Page 1

EXEMPLAR DO ASSINANTE

MACEIÓ - ALAGOAS 7 E 8 DE JANEIRO DE 2017

EDIÇÃO N0 2.812

tribunahoje.com

R$ 4,00

RAFAEL ALCÂNTARA DIZ QUE RECURSOS DA REPATRIAÇÃO SERÃO FISCALIZADOS

FERNANDA SOUZA COMEMORA BOA FASE DA RELAÇÃO COM THIAGUINHO

Os recursos da repatriação destinados aos municípios alagoanos serão vistoriados de perto, garante o procurador-geral Rafael Alcântara, do Ministério Público de Contas. Segundo ele, os municípios já até receberam recomendação para aplicação correta dos recursos. PÁGINA 2

Aos 32 anos, a atriz Fernanda Souza tem 27 de carreira com 15 novelas, cinco filmes e sete peças de teatro. Atualmente, vive o desafio de apresentar o programa “Vai, Fernandinha”, um mix de bate-papo com reality show no Multishow. Casada com o cantor Thiaguinho, ela comemora a boa fase do relacionamento. SUPLEMENTO

QUASE 90% DOS ALAGOANOS NÃO TÊM PLANO DE SAÚDE E DEPENDEM DO SUS SANDRO LIMA

NÚMEROS DO IBGE APONTAM QUE 88% DOS ALAGOANOS DEPENDEM EXCLUSIVAMENTE DO SUS PARA RECEBER ATENDIMENTO MÉDICO, MAS, SEGUNDO A SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE (SESAU), ESSE ÍNDICE DEVE TER AUMENTADO EM RAZÃO DA CRISE ECONÔMICA, DEVENDO JÁ TER ULTRAPASSADO A CASA DOS 90%. NO RANKING NACIONAL, ALAGOAS É O 7º ESTADO COM MAIOR NÚMERO DE DEPENDENTES DO SUS. NA PRIMEIRA COLOCAÇÃO ESTÁ O ACRE, SEGUIDO DE RORAIMA, COM 94% E 92%, RESPECTIVAMENTE. A SECRETÁRIA ROSÂNGELA WYSZOMIRSKA, DA SAÚDE, DIZ QUE OS RECURSOS REPASSADOS PELO GOVERNO FEDERAL SÃO INSUFICIENTES. PÁGINA 9

RUI PALMEIRA TERÁ DE CUMPRIR UMA PROPOSTA POR SEMANA O prefeito reeleito Rui Palmeira (PSDB) registrou na Justiça Eleitoral um robusto programa de governo para os próximos quatro anos à frente da Prefeitura de Maceió. Ao todo, o tucano apresentou 204 propostas a serem executadas até dezembro de 2020. Isso significa que para cumprir integralmente tudo que se propôs a realizar no seu segundo mandato, ele terá que executar, em média, um item a cada sete dias. PÁGINA 3

SEM PLANO DE SAÚDE, alagoanos lotam os serviços do SUS

MAIS DE 60% DIZEM NÃO TER TEMPO PARA RELAXAR Segundo pesquisa da plataforma de comércio eletrônico Groupon, maioria diz que trabalha demais e não tem tempo. PÁGINA 14

ALTA ACUMULADA

MACEIÓ TEM A SEGUNDA CESTA BÁSICA MAIS CARA ENTRE AS CAPITAIS; FEIJÃO É O PRINCIPAL VILÃO Com alta acumulada em 20,69% nos últimos 12 meses, Maceió é a segunda capital do país com o maior aumento no custo da cesta básica, segundo pesquisa do Dieese. A capital alagoana só perde para Rio Branco, no Acre, que registrou uma elevação de 23,63%. O feijão carioquinha foi o principal vilão, com a surpreendente alta de 133,48%, no período. PÁGINA 13 OTÁVIO LEÃO PRAXEDES

NOVO PRESIDENTE DO TJ/AL DIZ QUE JUDICIÁRIO NÃO PAGA ACIMA DO TETO CONSTITUCIONAL PÁGINA 4

TEMPO

Bom a parcialmente nublado com possiblidades de chuvas em áreas isoladas

Mínima

23º

Máxima

32º

MARÉS

05:02 11:15

0.6m 1.7m

17:34 23:47

0.5m 1.8m

FINANÇAS

NEYMAR QUE NADA!

ATACANTE ALAGOANO WILLIAN JOSÉ É DESTAQUE NO CAMPEONATO ESPANHOL PÁGINA 15

DÓLAR COMERCIAL DÓLAR PARALELO R$ 3,22

R$ 3,22

R$ 3,20

R$ 3,37

OURO:

R$ 120,43

POUPANÇA: 0,7085%


TRIBUNAINDEPENDENTE

2 POLÍTICA MACEIÓ - SÁBADO e DOMINGO, 7 e 8 DE JANEIRO DE 2017

Política

Não temos a intensão de fazer uma varredura em todas as prefeituras. A gente vai fazer um monitoramento por meio da própria imprensa, de sindicatos dos servidores públicos e dos próprios servidores RAFAEL ALCÂNTARA PROCURADOR-GERAL DO MP DE CONTAS

Recursos sob fiscalização do MPC

Ministério Público de Contas vai cobrar das prefeituras aplicação correta das verbas da repatriação

ESPLANADA LEANDRO MAZZINI - contato@colunaesplanada.com.br

O espelho da gestão pública

A

semana foi marcada por uma série de atos violentos que exigiu um posicionamento rápido do governo. O caso mais grave foi a morte de 56 detentos numa penitenciária de Manaus. Outro massacre aconteceu na sexta-feira em um presídio de Roraima, com a morte de 33 pessoas. Os dois casos levam a uma reflexão sobre a crítica situação carcerária. Não se trata apenas de construir presídios, como disse o ministro do Supremo, Gilmar Mendes. O que fica evidente, é que os governos deixaram de realizar suas tarefas.

Modelo errado O caso das penitenciárias reflete o retrato do Estado brasileiro. Como disse o professor Rafael Damasceno, em 2007, a falência da política é consequência do modelo econômico excludente.

Na gaveta Da série eles já sabiam. Professor Álvaro Reinaldo de Souza lembra que a UniRio ofertou, em 2002, para a Escola de Governo um curso lato sensu em Criminologia, Segurança Pública e Política Penitenciária.

Pesquisa E desta proposta resultaram vários trabalhos, inclusive sobre estudos de caso. O Ministério da Justiça poderia tomar conhecimento para subsidiar a proposta do Plano Nacional de Segurança.

Estamos aqui Líder da Minoria na Câmara, a deputada Jandira Feghali (PCdoB-RJ), é o nome mais cotado da Minoria para concorrer à presidência da Câmara em fevereiro. O gaúcho Henrique Fontana (PT) também pretende se candidatar. A ideia da oposição é marcar presença, pois sabe que vencer é quase impossível.

Crise Em 2015 o setor de segurança privada festejou um crescimento de 8,6%. Previa que em 2016 os resultados poderiam dobrar. Fechou o ano e o setor amarga cerca de 50 mil demissões.

Alto lá O presidente da Federação Nacional de Empresas de Segurança e Transporte de Valores (Fenavist), Jeferson Nazário, já esteve na Câmara para reduzir os impostos, especialmente do PIS/Cofins.

Lugar de animal Descobriram freezer e galinheiro como celas na penitenciária agrícola em Roraima. Não é nenhuma novidade. Em 2007, a CPI do Sistema Penitenciário já tinha visto chiqueiro para guardar preso.

Novo prazo É mais uma promessa do governo federal que o sistema digital de televisão esteja completo até o final de 2018. Neste ano, a implantação deve ocorrer no Ceará, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Goiás e São Paulo.

Entre os melhores O presidente da Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática do Senado, Lasier Martins (sem partido-RS), disse que o sinal digital coloca o Brasil na evolução das tecnologias mundiais.

Muito lento O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) ainda aguarda resposta e manifestação do ex-presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP), o desembargador Ivan Ricardo Garisio Sartori. Entidades de direitos humanos apresentaram uma reclamação no órgão contra ele por “quebra de decoro”, no caso da morte de 111 presos no Carandiru.

Ataque e defesa O desembargador era o relator do recurso movido pela defesa dos 74 policiais militares que foram condenados pela morte de presos no massacre. Em seu voto, afirmou que não “houve massacre, mas legítima defesa” e ainda pediu a absolvição dos réus. Mesma defesa foi feita por ele nas redes sociais.

Madrugadas sombrias Contam os amigos próximos que o ministro Moreira Franco sofre de insônia crônica. O caso se agravou depois dos disparos feitos contra ele pelo ex-deputado Eduardo Cunha, preso por ordem do juiz Sérgio Moro.

Ponto Final Do zagueiro Neto, da Chapecoense, que sobreviveu ao desastre aéreo na Colômbia: “Ou encaro ou me afundo na depressão.” Com Equipe DF, SP e Nordeste www.colunaesplanada.com.br contato@colunaesplanada.com.br Twitter @leandromazzini

EVELLYN PIMENTEL

LUCIANA MARTINS REPÓRTER

O

s recursos da repatriação serão alvos da fiscalização do Ministério Público de Contas. É a garantia dada pelo procurador geral de Contas, Rafael Alcântara. A recomendação do órgão foi para que a verba seja usada para o pagamento do salário dos servidores naqueles municípios que apresentaram atrasados. Por enquanto, é apenas uma orientação, em seguida, os gestores que descumpriram a recomendação poderão ser penalizados. Em entrevista àreportagem da Tribuna Independente, o procuradorgeral adiantou que deve punir os municípios que não se adequaram a legislação que determina o Portal da Transparência. Já sobre a vaga de conselheiro no Tribunal de Contas do Estado (TCE), o processo deve voltar para julgamento no dia 24 de janeiro e cinco desembargadores já votaram favorável ao MP de Contas. A demora da definição da vaga, segundo Rafael, é por culpa exclusiva do governo.

Tribuna Independente - O Ministério Público de Contas inicia 2017 alertando os municípios para aplicação correta dos recursos da repatriação. Levantar essa questão demonstra que as prefeituras ainda não conseguem investir as verbas oriundas do governo federal de forma legal? Rafael Alcântara - Não. Primeiro tem que se fazer uma ressalva que esse recurso não é verba do governo federal. Ele é recursos próprio do município que é devido como uma receita extraordinária recorrente da repatriação que houve incremento do imposto de renda e por conseguinte passou a ser distribuído para os Estados e municípios. O nosso trabalho nesse aspecto é fiscalizar, independente mente da idoneidade, da origem ou da capacidade geral do gestor. A nossa preocupação era porque estava no último mês de mandato, tinham muitas prefeituras em crise com salários atrasados e impossibilitado de pagar o 13º salário, então o nosso pedido feito ao presidente do Tribunal de Contas foi para que essa receita extra fosse utilizada prioritariamente para saldar esse passivo da folha de pagamento, de modo assegurar uma verba alimentar e não prejudicar esse processo de transição. Nesse primeiro momento esse é um alerta de responsabilização no sentido mais pedagógico, de orientar os prefeitos anteriores e os eleitos. Foi dada ampla divulgação, circulando o alerta a todos os municípios e o próximo passo é a gente fazer o acompanhamento para ver se vai existir algum município que por ventura tenha ainda débitos salariais em atraso mesmo tendo recebido esse recurso extra. Tribuna Independente - Como vai funcionar esse acompanhamento do Ministério Público de Contas? Rafael Alcântara - Esse

Rafael Alcântara ressalta que a fiscalização quanto aos recursos terá apoio da imprensa e sociedade

O mais recomendável é que o recurso chegasse para ser gerida e utilizada pelos novos gestores e não para os antigos. Penso que se essa verba fosse liberada no final da gestão isso criaria um ambiente favorável ao mau uso dessa verba

A gente defende que os recursos sejam usados na educação, mas travamos uma batalha no Tribunal de Contas e a nossa tese não se fez vencedora e prevaleceu o entendimento de que o uso desses recursos ficaria discricionariamente a critério do gestor

O relator já reconheceu que não há qualquer dúvida quanto à destinação da vaga que deve ser ocupada por um membro do Ministério Público de Contas. Nós já temos voto favorável de cinco desembargadores

acompanhamento se dá por uma questão da nossa atividade de fiscalização. Não temos a intensão de fazer uma varredura em todas as prefeituras. A gente vai fazer um monitoramento por meio da própria imprensa, de sindicatos dos servidores públicos e dos próprios servidores que nos acionam em casos de possíveis descumprimentos. Eu acredito que o descumprimento desse alerta de responsabilidade será reduzido em torno de 10%, se houver. Tribuna Independente - Os prefeitos queriam o repasse da repatriação antes do dia 30 de dezembro de 2016 para fechar as contas e até pagar salários. Foi uma medida correta do governo federal liberar esse recurso somente para o ano de 2017? Rafael Alcântara - Eu acho mais prudente ter esperado a virada do ano para fazer esse repasse. É uma quantia considerável que os municípios estão recebendo, então ela deve ser usada de forma criteriosa e planejada. O mais recomendável é que o recurso chegasse para ser gerida e utilizada pelos novos gestores e não para os antigos. Penso que essa verba fosse liberada no final da gestão isso criaria um ambiente favorável ao mau uso desses recursos. Felizmente esse atraso ocorreu e acabou que os recursos transferidos os municípios chegaram apenas no penúltimo dia do ano quando não havia expediente bancário. Tribuna Independente - Em caso de descumprimento dessa recomendação, que tipo de penalidade os gestores podem sofrer? Rafael Alcântara- Esse alerta de responsabilização tem dois objetivos: esse primeiro é pedagógico, preventivo, no sentido de orientar a boa utilização do seu recurso para essas questões prioritárias. E não havendo o cumprimento dessa orientação, a gente vai ter que analisar cada a caso concreto. E a depender da má utilização desse recurso e de quem foi essa responsabilidade, podendo ser do prefeito anterior ou do atual, pode gerar diversos procedimentos num âmbito administrativo e judicial, como por exemplo, a rejeição de contas aqui no Tri-

bunal de Contas, pode caracterizar improbidade administrativa e até crime previsto na nossa legislação penal. Tribuna Independente -Em 2016 foi concentrado um grande esforço para que os municípios investissem os recursos dos precatórios do Fundef em educação. Houve avanços ou os municípios ignoraram as recomendações dos órgãos? Rafael Alcântara - A gente defende de que os recursos sejam usados na educação, mas travamos uma batalha no Tribunal de Contas e a nossa tese não se fez vencedora e prevaleceu o entendimento de que o uso desses recursos ficaria discricionariamente a critério do gestor sendo dividido conforme receita ordinária preservando 25% na educação, 12% na saúde. Estamos recorrendo desse processo e temos a esperança de reverter esse entendimento do tribunal. Tribuna Independente - O Ministério Público de Contas ainda acredita que a vaga de conselheiro do Tribunal de Contas do Estado seja preenchida por um procurador? Rafael Alcântara - Acredita e nunca deixará de acreditar. A demora é relativa porque a gente judicializou a questão e acaba que segue o ritmo do judiciário que tem uma sobrecarga de trabalho. Mas, se demora, e judicialização houve isso se deve a responsabilidade única e exclusiva do governador Renan Filho por não ter escolhido um dos procuradores da lista tríplice. Já houve um julgamento parcial, com um pedido de vista e a gente espera que o pleno do Tribunal de Justiça de Alagoas conclua o mais breve possível essa questão. O relator já reconheceu que não há qualquer dúvida quanto à destinação da vaga que deve ser ocupada por um membro do Ministério Público, concedendo na totalidade ao nosso direito, inclusive fixando multa pessoal ao governador caso ele descumpra essa decisão. Nós já temos voto favorável de cinco desembargadores e isso já reforça que não há dúvida quanto à destinação dessa vaga para um membro do Ministério Público de Contas.


TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - SÁBADO e DOMINGO, 7 e 8 DE JANEIRO DE 2017 ASSESSORIA

POLÍTICA

3

MARKETING

Volume de propostas é fruto de pesquisas de opinião

Prefeito Rui Palmeira já deu início ao seu segundo mandato em Maceió e tem grandes metas a cumprir durante os próximos quatro anos

Para o sociólogo Carlos Martins, o grande volume de propostas contido em programas de governo é fruto de pesquisas de opinião pública, que apontam o que mais se deseja a ser realizado pelo governo. “Os candidatos, pelo menos os com possibilidade de vitória, fazem pesquisa de opinião para saber o que a população entende como prioritário. Em cima disso, eles produzem todo o tipo de promessas e se a opinião da população mudar, os programas e propostas o fazem também”, comenta. Outro fator a ser levando em consideração é nível de carência da população – no caso, de Maceió – que, segundo o sociólogo busca por sujeitos com todas as respostas aos seus problemas. “Estamos diante de uma população extremamente carente e à procura de sujei-

Rui terá de cumprir uma proposta por semana

tos paternalistas e messiânicos. No marketing politico, quem melhor entrar na cabeça das pessoas e vender essa esperança a partir de suas propostas tem vantagem na disputa eleitoral. É por isso que se apresentam um conjunto de propostas que, em termos concretos, não são possíveis de serem concretizadas”, afirma. CONCORRÊNCIA Se o programa de Rui Palmeira para os próximos quatros anos é extenso, o de seu principal concorrente na eleição é ainda maior. O programa de governo de Cícero Almeida (PMDB) possuía cerca de 300 propostas. Se eleito, para cumprir 100% delas, o peemedebista teria que executar cada uma num período menor que sete dias. JHC (PSB), 3º colocado em 2016, registrou programa com apenas 69 propostas. (C.A.) ARQUIVO PESSOAL

Programa do prefeito registrado na Justiça Eleitoral conta com 204 itens CARLOS AMARAL REPÓRTER

D

urante uma campanha eleitoral, os candidatos fazem o que pode para se mostrar o mais preparado para assumir a função que pleiteiam. E o fazem das mais variadas formas, investindo em seus guias eleitorais, arregimentação de apoios e elaborando propostas nas mais variadas áreas de atuação com as quais lidará caso eleito. Cada vez mais os programas de governo dos candidatos estão robustecidos de forma a aparentar ao eleitor que todos os problemas que o afligem serão tratados no próximo período. Reeleito com 241.977 votos (60,27% dos válidos), em segundo turno, Rui Palmeira (PSDB) terá de concretizar uma proposta de seu programa de governo por semana.

Ao todo, o tucano registrou junto à Justiça Eleitoral 204 itens a serem executados nos próximos quatro anos. O grande volume de compromissos assumidos com o eleitor maceioense impõe um ritmo pesado para sua equipe de governo na Prefeitura Municipal. Além disso, será preciso contar com as nuances legais e contábeis, buscar recursos e lidar com o funcionalismo do município, o que pode gerar atrasos no cronograma de ações do Poder Executivo de Maceió. Entre as propostas mais ousadas, estão a criação de Bus Rapid Transit (BRT) em quatro pontos da cidade e o “Revitaliza Maceió”, que prevê a revitalização de praças; implantação de jardins filtrantes; construção de viadutos e eixos viários; pavimentação de 600 vias; e o combate às línguas sujas na orla maceioense.

BRT é um sistema de transporte público com design, serviços e infraestrutura baseado em ônibus que passa a operar em faixa exclusiva, cujo acesso de demais veículos não é permitido fisicamente. Mal comparando é como se fosse uma ciclovia para ônibus. Em relação à quantidade de vias a serem pavimentadas, a segunda gestão de Rui Palmeira terá de entregar uma via a cada 2,43 dias para cumprir esse item de seu programa de governo dos próximos quatro anos. Na área da educação, Rui propõe construir 20 novos Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs). Para atingir essa meta, em quatro anos, Rui precisa entregar uma unidade a cada 73 dias. Também consta no programa de governo do tucano, reforma 40 escolas em quatros anos, ou seja, uma a

cada 36,5 dias. COORDENAÇÃO Além do próprio prefeito Rui Palmeira, a articulação política entre as secretarias e agentes públicos externos será de responsabilidade da Secretaria Municipal de Governo (SMG) e do Gabinete de Governança (GGOV), recém-formatados após a reforma administrativa na prefeitura aprovada em dezembro. A reportagem da Tribuna Independente tentou contato com Tácio Melo, responsável pela SMG, para saber dele como a prefeitura vai atuar para cumprir o extenso programa de governo do segundo mandato de Rui, mas não obteve sucesso. Tácio Melo passou a maior parte do primeiro mandato do tucano à frente da Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT).

