Issuu on Google+

cmyb

Sabado e Domingo 300 170

14 E 15 DE ABRIL DE 2012

DIRETOR: BENEDITO FRANCISQUINI

ANO XVI - N0 2124 R$ 1,00

www.tribunadovale.com.br

JACAREZINHO

Justiça condena Prefeitura pagar horas extras aos professores Cerca de 190 professores da rede municipal de ensino de Jacarezinho ganharam ações trabalhistas com reivindicações de pagamentos de jornada suplementar com valor proporcional

ao salário base do professor acrescido de 50% a título de horas extras. A procuradora geral do município, Leana Maria Bacon disse nem todas as ações foram tramitadas em julgado, e por isso

CREDIBILIDADE

fica difícil calcular o valor total que a prefeitura terá que pagar aos professores. Já a vereadora Maria Luiza Boberg (PMDB), estima que as ações podem totalizar R$ 1 milhão.  PÁG. A8

CONSÓRCIO INTERMUNICIPAL

Deputado debate Tina assume G5 na segunda-feira A prefeita Tina Toneti (PT) comunicação no assume na próxima segunda-feira, a presidência do Consórcio Intermunicipal para o Desenvolvimento interior no Estado da Bacia do Paranapanema (G5), Antônio de Picolli

Tina pretende continuar trabalho desenvolvido pelo seu antecessor

Em visita à Secretaria de Estado da Comunicação do Paraná, o deputado estadual Pedro Lupion (Democratas) e seu coordenador político, João Naime Neto enalteceram os meios de comunicação do interior do estado. O deputado destacou o trabalho e a força dos jornais, rádios, televisão, site e blogs e lembrou que a imprensa do interior conquistou seu espaço e sua credibilidade junto ao público.  PÁG. A3

RODOVIAS

composto pelos municípios de Jacarezinho, Ribeirão Claro, Carlópolis, Joaquim Távora e Guapirama. Entre os programas executados através da entidade, Tina destaca a Patrulha Mecanizada. “O objetivo deste programa é restaurar as estradas rurais dos municípios que integram o consórcio. Já foi realizado um sorteio para definir o município onde as obras serão iniciadas e as restaurações começarão em maio ou junho em Carlópolis”, adiantou.  PÁG. A5

DER espera concluir obras da PR-092 CAMBARÁ em três meses Assinada ordem de serviço para construção de Fórum de Justiça AEN

Assessoria

Autoridades de Cambará se reuniram com desembargador em Curitiba, onde a autorização para início das obras foi assinada

O desembargador Miguel Kfouri Neto, presidente do Tribunal da Justiça do Paraná e o engenheiro Cornélius Unruh, diretor do Departamento de Engenharia e Arquitetura do Tribunal, receberam o prefeito de Cambará, José Haggi Neto, acompanhado do presidente da Câmara Municipal, João Antonio Tinelli, e do juiz de direito Renato Garcia, para a assinatura da ordem de serviços para a construção do novo prédio do Fórum da Justiça de Cambará. A obra está orçada em R$ 4.458 milhões, que serão aplicados em uma área de 1.970 m².  PÁG. A3

SAÚDE

Trecho da rodovia PR-092 está sendo recuperado desde o ano passado

Os trabalhos de restauração, com reciclagem de pavimento do asfalto da rodovia PR-092, está em fase final de execução. De acordo o DER (Departamento de Estradas e Rodagens), as obras estão sendo realizadas em 19,4 quilômetros, entre Calógeras e o contorno rodoviário de Wenceslau Braz, e devem ser concluídas em aproximadamente três meses.  PÁG. B4

Cobrança ilegal de exames de raio-X será apurada A assessoria jurídica do Hospital Nossa Senhora da Saúde de Santo Antônio da Platina abriu sindicância para apurar a cobrança irregular de exames de raio-X para pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS). A irregularidade foi denunciada pela Tribuna do Vale

em março, depois de ser procurada por vários pacientes para reclamar da situação. O provedor Aguinaldo do Carmo disse que a partir das acusações foi solicitado ao jurídico do hospital um levantamento de todos os contratos da empresa responsável pelo serviço.  PÁG. A5

cyan magenta yellow black


A-2 Opinião

TRIBUNA DO VALE

O IBGE mostra que o desperdício de comida dentro dos lares brasileiros é acima de 20%, ou seja, um verdadeiro absurdo! ” João Antonio Pagliosa

Sabado e domingo, 14 e 15 de abril de 2012

Para o governador Beto Richa, os contratos de gestão representam a reafirmação dos compromissos assumidos na campanha eleitoral”

A RTIGO

E DITORIAL

Corrupção e campanha eleitoral As escutas da Operação Monte Carlo, da Polícia Federal, reveladas nos últimos dias, além de demonstrar a promiscuidade de políticos e administradores com Carlinhos Cachoeira - o “rei” da contravenção e dos crimes de propina, tráfico de influência e superfaturamento de obras e serviços públicos - coloca a claro o real sistema de financiamento das campanhas eleitorais. Em praticamente todos os estados e municípios existem rumores de que, empreiteiros de obras, construtoras de rodovias e fornecedores (inclusive os da merenda escolar) custeiam os candidatos que, eleitos, tornam-se seus reféns e cometem as mesmas ilegalidades flagradas nos grampos policiais em relação à Delta Construções e ao governo do Distrito Federal. O dinheiro HORÁRIO DE FECHAMENTO

22:10

para as campanhas, em vez de doação, configura a compra do “passaporte” para poderem participar do esquema de pilhagem do dinheiro público. Há muito tempo, é voz corrente em toda parte que empresas ou empresários com grande volume de fornecimento ao poder público teriam construído casas e outras obras particulares para políticos, em paralelo às obras públicas contratadas, contemplado administradores e servidores com veículos (até importados) e outras benesses cujo tamanho seria relativo à vantagem ilegal auferida em licitações viciadas, superfaturamento e outros crimes. É provável que parte desses “informes” pode ser invenção produzida entre adversários políticos, com finalidade eleitoreira. Mas tudo isso, mesmo que fruto da invencionice

maldosa merece reflexão e, conforme o caso, até apuração dos órgãos competentes. Além da severa fiscalização sobre o emprego das verbas públicas, há que se, por exemplo, não perder de vista a evolução patrimonial dos envolvidos e daqueles que os cercam. Ninguém pode comprar mais do que seus ganhos suportam. Além de buscarem rigorosamente os envolvimentos tanto dos agentes públicos quanto dos outros citados na Operação Monte Carlo, espera-se que a CPI ora em instalação no Congresso Nacional e o próprio governo se apressem na busca de um meio seguro, honesto e digno de custear as campanhas eleitorais. Os candidatos que, uma vez eleitos, exercerão o poder, não podem ser mantidos como presas dos esquemas fraudulentos que pagam a campanha

C HARGE

Ademar Traiano*

para depois poderem roubar o cofre público. A Justiça Eleitoral tem sido rigorosa na fiscalização das finanças eleitorais, mas os episódios ultimamente conhecidos demonstram que precisamos de algo mais claro e definido, que ofereça elementos concretos de fiscalização e execução. O mais indicado seria o financiamento público e a impossibilidade de doação direta a partidos e candidatos. As empresas poderiam, no máximo, doar ao fundo público eleitoral, que distribuiria os recursos proporcionalmente, como já se faz na partilha do horário eleitoral de rádio e tv. O povo precisa ter a certeza de que, ao votar, estará elegendo administradores públicos, não simples lacaios de esquemas que roubam o dinheiro destinado à Saúde, Educação, Saneamento e demais serviços públicos e essenciais... chargeonline.com.br

NESTA EDIÇÃO TEM

22 PÁGINAS CADERNO PRINCIPAL - OPINIÃO - POLÍTICA - GERAL - CIDADES - COTIDIANO - ESPORTES - AGRONEGÓCIO

A 01 - 08 A 02 A 03 A 04 A 05 A 06 A 07 A 08

2ª CADERNO - AGRONEGÓCIO - ATAS & EDITAIS - SOCIAL

B 01 - 08 B 01 B 02 - 07 B 08

3º CADERNO - ATAS & EDITAIS

C 01 - 06 C 01 - 06

Ademar Traiano

PREVISÃO PARA HOJE

300 170

SANTO ANTÔNIO DA PLATINA

Contratos de gestão A ambição de qualquer administrador público é ter a rapidez de resultados que se espera encontrar na iniciativa privada, mantendo a visão social que deve ser uma das características principais da administração pública. O governador Beto Richa vem perseguindo essa meta em todos os cargos executivos que ocupou. Para atingi-la, desenvolveu uma série de estratégias administrativas. Uma delas foi implantada no governo do Estado, na última segunda-feira (9). Trata-se de uma política que já se revelou bem sucedida na Prefeitura de Curitiba: é o Contrato de Gestão. Como aconteceu com os secretários municipais, no tempo da Prefeitura de Curitiba (2005-2010), todos os secretários de Estado foram convocados a assinar contratos com o governador. Nos contratos, eles se comprometem a atingir metas administrativas até o final de cada ano. Não se trata de uma formalidade ou demagogia. Objetivos estabelecidos nos contratos que não atingidos terão de ser explicados ao governador e secretários que não alcançarem um desempenho compatível com as expectativas podem ser substituídos. Os objetivos dos contratos de gestão estabelecidos pelo Beto Richa para seus secretários para 2012 são ambiciosos. São 194 projetos e 299 metas distribuídas em cinco áreas estratégicas. Entre elas, 76 metas de proteção social, 73 de desenvolvimento econômico, 74 na gestão e planejamento, 38 na gestão de território e 38 na direito e cidadania. Na área de segurança o contrato prevê a instalação de dez novas Unidades do Paraná Seguro (UPS) pelo Estado, a exemplo daquela implantada no Uberaba, em Curitiba. Na educação o destaque é para a inclusão de 200 mil alunos no regime de educação integral até o fim do ano. Ainda na segurança pública, o foco do contrato de gestão, além da instalação das novas UPS, é o atendimento ao cidadão. Entre as metas estão à modernização e o aumento da eficiência do atendimento eletrônico; a construção de novas delegacias; modernização do Instituto Médico-Legal e do Instituto de Identificação além da implantação dos módulos policiais. Para o governador Beto Richa, os contratos de gestão representam a reafirmação dos compromissos assumidos na campanha eleitoral. Tudo o que foi prometido durante está sendo cobrado por ele dos secretários, preto no branco, em contratos formais que estabelecem metas e prazos para que o que foi prometido à população seja realizado. “Estamos adotando uma prática moderna, que nos dará mais agilidade, menos burocracia e acima de tudo profissionalismo em uma gestão pública que zela por bons resultados”, afirmou Beto Richa. “Eu assinei um contrato de gestão com os paranaenses quando fui candidato Fui eleito porque aprovaram as propostas que apresentei. Hoje me cabe dividir com toda a equipe de secretários todos os compromissos de atingir as metas em favor do Paraná”, concluiu o governador. *Ademar Traiano é deputado estadual pelo PSDB e líder do governo na Assembleia Legislativa.

A RTIGO João Antonio Pagliosa

Alimentação e inflação no Brasil Há pouco mais de cinqüenta anos, o maior desafio da humanidade era alimentar sua crescente população. Lembro de máximas (que viraram mínimas), que diziam assim: “A população cresce em escala geométrica e a produção de alimentos cresce em escala aritmética, portanto, as pessoas terão carência de alimentos, num futuro breve.” Esta inverdade e tantas outras, caíram por terra através do conhecimento científico, e um nome entre tantos outros, merece ser recordado: Norman Borlaug. Este homem, um agrônomo e cientista de primeira grandeza, revolucionou a agricultura com o entendimento das reais necessidades dos solos, para nutrir adequadamente as plantas. E a produtividade das lavouras de todo o planeta duplicaram, triplicaram e aliado a outras tecnologias, permitiram a humanidade viver com celeiros e lagares abarrotados. Entretanto, o fantasma da fome ainda ronda quase um terço da população mundial. É um fato incoerente criado pelo bicho homem; não pela ca-

pacidade de produzir comida, porque não falta tecnologia, e nem falta terra. Ocorre é que sobra ganância! Pela benignidade de DEUS, tive a oportunidade de vivenciar famílias na penúria, sem o suficiente para se alimentar, ocupando vastas áreas de terra, e tais famílias superaram as adversidades. Com solo exaurido por sucessivas colheitas e sem quase nenhum conhecimento agrícola, a terra produzia praticamente nada. Então chegaram os técnicos, os insumos, as inovações, as receitas, as fórmulas, as calagens e correção de solo, as sementes melhoradas geneticamente e tantas outras coisas cujo conjunto, aliado as chuvas no momento certo, permitiu colheitas fantásticas que renovaram as esperanças desta mesmas famílias. E eles viveram a prosperidade! Poucos sabem o extraordinário trabalho que a SADIA desenvolveu a partir do início dos anos sessenta, em prol dos produtores rurais do oeste catarinense. Poucos aquilatam a importância da trilogia ensinada por Attilio Fontana: HOMEM,

TRIBUNA DO VALE

O Diário da nossa região - Fundado em agosto de 1995 Editora Jornal Tribuna do Vale LTDA CNPJ 01.037.108/0001-11 Matriz: Rua Tiradentes 425, Centro Santo Antônio da Platina, PR Fone/Fax: 43 3534 . 4114

Diretor Responsável Benedito Francisquini - MTB 262/PR tribunadovale@tribunadovale.com.br tribunadovale@uol.com.br

TERRA, TÉCNICA. (A valorização destes três elementos, para o progresso da humanidade.) E este trabalho pioneiro, colaborou extraordinariamente no desenvolvimento da região de Concórdia, e do oeste catarinense e foi copiado quase de imediato por outras empresas, melhorando a qualidade de vida de milhares de lares especialmente de minifúndios de agricultura familiar. O homem planta e cuida mas DEUS é quem faz crescer. Creia nisso! Hoje as notícias informam que os preços dos alimentos estão gerando inflação. Tudo sobe além do previsto e pouquíssimos percebem que o governo brasileiro é o principal responsável pelo alto preço de nossa comida, porque os impostos brasileiros sobre alimentos são os maiores do mundo. Quiçá houvesse alguém com noção na presidência deste país, para reduzir de imediato as tarifas sobre alimentos básicos. Aí sim, teríamos de fato, fome zero! Tão lógico, tão simples e ninguém faz.

Há anos propalo aos quatro ventos que impostos sobre alimentos básicos não deveriam existir! A média dos impostos sobre alimentos no mundo fica ao redor de 7% e no Brasil, a média de impostos sobre alimentos é de 23%. Isto me permite dizer que, consoante ao programa Fome Zero, o governo federal dá com uma mão e tira com duas! O que causa inflação, todos sabem: preço dos combustíveis (o governo fica com a metade), preço dos alimentos (o governo fica com a quarta parte), preço dos serviços públicos (tudo aviltado, assoberbado), preço da habitação, preço da educação, preço da saúde, preço do transporte, preço da segurança, o vergonhoso gasto público, os juros escorchantes de nossas instituições financeiras, o roubo generalizado em todas as esferas de poder, e o desperdício de bens, entre outras coisas. A logística de transportes é caos e a Buraco Brás impera em todas nossas rodovias (exceto as pedagiadas), e isto dificulta o poder aquisitivo do pato contribuinte. Outro sério problema é a cons-

Representação: MERCONET Representação de Veículos de Comunicação LTDA Rua Dep. Atílio de A. Barbosa, 76 conj. 03 - Boa Vista - Curitiba PR Fone: 41-3079-4666 ¦ Fax: 41-3079-3633 Vendas Assinatura Anual R$ 200,00 Semestral R$ 100,00

Impressão e Fotolito: Editora Jornal Tribuna do Vale Fone/Fax : 43 3534 . 4114

tatação que somos a nação que mais desperdiça alimentos no mundo. É fato concreto! Infelizmente carecemos de hábitos de aproveitar melhor os alimentos adquiridos e poucos sabem que partes menos nobre (cascas, talos, sementes) de alimentos diversos, possuem grandes quantidades de nutrientes, notadamente vitaminas e minerais, via de regra deficientes na dieta da população mais pobre. O IBGE mostra que o desperdício de comida dentro dos lares brasileiros é acima de 20%, ou seja, um verdadeiro absurdo! Mas, a perda efetiva de alimentos desde a colheita até a ingestão pelo cidadão é, pasmem, superior a 50%. Mais da metade vira lixo orgânico, seja por mau armazenamento, seja por desconhecimento técnico e doméstico. É lixo abundante para a proliferação de ratos e mosquitos e tantos transmissores/vetores de doenças sérias. Apenas as feiras livres da cidade de São Paulo, desperdiçam acima de mil toneladas de alimentos por dia. POR DIA!

Previsões otimistas informam que teremos quebra de 3,5% na safra de grãos 2011/2012, em função especialmente da seca no sul do país. Isto complica o cenário de preços de alimentos e os preços das carnes disparam sobremaneira. Então a síntese é simples: Nós brasileiros não sabemos administrar a abundância! Somos incompetentes e pior que isso, pouco interessados em aprender! A Internet está aí com toda informação disponível. Ligue-se nela! Meu prezado desligue a TV porque eles não estão ligados em você e nunca estiveram! Preocupe-se em ler mais, em entender mais, em saber mais e verá o mundo brilhar mais intensamente. Saber nos ilumina e nos aproxima de DEUS. Albert Einstein, que o diga. Com carinho João Antonio Pagliosa Eng. Agrônomo pela UFRRJ em 1972 - Servo Útil de Deus, a partir de 2007 - Curitiba, 10 de fevereiro de 2012 - joaoantoniopagliosa@gmail.com

Circulação: Abatiá ¦ Andirá ¦ Arapoti ¦ Bandeirantes ¦ Barra do Jacaré ¦Cambará ¦ Carlópolis ¦ Conselheiro Mairink ¦ Figueira¦Guapirama ¦ Ibaiti ¦ Itambaracá ¦ Jaboti ¦ Jacarezinho Jaguariaíva ¦ Japira ¦ Joaquim Távora ¦ Jundiaí do Sul ¦ Pinhalão ¦ Quatiguá ¦ Ribeirão Claro ¦ Ribeirão do Pinhal ¦ Santo do Itararé ¦Santana do Itararé ¦Santo Antônio da Platina ¦ São José da Boa Vista ¦ Sengés ¦ Siqueira Campos ¦Tomazina ¦ Wenceslau Bráz

Filiado a Associação dos Jornais Diário do Interior do Paraná

* Os artigos assinados não representam necessariamente a opinião do jornal, sendo de exclusiva responsabilidade de seus respectivos autores.


