Page 1

EXEMPLAR DO ASSINANTE

MACEIÓ - ALAGOAS 1 e 2 DE OUTUBRO DE 2016 EDIÇÃO N0 2.747

tribunahoje.com

INDEPENDENTE

R$ 4,00

SANDRO LIMA

RESULTADOS DAS URNAS SERÃO CONHECIDOS ATÉ ÀS 21 HORAS MAIS DE DOIS MILHÕES DE ELEITORES VÃO ÀS URNAS NESTE DOMINGO PARA DECIDIR ELEGER PREFEITOS E VEREADORES NOS 101 MUNICÍPIOS ALAGOANOS - MACEIÓ É A ÚNICA CIDADE DO ESTADO QUE PODERÁ TER SEGUNDO TURNO. A JUSTIÇA ELEITORAL PREVÊ QUE ATÉ ÀS 21 HORAS JÁ TERÃO SIDO COMPUTADOS OS VOTOS EM TODO O ESTADO. PÁGINA 3

PRESIDENTE DO TRE ESPERA QUE ELEIÇÕES SEJAM TRANQUILAS O desembargador Sebastião Costa Filho, presidente do TRE/AL, aposta na união das forças policiais e reforço das tropas federais para que as eleições deste domingo sejam tranquilas em Alagoas. Ele avalia, também, que a redução do tempo de campanha foi boa para o tribunal, que, com corte orçamentário de 30%, “talvez não tivesse condições de fazer a eleição”. PÁGINA 2 ASCOM ASSCOAIÇÃO DE CICLISTAS

ELEIÇÕES EM MACEIÓ

RUI ABRE VANTAGEM SOBRE ALMEIDA E PODE VENCER AINDA NO PRIMEIRO TURNO Pesquisa do Ibope, divulgada sexta-feira pela TV Gazeta de Alagoas, aponta a possibilidade da eleição para prefeito de Maceió ser definida ainda no primeiro turno. Rui Palmeira, com 41%, aumentou a diferença para Cícero Almeida, com 23%. JHC tem 21% e Paulão 2%. Os outros candidatos obtiveram 1% cada. PÁGINA 5 CLIMA TENSO

MAIS DE 5 MIL HOMENS DO EXÉRCITO E DA POLÍCIA MILITAR FARÃO SEGURANÇA NO INTERIOR PÁGINA 3 CENÁRIO NACIONAL

PARA CADA 4 DEPUTADOS QUE DISPUTAM ELEIÇÃO, UM RESPONDE INQUÉRITO NO STF

FALTARAM PROPOSTAS

PÁGINA 7

ASSOCIAÇÃO INSTALA CICLOVIA SIMBÓLICA PARA CHAMAR ATENÇÃO DE CANDIDATOS

TRANSPORTE PÚBLICO

LINHAS DE ÔNIBUS EM MACEIÓ SERÃO REFORÇADAS PARA DESLOCAMENTO DE ELEITORES

Uma ciclovia foi improvisada no canteiro central da Avenida Fernandes Lima pela Associação dos Ciclistas Urbanos de Maceió, numa ação da campanha nacional Bicicleta nas Eleições. O objetivo da entidade foi chamar a atenção dos candidatos a prefeito e vereador para a falta de propostas relativas à ciclomobilidade, ausente em toda a campanha eleitoral. PÁGINA 11 ASCOM CSA / ALISSON FRAZÃO

PREÇO DA INSEGURANÇA

PÁGINA 12

ROUBO DE VEÍCULOS - MÉDIA DE 8 POR DIA - FAZ CRESCER 20% O VALOR DO SEGURO EM ALAGOAS PÁGINA 9

RESIDENCIAL PARQUE DOS CAETÉS

GREVE DOS BANCÁRIOS DEIXA MAIS DE 2 MIL FAMÍLIAS SEM RECEBER CHAVES DE CASAS PÁGINA 10

BRASILEIRÃO SÉRIE D CALÚNIA E DIFAMAÇÃO

ASSESSOR PARLAMENTAR PROCESSA SILVÂNIO BARBOSA O vereador Silvânio Barbosa é alvo de processo por calúnia e difamação, movido pelo assessor parlamentar municipal José Avanildo. Ele diz que Barbosa chegou a ameaçá-lo e chamar para briga. PÁGINA 5

TEMPO

Bom a parcialmente nublado com possiblidades de chuvas em áreas isoladas

Mínima

23º

CSA DECIDE TÍTULO INÉDITO CONTRA O VOLTA REDONDA O CSA pode ganhar o título inédito de campeão brasileiro da Série D neste sábado, contra o Volta Redonda, no Rio. O Azulão já chegou em três finais análogas e perdeu. CRB e ASA disputaram em uma final cada, e também foram vice. A bola rola às 21h. PÁGINA 16 Máxima

32º

MARÉS

03:36 09:51

2.1m 0.2m

15:53 22:00

2.1m 0.3m

LUCI PEREIRA COMEMORA PAPEL COMO ÍNDIA CECI, NA NOVELA “VELHO CHICO”

Paraibana de Campina Grande, Luci Pereira foi um sucesso como a índia Ceci, de “Velho Chico”. Aos 57 anos de idade, a atriz revela que, assim como sua personagem, tem um lado sensitivo bastante apurado. “Tenho uma fé muito grande”, diz Luci, que começou a fazer teatro aos 13 anos. SUPLEMENTO

FINANÇAS

DÓLAR COMERCIAL DÓLAR PARALELO R$ 3,25

R$ 3,25

R$ 3,17

R$ 3,39

OURO:

R$ 139,00

POUPANÇA: 0,6583%


TRIBUNAINDEPENDENTE

2 POLÍTICA MACEIÓ - SÁBADO e DOMINGO, 1 e 2 DE OUTUBRO DE 2016

Política

Nós não estamos com nenhuma dificuldade e tenho certeza que será uma eleição tranquila. Para nós do Tribunal Regional Eleitoral esse corte foi muito bom porque foi menos campanha, menos aborrecimento SEBASTIÃO COSTA FILHO PRESIDENTE DO TRE-AL

TRE confia em eleições mais seguras

União das forças de segurança do Estado, na avaliação do presidente do TRE, estará no encalço de criminosos

ESPLANADA LEANDRO MAZZINI - contato@colunaesplanada.com.br

Ministros contrariam Temer e pedem votos

A

despeito das ordens de Michel Temer para evitarem campanhas a fim de preservar a base no Congresso, alguns dos principais subordinados atuaram discreta ou escancaradamente no pedido de votos para candidatos a prefeitos ou vereadores. Geddel Lima (Governo) e Eliseu Padilha (Casa Civil) ajudaram in loco ou à distância os aliados na Bahia e Rio Grande do Sul, respectivamente. Ronaldo Nogueira (Trabalho) gravou vídeos distribuídos pelo whatsapp. Alexandre de Moraes (Justiça) fazia ‘corpo-a-corpo’ com candidato tucano em Ribeirão Preto quando soltou a frase infeliz sobre a Lava Jato.

Faz de cego O presidente da República, Michel Temer, perdeu o controle de seus subordinados. Há quem diga no Planalto que foi o chefe quem liberou a turma de última hora.

Pula fora Senadores articulam para derrubar Gleisi Hoffman (PT-PR) da presidência da Comissão de Assuntos Econômicos diante do inquérito aberto no STF. Ela substituiu Delcídio.

Ítalo-britânico A Lava Jato começa a descobrir que o ‘italiano’ na planilha de Marcelo Odebrecht é na verdade um ‘inglês’ – começam a surgir conexões de Palocci com Londres.

Em Velho Chico.. Com o fim da novela Velho Chico, vale um bastidor sobre o ‘laboratório’ feito pelo ator Marcelo Serrado no Congresso Nacional, onde aprendeu trejeitos dos parlamentares para fazer papel de um na trama. Ele ouviu do senador Reguffe (DF) que existem, sim, muitos bons políticos no País, apesar da má fama. Serrado mudou sua visão.

..Como nasceu Bento O ator levou a ideia para o diretor Luiz Fernando Carvalho, antes da novela ir ao ar, e Velho Chico – que teria só um deputado mal caráter – ganhou um vereador bonzinho. Foi o ‘Bento dos Anjos’. Inspirado nas dicas de Reguffe sobre políticos do bem.

Sedentarismo, não Apesar do novo ritmo de trabalho, o secretário de alto rendimento do Ministério do Esporte, Luiz Lima, acorda às 5h30 diariamente, no Rio ou em Brasília, para nadar. O ministro Leonardo Picciani pedala todo sábado e domingo.

Voto a voto Amanhã após às 17h os internautas poderão acompanhar no site do TSE - < www.tse.jus.br > a apuração em tempo real na sua cidade.

Show.. Há uma patota de empresas de assessorias ganhando verbas milionárias. A FSB tem quase 100 profissionais no Ministério da Saúde. No site da pasta não há telefones de plantão para fins de semana nem e-mail.

..do milhão No Maranhão, Flávio Dino, que entrou com discurso de cortes, paga R$ 6 milhões ao Grupo Informe – Roseana Sarney pagava quatro vezes menos à CDN , e ainda era caro. A mesma CDN cobra R$ 30 milhões da Presidência para assessoria internacional – algo que o setor de imprensa do Itamaraty poderia fazer com algum esforço.

Dedo em riste A senadora Gleisi (PR-PR) prepara a defesa contra a investida dos adversários. Dirá que colegas, como o presidente do PMDB, Romero Jucá (RR), e o presidente da Casa, Renan Calheiros (PMDB-AL), também estão na mira da Lava Jato.

Comedido O ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, parece ter entrado na linha após o pito do presidente Michel Temer. Cercado e orientado por assessores, falou o básico do básico em entrevistas que concedeu em Goiânia sobre o atentado que matou o candidato a prefeito de Itumbiara, José Gomes da Rocha (PTB).

Jeito Santana Nestes tempos de eleição, vale lembrar o que citou certo dia, antes de ser preso, o marqueteiro João Santana: “Os candidatos são tão humanos e muitas vezes mais frágeis do que o eleitor. Ninguém gosta de levar porrada. Ou se enfurece e reage, ou se quebranta”. Isso explica o tom agressivo de seus clientes.

Ponto Final “Dia triste, perdi um amigo, um irmão” Do deputado federal Jovair Arantes (PTB-GO), que estava ao lado do prefeito assassinado José Gomes, em Itumbiara. Com Equipe DF, SP e Nordeste www.colunaesplanada.com.br contato@colunaesplanada.com.br Twitter @leandromazzini

SANDRO LIMA

LUCIANA MARTINS REPÓRTER

S

egurança, orçamento e prazos foram algumas dos temas tratados nesta entrevista com o presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Alagoas (TRE-AL), o desembargador Sebastião Costa Filho. De acordo com ele, a redução de 30 dias de campanha foi benéfica para o pleito que este ano teve um corte de aproximadamente 30% no orçamento, assim como para o julgamento dos processos que devem ser concluídos neste sábado (1°). Sobre a segurança, ele afirma que está confiante porque as polícias vêm trabalhando de maneira integrada e já detectou irregularidades antes mesmo do dia da votação. Tribuna Independente - Qual avaliação que o presidente do TRE-AL faz dos 45 dias de campanha em Alagoas? Sebastião Costa Filho - O trabalho desenvolvido pelo TRE-AL foi muito bom. Essa união das polícias foi uma coisa realmente sui generis, espetacular, que nós conseguimos aqui. Nunca, talvez, o Estado de Alagoas tenha uma união tão grande das polícias como teve agora. Todas trabalhando conexas, todas trabalhando bem, e todas funcionando. Nós não estamos com nenhuma dificuldade e tenho certeza que será uma eleição tranquila. Para nós do Tribunal Regional Eleitoral esse corte foi muito bom porque foi menos campanha, menos aborrecimento, menos barulho e eles (candidatos) gastaram menos dinheiro. Tribuna Independente - Diante de alguns registros de pedidos de tropas federais, há uma preocupação maior este ano com a segurança no pleito? Sebastião Costa Filho - Não. Independentemente de ter sido requisitada as forças federais, eu não estava preocupado. Houve uma integração muito grande das polícias apesar de um número pequeno de policiais hoje que nós temos em Alagoas. Contudo estamos trabalhando com a Polícia Federal, com Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, Polícia Rodoviária Federal, e aqui em Maceió com a Guarda Municipal. Você vê que houve um congraçamento muito grande das polícias e isso nos deu segurança para que nós pudéssemos fazer uma eleição tranquila. Lógico que com o reforço do Exército, melhor ainda. Nós vamos ter mais facilidade para a polícia trabalhar, até porque elas vão trabalhar onde o Exército está, porque a função do Exército é de um trabalho mais preventivo. Tribuna Independente - Municípios como Batalha e Coruripe, com histórico de violência nas eleições, tiveram pedidos negados pelo TRE-AL. O aparato policial do estado vai dar conta das comarcas que tiveram pedidos negados? Sebastião Costa Filho - Eu não tenho dúvida ne-

Presidente do TRE, Sebastião Costa Filho aponta aspectos positivos na fiscalização do pleito deste domingo

Acredito que o tempo menor também tenha ajudado a reduzir essa compra de votos. As polícias tanto federal quanto a civil trabalharam conexas e a PF detectou o problema em pelo menos cinco municípios

As datas de julgamento, aquele prazo que temos para julgar estão sendo cumpridos. Eu pretendo julgar todos os processos desta eleição até o sábado

Nós tivemos que trabalhar muito com todo tribunal, e tenho que agradecer a essa equipe que vestiu a camisa. Estamos trabalhando sem pagamento de hora extra

nhuma que a polícia vai dar conta. Eu não participei do julgamento dessas comarcas porque estava com outros afazeres relacionados às eleições, inclusive em viagem a Brasília, para organizar as nossas eleições. Por isso, não tive tempo de saber qual o motivo de o tribunal não ter deferido o pedido para esses municípios. E se o TRE, através dos seus membros julgou desta forma foi porque ele entendeu que não tinha necessidade premente. E a polícia está pronta e eu não vejo, sinceramente, dificuldade e estou confiando muito nas nossas polícias, muito mesmo. Tribuna Independente - A redução de doações durante as campanhas pode revelar uma preocupação menor com compra de votos? Sebastião Costa Filho A Polícia Federal (PF) vem trabalhando desde janeiro, a inteligência da Polícia Civil também vem trabalhando desde janeiro e quem tentou fazer alguma coisa. As polícias trabalharam a contento e pegaram. Acredito que o tempo menor também tenha ajudado a reduzir essa compra de votos. As polícias tanto federal quanto civil, elas trabalharam conexas e a PF detectou que pelo menos cinco municípios o problema de compra e troca de votos e esse pessoal está sendo processo. Tribuna Independente - O TRE-AL recebeu um número maior ou menor de denúncias acerca deste crime? Sebastião Costa Filho - Eu ainda não fiz um levantamento com relação a esses dados comparados às eleições passadas e mesmo as últimas municipais, mas o que nós sabemos é que tem muitos processos que estão sendo julgados em bloco até porque é praticamente procrastinador, idênticos com um fim que não levam a nada, só procrastinar e querer complicar a vida do concorrente.

Tribuna Independente - Com relação às mudanças de prazos, o TRE encontrou dificuldades para os julgamentos? Sebastião Costa Filho - Eu não me preocupei com isso, até porque o tribunal está cumprindo a fase de julgamento. As datas de julgamento, aquele prazo que temos para julgar estão sendo cumpridos. Eu pretendo julgar todos os processos desta eleição até o sábado. Tribuna Independente - O novo sistema de contas, criado pelo TSE, contribui para que as doações irregulares fossem detectadas com mais agilidade. O presidente acredita que ele permaneça para as próximas eleições? Sebatião Costa Filho - Nós sabemos que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) nunca faz as eleições iguais. Normalmente eles mudam muito, às vezes para melhorar e às vezes para piorar e eu acho que essa eleição melhorou muito, os prazos foram diminuídos, e se nós tivéssemos o corte de um mês talvez não tivesse condições de fazer a eleição devido ao corte financeiro que nós tivemos. Tribuna Independente - Com essa redução, como o TRE se organizou para a realização do pleito eleitoral? Sebatião Costa Filho - Nós tivemos que trabalhar muito com todo tribunal, e tenho que agradecer a essa equipe que vestiu a camisa. Estamos trabalhando sem pagamento de hora extra. O pessoal está levando para banco de horas porque não tem como pagar. Nós cortamos muitas pessoas que iriam para o interior trabalhar com diárias porque não tínhamos como pagar. Tenho colegas com raiva de mim, inclusive, porque não pude atender mandando servidor, pagando hora extra, não pude atender modificando horário e infelizmente é que nós pudemos fazer.


TRIBUNAINDEPENDENTE

Conjuntura

FLAVIO GOMES DE BARROS - flaviogomesdebarros55@gmail.com

Para anotar e conferir

E

m 2012, o professor Marcelo Bastos acertou em 100% suas previsões sobre a disputa pelas 21 vagas na Câmara Municipal de Maceió. Em 2014, acertou 25 dos eleitos para as 27 vagas na Assembleia Legislativa e os nove eleitos para a Câmara dos Deputados. “Conjuntura” divulgou suas previsões na véspera dessas eleições. E gora ele anuncia suas estimativas sobre a eleição de vereador em Maceió, amanhã. Segundo ele, a coligação PSDB, DEM, PROS, PP, PDT, PR e PPS elegerá Davi Davino, Kelmann Vieira, Chico Holanda, Dudu Ronalsa, Lobão, Aparecida do Cabo Luiz Pedro, Fátima Santiago, Tereza Nelma, Zé Márcio, Ib Breda e Eduardo Canuto, com chance de mais dois; já a coligação PSD, PMDB, PRB, PCdoB, PSC deverá eleger Galba Novaes, Silvânio Barbosa, Silvânia Barbosa, Antônio Holanda, Dr. Ronaldo Luz e Missionário Walter; coligação PTB, PTN, PRTB, PV: Sílvio Camelo; a coligação PSB, PSDC, PPL se eleger será apenas um; as demais, nenhum. O professor Marcelo Bastos pondera: “É evidente que esse estudo não quer dizer que vai acontecer exatamente dessa forma, já que política não é uma coisa estática e sim muito dinâmica, esse estudo é a fotografia do momento”.

Recomendação Luzia Suruagy, viúva de Divaldo Suruagy, enviou carta aos amigos. Alega que não pede votos, “respeitando a individualidade de meus amigos”, mas é bastante clara: “Votarei, novamente, em Rui Palmeira, jovem idealista, fiel discípulo de seu pai, Guilherme Palmeira”. Seu gesto, diz, “é um tributo ao bem de Maceió”.

Esperança O grupo de apoio a Cícero Almeida leva fé na presença dele no segundo turno da disputa em Maceió, contra Rui Palmeira, e acredita que há boas chances de superar o adversário. O principal argumento nesse sentido é que, como não há segundo turno no interior, Renan Filho concentrará seu apoio na Capital. Voto católico Interessante está a disputa pela prefeitura de Delmiro Gouveia, polarizada entre Padre Eraldo e o deputado federal Givaldo Carimbão. É que Padre Eraldo é brigado com a Igreja Católica, com quem Carimbão mantém boas relações. O outro candidato, Valdo Sandes, vereador, aparentemente não tem chances.

