, além de comprometer o convívio com as pessoas a sua volta. Não se aborreça, já que a tensão com outros astros anuncia fadiga física e mental. Cuide-se. TOURO – (20/4 a 20/5) – Os problemas amorosos entre você e a pessoa querida sugerem tolerância e iniciativas neste momento. Atente para as escolhas que faz e para as divergências no relacionamento. A Lua exige que você reveja o afeto de forma prática. GÊMEOS – (21/5 a 21/6) – Não gaste demais com os programas de lazer, pois o setor material e social encontra-se em


4 DIVERSÃO&ARTE

TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 11 E 12 DE FEVEREIRO DE 2017

“O segredo da vida não é ter tudo que você quer, mas amar tudo que você tem!”

FOTOS BY CHICO BRANDÃO

Infarto entre jovens

Q

uando se fala em infarto agudo do miocárdio, o grande senso comum é que apenas os mais velhos podem ser acometidos pelo mal. Entretanto, com cada vez mais jovens expostos aos fatores de risco para doenças cardiovasculares, os casos do ataque cardíaco na faixa etária mais jovem, dos 20 aos 39 anos, vêm aumentando de maneira considerável. Segundo dados do DataSUS, do Ministério da Saúde, em 2013 houve um aumento de 13% no número de infarto entre adultos de até 30 anos. E apesar de o percentual de jovens que sofrem do quadro ser relativamente pequeno dentro do quadro geral, esse aumento revela hábitos não-saudáveis e que colocam em risco a vida deste pessoas desta faixa etária. Estresse, obesidade, diabetes, tabagismo, hipertensão e colesterol fora de controle, além do histórico familiar da pessoa fatores cada vez mais presentes na vida dos com menos de 40 anos - são apontados como os grandes responsáveis pelo aumento das estatísticas.

TopNews traz neste final de semana personalidades tops em nossa sociedade. Começamos enfocando um casal que enaltece e engrandece o mundo social e empresarial: eles são Wellington Veiga Pessoa e Angela Maciel. O casal escolheu o belo resort Nannai para descansar neste Carnaval. TopNews deseja ao casal amigo um feliz Carnaval!

N

Bodies em alta

Ele simboliza para o Estado um exemplo de sucesso, trabalho, dono de uma visão empresarial que deixa todos os seus amigos maravilhados com sua capacidade de trabalho e diversificação em seus negócios. Ele se chama Rafael Tenório, um empresário ouro e um dos maiores presidentes do CSA. Tenório escolheu um belo resort para juntamente com a família descansar neste Carnaval. Bom Carnaval, amigo!

FOTO BY CHICO BRANDÃO

Beber para esquecer?

Q

uando os problemas apertam, há quem recorra a uma boa dose de bebida alcoólica para tentar esquecêlos. Mas, segundo um estudo feito por pesquisadores da Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos, o efeito é um pouco diferente. O consumo de álcool, na verdade, reforçaria as memórias negativas.

esse verão, os bodies saíram das praias e piscinas e ganharam espaço nas principais produções de streetstyle. Com um mood que transita entra um revival dos anos 80 e a tendência do sereismo, os maios são a peça-chave do Carnaval, permitindo aproveitar os dias de folia de forma cool e fresh. Os bodies aparecem em modelos monocromáticos, estampados com frases divertidas, florais, recortados ou mais “comportados”, ideais para todos os gostos. O segredo é se divertir e usar a imaginação!

N

G

Summerville no Carnaval

o Summerville Resort a programação da semana de Carnaval é intensa e tem programação especialmente preparada pela equipe de Esportes & Lazer. A temporada de frevo conta com atividades para crianças e adultos. Sem falar nas opções oferecidas, à parte, pela estrutura de lazer que inclui piscina de 1,2 mil m², bares, sauna, área reservada na praia de Muro Alto para a prática de esportes náuticos, além de espaços de massagem para quem quiser desfrutar de momentos relax. Tudo isso faz do Summerville Resort um excelente destino para curtir o Carnaval.

N

Desafio Insano In Company

A

alagoana IF Marketing, em parceria com a Liga dos Administradores, lança uma adaptação do já conhecido Desafio Insano 72 horas, dessa vez voltado para empresas. Trabalhando com as necessidades específicas de cada uma, o Desafio In Company fará com que os funcionários voltem ‘reciclados’ e prontos para os desafios do mercado. Os interessados devem entrar em contato com a agência através do e-mail ifmarketing@ifmarketing. com.br ou pelos telefones (82) 9 88480815 e (82) 9 9921-5193.