Política A-3

TRIBUNA DO VALE

Sabado e domingo, 14 e 15 de abril de 2012

A Junta Comercial oferece treinamentos e acompanha permanentemente o trabalho desenvolvido pelos servidores púbicos” Ardisson Naim Akel

P anorama Regional Boa pergunta O nt e m pu b l i c a m o s matéria informando sob re a n e c e s s i d a d e d e repasse de verbas por parte da Secretaria de Estado da Saúde ao Hospital Regional do Nort e P i o n e i r o, m a nt i d o pelo Cisnorpi. Segundo a reportagem, o déficit mensal estaria em torno de R$ 30 mil. Um leitor, porém, chamou a atenção do jornal para uma

B. Francisquini

questão relevante: estariam os municípios em dia com os pagamentos das mensalidades do C o n s ó r c i o d e S aú d e ? Segundo o leitor, não. Vamos apurar, porque não tem cabimento que prefeitos inadimplentes façam cobranças ao governo do Estado. Se cada um cumprir sua parte certamente a solução do problema será mais fácil.

Mais uma Em relação ao Hospital Nossa Senhora da Saúde, que também aguarda recursos estaduais para fechar suas contas - déficit estimado em R$ 100 mil mensais - o interlocutor questionou sobre a situação contábil e fiscal da instituição. Ele disse não saber se o HNSS tem as certidões negativas municipal, estadual e federais que se exige de toda e qualquer entidade quando se trata de convênios ou contratos com órgãos públicos. Sem isso, argumenta, só mesmo se houver uma espécie de encampação ou estadualização do Hospital. Boa medida O ex-presidente da Câmara Municipal de Jacarezinho, Vilela José Santana (Democratas), elogiou a iniciativa do diretor do Cisnorpi, Alfredo Franco Ayub, e o presidente da entidade, prefeito Luis Carlos dos Santos, o Peté (PSDB, Ibaiti) pelo café da manhã servido aos pacientes e usuários, e as refeições que estariam servidas ao preço de R$ 4,50. Para Vilela, que acompanha muitos de seus amigos e colaboradores quando em tratamento no Cisnorpi, foi uma “acertada em cheio”, opina. Saúde é o que interessa O deputado estadual Pedro Lupion (Democratas) não pôde comparecer à inauguração da nova Junta Comercial de Jacarezinho, realizada na tarde de quinta-feira (dia 12), na Acija. É que seu pai, o deputado federal Abelardo Lupion, tinha exames de saúde marcados para o mesmo horário, em Curitiba. Lupion sentiu um mal-estar em Brasília e, por precaução, resolveu dar um pit-stop para checagem da máquina. Por via das dúvidas, Pedro achou melhor acompanhar o pai teimoso, que não gosta nem um pouco desse tipo de agenda. Mais fácil Segundo o deputado, que concedeu entrevista à Rádio Educadora de Jacarezinho ontem (dia 13), Abelardo Lupion passa bem e não há motivos para preocupações. Pedro Lupion lamentou não poder estar presente, mas elogiou o trabalho do presidente da Acija, Marcelo Oliveira, e de sua diretoria, que conquistaram mais um importante benefício para o município e região. O escritório da Junta vai facilitar a vida de empresários e contabilistas, que poderão abrir ou encerrar empresas sem a necessidade de deslocamentos a Santo Antonio da Platina. Acidente fatal Um acidente com uma caminhonete conduzida por Bruno Felipe Lima Peres Brandão, 27, filho do ex-deputado estadual e atual conselheiro do Tribunal de Contas do Paraná (TC) Hermas Brandão, causou a morte do ex-vereador de Cascavel, Juarez Carlos Damo, de 51 anos. A tragédia ocorreu por volta de 18 horas de quinta-feira (12), segundo o Departamento de Comunicação da Polícia Rodoviária Federal (PRF), na BR-163, entre os municípios de Eldorado e Mundo Novo, em Mato Grosso do Sul. Está bem O veículo capotou e não se sabe as circunstâncias do acidente. O ex-vereador foi socorrido com vida e levado ao Hospital Vida, em Dourados (MS), mas não resistiu aos ferimentos e morreu na madrugada desta sexta-feira (13). Bruno Brandão teve ferimentos graves, mas não corre risco de morte. As informações são do portal Bonde.

Deputado Pedro Lupion visita Secretaria de Comunicação Social CURITIBAUm dos assuntos debatidos no encontro foram os meios de comunicação nos municípios do interior Da Assessoria

O deputado estadual Pedro Lupion (Democratas) e seu coordenador político, João Naime Neto visitaram na manhã de quinta-feira (12) o secretário de Estado da Comunicação Social, Marcelo Simas Cattani. Entre os assuntos em pauta, o deputado e o secretário falaram sobre os meios de comunicação nos municípios do interior. O deputado destacou o trabalho e a força dos jornais, rádios, televisão e site e blogs do interior do estado. Lembrou que a imprensa do interior conquistou seu espaço e sua credibilidade junto ao público. "Hoje muitos jornais, considerados menores, têm publicado as notícias com a mesma profundidade dos chamados grandes jornais", avalia o parlamentar. Lupion falou a Cattani que como deputado estadual procura manter um bom relacionamento com os meios de comunicação do Paraná. “ Sempre que procurado para comentar qualquer assunto, seja sobre Projetos de Lei, reuniões que participo nas

Deputado Lupion, secretário Cattani e o coordenador político João Naime

Comissões da Assembleia Legislativa, posicionamentos ou ações do governo, estou à disposição da imprensa”, disse o deputado. De acordo com o parlamentar hoje a imprensa regional tem potencial para realizar um jornalismo voltado ao interesse e à disposição da comunidade, sem perder o

foco da notícia de repercussão estadual ou até mesmo nacional. Para o deputado a internet, através dos blogs e sites de notícias, não diminuiu o poder do rádio e dos jornais de menor circulação. “Sempre que vou ao interior do estado percebo que as pessoas ouvem programas de rádio, com o mesmo hábito

com que muitos leem as notícias nos jornais da cidade, ou acessando a internet, esses são espaços democráticos que reconhecemos como potencial formador de opinião. São meios de comunicação que cumprem seu papel de informar e que merecem nosso incentivo e reconhecimento”, enfatizou o deputado.

EMPRESAS

Junta Comercial abre sete unidades no interior até julho Agência Estadual

A Junta Comercial do Paraná, em parceria com as associações comerciais, instala escritórios em todo o estado. Na quinta-feira (14), Jacarezinho recebeu a nova unidade e, até o fim do primeiro semestre, serão abertas outras sete no interior. Os próximos escritórios serão inaugurados em Ubiratã, Centro-Oeste do Estado, Cambé, no Norte, e Telêmaco Borba, nos Campos Gerais. O presidente da Junta Comercial do Paraná, Ardisson Naim Akel, explica que a abertura dos escritórios facilita a atividade empresarial do interior. “Queremos fomentar a formalização das empresas, proporcionando

menor custo e maior rapidez na abertura das empresas e nas suas administrações”, explica Akel. “O governador Beto Richa está incentivado novos negócios, para, com isso, gerar novos postos de trabalho. A Junta está fazendo a sua parte, ampliando a rede de escritórios”. A estrutura dos escritórios é montada no espaço físico e com os equipamentos das associações comerciais. Os funcionários são cedidos pelas prefeituras. “A Junta Comercial oferece treinamentos e acompanha permanentemente o trabalho desenvolvido pelos servidores púbicos”, informa Akel. O escritório de Jacarezinho, no Norte Pioneiro, abriu as portas na quinta-

Presidente da Junta Comercial do Paraná, Ardisson Naim Akel

feira para atender os empresários da região. Segundo o presidente da Associação Comercial e Empresarial de Jacarezinho, Marcelo Oliveira, a instalação de uma

unidade da Junta vai facilitar nas atividades do setor empresarial. “Aumentará as expectativas de um futuro melhor para a região como polo comercial”.

PREFEITURAS

Câmara vai acompanhar transferência da gestão das redes de energia elétrica Da assessoria

A Comissão de Desenvolvimento Urbano (CDU) da Câmara dos Deputados instalou no início desta semana uma subcomissão que vai acompanhar a transferência, às prefeituras, da administração das redes de iluminação pública. O deputado João Arruda (PMDB-PR), autor do requerimento que criou a subcomissão, foi indicado como relator dos trabalhos. A transferência da gestão das redes de energia elétrica às prefeituras está prevista no artigo 218 da resolução 414/2010 da Agência Nacional de Energia Elétrica (Ane-

el). “A administração das redes vai aumentar em 30% as despesas das prefeituras”, disse João Arruda. “Os prefeitos terão que tirar dinheiro da saúde, educação e outros serviços essenciais para aplicar na contratação de técnicos, manutenção e aquisição de postes, fios e equipamentos para expansão das redes”, informou. Resolução - A mudança, prevista inicialmente para 1º de setembro de 2011, foi transferida para 1º de julho de 2013 e no início deste mês, retardada para 31 de janeiro de 2014. “É um fôlego a mais para as prefeituras como disse o diretor geral Nelson Hubner, ao me informar da decisão da diretoria

da Aneel”, destacou João Arruda. A subcomissão, instalada na terça-feira (10), terá como presidente o deputado Mauro Mariani (PMDB-SC). O grupo de parlamentares vai acompanhar todo o procedimento. “Teremos condições de promover um debate muito rico sobre esta questão”. “Vamos convidar os prefeitos que já aderiram à resolução e outros que ainda não têm condições de assumir a gestão do serviço”, informou João Arruda. Os trabalhos da subcomissão serão acompanhados de perto pela Aneel, que terá participação ativa nos debates, visando esclarecer

todas as dúvidas relacionadas à transferência dos ativos. Pressão - João Arruda apresentou o requerimento na CDU após ser informado, no início do ano, que a Companhia Paranaense de Energia Elétrica (Copel) e empresas ligadas a grupos políticos estariam pressionando as prefeituras a aderirem à resolução da Aneel. As denúncias foram encaminhadas pelo deputado à Aneel, ao Ministério Público (MP), Polícia Federal (PF) e a CDU. Fazem parte ainda da subcomissão os deputados Leopoldo Meyer (PSB/PR), Rosane Ferreira (PV/ PR), Adrian (PMDB/RJ) e Genecias Noronhas (PMDB/CE).


A-4 Economia ENTREVISTA ESPECIAL

TRIBUNA DO VALE

Sabado e domingo, 14 e 15 de abril de 2012

JORGE FONTES HEREDA

“Fizemos a maior redução de juros da história”

Caixa Melhor Crédito “A Caixa tem como prática oferecer as melhores condições de juros do mercado. Mesmo antes do lançamento do programa “Caixa Melhor Crédito”, é possível verificar que a maioria dos nossos juros eram os menores do mercado. Agora fomos incisivos, radicais. Trabalhamos nesta proposta por uns três meses. Escolhemos os principais produtos para uma cesta de relacionamento com pessoa física e outra para pessoa jurídica. Reprecificamos e reposicionamos também a nossa rede para, ao reduzir parte da margem líquida, trazer clientes a mais para compensar, além de aumentar o relacionamento com estes clientes. A Caixa tem, por exemplo, 3 milhões de famílias no crédito habitacional e 42 milhões de clientes de poupança, e boa parte não tem a Caixa como principal banco. Estamos diante da oportunidade de estreitar o relacionamento com estes clientes, oferecendo as melhores condições do mercado, tanto para Pessoa Física (PF) quanto para Jurídica (PJ). E vamos atrair os outros clientes também, porque o programa tem propostas para quem tem relacionamento mais estreito e para quem não tem. Você pode ser um cliente com muito relacionamento e obter um cartão de crédito a 1,35% de juros ao mês. Se não tiver tanto

relacionamento, vai ter um cartão a pouco mais de 4%. Ainda assim, um corte de mais de 50% sobre a tarifa praticada antes.” Corte de juros da Caixa influencia outros bancos “Existe uma outra oportunidade agora, com este ambiente de juros mais baixos. Quem começar a raciocinar com a cabeça de que tem que ampliar sua base, dando, para isso, melhores condições de acesso ao crédito, vai se posicionar primeiro neste novo mundo, bancarizando mais pessoas. É isso o que temos que fazer e estamos fazendo. Basta lembrar que no meio da década de 1990 teve o Plano Real. Naquela época o banco ganhava dinheiro que ficava no overnight e dentro do banco, porque a inflação era muito alta, as pessoas não tinham acesso. Os bancos passaram, depois disso, a ter que se adaptar a um ambiente de inflação baixa. Aí começaram a criar várias tarifas, foi necessário um outro modelo para se obter retorno dos investimentos. Agora, estamos vivendo em um ambiente de queda de juros, portanto, vamos ter um spread menor. Para se manter o nível de lucratividade, você tem uma disputa maior pelo mercado. A Caixa vai se posicionar, está se posicionando no que ela acredita que é o novo momento do crédito no Brasil”.

Portabilidade de dívidas “A estratégia da Caixa é ganhar a base e ganhar clientes. Os bancos precisam se adaptar a um ambiente de juros baixos, e uma das questões que vem sendo colocada na imprensa é que a população está muito endividada. Então, nós, e às vezes até com opiniões contraditórias, resolvemos, neste reposicionamento, colocar uma assessoria financeira para os nossos clientes. A Caixa está preocupada em dar uma alternativa para você reestruturar suas dívidas e ter uma vida mais tranquila. É importante ter a possibilidade de renegociar, de reestruturar a dívida. O cliente pode procurar uma agência e a Caixa vai oferecer alternativas, verificar as novas taxas e possibilitar o pagamento. E algumas taxas tiveram seu prazo dilatado. Com essa nossa nova cesta de produtos com certeza é possível se achar uma forma de reestruturar a dívida de um cidadão.”

temos uma composição de carteira em que crédito imobiliário é uma parcela muito grande, cerca de 60%. Mas você tem um tanto na área do crédito livre, no que chamamos de comercial. O mercado está com 5,6%, 5,8%. A Caixa está com 3,1% de inadimplência. A inadimplência da Caixa era de 2,1% em fevereiro, contando com o imobiliário. O crédito imobiliário, somando material de construção, tem inadimplência de 1,7%. Um bom índice.”

Inadimplência “Para não correr o risco de ampliar a inadimplência é que estamos querendo crescer de uma maneira sustentável. Como? Se eu tenho condições de oferecer um juro menor para um cidadão, ele vai poder pagar este crédito. Além disso, com a questão da inadimplência, a Caixa tem controle. Tudo bem que

Microempresários “A Caixa tem as melhores condições para apoiar tanto um salão de cabelereiros quanto um atelier de costura. O empresário vai encontrar os menores juros da praça, apoio e assessoria financeira para a estruturação do negócio. Vai, portanto, ter condições de acesso a recursos com juros compatíveis à sua ne-

Capital de giro para pequenas empresas “Na pessoa jurídica, optamos por centrar muito firmemente em capital de giro e no desconto de duplicatas. Colocamos R$ 10 bilhões de recursos novos nisso, o que não quer dizer que este é o limite. Se houver demanda, tanto na PJ (pessoa jurídica) quanto na PF (pessoa física), devemos aplicar R$ 71 bilhões de abril a dezembro.”

Fotos: Richard Casas

Com a calma típica de um baiano, o arquiteto Jorge Fontes Hereda, presidente da Caixa Econômica Federal, comemora o que classificou como a maior redução de juros da história. O programa “Caixa Melhor Crédito”, lançado no dia 9 de abril, vai beneficiar de imediato 25 milhões de clientes. Basicamente, o programa reduz juros de empréstimos em até 88% para famílias e empresas de micro e pequeno porte. Com capital próprio da Caixa, serão disponibilizados empréstimos de até R$ 1 milhão. Uma das novidades é a chamada “portabilidade das dívidas”. No caso, quem tem uma dívida com juros altos em outro banco, a Caixa realiza a quitação, e refinancia para o cliente com juros mais baixos. Confira abaixo os principais trechos da entrevista exclusiva concedida aos jornais da Associação de Diários do Interior (ADI Brasil)/Central de Diários e Associação Paulista de Jornais (APJ).

cessidade. Pode procurar uma agência da Caixa ou entrar em contato pelo 0800. Se já tem algum tipo de empréstimo e está tendo dificuldade para pagar, o cliente vai poder trocar, quitar este empréstimo em outro banco, e obter um novo empréstimo conosco, muito mais em conta. É uma oportunidade que as pessoas têm de realizar sonhos e estruturar a vida.” Lições da crise mundial “Em 2008, nos primeiros sinais de crise, os bancos privados colocaram o pé no freio. Frearam qualquer tipo de acesso ao crédito, e foi uma dificuldade muito grande. Até empresas de grande porte tiveram problemas de capital de giro. E os bancos públicos são instrumentos nesses momentos também, com responsabilidade é claro. Naquela época, nós tomamos a decisão até de acelerar, de pisar no acelerador. O resultado foi que em 2007 nós tínhamos 6% do mercado de crédito bancário no Brasil. Hoje, nós temos 12,6%, o que nos coloca na quarta posição em carteira de crédito. A meta é chegar ao final do ano em terceiro lugar, com uma carteira de R$ 340 bilhões. Hoje a nossa carteira é de R$ 260 bilhões. E isto vai ser alcançado com o esforço que a Caixa está fazendo agora, de aumentar o crédito e reduzir os juros.”

Por Franscisco D’Carvalho - Jornalista ADI-Brasil/CDI | Edição: Andréa Leonora | Diagramação: Regina Alpini Esta entrevista exclusiva foi disponibilizada para publicação em 130 jornais que formam a rede Associação dos Diários do Interior (ADI Brasil) e Central de Diários do Interior (CDI), somando 4 milhões de exemplares/dia e potencial para atingir 20 milhões de leitores. A força do interior na integração editorial.

