Page 1

cmyb

Quarta-feira

TRIBUNA DO VALE 11 DE JANEIRO DE 2012

DIRETOR: BENEDITO FRANCISQUINI

300 200

ANO XVI - N0 2060 - R$ 1,00

www.tribunadovale.com.br

SANTO ANTÔNIO DA PLATINA

Prefeita se diz vitima de jogo sujo

Em entrevista exclusiva concedida ontem à Tribuna do Vale, a prefeita Maria Ana Vicente Guimarães Pombo (PT) descarregou pesada artilharia contra os vereadores membros de partidos de oposição na Câmara Municipal de Santo Antônio da Platina. Ela classificou como “jogo sujo” a forma como vem sendo atacada pelos opositores,

principalmente pelo presidente do Legislativo, Antônio Cesar de Camargo (PR), o Cezinha, a quem acusa de práticas desleais com objetivo de afastá-la de uma eventual disputa eleitoral em outubro deste ano. Uma dessas tentativas seria a criação da Comissão Processante (CP) que tinha objeti-

vo de cassar o mandato a prefeita, deixando o terreno livre para a disputa eleitoral entre dois grupos políticos antagônicos. “Era uma comissão meramente política com objetivo de me tirar da disputa”, opina Maria Ana, que conseguiu barrar judicialmente as investigações no Legislativo.  PÁG. A3 Antônio de Picolli

TRÂNSITO

Imprudências preocupam moradores no Jd. Moralina

Antônio de Picolli

Os abusos dos motoristas que trafegam pelas ruas do Jardim Moralina, em Santo Antônio da Platina, têm tirado o sossego dos moradores. O excesso de velocidade aliado com o desrespeito a sinalização já causaram três acidentes

SAFRA

Exportações do agronegócio sobem 24% e batem recorde

na rua Ivo Farto Brito. O risco de atropelamento assusta os moradores. Crianças agora só brincam do portão pra dentro. Os animais – bois e cavalos – que escapam dos pastos e perambulam pelas ruas também preocupam.  PÁG. A6

FROTA

Paraná ganhou mais de mil carros por dia em 2011

Mais de mil veículos novos invadiram as ruas do Paraná e janeiro a dezembro do ano passado. Durante este período foram comercializadas 376.325 unidades no Estado, o que representa um incremento de 5,6% em relação

às 356.312 unidades comercializadas em igual período de 2010. Os dados da Fenabrave-PR apontam ainda que maior aumento foi verificado no setor de ônibus 40,50%, com salto de 1.568 para 2.203 unidades.  PÁG. A5

As exportações brasileiras do agronegócio registraram novo recorde em 2011, somando US$ 94,59 bilhões, valor 24% superior ao alcançado em 2010. A meta do Ministério da Agricultura para 2012 é ultrapassar US$ 100

bilhões, com estimativa de 5,7% de crescimento. Um dos destaques do setor foram os produtos do complexo da soja sendo responsáveis por 38,7% do crescimento total de US$ 18,15 bilhões no agronegócio. 

PÁG. B1

IBAITI EDUCAÇÃO MOTORISTA MORRE EM BATIDA COM Professores CAMINHÃO EM TREVO DA BR-153 Um acidente entre um carro e um caminhão provocou a morte de um homem na manhã de ontem no km 105 da BR-153, em Ibaiti. Maciel Cardoso, 60 anos, dirigia um VW Gol, e ao cruzar o trevo de acesso a Japira, foi atingido pelo caminhão VW 16.300, com placas de Major Vieira (SC), conduzido por Marcos Borges Fernandes, 41. Cardoso chegou a ser encaminhado ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.  PÁG. A6

HABILITAÇÃO

B2

CURSOS DE RECICLAGEM PODERÃO SER FEITOS EM AUTOESCOLAS 

PÁG. A8

concursados começam a trabalhar em fevereiro Antônio de Picolli

Os 423 professores convocados pela Secretaria Estadual da Educação (SEED) através dos Núcleos Regionais de Educação (NRE) da região já se preparam para participar da Semana Pedagógica em fevereiro. Os profissionais chamados foram classificados no concurso realizado em 2007 e serão nomeados por decreto que deve ser publicado dia 16 de janeiro. As aulas já foram distribuídas e, em todo o Estado, foram chamados mais de 11 mil professores.  PÁG. A8

cyan magenta yellow black


A-2 Opinião

TRIBUNA DO VALE

Uma espécie do popular “há lugar para todos”, que usamos quando não queremos uma eliminação sem segurança, de pessoas e teses” Ayrton Baptista *

Quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

O caso é da Comarca de Quaraí. O homem, conhecido por ‘‘Careca’’, foi denunciado pelo Ministério Público estadual por ter mantido relações sexuais com a menor, que fugia de casa para se encontrar com ele.”

A RTIGO

E DITORIAL

Jomar Martins

Desafio digital D e s d e qu e o pre s i dente norte americano Barack Obama conseguiu suplantar os adversários nas últimas eleições presidenciais daquele país ele ganhou a marca de ter sido o primeiro eleito a usar massivamente a internet como instrumento de mobilização eleitoral. Recentemente uma pesquisa no Congresso colocou os dois paranaenses, Roberto Requião (PMDB) e Álvaro Dias (PSDB), como os campeões na utilização das ferramentas proporcionadas pela rede mundial de computadores para manter contato permanente com seus eleitores e a imprensa. Nas últimas eleições HORÁRIO DE FECHAMENTO

22:10

presidenciais brasileiras, um dos maiores destaques foi o rápido crescimento de Marina Silva nas campanhas. Ainda p ouco con he cid a p el a maioria da população e com recursos limitados para a propaganda eleitoral, a candidata conseguiu engajar um grande número de eleitores, que não apenas apoiavam Marina, mas também disseminavam suas propostas nas redes sociais. “As mídias sociais representaram a possibilidade de quebrar o monopólio de visibilidade das mídias clássicas. Marina conseguiu fazer uma excelente campanha apesar de ter muito menos recursos, não ser uma

candidatada conhecida e contar com menos de um minuto e meio na TV e no rádio”, comenta Felipe Vaz, coordenador de mídias sociais da campanha de Marina Silva em 2010. No início de dezembro do ano passado esse especialista reuniu em Curitiba um grande número de profissionais da área, que participaram do fórum “marketing político na web”. É um tema recorrente, pela velocidade que proporciona às campanhas e pela visibilidade que confere aos candidatos. Vaz ap ont a que nas próximas eleições municipais, além dos canais que foram utilizados pela campanha de Marina –

C HARGE

como Twitter e Facebook –, será possível explorar redes que estão se popularizando cada dia mais, como o Foursquare e o L in ke dIN. “Por s erem campanhas municipais e, portanto, de menor escala, será viável explorar melhor a geolocalização do Foursquare e trabalhar nichos profissionais mais estreitos via LinkedIn, mas as estratégias vão variar para cada campanha.” L amentavelmente, é possivel contar nos dedos aqui no interior, os políticos conscientes da importância da mídia eletrônica no pleito eleitoral. No entanto, não é possível fugir a tema e quem não se adequar, entra na disputa em desvantagem. chargeonline.com.br

NESTA EDIÇÃO TEM

22 PÁGINAS CADERNO PRINCIPAL  OPINIÃO  POLÍTICA  GERAL  CIDADES  COTIDIANO  ESPORTES  AGRONEGÓCIO

A 01  08 A 02 A 03 A 04 A 05 A 06 A 07 A 08

2ª CADERNO  AGRONEGÓCIO  ATAS & EDITAIS  SOCIAL

B 01  08 B 01 B 02  07 B 08

Jomar Martins

PREVISÃO PARA HOJE

300 20 0

SANTO ANTÔNIO DA PLATINA

Decisão Judicial A 7ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul confirmou a absolvição de um homem acusado de estuprar uma menina de 12 anos. Os desembargadores entenderam que não se poderia aplicar ao caso o chamado ‘‘estupro de vulnerável’’, como disposto no Código Penal, uma vez que a menor não era mais virgem e que a relação sexual foi consensual e fruto de aliança afetiva. O caso é da Comarca de Quaraí. O homem, conhecido por ‘‘Careca’’, foi denunciado pelo Ministério Público estadual por ter mantido relações sexuais com a menor, que fugia de casa para se encontrar com ele. Aproveitando-se da ausência dos pais, ele a convencia a praticar sexo vaginal e outros atos libidinosos. Os fatos se deram em 2009, até o mês de setembro, quando ambos foram abordados por policiais militares e por uma conselheira tutelar. O caso gerou um inquérito policial. A defesa do denunciado sustentou que ele era namorado da vítima, negando que a tenha desvirginado. Foram juntados ao processo os laudos de avaliação psicológica da menor e o exame de corpo de delito. A juíza de Direito Luciane Inês Morsch Glesse afirmou, na sentença, que não havia dúvidas quanto à materialidade delitiva, em função do Boletim de Ocorrência policial e do exame de corpo de delito. O exame, entretanto, constatou que a vítima não era virgem, pois o hímen apresentava rupturas antigas em todo o seu contorno. Com relação à autoria, disse que o testemunho da vítima foi bastante contraditório, deixando dúvidas quanto à ausência de consentimento. A magistrada também citou o depoimento da conselheira tutelar que atendeu o caso. Ela confirmou que a menina se encontrava de espontânea vontade com o rapaz, que era rebelde e que se envolvia com meninos desde os 11 anos de idade. Em síntese, era uma menina ‘‘largada’’, que fugia da mãe para se refugiar em outras casas. ‘‘Assim, diante do contexto probatório, resta duvidoso o depoimento da vítima e sua genitora, assim como a alegada violência presumida, pois sabe-se que nos dias atuais os jovens, cada vez mais cedo, têm conhecimento sobre o sexo, o que restou verificado no caso em comento, uma vez que J. já teve vários registros no Conselho Tutelar justamente pelo envolvimento com outros meninos’’, concluiu a juíza. Assim, como o acusado manteve relações sexuais com a vítima de forma consentida, sem que tenha existido ameaça ou violência, a juíza entendeu que tal consentimento mostrou-se relevante para absolvê-lo. Insatisfeito com a decisão, o MP entrou com Apelação-Crime no Tribunal de Justiça, pleiteando a reforma da sentença. Em síntese, argumentou que existe conteúdo probatório suficiente para demonstrar autoria e materialidade do crime de estupro de vulnerável. E mais: que a partir da vigência da Lei 12.015/2009, não é mais possível cogitar-se da relativização da presunção de violência. A relatora do recurso, desembargadora Naele Ochoa Piazzeta, explicou que os fatos ocorreram na vigência da Lei 12.015/2009, que tornou típica a conduta de “ter conjunção carnal ou praticar outro ato libidinoso com menor de 14 anos”, criando a figura do “estupro de vulnerável”, prevista no artigo 217-A do Código Penal. E que tal norma revogou o artigo 224, que tratava da presunção de violência quando a vítima era menor de 14 anos. Assim, ao contrário do entendimento da julgadora de primeiro grau, a perspectiva dos autos não poderia ser examinada sob o prisma da relativização da presunção de violência — o que dá razão ao Ministério Público. Por outro lado, a desembargadora Naele afirmou que o conceito de vulnerabilidade não pode ser entendido de forma absoluta, simplesmente levando-se em conta o critério etário, o que configuraria hipótese de responsabilidade objetiva. Este deve ser mensurado em cada situação trazidà à apreciação do Poder Judiciário, considerando as particularidades do caso concreto. A magistrada apoiou seu convencimento em diversos fatos trazidos aos autos: que as relações sexuais aconteceram de forma voluntária, consentida e fruto de aliança afetiva; que a menor não era mais virgem e já contava com certa experiência sexual; que em nenhum momento houve violência ou grave ameaça à vítima; e, por fim, que as condutas sexuais do réu não se amoldavam a nenhuma previsão típica e, por isso, deveria ser absolvido com base no artigo 386, inciso III, do Código de Processo Penal — fundamento diferente do apontado na sentença. Acompanharam o voto os desembargadores Carlos Alberto Etcheverry e José Conrado Kurtz de Souza.

