Page 1

cmyb

Quinta-feira 320 210

13 DE DEZEMBRO DE 2012

DIRETOR: BENEDITO FRANCISQUINI

ANO XVII - N0 2289 - R$ 1,00

www.tribunadovale.com.br

FIM DA ESTIAGEM

Chuva afasta risco de falta de água nos municípios

ELEIÇÕES 2012

Vatão está fora! Joaquim Távora terá outra eleição Prefeito eleito Willian Valter Oçar, o Vatão, não poderá assumir em janeiro

Chuvas dos últimos dias resolveram o desabastecimento de água nas cidades e ainda colaboraram com a agricultura

Municípios como Conselheiro Mairinck e Ibaiti, que já vinham apresentando problemas com o abastecimento de água por causa da estiagem, saíram do estado crítico graças as chuvas fortes que atingiram a região nos últimos dias. No campo, os agricultores comemoraram a chegada das águas do fim de ano, principalmente os produtores de soja e milho. Segundo o Instituto Simepar, daqui até o fim do ano, as chuvas devem ocorrer com maior frequência, deixando para trás o período de seca.  PÁG. A8

O prefeito eleito de Joaquim Távora, com 50,83% dos votos válidos, Willian Walter Ovçar, o Vatão (PSC), está definitivamente fora da sucessão municipal em razão da decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que em julgamento realizado no início da noite de ontem,

JUNDIAÍ DO SUL

por unanimidade dos nove ministros da corte, manteve a decisão de primeira instância que indeferiu o registro de sua candidatura. Com isso, os 3.478 votos que obteve nas eleições de 7 de outubro serão anulados e nova eleição terá que ser marcada para início de 2013.  PÁG. A3

OUTRA VEZ

Superlotação em cadeia ameaça região Justiça torna

Vizinhos da carceragem temem rebeliões por conta da superlotação

A superlotação da cadeia de Jundiaí do Sul coloca em risco toda a população regional. Na semana passada já houve um princípio de rebelião. A população do município acredita que corre perigo, principalmente, os moradores vizinhos à carceragem. O problema ganhou maiores proporções porque a cadeia de Ribeirão do Pinhal foi interditada e os presos daquele município e de Abatiá estão sendo levados para Jundiaí do Sul.  PÁG. A6

CORREIOS

Papai Noel chega para alunos da escola Franklin Roosevelt

A Campanha de Natal da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos entregou ontem, os presentes pedidos pelos 150 alunos da Escola Franklin Delanno Roosevelt, a antiga Escola Agrícola de Santo Antônio da Platina. Foi preciso um ônibus para transportar os brinquedos até o estabelecimento. A direção da escola preparou uma festa e o Papai Noel, além de fazer a distribuição, ainda divertiu as crianças.  PÁG. B1

a ajustar horário do comércio

O funcionamento noturno do comércio de Santo Antônio da Platina rendeu mais um capítulo ontem, com novas alterações relativas aos horários. O juiz titular da Vara do Trabalho James Josef Szpatowski modificou parte da liminar expedida e estabeleceu que não haverá expediente no dia 26 de dezembro.  PÁG. A5

JACAREZINHO

Escola Azollini realiza confraternização  PÁG.A5

ABANDONO

Vizinhos denunciam maus tratos contra cães  PÁG. B1

cyan magenta yellow black


A-2 Opinião

TRIBUNA DO VALE

Em outras palavras, a revolução do consumo não vai se sustentar no médio prazo sem uma revolução no campo da cultura e do ensino.” Editorial

Quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

Na percepção do presidente do Banco Central a economia brasileira apresenta nesta segunda metade do ano inequívocos sinais de recuperação, particularmente nos setores da indústria e da agropecuária.”

A RTIGO

E DITORIAL

Pedro Luiz Rodrigues *

Consumo que não se sustenta Uma parcela de brasileiros esclarecidos torce o nariz a cada vez que sai um novo índice de desenvolvimento ou algo assim. São números a granel, tabelas grandiloquentes, gráficos de encher os olhos. Quem quer que tenha se dado ao trabalho de colecionar o mar de matérias de jornais e revistas sobre a nova classe média – ou sobre a ascensão da classe C, como o fenômeno também é chamado – sabe do que se trata. Beira a perplexidade. O Brasil que se move na pirâmide social é o Brasil que passou a comprar carros zero e eletrodomésticos, o Brasil que faz cirurgias plásticas e o que transfere seus filhos para escolas particulares de custos módicos. Também é o Brasil que compra pacotes de cruzeiros marítimos e que, com esforço, vai a Paris. Impossível não se alegrar com esses índices. São históricos. Uma cena bem ilustra o momento. Numa das muitas campanhas do governo, um homem, diante da casa própria, diz: “Cansei de repetir que meu pai não teve casa, meu avô não teve casa... Meus filhos vão ter outra história para contar...” A frase é música, admitamos. Quanto aos que torcem o nariz, o motivo não parece ser o descontento com a felicidade alheia, mas com o alarido geral em torno do consumo, tornado sinônimo de avanço social. Podem não passar de uma miragem os carnês e cartões de crédito apontados como panaceia, o fim dos problemas iniciados no Brasil Colônia. O país está cavando um buraco ao reafirmar o cidadão consumidor como medida de todas as coisas. Os compradores vindos das faixas médias baixas da população vêm, por tabela, de uma relação frágil com a escola. A conta para eles ainda é de menos, mesmo que estejam com as mãos cheias de sacolas. É enorme a probabilidade de esse grupo parar de comprar, mobilizado por percalços do mundo do trabalho, expert em achatar os níveis de escolaridade e em lançar o operariado em longas fases de perda de poder aquisitivo. Em outras palavras, a revolução do consumo não vai se sustentar no médio prazo sem uma revolução no campo da cultura HORÁRIO DE FECHAMENTO

22:10

e do ensino. Essa é a tal da verdade inconveniente, pois a escola exige uma força-tarefa que ultrapassa o tempo disponível para um candidato fazer sua performance. O ensino e a cultura são reféns da política. Não dá para baixar impostos e conseguir resultados num campo marcado pelas negligências do Estado, como o ensino. Pode-se remediar? Claro, no Brasil sempre se pode. E se o remédio é esse, mal não faria ao governo fazer vingar índices que balizem o consumo de livros, o tempo de permanência na escola, a leitura de impressos. Esses e outros itens, “da cesta básica tanto quanto”, não movem a economia, dirão alguns. Do que se deve discordar, aos berros se for preciso. Mais uma vez o Brasil se orgulha de suas modernizações inconclusas, tal e qual em outras épocas da história, nas quais conheceu a riqueza dissociada da ciência e do conhecimento. A fortuna instantânea virou palha. Um dos sintomas de que o padrão está sendo repetido é a desconsideração, em meio a esse auê, do baixo desempenho de leitura, por exemplo. Invisível, o dado não coloca a pulga atrás da orelha de nenhum novo rico ou nova classe média. Continua achando desimportante, que enriquecer é vestir-se em grifes. Seu modelo de vida é aquele que compra, e não aquele que estuda. Até quando? Mal não faria aos gestores públicos se debruçar sobre o assunto, com os olhos voltados para países como a Índia, por exemplo. Lá, saltar uns degraus na pirâmide é sinônimo também de estudar mais e de consumir mais produtos de leitura. Há 30 anos, estima-se que 70% dos indianos eram analfabetos. Hoje, são 37%. Um número bem superior ao Brasil, mas o que não impede de colocar as duas nações lado a lado: ambas experimentam uma reviravolta econômica, mas lá o capital cultural está incluído na conta, talvez por haver mais modelos intelectuais na classe média estabelecida. Estudar é se assemelhar a eles. Do que se pode suspeitar que os mais ricos e informados do Brasil não são bons espelhos para os que seguem atrás. É de se pensar.

C HARGE

chargeonline.com.br

NESTA EDIÇÃO TEM

22 PÁGINAS CADERNO PRINCIPAL - OPINIÃO - POLÍTICA - GERAL - CIDADES - COTIDIANO - ESPORTES - AGRONEGÓCIO

A 01 - 08 A 02 A 03 A 04 A 05 A 06 A 07 A 08

2ª CADERNO - AGRONEGÓCIO - ATAS & EDITAIS - SOCIAL

B 01 - 08 B 01 B 02 - 07 B 08

3º CADERNO - ATAS & EDITAIS

C 01 - 06 C 01 - 06

Pedro Luiz Rodrigues

PREVISÃO PARA HOJE

320 210

SANTO ANTÔNIO DA PLATINA

Tombini no Senado

Embora minha atenção, como a de boa parte da população brasileira, tenha se dirigido à denúncia de Marcos Valério de que Lula, enquanto presidente, teria recebido dinheiro de fontes obscuras, achei que a evolução futura de nossa economia valeria atenção ainda maior Assisti, ontem, boa parte do depoimento do presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado. E gostei. Exposição clara, dados, muitos dados, argumentos bem sustentados, e nenhum sinal de fanfarronice. Assegurar elevado nível de credibilidade deve ser o cuidado fundamental de nossas autoridades econômicas. Nesse aspecto, Tombini saiu-se muito bem. Fico também particularmente satisfeito em registrar o recado que deu quanto a uma questão-chave que tem sido pouco destacada nas manifestações recentes das autoridades brasileiras: o que se pode ganhar com a desvalorização cambial, pode-se perder com inflação e não se ganha em competitividade. Na percepção do presidente do Banco Central a economia brasileira apresenta nesta segunda metade do ano inequívocos sinais de recuperação, particularmente nos setores da indústria e da agropecuária. A expectativa manifestada por Tombini é que essa recuperação adquira impulso ainda mais vigoroso em 2013. Para ele, os agentes econômicos vão aos poucos readquirindo a confiança (perdida no ano passado) e já emitem claros sinais de reação aos estímulos introduzidos na economia. Espera-se que doravante possam planejar suas próprias perspectivas de crescimento em horizontes mais longos. E isso ocorrerá, assegura Tombini, num ambiente com a inflação sob controle (a meta que propôs foi a da convergência do aumento de preços para o patamar de 4,5% no ano que vem. O otimismo quanto ao comportamento da inflação até o final de 2013 decorre de algumas constatações: 1 - O reajuste do salário-mínimo em 2013 será menor do que o deste ano, barateando os custos de produção, em particular nos setores intensivos de mão-de-obra. Não se esperam, também, pressões exacerbadas dos servidores públicos. 2 - Os preços dos ativos reais e financeiros devem se manter moderados, em deorrência das condições prospectivas da economia, em particular do regime de câmbio flutuante, “o qual não deve ser visto como um incentivo para apostas que exacerbem sua volatilidade”. 3 - O impacto sobre os preços, decorrente das medidas adotadas pelo Governo para reduzir os custos de produção e aumentar a competitividade da economia brasileira. 4 - O comportamento mais conservador da expansão do crédito às pessoas-físicas. Ainda que haja espaço para que se continue expandindo o crédito, acredita-se que esse crescimento deve ocorrer em ritmo mais alinhado ao crescimento da renda disponível das famílias. 5- A perspectiva de que a manutenção da fragilidade no cenário internacional continue a representar importante fator de contenção da demanda agregada. 6 - Quanto às denúncias de Marcos Valério contra Lula é claro que devem ser investigadas. Se forem consideradas despropositadas, que sejam arquivadas. Se não forem, que se instaure o devido inquérito. Nas democracias ninguém pode se colocar acima das leis.

A RTIGO Pedro Luiz Rodrigues *

FMI, quem quer saber? Don Bowley, um velho amigo, ligou-me ontem de Washington para contar que a diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional, Christine Lagarde, estará fazendo esta semana sua segunda viagem à América Latina desde que assumiu o cargo em 2011. Bowley não chega a ser um brasilianista, mas acompanha com interesse, há mais de trinta anos, tudo o que acontece em nosso país. Conheci-o em Toronto, em 1982, na reunião anual do Fundo Monetário Internacional. Agradeci a gentileza do telefonema, e depois fiquei matutando. Quem diria que a toda-poderosa instituição que nos atormentou por tantas décadas perderia o interesse para nós até chegar ao ponto de ninguém dar a mínima bola às missões de seus dirigentes. Mas há trinta anos, o FMI

chegou a parecer nossa tábua de salvação. Um Deus ex-machina que surgiria com sua espada flamejante para evitar evitar um desfecho fatal sobre nossas contas externas. Estava em Toronto assessorando o Ministro da Fazenda, Ernane Galvêas. Acompanhavam-no o presidente do Banco Central, Carlos Geraldo Langoni, o chefe da assessoria econômica do Ministério, Maílson Nóbrega, os diretores do Banco Central José Carlos Madeira Serrano e Carlos Eduardo de Freitas, entre outros assistentes. Nosso diretor no FMI, o professor Alexandre Kafka, destacava-se como figura relevante na equipe. Chegamos ao Canadá sabendo das dificuldades que esperavam a delegação brasileira. O ambiente estava carregadíssimo.

TRIBUNA DO VALE

O Diário da nossa região - Fundado em agosto de 1995 Editora Jornal Tribuna do Vale LTDA CNPJ 01.037.108/0001-11 Matriz: Rua Tiradentes 425, Centro Santo Antônio da Platina, PR Fone/Fax: 43 3534 . 4114

Diretor Responsável Benedito Francisquini - MTB 262/PR tribunadovale@tribunadovale.com.br tribunadovale@uol.com.br

Algumas semanas antes - na sexta-feira 13 de agosto de 1982 -, o México decretara a moratória de sua dívida externa. O Brasil, endividado até o pescoço, era apontado como a bola-da-vez. Galvêas acreditava que o Fundo Monetário poderia ter fôlego para ajudar o Brasil a evitar o desastre. Isso seria possível se fosse criada uma linha de financiamento emergencial de várias dezenas de bilhões de dólares. Mas como logo se constataria, depois de dez anos de ‘milagre Econômico’, as coisas haviam parado de dar certo para nós. Cláudia Safatle, em excelente artigo que publicou no Valor (edição de 10 de agosto passado) resumiu com excelência a difícil situação que começava para o País:

“Começou ali a longa e terrível crise da dívida, a ‘década perdida’, o fim do modelo de crescimento vigoroso do país, sustentado no endividamento externo e na substituição de importações. A mãe de todas as crises que o Brasil veio a viver depois. Algo só comparável à agonia dos países da zona do euro hoje.” As novas gerações não sabem do frisson que causava na mídia a vinda periódica de delegações técnicas do FMI. E o governo, nem falar, as cartas de intenção tinham que ser frequentemente renovadas, por não terem como ser cumpridas. Ana Maria Jul, uma economista chilena que chefiou as delegações do Fundo entre 1983 e 1985 era recebida quase como um Torquemada, pronta a lan-

Representação: MERCONET Representação de Veículos de Comunicação LTDA Rua Dep. Atílio de A. Barbosa, 76 conj. 03 - Boa Vista - Curitiba PR Fone: 41-3079-4666 ¦ Fax: 41-3079-3633 Vendas Assinatura Anual R$ 200,00 Semestral R$ 100,00

Impressão e Fotolito: Editora Jornal Tribuna do Vale Fone/Fax : 43 3534 . 4114

çar na fogueira os hereges que não haviam conseguido manter ordenada sua economia, que lançavam mão de truques heterodoxos inaceitáveis aos olhos da divindade efemista. No ano passado, a diretora-gerente do Fundo, a francesa Christine Lagarde (que no passado destacou-se como uma forte defensora dos subsídios agrícolas europeus), passou pelo Brasil para conversar com a Presidente Dilma Roussef e outras autoridades, numa viagem que também a levou ao México e ao Peru. D eixou s em re c ado: s ei que vocês, latino-americanos, estão hoje numa situação confortável, mas atenção, nesse mundo conturbado ninguém está livre dos impactos da crise econômica internacional. Na atual viagem, Lagarde

visitará o Chile a Colômbia, dois países que, diferentemente do Brasil, estão crescendo a todo vapor. Mas seu alerta continua o mesmo: a recuperação global continua frágil e sujeita a recaídas. A região viu aumentar o nível de seu endividamento e o equilíbrio fiscal começa a ser afetado. Mas o Fundo aprendeu com a presente crise. Se antes o ajuste era exigido a qualquer custo, hoje já não mais o é. Para Lagarde, “se os riscos globais se materializarem e a demanda interna dos países vier a cair acentuadamente, medidas de estímulo fiscal podem ser adotadas nos países que não enfrentam restrições financeiras”. Ademais, a política monetária pode continuar a representar a primeira linha de defesa na hipótese da redução da demanda, FMI dixit .

Circulação: Abatiá ¦ Andirá ¦ Arapoti ¦ Bandeirantes ¦ Barra do Jacaré ¦Cambará ¦ Carlópolis ¦ Conselheiro Mairink ¦ Figueira¦Guapirama ¦ Ibaiti ¦ Itambaracá ¦ Jaboti ¦ Jacarezinho Jaguariaíva ¦ Japira ¦ Joaquim Távora ¦ Jundiaí do Sul ¦ Pinhalão ¦ Quatiguá ¦ Ribeirão Claro ¦ Ribeirão do Pinhal ¦ Salto do Itararé ¦Santana do Itararé ¦ Santo Antônio da Platina ¦ São José da Boa Vista ¦ Sengés ¦ Siqueira Campos ¦Tomazina ¦ Wenceslau Bráz

Filiado a Associação dos Jornais Diário do Interior do Paraná

* Os artigos assinados não representam necessariamente a opinião do jornal, sendo de exclusiva responsabilidade de seus respectivos autores.