Mercado Agropecuário

Indicadores Econômicos BOVESPA

13/04/12

CÂMBIO

13/04/12

DÓLAR COMERCIAL

INDICE BOVESPA Baixa: 1,51%

62.105 pontos

Volume negociado: R$ 8,09 bilhões 63.691 62.923 61.738 61.293 63.058 62.105

Alta: 0,55% Compra Venda

EURO Var. abril: +0,77% R$ 1,838 R$ 1,840

DÓLAR PTAX (Banco Central) Alta: 0,51% Compra Venda

DÓLAR PARALELO

05/04

09/04

10/04

11/04

Ações Petrobrás PN Vale PNA BMFBovespa ON ItauUnibanco PN Santander Brasil ON MMX Mineração ON Hypermarcas ON PDG Realt ON

12/04

% -1,55 +0,12 -3,05 -3,88 -4,96 +4,29 +2,47 -4,67

R$ 21,67 42,85 10,80 31,68 15,70 9,00 12,45 5,10

12.849,59 5.651,79 6.583,90 9.637,99

-1,05 -1,03 -2,36 +1,19

BOLSAS NO MUNDO Dow Jones Londres Frankfurt Tóquio

13/04

%

OURO - BM&F

var. dia

13/04

-1,23%

IR BASE (R$) Até 1.637,11

R$ 96,50 /grama

ABRIL Alíquota Parc. a % deduzir -

Var. abril: +5,95% R$ 1,73 R$ 1,96

DÓLAR TURISMO Alta: 0,52% Compra Venda

Var. abril: -1,14% R$ 2,4014 R$ 2,4024

EURO TURISMO

Var. abril: +0,78% R$ 1,8358 R$ 1,8364

Estável Compra Venda

Baixa: 0,18% Compra Venda

Var. abril: +0,52% R$ 1,770 R$ 1,940

Baixa: 0,39% Compra Venda

Var. abril: -1,56% R$ 2,35 R$ 2,53

OUTRAS MOEDAS X REAL Iene Libra esterlina Peso argentino

R$ 0,0227 R$ 2,91 R$ 0,42

US$ 1 É IGUAL A: Iene Libra esterlina Euro

80,99 0,6309 0,7644

ÍNDICES DE INFLAÇÃO Índices em % INPC (IBGE) IPCA (IBGE) IPCA-15 (IBGE) IPC (FIPE) IPC (IPARDES) IGP-M (FGV) IGP-DI (FGV) IPA-DI (FGV) IPC-DI (FGV) INCC-DI (FGV)

out 0,32 0,43 0,42 0,39 0,23 0,53 0,40 0,48 0,26 0,23

nov 0,57 0,52 0,46 0,60 0,39 0,50 0,43 0,34 0,53 0,72

dez 0,51 0,50 0,56 0,61 0,59 -0,12 -0,16 -0,55 0,79 0,11

REAJUSTE ALUGUÉIS Índice INPC (IBGE) IPCA (IBGE)

fev 1,0563 1,0622

mar 1,0547 1,0584

abr 1,0497 1,0524

jan 0,51 0,56 0,65 0,66 0,55 0,25 0,30 0,01 0,81 0,89

fev 0,39 0,45 0,53 -0,07 0,06 -0,06 0,07 -0,03 0,24 0,30

mar 0,18 0,21 0,25 0,15 0,58 0,43 0,56 0,55 0,60 0,51

ano 1,08 1,22 1,44 0,74 1,20 0,62 0,93 0,53 1,66 1,71

12m 4,97 5,24 5,61 4,39 4,71 3,23 3,32 1,80 5,50 8,10

OUTROS INDICADORES BTN + TR TJLP (%)

fev 1,566858 6,00

mar 1,566858 6,00

abr 1,568531 6,00

TR, TBF, POUPANÇA TR MÊS Fevereiro/12 Março/12 Abril/12

POUPANÇA MÊS Fevereiro/12 Março/12 Abril/12

% 0,00 0,11 0,02

ano 0,09 0,19 0,22

12 m 1,17 1,16 1,14

% 0,50 0,61 0,52

ano 1,09 1,70 2,24

12 m 7,41 7,39 7,38

TAXAS DIÁRIAS % Período 13/3 a 13/4 14/3 a 14/4 15/3 a 15/4 16/3 a 16/4 17/3 a 17/4 18/3 a 18/4 19/3 a 19/4 20/3 a 20/4 21/3 a 21/4 22/3 a 22/4 23/3 a 23/4 24/3 a 24/4 25/3 a 25/4 26/3 a 26/4 27/3 a 27/4 28/3 a 28/4 29/3 a 29/4 30/3 a 30/4 31/3 a 1/5 1/4 a 1/5 2/4 a 2/5 3/4 a 3/5 4/4 a 4/5 5/4 a 5/5 6/4 a 6/5 7/4 a 7/5

TR 0,0878 0,0990 0,0519 0,0328 0,0492 0,0746 0,0884 0,0881 0,0909 0,0566 0,0283 0,0335 0,0581 0,0885 0,0806 0,1106 0,0636 0,0171 0,0227 0,0227 0,0283 0,0158 0,0096 0,0105 0,0000 0,0000

TBF 0,7684 0,7797 0,7222 0,6930 0,7095 0,7451 0,7990 0,7687 0,7715 0,7270 0,6885 0,6937 0,7285 0,7691 0,7511 0,7914 0,7340 0,6772 0,6828 0,6828 0,6885 0,6759 0,6597 0,6606 0,6421 0,6421

POUP 0,5882 0,5995 0,5522 0,5330 0,5494 0,5750 0,5888 0,5885 0,5914 0,5569 0,5284 0,5337 0,5584 0,5889 0,5810 0,6112 0,5228 0,5284 0,5159 0,5096 0,5106 0,5000 0,5000

LOTES - ATACADO

13/04/12

SOJA - saca 60kg PRAÇA Paranaguá Ponta Grossa Maringá Cascavel Sudoeste Guarapuava

TRIGO - saca 60kg

R$ 59,50 57,50 56,50 56,00 56,00 56,50

SEM 0,8% 0,9% 2,4% 1,8% 1,4% 2,7%

30 d. 8,2% 8,5% 10,8% 10,9% 8,7% 10,8%

-2,5% -2,0% 0,0% -3,9% -2,0% -2,1%

5,1% -3,8% -2,0% -2,0% 0,0% -4,1%

MILHO - saca 60kg Paranaguá Sudoeste Cascavel Maringá Ponta Grossa Guarapuava

26,80 25,00 24,00 24,50 24,00 23,50

PRAÇA Curitiba Ponta Grossa Maringá Cascavel

R$ 29,00 28,80 28,80 28,80

SEM 1,8% 2,1% 2,1% 2,1%

30 d. 3,6% 4,7% 4,7% 4,7%

INDICADORES CEPEA/ESALQ PRODUTO Bezerro (1) Boi gordo (2) Café (3) Algodão (4)

R$ 719,85 96,35 379,92 159,10

DIA MÊS -0,26% 0,63% -0,11% 1,51% 0,26% -0,50% -0,31% -2,01%

1- sc 50Kg, com impostos, posto usina SP; 2 -média à vista da arroba no Estado de SP; 3 - valor à vista saca 60kg posto SP Capital, arábica, bica corrida, tipo 6; 4 - em pluma, cent/R$ por libra-peso (453 gr), posto SP Capital.

Soja, milho e trigo: fonte Dossiê:Dinheiro; Cepea/Esalq: mais informações em www.cepea.esalq.usp.br

PREÇO AO PRODUTOR Produto

12/04/12

unidade

média var. var. var. C.Proc. Jacar. PR - R$ diária 7 dias 30 dias R$ R$ SOJA saca 60 kg 52,23 0,7% 2,1% 8,1% 51,00 53,93 MILHO saca 60 kg 21,77 -0,1% -1,6% -5,8% 20,80 23,50 TRIGO saca 60 kg 25,31 0,3% 1,5% 5,1% 25,20 FEIJÃO CAR. saca 60 kg 174,84 1,1% 4,4% 21,3% BOI GORDO arroba, em pé 93,57 0,1% 0,2% -0,5% 93,00 94,00 SUÍNO kg, vivo 2,04 0,5% 0,5% -7,7% 2,00 1,85 FRANGO kg, vivo 1,72 0,0% 0,6% -2,3% 2,05 CAFÉ BEN. beb. dura, 60kg 351,71 -0,2% -0,4% -5,2% 350,00 350,00 CAFÉ kg, em coco 5,66 0,0% 0,4% -4,1% 5,85 5,50 Fonte: Sima/Deral/Seab. Os preços nas praças referem-se aos valores “mais comuns” apurados

MERCADO FUTURO BOLSA DE CHICAGO (CBOT) SOJA - US$cents por bushel (27,216 kg)

MILHO

Cont. mai/12

Cont. mai/12

FECH. 1.436,75

*DIF. 1 SEM. 1 MÊS -4,25 0,2% 6,5%

13/04/12 - US$cents por bushel (25,4 kg)

FECH. 629,25

*DIF. 1 SEM. 1 MÊS -8,25 -4,4% -4,9%


Cidades A-5

TRIBUNA DO VALE

Sabado e domingo, 14 e 15 de abril de 2012

HNSS abre sindicância para apurar cobrança ilegal de exames de raio-X S.A. PLATINA Empresa Fênix, contratada de forma terceirizada para manusear aparelho de raio-X, estava cobrando R$ 25 por exame Felipe Peres

A provedoria do Hospital Nossa Senhora da Saúde (HNSS), de Santo Antônio da Platina, anunciou ontem que a assessoria jurídica da casa de saúde abriu uma sindicância para apurar a cobrança irregular de exames de raio-X para pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS). A empresa Fênix Serviços de Radiologia e Diagnóstico, contratada de forma terceirizada pela direção do

hospital em outubro de 2007, é a responsável pelos exames realizados no Pronto Socorro Municipal. A cobrança irregular foi denunciada pelo jornal Tribuna do Vale em março, quando uma série de pacientes procurou a reportagem para reclamar da situação. De acordo com pacientes, o técnico em radiologia e responsável pelo aparelho de raio-X do Pronto Socorro Municipal, Paulo Aluízio, estava cobrando uma taxa de R$ 25 para a realização de exames, mesmo para pacientes dos SUS. “A partir das denúncias nós solicitamos ao jurídico do hospital um levantamento de todos os contratos. E agora uma sindicância foi aberta para apurar os fatos”, disse o provedor do HNSS, Aguinaldo do Carmo. “Não poderíamos romper o contrato com a empresa sem fazer uma apuração detalhada. Precisamos de embasamento legal para tomar qualquer decisão”, completou de forma cautelosa o provedor. Com o levantamento, a direção do HNSS descobriu que o hospital contratou a empresa Fênix em outubro de 2007. “Trata-se de um

Paulo Aluízio, da Fênix, será ouvido no próximo dia 23; por enquanto ele não quis se manifestar

contrato particular de serviço por arrendamento, com renovação de três em três anos. A última renovação aconteceu em 2010”, explicou o administrador do hospital Francisco Edno da Silva. “Com esse levantamento descobrimos também que o hospital precisaria pagar uma multa de R$ 5 mil para a empresa em caso de rescisão contratual”, completou o provedor. Ainda segundo a direção do HNSS,

a previsão do hospital é que a sindicância seja finalizada dentro de um prazo de 10 dias. Tanto o provedor quanto o administrador disseram ontem que só ficaram sabendo da cobrança ilegal por conta das denúncias publicadas na Tribuna do Vale. “Como a Fênix é uma empresa terceirizada, não temos acesso”, justificou o administrador. Já o provedor classificou a atual situação que envolve a Fênix e Hospital Nos-

sa Senhora da Saúde como uma ‘batalha judicial’. “Vamos até o fim para descobrir o que estava acontecendo”, disse Do Carmo. O técnico em radiologia e responsável pelo aparelho de raio-X, Paulo Aluízio, disse ontem que será ouvido pela sindicância no próximo dia 23. Aluízio preferiu não comentar nada sobre o assunto antes da conclusão da sindicância. O caso Em março, algumas pa-

cientes que procuraram o serviço de raio-X do Pronto Socorro Municipal denunciaram que o técnico em radiologia e responsável pelo aparelho de raio X, Paulo Aluízio, estava cobrando uma taxa de R$ 25 para a realização de exames. A denúncia chamou a tenção que motivou a abertura da sindicância para apurar o fato Na ocasião da denúncia, o fato chegou ao Ministério Público. A coordenadora do Núcleo Regional de Trabalho de Proteção ao Patrimônio Público do Norte Pioneiro, Kele Cristiani Diogo Bahena, informou, na época, que serviços realizados por meio do SUS não poderiam ser cobrados e que, se comprovada, a cobrança por exames poderia gerar uma ação civil pública. Quando a denúncia veio à tona, através da imprensa, Paulo Aluízio tentou justificar a cobrança de exames alegando que o repasse do SUS era insuficiente para cobrir os gastos mensais de manutenção do aparelho. Aluízio alegou que o repasse do SUS era de ‘apenas’ R$ 4 mil por mês. Porém, o técnico em radiologia negouse a dizer quanto gastava com manutenção por mês.

CONSÓRCIO INTERMUNICIPAL S.A.PLATINA

Tina assume G5 segunda-feira

Antônio de Picolli

Lançados Banco do Empreendedor e Programa Bom Negócio Paraná Da Assessoria

Tina pretende continuar trabalho desenvolvido por Araújo Maurício Reale

A prefeita Tina Toneti (PT) assume, segunda-feira, 16, em Jacarezinho, a presidência do Consórcio Intermunicipal para o Desenvolvimento da Bacia do Paranapanema (G5), composto pelos municípios de Jacarezinho, Ribeirão Claro, Carlópolis, Joaquim Távora e Guapirama. Tina afirmou, na tarde de ontem no seu gabinete, que dará continuidade a administração do atual presidente Geraldo Maurício Araújo (PV), prefeito de Ribeirão Claro. Entre os programas executados através da entidade, Tina destaca a Patrulha Mecanizada. “O objetivo deste programa é restaurar as estradas rurais dos municípios que integram o consórcio. Já foi realizado um sorteio para definir o município onde as obras serão iniciadas e as restaurações começarão em maio ou junho no município de Carlópolis”, afirmou. As obras ajudarão o prefei-

to Carlos Alberto Saubier de Andrade (PTB), o Carlinhos Polícia (PT) a resolver um dos principais problemas do município, que são as péssimas condições das estradas rurais. Carlinhos afirmou recentemente que, na sua curta gestão – ele tomou posse em dezembro no lugar de Roberto Coelho, o Robertinho (DEM), cassado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) por abuso do poder econômico durante a campanha eleitoral – já restaurou mais trechos que os restaurados nos três anos de mandato do antecessor. O G5 foi criado em 20 de Outubro de 2010 com o objetivo de promover uma gestão compartilhada para facilitar a administração de recursos estaduais em municípios que enfrentam problemas similares, como o caso das estradas rurais. Outros programas que incentivam a produção agropecuária e o turismo também serão anunciados na cerimônia de posse da prefeita Tina Toneti.

A Associação Comercial e Empresarial de Santo Antônio da Platina - ACESAP e prefeitura platinense, através da Secretaria da Indústria, do Comércio e Turismo de Santo Antônio da Platina, em parceria com o Governo de Estado do Paraná, Amunorpi e outros parceiros, realizaram noite de quinta-feira, 12 de abril, o lançamento do Banco do Empreendedor Paraná e o Programa Bom Negócio Paraná. O Programa piloto foi implantado em 2011, nas quatro maiores cidades do Estado, e em 2012 a meta é atender 35 municípios com mais de 40 mil habitantes e que possuírem a Lei Geral Municipal. Até 2014, os programas devem atingir a totalidade dos municípios do Estado. “Santo Antônio da Platina é o único município da Amunorpi a receber o Banco do Empreendedor Paraná e o Programa Bom Negócio Paraná e também é o primeiro a fazer o lançamento dos programas em 2012”, informou o secretário da Indústria e Comércio, Orlando Pimentel. O município está credenciado para receber os programas, porque tem a Lei Geral Municipal implantada desde junho de 2008. Em 2009, foi firmado um convênio entre a administração pública e o SEBRAE/PR, através do convênio “Cidade Empreendedora” e apoio

do Comitê Gestor Municipal. Estão sendo desenvolvidas ações de apoio para os Empreendedores Individuais, Micros empreendedores e Empreendedores de pequeno porte do Município. Segundo o secretário, o Governo Estadual criou os Programas Bom Negócio Paraná e Banco do Empreendedor Paraná, especialmente para realizar ações voltadas para o fortalecimento dos empreendedores de todos os municípios paranaenses. O Programa Bom Negócio Paraná oferecerá capacitação em gestão empresarial gratuita nas áreas de Gestão de Negócios, Gestão de Pessoas, Gestão Financeira, Gestão Comercial, Gestão Estratégica. O curso terá a duração de 66 horas, durante 22 dias. Uma das condições para se habilitar é participar de pelo menos, em um dos cursos ofertado pelo Programa Bom Negócio Paraná ou comprovar ter participado de algum curso de gestão em outra entidade parceira envolvida no programa. O PBNP e o BEP têm como meta atingir 60 mil micros e pequenos empreendimentos formais e informais no estado. O programa visa atendimento aos empreendedores do estado que participam do programa de capacitação ofertados gratuitamente pelo governo e pelos parceiros envolvidos nas ações oferecidas. O Banco do Empreendedor beneficia, prioritariamente, empresas de micros e de pequeno

porte, com receita bruta de até R$ 360 mil. Enquadra-se também no processo de financiamento, demais empresas com receita bruta anual de até R$ 3.600.000 O que pode ser financiado Investimento fixo (construção, ampliação ou reforma/modernização de lojas, galpões, softwares, escritórios, aquisição de máquinas e equipamentos, bens de produção, insumo ou serviços além de outros investimentos). Capital de Giro é limitado até 70% do valor de financiamento do Investimento Fixo; Investimento Misto (combinação dos dois acima). Valores dos financiamentos De R$ 1.000,00 a R$ 15.000,00 para empresas com renda bruta anual de até R$ 360.000,00. De 15.000,01 a R$ 360.000,00 para empresas com receita bruta anual entre R$360.000,01 a R$3.600.000,00. Taxas de juros: Dependendo das condições de cada tomador, serão ofertadas taxas de juros de 0,58% a 1,10 ao mês. Importante observar: Quanto mais capacitado o empreendedor, melhor é a taxa de juro oferecida. Prazo de pagamento: Financiamentos de até R$15.000,00: Investimento Fixo até 36 meses. Capital de Giro até 12 meses, Capital de Giro mais investimento fixo até 24 meses. Financiamentos de R$15.000,01 a R$300.000,00: Investimento Fixo ou Capital de giro e investimento fixo até 60 meses.

O atendimento aos interessados pelo financiamento do Programa Banco do Empreendedor Paraná, ocorrerá por meio de agente de crédito. A capacitação será realizada por uma entidade parceira do Programa Bom Negócio Paraná. “Os cidadãos empreendedores que queiram expandir seus negócios com segurança, informação e crédito, o Bom Negócio Paraná e o Programa Banco do Empreendedor Paraná podem fazer a diferença. Pois foram criados para os empreendedores”, disse Orlando Pimentel. Através dos Programas Bom Negócio Paraná, Banco do Empreendedor Paraná e dos parceiros envolvidos serão possíveis capacitar e disponibilizar linhas de créditos com juros viáveis para os investimentos e assim trazer para formalidade centenas de empreendedores individuais, gerando renda e oferecendo oportunidade de trabalho para vários trabalhadores do município e da região. “Um compromisso firmado por esta gestão que está se tornando realidade – capacitação profissional e geração de rendas aos platinenses”, disse. Atendimento e informações sobre o Programa Bom Negócio Paraná está disponível na Sala do Empreendedor, Avenida Oliveira Mota, 1110, telefone (43) 35342123 ou ACESAP, Rua Rio Branco, 510 telefone (43) 35344109.

JACAREZINHO

Vila Setti comemora festa em louvor a São José Operário no próximo mês Da Redação

A comunidade da Vila Setti em Jacarezinho comemora no próximo mês a festa em louvor a São José Operário. Feita para angariar fundos para a construção do

santíssimo e sacristia da capela do bairro, a programação terá início no dia 5 de maio e segue até dia 13. Na terça-feira, 1° de maio e dia do padroeiro haverá missa ás 21h e logo após uma carreata com benção dos veículos. No

domingo, 6, a programação se repete durante o dia a partir das 9h. Ás 11h30 será servido o almoço que terá como cardápio: churrasco, feijão gordo e costela na tábua com ingressos à R$15. Em seguida será realizado o leilão

de prêmios e de gado. No dia 12 e 13 de maio a festa prossegue com missas especiais e com o show de prêmios, com bingo de cinco motos Honda zero quilômetro. As cartelas custam R$15.


