Page 1

SEXTA-FEIRA

MACEIÓ - ALAGOAS 9 DE FEVEREIRO DE 2018 N0 3.081

R$ 2,00

TRIBUNA

NOVO TELEFONE DA TRIBUNA (82) 3316.5855

INDEPENDENTE

tribunahoje.com

ACIONISTAS CONFIRMAM DESMONTE DA ELETROBRAS FOTOS PÚBLICAS

ASSEMBLEIA APROVA PRIVATIZAÇÃO DE 6 DISTRIBUIDORAS, ENTRE ELAS A DE ALAGOAS; TODAS SERÃO VENDIDAS LIVRES DO ROMBO GERAL DE R$ 11 BILHÕES, QUE SERÁ ASSUMIDO PELA (AINDA) ESTATAL. DETALHE: NESSE MONTANTE ESTÃO OS CERCA DE R$ 2 BILHÕES QUE O GOVERNO DE ALAGOAS TENTA RECEBER PELA VENDA DA CEAL. PÁGINA 7 SINDURBANITÁRIOS

MANIFESTANTES fecharam o acesso à sede da Eletrobras para impedir assembleia, mas Justiça mandou desobstruir; em Alagoas, eletricitários pararam os serviços e fizeram ato de protesto

VÁRIAS IRREGULARIDADES

“DEDICAÇÃO EXCLUSIVA”

MINISTÉRIO PÚBLICO DÁ PARECER CONTRA PEDIDO COLETIVO DE FALÊNCIA DE USINAS

JUSTIÇA SUSPENDE GRATIFICAÇÃO PAGA A SERVIDORES DA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA

PÁGINA 3

ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA

PÁGINA 2

VESTIBULAR DA UNCISAL

QUATRO FISCAIS DE RENDA DEFENSORIA PÚBLICA E MAIS SETE PESSOAS SÃO QUER OUTRA EMPRESA DENUNCIADOS POR CRIME PARA NOVA CORREÇÃO DE TRIBUTÁRIO E LAVAGEM PROVAS DO CONCURSO PÁGINA 8

PÁGINA 9

ADAILSON CALHEIROS

ADAILSON CALHEIROS

FERIADÃO

BOA NOTÍCIA!

DESTINOS DO FREVO

ALAGOAS REDUZ EM 23% NÚMERO DE HOMICÍDIOS; EM MACEIÓ QUEDA É DE 32%

CIDADES DO LITORAL ALAGOANO DUPLICAM POPULAÇÃO NO CARNAVAL

Números foram comemorados pelo governador Renan Filho, que se disse “muito otimista” de que o governo continuará reduzindo a violência. Ele lembrou que em 2017 houve guerras entre facções criminosas nos presídios. PÁGINA 11

Na Barra de São Miguel a população de 8.022 habitantes dobra, ocupando casas de praia e hotéis. O mesmo ocorre em Paripueira e Barra de Santo Antônio, que juntas aguardam mais de 80 mil visitantes. PÁGINA 10

Bom com possiblidades de chuvas em áreas isoladas

Mínima

24º

Máxima

30º

MARÉS 05:13 11:13

0.8m 1.5m

17:53

0.8m

FINANÇAS

MAIS DE 100 MIL TURISTAS SÃO ESPERADOS NOS HOTÉIS DE MACEIÓ E DO INTERIOR A ocupação hoteleira média é de 86% para o feriadão de Carnaval, mas há muitos empreendimentos que estão 100% lotados e permanecerão dessa forma até depois do período carnavalesco, principalmente os resorts e pousadas de charme. PÁGINA 13

DÓLAR COMERCIAL DÓLAR PARALELO R$ 3,28

R$ 3,28

R$ 3,21

R$ 3,42

OURO

R$ 138,18

POUPANÇA 0,3994%


TRIBUNAINDEPENDENTE

2 POLÍTICA MACEIÓ - SEXTA-FEIRA, 9 DE FEVEREIRO DE 2018

Política

Magistrado ressalta que gratificação varia de 50% a 100% da remuneração Para o juiz Manoel Cavalcante, está comprovada a extrapolação do limite de gastos com pessoal na Assembleia Legislativa. “A GDE pode alcançar o patamar que varia de 50% até 100% da remuneração ou subsídio do servidor beneficiado, porém o que se observa na prática é que a quase totalidade dos servidores comissionados ocupantes do cargo de secretário parlamentar auferem a GDE em seu limite máximo, ou seja, 100% do subsídio”, argumenta o magistrado.

Assembleia deve suspender GDE

Decisão parte do juiz Manoel Cavalcante, porém os efeitos da determinação não ocorrem de forma imediata

ESPLANADA LEANDRO MAZZINI - contato@colunaesplanada.com.br

EXTRA

O porta-helicópteros

A

Marinha do Brasil vai receber até outubro o seu primeiro porta-helicópteros, o HMS Ocean, que será comprado da Marinha britânica. Três comitivas de oficiais da Força brasileira já estiveram em Londres para tratativas e inspeções, e uma quarta tem viagem marcada – a fim de evitar que se compre uma embarcação obsoleta. O HMS, de 20 anos, está em plena operação para a OTAN no Mediterrâneo e o processo de transferência foi acordado. Ficará ancorado em Niterói (RJ). Ele tem capacidade para 600 tripulantes e operações simultâneas de até 12 helicópteros de grande porte.

Inspeções A Marinha toma o cuidado na compra e inspeção. Quer evitar críticas como no caso do porta-aviões São Paulo, também adquirido da Grã Bretanha e agora ‘aposentado’.

Soberania Em águas brasileiras, o HMS será rebatizado, mas o Comando da Marinha ainda não escolheu um nome. Uma das metas é utilizá-lo em especial na região do pré-sal.

Boca miúda Rodrigo Maia, ao receber dirigentes da CUT e Força Sindical na residência oficial, soltou um “improvável” sobre votação da reforma da Previdência em fevereiro.

Zap com regra? A senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) tem um projeto de lei (347/16) curioso. A regulamentação do uso de whatsapp. O texto cria regra para consentimento prévio de usuários para cadastro em grupos e envios de convites. Realmente, há muito lixo, até de desconhecidos, que chega ao seu telefone. Como barrar isso será um mistério: Os donos do aplicativo terão de criar ferramentas.

Fronteira aberta A Polícia Federal e o Exército deverão reforçar suas tropas em Roraima. Adversários no Estado, os senadores Telmário Mota (PTB) e Romero Jucá (MDB) aliaram-se contra a entrada ilegal em massa de venezuelanos. “É um verdadeiro caos”, diz Telmário; Jucá defende “o fechamento da fronteira, realização de censo e triagem dos venezuelanos”.

Sobre contas Vice-líder de Temer na Câmara, o deputado Rogério Rosso (PSD-DF) discursa como integrante da oposição ao defender o adiamento da votação da reforma da Previdência. Para o deputado, a reforma Tributária, pronta para o plenário, deveria ser “prioridade”.

Apadrinhado$ Alheio ao rombo nas contas de mais de R$ 120 bilhões, o senador Cidinho Santos (PR-MT) quer aumentar os salários de diretores de agências reguladoras para R$ 33 mil.

Ladainha Da senadora Ana Amélia (PP-RS), aos que indicam ‘conluio’ do Judiciário para condenar Lula e tirá-lo da eleição: “Defender essa tese é desrespeitar o Judiciário”.

Diálogo Dirigentes do Fórum das Carreiras de Estado (Fonacate) sinalizaram ao Planalto a possibilidade de reabertura de diálogo em torno da reforma da Previdência desde que sejam retiradas do ar as campanhas publicitárias contra os servidores púbicos.

Diálogo 2 “Chegou ao absurdo de o Governo obrigar ministros a gravarem vídeos em defesa da reforma e divulgá-los nas páginas e redes sociais dos órgãos”, critica o presidente do Fórum, Rudinei Marques.

Sinal ruim O Senado se prepara para reforçar a força tarefa do Ministério Público Federal e da PF que apura ilícitos na Secretaria de Radiodifusão do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações.

Na$ Onda$ Presidente da Comissão de Ciência, Tecnologia, o senador Otto Alencar (PSD-BA) já está a par das denúncias de corrupção ativa e passiva que teriam derrubado a ex-secretária Vanda Jugurtha Bonna Nogueira em janeiro. Ela teria beneficiados grupos.

Amigas, nem tanto A ala feminina do PTB também está dividida sobre a claudicante nomeação da deputada Cristiane Brasil (PTB-RJ) para o comando do Ministério do Trabalho. Apenas 11 das 27 presidentes regionais da legenda assinaram manifesto de apoio à parlamentar. Com Equipe DF, SP e Nordeste www.colunaesplanada.com.br contato@colunaesplanada.com.br Twitter @leandromazzini

ASCOM/ALE

EDITORIA DE POLÍTICA COM ASSESSORIA

A

Assembleia Legislativa do Estado (ALE) terá de cortar as despesas com pessoal, principalmente, por meio da suspensão da Gratificação de Dedicação Excepcional (GDE), instituída em 2012. A decisão é do juiz Manoel Cavalcante de Lima Neto, da 18ª Vara Cível de Maceió - Fazenda Estadual. Segundo a decisão do magistrado, a ALE também deverá se abster de conceder novas gratificações dessa espécie, até que a despesa com pessoal fique limitada a 2% da Receita Corrente Líquida do Estado de Alagoas. O magistrado explicou que a suspensão de todos os atos de concessão e pagamento da gratificação não deverá ocorrer de forma imediata. “Por prudência e por se tratar de matéria complexa e de grande repercussão, entendo que se deve aguardar os recursos e a apreciação do Tribunal de Justiça”, afirmou Manoel Cavalcante. O Ministério Público Estadual (MPE) ingressou com ação na Justiça contra a As-

Deputados estaduais em Alagoas devem ficar sem a GDE, gratificação que sempre levanta polêmicas

sembleia, apontando irregularidades no cumprimento do limite legal para despesas com pessoal. Segundo o MPE, em 2013, a despesa com os servidores da ALE extrapolou o limite fixado pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) em mais de R$ 33 milhões.

Outros dados apontados pelo Ministério Público mostram que, de janeiro a dezembro de 2015, a despesa com pessoal atingiu 2,06% da Receita Corrente Líquida, excedendo o teto em quase R$ 4 milhões. Já no período de maio de 2015 a abril de 2016, passou do teto em qua-

se R$ 5,5 milhões. A Tribuna Independente não conseguiu contato com o presidente da ALE, deputado Luiz Dantas (MDB) para tratar do assunto. Também foi tentado contato com o procurador da Casa, Diógenes Tenório Júnior, mão não houve êxito.

60 MESES

Câmara vai alugar sede por mais de R$ 3 milhões ASCOM / CÂMARA

CARLOS AMARAL REPÓRTER

Finalmente a Câmara de Maceió (CMM) conseguiu alugar um imóvel para ser sua nova sede. Ao custo de R$ 55 mil mensais, a nova sede do parlamento municipal fica na Rua Sá e Albuquerque e pertence à Aliança Administração e Participações Ltda., cuja proprietária é a família Toledo, ligada à Cooperativa Regional dos Produtores de Açúcar e Álcool de Alagoas – a Cooperativa dos Usineiros. Serão 60 meses de contrato, totalizando R$ 3.300.000,00. A atual sede, localizada na Praça Deodoro, no Centro de Maceió, já estava ocupada há mais de 60 anos e a Defensoria Pública emitiu parecer sobre as condições do prédio. “O prédio precisa passar por reformas porque lá funcionava uma faculdade. Depois disso, a mudança em si é rápida”, explica a assessoria da Câmara. A faculdade na qual a assessoria se refere é a Faculdade de Alagoas (FAL), ligada ao grupo Estácio de Sá. A

Kelmann Vieira destacou que a Câmara tem um espaço limitado

unidade de Jaraguá foi fechada em 2016. Kelmann Vieira (PSDB), presidente da CMM, comentou as condições de estrutura da atual sede da Casa de Mário Guimarães. No site da Câmara, ele afirma que “além de pequeno, de um espaço limitado, há questões de segurança também”. A nova sede contará com 50 salas para os servidores da Câmara, além dos próprios os vereadores, e terá dois auditórios para a realização das audiências públicas e sessões solenes. FAMÍLIA TOLEDO Os sócios da Aliança Administração e Participações Ltda. são José Ribeiro Toledo Filho, ex-presidente da Cooperativa dos Usineiros, irmão do conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE) Fernando Toledo e tio do deputado estadual Bruno Toledo (Pros); Sandra Ribeiro Toledo, dona do colégio Santa Úrsula; Tyago Ribeiro Toledo; e Carlos Henrique Ribeiro Toledo, vice-presidente do Sindicombustíveis.

MUNICÍPIOS

Controlador garante parceria com gestões Ao assumir a superintendência da Controladoria Geral da União em Alagoas, Moacir Rodrigues de Oliveira destacou que o órgão será parceiro das gestões públicas municipais para construir soluções que gerem resultados para a população. O presidente da Associação dos Municípios Alagoanos (AMA), Hugo Wanderley conta que a relação com a CGU sempre foi muito boa e agora pode ganhar um ca-

ráter técnico diferente com mais capacitações para gestores públicos. “É importante os prefeitos saberem que podem continuar contando com um órgão de controle como a CGU. Todos temos a mesma vontade de fazer o trabalho da forma certa e que contemple a população”, afirmou. “Não é fácil ser gestor. Estamos implementando os órgãos de controle como parceiros das gestões”, reafirmou o

ministro. Moacir Rodrigues destacou que a proximidade, o diálogo responsável e provocativo serão a principal característica na sua gestão à frente da CGU-AL. “Quero criar um clima e uma relação de confiança para trabalhar em conjunto e conversar sobre os problemas do dia a dia. Também estabeleço um compromisso com os conselhos municipais para oferecer capacitações. Quero ajudar os gestores

nos diagnósticos de políticas públicas”, afirmou o novo superintendente da CGU em Alagoas. Já está agendada pela Associação dos Municípios Alagoanos uma reunião entre Moacir Rodrigues de Oliveira com os prefeitos alagoanos no dia 12 de março. O objetivo é iniciar o diálogo com os gestores e marcar uma capacitação para controladores, procuradores e gestores.


TRIBUNAINDEPENDENTE

Conjuntura

FLAVIO GOMES DE BARROS - flaviogomesdebarros55@gmail.com

Falta de pudor

“O

Estado de São Paulo”: “Se tivesse um mínimo de pudor, Lula da Silva já teria há muito tempo se retirado da vida pública. Sendo, indubitavelmente, o maior responsável pela violenta crise moral, política e econômica que atinge o País desde a chegada do PT ao poder, em 2003, o chefão petista deveria ter ele próprio abreviado o sofrimento ao qual vem submetendo os brasileiros todo esse tempo, renunciando à pretensão de se tornar novamente presidente da República. Seria um alívio para o País, pois restituiria racionalidade ao debate das grandes questões nacionais, hoje submetidas à incessante mistificação lulopetista. Mas Lula jamais trairia sua natureza nem revelaria agora uma grandeza que nunca teve, razão pela qual ele está, como sempre, em plena campanha à Presidência. E o mais espantoso é que, mesmo tendo feito tudo o que fez, ele aparece como favorito nas pesquisas eleitorais. Ou seja, uma parte considerável do eleitorado parece não se importar com o fato de Lula e seu partido terem protagonizado o mensalão, o petrolão e a destruição da economia do País; ao contrário, aceita como verdadeiro o discurso mendaz do demiurgo petista segundo o qual o Brasil era uma maravilha no tempo em que o PT estava no poder. Em nações com democracias sólidas e educação cívica razoável, Lula e seus associados já estariam no ostracismo, não necessariamente como desdobramento de alguma ação judicial, e sim como consequência da repulsa do eleitorado.”

Avaliação Paulo Kramer, cientista político, acha que, com a provável saída de Lula da corrida presidencial, Collor disputará o rótulo de candidato do Nordeste com Ciro Gomes, com a vantagem de projetar um perfil mais “presidencial”: “Fernando Collor representa um ‘fato novo’ cujo alcance merece ainda ser cuidadosamente aquilatado”.

Argumentos Assessores de Fernando Collor garantem que sua candidatura a presidente é pra valer e que o senador tem muitas chances, caso Lula não possa disputar. Acreditam que Collor tem simpatia da maioria do eleitorado de Lula e que entrará na campanha respaldado pelas absolvições em vários processos movidos contra ele.

Aperto demais Renan Filho tem praticado eficiente política de arrecadação de tributos, o que explica, em parte, a boa situação financeira do Estado. Mas tem também economizado em excesso, o que atrapalha a gestão. Houve caso, por exemplo, de dirigente de importante órgão não viajar a trabalho ao interior por falta de combustível.

Pressão Na “briga de foice” em que se transformou a disputa pelas duas vagas ao Senado os deputados federais Maurício Quintella e Marx Beltrão, dois dos interessados, têm sido cogitados para vice de Renan Filho ou Rui Palmeira. A disputa, então, ficaria entre Renan Calheiros, Benedito de Lira e, talvez, Téo Vilela.

Tentação Renan Filho tem um trunfo importante a oferecer a quem se dispuser a ser seu vice. É que, sendo reeleito governador, em 2022 renunciaria seis meses antes da eleição desse ano para concorrer ao Senado. Seu vice assumiria o governo de forma definitiva, com a possibilidade concreta de concorrer à reeleição ao cargo.

Metamorfose Há um ano, quando assumiu a Prefeitura de Arapiraca, Rogério Teófilo encarou pendências com os servidores, por salários atrasados. Colocou tudo em dia e agora anuncia reposição salarial já em fevereiro. “E quem recebia abaixo do mínimo a partir de agora vai receber o salário mínimo aplicado nacionalmente”, festeja.

Opinião Advogado José Eduardo Rangel de Alckmin, sobre o fim do financiamento privado de campanha: “O fundamento para vedação do financiamento de campanha pelas empresas era combater o predomínio do poder econômico, mas sem ele o campo ficou aberto para os candidatos ricos ou beneficiados por meios de comunicação”.

Plagiando Winston Churchill, as eleições de 2018 são uma charada envolta em mistério, dentro de um enigma” ALMIR PAZZIANOTO PINTO Advogado e ex-presidente do TST

* O Carnaval em Maceió terá uma programação realizada, simultaneamente, em oito bairros a partir de amanhã. As festividades em Ipioca, Ponta Grossa, Bebedouro, Fernão Velho, Pajuçara, Benedito Bentes, Jacintinho e Pontal da Barra irão até 3ª feira. * De hoje até 4ª feira de cinzas o Shopping Maceió oferece às crianças oficinas de confecção de máscaras e pintura facial, sempre a partir de 14 horas. E mais: o Bloco das Marias, com a banda Cazuadinha, e o Labirinto Muito Louco com a Turma da Mônica. * O Shopping Pátio Maceió tem horário diferenciado no Carnaval: sábado, das 10 às 22 horas; domingo, 2ª feira e 3ª feira, das 12 às 21 horas; 4ª feira, das 12 às 22 horas. O “Pátio Folia”, com oficinas e bailinhos infantis, será diário, das 14 às 21 horas. * A Pinacoteca Universitária encerra hoje a mostra itinerante “Intervenções Cidade & Signos”, resultado do projeto de extensão de mesmo nome que atua desde 2015 e integra alunos dos cursos de Arquitetura e Urbanismo, Direito, Design e Teatro. * O Serviço Social da Indústria (Sesi) conclui hoje a Campanha de Carnaval 2018 junto aos trabalhadores do Agreste Sertão de Alagoas. Em Maceió e no interior as ações alertam para a prevenção de doenças sexualmente transmissíveis e para as drogas. * O Sine Maceió oferece, somente até hoje, vagas de trabalho destinadas a Pessoas Com Deficiência (PCD) para a área de supermercado. O prazo final é até as 14 horas. Há duas vagas para empacotador e duas vagas para repositor. Contato: 3315-6205. * Estreia dos clubes alagoanos na Copa do Brasil: o ASA perdeu do Corumbaense e foi eliminado; o CRB venceu o União/MT por 3x1 e enfrentará o Novo Hamburgo/RS; o CSA empatou em 2x2 com o Manaus/ AM e terá como adversário o São Paulo.

