Page 1

MACEIÓ - ALAGOAS 2 E 3 DE JUNHO DE 2018

N0 3.157

R$

4,00

tribunahoje.com

CBF / LUCAS FIGUEIREDO

SÉRIE B

CSA CONQUISTA MAIS UMA VITÓRIA COMO VISITANTE E SE MANTÉM VICE-LÍDER O CSA conquistou mais uma vitória como visitante ao vencer, por 1x0, gol de Michel, o Vila Nova no Estádio Serra Dourada. O Azulão soma agora 18 pontos e se mantém na vice-liderança da competição. O Fortaleza, com 19 pontos, é o líder. O CRB, em 17º lugar, recebe neste sábado o Brasil (RS) e tenta se afastar da zona de rebaixamento. PÁGINA 20

SELEÇÃO BRASILEIRA

NEYMAR COMEÇA NO BANCO EM JOGO CONTRA A CROÁCIA O Brasil faz neste domingo contra a Croácia, em Liverpool, mais um jogo de preparação para a Copa. Neymar ficará no banco e só deverá entrar no 2º tempo. Em treino, Tite caprichou nas orientações a Gabriel Jesus. PÁGINA 19

REDUÇÃO NO PREÇO DO DIESEL NÃO CHEGA AOS POSTOS DE ALAGOAS A PORTARIA DO GOVERNO QUE DETERMINA REDUÇÃO DO PREÇO DO DIESEL EM R$ 0,46 NOS POSTOS DE COMBUSTÍVEIS ESTÁ EM VIGOR, MAS AINDA NÃO FOI CUMPRIDA EM ALAGOAS. O SINDICOMBUSTÍVEL ALEGA QUE OS ESTABELECIMENTOS AINDA TRABALHAM COM ESTOQUE ANTERIOR E ACREDITA QUE DEMANDARÁ VÁRIOS DIAS PARA A QUEDA DO PREÇO. ENTIDADES NACIONAIS DO SETOR ACREDITAM QUE A REDUÇÃO NÃO SERÁ POSSÍVEL. PÁGINAS 7, 13 e 14 GOVERNADOR RENAN FILHO

EX-PRESIDENTE INDIGNADO

PREÇO DOS COMBUSTÍVEIS

"ALAGOAS NÃO SERÁ BARREIRA PARA REDUZIR ICMS DOS COMBUSTÍVEIS"

LULA DIZ QUE TEMER E ALIADOS ESTÃO DESTRUINDO A PETROBRAS

GOVERNO PROPORÁ NOVO MODELO DE REAJUSTES ATÉ O FIM DO ANO

PÁGINA 3

PÁGINA 15

PÁGINA 15

Justiça proíbe embarcações em piscinas naturais de Ponta do Mangue

EMPREENDEDORAS

MULHERES SERÃO 42% DO TOTAL DE EMPREGADORES EM 2020, SEGUNDO PESQUISA PÁGINAS 10 e 11

PLANTAÇÃO NA CIDADE

LAVOURAS URBANAS IMPULSIONAM PRODUÇÃO DE ALIMENTOS NO AGRESTE PÁGINA 12

TRABALHO ESCRAVO

CASAS DE FARINHA SÃO PUNIDAS COM MAIS DE 100 AUTOS DE INFRAÇÃO

Cenário é dos mais belos do Litoral Norte de Alagoas e tem sido explorado ilegalmente por anos, ameaçando seu ecossistema. A proibição, decidida pelo desembargador Domingos de Araújo, restringe o acesso apenas a jangadas. PÁGINA 9

PÁGINA 16

ENTREVISTA TRIBUNA TV SINTEAL QUER 60% DOS PRECATÓRIOS DO FUNDEF RATEADOS COM PROFESSORES O Sinteal vai intensificar a luta em defesa da partilha dos recursos dos precatórios do Fundef com os professores, disse Consuelo Correia, presidente da entidade. "É uma contradição não reconhecer que remunerar os profissionais da área é investir em educação", disse. O Sinteal propõe o rateio de 60% desses recursos com os professores. PÁGINA 2

TEMPO

Bom a parcialmente nublado com possiblidades de chuvas em áreas isoladas

Mínima

23º

Máxima

28cº

MARÉS

05:45 12:02

1.9m 0.4m

18:15 1.8m

GRACE GIANOUKAS FAZ SUCESSO COM A PERSONAGEM PETÚNIA Com diversos trabalhos já consagrados no teatro, Grace Gianoukas emplaca grande sucesso com a divertida personagem Petúnia, da novela das 6 "Orgulho e Paixão", da Globo. Apesar da agenda nada fixa de gravações da novela, ela tenta manter um rotina mínima e, sempre que pode, acorda cedo e faz meditação. SUPLEMENTO

FINANÇAS

DÓLAR COMERCIAL DÓLAR PARALELO R$ 3,77 R$ 3,77

R$ 3,69 R$ 3,89

OURO

R$ 156,04

POUPANÇA 0,3715%


TRIBUNAINDEPENDENTE

2 POLÍTICA MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 2 E 3 DE JUNHO DE 2018

Política

Há contradição quando não se reconhece que os profissionais estão nesse bojo, o da educação CONSUELO CORREIA PRESIDENTA DO SINTEAL

Fundef para professores ganha força

Sindicato dos Trabalhadores da Educação em Alagoas diz ser inadmissível excluir o profissional dos precatórios

ESPLANADA LEANDRO MAZZINI - contato@colunaesplanada.com.br

Alô, CVM!

O

anúncio de Pedro Parente sobre a saída da presidência da Petrobras durante o dia atropelou as praxes do mercado e abriu desconfiança para todos os lados. Questionados pela Coluna, o Palácio do Planalto silenciou e a Petrobras desconversou. Mas o fato de ter aberto sua demissão enquanto a Bovespa e a Bolsa de Nova York operavam os pregões fez a petroleira perder mais de R$ 50 bilhões em valor de mercado, e as ações despencarem a ponto de as Bolsas interromperem a negociação. A Comissão de Valores Mobiliários avisou que acompanha o cenário e ainda não foi provocada para investigar o porquê de Parente não esperar o fechamento dos pregões, como a regra da praça.

Filé Nos corredores do Poder, o que se diz é que Parente deve ir para a presidência do conselho da BRF, com salário milionário. E sem precisar de quarentena.

Vai, não vai.. No feriado de quinta-feira, Parente e o ministro da Fazenda, Eduardo Guardia, se reuniram em São Paulo. A decisão saiu no fim da noite.

Na conta Na sexta passada a Petrobras pagou R$ 652,2 milhões em dividendos, após três anos de prejuízos e sem distribuir lucros. Muitos acionistas estrangeiros também ganharam.

Resultado A Petrobras precisa explicar aos acionistas as perdas. E pagar dividendos. Quem paga a conta é o cidadão ‘sócio majoritário’; porque o Governo detém 51% da petroleira.

Lembrete 1 Não é a Petrobras que está baixando o preço do óleo diesel. É você, através do Governo, quem está cobrindo R$ 0,46 por litro para a refinaria. E segue o filme de terror.

Lembrete 2 Falta o Governo combinar com as distribuidoras que controlam 70% do mercado: BR, Ipiranga e Shell entregam e sobem o preço – e o dono do posto adiciona uns centavos.

Sucata air A Força Aérea Brasileira aprovou em outubro 2017, confirma a própria Aeronáutica, o Plano de Desativação das aeronaves F-5E/EM/FM. Segundo consta, por custo-benefício também. Mas obriga seus pilotos a voarem nas sucatas norte-americanas – caso do que caiu semana passada perto da base aérea de Santa Cruz (RJ).

No ar Após aposentar de vez os russos Mirage, hoje a Aeronáutica ainda mantém ativos caças F-5 nas bases de Manaus (AM), Anápolis (GO), Rio (RJ) e Canoas (RS). A FAB não informou quantos F-5 voam atualmente, e avisa que os 36 caças F-39, da Gripen, comprados da fabricante sueca, começam a chegar em 2021. A conferir.

Em família Além de secretário-executivo do Ministério do Trabalho, Leonardo Arantes, sobrinho do líder do PTB, Jovair Arantes (GO), preside o Conselho do Fundo de Amparo ao Trabalhador, que gerencia patrimônio de R$ 72 bilhões e decide sobre investimentos. A pasta está no olho da PF, com operação há dias contra esquema de criação de sindicatos.

Recompensas Jovair e o sobrinho, que recebe salário de R$ 16.215,22, são alvos da Operação Registro Espúrio. O deputado ampliou sua rede de apadrinhados na Esplanada após relatar o processo de impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff e atuar como um dos principais articuladores da rejeição das duas denúncias contra o presidente Temer.

Memória Suspeitas de fraudes em registros sindicais também derrubaram o exministro do Trabalho do governo Dilma Carlos Lupi.

Radinho já era Os caminhoneiros apenas suspenderam a greve. A mobilização continua, via whatsapp, a nova arma de união da categoria. Se o diesel não chegar a R$ 0,46 na bomba...

Violência.. Levantamento nacional feito pela Coluna constatou que, das secretarias de Segurança que responderam o questionário, só o Estado do Pará confirmou atividades de milícia. Apenas 11 Secretarias estaduais se prontificaram a encarar a pergunta. As outras silenciaram – inclusive o Rio de Janeiro, onde notoriamente várias atuam.

..silenciosa Apesar de milícias e grupos de extermínio serem um problema nacional, o Disque Direitos Humanos (100) registrou apenas 25 denúncias em 2016, e 24 em 2017. Com Equipe DF, SP e Nordeste www.colunaesplanada.com.br contato@colunaesplanada.com.br Twitter @leandromazzini

SANDRO LIMA

CARLOS AMARAL REPÓRTER

O

Sindicato dos Trabalhadores da Educação de Alagoas (Sinteal) quer que 60% dos precatórios do extinto Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério (Fundef) seja usado para rateio entre os servidores da educação. Sua posição contraria o do Ministério Público Federal (MPF), que defende o uso desse dinheiro só em investimentos na área, mas sem o rateio. Para Consuelo Correia, presidenta do Sinteal, é contradição não reconhecer que remunerar os profissionais da área é investir em educação. Tribuna Independente – O MPF quer os precatórios usados somente para investir em educação, o Sinteal pleiteia 60% desses recursos para rateio entre os servidores da área. Há contradição nisso? Consuelo Correia – No contexto de orientação do MPF de que tem de investir amplamente em educação é claro que concordamos, mas também tem os profissionais. Não existe educação sem os profissionais. São eles que fazem a educação acontecer. Então, é contraditório quando, no interstício de 1997 a 2006, esses profissionais receberam seus vencimentos rebaixados por conta do custo/aluno não complementado pelo governo. Há contradição quando não se reconhece que os profissionais estão nesse bojo, o da educação. Tribuna Independente – Além do rateio, advogados de alguns dos municípios pleiteiam receber seus honorários das ações dos precatórios desses recursos. Não sobraria pouco para se investir na educação se ambos os pleitos forem atendidos? Consuelo Correia – O questionamento maior que a gente ouve, vê em matérias na mídia, inclusive dos órgãos de controle, é que esses honorários não são os dos recursos bloqueados pela Justiça e sim os que incidem sobre o bolo maior, como o de Arapiraca, por exemplo. O Município teve R$ 130 milhões dos recursos do Fundef. Então o advogado que conseguiu o êxito nessa ação leva 20% desse montante. Outros honorários são dos que já estão bloqueados. É outra história. A discussão é que esses recursos não poderão ser usados para pagar os honorários dos advogados que pleitearam a ação para o município, não a do rateio para os profissionais da educação. Não pode usar os recursos do Fundef para pagar os honorários, mas eu defendo que se encontre uma forma de pagar os advogados. São profissionais, trabalharam e merecem ser pagos. Tribuna Independente – Do período que a se-

Consuelo Correia argumenta que o Sinteal vai atuar para que o rateio seja realidade nos municípios

A intenção é que a AMA articule uma reunião com os prefeitos para podermos dialogar com os que ainda não receberam o dinheiro dos precatórios

Os recursos do Fundef têm como regra o seguinte: se o gestor não usar ao menos 60% para o pagamento do magistério, ele terá de fazer rateio das sobras, mas no ano-exercício

nhora citou – 1997 a 2006 – como parâmetro para o rateio entre os servidores da educação dos precatórios do Fundef. Muitos deles já devem ter se aposentado. Quantos servidores estão na conta para o rateio? Consuelo Correia – Isso, nas redes municipais, eu não sei precisar porque há muitos contratados [terceirizados], mas a gama é grande de profissionais do magistério porque, mesmo sobre os que já se aposentaram, o entendimento é de quem atuava nesse período e teve seu salário rebaixado, receba. Tem municípios que pagaram além de 2006? Tem. Por exemplo, Capela e Santa Luzia, que foram fruto de acordo. Mas é preciso ver caso a caso. Não há uma regra única. Os recursos do Fundef têm como regra o seguinte: se o gestor não usar ao menos 60% para o pagamento do magistério, ele terá de fazer rateio das sobras, mas no ano-exercício. Ou no primeiro trimestre do ano seguinte. A lei não diz que tem de fazer rateio depois desse prazo, porém a nossa compreensão é que se pagaram salários rebaixados e não houve complemento da União. Os gestores afirmam que pagaram o que dizia a lei, mas nenhum consegue provar em suas contabilidades. Tenho irmãs que atuam no interior e naquele período recebiam menos de um salário mínimo. Se os profissionais tiveram prejuízo, é direito deles receberem esse rateio. Tribuna Independen-

te – No último dia 29, 15 municípios estiveram em Maceió para pleitear uma audiência com o presidente da Associação dos Municípios Alagoanos (AMA), Hugo Wanderlei, e fizeram contato com o deputado JHC (PSB), que preside uma comissão da Câmara dos Deputados sobre os precatórios do Fundef. Conseguiram agendar as conversas? Consuelo Correia – Houve uma conversa na AMA com a secretária do presidente. A intenção é que a AMA articule uma reunião com os prefeitos para podermos dialogar com os que ainda não receberam o dinheiro dos precatórios, mas até quarta-feira nada tinha sido agendado. Já o deputado tem dialogado com alguns grupos – não conosco –, mas teremos de sentar com ele. Em princípio vimos alguns depoimentos do JHC de que tudo deveria ser investido em educação e sem nada para o rateio. Porém, mais recentemente, já tem outras afirmativas – e não sei quais a intenções por causa do período – defendendo o rateio. Então, deve haver muitas conversas daqui por diante. Esta semana, o TRF-5 [Tribunal Regional Federal da 5ª Região], em Recife, julgou ação peticionada pela AMA de 41 municípios, cujos recursos foram bloqueados pela Advocacia Geral da União. Esses municípios obtiveram vitória na ação e os recursos estão desbloqueados. Parte deles ainda está sem prazo para receber o têm direito, porque

Como no Nordeste temos poucas indústrias, então a relação custo/aluno é menor que São Paulo, por exemplo. Os estados com mais precatórios são Alagoas, Ceará e Bahia é preciso que isso entre no orçamento da União. Tribuna Independente – Essa discussão também tem se dado fora de Alagoas, não é? Consuelo Correia – Como no Nordeste temos poucas indústrias, então a relação custo/aluno é menor que São Paulo, por exemplo. Os estados com mais precatórios são Alagoas, Ceará e Bahia. O Pará também tem valores a receber. São justamente os estados e municípios menores que não tem indústrias e que o valor custo/aluno é inferior ao nacional. Alguns já receberam. Estamos acompanhando atentamente o recebimento dos precatórios. Tem município, como Cajueiro, em que a prefeita da gestão anterior gastou tudo antes do fim de seu mandato. E o MPF não acompanhou nada. São José da Tapera também usou todo o dinheiro, inclusive em demandas que não são da educação. Um primeiro lote saiu pelo Supremo Tribunal Federal e a Cármen Lúcia disse que era verba indenizatória e, portanto, poderia ser usado em qualquer área. Depois de muita briga e ações judiciais, mudou a leitura sobre o tema. São verbas destinadas para a educação e não podem ser usadas para tudo. Teve prefeito que suou para estradas e calçamento. O Ministério Público tem orientado, mas não tem perna para estar em todos os lugares e, segundo eles, para Alagoas é um bilhão de reais. É muito dinheiro e por isso consideramos louvável a preocupação deles.


TRIBUNAINDEPENDENTE

Conjuntura

FLAVIO GOMES DE BARROS - flaviogomesdebarros55@gmail.com

Eleições em risco

E

duardo Giannetti: “O Brasil não passou por algo equivalente à Revolução Francesa e à Americana. Ainda estamos vivendo numa espécie de antigo regime em que os governantes acreditam que as pessoas existem para servi-los, e não o contrário. Eles lidam com a sociedade civil como se ela fosse um ente servil e tutelar, que existe para render tributos e prestígio. E acho que estamos caminhando para uma situação, que eu espero que seja resolvida nas urnas, quando vamos questionar a prevalência desse antigo regime caracterizado por duas realidades que foram muito bem explicitadas pela Lava Jato. A primeira é um patronato político que usa o poder para se perpetuar nele e age como se o poder fosse um patrimônio. Aí entra a noção de patrimonialismo de Raymundo Faoro [1925-2003]. E isso vale para todos os grupos políticos que passaram pelo Palácio do Planalto. Aliado a esse grupo existe um segmento muito relevante do setor privado, do empresariado brasileiro, que, em vez de buscar o crescimento de seus negócios no mercado, criando valor pela inovação e pela eficiência, busca crescer por meio de acesso privilegiado a governantes, num jogo de caça às rendas. Acho perigoso que o quadro se complique a tal ponto que coloque em risco até mesmo a realização de eleições em um clima minimamente civilizado, que permita o debate e o uso dessa oportunidade para tentar melhorar o país.”

Controle Apesar das dificuldades gerais, o governador Renan Filho tem transmitido bastante confiança aos seus interlocutores. Demonstra controle absoluto sobre a sua gestão e dá a impressão de que já tem um planejamento definido para eventual segundo mandato. Em sua opinião, Alagoas continua muito bem – exceção à regra nacional.

Concordância Renan Filho: “Se o Brasil decidir fazer nova política de ICMS, reduzindo o imposto para todos os Estados, Alagoas não será contra. Agora, não podemos fazer nada sozinhos na esfera fiscal porque qualquer decisão agora fragiliza as finanças públicas justamente num momento em que o governo federal balança, mas não cai.”

Na mira Pré-candidato a senador pelo PSDB, o deputado estadual Rodrigo Cunha passou a ser alvo preferencial dos seus concorrentes, especialmente de Benedito de Lira e Renan Calheiros, os dois senadores que concorrem à reeleição. Vale tudo para que a proposta de renovação, defendida por Rodrigo Cunha, não prevaleça.

Caso a parte O prefeito de Maceió, Rui Palmeira, tem dito que Benedito de Lira e Rodrigo Cunha são os seus dois candidatos ao Senado. Na prática, não é bem assim. Maurício Quintella, também candidato ao Senado, passou ao grupo do governador Renan Filho quando Rui decidiu ficar na prefeitura, mas mantém duas secretarias no município.

MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 2 E 3 DE JUNHO DE 2018 POLÍTICA

3

Alagoas não é barreira para mudanças no ICMS Governador Renan Filho ainda fez críticas à política de preços da Petrobras SANDRO LIMA

CARLOS VICTOR COSTA REPÓRTER

O

governador Renan Filho (MDB) tocou em assuntos que estão em alta no cenário político brasileiro em meio aos protestos pela redução do diesel, bem como da gasolina. Renan garantiu que Alagoas não será uma barreira se o País optar por uma nova política para reduzir o Imposto sobre Operações relativas à Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). “O governo está estudando todas as possibilidades para aumentar a competitividade dos combustíveis produzidos em Alagoas. Com relação aos combustíveis da Petrobras, a gente tem que cobrar política de preço mais justo da estatal que pagou um mico ao longo dos últimos dias. O Brasil percebeu que não tem nenhum sentido. Uma empresa estatal que é concessão pública, tem acionistas privados, mas o dono dela é o povo brasileiro. E a Petrobras trata o seu dono com aumentos praticamente diários. Com o governo Michel Temer com baixíssima aprovação popular, quase zero, faz mais de 250 aumentos da gasolina e diesel num período de um ano e meio. Isso é algo inimaginável e que não se sustenta. E com relação a política de ICMS, Alagoas não é contra

Renan Filho argumenta que Alagoas tem avançado e não pode tomar medidas fiscais inseguras

se o Brasil decidir fazer uma nova política de ICMS, reduzindo ele para todos os estados. Se todo mundo topar, nós não seremos obstáculo”, avaliou o governador. Renan destaca ainda que não pode fazer nada sozinho na esfera fiscal, pois desse modo Alagoas quebraria.

“Não podemos fazer nada sozinho na esfera fiscal porque qualquer decisão que fragiliza as finanças públicas justamente no momento que o governo federal balança, mas não cai e pode cair a qualquer momento, não é prudente. As decisões podem implicar em parar políticas

públicas, deixar de pagar salários ou dificultar o funcionamento do governo. Se for uma decisão nacional, onde todos os estados que vivem uma crise fiscal absurda, toparem, eu também topo. Porque eu tenho certeza absoluta que Alagoas não será o primeiro a quebrar”.

SENADO

Suspeição Nessa fase de pré-campanha eleitoral, vivemos um momento de divulgação constante de pesquisas. Mas, infelizmente, não dá para acreditar em todas elas. Não é fácil para o cidadão comum, mas é preciso, por exemplo, saber se há ligações pessoais e políticas entre quem contrata a pesquisa e quem tem o dever de executá-la.

Violência Empresários do setor estão preocupados com assaltos a ônibus de turismo em viagem ao Litoral Norte, especialmente Maragogi. Pior que isso, com a omissão oficial na apuração dos casos. Há ocorrência de assaltos constantes num quebra mola próximo à Usina Santo Antônio, sem que os responsáveis sejam sequer identificados.

Opinião Ministro Marco Aurélio Mello, do STF: “Deve-se atuar com a lei e dentro da lei, porque fora dela não há salvação. O apego maior precisa ser ao arcabouço normativo. Nada mais gratifica o homem do que servir aos seus semelhantes e quando se atua julgando conflitos de interesse, a satisfação é ímpar quanto a ser útil para os cidadãos”.

Michel Temer é um pato manco, não tem voz de comando” ROBERTO ROMANO Professor de ética da Unicamp - Universidade Estadual de Campinas

* A necessidade de um registro compulsório de câncer e a regulamentação do prazo máximo de 30 dias para diagnóstico na rede pública serão temas de debate público na 2ª feira próxima, 14 horas, na Assembleia Legislativa. Proposta da deputada Jó Pereira. * O Dia Mundial do Meio Ambiente, celebrado em 05 de junho, motiva a prefeitura a realizar a Semana Maceió Mais Sustentável, deste domingo, 3, até 10 de junho, com atividades no Maceió Shopping, no bairro de Mangabeiras. Aberto ao público. * O grupo Roupa Nova, um dos mais tradicionais da música popular brasileira, terá sua carreia enfocada no programa “Aplauso” deste final de semana. Sábado, das 15 às 17 horas, na Difusora AM; domingo, das 10 horas ao meio-dia, na Educativa FM. * Neste domingo, dia 3 de junho, o Instituto Histórico e Geográfico de Alagoas realiza mais uma etapa do projeto Concerto aos Domingos, às 10 horas, com entrada franca. A atração do dia é o CORETFAL, sob a batuta da Maestrina Fátima Menezes. * O Circuito Penedo de Cinema abriu inscrições para filmes em curtametragem. As produções podem ser inscritas gratuitamente até 23 de julho, em uma das três mostras competitivas dos eventos que integram o Circuito programado para este ano. * A Sedetur lança nova oportunidade para os artesãos, com o edital para selecionar profissionais para feiras nacionais no segundo semestre: 19ª Fenearte (Recife), Salão do Artesanato (São Paulo) e a 29ª Feira Nacional do Artesanato (Belo Horizonte). * Ainda estamos no início do Campeonato Brasileiro da Série B, mas para o CRB, na zona de rebaixamento, a situação é de “tudo ou nada”. Isso inclui o jogo deste sábado à tarde, às 16h30m, no Trapichão, quando o clube enfrenta o Brasil de Pelotas.