A-6 Cotidiano

TRIBUNA DO VALE

Sabado e domingo, 14 e 15 de abril de 2012

Homem morre atropelado na rodovia PR-424; motorista foge

Arquivo

SIQUEIRA CAMPOSCorpo foi enterrado no final da tarde de ontem; delegado instaura inquérito para apurar o caso Celso Felizardo

Um homem de 31 anos morreu atropelado na madrugada de ontem no km 27 da PR-424, no trecho entre Siqueira Campos e Salto do Itararé. Diego Lopes Vieira c amin hava p el a ro dov i a quando foi atingido por um veículo não identificado. O motorista fugiu sem prestar s o corro. Uma equip e da Polícia Rodoviária Estadual (PRE) e investigadores da Polícia Civil fizeram buscas na redondeza, mas não encontraram ninguém. O delegado Juliano Fonseca, da Delegacia de Siqueira Campos, instaurou inquérito para investigar o caso. Por enquanto não há pistas do responsável.

Fonseca explicou que em alguns casos o motorista é identificado por uma peça do carro que fica no local, porém neste caso isso não ocorreu. Quem tiver informações que leve até o motorista deve entrar em contato com a polícia pelo 190 ou (43) 3571-1202. Não é necessário se identificar. O delegado explica que, se identificado, o motorista pode responder por omissão de socorro e até por homicídio. No caso de homicídio culp os o (s em intenção) praticado na direção de veículo, a pena de detenção de dois a quatro anos é aumentada de um terço até a metade, sempre que o motorista deixar de prestar socorro à vítima do

acidente, quando possível, sem correr risco. Fonseca conta que até a manhã de ontem, antes de o laudo cadavérico ficar pronto, a polícia trabalhava com a suspeita de homicídio. “Havia dois cortes profundos no pescoço da vítima, porém os exames apontaram a causa da morte como politraumatismo”, revela. Ele explica também que a morte pode ter sido causada pela própria vítima. “Temos a informação de que ele tinha acabado de sair de uma casa noturna. Agora vamos investigar para saber se ele não estava embriagado no meio da pista. Estamos ouvindo testemunhas e, por enqu anto, não p o demos descartar nenhuma possi-

bilidade”, explica. O corpo de Vieira, que trabalhava com o pai na venda de frios, foi encaminhado ao Instituto MédicoLegal (IML) em Jacarezinho e, após ser liberado, seguiu para o velório na Capela da Paz em Siqueira Campos. No enterro, que ocorreu às 18 horas no Cemitério Municipal, parentes e amigos lamentavam a morte precoce de Vieira e pediam punição ao responsável.

Delegado Fonseca conduz investigações à procura do motorista

S.A.PLATINA

Dois adolescentes são detidos com crack no centro

Antônio de Picolli

ACIDENTE

Ex-vereador morre e filho de Hermas Brandão fica ferido Das Agências

O ex-vereador de Cascavel, no Oeste do Estado, Juarez Carlos Damo, de 51 anos, morreu na madrugada desta sexta-feira (13), vítima de um acidente na BR-163, entre os municípios de Eldorado e Mundo Novo, em Mato Grosso do Sul. Damo era passageiro de uma caminhonete C20, que era conduzida por Bruno Felipe Lima Peres Brandão, 27, filho do ex-deputado estadual

e atual conselheiro do Tribunal de Contas do Paraná (TC) Hermas Brandão. Segundo o Departamento de Comunicação da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o acidente ocorreu por volta de 18 horas de quinta-feira (12). A caminhonete capotou, mas não se sabe as circunstâncias do acidente. O ex-vereador foi socorrido com vida e levado ao Hospital Vida, em Dourados, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. Bruno Brandão

teve ferimentos graves, mas não corre risco de morte. Damo era empresário, vicepresidente do Partido Trabalhista Cristão (PTC) de Cascavel e foi vereador em três legislaturas. No início desta semana, ele foi alvo de uma ação civil pública ajuizada pelo Ministério Público (MP) por suposto envolvimento em contratações de funcionários “fantasmas” na Câmara de Cascavel. O corpo do vereador será transladado nesta sexta para Cascavel.

SEGURANÇA

Interior ficará sem UPSs este ano Gazeta do Povo

O governo do estado não vai implantar nenhuma Unidade Paraná Seguro (UPS) – modelo de segurança semelhante às Unidades de Polícia Pacificadora do Rio de Janeiro – no interior do Paraná em 2012. Diferentemente do anúncio que havia sido feito pelo próprio governador Beto Richa em março, de que haveria uma unidade em Londrina ainda em 2012, as dez novas UPS que serão instaladas até o fim deste ano ficarão em Curitiba. Uma unidade deve entrar em funcionamento ainda neste semestre e as nove restantes serão criadas até dezembro. S e g u nd o o s e c re t ár i o de Segurança Pública do Paraná (Sesp), Reinaldo de Almeida César, a pasta ainda estuda como implantar o sistema no interior. “A UPS é um projeto de cidadania e seu sucesso depende da integ ração com o p o der público municipal”, ressalta. Por questões de estratégia, as áreas que vão receber as UPSs não foram reveladas. A expectativa é de que as próximas unidades sejam instaladas nos bairros que têm mais registros de homicídios, como Tatuquara, Cidade Industrial

de Curitiba (CIC), Cajuru e Sítio Cercado. Em entrevista coletiva na manhã de ontem, a Sesp e a Polícia Militar (PM) divulgaram um balanço das ações realizadas na primeira UPS, que completou um mês em 8 de abril. A avaliação pela secretaria e pelo comando da PM é positiva. “Nunca foi o objetivo deste trabalho obter resultados retumbantes, mas sim sustentáveis, com soluções definitivas para a comunidade”, afirma o comandante geral da PM, coronel Roberson Luiz Bondaruk. Para Bondaruk, o sistema se comportou como esperado, com aumento gradual da interação entre polícia e comunidade: neste primeiro mês de operação, houve um crescimento de 30% nos chamados da população do Uberaba à PM, sendo que um quarto das chamadas foi originado da região do bairro coberta pela UPS. No mesmo período, o bairro registrou 523 ocorrências, sendo 136 na área da UPS. A maior parte dos registros ocorreu por perturbação da tranquilidade, mas também houve reclamações de lesão corporal, furtos e roubos. Um homem foi assassinado na Vila Icaraí, poucos dias após a

implantação da unidade. Para César, esse foi um caso isolado e a situação é considerada tranquila, já que o autor dos disparos foi identificado. A PM não apresentou relatórios comparativos com os períodos anteriores à implantação da UPS. Segundo Bondaruk, seria um erro técnico fazer tal comparação e só haverá uma base confiável de informações quando o projeto avançar. Além disso, a falta de arruamento (demarcação de ruas) foi apontada como fator que criou dificuldades na análise dos dados. De acordo com ele, a recuperação do espaço urbano será uma das medidas para modificar esse panorama. Formação A nova cultura de policiamento comunitário ainda está sendo assimilada pela corporação. Segundo Bondaruk, para as próximas ações as equipes serão formadas por novos policiais, treinados dentro dessa filosofia, e agentes mais experientes, para equilibrar o grupo. Ontem, 62 policiais que já trabalham em UPS ou se preparam para esta função receberam certificados de conclusão da primeira turma de um curso de 40 horas voltado ao policiamento comunitário e à discussão de direitos humanos.

Adolescente tentou engolir 15 pedras de crack durante a abordagem da PM Da Redação

Dois adolescentes de 16 anos foram detidos na madrugada de ontem próximo ao Cemitério São João Batista, em Santo Antônio da Platina com 15 pedras de crack. Após denúncia pelo 190, os policiais foram até a uma casa na travessa Adolfo

Leopoldino e flagraram os dois vendendo a droga. Um deles, ao avistar os policiais, tentou engolir as pedras que estavam embrulhadas em plástico transparente. O outro adolescente confessou que trabalhava para o parceiro e que, a cada 10 pedras vendidas, ganhava duas. Na casa, os policiais en-

contraram ainda um coldre de um revólver, além de eletrônicos sem nota fiscal e substâncias suspeitas de serem usadas para mistura da droga. Um usuário que chegou ao local durante a abordagem também foi encaminhado à 38ª Delegacia Regional de Polícia de Santo Antônio da Platina.

JABOTI

PM recupera carro furtado em Cândido de Abreu (PR)

Divulgação

Fusca tinha sido furtado havia uma semana em Cândido de Abreu, Região Central do Estado Da Redação

Uma denúncia anônima levou a prisão de um homem de 38 anos que estava com um carro furtado em Jaboti na tarde de quinta-feira. Ao conferir a denúncia, os policiais foram até uma oficina mecânica, no centro da

cidade, onde encontraram o VW Fusca, cor cinza, com placas de Cândido de Abreu, Região Central do Estado, cidade de onde o carro foi furtado havia sete dias. Ao constatar o furto pelo sistema de informações, os policiais foram até a avenida Tiradentes, em um hotel onde

o homem que estava com o carro estava hospedado. Ele alegou que havia emprestado o carro de um colega em Cândido de Abreu. O carro e o suspeito foram encaminhados para a Delegacia de Polícia de Jaboti. Os PMs ligaram para o dono e ele confirmou o registro do furto.


Esporte A-7

TRIBUNA DO VALE

Sabado e domingo, 14 e 15 de abril de 2012 As especulações em torno da ida do zagueiro Ronaldo Angelim ao Grêmio-SP se confirmaram. O Magro de Aço, como era chamado no Flamengo, assinou contrato até o final do ano e reforça a equipe de Barueri na Série B do Campeonato Brasileiro.

Adriano realizou cirurgia ontem no Rio de Janeiro para corrigir a cicatrização do procedimento realizado no tendão calcâneo esquerdo, no ano passado. O atacante deve voltar aos gramados em três meses. A recuperação será feita no Rubro-Negro, que espera a evolução do jogador para definir um contrato.

Fla garante Joel e aposta em Renato Augusto e novo cartola

Arquivo

ELIMINADO Direção do rubro-negro pretende reforçar o time para próximo semestre Uol

O vice de relações externas do Flamengo, Walter Oaquim, confirmou que a queda na Copa Libertadores não provocará mudanças no clube, seja na diretoria ou comissão técnica. O dirigente assegurou que Joel Santana segue no cargo, assim como o vice de futebol Paulo César Coutinho e o gerente Jairo dos Santos. O dirigente revelou planos para o futuro e citou o nome de Renato Augusto, meia revelado pelo Flamengo. Um novo cartola também entrou na pauta durante reunião realizada pela cúpula rubro-negra na tarde de ontem.

“Não vai ter mudança nenhuma, nem na diretoria e nem comissão técnica. Tem gente aí que está cavando, tentando desestabilizar o futebol do Flamengo. Em nome da presidente, digo que a comissão técnica está mantida. É mentira [que haverá mudanças]. Não há hipótese nenhuma de o Coutinho sair. Nem leve hipótese. Não há menor possibilidade”, afirmou, ao UOL Esporte. O dirigente, no entanto, admite que o Flamengo deve buscar um novo diretor-executivo para trabalhar com Coutinho e Jairo. “Há essa possibilidade, sim. Mas isso é depois do Carioca. Quem vai ver isso é o Coutinho”, disse o dirigente, sem citar nomes. A diretoria, que mantém cinco frentes de negociação para o cargo, pretende encurtar a distância entre a cúpula do clube e o departamento de futebol e aumentar as cobranças sobre o elenco. Oaquim ainda reiterou que a prioridade do Flamengo é reforçar o time para o segun-

Diretoria do Fla confirmou que Joel Santana continuará no cargo mesmo após eliminação precoce

do semestre. Ele confirmou a contratação do volante Cáceres, do Libertad, e o interesse em contar com o zagueiro Juan, que está na Roma e foi revelado pelo clube. Adriano, que realizou ontem uma nova cirurgia no tendão calcâneo e fará sua recuperação na Gávea, é outro nome que agrada.

FÓRMULA 1

“O Flamengo vai para a disputa do Carioca e vamos reforçar o time para o Brasileiro. O Cáceres está certo, o Adriano está se recuperando e o Rafael [de Piro, vice jurídico] está em Roma para tratar do Juan”, ressaltou. Por fim, o dirigente admitiu que o meia Renato Au-

gusto, do Bayer Leverkusen, está na mira. Oaquim alerta, no entanto, que a negociação pode ser a longo prazo. “Vai depender de negociações. A Traffic tem participação no jogador, o Flamengo tem uma pequena... É um bom sonho. Interesse há, mas depende de outros fatores”, completou.

JACAREZINHO

Com duto legal, Schumacher Cidade será sede é o mais rápido em 2º do Paranaense treino livre na China de Taekwondo Arquivo

Da Redação

A 29ª edição do Campeonato Paranaense de Taekwondo acontecerá em Jacarezinho, neste domingo. O torneio será disputado no Ginásio de Esportes Cássio Arantes, a partir das 8h 30. Segundo informações da organização do vento, aproximadamente 400 atletas de cidades de todo o Norte do estado participarão da competição. Ao todo, 30 equipes se inscreveram no certame de 2012.

Michael Schumacher é o mais rápido no segundo treino livre para o GP da China Globoesporte.com

A FIA colocou um ponto final na polêmica dos dutos aerodinâmicos acionados pelo sistema de asa móvel da Mercedes ao rejeitar o protesto oficial da Lotus na China. E o contestado sistema parece ter feito a diferença no Circuito Internacional de Xangai. Michael Schumacher foi o mais rápido no segundo treino livre com o tempo de 1min35s973. O heptacampeão, que havia feito o terceiro melhor tempo na primeira atividade, sobrou na segunda sessão: anotou a volta rápida a 40 minutos do fim e permaneceu na primeira posição até o cronômetro zerar. Primeiro na sessão inicial, Lewis Hamilton ficou com a segunda colocação. As RBR voltaram a andar bem e ficaram com o terceiro e o quarto

melhores tempos, respectivamente com Sebastian Vettel e Mark Webber. Os brasileiros não tiveram bons desempenhos. Felipe Massa ficou apenas com o 17º tempo (1min38s293), quase um segundo atrás do companheiro de Ferrari, Fer nando Alons o, o 10º colocado. Fora do primeiro treino para dar lugar ao finlandês Valtteri Bottas, Bruno Senna ficou na 18ª p osição, duas dep ois do parceiro de Williams, Pastor Maldonado. Diferentemente da sessão inicial, a chuva não deu as caras no segundo treino livre para o GP da China de Fórmula 1. Com pista seca, a atividade foi movimentada, com carros na pista durante todo o tempo. Cada piloto deu, em média, 27 voltas,

enquanto no primeiro treino a média foi de 12. A atividade ficou marcada também pela batida de Timo Glock. Aos 45 minutos de sessão, o piloto perdeu o controle da Marussia no fim da reta principal e atingiu o muro na saída da curva 1. Apesar de ter dito à equipe pelo rádio que sentia dor nas mãos, o alemão não sofreu nenhuma lesão mais grave. Os pilotos voltam à pista na madrugada de sexta para sábado, à meia-noite, para a terceira sessão de treinos livres, com transmissão do SporTV. O treino classificatório está marcado para as 3 horas deste sábado e a corrida para as 4 horas de domingo, ambos com transmissão da TV Globo e Tempo Real com vídeos no GLOBOESPORTE.COM.

De acordo com Gilberto Oliveira, atleta e professor de taekwondo e um dos organizadores da competição atletas da seleção brasileira júnior e adulta também marcarão presença no campeonato. “Teremos ainda a presença ilustre do treinador da Seleção Brasileira Olímpica, Fernando Madureira. Quem for até o ginásio no domingo vai gostar do evento que tem tudo para ser o melhor de todos os tempos”, finalizou Gilberto Oliveira.

N OTAS R$ 17 mi por Oscar A primeira conversa oficial entre São Paulo e Internacional nos últimos dois anos para tentar resolver a situação do meia Oscar não foi suficiente para resolver a novela. Ontem, esgotou-se o prazo dado pela diretoria colorada para que o São Paulo respondesse à proposta de R$ 7 milhões apresentada pelo jogador. Segundo a Rádio Globo, no entanto, o Tricolor recusou a oferta e mandou uma contraposta: R$ 17 milhões, mais do que o dobro do valor oferecido inicialmente pelos gaúchos. Festividades O Santos anunciou mais algumas festividades previstas para acontecerem neste sábado, dia do aniversário de 100 anos do clube. E, além de uma partida entre veteranos do Peixe e o “Nós contra a Rapa”, quando o time principal santista irá enfrentar uma equipe formada por 100 crianças, na Vila Belmiro, a direção confirmou o show da dupla sertaneja Chitãozinho e Xororó como uma das atrações no dia do centenário alvinegro. Nós contra rapa De acordo com a programação do Santos, após o “Nós contra a Rapa”, as celebrações deixam a Vila Belmiro e vão para a Praia do Gonzaga, onde haverá uma grande queima de fogos a partir das 14 horas, em frente ao relógio que homenageia ao Santos, na Praça das Bandeiras. Empréstimo Sem espaço no Fluminense, o meia Souza pode ganhar outro destino já na próxima semana. O Tricolor estuda emprestar o jogador ao Figueirense. Ambos os times só aguardam a última rodada de seus respectivos estaduais, para acertar a transferência. Em alta Em alta após balançar as redes na vitória por 5 a 2 sobre o Bahia de Feira de Santana, na última quartafeira, o meia Maicon recuperou prestígio com Emerson Leão. Ele tem boas chances de começar jogando diante do Linense, neste domingo, já que o titular Cícero e o reserva Casemiro estão suspensos, enquanto Fabrício segue lesionado. Itaquerão A Odebrecht informou ontem que foram f inalizados os trabalhos de relocação dos oleodutos da Transpetro, subsidiária da Petrobras, os quais passam pelo terreno onde está sendo construído o futuro estádio do Corinthians, em Itaquera. Obras Segundo a construtora, com teste aprovado pela empresa, as duas linhas foram colocadas em um traçado novo, mais distante de onde ficará a arena, mas dentro da mesma área. O objetivo foi evitar que o avanço das obras afetassem as tubulações.


cmyb

A-8 Região

TRIBUNA DO VALE

Sabado e domingo, 14 e 15 de abril de 2012

Justiça determina que prefeitura pague horas extras a professores

Antônio de Picolli

EDUCAÇÃOTodas as ações que já transitaram em julgado foram favoráveis aos docentes e prefeitura não pode mais recorrer Maurício Reale

Cerca de 190 professores da rede municipal de ensino de Jacarezinho ganharam ações trabalhistas com reivindicações de pagamentos d e j or na d a supl e me nt ar com valor proporcional ao salário base do professor acrescido de 50% a título de horas extras. Segundo a procuradora geral do município, Leana Maria Bacon, como nem todas as ações foram tramitadas em julgado, não há como divulgar o valor total delas, mas ela adiantou que a prefeitura não tem como recorrer e vai pagar o valor determinado pela Justiça. De acordo com a vere-

adora Maria Luiza Boberg (PMDB), que é professora aposentada, o valor total das ações pode chegar a R$ 1 mi-

Com essa decisão judicial, fica mais barato contratar outros professores que repassar as aulas aos que já lecionam no município”

lhão. “A prefeitura pagava os professores com base numa lei de 2006, que determinava

que o pagamento complementar fosse feito de acordo com o vencimento inicial da carreira, porém, a Justiça do Trabalho determina que o pagamento da jornada suplementar leve em consideração o salário atualizado e não o inicial, como era estabelecido pela prefeitura”, explica a vereadora. De acordo com a prefeita Tina Toneti (PT), a lei foi alterada este ano para corrigir a forma de pagamento, que agora determina o salário atualizado como paradigma, mas avisou que, se necessário, vai contratar mais professores ao invés de repassar as aulas suplementares aos atuais professores da grade municipal. “Com essa deci-

são judicial, fica mais barato contratar outros professores que repassar as aulas aos que já lecionam no município”, afirmou a prefeita. Atualmente há 570 professores na grade municipal. Quando a prefeita Tina Toneti iniciou seu primeiro mandato, em 2005, havia 132. Para a vereadora Maria Luiza, a decisão beneficiou a classe, mas, mesmo assim, ela alerta que a nova lei também está inadequada e precisará ser alterada. “A lei 2481/2012 quando se refere à carreira do professor usa termos inadequados que devem ser corrigidos para e v it a r n ov o s pro b l e m a s e beneficiar os docentes” ressalta.

