Page 1

QUINTA-FEIRA MACEIÓ - ALAGOAS 1 DE DEZEMBRO DE 2016 N0 2.787

R$

2,00

TRIBUNA INDEPENDENTE

Renan: pacote anticorrupção do MP só seria aceito em regime fascista

EXEMPLAR DO ASSINANTE

tribunahoje.com

HOMENAGEM HISTÓRICA EMOCIONADAS, TORCIDAS LOTAM ESTÁDIOS EM CHAPECÓ E MEDELLIN PARA REVERENCIAR A CHAPECOENSE

O SENADOR RENAN CALHEIROS REAGIU ÀS PRESSÕES DA GRANDE MÍDIA E DA MAGISTRATURA CONTRA AS MUDANÇAS NO PACOTE ANTICORRUPÇÃO. ELE DISSE QUE AS PROPOSTAS DO MPF, COMO “INFORMANTE DO BEM, VALIDAÇÃO DE PROVAS ILÍCITAS E TESTE DE INTEGRIDADE SÓ SERIAM ACEITAS EM UM REGIME FASCISTA”. PÁGINA 8

NA ARENA Condá torcedores e atletas que não viajaram não contiveram a emoção

As torcidas da Chapecoense e do Atlético Nacional lotaram seus estádios em Santa Catarina e Medellin, na noite de ontem, na hora em que aconteceria o primeiro jogo da decisão da Copa Sul-Americana, para render homenagem aos atletas e profissionais de imprensa mortos na queda do avião na madrugada de terça-feira. Foi um transbordamento de emoções. PÁGINA 8

FORÇA-TAREFA EMPAREDA TEMER E AMEAÇA DEIXAR LAVA JATO SE “ABUSO DE AUTORIDADE” PASSAR Os procuradores da força-tarefa da Operação Lava Jato anunciaram ontem que se a lei do “abuso de autoridade” inserida por parlamentares no pacote de medidas anticorrupção for sancionada pelo presidente Temer, estão dispostos a “renunciar coletivamente”. O deputado Paulo Pimenta (PT) acusou os procuradores de cometerem chantagem contra o presidente. PÁGINA 8 AGÊNCIA ALAGOAS / PAULO RIOS

COM ÁGUA GARANTIDA, pequenos produtores diversificam plantações na terra

TORCEDORES do Atlético Nacional lotaram estádio e cantaram “Vamos, vamos Chape” ASCOM MPE

CANAL DO SERTÃO ASSEGURA NOVAS OPORTUNIDADES AO PEQUENO PRODUTOR

Novo sítio arqueológico em Alagoas

FPI do São Francisco localiza desenhos rupestres inéditos em formações rochosas em Olho D’Água do Casado PÁGINA 9

Maior e mais importante obra de infraestrutura hídrica do Estado, o Canal do Sertão é garantia de novas possibilidades de geração de renda e qualidade de vida para pequenos produtores rurais. Hoje, a água do São Francisco chega ao Semiárido alagoano. PÁGINA 5

PARICONHA

FPI MULTA PREFEITURA EM R$ 2,5 MILHÕES POR LIXO EM COMUNIDADE INDÍGENA PÁGINA 4

OPERAÇÃO TATURANA

TRIBUNAL DE JUSTIÇA OUVE DEPOIMENTOS DE RÉUS E TESTEMUNHAS PÁGINA 2

Bom com possiblidades de chuvas em áreas isoladas

Mínima

23º

Máxima

32º

MARÉS

04:28 10:38

2.0m 0.4m

16:41 22:54

2.0m 0.3m

FINANÇAS

DÓLAR COMERCIAL R$ 3,38

R$ 3,39

DÓLAR PARALELO R$ 3,30 R$ 3,56

OURO

R$ 127,00

POUPANÇA 0,6435%


TRIBUNAINDEPENDENTE

2 POLÍTICA MACEIÓ - QUINTA-FEIRA, 1 DE DEZEMBRO DE 2016

Política

Albuquerque já criticou o processo e Edval Gaia aguarda oportunidade Um dos parlamentares que deve prestar esclarecimentos ao Tribunal de Justiça de Alagoas é Antonio Albuquerque (PTB). O deputado estadual sempre foi um dos mais críticos à operação desencadeada pela Polícia Federal com foco na Assembleia Legislativa do Estado. Outro deputado que também quer ser ouvido é Edval Gaia Filho (PSDB), Segundo o parlamentar, somente agora ele terá a oportunidade de apresentar a sua defesa e mostrar que é inocente no ação da Operação taturana.

Ex-deputado desdenha de operação

Cícero Ferro nega participação no desvio de R$ 300 milhões na Taturana e diz que acusação é uma “grande piada”

ESPLANADA LEANDRO MAZZINI - contato@colunaesplanada.com.br

Palácio e Congresso desmobilizam Lava Jato

A

tentativa de desmobilização da Lava Jato e a intimidação à forçatarefa via Congresso são a única parceria que dá certo entre PT e PMDB. E o presidente da República, Michel Temer, está disposto, sim, a sancionar o pacote das medidas de combate à corrupção com o parágrafo que enquadra o trabalho dos procuradores. O consórcio político contra a legitimidade das investigações judiciais-policiais crê que é a única forma de frear o grupo, e adorou a notícia na coletiva de Curitiba em que procuradores anunciaram que vão abandonar o processo se Temer sancionar.

Sinais Semana passada a Coluna já citou que o Governo agiu gradativamente para desmobilizar a equipe de delegados originais da operação. E conseguiu.

Bola cantada Cantamos a bola de que a escória engravatada da Câmara Federal faria das 10 medidas contra a corrupção algo contra o MP e a PF. Mas se cuidem, políticos, o povo acordou.

Tá bom Renan defendendo fim do foro privilegiado para todos os poderes é recado para janot e discreto para o desafeto Michel temer

Busca do consenso Deputados do PMDB e PSDB decidem na próxima semana se fecham questão em apoio à candidatura de Rodrigo Maia (DEM-RJ) para a presidência da Câmara em 2017. Maia aposta no apoio das legendas guiadas pelo radar do Planalto para “driblar” restrições do Regimento Interno da Câmara e anunciar seu nome para a disputa.

Vaga aberta O presidente Temer quer definir o substituto do ex-ministro Geddel Lima o quanto antes. Segue indeciso em entregar o cargo ao PSDB ou mantê-lo sob o comando do PMDB. Temer tem pressa para articular a Reforma da Previdência.

Cotados Estão cotados para a vaga o deputado Rogério Rosso (PSD-DF), o exvice-governador do DF Tadeu Filippelli – próximo a Temer – e surgiu nas rodas o nome do ex-secretário geral da Mesa Mozart Vianna, admirado por todas as bancadas.

Alô, 190! Os jovens bandidos que depredaram e queimaram carros, picharam muros e quebraram recepções de ministérios fugiram da Esplanada na madrugada de ontem em 17 ônibus.

Eles... O plenário do Senado se transformou em trincheira de cartas marcadas. Os recorrentes “embates verbais” entre Lindbergh Farias (PT-RJ) e José Medeiros (PSD-MT) parecem ter inspirado as senadoras Ana Amélia (PP-RS) e Gleisi Hofffmann (PT-PR).

..e elas Amélia acusou Gleisi de ter “telhado de vidro” pelas constantes críticas da petista à PEC do Teto de Gastos; Gleisi respondeu em tom áspero; afirmou que todas as contas do gabinete dela “estão disponíveis” no portal da transparência.

Devassa diária O Ministério do Desenvolvimento Social recebe todo dia visita de servidores da CGU. Depois da revelação de fraudes e doações irregulares de beneficiários do Bolsa Família para campanhas, a CGU ampliou a devassa sobre o cadastro do programa.

Expliquem essa! Além das irregularidades, o órgão identificou dezenas de familiares de políticos que “administram” a seleção de beneficiários em vários municípios. E suas excelências querem culpar o MP e a PF por investigá-los...

Tragédia A Gol ofereceu um Boeing saindo direto de São Paulo para Medelin no mesmo preço do avião venezuelano que caiu, US$ 130 mil.

Na praça A Coluna Esplanada passa a ser distribuída em dezembro pela Dow Jones & Co. através de parceria com o Portal Opinião e Notícias, um dos parceiros no Rio. A Coluna hoje é reproduzida em 30 sites e jornais de 24 capitais.

Ponto Final A Esplanada completa hoje 5 anos. Parabéns aos leitores e torcedores.

Com Equipe DF, SP e Nordeste www.colunaesplanada.com.br contato@colunaesplanada.com.br Twitter @leandromazzini

ASCOM/ALE

CARLOS AMARAL REPÓRTER

O

Núcleo de Improbidade Administrativa do Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ-AL) comandou ontem (30), na sede do TJ-AL, a segunda audiência de instrução de processo envolvendo mais réus oriundos da Operação Taturana. Foram ouvidas, até o fechamento desta edição, oito testemunhas de acusação, entre elas o prefeito Rui Palmeira (PSDB), que à época do caso era deputado estadual, e um delegado como declarante. As quatro testemunhas de defesa ainda não tinham sido ouvidas. O juiz Helestron da Costa designou a data da próxima audiência, dia de 7 de dezembro, às 9h. É nesse dia que se pretende ouvir os réus do processo, sob segredo de justiça, que são: Antonio Albuquerque, Cícero Ferro, Manoel Gomes de Barros Filho (Nelito), Edval Gaia, Maurício Tavares e Cícero Amélio. O delegado ouvido, segundo a assessoria de comunicação do TJ-AL, foi chamado apenas para dar algumas informações sobre o caso. Devido à condição de sigilo do processo, não foi informado o nome do delegado nem se ele é da Polícia Civil (PC) ou da Polícia Federal (PF) Também não foi informado o nome de nenhuma testemunha, exceto Rui Palmeira que chegou a conceder entrevista antes do início da audiência. Ele foi arrolado pelo Ministério Público Estadual (MPE) como testemunha de acusação porque, na época da Operação Taturana, forneceu detalhes de como o esquema era realizado na Assembleia Legislativa Estadual (ALE),

Cícero Ferro foi ao Tribunal de Justiça prestar esclarecimentos sobre o seu envolvimento na Taturana

segundo a assessoria de comunicação do MPE. DEPOIMENTOS Antes de prestar seu depoimento como testemunha de acusação na audiência de instrução de mais um processo oriundo da Operação Taturana, o prefeito de Maceió, Rui Palmeira, concedeu entrevista à imprensa e afirmou ter condições de ajudar no indiciamento dos réus. À época da operação, Rui era deputado estadual e foi um dos poucos a não ser envolvido no esquema. No entanto, ele enfatizou que os empréstimos fraudulentos ocorreram na legislatura an-

terior a que ele atuou como parlamentar na ALE e só tomou conhecimento de tudo quando a operação da PF em conjunto com o MPE foi deflagrada. Rui Palmeira foi ouvido pelo Núcleo de Improbidade Administrativa do TJ-AL ainda no período da manhã. CÍCERO FERRO O ex-deputado estadual e réu no processo da audiência de ontem, Cícero Ferro classificou as acusações fruto da Operação Taturana como “uma grande piada”. Único dos réus a comparecer ao local, ele concedeu entrevista à imprensa antes do início dos trabalhos comandados

pelo Núcleo de Improbidade Administrativa. Segundo ele, nunca houve desvio de R$ 300 milhões da ALE como afirma o MPE. Cícero Ferro afirmou que o duodécimo da Casa de Tavares Bastos na época era de R$ milhões e a soma de valor por quatro anos – período em que o esquema estaria sendo realizado – dá R$ 334 milhões. Para o ex-deputado o desvio impediria o parlamento de pagar suas contas. A primeira audiência de instrução desse processo ocorreu no dia 16 deste mês e não há previsão de data para o término de todo o julgamento.

OUTRO PROCESSO

Dez réus já foram condenados no TJ-AL No último dia 28, a 3ª Câmara Cível do TJ-AL concluiu julgamento de outro processo da Operação Taturana. Nele foram condenados Arthur Lira, Cícero Almeida, Paulão, Celso Luiz, João Beltrão, José Adalberto Cavalcante, Maria José Viana, Nelito Gomes de Barros e Cícero Amélio; além do Banco Rural. À decisão cabe recurso no Superior Tribunal de Justiça. Os réus estão inelegíveis por 10 anos e foram condenados a ressarcir o erário com multas que variam entre R$ 182 mil e R$ 435 mil. Eles também estão impossibilitados de fechar contratos com o poder público por 10 anos. O Banco Rural tem de pagar multa no valor cem vezes o equivalente ao salário dos deputados estaduais em 2003 e está proibido de fechar contratos com público por três anos. Entretanto, apenas a inelegibilidade já está em vigor por causa da Lei da ficha Limpa. As demais sanções só devem ser cumpridas após o trânsito em julgado.

SANDRO LIMA E DIVULGAÇÃO

Paulão, Arthur Lira e Cícero Almeida são alguns dos condenados que estão inelegíveis por 10 anos

A defesa vai recursar da decisão do TJ-AL e acredita em reversão da sentença. Em entrevista à Tribuna na edição de 29 de novembro, Fábio Ferrario – advogado de Arthur Lira – disse acre-

ditar no reinício do processo para seu cliente. Sua alegação durante o julgamento foi a de que o deputado federal não foi citado pessoalmente no processo e que o STJ possui jurisprudência a respei-

to.

O MPE vai recorrer ao Supremo Tribunal Federal (STF) para que as sanções sejam aplicadas desde já e quem estiver em cargo público deixe de exercê-lo. (C.A.)


TRIBUNAINDEPENDENTE

Conjuntura

FLAVIO GOMES DE BARROS - flaviogomesdebarros55@gmail.com

República corporativa

S

enador Cristovam Buarque (PPS/DF): “Os empresários não querem abrir mão dos fartos subsídios que recebem, com o argumento de manter os empregos; os sindicatos dos trabalhadores se aliam aos patrões para exigir mais recursos dos governos, tirando dinheiro inclusive da educação e da saúde para investimentos de interesse de empresas. As classes médias reclamam dos impostos elevados, mas não reclamam da má qualidade dos serviços públicos, porque desejam melhorar apenas os serviços privados financiados com subsídios públicos. Magistrados já conseguem recursos públicos para pagar a escola privada de seus filhos; parlamentares dispõem de serviço médico especial. Na República Corporativa, procura-se aumentar os ganhos de cada grupo, não como beneficiar a todos e ao país. Por isso, no Brasil, a inflação não é apenas um fenômeno econômico e monetário, é um fenômeno cultural e moral, devido à formação política de uma República Corporativa, sem controle ou prioridades. Os Brasis não aceitam a ideia de um limite para os gastos públicos porque isso exigiria que alguma corporação perdesse para outras – ou para os que não têm corporação. Elas fogem da disputa, se oferecem benefícios mutuamente, preferindo a ilusão do aumento ilimitado de recursos com o falsificado dinheiro da inflação.”

Placar Da bancada de Alagoas votaram a favor do projeto restringindo a atuação do Judiciário e do Ministério Público os deputados federais Ronaldo Lessa, Rosinha da Adefal, Arthur Lira, Cícero Almeida, Givaldo Carimbão e Paulão. Votaram contra Pedro Vilela e João Henrique Caldas. Nivaldo Albuquerque não votou.

Distância Renan Filho precisa melhorar sua relação com a Assembleia Legislativa. Na semana passada, por exemplo, um deputado dizia abertamente que na gestão de Teotonio Vilela Filho não era da bancada governista, mas tinha acesso fácil ao governador. E até brincou: “Não imaginava nunca que teria saudades do Téo”.

Lenga lenga Há alguns dias o Estado anunciou que iria antecipar o pagamento do 13º salário do funcionalismo, normalmente pago até 20 de dezembro. E tem reafirmado isso, sem precisar a data. Quem sabe o pagamento sai na véspera, dia 19, e o governo falará em “antecipação”... Em tempo: o dinheiro do 13º está reservado desde agosto.

Centenário A Assembleia Legislativa realiza hoje, às 9 horas, no plenário, uma sessão especial em homenagem aos 100 anos da implantação da primeira agência do Banco do Brasil em Alagoas. É uma iniciativa do deputado estadual Inácio Loiola, do PSB, para quem os benefícios trazidos pelo BB ao Estado justificam a iniciativa.

Meia volta A Câmara Municipal de Arapiraca aprovou, há poucos dias, um projeto de renúncia fiscal apresentado pela prefeita Célia Rocha. Mas, diante da pressão popular e do desgaste político, a prefeita voltou atrás e vetou o projeto proposto por ela própria. Agora os vereadores vão decidir se aceitam ou não o veto.

Antes tarde... O Plano Novo Chico, do governo federal, que se propõe a revitalizar o Rio São Francisco, será apresentado hoje, em Penedo, pela presidente da Codevasf, Kênia Marcelino, abrindo a plenária do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco. As prioridades iniciais são abastecimento d’água e saneamento.

Opinião Do jornalista e ex-deputado federal Ney Lopes: “Partidos como o PT e aliados se opõem, esbravejam e usam todos os métodos para dificultar a aprovação de uma medida legal, que proíbe gastar mais do que o governo arrecada. Por mais incrível quer pareça, todos eles são a favor da gastança sem controle.”

Pode-se tentar calar o juiz, mas nunca se conseguiu, nem se conseguirá, calar a Justiça”

MACEIÓ - QUINTA-FEIRA, 1 DE DEZEMBRO DE 2016

Novo gestor afirma que copiará modelo de administração de seu antecessor ASSESSORIA

LUCIANA MARTINS REPÓRTER

E

leito pela maioria como novo procurador-geral de Justiça de Alagoas, Alfredo Gaspar de Mendonça inicia sua gestão em janeiro de 2017. O procurador afirmou que irá copiar o modelo da gestão anterior que segundo ele foi pautada para o bem comum e defesa dos interesses da sociedade. Alfredo Gaspar de Mendonça vai iniciar seu mandato com R$ 5 milhões a mais no orçamento, isso se o governo aprovar o reajuste de 4%. No entanto, ainda assim esse recurso não é suficiente, mas ele garante que a instituição sobreviverá. “Eu sabia desse entrave orçamentário, mas com diálogo e demonstração dos serviços do Ministério Público, eu tenho plena convicção de que o governador e os demais poderes irão entender a necessidade de fortalecimento do MP”, analisou. Nos primeiros meses da sua gestão, o novo procurador já adiantou que irá continuar fiscalizando e combatendo o mal uso dos recursos públicos, que vai unir forças para superar as dificuldades das necessidades básicas dos direitos e garantias

Alfredo Gaspar de Mendonça discursa sobre o combate à corrupção após resultado da eleição

da população. “O Ministério Público está numa época de não apenas apontar os problemas, nós queremos a resolutividade para que a população entenda que o Ministério Público tem cabeças pensantes, apontando alternativas para os proble-

mas atuais”, apontou. Ele disse que a marca da gestão será a continuidade porque não dá pra “inovar naquilo que a sociedade respeita, aplaude e quer. Quer um Ministério Público autivo, que defenda acima de tudo os interesses da so-

“Ministério Público vai prezar pelo diálogo” O procurador eleito, Alfredo Gaspar de Mendonça lembrou que o Ministério Público é uma instituição de diálogo, que ele sempre prevalecerá. “Nós tentamos antes de qualquer medida coercitiva o diálogo, e fazemos de tudo para que essa resolutividade chegue antes de medidas judiciais”, falou. Para ele, o mais importante é que a população seja bem assistida nos seus direitos. Essa transição no Ministério Público ocorre

naturalmente, e segundo o procurador eleito a gestão de Sérgio Jucá sempre foi aberta e transparente. “Eu fiz parte da gestão dele com muito orgulho, transição no Ministério Público não é necessária, nós estamos no mesmo barco e neste barco continuaremos”, garantiu. Sérgio Jucá, procurador-geral de justiça que encerra sua gestão no dia 31 de dezembro, diz que sente-se satisfeito porque todas as metas traçadas foram al-

cançadas. “Conseguimos um Ministério Público eficiente nas defesas do interesse da sociedade e caçando as aves de rapina que devoram o erário em Alagoas”, analisou. Outro ponto que ele destaca é que a instituição viveu um momento de harmonia e unidade quando fez a escolha de Alfredo Gaspar de Mendonça. “Uma eleição sem disputa revela maturidade dos promotores e procuradores de justiça de Ala-

Recursos do Fundef podem ser bloqueados EDITORIA DE POLÍTICA

Soares Vieira, que respeite a decisão cautelar proferida nos autos, e ainda a aplicação de multa, a reprovação das contas, e o envio do processo ao Ministério Público Estadual (MPE/AL) para apuração de crime, caso haja descumprimento. O valor é referente aos recursos remanescentes do Fundef, repassados ao município, sob títulos de precatórios. De acordo com o documento expedido pelo coordenador do Núcleo de Proteção ao Pa-

trimônio Público, do Ministério Público Estadual (MPE/ AL), promotor José Carlos Castro, e encaminhado ao MPC, há fortes indícios de que o vice-prefeito de Canapi -que assumiu a chefia do Executivo Municipal após o afastamento do prefeito Celso Luiz-, descumprirá a decisão cautelar proferida pelo Tribunal de Contas, que impediu a utilização dos recursos. Genaldo Soares Vieira ingressou com uma ação de consignação em pagamento,

SERVIDORES

ORÇAMENTO

A Câmara de Maceió efetua hoje o pagamento integral do décimo terceiro salário dos servidores que possuem cargos em comissão. Quanto aos efetivos, eles têm uma política diferenciada e recebem o salário extra no dia de seus respectivos aniversários. De acordo com o presidente da Casa, vereador Kelmann Vieira (PSDB), apesar de todas as dificuldades, o pagamento integral do décimo se tornou possível graças às medidas adotadas pela atual gestão que gerou economias.