A RTIGO Ayrton Baptista *

Presença de Lerner Os anos passam e os políticos esquecem do governador, ou fazem que esquecem. Do prefeito Jaime Lerner todos se lembram. E ne m é pre c is o c it ar a campanha dos 12 dias, um fenômeno em termos de eleição. Mas sim na sua obra, nas suas iniciativas, nas suas invenções. Como ele faz questão, lá vai: Jaime e sua equipe. Cidadão do mundo, é recente a sua inclusão entre as 100 pers ona lid ades con he cid as, deixando no vazio figuras de destaque no país e fora dele. Agora, temos as eleições para a Prefeitura da capital, logo mais em outubro. Os candidatos declarados já estão apresentando suas

propostas e, mais, as suas l e m br a n ç a s d e Cu r it i b a um pouco mais antiga. E é visível a presença de Jaime Lerner, prefeito três vexes, lembrado por iniciativas e feitos que projetaram a cid ade, ent ão um p onto de passagem para o sul ou v i c e - ve rs a a o c ont r ár i o. Não são citadas a Cidade Industrial, nem as montadoras que se fixaram no Paraná. Mas os feitos na cidade e sua paisagem, são louvados, ainda que o nome do ex-prefeito e e x - g ov e r n a d or n ã o s e j a expressamente citado. Ratinho Junior, deputado mais votado, jovem que nunca escondeu seus objetivos políticos, parece realmente decidido a dis-

TRIBUNA DO VALE

O Diário da nossa região - Fundado em agosto de 1995 Editora Jornal Tribuna do Vale LTDA CNPJ 01.037.108/0001-11 Matriz: Rua Tiradentes 425, Centro Santo Antônio da Platina, PR Fone/Fax: 43 3534 . 4114

Diretor Responsável Benedito Francisquini - MTB 262/PR tribunadovale@tribunadovale.com.br tribunadovale@uol.com.br

putar a Prefeitura ainda este ano, ele completando os primeiros 30 de sua

E é visível a presença de Jaime Lerner, prefeito três vexes, lembrado por iniciativas e feitos que projetaram a cidade, então um ponto de passagem para o sul ou viceversa ao contrário

v i d a . S e p e r d e r, j á d i s semos, credencia-se para a próxima eleição. O jovem

parlamentar contradiz Lerner quanto a necessidade qu e e l e v ê d o m e t rô n a cidade. Espera-se que ele esteja firme nessa posição e não se engaje na posição d e q u e m ap e n a s a c o m panha um desejo magioritário do curitibano. Afinal, pensa-se metrô é status: Paris, Londres, Nova York, Rio, São Paulo, todas tem. Em compensação, o deputado Fábio Camargo acha que o metrô é “burro”, que a questão do transporte é somar e não apenas subs t itu i r. Um a e s p é c i e d o popular “há lugar para todos”, que usamos quando não queremos uma eliminação sem segurança, de pessoas e teses. Mas um amigão antigo de Lerner,

Representação: MERCONET Representação de Veículos de Comunicação LTDA Rua Dep. Atílio de A. Barbosa, 76 conj. 03 - Boa Vista - Curitiba PR Fone: 41-3079-4666 ¦ Fax: 41-3079-3633 Vendas Assinatura Anual R$ 200,00 Semestral R$ 100,00

Impressão e Fotolito: Editora Jornal Tribuna do Vale Fone/Fax : 43 3534 . 4114

admirador confesso na juventude, o ex-prefeito Rafael Greca também não vê no metrô a solução dos nossos problemas. Há entretanto, uma unanimidade, visível ou não, talvez só nas entrelinhas: o que se fez na capital a partir dos anos 70 é marca registrada como atuação criativa, inovadora. Lerner não vai disputar a eleição, acredita-se. Talvez não se e mp e n h e n a c a mp a n h a , nem de cline s eu voto. Problema dele. E indagase, até que ponto Lerner poderia, se fosse o caso, influir em favor do candidato pelo qual optasse? Certo, isto sim, é que o ex-prefeito verá de camarote sua obra e de seus

amigos nos últimos 30 anos na capital e no Estado, louvado por interesse político-eleitoral de uns e de outros, permeandose com a sinceridade de quem cresceu vendo a transformação de Curitiba. As páginas estão aí: os dep oimentos são esp ontâneos, o reconhecimento é um fato. Claro, Lerner continua não sendo uma unanimid ade, t a lve z até nem queira, ficaria esquisito, por exemplo, ver Roberto Requião passando o re c i b o. Há g e nt e , e n tretanto, que vai ter que dar a volta para esquivarse de uma opinião positiva sobre ele. Ayrton Baptista, jornalista.

Circulação: Abatiá ¦ Andirá ¦ Arapoti ¦ Bandeirantes ¦ Barra do Jacaré ¦Cambará ¦ Carlópolis ¦ Conselheiro Mairink ¦ Figueira¦Guapirama ¦ Ibaiti ¦ Itambaracá ¦ Jaboti ¦ Jacarezinho Jaguariaíva ¦ Japira ¦ Joaquim Távora ¦ Jundiaí do Sul ¦ Pinhalão ¦ Quatiguá ¦ Ribeirão Claro ¦ Ribeirão do Pinhal ¦ Santo do Itararé ¦Santana do Itararé ¦Santo Antônio da Platina ¦ São José da Boa Vista ¦ Sengés ¦ Siqueira Campos ¦Tomazina ¦ Wenceslau Bráz

Filiado a Associação dos Jornais Diário do Interior do Paraná

* Os artigos assinados não representam necessariamente a opinião do jornal, sendo de exclusiva responsabilidade de seus respectivos autores.


Política A-3

TRIBUNA DO VALE

Quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

O vereador usa da desinformação, da mentira e da deslealdade, atropelando a ética e não se importando com o exemplo pernicioso que proporciona” Maria Ana Vicente Guimarães Pombo

P anorama Regional B. Francisquini

A prefeita e o vereador Cesar de Camargo, o Cezinha (PR), nos últimos anos vem se especializando em bater na prefeita Maria Ana Guimarães Pombo. Ele não poupa a chefe do executivo, que vem perdendo a paciência e resolveu contra-atacar. Um exemplo é a entrevista que concedeu à Tribuna, cujo texto pode ser conferido nesta página. Ela avisa: para cada ação vai ter uma reação ainda mais forte.

Quem estava na rádio Difusora há poucos dias viu uma prefeita entrar pela porta da frente da emissora e chamar de mentiroso e mau caráter o vereador, que minutos antes, havia concedido uma entrevista afirmando que a prefeitura estava tendo dificuldade para pagar o 13º salário. Cezinha ouviu os impropérios revelando o silêncio dos culpados.

Prática e discurso Acusado de usar métodos desleais e de mentir para a população, Cesar Camargo fica em situação delicada, como se fosse portador de distúrbio bipolar, manifestando comportamentos diferentes em cada situação. Na política vale tudo, até usar da mentira e falsidades. Na vida privada é um bom moço, só necessitando monitoramento ao frequentar a noite curitibana. Fora da política Sebastião Carlos Bianchi (PMDB) diz que este será o último mandato como vereador. Ele pretende deixar a política, a menos que surja a oportunidade de integrar uma chapa majoritária, na condição de candidato a vice-prefeito. Mistério Quem é o empresário platinense que andou levando alguns pescoções da própria mulher? O que ele teria feito para merecer o castigo? Damos uma recompensa para quem contar a história em detalhes. Traição Tem outro caso escabroso em que a esposa pegou o marido em flagrante adultério. O que é pior: em sua própria cama e o objeto da traição era um belo rapaz. Pior ainda é que ela não aguenta e conta tudo, em pleno salão de beleza. Pobre marido! Terra do PCC Um policial paulista, aposentado, diz taxativamente que o Norte Pioneiro está se transformando em refúgio para membros do PCC – primeiro Comando da Capital, facção criminosa de São Paulo, considerada a mais atuante no momento no país. A repressão no estado vizinho estaria forçando a migração para terras paranaenses. “Do jeito que a coisa anda, vamos perder o controle da situação se nada for feito”, alerta o ex-integrante da PM paulista. Constatação Um membro do alto escalão do setor de segurança paranaense confirma as declarações do ex-PM, afirmando que o serviço reservado da Polícia Militar do Paraná já identificou vários elementos supostamente ligados ao PCC, mas prefere manter sigilo temendo atrapalhar as investigações. Lei de Licitações Os conselheiros do Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR), reunidos em sessão plenária, decidiram que município não pode alterar dispositivo da Lei de Licitações (Lei n° 8.666/93). Consulta formulada pelo prefeito de Londrina, Homero Barbosa Neto, questionou o órgão sobre a possibilidade de prorrogar a vigência das atas de registros de preços para período superior a doze meses. Esta é uma regra do Artigo 15, Parágrafo 3°, Inciso III da Lei de Licitações. Segundo o dispositivo, as compras no setor público, sempre que possível, deverão ter sistema de registro de preços regulamentado por decreto, atendidas as peculiaridades regionais. Entre as condições, deve ser observada a “validade do registro não superior a um ano”. A consulta veio com parecer da assessoria jurídica da Prefeitura pela possibilidade da prorrogação. Nem pensar Em análise pela Diretoria de Contas Municipais do TCE e pelo Ministério Público de Contas, a resposta do Tribunal foi negativa. O voto, defendido em plenário pelo conselheiro Hermas Eurides Brandão no último dia 15 dezembro, corroborou o entendimento dos dois órgãos da Casa. Definiu-se pela “impossibilidade de prorrogação do prazo de vigência das atas de registro de preços, como previsto no art. 15, §3°, III da Lei de Licitações, em doze meses, seja pela não aplicação na seara municipal do Decreto Federal n° 3931/2001, seja pela não aplicação do art.75, §1° da Lei 8.666/93, este, adstrito tão somente à fase de contratação”. De volta às urnas Um levantamento feito pelo jornal “Folha de S. Paulo” mostra que 127 parlamentares – 121 deputados e seis senadores – pretendem disputar a prefeitura de seus municípios nas eleições de 7 de outubro. A oficialização das candidaturas, destaca o jornal, ocorre em junho e os congressistas não precisam se licenciar para a disputa. Os parlamentares-candidatos levam vantagens como a visibilidade do mandato e a possibilidade de terem, até abril, verba para produzir jornais e vídeos a título de divulgação do mandato. Ao fim dos arranjos estaduais, o número de deputados e senadores que realmente vão concorrer pode ser menor por causa das alianças, prevê a “Folha”, que recorda que em 2004, 96 congressistas saíram candidatos a prefeito ou vice. Mas apenas 16 foram eleitos.

Para Maria Ana comissão agiu na ilegalidade e diz que Cezinha é desleal DESABAFO Prefeita de Santo Antônio da Platina se diz vítima de jogo político que quer tirá-la da disputa deste ano Num dos depoimentos mais contundentes desde que assumiu a prefeitura em 1º de janeiro de 2009, a prefeita de Santo Antônio da Platina, Maria Ana Vicente Guimarães Pombo (PT), em forma de desabafo, diz que uma das maiores decepções desde que ingressou na política, quando foi candidata à vereadora em outubro de 2004, é o jogo sujo de alguns opositores, que na sua avaliação, querem tirá-la da disputa das eleições municipais deste ano usando o artifício da deslealdade e da ilegalidade para atingi-la. Maria Ana, médica com especialidade em reumatologia e clínica geral, em 2004 foi a mais votada na eleição para a Câmara de Vereadores, mas não se elegeu porque o PT não somou os votos necessários para a legenda confirmar pelo menos uma cadeira no Legislativo. Quatro anos depois ela se consagrou nas urnas, vencendo a eleição majoritária com larga vantagem sobre seu adversário, o ex-prefeito Flávio Luiz Maiorky (PSDB). Ela não esconde que pretende disputar a reeleição, embora ainda não tenha se decidido por um novo mandato. Para ela, a “tropa de choque” no legislativo, liderada pelo presidente da Câmara, o dentista Antônio Cesar de Camargo (PR), o Cezinha, “tem usado os expedientes mais sórdidos” para destruí-la politica e moralmente. Ela diz que o vereador usa da desinformação, da mentira e da deslealdade, atropelando a ética e não se importando com o exemplo pernicioso que proporciona, principalmente às novas gerações, como se a arte da política comportasse todo tipo de prática nefasta, desde que isso implique na destruição do adversário. Ela cita o episódio da devolução ao Executivo das sobras financeiras do Legis-