Aliança com Quintella se fortalece na prática Com os rumores de que poderia haver um rompimento político entre o governador Renan Filho (MDB) e o deputado federal e précandidato ao Senado, Marx Beltrão (PSD), devido à insistência do ex-ministro do Turismo em manter sua candidatura, a reportagem da Tribuna Independente consultou o governador Renan Filho acerca das tratativas políticas com vistas à campanha deste ano. Questionado se realmente teria havido algum recado para o Marx Beltrão entregar os cargos que ocupa na gestão, e que se poderia acontecer um rompimento político entre eles, o governador disse não trabalhar com recado e que faz política. “Recado é conversa de gente pequena. Política não se age com recado. Recado é coisa que não existe mais no mundo moderno. Ao contrário, a gente está estruturando a nossa campanha e o PMDB fez uma aliança com o Maurício Quintela e isso vai se dando na prática. Daqui a pouco as coisas vão cada vez mais se elucidando, os caminhos se dando, mas nós não vamos mandar recado para absolutamente ninguém porque não é a nossa conduta. Política se faz no dia a dia. A nossa aliança foi montada e estamos trabalhando o senador Renan é candidato pelo PMDB e o Maurício pelo PR na chapa do governo”. MUDANÇAS Além disso, o governador destacou ainda o retorno do PT para a sua gestão. O partido ocupará a secretaria da Mulher e dos Direitos Humanos (Semudh). Renan Filho não negou que ainda possa haver outras mudanças para acomodações elei-

SANDRO LIMA

Maurício Quintella vem se consolidando para ser o segundo senador na chapa com Renan Calheiros

torais. “Tive uma reunião no feriado com o presidente do PT Ricardo Barbosa, com o deputado federal Paulão, no qual definimos o retorno do PT. E vamos seguir conversando com todos os partidos que apoiam Alagoas. Alagoas está vivendo um ciclo muito forte de mudança e que o cidadão percebe a mudança. Quando o Brasil resolver se levantar, sair dessa crise econômica que toma conta do clima geral do país, vai nos encontrar muito mais preparados para crescer mais rápidos. O governo está muito firme e nós estamos dialogando com todas as forças da política que acreditam na mudança, numa Alagoas nova, numa Alagoas mais forte, para

que a gente siga adiante nesse projeto”. INCENTIVO À CULTURA Todas estas declarações acerca do cenário econômico e político foram concedidas pelo governador durante a assinatura do decreto sobre Lei de Incentivo à Cultura na última sexta-feira (1°) no Museu Floriano Peixoto. A lei representa um marco no segmento cultural alagoano e prevê o abatimento de impostos às empresas que financiarem a realização de eventos artísticos e culturais no Estado. De acordo com o artigo 3º do texto oficial, serão concedidos anualmente o percentual de 0,5% de arrecadação do ICMS no exercício anterior, sendo obrigatória a concessão de, no mínimo, 0,3% da referida

arrecadação. “Estamos realizando um sonho antigo do nosso segmento cultural e isso é uma grande satisfação para mim. Cultura não pode nunca ser colocada em segundo plano. Se o for estaremos colocando em segundo plano as melhores marcas da nossa história e as mais fortes raízes tradicionais do nosso povo”, declarou o governador. Renan Filho parabenizou as secretarias de Cultura e da Fazenda que criaram condições satisfatórias para tornar a Lei uma realidade em Alagoas. De acordo com o secretário da fazenda, George Santoro, a equipe esteve empenhada em fazer um projeto simples, sem burocracia. (C.V.C. com Agência Alagoas)


4

TRIBUNAINDEPENDENTE

POLÍTICA MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 2 E 3 DE JUNHO DE 2018

BARTOLOMEU DRESCH bartolomeu_dresch@hotmail.com.br

Bolsa Caminhoneiro

O

pacote de medidas que o “iluminado” presidente Temer e sua equipe ministerial viabilizaram para acabar com a greve dos caminhoneiros, atinge 82 programas sociais e nas áreas de Educação, Saúde, preservação do meio ambiente e de políticas voltadas ás mulheres, entre outros. O chamado Bolsa Caminhoneiro também acabou com incentivos fiscais aos exportadores (Reintegra) e ás indústrias químicas (Reiq). O subsídio para garantir uma redução de R$ 0,46 no litro do diesel, cortou R$ 1,6 bilhão da reserva para capitalização das empresas estatais e R$ 979 milhões da reserva de contingência da Procuradoria Geral da Fazenda Nacional. Na Saúde o corte foi de R$ 146,6 milhões, e na concessão de bolsas para universidades R$ 55,1 milhões. O Programa de Reforma Agrária perdeu R$ 30,7 milhões, Ciência e Tecnologia R$ 21,7 milhões, Desenvolvimento Social R$ 13 milhões e o Ministério das Cidades perdeu R$ 7,7 milhões. Cortes ainda na preparação de atletas e manutenção de centros de treinamento (R$ 4,9 milhões), além de vários outros programas do governo.

Coleção Correio do Sertão Um dos periódicos mais importantes do sertão nordestino, o semanário Correio da Pedra, impresso na cidade de Delmiro Gouveia por 12 anos (1918 a 1930) está sendo relançado pela Secretaria de Estado da Comunicação, Imprensa Oficial e Instituto Histórico e Geográfico de Alagoas. A coleção, que reúne oito anos em 4 volumes, foi elaborada pelos professores Edvaldo do Nascimento e Luitgarde Vieira Barros. A ideia de montar o jornal foi de Delmiro Gouveia, que comprou os equipamentos gráficos em 1917, no entanto foi assassinado antes do jornal começar a circular que aconteceu no ano seguinte. O lançamento da coleção acontece nesta terça (5) na sede do IHGA, ás 19h.

Políticas do governo fortalecem o turismo Divulgação e promoção de Alagoas são recorrentes no Litoral Norte EDITORIA DE POLÍTICA COM ASSESSORIA

A

s belezas e atrativos do Norte de Alagoas já são reconhecidos nacional e internacionalmente. A cidade de Maragogi, por exemplo, é o segundo destino mais visitado no Estado. Visando manter este e outros destinos da região entre os mais procurados do país, o governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur), renova e amplia o convênio com a Costa dos Corais Conventions, Visitours e Bureau. O convênio com a entidade que representa o trade turístico da região está

em processo de renovação e será aumentado em 33% o valor de repasse. Estes recursos são aplicados para fomentar as políticas públicas que fortalecem os produtos turísticos, como a promoção de práticas sustentáveis, por exemplo. Além disso, o convênio também incentiva a comercialização dos Destinos do Norte do Estado por meio da participação em feiras do setor e realização de famtours (viagens técnicas de agentes de viagens) e press trips (atração de jornalistas e influenciadores que produzem conteúdo sobre as cidades). Até o momento, por meio da Sedetur, três famtours internacionais já visitaram a região neste ano, além de

quatro influenciadores e jornalistas, do Brasil e do exterior. Essas políticas e estratégias de divulgação e promoção do Destino têm rendido bons frutos. Dados da Secretaria Municipal de Turismo de Maragogi revelam que a taxa média da ocupação hoteleira na cidade é de 80% durante o ano, porém, em períodos de alta temporada e feriadões esse número chega a 100%. Somente no último feriado de Corpus Christi, na quinta-feira (31), por exemplo, mesmo com a crise dos combustíveis e greve dos caminheiros que abalou o país dias antes, a taxa de ocupação em Maragogi foi de 90%. Enquanto que na Ca-

pital Maceió, neste mesmo período, este número ficou em torno de 56%, segundo a Associação Brasileira da Industria de Hotéis em Alagoas (ABIH/AL). A empresária Verginia Stodolni esteve à frente da Costa dos Corais Convention e conta que o convênio contribui para o desenvolvimento da região. “Esse elo entre governo e empresários sempre fortaleceu o turismo. Aliado ao crescimento natural da região foi isso que deu o pontapé inicial. Ajudando a despertar nos empresários a importância da atividade e de melhorar aquilo que eles já faziam com boa vontade, mas de forma incipiente”, conta Verginia Stodolni. ASSESSORIA

Coleção Correio do Sertão 2 Graças ao desenvolvimento da Cidade da Pedra (atual Delmiro Gouveia) o Correio despontava em uma região sem veículos de comunicação, mas com alto índice de alfabetização. O jornal discutia assuntos regionais e até nacionais com reportagens sobre o petróleo, os combustíveis e a geração de energia, temas preferidos por Delmiro, quando em vida. Foi o primeiro jornal a publicar o 1º crime de Lampião em Alagoas, que foi a ocupação da cidade de Água Branca e do Solar da Baronesa de Água Branca (1922) em um espetacular roubo contada em uma reportagem detalhada no Correio. Também cobriu com vigor a visita de governadores alagoanos Álvaro Paes e Costa Rego a cidade da Pedra naquela década.

Glover e a confiança de Lula “Eu tive a oportunidade de visitar meu amigo Lula da Silva. Foi uma breve reunião incrível. Ele está calmo e confiante na ação dos movimentos sociais que dão continuidade ao seu trabalho”. A declaração é do ator americano Danny Glover (“Máquina Mortífera”) que visitou o ex-presidente Lula na sede da PF em Curitiba. Glover é embaixador da Boa Vontade da ONU e disse que ficou fortalecido com a confiança e a tranquilidade de Lula. “Em nome de milhões de pessoas ao redor do mundo, todos os que apoiam a libertação de Lula da Silva, digo que estou alimentado pela confiança dele e pela esperança e sua certeza de que nós vamos vencer” disse Glover.

Palmeira distribui sementes Produtores de 47 comunidades rurais de Palmeira dos Índios, inseridos no Programa de Agricultura Familiar do município, receberam ontem (1) 40 toneladas de sementes de milho, feijão e feijão de corda. A distribuição decorre de uma parceria entre a Secretaria de Estado da Agricultura com a Prefeitura de Palmeira dos Índios, que garantiu ainda outras 20 toneladas de sementes de milho, sorgo e crioulas que deverão ser entregues nos próximos dias. O prefeito Júlio Cezar salientou a importância do trabalho conjunto com o Governo do Estado para garantir uma boa safra aos agricultores palmeirenses.

O plástico como vilão Para reduzir as emissões de carbono e o lixo marinho que infesta os mares, a Comissão Europeia (CE) propôs a proibição total de determinados produtos de plástico descartáveis, além de medidas para reduzir a utilização de outros. A proibição será aplicada a itens como cotonetes, talheres, pratos, canudos, agitadores e bastões para bolas de encher, casso o Parlamento Europeu acate a sugestão. Os Estados-membros também serão obrigados a reduzir o uso de recipientes de comida e copos feitos de plástico proibindo a distribuição gratuita.

O plástico como vilão 2 A Comissão sugeriu ainda que as empresas estabeleçam sistemas de reutilização, como esquema de reembolso de depósitos, para garantir uma oferta de material de alta qualidade. Alguns tipos de plástico demoram 1.000 anos para se decompor. Na proposta apresentada, os Estados-Membros deverão coletar 90% das garrafas plásticas descartáveis até 2025, e produtos como absorventes, lenços umedecidos e balões deverão ter rótulos padronizados para indicar seu impacto ambiental e a melhor forma de descartá-los. • Governador Renan Filho assinou ontem decreto regulamentando a Lei de Incentivo à Cultura, que prevê o abatimento em tributos estaduais para as empresas que financiarem eventos culturais e artísticos de Alagoas. • A regulamentação vinha sendo aguardada com ansiedade pelo setor, como forma de incentivar a prática cultural nas suas mais diversas áreas. • A solenidade de ontem reuniu a comunidade artística no Palácio Museu Floriano Peixoto, que abriga ainda a própria Secretaria de Estado da Cultura. • A expectativa a partir de agora é que a Lei possa abrir novas frentes de trabalho, estímulo ao crescimento profissional e novas

Secretário Rafael Brito durante mais um evento para promoção dos famtours no Litoral Norte, também conhecido como Costa dos Corais

INVESTIMENTOS

População desperta para iniciativa econômica Depois de quatro anos como presidente da entidade, a empresária Verginia Stodolni deu lugar a outro empreendedor da região, Luis Claudio Gonçalves de Melo, que assume a presidência da entidade. Sobre o futuro da região, a empresária Verginia Stodolni conta que as expectativas são as melhores possíveis. “A gente ama essa região. Desse amor nós destinamos nossos negócios. A contrapartida disso tudo é termos políticas públicas que permitam receber melhor os nossos turistas. Estrada de qualidade, saneamento básico para manter nosso ambiente sustentável, comunicação para que o turista conheça essa região ainda pouco explorada. A expectativa sempre é das melhores”, afirma Verginia Stodolni. À frente da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Rafael Brito, ressalta que as políticas públicas que fomentam o turismo impactam diretamente na qualidade de vida da população. “A população da região Norte despertou para a importância econômica da atividade turística e boa parte dela vive direta e indireta-

mente do turismo. Com essa parceria com o trade local, nossas estratégias de promoção têm sido bem sucedidas, incluindo divulgação nacional e internacional dos produtos, consolidando o turismo como grande celeiro de oportunidades em toda cadeia produtiva do setor que é tão dinâmica, gerando postos de trabalho desde a gastronomia, produtos turísticos até hotelaria”, conta o secretário Rafael Brito.

DESTAQUE De acordo com a Sedetur, o bom momento do turismo não se vale apenas em divulgar Alagoas. Na última semana, a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo lançou o edital para selecionar profissionais a participarem de feiras nacionais, que acontecem durante o segundo semestre deste ano. O edital contempla a presença em eventos como a 19ª Fenearte, em Recife, o Salão

do Artesanato, que acontece em São Paulo e a 29ª Feira Nacional do Artesanato, realizada em Belo Horizonte. Os artesãos serão avaliados de acordo com a criatividade, características regionais, autenticidade, inovação, contemporaneidade e consciência ambiental de suas peças. Podem participar do edital, profissionais maiores de idade e que possuem carteira do artesão dentro do prazo de validade.


TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 2 E 3 DE JUNHO DE 2018 POLÍTICA

5

MP Estadual empossa 15 promotores Órgão ministerial terá representantes em todos os municípios de Alagoas pela primeira vez em sua história ASSESSORIA

EDITORIA DE POLÍTICA COM ASSESSORIA

Q

Novos promotores atuarão nos municípios e reforçam papel investigativo do MPE, atualmente gerido por Alfredo Gaspar de Mendonça

uinze novos promotores tomaram posse na última sexta-feira (1°) para atuar pelo Ministério Público Estadual (MPE) em promotorias espalhadas por todas as regiões do Estado, o que permitirá que, pela 1ª vez na história da instituição, haja a presença de um membro do órgão ministerial em cada cidade alagoana. Foi o Colégio de Procuradores de Justiça que deu posse aos novos promotores que, a partir do dia 22 deste mês, vão trabalhar em 15 cidades espalhadas por todo o estado. Por ordem de classificação, foram empossados Ary Lages Filho, Thiago Riff Narciso, Marcus Vinicius Batista Rodrigues Junior, Ricardo de Souza Libório, Ariadne Dantas Meneses, Leonardo Novaes Bastos, Lucas Mascarenhas de Cerqueira Menezes, Isaac de Medeiros Santos, Kleytionne Pereira Sousa, Lucas Schitini de Souza, Alex Almeida Silva, Paulo Victor Sousa Zacarias,

Sérgio Ricardo Vieira Leite, Dênis Guimarães de Oliveira e Jheise de Fátima Lima da Gama. Eles vão assumir, respectivamente, as promotorias de justiça de Passo de Camaragibe, Piaçabuçu, Batalha, Traipu, Mata Grande, Matriz de Camaragibe, Feira Grande, Olho d’Água das Flores, Anadia, Limoeiro de Anadia, Piranhas, Marechal Deodoro, Palmeira dos Índios, Santana do Ipanema e União dos Palmares. Todos eles receberam as boas-vindas do procurador-geral de justiça, Alfredo Gaspar de Mendonça Neto, que chamou atenção para o fato de que, com a chegada dos 15 novos promotores, o Ministério Público de Alagoas alcança o número de 180 membros, ocupando, a partir de agora, todas as promotorias existentes nos 102 municípios. “Depois de 30 anos, o Ministério Público tem o seu quadro de membros totalmente preenchido, o que trará resultados extraordinários para a população”, disse.

ASSESSORIA

FISCAIS DA LEI

Novos integrantes terão papel fundamental O subprocurador-geral administrativo-institucional, Márcio Roberto Tenório de Albuquerque, também recepcionou os novos membros. “É um orgulho para nós estarmos recebendo todos vocês, que chegam à instituição com o ideal de ajudar a melhorar a vida das pessoas da nossa terra. Sei que partirão para suas promotorias com o desejo de levar cidadania à população. Quero dizer também que tenho muito orgulho de fazer parte dessa gestão que lutou tanto para realizar esse sonho coletivo. É uma administração que

tem o marco da pró-atividade e que persevera naquilo que acredita”, disse. O procurador de justiça Márcio Tenório foi seguido em seu discurso pelo subprocurador-geral judicial, Sérgio Jucá, “O 1° de junho de 2018 será, tanto para vocês quanto para nós, um dia inesquecível, que jamais se apartará da história do MP alagoano. Foi uma verdadeira odisseia prover novos cargos de promotor em face de um orçamento tão apertado, por isso, esta data é para celebrarmos com muito entusiasmo. Encerro minha fala

dizendo que ser promotor de justiça é uma missão que nos enobrece e, especialmente por este motivo, desejo que se juntem a nós com o objetivo de perseguir a distribuição da justiça em Alagoas”, afirmou. O corregedor-geral do MPE, Lean Araújo, também fez uso da palavra. “Vocês chegam a Alagoas na fase em que o nosso Ministério Público, devido ao comprometimento das suas gestões sucessivas, ocupa o patamar de instituição com maior transparência e responsabilidade fiscal. Estamos dano

exemplo de como administrar com sucesso e eficiência, e a posse de cada um aqui é uma prova concreta disso. Que todos possam trabalhar para melhorar a realidade de Alagoas em todas as áreas”, explicou. O ouvidor-geral do Ministério Público, Valter Acioly, justificou a ausência da procuradora de justiça Denise Guimarães, mãe do empossado Denis Guimarães. “Ela não está aqui por um motivo pessoal importante, mas a ausência é apenas física”, declarou ele. (E.P. com assessoria)

Sérgio Jucá recordou o aperto orçamentário para a convocação

DEBATES

Câmara de Maceió terá audiências públicas em junho A Câmara de Maceió definiu o calendário de audiências públicas e sessões solenes do mês de junho. Durante as audiências, o Legislativo abre espaço para que a população possa debater com diversos setores as questões de interesse da coletividade. Nelas, são apontados os problemas e apresentadas sugestões visando a solução. Já as sessões solenes são reservadas a homenagear pessoas e entidades que se destacam em suas áreas de atuação. As atividades começaram na sexta-feira (1), com sessão solene de outorga da Comenda Desembargador Mário Guimarães ao vice -almirante Wilson Pereira de Lima Júnior, diretor de Portos e Costas da Marinha de Guerra do Brasil. A comenda foi conferida por iniciativa do vereador Silvio Camelo (PV). No dia 4, às 9h, na Câmara, será realizada audiência pública para tratar sobre o Dia Mundial das Crianças Vítimas de Agressão. O debate foi proposto pelo vereador Siderlane Mendonça (PEN), com o objetivo de discutir proposições e alternativas para minimizar o grave problema. O calendário segue com sessão solene, que será realizada no dia 7, às 9h, proposta pela vereadora Tereza

Nelma (PSDB), e aprovada pelos demais parlamentares, para entrega de comendas e título de cidadão benemérito. A Comenda Dom Fernando Iório, destinada a homenagear personalidades que se destacam em prol dos direitos das pessoas idosos, será concedida a Karla Giacomini e à irmã Ana Ferreira; a Comenda Tiradentes, conferida aos que se destacam na prestação de serviços relevantes à classe odontológica, será outorgada a João Alfredo Tenório Lins; já a Comenda Zilda Arns Neumann, também destinada a pessoas que prestam serviços em defesa do idoso, será concedida a Crismédio Vieira Costa, que será agraciado ainda com o título de cidadão benemérito de Maceió. Já no dia 8, às 9h, durante sessão solene proposta pelo vereador Dudu Ronalsa (PSDB), será concedida a Comenda Noraci Pedrosa a Gilvânia de Melo Santos. No dia 11, às 9h, será realizada audiência pública para marcar o Dia Municipal de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa. Haverá ainda entrega do Título de Cidadã Benemérito de Maceió a Roseane Luna Quirino. A audiência e o título foram propostos pelo vereador Ronaldo Luz (MDB).


6

OPINIÃO

TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 2 E 3 DE JUNHO DE 2018

Opinião Documento único

N

o segundo semestre deste ano, os brasileiros que cadastraram suas impressões digitais na Justiça Eleitoral poderão ter acesso ao Documento Nacional de Identidade (DNI), que reúne em um único documento, no celular, o CPF, a certidão de nascimento, a carteira de identidade e o título de eleitor. O número único será o do CPF. Enquanto o documento digital não está disponível para a população, projeto piloto para a obtenção do DNI foi lançado no dia 29 do mês passado para testes no Congresso Nacional. Deputados, senadores e funcionários das duas Casas já podem baixar o documento, que deve simplificar a vida dos brasileiros e diminuir a burocracia em um futuro próximo. O DNI é previsto em uma lei (13.444/17) aprovada no ano passado pelo Congresso.

Na Câmara, o relator do projeto que deu origem à lei (PL 1775/15) foi o deputado Julio Lopes (PP-RJ). A partir desse instrumento, que tem a hora e o segundo em que ele foi aberto e emitido, cada cidadão vai poder se relacionar com o Estado – INSS, Ministério do Trabalho, delegacia de polícia –, assim como no embarque em um avião, em hospital, aonde quer que seja. Vai ficar muito mais fácil viver no Brasil. E o seu número único vai ser o número do CPF. O acesso ao DNI é feito por meio de um aplicativo a ser instalado em smartphones com Android ou IOS, com foto, biometria e número do CPF. Técnicos envolvidos no projeto consideram o documento seguro e confiável, pois envolve um conjunto de validações retiradas de uma base de dados que eliminam a possibilidade de duplicidade.