MACEIÓ - SEXTA-FEIRA, 9 DE FEVEREIRO DE 2018 POLÍTICA

3

MPE é contrário a pedido de falência de usinas Promotores constatam vícios no processo efetuado por cooperativa SANDRO LIMA

CARLOS VICTOR COSTA REPÓRTER

O

Ministério Público Estadual (MPE/AL) emitiu um parecer contrário ao pedido de recuperação judicial ajuizado por um grupo de usinas. O órgão justifica que a decisão se deu pelo fato de que o processo envolvido no caso foi constituído por “insanáveis defeitos e impropriedades que maculam indelevelmente o procedimento instaurado”. O parecer foi emitido por um grupo de promotores de justiça. Nele, eles apontam algumas das ilegalidades cometidas, a exemplo da escolha errada da comarca onde está tramitando o processo, ausência de grupo econômico, inserção de uma empresa que não está vinculada economicamente às usinas e inclusão nos autos de duas empresas que já têm pedido de falência judicial em andamento. O processo em discussão envolve as empresas Copertrading Comércio, Exportação e Importação S.A, Usina Cansanção de Sinimbú S/A, Mecânica Pesada Continental S/A, Penedo Agro Industrial S/A, Companhia Açucareira Usina Capricho S/A e Companhia Açucareira Central Sumaúma S/A que pertencem à família Toledo, Industrial Porto Rico S/A, Usinas Reunidas Seresta S/A, que pertence à família do ex-governador Teotonio Vilela Filho, Destilaria Autônoma Porto Alegre S/A, e está tramitando na 4ª Vara Cível da Capital. Todas integrantes da Cooperativa Regional dos Produtores de Açúcar e do Álcool de Alagoas. O pedido de recuperação judicial da Cooperativa Regional dos Produtores de Açúcar e Álcool de Alagoas começou a ser acompanhado pelo Ministério Público em outubro do ano passado, conforme publicado no Diário Oficial de Alagoas (DOE). Ainda no parecer, os promotores alegam que a escolha de Maceió para receber os autos da ação fere a Lei Federal nº 11.101/2005, que trata de falência e pedido de recuperação judicial. Para eles, os pedidos deveriam ter ocorrido em cada uma das cidades onde as usinas têm sua atividade desenvolvida. O Ministério Público também apontou que o fato de as usinas Seresta e Sinimbu já estarem envolvidas em processos de falência é mais uma ilegalidade que consta na atual ação. Pela legislação, se uma empresa está em procedimento de falência ou de recuperação judicial, ela não pode ser parte em outro processo que tenha o mesmo objetivo jurídico. (Com Ascom MPE)

Sumaúma foi uma das que requereu falência judicial junto a outras sete usinas de açúcar em Alagoas

ADMINISTRADORES

Empresas devem enviar relação completa de bens particulares O grupo de promotores ressalta ainda que o pedido de recuperação judicial não poderia ter sido feito de uma só vez pelo grupo de usinas em questão porque elas não fazem parte do mesmo grupo econômico, ou seja, não pertencem ao mesmo dono e não têm em comum relações jurídicas e administrativas. Em função disso, a pluralidade processual, que envolve tantas empresas, não poderia existir. O Ministério Público Estadual acrescenta ainda em sua decisão que a Copertrading Comércio, Exportação e Importação S.A. não tem

legitimidade para figurar na ação, por não possuir, de fato, nenhuma ascendência ou descendência administrativa, jurídica ou econômica com relação às usinas em pretensa recuperação judicial. PEDIDOS Por fim, o MPE fez uma série de pedidos ao Poder Judiciário, nos quais estão a revisão da competência jurisdicional e a extinção das usinas Sinimbu e Seresta dos autos, já que elas têm pedido de falência em trâmite. Pedido semelhante também ocorre com relação a Copertrading Comércio,

Exportação e Importação S.A. que, por ser cooperativa, não poderia estar dentro do processo. Os promotores também requereram que as usinas enviem a relação integral dos empregados e a relação completa dos bens particulares de todos os sócios controladores e dos administradores dos devedores, inclusive no exterior. Não houve manifestação por parte da Cooperativa Regional dos Produtores de Açúcar e do Álcool de Alagoas. (C.V.C., com Ascom MPE)

AUTORIZAÇÕES

Pilar firma TAC para ordenar festejos de Carnaval no município O Ministério Público do Estado de Alagoas (MPE/ AL), por meio da Promotoria de Justiça de Pilar, firmou um termo de ajustamento de conduta (TAC) com objetivo de ordenar as festas carnavalescas que acontecerão no município. A elaboração do documento e sua assinatura ocorreu durante reunião entre o promotor de justiça Silvio Azevedo Sampaio e representantes da gestão pública da cidade, dos blocos carnavalescos e da Polícias Civil e Militar de Alagoas. Ficou estabelecido que

os festejos carnavalescos e desfiles de blocos, com saída na praça da Chã de Pilar e chegada na orla lagunar da cidade, serão encerrados às 18h. Além disso, foi acordado a proibição da utilização de aparelhagem som, de qualquer tipo, em especial os chamados paredões, na Praça Floriano Peixoto, nesta sexta-feira (09). Ficando permitido o som que a prefeitura disponibilizará à população. Já nos outros dias, estão autorizados apenas os trios elétricos que já tenham autorização para desfilar.

Em caso de descumprimento dos horários estabelecidos para os desfiles, caberá a Polícia Militar tomar todas as providências necessárias, inclusive, com o desligamento ou apreensão dos instrumentos musicais ou aparelhagem de som. A Secretaria de Turismo e Eventos ordenará o comércio nas ruas onde acontecerão os eventos carnavalescos, principalmente na orla lagunar. O objetivo é prevenir a venda de churrasquinhos em espetos de madeira e a de bebidas em vasilhames.

SALÁRIOS

RESÍDUOS

Os recursos referentes à segunda faixa salarial dos servidores públicos estaduais, ativos e inativos, serão creditados hoje e os salários estarão disponíveis para saque a partir das 22h. O anúncio da antecipação foi feito ontem pelo governador Renan Filho durante uma transmissão ao vivo. acompanhado da secretária especial do Tesouro Estadual, Renato Santos, e da deputada estadual Jó Pereira. A segunda faixa salarial inclui os funcionários que recebem vencimentos acima de R$ 2.340,00.

A destinação correta dos resíduos sólidos tem sido uma prática de incentivo constante da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh) que acompanha, por meio de visitas técnicas, os aterros sanitários do interior de Alagoas. Ontem (8), a CTR de Craíbas recebeu a visita do secretário Alexandre Ayres. “Iniciamos esse monitoramento em janeiro com o intuito de analisar a disposição correta dos resíduos sólidos de cidades que já encerraram seus lixões”, conta Ayres.

Segunda faixa será paga nesta sexta

Semarh faz visita à CTR de Craíbas


4

TRIBUNAINDEPENDENTE

POLÍTICA MACEIÓ - SEXTA-FEIRA, 9 DE FEVEREIRO DE 2018

ASSESSORIA

Prefeitos terão curso sobre emendas

BARTOLOMEU DRESCH bartolomeu_dresch@hotmail.com.br

Reforma entra na pauta do mês O presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ) confirmou que a proposta de reforma da Previdência será votada neste mês de fevereiro, possivelmente dia 20, caso a situação esteja favorável ao governo. Maia acha que ainda não estão garantidos os 308 votos necessários para sua aprovação, mas garantiu seu apoio à proposta, apesar de considerar que a aprovação está mais difícil no momento. “A construção desta maioria é lenta e vocês (jornalistas) são muito ansiosos. Quando eu falo que ainda não se tem os votos necessários, acham que sou contra. Como posso ficar contra uma coisa que eu acredito que é o futuro do país? Não vou abrir mão disso” afirmou o presidente da Câmara. “Mas também não posso mentir para a sociedade. Hoje não tem os 308 votos, mas o Brasil é um país onde as coisas mudam de uma hora para outra. Quem sabe a gente consegue depois do carnaval, com todo mundo descansando um pouquinho, construir uma maioria para aprovar aquilo que for possível na Previdência” explicou o deputado Rodrigo Maia.

FHC incentiva Huck Em entrevista ao programa Pânico, da Rádio Jovem Pan, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso incentivou a candidatura do apresentador da Rede Globo Luciano Huck a Presidência da República. Para ele sua candidatura “seria boa para o Brasil e para arejar e botar em perigo a política tradicional”, disse FHC, que é presidente de honra do PSDB, partido que deverá ter candidatura própria, possivelmente Geraldo Alckmin, governador de São Paulo. Segundo o ex-presidente seria bom ter mais opções e Huck “tem boas intenções e está na hora dos políticos tradicionais sejam desafiados por pessoas portadoras de novas ideias e processos políticos novos para que o partido possa avançar. Está havendo um sinal nesta direção” assinalou.

Um novo voo direto Alagoas comemora a conquista de mais um voo direto da Argentina para a capital alagoana. A ligação agora será com a cidade portenha de Córdoba, com um voo fretado que será iniciado em 7 de abril. O voo será operado pela companhia aérea Andes e terá capacidade para 180 passageiros, reforçando a malha aérea durante a baixa temporada e mantendo as boas taxas de ocupação hoteleira. Atualmente o Estado recebe três voos por semana vindos diretos da Argentina, que é o principal mercado emissor internacional para Alagoas.

Outro documento único A exemplo de outros governos, o do presidente Temer anunciou a criação do Documento Nacional de Identificação (DNI), que pretende ser o principal documento de identificação do país, podendo ser usado até para fazer check-in nos aeroportos. Ele foi apresentado pelo Ministro do Planejamento, Dyogo de Oliveira que garantiu que o DNI poderá ser usado como identidade funcional e logo poderá ter integrado a ele o cartão do SUS. Já há discussões sobre o uso do documento para check-in em aeroportos, disse o ministro. “O Documento Nacional de Identificação é a solução tecnológica que vai englobar outros documentos” afirmou Oliveira, ressaltando que outras formas de identificação serão eliminadas.

Outro documento único 2 O DNI reúne diferentes registros civis em um único documento, com validade em todo território nacional. A nova identificação dispensa a apresentação de outros papéis como CPF, certidão de nascimento, casamento ou título de eleitor. O documento será emitido a partir da base de biometria do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A versão piloto, começou a funcionar ontem, com a participação de servidores do Ministério do Planejamento e do TSE. A ideia do governo é abrir a iniciativa à população a partir de junho. Os cidadãos terão que estar cadastrados biometricamente na Justiça eleitoral.

O que pode no Carnaval? O juiz da comarca de Joaquim Gomes, Eric Baracho, confirmou a realização de uma audiência de conciliação nesta sexta-feira (9) para discutir a proibição de algumas músicas no carnaval, que seriam impróprias e incentivariam a violência. Ele pretende discutir com os entes interessados, o Termo de Ajuste de Conduta, firmado entre a Prefeitura do município e a Polícia Militar e que impede que as bandas e atrações artísticas contratadas pelo poder público não possam executar músicas com letras ou coreografias que tenham conteúdo sexual explícito, ou façam apologia à violência, especialmente contra a mulher.

O que pode no Carnaval? 2 Também participará da audiência a Defensoria Pública do Estado, que ingressou com uma ação civil pública pedindo a suspensão dos efeitos do Termo de Ajuste de Conduta, que recomenda a proibição de execução das citadas músicas. “A proibição de uma música em si constitui ato de censura prévia, em plena violação do Estado de Direito e ao texto que lhe dá sustentação. Além disso, importa em uma inadmissível ingerência da moral individual na escolha que os indivíduos podem ou não fazer, quando a régua deveria ser a lei” diz o texto da ação impetrada pela Defensoria. A ação defende ainda que é necessário garantir o direito fundamental da liberdade de expressão artística, bem como o direito de os indivíduos decidirem o que querem ou não ouvir como música, sem um censor prévio que lhes impõe um gosto pessoal. • Um levantamento feito pela Secretaria de Planejamento, Gestão e Patrimônio mostrou os preços cobrados pelo comércio em geral para os artigos carnavalescos e que dá uma ideia de quanto pode custar a brincadeira. • A coleta de preços avaliou itens como acessórios, fantasias, produtos para lazer e descartáveis e bebidas. A análise foi feita tomando por base os preços destes mesmos artigos no ano passado. • No grupo de acessórios e fantasias, a diferença dos preços ficou maior em 5,37%. Entre estes, o maior aumento ficou para a fantasia/ adulto que aumentou 3,92% e a fantasia/infantil ficou 3,06% mais cara. Já as máscaras de carnaval não tiveram nenhum tipo de variação. • No grupo do lazer a maior variação ficou com a piscina plástica, que aumentou 11,77%, seguida pela cadeira de praia (8,67%) e pelo prato descartável (8,64%). O copo descartável subiu 8,56%, a caixa térmica ficou 3,88% mais cara e o guarda sol aumentou 2,85%. • Entre as bebidas, claro que a cerveja foi a que teve seu preço alterado com maior percentual, 9,70%. A água mineral 7,03%, o refrigerante 3,58% e a água mineral 6,75%. • A sugestão continua sendo a mesma: pesquise sempre e obtenha os melhores preços. Só assim a folia estará garantida.

DEMANDA

Prefeito Rui Palmeira e sua equipe estiveram no Loteamento Tabapuã, que vai receber asfalto

Rui vistoria obras de infraestrutura no Jacintinho Em busca de pavimentação, moradores da região já haviam destacado necessidade para a prefeitura EDITORIA DE POLÍTICA COM ASSESSORIA

M

ais um bairro de Maceió está passando por obras de pavimentação. As equipes da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminfra) estão trabalhando no Jacintinho, preparando as vias do Loteamento Tabapuã para receber o asfalto. Na quinta-feira (8), o prefeito Rui Palmeira (PSDB) vistoriou os trabalhos e destacou a importância da ação para a comunidade. “Os próprios moradores cobravam esse serviço da nossa gestão e estamos agora chegando com as obras, que era um sonho da comunidade. Esperamos voltar em breve para inaugurar a

pavimentação. Além do asfalto, também estamos fazendo uma grande reforma em escola do bairro que vai levar mais conforto aos servidores e aos alunos aqui do Jacintinho”, ressaltou o prefeito. O trabalho das equipes operacionais da Seminfra foi iniciado nesta semana com as fases que antecedem a colocação do asfalto, como a terraplanagem e alguns serviços de drenagem. As próximas etapas são a colocação de brita, imprimação para depois cair a capa asfáltica. Ao todo serão cerca de 1.800 metros quadrados todos asfaltados. Segundo o secretário municipal de infraestrutura, Ib Brêda, após as festas

carnavalescas as vias do Loteamento deixarão de ser de barro. “Trabalhamos esta semana preparando a base dessas ruas do Loteamento Tabapuã para, depois do Carnaval, elas receberem o asfalto. Também estamos canalizando essa água servida que corre pelas ruas para as galerias, acabando com a poeira e a lama, o que deixará a população bem satisfeita”, afirmou. Entre os moradores que serão beneficiados com as obras executadas pela Prefeitura está Dona Lindalva da Silva. Ela mora na casa 385 A da Rua G e conta que em época de chuva a lama era tanta que ficou com receio de perder o carro da família.

A Associação dos Municípios Alagoanos (AMA) traz para prefeitos e técnicos dos municípios uma nova capacitação com o professor doutor Ricardo Caldas, Ph.D, que possui um currículo extenso de experiências profissionais na presidência da República e no Banco Mundial. O curso sobre emendas parlamentares acontecerá nos dias 15 e 16 de março, Além do professor Ricardo Caldas, o professor Marcos Mognatti - especialista em Orçamento Público (ISC/TCU) e assessor Técnico de Orçamento no Congresso Nacional desde 1991 - também fará parte do curso, que contará com aulas expositivas, apresentação de “cases”, didática participativa e exercícios práticos. Para o gerente de Apoio Institucional, Pedro Ferro, o curso dá mais uma possibilidade de os gestores aprenderem a captar recursos e melhorar a receita do seu município. “A AMA está trazendo um dos melhores professores da área, por isso se trata de um investimento alto. Apesar de ser um curso pago, a Entidade está cobrando um valor diferente do habitual, cada inscrição custa R$ 300 para municípios filiados. Em outros estados a inscrição custa R$ 2.000 por pessoa”, afirmou Pedro Ferro, enfatizando que se trata de uma oportunidade única. De acordo com a Constituição, a emenda parlamentar é o instrumento que o Congresso Nacional possui para participar da elaboração do orçamento anual. Por meio das emendas os parlamentares procuram aperfeiçoar a proposta encaminhada pelo Poder Executivo, visando uma melhor alocação dos recursos públicos. É a oportunidade que eles têm de acrescentarem novas programações orçamentárias com o objetivo de atender as demandas das comunidades que representam. Além das emendas individuais existem as coletivas, como as de Bancada, produzidas em conjunto pelos parlamentares de estados e regiões em comum.

REUNIÃO

Movimentos sociais tratam sobre assentamentos O Instituto de Terras e Reforma Agrária de Alagoas (Iteral) recebeu na quarta-feira (7) uma comitiva formada por trabalhadores rurais vinculados à Comissão Pastoral da Terra (CPT) e ao Movimento de Libertação dos Sem Terra (MLST), que pediram a intermediação do diretor-presidente, Jaime Silva, no Tribunal de Justiça sobre a reintegração de posse em terras no município de Murici, onde vivem e trabalham 80 famílias no

acampamento Bota Velha. O Iteral atua diretamente com as unidades produtivas do Programa Nacional do Crédito Fundiário (PNCF) do Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário – famílias de agricultores familiares que fazem o financiamento nos bancos, com o intuito de construir sua casa, preparar o solo, comprar implementos e ter acompanhamento técnico. O órgão também busca contribuir na interlocução com as

prefeituras municipais para o desenvolvimento rural em assentamentos da reforma agrária, fortalecer o escoamento da produção agrícola e combater conflitos agrários; além de executar a política agrária, ordenação e reordenação fundiária rural do Estado de Alagoas. “Desde o início da minha gestão nós buscamos dialogar com os movimentos sociais. A reforma agrária tem que ser feita para quem realmente precisa da terra e queira traASSESSORIA

Movimentos sociais foram acionados pelo Iteral para discutir suas reivindicações junto à Justiça

balhar. Enquanto eu estiver à frente do Iteral vou continuar atuando com responsabilidade nas negociações, e infelizmente, algumas demandas não dependem do órgão de Terras. Mas, aqui, a gente senta, discute, corre atrás por dias melhores e o que vocês estão reivindicando chegará até o governador e aos juízes responsáveis”, destacou Jaime Silva, diretor-presidente do Iteral. Para esta reunião, foi convocado o defensor público da 29ª Vara Cível da Capital – Vara Agrária, Artur Loureiro, que ouviu atentamente e orientou os líderes dos movimentos a anexar documentos comprobatórios. “Eu preciso obter provas consistentes para colocar no processo, a exemplo, de documentos que provem o tempo que estão morando na área, fotos antigas, a escritura de posse da terra, dentre outros. Com isso, é possível eu ser realmente um porta voz e ter uma ação concreta”, orientou. Ele também irá atendê-los no próximo dia 16, na sede da Defensoria Pública Estadual, para analisar a documentação reunida.


TRIBUNAINDEPENDENTE

Turismo

FLAVIO GOMES DE BARROS - flaviogomesdebarros55@gmail.com

Maceió é destaque no aluguel de imóveis para o Carnaval, na plataforma Airbnb

O

Carnaval vai ser motivo de alegria para foliões e anfitriões. Os brasileiros que utilizam a plataforma Airbnb para alugar seus quartos e casas terão uma renda extra de mais de R$ 92,7 milhões em cinco dias. São cerca de 158 mil visitantes (60% a mais que no ano passado) que escolheram uma acomodação pela plataforma para curtir as festas ou aproveitar a folga. A procura pelas cidades do Nordeste no Carnaval seguiu a tendência de aumento. Com isso, os moradores de Fortaleza, Salvador, Recife e Maceió que estão alugando seus espaços pela plataforma terão uma renda extra de quase R$ 5 milhões nos cinco dias de folia. Puxando o crescimento estão Maceió, que receberá 122% mais hóspedes pela plataforma neste ano, e Fortaleza, com um crescimento de 115% nas chegadas de hóspedes. As cinco cidades com maior número de hóspedes neste feriadão serão Rio de Janeiro, Florianópolis, São Paulo, Guarujá e São Sebastião. A escolha mostra que os destinos praianos seguem em alta na preferência dos viajantes, seja para curtir a festa ou para descansar. E entre as tendências, com os maiores crescimentos em número de hóspedes, estão algumas capitais nordestinas e Santa Catarina. “Temos verificado um aumento consistente de reservas via plataforma e uma maior procura por destinos nacionais, ainda mais no Carnaval. Como temos mais de 160 mil anúncios no país, conseguimos oferecer ao viajante uma variedade de opções de acomodação, para todos os gostos e bolsos. Assim, além de democratizar o turismo, também garantimos uma renda extra aos anfitriões”, afirma o diretor-geral do Airbnb Brasil, Léo Tristão. No Rio de Janeiro e São Paulo, que se consolidam na plataforma como preferência de Carnaval, a renda dos anfitriões somará quase R$ 32 milhões nestes cinco dias.

