__MAIN_TEXT__

Page 1

tribunadovale.com.br

www.

TERÇA-FEIRA

R$ 1,50

24

Ano XXIV - EDIÇÃO - Nº 4090 - 16 DE JUNHO DE 2020 Diretor: BENEDITO FRANCISQUINI

Anos

TOMAZINA

Quase 70% dos casos de Covid estão ligados a Frangos Pioneiro

Arquivo Tribuna do Vale

Tomazina tem 23 casos confirmados de Civd-19, dos quais, 16 estão diretamente ligados a Frangos Pioneiro

De acordo com informações da Secret a r i a d e S a ú d e d e To m a z i n a , 7 0 % d o s pacientes diagnosticados com Covid-19 possuem algum vínculo coma Frangos P i o n e i r o , l o c a l i z a d a e m J o a q u i m Tá v o r a . Conforme os dados do boletim epide-

miológico de domingo, 14, são 23 casos confirmados no município, dos quais 16 têm ligação direta ou indireta com a Frangos Pioneiro - o que significa o contágio de funcionários ou familiares desses trabalhadores. O informe do

município ainda aponta para outros 11 casos que aguardam o resultado dos exames para descartar ou confirmar a infecção por Covid-19 e sete pacientes que já se recuperaram da doença. Há ainda 37 casos descartados.

„ PÁG. A8 Divulgação

Luiz Guilherme Bannwart

Acidente aconteceu na Avenida Frei Guilherme Maria, em Santo Antônio da Platina

TRÂNSITO

Motociclista que se envolveu em acidente com picape teve fratura exposta no rosto

O motociclista Henrique Martinez Baião, que na tarde de domingo (14) se envolveu com sua namorada, Gabriela Ribeiro de Campos, em um grave acidente de trânsito na avenida Frei Guilherme Maria, em Santo Antônio da Platina,

sofreu fratura exposta no rosto e permanece internado no Hospital Universitário de Londrina, para onde foi transferido de helicóptero em consequência da gravidade da lesão. A moto Kawasaki que Henrique conduzia colidiu na lateral de uma „ PÁG. A5

Fotografe o QR code ao lado

A4 e acesse a página do site do „ PÁG.

seu jornal TRIBUNA DO VALE

picape Fiat Toro que fazia uma conversão para acessar o bairro Jardim São Francisco. O casal foi arremessado no asfalto e sofreu lesões graves, segundo equipes do Samu e do Corpo de Bombeiros que socorreram as vítimas.

TEMPOHOJE Santo Antônio da Platina / PR

Máx 27º Mín 15º

S.A. PLATINA

Polícia incinera mais de uma tonelada de maconha „ PÁG. A5

VENDAS ASSINATURAS (43) 3534.4114

„

Envie Pautas, Fotos Sugestões e Vídeos para o whatsapp da PÁG. A5DO VALE TRIBUNA (43) 3534-4114

„ PÁG. A4

POR UMA PRÁTICA SUSTENTÁVEL RECICLE. PASSE ESTE JORNAL


TERÇA-FEIRA, 16 DE JUNHO DE 2020

A-2

Opinião . A necessidade de proteger os mais vulneráveis durante a pandemia fez nascer o maior programa de transferência emergencial de renda já visto no país. O auxílio temporário de R$ 600 mensais para trabalhadores informais e desempregados também reavivou o debate sobre um programa de renda mínima mais amplo ou mesmo universal. A discussão é bem-vinda e pode se mostrar fértil, embora não raro se dê em termos por demais abstratos e utópicos, a desconsiderar restrições orçamentárias e empecilhos políticos e legais. O Brasil já dispõe de cadastros abrangentes, embora incompletos, de famílias pobres; conta ainda com

O básico da renda

a experiência bem-sucedida do Bolsa Família, a última grande inovação da política social. Cabe agora pensar nos próximos passos. Podem-se aperfeiçoar os programas e o foco nos mais carentes, de modo a reduzir a desigualdade. O desafio consiste em fazer o melhor uso de recursos escassos —sem incorrer no erro de exaurir as finanças públicas e comprometer ainda mais o crescimento econômico, sem o qual não existe superação real da miséria. Há diversos modelos possíveis. Na versão mais abrangente e custosa, todas as pessoas, ricas e pobres, teriam direito ao benefício, sem qualquer condicionalidade. Os mais afluentes pagariam mais Imposto de Renda, em compensação.

PUBLICIDADE Ads by Teads Tal modalidade, hoje, poderia custar algo em torno de exorbitantes 10% do Produto Interno Bruto (o Bolsa Família não chega a 0,5%) e exigiria redesenho amplo do sistema tributário e de todo o rol de benefícios pagos pelo Estado, inclusive salários e aposentadorias. Outras possibilidades, mais realistas ao menos para um ponto de partida, são programas com critérios de elegibilidade, mais similares ao Bolsa Família, que atinge hoje cerca de 13,5 milhões de lares. Os desenhos variam, mas seria plausível, por exemplo, criar uma renda básica para crianças e adolescentes, justamente os mais desprotegidos

e afetados pela pobreza. A fusão de programas em prol de uma ação concentrada nos mais pobres traria ganhos de eficiência.Uma iniciativa dessa natureza demandaria de 2% a 4% do PIB, a depender da abrangência e dos benefícios, e poderia ser viabilizada, em tese ao menos, a partir de ações como a unificação de auxílios já existentes, revisão de outros gastos obrigatórios, eliminação de benefícios tributários e aumento do Imposto de Renda. Há um debate mais amplo, como se nota, mas historicamente evitado à esquerda e à direita: como o Estado corporativista do país contribui para a perpetuação de privilégios e a desigualdade social.

Pra não dizer que eu não falei das flores

"Nossa geração teve pouco tempo/ começou pelo fim/mas foi bela a nossa procura/mesmo com tanta ilusão perdida/ quebrada/mesmo com tanto caco de sonho/onde até hoje a gente se corta."- Alex PolariHá 36 anos, o centro de Curitiba reuniu milhares de pessoas num movimento que ganhou o Brasil. Foi na Boca Maldita que em 12 de janeiro de 1984 aconteceu o primeiro comício pró-Diretas Já. Eu estava lá, ajudei a organizar o movimento, assim como várias lideranças políticas e militantes da democracia. A maioria levou suas bandeiras, cartazes e faixas. Foi uma bonita festa com jovens, velhos e gente do povo. Ali tivemos a certeza que o regime de exceção já vivia seus estertores. Foi uma luta árdua. Depois que o povo tomou as ruas de Curitiba exigindo o direito de escolher o presidente da República, outras cidades do estado, capitais e grandes cidades brasileiras fizeram o mesmo. E o movimento, que nasceu no Paraná, cresceu e virou nacionalista. Ainda não foi em 1984 que conseguimos estabelecer a democracia no Brasil. A luta pela democracia durou mais alguns meses. E somente em 15 de março de 1985, se colocou um ponto final em duas décadas de regime militar no Brasil. A eleição no Congresso Nacional de Tancredo Neves e seu vice, José Sarney, colocou fim à ditadura militar e deu início a um novo período de-

O Diário da nossa região - Fundado em agosto de 1995 Tv Editora e Gráfica Eireli CNPJ 28.454.259/0001-21 Matriz: Rua Major Infante Vieira, 36 - Vila São José Santo Antônio da Platina, PR Fone/Fax: 43-3534.4114 Vendas Assinatura Anual R$ 150,00 Semestral R$100,00

mocrático na história brasileira. Ver hoje alguns ditos movimentos democráticos, com faixas e cartazes pedindo a volta do regime militar, é muito mais do que insensatez ou miopia, é falta de conhecimento da história e um atentado. Foram anos de lutas, debates e discursos - gente que perdeu a vida - para que hoje o Brasil pudesse viver a plena democracia, ainda que com alguns erros, mas também, muitos acertos. A ditadura militar no Brasil começou em 1964, com um golpe civil-militar contra João Goulart, presidente à época. O regime militar era autoritário, sustentado por atos institucionais, como o AI-5, que cerceou a liberdade de imprensa. Foram 21 anos de tortura, período em que o Brasil teve cinco presidentes-generais e deixou um saldo de 434 mortos e desaparecidos, além da morte de milhares de indígenas. Dói mais ainda ver ainda alguns poucos baderneiros, alheios à história do Brasil, queimarem a bandeira nacional em praça pública, num vergonhoso e criminoso ato de vandalismo e desrespeito ao símbolo máximo de um país. É revoltante, para dizer a verdade. Revoltante porque os desavisados participantes destes movimentos sequer estudaram o que foi o regime militar. Liberdade de imprensa ou de expressão era um dos direitos que não existia naquele período nefasto do Brasil.