Maria Luiza diz que lei atual ainda necessita de mudanças

cyan magenta yellow black


cmyb

TRIBUNA DO VALE Sabado e domingo, 14 e 15 de abril de 2012

Geral

B-1

www.tribunadovale.com.br

Autorizada construção Comércio varejista paranaense tem resultado do novo Fórum de Justiça acima da média nacional Da Assessoria

CAMBARÁ A construção do novo prédio está orçada em mais de 4 milhões, que serão aplicados em uma área de 1.920 m2

Da Assessoria

Assinada na dia 11 de abril, no Tribunal da Justiça do Paraná, a ordem nº 09/2012, que autoriza a construção do novo prédio que abrigará o Fórum da Justiça de Cambará. O desembargador Miguel Kfouri Neto, presidente do Tribunal da Justiça do Paraná e o engenheiro Cornélius Unruh, diretor do Departamento de Engenharia e Arquitetura do Tribunal, receberam o prefeito José Haggi Neto, acompanhado do presidente da Câmara Municipal, João Antonio Tinelli, e do juiz

PLANEJAMENTO

Autoridades de Cambará foram recebidas por Miguel Kfouri Neto e pelo engenheiro Unruh

de direito de Cambará, Renato Garcia, para a assinatura da ordem de serviços. A construção do novo prédio do Fórum da Justiça de Cambará está orçada em R$ 4.458.000,00, que serão aplicados em uma área de 1.970 m². A construção de um novo prédio para o Fórum da Justiça foi anunciada ainda no governo do ex-prefeito e ex-deputado Mohmad Ali Hamzé, que na época fez a

doação do terreno, localizado no loteamento Jardim Morada do Sol. Durante o seu primeiro mandato, e em três anos do segundo mandato, o prefeito Neto se empenhou junto a várias autoridades do Judiciário estadual, para que o município recebesse de fato, um prédio mais moderno, para abrigar o Judiciário local. S licitação da obra ocorreu no final de 2011. Também participaram da reunião, o secretário estadu-

al do Trabalho, Emprego e Economia Social, Luiz Claudio Romanelli, o presidente da OAB/Paraná, José Lúcio Glomb, o secretário municipal do Planejamento de Cambará, Marco Aurélio Fernandes Lima, o escrevente juramentado do Cartório Civil de Cambará, Roberto Lúcio Cia Rodrigues Vilar, e o chefe de gabinete do secretário Romanelli, Ronald Carlos de Oliveira.

O comércio varejista paranaense obteve o melhor resultado do País em fevereiro, com crescimento de 5,3% nas vendas, contra variação de 2,5% para o Brasil. No primeiro bimestre, as vendas no Paraná cresceram 10,7% – o melhor desempenho das regiões Sul e do Sudeste –, enquanto a média nacional foi de 5,4%. Os dados são da Pesquisa Mensal do Comércio (PMC), divulgada nesta sexta-feira (13) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O bom desempenho do comércio paranaense em fevereiro foi influenciado pelas atividades de hipermercados e supermercados (21,8%), artigos farmacêuticos e de perfumaria (20,6%), móveis e eletrodomésticos (16,6%) e artigos de uso pessoal e doméstico (15,8%). O resultado do primeiro bimestre – em que as vendas no Paraná cresceram quase o dobro da média nacional – foi puxado por artigos farmacêuticos e de perfumaria (22,0%), hipermercados e supermercados (21,8%), móveis e eletrodomésticos (21,0%) e artigos de uso pessoal e doméstico (19,8%). No acumulado dos 12 meses encerrados em fevereiro, o resultado paranaense foi o se-

gundo melhor entre os estados mais desenvolvidos. A variação foi de 8,5%, perdendo apenas para o Espírito Santo (10,1%). Determinou esse resultado o acréscimo do faturamento real de móveis e eletrodomésticos (17,7%), artigos farmacêuticos e de perfumaria (17,2%), material de construção (11,6%), artigos de uso pessoal e doméstico (10,0%) e hipermercados e supermercados (9,4%). VIGOR – Para o diretor-presidente do Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social (Ipardes), Gilmar Mendes Lourenço, o vigor do comércio varejista paranaense está relacionado à flexibilização do crédito registrada desde agosto de 2011. “Também é reflexo do acentuado dinamismo do mercado de trabalho regional, que apresenta incrementos significativos de ocupação e de rendimentos, o que minimiza o efeito negativo do endividamento e da inadimplência dos consumidores”, analisou. Lourenço lembra que a Pesquisa Mensal de Emprego (PME), realizada em parceria entre IBGE e Ipardes, mostra que a Região Metropolitana de Curitiba apresenta o menor desemprego e o maior salário médio entre as sete regiões metropolitanas acompanhadas.

cyan magenta yellow black


B-2 Opinião

TRIBUNA DO VALE

Sabado e domingo, 14 e 15 de abril de 2012

A RTIGO

A RTIGO Mario Eugenio Saturno *

Leonardo Mazepa Buchmann

Homicídio no trânsito É comum vermos em nosso país vários casos de acidentes automobilísticos motivados pelo uso de bebida alcoólica. Tal evento fatídico ocorrido na vida cotidiana gera uma polêmica entre os profissionais do direito, tendo em vista que tais casos, quase que em sua totalidade, se resolvem em razão da diferença entre os conceitos de dolo eventual e culpa consciente. Com isso, o Direito Penal é evocado para a resolução do presente questionamento. Os limites que separam os dois preceitos, sem sombra de dúvidas, são pontos dos mais divergentes e polêmicos no âmbito do Direito Penal. O que existe em comum, entre ambos, é a previsibilidade do resultado criminoso. No dolo eventual o agente prevê a produção do resultado e, mesmo assim, insiste na sua ação, assumindo o risco da produção desse resultado, enquanto que na culpa consciente a previsão do resultado não é aderida pelo agente, rechaçando convictamente a hipótese deste resultado ocorrer. É importante frisar que, na modalidade dolo eventual, o agente, ao prever a produção do resultado, dá continuidade a sua ação, deixando claro que o aspecto negativo desta previsibilidade não possui importância maior que o aspecto positivo atribuído à prática da sua ação. Portanto, mesmo sabendo dos riscos atinentes à prática da sua conduta, não deixa de fazê-lo e fica indiferente a seu resultado. Já na modalidade culpa consciente, o sujeito sabe que o valor negativo da produção do resultado é mais importante que o valor positivo atribuído à prática da sua ação. Porém, acredita sinceramente que este resultado não irá ocorrer, sendo que, se tivesse certeza de que ocorreria, não praticaria a conduta. Então, convicto que o resultado criminoso não irá ocorrer, calcula de forma errônea a sua ação e a executa. Então, a diferença básica existente entre dolo eventual e culpa consciente está na aceitação ou não da hipótese de produção do resultado. Ressalta-se, portanto, que havendo dúvida, dever-se-á optar pela modalidade menos gravosa, ou seja, a da culpa consciente. Nos casos de embriaguez ao volante somada à velocidade excessiva, não basta apenas esses dois elementos para a configuração do dolo eventual. É necessário demonstrar que, no caso concreto, o agente não poderia de maneira objetiva deixar de prever o resultado, ou então, que

este poderia ser evitado. Logo, o motorista que dirige com o seguinte pensamento: “Se continuar a dirigir desta maneira, poderei matar alguém, porém, confio na minha forma de dirigir, conheço bem a região e tenho certeza que isto não ocorrerá...”, estará presente a culpa consciente. Em contrapartida, se o pensamento do condutor for “se continuar a dirigir desta forma, poderei matar alguém, mas não me importo com isso, vou continuar mesmo assim...”, estará presente o dolo eventual. É necessário que seja feita uma reflexão a respeito do tema, levando-se em consideração o fato de que, o motorista ao pegar o seu veículo, possui a confiança de que chegará ao local destinado sem maiores problemas, porém, este sabe que se por ventura cometer um erro sequer, por mínimo que seja, poderá causar uma tragédia. Portanto, a previsibilidade de um resultado que acarrete danos existe, mas é evitada a todos os custos. Partindo, deste pressuposto, não é difícil chegar à conclusão que o fato de sair com um veículo automotor já é o suficiente para assumir o risco de produzir um resultado lesivo, entretanto, ninguém deseja isso, excluindo-se as hipóteses em que o motorista age com dolo direto. Este caso não difere do motorista que dirige embriagado, por mais que este tenha sido alertado por terceiros dos riscos que correrá guiando um veículo naquele estado etílico, este afirma que está bem, que possui condições para dirigir sem causar danos, evidenciando que não aceita a produção de um resultado danoso e acredita seriamente que ele não ocorrerá. A conduta praticada pelo motorista que dirige embriagado e em alta velocidade coloca em risco tanto a sua vida, quanto a vida de terceiros. Porém, ninguém quer e concorda em ameaçar a sua própria integridade física, ainda mais sabendo que a sua vida estaria em jogo ao executar tal ação. Portanto, a conclusão de que um evento desta natureza não é aceito pelo agente, é algo simples a ser buscado. Por conseguinte, a classificação a ser atingida é a da culpa consciente, pois o sujeito, mesmo sabendo da previsibilidade do resultado, não o aceita, na confiança plena que este não ocorreria. Somente em casos raríssimos poderíamos estar diante do caso de dolo eventual no trânsito, se o agente confessasse que dirigiu aceitando o

risco do resultado, pouco se importando com sua ocorrência ou não. E, justamente a respeito do tema, em recente decisão proferida pela Suprema Corte Brasileira, ao julgar o Habeas Corpus nº 107.801/SP, vencido por maioria, tendo como relator para o acórdão o Ministro Luiz Fux, divergindo do voto da relatora Ministra Cármen Lúcia, assim decidiu: “Ementa: PENAL. HABEAS CORPUS. TRIBUNAL DO JÚRI. PRONÚNCIA POR HOMICÍDIO QUALIFICADO A TÍTULO DE DOLO EVENTUAL. DESCLASSIFICAÇÃO PARA HOMICÍDIO CULPOSO NA DIREÇÃO DE VEÍCULO AUTOMOTOR. EMBRIAGUEZ ALCOÓLICA. ACTIO LIBERA IN CAUSA. AUSÊNCIA DE COMPROVAÇÃO DO ELEMENTO VOLITIVO. REVALORAÇÃO DOS FATOS QUE NÃO SE CONFUNDE COM REVOLVIMENTO DO CONJUNTO FÁTICO-PROBATÓRIO. ORDEM CONCEDIDA. 1. A classificação do delito como doloso, implicando pena sobremodo onerosa e influindo na liberdade de ir e vir, mercê de alterar o procedimento da persecução penal em lesão à cláusula do due process of law, é reformável pela via do habeas corpus. 2. O homicídio na forma culposa na direção de veículo automotor (art. 302, caput, do CTB) prevalece se a capitulação atribuída ao fato como homicídio doloso decorre de mera presunção ante a embriaguez alcoólica eventual. 3. A embriaguez alcoólica que conduz à responsabilização a título doloso é apenas a preordenada, comprovando-se que o agente se embebedou para praticar o ilícito ou assumir o risco de produzi-lo. 4. In casu, do exame da descrição dos fatos empregada nas razões de decidir da sentença e do acórdão do TJ/SP, não restou demonstrado que o paciente tenha ingerido bebidas alcoólicas no afã de produzir o resultado morte. 5. A doutrina clássica revela a virtude da sua justeza ao asseverar que “O anteprojeto Hungria e os modelos em que se inspirava resolviam muito melhor o assunto. O art. 31 e §§ 1º e 2º estabeleciam: ‘A embriaguez pelo álcool ou substância de efeitos análogos, ainda quando completa, não exclui a responsabilidade, salvo quando fortuita ou involuntária. § 1º. Se a embriaguez foi intencionalmente procurada para a prática do crime, o agente é punível a título de dolo; § 2º. Se, embora não preordenada, a embriaguez é voluntária e completa e o agente previu e podia prever que, em tal estado, poderia vir

Biodiesel também empaca

a cometer crime, a pena é aplicável a título de culpa, se a este título é punível o fato”. (Guilherme Souza Nucci, Código Penal Comentado, 5. ed. rev. atual. e ampl. - São Paulo: RT, 2005, p. 243) 6. A revaloração jurídica dos fatos postos nas instâncias inferiores não se confunde com o revolvimento do conjunto fáticoprobatório. Precedentes: HC 96.820/ SP, rel. Min. Luiz Fux, j. 28/6/2011; RE 99.590, Rel. Min. Alfredo Buzaid, DJ de 6/4/1984; RE 122.011, relator o Ministro Moreira Alves, DJ de 17/8/1990. 7. A Lei nº 11.275/06 não se aplica ao caso em exame, porquanto não se revela lex mitior, mas, ao revés, previu causa de aumento de pena para o crime sub judice e em tese praticado, configurado como homicídio culposo na direção de veículo automotor (art. 302, caput, do CTB). 8. Concessão da ordem para desclassificar a conduta imputada ao paciente para homicídio culposo na direção de veículo automotor (art. 302, caput, do CTB), determinando a remessa dos autos à Vara Criminal da Comarca de Guariba/SP.” (HC 107801, Relator(a): Min. CÁRMEN LÚCIA, Relator(a) p/ Acórdão: Min. LUIZ FUX, Primeira Turma, julgado em 06/09/2011, PROCESSO ELETRÔNICO DJe196 DIVULG 11-10-2011 PUBLIC 13-10-2011) Então, de acordo com o posicionamento do e. Ministro Luiz Fux, afirmar que o fato de um sujeito cometer um homicídio no trânsito dirigindo um veículo automotor embriagado, por si só, não constitui fator determinante para afirmar que aquele cometeu um crime doloso. Diz Sua Excelência que está havendo “certa banalização no sentido de atribuir-se aos delitos de trânsito o dolo eventual, o que se refletiu no caso em exame”, pois, neste caso, a responsabilização do agente a título doloso poderia ocorrer somente se restasse comprovado que o agente embriagou-se propositadamente para o fim de praticar o crime ou assumiu o risco de praticá-lo. Em sendo assim, não se pode afirmar de forma generalizada que todo caso de acidente de trânsito, com resultado morte, é crime de homicídio em que está presente o dolo eventual.

* Leonardo Mazepa Buchmann Especialista em Direito Penal e Processo Penal pela Academia Brasileira de Direito Constitucional ‒ ABDConst/UniBrasil. Advogado Criminalista em Curitiba/PR.

O dramático enredo desempenhado pelo etanol de cana-de-açúcar não é exceção no cenário nacional. O Plano do governo federal parece tímido demais para um país das dimensões do Brasil. A julgar pelos fatos, o governo abandonou as usinas de álcool à própria sorte, endividadas, são vendidas a preço de banana, para o capital estrangeiro. Já cansei de defender que o investimento estrangeiro deveria ser para novos projetos, sejam usinas ou plantações. Esperava mais de um governo que acusou o anterior de privatista, pior é entregar ao estrangeiro! O desastre anunciado foi demonstrado. Apesar do mau desempenho da indústria, que sofre com a concorrência dos produtos importados por causa da política cambial filicida e do custo da infraestrutura, o país consumiu mais energia. Particularmente, em 2011, o consumo de gasolina cresceu 18,8%, sendo que foram importados 13,8 milhões de barris, um crescimento de 300% sobre o ano anterior. O consumo do diesel cresceu 4,4%, totalizando 64,5 milhões de barris, sendo que as importações foram de 58,7 milhões de barris, crescimento de 4%. Cadê o biodiesel? Outra oportunidade perdida pela nação. Ah! E eu me lembro das minhas professorinhas dizendo que o Brasil era a nação agrícola do futuro, alimentaria o mundo, forneceria energia... Que tristeza! Outro fracasso no projeto do biodiesel é a produção de mamona que está cada vez menor, além de ficar restrita às pequenas propriedades. A mamona que já ocupou 215 mil hectares, hoje, restringe-se a 148 mil hectares. E ainda enfrenta a falta de máquinas adequadas. Cadê a política de inovação nacional? Por que não criam um prêmio para estimular os inventores nacionais? Um grande problema do biodiesel é o uso da soja, que é um importante alimento. Diria que está na mesma categoria do milho usado fazer álcool nos Estados Unidos. Além disso, o custo estimado de produção de biodiesel de soja é de US$ 150 a US$ 190 o barril. Muito Caro! Outro problema nacional que poderia virar riqueza é o óleo de cozinha usado. Como lixo é um terror para o meio-ambiente, mas ele pode ser convertido em biodiesel. O governo deveria mudar sua política que procura somente privilegiar a produção agrícola familiar e estender para as pequenas empresas. O BNDES já financiou usinas de biodiesel de óleo de fritura antes. O governo deveria financiar este tipo de usina em todas as cidades. O que esperam? Um sinal verde da presidente do país? Por favor, algum aliado desperte a presidente! Outro setor que deveria ter a atenção do plano nacional é o biodiesel de gordura animal ou de sebo, tanto de bovinos como de frangos e suínos. Estima-se que no Brasil existam disponíveis 700 mil toneladas anuais de sebo bovino. Como vemos, muito poderia ser feito, usando poucos recursos públicos, mas nosso governo prefere cobrar mais imposto (e agregados) do álcool que da gasolina. Enquanto o biodiesel com tanto potencial, fica empacado, não no PAC, parado mesmo! *Mario Eugenio Saturno (mariosaturno.blog.com) é Tecnologista Sênior do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) e congregado mariano.