MACEIÓ - SEXTA-FEIRA, 9 DE FEVEREIRO DE 2018 POLÍTICA

5

Dia de votação pode ter auditoria nas urnas Defesa é feita pelo novo presidente do TSE, o ministro Luiz Fux

P

ara aumentar a confiança da sociedade na segurança das urnas eletrônicas, a Justiça Eleitoral deve permitir uma nova auditoria nas máquinas, além das que já existem. A ideia é auditar as urnas antes do início da votação, no mesmo dia do pleito. Representantes de partidos políticos e de integrantes da sociedade civil – que questionam a segurança das urnas – vão escolher zonas eleitorais para, no dia da votação, verificar se as urnas estão íntegras e se não foram violadas. O secretário de Tecnolo-

gia da Informação do Tribunal Superio Eleitoral (TSE), Giuseppe Janino, ressaltou que a medida vai aumentar a transparência do processo. “Vai ser possível agora, algumas horas antes da eleição, abrir a urna e verificar se os dígitos verificadores estão iguais aos que publicamos na internet. É uma forma de o cidadão normal verificar todos os programas que estão inseridos na urna”, explicou. Segundo o responsável pela tecnologia da informação do tribunal, a própria urnaurna já verifica sozinha se as informações estão íntegras e, caso não estejam, ela

deixa de funcionar automaticamente. A diferença é que agora membros da sociedade e dos partidos poderão verificar pessoalmente a inviolabilidade das urnas. A ideia é que se faça uma verificação por amostragem. O presidente do TSE, ministro Luiz Fux, informou ontem (8), que até o dia 5 de março o tribunal vai publicar a resolução para regulamentar a nova auditoria. O objetivo é reduzir a resistência de grupos críticos ao sistema de votação brasileiro. Até a última eleição, o TSE realiza uma auditoria paralela, também por amos-

tragem, com simulação do voto para verificar se os candidatos inscritos estão corretos. Nesta auditoria, a urna não é usada para votação e a verificação ocorre fora das seções eleitorais. Luiz Fux ainda defendeu que condenados em 2ª instância não podem participar das eleições, sob pena de se negar a eficácia da Lei da Ficha Limpa. Porém, caso o candidato consiga uma liminar da Justiça para concorrer, Fux acredita que, neste caso, o Plenário do TSE terá que se manifestar sobre a liminar que permitiu a candidatura. FOTOS PÚBLICAS

Advogado alerta sobre voos e ingressos Segundo o advogado especialista em direitos do consumidor Dori Boucault durante o Carnaval a procura por ingressos nos sambódromos e camarotes, por exemplo, é grande, assim como por viagens para cidades turísticas para aproveitar a festa que ocorre nos quatro cantos do País. Para quem optar por comprar os ingressos à distância, seja via internet, reembolso ou entrega em domicílio, é importante guardar os recibos de pagamentos e apresentá-los com o ingresso para validar a sua compra. Verifique também como funciona a política de retirada de ingressos de camarotes por terceiros e quais são os documentos necessários. Importante estar munido do maior número de informações sobre o serviço contratado e a empresa que vai prestar serviços e/ou produtos adquiridos. Dicas: Comprar os ingressos para desfiles e festas somente em revendedores oficiais para evitar falsificações; Guarde todos os anúncios dos materiais de divulgação; verifique, antes da compra, os serviços que serão oferecidos no pacote, tais como open bar, shows, localização, horário de funcionamento, vista, quantidade de pessoas, alimentação, ou se o local possui refrigeração e sanitários; Para quem vai embarcar ou pegar a estrada para curtir os dias de folia, é importante também conhecer os direitos em caso de atraso de voos, já que eles podem se tornar frequentes por diversos motivos. Segundo o advogado Dori Boucault, a Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), possui regras e uma resolução específica que trata somente sobre atraso de voos. Confira os principais direitos dos consumidores - A partir de uma hora de atraso: a empresa aérea deve fornecer ao consumidor o acesso à internet e telefonemas; Após duas horas de atraso: o passageiro pode exigir alimentação que deverá ser de responsabilidade da companhia aérea; Atraso superior a quatro horas: a companhia área deve fornecer acomodação e transporte, se for necessário. Se o passageiro ainda estiver no aeroporto de partida após quatro horas de atraso, ele pode receber reembolso integral do valor pago, incluindo a tarifa de embarque. Além disso, ele pode remarcar o voo para o horário e data que desejar sem custo adicional. O passageiro ainda tem a opção de embarcar no próximo voo da mesma empresa se houver disponibilidade de assentos para o mesmo destino.

Professor da FGV orienta como economizar Para quem quer se divertir no Carnaval sem descuidar das finanças, o coordenador do MBA em Gestão Financeira da FGV (Fundação Getulio Vargas), Ricardo Teixeira, ensina como planejar os gastos para os dias de folia não pesarem no bolso, já que o início de ano é uma época com contas extras a pagar. Para dar o primeiro passo, o professor orienta o folião a avaliar o orçamento e estabelecer qual será a quantia disponível para gastar em cada dia da festa. O professor da FGV sugere que aqueles que querem fugir da bagunça ou cair na folia em outras cidades devem planejar sua viagem com antecedência para manter o orçamento em ordem. De acordo com ele, o ideal é pesquisar o quanto antes o valor da passagem e da hospedagem em sites de busca na internet. “Use pontos do cartão de crédito para a compra das passagens. Lembre-se também que além de hotéis, a maioria dos destinos de férias oferece uma variedade de outras opções de hospedagem para explorar”, aponta Ricardo Teixeira. O especialista, no entanto, ressalta que não vale viajar para curtir a festa de momo e se apertar financeiramente. “Curta o Carnaval de rua. Geralmente as festas fechadas têm preços mais salgados que o normal, portanto, busque na internet os blocos de rua que mais te agradem e caia na folia”, relata o professor da FGV. Ricardo Teixeira recomenda também que o folião faça as compras de supermercado na sua cidade de origem e divida o valor total igualmente entre todos os membros do grupo. “Leve sua comida e sua bebida. No Carnaval, os preços das comidas e bebidas costumam ficar muito mais caros do que o normal”, instrui o especialista em gestão financeira. O professor da FGV orienta que todos usem e abusem do transporte público. “Outra boa maneira de economizar no Carnaval é deixar o carro estacionado na garagem e apostar no transporte público como meio de locomoção. E bebida não combina com direção”, alerta.

Ministro Luiz Fux ainda defendeu que candidato condenado em segunda instância não pode disputar as eleições deste ano

DECISÃO DO STF

Justiça decidirá futuro de deputado condenado Preso ontem, por determinação do Supremo Tribunal Federal (STF), o deputado João Rodrigues (PSD-SC) ainda tem um futuro incerto quanto ao exercício do seu mandato na Câmara dos Deputados. A Secretaria-Geral da Mesa Diretora da Câmara alega não ter recebido o ofício enviado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) e,

por isso, diz nada poder decidir sobre o parlamentar. No entanto, confirmou que deve ser da Justiça a decisão sobre trabalhar na Casa durante o dia e se recolher ao presídio no período noturno. De acordo com a Câmara, o fato de o congressista ter sido condenado em regime semiaberto a 5 anos e 3 meses, o que permite o trabalho durante o dia e o recolhi-

mento ao presídio pela noite, não dá o direito automático de sua permanência no exercício do cargo de deputado federal. A decisão dependerá do que a Justiça decretar. O STF determinou na quartafeira à Polícia Federal que executasse o mandado de prisão do congressista. A Câmara também pode decidir sobre a cassação de João Rodrigues, mas isso depen-

derá de uma futura ação no Conselho de Ética. Enquanto nada acontece, Rodrigues continua sendo um deputado federal em exercício. No caso do deputado Celso Jacob, a Câmara foi consultada e se manifestou pontuando uma série de dificuldades. No entanto, a Justiça não achou relevante e concedeu o direito ao parlamentar.

PRISÃO

Ministro pede parecer sobre transferência O ministro do STF Gilmar Mendes solicitou ontem parecer da Procuradoria-Geral da República (PGR) sobre o pedido da defesa do ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral para anular decisão do juiz federal Sérgio Moro e manter o político carioca preso no sistema prisional do Rio de Janeiro. Após receber a manifestação, Mendes, que é relator do caso, vai decidir a questão. Os advogados também pretendem derrubar a decisão do juiz que determinou a transferência de Cabral para um presídio em Curitiba.


6

OPINIÃO

TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - SEXTA-FEIRA, 9 DE FEVEREIRO DE 2018

Opinião Temas repetitivos

E

m todos os Tribunais do Brasil, chega a 2,1 milhões o número de processos paralisados no Poder Judiciário por suas vinculações a temas repetitivos. O dado, que corresponde a 2,5% dos processos pendentes nos diversos ramos da Justiça, integra o “Relatório Demandas Repetitivas e Precedentes Judiciais” que o Departamento de Pesquisas Judiciárias (DPJ) do Conselho Nacional de Justiça torna público. Demandas repetitivas são processos nos quais a mesma questão de direito se reproduz de forma que sua solução pelos tribunais superiores ou tribunais locais possa ser replicada fazendo com que causas idênticas tenham a mesma solução. Além de divulgar o número dos processos com andamento suspenso por demandas repetitivas, o relatório apresenta os temas que mais geram precedentes judiciais obriga-

tórios. Entre esses assuntos constam questões de Direito Público, Direito Tributário, Direito Processual Civil e do Trabalho. Entre os 10 temas com o maior número de processos paralisados por demandas repetitivas estão: aplicação da Taxa Referencial (TR) como índice de correção monetária de saldos das contas do FGTS, correção monetária de saldos em caderneta de poupança por expurgos da inflação de planos econômicos das décadas de 80 e 90, “desaposentação” e tributação incidente sobre faturas de energia elétrica. Com a publicação do “Relatório Demandas Repetitivas e Precedentes Judiciais”, o CNJ busca ampliar a visibilidade dos dados disponíveis no Painel de Consulta ao Banco Nacional de Demandas Repetitivas e Precedentes Obrigatórios (BNPR). Esse painel está disponível para consulta neste portal desde janeiro de 2017.

RUBENS MÁRIO

BEATRIZ CERQUEIRA Professora e presidenta da CU de Minas Gerais

A hipocrisia das elites Foi de um grupo de WhatsApp que recebi o cartaz. Nele uma mulher, negra, deitada numa rede, pergunta ao telefone: “Alô, é da Caixa? Já depositaram meu Bolsa Família, Bolsa Escola, seguro desemprego?” No momento em que se desnudam os “auxílios” que são, na verdade, privilégios a magistrados e políticos, deveríamos nos perguntar: em que país vivemos onde o auxílio-moradia de um juiz é superior ao salário de uma professora? Que valores temos ou queremos construir como sociedade? Também é preciso nos questionarmos sobre que país é este de desigualdades estruturais, onde o que incomoda não é o auxílio do juiz, mas a política de combate à fome! O deboche sobre políticas sociais desnuda a hipocrisia em nossa sociedade. O neoliberalismo tenta nos convencer que a meritocracia deve ser o maior valor de uma sociedade. Se você não tem algo, a culpa seria sua, pois você não teve mérito para conseguir. As pessoas passariam fome por mérito próprio. Estão desempregadas por mérito próprio. Não conseguiram concluir os estudos porque não se esforçaram o suficiente! É este o nosso problema? Não basta manter a injustiça social. É preciso, na lógica da elite, humilhar o pobre, para que ele perca a dignidade. E com isso a condição de lutar para mudar a sua realidade. É disso que se trata! Um desembargador do Tribunal de Justiça de São Paulo é proprietário de 60 imóveis e recebe auxílio-moradia. O Tribunal de Justiça de Minas Gerais “investe” R$ 53 milhões no mesmo auxílio, além dos juízes terem agora o di-

reito de receber três meses de salário a mais, a cada cinco anos, a título de férias-prêmio. Também podem ser incentivados a manterem a leitura em dia com o auxílio-livro, superior ao salário de uma professora do estado com mestrado. A primeira votação da Assembleia Legislativa de Minas Gerais em 2015 foi o retorno do mesmo auxílio-moradia. Um Conselheiro do Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais, que tem salário de R$ 30 mil, também pode receber o seu auxílio-saúde que pode chegar a R$3 mil por mês! No Rio de Janeiro, os membros do Ministério Público contam com auxílio-educação de quase R$1 mil por filho dependente de até 24 anos. Os Tribunais do Maranhão e São Paulo também “ajudam” seus desembargadores a comprarem livros, já que seus salários são insuficientes para este importante investimento, disponibilizando auxílios que podem chegar a R$5 mil. Um juiz de Curitiba justificou receber o auxílio para “compensar” a ausência de reajuste do salário de mais de R$25 mil. A que auxílio o povo recorre para compensar a política de austeridade em que é colocado? A que auxílio recorreremos nós, todos as professoras do Brasil, que não recebemos o Piso Salarial? A que auxílio recorrerá todos os Agentes Comunitários de Saúde que não recebem o Piso salarial? A que auxílio recorrerá o aposentado? Num país com profundas e estruturais desigualdades, é o Bolsa Família - política que contribuiu para que milhares de famílias saíssem da pobreza extrema, seus filhos frequentassem a escola e tivessem acesso ao básico na saúde - o alvo do deboche. É novamente

a mulher, “preguiçosa e que não trabalha” a imagem compartilhada. É ela quem está na rede, deitada, sem fazer nada querendo “benefícios do governo”. O ataque à mulher também é estrutural na sociedade de desigualdades em que vivemos. Na realidade, as políticas públicas possibilitaram autonomia, empoderamento das mulheres. Isso, para a mesma elite, também precisa ser desfeito. Perdemos a chance de revolucionar a educação com o lucro do pré-sal. As empresas estrangeiras, além de terem embolsado nosso petróleo, poderão ser beneficiadas com isenções fiscais. Mas uma professora, cujo salário é menor do que o auxílio-moradia de um juiz ou de um deputado, paga mais de 50% do que recebe em impostos. Para ela, o Congresso Nacional não está votando nenhuma isenção. Para ela e todos os milhares que estão na escola pública, foi votado o congelamento de investimentos por 20 anos. Nos colocaram numa arena como se tivéssemos num jogo de futebol. Não importa o argumento do time adversário. Ninguém escuta ninguém. Os debates ficam na superficialidade de “memes” colocados em pequenas bolhas, como grupos de WathsApp, que banalizam a violência, a mentira, a misoginia, o racismo. Depois de um texto fazendo apologia à tortura, alguém coloca um “bom dia” ou uma nova corrente de pensamentos e a vida segue, banalizando o que não deveria ser banalizado. Cuidemos de furar rapidamente estas bolhas! E confrontar não as políticas públicas que corrigem injustiças sociais, mas os auxílios que representam privilégios. Comecemos rápido!

PETRUCIA CAMELO

Professor e administrador de empresas

Poetisa e escritora

A magia da música A exemplo do que faço todos os anos, saí da praça da faculdade pegando carona na magia do carnaval tradicional, andando a pés em direção ao grande evento, sem medo de ser feliz. Durante o tranquilo percurso, ao chegar ao saudoso campo do locomoção, lembrei com melancolia dos meus tempos de infância, quando durante os velhos carnavais, via ali, durante os quatro dias de folia, uma verdadeira multidão brincando em paz por toda extensão da praia do Sobral. Não entendo o porquê da Prefeitura não ter usado todo o curso daquela avenida, já que, tínhamos mais de 50 mil pessoas participando da monumental festa. Inicialmente, adentrei à saudosa praça Sinimbu, que naquela noite, devido às mudanças no evento, voltou ao seu estado natural de tristeza, isto porque – não compreendi os motivos - proibiram a concentração dos blocos, naquela maltratada praça. Chegando ao “churrasquinho do Cuíca”, encontrei lá alguns amigos integrantes da confraria do “rato cego” - Ademir, vulgo “bomba”, e o Rogério. Demorei pouco ali, pois a festa esse ano tinha ficado um pouco mais distantei, e queria aproveitar ao máximo aquela noite maravilhosa e inusitada. Me dirigi ao Museu Theo Brandão onde se concentra o tradicional bloco

dos professores e funcionários do espaço cultural da UFAL, “Filhinhos da mamãe”. O local, como sempre, caprichosamente, ornamentado pelos organizadores do bloco, já estava lotado de foliões. Lá, apesar de semi camuflados em suas belas e originais fantasias, identifiquei alguns amigos do “racha bom” – Marcos “cabeçudo”, quase irreconhecível, fantasiado de Brutus; Dartanhan, de prisioneiro do amor; Landinho e Cícero, de Batman e Robin, e Israel “Besouro”, com a sua tradicional fantasia de avenca trepadeira. Infelizmente, esse ano não consegui enxergar o prof. Guido. Soube que chegara após a minha saída de lá. Mas, todos arrasaram e estão de parabéns! Pouco tempo depois, entre um gole e outro de caipirosca, saí do museu e segui os blocos que já haviam iniciado o desfile com impressionante disciplina e harmonia, todos puxados por orquestras de frevo animadíssimas. Nos incontáveis blocos vi famílias inteiras bebendo e dançando o frevo e cantando as marchinhas, sem qualquer confusão, mostrando a todos a magia da música tradicional do carnaval. Como explicar milhares de pessoas de todas as classes sociais, tomando todos os tipos de bebidas alcoólicas, em blocos abertos, sem cordas, dançando ao som de frevos

e marchinhas de carnaval - músicas estridentes e frenéticas - sem quaisquer conflitos entre elas? Qual a magia dessas músicas? O mesmo comportamento aconteceu no sábado pela manhã, até a apresentação do “Pinto da madrugada”. Mais uma vez ficou provado que o respeito à cultura popular com sua música de raiz, é um importante inibidor da violência, e que, mesmo num mundo eivado de tanta agressividade, pode-se fazer eventos públicos com paz, sem dar trabalho a polícia e aos hospitais de urgência e emergência. Lembro muito bem que há alguns anos havia em nossa cidade o “Maceió fest”, evento animado pelas caricaturas musicais momentâneas, e, após muitas brigas, inclusive com mortes, teve que ser proibido pelos órgãos de segurança. Com relação ao “Pinto da madrugada” & cia. Sugeriria a sua transferência para o sábado à noite. Isso permitiria aos foliões da Sexta-feira, descansarem, além de também dar oportunidade às pessoas que trabalham no sábado pela manhã, de participarem da grande festa; pouparia também as pessoas mais velhas, e as crianças, do sol causticante dessa época. Deixo, por fim, um ótimo tema para discussão nas nossas salas de aula: A magia e o poder da música.

Momento carnavalesco O mundo até os nossos dias é atravessado por linhas criativas de sonhos e realidades. Acompanha-os, como se estivesse costurando um zig de ritmos de evocações melodiosas, nas mais diversas categorias, que demonstram tristezas, saudades, alegrias a identificarem as ilusões. E como não se pode viver sem nada acontecer, afinal, como se trata do momento carnavalesco, tem-se o frevo à porta na riqueza do carnaval do Brasil, que traduz a invencível criatividade dos compositores e a apresentação da alegria singular do povo. O frevo, expõe-se como forma simbólica de impressionante força identitária, é motivo de orgulho para todo pernambucano e deleite carnavalesco para todo brasileiro. Compõe-se o expoente do frevo, como frevo-de-rua, de instrumental vibrante, contagiante, nascido da confluência de outros gêneros como a polca e o maxixe, evoluindo pelos dobrados das bandas militares dos fins do século XIX. Tem-se ainda, o frevode-bloco, de expressões de lirismo nas ruas, exaltação a nossa cultura, nas vozes femininas que

Presidente José Paulo Gabriel dos Santos

INDEPENDENTE Rua da Praia, 134 - sala 303 - Centro - Maceió / Alagoas Endereço Comercial: Empresarial Humberto Lôbo / Av. Menino Marcelo - 9.350 - Serraria Maceió - Alagoas - CEP: 57.083.410 CNPJ: 08.951.056/0001 - 33

Jorgraf UM PRODUTO:

Cooperativa de Produção e Trabalho dos jornalistas e gráficos do Estado de Alagoas

Diretor administrativo-financeiro Flávio Peixoto Editor geral Ricardo Castro ricardojcastro@yahoo.com

Diretora comercial Marilene Canuto

entoam melodias nos blocos de Recife, Olinda e de outras cidades. Tem-se mais ainda, o frevo –canção com o discurso romântico, lírico-amoroso que permeia a obra de vários compositores. Mas há sobretudo a crônica de costumes e o registro de muitos momentos da vida sociocultural e política do país (100 anos de frevo) Baraúna. Recife/2007. Pode-se até afirmar que desde o alvorecer da humanidade, o ser Humano manifesta as suas aptidões por meio da arte, do ritmo, da dança, da música. No Brasil, o carnaval é caracterizado, à revelia de três polos que dão maior ênfase à celebração momesca: o Rio de janeiro, onde predomina o samba; a Bahia, com o carnaval estilizado comandado pelos trios elétricos e, por fim, o mais fiel a tradição Pernambuco que se apresenta com uma infinidade de manifestações folclóricas, Como: blocos, bois, bonecos, confeccionados pelos artesãos e ainda caboclinhas e maracatus, sem faltar o tradicional frevo. Quanto às fantasias carnavalescas autenticamente brasileiras, são ornadas de plumagem, brilhos de paetês, pedras,

LOCALIDADE ALAGOAS

VENDA AVULSA DIAS ÚTES R$ 2,00

OUTROS ESTADOS R$ 3,00

LOCALIDADE ALAGOAS

ASSINATURAS SEMESTRAL R$ 300,00

OUTROS ESTADOS R$ 500,00

DOMINGO R$ 4,00 R$ 5,00

bordados e todo um artefato condizente com o carnaval, próprio da criatividade popular. Porém, o carnaval é uma festa aculturada, recebe influências tradicionais e modernas além de também receber influências europeias. E assim, o folião, brilha e brinca, nos becos, nas vielas, na passarela, no asfalto, nos carros alegóricos. Carnaval é história, tradição e cultura no transformismo da festa colorida empolgante e eletrizante; que mexe com a liberdade de expressão, deixando o folião à mercê do ritmo alucinante. Mas, não se deve deixar de ressaltar o carnaval de Maceió, cada dia mais assediado pelos carnavalescos. Particularizando, Maceió é procurado pelo número crescente de turistas nesse período. Nas prévias, chama a atenção o bloco, O Pinto da madrugada e outros, além das escolas de samba. Todos os movimentos carnavalescos maceioense arrastam multidões de foliões, onde se mistura à fantasia o cheiro da cana e o sal da terra advindo das comidas típicas, dando ênfase a cor do sol, na lagoa e no mar, que compõe o litoral de Maceió.

