Page 1

QUINTA-FEIRA MACEIÓ - ALAGOAS 4 DE JANEIRO DE 2018 N0 3.055

R$

2,00

TRIBUNA

EXEMPLAR DO ASSINANTE

INDEPENDENTE

tribunahoje.com

PASSAGEM DE ÔNIBUS PODE IR A R$ 3,80 OS EMPRESÁRIOS DO TRANSPORTE COLETIVO EM MACEIÓ VÃO ENCAMINHAR NESTA SEXTA-FEIRA À SMTT PROPOSTA DE REAJUSTE DA TARIFA DE ÔNIBUS. A EXPECTATIVA É DE QUE A PEDIDA SEJA UM AUMENTO DE 9%, QUE ELEVARIA O VALOR DA PASSAGEM PARA R$ 3,80. O REAJUSTE DO SALÁRIO MÍNIMO, QUE ENTROU EM VIGOR ESTE MÊS, FOI DE 1,81%. PÁGINA 12 AGÊNCIA ALAGOAS

EIXO QUARTEL SERÁ CONCLUÍDO ATÉ A PRÓXIMA SEMANA PAVIMENTAÇÃO ATENDE 16 RUAS QUE COMPÕEM O EIXO, ENTRE GRUTA DE LOURDES, PITANGUINHA E FAROL, TOTALIZANDO 4,5 QUILÔMETROS. ESTÁ EM CONCLUSÃO, TAMBÉM, O MURO DO HOSPITAL DO AÇÚCAR, ONDE UMA NOVA PISTA FOI CONSTRUÍDA. PÁGINA 11

IMPUNIDADE!

Em 2017 foram assassinados 40 moradores de rua em Alagoas, segundo o Movimento da População de Rua - a Delegacia de Homicídios contabiliza 28 mortes. Mas em nenhuma das duas contagens há um único caso esclarecido ou algum suspeito preso. PÁGINA 9

DIVULGAÇÃO

“ENTRE IRMÃS”

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA

DEPUTADOS APROVAM ORÇAMENTO DO ESTADO DE R$ 10,2 BILHÕES

MINISSÉRIE GRAVADA NO MUNICÍPIO DE PIRANHAS ESTREIA NA REDE GLOBO

A minissérie da Globo “Entre Irmãs”, que estreou na segunda-feira e terá quatro capítulos, teve cenas gravadas em Piranhas, em cenários nos Cânions do Rio São Francisco, além de Recife e Olinda. A produção conta a história de Luiza e Emília, duas irmãs órfãs vividas pelas atrizes Nanda Costa e Marjorie Estiano, que são separadas pelo destino. PÁGINA 10 Bom com possiblidades de chuvas em áreas isoladas

Mínima

23º

PÁGINA 2 SEM DATA DEFINIDA

PREFEITOS ALAGOANOS SONHAM RECEBER SOCORRO FINANCEIRO DE R$ 45 MILHÕES PÁGINA 3 “PRESENTE” DE ANO-NOVO

PREÇO DA GASOLINA CAI NA REFINARIA E DISPARA NOS POSTOS DE MACEIÓ PÁGINA 13

ATRIZ piranhense Nataeli Rodrigues é um dos destaques da minissérie da Rede Globo Máxima

31º

MARÉS

05:17 11:26

2.2m 0.2m

17:36 23:58

2.2m 0.1m

FINANÇAS

DÓLAR COMERCIAL DÓLAR PARALELO R$ 3,26 R$ 3,26

R$ 3,22 R$ 3,43

OURO

R$ 135,58

POUPANÇA 0,4273%


TRIBUNAINDEPENDENTE

2 POLÍTICA MACEIÓ - QUINTA-FEIRA, 4 DE JANEIRO DE 2018

Política

Procon passará a ser instituto e servidores terão reajuste de 6,29% Além do orçamento para o governo estadual, os parlamentares também aprovaram na sessão de ontem outras matérias de autoria da gestão em Alagoas, a exemplo da que reestrutura a carreira dos auditores-fiscais da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz); transforma o Procon em instituto; e concede reajuste de 6,29% aos servidores da Assembleia Legislativa do Estado (ALE). Com a aprovação, os parlamentares entram em recesso e só retornam na primeira quinzena de fevereiro.

ALE aprova orçamento de R$ 10 bilhões

LOA é validada pelos deputados estaduais e garante aporte maior de recursos para o setor de infraestrutura

ESPLANADA LEANDRO MAZZINI - contato@colunaesplanada.com.br

Corrupção levou à expulsão de mais de 400 servidores públicos

A

tos de corrupção, abandono de cargo e inassiduidade foram os principais motivos de expulsão de servidores públicos ao longo de 2017. Por mês, em média, 40 servidores receberam cartão vermelho e deixaram de integrar os quadros da administração pública. O Rio de Janeiro liderou o ranking de expulsões (89), seguido de São Paulo (41), Minas Gerais (37), Santa Catarina (24), Pará (20) e Rio Grande do Sul (17). Dos mais de 400 servidores punidos, 106 pertenciam aos quadros do Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDSA), 103 do Ministério da Educação e 79 do Ministério da Justiça.

Trajetória Entre 2003 e 2017, foram registradas mais de seis mil expulsões de servidores públicos, conforme o Ministério da Transparência. No ano passado, 65% das punições foram fundamentadas em investigações de corrupção.

Trôpega A articulação do Planalto por votos para aprovar a reforma da Previdência anda trôpega. O presidente Michel Temer desacelerou para cuidar da saúde, ministros emendaram as festas de final de ano e muitos líderes aliados estão “incomunicáveis”.

CARLOS VICTOR COSTA REPÓRTER

A

pós 19 dias do término do prazo regimental para apreciação da Lei do Orçamento Anual (LOA) deste ano, a matéria foi aprovada em segunda votação e redação final - com abstenção apenas do deputado Rodrigo Cunha (PSDB) -, na sessão de ontem (3), na Assembleia Legislativa do Estado (ALE). Desta forma a LOA que tramitava na ALE desde o dia 18 de setembro terá a receita total estimada dos Orçamentos Fiscal e da Seguridade Social, de R$ 10.214.925.295. O Poder Executivo fica autorizado a abrir, ao Orçamento Fiscal e da Seguridade Social, durante o exercício e créditos suplementares até o limite de 18% que anteriormente era de 15%. A votação da peça orçamentária que teve início na sessão da terça-feira (2) pre-

cisou ter sua segunda discussão ontem por conta da chegada de matérias governamentais que precisavam passar por algumas comissões, além de serem votadas antes da LOA. Esse fato acabou gerando uma discussão mais veemente entre os deputados Francisco Tenório (PMN) e Antonio Albuquerque (PTB). SECRETARIAS Tidas como as principais pastas do governo, as secretarias de Segurança (SSP), Saúde (Sesau), Educação (Seduc) e Transporte e Desenvolvimento Urbano (Setrand), juntas irão receber o montante de R$ 3.842.602.510,00. Para a secretaria de Segurança Pública, os investimentos chegam a R$ 1.289.757.296,00. Já na Seduc, o valor é de R$ 761.558.049,00 que serão investidos em construção de unidades escolares da educação básica, como também em reformas e outros

investimentos. A Sesau irá receber R$ 1.233.497.808,00 que irão contemplar da modernização da sede a reforma e ampliação de unidades de saúde e a Setrand R$ 557.789.357,00, que serão investidos em construção e manutenção de estradas. A Secretaria do Planejamento, Gestão e Patrimônio (Seplag) fica com o maior montante. O valor chega a R$ 2.096.725.216,00. ATRASO Com a expectativa de que fosse aprovada até o dia 15 de dezembro, a Lei Orçamentária acabou se arrastando devido a algumas discussões entre o governo e os poderes, que solicitavam um duodécimo maior do que o oferecido pelo Executivo. O Executivo enviou a LOA para Assembleia Legislativa com um acréscimo de 4.88% em relação ao orçamento de 2017. Esse reajuste não agradou os membros do Ministério Público do Estado (MPE), como também

dos Tribunais de Justiça e de Contas, que entraram em negociação com governador Renan Filho (PMDB), com o intuito de terem um duodécimo maior do que o oferecido. Diante dessa situação, o chefe do Executivo concedeu um reajuste maior para dois dos poderes que haviam solicitado o acréscimo no duodécimo. No caso do TJ, o aumento será de 9%, que se comparado com o que foi oferecido pelo governo (R$494.393.984,00), chegará a R$ 538.889.442,56. Já o duodécimo do MPE terá um incremento de 8,5%, saindo de R$ 150.855.829,00 para R$ 162.607 milhões. Os demais poderes permanecem com os 4,88% acrescidos aos seus respectivos duodécimos. A expectativa era de que a Assembleia Legislativa também solicitasse um orçamento maior, mas pelo visto os parlamentares estão satisfeitos com o que foi oferecido pelo Executivo.

Segundo plano

ASCOM/ALE

A “corrida contra o tempo”, aliás, não parece afetar o PSDB, partido que já fechou questão a favor da reforma, mas que ainda busca mudanças no texto da PEC. O principal interlocutor do partido, Carlos Sampaio (SP), com o relator da proposta, Arthur Maia (PPS-BA), afirma que conversas “só serão iniciadas ao final de janeiro”.

Transição Os tucanos querem mudar a regra de transição. O último texto apresentado criava idade mínima para a aposentadoria, que aumentaria um ano a cada dois de contribuição até que houvesse um patamar único em 2042. No PSDB, pelo menos, não se fala em “transição mais branda” e, sim, “mais justa”.

Para inglês ver A Comissão de Ética Pública da Presidência pode até abrir investigação contra o ministro falastrão Carlos Marun, mas é ínfima a possibilidade de recomendar alguma punição ao peemedebista. Representações contra integrantes do alto escalão do Governo, como a protocolada por servidores públicos, foram parar na gaveta. O atual chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, e o ex-ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, foram inocentados pelo colegiado da acusação de “infração ética” por declarações mais polêmicas que a do atual articulador político do Planalto. Marun insinuou que as torneiras da Caixa serão fechadas para parlamentares e governadores que não apoiarem a Previdência.

Quem é quem 2018 começou a baixa de dois ministros no governo Temer: Trabalho e Indústria e Comércio. Em compensação, o das Cidades parece ter dois titulares. Apesar de Alexandre Baldy ser o titular, o deputado Bruno Araújo ainda mantém perfis na rede ostentando o cargo.

Bola fora Mas bola fora mesmo foi da assessoria do articulador político do Governo – ele mesmo, Carlos Marun. Foi divulgada reunião com o ministro das Cidades e o nome de Gilberto Kassab, cargo que o ex-prefeito de São Paulo deixou em abril de 2016.

Em casa Condenado no mensalão, o ex-deputado Roberto Jefferson, presidente nacional do PTB, indicou a própria filha, Cristiane Brasil, para comandar o Ministério do Trabalho. Horas antes da reunião com Temer, no entanto, Jefferson desconversava: “Não sei se será possível fazer isso (indicar um nome) hoje”. Foi. Segundo o deputado cassado, “não foi uma indicação; o nome dela surgiu”.

Cota Em 2017, Cristiane custou mais de 420 mil reais à Câmara em gastos com cota parlamentar – passagens, aluguel de carro, alimentação, etc. – quase 50 mil reais só com bilhetes de companhias aéreas.

Assalto Líder do PT na Câmara, Paulo Pimenta (RS), taxa como “assalto” decisão do presidente da Petrobras, Pedro Parente, de pagar cerca de R$ 10 bilhões a investidores para encerrar disputa judicial envolvendo a companhia nos EUA: “Todo suposto dinheiro recuperado pela Lava Jato foi entregue para os americanos”.

Ponto Final “Saio satisfeito e feliz.” Do agora ex-ministro de Temer, Marcos Pereira (PRB)

Com Equipe DF, SP e Nordeste www.colunaesplanada.com.br contato@colunaesplanada.com.br Twitter @leandromazzini

Parlamentares alagoanos voltaram a tratar do orçamento em segunda discussão e já entram em recesso da Assembleia Legislativa do Estado

PROJETOS

Parlamentares têm discussão acalorada Para quem achava que a aprovação da LOA ocorreria de forma objetiva, se enganou. Um debate mais acalorado entre os deputados Antonio Albuquerque (PTB) e Francisco Tenório (PMN) foi iniciado por conta das matérias governamentais que precisavam passar pela 7ª Comissão, a qual Albuquerque preside. “Essas matérias foram votadas apenas na reunião de ontem [2] na 3ª Comissão e que chegou apenas hoje a 7ª Comissão. Digo isso para deixar claro que não havia por parte da presidência qualquer interesse de delongar a apreciação dessas matérias”, argumentou Albuquerque, que solicitou a suspensão da sessão. Após a fala de Albuquerque, Tenório fez um apelo para que o deputado se reunisse com os demais deputados membros da comissão para liberar as matérias de interesse público que lá estavam. Albuquerque, então, rebateu ao dizer que a seara de sua campanha não é fa-

ASCOM/ALE

Antonio Albuquerque e Francisco Tenório discutiram com mais veemência acerca dos projetos

zer média com segmentos de servidores do estado, cutucando Tenório que em seu pronunciamento destacou a importância da apreciação do projeto que beneficiaria os servidores da Fazenda Esta-

dual. Em resposta, Tenório disse que fazer média com os funcionários é porque trabalha em defesa deles. “A obrigação do presidente da comissão é chegar e ficar na comissão na

hora que foi convocado e não no seu gabinete mandando recado. É por isso que faço esse apelo que o deputado Antonio Albuquerque tenha um pouquinho de boa vontade e libere esses projetos”. (C.V.C.)


TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - QUINTA-FEIRA, 4 DE JANEIRO DE 2018 POLÍTICA

3

Prefeitos esperam receber R$ 45 mi Ajuda financeira anunciada pelo Governo Federal para os municípios ainda precisa de aprovação do Congresso CARLOS AMARAL REPÓRTER

N

o final de 2017, o presidente Michel Temer (PMDB) publicou Medida Provisória (MP) com o objetivo de conceder ajuda financeira aos municípios brasileiros em R$ 2 bilhões. Desse montante, R$ 45.458.903,41 vem para Alagoas, mas não há previsão de quando o recurso estará disponível porque a medida precisa ser aprovada pelo Congresso Nacional. As regras para a divisão desses R$ 2 bilhões são as mesmas do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), que tem por base o número de habitantes para distribuição dos recursos. A necessidade de votação no Congresso ocorre por ser preciso readequar o Orçamento da União. Os municípios devem utilizar o dinheiro dessa ajuda “preferencialmente nas áreas de saúde e educação”. A Confederação Nacional dos Municípios (CNM) orienta os gestores para ficarem atentos à forma como os recursos serão liberados. “Como a origem dos recursos ainda será definida, deve-se aguardar como serão efetuados os tratamen-

tos orçamentário e contábil. É importante ressaltar que o auxílio financeiro terá dedução referente ao 1% do Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público [Pasep]”, diz a CNM. A entidade também alerta que os recursos não podem ser usados para fechar o exercício financeiro de 2017. DISTRIBUIÇÃO Em Alagoas, o município que receberá a maior fatia da ajuda financeira, assim como em relação ao FPM, é Maceió. A capital alagoana deve embolsar pouco mais de R$ 10 milhões, levando em consideração o percentual recebido no terceiro repasse do FPM no último mês de dezembro. Arapiraca é a segunda com maior valor a receber, com mais de R$ 2 milhões. Vinte e nove cidades alagoanas irão receber pouco mais de R$ 170 mil dos recursos para a ajuda aos municípios. MENOR VALOR Esse tipo de ajuda financeira já foi realizada outras duas vezes. A última é a de menor valor. Em 2010, Alagoas recebeu mais de R$ 53 milhões; e em 2014, mais de R$ 71 milhões. Agora, são R$ 45.458.903,41. FOTOS PÚBLICAS

FOTOS PÚBLICAS

Congresso Nacional está em recesso e só retoma as aprovações de projetos de lei e medidas provisórias para os municípios em fevereiro

PAUTA MUNICIPALISTA

AMA vislumbra mais conquistas em 2018 SANDRO LIMA

EDITORIA DE POLÍTICA COM ASSESSORIA

Carlos Marun nega que governo Temer tenha feito chantagem

DISTRIBUIÇÃO

Ministro nega “toma lá, dá cá” por apoio à reforma O ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, negou que a liberação de R$ 2 bilhões a municípios, feita por MP no último dia 29 de dezembro, está condicionada a apoio dos prefeitos ao governo Temer. Em entrevista coletiva ele garantiu que “não está associado a apoio nenhum. Tanto é que a distribuição dos recursos será feita em conformidade com o estabelecido na proporção da divisão do Fundo de Participação dos Municípios”. Na mesma semana, o ministro disse que esperava “reciprocidade” de governadores com financiamentos pendentes em bancos públicos, para que eles convencessem suas bancadas a votar a favor da reforma da previdência. “Serão beneficiados municípios com prefeitos de todos os partidos. Aqueles que tiverem responsabilidade, nos auxiliem. Aqueles que não, obviamente lamentamos, mas isso não interfere na distribuição”, disse o mi-

nistro em entrevista após anúncio da ajuda ao municípios. GOVERNADORES No dia 27 de dezembro, os governadores do Nordeste, incluindo Renan Filho (PMDB), assinaram carta em que repudiam as declarações de Carlos Marun sobre a “reciprocidade”. “Segundo ele, a prática de atos jurídicos por parte da União seria condicionada a posições políticas dos governadores. Protestamos publicamente contra essa declaração e contra essa possibilidade, e não hesitaremos em promover a responsabilidade política e jurídica dos agentes públicos envolvidos, caso a ameaça se confirme. Vivemos em uma Federação, cláusula pétrea da Constituição, não se admitindo atos arbitrários para extrair alinhamentos políticos, algo possível somente na vigência de ditaduras cruéis”, diz a carta dos governadores nordestinos. (C.A., com Agência Brasil)

A Associação dos Municípios Alagoanos (AMA) integra a Confederação Nacional de Municípios (CNM) e divulga nova campanha nacional, com o objetivo de celebrar as conquistas de 2017 e apresentar os desafios do ano que entrou. O parcelamento da Dívida Previdenciária, 1% do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), Redistribuição do Imposto Sobre Serviços (ISS), aprovação dos Precatórios, Auxílio Financeiro para o Fomento de Exportações (FEX) e o Encontro de Contas estão entre as grandes conquistas de 2017. O presidente da AMA, Hugo Wanderley ressaltou que os prefeitos de Alagoas tiveram grande participação em todos os movimentos e foram também protagonistas das lutas municipalistas. Em Alagoas, o trabalho da AMA também resultou em conquistas para os municípios como recuperação de estradas, lançamento do PAA da Agricultura Familiar, retomada das cestas nutricionais, abertura de poços artesianos, o programa Escola Nota 10, lançamento da construção do hospital em Porto Calvo, entre outras ações. Wanderley também destaca como importante a preocupação dos gestores com o meio ambiente e o fechamento os lixões que vai garantir qualidade de vida à população. Aliado a isso, o trabalho institucional da Entidade junto ao Ministério do Turismo resultou na inclusão da maioria dos municípios de Alagoas no Mapa do Turismo nacional. UNIÃO Em mensagem aos Municípios, o presidente da CNM, Paulo Ziulkoski, lembrou que a união dos gestores municipais foi de extrema importância. “Foi um ano ímpar no Movimento Municipalis-

Hugo Wanderley fez destaques sobre as conquistas obtidas pelos municípios durante o ano de 2017

ta. Talvez em nenhum outro momento se conseguiu avançar tanto em tantas questões da nossa chamada pauta municipalista. Isso é graças a participação dos prefeitos, vice-prefeitos, vereadores, enfim, da comunidade municipalista”, comemorou o líder do movimento municipalista. Mesmo aprovadas no ano passado, os bons frutos devem ser colhidos pelos Municípios a partir de agora. “Este ano agora, que

estamos iniciando, já começa a ser o ano de colher os resultados, mesmo que leve um tempo para consolidar. Vamos ter uma boa melhora na arrecadação de todos os Municípios, inclusive dos pequenos Municípios”, disse Ziulkoski. O presidente da CNM disse ainda que em 2018, as eleições presidenciais, governamentais e parlamentares devem ser de grande importância para os Municípios brasileiros e, por fim,

agradeceu ao apoio dos gestores municiais no ano que findou e ressaltou a importância da união para alcançar os objetivos favoráveis aos Municípios. “Ressalto a importância do Movimento Municipalista, da nossa entidade, a CNM. Mas ela depende da sua participação, organizada, ordeira, mas com força, enfrentando essa dura verdade que vocês vão ter ainda pela frente do mandato. A nossa luta continua”, frisou.