Carlos Martins ressalta que o eleitorado procura políticos paternalistas

GOVERNO

Grande número de promessas também é por 2018, diz sociólogo ASSESSORIA

Câmara de Vereadores precisa demonstrar uma relação de harmonia com a prefeitura para aprovação dos projetos enviados por Rui

Segundo o sociólogo Carlos Martins, a que se levar em consideração a possiblidade concreta de ele ser candidato ao governo de Alagoas em 2018 como um fator que o programa de governo de seu segundo mandato seja volumoso. “Toda gestão que inicia tem que produzir impacto porque ainda está no calor das eleições e a população ainda está voltada para o candidato que venceu a disputa. Geralmente, se criam programas e incrementam os que já existem. Isso ajuda a manter a sensação do processo eleitoral e da aprovação da opinião pública de sua gestão que rendeu a vitória. Como Rui é pretenso candidato a governador de Alagoas, acredito que nos próximos dois anos deve fazer uma gestão-propaganda eleitoral e continuará em campanha em 2017. Há uma máxima no marketing político que governar é fazer campanha permanente. Por isso, Rui deve criar um carro-chefe para tentar se projetar como candidato for-

te ao governo”, analisa Carlos Martins, em entrevista à reportagem da Tribuna Independente. CÂMARA Diante de tanta demanda prometida – e tendo em vista a eleição de 2018 –, é preciso que a relação da Prefeitura com a Câmara Municipal de Maceió (CMM) esteja bem azeitada. Seja pela agilidade em sessões públicas e votações, seja para garantir, se for o caso, recursos extras ao orçamento. Nesse quesito, Rui não deve ter problemas. Ele conta com ampla maioria na Câmara de Vereadores de Maceió, com algo em torno de 16 parlamentares lhe dando apoio. Na legislatura anterior, catorze vereadores o apoiaram formalmente à reeleição e Rui Palmeira não encontoru problemas para aprovas suas demandas. A reforma administrativa tramitou apenas 22 dias. Os vereadores chegaram a esboçar que a aprovação ocorreria apenas em janeiro deste ano, mas houve um entendimento. (C.A.)


4

TRIBUNAINDEPENDENTE

POLÍTICA MACEIÓ - SÁBADO e DOMINGO, 7 e 8 DE JANEIRO DE 2017

BARTOLOMEU DRESCH bartolomeu_dresch@hotmail.com.br

Turismo recorde em Cuba

O

turismo em Cuba alcançou o recorde de 4 milhões de visitantes em 2016, um crescimento de 13% em relação ao ano anterior. Os principais responsáveis por essa estatística são oriundos dos Estados Unidos. O Ministério do Turismo da ilha afirmou que os 4 milhões de turistas representam um novo recorde para os visitantes internacionais. Com a reaproximação dos EUA, os americanos é o terceiro grupo mais numeroso a visitar o país, somente superados pelos canadenses e por cubanos radicados no exterior. Somente no primeiro semestre do ano passado 140 mil americanos chegaram a Cuba, graças á flexibilização nas restrições de viagens á ilha com fins educacionais, esportivos, culturais e religiosos. Depois dos americanos, vieram muitos visitantes da Alemanha, França, Itália, Grã-Bretanha e Espanha. No segundo semestre o aumento dos turistas se deve á regularização dos voos entre os países, depois de meio século de proibição, assim como os cruzeiros marítimos.

Praxedes anuncia cortes e nega supersalários Novo presidente do TJ-AL diz que orçamento não atende as necessidades EVELLYN PIMENTEL

O

No clima da popularidade Destaque na apresentação do tempo no Jornal Nacional, a jornalista Maria Júlia Coutinho esbanjou simpatia em 2016, e seu nome virou hit na lista dos mais populares do ano passado. Segundo o site BabyCenter Brasil, com base em um cadastro com 163 mil crianças, Maria Júlia foi o nome feminino que mais cresceu no ano, juntamente com Eloah, Maria Valentina, Liz, Allana, Antonella, Elisa e Maria Cecília. Pelo lado masculino os principais destaques em 2016 foram Luiz Miguel, Noah, João Guilherme, Enzo, Gabriel, Anthony, Benjamin, Bento e João Miguel.

No clima da popularidade 2 O site igualmente faz um comparativo com os nomes cuja popularidade esta em decadência. Em 2016 caíram nomes femininos como Bárbara, Amanda, Natália, Vitória, Eduarda, Bianca, Carolina e Luana. Para os meninos foram Igor, Davi, Luiz, João Lucas, Kaique, Nathan, Rodrigo, Vítor, Francisco e Thiago. No ranking geral, os principais nomes escolhidos são dos personagens históricos, literários e religiosos. Alice, Sophia, Laura, Valentina, Helena, Isabella, Manuela, Júlia, Luiza e Lívia entre as meninas. E Miguel, Arthur, Davi, Bernardo, Heitor, Gabriel, Pedro, Lorenzo, Lucas e Matheus, entre os meninos.

Bagaço que vira carvão Através do uso da nanotecnologia, que manipula objetos na escala dos átomos, o bagaço que sobra após a moagem da cana-de -açúcar, pode ser transformado em carvão ativo, um componente essencial na purificação da água e do ar. O método foi desenvolvido no Laboratório Nacional de Nanotecnologia (LNNano) de Campinas (SP), e é capaz ainda de produzir uma cobertura especial de partículas de prata no carvão ativo, com capacidade antimicrobiana. O trabalho atendeu a um pedido de uma usina de álcool, que buscava um destino mais adequado para o bagaço, na obtenção de um produto agregado.

Bagaço que vira carvão 2 Das mais de 600 mil toneladas anuais da safra de cana brasileira, um terço corresponde ao bagaço após a produção de álcool e açúcar. Parte já esta sendo usado como fonte de energia, ou para o etanol de segunda geração (como acontece na indústria GranBio de São Miguel dos Campos), mas de maneira ainda muito modesta. Por outro lado o bagaço seria uma matéria-prima interessante para a obtenção do carvão ativado, material produzido fora do país, a partir de fontes como cascas de coco e ossos.

Bagaço que vira carvão 3 Os pesquisadores brasileiros conseguiram otimizar um processo adequado para a produção das porosidades no bagaço de cana queimado, com a quantidade e o tamanho desejados para um carvão ativo eficiente, já patenteado. Alguns testes estão sendo feitos numa parceria com o Centro Brasil-China de Pesquisa e Inovação em Nanotecnologia. Em túneis da rede viária de Xangai o carvão brasileiro é usado para retirar partes dos poluentes no ar. Outras aplicações tratam esgoto e água para consumo humano. E ainda existe uma infinidade de formas de aproveitamento do produto em caso de produção industrial.

CEF organiza o seu PDV Assim como o Banco do Brasil, a Caixa Econômica Federal também vai criar um plano de demissão voluntária, o PDV. Acredita que poderá atrair 10 mil funcionários, e assim obter uma economia que pode alcançar R$ 1,5 bilhão ao ano. Com uma estrutura inchada e lucratividade abaixo dos bancos privados, os bancos estatais estão promovendo um grande corte de custos e ganhos de eficiência. Já estão sendo vendidos a Lotex, divisão de loterias instantâneas, a Caixa Seguridade, e participações no frigorífico JBS e no Banco Pan. • A Organização Mundial do Turismo (OMT) designou 2017, como o Ano Internacional do Turismo Sustentável, para ampliar a compreensão e a conscientização do setor na participação do patrimônio natural e cultural, assim como na geração de emprego e renda. • A Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo juntamente com o Instituto do Meio Ambiente (IMA) trabalham em conjunto no desenvolvimento e estímulo ao turismo sustentável. • “Trabalhamos em Alagoas para que o segmento cresça não apenas economicamente, mas também no que diz respeito à preservação ambiental” garante o secretário Helder Lima. • Ele citou como exemplo o trabalho desenvolvido nas piscinas naturais de Maragogi, na Região Norte do Estado, na proteção dos recifes coralígenos e de arenito e preservando sua fauna e flora. • Outro exemplo citado por Helder Lima é o artesanato sustentável desenvolvido pelos moradores da Ilha do Ferro, no município de Pão de Açúcar. • Ali o trabalho dos artesãos tem no respeito á matéria prima utilizada e na geração do emprego e da renda sua base para o manejo sustentável do artesanato, considerado um exemplo para todo o

LUCIANA MARTINS REPÓRTER

Otávio Praxedes (D) nega a existência de que os salários no Judiciário ultrapassem o teto

INVESTIMENTOS

Governo alagoano leva segurança e incentivo ao turismo de Penedo Alagoas vive um novo momento na Segurança Pública, com uma nova atitude, mais proximidade e diálogo. Dando continuidade ao trabalho na redução da violência no Estado, o governador Renan Filho (PMDB) assinou na última sexta-feira (6), a ordem de serviço para uma demanda antiga de Penedo: a construção de um Batalhão da Polícia Militar (BPM). O lançamento da construção do Batalhão foi feito durante a solenidade da assinatura da ordem de serviço para a construção do Centro de Convenções de Penedo. Renan Filho declarou que o BPM terá novos equipamentos e será informatizado, acolhendo melhor os policiais, permitindo a troca de todas as viaturas da cidade e o aumento do efetivo da PM, dando sequência ao trabalho da redução da violência em Alagoas. O governador explicou que, desta vez, o estudo está pronto: com a obra licitada e o dinheiro na conta. O chefe do Poder Executivo falou da satisfação em poder construir um Batalhão em Penedo, e esclareceu que o Estado havia estimado o preço em R$ 3,3 milhões e que o cidadão ganhou com a licitação, conseguindo contratá-la por R$ 2,7 milhões, ou seja, 20% abaixo do preço estimado em Alagoas, o que significa que

o Estado ganhou o quarto Batalhão, ao invés de três. “O cidadão alagoano não sabia bem para onde iam os recursos do Detran, mas agora ele sabe: vão para a Segurança Pública. Economizamos cerca de R$ 500 mil em cada um desses batalhões, o que vai permitir que nós façamos mais coisas para Alagoas”, destacou o governador. “O Estado estava preparado para fazer três batalhões, mas com o desconto da licitação vamos conseguir fazer quatro batalhões em Alagoas, de maneira que foi uma boa nova. E o primeiro será lançado hoje, aqui em Penedo”, completou Renan Filho. O governador afirmou que Penedo é prioridade para Alagoas. Ele assegurou que, quando assumiu o Governo do Estado, a cidade tinha uma guerra muito grande entre o tráfico de drogas, sobretudo por ocupação de espaço, exemplificando a presença da Segurança Pública na cidade ainda na gestão do secretário Alfredo Gaspar de Mendonça. “Vamos construir um batalhão aqui, vamos reformar a delegacia e trocar os equipamentos. É o que eu digo sempre: o segredo na crise e na dificuldade é primeiro ter coragem de trabalhar, sair nas ruas, ouvir as pessoas,

estar próximo do cidadão e fazer mais com menos e é isso que temos procurado fazer em Alagoas”, ressaltou. MAIS SEGURANÇA Na ocasião, Renan Filho informou que na cidade vizinha, Coruripe, em outro polo da região, o Governo do Estado vai construir um Centro Integrado de Segurança Pública (Cisp) tipo dois, que vai fortalecer a segurança da região. “As cidades vizinhas, como Jequiá da Praia, Piaçabuçu, Feliz Deserto e Igreja Nova, assim, todas elas terão a sua retaguarda feita por Penedo e Coruripe”, finalizou o governador. TURISMO Ainda na sexta-feira (6), ordem de serviço do Centro de Convenções da cidade foi assinada pelo governador Renan Filho, pelo ministro do Turismo, Marx Beltrão, e pelo prefeito Marcius Beltrão. Desde seu mandato de deputado federal, Renan Filho encampou esta batalha em Brasília. “Sem dúvida vai estruturar a cidade. É uma obra muito importante que dialoga com as demais obras, pois é mais uma colaboração do governo federal, Estado e Prefeitura. A exemplo da ponte Penedo-Neópolis, que já dispõe de recursos garantidos”, comentou Renan Filho.

DEMANDAS

Saúde e prefeitos abrem calendário de reuniões da AMA este ano Para dar andamento às ações integradas no âmbito da gestão do SUS em Alagoas, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) e a Associação dos Municípios Alagoanos (AMA) promovem um encontro com os novos gestores nesta segunda-feira (9), no auditório da Associação. Durante a apresentação, prefeitos e secretários irão receber um guia com as principais informações sobre a saúde nos municípios de Alagoas e as ações que a Sesau vem desenvolvendo desde o início da atual gestão.

novo presidente do Tribunal de Justiça de Alagoas, desembargador Otávio Praxedes, assumiu na sexta-feira (6) a presidência da Corte para os próximos dois anos. Durante coletiva concedida à imprensa, o magistrado já adiantou que haverá a necessidade de realizar cortes nos gastos m virtude do baixo duodécimo em 2017. Questionado de quanto seria o valor, o presidente se limitou apenas a responder que houve um reajuste de 6% comparado ao orçamento de 2016, sem contabilizar as suplementações que foram necessárias ao longo do ano passado. “O orçamento de 2017 vai ser um pouco menor do que o do ano passado com as suplementações já ocorridas”, comentou. De acordo com o presidente será necessário implementar meios para administrar o tribunal diante dessa situação e já adiantou que possivelmente cargos comissionados sejam cortados. “Para mim como gestor seria uma infelicidade chegar ao final do mês e não se ter as verbas para pagar os nossos vencimentos. Eu vou fazer tudo para que esses atrasos que já existem em outros tribunais não ocorra dentro da nossa instituição”, informou. Otávio Praxedes disse que na próxima segunda-feira, 9, irá se reunir para tomar medidas saneadoras para que o tribunal possa conviver com essa questão. “O orçamento do Tribunal de Justiça hoje da forma como foi aprovado, com indíce de 6%, menor do que o indíce inflacionário é insuficiente para atender as necessidades de justiça da nossa sociedade”, lamentou. SALÁRIOS O novo presidente revelou que todas as informações sobre os salários dos servidores da justiça estão no Portal da Transparência com total veracidade do que é divulgado. “Nós não temos dentro da nossa estrutura qualquer ultrapasse dos limites previstos na Constituição que é o teto máximo obedecendo como limite, os subsídios dos ministros do Supremo Tribunal Federal”, garantiu. Ele explicou que alguns dos meses os valores podem estar elevados em virtude de algumas verbas recebidas legalmente, como por exemplo, o abono de férias, o pagamento de férias aos juízes que não puderam gozar por conta da necessidade de que eles permanecessem trabalhando. “Uma vez ou outro sai divulgado que o magistrado passou o teto, mas é por conta dessas verbas”.

DIÁRIAS

Denúncias serão investigadas este ano O procurador Rodrigo Siqueira Cavalcante, titular da 6ª Procuradoria de Contas do Ministério Público de Contas (MPC), instaurou procedimento investigativo para apurar supostas irregularidades na Câmara Municipal de Chã Preta. As denúncias, feitas no Ministério Público Estadual (MPE) e encaminhadas ao MP de Contas, se referem as irregularidades no pagamento de diárias, locação de veículos e contratação de advogado e contador, ocorridas entre os anos de 2015 e 2016.


TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - SÁBADO e DOMINGO, 7 e 8 DE JANEIRO DE 2017 POLÍTICA

5

Família Pereira assume a Seades Governador Renan Filho dá posse a Fernando Pereira, ex-prefeito de Junqueiro; solenidade será nesta segunda-feira ASSESSORIA

Fernando Pereira vai substituir o então secretário Antônio Pinaud, que desenvolveu diversas ações para elevar o desenvolvimento social

D

EDITORIA DE POLÍTICA

esde a anunciada reforma administrativa pelo governador Renan Filho (PMDB) após o período eleitoral, surge o segundo nome para comandar uma pasta importante no Estado. Trata-se de Fernando Pereira, que foi prefeito por dois mandatos no município de Junqueiro. Ele assume a titularidade da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Social (Seades), então gerida por Antônio Pinaud. Em contato com o Gabinete Civil para saber a data de posse do próximo secretário, a reportagem da Tribuna Independente não obteve resposta. No entanto, uma fonte confirmou que Fernando Pereira assume o cargo na próxima segundafeira (9), a partir das 9h. Ao dar posse a Pereira, o governo estadual confirma a sua segunda mudança administrativa. A primeira ocorreu no final de dezembro, quando, a pedido do deputado federal Givaldo Carimbão (PHS), o governador Renan Filho nomeou Esvalda Bittencourt para assumir a titularidade da Secretaria de Estado de Prevenção à Violência (Seprev)

em substituição a Jardel Aderico, que estava à frente da pasta há quase dois anos. Paulatinamente, o governador Renan Filho vem demonstrando a necessidade de mudar o comando das pastas. À frente da Seades, Fernando Pereira será o representante da família, que antes era fechada em apoio ao senador Benedito de Lira (PP). A família Pereira foi uma das grandes vencedoras da eleição de 2016 quando conseguiu as prefeituras de Junqueiro, Teotônio Vilela, Campo Alegre, além de outros municípios apoiados por eles. Atualmente, a família conta com a deputada estadual Jó Pereira (DEM) assegurando mais uma legislatura. Vale destacar que a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Social é uma das mais importantes do Governo do Estado. Ela trata de questões intrinsecamente ligadas à população de baixa renda e amplia o acesso destas pessoas a programas sociais, a exemplo do Bolsa Família, do Governo Federal, bem como a iniciativas desenvolvidas pelo próprio governo alagoano nos municípios.

ASSESSORIA

ECONOMIA

Marechal projeta maiores investimentos Indo contra a maré da crise que afeta todo o país em diferentes instâncias, o presidente da Agência de Fomento de Alagoas (Desenvolve), Rafael Brito, esteve na última semana na sede da prefeitura de Marechal Deodoro, a pedido do prefeito Cláudio Filho Cacau, para discutir medidas de combate à crise e amparo ao produtor do interior do Estado. Durante o encontro, foi definida a implantação de um método de acesso ao cur-

so e material de educação financeira pessoal e profissional disponibilizado pela agência para os pequenos empresários e empreendedores da cidade a ser formalizado com a assinatura de um termo de parceria. Com a finalidade de aproximar o público de Marechal Deodoro ao financiamento desburocratizado da Desenvolve e ações do Governo do Estado, foram planejadas palestras de apresentação de linhas de crédito para

as rendeiras e artesãos de Marechal Deodoro e aos empreendedores do povoado de Massagueira, localizada há 15 quilômetros de Maceió. Os feirantes e populares da cidade que trabalham diariamente com barracas de aluguel antigas e deterioradas também serão beneficiados com o acordado: durante os próximos 90 dias, novas barracas serão doadas aos comerciantes. A ideia do prefeito Cláudio Filho Cacau é que os

empresários e microempreendedores de Marechal Deodoro tenham a Desenvolve como um ponto de apoio para que eles possam crescer mesmo durante o período de crise. “Estamos tomando medidas cautelosas e otimistas junto às prefeituras para preparar a Alagoas de amanhã e gerar desenvolvimento e crescimento econômico para o povo do Estado. Essa é a nossa luta”, afirmou Rafael Brito.

Prefeito Cacau apresentou demandas a Rafael Brito, da Desenvolve


6

OPINIAO

TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 7 E 8 DE JANEIRO DE 2017

Opinião

Equilíbrio financeiro

A

partir do primeirodeste mês, o novo salário mínimo será de R$ 937,00, sendo que o mínimo atual é de R$ 880,00; o novo valor corresponde a reajuste de 6,47%. Mas o que esse aumento representa? Na verdade, ele nem mesmo consegue cobrir as perdas inflacionárias dos últimos meses, que foram altas. Mas, para as famílias que já sobreviviam tendo que ajustar os salários a esse aumento, esse dinheiro é bastante significativo, por mais que muitos reclamem que é pouco, pode ser a oportunidade de colocar em dia as finanças e sair das dívidas, para quem se encontra nesta situação. E fica o alerta, não é porque ganhará um pouco mais que deve gastar em supérfluos, ao contrário, pode ser a oportunidade para começar a poupar para os sonhos de curto, médio e longo prazo. Mas, o que fazer com este aumento?

Como atravessamos por um momento de crise, é interessante que as pessoas revejam seus padrões de vida e reduzam os gastos, e que esse novo valor chegasse como um bônus para realização de satisfações pessoais no futuro, iniciando uma poupança. No entanto, muita gente aguarda ansiosamente aumentos para cobrir o desequilíbrio financeiro. Pagar dívida com o aumento é uma opção desde que planejada. Mas se deve perceber que com essa atitude, só estará mascarando o real e verdadeiro problema - a ausência de educação financeira em toda família. É muito provável que pessoas que estejam nessa situação não estejam respeitando o próprio padrão de vida. Só sabe quanto pode gastar, sem ficar no vermelho, quem sabe exatamente quanto entra e quanto sai do bolso mensalmente. E, com base nisso, define quanto e como pode utilizar o dinheiro.

PE. MANOEL HENRIQUE DE MELO SANTANA Vigário Episcopal de Maceió

A festa de Reis As heranças da Metrópole permanecem entre o povo da Colônia. Foi o Nordeste que melhor recepcionou as heranças religiosas dos Autos, de modo especial de Natal. Estes folguedos se iniciaram nos Engenhos, mas se transferiram naturalmente para outros espaços, ganhando a publicidade e a característica bem nordestina. O folclore tem a função de reunir as diversas produções comunitárias dando-lhes harmonia geral, expressando uma realidade que sai de suas origens e matriz históricas. Gilberto Freyre dizia que para se conhecer um povo interessa mais seu caráter, o estilo das danças, as associações, seus trajes, seus folguedos e manifestações populares do que os feitos de seus heróis. O folclore é assim o retrato vivo da memória popular. Nos alpendres das Casas Grandes, as famílias dos proprietários promoviam o lazer da comunidade. Isso acontecia nos dias de comemoração dos santos queridos da devoção popular trazida de Portugal. Padres, parentes, amigos e convidados se divertiam com a peleja dos repentistas, com as disputas e desafios dos tocadores de viola, das apresentações ritmadas das emboladas. Entre o Natal e 6 de janeiro encontramos a Festa de Reis, cortejos inspirados nos Reis Magos, narrativa feita pelo Evangelista Mateus.