Diretor Responsável Benedito Francisquini - MTB 262/PR tribunadovale1@gmail.com tribunadovale@uol.com.br

Diagramação Priscila Simões Impressão e Fotolito EDITORA TRIBUNA DO VALE Fone/Fax: 43-3534.4114

Infelizmente, hoje a democracia está ameaçada. E um dos indicadores que mede o ranking da democracia em um país e o quanto ele preserva a liberdade de escolha dos cidadãos, é a liberdade de imprensa. A revista The Economist mediu o ranking da democracia em 167 países. O último ranking foi divulgado em janeiro deste ano, referente a 2019, e aponta que o Brasil perdeu uma posição, é o 52º da lista no mundo e o 10º na América Latina, atrás do Uruguai (15º), Chile (21º), Colômbia (45º) e Argentina (48º). O ranking qualifica a democracia brasileira como “imperfeita”. Em 2006, quando o indicador foi lançado, o Brasil era o 42º da lista. Em 2008, com a eleição do presidente Lula, ganhou uma posição. Mas, desde então, vem sofrendo queda. Em 2017, o Brasil era o 49º colocado, caindo para a 50º posição em 2018 e, agora, sua pior posição, 52º. A organização Repórteres sem Fronteiras também aponta um indicador assustador. Na classificação mundial da liberdade de imprensa de 2020, o Brasil aparece na posição de número 107. Perdeu duas posições em um ano. “O Brasil continua sendo um país particularmente violento para a imprensa. A eleição de Jair Bolsonaro em outubro de 2018, após uma campanha marcada por discursos de ódio, desinformação, violência contra jornalistas e desprezo pelos direitos humanos, marcou a abertura de um período

Projeto Gráfico Nilton Magalhães JMB COMUNICAÇÃO Fone: 61-3544.1107 | Fone: 61-99300.9675 Circulação: Abatiá | Andirá | Arapoti | Bandeirantes | Barra do Jacaré |Cambará Carlópolis | Conselheiro Mairink | Figueira | Guapirama | Ibaiti Itambaracá | Jaboti | Jacarezinho Jaguariaíva | Japira | Joaquim Távora Jundiaí do Sul | Pinhalão | Quatiguá | Ribeirão Claro Ribeirão do Pinhal | Salto do Itararé |Santana do Itararé Santo Antônio da Platina | São José da Boa Vista | Sengés Siqueira Campos | Tomazina Wenceslau Bráz.

* Os artigos assinados não representam necessariamente a opinião do jornal, sendo de exclusiva responsabilidade de seus respectivos autores.

especialmente sombrio para a democracia e a liberdade de imprensa”, diz parte do documento da entidade. Precisamos resgatar os valores de uma democracia plena junto com a retomada do desenvolvimento do país. E só tem um jeito de fazermos isso, com unidade e trabalho das forças progressistas. Juntos, prefeitos, vereadores, deputados, governadores e senadores, políticos ou não, precisamos do esforço e entendimento. Essa unidade precisa ser reforçada nos mais de cinco mil municípios brasileiros. Por outro lado o Poder Judiciário não pode (e não deve) ser protagonista num país democrático. Poderes, numa república, devem ser independentes e harmônicos entre si. A interferência entre os poderes, como tem ocorrido atualmente, apenas alimenta o discurso de ódio, que pede o fechamento do Congresso e o fim da democracia. Quanto mais incitados aqueles que desconhecem a história de luta pela democracia, mais força eles vão acreditar que têm, sem medir as consequências de seus atos. Jamais podemos aceitar como normal, quaisquer atos que venham ferir o estado democrático de direito, como os que temos visto nos últimos dias. Luiz Claudio Romanelli, advogado e especialista em gestão urbana, é deputado estadual e vice-presidente do PSB do Paraná


TERÇA-FEIRA, 16 DE JUNHO DE 2020

A-03

Política. COLUNA CHUMBO GROSSO Carlos Brickmann

Silvio Santos vem aí O número de ministérios seria reduzido à metade. Nenhum acordo com o Centrão, representante da Velha Política. Abaixo a esquerda. E chega de PT. O número de ministérios não foi reduzido à metade, o Centrão virou símbolo da Nova Política e surge mais um ministério – Comunicações. O mais novo ministro, Fábio Faria, foi eleitor de Lula e Dilma. Foi também vice-líder do bloco de esquerda formado por PCdoB (comunistas linha chinesa), PDT (o partido de Leonel Brizola e de Ciro Gomes), PSB (socialistas), PMN e PRB. Fábio Faria está no PSD – partido cujo p re s i d e n te , G i l b e r to Kassab, foi ministro de Dilma. Este é o perfil, digamos, ideológico, do novo ministro das Comunicações do governo que gosta se dizer de direita.

Mas o melhor vem agora. Todos garantem ter sido surpreendidos com a criação do Ministério das Comunicações e a escolha de Fábio Faria. Kassab, o mestre da negociação, um dos políticos mais bem informados do país, diz que não soube das negociações de Bolsonaro com Faria. Tem mais: Faria é genro de Sílvio Santos, casado com Patrícia Abravanel. Pois não é que Sílvio afirma que não sabia de nada? Pois é: todos dizem que as negociações foram mantidas em sigilo para que nada vazasse. E só quando o Diário Oficial da União já estava entrando no ar é que o informaram. Sílvio não ficou nem um pouco chateado – como se sabe, ele não se preocupa em saber tudo o que ocorre em seu redor, em detalhes. Mas ninguém ia mentir. Nós acreditamos.

RIBEIRÃO CLARO

Prefeito diz que viagens geraram R$ 9,85 milhões em obras e convênios

Segundo Mario Pereira, divergências não ocorreram e foram causadas por erros de digitação no Portal da Transparência