Política A-3

TRIBUNA DO VALE

Quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

P anorama Regional B. Francisquini

Andirá sob investigação Durante audiência no fórum eleitoral de Andirá, este colunista, representando a Tribuna do Vale numa ação de investigação eleitoral, relatou ao representante do Ministério Público Estadual, promotor de justiça João Conrado Blum Junior, de que a empresa que edita este periódico vem sofrendo implacável perseguição da por parte do prefeito de Andirá, José Ronaldo Xavier, em retaliação à denúncias publicadas no jornal. O prefeito, desde a eleição, suspendeu as publica-

ções oficiais na Tribuna, bem como determinou que os créditos que a empresa tem para receber na prefeitura, sejam congelados. Por conta disso, o promotor determinou abertura de Procedimento Preparatório MPPR0005.12.000026-9, a fim de apurar os fatos relatados na audiência. O posicionamento do promotor mostra que ocupante de poder não pode tudo e que uma autoridade não pode dispor de um bem público para satisfazer seus interesses pessoais.

Microempresas O Governo do Paraná instala nesta sexta-feira (14), em União da Vitória, na região Sul, a última unidade regional do Fórum das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte no Estado. Os fóruns são locais que reúnem o poder público, a iniciativa privada e a sociedade para debater políticas públicas para o segmento, de acordo com as peculiaridades locais. Os primeiros encontros foram realizados, no mês de outubro, em Apucarana, Londrina, Maringá, Pitanga, Ponta Grossa, Cascavel, Laranjeiras do Sul e Francisco Beltrão. Nos últimos dois meses, as instalações tiveram continuidade em Santo Antônio da Platina, Cornélio Procópio, Umuarama, Paranavaí, Campo Mourão, Irati, Lapa, Pontal do Paraná e Curitiba. Competitividade A partir de agora, a cada dois meses representantes dos fóruns regionais irão se reunir com técnicos e coordenadores do Fórum Permanente das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte do Paraná (Fopeme) para trazer as demandas de cada região e levar as propostas para serem avaliadas em audiências públicas. O objetivo é criar um ambiente favorável para o desenvolvimento e competitividade de pequenos negócios para o fortalecimento dessas pequenas unidades empresariais. Mais crédito Foi aprovado nesta quarta-feira (12), por unanimidade, na Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural da Câmara dos Deputados, o Projeto de Lei 3067/11, do Senado, que autoriza o acesso aos recursos do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT) por parte de todas as instituições financeiras oficiais, agências de fomento e desenvolvimento oficiais, bancos de desenvolvimento oficiais, bancos cooperativos e confederações e centrais de cooperativas de crédito. O projeto prevê que os recursos poderão ser utilizados em empréstimos ao setor rural e às micro e pequenas empresas. Atualmente, a prerrogativa desse acesso é apenas do Banco do Brasil e do Banco de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Finalmentes O deputado federal Abelardo Lupion (Democratas), na qualidade de colaborador e incentivador da aprovação do Projeto de Lei nº 3.067/2011, explica que a aprovação no plenário da Comissão de Agricultura se deu em caráter conclusivo, o que significa que não necessitará de outra votação no plenário da Câmara dos Deputados para entrar em vigor. Biocombustíveis Na pauta da Comissão de Finanças e Tributação (CFT) discute-se o PL 3.336/2008, integrante da Agenda Legislativa 2012 da Organização das Cooperativas do Brasil, que incentiva e autoriza a produção de biocombustível para o consumo do próprio produtor rural e de associados de cooperativas agropecuárias, dentro de suas propriedades. O Sistema OCB é favorável à matéria que acelera o desenvolvimento dos biocombustíveis no país, além de melhorar a eficiência econômica e ambiental tanto dos produtores quanto de suas cooperativas, viabilizando o adequado tratamento tributário na produção e utilização do biodiesel pelos associados das cooperativas, o que resulta na minimização dos custos. Bateu, levou A ministra Gleisi Hoffmann (PT) discursou ontem (12) durante a inauguração da Usina Mauá e aproveitou a oportunidade de tecer severas críticas ao governo do Paraná por não aderir ao projeto de Dilma Rousseff de reduzir a tarifa de energia elétrica. Gleisi falou diante do governador Beto Richa (PSDB) que não se fez de rogado e rebateu em tom duro. Afirmou que não aceita demagogia e populismo e que não vai ferir os interesses do Paraná e dos acionistas da Copel. O governador disse que vai reduzir a tarifa de energia elétrica, mas com responsabilidade. “Redução da tarifa sim, quebra de contrato jamais”, provocou. Adversários Richa e Gleisi serão os principais candidatos ao governo em 2014 e, a julgar pelo tom agressivo de ambos, dá para imaginar o que virá pela frente. Após a inauguração da Usina de Mauá, o governador concedeu entrevista e falou sobre todos os assuntos espinhosos do setor energético. Falou da Copel e do impasse com o governo federal, defendeu a divisão igualitária dos royalties do petróleo e criticou a “concentração da riqueza em três estados. Pelo meu Estado eu brigo”, espetou Richa. As informações são do jornalista Fabio Campana, em seu blog.

Vatão está fora! Joaquim Távora terá outra eleição

ELEIÇÕES 2012 TSE decide por unanimidade manter a cassação do registro do prefeito eleito Willian Valter Ovçar Bendito Francisquini

O prefeito eleito de Joaquim Távora, com 50,83% dos votos válidos, Willian Walter Ovçar, o Vatão (PSC), está definitivamente fora da sucessão municipal em razão da decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que em julgamento realizado no início da noite de ontem, por unanimidade dos nove ministros da corte, manteve a decisão de primeira instância que indeferiu o registro de sua candidatura. Com isso, os 3.478 votos que obteve nas eleições de 7 de outubro serão anulados e nova eleição terá que ser marcada para início de 2013. Foram semanas de verdadeira agonia para os partidários de Vatão, que venceu seu adversário, o atual prefeito Claudio Revelino (PR), por uma diferença de apenas 113 votos. Como sua votação representou mais de 50% dos votos válidos, a Justiça Eleitoral terá que marcar nova elei-

ção, sem a presença o político impugnado. Não cabe mais recurso. O TSE baseou a sentença na decisão do Tribunal de Contas do Paraná (TC-PR) que havia rejeitado as contas de Vatão referente ao ano de 2009, quando era prefeito de Joaquim Távora. Vatão recorreu do parecer do TC-PR e conseguiu reverter a rejeição, passando à aprovação com ressalvas. A Tribuna do Vale antecipou com exclusividade, há algumas semanas, que Vatão dificilmente reverteria sua impugnação tendo em vista que, na avaliação da jurista Mariana Shiohara, professora de Direito Constitucional em Curitiba e especialista em Direito Eleitoral, sua assessoria cometeu uma falha no decorrer do processo em que ele obteve revisão da decisão do TC-PR. Shiohara opina que o ex-prefeito deveria ter ingressado com ação na Justiça pedindo a anulação da decisão dos vereadores, o que

não ocorreu. Segundo o advogado David de Almeida, que assessora o prefeito Cláudio Revelino e é um dos que assina a ação no TSE, foi exatamente neste aspecto que o tribunal baseou sua sentença, lembrando o Artigo 31, parágrafo 2º da Constituição Federal que reconhece a câmara de vereadores como o órgão competente para julgar os prefeitos. O Tribunal de Contas é identificado como órgão auxiliar. Portanto, Vatão deveria ter investido contra a decisão do legislativo de Joaquim Távora, o que sua assessoria deixou de fazer. Desdobramentos Embora os correligionários de Vatão e Revelino neguem, existe uma movimentação intensa de bastidores pensando na eleição suplementar que deverá ser anunciada pela Justiça Eleitoral. Segundo alguns especialistas, o pleito deve ser definido nos próximos 60 dias, devendo ocorrer no final do mês de fevereiro. Neste intervalo, assume

interinamente o presidente da câmara de vereadores, no dia 1º de janeiro. Ontem, quarta-feira (12) os nove ocupantes do legislativo foram diplomados. A briga para eleger o presidente deverá ser intensa, afinal, quem assumir será prefeito interino e dará respaldo à candidatura do grupo a que pertencer. Do lado de Vatão, segundo o que a reportagem apurou, o atual vice da chapa, Valdir Azarias, não estaria disposto a abrir mão da candidatura, confrontando com o atual vice, Neto Calil, que rompeu com Claudio Revelino e apoiou Vatão. Porém, a grande resistência a Calil, pelo histórico de traições, inclusive contra Vatão e o próprio Revelino. Isso enfraqueceria suas pretensões. Do lado de Revelino ele é o candidato natural, mas há quem defenda o lançamento do empresário Gelson Mansur. Pelo cenário disponível, os ventos sopram favoravelmente a Claudio Revelino.

ELEIÇÕES

Eleitos em Santo Antônio Platina e Jacarezinho serão diplomados dia 17 Maurício Reale

Os prefeitos e vereadores de Santo Antônio da Platina e Jacarezinho, eleitos em 7 de outubro, serão diplomados na segunda-feira, 17. Na região, a cerimônia na maioria dos municípios já aconteceu. O prazo para a diplomação termina em 19 de dezembro. Em Santo Antônio da Platina a cerimônia será realizada às 9h30, no salão do júri do Fórum Estadual da Comarca e também serão diplomados os três vereadores suplentes de cada coligação. Em Jacarezinho a sessão solene também será realizada às 9h30 no salão do júri do Fórum Estadual. Os prefeitos e vereadores eleitos em Ibaiti, Japira e Conselheiro Mayrink também serão diplomados dia 17 de dezembro. A sessão solene será realizada às 14 horas no Espaço Cultural em

Ibaiti. E no Centro Cultural de Ribeirão do Pinhal às 20h30 haverá a sessão solene de diplomação dos candidatos eleitos do município, além dos eleitos de Abatiá e Jundiaí do Sul. Em Ribeirão Claro a cerimônia será realizada sexta-feira, 14, no salão do júri do Fórum Estadual e no dia 18 de dezembro os prefeitos e vereadores eleitos em Carlópolis serão diplomados às 16 horas nas dependências do Fórum Estadual da Comarca. Os prefeitos e vereadores eleitos pelos municípios das comarcas de Andirá, Cambará, Tomazina, Siqueira Campos, Wenceslau Braz, Joaquim Távora e Curiúva já foram diplomados. Na maioria das sessões alguns suplentes – geralmente até os terceiros vereadores suplentes de cada coligação – também foram diplomados.

Candidatos diplomados em Santo Antônio da Platina Pedro Claro de Oliveira Neto (DEM) (prefeito) Jorge garrido (PMDB) (vice-prefeito) Vereadores: Cláudio Domingues, o Cação (PR) José Jaime da Silva, o Mineiro (PSB) Valdir Domingos de Souza, o Valdir do Foto (PSB) Joel Nóbrega (PTB) Aguinaldo do Carmo (PSC) Francisco Faustino de Proença Júnior, o Chiquinho Net (PPS) Dionísio da Luz Sobaranski, O Dionísio da Platina (DEM) José Pereira de Godói (DEM) Sebastião Santinho Vitral dos Santos Furtado, o Santinho (PMDB) Suplentes: Wanderley Alves Siqueira, o Vando (PSB) Antônio César de Camargo, o Cesinha (PR) Demétrius Alves Esteves, o Dedé (PDT) Luciano de Almeida Moraes, o Vermeio (PC do B) Edson Muniz Gonçalves, o Buchecha (PTB) Edson da Silva Cudik, o Dissão (PSDB) Jefferson Vernier, o Professor Jé (DEM) Israel Júnior da Silva, o Júnuir da Auto escola (DEM) Odemir Jacob, o Breno (DEM) Fábio Galhardi (PMDB) Aparecida de Fátima Navarro (PMDB) Maria Ramos Sigo (PMDB)

Pedro Claro e Doutor Sérgio serão condecorados no mesmo dia

Candidatos diplomados em Jacarezinho Sérgio Eduardo Emygdio de Faria (Prefeito) (DEM) José Carlos Molini (vice-prefeito) Vereadores Luciane Aparecida Alves (PT) Fúlvio Boberg (PMDB) Ricardo Tonet (PT) Jose Izaias Gomes (PT) Francisco Carlos Moraes (DEM) Marcos Aparecido Ganzela (DEM) Fabiano Figueiredo Saad (PSB) Diogo Augusto Biato Filho (PSB) Valdir Pereira Maldonado (PDT)


A-4 Geral

TRIBUNA DO VALE

Quinta-feira, 13 de dezembro 2012

Paraná assina acordo de adesão ao sistema nacional de comunicação

ESTADOConteúdos produzidos pela TV Brasil deverão ser inseridos na programação matinal da E-Paraná a partir do ano que vem AEN

O Paraná vai integrar o sistema nacional de comunicação, por meio de parceria com a Empresa Brasil de Comunicação (EBC). O acordo foi assinado na terça-feira (11), em Curitiba, pelo secretário de Estado da Comunicação, Marcelo Cattani, e pelo diretor da TV Brasil, Nelson Breve. A parceria prevê a transmissão de conteúdos nacionais na emissora estatal E-Paraná, e conteúdos estaduais dentro da

programação nacional. Com a adesão, a E-Paraná passa a ter um terço de seu conteúdo gerado pelo sistema nacional. “É mais um passo do processo de reestruturação da emissora. Essa parceria contribuirá para a oferta de um conteúdo cada vezmais educativo”, disse Cattani. Conteúdos produzidos pela TV Brasil deverão ser inseridos na programação matinal da E-Paraná a partir do ano que vem. A emissora continuará com espaço para

programação feita no Estado, pelo governo ou produtoras independentes. “Nosso objetivo é ter uma tevê pública de qualidade”, disse Cattani. A emissora do Estado atinge mais de 6 milhões de telespectadores em todo o Paraná. “Esse acordo permitirá uma troca de experiências importante para aperfeiçoar o modelo de comunicação do Paraná”, completou o secretário. De acordo com Nelson Breve, a população paranaense passará a ter acesso a

conteúdos educativos e culturais produzidos em todas as regiões do País. “É uma honra podermos chegar aos cidadãos paranaenses. Nosso foco é uma produção qualificada, que busca formar nossas crianças com valores de cidadania e também transmitir conteúdos culturais que não têm espaço nas emissoras comerciais”, ressaltou Breve. REDE NACIONAL A programação da TV Brasil chega a 24 estados brasileiros e n Distrito Federal. Cerca

de 1.820 municípios recebem sinal terrestre da tevê. Uma pesquisa feita pela Secretaria Nacional da Comunicação em 2009 mostrou que 10 milhões de brasileiros com mais de 16 anos têm o hábito de assistir à emissora. De acordo com Breve, seis horas da programação da TV Brasil são ocupadas com conteúdos produzidos por parceiros da rede. O produto gerado no Paraná entrará nessa grade e será transmitido para todo o Brasil. “Isso vai permitir que o

Estado tenha mais visibilidade nacional, principalmente de suas potencialidades”, ressaltou Cattani. “É um momento histórico para nossa emissora. Passamos a integrar uma rede nacional de televisão, com uma janela aberta para o Brasil inteiro, que nos permitirá mostrar nosso produto cultural, nosso talento, as nossas forças. Vamos mostrar o Paraná ao Brasil”, disse Paulo Vítola, diretor-presidente da E-Paraná.

 BOLSA FAMÍLIA

Beneficiários têm que atualizar cadastro até dia 31 Agência Brasil

Até o dia 31 deste mês, 566,1 mil famílias beneficiárias do Bolsa Família precisam atualizar suas informações no Ca-

dastro Único para Programas Sociais do Governo Federal, coordenado pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS). Das 1,5 milhão de famílias que de-

vem fazer a revisão dos dados, 37,1% ainda não procuraram a gestão do programa em seus municípios. Aquele que não se recadastrar tem o benefício bloqueado.

Esses beneficiários estão há dois anos sem renovar as informações no Cadastro Único. A revisão cadastral é importante para verificar se as famílias mantêm as condições para o recebimento do benefício, entre eles a renda mensal de até R$ 140 por pessoa. Para fazer a atualização cadastral, a família deve levar

12/12/12

CÂMBIO

12/12/12

DÓLAR COMERCIAL

INDICE BOVESPA Baixa: 0,25%

59.474 pontos

Volume negociado: R$ 15,53 bilhões 57.678 57.656 58.487 59.248 59.623 59.474

Baixa: 0,14% Compra Venda

EURO Alta: 0,56% Compra Venda

Var. dezembro: -2,63% R$ 2,073 R$ 2,075

DÓLAR PTAX (Banco Central) Alta: 0,28% Compra Venda

05/12

06/12

07/12

Ações Petrobrás PN Vale PNA ItauUnibanco PN Brasil ON B2W Varejo ON Marfrig ON LLX Logística ON Usiminas PNA

10/12

11/12

% -0,70 +0,52 -0,39 +0,87 +7,10 +3,43 -3,46 -3,95

R$ 19,85 38,38 32,86 23,20 19,00 8,45 2,23 12,15

BOLSAS NO MUNDO Londres Frankfurt Paris Tóquio

% 5.945,85 7.614,79 3.646,66 9.581,46

OURO - BM&F 12/12

12/12

Estável Compra Venda

+0,35 +0,33 +0,01 +0,59 var. dia

R$ 114,00 /grama

IR

-0,18%

DEZEMBRO

BASE (R$) Até 1.637,11 De 1.637,12 até 2.453,50 De 2.453,51 até 3.271,38 De 3.271,39 até 4.087,65 Acima de 4.087,65

Alíquota % 7,5 15 22,5 27,5

Parc. a deduzir 122,78 306,80 552,15 756,53

Deduções: a) Assalariados: 1-R$ 164,56 por dependente; 2 - pensão alimentícia; 3 - contribuição à Prev. Social; 4 - R$ 1.637,11 por aposentado a partir de 65 anos; 5 - contribuições à previdência privada e aos Fapi pagas pelo contribuinte; b) Carne Leão: itens de 1 a 3 mais as despesas escrituradas no livro-caixa.