Maria Ana Pombo (PT), fez severas críticas ao presidente da Câmara

lativo em 2011. Segundo ela, Cezinha tentou manipular os fatos com intenção de caracterizar que a prefeitura não teria como pagar o 13º dos servidores municipais sem a devolução da Câmara. Ele fez esta declaração em entrevista à radio Difusora AM, provocando imediata reação de Maria Ana, que foi à sede da emissora e na frente de várias pessoas, chamou o vereador de mentiroso e desleal. Cezinha sequer esboçou reação ante a declaração da prefeita. Processo ilegal Para a prefeita platinense, o ponto nevrálgico de sua queda de braço com a oposição na Câmara de Vereadores ocorreu com a criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito, chamada por ela de “CPI política”, com vistas a investigar supostas irregularidades em gastos com publicidade, que culminou com a aprovação de um

relatório apontando a prefeita como responsável pelo superfaturamento de gastos com divulgação realizada pela Única Propaganda, empresa vencedora da licitação para a publicidade institucional. Ela assinala que franqueou acesso a documentos e forneceu todas as informações que os vereadores pediram. Mesmo assim Cezinha e seu colega Francisco Faustino de Proença, o Chiquinho da Net, acusam Maria Ana de sonegar documentos, o que ela nega e se diz, mais uma vez, vítima de manipulação política. Após a leitura do relatório da CPI, os vereadores, com a presença de apenas sete membros, aprovaram a criação da Comissão Processante (CP). Os membros CP, Terezinha Reinutti, Gilson de Jesus Esteves e Chiquinho, embora sendo os subscritores da denúncia apresentada ao plenário, votaram

na sessão. Foi exatamente este fato que a limentou o mandado de segurança interposto na justiça da comarca de Santo Antônio da Platina pela advogada Leia Ritti, contratada pela prefeita, que obteve liminar no dia 30 de dezembro determinando a suspensão do processo legislativo contra Maria Ana. Até ontem, a Câmara de Vereadores não havia apresentado recurso contra a decisão de primeira instância, mas uma fonte da Casa assinalou que a defesa está sendo preparada para ser protocolada no Tribunal de Justiça, com pedido de suspensão da sentença preliminar. Na avaliação da prefeita, o processo está contaminado de ilegalidades, que serão analisadas no julgamento definitivo da matéria. A liminar foi concedida levando-se em conta apenas a questão da participação supostamente ilegal de membros da CPI na votação que criou a CP. Vários outros pontos são abordados pela defesa da prefeita. O que chamou atenção da prefeita foi a reação do vereador Cesar de Camargo, que teria tentado descaracterizar a decisão do juiz Ernani Mendes Filho, alegando que o magistrado não conhece integralmente a questão, dando a conotação de que a sentença foi proferida sem que o julgador estivesse inteirado satisfatoriamente do objeto em análise. Ela classificou a crítica do vereador, como um “desrespeito ao Poder Judiciário”. O presidente da Câmara de Vereadores de Santo Antônio da Platina, Antônio Cesar de Camargo, foi procurado pela reportagem da Tribuna do Vale no final da tarde de ontem. Porém Cezinha não atendeu as ligações para seus telefones celular e residencial.

ANÁLISE

PMDB, da base do governo, não figura entre os partidos mais fiéis Gazeta do Povo

No primeiro ano do governo Dilma Rousseff, PSB e PCdoB, aliados históricos d o P T, m a nt i v e r a m u m grau de fidelidade próxima a 70% nas votações de interesse do Executivo no Congresso Nacional, sendo superados apenas pela adesão da própria bancada petista. Mesmo sendo parte do governo e ocupando a vice-presidência, o PMDB não figura entre os partidos mais fiéis, considerando todas as votações de interesse do Palácio do Planalto realizadas no ano passado. Em sua estreia, o PSD do prefeito Gilberto Kassab também se comportou com

a lealdade dos governistas, atingindo no seu primeiro mês de votação, novembro, adesão superior a 90% nas vorações de interesse do governo. Os dados são de l e v ant am e nto fe ito p e l a consultoria Arko Advice, especializada em estudos s obre o c omp or t ame nto dos parlamentares. Segundo o levantamento, 73,71% dos deputados petistas apoiaram o governo na votações do ano passado, contra 64,21% dos peemedebistas - este percentual considera apenas os votos a favor dados pela bancada e comput a as aus ências. Quando a comparação é feita apenas entre o tamanho da bancada e o apoio, o per-

centual de adesão partidária é maior, com PT aparecendo com 94,82% de fidelidade e PMDB com 88,16%. O levantamento mostra o PSB com grau de fidelidade de 68,37% e o PCdo B, com 67,75%. Os dois partidos, considerando as ausências, são superados pelo PRB, com 69,46% de adesão na Câmara. No Senado, o PSB aparece como mais fiel que o PT quando se consideram as ausências: 86,95% dos senadores do PSB vot aram a favor e 83,67% dos petistas. O PMDB aparece apenas em sétimo lugar, com 61,38% de adesão. Variedade ideológica do PMDB dificulta a postura

perante as votações O analista político da A r k o Ad v i c e , C r i s t i a n o Noronha, diz que o comportamento do PMDB no primeiro ano do governo Dilma segue a tendência histórica da legenda: cerca de 60% da bancada fiel ao governo, 20% a depender das negociações e 20% com tendência mais oposicionista. O PMDB é um partido grande, com uma variedade ideológica que dificulta a postura perante as votações. No governo Dilma, o nível de adesão está próximo da média de apoio nos governos Fernando Henrique Cardoso e Luiz Inácio Lula da Silva.


A-4 Economia

TRIBUNA DO VALE

Quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

Produção industrial do PR tem segunda maior alta entre novembro de 2011 e 2010 IBGE Dados do estado ficaram acima também da média nacional, que registrou queda de 2,5% no período Agência Estado

A produção industrial registrou crescimento de 9,2% no Paraná na comparação entre novembro de 2011 com o mesmo mês de 2010. O estado teve o segundo melhor desempenho entre as 14 regiões pesquisadas, perdendo apenas para Goiás, onde a elevação foi de 13,3%. Os dados fazem parte da

Pesquisa Industrial Mensal - Produção Física divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IB GE) nesta terça-feira (10). Os dados do Paraná ficaram acima também da média nacional, que registrou queda de 2,5% no período. O setor que mais contribuiu para o resultado obtido pelo Paraná foi o de veículos automotores, que teve crescimento foi de 49%. “A produção de caminhões foi a principal responsável por esse resultado”, de acordo com o economista Rodrigo Lobo, do IB GE. Na sequência, os s etores que mais in fluenciaram foram madeira (18%), edição e impressão (9,8%) e refino de petróleo e álcool (9,6%). Na passagem de outubro para novembro de 2011, a alta na produção industrial foi de 5,4% - também o segundo melhor entre as pesquisadas. O avanço

 COMÉRCIO

Paraná teve o segundo melhor desempenho na indústria entre as 14 regiões pesquisadas

mais acentuado foi o de Goiás. O IBGE não soube informar quais foram os setores que influenciaram nesse resultado. No acumulado entre janeiro e novembro de 2011, o crescimento da produção industrial foi de 5,6% no

Paraná. A elevação foi de 5,2 nos últimos 12 meses. Dados nacionais Na passagem de outubro para novembro, a produção industrial cresceu em oito d o s 1 4 l o c ai s qu e c om põem a Pesquisa Industrial Mensal - Produção Física,

conduzida pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Além de Goiás e Paraná, as maiores altas foram obtidas por Espírito Santo (4,7%), Minas Gerais (4,6%) e Rio de Janeiro (3,9%). Os demais locais com

expansão na produção acima da média nacional, que ficou em 0,3% no período, foram São Paulo (1,9%), recuperando parte da perda de 7,5% verificada nos dois últimos meses de queda na produção, Santa Catarina (1,6%) e Pará (0,5%). Na direção oposta, houve queda na produção no Ceará (-0,3%), Rio Grande do Sul (-1,3%), Pernambuco (-2,4%), região Nordeste (-2 9%), Amazonas (-3,0%) e Bahia (-6,4%). Na c o m p a r a ç ã o c o m novembro de 2010, oito dos 14 locais mostraram queda na produção: Santa Catarina (-7,7%), Ceará (-6,8%), São Paulo (-4,9%), Bahia (-4,2%), Rio Grande do Sul (-3,4%), região Nordeste ( - 2 , 6 % ) , R i o d e Jane i ro ( - 1 , 5 % ) e Par á ( - 1 , 0 % ) . Houve avanço na produção em Goiás (13,3%), Par aná ( 9 , 2 % ) , E spí r ito Santo (4,1%), Minas Gerais (2,8%), Pernambuco (1,9%) e Amazonas (0,5%).

Inadimplência do consumidor brasileiro sobe 21,5% em 2011 Agência Brasil

A inadimplência do consumidor brasileiro no ano passado foi 21,5% maior do que em 2010, segundo a empresa de consultoria Serasa Experian. Esta foi a maior elevação anual verificada desde 2002, quando houve

um crescimento de 24,7% ante 2001. O valor médio dos débitos não bancários, como cartões de crédito, financeiras e lojas em geral, apresentou uma queda de 17,3% em 2011 ante 2010, passando de R$ 387,55 para R$ 320,63. As dívidas com bancos tiveram

redução de 0,7% e ficaram em R$ 1.302,12, valor ligeiramente abaixo dos R$ 1.311,71 registrados no ano anterior. Já os títulos protestados e cheques sem fundos fizeram o movimento contrário e apresentaram elevação em seus valores médios de um

ano para o outro, com altas de 16% e 8,4% respectivamente. Os protestos subiram de R$ 1.183,50 para R$ 1.372,86 e os cheques passaram de R$ 1.254,44 para R$ 1.359,19. No comparativo mensal, o número de pessoas que não honraram suas dívidas caiu 2,5% em dezembro ante

09/01/12

INDICE BOVESPA

CÂMBIO

09/01/12

DÓLAR COMERCIAL

Alta: 0,82%

59.082 pontos

Volume negociado: R$ 4,64 bilhões 57.829 59.264 59.364 58.546 58.600 59.082

Baixa: 0,86% Compra Venda

EURO

Var. janeiro: -1,77% R$ 1,833 R$ 1,835

DÓLAR PTAX (Banco Central) Baixa: 0,04% Compra Venda

02/01 03/01 04/01 05/01 06/01 09/01

Ações Petrobrás PN Vale PNA ItauUnibanco PN Bradesco PN V-Agro ON B2W Varejo ON Cia Hering ON JBS ON

% +1,34 +0,10 +0,63 +0,25 +9,38 +3,65 +2,88 -3,30

R$ 22,63 39,50 35,14 31,68 0,35 9,38 36,78 5,87

12.392,69 5.612,26 6.017,23 8.390,35

+0,27 -0,66 -0,67 -1,16

BOLSAS NO MUNDO Dow Jones Londres Frankfurt Tóquio

OURO - BM&F 09/01

var. dia

R$ 95,00 /grama

IR

%

0,00%

JANEIRO

BASE (R$)

Alíquota Parc. a % deduzir Até 1.637,11 De 1.637,12 até 2.453,50 7,5 122,78 De 2.453,51 até 3.271,38 15 306,80 De 3.271,39 até 4.087,65 22,5 552,15 Acima de 4.087,65 27,5 756,53

Deduções: a) Assalariados: 1-R$ 164,56 por dependente; 2 - pensão alimentícia; 3 - contribuição à Prev. Social; 4 - R$ 1.637,11 por aposentado a partir de 65 anos; 5 - contribuições à previdência privada e aos Fapi pagas pelo contribuinte; b) Carne Leão: itens de 1 a 3 mais as despesas escrituradas no livro-caixa.

SELIC/IR IR 2011 - A oitava parcela venceu em 30/11.

No pagamento desta e outras parcelas atrasadas há em janeiro Selic de 8,58% + multa. MÊS Out/11 Nov/11

TAXA SELIC 0,88% 0,86%

MÊS TAXA SELIC Dez/11 0,91% *Jan/12 1,00%

*No mês corrente a Selic é sempre 1,00% Indicadores Econômicos: elaboração da agência Dossiê:Dinheiro. Fone: (41) 3205-5378

Var. janeiro: -1,00% R$ 1,78 R$ 1,98

DÓLAR TURISMO Baixa: 0,51% Compra Venda

Alta: 0,15% Compra Venda

Var. janeiro: -3,04% R$ 2,3483 R$ 2,3493

EURO TURISMO

Var. janeiro: -1,68% R$ 1,8435 R$ 1,8442

DÓLAR PARALELO Baixa: 0,50% Compra Venda

Var. janeiro: -1,27% R$ 1,750 R$ 1,940

Estável Compra Venda

Var. janeiro: -2,73% R$ 2,30 R$ 2,49

OUTRAS MOEDAS X REAL Iene Libra esterlina Peso argentino

R$ 0,0240 R$ 2,85 R$ 0,43

US$ 1 É IGUAL A: Iene Libra esterlina Euro

76,88 0,6477 0,7850

ÍNDICES DE INFLAÇÃO Índices em % INPC (IBGE) IPCA (IBGE) IPCA-15 (IBGE) IPC (FIPE) IPC (IPARDES) IGP-M (FGV) IGP-DI (FGV) IPA-DI (FGV) IPC-DI (FGV) INCC-DI (FGV)

jul 0,00 0,16 0,10 0,30 0,15 -0,12 -0,05 -0,13 -0,04 0,45

ago 0,42 0,37 0,27 0,39 0,46 0,44 0,61 0,77 0,40 0,13

set 0,45 0,53 0,53 0,25 0,30 0,65 0,75 0,94 0,50 0,14

REAJUSTE ALUGUÉIS Índice INPC (IBGE) IPCA (IBGE) IGP-M (FGV) IGP-DI (FGV)

nov 1,0666 1,0697 1,0695 1,0678

dez 1,0618 1,0664 1,0595 1,0556

do consumidor diante de um endividamento crescente em 2011. Eles destacam que o acumulo de dívidas, de médio e longo prazos, vem desde 2010, ano em que as condições de crédito e do orçamento do consumidor foram mais favoráveis do que em 2011.