Negócios da China A intimidade de Fábio Faria com TV, por meio do sogro, e o bom contato com os chineses, via PCdoB, podem ajudá-lo numa das mais difíceis tarefas do Ministério das Comunicações: a escolha do 5G a ser implantado no Brasil. O 5G promete uma revolução Mário Pereira durante recente audiência com o governador Ratinho Júnior, em Curitiba: recursos para Ribeirão Claro não apenas nas comunicações, mas, pela velocidade Da Redação com assessoria mas. Somente a compra valores foram emprega- esclarece o secretário de e estabilidade, na própria maneira de viver – será d e v e í c u l o s t o t a l i z o u dos em viagens oficiais Administração e Finanças, mais fácil, por exemplo, trabalhar em casa. Há duas Nos últimos três anos mais de R$ 4 milhões. empresas no duelo: a chinesa Huawei, que lidera que tornaram possível Afonso Dejaval da Silva. a corrida, e a americana Qualcomm. O presidente e meio o município de Dividido pelo período, a obtenção dos R$ 9,85 “A diária na verdade se Trump, que tem forte influência sobre Bolsonaro & Ribeirão Claro recebeu em média, em torno de milhões em recursos du- refere a uma viagem a Filhos, acha que a Huawei é um braço da espiona- mais de R$ 9,85 milhões R$ 252 mil chegaram aos rante os últimos 3 anos Curitiba nos dias 28 e 29 gem chinesa. Outra tarefa será preparar os Correios referentes a convênio e cofres públicos a cada e meio. “Coloquei minha de maio de 2019, não para para a privatização. E, ao mesmo tempo, passa a ser responsabilidade de Faria a propaganda do Governo. emendas aos orçamen- mês. Se por si só, o vo- vida em risco na estrada Curiúva”, esclareceu. “Já Agora ele é o chefe de Fábio Wajngarten; e é quem tos do Estrado e União e lume total impressiona, muitas vezes, em busca foi instaurada sindicância terá de lidar com Carluxo, o filho 02, líder extra-oficial isso foi o resultado das considerando-se a crise de recursos para obras administrativa para apurar de toda a propaganda. constantes viagens do econômica, a redução nos e equipamentos para o o fato e executar as deviHora H prefeito Mario Augusto repasses e arrecadação e nosso município. Nossa das correções, mantendo O momento é importante para a área de Co- Pereira (PSC) à Curitiba o pagamento de todos os luta tem dado resultados a lisura e transparência municação. Bolsonaro está mal de popularidade. A e Brasília em busca de compromissos em dia, o positivos”, afirmou. que têm norteado a atual pesquisa XP-Ipespe (a XP é uma corretora e as pesrecursos para o municíadministração”, informou. O chefe do executivo total é ainda mais signiquisas ajudam escolha dos investimentos) é a melhor A informação de que para ele: o índice dos que acham seu Governo mau pio. Esta foi a resposta ficativo. “Foi fundamental lembrou que apesar do ou péssimo caiu de 49 para 48%, os que o acham encaminhada no final da para que os projetos e volume de investimen- duas viagens, para Jaótimo ou bom subiram de 26 para 28% – alterações tarde desta sexta-feira ações desenvolvidos pela tos, todos os compro- c a r e z i n h o e C u r i t i b a , dentro da margem de erro. A pesquisa DataPoder (12) pela Assessoria de prefeitura através das se- m i s s o s d o m u n i c í p i o t e r i a m s i d o f e i t a s n o diz que 48% gostariam de afastar Bolsonaro e 46% Comunicação da prefei- cretarias fossem concreti- e s t ã o s e n d o q u i t a d o s m e s m o d i a , t a m b é m preferem mantê-lo. A pequena diferença mostra a tura rebatendo denúncias zados. Entre os destaques em dia, inclusive o pa- não procedem, de acordivisão no país. formuladas pelo vereador Marcelo Baggio Molini (DEM), acusando o prefeito de excesso de gastos com diárias. Segundo Mario Pereira, os recursos incluem verbas originadas de emendas e convênios com o governo federal (R$ 3,37 milhões) e estadual (R$ 6,48 m i l h õ e s ) . “A s v e r b a s vieram ao município graças ao trabalho desenvolvido pelo chefe do executivo municipal junto a deputados, senado re s, se cre tari as e ministérios para custear aquisições de veículos, maquinários, equipamentos, obras e progra-

estão a liberação de 110 casas populares pelo governador Ratinho Junior, construídas em parceria com a Cohapar e Caixa Econômica Federal”, destaca o texto. Segundo a nota, os cálculos não incluem projetos que ainda aguardam aprovação ou liberação, que totalizam mais R$ 9,58 milhões. A expectativa é que os novos recursos estejam disponíveis nos próximos meses. Uso de diárias Com relação a denúncia feita recentemente por vereadores da oposição sobre o uso de diárias, o prefeito Mario Pereira esclarece que os

gamento de direitos trabalhistas como a 1ª parcela do 13º, depositada desde seu primeiro mandato (em 1997) sempre junto com o salário de junho. “Ainda há projetos aguardando liberação, mas o que foi concluído até agora já deixa claro nosso compromisso em trabalhar em favor dos ribeirão-clarenses”, avaliou. Supostas divergências U m a s u pos t a di vergência no valor de uma diária para uma cidade d a re g i ã o n ã o pa s s o u de um erro de digitação do servidor responsável pelo abastecimento do Portal da Transparência,

do com o secretário. “A v i a g e m pa r a Ja c a re z i nho aconteceu no dia 29 de março de 2019, enquanto a de Curitiba ocorreu entre os dias 8 e 11 de abril de 2019. “Essas informações podem ser confirmadas através dos empenhos 1387/2019, 1678/2019 e 2607/2019, que disponibilizamos a todos os veículos de comunicação da região, além do site e redes sociais da prefeitura”, concluiu. Todas as informações e documentos citados no texto são públicos e com acesso garantido à população e seus representantes.


Política.

TERÇA-FEIRA, 16 DE JUNHO DE 2020

A-4

WENCESLAU BRAZ

Festa em casa de vereador vira caso de polícia Vizinhos denunciaram barulho em excesso na casa do vereador José Donizete da Costa, o Zezão, no sábado à noite Da Redação

Uma festa em Wenceslau Braz virou caso de polícia, durante o último fim de semana, após denúncias de vizinhos. O detalhe é que a confraternização acontecia na casa do vereador José Donizete da Costa, o Zezão (MDB), e só acabou com a chegada de uma equipe da Rotam e da Vigilância Sanitária. De acordo com informações das equipes que atenderam a ocorrência, uma denúncia foi feita por volta das 22h30 do sábado (13), na rua Liberdade, Vila Nova, de perturbação de sossego. Vizinhos apontam que não seria a primeira vez em plena quarentena que aconteceriam eventos no local. Segundo essas mesmas informações, após a chegada da Polícia Militar e da VIgilância Sanitária houve a demora de cerca

de quatro minutos para a porta da residência ser aber ta, o que só teria acontecido mediante insistência da fiscalização. Uma moradora atendeu as equipes e acatou as instruções, dando fim ao barulho que gerou a denúncia. O vereador que é o proprietário da residência não foi visto no local e não se sabe se ele estava presente na festa. Segundo a Vigilância Sanitária de Wenceslau Braz, atos que desrespeitem as medidas impostas n a q u a re n te n a d e ve m ser denunciados através do telefone 156 e o anonimato é garantido aos denunciantes caso seja solicitado. José Donizete foi contatado pela reportagem da Tribuna do Vale ainda na manhã de segunda- f e i r a ( 1 5 ) , m a s a té o fechamento desta edição não respondeu as mensagens enviadas em seu celular.

ALEP

Proposta começa a ser analisada no plenário da Assembleia durante a sessão remota da próxima segunda-feira

Confraternização foi alvo de denúncia e acabou com a presença da PM e da Vigilância Sanitária

Norte Pioneiro recebe duas usinas de asfalto para recuperação das rodovias INFRAESTRUTURA

Assessoria

Duas usinas de asfalto instaladas no Norte P i o n e i ro g a r a n te m a melhoria da infraestrutura rodoviária em várias cidades. O deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB) disse ontem, 15, que com esses dois equipamentos, o DER (Departamento de Estradas de Rodagem) ganha agilidade e eficiência na manutenção das rodovias que cortam a região. “Vários trechos de rodovias foram recuperados desde que duas usinas foram instaladas, uma em Bandeirantes e outra em Ribeirão Claro. Isso demonstra respeito e compromisso com o Norte Pioneiro”, disse Romanelli. Para facilitar a execução de obras de recuperação da malha asfáltica, o DER iniciou em março a instalação das duas usinas de as-

falto. Escoamento Romanelli afirma que as usinas ampliam ainda a oferta de empregos. “As usinas entraram em funcionamento em abril e, em meio à pandemia, já realizaram a recuperação das rodovias, garantindo mais segurança a motoristas e empregabilidade aos trabalhadores”. Um dos serviços executados em Ribeirão Claro é na PR-151, no trecho entre Carlópolis e o Porto Emigdão, na divisa com São Paulo. O trecho é uma importante rota de escoamento da produção agrícola e industrial da região, garantindo que os produtos cheguem a grandes centros urbanos, como São Paulo e Rio de Janeiro e ao Porto de Santos. A PR-431, que liga Jacarezinho a Ribeirão Claro também recebeu melhorias na pista de rolamento. “É uma rodovia que dá acesso a