SELIC/IR IR 2012 - A 8ª parcela venceu em 30/11. para esta e outras parcelas atrasadas há juros de 5,45% para pagamento em dezembro

MÊS Set/12 Out/12

TAXA SELIC 0,54% 0,61%

MÊS Nov/12 *Dez/12

TAXA SELIC 0,55% 1,00%

*No mês corrente a Selic é sempre 1,00% Indicadores Econômicos: elaboração da agência Dossiê:Dinheiro. Fone: (41) 3205-5378

Var. dezembro: -1,39% R$ 2,58 R$ 2,83

OUTRAS MOEDAS X REAL

Var. dezembro: -0,89% R$ 2,04 R$ 2,22

Iene Libra esterlina Peso argentino

DÓLAR TURISMO Estável Compra Venda

Var. dezembro: -1,03% R$ 2,7102 R$ 2,7112

EURO TURISMO

Var. dezembro: -1,30% R$ 2,0795 R$ 2,0801

DÓLAR PARALELO Estável Compra Venda

R$ 0,0251 R$ 3,35 R$ 0,43

US$ 1 É IGUAL A:

Var. dezembro: -1,13% R$ 2,030 R$ 2,180

Iene Libra esterlina Euro

82,89 0,6201 0,7672

ÍNDICES DE INFLAÇÃO Índices em % INPC (IBGE) IPCA (IBGE) IPCA-15 (IBGE) IPC (FIPE) IPC (IPARDES) IGP-M (FGV) IGP-DI (FGV) IPA-DI (FGV) IPC-DI (FGV) INCC-DI (FGV)

jun 0,26 0,08 0,18 0,23 0,07 0,66 0,69 0,89 0,11 0,73

jul 0,43 0,43 0,33 0,13 0,16 1,34 1,52 2,13 0,22 0,67

ago 0,45 0,41 0,39 0,27 0,36 1,43 1,29 1,77 0,44 0,26

REAJUSTE ALUGUÉIS Índice INPC (IBGE) IPCA (IBGE) IGP-M (FGV) IGP-DI (FGV)

out 1,0558 1,0528 1,0807 1,0817

nov 1,0599 1,0545 1,0752 1,0741

Região Norte: Roraima e Amapá têm os maiores percentuais de famílias com cadastros por atualizar: 55,5% e 47,2%, respectivamente. O Bolsa Família atende 13,8 milhões de famílias em todos os municípios, com a transferência mensal de R$ 1,9 bilhão de recursos públicos federais.

Mercado Agropecuário

Indicadores Econômicos BOVESPA

os documentos comprovando renda, residência, escolaridade e dados pessoais de todos seus integrantes. O Distrito Federal tem o maior percentual de cadastros revisados: 81,9%, seguido de Tocantins, onde 68,9% dos beneficiários tiveram seus dados atualizados. O processo está mais demorado nos estados da

dez 1,0595 1,0553 1,0696 1,0722

* Correção anual. Multiplique valor pelo fator acima

set 0,63 0,57 0,48 0,55 0,80 0,97 0,88 1,11 0,54 0,22

out 0,71 0,59 0,65 0,80 0,50 0,02 -0,31 -0,68 0,48 0,21

nov 0,54 0,60 0,54 0,68 0,94 -0,03 0,25 0,16 0,45 0,33

ano 5,42 5,01 5,05 4,29 5,48 7,09 7,39 8,33 5,05 6,95

12m 5,95 5,53 5,64 4,92 6,11 6,96 7,22 7,73 5,89 7,06

OUTROS INDICADORES out BTN + TR 1,570040 TJLP (%) 5,50 Sal. mínimo 622,00 FGTS (%) 0,2466 TAXA SELIC ANUAL: 7,25%

PREVIDÊNCIA

nov 1,570040 5,50 622,00 0,2466

dez 1,570040 5,50 622,00 0,2466

COMPETÊNCIA NOVEMBRO

Vencimento: empresas 20/12 e pessoas físicas 17/12. Após multas de 4% a 100% e juros (Selic)

Empresário/empregador

Facultativo

Contribui com 11% sobre o pró-labore, entre R$ 622,00 (R$ 68,42) e R$ 3.916,20 (R$ 430,78), através de GPS.

Contribui com 20% sobre qualquer valor entre R$ 622,00 (R$ 124,40) e R$ 3.916,20 (R$ 783,24), através de carnê.

Autônomo

Assalariados

1) Quem só recebe de pessoas físicas: recolhe por carnê 20% sobre os limites de R$ 622,00 (R$ 124,40) a R$ 3.916,20 (R$ 783,24). 2) Quem só recebe de pessoas jurídicas: a empresa recolhe 11% sobre o máximo de R$ 3.916,20 (R$ 430,78) e desconta do autônomo.

Salários até 1.174,86 De 1.174,87 até 1.958,10 De 1.958,11 até 3.916,20

3) Quem recebe de jurídicas e físicas: têm desconto de 11% sobre jurídicas, até R$ 3.916,20 (R$ 430,78). Se não atingir este teto, recolhe 20%, via carnê, sobre a diferença até R$ 3.916,20. 4) Aut. especial: sobre R$ 622,00, recolhe 5% (donas de casa, Lei 12.470/2011) ou 11% (demais especiais), mas a aposentadoria é por idade.

8,00% 9,00% 11,00%

Empregados domésticos Empregado Empregador Total

Alíquota % 8 a 11 12 20 a 23

R$ mín 49,76 74,64 124,40

R$ máx 430,78 469,94 900,72

SALÁRIO FAMÍLIA - NOVEMBRO/2012 Salário de até R$ 608,80 Salário de R$ 608,81 a 915,05

R$ 31,22 R$ 22,00

POUPANÇA, TR

LOTES - ATACADO

Poupança antiga: depósitos até 03/05/12 Nova poupança: dep. a partir de 04/05/12

POUP. ANTIGA

NOVA POUP. Índice

ano 5,95 6,48

12 m 6,58 6,48

set out 0,4273 0,4273

nov 0,4134

dez 0,4134

% 0,00 0,00

ano 0,29 0,29

12 m 0,38 0,29

TR MÊS Novembro/12 Dezembro/12 Período 3/11 a 3/12 4/11 a 4/12 5/11 a 5/12 6/11 a 6/12 7/11 a 7/12 8/11 a 8/12 9/11 a 9/12 10/11 a 10/12 11/11 a 11/12 12/11 a 12/12 13/11 a 13/12 14/11 a 14/12 15/11 a 15/12 16/11 a 16/12 17/11 a 17/12 18/11 a 18/12 19/11 a 19/12 20/11 a 20/12 21/11 a 21/12 22/11 a 22/12 23/11 a 23/12 24/11 a 24/12 25/11 a 25/12 26/11 a 26/12 27/11 a 27/12 28/11 a 28/12 29/11 a 29/12 30/11 a 30/12 1/12 a 31/12 1/12 a 1/1 2/12 a 2/1 3/12 a 3/1

SOJA - saca 60kg

% 0,50 0,50

Novembro/12 Dezembro/12

POUP ANTIGA 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000

POUP NOVA 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134

TR 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000

CUB PARANÁ Fonte: Sinduscon/PR e Sinduscons regionais R$/m2 OUT NOV %m %ano %12m Paraná 1.071,50 1.072,78 0,12 7,76 7,95 Norte 1.024,46 1.025,48 0,10 5,53 5,71 Noroeste 1.046,38 1.047,83 0,14 7,60 7,84 Oeste 1.063,17 1.064,47 0,12 6,71 6,79

SAL. MÍNIMO - PARANÁ Grupo 1 R$ 783,20 Trab.s na agricultura. Grupo 2 R$ 811,80 Serviços administrativos, domésticos e gerais, vendedores e trab. de reparação.

12/12/12

Grupo 3 R$ 842,60 Trab. produção de bens e serviços industriais Grupo 4 R$ 904,20 Técnicos nível médio. *Valores válidos de maio/2012 a abril/2013

PRAÇA Paranaguá Ponta Grossa Maringá Cascavel Sudoeste Guarapuava

TRIGO - saca 60kg R$ 76,00 75,50 74,00 73,00 75,50 74,00

SEM 1,3% 0,0% 0,0% 0,0% 2,7% 0,7%

30 d. 10,1% 6,3% 5,7% 2,8% 6,3% 5,0%

33,50 30,00 30,00 30,50 30,00 29,50

-6,2% -7,7% -4,8% -6,2% -7,7% -7,8%

1,5% -3,2% 1,7% -3,2% -1,6% -1,7%

MILHO - saca 60kg Paranaguá Sudoeste Cascavel Maringá Ponta Grossa Guarapuava

PRAÇA Curitiba Ponta Grossa Maringá Cascavel

R$ 46,20 46,00 45,50 45,00

SEM 10,5% 11,1% 11,5% 11,1%

30 d. 17,0% 17,9% 16,7% 16,9%

INDICADORES CEPEA/ESALQ PRODUTO Bezerro (1) Boi gordo (2) Café (3) Algodão (4)

11/12 687,09 96,05 345,30 158,56

DIA -2,07% 0,03% 0,80% 0,20%

MÊS -2,48% -0,38% -0,41% 1,19%

1- sc 50Kg, com impostos, posto usina SP; 2 -média à vista da arroba no Estado de SP; 3 - valor à vista saca 60kg posto SP Capital, arábica, bica corrida, tipo 6; 4 - em pluma, cent/R$ por libra-peso (453 gr), posto SP Capital.

Soja, milho e trigo: fonte Dossiê:Dinheiro; Cepea/Esalq: mais informações em www.cepea.esalq.usp.br

PREÇO AO PRODUTOR Produto

unidade

média PR - R$

12/12/12 var. diária

var. 7 dias

var. 30 dias

C.Proc. R$

Jacar. R$

SOJA saca 60 kg 68,80 -0,4% -2,1% 1,1% MILHO saca 60 kg 27,50 -0,3% -3,0% 4,4% TRIGO saca 60 kg 36,18 0,4% 0,9% 6,9% FEIJÃO CAR. saca 60 kg 147,71 0,0% 0,9% 12,7% BOI GORDO arroba, em pé 96,96 -0,1% -0,4% 0,0% SUÍNO kg, vivo 3,12 0,3% 1,6% 7,2% FRANGO kg, vivo 2,30 0,4% 1,3% 5,0% CAFÉ BEN. beb. dura, 60kg 302,90 -1,3% -1,3% -6,7% CAFÉ kg, em coco 4,91 -0,6% -1,0% -6,7% Fonte: Sima/Deral/Seab. Os preços nas praças referem-se aos valores “mais comuns” apurados

68,50 26,50 35,00 96,00 3,35 300,00 4,90

27,00 35,00 155,00 94,00 3,40 2,95 300,00 4,70

MERCADO FUTURO BOLSA DE CHICAGO (CBOT) SOJA Cont. jan/13 mar/13

12/12/12 MILHO

- US$cents por bushel (27,216 kg)

FECH. 1.473,50 1.470,50

*DIF. 1,50 -0,75

1 SEM. -0,4% -0,2%

1 MÊS 4,9% 5,9%

459,50 452,00

4,50 3,90

Cont. dez/12 mar/13

FECH. 721,00 725,50

*DIF. -3,25 -2,50

1 SEM. -4,3% -4,3%

1 MÊS 0,4% 0,4%

TRIGO - US$cents por bushel (25,4 kg)

FARELO - US$ por tonelada curta (907,2kg) dez/12 jan/13

- US$cents por bushel (25,4 kg)

1,4% 1,3%

6,5% 5,9%

dez/12 mar/13

794,75 812,00

-11,00 -9,50

-5,6% -5,6%

-7,3% -6,9%

*Diferença sobre dia anterior. 1,00 ponto = US$ 0,01 na soja, milho e trigo e US$ 1,00 no farelo

BOLSA DE NOVA YORK (NYBOT) CAFÉ Cont. dez/12 mar/13

- US$cents/libra peso (0,453 kg)

FECH. 138,15 146,50

*DIF. -3,00 -3,00

1 SEM. -1,0% -1,7%

1 MÊS -9,7% -7,4%

12/12/12 ALGODÃO

- US$cents/libra peso (0,453 kg)

Cont. mar/13 mai/13

FECH. 75,12 76,00

*DIF. 0,22 0,21

1 SEM. 2,8% 2,7%

1 MÊS 5,5% 5,0%

*Diferença s/ dia anterior. 1,00 ponto = US$ 0,01 no café e algodão.

BOLSA DE MERCADORIAS DE SÃO PAULO (BM&F) Cont. mar/13 mai/13

C 31,74 30,99

VP 0,04 0,20

CN 52

CA 129 2.011

-0,74 -0,69

2.403 586

7.046 1.772

BOI GORDO - R$/arroba nov/12 dez/12

93,95 93,81

11/12/12

MILHO - R$/saca 60 kg

SOJA FINANCEIRO - US$ saca 60 kg

Cont. nov/12 jan/13

C 33,74 31,83

VP 0,15 0,00

CN 1.165 663

CA 5.429 4.644

341 8

5.053 1.616

CAFÉ - US$/saca 60 kg (arábica) mar/13 set/13

187,85 192,80

3,90 2,05

C-cotação de fechamento (ajuste diário); VP-variação diária (1 ponto = US$ 1,00 ou R$ 1,00); CN - contratos negociados no dia; CA-contratos em aberto.


Cidades A-5

TRIBUNA DO VALE

Quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

Corretores de imóveis participarão de avaliações PARANÁ Para Pucci, Decreto reconhece a importância da profissão no estado Da Assessoria

O presidente do Conselho Regional dos Corretores de Imóveis do Paraná (Creci-PR) Admar Pucci Junior, acompanhado do D e put a d o E s t a du a l L e onaldo Paranhos (PSC), estiveram no dia 11, com o Governador do Paraná Beto Richa, no Palácio Iguaçu. A

audiência oficializou o Decreto nº 6645 que autoriza o Poder Executivo incluir os corretores de imóveis no Conselho Especial de Avaliação do Estado. Os profissionais, quando necessário, emitirão pareceres mercadológicos para avaliações, alienações e leilões do Governo. O Creci-PR ficará responsável por indicar os corretores de imóveis aptos para desempenhar esta função. Pucci diz que o Decreto reconhece a importância da profissão no estado. “Com a oficialização desse documento, o Governador afirma a capacidade e a suficiência dos corretores de imóveis em estipular adequadamente os valores mercadológi-

cos dos imóveis”. Paranhos trabalhou em conjunto com o Creci-PR reivindicando esse direito para os corretores de imóveis. “Reforçamos o pedido ao governador para que os profissionais credenciados fossem incluídos nas comissões de avaliação formadas pelo Governo, afinal, são eles que se preparam para fazer essa avaliação de mercado”. O Decreto valida a Resolução 1066/2007 do Conselho Federal que outorga aos corretores de imóveis a competência de elaborar o parecer técnico de avaliação mercadológica. O documento também confere o reconhecimento e prestigio do Cadastro Nacional de Avaliadores Imobiliários – CNAI.

 OUTRA VEZ

Presidente do Conselho Regional dos Corretores de Imóveis do Paraná (Creci-PR) Admar Pucci Junior

 PANE ELÉTRICA

Justiça determina mais uma Apagão foi provocado por mudança no horário do comércio temporal, afirma Copel Aline Damásio

A novela s obre o horário especial de funcionamento do comércio em Santo Antonio da Platina ganhou mais um episódio no fim da tarde de ontem. O juiz titular da Vara do Trabalho James Josef Szpat ow s k i m o d i f i c ou p a r t e d a l i m i n ar e x p e d i d a n a semana passada que determinava o funcionamento das lojas neste fim de ano.

A n ov a d e c i s ã o e s t a belece que não haverá expediente no dia 26 de de zembro, p ós Nat a l. O documento também altera o horário de atendimento no último sábado do ano, dia 29, que seria das 9h às 17h e passa a ser das 9h até às 13h. A alteração é resultado da defesa feita pelo Sindicato dos Empregados do Comércio. A alteração da liminar não mexe mais com os de-

mais dias nenhum dos demais dias já determinados por Szpatowski na semana passada. As lojas manterão atendimento até ás 22h hoje e amanhã e durante os dias úteis da próxima semana. Neste sábado e no dia 22 as lojas ficam abertas das 9h ás 17h e fechadas aos domingos. Na véspera de Natal, dia 24, o comercio funcionará das 9h ás 14h e na véspera de Ano Novo as lojas abrem até ás 13 horas.