VERÔNICA LIMA Vereadora de Niterói pelo PT

No mapa da fome Fica cada vez mais claro que o golpe contra a presidenta Dilma Rousseff, em 2016, foi um golpe contra os trabalhadores e contra o povo pobre do Brasil. O projeto neoliberal derrotado nas urnas, e hoje vigente no país, retira todos os dias os direitos sociais conquistados pelos mais pobres ao longo dos últimos quinze anos. Temer governa para os mais ricos e para o capital financeiro. Não há lugar para os mais desvalidos em sua agenda. Na última semana, soubemos da triste notícia de que o Brasil voltou ao mapa social da fome. Lembremos de que foi só em 2014 que o país saiu desse trágico mapa, após várias ações integradas de combate à fome e à mortalidade infantil, das quais destaco a criação do Ministério do Desenvolvimento Social e do Combate à Fome, em 2003. Apenas quatro anos depois, a fome tornou-se novamente

uma realidade em nosso país. As altas taxas de desemprego e os sucessivos cortes nos programas de proteção básica, como o Bolsa Família, são alguns dos fatores que influenciaram para esse grave retrocesso. Segundo o IBGE, 3% da população brasileira não contam com as condições mínimas de nutrição. Um estudo realizado pela Fiocruz, e divulgado nos últimos dias, revela que o ajuste fiscal imposto pelo governo Temer, somado ao desmonte das políticas de seguridade social, pode ser responsável pela morte de milhares de crianças de zero a cinco anos na próxima década. É a crônica de uma tragédia programada. Ainda somos uma das maiores economias do mundo. No entanto, depois de anos de pujança econômica, de sólida geração de emprego, de distribuição de renda e da erra-

dicação da miséria extrema, voltamos a ser um país que não garante a segurança alimentar de suas crianças. O apagão social em curso no Brasil atualmente será ainda mais perverso nos próximos anos, quando as consequências de medidas como o teto dos gastos públicos e a reforma trabalhista mostrarão sua face desastrosa. Nesse sentido, é preciso repensar os caminhos para a política social brasileira. O que quer dizer enfrentar imediatamente a questão da pobreza extrema, tratar a fome como uma questão de saúde pública e garantir que a política de austeridade econômica direcionada aos mais pobres por esse desgoverno seja freada. É necessário assegurar que as nossas crianças desfrutem de seu direito básico à vida. Do contrário, corremos o iminente risco de voltarmos à pequenez social de outrora.

IGOR SANTOS Historiador

A vida é bela INOCÊNCIO NÓBREGA Jornalista. inocnf@gmail.com

Sorriso mineiro Simpático, um poeta local atribuiu a Bom Despacho o título de cidade sorriso, localizada no centro-oeste mineiro. Nos seus primórdios, afluíram remanescentes da Guerra dos Emboabas, por volta de 1715. Daí, a denominação de “Minas Gerais dos Guataquases”. Nessa vastidão de terras, 25 anos depois o capitão Francisco de Sá constitui sua fazenda Picão, para criação de gado, enquanto o português Luiz Ribeiro da Silva ergue uma capela, sob invocação de Nª Srª de Bom Despacho, que a 1º de Junho comemora a instalação de sua autonomia política, ocorrida em 1912. Em torno dessa ermida construíram-se casas, enfim surgindo, próspera, a aldeia. O escritor Fernando Humberto Resende é mais um bomdespachense a escavar, pertinazmente, raízes do lugar e de suas adjacências, nos trazendo, por meio de um longo relato impresso, em três tomos, notícias de como ocorriam descobertas do ouro nas Minas de Pitangui, a cultura indígena

da etnia Kaxixó, além dos aspectos econômicos, sociais, religiosos e de identidade. “Bom Despacho, 300 Anos: Homens que a construíram”, cujo título, pelo que sei, aborda interessantes passagens, de três séculos, bem definidos para saciar a sede de muitos historiadores brasileiros. Confesso minha ansiedade em repassá-lo. Isto porque ele engloba, no seu contexto, a Revolução de 1817, ocasionada na Paraíba e capitanias do nordeste. Estranho, bate frente a uma política corporativista adotada pelos Institutos Históricos do país, a ocultar toda uma história nacional. O autor destaca a figura de Francisco José da Silveira, que teria deixado esse torrão natal, quando a comunidade de Bom Despacho crescia em função da pecuária, fabrico de rapadura e destilação de aguardente. Emigra para Mato Groso, e na condição de tenente-coronel de cavalaria chega a Paraíba. Solteiro, casa-se com uma paraibana. Torna-se membro

de uma Junta Governativa, porém adere ao movimento revolucionário, o qual, uma vez abortado, é elevado à forca, junto a Peregrino de Carvalho e Amaro Coutinho. Uma de suas filhas, Ana Noberta, lhe dá o neto Aristides Lobo da Silveira, fervoroso republicano, homem de confiança de Deodoro, de cuja República ele tanto propagou, através de seu jornal, “República”, decepcionando-se a seguir. Bel. em Direito, enveredou pela política, praticamente percorrendo todas as escalas parlamentares. De igual nome, nascido em Monte Santo de Minas, militante comunista e opositor à ditadura de 1964, já falecido, a honrar a ancestralidade do mártir e da sua Bom Despacho. O lançamento da obra, agendado para data aniversária do município, na Câmara de Vereadores, será marcado por merecidas presenças. Rico de informações, em suma nos convoca para essa festa de integração da historiografia brasileira.

A cidade estava linda, longe dos postos de gasolina e dos bares com a TV ligada em algum noticiário policial. São Paulo respirava saúde, as avenidas eram para as pessoas, carros eram esporádicos, pela primeira vez vi pombos deitados no asfalto da Av Paulista na hora do almoço. Metrôs e ônibus recebiam novos passageiros, uma gente chamada: motoristas, agora sem suas buzinas, eram menos iracundos, pareciam desolados pela ausência de gasolina, em silêncio dentro do vagão, alguma música desde seus fones até seu sistema auditivo. O que faz fracassar o plano de tornar os paulistanos um povo educado, são as horas de engarrafamento ouvindo jovem pan, cbn ou lendo correntes de Whatsapp. É verdade que às 7 da manhã, ninguém é feliz na linha verde. Também é verdade que às pessoas parecem ir para algum lugar terrível enquanto estão no metro. Mas quando subi as escadas da estação brigadeiro, não haviam buzinas! Nos bares de depois do trabalho ainda haviam televisores ligados em noticiários policiais. Impossível não se preocupar com alguns lunáticos pedindo intervenção mili-

Presidente José Paulo Gabriel dos Santos

INDEPENDENTE Rua da Praia, 134 - sala 303 - Centro - Maceió / Alagoas Endereço Comercial: Empresarial Humberto Lôbo / Av. Menino Marcelo - 9.350 - Serraria Maceió - Alagoas - CEP: 57.083.410 CNPJ: 08.951.056/0001 - 33

Jorgraf UM PRODUTO:

Cooperativa de Produção e Trabalho dos jornalistas e gráficos do Estado de Alagoas

Diretor administrativo-financeiro Flávio Peixoto Editor geral Ricardo Castro ricardojcastro@yahoo.com

Diretora comercial Marilene Canuto

tar. Brasil um pais onde funcionário entre em greve para reivindicar benefícios para o patrão e pedir menos democracia, aliás a extinção da democracia e por conseguinte o direito à greve. Mas também teve a Dacha me ensinando a beber vodka igual a um russo e rindo de como falo engraçado depois do 4° copo. Teve candomblé e festa de Exu no templo Axé Ilê Obá, umas meninas da América Central tentando me ensinar a dançar salsa e o abraço terno e forte dos amigos. E quando o Prefeito de São Bernardo Orlando Morando na terça-feira se confundiu no facebook e pensado usar outra conta disse que o povo merecia borrachada, bem, só consegui lamentar sua desumanidade e ódio aos pobres e trabalhadores. Ri quando o Prefeito de São Paulo decretou estado emergencial por excesso de manifestações e me assustei com a passeata dos carros dos ovos freneticamente onipresentes. Falaram tanto que o PT transformaria o Brasil numa Venezuela, mas justamente o mercado se auto regulando que elevou o preço da gasolina de R$4,00 para quase R$10,00 conforme avançava a crise de abastecimento. Foi

LOCALIDADE ALAGOAS

VENDA AVULSA DIAS ÚTES R$ 2,00

OUTROS ESTADOS R$ 3,00

LOCALIDADE ALAGOAS

ASSINATURAS SEMESTRAL R$ 300,00

OUTROS ESTADOS R$ 500,00

DOMINGO R$ 4,00 R$ 5,00

a livre iniciativa que limitou em alguns supermercados a compra de apenas cinco itens. E não vi aquele rapaz feio elogiar o mercado e sua mão invisível, ele inclusive deve ter se escondido dentro de alguma sede do DEM. Essa gente toda precisa se humanizar, quem tem empatia não mente, não diz que tratará metrô e depois hasta luego. Quem se humaniza, não sente prazer em tropa de choque contra trabalhadores e crianças. Quem se humaniza não pede intervenção militar e muito menos acredita nessas coisas botocadas que são os candidatos ao governo de SP. A vida é linda, árdua porém bela, feito o olho claro da Dacha que parece se iluminar quando ela sorri. Feito a coragem da moça que eu não sei o nome e me fez ter esperança ao olha-la numa foto, peito aberto e sozinha contra uma turba de fascistas. A vida é linda, muito mais bonita que a mentalidade dessa gente com tesão em uniformes militares. Muito mais bonita que as mentiras de prefeitos tucanos. A vida é linda como uma trincheira, profunda e significante como o sorriso de uma mulher corajosa.

PABX: 82.3311.1338 COMERCIAL: 82.3311.1330 - 3311. 1331 REDAÇÃO: 82.3311.1328 - 3311.1329 CENTRAL DE ASSINANTE: 82.3311.1308

ANUAL R$ 600,00

comercial.tribunaindependente@gmail.com redação.tribunaindependente@gmail.com

R$ 1.000,00

OS ARTIGOS ASSINADOS SÃO DE RESPONSABILIDADE DOS SEUS AUTORES, NÃO REPRESENTANDO, NECESSARIAMENTE, A OPINIÃO DESTE JORNAL.


TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 2 E 3 DE JUNHO DE 2018

POLÍTICA 7

Greve foi marcada por atos inusitados

Venda de vagas na fila do combustível e de galão cheio na internet foram piadas durante o movimento dos caminhoneiros

D

efinitivamente o que se pode concluir da famosa frase do marechal e ex-presidente da França, Charles de Gaulle de que “O Brasil não é um país sério” é que ele tinha razão. Embora ainda não haja comprovação de tal afirmação do líder francês, o que se viu em meio ao caos social instalado no país como resultado da greve dos caminhoneiros somente vem a confirmar que os brasileiros não perdem o oportunismo ou a piada seja em qual situação estiverem. Na crise de desabastecimento por todo o país, que fez sumir produtos das prateleiras dos supermercados, combustíveis dos postos, falta de medicamentos nas farmácias e hospitais e trânsito parado por todo o Brasil, sobrou espaço para piadas nas redes sociais, oportunismo financeiro e para atos nunca vistos de

tão inusitados que foram apresentados, como por exemplo, a hamburgueria de Brasília que adotou um sistema primitivo de entrega de seus produtos que por falta de combustível foi trocado por cavalos, cujos cavaleiros se alternavam na entrega até o sanduíche chegar até o cliente. No oitavo dia de greve dos caminhoneiros, a falta de combustível refletiu em algumas empresas do setor de comércio e serviços. Em uma tentativa de contornar a queda no número de clientes, o Motel Ninja, no bairro da Várzea, Zona Oeste do Recife, lançou uma nova alternativa. Nas redes sociais, a empresa prometia buscar seus cliente que estão sofrendo com a falta de gasolina. Segundo o Motel, o serviço foi fruto de uma parceria com taxistas, que oferecem descontos nas corridas para o local.

MACONHEIROS Dois grupos inusitados decidiram apoiar a greve dos caminhoneiros: o Movimento Sem Terra e o coletivo identificado como “JI”, formado por usuários de maconha. O MST publicou nota no dia 25 de maio em seu site oficial repercutindo entrevista de João Pedro Stedile, coordenador da entidade. No texto, ele deu “graças a Deus” à iniciativa dos caminhoneiros. No sábado (26), em São Paulo, ocorreu a nova edição da “Marcha da Maconha”, que teve como lema “Quebrar correntes e plantar sementes”. Em fotos divulgadas nas redes sociais, um enorme cartaz do “JI” dizia: “Maconheiros com os caminhoneiros e ‘Fora Temer!’”. Além dessas, outras formas esquisitas de encarar a crise político-social no país foram praticadas de norte a sul do país, como indignação ou por já não acreditar na realidade. REPRODUÇÃO

REPRODUÇÃO

Marcha da Maconha realizada em São Paulo exibiu faixas de apoio dos maconheiros aos caminhoneiros

OPORTUNISMO

Venda de vaga em fila de posto rende R$ 200,00 para taxista

Taxista Darlan Narciso vendeu a vaga na fila do combustível por R$ 200 em um dos postos do Recife REPRODUÇÃO

Os motoristas da Região Metropolitana do Recife sofreram com filas, tumultos e horas de transtornos para conseguir abastecer. Em Olinda, região metropolitana teve gente que chegou às cinco horas da manhã para conseguir abastecer o veículo. Em alguns casos, motoristas venderam suas vagas nas filas, como o caso do taxista Darlan Narciso, que ganhou R$ 200 pela sua. Também

houve registro de confusão durante abastecimento no bairro do Pina, na Zona Sul do Recife. A população estava revoltada, porque o posto só estava autorizado a abastecer carros de serviços essenciais do governo. CAMISAS POR GASOLINA Os jogadores do Cruzeiro Sassá e Bruno Silva apelaram às redes sociais, lançaram um desafio: quem entregasse 10 litros de gasolina aos jogado-

FILA DE POSTO

res ganharia duas camisas. “Ajuda a gente. Precisamos treinar”, disse o jogador, que deixou claro não se tratar de uma brincadeira. Na tarde de terça-feira, Sassá agradeceu a participação dos torcedores e publicou um vídeo, gravado na Toca da Raposa II, em que ele e Bruno Silva entregam as duas camisas ao vencedor da aposta, que ainda ganhou um ingresso para o jogo de quarta-feira. REPRODUÇÃO

Churrasco é preparado para passar o tempo

Wagner Louro chegou a ofertar o carro por 20 litros de gasolina

BRINDE

Comerciante oferece carro em troca por galão de gasolina Um comerciante usou a corrida por combustível para fazer piada na internet. Ironizando o aumento nos preços e a escassez de gasolina nos postos, o dono de uma loja de carros brincou ao oferecer um galão de vinte litros do combustível que, na ‘promoção’, teria um carro como brinde. A brincadeira, postada na rede social, tinha quase cinco mil visualizações até a segunda (28). Vagner Louro fez a postagem depois que a fila em busca de combustível dobrou o quarteirão, em frente à sua loja, no Jardim Paulista. Com a gasolina a quase R$ 5, ele decidiu fazer a oferta inversa – o galão como produto à venda e o carro como brinde. Conhecido pelos vídeos

com piadas na internet, Vagner conta que fez o vídeo como forma de protestar de maneira bem humorada. “Eu estava achando um absurdo o preço da gasolina e a supervalorização do combustível nesse momento de crise, por isso fiz o protesto. Como bom brasileiro, fiz da história piada, não esperava a repercussão”, contou. A imagem foi postada na última quarta-feira (24), quando ele não esperava que a greve se estendesse por tantos dias - a paralisação dos caminhoneiros completou oito dias. Após anunciar a ‘promoção’, Vagner revelou que não tem como cumprir a proposta porque usou o único galão de gasolina que tinha acabou sendo usado.

Três jovens fizeram um churrasco na carroceria de uma caminhonete enquanto esperavam para abastecer em um posto de combustíveis de Piracicaba (SP). Segundo o trio, que entrou na fila às 7h30 da terça-feira (22), a iniciativa foi uma forma de passar o tempo. Até às 9h40, eles continuavam na fila. O posto fica no bairro Nova Piracicaba e a fila é quilométrica. Os últimos carros estão na Rua Ipiranga, no Centro, próximo ao Sesc Piracicaba. A fila passa pela prefeitura, na Rua Capitão Antônio Corrêa Barbosa e acessa a Ponte do Morato, na Avenida Doutor Paulo de Moraes, antes de chegar no empreendimento. “Essa aqui foi uma forma que a gente achou para passar o tempo porque a situação do país está drástica, lamentável, e a gente precisa de combustível para trabalhar”, disse o cantor e compositor Raphael Romanini Patrezzi. “A gente está aqui desde as 7h30 e agora são 9h30. A gente sabe que nem tá perto do posto, que está a um quilômetro e meio daqui. A gente vai conseguir abastecer lá para meio-dia e meio, 13h”, estima o cantor. A churrasqueira improvisada com tijolos estava na traseira da caminhonete e chama a atenção de pedestres e outros motoristas que estiveram na fila. ROUBO NA FILA Uma mulher estava em uma fila para abastecer em um dos poucos estabelecimentos com combustível na cidade, durante a greve dos caminhoneiros, quando foi abordada pelos suspeitos em Campina Grande que roubaram o carro.

Galão de 20 litros de combustível foi ofertado no site Mercado Livre e dono afirma que vendeu tudo

MERCADO LIVRE

Na greve, comércio clandestino de gasolina é realizado na internet Um galão de combustível é vendido a R$ 150 na web Com o desabastecimento de combustíveis em diversos postos pelo país, não faltam oportunistas que tentam lucrar aproveitando o desespero daqueles que precisam abastecer seus veículos. Em uma rápida pesquisa em páginas de compra e venda na internet, a reportagem do site O Tempo de Minas Gerais encontrou na terçafeira (29) pelo menos cinco anúncios de pessoas que estão vendendo galões cheios de gasolina em Minas Gerais e São Paulo. Em um dos anúncios, publicado no site Mercado Livre, um morador de São Paulo vende três galões com 10 litros cada de gasolina co-

mum. Na descrição, ele não informa o preço e diz que entrega o combustível apenas nas imediações da linha vermelha do metrô na capital paulista. A reportagem ligou para o anunciante na manhã desta terça, que informou já ter vendido os três galões, mas sem dizer por quanto. Questionado se ele teria mais gasolina durante a greve dos caminhoneiros, o homem respondeu “acabou tudo, mas talvez eu consiga mais hoje a tarde”. Ao ser perguntado sobre o preço, o vendedor desligou o telefone. Ainda no Mercado Livre, um anúncio de um vendedor de Mateus Leme, na região

metropolitana de Belo Horizonte, divulga a venda de um galão com 20 litros de gasolina comum por R$ 150 - cada litro a R$ 7,50. Na descrição do produto, ele informa um telefone para contato, mas as ligações não foram atendidas. O anunciante também não respondeu às mensagens enviadas por meio do próprio site. Um terceiro anúncio no Mercado Livre, de um vendedor de BH, que também divulga um galão cheio com gasolina a R$ 150, não passa de uma brincadeira. O anunciante garantiu que não tem combustível para vender e que a ideia dele é “fazer um protesto silencioso”.


8 PUBLICIDADE

MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 2 E 3 DE JUNHO DE 2018

TRIBUNAINDEPENDENTE


MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 2 E 3 DE JUNHO DE 2018

TRIBUNAINDEPENDENTE

Cidades

CIDADES

9

Economia Solidária participa da Semana do Meio Ambiente Os grupos de Economia Solidária, cadastrados na Secretaria Municipal de Trabalho, Abastecimento e Economia Solidária (Semtabes), vão participar da Semana Maceió Mais Sustentável, no Shopping Maceió, em Mangabeiras, de segunda (4) a quarta-feira (6). O evento ocorre em comemoração ao Dia do Meio Ambiente, comemorado no dia 5 de junho. A programação do evento é voltada para educação ambiental e conta com palestras, oficinas, mesas redondas e feiras. Os grupos de Economia Solidária vão apresentar o artesanato produzido a partir de materiais recicláveis. A Feira Sustentável terá início às 9h e segue até às 22h.

TJ proíbe embarcações em Ponta do Mangue Por decisão judicial, não podem trafegar veículos de pequeno porte nestas piscinas naturais em Maragogi CLAUDIO BULGARELLI SUCURSAL LITORAL NORTE

U

ma das mais belas piscina naturais do Litoral Norte, Ponta do Mangue, em Maragogi, explorada ilegalmente por anos e liberada para visitação regular em março continua dando o que falar. Agora na Justiça. É que o desembargador Domingos de Araújo Lima Neto, do Tribunal de Justiça de Alagoas, negou o pedido de liminar para permitir a circulação de embarcações de pequeno porte em Ponta de Mangue, região com piscinas naturais frequentadas por turistas, no município de Maragogi. Depois de anos de atraso e exploradas ilegalmente desde 2015 pelo turismo de massa, as piscinas naturais da praia de Ponta do Mangue, um dos points mais badalados das últimas temporadas em Maragogi, foram liberadas para visitação, devidamente sinalizadas e com fiscalização permanente. Essa modalidade

de exploração turística só foi possível devido o engajamento do município junto aos órgãos federais pela abertura das chamadas Zonas de Visitação, projeto que tem como objetivo alavancar o turismo sustentável de base comunitária. A abertura da Zona de Visitação, mesmo antes da conclusão da revisão do Plano de Manejo da APA Costa dos Corais, permitiu um total de 60 embarcações, sendo 30 por dia, em sistema de revezamento, que estão concessionadas a realizar o passeio às piscinas naturais denominadas de Prainha do Norte, Prainha do Meio e Prainha do Sul. As lanchas teriam que se adaptar e seriam substituídas por jangadas. Os catamarãs e outras embarcações não podem entrar no local. Foi aí que começou o problema. O pedido de liberação das embarcações maiores foi feito pelos empresários Cícero Marques da Silva e Valfrido Rodrigues Lins Júnior, em um mandado de segurança. Eles

alegaram que foram emitidas 26 permissões de acesso para lanchas, que não estariam nos padrões das embarcações permitidas pelas regulamentações. Para o desembargador Domingos Neto, “não se pode olvidar, nesse momento, que ‘o ato de autorização para exploração do transporte aquaviário municipal é ato discricionário da Administração, que pode praticar segundos seus critérios de conveniência e oportunidade’, conforme já fora decidido por este Órgão julgador no agravo de instrumento”. O relator destacou que a restrição imposta pelo Município também teve como fundamento uma recomendação do Conselho Gestor da APA Costa dos Corais, a qual concluiu que a redução do impacto ambiental na área das piscinas naturais de Ponta de Mangue somente será possível com o ordenamento de visitação operado exclusivamente por jangadas tradicionais da região e conduzidas por comunitários residentes nos locais.

ANA ARANTES / CORTESIA

Embarcações não estariam nos padrões permitidos pelas regulamentações para o acesso à Ponto do Mangue, no Litoral Norte

“FÉRIAS É NO BRASIL”

Campanha do MTur estimula o turismo interno Promoção dos destinos domésticos é voltada para os turistas brasileiros e destaca atrativos EMBRATUR

Campanha busca mostrar que é bom para o brasileiro viajar pelo Brasil, para desfrutar turismo sem passaporte

O conceito da nova campanha do Ministério do Turismo para estimular o turismo doméstico ressalta a importância da indústria de viagens para a geração de empregos e também a diversidade da oferta turística brasileira, que reúne atrativos de mesmo padrão dos principais destinos mundiais. As peças publicitárias reforçam que o brasileiro pode vivenciar experiências muito semelhantes às de fora do país se optar por fazer turismo interno. A ideia é que cada vez mais as viagens pelo Brasil façam parte da cesta de consumo do brasileiro. “As viagens domésticas disputam o orçamento do consumidor não só com bens de consumo, mas também com viagens internacionais. Portanto, a campanha mostra que é bom para o brasileiro viajar pelo Brasil. Podemos desfrutar, sem passaporte, um mundo de aventuras e atrações, cultura e tradições,

sabores e experiências dos cinco continentes aqui mesmo nas cinco regiões do país”, destacou o ministro Vinicius Lummertz. O slogan “Um mundo pra você” ressalta a diversidade turística do Brasil e reforça a importância do setor para a geração de empregos. Uma das peças da campanha mostra que um passeio de dromedário, que poderia ser na África, é oferecido no Nordeste brasileiro. É um exemplo de como a região oferece atrativos que vão além de sol e mar. Que tal um piquenique numa vinícola? A campanha revela que o brasileiro não precisa ir até o Chile para vivenciar essa experiência. O Sul do país tem muitas opções de enoturismo, principalmente na Serra Gaúcha. Já um espetáculo de ópera, que poderia ser na Itália, tem plateia garantida no Teatro Amazonas, em Manaus, em um cenário de selva, natureza e aventura.