4

TRIBUNAINDEPENDENTE

POLÍTICA MACEIÓ - QUINTA-FEIRA, 4 DE JANEIRO DE 2018

BARTOLOMEU DRESCH bartolomeu_dresch@hotmail.com.br

A excepcionalidade do agronegócio

O

governo considerou o ano de 2017 como excepcional para a agricultura brasileira. A própria supersafra de grãos, que atingiu 238 milhões de toneladas é um marco histórico para o país, assinala Neri Geller, secretário de Política Agrícola do Ministério da Agricultura. Ele atribui o resultado a uma conjunção de fatores positivos que ajudou a consolidar o Brasil como um dos mais importantes players do agronegócio no mercado global. Vale salientar também que a mobilização de recursos alcançou o total de R$ 188,3 bilhões para o crédito rural em operações de plantio, comercialização e custeio para a safra 2017/2018. Para o Seguro Rural foram destinados R$ 550 milhões e R$ 1,4 bilhão no apoio à comercialização da Política de Garantia de Preços Mínimos (PGPM).

Além de tudo, mentiroso

mil mentiras.

Desde que assumiu a presidência dos Estados Unidos, em 20 de Janeiro de 2017, até a última terça-feira (2), Donald Trump já fez 1.950 declarações falsas ou enganosas, segundo um estudo realizado pelo jornal “Washington Post”. Segundo a publicação, em 347 dias de mandato, o magnata contou uma média de 5,6 mentiras por dia. Os discursos do norte-americano foram classificados como “falsos e enganosos”. Faltando apenas 18 dias para o encerramento do primeiro ano na Casa Branca, Trump ainda poderá bater duas

Além de tudo, mentiroso 2

Rui Palmeira vistoria obras de pavimentação Município vem atuando, com recursos próprios, para melhorar a mobilidade urbana também na Santa Lúcia EDITORIA DE POLÍTICA COM ASSESSORIA

A

Prefeitura de Maceió, por meio da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminfra), está com as obras de pavimentação em ritmo acelerado no bairro da Santa Lúcia. Na quarta-feira (03), o prefeito Rui Palmeira (PSDB) vistoriou os trabalhos na Travessa Belmiro Amorim e Rua Nossa Senhora de Lourdes, ambas transversais à Avenida Belmiro Amorim, que também foi toda recapeada. Além das duas ruas vistoriadas nesta quarta, as demais vias que ligam a Belmiro Amorim com a Avenida Manoel Afonso estão passando por obras de

infraestrutura, totalizando cerca de 4 quilômetros entre pavimentação e recapeamento no bairro. Segundo o prefeito, tudo está sendo executado com recursos do próprio Município, em um investimento de R$ 1 ,5 milhão. “Estamos melhorando a qualidade de vida da região da Santa Lúcia com recursos próprios. A gente tem buscado reutilizar o material fresado para fazer a base do asfalto no bairro. Então, tudo o que foi retirado da avenida principal foi utilizado como base para novas ruas que estão sendo pavimentadas, gerando uma economia para a cidade, já que não temos recursos para fazer tudo o que a gente gostaria. Estamos fazendo da forma mais eco-

Entre as cinco principais “enganações” de Trump, estão a de que os EUA são uma das nações mais tributadas do planeta, e que o seu corte de impostos é o maior na história do país. Além disso, entre as declarações mentirosas estão as opiniões sobre o Russiagate e o Obamacare, bem como o “orgulho” de ter roubado grandes negócios antes de ser presidente. O jornal, que mantém sempre o seu banco de dados altamente atualizado, afirmou que algumas declarações enganosas do bilionário foram repetidas várias vezes.

nômica possível, para fazer mais com menos”, ressaltou o prefeito. As obras na Santa Lúcia foram iniciadas no final de novembro e estão previstas para terminar no mês de janeiro. De acordo com o secretário municipal de infraestrutura, Ib Brêda, os serviços estão dentro do cronograma previsto. “As obras estão bem adiantadas. Faltam apenas oito ruas para serem concluídas. A travessa Belmiro Amorim já recebeu asfalto e a Nossa Senhora de Lourdes está terminando com a terraplanagem. As equipes estão avançando com os serviços e os moradores estão ficando satisfeitos”, frisou o titular da Infraestrutura na capital. ASSESSORIA

Balanço da Lei Seca As ações desenvolvidas pela Operação Lei Seca em Alagoas no ano de 2017, apresentaram resultados significativos, na redução de acidentes e no combate a alcoolemia. Segundo dados fornecidos pela coordenação da Operação, foram realizadas 416 ações de fiscalização, com 30.573 pessoas submetidas ao teste com o etilômetro, 27.780 veículos foram abordados e seus condutores revistados, além de 7.406 infrações lavradas por diversas irregularidades. Ainda foram recolhidas 1.354 Carteiras Nacional de Habilitação e 490 veículos recolhidos ao pátio do Detran e das Ciretrans.

Somente Sir Ringo Starr O ex-baterista dos Beatles, Ringo Starr, será condecorado com o título de “Sir” pela Rainha Elizabeth II. O anúncio oficial foi feito formalmente nas Honras de Ano Novo, no Palácio de Buckingham. O título será concedido pela dedicação de Ringo às causas sociais como a luta contra a Aids e o abuso sexual infantil, além da luta pelos direitos humanos. Esta é a segunda vez que ele recebe um reconhecimento oficial. Em 1965, ele e os demais Beatles se tornaram membros da Excelentíssima Ordem do Império Britânico. Outro Beatle, Paul McCartney, recebeu o título de “Sir” em 1997. Também foram reconhecidos os músicos Mick Jagger e Elton John, e a escritora J. K. Rowling.

Distribuição de agrados Nos últimos dias de 2017 o presidente Michel Temer distribuiu títulos e agrados aos apaniguados do poder. No Natal, de uma só vez, o presidente baixou 16 leis que presentearam cidades, homenagearam personalidades e inflaram o calendário de datas festivas. A cidade de Parintins (AM) ganhou do presidente o título de Capital Nacional do Boi Bumbá, o ex-presidente Juscelino Kubitschek foi nomeado “patrono da urologia no Brasil “, Machado de Assis teve o nome inscrito no Livro dos Heróis da Pátria e o dia 10 de Dezembro foi declarado o Dia do Palhaço. Mas o principal presente não vingou: o indulto de Natal para presos condenados por corrupção.

Distribuição de agrados 2 Em outra canetada, o presidente deu ao município de Castro, no Paraná, o título de Capital Nacional do Leite, homenagem proposta por Osmar Serraglio (PMDB-PR), ex-ministro de Temer. Também concedeu a cidade gaúcha de Teotônia o título de Capital Nacional do Canto Coral. Também criou o Dia Nacional do Teatro do Oprimido e também o Dia Nacional do Kraw Magá, O projeto foi apresentado pelo lutador Acelino Popó Freitas, então deputado pelo PRB-BA. Por causa disso, o dia 18 de Janeiro passa a ser dedicado a celebrar no Brasil a técnica israelense de luta usada para a defesa pessoal. • A Secretaria de Estado da Saúde iniciou 2017 com uma campanha informativa, com o objetivo de alertar a população alagoana sobre o número crescente de pessoas contaminadas com o vírus HIV em Alagoas. • A campanha visa alcançar algumas metas até 2020, como fazer com que 90% das pessoas vivendo com o HIV, saibam que têm o vírus, e que 90% das pessoas diagnosticadas com o HIV recebam terapia antirretroviral, e que 90% das pessoas em tratamento, não possam mais transmitir o vírus. Essa é a meta conhecida por 90-9090. • Atualmente em Alagoas, 15 mil pessoas soropositivas, não sabem que têm o vírus. • A proposta é conscientizar a população para que as pessoas comecem a se enxergar como vulneráveis ao HIV. Atualmente fala-se em comportamento de risco e não mais em grupo de risco, como era há alguns anos. • Para a superintendente de Vigilância em Saúde da Secretaria, Mardjane Nunes “as pessoas em tratamento de HIV/Aids no Brasil, sofrem mais com os problemas relacionados à interação social do que com a ação do vírus no organismo” assinalou ela.

Prefeito Rui Palmeira durante a vistoria em mais uma obra que está sendo tocada na capital alagoana

DECISÃO

Delegacia em Piranhas é interditada A juíza Amine Mafra Chukr Conrado determinou, por meio de liminar, a interdição das celas da delegacia de Piranhas. A decisão, proferida no último dia 19, proíbe a permanência de novos presos provisórios no local, por mais de 24 horas, e estabelece que eles sejam remanejados para a Casa de Custódia, cadeia pública ou outro lugar adequado. Em caso de descumprimento, o secretário de Segurança e Defesa Social de Alagoas fica sujeito ao pagamento de multa diária, no valor de R$ 500, limitada à quantia de R$ 50 mil. A decisão atende a pedido feito pela Defensoria Pública do Estado. Segundo o órgão, a delegacia de Piranhas encontra-se em uma situação de extrema precariedade, apresentando insalubridade e problemas estruturais, o que coloca em risco a integridade física e a saúde dos policiais, dos detentos e da população. Inspeção realizada no dia 11 de outubro de 2017 constatou que o prédio não dispõe de ventilação e iluminação adequadas, não possui plano de prevenção de incêndio, nem saída de emergência e esgotamento sanitário. Os presos não contam com acompanhamento médico no local, estando sujeitos a contrair doenças. Verificou-se ainda que a delegacia não tem celas individualizadas. Em contestação, o Estado afirmou que a realização de obras na delegacia exige licitação, não sendo possível o início imediato dos trabalhos de recuperação do prédio. Ao analisar o caso, a juíza Amine Mafra, titular da Comarca de Piranhas, considerou que a delegacia não atende aos requisitos mínimos de segurança para o seu funcionamento. A magistrada determinou que o Estado apresente, no prazo de 30 dias a partir da comunicação da decisão, plano de transferência dos atuais presos provisórios irregularmente custodiados, com prazo máximo de três meses a partir da juntada dos autos, ou transferência imediata dos presos no mesmo prazo.

MACEIÓ VERÃO

MPE firma TAC para garantir segurança A 1ª Promotoria de Justiça de Defesa do Consumidor, reuniu ontem (3), representantes de órgãos do poder público e da empresa Branco Promoções de Eventos para a assinatura do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), que garantirá o disciplinamento de todas as medidas de segurança, limpeza e organização do Festival Maceió Verão 2018. O Ministério Público Estadual (MPE/AL) visa a manutenção da ordem no local da festividade, que acontecerá todos os sábados do mês de janeiro, no estacionamento de Jaraguá, já a partir do próximo dia 6. No documento ficou detalhado como a Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e Secretaria Municipal de Segurança Comunitária e Convívio Social (SEMSCS) montarão a estrutura de segurança no local dos shows. Também ficou acertado quais ruas serão interditadas nos dias do Maceió Verão 2018 e como acontecerá toda logística do evento. “É preciso atenção redobrada nesse tipo de evento,

que este ano ganha uma estrutura diferenciada, já que terá uma parte aberta ao público e outra paga. Cabe ao poder público, aos demais órgãos envolvidos e a empresa privada responsável por todo a organização zelar pelo bem-estar dos cidadãos, como também assegurar a ordem nos divertimentos porque é interesse social. O Ministério Público tem a obrigação de cobrar e, assim, todos foram convocados para assumir seus compromissos e responsabilidades”, ressalta o promotor de Justiça Max Martins. Como este ano a organização do Festival Maceió Verão 2018 ficou por conta da empresa Branco Promoções de Eventos, vencedora de um processo licitatório, caberá aos diretores da instituição privada a confecção de um projeto, que deverá ser entregue ao Corpo de Bombeiros e Polícia Militar, contendo toda estrutura do evento, quantidade de público esperado e um plano de emergência para casos de tumultos ou a necessidade de esvaziamento rápido do local. Também caberá a

Branco Promoções, a distribuição de banheiros químicos em toda área interna e externa do evento, a contratação de bombeiros civis para atuar na área de shows e de 50 homens para trabalharem como segurança privada nos camarotes, palco e frontstage. Ainda ficou acordado que a empresa dará apoio logístico para órgão públicos que trabalharão na organização do evento. SEGURANÇA A Polícia Militar de Alagoas (PM/AL), Corpo de Bombeiros (CB) e Secretaria Municipal de Segurança Comunitária e Convívio Social (SEMSCS) deverão trabalhar em conjunto para garantir a segurança do público em todo a região da realização do evento. No termo de ajustamento ficou acertado que a SEMSCS adotará medias que impeçam, nas vias públicas do entorno do evento, a circulação, venda e consumo de bebidas alcoólicas em vasilhame de vidro e a comercialização de churrasquinhos em espetos de madeira, por parte de ambulantes, comerciantes e público em geral.

Os representantes da PM/AL garantiram que durante os dias de evento o bairro de Jaraguá receberá um maior contingente de policiamento, que será feito a pé, motorizado, montado e aéreo. Já o Corpo de Bombeiros, ficará responsável pela vistoria do local e por disponibilizar viaturas para garantir o socorro do público local, em caso de algum tipo de incidente. Além disso, a Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT) ficará responsável pela interdição total, nos dias e horários dos shows, da avenida Cícero Toledo, apenas no sentido Pajuçara - Centro. Já nas ruas Sá e Albuquerque e Barão de Jaraguá o trânsito será liberado. Se algum órgão ou organizador dos eventos descumprir as obrigações assumidas, estarão sujeitos a pagar multa de R$ 10 mil. Ficou também estipulado a aplicação de multa no valor de R$ 20 mil caso a empresa Branco Branco Promoções de Eventos não cumpra o que ficou estabelecido.


TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - QUINTA-FEIRA, 4 DE JANEIRO DE 2018 POLÍTICA

5

Filha de Jefferson vai assumir ministério Cristiane Brasil tem sido fiel aliada de Michel Temer na Câmara Federal, a exemplo do pai, que é ex-deputado

N

em o deputado que se “lixa” para a opinião pública, nem o deputado acusado de envolvimento com a máfia dos sanguessugas. O presidente Michel Temer vai nomear a deputada Cristiane Brasil (PTB-RJ), filha do ex-deputado Roberto Jefferson (PTB-RJ), como ministra do Trabalho. O acerto foi feito após encontro entre Jefferson, que foi condenado e cumpriu pena de prisão no caso do mensalão, e Temer. O nome de Cristiane recebeu o aval da bancada do PTB na Câmara. Ela substituirá o também deputado petebista Ronaldo Nogueira (RS), que entregou o cargo semana passada. A escolha da nova titular da pasta ocorre um dia após Temer ter desistido de nomear o deputado Pedro Fernandes (MA) a pedido do ex-presidente José Sarney (PMDB), com quem está rompido politicamente. Cristiane Brasil exerce o seu primeiro mandato federal. Antes, foi vereadora

DIVULGAÇÃO

no Rio por três legislaturas. Em abril de 2016 ela votou a favor da abertura de processo de impeachment da ex-presidente Dilma. Com a chegada de Temer ao poder, Roberto Jefferson voltou a ter influência no governo. Seu nome chegou a ser cogitado para o ministério. A deputada também votou a favor da reforma trabalhista, da ampliação das possibilidades de terceirização e da PEC do Teto dos Gastos, consideradas vitórias legislativas importantes de Temer. Ela se posicionou a favor do presidente ao ajudar a barrar as duas denúncias criminais contra o peemedebista no ano passado. Delator do mensalão, Roberto Jefferson foi condenado à prisão por também receber recursos do esquema de corrupção em troca de apoio parlamentar. Em 1992 ele ficou conhecido como o líder da tropa de choque do então presidente Fernando Collor no processo de impeachment.

Cristiane Brasil também foi citada por delator ligado a empreiteira; ela teria recebido recursos ilegais para sua campanha de vereadora

DELATOR

Deputada é acusada de receber da Odebrecht Confirmada como nova ministra do Trabalho, Cristiane Brasil foi apontada em delação premiada como beneficiária de R$ 200 mil em caixa dois para sua campanha a vereadora em 2012. Um dos delatores da Odebrecht na Operação Lava Jato, o executivo Leandro Andrade disse que a deputada recebeu pessoalmente dele a quantia a pedido da campanha do então prefeito do Rio,

Eduardo Paes (PMDB). O repasse, segundo ele, foi solicitado pelo deputado Pedro Paulo (PMDB-RJ), à época coordenador da campanha à reeleição de Paes. O delator disse que se encontrou com a deputada por acaso: “O que aconteceu foi que eu estava no dia da programação de ela ir retirar esse dinheiro nesse escritório. Eu não ficava direto lá, mas ia de vez em quando

para reuniões. Ela mesma foi retirar esse dinheiro. O que aconteceu foi que o portador nosso, o doleiro, não sei exatamente como é que chama, demorou a chegar. Ela ficou na antessala do escritório. Minha secretária que atendia lá veio dizer: ‘Tem uma deputada aí, que está esperando há um tempão, já está ficando nervosa’. Fui e a chamei para para tentar fazer uma sala. Realmente nós

conversamos, me apresentei, não conhecia. Ela estava lá para pegar o dinheiro”, relatou. Leandro contou que “o portador chegou” e entrou na sala com uma mochila na qual, segundo ele, estava o dinheiro destinado à deputada, que na época era vereadora. “De dentro da mochila, ele tirou o pacote de plástico onde tinha um valor de R$

250 mil anotado em cima, R$ 200 mil, desculpa, anotado em cima. Ela pegou esse valor, ela estava com uma mochila. Pegou esse valor, botou dentro da mochila, agradeceu e saiu. Esse fato foi exatamente eu entregando para ela”, disse. O delator disse que buscou mas não encontrou registro da entrada de Cristiane na entrada do prédio em que trabalhava.

DIVULGAÇÃO

MARCOS PEREIRA

Governo Temer tem mais uma baixa com pedido de demissão

Marcos Pereira preside o PRB e pode disputar as eleições este ano

180 DIAS

Pezão veta limite para prisão provisória no Rio O governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, vetou, integralmente, projeto do deputado estadual Paulo Ramos (afastado do PSOL) que dispõe sobre a permanência de preso provisório nas unidades do sistema penitenciário estadual. O texto, aprovado na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), em dezembro, limitava a 180 dias a prisão provisória nas penitenciárias fluminenses. Pezão apontou ainda que o texto impõe atribuições aos Executivo e Judiciário, “esbarrando, mais uma vez, nas competências privativas destes Poderes para cuidar das respectivas estruturas e organização”. O governador chamou atenção ainda para o momento político do estado em que várias autoridades fluminenses estão presas e destacou que a sanção traria insegurança jurídica às investigações. “Considerando as diversas apurações criminais em curso envolvendo autoridades ou ex-autoridades estaduais, a sanção de tal projeto poderia agregar uma desnecessária insegurança jurídica à atuação investigativa e jurisdicional estatal”, justificou. A proposta aprovada pela Alerj determina ainda que o preso provisório não seja encaminhado novamente ao sistema penitenciário pelos mesmos motivos apresentados na detenção anterior.

O ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, Marcos Pereira, entregou ontem (3) carta de demissão ao presidente Michel Temer, em reunião no Palácio do Planalto. Ele anunciou a decisão por meio das redes sociais. Na carta, Pereira explica que deixa a pasta para se dedicar a questões pessoais e partidárias. O Palácio do Planalto não comentou o pedido de demissão. Marcos Pereira é presidente licenciado do Partido Republicano Brasileiro (PRB) e pode disputar cargo eletivo na próxima eleição, que acontece em outubro. Essa é a segunda baixa no ministério do presidente Temer em menos de 10 dias. Na semana passada,

Ronaldo Nogueira deixou o comando do Ministério do Trabalho também para se candidatar nas eleições. Nos últimos dias, o presidente Temer tem conversado com integrantes do PTB em busca de um nome para assumir o Ministério do Trabalho. Na carta de três páginas, Marcos Pereira faz um balanço das ações de sua gestão no ministério, iniciada em maio de 2016. Ele registra que “assumimos um governo falido, despedaçado, com todos os índices econômicos negativos e sem perspectiva de melhora de vida” e que o governo enfrentou os desafios e o país “encontrou seu curso novamente”. Pereira finaliza o texto dizendo que espera ter hon-

rado o setor produtivo brasileiro e seu partido, o PRB, e agradece a confiança do presidente Temer. Ele justifica o pedido dizendo que “preciso deixar o ministério para poder me dedicar a questões pessoais e partidárias”. Na sua conta no Twitter, Pereira também agradeceu os servidores e secretários do ministério pelo trabalho realizado nos últimos 21 meses. “Caros amigos, colegas do PRB, povo brasileiro: entreguei hoje ao presidente Michel Temer meu pedido de demissão do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços. Cumpri com muita dedicação esta missão que me honrou muito”, escreveu Marcos Pereira em sua conta.

PETROBRAS

PT aciona PGR contra pagamento O líder do PT na Câmara, Paulo Pimenta (RS), entrou ontem (3) com uma representação na Procuradoria Geral da República pedindo investigação do acordo de US$ 2,95 bilhões feito pela Petrobras com a Justiça dos Estados Unidos. O petista solicita que a procuradorageral, Raquel Dodge, cobre explicações do comando da empresa e interfira para impedir a retirada do dinheiro. A Petrobras anunciou nesta manhã que pagará US$ 2,95 bilhões (cerca de R$ 10 bilhões) para ressarcir investidores estrangeiros e encerrar ação judicial coletiva que tramita na corte de Nova York. A decisão, que será analisada por um juiz norte-americano, prevê que todos os processos contra a empresa brasileira no país sejam encerrados. A estatal alega que a medida é necessária para eliminar o risco de decisões desfavoráveis que teriam impacto negativo na situação financeira da empresa. O valor negociado, porém, é superior ao que a Lava Jato devolveu à Petrobras, cerca de R$ 1,5 bilhão, como recursos desviados da companhia. Na representação, o novo líder petista na Câmara solicita a instauração de um procedimento administrativo de investigação da legitimidade e conveniência do acordo costurado pela Petrobras.


6

OPINIÃO

TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - QUINTA-FEIRA, 4 DE JANEIRO DE 2018

Opinião

Confiança empresarial

O

Índice de Confiança do Empresário do Comércio (Icec), apurado pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), atingiu 109,2 pontos no mês de dezembro, mantendo-se acima da zona de indiferença (100 pontos). Na comparação com novembro, o indicador evoluiu 1,4% na série com ajuste sazonal. Já ante dezembro do ano passado, o aumento foi de 10,2%. A melhora gradativa do poder de compra das famílias, proveniente da desaceleração da inflação e da leve recuperação da renda, provocou um resultado mais favorável nas vendas de fim de ano. A Confederação estima que o Natal tenha alcançado R$ 34,9 bilhões em volume de vendas, montante 5,2% acima do mesmo período do ano anterior.

O subíndice que mede a avaliação das condições correntes pelo comerciante apresentou aumento de 1,7% na série com ajuste sazonal, segundo avanço na comparação mensal. Na comparação anual, o índice teve um importante aumento de 33,3%. Apesar disso, continua na zona negativa (abaixo dos 100 pontos), com 79,5 pontos. Em relação a dezembro de 2016, a percepção dos varejistas sobre as condições atuais melhorou expressivamente em todos os itens avaliados (economia, setor e empresa), com destaque para a economia, com aumento de 47,3%. Neste dezembro, 40,9% dos comerciantes consideram o desempenho do comércio melhor do que há um ano. No ano passado, esse percentual era de 27,1% dos entrevistados. O Índice de Expectativas do Empresário do Comércio aumentou 1,0% em relação a novembro e 1,8% na comparação com dezembro de 2016. O componente segue como o único subíndice do Icec acima da zona de indiferença, com 152,0 pontos.

MAURO SANTAYANNA Jornalista

Os dois golpes de 2018 O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) anunciou o dia 24 de janeiro como data para a apresentação do resultado do julgamento dos recursos impetrados pela defesa de Lula contra a sua condenação no caso do tríplex do Guarujá. Lula foi condenado, kafkianamente, por ter supostamente “recebido” R$ 3,7 milhões na forma de um apartamento que nunca foi dele – a propriedade está em nome de um fundo gerido pela Caixa Econômica Federal – e de obras nesse apartamento. Segundo seus acusadores, seriam “recursos oriundos” de propinas da Petrobras, quando todo mundo sabe, incluídos os funcionários da empresa, que ele nunca se envolveu diretamente com a gestão da companhia. Em qualquer lugar do planeta, ninguém poderia ser condenado por ter recebido algo que nunca foi seu. No país arbitrário, hipócrita e surreal em que estamos vivendo, com o descarado uso político da “justiça” por grupelhos partidários de juízes de primeira instância e procuradores do Ministério Público, isso não é apenas possível, como a parte mais poderosa da mídia endossa e aplaude tal absurdo como se fosse a coisa mais natural do mundo. Apenas para efeito de comparação, a mesma “justiça” que se adianta para condenar Lula em segunda instância, no tempo recorde de seis meses, com objetivo de impedir que ele concorra à presidência da República, em

uma eleição em que é franco favorito, levou 12 anos para julgar um ex-governador tucano – Eduardo Azeredo, também ex-presidente do PSDB – em primeira instância e mais dois para julgá-lo na segunda, sem confirmar sua prisão e reduzindo, no final, a sua pena. Mas para uma imprensa que se diz isenta e afirma defender o direito e a liberdade, isso também não vem ao caso e é a coisa mais comum do mundo. Tivessem um mínimo de pudor, aqueles que querem condenar Lula esperariam outro, entre os muitos processos que estão sendo movidos contra ele, que tivesse um mínimo de provas ou verossimilhança. Mas isso exigiria, diante de seu constante crescimento nas pesquisas, um precioso tempo. A mesma justiça que quer homologar a condenação de Lula em tempo recorde, nega à sua defesa o acesso a supostas provas contra ele. Mas para certa imprensa que se diz isenta e afirma defender o direito e a liberdade, isso também não vem ao caso e é merecedor, apenas, de se fazer cara de paisagem e também a coisa mais banal do mundo. O povo brasileiro tem o direito de escolher, sem interferência de quem quer que seja, o candidato –qualquer que seja ele – que mais lhe aprouver nas próximas eleições. E de ver subir a rampa do Palácio do Planalto aquele que tiver mais votos. Há dois golpes em andamen-

to para 2018. O primeiro, já anunciado, será dado, diante do mundo inteiro, no dia 24 de janeiro: impedir – com uma condenação furada, feita com base em delação premiada e em uma armação jurídica – que o principal candidato concorra às eleições. Isso equivale a um golpe de Estado aqui como em qualquer lugar do globo. É interferir descarada e diretamente na história de um país que conta com a quinta população e o quinto maior território do planeta, como se isso aqui fosse uma República de Banana. (Ou melhor dizendo, alô, alô, sociedade civil organizada; alô, alô, defensores do Estado de Direito e da Democracia: de “bananas”.) Uma coisa leva à outra. O segundo golpe – depois não adianta dizer que a cigana não avisou – também já está sobejamente anunciado. Ele também é filho torto da “justiça” e tão hediondo e temerário quanto o primeiro. E equivalerá a promover, historicamente, a deliberada, assumida e desavergonhada entrega do país ao fascismo, pela “justiça” brasileira – tente-se ou não tapar o sol com a peneira, caso se confirme a decisão já claramente sinalizada por juízes, desembargadores, e até mesmo ministros da Suprema Corte. E não me venham disfarçar ou mascarar isso com especulações fantasiosas ou a edificação de improváveis e imponderáveis, oníricas, quimeras eleitorais – no dia 30 de outubro de 2018.

FERNANDO ROSA

MARCOS ANTONIO DANTAS DE OLIVEIRA

Jornalista

Mestre em Desenvolvimento Sustentável [engenheiro agrônomo], professor da Uneal e membro da Academia Brasileira de Extensão Rural/ABER. sabecomquemestafalando.blogspot.com

Viúvas da Operação Condor #Alagoastefazfeliz é notícia A velha senhora golpista acordou nos porões da Barão de Limeira e resolveu relembrar seus tempos de Operação Condor, em que seus comparsas agiam no continente sul-americano sob a batuta da CIA. Em coluna de um de seus escribas de aluguel, combinado com artigo de um “gusano” pré-Chavez, a massa falida da família Frias defende a “invasão” militar do país latino. O apelo evidencia o desespero diante do fracasso das ações imperiais, que perderam as disputas no país em todos os terrenos, inclusive eleitorais. “A Venezuela deve ser invadida pelas tropas de uma coalizão formada por Estados Unidos, Europa e América Latina, a convite da Assembleia Nacional, de maioria oposicionista”, insinua o colunista, ancorado na tese do economista a serviço do sistema financeiro. “Este “exército de liberação” daria apoio a um novo regime, que substituiria o governo de Nicolás Maduro, que teria sido impedido pelos parlamentares”, continua ele. A sugestão, segundo o jornal, é de um professor da escola de go-

verno da Universidade Harvard, o venezuelano Ricardo Haussmann. “Essa força libertaria a Venezuela, assim como canadenses, australianos, britânicos e americanos libertaram a Europa em 1944-45”, argumenta o fantasioso porta-voz do Império. Ainda diz ele que, “segundo o direito internacional, nada disso exigiria a aprovação do Conselho de Segurança da ONU (o que a Rússia e a China poderiam vetar), porque a força militar seria convidada por um governo legítimo buscando apoio para o cumprimento da Constituição do país”. O cidadão em questão foi ministro de Carlos Andrés Pérez, responsável pelo massacre civil conhecido como “caracazo”, nos anos noventa, após um brutal arrocho social. A bem da verdade, a ação editorial da Folha, além de reafirmar sua trajetória golpista, busca fomentar argumentos para isolar a Venezuela, sabe-se lá para atender quais interesses particulares. Às vésperas das eleições estaduais no país, por exemplo, pas-

saram trinta dias vendendo aos brasileiros o fake news de uma fragorosa derrota de Maduro e do governo, o que não ocorreu, ao contrário. Naquele momento, apostavam que as manobras militares na Amazônia – Brasil, Colômbia, Peru e EUA – terminariam em ofensiva contra um Maduro derrotado, rendido. Não sei a Folha, mas o imperialismo sabe muito bem que o buraco na Venezuela é bem mais embaixo e, por isso, articulam seus cães de aluguel para vociferar seus fake news pelo continente, enquanto apostam em reeditar a famigerada articulação regional dos militares. O plano é transformar a América do Sul, a partir da Venezuela, em uma África, ou um Oriente Médio, para facilitar o assalto às riquezas da região, como o présal e o petróleo daquele país. A questão é que a história anda para a frente e, na mesma proporção da profundidade dos ataques perpetrados, virá a reação dos povos, dos Nações, com mais ou menos tempo, que não aceitarão a condição de colônias, de escravos.

Desvio de recursos federais em Alagoas superam R$ 500 milhões [Gazeta de Alagoas, 28/09/2017] e TCU aponta irregularidades nas obras do Canal do Sertão de Alagoas [G1 AL, 08/11/2017]. Prefeito de Mata Grande preso foi filmado pagando ‘mensalinho’ a vereadores por aprovação de projetos, diz MP [G1 AL, 25/12/2017]. Alagoas tem os pobres mais pobres do Brasil, revela pesquisa do FMI [Gazeta de Alagoas, 18 e 19/11/2017]. AL é o estado do Nordeste com mais crianças e jovens em situação de pobreza [AL TV, 26/07/2017]. Extinção de empresas cresce em Alagoas – Nos primeiros cinco meses do ano, foram extintos 4.255 negócios [Gazeta de Alagoas, 23 e 24/09/2017]. O governo do Estado não conseguiu executar em 2017, pelo segundo ano consecutivo, o Programa Amigo Trabalhador [Gazeta de Alagoas, 19/12/2017]. Sinteal critica modelo da esco-

Presidente José Paulo Gabriel dos Santos

INDEPENDENTE Rua da Praia, 134 - sala 303 - centro - Maceió Alagoas Endereço Comercial: Av. Menino Marcelo - 10.440 - Serraria Maceió - Alagoas - CEP: 57.083.410 CNPJ: 08.951.056/0001 - 33

Jorgraf UM PRODUTO:

Cooperativa de Produção e Trabalho dos jornalistas e gráficos do Estado de Alagoas

Diretor administrativo-financeiro Flávio Peixoto Editor geral Ricardo Castro ricardojcastro@yahoo.com

Diretora comercial Marilene Canuto

la integral [Gazeta de Alagoas, 19/12/2017] e 1,68% dos alunos de Alagoas têm domínio de escrita [Tribuna Independente, 26/10/2017]. Jovem negro tem 12 vezes mais chance de ser morto em Alagoas [Tribuna Independente, 12/12/2017] e Alagoas é o estado onde mais se matam negros [Tribuna Independente, 18 e 19/11/2017]. Alagoas chega a importar até 100% dos alimentos consumidos no Estado [Gazeta de Alagoas, 11 e 12/11/2017]. Agressões fazem Estado perder 14% dos manguezais em 17 anos [Gazeta de Alagoas, 18 e 19/11/2017]. Alagoas destina 57,1% dos seus resíduos sólidos para o lixão, aponta estudo [diarioarapiraca.com.br/]. Estado garante distribuição de 25 mil cestas básicas e nutricionais por mês [Seades, 12/2017, ano 1, nº3]. É prática iníqua e surreal, pois, 1,5 milhão de alagoanos vivem na linha de pobreza noticia a Gazeta

LOCALIDADE ALAGOAS

VENDA AVULSA DIAS ÚTES R$ 2,00

OUTROS ESTADOS R$ 3,00

LOCALIDADE ALAGOAS

ASSINATURAS SEMESTRAL R$ 300,00

OUTROS ESTADOS R$ 500,00

DOMINGO R$ 4,00 R$ 5,00

de Alagoas [16 e 17/12/2017]. É vital, a onipresença das liberdades fundamentais e da cidadania para enfrentar a ética de compadrio tão vigorosa nas relações sociais corruptas, ora postas. É necessário um novo contrato social para criar ambientes públicos e privados em que floresçam os princípios da sustentabilidade proposto por Capra, 2006: redes, sistemas aninhados, interdependência, ciclos, fluxos, diversidade, desenvolvimento, equilíbrio dinâmico, e esses se dispersem nas instituições inclusivas, essas, quando políticas “asseguram a ampla distribuição do poder e restringem seu exercício arbitrário.”, quando econômicas “geram uma distribuição mais equitativa de recursos, facilitando a persistência de instituições políticas inclusivas”, descreve-nas Acemoglu e Robinson [Por que as nações fracassam]. Então, porque continuamos com esses governos Temerosos e Temerários?

PABX: 82.3311.1338 COMERCIAL: 82.3311.1330 - 3311. 1331 REDAÇÃO: 82.3311.1328 - 3311.1329 CENTRAL DE ASSINANTE: 82.3311.1308

ANUAL R$ 600,00

comercial.tribunaindependente@gmail.com redação.tribunaindependente@gmail.com

R$ 1.000,00

OS ARTIGOS ASSINADOS SÃO DE RESPONSABILIDADE DOS SEUS AUTORES, NÃO REPRESENTANDO, NECESSARIAMENTE, A OPINIÃO DESTE JORNAL.


TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - QUINTA-FEIRA, 4 DE JANEIRO DE 2018

POLÍTICA 7

Petrobras faz acordo milionário com EUA Estatal brasileira repassará US$ 2,9 bilhões à corte norte-americana para encerrar ações que responde na Justiça MARCOS CORREIA

Com o aval de Michel Temer, o presidente da Petrobras, Pedro Parente, realizou acordo com a corte federal de Nova York para repassar US$ 2,9 bilhões ao país norte-americano

JULGAMENTO

Lula quer ser ouvido sobre caso triplex

Os advogados do ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva reiteraram ontem ao Tribunal da Lava Jato que o ex-presidente seja novamente ouvido antes do seu julgamento, marcado para o próximo dia 24. Em petição endereçada ao desembargador João Pedro Gebran Neto, relator dos processos da Lava Jato no Tribunal Regional Federal da 4.ª Região (TRF4), a defesa do petista alega que seu interrogatório pelo juiz Sérgio Moro, no dia 10 de maio de 2017, “foi totalmente viciado”. Os advogados sustentam que Moro “dirigiu a ele (Lula) perguntas estranhas ao processo” e “não permitiu ao ex-presidente exercer o direito de autodefesa com plenitude”. Neste processo - sobre o famoso triplex do Guarujá -, Moro condenou Lula a nove anos e seis meses de prisão, por corrupção passiva e lavagem de dinheiro que teria recebido da empreiteira OAS na forma de obras de melhorias do imóvel.O interrogatório, realizado no dia 10 de maio, se prolongou por cerca de quatro horas e foi marcado por um pesado clima de tensão. Lula negou ter recebido propinas da empreiteira. Contra a condenação, a defesa recorreu ao TRF4. A Procuradoria da Lava Jato também apelou. No próximo dia 24, os desembargadores da Oitava Turma da Corte vão decidir se mantêm a condenação ou se reformam a sentença imposta por Moro ao petista.

NELSON NAHIM

Acusado de estupro pode virar deputado Enquanto certos movimentos levantam uma cortina de fumaça tentando associar produções artísticas à pedofilia, a Câmara dos Deputados está prestes a dar posse, novamente, a um suplente condenado por estupro de vulnerável no caso que ficou conhecido como as “Meninas de Guarus“. Irmão do exgovernador do Rio de Janeiro Anthony Garotinho, Nelson Nahim (PSD/RJ) já foi vereador, presidiu a Câmara de Campos (RJ), e chegou a assumir como prefeito interino do município, quando a então prefeita Rosinha Garotinho, sua cunhada, esteve afastada

do cargo pela Justiça Eleitoral. Hoje, aguarda alguma baixa para assumir uma vaga de deputado federal em Brasília. O caso conhecido como “Meninas de Guarus” faz referência ao bairro de Campos onde garotas pobres eram mantidas presas e vigiadas em uma casa onde eram submetidas à exploração sexual. De acordo com o Ministério Público do Rio, crianças e adolescentes entre 8 e 17 anos foram mantidas em cárcere privado, entre 2008 e 2009, e só deixavam o local para fazer programas sexuais. Em troca, recebiam parte do valor

pago pelo cliente, comida e drogas. Condenado em primeira instância a 12 anos de prisão por estupro de vulnerável, coação no curso do processo e exploração sexual de adolescentes, Nahim foi preso em junho de 2016. Condenado em primeira instância a 12 anos de prisão por estupro de vulnerável, coação no curso do processo e exploração sexual de adolescentes, Nahim foi preso em junho de 2016. Além dele, outras 13 pessoas, entre exvereadores e empresários, foram condenadas por participação no esquema criminoso. O caso está em segredo de

justiça por envolver vítimas menores de idade. Nahim deixou a prisão em outubro de 2016, com habeas corpus do Supremo Tribunal Federal. Ele apelou ao STF depois que o desembargador Antonio José de Carvalho negou o seu pedido de soltura, por considerar que a prisão do político e de outros acusados era primordial à segurança das vítimas. Na eleição de 2014, Nelson Nahim teve 25.872 votos e não foi eleito. Mesmo condenado por exploração sexual, ele ocupa a sétima posição de suplente da coligação PMDB, PP, PSC, PSD e PTB. FACEBOOK

Nelson Nahim (segundo da esquerda para direita) faz campanha eleitoral ao lado do governador Luiz Fernando Pezão no Rio de Janeiro

PARAÍBA

MORAL E CÍVICA

PENITENCIÁRIA

Acabou em agressão física a sessão na Câmara Municipal de Bayeux que tinha por objetivo ouvir o depoimento do deputado federal André Amaral (MDB) na Comissão Processante que analisa um pedido de cassação do mandato do prefeito interino Luiz Antônio (PSDB). O caso aconteceu na tarde desta quarta-feira (3). Pelas imagens, é possível ver o parlamentar ‘partindo pra cima’ do vereador Betinho.Ele não teria gostado das perguntas formuladas pelo vereador que foi à delegacia prestar um boletim de ocorrência.