 EDUCAÇÃO

Emef Renato Azollini realiza jogos de confraternização

Celso Felizardo

A interrupção no fornecimento de energia elétrica que deixou Santo Antônio d a Pl at ina s em luz por quase três horas, no final da tarde de terça-feira (11) foi causada por um temporal que atingiu a rede elétrica de alta tensão de 138 mil volts entre Santo Antônio da Platina e Andirá. Os danos na rede provocaram desligamentos parciais em onze municípios. Em Santo Antônio da Platina e Joaquim Távora, o desligamento atingiu todos os domicílios. Em Ibaiti, Pinhalão, Joaquim Távo-

Equipes da Copel trabalharam durante toda a noite no restabelecimento de boa parte do sistema, porém, na manhã desta quarta-feira ainda restavam 30 ocorrências para atendimento, em toda a região”

ra, Santa Mariana, Abatiá, Quatiguá, C onselheiro Mairinck, Uraí, Nova Fátima, Siqueira Campos e Wenceslau Braz, também foram registradas ocorrências de menor gravidade em virtude do temporal. Em nota, a Copel detalhou o serviço de equipes de Londrina, especializadas em alta tensão, para restabelecer o fornecimento deenergia. “Equipes da Copel trabalharam durante to da a noite no restabelecimento de boa parte do sistema, porém, na man hã dest a quar t a-feira ainda restavam 30 ocorrências para atendimento, em toda a região”.

 ESPORTE

Ribeirão do Pinhal conquista 9° colocação em Jogos Paradesportivos

Alunos participaram de gincanas com vários desafios Da Assessoria

Os alunos da Escola Municipal de Ensino Fundamental (Emef) Renato Azollini, participaram na última semana, de uma gincana sócio-recreativa, quando puderam demonstrar suas habilidades físicas e artísticas nas provas disputadas entre eles. A atividade complementa o período que antecede as férias e o objetivo principal foi estimular as características físicas de base da criança, como força, resistência, velocidade, entre outros. Além disso, a ação também propiciou momentos de alegria e descontração no ambiente escolar, promovendo a integração e a socialização entre os alunos num ritmo de cooperação e torcidas, envolvendo estudantes de diferentes salas de aula. A gincana contou com a supervisão da diretora da

Emef, Isabel Cristina Cândido Melo e da coordenadora Renata Cristina da Costa da Fonseca. A execução das atividades aconteceu através dos professores de educação física Adilson Orlandini Filho e Moacir Mariano Barbosa Filho. A programação foi realizada na última quarta- feira, 06, com as turmas do Jardim A, 1º ano A e 2º ano A das 07h30 às 09h20; logo após das 10h às 11h30, as atividades foram com as turmas do 3º ano A, 4º ano A e 5º ano A. Dentre as modalidades esportivas, estavam a corrida de revezamento com troca de roupa no varal; corrida de saquinho, onde os alunos colocavam os saquinhos nos pontos determinados por um círculo; o circuito, quando os alunos tinham de passar por uma pista com vários obstáculos como cones, colchonetes e bambolês; brincadeiras de corda; concurso

de desenho; vôlei cego, com a rede encoberta por um pano dificultando a visão de onde vem a bola; e até o famoso “se vira nos 30”, quando as crianças apresentaram habilidades livres, seja de caráter artístico, físico ou instrumental. Ao final das atividades foram definidas as classificações entre as turmas menores, ficando em primeiro lugar a equipe do 1º ano A com 41 pontos conquistados. Em segundo lugar veio a equipe do 2º ano A com 39 pontos e em terceiro lugar, a equipe do 1º ano A com 34 pontos. Já entre as turmas maiores, o primeiro lugar foi para a equipe do 5º ano A com 46 pontos. Na disputa para ver quem ficou em segundo e terceiro lugar, se verificou um empate entre as turmas do 4º ano A e 3º ano A diante dos 34 pontos conquistados entre ambas as equipes.

Equipes da Apae foram campeãs no golfe e vice no futebol de salão Da Redação/Assessoria

Equipes de Ribeirão do Pinha l conquist aram no último f im de s emana a 9° colocação na final dos Jogos Abertos Paradesportivos do Paraná. Os times da Ass o ciação de Pais e Amigos dos Excepcionais ( Ap a e ) for am c amp e õ e s no golfe e vice campeã no futebol de salão.

A competição teve a final realizada em Londrina e contou com várias outras m o d a l i d a d e s e nt r e e l a s vôlei, futebol, handebol, b as queteb ol, ciclismo, esgrima em cadeira de rodas, natação, e halterofilismo. Curitiba se consagrou o primeiro campeão gera l p aradesp or t ivo do e s t a d o c o m 3 5 2 p o nt o s na classificação geral. Em

segundo lugar ficou Londrina com 173 e em nono Rib eirão do Pinha l com 57 pontos. Os Jogos Abertos Paradesportivos do Paraná são uma realização do Governo do Estado através da S e cret ar ia de E st ado do Esporte, em parceria com a Universidade Estadual de Londrina e patrocínio da Renault.


A-6 Cotidiano

TRIBUNA DO VALE

Quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

Superlotação em carceragem deixa população insegura

Antônio de Picolli

JUNDIAÍ DO SULMoradores não querem falar sobre o assunto, pois temem consequências futuras Jivago França

A população de Jundiaí do Sul, principalmente, os moradores que residem em casas ao redor da delegacia da cidade estão se sentindo inseguros desde que os detentos que estavam na cadeia de Ribeirão do Pinhal foram transferidos para a cidade. Segundo a Polícia Civil, todos os detentos de Ribeirão do Pinhal, Abatiá e Jundiaí do Sul, são encaminhados para a carceragem na cidade. As celas de 10 m² foram construídas para cada quatro presos, mas possuem apenas duas camas em cada. Na delegacia, que possui quatro celas, teria vaga para apenas 16 detentos. Já pela Lei de Execuções Penais (LEP), cada preso tem

direito a seis m², ou seja, quatro apenas em uma cadeia. Até ontem havia 29. A vizinha da delegacia, Lucilene dos Santos Machado, sente temor por morar próximo à carceragem. “É ruim. É inseguro, moro de frente com o perigo”, afirmou a moradora. Outra vizinha, a dona de casa Marisa Alves da Luz, diz que fica apreensiva em saber da superlotação com presos de outras cidades todos concentrados na delegacia. “Ficamos apreensivos, com medo de que algo aconteça. Dá medo, não sabemos que tipo de presos tem ai”, disse. Além do medo pela superlotação na delegacia, a população jundiaiense ainda tem medo de conversar sobre o caso, talvez com receio de

que algo possa ser feito para prejudicar os moradores. O comerciante Paulo Bertini lembrou que na quarta-feira (5), os detentos promoveram um inicio de rebelião, onde foi preciso reforço policial para conter a ação e evitar uma possível fuga em massa. Para Bertini, o tumulto que aconteceu devido ao calor, pode se repetir se alguém não tomar providencias. “E o cadeião que iam fazer? Em Ribeirão do Pinhal não tem mais espaço físico? O que alegam para trazer para cá?”, questionou o comerciante. Ele afirma ainda que toda a população está preocupada. “O governo tirou toda a polícia. Diz agora que vem dois policiais para a cidade. Quem não quer segurança?”,

questionou. Tumulto No dia do tumulto, o delegado responsável pela cidade, Tristão Antônio Borborema de Carvalho contou que os presos reivindicavam o conserto do chuveiro e mais ventiladores. “Com o calor dos últimos dias, o desconforto é inevitável, mas o chuveiro já foi arrumado e estamos vendo a questão dos ventiladores”, disse o delegado. Com a interdição da cadeia de Ribeirão do Pinhal, em 2009, presos da jurisdição são encaminhados para as carceragens de Quatiguá e Jundiaí do Sul. O delegado foi procurado para falar sobre o assunto, mas estava em reunião e não pode atender as ligações.

Viatura de Ribeirão do Pinhal constantemente em Jundiaí do Sul

JACAREZINHO

Drogas e celulares que seriam levados para cadeia são apreendidos Jivago França

A Polícia Civil de Jacarezinho conseguiu evitar na última semana que nove aparelhos celulares, 14 gramas de cocaína e 117 de maconha fossem colocadas dentro do Setor de Carceragem Temporária (SECAT) da 12ª Subdivisão Policial de Jacarezinho. As apreensões aconteceram em diversos dias diferentes. Na quarta-feira (5), os policiais localizaram no telhado do SECAT, um embrulho feito com meia, com dois aparelhos celulares com chip. A descoberta se deu depois que o policial de plantão ouviu um barulho no telhado e foi verificar, encontrando o material pendurado. No último sábado, às 7 horas, também na tela que protege o SECAT, foi en-

contrado um embrulho com as mesmas características do primeiro. Com ajuda do Corpo de Bombeiros, foi constatado que no embrulho haviam 12 gramas de cocaína e dois aparelhos celulares sem chip. Já na manhã de segunda-feira, um pacote foi encontrado também no telhado no SECAT. No pacote estavam 89 gramas de maconha que teriam como destino alguns dos detentos. Willian Barbosa dos Santos, 18, mais conhecido no meio policial como “Cambará” tentou passar aos presos da carceragem, 28 gramas de maconha e cinco celulares. Todo o material estava escondido em um colchão. Ele foi flagrado pelos policiais civis e autuado em flagrante pela delegada Patrícia Ca-

valari Bocamino Taborda por tráfico de drogas com agravante de pena por se tratar de dependências de estabelecimentos prisionais, além de favorecimento real. Segundo a polícia, neste ano foram apreendidos, na delegacia de Jacarezinho, 381 gramas de maconha e 24 gramas de cocaína, além de 40 aparelhos celulares e 16 chips de várias operadoras de telefonia móvel. “É com esse empenho e dedicação em que os Policiais Civis estão trabalhando em prol da sociedade, tudo com objetivo de apurar, prevenir e punir pessoas que estão ligadas à criminalidade que tanto assusta os cidadãos de bem que compõem nossa sociedade organizada”, diz a nota divulgada pela delegacia.

Celulares e drogas foram apreendidos e jovem foi preso por tráfico com agravante

CONFISSÃO

ANDIRÁ

PRE apreende mais de quatro Ossada encontrada em ribeirão pode ser de adolescente desaparecido quilos de maconha na PR-855 Jivago França

A ossada humana encontrada às margens do ribeirão Grande em SantaAmélianamanhãdesegunda-feira pode ser do adolescente Rafael Henrique Barbosa, 15 anos, desaparecido desde o dia 29 de outubro. A ossada teria sido encontrada depois que um dos supostos autores teria confessado o crime. A princípio, o suspeito, no sábado (8), contou para alguns jovens enquanto se dirigiam para nadar no ribeirão, que teria matado o adolescente na companhia de

outras duas pessoas com facadas e pauladas. Além disto, o autor teria mostrado inclusive o local onde o corpo teria sido jogado. A polícia, na companhia de um dos jovens que saberia do fato, fez diligencias e encontrou a ossada às margens do ribeirão, há cerca de 10 metros do início da mata ciliar. O delegado da cidade, Michel Eymard de Rocha França Araújo, determinou o acionamento do Instituto Médico Legal (IML) para o recolhimento dos restos mortais e realização de exames. A funerária Santa Rita foi quem fez

o transporte até o IML. Junto com o pai, o adolescente que ajudou com as informações, foi levado para a delegacia de Santa Amélia. A polícia fez outras diligencias para tentar localizar o suposto autor para esclarecimentos, mas até o fechamento desta edição, ele não havia sido encontrado. Segundo o IML de Jacarezinho, para onde a ossada foi encaminhada, parte será encaminhada na amanhã para Curitiba para realização de exames que comprovem ou não a identidade como sendo do adolescente desaparecido.

FUGA

Detentos cavam túnel e fogem Redação Bonde

Droga e os envolvidos foram encaminhados para a delegacia de Bandeirantes Jivago França

Um casal foi preso depois que policiais rodoviários estaduais flagraram a dupla com mais de quatro quilos de maconha em tabletes, escondidos em um Fiat Uno de Andirá. O casal também é morador da cidade. Segundo o condutor, ele transportava a droga, mas a maconha pertenceria à mu-

lher, que confessou que pegou os entorpecentes em Cascavel no oeste paranaense. O homem de 30 anos e a mulher de 45 foram presos em flagrante e encaminhados para a delegacia de Bandeirantes para realização do boletim de ocorrência por tráfico de drogas. O homem é morador do bairro Timburi em Andirá. Os seis tabletes com 4,183 kg

foram apreendidos e levados também para a delegacia. O flagrante aconteceu pouco depois da meia noite de terça-feira no km três da rodovia PR-855 próximo ao trevo que liga as cidades de Andirá, Abatiá e Londrina. O carro seguia sentido Andriá quando foi apreendido. Os envolvidos não informaram para onde a droga seria levada.

Treze detentos que estavam presos no minipresídio de Apucarana fugiram na madrugada desta terça-feira (11). De acordo com a Polícia Militar da cidade, os presos cavaram um túnel até o pátio da 17ª SDP, pularam o muro e fugiram. Os foragidos estavam presos em três celas diferentes. Somente por volta das 6h, os funcionários do minipresídio perceberam a fuga e realizaram uma contagem. Entre os foragidos haviam detentos presos por roubo,

homicídio, tráfico de drogas e extorsão. Ao todo, 228 presos ocupavam a unidade antes da fuga. Veja a lista: Valdecir Biscaia, responde por Roubo e Homicídio; Reginaldo dos Reis, responde por Roubo e Homicídio; Fabio Aparecido Amâncio, responde por Roubo; João Paulo Caetano de Abreu, responde por Trafico de Drogas e Roubo; Valmir Gomes Borges, responde por Roubo e Extorsão; Rodrigo Bernardes, responde por Homicídio; Mauricio Serpe Garcia, responde por Roubo; Eder Renato Dias do Prado, responde

por Trafico de Drogas; Diogo Luchetti Belmonte, responde por Roubo; Diego Kentenich Brun Souza, responde por Homicídio, Trafico - Drogas e Roubo; Pedro Paulo Lima Teixeira, responde por Homicídio e Roubo; Paulo César Oliveira dos Santos, responde por Trafico de Drogas; Eduardo Pereira Batista, responde por Roubo. Há cerca de 15 dias, os presos do minipresídio de Apucarana realizaram uma rebelião que durou aproximadamente cinco horas. Na ocasião, um funcionário do local foi feito refém dos presos.


Esporte A-7

TRIBUNA DO VALE

Quinta-feira, 13 de dezembro de 2012 À meia noite do dia 12 de dezembro de 2012, os refletores do Pacaembu se apagaram para que Marcos, que fazia sua partida de despedida, pudesse discursar no estádio. O ídolo do Palmeiras fez vários agradecimentos ‒ à sua família, aos treinadores e companheiros de equipe ‒ e, por fim, se dirigiu aos torcedores pedindo para não ser esquecido.

A nova diretoria do Flamengo já começa a se movimentar para buscar um novo treinador. Demitido recentemente da seleção brasileira, Mano Menezes está cotado para assumir o Flamengo. Mesmo assegurando ainda não ter conversado com nenhum técnico, os novos mandatários rubro-negros monitoram a situação de Mano.

Timão premia invasão da Fiel com vaga na decisão FIELTorcedores transformam Toyota Stadium em Pacaembu, mas sofrem com vitória magra Gazeta Esportiva

A Fiel cumpriu a promessa e invadiu o Toyota Stadium, que recebeu mais de 31 mil pessoas nesta quarta-feira. O estádio lembrou o Pacaembu nos melhores dias, e o Corinthians deu a seus torcedores uma boa dose do sofrimento de que eles tanto gostam na vitória por 1 a 0 sobre o Al Ahly. Após um bom primeiro tempo, no qual teve tranquilidade para abrir o placar em um cabeceio do ótimo Guerrero, o Timão caiu demais na etapa final. A equipe recuou e levou pressão dos egípcios até o apito final de Marco Rodríguez. O resultado colocou o Alvinegro em sua segunda decisão de Mundial. Campeão em 2000 no Rio de Janeiro, o time do Parque São Jorge vai a Yokohama no domingo buscar o troféu em um duelo contra Chelsea ou Monterrey, adversário que será definido nesta quinta. No início, o Corinthians foi

inteligente e fez um jogo de paciência. O Al Ahly recuou suas linhas de marcação e tirou o espaço de ação de Paulinho e Douglas, o que obrigou o “time da casa” a trocar passes sem pressa, à espera da oportunidade. Nos primeiros minutos, a bola só chegou à área egípcia em batidas de lateral diretas. O Alvinegro demonstrava algum nervosismo, do qual destoavam o tranquilo Danilo e o extremamente participativo Guerrero, aparentemente livre da lesão no joelho que pôs em risco sua atuação no Japão. Para desequilibrar a marcação dos africanos, Tite tirou Emerson da esquerda, onde o combate de Fathi incomodava, e o trocou de lado com Danilo. Deu resultado, e o Timão passou a rondar mais perigosamente o gol defendido por Ekramy. De uma das boas jogadas de Danilo, saiu o escanteio no qual o placar foi aberto. Aos 29 minutos, Douglas fez uma cobrança ruim, mas recebeu de Fábio Santos no

N OTAS

Divulgação

Corintianos fazem a festa após o gol do peruano Paolo Guerrero, que colocou o Timão na decisão

rebote. Uma trivela precisa do camisa 10 achou a cabeça de Guerrero, em condição legal graças a um erro de Gomaa. O Corinthians manteve o domínio até o final do primeiro tempo, mas caiu após o intervalo. O Al Ahly ganhou campo, passou a ficar mais com a bola e, a partir dos nove minutos, apostou no meia-atacante Aboutrika, que havia começado no banco. O experiente jogador

entrou muito bem e soube aproveitar o posicionamento extremamente recuado do Corinthians. Ele deixou Fathi em ótima posição para marcar, mas o lateral, atrapalhado por Cássio, bateu para fora. Na sequência, Hamdy teve chance e perdeu o domínio. Só Guerrero manteve o nível na etapa final, brigando muito, o que levou Tite a trocar Emerson por Romarinho, em tentativa de fechar o lado

direito e ganhar opção de contra-ataque. Pouco depois, Jorge substituiu Douglas para fazer o mesmo pela esquerda. Melhorou um pouco, mas o Timão teve de suportar pressão até o final, com direito a cinco minutos de acréscimo por conta de uma lesão do goleiro Ekramy. O campeão sul-americano se fechou de vez com Guilherme Andrade e deu à Fiel a vitória com sofrimento que ela tanto queria.