Realidade O novo formato de campanha política, restringindo muito as atividades do candidato, privilegia as redes sociais e os espaços no rádio e na TV. Deixaram de existir os grandes comícios, que atraiam multidões – no início, pelos excelentes oradores, que hoje já não existem mais; depois, pelas bandas e trios elétricos.

Quem decide A grande quantidade de indecisos é o foco principal, às vésperas da eleição, para os candidatos a prefeito em Arapiraca. Em 2016, quando enfrentou Célia Rocha, Rogério Teófilo havia começado em baixa nas pesquisas e na reta final captou muitos indecisos, perdendo a disputa por pouco. É, de novo, seu trunfo nesta eleição.

Cenário O alagoano Edvaldo Nogueira (PC do B), que tem 38% das intenções de voto, lidera a disputa pela Prefeitura de Aracaju. Ele já foi vereador e prefeito e tem como adversário Valadares Filho, com 25,8%. Em terceiro vem João Alves (DEM), prefeito, ex-senador e ex-senador, com 10%, segundo o Paraná Pesquisas.

Opinião Do jornalista Ricardo Noblat, em seu blog, sobre a decadência do PT: “O PT perde a eleição em Garanhuns, onde Lula nasceu, e em São Bernardo Campo, onde ele mora. Nos dois lugares, Lula não apareceu para pedir votos. O maior partido de massas que a esquerda já construiu na América Latina está em liquidação.”

MACEIÓ - SÁBADO e DOMINGO, 1 e 2 DE OUTUBRO DE 2016 POLÍTICA

3

Eleitores decidem o destino das prefeituras TRE-AL estima que os eleitos serão conhecidos por volta das 21 horas FOTOS PÚBLICAS

CARLOS AMARAL REPÓRTER

A

pós 45 dias de de campanha eleitoral, alagoanos decidem no domingo (2) quem serão os prefeitos e vereadores de suas respectivas cidades. Segundo dados do Tribunal Superior eleitoral (TSE), 6.948 candidatos – sendo 6.635 a vereador e 313 a prefeito – disputam os votos de 2.146.520 eleitores. Serão 8.111 seções eleitorais em todo o estado, segundo Relatório de Locais de Votação por Seção Eleitoral do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), para a votação que inicia às 8h e termina às 17h. Com 27% desse eleitorado, Maceió é o maior colégio, com 579.962 votantes. Na capital alagoana, 229 candidatos – sendo 222 a vereador (onze deles renunciaram ou tiveram candidatura indeferida pelo TRE) e sete a prefeito – esperam ansiosos a escolha dos mais de 500 mil eleitores. Maceió tem 2.038 seções eleitorais. De acordo a estimativa do Tribunal Regional Eleitoral de Alagoas (TRE-AL), todos os eleitos serão conhecidos por volta das 21h. A votação é considerada rápida e em menos de dez segundos, o

Votações iniciam às 8h e serão encerradas às 17h; Alagoas tem mais de dois milhões de eleitores

eleitor terá decidido nas urnas o seu candidato. Dos eleitores maceioenses, 44% são homens e 56% mulheres. Desses, 3,5% são analfabetos; 7,24% leem e escrevem; 25,9% possuem o ensino fundamental incompleto; 5,57% completaram

o ensino fundamental; 13% possuem o ensino médio incompleto; 25,9% terminaram o ensino médio. Chegaram à universidade, 19,84% dos eleitores. Desses, 12,19% concluíram seus cursos. Em todo o estado, 11,9% dos eleitores são analfabetos

e 14,7% só leem e escrevem. Apenas 5,7% concluíram o ensino superior. Em Maceió, a faixa etária com mais eleitores é a entre 30 e 34 anos de idade, 11,9% do total. No estado, a faixa etária com mais eleitores é a mesma da capital.

TROPAS PARA 12 CIDADES

Tensão dominou campanha em Alagoas Se as eleições são a festa da democracia, em Alagoas o cenário mais se aproxima ao de uma guerra. Em todo o estado houve teve ameaças, brigas, atropelamentos, tiros e mortes. Além de muita judicialização referentes às candidaturas e pesquisas. Em Novo Lino, Colônia Leopoldina e Campestre as atividades de campanha foram proibidas pela Justiça Eleitoral devido ao clima de animosidade entre os cabos

eleitorais. TROPAS FEDERAIS Por conta do clima tenso da campanha, o TSE aprovou a presença de tropas federais em doze municípios: Mata Grande; Tanque D’arca; Canapi; Inhapi; Pilar; Rio Largo; Piaçabuçu; Boca da Mata; Maragogi; Limoeiro de Anadia; Chã Preta; e Japaratinga. O Exército disponibilizou 500 soldados para auxiliar na segurança das eleições no domingo. Eles se somam

aos 4.881 policiais militares (PMs) – que se dividirão entre interior, com 2.414 PMS, e na região metropolitana de Maceió, com 2.467 – e aos 2.027 policiais civis, divididos em 1.632 agentes, 250 escrivães e 145 delegados. Além disso, a Polícia Federal (PF) está atuando em 12 polos espalhados pelo o estado, mas efetivo envolvido não foi revelado para não atrapalhar a atuação dos agentes federais. Além da violência, as

eleições deste ano em Alagoas foram marcadas por inúmeras denúncias de crimes eleitorais. Somente no aplicativo do TSE, o estado registrou mais de 1.200. O desembargador Sebastião Costa Filho, presidente do TRE, deu declarações durante a última semana de que as eleições em Alagoas serão tranquilas. Para ele, a união das forças de segurança deve garantir a normalidade do pleito no neste domingo. (C.A.)

PROTAGONISTAS

Hora e local de votação dos candidatos a prefeito

Eximir-se de culpa não absolve Temer” JOSIAS DE SOUSA Jornalista, em seu blog

* A vereadora Heloísa Helena não disputa a reeleição e faz campanha para os cinco candidatos do seu partido, o Rede, em Maceió. Mas boa parte dos eleitores tradicionais de Heloísa Helena está fazendo opção por Eduardo Canuto, candidato à reeleição. * Pela nova legislação, para alguém se eleger vereador em Maceió este ano terá de obter no mínimo cerca de 2.100 votos - 10% do quociente eleitoral, qualquer que seja a coligação. Foi o que revelou Carlos Amaral, na edição de ontem desta Tribuna. * O projeto Sesc das Artes apresenta neste sábado o espetáculo “Poesia Urbana”, da Companhia Hip-Hop, grupo fundado em 2007, no bairro do Village Campestre II. No Teatro Jofre Soares, do Sesc Centro, com início às 17 horas. Entrada franca.

Cícero Almeida (PMDB) – vota no Iate Clube Pajussara às 8h (assessoria disse que ele estará no local às 7h30)

João Henrique Caldas (JHC) (PSB) – vota no Colégio Anchieta, na Jatiuca, entre 8h30 e 9h

Paulão (PT) – vota na Faculdade Maurício de Nassau, na Ponta Verde, entre 9h30 e 10h;

Rui Palmeira (PSDB) – vota no Centro Comunitário Piabas, no Jacintinho, às 10h

* O “Café da Linda”, no hall de entrada do Teatro Deodoro, recebe até hoje a exposição “Revelando o Palco”, do fotógrafo João Erisson. A mostra apresenta 28 fotografias de personagens da cultura alagoana que passaram pelos Teatros Deodoro e Arena. * Tentando voltar ao G4 e garantir acesso à Série A do Brasileiro, para o CRB a partir de agora todo jogo é decisão. A deste sábado é às 16 horas, em Bragança Paulista, contra o Bragantino. O CRB está há cinco partidas sem saber o que é vitória. * Pela Série C, o ASA recebe neste sábado, às 19 horas, em Arapiraca, o Guarani de Campinas, no primeiro dos confrontos para definir qual dos dois clubes sobe para a Série B. Precisa ganhar bem para se garantir no jogo de volta, no dia 8. * Já o CSA pode trazer para Alagoas, neste sábado, o título de campeão brasileiro da Série D. Às 21 horas, encara o Volta Redonda, no Rio de Janeiro. Ao CSA basta empate por mais de um gol. Empate em zero a zero leva a decisão para os pênaltis.

Gustavo Pessoa (PSOL) – vota no Seb/COC, na Ponta Verde, às 10h

Paulo Memória (PTC) – vota no Seb/COC, na Ponta Verde, às 10h30

Fernando do Village (PMN) – não informou


4

TRIBUNAINDEPENDENTE

POLÍTICA MACEIÓ - SÁBADO e DOMINGO, 1 e 2 DE OUTUBRO DE 2016

BARTOLOMEU DRESCH bartolomeu_dresch@hotmail.com.br

Aposentadorias diferenciadas

“O

s militares devem ser diferenciados dos demais contribuintes, principalmente dos servidores públicos, na discussão das mudanças da Previdência”. A afirmativa é do Ministro da Defesa, Raul Jungmann, que defendeu que seja estabelecido um tipo de aposentadoria diferenciada para os militares brasileiros. Para ele a Constituição trabalha com duas categorias: o servidor e o militar, com suas distinções e singularidades. Entre os fatores alegados pelo ministro para esta “diferença”, estão a impossibilidade de fazer greve ou se sindicalizar; a inexistência de hora extra e a dedicação exclusiva. “O militar expõe a vida, Então, de fato, não é privilégio. É o reconhecimento da singularidade” assinalou Jungmann. E foi mais longe: “Não acredito que tratar desiguais igualmente é injustiça. É preciso reconhecer que os desiguais devem ser tratados desigualmente. Um militar hoje tem, entre todas as categorias de Estado a menor remuneração inicial ou final” comparou o Ministro da Defesa. Mas o ministro garantiu que as Forças Armadas vão contribuir com as reformas da Previdência. “Não queremos e recusamos privilégios. Vamos contribuir e vamos dar a nossa parte. Apenas defendemos a nossa especificidade” acrescentou.

Governo lança estudo para auxiliar alagoanos Previdência Social e microempresas são alguns dos temas abordados ASSESSORIA

O “passaralho” da EBC O governo tampão de Michel Temer, rescindiu, unilateralmente, os contratos de vários jornalistas e comentaristas da Empresa Brasil de Comunicação (EBC). Os atos, publicados no Diário Oficial da União, afastam os jornalistas Luis Nassif, Paulo Markum, Tereza Cruvinel, Sidney Rezende, Emir Sader, Lúcia Sacarano de Mendonça e Paulo Moreira Leite. As demissões aconteceram após o retorno de Laerte Rímoli á direção da empresa. Ele havia sido nomeado pelo presidente Temer em Maio, mas foi afastado pelo Supremo Tribunal Federal, porque sua indicação não havia sido avalizada pelo Conselho Curador da EBC. Agora o Conselho foi extinto, o jornalista Ricardo Melo afastado, e Rímoli pode assumir o cargo.

O “passaralho” da EBC 2 Segundo a EBC, os contratos rescindidos somavam R$ 2,8 milhões por ano, e foram feitos dentro da lei e que “a necessidade de ajustes orçamentários tem levado à direção da empresa a adotar medidas de redução de despesas”. Alguns profissionais disseram que vão contestar o rompimento do contrato na Justiça, porque sequer foram comunicados da decisão, somente tomando conhecimento da sua exoneração pelo Diário Oficial. Paulo Moreira leite tinha contrato de exclusividade por um ano, e sequer recebeu um telefonema ou foi chamado para um diálogo. Como ele, Paulo Markum também pretende buscar seus direitos na Justiça.

Acesso a genética superior Pequenos e médios criadores alagoanos receberão doses de sêmen de touros da raça Aberdeen Angus, para melhorar e qualificar o rebanho preparado para o corte. A inciativa é da Secretaria de Agricultura, Pecuária, Pesca e Aquicultura e visa proporcionar ao pequeno e médio produtor do bovino de corte, um acesso a genética do que existe de melhor no mercado com aumento de peso da carcaça no abate, e em menor espaço de tempo. O Programa Carne Angus Certificada vem se espalhando pelo país com eficiência comprovada e garantida, proporcionando qualidade, fertilidade e precocidade do rebanho alagoano.

Acesso à genética superior 2 As doses de sêmen que beneficiarão os pequenos e médios produtores, são da raça Angus, bastante fértil, precoce e com muita habilidade materna, utilizada em cruzamentos industriais junto com a raça nelore, obtendo um produto rústico, conhecido e apreciado pelo mercado e com excelente produção de carne. A ação vai melhorar a renda dos criadores familiares, além de oferecer um produto de melhor qualidade aos consumidores alagoanos, garante o Secretário Álvaro Vasconcelos.

Colesterol e impotência Um estudo apresentado no Congresso da Sociedade Europeia de Cardiologia, ocorrido em Roma, demonstrou que o consumo diário de medicamentos para reduzir as chances de ataques cardíacos, auxilia no tratamento da disfunção erétil. Os benefícios das estatinas – que melhoram o f luxo sanguíneo- tiveram um impacto positivo em outras partes do corpo além do coração. O estudo descobriu que a função erétil em homens que tomaram estatinas aumentou 4,9 pontos, o que significa 43% de melhoria.

Colesterol e impotência 2 O importante deste estudo é que ele mostrou que melhorando os níveis do colesterol, os pacientes também estavam se beneficiando de melhores ereções, ou seja, o uso de medicamentos específicos para a disfunção erétil torna-se menos usual. Para complementar a pesquisa, um estudo grego rastreou 100 homens com idades entre 40 e 70 anos. Todos tinham colesterol alto e histórico de impotência. Metade deles tomou estatina por três meses, enquanto o resto ficou sem tratamento. O resultado foi que aqueles que tomaram as pílulas tiveram uma melhora significativa na qualidade de suas ereções, o que comprova os demais resultados apresentados pelos cardiologistas. • O ministro alagoano de Transportes, Portos e Aviação Civil, Maurício Quintela participou a entrega esta semana de novas pontes de embarque (fingers), para o Aeroporto Internacional Zumbi dos Palmares. • A utilização destas pontes de embarque é também uma conquista do segmento turístico do estado, que com o início da alta temporada, serão de extrema utilidade, destacou o secretário Helder Lima, do Desenvolvimento Econômico e do Turismo. • Além disso, Maceió terá mais quatro voos a partir de Dezembro, partindo de Cuiabá, Belo Horizonte, Porto Alegre e Campinas. Estão sob discussão mais 40 voos de diversos outros pontos do país. • Os quatro equipamentos atendem à demanda do aeroporto, facilitando o acesso ás aeronaves e permitindo mais comodidade aos passageiros e também à tripulação e funcionários. • Maurício Quintela destacou também que o Porto de Maceió receberá recursos na ordem de R$ 100 milhões em 2017, para a infraestrutura portuária e para permitir a abertura da passagem do Porto para grandes embarcações.

Bolsistas têm se reunido para atuar em diversas frentes, além de render bons frutos para pesquisas

NECESSIDADES

Importância da pesquisa busca colocar o Estado em outro patamar

De acordo com o secretário executivo de Planejamento e Gestão e também gestor dos bolsistas que fazem parte do PDDP na pasta, Genildo Silva, os trabalhos são frutos de um esforço que a Seplag tem feito para agir de maneira consciente e, principalmente, com base científica sobre as necessidades que o Estado de Alagoas apresenta. “Não temos como pensar em planejamento sem informação. É nosso papel elaborar estudos e subsidiar outras secretarias com dados que estejam de acordo com a realidade. O apoio da Fapeal tem sido fundamental nessa jornada. Começamos a criar uma cultura de que é preciso entender e discutir, cada vez mais, os temas relevantes dentro do Estado”, afirmou o gestor. Para Genildo, no entanto, esse trabalho só funciona se construído em conjunto. “Esse tem de ser apenas o começo. Esperamos aproximar cada vez mais as secretarias para agirmos juntos e darmos continuidade ao desenvolvimento de estudos que sejam do interesse de todos e que tragam as mudanças que queremos”, explicou Genildo. Segundo o coordenador do NEP, Cícero Péricles, a iniciativa é inovadora e quebra com o que costumava ser padrão na

gestão pública alagoana. “Nenhum órgão público, nenhuma instituição, pode trabalhar sem planos, sem ideias ou informações, e um dos grandes dramas da máquina pública estadual alagoana, além da sua deficiência de materiais, é a incapacidade que ela teve, durante muitos anos, de produzir suas próprias políticas públicas. Em geral, ela era repetidora de programas federais. Mas nós temos particularidades que precisamos analisar para desenvolver projetos e ações. Nada mais justo que a Seplag seja o lugar onde as pessoas que têm a capacidade de pensar nessas políticas se reúnam para o avanço do nosso Estado”, afirmou Péricles. INCENTIVO Além de transformar a realidade de diversos alagoanos por meio das ações propostas pelos projetos, os estudos acabam, por tabela, reconfigurando a importância da pesquisa científica e colocando-a em outro patamar no Estado. Para Larissa Pinto, autora do estudo sobre as microempresas e empresas de pequeno porte em Alagoas, o programa tem sido um forte auxiliador no reconhecimento e na valorização dos profissionais do ramo. “Dispomos de um tempo muito curto para desenvolver estudos desse porte, que vão

impactar diretamente na vida dos alagoanos, então o reconhecimento do governo no que diz respeito à pesquisa tem sido muito importante, não só para nós, que já trabalhamos na área, mas também para estabelecer um campo fértil de trabalho para as gerações que estão por vir”, explicou a economista. Segundo o presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa (Fapeal), Fábio Guedes, a Secretaria do Planejamento tem sido um agente fundamental na valorização da pesquisa científica dentro do Estado. “Nós não podemos enfrentar o desafio que é Alagoas sem conhecê-la, não podemos trabalhar no “achismo”. O NEP tem essa função indispensável de produzir conhecimento para auxiliar as políticas públicas e mostrar que temos muita capacidade quando o assunto é pesquisa científica. Alagoas precisa de um órgão que pense o Estado e a Seplag vem transformando, cada vez mais, essa ideia em realidade”, disse Guedes. Para o titular da pasta, Christian Teixeira, os estudos desenvolvidos pelo NEP revelam, acima de tudo, a preocupação do Governo em refletir e investir no futuro de Alagoas, subsidiando ações que demandam baixos recursos, mas que são de extrema relevância para o bom andamento do Estado.