Parabéns, amigos!

este final de semana, Topnews aproveita a oportunidade para parabenizar os amigos que no último dia 9 foram aniversariantes vips na cidade. TopNes aproveita para parabenizar os amigos Arthur Gomes, Maria Teresa Mendes de barros, Eva Pimentel, Morena Melodias, Anamalia Moura e Carol Buarque. Aos amigos queridos, feliz aniversário e felicidades mil para vocês!

Carnaval no Maria Antonieta

E

mpresários Dedé, Leopoldo e Breno Gama, três nomes de sucesso quando falamos em gastronomia, informando que o Maria Antonieta Restaurante abrirá normalmente neste carnaval 2017. Além do Maria Antonieta, o Armazém Guimarães também seguirá com a programação normal, para alegria dos nossos amigos e dos turistas que visitam a cidade.

Intense

O

Boticário apresenta a nova linha Intense, que foi totalmente reformulada – por dentro e por fora – e chega para descomplicar a make, facilitando o dia a dia para as mulheres que não podem perder tempo. O slogan - 1,2,3 Arrase! - reflete a proposta de uma maquiagem prática, que pode ser feita ou transformada em três passos. Se a ocasião pedir uma boca marcante, olhos arrasadores ou mesmo uma make arrasadora para noite, Intense oferece uma combinação de produtos que resolvem o look sem nenhum mistério. A novidade já está disponível nas lojas, no e-commerce e com as revendedoras da marca.

Promoção na Casa Moa

rande festa na Casa Moa. As empresárias Andréa Cunha e Moacira Cunha convidam as nossas amigas para participar da bela festa de preços que vai de 50% até 80%de desconto. Lá você encontra grifes tops, nacionalmente conhecidas, com descontos incríveis. A Casa Moa está localizada na Avenida Deputado José Lages, Ponta Verde. Convidamos todas as nossas amigas para participar desta grande festa.

200 anos de Alagoas Angelo Bezerra, um nome sempre respeitado em nosso Estado, um nome que muito tem feito pelo desenvolvimento econômico e social de Alagoas, escolheu a bela praia da Barra de São Miguel para passar o Carnaval 2017 juntamente com sua família. Parabéns, amigo, feliz Carnaval para você e sua família!

A

Inverno’17 Isolda

nova coleção de Inverno 17 da Isolda viaja no passado e aporta na Bahia dos séculos 18 e 19 para explorar o auge de sua riqueza colonial e influência africana, presentes até hoje na cultura baiana. Seda, organza, crepe, linho, algodão e couro são a base da coleção que traz uma estética leve em calças, saias, vestidos e blusas ultra femininas. Detalhes artesanais e tecidos exclusivos imprimem delicadeza, elegância e originalidade - fatores fortemente presentes no DNA da marca. O brocado dourado e vinho e as franjas revelam produções ricas e muito especiais em referência aos orixás; a renda richelieu em puro linho remete às mulheres baianas que costumam usar branco às sextas-feiras pela influência do Candomblé e por sinalizar a paz.

O

Bicentenário Alagoano traz consigo uma bagagem incrível de histórias e acontecimentos ocorridos desde a separação do nosso Estado de Pernambuco. Retratados de forma cronológica e social, os autores Ana Cláudia Laurindo e Odilon Rios realizam o lançamento de seus livros. “Alagoas, 200”, de Odilon Rios e “200 anos de Alagoas: Análise Socioantropológica”, de Ana Cláudia Laurindo, serão lançados na sexta-feira (10), no Memorial à República, às 18h. O evento é gratuito e aberto ao público.

N

Entre & Vista

este final de semana, TopNews e a conhecida loja Entre & Vista apresenta para os nossos leitores um belo modelo verão’17 da conhecida grife Iodice, que está com uma grande festa de preços. As nossas amigas poderão encontrar várias opções na loja localizada na Galeria Victoria Place, na Avenida Deputado José Lages, Ponta Verde. Convidamos nossas amigas para participar da grande festa.


Edição número 2837 - 11 e 12 de fevereiro de 2017  

tribunaindependenteediçãodigitaltribunahoje