CORRIDA

Ribeirão-clarense vence Circuito CPFL em Ourinhos Assessoria

O atleta e treinador da Associação dos Corredores Ribeirão-Clarenses (Ascor), Rodrigo Jorge, venceu a prova do Circuito Energia CPFL, em Ourinhos – SP, no último domingo (25). O corredor terminou o percurso de 10 quilômetros em 34 minutos e 20 segundos. Rodrigo foi recebido pelo prefeito de Ribeirão Claro, Geraldo Maurício Araújo (PV), que parabenizou o atleta pelo resultado conquistado. A prova reuniu cerca de 500 competidores vindos de 10 cidades do interior de São Paulo. Além da cor-

rida também foi realizada uma caminhada. A largada foi dada às 9h em f rente à subestação da CPFL, no Jardim Paulista. Único atleta de Ribeirão Claro na competição, Rodrigo não decepcionou e conquistou uma expressiva vitória representando o município. O evento esportivo encerra o cronograma oficial do atletismo em Ribeirão Claro, já que as próximas provas fora do município estão previstas apenas para 2013. No entanto, a Ascor promove em parceria com a prefeitura e a Associação Ribeirão-Clarense de Canoagem (ARCCA) a Corrida Pedestre de Ribeirão

Claro, no próximo domingo (2). A prova contará com a participação de vários corredores da Ascor e serve como preparação para os próximos compromissos da associação. Rodrigo agradeceu os patrocinadores e o apoio da prefeitura e do prefeito Maurício aos atletas do município. “Muito obrigado à prefeitura, Laticínios Carolina, RG Fitness Academia, Summer Vídeo e Casa de Carnes Pacheco”, agradeceu. O técnico falou sobre o evento do próximo dia 2, com a previsão de participação de 300 atletas da região. “Na Corrida Pedestre de Ribeirão Claro serão 19

Corredor foi recebido pelo prefeito Maurício em seu gabinete

categorias com premiação total de R$ 2 mil reais”, disse. “Queremos que a corrida tenha data fixa no calendário oficial da prefeitura a partir de 2013”, concluiu.

A casa é sua A Fifa conseguiu mais uma vitória em relação à Copa-2018. A entidade confirma sexta-feira, em reunião de seu Comitê-Executivo em Tóquio, a Copa das Confederações de 2017 na Rússia, com quatro sedes. A organização do Mundial colocou em pauta fazer o torneio com seis sedes, mas atendeu o desejo da federação e reduziu o número para quatro. Moscou, São Petersburgo, Sochi e Kazan serão as cidades anunciadas. Ampliado. No Mundial de 2018, os russos terão 12 estádios divididos em 11 sedes. Contraponto Essa vitória da Fifa não é a primeira sobre a Rússia. Seis anos antes da Copa-18, o governo do país, que controla o Comitê Organizador Local, já tem pronto o projeto da Lei Geral da Copa, que deve ser aprovado em breve. O Brasil entrou em conflito com a Fifa e só aprovou seu texto neste ano, dois antes do Mundial que sediará. Aplausos Enquanto isso, a organização da Copa na Rússia vem sendo elogiada frequentemente pela Fifa. Revanche O governador de SP, Geraldo Alckmin, foi de surpresa à festa de confraternização de fim de ano dos trabalhadores do Itaquerão. Ao chegar ao evento, Alckmin desejou sorte ao Corinthians, que estrearia ontem no Mundial de Clubes, e pediu para que o time vingue o Santos, que perdeu o título no ano passado. Currículo Santista, Alckmin vibrou quando descobriu que o engenheiro da obra, Frederico Barbosa, também torce para o seu time. O governador paulista brincou dizendo que agora estava tranquilo porque sabia que o estádio da capital estava em boas mãos. Pronto-socorro Antes de ir para a festa de fim de ano do Itaquerão, Alckmin fez uma visita ao hospital Santa Marcelina, em Itaquera. Foi definido que esse será o hospital de apoio para a Copa-2014. Maré ruim Com dificuldades para contratar reforços, o Santos já conta com uma perda no elenco para 2013. O zagueiro Bruno Rodrigo, que substituiu durante a temporada o capitão Edu Dracena, lesionado, tem contrato encerrando em dezembro e não quis nem ouvir a proposta para renovação. Bruno Rodrigo diz ter em mãos uma oferta muito boa de uma equipe do exterior.

DESTAQUE - O atleta João Pedro Priolli, de Joaquim Távora, foi o destaque da final do Campeonato Paranaense Sub-17, disputado no sábado (8) em Uraí. Sua equipe, o Junior Team de Londrina venceu o Paraná Clube de Curitiba por 2 a 1. Na foto, ele que foi eleito o melhor jogador da partida, aparece com o ex-técnico Tiãozinho, da escolinha tavorense, e com o companheiro de equipe Ítalo, artilheiro da final, com dois gols. João Pedro é mais uma promessa de craque do celeiro de grandes jogadores que é o Norte Pioneiro.

Para trás Em alta em 2012, o Corinthians não foi o clube brasileiro mais citado no Google. O time que disputa o Mundial foi o segundo clube mais procurado no site de busca no Brasil, superado pelo Flamengo. O Palmeiras foi o terceiro, seguido por Grêmio, Vasco, São Paulo e Santos.


cmyb

A-8 Geral

TRIBUNA DO VALE

Quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

Chuva normaliza abastecimento de água e condição das lavouras

Antônio de Picolli

FIM DA ESTIAGEMPrevisão é de pancadas de chuva até domingo; produtores de soja e milho comemoram Celso Felizardo

As fortes chuvas que atingiram a região nos últimos dias bastaram para normalizar o fornecimento de água em algumas cidades que sofriam com a seca, como é o caso de Conselheiro Mairinck e Ibaiti. No campo, os agricultores também comemoraram a chegada das águas do fim de ano, principalmente os produtores de soja e milho. Até o fim da semana, há previsão de chuva todos os dias. De acordo com o Simepar, o nível das precipitações vai variar de 10 mm a 24 mm. A situação mais comum de é sol com

muitas nuvens durante o dia, períodos de nublado, com chuva a qualquer hora. A Sanepar garantiu ontem que o risco de racionamento está descartado em todas as cidades da região. Com previsão de mais chuvas para o restante da semana, a empresa espera que os níveis de todos os reservatórios subam. Em Ibaiti, o manancial de abastecimento é o Ribeirão Grande, da Bacia do Rio das Cinzas. Nos dias mais quentes, o consumo é de 4,8 mil metros cúbicos e a produção é de 5,2 mil metros cúbicos. A proximidade das faixas faz com que falte água em determinados pontos da

cidade nos horários de pico, principalmente nas áreas mais altas. A Sanepar investe em na introdução de dois poços e um reservatório que deve atender a demanda até 2038. Na e s t a ç ã o d e c apt a ç ã o d o R i o Ja c a r é , q u e abastece Jacarezinho, uma bomba submersa que havia apresentado defeito já foi arrumada, porém alguns moradores da cidade continuam reclamando da falta de água. Este é o caso das famílias que moram na região mais alta do Bairro Aeroporto. “A água voltou, mas por falta de pressão não consegue chegar aqui

na parte mais alta”, reclama o morador Leo Eleodoro da Silveira. No campo, a chegada da chuva, que não aparecia com consistência há quase quatro meses também foi bem-vinda. De acordo com José Antônio Gervásio, economista do Departamento de Economia Rural (Deral), órgão ligado à Secretaria Estadual de Agricultura e Abastecimento (Seab), as lavouras de soja e milho já começavam a sentir os reflexos da chuva. “Veio na hora certa essa chuva. Com as próximas precipitações previstas, a situação tende a normalizar”, aponta.

Sanepar descarta racionamento e vê normalização nos serviços

MEIO AMBIENTE

Paraná começa em fevereiro o inventário de florestas

Primeira fase dos trabalhos abrangerá mais de 150 pontos AEN

Deve começar em fevereiro de 2013 o levantamento de dados para o Inventário das Florestas do Paraná, que o governo do Estado fará em parceria com o Serviço Florestal Brasileiro – órgão federal ligado ao Ministério do Meio Ambiente. O trabalho será realizado em duas fases e reunirá informações de caráter quantitativo e qualitativo sobre as florestas nativas e plantadas, além de dados sobre biomassa e estoques de carbono. A primeira fase do inventário está sendo licitada pelo Serviço Florestal Brasileiro e será realizada com recursos do Projeto Fundo Global para o Meio Ambiente. Consistirá no levantamento de 151

pontos amostrais das mesorregiões Centro Sul, Sudeste e Centro Ocidental. Na segunda fase serão coletadas informações de 161 pontos amostrais nas mesorregiões Sudoeste, Centro Oriental e Região Metropolitana de Curitiba. Essa etapa está em fase de elaboração do edital de licitação, processo que será realizado pela Secretaria de Meio Ambiente. Os dados serão importantes para estabelecer políticas públicas para o setor florestal, como a revisão de áreas estratégicas para restauração e conservação, atualização da lista de espécies ameaçadas de extinção, dentre vários outros resultados. Segundo o presidente do Instituto Ambiental do Paraná (IAP), Luiz Tarcisio

Mossato Pinto, o Inventário Florestal do Paraná compõe o Programa Bioclima Paraná e será atualizado periodicamente. “O Estado nunca teve um inventário tão detalhado como este que faremos. Ele nos ajudará na efetivação de ações do Bioclima, oferecendo informações seguras sobre a qualidade de nossas florestas e as áreas que exigem maior cuidado”, afirmou. Os estudos serão coordenados pela Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos e terão como principal foco as espécies nativas. A Secretaria de Agricultura e Abastecimento também é parceira do projeto e irá auxiliar com informações sobre os estoques de espécies exóticas plantadas, como pinus e eucalipto.

E mais: • Orientação de carreira e encaminhamento para o mercado. • Material didático interativo em um tablet*, sem custo. Disponível para Direito.

Mais de 40 anos de experiência em mais de 70 unidades em todo o Brasil

“Eu tenho muito mais confiança em estudar numa instituição que tem experiência e é reconhecida em todo o país.” Aline, Enfermagem

vestibular inscrEVA-sE Já

www.estacio.br 0800 282 3231

*O tablet será entregue em comodato após a renovação da matrícula para o 2º período a ser cursado em 2013.2, exclusivamente para os novos alunos que ingressarem em 2013.1 para os cursos indicados no regulamento disponível no site www.estacio.br. A extensão aos demais cursos e localidades está sob estudo.

cyan magenta yellow black


cmyb

TRIBUNA DO VALE Quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

Local

B-1

www.tribunadovale.com.br

denunciam Papai Noel dos Correios Vizinhos cachorros esquecidos entrega presentes ABANDONADOS

Antônio de Picolli

NATAL Campanha atendeu cerca de 150 cartinhas com pedidos que vão desde comida à material escolar

Aline Damásio

Foram entregues ontem em Santo Antonio da Platina os presentes das crianças que participaram da campanha Papai Noel dos Correios. Um ônibus lotado de brinquedos foi levado à Escola Municipal Franklin Delano Roosevelt, antiga escola agrícola, onde 150 alunos tiveram suas cartinhas atendidas pelo Papai Noel através da solidariedade da população. Bonecas, carrinhos e bicicleta, roupas e sapatos estavam entre os pedidos atendidos pela campanha, que teve início

Aline Damásio

ainda em novembro. Uma festa foi preparada pela direção da escola e os alunos aguardaram ansiosos pela distribuição. De acordo com o gerente Marcos André dos Santos, a campanha Papai Noel dos Correios está em sua 23° edição e pela terceira vez atende a escola agrícola. “Uma parceria feita com a secretaria de Educação estabelece qual escola possui crianças mais carentes e é por essa característica que é escolhida. O objetivo da campanha é atender a todos os pedidos, garantir que todos os alunos ganhem presente”, afirmou. Além dos brinquedos, que são os mais comuns, alguns pedidos se destacam entre as cartinhas, como alimentos, material escolar e roupas. “É incrível o número de pedidos simples como comida e até remédios que as crianças pedem. Este ano chamou atenção a quantidade de cartinhas pedindo material escolar. Elas superaram os brinquedos, mas é o pedido de comida que mais comove a população”, comentou Santos. Flávia Siqueira foi uma das doadoras e acompanhou a entrega dos presentes. “Acho importante este tipo de so-

Animais ficavam até 15 dias sem atendimento por parte dos donos Da Redação

Presentes do Papai Noel dos Correios fez a alegrias das crianças

lidariedade, é um papel de todos nós. Nesta época acho que somo todos iguais, temos desejos, sonhos e devemos compartilhar um pouco do nosso Natal com aqueles que necessitam”, disse. Além da campanha dos Correios, a escola sorteou brindes e uma bicicleta aos alunos. A professora Janete Oliveira dos Reis relata que a ansiedade das crianças para a comemoração do Natal inicia bem antes de dezembro. “Eles criam uma expectativa muito grande, como já é a terceira vez que são beneficiados com

a campanha este momento se tornou especial para eles e também para nós professores, que vemos os olhinhos das crianças brilharem com um simples presentinho”, disse. Apesar de os presentes já terem sido entregues, algumas cartas ainda estão disponíveis na agência de Santo Antonio da Platina. Segundo o gerente, as cartinhas ainda podem ser atendidas por voluntários. “Ainda estão abertos os pedidos, mas a distribuição pelos Correios já está suspensa, quem quiser ajudar terá de fazer a entrega”, alertou.

Um trio de cachorros foi “esquecido” pelos donos dentro de uma casa “abandonada” no bairro Serra Pelada em Santo Antônio da Platina. Segundo a denúncia de um grupo de vizinhos para uma Organização Não Governamental (ONG) que cuida de animais abandonados, os proprietários dos animais apareciam na casa para colocar água e comida, somente duas vezes no mês. Uma vizinha, que preferiu não se identificar, disse que depois da denúncia na última sexta-feira (7) para a ONG, a dona da casa começou a visitar o local quase que diariamente para tratar dos animais. Um dos cachorros é de grande porte, mas não estava no quintal, que segundo a vizinha pode ter sido levado embora pela dona. Os outros dois são de médio porte e não apresentam raça definida. O abandono de animais é crime previsto no artigo 32 da

Lei Federal 9.605/98, que trata dos crimes ambientais. Mas infelizmente nem perante uma lei, os maus tratos e abandono do “melhor amigo do homem” tem redução. A mesma vizinha informou ainda, que os cães só continuaram vivos devido à solidariedade de algumas pessoas que colocavam água e comida para eles. “Esses dias, quando eles (donos) vieram tratar, um dos cachorros escapou, atacou outro e quase pegou a filha da vizinha ali”, afirmou a mulher que não quer ser identificada. “Não quero prejudicar ninguém, mas os cachorros não têm culpa de nada para serem abandonados”, desabafou a moradora. A reportagem da Tribuna do Vale tentou contato com a proprietária dos animais, que não respondeu aos recados. O responsável pela ONG Mundo Cão, onde foi feita a denúncia, também foi procurado, mas até o fechamento desta edição, não atendeu as ligações.

Se você

precisa, A Fomento Paraná tem as menores taxas para o seu negócio e o Paraná crescerem. Acesse o site e faça uma simulação.

a gente

financia.

www.fomento.pr.gov.br 41 3883 7000

cyan magenta yellow black


B-2 Atas&Editais VENDE-SE

Sobrado em Cambará/Pr. Excelente para ponto comercial/residencial. Esquina: rua Jose Bonifácio com a Rua Otávio R. Ferreira, 1416, medindo 12m de frente x 17,40 m de fundo com área total construída. O imóvel é composto: No térreo: 1 suite, 2 quartos, 1 WC social, 1 escritorio, 1 sala ampla, copa e cozinha conjugada, garagem para 2 veículos. Na parte superior: 02 comodos, 01 banheiro, lavanderia e um terraço amplo. Fone para mais informações: (43) 9977-6824.