A prefeita de Arapiraca, Célia Rocha (PSL) vetou o projeto aprovado pela Câmara Municipal que versa sobre Refinanciamento de Dívidas (Refis), encaminhado pela própria prefeitura. “Como é sabido, as questões orçamentárias são tratadas por regras cuja iniciativa cabe ao titular do Poder Executivo”, argumentou Célia ao explicar o veto à presidência da Câmara. A rejeição por parte da prefeitura volta ao plenário da Casa para novamente ser debatida pelos vereadores .

*O Museu da Imagem e do Som recebe, hoje e amanhã, o evento “Moda e Imagem”, com oficinas e palestras constituídas. Participação dos produtores de moda Ander Oliveira, Haendel Melo, Henrique Rucassi e Wesley Madson. Abertura às 8 horas. * O projeto “Quinta no Arena” apresenta hoje o espetáculo “Pétalas”, de ritmos árabes, com a Companhia de Danças Flor de Lótus, com início às 19h30m, no Teatro de Arena Sérgio Cardoso, na Praça Deodoro. Ingresso a R$ 20,00. *Amigos e familiares de Ednílton Lins se reúnem hoje, a partir das 19h30m, na Igreja do Jardim do Horto, para celebração da missa do sétimo dia da sua morte. Servidor da Assembleia Legislativa, Ednílton atuou por 25 anos como dirigente do CRB.

goas. Estamos embuídos de um único propósito servir ao povo de Alagoas”, revelou. A ELEIÇÃO O pleito aconteceu das 09h às 17h. A comissão eleitoral, presidida pelo procurador-geral de Justiça, Sérgio Jucá, e integrada pelos promotores Almir Crescêncio, Luciano Romero e Isaac Sandes, promoveu a contagem dos votos e Alfredo Gaspar foi eleito com 144 votos. Houve dois votos brancos e um nulo.(L.M)

EM CANAPI

* A cantora e compositora Marisa Monte volta a Maceió para um show, a partir das 21 horas, no Ginásio do Sesi, completando 30 anos de carreira. Os ingressos podem ser adquiridos através do site www.bilheteriavirtual.com.br. Contato: 3231.8238. *Na programação de hoje do Circuito Penedo de Cinema haverá workshop sobre uso e história das cores. “Workshop Colorista”, por Marcelo Cosme, terá quatro horas de duração, entre 14 e 18 horas, na Casa de Aposentadoria. O evento é aberto ao público.

ciedade. Essa é a marca de gestão Ministério Público”, afirmou. Passado o processo eleitoral, Sérgio Jucá encaminha ao governador de Alagoas, Renan Filho (PMDB), o nome de novo eleito para que seja feita a nomeação.

MEDIDAS

* Os 40 municípios que enfrentam a estiagem com decreto de emergência homologado participam de treinamento com a Defesa Civil estadual para elaboração do plano municipal de contingenciamento. O plano é uma exigência do Exército.

* A decoração natalina do Hotel Ponta Verde se tornou parte do calendário de eventos em Maceió. Hoje, às 17 horas, a direção do hotel apresentará a convidados e turistas a decoração deste ano, com a participação especial do Coral Infantil da LBV.

3

Alfredo Gaspar é eleito procurador-geral do MP

Com o objetivo de tentar impedir supostos novos desvios em Canapi, município localizado no Sertão, o Ministério Público de Contas (MPC) solicitou ao Tribunal de Contas do Estado, que determine o bloqueio imediato de R$ 7.396.863,90 da conta bancária do município. O procurador de Contas, Gustavo Santos pediu também que o TCE ordene ao prefeito em exercício, Genaldo

CÁRMEN LÚCIA Presidente do Supremo Tribunal Federal

POLÍTICA

Câmara paga décimo terceiro nesta quinta

Prefeita veta projeto aprovado na Câmara

depositando em juízo, a quantia de R$ 7.396.863,90, remanescente do referido precatório, que por força de bloqueio judicial não havia sido utilizada, mas que por ordem da Justiça, se tornou disponível posteriormente. O vice-prefeito pediu desistência da ação de consignação, com a clara intenção de fazer uso dos recursos do Fundef, o que contraria a decisão do Tribunal de Contas, conforme informações do promotor de Justiça. (Com assessoria)


4

TRIBUNAINDEPENDENTE

POLÍTICA MACEIÓ - QUINTA-FEIRA, 1 DE DEZEMBRO DE 2016

BARTOLOMEU DRESCH bartolomeu_dresch@hotmail.com.br

Descriminalizando o aborto

A

Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu descriminalizar o aborto no primeiro trimestre da gravidez. O colegiado seguiu o voto do ministro Luís Roberto Barroso, entendendo que são inconstitucionais os artigos do Código Penal que criminalizam o procedimento. O entendimento contudo, vale somente para um caso concreto que foi o julgado. Para o ministro Barroso, a criminalização do aborto nos primeiros três meses da gravidez viola os direitos sexuais e reprodutivos da mulher, o direito à autonomia de fazer suas escolhas e o direito à integridade física e psíquica. Ele ressaltou ainda que a criminalização do aborto não é aplicada em países democráticos e desenvolvidos, como Estados Unido, França, Alemanha, Reino Unido e Holanda entre outros. “Em verdade, a criminalização confere uma proteção deficiente aos direitos sexuais e reprodutivos, à autonomia, à integridade física e psíquica, e à saúde da mulher, com reflexos sobre a igualdade de gênero e impacto desproporcional sobre as mulheres mais pobres” disse o ministro. Apesar de admitir a descriminalização do aborto nos primeiros três meses, Barroso entendeu que a criminalização do procedimento pode ser aplicada a partir dos meses seguintes.

Prefeitura é multada em R$ 2,5 milhões pela FPI Município de Pariconha despejava resíduos sólidos em uma aldeia indígena ASSESSORIA

O

Despedida de Fidel Castro Durou cerca de 3h45m a cerimônia oficial de despedida de Fidel Castro, que morreu Sábado último, e terminou com as palavras emocionadas do seu irmão e presidente de Cuba, Raúl Castro. “Fidel foi um símbolo da luta anticolonialista, anti-apartheid e anti-imperialista” disse Raúl que lembrou de vários momentos históricos protagonizados por Fidel e pelo povo cubano. Para o presidente, aquele evento reafirmava e também servia como continuidade da revolução. Dezoito chefes de estado discursaram na cerimônia.

FPI flagrou novos descartes irregulares de resíduos nos municípios vistoriados pelos órgãos ambientais

Despedida de Fidel Castro 2 A maior parte das lideranças mundiais presentes era de governos ligados à esquerda, sobretudo latino-americana (e não podia ser diferente). Foram homenagear Fidel os presidentes do Equador, Rafael Correa; da Venezuela, Nicolás Maduro; da Bolívia, Evo Morales; da Nicarágua, Daniel Ortega; da Colômbia, Juan Manuel Santos; e do México, Enrique Pena Nieto. Chefes de estado da África também estavam presentes, como Jacob Zuma, da África do Sul. O Brasil estava representado pelo Ministro das Relações Exteriores, José Serra e pelo Ministro da Cultura, Roberto Freire, que, graças a Deus, não discursaram.

Semana de luta contra Aids Esta é uma semana marcada por uma série de atividades com o objetivo de prevenir e acelerar o diagnóstico de Aids. Nesta quinta feira (1º) é o Dia Internacional de Luta Contra a Aids, e em quase todos os estados brasileiros serão oferecidos à população testes rápidos, preservativos e informação sobre a doença. Grupos de Diversidade LGBT (Lésbicas, Gays, Travestis e Transexuais) trabalharão em conjunto com as secretarias de saúde, participando das palestras e das orientações gerais sobre os cuidados a tomarem para evitar o contágio.

Semana de luta contra Aids 2 O desconhecimento, por incrível que pareça, ainda é um dos grandes problemas no combate a AIDS. Ontem, o Ministro da Saúde Ricardo Barros, divulgou alguns números levantados pelo próprio Ministério da Saúde sobre a doença no Brasil e eles são impressionantes. O Ministério estima que no Brasil 827 mil pessoas com o HIV, e destas, cerca de 112 mil não sabem. Do total estimado,372 mil ainda não começaram nenhum tratamento e 260 mil já sabem que estão infectados.

Uma excelente perspectiva A alta temporada turística está apenas começando, mas as perspectivas para o setor em Alagoas, são as melhores possíveis. Dados da maior operadora de turismo da América Latina, a CVC, confirmam Alagoas entre os três destinos mais vendidos do país. O Estado aprece ainda na primeira posição em vendas no Booking.com, líder mundial em reservas online de acomodações e destinos. Desde Setembro que Alagoas conta com voos nacionais semanais de São Paulo, Campinas, Ribeirão Preto, Belo Horizonte e Porto Alegre que vão permanecer até o final de Fevereiro trazendo visitantes para Maceió, assim como os fretamentos internacionais de Buenos Ayres e Córdoba, também da Argentina.

Uma excelente perspectiva 2 Segundo os dados do segmento turístico estadual, Alagoas apresenta um fluxo anual médio de mais de 750 mil turistas, e possui 19 hotéis em construção e prospecção, que irão aumentar o número de leitos ofertados já a partir do início do próximo ano. Existe ainda a possibilidade de um aumento na captação de novos voos, principalmente pela redução do preço do combustível para aviação, que teve a alíquota do Imposto sobre Operações Relativas à Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços reduzida de 17% para 12%. A decisão governamental posiciona Alagoas como estado competitivo na atração de novos voos nacionais e até internacionais. • Abertas na última terça feira as comemorações pela passagem dos 70 anos do Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas. A cerimônia contou com a participação do governador Renan Filho, que demonstrou sua admiração pela corporação. • O evento marcou ainda a formatura (a maior da corporação) de 410 novos bombeiros militares que agora estarão engajados nas atividades desenvolvidas pelo CB em Alagoas. • Segundo o governador “é preciso sempre valorizar a categoria, cumprir o papel do Estado, cumprir a legislação e estar mais próximo do cidadão”. • E continuou Renan Filho “é fundamental uma aproximação constante do cidadão, visto que este ano tivemos ocorrências trágicas, incêndios no centro da nossa capital e o Corpo de Bombeiros estava lá”. • “Além disso, eles têm trabalhos relevantes na formação de crianças, como o Projeto Golfinho. O Corpo de Bombeiros é uma das instituições sempre lembradas pela população e desperta no alagoano este sentimento de altruísmo de estar sempre disposto a ajudar o cidadão” assinalou o governador Renan Filho.

EDITORIA DE POLÍTICA COM ASSESSORIA

ESTIAGEM

Municípios recebem orientações para plano de contingenciamento Os quarenta municípios que enfrentam a estiagem com decreto de emergência homologado estão participando de um treinamento com a Defesa Civil estadual para elaboração do plana municipal de contingenciamento. O plano é uma exigência do Exército que coordena a operação Pipa. Além dele, os coordenadores municipais de Defesa Civil precisam entregar um laudo de potabilidade dos mananciais onde os caminhões são abastecidos. Como o documento possui muitas exigências, a AMA está dando suporte aos coordenadores para que o documento seja preenchido corretamente. Segundo o tenente Douglas Gomes, da Defesa Civil Estadual, as informações prestadas vão nortear as ações a serem

executadas e também será utilizado pelo Estado. O representante da Defesa Civil anunciou que na segunda-feira, dia 05 de dezembro, a Operação Água é Vida será retomada em 38 municípios, com 70 caminhões pipa abastecendo as zonas rurais e urbanas dos municípios de Estrela, Minador do Negrão e parte de Dois Riachos. Entende-se por Plano de Contingência o documento que registra o planejamento elaborado a partir do estudo de um ou mais cenários de risco de desastre e estabelece os procedimentos para ações de alerta e alarme, resposta ao evento adverso, socorro e auxílio às pessoas, reabilitação dos cenários e redução dos danos e prejuízos. Um levantamento realizado pela Confederação

Nacional dos Municípios (CNM) revela que a severa seca que atinge o Nordeste casou prejuízo de RS103,5 bilhões entre os anos de 2013 e 2015. Em Alagoas, o prejuízo chega a R$ 215 milhões, segundo dados fornecidos pelo Sistema Integrado de Informações sobre Desastres, coordenado pela Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil. O cenário do prejuízo com a seca nos setores do Estado de Alagoas seguiu o perfil do Nordeste. Na agricultura, foram contabilizados pela Defesa Civil do Estado RS 93 milhões de prejuízo. Na pecuária, o valor chegou RS 80 milhões, seguida pelo setor da indústria, com RS 24 milhões. No comércio, o prejuízo foi de R$10 milhões; e no setor de serviços, RS 8 milhões.

s trabalhos da Fiscalização Preventiva Integrada (FPI) do São Francisco seguem na região do Sertão. Novamente, as prefeituras que estão em desacordo comma legislação ambiental estão sendo penalizadas. Desta vez, os órgãos públicos que compõem a equipe de Resíduos Sólidos, Extração Mineral e Postos de combustíveis aplicaram na terça-feira (29) multa à Prefeitura de Pariconha no valor de R$ 2.544.503,96 por uma série de danos ambientais, entre eles o lançamento de resíduos sólidos na terra do grupo indígena Jerinpacó. Numa área de 0,74 hectares, o município lançava os resíduos sem qualquer autorização dos órgãos competentes. Por essa razão, o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA) multou a prefeitura. O instituto federal também embargou a área e suspendeu todo lançamento e depósito do conteúdo residual. Além disso, os responsáveis pela administração pública municipal foram notificados para que removam o lixo urbano no local em até 30 dias. A FPI do São Francisco também interditou as atividades da garagem da Prefeitura de Pariconha após flagrar a realização de serviços mecânicos (troca de óleo) e o armazenamento de combustível e óleo diesel em local inadequado. Diante do flagrante, o Instituto do Meio Ambiente de Alagoas (IMA) expediu autos de infração em desfavor do ente público por lançar resíduos e substâncias oleosas em desacordo com a lei. O valor da multa foi de R$ 28.108,96. O instituto estadual expediu uma segunda penalidade no valor de R$ 11.395,00 em virtude da Prefeitura fazer funcionar estabelecimento potencialmente poluidor sem licença ambiental.

DECISÃO

Flaubert Filho segue afastado de Viçosa O presidente do Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ/ AL), desembargador João Luiz Azevedo Lessa, manteve a decisão que determinou o afastamento do prefeito de Viçosa, Flaubert Torres Filho, acusado de improbidade administrativa. A decisão foi publicada no Diário da Justiça Eletrônico de terça-feira (29).

O gestor é acusado pelo Ministério Público de não ter efetuado os repasses das contribuições previdenciárias dos servidores ativos, inativos e pensionistas do Município de Viçosa ao Instituto de Previdência local. A propositura da ação do MP/AL teria levado em consideração ainda a suposta extrapolação do limite legal

para aporte de valores, quer dizer, teria ultrapassado 2% da base contributiva, causando danos ao erário na ordem de R$ 7.217.782,38. Flaubert Torres alegou que a decisão que determinou o seu afastamento não aponta fatos concretos para justificar a necessidade de tal medida extrema, uma vez que não demonstra

qualquer indício de que ele estivesse tentando tumultuar a instrução processual. Para o gestor, o pedido de afastamento seria baseado, tão somente, na existência de outras ações de improbidade. O presidente do TJ/AL indeferiu o pedido de suspensão requerido por Flaubert Torres.

COMBATE

CONCILIAÇÃO

O seminário sobre Laboratório de Lavagem de Dinheiro e Combate aos Crimes Cibernéticos, promovido pela Polícia Civil de Alagoas, começa hoje com palestra da delegada do Rio de Janeiro, Patrícia da Costa de Araújo Alemany, que falará sobre lavagem de dinheiro. O evento acontecerá no auditório da Casa da Indústria, localizado no bairro do Farol, em Maceió, das 8 às 14h. Na sexta (2), o palestrante será o delegado Alesandro Gonçalves Barreto que abordará os Crimes Cibernéticos.

O Tribunal Regional do Trabalho da 19ª Região (TRT/ AL) conciliou R$ 5.888.682,92 na 11ª edição da Semana Nacional de Conciliação Trabalhista, realizada de 21 a 25 de novembro. Desse montante, R$ 2.416.883,91 foram acordados na fase de conhecimento e R$ 3.471.799,01 na fase de execução. A Coordenadoria de Conciliação foi a unidade destaque, com a quantia de R$ 2.758.174,04 - equivalente a 47% do total geral alcançado ao longo do evento.

Seminário sobre crimes inicia hoje

Tribunal ultrapassa R$ 5,5 mi em acordos


TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - QUINTA-FEIRA, 1 DE DEZEMBRO DE 2016

SANDRO LIMA

POLÍTICA

5

Canal do Sertão oferece maiores oportunidades

Pequenos agricultores comemoram melhora na economia e qualidade de vida

A

Fátima Pirauá lembra que o atual momento do país é muito sério

estiagem prolongada sempre foi uma das principais dificuldades enfrentadas pelos sertanejos, em Alagoas. Aquilo que era sinônimo de sofrimento, aos poucos, tem sido superado pela maior e mais importante obra de infraestrutura hídrica do Estado: o Canal do Sertão. Hoje, a água do rio São Francisco adentra o Semiárido alagoano e oferta novas possibilidades de geração de renda e qualidade de vida à população. Às margens do Canal, o agricultor Sandro Rogério de Oliveira, celebra a terceira produção de milho depois que a água chegou ao município de Senador Rui Palmeira. “Antes, era seca e sofrimento. Muitos dos meus irmãos foram pra São Paulo, buscar emprego, e agora estão vol-

tando. As pessoas querem trabalhar aqui, na nossa terra. Esse é o novo caminho do Sertão”, revela. Com água ao alcance da população, ficou mais fácil diversificar a agricultura familiar e impulsionar a geração de emprego e renda. “Na minha terra, só dava pra plantar milho. Hoje, eu planto de tudo um pouco. Tem macaxeira, melancia, coentro, alface, pimentão, tomate, cenoura... Tudo isso eu estou conseguindo colher, colocar dentro de casa e vender, desde que o Canal chegou”, conta Sandro Rogério. O agricultor passou a ser beneficiado desde a inauguração do Trecho 3 do Canal do Sertão, em novembro de 2015. A etapa ampliou de 65 para 93 km a distribuição de água no Semiárido. Até ago-

ra, já foram contemplados 130 mil alagoanos, em seis municípios – Delmiro Gouveia, Pariconha, Água Branca, Olho d’Água do Casado, Inhapi e Senador Rui Palmeira. A mudança tem permitido acesso à água a quem já enfrentou as mazelas da seca, a fome, a sede e a proliferação de doenças. Por isso, ao perceberem que a transformação já começou nas cidades vizinhas, o casal de agricultores José Amilton, 35, e Quitéria da Silva, 36, de São José da Tapera, contam as horas para que as comportas do Trecho 4 sejam inauguradas. Eles vivem à beira do Canal, no km 98, com os cinco filhos, e já aproveitam a água liberada nos testes da quarta etapa para a próxima safra de milho. “Nosso inverno co-

meça em abril, mas a gente já vem com três invernos difíceis. Até meu plantio de feijão foi embora, por conta da falta de chuva. Mas a água está chegando e vai ser uma benção! Esse milho aqui já é da água do Canal, porque, se fosse depender da chuva, ia ser como o feijão...”, disse o agricultor. Nascido e criado na roça, ele conhece o valor de cada gota d’água que chega ao Sertão. “Quem mora aqui já sofreu muito. O sacrifício era grande. Meu pai corria de um lado para outro, pra alimentar seus 25 filhos. Até farinha era difícil de conseguir. Na mesa, só tinha cuscuz, feijão e café. Então, a gente sabe o que é a Caatinga feroz, o batido da roça, a vaca passando fome e sem dar leite”, relembra. ASSESSORIA

CONSEQUÊNCIAS

Juízes e procuradores protestam contra impunidade EDITORIA DE POLÍTICA COM ASSESSORIA

A derrota acachapante promovida pelos deputados federais junto ao Judiciário Brasileiro ao desconfigurar o projeto sobre as Dez Medidas Contra a Corrupção, também estão no alvo principal dos manifestos que acontecem hoje em Maceió. Juízes, procuradores e promotores de justiça contra a impunidade e a corrupção a partir das 14h O ato está sendo organizado pela Associação Alagoana de Magistrados (Almagis) e Associação do Ministério Público de Alagoas (Ampal) e conta com o apoio do Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ/AL). “É um momento sério e precisamos mostrar que estamos unidos e que essa defesa vai além do Poder Judiciário, é em favor da so-

ciedade, que será atingida diretamente com essas medidas”, frisou a presidente da Almagis, juíza Fatima Pirauá. Segundo a Associação Alagoana de Magistrados, amobilização tem como objetivo demonstrar a preocupação e indignação dos profissionais com relação a projetos em andamento no Congresso Nacional, que comprometem a autonomia e independência da magistratura e do Ministério Público e, consequentemente, são prejudiciais à sociedade brasileira. No mesmo dia, diversos estados irão realizar mobilizações semelhantes, acompanhando a Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), que fará o ato na marquise do salão branco do Supremo Tribunal Federal (STF), em Brasília.