Nesses dias grupos de foliões, cantando e dançando, desfilam pelas ruas e visitam as casas, lembrando as figuras que, segundo a tradição bíblica, peregrinando desde o distante Oriente, chegaram a Belém, até ao presépio de Jesus trazendo seus presentes. Animadamente oferecem aos moradores música, louvações, bênçãos e cenas dramáticas, em troca de alguma bebida e comida. Segundo o antropólogo Oswald Barroso: “há um rei dentro de cada roceiro, cada carroceiro, cada biscateiro, na brincadeira, eles se encantam e entram na dimensão do maravilhoso”. A coroa é o seu maior símbolo da realeza. Seus chapéus são de diversas formas e com diversos tipos de enfeite. Os chapéus mais extravagantes têm o formato de igrejas e capelas. Afinal, eles não poupam enfeites, de tal sorte que quanto mais adereços, cores, fitas e espelhinhos, melhor. Segundo o folclorista Oswald Barroso, “A incorporação das figuras pelos brincantes se dá por um processo de desencantamento, que faz com que homens e mulheres simples, tirem de si figuras de reis e rainhas, santos e guerreiros, que trazem ocultas”. Meio religiosa, meio profana, a manifestação tem ritual de saudação, louvações, gracejos e humor. As tradições culturais transportadas da matriz europeia encontram ajustada guarida no Nordeste brasileiro, junto aos se-

nhores. O folclore é uma forma de “perpetuar a tradição dos povos e o labirinto das civilizações” afirmou o folclorista alagoano, José Aloísio Brandão Vilela em Coletânea de Assuntos folclóricos. A ambientaçãodos folguedos natalinos acontece nos meios campesinos. O Reisado é outro formato do folclore natalino e é formado por músicos, e cantores e dançadores. Em sua apresentação, conta-se com o rei, a rainha, o embaixador, o mestre ou o secretário de sala, o contramestre, Mateus e o palhaço. Usam saiote de cetim, fitas coloridas e chapéus de palha, cobertos com tecido e enfeitados com espelhos e fitas. Os principais instrumentos musicais usados são a sanfona, o tambor e o pandeiro. Tradicionalmente, apresenta-se de 24 de dezembro a 06 de janeiro. Neste dia 6 de janeiro, o Dia de Reis, costuma-se queimar as palhinhas do presépio. A Liturgia católica celebra a festa da Epifania, mais destacada entre os orientais. O menino, pobremente nascido em Belém, segundo a narrativa de Lucas, mas agora na perspectiva de Mateus, Jesus veio para todos os homens e mulheres da terra. Mentirosamente procurado por Herodes, o infanticida de Belém, o Menino agora é recepcionado regiamente pelos Magos, que vieram de longe, guiados por uma misteriosa estrela, a Estrela de Belém.

INOCÊNCIO NÓBREGA Jornalista. inocnf@gmail.com

Que país é este?

RENAN CALHEIROS Presidente do Congresso Nacional

O ovo da serpente Como todos acompanharam, o Senado Federal modulou sua atuação no processo de impeachment como um poder moderador, evitando uma disritmia institucional e fissuras incuráveis para as futuras gerações. Dentro das atribuições da Presidência da Instituição, nos espelhamos nos paradigmas de nossa Suprema Corte para conduzir o processo com neutralidade, serenidade e justiça. O Senado deu as respostas na velocidade adequada, sem atropelos. Infenso às paixões políticas, o processo andou no velocímetro da Lei. Não pisamos no freio ao ponto de suscitar questionamentos procrastinatórios, nem aceleramos de modo a sugerir atropelos na defesa, território sagrado e inviolável. As lições são muitas e impõem ao Parlamento a reforma política. O modelo atual passa por seu último suspiro. Não há discrepâncias quanto à natureza intrinsecamente desestabilizadora da Lei do Impeachment, a 1.079/50, anacrônica

e falha. Todos os presidentes enfrentaram processos análogos e alguns os superaram politicamente. Mas para além da necessidade de modernizar essa lei, o ovo da serpente está na decrépita e permissiva legislação político -eleitoral-partidária do País. É imperioso que aprimoremos essa legislação e abdiquemos do jeitinho brasileiro quando tratamos do futuro das instituições nacionais. O Senado Federal já aprovou uma Reforma Política orgânica com começo, meio e fim. Entre as alterações, constam o fim das coligações proporcionais, a cláusula de barreira e a proibição do financiamento privado de campanhas. Sem esses freios, a legislação favorece a fragmentação e a farra da indústria dos partidos, dificultando a formação de maiorias. Os paliativos tentados na assepsia eleitoral continuam drenando as energias do Congresso Nacional, sem debelar os focos da enfermidade. É inevitável também que o

País rediscuta a mudança do sistema de governo. O presidencialismo sangra diariamente. O dito presidencialismo de coalizão é uma tentativa semântica de atribuir estabilidade numérica a governos que não têm estabilidade alguma. Junto com esse aprimoramento, é imperioso promovermos a sonhada reforma política. A caixa da Pandora, fonte dos desalinhos contemporâneos, está na legislação político-eleitoral-partidária, licenciosa e caduca. É inadiável uma reforma orgânica, que envolva o fim das coligações proporcionais, a cláusula de barreira e discuta sem preconceitos o modelo de financiamento de campanhas. Enquanto o Parlamento não conseguir entregar ao País um modelo político-eleitoral eficiente, moderno, representativo, continuará a ser questionado. Qualquer modelo que venhamos a ter é melhor que o atual, fomentador de crises e instabilidades. Precisamos reformar a política para a política ajudar o Brasil.

Após fazer um giro por países da Europa, o santista brasileiro, José Bonifácio de Andrada e Silva, de volta a Portugal, onde este por 36 anos, é nomeado lente da Universidade de Coimbra. Posteriormente, por Decreto do Príncipe Regente, Intendente Geral das Minas do Reino. Nesse instante, havia recebido convite, do Príncipe Real da Dinamarca, a fim de ocupar semelhantes funções na Noruega. Essa, algumas das notícias que chegam ao Brasil, em 1801, a respeito do renomado cientista. Depois de muitas solicitações ele retorna ao nosso convívio, trazendo no seu currículo enorme cabedal de conhecimentos científicos, especialmente no ramo da mineralogia. Poliglota, manejava, com desenvoltura, seis línguas. Embora conservador nas ideias, iluminista que era, embora em terras lusas preocupava-se com os rumos que se queria imprimir à ainda colônia portuguesa nas Américas, em luta pela sua autonomia política. Não deixava de ser reformista, acreditando se criasse uma nação homogênea, respeitando-se a miscigenação, assimilando-se a cultura indígena, sem descurar-se de certo estágio da educação para todos. Em resumo, defendia que se buscasse a realidade brasileira,

Presidente José Paulo Gabriel dos Santos

INDEPENDENTE Rua da Praia, 134 - sala 303 - centro - Maceió Alagoas Endereço Comercial: Av. Menino Marcelo - 10.440 - Serraria Maceió - Alagoas - CEP: 57.083.410 CNPJ: 08.951.056/0001 - 33

Jorgraf UM PRODUTO:

Cooperativa de Produção e Trabalho dos jornalistas e gráficos do Estado de Alagoas

Diretor administrativo-financeiro Flávio Peixoto Editor geral Ricardo Castro ricardojcastro@yahoo.com

Diretora comercial Marilene Canuto

sem necessidade de importação de modelos políticos. Assim, enxergando o Brasil uma massa bruta, com imensas potencialidades, colosso de material para um projeto nação, digno de si mesma, despede-se da metrópole em discurso que pronunciou na Academia Real de Ciências, perante seus colegas. Entre outros pontos disse ele: “É necessário apartar-me para longe e descontinuar as lições que de vós tenho recebido”. Refere-se, a seguir, à obrigação de Portugal para com “sua filha a emancipar-se, que precisa de luzes, conselhos e instruções”. E, concluindo: “Que país é esse, senhores, para uma nova civilização, o novo assento das ciências! Que terra para um grande e vasto Império!”. A engenhosa expressão, cunhada pelo nosso Patriarca, entretanto, vem sendo deturbada por uma desinformada mídia, empregando -a pejorativamente. Sem ir ao fundo da história, o compositor Renato Russo (Renato Manfredini Junior), que se dizia admirador de Rousseau e Bertrand Russel, de Brasília onde residia lançou, em 1978, a canção “Que país é esse?”. Na primeira estrofe alude ao desrespeito à Constituição, levando à tona a sujeira que envolve o Senado, tal como nas favelas, e à bagunça, por falta de ordem, por

LOCALIDADE ALAGOAS

VENDA AVULSA DIAS ÚTES R$ 2,00

OUTROS ESTADOS R$ 3,00

LOCALIDADE ALAGOAS

ASSINATURAS SEMESTRAL R$ 300,00

OUTROS ESTADOS R$ 500,00

DOMINGO R$ 4,00 R$ 5,00

todo o Brasil. A letra faz, também, críticas à americanização e enaltece o elemento indígena. Não há subjetividade no conteúdo, porém tantas vezes repete o título, fugindo ao sentido original, concebido pelo velho Andrada. Se pragmática a frase, emitida no primeiro momento, não deixa de ser realística no segundo, com o plágio da titularidade e distorção de seus versos. Espaço de dois séculos entre ambas, o suficiente para o esquecimento de otimismo que tomava conta de nosso estadista, àquela época, para com um novo povo que ele, pessoalmente, ajudou, politicamente, a se organizar. Sua utopia, tão bem exposta a uma plateia de cientistas, em Lisboa, pouco foi respeitada na evolução histórica do Brasil, Império ou República. Coligação dos três Poderes constituídos levou um terceiro paulista, através de golpe de estado, ao Palácio do Planalto, dessa forma traindo os princípios e sonhos bonifacistas, os quais apostavam no conjunto e manutenção de nossas riquezas, capacidade e amor filial dos filhos da nova Pátria, o bastante para torná-la pujante diante do mundo. A Revolução de 30 despachou um destes, Júlio Prestes. Prognóstico cada vez mais distante de acontecer.

PABX: 82.3311.1338 COMERCIAL: 82.3311.1330 - 3311. 1331 REDAÇÃO: 82.3311.1328 - 3311.1329 CENTRAL DE ASSINANTE: 82.3311.1308

ANUAL R$ 600,00

comercial.tribunaindependente@gmail.com redação.tribunaindependente@gmail.com

R$ 1.000,00

OS ARTIGOS ASSINADOS SÃO DE RESPONSABILIDADE DOS SEUS AUTORES, NÃO REPRESENTANDO, NECESSARIAMENTE, A OPINIÃO DESTE JORNAL.


TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 7 E 8 DE JANEIRO DE 2017 POLÍTICA 7 ERALDO PERES

ACIDENTE?

Comentário sobre massacre geral mal-estar nas redes

Presidente Michel Temer tem sentido o peso das redes sociais, ferramentas de tecnologia, consideradas dor de cabeça do governo

Redes sociais atormentam governo de Michel Temer Zoeiras de tuiteiros, facebookeiros e instagrameiros enfraquecem o governo

E

m outubro passado o presidente Michel Temer, num pronunciamento, disse que é “extraordinário” o poder das redes sociais. Até aí tudo bem, descontada a banalidade suprema da frase, indesculpável mesmo para um senhor de 76 anos. O complemento é que foi incrível: “Vou combatê-las”, disse num tom de cruzado da Idade Média. Existe uma leitura bem menos cômica da declaração de Temer. Obliquamente, ele esta-

ria se referindo, na verdade, às críticas que recebe na internet. Nas redes sociais, ele não tem como escapar das vaias típicas de um homem impopular. Há quinze os tuiteiros, facebokeiros e instagrameiros não tem dado folga ao governo de Temer e, assim, afora nos finais de semana a cada dia o presidente, ministros e assessores se veem envolvidos em lambanças que surtem efeito contrário ao Palácio do Planalto quando caem nas graças dos internautas que curtem essas redes sociais.

GENTE BOA

Campanha se volta contra Planalto A campanha de conscientização do Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil causou polêmica hoje no país. Com o slogan “Gente boa também mata”, foram espalhados anúncios pelas ruas que associam crimes de trânsito a pessoas que praticam boas ações, alertando que todos podem cometer imprudências no volante. A abordagem de mau gosto recebeu muitas críticas por associar ações negativas a pessoas bem intencionadas.Segundo o site Sen-

sacionalista, apesar do feedback negativo, o criador da campanha pode se orgulhar por ter provado sua tese. Já que, podendo ser considerado gente boa, matou muitos brasileiros de vergonha com a peça publicitária.Um grupo de brasileiros insatisfeitos com as ações do governo federal resolveu iniciar uma campanha com os slogans “Cortar aposentadoria também mata”, “Reduzir investimento em educação também mata” e “Corrupção também mata”.

Esta semana, então, a zoeira (gozação dos internautas) foi diária e fez Michel Temer recuar pelos menos três vezes de medidas equivocadas. Na terça-feira, o presidente tinha a intenção de nomear para presidir a Fundação Osvaldo Cruz a médica Tania Araújo-Jorge, segundo lugar na disputa interna, ignorando o resultado da eleição que apontou como vencedora a pesquisadora Nísia Trindade. As críticas das redes sociais gerou uma briga entre

o Ministério da Saúde e a Fiocruz. Temer não teve outra escolha a não ser recuar. Na quarta-feira, uma propaganda do Ministério dos Transportes fazia alusão às pessoas que praticavam boa ação e que poderiam provocar mortes no trânsito. A mensagem do anúncio se voltou para o próprio governo que desistiu da ideia. Porém, o massacre de presos em Manaus atormentou Temer que em princípio se negou a opinar, porém quando falar minimizouocasoeotratoucomoacidente.

FIM DO MUNDO

New York Times usa palavra na internet Texto de Vanessa Barbara publicado na quinta-feira (5) pelo jornal norte-americano The New York Times fala que o fim do mundo já chegou ao Brasil. Ela diz que “pelo menos é o que as pessoas aqui estão dizendo. Uma emenda constitucional aprovada pelo Senado no mês passado é chamada de o fim do mundo por seus opositores.

A reforma vai impor um limite de 20 anos em todos os gastos federais, incluindo educação e saúde. O artigo conta que o governo justificou a medida com base no fato de que o Brasil enfrenta graves crise. Mas as pessoas não estão entendendo muito bem A expressão foi criada nas redes sociais pelo movimento social que se opõem a PEC.

Depois de dias sem se pronunciar sobre o massacre no presídio em Manaus, quando dezenas de detentos foram assassinados, muitos deles decapitados, o presidente Michel Temer resolveu se pronunciar. Diante da pressão para que ele se manifestasse sobre a chacina, Temer falou à imprensa e disse que foi um “acidente pavoroso”. A classificação de uma das maiores chacinas do país de “acidente” pegou os brasileiros de surpresa. A conclusão dos especialistas é de que teria sido melhor Temer continuar calado – o que vinha sendo criticado pelas pessoas. Para os analistas políticos, o silêncio do presidente é a maior arma deste governo, já que o maior inimigo de Temer é ele próprio. No mais recente massacre ocorrido ontem em Roraima, quando mais 31 presos foram mortos, as redes sociais não perdoaram e encararam segundo a expressão usada por Temer como novo acidente.

BANQUETE AÉREO

Internautas fazem presidente cancelar licitação de lanches Também por pressão das redes sociais, após divulgação das informações a respeito de uma licitação em que o governo federal estimava gastar R$ 1,75 milhão em produtos alimentícios para abastecer o avião do presidente Michel Temer, o governo decidiu, no final de dezembro, cancelar a licitação. “Por orientação presidencial, foi cancelado o Pregão 14/2016, para o dia 02.01.2017, de Serviços de Comissária Aérea”, escreveu o ministro em seu Twitter. De acordo com o edital publicado no dia 19 de dezembro no Diário Oficial da União, o valor da contratação estava estimado em R$ 1.748.653,20, sendo

FIOCRUZ

OLINDA

REBELIÃO

A pesquisadora Nísia Trindade Lima foi anunciada, na terça-feira (3), como a nova presidenta da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). A nomeação foi confirmada pelo ministro da Saúde, Ricardo Barros, após reunião que o mesmo teve com o presidente Michel Temer. Barros pretendia nomear a segunda colocada na eleição interna da Fiocruz, Tânia Araújo Jorge, mas foi preterido por Temer após pressão de servidores da instituição, de membros da comunidade científica, de parlamentares e de entidades da sociedade civil. Na eleição realizada em novembro, Nísia Trindade Lima obteve 2.566 votos (59,7%) contra 1.695 (39,6%) de Tânia Araújo Jorge.

É notório que a gestão de Michel Temer fez fama por seus receios em relação às reações da opinião pública. E não seria diferente após anúncio de que o presidente do Brasil será transformado em boneco gigante no carnaval de Olinda. Uma série de reações violentas tomaram corpo nas redes sociais. Alguns ameaçaram arremessar ovos, enquanto outros alvitraram lançar coquetéis molotov.O próprio boneco se manifestou à imprensa afirmando não ter coragem de enfrentar as povoadas ladeiras de Olinda durante as festas de Momo. No entanto, para evitar pelejas e a ausência de figura tão ilustre, a organização do ateliê da Embaixada de Pernambuco afirmou que o boneco terá escolta e ficará dentro da prefeitura.

Ao comentar o massacre carcerário em Manaus, o secretário nacional de Juventudedo governo Temer, Bruno Júlio (PMDB), diz que “tinha era que matar mais”. -- Eu sou meio coxinha sobre isso. Sou filho de polícia, né? Tinha era que matar mais. Tinha que fazer uma chacina por semana.Bruno Júlio é filho do ex-deputado federal Cabo Júlio (PMDB), hoje deputado estadual em Minas. É também presidente licenciado da juventude do PMDB. O assunto dominou as redes sociais que, de imediato, levantou a ficha criminal do secretário já denunciado por ter espancado uma mulher com quem tinha relação.

Governo recua e nomeia a 1ª colocada

Até boneco de Temer tem medo de sair às ruas

E para completar as críticas à atuação do governo federal quanto às barbáries ocorridas nos presídios da região Norte, o ministro da Justiça, Alexandre Moraes, ontem, mentiu em rede nacional ao negar que o governo de Roraima houvesse pediu apoio da Força Nacional ao sistema prisional do estado. — Primeiro, o que foi solicitado pelo governo de Roraima foi o envio da Força Nacional para fazer segurança pública, e não o envio para o sistema penitenciário. Nós, inclusive, à época, mandamos uma comissão, e o pedido foi feito em virtude da questão da entrada maior de venezuelanos — declarou o ministro no Palácio do Planalto. Moraes foi desmentido pelos oficios mostrados pelo governo de Roraima e que comprovaram os pedidos. Como resultados, internautas fizeram corrente pedindo a cabeça de Alexandre de Moraes, filiado ao PSDB do Ministério da Justiça.

Secretário queria ver mortes todos os dias

que R$ 166 mil em serviços e R$ 1,58 milhão em material. As propostas seriam apresentadas no próximo dia 2 de janeiro e o contrato previa a duração de um ano. Entre os itens listados, o governo estimava gastar até R$ 42 mil em gelo, sendo R$ 19 mil em gelo em cubo, R$ 1,370 mil em gelo em cubinhos e R$ 21,6 mil em gelo seco. Havia ainda a estimativa de que o governo pagasse até R$ 28 mil por 1.500 pacotes de papel toalha e mais R$ 10.420,00 por mil pacotes de guardanapos com 50 unidades. Também constava no edital a estimativa de gasto de R$ 1,740 mil por 600 rolos de papel higiênico.


8 PUBLICIDADE MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 7 E 8 DE JANEIRO DE 2017

TRIBUNAINDEPENDENTE


MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 7 E 8 DE JANEIRO DE 2017

TRIBUNAINDEPENDENTE

Cidades

CIDADES

9

Valor repassado pelo Ministério da Saúde para Alagoas no ano passado foi menor que em 2015

O Ministério da Saúde (MS) repassou em 2015 por meio do Fundo Nacional de Saúde, R$ 236,1 milhões ao estado de Alagoas. No ano passado, o valor foi menor, apenas R$ 213 milhões. O recurso é destinado para os blocos de financiamento em saúde, que inclui desde a Atenção Básica, Vigilância em Saúde até o bloco de Média e Alta Complexidade Ambulatorial e Hospitalar. Vale ressaltar que o financiamento da saúde pública, bem como a sua gestão, é compartilhado entre a União, que estabelece as diretrizes das políticas de saúde, estados e municípios. Estes responsáveis pela execução dos serviços e organização da rede de assistência à saúde da população. Pela Constituição Federal, os estados e o DF devem investir o mínimo de 12% de sua receita própria, enquanto os municípios devem aplicar pelo menos 15%. Em relação à União, a regra atual determina a execução mínima de 13,2% da Receita Corrente Líquida (RCL) em 2016.