Valorizar a moral e o civismo entre os alunos foi a explicação dada pela prefeita Iracy Baltar (DEM) para criar a Escola Militar Municipal na Escola Municipal de Educação Infantil (EMEF) Domingos Martins, medida que será implementada ainda este ano, como anuncia a prefeita. A experiência, no entanto, “já se mostrou desastrosa em outros municípios do pais”, como alerta a Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), em nota de repúdio divulgada nesta ontem, em Brasília. A CNTE defende que a prefeita “revogue as medidas” na direção da criação da escola.

Após o motim que deixou nove mortos no Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia, em Goiás na segunda-feira (1), o ministro da Justiça, Torquato Jardim, criticou o “desleixo” de Estados com presídios. Para ele, o descuido beira o “crime contra a humanidade”. De acordo com Torquato, o governo federal tem investido em programas em busca de soluções para o problema carcerário, mas nem todas as administrações estaduais têm feito a sua parte. ”O desleixo dos governos estaduais com o sistema carcerário beira o crime contra a humanidade. disse o ministro.

Deputado federal dá socos em vereador

Prefeita militariza escola pública e polemiza

Ministro diz que há desleixo dos Estados

A

Petrobras assinou um acordo para encerrar a class action em curso na corte federal de Nova York, nos Estados Unidos. O acordo, que ainda será submetido à apreciação do juízo norte-americano, objetiva encerrar todas as demandas atualmente em curso e que poderiam vir a ser propostas por investidores em ações e bônus da Petrobras adquiridos nos Estados Unidos. Este acordo elimina o risco de um julgamento desfavorável que, conforme anteriormente reportado ao mercado no formulário anual arquivado na bolsa de valores brasileira e americana, poderia causar efeitos materiais adversos à companhia e a sua situação financeira. Além disso, põe fim a incertezas, ônus e custos associados à continuidade dessa ação coletiva. No acordo proposto para o encerramento da ação, a Petrobras pagará US$ 2,95 bilhões em duas parcelas de US$ 983 milhões e uma última parcela de US$ 984 milhões. A primeira parcela será paga em até dez dias após a aprovação preliminar do Juiz, que não tem prazo legal pré-definido. A segunda parcela será paga em até dez dias após a aprovação judicial final. A terceira parcela será paga em até seis meses após a aprovação final ou 15 de janeiro de 2019, o que acontecer por último. O valor total do acordo será provisionado no balanço do quarto trimestre de 2017. O acordo não constitui reconhecimento de culpa ou de prática de atos irregulares pela Petrobras. No acordo, a companhia expressamente nega responsabilidade. Isso reflete a sua condição de vítima dos atos revelados pela Operação Lava-Jato, conforme reconhecido por autoridades brasileiras, inclusive o Supremo Tribunal Federal. Na condição de vítima do esquema, a Petrobras já recuperou R$ 1,475 bilhão no Brasil e continuará buscando todas as medidas legais contra as empresas e indivíduos responsáveis. Segundo o comunicado, as partes pedirão à Suprema Corte norte-americana que adie, até a aprovação final do acordo proposto, a decisão quanto à admissibilidade de recurso apresentado pela Petrobras, o que estava previsto para o dia 05/01 “O acordo atende aos melhores interesses da Companhia e de seus acionistas, tendo em vista o risco de um julgamento influenciado por um júri popular, as peculiaridades da legislação processual e de mercado de capitais norte-americana, bem como o estágio processual e as características desse tipo de ação nos Estados Unidos, onde apenas aproximadamente 0,3% das class actions relacionadas a valores mobiliários chegam à fase de julgamento”, informa a companhia.


TRIBUNAINDEPENDENTE

8 ÚLTIMAS NOTÍCIAS MACEIÓ - QUINTA-FEIRA, 4 DE JANEIRO DE 2018

Últimas

Notícias OMS

Transtorno por jogos pode ser doença Depois de 28 anos, a Organização Mundial de Saúde (OMS) vai atualizar a Classificação Estatística Internacional de Doenças e Problemas Relacionados com a Saúde (CID, sigla em inglês). A previsão é que a definição de vários transtornos mentais seja reformulada e inclua novos conceitos, como o transtorno por jogos eletrônicos e o transtorno de incongruência de gênero. A CID é um sistema que foi criado para listar, sob um mesmo padrão, as principais enfermidades, problemas de saúde pública e transtornos que causam morte ou incapacitação de pessoas, além de orientar a conduta de profissionais de saúde na identificação e tratamento dessas doenças.A referência para a formação da CID é a Nomenclatura Internacional de Doenças, da OMS.

Apostador ganhou três vezes na Mega Sena após errar apostas O mistério para o caso dos três bilhetes premiados da Mega da Virada jogados na mesma lotérica de Parelheiros, na zona sul de São Paulo, tem explicação. Uma única pessoa jogou os três bilhetes com as seis dezenas sorteadas. Isso acaba com as dúvidas sobre como três pessoas diferentes teriam tido a ideia de jogar os mesmos números na mesma lotérica. Segundo a Caixa Econômica Federal, os bilhetes premiados foram registrados no mesmo dia, com intervalo de segundos entre um e outro. Todas as apostas foram feitas no mesmo caixa, que atende a fila preferencial para idosos, gestantes, mães com criança de colo e deficientes. Foi apurado que o ganhador preencheu vários bilhetes ao mesmo tempo, pois era o responsável por fazer as apostas de um bolão de um grupo de amigos de Parelheiros. Só que na hora de apostar ele acabou se confundindo e anotou três vezes a mesma aposta.

Captura do caranguejo-uçá fica proibida de janeiro a março Período de defeso começou na terça-feira (02) como proteção da espécie durante reprodução

C

omeçou na terça-feira (02), o primeiro período de defeso em proteção ao caranguejo-uçá (Ucides cordatus) de 2018. A medida é estabelecida pelos Ministérios da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) e do Meio Ambiente (MMA) durante a “andada”, período reprodutivo da espécie. O primeiro período do defeso corresponde ao início de um novo ciclo, que acontece sempre nos primeiros dias do ano, onde os caranguejos machos e fêmeas saem de suas galerias (tocas) e andam pelo manguezal, para liberação de ovos. A Instrução Normativa

Interministerial nº 6, publicada no Diário Oficial da União (DOU), está em vigor desde 23 de janeiro de 2017 e proíbe a captura, o transporte, o beneficiamento, a industrialização e a comercialização de qualquer indivíduo da espécie Ucides cordatus nos Estados de Alagoas, Pará, Maranhão, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Sergipe e Bahia. Ainda que a fiscalização do crustáceo seja responsabilidade do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama), qualquer órgão ambiental pode penalizar os infratores, caso haja

flagrante.Segundo Pollyana Gomes, gerente de monitoramento e fiscalização do Instituto do Meio Ambiente do Estado de Alagoas (IMA/ AL), o Instituto atuará em parceria com os demais órgãos ambientais para garantir o defeso. “Estaremos em operações conjuntas e monitorando durante nossas ações de fiscalização para apreender os animais em caso de flagrante e autuar os infratores”, afirma. A multa, determinada no decreto federal, é de R$ 700,00 (setecentos reais) a R$ 100.000,00 (cem mil reais), com acréscimo de R$ 20,00 (vinte reais), por quilo ou fração do produto da pes-

caria, ou por espécime quando se tratar de produto de pesca para uso ornamental. No ano de 2018, o primeiro período acontece dos dias 02 a 07 de janeiro e 17 a 22 de janeiro. O segundo período acontece em fevereiro entre os dias de 01 a 06 e 16 a 21. O terceiro período vai de 02 a 07 de março, e 18 a 23 de março. Ainda segundo a instrução normativa, pessoas físicas ou jurídicas que atuam na manutenção em cativeiro, na conservação, no beneficiamento, na industrialização ou na comercialização da espécie poderão realizar as atividades durante a “andada” apenas quando forne-

cerem, até o último dia útil que antecede cada período, a relação detalhada dos estoques de animais vivos, congelados, pré-cozidos, inteiros ou em partes. O documento deve ser entregue à unidade do Ibama em cada estado. Períodos de proibição em 2018: •1° período: 2 a 7 de janeiro e de 17 a 22 de janeiro; •2° período: 1º a 6 de fevereiro e de 16 a 21 de fevereiro; •3° período: 2 a 7 de março e de 18 a 23 de março.

ARAPIRACA

Polícia acha fuzil e balas em residência

Nesta quarta-feira (3), agentes do 3º Batalhão de Polícia Militar (3º BPM) apreenderam um fuzil calibre 762 e 33 munições em uma casa em Arapiraca, no Agreste alagoano. A apreensão foi realizado depois de uma denúncia anônima. De acordo com o 3º BPM, os militares realizaram uma revista pela residência e acharam o material escondido em um cano enterrado no quintal do imóvel. Os policiais do 3º BPM afirmaram que, ao chegarem ao quintal, estranharam uma parte de terra fofa que havia no local e começaram a escavar.Após escavarem, os policiais encontraram o cano enrolado em fita adesiva e uma calça jeans e, dentro dele, o material ilegal. Uma mulher que estava na casa no momento da apreensão foi presa por porte ilegal de arma de fogo.

Captura de caranguejos-uçá e guaiamum está proibida em Alagoas, segundo fiscalização do IMA-AL


MACEIÓ - QUINTA-FEIRA, 4 DE JANEIRO DE 2018

TRIBUNAINDEPENDENTE

Cidades

CIDADES

9

Artesanato do sistema prisional é destaque pela beleza e valor social O artesanato é uma expressão cultural que carrega em suas peças traços de um povo. No sistema prisional, a Secretaria de Ressocialização e Inclusão Social (Seris) tem fortalecido este trabalho através da Fábrica de Esperança. O projeto, iniciado em 2006, conta com cinco oficinas profissionalizantes, que possibilita um novo caminho as reeducandas do sistema prisional alagoano. Peças em marcenaria, filé, pintura, decoupagem e tornearia são produzidas diariamente pelas mãos habilidosas das 18 reeducandas inseridas na Fábrica de Artesanato. Os produtos são expostos e vendidos em dois pontos fixos: Rua Fechada, na Ponta Verde, aos domingos, e no Box 09, no Mercado de Artesanato Margarida Gonçalves, no Parque Ceci Cunha. O dinheiro arrecadado com as vendas é destinado para o Fundo Penitenciário e revertido me melhorias para o sistema prisional.

40 homicídios e ninguém preso

Número de assassinatos de moradores de rua em Maceió bate recorde em 2017, mas nenhum caso foi solucionado LUCAS FRANÇA REPÓRTER

M

aceió registrou 40 assassinatos de moradores de rua em 2017. O número é do Movimento Nacional da População de Rua em Alagoas, que relata que, além da falta de segurança para a população de rua, as mortes não estão sendo investigadas e até o momento nenhum crime foi solucionado. O presidente do Conselho Estadual dos Direitos Humanos de Alagoas (CEDH/AL), o advogado Jonas Cavalcante, disse que a entidade também

está acompanhando a situação e pede urgência na apuração dos crimes. “A situação é bastante preocupante. A gente não tem tido nenhum resultado sobre os inquéritos. Ninguém foi preso, não há punição. Temos cobrado junto com a sociedade civil, Arquidiocese e movimentos sociais a elucidação desses crimes. Além disso, cobramos políticas públicas para amparar a demanda de moradores de rua em vulnerabilidade. É bom ressaltar ainda que o assassinato do Nô Pedrosa preocupa. Era um manifestante que lutava pelas

questões sociais e, sobretudo, com os moradores de rua. E essa morte não pode cair em esquecimento, assim como as demais”, ressalta o advogado. Em relação às investigações sobre os crimes a Secretaria de Segurança Pública (SSP), disse que são realizadas pela Delegacia de Homicídios e todos os crimes são investigados, sendo que muitos deles já foram solucionados. ‘’A Segurança Pública acompanha as investigações e defende o esclarecimento bem como a punição dos autores dos crimes.” Em relação aos dados, o

órgão informou que foram registrados, no ano passado, 28 Crimes Violentos Letais e Intencionais (CVLI) de moradores de rua. Destes crimes, 24 foram em Maceió, um em Rio Largo, um em São José da Tapera, um em Arapiraca e um em Colônia Leopoldina. MACEIÓ A Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas) estima que em Maceió tenha cerca de mil pessoas em situação de rua, que vivem com ações de mendicância. “Essas pessoas não necessariamente dormem em áreas públicas”.

REPRODUÇÃO

Deputado federal Paulão aguarda reunião com governo de Alagoas

DEPUTADO PAULÃO

Audiência para tratar crimes ainda não tem data definida

Movimentos sociais denunciam mortes de moradores de rua em Alagoas e cobram investigações e punições para os criminosos

A audiência solicitada pelo deputado Paulão (PT), presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados, ao governado Renan Filho (PMDB) para tratar das mortes de moradores de rua em Maceió ainda não tem data definida. Segundo o deputado, provavelmente hoje (4), o governo dê alguma resposta. Além da audiência, o deputado solicitou da Secretaria de Segurança Pública (SSP), um relatório do andamento dos inquéritos que investigam os assassinatos de moradores de rua na capital. “Fiz contato com o Governo e acredito que amanhã [hoje], a gente tenha uma data para essa audiência.

Em relação ao inquérito detalhado que solicitamos sobre os crimes à SSP, ainda não foi entregue. O Ministério Público Estadual [MPE] também não enviou seu relatório, está leniente a essa questão. Estão muito preocupados com a questão patrimonial, que é válido, mas não estão com olhar nenhum em relação à vida. Até agora estamos aguardando esses documentos”, diz deputado. Em relação ao inquérito solicitado pelo deputado, a assessoria de comunicação da SSP disse que não saberia informar, pois o mesmo não passava por eles. A assessoria da Polícia Civil (PC), informou que a solicitação não havia chegado à PC. (L.F.)

IGREJA CATÓLICA

Arquidiocese de Maceió cobra apuração dos assassinatos A Arquidiocese de Maceió está acompanhando e cobrando providências das autoridades competentes para a apuração dos crimes como também das denúncias de agressões sofridas por moradores de rua no Centro da capital. No dia 21 de dezembro de 2017, a Arquidiocese, através da Pastoral do Povo da Rua, emitiu uma nota de preocupação sobre o assunto e no dia 29 do mesmo mês, foi realizada a Missa pela Paz na Catedral Metropolitana de Maceió. Representantes do Movimento População de Rua carregavam cruzes

vermelhas, na procissão de entrada. Algumas identificadas com nomes de moradores assassinados e outras sem identificação, conforme explicou Ana Tojal, membro do Conselho Estadual de Assistência Social. “As cruzes sem identificação simbolizam os moradores que foram sepultados como indigentes, o que é lamentável, pois, nem em sua morte tiveram a dignidade de serem identificados”, observou Ana ao explicar que o Movimento População de Rua é democrático e por isso é formado também por diversos segmentos religiosos,

sociais e políticos. Em sua homília, Dom Genival França destacou que Jesus se identifica com as situações difíceis pelas quais as pessoas passam e fez um apelo para que as mortes dos moradores sejam esclarecidas. “É preciso compreender o que estar por trás da violência. O assassinato dos moradores de rua precisa ser elucidado. A solução passa pela identificação e eliminação das causas que provocaram as mortes. O poder púbico precisa desenvolver políticas que atendam aos moradores e nós,

enquanto igreja e sociedade devemos nos comprometer com a causa para colaborar com os irmãos necessitados”, defendeu o bispo emérito. O Cônego Severino leu a Nota de Solidariedade expedida pela Pastoral Nacional do Povo da Rua, em que se destacou o apelo às gestões públicas, em suas três esfera para se comprometerem com políticas públicas voltadas aos moradores de rua; apuração das mortes e punição dos culpados; auxílio às famílias dos moradores assassinatos; e a viabilização de uma estrutura que promova REPRODUÇÃO

Poder público precisa desenvolver políticas para moradores de rua

a inclusão social dos moradores de rua. A palavra foi facultada a pastores evangélicos e demais representantes de segmentos sociais. O pastor Vando Santos, disse “que essa realidade leva o povo cristão a refletir sobre a população de rua” e em seguida leu um manifesto assinado por diversas representações sociais, religiosas e políticas em torno da defesa dos moradores de rua. PASTORAL O articulador da Pastoral do Povo de Rua, Crismedio Neto, disse que o posicionamento da Igreja é de preocupação. “As mortes já giram em torno de 40 a 43, isso é preocupante. A gente atua em favor da vida e dignidade da população. Os crimes devem ser solucionados, como politicas públicas devem tirar essa população da rua. Não apoiamos nenhum tipo de cultura da morte. Temos que tratar essas questões e as autoridades deve agir contra isso, a sociedade civil também deve cobrar. A igreja está aberta e vamos cobrar as ações’’, disse Crismedio Neto. NÔ PEDROSA Em entrevista a Tribuna Independente no dia

27 de dezembro, o advogado Pedro Montenegro, assessor da presidência da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados (CDHM), disse que a morte de Nô Pedrosa pode ter relação com as 40 mortes de moradores de rua em Maceió. O motivo seria a forma como Nô se vestia e o fato de ele, por vezes, estar acompanhado de moradores de rua. “Até sua morte serve para fazer denúncia. Neste ano, 40 moradores de rua foram assassinados em Maceió e a morte de Nô chama a atenção a esse fato, até porque ele participou de uma atividade da Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados horas antes de ser morto”, diz Pedro Montenegro. Na ocasião, o advogado ressaltou que a CDMH solicitou ao Governo do Estado o inteiro teor dos inquéritos abertos. No dia 21 de dezembro de 2017, o deputado Paulão classificou essas mortes como “genocídio”. “Se há cerca de 400 moradores de rua e 40 foram mortos, temos aí 10% dessa população assassinada”, explica Pedro Montenegro. (L.F.)


10

CIDADES

TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - QUINTA-FEIRA, 4 DE JANEIRO DE 2018

Estreia minissérie gravada em Piranhas “Entre irmãs”, da Globo, tem boa parte das cenas filmadas no Sertão de AL; mídia nacional impulsiona turismo na região

O

s lindos cenários de tirar o fôlego dos Cânions do Rio São Francisco e do Sertão alagoano são mais uma vez palco de uma grande produção cinematográfica. Dessa vez é a série “Entre Irmãs”, que estreou na última segunda-feira (2) e terá quatro capítulos, sendo exibida em horário nobre, após a novela das 21h, na Rede Globo. Com produção da Conspiração com Globo Filmes, “Entre Irmãs” esteve nas telonas em formato de filme no último trimestre do ano passado. Com cenas gravadas em Piranhas, no Sertão de Alagoas e nas cidades de Recife e Olinda, em Pernambuco, a série conta a história de Luiza e Emília, duas irmãs órfãs vividas pelas atrizes Nanda Costa e Marjorie

Estiano, que são separadas pelo destino. A primeira é resgatada por um bando de cangaceiros e a segunda realiza o sonho de casar e ir morar na capital pernambucana. O secretário de Cultura e Turismo de Piranhas, Jairo Luiz Oliveira, conta como se deu a escolha da cidade por parte da produção. “O Breno Silveira, diretor reconhecido internacionalmente, nos visitou no início de 2016 e se apaixonou pela cidade. Fez o estudo de locação e com isso cerca de 90% das cenas foram gravadas aqui, desde o centro histórico, o leito do rio e a zona rural”, ressalta Jairo. Ainda segundo o secretário Jairo Luiz, a produção cinematográfica mobilizou a cidade, gerando emprego

e renda para a população. “Foram meses de gravação, onde vários piranhaenses trabalharam na figuração, incluindo atores da cidade que tiveram destaque na história. Além de ter impactado na rede de hotéis e restaurantes”, conta. À frente da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur), Rafael Brito conta que essa evidência do Sertão alagoano em mídia nacional impulsiona o turismo na região. “O Sertão alagoano teve grande repercussão nacional nos últimos anos. Exemplo disso é a novela Velho Chico e o filme/minissérie Entre Irmãs. Isso fomenta consideravelmente o turismo na região”, disse o secretário Rafael Brito. DIVULGAÇÃO

DIVULGAÇÃO

Elenco e figurantes da produção “Entre Irmãs”, que estreou na segunda-feira e terá quatro capítulos

LITORAL NORTE

Rota Ecológica recebe artistas globais na passagem de ano CLAUDIO BULGARELLI SUCURSAL LITORAL NORTE

Atriz Camila Pitanga, na cidade de Porto de Pedras, no Litoral Norte de Alagoas, tira foto com fã

ASSESORIA &

Comunicação PDV A Empresa Brasil de Comunicação (EBC) informou que o prazo para adesão ao Plano de Demissão Voluntária (PDV) segue até o dia 22 de janeiro de 2018. Segundo a EBC, a implantação do PDV tem como objetivo readequar a estrutura organizacional da empresa, redimensionar a força de trabalho e reduzir custos, além de atender à antiga reivindicação dos empregados. O PDV foi aprovado pela Secretaria de Coordenação e Governança das Empresas Estatais (Sest), do Ministério do Planejamento e os gastos da União com o plano poderão chegar a cerca de R$ 90 milhões, caso haja a adesão total, o equivalente a 544 empregados, que se enquadram nos critérios estabelecidos no plano oferecido pela empresa. Em torno de 22% do quadro efetivo da EBC, com idade igual ou superior a 53 anos e com dez anos ou mais de exercício na empresa. E, também, os profissionais aposentados pelo INSS, independentemente do tempo de vínculo empregatício com a empresa.