CAMPANHA

Divulgação já está nas mídias especializadas A campanha já começou pelas mídias impressa e especializada. O material impresso será disponibilizado para o trade ampliar a visibilidade da campanha. Os vídeos serão publicados na internet e veiculados nos cinemas, aeroportos e canais fechados de televisão. TRADE Um capítulo da campanha também será dedicado ao trade turístico. As peças direcionadas para o segmento destacam a importância da atividade turística para a economia brasileira. “Nosso trabalho gera empregos”, reforça. O Ministério do Turismo também disponibiliza materiais como adesivos que podem ser usados nas fachadas das agências de viagem ou hotéis, por exemplo.


10

CIDADES

TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 2 E 3 DE JUNHO DE 2018

Toque feminino no mundo dos negócios

SANDRO LIMA

Participação das mulheres no mercado de trabalho deve dobrar em 2020, segundo projeção do Sebrae

LUCAS FRANÇA REPÓRTER

“N

a política, se você quiser que algo seja dito, peça para um homem. Se quiser que algo seja feito, peça para uma mulher.” A frase foi dita por Margaret Thatcher, primeiraministra do Reino Unido de 1979 a 1990. Essa frase relacionada à diferença de gêneros no poder também pode ser usada no ambiente profissional, ou melhor, no mundo dos negócios. A reportagem da Tribuna Independente conversou com algumas mulheres que se destacam

no mercado de trabalho alagoano e fora dele também. Elas são donas de casa, profissionais talentosas, algumas são mães e empreendedoras de sucesso. Uma projeção apontada na Pesquisa Cenários 2020, do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de São Paulo (Sebrae-SP), indica que, entre o total de empregadores do país (empreendedores com empregados), a participação das mulheres deve subir de 24%, em 2000, para 42% em 2020. Entre os novos negócios, a fatia de mulheres

empreendedoras já se aproxima da masculina. De acordo com a última pesquisa Global Entrepreneurship Monitor (GEM) feita no Brasil, 49% das empresas nascentes eram administrados por mulheres em 2010, se considerados os 42 meses anteriores à divulgação do percentual. Também no emprego por conta própria, em suas mais diversas formas, a presença da mulher evoluiu de 29,6% para 33,5%, em menos de uma década, de acordo com o Anuário do Trabalho, feito pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). SANDRO LIMA

Luana Nunes afirma à reportagem que “se não fosse empreendedora da comunicação seria de outra área”

EMPREENDEDORAS

Elas buscam espaço e estilo próprio de gestão O analista técnico da Unidade de Gestão Estratégica do Sebrae, Fábio Leão, comenta que as mulheres empreendedoras têm características específicas e favoráveis ao seu desempenho, porque conciliam melhor suas atividades pessoais e profissionais. “Elas investem mais em capacitação e são mais detalhistas, sensitivas e intuitivas, o que contribui na gestão de negócios, principalmente quando aliadas a coragem, iniciativa e determinação”. E é dessa maneira que a empresária Andrezza Lino encara o dia a dia do seu empreendimento. “Aprendemos todos os dias. Capacito-me o ano inteiro, é constante. Não é só vender, é vender algo diferenciado para atrair clientes. Setorizo os serviços e trabalho com estratégias”, explica. Andrezza é médica veterinária e ainda exerce a profissão e conta que concilia o

centro de estética com a profissão de formação e com o curso de Biomedicina. “Ter o centro sempre foi um sonho. Houve a oportunidade. Os apoios da família e parceiros contribuíram bastante. E a minha formação também ajudou em parte nos recursos financeiros. Sou empreendedora há dois anos. Hoje tenho 10 colaboradoras. Não me vejo fazendo outra coisa se não empreendendo. Sou de matriz de comércio, sempre trabalhei com isso junto aos meus pais”, conta Lino. A empresária conta que monta seus horários para dá conta de tudo. “Consigo conciliar. Faço um cronograma de horário. Trabalho como veterinária e também estudo. Mesmo que eu acorde cedo, faço um planejamento para que dê tudo certo. Quando necessário dou as coordenadas para as minhas colaboradoras via online até eu chegar”, ressalta. (L.F.)

Andrezza Lino atua como médica veterinária, mas se realiza também com o seu centro de estética

MERCADO

“Tenho um DNA empreendedor”, diz Luana, que iniciou aos 25 anos Em Alagoas, até 2009, 73 mil mulheres eram empregadoras ou trabalhavam por conta própria. Em 2011, esse número chegou a 87 mil. Já o número de empreendedores (empregadores e trabalhadores por conta própria) do sexo feminino, que em 2009 era de 15,4%, chegou a 20% em 2011 segundo dados recentes do Sebrae-AL. A jornalista e empresária Luana Nunes está entre a porcentagem de mulheres empreendedoras do estado. Ela conta que começou a empreender aos 25 anos de idade. Hoje, com 33 anos é uma empresária conhecida em todo o Nordeste. “Tenho um DNA empreendedor. Meus pais sempre foram empreendedores. Logo

após a faculdade trabalhei com assessoria de comunicação em secretárias e empresas e também fora do estado. Mas, desde estudante já havia pensado em abrir um negócio voltado para a comunicação. Então, exatamente aos 25 anos abri a Algo Mais. Sempre fui muito ativa e de iniciativa e isso me favoreceu. Além disso, tive vários apoios e incentivo dos meus pais que me deu coragem. Não me vejo fora desse ramo. Se não fosse empreendedora da comunicação seria de outra área com certeza. Sou feliz com a decisão que tomei”, conta a empresária. DESAFIOS E SUCESSO Luana conta que para ter o sucesso que a empresa tem

hoje, muitas coisas aconteceram e para tornar o sonho realidade precisou abdicar de outras coisas na vida. “Passamos por muitas coisas para chegar até aqui. Hoje somos em 10 pessoas. Trabalhamos a comunicação de diversas empresas. Concorri e faturei vários prêmios. Sou grata a Deus por tudo. Desde pequena eu vendo e isso ajudou para ser quem sou hoje. Vendia calçados na feira, lá em Arapiraca. E hoje, vender o que sei fazer, que é a comunicação, a imagem de uma empresa, de um assessorado, não tem nada melhor e vê a alegria em dá oportunidade emprego para meus colaboradores, não tem igual”, comemora Luana. (L.F.)


TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 2 E 3 DE JUNHO DE 2018

CIDADES

Empreender resulta em mais tempo para filha

11

CORTESIA

Empresária trabalha com equipe de 40 pessoas, todas independentes em empresa internacional de cosméticos

Q

uem também optou pelo empreendedorismo para montar um horário específico e ter mais tempo com a filha foi a diretora sênior independente de vendas Chiara Barros. A diretora trabalha para uma empresa de cosméticos e perfumaria internacional e afirma que sobrevive com esse negócio muito bem. “Já trabalhei em empresas privadas como funcionária. E já havia trabalhado com vendas antes também. Aí, conheci a empresa e vi que

era uma oportunidade de abrir meu próprio negócio e empreender. E o melhor, conheci os valores da empresa que me atraiu. Deus, a família e a carreira são colocados em primeiro lugar”, disse. Para Chiara ter tempo com a família é essencial e antes de começar a empreender o tempo era limitado. “Agora, tenho flexibilidade de horário. Como sou mãe, acompanho minha filha em tudo e tenho tempo para auxiliar em casa”, ressalta. A “empresária” inde-

pendente conta que trabalha com uma equipe de 40 pessoas, mas todos são independentes. “Eu apenas vou treinando para que também se tornem diretores sêniors. Temos um espaço de reuniões, treinamentos, palestras. Onde explicamos que trabalhamos com a autoestima das mulheres, isso é muito gratificante. Vamos até cada uma. Trabalho feito por indicação. Fazemos visitas e não há limite territorial. Apresentamos o produto antes das pessoas adquirirem”, explica. (L.F.) ADAILSON CALHEIROS

Economista Larissa Pinto diz que é inquestionável a capacidade empreendedora feminina

MULHERES

“Elas são mais fortes para encarar desafios”, diz economista

Diretora sênior independente de vendas, Chiara Barros faz seu próprio horário e tem mais tempo livre

Um estudo recente organizado pela Rede Mulher Empreendedora em 2016 apontou que o perfil de mulheres que decidem empreender na maioria está na faixa etária entre 30 e 40 anos, casada, 75% decidiu empreender depois da maternidade, 79% tem nível superior e boa parte delas já teve alguma experiência anterior no mercado de trabalho. O principal setor econômico de atuação dessas mulheres empreendedoras é o de Serviços e as duas maiores motivações para empreender é trabalhar com o que gosta e flexibilidade de horário.

A economista Larissa Pinto, diz que é inquestionável a capacidade que a mulher tem para empreender, porém elas ainda enfrentam vários desafios. “Inquestionavelmente, as mulheres são tão capazes e qualificadas quantos os homens para obterem sucesso em seus empreendimentos. Porém, muito embora as mulheres venham conquistando um espaço cada vez maior à frente de novos empreendimentos, algumas dificuldades ainda se apresentam: este ainda é um ambiente de presença majoritariamente masculina, em

que as mulheres sofrem certos preconceitos e precisam se esforçar além do que é exigido dos homens para conquistar a credibilidade e o respeito de clientes e fornecedores; muitas mulheres ainda enfrentam uma múltipla jornada, tendo que dividir seu tempo entre o seu empreendimento, a maternidade e os serviços domésticos e devido à pressão que ainda é imposta pela sociedade, muitas mulheres que têm seus empreendimentos carregam um sentimento de culpa por “não dar atenção suficiente à família”, opina a economista. (L.F.)

FATORES

“Questões culturais são dificuldades enfrentadas” Larissa Pinto acredita que esses fatores culturais geram muita insegurança e dúvidas na mulher e que tais fatores contribuem na dificuldade da percepção sobre o futuro do próprio negócio. “Além disso, por serem, em geral, as mulheres mais cautelosas do que os homens, elas se arriscam menos nas tomadas de decisão e essa aversão ao risco pode impactar negativamente no sucesso do empreendimento, uma vez que o mercado é dinâmico, com mudanças acontecendo o tempo inteiro, e exige respostas rápidas. Porém, mesmo com as dificuldades postas, por apresentarem paixão pelo trabalho que fazem, as mulheres que empreendem apresentam uma capacidade fora do comum de superar os problemas e de manter seus negócios funcionando por muito mais tempo”, ressalta a economista. As pesquisas mostram que elas veem gerando economia. O banco Itaú fez uma pesquisa em 2013 e constatou que nos últimos cinco anos, houve um crescimento de 46% no número de mulheres

que procuraram o banco em busca de crédito para financiar suas empresas. Entre os homens, houve uma queda de 34%. No banco do Nordeste, maior operador de microcrédito do Brasil, em junho, 65% dessas operações foram realizadas por mulheres. A pesquisa foi feita com mulheres de três grandes capitais brasileiras (São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte). “É notável que elas não se abatem com facilidade e, a cada queda, levantam mais firmes. No entanto, Menezes nota, no início dos negócios, maior insegurança por parte das mulheres. A multifuncionalidade também pode se tornar um problema. Empreender não é fácil, seja para homem ou para mulher. Infelizmente, a gente ainda vê a mulher tendo que superar obstáculos maiores nesse processo, pelo simples fato de ser mulher e pelas implicações que isso traz. Felizmente, temos milhares de exemplos de mulheres empreendedoras de sucesso para mostrar que sim, é possível”, esclarece Larissa. (L.F.)


12

CIDADES

MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 2 E 3 DE JUNHO DE 2018

TRIBUNAINDEPENDENTE

Lavouras urbanas produzem alimentos

Chegada do período chuvoso anima agricultores em Arapiraca, que aproveitam espaços na própria cidade DAVI SALSA SUCURSAL ARAPIRACA

AÍLTON VILLANOVA ailton.villanova@gmail.com COM DIEGO VILLANOVA

Um troço chamado casamento

G

uerreirão, mulherengo até dizer basta, Antupatro das Neves Gama, o popular Tupa, entendeu que era chegada a hora de casar. Afinal, já estava entrando para os 50 janeiros. Montado nessa idéia, correu para o interior à procura da companheira ideal: virgem, ingênua, bonita e, preferencialmente, curvilínea. Para ele, as garotas da capital já estavam manjadas demais e, muito poucas delas, possuiam os sobreditos atributos, todos amontoados num só exemplar. Tupa não precisou procurar muito. Na cidade de Águas Claras encontrou a filha de um fazendeiro conservador e notório pela maneira enérgica como educava seus rebentos. Maria Rutineide (Rutinha) era a mulher que pedira a Deus. Enquanto noivava, o Tupa tratava a garota com o maior zê lo. Na sua primeira conversa séria com a escolhida, ele prometeu: - Você vai ver que coisa linda é o casamento, meu amor. Eu vou lhe mostrar que não existe negócio mais bonito e gostoso neste mundo. Dois meses depois, aconteceu o casório. Vestida de noiva, Rutinha agarrou-se ao futuro marido, quando os dois subiam ao altar: - Isso é casamento? - Bem, meu amor, isso é apenas o comecinho. Casamento é muito mais lindo e emocionante que isso. Casaram e foram para a fazenda do pai da noiva, onde ocorreria a recepção aos nubentes. Festa animada, e Tupa, encantado com a pureza de sua matutazinha, volteando o salão, com ela aconchegada entre os seus braços. - Casamento é isso? - era Rutinha, aumentando a curiosidade. - Não, gostosinha. Casamento é muito mais. Você vai adorar! Horas mais tarde, os convidados se foram e eles ficaram sozinhos na casa grande da fazenda. A zelosa mamãe da noiva já havia preparado o leito nupcial para os pombinhos. E eis que, finalmente, chegou a hora de os dois ingressarem no mundo dos “sonhos”... E a Rutinha, persistente: - Casamento é isso, meu bem? - Calma, amorzinho! Você vai ver já, já! Lá pelas tantas, o marido tomou a mulher nos braços, e os dois rodopiaram pelo quarto, aquele amor de mil anos. De repente, Antupatro jogou Rutinha no leito do amor, beijou-a com carinho e ternura e, finalmente, ela se tornou sua mulher de verdade. Mal terminado o ato, a noivinha perguntou, toda lânguida: - Casamento é isso, bem? - É, meu amor. Casamento é isso. - respondeu o marido cheio de orgulho. E ela, decepcionada: - Engraçado! Os rapazes nunca me disseram que esse negócio se chamava casamento!

Bom samaritano

chegada do período chuvoso está animando dezenas de agricultores urbanos, que aproveitam os terrenos baldios, na periferia da cidade de Arapiraca, para fazer pequenas lavouras, produzir alimentos e ajudar no sustento de suas famílias. As minilavouras podem ser vistas, por exemplo, no bairro Baixa Grande, onde os moradores limpam os terrenos - a maior parte de lotes para venda- e plantam milho, feijão verde e mandioca, além de pequenas hortas. São pessoas que já moraram no bairro e, juntamente com vizinhos, fazem uma espécie de consórcio urbano para a produção de alimentos. Um exemplo é o pedreiro Agapito Gomes da Silva, o “Seu Dedé”, de 72 anos.

Sem papo no expediente

adiante, enveredou para assunto mais íntimo: - A senhora costuma ter relações durante o dia? - Sim. Pelo menos seis vezes por semana. - E durante o ato fala com o seu marido? - De jeito nenhum! Ele não gosta que eu fique ligando pro trabalho dele!

DAVI SALSA

Seu Dedé, de 72 anos: limpa a terra, prepara o solo e planta sementes

TERRENOS BALDIOS

Para evitar lixo e entulhos, surgem plantações Famílias aproveitam terrenos em área urbana para plantar próprios alimentos DAVI SALSA

Lavouras urbanas impulsionam produção caseira em Arapiraca

A turma de sempre encontrava-se reunida no bar do Tilião. A cerveja rolava adoidado. Em dado momento, eis que baixou no ambiente o Jandicleudes ostentando um hematoma em cada olho. Um dos amigos, espantou-se quando reparou na figura: - Pelamordedeus, cara! Quem foi que te deu esse cacete? Ou tu viraste vítima de algum desastre automobilístico? - Nem uma coisa e nem outra. O negócio é que eu estava viajando de ônibus e aí subiu uma morena sensacional com um shortinho bem curtinho, entrando no rêgo da bunda... - Demais, meu! Demais! - comentou o amigo. E o Jandicleudes, prosseguindo: - Quando ela passou perto de mim, eu não me contive e tirei o short do reguinho dela. A mal-agradecida se virou e, plaft, me deu uma porrada no olho esquerdo... - Só no olho esquerdo? E por que o direito também está roxo? - Deixa eu terminar, porra! Bem... continuando: aí, a gostosa foi lá pra frente, e eu também. Ela achou uma poltrona vazia e sentou. Sentei noutra, atrás. Quando a boazuda se levantou para descer, o cara que estava sentado ao meu lado fez a mesma coisa que eu tinha feito antes: tirou o short do reguinho... Como eu sabia que ela não gostava, coloquei o short dentro, de novo... Nesse momento, a gostosa olhou para trás... Aí, já viu, né? O cara do recenseamento a porta do ilustre Correínha. A mulher dele, vestindo pouquíssimas roupas, atendeu. O cara identificou-se pra ela e explicou o motivo de sua visita. - Entre, entre, meu lindo! – convidou a madame. Segundos depois, bem acomodado numa poltrona da sala, o recenseador começou a entrevistar a mulher. Lá para

A

Apesar da idade, sozinho ele limpa a terra, prepara o solo e planta as sementes, que foram adquiridas no mercado público da cidade. Casado e pai de três filhos já adultos, Seu Dedé mora há 38 anos no bairro e cuida de sete minilavouras, nessa época do ano, em terrenos baldios localizados nas imediações de sua residência. A maior parte dos terrenos é do tamanho de um lote-padrão, com 12 metros de frente por 30 metros de fundos. Seu Dedé conta que comprou 12 quilos de sementes para o plantio, que foi iniciado há cerca de 20 dias. “A maioria desses terrenos está com placa de venda, e já fez alguns anos que a gente pede permissão aos donos para plantar milho, feijão verde e outras lavouras”, relata o agricultor urbano de Arapiraca.

No lote vizinho, a dona de casa Rita da Silva, 54 anos, também iniciou o trabalho de preparo do solo, capinando o terreno e fazendo a própria roça. “Esses terrenos ficam sujos com lixo e entulhos o ano quase todo. Então, a gente aproveita o tempo chuvoso para limpar o chão e plantar os alimentos para depois comer”, relata. Os lotes de terra no perímetro urbano são transformados em verdadeiras lavouras, cuja produção é destinada, em sua maior parte, para o consumo de suas próprias famílias. O excedente da produção de milho e feijão verde é comercializado no bairro em que vivem.

Seu Dedé acredita que a primeira colheita deve ocorrer no final deste mês ou início de julho. Ele espera armazenar 300 quilos de grãos nos sete lotes de terra transformados em minilavouras na periferia da cidade. Atualmente, o quilo do feijão verde é comercializado ao preço de R$ 3 no mercado e nas feiras livres da cidade. A tradicional ‘mão’ de milho com 50 espigas está sendo vendida a R$ 45. “Ano passado foi muito bom e tudo indica que o inverno será produtivo novamente. Esperamos que a chuva continue caindo pra gente colher muito milho e feijão”, declarou o agricultor urbano de Arapiraca. (D.S.)

COLÉGIO BOA IDEIA

6º edição do Projeto Gentileza Gera Gentileza Crianças em situação de risco foram contempladas com ações de integração social Professores e alunos do colégio Boa Ideia* realizaram ações de solidariedade e integração social. Crianças em situação de risco foram contempladas com atividades gratuitas de dança, jogos e muita diversão. O Projeto Gentileza Gera Gentileza faz parte do conjunto de iniciativas que compõem o Dia de Cooperar (Dia C), um movimento de ações voluntárias estimuladas pelo Sistema OCB/AL** com o intuito de engajar cooperativas na transformação social. “Foram dois meses organizando o projeto e, nesse tempo, imaginamos o quanto poderíamos tocar e transformar a vida da comunidade. Na última oficina, pude ver que a verdadeira transformação aconteceu com a gente”, disse uma das alunas envolvidas. Esta edição contou com a presença de ex-alunos da instituição, que se juntaram para fortalecer o projeto. “Estive presente nas outras edições e este ano procurei a organização para ajudar. É muito gratificante poder fazer o bem” explica uma das voluntárias que já integrou o quadro de alunos da es-

cola. Para a professora Nadjan Kelly, essas ações ajudam na transformação social. “A necessidade de lidar com as consequências dos conflitos de geração nos motivou a procurar meios de transformar nosso meio escolar e propiciar ao nosso educando uma mudança dos seus paradigmas”, disse. “Ficamos felizes quando vemos as cooperativas praticarem um trabalho social efetivo. A Coopex, Cooperativa Educacional de Xingó, administradora do Colégio Boa Ideia, está de parabéns pelo projeto. Torcemos que as cooperativas tenham muita criatividade e solidariedade para colocar ações em prática ao longo do ano inteiro”, pontuou Marcos Rocha, presidente do Sistema OCB/AL. *Colégio Boa Ideia – Administrado pela Cooperativa Educacional de Xingó (Coopex). **Sistema OCB/AL – Formado pelo Sindicato e Organização das Cooperativas Brasileiras do Estado de Alagoas (OCB/AL) e pelo Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo no Estado de Alagoas (Sescoop/AL).

SISTEMA OCB/AL

Professores e alunos do colégio realizaram ações de solidariedade


MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 2 E 3 DE JUNHO DE 2018

TRIBUNAINDEPENDENTE

Cidades

CIDADES

13

Presidente interino da Petrobras, Ivan Monteiro é convidado para ser efetivado O diretor financeiro da Petrobras, Ivan Monteiro, escolhido na tarde da sexta-feira (1º) como presidente interino pelo Conselho de Administração da estatal, viajou para Brasília a fim de receber o convite do presidente Michel Temer para ser efetivado no cargo. No início da noite, os dois estavam reunidos a sós no gabinete do presidente. A decisão de se convidar Monteiro para suceder Pedro Parente, que pediu demissão pela manhã, foi tomada em uma reunião no Palácio do Planalto entre Temer, o ministro da Fazenda, Eduardo Guardia, e o ministro de Minas e Energia, Moreira Franco.