A RTIGO Leonardo Mazepa Buchmann

Tribunal de Justiça do Estado do Paraná

5ª C.Criminal – AC 838111-5 – Rel. Des.ª Maria José Teixeira - Acórdão publicado em 30.03.2012 Denúncia – tráfico de entorpecentes. Sentença – uso de entorpecentes. Quebra da correlação entre a acusação e a condenação. Recurso exclusivo da defesa. Absolvição. “APELAÇÃO CRIMINAL. RECURSO MINISTERIAL. TRÁFICO DE DROGAS. MATERIALIDADE COMPROVADA. AUTORIA NÃO DEMONSTRADA. QUANTIDADE DE DROGA APREENDIDA COMPATÍVEL COM O USO. AUSÊNCIA DE PROVA QUANTO AO DESTINO DA DROGA. ALEGAÇÃO DE USUÁRIO. PROVA JUDICIAL PRODUZIDA NESTE SENTIDO. DESCLASSIFICAÇÃO PARA O DELITO PREVISTO NO ARTIGO 28 DA LEI 11343/06. CONDENAÇÃO POR TIPO

DIVERSO DA CONSTANTE NA EXORDIAL ACUSATÓRIA. CIRCUNSTÂNCIA ELEMENTAR DIVERSA ENTRE O TRÁFICO E O USO DE ENTORPECENTE. DESRESPEITO AO PRINCÍPIO DA CORRELAÇÃO. MUTATIO LIBELLI. INOBSERVÂNCIA AO DISPOSTO NO ARTIGO 384 DO CÓDIGO DE PROCESSO PENAL. NULIDADE NÃO ARGÜIDA PELA ACUSAÇÃO. RECURSO CONHECIDO E DESPROVIDO, COM ABSOLVIÇÃO DO RÉU, DE OFÍCIO.

A pequena quantidade de droga apreendida somada à prova produzida durante a instrução probatória indicando ser o agente usuário de drogas e ausente qualquer indício de traficância, afasta a prática do crime de tráfico de drogas. STF. Súmula nº 160: É nula a decisão do tribunal que acolhe, contra o réu, nulidade não argüida no recurso da acusação, ressalvados os casos de recurso de ofício.” (TJPR - 5ª C.Criminal - AC 838111-5 - Prudentópolis - Rel.: Maria José de Toledo Marcondes Teixeira - Unânime - J. 15.03.2012) Anotação: Trata-se de recurso de apelação interposto pela defesa do apelante contra sentença proferida pelo d. Juízo de Primeiro Grau que desclassificou a conduta do artigo 33, caput – tráfico de drogas –, para o artigo 28 – uso de drogas –, ambos da Lei 11.343/2006 e determinou a remessa dos autos ao Juizado Especial Criminal. Sustentou a defesa do apelante que houve, no caso em apreço, a quebra do princípio da correlação entre a denúncia e a sentença, pois a MM. Magistrada sentenciante desclassificou a conduta do agente de tráfico para uso de drogas, sem,

Súmula 160 do Supremo Tribunal Federal, na medida em que a decisão ora contestada já havia transitado em julgado para a acusação, sendo que, de acordo com a aludida súmula, é nula a decisão do Tribunal que acolhe contra o réu, nulidade não argüida no recurso da acusação, ressalvados os casos de recurso de oficio. Em outras palavras, a nulidade somente poderia ser reconhecida se o réu a argüisse nesta seara recursal ou se a acusação recorresse para tanto. Como o recurso interposto pela acusação não arguiu esta hipótese, a única hipótese em que se permitiria ao egrégio Tribunal de Justiça do Estado do Paraná reconhecer a nulidade seria no caso da nulidade ser arguida por parte da defesa no recurso de apelo. Ocorre, porém, que a defesa não o fez porque este pleito seria prejudicial ao apelante, em face do conteúdo da Sumula 453 do Supremo Tribunal Federal. A mencionada Súmula dispõe que não se aplicam à segunda instância o art. 384 do e parágrafo único do Código de Processo Penal, que possibilitam dar nova definição jurídica ao fato delituoso, em virtude de cir-

contudo, observar o disposto no artigo 384, caput, do Código de Processo Penal. Estabelece o citado princípio que há necessidade imperiosa da correspondência entre a condenação e a imputação, ou seja, o fato descrito na peça inaugural de um processo – queixa ou denúncia – deve guardar estrita relação com o fato constante na sentença pelo qual o réu é condenado. É justamente o referido principio que estribou a presente absolvição, na medida em que o apelante foi condenado por fato diverso daquele tratado na exordial acusatória, sem que o juízo sentenciante tenha remetido os autos ao Ministério Público para o aditamento da denúncia. Neste ponto faz-se necessário ressaltar que de acordo com o descrito na inicial o apelante teria praticado o crime de tráfico de drogas. No essencial, nos moldes da denúncia, o apelante deveria ser condenado pela prática deste delito. Ocorre que, sem que houvesse qualquer aditamento da inicial, no momento de prolação da sentença condenatória, a magistrada singular, desprezando por completo a correlação que deve haver entre a

denúncia e a sentença, condenou o apelante pela prática do crime de uso de drogas. Ora, se a denúncia narra que o apelante praticou o delito de tráfico de drogas, para ser condenado como usuário de drogas fazia-se necessário o aditamento da denúncia, o que não ocorreu no caso em apreço. Esta quebra na simetria que deve existir entre a inicial acusatória e a sentença penal condenatória macula por completo o ato decisório, o que impõe a intervenção do juízo de segundo grau. A propósito, em virtude desta violação ao principio da correlação, sabe-se que duas seriam as soluções jurídicas que poderiam ser adotadas pela e. Corte Paranaense. Primeira – reconhece-se a nulidade do decisum, e remete-se o processo ao juízo de origem para que outra decisão seja proferida; Segunda – absolve-se o apelante, pois este se defendeu dos fatos narrados na denúncia, sendo que o próprio juízo reconhece que aqueles fatos não foram praticados pelo apelante. A barreira para que o e. Tribunal Paranaense adotasse a primeira hipótese advém do conteúdo da

cunstância elementar não contida explicitamente ou implicitamente na denúncia ou queixa. É dizer, embora existam provas nos autos, segundo o juízo sentenciante, de que o apelante era de fato usurário de drogas, o processo, em sede de 2º grau de jurisdição, não pode ser remetido para o Ministério Público a fim de que o órgão acusador narre esta outra circunstância não contida explicitamente ou implicitamente na denúncia. Frise-se: a denúncia afirma que o apelante praticou o delito de tráfico de drogas e não de uso de drogas. Quem poderia tomar esta providencia seria tão somente o magistrado de primeiro grau, que assim não procedeu, maculando todo o processo, optando por proferir uma sentença cujo enquadramento era desfocado do contexto traçado pela própria estatal na vestibular. O conteúdo desta súmula impõe como única solução jurídica viável para o caso em apreço a absolvição do apelante. Esse entendimento também pertence ao escólio doutrinário do Superior Tribunal de Justiça que, analisando caso semelhante, no Resp. 317.256, relatado pelo Mi-

nistro Vicente Leal, já entendeu ser caso de absolvição quando o agente é condenado por fato não descrito na denúncia, e a defesa não requer em grau de apelação a nulidade da sentença. O Supremo Tribunal Federal se manifestou recentemente nesse sentido, reafirmando o conteúdo da súmula 453, no julgamento do HC nº 92.464-6 relatado pelo Ministro Carlos Alberto Menezes de Direito. Por este motivo, a e. Corte Paranaense não anulou a sentença condenatória de ofício, mas optou pela absolvição do apelante de ofício, tendo em vista que o próprio juízo de primeiro grau reconheceu que o apelante não era traficante de drogas, muito embora fosse esta a imputação contida na denúncia. Em outras palavras, os fatos narrados na denúncia não foram provados, razão pela qual se impôs o édito absolutório.

Leonardo Buchmann Especialista em Direito Penal e Processual Penal pela Academia Brasileira de Direito Constitucional ‒ ABDConst/UniBrasil. Advogado Criminalista em Curitiba/PR.


cmyb

B-4 Cidades

TRIBUNA DO VALE

Sabado e domingo, 14 e 15 de abril de 2012

Conselheiro Mairinck não tem capacidade de investimento Marco Martins

FIRJANCidade prioriza recursos na Saúde, Educação e Assistência Social porque arrecadação não permite investir em outras áreas Marco Martins

Conselheiro Mairinck, o município com o pior desempenho no índice da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan), não tem capacidade de investimento porque a arrecadação que entra nos cofres da prefeitura mal dá para pagar a folha dos servidores, fornecedores e cumprir metas estabelecidas pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). Na cidade onde vivem 3,6 mil habitantes, quase 80% da população depende dos

serviços públicos de saúde e assistência social, o quê, garante o prefeito da cidade, Juarez Lelis Granemann Driessen (PR) o impede de investir, por exemplo, em obras com dinheiro próprio. Com uma arrecadação de cerca de R$ 600 mil mensais, o dinheiro que entra é usado para pagar os servidores públicos (54%), e investir no atendimento da população. “O pouco que sobra é usado em pequenos reparos e manutenção da máquina”, diz o prefeito. Somente com a área de

Pista de caminhada em Conselheiro Mairinck é a única obra tocada com dinheiro do município

Saúde, o município gasta mais de 20% do que arrecada – a exigência da LRF é de 15%. Mas sem estrutura, como unidades de saúde específicas ou hospital, o

dinheiro quase todo é usado para pagar médicos de fora, exames e transporte para pacientes buscar atendimento especializado em Curitiba. São pelo menos 60 doentes

transportadas todos os meses a um custo médio de R$ 400 por pessoa. Além disso, outra fatia do que entra nos cofres da prefeitura sai para pagar as despesas com a doação de cestas básicas, passagens rodoviárias e auxílio funeral. “Quase dois terços da população vive com muito pouco, então a prefeitura acaba atendendo as famílias em suas necessidades mais básicas”, explica. “Se a prefeitura fosse uma empresa, ela jamais daria lucro”, completa. Hoje a única obra que está

sendo tocada pela prefeitura com recursos próprios é uma pista de caminhada de sete quilômetros. “Foi o que deu pra fazer”, diz. A obra ainda não tem previsão para ser concluída e os valores ainda não foram atualizados. Contestação Apesar da situação delicada e do aperto nas contas, a prefeitura de Conselheiro Mairinck está contestando os critérios adotados pela Firjam para fundamentar seu estudo. Segundo o contador Glaucio Correa, ao analisar as despesas com folha e o repasse do Legislativo, a Firjam levou em conta não apenas a arrecadação líquida, mas o total de recursos, que inclui repasses do governo federal e ignorou o dinheiro reservado para saldar execuções judiciais. A matemática fez com que o município zerasse um dos critérios avaliados pela fundação. Como já tinha zerado outro critério, a cidade ficou com o título de lanterna do ranking de gestão fiscal. “Já acionamos a Firjam e se não for feita uma reavaliação vamos interpelar a federação na justiça. Nossa imagem foi arranhada por um erro deles. Não somos irresponsáveis”, disse o contador Gláucio Correa.

RODOVIAS

Recuperação da PR-092 termina em três meses

AEN

Trecho da rodovia PR-092 está sendo recuperada desde o ano passado Da Agência Estadual

O Departamento de Estradas de Rodagem (DER) anunciou ontem, 13, que os trabalhos de restauração, com reciclagem de pavimento do asfalto da rodovia PR-092, está em fase final de execução. As obras estão sendo realizadas em 19,4 quilômetros, entre a localidade de Calógeras e o contorno rodoviário de Wenceslau Braz. Segundo Leno Fanchin, gerente do escritório regional do DER, a estimativa é que a obra esteja concluída em julho. A recuperação do asfalto vai facilitar o tráfego entre Jaguariaíva

e Wenceslau Braz e a outras regiões do Estado e beneficiar o escoamento da produção agropecuária paranaense e de estados vizinhos ao Porto de Paranaguá. Foram investidos R$ 16,9 milhões na restauração do trecho. A Diretoria Técnica do DER explica que o trecho da PR-092 entre Arapoti e Calógeras, já foi concluído. Quando o segmento Calógeras - contorno de Wenceslau Braz estiver pronto, 38 quilômetros de asfalto terá sido recuperado. A ordem de serviço para a intervenção nos trechos da rodovia foi assinada em julho do ano passado pelo governador Beto Richa.

cyan magenta yellow black


cmyb

TRIBUNA DO VALE

Ideias Sabado e domingo, 14 e 15 de abril de 2012

Retalhos de

Marco Martins

redação2@tribunadovale.com.br

Aos fatos

Uma série de impedimentos, como a necessidade de cumprir algumas pautas em outras regiões, feriados e também a tradicional falta de tempo me impossibilitaram de escrever a coluna nas últimas semanas. Pois bem, mas apesar do atropelo estou de volta escrevendo sobre um pouco de tudo ou quase nada. Àqueles que acompanham a coluna minhas desculpas, e aqueles que não acompanham também.

Perda de tempo

Completa perda de tempo a briga protagonizada nas últimas semanas entre o capo desta Tribuna, Benedito Francsiquini e o vereador Chiquinho da Net (ou seria do Banco do Brasil?). Dois amigos que se estranharam por quase nada, se engalfinhando numa peleja que só teve resultado prático para seus críticos. Quem gostou foram só seus adversários/inimigos.

Patacoada

E a Globo agora também tem reality de MMA (ou seria UFC). Já vejo a cena: o brutamonte chorando às bicas dizendo que luta pela mulher e pela filha. Pior. Que incentivo que um programa desses vai dar para a molecada que vive lá no fim do mundo, onde academia para modalidade é a rua? Garoto vai querer sair no braço com colega, professor e até a mãe. Anotem o que eu digo.

Sobre hospitais

O Hospital Regional do Norte Pioneiro precisa de mais dinheiro. O Hospital Nossa Senhora da Saúde sobrevive no vermelho há anos. Falta ambulância especializada para transportar nossos doentes de uma unidade para outra. Enquanto isso, quem precisa de tratamento continua morrendo nas estradas em viagens para Curitiba em carros improvisados. Definitivamente o Norte Pioneiro agoniza em um leito de UTI.

C-1

As pessoas confundem desejo com realidade. Tentar transformar o seu desejo em realidade é romântico, mas achar que a realidade tem que se submeter aos caprichos dos seus desejos é idiotice” Marcelo Nova

www.tribunadovale.com.br

Em nome do Pai

Alguma coisa estranha deve estar acontecendo na paróquia Santo Antônio de Pádua, comandada pelo padre Rosinei Tonieti. Estranhamente o pároco não atende aos pedidos de entrevista da equipe desta Tribuna e se resume apenas a responder perguntas previamente enviadas somente por email. É uma pena, porque assim, nosso considerado padre perde uma boa chance de falar com seu rebanho.

Jogatina

Antigamente, nas missas matinais de domingo a gente aprendia que jogar era pecado. Mas depois da missa, a Igreja promovia bingo de frango assado. Hoje já não vou mais às missas, nem de domingo, nem de dia nenhum. Espero que os bingos tenham acabado!

Meteoro da paixão

O neopopsertenejouniversitário Luan Santana será cidadão honorário de Londrina. Quem decidiu foram os vereadores daquela cidade que entenderam que o fato do rapaz morar na cidade, mesmo sendo de Campo Grande (MS) é argumento suficiente para agraciá-lo. Enquanto isso, gente da categoria do cantor Arrigo Barnabé, do escritor Márcio Américo e o dramaturgo Mário Bortolotto, legítimos filhos da terra e com relevantes serviços prestados à cultura londrinense e paranaense nunca foram lembrados pelos edis.

Sereníssima

Depois de 55 anos de casados, um dia ela foi morar junto a Deus… Durante todo o velório os filhos choravam copiosamente, e ele não derramou uma lágrima, nenhum lamento.Se manteve firme ao lado do caixão o tempo todo.Depois do enterro, os filhos o chamaram na sala E perguntaram como ele estava. - Feliz. – Ele respondeu. - Feliz? Como assim pai, Feliz? A mãe morreu e o senhor está Feliz? – O mais velho perguntou assustado. - Sim, feliz. Porque Deus foi muito bom com ela. Ele a levou antes para que ela Não sentisse a dor que eu estou sentindo agora.

Delivery

Tadeusão, digo, a Ice Burg volta a fazer a alegria da rapaziada com o serviço de entrega rápida. Quem já estava sentindo saudade daquele frango frito, do mignon acebolado e os lanches mais saborosos da cidade, pode fazer seu pedido através do 3534-3680. Mate a saudade e a sua fome, que rango está garantido. E não é jabá, não viu!

Meia hora

Leio na internet que quem faz sexo três vezes por semana não pode ser considerado sedentário, pois a atividade pode equivaler a uma caminhada de 30 minutos a uma hora, dependendo do...bom deixa pra lá. Quem afirma isso é o médico Augusto Bozza, do Instituto Nacional de Cardiologia em um estudo que acaba de finalizar.

Bandeco

A Prefeitura Municipal de Rolândia gastou R$ 69 mil em marmitex e refrigerantes. Grande coisa. Tem uma prefeitura aqui no Norte Pioneiro, que esses dias abriu licitação no valor de R$ 500 mil para comprar salgadinho de festa! E o Ministério Público? Nada!

Ele disse

“Fui comunista numa época em que comunista não roubava. Hoje vivemos na política uma situação com a qual não concordo”. Do ator Carlos Vereza que foi militante do Partido Comunista Brasileiro (PCB).

Quem dá bola

Não encontrei quem tenha reparado na coincidência, mas o Santos, que comemora seu centenário hoje, nasceu no mesmo dia que o Titanic afundou.

Para refletir

A falsidade é quase sempre de aparência bela e agradável companhia.