PDV 2

O empregado que aderir ao plano terá o incentivo financeiro de 24 salários mensais, limitado ao valor máximo mensal de R$ 10 mil (teto de R$ 240 mil). Essa indenização será somada a incentivos sociais relativos a planos de saúde e de previdência privada. A EBC afirma que para evitar prejuízos ao trabalho da empresa, realizará um Plano de Transferência de Atividades, o que permitirá que os empregados, antes do seu desligamento, repassem o conhecimento e as atividades que desempenham a outros profissionais. Os optantes pela demissão voluntária também participarão de um Programa de Preparação para Aposentadoria, que prevê palestras e eventos sobre o tema. A previsão é que os participantes sejam desligados da EBC até o final de março. Agora nos resta torcer que realmente aconteça o melhor, diante de tantas movimentações no cenário trabalhista, a incerteza inevitavelmente paira no ar.

Sugestões

A Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji) recebe até o dia 28 de fevereiro de 2018, sugestões de reportagens para a programação do 13º Congresso Internacional de Jornalismo Investigativo. As reportagens poderão compor os painéis do eixo temático “Boas histórias, boas reportagens”, já tradicional no evento. Estas devem ter sido publicadas durante o ano de 2017 e no início do próximo ano. Jornalistas de todo o país podem indicar reportagens que leram, viram ou ouviram em veículos brasileiros ou estrangeiros. Caso sejam selecionados, os autores dos trabalhos recomendados serão chamados ao evento para compartilhar as técnicas de apuração e produção que usaram nas reportagens, bem como contar ao público os detalhes do processo pelo qual passaram até que os trabalhos estivessem prontos. Mais informações no site http://abraji.org.br .

Canal de Notícias

O Twitter e a Bloomberg Media lançaram um canal de notícias: o TicToc by Bloomberg, primeiro canal global de notícias veiculadas 24 horas por dia, sete dias por semana. Ele tem dois tipos de conteúdo: Breaking News – últimas notícias em tempo real; e Global News Update – atualização a cada hora com notícias globais para que as pessoas estejam constantemente atentas aos acontecimentos importantes. Além de informações de interesse global, a parceria oferece cobertura de notícias em vídeos ao vivo e relatórios atualizados por hora. É possível acessar a mais recente cobertura de notícias de vídeo por meio da conta do TicToc by Bloomberg no Twitter, via live no desktop e no celular, e participar da conversa com a hashtag #TicTocNews. O perfil TicToc by Bloomberg está disponível em somente em inglês, por enquanto, e é gratuito no Twitter.

A Rota Ecológica dos Milagres recebeu, nos últimos dias do ano, uma verdadeira leva de artistas globais em busca de praias paradisíacas, pousadas de charme e o agito das festas de Réveillon que marcaram as cidades da Rota Ecológica. No total mais de 30 artistas, uns muitos famosos, outros somente meio famosos e muitos não famosos, escolheram a região para passar os últimos dias do ano e a chegada do primeiro dia de 2018. Eles estiveram nas fei-

ras livres fazendo compras, praticaram esportes radicais e participaram dos agitos das duas grandes festas particulares que movimentaram a região com mais de dois mil turistas. SKYDIVE Caio Castro, por exemplo, que se hospedou numa bela pousada na praia do Patacho, foi a alguns shows, praticou skydive (paraquedismo) e até momentos de massagem corporal. Por meio de sua rede social, o galã se mostrou muito satisfeito com o destino escolhido. Camila Pitanga, sempre muito simpática, esteve nas

ruas de Porto de Pedras e não dispensou autógrafos. Já Sophie Charlote, que alugou uma mansão à beira mar da praia do Patacho, esteve na feira livre de Porto de Pedras, fazendo compras de frutas e legumes. Outros artistas também escolheram a região para curtir os dias finais de 2017. Fiuk, que veio a Alagoas unicamente para festas de réveillon, continua publicando fotos no Instagram por entre as belezas naturais de São Miguel dos Milagres. Mariana Ximenes também esteve em São Miguel dos Milagres.


TRIBUNAINDEPENDENTE

AÍLTON VILLANOVA ailton.vilanova@gmail.com Com Diego Villanova

MACEIÓ - QUINTA-FEIRA, 4 DE JANEIRO DE 2018

CIDADES

11

Pavimentação total do Eixo Quartel perto de conclusão Trajeto terá seis quilômetros entre o bairro do Farol até a Gruta de Lourdes

A

O abrigo era bom, mas... Quando moço, seu Atahualpa Ribeiro foi um atleta eclético. Na Pajuçara, onde nasceu e viveu, ele reinou. Iatista, campeão de natação, jogador de volibol e basquete ele estraçalhava nas quadras. Apesar de exercitar todas essas atividades esportivas, ele ainda arrumava tempo para dar uma de cantor nas noites boêmias do histórico bairro do Jaraguá. Torcedor fanático do Clube de Regatas Brasil, seu Atahualpa nunca perdeu um jogo do seu CRB, no estádio da Pajuçara, chovesse ou fizesse sol. Ganhando ou perdendo era alvirrubro, sempre. Casado com dona Martha, ele e a mulher só tiveram um único filho, o Júnior, que optou por servir na Marinha de Guerra do Brasil, no posto de oficial. O tempo foi passando, o filho sempre viajando pelos mares do mundo, saudade aumentando e dona Martha terminou morrendo. Dos 70 até os 85 anos, seu Atahualpa viveu só, numa confortável casa, na Pajuçara. Mas ficou adoentado, necessitando de companhia e aí apelou para o filho, que ainda continuava pelejando no alto-mar. Depois de uma conversa demorada pelo telefone, decidiram, pai e filho, que o velho passaria a viver numa casa de idosos, onde ele teria toda a assistência de que necessitava. De modo que Júnior veio à Maceió para adotar os providenciamentos a respeito. Pai e filho foram, então, conhecer o local onde seu Atahualpa deveria asilar-se. Enquanto Júnior ultimava os preparativos para a acomodação do velho na nova residência, este aguardava sentado no sofá da recepção. De repente, ele começou a pender para a esquerda. Um médico que passava por perto, correu para ajudá-lo a equilibrar-se: empilhou vários travesseiros no lado esquerdo dele e seguiu em frente. Daí a pouco, seu Atahualpa estava se inclinando para a direita. Um funcionário do asilo percebeu e ajeitou os travesseiros no lado direito. Não demorou muito, olha ele ameaçando cair para frente! Mais que depressa uma enfermeira acudiu, empilhando outro monte de travesseiros diante dele. A essa altura, o filho retorna: - Então, pai, este parece um lugar agradável, não é? E seu Atahualpa: - Parece, sim. Todos são bem atenciosos, mas tem um problema... - Que problema, pai? - Eles não deixam a gente peidar!

Ganhou na marra! Num barzinho do subúrbio, dois malandros biritavam e comiam tripa de porco com farinha seca. Daí a pouco, um deles, o mais observador, perguntou ao outro: - Pô, mano véio, tu tá usando um relógio esperto! Lindão mesmo! Onde comprou? - Comprei não. Ganhei numa corrida... - E tinha muito nego participando? - Tinha não. Só eu, o dono do relógio e dois policiais!

A má notícia seria boa? Gente fina, e ligado numa oraçãozinha nas horas de deitar e levantar, o Epitáfio Aristolino chegou a ser congregado mariano na paróquia de Santo Antônio, em Bebedouro. Foi numa das festas do padroeiro do bairro, que ele conheceu a doce Amaralina, cuja mãe, dona Estriquinina, era uma mulher realmente de morte. Por amor a Amaralina, com quem casou depois de um mês de namoro e noivado, Epitáfio suportava a cascavel, digo, a sogra. Juntava esse amor ao fato de ser um católico fervoroso, exemplar filho de Deus. Mal se casou com Amaralina, a peste da sogra aboletou-se na sua casa com armas e bagagens, sob o argumento de que “vivia muito só e seu único amparo era a filha ”. Estriquinina era viúva e, segundo as más línguas, fora responsável pela morte do marido Artrósio, vitimado pela ingestão de veneno para matar ratos e formigas. E o infeliz do genro Epitáfio passou a viver num verdadeiro inferno. E, para poder viver um pouco tranquilo ele só voltava para casa no final da noite. Um dia, Amaralina, toda lacrimosa, ligou para o trabalho do marido: - Amor, snif... a minha mãe teve um ataque do coração e está muito mal! A ambulância acabou de levá-lo pro hospital! A vontade do Epitáfio foi a de dar cambalhotas de alegria, mas se conteve para não magoar a esposa querida. Cheio de hipocrisia, ele lamentou: - Ah, mas que pena... Sinto muito, meu amor. Olha, quando eu sair do trabalho irei vê-la no hospital, tá certo? À noite, quando voltou pra casa, Epitáfio encontrou a esposinha aflita: - E aí, Tafinho, como está a maínha? Epitáfio puxou uma cadeira, sentou-se e disse com a cara mais triste do mundo: - É o seguinte, meu amor... pelo que entendi do que o médico me falou, ela está com ótima saúde. Acho que vai viver muitos anos. A impressão que o doutor me passou é que sua mãe já pode voltar pra casa qualquer hora dessa... Amaralina vibrou: - Nossa, amor, que incrível! Estou tão feliz! Mas... eu não estou entendendo uma coisa... - Que coisa? - O doutor me disse hoje à tarde, pelo telefone, que maínha teria pouco tempo de vida...poucas horas, talvez! Epitáfio olhou com tristeza para a mulher e respondeu: - Eu não sei como ela estava hoje à tarde, mas às 21 horas, quando estive no hospital, o médico já foi me falando que eu devia me preparar para o pior!

s obras do Eixo Quartel, executadas pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Transporte e Desenvolvimento Urbano (Setrand), seguem em ritmo acelerado e estão cada vez mais próximas de serem concluídas. Um dos sinais deste avanço é a conclusão, nos próximos dias, dos serviços de recuperação das vias que integram o binário. O recapeamento vem sendo realizado em 16 ruas de Maceió que compõem o eixo, entre os bairros da Gruta de Lourdes, Pitanguinha e Farol, totalizando 4,5 quilômetros de nova pavimentação de vias existentes. Além da conclusão dessa etapa, segue também em andamento a construção do muro do Hospital do Açúcar, onde uma nova via foi implantada, que caminha para fase final. “A previsão é que até esta sexta ou, no máximo, até o início da próxima semana consigamos concluir a pavimentação do Eixo Quartel. Dentro do Quartel e em outras duas ruas, onde implantamos uma nova via, estamos concluindo a colocação dos meios-fios para finalizar a pavimentação”, explica Marcelo Carvalho, superintendente de Obras Metropolitanas da Setrand. Assim como o do Cepa, o Eixo Quartel irá amenizar os extensos congestionamentos no principal corredor de transportes de Maceió, a Avenida Fernandes Lima. Ele terá seis quilômetros de extensão, com início na Rua Marieta Lages, no bairro do Farol, próximo à Super Pizza, estendendo-se até a Rua Ranildo Cavalcante, na Gruta de Lourdes. EXPECTATIVA Em entrevista coletiva ontem de manhã, durante visita ao Abrigo Luiza de Marillac, localizado no bairro do Bebedouro, em Maceió, Renan Filho disse que a expectativa é de que o Eixo Quartel seja inaugurado até o final de janeiro e o Eixo Cepa, até o fim de março. “São obras complexas, mas há quanto tempo as pes-

AGÊNCIA ALAGOAS

Recapeamento vem sendo feito em 16 ruas que compõem o eixo e está em fase final de serviços

soas falavam que era importante desafogar a Fernandes Lima, mas nunca fizeram?”, indagou o governador. “São obras faladas há muito tempo e que os Governos não entregavam, então a principal marca de nossa gestão é que a gente materializa o que foi proposto”, complementou o governador. VISITA O governador e o secretário de Estado da Fazenda, George Santoro, visitaram, ontem de manhã, o Abrigo Luiza de Marillac, um dos 72 projetos sociais beneficiados pela Campanha Nota Fiscal Cidadã (NFC). Renan Filho garantiu que vai fortalecer e ampliar a Campanha, que ganhou um caráter mais social em sua gestão. “O pior destino para o imposto dado é a apropriação dele para a transformação em lucro, porque imposto é recurso público, que precisa

ser transformado em políticas públicas. A Nota Fiscal Cidadã é um instrumento muito importante porque premia o cidadão por meio de sorteios, a quem pede a nota, mas, sobretudo, premia instituições de caridade - e essa foi a nossa inovação -, que fazem um serviço muito importante para a sociedade e muitas vezes até melhor que o poder público”, declarou o governador. Por meio dos recursos arrecadados com a NFC, de caráter solidário, o Abrigo Luiza de Marillac recebeu melhorias, que transformaram para melhor a realidade da instituição. A entidade existe há mais de 60 anos e atende 38 idosas. Graças à campanha, foi possível promover uma série de reformas estruturais na sede da instituição com o montante de R$ 130 mil obtidos em oito sorteios do programa da Secretaria de Es-

tado da Fazenda de Alagoas (Sefaz/AL). De acordo com a coordenadora administrativa do Abrigo Luiza de Marillac, Solange Leopoldino, a reforma vai possibilitar o acolhimento de mais 25 idosas, além das 38 já assistidas. “Nós estávamos há quase quatro anos tentando terminar aquela obra da área administrativa e a gente não estava conseguindo porque o orçamento não dava. Graças à Nota Fiscal Cidadã, fomos sorteados e hoje estamos em fase final de construção”, revelou Solange. Para aderir à Campanha Nota Fiscal Cidadã e realizar o compartilhamento das notas fiscais com algum projeto social, o consumidor deve solicitar o cadastro por meio do site www.sefaz.al.gov.br/nfc, e incluir o CPF nas compras diversas em estabelecimentos comerciais para acumular créditos.


12

ECONOMIA

TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - QUINTA-FEIRA, 4 DE JANEIRO DE 2018

etjornalista@gmail.com

União dos Palmares, rota do crescimento!

P

refeito de União, Areski Freitas, o Kil, acredita na retomada do crescimento econômico do País agora em 2018. Com isso, espera tocar sua administração bem melhor que em 2017; sobretudo porque assumiu uma administração bagunçada em meio ao tempo, e que praticamente ao longo de seus primeiros 12 meses de trabalho, foi para deixar a casa arrumada. Ontem, viabilizou dois veículos automotivos zerados (uma Amarok e um Gol) para a Saúde, dando bons sinais para o ano em curso que simplesmente está começando.

Otimismo “Já começamos o ano com avanços para o nosso município, com dois veículos novos que vão ser de grande utilidade para as Unidades de Saúde. Ao poucos, vamos estruturando nossas secretarias com o que há de melhor e necessário para o ótimo andamento da prestação de serviços públicos. E é só o início de um ano que virá repleto de novidades boas para União”, disse Kil.

Piranhas Deu no que se esperava em Piranhas; e que certamente vai acontecer também em outras cidades alagoanas com relação as péssimas condições de uso das cadeias públicas. É que por meio de Ação movida pela Defensoria Pública de Alagoas, com o apoio do Sindpol, esta semana a juíza Amine Conrado determinou a interdição do órgão pelo fato do prédio possui extrema precariedade, insalubridade e problemas estruturais, que colocam em risco a integridade física e a saúde dos policiais, da população e dos detentos.

Situação Afirma a magistrada que a carceragem não dispõe de iluminação e ventilação adequadas, não possui plano de prevenção de incêndio nem saída de emergência e não há esgotamento sanitário. A delegacia está cheia de carros e motos espalhados pelo pátio, acumulando lixo, poeiras e pragas. O alojamento contém materiais das delegacias, tornando o local impróprio para o descanso do policial. Há fiação elétrica exposto e infiltrações nas paredes.

Duelo A magistrada deu prazo de 24 horas ao delegado de Polícia de Piranhas, quando notificado, para informar que a decisão foi cumprida sob pena de responder judicialmente. A Procuradoria Geral do Estado contestou a decisão, alegando que o Judiciário não pode interferir na política pública do Poder Executivo, no entanto, a justificativa não foi aceita pela magistrada.

Ângulo da coisa O presidente do Sindpol, Ricardo Nazário, vem denunciando os descasos por parte do Governo do Estado e o compromisso da Delegacia Geral em prejudicar o trabalho dos policiais civis, pois o Delegado Geral está reativando as carceragens de várias delegacias, que foram desativadas há tempo, que é considerado um retrocesso na segurança pública.

Água Branca Zé de Dorinha ex-prefeito de Água Branca está anunciando a sua candidatura a deputado estadual. Faz parte dos planos do PRTB, partido atrelado ao grupo do senador Renan Calheiros, que projeta eleger seis deputados nas eleições deste ano.

Campanha Pescadores do nosso tradicional caranguejo-uçá que habitualmente comercializam seus produtos às margens das estradas alagoanas, fiquem atentos quanto o serviço de fiscalização que foi montando na última terçafeira, quanto à proibição do pescado. Trata-se do primeiro período de defeso em proteção a espécie. A medida é estabelecida pelos Ministérios da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) e do Meio Ambiente (MMA) durante a “andada”, período reprodutivo. Isso acontece sempre nos primeiros dias do ano, onde os caranguejos machos e fêmeas saem de suas galerias (tocas) e andam pelo manguezal, para liberação de ovos.

Tabela A fiscalização dos caranguejos fica por conta do IMA. O órgão avisa que este ano, o primeiro período de defeso em proteção a espécie acontece dos dias 02 a 07 de janeiro e 17 a 22 de janeiro. O segundo período será em fevereiro entre os dias de 01 a 06 e 16 a 21. O terceiro período vai de 02 a 07 de março, e 18 a 23 do mesmo mês. A multa, determinada no decreto federal, é de R$ 700,00 (setecentos reais) a R$ 100.000,00 (cem mil reais), com acréscimo de R$ 20,00 (vinte reais), por quilo ou fração do produto da pescaria, ou por espécime quando se tratar de produto de pesca para uso ornamental.

Lixão O prazo para que os municípios elaborem seus Planos Municipais de Saneamento Básico (PMSB) que terminaria em 31 de dezembro de 2017 ficou agora para 31 de dezembro de 2019, conforme decreto publicado pelo Governo Federal. Muitos municípios alagoanos estão com essa pendência e que sem essa prorrogação eles não poderiam receber nenhum recurso de Brasília para saneamento – abastecimento de água, drenagem, esgotamento sanitário e resíduos.

Grana da Educação Muitos prefeitos alagoanos estão agora em janeiro na expectativa quanto assunto de dinheiro do Fundeb. Afirma a Confederação Nacional de Municípios que os gestores deverão ficar atentos a dois repasses. O primeiro faz referência a primeira parcela da complementação da União para o ano de 2018 e o segundo diz respeito ao resíduo para integralização da complementação da União ao Fundeb de 2017. Serão beneficiados municípios dos estados de Alagoas, Amazonas, Bahia, Ceará, Maranhão, Pará, Paraíba, Pernambuco e Piauí.