A

pesar de parecer simples, o caminho para uma política pública eficaz e que atenda às reais necessidades de uma população deve ser tratado com responsabilidade e, principalmente, com estudos e pesquisas que forneçam dados reais para sua implementação. Em tempos de contenção de gastos, agir com precisão e criatividade tem sido uma premissa básica do atual Governo, que vem saindo na frente em relação aos demais Estados quando o assunto é gestão pública de qualidade. Na Secretaria de Estado do Planejamento, Gestão e Patrimônio (Seplag), a visão de pensar políticas públicas que estejam em consonância com a realidade dos cofres públicos, e que de fato otimizem a vida dos alagoanos a longo prazo, tem sido uma constante. É justamente para atender a essas demandas que a pasta vem realizando parcerias com o intuito de contribuir para o avanço do Estado como um todo. Um exemplo disso é a aliança firmada com a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Alagoas (Fapeal), que tem rendido bons frutos no que diz respeito à pesquisa científica realizada pela Seplag. Na pasta, o chamado Núcleo de Estudos e Projetos (NEP), que atua por meio de bolsistas do Programa de Apoio à Pesquisa e Desenvolvimento das Políticas Públicas em Áreas Estratégicas do Estado de Alagoas (PDPP), da Fapeal, é o responsável pela produção de estudos setoriais e, consequentemente, de projetos que têm por intuito subsidiar o Governo na otimização não só das áreas sob as quais se debruçam, mas do Estado como um todo. As temáticas, que geralmente fazem parte do âmbito da economia popular, são escolhidas a dedo, com base nas reais dificuldades e deficiências presentes em Alagoas, como por exemplo, a previdência social, as microempresas e empresas de pequeno porte e, ainda, a agricultura familiar no Estado, temas dos novos estudos desenvolvidos pelas economistas, Izabelita Barboza, 28, Larissa Pinto, 28 e Sarah Nascimento, 26. Lançados na última edição do Café com Planejamento, os estudos não só representam diagnósticos encontrados pelas bolsistas da Seplag, mas também propostas reais de melhorias levantadas pelas economistas nas áreas estudadas.

RETOMADA

Ministro anuncia mais investimentos para AL O ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Maurício Quintella, inaugurou as novas pontes de embarque e desembarque de passageiros do Aeroporto Internacional Zumbi dos Palmares, em Maceió, e anunciou investimentos da pasta previstos para o orçamento de 2017 no Estado de Alagoas. A retomada das obras da BR 101, de acordo com o ministro, é uma das prioridades. De acordo com o ministro, para o Porto de Maceió estão previstos R$ 80 milhões.

TATURANA

Julgamento somente no dia 3 de novembro O julgamento da Operação Taturana, que seria retomado na última quintafeira (29), pela 3ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ -AL) foi remarcado para 3 de novembro, depois das eleições municipais. Em despacho, o desembargador Fernando Tourinho, que pediu vistas do processo, informou que não há tempo hábil para analisar o conteúdo da ação, tendo em vista que na próxima semana ele estará em férias. Ficou acordado com os demais integrantes a nova data.


TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - SÁBADO e DOMINGO, 1 e 2 DE OUTUBRO DE 2016 POLÍTICA

5

Rui Palmeira tem ampla vantagem Pesquisa divulgada pelo Ibope mostra que o atual prefeito pode até ser reeleito ainda no primeiro turno em Maceió

60

ARTE/TRIBUNA

IBOPE

50

41% 40

30

23% 20

21%

10

2%

1%

1%

FERNANDO DO VILLAGE

GUSTAVO PESSOA

0 RUI PALMEIRA

CÍCERO ALMEIDA

JHC

PAULÃO

1% PAULO MEMÓRIA

EDITORIA DE POLÍTICA

O

candidato à reeleição para a Prefeitura de Maceió, Rui Palmeira (PSDB) aparece em larga vantagem na pesquisa Ibope divulgada na sexta-feira (30) pela TV Gazeta. O resultado revela um cenário que a eleição na capital pode ser decidida ainda em primeiro turno. De acordo com os dados disponibilizados pelo Ibope, o atual prefeito Rui Palmeira tem 41% das intenções de voto, enquanto que seu adversário Cícero Almeida (PMDB) aparece com 23%. O candidato JHC (PSB), segundo a pesquisa tem 21%, seguido do deputado federal Paulão com apenas 2% da preferência do eleitorado em Maceió. Os postulantes ao cargo de prefeito Gustavo Pessoa (PSOL), Paulo Memória (PTC) e Fernando do Village (PMN) figuram apenas com 1%. Brancos ou nulos, 7%, enquanto que o eleitorado que não sabe ou preferiu por não opinar chega a 3%. A pesquisa encomendada pelas Organizações Arnon de Mello (OAM) ouviu 602 eleitores e está registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) com o número

00492/2016. Sua margem de erro é de 4% para mais ou para menos e seu grau de confiabilidade é de 95%. VOTOS VÁLIDOS O Ibope também divulgou os votos válidos para os candidatos que disputam a prefeitura da capital. Neste cenário, sem os votos brancos e nulos, Rui Palmeira tem 46%; Almeida, 26%; JHC, 23%; e Paulão, 2%. Gustavo Pessoa, Paulo Memória e Fernando do Village, 1%. SEGUNDO TURNO Por fim, a pesquisa divulgada pelo Ibope realizou cenários de segundo turno para a disputa na capital. Segundo os resultados, numa eleição entre Rui Palmeira e Cícero Almeida, o tucano seria reeleito com 51% contra 32% do peemedebista. Se houvesse uma disputa entre Rui com JHC, o candidato do PSDB venceria com 49%, enquanto que o socialista teria 32% dos votos. Numa mostra de segundo turno entre Cícero Almeida e JHC, o postulante do PMDB sairia derrotado, recebendo 33% dos votos. Já o candidato JHC seria eleito e teria 47% da preferência do eleitorado. DIVULGAÇÃO

ALÉM DE CALÚNIA

Silvânio Barbosa é processado por difamação SIDINÉIA TAVARES

Conhecido pela população maceioense como um vereador e candidato que gosta de confusão, principalmente quando se aproxima o período eleitoral, e que arruma inimizade com a maioria dos colegas da Câmara Municipal de Maceió, o vereador Silvânio Barbosa foi mais uma vez protagonista de um ato lamentável de calúnia e difamação. O parlamentar é acusado pelo assessor políti-

co da vereadora Aparecida Augusta, José Avanildo da Silva. Silvânio Barbosa, em uma ação considerada “arbitrária e covarde”, teria em plenário da Câmara, acusado Avanildo de tê-lo ameaçado, inclusive: dizendo que o mesmo estaria armado. Uma afirmação desmentida pelo assessor. De acordo com Avanildo, Silvânio Barbosa foi fazer campanha no Conjunto Habitacional Luiz Pe-

dro I e após sua caminhada na comunidade resolveu debochar dos correligionários de Aparecida Augusta. “No momento, cancelamos uma caminhada de campanha, para dar espaço na comunidade para este senhor, mas ele resolveu fazer chacota conosco. Afirmou que estava em campanha, e tinha direito de entrar e sair de onde quisesse. Não fiz nenhuma ameaça a ele, como o mesmo anda espalhando aos

quatro cantos de Maceió. Na ocasião eu falei: “Silvânio, outra palhaçada sua!’, momento em que o parlamentar chamou cinco rapazes que estavam com ele e ficou gritando que eu o estaria ameaçando. Se ameacei, ele terá que provar, por isso estou processando o vereador por calúnia e difamação”, desabafou o assessor da vereadora ao comentar o fato que o envolve após a situação com Barbosa.

Boletim de ocorrência foi feito contra os atos de Silvânio Barbosa

PERDA DE MANDATO

Vereador pode responder por quebra de decoro Mesmo após o lamentável incidente no Conjunto Habitacional, Avanildo ignorou a situação acreditando que seria apenas desespero político do parlamentar. Mas Silvânio Barbosa fez questão, durante a última sessão da Câmara de Vereadores de Maceió, ir até a porta do carro do assessor político, onde o mesmo estava sentado e chamá-lo para briga, “Ele bateu na porta do meu carro e me mandou descer por três vezes, neste momento realmente perdi a paciência e o chamei de ‘cabra de peia’ e que ele seria cachorro. A situação foi tão de caso pensado que um dos assessores dele gravou apenas o momento em que me exaltei”, afirmou. Antes do ocorrido nas proximidades da Câmara, Silvânio Barbosa teria ido até o plenário da Casa legislativa municipal e acusado Avanildo de ameaça, o que configura calúnia e difamação. Além de ter utilizado também, e erroneamente, o nome de Luiz Pedro e da vereadora Aparecida Augusta. “A confusão armada por Silvânio não tem relação com Luiz Pedro, tampouco com a vereadora Aparecida Augusta. Tem relação comigo, sou eu quem está processando ele. Meu erro foi res-

ponder as provocações desse vereador desesperado”. Uma das testemunhas da confusão é o advogado Adriano Monteiro que também, junto a equipe jurídica, está analisando as imagens da fala de Silvânio Barbosa, na Câmara Municipal, para saber se é cabível processo de quebra de decoro, visto que as palavras proferidas pelo parlamentar atingiram diretamente a vereadora Aparecida Augusta que sequer estava presente para se defender. Após toda ocasião, José Avanildo foi até uma delegacia local e fez um Boletim de Ocorrência (B.O) contra Silvânio Barbosa e está o processando. Avanildo ressalta que este não é o primeiro processo que o parlamentar responde. “Ele costuma agir sempre desta forma, arruma confusão e se elege em cima do nome de outros vereadores e pessoas de bem. Na eleição de 2012 ele se elegeu afirmando que estaria sendo ameaçado por “maloqueiros” do Benedito Bentes”. Para finalizar, José Avanildo lembrou que atua na Câmara de Maceió por muito tempo, desde 1997, época que era assessor do vereador Luiz Pedro. “Tenho amizades com todos lá”.


6

OPINIAO

TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 1 E 2 DE OUTUBRO DE 2016

Opinião

O poder do voto

N

o Brasil, os prefeitos e vereadores são eleitos por meio do voto direto, e fazem parte do poder Executivo e Legislativo, respectivamente. Ambos têm como principal dever, propiciar o bem-estar da sociedade pela qual foram eleitos. Dessa forma, vale a pena refletirmos um pouco sobre as atribuições e funções de cada figura política. O prefeito, sendo o agente político superior dentro de uma cidade, deve agir como comunicador e defensor da cidade perante a Câmara Municipal e outros órgãos do governo, com o intuito de zelar pelos interesses da população. Ele tem o dever de cumprir atribuições previstas na Constituição Federal de 1988, ao definir onde serão aplicados os recursos provenientes de impostos e demais verbas repassadas pelo Estado e pela União. O mandato do prefeito tem duração de quatros anos. A quantidade de membros do cargo de vereador é estabelecida por meio do con-

PE. MANOEL HENRIQUE DE MELO SANTANA Vigário Episcopal de Maceió

tingente populacional de cada município (quanto mais habitantes, maior será o número de vereadores de uma cidade). Contudo, foi estabelecido um número mínimo de 9 e um máximo de 55 vereadores por município. Para se candidatar é necessário atender aos seguintes requisitos: Os 5.563 municípios brasileiros elegeram 56.810 mil vereadores nas eleições de 2012. Segundo estudo da Confederação Nacional de Municípios (CNM) são 5.062 novos vereadores em relação à disputa de 2008, quando foram eleitos 51.748 vereadores em todo o País. Neste ano irão acontecer as eleições municipais, na qual serão eleitos prefeitos, vice-prefeitos e vereadores em todo o Brasil. Dessa forma, dada a importância dessas figuras políticas, o voto consciente, enquanto fruto direto da avaliação dos candidatos e coligações, é uma arma importantíssima no enfretamento à corrupção e à falta de capacidade administrativa, tão maléficos ao bem da coletividade.

O Velho Chico Estamos assistindo aos últimos capítulos de “O Velho Chico”, obra de Benedito Ruy Barbosa, que de forma inteligente sabe enriquecer os seus temas com as várias dimensões da realidade. Vários elementos nos chamaram a atenção, abordando questões de cultura em torno das povoações ribeirinhas, as histórias de suas famílias, trazendo à tona os velhos coronéis, ainda presentes sem substitutos autênticos, sendo macaqueados por alguns pelancos de políticos. A trama envolve a economia da época, e processo de mudanças na região. O “Velho Chico” relembra a todos nós sua importância, antes que se veja a tristeza de sua morte já anunciada em vários momentos. A religião é a católica, em sua versão de catolicismo popular rural. O padre que o representa exerce com muita dignidade seu ministério, sem submissão, com liberdade explícita, independente. O oratório doméstico revela um cristianismo antigo, tradicional, de domínio familiar, com suas orações, novenas e festas. Trata-se de uma religião do povo, sem padre, sem sacramentos. É o lugar da oração,

dos encontros com Deus. Não se discute a questão da fé, que tem a marca da sinceridade e da confiança. A figura do padre aparece em destacadas situações, religiosas ou familiares. Circulando com autoridade, o padre ousa interferir na disputa política, oferecendo espaço para o debate político e, em seguida, em meio ao povo, ele se encontra comemorando a vitória da candidata. Apesar de o catolicismo dominar, sua presença não é dominadora, pois permite a existência de manifestações religiosas populares, com seus rituais próprios, acompanhados de benditos, com seus instrumentos musicais. Aqui não aparece a atuação do padre, uma vez que este cristianismo é feito muitas vezes pelo beato, figura carismática do interior. A presença dos evangélicos é desconhecida, não se sabendo bem porque motivos, certamente teria complicado seu enredo. A família tem um formato especial, sendo grande, com afetos que se escondem pelo domínio do coronel, para quem não existe afeição, mas apenas o medo. Embora, a família seja dominada pela figura masculina,

algumas mulheres surgem com moral suficiente de intervir e advertir inclusive o todo poderoso coronel. O enredo soube encontrar a cultura indígena das tribos ribeirinhas, que se apresentam com suas danças e rituais religiosos, sem imitações fingidas. A figura dos “encantados” se destaca e ganha notoriedade quando do desaparecimento de um dos personagens. Finalmente, este se tornará um encantado real do Rio São Francisco, quando desaparece morrendo entre as pedras e redemoinhos. A trama da história de “O Velho Chico” não desconsiderou os aspectos econômicos, com todas as discussões que acompanharam a evolução do campo. A experiência da cooperativa é conflitiva, sempre com riscos de divisão da família, mas acompanha a história da região em suas várias etapas. Em todo momento se ressalta os amores pelo Rio São Francisco, sem desconhecer sua morte já anunciada. Para todos nós restarão as lembranças de suas belas imagens e o compromisso de cuidar do velho guerreiro, Rio da Unidade Nacional, alvo das especulações do grande capital.

INOCÊNCIO NÓBREGA Jornalista. inocnf@gmail.com

Réus da pátria RENAN CALHEIROS Presidente do Congresso Nacional

Os próximos passos Nas próximas semanas, ainda com eleições em segundo turno, o Congresso irá retomar a rotina de votações. O esforço concentrado foi atípico porque deliberou sobre várias matérias. Votamos medidas provisórias que ajudarão muito o Brasil nessa retomada de confiança dos agentes econômicos e também de outros setores da sociedade. O Brasil acompanhou os trabalhos do Senado em meio ao processo de impeachment e sabe que não foi fácil a condução em meio à crise econômica e política. Naquele período, o Senado deu uma sobeja demonstração de maturidade e responsabilidade com o País. Tivemos momentos de exacerbação, mas isso é do Parlamento. Discutimos ideias e nem sempre convergimos. É natural que haja um ou outro desentendimento, mas o funda-

mental é que o Senado, apesar de tudo, está pacificado. Em razão da carência de número de deputados, não conseguimos avançar em alguns itens da pauta do Congresso Nacional, que serão retomados nos próximos dias. Para acabar com a recorrente crise política, é imperioso promovermos uma reforma digna deste nome, que dê estabilidade e permita retomarmos o crescimento. Durante mais de 50 anos nossa economia foi uma das que mais cresceram no mundo. A vocação do Brasil é o crescimento econômico. Precisamos desamarrar os pés da economia para deixá-la caminhar. A reforma política será a primeira grande resposta que vamos dar, depois do primeiro turno da eleição. A sociedade cobra a diminuição da quantidade de partidos políticos que dificultam o quadro polí-

INDEPENDENTE Rua da Praia, 134 - sala 303 - centro - Maceió Alagoas Endereço Comercial: Av. Menino Marcelo - 10.440 - Serraria Maceió - Alagoas - CEP: 57.083.410 CNPJ: 08.951.056/0001 - 33

tico-partidário como um todo. É sempre oportuno relembrar que o Senado fez uma reforma orgânica que, infelizmente, ficou paralisada na Câmara. Agora há um quadro diferente, um convencimento quase unânime de que a reforma é inadiável. Precisamos avançar e votar o fim da coligação na eleição proporcional, a fidelidade partidária, as modalidades de financiamento da eleição e as cláusulas de barreira. Sem aprimoramentos políticos, não conquistaremos a estabilidade almejada. Temos um amontoado de legendas no Congresso Nacional que dificulta a construção de uma maioria parlamentar. E sem maioria parlamentar, vamos ter mais dificuldades na estabilização política. Sinto que hoje há uma convergência entre a sociedade e o Parlamento e que esta mudança não pode esperar mais.

Jorgraf UM PRODUTO:

Cooperativa de Produção e Trabalho dos jornalistas e gráficos do Estado de Alagoas

Ampliação ao tema de meu artigo, “Brasil Dividido”. Algumas correntes da população sulina não desistem do projeto emancipatório em relação ao Brasil. Foi esse o projeto da Revolução Farroupilha, que chegou a proclamar a República Rio-Grandense. Vem sendo assim, mais recentemente, desde 1992, quando foi criado um grupo de pessoas, sob a bandeira “O Sul é Meu País”. Carlos Deucher se diz seu representante, no comando de 35 mil militantes, espalhados por diversos municípios dos estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Rejeitam o rótulo de direita-esquerda, acreditando com isso possa mudar as diferenças culturais e extirpar a corrução. São Paulo, por sua vez, se molda na imagem do opulento Amador Bueno da Ribeira, aclamado rei pelos paulistas e castelhanos, de uma suposta Província de S. Paulo, temerosos de vassalagem imposta por D. João IV de Bragança, que assumiu o trono português no ano anterior, 1640. Fomentaram, também, a separação da Colônia, só não acontecendo porque Amador Bueno optou por fidelidade à Coroa, pondo por terra as pre-

Diretor administrativo-financeiro José Paulo Gabriel dos Santos Editor geral Ricardo Castro ricardojcastro@yahoo.com

Diretora comercial Marilene Canuto

tensões seccionistas, as quais agora renascem sob o batismo de “Movimento S. Paulo Livre”. Ambas as campanhas prometem realizar para 2 de outubro, paralela à votação do pleito municipal, uma consulta entre seu povo, eleitoralmente ativo, desse modo auferindo os propósitos do ideário. Não terão êxito, porquanto os gaúchos, pelo menos, carregam nas suas veias largo senso de brasilidade. Também é verdade que não terão efeito legal, contudo não deixa de ser uma afronta ao texto constitucional, de cara o Art. 1º, o qual preceitua, no seu caput, a indissolubilidade dos estados, municípios e Distrito Federal, isto é, a integridade do território nacional. Nesse aspecto, há comentários segundo os quais é inconstitucional qualquer mobilização, de uma forma direta ou indireta, que pregue a dissolução do Estado brasileiro. Ressalva, porém, que nossa legislação garante a liberdade de pensamento, desde que exercitado pacificamente e sem armas. Essa, a meu ver, é uma situação que não deveria ser tolerada, sob qualquer hipótese. A insinuação de executar uma mobilização com esse propósito já bastaria para ser interrom-

LOCALIDADE ALAGOAS

VENDA AVULSA DIAS ÚTES R$ 2,00

OUTROS ESTADOS R$ 3,00

LOCALIDADE ALAGOAS

ASSINATURAS SEMESTRAL R$ 300,00

OUTROS ESTADOS R$ 500,00

DOMINGO R$ 4,00 R$ 5,00

pida. A leniência das autoridades desencoraja todo patriotismo subsistente, por parte do cidadão comum, além de comprometer a própria unidade da Federação em todos os sentidos. Apesar de se confessarem brasileiros, apenas pelo registro de nascimento, tornam-se cúmplices do crime, pelo menos perante a história e a Constituição por não coibir no nascedouro ou nas diversas etapas iniciativas segregacionistas como estas. Usam extraordinário poder de força, posto a público com recalques exibicionistas e partidarizadas, mas se omitem nos casos em que a Nação está a sofrer prováveis rupturas no seu corpo territorial. É um momento em que as operações da Lava-Jato poderiam ser momentaneamente suspensas, para em sintonia com a Suprema Justiça socorrer o País, o qual corre o risco de desintegração, por obra e graça de seus filhos e preterição de seus gestores. Transformam-se em verdadeiros réus da Pátria. Medidas profiláticas não devem ser afastadas, necessário se fazendo encarar os patrocinadores com rigor da lei e alguma dose de brasilidade.