AL: postos ainda não praticam desconto no diesel

ADAILSON CALHEIROS

Sindicombustíveis diz que repasse fica a critério de cada estabelecimento e conforme reposição dos estoques LUCAS FRANÇA REPÓRTER

A

pós uma sequência de reajustes praticamente diários, a Petrobras anunciou a redução no preço do óleo diesel. De acordo com o Governo, a redução de R$ 0,46 deveria chegar às bombas dos postos de combustível desde sexta-feira (1º). Mas, em Alagoas, a maioria dos postos de combustíveis ainda está praticando o valor antigo. Ainda não se tem data confirmada de quando os consumidores alagoanos irão receber esse desconto anunciado pelo ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, em entrevista coletiva no Palácio do Planalto na última quarta-feira (30). Nem os donos de estabeleci-

mentos nem mesmo o Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo do Estado de Alagoas (Sindicombustíveis) informam data prevista para esse desconto chegar ao consumidor. “O repasse dos valores fica a critério de cada revendedor, uma vez que o mercado é livre e cada um vai repassar de acordo com seus custos”, ressalta o sindicato. Segundo anúncio do governo, os postos que receberem diesel a partir de sexta-feira terão de revendê-lo, obrigatoriamente, por R$ 0,46 centavos a menos que o preço praticado em 21 de maio, quando começou a greve dos caminhoneiros no país. “Se em 21 de maio, o posto de combustível abasteceu o litro do diesel por R$ 3,46, por exemplo, ele terá

de vender, obrigatoriamente, por R$ 3, a partir do momento em que for abastecido por diesel que sai das refinarias em 1º de maio”, disse Marun. No entanto, em alguns postos no Estado até ontem havia variação de valores, entre R$ 3,92 e R$ 3,44. Sobre a redução, o Sindicombustíveis informa que a redução do preço do diesel anunciada pelo Governo Federal, só será sentida à medida que os postos receberem o produto com menos valor das distribuidoras. O Ministro Carlos Marun declarou ainda que o Ministério da Justiça vai baixar uma norma - possivelmente portaria - determinando aos postos que informem o valor do preço do diesel no dia 21 de maio e também o valor do dia. ADAILSON CALHEIROS

Sindicombustíveis explica que desconto no valor do diesel será dado de acordo com custos de cada um

FECOMBUSTÍVEIS

“Desconto pode acontecer, mas não existe lei para obrigar” Para Paulo Soares, autuações só em casos esporádicos

Setor de combustíveis no país é altamente competitivo e funciona com a lógica do livre mercado

O presidente da Federação Nacional do Comércio de Combustíveis e Lubrificantes (Fecombustíveis), Paulo Miranda Soares, afirmou na sexta-feira (1º), após reunião com o ministro de Minas e Energia, Moreira Franco, que não acredita em dificuldades para repassar a redução do preço do diesel nas refinarias para o consumidor final, mas acrescentou que não há lei que obrigue o setor a fazer isso. “Não existe lei que me obrigue a fazer esse repasse. É uma boa vontade dessa categoria que é a parte mais competitiva da cadeia do petróleo. Tem 40 mil empresários brigando pelo

cliente que têm o maior interesse em ter um preço competitivo, mas eu acho que nos não vamos ter dificuldades em fazer esse repasse”, declarou Soares. Para Paulo Miranda Soares, as autuações de postos de combustíveis anunciadas pelo governo, porém, só deverão acontecer em “casos esporádicos” em que houver crime contra a economia popular, como o verificado em alguns casos, no início da greve dos caminhoneiros, quando alguns postos dobraram os preços dos combustíveis. “São casos raríssimos. Aconteceram mais em outros setores, o preço da batata, do

tomate. Do combustível não. É um setor muito competitivo, muito fiscalizado pelos Procons, MP [Ministério Público], ANP [Agência Nacional do Petróleo], polícia, bombeiros, há uma fiscalização grande em cima dos nossos negócios”, afirmou. PUNIÇÃO No entanto, o governo afirma que os postos que não passarem a redução para o consumidor podem ser multados e até interditados. Ainda de acordo com o governo, o preço com desconto de R$ 0,46 no litro do diesel será o valor máximo que os postos poderão praticar nos próximos dois meses. (L.F. com agências)


14

CIDADES

MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 2 E 3 DE JUNHO DE 2018

CidadesemFoco ROBERTO BAIA robertobaiabarros@hotmail.com

TRIBUNAINDEPENDENTE

“Impactos ainda não foram avaliados”, diz Braskem Corte de incentivos fiscais à indústria química preocupa setor em Alagoas DIVULGAÇÃO

EVELLYN PIMENTEL REPÓRTER

A

Reivindicação de Nezinho

O

vereador Rogério Nezinho (MDB), ao usar a tribuna da Casa, durante sessão da Câmara Municipal de Arapiraca, na terça-feira (29), pediu a intervenção do Poder Legislativo, para que intervenha com a secretaria municipal de Saúde, para que seja consertada com urgência, a autoclave no Posto de Saúde do Sítio Capim, onde o consultório odontológico necessita urgente deste conserto para esterilização do material odontológico.

Manutenção De acordo com o parlamentar, os próprios funcionários têm reclamado da ausência de uma manutenção do aparelho para dar uma maior segurança ao trabalho e consequentemente, aos pacientes.

Atenção para o Cenfra Rogério Nezinho, também pediu uma melhor atenção para o Cenfra, que de acordo com ele, tem sido manchete nos meios de comunicação de Arapiraca, onde a população tem cobrado. O parlamentar, disse ainda que os próprios usuários têm reclamado aa falta de material de material de higiene, até papel higiênico.

Reclamações “Não é de agora que os pacientes vêm reclamando a falta de atenção e aqui mesmo na tribuna desta Casa, já tenho feito vários pronunciamentos sobre isso”, disse o vereador. (Com assessoria).

Ajustamento de conduta O Ministério Público Estadual de Alagoas (MPE/AL) firmou, na quarta-feira (30), com as polícias Civil e Militar, secretarias municipais e Conselho Tutelar, um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) referente às tradicionais festividades juninas no município do Pilar.

redução de incentivos fiscais para a indústria química e setores de exportação anunciada pelo governo federal preocupa o setor em Alagoas. As medidas foram tomadas como “compensação” à perda de arrecadação atribuída à redução no preço do diesel Segundo o gerente de Marketing e Relações Institucionais da Braskem, Milton Pradines, os impactos financeiros, apesar de negativos, ainda não foram avaliados pela empresa no estado. “A gente ainda não tem um estudo porque foi tudo ontem a noite [quinta-feira]. A gente não tem uma ideia maior, ou o quanto isto vai significar. A gente sabe que vai ter impacto, que tudo vai ter impacto. Quando você pega os últimos estudos divulgados sobre a greve dos caminhoneiros, o setor químico foi o terceiro mais atingido do ponto de vista da perda de receita e agora a gente se depara com isso. Tem questões ligadas a exportação, que certamente vão impactar, mas a gente não tem estudo aprofundados, só segunda ou terça-feira é que teremos uma avaliação profunda dos impactos”. Pradines afirma que em todo o país o assunto começou a ser debatido para que possam ser encontradas soluções. “Há uma preocupação muito

Uma avaliação será feita na próxima semana para determinar os impactos no setor

grande do setor nacionalmente. Como é uma questão que não pode ser tratada localmente apenas, a gente vai acompanhar, mas a Abiquim está estudando, está avaliando quais as alternativas para tentar minorar a princípio o que está sendo anunciado de perdas. A gente não tem ideia precisa ainda. Aqui em Alagoas o

regime especial da Indústria química concede benefícios ao exportador brasileiro. No nosso caso, por conta da crise do mercado interno, o nosso principal produto, o PVC, a exportação estava sendo uma válvula de equilíbrio. Isso certamente vai ter algum tipo de impacto, mas a gente não consegue mensurar”, diz.

Mas, de acordo com o presidente da Associação das Empresas do Polo Cloro químico de Alagoas, Jorge Bastos a medida não traz prejuízos para o Estado. “Não tem impacto nenhum para a gente não, mas não dá para dizer isso ainda. Para Alagoas não impacta em nada”. À Tribuna Independente, o presidente da Associação Brasileira da Indústria Química (Abiquim), Fernando Figueiredo esclareceu que o impacto no setor pode chegar a R$ 2 milhões em 2019. “Nós estimamos um impacto durante o ano de 2019 de R$ 2 milhões a R$ 2 milhões e meio na indústria química como um todo. Nós decidimos uma estratégia: Vamos tentar no Congresso e junto ao governo para tentar reverter essa medida. Nós vamos procurar articular para tentar a rejeição da medida provisória no Congresso”, acrescenta. Para Figueiredo apesar de não gerar efeitos diretos como redução de contratações ou demissões, de forma indireta as mudanças afetam o consumidor. “Quando está subindo o custo, quem paga a conta é o consumidor, é como o frete, não adianta aumentar o combustível de forma irresponsável e não esperar que o motorista aumente esse custo, é algo natural”, diz.

Documento O documento, composto por 35 cláusulas, trata de pormenores de todo o cronograma dando as devidas responsabilidades a cada participante da reunião. Com a iniciativa, o promotor de Justiça, Sílvio Azevedo, quer garantir a ordem, a segurança e o bem-estar dos cidadãos.

Violência “A cidade do Pilar já tem uma característica de violência e quanto mais atenção for dada, principalmente em época de festividades juninas, mais segurança podemos garantir aos pilarenses. Além disso, o local mantém uma tradição que atrai pessoas de outros lugares, provocando grande aglomeração durante todo a programação que vai do casamento matuto aos shows. O TAC convida a todos para a responsabilidade e é a maior tentativa para que façamos registros pacíficos”, afirma o promotor Sílvio Azevedo.

Contratação temporária A Prefeitura de Rio Largo divulgou mais um Processo Seletivo Simplificado (PSS), para contratação temporária e cadastro de reserva, desta vez para atender os serviços e programas da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Habitação.

Cargos e salários Conforme o edital publicado nesta sexta-feira (1º) serão oferecidas 420 vagas (cadastro de reserva), com salários entre R$ 954 e R$ 2.200, para diversos cargos, entre eles, assessor técnico, assistente social, auxiliar administrativo, psicólogo, pedagogo, recepcionista, vigia e motorista. As inscrições ocorrem no período de 13 a 15 de junho deste ano, das 8h às 14h, no Auditório do Shopping Rio Largo, no Centro da cidade.

Show em Arapiraca Celebrando a música, os encontros e a memória, o Sesc das Artes recebe o show “Transparências” com os artistas Júnior Almeida e Almir Medeiros, no dia 08 de junho, às 20h, no Teatro Hermeto Pascoal, na Unidade Sesc Arapiraca, entrada franca. O projeto/show “Transparências” carrega esse nome por se tratar de uma apresentação intimista, simples, sem excessos, onde dois músicos no palco tocam canções autorais, buscando se aproximar do público por meio de um repertório, trazendo letras e arranjos fortes e afetuosos.

Projeto “Transparências” Em 2013, após 20 anos da 1ª dição do projeto, os artistas se reencontraram e realizaram a 2ª edição, desta vez no Teatro de Arena. Este ano, em comemoração ao aniversário de 25 anos, Júnior Almeida e Almir Medeiros voltam a se reunir para celebrar, junto ao público, o marco na história e memória de suas carreiras. ... Cantor e compositor alagoano, Júnior Almeida atua como músico há mais de 20 anos. Começou a ser reconhecido pelo público ainda na década de 80, quando participou de um Festival Universitário. ... A sonoridade de suas composições já foi conferida na França, quando, a convite da Aliança Francesa, participou do Festival do Sul, na cidade de Marselha. ... Em São Paulo, representou Alagoas no projeto Alagoas de Sol a Sol, tocando ao lado de Hermeto Pascoal, Leila Pinheiro e Duofel. No Rio de Janeiro lançou o CD Limiar do Tempo, no Teatro Rival.

COMPENSAÇÃO

Medidas representam custo de R$ 4 bilhões aos cofres públicos

Durante o feriado de Corpus Christi, na última quinta-feira (31), o governo federal anunciou uma série de mudanças “para conseguir compensar as perda de receita com o acordo firmado com os caminhoneiros para o fim da paralisação da categoria. As medidas devem representar R$ 4 bilhões para os cofres públicos”, diz a Agência Brasil. Com a mudança, o crédito presumido de PIS/Cofins que as empresas do setor químico tinham quando faziam importações e abatiam em outros impostos serão extintos a partir de 1º de setembro. Segundo a Receita Federal, trará economia de R$ 170 milhões aos cofres públicos. O Regime Especial de Valores Tributários para as Empresas Exportadoras (Reinte-

gra) que também beneficiava o setor químico sofrerá redução de alíquota de 2% para 0,1%. Na prática, o programa devolve aos exportadores parte dos impostos cobrados na cadeia de produção. O secretário da Receita Federal, Jorge Rachid afirmou que as medidas não geram impactos para toda a sociedade e sim para um segmento específico. “Nós precisamos buscar melhoria do sistema tributário e adotar padrão internacional, isto é, reduzir uma série de incentivos setoriais largamente distribuídos. Foi no sentido de reduzir os incentivos, nós não vamos ter um impacto tributário para atingir todos os contribuintes, está atingindo determinados segmentos”, explicou.


MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 2 E 3 DE JUNHO DE 2018

TRIBUNAINDEPENDENTE

CIDADES

15

Governo deve propor nova política de preços Proposta para os combustíveis será apresentada até o fim do ano, porém alterações não devem impactar a Petrobras

O

secretário-executivo do Ministério de Minas e Energia, Márcio Félix, disse nesta sexta-feira (1º) que o governo deve apresentar até o final do ano uma nova política de preços para o consumidor de combustíveis. A declaração foi dada poucas horas após o anúncio da demissão do presidente da estatal, Pedro Parente. As alteração não devem impactar a Petrobras e outras empresas do setor, de acordo com o secretário. “A gente espera antes, bem antes do final do ano, já propor, já apresentar uma nova política para o consumidor, não para a Petrobras ou para qualquer fornecedor”, afirmou. Félix participou de uma reunião na manhã desta sexta-feira com distribuidoras de combustíveis. O ministro Moreira Franco (Minas e Energia) estava presente.

Félix negou pressão do governo sobre Pedro Parente, que pediu demissão da presidência da Petrobras nesta manhã. “Só o próprio presidente Pedro Parente poderia falar da decisão dele. Do nosso lado, não houve nenhuma pressão. As circunstâncias todas que aconteceram e surgiram pressionaram a todos. Mas não foi uma pressão de um para outro, isso não existiu”, disse o secretário. Também disse não haver interferência do governo por mudanças na política de preços da Petrobras. “Em todos os momentos, o presidente Temer, e o ministro Moreira [Franco, de Minas e Energia], e todos que falaram: é um princípio deste governo não se intrometer na política de preços da Petrobras ou de qualquer empresa privada”, afirmou.

ADAILSON CALHEIROS

Secretário de ministério faz questão de ressaltar que não haverá interferência do governo por mudanças na política de preços da Petrobras

DILMA

“Lula está indignado com política de preços da Petrobras de Temer” A ex-presidenta Dilma Rousseff visitou na quinta-feira (31) o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na sede da Polícia Federal em Curitiba. Ela afirmou que Lula está “indignado” com a política de preços para os combustíveis que vem sendo praticada pela Petrobras durante o governo Temer. A indignação se deve, segun-

do ela, porque o atual governo está destruindo a “maior estatal brasileira” e suas políticas que tinham por objetivo transformar o pré-sal em uma riqueza para o povo brasileiro, com base na autossuficiência da produção e do refino dos combustíveis e na defesa do conteúdo local. “Eles não defendem os interesses do Brasil. Eles defendem os

interesses das grandes petrolíferas internacionais, principalmente aquelas que não têm reservas próprias e que olham para as nossas reservas. Eles sabem que o que faz diferença numa empresa de petróleo é o tamanho das reservas que ela possui. E o que eles querem é ter acesso a nossas reservas”, afirmou a ex-presidenta.

“Aumentar o preço do preço da gasolina todo dia alegando que a Petrobras está quebrada é fazer pouco caso da inteligência do povo brasileiro”, disse. Segundo ela, o atrelamento do valor dos combustíveis à variação do preço do petróleo internacional é uma exigência dos acionistas “minoritários” da Petrobras. “E quem são os majoritários? São vocês, somos

nós, somos todos os brasileiros.” Segundo Dilma, a indignação do ex-presidente Lula “fala hoje ao coração de cada brasileiro”, que também está indignado diante dos “absurdos” cometidos pelo atual governo a todo momento, que é capaz de aumentar o preço da gasolina em meio à greve dos caminhoneiros. Dilma afirmou que Lula “é

mais que um preso político”, porque além de ter sido condenado sem provas, é o “preferido do Brasil”, segundo as pesquisas. “Nós temos certeza de que ele tem todas as condições legais de participar do processo eleitoral e de ser eleito. E mais: nós acreditamos na candidatura do Lula porque é a única que pode barrar o golpe”, disse Dilma em Curitiba. DIVULGAÇÃO

NÚMERO DIVULGADO

Não desconto no diesel pode ser feito por telefone O governo federal divulgou na sexta-feira (1º) o telefone para caminhoneiros e demais consumidores denunciarem os postos que não repassarem o desconto de R$ 0,46 no preço do litro do óleo diesel. O número do telefone foi informado pela assessoria de imprensa do Palácio do Planalto. As denúncias devem ser encaminhadas por meio de mensagem via WhatsApp pelo 61 99149-6368.

“Atenção, caminhoneiro! Este é seu canal para denúncia. De hoje até segunda-feira, de acordo com a renovação dos estoques, todas as bombas do país devem oferecer desconto de R$ 0,46 no litro do diesel. Ajude-nos a fiscalizar”, diz mensagem divulgada pelo Planalto. Já está em vigor a redução de R$ 0,46 no valor do litro do óleo diesel nas refinarias – o preço não será reajustado por 60 dias.

A medida faz parte do acordo do governo com líderes dos caminhoneiros para tentar por fim à greve da categoria. Embora a determinação do governo federal seja para os postos repassarem o desconto “imediatamente”, a Agência Nacional de Petróleo (ANP) já informou que a redução só deverá chegar aos consumidores de todo o país em até 15 dias.

Segundo o governo federal, deverá ser criada uma rede nacional de fiscalização para coibir preços abusivos nos postos. De acordo com o ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, os postos terão de fixar uma placa com o preço do diesel cobrado em 21 de maio, quando começou a greve dos caminhoneiros, e com o preço atualizado, já com o desconto. Planalto divulga telefone para denunciar preço do diesel


16

CIDADES

MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 2 E 3 DE JUNHO DE 2018

TRIBUNAINDEPENDENTE

Mais de 100 infrações em casas de farinha Relatório do Ministério do Trabalho em Alagoas aponta resultado de fiscalizações realizado em Feira Grande

O

Ministério do Trabalho e Emprego, através da Auditoria Fiscal do Trabalho em Alagoas divulgou os relatórios das fiscalizações em casas de farinhas, realizadas entre os dias 2 e 11 de maio, no município de Feira Grande, em Alagoas. A ação fiscal foi realizada pelo Grupo Especial de Fiscalização Móvel (GEFM) composto por seis auditores-fiscais do Trabalho, um procurador do Trabalho, um defensor público Federal, sete policias rodoviários federais e três motoristas oficiais. Na ocasião, dois estabelecimentos foram fiscalizados que junto somavam 91 funcionários, destes, 79 estavam sem registros profissionais. Foram resgatados

das condições análogas à escravidão mais de 80 trabalhadores, sendo 56 mulheres, 12 adolescentes menores de 16 anos e dois entre 16 e 18 anos. Os auditores fiscais do Trabalho lavraram mais de 100 autos de infração e emitiram 14 carteiras de trabalho e previdência social. As ações fiscais foram motivadas por notícias recebidas pela Divisão de Fiscalização para Erradicação do Trabalho Escravo – DETRAE, sobre a ocorrência de exploração de mão de obra escrava no estabelecimento fiscalizado, a partir da qual foi destacada uma das equipes nacionais de combate ao trabalho análogo ao de escravo, visando averiguar as condições de trabalho e vida dos trabalhadores da casa de farinha. DIVULGAÇÃO

ASSESSORIA

Fiscais flagraram condições inadequadas de trabalho entre os dias 2 e 11 de maio no município de Feira Grande, no Agreste alagoano

CASAS DE FARINHA

Atividades são feitas em dois setores Relatório aponta o descascamento in natura e o processamento da mandioca As atividades são feitas nos setores de descascamento da mandioca in natura e no setor de processamento da farinha de mandioca. O relatório revelou que através de entrevistas com todos os trabalhadores raspadores, a maioria mulheres, foi constatado que as jornadas de trabalho estendiam-se por até 13 ho-

Casas de farinha tradicionalmente não oferecem condições de trabalho

FESTAS JUNINAS

Credenciamento de ambulantes é até o dia 7 A Secretaria Municipal de Segurança Comunitária e Convívio Social (Semscs) publicou, na terça feira (29), no Diário Oficial do Município, o edital nº 01/2018, destinado a quem pretende realizar comércio eventual de comidas típicas, lanches e bebidas nos arraiais de rua no período dos festejos juninos de Maceió 2018. O prazo para solicitar a autorização encerra em 7 de junho, e quem não estiver cadastrado até essa data, não poderá realizar a atividade, sob risco de apreensão. ELETROBRAS O diretor de Convívio Social, coronel Adilson Bispo, destaca que apenas o permissionário cadastrado na Semscs poderá obter autorização da Eletrobras para utilização de energia elétrica, conforme determina o Termo de Compromisso de Ajustamento de Conduta (TAC), firmado junto ao Ministério Público Estadual (MPE/AL). “Será necessário fazer a solicitação naquela companhia com, no

mínimo, cinco dias antes da data do evento”, informa. LOCAIS E PERÍODOS Os ambulantes serão credenciados para trabalharem exclusivamente nos arraiais de rua e nos oficiais divulgados pela Fundação Municipal de Ação Cultural (FMAC), nos locais, datas e horários fixados, inclusive no entorno dos festejos juninos que ocorrerão em Jaraguá. Os eventos são: concurso de Quadrilha Forró e Folia, no estacionamento ao lado do Memorial da República, no período de 14 a 21/06/2018, das 19 à 01h; concurso de Coco de Roda, no estacionamento ao lado do Memorial da República, no período de 25 a 28/06/2018, das 19 à 01h; Arraial Central, no estacionamento de Jaraguá, nos dias 22, 23, 24, 29 e 30/06/2018, das 20 às 02h; Forró Pé de Serra, na Praça Marcílio Dias, no período de 22 a 30/06/2018, das 18 à 00h; Forró Rock, na Praça Dois Leões, nos dias 23 e 24/06/2018, das 19 à 01h.

ras, sendo comum jornadas de 9, 10 e 11 horas. Muitos começavam a trabalhar ainda durante a madrugada. O relatório conclui que na fase inicial da produção (raspagem da mandioca) os empregados lidavam com instrumentos de corte amolados e pontiagudos (facas e raspadores), sem qualquer equipamento de

proteção que fosse capaz de evitar ou amenizar os efeitos de acidentes. Além disso, as condições degradantes de trabalho foram identificadas a partir da constatação de outras irregularidades em conjunto, tais como: indisponibilidade de água potável em condições higiênicas para os trabalhadores; inexistência de instalações

sanitárias no estabelecimento de acordo com a NR-24; ausência de local para tomada de refeições; exposição dos obreiros a situações de riscos graves e iminentes; ausência de medidas no sentido de eliminar ou neutralizar os riscos da atividade; pagamento de salário em valores irrisórios aos trabalhadores.


TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 2 E 3 DE JUNHO DE 2018

Economia

ECONOMIA

17

Artesanato alagoano é destaque na revista Casa Vogue Depois de dois anos de expedição, percorrendo ateliês de artesãos do litoral ao sertão de Alagoas, a coleção Alagoas Feita à Mão realizada pelo designer Rodrigo Ambrósio, a convite da Sedetur, repercute na imprensa nacional. Dessa vez, o trabalho foi publicado na coluna Design do Bom, pela jornalista Winnie Bastian. A matéria fala sobre a sinergia entre o design e o artesanato, ressaltando como a união das duas vertentes pode ser fértil. No texto, a jornalista ressalta a coleção Alagoas Feita à Mão, realizada por Rodrigo Ambrósio, a convite do Governo de Alagoas, através da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur).