88% da população dependem do SUS

Dos R$ 42 mi/mês disponíveis para saúde em Alagoas, R$ 12 milões vêm do MS e está abaixo da necessidade, segundo Sesau

LUCAS FRANÇA REPÓRTER

O

Estado de Alagoas possui 3.358.963 milhões de habitantes segundo os dados mais recentes do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE). Deste total 88% dependem exclusivamente do Sistema Único de Saúde (SUS), de acordo com levantamento da Secretaria Estadual de Saúde (Sesau). Mas a Sesau acredita que a quantidade de pessoas que dependem do SUS tenha aumentado nos últimos meses ultrapassando os 90% devido a atual situação econômica do país. No ranking nacional Alagoas ocupa a sétima posição com maior número de pessoas que dependem do SUS. O estado do Acre fica na primeira colocação com 94,19%, seguido de Roraima (92,62%), Maranhão (90,83%), Tocantins (90,55%), Bahia (89,47%) e Piauí (88,67%). O estado que apresenta o menor percentual de pessoas que dependem do SUS é São Paulo com 43,1%. Rio de Janeiro com 49%, Paraná (65%), Minas Gerais (66,64%), Distrito Federal

(70,05%), Rio Grande do Sul (70,44%) e Santa Catarina (72%) também estão na base do ranking. Para se chegar aos dados foi levado em consideração o número de habitantes de cada estado e a quantidade de pessoas com vínculos em planos de saúde. Entre os estados da região Nordeste, o Maranhão ocupa o primeiro lugar no número de usuários. Dos 6.904.241 habitantes, 6.270.941 dependem do SUS, um porcentagem de 90,83%. Em seguida vem Bahia, Piauí (88,67%) e Alagoas. Até novembro de 2016, apenas 403.482 pessoas possuíam vinculo com planos de saúde segundo a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). O número de beneficiários é uma estimativa variante, segundo a ANS a cada mês tem gente entrando e saindo de planos. A mudança na quantidade de usuários ocorre com a movimentação do mercado de trabalho. Para garantir o atendimento à população, o Governo do Estado recebe por mês do Ministério da Saúde (MS) em torno de R$ 12 milhões. E do Tesouro Estadual que

EVELLYN PIMENTEL

No ranking nacional em número maior de pessoas que dependem do SUS, Alagoas fica na sétima posição

dependente da arrecadação, que é baseado no cálculo de 12% dos recursos do Tesouro, como diz a constituição, recebe em média R$ 30 milhões por mês. Ao todo o valor para garantir à assistência a saúde em Alagoas chega a pouco mais de R$ 42 milhões.

De acordo com a Sesau, esses recursos são utilizados para manter as unidades, serviços e programas funcionando e para realizar os investimentos necessários visando cumprir as atribuições que competem ao Estado, uma vez que o SUS é tripartite e cada ente possui as

suas atribuições (Governo Federal, Estadual e Municipal). Por exemplo, a atenção básica é atribuição dos municípios. A secretária de Saúde do Estado, Rosângela Wyszomirska, disse que esse valor é pouco para garantir uma saúde de qualidade à popu-

lação, mas que o estado vem trabalhando para fazer o atendimento ao cidadão. “O SUS é subfinanciado há muito tempo. Inclusive o orçamento federal da saúde é irreal, ou seja é abaixo da necessidade. O subfinanciamento federal da saúde leva a um déficit que gira em torno de R$ 40 milhões por mês, para Alagoas. O estado usa os 12% obrigatórios pela constituição para cobrir o déficit do financiamento da saúde. E com isso, ficamos sempre atrás, com financiamento prejudicado. Para garantir que a população não fique sem atendimento, adotamos medidas como a contenção de gastos administrativos, reorganização de serviços, planejamento e programação financeira, controle rigoroso de pagamentos e vamos iniciar a qualificação de organizações sociais (OS), que acreditamos que trará profissionalização da gestão e consequentemente redução de custos, com melhor qualidade do atendimento. Além disso, mantemos constante negociação com o MS, o que fez com que conseguíssemos recurso para a implantação do plano de oncologia”, ressaltou.

OPINIÃO

Usuários não estão satisfeitos com serviço oferecido A equipe de reportagem do jornal Tribuna Independente esteve entre o mês de novembro e dezembro no Hospital Universitário (HU) e no Posto de Saúde João Paulo II, no bairro do do Jacintinho, e constatou que os usuários do SUS não estão satisfeitos com o serviço que é oferecido em Alagoas. A dona Maria do Carmo, 62 anos, disse que há 15 anos depende do SUS e a realidade não é fácil, e que o serviço precisa melhorar muito. “Não é fácil conseguir ser atendido, várias vezes precisei, vim até o hospital e voltei sem atendimento. Tem especialidade que a gente vem procurar e é pior ainda. Desde do início de 2016 que eu preciso fazer uma tomografia, já estamos em dezembro e eu não consegui fazer a marcação. Deve ser a demanda”, criticou. Seu Antônio de Oliveira,

EVELLYN PIMENTEL

Dona Maria do Carmo diz que tenta há quase um ano fazer uma tomografia

também está indignado com os serviços oferecidos e o jeito que a saúde é tratada no estado. Ele classifica como uma mercadoria e enfatiza afirmando que é de péssima categoria, a pior que possa existir. “A saúde pública aqui é

tratada como uma mercadoria e para quem não pode comprar a melhor, essa é vendida estragada. Esses governantes não sabem planejar, ou sabem, mas só pensam neles. O povo tem que colocar gente honesta para gerir um estado, uma cidade

e o país. Eles roubam, não vem dinheiro para a saúde e a gente que paga o ‘pato’. As pessoas têm medo de falar por conta das represálias. Tudo que acontece aqui é um absurdo. Como um paciente que precisa de atendimento ou de exames passa três meses para marcar? Eu mesmo só consegui o exame porque fui ate a Defensoria Pública”, comentou seu Antônio. E as reclamações parecem ser comuns nos corredores de hospitais e postos de saúde. Lúcia Maria Vieira, também acha que o serviço oferecido é de péssima qualidade e não atende a demanda da população. “O serviço é demorado, quando a gente procura um hospital, uma unidade de saúde é porque estamos necessitando de atendimento, ninguém vem a um lugar desses por vir. Eu preciso de um exame de Espirometria para minha mãe, uma senho-

ra de 80 anos que já tem uma saúde frágil, e ele foi marcado para o dia 21 de janeiro [a entrevista foi realizada 21 de dezembro]. O bom é que, ao menos foi marcado. Tem gente que nem isso consegue. O serviço do SUS é zero, mas infelizmente a gente tem que correr atrás porque é o que tem para o pobre”. Paulo Sérgio Pereira que reside na cidade de Paulo Jacinto também é paciente do SUS. Ele disse que quando não tem a especialidade na cidade é transferido para a capital e falou que para consulta não é demorado porque já vem com ela marcada, a demora é pouca. Mas para exames existe uma demora maior. Ele acredita que é devido à demanda de pacientes. Ele disse que já chegou a esperar de cinco a seis meses para conseguir marcar um exame. A socióloga Danúbia Bar-

bosa, diz que o programa do SUS é um dos mais completos e funcionais do mundo, sua proposta teoricamente não deixa nada a desejar. Segundo ele, são os vários problemas, como corrupção, sucateamento do sistema e de trabalho público, além da burocratização, que impedem o bom funcionamento do sistema. O SUS conta com uma cobertura preventiva como os Programa Saúde da Família (PSF), mas que não funcionam em sua totalidade para a prevenção. Por isso, de acordo com Danúbia Barbosa, as unidades de emergências e de saúde para o tratamento profilático ficam sobrecarregadas. “A saída mais viável para desafogar a demanda existente são a criação de sistemas alternativos, que atendam na total prevenção das doenças de forma em geral.” (L.F.)

POR MÊS

HU recebe do Ministério da Saúde cerca de R$ 2 milhões O Fundo Nacional de Saúde do Ministério da Saúde (MS) repassa para o HU, em média dois milhões e meio de reais por mês para atendimentos ambulatórias de várias especialidades, como nefrologia, clínica geral, clínica especializada, pediatria, entre outras. No total, até outubro, o hospital recebeu aproximadamente 26 milhões de reais em 2016. Naquele ano, até o dia 14 de dezembro, foram realizados no HU 147.436 atendimentos ambulatoriais (consultas) e 4.462 cirurgias. Destas, 1.833 foram ambulatoriais, que são aquelas cirurgias que não exigem in-

EVELLYN PIMENTEL

Segundo assistente social Maria Helena, 60% da demanda do HU é do interior

ternação, e 2.629 em centros cirúrgicos com necessidade de internação. Segundo informações da direção do HU, os recursos recebidos dependem da demanda e dos procedimentos que serão realizados na unidade, mas que tudo é em base de contratos. A assistente social do HU, Maria Helena, disse que o hospital tem uma demanda muito grande. Ela acredita que seja a unidade que mais realiza atendimentos no estado. E que a maioria são de pessoas que vêm do interior do estado, cerca de 60%. “A gente recebe aqui no hospital pacientes de várias

cidades. Muitos vêm com problemas que se fosse diagnosticado no inicio seria tratado nas unidades básica de saúde, tem pacientes que chega com uma demanda e volta para a rede. Se o planejamento fosse melhor com uma assistência básica de qualidade que atendesse a população, muito paciente que veio até o hospital não chegaria a alta complexidade e assim, evitaria gastos maiores’’, comentou a assistente social. Maria Helena disse que o objetivo do trabalho na saúde é a assistência integral, trabalhando com a linha de cuidado e claro com parcerias com os órgãos responsáveis,

para que os recursos sejam empregados devidamente que as pessoas que dependem do SUS realmente possam ser atendidas. “Estamos com projeto de renegociar o serviço e mostrar os aspectos para que de fato essa linha de assistência integral possa acontecer.” A assistente social também se mostra preocupada com as propostas de Governo. Ela disse que se já é difícil trabalhar com os recursos atuais com a aprovação da Proposta de Emenda Constitucional (PEC 55) poderá ser pior. Mas torce para que a população não fique sem assistência. (L.F.)


10

CIDADES

TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 7 E 8 DE JANEIRO DE 2017

Secretária diz o que mudou na saúde em 2016 Rozangela Wyszomirska também fala das perspectivas de investimentos para melhorar serviços do SUS em 2017 AGÊNCIA ALAGOAS

Wyszomirska: mudaças em 2016 visaaram melhor atender indicadores de saúde

A

secretária de Estado da Saúde, Rozangela Wyszomirska, completou dois anos à frente da pasta e, nesse tempo, conseguiu ampliar o acesso aos serviços de saúde em Alagoas, promovendo mudanças satisfatórias e mostrando passos importantes que trarão resultados no futuro. Esses avanços só foram possíveis graças ao esforço de profissionalização da gestão, do maior controle dos recursos humanos e financeiros disponíveis, bem como o estabelecimento de metas. De acordo com a secretária, as várias ações realizadas no ano passado devemse ao fato das mudanças no enfoque para melhor atender os indicadores de saúde no Estado. “As principais causas de morte da população alagoana são as doenças cerebrais e vasculares, os traumas e os cânceres em geral. Pensando nisso, vol-

tamos às ações, inicialmente, para implantação da Unidade de AVC [Acidente Vascular Cerebral] no Hospital Geral do Estado [HGE], da linha de cuidado do infarto do miocárdio e da hemodinâmica, além da telemedicina para atendimento à distância com a participação das Unidades de Pronto Atendimento [UPAs]”, destacou. SERVIÇOS NO HGE Com uma proposta de cuidado multiprofissional para o tratamento emergencial do derrame cerebral, a Unidade de AVC do HGE foi inaugurada com o propósito de atender a uma demanda que já existia no hospital. O serviço tornouse referência para os usuários do SUS e já atendeu mais de 478 pacientes, sendo que 77 fizeram o uso do trombolítico (fármaco usado para dissolver os trombos sanguíneos). “Por conta dessa neces-

sidade assistencial e do potencial que acreditávamos que o HGE possuía, abrimos a Unidade de AVC com dez leitos. A existência de centros especializados para tratamento da doença foi fundamental”, ressaltou Rozangela Wyszomirska. Segundo a secretária, nesse primeiro ano de funcionamento, a Unidade de AVC do HGE já proporcionou vários impactos positivos na assistência ao usuário. Antes, a depender do quadro clínico do paciente, ele chegava a passar meses dentro do hospital. Hoje, a média de permanência é de 19 dias. Entre os avanços consolidados, Rozangela destaca a parceria da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) com o Hospital do Coração de Alagoas, proporcionando a chance de atendimento e tratamento mais adequado às vítimas de infarto agudo do miocárdio.

A assistência prestada aos alagoanos que necessitam ser submetidos ao cateterismo e angioplastia ganhou ainda mais agilidade no HGE, com a inauguração da Unidade de Hemodinâmica Dr. João Firemam, em 23 de junho passado. Desde que foi inaugurada até o final de novembro de 2016, 387 usuários do SUS tiveram acesso à técnica mais avançada do mundo nos exames e tratamentos cardiovasculares, com destaque para a realização de diagnósticos e procedimentos terapêuticos utilizando a técnica do cateterismo. O serviço de ortopedia também foi ampliado, fazendo com que as filas para procedimentos ortopédicos pudessem ser eliminadas. E, além disso, também foi iniciado um realinhamento dos serviços, o que só trouxe melhorias no atendimento inicial aos pacientes que dependem do SUS.

SAÚDE DO CORAÇÃO

Governo investe em tratamento cardiopediátrico Com o lançamento da Latin America Telemedicine Infarct Network (Latin), o intercâmbio de informações médicas de um local a outro via comunicações eletrônicas conseguiu melhorar o estado de saúde do paciente adulto, principalmente no caso de uma emergência cardiovascular, onde cada segundo conta – sobretudo quando ele sofre uma Stemi (infarto agudo do miocárdio com supradesnivelamento do segmento ST), que é a forma mais fatal de um ataque cardíaco. Ao reconhecer os indicadores de mortalidade e assistência deficitária à criança com cardiopatia congênita, o Governo de Alagoas e a Sesau, em parceria com a Fundação Cordial e o Hospital do Coração de Alagoas, abraçaram a causa da cardiopediatria e cirurgia cardiopediátrica objetivando dar resolutividade a tal problemática. Desde o início das atividades do Projeto Coraçãozinho, em 2015, até novembro deste ano, já foram realizadas 1.455 consultas ambulatoriais, 1.360 ecocardiogramas, 70 procedimentos invasivos de hemodinâmica e 102 cirurgias em crianças cardiopatas. “Passamos um longo pe-

AGÊNCIA ALAGOAS

Casa do Coraçãozinho foi inaugurada em dezembro passado

ríodo sem a menor estruturação. Então, decidimos trabalhar para criar um programa de cardiologia pediátrica em Alagoas, que foi iniciado com a estruturação da linha de cuidado dos pacientes. Fico realizada em ver que o projeto está ganhando forma e força a cada dia”, salientou a secretária. O ‘Coração de Estudante’, realizado pela Fundação Cordial em parceria com a Sesau, já atendeu mais de 1.200 pequenos corações. O projeto tem como finalidade rastrear e identificar precocemente, nas escolas municipais do interior do Estado,

crianças em idade escolar, entre 2 e 6 anos de idade, que possuem cardiopatia congênita. Com a inauguração da Casa do Coraçãozinho, em dezembro, mais um passo foi dado na melhoria e ampliação dos serviços às crianças que nascem com problemas cardíacos. Um local de apoio para o atendimento especializado e dedicado exclusivamente aos usuários do SUS, com tratamento integral realizado por cardiologistas, assistentes sociais e equipe multiprofissional. “A Casa do Coraçãozinho está resgatando o tra-

tamento cardiopediátrico em Alagoas, uma área que, anteriormente, sempre foi abandonada no Estado”, exaltou Rozangela. De forma determinada, a gestora da Sesau visitou as dez regiões de saúde para discutir o alinhamento das ações por área de atuação. Na atual gestão, a secretaria abriu quatro novas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) – uma em São Miguel dos Campos, uma em Maragogi e duas em Maceió (Benedito Bentes e Trapiche). As UPAs, na avaliação da secretária, são serviços que trazem resolutividade de grande alcance, assegurando um atendimento diferenciado das demais portas de entrada aos usuários do SUS, por conta da classificação de risco, uma vez que os pacientes são atendidos, triados e, nos casos mais graves, encaminhados para o serviço especializado. Também foram revisados os programas existentes, a ampliação do número de cirurgias, assim como a reorganização das redes de urgência e materno-infantil, que é uma das prioridades da Sesau, para que as gestantes tenham um parto humanizado e com acompanhamento dos profissionais.

ONCOLOGIA

Programa amplia tratamento a pacientes Também foi elaborado o primeiro Plano Estadual de Oncologia, cujo propósito foi efetivar as ações de prevenção, diagnóstico, tratamento e cuidados paliativos a pacientes com câncer, o que melhorou e ampliou o atendimento a essa população, com consultas especializa-

das, exames de ultrassom, endoscopias, colonoscopias e retossigmoidoscopias, além de exames de anatomia patológica. Dessa forma, o paciente não precisa mais gastar tanto tempo em busca de exames. AEDES AEGYPTI A campanha de combate

ao mosquito transmissor do zika vírus, da dengue e da febre chikungunya teve, neste ano, um grande reforço: foi desenvolvido o aplicativo “Juntos pela Saúde”, uma tecnologia que permite que qualquer cidadão denuncie focos do aedes aegypti, a fim de controlar os surtos. E,

além disso, a Sesau iniciou, também, o mapeamento das áreas com maiores índices de infestação predial do mosquito com a utilização de drones – equipamentos que podem filmar e fotografar locais onde os agentes de saúde não conseguem chegar.

PLANO ESTADUAL DE SAÚDE

Ações serão desenvolvidas nos próximos 4 anos O interesse de Rozangela Wyszomirska é ofertar mais serviços de saúde a população e nesse sentido, especificamente, foi elaborado o Plano Estadual de Saúde (PES 2016/2019), que é composto de ações que serão desenvolvidas nos próximos quatro anos, contemplando a Atenção Primária, a Média e Alta Complexidade, cujo propósito é garantir aos usuários do SUS acesso a uma saúde

de qualidade, onde eles são atendidos em suas regiões de origem, sem a necessidade de se deslocarem até Maceió. “Na PES 2016/2019 está o planejamento da construção e da reforma de dez hospitais e centros de referência, tanto na capital como no interior. Além disso, iremos reformar os ambulatórios 24 horas, onde três deles serão Unidades de Pronto Atendimento, enquanto o outro será um

centro de referência. Entre os projetos grandiosos, posso destacar a construção da Maternidade de Risco Habitual, do Hospital de Clínicas e do Hospital da Mulher”, revela a secretária. De acordo com Rozangela Wyszomirska, este ano, a Sesau irá manter todo o planejamento elaborado ao longo de 2016. Entretanto, com uma prioridade: que será a regularização do abasteci-

mento. “Vamos organizar e implantar a qualificação de Organizações Sociais, além de ampliar os serviços do HGE e da UE do Agreste”, garante. E acrescenta que “apesar de todas as dificuldades encontradas no caminho, conseguimos avançar na qualidade da saúde pública. O ano de 2016 foi, sem sombra de dúvidas, um ano de conquistas e realizações”, resumiu.


TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 7 E 8 DE JANEIRO DE 2017

CIDADES

11

Baldomero Cavalcanti passa por varredura

Operação no presídio encontra armas, drogas e aparelhos celulares e ocorre após massacres em Roraima e Amazonas

U

ma grande operação foi realizada no Presídio Baldomero Cavalcanti de Oliveira, unidade localizado no sistema prisional de Maceió, na sexta-feira (6). Na busca, foram apreendidas armas, drogas e aparelhos celulares. De acordo com a Secretaria de Estado da Ressocialização e Inclusão Social (Seris), esta é a maior operação já realizada no Baldomero Cavalcanti. A Seris acionou o Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), além de várias outras guarnições de policiais militares civis para dar apoio. A ação foi pensada após as mortes dentro do sistema penitenciário de Boa Vista (RR) e Manaus (AM). Em Boa Vista, a chacina causou 33 mortes na sexta-feira (6) e em Manaus, motim resultou na execução 56 detentos no

início da semana. Seguindo as diretrizes do secretário da Ressocialização, tenente-coronel Marcos Sérgio de Freitas, agentes penitenciários do Grupamento de Escolta, Remoção e Intervenção Tática (Gerit) atuaram de forma conjunta com policiais civis do Tático Integrado de Grupos de Resgates Especiais (Tigre) e militares do Bope para garantir a ordem e disciplina no presídio. Durante a operação, realizada em toda a unidade, as forças de segurança fizeram a contagem e remanejamento dos 1.228 custodiados, além de retirar itens ilícitos de circulação, como: objetos pontiagudos de fabricação artesanal, aparelhos, que possibilitam a comunicação externa, além de entorpecentes. A Seris informou que a ação no Baldomero Caval-

ASCOM SERIS

Com objetivo de manter ordem e disciplina no presídio, ação contou com agentes do Bope, Tigre e Gerit

canti ocorre dois dias após uma revista nos módulos G2 e G3 do Presídio Cirydião Durval. Após Cyridião e Baldomero, outras unidades devem passar pelo mesmo tipo de fiscalização. O secretário de ressocialização, coronel Marcos Sérgio, informou que os agentes penitenciários e policiais têm atuado diuturnamente para reduzir a violência e assegurar a justiça no cumprimento das penas. “Estamos preparados e novas operações poderão ocorrer, se houver necessidade”, disse o secretário. Não está descartada a possibilidade de transferências de reeducandos para garantir que desastres como os registrados em outros estados não ocorram em Alagoas. Como estão ocorrendo as varreduras, as visitas de familiares estão suspensas até a próxima segunda-feira (9). AGÊNCIA ALAGOAS

REDE ESTADUAL

Pré-matrícula para novatos começa neste sábado na capital Maceió contará com mais de 15 mil vagas para a matrícula de alunos novatos da rede pública estadual. Interessados em garantir uma destas vagas devem efetuar sua pré-matrícula no site www.matriculaonline.al.gov.br no período de 7 a 14 de janeiro e, posteriormente, comparecer à escola entre os dias 23 e 25 de janeiro para confirmar a vaga. Somadas as mais de 100 escolas que compõem a 1ª e 13ª Gerências Regional de Educação (Geres), serão 15.660 vagas distribuídas em todos os pontos da cidade, com oferta generosa para as regiões mais populosas da capital, a exemplo das 1.560 vagas para o complexo habitacional Benedito Bentes, as 1.060 vagas para a área que compreende os bairros do Vergel do Lago, Ponta Grossa, Prado e Trapiche e as 699 vagas para o Jacintinho. “Teremos quase cinco mil vagas para mais de 50 escolas na Baixa Maceió, Jacintinho, Feitosa, Sítio São Jorge, Poço e parte da região metropolitana com os municípios de Marechal Deodoro e Paripueira”, adianta Roberval Ferreira, gerente da 1ª Gere. Já a 13ª Gere, que, sozinha, concentra 56 escolas, terá o dobro da oferta, com 10.786 vagas para a Alta Maceió, região onde também reside grande parte da população da capital. “Destas, 3.460 serão para as escolas do Cepa, o nosso maior complexo habitacional. Temos

vagas também no Benedito Bentes, Tabuleiro, Bebedouro, Chã da Jaqueira, Fernão Velho, ABC, dentre outros”, conta a gerente da 13ª Gere, Mônica Sarmento. A capital alagoana inicia o ano letivo de 2017 com dez escolas estaduais de Ensino Integral espalhadas em diversos pontos da cidade. São 1.500 vagas para as turmas de 1ª série do Ensino Médio. A Escola José Correia da Silva Titara, no Cepa, traz 800 vagas para o Ensino Médio Integrado à Educação Profissional, onde o aluno cursa o Ensino Médio integrado aos cursos de Ludoteca e Secretário Escolar, mas sem jornada ampliada. ETAPAS A pré-matrícula on-line é voltada para as seguintes séries: 1º e 6º anos do Ensino Fundamental; 1ª série do Ensino Médio; 1ª série do Ensino Médio Integral; 1ª série do Ensino Médio Integral Integrado à Educação Profissional; 1ª série do Ensino Médio Integrado à Educação Profissional. No caso da Educação de Jovens e Adultos (EJA), são ofertadas vagas para o 1º e 5º períodos do turno diurno e 1º e 6º períodos do turno noturno do Ensino Fundamental e 1º período do Ensino Médio. Para as demais séries, as matrículas devem ser efetuadas presencialmente na escola no período de 16 a 20 de janeiro.

Maceió terá mais de 15 mil vagas para novatos da rede estadual


12

CIDADES

MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 7 E 8 DE JANEIRO DE 2017

TRIBUNAINDEPENDENTE

Janeiro Branco e os cuidados com saúde mental Campanha será lançada na terça com objetivo de combater crescimento de casos de depressão, suicídio e dependência química LUCAS FRANÇA REPÓRTER

AÍLTON VILLANOVA ailton.villanova@gmail.com COM DIEGO VILLANOVA

Mero acidente chupal

A

cidente é fato casual, inesperado, que acontece na vida até do mais prudente dos homens. De sã consciência, ninguém programa um acidente. Entre tantos indivíduos atingidos pelo brutal do acaso, insere-se a dupla Vanderbilda (Vandinha), ela prostituta, e João de Souza, o Joãozinho Borracheiro. Um dia, Vandinha e João se encontraram numa cama de bordel e aí aconteceu o tal de imprevisto. Foi na cidade de Arapiraca. O delegado titular da distrital, doutor José Rangel Ataíde Wanderley, se preparava para encerrar o expediente quando foi surpreendido pelo maior escarcéu, provindo da portaria da repartição policial. Uma mulher gritava que nem louca: - Socorro! Me acudam! Quero falar com o delegado! Cadê ele? Rangel saiu do seu gabinete para verificar o que diabo estava ocorrendo lá fora e deparou-se com Vandinha segurando as partes pudendas. O sangue escorria por entre as suas pernas.. - O que foi isso, moça? – perguntou o delegado E ela, se descabelando toda: - Foi um tarado! Sabe o Joãozinho Borracheiro? - Sei. É ele quem conserta os pneus das viaturas da delegacia... - Pois foi ele quem fez esse estrago comigo, doutor! O filho da puta arrancou o meu pinguelo no dente! - Ave Maria! O cara é um canibal! - Prenda ele, doutor! Ai, meu Deus! Agora eu vou ficar aleijada! Como é que eu vou poder transar seu o meu pinguelo? Me diga, doutor? O diligente delegado determinou a dois dos seus agentes que levassem Vandinha ao hospital. Ato contínuo, designou outros dois tiras para conduzirem o borracheiro à delegacia. Quando este chegou à sua presença, Rangel disparou: - Ô rapaz, você é tarado, é doido ou é canibal? Que desgraça você fez com a Vandinha? E o borracheiro: - Posso explicar, meu doutor? - Tente! Aí, o cara arregaçou o beiço superior e exibiu uma bela dentadura. Seus dentes frontais possuíam aquilo que os odontólogos chamam de Diastema, caracterizado por uma vaga enorme entre um dente e outro. Em síntese, dentes separadões. - Bom, doutor, acontece que o ping... Bem, o... - Clitóris! - Isso. O clitóris da mulher enganchou entre esses meus dentes separados, aqui, ó, justamente quando eu puxei a boca pra fora, o senhor está me compreendendo? - Estou! - Pois nessa hora, o... - Clitóris. - Veio preso na vaga dos meus dentes. Tenho culpa? Mero acidente de chupada, doutor!

P

ela primeira vez o Estado de Alagoas vai abraçar a Campanha Janeiro Branco que tem como objetivo debater sobre a saúde mental. O movimento será lançado na próxima terça-feira (10), às 8h, no restaurante Bodega do Sertão, durante a 13ª edição do Café Psi – evento já conhecido pelo público alagoano e referência no debate de questões relevantes do universo da Psicologia e sua influência no ser humano e nas relações interpessoais. O estado será palco de ações simultâneas em alusão à Saúde Mental. A iniciativa é fruto do engajamento de vários psicólogos locais que estão cientes da necessidade de divulgar o assunto entre todos os setores da sociedade. Principalmente, por entenderem que discutir a temática é investir em qualidade de vida e combater o crescimento de casos de depressão, suicídio e dependência de substâncias psicoativas. A psicóloga e coordenadora da campanha, Janaína Diniz Guedes, ressalta a importância da ação. “Desde o momento em que entramos em contato com a campanha, percebemos a necessidade de elevá-la em nosso Estado e pensamos em como poderíamos contribuir. Como o Café Psi já um evento que tem o objetivo de dialogar assuntos interdisciplinares, mas com foco na Psicologia, entendemos ser o espaço ideal para o lançamento do Janeiro Branco e o pontapé inicial para o seu fortalecimento em Alagoas”, comentou a coordenadora. O café da manhã de lançamento do Janeiro Branco vai contar com parcerias, como o Conselho Regional de Psicologia (CRP 15), Restaurante Bodega do Sertão, RM Cursos, Cantinho do

Psicólogo, Tomate Fotografias, Nativa Publicidade, Eventur’s e Rito Cerimonial. O evento terá, ainda, a presença do idealizador da campanha no Brasil, o psicólogo mineiro Leonardo Abrahão, que há quatro anos dissemina o projeto em todo o país. JANEIRO BRANCO A campanha Janeiro Branco nasceu em Uberlândia (MG), em 2014, com o objetivo de chamar a atenção da sociedade brasileira para a importância dos diálogos acerca da Saúde Mental. O mês foi escolhido por, simbólica e culturalmente, representar a renovação das esperanças, dos projetos e dos planos de vida das pessoas. A cada início de ano, é feito um convite para a reflexão sobre os caminhos já percorridos. Já a cor branca foi adotada por representar a possibilidade de partida de qualquer projeto, assim como a folha, o muro ou a tela em branco. A cor é, ainda, a soma de todas as outras e o símbolo da paz e da pureza das intenções. Sob essa perspectiva, o Janeiro Branco promove ações simultâneas, em todo o Brasil, e convida os indivíduos a pensarem sobre si mesmos e os outros, suas vidas, suas relações, suas condições existenciais e múltiplas. Mas, o projeto é, antes de tudo, integrado: a saúde ganha destaque nos níveis físico, mental, social e espiritual, de forma plural e humanista. Durante todo o mês de janeiro ocorrerão ações como rodas de conversas, palestras, plantões psicológicos gratuitos, roda de terapia comunitária, dentre outras atividades promovidas por psicólogos e instituições de saúde. Todas as ações vinculadas a Campanha Janeiro Branco são voluntárias e sem fins lucrativos. DIVULGAÇÃO

ROBERTO BAIA robertobaiabarros@hotmail.com SIDINÉIA TAVARES_ INTERINA

Jogo político

C

omo já era esperado, a Câmara de vereadores de Arapiraca empossou, na última quinta-feira (05) a primeira suplente de vereadora Sinielza Pessoa (PSD). Sinielza foi empossada para substituir a vereadora Aurélia Fernandes, que assumiu o cargo de secretária de Saúde de Arapiraca, na administração do prefeito Rogério Teófilo. Sinielza, aliás, também fez parte do grupo político de Teófilo, e a posse da nova vereadora irá fortalecer ainda mais o grupo político do prefeito eleito. A posse da nova vereadora não agradou muitos vereadores, por isso alguns não compareceram à Sessão de posse e alegaram motivos superiores.

Jogo político 2 A posse foi realizada pela nova presidente da Câmara Municipal de Arapiraca, Graça Lisboa, na sala da presidência. Sinielza Pessoa é dentista e irmã do empresário Severino Pessoa, esposo da vice-prefeita, Fabiana Pessoa. Participaram da solenidade, os vereadores Thiago ML (PMN), Léo Saturnino (PMDB), Melquisedec (PRB), Fábio Henrique (PC do B), Pablo Fênix (PRB), Gilvania Barros (PMDB) e o Pastor Marcos Caetano (PTC).

Escolinha do ASA A escolinha de futebol da Agremiação Sportiva Arapiraquense (ASA) recebeu na última sexta-feira (6) novos atletas e jogadores que já participavam do projeto para avaliações médicas e físicas. Na próxima terça-feira (10) os atletas se apresentarão para os treinamentos. Aproximadamente 77 garotos entre 5 e 14 anos participam da escolinha.

Treinamento São promovidos trabalhos técnicos e físicos, além de participações em torneios. Os garotos serão divididos em turmas por faixa etária. Nas terças-feiras e quintas-feiras são quatro turmas, uma pela manhã das 8h às 9h e três pela tarde das 15h às 16h, 16h às 17h e 17h às 18h e as outras turmas funcionam às quartas-feiras e sextas-feiras nos mesmos horários.

Frutos Os primeiros frutos da escolinha começam a ser colhidos. O meia atacante Felipe Jairo, de 16 anos, será integrado ao elenco Sub-20 para a disputa do Campeonato Alagoano da categoria a partir de Maio. Além das revelações da escolinha, a mesma ainda firmou uma parceria com algumas escolas particulares da cidade de Arapiraca, para atrair talentos.

Inscrições As inscrições seguem abertas para os garotos que quiserem participar do projeto, basta comparecer a sede da escolinha na Rua São João, 750 no bairro Alto do Cruzeiro. O valor da inscrição é R$ 100 e a taxa mensal R$ 70.

Penedo

Transa eletrificada

Um sonho antigo do povo de Penedo começou a sair do papel, na última sexta-feira (6). A ordem de serviço do Centro de Convenções da cidade foi assinada pelo governador Renan Filho, pelo ministro do Turismo, Marx Beltrão, e pelo prefeito Marcius Beltrão.

Anoliberto e Epifânia repetiam a cena de 30 anos atrás: a mesma fazenda no interior, a mesma cerca onde se amaram um dia, o mesmo tesão. Mal começaram, ela estremeceu. E deu um pinote. E contorceu-se. E gritou, e gemeu, e urrou... E, finalmente, desmaiou. Atônito, o marido deitou-a na grama. Deu-lhe tapas no rosto, tentou respiração boca a boca... Então, ela recobrou os sentidos. Ufa! E o marido, ainda preocupadão: - O que foi que deu em você, meu amor? Naquele dia, há 30 anos, você não teve um orgasmo deste! Aliás, nunca lhe vi ter um assim tão intenso! E Epifânia, ainda revirando os olhos: - Ah, meu filho... há trinta anos a cerca não era eletrificada!

Trabalho conjunto Desde seu mandato de deputado federal, Renan Filho encampou esta batalha em Brasília. “Sem dúvida vai estruturar a cidade. É uma obra muito importante que dialoga com as demais obras, pois é mais uma colaboração do governo federal, Estado e Prefeitura. A exemplo da ponte Penedo-Neópolis, que já dispõe de recursos garantidos”, comentou Renan Filho.

A mulher do milagre Por óbvias razões – e o leitor certamente entenderá -, as identidades das personagens do caso presente serão preservadas, mas irão substituídas por nomes fictícios. Há décadas, viveu no interior de Alagoas um fazendeiro de grandes posses, ignorantão e bastante apegado às raízes. Vamos chamá-lo de Joaquim. O homem gostava muito de pescaria e todas as manhãs era visto de caniço na mão, à beira do rio que passava pelos fundos de sua propriedade. Do mesmo modo era ligado ao barato da pesca, o pároco da cidade (intitulemos o dito de José ). Os dois estavam sempre se encontrando no mesmo local. Só que o fazendeiro nunca pescava nada , ao passo que o vigário pegava um peixe atrás do outro. O interessante é que padre José jamais levou isca para capturar a peixarada. Sentava-se na margem do rio, jogava a linha na água e, não demorava muito olha o peixe se contorcendo na ponta do anzol! Ao final da pescaria, todo produto desta ele distribuía entre os paroquianos mais carentes. Era aquela festa! Um dia, o fazendeiro perdeu a paciência e chamou o vigário para uma conversa: - Padre, o senhor me desculpe, mas eu gostaria que o senhor me explicasse uma coisa... - Pois não, meu filho. - Por que é que eu trago iscas tão boas e não consigo pegar peixe, ao passo que o senhor, sem isca nenhuma, pesca tanto? O sacerdote sacou um riso e respondeu: - Vou lhe contar o segredo. É o seguinte: todas as vezes que eu venho pescar corto caminho pela outra margem do rio e passo a mão na parte pudenda de uma mulher que sempre está por lá, lavando roupa... - E o que é “parte pudenda”, padre? - É a região genital; o lugar por onde a mulher faz xixi e tem relações sexuais , entendeu? Pois bem, passo a mão e, depois, a esfrego no anzol... Ao escutar isso, o fazendeiro disparou para a outra margem do rio. Lá, encontrou sua mulher acocorada, lavando roupa. Aí, aproximou-se dela, por trás, e passou a mão lá embaixo. Então, a mulher, sem levantar a cabeça, indagou docemente: - Vai pescar de novo, padre?

CidadesemFoco

Incentivo ao turismo O Centro de Convenções vai movimentar a cidade, segundo o governador, que comentou a ampliação do leque de segmentos privilegiados pela estrutura. “Vai ajudar o turismo histórico, o turismo do rio e suas belezas naturais do Rio São Francisco. O turismo de negócios é o que mais movimenta a rede hoteleira, como os bares”, emendou Renan Filho. Psicóloga Janaína Diniz Guedes é a coordenadora da campanha

Ato machista Nos últimos dias do ano de 2016, o Alagoana Bar e Choperia, localizado num dos pontos mais movimentados da cidade de Maceió, resolveu em uma de suas ações de marketing escrever em suas paredes uma “brincadeirinha” trazendo os seguintes dizeres: “Cuidado, em nosso chopp colocamos hormônios femininos, quanto mais você bebe, mais fala besteira”. ... Assim, mais de 60 pessoas se fizeram presentes a um ato neste dia 05 de janeiro, percorrendo a Av. Amélia Rosa e se dirigindo até a porta do bar, distribuindo panfletos denunciando essa situação e alertando para a reprodução e a naturalização de práticas machistas. ... Na porta do Bar, mesmo após a retirada dos dizeres frente à repercussão e à convocação do ato, tentou-se a todo custo impedir o protesto, mas a persistência das manifestantes foi grande e obrigou a gerência a abrir o microfone para que fosse registrada a ação e se desse voz à pauta das mulheres. ... Representando o movimento, a jornalista Lenilda Luna, da Unidade Popular (UP) registrou a indignação das mulheres: “Estamos aqui para denunciar essa situação, porque esse tipo de ‘brincadeira’ reproduzida cotidianamente, alimenta a violência contra as mulheres. Não há nada de errado com os hormônios femininos, em especial das alagoanas. Mulheres como Nise da Silveira e Dandara são exemplos para todas nós e não há nada de besteira em suas vidas e suas histórias”.


TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 7 E 8 DE JANEIRO DE 2017

Economia

ECONOMIA 13

Impostos em material escolar chegam a passar de 60% Levantamento da BDO, empresa de auditoria e consultoria, aponta que o valor do imposto sobre os principais produtos comprados na volta às aulas pode passar de 60%. Os maiores valores em tributos foram registrados em réguas (62,34%), canetas (57,84%), agenda escolar (54,83%) e fichários (52,90%).