Do mestre

“Cuidado: a alma enruga antes da pele” Millôr Fernandes

Faz sentido

“Se a ignorância é uma benção, parabéns, você é um abençoado”

cyan magenta yellow black


C-2 Atas&Editais VENDO CHÁCARA COM CASA MISTA - 120M2, COM ÁGUA, LUZ, TELEFONE - TODA MURADA. VÁRIAS ÁRVORES FRUTÍFERAS E PALMITO4000 MTS2- VALOR A COMBINAR- ACEITO CARRO. FONES 43- 3564-2769 OU 9658- 2630 (TIM)- FALAR COM IRACI - QUATIGUÁ - PR VENDE-SE Parati Plus-Completo 2006, Prata chapa A ,Pneus novos baixa quilometragem Impecavél . Telefone: 043-3534-1748/ 99770368

Santo Antônio da Platina seleciona Técnico de enSino JR - cód. 2738 Área: Metalmecânica Formação técnica desejável na área mecânica Conhecimento em manutenção industrial, soldagem, tornearia Experiência em instrutoria de cursos, disponibilidade para viagens encaminhar currículo até 20/4 para elizandra.lauro@pr.senai.br

TRIBUNA DO VALE

Sabado e domingo,14 e 15 de abril de 2012

CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE - CMDCA RESOLUÇÃO Nº 003/2012 O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Santo Antônio da Platina, no uso de suas atribuições que conferem as Leis Federais nº 8.069/1990 e Municipal nº 10/91 – 48/91 – 35/96 e - Considerando a reunião ordinária deste Conselho realizada no dia três de Abril de dois mil e doze, - Considerando a reunião extraordinária deste Conselho, realizada no dia onze de Abril de dois mil e doze, este conselho RESOLVE: Art. 1º: Aprovar a unificação do Projeto Municipal Abrigo Graça Divina e Casa Lar Cantinho do Céu, Projetos Sócio Educativos onde serão atendidas crianças e adolescentes de 0 a 17 anos e onze meses de ambos os sexos, sob medida protetiva do município de Santo Antônio da Platina. Art. 2º: Considerando a necessidade da proteção familiar, da sociedade e do Estado, esta instituição de acolhimento atua de modo a promover a medida de proteção contida no Art. 101 do ECA - Estatuto da Criança e Adolescente. Art. 3º Esta resolução entrará em vigor na presente data, devendo ser publicada. SANTO ANTONIO DA PLATINA, 11 DE ABRIL DE 2012. SIDNEI MARCELO KUBASKI Presidente do Conselho Municipal Dos Direitos da Criança e Adolescente MUNICIPIO DE JOAQUIM TÁVORA Lei nº 1.253/2012 SÚMULA: Autoriza o Poder Executivo Municipal a abrir Crédito Adicional Especial no Orçamento vigente e dá outras providências. A CÂMARA MUNICIPAL DE JOAQUIM TÁVORA, ESTADO DO PARANÁ, USANDO DAS ATRIBUIÇÕES QUE LHES SÃO CONFERIDAS POR LEI, APROVOU E EU, PREFEITO MUNICIPAL, SANCIONO A SEGUINTE LEI: Art. 1º – Fica o Poder Executivo Municipal, autorizado a abrir no Orçamento Geral do Município, Exercício de 2012, Crédito Adicional Especial, no valor de R$ 31.600,00 ( Trinta e Um Mil e Seiscentos Reais ), conforme especifica os Programas de Trabalho abaixo: 06.00– Departamento de Educação e Cultura 06.01–Divisão de Educação 06.001.195730007.2.086- Implantação e manutenção de internet sem fio na cidade 3.3.9.0.3.9.00- Serviços de Terceiros Pessoa Jurídica Fonte: 01000- Recursos Ordinários (Livres) 31.600,00 Art. 2º - Para dar cobertura ao Crédito aberto no artigo anterior é indicado como recurso, o disposto no artigo 43, § 1º, da Lei Federal nº 4.320/64, sendo o resultante de anulações de dotações orçamentárias do orçamento vigente. Art. 3º - Esta Lei entrará em vigor na data de sua publicação. Joaquim Távora, 13 de abril de 2012. Claudio Revelino Prefeito Municipal

MUNICÍPIO DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA – ESTADO DO PARANÁ EXTRATO DA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 066/2012 REFERENTE AO PREGÃO PRESENCIAL Nº 024/2012 CONTRATANTE: MUNICIPIO DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA – PARANÁ. DETENTORA: LOUREIRO & TIEPO LTDA OBJETO: 1.1. O Objeto da presente Ata é o registro de preços de Aquisição de Óleos Lubrificantes, de Primeira Linha, para motores de veículos da Frota Municipal e outras aplicações, a serem adquiridos conforme a necessidade, por um período de 12 (doze) meses, conforme quantitativo, especificações e detalhamentos consignados no Pregão Presencial nº 24/2012, que juntamente com a proposta da DETENTORA, para todos os fins de direito, obrigando as partes em todos os seus termos, passam a integrar este instrumento, independentemente de transcrição. 1.1.1. A DETENTORA obriga-se a fornecer pelo preço abaixo registrado e de acordo com as solicitações feitas pelo CONTRATANTE, o item a seguir: Lote Item Quant. Unidade Especificação Complemento Valor Unitário Valor Total LOTE 1 – OLEOS LUBRIFICANTES ÓLEO 40 MOTOR A DIESEL – óleo lubrificante p/ motores a diesel, que operem em condições seceras. Classificação API CF e ALLISON C4 grau 1 1 340 BLD Recomendado para uso nas caixas de 135,00 45.900,00 SAE 30. - BALDE DE 20 LITROS mudanças, podendo ser utilizados em sistema hidráulicos e conservadores de torque que requeiram óleo de motor. Atendendo os testes da cincinati machine ÓLEO HIDRAULICO 68 - utilizado em 51517, partes 1,2 e 3 DIN 51524, partes 1 2 340 BLD equipamento pesado de alta pressão. 128,00 43.520,00 2(HLP) e ao teste vichers 35VQ25, Balde com 20 litros categoria (hpl) 1 din 51524 parte 2 Aprovado pela Mercedes Benz na classe OLEO 80W - Lubrificante utilizado em 235.1 para uso nas caixas de mudanças cambio de automóveis e equipamentos 1 3 120 BLD onde sejam necessários lubrificantes com 165,00 19.800,00 pesados, . tipo caminhão, onibus e desempenho api GL-4, atendendo a máquinas. Com 20 litros especificação MIL-L-2105 Óleo vermelho sufixo A, atendendo especificação GM tipo A sufixo A(TASA), OLEO ATF utilizado em transmissão qualificado pela Mercedes Benz p/ 1 4 150 BLD automáticas, sistemas hidráulicos e 210,00 31.500,00 equipamentos que não necessitam óleos redutores. com nível de desempenho api GL-4 ou GL5. OLEO SEMI SINTETICO 15W 40 API SM Utilizado em veículos linha leve, atendendo 1 5 15 CX 360,00 5.400,00 – Caixa com 24 litros a classificação da ACEA A3-A2 FLUIDO DE FREIO DOT 3 - Caixa com Atendendo as normas FMVSS 116-dot3 1 6 40 CX 170,00 6.800,00 40 frascos de 200ml. sae J1703 e ABNT BR EB 155/1991 GRAXA PARA ROLAMENTO E USO Suporta temperaturas entre 0º até 130º, 1 7 51 BLD 200,00 10.200,00 GERAL, a base de sabão de lítio aprovada pela Volkswagen e Mercedes disponível no grau NLGI2. Balde de 20 Kg Benz ÓLEO 02 TEMPOS com nível de Utilizado em motores de motosserras, 1 8 20 CX 215,00 4.300,00 desempenho API TC – Caixa com 80 cortadores de grama, ciclomotores e frascos de 200 ML motocicletas ÓLEO 4 TEMPOS SAE 20W50 API SL E Especificamente para aplicação em 1 9 5 CX 270,00 1.350,00 JASO MA – Caixa com 24 unidades de 01 motores de 04 tempos de alta rotação das litro. motocicletas a gasolina Para todo sistema de refri- geração de ADITIVO RADIADOR - 100% SINTÉTICO veíc.automotores. Atendendo as normas a base de monoetileco glicol, misturado na 1 10 10 CX J1034, ASTN D-4985 e D-6210 NBR 13705 455,00 4.550,00 proporção de 40% de aditivo por 60% de tipo A e Mercedes Bens DBL 7700.00 água. Caixa com 40 frascos de 500 ml. (MB325.0)E dbl 7700.20(325.2) SHAMPOO CONCENTRADO - Tambor 1 11 10 TMB Shampoo para veículos 520,00 5.200,00 de 200 litros INTERCAP CONCENTRADO Tambor de 1 12 10 TMB 1ª qualidade 520,00 5.200,00 200 litros SOLUPAN CONCENTRADO. Tambor 1 13 10 TMB 1ª qualidade 520,00 5.200,00 contendo 200 litros 1

14

40

FRD

ESTOPA. Fardo com 25 quilos

De 1ª qualidade

80,00

3.200,00

TOTAL DO LOTE R$192.120,00 VIGÊNCIA: 4.1. A ata de registro de preços terá sua vigência iniciada na data da sua assinatura, que se estenderá pelo período de 12 meses, nos termos do Artigo 57 da Lei 8.666/93 e Decreto Federal nº 3.931/01, Art. 4º, parágrafo 2º. VALOR: R$ 192.120,00 (cento e noventa e dois mil cento e vinte reais) DATA:: 11 de abril de 2012.

1

PREFEITURA MUNICIPAL DE RIBEIRÃO DO PINHAL = P O R T A R I A 037/2012= SUMULA NOMEIA SECRETARIO MUNICIPAL DARTAGNAN CALIXTO FRAIZ, Prefeito Municipal de Ribeirão do Pinhal, Estado do Paraná, no uso de suas atribuições legais e na forma da Lei e em Conformidade com o artigo 89 da Lei Orgânica do Município e tendo em vista a promulgação da Lei Municipal 1489/2010. NOMEIA Art. 1º. O Sr. CARLOS ALEXANDRE BRAZ, brasileiro, casado, portador do RG 8.166.296-7 SSP PR, e inscrito no CPF 030.393.009-89, para o Cargo em Comissão de Secretário Municipal de Promoção Social, Trabalho, Emprego, Criança e Juventude, com vencimento pelo símbolo CCI, da Tabela de Níveis e Cargos Comissionados. Portaria retroativa à 11/04/2012. Art. 2º. Revogam-se as disposições em contrário. REGISTRE-SE E PUBLIQUE-SE Edifício da Prefeitura Municipal de Ribeirão do Pinhal, Estado do Paraná, aos treze dias do mês de Abril do ano dois mil e doze. Gabinete do Prefeito DARTAGNAN CALIXTO FRAIZ - Prefeito Municipal PREFEITURA MUNICIPAL DE RIBEIRÃO DO PINHAL = P O R T A R I A 039/2012= O Senhor Dartagnan Calixto Fraiz, Prefeito Municipal de Ribeirão do Pinhal, Estado do Paraná, no uso de suas atribuições legais e na forma da Lei. RESOLVE: CONTRATAR, para esta Municipalidade, a Sra. Floriza Ugolini de Almeida Paiva, com o Cargo de Assessora de Comunicação Social (Cargo Comissionado) e perceber seus vencimentos através do Símbolo CC II, da Tabela de Níveis e Cargos Comissionados, portaria retroativa à 02/04/2012. REGISTRE-SE E PUBLIQUE-SE Edifício da Prefeitura Municipal de Ribeirão do Pinhal, Estado do Paraná, aos treze dias do mês de Abril do ano dois mil e doze. Gabinete do Prefeito Dartagnan Calixto Fraiz - Prefeito Municipal PREFEITURA MUNICIPAL DE GUAPIRAMA DECRETO Nº 619/2012 SÚMULA: Nomeia servidora do Município e dá outras providências. O Prefeito Municipal de Guapirama, no uso das atribuições legais, nos termos do Inciso VII do Artigo 69 da Lei Orgânica do Município e de acordo com a Lei Municipal nº 297/2012. DECRETA Art 1º - Fica nomeada a senhora MARIA APARECIDA CORREA, brasileira, solteira, residente e domiciliada em Guapirama – Pr., portadora da Cédula de Identidade RG nº 1.329.523 SSP/PR, inscrita no CPF/MF sob o nº 374.407.139-15, para o cargo comissionado de Coordenadora de Creche, a partir de 02 de Abril de 2012. Art 2º - Este Decreto entra em vigor nesta data, com efeitos retroativos a data de 02 de Abril de 2012. Edifício da Prefeitura de Guapirama, Estado do Paraná, aos 09 (nove) dias do mês de abril do ano de 2012. EDUÍ GONÇALVES - Prefeito Municipal

PREFEITURA MUNICIPAL DE JAPIRA ESTADO DO PARANÁ TERMO DE HOMOLOGAÇÃO E ADJUDICAÇÃO PREGÃO PRESENCIAL Nº. 006/2012 – PMJ PROCESSO ADMINISTRATIVO N. 011/2012 OBJETO: seleção de empresa especializada na realização de exames médicos complementares, destinados aos usuários da Unidade Básica de Saúde do Município de Japira – PR, através do Sistema de Registro de Preço. Tendo em vista toda documentação constante no processo, bem como, a ata da sessão pública do julgamento da referida licitação, elaborada pelo Pregoeiro deste Município; o Senhor JOÃO RENATO CUSTODIO, Prefeito Municipal de Japira, Estado do Paraná, no uso de suas atribuições legais RESOLVE: HOMOLOGAR o objeto do processo de licitação do Pregão Presencial n. 006/2012 – do tipo menor preço por lote e ADJUDICAR o lote: 03 à empresa DENISE DO AMARAL GENTILE OLIVEIRA – ME, perfazendo um valor máximo contratual de R$ 12.240,00 (doze mil duzentos e quarenta reais), os lotes 04, 05 e 07 a empresa CARVALHO & ALVES DIAGNÓSTICOS MÉDICOS LTDA perfazendo um valor máximo contratual de R$ 103.380,00 (cento e três mil trezentos e oitenta reais), o lote 06 a empresa GALDINO VALENTINI CLINICA MEDICA E ODONTOLOGICA, perfazendo um valor máximo contratual de R$ 13.920,00 (treze mil novecentos e vinte reais) e os lotes 01 e 02 a empresa B. C. PEREIRA IBAITI, perfazendo um valor máximo contratual de R$ 56.688,00 (cinquenta e seis mil seiscentos e oitenta e oito reais). O Município de Japira convoca as empresas declaradas vencedoras para comparecerem no prazo de 05 (cinco) dias úteis, para assinatura de contrato e apresentação de documentação necessária. E para que produza seus efeitos jurídicos e legais, PUBLIQUE-SE Japira / PR, 13 de abril de 2012. JOÃO RENATO CUSTÓDIO PREFEITO MUNICIPAL MUNICÍPIO DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA – ESTADO DO PARANÁ EXTRATO DA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 065/2012 REFERENTE AO PREGÃO PRESENCIAL Nº 022/2012 CONTRATANTE: MUNICIPIO DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA – PARANÁ. DETENTORA: PEDREIRA SANTA CLARA LTDA. OBJETO: 1.1. O Objeto da presente Ata é o registro de preços de Aquisição de Pedras e seus Derivados para a execução de diversas obras no Município, a serem adquiridos conforme a necessidade, por período de 12 meses; conforme quantitativo, especificações e detalhamentos consignados no Pregão Presencial nº 22/2012, que juntamente com a proposta da DETENTORA, para todos os fins de direito, obrigando as partes em todos os seus termos, passam a integrar este instrumento, independentemente de transcrição. 1.1.1. A DETENTORA obriga-se a fornecer pelo preço abaixo registrado e de acordo com as solicitações feitas pelo CONTRATANTE, o item a seguir: Lote Item Quant. Unidade Especificação Complemento Valor Unitário Valor Total 1 1 800,00 MT3 PEDRA Nº 01 38,00 30.400,00 1 2 300,00 MT3 PEDRA Nº02 38,00 11.400,00 1 3 1.500,00 MT3 PEDRISCO 38,00 57.000,00 1 4 400,00 MT3 PÓ DE PEDRA 38,00 15.200,00 1 5 200,00 MT3 RACHÃO 38,00 7.600,00 VALOR TOTAL R$ 121.600,00 VIGÊNCIA: 4.1. A ata de registro de preços terá sua vigência iniciada na data da sua assinatura, que se estenderá pelo período de 12 meses, nos termos do Artigo 57 da Lei 8.666/93 e Decreto Federal nº 3.931/01, Art. 4º, parágrafo 2º. VALOR: R$ R$ 121.600,00 (cento e vinte e um mil e seiscentos reais) DATA:: 10 de abril de 2012.


TRIBUNA DO VALE

Sabado e domingo, 14 e 15 de abril de 2012 EXTRAVIO DE NOTAS DE PRODUTOR Jair Kerche de Camargo CPF/MF: 055.665.518-40 e Marilda Fermino de Camargo, com inscrição Estadual de produtor número - 95005188-44 e Incra número 7110470015972 Propriedade denominada Ovos J. K localizada no Bairro Piranha no Município de Guapirama-PR., tornam público que foi extraviado de seu estabelecimento no dia 25 de novembro de 2011 as Notas fiscais de produtor de nº 336 a 340. Com essa publicação ficam sem valor comercial. Guapirama PR., 13 de abril de 2012

PREFEITURA MUNICIPAL DE ANDIRÁ DECRETO Nº. 6.015 DE 13 DE ABRIL DE 2012 Dispõe sobre abertura de Crédito Adicional Suplementar no valor de R$ 21.980,00 (vinte e um mil, novecentos e oitenta reais), autorizado pela Lei n°. 2.276 de 21 de dezembro de 2011. JOSÉ RONALDO XAVIER, Prefeito Municipal de Andirá, Estado do Paraná, usando das atribuições que lhe são atribuídas por lei, D E C R E T A: Art. 1º. Fica aberto “CRÉDITO ADICIONAL SUPLEMENTAR”, na Dotação Orçamentária abaixo especificada: 03. SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO 001. GABINETE DA ADMINISTRAÇÃO 2.010. Comemorar o Dia do Trabalho 3.3.90.39.00.00 1000 OUTROS SERVIÇOS DE TERCEITOS – PESSOA JURÍDICA 21.980,00 Art. 2° - Os recursos para a abertura do Crédito Adicional Suplementar de que trata este decreto serão resultantes do cancelamento das seguintes dotações orçamentárias: 03. SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO 001. GABINETE DA ADMINISTRAÇÃO 2.010. Comemorar o Dia do Trabalho 3.3.90.30.00.00 1000 MATERIAL DE CONSUMO 17.990,00 3.3.90.36.00.00 1000 OUTROS SERVIÇOS DE TERCEITOS – PESSOA FÍSICA 3.990,00 Art. 3° - Este decreto entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário. Paço Municipal “Bráulio Barbosa Ferraz”, Município de Andirá, Estado do Paraná, em 13 de abril de 2012, 69º da Emancipação Política. JOSÉ RONALDO XAVIER Prefeito Municipal

Atas&Editais C-3 PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMBARÁ PORTARIA Nº 046/2012 DISPÕE SOBRE NOMEAÇÃO DE ESPECIALISTAS E MESTRES EM LINGUA PORTUGUESA PARA ANÁLISE DE QUESTÕES DA PROVA DE PORTUGUÊS DO CUNCURSO PÚBLICO REALIZADO EM DATAS DE 11 E 18/03/2012. ENEIDA RAFAELA GONÇALES CÁCERES, Presidente da Comissão Organizadora do Concurso Público do Cambará, Estado do Paraná, no uso de suas atribuições legais, RESOLVE: Artigo 1º - Nomear os cidadãos abaixo relacionados, Especialistas e Mestres em Língua Portuguesa para avaliarem os recursos de candidatos impetrados sobre a questão de nº 06 de Português do cargo de Advogado e questão nº 02 do cargo de Contador, como também de outros cargos que também entraram com recursos nesta Prefeitura referente ao Concurso Público realizado conforme Edital de Concurso Público Nº 01/ 2012 e Edital de Concurso Público Nº 02/2012: 1. Professor JAIRO FERREIRA – RG Nº550223-3 SSP/PR; 2. Professora MARISILVIA APARECIDA FONSECA RG Nº 5019351-9 SSP/PR; 3. Professora VERA MARIA RAMOS PINTO RG Nº 31244414 – 5SSP/ PR. Artigo 2º - Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação. Cambará, 13 de Abril de 2012. _____________________ ENEIDA RAFAELA GONÇALES CÁCERES - Presidente da Comissão Organizadora do Concurso Público

PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA DECRETO Nº 194/12 A Prefeita Municipal de Santo Antônio da Platina, Estado do Paraná, no uso das atribuições que lhe são conferidas por Lei e, de conformidade com o requerimento nº 005337/12, de 09/04/12, decreta: Art. 1º - Fica EXONERADO, a pedido, a partir de 09 de abril de 2012, o servidor ANDRÉ BELOMO CASTANHO, ocupante do cargo de Advogado, Regime Estatutário, deste Município nomeada em 02/04/2012. Art. 2º - Revogam-se as disposições em contrário. GABINETE DA PREFEITA MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA / ESTADO DO PARANÁ / PAÇO MUNICIPAL Dr. ALÍCIO DIAS DOS REIS, aos 12 de abril de 2012. MARIA ANA VICENTE GUIMARÃES POMBO Prefeita Municipal

EXCELENTISSIMO SENHOR JOSÉ RONALDO XAVIER PREFEITO MUNICIPAL ANDIRÁ – PARANÁ

TERMO DE DESISTÊNCIA

MERILIN CARVALHO FERREIRA, portadora da cédula de identidade com RG 6.452.533-6 e do CPF sob nº 009.949.499-01, residente e domiciliada na Rua Delaine Negro, Apto 203, Bloco Oswaldo Cruz, 55, Alto da Colina, na cidade de Londrina - Paraná, abaixo assinada, candidata aprovada no CONCURSO PÚBLICO MUNICIPAL DE ANDIRÁ – PR., conforme Edital nº 02/2010, para o cargo de ASSISTENTE SOCIAL - CAPS, venho respeitosamente à presença de Vossa Excelência, apresentar o presente TERMO DE DESISTÊNCIA, declarando neste ato a minha não aceitação a vaga para a qual fui aprovada e convocada, conforme previsto no item 9.38, do citado Edital de Concurso. Declaro, ainda, estar ciente, que diante da DESISTÊNCIA, ora declarada e apresentada, outro candidato aprovado será convocado e nomeado para assumir a vaga, conforme edital de classificação final do presente concurso público, e dessa forma, meu nome será transportado para o final da lista de classificação, no respectivo cargo, podendo ser novamente convocado enquanto vigorar o prazo de validade do Concurso Público. Que assino a presente, na presença de 02 (duas) testemunhas, abaixo assinadas.