Tarifa de ônibus em Maceió pode chegar a R$ 3,80 Segundo Sindicato dos Rodoviários, empresários querem reajuste de 9% ADAILSON CALHEIROS

EVELLYN PIMENTEL REPÓRTER

A

tarifa de ônibus em Maceió pode chegar a R$ 3,80. Esta foi a informação repassada pelo Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários de Alagoas (Sinttro) à reportagem do jornal Tribuna Independente. Segundo a entidade, os empresários devem pedir um reajuste de 9%. O presidente do Sinttro, Sandro Régis afirmou que as negociações devem ser iniciadas nos próximos dias, mas segundo ele, o reajuste não afeta diretamente a categoria. “Segundo informações extraoficiais eles protocolaram um pedido na SMTT de 9%. Para a categoria, os benefícios independem do aumento da tarifa. Esse aumento serve para repor custos das empresas, aí entra aquela discussão de aumento de salário, mas isso não quer dizer muita coisa para nós, só serve para justificar o aumento da tarifa”. Mas segundo o Sindicato das Empresas de Transporte Urbano de Passageiros de Maceió (Sinturb), os valores referentes a custos ainda estão sendo calculados. A previsão é de que até sexta-feira (5) a proposta seja encaminhada à Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT). “O reajuste está previsto em licitação para janeiro. O pedido de reajuste ainda será protocolado. O Sinturb ainda está calculando os dados de dezembro. O presidente informou que até sexta-feira passa a confirmação do pedido protocolado”, disse o Sinturb por meio de assessoria de comunicação. Em nota, a Secretaria Municipal de Comunicação (Secom) informou à reportagem que a SMTT já foi procurada pelos empresários e que uma reunião será agendada para iniciar as tratativas acerca do reajuste da tarifa de trans-

Rodoviários dizem que empresas deveriam ter demanda suficiente para cobrir custos, mas há desequilíbrio

porte público em Maceió. “A SMTT já foi notificada pelo Sindicato das Empresas de Transporte Urbano de Passageiros de Maceió (Sinturb) para discutir o reajuste da tarifa de ônibus. O órgão vai agendar uma reunião com os empresários para debater o tema” No entanto, o presidente do Sinttro, garantiu que existe uma reunião marcada para a próxima semana, mas não soube afirmar se haverá a participação dos rodoviários. “A informação que eu obtive é de que vai haver uma reunião no dia 9 de janeiro para discutir essa questão de tarifa, o Sinttro não foi avisado e acho que não foi avisado o Conselho Municipal de Transporte, porque o Sindicato faz parte do Conselho e não foi avisado. Acho que a reunião é entre empresários e SMTT. Agora é aguardar o

desfecho. O Brasil inteiro está corrigindo as tarifas. No meu ponto de vista é outra irresponsabilidade do poder público porque isso já era para estar sendo discutido com a sociedade, mas fica todo mundo sem saber de nada e depois é pego de surpresa, é complicado”, reclama. CRÍTICAS Em meios a versões divergentes, o representante dos rodoviários criticou a possibilidade de um novo reajuste. Para ele, o valor atual de R$ 3,50 está num ‘patamar alto’. “Aumentar mais isso aí [tarifa] está errado. Tem que organizar o transporte. As empresas deveriam ter a demanda suficiente para cobrir os custos, o que ocorre é um desequilíbrio na quantidade de passageiros. A tarifa já está num patamar alto, uma das mais caras do país, francamente”, pontuou. Em São Paulo, a tarifa

foi reajustada para R$ 4,00 o que para Sandro Régis não deveria ser repetido em Maceió. Segundo ele, deve haver um reforço no combate aos transportes clandestinos na capital. “O que tem que ser feito, na nossa avaliação, é uma organização no sistema de transporte clandestino, aí sim a população ia ter uma tarifa com condições de ser paga. Porque a tarifa de Maceió ela já está cima de um preço normal, já está sobrecarregando a população, e infelizmente não há compromisso com o povo, vai se permitindo que taxistas, que clandestinos façam lotação e vai precarizando o sistema e as empresas ficam no sufoco, porque tem que manter os ônibus na rua. O transporte clandestino só roda no horário de pico que seria o horário da empresa tirar o prejuízo”, destacou.

LITORAL NORTE

Hoteleiros reclamam da Eletrobras Alagoas DIVULGAÇÃO

CLAUDIO BULGARELLI SUCURSAL LITORAL NORTE

Uma onda de reclamações contra o serviço prestado pela Eletrobras Distribuição Alagoas durante as festas de fim de ano apagou um pouco o brilho dessas mesmas festas na Rota Ecológica dos Milagres. Esse ano, diferentemente do ano passado, não faltou energia, mas as oscilações em São Miguel dos Milagres, Porto da Rua e Porto de Pedras, durante todo o dia 31 e especialmente à noite, foram tantas e tantas vezes seguidas, que muita gente acabou perdendo até aparelhos domésticos, como micro-ondas e geladeiras. Os hoteleiros não pouparam nas críticas. Aqueles que possuem geradores a diesel ou os poucos que já usam energia solar foram os únicos que não sofreram com essas oscilações, que no total foram mais de 50 vezes. O grande problema é que a Eletrobrás Alagoas, através de uma reunião em 2013 com o trade turístico da região Norte, prometeu que faria investimentos na ordem de mais de R$ 59 milhões em obras estruturantes no setor energético que beneficiariam diretamente a região Norte do Estado. O anúncio dos investimentos foi feito em outubro de 2013 pelos diretores da Eletrobras Distribuição Alagoas, em reunião com o setor hoteleiro, em Maragogi. Naquela oportunidade, foram anunciados a construção de uma subestação em Paripueira e o início da duplicação das linhas de transmissão que alimentam

Oscilações em São Miguel dos Milagres, Porto da Rua e Porto de Pedras causaram perdas de eletrodomésticos

todo o Litoral Norte. Até hoje nada disso aconteceu. Talvez diante da onda de reclamações de todos os lados é que a Eletrobrás resolveu divulgar o primeiro cronograma de 2018 de manutenções preventivas para as cidades da Região Norte e Litoral, que vão começar nos municípios de Maragogi, Passo de Camaragibe e Porto de Pedras. Durante a execução dos trabalhos, as ruas indicadas ficarão sem energia. A concessionária avisa ainda que, como medida de segurança, o cliente deve considerar energizadas todas as suas instalações elétricas durante o período mencionado. Confira os municípios que

vão passar por manutenção: Quinta, 4 de janeiro: Japaratinga – 8h às 13h - Alto Boa Vista, loteamento praia de Japaratinga e adjacências e das 14h às 17h - loteamento Pontal do Boqueirão e adjacências. São Luiz do Quitunde – 8h às 12h - povoado Quitunde e adjacências. Sexta-feira, 5 de janeiro: Japaratinga – 8h às 13h - loteamento Pontal do Boqueirão, Povoado Bitingui e adjacências. Paripueira – 8h às 14h - rua do Angelim, rua Bom Retiro, rua São Gabriel, rua da Mangabeira, loteamento Santa Rita e adjacências. Porto de Pedras – 8h às 12h - povoado Tatuamunha e adjacências.

Segunda-feira, 8 de janeiro: Japaratinga – 8h às 13h - povoado Barreiras do Boqueirão, Maragogi – 9h às 13h - rua Emílio Santa Rosa, rua governador Afrânio Lages, Praça Vicente de Paula e adjacências e Passo de Camaragibe – 9h às 13h - rua Nossa Senhora da Conceição, rua Antônio Vitoriano e adjacências. Terça-feira, 9 de janeiro: Barra de Santo Antônio – 9h30 às 13h30 - loteamento Bosque Rio Mar, loteamento Lua Nova, loteamento Paraíso, loteamento Barra Norte e adjacências e quarta-feira, 10 de janeiro em Japaratinga – 9h às 12h - sítio Chaves, Poço Bonito e adjacências.


TRIBUNAINDEPENDENTE

CidadesemFoco ROBERTO BAIA robertobaiabarros@hotmail.com

Uma gestão exemplar

MACEIÓ - QUINTA-FEIRA, 4 DE JANEIRO DE 2018

ECONOMIA 13

Gasolina sobe em Maceió e pega condutores de surpresa Informação era que preço nas refinarias teria uma redução de 0,1%

M

A

través de ações que vem beneficiando a população de Traipu, o prefeito Eduardo Tavares tem se destacado como exemplo para os gestores alagoanos. Segurança pública, investimentos em áreas prioritárias como saúde e educação, além de obras estruturantes espalhadas nas áreas urbana e rural estão transformando a cidade e colocando-a em um cenário de desenvolvimento, algo incomum em tempos de crise de financeira, que tem afetado os municípios alagoanos.

Obras estruturantes E as ações do gestor traipuense não param, a exemplo do que aconteceu durante o dia dedicado a festa da padroeira do município, Nossa Senhora do Ó, ocorrida em 17 de dezembro último, onde foram entregues oficialmente obras estruturantes à população. Nesse dia importante para a comunidade ribeirinha estiverem presentes os deputados estaduais, Gilvan Barros Filho e Rodrigo Cunha, deputado federal JHC, e também do prefeito de Girau do Ponciano, David Barros. Na oportunidade, Eduardo Tavares destacou que o conjunto de obras entregues representam a pedra fundamental para tornar Traipu um município desenvolvido.

Potencial turístico Desde que tomou posse em primeiro de janeiro, o prefeito Eduardo Tavares deu início ao projeto de fazer de Traipu uma cidade com infraestrutura turística, capaz de aproveitar todo seu potencial, que tem no Rio São Francisco sua atração fundamental. “Hoje, entregamos a Alameda Berilo Soares Mota, local que passa a ser o centro histórico e onde os turistas poderão visitar junto com nossa população, atrações como o Museu “Casa do Velho Chico” e a fonte Luminosa Prefeito Edmar Lima Dias”, disse o prefeito, referindo-se a atrações turísticas.

Compromisso Ainda na noite de domingo, 17, o prefeito Eduardo Tavares reafirmou seu compromisso com o desenvolvimento de Traipu, sua política de seriedade e respeito ao dinheiro público. Ele também enfatizou a importância de obras como a substituição da rede de abastecimento de água da cidade, que era de amianto, material causador de câncer.

Palmeira dos Índios O prefeito Júlio Cezar, em um dos primeiros atos administrativos de 2018, assinou na terça-feira (2) a segunda etapa do Termo de Acordo Extrajudicial celebrado entre a 2ª Promotoria de Justiça de Palmeira dos Índios e a prefeitura do município, para a convocação dos aprovados na Guarda Municipal de Palmeira dos Índios, de acordo com a Portaria Nº 762/2017 –GP.

Convocação Esta é a 18ª e última convocação, feita dentro do prazo estabelecido pelo Ministério Público Estadual. Nesta etapa, mais 35 candidatos serão convocados, quando serão observados se eles possuem vínculos empregatícios e se estão aptos para a prestação dos serviços, para que seja fechado o contingente da Guarda do município.

Guarda Municipal De acordo com o prefeito Júlio Cezar, o próximo passo será a implantação da Guarda Municipal em Palmeira, que acontecerá até o mês de junho. “Até junho eles já estarão nas ruas, fardados, com viaturas e todo o aparato necessário para garantir o trabalho dos agentes. “Já conversei com o promotor de Justiça Jomar Moraes e ele ficou muito satisfeito de o município poder honrar o que foi acordado junto ao MPE. Ele aproveitou para dizer que está à disposição no que for preciso para o pleno funcionamento da Guarda no município, que é um feito pioneiro”, destacou.

Violência O prefeito Júlio Cezar também defende que os municípios tenham papel na segurança pública, pois é nas cidades onde está o problema da violência. “O municípios precisam do apoio dos governos federal e estadual. A Guarda Municipal de Palmeira vai atuar em parceria coma as polícias militar e civil, na segurança e garantia da ordem, do patrimônio público e nos eventos. É uma força auxiliar. Agora, vamos aparelhar a guarda e ofertar ao cidadão mais um serviço e aumentar a sensação de segurança da população. A nossa meta, para este ano, é colocar câmeras de videomonitoramento em vários pontos da cidade. Inclusive já estamos tratando com a empresa responsável sobre isso”, explicou.

Deficientes visuais Em 1990, o Colégio Cenecista Nossa Senhora Bom Conselho, em Arapiraca, dirigido, na época, pelo prefeito Rogério Teófilo e seu pai, Moacir, cedeu o espaço de uma sala comum, que atenderia 60 alunos do 7º ano, para um grupo de cinco jovens deficientes visuais se alfabetizarem.

Especialista em Braille Conhecida como “granja”, por conta de umas aberturas para ventilação, a sala especial ou de recurso, como preferir, contava com uma professora especializada em Braille, que além de lecionar as matérias da grade curricular, ensinava sobre locomoção, mobilidade e fornecia todo o apoio necessário para os alunos. Genival Barbosa Silva, 45 anos, estava entre eles.

... Alfabetizado entre os anos de 1990 e 1992, graças à sala especial, Genival considerou a atitude de Moacir e Rogério, ousada. “Para o colégio foi prejuízo, visto que deixou de atender alunos comuns”, disse ele. ... “Mas eles não pensaram duas vezes em dar essa oportunidade e ceder o espaço do colégio, que seria ocupado por alunos do 7º ano, para atender estudantes do estado, que não gerariam renda nenhuma”, completou. ... Passado o período festivo, em Arapiraca não se fala em outro assunto a não ser nas eleições estaduais que serão realizadas no mês de outubro último. A expectativa é de que haverá um número recorde de candidatos para deputado estadual.

ais um aumento no preço do litro dos combustíveis pegou os motoristas de Maceió de surpresa na manhã de ontem (3). O valor da gasolina, que até a noite da terça-feira (2) custava R$ 3,69 o litro, passou a custar R$ 4,48 em alguns postos. Um aumento de R$ 0,60 por litro. A média dos valores por um litro da gasolina comum nos postos da capital ficou entre R$ 4,25 e R$ 4,29, causando surpresa e indignação, porque a informação que se tinha era que nas refinarias teria uma redução de 0,1% na quarta-feira, conforme foi anunciado pela Petrobras. A última oscilação ocorreu no sábado (30 de dezembro), quando a gasolina aumentou 1,9% e o diesel 0,4%, em todo o país. No entanto, em Maceió, não houve alteração nos preços no fim do ano passado. O diesel, por sua vez, aumentou de 0,6%. CONSUMIDOR A nova política de reajuste dos preços de combustíveis adotada pela Petrobras desde o início de julho tem provocado reflexos no mercado e exigido mudanças de comportamento desde a refinaria até as bombas de abastecimento nos postos. Para os motoristas, o principal efeito sentido é o preço cobrado pelo litro, que disparou nos últimos meses. Levantamento feito pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas, Administrativas e Contábeis de Minas Gerais (Ipead), vinculada à UFMG, mostrou que, desde

DIVULGAÇÃO

Nova política de preços dos combustíveis adotada pela Petrobras revolta os consumidores

que foi implantada, a nova regra de mercado provocou aumento de 12,75% no preço do combustível – isso apenas no acumulado de julho a outubro. Antes da mudança, a gasolina acumulava redução de 2,17% no preço, considerando os valores praticados de janeiro até o fim de junho. A justificativa da Petrobras é que o novo modelo de definição do valor garante previsibilidade e equilibra os mercados interno e externo. Na prática, essa mudança tem surpreendido os consumidores e pressionou um dos principais componentes dos índices de inflação no Brasil.

De 3 de julho, data oficial de adoção das novas regras pela Petrobras, a 30 de novembro foram autorizados 37 aumentos no valor do combustível. O maior deles ocorreu em 31 de agosto, com percentual de 4,2%. No mesmo período ocorreram 36 reduções. No entanto, os percentuais de queda foram sempre menores quando comparados com os de alta. o novo modelo, a Petrobras espera acompanhar as condições do mercado e enfrentar a concorrência de importadores. Em vez de esperar um mês para ajustar seus preços, a estatal

passou a avaliar todas as condições do mercado para se adaptar, o que pode ocorrer diariamente. Além da concorrência, na decisão de revisão de preços, pesam as informações sobre o câmbio e as cotações internacionais do petróleo e outros componentes, como o valor e a oferta de cana-de-açúcar no mercado. “A revisão da política aprovada permitirá maior aderência dos preços ao mercado doméstico ao mercado internacional no curto prazo e possibilitará a companhia competir de maneira mais ágil e eficiente”, afirma a estatal.

REQUISITOS

Pedidos de isenção do IPTU até abril Os maceioenses que preencherem os requisitos para isenção de Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) podem fazer a solicitação à Secretaria Municipal de Economia (Semec), na sede do órgão, localizada na Rua Pedro Monteiro, no Centro, ou nas unidades de atendimento implantadas nas Centrais Já do Maceió Shopping, Pátio Shopping Maceió ou no Já do Shopping Farol. O pedido de isenção pode ser feito até 30 de abril. Os interessados devem preencher o requerimento disponível no site www. maceio.al.gov.br/semec, no menu à direita Requerimentos e dar entrada no locais de atendimento. “A duração da isenção é anual. Ou seja, todo ano o beneficiário precisa verificar se continua com a isenção, observando o carnê do IPTU ou o boleto pela internet logo no início de cada ano”, disse o auditor fiscal da Semec, Fábio Soares. Em 2017 foram mais de 26.400 mil imóveis isentos em Maceió. A previsão para

2018 é que este número de beneficiados passe dos 68 mil imóveis pelas mudanças trazidas no Novo Código Tributário Municipal. QUEM TEM DIREITO Ao todo são cinco situações nas quais o contribuinte pode ter direito à isenção de IPTU. Existe a isenção por valor que é quando o imóvel é residencial e possui valor venal abaixo do estipulado em cada edital de lançamento, que o torna automaticamente isento. Sendo assim, imóveis com valor venal de até R$30 mil terão isenção automática tanto do IPTU quanto da taxa de coleta de resíduos sólidos. Antes da aprovação do Novo Código Tributário Municipal, os imóveis com isenção automática tinham que ter valor venal de até R$12 mil. Também tem direito imóveis com padrão construtivo popular ou baixo, que seja único imóvel residencial do contribuinte, cuja área construída não exceda 120 m² e em sendo casa, o terreno não exceda os 250m².

REPRODUÇÃO

Para ter isenção, maceioenses precisam preencher requisitos

IMPOSTO

Ex-combatentes e mutuários do PAR têm direito Os ex-combatentes brasileiros, que tenham atuado na Segunda Guerra Mundial ou seu cônjuge, estão isentos do imposto, bem como imóveis cedidos gratuitamente para a instalação e funcionamento de quaisquer serviços públicos municipais. Por fim, imóveis do Programa de Arrendamento Residencial (PAR), enquanto os

mesmos estiverem no nome do arrendador, também são beneficiados com a isenção. Após o fim do contrato de arrendamento mercantil, a isenção será finalizada, mas o contribuinte poderá requerê-la com base nos outros critérios da lei. COBRANÇA DE IMPOSTO A cobrança do imposto é determinada pelo Artigo 156

da Constituição. Vale ressaltar que quem tem direito à isenção do IPTU não está isento do pagamento da Taxa de Coleta de Resíduos Domiciliares, a conhecida Taxa de Lixo (com exceção dos casos já citados de isenção automática que tem isenção estendida também para esta taxa). “Vale ressaltar a importância do pagamento das

taxas e impostos para que a gestão municipal possa aplicar o recurso advindo da arrecadação em melhorias da cidade. Além disso, os inadimplentes tanto do IPTU quanto da Taxa de Coleta de Resíduos serão inscritos na dívida ativa e podem ter o débito protestado e executado judicialmente”, encerrou Soares.


14

ESPORTES

MACEIÓ - QUINTA-FEIRA, 4 DE JANEIRO DE 2018

Esportes

TRIBUNAINDEPENDENTE

Time experiente é trunfo de Mazola para sucesso do CRB na temporada “Foi uma grande reformulação e peças escolhidas a dedo pelo grande comprometimento”. Esta foi uma das frases marcantes do técnico Mazola Júnior na coletiva de apresentação do CRB esta semana. O grupo fica confinado no CT Ninho do Galo nas próximas duas semanas. Trabalhos intensos para montar um novo time. Quem deve ser o lateral-direito titular é Ayrton, que também é grande batedor de faltas. “Chego para somar e com a responsabilidade de manter esse time vencedor no campeonato estadual e em outras competições”, disse. Dia 16 o Galo estreia na Copa do Nordeste fora de casa contra o vencedor do duelo Cordinho-MA ou Treze-PB.