Maceió: cesta básica é 2ª mais alta das capitais Dado é referente ao acumulado nos últimos 12 meses, registrando elevação de 20,69% nos alimentos elementares

M

aceió é a segunda capital do País com o maior aumento no custo da cesta básica no acumulado de 2016, o equivalente a 20,69%, segundo pesquisa do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). A capital alagoana só perdeu para Rio Branco que registrou uma elevação de 23,63%. Só o feijão carioquinha registrou uma alta surpreendente em Maceió de 133,48%. Os aumentos foram uma constantes nas 27 capitais brasileiras. As maiores altas ocorreram em Rio Branco (23,63%), Maceió (20,69%) e Belém (16,70%). As menores variações foram em Recife (4,23%), Curitiba (4,61%) e São Paulo (4,96%). Na comparação entre novembro e dezembro, o valor da cesta diminuiu em 25 cidades. As quedas mais expressivas foram em Aracaju (-5,11%), Campo Grande (-4,16%) e São Luís (-4,13%). Apenas Manaus (0,22%) e Rio Branco (0,97%) registraram alta. O maior custo do conjunto de bens alimentícios básicos foi apurado em Porto Alegre (R$ 459,02), seguido de Florianópolis (R$ 453,80), Rio de Janeiro (443,75) e São Paulo (R$ 438,89). Os menores valores médios foram observados em Recife (R$ 347,96), Aracaju (R$ 349,68) e Natal (R$ 351,96). TIPOS DE ALIMENTOS Durante o ano passado, o pre-

ço médio do leite integral, feijão, arroz agulhinha, café em pó e manteiga aumentou em todas as capitais. Apresentaram queda o tomate (em 26 capitais) e a batata (em 10 capitais). O preço do leite integral aumentou 37,97% em Salvador. A manteiga teve variações que oscilaram entre 27,15% em Rio Branco, e 63,53% em João Pessoa. O feijão preto também registrou alta de 72,97% em Florianópolis e 85% em Vitória. O feijão carioquinha teve altas expressivas em Maceió (133,48%), Rio Branco (125,30%) e Manaus (100,37%). O tomate acumulou queda em todas as cidades, menos Rio Branco (7,71%). As retrações mais expressivas ocorreram em Campo Grande (-40,04%), Recife (-36,98%) e Brasília (-33,78%). A batata teve o preço reduzido em 10 localidades. As taxas variaram entre -48,09% em Belo Horizonte e -19,86%, em São Paulo. O Dieese estimou que o valor do salário mínimo necessário para suprir necessidades básicas de uma família de quatro pessoas deveria ser, em dezembro, R$ 3.856,23. Em novembro, o mínimo necessário era de R$ 3.940,41. Em dezembro, o tempo médio de trabalho necessário para adquirir os produtos da cesta básica foi de 98 horas e 59 minutos. Em novembro, foi 100 horas e 56 minutos. DIVULGAÇÃO

DIVULGAÇÃO

Custo da cesta básica cresce em todas as capitais em 2016; feijão carioquinha foi um dos vilões do ano em Maceió, subindo 133,48%

FAMÍLIAS

Planejar para manter contas em dia Janeiro é mês de o consumidor receber outras despesas que pesam Passadas as férias e as festas, janeiro é o mês em que o consumidor costuma receber outras contas que pesam no orçamento nessa época do ano: IPVA, IPTU e gastos escolares são as principais delas. A orientação de especialistas é que quem não tem dívidas deve planejar os gastos para passar por 2017 economizando um pouco a cada mês. E quem está no vermelho deve manter as contas atuais em dia e tentar renegociar as antigas. Segundo o diretor executivo da Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade (Anefac), economista Roberto Vertamatti, as famílias preci-

Despesas com material escolar devem ser pagas à vista DIVULGAÇÃO

sam ter um forte controle e não fazer gastos eventuais muito grandes para não comprometer o resto do ano. “O ambiente [econômico do país] ainda difícil vai exigir mais das pessoas do que em anos anteriores. A minha perspectiva é que comece a melhorar no segundo semestre”, disse. Para ele, uma boa parte do 13º salário deveria ajudar nesses gastos de início de ano, mas o brasileiro não se prepara e não consegue fazer reserva porque o volume de endividamento continua alto no país. Segundo Vertamatti, os gastos de início de ano podem representar de 20 a 25% das despe-

sas totais de uma família de quatro pessoas durante o ano. DESCONTOS À VISTA No caso do IPTU, do IPVA e despesas escolares, o diretor da Anefac afirmou que é mais vantajoso pagar tudo à vista, já que os descontos são atrativos e podem chegar a 20% para o IPVA e de 5% a 10% para o IPTU. Também é possível utilizar recursos da poupança para pagar à vista, já que os descontos são bem maiores que o rendimento da poupança: 7% ao ano. Entretanto, para Vertamatti, por causa do endividamento médio, a maioria da população opta pelo parcela-

mento das contas, o que não é um problema desde que pagas em dia. Ele alerta, entretanto, que fazer empréstimo para pagar as contas à vista não é uma boa ideia em função das altas taxas de juros. “A não ser que a pessoa não tenha nenhum recurso, nem para parcela, deve tomar o empréstimo com muita cautela, porque o custo é muito alto no Brasil”, disse. Para o economista, o ideal seria as famílias fazerem reservas ao longo do ano. “No início, talvez seja difícil, mas a partir de março ou abril, qualquer reserva é interessante. Isso é muito importante e faz com que as pessoas economizem e evitem pagar juros”, explicou.

SOLUÇÃO

Negociar dívida com melhor parcelamento É possível transferir o débito para outra instituição financeira

Dívidas: é importante negociar por juros mais condizentes

Para quem já está no vermelho, Vertamatti orienta procurar o financiador para negociar a dívida e buscar melhores condições de parcelamento, podendo, inclusive, transferir a dívida para outra instituição financeira. Ele alerta, entretanto, que é importante negociar por juros mais condizentes e que, aumentando o prazo de parcelamento, mesmo com uma prestação menor, os juros podem ser maiores. Segundo o economista, hoje o mecanismo mais utilizado pelo brasileiro para pagamentos é o cartão de crédito, que não traz prejuí-

zos para pagar uma compra parcelada em cinco ou seis vezes sem juros. “Caso entre na dívida do rotativo, é melhor que venda algum bem para quitar essa dívida ou até faça um empréstimo. Se tiver que pagar as prestações do cartão, os juros são proibitivos”, disse, explicando que os juros com o cartão de crédito ou o cheque especial são altíssimos. O empréstimo rotativo do cartão de crédito é assumido automaticamente quando o consumidor paga apenas o valor mínimo da fatura. Os juros do rotativo do cartão situam-se hoje perto de

480% ao ano. FGTS O gverno federal decidiu autorizar o saque do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) para o pagamento de dívidas. Os saques de recursos mantidos nas contas inativas do FGTS devem injetar até R$ 30 bilhões na economia em 2017. A previsão é do conselho curador do FGTS e foi divulgada pelo Ministério do Trabalho. A possibilidade de saque de recursos mantidos em contas inativas é mais uma medida para tentar reaque-

cer a economia e reverter a recessão que atinge o país. Poderão ser retirados recursos de contas inativas até dezembro de 2015. De acordo com o Ministério do Trabalho, atualmente existem 18,6 milhões de contas inativas há mais de um ano, onde estão depositados R$ 41 bilhões. Essas contas pertencem a 10,1 milhões de trabalhadores. A estimativa do governo é que 70% desses trabalhadores que têm direito ao saque vão retirar os recursos dessas contas inativas. As regras para o saque ainda vão ser definidas pelo governo.


14

ECONOMIA

TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 7 E 8 DE JANEIRO DE 2017

Como se planejar em 2017 para ter as contas em dia

DIVULGAÇÃO

SPC Brasil elaborou um passo a passo com as dicas

O

site Meu Bolso Feliz, do Serviço de Proteção ao Crédito - SPC Brasil - elaborou um passo a passo para enfrentar 2017 com as contas em dia: 1º passo: balanço geral Fazer o controle mensal do orçamento, no papel, em uma planilha no computador ou até mesmo usando um aplicativo. Isso significa fazer um balanço, avaliar o que fez de certo e de errado no ano que passou e começar um planejamento financeiro para o ano que chega. Neste processo, pergunte-se: Quais foram seus principais gastos? Quais as suas despesas e contas fixas? Tem dívidas com juros? Quanto sobra mensalmente do seu salário e para onde está indo esse dinheiro? Avalie em que pode economizar, especialmente considerando que enfrentará despesas extras no começo do ano. 2º passo: o que vem pela frente Anotar os gastos previstos

ao longo do ano. Liste as despesas e contas que terá, junto com o prazo para pagar cada uma. Coloque-as junto com as outras despesas já listadas. Exemplo: despesas fixas (aluguel, condomínio, luz, telefone), outras despesas (impostos, matrícula e material escolar), dívidas (empréstimos, compras parceladas). 3º passo: defina como pagará tudo Você terá como arcar com tudo? Se a resposta for negativa, deve já estabelecer um plano de ação. A primeira delas é avaliar onde economizar. Mesmo com os cortes necessários ainda faltará dinheiro? Veja quais contas que, caso não sejam pagas no prazo, resultam em juros altos ou em corte de serviços. Essas despesas devem ser prioridade. Caso possa parcelar e opte por essa alternativa, lembre-se de planejar para arcar com as parcelas nos meses seguintes! 4º passo: planeje-se para grandes projetos

Uma viagem, um curso, um casamento ou festa de 15 anos são alguns exemplos de grandes projetos que demandam planejamento financeiro porque geralmente exigem um montante maior de dinheiro. Se você não for juntando aos poucos para bancá-los pode se ver com o orçamento totalmente desequilibrado e, pior, com dívidas. 5º passo: mantenha-se na linha Por fim, procure manter sua planilha, aplicativo ou agenda financeira atualizada, anotando todas as suas entradas e saídas. Dessa forma, saberá exatamente para onde está indo o seu dinheiro e pode, se necessário, ajustar gastos. Este passo é especialmente importante para quem possui dívidas e está pagando juros, afinal, para conseguir juntar dinheiro para quitá-las, é fundamental acompanhar seu dinheiro bem de perto.

Fazer controle mensal do orçamento no papel, em planilha no computador ou num aplicativo ajuda SITE DIETA E CAVIAR

Uma viagem dos sonhos, um curso ou um casamento são grandes projetos que exigem planejamento

BRASILEIROS

Quase 70% não têm tempo para relaxar Equilibrar a vida pessoal e profissional é uma tarefa difícil para os brasileiros. Isso é o que revelou uma pesquisa realizada pelo Groupon, maior plataforma de comércio eletrônico local. Segundo o estudo, 67% deles afirmam que não

SPC BRASIL

Regride

têm tempo suficiente para relaxar e 25% indicam que precisariam de quatro horas extras por dia para fazerem tudo que precisam. Promovida entre os dias 21 e 24 de novembro, a pesquisa contou com 527 respondentes,

da base de usuários do Groupon. O que mais influencia neste resultado é o fato de que 36% dos entrevistados trabalham mais horas do que deveriam, sendo que 47% deles realiza jornada entre oito e 10 horas

e 18% entre 10 e 12 horas diárias. Além dos longos expedientes, outros fatores impedem o brasileiro de relaxar, como as preocupações financeiras (72%), o cansaço físico e mental (70%), as contas (55%), as

tarefas do lar (46%) e o volume de trabalho (46%). A notícia boa é que mesmo com todas as cobranças do dia a dia, o brasileiro não abre mão das tão sonhadas e merecidas férias: 39% tiram entre 15 e 29 dias de descanso por ano.

E a atividade mais apreciada para isso é passar um dia na praia, com 41% da preferência; o day spa ficou em segundo lugar (32%) – dentro desta modalidade, a massagem é o tipo de tratamento preferido para relaxar (84%).

confiança de micro e pequenos empresários DIVULGAÇÃO

Empresários enfrentam períodos de dificuldades em relação aos avanços de seus negócios

Após registrar dois meses seguidos de resultados positivos acima de 50 pontos, o Indicador de Confiança dos micro e pequenos empresários de varejo e serviços (PMEs) desenvolvido pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) voltou a regredir. Em comparação com os meses de novembro e dezembro de 2016, o indicador recuou de 50,2 pontos para 48,9. Quanto mais próximo de 100 o indicador da SPC Brasil e da CNDL estiver, mais otimista é o resultado. Na comparação anual com dezembro de 2015, o dado evoluiu de 40,0 pontos para os atuais 48,9. De acordo com o presidente da CNDL, Honório Pinheiro, a análise desse Indicador de Confiança é extremamente importante principalmente no momento atual, uma vez que é uma ferramenta essencial para a retomada da economia. “A confiança ainda está longe de ser satisfatória e parece não encorajar o investimento, como apontam outros indicadores. É ela que pode induzir o investimento por parte das empresas, gerando empregos e estimulando o consumo, hoje em baixa por causa da recessão. No entanto, a consolidação da melhora da confiança dos empresários depende de cenários que ainda são fontes de incertezas: novas instabilidades políticas, avanço das reformas debatidas no Congresso e um ambiente externo favorável”, aponta em nota o presidente da CNDL.

Vale ressaltar que o Indicador de Confiança do SPC Brasil e da CNDL mostra informações baseadas nas avaliações dos micro e pequenos empresários diante das condições gerais da economia nacional e de acordo com os ambientes de negócios. PIORA NA ECONOMIA Em comparação com o mês de novembro de 2016, o subindicador de Condições Gerais avançou, ao passar de 30,8 pontos para 32,8 em dezembro, ficando abaixo dos 50 pontos estimados. Na comparação entre os meses de dezembro de 2016 e 2015, o indicador evoluiu de 26,3 pontos para 32, 8 pontos. Cerca de 66,2% dos micro e pequenos empresários concordam com o resultado da avaliação que aponta a economia como o pior de todos os componentes que integram o indicador. Já 53,9% deles afirmam ter enfrentado períodos de dificuldades em relação aos avanços em seus negócios. Um grande percentual, ou seja, 69,8% desses empresários apontou a queda das vendas –devido à crise econômica – como fator crucial para essa piora. “A melhora do desempenho da economia deverá ser gradual. Se confirmada a continuidade do processo de queda das taxas de juros, o recuo da inflação e o avanço de medidas importantes no Congresso, a confiança dos empresários pode aumentar e engajar o investimento, abrindo um novo ciclo de crescimento positivo da economia”, explica Pinheiro. Mesmo diante de um período desfavorável, tanto para

a economia quanto para os negócios, as expectativas para o futuro são positivas. Em dezembro do ano passado, o Subindicador de Expectativas registrou 60,9 pontos, resultado considerado animador se comparado com dezembro de 2015, quando ele era de 50,3 pontos. Ao que se diz respeito aos avanços, 63,9% dos micro e pequenos empresários se mostraram confiantes no desempenho de seus negócio para os próximos seis meses, enquanto 46,5% manifestam confiança na recuperação da economia. A pesquisa também evidenciou que 25,8% aguardam melhoras em alguns indicadores econômicos, sendo que 14,8% acreditam na amplitude do mercado consumidor brasileiro e 14,5% estimam soluções para a crise política. Cerca de 21,9% expuseram opiniões pessimistas sobre a situação econômica do País e 30,3% apostaram nas incertezas politicas como o fator de maior impacto na queda da confiança. De acordo com 43,6% dos micro e pequenos empresários sondados, a expectativa é de que nos próximos seis meses o faturamento de suas empresas cresça. Em contrapartida, 41,6% não preveem nenhuma perspectiva de crescimento no mesmo período e apenas 10,4% projetam queda nas receitas durante os mesmos seis meses. “Os entrevistados têm controle de sua empresa, mas não podem controlar a economia. Assim, diante da adversidade, o empresariado tende a acreditar que pode promover ajustes para atenuar o impacto da crise”, diz o presidente do SPC Brasil, Roque Pellizzaro.


TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 7 E 8 DE JANEIRO DE 2017

ESPORTES 15

Alagoano é destaque no futebol espanhol Em alta na Europa e mais goleador que Neymar, atacante Willian José vibra com a melhor fase da carreira

O

atacante alagoano Willian José é o brasileiro que mais vezes balançou as redes no futebol espanhol. O ex-jogador de São Paulo, Santos e Real Madrid já marcou dez gols até aqui, quatro a mais do que Neymar. Aos 25 anos, ele está em sua quarta temporada na Europa depois de ter sido contratado pelo Real Madrid B. Após ter sido promovido ao time principal merengue e ter feito apenas uma partida, ele quase voltou ao Brasil. Como a negociação com o Palmeiras não deu certo, o centroavante permaneceu na Espanha e atuou por Zaragoza e Las Palmas, quando também fez dez gols em cada equipe. Nos outros anos, porém, ele precisou de mais partidas (respectivamente 38 e 34) para atingir

esta marca. Na atual, o centroavante da Real Sociedad atuou 17 vezes e tem uma média de 0,59 gol por jogo. “Com certeza é a minha melhor fase da carreira e estou totalmente adaptado aqui na Europa. O clube tem me dado todo suporte para conseguir atuar bem, com a ajuda dos companheiros, e as coisas estão dando certo. Espero que os gols possam continuar saindo para conquistarmos os nossos objetivos”, disse. O último gol de Willian José foi anotado na vitória do time basco por 3 a 1 sobre o Villarreal, pelas oitavas de final da Copa do Rei. No Campeonato Espanhol, ele marcou nove vezes e está atrás apenas de Messi (12), Suárez (12), Iago Aspas (dez) e Cristiano Ronaldo (dez) na artilharia do torneio. ASCOM FLA

EFE

Alagoano Willian José vive grande fase na carreira e espera atingir a artilharia do Campeonato Espanhol na temporada 2016/2017

GRANA EM CAIXA

Flamengo quer R$ 35 milhões por Jorge Lateral deve ser vendido para equilibrar as contas do clube em 2017

Jorge é destaque do time titular do Flamengo e deve ser vendido

Não é uma obsessão, mas o Flamengo trabalha para evoluir na venda de jogadores. Negociar é importante para o fluxo de caixa. Paga os custos da formação e faz a roda do futebol girar. A meta ainda é manter o lateral esquerdo Jorge. No entanto, a diretoria reconhece que o camisa 6 é o principal produto para o mercado. Jovem, valorizado e observado por clubes europeus. Jorge tem contrato com o Rubro-negro até dezembro de 2019 e uma multa rescisória no valor de 30 milhões

de euros - cerca de R$ 102 milhões. Porém, o Flamengo sabe que precisa vendê-lo em caso de proposta satisfatória. Se 10 milhões de euros - cerca de R$ 35 milhões - forem oferecidos, os cariocas dificilmente não farão negócio apesar de desejarem a permanência. O orçamento de 2017 prevê ao menos R$ 10 milhões com vendas de jogadores. A gestão Bandeira de Mello negociou Caio Rangel, Hernane, Samir, Kayke e Wallace nos últimos anos. A última venda de expressão, porém,

aconteceu em 2008. Renato Augusto foi para o Bayer Leverkusen (ALE) por 8 milhões de euros. Jorge é justamente a esperança de colocar o “trem no trilho” em negócios com nomes formados na Gávea. “A venda é inevitável quando pagam a multa. É lógico que se trata de uma questão importante no clube e trabalhamos para resolvê-la. Só que vender bem é consequência de um bom trabalho de formação. A base do Flamengo passou anos negligenciada. Quanto melhor for

a base, melhor será a condição de venda. Uma boa negociação paga os custos com a formação e faz a roda girar”, afirmou o presidente. Outras possibilidades de receita são levadas em consideração na avaliação do Flamengo. Como se trata de um clube de massa, dono de um contrato de TV destacado - cerca de R$ 190 milhões por ano - e com uma camisa na casa dos R$ 100 milhões, a expectativa é a de evoluir em vendas, mas não transformá-las na principal fonte de renda. ARQUIVO FLA

AMIGOS CONFESSAM

“Adriano vive da forma que escolheu. É um desperdício” Amigo pessoal de Adriano Imperador, o lateral direito Léo Moura acredita que o atacante está feliz com o caminho que escolheu para a sua vida. Mas que a interrupção precoce de sua carreira é um desperdício para o futebol. Moura falou sobre a sua relação com Adriano, que ainda alimenta a esperança de voltar a jogar. Desde 2012, quando deixou o Corinthians, ele atuou apenas no Atlético-PR em 2014 (4 jogos) e no Miami United (2 partidas). “Ele está vivendo da forma que escolheu, ele é feliz da forma que é. É um desperdício, na minha opinião. Poderia estar jogando em clube grande. Defensor passava mal quando ele jogava. É um cara diferenciado. E

além de tudo é excepcional”, disse. “Eu acredito (que ele volte a jogar). Eu sinto que ele sente falta, mas precisa da força de vontade dentro dele para voltar a jogar”, completou. Na avaliação de Léo Moura, a própria personalidade de Adriano atrapalhou a continuidade de uma carreira de sucesso. Para o amigo, o atacante tinha tudo para ainda ser o maior camisa nove do futebol brasileiro. “Por ele ser um coração tão aberto, faz um pouco de mal para ele mesmo. Ele quer ajudar todo mundo e às vezes algumas pessoas se aproveitam. Ele tinha que estar jogando até hoje porque é um cara que faz muita falta no futebol brasileiro, não tem 9 igual a ele”, disse. FIFA

Amigo pessoal de Adriano Imperador, o lateral direito Léo Moura acredita que o atacante está feliz com o caminho que escolheu para vida

CRAQUES

Fifa escolherá os melhores do mundo Griezmann, Messi e CR7 são os três finalistas; Marta concorre no feminino

Troféu Fifa The Best será entregue ao melhor do mundo

A Fifa revelou o troféu do prêmio The Best, que será entregue nesta segunda-feira ao melhor jogador do mundo. Cristiano Ronaldo, Messi e Griezmann estão na disputa pelo prêmio, que este ano não será mais em parceria com a Bola de Ouro da revista “France Football”, encerrando uma tradição que acontecia desde 2010. O troféu que o melhor do mundo em 2016 receberá foi desenhado pela artista croata Ana Barbic Katicic. Em

entrevista ao site oficial da Fifa, ela deixa claro que sua inspiração ao fazer o desenho do troféu foi honrar os melhores do planeta que serão apontados pela Fifa. O desenho do troféu tem lembranças da primeira Copa do Mundo de futebol, em 1930. No topo há a figura da bola que foi utilizada na final daquele Mundial entre Uruguai e Argentina. A produção do troféu foi feita pela empresa Adon Production AG. O CEO desta empresa,

Rover Schudel, explicou que o objeto tem cinco partes: o fundo, a base, uma peça de carbono sobre a base, o corpo e a bola. A máquina que fez os moldes da peça é utilizada em trabalhos da indústria aeroespacial. Além do prêmio de melhor jogador do mundo, a Fifa entregará prêmios em outras quatro categorias nesta segunda-feira: melhor treinador do futebol feminino, melhor treinador do futebol masculino, melhor jogadora

e Puskás (pelo gol mais bonito marcado em 2016). Na categoria melhor jogadora, a brasileira Marta concorre ao lado da americana Carli Lloyd, do Houston Dash, e da alemã Melanie Behringer, do Bayern de Munique. FEMININO As três finalistas ao prêmio de melhor jogadora do mundo não tem favorita. Os nomes são: Marta, do Rosengard, Carli Lloyd, do Houston Dash, e Melanie Behringer, do Bayern de Munique.