Sandro Rogério mostra o que a colheita tem lhe proporcionado após os investimentos realizados pelo governo no Canal do Sertão

DIVULGAÇÃO

DEZ MEDIDAS

MPT repudia decisão dos deputados

Ronaldo Curado diz que o Judiciário precisa enfrentar a causa

Quem também sentiu o impacto da votação na Câmara Federal no projeto envolvendo as Dez Medidas Contra a Corrupção foi o Ministério Público do Trabalho (MPT). “Subvertendo totalmente a proposta original e a redação aprovada na Comissão Especial da Câmara dos Deputados, o texto aprovado atenua as medidas contra a corrupção. Não bastasse isso, a emenda incluiu a criminalização de condutas de Magistrados e Membros do Ministério Público, algumas

já definidas como infrações disciplinares nos Estatutos das respectivas carreiras”, informou, em nota, o MPT. De acordo com o órgão ministerial que representa os trabalhadores, a aprovação representa frontal violação ao princípio constitucional da independência do Ministério Público e da magistratura, comprometendo, ou até mesmo extinguindo a atuação investigativa do Ministério Público, pela via covarde da intimidação. “O parlamento age, corporativamente, contra o in-

teresse público! Legisla em causa própria agredindo a sociedade que deveria representar”, diz outro trecho da nota. De acordo com Ronaldo Curado Fleury, procurador-Geral do Trabalho, está articulada uma reunião para debater as consequências da aprovação completamente desproprocional contra o Judiciário brasileiro. PGR Também em nota, a Procuradoria-Geral da República (PGR) relatou que o plenário da Câmara dos

Deputados desperdiçou uma chance histórica de promover um salto qualitativo no processo civilizatório da sociedade brasileira. “A Casa optou por excluir diversos pontos chancelados pela Comissão Especial que analisou as propostas com afinco. Além de retirar a possibilidade de aprimorar o combate à corrupção – como a tipificação do crime de enriquecimento ilícito, mudanças na prescrição de crimes e facilitação do confisco de bens oriundos de corrupção”, ressalta.

INTEGRIDADE

PROPOSTA

Ética, transparência e responsabilidade. Foi com essas palavras que o secretário de Estado do Planejamento, Gestão e Patrimônio (Seplag), Christian Teixeira, resumiu ontem, o jeito certo de se fazer uma gestão pública íntegra e eficaz. O momento ocorreu na Assembleia Legislativa do Estado (ALE), onde o titular da Seplag participou da audiência pública de lançamento da campanha “Corrupção: o jeito certo é dizer não”. Promovido pela Controladoria Geral do Estado (CGE), em parceria com a representantes da ALE, o debate trouxe à luz a importância de se fazer uma reflexão consciente sobre o tema e incentivar uma mudança no poder público.

A Assembleia Legislativa realiza hoje uma sessão especial em homenagem aos 100 anos do Banco do Brasil no Estado de Alagoas. De iniciativa do deputado Inácio Loiola (PSB), o evento está marcado para as 9 horas, e será realizado no plenário da Casa. Loiola destacou a importância da instituição financeira que foi instalada em Alagoas em 1917. “Há 100 anos o Banco do Brasil foi instalado em Alagoas, onde a primeira agência foi a de Jaraguá, depois se espalhou pelo interior do Estado e hoje está presente nos 102 municípios alagoanos. Não podemos falar do Brasil sem falar desse agente financeiro”, disse o deputado.

Secretário defende respeito ao poder público

Sessão especial homenageia Banco do Brasil


6

OPINIAO

TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - QUINTA-FEIRA, 1 DE DEZEMBRO DE 2016

Opinião

Luta contra a aids

O

Ministério da Saúde e a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) lançaram na terça-feira (29) a campanha “Nós Podemos Construir um Futuro sem Aids”. A intenção é marcar o Dia Mundial de Luta contra a Aids, em 1º de dezembro, e incentivar o diagnóstico precoce e o tratamento. A ação tem como objetivo disseminar informações sobre a doença, as formas de prevenção e tratamento na comunidade católica. A campanha terá o apoio de 11 mil paróquias em todo o País. A ação da Igreja Católica reforçará a importância de conhecer o diagnóstico do HIV precocemente, o que aumenta a qualidade de vida do soropositivo. Uma das metas estabelecidas pelo Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/Aids (UNAIDS) é ter 90% das pessoas testadas até 2020. A meta 90-90-90 também tem como objetivo ter

PEDRO ROSSI

90% da população soropositiva tratada e 90% com carga viral indetectável neste período. A epidemia da doença no Brasil está estabilizada, com taxa de detecção em torno de 19,7 casos a cada 100 mil habitantes, o que representa cerca de 40 mil casos novos ao ano. Desde o início da epidemia de Aids no Brasil – em 1980 –, até junho de 2015, foram registrados 798.366 casos. A epidemia tem se concentrado, principalmente, entre populações vulneráveis e os mais jovens. Em 2004, a taxa de detecção entre jovens - de 15 a 24 anos - era de 9,5 casos a cada 100 mil habitantes, o que equivale a cerca de 3,4 mil casos. Já em 2014, esse número foi de 4,6 mil casos, representando um taxa de detecção de 13,4 casos por 100 mil habitantes, um aumento de 41% na taxa de detecção nessa população.

Professor do Instituto de Economia da Unicamp e diretor do Centro de Estudos de Conjuntura e Política Econômica da Unicamp

Gato por lebre No linguajar popular, “vender gato por lebre” é o mesmo que enganar alguém intencionalmente. Pois é o que o discurso oficial tem feito; vende a falsa ideia de que a aprovação da PEC 55 vai trazer crescimento e estabilidade fiscal, mas, no fundo, entrega outro projeto de sociedade, incompatível com a Constituição de 1988. Para o remédio funcionar, primeiro é preciso acertar o diagnóstico. Mau começo, a PEC 55 parte do diagnóstico equivocado de que o gasto primário é a principal causa do aumento da dívida pública. Na última década, o Brasil só teve déficit primário nos últimos dois anos; como isso explica o aumento da dívida pública? Esta cresceu por conta da acumulação de ativos públicos (principalmente reservas cambiais), da enorme queda da arrecadação nos anos recentes – decorrente da crise e das desonerações fiscais – e do aumento dos gastos com juros, que em 2015 somaram mais de R$ 500 bilhões (ou 8% do PIB). Além disso, a defesa da PEC se apoia no argumento de que o ajuste fiscal traz crescimento econômico e redução dos juros.

Mas isso é alvo de controvérsia entre os economistas, as experiências com austeridade mostram o contrário; corte de gastos públicos em momentos de crise econômica são contraproducentes e tendem a fragilizar a economia e piorar a situação fiscal. O documento Austeridade e Retrocesso: finanças públicas e política fiscal no Brasil [elaborado por iniciativa do Fórum 21, Fundação Friedrich Ebert, GT de Macro da Sociedade Brasileira de Economia Política e Plataforma Política Social] apresenta uma projeção dos gastos públicos do governo federal sob a vigência da PEC 55. O gasto total do governo federal passaria de 20% do PIB em 2015 para 12% em 2036. Nesse mesmo período, os gastos com despesas previdenciárias vão subir de 7,4% do PIB para 9,1% do PIB, em um cenário que já considera a reforma da previdência. Isso significa que os demais gastos serão espremidos. Ou seja, se o objetivo for congelar o gasto real com saúde e educação, este passará de 4% do PIB em 2015 para 2,7% do PIB em 20 anos, quando a população brasileira será 10% maior. Enquanto que os outros gastos

(excluindo previdência e juros), que eram de 7% do PIB em 2015, serão de 0,6% do PIB em 2036. Nesse contexto, é possível aumentar a qualidade da educação e saúde públicas? É possível enxugar todos os outros gastos (Judiciário, Legislativo, Polícia Federal, Exército, investimento, cultura, bolsa família etc.) para caber em 0,6% do PIB? Talvez nas planilhas dos tecnocratas, mas isso não parece factível aos olhos de qualquer gestor público. A PEC 55, além de socialmente injusta e tecnicamente equivocada, é inviável sem a conflagração de graves conflitos dentro e fora do orçamento público. Em síntese, a PEC 55 não é um plano de estabilização fiscal, mas um projeto de Estado mínimo. Se a sociedade brasileira optar por esse caminho, tudo bem, mas isso sequer está sendo debatido e muito menos foi legitimado em um pleito eleitoral. Por fim, ser contra a proposta não significa ser contra o ajuste das contas públicas, pois existem diversas alternativas que não sacrificam os gastos sociais e nem comprometem o funcionamento da máquina pública.

LAURENTINO VEIGA Presidente da Associação Alagoana de Imprensa.

A Editora Cesmac

ÁLVARO MENEZES Eng. civil e consultor em saneamento

O mar do sertão

Parece surpreendente falar em perdas de água em onde não existe crise hídrica, onde os serviços de saneamento seguem em geral como sistemas de gestão ineficientes e onde tão somente há, imutável e previsível, o ciclo de secas que Dom Pedro II, com lágrimas nos olhos, disse que ia acabar até mesmo vendendo as joias da coroa. As perdas ocorrem nos sistemas do sertão e agreste nordestinos sem nenhuma diferença do que os estudiosos conhecem: perdas aparentes elevadas porquanto o furto de água é sua maior causa, principalmente em adutoras e seus dispositivos de controle e proteção como válvulas de descarga e ventosas; perdas reais pontualmente altas por sua visibilidade gritante nas estranhas áreas verdes em meio ao ambiente desértico ou açudes sempre cheios a partir de derivações clandestinas de adutoras. Nas áreas urbanas sertanejas as perdas aparentes se destacam na utilização de sistemas de submedição, by pass, bloqueio de hidrômetros e a utilização de derivações de redes de distribuição para encher as conhecidas cisternas, as quais a depender do

“dono” do imóvel, podem ter até 30.000 litros. Perdas reais em áreas urbanas são cruelmente constadas em cidades sob racionamento sendo decorrentes da ineficiência dos prestadores de serviços, do envelhecimento e operação irracional das redes de distribuição, bem como outras causas de cunho operacional ou melhor, gerencial. Não resta dúvida que combater perdas em locais onde falta água nos mananciais – ou onde os mesmos até inexistem – e onde há anos os investimentos feitos se limitaram a ampliar as adutoras e subadutoras para atender a justa necessidade das populações em troca de imprescindíveis votos para eleger políticos, é um desafio enorme. Entretanto, a ineficiência na gestão dos recursos hídricos por suas bacias hidrográficas e dos serviços de saneamento com exemplos de cidades localizadas em regiões áridas que receberam, segundo o SNIS de 2014, 1.000.000 m3/ano, consumiram 450.000 m3/ano e tem 51% de perdas, são resultados que podem levar a uma revisão 180° nos modelos de planejamento e gestão. A realidade e os números não são

fatores ocultos. Mas o sertão, como previu Antônio Conselheiro e cantou Luiz Gonzaga, pode virar mesmo um mar. Não só porque os serviços de abastecimento de água seguem produzindo mais água que a consumida ou mesmo demandada e aumentando as perdas (SNIS 2014), mas também pela contribuição que duas importantes obras de engenharia darão para elevar sem estimativas a quantidade de perdas no sertão: o canal adutor de Alagoas que já está com 100 km em operação e o eixo leste da transposição do rio São Francisco, batizado pelo lulopetismo de projeto de integração das águas, os quais não conseguem ter um modelo de gestão definido. Os motivos se mesclam na perfeição da técnico burocracia apimentada por visões sócio-ideológicas ultrapassadas, nutridas pela visão político-eleitoral que não consegue assumir a urgente necessidade de estabelecer modelos de gestão pautados por estudos e decisões de caráter econômico capazes de dar sustentabilidade as essas obras. Enquanto muitos opinam e ninguém toma uma decisão, mares particulares vão surgindo ao longo dos canais.

No segundo semestre de 2016, inaugurou-se festivamente a Editora CESMAC sob a presidência do Prof. Dr. Douglas Apratto Tenório, vice -reitor do Centro Universitário Cesmac, membro da Academia Alagoana de Letras, da Associação Brasileira de Imprensa (ABI), Associação Alagoana de Imprensa (AAI), bem como contou com a presença da Profa. Dra. Vera Lúcia Romariz Correia de Araújo, Coordenadora Editorial do empreendimento acadêmico. A bem da verdade, cumpre com as diretrizes do MEC e, por conseguinte, tornou-se consolidada a maior universidade privada de Alagoas capitaneada pelo dinâmico reitor Dr. João Rodrigues Sampaio Filho que, por sua vez, hipotecou irrestrito apoio à feliz iniciativa. Nesse sentido, brotaram diversas obras de abalizados Mestres/Doutores fruto das dissertações dos colaboradores que começam a semear a semente científica em prol da sociedade alagoana. Na qualidade de Professor Titular de Economia da Faculdade Cesmac do Sertão, tenho a obrigação de tecer comentários sobre a produção intelectual dos pre-

Presidente José Paulo Gabriel dos Santos

INDEPENDENTE Rua da Praia, 134 - sala 303 - centro - Maceió Alagoas Endereço Comercial: Av. Menino Marcelo - 10.440 - Serraria Maceió - Alagoas - CEP: 57.083.410 CNPJ: 08.951.056/0001 - 33

Jorgraf UM PRODUTO:

Cooperativa de Produção e Trabalho dos jornalistas e gráficos do Estado de Alagoas

Diretor administrativo-financeiro Flávio Peixoto Editor geral Ricardo Castro ricardojcastro@yahoo.com

Diretora comercial Marilene Canuto

claros colegas. Em assim sendo, trago à tona o novel livro do filho ilustre de São Miguel dos Campos intitulado Imago Controversa: A Emancipação de Alagoas que, por sinal, retrata a historiografia caeté com inovação no que diz respeito aos compêndios históricos. Dedica seu trabalho acadêmico “A João Sampaio Filho, colega e amigo, pela generosidade em reconhecer e publicar este trabalho. E, por extensão, realça a dedicação de sua saudosa esposa.” A Ivone, minha namorada e companheira, que me fez um ser humano melhor”. Historiador consciente de sua excelsa contribuição ao ensino superior, Dr. Douglas Apratto escreveu sobre diversas temáticas, a saber: A arte popular dos brinquedos – uma herança nunca esquecida em Alagoas, A pedagogia com finalidade, Desenvolvimento Regional, Ciência e Tecnologia, Por uma história do Brasil e do mundo vista por Alagoas, História e jornalismo: um território disputado, Os dilemas da Educação hoje, A geografia, a história e o capitalismo no território alagoano, O ensino

LOCALIDADE ALAGOAS

VENDA AVULSA DIAS ÚTES R$ 2,00

OUTROS ESTADOS R$ 3,00

LOCALIDADE ALAGOAS

ASSINATURAS SEMESTRAL R$ 300,00

OUTROS ESTADOS R$ 500,00

DOMINGO R$ 4,00 R$ 5,00

da história e seus problemas, Cento e um fatos marcantes do século XX. Dir-se-ia que seus textos são elucidativos e, portanto, traz à compreensão nítida de sua pesquisa que ultrapassou os umbrais do tempo. E, sendo assim, merece reproduzir o que consta na contracapa da obra em epígrafe. “O primeiro sentido da independência é a emancipação que define a passagem à maioridade. Aplicação a nações, grupos e comunidades, o conceito de independência caracteriza uma condição de soberania política, econômica e cultural, pela qual o sujeito coletivo detém os comandos de sua autodeterminação e se opõe a qualquer forma de sujeição”. Por essas e outra razões, sugiro a leitura àqueles desejosos a reaprender o episódio histórico da Emancipação Política de Alagoas. E por analogia entender as diversas referências a respeito dos temas abordados. É, por excelência, um livro que estava faltando nas bibliotecas caetés. Carece de leitura acurada a fim de dissipar dúvidas no tocante à historiografia moderna. Avante Cesmac.

PABX: 82.3311.1338 COMERCIAL: 82.3311.1330 - 3311. 1331 REDAÇÃO: 82.3311.1328 - 3311.1329 CENTRAL DE ASSINANTE: 82.3311.1308

ANUAL R$ 600,00

comercial.tribunaindependente@gmail.com redação.tribunaindependente@gmail.com

R$ 1.000,00

OS ARTIGOS ASSINADOS SÃO DE RESPONSABILIDADE DOS SEUS AUTORES, NÃO REPRESENTANDO, NECESSARIAMENTE, A OPINIÃO DESTE JORNAL.


TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - QUINTA-FEIRA, 1 DE DEZEMBRO DE 2016 POLÍTICA 7 JÚNIOR PINHEIRO

MPF

Procuradores ameaçam pedir renúncia Os procuradores da Operação Lava Jato afirmaram ontem que podem renunciar coletivamente ao caso se a proposta de abuso de autoridade seja sancionada pelo presidente Michel Temer. A medida foi inserida no texto das dez medidas contra a corrupção pela Câmara na madrugada na madrugada de ontem. “Vamos renunciar coletivamente à Lava Jato caso essa proposta seja sancionada pelo presidente”, afirmou Carlos Fernando Lima, procurador da República. Após aprovar por quase unanimidade o texto-base do pacote de dez medidas anticorrupção do Ministério Público, o plenário da Câmara dos Deputados passou a madrugada desta quarta-feira (30) votando emendas e derrubando vários pontos importantes da proposta. A primeira atitude dos deputados na madrugada foi incluir emenda com a possibilidade de punição de magistrados e integrantes do Ministério Público por crime de abuso de autoridade. Ao se pronunciar, nesta tarde, sobre a reação do Congresso Nacional às “10 medidas contra a corrupção”, o procurador Deltan Dallagnol, que coordena a força-tarefa da Lava Jato, mandou um recado indireto para o governo Temer.“O objetivo é estancar a sangria”, disse ele, referindo-se à frase dita pelo senador Romero Jucá (PMDB-RR), líder do governo Temer, num grampo com Sergio Machado. Jucá dizia ser necessário derrubar a presidente Dilma Rousseff e colocar Michel Temer em seu lugar para frear a Operação Lava Jato.

CORRUPÇÃO

Senado barra urgência para o pacote

Projeto de lei sobre Abuso de Autoridade incomoda a equipe de procuradores federais do Paraná, que ameaçam deixar a Lava Jato

Renan: “Só fascismo aceitaria as propostas”

Presidente do Senado responde às críticas feitas por Deltan Dellagnol

O

presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), afirmou ontem que o pacote anticorrupção apresentado pelo Ministério Público Federal (MPF) ao Congresso estava “fadado” a sofrer modificações. “Propostas como informante do bem, validação de provas ilícitas e teste de integridade só seriam aceitas em um regime fascista”, afirmou. Esses itens, contudo, eram considerados polêmicos e já haviam sido retirados do parecer pelo relator do projeto, deputado Onyx Lorenzoni (DEM-RS). “(O pacote) não poderia ter sido aprovado assim, a menos que fosse um estado de exce-

ção. Não poderia ter tido outro tratamento, o pacote estava fadado a receber o tratamento que recebeu”, declarou Renan. Ele completou que “não é essa a democracia que se deseja” no Brasil. PANELAÇO Quem estava com saudade do protesto goumert é bom saber que ele voltou na noite de ontem. Os apoiadores do juiz Sérgio Moro e dos procuradores do Ministério Público Federal do Paraná bateram panelas no Leblon, bairro nobre do Rio de Janeiro e em Belo Horizonte.A aprovação de uma versão desfigurada do projeto anticorrupção pela Câmara foi alvo de um panelaço na noite de ontem também em

diversos bairros de São Paulo. A manifestação foi marcada pelas redes sociais para ocorrer às 20h30 e teve adesão de moradores de todas as regiões da cidade: Pinheiros, Vila Madalena, Brooklin, Pompeia, Moema, Bela Vista e Jardins, entre outros bairros. PIMENTA O deputado Paulo Pimenta (PT-RS) criticou ontem, em um vídeo, o que chamou de “chantagem” dos integrantes da força-tarefa da Operação Lava Jato, que ameaçaram renunciar aos seus cargos na investigação caso Michel Temer sancione a proposta que pune os magistrados que cometerem abuso de autoridade, aprovada ontem pela

Câmara.“Todos sem exceção são iguais perante a lei”, diz Pimenta, lembrando que a decisão da Câmara é “soberana”. Entidades do setor Judiciário criticaram duramente a inclusão, pelos deputados, da proposta do abuso de autoridade no pacote das dez medidas contra a corrupção, proposta pelo Ministério Público à Câmara. “O juiz deve responder como cidadão. Nós não vamos aceitar uma tentativa de chantagem em relação ao Congresso Nacional”, afirma ainda Pimenta. “Nós não vamos recuar. Há um sentimento da sociedade que está cansada da corrupção, é verdade, mas também está cansada de privilégios”, diz.