VENDE-SE

Sítio Monte Alto, situado no Bairro Taquaralzinho/Cambará-Pr, ladeado pelos vizinhos Pavan e W.Papa, uma área de 6.93645 alqueires com varzea, ao leste, o Rio Ribeirão Taquaral. Fone para mais informações: (43) 9977-6824. Comunicado de Extravio de Notas Fiscais A Empresa Moscon & Piccoli Ltda. CNPJ 95.808.499/0001-74, comunica o extravio das Notas Fiscais série “D” de n° 35315 e 35316 (em branco), ficando as mesmas canceladas (sem efeito). Quatiguá (PR), 11/12/2012. PREFEITURA MUNICIPAL DE GUAPIRAMA TERMO DE RATIFICAÇÃO E HOMOLOGAÇÃO DO PROCESSO DE DISPENSA DE LICITAÇÃO- DISPENSA 014/2012 Em razão do parecer emitido pela procuradoria jurídica do município, RATIFICO o parecer, ora apresentado, e HOMOLOGO a referida dispensa, nos termos do artigo 26 da Lei 8.666/93, para que produza seus jurídicos e legais efeitos, que tem por objeto a CONTRATAÇÃO DE EMPRESA QUE PRESTARÁ SERVIÇOS DE HOSPEDAGEM DO DIÁRIO OFICIAL ELETRÔNICO BEM COMO MANUTENÇÃO POR 12 MESES DO MESMO E DO SITE DA PREFEITURA MUNICIPAL DE GUAPIRAMA, pelo valor de R$ 6.000,00, para a empresa INGÁ DIGITAL LTDA. Guapirama, em 11 de dezembro de 2012 EDUÍ GONÇALVES PREFEITO MUNICIPAL PREFEITURA MUNICIPAL DE GUAPIRAMA DECRETO nº 687/2012 SÚMULA: Dispõe sobre homologação de licitação. EDUÍ GONÇALVES, Prefeito do Município de Guapirama, Estado do Paraná, no uso de suas atribuições legais, tendo em vista o parecer, julgamento e adjudicação promovidos pela Pregoeira, com referência ao Pregão Presencial sob nº 045/2012, que tem por objeto a AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTOS DE REDE SEM FIO E SERVIÇO DE INSTALAÇÃO DE SERVIDOR E MANUTENÇÃO D/E/C/R/E/T/A/ Artigo 1º: Fica homologada a licitação de modalidade Pregão Presencial sob nº 045/2012, que tem por objeto a AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTOS DE REDE SEM FIO E SERVIÇO DE INSTALAÇÃO DE SERVIDOR E MANUTENÇÃO Artigo 2º: Em face da homologação estabelecida pelo artigo anterior, fica declarada vencedora do certame licitatório a seguinte empresa: LOTE I CAMBARÁ INFORMÁTICA LTDA pelo valor de R$ 3.700,00 (três mil e setecentos reais); LOTE II CAMBARÁ INFORMÁTICA LTDA pelo valor de R$ 12.000,00 (doze mil reais); LOTE III CAMBARÁ INFORMÁTICA LTDA pelo valor de R$ 2.000,00 (dois mil reais); Artigo 3º: Em conseqüência, fica convocada a proponente para a assinatura do instrumento de contrato, nos termos do artigo 64, caput, da Lei 8.666/93, sob pena de decair o direito à contratação, sem prejuízo das sanções previstas no artigo 81. Artigo 4º: Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação. Guapirama (PR), 12 de dezembro de 2012 EDUÍ GONÇALVES Prefeito Municipal PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA DECRETO Nº 573/12 A Prefeita Municipal de Santo Antônio da Platina, Estado do Paraná, no uso das atribuições que lhe são conferidas por Lei e, e de acordo com o requerimento protocolado sob nº 016195/12, de 11/12/12, decreta: Art. 1º - Fica EXONERADO, a pedido, a partir de 31 de dezembro de 2012, o servidor CARLOS ALBERTO SCHMEISKE, ocupante do cargo em comissão de Diretor do Departamento de Ensino Profissionalizante, Regime Estatutário deste Município, nomeado em 03/02/2011. Art. 2º - Revogam-se as disposições em contrário. GABINETE DA PREFEITA MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA / ESTADO DO PARANÁ / PAÇO MUNICIPAL DR. ALÍCIO DIAS DOS REIS, aos 11 de dezembro de 2012. MARIA ANA VICENTE GUIMARÃES POMBO Prefeita Municipal PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA DECRETO Nº 572/12 A Prefeita Municipal de Santo Antônio da Platina, Estado do Paraná, no uso das atribuições que lhe são conferidas por Lei, decreta: Art.1º - Fica NOMEADO o Senhor JEFFERSON ALVES DOS SANTOS – CPF Nº 953.810.669-53, para a função de Presidente do PROVOPAR Municipal, a partir de 11 de dezembro de 2012. Art.2º - Fica REVOGADO o Decreto nº 469/11, de 08/11/11, bem como as demais disposições em contrário. GABINETE DA PREFEITA MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA / ESTADO DO PARANÁ / PAÇO MUNICIPAL DR. ALÍCIO DIAS DOS REIS, aos 11 de dezembro de 2012. MARIA ANA VICENTE GUIMARÃES POMBO Prefeita Municipal

CÂMARA MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA DECRETO LEGISLATIVO Nº 007/2012 Dispõe sobre as contas do Executivo Municipal, relativas ao Exercício Financeiro de 2010 Faço saber que a Câmara Municipal de Santo Antônio da Platina, Estado do Paraná, aprovou e eu, Antônio César de Camargo, Presidente da Câmara Municipal, promulgo o seguinte Decreto Legislativo: Art. 1º - Fica acatado o Acórdão de Parecer Prévio nº 371/12 – da Primeira Câmara do Tribunal de Contas do Estado do Paraná, de 25 de setembro de 2012, referente ao Processo nº 222111/11, relativo à Prestação de Contas do Executivo Municipal de Santo Antônio da Platina, do exercício financeiro de 2010. Art. 2º - Em face do artigo anterior, ficam aprovadas, com ressalva e multa administrativa, as contas do Executivo Municipal de Santo Antônio da Platina, referentes ao exercício financeiro de 2010, de acordo com o Acórdão nº 371/12, do Tribunal de Contas do Estado do Paraná. Art. 3º - Este Decreto Legislativo entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário. GABINETE DA CÂMARA MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA, ESTADO DO PARANÁ, em 11 de dezembro de 2012. ANTÔNIO CÉSAR DE CAMARGO Presidente da Câmara Municipal FRANCISCO FAUSTINO DE PROENÇA JÚNIOR 1° Secretário CÂMARA MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA DECRETO LEGISLATIVO Nº 008/2012 Dispõe sobre as contas da Câmara Municipal de Santo Antônio da Platina, relativas ao Exercício Financeiro de 2010 Faço saber que a Câmara Municipal de Santo Antônio da Platina, Estado do Paraná, aprovou e eu, Antônio César de Camargo, Presidente da Câmara Municipal, promulgo o seguinte Decreto Legislativo: Art. 1º - Fica acatado o Acórdão de Parecer Prévio nº 1254/12 – da Primeira Câmara do Tribunal de Contas do Estado do Paraná, de 08 de maio de 2012, referente ao Processo nº 212035/11, relativo à Prestação de Contas da Câmara Municipal de Santo Antônio da Platina, do exercício financeiro de 2010. Art. 2º - Em face do artigo anterior, ficam aprovadas as contas da Câmara Municipal de Santo Antônio da Platina, referentes ao exercício financeiro de 2010, de acordo com o Acórdão nº 1254/12, da Primeira Câmara do Tribunal de Contas do Estado do Paraná. Art. 3º - Este Decreto Legislativo entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário. GABINETE DA CÂMARA MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA, ESTADO DO PARANÁ, em 11 de dezembro de 2012. ANTÔNIO CÉSAR DE CAMARGO Presidente da Câmara Municipal FRANCISCO FAUSTINO DE PROENÇA JÚNIOR 1° Secretário PREFEITURA MUNICIPAL DE RIBEIRÃO DO PINHAL AVISO DE LICITAÇÃO Pregão Presencial nº082/2012. Encontra-se aberto na PREFEITURA MUNICIPAL DE RIBEIRÃO DO PINHAL – ESTADO DO PARANÁ, processo licitatório na modalidade Pregão, do tipo maior oferta por preço global, cujo objeto é a Contratação de instituição financeira, pública ou privada, para a prestação de serviços de pagamento de vencimentos, salários, proventos, aposentadorias, pensões e similares, dos servidores da administração pública municipal, conforme solicitação do Gabinete do Prefeito. Assim sendo, a realização do referido pregão será no dia: 27/12/2012, a partir das 09h00min, na sede da Prefeitura Municipal, localizada à Rua Paraná, nº. 983 – Centro, em nosso Município. O edital na íntegra estará disponível para consulta e retirada mediante pagamento de taxa no endereço supra, junto ao Setor de licitações, de segunda a sexta-feira, no horário das 09h00min às 11h00min e das 13h30min às 15h30min. Ribeirão do Pinhal, 12 de dezembro de 2012. Fayçal Melhem Chamma Junior Pregoeiro Municipal PREFEITURA MUNICIPAL DE QUATIGUÁ-ESTADO DO PARANÁ EXTRATO DE ADITIVO CONTRATUAL ADITIVO I AO CONTRATO Nº 05/2012 Partes: Município de Quatiguá e Almeida Group Distribuição de Materiais de Construção Ltda. Objeto: Contratação de empresa objetivando a execução de obras (material e mão de obra), visando à ampliação do Colégio Estadual João Marques da Silveira, do município de Quatiguá. Alteração: Prorrogação do prazo de execução do objeto por mais 90 (noventa) dias, expirando-se em 30 de dezembro de 2012. Data: 02 de outubro de 2012. Carlos Alberto Tramontin – Prefeito Municipal CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE RUA PARANÁ, Nº 206 FONE: (0 43)3537-1625 BARRA DO JACARÉ – PARANÁ RESOLUÇÃO 003/2012 - CMDCA BARRA DO JACARÉ - PR. SÚMULA: Exoneração dos conselheiros tutelares em fim de mandato 2009-2012 e Convocação dos Candidatos eleitos a Conselheiro Tutelar para gestão 2013 - 2015 do Município de Barra do Jacaré-Pr. A Presidenta do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Barra do Jacaré - Pr, no uso de suas atribuições legais que lhe confere a Lei Municipal 252/2006, RESOLVE: art. 1º Fica exonerado do cargo de Conselheiro Tutelar a partir do dia 30 de dezembro de 2012 os conselheiros em exercício: - Izabel Cristina Gonçalves Zanatta; - Lucélia Silverio Donha; - Nilson Xavier da costa; - Paulo de Freitas Aguiar; - Valdemir Aparecido Nunes. Art. 2º Convoca os Candidatos eleitos a Conselheiro Tutelar para gestão 2013 - 2015, a tomar posse no dia 02/01/2013, local casa da cultura Avanir Vicente Sant’Anna, ás 10:00 horas, Rua Silvio Paduim, S/N: - Nilson Xavier da costa; - Lilian Gonçalves da costa; - Luzia Pereira de Moraes; - Andreza Mello da silva; - Izabel Cristina Gonçalves Zanatta. Art. 3º Esta Resolução entra em vigor na data de sua publicação. Barra do Jacaré, 12 de dezembro 2012 Aparecida Lucia da Cunha Presidenta do CMDCA PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMBARÁ PORTARIA NO 385/2012 O Excelentíssimo Sr. José Salim Haggi Neto, Prefeito Municipal de Cambará, Estado do Paraná, usando de suas atribuições, que lhe são conferidas por lei, RESOLVE Exonerar GRAÇA MARIA DA CRUZ, portadora do R. G. no 3.338.0500-PR, do cargo em comissão de Assessora de Comunicação Social, símbolo CC-02/B, nos termos da legislação em vigor O presente ato entra em vigor na data de sua publicação. Edifício da Prefeitura Municipal de Cambará, Estado do Paraná, em 12 de dezembro de 2012. JOSÉ SALIM HAGGI NETO PREFEITO MUNICIPAL DE CAMBARÁ PREFEITURA MUNICIPAL DE BARRA DO JACARÉ ESTADO DO PARANÁ RETIFICAÇÃO EXTRATO DE DISPENSA DE LICITAÇÃO Nº 017/2012 Nº Processo: 073/2012. Objeto: Aquisição de material desportivo para o setor de esporte e cultura. Fundamento Legal: Art. 24º, da Lei nº 8.666 de 21/06/1993. Justificativa: Para atender as necessidades do setor de Esportes. Ratificação em 11/12/2012. Edimar de Freitas Alboneti. Prefeito Municipal. Valor Global: R$ 1.071,50 (Um mil e setenta e um reais e cinqüenta centavos). Contratante: Prefeitura Municipal de Barra do Jacaré - CNPJ 76.407.568/0001-93; Contratada:13.357.831/0001-67– BOLIVAR ESPORTES.

TRIBUNA DO VALE

Quinta-feira, 13 de dezembro de 2012 PREFEITURA MUNICIPAL DE RIBEIRÃO DO PINHAL DECRETO Nº. 75/2012. SÚMULA:- Abertura de Crédito Adicional Especial, valor de R$ 76.000,00 (setenta e seis mil reais), com recursos de provável excesso de arrecadação. O Senhor Dartagnan Calixto Fraiz, Prefeito do Município de Ribeirão do Pinhal, Estado do Paraná, usando de suas atribuições legais, e em especial a Lei nº. 1.564/2012 de 11 de dezembro de 2012; decreta: ARTIGO 1º - Fica aberto no orçamento vigente um Crédito Adicional Especial com recursos de provável excesso de arrecadação, no valor de Valor R$ 76.000,00 (setenta e seis mil reais), na seguinte dotação orçamentária: 07 - DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO, ESPORTE E CULTURA. 07.001 – Divisão de Ensino – Secretaria Municipal de Educação. 12.361.00052-033 – Manutenção da Secretaria de Educação. 001470 - 0.1.00.000107 - 3.3.90.30.00.00 – Material de Consumo. Valor R$ 76.000,00 (setenta e seis mil reais). ART. 2º. Servirá como recursos para o custeio do Presente Crédito Especial, o provável excesso de arrecadação a se realizar com o e Repasse das Quotas do Salário-Educação, pelo FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da educação), em cotas mensais no restante do Exercício de 2012. ART. 3º. Esta Lei entrará em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário. Edifício da Prefeitura Municipal de Ribeirão do Pinhal, em 12 de dezembro de 2012. Dartagnan Calixto Fraiz Prefeito Municipal PREFEITURA MUNICIPAL DE RIBEIRÃO DO PINHAL DECRETO Nº. 76/2012 SÚMULA:- Abertura de Crédito Adicional Especial, valor de R$ 74.361,53 (setenta e quatro mil trezentos e sessenta e um reais e cinqüenta e três centavos), com recursos de superávit financeiro de fonte de recursos. O Senhor Dartagnan Calixto Fraiz, Prefeito do Município de Ribeirão do Pinhal, Estado do Paraná, usando de suas atribuições legais, e em especial a Lei nº. 1.565/2012 de 11 de dezembro de 2012; decreta: ARTIGO 1º - Fica aberto no orçamento vigente um Crédito Adicional Especial com recursos de superávit financeiro de fontes de recursos, no valor de Valor R$ 74.361,53 (setenta e quatro mil trezentos e sessenta e um reais e cinqüenta e três centavos), na seguinte dotação orçamentária: 06 - SECRETARIA MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL. 06.002 – Fundo Municipal de Assistência Social. 08.244.00122-021 – Manutenção do Fundo Municipal de Assistência Social. 001030 - 3.3.00.000715 - 3.3.90.30.00.00 – Material de Consumo. Valor R$ 18.643,59 (dezoito mil seiscentos e quarenta e três reais e cinqüenta e nove centavos). 001050 - 3.3.00.000779 - 3.3.90.39.00.00 – Outros Serviços de Terceiros Pessoa Jurídica. Valor R$ 20.968,36 (vinte mil novecentos e sessenta e oito reais e trinta e seis centavos). 06.003 – Fundo Municipal da Infância e Adolescência. 08.244.00126-027 – Manutenção do Fundo Mun. de Assistência Social – IGD. 001240 - 3.3.00.000763 – 4.4.90.52.00.00 – Equipamentos e Material Permanente. Valor R$ 34.749,58 (trinta e quatro mil setecentos e quarenta e nove reais e cinqüenta e oito centavos). ART. 2º - Servirá como recursos para o custeio do presente Crédito Especial, o superávit financeiro apurado em 31 de dezembro de 2011, nas contas de receita que seguem:-1.7.2.1.34.99.04.00 – Programa A. S. Piso Básico Variável II, conta corrente nº. 16274-4, Fonte de Recursos 715 - 1.7.2.1.34.99.08.00 – Convenio nº. 63, conta corrente nº. 11864-8, Fonte de Recursos 763 - 1.7.6.1.03.01.00.00 – Programa PAIF/CRAS, conta corrente nº. 17387-7 – Fonte de Recursos 779. ART. 3º. Esta Lei entrará em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário. Edifício da Prefeitura Municipal de Ribeirão do Pinhal, em 12 de dezembro de 2012. Dartagnan Calixto Fraiz Prefeito Municipal