DER iniciou em março a instalação das duas usinas de asfalto

um dos mais procurados destinos turísticos do Paraná. Além de garantir segurança à população da região, o investimento garante também o acesso dos turistas que visitam o Norte Pioneiro e que, por conta do isolamento social, estão aguardando para iniciar o calendário de viagens e desfrutar de uma das mais belas regiões do Estado”. Programação

Vá r i a s o b r a s e s t ã o em execução e outras programadas para serem realizadas, melhorando o fluxo do trânsito em todo o Nor te Pioneiro. Os motoristas que circulam pela região vão se deparar com vários trechos parcialmente interditados. “São interdições necessárias para que as obras sejam executadas. Em todo o Norte Pioneiro tem obras do

DER, que visam manter as boas condições de trafegabilidade das rodovias e evitar acidentes". disse Romanelli. As obras estão sendo realizadas entre Bandeirantes e Santa Amélia (PR-436), passando por Abatiá. Já em programação, com início previsto para os próximos dias, estão as obras de recuperação da Rodovia Primo Bassi (PR-518), em Santa Mariana.

As duas usinas são responsáveis por obras entre Abatiá e Ribeirão do Pinhal, Bandeirant e s , I t a m ba r a c á e o s trechos que ligam esses municípios ao Thermas Yara (Rodovia Tsuneto Matsubara), ao Por to Almeida (PR-436) e a São Joaquim do Pontal (PR-517). A previsão é de que as obras realizadas nestes trechos sejam concluídas até março de 2021.


Cidades. A-5

TERÇA-FEIRA, 16 DE JUNHO DE 2020

Motociclista que se envolveu em acidente com picape teve fratura exposta no rosto TRÂNSITO

Henrique Martinez Baião foi transferido de helicóptero para o Hospital Universitário de Londrina; namorada se recupera em casa Luiz Guilherme Bannwart

Acidente aconteceu na tarde de domingo na avenida Frei Guilherme Maria Luiz Guilherme Bannwart

O motociclista Henrique Martinez Baião, que na tarde de domingo (14) se envolveu com sua namorada, Gabriela Ribeiro de Campos, em um grave acidente

de trânsito na avenida F re i G u i l h e r m e M a r i a , em Santo Antônio da Platina, sofreu fratura exposta no rosto e permanece internado no Hospital Universitário de Londrina, para onde foi transferido de helicópte-

ro em consequência da gravidade da lesão. A moto Kawasaki que Henrique conduzia colidiu na lateral de uma p i c a p e F i a t To r o q u e fazia uma conversão para acessar o bairro Jardim São Francisco. O

Arquivo Pessoal

Gabriela Ribeiro de Campos e Henrique Martinez Baião

casal foi arremessado no asfalto e sofreu lesões graves, segundo equipes do Samu e do Corpo de Bombeiros que socorreram as vítimas. Henrique foi imediatamente transferido de helicóptero para o HU

S.A.PLATINA

em Londrina. Ele sofreu fratura exposta no rosto e passaria por cirurgia, porém estava consciente. Gabriela recebeu atendimento na unidade de pronto-socorro, e teve alta médica. Nesta

terça-feira (16), segundo a família, ela deve realizar exame de raio-X para a va l i a r a n e c e s s i d a d e de cirurgia em um dos braços. O condutor da Fiat Toro, Roberto Cavalcante, não se feriu.

S.A. PLATINA

Polícia incinera carga de Bombeiros encontram corpo carbonizado durante combate a maconha apreendida na PR-439 incêndio em residência

Incêndio foi registrado na manhã de domingo (14), no Jardim São João Luiz Guilherme Bannwart

A Polícia Civil instaurou inquérito para apurar as circunstâncias de um incêndio em uma residência no bairro Jardim São João, em Santo Antônio da Platina, ocorrido no fim de semana, que resultou na localização de um corpo carbonizado. De acordo com o boletim de ocorrência, o fato ocorreu na manhã de domingo (14), na rua Narley Velasco Gonçalves. Após combaterem as chamas,

as equipes do Corpo de Bombeiros encontram o cadáver caído ao chão, com a barriga voltada para cima, sendo possível identificar que se tratava de uma pessoa do sexo masculino. Uma equipe de investigação da 38ª Delegacia Regional de Polícia esteve no local e ouviu vizinhos sobre o ocorrido, mas pouco pôde ser apurado para o inquérito policial. Os moradores disseram não reconhecer a vítima, e informaram que a casa

estava abandonada já havia algum tempo. Há informações de que o imóvel era usado por usuários de droga, o que sugere a possibilidade de o incêndio ter ocorrido de forma acidental. No entanto, a polícia não descarta a hipótese de crime e todas as linhas de investigação estão sendo trabalhadas. O corpo foi recolhido ao Instituto Médico-Legal (IML) de Jacarezinho, e até à tarde desta segunda-feira (15) não havia sido identificado.

Droga foi incinerada na manhã de sábado (13) Da Redação com Assessoria

A Polícia Civil, Polícia Militar e Polícia Rodoviária Federal incineraram na manhã de sábado (13), a carga de 1.218,550 kg de maconha apreendida por policiais militares na madrugada de sexta-feira (12), na PR-439, entre Ribeirão do Pinhal e Santo Antônio da Platina, após

informações recebidas e repassadas pela PRF. A droga estava armazenada em uma picape Fiat Toro e em um VW Jetta, que foram abandonados pelos traficantes à margem da rodovia após perceberem que estavam sendo seguidos pela Polícia Militar. A incineração foi representada pelo delegado de polícia Rafael Guimarães e rapida-

mente autorizada pela juíza de plantão, com concordância do Ministério Público. A queima do entorpecente foi acompanhada por um agente da Vigilância Sanitária, com a presença da Polícia Civil, Polícia Militar e Polícia Rodoviária Federal, com intuito de reforçar o compromisso de parceria entre as instituições no combate ao crime na região.


A-6

Pecuária.

TERÇA-FEIRA, 16 DE JUNHO DE 2020

PARANÁ

Pesca está liberada nas represas e lagos Portaria permite a pesca amadora apenas em ambientes lênticos, mantendo proibição de pesca nos rios Agência Estadual

Nova Portaria do Instituto Água e Terra autorizou a pesca amadora nos lagos e represas do Estado. O dispositivo foi publicado quar ta-feira (10) e mantém a restrição nos rios afetados pela falta de chuva. F i s c a i s d o I n s t i t u to Água e Terra, da Polícia Ambiental, Civil e Militar continuam fiscalizando para garantir que não ocorra o descumprimento da Portaria. Rasca Rodrigues, diretor de Políticas Ambientais da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo, afirmou que enquanto durar a crise hídrica no Estado o Instituto trabalha para proteger as espécies de peixes, em especial as existentes nas bacias dos rios Ivaí, Piquiri, Cinzas, Tibagi, Pirapó, Laranjinha, São Francisco Falso e Verdadeiro, Jordão e todos seus afluentes diretos. “O retorno será permitido quando os rios atingirem a cota hídrica para dispersão

de cardumes e navegabilidade”, disse. Segundo ele, a baixa vazão dos rios facilita a pesca furtiva, a predação e a extração de peixes jovens e adultos reprodutores. D e a c o rd o c o m Ta ciano Cesar Freire Maranhão, engenheiro de pesca e gerente regional d e B a c i a H i d ro g r á f i c a Regional do IAT em Toledo, o objetivo da nova Portaria é esclarecer as dúvidas de pescadores com relação aos ambientes onde a pesca é permitida e reforçar a p ro i b i ç ã o e m á g u a s continentais. “Os pescadores tinham muitas d ú v i d a s s o b re o n d e é permitido ou proibido. Os critérios são os mesmos. Autoriza a pesca artesanal em águas paradas (represas e lagos), com a utilização de equipamentos previstos na Por taria 157/2020", explicou. Maranhão ressalta que o pescador amador ou profissional precisa estar atento à Instrução Normativa do Ibama 26/2009 combinada com a Porta-