O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), foi derrotado ontem ao pautar um requerimento para a Casa votar com urgência o pacote de 10 Medidas de Combate à Corrupção alterado pela Câmara dos Deputados nesta madrugada, desfigurando a proposta inicial e incluindo emendas polêmicas como a possibilidade de se punir por abuso de autoridade juízes e procuradores do Ministério Público. Por 44 votos a 14, o requerimento foi derrubado no Plenário da Casa e agora segue para a Comissão de Constituição de Justiça, onde começa a tramitar no Senado. A iniciativa de Renan, que vai ter a denúncia da Procuradoria-Geral da República contra ele por peculato (desvio de dinheiro), falsidade ideológica e uso de documento falso julgada hoje pelo Supremo Tribunal Federal, ocorreu em meio à intensa reação de membros do Judiciário e do Ministério Público às mudanças feitas no projeto inicial de combate à corrupção. Durante as discussões, se colocaram contra a votação as bancadas do PSDB, DEM, PDT e PPS. Os demais partidos não se posicionaram publicamente. Em meio às reações acaloradas, Renan orientou para que dois senadores fossem à tribuna para falar contra o requerimento e dois para falar a favor. Apenas aqueles que foram contra se pronunciaram. Nenhum senador a favor subiu à tribuna.


8 BRASIL/MUNDO MACEIÓ - QUINTA-FEIRA, 1 DE DEZEMBRO DE 2016

Brasil

Mundo ERROS

LaMia admite que aeronave trabalhava rota no limite O porta-voz da LaMia, companhia do avião fretado que levava a comitiva da Chapecoense, Mário Pacheco, atendeu a imprensa às 23h desta terça-feira de Medellín (3h de Brasília). Ele admitiu que a aeronave trabalhava no limite de sua capacidade de combustível. — Tinha dispositivos para ampliar autonomia, dependendo do plano de voo — tentou minimizar. — Falha humana não houve, mas pode ter havido erro e as investigações é que vão mostrar. Quando perguntado se havia vento contrário ou foi anunciada pane elétrica, preferiu não se manifestar, aguardando resultado da análise das caixas-pretas do avião fabricado em 1999. ÁUDIO

Um áudio de 11 minutos divulgado por veículos de comunicação da Colômbia mostra uma conversa do piloto da Lamia, Miguel Quiroga, com a controladora de voo do aeroporto de Medellín no momento em que a aeronave se aproximava para o pouso. A gravação confirma parte do que foi relatado por um tripu-

lante do voo da Avianca que também se aproximava do aeroporto e ouviu o diálogo. Quiroga cita “falha elétrica total” do avião e que a aeronave está “sem combustível”. No início do áudio, a controladora de voo relata às aeronaves próximas que o avião da Viva Colombia tinha problemas de vazamento de combustível. A 1min57s de gravação, Quiroga pede prioridade para pousar e justifica: — Em aproximação, solicitamos prioridade para aproximação. Senhorita, se apresentou um problema de combustível. Aos 3min7seg, a controladora diz ao piloto do avião da Chapecoense para “manter a rota e esperar para continuar a descida”. A os 4min10 seg, o piloto pede sinalização para se aproximar, mas a operadora pede que espere porque há outra aeronave fazendo a aproximação logo abaixo. Ela pergunta quanto tempo o piloto tem para permanecer na aproximação, e ele responde: “emergência de combustível, senhorita. Por isso lhe peço, de uma vez, o curso final”.

TRIBUNAINDEPENDENTE

Papa Francisco envia mensagem de solidariedade depois da tragédia O papa Francisco se disse profundamente triste pelo acidente com o avião que transportava jogadores da Chapecoense e jornalistas. Queda de avião na Colômbia matou 71 pessoas, sendo 19 jogadores e 20 jornalistas, além de membros da comissão técnica e dirigentes. “O santo padre, profundamente triste ao conhecer a dolorosa notícia do grave acidente aéreo que ocasionou inúmeras vítimas, eleva orações pelo eterno descanso dos falecidos”, afirma o comunicado emitido pelo cardeal Pietro Parolin, secretário de Estado do Vaticano.

Homenagens simultâneas em Chapecó e Medellin Dois estádios ficaram lotados para reverências à Chapecoense REPRODUÇÃO

LUTO

Comoção faz crescer número de sócios Além do apoio de clubes, a Chapecoense também está recebendo a ajuda de muitas pessoas que se sensibilizaram com a situação do time. Desde a última terça-feira, o clube recebeu 13 mil novos sócios, todos de fora de Chapecó. A divulgação nas redes sociais do link do programa de sócios-torcedores chegou a causar instabilidade no site. Os valores dos diferentes planos variam entre R$ 16 e R$ 185 mensais. Até a última terça-feira, a Chapecó tinha 9 mil sócios pagantes.Torcedores seguem emocionados e as crianças têm chamado uma atenção especial.

VENDE-SE

Aspira Max (Aspirador de secreção) com dois meses de uso semi-novo por R$ 300.00 reais 9.8818.8071

Em Chapecó houve um culto ecumênico e, em Medellin, torcedores do Atlético Nacional vestiram branco

T

orcedores brasileiros e colombianos fizeram uma homenagem ontem à noite às vítimas do voo em que viajava o time da Chapecoense. Tanto a Arena Condá, na cidade de ChapecóPR quando no estádio do Atlético nacional, em Medellin, uma multidão se reuniu para homenagear o time paranaense. Na cidade colombiana pombas foram soltas ao ar e um escudo do Chapecoense em luto com exibido no meio do gramado. Do lado de fora, outra multidão seguia com as homenagens. Em Chapecó, um culto eucumênico ocorreu As arquibancadas do estádio de Chapecó se encheram de torcedores para o tributo. Presente, a torcida aplaudiu, orou e até agitou um bandeirão antes mesmo do início oficial da programação. Originalmente, o gramado da Arena Condá receberia uma celebração ecumênica a partir das 20h, contando com a presença de dois pastores e um padre. No entanto, o início foi adiado para às 21h15, pouco antes do horário em que começaria o jogo Atlético Nacional x Chapecoense pelas finais da Copa Sul-Americana 2016. VELÓRIO Cem mil pessoas são esperadas para o velório coletivo das vítimas da tragédia com o avião da Chapecoense. A cerimônia de despedida ocorrerá na Arena Condá, em Chapecó. A data ainda não está definida, porque depende da liberação dos corpos, que deverá ocorrer hoje. A expectativa é de que o velório seja realizado até sexta. Os detalhes foram informados, nesta quarta-feira, pelos dirigentes do clube e por representantes dos órgãos de segurança e trânsito. Os caixões serão trasladados lacrados do Aeroporto de Chapecó até a Arena, e o transporte será feito por carretas-plataforma abertas. Serão pelo menos quatro veículos. Toda a logística foi testada ontem Vai haver escolta, e ruas e avenidas serão bloqueadas. Os torcedores poderão ficar nas arquibancadas e passar pelos caixões, mas sem paradas.

DIGITAL

Prontuários ajudarão na identificação

O instituto de perícia da Colômbia começou ontem o trabalho de identificação das 71 vítimas fatais do acidente com o avião que levava o time da Chapecoense para a Colômbia, que caiu na madrugada de terça-feira. Até a tarde de ontem o Itamaraty já havia confirmado os nomes de 41 pessoas. O trabalho estaria mais rápido devido à colaboração de equipes brasileiras de perícia no compartilhamento de documentos. Um especialista do Instituto Geral de Perícias (IGP) de Santa Catarina está em Medellín para auxiliar os trabalhos. O necropapiloscopista Ruy Fernando Garcia, do IGP catarinense levou do Brasil os prontuários de impressões digitais de 34 dos 71 mortos no voo.


MACEIÓ - QUINTA-FEIRA, 1 DE DEZEMBRO DE 2016

TRIBUNAINDEPENDENTE

Cidades

CIDADES

9

Temporada de navios 2017 começa no dia 9 de dezembro A temporada de navios em Maceió começa em dezembro, com o cruzeiro Costa Pacífica, que chega no dia 9. A embarcação, que parte da Europa, vai passar por Recife (PE) antes de chegar à capital alagoana. Cerca de 4.500 passageiros e tripulantes devem desembarcar na cidade para um tour pelas principais praias, centros de artesanato e restaurantes. De Maceió, o navio segue para Salvador (BA). Ao todo serão sete navios entre dezembro e janeiro totalizando 25 mil visitantes. Em geral, as embarcações ficam atracadas de seis a sete horas no porto, para então seguir viagem para seu destino final. Durante a temporada, a Secretaria Municipal de Promoção do Turismo de Maceió (Semptur) atua diretamente na recepção de todos os navios com uma equipe que fica à disposição no Porto de Maceió para a disponibilização de informações, mapas e outros materiais de divulgação.

FPI descobre pinturas rupestres

Sítios arqueológicos foram encontrados no assentamento Nova Esperança, zona rural de Olho D’Água do Casado

A

16km do centro do município de Olho D’Água do Casado, a vegetação da caatinga esconde um patrimônio histórico e cultural conhecido, na linguagem popular dos sertanejos mais velhos, como “letreiro de caboclo brabo” – são as pinturas rupestres. Na terça-feira (29), a FPI do São Francisco descobriu desenhos pré-históricos inéditos em sítios arqueológicos localizados no território do assentamento Nova Esperança, na região do Purdinho, zona rural da cidade. As imagens recém-descobertas em três pontos sugerem figuras antropomórficas (homem) e zoomórficas (animais), além de formatos geométricos, sempre em fendas de formações rochosas do tipo arenito. Ao lado delas, pequenas cavações no chão, como se fossem pilões para amassar sementes, inclusive de ocre, que, junto ao óxido de ferro e

gordura animal, serviam de tinta para as pinturas rupestres. Ranhuras na parede das fendas também formavam os desenhos. Segundo a arqueóloga Rute Barbosa, do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), há imagens presentes em sítios arqueológicos de todo mundo, como é o caso dos círculos concêntricos ou espirais. “No entanto, há algumas que são mais comuns de encontrar na Região do Baixo São Francisco, a exemplo das pinturas relacionadas a aves”, explica. Encontram-se nas paredes imagens de traços mais finos ou mais grossos, indicando a presença de vários grupos na localidade. A FPI do São Francisco solicitará ao Iphan que registre os três novos focos de pinturas rupestres logo após o término da operação para, assim, dar início às ações de preservação e conversão.

“Em virtude do desplacamento do arenito, podemos ter perdido muitas pinturas ao longo do tempo. Se fizermos escavações no local, é possível que encontremos pedaços de rochas com gravuras e até o material usado na sua confecção”, explica a arqueóloga do Iphan, segundo quem a ocupação na região do Baixo São Francisco data de 10.000 A.C. Estiveram presentes na visita aos sítios arqueológicos representantes do Ministério Público Federal (MPF), Ministério Público Estadual (MPE), Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Batalhão de Polícia Ambiental de Alagoas, Fundação Nacional do Índio (Funai) e Iphan. Todos integram a equipe de Patrimônio Cultural e Comunidades Tradicionais nessa edição da FPI do São Francisco.

DICOM MPE

Desenhos pré-históricos com figuras de homens e animais foram descobertos em três pontos diferentes

GRAVURAS

Degradação ameaça desenhos encontrados pela fiscalização Além da deterioração decorrente de ações naturais como o vento e a chuva, as pinturas rupestres de Olho D’Água do Casado convivem com a ameça da degradação do próprio homem ao patrimônio, a exemplo das pichações. Num quarto foco visitado pela Fiscalização, este já tombado pelo Iphan, alguém desenhou a palavra “Erica” na mesma formação rochosa das gravuras. A FPI do São Francisco encontrou vários locais com vegetação queimada

durante o percurso no sítio arqueológico em busca das gravuras. Um dos resquícios de fogo que mais chamou a atenção ficava em frente a um paredão de imagens já registradas pelo Iphan. De acordo com a fiscalização, a queimada teria como finalidade facilitar a alimentação do gado, mas também justificar a extração vegetal no local, já que as árvores estariam mortas. “Tanto a queimada de mata nativa quanto a extração vegetal ilegal são crimes REPRODUÇÃO/VÍDEO

passíveis de pena”, afirmou o técnico do Ibama, Felippe Dias. CONSERVAÇÃO Para o Iphan, a melhor forma de preservar o patrimônio histórico e cultural dos sítios arqueológicos é contar com o apoio da comunidade. Segundo a representante do instituto, será desenvolvido um projeto que garanta não só a preservação e conservação das pinturas rupestres, como também educação patrimonial para os moradores do

assentamento Nova Esperança. ÍNDIOS Questionado a respeito da autoria das pinturas rupestres, o antropólogo do MPE em Alagoas, Ivan Soares Farias disse que os índios nunca reivindicaram os desenhos. De acordo com ele, os índios brasileiros são ágrafos, ou seja, apesar de terem linguagem, não fazem uso da escrita. “Sabemos que a arte rupestre é do período pré-histórico. E embora o homem

pré-histórico possa ter dado origem aos grupos indígenas da região, interessante saber que em nenhum momento os atuais grupos indígenas reivindicam para si ou como seu, as artes rupestres. O que nos serve também de prova que os índios atuais que conhecemos, apesar de toda a transformação que tem passado ao longo de mais de 500 anos, são grupos humanos muito além dos grupos pré-históricos que datam de mais 10 mil anos”, explica o antropólogo.

Segundo o coordenador da equipe de Patrimônio Cultural e Comunidades Tradicionais, em todas pesquisas de campos que fez para demarcação de territórios reservados, as comunidades tradicionais indígenas nunca mencionaram as pinturas rupestres como se fosse algo dos seus antepassados. “Os índios costumam ser muitos verdadeiros nos seus relatos, certamente reivindicariam a autoria se de fato tivessem algo a ver com os desenhos”, completa Ivan Soares.

POSICIONAMENTO

Arcebispo condena decisão do STF sobre aborto SANDRO LIMA

LUCAS FRANÇA REPÓRTER

Socorro feito às vítimas por alunos de curso de bombeiro civil

PARQUE DE DIVERSÕES

Polícia Civil vai investigar acidente ocorrido no Pilar Ontem (30), o delegado titular da regional de Pilar, José Carlos, informou que iria abrir investigação sobre o caso ocorrido na noite de terça-feira (29), quando duas pessoas se acidentaram em brinquedo de um parque de diversões que está no município da região metropolitana de Maceió. Testemunhas disseram que as vítimas sofreram ferimentos após cadeiras ficarem soltas durante as festividades em homenagem a Nossa Senhora das Graças, na Chã do Pilar, parte alta do município. Alunos de um curso operacional de bombeiros civis que estavam no parque realizaram os primeiros socorros e acionaram ambulâncias que levou as duas vítimas para atendimento em uma unidade hospitalar do muni-

cípio. O delegado divulgou que vai iniciar as investigações hoje (1º) para apurar se o acidente, que teria acontecido por conta de negligência da administração do parque de diversões. Segundo ele, não é preciso que vítimas ou familiares prestem queixa. A Polícia Civil deve investigar também se os clientes foram informados sobre instruções de segurança para andar no brinquedo. O delegado vai ouvir depoimentos de testemunhas para saber se existe possibilidade do acidente ter ocorrido por conta de falta de atenção das vítimas em não realizar procedimentos de segurança necessários. A identidade e o estado de saúde das vítimas não foram divulgados.

A decisão tomada pela primeira turma do Supremo Tribunal Federal (STF), que revogou na última terça-feira (29) a prisão preventiva de cinco médicos e funcionários de uma clínica de aborto no Rio de Janeiro, gerou uma série de posicionamentos a respeito da legalização do aborto. O Arcebispo de Maceió, Dom Antônio Muniz, se mostra contra a decisão do STF e declarou que para o crime, existe o código de Direito Civil, que criminaliza o aborto. “Aborto é crime contra um indefeso e é o mais horrendo. Quem escuta e defende um inocente indefeso? Em que mundo nós estamos?”, perguntou. O Reverendo Paulo Uchôa Ministro da Igreja Presbiteriana do Brasil em Alagoas, também não concorda com a decisão. Para ele, não cabe a nenhum ser humano interromper a vida de quem quer que seja. “A vida começa na fecundação e não se pode apagar um ato realizado apenas suspendendo os seus efeitos.” A decisão do STF foi tomada para um caso específico, mas abriu um possível precedente para descriminalização do aborto para as mulheres que fizerem até os três primeiros meses de gestação. Na decisão, o ministro Luís Roberto Barroso ponderou que o estado, seja na forma de polícia ou

Para Dom Antônio Muniz, aborto é um crime horrendo contra um indefeso

de juiz não pode impôr a uma mulher nas semanas inicias da gestação que leve a gravidez a termo, sendo assim, a mulher seria tratada como útero a serviço da sociedade. Diferente das opiniões dos religiosos, a feminista Emanuelle Vanderlei, do grupo Marcha Mundial das Mulheres, apoia a decisão e diz que foi a melhor possível. “Acho que a decisão do supremo foi acertada. O fato de ser a morte de um ser é uma questão relativa, que passa pela crença de cada um. Crime é o que a lei reconhece como crime. Eu acho que uma mulher não deveria ser criminalizada por decisões que toma em relação ao próprio corpo. Uma mulher que decide abortar, com certeza avalia

os diversos fatores e considera que essa talvez seja a saída menos difícil. A questão é: as nossas decisões pessoais deveriam ter intervenção do estado?”, avalia Emanuelle. Para a socióloga Danúbia Barbosa, existem alguns pontos de vista que se divergem. “Com relação a essa legislação, é um avanço para uma sociedade que vive ainda baseada no pensamento conservador. Para alguns pesquisadores, a vida começa a partir do momento que foi concebida. Se pensar dessa forma, de fato é um crime. Para outros, só a partir da formação total, nesse caso até a quarta semana de gestação, não seria um crime. A tendência da sociedade será uma divisão dos pensamentos. Para um casal

levar uma gravidez que não foi planejada pode trazer sérios problemas para a criança, mas levemos em consideração que quem não quer uma gravidez precisa se planejar”, explicou. Um outro ponto de vista apontado pela socióloga é referente as clínicas de abortos ilegais. “Vemos também um mercado paralelo de clinicas de abortos colocando em risco milhares de vidas. Com a aprovação dessa lei, esse mercado tende ao enfraquecimento. Acredito que a interrupção da gravidez não seja a melhor forma. Temos que ter uma educação sexual baseada nos pilares da prevenção e do planejamento para que depois a interrupção da gravidez até o terceiro mês não vire mais um método contraceptivo”, completou. A reportagem do Tribuna Independente, também entrou em contato com o presidente do Conselho Regional de Medicina de Alagoas (Cremal), Dr. Fernando Pedrosa, para saber a opinião da entidade. O presidente disse que as decisões da Justiça devem ser acatadas. “Os Conselhos de Medicina estão atentos aos debates sobre a questão, que se desenrolam nos âmbitos do Legislativo e do Judiciário. No âmbito dos médicos, continua valendo o que está no código de ética médica, que só pode ser alterado pelo Conselho Federal Medicina’’, explicou o presidente da Cremal.


10

CIDADES

TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - QUINTA-FEIRA, 1 DE DEZEMBRO DE 2016

Bairros ganham iluminação de Natal Luzes especiais dão formas a árvores, velas, bolas e trenós para registrar a passagem do fim do ano na capital

P

ara celebrar a chegada do Natal, bairros de Maceió estão recebendo iluminação personalizada e totalmente em LED. A ação da Prefeitura de Maceió, por meio da Superintendência Municipal de Energia e Iluminação Pública (Sima), já se tornou tradição e é aguardada por maceioenses e turistas, que ocupam os espaços públicos para desfrutar e registrar o banho de luz que a cidade recebe. A decoração deste ano vai contar ainda com mais de 400 ornamentos espalhados em toda a capital. De acordo com o superintendente municipal de Energia e Iluminação, Frederico Lins, a Prefeitura desenvolveu uma iluminação especial para comunidades em várias partes da cidade. “A iniciativa é uma forma de celebrar o espírito natalino de forma mágica e cheio de luz. A Sima preparou uma iluminação natalina moderna e toda em tecnologia LED. Nós também reaproveitamos alguns enfeites que foram sucesso no ano passado e investimos na aquisição de outros novos”, disse. Como parte do trabalho

da Sima, as equipes do órgão já fizeram a decoração dos portais nas entradas da cidade e também de alguns grandes bairros da capital. “Árvores de Natal, velas, bolas e trenó são alguns dos exemplos de ornamentos que estão sendo utilizados pela Prefeitura de Maceió para a decoração de Natal deste ano”, acrescentou Lins. No Alagoinhas, no bairro de Ponta Verde, a Superintendência montou um presépio para embelezar e dar mais vida à região. Já na Praça Multieventos, na Pajuçara, uma árvore com 20 metros de altura, que reproduz música e muda a iluminação, conforme as canções, está sendo instalada. Na Praça Ganga Zumba, localizada no bairro de Cruz das Almas, os técnicos da Sima estão montando um trenó. A Avenida Pontes de Miranda, popularmente conhecida como Via Litorânea, também será uma das novas vias a receber a decoração especial de Natal por toda extensão. A Praça Cely Loureiro, no Benedito Bentes, o Conjunto Salvador Lyra, Jatiúca e Jaraguá também receberão os ornamentos natalinos.