PABX: 82.3311.1338 COMERCIAL: 82.3311.1330 - 3311. 1331 REDAÇÃO: 82.3311.1328 - 3311.1329 CENTRAL DE ASSINANTE: 82.3311.1308

ANUAL R$ 600,00

comercial.tribunaindependente@gmail.com redação.tribunaindependente@gmail.com

R$ 1.000,00

OS ARTIGOS ASSINADOS SÃO DE RESPONSABILIDADE DOS SEUS AUTORES, NÃO REPRESENTANDO, NECESSARIAMENTE, A OPINIÃO DESTE JORNAL.


TRIBUNAINDEPENDENTE EXÉRCITO

Site aponta erros do MPF na Lava Jato A decisão da Procuradora Geral da República (PGR) Raquel Dodge de propor ao STF (Supremo Tribunal Federal) a revisão de sua interpretação da Lei da Anistia, para que os torturadores possam ser processados, provocou uma reação imediata do Exército brasileiro. Artigo de O Globo, republicado no site da Força (“O Mistério da Lava Jato”) , explora as vulnerabilidades da Lava Jato, explora as vulnerabilidades da operação para um ataque duro ao Ministério Público Federal (MPF). O artigo trata da informação prestada pelo força tarefa da Lava Jato, de que perdei as chaves de acesso ao sistema My Web Day, da Odebrecht. O artigo se baseia em histórico levantado, dos argumentos dos procuradores para não divulgar o conteúdo do sistema: “Algumas reportagens, entre agosto e novembro do ano passado, registraram o motivo da seletividade: o MPF zelava pela exclusividade - e aqui o colunista tenta não rir - para evitar que os documentos vazassem”. Segue-se uma dura crítica à maneira como o MPF usa o instituto da delação premiada: “Se o MPF tivesse priorizado o ingresso ao programa, talvez encontrasse conjunto de informações capaz de tornar prescindíveis os acordos de delação (ou boa parte deles) firmados com quase 80 executivos da Odebrecht. Se tivesse se dedicado, antes de tudo, a decifrar o sistema (ou a comprovar a impossibilidade de fazê-lo), quem sabe o Estado brasileiro se livrasse de ter de oferecer tantos benefícios a tanta gente; e quem sabe a colaboração premiada deixasse de ser muleta para investigadores incompetentes (e/ou apaixonados pelo palanque) e se tornasse o que é: recurso complementar. Nesse caso, é provável, teríamos mais provas e menos heróis”.

EROTIZAÇÃO

Deputado quer tornar crime nudez em arte O projeto de Lei (PL) é do deputado Delegado Francischini (SD-PR), que segundo o texto pretende “combater a erotização disfarçada na forma de arte”.O conteúdo do projeto altera o texto da Lei 8.069/90, o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), que hoje considera “cena de sexo explícito ou pornográfica” casos de exibição de órgãos genitais de crianças ou adolescentes com fins primordialmente sexuais. Também considera no mesmo patamar qualquer situação que envolva criança ou adolescente em atividades sexuais explícitas, reais ou simuladas.

MACEIÓ - SEXTA-FEIRA, 9 DE FEVEREIRO DE 2018

POLÍTICA 7

Privatização prevê dívidas bilionárias para a Eletrobras

Acionistas aprovaram ontem a venda da estatal que permanecerá com débito de R$ 11,2 bilhões DIVULGAÇÃO

Trabalhadores da Eletrobras se concentraram na porta da empresa em protesto contra a privatização

DECISÃO DO STF

Maia tramita ato para cassação de Maluf O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou ontem, que a Casa vai cumprir a decisão do ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), de decretar a perda do mandato do deputado Paulo Maluf (PP-SP). Maia disse que já encaminhou o processo para a corregedoria da Casa, que vai ouvir Maluf

e emitir um parecer para que a Mesa Diretora possa determinar a perda de mandato. “Não vou deixar de cumprir a decisão judicial. A decisão judicial é para que eu encaminhe à Mesa a cassação. Eu encaminho à Corregedoria, que vai ouvir o deputado Maluf, é um direito legal que ele tem. Depois disso, a Mesa vai decidir pela cassação do

ELEIÇÕES 2018

deputado Maluf”, afirmou o parlamentar fluminense em entrevista após reunião com a presidente do Supremo, ministra Cármen Lúcia. Paralelamente ao cumprimento da decisão de Fachin no caso Maluf, Maia afirmou que a Câmara vai entrar com uma Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF) no STF.

Geraldo Alckmin diz que vai privatizar tudo Pré-candidato à Presidência da República pelo PSDB, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, disse que vai privatizar “o que for possível” das estatais brasileiras, caso vença as eleições de 2018. Nas contas do tucano, a União possui hoje 147 estatais e é preciso avaliar “a necessidade de cada uma”. O tema das privatizações dominou a entrevista de Alckmin, na sede do PSDB, em Brasília, depois de ele dizer a empresários da construção civil, mais cedo, que é possível privatizar toda a Petrobras no futuro. “Inúmeras áreas da Petrobras que não são o core (núcleo do negócio), o centro objetivo principal, tudo isso pode ser privatizado.

A assembleia geral extraordinária da Eletrobras aprovou, ontem a privatização das seis distribuidoras de energia da empresa. Os acionistas decidiram também que a Eletrobras vai assumir as dívidas dessas empresas, no valor de R$ 11,2 bilhões, e os encargos de R$ 8,5 bilhões referentes a aportes dos fundos setoriais de energia, referentes a créditos ou obrigações com a Conta de Desenvolvimento Energético (CDE) e a Conta de Consumo de Combustíveis (CCC). Com isso, a Eletrobras deverá assumir cerca de R$ 20 bilhões em passivos das distribuidoras cuja privatização foi autorizada. Serão privatizadas as distribuidoras EletroAcre, Boa Vista Energia, Ceron (Rondônia), Amazonas Distribuidora de Energia, Cepisa (Piauí) e Ceal (Alagoas). Os detalhes com as decisões da assembleia devem ser divulgados pela empresa ainda na noite de ontem em comunicado ao mercado.

O governo estipulou, em novembro do ano passado, o valor simbólico de R$ 50 mil por cada uma das distribuidoras. Avaliação do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) estimou em R$ 10,2 bilhões o valor das distribuidoras. Pelo cronograma estabelecido pelo governo, a privatização das distribuidoras deve ocorrer até abril. Além do valor mínimo de R$ 50 mil, os compradoras terão de assumir o compromisso de um aporte financeiro de R$ 2,4 bilhões no capital social das seis empresas. PROTESTO Um protesto contra a privatização das distribuidoras, organizado por movimentos sociais, atrasou o início da assembleia em cerca de três horas. A reunião, marcada para as 14h, começou por pouco depois das 17h e durou pouco mais de uma hora e meia. A assembleia só teve início após a empresa ter obtido uma ordem judicial para liberação do acesso ao local de realização da reunião.

MOBILIZAÇÃO

Trabalhadores de Alagoas protestam contra a venda Trabalhadores da Eletrobras Alagoas paralisaram as atividades ontem para protestar contra uma assembleia ordinária que aconteceu em Brasília a fim de discutir a venda da distribuidora. A paralisação aconteceu nacionalmente, mas não afetou os serviços básicos à população, como o atendimento. Segundo José Cícero da Silva, diretor do Sindicato dos Urbanitários, a mobilização foi marcada para o mesmo dia da reunião dos acionistas da empresa com objetivo de tentar derrubar as discussões sobre a privatização. Em Maceió, cerca de 300 pessoas participaram do ato e, em Arapiraca, que engloba as regiões do Sertão e Agreste, 150.

“Paralisamos contra a venda da empresa. A paralisação é para tentar barrar a assembleia ordinária que acontece hoje (ontem) em Brasília. Estamos com duas frentes de trabalho, uma lá e outra nos estados. Tudo isso tentando que não haja a assembleia hoje e que o governo recue da venda das distribuidoras”. Outras unidades da federação que participam são Piauí, Rondônia, Acre, Amazonas e Roraima. “Era para as empresas geradoras, no caso a Chesf e a Furnas, engrossarem esse caldo, porque a venda das distribuidoras desencadeia também na venda do grupo Eletrobras, mas não conseguimos unir a pauta”, acrescenta o diretor.


TRIBUNAINDEPENDENTE

8 ÚLTIMAS NOTÍCIAS MACEIÓ - SEXTA-FEIRA, 9 DE FEVEREIRO DE 2018

Últimas

Notícias PROPINA

Sargento da PM cuidava de esquema

No esquema, descoberto pelo Gaesf, o sargento da reserva Evaldo Barbosa e Emanuel Raimundo sempre foram procurados pelos fiscais de tributos para lavar o dinheiro recebido de propina em troca de cobrança de ágio. Uma empresa pertencente a um dos filhos do militar, a Evaldo Júnior T. barbosa-ME, era beneficiária descontando cheques e lavando propinas dos fiscais de tributos. Para o Gaesf, ficou mais que evidente que tanto Evaldo como “Mané Queixinho” receberam todos os cheques na tentativa de evitar qualquer suspeita. Na Orcrim, os fiscais de renda eram os responsáveis pelas cobranças das propinas e o contador José Otacílio era quem intermediava reuniões entre fiscais e contribuintes para a negociação dos valores. O último acordo feito pelo dono das empresas detectadas no esquema, cujo valor inicial cobrado por um dos fiscais dos fiscais foi de R$ 70 mil foi fechado por R$ 25 mil, divididos em cinco parcelas de R$ 5 mil sendo o primeiro pagamento efetuado em abril de 2017 e o total concluído em agosto do mesmo ano.

Cerimônia de casamento conta com som de gemidos de sexo Um vídeo de menos de um minuto, de uma cerimônia de casamento gravada no Brasil, está sendo visualizado por internautas de todo mundo. Não exatamente por bons motivos: enquanto a noiva caminhava até o altar, e ao fundo tocava a conhecida marcha de Felix Mendelssohn, gemidos de um casal fazendo sexo vazaram no sistema de som da cerimônia. Segundo amigos do casal, o incidente aconteceu pois eles baixaram um clipe da internet, mas não ouviram a gravação até o final. O casal decidiu fazer o download das músicas em vez de contratar músicos, para diminuir os gastos. O ocorrido não estragou o dia dos noivos e a cerimônia continuou. O vídeo foi divulgado pela página no Facebook Projeto Musical e conta com mais de sete milhões de visualizações.

MPE denuncia onze por lavagem de dinheiro Entre os incluídos pelo Gaesf estão quatro fiscais de renda e dois empresários

O

Ministério Público do Estado de Alagoas (MPE/AL) denunciou onze pessoas por meio do Grupo de Atuação Especial em Sonegação Fiscal e Lavagem de Bens (Gaesf). Dessa vez, quatro fiscais de renda, um funcionário administrativo da Sefaz, dois empresários, dois contadores, e um policial militar todos alvos das operações Rilascio e Equis Viris e acusados de integrar organizações criminosas (Orcrim), de lavagem de dinheiro e crime contra a ordem tributária. Nas ações do MPE/AL, um dos empresários e o contador foram denunciados duas vezes. A Operação Rilascio teve como propósito desarticular uma Organização Criminosa em Rede cujos protagonistas, segundo o Gaesf, são os fiscais de tributos Augusto Alves Nicácio Filho e Alberto Lopes Balbino da Silva que exigiam propina com a finalidade de possibilitar as bai-

Gaesf do MPE indiciou onze pessoas por lavagem de dinheiro, entre elas fiscais de renda e empresários

xas de duas empresas. Ou seja, os servidores da Sefaz sabiam das irregularidades encontradas nos estabelecimentos comerciais e, para garantir o fechamento dos mesmos, sem perdas maiores para os proprietários, negociavam as propinas

cujos valores chegavam a R$ 70 mil. “Quando os fiscais estipulavam valores considerados altos pelos empresários, havia uma segunda negociação para se chegar a um acordo. Mas, houve comprovação de pgto de propina aos fiscais de renda, até de

forma parcelada. Enquanto servidores públicos que deviam fiscalizar e aplicar as mulitas eles agiam de forma repugnante cometendo crime contra os cofres públicos, já que dessa forma o estado deixa de arrecadar”, afirma o promotor Cyro Blatter.

GIGANTE

BLOCO FASCISTA

CARNAVAL DO RIO

Apesar do desfile dos blocos e da movimentação nas ruas históricas do Bairro do Recife já anunciarem a chegada do carnaval, desde o início da semana, foi na madrugada de ontem que o maior símbolo momesco da capital pernambucana começou a ser montado. Era quase meia-noite de anteontem quando a estrutura do Galo da Madrugada começou a ser erguida na Ponte Duarte Coelho, Centro, que já amanheceu interditada ontem. Mais de 50 pessoas participam da montagem, prevista para se encerrar até o início da manhã de hoje. Na festa deste ano, o Galo da ponte homenageia os 40 anos do maior clube de máscaras do mundo.

A Justiça de São Paulo proibiu ontema saída do bloco “Porão do Dops”, acusado de fazer apologia à tortura. O patrono era o torturador Ustra Brilhante, morto em 2016 De acordo com a decisão do tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, fica determinado que os réus “se abstenham de utilizar expressões, símbolos e fotografias que possam ser claramente entendidas como “apologia ao crime de tortura” ou a quaisquer outros ilícitos penais, seja através das redes sociais, seja mediante desfile ou manifestação em local público, notadamente através do Bloco Carnavalesco “Porão do Dops”.A decisão questiona se o bloco obteve as permissões necessárias para que desfile na capital paulista.

Depois de dar um bolo na corte carnavalesca em 2017, o prefeito Marcelo Crivella decidiu entregar as chaves da cidade ao Rei Momo, no Palácio da Cidade, sede social da prefeitura, às 11h de ontem marcando a abertura oficial do Carnaval. Mas, contrariando uma tradição da folia, a cerimônia será fechada, sem o registro da imprensa. A decisão de Crivella quebra uma tradição do carnaval do Rio. A entrega das chaves sempre foi um evento aberto, seja ele realizado no Sambódromo, no Terreirão do Samba ou no próprio Palácio da Cidade.

Galo começa a ser montado no Recife

Justiça de SP proíbe saída do “Porão do Dops”

Crivella entrega chaves a portas fechadas

OPERAÇÃO

Fiscais de renda são alvos do Gaesf Nessa operação foram denunciados os fiscais de tributos José Vasconcellos Santos e Luiz Marcelo Duarte Maia, além de um empresário – também colaborador – e mais uma vez o contador José Otacílio de Carvalho Silva. Nesse caso, em meados de 2017 três empresas, pertencentes ao empresário colaborador, estavam sendo alvos da Secretaria da Fazenda (Sefaz). Contra uma delas houve a aplicação de auto de infração no valor de R$ 2.830.369,74. As outras duas foram fiscalizadas por José Vasconcellos e Luiz Marcelo Duarte que, logo em seguida, com intervenção do contador José Otacílio, já marcaram um encontro na própria residência de José Vasconcellos para discutirem valores da propina que facilitaria a vida do empresário.

QUILOMBOLAS

STF diz que demarcação de terra é legal

O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu ontem, por maioria de votos, que o decreto presidencial que regulamentou, em 2003, a demarcação de terras de comunidades quilombolas é constitucional. Após 14 anos de tramitação, os ministros mantiveram as regras de autodeterminação, pelo qual a própria comunidade determina quem são e onde estão os quilombolas, além do direito à posse das terras que eram ocupadas no momento da promulgação da Constituição. A ação foi protocolada pelo Democratas em 2004. O partido contestou a constitucionalidade do Decreto 4.887/2003, sobre os procedimentos para identificação, reconhecimento, delimitação, demarcação e titulação das terras ocupadas por remanescentes das comunidades de quilombos. Organizações não-governamentais que defendem os direitos quilombolas temiam que o Supremo decidisse impor algum “marco temporal”, uma data para a comprovação da efetiva ocupação das terras. Isso poderia inviabilizar a titulação de algumas comunidades que tenham sido expulsas à força de seus territórios originais. O julgamento foi suspenso no final do ano passado e retomado nesta tarde, com o voto do ministro Edson Fachin, uma das manifestações que se destacaram na sessão. Para o ministro, as comunidades remanescentes eram invisíveis ao ordenamento jurídico antes da Constituição de 1988. No entendimento da Fachin, os quilombolas eram considerados invasores de terras.


MACEIÓ - SEXTA-FEIRA, 9 DE FEVEREIRO DE 2018

TRIBUNAINDEPENDENTE

Cidades

CIDADES

9

Maceió: Parque Municipal abre em horário especial neste feriadão Em Maceió, os turistas e nativos podem contar com programações diversificadas que vão além das belas praias da capital neste feriadão. Uma das opções para quem busca tranquilidade no feriado é o Parque Municipal, que funcionará em horário especial entre os próximos dias 10 e 14 de fevereiro. O funcionamento foi definido pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Sustentável (Semds), que é o órgão gestor do local. Segundo a programação, a reserva ambiental situada no bairro de Bebedouro estará aberta no sábado (10) e no domingo (11), das 8h às 17h. Na segunda (12) e terça (13) o Parque fecha para visitações e volta a funcionar na quarta-feira de cinzas, dia 14, das 14h às 17h.

Ação pede auditoria no vestibular da Uncisal Defensoria Pública do Estado quer que universidade contrate outra empresa para realizar nova correção das provas EVELLYN PIMENTEL REPÓRTER

A

Defensoria Pública do Estado vai ingressar com ação judicial contra a Universidade Estadual de Ciências da Saúde (Uncisal) para garantir a contratação de empresa para uma nova correção das provas do vestibular. De acordo com o defensor público Djalma Mascare-

nhas, que acompanha o caso Uncisal, o pedido foi necessário porque a universidade recuou do posicionamento de fazer a auditoria. “Queremos outra empresa para auditar o vestibular. Nós vínhamos construindo isso com a Uncisal, sendo que depois eles abandonaram as tratativas e a gente resolver recorrer ao Judiciário para resolver”, afirma o defensor.

Mascarenhas afirma que a auditoria visa dar credibilidade ao resultado do certame, uma vez que “não há mais confiança” no resultado atual. “Eles tiveram aqui também e mesmo assim o erro foi tão crasso, tão absurdo que a gente coloca em cheque até a credibilidade da empresa. Acredito que outra empresa daria mais credibilidade ao vestibular. Eles tentaram explicar os

motivos, mas são motivos absurdos, por isso a gente não tem mais confiança nesse resultado dessa empresa”, diz. A expectativa é que a ação seja formalizada hoje (9). A partir daí, com uma decisão favorável da Justiça, o Instituto AOCP teria seus pagamentos suspensos e a Uncisal faria a contratação de forma emergencial de uma nova empresa.

Segundo o defensor, caso for concedida liminar, em 20 dias a auditoria ocorrerá. “Ficaria a cargo da Uncisal, caso saísse a liminar, para que contratasse a outra empresa. O pedido vai ser para que isso seja resolvido em 20 dias”, reforça Mascarenhas. Procurada pela reportagem, a Uncisal afirmou que não foi comunicada ofi-

cialmente sobre o assunto e que aguarda decisão judicial, tanto para a auditoria, quanto para a suspensão das matrículas. Enquanto isso, na outra ação envolvendo este caso, que já tramita na 17ª Vara Cível da Capital, a universidade e o instituto enviaram a documentação exigida. Agora, cabe ao juiz Alberto Jorge Correia analisar e se posicionar.


10

CIDADES

TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - SEXTA-FEIRA, 9 DE FEVEREIRO DE 2018

Cidades litorâneas duplicam população durante o Carnaval

SANDRO LIMA

Na Barra de São Miguel e em Paripueira, visitantes dobram demografia com ocupação de hotéis e casas de veraneio LUCAS FRANÇA REPÓRTER

C

idades alagoanas, principalmente as do litoral, são destinos certo no Carnaval. Milhares de turistas procuram essas localidades para curtir os festejos de Momo. Em algumas a população chega a dobrar no período. Na Barra de São Miguel, por exemplo, a população é de 8.022 habitantes segundo o Censo/2010 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), mas recebe o dobro da população no Carnaval, segundo informou a secretária de turismo do município Cláudia Pessoa. “A cidade conta com mais de 1.100 leitos distribuídos entre 23 meios de hospedagem. No Carnaval quase todos ficam lotados. A ocupação está muito boa. Mas o fluxo maior de turistas está entre os que passam a habitar suas casas de praia ou alugam por temporada. Daí concluímos que o número de visitantes que permanecem durante o Carnaval é bastante grande, chegando a do-

brar a população local”, disse a secretária. Em Paripueira e Maragogi, a situação também é parecida. A estimativa é que na cidade tenha 13.252 habitantes, mas no período carnavalesco a expectativa do município é de receber mais 20 mil pessoas. Paripueira e Barra de Santo Antônio juntas aguardam cerca de 80 mil turistas. “Em Maragogi, o município sempre duplica o número de habitantes durante a semana carnavalesca. Então, se espera, no mínimo, cerca de 30 mil visitantes. Todas as secretarias municipais trabalham em conjunto para garantir uma infraestrutura capaz de receber tamanho número de pessoas. Algumas secretarias, como a de Saúde, por exemplo, ficarão de plantão e manterão um postinho na orla marítima, onde acontecem os desfiles dos blocos. Concernente ao crônico problema da falta de água, a prefeitura está providenciando um poço extra que deve estar pronto até o início do Carnaval”, informou a assessoria de comunicação do

município. “O Carnaval em Paripueira já é tradição na Região Norte e em todo o estado. Estamos preparados para mais um ano de muita movimentação, esperando que também neste ano a diversão e a paz façam a folia em nosso município”, ressalta o prefeito da cidade Haroldo Nascimento. “Fizemos o máximo de esforço para garantir o Carnaval deste ano na Barra. Vamos ter blocos nas ruas, shows musicais e muita alegria. Esperamos que esse período movimente a economia local, gere renda e mostre lá fora que em nosso município a folia é pra valer”, comenta a prefeita da Barra de Santo Antônio Emanuella Moura. O estudante Cleiton Araújo disse que sempre vai para casa de praia em Paripueira com a família. “Sempre vamos curtir o Carnaval por lá, com parentes e amigos. Ficamos em casa de praia. Não saímos para blocos. A diversão é tanta que não notei se houve problemas em abastecimento de água ou energia”, comenta o estudante.