Mercado Agropecuário

Indicadores Econômicos BOVESPA

novembro. Se considerado o mesmo mês do ano anterior, o indicador apresentou alta de 13,1%. Segundo os economistas da Serasa, o aumento da inflação reduziu o rendimento do trabalhador e os juros ainda elevados afetaram a capacidade de pagamento

jan 1,0608 1,0650 1,0510 1,0500

* Correção anual. Multiplique valor pelo fator acima

PREVIDÊNCIA

out 0,32 0,43 0,42 0,39 0,23 0,53 0,40 0,48 0,26 0,23

nov 0,57 0,52 0,46 0,60 0,39 0,50 0,43 0,34 0,53 0,72

dez 0,51 0,50 0,56 0,61 -0,12 -0,16 -0,55 0,79 0,11

ano 6,08 6,50 6,56 5,81 5,19 5,10 5,00 4,12 6,36 7,49

12m 6,08 6,50 6,56 5,81 5,91 5,10 5,00 4,12 6,36 7,49

OUTROS INDICADORES nov dez jan BTN + TR 1,563033 1,564041 1,565506 TJLP (%) 6,00 6,00 6,00 Sal. mínimo 545,00 545,00 622,00 FGTS (%) 0,3087 0,3112 TAXA SELIC ANUAL: 11,00%

COMPETÊNCIA DEZEMBRO

Vencimento: empresas 20/01 e pessoas físicas 16/01. Após multas de 4% a 100% e juros (Selic)

Empresário/empregador

Facultativo

Contribui com 11% sobre o pró-labore, entre R$ 545,00 (R$ 59,95) e R$ 3.691,74 (R$ 406,09), através de GPS.

Contribui com 20% sobre qualquer valor entre R$ 545,00 (R$ 109,00) e R$ 3.691,74 (R$ 738,34), através de carnê.

Autônomo

Assalariados

1) Quem só recebe de pessoas físicas: recolhe por carnê 20% sobre os limites de R$ 545,00 (R$ 109,00) a R$ 3.691,74 (R$ 738,34). 2) Quem só recebe de pessoas jurídicas: a empresa recolhe 11% sobre o máximo de R$ 3.691,74 (R$ 406,09) e desconta do autônomo. 3) Quem recebe de jurídicas e físicas: têm desconto de 11% sobre o que recebe de jurídicas, até R$ 3.691,74 (R$ 406,09). Se não atingir este teto, recolhe 20%, via carnê, sobre a diferença até R$ 3.691,74. 4) Aut. especial: recolhe 5% por carnê, sobre R$ 545,00 (R$ 27,25), mas só se aposenta por idade.

Salários até 1.107,52 De 1.107,53 até 1.845,87 De 1.845,88 até 3.691,74

8,00% 9,00% 11,00%

Empregados domésticos Alíquota % R$ mín R$ máx Empregado 8 a 11 43,60 406,09 Empregador 12 65,40 443,01 Total 20 a 23 109,00 849,10

SALÁRIO FAMÍLIA - NOVEMBRO/2011 Salário de até R$ 573,91 Salário de R$ 573,92 a 862,60

R$ 29,43 R$ 20,74

TR, TBF, POUPANÇA TR MÊS Novembro/11 Dezembro/11 Janeiro/12

POUPANÇA MÊS Novembro/11 Dezembro/11 Janeiro/12

LOTES - ATACADO

% 0,06 0,09 0,09

ano 1,11 1,21 0,09

12 m 1,26 1,21 1,22

% 0,56 0,59 0,59

ano 6,82 7,45 0,59

12 m 7,50 7,45 7,45

TAXAS DIÁRIAS % Período 3/12 a 3/1 4/12 a 4/1 5/12 a 5/1 6/12 a 6/1 7/12 a 7/1 8/12 a 8/1 9/12 a 9/1 10/12 a 10/1 11/12 a 11/1 12/12 a 12/1 13/12 a 13/1 14/12 a 14/1 15/12 a 15/1 16/12 a 16/1 17/12 a 17/1 18/12 a 18/1 19/12 a 19/1 20/12 a 20/1 21/12 a 21/1 22/12 a 22/1 23/12 a 23/1 24/12 a 24/1 25/12 a 25/1 26/12 a 26/1 27/12 a 27/1 28/12 a 28/1 29/12 a 29/1 30/12 a 30/1 31/12 a 31/1 1/1 a 1/2 2/1 a 2/2

TR 0,0707 0,1002 0,1323 0,1377 0,1268 0,0995 0,0687 0,0609 0,0895 0,1386 0,1280 0,1296 0,1090 0,0651 0,0684 0,0873 0,1090 0,1320 0,1050 0,0932 0,0624 0,0704 0,0998 0,1281 0,1255 0,1286 0,1004 0,0705 0,0675 0,0864 0,1400

TBF 0,8312 0,8710 0,9334 0,9388 0,9078 0,8803 0,8292 0,8114 0,8502 0,8696 0,9190 0,9206 0,8999 0,8256 0,8189 0,8580 0,8898 0,9130 0,8758 0,8539 0,8229 0,8309 0,8706 0,9191 0,9265 0,9296 0,8812 0,8410 0,8180 0,8571 0,8710

POUP 0,5711 0,6007 0,6330 0,6384 0,6274 0,6000 0,5690 0,5612 0,5899 0,6393 0,6286 0,6302 0,6095 0,5654 0,5687 0,5877 0,6095 0,6327 0,6055 0,5937 0,5627 0,5708 0,6003 0,6287 0,6261 0,6292 0,5868 0,6407

CUB PARANÁ Fonte: Sinduscon/PR e Sinduscons regionais R$/m2 NOV DEZ %m %ano %12m Paraná

993,75 995,55 0,18 8,59

8,59

Norte

970,12 971,73 0,17 8,24

8,24

Noroeste 971,61 973,85 0,23 9,70

9,70

Oeste

8,82

996,77 997,52 0,08 8,82

SAL. MÍNIMO - PARANÁ Grupo 1 R$ 708,74 Trab.s na agricultura. Grupo 2 R$ 736,00 Serviços administrativos, domésticos e gerais, vendedores e trab. de reparação.

Grupo 3 R$ 763,26 Trab. produção de bens e serviços industriais Grupo 4 R$ 817,78 Técnicos nível médio. * Valores válidos de maio/2011 a abril/2012

09/01/12

SOJA - saca 60kg PRAÇA Paranaguá Ponta Grossa Maringá Cascavel Sudoeste Guarapuava

TRIGO - saca 60kg

R$ 51,50 49,00 48,00 48,00 48,00 48,00

SEM 3,0% 3,2% 3,2% 3,2% 3,2% 3,2%

30 d. 13,2% 12,6% 10,3% 11,6% 10,3% 10,3%

15,4% 20,0% 16,0% 20,8% 20,8% 23,4%

22,4% 33,3% 31,8% 31,8% 28,9% 28,9%

MILHO - saca 60kg Paranaguá Sudoeste Cascavel Maringá Ponta Grossa Guarapuava

30,00 30,00 29,00 29,00 29,00 29,00

PRAÇA Curitiba Ponta Grossa Maringá Cascavel

R$ 27,50 27,00 27,00 27,00

SEM 0,0% 0,0% 0,0% 0,0%

30 d. 0,0% 0,0% 0,0% 0,0%

INDICADORES CEPEA/ESALQ PRODUTO Bezerro (1) Boi gordo (2) Café (3) Algodão (4)

R$ 726,86 98,88 488,41 166,91

DIA MÊS 0,00% -1,33% 0,74% -2,63% 1,35% 0,66% 0,15% 1,43%

1- preço médio no MS, unid. de 8 a 12 meses; 2 -média à vista da arroba no Estado de SP; 3 - valor à vista saca 60kg posto SP Capital, arábica, bica corrida, tipo 6; 4 - em pluma, cent/R$ por libra-peso (453 gr), posto SP Capital.

Soja, milho e trigo: fonte Dossiê:Dinheiro; Cepea/Esalq: mais informações em www.cepea.esalq.usp.br

PREÇO AO PRODUTOR Produto

unidade

SOJA saca 60 kg MILHO saca 60 kg TRIGO saca 60 kg FEIJÃO CAR. saca 60 kg BOI GORDO arroba, em pé SUÍNO kg, vivo FRANGO kg, vivo CAFÉ BEN. beb. dura, 60kg CAFÉ kg, em coco

média PR - R$ 43,26 21,88 23,36 113,12 96,63 2,49 1,77 435,95 6,96

05/01/12 var. diária 0,2% 0,8% -0,2% 3,2% 0,1% 0,0% 0,0% -0,2% -0,7%

var. 7 dias 2,2% 1,3% -0,6% 4,9% 0,2% -1,6% -4,8% 0,2% -0,4%

var. 30 dias 6,7% 7,6% -1,8% 19,6% -0,8% -0,4% -2,2% -2,1% -2,8%

C.Proc. R$ 42,80 21,30 23,00 97,00 2,60 420,00 7,15

Jacar. R$ 44,00 23,60 25,90 130,00 94,00 2,80 2,10 440,00 6,70

Fonte: Sima/Deral/Seab. Os preços nas praças referem-se aos valores “mais comuns” apurados

MERCADO FUTURO BOLSA DE CHICAGO (CBOT) SOJA - US$cents por bushel (27,216 kg)

MILHO

Cont. FECH. jan/12 1.225,75 mar/12 1.233,00

Cont. mar/12 mai/12

*DIF. 1 SEM. 1 MÊS 36,25 2,3% 10,7% 36,50 2,1% 10,4%

09/01/12 - US$cents por bushel (25,4 kg)

FECH. 652,00 659,50

*DIF. 1 SEM. 1 MÊS 8,50 0,9% 9,7% 8,75 0,7% 9,4%

FARELO - US$ por tonelada curta (907,2kg)

TRIGO - US$cents por bushel (25,4 kg)

jan/12 mar/12

mar/12 mai/12

320,20 10,60 323,50 11,10

3,5% 15,6% 3,3% 15,0%

641,75 660,75

17,00 -1,7% 17,00 -1,6%

7,7% 7,0%

*Diferença sobre dia anterior. 1,00 ponto = US$ 0,01 na soja, milho e trigo e US$ 1,00 no farelo

BOLSA DE NOVA YORK (NYBOT) CAFÉ - US$cents/libra peso (0,453 kg)

ALGODÃO

Cont. mar/12 mai/12

Cont. mar/12 mai/12

FECH. 221,85 224,65

*DIF. 1 SEM. 1 MÊS 0,10 -2,2% -1,2% 0,10 -2,2% -1,4%

09/01/12 - US$cents/libra peso (0,453 kg)

FECH. 96,44 96,12

*DIF. 1 SEM. 1 MÊS 0,58 5,1% 6,6% 0,60 4,8% 6,7%

*Diferença s/ dia anterior. 1,00 ponto = US$ 0,01 no café e algodão.

BOLSA DE MERCADORIAS DE SÃO PAULO (BM&F) MILHO - R$/saca 60 kg SOJA FINANCEIRO - US$ saca 60 kg Cont. jan/12 mai/12

C 28,04

VP 0,44

CN CA 235 2.635

BOI GORDO - R$/arroba jan/12 out/12

96,85 100,78

0,00 0,08

Cont. jan/12 mar/12

C 31,24 28,91

VP -0,08 0,19

09/01/12 CN CA 260 2.950 558 5.683

CAFÉ - US$/saca 60 kg (arábica) 832 3.168 5 2.402

mar/12 298,85 set/12 285,75

-0,45 1,45

1.060 45

3.145 2.854

C-cotação de fechamento (ajuste diário); VP-variação diária (1 ponto = US$ 1,00 ou R$ 1,00); CN - contratos negociados no dia; CA-contratos em aberto.