SECOM MACEIÓ

Com o intuito de resgatar as festividades na Praça da Faculdade, a prefeitura montou no local uma grande árvore de natal e chafariz iluminado

NATAL

Praça da Faculdade volta a receber famílias Após ser revitalizada, passando a contar com nova jardinagem, equipamentos de acessibilidade, bancos, pintura e espaços de recreação e lazer, a Praça Afrânio Jorge, mais conhecida como

Praça da Faculdade, recebeu a tradicional decoração de Natal. O local ganhou uma grande árvore de natal e chafariz iluminado. “A grande novidade deste ano é o Natal da Praça

da Faculdade. Preparamos uma iluminação com o intuito de resgatar as festividades no local, que é um dos mais tradicionais de Maceió. A praça está belíssima e é muito gratificante ver crian-

ças, jovens, idosos e famílias inteiras ocupando o espaço em meio a decoração que a Superintendência preparou”, complementou o gestor da Sima.

RELIX

Projeto patrocinado pelo Sesi ressignifica o lixo com arte

BLACK FRIDAY

O 20º Congresso Mega Brasil de Comunicação, Inovação e Estratégias que acontece nos dias 23, 24 e 25 de maio de 2017, no Centro de Convenções Rebouças, São Paulo (SP) está com promoção nas inscrições até sexta-feira, dia (02). Para esta nova edição, o Mega Brasil de Comunicação traz novidades em sua programação que conta com rodadas de palestras inspiradoras, Startlab e workshops. Esse ano o Mega vai abordar a comunicação transversal, presente em todos os seguimentos das organizações. http://megabrasil.com.br/Congresso_20_IEC_2016/Cadastro.aspx. Mais informações pelo telefone:5511-5576-5600.

FISCALIZAÇÃO NO SÃO FRANCISCO

Pela primeira vez, o Ministério Público dos estados de Alagoas, Bahia e Sergipe realizam de forma conjunta a Fiscalização Preventiva Integrada (FPI) do São Francisco, ação realizada no âmbito da bacia hidrográfica do chamado rio da integração nacional. Antes de sua execução, a Assessoria de Comunicação de cada órgão realizou o planejamento da cobertura jornalística, a fim de permitir o fluxo de informações de forma mais qualificada e ágil entre aqueles que realizam o trabalho de campo e a imprensa. A FPI da Tríplice Divisa reúne 56 órgãos e mais de 400 profissionais e acontece até o próximo sábado, dia 3, e já foi responsável por embargar ou fechar estabelecimentos que funcionavam sem condições de higiene, a exemplo de matadouros, libertou pássaros e animais silvestres, coibiu o lançamento de esgotos no rio São Francisco, entre outros.

GUIA DE REFERÊNCIA

Jornalistas que escrevem sobre energias renováveis agora podem contar com um guia de referência na temática, o qual ajudará a se comunicar de forma clara, objetiva e precisa. O guia que possui 49 páginas torna acessível vários temas técnicos e básicos, a exemplo do que é energia, o que são matrizes energéticas e eletricidade. O material foi elaborado por comunicadores e jornalistas com parceria e revisão de profissionais da área como engenheiros e especialistas em energia renováveis. Quem tiver interesse em obter o Guia bastar acessar o link: http://fenaj.org.br/publicacoes/.

JORNADA DE RELAÇÕES PÚBLICAS

O cenário político que o país vive inspirou o tema da III Jornada Alagoana de Relações Públicas (Jarp). Imagem e Reputação: um olhar sobre a política é o eixo central das discussões que serão realizadas no próximo dia 08 de dezembro, quinta-feira, no auditório da Faculdade de Medicina, na Ufal. A Jarp faz parte da programação do Caiite, a inscrição é gratuita e terá certificado de 10 horas.

O Instituto Origami e o Serviço Social da Indústria (Sesi) lançaram, ontem (30), o projeto Relix, uma caravana que vai circular por Alagoas para alertar sobre a problemática do lixo, por meio da arte, música, teatro, fotografia, mobilidade, educação ambiental, redes sociais e direitos humanos. Durante o lançamento, empresários, estudantes, jornalistas e convidados conheceram as ações do projeto, expostas no Teatro Deodoro, no Centro de Maceió. O palco do patrimônio histórico de Alagoas também re-

cebeu a peça “Espetaculix”, que conscientiza o público de maneira envolvente. E ainda uma apresentação especial do Magote de Cabriolé, em execução percussiva com baldes e latas de lixo. “Que esse esforço se traduza em mais qualidade de vida, para que tenhamos uma vida mais alegre e feliz, e que a cada dia possamos acordar sorrindo”, disse o diretor 2º secretário da Federação das Indústrias do Estado de Alagoas (Fiea), empresário Alberto Cabús, durante o evento. Até fevereiro de 2017, o

Relix prevê uma intensa lista de atividades em todo o estado, envolvendo apresentações teatrais em escolas e indústrias, doação de lixeiras seletivas a escolas e de 30 bicicletas coletoras a associações e cooperativas de catadores, exposição fotográfica, lançamento de história em quadrinhos, intervenções em espaços públicos. O intuito é criar consciência da necessidade de não apenas reciclar o lixo, mas de evitá-lo o máximo possível. No dia 8 de janeiro, em

pleno verão, acontece uma grande apoteose do projeto, com apresentações, passeios ciclísticos e entregas das Ciclolix na orla de Maceió. A solenidade de lançamento do projeto foi prestigiada pelo secretário de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos, Alexandre Ayres, a idealizadora do Relix, publicitária Lina Rosa e, pelo Sesi, o superintendente executivo, Carlos Alberto Paes, a gerente executiva de Educação, Cristina Suruagy e a assessora de Qualidade de Vida, Ana Paula Andrade.


TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - QUINTA-FEIRA, 1 DE DEZEMBRO DE 2016

CIDADES

11

“Ovnis já foram avistados em outros bairros” Segundo ufólogo, fenômeno ocorre principalmente no litoral; já para astrônomo, imagem trata-se apenas de Vênus ACERVO PESSOAL

RÍVISON BATISTA E ANA PAULA OMENA REPÓRTERES

AÍLTON VILLANOVA ailton.villanova@gmail.com

Ordem é ordem!

D

ezembro de 1968. O AI-5 tinha acabado de ser decretado. Iniciava-se, então, a fase mais braba da repressão. A milicada verde-oliva deitava e rolava. O ar no País era irrespirável. A polícia entrou no embalo da repressão e pintou as canecas. Turva noite, numa ronda pela orla marítima da Pajuçara, agentes civis motorizados flagraram um coroa bebaço mandando ver numa mijada de mil espumas, no meio do passeio. - Ei! Que negócio é esse aí? Que falta de vergonha é essa, seu coroa safado? - berrou um dos tiras. O mijão não deu a menor bola pro policial. Continuou agarrado na manguaça, despejando xixi pra todo lado. Aí, o tira engrossou: - Tô falando com você, porra! E o cara, tranquilão, firme, na mangueira. - Se continuar urinando, serei obrigado a lhe prender. - ameaçou o agente da lei. O mijão, então, deu uma balançada final e guardou a peça no lugar apropriado. Em seguida, virou-se pro agente e abusou: - Quer saber de uma coisa? Vá tomar banho! O tira pediu a ajuda dos companheiros de equipe e algemou o sujeito. Ato contínuo, jogou-o na caçapa do camburão e o levou à Delegacia de Plantão. Lá, entregou-o ao delegado: - Esse elemento estava urinando em plena praia de Pajuçara, doutor. Eu o adverti e ele me mandou tomar banho. Pode? O delegado achou que o sujeito havia passado dos limites. - Muito bem. O que você tem a dizer, seu imoral? – indagou. E o cara: - Ah, vá tomar nesse teu cu! Injuriado, o delegado chamou os policiais que haviam conduzido o imoral à sua presença: - Bota esse safado no pau-de-arara, pra ele aprender a respeitar as autoridades! A rapaziada arrastou o insolente até os fundos da delegacia. No momento em que o pegaram para pendurá-lo, caiu do seu bolso uma carteirinha. Ele era general da reserva do Exército Brasileiro. Desesperado, o chefe da equipe correu pro gabinete do delegado: - Doutor! Doutor! O homem é general! - Putaquipariu! E agora, o que a gente faz? O policial saltou de banda: - Bom, eu vou fazer o que ele me mandou: tomar o meu banho!

Folgado a pulso No colégio, ele foi o mais educado e o bem mais comportado que todos os alunos, durante os anos de ginásio e científico. Na faculdade, ganhou medalhas. Verdadeiro gentleman, o amigão Pedro Orégano Batista só tem bronca de uma coisa nesta vida: andar de avião. Depois de formado em economia, o ilustre Orégano foi trabalhar na Petrobras e aí começou o seu suplício por que, volta e meia, era obrigado a montar numa aeronave e sair por aí, pelos ares brasileiros, a serviço da famosa estatal. Um dia, numa turbulenta viagem à Porto Alegre, ele teve de apelar para um expediente a que esporadicamente recorria: todo cheio de gentileza, pediu um uísque à comissária de bordo, mas esta fez questão de ignorá-lo solenemente. Ele insistiu no pedido e novamente ela... nem aí! Orégano já estava ficando apavorado quando o passageiro ao seu lado, comentou: - Você está sendo fino demais com essa aeromoça, meu amigo. Mulher gosta de ser maltratada. Quer ver só? E assim que a comissária foi passando pelo corredor, o tal sujeito gritou pra ela: - Ô sua vagabunda! Me traga um copo de uísque com bastante gelo. E traga logo, ouviu? Um minuto depois o cara foi atendido. - Viu como funciona? Orégano tornou a fazer o seu pedido educadamente e, nada! Em seguida, o tal passageiro mandou ver, novamente: - Vem cá, piranha filha da puta! Você não tá vendo que o meu copo tá vazio? Me traga outra dose dessa porra de uísque! Em segundos o copo do sujeito estava esborrando. Aí, o Orégano resolveu seguir o exemplo do camarada do lado. Levantouse e disparou: - Escute aqui, sua vaca! Traga pra mim, também, um copo de uísque, senão vai entrar na porrada! A comissária voltou no minuto seguinte com dois parrudos colegas, que pegaram o infeliz e meteram-lhe um par de algemas. Quando ele descia, preso, no aeroporto de Porto Alegre, escutou o sujeito que o estimulara a agredir a aeromoça, dizer: - Olha, companheiros, desçam o pau nesse abusado, pra ele aprender a respeitar as nossas colegas aeromoças!

Apenas um pequeno detalhe! O cara chegou à guarita do pessoal da segurança aqui do jornal, e falou pro porteiro: - Quero falar com chefe dos jornaleiros. Imediatamente, o funcionário ligou para o setor competente e, daí a instantes, ele estava ingressando nas nossas instalações. Levado à presença do José Paulo Gabriel, à época diretor administrativo e financeiro (hoje ele é o presidente), este o recepcionou com a educação e gentileza de sempre: - Às suas ordens, meu amigo. Em que lhe posso ser útil? - Eu vim procurar um emprego de jornaleiro... Adoro ser jornaleiro! - Tem experiência no serviço? – quis saber o Gabriel. - Não senhor, doutor. Ninguém nasce sabendo, não é mesmo? - É verdade. Mas, me diga... você conhece bem a cidade? - De cabo a rabo! - Sabe ler e escrever? - Sei não. - Não é possível! Você não sabe ler e nem escrever?! Aí, o cara retrucou, cheio de sabedoria: - Ora, doutor, todo homem nasce analfabeto. Aprender a ler é um detalhe. Por que criticar os analfabetos?

O

objeto voador não identificado (ovni) avistado e filmado no sábado (26), em Maceió, tem um formato parecido com outros avistamentos do fenômeno na capital alagoana, de acordo com o ufólogo e jornalista Raudrin de Lima. Já o presidente do Centro de Estudos Astronômicos de Alagoas, Romualdo Artur Alencar, acredita que se trata apenas do planeta Vênus. O objeto, de formato esférico e de luz forte, que ficava mudando de cor, foi filmado pelo publicitário João Queiroz no bairro do Pinheiro, na parte alta da cidade. O fenômeno, segundo o publicitário, durou menos de 20 minutos e desapareceu. O jornalista e ufólogo Raudrin de Lima observou as imagens feitas pelo publicitário e afirmou que esse formato de ovni já foi avistado nos bairros Prado, Poço e Farol, em Maceió, há algum tempo. “Em um dos avistamentos, o objeto fazia movimentos em alta velocidade do litoral até o bairro do Farol”, afirmou o ufólogo. Em um vídeo publicado no Youtube, é possível ver um objeto semelhante ao avistado no sábado no bairro do Poço no ano de 2013. O objeto, também esférico e de luz forte, move-se pelo céu, po-

Raudrin de Lima diz que Novo Lino também tem grande número de avistamentos

rém, em um certo momento, fica parado e depois some. O ufólogo afirma que não existe a possibilidade do objeto flagrado no sábado ser um balão. “A luz que o objeto produz é diferenciada de algo como um balão”, disse. Raudrin diz ainda que a cidade de Maceió já presenciou avistamentos de ovnis em diversos bairros ao longo dos anos, porém, é o litoral alagoano o local ‘campeão’ de observações do fenômeno

no Estado. Romualdo Alencar, presidente do Centro de Estudos Astronômicos de Alagoas, diz que tudo leva a crer que o objeto é o planeta Vênus. “Percebemos, no vídeo, que, quando a pessoa dá um zoom, a imagem fica desfocada. O objeto se move no vídeo porque a câmera treme. Faltam alguns dados para confirmar que é o planeta. Resta saber, se o lado que a testemunha filmou o

objeto é o lado que o sol se põe, aí confirmaríamos que se trata de Vênus”, afirmou. Romualdo disse que o planeta se põe rapidamente, em questão de 30 minutos, como foi descrito o suposto ovni pelo publicitário. Segundo ufólogo, não há como se ter uma estatística sobre aparições de ovnis de Maceió. “É um fenômeno espontâneo e, por ser raro, pode acontecer a qualquer momento. Mas, geralmente de três em três anos, ouvimos relatos de pessoas que dizem ter avistado um ovni em Maceió”, afirmou, completando que em todo o Estado de Alagoas já houve algum tipo de relato, porém, fora Maceió, a cidade de Novo Lino tem uma grande frequência de avistamentos. No terreno da ufologia, desde tempos remotos há vários tipos de formatos de óvnis, como esferas, triângulos e pratos, porém o ufólogo diz que a forma de prato predominou na maioria dos avistamentos em Maceió. “No início de novembro do ano de 1957, aconteceu o caso mais emblemático de óvnis em Alagoas. Os moradores de Maceió na época, em pleno dia, ficaram assustados, pois apareceram discos voadores pelo céu da cidade. O fato virou notícia no jornal local da época e da imprensa nacional na Revista Cruzeiro”, relata.

AEROPORTO

Radares da Aeronáutica não registraram objeto O Destacamento de Controle do Espaço Aéreo (Decea) da Aeronáutica no Aeroporto Zumbi dos Palmares comunicou, ontem (30), que não houve registro de objeto no céu de Maceió no sábado (26) em nenhum dos três horários. A informação é da tenente militar Tunísia, do setor de Relações Públicas do setor. A tenente Tunísia, do Decea – Maceió, ressaltou que não havia qualquer registro no livro diário de ocorrências na consulta que fez com a torre APP, que faz o controle de aproximação. “Não recebemos nenhuma informação oficial, nem do

radar, nem da aeronave e nem da torre. No livro diário de ocorrências, não tem nada lançado sobre isso. O aparelho radar, quando detecta, é feita uma investigação, mas neste sábado não existe registro em nenhum dos três horários”, frisou. Para tentar desvendar o que poderia ter sido visto pelo publicitário, o jornal Tribuna Independente ouviu ainda o tenente Feitosa, chefe de operações do Destacamento de Controle do Espaço Aéreo da Aeronáutica em Maceió. Ele explicou, que quando um objeto estranho é detectado pelo radar, ou seja, que se

assemelha a uma aeronave e se movimenta, o procedimento é ativar a defesa aérea em Recife, com as informações e posição do tráfego aéreo, assim sendo tomadas as providências cabíveis. “Mas preliminarmente não temos registros de objetos não identificados no espaço aéreo de Alagoas”, reforçou. Segundo o chefe de operações, às vezes o que acontece é de alguma aeronave que não quer se identificar ou por apresentar algum problema de frequência não entrar em contato com o controlador de voo, mas ele percebendo na tela é acionada a defesa aérea. “Estou na chefia há um ano e meio, e

não há registros deste episódio, e também não temos estatística sobre o assunto”, salientou. Em Alagoas, de acordo com o tenente, não há relatos de detecção por meio do radar. O tenente Feitosa concluiu dando uma orientação ao cidadão comum, para procurar os portais da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), o Decea ou o Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cemipa) e preencher um formulário fazendo as observações pertinentes acerca da identificação de objetos não identificados, dando assim a abertura de investigação por parte destes órgãos. (A.P.O.)


12

ECONOMIA

TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - QUINTA-FEIRA, 1 DE DEZEMBRO DE 2016

etjornalista@gmail.com

Canal do Sertão

S

ecretário de Agricultura Álvaro Vasconcelos, apresentou a imprensa nesta quarta-feira, um grandioso projeto social, que visa atender inicialmente a 451 famílias, que estão até 1 km das margens do Canal do Sertão, no trecho de seus primeiros 65 km de extensão. Na verdade, serão 23 comunidades e assentamentos que estão englobados nesse projeto. Tratase de um trabalho de irrigação para o plantio diversificado, orçado em apenas 129 mil dólares, por meio do Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrário-FIDA, órgão sediado em Roma e que é vinculado a ONU.

Canal do Sertão II Denominado de “Dom Helder Câmara” esse projeto de recursos hídricos do Canal do Sertão, vai atender em princípio as regiões de Delmiro, Olho d’Água do Casado e Inhapi. “A nossa equipe fez um amplo estudo técnico, sobretudo levando orientação de todo um processo social, junto com as próprias comunidades, que vão ser beneficiadas, cuja ação reúne parceiros como Embrapa, Ufal, Sebrae/AL entre outros, a fim de garantir nessa iniciativa, uma indústria de transformação”, disse o secretário Álvaro.

Canal do Sertão III Diz ainda Álvaro Vasconcelos, que o projeto vai atender pessoas que nunca produziram, e que todas elas receberam orientações técnicas ao longo desses últimos quatro meses de fase de implantação. “Vamos distribuir mil kits de irrigação para as famílias produzirem uva, hortaliças, milho, manga e outras, onde está inserido um processo para o manejo sustentável com gerenciamento de dados e acesso ao mercado”, comentou o secretário, afirmando que toda essa plataforma de trabalho será apresentada ainda este mês ao governador Renan Filho, para que em janeiro já possa entrar em operação e tratar do início da segunda etapa do projeto.

Canapi O prefeito em exercício Genaldo Soares, está impedido de tocar na quantia de cerca de 7 milhões e 400 mil reais, que foram repassados ao município de Canapi, remanescentes sob título de precatório do Fundef. A determinação foi do procurador Gustavo Santos, titular da 4ª Procuradoria do Ministério Público de Contas. A solicitação foi encaminhada ao Tribunal de Contas do Estado, a fim de que esse tomasse as devidas providências com o gestor sertanejo, que fica somente no cargo até o dia 31 que se aproxima.

Canapi II Lembrando que há um ano, o prefeito titular, Celso Luiz (afastado por improbidade administrativa), teria desviado parte do valor de 13 milhões de reais, segundo o MPE/AL, dinheiro justamente oriundo de precatórios do Fundef. O caso ainda rola na Justiça, onde entraram em cena nessa história, dois camponeses daquela região, que teriam sidos usados como “laranjas”, a fim agregar um valor milionário, para que esse fosse depositado em duas contas diferentes no Banco do Brasil.

Pilar “Transição tranquila e dentro da normalidade; bem diferente de quando assumi a Prefeitura em 2013”, recado postado pelo prefeito do Pilar, Carlos Alberto Canuto (PMDB), em sua página do facebook. Certamente a alfinetada foi direcionada ao seu sucessor Renato Resende (PSDB), de quem Canuto recebeu a Prefeitura para exercer esse mandato.

Viçosa O vice-prefeito Manoel dos Passos (PSDB) está se consolidando à frente da Prefeitura de Viçosa sem sobra de dúvidas até o final deste mandato. É que o TJ/AL manteve o afastamento do titular, Flauber Filho acusado pelo MPE/AL de não ter efetuado os repasses das contribuições previdenciárias dos servidores ativos, inativos e pensionistas do município de Viçosa ao Instituto de Previdência local. Flauber foi afastado em maio de 2015.

Penedo Penedo recebe nesta quinta-feira, as maiores celebridades que têm lutado para resgatar a vida do Rio São Francisco. Trata-se da XXXI Plenária Ordinária do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco (CBHSF). A presidente da Codevasf, Kênia Marcelino que é membro titular do comitê, estará representando o Ministério da Integração Nacional por indicação do ministro Helder Barbalho.