PABX: 82.3311.1338 COMERCIAL: 82.3311.1330 - 3311. 1331 REDAÇÃO: 82.3311.1328 - 3311.1329 CENTRAL DE ASSINANTE: 82.3311.1308

ANUAL R$ 600,00

comercial.tribunaindependente@gmail.com redação.tribunaindependente@gmail.com

R$ 1.000,00

OS ARTIGOS ASSINADOS SÃO DE RESPONSABILIDADE DOS SEUS AUTORES, NÃO REPRESENTANDO, NECESSARIAMENTE, A OPINIÃO DESTE JORNAL.


TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO,1 E 2 DE OUTUBRO DE 2016 POLÍTICA 7

Deputados acusados de crimes disputam eleição Dos 81 que tentam mandato de prefeito, 19 respondem a inquéritos

C

rimes contra a administração pública, lavagem de dinheiro, corrupção, falsidade ideológica, estelionato, delitos eleitorais e até tortura. Estas são apenas algumas das acusações criminais a que responde, no Supremo Tribunal Federal (STF), um em cada quatro deputados que disputam as eleições deste domingo. Dos 81 que tentam trocar a Câmara por um mandato de prefeito ou vice este ano, ao menos 19 são alvos de inquéritos (investigações preliminares) ou ações penais (processos que podem resultar em condenação). Oito deles já tiveram denúncia aceita pelo Supremo e figuram na condição de réus. As principais investigações se debruçam sobre ilegalidades eleitorais, crimes de responsabilidade e contra a Lei de Licitações. Vários casos são referentes às gestões anteriores dos deputados, quando estavam à frente de prefeituras – as mesmas que ambicionam retomar este ano. Este é o caso, por exemplo, do deputado licenciado Veneziano Vital do Rego

RESPOSTAS

Acusados fazem suas alegações Confira abaixo as acusações e as respostas daqueles que retornaram o contato. Lista de parlamentares candidatos sob investigação no STF: Adalberto Cavalcanti (PTB-PE)- candidato à prefeitura de Petrolina, é réu na ação penal 976 por emprego irregular de verbas ou rendas públicas. Alex Manente (PPS-SP) - candidato à prefeitura de São Bernardo do Campo, o deputado é investigado no inquérito 4007 por crimes eleitorais. Betinho Gomes (PSDB-PE) -candidato à prefeitura de Cabo de Santo Agostinho, é investigado no inquérito 4125 por crimes eleitorais. Caetano (PT-BA)-candidato à prefeitura de Camaçari, o deputado é investigado nos inquéritos 3956, 4143 e 4142 por crimes de responsabilidade. • Delegado Éder Mauro (PSD-PA)- candidato à prefeitura de Belém, o deputado é investigado no inquérito 4191 por crimes de tortura e é réu nas ações penais 989 e 967 por falsidade ideológica, crimes de tortura e ameaça.

AGÊNCIA CÂMARA

Veneziano Vital do Rego (PMDB) é campeão de inquéritos no STF e tenta ser prefeito de Campina Grande-PB

(PMDB-PB), que tenta voltar ao comando do município de Campina Grande (PB). Veneziano se licenciou em agosto do mandato no Congresso para tratar de interesses particulares e se dedicar à campanha eleitoral. Prefeito por dois mandatos, entre 2005 e 2012, o peemedebista corre atrás de votos carregado por

uma sombra de suspeitas de suas gestões anteriores. O paraibano, de 46 anos, é o parlamentar candidato com mais pendências criminais no Supremo: são nove inquéritos (um deles suspenso) e uma ação penal. Veneziano é investigado por crimes de responsabilidade, lavagem de dinheiro e crimes da Lei de

Licitações. Esta última denúncia fundamenta a Ação Penal 912, da qual é réu no Supremo. Procurada, a assessoria do deputado informou que as investigações em curso “são representações que, como as demais, serão efetivamente arquivadas em função da ausência de quaisquer fundamentos”.

SÃO PAULO

STF absolveu Russomano Por pouco o deputado Celso Russomanno (PRB), que até pouco tempo atrás na liderança da corrida pela prefeitura de São Paulo, não teve sua candidatura barrada com base na Lei da Ficha Limpa. Em agosto, o parlamentar, que já era réu, foi absolvido pela Segunda Turma do Supremo da denúncia de crime contra a administração pública. O caso foi arquivado. Candidato à prefeitura de Maceió, Cícero Almeida responde ao inquérito 3959 e é réu na ação penal 956 por

crimes da Lei de Licitações e crimes de responsabilidade. Procurado, o deputado disse que as ações são referentes à sua gestão frente à prefeitura da capital alagoana, entre 2004 e 2012. “Agi com rapidez e coragem pública para emergencialmente contratar as empresas que até hoje fazem a limpeza pública em nossa cidade. Certamente feri interesses e, por isso, existem as demandas jurídicas atuais”, afirmou o deputado licenciado. Ele também alega que já foi inocentado da acusação

que fundamenta o inquérito 3959. “O Ministério Público Federal discutiu, em uma Ação Civil Pública por Atos de Improbidade Administrativa, as formalidades da contratação, tendo a minha pessoa sido absolvida pelo Juiz da 13ª Vara Federal de Alagoas, cuja sentença foi confirmada, por unanimidade, pelo eg. TRF da 5ª Região.” PAULÃO (PT-AL) Candidato à prefeitura de Maceió, o deputado é investigado no inquérito 4195 por estelionato.

DEPUTADO-DELEGADO

Candidato em Belém é visto como “matador de pobre” Depois de Veneziano, o deputado candidato com mais problemas criminais no STF é Washington Reis (PMDB-RJ), que disputa a prefeitura de Duque de Caxias (RJ). Ele já ocupou o cargo entre 2005 e 2009 e é alvo de investigações em quatro inquéritos por crimes de responsabilidade, eleitorais, contra a Lei de Licitações e o meio ambiente. Washington também é réu na Ação Penal 618 por formação de quadrilha e crimes ambientais. TORTURA E AMEAÇA Mas nem só de crimes contra a administração pública são feitas as acusações contra os parlamentares candidatos. Ameaça, falsidade ideológica, estelionato e até crime de tortura, por exemplo, constam das suspeitas que recaem sobre o deputado Delegado Éder Mauro (PSD-PA), que disputa a prefeitura de Belém. Ele réu em duas ações penais (989 e 967) e investigado em um inquérito (4191).

Réu no STF pelo crime de tortura, o deputado paraense integrante da chamada “bancada da bala”, chama a atenção do Brasil pela forma agressiva com que age no Congresso Nacional. No Estado do Pará, onde foi eleito com cerca de 250 mil votos, o parlamentar é conhecido como “matador de pobre” e teria se candidatado para obter foro privilegiado em seu processo criminal. O caso trata de um crime que, segundo a acusação, ocorreu em 2008, envolvendo um traficante e sua filha, uma criança, à época de dez anos de idade. Quando o inquérito foi instaurado e ganhou o noticiário, o delegado divulgou um vídeo em sua página no Facebook, em que classificou a repercussão como “perseguições”, decorrentes do “desespero de adversários”. Éder Mauro disse que se orgulhava de não responder a qualquer processo por corrupção.

TORTURA

Agentes ligados ao deputado espancaram uma mulher O crime de tortura também consta como acusação na ação penal 989, que envolve outros cinco policiais então subordinados ao parlamentar-delegado. De acordo com o Estadão, o grupo foi denunciado por tortura e por forjar um flagrante de extorsão contra uma mulher. A pessoa que se apresenta como vítima contou que foi atraída ao escritório do prefeito de um município da região metropolitana de Belém. A mulher disse que pensava que receberia o pagamento de um empréstimo contraído por um juiz da cidade e que foi surpreendida pelos agentes policiais, que a agrediram. A vítima estava com dois filhos, que sob a mira de ar-

OUTROS DOIS

Luciana Santos, do PC do B, na lista Outros dois candidatos acusados de crimes eleitorais e irregularidades administrativas são: Luciana Santos (PCdoB-PE) candidata à prefeitura de Olinda, a deputada é investigada no inquérito 3613 por crimes da Lei de Licitações e improbidade administrativa. Luis Tibé (PTdoB-MG) - candidato à prefeitura de Belo Horizonte, o deputado é alvo de quatro inquéritos no STF: 3500, 3744 e 4153 por crimes eleitorais, concussão e peculato. “Existem no STF quatro inquéritos em seu nome. O único inquérito que chegou ao fim concluiu pela inexistência de crime por parte do Deputado (Inq 3319).

mas de fogo, foram ameaçados de execução. Em 2013 o caso foi arquivado por falta de provas e os envolvidos foram absolvidos. Porém, o Ministério Público recorreu da decisão por considerar inaptas as testemunhas que depuseram a favor do delegado. Segundo a acusação, todas possuíam vínculos de amizade ou empregatício com o deputado. Além do Delegado Éder, de Veneziano e Washington Reis, também concorrem a prefeito este ano na condição de réus no Supremo os deputados Silas Câmara (PRB-AM), Fernando Jordão (PMDB-RJ), Marquinhos Mendes (PMDB-RJ), Adalberto Cavalcanti (PTB-PE) e Cícero Almeida (PMDB-AL).


8 PUBLICIDADE MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO,1 E 2 DE OUTUBRO DE 2016

TRIBUNAINDEPENDENTE


MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 1 E 2 DE OUTUBRO DE 2016

TRIBUNAINDEPENDENTE

Cidades

CIDADES

9

Detran/AL e Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos unem forças para ampliar fiscalizações Com o intuito de ajudar no combate aos crimes de roubo e furto de veículos no Estado e definir ações necessárias para a prevenção das irregularidades, o Departamento Estadual de Trânsito de Alagoas (Detran/AL) firmou uma parceria com a Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos no dia 29 de agosto. Em reunião com a delegada de Roubos e Furtos de Veículos do Estado de Alagoas, Maria Angelita, o diretor-presidente do Detran, Antônio Carlos Gouveia, ressaltou a importância da integração entre os órgãos para intensificar e aprimorar ainda mais ações de combate às ilegalidades, a exemplo do desmanche não autorizado de carros e motos. “A Lei do Desmanche passará a ser seguida com mais intensidade com a fiscalização da Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos”, pontou o Antônio Gouveia.

Assalto a veículos faz valor de seguro aumentar

Segundo o Sincor, custo subiu 20% no primeiro semestre; SSP diz que mais de 250 carros são roubados por mês em Alagoas ANA PAULA OMENA REPÓRTER

N

inguém está livre da violência que assombra o Brasil, e Alagoas não é diferente do restante do país. O aumento de roubos e furtos de veículos no Estado forçou as companhias de seguros refazerem os cálculos obrigando o consumidor a desembolsar mais dinheiro se quiser ficar coberto em caso de sinistro veicular. O Sindicato dos Corretores de Seguros de Alagoas (Sincor/AL) contabilizou um acréscimo de 20% no valor do seguro de veículos no primeiro semestre deste ano, quando comparado com o mesmo período do ano anterior. Segundo a Secretaria de Segurança Pública de Alagoas (SSP/AL), mais de 250 carros são roubados por mês no Estado, uma média de oito veículos por dia, em sua maioria na capital alagoana, seguida de Arapiraca. Edmilson Ribeiro, pre-

sidente do Sincor, explicou que Alagoas tem um dos seguros mais caros do Nordeste ficando acima de estados maiores como Pernambuco, por exemplo. Ele afirma que o radar dos criminosos permanece na direção das picapes e carros populares como HB20, Uno e Gol. Para estes, segundo o sindicalista, a cifra do seguro cresceu ainda mais que 20%. “As caminhonetes têm valores elevadíssimos e com isso o custo do seguro também acompanha. Um seguro para picape fica em torno de R$ 7 mil, a depender do perfil do condutor, que geralmente não faz a cobertura do veículo, e quando acontece o sinistro ou alguma colisão, recorrem aos desmanches. Isso se conseguir recuperar”, revelou. Edmilson Ribeiro faz uma análise macro do custo e diz que o valor do seguro para um carro popular aumentou cerca de R$ 200, podendo variar de acordo com a companhia de seguro. Moto, segundo ele, em-

bora esteja mais exposta, até agora, mantém o valor do seguro equilibrado. O índice de roubos e furtos de moto é pequeno em Maceió, diferente do interior onde a motocicleta é o principal veículo de locomoção. O representante dos corretores de seguros enfatizou também que o valor do seguro veicular em Alagoas varia de acordo com o bairro que a pessoa reside. “O percentual que varia de 4% a 8% é determinado conforme o bairro que a pessoa garantida pela cobertura do seguro habita. Tabuleiro do Martins e aqueles da área nobre acresce o custo porque estão localizados na zona de perigo, onde mais acontecem os roubos em Maceió”, destacou. E acrescentou: “A maioria dos prédios nos bairros da área nobre da capital possuem apenas uma vaga de garagem, isso significa que se o condômino tiver mais de um veículo, o outro vai pernoitar na rua, tornando-se alvo vulnerável para cometimento dos delitos”.

SANDRO LIMA

Cerca de oito veículos são roubados por dia em Alagoas, que, segundo o Sincor, tem um dos seguros mais caros do NE

TEMOR DAS AÇÕES

Condutores contam experiências vividas e de amigos SANDRO LIMA

Mototaxista José Ataíde foi assaltado três vezes: “Agora só vou comprar uma moto nova quando puder pagar o seguro”

O mototaxista João Ataíde sabe bem o que é está sob a mira de um revólver e contou para a reportagem que foi alvo de bandidos três vezes somente este ano. Nos últimos dois casos ele estava no Benedito Bentes quando ao levar um passageiro teve sua moto tomada de assalto. “A sensação de impotência é terrível, a gente trabalha honestamente com tanto sacrifício para conseguir o pão de cada dia e estes bandidos inclusive menores vêm e roubam o pouco que nós temos”, frisou. A vítima sofreu o primeiro furto em novembro do ano passado na Praça dos Palmares, no Centro de Maceió. Sem seguro, ele recorreu à polícia e conseguiu recuperar apenas parte de sua moto. “Vendi a preço de banana como diz a história”, disse. Em janeiro deste ano comprou uma moto seminova de um primo e destacou que terminou de pagar recentemente. Ele também não teve sorte e com quatro dias de comprada, sua moto também foi roubada por ladrões que já

o aguardavam num bar. “Eu estava com uma passageira que me pediu para que a levasse até este bar, chegando lá me abordaram e anunciaram um assalto”, relatou. Mesmo intimidado com a onda de violência, João Ataíde ergueu a cabeça e sem ter dinheiro para comprar outra moto resolveu pedir emprestado a de um amigo. Porém para o seu desespero, ela também foi tomada em assalto. “Conversei com o amigo e soubemos que a moto estava empenhada na Grota do Cigano por dívidas com drogas, acionamos a polícia e conseguimos recuperar”, lembrou. “Agora só vou comprar uma nova moto quando tiver condições de fazer um seguro”, completou. O comerciante José Barros Brito tem carro há dez anos e renova o seguro automotivo todos os anos. “Tenho um veículo de R$ 70 mil se for roubado fica mais difícil de recuperar se não for segurado. Recomendo fazer, mas não com essas associações que oferecem o seguro bem mais barato, só com o corretor ou

direto com a seguradora”, frisou. Ele citou que muitos amigos já foram vítimas de roubo e furto, um deles ocorrido há cerca de 90 dias. O comerciante contou que o amigo abasteceu o carro e logo em seguida ao deixar o posto de combustíveis foi abordado. “Fizeram ele de refém e o deixaram num canavial. O carro não foi recuperado, mas estava coberto pelo seguro”, disse. “Graças a Deus nunca aconteceu comigo, porém tenho muito medo por conta da violência do Estado”, mencionou seu José Brito. Outro comerciante José Teixeira de Lima foi mais uma das vítimas dos assaltantes. Segundo ele, homens armados invadiram seu estabelecimento e, além de produtos e dinheiro, também levaram seu carro. “Os bandidos procuram facilidade, qualquer vacilo da vítima e eles estão lá para dar o bote. Demorei a fazer seguro, mas a realidade é que com a onda de violência é impossível não ter o beneficio como investimento”, analisou. (A.P.O.) SANDRO LIMA

DRFVC

55% dos veículos roubados são recuperados, diz delegado Para o delegado Rodrigo Colombelli, responsável pela Delegacia de Roubo de Furtos de Veículos e Cargas (DRFVC), a facilidade da rota de fuga dos criminosos através da Via Expressa, Satuba, Avenidas Durval de Góes Monteiro e Fernandes Lima favorece a ação dos bandidos na capital e região metropolitana. Ele lembrou que, a proximidade dos canaviais também é ‘estudada’ por criminosos para executar este tipo de crime. “Os ban-

didos usam os veículos para cometer delitos e depois abandoná-los na plantação de cana-de-açúcar ou para desmanche, também dentro dos canaviais, sobretudo caminhonetes que são comumente encomendadas para desmonte”, frisou. A autoridade policial observou que 55% dos veículos roubados ou furtados em Alagoas são recuperados, principalmente o automotivo, porém considerou que o índice para moto ainda é baixo, pela facilidade de

fuga e ausência de obstáculos, isto é, que pode ser escondida em qualquer lugar. Na Delegacia de Roubos de Veículos estão apenas os mais recentes encontrados pela polícia. São tantos que a maioria vai para galpões. O delegado lembrou ainda que uma quantidade grande de inquéritos está em andamento, todos relacionados a roubo de veículos. Colombelli esclarece que do início do ano até agora, mais de 150 pessoas foram presas e indiciadas pelo crime. (A.P.O.)