Geral A-5

TRIBUNA DO VALE

Quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

Paraná ganhou mais de mil carros novos por dia em 2011 FROTA Vendas de ônibus lideraram crescimento, 40% a mais que em 2012

Paraná Online

Mais de mil veículos novos invadiram as ruas do Paraná por dia em 2011. De janeiro a dezembro do ano passado, foram comercializadas 376.325 unidades no Estado, o que representa um incremento de 5,6% em relação às 356.312 unidades comercializadas em igual período de 2010. Os dados são da Fenabrave-PR (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores - Regional Paraná;) e do Sincodiv-PR (Sindicato dos Concessionários e Distribuidores de Veículos no Estado do Paraná). A venda de automóveis de passeio totalizou 201.852 unidades no Estado no último ano, o que indica um acréscimo de 3,71% sobre as 194.625 unidades comercializadas em 2010. Já o segmento de comerciais leves expandiu 19,54%, passando de 51.216 para 61.224 unidades. As transações com caminhões avançaram 12,02% - de 14.987 para 16.789 unidades. Porém o maior aumento foi verificado

Estado teve aumento de 5,6% em relação à veículos comercializado em igual período de 2010.

no setor de ônibus 40,50%, com salto de 1.568 para 2.203 unidades. O Paraná registrou ainda a venda de 78.619 motos, o que representa uma ligeira retração (-1,49%) em relação Às 79.806 comercializadas em 2010. Outro ramo com queda foi o de implementos rodoviário que encolheu 1,69% - de 8.771 para 8.623 máquinas. De acordo com o presidente do Sincodiv-PR e diretor-geral da Fenabrave-PR, Helmuth Altheim, o crescimento no ano passado está dentro do esperado

para o setor e, com a estabilidade econômica devem se repetir neste ano. “Os emplacamentos de veículos no Paraná em 2012 devem oscilar entre 4% e 6% e os fatores que devem contribuir para os bons resultados do ano são a queda das taxas de juros e oferta de crédito (com a retirada das medidas macroprudenciais do Executivo federal), crescimento do poder aquisitivo da população; o devido ao aumento do salário mínimo, consequentemente, queda da inadimplência”, aponta.

Para Altheim, ainda é difícil prever qualquer reflexo da crise europeia nos negócios brasileiros. “Possivelmente, o Brasil sofra em produção e vendas com as dificuldades internacionais. Entretanto, aguardamos decisões da União Européia para modificar as projeções automotivas, até porque o Brasil mantém-se em crescimento substancial frente aos demais mercados”, avalia. Ele acrescenta que no segmento da distribuição de veículos a absorção interna ainda é bastante

grande. “Apenas no Estado do Paraná, média dia de vendas foi de 31 mil unidades por mês em 2011”, cita Para janeiro e fevereiro, o setor prevê estagnação no mercado de automóveis, o que é tradicional, devido aos gastos com IPTU, IPVA, renovação de seguros, matrículas escolares, entre outros. Por causa do aumento do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) para os modelos importados, os nacionais deverão ser os mais procurados, segundo a Fenabrave-PR.

 PROFICE

Programa do governo incentivará cultura no estado Agência Estadual

O Programa Estadual de Fomento e Incentivo à Cultura (Profice), desenvolvido pela Secretaria Estadual da Cultura, começa a vigorar este ano. Serão elaborados editais para a escolha dos projetos culturais. Eles deverão estar enquadrados nas áreas de artes visuais, audiovisual, circo, dança, literatura, música, ópera, patrimônio cultural, culturas populares e teatro. O Profice, lei n.º 17.043, sancionado pelo governador Beto Richa, e a criação do Conselho Estadual de Cultura (Consec) dão mais ferramentas para estimular a produção artística

do Estado. “Nosso projeto é descentralizar a cultura e incentivar o trabalho dos artistas do Estado”, explica o secretário de Estado da Cultura, Paulino Viapiana. O decreto assinado concretiza o trabalho feito durante o ano passado, com a 20 audiências públicas em 18 cidades, para que os paranaenses pudessem conhecer e opinar sobre as propostas. Para iniciar as atividades do programa, o Consec deve estar formado e em atividade. Assim como em outros Estados, o conselho será um órgão colegiado da estrutura organizacional básica da Secretaria Estadual da Cultura e permitirá

Profice vai contar com artes visuais, circo e dança

que a sociedade participe na formulação de políticas públicas. A Secretaria elabora o calendário das nove conferências para escolher os representantes se-

toriais e conselheiros regionais que farão parte do Consec. De caráter consultivo, normativo, deliberativo e fiscalizador, o conselho terá

como atribuições participar da elaboração e acompanhar a execução do Plano Estadual de Cultura, participar da formulação do Plano Anual de Ações, definir e aprovar os editais do Profice e cooperar com os conselhos de política cultural nas esferas municipal, estadual e federal. A criação do conselho era um pedido antigo da comunidade cultural e faz parte das metas de governo. A participação nas conferências irá garantir a representatividade necessária para que o Consec contribua para as ações que serão desenvolvidas no Estado.

 SAÚDE

Secretário Michele Caputo retoma reuniões gerenciais Agência Estadual

O secretário Michele Caputo Neto retomou na última segunda-feira, dia 9, as reuniões gerenciais para discussão e encaminhamento de assuntos de interesse da Saúde do Estado. Participam do encontro semanal todos os superintendentes, diretores e assessores da secretaria. Na primeira reunião do ano, o secretário fez um breve balanço das ações de 2011 e discutiu os projetos estratégicos para este ano. “Apesar do orçamento ruim que recebemos, 2011 foi um ano de grandes realizações para a Saúde estadual. Com o primeiro orçamento desta gestão, que contempla R$ 340 milhões a mais para nossa pasta, poderemos fazer muito mais”, disse. Já na próxima semana, o governador Beto Richa entrega 800 computadores, 250 impressoras e 50 notebooks para a secretaria. As Regionais de Saúde e o nível central da Sesa irão renovar 40% dos equipamentos de informática de toda a rede. A estruturação das 22 regionais de saúde e a melhoria das condições de trabalho dos servidores também foi discutida na reunião. Já estão em fase de projetos a construção dos Hemonúcleos e Unidades de Coleta de Paranavaí, Cianorte e Telêmaco Borba, além da ampliação da unidade de coleta de Paranaguá. Também estão previstas ampliação de cinco regionais, com melhorias de acessibilidade. As Farmácias do Paraná e os Centros de Especialidades também serão implantados este ano, além dos CETRADs (Centros de Tratamento de Álcool e Drogas), que deverão ser implantados em Cascavel e na região metropolitana de Curitiba. Outros assuntos abordados: situação da Dengue no Estado, Operação Verão, SAMUs Regionais, Reforma do Hospital Adauto Botelho, contratação de 1.233 servidores, capacitação de profissionais pelo APSUS, implantação do Programa Mãe Paranaense, ampliação do Hospital Regional do Litoral, entre outros assuntos. As reuniões gerenciais acontecem toda segunda pela manhã no gabinete do secretário.

 SANEAMENTO

Ações da Sanepar foram as mais valorizadas do Paraná em 2011 Agência Estado

As ações da Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar), controlada pelo Governo do Estado, tiveram valorização de 65,92% em 2011. Foi a 15ª maior alta entre as empresas brasileiras durante o ano e a maior entre as companhias paranaenses com ações em bolsa. Em dezembro de 2011, a ação da Sanepar fechou o ano a R$ 4,93, bem acima dos R$ 2,92 do mesmo mês de 2010. O bom desempenho das ações da Sanepar também se confirma quando comparado com outros indicadores da economia. No ano passado, o Ibovespa (que mede o resultado das ações mais negociadas no mercado nacional) caiu 18%, a inflação cresceu 6,5%, o dólar teve valorização de 12,3% e o ouro, de 15,8%. “É um reflexo da confiança no Governo do Estado e no trabalho que desenvolvemos ao longo do ano, quando voltamos a ser uma empresa ativa e forte”,

afirma o presidente da Sanepar, Fernando Ghignone. A diretoria ampliou canais de relacionamento com clientes, prefeituras e acionistas, priorizando a transparência nas informações. “Estamos presentes nos municípios com projetos, obras e investimentos que melhoraram a qualidade de vida das pessoas em todo o Paraná”, diz o diretor de Relações com Investidores da companhia, Ezequias Moreira Rodrigues. COMPOSIÇÃO ACIONÁRIA – A Sanepar é uma empresa pública, controlada pelo Governo do Estado do Paraná. O governo está presente no capital da companhia de forma direta, com 60% das ações, e por meio da Copel, outra empresa estatal. A Copel detém 45% do Dominó, grupo proprietário de 39,7% das ações da Sanepar. Outros integrantes do Dominó são o Daleth, grupo que reúne fundos de pensão de empresas públicas nacionais, como BN-

AEN

Fernando Ghignone, bom desempenho das ações reflexo da confiança no Governo do Estado

DES, Caixa Econômica Federal, Banco Central e Banco do Brasil, e a empresa brasileira Andrade Gutierrez. Os demais acionistas, como BRDE e investidores pessoais, têm 0,3% do capital. PROGRAMA DE OBRAS – Em 2011, a Sanepar desenvolveu

um amplo programa de obras para melhorar as condições de saneamento dos municípios paranaenses em que atua. No total, 203 cidades foram atendidas pela empresa. Destas, 63 tiveram 97 obras concluídas. Em outras 140 localidades, existem 241 projetos

em andamento. Mais 114 obras, em 76 municípios, tiveram os processos de licitação abertos. A Sanepar atende 345 municípios no Paraná e um em Santa Catarina. No ano passado, a empresa criou uma força-tarefa técnica, com 120 engenheiros e projetistas,

para acelerar o desenvolvimento e a readequação de projetos e o andamento de obras em todo o Paraná. Os resultados já aparecem. “O Estado tem indicadores de saneamento bem acima da média nacional, principalmente nas grandes concentrações urbanas. Queremos elevar esses números melhorando os indicadores também nos municípios menores”, diz Ghignone. Pequenos Municípios Municípios com menos de 50 mil habitantes são os que menos possuem infraestrutura de saneamento no Brasil, por falta de recursos financeiros próprios e de linhas de financiamento para obras. Em dezembro, projetos da Sanepar garantiram R$ 260 milhões do Plano de Aceleração do Crescimento (PAC), do governo federal, para ampliação e implantação de redes de água e esgoto em 54 municípios paranaenses com menos de 50 mil habitantes.


A-6 Cotidiano

TRIBUNA DO VALE

Quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

Acidente entre carro e caminhão deixa um morto na rodovia BR-153 IBAITI Maciel Cardoso, 60, é a nona vítima do trevo entre Japira-Ibaiti; moradores cobram solução Celso Felizardo

Um homem morreu na manhã de ontem em um grave acidente entre um carro e um caminhão no k m 1 0 5 d a B R- 1 5 3 , e m Ibaiti. Maciel Cardoso, 60 anos, que trafegava em um VW Gol acompanhado do filho, Cirley Cardoso, 37, saiu de Jaboti, município vizinho, e quando foi atra-

vessar o trevo de acesso a Ibaiti, foi atingido pelo caminhão VW 16.300, com p l a c a s d e Maj o r Vi e i r a (SC), conduzido por Marcos Borges Fernandes, 41. O motorista do Gol chegou a s e r e nc am i n h a d o pelo Samu ao Hospital de Ibaiti, porém não resistiu aos ferimentos e morreu por volta das 8h30. O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico-Legal (IML) em Jacarezinho. O filho saiu ileso. O caminhão estava carregado com placas de compensados de madeira que seriam entregues em Bauru (SP). Segundo Fernandes, o carro cruzou a pista rapidamente e ele não teve tempo de desviar. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) atendeu a ocorrência. O delegado Pedro Dini Neto, da 37ª Delegacia Regional de Polícia (DRP) de Ibaiti instaurou inquérito para apurar

Gilson Santos

Apesar dos estragos no caminhão, o motorista Marcos Borges Fernandes, 41, não teve ferimentos

as causas do acidente. Esta é a 9ª morte registrada no trevo nos últimos cinco anos. Como o trevo

TRÂNSITO

p o ssu i b o a v is ibi l i d a d e, ninguém sabe ao certo o motivo da ocorrência de tantos acidentes. Alguns

protestos foram iniciados, como o da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de Ibaiti, que resolveu se

mobilizar e cobrar uma solução. As medidas indicadas pela população vão desde colocar redutores de velocidade na pista, radares, sinalizadores. Para o motorista João Caldas, 39 anos, o trevo é b em sinalizado e tem um bom campo de visão, p orém o fato de cr uzar uma rodovia federal movimentada requer cuidados extras. “Creio que a impl ant aç ão de s onor izadores e mais placas de advertência resolveriam o problema, pois prevenção nunca é demais”. Em fevereiro de 2010, a morte do padre de Japira, Antônio Pereira Anchieta, em um acidente no trevo chocou a sociedade. Outro a c i d e nt e , m e s e s d e p oi s matou cinco pessoas. Por fim, em dezembro de 2010, a vítima foi Regina Aparecida Batista, de 41 anos.