Flávio Araújo pensa em mudar algumas peças do time do CSA

ASCOM CSA / RCORTEZ

Técnico gosta da movimentação de alguns reforços e os titulares para estreia na Copa do Nordeste estão indefinidos

O

CSA tem uma base definida para estreia em 2018, mas o técnico Flávio Araújo está gostando muito da movimentação de alguns jogadores que foram contratados. É o caso do lateral Talison e do volante Yuri. A próxima oportunidade para todos demonstrarem que podem ser titulares será no sábado. O Azulão vai até a cidade de Coruripe enfrentar o Hulk, em partida amistosa. O jogo começa às 19h, no Estádio Gerson Amaral. “Cada jogo tem de ser produtivo. O professor gostou do trabalho do último sábado. Agora temos um jogo contra o Coruripe que está na mesma competição (Alagoano). temos de encarar como se fosse um jogo oficial, de campeonato. É assim que nós vamos nos preparar bem para os próximos jogos”, disse o

atacante Maxuel Samurai. O atacante Leandro Kível, o meia Echeverría, o volante Joílson e o zagueiro Anderson não treinaram nos últimos dias. Todos estão no departamento médico. “Echeverria teve um trauma no músculo na hora do chute. Aparentemente, não tem ruptura, mas com dor local e no mecanismo do chute, tem que fazer exame de imagem. Ao que tudo indica, foi uma contratura e não uma ruptura. Se isso se confirmar, ele amanhã já volta para o campo e começa a transição”, disse o médico do CSA, Fábio Lima. O atacante Leandro Kível também se machucou no jogo-treino. No sábado, ganhou posição no time principal com o desfalque de Michel, mas não ficou até o final. “Foi um pisão de mal

jeito, mas não tem nada de articulação ou musculatura. Tiramos ele por prevenção, mas não preocupa em absolutamente nada. Vamos esperar um pouco para passar a dor e demos medicação”, disse o médico do clube. REFORÇO O CSA não confirma, mas o zagueiro Xandão, que passou pelo clube em 2016 e está no futebol de Portugal, deve ser o último reforço deste primeiro momento. “Só precisamos de um zagueiro para fechar o grupo. O Raimundo Tavares entrou em contato com esse atleta, na realidade, já conversaram e definiram tudo. A apresentação parece que dia 10 ou 12 porque ele está fora do Brasil, mas o grupo é esse que temos”, despistou o presidente Rafael Tenório.

Leandro Kível está no departamento médico do CSA e é dúvida

ASCOM BOTAFOGO

TÉCNICO

Jair Ventura é oficializado no Santos e quer reforços

Jair Ventura terá um novo desafio na carreira no comando do Santos para a temporada de 2018

Jair Ventura é o novo técnico do Santos. O Peixe anunciou oficialmente a contratação do comandante para 2018. A multa da rescisão com o Botafogo foi assinada na terça-feira, e Jair vai pagar do próprio bolso, de forma parcelada. O valor de cerca de R$ 800 mil cai quase pela metade pois teve o abatimento de férias, 13º e premiações atrasadas. As negociações com Jair foram conduzidas pelo novo presidente do Santos, José Carlos Peres. Jair chega ao Santos com o auxiliar Emílio Faro e o preparador físico Ednilson Sena, seus companheiros de trabalho na equipe carioca. Ele será apresentado oficialmente pelo Peixe nesta quinta-feira, juntamente com Gustavo Vieira. Mesmo com o carinho pelo Botafogo, Jair Ventu-

ra estava preocupado com a próxima temporada. Fora da Libertadores e sem dinheiro, o clube carioca não pretende fazer grandes investimentos e vem perdendo peças importantes, como Roger, Victor Luis e Bruno Silva. Jair Ventura tem 38 anos e chegou ao Botafogo em 2009, como auxiliar técnico de Ney Franco. Antes de ser efetivado, em agosto de 2016, trabalhou como preparador físico, técnico do sub-20 e treinador interino na equipe carioca. Ele chamou a atenção do Santos por conta da boa temporada que fez com o Botafogo em 2017. Com um elenco limitado, conseguiu levar o time às quartas de final da Libertadores, semifinal da Copa do Brasil, além de ter mantido uma regularidade durante grande parte do Campeonato Brasileiro. TERRA

TREINADOR

Rueda perto de acerto com a seleção do Chile; Flamengo ainda espera Bastidores estão fortes e treinador não fala nada Longe de confirmar em campo a expectativa pelo investimento feito pela diretoria na última temporada, o Flamengo pode estar perto de começar 2018 com uma notícia longe de ser boa. De acordo com informações publicadas pelo jornal La Tercera, as negociações entre o treinador e a confederação chilena tiveram evoluções importantes nas últimas horas, e restam apenas detalhes para que o nome do colombiano seja confirmado como novo comandante da Roja. “Estamos muito avança-

dos com Rueda. Existe um princípio de acordo e faltam apenas ver questões como a assinatura do contrato dele e seus assistentes. São detalhes”, afirmou uma fonte ligada à Associação Nacional de Futebol Profissional do Chile (ANFP), em entrevista ao jornal La Tercera. Segundo a publicação, federação nacional chilena aceitou pagar a multa rescisória do treinador com o Flamengo, algo que estava sendo exigido por Rueda. Nas primeiras rodadas de negociação, os chilenos pediram que o técnico arcasse

com os custos de pouco mais de R$ 1 milhão (325 milhões de dólares) estipulados em contrato. Além deste ponto, os chilenos teriam aceitado a pedida salarial feita pelo colombiano, algo em torno de R$ 11,5 milhões por temporada (3,5 milhões de dólares). Com acerto encaminhado, o treinador teria vínculo com o Chile até a Copa do Mundo de 2022. Já em caso de classificação, o contrato do treinador seria automaticamente renovado para que o técnico comandasse a equipe no Mundial.

Técnico Reinaldo Rueda ainda não confirmou se sai do Flamengo

REFORÇO

Focado no Barça, Coutinho não joga no Liverpool Após cinco anos no Liverpool, Philippe Coutinho pode não ter um momento especial de despedida do clube inglês. O jornal catalão “Sport” garante que o brasileiro não voltará a entrar em campo pelos Reds, uma vez que está focado na iminente transferência para o Barcelona e pretende evitar “se arriscar com qualquer contratempo em forma de lesão”. O diário esportivo aponta que a diretoria do Liverpool e o técnico Jürgen Klopp estão cientes da intenção de Coutinho e, por isso, o treinador já não conta com o meia em seus planos de escalação para os próximos jogos. O brasileiro já foi ausência diante do Burnley, na última segunda-feira, quando Klopp poupou outros titulares, como Salah. A imprensa inglesa apontou que a justificativa para a ausência de Coutinho foi um desgaste muscular, que poderia deixá-lo fora das próximas partidas - mas o “Sport” afirma que, mesmo que esteja recuperado, o brasileiro não entrará em campo no clássico contra o Everton, na sexta-feira, pela Copa da Inglaterra. Caso a previsão do jornal catalão se confirme, Coutinho terá como adeus oficial ao Liverpool o confronto contra o Leicester, no último sábado.

POLÊMICA

UFC bane repórter que chamou Cris Cyborg de homem Ultimate decidiu banir o fotógrafo da equipe de Holly Holm que publicou uma foto de Cris Cyborg chamando a lutadora de homem logo após o UFC 219. A organização anunciou a medida em um breve comunicado. “O UFC está ciente e incomodado com o comentário recente feito nas redes sociais por um representante da Jackson’s Wink MMA, academia de Albuquerque, Novo México, relacionado à campeã peso-pena Cris Cyborg. O UFC não tolera as observações usadas. A organização entrou em contato com a equipe de Albuquerque para informá-los que o profissional em questão não terá acesso a eventos futuros”, diz o comunicado. Aragon publicou a foto no domingo, logo após Cyborg derrotar Holly Holm na luta principal do UFC 219, em Las Vegas. “Esse cara é duro como prego! Dito isso, na coletiva de imprensa ele falou que a Holly foi a primeira pessoa que fez o seu nariz sangrar. Você é minha heroína @ hollyholm. Te vejo na academia”, escreveu na legenda de uma foto que mostrava Cyborg na coletiva de imprensa pós-evento em Las Vegas. A campeã peso-pena, por sua vez, foi às redes sociais exigir um pedido formal de desculpas por parte da Jackson’s Wink MMA, academia de Holm.


TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - QUINTA-FEIRA, 4 DE JANEIRO DE 2018

DIVERSÃO&ARTE 1

Novo filme da franquia Halloween será lançado em outubro de 2018 O novo filme da franquia Halloween começará filmagens este mês. O anúncio, que pedia por jovens atores para interpretarem estudantes de colegial, também confirmou a locação em Charleston, Carolina do Sul. No elenco, já estão confirmados Nick Castle, que interpretou Michael Myers em Halloween: A Noite do Terror, Jamie Lee Curtis, reprisando o papel de Laurie Strode, e Judy Greer. Poucos detalhes foram revelados sobre a história, que é escrita por David Gordon Green e Danny McBride, porém está confirmado que o longa se passará em uma realidade alternativa onde somente os eventos do longa original de 1978 dirigido por John Carpenter aconteceram. A produção tem estreia prevista para 19 de outubro de 2018.

tempo em que é preciso tratar conceitualmente do combate a AIDS, é também necessário ter a humanidade necessaria para apoiar e confortar os infectados. A chave de tal dualidade, num misto preciso e doloroso de fatalismo e esperança, é dita por um dos personagens principais: “estamos todos mortos e vivos”. Neste sentido, chama a atenção o olhar profundamente humano de Campillo, que apresenta sonhos e mazelas sem prestar qualquer julgamento. Em meio à urgência por respostas, há espaço para a paixão e o desejo da mesma forma que cada ação do ACT UP é precedida por debates democráticos onde todos têm voz. Aos poucos, ao espectador é esmiuçado sobre cada detalhe do modo de agir da organização, não apenas nos eventos realizados mas também na forma de divulgá-los. Fazer barulho é essencial, não só para ser ouvido mas também para dirimir preconceitos enraizados. Desenvolvido de forma a conquistar corações e mentes, ao menos daqueles que acreditam na pluralidade, 120 battements par minute é um retrato preciso sobre a cultura gay, sem estereotipá-la. Seu maior pecado é, nesta busca por ser completo, por vezes permitir que a militância ultrapasse as necessidades da própria história. É o que acontece especialmente no final, quando o diretor não resiste à tentação de mostrar o desfecho de um dos personagens principais ao invés de focar na metáfora existente entre vida e morte, apresentada minutos antes. Menos seria mais, ao menos neste caso, o que se reflete também na excessiva duração do longa-metragem: 140 minutos. Com um elenco coeso e competente, onde o brilho maior fica com o carisma sedutor de Nahuel Perez Biscayart, 120 battements par minute tem um grande valor humanitário, ainda mais em uma época de tantos preconceitos. Se como cinema comete alguns excessos, isto muito acontece devido à ansiedade em falar sobre o máximo de assuntos possível, de forma a ser fiel não apenas ao grupo retratado, mas especialmente às pessoas envolvidas. Vale ressaltar também a forma como o diretor representa da época, com seus prazeres, riscos e o desejo, sem pudores e como algo preconceitos. necessário para sentir-se vivo. A partir de muita câmera na mão, 120 battements par minute tem como maior Há espaço para uma dança final, já solitária, fazendo aqui uma montagem qualidade justamente a abrangência com uma cena de sexo - perante e o profundo conhecimento sobre o que foi visto antes, parece uma o universo retratado. Bastante transição redundante, repetitiva. didático em relação aos ideais e Mas ficamos com o filme (e ele fica modo de funcionamento do ACT UP, connosco, nem que seja às postas), e o longa-metragem aos poucos traça com a confirmação, agora mainstream, um panorama não apenas sobre o que Campillo é um senhor capaz de grupo, mas também seus principais operar sobre qualquer genero (lembrar expoentes. Cada um deles representa também Les Revenants!) para nos uma vertente deste momento em trazer uma verdade concretizada em particular, onde é preciso não apenas tela. E se estes três filmes servirem batalhar por mais ação junto ao poder de padrão, haverá sempre uma dose público e as empresas farmacêuticas, generosa de cinema à nossa espera. mas também sobreviver. Ao mesmo

CONTRA OS BEM

comportados Falar sobre HIV no cinema ainda é tabu, mas “120 Batimentos por Segundo”, filme em cartaz no Cine Arte Pajuçara, parece quebrar isso

D

iretor bissexto com apenas outros dois filmes no currículo (Eles Voltaram e Meninos do Oriente), Robin Campillo decidiu deixar de lado o hiato de quatro anos para, uma vez mais, sentar na cadeira de diretor. Desta vez para apresentar a história do ACT UP, grupo francês que, nos anos 1990, ficou conhecido por promover ações não-violentas em defesa da prevenção e do tratamento em relação a AIDS. Mais do que entregar um filme institucional sobre a organização, o diretor investe firme no cinema ativista para compor um amplo painel do cenário homossexual


TRIBUNAINDEPENDENTE

2 DIVERSÃO&ARTE MACEIÓ - QUINTA-FEIRA, 4 DE JANEIRO DE 2018

Maceió Verão 2018

Péricles

P

éricles é a grande atração da segunda noite do Maceió Verão 2018, que também conta com as atrações locais Cheiro de Calcinha e Vitor Pirralho, além do grupo Babado Novo. Dia 13 de Janeiro, às 17h, no estacionamento do Jaraguá. Entrada Franca.

O cantor Leo Santana será uma das principais atrações do Maceió Verão 2018. O show do artista baiano acontecerá neste sábado (6) durante a programação de abertura do festival, que vai animar a capital alagoana até o último sábado deste mês. O evento acontecerá no Estacionamento de Jaraguá, com início às 16 horas, a partir do dia 6 de janeiro, com as atrações Igbonan Rocha, Wilma Araújo, Cláudia Leite. Camarote Fronstage , nesta primeira etapa de vendas, o valor fica entre R$ 80 a R$ 100, a depender da data. Mais informações podem ser adquiridas através do telefone 82-3325.3448 ou ainda 81-3038.6820.

Complexo Cultural Teatro Deodoro lança edital

Negreiros

O

que aconteceu com os libertos após 13 de maio de 1888? O que o Brasil fez com eles? Assunto ainda atual no século 21, a Companhia Artística LaCasa traz em Negreiros o por que, ainda nos dias de hoje, é preciso abordar essa questão. É necessário falar sobre ser negro em um país de maioria negra, mas de minorias negras. A política brasileira do século 19, época da Lei da Abolição no país, não é tão diferente da atual. O espetáculo Negreiros será apresentado no Teatro Linda Mascarenhas, no Cepa, bairro do Farol, nos dias 5 e 6 de janeiro, às 20h, com ingressos a R$ 20 inteira e R$ 10 meia.

Os artistas locais têm uma excelente oportunidade para expor seus trabalhos. O Complexo Cultural Teatro Deodoro abriu edital para selecionar uma exposição individual ou coletiva, que vai ocupar a galeria de arte do espaço no período de 15/03 a 15/05/2018. As inscrições vão até 25/01 e devem ser feitas por correspondência. A lista com todos os documentos exigidos no edital estão disponíveis pelo link http://www.diteal.al.gov.br/ selecao-de-projeto-de-artes-visuais-para-exposicao-no-complexo-cultural-0032017/. O resultado será divulgado no dia 02/02 no site da Diteal, www.diteal.al.gov.br, e no Diário Oficial do Estado, DOE.

Exposição Gabeia Os fotógrafos Adilson Andrade, Arthur Celso, Felipe Almeida, Jorge Vieira e Luna Gavazza revelam seus olhares sobre o Mercado da Produção de Maceió na exposição Gabeia. A exposição fica aberta até 14/01, no Complexo Cultural Teatro Deodoro e pode ser visitada de

segunda a sábado, das 8h às 18h, às quartas até 20h, e, aos domingos e feriados, das 14h às 17h. A entrada é gratuita. Grupos de escolas e instituições devem fazer o agendamento gratuito por um dos telefones (82) 98884-6885 e 98819- 5010 ou pelo e-mail escolasditeal@gmail.com.

Exposição

A

2ª Mostra de Fotojornalismo e Vídeo de Alagoas segue até o dia 15 de janeiro, no Complexo Cultural Teatro Deodoro, Centro de Maceió. Organizada pela Associação de Repórteres Fotográficos e Cinematográficos do Estado, a mostra reúne 50 fotografias e 12 vídeos; e conta com a participação de 17 repórteres fotográficos. As visitas podem ser realizadas de segunda a sábado, das 8h às 18h, às quartas até às 20h, e, aos domingos e feriados, das 14h às 18h. Para o agendamento de grupos, entrar em contato: (82) 98884-6885 e 98819-5010 ou pelo e-mail escolasditeal@gmail.com. Entrada franca! (Foto: Ailton Cruz / Divulgação).

FALE CONOSCO - A Agenda é um serviço gratuito de orientação ao leitor. Os interessados em divulgar eventos, shows e exposições podem enviar material através do endereço: tiagenda@hotmail.com

RESUMO DE NOVELAS GLOBO 18h

GLOBO 19h

GLOBO 21h

RECORD 21h

TEMPO DE AMAR

PEGA PEGA

O OUTRO LADO DO PARAÍSO

APOCALIPSE

Teodoro liga para o jornalista Marcel e inventa uma história sobre Vicente. Lucinda se irrita quando Inácio decide sair de casa. Lucerne aconselha Inácio sobre a índole de Lucinda. Helena flagra Giuseppe com Gilberte e o expulsa de casa. Maria Vitória tem um mau pressentimento e comenta com Celeste. Izabel conta a Padre João que foi destratada por Delfina. Henriqueta vê Fernão trancar a esposa em casa e corre para ajudá-la. Alzira se desespera ao ver os funcionários do negócio de geleias em sua casa. Maria Vitória lê a matéria de Marcel.

Cíntia e Sandra desconfiam do comportamento de Aníbal. Mônica é transferida para a delegacia do Rio de Janeiro. Antônia depõe no julgamento de Júlio e confessa que o ama. Cíntia conta a Lourenço que Aníbal fugiu. Dulcina passa mal ao saber que Aníbal foi preso. Tereza deduz que os pais de Maria Pia devem estar envolvidos na morte de Mirella. Dom estranha o fato de Athaíde ter informado Sabine sobre a morte de Mirella. Nina demonstra interesse em saber o que Sabine deseja contar ao delegado sobre a morte de Mirella.

Adinéia perdoa Samuel, que implora que a mãe mantenha seu segredo. Clara se vangloria para Renato por ter exposto a vida dupla do psiquiatra. Duda vai às ruínas da igreja e Laerte aproveita para bisbilhotar seus pertences. Gael é condenado a prestar serviços comunitários. Gael deixa a prisão. Lívia comenta com o irmão sobre Mariano, sem mencionar o nome do garimpeiro. Gael não se conforma com a vingança de Clara contra sua família. Gael ataca Sophia. Samuel implora que Clara não revele seu segredo.

Débora finge indiferença diante de Verônica e Adriano, mas sofre ao ver Gideon em perigo. Noah, Gideon e Oziel se abraçam emocionados. Verônica fala mal de Débora para Adriano. Henrique se encontra às escondidas com a doutora Gláucia, mas são surpreendidos com a chegada de Tiago. Alan e Susana proíbem Isabela de estudar em Israel. Zoe se surpreende ao receber um aparelho que projeta o holograma de Benjamin. O tatuador que cooperou com a investigação de Natália, é assassinado pelo serial killer.