Nestes termos, P.E. deferimento.

Andirá (PR), 04 de abril de 2012.

_________________________________________ MERILIN CARVALHO FERREIRA

TESTEMUNHAS: ________________________________________ ________________________________________

PREFEITURA MUNICIPAL DE ABATIÁ – PARANÁ AVISO DE LICITAÇÃO O MUNICÍPIO DE ABATIÁ – ESTADO DO PARANÁ TORNA PÚBLICO QUE FARÁ REALIZAR LICITAÇÃO NA MODALIDADE PREGÃO PRESENCIAL Nº 009/2012, QUE TEM POR OBJETO A “AQUISIÇÃO DE FERRAMENTAS, MATERIAIS PARA CONSTRUÇÃO, MATERIAIS ELÉTRICOS E MATERIAIS DE CONSUMO, ATRAVÉS DA SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO, CULTURA E ESPORTES, SECRETARIA MUNICIPAL DE OBRAS PÚBLICAS, VIAÇÃO E URBANISMO, SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE PÚBLICA E DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO, COM VALOR MÁXIMO DE R$ 34.680,52 (TRINTA E QUATRO MIL SEISCENTOS E OITENTA REAIS E CINQUENTA E DOIS CENTAVOS)”. AS PROPOSTAS (ENVELOPES “A”) E DOCUMENTAÇÃO DE HABILITAÇÃO (ENVELOPES “B”) SERÃO RECEBIDAS PELO PREGOEIRO E EQUIPE DE APOIO ATÉ AS 9:00 (NOVE) HORAS DO DIA 26 (VINTE E SEIS) DE ABRIL DE 2012, [26/04/2012], NO EDIFÍCIO DA PREFEITURA MUNICIPAL DE ABATIA – PARANÁ, SITUADO À AVENIDA JOÃO CARVALHO DE MELLO, Nº 135 – ABATIA – PR. A ABERTURA DOS ENVELOPES “A” E “B” OCORRERÁ NO DIA 26 (VINTE E SEIS) DE ABRIL DE 2012, [26/04/2012], ÀS 9:00 (NOVE) HORAS NO EDIFÍCIO DA PREFEITURA MUNICIPAL DE ABATIA – PARANÁ, SITUADO À AVENIDA JOÃO CARVALHO DE MELLO, Nº 135 – ABATIA – PR. A ÍNTEGRA DO EDITAL E OUTRAS INFORMAÇÕES PODERÃO SER OBTIDAS NA PREFEITURA MUNICIPAL DE ABATIÁ, NO ENDEREÇO ACIMA MENCIONADO, EM HORÁRIO DE EXPEDIENTE DAS 8:00 ÀS 11:30 E DAS 13:00 ÀS 16:30 HORAS , PELO TELEFONE (43) – 35561545 OU PELO SITE www.abatia.pr.gov.br. EDIFÍCIO DA PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE ABATIA- PR, EM 13/04/2012. IRTON OLIVEIRA MÜZEL PREFEITO SÉRGIO HOSOUME PREGOEIRO DO MUNICÍPIO

PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA EDITAL DE CONVOCAÇÃO Nº 029/12 A Prefeita Municipal de Santo Antônio da Platina, Estado do Paraná, no uso das atribuições que lhe são conferidas por Lei e, de conformidade com o requerimento nº 5185/12, resolve: I – CONVOCAR o candidato abaixo relacionado, aprovado no Concurso Público Municipal, homologado através do Decreto nº 139/10, de 12 de maio de 2010, para comparecer na Divisão de Recursos Humanos desta Prefeitura Municipal, no prazo de 03 (três) dias, contados da data da publicação, como segue: RELAÇÃO DO CONVOCADO Cargo: FISCAL DE TRIBUTOS I 1. FABRICIO FAUSTINO DE PROENÇA II – O candidato convocado deverá comparecer munido dos seguintes documentos: 1. Certidão constando que, em exercício da função pública, não sofreu penalidade por prática de atos desabonadores. 2. 02 (duas) fotos 3 x 4; 3. CTPS; 4. Fotocópia autenticada do RG, do CIC, do PIS/PASEP, da CTPS, do Título de Eleitor (com comprovante de votação na última eleição), da Certidão de Nascimento (se for solteiro), ou de Casamento (se for casado), do comprovante de escolaridade, da Carteira da Ordem de Classe, do Certificado de Reservista ou de quitação com o Serviço Militar (se for do sexo masculino e menor de 45 anos), da Certidão de Nascimento dos filhos (se os possuir); 5. Atestado de saúde expedido pelo Órgão Municipal de Saúde. 6. Certidão Negativa de Antecedentes Criminais, expedida pelo órgão competente da região de seu domicílio; 7. Declaração de acúmulo ou não, de emprego, cargo ou função pública nas esferas municipal, estadual ou federal; 8. Declaração de que não percebe proventos de aposentadoria do Regime Próprio da Previdência Social, em atendimento ao disposto no § 10, do Artigo 37 da Constituição Federal e da Emenda Constitucional nº 20/98. GABINETE DA PREFEITA MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA / ESTADO DO PARANÁ / PAÇO MUNICIPAL DR. ALÍCIO DIAS DOS REIS, aos 11 de abril de 2012. MARIA ANA VICENTE GUIMARÃES POMBO Prefeita Municipal

PREFEITURA MUNICIPAL DE BARRA DO JACARÉ Decreto nº 686/ 2012, de 13 abril de 2012 SÚMULA: Constitui o comitê do Transporte Escolar de Barra do Jacaré e nomeia seus membros constituintes para o 1º mandato. O Prefeito Municipal de Barra do Jacaré, Estado do Paraná, Sr. Edimar de Freitas Alboneti, usando de suas atribuições legais; DECRETA: Art. 1º: Em atendimento à instrução Normativa nº 05/2011, SEED/ SUDE/DILOG, fica criado o Comitê de Transporte Escolar do Município de Barra do Jacaré; Art. 2º: Ficam nomeados os seguintes membros do Comitê: • 01 Representante da Secretaria Municipal de Educação e Suplente: Titular: Lorena Capucho de Souza Suplente: Marco Aurélio de Freitas Branco • 01 Representante dos Diretores da Rede Estadual de ensino: Titular: Gilberto de Freitas Aguiar Suplente: Elissandra Eliza Calixto Dutra • 01 Representante dos Diretores da Rede Municipal de Ensino: Titular: Neuza Aparecida Pereira Dutra Suplente: Luiza Aparecida da Cunha • 01 Representante de Pais dos Alunos: Titular: Ademilson Antonio dos santos Suplente: Edimar dos Santos Art. 3º - O Presidente do Comitê, de acordo com ata lavrada a 19/03/2012, será o Senhor Ademilson Antonio dos Santos. Art. 4º - Este Comitê, assim nominado, terá o mandato de dois (02) anos, considerando o período de 19 de março de 2012 a 18 de março de 2014. Art. 5º - Este Decreto entra em vigor nesta data, revogadas disposições em contrário. Paço Municipal José Galdino Pereira, em 12 de Abril de 2012. Edimar de Freitas Alboneti - Prefeito Municipal MUNICÍPIO DE SANTO ANTONIO DA PLATINA – PARANÁ AVISO DE LICITAÇÃO - EDITAL PREGÃO PRESENCIAL Nº 033/2012 - PROCESSO nº 430/2012 OBJETO: Contratação de Empresa Especializada em Implantação e Manutenção de Terminais de Atendimento da Central de Cidadania; com Fornecimento dos Softwares de Gestão de Atendimento nos Padrões ISO 9001 e Software de Gerenciamento dos Recursos da Rede de Terminais de Atendimento, com Disponibilidade de Estrutura Física para Interligar os Pontos de Rede; Estrutura de Comunicação DEDICADA e de ALTA PERFORMANCE, devendo ser superior a 50 MB; para VOZ, DADOS e WEB, com total Integração dos Terminais. Estes deverão ser cedidos em REGIME DE COMODATO, por um período de 12(doze) meses, no Sistema de Registro de Preços.. VALOR MÁXIMO ADMITIDO: R$ 119.944,00(cento e dezenove mil novecentos e quarenta e quatro reais). ENCERRAMENTO: Protocolo até as 09h00min, do dia 27/04/2012. ABERTURA: 27/04/2012, às 09h30min na Prefeitura Municipal de Santo Antônio da Platina, na Praça N. S. Aparecida, s/nº. INFORMAÇÕES: A cópia do Edital e demais informações e elementos, encontram-se à disposição dos interessados no endereço acima citado, no horário comercial, das 08h30min às 11h00min e da 13h00min às 17h00min, telefone (43) 3534-8700 - 3534-8720 3534-8242 Fax: (43) 3558-1615 – e-mail: licitacao@santoantoniodaplatina.pr.gov.br Santo Antônio da Platina, 13 de Abril de 2012. MARIA ANA V. G. POMBO - Prefeita Municipal

PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA PORTARIA Nº 208/12 A Prefeita Municipal de Santo Antônio da Platina, Estado do Paraná, no uso das atribuições que lhe são conferidas por Lei, resolve: NOMEAR os servidores abaixo relacionados, para, sob a Presidência do primeiro, fazerem parte da COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO, no período de 19 de abril de 2012 a 18 de abril de 2013, como segue: TITULARES 1. TARCISO SILVÉRIO DE ALMEIDA - Presidente 2. GILBERTO APARECIDO SIMÕES – Secretário e 3. MARCIO ANTÔNIO DA SILVA – Membro. SUPLENTES 1. EDMILSON APARECIDO MENDES 2. ROGÉRIO FERNANDES OLIVEIRA 3. JOUBERT ALVES BRITO GABINETE DA PREFEITA MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA / ESTADO DO PARANÁ / PAÇO MUNICIPAL DR. ALÍCIO DIAS DOS REIS, em 12 de abril de 2012. MARIA ANA VICENTE GUIMARÃES POMBO Prefeita Municipal PREFEITURA MUNICIPAL DE TOMAZINA AVISO DE PREGÃO PRESENCIAL Nº 18/2012 Objeto: Aquisição de Vidros para os Departamentos do Município de Tomazina –PR. A Prefeitura Municipal de Tomazina, através da comissão de Licitações, torna público para conhecimento dos interessados que realizará a licitação referente ao PREGÃO PRESENCIAL n.º 18/2012. Abertura da Licitação: 09:00 horas do dia 26/04/2012. Local da Abertura: Prefeitura Municipal de Tomazina – Rod. Avelino Antonio Vieira, 117 – Tomazina – PR. A cópia do Edital, bem como maiores esclarecimentos estarão à disposição dos interessados de segunda à sexta-feira, das 8h às 11h30min., até dia vinte e quatro horas antes do certame. Tomazina, 13 de abril de 2012. PREGOEIRO OFICIAL PREFEITURA MUNICIPAL DE TOMAZINA AVISO DE PREGÃO PRESENCIAL Nº 19/2012 Objeto: Contratação de Empresas para Prestação de serviços de mão de obra para assentamento de pedras irregulares, com o fornecimento da pedra para Município de Tomazina –PR. A Prefeitura Municipal de Tomazina, através da comissão de Licitações, torna público para conhecimento dos interessados que realizará a licitação referente ao PREGÃO PRESENCIAL n.º 19/2012. Abertura da Licitação: 10:00 horas do dia 30/04/2012. Local da Abertura: Prefeitura Municipal de Tomazina – Rod. Avelino Antonio Vieira, 117 – Tomazina – PR. A cópia do Edital, bem como maiores esclarecimentos estarão à disposição dos interessados de segunda à sexta-feira, das 8h às 11h30min., até dia vinte e quatro horas antes do certame. Tomazina, 13 de abril de 2012. PREGOEIRO OFICIAL


cmyb

TRIBUNA DO VALE

Sabado e domingo, 14 e 15 de abril de 2012

E-mail: social@tribunadovale.com.br

FERNANDA DINIZ Arquivo Pessoal

Marcelo Rossi/Open Fest

Click No click o casal carlopolense José Salles Neto e Sheila Cristina Avanso Salles em recente evento no Clube Caravela

Foto Valdir

Parabéns A acadêmica Tamires Belo, que foi Miss Andirá 2011, completou 22 anos no último dia 09. A bela que atualmente trabalha na agência do Banco do Brasil de Andirá, recebe os parabéns de amigos e familiares pela data. Felicidades!

Pense nisso Suas realizações não têm tamanho. Têm significado. (Amor e Fé)

Alimentação Conhecidos como termogênicos, uma vez que são capazes de aumentar a temperatura corporal e acelerar a queima de gordura, estes alimentos ajudam no controle do peso e no emagrecimento. Então, tenha sempre à mesa: Pimenta vermelha, Chá verde, Canela, Gengibre, Ômega 3, entre outros.

Dia Mundial do Meio Ambiente Em 2012 o Brasil será sede das celebrações globais do Dia Mundial do Meio Ambiente (WED, na sigla em inglês), um evento que acontece mundialmente todo dia 5 de junho, desde 1972, e tem como objetivo ser o maior e mais comemorado dia de ações positivas pelo meio ambiente. O tema deste ano: Economia Verde: Ela te inclui? convida o mundo a avaliar onde a Economia Verde está no dia a dia de cada um e estimar se o desenvolvimento, pelo caminho da Economia Verde, abrange os resultados sociais, econômicos e ambientais necessários em um mundo de 7 bilhões de pessoas, que deve chegar a 9 bilhões de pessoas em 2050. (UOL)

Casamento Os noivos Jefferson Lucas da Silva e Claudia Altvater da Silva subiram ao altar da Igreja Matriz, em Santo Antônio da Platina, para a celebração do matrimônio, no último mês. Após a cerimônia, presidida pelo padre Rosinei e pelo pastor José Fabricio, o casal recebeu amigos e familiares no Espaço Musical Luzdelua

H ORÓSCOPO PARA HOJE Áries A partir de hoje e até 21/4 o clima astral pede introspecção e avaliação do presente. Hoje, com a minguante lunar, vale rever um objetivo profissional. O desafio é deixar de concentrar poder em suas mãos pra aprender a dividi-lo com outros mais.

Gêmeos Assuntos de urgência devem tomar sua atenção nos próximos dias. A minguante lunar no implacável Capricórnio propõe a transformação de recursos materiais e financeiros. Alguns cortes terão de ser feitos em seu orçamento.

Leão Saúde é assunto sério e não tem desculpa pra você não se cuidar bem. De hoje até o feriado de 21/4 vale ser mais seletivo com a alimentação, caprichar no alongamento e levar a sério aquela dorzinha nas costas. Depuração a vista!

Libra A vida privada e suas demandas mais urgentes entram em cena a partir de hoje. Com um olhar objetivo e em busca da eficiência máxima, conseguirá transformar seu entorno pra melhor. Compra e venda de imóveis em destaque até 21/4.

Sagitário Clima astral benéfico pra você se dedicar á humildade, deixando o orgulho de lado. Com a Lua minguante em Capricórnio, é importante sentir a hora certa de doar objetos que não usa mais. Focalize também a saúde de suas finanças pessoais.

Aquário Nem toda formalidade é inútil, nem todo medo é gratuito: com a minguante lunar ocorrendo no signo pratico de Capricórnio, você terá de dançar mais rápido pra dar conta das demandas burocráticas. Deveria ter sido mais organizado antes.

Touro A Lua minguante de hoje propõe que você ajuste melhor o seu faro, focalizando o que é relevante no campo espiritual e ético. Processos na justiça, assuntos relativos a lei em destaque. Equacione melhor um plano de viagem.

Câncer Se você ainda não teve tempo de reparar melhor no seu parceiro, nas ultimas semanas, hoje é um ótimo dia pra fazer isso. Com a Lua minguante ativando seu setor astral de casamentos e parcerias, estará mais sensível e aberto a adaptações.

Virgem Em clima de balanço afetivo: é assim que a minguante lunar de hoje colore seus próximos dias. Nem toda conquista amorosa vale a pena! Se você está obcecado por a l g u ém , v e r á q u e s u a vontade não é suficiente pra obter o que deseja.

Escorpião A Lua muda de fase hoje no seu setor astral ligado a comunicação e expressão. Mais conectado com o seu ambiente imediato, estará mais sensível e antenado. Organize papeis, documentos. Redescubra a riqueza de um contato pessoal.

Capricórnio Semana vai terminando sob o ritmo poderoso de uma Lua minguante em seu signo. O assunto em pauta é você como um todo nos próximos dias. Saúde, apresentação pessoal, metas importantes. Saiba se desapegar do passado.

Peixes Noticias virão que podem alterar radicalmente um plano de futuro, obrigando você a rever esperanças. Estas foram construídas sobre uma ilusão e com a Lua minguante em Capricórnio, os castelos de areia serão dissolvidos e transformados.

cyan magenta yellow black


TRIBUNA DO VALE - EDIÇÃO 2124