16

ESPORTES

MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 7 E 8 DE JANEIRO DE 2017

Esportes

TRIBUNAINDEPENDENTE

ASA está pronto e treinador espera empenho dos atletas no jogo-treino neste domingo O ASA faz neste domingo um jogo-treino contra um time amador da cidade de Teotônio Vilela. Será o primeiro teste do técnico Maurilio Silva na temporada 2017. O Alvinegro deve iniciar a partida com Luís Cetin; Douglas, Anselmo, Eron e Léo Campos; Mazinho, Nata, Diego Palhinha e Doda; Júnior Mandacarú e Leandro Kível. “Vamos aproveitar para observar, mas na cabeça de todos é um jogo. Quando se entra em campo é a camisa do ASA e todos entram com seriedade e o objetivo de vencer. Vai ser um crescimento e vai ser bom para observar a equipe”, disse Maurílio. Antes da estreia no estadual, contra o CEO, o ASA ainda vai disputar outro jogo-treino, no dia 15. O desafio será contra o mesmo selecionado da cidade de Teotônio Vilela. Desta vez a partida está marcada para o Municipal de Arapiraca.

CSA testa time contra o Confiança

Azulão faz o primeiro jogo oficial da temporada 2017 neste sábado, em Aracaju, e Canindé não confirma os titulares

C

hegou o dia. Após muitos treinamentos desde o ano passado, o CSA vai testar neste sábado, às 19h30, o time contra o Confiança, no Estádio Lourival Batista em Aracaju. Aos poucos, o técnico Oliveira Canindé vai encontrando a formação ideal para o primeiro amistoso da temporada. Com as ausências de Alex Henrique e Soares, o CSA deve ir a campo com: Mota; Denílson, Leandro Souza, Douglas e Rafinha; Panda, Everton Heleno, Cleyton, Geovani e Thiago Potiguar; Daniel Cruz. O jogo de volta será no Rei Pelé, no dia 11, às 20h. Em 2017, o CSA terá um calendário movimentado: vai disputar o Campeonato Alagoano, Nordestão, Copa do Brasil e a Série C do Brasileirão. No estadual, o Azulão está na chave B, junto de ASA, Santa Rita, CSE e Miguelense. O time faz sua estreia contra o Murici, no dia 22 de janeiro. Na Copa do Nordeste, o clube marujo faz sua primeira partida contra o ABC, em

casa, no dia 26. “A grande maioria deste grupo sabe como gosto de trabalhar, sabe como gosto da competição interna pelas posições. Esses jogos mostram bem como estão os jogadores e podemos avaliar pensando nos jogos que valem pontos. Acredito em um bom jogo sde dois times que estão buscando afirmação no futebol nacional”, disse Canindé. SÓCIO TORCEDOR Além dos planos antigos, o CSA terá planos que vai dar direito a descontos de ingressos para os jogos do Azulão e uma categoria exclusiva para a torcedora azulina. O plano Feminino é o Bela Azul, que está divido em três categorias: Bela Azul Bronze, R$ 25 e dá direito a acesso à arquibancada baixa; Bela Azul Prata, R$ 40, para acesso à arquibancada alta; e Bela Azul Ouro, que custa R$ 80 e garante o acesso da torcedora às cadeiras especiais. Além de preços mais acessíveis, a mulherada também terá um desconto de 15% na compra dos produtos oficiais do clube. JÚNIOR DE MELO

ASCOM CSA

CSA fez fortes treinamentos durante quase quatro semanas para chegar com entrosamento e qualidade no amistoso deste sábado

AJUSTES

CRB procura adversário para confirmar amistoso esta semana Condé ainda não esboçou uma primeira formação titular

Volante Adriano está trabalhando forte no CRB e deve ser titular DIVULGAÇÃO

O elenco do CRB vai trabalhar sábado e domingo. É contagem regressiva para início das competições 2017. O meia João Paulo Penha e o atacante Mylson foram os últimso reforços confirmados. A direção agora corre para fechar um adversário para um amistoso no final desta semana, no próximo sábado (14). O pedido foi feito pelo técnico Léo Condé que ainda não tem uma formação base para iniciar os jogos. Quem chegou esta semana e vem com status de titular é o volante Adriano. Depois do título da Copa Libertadores com o Santos em 2011, o atleta passou por diversos clubes, mas não con-

seguiu repetir seu sucesso em nenhum deles. Após meia temporada no Novorizontino, o jogador foi contratado pelo Goiás ano passado e fez uma Série B regular. “O CRB é um clube de tradição e que conta com excelente estrutura. Estou muito feliz com o acerto e bastante motivado para fazer um bom trabalho, ajudando o clube a alcançar seus objetivos. Acompanhei na Série B muitos jogos do clube e a torcida é algo impressionante, canta o tempo todo e faz uma festa incrível nos jogos. Que bom fazer parte dessa história e estou empolgado em conquistar títulos pelo CRB”, Tendo disputado todos os

jogos da campanha vitoriosa do Santos na Libertadores, ao lado de craques como Neymar e Paulo Henrique Ganso, Adriano passou por Grêmio, Vitória e Avaí antes de chegar ao clube regatiano. CAMISA 2017 Já está no segundo lote a venda de camisas para a festa de lançamento dos padrões 2017 do CRB. A festa acontece dia 19 no Maikai. Agora, os kits passam a custar R$ 189,90 para sócios e R$ 209,90 para os torcedores que não são associados. O preço pode ser parcelado em até duas vezes no cartão de crédito e inclui a entrada no evento, o “open bar” e a camisa listrada.

CORRIDA DE RUA

Pestalozzi Run vai reunir muitos corredores especiais em janeiro

Evento será na orla de Pajuçara e tem inscrições abertas

Corredores vão desbravar as ruas da orla de Maceió dia 28

A Associação Pestalozzi de Maceió abriu, as inscrições para a sua primeira corrida de rua. O evento será realizado no dia 28 de janeiro de 2017, com largada no Alagoinhas e irá homenagear os 40 anos da instituição, comemorado no dia 31 de janeiro. A realização da corrida pretende conscientizar a sociedade para a prática da atividade física como uma aliada na busca por qualidade de vida e por um ambiente de trabalho menos estressante. Para a presidente da Pestalozzi de Maceió, Te-

reza Amaral, a Pestalozzi Run é uma forma de homenagear a instituição pelos 40 anos transformando a vida das pessoas com deficiência. “A corrida será um dia para comemorar a história da Pestalozzi de Maceió, que durante todo esse tempo, vem oferecendo serviços de qualidade às pessoas que mais precisam”, destacou a presidente. A corrida, que também irá contemplar provas para pessoas com deficiência classificadas pelo Comitê Paralímpico Brasileiro ou não, tem previsão para começar às 16h com percursos

de caminhada, 2,5km, 5km e Kids. Antes do evento, haverá tendas com aferição de pressão e glicemia, alongamento com fisioterapeutas, aulas de aeróbica e zumba, brinquedos para crianças e muito mais. As inscrições devem ser feitas no site da Contime Assessoria (contimeassesoria.com.br), com valores de R$ 40,00 para corrida e caminhada, de R$ 35,00 para kids, pessoas com deficiência, contribuintes e usuários da Pestalozzi de Maceió e de R$ 30,00 para colaboradores da instituição.

ATACANTE

Zé Carlos vai jogar no Santa Cruz em 2017 PAULO CHANCEY JR Especial para a Tribuna Após semanas de especulação, o atacante alagoano Zé Carlos decidiu seu futuro para este ano. O ex-jogador do CRB e que chegou a negociar com o CSA, vai defender o Santa Cruz de Pernambuco. A informação foi confirmada pelo representante do atleta, Roberto dos Santos, o “Betinho”. “Está tudo certo. Acabei de falar com o presidente do Santa Cruz. Estamos avaliando a possibilidade de irmos amanhã assinar o contrato e na segunda-feira apresentação, provavelmente às 14h”, disse. O acerto surge após quase um mês de especulações. Após o término da Série B, a permanência de Zé Carlos no CRB era uma incógnita e depois de problemas pessoais com o presidente regatiano, Marcos Barbosa, a passagem foi encerrada. A partir daí, o jogador estava livre para acertar com outro clube e quem mais chegou perto de contratá-lo foi o CSA. Durante uma semana o time azulino e o atleta negociaram, duas reuniões foram realizadas, o atacante pediu o mesmo valor que recebia no CRB, R$ 65 mil, que não foi aceito e a negociação foi encerrada. Esta semana as conversas com o Santa Cruz foram intensificadas e ambas as partes chegaram ao acordo, que foi concluído, com grande possibilidade de assinatura de contrato e início de trabalho nos próximos dias. O Santa Cruz em 2017 vai disputar o Campeonato Pernambucano, a Copa do Nordeste, Copa do Brasil e o Brasileiro da Série B. Ano passado conviveu com problemas financeiros e foi rebaixado.


TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 7 E 8 DE JANEIRO DE 2017 DIVERSÃO&ARTE 1

LucasFilm fará reunião para decidir o futuro de Leia depois da morte de Carrie A LucasFilm está preparando uma série de reuniões para decidir o destino de Leia na franquia depois da morte de Carrie Fisher, que já havia gravado todas as suas cenas para o Episódio VIII, mas rumores indicam que a sua participação seria maior no Episódio IX. Ainda de acordo com as fontes do Hollywood Reporter, o estúdio não descarta usar CGI para recriar Leia em alguma cena, mas também é possível que as cenas da personagem sejam reescritas ou cortadas. As gravações do Episódio IX foram adiadas para o fim de 2017. A morte da atriz pode render para Disney US$ 50 milhões de uma apólice de seguros.

Ê saudade !!!!!

“B

ateu saudade, lembrei de você, do tempo em que a gente dançava no Conversa Fiada”. Consegue se lembrar dessa canção? Se você gosta de samba e frequentava os bares da cidade que tocavam esse tipo de estilo musical na década de 90, provavelmente vai se recordar do hit que fazia sucesso na voz da banda Conversa Fiada, um dos grupos de samba e pagode mais famosos daquela época. Agora, a música voltará ao repertório do show, que acontecerá neste sábado, a partir das 18h, vai comemorar o aniversário de 11 anos do “Bateu Saudade”. A apresentação do grupo acontece todos os anos para relembrar os tempos de badalação da banda formada pelos músicos Ricardo Ramires, Maurício Uchôa, Alberto Merreta e Hélvio Alexandre. E para a festa de 2017, teremos um convidado pra lá de especial, o Tatau, cantor, compositor e instrumentista baiano e x-vocalista da banda baiana Araketu. O show, que acontecerá no próximo sábado (07), a partir das 18h, no Iloa Resort e Residence, localizado na paradisíaca praia da Barra de São Miguel, relembrará os principais sucessos do Conversa Fiada. “Vamos misturar as canções tocadas pelo Conversa à época do auge da banda e, claro, incluiremos os clássicos do samba. Será uma festa linda, animada e que não vai

Banda alagoana Conversa Fiada comemora mais de uma década, neste sábado, na festa “Bateu Saudade”, com participação do cantor Tatau

deixar ninguém parado”, garantiu o vocalista do grupo, Ricardo Ramires. Outro grande sucesso do Conversa Fiada que também está garantido no set list é a “Bate palma aê, pô”. “‘Dig dig baraiá, dig dig ê ô ô, bate palma aê, pô. Ah ah, pode bater. Ela sabe que arrasa quando passa e me mata de pirraça com seu bronze do verão”. É claro que essa não pode faltar. É canção obrigatória no repertório”, cantarolou Ricardo. Essa será a 11ª edição do “Bateu Saudade” que, como em todos esses anos, tem a Barra de São Miguel como palco. Anteriormente, ela ocorria na Vila Niquim. CONVIDADO ESPECIAL

Para comemorar os 11 anos da festa, a Suprema Entretenimento, empresa que está promovendo o evento, resolveu convidar

novamente um artista que já é conhecido do grande público: o Tatau, ex-vocalista da banda baiana de axé Araketu. Ele se apresentou na edição do ano passado e foi o maior sucesso. Tatau se consagrou ao interpretar canções que caíram no gosto popular, a exemplo de “Mal acostumado”, “Amantes”, “O Araketu é bom demais” e “Telefona”. “Em 2016 tínhamos que escolher uma grande atração que pudesse consolidar de vez o projeto Bateu Saudade. Na verdade, ele já vinha dando certo, mas, queríamos melhorá-lo e aí, foi quando surgiu a ideia de convidar o Tatau. Acertamos na escolha e o resultado foi melhor do que nós esperávamos. O Tatau tem carisma, talento de sobra e uma grande voz. Temos certeza absoluta que ele vai, de novo, fazer uma participação bem especial no show”, comentou o empresário André Normande, Suprema Entretenimento. “Mas é importante destacarmos que as maiores estrelas da festa serão os músicos do Conversa Fiada”, completou Normande.

SERVIÇO O que: Festa Bateu Saudade, com Conversa Fiada e Tatau Quando: hoje, A partir das 18h até às 02h Onde: Iloa Resort e Residence, na Barra de São Miguel Horário: A partir das 18h até às 02h Valores: R$ 100 individual. Vendas na Loja Forum e stands Acesso Vip, Viva Alagoas e Folia Brasil


TRIBUNAINDEPENDENTE

2 DIVERSÃO&ARTE MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 7 E 8 DE JANEIRO DE 2017

Quintas no Poço

Férias no Pátio Maceió

Mystica

S

ereias, unicórnios, fadas, duendes, elfos e gnomos vão agitar a estação mais quente do ano na primeira edição da festa Mystica em Maceió. Prometendo uma experiência de outro mundo, a festa organizada pela Sacaí e Alagou, será realizada no Orákulo hoje a partir das 22h. A festa traz como atração principal a drag funkeira Lia Clark. O line-up ainda traz a discotecagem de Adriano G. Os ingressos variam entre R$25 e R$30, dependendo do lote disponível e podem ser adquiridos online no www.eventick.com.br/mystica. Já os ingressos físicos estão disponíveis na Chilli Beans do Maceió Shopping, podendo também ser garantidos na hora por R$35, sujeito a alteração. Aniversariantes dos dias 06, 07 e 08 de janeiro têm entrada grátis até a meia noite, assim como drag queens.

Para receber a criançada nas férias escolares, um dos períodos mais esperados por meninos e meninas, o Shopping Pátio Maceió traz para a sua praça central de eventos, de 10 de janeiro a 28 de fevereiro, a ‘Aventura na Selva’, uma gigante estrutura inflável que promete muita alegria e diversão. Com uma torre safári, pula-pulas, piscina de bolinhas e túneis interativos, a atração que lembra um verdadeiro ambiente selvagem, é composta, ainda, por animais de brinquedo como gorila, onça pintada e macacos, que servem para que a brincadeira se torne ainda mais real. A ‘Aventura na Selva’ funciona de segunda a sexta, das 10h às 22h e aos domingos, das 12h às 21h. Para ter acesso, é necessário adquirir o ingresso no valor de R$ 15, por pessoa.

Projeto Relix

O

Projeto Relix, que traz ações de sustentabilidade para Alagoas, se prepara para um momento de grande celebração na orla de Maceió. Amanhã (08), acontece uma grande apoteose do projeto, com apresentações do espetáculo, passeios ciclísticos e entregas de trinta Ciclolix (ecobicicletas para recolhimento de resíduos sólidos) a catadores do Estado. A celebração começa às 9h30 com passeio das Ciclolix na orla, que chega até a Multieventos. Às 15h30, acontece a chegada das 3o bicicletas que serão entregues aos catadores ao longo desse mês, comandada pelo mestre de cerimônias, o Gentilix, e o Batuquelix do Magote de Cabriolé. Às 16h, a primeira apresentação do Espetaculix, que tem outra sessão às 19h.

Happy hour “Antropofágico miscigenado” Estreia na próxima terça-feira (10), no saguão do teatro Deodoro, no centro da capital, a happy hour “Antropofágico miscigenado”. O projeto idealizado pelos músicos Edi Ribeiro e Sebage, ocorrerá semanalmente, sempre às terças-feiras, no horário das 17h30, com apoio da Diretoria

de Teatros do Estado de Alagoas (a Diteal) – que cedeu o espaço do saguão do teatro para as apresentações musicais – e do Café da Linda, responsável por um cardápio popular de petiscos e drinques. Músicos convidados: Vitor Pirralho, Eduardo Silva, Fred Hollanda e Thiago Barros. Couvert: R$ 4.

Carnaval no Bicentenário

A Secult lançou o “Prêmio Carnaval Bicentenário de Emancipação Política de Alagoas 2017”. O edital foi publicado no Diário Oficial do Estado e irá investir R$ 200 mil em premiações. As inscrições seguem até o dia 6 de fevereiro. O certame irá selecionar 25 projetos de agremiações carnavalescas tais como: Escolas de Samba, Blocos/Maracatus/Afoxés, Eventos Pré e/ou Carnavalescos e Festas Carnavalescas Municipais. Serão contempladas as propostas que tenham como objetivo o fortalecimento e a democratização do carnaval de rua, valorizando as tradições e a participação das comunidades locais.

Pré-Carnaval

Esteban

C

onsiderado um dos períodos mais aguardados do país, o Carnaval já traz diversão e alegria muito antes da sua chegada em 2017. Logo no primeiro mês do ano, o Pré Carnaval + VIP promete reunir três categorias diferentes de atrações em um único evento, com DJ, Trio e Palco. A festa marcada para o último Sábado de Janeiro (28/01) a partir das 16h na Praça Dois Leões em Jaraguá. Atrações: Banda Affarra , Sabaki, Gabriella Leite e e Naná Martins. Venda de ingressos: Acesso VIP - Parque Shopping, Acesso VIP – Unicompras Farol, Lipsy Moda Feminina - Shopping Farol e Viva Alagoas – Maceió Shopping. Mais informações: 98851-4658

O cantor, compositor, baterista e pianista Esteban começou a carreira tocando em bares. Fez parte da banda de rock Fresno e atualmente segue carreia solo com um projeto homônimo. O músico faz show em Maceió no dia 13 de janeiro, às 19, no Rex Jazz Bar (Jaraguá).

FALE CONOSCO - A Agenda é um serviço gratuito de orientação ao leitor. Os interessados em divulgar eventos, shows e exposições podem enviar material através do endereço: tiagenda@hotmail.com

RESUMO DE NOVELAS GLOBO 18h

GLOBO 19h

GLOBO 21h

RECORD 21h

SOL NASCENTE

ROCK STORY

A LEI DO AMOR

A TERRA PROMETIDA

Loretta esconde o celular da filha. Ralf não consegue falar com Milena e pensa em encontrá-la em São Paulo. Lenita descobre que Flavinha é adotada. Hirô se incomoda com o pedido de Yumi para trazer Tiago para jantar. Carolina ouve uma conversa entre Mocinha e Cesar sobre Alice. Damasceno encontra o local onde João Amaro plantou as falsas provas contra Massao. Carolina liga para Mario e procura Alice.

Néia inventa uma desculpa para justificar sua presença na casa de Lázaro. Diana pede ajuda a Lázaro para afastar Laila de seu pai. Haroldo deixa a clínica envergonhado ao ser visto por Nicolau. Lázaro se oferece para ser empresário de Laila, mas exige que Gordo não saiba da proposta. Eva não consegue terminar a sessão com Gui. Bianca avisa a Eva sobre o estado de saúde de Joel. Nicolau deixa claro para Marisa que não quer namorá-la. Néia arma com Stefany. Alex observa Júlia e Gui. Diana surpreende Stefany dormindo na cama com Léo.

Tião rompe com Letícia. Misael apoia Flávia. Letícia questiona Tiago sobre o motivo de ele querer se casar com ela. Cidália pede para Leila não contar para Flávia quem é o seu pai. Yara fica abalada com os comentários de Misael. Letícia avisa a Helô que pedirá para Pedro levála até o Juiz. Magnólia entrega dinheiro para Beth e grava sua conversa com ela. Tião conta para Magnólia seu plano para desmoralizar Pedro. Pedro se emociona com o pedido de Letícia. Beth descobre que Ciro e Magnólia são amantes.

Não há exibição aos sábados.

O projeto Quintas no Poço volta no dia 26 de janeiro com a apresentação da Banda Gafieira Caprichoso, que usa uma mistura do samba e choro e com um toque nordestino, nos mais diversos estilos rítmicos. A apresentação se dividirá ao toque de músicas de autoria do grupo e a uma homenagem ao samba alagoano. Sesc Poço, às 19h30. Entrada Franca.