Penedo II Sob o tema “Velho Chico Tem Pressa! É hora de transformar essa realidade”, a Plenária vai até amanhã, e contará com 62 membros titulares do colegiado para tratar de assuntos de interesse da bacia e da população que vive em seu entorno. “O Plano irá priorizar, neste primeiro momento, o término de obras de abastecimento de água e de esgotamento sanitário que estão em andamento”, disse Kênia Marcelino.

Dados Do valor total aprovado para execução pela Codevasf entre 2007 e 2018, 76% foram investidos até o momento R$ 2,2 bilhões, beneficiando 847 mil pessoas na área de influência do Velho Chico. A Companhia também vai atuar de forma mais específica com ações de requalificação ambiental em áreas prioritárias de recarga, com especial atenção às nascentes.

Senado O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), assinou, na terçafeira, protocolo de intenções que firma parceria entre o Instituto Legislativo Brasileiro (ILB) e a Confederação Nacional dos Municípios (CNM). Segundo Renan, uma das mais importantes competências constitucionais do Senado Federal é zelar pelo pacto federativo e zelar pelo equilíbrio nas relações entre a União, os Estados e os Municípios brasileiros.

Senado II O presidente da AMA, Marcelo Beltrão e o Secretário Geral, prefeito Jorge Dantas, que participaram do evento, lá em Brasília, acreditam na importância da parceria com a escola do Senado para capacitar as equipes técnicas e garantir melhoria da gestão pública.

Índice do aluguel cai e taxa acumulada é de 7,12% Variação foi menor que a registrada em novembro do ano passado

O

Índice Geral de Preços do Mercado (IGP-M) apresentou um recuo de 0,03%, em novembro ante uma alta de 0,16%, em outubro. A variação também foi menor que a registrada em novembro do ano passado (1,52%). Com o resultado, no acumulado do ano, a taxa alcançou 6,60% e, em 12 meses, 7,12%, que é o percentual utilizado na renovação em contratos de aluguel. Calculado pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (Ibre/FGV), o IGP-M indica a média de preços de bens do atacado, varejo e da construção civil no período entre os últimos dias 21 de outubro e 20 de novembro. Apesar de ter recuado, o índice de novembro reflete mais o comportamento de preços em um dos três componentes, o Índice de Preços ao Produtor Amplo, com queda de 0,16% ante uma alta de 0,15%. PREÇOS CAEM Neste componente, o destaque foi o grupo dos alimentos processados. Eles ficaram 0,08% mais baratos depois de um aumento de 1,58% na apuração anterior. As matérias-primas brutas, que incluem as variações das commodities (produtos com cotação internacional), aceleraram com alta de 0,90% ante 0,36%. As elevações mais significativas foram do minério de ferro (de 2,16% para 9,04%); do café em grão (de 2,28% para

IGP-M acumulado é de 7,12% e serve para renovar contratos de aluguel, diz Instituto Brasileiro de Economia

8,30%) e da cana-de-açúcar (de 1,48% para 2,80%). Em sentido oposto, estão o leite in natura (de -5,52% para -8,78%), o milho em grão (de -1,80% para -3,92%) e os bovinos (de 2,20% para 0,16%) Em relação ao Índice de Preços ao Consumidor (IPC) ocorreu variação de 0,26%, taxa superior ao valor de outubro (0,17%) com acréscimos registrados em cinco dos oito grupos pesquisados e destaque para educação, leitura e recreação (de -0,24% para 0,32%). Já o Índice Nacional de Custo da Construção (INCC)

manteve-se estável em 0,17%. No período, o índice sobre materiais, equipamentos e serviços teve queda de 0,05%, enquanto a mão de obra subiu de 0,30% para 0,36%. SUPERMERCADOS As vendas dos supermercados cresceram 1,16% no acumulado do ano, entre janeiro e outubro, de acordo com a Associação Brasileiras de Supermercado (Abras). O resultado foi deflacionado pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). Em outubro, as vendas do setor tiveram alta de 4,78%,

na comparação com setembro. Em relação ao mesmo mês de 2015, houve alta de 0,71%. De acordo com o vice -presidente da Abras, João Sanzovo, medidas adotadas pelo governo federal levaram à melhora dos indicadores econômicos. “Existe uma estabilidade nas vendas e também, no fim do ano, a perspectiva é de que continue estável. Não são números bons, mas também não vão piorar”, avalia Sanzovo. Com isso, a previsão é de estabilidade na comercialização do setor no próximo ano.

SÉTIMA QUEDA

PIB cai 0,8 % no terceiro trimestre do ano O Produto Interno Bruto (PIB), soma de todos os bens e serviços produzidos no país, fechou o terceiro trimestre do ano com queda de 0,8% em relação ao trimestre anterior. Com isso, o país registra o sétimo trimestre seguido de retração da economia. Já no resultado acumulado do ano até setembro, o PIB apresentou recuo de 4% em relação a igual período de 2015, maior queda para este período desde o início da série em 1996. Em valores correntes, o

PIB alcançou R$ 1,580 trilhão. Os dados das Contas Nacionais Trimestrais foram divulgados hoje (30) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Na análise dos subsetores da economia, a agricultura teve retração de 1,4% no período, a indústria caiu 1,3% e o setor de serviços registrou queda de 0,6%. Os dados do IBGE mostram ainda que o consumo das famílias caiu 0,6% e o do governo, 0,3%. Já a Formação Bruta de Capital Fixo, que

são os investimentos, recuou 3,1%. No setor externo, as exportações de bens e serviços caíram 2,8% e as importações recuaram 3,1%. Confiança O Índice de Confiança da Indústria subiu 0,4 ponto em novembro, atingindo 87 pontos. Na sondagem do mês anterior, o índice havia recuado 1,6 ponto. A pesquisa é feita pelo Instituto Brasileiro de Economia (Ibre) da Fundação Getulio Vargas. Segundo a instituição, os

ajustes de estoques e a diminuição do pessimismo em relação ao futuro contribuíram para a alta, apesar de a confiança continuar baixa em termos históricos. Neste mês, foi registrada alta em 8 de 19 segmentos pesquisados. O estudo aponta melhoras discretas. O Índice da Situação Atual aumentou 0,2 ponto, atingindo 85,1 pontos. O destaque do grupo foi o indicador de nível de demanda, que avançou 3 pontos, somando 85,3 pontos, o maior nível desde janeiro de 2015.


TRIBUNAINDEPENDENTE

CidadesemFoco ROBERTO BAIA robertobaiabarros@hotmail.com SIDNÉIA TAVARES - INTERINA

Produção de leite

O

senador Benedito de Lira apresentou na quarta-feira, 30, na Comissão de Agricultura do Senado Federal, um relatório favorável à aprovação do PLS 186/2015, de autoria do senador Cássio Cunha Lima (PMDB-PB), que favorece a pecuária leiteira no País. Segundo o projeto, o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), criado pela Lei 10.696, de 2 de julho de 2003, autoriza o Governo a comprar pelo menos 150 litros de leite por dia de cada produtor no âmbito do PAA.

Incentivo à agricultura De acordo com o senador, o PAA foi criado com a finalidade de incentivar a agricultura familiar, por meio de ações vinculadas à distribuição de produtos agropecuários para pessoas em situação de insegurança alimentar e à formação de estoques estratégicos. Foi votada uma modificação na lei foi feita em 14 de outubro de 2011 para autorizar a Compra Direta, Incentivo à Produção e ao Consumo de Leite, ficando o limite de R$ 4.000,00, por semestre.

Novo procurador O promotor de Justiça Alfredo Gaspar de Mendonça Neto será o próximo procurador-geral de Justiça. Ele foi eleito, ontem, dia 30, com 144 votos. Integrante da carreira do Ministério Público Estadual de Alagoas (MPE/AL) há exatos 20 anos, Alfredo Gaspar promete dar continuidade ao modelo de gestão adotado pelo atual chefe da instituição, Sérgio Jucá, e garante que o MP vai seguir firme no combate a corrupção e na defesa dos direitos indisponíveis e coletivos e da cidadania dos alagoanos. Alfredo Gaspar de Mendonça já compôs o Conselho Estadual de Segurança Pública (Conseg) e o Conselho Estadual de Defesa dos Direitos Humanos. Recentemente, comandou a Secretaria de Estado de Segurança Pública.

Candidato único Encerrada a votação, a comissão eleitoral, presidida pelo procurador-geral de Justiça, Sérgio Jucá, e integrada pelos promotores Almir Crescêncio, Luciano Romero e Isaac Sandes, promoveu a contagem dos votos. Anunciado o resultado, Alfredo Gaspar de Mendonça foi comunicado que conquistou o apoio dos membros do Ministério Público, entre promotores e procuradores de Justiça. Houve ainda dois votos brancos e um nulo. Ele foi candidato único.

Sem retorno O tribunal de Justiça de Alagoas (TJ/AL) manteve, em decisão publicada esta semana, o afastamento do prefeito de Viçosa, Flaubert Torres Filho. O gestor está afastado do executivo municipal desde maio do ano passado acusado de improbidade administrativa. Apesar de inúmeras tentativas de retorno ao cargo, Flaubert não irá mais assumir a Prefeitura, visto que sua gestão deveria acabar oficialmente neste mês.

Acusação De acordo com a Diretoria de Comunicação do TJ, o gestor afastado é acusado pelo Ministério Público (MP/AL) de não ter efetuado os repasses das contribuições previdenciárias dos servidores ativos, inativos e pensionistas de Viçosa ao Instituto de Previdência Municipal. A ação do MP/ AL considerou ainda que houve uma extrapolação do limite legal para aporte de valores, quer dizer, teria ultrapassado 2% da base contributiva, causando danos ao erário na ordem de R$ 7.217.782,38.

Olho D’Agua do Casado A 16 km do centro do município de Olho D’Água do Casado, a vegetação da caatinga esconde um patrimônio histórico e cultural conhecido, na linguagem popular dos sertanejos mais velhos, como “letreiro de caboclo brabo” – são as pinturas rupestres. Na última terça-feira (29), a FPI do São Francisco descobriu desenhos pré-históricos inéditos em sítios arqueológicos localizados no território do assentamento Nova Esperança, na região do Purdinho, zona rural da cidade.

Descoberta arqueológica Segundo divulgação da FPI, as imagens recém-descobertas em três pontos sugerem figuras de homens e de animais, além de formatos geométricos, sempre em fendas de formações rochosas do tipo arenito. Ao lado delas, pequenas cavações no chão, como se fossem pilões para amassar sementes, inclusive de ocre, que, junto ao óxido de ferro e gordura animal, serviam de tinta para as pinturas rupestres. Ranhuras na parede das fendas também formavam os desenhos.

Em risco As pinturas rupestres de Olho D’Água do Casado convivem com a ameaça da degradação, a exemplo das pichações e queimadas, que, por meio da fuligem, pode encobrir e até apagar os desenhos. A FPI do São Francisco encontrou vários locais com vegetação queimada durante o percurso no sítio arqueológico em busca das gravuras. Um dos resquícios de fogo que mais chamou a atenção ficava em frente a um paredão de imagens já registradas pelo Iphan.

Pariconha A Prefeitura de Pariconha, no alto sertão de Alagoas, foi multada em R$ 2,5 milhões pela FPI do São Francisco devido a uma série de danos ambientais causados em terras da aldeia indígena Jeripancó. A irregularidade foi descoberta pela equipe de Comunidades Tradicionais e Patrimônio Público, após investigação criteriosa na área municipal.

... O lixo acumulado foi flagrado pela equipe de Comunidades Tradicionais e Patrimônio Público, gerou uma punição ao município, conforme a legislação ambiental. A multa foi lavrada pelo Instituto Brasileiro de Meio Ambiente ... O Ibama ainda embargou a área do descarte do lixo e suspendeu todo o lançamento de resíduos no local. A administração municipal foi notificada e no prazo de 30 dias terá que remover todo o lixo da área. ... Profissionais de saúde e servidores da Coordenação Municipal de DST/ Aids e Hepatites Virais estão mobilizando a população de Arapiraca, acerca dos cuidados para a prevenção de doenças sexualmente transmissíveis. A campanha começou na última terça-feira (29), no Centro Administrativo Municipal, e se estenderá até quinta-feira (1º), no Dia Mundial de Luta Contra Aids.

MACEIÓ - QUINTA-FEIRA, 1 DE DEZEMBRO DE 2016

ECONOMIA 13

AL é Estado que mais cresce em turismo no NE Crise econômica atingiu diretamente a região e prejudicou segmento

O

ano de 2016 foi marcado pela retração econômica, o que impactou diretamente o turismo nacional, diminuindo a chegada de visitantes a diversas regiões de todo o Brasil. No Nordeste não foi diferente, segundo dados da Infraero, Estados como Bahia e Ceará registraram retrações de -18,19% e -10,31% respectivamente. Mesmo diante do cenário desfavorável, Alagoas se destacou apresentando um aumento do número de passageiros que desembarcaram no Aeroporto Internacional Zumbi dos Palmares. Até o mês de setembro, o Estado teve um aumento de 1,77%, no acumulado do ano, quando comparado ao mesmo período de 2015, sendo o Estado nordestino que mais cresceu, ficando a frente de Pernambuco, que apresentou uma elevação de 0,98%. Apenas os dois Estados apresentaram números positivos. Para o economista e consultor empresarial Lucas Sorgato, a chegada de mais turistas é um fator relevante e que movimenta diretamente a economia de Alagoas, estimulando a instalação de novos empreendimentos e incentivando o comércio através dos serviços ligados ao segmento. “Alagoas tem apresentado números acima da média

nacional. Essa crescente movimentação é fundamental para que a economia se desenvolva, seja melhor estruturando a rede hoteleira, seja pelo desenvolvimento de serviços ligados ao turismo. Gastronomia, passeios, comércio. Tudo isso é ampliado graças ao aumento de visitantes, fato que consolida Alagoas como um dos destinos mais procurados do Brasil”, afirmou Sorgato. HOTELARIA Um dos segmentos mais impactados por esses resultados é a hotelaria, que tem recebido, consequentemente, mais hóspedes. Segundo o proprietário do Hotel Ritz Lagoa da Anta, Pietro Coelho, a ocupação hoteleira tem crescido nos últimos meses permitido maiores investimentos no setor. “Muito do crescimento do turismo e da hotelaria de Alagoas se deve à união entre setor público e privado, cujo objetivo é atrair cada vez mais turistas. Atualmente, temos mais de 10 voos fretados para a alta temporada; temos também voos internacionais, o que não tínhamos há 10 anos. Se continuarmos neste ritmo, a previsão é de que 90% dos leitos sejam ocupados em abril. Posso afirmar que a hotelaria alagoana está bastante satisfeita.”, comemorou Coelho.

PARA TRABALHAR

Turismo lidera premiação das melhores empresas Reconhecer os bons exemplos e estimular outras empresas a melhorarem o seu ambiente de trabalho. Com esta finalidade, o Pajuçara Sistema de Comunicação promoveu, ontem (30), no hotel Jatiúca, a entrega do prêmio As Melhores Empresas para se Trabalhar em Alagoas 2016, em solenidade que contou com a participação do secretario de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Helder Lima. O evento, que conta com a parceria da Associação Brasileira de Recursos Humanos (ABRH –AL) e o Great Place to Work – Brasil, premiou as 15 melhores empresas para se trabalhar em Alagoas. AVALIAÇÃO Em sua terceira edição, a organização avaliou 32 empresas, impactando mais de 13 mil trabalhadores no Estado e, dos 15 premiados de 2016 em Alagoas, 40% foram do setor turístico, caso dos Hotéis Ponta Verde (Maceió e Praia do Francês), Maceió Mar Hotel, Best Western Premier, Salinas Maragogi e

a Costa Azul Turismo e Receptivo. Nas primeiras colocações, a empresa Análise Assessoria Contábil, de Arapiraca, que emprega cerca de 60 pessoas em quatro unidades e atende clientes de 33 municípios, conquistou o primeiro lugar. A empresa ZTT do Brasil, de origem chinesa e que trabalha com a produção de cabos de fibra óptica, ocupou a segunda colocação. Em terceiro lugar ficou a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Palmeira dos Índios que, em 2015, alcançou o índice de 98% de satisfação dos usuários. “Nosso trabalho é fazer com que a sociedade entenda que as pessoas são o maior patrimônio das empresas. Processos só dão certo se tivermos pessoas apaixonadas pelo que fazem. Então, o prêmio é a cereja do bolo, porque, na verdade, o que queremos é alavancar o nosso Estado, para que os gestores e líderes entendam que a valorização é o melhor caminho”, afirmou Danielle Maciel, presidente da ABRH-AL.

ADAÍLSON CALHEIROS

Mesmo com cenário desfavorável, Alagoas se destacou no turismo

Para o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Helder Lima, os resultados se devem às estratégias adotadas pela pasta. “Desde o trabalho realizado com os incentivos fiscais para garantir mais voos e consequentemente mais desembarques, até o trabalho de promoção do destino nos principais mercados emis-

sores utilizando as mídias tradicionais e trabalhando massivamente nas mídias digitais. Este é um exemplo da Alagoas que dá certo e que vai continuar crescendo em 2017”, comemora o gestor. Ainda segundo o secretário, atualmente Alagoas possui 19 hotéis em construção, que devem gerar 1.100 empregos diretos em 2017.

NOTAS IRREGULARES

Operação da Sefaz no Sertão apreende bebidas A Secretaria de Estado da Fazenda de Alagoas (Sefaz/ AL) divulgou, na terça-feira (29), balanço de operação especial de fiscalização desenvolvida no Sertão alagoano que resultou na autuação de 16 carregamentos irregulares de mercadorias, entre eles, duas carretas e um caminhão modelo bitruck que transportavam mais de 209 mil latinhas de cerveja com documentação fiscal inidônea. A operação aconteceu na tríplice fronteira de Alagoas, Pernambuco e Bahia, na região de Delmiro Gouveia, com o propósito de combater a sonegação fiscal e, de acordo com a Volante Regional Norte da Sefaz, responsável pela ação, as carretas interceptadas transportavam mercadorias cujas notas fiscais possuíam descrições incompatíveis dos produtos. Na primeira nota, a descrição constava sal de cozinha, mas tratavam-se de 72.154 latas de cerveja de duas marcas distintas. A outra carreta apresentou documento fiscal referente a 14.400 latas de 350 ml, porém, a equipe de fiscalização constatou a quantidade

exata de 75.504 latas. EVASÃO Enquanto a fiscalização notificava as duas carretas, o bitruck evadiu o Posto Fiscal de Delmiro Gouveia, sendo perseguido com apoio da Polícia Rodoviária Federal da Bahia e reconduzido à unidade fiscal alagoana. Com a abordagem, foi constatado que as mercadorias estavam sendo transportadas sem a devida documentação fiscal. Procurado pela Volante Regional, o suposto gerente representante da empresa destinatária enviou por e-mail um Documento Auxiliar da Nota Fiscal Eletrônica (DANFE) que acobertaria a mercadoria. Ao analisar o documento, os fiscais detectaram fortes indícios de que a empresa não existia fisicamente e solicitou provas de existência que não foram apresentadas pelo contribuinte. O advogado da empresa peticionou um mandado de segurança no Fórum de Delmiro Gouveia, alegando apreensão ilegal por parte do órgão fazendário, mas a liminar não foi concedida pelo Judiciário, que considerou a existência de indícios suficientes de crime de sonegação fiscal.


14

ESPORTES

MACEIÓ - QUINTA-FEIRA, 1 DE DEZEMBRO DE 2016

Esportes

TRIBUNAINDEPENDENTE

ASA troca fornecedor de material e confirma goleiro da base do Fluminense O ASA firmou ontem parceria com a fornecedora de materiais esportivos Numer. O presidente Nelson Filho anunciou que a empresa vai confeccionar o material do alvinegro para as temporadas de 2017 e 2018. Após a saída do goleiro Ferreira a diretoria foi ao mercado e contratou Luiz Cetin, de 29 anos, fez toda a sua base no Fluminense. Este ano o atleta atuou pela equipe do Volta Redonda, do Rio de Janeiro. Ontem a direção fez visita no estádio Coaracy da Mata Fonseca e deu início ao planejamento de reformas, com pintura nova e reparos nos vestiários. Em 2017 o ASA disputa o Alagoano e a Série C.