Casas de veraneio por temporada são responsáveis por abrigar grande parte dos visitantes na Barra durante o Carnaval

AÇÕES PREVENTIVAS

Eletrobras e Casal intensificam serviços durante este feriadão Para que as cidades não fiquem sem abastecimento, a Eletrobras Distribuição Alagoas informa que desde dezembro de 2017 está realizando manutenções preventivas com o foco nas cidades que têm uma maior concentração de pessoas durante o Carnaval. E para evitar interrupções no fornecimento de energia elétrica durante a festa, a empresa está investindo mais de 1,5 milhão em ações preventivas nos municípios onde a festa é tradição no Estado. Os serviços de inspeções e revisão das redes que atendem as principais regiões serão in-

tensificados na capital e em outras cidades do Litoral Norte e Sul, além do Sertão e do Baixo São Francisco. Segundo a Eletrobras, mais de 70 colaboradores, entre eletricistas, técnicos e engenheiros, estão desde dezembro nas ruas realizando substituição de postes, cabos, conexões e equipamentos de rede, lavagem da rede, poda de árvores, bem como uma adequação da capacidade de fornecimento com o aumento de consumo registrado (substituição de transformadores por de maiores potências) e ajuste de equipamentos regulado-

res de tensão, onde há uma grande elevação de carga. “Ações como estas trazem para a população melhorias e qualidade no fornecimento de energia elétrica. Além disso, as manutenções são essenciais para que possamos reduzir as chances de interrupções nos dias de folia. Por isso, trabalhamos incessantemente com ações preventivas”, destacou o gerente de Manutenção da Eletrobras, Bruno Amaral. Além disso, a distribuidora montou um plantão especial e irá reforçar o número de equipes durante o Carnaval. Cerca de 170 equipes

vão trabalhar no atendimento à população na região metropolitana e nos municípios balneários. As equipes ficarão em pontos estratégicos para atender eventuais ocorrências durante a festa de momo. O plantão será intensificado a partir de hoje (9) e vai até a quarta-feira de cinzas (14). A Eletrobras informou ainda que está desenvolvendo planos e ações que beneficiará o setor hoteleiro e as prefeituras de Maragogi, Japaratinga, Porto de Pedras, São Miguel dos Milagres, Barra de Camaragibe, Barra de Santo Antônio, Pari-

pueira, Marechal Deodoro, Barra de São Miguel, Jequiá da Praia, Coruripe, Penedo e Piranhas. ÁGUA Para que não falte água nesse período, a Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal) também está intensificando os serviços. A Casal afirma que as cidades balneárias estão aptas a receber os turistas e que não irá faltar água. Entre as medidas, a Casal escalou 200 profissionais para trabalharem durante o Carnaval em todas as 77 cidades onde o abastecimento é operado pela Companhia. Além

disso, reforçou a quantidade de veículos, equipamentos e materiais de trabalho para o caso de surgir alguma demanda durante esse período. “Vamos garantir reforço nas atividades operacionais para que haja regularidade em nossos serviços. Haverá maior atenção das equipes plantonistas que vão atender as cidades litorâneas, em virtude do aumento populacional gerado pela presença de turistas nessa época do ano”, salientou o presidente da Companhia, Clécio Falcão. (L.F. com assessorias)


TRIBUNAINDEPENDENTE

AÍLTON VILLANOVA ailton.vilanova@gmail.com Com Diego Villanova

MACEIÓ - SEXTA-FEIRA, 9 DE FEVEREIRO DE 2018

CIDADES

11

Alagoas reduz em 23% número de homicídios em janeiro Maceió teve queda de 32%, aponta Secretaria de Segurança Pública

O O campeão de sinuca O tal de Cordígero Francisco, nascido no bairro portuário do Jaraguá, nunca deixou de ser chato. Chato e boçal. Só ele sabia das coisas. Só ele era o bacana. Quando começava a contar vantagens, era pra matar qualquer um de raiva. As mulheres mais lindas do mundo estavam caídas por ele, alardeava sem o menor acanhamento. Mas, apesar dessa gomeirice toda, jamais alguém o viu com uma namorada. Aos 50 anos, bem pertinho de esticar as canelas continuava só. Num fim de tarde, Cordígero entrou no bar do Béo Bicudo, localizado na Ponta da Terra, gritando que nem bezerro desmamado e cuspindo pra todo lado: - Eu quero uma garrafa de cachaça! Uma não, duas! Duas garrafas de cachaça, pelo amor de Deus! Diante de tanto desespero do cara, Béo Bicudo foi rápido. Colocou sobre o balcão as duas garrafas de aguardente e um copo duplo vazio. Cordígero bebeu o primeiro gole, gargarejou e cuspiu. Bebeu outro gole, lavou a boca e cuspiu. Mais um gole e mais outro, até que consumiu o conteúdo das duas garrafas. - Mais outra! – determinou. Bicudo despachou a terceira, o sujeito tornou a sacolejar a boca e a cuspir toda a cachaça. - Traga a quarta! Aí, o dono do bar não se conteve: - Qual é a sua, meu? Por que é que você está lavando a boca, gargarejando e jogando toda a cachaça fora? O boçal explicou: - É que eu desafiei um cara para jogar uma partida de sinuca e quando dei uma tacada errada, ele falou que se eu continuasse jogando daquele jeito, eu ia me ferrar. Foi aí que eu fiz a grande besteira da minha vida: respondi pro cara que se eu perdesse a partida eu comeria um prato de merda! Cordígero botou na boca mais um gole, cuspiu fora e concluiu: - O cara joga pra cacete!

Porre para comemorar Biriteiro contumaz, o galego Rodibaldo há muito tempo vinha tentando parar de beber. Sua mulher, dona Cleobalda, por sinal muito religiosa, já havia feito mil promessas pra tudo quanto foi santo. Entre essas, aquela de prometer a São Anacleto que faria sua mãe, dona Estrevaliana (que adorava o genro), caminhar de joelhos um quilômetro, ida e volta, caso ele deixasse de embriagar-se. O Rodibaldo era fogo! Só chegava em casa de madrugada, bêbado que nem um gambá. Comia tudo o que havia na geladeira, mijava no tapete e ainda vomitava no sofá. Certa noite, chegou ao bar de costume bastante acabrunhado. É que fora assaltado no caminho, quando se dirigia pra lá. Entre lágrimas, pegou um copo vazio e desabafou: - No dia em que eu deixar de beber, eu tomo o maior porre!

A solução para o (ex) glorioso Agremiação futebolística outrora aguerrida, detentora de grandes e memoráveis títulos, time do coração da esmagadora maioria dos alagoanos, o Centro Sportivo Alagoano (CSA) de tantas tradições, hoje em dia não é nem a sombra do que foi, para desencanto, desgosto e decepção da galera alvi-celeste. Segundo o babalorixá conhecido como Pai Dedé, numa entrevista exclusiva ao radialista Costa Cabral, na Rádio Difusora, o motivo dessa debacle é o seguinte: plantaram uma cabeça de burro preto bem no meio do campo do time. É preciso que o Raniel, diretor de patrimônio azulino, veja isso. - Armada do cão, meu nego! – afirmou Pai Dedé, nessa entrevista. Costa Cabral, que é azulino doente, apavorou-se: - Valei-me meu São Jorge! - Tira São Jorge da jogada, que ele é corintiano, menino! – advertiu o macumbeiro. - E o que e que a gente faz, meu pai? - Só vai dirmanchando tudo pra mode fazê de novo! - Radical demais, pai Dedé! - Entonce, num me peça solução! Rezas, promessas, missas, procissões... Nada do time do CSA melhorar. Os técnicos se sucedem e zero no cociente. No desespero, o torcedor mais fanático do “azulão da lagoa”, meu compadre Ademir Baratinha, técnico da Difusora e unha e carne com Cabral, resolveu apelar : - A solução é Jesus Cristo! Cabral não gostou da ideia: - Quêisso, Baratinha?! Que blasfêmia é essa? Olha o respeito! - Tô falando sério, cara! Pra botar o time do CSA de volta na linha só mesmo apelando para o maior milagreiro de todos os mundos, inclusive do próprio céu, fora Deus, é claro! A esta altura da discussão, entra na conversa o ouvinte chamado Rolimânio, através do telefone: - Precisa apelar pra Jesus Cristo não, porque que tenho a solução pra esse problema! - Nesse caso, apresente-a! – Cabral caprichou na gramática: - Bom... primeiro tem que mudar o time todo! - Como assim? - É só pegar os jogadores e botar pra correr 10 quilômetros por dia. - E você acha que isso resolve mesmo? - Claro! Correndo 10 quilômetros por dia, com uma semana eles estarão na fronteira do Mato Grosso com o Paraguai.

ano de 2018 começou positivo na Segurança Pública de Alagoas. Dados do Núcleo de Estatística e Análise Criminal (Neac), da Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP), apontam que no mês de janeiro houve queda de 23% no número de Crimes Violentos Letais e Intencionais (CVLI) em comparação ao mesmo período do ano anterior. O levantamento do Neac revela que em todo o Estado foram cometidos 161 homicídios em janeiro. Já no mesmo mês em 2017, ocorreram 208 mortes. Também houve redução no número de homicídios em Maceió. No ano de 2017 foram registrados 79 homicídios e em 2018 o número caiu para 54, uma redução de 32%. O governador Renan Filho afirmou que está “muito otimista” para 2018 no sentido de seguir reduzindo a violência em Alagoas. Ele lembrou que 2017 foi um ano complexo para a Segurança Pública brasileira com o início, em janeiro, das guerras entre facções criminosas dentro dos presídios.

ADAILSON CALHEIROS

Um dos programas do governo, o Força Tarefa é apontado como uma ferramenta importante no combate ao crime

“Eu tenho certeza que 2018 será um ano com menos homicídios do que 2017 pelo trabalho da polícia, pela dedicação e pelos investi-

mentos feitos tanto na Polícia Civil como na Militar e na Perícia Oficial. A redução da violência no Estado e em Maceió demonstra que a

polícia trabalha firmemente. Enquanto no restante do Brasil a violência cresce, aqui se reduz”, afirmou Renan Filho.

SEGURANÇA PÚBLICA

“Redução é reflexo de trabalho integrado”

Secretário diz que combate ao crime ganha mais eficiência com investimentos O secretário da Segurança Pública, Lima Júnior, destaca que a redução é reflexo do trabalho integrado realizado em Alagoas pelas Polícias Civil e Militar, e também pelo Corpo de Bombeiros e Perícia Oficial. Ele também lembrou que em 2017, entre janeiro e abril, o Estado enfrentou um pico de assassinatos fruto da disputa entre facções criminosas pelo comando do tráfico de drogas. Neste período, houve um aumento de 26,4% nos homicídios em comparação ao mesmo período do ano de 2016. “A Segurança Pública tomou as devidas providências para conseguir evitar que a quantidade de homicídios aumentasse. Prova

disso é que a partir de maio do ano passado conseguimos estabilizar os números e em julho registramos o mês menos violento dos últimos 10 anos. Graças aos investimentos realizados pelo governador Renan Filho na área foi possível robustecer as ações que já vinham sendo realizadas e assim atuar de forma mais eficiente no combate ao crime”, pontuou. Lima Júnior destacou, ainda, que investimentos importantes, como a Força Tarefa, os Centros Integrados da Segurança Pública (Cisp), o programa Ronda no Bairro, a realização de concurso público para a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros, novas viaturas

e reforma de delegacias e batalhões são importantes ferramentas de combate ao crime e de preservação de vidas. “Nesses três anos de Governo, nós fizemos o Laboratório Forense da Perícia Oficial, instalamos os radiocomunicadores digitais para Segurança Pública, adquirimos novos helicópteros, implantamos o programa Força Tarefa de Segurança Pública, com as viaturas amarelas nas ruas; convocamos a reserva técnica, fizemos concurso público e acabamos de construir uma delegacia especializada em homicídios e em narcóticos no bairro do Bebedouro, em Maceió”, citou Renan Filho. Ele acrescentou, tam-

bém, que o Governo do Estado vai expandir o programa Ronda no Bairro, iniciativa que vem obtendo bons resultados na redução dos índices de violência no bairro do Jacintinho, em Maceió. “É um programa que está dando muito certo e nós vamos levá-lo para outros bairros da capital e depois para o interior do Estado”, garantiu Renan Filho. “É de se comemorar o resultado de redução da violência no mês de janeiro, mas é, sobretudo, momento de seguir trabalhando para que a gente mantenha Alagoas na contramão dessa crise da Segurança Pública que afeta os Estados brasileiros, reduzindo violência”, finalizou o governador.

PRÓXIMO AO ECOPONTO

Slum flagra descarte irregular de lixo Empresa do ramo de aço inox foi notificada e autuada para contratar firma licenciada Agentes da Superintendência de Limpeza Urbana de Maceió (Slum) flagraram, ontem (8), um veículo de uma empresa que trabalha com aço inox e alumínio fazendo descarte irregular no canteiro do Dique Estrada, na Ponta Grossa, que fica a 600 metros do Ecoponto Dique Estrada, local correto para descarte de resíduos. O condutor teve que fazer o recolhimento do material e foi acompanhado até o Aterro Sanitário de Maceió para fazer o descarte correto. Além disso, a empresa foi autuada e notificada para que contrate uma empresa ambientalmente licenciada para fazer o recolhimento de seus resíduos e a correta destinação final. Davi Maia, gestor da Slum, reforça que a contribuição da população é indispensável para a limpeza da cidade. “Maceió conta com coleta domiciliar regular, além da coleta seletiva.

FISCALIZAÇÃO SLUM

Condutor do veículo da empresa teve que recolher o material e fazer o descarte correto no Aterro Sanitário

Estamos equipando o município com ecopontos, mas o cidadão e os grandes geradores precisam colaborar e fazer o descarte de formar correta. Em caso de dúvidas,

a nossa Central de Limpeza está disponível para atender”, comentou. CENTRAL Para fazer denúncias, solicitar serviços e tirar

dúvidas, o cidadão pode entrar em contato com a Slum pelo 0800 082 2600, além do WhatsApp 98802-4834. A Central funciona de segunda a sexta, das 8h às 17h.


12

ECONOMIA

TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - SEXTA-FEIRA, 9 DE FEVEREIRO DE 2018

etjornalista@gmail.com

Oportunidade

A

Associação dos Municípios Alagoanos (AMA) está anunciando para os dias 15 e 16 de março um curso sobre emendas parlamentares, a fim de atender prefeitos e técnicos municipais. É que depois do sucesso do primeiro evento realizado na Associação no ano passado, a entidade traz uma nova capacitação com o professor doutor Ricardo Caldas, PHD, que possui um currículo extenso de experiências profissionais na presidência da República e no Banco Mundial.

Outro Além do professor Ricardo Caldas, o professor Marcos Mognatti especialista em Orçamento Público (ISC/TCU) e assessor Técnico de Orçamento no Congresso Nacional desde 1991 - também fará parte do curso, que contará com aulas expositivas, apresentação de “cases”, didática participativa e exercícios práticos. Para o gerente de Apoio Institucional, Pedro Ferro, o curso dá mais uma possibilidade de os gestores aprenderem a captar recursos e melhorar a receita do seu município.

Qualidade “A AMA está trazendo um dos melhores professores da área, por isso se trata de um investimento alto. Apesar de ser um curso pago, a Entidade está cobrando um valor diferente do habitual, cada inscrição custa R$300 para municípios filiados. Em outros estados a inscrição custa R$2000 por pessoa”, afirmou Pedro Ferro, enfatizando que se trata de uma oportunidade única.

Mais de 50% sem Cadastur na Costa dos Corais Cadastro é exigência do Ministério do Turismo para os meios de hospedagem

CLAUDIO BULGARELLI SUCURSAL LITORAL NORTE

D

e um total de 144 meios de hospedagens registrados legalmente na região da Costa dos Corais alagoana, que vai de Paripueira a Maragogi, somente 56 estão cadastrados no Cadastur, que é o Cadastro de Prestadores de Serviços Turísticos do Ministério do Turismo. O levantamento, realizado pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo de Alagoas, é uma triste realidade pela quantidade de meios de hospedagens que atuam sem o cadastro na região que mais cresce e mais recebe turistas no Estado. Esse número, de pouco mais de 40%, é superior ao número de meios de hospedagens sem cadastro em Maceió, que segundo levantamento feito pelo Ministério do Turismo revelou que dos 179 exis-

tentes na capital alagoana, apenas 70 estão legalmente formalizados no Cadastur, o que representa mais de 60% de irregulares do total da rede hoteleira. Na Rota Ecológica, por exemplo, esse número é ainda maior, já que muitas pousadas não possuem nem CNPJ e muito menos cadastro nas prefeituras. Apesar da obrigatoriedade do cadastro e de intensas campanhas realizadas até 2015 com o objetivo de sensibilizar hoteleiros e prestadores de serviços em turismo, muitos dizem ainda desconhecer o Cadastur e seus benefícios. O cadastro foi desenvolvido pelo governo federal com o objetivo de promover o ordenamento, a formalização e a legalização dos prestadores de serviços turísticos no Brasil. O Cadastur, que é obrigatório desde setembro de

Arapiraca

2008, surgiu em decorrência da aprovação da Lei Geral do Turismo, que estabeleceu a política nacional para o setor. Estão obrigadas a fazerem o cadastro agências de turismo, meios de hospedagens, guias turísticos, transportadoras turísticas, organizadoras de eventos, parques temáticos e acampamentos turísticos. Quem não tiver o cadastro fica impedido de ter acesso a linhas de créditos oficiais e ao Fundo Geral de Turismo (Fungetur), mecanismo de crédito para fomento do turismo como negócio. CADASTRO EM MACEIÓ Mesmo com o baixo índice do cadastro em Maceió e Costa dos Corais, em 2017 o número de empreendimentos vinculados ao Cadastur em Alagoas cresceu 123%, passando de 532 para 1.182 estabelecimentos cadastrados, entre agências, hotéis, pousadas, bares e restaurantes e

agências de viagens. Segundo a Sedetur esse índice promete ser ainda maior este ano com o Cadastur 3.0, nova plataforma implantada pelo Ministério do Turismo, onde o procedimento será feito inteiramente online. E como Alagoas foi o Estado escolhido pelo Ministério do Turismo para o lançamento desse novo sistema para todo o Nordeste, mais do que justo que aqui também tivesse início a fiscalização dos meios de hospedagens, que começou por Maceió, com o objetivo de saber quais os prestadores de serviços turísticos estão sem o cadastro. A operação Verão Legal, em parceria com a Sedetur, deve percorrer outras regiões turísticas do Estado. E caso o empreendimento ou o prestador de serviço não regularize sua situação, podem ser penalizados com uma multa que pode chegar a R$ 854 mil. DIVULGAÇÃO

Na manhã de ontem Animação foi o que não faltou no Carnaval da Associação Pestalozzi de Arapiraca, realizado, na Tenda Cultural da Praça Luiz Pereira Lima. A folia homenageou o artista circense Teófanes da Silveira, o Palhaço Biribinha, que foi representado na ocasião pelo filho, Júnior Silveira, e pela esposa, Selania Silva, a palhacinha Pipoca.

Piaçabuçu A Justiça determinou que os tradicionais “paradões” que habitualmente infernizam o clima ambiental do povo que está curtindo o Carnaval do Pontal do Peba, está proibido este ano. É que foi baixada uma portaria proibindo terminantemente o uso de “paredões de som” e outros equipamentos de alta potência sonora instalados em veículos automotores, quando utilizados de forma abusiva.

Penedo – festa Com a participação de Julinho Porradão, o Bloco do Comerciário completará 10 anos de existência com uma bonita festa em Penedo. O evento será realizado nesta sexta-feira, data em que também acontecerá a tradicional Lavagem do Rosário, abrindo oficialmente o Carnaval na cidade ribeirinha.