Arquivo

Pesca está liberada em represas e lagos, mas continua proibida em rios afetados pela falta de chuva

ria do IAT 157/2020, para não incorrer em infração. Os pescadores que desrespeitarem as regras estão sujeitos às penalidades previstas na Lei federal nº 9.605/98 e demais dispositivos que regulam a atividade pesqueira. A multa varia de R$ 700,00 por pescador e mais R$ 20,00 por quilo

ou unidade de peixe pescado, além do perdimento dos petrechos. O QUE MUDOU A Por taria 177/2020 alterou apenas o inciso 3.° do artigo 1.° do dispositivo publicado em maio, que proíbe a pesca em diferentes modalidades nas águas sob competência do Estado do Paraná. A nova redação esclarece

que é permitida a pesca em ambientes lênticos, ou seja, nos lagos e represas dos rios citados. COMO FICOU Além de liberar a pesca nas represas, a nova Portaria continuou mantendo a perm i s s ão da pesca artesanal praticada por pescadores filiados à colônia Z-17 de Porto Ubá, no trecho do Rio Ivaí

demarcado em aproximadamente 110 km, entre a ponte da rodovia BR 369, que liga São Pedro a São João do Ivaí até o Porto de Areia de Ivaiporã. Continua proibida a pesca nas bacias dos rios Ivaí, Piquiri, Cinzas, Tibagi, Pirapó, Laranjinha, São Francisco Falso e Verdadeiro, Jordão e todos seus afluentes diretos.

MAPA

Registro de pescador amador já pode ser solicitado pela internet

Assessoria

A pesca amadora é a a t i v i d ad e qu e te m p o r finalidade o lazer ou e s p o r te Desde ontem (15), o s p e s c ad o re s a m a d o res podem fazer seu registro on-line, por m e i o do p o r t a l d e s e rv i ç o s G o v. B R . A a u to matização do ser viço f o i re a l i z a d a p e l a S e cretaria de Governo Digital, do Ministério

d a E c o n o m i a , e m pa rc e r i a c o m a S e c re t a ri a d e A q u i c u l t u r a e Pe s ca, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). A digitalização do ser viço trará vários benefícios aos pescad o re s a m a d o re s , c o m o agilidade no pagamento da G R U , que poderá ser por débito automático pelo Banco do Brasil, com liberação da C a r t e i r i n h a D e f i n i t i va

d e f o rm a m a i s r á p i d a . A c a r te i r i n h a v i r á c o m QRcode, o que facilitará a fiscalização. A pesca amadora ou espor tiva é a atividade de pesca praticada por brasileiro ou estrangeiro, com equipamentos ou petrechos previstos em legislação específica, tendo por finalidade o lazer o u e s p o r t e . O p ro d u to da pesca amadora pode ser utilizado para

o consumo próprio, o rn a m e n t a ç ã o , o b te n ç ã o d e i s c a s v i va s o u pa r a o p e s q u e e s o l te , re s p e i t a d o s o s l i m i te s estabelecidos em legislação. Re g i s t ro Para fazer o registro on-line, é preciso acessar o site: www.gov.br/ p t- b r / t e m a s / s o l i c i t a r-registro-de-pescador- a m a d o r. O p r i m e i r o pa s s o é e s c o l h e r e n t re uma das categorias:

pesca desembarcada o u p e s c a e m ba rc a d a . Após selecionar a categoria, o solicitante deve informar dados como CPF, data de nascimento, endereço e telefone. Na próxima e t a pa , s e r á p re c i s o i n formar o estado e local onde realiza a pesca, quais apetrechos e iscas utilizados e se p o s s u i ba rc o p ró p r i o . Depois disso, serão disponibilizados os da-

d o s pa r a o pa g a m e n to da licença, que poderá ser feita por débito o n l i n e o u b o l e to ba n cário. A s t a x a s a n u a i s va riam de R$ 20 a R$ 60, dependendo da categoria. Homens acima d e 6 5 a n o s e m u l h e re s acima de 60 anos são i s e n to s d e pa g a m e n to da taxa. Pa r a m a i s I n f o r m a ç õ e s : i m p re n s a @ a g r i c u l t u r a . g o v. b r

PECUÁRIA

IDR-Paraná incentiva cultivo de pastagens de inverno Agência Estadual

As orientações repassadas por técnicos d o I n s t i t u to d e D e s e n volvimento Rural do Pa r a n á – I a p a r- E m a t e r (IDR-Paraná) ajudam os produtores paranaenses a melhorar a p ro d u t i v i d a d e e a re n da das propriedades. Em Iretama, a implantação e correto manejo das pastagens de inverno possibilitaram o fortalecimento da pecuária leiteira. Para o produtor Emerson Rodrigues, c u j a p r o p r i e d a d e s e rviu como unidade de

referência, a simples troca da variedade de aveia, com a escolha de uma mais resistente ao inverno, resultou em ganho na produtividade. “Em apenas dez dias que as vacas começaram a pastorear na aveia, elas saíram de uma média diária de 13 lit r o s p a r a 1 6 , 7 l i t r o s ”, afirmou. Segundo o técnic o d o I D R - Pa r a n á d e Iretama, Jorge André Fernandes, a maioria das pastagens disponíveis na região é composta por espécies de crescimento na estação quente,

quando florescem, frutificam e maturam. “No fim do verão essas plantas estão com e s t r u t u r a f i b ro s a , c o m mais colmos do que folhas. Elas perdem drasticamente o valor n u t r i t i v o”, e x p l i c o u . DEMONSTRAÇÃO Para mostrar que havia boa alternativa de inverno, ele sugeriu a Rodrigues, produtor interessado em novas tecnologias, experimentar as variedades Iapar 61 e Iapar 126. O resultado foi excelente e o técnico do IDR-Paraná utilizou a propriedade para uma

demonstração sobre o comportamento da lavoura. “Depois disso, outros produtores vieram dizer que precisaram ver para c r e r, e l e s c o m e n t a vam que essa aveia t i n h a s u r p r e e n d i d o”, disse Fernandes. Um deles foi Messias Eulampio. "Fiquei encantado com o resultado, enquant o e u n ã o t i n h a f o rragem para os animais, no Emerson tinha pasto sobrand o”, d e s t a c o u . A p e s a r do pouco tempo da experiência, quatro produtores de gado leiteiro já aderiram às

variedades de aveia sugeridas. Para o técnico do I D R - Pa r a n á , f o i i m p o rtante o planejamento c o m o s p ro d u to re s d o m uni c í pi o , l e van do e m c o n t a a re a l i d a d e e o sistema de produção de cada um. "Hoje est a m o s c o l h e n d o o re sultado com o aumento da produção por va c a e m e n o r q u a n t i dade de utilização de concentrado”, afirmou. BEZERROS Outro resultado benéfico da escolha correta de cober tura v e g e t a l é a p r e s e rvação de bezerros. Com o excedente da

aveia, os produtores fazem feno, que é usado na alimentação dos animais criados e m s e p a r a d o . “A n t e s , tinha também muita morte de bezerro e h o j e n ã o m o r r e m a i s ”, disse Fernandes. O trabalho desenvo l v i d o p e l o s s e r v i d o r e s d o E s t a d o d o Pa r a n á é re c o n h e c i d o n a r e g i ã o . “ Te m o s r e s u l t a d o s p o s i t i vo s g r a ç a s à a s s i s tê n c i a d o i n s t i tuto para orientar os p r o d u t o r e s ”, a f i r m o u Emerson Rodrigues. “ E s to u m u i to g r a to a o I n s t i t u to e q u e ro e vo luir mais”, acrescentou Messias Eulampio.