PREFEITURA MUNICIPAL DE GUAPIRAMA – PARANÁ PREGÃO PRESENCIAL N° 042/2012 EXTRATO DE CONTRATO DATA DE ASSINATURA DO CONTRATO: 11 DE DEZEMBRO DE 2012 CONTRATANTE: MUNICÍPIO DE GUAPIRAMA CONTRATADA: OCIMAR RIBEIRO LOURENÇO VALOR: LOTE III pelo valor de R$ 70.800,00 (setenta mil e oitocentos reais) OBJETO: AQUISIÇÃO DE PEÇAS NOVAS DE 1.ª LINHA PARA OS VEÍCULOS DA FROTA MUNICIPAL, QUE SERÃO RETIRADOS DE ACORDO COM A NECESSIDADE DE CADA DEPARTAMENTO. PREFEITURA MUNICIPAL DE GUAPIRAMA – PARANÁ PREGÃO PRESENCIAL N° 042/2012 EXTRATO DE CONTRATO DATA DE ASSINATURA DO CONTRATO: 11 DE DEZEMBRO DE 2012 CONTRATANTE: MUNICÍPIO DE GUAPIRAMA CONTRATADA: GIRAR COMÉRCIO DE PEÇAS E ACESSÓRIOS LTDA VALOR: LOTE VI pelo valor de r$ 40.000,00 (quarenta mil reais); LOTE VII pelo valor de R$ 71.000,00 (setenta e um mil reais); LOTE VIII pelo valor de R$ 62.900,00 (sessenta e dois mil novecentos reais); LOTE IX pelo valor de R$ 24.900,00 (vinte e quatro mil e novecentos reais); OBJETO: AQUISIÇÃO DE PEÇAS NOVAS DE 1.ª LINHA PARA OS VEÍCULOS DA FROTA MUNICIPAL, QUE SERÃO RETIRADOS DE ACORDO COM A NECESSIDADE DE CADA DEPARTAME PREFEITURA MUNICIPAL DE BARRA DO JACARÉ EXTRATO DE CONTRATO DA CESSÃO DE USO PARTES: Prefeitura Municipal de Barra do Jacaré – PR, CNPJ nº 76 407 568/0001-93 CEDENTE e a APAE ( Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais do Município de Barra do Jacaré – PR) CNPJ nº 15.440.630/0001-54, CESSIONÁRIA. OBJETO: Cessão de um imóvel à CESSIONÁRIA, com 305 m², localizado à rua Manoel de Freitas Aguiar nº 480, quadra 05 lote 07, na Vila Cooperativa em Barra do Jacaré – PR, permanecendo o domínio e a posse indireta do bem com a CEDENTE, com a finalidade de desenvolver as atividades da APAE ( Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais do Município de Barra do Jacaré – PR). Duração: 20 (vinte) anos Data da Assinatura: 11/12/2012 Foro: Comarca de Andirá – PR. Edimar de Freitas Alboneti Prefeito Municipal PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA PORTARIA Nº 686/12 A Prefeita Municipal de Santo Antônio da Platina, Estado do Paraná, no uso das atribuições que lhe são conferidas por Lei, CONSIDERANDO o disposto no art. 11, parágrafo único, da Lei 1.128/12; RESOLVE: I - DESIGNAR os servidores abaixo relacionados para proceder à FISCALIZAÇÃO DOS CONVÊNIOS, firmados pela Administração Municipal, relativos às suas respectivas àreas, a serem realizados no exercício de 2013. SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE: Roseli Teixeira SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO: Ludyanne Dias Machado Cabral SECRETARIA MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL: Franciene de Oliveira Malaquias. GABINETE DA PREFEITA MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA / ESTADO DO PARANÁ / PAÇO MUNICIPAL DR. ALÍCIO DIAS DOS REIS, em 11 de dezembro de 2012. MARIA ANA VICENTE GUIMARÃES POMBO Prefeita Municipal


TRIBUNA DO VALE

Quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

Atas&Editais B-3

MUNICÍPIO DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA – ESTADO DO PARANÁ EXTRATO DO 1º TERMO ADITIVO AO CONTRATO Nº 070/2011 TOMADA DE PREÇOS Nº 004/2011 CONTRATANTE: MUNICÍPIO DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA – PARANÁ. CONTRATADA: NETUNO ENGENHARIA LTDA OBJETO: O presente Termo Aditivo tem por objeto a redução de metafísica no percentual de 4,67397008977% correspondente a uma redução de R$ 24.043,75 (vinte e quatro mil, quarenta e três reais e setenta e cinco centavos) sobre o valor do Contrato nº 70/2011, referente à Tomada de Preços nº 004/11, cujo objeto é a contratação de empresa de engenharia para fornecimento de materiais e mão-de-obra para a revitalização da Praça Frei Cristóvão Capinzal, com área total de 8.074,40 m², conforme Contrato de Repasse nº 030.9360-97/2009/MINISTÉRIO DO TURISMO/PROGRAMA TURISMO NO BRASIL. DATA: 03 de março de 2012. MUNICÍPIO DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA – ESTADO DO PARANÁ EXTRATO DO 1º TERMO ADITIVO AO CONTRATO Nº 74/2012 PREGÃO PRESENCIAL Nº 057/2012 CONTRATANTE: MUNICÍPIO DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA – PARANÁ. CONTRATADA: SCOPARO & SILVA LTDA OBJETO: O presente termo aditivo tem por objeto prorrogar o prazo de vigência do Contrato 74/2012 – Pregão Presencial 057/2012, de 31/12/2012 para 31/03/2013. DATA: 10 de dezembro de 2012.

MUNICÍPIO DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA – ESTADO DO PARANÁ EXTRATO DO 1º TERMO ADITIVO AO CONTRATO Nº 87/2012 PREGÃO PRESENCIAL Nº 068/2012 CONTRATANTE: MUNICÍPIO DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA – PARANÁ. CONTRATADA: C. F. LOURENÇO & CIA LTDA. ME OBJETO: O presente termo aditivo tem por objeto prorrogar o prazo de vigência do Contrato 87/2012 – Pregão Presencial 068/2012, de 31/12/2012 para 31/03/2013. DATA: 11 de dezembro de 2012.

CÂMARA MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA AVISO DE ADJUDICAÇÃO E HOMOLOGAÇÃO DISPENSA DE LICITAÇÃO Nº. 011/2012 O Presidente da Câmara Municipal de Santo Antônio da Platina, Estado do Paraná, Sr. ANTÔNIO CÉSAR DE CAMARGO, no uso das atribuições legais e de conformidade com o Art. 24, Inciso II, cominado com o Art. 26, todos da Lei Federal n.º 8666, de 21 de junho de 1993, TORNA PÚBLICO, a homologação e a adjudicação do processo administrativo de dispensa de licitação n.º 17/2012, para aquisição de duas unidades de placa para homenagem de Título de Cidadão Honorário Platinense, em favor da empresa NAIARA ZULIN – ME, CNPJ nº. 09.583.320/0001-96, pelo menor preço apresentado no valor de R$ 440,00 (quatrocentos e quarenta reais), com base nas pesquisas de preço realizadas com três empresas do ramo pertinente ao objeto licitado. GABINETE DO PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA, ESTADO DO PARANÁ, aos 12 de dezembro de 2012. ANTÔNIO CÉSAR DE CAMARGO Presidente da Câmara Municipal

PREFEITURA MUNICIPAL DE ABATIÁ Lei n.º 558/2012, de 12 de dezembro de 2012. Dispõe sobre a criação do Conselho Municipal de Educação de Abatiá-PR, e dá outras providências. A Câmara Municipal de Abatiá, Estado do Paraná, usando das atribuições que lhes são conferidas por LEI, APROVOU e EU, IRTON OLIVEIRA MÜZEL, Prefeito Municipal, SANCIONO a seguinte LEI: Art. 1° - Fica instituído o Conselho Municipal de Educação de Abatiá, como órgão colegiado, vinculado à Secretaria Municipal de Educação, que tem por finalidade orientar, e assessorar a política municipal de educação. Art. 2° - O CME tem por objetivo fundamental assegurar aos grupos representativos da comunidade o direito de participar da definição das diretrizes da Educação do Município, concorrendo para levar a qualidade dos serviços educacionais. Art 3° - Compete ao CME: I) Assessorar a Secretaria Municipal de Educação na MUNICÍPIO DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA – ESTADO DO PARANÁ formação de políticas e planos educacionais; EXTRATO DO 1º TERMO ADITIVO À ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 112/2012 - PREGÃO PRESENCIAL Nº 056/2012 CONTRATANTE: MUNICÍPIO DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA – PARANÁ. II) Auxiliar na implementação do Plano Municipal de DETENTORA: CARTUCHOS – RODRIGO GODOI - ME Educação. OBJETO: O presente termo aditivo tem por objeto prorrogar o prazo de vigência da Ata de Registro de Preços 112/2012 – Pregão Presencial nº III) Acompanhar o levantamento anual da população em 056/2012, de 05/01/2012 para 04/04/2013. idade escolar e propor alternativas para seu atendimento; DATA: 10 de dezembro de 2012. IV) Emitir parecer sobre assuntos de ordem pedagógica MUNICÍPIO DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA – ESTADO DO PARANÁ EXTRATO DO 1º TERMO ADITIVO À ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 119/2012 - PREGÃO ELETRÔNICO Nº 053/2012 e educativa que lhe sejam submetidos pela Administração CONTRATANTE: MUNICÍPIO DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA – PARANÁ. Municipal, através do seu órgão próprio. DETENTORA: SUPERMERCADO DAYEH – TEREZA ENERSTINA DAYEH V) Elaborar Regimento Interno do CME e reformulá-lo OBJETO:O presente termo aditivo tem por objeto prorrogar o prazo de vigência da Ata de Registro de Preços 119/2012 – Pregão Eletrônico nº 053/2012, de 19/01/2013 para 18/04/2013. quando se fizer necessário; DATA: 11 de dezembro de 2012. VI) Promover em parceria com a Secretaria Municipal MUNICÍPIO DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA – ESTADO DO PARANÁ de Educação seminários e congressos de professores para EXTRATO DO 1º TERMO ADITIVO À ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 140/2012 - PREGÃO PRESENCIAL Nº 066/2012 debates sobre assuntos pertinentes ao ensino, na área de CONTRATANTE: MUNICÍPIO DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA – PARANÁ. atuação do ensino municipal. Identificar as experiências DETENTORA: SILVAGÁS COMÉRCIO E TRANSPORTES DE GÁS LTDA. pedagógicas inovadoras. OBJETO: O presente termo aditivo tem por objeto prorrogar o prazo de vigência da Ata de Registro de Preços 140/2012 – Pregão Presencial nº 066/2012, de 30/12/2012 para 30/03/2013. VII) Assegurar o fiel cumprimento da legislação escolar nos DATA: 11 de dezembro de 2012. estabelecimentos municipais,conforme a legislação estadual, continuando integrado ao Sistema Estadual de Ensino; MUNICÍPIO DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA – ESTADO DO PARANÁ VIII) Promover e realizar estudos sobre a organização do EXTRATO DO 1º TERMO ADITIVO À ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 147/2012 - PREGÃO PRESENCIAL Nº 069/2012 CONTRATANTE: MUNICÍPIO DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA – PARANÁ. ensino municipal, adotando e propondo medidas que visem a DETENTORA: J. B. DIESEL – J. BERTOLINI & CIA LTDA sua expansão e ao seu aperfeiçoamento. OBJETO: O presente termo aditivo tem por objeto prorrogar o prazo de vigência da Ata de Registro de Preços 147/2012 – Pregão Presencial nº IX) Acompanhar o IDEB Índice de Educação Básica do 069/2012, de 09/01/2012 para 08/04/2013. Município, bem como o cumprimento do Plano de Metas DATA: 11 de dezembro de 2012. 1 Compromisso Todos pela Educação. MUNICÍPIO DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA – ESTADO DO PARANÁ EXTRATO DO 1º TERMO ADITIVO À ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 148/2012 - PREGÃO PRESENCIAL Nº 069/2012 Art 4° - O CME compõe se de: CONTRATANTE: MUNICÍPIO DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA – PARANÁ. I) Um presidente, que deverá ser eleito entre os membros; DETENTORA: EVERTON JOSÉ PANEGADA II) Um secretário escolhido entre os membros do referido OBJETO: O presente termo aditivo tem por objeto prorrogar o prazo de vigência da Ata de Registro de Preços 148/2012 – Pregão Presencial nº Conselho; 069/2012, de 09/01/2012 para 08/04/2013. III) Cinco representantes da Rede Municipal de Ensino, DATA: 11 de dezembro de 2012. professores da educação infantil, do ensino fundamental, MUNICÍPIO DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA – ESTADO DO PARANÁ EXTRATO DO 1º TERMO ADITIVO À ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 149/2012 - PREGÃO PRESENCIAL Nº 069/2012 1 da educação especial e EJA Educação de Jovens e Adultos, diretores e coordenadores pedagógicos . CONTRATANTE: MUNICÍPIO DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA – PARANÁ. DETENTORA: FADRI AUTO PEÇAS LTDA - ME IV) Um representante da Rede Particular de Ensino; OBJETO: O presente termo aditivo tem por objeto prorrogar o prazo de vigência da Ata de Registro de Preços 149/2012 – Pregão Presencial nº V) Dois representante de pais e alunos da Rede Municipal; 069/2012, de 09/01/2012 para 08/04/2013. VI) Um representante das Escolas Estaduais da educação DATA: 11 de dezembro de 2012. básica. MUNICÍPIO DE SANTO ANTONIO DA PLATINA – PARANÁ § 1° - A nomeação dos membros do Conselho é feita por PREGÃO PRESENCIAL Nº 080/2012 - PROCESSO nº 993/2012 - AVISO DE ADJUDICAÇÃO E HOMOLOGAÇÃO ato do Prefeito Municipal através de Decreto. Torna publica a Adjudicação e a Homologação do Procedimento Licitatório Modalidade Pregão Presencial sob o nº 080/2012 que tem como 1 § 2° - Cada titular terá um suplente, nomeado da mesma objeto a Registro de preços para a Aquisição de 550 (quinhentos e cinquenta) toneladas de Concreto Betuminoso Usinado a Quente CBUQ, para fins de execução de serviços de recape asfaltico na Avenida Palma Rennó, a serem adquiridos conforme a necessidade, forma que aquele, tendo direito de participar das discussões por um período de 04 (quatro) meses; à(s) empresa(s): e de votar, só na ausência do Titular. FORNECEDOR CNPJ VALOR Art. 5° - O mandato dos Conselheiros é de 02(dois) anos. RM REZENDE E CIA LTDA 14.797.407/0001-04 132.000,00 É permitida a recondução por um mandato consecutivo, com Santo Antonio da Platina - PR, 11 de Dezembro de 2012. renovação parcial periódica dos conselheiros, com o objetivo 1 MARIA ANA V. G. POMBO de garantir a continuidade dos trabalhos e das políticas Prefeita Municipal municipais de educação. Art. 6° - A função do Conselheiro é considerada relevante serviço prestado ao Município, sendo exercida sem ônus para os cofres públicos. Art. 7° - O suporte técnico, administrativo e financeiro necessários ao funcionamento do CME é responsabilidade da Secretaria Municipal de Educação. Art. 8° - A estrutura e o funcionamento do Conselho são estabelecidos no Regime próprio elaborado pelo Conselho e 1 aprovado por Decreto pelo Executivo Municipal. Art. 9° - Esta Lei entrará em vigor na data de sua publicação. Edifício da Prefeitura Municipal de Abatiá, Estado do Paraná, aos 12 dias do mês de dezembro do ano de 2012. Irton Oliveira Müzel Prefeito Municipal MUNICÍPIO DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA – ESTADO DO PARANÁ EXTRATO DO 1º TERMO ADITIVO À ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 101/2012 - PREGÃO PRESENCIAL Nº 050/2012 CONTRATANTE: MUNICÍPIO DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA – PARANÁ. DETENTORA: NOVA COPIADORA E SUPRIMENTOS LTDA. OBJETO:O presente termo aditivo tem por objeto prorrogar o prazo de vigência da Ata de Registro de Preços 101/2012 – Pregão Presencial 050/2012, de 21/12/2012 para 21/03/2013. DO VALOR: R$ 12.000,00 (doze mil reais). DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA: 03.004.04.122.0021.2052.3390.39.12.00 (8215) – 1000 – Jurídico 03.004.04.122.0021.2052.3390.39.12.00 (8216) – 1000 – Secretaria Municipal de Gestão 04.011.04.122.0021.2223.3390.39.12.00 (8217) – 1000 – Contabilidade 08.001.12.361.0188.2.112.3390.39.12.00 (8219) – 1104 Educação 25 % - Secretaria Municipal de Educação 08.001.12.361.0188.2.112.3390.39.12.00 (8218) – 1103 Educação 10% - Secretaria Municipal de Educação DATA: 07 de dezembro de 2012. MUNICÍPIO DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA – ESTADO DO PARANÁ EXTRATO DO 1º TERMO ADITIVO À ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 102/2012 - PREGÃO PRESENCIAL Nº 052/2012 CONTRATANTE: MUNICÍPIO DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA – PARANÁ. DETENTORA: CÉSAR MARTINS PRODUTOS ALIMENTÍCIOS - ME OBJETO:O presente termo aditivo tem por objeto prorrogar o prazo de vigência da Ata de Registro de Preços 102/2012 – Pregão Presencial nº 052/2012, de 28/12/2012 para 28/03/2013. DATA: 10 de dezembro de 2012.