INVESTIGAÇÕES

Moradores reclamam de excesso Richa determina rigor na apuração de velocidade no Jardim Moralina de fraudes em postos de combustíveis Agência Estadual de Notícias

Motoristas não respeitam sinalização no cruzamento entre as ruas Ivo Farto Brito e Orquídeas Celso Felizardo

Excesso de velocidade, desrespeito à preferencial e animais soltos pelas ruas. O bairro Jardim Moralina, periferia de Santo Antônio da Platina, antes pacato, começa a se transformar com os efeitos colaterais trazido pela infraestrutura. Há seis meses, as principais ruas do bairro ganharam asfalto que melhoram a qualidade de vida da população. Porém segundo os moradores, o trânsito virou um caos. Três acidentes relacionados a excesso de velocidade foram registrados nos últimos quatro meses.

O comerciante Osvaldo da Silva, 58 anos, mais conhecido como Foguinho, há 19 anos tem uma mercearia na esquina entre as ruas Ivo Farto Brito e Orquídeas. Ele comemorou a pavimentação, mas cobra fiscalização no que, segundo ele, está uma baderna. “Ninguém respeita sinalização, os motoristas passam ‘voando’ por aqui, esses dias um deles até quebrou uma ‘tartatuga’ com o assoalho do carro”, conta. “Se os policiais ficassem escondidos fiscalizando esse cruzamento lá pelas 17 horas, iriam multar todos que passassem”, diz. As crianças, que antes

brincavam nas ruas, hoje não ficam nem nas calçadas. “Com esses malucos que passam correndo por aqui não tem jeito de deixar criança brincar fora de casa não, até pra adulto está perigoso. Agora diversão é do portão pra dentro”, diz uma dona de casa. Outro problema grave é a presença de vacas e cavalos soltos pelas ruas. Na tarde de ontem, a equipe de reportagem flagrou 11 cavalos pastando na rua Ivo Farto Brito. “Todo dia é a mesma coisa e cada vez aparece mais, é a tropa toda”, ironiza Foguinho.

PRECARIEDADE

Casos de tuberculose e sarna interditam delegacia em Sarandi G1 PR

A delegacia de Sarandi, município da região de Maringá, no norte do Paraná, foi interditada por 90 dias pela Vigilância Sanitária na tarde de ontem. Em 2010, houve surto de escabiose – conhecida popularmente como sarna. Em 2011, foram registrados casos de tuberculose e neste ano outros cinco foram confirmados. Na avaliação da Vigilância Sanitária o local está insalubre. “Falta iluminação, ventilação, tem infiltração e os banheiros não são adequados”, enumerou o diretor

administrativo do órgão, Celso Ricardo Paraná. O ambiente, acrescentou o diretor, é propício para proliferação de doenças contagiosas já que a delegacia que possui capacidade para abrigar 60 presos está com 192. “Não tem condições, mesmo” enfatizou o delegado José Mauricio Filho. Segundo ele, cadeias não são bonitas e não tem banheiros adequados. “Quem não conhece uma cadeia, entra e se assusta, mas cadeia não é bonita. Acho que ele nunca tinha entrado [em uma delegacia]”, afirmou o delegado se referindo ao diretor da Vigilância

Sanitária. O delegado disse que o prédio da delegacia está em boas condições. Em entrevista ao G1, José Maurício Filho relatou que há cinco anos não há fuga de presos. “Não falta água, não falta comida e a estrutura das celas é boa. O problema, eu resumo, à superlotação”, disse o delegado. Segundo José Maurício Filho, a prefeitura de Sarandi cedeu um terreno para a construção de uma nova delegacia e a Secretaria de Segurança Pública deve liberar recursos ainda este ano.

O governador Beto Richa determinou na segundafeira, 9, apuração rigorosa das denúncias de fraudes na venda de combustíveis em postos do Paraná. Segundo ele, o Instituto de Pesos e Medidas (Ipem) e as secretarias de Segurança Pública e Fazenda vão investigar a atuação de pessoas e empresas que agem contra os direitos do consumidor. Richa afirmou que haverá uma investigação sobre uma suposta participação de servidores públicos estaduais no esquema criminoso conforme afirmou um dos personagens mostrados pelo programa Fantástico, na edição do último domingo. “Não recebi nenhuma denúncia. Vamos investigar esta situação e agir com rapidez. Sendo confirmada, haverá demissão sumária. Sou intransigente com desvios de conduta e intolerante com a falta de ética. Se houver responsáveis, vamos punir de forma exemplar”, disse o governador Beto Richa. O governador reforçou que toda a estrutura de governo deve estar mobilizada para garantir os interesses

dos consumidores e destacou que o governo estadual vem realizando fiscalizações constantes no setor de combustíveis. Na última semana de 2011, três postos de combustíveis em Londrina e um em Curitiba foram multados, no valor total de R$ 28 mil, durante a operação Bomba Legal. Realizada por fiscais do Instituto de Pesos e Medidas (Ipem) e auditores da Receita Estadual a ação teve por objetivo verificar a regularidade fiscal e operacional dos postos. O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) também participou da fiscalização que teve a cooperação técnica do Comitê Sul-Brasileiro de Qualidade de Combustíveis. Na época, os agentes inspecionaram também um componente eletrônico instalado nas bombas que indica a quantidade de combustível colocado em cada veículo. Segundo o diretor presidente do Ipem, Rubico Camargo, na ocasião ficou constatada a facilidade de manipulação do sistema que controla o volume comercializado e poderia facilitar a fraude. Camargo disse que a situação será discutida com o

Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), responsável pela aferição da regularidade das bombas de combustíveis. Ele adiantou que o Ipem pretende testar um novo dispositivo de memória eletrônica (Eprom) destes equipamentos. “É intenção dos órgãos fiscais e de defesa do consumidor tornar obrigatória a utilização desses dispositivos para garantir um controle mais efetivo do volume comercializado”, disse. Também em dezembro, o juiz Marcos Vinícius da Rocha Loures Demchuk, da 5ª Vara da Fazenda Pública, aceitou pedido da Secretaria da Fazenda e determinou a penhora de nafta pertencente a duas empresas distribuidoras e refinarias, para cobrir dívida de R$ 14 milhões. Em outra decisão judicial, a distribuidora de combustíveis Cosmos teve cancelada liminar que permitia continuar funcionando. A empresa funcionava no endereço de outra distribuidora, a Ocidental, uma das cinco que já tiveram a inscrição estadual cancelada. As empresas têm uma dívida com os cofres estaduais que ultrapassa R$ 460 milhões.

JUSTIÇA

Índice de evasão de presos em liberdade temporária fica em 5,2% Agência Estadual de Notícias

A Secretaria da Justiça, Cidadania e Direitos Humanos do Paraná informou, ontem, que 2.302 dos 2.429 presos do regime semiaberto, que ganharam liberdade temporária para as festas de fim de ano, retornaram aos respectivos estabelecimentos penais. Até o fim da tarde de segunda-feira (09), prazo final dado pela Justiça para o retorno dos presos, 127 deles não retornaram e são considerados foragidos. Neste número, ainda não estão incluídos os que reincidiram no crime e foram detidos pela polícia ou aqueles que morreram durante

esse período. O percentual de internos que não retornaram da liberdade temporária neste ano foi de 5,2%, menos que no ano anterior, quando 5,8% dos presos não voltaram voluntariamente às respectivas unidades, conforme explicou Maurício Kuehne, diretor-geral do Departamento Penitenciário do Paraná - Depen. Em dezembro de 2010, ganharam liberdade temporária 2.444 presos e 143 deles não retornam às unidades penais. Os presos cuja liberdade foi autorizada pelo Poder Judiciário são detentos de 14 unidades penais. “Três delas registraram taxa zero de fuga. Retornam

todos os 114 presos da Penitenciária Industrial de Cascavel, os 21 da Casa de Custódia de Londrina e os 17 da Casa de Custódia de Maringá”, afirma Kuehne. As liberações variaram de 3 a 12 dias, de acordo com a situação de cada detento, e iniciaram entre os dias 22 e 30 de dezembro. A partir desta quarta-feira (11), cada diretor de estabelecimento penal informará oficialmente os nomes dos presos foragidos ao respectivo juiz, que tomará as providências. “O mais comum nesses casos que é seja expedido novo mandado de prisão”, reitera o diretor do Depen.


Esporte A-7

TRIBUNA DO VALE

Quarta-feira, 11 de janeiro de 2012 Devido do baixo número de contratações para a temporada 2012, o técnico Dorival Jr realizou poucas alterações no primeiro time titular do Inter, em seu primeiro trabalho coletivo na temporada. A única novidade em relação a 2011 foi a presença de Dagoberto no ataque, ao lado de Leandro Damião.

A primeira entrevista coletiva do técnico Leão na temporada 2012 ocorreu ontem, logo após o treino técnico. Ainda molhado, já que preferiu atender à imprensa ao invés de tomar uma ducha, o comandante do São Paulo brincou sobre o retorno do atacante Luís Fabiano que, para ele, ainda não mostrou serviço.

Luxemburgo: Os jogadores não são marqueteiros, são profissionais

Arquivo

POLÊMICA Técnico do Flamengo sai em defesa do grupo e condena vice de finanças Michel Levy Globoesporte.com

A guerra está declarada e cada um com suas armas. A declaração do vice-presidente de finanças do Flamengo, Michel Levy, de que “um ou dois marqueteiros estão fazendo barulho” em referência aos jogadores por conta das pendências financeiras gerou reação do grupo, que se recusou a dar entrevistas. E Vanderlei Luxemburgo, que tem atrito constante com Levy, tentou amenizar a crise interna entre grupo e diretoria, mas deixou clara sua insatisfação com o departamento financeiro. “Tem muita coisa à flor da pele, se não tiver cuidado vai tudo para o espaço. As entrevistas dos jogadores (sobre os atrasados), a declaração do vice financeiro Michel Levy... Se partir para o confronto, não vai chegar a lugar nenhum.

Os jogadores estão se empenhando, mas é um direito inalienado de todo cidadão brasileiro reivindicar seus direitos, e o clube tem algumas pendências com os jogadores. Foi um pouco de infelicidade da declaração do Michel Levy de que tem marqueteiros de plantão, essas coisas. Os jogadores são profissionais. Também sei que a Patrícia (Amorim, presidente) está buscando recursos para cumprir seus compromissos. Não quero que meus jogadores sejam chamados de marqueteiros, eles são profissionais”, afirmou Vanderlei Luxemburgo. Vanderlei destacou que, caso as coisas estivessem bem, o assunto seria outro. “Se tivéssemos contratado jogadores e sem atraso de luvas, a conversa seria outra. Os jogadores estão certos em falar (sobre dívida). Eles não são mercenários, falaram a verdade. Os jogadores que falaram estão certos, e sei que o clube vai cumprir, mas, quanto mais rápido, melhor para evitar esse confronto. O desconforto vai acontecer, como tem sido agora, mas não pode virar uma crise. Sinto que não tem atrapalhado o trabalho”, afirmou o treinador. Certo é que grande parte dos jogadores não engoliu a posição do vice de finanças,

Os jogadores estão certos em falar sobre dívida. Eles não são mercenários, falaram a verdade”

Técnico do Flamengo, Luxemburgo defendeu os atletas sobre atraso de salários e pagamento de luvas

que disse não haver crise. Os atletas questionam ainda a falta de uma satisfação por conta do atraso, já que nenhum dirigente rubro-negro conversou com o grupo sobre a questão das dívidas. A crise interna deixa o clima pesado. Durante a entrevista, Vanderlei defendeu a presidente Patricia Amorim

e alfinetou Levy. Questionado se a situação dos atrasados incomoda e o impediria de fazer cobranças, Vanderlei explicou: “Você fica mais experiente, toma decisões com mais calma. Eu continuo incomodado, foi uma reivindicação que fiz a Patricia quando cheguei ao clube em outubro de 2010, que para cobrar dos jogadores é

importante eles estarem com os compromissos em dia, senão cria esse desconforto. Isso é ruim. Cobro sempre deles, brigo por eles. Não estou satisfeito, poderia ser diferente. Às vezes, você fica tolhido de cobrar, o cara pode dar uma resposta atravessada. Precisamos de agilidade”, completou o treinador.

BASTIDORES

Daniel Carvalho chega ao Verdão confiante em recuperar bom futebol Arquivo

Lancenet

O meia Daniel Carvalho foi apresentado pelo Palmeiras ontem e demonstrou confiança já em sua primeira entrevista como atleta do Verdão. Ao lado do presidente do Verdão, Arnaldo Tirone, e do vice, Roberto Frizzo, ele afirmou que recuperará o bom futebol no clube e acredita no potencial dele para ter essa certeza. “A intenção é essa, tentar crescer, jogar como joguei no passado e como encerrei 2011, que foi muito bom. Vou tentar crescer junto com o time. Sabemos que passou por dificuldades ano passado, eu passei também, tomara que seja um ano feliz para nós dois”, falou o atacante, que assinou contrato

Daniel Carvalho esbanjou confiança ao ser apresentado ontem, ao lado do presidente Tirone

até 31 de dezembro com possibilidade de prorrogação por mais duas temporadas. “Confio em mim. Não me preocupo com que os outros pensam. É legal ver essa crítica sobre meu peso, de não ser mais o mesmo, me dá

força maior para mostrar que estão errados. Quem quiser falar mal ou bem, pode falar. Não desaprendi a jogar e sei que vou dar muitas alegrias e corresponder a toda essa expectativa da diretoria e comissão”, declarou.