CLAUDIO BULGARELLI

Restaurantes da Rota Ecológica usam frutos do mar ou de rios com muito sucesso; atualmente, segmento turístico representa um importante componente do faturamento dos empresários da região

Gastronomia é destaque da Rota Ecológica Publicações nacionais como, revistas de bordo e sites especializados, evidenciam os sabores da região CLAUDIO BULGARELLI SUCURSAL LITORAL NORTE

N

em só de praias, piscinas naturais e pousadas de charme vive a Rota Ecológica dos Milagres. A gastronomia da região já sobrevive por conta própria e começa a ocupar lugar de destaque em publicações das mais diversas, como as revistas de bordo de companhias aéreas e em sites especializados, sobretudo no TripAdvisor, que coloca seus restaurantes entre os mais votados. Atualmente a gastronomia representa um importante componente do faturamento dos turistas que visitam a região todos os anos. A culinária da Rota Ecológica alagoana é à base de peixe e frutos do mar ou dos rios,

ainda encontrados, dependendo da época do ano, em abundância, como cavalas, sardinhas e outros peixes. A caranguejada é igualmente um prato típico, graças à presença de grandes manguezais. São encontrados em todo o Litoral Norte a lagosta, o polvo e os mariscos, enriquecendo a diversidade gastronômica da Costa dos Corais. Pratos como moqueca de peixe, camarão no alho e óleo, lagosta temperada com azeite, siri na água e sal, maçunim ao leite de coco, lagosta cozida, lula e polvo acompanhado de vinagrete, fazem parte dos cardápios dos restaurantes de grande porte ou dos singelos e típicos do litoral norte, assim como nos cardápios gourmet das pousadas. Os festivais gastronômicos realizados na região destacam uma culinária singular.

Por outro lado a farinha de mandioca, ainda produzida em velhas casas de farinha, permaneceu como traço indígena forte na cultura local, acompanhando vários pratos servidos na região, como o pirão da caranguejada ou da peixada, ou ainda no feijão tropeiro da carne de sol. Nos doces, a mandioca se transforma em bolos, mas também em beijus e tapiocas. Tem ainda frutas secas ou em caldas. Nos três municípios da Rota Ecológica, Passo de Camaragibe, São Miguel dos Milagres e Porto de Pedras, a culinária praticada não difere muito daquela usualmente conhecida ao longo da Costa dos Corais alagoana, ou seja, uma base muito sólida de peixes, crustáceos e frutos do mar encontrados nos mares e rios do Litoral Norte e al-

guns outros produtos regionais que incluem carnes ovinas. A grande diferença está, no entanto, na presença constante de peixes e frutos do mar encontrado nos quilômetros de pedras que formam o que resta dos arrecifes de corais, como agulhinhas, lagostins e polvos, o que tornou a região da Rota Ecológica especialista na preparação de pratos a base dessas iguarias. Podemos estabelecer que a população dos municípios sempre manteve uma alimentação com peixes fritos e peixadas ao leite de coco natural, que foi a base do cardápio cotidiano das famílias no passado. Foi no final da década de 70 que a pensão Santo Antônio, em Porto da Rua, São Miguel dos Milagres, trouxe a comida do dia a dia para

o modesto cardápio oferecido aos poucos passantes que se aventuravam pela região, sobretudo vendedores e caixeiros viajantes. Depois, há uns 20 anos, o Bar da Maria, em Porto da Rua, transformou o caldinho de povo no seu maior referencial de boa cozinha. No final dos anos 90 e início de 2000 veio à revolução da culinária de qualidade com o surgimento das primeiras pousadas. Utilizando ingredientes locais, peixes, lagostas e polvos, misturados com novos sabores e outros produtos, além de muita criatividade, surgiu uma nova gastronomia. Lagostas grelhadas com frutas e legumes, arroz de polvo, peixe na folha de bananeira e muitos pratos tradicionais, que ganharam o cardápio também de outros restaurantes. CLAUDIO BULGARELLI

ESTABELECIMENTOS

Restaurantes servem comida simples com alta culinária Na onda da boa culinária da Rota Ecológica, os restaurantes conseguiram destaque próprio. O Favoritu´s de Porto da Rua, por exemplo, da chef Romilda, de comida simples, virou gastronomia gourmet e ocupa atualmente o primeiro lugar no TripAdvisor. A chef criou um prato, o Camarão Milagrense, no coco verde, que ganhou elogios internacionais. O Manzuá, do chef Veloso, em Porto da Rua, também é sinônimo de comida gostosa porque oferece uma cozinha diversificada, simples e ao mesmo tempo sofisticada, disposta a agradar ao mais exigente paladar. Tem ainda o restaurante do Enildo, que oferece um variado cardápio, composto, sobretudo, pelas peixadas. Outros representantes dessa nova safra culinária são dois restaurantes que oferecem uma cozinha completamente nova e criativa. Em Porto da Rua o Grande Lau misturou um pouco da cozinha regional e internacional com as pitadas local e no Povoado do Toque, o “No Quintal Comidinhas lá de Casa” colocou as receitas brasileiras como foco da cozinha comandada pelo chef Lucas, que só utiliza ingredientes regionais ou provenientes da horta orgânica existente na propriedade. A salada de polvo e o filé de peixe com molho de capim santo e farofa de banana comprida se destacam. No Passo de Camaragibe, a comida

da Fazenda do Cambará, também vem ganhando elogios, onde pratos como o guisado de carneiro faz parte do cardápio variado. O Cambará entrou no roteiro gastronômico e foi responsável, em abril, pelo primeiro festival gastronômico da Rota Ecológica. Em Porto de Pedras o mais tradicional restaurante de praia, o da dona Marinete, é conhecido por fazer as melhores fritadas de siri de toda a região. Sem contar os já famosos restaurantes das pousadas. Em primeiro lugar, o mais premiado, aquele da Pousada do Toque, que há 18 anos faz misturas com ingredientes locais com a alta gastronomia internacional. Em São Miguel dos Milagres ainda se destacam os restaurantes das pousadas Acayu, Riacho dos Milagres, Amendoeira, Origami e os pratos franceses da pousada Cot Sud. Na praia do Patacho, dois restaurantes de pousadas se destacam internacionalmente: o da Pousada Patacho, primeira pousada da praia, onde o proprietário Christian, francês da gema, criou uma gastronomia refinada e deliciosa e o da Pousada Xué, onde um verdadeiro chef, o italiano Guido, que já trabalhou num dos mais famosos restaurantes do Brasil, o Fasano, criou um cardápio de dar água na boca. E na praia do Marceneiro a pousada Vila Paru completa o cenário da culinária de qualidade criada na Rota Ecológica dos Milagres.

Carneiro guisado da Fazenda do Cambará entrou no roteiro gastronômico da região da Costa dos Corais alagoana


18

ECONOMIA

TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 2 E 3 DE JUNHO DE 2018 THAYANNE MAGALHÃES

Fecomércio quer adiar recolhimento do ICMS em Alagoas Solicitação foi feita sexta-feira ao Governo do Estado

A

Pedido tem como proposta assegurar um fôlego maior para recuperar prejuízos, como na greve dos caminhoneiros

paralisação dos caminhoneiros no País levou a Federação do Comércio do Estado de Alagoas (Fecomércio AL) a solicitar ao Governo do Estado analisar a possibilidade de adiamento do recolhimento do ICMS pelo período de um mês, bem como, a prorrogação da validade de notas fiscais para evitar multas, pois muitas estão vencidas nos caminhões retidos. A entidade encaminhou ofício, na manhã da sexta-feira (1º), ao governador Renan Calheiros e também ao secretário da Fazenda do Estado de Alagoas, George Santoro, com o pedido. Em recente levantamento realizado pela Fecomércio, estima-se que, no Estado, os prejuízos com a paralisação dos caminhoneiros, contabilizando os últimos 10 dias, podem chegar a R$ 111 milhões somente no comércio varejista e os transtornos não terão como ser recuperados rapidamente. A assessora técnica da

Fecomércio, Izabel Vasconcelos, explica que o Estado sente a inatividade, em perdas e adiamento de vendas, prejudicando o ano, consequentemente reduzindo o crescimento da economia

É grande a preocupação das empresas alagoanas com a possibilidade de não pagamento dos salários em junho, como também de fornecedores, e de colapso da produção” IZABEL VASCONCELOS ASSESSORA TÉCNICA DA FECOMÉRCIO

alagoana. “É grande a preocupação das empresas alagoanas com a possibilidade de não pagamento dos salários em junho, como também de fornecedores, e de colapso da produção em virtude da interrupção do fluxo de mercadorias. Nos últimos dias, houve drástica redução dos negócios em todos os setores, inclusive no comércio varejista e atacadista”, explicou. Segundo Izabel, caso a solicitação seja acatada, a medida permitirá que os contribuintes, cuja atividade econômica principal esteja enquadrada no comércio varejista e atacadista, tenham um fôlego maior para recuperar os prejuízos ocasionados pela crise de abastecimento pelo qual atravessa o País. “Na prática, trata-se de mera postergação do prazo de vencimento do imposto, ou seja, em vez de ser recolhido em junho o ICMS devido poderá ser pago até o mês de julho, por opção do contribuinte”, explicou.

FECOMÉRCIO

Campanha do Dia das Mães faz sorteio de prêmios O sorteio da campanha Minha Mãe Merece o Melhor Presente será neste sábado (2), às 9h, no Calçadão do Comércio, em Maceió, e às 16h, na Unidade Sesc, em Arapiraca. Durante o período de 27 de abril a 28 de maio, a cada R$ 30 em compras nas lojas participantes, o consumidor recebeu um cupom. A premiação total da campanha corresponde a R$ 100 mil em prêmios. Concorrem os consumidores que compraram nas lojas parti-

cipantes em Maceió, Arapiraca, Palmeira dos Índios, Penedo e União dos Palmares e depositaram os cupons nas urnas até o dia 28. A campanha é uma realização da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Alagoas (Fecomércio AL). A campanha está de acordo com a legislação vigente sob Certificado de Autorização CAIXA nº 6-5351/2018. O cupom contemplado deverá obrigatoriamente estar

com todos os dados pessoais preenchidos, o nome da loja/ estabelecimento comercial, do vendedor e com a resposta correta para a pergunta da promoção “Qual a entidade que sorteia R$ 100 mil em prêmios para sua mãe?”. O cupom que não for original ou cujo preenchimento dos dados estiver ilegível ou incompleto, ou ainda, estiver com a resposta à pergunta da promoção assinalada incorretamente ou sem preenchimento do nome da

empresa e do vendedor, será considerado nulo. “Agradecemos aos parceiros, empresários e consumidores que contribuíram para a realização da campanha. Todos estão convidados a acompanhar os sorteios”, ressaltou o presidente da Fecomércio, Wilton Malta. Os vendedores que tiverem seus nomes nos cupons sorteados referentes à premiação dos veículos e das motocicletas, em Maceió e em Arapiraca, receberão um vale

compra no valor de R$ 200 em lojas participantes e indicadas pela Fecomércio, totalizando seis vales compras. A comissão organizadora vai conferir os dados do cupom. PRÊMIOS Serão sorteados um carro Fiat Mobi Like 0km para Maceió mais 18 prêmios. Os mesmos prêmios serão sorteados no interior para os consumidores de Arapiraca, Palmeira, Penedo e União. Os demais prêmios para Maceió e para o interior serão:

Shineray Jet 50 cc (4), geladeiras (4), fogões (4), TV 32’ (4) e 20 vale compras de R$ 200. Minha Mãe Merece o Melhor Presente conta com o patrocínio do Sebrae Alagoas e com o apoio da Prefeitura Municipal de Maceió, CDL Maceió, Aliança Comercial de Maceió, Sindilojas Arapiraca, Sindilojas Palmeira dos Índios, Sindilojas Penedo, Sindilojas União dos Palmares, Sincadeal, Sirecom, Secovi, Sincofarma e Senac. DIVULGAÇÃO

FIEA

Livro relata 167 anos da indústria alagoana Lançamento da obra marca celebração do Dia da Indústria O presidente da Federação das Indústrias do Estado de Alagoas, José Carlos Lyra de Andrade, reuniu os presidentes dos sindicatos patronais filiados à Fiea, na quarta-feira, 29, para o lançamento do livro “A Trajetória da Indústria em Alagoas – 1850/2017”. A obra, cujo lançamento marca o Dia da Indústria (25 de maio), traz as principais etapas da trajetória histórica da industrialização de Alagoas, os diversos aspectos contemporâneos do setor e sua implicação em outros cenários econômicos e sociais do Estado. “Este documento será de grande utilidade para todos aqueles que desejam conhecer com detalhes a trajetória da indústria e sua contribuição para a evolução da atividade econômica em nosso Estado”, declarou Lyra. Segundo ele, outro objetivo é oferecer á sociedade um resumo retrospectivo dos acontecimentos que, direta ou indiretamente, estão atrelados ao registro histórico da ocor-

rência industrial em Alagoas. “A obra será de grande utilidade para todos aqueles que desejam conhecer com detalhes a trajetória da indústria alagoana e a contribuição do setor para a evolução da atividade econômica em nosso Estado”, acrescentou José Carlos Lyra. ELABORADO PELA FIEA O livro foi elaborado pela Unidade Técnica da Fiea, tendo o economista Francisco Braga Soares como organizador e o vice-presidente da Federação das Indústrias, José da Silva Nogueira Filho, como supervisor. Para a produção do livro foi realizado um minucioso levantamento de fontes, como documentos, depoimentos, dados estatísticos, fotos, filmes e demais elementos de registros históricos, dispostos em arquivos, museus e acervos particulares. O levantamento desse material, seu tratamento e sua descrição, foram feitos pela equipe técnica da Fiea. “Nós optamos por utilizar

uma linguagem mais próxima da jornalística, para facilitar a consulta, tornando o livro um valioso instrumento

de pesquisa para os interessados em obter informações mais abrangentes sobre a evolução da indústria local”,

ressaltou o economista Francisco Braga, durante apresentação aos empresários na Fiea.

Livro “A Trajetória da Indústria em Alagoas – 1850/2017”, foI lançado dia 29 junto aos sindicatos da Fiea


TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 2 E 3 DE JUNHO DE 2018

ESPORTES 19

Tite confirma time para encarar Croácia Neymar fica no banco e Renato Augusto é vetado por conta de problemas no joelho; amistoso será às 11h de domingo

ACRÉSCIMOS

EDMILSON TEIXEIRA etjornalista@gmail.com

Mercado livre

A

roda dos goleiros também está pronta para girar na Europa. Segundo informações da TV “Sky Sport Italia” e do diário inglês “Daily Mail”, o Chelsea provavelmente deverá negociar o belga Courtois nesta janela de transferências, abrindo espaço para investir em Alisson, titular da Roma e Seleção Brasileira.

Planos Courtois, de 26 anos, entrará em seu último ano de contrato, e a imprensa inglesa afirma que os Blues decidiram parar as negociações para uma renovação. Seus agentes teriam conversado com o Paris Saint-Germain, mas o clube francês está muito próximo de anunciar o veterano Buffon, da Juventus, por duas temporadas.

Valorização Para contratar Alisson, o Chelsea terá a concorrência de Liverpool e Real Madrid. O negócio deve superar a barreira dos 60 milhões de libras (cerca de R$ 300 milhões na cotação atual) em virtude da grande valorização do brasileiro.

Atitude A trajetória de Zinedine Zidane como comandante do Real Madrid chegou ao fim. Campeão europeu pela terceira vez seguida no último sábado, o francês decidiu deixar o comando da equipe após dois anos e meio. Zizou fez o anúncio de sua decisão na manhã desta quinta-feira, ao convocar uma entrevista coletiva de forma surpreendente, ao lado do presidente Florentino Pérez.

Justificativa “Eu tomei a decisão de não continuar como técnico do Real Madrid. É um momento estranho, mas esse time precisa de uma mudança para continuar vencendo, precisa de outro discurso, outra metodologia de trabalho. E é por isso que tomei essa decisão” - explicou o treinador em seu anúncio.

Casório O namoro entre Flamengo e Vagner Love esquentou. Após o nome do atacante entrar em pauta, e o atacante abrir as portas para um retorno ao Flamengo, houve o primeiro contato entre as partes. Na última quartafeira, o diretor de futebol, Carlos Noval, entrou em contato com o empresário Evandro Ferreira. Foi apenas a primeira conversa, onde o clube manifestou o interesse em contar com o jogador. Haverá um encontro nos próximos dias para iniciar as tratativas. Love tem mais dois anos de contrato com o Besiktas, de Istambul da Turquia.

Barrado Os fãs do Chelsea da Inglaterra receberam uma notícia frustrante nesta quinta-feira. O clube emitiu um comunicado informando que suspendeu os planos de construção do novo estádio por tempo indeterminado. Os Blues justificaram a decisão alegando problemas com investimentos. No entanto, a agência de notícias “Reuters” lembra que o russo Roman Abramovich, dono do clube, vem enfrentando atrasos na renovação do visto britânico.

C

o m uma i n flamação no joelho esquerdo, Renato Augusto está fora do jogo contra a Croácia, neste domingo às 11h, e não viajou com o grupo para Liverpool, local do primeiro amistoso nessa preparação para a Copa do Mundo. A intenção da comissão técnica foi deixá-lo em Londres para se focar na fisioterapia. Assim, o jogador, que não teria condições de treinar com o grupo neste sábado, poderá usar a estrutura do CT do Tottenham para acelerar o seu processo de recuperação. “O departamento médico da seleção brasileira decidiu que o meia Renato Augusto ficará em Londres realizando tratamento no joelho esquerdo acompanhado do fisioterapeuta Bruno Mazziotti”, informou a CBF Renato Augusto foi poupado dos treinos. O lateraldireito Fagner e o atacante Douglas Costa já se recuperavam de lesões musculares na coxa. Douglas Costa viajou, mas não jogará. “Ele participará da parte física do treinamento de sábado. No domingo, iniciará trabalho com o grupo, mas não estará à disposição de Tite para o jogo contra a Croácia”. Sem poder contar com Renato Augusto e Douglas Costa, Tite indicou o time titular para o amistoso. Na atividade final no CT do Tottenham, ele escalou Alisson, Danilo, Thiago Silva, Miranda e Marcelo; Casemiro; Fernandinho, Paulinho, Coutinho e Willian; Gabriel Jesus. Neymar deve ficar como opção para o segundo tempo da partida.

CBF

Neymar vem treinando forte, mas será preservado por Tite e começa a partida no banco de reservas

NUMERAÇÃO CONFIRMADA

Thiago Silva herda camisa de Daniel Alves e Neymar será o 10 A camisa 2 da seleção brasileira continuará sendo do jogador mais experiente na Copa do Mundo. Daniel Alves se machucou e não pôde ser convocado, mas seu número foi herdado por Thiago Silva, que abandonou o 14 e vai vestir a mesma camisa que usa no PSG. A numeração para o torneio e os amistoso contra Croácia e Áustria foi confirmada pela CBF. Neymar, como já se sabia, será o número 10, assim como em 2014. Outro jogador que terá o mesmo número tradicional de sua equipe é o lateral-esquerdo Marcelo: 12, assim como no Real Madrid. Isso já vem acontecendo há um ano. Curiosamente, na seleção brasileira essa costuma ser uma camisa destinada a goleiros. Os reservas Cássio e Ederson serão 16 e 23, respectivamente.

VEJA A LISTA ABAIXO:

1- Alisson 2 - Thiago Silva 3 - Miranda 4 - Geromel 5 - Casemiro 6 - Filipe Luís 7 - Douglas Costa 8 - Renato Augusto 9 - Gabriel Jesus 10 - Neymar 11 - Coutinho 12 - Marcelo 13 - Marquinhos 14 - Danilo 15 - Paulinho 16 - Cássio 17 - Fernandinho 18 - Fred 19 - Willian 20 - Firmino 21 - Taison 22 - Fagner 23 - Ederson

CBF

Amor pela Macaca Antes de ser Fabuloso, antes mesmo de ser chamado de Luís Fabiano, ele era só Fabiano: o menino da Ponte Preta que brilhou no acesso à elite paulista aos 18 anos, em 1999, e jamais imaginava que chegaria tão longe. A partir da França, conheceu o mundo, virou Luís Fabiano no São Paulo, foi campeão mundial pelo Porto, de Portugal, passou seis temporadas no Sevilla, da Espanha, e foi o camisa 9 do Brasil na Copa do Mundo de 2010. Mas mesmo tendo conquistado tanta coisa, ele não esquece as raízes. Têm planos para defender a Macaca, onde tudo começou.

Declaração Há pouco mais de um mês em recuperação na Ponte Preta, Luís Fabiano espera voltar em breve aos gramados. E de preferência onde tudo começou. Em entrevista exclusiva ao repórter Caio Maciel, da EPTV, afiliada da Rede Globo, o atacante, aos 37 anos, reforçou o desejo de se aposentar na Macaca. - Gostaria de encerrar onde tudo começou. É um desejo, espero ter condições - disse.

Lamentações O Sport que ocupa a 5ª posição no Brasileirão e que vem de uma brilhante vitória em cima do Atlético/PR, por 3 x 2 no último domingo, pega neste sábado o Inter/RS no Beira Rio, com um sério problema. Simplesmente os pernambucanos não vão contar com cinco titulares, que foram emprestados pelo time gaúcho para essa temporada. É que no contrato existe esse tipo “nefasto” de acordo, que já deveria ter acabado por parte da CBF. No jogo contra o Corinthians por exemplo, esse mesmo Sport não pode colocar em campo os jogadores Fillipe Bastos e Marlone para não enfrentar o ex-clube.

Safadeza Esta prática, chamada popularmente de “acordo de cavalheiros”, tinha sido proibida pela CBF em 2015 e 2016. Antes, a visão era vetar qualquer impedimento ou limitação na utilização de jogadores emprestados contra os clubes de origem. Mas a entidade voltou atrás em julho do ano passado por pedido dos próprios times. No artigo 35 do Regulamento Geral de Competições consta que “nas transferências por cessão temporária (empréstimo) de atleta profissional, incumbe, privativamente, aos clubes cedente e cessionário ajustar a participação do jogador nas partidas em que se enfrentem”.

Desespero Enquanto que o Sport é a sensação de Pernambuco na Primeira Divisão, o seu grande adversário, Santa Cruz, hoje na Terceira Divisão (Série C), deve anunciar em breve a contratação de até três reforços. Como o tricolor mira, principalmente, a posição de atacante, dois nomes estão quentes nos bastidores corais. O primeiro é Leandro Costa, um dos destaques do Central-PE na disputa do Estadual deste ano. O outro é Magrão, centroavante do Sertãozinho.