Penedo – bronca Gestantes com data de parto prevista para o final de semana ficarão, mais uma vez, desassistidas na cidade de Penedo. É que a partir deste sábado de Carnaval, a maternidade da Santa Casa de Misericórdia fechará suas portas por falta de médico. Em nota, a unidade de saúde informa que a medida foi tomada após o hospital não conseguir, apesar de inúmeros esforços, profissional médico especialista em obstetrícia para o plantão do próximo durante esses dias.

Dica Ainda segundo a Santa Casa de Penedo, instituição que oferece atendimento à população dos municípios local, Porto Real do Colégio, São Brás, Piaçabuçu, Igreja Nova, Feliz Deserto, Coruripe e Jequiá da Praia, todas as grávidas deverão se dirigir à outra rede hospitalar para que possam receber atendimento.

Sem comentários Município pobre, sobretudo carregado de problemas sociais, Dois Riachos no alto sertão de alagoas investiu na última sexta-feira, 73 mil somente para um show musical em praça pública, que contou com as presenças das cantoras; Eliane e a “rainha” do forró Gil Mendes. Tudo isso para comemorar a festa da padroeira local.

Viçosa Um grupo de evangélicos está organizando para a próxima quartafeira (de Cinzas) um grande evento na cidade de Viçosa. Trata-se do I Encontro de Jovens do Vale do Paraíba. Será no ginásio Petrúcio Cavalcante, e os organizadores esperam caravanas de todas as cidades da região. A cantora Eliã Oliveira é quem animará a festa.

Porto Calvo Em Porto Calvo, a Prefeitura, MP, PM e o Conselho Tutelar firmaram um TAC afim de garantir tranquilidade durante todos os dias festivos de Carnaval. Entre as cláusulas estão a repressão ao uso de entorpecentes e inalantes e também a proibição de utilização de bebidas alcoólicas por menores de idade. O TAC também determina proibição de fazer paradas de som em frente a qualquer templo religioso e hospitais. O município vai disponibilizar banheiros químicos nos trajetos dos blocos. Além disso, vai ter ambulância e equipe médicas disponíveis.

Porto Calvo II O documento ainda consta o horário que deverá finalizar os blocos carnavalescos não podendo ultrapassar o limite de 3 horas da madrugada. Os condutores de trios elétricos deverão se submeter ao teste de etilômetro ou termo de constatação de embriaguez. No caso de paredões, só será permitido circular na cidade os que estiveram cadastrados na prefeitura. O Carnaval em Porto Calvo é um dos mais tradicionais de Alagoas e a cidade recebe várias pessoas de diversos locais de todo o Brasil.

Alagoas foi o Estado escolhido pelo Ministério do Turismo para lançamento do novo sistema do Cadastro de Prestadores de Serviços Turísticos

INSTALAÇÃO

Unidade da Embrapa garantida em Alagoas O governador de Alagoas, Renan Filho, assegurou total apoio para a instalação da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) no Estado, durante a apresentação do projeto da Unidade de Pesquisa Agroalimentar de Alagoas, no Palácio República dos Palmares, na quinta-feira (8). “O Estado dará integral apoio para a instalação da Embrapa, arrumando um terreno adequado e até recursos, caso a empresa precise desse suporte no primeiro momento para se instalar. Faremos o que for possível para trazer a Embrapa para Alagoas”, afirmou. O projeto foi apresentado pelo pesquisador da Embrapa em Brasília João Flávio Veloso. A unidade está orçada em R$ 45.815.000,00, e deve ser construída em Maceió, em quatro anos, com o apoio de parceiros nacionais e internacionais que já se mostraram interessados nesse investimento.


TRIBUNAINDEPENDENTE

CidadesemFoco ROBERTO BAIA robertobaiabarros@hotmail.com

Morte de Boiadeiro

MACEIÓ - SEXTA-FEIRA, 9 DE FEVEREIRO DE 2018

ECONOMIA 13

Carnaval: ocupação hoteleira chega a 86% Cerca de 100 mil turistas estarão no Estado durante o feriado da folia

O

N

a última terça-feira (6) familiares do vereador Neguinho Boiadeiro, liderados por Bahia Boiadeiro, se reuniram com o Secretário de Segurança Pública, Lima Júnior, para pedir celeridade nas investigações e entregar os documentos. Por telefone, Bahia não quis entrar em detalhes mais informou que o encontro durou mais de uma hora e que a família irá colaborar com a investigação precisar.

E haja coxinhas!!!! Em uma importante cidade do Agreste alagoano, um político montou um buffet para ganhar uma graninha da Prefeitura. Até aí tudo bem. O problema é que o incauto cidadão, com ajuda de um querido amigo, faturou mais de dois milhões, só em 2016.

Bolso cheio Pela grana alta que entrou no bolso do sortudo, presume-se que nas festanças promovidas pelo Poder Executivo todo mundo se empanturrou de coxinhas. Diga aí, pode uma coisa dessas????!!!!

Violência em Arapiraca Uma megaoperação das policias civil e militar na manhã de quinta-feira (08) para cumprir 14 mandatos expedidos pela 17ª Vara com o objetivo de desarticular uma organização criminosa resultou em várias prisões e no assassinato do empresário Jean Kelmane Pinheiro. O fato foi registrado na Rua Dom Jonas Batinga, bairro Ouro Preto em Arapiraca. A vítima que tinha passagem pela policia era proprietário de uma loja distribuidora de bebidas e alimentos denominada Jean bebidas e alimentos.

Vítima reagiu De acordo com informações da polícia, a vítima teria reagido à abordagem da policia, sendo atingido por vários disparos vindo a óbito no local. Consta da ficha de Jean Pinheiro que em 2014 foi investigado e preso pela execução do sargento da reserva da Policia Militar, José Carlos Araújo. Para executar o militar no interior de um bar, após uma discussão, Jean teria exigido que a vítima se ajoelhar-se e em seguida disparou um tiro na cabeça, tendo morte instantânea no local.

Matou militar Antes da executar o militar teria ocorrido uma discussão entre ambos, e Jean teria saído do bar onde estava e voltou armado. Ao chegar, teria se dirigido ao militar José Carlos Araújo e ordenado que ele se ajoelhasse antes de efetuar um disparo na cabeça da vítima. O crime aconteceu em 26 de julho de 2014.

Foram detidas Outras duas pessoas foram detidas na operação nesta quinta-feira (08) e foram levadas para serem ouvidas na Central de Polícia Civil. A operação teve prosseguimento em outros pontos da periferia de Arapiraca, com a utilização de viaturas da Força-Tarefa, Pelotão de Operações Especiais (Pelopes) do 3º Batalhão Militar com apoio do helicóptero Falcão 4. O Instituto de Criminalística (IC) esteve no local e realizou o trabalho de perícia e em seguida o corpo foi levado para o IML de Arapiraca. (Com Roberto Gonçalves).

Mais violência Duas estudantes alegam que foram estupradas no final da manhã da quarta-feira (07), em um canavial, após pegarem carona na rodovia estadual AL 105, próximo à cidade de Boca da Mata. As vítimas relatam que tinham como destino o povoado Peri-Peri, em Boca da Mata. (Com Alagoasweb)

Pediram carona As vítimas procuraram a polícia e relataram que estavam em frente a uma unidade do Ifal, em Satuba, quando pediram carona a um homem que passava de carro pelo local. Elas entraram no veículo ocupado por outras duas pessoas.

Foram estupradas De acordo com as estudantes, o carro era ocupado por um casal e o condutor, mas que o casal desembarcou no meio do trajeto. O condutor seguiu viagem, mas antes de chegar ao destino das jovens anunciou que estava armado e levou as garotas para um canavial, onde estuprou as duas.

Carnaval em Pilar O Ministério Público do Estado de Alagoas (MPE/AL), por meio da Promotoria de Justiça de Pilar, firmou um termo de ajustamento de conduta (TAC) com objetivo de ordenar as festas carnavalescas que acontecerão no município. A elaboração do documento e sua assinatura ocorreu durante reunião entre o promotor de justiça Silvio Azevedo Sampaio e representantes da gestão pública da cidade, dos blocos carnavalescos e da Polícias Civil e Militar de Alagoas.

... Ficou estabelecido que os festejos carnavalescos e desfiles de blocos, com saída na Praça da Chã de Pilar e chegada na orla lagunar da cidade, serão encerrados às 18h. ... Além disso, foi acordado a proibição da utilização de aparelhagem som, de qualquer tipo, em especial os chamados paredões, na Praça Floriano Peixoto, nesta sexta-feira (09). ... Ficando permitido o som que a prefeitura disponibilizará a população. Já nos outros dias, estão autorizados apenas os trios elétricos que já tenham autorização para desfilar.

tradicional feriadão de Carnaval é uma ótima oportunidade para viajar, seja para brincar na folia ou para descansar. Tanto é que a taxa média de ocupação hoteleira em Alagoas chega a 86%, no período entre 10 e 14 de fevereiro, segundo informações da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis de Alagoas (ABIH/AL). De acordo com o levantamento feito pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur), o Estado receberá aproximadamente 100 mil pessoas nesse período, injetando mais de R$ 100 milhões na economia de Alagoas. O secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Rafael Brito, conta que a movimentação de turistas nesse período é essencial para a economia de Alagoas. “Alagoas não é um destino pra quem quer curtir as grandes festas de carnaval como nossos vizinhos Recife e Salvador, porém é consolidado como lugar ideal pra

quem busca o contrário, descansar no feriadão. Estamos cada vez mais consolidando essa imagem, com o trabalho de divulgação do destino nos mercados emissores. A ocupação média é de 86%, mas há muitos empreendimentos que estão 100% lotados e permanecerão dessa forma até depois do carnaval, principalmente os resorts e pousadas de charme”, explica Rafael Brito. FOLIA NO INTERIOR Para quem não busca só descansar, treze municípios, espalhados por todas as regiões do Estado, terão uma vasta programação cultural e artística para o carnaval, incluindo desfile de blocos carnavalescos e shows de artistas locais e nacionais. “Essas festas movimentam a economia do Estado, tendo em vista que não só contemplam os foliões, mas também os turistas nacionais e internacionais. Somente na Barra de São Miguel, no litoral sul de Alagoas, são esperadas vinte mil pessoas por noite de festa”, completa o secretário Rafael Brito.

CONSELHEIROS FISCAIS

Sistema OCB/AL abre inscrições para curso Cooperados das cooperativas regulares e registradas ao Sistema OCB/AL, formado pelo Sindicato e Organização das Cooperativas Brasileiras do Estado de Alagoas (OCB/ AL) e pelo Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo no Estado de Alagoas (Sescoop/AL), poderão participar gratuitamente de curso de Formação para Conselheiros Fiscais no dia 24 de fevereiro, a partir das 8h. A capacitação ocorrerá na sede da Uniodonto, localizada na Av. Santa Rita de Cássia, 278, no bairro do Farol, em Maceió. O curso será ministrado pela contadora Aracy Castro, das 08h às 17h, com pausa para o almoço. As vagas são limitadas e as inscrições devem ser realizadas até o dia 16 de fevereiro. Os participantes receberão certificado ao final do evento. Para o presidente do Sistema OCB/AL, Marcos Rocha, capacitar os profissionais con-

tribui para uma melhor gestão e desempenho nas cooperativas. “É importante que mais membros de cooperativas participem dos cursos fornecidos pela instituição e se qualifiquem para atuar nos diversos ramos do cooperativismo”, afirmou. Cooperados e demais interessados devem solicitar as fichas de inscrição através do e-mail capatacitacao@ocb-al. coop.br e o telefone para dúvidas é o (82) 2122-9494. ISS PRORROGADO Quando o contribuinte presta seus serviços, emite a nota fiscal e o sistema calcula o valor do imposto, gera um boleto para pagamento, que deve ser pago no dia 10 de cada mês. Pensando em oferecer mais comodidade aos maceioenses, a Secretaria Municipal de Economia (Semec) prorrogou o prazo do pagamento do tributo até o dia 15 de fevereiro, já que o dia 10 será no período de Carnaval este ano.

AGÊNCIA ALAGOAS

Feriadão de Carnaval atrai milhares de visitantes para Alagoas


14

ESPORTES

MACEIÓ - SEXTA-FEIRA, 9 DE FEVEREIRO DE 2018

Esportes

TRIBUNAINDEPENDENTE

CRB deve ter time alternativo em Murici pensando no duelo com Novo Hamburgo De volta para Maceió após garantir a vaga na Copa do Brasil, o CRB volta as atenções para o Murici, adversário deste sábado de Carnaval no Estádio José Gomes da Costa. Pela maratona de jogos e pela condição do campo, não será nenhuma surpresa se o técnico Mazola Júnior colocar em campo um time alternativo, pensando em poupar os titulares para o confronto com o Novo Hamburgo, que será na quinta-feira (15), após o Carnaval, no interior gaúcho. O goleiro João Carlos tem sido titular. O CRB já embarca na terça-feira e sabe que o empate leva a disputa para os pênaltis. Se passar de fase vai receber uma cota de R$ 1 milhão e 400 mil.

CSA e São Paulo na quinta pós-Carnaval CBF confirma data e horário; direção azulina inicia a vendagem de ingressos nesta sexta-feira em todos os pontos

A

direção do CSA recebeu comunicado oficial da CBF confirmando o jogo do clube contra o São Paulo no dia 15, quinta-feira após o Carnaval, às 20h30 (horário de Maceió), no Estádio Rei Pelé. Os valores dos ingressos para o confronto com o Tricolor do Morumbi estão definidos. O jogo será pela segunda rodada da Copa do Brasil. O Azulão conseguiu a classificação depois de eliminar o Manaus com o empate por 2 a 2, na casa do adversário. Os valores ficaram assim: arquibancada baixa R$ 30,00; arquibancada alta R$ 50,00; cadeiras especiais R$ 100,00. A expectativa da diretoria azulina é que os ingressos comecem a ser vendidos a partir desta sexta-feira. Os pontos de

venda são: a Loja Azulão (antiga Avenida Amélia Rosa), Polysport (Maceió Shopping/Pátio Shopping/ Centro) e Arena das Torcidas (Shopping Farol). EM CAMPO O time volta às atividades hoje pela tarde. A reapresentação acontece e depois a delegação viaja pra Arapiraca, onde se hospeda para o jogo de sábado em Palmeira dos Índios, contra o CSE pela quinta rodada do Campeonato Alagoano. A escalação deve ter a mesma base que atuou em Manaus. O volante Marcos Antonio pode não jogar mais pelo clube. Ele está negociado com um clube da Coreia do Sul e tem viagem marcada para os próximos dias. Não estão descartadas algumas dispensas no elenco.

ASCOM MANAUS

CSA foi valente e eliminou o time do Manaus na Arena da Amazônia após um empate de 2x2 e a defesa de um pênalti no último minuto ASCOM PSG

CRAQUE

Ronaldo faz campanha para Neymar reforçar o Real Embaixador do Real Madrid, o craque Ronaldo Nazário defendeu a transferência de Neymar para o clube espanhol. O ex-atacante destacou que o time de Madrid precisa se reforçar após um “ano difícil” e frisou que o amigo tem tudo para se tornar o melhor. “Neymar é um excelente jogador, talvez seja o melhor do mundo em poucos anos. E o Real Madrid precisa do melhor”, frisou Ronaldo. O líder do pentacampeonato mundial brasileiro lembrou da própria trajetória para opinar que o ex-Santos não negaria a mudança para o Real. Ele comentou que, apesar de sua passagem vitoriosa de cinco anos na Inter de Milão, agarrou a possibilidade de ir ao clube espanhol porque “é um time em que todos querem jogar”. Apesar das especulações, o ex-jogador deu a entender que a transferência estaria mais distante do que a

imprensa esportiva apurou nos últimos meses. “Eu não ouvi qualquer representante oficial do Real Madrid dizer qualquer coisa sobre Neymar”, frisou. Na visão de Ronaldo, a temporada tem sido “difícil” para o clube espanhol, que se vê longe das cabeças da liga espanhola. O embaixador da equipe defende que o clube “veja o que tem” e “terminem bem”, com foco no desempenho na Liga dos Campeões. Nesta competição, a maior do futebol europeu, o Real Madrid enfrenta o Paris SaintGermain em 14 de fevereiro. Ronaldo evita destacar um favorito na partida. “É um jogo muito difícil. Eu sou embaixador do Real Madrid e obviamente quero que ele vença. Mas eu gosto do PSG e tem o meu grande amigo Neymar lá. Todos o amam. Eu espero que seja um grande jogo e que a melhor equipe ganhe”, afirmou.

EXTRA

Corinthians de olho no retorno de Guerrero

Neymar é o grande sonho de consumo do Real Madrid para a próxima janela de transferências

DRAMA

Ex-atacante de CSA e CRB, Valdiram vira morador de rua no RJ Jogador também teve passagem no Comercial de Viçosa

Ex-atacante Valdiram agora passas os dias nas ruas do Rio de Janeiro

ATACANTE

A marquise de um restaurante falido em Bonsucesso hoje só serve para abrigar moradores de rua. Ali, Valdiram forrou o chão com pedaços de papelão para se proteger da chuva. Esta semana ele e mais três homens dividiam o local. Todos ali guardam suas próprias lembranças e frustrações. Mas apenas o ex-jogador de futebol, famoso por sua passagem pelo Vasco, em 2006, e tambem pelos clubes alagoanos CSA e CRB, foi às lágrimas. “Já fiz a alegria de uma torcida. Tive o nome cantado no Maracanã. Hoje estou aqui, na marquise. Estou pagando caro demais”, desabafou. No entorno da Praça das Nações, ponto central de Bonsucesso, Valdiram é uma figura conhecida. Não apenas pelos meses de protagonismo no Vasco,

mas pela nova rotina de morador de rua. O ex-atacante de 35 anos chegou ao bairro há pouco mais de dois meses e, sem trabalho, conta com a ajuda de quem se dispõe a lhe dar dinheiro. Este é o capítulo mais recente de uma história já conhecida. A trajetória de Valdiram é marcada mais pelos problemas extracampo do que pelos gols. De 2006 a 2011, passou por 18 clubes, média de três por ano. A compulsão por sexo, o alcoolismo e o vício em drogas o impediram de ter carreira sólida. Ele buscou tratamento numa instituição da Assembleia de Deus dos Últimos Dias, do pastor Marcos Pereira, pela qual também foi ordenado. A experiência não o impediu de sofrer recaídas, e as portas do futebol, aos poucos, se fecharam.

O último clube foi o Atlântico, da Bahia, no ano passado. Saiu de lá após desentendimento com o treinador e viajou a São Paulo atrás de uma irmã, que não lhe abriu as portas de casa. Sem dinheiro e sem moradia na capital paulista, só encontrou o amparo das ruas. No fim de 2017, com a ajuda da mesma irmã, pegou a ponte aérea e tentou a sorte no Rio. Achou que encontraria apoio no Bonsucesso, onde jogou há cinco anos. Só esqueceu que as portas de lá haviam se fechado para ele. O que se comenta no clube é que Valdiram furtou companheiros e funcionários durante sua passagem. “Sempre tem alguém na rua que dá dinheiro ou paga comida”, comenta Russo, ex-jogador e funcionário do Bonsucesso.

Eleito no último sábado, Andrés Sanchez assumiu a presidência do Corinthians com uma missão: contratar um novo centroavante. Em meio a dezenas de nomes analisados nos últimos meses está o de Paolo Guerrero, do Flamengo. O retorno do artilheiro peruano é visto pelos dirigentes do Timão como bastante difícil, mas não impossível. Guerrero recebe atualmente cerca de R$ 1 milhão mensais (entre luvas diluídas e salários), valor considerado muito alto pelos corintianos. O Timão entende que conseguiria arcar com os vencimentos, mas teria dificuldade para chegar a um acordo justamente por conta das luvas, já que o jogador tem mercado em outros clubes brasileiros e em centros menores no mundo, como Ásia e Oriente Médio. Como comparação, Guerrero pediu R$ 18 milhões de luvas e mais R$ 500 mil de salários para renovar com o Timão em 2015. O clube chegou a oferecer R$ 13 milhões no fim de 2014, mas não conseguiu avançar. Sem acordo, ele deixou o clube e fechou com o Flamengo. Outro ponto levado em conta pelo Corinthians é de que dificilmente recuperaria um investimento tão alto. Guerrero já tem 34 anos e, na avaliação da diretoria, teria chances remotas de ser revendido. Curiosamente, isso aconteceu com Jô, de 30 anos. O Timão vendeu o goleador por US$ 10 milhões (R$ 32 milhões à época) para o Nagoya Grampus, do Japão. Dirigentes corintianos garantem que, hoje, não há nenhum contato com o peruano. Eles asseguram que os atritos com o jogador no fim do contrato ficaram no passado e isso não seria um problema caso começassem a negociar. Enquanto procura outros nomes, o Corinthians vai monitorar a situação de Guerrero no Fla – o vínculo vai até 10 de agosto de 2018 e permite que o jogador já assine um précontrato com qualquer equipe. Caso nao haja acordo, o Timão pode entrar na disputa para o retorno do herói do título mundial de 2012.


TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - SEXTA-FEIRA, 9 DE FEVEREIRO DE 2018 DIVERSÃO&ARTE 1

Selton Mello anuncia projeto para dirigir primeiro filme em Hollywood De acordo com a Variety, Selton Mello anunciou seu primeiro projeto como diretor em Hollywood. O brasileiro vai comandar o longa Cathedral City, escrito por John Newman. O longa será produzido por Tai Duncan e Paul Schiff pela Zero Gravity Management, empresa responsável pelos originais Netflix Ozark e Beast of no Nation. “O filme conta a história de Glenn Kovelsky, um músico inteligente, mas autodestrutivo. Um dia ele descobre que não foi convidado para o funeral do pai e perde o controle. Mas, depois que ele descobre que o pai tinha uma vida secreta em Cathedral City, começa uma jornada divertida e emocionante, em que o passado do pai ameaça virar a vida de Glenn de cabeça para baixo. No meio disso ele descobre o que estava faltando em sua vida: o amor verdadeiro, através da adorável Andy”, disse Mello ao site.

DIVERSIDADE E REPRESENTATIVIDADE No longa Pantera Negra, Ryan Coogler cria filme de super-herói empolgante, destemido e universal

C

om sua estreia na Fantastic Four #52, em julho de 1966, Pantera Negra comprovava mais uma vez a capacidade dos quadrinhos de captar a situação social ao traduzir em cores e ação o Movimento pelos Direitos Civis nos EUA. Mais de 50 anos depois, o herói ganha seu filme solo não apenas para atender

a necessidade por diversidade e representatividade no cinema. Pantera Negra é um manifesto cultural, sem medo de falar sobre as questões raciais nos EUA, passadas e atuais, ao mesmo tempo em que faz um filme de super-herói empolgante e universal. Ryan Coogler, o diretor (também responsável por Creed: Nascido para Lutar e Fruitvale Station: A

Última Parada), diz que, apesar da estrutura de blockbuster, esse é seu filme mais pessoal. “Para mim, lida com a pergunta que tenho me feito desde que era jovem: o que significa ser africano?”, explica. O aprendizado do cineasta, que escreve o roteiro ao lado de Joe Robert Cole, é traduzido no encantamento por Pantera Negra e seu universo. A “fórmula da Marvel” se torna

uma oportunidade de gritar mais alto, permeando a linguagem preeestabelecida por um poderoso subtexto. Até mesmo o vilão, uma questão problemática no universo cinematográfico da Casa das Ideias desde Homem de Ferro (2008), é usado a favor da trama. Erik Killmonger (Michael B. Jordan) é o reflexo de T’Challa (Chadwick Boseman), mas Coogler subverte positivamente o clichê do herói contra si mesmo para estabelecer um paralelo rico e oportuno. Killmonger não é apenas um obstáculo a ser superado para que o Pantera acredite na própria força. Ele é o outro lado da moeda, uma oportunidade de reflexão sobre o legado de Wakanda e o alcance da sua responsabilidade. As ações do passado, tomadas por T’Chaka (John Kani) e N’Jobu (Sterling K. Brown), o pai de Killmonger, reverberam no presente, mas cabe a nova geração levar a nação adiante. Da sua imagem espelhada, T’Challa confronta erros para ser não apenas um herói, mas um líder melhor. Esse peso social que Pantera Negra carrega em cada cena, desde o prólogo que explica em minutos todos os conceitos necessários para o entendimento da história, não interfere na sua capacidade de entreter. Com um roteiro redondo, Clooger e Cole posicionam personagens e situações para encontrar leveza. Shuri (Letitia Wright), a irmã mais nova de T’Challa, Garra Sônica (Andy Serkis), o vilão apresentado em Vingadores: Era de Ultron, e o agente Everett K. Ross (Martin Freeman) são responsáveis pelo humor mais descarado, mas a boa construção dos personagens evita que as piadas sejam gratuitas. É o que também explica a ausência de coadjuvantes descartáveis no filme. Um micro universo é criado em torno da espiã Nakia (Lupita Nyong’o), da líder das Dora Milaje Okoye (Danai Gurira), dos guerreiros M’Baku (Winston Duke) e W’Kabi (Daniel Kaluuya), e da rainha-mãe Ramonda (Angela Bassett), de forma que suas existências não se limitam às necessidades do protagonista. Mais do que criar Wakanda, é preciso povoá-la. A consistência dada aos personagens pelo roteiro e as atuações contorna a insegurança de Coogler ao trabalhar com efeitos visuais. Fica claro no contraste entre as cenas externas em Wakanda e nas ruas da Coreia do Sul que o diretor fica mais à vontade em espaços práticos e urbanos, onde dá agilidade às cenas de ação, seja em um cassino clandestino ou em uma perseguição de carros. Quando precisa lidar com o Chroma Key para dar vida ao país fictício, os cenários perdem a profundidade, a câmera não se arrisca, tornando óbvio o uso da computação gráfica. Cabe ao colorido figurino de Ruth E. Carter, baseado nas artes de Jack Kirby, a tarefa de dar personalidade à nação, criando tribos e líderes para um mundo tão tecnológico quanto ancestral. A trilha de Ludwig Göransson, com consultoria musical de Kendrick Lamar, também trabalha dentro desse conceito, misturando sons convencionais e músicas africanas. Coogler encara Pantera Negra como uma declaração da importância do imaginário na formação de uma sociedade plural e inevitavelmente faz um filme histórico. Seu herói é forte, ágil, justo e está pronto para ser admirado por uma geração de crianças e adultos e se tornar uma das figuras centrais no futuro do universo cinematográfico da Marvel.


TRIBUNAINDEPENDENTE

2 DIVERSÃO&ARTE MACEIÓ - SEXTA-FEIRA, 9 DE FEVEREIRO DE 2018

Exposição ‘‘Faces e Variações’’

Carnaval de Pilar

Cine Sesi Cultural

Uma forma lúdica e eficaz de resgatar a história das salas de exibição das cidades do interior do Brasil e, ao mesmo tempo, promover a inclusão social por meio do cinema. Esse é o roteiro do Cine Sesi, que desde 2002 democratiza o acesso à sétima arte pelo país. Só em Alagoas, o projeto já esteve em 87 cidades e atingiu um público de mais de 900 mil pessoas, em 11 edições. Sempre às 18h30. Nos dias 23, 24 e 25/02 os municípios de São Miguel Dos Milagres e Junqueiro, 02, 03 E 04/03, Capela e Taquarana, 09, 10 e 11/03, Campo Alegre E Murici, 16, 17 E 18/03, Palmeira Dos Índios e Traipu, 23, 24 e 25/03, União Dos Palmares e Santana do Ipanema, 06, 07 e 08/04, Major Izidoro e Mata Grande, 13, 14 e 15/04, Carneiros e Piranhas e 20, 21 e 22/04/, Pão de Açúcar e Cacimbinhas.

O Carnaval de Pilar já é uma tradição em Alagoas e este ano, a Prefeitura Municipal através da Secretaria de Turismo e Eventos preparou 11 dias de festa para os

moradores da cidade e turistas. A prefeitura preparou uma programação especial para todos os públicos. A festa vai até terça (13), finalizando com o Trio da Huanna.

Carnaval

2018

Não será preciso sair de Maceió para aproveitar o Carnaval. Neste ano, a capital alagoana terá uma programação variada acontecendo em oito polos carnavalescos: Ponta Grossa, Bebedouro, Fernão Velho, Pajuçara, Benedito Bentes, Ipioca, Jacintinho e Pontal da Barra, nos dias 10, 11, 12, e

O Museu da Imagem e do Som de Alagoas (Misa) recebe, até o dia 27 de fevereiro, a exposição ‘Faces e Variações’, do artista Dennys Oliveira. A mostra traz representações de cores e formas diferentes em rostos, dando continuidade à temporada de exposições da Secretaria de Estado da Cultura (Secult) em 2018. A entrada é gratuita.

13 de fevereiro. O Carnaval descentralizado, realizado pela Prefeitura de Maceió, por meio da Fundação Municipal de Ação Cultural (FMAC), contará com desfile de escolas de samba e de grupos de Bumba Meu Boi, blocos carnavalescos e shows com bandas, afoxés e orquestras de frevos.

Cursos de Iniciação para Teatro e Canto

Projeto MPB Petrobras

N

o dia 3 de março (sábado), o projeto MPB Petrobras volta a Maceió e confirma a magnitude desta temporada ao levar ao palco do Teatro Gustavo Leite o cantor e compositor pernambucano, dono de belíssimas e emblemáticas canções, Geraldo Azevedo. O artista irá apresentar o show intimista Voz & Violão, a partir das 20h. O show de abertura é do alagoano Edi Ribeiro. Os ingressos custam R$ 60 e R$ 30 e já estão à venda no www.guicheweb. com.br. As vendas físicas serão iniciadas dia 26 de fevereiro na bilheteria do teatro, que tem funcionamento das 10h às 18h.

Carnaval de Jequiá da Praia

Ateliê Sesc de Cinema

Em sua 9ª edição, o Ateliê Sesc de Cinema abre inscrições gratuitas para processo seletivo até o dia 14 de março. São 10 vagas direcionadas a pessoas acima de 18 anos e que queiram aprender a contar histórias por meio de imagens em movimento. Para participar da seleção o candidato deve ser comerciário, dependente, ou estar matriculado, ou ser egresso da Educação Básica da rede pública (incluso Ifal), com renda familiar até três salários mínimos nacional, e ter disponibilidade às segundas das 13h30 às 18h30 (no período de abril a novembro de 2018), além de apresentar a documentação pedida e preencher as fichas disponibilizadas no edital. As inscrições acontecem presencialmente nas Centrais de Atendimento do Sesc Poço, das 8h às 19h, e Sesc Centro, das 9h às 17h, até o dia 14 de março de 2018. Mais informações: 0800 284 2440.

De 10 a 13 de fevereiro, Jequiá da Praia vai ferver com muito frevo, blocos de rua e orquestras. O ponto de folia é localizado no centro da cidade com as principais atrações e nos povoados haverá programação para quem quer curtir os dias de animação. No domingo (11) acontece o tradicional arrastão com o bloco “Tamo Junto e Misturado” com a atração Guig Ghetto, às 14h.

Sábado de Zé Pereira

N

o sábado de Zé Pereira acontece o Carnaval da Rua Sol Nascente com o Bloco do Bobo que desde 2002 anima as ruas e brincantes da Brejal e Bom Parto herdeiros da cultura do bobo puxados mais um ano pela Orquestra Mais que Frevo. O Quintal Cultural junto à comunidade fortalece esse brincar ancestral. Concentração: 14 h / Saída: 16 h. Mais informações: 55 82 99632 6584.

15ª Mostra Alagoana de Dança Estão abertas inscrições para a 15ª Mostra Alagoana de Dança. O edital, lançado pela Secretaria de Estado da Cultura (Seult), visa promover e estimular a dança em seus diversos estilos. Ao todo, 40 grupos serão selecionados para participar do evento. As inscrições são gratuitas e seguem até o dia 21 de março.

Para se inscrever, o candidato precisa preencher uma ficha que está disponível no site www.cultura.al.gov. br e entregar um vídeo em DVD da coreografia proposta no protocolo da Secult, de segunda a sexta-feira, das 8h às 14h, ou enviar pelos Correios. O edital completo e documentos necessários podem ser acessados no link http://bit.ly/2E6pLHQ .

Exposição Carnelevarium

O Carnaval é um período que possui dualidade extrema: de um lado, a fé; e, do outro, muita folia. Diante dessa contradição entre o religioso e o pagão, o sagrado e o profano, artistas vão expor sua visão do tema na exposição Carnelevarium Prazeres da Carne, no Complexo Cultural Teatro Deodoro, no Centro de Maceió. A mostra fica em cartaz até 29/03 e pode ser visitada todos os dias nos seguintes horários: de segunda a sábado, das 8h às 18h; exceto às quartas, que é das 8h às 20h, e, aos domingos e feriados, das 14h às 17h. A entrada é de graça.

FALE CONOSCO - A Agenda é um serviço gratuito de orientação ao leitor. Os interessados em divulgar eventos, shows e exposições podem enviar material através do endereço: tiagenda@hotmail.com

RESUMO DE NOVELAS GLOBO 18h

GLOBO 19h

GLOBO 21h

TEMPO DE AMAR

DEUS SALVE O REI

O OUTRO LADO DO PARAÍSO

José Augusto fica indignado com a presença de Fernão e se preocupa com Tereza. Fernão vê Maria Vitória com Vicente ao sair do hotel e se esconde para não ser visto. Após ser expulsa do Empório, Lucinda encontra Eunice na rua e tenta ofendê-la. José Augusto alerta Maria Vitória sobre a presença de Fernão no Rio de Janeiro. Padre João consegue uma nova casa para Firmino e a família morarem. Teodoro ameaça Felícia. Todos os amigos vão ao porto para se despedir de Maria Vitória, Vicente e José Augusto.

Lucrécia diz a Latrine que Rodolfo está frustrado porque ela ainda não engravidou. Samara conta a Amália que conseguiu um emprego no moinho e decidiu ficar em Artena com Levi. Afonso descobre que Levi é filho de Elias. Lucrécia culpa Rodolfo por não ter aproveitado o eclipse para gerar o filho do casal. Constantino informa a Catarina irá adiar seus planos e defenderá Vicenza para se tornar um herói do seu reino e de Artena. Hermes escuta a conversa entre Constantino e Catarina e exige 200 moedas de ouro em troca do seu silêncio.

Laura explica a Clara tudo o que Vinícius fez com ela na infância. Elizabeth/Duda pede para conhecer uma das lojas de Renan. Laura conta a Rafael sobre Vinícius, e o casal se muda para outro apartamento. Jô afirma que não perderá Henrique para Elizabeth/Duda de novo. Patrick avisa a Clara que Bruno é o delegado de plantão. Clara acompanha Laura à delegacia para fazer a denúncia contra Vinícius. Lorena alerta que Vinícius fique atento aos passos de Laura. Vinícius chega à delegacia no momento em que Laura o denuncia para Bruno.

RECORD 21h APOCALIPSE

Lúcio é rendido por Nicanor. Nicanor desarma Lúcio. Nicanor diz que Lúcio fez bem em sumir com Samael e que ele mesmo vai terminar o que começou trinta anos atrás. Dylan e Uri assistem no telão o que realmente aconteceu e percebem a hora exata em que a luminosidade coincide com o desaparecimento das pessoas e a temperatura aumenta muito. Ângela, Jonas e Natália seguram a bíblia e começam a entender o que realmente aconteceu. Muitos desaparecimentos aparecem na tela. Os três ficam assustados com o que veem.

Com o intuito de oferecer ferramentas para desenvolver ou aprimorar técnicas na arte do teatro e potencializar a iniciação artística e a capacidade criativa no canto, o Sesc abre inscrições para os cursos de Iniciação Teatral e Iniciação ao Canto para pessoas de 16 a 30 anos. Os cadastros estão sendo realizados na Central de Atendimento do Sesc Poço e Centro, das 9h às 19h, e vão até o dia 16 de março. As aulas de Teatro vão de março a maio/2018, segunda a quinta-feira,das 19 às 21h30, no Sesc Poço. Iniciação ao Canto, acontece nas terças e quintas-feiras, de 15 às 17h, no Sesc Centro, a partir de 06 de março até 28 de junho/2018. Valores curso de Teatro: Comerciário edependente: R$ 35,00. Conveniado: R$ 50,00. Usuário: R$ 60,00. Valores do curso de Canto: Comerciários e dependentes: R$ 40,00. Conveniado: R$ 60,00. Usuário: R$ 80,00. Mais informações: Informações: (82) 2123-2440/32011376.

2ª Oficina de Iluminação Cênica O Teatro de Arena Sérgio Cardoso, anexo ao Deodoro, vai receber a 2ª Oficina de Iluminação Cênica com Edner Careca entre os dias 05 e 09/03, das 19h às 22h. As inscrições vão de 15/02 a 02/03 e devem ser feitas no Complexo

Cultural Teatro Deodoro, de segunda a sexta, em horário comercial. O valor é de R$ 200,00, só que as 10 primeiras pessoas inscritas têm desconto de 50%. Mais informações: 3315-5660 e 98706-0991 (whatsapp).

APERFEIÇOAMENTO

Teatro de Arena recebe a 2ª Oficina de Iluminação Cênica

O

Teatro de Arena Sérgio Cardoso, anexo ao Deodoro, vai receber a 2ª Oficina de Iluminação Cênica com Edner Careca entre os dias 05 e 09/03, das 19h às 22h. As inscrições vão de 15/02 a 02/03 e devem ser feitas no Complexo Cultural Teatro Deodoro, de segunda a sexta, em horário comercial. O valor é de R$ 200,00, só que as 10 primeiras pessoas inscritas têm desconto de 50%. Depois do sucesso da primeira edição, que teve número de participantes acima do esperado, a Diretoria de Teatros do Estado de Alagoas, Diteal, mantém a parceria com o técnico em iluminação Edner Careca para a realização de mais uma Oficina de Iluminação Cênica. Os participantes vão poder aprender sobre a arte de iluminar espetáculos sejam teatrais, musicais, de dança e circenses. Um ofício que fica por trás dos palcos, mas que possui grande importância no resultado final. O conteúdo passado na oficina vai desde a história da iluminação até as ferramentas atuais. A maior parte das aulas será prática. Os participantes recebem apostila e, no final da oficina, certificado. Quem tiver alguma dúvida pode entrar em contato pelo 3315-5660 ou 98706-0991 (whatsapp). SOBRE EDNER CARECA O nome dele é Edner Pimentel, mas, no meio artístico, é conhecido como Careca. Ele começou como assistente de cenotécnica do Teatro Deodoro em 1984, 34 anos atrás. O aprendizado veio da prática e do convívio com o cenotécnico titular Ronaldo Vieira (ainda em exercício), o eletricista Pedro Eufrázio e o saudoso maquinista José Cabral. A partir daí, ele foi se especializando em iluminação cênica. Sete anos depois, passou a atuar definitivamente como iluminador na equipe técnica do palco oficial do estado. Ao longo da carreira, Careca já participou de milhares de espetáculos. Entre os momentos marcantes, ele destaca encontros com equipes de grandes nomes do cenário nacional como, nas artes cênicas Fernanda Montenegro, Eva Wilma, Paulo José, Antônio Fagundes, Paulo Autran, Clarice Neskier, Armazém Cia de Teatro; na dança Denise Stoklos, Débora Colcker, Cisne Negro, Ballet Guaíra; no humor Dercy Gonçalves, Chico Anísio, Juca Chaves, Tom Cavalcante; na música Geraldo Azevedo,

Xangai, Arnaldo Antunes, Vanessa da Matta, Chico César, entre muitos outros. Careca é uma referência quando o assunto é iluminação cênica em Alagoas e tem sido o nome mais procurado no cenário local para elaboração de planos de iluminação. Citamos como exemplos mais recentes, no ano passado, show Entre o Copo a Vitrola e a Fumaça, de Wilma Miranda e Leureny Barbosa; espetáculo Volta à Seca com Chico de Assis; Catálogo 2017 da Rede Sociocriativa do Coco de Roda; IV Festival Alagoano de Música Erudita, Falame; apresentação da Orquestra Filarmônica de Alagoas e Duofel, em The Beatles, o Concerto e o lançamento do CD Meu Pife, Meu Amigo, de Chau do Pife, ambos no aniversário de 107 anos do Teatro Deodoro, além de espetáculos da 18ª edição do projeto Teatro Deodoro é o Maior Barato como O Conto dos Contos: Casa de Maria, de Noemi Loureiro e Com Buarque com Afeto, de Wilma Araújo, que também foi apresentado no projeto Janeiro de Grandes Espetáculos, em Santa Isabel, no Recife. Experiências que serão compartilhadas na oficina, além de muitas outras.

SERVIÇO 2ª Oficina de Iluminação Cênica com Edner Careca Inscrições: De 15/02 a 02/03, no Complexo Cultural Teatro Deodoro, de segunda a sexta, em horário comercial. Valor: R$ 200,00 (As 10 primeiras pessoas inscritas têm desconto de 50%). Oficina: 05 a 09/03, das 19h às 22h, no Teatro de Arena Sérgio Cardoso.


TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - SEXTA-FEIRA, 9 DE FEVEREIRO DE 2018 DIVERSÃO&ARTE 3 Lamentável o comportamento do treinador do Atlético Mineiro, Oswaldo de Oliveira, tentando agredir Leo Gomide, da rádio Inconfidência, após o jogo de quarta-feira. Mais que o desequilíbrio, revelou que o seu preparo para comandante de grupo é nenhum.

FLÁVIO RICCO - colaboração: José Carlos Nery - www.twitter.com/flavioricco

Demorou quatro anos para Record descobrir prejuízo no “Domingo Show”

A

Record, depois de vários ameaços, colocou em prática medidas que visam baratear drasticamente os custos do “Domingo Show”, do Geraldo Luís. Por elas, diminuir a sua duração para duas horas, reduzir equipe, passar a ser gravado e levar a exibição do palco para o estúdio, sem plateia. A produção, de acordo com o mesmo plano, se resumirá apenas a contar histórias, mas sempre considerando a obrigatoriedade de se amoldar ao seu tempo de arte. Será modificado o seu horário de entrada, para com isso manter a entrega para o “Hora do Faro”, sempre considerada muito boa. A justificativa para toda essa operação é que a conta do “DS”, desde o seu lançamento, nunca fechou, mesmo com resultados de audiência dos mais significativos. Curioso tudo isso. Às vésperas de completar quatro anos da sua estreia, só agora foram perceber que o programa dá prejuízo. Algo não considerado nem mesmo no instante de renovar com seu apresentador, meio que às pressas, diante do declarado interesse do concorrente SBT. Ramon Vasconcelos / Globo

TV TUDO

É bom que o pessoal da cobertura de carnaval fique esperto com a escolha do lugar mais adequado para as suas entradas, especialmente no ao vivo. Se colocar ao lado das caixas de som não será, como nunca foi o melhor negócio. Nos blocos, no último final de semana, foi o que mais aconteceu.