PREFEITURA MUNICIPAL DE BARRA DO JACARÉ - PARANÁ ERRATA:RETIFICO O OBJETO DO EXTRATO DE CONTRATO Nº. 001/2012, FICANDO SEM EFEITO A PUBLICAÇÃO DATADA DE 10/01/2012. Partes: MUNICÍPIO DE BARRA DO JACARÉ/PR E A EMPRESA COMÉRCIO DE COMBUSTÍVEIS BARRA DO JACARÉ LTDA. CNPJ-79.713.020/0001-60. Objeto: Fornecimento de Combustíveis (Diesel, Gasolina e Etanol), para a frota municipal.

Valor: R$ 688.835,00 (seiscentos oitenta e oito mil, oitocentos trinta cinco reais). Duração: 12 (doze) meses. Data da Assinatura: 09/01/2012. Foro: Comarca de Andirá – PR EDIMAR DE FREITAS ALBONETI - Prefeito Municipal

Questionado se ele seria o camarão tão pedido por Luiz Felipe Scolari, o jogador de 28 anos se esquivou e projetou boas exibições com a camisa alviverde. “Me considero de qualidade, tenho minha função com que posso colaborar. Não

sou salvador da pátria, mas se eu jogar o que terminei o ano passado, acho que o clube fez um bom investimento. Tomara que eu possa mostrar meu talento e o torcedor ficar feliz com o que eu apresentar”, declarou, antes de rasgar elogios a Scolari. “Satisfação trabalhar com ele, Felipão é uma grande pessoa, sabemos da história dele. Qualquer um gostaria de trabalhar com ele, vou tentar aprender ao máximo. O grupo é de qualidade. Ano passado não encaixou, mas esse ano é diferente, espero que todos andem no mesmo ritmo e a gente consiga o objetivo. Todos estão confiantes, esperam conseguir objetivos, que alcancem as metas, com esse grupo vai conseguir o objetivo primeiro no Paulista”, completou.

PREFEITURA MUNICIPAL DE ANDIRA EDITAL Nº 001/2012 CRC – CERTIFICADO DE REGISTRO CADASTRAL A Prefeitura Municipal de Andirá – Estado do Paraná comunica às empresa individuais e às pessoas jurídicas que, o Departamento de Compras/Licitação estará recebendo solicitações para emissão de Certificado de Registro Cadastral da Prefeitura do Município de Andirá – Paraná para efeito de participarem de licitações na modalidade de Tomada de Preços e Concorrência Pública, que venham a ser realizadas por esta Prefeitura, ou para outros fins. Andirá, 06 de janeiro de 2012 ALLAN PIERRE BARBEZANI PRESIDENTE DA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DE RIBEIRÃO DO PINHAL. Ficou notado no Cartório de Registro de Títulos e Documentos da Comarca de Ribeirão do Pinhal, apontado sob o número 11.029 e registrado sob o número 1.776 na data de 10.01.2012 a Ata de Reunião nº. 01/2012 do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Ribeirão do Pinhal, onde elegeu os membros da atual diretoria: Presidente: Marluce Marcelino P. Coutinho; Suplente: Marisa de Jesus; Tesoureiro: Carlos Alexandre Braz. Suplente: Karina Keli S. Valim; Secretária: Lucilene de Cássia Siqueira Silva e Suplente: Lucilei Rosa Lopes. Ribeirão do Pinhal, em 10 de dezembro de 2012.

N OTAS Amistoso contra Hermanos A Federação Argent i n a d e Fute b ol ( A FA ) anu n c i ou p or m e i o d e seu site oficial que a seleção portenha enfrentará o Brasil em um amistoso organizado nos Estados Unidos, no dia 9 d e j u n h o. A p a r t i d a s e r i a d isput a d a no e s tádio MetLife, em Nova Jersey, mas pelo menos por enquanto não foi confirmada pela CBF. Cristian! O técnico Tite aderiu à campanha que pretende colocar o volante Cristian novamente no Corinthians. Ontem ele abriu mão de sua postura conservadora em relação a possíveis contratações do clube e não titubeou ao apontar o jogador do Fenerbahce, da Turquia, como um sonho de consumo. Valorizado O zagueiro Chicão continua em baixa no C orinthians. Enquanto seus companheiros treinaram no gramado do CT Joaquim Grava na manhã de ontem, o antigo capitão do time permaneceu nas salas de fisioterapia e musculação do clube. Publicamente, no entanto, ele ainda é valorizado pelo técnico Tite. Reizinho de volta Um dos maiores ídolos da torcida vascaína, o meia Juninho Pernambucano já se uniu ao restante do elenco cruz-maltino em Atibaia, interior de São Paulo. Na manhã de ontem, o atleta participou das atividades físicas e será integrado ao grupo que vem realizando treinamentos sob o comando de Cristóvão Borges. Só uma opção O treino de finalizações do São Paulo teve um desfalque do lado direito na chuvosa manhã de ontem, no Centro de Formação de Atletas em Cotia. Enquanto Cortês e Juan cruzavam bolas da esquerda, apenas Piris corria para fazer isso do outro lado. Sem Jean, que foi vendido para o Fluminense, o Tricolor paulista tem apenas uma opção para a ala. Gordo, mas pronto Na primeira entrevista como jogador do Palmeiras, Daniel Carvalho rejeitou esconder a realidade: o reforço se apresentou acima do peso. Ainda assim, ele assegura que não terá grandes problemas em buscar a forma ideal no Palestra Itália. Novela continua No final de dezembro, Flamengo e Traffic anunciaram o acer to verbal em relação ao pagamento dos salários atrasados do meia-atacante Ronaldinho Gaúcho. A assinatura do acordo, que selaria a negociação e deveria ocorrer na última segunda-feira, foi adiada, sem uma nova data para que as partes finalizem o acerto.


cmyb

A-8 Região

TRIBUNA DO VALE

Quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

Após espera de 5 anos, professores começam a trabalhar em fevereiro EDUCAÇÃO Aulas já foram distribuídas em 2011 e professores já se preparam para Semana Pedagógica Maurício Reale

Os 423 professores convocados pela Secretaria Estadual da Educação (SEED) através dos Núcleos Regionais de Educação (NRE) da região já se preparam para participar da Semana Pedagógica em fevereiro. Os profissionais chamados foram classificados no concurso realizado em 2007 e serão nomeados por decreto que deve ser publicado dia 16 de janeiro. As aulas já foram distribuídas e, em todo o Estado, foram

chamados mais de 11 mil professores. Segundo a chefe do NRE de Jacarezinho, Silvia Regina de Souza, a distribuição prévia das aulas vai facilitar o início do ano letivo. “Este ano os professores já sabem onde vão lecionar e estão mais tranquilos, já que as aulas foram distribuídas no fim de 2011”, afirmou. Também em 2011 foram realizadas as inscrições para contratação de professores, pedagogos e funcionários pelo Processo Seletivo Simplificado (PSS). “Sempre serão necessários professores contratados pelo PSS já que muitos professores concursados desempenham outras funções e, por isso, não podem ficar em sala de aula”, explica a professora Luciane Andrea Garcia, que trabalha no setor de Recursos Humanos (RH) do NRE de Ibaiti. Mesmo com a antecipação das distribuições das aulas, a SEED recomenda que os diretores de escolas

Antônio de Picolli

Distribuição prévia das aulas vai facilitar trabalho dos novos professores

fiquem atentos à demanda das instituições para que não faltem profissionais. No ano passado, a secretaria nomeou cerca de quatro mil agentes educacionais de apoio para as escolas estaduais. Os funcionários contratados são responsáveis pelos serviços gerais das escolas e do prepa-

ro da merenda para os alunos da rede estadual. Semana Pedagógica A Semana Pedagógica organizada pela Secretaria de Estado da Educação (SEED) para este ano foi dividida em duas etapas. A primeira acontece entre 2 e 7 de fevereiro e a segunda nos dias 19

e 20 de julho. Na ocasião, os professores debaterão temas ligados à área como diversidade, inclusão, educação profissionalizante e educação de jovens e adultos, avaliação escolar, educação integral e atividades complementares, além de sugestões de bibliografia.

Este ano haverá um momento cultural em comemoração ao centenário da escritora paranaense Helena Kolody, com mesas redondas e chats e também o lançamento do programa Pais Presentes na Escola, que propõe a realização de reuniões com a comunidade escolar com o objetivo de aumentar a participação dos pais de alunos na escola. Para o segundo semestre as escolas organizarão suas próprias oficinas, dentro dos interesses e necessid a d e s d e c a d a u n i d a d e. Segundo a diretora do Departamento de Políticas e Programas Educacionais (DPPE) da SEED, Fernanda Scaciota Simões da Silva, a programação para esta etapa será definida na prim e i r a e t ap a d a S e m an a Pedagógica em fevereiro onde professores e diretores terão a oportunidade de trocar experiências e formar opiniões sobre conteúdos próximos à sua realidade.

HABILITAÇÃO

Cursos de reciclagem poderão ser feitos em autoescolas Antônio de Picolli

Maurício Reale

O diretor geral do Departamento de Trânsito do Paraná (Detran-PR), Marcos Traad autorizou, na semana passada, as autoescolas do Estado a ministrarem cursos de reciclagem para motoristas com carteiras suspensas. A medida visa atender o crescimento da demanda em todo o Estado. A expectativa é que, a partir de fevereiro, alguns Centros de Formação de Condutores (CFC) – nome dado às autoescolas credenciadas pelo Detran – já ofertem os cursos. Atualmente há 45 unidades no Estado com salas preparadas para as aulas e 94 instrutores envolvidos.

Sala de autoescola da região: aulas de reciclagem devem começar até maio

Em 2010 havia apenas 46 instrutores. Com a opção das aulas serem ministradas também pelas autoescolas a previsão é que o número de locais para os cursos ultrapassem 900 em todo o Estado e envolvam cerca de cinco mil profissionais. Segundo o chefe da 44ª C ompanhia Regional de Trânsito (Ciretran), Shefferson de Oliveira, a partir de julho de 2011 os cursos de reciclagem – que antes eram realizados em Jacarezinho – passaram a ser feitos também em Santo Antônio da Platina. Desde então 160 pessoas já fizeram o curso. Pelo menos uma vez por mês o curso é realizado na Câmara dos Vereadores e participam, em média, 30 alunos. Para este mês já há 35 alunos inscritos. Como a procura pelo curso é grande, Oliveira vê nas autoescolas mais uma opção para quem precisa fazer o curso. Capacitação Para ter o direito de ministrar as aulas de reciclagem, as autoescolas deverão seguir o paradigma estipulado pelo Detran. O órgão exige que os instrutores sejam treinados por uma equipe do Detran. O material didádico também tem que ser aprovado previamente. Os locais das aulas devem seguir padrões estipulados

pelo órgão. São exigidas câmeras para filmar as aulas e um aparelho que registra a presença dos alunos por biometria – verificação das impressões digitais. As gravações das aulas deverão ser guardadas por cinco anos e ficarão à disposição da Controladoria Regional de Trânsito (CRT). Ivonei Bozi, dono de uma autoescola em Santo Antônio da Platina, diz que já se antecipou às exigências do Detran e mantém uma sala com capacidade para 20 pessoas já dentro das normas exigidas pelo órgão. Ele aguarda agora a documentação para enviar os funcionários que serão treinados pelo Detran para ministrar as aulas. “Acredito que entre abril e maio já teremos condições de oferecer o curso”, prevê. O preço do curso não será tabelado. Atualmente o Detran cobra uma taxa de R$ 69,57. Quem deve fazer o curso O c urs o de re cicl agem é obrigatório para o motor ist a qu e p e rd e u o direito de dirigir ou por ter ultrapassado os 20 pontos n o s e u prontu á r i o nu m período máximo de 12 meses, ou por ter cometido uma infração considerada gravíssima – mesmo não atingindo os 20 pontos. O curso pode ser feito de modo presencial ou à distância e o aluno precisa comprovar 30 horas aula (h/a) sendo 12 h/a de Legislação, 8 h/a de Direção Defensiva, 4 h/a de Noções de Primeiros Socorros e 6 h/a de Relacionamento Interpessoal. A prova contém 30 questões e – para ser aprovado – o aluno tem que acertar 70% delas. O candidato reprovado pela primeira vez poderá realizar nova avaliação e, se reprovado de novo deverá matricular-se para um novo curso de habilitação antes de submeter-se novamente à avaliação. Caso ainda não consiga resultado satisfatório, deverá receber atendimento individualizado a fim de superar suas dificuldades.