Tite não escolheu, mas Willian, Fernandinho e Coutinho são os candidatos a deixar a equipe para o retorno de Neymar ao time titular

AJUSTES

Ainda existem vagas no time titular de Tite? Tite escalou a seleção brasileira sem Neymar para o primeiro amistoso antes da Copa do Mundo, contra a Croácia, mas é óbvio que o atacante será titular no torneio. E provavelmente já diante da Áustria, no segundo teste, uma semana depois. E aí? Quem vai sair do time? Pela trajetória da equipe com o técnico, e por suas carências e procuras, pode-se dizer que três jogadores são candidatos a perder o lugar: Willian, Fernandinho e Coutinho. A escolha vai depender da opção tática de Tite:

“(Vou tentar manter meu lugar) Da mesma forma que tenho feito todos os dias: trabalhando, treinando e tentando mostrar em campo. O Renato Augusto (antigo titular) é muito mais ofensivo, talvez minha função seja dar o equilíbrio necessário num contra -ataque, defender com mais solidez. Mas a decisão final é sempre do treinador e temos de respeitar”, disse Fernandinho. Se quiser manter Fernandinho no meio Coutinho ou Willian sairão para a entrada de Neymar. Há um ano, o

jogador do Barcelona estava muito à frente nessa disputa, mas seu amigo e concorrente do Chelsea teve ótima temporada – foi eleito o melhor do time pelos companheiros – e voltou com força à briga. Se Willian sair, Coutinho volta ao lado direito, por onde atuou na maior parte do tempo em que Tite está na Seleção, e Neymar entra no seu setor tradicional, o esquerdo. Se quiser Coutinho centralizado. Nesse caso, sobrará para Fernandinho. Escalar a Seleção com Coutinho centralizado é um desejo antigo de Tite,

mas as lesões dos jogadores de lado têm atrapalhado seus planos. Se o treinador insistir nessa ideia, Coutinho virá por dentro, ao lado de Paulinho, e deixará o time mais criativo, porém sem tanta força na marcação. Willian ficará na direita e Neymar na esquerda. Uma ideia do que Tite poderá fazer na Copa talvez seja esboçada no segundo tempo do jogo de domingo, em Anfield. Quem será o escolhido para a entrada de Neymar, que, exatos três meses depois da cirurgia, ainda não terá condições de disputar 90 minutos?


20

ESPORTES

MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 2 E 3 DE JUNHO DE 2018

Esportes

TRIBUNAINDEPENDENTE

CSA volta a Maceió e deve ter reforço de Walter para encarar o Guarani terça Walter ficou em Maceió e deve ser escalado para encarar o Guarani nesta terça-feira, às 20h30 no Rei Pelé. O atacante faz um trabalho especial para perder peso. Visivelmente for a de forma, ele inclusive pede ajuda aos torcedores nas redes sociais. Outros jogadores que devem retornar ao time é o volante Edinho e o atacante Niltinho que cumpriram suspensão automática. Até o fechamento desta edição a direção maruja não tinha confirmado os preços dos ingressos. O CSA está no G-4 e briga para se manter entre os primeiros colocados. O Brasileirão da Série B não terá pausa para Copa do Mundo, como ocorrerá com a Série A.

Pressionado, CRB encara o Brasil-RS Galo precisa vencer para sair da zona de rebaixamento; Cleiton Xavier e Bruno Paulo devem ser supresas entre os titulares

É

hora de apoiar. É hora do torcedor do CRB abraçar o time para sair da incômoda zona de rebaixamento. Neste sábado o Galo encara o Brasil de Pelotas às 16h30 no Estádio Rei Pelé, e espera contar com apoio máximo de seu torcedor. A direção baixou o preço dos ingressos. Valores de R$ 15 para qualquer setor de arquibancadas e R$ 30 as cadeiras. “Temos que jogar juntos. Time, torcida e direção. Deste jeito poderemos sair dessa situação. Nosso time vem mostrando qualidade e não vai brigar na parte de baixo da tabela”, destacou o meia Cleiton Xavier, que pode ser uma das surpresas neste sábado. O técnico Júnior Rocha não confirmou os titulares e tem como desfalque o zagueiro Flávio Boaventura que foi expulso contra

o Guarani. O volante Lucas é um dos destaques do time. Canhoto e versátil, ele não demorou muito para ganhar uma vaga no time. Ficou no banco contra o Guarani e, neste sábado, volta ao time titular. Lucas recuperou a posição durante os treinos da semana e, assim, Feijão fica como opção diante do Brasil de Pelotas. Esta semana tivemos as polêmicas saídas do zagueiro Edson Borges e do volante Willians Fernandes. Quem também deve seguir o mesmo caminho são o lateral Ayrton, o volante Juliano e os atacantes Marcão e Juninho Potiguar. O defensor (Borges) aumentou mais as cobranças nos bastidores do CRB quando se despediu em uma publicação no Instagram dizendo que “teve o desprazer de conhecer alguns jogadores” no tempo

que ficou no clube. “Quando os resultados não aparecem, fica se procurando motivos. Aí surgem comentários que o grupo está rachado. Acredito que estamos oscilando. Estávamos em uma sequência boa de desempenhos e contra o Guarani fomos abaixo do que estávamos apresentando. Porém, temos que estar concentrados no dia a dia para superar a situação, voltar a vencer e ter bom desempenho”, disse Lucas. A provável escalação será formada com João Carlos; Diogo Mateus, Everton Sena, Anderson Conceição e Diego; Lucas, Tinga, Cleiton Xavier e Willians Santana; Bruno Paulo e Neto Baiano. JOGOS DE SÁBADO PELA SÉRIE B 16h30 Atlético-GO x Goiás 16h30 Fortaleza x Sampaio 16h30 CRB x Brasil 19h00 Ponte Preta x Oeste ASCOM PALMEIRAS

ASCOM CRB

Atacante Bruno Paulo deve ser titular do CRB no duelo deste sábado no Rei Pelé contra o Brasil-RS

ALLIANZ PARQUE

Palmeiras tenta reabilitação no clássico diante do São Paulo Choque-Rei tem os rivais em momentos bem diferentes

Palmeiras e São Paulo fecham os jogos deste sábado pela nona rodada do Brasileirão da Série A

O confronto entre Palmeiras e São Paulo está marcado para as 21 horas deste sábado. Com 11 pontos ganhos, o time alviverde figura no 10º lugar, enquanto a equipe tricolor contabiliza 16 pontos e detém a vice-liderança provisória do torneio nacional. Jogando em casa o Palmeiras busca a reabilitaçãp após duas derrotas consecutivas. O técnico Roger Machado já tem um desfalque certo. O lateral direito Marcos Rocha, advertido com o terceiro cartão amarelo diante do Cruzeiro, está fora. Sem seu lateral direito titular, Roger tem a alternativa de escalar Mayke desde o início contra o São Paulo – diante do Cruzeiro, o camisa 12 permaneceu como alternativa no banco de reservas.

Em 2018, ele disputou apenas quatro partidas e ainda não estreou no Campeonato Brasileiro. Se não terá Marcos Rocha no clássico, Roger conta com um reforço do outro lado do gramado, já que o lateral esquerdo Diogo Barbosa, substituído por Victor Luis contra Cruzeiro, fica livre de suspensão. O volante Felpe Melo, com dores no joelho, também desfalcou o time alviverde na última rodada. O time titular deve contar com: Jailson; Mayke, Antônio Carlos, Edu Dracena e Diogo Barbosa; Thiago Santos, Bruno Henrique e Lucas Lima; Dudu, Willian e Keno. Já no Morumbi o clima é de paz. Os resultados positivos vêm surgindo e o time encontrou uma solução para antigos problemas com o

ataque, principalmente contando com a experiência da dupla Nenê e Diego Souza. Contratação pontual do ano, Everton também vem se destacando no setor ofensivo. O tricolor, que permanece invicto na competição nacional, terá o reforço de importantes atletas para o Choque Rei. O zagueiro Eder Militão e o volante Hudson, que estavam suspensos na partida contra o Botafogo, já estão aptos a jogar. Desta forma o time deve começar jogando o clássico com: Sidão; Éder Militão, Arboleda, Bruno Alves e Reinaldo; Jucilei, Hudson, Araruna, Everton e Nenê; Diego Souza. JOGOS DE SÁBADO 16h 16h 19h 21h

Inter x Sport Atlético-MG x Chape Vasco x Botafogo Palmeiras x São Paulo

ASCOM FLA

MARACANÃ

Flamengo defende a liderança do Brasileirão contra o Corinthians Devido à pausa para a Copa do Mundo 2018, o Brasileirão começa a apertar as datas. Neste domingo os clubes de maior torcida do país vão se enfrentar e valendo a liderança. Direto do Maracanã, às 16h, o Flamengo vai receber o Corinthians e busca a terceira vitória seguida. Apesar da diferença na tabela ser de apenas três pontos, Flamengo e Corinthians chegam em climas totalmente diferentes. O Rubro-Negro vem de duas vitórias seguidas – contra Atlético -MG e Bahia – e não sabe o que é perder há cinco jogos. Além disso, nas úl-

timas 12 apresentações só sofreu gols em duas partidas. Já o Alvinegro até ganhou do América -MG na última rodada, mas ainda está tendo que lidar com a saída de Fabio Carille e o começo de trabalho de Osmar Loss. O Flamengo de fato chega com moral para esta partida, pois não perde em casa para um time de fora do Rio de Janeiro desde novembro do ano passado, quando caiu para o Santos. Nesta edição, derrotou América-MG, Internacional e Bahia todos por 2 a 0. O timão não tem ido muito bem como visitante. Dos quatro jogos fora

de casa neste Brasileirão, o Alvinegro ganhou apenas um – contra o lanterna Paraná. Na sequência perdeu para Atlético-MG e Internacional e arrancou um ponto contra o Sport Recife. “Pontos corridos é assim. Cada ponto é uma decisão, cada jogo é uma decisão. Sabemos do momento que o Flamengo está vivendo e vamos fortes com certeza”, prometeu o técnico Osmar Loss. JOGOS DE DOMINGO 16h Santos x Vitória 16h América-MG x Atlético-PR 16h Bahia x Grêmio 16h Flamengo x Corinthians 19h Ceará x Cruzeiro

Flamengo defende a liderança do Brasileirão contra o Corinthians e espera o Maracanã lotado


TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 2 E 3 DE JUNHO DE 2018

DIVERSÃO&ARTE 1

Guardiões da Galáxia pode ter novo diretor Respondendo questões de fãs no Twitter, o diretor de Guardiões da Galáxia, James Gunn revelou já ter sido abordado para comandar um filme na DC, e que ele consideraria o trabalho. Quando um fã lhe perguntou “Você dirigiria um filme da DC se lhe fosse dada a oportunidade?” o diretor respondeu “Já me deram a oportunidade. Mas quem sabe. Talvez?”. Guardiões da Galáxia Vol. 3 deve chegar apenas em 2020. Vingadores: Guerra Infinita está em cartaz e Vingadores 4 está marcado para 2 de maio de 2019.

Cuidado com o que você deseja

Alguém Como Eu é um romance leve e tão despretensioso, que mostra que o Brasil vem se especializando em cinema para consumo rápido

O

Brasil é especialista em humor para o consumo rápido do público. Este tipo de filme pode ser considerado o nosso blockbuster. É a diferença entre o cinema comercial e o cinema de arte em nosso país. Dentro de tal molde, as comédias são confeccionadas para uma grande abrangência de pessoas, justamente por isso precisam de uma linguagem mais popular, que crie identificação com o maior número de espectadores possível. O que em nosso país reflete em muito da nossa cultura. Alguém Como Eu não entra tanto neste mérito. Trata-se de um romance leve e tão despretensioso que provavelmente passará em branco. O chamariz aqui é, obviamente, a presença da estrela nacional Paolla Oliveira. No longa, a atriz vive Helena – uma mulher jovem, linda, rica e bem sucedida. Então, é claro que irá se comportar como uma louca, girando toda a sua vida em função de um homem, por quem não é correspondida. O início do filme, apenas enfatiza o buraco que é a existência desta mulher interessantíssima, se não tiver o aval de um sujeito – que provavelmente é um grande traste. É verdade que o Brasil engatinha muito em relação a inúmeros temas sociais se comparado a países de Primeiro Mundo. Um destes conceitos parece ser o de criar personagens femininas fortes e independentes, que podem fazer outra coisa além de correr atrás de homens desmerecedores de seu tempo, em filmes comerciais voltados ao grande público. Afinal, a mensagem que deve ser propagada para as massas é a inversa deste discurso. Mas essa não é uma deficiência apenas de Alguém

Como Eu. Filmes como SOS – Mulheres ao Mar, e sua continuação, repetem a mesma batida. Deviam aprender um pouco com as rom-coms de Julia Rezende, vide Ponte Aérea (2015). A coisa infelizmente ainda piora, com a perda de foco do objetivo do longa. Todo filme precisa passar uma mensagem, mesmo que não gostemos do que tem a dizer. Tudo bem que em certas produções fica mais difícil ler a proposta. Alguém Como Eu torna esta missão quase impossível. Ele começa de um jeito, segue por outro, traz uma reviravolta sobrenatural (será?) e termina basicamente no status quo – o que não seria problema se o filme não pensasse ter tido a maior das epifanias com esta trajetória. Escrito por Tatiana Maciel (Desculpe o Transtorno) e Adriana Falcão (Se Eu Fosse Você 2), baseado na premissa do português Pedro Varela, e dirigido pelo lusitano Leonel Vieira, o mote pelo qual Alguém Como Eu é vendido aborda elementos fantásticos. Cansada de ter companheiros que não entendem o que ela quer de uma relação, Helena faz um pedido e passa a ter mais afinidade com o namorado Alex, papel de Ricardo Pereira. O problema: ela passa a vê-lo nas belas formas

de Sara Prata – já que como pegadinha desta compreensão feminina, o sujeito, ao menos para ela, se torna uma mulher por dentro e por fora. A situação de Helena não cria muita empatia ou identificação, soando como uma insatisfação muito pequena e egoísta. Fora isso, o “desejo” em si não exibe qualquer criatividade – a moça faz um pedido... para Deus! E é atendida. Até mesmo a fonte em que Ryan Reynolds e Jason Bateman urinam em Queria Ter a Sua Vida (2011) é uma ideia mais inventiva. Outro deslize é que o roteiro esquece este artifício e o usa muito pouco, não conseguindo arrancar qualquer graça das situações proporcionadas pela transmutação de gênero. Tudo bem, podemos fazer igualmente a leitura de que a transição estava ocorrendo apenas na mente da protagonista – mas como o texto não deixa isso claro com todas as letras, seria tripudiar demais com um elemento tão implícito. Os atores, como sabemos, são mais do que carismáticos e talentosos. Paolla Oliveira e Ricardo Pereira possuem boa química e funcionam bem juntos. Assim como Júlia Rabello e José Pedro Vasconcelos – que infelizmente não possuem muito o que fazer aqui. O problema é mesmo a condução desfocada, não permitindo ao elemento de fantasia permear a duração, o que deixa a ideia central como coadjuvante. A mensagem de mudança ou aprendizado da protagonista tampouco é sentida. A desculpa aqui parece ser a viagem para o país de nossos colonos. E se esta for a sua intenção sem sair do Brasil, opte por Meu Passado Me Condena 2 (2015) – um filme com mais graça e energia, também passado em Portugal, e igualmente com Pereira no elenco.


TRIBUNAINDEPENDENTE

2 DIVERSÃO&ARTE MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 2 E 3 DE JUNHO DE 2018

2ª edição do Arraiá do Cafe de La Music

Patati Patatá A dupla de palhaços mais amada da América Latina, Patati Patatá, volta a Maceió com a turnê “Sorrir & Brincar”. Promovido pela Rinaldi Produções, o espetáculo será realizado no dia 09 de junho no Teatro Gustavo Leite. Ingressos: Plateia: R$ 45,00 (meia) e R$ 90,00 (inteira)/ Mezanino: R$ 35,00 (meia) e R$ 70,00 (inteira). Crianças, acompanhantes, professores, estudantes e portadores de necessidades especiais pagam meia-entrada. Desconto de 10% da inteira e na meia-entrada ao apresentar na hora da compra, ingresso do show Forrozin da Cazuadinha. Vendas: Livraria Leitura (Maceió Shopping e Parque Shopping).

A

O Arraiá dos Pocas 2018 será no dia 07 de julho, na AABB, em Arapiraca. Para a galera não parar de dançar, vai ter muita música arretada com José Orlando, Kátia Cilene, Toca do Vale e Zé Neto. Ingressos à venda na Loja Via G, no Centro. Mais informações: 82-9935-5209.

Papo de Mestre “Criança não se desenvolve trabalhando. Criança se desenvolve estudando e brincando”, será tema da próxima edição do projeto Papo de Mestre, que tem como objetivo promover ciclos de palestras para troca de conhecimento e estímulo ao público para a compreensão e combate à exploração do trabalho infantil. O projeto acontece no dia 8 de junho, às 9h, na Biblioteca Pública Estadual Graciliano Ramos. A Biblioteca Pública Estadual está localizada na Praça Dom Pedro II, Centro de Maceió. Mais informações pelo telefone: (82) 3315-7877.

ma super estrutura, totalmente coberta, decoração exclusiva, fogueira gigante, e ainda rodadas de cachacinha free. Dia 09 de junho, a partir das 17h. Atrações: Gabriel Diniz, Saia Rodada. Além do Galope da banda Cannibal e Dj Pitã. Ingressos: Meia (Lote 02) – Web: R$ 92 + taxa R$ 9,20. Inteira (Lote 02) – Web: R$ 184,00 + Taxa R$ 18,40.

Edital literário

Farrinha da Copa acontece dia 17 de Junho às 11 horas, com as atrações Axé 90 graus, Intocáveis, Bruninho, Azzul e MB-7 a festa acontece no Maceió Shopping em Maceió/AL. Ingressos: www.acessovipmaceio.com.br/evento/ver/2742/FARRINHA_DA_COPA.html .

Arraiá dos Pocas

U

Exposição “Perspectiva de Mim” A Pinacoteca Universitária apresenta a exposição “Perspectiva de Mim”, de Rosa Maria Piatti. A artista, convidada para dar início à pauta anual de exposições, traz pela primeira vez uma mostra individual aos salões do museu, onde revela a sua libertação pessoal por meio da arte, como um resgate a sua essência conceitual. A mostra permanece nos salões do museu de arte contemporânea até o dia 13 de junho, aberta a visitação de segunda a sexta, das 8h30 às 17h30.

Arena Safadão Neste sábado (2), Maceió recebe o evento “Arena Safadão” no estacionamento do Parque Shopping Maceió, no bairro de Cruz das Almas, a partir das 21 horas. Atrações: - Devinho Novaes, Wesley Safadão, Bell Marques e Jonas Esticado. Ingressos: Arena (meia) Lote 02: R$ 42 (Taxa: R$ 4,20). Golde (meia) Lote 04: R$ 152 (Taxa: R$ 15,20). Lounge Premium (meia) Lote 01: R$ 252,00 (Taxa: R$ 25,20). Vendas: Lojas Hering e no Celebration Store, no Parque Shopping Maceió ou ainda pelo site www. bilhetecerto.com.br. Mais informações: 3357-8007.

O Governo de Alagoas, através da Secretaria de Estado da Cultura (Secult), lança mais uma edital literário. Desta vez o certame será dedicado às poesias. O concurso, que é aberto ao público e recebe inscrições até 20 de julho de 2018, premiará os participantes que produzirem as três melhores poesias, com o montante de R$ 10 mil. Os candidatos devem se inscrever através de um formulário padrão disponível no portal da Secretaria de Estado da Cultura, acessando o endereço eletrônico www.cultura.al.gov.br, e entregá-lo devidamente preenchido no setor de Protocolo da Secult, de segunda à sexta-feira, das 8h às 14h. O tema é livre. O edital com todas as informações e a ficha de inscrição estão disponíveis no link https://bit. ly/2Ib9HX7 .

Exposição -Nonada. O Complexo Cultural Teatro Deodoro está pronto para expor ao público mais uma exposição: – Nonada., da artista Juliana Pessoa. A entrada é gratuita. A mostra fica em cartaz até 30/06 e pode ser visitada de segunda a sábado, das 8h às 18h, às quartas, das 8h às 20h, e, aos domingos e feriados, das 14h às 17h. Grupos de escolas e instituições devem agendar visita guiada pelo telefone (82) 98884-6885 ou pelo e-mail: escolasditeal@gmail. com .

“Selfie”

C

om direção de Marcos Caruso e texto de Daniela Ocampo, a comédia fala da febre contemporânea da auto exposição e da necessidade de estar online acompanhando tudo e todos. Elenco: Mateus Solano e Miguel Thiré. O Espetáculo terá apresentações em Maceió neste sábado (02) e domingo (03). Sábado às 21h e Domingo às 20h, no palco do Teatro Gustavo Leite. Ingressos: - Mesanino: R$ 54, 00 (inteira) e R$29,00 (meia)/- Platéia B: R$ 84,00 (inteira) e R$ 44,00 (meia)/- Platéia A: R$ 104,00 (inteira) e R$ 54,00 (meia). Meia entrada válida para estudantes, pessoas acima de 60 anos, e Ingresso Solidário (meia entrada + 1kg de alimento não perecível). Vendas: Viva Alagoas (Maceió Shopping), Folia Brasil (G Barbosa Stella Maris e Acesso Vip (Parque Shopping). Mais Informações: (82) 3032-5210 / 99601-2828.

FALE CONOSCO - A Agenda é um serviço gratuito de orientação ao leitor. Os interessados em divulgar eventos, shows e exposições podem enviar material através do endereço: tiagenda@hotmail.com

RESUMO DE NOVELAS GLOBO 18h ORGULHO E PAIXÃO Darcy se desespera com a falsa carta de Elisabeta e decide ir a São Paulo. Rômulo consegue afastar Carolina. Otávio confessa a Brandão que não deseja casar com Lídia. Susana convence Olegário a não revelar a Darcy sobre a falsa carta. Tibúrcio proíbe Ernesto de comentar com Rômulo sobre a presença de Edmundo em São Paulo. Mariana/Mário garante a Luccino que está pronto para competir. Tibúrcio pensa em casar Edmundo com Ema. Darcy chega a São Paulo e Charlotte e Uirapuru temem o flagra do lorde.

GLOBO 19h DEUS SALVE O REI Otávio avisa a Augusto que anunciará seu casamento com Catarina. Agnes aceita a proposta de treinamento de Brice. Orlando escuta a conversa de Rodolfo com Petrônio sobre Glória. Afonso e Gregório levam os reis para visitar a mina que pretendem dar como garantia ao empréstimo pedido. Teodora se oferece para ajudar na cozinha de Ulisses. Otávio chega ao banquete, surpreendendo Catarina.

GLOBO 21h SOL DE VERÃO Karola se desespera com a notícia de que Luzia está de volta. Luzia e Valentim ficam amigos. Manuela discute com Rosa. Manuela se incomoda com a aproximação entre Valentim e Luzia. Valentim declara sua paixão para Rosa. Valentim revela a Dodô e Naná que está abrigado no casarão ocupado pela comunidade de Acácio. Rochelle furta joias de Karen e esconde um anel nos pertences de Dinah, uma nova funcionária da casa. Severo exige que Rochelle peça perdão a Dinah. Laureta descobre que seu cliente misterioso é Roberval.