A-7

TERÇA-FEIRA, 16 DE JUNHO DE 2020

Geral.

SÚMULA DE RECEBIMENTO DE RENOVAÇÃO DE LICENÇA DE OPERAÇÃO VANDER L. DE OLIVEIRA E CIA LTDA, inscrito no CNPJ 15.272.239/0001-98, torna público que recebeu do IAT (Instituto Água e Terra)), a Renovação de Licença de Operação para atividade de indústria da madeira, localizada na Rua Projetada 01 Lote B2 e B3, Parque Industrial, no município de Curiúva/PR. SÚMULA DE REQUERIMENTO DE RENOVAÇÃO LICENÇA DE OPERAÇÃO AMÉRICA COMERCIAL LTDA - EPP, inscrita no CNPJ 03.679.228/0001-48, torna público que REQUER do IAT (Instituto Água e Terra) a Renovação da Licença de Operação nº 34339, para a atividade de posto de revenda de combustíveis, localizado na Avenida Doutor João Aguiar, n° 150, Vila Setti, no município de Jacarezinho/PR. INSTITUTO DO RIM DO NORTE PIONEIRO LTDA, CNPJ : 03.626.879/0001-70 TORNA PÚBLICO QUE FEZ O REQUERIMENTO DE LICENÇA PRÉVIA ,PARA O SERVIÇO DE DIÁLISE E NEFROLOGIA,IMPLANTADA NA RUA 07 DE SETEMBRO - 306 - CENTRO , SANTO ANTÔNIO DA PLATINA - PR. PREFEITURA MUNICIPAL DE GUAPIRAMA DECRETO Nº 1.994/2020 SÚMULA: Nomeia servidores aprovados em Concurso público do Município de Guapirama e dá outras providências. O Prefeito Municipal de Guapirama, no uso das atribuições legais, nos termos do Inciso VII do Artigo 69 da Lei Orgânica do Município, e Art. 27, Inciso II da Lei Municipal nº 269/2011 e suas alterações. DECRETA Art 1º - Fica nomeado, RENILSON CORREA MARQUES, brasileiro, residente e domiciliado em Guapirama, estado do Paraná, inscrito no CPF/MF sob o nº 062.452.159-19, ao cargo efetivo de AUXILIAR DE OBRAS E SERVIÇOS PÚBLICOS, a partir de 15 de junho de 2020. Art 2º- Este Decreto entra em vigor na data de sua assinatura, revogadas as disposições contrárias. Edifício da Prefeitura de Guapirama, Estado do Paraná, aos 15 (quinze) dias do mês de junho de 2020. PEDRO DE OLIVEIRA Prefeito Municipal PREFEITURA MUNICIPAL DE RIBEIRÃO DO PINHAL AVISO DE LICITAÇÃO - EXCLUSIVO PARA MEI/ME/EPP (LC 147/2014). Encontra-se aberto na PREFEITURA MUNICIPAL DE RIBEIRÃO DO PINHAL – ESTADO DO PARANÁ, processo licitatório na modalidade Pregão, do tipo menor preço GLOBAL POR ITEM, cujo objeto é o registro de preços para possível aquisição de placas de homenagem e inauguração, conforme solicitação do Gabinete. A realização do pregão presencial será no dia: 01/07/2020 a partir das 09h00min, na sede da Prefeitura Municipal, localizada à Rua Paraná, nº. 983 – Centro, em nosso Município. O valor total estimado para tal aquisição será de R$ 13.100,70 (treze mil cem reais e setenta centavos). O edital na íntegra estará disponível para consulta e retirada mediante pagamento de taxa no endereço supra, junto ao Setor de licitações, de segunda a sexta-feira, no horário das 09h00min às 11h00min e das 13h30min às 15h30min e no endereço eletrônico www.ribeiraodopinhal.pr.gov. br. As autenticações e reconhecimentos de firma poderão ser realizados por funcionário da administração antes da sessão de julgamento. Ribeirão do Pinhal, 15 de junho de 2020. Fayçal Melhem Chamma Junior Pregoeiro Municipal. MUNICÍPIO DE CAMBARÁ EXTRATO DO CONTRATO CONTRATO 90/2020 ID 1712020 MUNICÍPIO DE CAMBARÁ – 75.442.756/0001-90 ROCHA E SENE CONSTRUTORA LTDA ME - CNPJ 13.500.836/0001-05 OBJETO: Reforma do Centro Cultural contendo: auditório, palco, sanitários, sala de dança, sala de estudos, depósitos, biblioteca, copa, camarim, sala de informática, sala de apoio e demais ambientes constantes no projeto básico Reforma do Centro Cultural com execução de serviços de: instalações preliminares e limpeza; paredes, painéis e forros; impermeabilização e isolamentos; cobertura; esquadria de madeira; revestimentos; pisos; vidros e espelhos; instalações elétricas, telefônicas e lógicas; instalações hidráulicas e de prevenção de incêndio; instalações especiais; serviços complementares; limpeza final e demais itens e especificações constantes no projeto. Área de Reforma: 701,28 m² VALOR: R$ 462.990,93 VIGÊNCIA: 360 DIAS PRAZO EXECUÇÃO: 180 DIAS Cambará, 15 de junho de 2020 - TP 02/2020 JOSE SALIM HAGGI NETO – PREFEITO MUNICÍPIO DE CAMBARÁ – PR PREGÃO ELETRÔNICO 59/2020 Homologo para todos os fins de direito, o objeto do procedimento licitatório Pregão nº 59/2020: AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTOS (CARRO HOSPITALAR, BISTURI, LAVADORA, GELADEIRA, BIOMBO, BERÇO, CARRO MACA, AUTOCLAVE, SECADOR, APARELHO DE RAIO-X E LAVA LOUÇAS), às empresas: AFB PRIME INDUSTRIA, COMERCIO E DISTRIBUICAO DE EQUIPAMENTOS EIRELI - CNPJ 77.578.524/0001-99, com o valor de R$7.200,00 (sete mil e duzentos reais); ALIANCA EQUIPAMENTOS PROFISSIONAIS PARA LAVANDERIA LTDA - ME - CNPJ 19.294.988/0001-77, com o valor de R$37.688,00 (trinta e sete mil seiscentos e oitenta e oito reais; CIRURGICA PARMA LTDA - CNPJ 10.368.534/0001-29, com o valor de R$15.228,00 (quinze mil duzentos e vinte e oito reais); G. P. VEZONO EIRELI - CNPJ 30.778.749/0001-25, com o valor R$25.950,00 (vinte e cinco mil novecentos e cinqüenta reais); JOAO MARCOS FONTOURA ALVES & CIA LTDA - ME - CNPJ 07.218.080/0001-03, com o valor de R$62.400,00 (sessenta e dois mil quatrocentos reais); MUNIZ & ROCHA LTDA ME - CNPJ 03.919.932/0001-20, com o valor de R$8.000,00 (oito mil reais). Cambará, 15 de junho de 2020. JOSE SALIM HAGGI NETO PREFEITO MUNICÍPIO DE CAMBARÁ EXTRATO DO CONTRATO CONTRATO 91/2020 id 1722020 MUNICÍPIO DE CAMBARÁ – 75.442.756/0001-90 AFB PRIME INDUSTRIA, COMERCIO E DISTRIBUICAO DE EQUIPAMENTOS EIRELI - CNPJ 77.578.524/0001-99 OBJETO: AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTOS (CARRO HOSPITALAR, BISTURI, LAVADORA, GELADEIRA, BIOMBO, BERÇO, CARRO MACA, AUTOCLAVE, SECADOR, APARELHO DE RAIO X E LAVA LOUÇAS). VALOR: R$7.200,00 VIGÊNCIA: 12 (DOZE) MESES. Cambará, 15 de junho de 2020 - PE 59/2020 JOSE SALIM HAGGI NETO – PREFEITO MUNICÍPIO DE CAMBARÁ EXTRATO DO CONTRATO CONTRATO 92/2020 ID 1732020 MUNICÍPIO DE CAMBARÁ – 75.442.756/0001-90 ALIANCA EQUIPAMENTOS PROFISSIONAIS PARA LAVANDERIA LTDA - ME - CNPJ 19.294.988/0001-77 OBJETO: AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTOS (CARRO HOSPITALAR, BISTURI, LAVADORA, GELADEIRA, BIOMBO, BERÇO, CARRO MACA, AUTOCLAVE, SECADOR, APARELHO DE RAIO X E LAVA LOUÇAS). VALOR: R$37.688,00 VIGÊNCIA: 12 (DOZE) MESES. Cambará, 15 de junho de 2020 - PE 59/2020 JOSE SALIM HAGGI NETO – PREFEITO MUNICÍPIO DE CAMBARÁ EXTRATO DO CONTRATO CONTRATO 93/2020 ID 1742020 MUNICÍPIO DE CAMBARÁ – 75.442.756/0001-90 CIRURGICA PARMA LTDA - CNPJ 10.368.534/0001-29 OBJETO: AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTOS (CARRO HOSPITALAR, BISTURI, LAVADORA, GELADEIRA, BIOMBO, BERÇO, CARRO MACA, AUTOCLAVE, SECADOR, APARELHO DE RAIO X E LAVA LOUÇAS). VALOR: R$15.228,00 VIGÊNCIA: 12 (DOZE) MESES. Cambará, 15 de junho de 2020 - PE 59/2020 JOSE SALIM HAGGI NETO – PREFEITO