Condé chega ao CRB e pede paciência Novo treinador é apresentado, mas não conhece o atual elenco e vai ajudar na contratação de novos jogadores

A

coletiva foi rápida e objetiva. Léo Condé é o novo treinador do CRB e foi apresentado pelo presidente Marcos Barbosa e pelo diretor de futebol Alarcon Pacheco. Com 38 anos, ele esteve na atual temporada no Bragantino e no Goiás. Ano passado fez boa campanha no Sampaio Correia. Agora no CRB, Condé espera dar sequência ao trabalho de Mazola. Afinal já foram nove jogadores com contratos renovados e ainda devem vir mais. “Cheguei agora e está tudo muito recente. Peço um pouco de paciência para conhecer todo o grupo e a estrutura. Sei que podemos fazer um grande trabalho aqui”, disse. Os goleiros Juliano e Bruno, os atacante Neto Baiano e Maxuell, os zagueiros Adalberto, Gabriel, Audálio e Flávio Boaventura, além dos laterais Marcos Martins e Diego vão permanecer no

clube. O elenco regatiano irá se reapresentar no dia 2 de janeiro no CT presidente Marcos Barbosa para o início da pré-temporada. Amistosos ainda não foram confirmados pela direção. Léo Condé ainda teve passagens pelo Nova Iguaçu, mas foi após o vice-campeonato mineiro com a Caldense que o técnico ganhou destaque. “Vamos aproveitar o mês de dezembro para fazer boas escolhas no mercado. É difícil competir com os clubes paulistas que oferecem altos valores para um estadual. Mas eu chego com objetivode fazer uma equipe competitiva que dê orgulho ao torcedor. Do grupo que está eu trabalhei apenas com o zagueiro Adalberto na base. Os demais já joguei muito contra”. Também acertaram com o Galo o auxiliar-técnico Renato Negrão e o analista de desempenho Henrique Furtado. Em 2017, o Galo vai disputar UOL

JÚNIOR DE MELO

Técnico Léo Condé (1º à esq.) chegou ao CRB ontem e já foi apresentado pelo presidente Marcos Barbosa e pelo diretor Alarcon Pacheco

o Alagoano, o Nordestão, a Copa do Brasil e a Série B do Brasileiro. Segundo a diretoria, durante o estadual, o Alvirrubro cumprirá os quatro jogos da punição no Estádio Gerson Amaral, em Coruripe.

“2016 foi um grande ano para o CRB. Fomos bicampeões no Alagoano, fizemos uma boa campanha na Copa do Nordeste e lutamos até o fim para subir para Série A. Infelizmente vacilamos em

alguns momentos dentro de casa e talvez por isso não conseguimos atingir o nosso objetivo que era o tão sonhado acesso”, destacou o goleiro Juliano. “Vamos aprender mui-

ÚLTIMA RODADA

PRÉ-TEMPORADA

Presidente pediu que o clube escale até os juniores

Na próxima segunda-feira, dia 5, os jogadores do CSA serão apresentados no Mutange. Na terça começam dos exames médicos e físicos. Mais reforços podem ser anunciados até lá e com isso o técnico Oliveira Canindé já projeta um amistoso no dia 30 de dezembro, em local ainda indefinido. O CSE de Palmeira dos Índios negocia com o Azulão para ser o adversário neste dia. O CSA ainda não fechou totalmente a parceria com a prefeitura de Murici para comprir os quatro mandos de campo que deve na Federação Alagoana de Futebol, no Estádio José Gomes da Costa, durante o Campeonato Alagoano do próximo ano. O clube azulino, punido em cinco partidas por causa da confusão na final do estadual do ano passado. O Azulão não irá jogar no Rei Pelé, como mandante, durante toda a primeira fase do Campeonato Alagoano. Os jogos em que o clube será mandante são contra Murici, CRB, CEO, Sete de Setembro e Coruripe. Apenas o Clássico das Multidões com o mando do Azulão seja o único desses jogos a ser realizado em outro local. A tendência é que possa ser disputado no Estádio Coaracy da Mata Fonseca, em Arapiraca. O CSA estreia no Campeonato Alagoano 2017 diante do Murici, dia 21 de janeiro. Além das 11 renovações (goleiro Jeferson, laterais Denilson, Rafinha, Rayro e Kelvin, zagueiros Leandro Souza e Leandro Cardoso Volantes Panda, Marcos Antônio e Everton Heleno e o meia Didira) o Azulão confirmou o goleiro Mota, o meia-atacante Cleyton e o atacante Luís Soares como contratações. No dia 8, o clube vai apresentar seus novos uniformes.

CSA confirma amistoso para 30 de dezembro

CBF quer grande evento para jogo Chapecoense e Atlético-MG

Atlético-MG e Chapecoense jogam na última rodada do Brasileirão

A prioridade da CBF no momento é dar suporte aos feridos e aos familiares das vítimas da tragédia da Chapecoense. Porém, a entidade deixou claro que não vai se opor a qualquer homenagem ao clube catarinense. A começar pela última rodada do Campeonato Brasileiro. Chapecoense e Atlético-MG vão se encontrar na última rodada do Campeonato Brasileiro. A partida está marcada para 11 de dezembro, às 16h, assim como os outros confrontos do dia. A ideia é que seja feita uma homenagem na Arena Condá, com participação direta do clube mineiro. Ivan Tozzo, presidente em exercício da Chapecoense, falou sobre a conversa que teve com Marco Polo Del Nero, presidente da CBF.

“Ainda não pensamos sobre como será a partida. Conversei com o presidente Del Nero sobre a partida contra o Atlético-MG. Ele disse: “Este jogo tem que acontecer. Tem que ser uma grande festa”. Respondi: “Não temos 11 jogadores”. Ele disse: “Tem sim. Vocês têm categoria de base, os jogadores que ficaram. Não importa. Tem que fazer uma grande festa. Chapecó e a Chapecoense merecem”, afirmou Ivan Tozzo. Com o adiamento em uma semana da rodada final do Brasileiro, muitos jogadores não teriam condições de defender seus clubes atuais, pois os contratos entre eles terminam em 5 de dezembro, segunda-feira que seria o primeiro dia após o término da disputa. Para a resolução

desse problema, o presidente Marco Polo Del Nero já deixou a Diretoria de Registro e Transferência em alerta. Provavelmente, tais acordos serão prolongados por uma semana, e a CBF arcará com os custos extras dos mesmos. Alguns clubes já entraram em contato com a CBF para terem a autorização de vestirem o uniforme da Chapecoense na última rodada do Brasileirão. A entidade não vê problema nisso e acredita que o único entrave que pode acontecer é a fornecedora de material da Chape, a Umbro, não conseguir disponibilizar o necessário. Principalmente se todos os clubes decidirem participar da homenagem, tendo em cada jogo uma equipe com o uniforme principal e outra com o reserva. UOL

TREINADORES

Abel fecha com Fluminense e Cristóvão volta ao Vasco Um dia após ser anunciado como novo técnico do Vasco, Cristóvão Borges foi a São Januário, vestiu a camisa da comissão técnica e ressaltou a alegria de estar de volta ao clube. Técnico do Cruz-Maltino em 2011 e 2012, ele classificou São Januário como sua casa e ressaltou as boas lembranças que tem de sua passagem anterior. “Estou muito feliz, é uma sensação muito boa voltar para casa, onde comecei minha carreira. Vivi junto com a torcida momentos importantes. Voltar me traz essas boas lembranças. Estou bastante motivado para que a gente faça um 2017 maravilhoso e vitorioso”, disse o treinador, nas redes sociais do Vasco.

TRICOLOR Abel Braga vai ser anunciado como novo treinador do Fluminense. O técnico chegou a acordo com o presidente eleito, Pedro Abad. A tendência é de que a confirmação oficial seja feita até a próxima sexta-feira. Será a terceira vez em que o ex-zagueiro comandará o Tricolor. Roger Machado era a prioridade de Abad, que venceu a eleição do último sábado. Porém, o ex-treinador do Grêmio encaminhou acerto com o Atlético-MG. Desta forma, o novo mandatário do Tricolou buscou alternativas. Pessoas próximas a eles sugeriram o nome de Cuca, mas a situação indefinida no Palmeiras impediu qualquer avanço.

to com tudo que foi feito em 2016. As coisas boas e ruins. Para que em 2017 tenhamos uma temporada de mais sucesso e de alegrias a torcedor regatiano”, disse o zagueiro Gabriel.

Cristóvão Borges e Abel Braga estão voltam ao Vasco e Fluminense respectivamente para 2017


TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - QUINTA-FEIRA, 1 DE DEZEMBRO DE 2016 DIVERSÃO&ARTE 1

The Batman: filme não terá Mulher-Gato, diz Sienna Miller Sienna Miller, colega de elenco de Ben Affleck em A Lei da Noite revelou durante uma entrevista que a Mulher-Gato não estará em The Batman, filme solo do Homem-Morcego. “Sienna Miller me contou que ela quer viver a Mulher-Gato no filme do Batman de Affleck. ‘Ela não está no roteiro, mas eu quero adicioná-la!’”, diz o tuite acima, publicado por um jornalista do site Fandango. The Batman ainda não teve sua data oficial de lançamento revelada. Recentemente foi divulgado que o filme pode ter grandes problemas no roteiro - veja aqui. O próximo filme em que Batman aparecerá será Liga da Justiça, que tem estreia prevista para 16 de novembro de 2017

O rap ainda é compromisso nas mãos dos filhos de Sabotage, que agora lançam disco com inéditas do artista em plataformas digitais

T

reze anos depois de sua morte, a voz de Sabotage ainda ecoa de uma caixa de som distante em uma rua estreita e esburacada na favela do Boqueirão, no bairro da Saúde, Zona Sul de São Paulo. Seu rosto está grafitado em vielas, na parede descascada da casa onde morava e no campinho onde o rapper costumava empinar pipa e que, há dois meses, o time de futebol criado em sua homenagem, o Sabotage F.C., ganhou o campeonato de várzea. O troféu, um dos orgulhos da comunidade, é exibido no Bar do Bola, em frente à casa onde moram hoje seus herdeiros. Sabotage ainda morava na extinta favela do Canão, também na Zona Sul, quando trocou uma moto antiga pela casa térrea de poucos metros quadrados na quebrada vizinha. Com a participação em filmes como “Carandiru” e “O Invasor”, subiu mais um andar --e outro está

em andamento graças ao dinheiro recebido com os direitos autorais, pela primeira vez sob o controle dos filhos desde quando Sabotage foi morto com quatro tiros em 2003. Após perderem mais de dez anos de arrecadamento no Ecad (Escritório Central de Arrecadação e Distribuição) e batalharem pelo direito do único disco do rapper lançado em vida, “Rap é Compromisso” (2001), os filhos seguem como uma missão: preservar o legado do pai. Tamires, 22, e Wanderson (mais conhecido como Sabotinha), 23, moram no mesmo local onde sempre viveram, com as paredes forradas de fotos de Sabotage, e cercado com os prêmios e pequenos objetos deixados de herança. Parte do inventário vê agora a luz do dia com o lançamento do aguardado segundo disco do pai. Intitulado apenas como “Sabotage”,

o disco pilotado pelos antigos produtores Daniel Ganjaman, Tejo Damasceno e Rica Amabis, além do auxílio luxuoso de amigos do rapper, como o RZO, BNegão e Negra Li, recicla rimas e flows gravados pelo maestro do Canão em estúdios diversos. Duas das 11 faixas foram gravadas em sua última semana de vida: “Canão foi tão bom” e “Quem Viver Verá”. A renda é exclusiva para a família. O álbum, lançado nas plataformas digitais há um mês, colocou um dos nomes mais celebrados do rap brasileiro no início dos anos 2000 de volta à cena, conquistando novos ouvintes. “Se meu coroa estivesse vivo, ele estaria orgulhoso de ver onde a gente está. Até me arrepia quando alguém mais novo, que não era nem nascido, chega dizendo que está ouvindo”, se orgulha Sabotinha.

“Cuidar desse trabalho é uma grande responsa. É um sonho que ele tinha, de que as pessoas conhecessem suas letras. Eu não consigo vê-lo como Sabotage. É meu pai, é mais responsabilidade, são as coisas do Maurinho”, explica a filha do meio (o rapper teve uma outra filha fora do casamento, Larissa). “Se não for a família [para administrar], não vai ser mais ninguém”, determina. Para manter viva a lenda, eles já começam a organizar as muitas páginas de caderno rabiscadas, guardadas a sete chaves, para editar um livro com a obra do pai, e também pilotam uma experiência inédita no Brasil. Sob uma missão quimérica, uma máquina de inteligência artificial (tentará) criar uma nova música do artista. Rimas, letras, vídeos e registros foram transformados em algoritmos pelo sistema, que já expeliu 130 frases do que poderia ser uma nova letra do Sabotage em pleno 2016. Os antigos amigos do RZO, grupo que o lançou para além das mixtapes, em 2000, ficarão encarregados de compor e produzir a canção. Mas é na memória dos filhos que Maurinho ainda resiste. “A gente chegava da escola e ele já estava ensaiando. Eu lembro muito da música ‘Um Bom Lugar’, porque ele ficou um mês ensaiando ela na frente do espelho”, relembra Tamires. “Quando chegávamos na porta de casa, eu pensava: ‘Pô, essa música de novo?’”. “Repete ali pro pai, por favor”, respondia Sabotage, que mantinha um ritual próprio para criar suas rimas e cuidar dos filhos. Deixava duas TVs ligadas --uma sintonizada no jornal, e outra no desenho. Dois rádios também ficavam ligados, um só com as bases, e outro com o dial aleatório. Sabotinha não entendia aquele caos diário no quarto-sala. “Ele via a realidade no jornal, e escrevia a realidade. Mas isso só caiu a ficha depois.” O filho mais velho, que carrega o pai no apelido, se emociona junto com “o velho” em uma das canções novas, “País da Fome: Homens Animais”. Entre as rimas sobre a família e a perda de entes e amigos na caminhada, a voz do rapper --pescada de uma voz guia que deixou gravada-- embarga de emoção: “Quando eu me lembro da senhora, o medo é zé povinho”, canta, sobre a mãe e a iminência de uma repressão da época em que esteve envolvido com o tráfico. Sabotage acabou morrendo vítima de uma emboscada. Estava no auge. “Um cara que morreu de tiro no chão, largado assim, deixa a gente triste. É difícil aceitar ainda. Mas é uma lição de vida. Pensando nisso tudo, amadureceu mais ainda a nossa mente, porque já mostrou como o mundo é”, observa Sabotinha. “Agora, estamos subindo uma escada”.


TRIBUNAINDEPENDENTE

2 DIVERSÃO&ARTE MACEIÓ - QUINTA-FEIRA, 1 DE DEZEMBRO DE 2016

Encontro do Samba Nesta sexta-feira(02), o Brasil comemora o centenário do samba. É o Samba Alagoano prestando sua homenagem ao ritmo mais popular do País. Atrações: Cai Dentro // Yaldo Leite // Emmanuel Dias E Quinteto Mais Um // Samba Da Periferia // Mel Nascimento // Paulinho Santos // Ismair Martins // Roseane // Carla Araújo // Igbonan Rocha. ALTOMANG ( ladeira São Domingos, na subida da Renault e da Antiga Mansão Farias, 390- Mangabeiras). Mais informações: (82) 99979-5959.

Últimos dias Aproveite a última semana do maior circo popular do Brasil em Maceió, o Marcos Frota Circo Show, que está no estacionamento do Shopping Pátio Maceió. A atração circense intitulada ‘Filhos de Airumã’, é inspirada nos índios brasileiros e na relação com o universo é, também, uma declaração de amor à vida e essência humana. O espetáculo funciona até o dia 04 de dezembro, de terça a sexta-feira às 20h e aos finais de semana, às 16h, 18h e 20h. O ingresso varia de R$ 15 a R$ 40, por pessoa. São aceitos cartões de crédito e débito.

Espetáculo: Pétalas – Cia. de Danças Flor de Lótus

O

projeto Quinta no Arena apresenta o espetáculo Pétalas com a Cia. de Danças Flor de Lótus, hoje, a partir das 19h30, no Teatro de Arena Sérgio Cardoso, anexo ao Deodoro, com preços populares. Os ingressos para os shows podem ser adquiridos por meio do site www.diteal.al.gov.br, clicando em programação, pelo aplicativo no mesmo endereço digital e na bilheteria do Teatro Deodoro. Ingressos: R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (estudante e melhor idade). Mais informações pelos telefones 3315-5665/5656 e 98893-2665.

Paulo Matricó em Maceió Após cinco anos distante dos palcos de Maceió, o cantor pernambucano Paulo Matricó realiza, amanhã (2), um show no Complexo Cultural do Teatro Deodoro. Conhecido pela raiz nordestina, o artista demonstrará, na musicalidade, as lembranças do sertão. Carregando na bagagem a influência dos grandes músicos,

Cabaré da Ciça

Exposição: Jardim em Suspenso

A

Pinacoteca Universitária apresenta hoje às 20 horas, a abertura da exposição “Jardim em Suspenso” de Karla Melanias. A artista, convidada para encerrar a pauta anual de 2016, traz pela primeira vez uma mostra individual aos salões da Pinacoteca. Nessa exposição, exibe obras realizadas a partir de matéria orgânica, animal ou vegetal, como metáfora das questões humanas relacionadas à existência. Local: Pinacoteca Universitária – Praça Visconde de Sinimbu, 206, 1o piso, Centro. Visitação: 2 de dezembro de 2016 até 03 de março de 2017 (Segunda a sexta, das 8h30 às 18h). Entrada gratuita.

Como era de se esperar, depois da estreia em 2015 o Cabaré está de volta aos palcos de Maceió para comemorar junto à plateia alagoana o grande sucesso. Com muito humor e irreverência, o espetáculo se passa nas dependências de um bordel, que vive sob o olhar de Ciça Pig (interpretada pelo ator alagoano Paulo Sarmento) depois de passar maus bocados em sua vida financeira, amorosa e espiritual, volta a transbordar sua vontade pela vida fácil. Dia 3 de Dezembro às 19h30 no Complexo Cultural Teatro Deodoro. Mais informações: (82) 98821-5923 98753-3321 99620-8772

como: Jackson do Pandeiro, Zé Marcolino e Luiz Gonzaga. O público poderá conferir a mistura dos ritmos xote, baião, toada e forró. Os ingressos podem ser adquiridos na bilheteria do teatro, com o valor de R$25 (inteira) e R$ 12,50 (meia-entrada). A apresentação cultural será no Teatro Deodoro,iniciando às 20h.

Misa O Museu da Imagem e do Som de Alagoas abre inscrições para a Oficina para Capacitação em Edicão de Vídeo. Os interessados devem comparecer ao equipamento cultural até amanhã para efetuarem sua matrícula. A oficina visa capacitar e qualificar profissionais na produção e direção de filmes e documentários, com foco na utilização dos programas Promac e Imovie. As aulas serão realizadas no Núcleo de Produção Digital (NPD), localizado nas dependências do Misa,às segundas e quartas-feiras, das 8h às 12h, nos dias 5, 12, 14, 19 e 21 de dezembro. O Misa fica localizado na Rua Sá e Albuquerque, 275, Jaraguá. Mais informações pelo telefone 3315-7888.

FALE CONOSCO - A Agenda é um serviço gratuito de orientação ao leitor. Os interessados em divulgar eventos, shows e exposições podem enviar material através do endereço: tiagenda@hotmail.com

RESUMO DE NOVELAS GLOBO 18h

GLOBO 19h

GLOBO 21h

RECORD 21h

SOL NASCENTE

ROCK STORY

A LEI DO AMOR

A TERRA PROMETIDA

Lenita conta sua história para Vittorio. Loretta avisa que pretende viajar depois que falar com o advogado sobre sua herança. Massao assedia Milena. Cesar tenta disfarçar o desprezo por Paula. Wagner decide queimar o bilhete que escreveu para Alice. Massao ataca Milena, que pede ajuda a Ralf. João Amaro elimina Massao. Milena cuida de Ralf e dois acabam se beijando. Loretta descobre que não terá direito a herança e fica revoltada. Nuno aceita que Vanda e Cauã o ensinem a ler. Mario questiona Ralf sobre seus sentimentos por Milena.

Gui pede para Júlia ficar com ele. Néia é simpática com Diana. Diana tem uma reação alérgica e Léo a leva para o hospital. Chiara reclama do balé e Gordo se preocupa. JF começa a trabalhar na churrascaria Boi Amigo. Gordo fica curioso para saber sobre o novo trabalho de Gui. Léo invade o SPA onde Diana está. Chiara ouve Gui falar o nome de Júlia. Gui reclama da pressão de Diana sobre a filha. Júlia toma uma decisão e deixa Nelson preocupado. Diana descobre que Néia sabia de sua alergia. Júlia procura Alex.

Yara enfrenta Tião e ameaça chamar a polícia. Pedro questiona Fausto sobre as atitudes de Magnólia. Mileide avisa a Luciane sobre um quarto vago na pensão de Zuza. Fininho exige que Gustavo resgate a arma que deixou no posto. Tião não gosta quando Jéssica avisa que não quer mais vê-lo. Ciro descobre que Magnólia deu dinheiro a Beth para voltar para Augusto. Yara avisa à família que acolherá Helô em sua casa. Helô vai para a casa de Tião buscar seus filhos. Letícia humilha Helô, que rompe com a filha.

Otniel e o gigante gritam assustados. Talmal se apresenta ao guerreiro hebreu e avisa que não fará nenhum mal a ele. Quenaz se desespera ao saber que seu filho foi levado pela criatura. Noemi estranha ao ver Calebe de mãos dadas com Laís. A moça desconversa e diz que estava apenas agradecendo. Calebe e Noemi aconselham Iru a conhecer melhor Laís. Otniel e Talmal se assustam ao serem encontrados por Quenaz, Gibar e os outros hebreus. Aruna procura Josué e fala sobre o ataque sofrido por Raabe. Salmon fica irritado. Melquias chega em seguida e se apresenta.