BLACK MIRROR

Episódio que faz paródia de Star Trek pode virar série Em entrevista ao The Hollywood Reporter, o diretor do episódio “USS Callister” da quarta temporada de Black Mirror, Toby Haynes (Doctor Who, Sherlock) falou sobre a possibilidade do episódio ganhar um spin-off. Questionado sobre se o episódio pode ganhar uma sequência, Haynes respondeu: “Eu estava conversando com Louise Sutton, que produziu o episódio e “Metalhead”, e ela teve a brilhante ideia de fazer um spin-off para uma série. Eu adoraria fazer uma série de “USS Callister”. É provavelmente um dos melhores pilotos de série espacial da história. E eu fiz! Então eu adoraria fazer uma série. Acho que Charlie [Brooker, criador da série] pode querer trazer de volta ao Black Mirror. Mas se eu vou comandar, eu não sei. Sendo um grande fã da série, e tendo trabalhado com a equipe, eu adoraria fazer isso novamente. É um grande presente para um diretor”. Dirigido por Toby Haynes (Doctor Who, Sherlock) e escrito por William Bridges e Charlie Brooker (respectivamente o

roteirista do episódio “Shut Up and Dance” da terceira temporada e o criador da série), “USS Callister” faz uma paródia de Star Trek (com um quê de Galaxy Quest) na sua investigação da complicada mente de Robert Daly, interpretado em todas as suas camadas por Jesse Plemons. Como é de se esperar da série, nada é o que parece ser, e a aventura espacial vai aos poucos se transformando em um drama psicológico. Como Star Trek, porém, o episódio sabe unir profundidade filosófica e humor, o que torna “USS Callister” um dos momentos mais divertidos e interessantes da antologia. Cristin Milioti (mais conhecida por ser a mãe de How I Met Your Mother) faz da oposição ao personagem de Plemons a base para uma criar uma mulher inquieta e debochada e da sua interação com os personagens secundários (interpretados por Jimmi Simpson, Milanka Brooks, Michaela Coel, Billy Magnussen, Osy Ikhile e Paul G. Raymond) nascem as verdades absurdas da colorida ficção espacial.


TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - QUINTA-FEIRA, 4 DE JANEIRO DE 2018 DIVERSÃO&ARTE 3

Destino

FLÁVIO RICCO - colaboração: José Carlos Nery - www.twitter.com/flavioricco

Cancelamento de novela na Record revela falta de planejamento e de juízo

O

s números absurdos conquistados pela Globo se devem, evidentemente, a eficácia de bem produzir e a inquestionável competência dos seus profissionais. Mas também, e principalmente, a sua capacidade de organização e planejamento. Há uma indiscutível ordem em tudo, fazendo com que nada se desenvolva sem os merecidos estudos e cuidados. Tudo o que não acontece na concorrência. Olha, por exemplo, o caso da Record. Escolheu uma novela para substituir “Belaventura”, contratou elenco, encontrou um título, “Topíssima”- no mínimo incomum e, de um dia para o outro, resolveu que “não ia brincar mais”. E isso sem nenhuma comunicação oficial até agora. Está tudo no ar, deixando a todos que estavam envolvidos com ela meio sem saber o que fazer da vida. Falta de juízo, de profissionalismo e excesso de amadorismo. Pode dar certo desse jeito? Qual a chance de, um dia, a Globo vir a ser incomodada por alguém? Foto/Deborah Montenegro

Bate-rebate E o que é pior

“Belaventura”, que já está toda gravada e com elenco dispensado, vai terminar em março. Existe até a possibilidade de ser espichada na edição, mas até quando? E o que será colocado no ar depois dela?

Deixa quieto

De nada adianta insistir, porque ninguém na Record está autorizado a se manifestar sobre todo esse imbróglio. Do lado da Casablanca, se comenta que não existem estúdios para produção de outra novela. “Apocalipse” está usando todos.

Vai olhando

“Apocalipse”, com todo o fracasso que a cerca, tem os seus 65 cenários distribuídos nos sete estúdios existentes. Foram fixados para evitar estragos no monta e desmonta. Daí a falta de espaço para outra produção. Então tá, mas só foram descobrir isso agora?

No programa “Estrelas do Brasil” deste sábado, na Globo, Angélica estreia uma temporada em Salvador. Acompanhada pelas atrizes Cléo Pires e Mariana Ximenes, ela conversa com uma estrela local, o baiano conhecido como John Drops, que ganhou projeção na internet ao imitar looks de personalidades diversas, tanto brasileiras quanto de outros países.

Agenda

Ajustes 1

A produção do novo programa do Amaury Junior já tem acertada uma entrevista com o presidente Michel Temer e sua mulher Marcela. Falta apenas definir a data. De qualquer forma, não será para a estreia do dia 27.

O elenco da minissérie “Ilha de Ferro”, estrelada por Cauã Reymond, Maria Casadevall e Sophie Charlotte, ainda passa por ajustes na Globo. E da escolha de atores para determinados papéis. Na terça-feira, por exemplo, foi definida a participação de Cadú Fávero para viver o personagem.

Ajustes 2

Clark, inicialmente, seria interpretado por Jonathan Azevedo, que acabou deslocado para outro papel, Fiapo, melhor amigo de Dante(Cauã), após o episódio que envolveu a saída de Thogum Teixeira do elenco. A equipe do diretor Afonso Poyart ainda trabalha no fechamento da equipe, mesmo com as gravações já iniciadas.

“Ilha de Ferro” está sendo preparada para alavancar um novo serviço de streaming do Grupo Globo. Mas, até em função do grande investimento em sua produção, acredita-se que em algum momento ela chegará também à TV aberta.

Bola cantada

A fixação da Lívia Andrade no elenco do “Fofocalizando”, do SBT, a partir do momento que ela foi chamada para uma participação especial, era só uma questão de tempo. E nem foi tanto tempo assim. Ontem, saiu comunicado da sua efetivação no grupo de apresentadores.

Convidada especial

Equipe

Após conduzir sozinho os primeiros capítulos e dar seu direcionamento ao projeto, Marcos Bernstein, autor da próxima novela das seis na Globo, “Orgulho e Paixão”, já tem equipe montada. Victor Atherino, Juliana Peres e Giovana Moraes passam a ser seus colaboradores.

Glauce Graieb está fazendo uma pequena participação em “Tempo de Amar”, novela das 6, do Alcides Nogueira, na Globo. É a Madame Lenah, a sua mesma personagem de “Ciranda de Pedra”.

C’est Fini A Globo se prepara para lançar um CD com a trilha instrumental de “O Outro Lado do Paraíso”. Um trabalho que leva assinatura de João Paulo Mendonça, produtor musical da novela, que esteve em São Petersburgo, na Rússia, especialmente para produzir a trilha. Por lá, ele regeu orquestra e gravou 35 músicas, que estarão nesse CD. A base instrumental que embala as cenas é alvo de elogios nas redes sociais. Então é isso. Mas amanhã tem mais. Tchau!

Bate-rebate ·A equipe de produção do “Fábrica de Casamentos”, apresentado por Chris Flores e Carlos Bertolazzi no SBT, já trabalha na nova temporada do programa. ·“Poliana”, próxima novela do SBT, ainda não abriu os trabalhos de cidade cenográfica, mas praticamente todo o elenco já está à disposição, gravando em estúdio e locação. ·A marca “Segundo Sol” está devidamente registrada pelo Grupo Globo para a próxima novela das 21h, escrita por João Emanuel Carneiro... ·...O diretor Dennis Carvalho, porém, ainda não fechou vários personagens importantes do elenco... ·...A história será liderada por Emílio Dantas no papel de um cantor de axé. ·Em Areias, interior de São Paulo, a Globo retomou ontem as gravações da série “Cine Holliúdy”... ·...Que traz nos principais papéis Letícia Colin, Edimilson Filho e Heloisa Périssé. ·Neste domingo, a partir das 22h, o TNT transmite com exclusividade e ao vivo, o Golden Globe Awards, sob o comando do ator Seth Meyers. ·“Entre Irmãs” e “Cidade dos Homens” turbinaram a audiência da Globo na terça-feira, tanto em São Paulo quanto no Rio de Janeiro. ·No SBT, o “Programa do Ratinho” voltará com edição ao vivo em 19 de fevereiro.

HORÓSCOPO ÁRIES - (21/3 a 19/4) – Sua segurança interior cresce através do lar bem estruturado e expande seus ideais de vida. Não tenha medo das mudanças sugeridas pela tensão da Lua com Plutão, apesar de distanciar você de seus objetivos. No amor, a tensão da Lua com Plutão sugere uma atitude amorosa mais interessada no convívio com quem tanto gosta. Preserve seus desejos com firmeza sem receio de querer sempre o que é melhor. Com calma tudo vai se tornando melhor. TOURO – (20/4 a 20/5) – Sua comunicabilidade intensifica a vida social, devido à interação positiva da Lua com Marte e Júpiter, que favorece um

raciocínio rápido e escolhas repentinas. Lua e Plutão em desarmonia anunciam evitar se precipitar frente a questões que exigem um maior planejamento. GÊMEOS – (21/5 a 21/6) – Seu bom senso cresce com o contato positivo da Lua com Marte e Júpiter entre a segunda e sexta casa e dinamiza suas iniciativas cotidianas. Procure resolver as demandas anunciadas pela tensão da Lua com Plutão, que exigem enfrentamento. No amor, coloque a convivência afetiva em ordem. Seja insistente no momento de preservar o seu amor. CÂNCER – (22/6 a 22/7) – Sua naturalidade cresce com a Lua no seu signo em contato com Marte e Júpiter, conferindo oportunidades infinitas a

você. Evite atropelar as pessoas, dada a tensão da Lua com Plutão. Respeite cada uma delas. No amor, Mercúrio mostra a necessidade de cuidar do relacionamento afetivo sem se envolver com os problemas a dois. Compreenda que as dificuldades não precisam ser supervalorizadas. Invista no amor com intensidade. LEÃO – (23/7 a 22/8) – O contato positivo da Lua, no setor de crise, e Marte e Júpiter na área familiar, destaca um bom momento para a vida doméstica que se torna mais dinâmica. A desarmonia da Lua com Plutão sugere corrigir alguns erros. Busque sua felicidade. VIRGEM – (23/8 a 22/9) – A Lua no setor de amizades em interação positiva

RANKING

‘‘Extraordinário’’ derruba ‘‘Star Wars’’ em bilheteria nos cinemas brasileiros Extraordinário voltou ao topo das bilheterias brasileiras. O filme, em cartaz há quatro semanas, perdeu o primeiro lugar com a estreia de Star Wars: Os Últimos Jedi. Agora, ele retorna à liderança entre os mais vistos do fim de semana, deixando em segundo o longa da saga intergaláctica. O drama infantojuvenil

soma 3,7 milhões de espectadores no Brasil. O oitavo episódio de Star Wars, em três semanas em cartaz, se aproxima da marca dos 3 milhões. Em terceiro ficou a boa estreia de Fala Sério, Mãe!, comédia nacional com Larissa Manoela e Ingrid Guimarães, com 621.000 espectadores ao longo do fim de semana prolongado. Em

quarto, outro lançamento, o musical O Rei do Show, com Hugh Jackman, visto por 294.000 pagantes. O ranking dos dez mais vistos fica completo com A Liga da Justiça, As Aventuras de Tadeo 2: O Segredo do Rei Midas, Os Parças, Roda Gigante, Assassinato no Expresso do Oriente e A Origem do Dragão.

com Marte e Júpiter destaca seu poder argumentador nas relações e o convívio fica mais divertido. Conviva bem com os adversários que tendem a tirar você do lugar comum, levando em conta a tensão da Lua com Plutão. No amor, procure vencer os problemas e compreenda que sua relação precisa de sua atenção. LIBRA – (23/9 a 22/10) – Os astros deixam claro que os problemas afetivos precisam ser resolvidos com uma atitude sensata e fiel. Compreenda que seu relacionamento precisa de mais atenção e menos conflitos. Diálogo sempre é bom. ESCORPIÃO – (23/10 a 21/11) – Fase ousada em que você tende a lutar por

seus objetivos, devido à interação positiva da Lua, no setor espiritual, com Marte e Júpiter no seu signo. Analise bem os pontos fortes e fracos, dada a tensão da Lua com Urano e Plutão. SAGITÁRIO – (22/11 a 21/12) – Momento certo para cuidar do relacionamento afetivo. Suas decisões no romance precisam ser mais coerentes. A tensão da Lua com Plutão faz você notar que seu romance necessita de mais atenção. Faça o melhor que puder com relação ao amor. CAPRICÓRNIO – (22/12 a 19/1) – Fase de interação social com as pessoas, dada a interação positiva da Lua com Marte e Júpiter, apesar dos conflitos no entorno, devido à tensão da Lua com

Plutão. Seja natural e tenha cuidado com suas palavras. AQUÁRIO – (20/1 a 18/2) – Não se abale diante dos problemas no romance. Procure resolver o que for mais imediato e preserve a convivência em ordem. Fale com sabedoria e assuma uma postura mais coerente com o amor. Invista no bem estar de quem ama. PEIXES – (19/2 a 20/3) -Os programas de lazer ajudam você a aliviar as tensões, devido a Lua em interação positiva com Marte e Júpiter. Atenção ao interagir com as pessoas que não conhece bem, devido à tensão da Lua com Plutão. No amor, sua relação afetiva precisa ser priorizada. Os astros sugerem manter o romance em ordem.


4 DIVERSÃO&ARTE

TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - QUINTA-FEIRA, 4 DE JANEIRO DE 2018

Tudo na vida é passageiro. Dinheiro, fama, sucesso... Mas Deus é eterno

FOTO BY ARQUIVO PESSOAL

Celebridades no Celebration

A

atriz Carol Oliveira foi uma das celebridades presentes no Lounge Premium do Réveillon Celebration, o maior réveillon all inclusive do Brasil, que contou com 11 atrações em 12 horas de festa.

Lixo do Réveillon

A

Elas são mulheres de valor, mulheres que se destacam em suas profissões, amigas super queridas, clássicas, chiques e de um bom gosto que dispensa comentários. Mãe e filhas, duas gerações lindas que passaram o Réveillon no mais alto estilo, no Condomínio Laguna, elas são Flora Braga Vaz, a grande dama Gleick Braga Vaz e a linda Julia Braga Vaz, que receberam 2018 no mais alto estilo. Aproveitamos a oportunidade para desejar Feliz Ano Novo a vocês amigas, vocês sempre merecerão o nosso carinho e os nossos aplausos. Saudades!

Mercado legal de maconha

FOTO BY ARQUIVO PESSOAL

A

N

este início de ano, os empresários Nado, Francineide e Rodolfo Diniz Freire celebram a temporada de sucesso no Restaurante Janga, localizado no coração da Ponta Verde. Tendo como carro chefe frutos do mar, a casa tem conquistando a cada dia mais admiradores, sejam os nossos amigos ou turistas que visitam a nossa cidade. Parabéns, amigos, feliz ano novo e ainda mais sucesso para vocês!

Segunda sem carne

D

Califórnia inaugurou o mais novo e potencialmente maior mercado de maconha recreativa do mundo – um negócio que, estima-se, pode gerar um faturamento anual de pelo menos 7 bilhões de dólares. A maconha com fins medicinais já é legalizada desde 1996. Com fins recreativos, será liberada aos poucos: 60 estabelecimentos inicialmente terão licença para comercializar. Ao longo do ano, espera-se a abertura de centenas de outras lojas no estado. As vendas legais de maconha medicinal nos Estados Unidos e no Canadá alcançaram em 2016 mais de US$ 11,7 bilhões e se espera que cheguem a US$ 23 bilhões nos próximos cinco anos, segundo a empresa de consultoria ArcView.

Janga em 2018

eputados estaduais de São Paulo aprovaram projeto de lei que estabelece a “segunda sem carne” no estado. O PL número 87/2016 agora vai para o governador Geraldo Alckmin (PSDB), que decidirá se o sanciona ou não. O texto proíbe “o fornecimento de carnes e seus derivados às segundas-feiras, ainda que gratuitamente, nas escolas da rede pública de ensino e nos estabelecimentos que ofereçam refeição no âmbito dos órgãos públicos”. A redação não deixa claro se a medida vale apenas carne vermelha ou se abrange também aves e peixes. Hospitais e unidades de saúde pública ficam isentas desta proibição.

T

opNews sempre registrando grandes valores no empresariado alagoano, nesta quinta temos o prazer de enfocar dois grandes empresários que se destacam em nossa sociedade, são eles Henrique Dória e Daniel Cunha, eles retornam ao nosso convívio depois de terem passado o Réveillon na Cidade Maravilhosa. Os jovens empresários vêm desenvolvendo um brilhante trabalho na conhecida lavanderia Clean Express. Parabéns, amigos, e Feliz Ano Novo para vocês!

Finger apresenta

Dry Clean Ponta Verde

Chilli Beans Hawaii

A

Giovanna Ewbank está amando acordar todo dia com um Chilli diferente para curtir Fernando de Noronha. Este gatinho incrível faz parte da coleção Chilli Beans Hawaii e é todo trabalhado nas flores de hibisco. Curtiu? Então corre pra loja mais próxima e mergulhe nesta tendência do Verão2018.

Todas as correspondências, como convites para esta coluna, e para Elenilson Gomes, deverão ser enviadas para Av. Sandoval Arroxelas, 840, Edf. Calliate Ap. 204 PV. CEP: 57035-230

O

A

A

Parabéns, amigos!

coluna parabeniza os amigos Anne Cavalcante, André Tenório, Lilia Carnaúba, Cristiane Guimarães, Monique Rocassi, Thiel Lobo, Dau Tenório, Eduardo Cardeal, Alexandre Murta e Silvânia Mathias, que foram os aniversariantes mais festejados do dia. Parabéns e felicidades mil para todos vocês!

TopNews com

N

Empresários de sucesso

s empresários Leopoldo, Breno e Dedé começam o ano de 2018 com muito sucesso. O já consagrado Maria Antonieta Restaurante, uma casa que veio para ficar, está apresentando grandes novidades no cardápio da casa, com atendimento perfeito, música maravilhosa, além de um ambiente que dispensa comentários. Feliz Ano Novo, amigos, parabéns por mais um ano de sucesso!

proveitamos a oportunidade para parabenizar os empresários José, Henrique e Ana Dória, eles que começam o ano de 2018 a todo vapor. A cada ano que passa, a consagrada lavanderia Dry Clean conquista mais e mais clientes pela sua excelência de serviços. Você encontra a Dry Clean na Ponta Verde e no G Barbosa. Parabéns, amigos, o trabalho de vocês é uma referência em nossa cidade. Feliz ano novo!

Água de Coco

esta quinta, TopNews e a empresária Zélia Wanderley, ela que comanda com sucesso a conhecida franquia Água de Coco, na Avenida Dr. Antonio Gouveia, em Pajuçara, e no Passeio Stella Maris, apresenta um belíssimo look beachwear que provam que a Água de Coco é uma das marcas mais admiradas do país neste verão. Convidamos todas as nossas amigas para conhecer a coleção verão’18. Vale a pena conferir!

orla de Maceió esteve lotada de maceioenses e turistas para brindar 2018. Com isso, o ano começou com muito trabalho para os mais de 500 agentes da Superintendência Municipal de Limpeza Urbana (Slum), que atuaram na limpeza da orla, no dia 01. Foram recolhidas mais de 60 toneladas de resíduos.

T

Andréa Maranhão retornando

opNews dá as boas-vindas à renomada e querida advogada Andréa Maranhão, ela que escolheu Portugal para dar as boas-vindas a 2018. Andréia retorna ao nosso convívio depois de um Réveillon inesquecível. Bem-vinda, amiga, bem-vinda!

O

s móveis planejados, que têm à frente o empresário Alexandre Filho, começam o ano de 2018 com grandes novidades. Os ambientes montados no belo showroom, localizado na Avenida Álvaro Calheiros, Stella Maris, são perfeitos para deixar a sua casa o espaço dos seus sonhos. Venha conferir nesta coluna mais um belo ambiente Finger que estamos publicando. Vale a pena conferir!

Maceió Shopping

O

Maceió Shopping, que tem à frente o executivo Robson Rodas, começa o ano com muitas promoções e uma intensa programação para os mais variados públicos, inclusive para a criançada em férias. Vale a pena conferir a aproveitar as atividades oferecidas pelo Maceió Shopping para o seu filho. Corre lá!


Edição número 3055 - 4 de janeiro de 2017  
Edição número 3055 - 4 de janeiro de 2017  

tribunaindependenteediçãodigitaltribunahoje

Advertisement