BALANÇO

No feriadão houve queda de 43% nos acidentes rodoviários

Polícia Rodoviária intensificou a presença na pista, com operações de radar e de alcoolemia, para flagrar abusos Agência Estadual

Os acidentes de trânsito em rodovias estaduais no feriado de Corpus Christi tiveram uma redução de 43% em todo o Paraná, comparado ao mesmo feriado do ano passado (de 100 casos caiu para 57). O balanço do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv), divulgado ontem (15), aponta ainda que os casos de embriaguez ao volante e excesso de velocidade também caíram. No Litoral, houve apenas três acidentes, sem mortes. A Operação Corpus Christi iniciou-se às 14 horas de quarta-feira (10), e seguiu até a meia-noite de domingo (14), em todo o Paraná. Nos cinco dias de feriado prolongado, o Batalhão Rodoviário registrou 57 acidentes, com 63 pessoas feridas e seis mortes. No mesmo feriado de 2019, houve 100 acidentes, 97 feridos e cinco mortes. A comparação entre este Corpus Christi e o do ano passado aponta que houve redução de 43% nos acidentes, de -35% no número de feridos, e um leve acréscimo de 20% nas mortes (uma morte a mais neste ano). O Batalhão Rodoviário intensificou a presença na pista, com operações de radar e de alcoolemia, para flagrar abusos de motoristas e infrações de trânsito. O trabalho dos policiais rodoviários rendeu, neste feriado, 1.707 autuações de trânsito, além de 1.207 imagens

de radar de excesso de velocidade, e 16 testes etilométricos, números inferiores aos registrados no mesmo feriado de 2019, quando foram 1.738 autuações, 5.551 imagens de radar e 1.577 testes etilométricos. Houve ainda flagrantes de embriaguez ao volante em alguns pontos do Estado. Os policiais rodoviários lavraram sete multas e prenderam cinco motoristas pelo crime, ao passo que no Corpus Christi do ano anterior foram 12 multas e três prisões. Nas rodovias que cortam o litoral do Estado, houve três acidentes de trânsito, com cinco feridos e nenhuma morte, sendo que no feriado do ano anterior foram quatro acidentes e três feridos, também sem óbitos. REFORÇO – O trabalho ao longo do feriado, segundo o Comandante do BPRv, tenente-coronel Olavo Vianei Francischetti Nunes, foi para reforçar a fiscalização de trânsito para reduzir o número de mortes e mutilados, além de desenvolver um trabalho para combater a criminalidade que opera na rodovia, como o tráfico de drogas e de armas, o contrabando e o descaminho, e de prestar apoio às autoridades sanitárias do Estado e dos municípios para frear o avanço do coronavírus. “Estivemos presentes em 85 pontos em todo o Estado, com no mínimo três policiais por ponto, atuando na fiscalização sanitária, no combate aos crimes que ocorrem nas

rodovias e na fiscalização de trânsito, para reduzir acidentes e mortes”, disse o tenente-coronel Vianei. O efetivo durante o feriado foi de 250 policiais militares rodoviários por dia, nos 56 Postos Rodoviários do Estado, nos 13 pontos de fiscalização sanitária, além dos quatro bloqueios no Litoral e outros 12 locais onde há maior número de acidentes, de excesso de velocidade e de ultrapassagem em local proibido. Houve ainda o uso de equipes policiais volantes com módulos móveis para fiscalização de trânsito com uso de radares móveis e etilômetro. O BPRv mobilizou também efetivos dos Postos Rodoviários, equipes de Rondas Ostensivas Tático Móvel (Rotam) e do Canil para intensificar as atividades nas rodovias. As equipes especializadas fizeram abordagens e empregaram cães de faro nas fiscalizações a ônibus, caminhões e carros de passeio para localizar drogas e armas. Na quinta-feira (11), o Canil do BPRv apreendeu 20 quilos de maconha em Bandeirantes, escondidos em um ônibus que seguia para São Paulo. Já na região Noroeste, na quarta-feira (10), as equipes apreenderam R$ 35 mil em cigarros contrabandeados em Iporã, também num ônibus de viagem. Outra grande apreensão durante o feriado foi na cidade de Sertaneja, no domingo (13), em que foram encontrados 260 quilos de maconha em um carro.

MUNICÍPIO DE CAMBARÁ EXTRATO DO CONTRATO CONTRATO 94/2020 ID 1752020 MUNICÍPIO DE CAMBARÁ – 75.442.756/0001-90 G. P. VEZONO EIRELI - CNPJ 30.778.749/0001-25 OBJETO: AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTOS (CARRO HOSPITALAR, BISTURI, LAVADORA, GELADEIRA, BIOMBO, BERÇO, CARRO MACA, AUTOCLAVE, SECADOR, APARELHO DE RAIO X E LAVA LOUÇAS). VALOR: R$25.950,00 VIGÊNCIA: 12 (DOZE) MESES. Cambará, 15 de junho de 2020 - PE 59/2020 JOSE SALIM HAGGI NETO – PREFEITO MUNICÍPIO DE CAMBARÁ EXTRATO DO CONTRATO CONTRATO 95/2020 ID 1762020 MUNICÍPIO DE CAMBARÁ – 75.442.756/0001-90 JOAO MARCOS FONTOURA ALVES & CIA LTDA - ME - CNPJ 07.218.080/0001-03 OBJETO: AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTOS (CARRO HOSPITALAR, BISTURI, LAVADORA, GELADEIRA, BIOMBO, BERÇO, CARRO MACA, AUTOCLAVE, SECADOR, APARELHO DE RAIO X E LAVA LOUÇAS). VALOR: R$62.400,00 VIGÊNCIA: 12 (DOZE) MESES. Cambará, 15 de junho de 2020 - PE 59/2020 JOSE SALIM HAGGI NETO – PREFEITO MUNICÍPIO DE CAMBARÁ EXTRATO DO CONTRATO CONTRATO 96/2020 ID 1772020 MUNICÍPIO DE CAMBARÁ – 75.442.756/0001-90 MUNIZ & ROCHA LTDA ME - CNPJ 03.919.932/0001-20 OBJETO: AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTOS (CARRO HOSPITALAR, BISTURI, LAVADORA, GELADEIRA, BIOMBO, BERÇO, CARRO MACA, AUTOCLAVE, SECADOR, APARELHO DE RAIO X E LAVA LOUÇAS). VALOR: R$8.000,00 VIGÊNCIA: 12 (DOZE) MESES. Cambará, 15 de junho de 2020 - PE 59/2020 JOSE SALIM HAGGI NETO – PREFEITO


TERÇA-FEIRA, 16 DE JUNHO DE 2020

Cidades.