1

1

1

PREFEITURA MUNICIPAL DE QUATIGUÁ EXTRATO DE ADITIVO DE CONVÊNIO Aditivo VII ao Convênio nº. 03/2011 Partes: Prefeitura Municipal de Quatiguá e Hospital de Caridade São Vicente de Paulo. Objeto: Alteração no valor do Convênio, aditivando a importância de R$ 22.654,66; Data da Assinatura: 03/12/2012. Carlos Alberto Tramontin – Prefeito Municipal David Borges - Provedor


B-4 Atas&Editais

TRIBUNA DO VALE

Quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

PREFEIRURA MUNICIPAL DE ABATIÁ LEI Nº. 559/2012, DE 12 DE DEZEMBRO DE 2012. “ESTIMA A RECEITA E FIXA A DESPESA DO MUNICÍPIO DE ABATIÁ, ESTADO DO PARANÁ, PARA O EXERCÍCIO FINANCEIRO DE 2013”. A Câmara Municipal de Abatiá, Estado do Paraná aprovou, e eu IRTON OLIVEIRA MÜZEL, Prefeito Municipal, sanciono a seguinte LEI: TÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES COMUNS Art. 1° - Esta Lei estima a Receita e fixa a Despesa do Município de Abatiá, Estado do Paraná, para o exercício financeiro de 2013, compreendendo: I – o Orçamento Fiscal, referente aos Poderes Legislativo e Executivo do Município de Abatia - Paraná, relativo Administração Pública Municipal Direta; II – o Orçamento Fiscal, referente aos órgãos e entidades da Administração Pública Municipal Indireta. TÍTULO II DOS ORÇAMENTOS FISCAIS CAPÍTULO I DA ESTIMATIVA DA RECEITA DA RECEITA TOTAL Art. 2° - A Receita Orçamentária Geral do Município, em moeda corrente nacional e conforme a legislação tributária vigente fica estimada em R$- 11.217.100,00 (onze milhões duzentos e dezessete mil e cem reais), desdobradas nos seguintes agregados: I – Orçamento Fiscal do Município, compreendendo o Poder Executivo no valor estimado em R$- 10.535.835,10 (dez milhões quinhentos e trinta e cinco mil oitocentos e trinta e cinco reais e dez centavos) e o Legislativo Municipal estimado em R$- 681.264,90 (seiscentos e oitenta e um mil duzentos e sessenta e quatro reais e noventa centavos). II – Orçamento Fiscal do Município, compreendendo os Órgãos e entidades da Administração Pública Municipal Indireta, estimado em R$- 900.000,00 (novecentos mil reais). Art. 3° - As Receitas são estimadas por Categorias Econômicas, segundo a origem dos recursos, conforme o disposto no Anexo I, que faz parte integrante da presente Lei Orçamentária. Art. 4° - A Receita será realizada com base no produto do que for arrecadado, na forma da legislação em vigor, de acordo com o desdobramento constante ao Anexo II, que faz parte integrante da presente Lei Orçamentária. CAPÍTULO II DA FIXAÇÃO DA DESPESA DA DESPESA TOTAL Art. 5° - A Despesa Orçamentária Geral do Município, no mesmo valor da Receita Orçamentária Geral do Município, é fixada em R$ 11.217.100,00 (onze milhões duzentos e dezessete mil e cem reais). I – Orçamento Fiscal do Município, compreendendo o Poder Executivo no valor fixado em R$- 10.535.835,10 (dez milhões quinhentos e trinta e cinco mil oitocentos e trinta e cinco reais e dez centavos) e o Legislativo Municipal estimado em R$- 681.264,90 (seiscentos e oitenta e um mil duzentos e sessenta e quatro reais e noventa centavos). II – Orçamento Fiscal do Município, compreendendo os Órgãos e entidades da Administração Pública Municipal Indireta, fixado em R$- 900.000,00 (novecentos mil reais). CAPÍTULO III DA DISTRIBUIÇÃO DA DESPESA POR ÓRGÃO Art. 6° - A Despesa Total, fixada por Função, Poderes e Órgãos, está definida no Anexo V desta Lei. CAPÍTULO IV DA AUTORIZAÇÃO PARA ABERTURA DE CRÉDITO Art. 7° - Fica o Poder Executivo, Legislativo e Entidades da Administração Pública Indireta, respeitadas as demais prescrições constitucionais e nos termos da Lei n° 4.320/64, autorizado a abrir créditos adicionais suplementares até o valor correspondente a 15% (quinze por cento) dos Orçamentos Fiscal, com a finalidade de incorporar valores que excedam as previsões constantes desta Lei, mediante a utilização de recursos provenientes de: I – anulação parcial ou total de dotações; II – incorporação de superávit e/ou financeiro disponível do exercício anterior, efetivamente apurados em balanço; III – excesso de arrecadação em bases constantes. Art. 8° - O limite autorizado no artigo anterior não será onerado quando o crédito se destinar a: I – atender ao pagamento de despesas decorrentes de precatórios judiciais, amortização e juros da dívida, mediante utilização de recursos provenientes de anulação de dotações; II – atender insuficiências de outras despesas de custeio e de capital consignadas em Programas de Trabalho das funções Saúde, Assistência Social, e em Programas de Trabalho relacionados à Manutenção e Desenvolvimento do Ensino, mediante o cancelamento de dotações das respectivas funções; Art. 9° - Fica autorizado e não será computado para efeito do disposto no Art. 7º e seus incisos: I - Os Créditos Especiais Suplementares abertos com recurso do excesso do excesso de arrecadação, na forma do Art. 43, § 1°, Inciso II da Lei Federal nº. 4.320/64; II – Os créditos adicionais abertos para sustentar despesas de convênios com Órgãos Federais e Estaduais não previstos na receita orçamentária. Art. 10 - O Executivo Municipal, fundamentado na Constituição Federal, na Constituição do Estado do Paraná, na Lei Federal nº. 4.320 de 17/03/64, a Lei Complementar nº. 101/2000, e na Lei Orgânica do Município, fica autorizado à: I – fazer a contenção da despesa, na forma do disposto no Artigo 9º da Lei Complementar nº. 101/2000, promovendo a limitação da despesa de investimentos e/ou custeio, exceto na área de educação e saúde e do pagamento da dívida pública; II - utilizar o valor de R$- 103.500,00 (cento e três mil e quinhentos reais), de Reserva de Contingência visando o atendimento de passivos contingentes e outros riscos fiscais imprevistos, bem como para servir de recurso para créditos orçamentários adicionais; III - utilizar o controle da despesa por custo de Serviço ou Obra que não se encontrem especificado em projetos e atividades. TÍTULO III DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 11 - As dotações para pagamento de pessoal e encargos sociais da administração direta, bem como as referentes a servidores colocados à disposição de outros órgãos e entidades, serão movimentadas pelos setores competentes da Administração Geral. Art. 12 – A utilização de dotação com origem de recursos de convênios e de operações de crédito fica condicionada à celebração dos instrumentos. Art. 13 - Ficam aprovados os Orçamentos que estimam as Receitas e Fixam as Despesas da Administração Indireta: I – Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (SAMAE), com Receita Estimada em R$- 900.000,00 (novecentos mil reais), e Despesa Fixada em R$- 900.000,00 (novecentos mil reais). TÍTULO IV DAS DISPOSIÇÕES FINAIS CAPÍTULO ÚNICO Art. 14 – Fica o Poder Executivo autorizado a contratar e oferecer garantias a empréstimos voltados para o saneamento e habitação em áreas de baixa renda. Art. 15 – O Prefeito, no âmbito do Poder Executivo, poderá adotar parâmetros para utilização das dotações, de forma a compatibilizar as despesas à efetiva realização das receitas, para garantir as metas. Art. 16 – Esta Lei é composta dos seguintes Anexos: I – Demonstrativo da Receita segundo as categorias econômicas; II – Demonstrativo da Receita segundo as categorias econômicas – Consolidação geral; III – Demonstração da Receita e Despesa segundo as categorias econômicas – Consolidação Geral; IV – Sumário Geral da Receita por fontes e Despesa por funções do Governo – Consolidação Geral; V – Demonstrativo da Despesa por Órgão, Unidade, Projeto ou Atividade, Contas de Despesa e Destinação de Recurso; VI – Demonstrativo da Origem dos Recursos VII – Comportamento da Arrecadação nos últimos três anos, prevista para 2012 e projetada para 2013: VIII – Demonstrativo da despesa por Função; IX – Demonstrativo da participação da despesa por Unidade Orçamentária; X – Demonstrativo da despesa por Elemento e Natureza; XI – Demonstrativo dos Projetos e Atividades: XII – Demonstrativo da evolução das despesas por elemento e natureza, executadas nos três últimos anos e previstas para 2012 e 2013; XIII – Demonstrativo da evolução da receita corrente líquida e despesa com pessoal; XIV – Demonstrativo dos recursos vinculados à manutenção e desenvolvimento do ensino; XV – Demonstrativo das despesas próprias com saúde; Art. 17 – Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário, surtindo seus efeitos a partir de 1° de janeiro de 2013. Gabinete da Prefeitura Municipal de Abatiá – Estado do Paraná, aos 12 dias do mês de dezembro do ano de dois mil e doze. Irton Oliveira Müzel Prefeito Municipal DEMONSTRAÇÃO DA RECEITA E DESPESA SEGUNDO AS CATEGORIAS ECONÔMICAS CONSOLIDAÇÃO GERAL EXERCÍCIO DE 2013 TÍTULOS

VALOR

VALOR

TÍTULOS

RECEITAS CORRENTES

VALOR

RECEITA TRIBUTÁRIA

617.651,20

PESSOAL E ENCARGOS SOCIAIS

RECEITAS DE CONTRIBUIÇÕES

188.287,20

JUROS E ENCARGOS DA DIVÍDA

RECEITA PATRIMONIAL

41.832,40

RECEITA DE SERVIÇOS

177.675,00

TRANSFERÊNCIAS CORRENTES

OUTRAS DESPESAS CORRENTES

6.575.518,23 23.000,00 3.717.961,77

104.454,50

SOMA

SUPERÁVIT 12.967.745,00

SUPERÁVIT DO ORÇAMENTO CORRENTE

2.651.265,00 SOMA

12.967.745,00

797.120,00

RECEITAS DE CAPITAL

DESPESAS DE CAPITAL

OPERAÇÕES DE CRÉDITO

0,00

ALIENAÇÃO DE BENS

0,00

SOMA

INVESTIMENTOS 0,00

300.320,00

INVERSÕES FINANCEIRAS

11.500,00

AMORTIZAÇÃO DA DÍVIDA

485.300,00

797.120,00

SOMA

797.120,00

RESERVA DE CONTINGÊNCIA RESUMO

103.500,00

RESUMO

RECEITAS CORRENTES

12.967.745,00

RECEITAS DE CAPITAL DEDUÇÕES DA RECEITA

DESPESAS CORRENTES

0,00 1.750.645,00

TOTAL

Prefeito Municipal

10.316.480,00

11.837.844,70

OUTRAS RECEITAS CORRENTES

Irton Oliveira Müzel

VALOR

DESPESAS CORRENTES

797.120,00

RESERVA DE CONTINGÊNCIA

103.500,00

11.217.100,00 Almir Soares T. de Oliveira Contabilista

10.316.480,00

DESPESAS DE CAPITAL

TOTAL Dirceu Luiz

Diretor do Depto. Administração

11.217.100,00


cmyb

TRIBUNA DO VALE

Quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

Social

E-mail: social@tribunadovale.com.br

Foto Valdir

Enlace Ricardo José de Oliveira e Tatiane Aparecida Merlim subiram ao altar da Igreja Matriz de Santo Antônio da Platina no dia 10 de novembro para receberem o sacramento do matrimônio. A cerimônia foi de responsabilidade do Padre Rosinei. A recepção aconteceu no Vicasu Eventos e contou com a participação de amigos e familiares do casal. Ricardo é filho de Madalena e Nelson (in memorian) e Tatiane é filha de Cristina e Alécio Merlim

Reflexão

Da Assessoria

O verdadeiro valor está na essência, não se deixe levar pelas aparências (Autor Desconhecido)

Decoração A cor laranja na decoração de ambientes atua sobre o sistema digestivo, abrindo o apetite - ideal para sala de refeição. É muito aconchegante, estimula o otimismo e a generosidade. As cores frias, como azul, violeta e verde, ampliam o ambiente. São aconselháveis para aqueles que desejam passar uma sensação de espaço e dimensão.

Escarpins Os sapatos altos de bico fino também prometem fazer bonito nas ruas no verão. Para quem não gosta, há opções de sapatos altos peep toe e com plataformas na parte da frente, que caíram no gosto das brasleiras por conta do conforto proporcionado.

Evento O Senai em Santo Antônio da Platina promoveu na última quinta-feira (06), a palestra Novas Tecnologias da Eletrônica Embarcada ministrada por Celso Santana, da empresa Celso Ferramentas, em Maringá/PR. O evento foi realizado na sede administrativa da unidade e reuniu diversos profissionais da área automotiva da cidade e da região. Na foto Adauto Morais, técnico de ensino do Senai; Celso Santana, da Celso Ferramentas; e Tatiane Goulart, estagiária do Senai

Dicas para aumentar o Volume Lave os cabelos diariamente. Cabelos sujos pesam e diminuem ainda mais o volume. Use produtos específicos para cabelos finos.O secador de cabelos, usado na temperatura fria, é um ótimo aliado para armar os cabelos finos. Faça hidratações e cauterizações para manter o cabelo forte e resistente.

H ORÓSCOPO PARA HOJE Áries Viajar de repente fica mais interessante do que nunca: Mercúrio entra Sagitário! O que estava tão longe parece mais próximo e você vai atrás de informações novas. Arejamento, aventura e novidade são o tempero da sua vida agora.

Gêmeos Seu planeta regente vai ao outro lado do horizonte. Em Sagitário, as formas do entendimento se multiplicam, o planeta da fragmentação entra em curto circuito. Você nas mãos do outro, os outros nas suas. Paralisia ou invenção?

Leão Mercúrio em Sagitário é a novidade de hoje. Movimentação esperada no campo amoroso, sem duvida, e alguma preocupação envolvendo filhos e como cria-los e educa-los. Sua criatividade vai aos céus, aproveite a boa onda.

Libra Um curto período de curiosidade intensa começa hoje. Mercúrio em Sagitário é como um despertar de habilidades adormecidas; você só tem de maneirar na hora de explicar o que acha e como entende o que faz.

Sagitário Todo aquele monte de coisas que você amaria dizer ás pessoas finalmente pode ser expresso - mas é essencial que mostre ser adaptável e pronto a rever alguns pontos de vista. Mercúrio traz também nervosismo e dispersão.

Aquário Entre seus amigos, um há que pode mostrar sentimentos um tanto românticos agora. Você fica sem saber com quem está lidando. Não leve em conta as conversas insistentes. É para impressionar e confundir.

Touro O planetinha dos comunicadores, Mercúrio, passa a Sagitário agora; ai a comunicação se faz mais difícil por causa da fé. A fé não combina com questionamentos. Negocie bem seus preços, evite gastar o que ajuntou até agora.

Câncer A partir de hoje e até o começo de 2013 você tem mais é que caprichar no cuidado com a saúde. Tenha paciência com os detalhes - na hora de contar ao medico o que sente de verdade. Atenção a papeis e documentos.

Virgem Como planeta que comanda seu signo, Mercúrio sinaliza muitos de seus caminhos. Agora, por exemplo, ele informa que chegou o momento dos altos papos com a família. Mas seja flexível, e humilde ao discutir para ser aceito.

Escorpião Clima astral movimentado com a chegada de Mercúrio em Sagitário, o signo que domina suas finanças. Você recebe de volta um monte de coisas que foram prometidas desde o mês passado. Bônus e pagamentos, enfim!

Capricórnio Que tem um monte de gente que exagera no que fala para impressionar você, é coisa que já sabe. Agora começa uma fase de mais exageros e adulações, promessas vazias, passageiras. Ainda bem que você percebe tudo na hora.

Peixes Seu cônjuge se tornará enfático para mostrar o quão ocupado e ligado em seus próprios interesses estará. Os eventos sociais a que ele terá de cumprir são muito chatos pra você. Faça seu programa. Problemas com clientes.

cyan magenta yellow black


TRIBUNA DO VALE

Quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

Atas&Editais B-5


B-6 Atas&Editais

TRIBUNA DO VALE

Quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

TRIBUNA DO VALE - EDIÇÃO Nº 2289  

14 DE DEZEMBRO DE 2012

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you