Bandidos utilizam veículo para cometer delitos e depois os abandonam em canaviais ou para desmanche, diz delegado


10

CIDADES

TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 1 E 2 DE OUTUBRO DE 2016

Greve impede entrega de residencial Com a paralisação dos bancários, Banco do Brasil não conseguiu fazer a vistoria obrigatória no Parque dos Caetés

A

greve dos bancários prejudicou a entrega de um residencial na sexta-feira (30) em Maceió, causando uma confusão. A superintendência do Banco do Brasil (BB) em Alagoas informou à reportagem do Tribuna Independente que a entrega do Residencial Parque dos Caetés, no Benedito Bentes, que estava prevista para a sexta, não ocorreu em virtude de questões técnicas que estão em fase de validação e pela necessidade de se vistoriar o empreendimento. Um tumulto aconteceu durante a manhã porque populares queriam ocupar o residencial e a Polícia Militar (PM) foi acionada. Segundo a superintendência, os procedimentos serão retomados após o encerramento da greve em que também se encontra o Banco do Brasil. “O Banco ressalta que uma nova data de entrega será anunciada e que as unidades habitacionais estão garantidas aos beneficiários que assinaram os contratos”, afirmou Ronaldo Paranhos, gerente de administração do BB. A Secretaria Municipal de Habitação, em nota, reforçou o posicionamento do BB, afirmando que os procedimentos necessários serão retomados após a greve dos bancários. CONFUSÃO A Polícia Militar (PM) foi acionada, no início da manhã, após o início de um tumulto no Parque dos Caetés. Os beneficiá-

TV PAJUÇARA

Greve dos bancários prejudica a entrega de moradias e populares invadem o residencial, localizado no bairro do Benedito Bentes

rios estariam invadindo as residências e mais de 10 viaturas da PM foram deslocadas até o residencial, inclusive militares do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope). O clima chegou a ficar tenso, tendo em vista que muitos dos “invasores” estariam danificando as estruturas dos imóveis. Alguns populares informaram que a invasão ocorreu porque a Prefeitura de Maceió teria prometido entregar as casas nesta sex-

ta, através da Secretaria Municipal de Habitação Popular e Saneamento, o que não foi cumprido. A Prefeitura, por sua vez, informou que os imóveis não seriam entregues aos beneficiários porque ainda não passaram pela inspeção do Banco do Brasil (BB), que é o financiador do conjunto habitacional. A inspeção – que não teria sido realizada por conta da greve dos bancários - tem como finalidade a verificação das condições

estruturais dos imóveis para a confirmação de que estariam prontas para serem habitadas. Mais de 10 mil pessoas devem ser beneficiadas com as cerca de 3 mil casas do Parque dos Caetés. A greve dos bancários completa 27 dias neste domingo com 13,3 mil agências fechadas em todo o País. É a paralisação mais longa já realizada pela categoria desde 2004. PARQUE DOS CAETÉS O residencial Parque

dos Caetés possui 2.976 unidades habitacionais, divididas em 744 blocos e 12 quadras. A obra foi orçada em R$ 180 milhões, com recursos do programa Minha Casa Minha Vida, do Governo Federal. O empreendimento está sendo financiado para os proprietários através do Banco do Brasil. As prestações mensais são módicas e vão variar de R$ 25 a R$ 130, a depender da renda de cada beneficiário. Cada apartamento tem 42m² com dois quartos, co-

zinha, sala, área de serviço, banheiro com acessibilidade para cadeirantes e todo revestido em piso cerâmico. A estrutura completa recebeu pintura, louças sanitárias, balcão e ferragens. 900 ENTREGUES Novecentas casas dos conjuntos Vale do Tocantins, Vale do Amazonas e Vale do São Francisco, em Rio Novo, em Maceió foram entrgues na sexta-feira (30). “O ministro Bruno Araújo (Cidades) lançou a faixa 1,5 do programa Minha Casa, Minha Vida e Alagoas vai se candidatar a concorrer parte das 40 mil novas casas da nova faixa. Este programa é fundamental para o desenvolvimento do Estado”, completou o governador Renan Filho, durante a solenidade. Segundo ele, o programa habitacional gera emprego, movimenta a economia local e realiza o sonho da casa própria. “Todo estes fatores reunidos é foco do Governo do Estado e estou muito feliz por isso”, destacou Renan Filho, traduzindo a satisfação de quem sai do aluguel. “Ter a tranquilidade de poder pensar novos sonhos. Isto é qualidade de vida. Mudança de vida, promovendo a unidade familiar”, completou o chefe do Executivo alagoano. O complexo habitacional dispõe ainda de escola, creche e Centro de Referência em Assistência Social (Cras).


TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 1 E 2 DE OUTUBRO DE 2016

CIDADES

11

Instalada ciclovia simbólica na Fernandes Lima Ação do Ciclomobilidade foi promovida para chamar a atenção dos candidatos e faz parte da campanha nacional Bicicleta nas Eleições

Q

uem passou pela Avenida Fernandes Lima na manhã da sexta-feira (30) notou algo diferente: havia uma ciclovia no canteiro central, próximo ao elevado do Cepa. A ciclovia, pintada em 16 metros de tecido, foi instalada no canteiro central da avenida pela Associação dos Ciclistas Urbanos de Maceió (Ciclomobilidade), como parte da campanha nacional Bicicleta nas Eleições. A ação da Cicloomobilidade busca chamar a atenção de candidatos a prefeito e a vereador da cidade para a importância de incluir em suas pautas políticas a mobilidade por bicicleta. A antiga demanda dos ciclistas urbanos da capital foi atendida pelo menos de forma simbólica e marca os últimos dias de ações da campanha Bicicleta nas Eleições em Maceió, que incluem também intervenções em importantes vias da cidade. A campanha Bicicleta nas Eleições, organizada pela União de Ciclistas do Brasil

(UCB), está sendo realizada em mais de 50 cidades do Brasil. FERNANDES LIMA Em fevereiro deste ano, uma contagem feita pela Ciclomobilidade mostrou que mais de 1.100 ciclistas transitam pela avenida todos os dias, dividindo a faixa azul com carros, ônibus e caminhões. Em busca de segurança, muitos deles utilizam o canteiro central, que ainda não oferece infraestrutura cicloviária adequada. O ciclista Marcos Cesar Luz espera que a ação ajude a dar mais visibilidade à bicicleta na cidade. “Espero que as pessoas que utilizam a bicicleta como modal ocupem cada vez mais as vias, de forma consciente, para que sejam vistas e para que o uso da bicicleta seja visto como uma coisa natural. Isso é importante para que os motoristas entendam que existem outros modais no trânsito que também precisam ser respeitados. As vias precisam ser compartilhadas com respeito”, diz Marcos Cesar Luz.

DIVULGAÇÃO/CICLOMOBILIDADE

Quem circulou pela Avenida Fernandes Lima na manhã de sexta-feira pode notar a cilovia simbólica instalada pelos ciclistas próximo ao Cepa

DIVULGADA

Lista de candidatos compromissados com a mobilidade por bicicleta Ainda na sexta-feira, no final da tarde, a Ciclomobilidade divulgou a lista final de candidatos e a vereador que assinaram a carta de compromissos com a mobilidade por bicicleta em Maceió. Até o fechamento

desta edição a relação dos prefeitos ainda não havia sido divulgada. Na página do Ciclomobilidade na internet, havia a informação de que a relação de prefeitos compromissados com a mobilidade por

bicicleta seria divulgada em breve. Os candidatos a vereador que subscreveram o documento até a tarde de sexta são André Bier (PTN), Charlles Omena (PRTB), Dr Cléber Costa

(PP), Geraldo Motta (Solidariedade), Gustavo Affonso (PDT), Leonardo Dias (PSC), Lua Beserra (Rede), Olívia Tenório (PDT), Sargento Ramalho (PCdoB), Tereza Nelma (PSDB), Tia Elielza (PEN) e Welton Ro-

berto (PT). A lista pode ser acessada pelo site ciclomobilidade.org. PASSEIO CICLÍSTICO À noite, estava previsto um passeio ciclístico promovido pela Ciclomobilidade em parceria com a

Associação Alagoana de Ciclismo (AAC), cujo percurso incluía avenida Menino Marcelo e também a Fernandes Lima. A saída estava prevista para as 19h30 na Praça Vera Arruda, na Jatiúca.


12

CIDADES

MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 1 E 2 DE OUTUBRO DE 2016

TRIBUNAINDEPENDENTE

Linhas de ônibus serão reforçadas nas eleições Com a medida, SMTT visa garantir que eleitores consigam se deslocar de forma eficiente para exercer cidadania

D

AÍLTON VILLANOVA ailton.villanova@gmail.com (COM DIEGO VILLANOVA)

evido à realização das eleições municipais neste domingo (2), a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito de Maceió (SMTT) reforçou a programação das linhas de ônibus urbanos. O objetivo da medida é garantir que os eleitores que votam em seções eleitorais distantes de onde moram consigam se deslocar de forma eficiente para exercer seu direito enquanto cidadãos. A programação das linhas do Sistema Integrado de Mobilidade de Maceió (SIMM) seguirá o previsto para os domingos até às 7h, quando as linhas passarão a operar com a programação de sábado. O

reforço será flexibilizado das 11h às 14h para que os rodoviários também possam votar. A partir das 14h o reforço será retomado até as 17h. “Nossos estudos levaram em conta as demandas da população nas eleições de 2012 e 2014 para melhor atender o usuário este ano”, destaca o assessor técnico da SMTT, Silvio Sarmento. Além do incremento de mais de 35% na frota e de 26% no número de viagens, a SMTT também determinou que as linhas que não operam aos sábados e domingos circulem pela cidade dentro do intervalo de 7h e 17h do domingo.

CidadesemFoco ROBERTO BAIA robertobaiabarros@hotmail.com SIDINÉIA TAVARES_ INTERINA

SECOM MACEIÓ

Todo mundo na contra-mão!

N

o dia em que saiu a sentença do seu divórcio, Orsini Guimarães resolveu comemorar com muita comida e muita bebida e convidou uma monte de amigos, entre esses o Eliúde Lindoso, também conhecido como Boca de Ponche. A festança começou num sábado de tarde e terminou no domingo de madrugada. O ágape – se é que podemos chamá-lo assim -, ocorreu num sítio que o Orsini possuía na parte mais alta da cidade. A negrada saiu de lá biritadíssima. O mais chapado de todos era, justo, o Eliúde. Na segunda de manhã, ele disparava pela Fernandes Lima, ao volante do seu maltratado Gol cor de abóbora. Para ele, o trânsito estava terrivelmente complicado. Driblando automóveis, caminhões e ônibus na pista, Eliúde escutava o rádio do seu carro com o volume topado. Aí, ele se ligou mais ainda quando o locutor anunciou: - Atenção, caros ouvintes! Informa o Serviço de Utilidade Pública de sua emissora líder em audiência, em caráter extraordinário: se você está trafegando pela Avenida Fernandes Lima no sentido Farol/Tabuleiro do Martins, muito cuidado! Tem um louco na contramão, no sentido inverso! Ao escutar a advertência do locutor, Eliúde comentou, cheio de ironia: -Um louco só?! Rá, rá,rá... Olha quantos na contramão!!! Esse locutor tá todo por fora!!!

Restrição da comunicação

A

coligação “Unidos por uma nova Arapiraca” do candidato a prefeito e suplente de deputado, Rogério Teófilo (PSDB), poucos dias após o pleito eleitoral, que ocorre neste domingo (02) , está tentando restringir o trabalho da comunicação arapiraquense. É um dos raros momentos em que os que geralmente são fontes de informação viram notícia. O jornalista de Arapiraca Roberto Gonçalves, com blog no Portal Cada Minuto, entre outros sites, foi acusado pela coligação de utilizar o blog apenas para campanha de um candidato a prefeitura da cidade.

Restrição da comunicação 2

Testemunhas ilustres

Conhecido professor de música foi assassinado num bairro nobre da capital, e a notícia chegou aos ouvidos da polícia mais depressa do que imediatamente. O diretor da polícia, um jovem recém nomeado para o posto, menos pela sua competência, mais pelo apadrinhamento político, viu aí a oportunidade de aparecer na mídia. - Eu mesmo vou pro local! – anunciou cheio de empáfia. Em seguida, o “doutor” chamou um dos seus auxiliares e deu a ordem: - Chame a imprensa! Diga que eu estou indo pra lá! Quando o tal delegadozinho assentou o solado dos pés na área do crime, a primeira coisa fez foi perguntar o seguinte: “Cadê os jornalistas, já chegaram?”. A seguir, dirigiu-se até o ponto onde se registrara a cena sangrenta. Um policial militar que chegara antes de todos e anotava tudo num caderninho, foi abordado pelo boçal, digo, pela autoridade: - Soldado! Eu sou o delegado! O que foi que você anotou aí? - Anotei o nome de um vizinho da vítima. Por sinal, foi essa testemunha, que também é professor, a ver a vítima com vida! - Hummm... bastante suspeito! Cadê essa testemunha? O PM levou o delegado até a presença da sobredita testemunha, que foi logo sendo interrogada: - Tô sabendo que o senhor foi a última pessoa a conversar com a vítima, certo? - Certo. - E o que foi que o senhor conversou com o morto? - Conversamos sobre Chopin, Beethoven, Strauss, Hendel... - Hummmm... Muita gente, hein? Me faça um favor, professor... - Pois não. - Anote aí num papel o nome desse povo todo, que é para eu intimá-los à depor!

Pesando o vizinho

O criador de porcos Perigeu Abaeté, possuía, além de centenas de bacurinhos, uma belíssima mulher que, aliás, era mais nova que ele uns vinte anos. Perigeu já tinha tanto tempo nessa atividade que nem mais precisava de balança para pesar os suínos. Ele simplesmente colocava o animal em cima de sua adiposa barriga e já dizia qual o seu peso. Era tiro e queda! Certo dia, depois de ter pesado um monte de porcos, ele, afinal, cansou. Aí, mandou que Juninho, o filho menor, corresse até em casa e chamasse a mãe, que também sabia pesar porco com a barriga, para ajudá-lo no serviço. O menino foi e voltou num piscar de olhos. Sem a mãe. - Juninho, sua mãe não vem me ajudar a pesar os porcos? - Acho que ela não vem não, pai! - Por quê? - Porque ela tá pesando seu Luiz, o vizinho!

Ah, finalmente pegaram...!

Amigos de longas datas, os aposentados Demóstenes Januário e Mirandolino Abaeté resolveram fazer um estrago: retiraram a graninha que guardavam na poupança, compraram passagem de avião e foram conhecer Brasília. E lá estavam os dois caminhando por uma das superquadras quando foram alertados por um barulho infernal de sirenas. Aí, viram uma frota enorme de carros policiais, liderados por batedores em motos possantes. No meio desse aparato todo, um carrão preto. Impressionado com aquilo, Demóstenes perguntou à um cidadão que ia passando: - Por favor, moço, o que é que está sucedendo por aqui? Por que essa barulheira toda? - O senhor não sabe? Aquele que vai lá escoltado é o presidente da República! Aí, Demóstenes virou-se pro companheiro: - Ô Mirandolino, eu não falei que a gente pode acreditar na Justiça? Finalmente resolveram pegar o homem!

A desculpa para o recibo

Agricultor com dificuldades financeiras, seu Ariosto Barbacena era um velho prevenidíssimo. Seus negócios sempre foram organizados e honrados. Um dia, ao quitar a última prestação de um empréstimo, ele apelou ao agiota José Augusto Gorgulho: - Tô carecendo que vosmicê agora me dê um ricibo... E o agiota: - Será que o senhor está pensando que vou lhe cobrar o empréstimo de novo? O senhor não confia em mim, seu Ariosto? O velho respondeu: - O problema, seu Zé, é qui quando eu chegá na porta do céu, São Pedro pode querê vê o ricibo e eu num tô disposto a andá o inferno intêro pra achá o sinhô, não! O problema é achar a ponte! Chovia muito no interior de Alagoas, a estrada estava completamente alagada na região de Olho D’Água. Digirindo um caminhão carregado de mercadorias, o motorista José Brás estava tendo dificuldade em enxergar a estrada. Mais adiante, havia uma ponte que deveria transpor e ela também estava encoberta pelas águas. Prevenido, José Brás parou o autocarga no meio do caminho e perguntou a um matuto como fazer para atravessar a ponte sem afundar no rio. E o matuto: - Bom, o negóço é vosmicê sabê guiá purcima das água, né? - Mas como é que eu vou dirigir por cima das águas sem afundar? – irritou-se o motorista. - Simpre! É só percurá acertá a ponte, qui tá dibacho da água!

SMTT fará ordenamento para fluidez do trânsito durante eleições

PRINCIPAIS LOCAIS

Trânsito também será ordenado durante o pleito Para garantir que o trânsito funcione normalmente durante as Eleições 2016 em toda capital, a SMTT também estará presente nos principais colégios onde deve haver o maior número de eleitores. A presença dos agentes de trânsito do órgão visa coordenar o fluxo de veículos, orientar condutores e ajudar pedestres na travessia de vias em pontos considerados críticos. A partir deste sábado (1º), equipes de fiscalização de trânsito da SMTT estarão nas imediações do Tribunal Regional Eleitoral de Alagoas (TRE/AL), localizado em frente na Av. Aristeu de Andrade – no bairro do Farol, e no Fó-

rum da Justiça Eleitoral Desembargador Moura Castro, na Avenida Fernandes Lima. Entre 6h e 17h do sábado e do domingo o trânsito será ordenado para que as equipes do TRE/AL consigam se deslocar com fluidez durante a preparação para as Eleições 2016. Das 9h às 17h do domingo, os agentes da SMTT vão estar próximos ao Centro de Estudos e Pesquisas Aplicadas (Cepa), no Farol, e do Centro Universitário Tiradentes (Unit), em Cruz das Almas. Outros locais de votação também contarão com a presença das equipes do órgão que realizarão rondas por toda Maceió.

Em sua defesa, e com apoio de diversos profissionais da área, Roberto Gonçalves afirma que ao expor e informar à população os acontecimentos no decorrer da campanha eleitoral do candidato, ao qual é acusado de favorecer, o que não significa que esteja preterindo sobre os demais. Assim, apenas exerceu o seu direito/dever de informar à população do que ocorre na cidade, “sem invencionismos e sem parcialidade”.

Sem campanha na véspera O desembargador do TRE, Fábio Henrique Cavalcante Gomes, revogou a liminar concedida por ele na última quarta-feira (28), que restabelecia a campanha na 25ª Zona Eleitoral. Com a nova decisão, os atos de campanha voltam a ficar proibidos nos municípios de Novo Lino, Campestre e Colônia Leopoldina até o fim da eleição.

Período encerrado As campanhas foram suspensas até às 22 horas deste sábado, horário que acaba todo processo de campanha. Não foi permitida a realização de caminhadas, carreatas, passeatas e a utilização de carros de som. Nada disso, porém, será liberado em razão da suspensão imposta pelo juiz.