A-08

COVID-19

Quase 70% dos casos de Tomazina têm ligação com a Frangos Pioneiro

Com 23 casos confirmados, Tomazina é mais um município da região que registra alto número de confirmações ligadas à empresa Da Redação

O município é diferente dos já citados em repor tagens anteriores feitas pela Tribuna do Vale, mas o problema é o mesmo: alto número de casos locais de Covid-19 com ligação com a Frangos Pioneiro. Desta vez a situação retratada é e m To m a z i n a , o n d e quase 70% dos pacientes diagnosticados possuem algum vínculo com a empresa, localizada na vizinha Joaquim Távora. De acordo com os dados do boletim epidemiológico da secretaria municipal de Saúde de Tomazina com data de 14 de junho, o mais recente até o fechamento desta edição, são 23 casos confirmados no município, dos quais 16 têm ligação direta ou indireta com a Frangos Pioneiro - o que significa o contágio de funcionários ou familiares desses trabalhadores. O informe do município ainda aponta para outros 11 casos que aguardam o resultado dos exames para descar tar ou

confirmar a infecção por Covid-19 e sete pacientes que já se recuperaram da doença. Há ainda 37 casos descartados e, felizmente, não existe registro de óbito. De acordo com informações da Secretaria de Saúde de Tomazina, o município tem adotado medidas para tentar frear o avanço da doença entre os moradores locais, como a contratação de novos servidores para a saúde, criação de um telefone para receber dúvidas e também denúncias e, principalmente, a implantação de um centro de referência para o atendimento a pacientes com sintomas de doenças respiratórias, que funcionará à partir desta terça-feira (16) ao lado da igreja matriz, próximo ao hospital do município. Ainda segundo as inf o r m a ç õ e s re pa s s a d a s pela secretaria de Saúde, existe um monitoramento abrangente nos moradores do município que atuam na Frangos Pioneiro e também em seus familiares, além de orientações específicas

Arquivo Tribuna do Vale

Tomazina tem 23 casos confirmados de Civd-19

sobre o transporte dos funcionários da empresa. Apesar disso, não há por ora a intenção de colocar esses funcionários em isolamento, como aconteceu, por exemplo em Carlópolis, que decretou o

isolamento domiciliar para todos os moradores do município que trabalham na Frangos Pioneiro. Em Tomazina essa medida se aplica apenas a trabalhadores que apresentem algum sintoma da Covid-19.

Como já citado, Carlópolis impôs o isolamento aos funcionários da Frangos Pioneiro após detectar que 11 dos 13 casos de Covid-19 no município tinham ligação direta ou indireta com a empresa.

Municípios como Conselheiro Mairinck e Guapirama também lidam com o mesmo problema e apresentam alto percentual de contágio entre os moradores ligados à Frangos Pioneiro.

CORONAVÍRUS

Com 75% dos municípios afetados, Paraná tem cenário de alerta Agência Estadual

O Paraná registra indicadores preocupantes no início da semana em que deve alcançar a marca de 10 mil pessoas infectadas pelo novo coronavírus (Sars-Cov-2): aumento no número de casos e de óbitos, recorde no número de internados, 51% de taxa de ocupação dos leitos de UTI exclusivos para enfrentar a doença, queda na faixa etária média dos diagnosticados e mais de 75% das cidades com registros da Covid-19. Ao mesmo tempo o Estado mantém a menor taxa de incidência de casos por 100 mil habitantes do País e a quarta menor taxa de mortalidade dentro da mesma regra populacional, atrás apenas de Mato Grosso do Sul, Minas Gerias e Santa Catarina. O Paraná tem a 12ª maior taxa de letalidade (proporção entre o número de mortes e o número total de doentes) do País, com 3,4%, ao lado de Alagoas. O Estado chegou a 95 dias de pandemia (desde os primeiros casos, em 12 de março) com 9.583 casos e 326 óbitos, de acordo com o boletim epidemiológico publicado no

domingo (14) pela Secretaria de Estado da Saúde. A doença já atingiu 302 cidades no Paraná. SEMANA EPIDEMIOLÓGICA A análise da semana epidemiológica 24 (07 a 13 de junho) mostra que a média diária de casos e de óbitos aumentou em relação à semana 23 (31 de maio a 06 de junho). A média de novos casos por dia foi de 384 na semana 24, 301 na semana 23 e 213 na semana 22. A de óbitos foi de 10,1 na semana passada, 8,8 na semana anterior e 4,1 na última semana de maio. A circulação do novo coronavírus aumentou 27% no Paraná na última semana. A diferença é entre os 2.111 casos da semana epidemiológica 23 e os 2.691 da semana 24. No mesmo quadro houve aumento de 13% no número de óbitos, de 62 para 70. A pesquisa da semana epidemiológica leva em consideração a data do diagnóstico do caso ou do óbito e é alterada com frequência nos boletins conforme a identificação de novos registros. As macrorregiões que registraram maior quantidade de casos novos

Coronavírus já atingiu 302 cidades no Paraná

foram Norte (48%), Leste (27%) e Noroeste (23%). A primeira pulou de 389 para 574 novos casos em sete dias, a segunda de 814 para 1.035 e a terceira de 306 para 377. A incidência aumentou 17% na região Oeste, de 602 diagnosticados com a doença para 705. Entre a semana 22 (de 34 a 30 de maio) e a semana 23 houve crescimento de 42% no número de casos, e a maior incidência foi na região Noroeste (54%). O número de casos vem aumentando desde a semana 19 (03 a 09 de maio) e o de óbitos desde a semana 22. Uma análise sobre a evolução diária dos casos e

óbitos no mesmo período mostra aumento inferior de casos diagnosticados (23,9%), de 2.129 (semana 23) para 2.638 (semana 24), e crescimento superior (53,8%) em relação às mortes, de 52 para 80. Esse índice é a base dos informes epidemiológicos no Paraná e leva em consideração a quantidade de confirmações em 24 horas. Nesse indicador, a média de novos casos por dia ficou em 376 na semana passada, contra 304 nos sete dias anteriores. Foram 11,4 mortes por dia na semana 24, contra 7,4 na semana 23. EVOLUÇÃO Outra análise do boletim epidemiológico des-

te domingo (14) mostra como a doença evoluiu lentamente nos primeiros meses da pandemia, mas passou a crescer mais rapidamente nos últimos dias. Foram 15 dias até alcançar 100 casos e 38 dias até 1.000 casos. Na semana passada, o Paraná alcançou mais de 600 novos diagnósticos em um único dia. O Estado também bateu mais de 500 casos em outros três dias. Essa síntese mostra que a doença dobra no Estado em intervalos espaçados de uma a três semanas. Foram 15 dias até o Paraná alcançar 102 casos (26 de março), mais seis dias até 224 casos (1º de abril) e mais quatro dias até 439

casos (05 de abril), quando havia 10 óbitos confirmados. Depois foram mais 10 dias até 804 casos (15 de abril), mais 21 dias até 1.627 casos (06 de maio), mais 18 dias até 3.212 casos (24 de maio) e mais 13 dias até 6.604 casos (06 de junho), quando havia 232 óbitos. Em relação aos óbitos a evolução é similar. Foram dez dias até atingir 10 óbitos (de 27 de março a 05 de abril), mais quatro dias até 23 óbitos (09 de abril), mais seis dias até 40 óbitos (15 de abril) e mais 14 dias até 82 óbitos (29 de abril). O salto até 162 casos foi de 28 dias (27 de maio) e até 326 mais 18 dias (14 de junho).

Profile for Tribuna do Vale

ED 4090  

ED 4090  

Advertisement