Curso de férias Janeiro é sinônimo de férias, e para aproveitar o tempo, o Sesc oferece uma programação especial através da Coordenação Artístico Cultural (CARC), composta por minicursos nas áreas de Artes Cênicas e Música. CURSO DE TEATRO. Período de inscrição: 02 a 12/01 de 2017 (de segunda a sexta). Local de inscrição: Coordenação Artística e Cultural – CARC / Sesc Centro, das 09 às 18h. Período do Curso: 16 a 20/01/2017. Horário: 14h às 17h Faixa etária: a partir de 14 anos. Vagas: 20. CURSO DE CANTO: Período de inscrição: Até o dia 12 de Janeiro (de segunda a sexta). Local de inscrição: Coordenação Artística e Cultural – CARC / Sesc Centro, das 09h às 18h. Período: 23 a 27 de janeiro. Horário: 14h às 17h. Local: SESC Centro. Vagas: 20. Faixa etária: a partir de 15 anos. Gratuito. Mais informações: 3201-1350.

Zé Lezin O comediante Zé Lezin faz show no dia 12 de janeiro, às 21h, na Villa Niquin, Barra de São Miguel. Mais informações: (82) 98192-4000.


TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 7 E 8 DE JANEIRO DE 2017 DIVERSÃO&ARTE 3

Série da Iozzi

“Vade Retro”, série estrelada por Monica Iozzi e Tony Ramos, inteiramente gravada em São Paulo, tem previsão de estreia para o dia 13 de abril, uma quintafeira, e exibição até 29 de junho. bA mudança de nome, de “A Advogada do Diabo” para “Vade Retro”, não foi uma iniciativa que agradou a todos.

FLÁVIO RICCO - colaboração: José Carlos Nery - www.twitter.com/flavioricco

“Poderosa”, Vera Holtz vai tomar conta de “A Lei do Amor”

Volta do Gugu

O programa de Gugu Liberato voltará a ser exibido pela Record, nas noites de quartafeira, a partir do dia 25 – feriado de São Paulo. Mas, calma... São programas de “gaveta”, que foram gravados em dezembro. De qualquer forma, a assinatura do contrato, o preto no branco, por meio de um novo modelo de negócio, com o Gugu apenas como apresentador, está prevista para acontecer nos próximos dias.

O

s marmanjos de “A Lei do Amor”, representados por José Mayer, Gianecchini e companhia bela, que se cuidem, porque, a partir das mudanças pelas quais a novela continua sofrendo, pode-se garantir, sem medo de errar, que Magnólia, personagem de Vera Holtz, vai ser a mais completa senhora e dona da situação. Segundo os autores Maria Adelaide Amaral (foto aolado direito 0, e Vincent Villari, se ela já mostrou a que veio, a partir dos próximos capítulos irá aumentar ainda mais sua capacidade de fazer qualquer negócio para atingir os objetivos traçados.Já na abertura dos trabalhos, vai executar Regiane Alves com um tiro no peito. E imediatamente a partir daí, tentará colocar Pedro, Reynaldo Gianecchini, como sua próxima vítima. Independentemente de a novela estar passando por fortes alterações no roteiro e condenar ao desaparecimento muitos dos seus vários personagens, a aposta na personagem de Vera Holtz, uma atriz de inegáveis recursos, não deixa de ser interessante.

Frustração

Esta renovação do Jô com a Globo, por tabela, jogou uma ducha gelada no Fábio Porchat e Danilo Gentili, que esperavam entrevistar o apresentador nesta temporada.Agora, só com autorização da Globo. Difícil.

C’est Fini A Globo decidiu, também nesse período de férias, investir na exibição de grandes filmes na sessão “Tela Quente”. “Malévola”, como destacado, atingiu ótimos índices em todo país. Análises de comportamento apontaram para um grande potencial de audiência neste período pré-carnaval. Com isso, a programação tem apostado em filmes inéditos e em sucessos de bilheteria, que engloba desde o fim de ano ao mês de janeiro, em que a família está reunida. Como próximas atrações “Mad Max”, “Frozen”, “Godzilla”, “Argo”, “O Espetacular Homem Aranha 2”, “Vai Que Cola” e “Guardiões da Galáxia”, entre outros. Então é isso. Mas amanhã tem mais. Tchau!

Munir Chatack/Record

TV TUDO Titular

César Filho voltará ao comando do programa “Hoje em Dia” no próximo dia 23.Até lá, segue Sérgio Marone na apresentação.

Mudança de rumo

Bate-rebate

Apesar de Sérgio Marone ter feito várias declarações, escancarando o desejo de trabalhar apenas como apresentador, a sua volta às novelas já é dada como certa na teledramaturgia da Record. E com reaparecimento previsto em “Apocalipse”, de Vivian de Oliveira.

Sem homenagem

A Globo não vai promover troca de bastão e nem fazer homenagens a Pedro Bial, na volta do “BBB”, dia 23. Isto, de fato, até chegou a ser cogitado pela equipe, mas não foi levado à frente.O programa terá novidades sim, em relação ao conteúdo, porém sua apresentação seguirá o caminho normal, agora à cargo do Tiago Leifert.

Parte 2

O personagem Crô, vivido por Marcelo Serrado, poderá fazer uma segunda investida no cinema. O convite partiu de uma produtora e o Serrado aceitou participar. Resta saber o que o Aguinaldo Silva está achando disso.

Sthefany e Kayky Britto iniciaram preparação para a novela “O Rico e Lázaro”, ao lado de Adriana Garambone e Pérola Faria. Os atores fazem parte do mesmo núcleo na trama e serão nobres do império babilônico, comandado pelo rei Nabucodonosor (Heitor Martinez). Sthefany e Kayky também serão irmãos na história

Guerra das estrelas 1

“A Força do Querer”, próxima novela das nove da Globo, escrita por Glória Perez, vem aí com um time muito forte de estrelas no seu elenco. Para não mexer com vaidades, a competente autora vai precisar se virar nos 30, para atender a todo esse pessoal. A briga já começa nos caracteres da abertura. Quem entra antes ou quem fica para depois.

Guerra das estrelas 2

Já prevendo que a Glória terá trabalho nesse sentido, para administrar tudo, um ator do elenco, brincando com o título da novela e o filme “Star Wars”, mandou essa: Que a Força Esteja com Você! As gravações desta substituta de “A Lei do Amor” estão a todo vapor no Projac.

Foi bem

Na última semana de 2016, das 19h à 0h, o Discovery exibiu uma maratona de “Largados e Pelados”, a sua série de maior audiência. Iniciativa que levou o canal atingir a segunda posição no ranking na classe de pessoas entre 25 e 54 anos (excluindo o Discovery Kids), além do primeiro lugar entre homens acima de 18 anos.

·João Ximenes Braga, ex-Globo, desenvolveu apenas a sinopse da próxima temporada da série “Bruna Surfistinha” para a Fox... ·... Ele não vai escrever os episódios... ·...Ximenes, na verdade, agora vai se dedicar inteiramente a um longametragem, passado entre os anos de 1960 e 1980, que lida com questões sobre a História do Brasil... ·...O trabalho inclusive foi aprovado no edital do Fundo Setorial do Audiovisual. ·“Os Penetras – parte 2”, com Eduardo Sterblitch, chega aos cinemas no dia 19. ·Geraldo Luis volta ao vivo, com o “Domingo Show” na Record, dia 29. ·As primeiras cenas gravadas de “O Rico e Lázaro”, próxima novela bíblica da Record, foram bem recebidas pela direção da emissora. ·A série “Um contra todos”, segunda temporada, volta ao ar, na Fox, em junho. ·A direção da Bandeirantes volta ao trabalho nesta segunda-feira... ·...Entre os assuntos que vão necessitar de alguma atenção, a cobertura do carnaval.

HORÓSCOPO ruim, porém necessário em sua vida. No amor, repense seus desejos emocionais frente à pessoa amada, já que os astros fazem acelerar os acontecimentos e as convicções que você tem sobre o amor. Preserve a relação afetiva no topo de suas prioridades, apesar dos problemas. ESCORPIÃO – (23/10 a 21/11) – Mercúrio faz você ter cuidado com as pessoas a sua volta. Dedique-se de forma espontânea no modo de auxiliar e renovar os vínculos com quem ama. A pessoa querida e suas amizades necessitam de mais cuidado. SAGITÁRIO – (22/11 a 21/12) – O conservadorismo de Mercúrio no seu signo indica o valor de repensar escolhas que você fez nos últimos tempos. Assuntos

resolvidos virão à tona. Esta involução tende a ser um avanço importante. No amor, não perca tempo com os problemas entre você e a pessoa querida. Preserve a convivência a dois no topo de suas prioridades. O romance precisa de sua dedicação total. CAPRICÓRNIO – (22/12 a 19/1) – Coloque seu relacionamento em ordem para que as dificuldades não comprometam a convivência entre você e a pessoa querida. Repense suas estratégias amorosas e reveja certos problemas, pensando na preservação da ligação afetiva. Mercúrio anuncia transformações importantes. AQUÁRIO – (20/1 a 18/2) – Mercúrio volta para a área de amizades e indica

a chance de recuperar suas relações e rever seu comportamento interpessoal. Repense esta dependência emocional sobre as pessoas. No amor, enfrente os problemas rotineiros como provas as suas emoções. Faça com que o afeto se fortaleça. PEIXES – (19/2 a 20/3) -Mercúrio em retrocesso no setor profissional indica uma fase de bom senso no trabalho e dia a dia. Uma nova visão da vida tende a aumentar suas expectativas sobre a profissão. No amor, preserve seu relacionamento afetivo em ordem para que as dificuldades não comprometam a convivência. Mercúrio indica você a livrar-se de seus medos e estar perto de quem gosta.

PALAVRAS CRUZADAS DIRETAS

www.coquetel.com.br

© Revistas COQUETEL

Período compreendido entre o Carnaval e a Páscoa (Catol.)

Maior (?) marinho da América do Sul: inaugurado Favorecem a proli- em 2016, feração de fungos no Rio

Denominação dos navios negreiros Barco de magnatas O quarto poder político, abolido na República (BR)

Um dos (?) Ford, dois tipos estilista de estrofes que do soneto reergueu a Gucci Tenente (abrev.)

Colocação pronominal de "deixe-me" Lance do Madeira tênis de forros

Material de películas fotográficas

(?) Leifert, apresentador da TV Ciência da qual a cidade de São Carlos (SP) é ilha de excelência BANCO

Afável; Duas concarinhoso junções adversaSenhor tivas (abrev.)

Ondas Médias (abrev.) Página (abrev.) O flamingo, por sua cor

Tito (?), compositor de "Chove Lá Fora"

Armação de óculos Elevação de preços

Ser estudado pela Ufologia

A prova realizada de viva voz (?)-2, avião invisível aos radares

Centro cultural e industrial da Itália Refúgio daquele que sofre Transpide ração mal- síndrome cheirosa do pânico (bras.)

Sufixo de "ilhota": diminuição

"A Arte de (?)", obra do poeta Ovídio Estado da hidrelétrica de Jirau (sigla) 36

Solução

A M T

C A I B R O A Q U A R I O

U M I D A D E E C A L O R

B E G T E N A B

O T E R C E T O R E

O T A A L T A M E I G O

T U R I M M A D I S R

A C A R O S E O M O

L A R M A S E P O R E M

social, revelando uma fase de recuperação das afinidades com os amigos. Recupere alguns prazeres e segurança pessoal, a fim de beneficiar sua vida social. VIRGEM – (23/8 a 22/9) – No dia de hoje, promova uma verdadeira transformação na vida afetiva. Mercúrio sugere a você um novo olhar sobre as dificuldades e as resoluções. Atenção com a relação, apesar dos conflitos. Dediquese as conversas francas e objetivas para o amor crescer. LIBRA – (23/9 a 22/10) – O conservadorismo de Mercúrio no setor comunicativo indica a necessidade de repensar suas metas e dedicar-se a uma estratégia mais sensata. Um passo atrás pode ser

T

mais distantes. Corrija seus erros e amplie suas expectativas. No amor, Mercúrio sugere praticidade para lidar com os problemas emocionais com mais lucidez do que habitualmente. Escute mais a voz do seu coração e faça com que as dificuldades cotidianas sejam resolvidas com atenção. Cuidado com o relacionamento. CÂNCER – (22/6 a 22/7) – Seu cotidiano afetivo precisa ser repensado com cuidado, por isso resolva os problemas da convivência. Mercúrio faz você notar que o afeto exige alguns cuidados para se manter em alta. Estabilize a vida amorosa. LEÃO – (23/7 a 22/8) – A movimentação retrógrada de Mercúrio destaca o setor

3/tom. 4/amar. 5/turim. 7/aquário — ênclise — terceto. 8/robótica. 9/tumbeiros.

ÁRIES - (21/3 a 19/4) – O conservadorismo de Mercúrio guia você para o setor espiritual, indicando um momento em que você tende a refletir mais sobre as escolhas passadas. Com serenidade as questões tendem a se tornar mais compreensíveis. TOURO – (20/4 a 20/5) – Algumas dificuldades afetivas podem ser resolvidas se você mostrar interesse para lidar com as diferenças que existem entre você e a pessoa querida. Mercúrio indica fazer escolhas mais sensatas para restaurar a convivência. GÊMEOS – (21/5 a 21/6) – O retrocesso de Mercúrio em desarmonia no seu signo indica uma fase propensa a brigas nas relações de amizade ou afetivas


4 DIVERSÃO&ARTE

TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 7 E 8 DE JANEIRO DE 2017

“Um intelectual é um homem que diz uma coisa simples de uma maneira difícil; um artista é um homem que diz uma coisa difícil de uma maneira simples”

FOTO BY ARQUIVO PESSOAL

Verão exige cuidados íntimos

A

h, o verão... A estação mais esperada pede muito sol e longos banhos de mar. Os dias de diversão na praia, porém, podem virar inimigos das mulheres quando elas não estão atentas aos cuidados necessários à região íntima feminina. A umidade e o calor são os ingredientes que fazem os fungos e bactérias se proliferarem e causarem doenças. No verão, as mulheres ficam mais expostas e, como passam muito tempo de biquíni molhado, a umidade e o calor ajudam na proliferação de fungos. A dica é manter a região vaginal sempre limpa e seca. Depois da praia, é importante ir direto para o banho e colocar uma calcinha de algodão. O mesmo vale para a academia.

A vez das viseiras

Neste final de semana, TopNews tem o prazer de enfocar o Centro Odontológico do Nordeste, onde você irá encontrar odontologia avançada. Lá, o grande mestre profissional Eugênio Jucá reúne uma grande equipe de profissionais. Neste sábado, TopNews enfoca o odontólogo Felipe Breda, Guilherme Jucá, Diego Lins, Edmundo Melo, Ricardo Ribeiro, Hanny Jucá, Andira Jucá, Eugênio Jucá e Kalina Jucá. Eles compõem a equipe ouro que engrandece e enobrece a odontologia em nosso Estado. TopNews aplaude o mestre Eugênio Jucá pela garra, dedicação e grande tecnologia que a clínica possui. Parabenizamos todos que fazem parte do centro odontológico que, sem dúvida, alguma merece os nossos aplausos. Parabéns, amigos!

Inovação

A

A

coluna Topnews aproveita este final de semana para parabenizar os amigos que foram homenageados e solicitados no último dia 6 em razão de mais uma virada de calendário. Aproveitamos para parabenizar os amigos Sérgio Andrade, Jullyne Lins, Thays Almeida, Aurélio Melo, Maria Julia Plech, Eduardo Palmeira, Alberig Barros, Karol Brito, Maryanna Calheiros, Emerson Pereira, Charlene Araújo e Romildo Junior. Aos amigos queridos, feliz aniversário e felicidades mil para vocês!

Frente única

S

uper aposta durante o verão, a frente única é opção sensual e fresh para quem está cansado das blusinhas de alcinha e camisetas. A peça está em alta e é também uma ótima pedida para quem pensa em mostrar pele mas sem o decote frontal; a pegada da estação é, definitivamente, o decote nas costas. Seja ele em maiôs, bodies, blusas ou vestidos, o modelo é pedida certa e sensual para este verão.

Inovação II

s inscrições para os artistas e grupos culturais interessados em participar da edição deste ano do Xangô Rezado Alto foram prorrogadas até o próximo dia 11 de janeiro. A decisão foi anunciada na manhã desta quinta-feira pelo Setor de Políticas Públicas da Fundação Municipal de Ação Cultural (FMAC), responsável pelo processo de seleção da parte artística do evento, programado para acontecer, em sua sexta edição, no dia 2 de fevereiro.

Parabéns!

A

espaço, pioneiro na região Nordeste, está sendo desenvolvido em parceria com a Bunge Brasil, empresa líder no mercado de alimentação do Nordeste, que atua no fornecimento de ingredientes como farinha e derivados de óleos e trigo para indústrias, restaurantes e padarias. A CPA de Pontes Hotéis contará também com apoio da Academia Bunge, comandada pelo chef pernambucano Luiz Farias, para capacitação e preparação dos profissionais para produção de pães, croissants e pizzas, por exemplo. Os equipamentos da CPA são da Prática, fornecedora de equipamentos de cozinha.

Xangô rezado alto

entre todas as esquisitices que a moda acolhe, a viseira, comumente usada por esportistas, chega repaginada à temporada e toma conta, ao lado dos chapéus de palha, de praias e piscinas.

FOTO BY ARQUIVO PESSOAL

rede Pontes Hotéis – leia-se: Mar Hotel Conventions, Atlante Plaza e Summerville Resort – implanta uma Central de Produção de Alimentos (CPA) para atender à crescente demanda de alimentação nos três empreendimentos hoteleiros de Pernambuco. Trata-se de uma cozinha em escala industrial com tecnologia de ponta que permite prolongar a vida útil dos alimentos garantindo segurança alimentar, padronização, eficiência, qualidade e ainda mais sabor aos pratos servidos aos hóspedes e clientes.

O

D

C

T

omo todos os nossos leitores sabem, TopNews está sempre presente nos grandes acontecimentos da cidade. Nesta bela foto, registramos o empresário Rafael Tenório, Dinha Tenório, a sempre bela Rafaela Tenório e Aninha Tenório. Todos embarcam a bela Rafinha, que irá estudar e passear em Orlando pelos próximos 30 dias, na Imersão System. TopNews parabeniza essa família, sempre investindo no futuro dos filhos. Parabéns, amigos, parabéns! FOTO BY ARQUIVO PESSOAL

Maria Antonieta Restaurante

Gastronomia em alta

N

este final de semana, a nossa cidade oferece opções maravilhosas para tomar um café da manhã, um delicioso jantar ou almoço. TopNews traz algumas sugestões para os nossos amigos passarem momentos maravilhosos para este final de semana. A Bodega do Sertão, dos amigos Nado e Francineide Freire, esperam por você para um delicioso café da manhã, um almoço regional perfeito. A Bodega está localizada na Avenida Jatiúca. Telefone 3325-4446.

S

inônimo de boa gastronomia, os empresários Breno, Dedé e Leopoldo Gama preparam grandes novidades para a alta temporada no Maria Antonieta Restaurante. A casa é referência na cozinha italiana e possui uma carta de vinhos premiada nacionalmente. Não deixe de viver momentos inesquecíveis. Parabéns a todos que fazem a casa! Telefone 3202-8828.

O

N

Parabéns, Zequinha Maranhão!

este domingo, toda sociedade estará voltada para mais um parabéns do empresário Zequinha maranhão, um nome que engrandece o empresariado alagoano terá este domingo um dia de muitas homenagens em razão de mais um parabéns que ele comemora cercado de muito amor da sua senhora Regina Maranhão, filhos e amigos mais próximos. Aproveitamos para parabenizar este amigo desejando saúde mil, paz e que todos os seus projetos sejam realizados. Felicidades mil para você, amigo!

Filé do Zezé

utra grande opção é o restaurante Filé do Zezé, dos empresários Rosiel Caetano e Ricardo Scavuzzi, que estão sempre inovando na casa, localizada na Rua Industrial Climério Sarmento, Stella Maris. Lá você irá ter uma culinária deliciosa, música ao vivo, sem falar no consagrado Filé do Zezé. Vale a pena você desfrutar! Telefone 3313-4004.

Parabéns, Cícero Almeida!

ambém neste domingo, TopNews aproveita para parabenizar o deputado Cícero Almeida, que hoje terá o dia de muitas homenagens e comemoração em decorrência de mais um parabéns que ele comemora. Aproveitamos para parabenizar o amigo e desejar saúde, paz e felicidades mil para você. Parabéns, amigo!

N O

réveillon foi badalado em todo Brasil. Amigos da nossa sociedade escolheram outras cidades para dar as boas-vindas do ano de 2017. TopNews enfoca os amigos Gilvan e Marlene Leite, eles escolheram o belíssimo Sheraton Reserva do Paiva para a chegada do ano novo. Foi um réveillon inesquecível. Feliz ano novo, amigos!

Feijoada no Alecrim

este sábado, venha saborear a deliciosa feijoada do Alecrim Verde Restaurante, localizado na Avenida Deputado José Lages, Ponta Verde. Os empresários José Leite e Felipe Leite esperam por você. Em 2017, o delicioso restaurante está com muitas novidades. Telefone 3231-0320.


Edição Número 2813 - 7 e 8 de janeiro de 2017  

Tribuna Independente Edição Digital Tribuna Hoje

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you