RECORD 21h APOCALIPSE Não há exibição aos sábados

CINEASTAS

Circuito Penedo abre inscrições para filmes em curta-metragem

O

Circuito Penedo de Cinema está com inscrições abertas para filmes em curta-metragem. As produções podem ser inscritas gratuitamente até 23 de julho, em uma das três mostras competitivas dos eventos que integram o Circuito: 11º Festival do Cinema Brasileiro de Penedo, 8º Festival de Cinema Universitário de Alagoas e 5ª Mostra Velho Chico de Cinema Ambiental. O processo de inscrição é online, por meio da plataforma Festhome ou pelo site do evento. De acordo com o edital, disponível nos dois endereços, os proponentes têm que ser diretores ou produtores dos filmes, que devem ter até 25 minutos de duração, incluindo os créditos, e produzidos a partir de 2016. Caso sejam selecionadas, as produções irão concorrer a R$ 41 mil em premiação. Outros critérios devem ser seguidos, especificamente para as inscrições no 8º Festival de Cinema Universitário de Alagoas e na 5ª Mostra Velho Chico de Cinema Ambiental. Para o Universitário, os proponentes podem ser estudantes matriculados ou egressos, professores ou técnicos-administrativos de Instituições de Ensino Superior (IES) ou Escolas Técnicas de Cinema e Audiovisual do país. Com relação à Mostra Velho Chico, o edital prevê que os filmes inscritos tratem de temas relacionados ao meio ambiente, podendo abordar questões dos ambientes natural ou antrópico, ou seja, aquele modificado pela ação

humana. Já para o 11º Festival do Cinema Brasileiro de Penedo não há nenhuma restrição para inscrever os curtas-metragens. “Festivais têm um grande um espaço para veicular a produção nacional de curta-metragem e estimular a formação de público, além de promover um encontro de realizadores e de eles receberem um feedback do público sobre os filmes produzidos”, destacou Sérgio Onofre Araújo, coordenador-geral do Circuito, ao reforçar a importância de um evento nacional de cinema em Alagoas. Para a secretária de Estado da Cultura, Mellina Freitas, o Circuito de Cinema retoma para Penedo a missão de divulgar o cinema nacional e as novas produções, incentivando e estimulando o segmento audiovisual. “Esse é um evento que reúne grandes nomes da arte audiovisual de todo o país, promovendo as produções nacionais e locais. Com o engajamento de todos, estamos consolidando Alagoas como rota no calendário cultural nacional”, afirmou a titular da pasta. O Circuito Penedo de Cinema ocorrerá de 26 de novembro a 2 de dezembro de 2018 no município de Penedo (AL). O evento é realizado pela Universidade Federal de Alagoas (Ufal) numa parceria com o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Cultura de Alagoas (Secult), e pelo Instituto de Estudos Culturais, Políticos e Sociais do Homem Contemporâneo (IECPS), com patrocínio do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco (CBHSF).


TRIBUNAINDEPENDENTE

REDE GLOBO / RAMON VASCONCELOS

Duelo dos sonhos Michel Teló será o convidado de Felipe Andreoli na série “Duelo dos Sonhos” que o “Esporte Espetacular”, da Globo, existe neste domingo. Para o cantor, o rei Pelé é o craque que não pode faltar na “Seleção Brasileira de todos os tempos”.

FLÁVIO RICCO - colaboração: José Carlos Nery - www.twitter.com/flavioricco

Programa solo ainda é o objetivo da Patrícia Poeta a ser alcançado

J

á tem um tempinho que Patrícia Poeta trocou o jornalismo pelo entretenimento e se tornou um dos destaques do “É de Casa”, o programa dos sábados, nas manhãs da Globo. Em 8 de agosto, serão 3 anos de exibição, sempre liderando no horário, silenciando pelo tempo e resultados os que apostaram no seu fracasso.

DIVERSÃO&ARTE 3

MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 2 E 3 DE JUNHO DE 2018

Mas o desejo da Patrícia em ter um programa só dela sempre existiu e nunca saiu do radar. E isso desde os tempos de “Jornal Nacional”. Criativa, a própria jornalista deu o primeiro tratamento ao projeto e o encaminhou à área de desenvolvimento. Trata-se de uma proposta voltada para o universo feminino, mas nada para ser produzido tão imediatamente. Num ano com Copa do Mundo e eleições não é possível querer, muito menos encaixar mais nada. Porém é forte sua torcida para sair do papel no ano que vem. A ordem é apostar no futuro, e o futuro, no caso da Patrícia, é continuar no entretenimento, sem jamais deixar o jornalismo que tem no sangue totalmente de lado.

TV TUDO

Bate-rebate

Chega sábado

Numa dessas

Carlos Alberto de Nóbrega retorna neste sábado ao Brasil, depois da lua de mel nos Estados Unidos. Na quarta-feira serão reiniciadas as gravações da “Praça”, no SBT.

Para justificar a não inclusão do Zaidan, o que se diz é que ele sempre prefere ficar no estúdio. Tudo bem, mas será que desta vez alguém se lembrou de perguntar pra ele? Vai tanta gente e o principal comentarista não. Estranho, no mínimo.

Plano do Ratinho

Sabe aquele plano do Ratinho em produzir séries na sua TV do Paraná? Pois bem, a ideia está avançando e ele é um dos mais entusiasmados com tudo.

Já tem a primeira

A primeira série da Rede Massa, porque o próprio Ratinho quer assim, tem que ter a cara do Brasil. O objetivo é fazer alguma coisa voltada para o homem do campo. Se não saírem os recursos do Fundo Setorial do Audiovisual, ele já disse que vai bancar do próprio bolso.

Caminha para isso

Ainda não existem definições mais importantes sobre o novo jornal das manhãs, na Band, a ser produzido por profissionais da televisão e do rádio. Fala-se, no entanto, que Sheila Magalhães, da BandNews, está bem cotada para ser uma das apresentadoras.

A propósito

Em se tratando de rádios do Grupo Band, serão 13 profissionais viajando para a Copa da Rússia. Talvez, em número, só se iguale a Transamérica FM. Curioso é que na lista não aparece o nome do Claudio Zaidan, seu principal comentarista de esporte.

Olha a novidade

Julinho Casares, filho do Júlio Casares – diretor da Record e figura influente na direção do São Paulo, vai estrear um quadro no “Hoje em Dia”. Um quadro mensal, muito em cima do “Bom pra Cachorro”, que ele já tem no Youtube.

Locações

“Jesus”, a próxima religiosa da Record, além das gravações já anunciadas em Jerusalém, também vai usar Matera, na Itália, como uma das suas locações. “Paixão de Cristo”, do Mel Gibson, e “O Evangelho Segundo São Mateus”, de Pasolini, foram filmados lá. Uma comuna, na região da Basilicata, conhecida por suas cavernas.

Prazer em conhecer

Todos foram surpreendidos com a notícia do câncer que a Ana Furtado está tratando. Alguém que conheci de perto no “Domingão”, pessoa da melhor qualidade, batalhadora e sempre pronta a encarar as mais diferentes situações. A própria vida a ensinou ser tão corajosa e enfrentar mais essa com tanta determinação. Exemplo.

Pedra em cima

Teve, sim, um BO no final de “Apocalipse”, com Vivian de Oliveira se afastando e os últimos capítulos sendo escritos pelos seus colaboradores. No entender da direção da Record, foi um acidente de percurso, sem consequências futuras. O histórico da Vivian na casa é dos melhores.

· Roberto Justus é o convidado deste sábado no quadro do chapéu do “Programa Raul Gil”, SBT. · Parece que não vai ter jeito mesmo: a Band, TV, não terá ninguém daqui na Rússia durante a Copa do Mundo.. · ... Para não dizer que não existem, são remotas as possibilidades de algum repórter ser escolhido para viajar... · ... O mais cotado era Fernando Fernandes, pelo seu próprio histórico e experiência... · ... Mas o que já existe como certeza, pelo menos até aqui, é o deslocamento do correspondente Felipe Kieling, de Londres para Moscou... · ... Mas assim mesmo só às vésperas do mundial. · A propósito, ainda nesta última semana deveria ter acontecido uma reunião no esporte da Band para se tratar de Copa do Mundo... · ... A semana passou e a reunião não aconteceu. · A Copa do Mundo da Rússia terá transmissão para 212 países... · ... A curiosidade é que o mundial no Brasil, em 2014, foi para 223.

C’est Fini A cegonha vem, mas vem com tudo, no programa da Sabrina Sato. Além dela, outras duas produtoras também estão na espera na cegonha. O interessante, palavra das mais apropriadas, é que a troca de informações entre elas acontece o tempo todo. Ficamos assim. Mas terça tem mais. Tchau!

HORÓSCOPO indica um período de inquietação que prejudica a exposição de suas ideias. Tenha cuidado ao lidar com seus compromissos e com a informação compartilhada. No amor, tenha bom senso no relacionamento afetivo. A tensão da Lua com o Sol sugere tranquilidade para lidar com os problemas de forma estável. Repense suas emoções e faça com que os conflitos amadureçam sua relação a dois. ESCORPIÃO – (23/10 a 21/11) – A desarmonia do Sol com a Lua no setor material sugere cuidado com seu orçamento, já que sua inclinação em gastar demais tende a render problemas. Procure se controlar. Cuidado e economize mais.

SEGUNDA-FEIRA

PALAVRAS CRUZADAS DIRETAS

www.coquetel.com.br Tempestade sobre o mar Mané (?): o Anjo das Pernas Tortas (fut.)

© Revistas COQUETEL

Peixe do Atlântico ocidental, assemelhado à enguia Ponto, em inglês

(?) de drogas: ação da PF em aeroportos

Reserva financeira para situações inesperadas Instrumento do afoxé

Casamento por interesse Tonelada, em inglês Associado a (?) a noite: prática do notívago Fúria

Efeito sonoro aproveitado em shows

Harmônico

Abandono de (?): motiva a demissão por justa causa Hiato de "miúdo"

Corte feito por cirurgiões

Guiomar Novais, pianista brasileira Bom, em inglês

Estado da hidrelétrica de Jirau (sigla)

Omar Epps, ator da série "House" O sacoleiro, pela atividade comercial

Ingrediente que dá liga em massas (Cul.) Guiada Pegar (?): (a viatura) surfar

Ave de rapina que se nutre de serpentes

Sorte; A roupa destino muito curProtelar; ta, para o postergar puritano (?) chi chuan, arte marcial

(?)-Codi, órgão da Ditadura militar Atribui a si próprio (tarefa)

34

Solução

F I A I V

G A R R I N C H A

N

B O R R A S C A

O N D A I U L A

O

A P E D O R T E CO E M P N R S Ã O Ã P O V O I R E C I O N A L

J

D E S P E

F

A

V O

I

T

L E R C O N G R O

R E V E N D E D O R O E B

O C A C E R T O A G O G O

F U N D O E M E R G E N C I A L

BANCO

Moradia de famílias indígenas "No (?), no gain": "sem dor não há ganho", dito inglês Trecho de viagens

I

Enfeite de mesas, em festas de casamento

"(?) Giovanni", ópera de Mozart

A

Mais (?): depois Etapa do ciclo cardíaco (Fisiol.)

D I R I G

em 1963, no bairro de Fernão Velho, Cidade de Maceió-AL. Graduado em Letras, ator, judoca, escritor. Em 2011, aos 48 anos, Walfredo apaixona-se pelas artes, o teatro especificamente, e não parou mais. Em 2012, ele estreia nos palcos como ator. Em 2016, faz parte da equipe de produção do Festival de Teatro de Alagoas. Em 2017, estreia como ator no cinema com o curtametragem “Os Desejos de Miriam”. Em maio de 2017, Walfredo viaja pela dramaturgia com a publicação da obra “Teatro de Walfredo Luz – Fulniô e De cachimbo Caído”. Em novembro de 2017, inicia a peregrinação no mundo da poesia escrevendo seus três primeiros livros com poemas em versos livres.

(?)-o-Peso, mercado de Belém (PA) Unidade de medida de energia (Fís.)

Eterna ameaça ao Seu Madruga (TV)

D

ca o autor. A trilogia é uma produção da editora paulista Kazuá, e na noite autógrafos o autor realiza um encontro de poetas alagoanos. O livro pode ser comprado também pela loja virtual através do endereço www.editorakazua. net. A Zungueira produz, distribui e divulga livros, outros escritos e ações culturais relacionadas à literatura. Garimpamos obras e trabalhamos para que autores de todos os gêneros possam se expressar e coletivizar cultura de forma democrática e prática. Os três títulos da trilogia podem ser adquiridos por unidade, R$ 42,00, ou o box com as três obras, R$ 120,00. Walfredo Luz nasceu

Não deve ser trocado pelo duvidoso

Reza; oração Vida, em francês

A D I A R

O

ator, escritor e dramaturgo alagoano Walfredo Luz lança na próxima segunda-feira (5), no Complexo Cultural do Teatro Deodoro, às 18h, a trilogia poética “Sonetos de Sururu”, seu segundo projeto literário – em 2017, ele publicou o livro “Teatro de Walfredo Luz – Fulniô e de cachimbo caído”. Sonetos de Sururu é uma bonita caixa-box com três livros, a partir dos títulos ‘Holocausto Mundaú’, ‘Queixume’ e ‘Sóis de Brancas Trevas’, e apresenta reflexões poéticas acerca de temas clássicos e contemporâneos e os conflitos sociais no contexto da sociedade alagoana. “A partir destes três livros, Walfredo apresenta reflexões poéticas que seguem à risca o formato clássico dos sonetos, uma composição poética de forma física, composta estruturalmente por dois quartetos e dois tercetos que apresentam, em geral, dez sílabas poéticas”, expli-

procure resolver os problemas com serenidade abrindo-se às mudanças na convivência afetiva. AQUÁRIO – (20/1 a 18/2) – A desarmonia do Sol com a Lua exige atenção ao se expor demais, já que suas vulnerabilidades ficam à mostra e suscetíveis a críticas. Não se intimide. Com estabilidade e sensatez, você tende a conseguir aniquilar as influências. PEIXES – (19/2 a 20/3) -Encare os problemas afetivos com bom senso e praticidade. Invista tempo e atenção ao romance para que a vida afetiva se mantenha em plena harmonia. O amor precisa do seu cuidado. Na saúde, estão favorecidas as convalescenças e as recuperações.

R

Trilogia Sonetos de Sururu é lançada no Complexo Cultural do Teatro Deodoro

SAGITÁRIO – (22/11 a 21/12) – A desarmonia do Sol com a Lua entre o setor de relacionamentos e seu signo indica uma fase ruim para os assuntos emocionais e territoriais. Frente ao conflito de interesses e falta de conciliações, não force a convivência com ninguém. No amor, tenha mais paciência com a pessoa querida. Não tenha medo dos problemas e expresse estabilidade emocional. CAPRICÓRNIO – (22/12 a 19/1) – A tensão do Sol com a Lua indica uma instabilidade que tende a oscilar física e emocionalmente ao unir os setores de saúde e de crise. Evite se estressar e busque um ambiente mais tranquilo que se ajuste aos seus interesses. No amor,

T

possam lhe deixar vulnerável. Preserve a estabilidade emocional. LEÃO – (23/7 a 22/8) – A fase é destacada pela tensão do Sol com a Lua no setor social que traz divergências que prejudicam as demandas coletivas. Controle a vaidade e conduza os problemas com gentileza. VIRGEM – (23/8 a 22/9) – Fase de contradições no seu íntimo com a tensão do Sol com a Lua no setor profissional e familiar, o que indica problemas para conciliar os compromissos com o descanso. Assuma uma atitude mais lúcida diante do amor e estabeleça suas prioridades. LIBRA – (23/9 a 22/10) – A tensão do Sol com a Lua no setor comunicativo

A

GÊMEOS – (21/5 a 21/6) – O Sol no seu signo, enquanto a Lua passa pelo setor de relacionamentos, lhe deixa você sensível diante dos interesses das pessoas mais próximas, fazendo você investir nelas. Tenha atenção com suas necessidades. No amor, enfrente seus receios e inquietações, pois o Sol e a Lua em desarmonia indicam dificuldades em lidar com suas emoções. Você tende a notar sutilezas que a maioria não percebe. Amadureça a ligação amorosa. CÂNCER – (22/6 a 22/7) – A tensão do Sol com a Lua entre o setor de crise e de saúde, indicando o perigo de ficar doente por conta dos costumes que tendem a deixar seu organismo sobrecarregado. Fuja de hábitos desregrados que

3/dot — ton — vie. 4/good — pain. 6/congro. 8/diástole.

ÁRIES - (21/3 a 19/4) – Momento inquieto, já que a tensão do Sol com a Lua destaca dúvida entre manter a concentração ou abrir a mente. Motivações externas podem desviar suas prioridades, por isso foque nos prazos. No amor, faça com que os problemas pessoais sejam tratados com mais eficiência. Não se preocupe e preserve o romance em ordem. Evidencie seu amor. TOURO – (20/4 a 20/5) – Sol e Lua tensionados no setor material indicam problemas para lidar com atividades objetivas. Coloque a vida em ordem e economize o quanto puder para lidar com as dificuldades, especialmente as ligadas às finanças.


4 DIVERSÃO&ARTE

TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - SÁBADO E DOMINGO, 2 E 3 DE JUNHO DE 2018

Tudo na vida é passageiro. Dinheiro, fama, sucesso... Mas Deus é eterno

FOTO BY CHICO BRANDÃO

Audifax e Wendell Seabra

A

coluna TopNews aproveita a oportunidade para parabenizar o grande mestre das noivas Audifax Seabra, ele que juntamente com Wendell, trabalham na nova coleção de noivas do Atelier Audifax Seabra. A coleção noivas está linda, suas criações são verdadeiras obras de arte. Parabéns, amigos, o atelier localizado na Avenida Amélia Rosa, é parada obrigatória para as noivas mais elegantes da cidade. Parabéns!

Maria Antonieta

E

mpresários Leopoldo, Dedé e Breno Gama, responsáveis pelo sucesso do Maria Antonieta Restaurante, celebrando mais uma temporada de sucesso com a casa, que é referência com sua cozinha italiana, além de carta de vinhos premiada nacionalmente. O Maria Antonieta é o local perfeito para curtir esta temporada de frio.

S

Ana Silva - sabor inigualável

abor intenso e tantos pratos de dar água na boca! Vem pro Ana Silva Restaurante e desfrute de uma culinária rica em sabor. Comandada pela chef Ana Silva, a casa já se tornou uma referência entre os nossos amigos, seja no almoço ou jantar. Vale a pena conferir as delícias do restaurante localizado na Avenida Sandoval Arroxelas, Ponta Verde!

Pajuçara Management 2018

R

Neste final de semana, a coluna TopNews enfoca com destaque um casal que se destaca no meio empresarial e social da cidade, eles são empresários de visão privilegiada, Dinha Tenório e Rafael Tenório, que são referência e exemplo de uma bela história de amor que constituiu uma família linda. Parabéns, amigos, parabéns!

P

Torcida vip

econhecido como o maior encontro de Gestão Empresarial do NorteNordeste, O Pajuçara Management 2018 promete mais uma vez surpreender. Com o tema “É momento de pensar, crescer e ousar: reinventese!”, o evento irá reunir nos dias 5 e 6 de junho, no Centro Cultural e de Exposições Ruth Cardoso, grandes líderes nacionais e suas histórias de sucesso. Nesta edição, o empresário e chef de cozinha Jonatas Moreira vai poder dividir com púbico a sua trajetória vitoriosa na gastronomia e do restaurante Akuaba. “Será uma grande experiência poder contar um pouco da minha história pessoal e, principalmente do Akuaba, que este ano celebra 23 anos de funcionamento sendo uma das empresas líderes no mercado alagoano”, conta Jonatas. A palestra com o chef será no dia 06 de junho, às 18h. Imperdível!

FOTO BY CHICO BRANDÃO

Dia dos Namorados Arezzo

ara torcer pelo Brasil no evento futebolístico mais aguardado por todos os brasileiros, a marca Tufi Duek apostou em duas camisetas exclusivas para quem quiser mostrar apoio a equipe brasileira em grande estilo. As peças já estão disponíveis em todas as lojas da Tufi Duek por R$163,00.

A

Arezzo se une à M.A.C Cosmetics e anuncia uma ação especial para o Dia dos Namorados – que promete ser hit entre as comprometidas e solteiras! A marca de acessórios desenvolveu para a data sete modelos de bolsa e 28 calçados novos, todos inspirados em quatro tipos de mulher: ousada, romântica, clássica e descolada.

Todas as correspondências, como convites para esta coluna, e para Elenilson Gomes, deverão ser enviadas para Av. Sandoval Arroxelas, 840, Edf. Calliate Ap. 204 PV. CEP: 57035-230

A

M

Parabéns!

coluna aproveita esta quinta para parabenizar um grupo de amigos que no último dia 30 foram homenageados em razão de mais um parabéns que comemoraram em família. A coluna parabeniza os amigos Thiago Simões, Igbonan Rocha, Mylene Leite, Alexandra Costa, Fátima Almeida, Mikaelle Rocha, Rivadávia Dias, Diva Cabús, Fernando Mello, Rossana Laranjeira, Karlla Jordão, Dany Acioly. Aos amigos queridos, feliz aniversário e felicidades mil para vocês!

Chilli Beans apresenta

A

coluna TopNews apresenta aos nossos leitores as novas tendências outono/inverno’18 da nova coleção Chilli Beans, que os nossos amigos podem encontrar nas lojas da marca nos maiores shoppings da capital. São óculos de sol, armações para grau, relógios, enfim, tudo que você desejar. Os empresários Otávio Galindo e Adriana Ferraz estão de parabéns e convidam você para conhecer as novidades da marca. Vale a pena conferir!

H

oje, a coluna tem o prazer de enfocar um casal modelo em nossa sociedade, eles são exemplo de uma bela história de amor. Jovens universitários que se destacam em suas áreas, eles são Igor Guedes e Júlia Araújo Gomes, casal top do top, que é merecedor da nossa admiração e dos nossos aplausos. Parabéns, amigos!

Evviva apresenta

N

www.tribunahoje.com blogtopnews

Arena Safadão

este sábado (2), Maceió recebe o evento “Arena Safadão” no estacionamento do Parque Shopping Maceió, no bairro de Cruz das Almas, a partir das 21 horas. Organizado pela Celebration Entretenimento, a noite terá quatro atrações de peso animando os alagoanos que já estão em contagem regressiva para assistir Wesley Safadão, Bell Marques, Devinho Novaes e Jonas Esticado. Os ingressos estão a venda nas lojas Hering e no Celebration Store, no Parque Shopping Maceió ou ainda pelo site www.bilhetecerto.com.br. Mais informações através do telefone 3357-8007.

elenilsontopnews@gmail.com

Spezzato no outono

O

inverno está aí e com ele a moda se adapta ao clima frio. Sendo assim, as empresárias Moacira e Andréa Cunha comandam com sucesso a consagrada loja Entre & Vista, localizada na Galeria Victoria Place, na Avenida Deputado José Lages, Ponta Verde, trazem para a Maison um belo modelo outono/ inverno da conhecida marca Spezzato. A coleção está linda e convidamos as nossas amigas para conhecer as novidades da estação!

Espettos do Picuí

ais uma opção perfeita para esse final de semana é o Espettos do Picuí Barro Duro, localizado na Avenida Juca Sampaio, comandando pelos empresários Ribeiro Pinto e Karina Maciel. A casa é linda, com serviço perfeito, carnes nobres, saladas maravilhosas que a Espettos tem para você. Um espetáculo de preços e sabores. Vale a pena conferir. Faça a sua reserva pelo telefone 3320-8413.

I Simpósio Internacional de Doença

V N

este final de semana, os empresários Alexandre e Lucienne Morais e a coluna TopNews trazem para os nossos leitores um belo ambiente dos móveis planejados Evviva Bertolini. Você encontra o showroom da marca na Rua Mário de Gusmão, Ponta Verde, e na Avenida Fernandes Lima, no Farol. Vale a pena conferir mais uma dica perfeita TopNews!

Cardiovascular na Mulher

ocê sabia que o risco de uma mulher morrer de infarto agudo do miocárdio é sete vezes maior do que morrer de câncer da mama? Para estimular mais pesquisas científicas sobre o assunto e disseminar uma cultura favorável à saúde do coração e do sistema cardiovascular feminino, a Santa Casa de Maceió promove agora em julho o I Simpósio Internacional de Doença Cardiovascular na Mulher. Promovido pela Divisão de Ensino e Pesquisa do hospital, o evento ocorrerá nos dias 13 e 14 de julho de 2018, no Centro de Convenções do Hotel Jatiúca, localizado na capital alagoana.


Edição número 3157 – 2 e 3 de junho de 2018  

tribuna independente edição digital tribuna hoje

Edição número 3157 – 2 e 3 de junho de 2018  

tribuna independente edição digital tribuna hoje

Advertisement