Limoeiro de Anadia e Boca da Mata Pequenos produtores que atuam na piscicultura intensiva dos municípios de Boca da Mata e Limoeiro de Anadia foram contemplados, ontem (30) pelo governo de Alagoas, com a doação de 10 mil alevinos de tilápias cada município.

Boa parceria A doação beneficiou os produtores das comunidades de São João, em Limoeiro de Anadia, e Santo Antônio, em Boca da Mata. A ação faz parte do cronograma estabelecido pelo governo para beneficiar famílias de piscicultores nos municípios alagoanos, parceria com a Companhia de Desenvolvimento do Vale do São Francisco (Covevasf).

Emprego e renda Atualmente a comercialização do pescado é realizada em feiras livres, no comércio local dos municípios que têm instalados os módulos, e ainda, nas próprias comunidades, onde os consumidores se dirigem até os produtores. Após a doação dos alevinos, a Tilápia passa por etapas de engorda, despesca, comercialização e consumo.

Prevenção no trânsito A SMTT Arapiraca divulgou ontem, sexta-feira (30), que vai monitorar o trânsito e os locais de votação com 82 agentes de autoridade de trânsito neste domingo (2), dia das eleições municipais. Os agentes de trânsito serão distribuídos em 48 escolas municipais e estaduais, além de instituições de ensino superior de Arapiraca.

Prevenção no trânsito 2 Além dos 82 agentes de trânsito, a SMTT vai disponibilizar cinco viaturas, quatro Águias (motos) e dez veículos que irão contribuir na mobilização do trabalho dos agentes de trânsito. A segurança das 48 escolas será feita por seguranças municipais e policiais militares.

Colégios eleitorais Entre os locais com maior número de eleitores estão o Colégio Quintela Cavalcante (6.333 eleitores) com dois pontos de interdição na Avenida Ventura de Farias, no bairro Baixão; Escola Manoel Lúcio da Silva (4.689 eleitores); Uneal - Universidade Estadual de Alagoas (4.649 eleitores); Colégio Nossa Senhora do Bom Conselho (4.902 eleitores) com um ponto de interdição na esquina das ruas Boa Vista e Estudante José de Oliveira Leite. ... A juíza Fabíola Melo Feijão determinou o bloqueio de R$ 660 mil das contas do município de Porto Real do Colégio, devido ao atraso no pagamento de servidores públicos. Essa inadimplência, ainda segundo o SINDSPRAL, acarreta uma situação desumana e degradante para todos os representados. A decisão foi publicada no Diário da Justiça desta sexta-feira (30). O Sindicato dos Servidores do Serviço Público Municipal de Porto Real do Colégio (SINDSPPRAL/AL) alegou que ainda não foram pagos os salários de agosto deste ano. ... Segundo o órgão, o prefeito vem fracionando o pagamento do salário dos professores e deixando de pagar os demais funcionários, chegando a acumular dois meses de seus vencimentos.


TRIBUNAINDEPENDENTE

ECONOMIA

MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 1 E 2 DE OUTUBRO DE 2016

Economia

13

Ministério paga R$ 8,7 milhões de Seguro-desemprego especial Os 6 mil trabalhadores resgatados pelo Ministério do Trabalho de condições análogas à escravidão, entre 2013 e 2016, foram encontrados, em sua maioria, em situação de extrema vulnerabilidade. As informações extraídas a partir do sistema do Seguro-desemprego mostram que em torno 80% das vítimas têm rendimento de até 1,5 salário mínimo e baixa escolaridade. São trabalhadores fragilizados, com direitos violados e que precisam de acesso prioritário a medidas de inclusão social. Entre 2013 e 2016, o repasse do Seguro-desemprego foi de R$8,7 milhões.

Brasil atinge 215,2 milhões de cabeças de gado Número é recorde e crescimento foi o maior desde 2011

A

população de cabeças de gado bovino em fazendas brasileiras cresceu e atingiu o recorde de 215,2 milhões de animais em 2015, com um aumento de 1,3% sobre 2014. Os dados foram divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), na Pesquisa da Pecuária Municipal. O crescimento de 2015 foi o maior desde 2011 e representa uma aceleração após a queda causada pela seca de 2012 e a variação próxima de zero registrada em 2013 e 2014. Em uma análise regional, a população de gado cresceu mais no Norte (2,9%) e teve queda no Nordeste, com -0,9%. O Centro-Oeste teve variação de 2,1% e continua a ser a região que concentra a maior criação, com 33,8% da participação nacional. O IBGE aponta que a região conta com “grandes propriedades destinadas à criação de bovinos e produtores especializados, possuindo clima, relevo e solo favoráveis à atividade, como também grandes plantas frigoríficas que têm impulsionado o abate em larga escala”. Mato Grosso é o estado com a maior criação de gado, com 13,6% do total nacional. Entre os cinco primeiros colocados, Goiás aparece em terceiro e

Mato Grosso do Sul em quarto, com 10,2% e 9,9% do total. Os dados fazem parte da Pesquisa da Pecuária Municipal de 2015. Ela constatou que, nos últimos anos, o Sul e o Sudeste do país têm registrado estagnação da bovinocultura de corte, enquanto a produção de bovinos tem se deslocado para o Norte. A atração é explicada em parte pelo instituto por meio dos baixos preços das terras, disponibilidade hídrica, clima favorável, incentivos governamentais e abertura de grandes plantas frigoríficas. QUEDA NO LEITE O aumento do efetivo total de bovinos não se refletiu no número de vacas ordenhadas, que caiu 5,5% em 2015. Todas as regiões acusaram queda dessa atividade, que teve a maior redução no Nordeste, com -9,5%. O Sudeste responde por 34,3% do número de vacas ordenhadas, e Minas Gerais tem a atividade mais forte, com 24,9% do efetivo nacional. A produção de leite teve queda em 2015, com 0,4% a menos que 2014, e caiu para 35 bilhões de litros. O Sul é o maior produtor de leite no Brasil desde 2014 e contribuiu com 35,2% da produção nacio-

nal em 2015. A produtividade das vacas da região Sul é a maior do Brasil. Enquanto a média do país é que uma vaca produza 1.609 litros de leite por ano, no Sul a produtividade é de 2.900 litros. Em relação a 2014, houve um aumento de 3,9% desse resultado. Apesar disso, Minas Gerais continua a ser o maior estado produtor de leite do país, com 26,1% da produção nacional. EXPORTAÇÕES As exportações de gado em pé cresceram 68,4% em volume nos oito primeiros meses do ano, com embarque de 176.781 cabeças, ante 104.954 no mesmo período do ano passado. Os dados são do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), que apontou receita de US$ 124,0 milhões, ante US$ 101,7 milhões nos oito meses de 2015, alta de 21,9%. Segundo o mercado, o crescimento reflete o cenário interno menos favorável nos últimos meses, com preços da arroba pressionados e demanda enfraquecida tanto no físico quanto no atacado. Analistas dizem que a exportação de gado vivo passou a ser uma alternativa para compensar a dificuldade de negociação interna.

Pesquisa constatou que a população de gado cresceu mais no Norte (2,9%) e teve queda no Nordeste (-0,9%)

40 MILHÕES

Rebanho suíno brasileiro aumenta 6,3%

As criações brasileiras de suínos e galináceos cresceram em 2015 para o maior patamar de suas séries históricas, divulgou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), através da Pesquisa da Pecuária Municipal. A pecuária suína no Brasil chegou a 40,33 milhões de

cabeças em 2015, com alta de 6,3% sobre 2014. Foi a primeira vez que o total de animais passou de 40 milhões. Em 2005, primeiro ano da pesquisa, o rebanho era de menos de 35 milhões. Quase metade da produção suína no Brasil está na região Sul, com 49,3%, e o

Paraná é o estado com maior peso nesta atividade, com 17,7% de todo o rebanho nacional.

1,3 BILHÃO DE GALINÁCEOS Desde 2005, o efetivo de galináceos (galos, galinhas, frangos, pintos e pintainhas) tem crescido no Brasil, com

a exceção de 2012, quando a agropecuária brasileira foi afetada pelo tempo mais seco. Em 2015, segundo o IBGE, a redução do poder aquisitivo da população e o aumento do preço da carne bovina contribuíram para que o país atingisse o recorde de 1,3 bilhão de frangos com

um crescimento de 0,9% sobre 2014. No caso dos frangos, o total divulgado na Pesquisa da Pecuária Municipal é bem menor que o abatido, já que o ciclo de produção do frango de corte é curto e as medições são feitas no último dia do ano, 31 de dezembro.

Segundo a Pesquisa Trimestral de abate de animais, 5,79 bilhões de cabeças de frango foram abatidas em 2015. O Brasil é o terceiro maior produtor de galináceos do mundo, atrás apenas de Estados Unidos e China, e é o maior exportador de carne de frango.

2015

Produção de tilápia cresce 9,7% no País

Produção de tilápia no Brasil está concentrada em quatro estados, sendo o Paraná o maior produtor

A produção de tilápia no Brasil aumentou 9,7% em 2015 e chegou a 219 mil toneladas entre jan iro e dezembro. O peixe é o mais criado pela piscicultura no país e chega a 45,4% do total da produção total. Os dados foram divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, na Pesquisa da Pecuária Municipal. A produção de tilápia no Brasil está concentrada principalmente em quatro estados, sendo o Paraná o maior produtor, com 28,8%. São Paulo produz 13,2%, seguido por Ceará, com 12,7%, e Santa Catarina, com 11,4%. A cidade cearense de Jaguaribara é a líder na criação de tilápia, com 13,8 mil toneladas do pescado, o que equivale a 6,3% da produção nacional. Sua produção teve uma queda em relação a 2014, por causa da baixa

do reservatório e da falta de oxigenação no Açude Castanhão. Os problemas causaram a perda de 3 mil toneladas do pescado. Produção O desempenho dos criadores de tilápia contribuiu para que a produção de peixes no Brasil crescesse 1,5% em 2015. Foram produzidas durante o ano 483,2 mil toneladas, com um valor de mais de R$ 3 bilhões. Rondônia responde por 17,5% dessa produção e por 18,5% do valor gerado pela piscicultura. Enquanto a tilápia é mais produzida no Sul, Sudeste e Nordeste, no Norte os peixes conhecidos como redondos são os mais criados, como o tambaqui, tambacu e pacu. O tambaqui foi o segundo peixe mais produzido no Brasil em 2015, com 135 mil toneladas, peso que corresponde a 28,1% da produção brasileira.

O governo decidiu prorrogar por mais três meses a medida que reduziu a zero a alíquota que incide sobre a importação de feijão e milho de países de fora do Mercosul (Argentina, Paraguai, Uruguai e Venezuela). A decisão, tomada pela Câmara de Comércio Exterior (Camex), foi anunciada pelo Ministério da Agricultura. Sem a prorrogação da isenção, o feijão vindo de fora do Mercosul seria taxado em 10% e, o milho, em 8%. Já não há cobrança de impostos na importação desses grãos de países do bloco comercial. O secretário de Relações Internacionais do Agronegócio do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Odilson Ribeiro e Silva, disse que as decisões da Camex visam a garantir o “abastecimento dos dois produtos no mercado interno”.


14

ECONOMIA

TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 1 E 2 DE OUTUBRO DE 2016

Natal deve gerar 101 mil vagas temporárias Em 2015, período registrou 105 mil oportunidades de emprego; possibilidade de efetivação em 2016 é de 5 mil trabalhadores

O

Natal deve gerar 101 mil vagas de trabalho temporárias no país, uma queda de 3% no número da contratações em comparação ao ano passado, quando foram registradas 105 mil vagas, segundo levantamento da Federação Nacional dos Sindicatos de Empresas de RH, Trabalho Temporário e Terceirização (Fenserhtt) e do Sindicato das Empresas de Trabalho Temporário e de Terceirização no Estado de São Paulo (Sindeprestem), feito pelo Centro Nacional de Modernização Empresarial. Historicamente, o Natal sempre foi considerado o melhor período para o comércio varejista, mas a partir de 204 o cenário mudou e teve início a queda no volume de vendas e no valor dos presentes. Segundo a pesquisa, a indústria deve absorver 56,6 mil trabalhadores (56%), serviços 10,1 mil (10%) e o comércio deve ficar com 34,3 mil (34%), sendo 50% somente no estado de São Paulo. Temporários contratados em situação de primeiro emprego podem chegar a 20,2 mil e outros 5.050 terão chances de efetivação após o término do contrato. “Novembro deverá concentrar a maior incidência de contratações, principalmente nos segmentos de eletrônicos, vestuário e acessórios. E mesmo com a oscilação negativa de con-

tratações, os salários podem apresentar uma variação positiva de 9,5% para o comércio e de 7,5% para a indústria”, afirma Vander Morales, presidente da Fenaserhtt e do Sindeprestem. PERFIL DAS VAGAS Segundo a pesquisa, candidatos entre 22 e 35 anos estão entre os mais requisitados. Também há preferência para profissionais com ensino médio completo (65%). Trabalhadores em primeiro emprego podem chegar a 20% do total de contratações, somando 20,2 mil temporários. O período dos contratos temporários deve oscilar entre 61 e 90 dias. A remuneração deve ficar entre R$ 1.100,00 e R$ 1.452,00. Os principais benefícios oferecidos são vale-refeição, vale-alimentação e seguro de vida. INDÚSTRIA Segundo a pesquisa, a indústria deve requisitar mais temporários (75%) para área operacional. Os principais requisitos para contratação serão experiência anterior para 58% dos entrevistados e dinamismo para 25%. COMÉRCIO O principal cargo ocupado por temporários no comércio será o de vendedor, de acordo com 71% dos entrevistados, seguido por promotor de vendas, auxiliar, repositor e fiscal de loja. Os requisitos mais citados foram facilidade em lidar com o público (38%) e experiência anterior (36%).

ENERGIA

Bandeira tarifária de outubro é verde, sem adicional A bandeira tarifária que será aplicada nas contas de luz em outubro será verde, sem custo para os consumidores de energia elétrica. Este é o sétimo mês seguido que a bandeira é verde, que significa que não haverá nenhum valor adicional a ser pago. Segundo a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), os principais fatores que contribuíram para a manutenção da bandeira verde são a evolução positiva do período úmido de 2016, que recompõe os reservatórios das hidrelétricas, o aumento de energia disponível com redução de demanda e a adição de novas usinas ao sistema elétrico brasileiro. O sistema de bandeiras tarifárias foi adotado em janeiro de 2015, como forma de recompor os gastos extras das distribuidoras de energia com a compra de energia de usinas termelétricas. A cor da bandeira que é impressa na conta de luz (vermelha, amarela ou verde) indica o custo da energia elétrica, em

função das condições de geração de eletricidade. CORES Desde o início da vigência do sistema, até fevereiro de 2016, a bandeira se manteve vermelha, primeiramente com cobrança de R$ 4,50 a cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos e, posteriormente, com a bandeira vermelha patamar 1, que significa acréscimo de R$ 3,00 a cada 100 kWh. Em março deste ano, a bandeira passou para amarela (com taxa de R$ 1,50 a cada 100 kWh) e, desde abril deste ano, ela é verde. Segundo a Aneel, a bandeira tarifária não é um custo extra na conta de luz, mas uma forma diferente de cobrar um valor que já era incluído na conta de energia, por meio do reajuste tarifário anual das distribuidoras. A agência considera que a bandeira torna a conta de luz mais transparente e o consumidor tem a melhor informação para usar a energia elétrica de forma mais consciente.

INVESTIMENTOS FEDERAIS

Queda real acumulada é de 14,2% Pressionados pela queda na arrecadação e pelo agravamento da crise econômica, os investimentos federais – obras e compras de equipamentos – acumulam recuo de 14,2% no ano descontando a inflação. De janeiro a agosto, o Governo Central gastou R$ 34,269 bilhões com esse tipo de despesa, contra R$ 36,458 bilhões registrados no mesmo período de 2015. Principal programa federal de investimentos, o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) executou R$ 24,751 bilhões nos oito primeiros meses do ano, retração de 16,2% descontada a inflação oficial pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). Os

gastos do Minha Casa, Minha Vida, programa habitacional para faixas de baixa renda, somaram R$ 4,188 bilhões, queda real (considerando a inflação) de 62,3% na mesma comparação. MINHA CASA No caso do Minha Casa, Minha Vida, a maior parte da queda é explicada pela utilização de recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para bancar a terceira fase do programa habitacional. Desde o início do ano, a Caixa Econômica Federal estava autorizada a usar recursos do fundo para financiar imóveis da faixa 1, a de menor renda. Na segunda-feira (26), no entanto, uma instrução normativa

proibiu a prática e determinou que o programa volte a ser executado com recursos do Orçamento. Segundo o Tesouro Nacional, o déficit primário recorde de R$ 71,419 bilhões nos oito primeiros meses de 2016 decorreu tanto da queda de receitas como do crescimento de despesas obrigatórias. De janeiro a agosto, a receita líquida total caiu 6,3% descontada a inflação pelo IPCA em relação aos mesmos meses do ano passado. As despesas totais, no entanto, subiram 1,1% acima da inflação no mesmo período. O aumento nas despesas totais decorreu principalmente dos gastos com a Previdência Social, que subiram

7,6% acima do IPCA de janeiro a agosto e das demais despesas obrigatórias, que subiram 1,9% além da inflação oficial, influenciadas pela mudança no cronograma do pagamento do abono salarial e do novo sistema de pagamento de passivos com bancos públicos que passou a vigorar este ano. As despesas discricionárias (não obrigatórias), no entanto, caíram 6% descontada a inflação. Os gastos com o funcionalismo federal acumulam queda real de 3,1% nos oito primeiros meses do ano em relação aos mesmos meses do ano passado. As despesas de custeio (manutenção da máquina pública) recuaram 7% na mesma comparação.

PERÍCIA MÉDICA

Justiça mantém prazo de 45 dias

Fora do prazo de 45 dias, concessão do benefício é automática

No recurso impetrado pelo INSS, através da Procuradoria Geral Federal, da decisão do juiz federal da 13ª Vara/ AL, na Ação Civil Pública nº 0803518-83.2016.4.05.8000, o desembargador federal, Rubens Canuto, do Tribunal Federal da 5ª Região deferiu em parte o pedido de efeito suspensivo requerido. Manteve a decisão da Justiça Federal em Alagoas de realizar as perícias médicas no prazo máximo de 45 dias, contados da data do agendamento. O desembargador suspendeu as medidas apontadas para o cumprimento dessa medida, como a suspensão do turno estendido, implantação de ponto biométrico, proibição de credenciamento de médicos, modificação do sistema de Benefícios por Incapacidade, definição da quantidade de perícias a serem realizadas por dia e por perito, além do pagamento de multa diária pelo descumprimento. Dessa forma, caso o INSS não realize a perícia médica em 45 dias, contados da data do agendamento, a concessão do benefício é automática, com base na documentação emitida pelo médico assistente. Devendo o segurado ser avaliado pelo médico perito na data já agendada. Essa decisão vale somen-

te para o Estado de Alagoas, consequentemente, só abrange os segurados residentes no Estado. 1º GRAU A decisão anterior foi do juiz federal titular da 13ª Vara Federal de Alagoas, Raimundo Alves de Campos Jr., pois, segundo expôs em sua antecipação de tutela, “a marcação de perícias médicas em prazo superior a 45 dias viola não somente os princípios constitucionais da eficiência e da razoabilidade, mas também o § 5º do art. 41-A da Lei de Benefícios, pois o segurado não receberá o benefício, ainda que tenha, por 30, 40 ou 60 dias, padecido de doença ou incapacitação para seu trabalho”. Tal demora, segundo Raimundo Campos, chega a ser abusiva, não só porque deixa ao desamparo os segurados que, efetivamente, não possuem condições de trabalhar, mas também porque em muitos casos representa a negação mesma do direito fundamental ao benefício previdenciário por incapacidade laborativa, na medida em que o segurado pode recuperar a capacidade para o trabalho no ínterim entre o requerimento e a realização da perícia, de forma que esta atestará, não mais a incapacidade, mas a presença de plenas condições de trabalho.


TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 1 E 2 DE OUTUBRO DE 2016

ESPORTES 15

São Paulo confiante contra o Flamengo Jogadores do Tricolor não vêem tanta diferença de qualidade entre sua equipe e a více-líder do Brasileirão

A

pós empatarem por 2 a 2 no primeiro turno, em Brasília, São Paulo e Flamengo se reencontram neste sábado, às 16 horas, mas desta vez no Morumbi. O jogo é válido pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O goleiro do São Paulo, Denis, não vê tanta diferença de qualidade entre sua equipe e o Flamengo, próximo adversário do time tricolor no Campeonato Brasileiro, apesar da realidade oposta em que os times se encontram na competição. O clube do Morumbi ocupa o modesto 12º lugar, enquanto o Rubro-Negro é o vice-líder, com 53, apenas um a menos que o Palmeiras. “Não diria que essa diferença técnica é tão grande.

Acredito nos nossos jogadores. Temos atletas de excelente nível, mas não estamos mantendo uma regularidade. No ano todo oscilamos muito. Precisamos manter uma regularidade. É o que falta”, avaliou Denis. O técnico do Flamengo está cauteloso. “Preocupação com o São Paulo existiria em qualquer situação, no Morumbi nunca é fácil. Independentemente do que aconteceu, temos que estar firmes. Estamos bem na competição, temos que seguir em frente. Independentemente de qualquer coisa, o dia amanhece de qualquer forma. Não vai ser uma eliminação da Sul-Americana que vai nos abater”, disse Zé Ricardo Para a equipe treinada por Ricardo Gomes, o confronto é de suma importância, já que

TERRA

contabiliza 34 pontos, somente quatro a mais que o Cruzeiro, primeiro time dentro da zona de rebaixamento. Assim, um tropeço em casa pode aproximar ainda mais o São Paulo do grupo de descenso. “Jogo muito importante. É um time que vem muito bem no Brasileiro, vice-líder. Mas temos consciência da importância desse jogo pra gente no campeonato. Nossa situação não é confortável, então precisamos prevalecer nos jogos em casa”.

OUTROS JOGOS

11h Fluminense x Sport 16h Chapecoense x Vitória 16h Santos x Atlético-PR 16h30 Botafogo x Corinthians 16h30 Ponte x Atlético-MG 18h30 Cruzeiro x Grêmio 21h Inter x Figueirense UOL

São Paulo e Flamengo empataram no primeiro turno e neste sábado se reencontram no Brasileirão

BRASILEIRO DE OLHO

Conmebol define neste domingo as novas regras da Taça Libertadores Mais clubes e competição durante a temporada inteira

Times brasileiros estão animados por mais vagas na Libertadores para temporada 2017

A reforma da Libertadores tem uma série de medidas que se inspiram abertamente na Liga dos Campeões. O principal objetivo é aumentar as receitas dos clubes por meio da valorização da competição, buscando justamente o processo ocorrido na Europa anos atrás. O pacote de mudanças inclui a transformação da competição em anual, o aumento do número de participantes, padronizações para procedimentos

de jogo e estádios e possivelmente uma final única. Essas alterações terão de ser aprovadas pelo Conselho Executivo da Conmebol, em reunião neste domingo. A maioria deve passar porque os países já deram aval a elas. No final de 2015 e início de 2016, clubes de todo o continente, liderados por argentinos e uruguaios, criaram um grupo para exigir transparência da Conmebol sobre contratos da

Libertadores. A competição deve ser fevereiro a novembro, anual e terminando no último mês da temporada. A final em jogo único exatamente como a Liga em campo neutro pré-definido. Aumento do número de clubes de 38 para 42. Na América do Sul, com poucos países, o Brasil deve ser contemplado e ter seis vagas. Isso é uma diferença entre os dois modelos. Procedimentos do dia de jogo padrão para todos. G1

TRICOLOR

Santa Cruz abandona o Arruda para buscar dinheiro nas Arenas Após Grafite ter revelado problemas internos por conta de salários atrasados, a diretoria do Santa Cruz teve uma reunião com os jogadores. O motivo, lógico, foi o débito com os atletas. O Santa Cruz deve mais de dois meses ao grupo. Os funcionários vão entrar no quinto mês sem ver a cor do dinheiro. Primeiro, a diretoria convocou uma reunião com líderes do elenco, como o zagueiro Danny Morais

e o atacante Grafite. O lateral-direito Léo Moura não está no Recife. Foi liberado para resolver problemas particulares no Rio de Janeiro e só volta nese domingo e ele está suspenso do duelo contra o Palmeiras, nesta segunda-feira, no Arruda. Na conversa, a diretoria não deu um novo prazo de pagamento de salários. Na visão dos dirigentes, uma promessa poderia criar expectativa

nos atletas. Já a maior parte dos jogadores não gostou: queria mais explicações e novas perspectivas. Para buscar grana aa direção está vendendo os mandos de campo. O jogo entre Santa Cruz e Corinthians, válido pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro será disputada na Arena Pantanal, em Cuiabá, no dia 12 de outubro. A informação foi confirmada pela CBF em seu site oficial.

Santa Cruz não conseguiu efetivar compra de Keno e deve perdê-lo para temporada 2017


16

ESPORTES

MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 1 E 2 DE OUTUBRO DE 2016

Esportes

TRIBUNAINDEPENDENTE

Hamilton lidera e Ferrari aparece forte para o GP da Malásia deste domingo Depois de Nico Rosberg liderar a primeira sessão de treinos livres para o GP da Malásia, Lewis Hamilton deu o troco n sob condições mais próximas às que serão encontradas na corrida. Felipe Massa teve problemas com um de seus jogos de pneus e perdeu tempo de pista, terminando na 15ª colocação. A Ferrari apareceu claramente como segunda força, tanto em uma volta rápida, quanto nas simulações de corrida. A Williams, contudo, não vem demonstrando muita competitividade até aqui. Os carros voltam à pista para a terceira sessão de treinos livres, a partir das 3h da madrugada deste sábado, pelo horário de Brasília. A classificação começa às 6h e a corrida terá largada às 4h da madrugada do domingo.

CSA busca título contra o Volta Redonda Azulão do Mutange tenta fazer história e conquistar o primeiro Campeonato Brasileiro para o futebol alagoano

A

história do futebol de Alagoas pode mudar neste sábado. O CSA disputa um título brasileiro contra o Volta Redonda. Antes, o próprio azulão chegou em três finais e perdeu todas. O CRB e o ASA chegaram em uma final cada, e também foram vice. Às 21h a bola vai rolar no estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda. Está tudo equilibrado. O primeiro jogo em Maceió foi 0x0. O gol marcado fora de casa tem peso maior. Se o CSA empata com gols é campeão. Sem dar pistas de como será o time, Oliveira Canindé relacionou 19 jogadores. E deve iniciar a partida decisiva com o Volata Redonda com: Pantera; Denílson, Leandro Souza, Leandro Cardoso e Rafinha; Panda, Marcos Antônio, Didira, Bismarck e Washington (Maranhense); Obina. O treinador não conta com a presença do goleiro

Jeferson, do lateral-esquerdo Rayro e do atacante Kattê. Os três jogadores estão entregues ao departamento médico. Canindé voltou a ressaltar a importância do titulo para o CSA. Ele acrescentou ainda que o Azulão não pode se intimidar no jogo de volta e que a decisão está aberta. “Desejamos esse título, o nosso torcedor confia e espera isso de todos nós. Agora vamos fazer um jogo em Volta Redonda como se fosse aqui no Trapichão. Nossa equipe é uma equipe que tanto faz aqui ou fora. Então, está aberto o título... Agora, nós temos que ter personalidade para jogar no campo adversário”. Rafinha vai substituir Rayro. “É o jogo da vida. Estou encarando assim e tenho certeza que todos aqui também. Sabemos da importância do título para o CSA e para nossas carreiras. Temos que ir lá e buscar o tempo todo essa vitória para voltarmos e que possamos festejar”.

O lateral diz que o time não pode ter afobação no sábado e que é necessário ter equilíbrio. “Nesses jogos decisivos, eu sempre disse e vou dizer mais uma vez, tem que ter equilíbrio. Se você deixar a ansiedade tomar conta, com certeza alguma coisa vai atrapalhar. Se todo mundo tiver equilíbrio e com muita vontade, acho que o resultado pode vir”, disse. ARBITRAGEM Muita disciplina. Esta é a mensagem que Antônio Santo Nunes, piauiense escalado para apitar a final da Série D, passa para os torcedores de CSA e Volta Redonda, protagonistas da decisão na Cidade do Aço. Com 16 anos de experiência no quadro da CBF, Nunes disse que pretende priorizar o espetáculo dentro de campo e que não vai deixar o jogo correr quando for necessário intervir. Os paulistas Anderson José de Moraes Coelho e Herman Brumel Vani serão os auxiliares no jogo de volta da decisão.

THIAGO DAVINO CORTESIA

Didira está confiante que o CSA será campeão brasileiro neste sábado diante do Volta Redonda ASCOM ASA

EM ARAPIRACA

ASA quer largar na frente contra o Guarani no mata-mata da Série C

Técnicos da Ponte e do Sport favoritos no Corinthians

Duelo está valendo o acesso para temporada 2017 O primeiro duelo entre ASA e Guarani pelas quartas de final da Série C acontece neste sábado, às 19h, no Estádio Municipal Coaracy da Mata Fonseca, em Arapiraca, e o segundo no dia 8 de outubro, também no sábado, no mesmo horário, no Estádio Brinco de Ouro da Princesa, na cidade de Campinas, interior Paulista. Os dois times sonham com o acesso. “No início a classificação para a fase de mata-mata do Campeonato Brasileiro era dada como impossível, assim como a participação da Agremiação Sportiva Arapiraquense na competição. Mas tuso isso mudou com nosso esforço”, destacou o atacante Reinaldo Alagoano, artilheiro do time com 8 gols. Somando todos os pontos dos jogos disputados, o alvinegro arapiraquense alcan-

çou, ao todo 26, com seis vitórias, oito empates e quatro derrotas, conseguindo, desta forma, a quarta colocação no grupo A. “De todos os confrontos desta fase de grupos, os que mais pesaram para o elenco alvinegro foram à estreia contra o Confiança e o último jogo contra o ABC, esse o mais sofrido por todos, pois teve de se correr atrás do resultado com um homem a menos e aguardar o final do jogo entre Remo e América-RN”, lembrou o presidente Hellycarlos Albuquerque. Contando com o elemento surpresa, a equipe que enfrenta o Bugre neste sábado não foi divulgado pelo técnico, que prefere manter o mistério. Dois jogadores, o lateral Igor e o meia João Paulo, desfalcam o grupo para essa partida. A escalação só será

divulgada minutos antes do jogo. Por jogar em casa, o ASA conta com a torcida para controlar a ansiedade e estimular o time na partida. As arquibancadas metálicas foram liberadas e a expectativa é de estádio cheio. A equipe também espera jogar sem tomar gols, além de administrar o jogo com base no estudo feito sobre o Guarani. “Até o momento do jogo é ruim esperar, mas quando você finaliza o aquecimento e entra dentro de campo, você sente o calor da torcida e isso é um incentivo a mais. Nossa equipe está com muita vontade de conquistar essa vaga, de colocar o ASA de novo na série B e eu tenho certeza que eles não medirão esforços. Sabemos que vai ser difícil. Vai prevalecer o nosso fator casa”, disse Paulo Foiani. ASCOM CRB

Reinaldo Alagoano é o artilheiro do ASA no Brasileirão

SÉRIE B

CRB confia no bom momento fora de casa contra o Bragantino

Zagueiro Adalberto será titular do CRB no duelo deste sábado contra o Bragantino no estádio Nabi Abi Chedid

PARA 2017

Bragantino e CRB jogam neste sábado, às 16h, pela Série B. Em situações opostas na competição os times estão querendo se sair bem na 28ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Na rodada anterior, o Massa Bruta foi goleado, fora de casa, pelo Paysandu por 3x0, enquanto que o time alagoano empatou, em casa, com o Bahia por 2x2. A equipe paulista aparece na 17ª posição da tabela de classificação, com 27 pontos, a quatro do Oeste, o primeiro fora da zona do rebaixamento. Do outro lado, o Galo a ocupa a 8ª colocação, com 40 pontos, dois a menos do Avaí, que fecha o G4. Rivais desde 1999, eles se enfrentaram nove vezes na história e nunca empa-

taram. Os confrontos foram sempre pela Série B, com retrospecto apertado e favorável ao Bragantino que tem uma vitória a mais que o CRB, cinco contra quatro. Cada equipe marcou 12 gols. Esta será a 6ª vez que Bragantino e CRB medem forças no Nabizão. Ate aqui, foram três vitórias para os donos da casa e duas para os visitantes. No primeiro turno da competição atual, com gols de Lúcio Maranhão e Adalberto, o CRB venceu o Bragantino por 2 a 1, no estádio Rei Pelé, em Maceió (AL), pela 9ª rodada. Edson Sitta marcou o tento do Massa Bruta. OUTROS JOGOS 16h30 Náutico x Vasco 18h30 Londrina x Oeste

Eduardo Baptista, da Ponte Preta, e Oswaldo de Oliveira, do Sport, são hoje os nomes mais fortes para assumir o cargo de técnico do Corinthians. Roger Machado, ex-Grêmio, perdeu força, porém a direção não descarta ninguém, nem Vanderlei Luxemburgo, com enorme rejeição no Parque São Jorge. A ideia inicial dos dirigentes é manter o auxiliar Fábio Carille até o final do ano, mas a pressão de conselheiros para que a troca já seja feita é grande. Baptista tem a seu favor o bom trabalho atual na Ponte Preta e o fato de ser visto como um técnico com potencial para crescer em um clube com a estrutura do Corinthians. Contra ele, porém, pesa a falta de uma experiência vencedora em um grande time. Rodagem é justamente o que mais fortalece Oliveira. É grande a corrente no clube que entende ser fundamental a contratação de um treinador experiente para lidar com a pressão interna e principalmente da torcida. Mas nessa ala Oswaldo enfrenta resistência por não ter um título recente. Favorito da torcida assim que Cristóvão Borges foi demitido, Roger é rotulado como inexperiente pelos que defendem um treinador mais rodado. Pressionada, e com os nomes de Oswaldo e Baptista no topo da lista, a direção alvinegra quer abafar o assunto para negociar em sigilo com quem escolher, enquanto espera que Carille consiga acertar o time.


TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 1 E 2 DE OUTUBRO DE 2016 DIVERSÃO&ARTE 1

Vin Diesel revela data do primeiro trailer de “Velozes e Furiosos 8” Os fãs de “Velozes e Furiosos” vão ter que esperar até o dia 11 de dezembro para assistir ao primeiro trailer do oitavo filme da saga. A novidade foi contada por Vin Diesel por meios de suas redes sociais na tarde desta quinta-feira (29). Com direção do nova-iorquino F. Gary Gray, conhecido por “Uma Saída de Mestre” (2003) e mais recentemente pelo premiado “Straight Outta Compton: A História do N.W.A.” (2015), “Velozes e Furiosos 8” tem estreia prevista no Brasil para o dia 13 de abril de 2017. Além de Vin Diesel, Dwayne Johnson, Tyrese Gibson e Michelle Rodrigues, que irão repetir os seus papeis na nova aventura da franquia, o elenco do filme tem Charlize Theron, Kristofer Hivju, conhecido por interpretar o personagem Tormund Giantsbane na série “Game of Thrones”, e Scott Eastwood, filho de Clint Eastwood

O TEMPO PASSA Leve e despretensioso, O Bebê de Bridget Jones faz parte de uma franquia que não cansa, justamente por acompanhar a revolução do passar dos anos

Q

uando Bridget Jones: No Limite da Razão (2004), a sequência de O Diário de Bridget Jones (2001), chegou aos cinemas, o mundo era outro. O Facebook dava seus primeiros passos, assim como o Gmail, entradas para disquetes ainda integravam o design dos computadores, os celulares “abriam” e wifi ainda parecia uma palavra mágica, não uma revolução tecnológica. Doze anos depois, sem muito alarde, chega O Bebê de Bridget Jones (2016), cuja grande importância narrativa está nessa avaliação do efeito transformador do tempo. Longe das telas desde 2010, Renée Zellweger retorna ao papel que tornou seu nome conhecido mundialmente para mostrar como envelhece a Geração X, que nasceu analógica e morrerá digital. A trama é óbvia, com Bridget mais uma vez dividida entre dois homens. A novidade é que, com a recusa de Hugh Grant em participar da continuação (em função do seu descontentamento com

o roteiro), surge Jack (Patrick Dempsey), o americano que disputará com Mark Darcy (Colin Firth) o coração da loira e a paternidade do seu filho. Porém, mesmo com um desfecho previsível, fiel às regras das comédias românticas, o roteiro escrito por Dan Mazer, Emma Thompson e Helen Fielding (a criadora dos personagens) deixa espaço para um pouco de autenticidade. A escolha de envelhecer sua heroína, ao invés de modernizála, torna O Bebê de Bridget Jones fiel a sua proposta original,

nascida do contraste entre o romance clássico e os novos comportamentos sociais. Na casa dos 40 anos, longe do auge da sua existência, Bridget precisa lidar com o fato de que sua vida continua mal resolvida. O tempo passa, jovens de barbas irônicas assumem cargos importantes, e ela ainda não encontrou o caminho para a felicidade. O conflito, contudo, não está mais em ser ou não solteira. O humor está na atualização, possível para a mente, mas nem sempre para o corpo. Da relação entre o passado e uma nova realidade - mais

rápida, politizada e livre. É uma moldura que abraça a tão comentada aparência de Zellweger, que tem falado abertamente sobre como foi afetada pela pressão para se manter jovem. Longe do escrutínio da imprensa, a atriz se mostra feliz no papel, celebrando uma velha amiga, que mudou, mas não perdeu a essência. O retorno do elenco de apoio da franquia, que inclui os sempre notáveis Jim Broadbent e Gemma Jones, e a adição de novos rostos, como Sarah Solemani (Miranda) e Emma Thompson (Dra. Rawlings) dão ao um filme uma sensação confortável, rompida apenas pelas entradas em cena de Dempsey, cujo manual de atuação se perdeu no set de Grey’s Anatomy. O Bebê de Bridget Jones é um filme que conversa com um público específico, simpático à jornada da sua protagonista, além de exigir certa tolerância a “defeitos especiais” e a uma boa dose de sentimentalismo. Vale o ingresso dos fãs e de qualquer um que esteja começando a sentir o peso da idade nas costa.