Curioso observar

O SBT, por decisão da sua direção, decidiu exibir reprises durante os meses de janeiro e fevereiro. Nada inédito, além, claro, do jornalismo. Interessante é que programas como “Praça”, “Ratinho” e “The Noite” têm apresentado audiências acima do normal.

... E outra

Em se tratando de carnaval ou qualquer evento de massa, trabalhar com a imagem aberta é sempre o grande lance. Mostrar o público passa a ser muito mais importante do que ficar fechado no repórter. É o bê a bá, mas pelo que se viu até agora como amostra, alguns faltaram justamente nessa aula.

Problema sério

Tal decisão, a de paralisar a produção por dois meses, de fato está levando o SBT a economizar e até ganhar de um lado, mas perder de outro. O faturamento com reprises é infinitamente menor se comparado aos inéditos.

Papo furado

Está marcado Silvio Santos mandou reservar estúdio para este sábado de carnaval. Agora se irá gravar ou não, é uma outra história. Só se saberá na hora, ele resolvendo aparecer. Produção a postos.

Uma...

Em São Paulo, Monalisa Perrone chega à transmissão do quinto carnaval seguido em parceria com Chico Pinheiro. Segundo a titular do “Hora Um”, eles se entendem “só de olhar”.

Nos últimos dias circularam na internet informações sobre os preparativos de um novo produto para o lugar do “Café com Jornal” na Band. Bobagem. A Band, consultada, garante que não existe nada disso. Naquela faixa da manhã, segundo ela, vai tudo continuar como está.

Isso sim

Segundo a própria Band, a única novidade confirmada para suas manhãs, mas após o “Café”, é o “Superpoderosas”, novo programa feminino. Estreia prevista para abril.

Completamente entregue

Título

A dedicação de Marina Ruy Barbosa antes e depois das gravações de “Deus Salve o Rei” tem chamado atenção de todos. Ela é só trabalho. Após a conclusão da jornada do dia, ainda encontra tempo para fazer novos exercícios de preparação da sua personagem. Não à toa, o seu bom rendimento.

A Globo definiu “Filhos da Terra” como título definitivo da próxima novela de Thelma Guedes e Duca Rachid, na fila das 18 horas. Até então, a história, sobre refugiados, era conhecida como “Travessia”. Renato Góes e Julia Dalavia serão os protagonistas.

C’est Fini Em se tratando de decisões, tanto as mais como as menos importantes, o carnaval aparece como linha divisória de tudo. São sempre numerosas as promessas para depois. Na Rede TV!, por exemplo, fala-se num ajuste importante em cargos da sua direção. Então é isso. Mas amanhã

Bate-rebate ·Assim como a Globo, SBT e Band iniciam na noite de hoje as transmissões do carnaval... ·... E a Rede TV!, uma vez mais, irá colocar em prática o seu esquema de cobertura dos bastidores. ·E diante do carnaval, a Globo tem transmissão dos campeonatos regionais na tarde deste sábado. ·Aliás, em se tratando de carnaval, as novelas da Globo, todas, não terão expediente de amanhã em diante... ·... As gravações dos vários horários só serão reiniciadas na quarta-feira... ·... Muito em função de nenhuma delas estar com problemas ou falta de frente. ·Digna de registro a evolução observada no trabalho do Odinei Ribeiro no SporTV... ·... Hoje, com todo merecimento, ele se coloca entre os principais narradores da casa. ·Joice Hasselmann deixou o “Pingos nos is” da Jovem Pan... ·... A partir de agora ela passa a fazer comentários gravados para o “Jornal da Manhã” e para o próprio programa... ·... O repórter José Maria Trindade, de Brasília, foi designado para ocupar o posto que pertencia a ela e dividir o comando com Augusto Nunes e Felipe Moura Brasil. ·Acertando: ano passado, Christiane Pelajo foi a apresentadora do “Oscar”, porque Maria Beltrão estava de licença médica.

HORÓSCOPO ÁRIES - (21/3 a 19/4) – A Lua no setor de relacionamentos entra em sintonia positiva com o Sol e Vênus e destaca um momento descontraído nas relações rotineiras. Tire o máximo de proveito para amadurecer seus vínculos de confiança. No amor, o contato da Lua, Sol e Vênus evidencia a importância de conviver bem com quem ama. Priorize o romance e encare os problemas com equilíbrio e bom senso. TOURO – (20/4 a 20/5) – O contato do Sol, Lua e Vênus no setor profissional destaca uma fase de mais imaginação ao lidar com seus bens materiais. O dia a dia fica mais feliz e seu empreendedorismo cresce. No amor, o contato da

Lua, Sol e Vênus coloca você diante das chances de mudar a relação e torná-la mais prazerosa. Conduza-o com bom senso os problemas mais complicados da convivência a dois. GÊMEOS – (21/5 a 21/6) – O contato positivo do Sol, Lua e Vênus torna você mais sensível nos relacionamentos fazendo você buscar a presença de pessoas gentis. Aproveite mais a vida e tudo o que ela tem a lhe oferecer. CÂNCER – (22/6 a 22/7) – A interação positiva da Lua com o Sol e Vênus na área familiar e de crise indica uma fase de estabilidade emocional, apesar das dificuldades. Cuide-se mais e esteja perto de quem confia. No amor, priorize seu romance! Cuide para que as diferen-

ças entre você e seu amor não sejam obstáculos, e sim oportunidades de crescimento. A coerência é uma chave na convivência a dois, facilitada hoje pela Lua conjunta a Sol e Vênus. LEÃO – (23/7 a 22/8) – A relação da Lua com o Sol e Vênus no setor de comunicação e de relacionamentos sugere que você procure estar mais perto das pessoas que gosta e que andou se afastando ultimamente. Aproveite para curtir a vida com os amigos. VIRGEM – (23/8 a 22/9) – Lua, Sol e Vênus favorecem a forma como você lida com seus bens, já que suas potencialidades se destacam. Procure vencer os obstáculos de forma inovadora e empreendedora.

LIBRA – (23/9 a 22/10) – Fase criativa e estimulante no trato das pessoas, dado o contato do Sol, Lua e Vênus entre a quinta casa e seu signo. Suas metas ficam mais significativas e seu charme pessoal cresce. No amor, enfrente seus receios os problemas mais complexos do convívio a dois. As cobranças que você tende a fazer tende a se conflitar com seus interesses cotidianos. Seja prudente com suas emoções e faça de tudo para o amor valer à pena. ESCORPIÃO – (23/10 a 21/11) – No dia de hoje foque na convivência afetiva. A fase é boa para organizar a vida e tomar iniciativas com relação ao amor. Tenha consideração com o seu romance.

SAGITÁRIO – (22/11 a 21/12) – Fase boa para fortalecer o relacionamento com as pessoas que gosta, devido ao contato da Lua com o Sol e Vênus. Os vínculos ficam mais fortes, assim como a interação pessoal com os amigos. No amor, o contato da Lua, Sol e Vênus motiva você a enfrentar as dificuldades do convívio e lhe estimula a solucionar tudo de forma calma. Seja tolerante e não se permita perder tempo. CAPRICÓRNIO – (22/12 a 19/1) – Você fica mais sensível frente aos interesses materiais, dado o contato positivo da Lua com o Sol e Vênus. Use a imaginação e seja otimista diante dos problemas. No amor, o contato da Lua, Sol e Vênus motivam você a se envolver com seu

relacionamento afetivo. O romance pode ser cada vez melhor se os problemas forem tratados com tranquilidade. AQUÁRIO – (20/1 a 18/2) – A interação positiva do Sol, Lua e Vênus entre seu signo e o setor espiritual favorece o ambiente social e as motivações criativas. Procure estar perto dos amigos para conversar e trocar boas energias. Estando só, priorize o contato com a natureza. PEIXES – (19/2 a 20/3) -A Lua no setor de crise em sintonia com o Sol e Vênus motiva você a se tornar mais afável e prudente. Selecione melhor as amizades, especialmente ao dividir sua intimidade. No amor, resolva os problemas com serenidade e evite que o lado afetivo perca a força.

PALAVRAS CRUZADAS DIRETAS

www.coquetel.com.br Grupo de pagode que gravou “Amar Você”

© Revistas COQUETEL

Temperatura aparente do corpo, geralmente difere da marcada nos termômetros Os talentos que Discípulo de um vêm de berço grande mestre

A natureza da partícula “íon” (Fís.) Papai (?), lendário morador da Lapônia

Amapá (sigla) Carta do baralho

Substituto da cachaça na “caipiríssima”

Vitamina abundante em nozes e amêndoas

Cada rio que converge para a mesma foz As áreas de acesso limitado

Áspera; engelhada Gestos carinhosos

DISPUTA

Plástico de garrafas recicláveis

(?) Mahal, mausoléu Impelir (a canoa)

Capital europeia da Piazza Navona

Ana Cláudia, Raul de (?), poeta velocista fluminense brasileira

Fechar, em inglês Faço silêncio

Resultado do jogo Tecido metalizado (?) Sharing, tecnologia do 4G Fiz uma prece Do-(?), massagem

Estratégia Refil do de caça estilete Romance de Joaquim Manuel de Macedo

43

Solução L E O N I E P I G O N O

R A N AC

R P N A T O S

H D E B A T E A S T

S E N S A Ç Ã O T E R M I C A

BANCO

Monograma de “Helena”

S E C O N F L U R O E R E S T R M I L R U S M I M L O P E Z M A A C T A J D A R E M A R R O M A P T C L OS A O CA I L A M I O R E N

entre 12 e 18 meses para ser aprovada pelos órgãos regulatórios, se nada mudar até lá. O Departamento de Justiça recentemente bloqueou o acordo entre AT&T e Time Warner, algo que pegou ambas as empresas de surpresa. Por isso, todas essas grandes fusões estão sendo tratadas com cautela. A The Walt Disney Company anunciou em dezembro a compra de algumas divisões da 21st Century Fox. No comunicado oficial, as empresas confirmam que o acordo inclui a Twentieth Century Fox Film, Fox Searchlight Pictures, Fox 2000, os estúdios de TV, junto com os negócios internacionais de TV a cabo. O valor aproximado da negociação é de US$ 52.4 bilhões. A Disney afirma no texto que a compra possibilitará a criação de mais conteúdos, possivelmente para seu serviço de streaming, que tem lançamento previsto para 2019.

M

geograficamente. Esses três elementos estão perfeitamente sincronizados com as nossas estratégias e são designados para criar crescimento em um mercado global dinâmico”. “Realmente não temos nenhuma novidade sobre a parte regulatória. Estamos passando pelo processo, o que é significante por conta do número de jurisdições que temos e o tamanho e a complexidade desse acordo. E, por mais que gostaríamos de estar no ponto de ter a aprovação regulatória e integrar as empresas, sabíamos desde o começo o quão pacientes precisaríamos ser nesse sentido. Então não há nenhuma atualização disso”. Recentemente foi divulgado que a Comcast considera aumentar a proposta pela Fox, mas a Disney já se prepara para esse cenário - saiba mais. Vale notar que, embora tenha sido tratada como um acordo finalizado, a fusão entre Fox e Disney demorará

Esqueleto do pulso (pl.) Pacto entre as partes (jur.) Oferta; concede Tornar suave ao tato

Jennifer (?), atriz de “Parker”

T

processo regulatório já começou em várias jurisdições ao redor do mundo. E eu passei as últimas semanas me encontrando com vários líderes de negócios na Fox, conseguindo informações que serão inestimáveis quando chegar a hora de integrar nossas organizações, uma vez que conseguirmos a aprovação regulamentar”. “Depois dessas discussões, estou ainda mais entusiasmado com os negócios que estamos adquirindo e as equipes que estão liderando. Como dito antes, quando anunciamos esse acordo, existiam três estratégias que eram prioridades: entregar mais conteúdo, e os talentos e capacidades de produção vão entregar ainda mais; aumentar nossas iniciativas direto para o consumidor, com plataformas, tecnologias, marcas e construir ainda mais o relacionamento com clientes existentes; e diversificar nossos negócios

Letra com som de “ss” Confronto verbal Relações entre canPúblicas didatos (sigla) eleitorais

Menino integrante do ritual de casamento

A

“O

(?)-folhas, doce em camadas

3/ran — taj. 5/close — leoni. 6/maciar. 7/epígono. 10/eletrizada.

Presidente da Disney revela como está o processo de aquisição da Fox


4 DIVERSÃO&ARTE

TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - SEXTA-FEIRA, 9 DE FEVEREIRO DE 2018

“Ser cristão não se reduz a cumprir mandamentos, mas é deixar que Cristo tome posse da nossa vida e a transforme”

FOTO BY ARQUIVO PESSOAL

Ampliação gasodutos

O

mês de janeiro acaba de registrar um marco importante na história da infraestrutura de Alagoas. Recentemente, a rede de distribuição de gás natural do estado alcançou a marca de 500 km de extensão. De acordo com a distribuidora alagoana do combustível, a Algás, esse novo feito representa um ponto estratégico para o desenvolvimento econômico do estado, a diversificação do uso do combustível e a sua interiorização. Parte dessa forte expansão de 100 km de dutos desenvolvida nos últimos dois anos se deve, principalmente, à finalização das obras do gasoduto Penedo-Arapiraca com seus 67 km de extensão.

A

Nesta sexta-feira, já em clima de Carnaval, TopNews registra um casal que muito tem feito pela odontologia em nosso Estado, eles são Eugênio e Kalina Jucá. O casal aproveita o Carnaval para recarregar as energias entre Maceió e Recife. Os amigos recebem em sua bela casa um casal de amigos do Sul do país, para juntos participar do Carnaval. TopNews aproveita a oportunidade para desejar um feliz Carnaval ao casal amigo. Bom descanso, amigos!

Ana Silva no Carnaval

A

nossa querida chef Ana Silva, que comanda com sucesso o restaurante que leva seu nome, localizado na Avenida Sandoval Arroxelas, Ponta Verde, comunica a todos os nossos amigos que a casa abrirá neste carnaval para alegria de todos os clientes e turistas. O restaurante funcionará no almoço e café regional. Mais uma dica perfeita para os nossos amigos!

FOTO BY ARQUIVO PESSOAL

opNews enfoca nesta sexta um super casal que vem T se destacando na odontologia em nossa cidade. Eles são o odontólogo Guilherme Murta em companhia da sua amada e também odontóloga Rita Tenório Murta. Eles vêm desenvolvendo um brilhante trabalho no Instituto de Reabilitação Acioly Murta. Aos amigos, feliz Carnaval!

E

stão abertas inscrições para a 15ª Mostra Alagoana de Dança. O edital, lançado pela Secretaria de Estado da Cultura (Seult), visa promover e estimular a dança em seus diversos estilos. Ao todo, 40 grupos serão selecionados para participar do evento. As inscrições são gratuitas e seguem até o dia 21 de março. Para se inscrever, o candidato precisa preencher uma ficha que está disponível no site www. cultura.al.gov.br e entregar um vídeo em DVD da coreografia proposta no protocolo da Secult, de segunda a sexta-feira, das 8h às 14h, ou enviar pelos Correios. O edital completo e documentos necessários podem ser acessados no link http://bit.ly/2E6pLHQ.

O

Cenarte

Garden Shopping no Carnaval

O

Bontempo apresenta

Arapiraca Garden Shopping estará de portas abertas durante todo carnaval. No sábado (10), o empreendimento funcionará em horário normal, das 10h às 22h. Já no domingo (11), as lojas âncoras e a Praça de Alimentação estarão abertas das 12h às 21h, e as lojas satélites e quiosques, das 15h às 21h. Na segunda e terça, todos os estabelecimentos terão horário especial – das 12h às 20h. E na quarta-feira de cinzas (14), das 12h às 22h. Durante todos os dias, o Cinema funcionará seguindo a programação dos filmes.

Sucesso das prévias

A

inda repercute em nossa cidade o sucesso das prévias carnavalescas. A abertura, na sexta, foi marcada pela alegria de blocos tradicionais, a exemplo do Filhos das Pautas, que levou milhares de pessoas a Jaraguá. No sábado, a orla foi invadida pela alegria e, claro, pelo retorno do tradicionalíssimo Pinto da Madrugada, que voltou ainda mais poderoso. Tudo sob muito sol, calor e alegria.

P

Descontos

ara que o público masculino também comece o ano se cuidando, O Boticário preparou uma superpromoção. Até o dia 14 de fevereiro, ou enquanto durarem os estoques, a marca oferece descontos de até 40% em mais de 350 produtos de perfumaria masculina e cuidados pessoais. Dentre os itens da promoção estão alguns dos produtos mais desejados da marca, como Malbec Gold, Quasar Surf, Arbo Liberte, Uomini Black e Zaad Mondo.

N

Iódice na Entre & Vista

mpresárias Moacira e Andréa Cunha e a coluna TopNews trazem para as nossas amigas chics um belo modelo verão’18 da conhecida grife Iódice, pra você arrasar nesse carnaval. As nossas amigas poderão encontrar os modelos mais desejados da estação na Entre & Vista localizada na Galeria Victoria Place, na Av. Deputado José Lages, Ponta Verde. Vale a pena conferir!

Carnaval no Comércio

comércio na capital e no interior terá horário diferenciado durante o carnaval, como informa a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Alagoas (Fecomércio AL). Em Maceió, as lojas do Centro abrirão normalmente no sábado (10), fechando no domingo e reabrindo as portas na quarta-feira de cinzas (14), a partir das 9h, embora a maioria das lojas deva abrir ao meio-dia, segundo informou a Aliança Comercial. Os shoppings adotarão uma programação especial, com direito a shows e atividades alusivas à temática carnavalesca.

semana será para o preenchimento de mais de 200 vagas remanescentes em cursos das áreas de música, dança e teatro no Centro de Belas Artes de Alagoas (Cenarte), equipamento da Secretaria de Estado da Cultura (Secult). Os cursos são gratuitos e as vagas correspondem ao primeiro semestre de 2018. As matrículas podem ser feitas na secretaria da escola, até hoje, das 9h às 13h. As inscrições são limitadas ao preenchimento das vagas.

E

Favo de Mel em recesso

já consagrado Buffet Favo de Mel, que tem à frente os empresários José Maurício Cansanção, Alexandre Machado e Leninha Machado, comunica aos nossos amigos que o buffet encerra as atividades nesta sexta (9) retomando as atividades na próxima quinta-feira (15). Feliz carnaval a todos que fazem o consagrado buffet!

ames Silver contando os dias para merecidas férias em família. Com programação montada pela Transamérica, o jornalista leva seus filhos, esposa e sobrinhos para momentos lúdicos nos famosos parques de Orlando, na Flórida.

A

15ª Mostra Alagoana de Dança

O

Em família

J

Maceió-Argentina

lagoas tem mais um motivo para comemorar a conquista de mais um voo direto para a Argentina. Dessa vez é a cidade de Córdoba, que terá ligação direta com a capital alagoana, por meio de um voo fretado que tem início em abril e sem previsão de término. O voo, da companhia aérea Andes, será fretado e terá capacidade para 180 passageiros, a bordo da aeronave modelo 737-800. A operação inicia no dia 7 de abril e irá reforçar a malha aérea durante a baixa temporada. Atualmente o Estado recebe três voos por semana vindos diretos da Argentina, o principal mercado emissor internacional para Alagoas.

A

linha de móveis planejados Bontempo, que tem à frente a conhecida arquiteta Tatiana Morais e o empresário Alexandre Morais, apresentam em seu belo showroom, localizado na Rua Engenheiro Mário de Gusmão, Ponta Verde, ambientes belos. Nesta foto, os móveis planejados Bontempo apresentam uma bela sala que deixará a sua casa o espaço dos seus sonhos. Vale a pena conferir as novidades da marca!

Geraldo Azevedo

o dia 3 de março, o projeto MPB Petrobras volta a Maceió e confirma a magnitude desta temporada ao levar ao palco do Teatro Gustavo Leite o cantor e compositor pernambucano, dono de belíssimas e emblemáticas canções, Geraldo Azevedo. O artista irá apresentar o show intimista Voz & Violão, a partir das 20h. O show de abertura é do alagoano Edi Ribeiro. Os ingressos custam R$ 60 e R$ 30 e já estão à venda no www. guicheweb.com.br. As vendas físicas serão iniciadas dia 26 de fevereiro na bilheteria do teatro, que tem funcionamento das 10h às 18h.


Edição número 3081 - 9 de fevereiro de 2018  

tribunaindependenteediçãodigitaltribunahoje

Edição número 3081 - 9 de fevereiro de 2018  

tribunaindependenteediçãodigitaltribunahoje

Advertisement