Nordeste no Topo

Léo Santana

Nordeste no Topo é um evento criado pra fortalecer a cena do nordeste, que é rica em todos os segmentos culturais e muito pouco explorada. É um evento que traz as melhores bandas de Reggae e de Rap da atualidade de nossa região. Atrações: Banda Vibrações (AL), Don L (CE), Baco Exu do Blues (BA) e Diomedes Chinaski (PE) e Ladoeste (AL). Dia 09 de Dezembro, às 22h, no Rex Jazz Bar. Mais informações: (82) 99653-7099.

O cantor baiano Léo Santana se apresente no Maikai, e promete agitar a galera com muito axé. Dia 07 de Dezembro, às 23h30. Vendas: Maikai,, Viva Alagoas (Maceió Shopping) e Acesso Vip (Parque Shopping). Mais informações: (82) 3305-4400 / 98802-6684.

Xemaria A Semana de Réveillon do Cafe de La Musique Maceió traz no dia 28 a festa “Xemaria”, às 17h, que levará ao palco a banda alagoana Cannibal, interpretando o melhor do axé music, ao lado dela o projeto “Doozie”, do Dj Rodrigo Kost, e ainda o super set list do badalado headline paulista Gustavo Mota. Ingressos: Vendas online: http://loja. supremaentretenimento.com.br.

Marisa Monte em Maceió A cantora e compositora Marisa Monte, apresenta na cidade o show de seu novo disco “Coleção”, uma coletânea lançada este ano em celebração aos seus 30 anos de carreira que serão completados em 2017. Hoje a partir das 22h. Ingressos: Ingressos: (arquibancada) R$ 100 e (arquibancada ouro) R$ 120. Vendas: Site Acesso Vip,

Pré-Réveillon Paradise O pré-réveillon Paradise no dia 30 de dezembro, às 22h, promete agitar a capital alagoana. Ele traz os músicos Gustavo Lima, Gabriel Diniz e Saulo. Mais informações: (82) 3357-8007.

Réveillon Celebration Há doze anos que o Réveillon Celebration é referencia dessa energia, vindas dos mais diversos pontos do Brasil e do mundo e que se misturam nas areias de Maceió. O 13ª edição do Réveillon Celebration, o melhor e maior Réveillon All Inclusive do Brasil com Wesley Safadao, Bell Marques e Matheus & Kauan. Dia 31 de Dezembro, às 22h, na Praia de Jacarecica. Mais informações: (82) 33357-8007 / 3024-2323.


TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - QUINTA-FEIRA, 1 DE DEZEMBRO DE 2016 DIVERSÃO&ARTE 3

FLÁVIO RICCO - colaboração: José Carlos Nery - www.twitter.com/flavioricco

Band volta a fazer jornalismo e ganha do SBT

T

ire sua própria conclusão: na segunda-feira, faixa das 12 às 18 horas, com a sua programação de sempre, a Band fechou com média de 3,2 pontos na Grande São Paulo.Terça, dia da tragédia do avião da Chape, com todo o seu jornalismo a postos, o “Jogo Aberto” entregando para “Os Donos da Bola” e o Datena, a partir das 3 da tarde, com o “Brasil Urgente”, a sua média foi de 5,1. Perdeu da Globo (15,9) e Record (8,1), mas atropelou o SBT, firmando-se no terceiro lugar do horário, algo que há muito tempo não acontecia. Duas coisas: o fato da Band, diante desta tragédia, voltar a fazer o que sempre fez bem, e o pouco caso do SBT, na contramão do mundo, ou desligada dele, ao seguir com sua programação de fofocas, novelas e companhia bela. Prova também que, vender espaços em horários estratégicos da programação, game show no meio da tarde e igreja em pleno prime time, deve custar para a Bandeirantes um dinheiro muito maior do que aquele que ela põe no caixa. João Miguel Júnior/Globo

Amanda de Godoi e Laryssa Ayres nos bastidores de gravações de “Malhação: Pro Dia Nascer Feliz” na Universal Orlando Resort.Na história, suas personagens Nanda e Jéssica viajam aos EUA após um delas ganhar um concurso. No ar, a partir deste mês

TV TUDO Pouco caso 1

Salvo as raras e honrosas exceções de sempre, houve uma grande mobilização na cobertura deste trágico voo da Chapecoense. A Globo, por exemplo, já nas primeiras horas da manhã da mesma terça-feira, enviou um verdadeiro exército de repórteres, cinegrafistas e produtores para a Colômbia. Outras emissoras, dentro das suas possibilidades, fizeram o mesmo.

Pouco caso 2

Nos canais esportivos fechados, todos, sem olhar prefixos, também apresentaram uma cobertura à altura, inclusive lamentando as vidas de companheiros de trabalho que se perderam no acidente. A exceção a tudo foi o BandSports, que seguiu sua vidinha como se nada tivesse acontecido. Em vez de colocar alguém para atualizar as informações, seguiram com programas de vídeo games, reprises e outras insignificâncias do tipo.

Aí é que está

Os donos das TVs nem sempre se dão conta do que acontece nos seus interiores e em várias vezes são traídos por este desconhecimento. Todas as chefias do BandSports “estavam a postos” na redação, mas nenhum deles se ligou da necessidade de se sintonizar com o mundo

Também pelo que se viu

O Brasil inteiro vestiu o luto na terça-feira, todos chocados com a morte de atletas, jornalistas e dirigentes no voo da Chapecoense. A oportunista exceção, como sempre num país bem diferente do nosso, foi a Câmara – com seu presidente rindo em várias fotos - desfigurar 10 medidas contra a corrupção.

Não tem isso

Ressalva

Arte

Sonia Abrão atriz

Alguém inventou, outros compraram a ideia, mas não tem nada a ver essa história do SBT voltar com o “Aqui Agora”. Em nenhum momento isso foi cogitado. Pelo menos até aqui.

Em se tratando de SBT, como a vida ensina, sempre é bom o pé atrás e usar de certos cuidados. Não existe, data hoje, qualquer intenção, por parte de ninguém, de voltar com o “Aqui Agora”. Mas repito, data hoje e até agora. Vai que numa dessas, Silvio Santos levanta, lê essas mal traçadas linhas, e resolve colocar no ar amanhã. Ninguém está livre.

A abertura da minissérie “Dois Irmãos”, estreia da Globo em 9 de janeiro, vai reunir pinturas do artista plástico Carlos Araújo, que cedeu ao diretor Luiz Fernando Carvalho mais de 100 obras. Araújo já expôs seu trabalho em inúmeras galerias e museus pelo mundo, inclusive uma mostra individual no Pantheon em Roma.

C’est fini

A convite do cineasta Johnny Araújo, Sonia Abrão fará uma participação como ela mesma no filme “Chocante”, com a história de uma boy band dos anos 1980, que se reencontra para retomar a carreira. No elenco, Bruno Mazzeo, Lúcio Mauro Filho, Marcus Majella, Débora Lamm, Paolla Oliveira e Lulu Santos. Gênero comédia.

A Globo definiu como “Um Sonho de Ouro” o nome do programa especial que será exibido dia 21 dezembro após a novela “A Lei do Amor”. Um trabalho do departamento de esportes sobre a conquista do único título que faltava para a seleção brasileira de futebol, alcançado na Olimpíada por Neymar, Gabriel Jesus e companhia. Então é isso. Mas amanhã tem mais. Tchau!

Vale acrescentar

A minissérie “Dois Irmãos” foi escrita em 10 capítulos por Maria Camargo, a partir da obra homônima de Milton Hatoum. No seu elenco estão nomes como Cauã Reymond, Ary Fontoura, Juliana Paes, Antônio Calloni e Antônio Fagundes, entre outros.

Bate-rebate ·A imagem perfeita para definir nossa terça-feira foi a de Silvio Luiz, chorando, no “Rede TV News”. ·Lívia Laranjeira, do SporTV, nome novo do jornalismo, também merece o melhor dos destaques por seu trabalho ininterrupto por quase 24 horas. ·Por outro lado, meus pêsames àqueles que, mesmo diante de um momento como esse, tentam tirar algum proveito pessoal da situação... ·... É triste verificar a existência de pessoas que sempre perdem excelentes oportunidades de calar a boca. ·O programa “Ritmo Brasil”, apresentado por Faa Morena na Rede TV! há mais de 10 anos, vai mudar o formato... ·... Gravado sempre fora, em restaurantes ou casas dos convidados, passa a ser feito agora na Rede TV!, com um cenário especial... ·... Qualquer coisa, menos virtual. ·Não tem mais chances de Domingos Meirelles voltar à programação da Record, após o fim do “Repórter Record Internacional”... ·... E não tem porque o seu contrato com a Record foi rescindido. ·Monique Alfradique se divide entre a temporada da peça “Qualquer Gato ViraLata” e os programas do “Multishow”... ·... Após “Secretária do Presidente”, ela vai gravar “A Vila”, nova série em 25 episódios do Paulo Gustavo, com estreia em 2017.

HORÓSCOPO LIBRA – (23/9 a 22/10) – Com charme, criatividade e sorte, vai ser fácil convencer os outros a colocar suas ideias em prática. Intuição vai estar afiada! Cuidado com mal-entendido ou fofoca. Aposte sempre no diálogo para se entender com a pessoa amada. Em família podem surgir alguns atritos – vá com calma. ESCORPIÃO – (23/10 a 21/11) – Pode conseguir uma grana que não estava esperando, mas guarde segredo. Se quiser se entender com seu amor, melhor deixar o passado para trás. Tente se desapegar! Reserve um tempo na semana para descansar, já que você está precisando disso. Com teimosia tudo fica pior na sua vida.

SAGITÁRIO – (22/11 a 21/12) – Com a entrada do Sol no seu signo, tudo deve melhorar, em todos os aspectos! No trabalho pode correr atrás do reconhecimento que você merece! Seu lado mais sonhador vem à tona, trazendo novas emoções! A paquera pode trazer boas novidades. Não implique com seus amigos. CAPRICÓRNIO – (22/12 a 19/1) – Você tem mais chances de se dar bem na área profissional se mantiver seus planos em segredo. Pelo menos por enquanto. Planeje tudo direitinho se quiser evitar imprevistos. Romance proibido pode se tornar tentador e até perigoso. Compartilhar lembranças reforça os laços familiares.

AQUÁRIO – (20/1 a 18/2) – O desejo de romper as amarras tende a crescer. Pare e pense no que realmente é importante e descarte aquilo que não acrescenta nada à sua vida. A Lua favorece recomeços, mas para que eles aconteçam, vai ser preciso encerrar algumas coisas primeiro. Mistério e sensualidade vão deixar o romance mais quente. PEIXES – (19/2 a 20/3) -No trabalho talvez pintem alguns desafios: a concorrência deve crescer. Se não está no caminho certo faça ajustes e vá atrás de novos desafios. Valorize os pontos em comum com a pessoa amada. Sensualidade em evidência, aproveite bem esta fase!

PALAVRAS CRUZADAS DIRETAS

www.coquetel.com.br

© Revistas COQUETEL

Parte central da missa católica

O torpor causado pelo consumo de álcool Ginástica de (?), esporte olímpico desde os jogos de Sidney, em 2000

(?) Medeiros, apresentadora de TV

"Falso", na resposta de testes Maior ave do Brasil Cada base Remédio do traves- antifebril são (fut.) (sigla)

(?) Batista, locutor esportivo

Avanço Subsidiam estudantes

Instituição que forma profissionais para o comércio (sigla) Sífilis

M

Isolamento imposto a doentes Máquina de estrutura precária

Acessório das xiitas Depravado; sórdido

S

A

Sufixo de "caprichoso"

Muhammad (?), boxeador dos EUA

Piauí (sigla) Correr, em inglês

Placa no lavabo masculino Diverso Passa por filtro (o suco)

"Para", em internetês

Debate; discussão O vilão, pela índole

Letrasímbolo do real (Fin.)

Adolescente, em inglês

(?) pensar: de jeito nenhum

(?)-déum, cântico católico

43

Solução

F M B A

D

R E B O Q U E E T I L I C O

R U M

A L I

R U N

A

L U E S E A R

S E N A C C A N O N

E T R A V E A M E

G T O R P E A A S P I

D I S T I N T O V O L U M E

E N T

E

C O A T E E

N

L A T

Ç

A N

M E N L U A T I

Ç

U M F I O D E E S P E R A

BANCO

E

O "você" dos gaúchos

Máquina têxtil Interfere nas marés

As (?), grupo carioca de Socorro "Dancing para autoDays" móveis

"Campo" do pinguepongue Adição

Filme em que John Wayne interpreta um piloto veterano (1954) Oculto

(?) alto: alvo da Lei do Silêncio

S

LEÃO – (23/7 a 22/8) – Muito cuidado ao lidar com dinheiro. Boa hora de fazer cortes e acabar com as despesas supérfluas. No trabalho bom entrosamento com todos. Aproveite para falar sobre suas ideias. Alguém, de repente, pode chegar e declara-se para você. Romance à vista. Clima de romantismo e carinho. VIRGEM – (23/8 a 22/9) – Período animado e cheio de proteção astral. Pode se sair bem na compra e venda de imóveis. Atenção com gastos extras. Em família o melhor a fazer é não deixar que as diferenças pessoais atrapalhem os bons momentos de convívio. Na vida a dois, não exija que tudo seja sempre do seu jeito.

G

GÊMEOS – (21/5 a 21/6) – Sentimentos estarão à flor da pele por causa de lembranças do passado. Há, inclusive, risco de briga na vida a dois. Mas não será difícil fazer as pazes. Redobre a atenção com informação errada no trabalho. Melhor checar antes de repassar. Mudanças e limpeza em casa recebem ótimas vibrações. CÂNCER – (22/6 a 22/7) – Boa fase para iniciar reformas em casa. Mas vai precisar ficar de olho nos gastos para não ter problemas sérios mais tarde. Trabalhos que envolvem viagens, comunicação ou contatos com o público estarão protegidos. Encontro com ex-amor pode reacender a chama da paixão em seu coração.

3/run. 4/teen. 5/cânon — torpe. 7/cer tame — etílico. 12/adiantamento.

ÁRIES - (21/3 a 19/4) – Não conte tanto com a sorte no fim de semana: melhor ir com calma. No trabalho o melhor a fazer é não perder tempo com bobagens e não deixar as coisas para fazer na última hora. Esforce-se mais para atingir suas metas. No amor, deixe as críticas de lado e as coisas devem melhorar bastante. TOURO – (20/4 a 20/5) – Se está buscando um emprego, há chances de ter boas notícias nos próximos dias. Sorte e criatividade em evidência. Favorável também para cuidar da aparência e da saúde de uma maneira geral. Se anda pensando em deixar o romance mais sério, relaxe e não faça tantas cobranças.


4 DIVERSÃO&ARTE

TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - QUINTA-FEIRA, 1 DE DEZEMBRO DE 2016

“Os verdadeiros vencedores na vida são pessoas que olham para cada situação com a esperança de poder resolvê-la ou melhorá-la” FOTOS BY CHICO BRANDÃO

Elenilson Gomes em: Uma Noite em Hollywood

ais um ano se aproxima do M fim, e com ele um dos eventos mais esperados do calendário

de festas, a noite de amigos em homenagem a Elenilson Gomes. Este ano, a festa volta a ter como cenário o deslumbrante 5 estrelas Ritz Lagoa da Anta, que recebe ambientação inspirada na Hollywood dos sonhos, do glamour e da beleza. Será, mais uma vez, uma noite movida à amizade, carinho, respeito e, acima de tudo, confraternização. Será uma noite de sonhos, na qual não poderíamos deixar de agradecer a linda homenagem dos nossos amigos, parceiros, colaboradores, colegas de trabalho e leitores. Que 2017 chegue com o espírito de Hollywood, cheio de glamour, fartura e beleza. Minha eterna gratidão a todos. TopNews enfoca a querida Flávia Soares, leia-se Buffet Flávia Soares

Elenilson Gomes apresenta hoje Hollywood numa Noite de Amigos

TopNews enfoca a querida Izabel Pinheiro, leia-se Buffet Izabel Pinheiro

Buffets

U

ma das atrações da noite de amigos, que acontece no próximo dia 1º de dezembro, no Ritz Lagoa da Anta, são os buffets tops em nossa cidade. Destaque para Buffet Izabel Pinheiro, de Izabel Pinheiro, Buffet Favo de Mel, de Leninha Machado, Tatiana Brasil Buffet, de Tatiana Brasil, Buffet Márcia Vasconcelos, de Márcia Vasconcelos, Buffet San Martin, de Graça Martins, Flávia Soares Buffet, de Flávia Soares, José Leite e Felipe Leite, Buffet Alecrim Verde, Beth Gourmet, de Beth Barros, Ana Costa, Buffet Ana Costa e Sonja Vilela, Buffet Máximo’s. Esses buffets ouro darão um verdadeiro show de requinte e paladar no próximo dia 1º na noite de amigos no Ritz Lagoa da Anta, numa noite de carinho e muita amizade. Como nossos amigos podem ver, será um verdadeiro festival de deliciosas guloseimas que os consagrados buffets estarão servindo para os nossos convidados. Aos amigos, nossa eterna gratidão.

Doces finos

A

s queridas amigas Lu e Martinha Lopes, E Fabiane Malta empresárias tops em nossa sociedade em Maceió estarão com belíssimas mesas de docinhos finos, verdadeiras obras de arte no próximo nesta quinta-feira, 1º no Ritz Lagoa da Anta. Minha eterna gratidão a vocês, amigas queridas!

Parabéns, Tatiana Brasil Buffet, da querida amiga Tatiana Brasil

O

Parabéns, Buffet Favo de Mel e à querida amiga Leninha Machado

Cerimonial com Cerimoniarte

cerimonial bem estruturado num grande evento, numa bela festa é um fator super importante. Este ano, o Cerimoniarte, da queridíssima Giselle Buarque, assinará o cerimonial da nossa reunião de amigos. O Cerimoniarte tem realizado grandes eventos empresariais e sociais em nossa cidade sendo muito elogiado e parabenizado pela sociedade. Parabéns, Giselle Buarque, estamos felizes com o fato de que você conduzirá a noite. Parabéns!

D

Equipamentos Tech

entro do grande projeto de flores e tecidos não poderia faltar a presença da Tech Equipamentos. O jovem empresário Danilo Dantas estará com iluminação especial led, ribaltas, refletor de LED. Projeto em videowall, projeção mapeada, telas, painéis em led. Será um verdadeiro espetáculo de tecnologia que a Tech Equipamentos estará dando um toque especial a nossa noite de amigos. Obrigado Tech Equipamento, obrigado Danillo Dantas!

Decoração

T

odos os anos, como já é tradição em nossas festas, não poderia faltar o grande profissional Walmy Bechó, um nome sempre presente com seus belíssimos projetos nos grandes acontecimentos sociais e empresariais aqui em Alagoas e fora do Estado. Todo projeto de decoração da Noite em Hollywood terá assinatura deste grande design Walmy Bechó. Obrigado por mais um ano querido amigo!

Parabéns, Márcia Vasconcelos, Buffet Márcia Vasconcelos

Parabéns, Buffet San Martin, da querida Graça Martin

A

Agradecimentos à Família Coelho

proveitamos a oportunidade para agradecer aos amigos Márcio, Mirella, Marcela, Mariella, Julia e Pietro Coelho por abrir as portas dos salões do balado 5 estrelas Ritz Lagoa da Anta. Aos amigos queridos, a minha eterna gratidão por todos esses anos juntos, muito obrigado a todos vocês!

Banda Golden Time

T

ambém na noite de amigos, a Golden Time, que tem à frente o grande músico Alexandre, eles prepararam um repertório super especial para que os nossos convidados possam passar e viver momentos maravilhosos.

Violinos de Sóstenes

N

uma noite de amigos, numa noite hollywoodiana não poderiam faltar violinos com acordeons à luz de velas num projeto do grande mago da decoração, o querido amigo Walmy Bechó.

A

Raquel e Bianca Brizeno

s queridas amigas Raquel e Bianca Brizeno, duas grandes estrelas quando falamos em bolos artísticos, elas assinam o bolo hollywoodiano da nossa noite. Mais um ano juntos, obrigado Raquel e Bianca Brizeno, vocês são tops. A minha eterna gratidão.

Parabéns, Fabiane e Felipe Leite, Buffet Alecrim Verde

Parabéns, Flávia Coelho, Buffet Flávia Coelho

Parabéns, Lu e Martinha Lopes, doces e salgados Tan-Tã

Parabéns, Raquel Brizeno, bolos ornamentais decorativos

A

Espetáculo em Hollywood

maravilhosa bailarina Maria Emília Clarck estará apresentando um belo espetáculo a todos os presentes da noite. Maria Emília, minha gratidão, você é um orgulho para todos os alagoanos e a nossa cultura agradece. Parabéns!

Parabéns, Fabyane Malta, doces finos Fabyane Malta

Parabéns, Ana Costa, Buffet Ana Costa

Parabéns, Sonja Vilela, Buffet Máximo’s


Edição número 2787 - 1 de dezembro de 2016  

tribunaindependenteediçãodigitaltribunahoje

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you