2

ESPECIAL

TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 1 E 2 DE OUTUBRO DE 2016

FOTOS BY SÍLVIO EUGÊNIO

O bolo dos 15 anos de Rafaela Tenório. Belíssimo, criação de Raquel Brizeno

Mariana Tenório, Luíza Tenório, Bianca Tenório, Rafaela Tenório, Diogo Tenório e Carol Tenório, uma família linda na noite do aniversário da Rafaela

Uma noite de sonhos!

N

Enfocamos o tio da aniversariante, Ricardo Tenório, a anfitriã, Aninha Tenório e a bela Sofia Tenório

A querida Dinha Tenório em companhia de Nilza Dâmaso e a bela anfitriã

A empresária Márcia Maciel e Dinha Tenório, duas senhoras chics e maravilhosas

este final de semana, a coluna TopNews aproveita a oportunidade para enfocar a belíssima festa de 15 anos de Rafaela Tenório, que aconteceu no último dia 24, no espaço de festas Pierre Chalita. Tudo estava perfeito, foi uma noite de sonhos, uma noite de amigos, onde a energia e a beleza dominaram todo ambiente. Os empresários Rafael e Dinha Tenório estavam radiantes com a felicidade da sua filha, que estava uma verdadeira princesa, usando um belíssimo modelo do mestre Audifax Seabra. O cerimonial ficou sob a responsabilidade de Giselle Buarque, leia-se Cerimoniart. O buffet estava maravilhoso, mais uma vez Izabel Pinheiro se superou. Parabéns à decoração belíssima de Eva e Laura Amaral, que foi alvo de elogios mil de todos os convidados. O bolo, uma verdadeira obra de arte, belíssimo, assinado por Raquel Brizeno, além de ser absolutamente

A responsável pelo decór, Eva Amaral, em companhia da aniversariante do último dia 24

Enfocamos a mãe da aniversariante, Dinha Tenório, em companhia da senhora Vera Stella Amorim e Antonio Lisboa Amorim

Nesta foto, TopNews enfoca a anfitriã com a sua super turma que era só alegria e animação

delicioso. Os doces finos pareciam verdadeiras joias assinado pela Doceria Tan-Tã e Fabiane Malta. O ator global de Malhação, Felipe Tito, foi uma grande surpresa que seus pais fizeram à bela Rafaela, causando o maior burburinho quando ele chegou à festa na hora da valsa. O show do cantor Luan Estilizado, com repertório de forró foi simplesmente sensacional, não deixando ninguém parado. A música eletrônica, claro, coube ao conhecido DJ Peixe, que também deu um show com sua seleção maravilhosa. A maquiagem e cabelo da aniversariante, e de sua mãe foi assinada pela grande profissional Carol Dâmaso e para encerrar a grande noite a consagrada banda Xadrez. Como vocês podem ver, foi uma noite linda, uma noite de sonhos os 15 anos de Rafaela Tenório. Parabéns, amiga, parabéns!

Anginha, Eugênio, sra. Silvio Eugênio, em companhia da cerimonialista Giselle Buarque, elas chics e maravilhadas com a bela festa

Também presentes Cidônia e Antonio Carlos Lessa, casal top na noite de Rafaela

Stephanie Souza e a anfitriã e Victor Souza

Registramos o grande amigo Audifax Seabra, a aniversariante e Wendell Seabra

Dinha Tenório, Ederaldo Brito, tia da Rafa, a aniversariante, Carmen Brito, tia da Rafa

Dinha Tenório, a cerimonialista Giselle Buarque e a bela Rafaela Tenório

DJ Peixe em companhia da bela aniversariante

Nesta bela foto enfocamos o momento que a mãe da aniversariante, Dinha Tenório, homenageia a bela filha


TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 1 E 2 DE OUTUBRO DE 2016

ESPECIAL

3

Momento em que a aniversariante homenageou todas as 15 amigas com uma bela joia da Vivara

Rafaela Tenório, linda, dançando com o ator global Felipe Tito. Surpresa maravilhosa!

Um momento de descontração foi quando a bela Rafaela participou de uma coreografia linda, juntamente com as 15 meninas. Lindo!

Patrícia Moura, Dinha Tenório, a anfitriã, Rafael Tenório, pai da aniversariante, dr. Fábio Moura, destaques da noite

A anfitriã Dinha Tenório, Rafael Tenório, a aniversariante e a banqueteira Izabel Pinheiro

A mãe de Rafa, Dinha Tenório, a anfitriãn, Darlete Tenório, Beatriz Tenório e Rafael Tenório

Comandando uma mesa super vip na bela noite enfocamos os amigos Célio Pinto Ricardo Passos, Rafael Tenório e Ricardo Tenório

Elas estavam chiquérrimas na noite de sonhos, as amigas Nilza Dâmaso, Iraci Tenório, Dione Sarmento e Maria Amaral, todas maravilhadas com o requinte da noite

Enfocamos o irmão da aniversariante, Diogo Tenório, em companhia de Rafaela, numa foto bem família. Parabéns!

Bina Souza, linda, a bela Rafaela e Antonio Souza

Ana Brígida Tenório, Dinha Tenório, a anfitriã, o pai da Rafa, Rafael Tenório, e Junior Tenório

Thiago Mafra, Matheus França, Pedro Ivens França e Gilka Mafra, a bela Rafaela Tenório, Dinha e Rafael Tenório

Elenilson Gomes em companhia da linda Rafaela e sua mãe belíssima, Dinha Tenório

Na festa tivemos o grande show do Luan Estilizado, que deixou todos os convidados maravilhados

A hora do parabéns de Rafinha cercada de familiares e amigos, um momento de descontração

Outro grande espetáculo foi a mesa de doces criada pela doceria Tan Tan e Doces Finos, Fabiane Malta

Carol Dâmaso, responsável pela belíssima maquiagem da aniversariante em companhia da sua filha Karine Dâmaso, ela que fez parte das 15 gatas que dançaram na bela noite

Um momento de emoção e descontração, a aniversariante ao lado de Felipe Tito, ator de Malhação, da Rede Globo

Também feliz e emocionado com a bela noite, encontramos o fiel amigo de Raphaela, Fernando Alencar


TRIBUNAINDEPENDENTE

4 DIVERSÃO&ARTE MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 1 E 2 DE OUTUBRO DE 2016

Começaram as filmagens de “Correndo Atrás”, novo filme de Jeferson De, baseado no livro “Vai na Bola, Glanderson!”, de Hélio de La Peña, que conta a história de Ventania (Aílton Graça), um brasileiro que quer mudar de vida e tenta de tudo para melhorar sua situação. A comédia tem elenco quase todo formado por negros, com exceções como Tonico Pereira e Dadá Coelho. Estão no time Lázaro Ramos, Juan Paiva, Teka Romualdo, Rocco Pitanga, Juliana Alves e a dançarina Lellêzinha, do grupo Passinho. Este será o primeiro protagonista do Aílton no cinema

FLÁVIO RICCO - colaboração: José Carlos Nery - www.twitter.com/flavioricco

Cláudia Raia defende personagem em A Lei do Amor: “Não é vulgar”

Performance

A

partir desta segunda-feira, em substituição a “Velho Chico”, a Globo estreia “A Lei do Amor”, escrita por Maria Adelaide Amaral e Vincent Villari, com direção de Denise Saraceni. Uma novela apresentada com vários destaques, entre eles a presença de Salete, dona de um posto de gasolina, que promete não economizar em matéria de sensualidade.É o papel da Cláudia Raia. O ambiente será todo favorável a isso, com os seus frentistas sempre interessados nas qualidades da patroa, e ela nas deles. Pelo perfil, logo se imagina alguém que apela para a sexualidade de seu corpo para chamar a atenção. Cláudia Raia, porém, defende a personagem: “Ela não é uma mulher vulgar”.“Salete é solteira, sensual e linda, e simplesmente gosta de viver a vida. A tradução da mulher moderna”, declara a atriz. “Também não está presa numa jaula.” Em alguns momentos, no entanto, ela se colocará como supermoralista, ao se recusar a sair com homens casados. A atriz prefere definir a personagem como uma heroína, mulher independente, capaz de ir da comédia ao drama em questão de segundos, principalmente durante as situações em que sofre humilhações da filha, Jéssica (Marcella Rica) – a menina tem vergonha da mãe. Cláudia não esconde a empolgação com a personagem e garante que este trabalho é diferente de tudo o que já fez na televisão. “Ela é solar”, finaliza.

Estevam Avella/Globo

TV TUDO Tensão

Não é nada confortável o clima entre os funcionários do jornalismo da Record Rio. A pressão por melhores resultados nos índices de audiência acaba atingindo sua diretoria, que passa a cobrar dos comandados. Nível de hipertensão arterial e de gente tomando ansiolítico nas alturas.

Vai voltar

A série “Três Teresas”, com Denise Fraga, Cláudia Mello e Manoela Aliperti vai voltar ao GNT, na programação de 2017. A informação foi dada à coluna pela própria Denise na festa de lançamento da novela “A Lei do Amor”, em São Paulo.

Dupla que segue

Thelma Guedes e Duca Rachid não vão mais desfazer a parceria na televisão. Após o episódio do cancelamento da novela “O Homem Errado”, elas entenderam que o melhor mesmo é continuarem juntas, somando forças.

“Divas – O Musical”

Dirigido por Jarbas Homem de Mello, o musical “Divas” estreia no próximo dia 7, no Teatro Procópio Ferreira, em São Paulo. É protagonizado por Luiza Possi, Nikki e Jeniffer Nascimento. Também no elenco, nomes como Leilah Moreno, Rodrigo Andrade e Daniel Blanco. A equipe também pretende levar este trabalho para o Rio de Janeiro.

Garota da moto

Intocáveis

A segunda temporada de “A Garota da Moto”, no SBT, tem previsão de estreia para setembro ou outubro de 2017. Os trabalhos de roteiro já começaram e a ideia é reforçar o elenco.

Disputa saudável

Falando em Marina Ruy Barbosa, ela está mesmo fechada com Aguinaldo Silva para a próxima novela dele, “O Sétimo Guardião”. Não existe a menor chance de ela ser transferida para a próxima trama de Walcyr Carrasco. José Mayer também está reservado para “O Sétimo Guardião”.

Está uma disputa interessante na Globo entre Marina Ruy Barbosa e Bruna Marquezine, mas daquela do tipo bem saudável, com cada uma delas se destacando em seus recentes trabalhos. Marina teve uma rápida mas marcante participação na série “Justiça” e a Bruna já vem causando em “Nada Será como Antes”.

C’est fini

“Malhação - Pro Dia Nascer Feliz” está há pouco mais de um mês no ar e apresentando bom desempenho de audiência. A média mês supera o mesmo período das quatro edições anteriores no PNT - Painel Nacional de Televisão e em diversas praças do país, com destaque para a região Sudeste.

Marcelo Serrado está junto com o diretor Boninho em um projeto para as noites de domingo na Globo. Se receber sinal verde, o programa só será aproveitado no segundo semestre de 2017, porque, antes, o Marcelo irá priorizar as novelas. Então é isso. Mas amanhã tem mais. Tchau!

Cansou

Thiago Lacerda decidiu que não vai dar mais a mínima para as pessoas que o atacam nas redes sociais. Em algumas oportunidades até já moveu processos, mas, agora, resolveu simplesmente ignorar.

Bate-rebate ·As transmissões do futebol internacional têm atraído cada vez mais interessados aos canais ESPN, com os seus mais de 900 jogos exclusivos ao longo do ano... ...Destaque para a ESPN+, que registrou a maior audiência de sua história na transmissão de Arsenal e Chelsea, no dia 24 de setembro, alcançando a liderança na TV paga. ·Há um grande otimismo em relação ao lançamento do “Masterchef Profissionais”... ·... A direção da Band acredita que esta edição, com profissionais experientes, poderá até superar os resultados da já tradicional. Livre de “A Lei do Amor”, Chay Suede agora vai iniciar a preparação para “Novo Mundo”, novela na fila das 18h... ·..Isabelle Drummond também começa a se preparar para “Novo Mundo”, como heroína da história. ·Neste mês, o Discovery Kids terá uma programação especial em comemoração ao mês da criança... ·Além da estreia das novas temporadas de “Parque Patati Patatá” e da “Peppa”, não ficarão de fora “O Show da Luna!” e o inédito “Peppa ao Redor do Mundo”, entre outras. .A “Praça” de Carlos Alberto de Nóbrega vai comemorar 30 anos em maio de 2017. ·Mas o seu pessoal já está pensando agora no que vai ao ar, para o período de comemorações. ·Maurício Gyboski aguarda retorno da Globo sobre sinopse de uma novela.

HORÓSCOPO Conduza as tarefas de maneira organizada e aproveite para estudar mais. Não se isole. LIBRA – (23/9 a 22/10) – O contato da Lua com Mercúrio faz com que sua rotina seja marcada por uma nova forma de lidar com as dificuldades na convivência. Expresse sentimentos agradáveis a quem você ama. ESCORPIÃO – (23/10 a 21/11) – O contato da Lua com Mercúrio no seu setor de amizades motiva você a aproximar-se de pessoas com desejos parecidos com os seus. Tenha atenção a superficialidades e valorize seus amigos.

SAGITÁRIO – (22/11 a 21/12) – O contato da Lua com Mercúrio no seu setor profissional estimula você a buscar novas experiências. Reveja suas opiniões e parcerias e relacione-se com quem pode acrescentar algo de especial. No amor, reveja seus sentimentos e invista na relação ao lado de quem você ama. CAPRICÓRNIO – (22/12 a 19/1) – O contato da Lua com Mercúrio no setor espiritual motiva você a renovar suas estratégias profissionais e que envolvam estudos. Repense sua vida como um todo e mantenha projetos em segredo, a fim de preservá-los. No amor,

dedique-se ao máximo a manter a paixão no topo de suas prioridades. AQUÁRIO – (20/1 a 18/2) – Lua e Mercúrio aspectados na sua oitava casa motivam você a buscar o autoconhecimento. Não fantasie tanto. Tome iniciativas produtivas para os seus projetos pessoais. No amor, seu relacionamento amoroso precisa ser tratado de forma coerente. PEIXES – (19/2 a 20/3) -O contato da Lua com Mercúrio pede serenidade da sua parte para lidar com os problemas do romance. Fuja de brigas e desentendimentos com a pessoa querida e promova transformações na convivência a dois.

PALAVRAS CRUZADAS DIRETAS

www.coquetel.com.br

© Revistas COQUETEL

São defendidos pela (?) de Ouro, premiação tida como bancada religiosa o "Oscar" dos piores filmes do ano no parlamento Ele, em Barco de Dificuldade de enxergar de perto (Med.) francês remo

Menina mi- Brasil, Rús- Grandes aves que se mada e fútil sia, Índia, alimentam Taxa refeque vive China e Á- de animais rencial mortos na moda frica do Sul (sigla) João (?) de Melo Neto, poeta recifense

Curral de ovelhas Saudação telefônica (?) Arantes do Nascimento: o Pelé

(?) France, companhia de aviação

Fundar; instituir

(?) Barcellos, jornalista investigativo

Cuidar, em inglês Informação do relógio Cidade da Síria Príncipe de Troia (Mit.)

Época; era (?) mágicos: elfo, duende e fada Daniella Sarahyba, modelo carioca Reação natural à barata

É interpretado na terapia O Universo

Eleazar de Carvalho, compositor e regente

Recipiente de frutas e verduras na feira

O corpo típico do Homo sapiens Tira; faixa Sentido usado no braile

Glândula situada no centro do peito Irmãos do pai Propagam o som

Estrutura como o "pau de selfie" Recurso estilístico do refrão musical

Cortar relações (com alguém) Vereador

Astro de clássico de Hector Babenco

A estrela do casamento Fração da unidade Leite ordenhado Item do jogo de RPG

O antigo cônjuge (pop.) (?) Lins, cantor de "Lembra de Mim"

A protagonista do processo penal

(?) negra: matou milhões na Idade Média Efeitos do vazamento do gás de bujão 20

Solução E

A E P C

P A I S E S D O S B R I C S

C A I X O T E A B U T R E S

E X C O S M O A I R T R

P T A T O F R A M B O E S A

E D I L F Ã O

N

E D S I L

A V O O R I

T

H E A L O C

O N D A S H O R A

N Õ M O T C

I O L E

I

E O A

C

N V

E H I P E R M E T R O P I A

S R D V E

E O A R

V A L O R E S C O N S

BANCO

P

LEÃO – (23/7 a 22/8) – A Lua na sua segunda casa e em contato com Mercúrio aumenta seu bom senso e motiva você a organizar melhor sua vida, especialmente o orçamento. Tenha atenção para não tratar as relações pessoais com indiferença. No amor, o contato da Lua com Mercúrio faz você ter mais atenção com a vida afetiva. Os problemas a dois podem trazer estresse e conflitos, porém seja coerente em suas atitudes. Expresse carinho à pessoa amada. VIRGEM – (23/8 a 22/9) – O contato da Lua com Mercúrio no seu signo destaca um momento complicado para suas relações pessoais.

P

lorizem o romance. Lua e Mercúrio indicam a demonstração do amor frente às adversidades. GÊMEOS – (21/5 a 21/6) – Expresse seu desejo em preservar a estabilidade na relação. Lua e Mercúrio indicam bom senso para tratar os assuntos mais corriqueiros do dia a dia amoroso. Invista no amor e não perca tempo com o que já foi solucionado. CÂNCER – (22/6 a 22/7) – Lua e Mercúrio fazem você refletir mais sobre questões mais objetivas do dia a dia afetivo e a ter mais consideração com o amor. Dedique-se às boas emoções que você nutre pela pessoa querida.

2/il. 3/air. 4/care — edil — homs. 6/heitor — pixote. 14/países dos brics.

ÁRIES - (21/3 a 19/4) – Lua e Mercúrio fazem com que seu relacionamento afetivo recebe atenção e cuidado para que tudo se mantenha em ordem. Repense sua forma de lidar com os problemas. Tenha bom senso e não se estresse. TOURO – (20/4 a 20/5) – O contato da Lua com Mercúrio na sua quinta casa estimula você a procurar atividades mais prazerosas. O momento é de estímulos, no qual sua inteligência tende se expandir. No amor, o seu relacionamento afetivo precisa de sua atenção para recuperar a energia que dinamizava o cotidiano. Abandone a vaidade e faça escolhas que va-


Profile for Tribuna Hoje

Edião número 2747 - 1 e 2 de outubro de 2016  

tribunaindependenteediçãodigitaltribunahoje

Edião número 2747 - 1 e 2 de outubro de 2016  

tribunaindependenteediçãodigitaltribunahoje

Advertisement