cyan magenta yellow black


cmyb

Agronegócio

B-1

TRIBUNA DO VALE

Quarta-feira, 11 d janeiro de 2012

www.tribunadovale.com.br

Exportações do agronegócio sobem 24% em 2011 e batem recorde Divulgação

BOM DESEMPENHOResultados positivos vendas externas fez a balança comercial do setor ter o melhor resultado desde 1997, com destaque para a soja Agência Estado

As exportações brasileiras do agronegócio registraram novo recorde em 2011, somando US$ 94,59 bilhões, valor 24% superior ao alcançado em 2010 (de US$ 76,4 bilhões). A meta do Ministério da Agricultura para 2012 é ultrapassar US$ 100 bilhões, com estimativa de 5,7% de crescimento. As importações brasileiras de produtos agropecuários atingiram US$ 17,08 bilhões (valor 28% superior ao registrado em 2010), resultando em um superávit de US$ 77,51 bilhões na balança comercial do agronegócio de 2011, crescimento de 22,9%. O saldo do setor agropecuário é quase três vezes superior ao acumulado no resultado global da balança comercial brasileira, que fechou o ano de 2011 com superávit de US$ 29,8 bilhões. O bom desempenho fez de 2011 o melhor ano para a balança comercial do agronegócio desde 1997. Os produtos do complexo soja (grão, farelo e óleo) foram os que mais contribuíram para o crescimento nas vendas externas e os que registraram o maior valor de exportação. Complexo sucroalcooleiro e carnes também se destacaram nas expor-

tações. Os principais destinos dos embarques de produtos nacionais foram os mercados da União Europeia, China, Estados Unidos, Rússia e Japão. Destaques Os produtos do complexo soja foram os que mais contribuíram para a expansão das vendas externas em 2011, sendo responsáveis por 38,7% do crescimento total de US$ 18,15 bilhões no agronegócio. Em seguida encontram-se o café (16,4%), os produtos do complexo sucroalcooleiro (13,2%), as carnes (11,1%) e os cereais, farinhas e preparações (8%). Na comparação com 2010, as exportações de soja em grãos cresceram 47,8% em valor (US$ 11,03 bilhões para US$ 16,31 bilhões), devido ao crescimento de 30,3% no preço médio de venda. Em volume, o aumento foi de 13,5%. As exportações de farelo e óleo de soja somaram, respectivamente, US$ 5,69 bilhões e US$ 2,13 bilhões em 2011. O complexo sucroalcooleiro teve receita de US$ 16,18 bilhões com vendas externas em 2011 (17,45% superiores em relação ao ano anterior). O crescimento se deu em função do aumento de 29,9% no preço

Os produtos do complexo da soja foram os que mais contribuíram para o crescimento nas vendas externas

de venda, apesar da queda de 9,6% na quantidade exportada no período (29,52 milhões para 26,70 milhões de toneladas). As carnes foram o terceiro setor de maior exportação, com vendas de US$ 15,64 bilhões, o que representa 14,8% de expansão em relação a 2010. Esse crescimento ocorreu em função da elevação de 16,6% no preço médio do produto, o que compensou uma queda de 1,6% na quantidade exportada em relação a 2010. O setor foi responsável por 16,5% do montante total das vendas externas do agronegócio em 2011, com destaque para a carne de frango, cujas vendas somaram US$ 7,49 bilhões, 19,9% a mais do que o ano anterior. Os produtos florestais ficaram em quarto lugar no ranking de exportações do agronegócio, com US$ 9,64 bilhões e 3,8% de crescimento em relação ao ano anterior. Destaca-se ainda o café, que atingiu a cifra de US$ 8,73 bilhões (51,5% superior ao ano anterior).

Em conjunto, os cinco principais setores (complexo soja, complexo sucroalcooleiro, carnes, produtos florestais e café) somaram US$ 74,33 bilhões em exportações, sendo responsáveis por 78,6% do total das vendas externas de produtos brasileiros agropecuários em 2011. Essa participação representa um aumento na concentração da pauta exportadora. Em 2010, os mesmos setores foram responsáveis por 77,9% dos embarques. Principais destinos Em 2011, as vendas externas concentraram-se, principalmente, em mercados como Ásia e União Europeia, responsáveis, em conjunto, por 57,4% do total exportado pelo agronegócio brasileiro (US$ 54,34 bilhões) - fatia maior que os 56,8% registrados em 2010 (US$ 43,38 bilhões). Em seguida, destaca-se a participação do Oriente Médio (10,1%), dos países do Nafta - Estados Unidos, México e Canadá - (8,5%)

Importações brasileiras atingiram US$ 17,08 bilhões, resultando em um superávit de US$ 77,51 bilhões na balança comercial do agronegócio de 2011”

CAFÉ

Produção de 2012 pode alcançar 52,27 milhões de sacas

Antônio de Picolli

Ministro anuncia expectativa de novo recorde nas exportações em 2012 Mapa

A produção nacional de café da safra 2012 está estimada entre 48,97 e 52,27 milhões de sacas beneficiadas. Este é o primeiro levantamento realizado pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e divulgado nesta terça-feira, 10 de janeiro, em Brasília. O resultado representa crescimento situado entre 12,6 e 20,2%, quando comparado com a safra anterior, que foi de 43,48 milhões de sacas de 60 kg. O aumento se deve, principalmente, ao ano de alta bienalidade. Caso se confirme, será a maior safra produzida no país, superando o recorde anterior de 48,48 milhões de sacas, do período 2002/2003. Em relação à safra

O ministro da Agricultura, Mendes Ribeiro Filho, anunciou, ontem, 10, a meta para as exportações brasileiras do agronegócio em 2012. A expectativa é alcançar US$ 100 bilhões, valor 5,7% acima do total registrado em 2011. “A média de crescimento no valor acumulado com vendas externas nos últimos dez anos ficou em torno de 10%, então, é bastante aceitável alcançar a meta prevista”, destacou Mendes Ribeiro Filho. Durante o anúncio, o ministro também comentou o desempenho das exportações e os produtos que tiveram destaque no último ano. Mendes Ribeiro ressaltou, também, que 2011 foi o melhor ano da série histórica (desde 1997) em valores acumulados com as vendas externas de

Nova safra é 5,22% superior que útimo ciclo positivo

de 25,5% da produção cafeeira do país. O Espírito Santo, maior estado produtor, tem a safra projetada entre 8,97 e 9,53 milhões de sacas. Os dados referem-se à pesquisa realizada no período de 8 de novembro a 17 de dezembro, quando foram visitados os municípios dos principais estados produtores (MG, ES, SP, BA, PR e RO), que representam 98% da produção brasileira.

agronegócio alcançaram o valor de US$ 7,01 bilhões, o que significou um crescimento de 15,7% em relação aos US$ 6,06 bilhões exportados no mesmo mês do ano anterior. Os principais setores responsáveis pelos US$ 949,5 milhões de incremento verificados nas exportações agrícolas brasileiras em dezembro foram: complexo soja (US$ 599 milhões ou 63,1%); carnes (US$ 155,8 milhões ou 16,4%); e fibras e produtos têxteis (US$ 149,9 milhões ou 15,8%). O setor de carnes foi o principal exportador do agronegócio no mês de dezembro de 2011, com um patamar de US$ 1,28 bilhão em vendas ao exterior, ou 18,3% do total exportado pelo agronegócio brasileiro no período. Esse valor representou um crescimento de 13,8% em relação aos US$ 1,12 bilhão exportados pelo setor em dezembro/2010. Os principais responsáveis pelos valores comercializados foram a carne de frango, com US$ 650,1 milhões em vendas, e a carne bovina, com US$ 413,7 milhões exportados. Em dezembro/2011, o setor de carnes registrou crescimento tanto das quantidades embarcadas (6,1%) quanto do preço médio comercializado (7,3%).

BALANÇA COMERCIAL

Conab

2009, último ano de ciclo positivo, a nova safra é 5,22% superior. A espécie arábica, com a produção estimada entre 36,41 e 39,02 milhões de sacas, corresponde em torno de 74,5% da produção nacional. Minas Gerais, maior produtor, representa aumento entre 25,25 e 26,82 milhões de sacas. A produção da espécie conilon, avaliada entre 12,56 e 13,25 milhões de sacas, média

e da África, excluindo Oriente Médio (8%). A maior expansão, em relação ao ano anterior, ocorreu na Oceania (55,8% superior), seguida da África excluindo Oriente Médio (43,4% superior) e da Ásia (33,3% superior). Houve redução da participação apenas nos demais países das Américas (com redução de 6,6%). A União Europeia foi responsável por 18,3% do incremento de US$ 18,15 bilhões ocorrido nas vendas externas em 2011 na comparação com o ano anterior. Na análise por país, destacam-se as exportações para a China, com US$ 16,51 bilhões em 2011, seguida de Estados Unidos (US$ 6,70 bilhões), Países Baixos (US$ 6,36 bilhões), Rússia (US$ 4,05 bilhões), Japão (US$ 3,52 bilhões) e Alemanha (US$ 3,50 bilhões). O bom desempenho nas exportações para a China se deve, em grande parte, às vendas de soja em grãos (US$ 10,96 bilhões), celulose (US$ 1,3 bilhão) e açúcar (US$ 1,22 bilhão). Esses produtos representaram, em conjunto, 81,6% do total das exportações do agronegócio para o país no período. Dezembro No último mês de 2011, as exportações brasileiras do

produtos como soja em grãos, açúcar, café em grãos, carne bovina e de aves in natura e farelo de soja. “Outro importante produto que merece destaque na pauta de exportações é o algodão, que teve crescimento de mais de 90% no valor acumulado”, disse o ministro. As exportações de algodão em 2011 acumularam US$ 1,6 bilhão (93,6% superior ao acumulado em 2010), na quantidade de 759 mil toneladas (quantidade 48% superior ao acumulado em 2010). O ministro comentou também sobre o reflexo do embargo russo às carnes brasileiras, que iniciou no mês de junho de 2011. Segundo Mendes Ribeiro, as exportações brasileiras de carne, em 2011, cresceram 14,7%. O setor de carne bovina registrou aumento de 11,5%; aves apontaram cresci-

Divulgação

Ministro Mendes Ribeiro Filho

mento de 19,9% e carne suína 7% superior também. “Esses números mostram que mesmo com o embargo da Rússia, a carne brasileira encontrou novos destinos, o que garantiu o aumento das exportações”. Os principais compradores da carne brasileira, em 2011, foram Hong Kong, Arábia Saudita, Venezuela, Egito, Ucrânia, Venezuela, União Europeia, Rússia e Japão.

cyan magenta yellow black


B-2 Atas&Editais VENDO CHÁCARA COM CASA MISTA - 120M2, COM ÁGUA, LUZ, TELEFONE - TODA MURADA. VÁRIAS ÁRVORES FRUTÍFERAS E PALMITO4000 MTS2- VALOR A COMBINAR- ACEITO CARRO. FONES 43- 3564-2769 OU 9658- 2630 (TIM)- FALAR COM IRACI - QUATIGUÁ - PR SÚMULA DE RECEBIMENTO DE LICENÇA DE INSTALAÇÃO Kelly Oliveira dos Santos torna público que recebeu do IAP – Jacarezinho – PR, licença de Instalação nº. 13475, validade 19/12/2013 para implantação de empreendimento a seguir. Empreendimento: RESIDENCIAL PLANALTO. Endereço: Entre a Rua Benedito Alves de Lara e a Rua dos Ypes. Município: Joaquim Távora – PR

PREFEITURA MUNICIPAL DE ANDIRÁ PORTARIA Nº. 9.087 DE 10 DE JANEIRO DE 2012 JOSÉ RONALDO XAVIER, Prefeito Municipal de Andirá, Estado do Paraná, usando das atribuições que lhe são conferidas por lei e, CONSIDERANDO a concessão de férias ao servidor ARNALDO MOREIRA TRISTÃO, Contador, no período de 09 a 28 de janeiro de 2012; CONSIDERANDO a necessidade, principalmente de pareceres junto aos processos licitatórios; RESOLVE: Art. 1º - Designar a Servidora Pública Municipal ADRIANA DE FÁTIMA PEREIRA, Contadora, para substituir o servidor ARNALDO MOREIRA TRISTÃO, no período de 09 a 28 de janeiro de 2012, em todas as suas funções, inclusive nos processos licitatórios. Art. 2º - Esta portaria entrará em vigor na data de sua publicação, , retroagindo seus efeitos legais a partir de 09 de janeiro de 2012. Paço Municipal Bráulio Barbosa Ferraz, Município de Andirá, Estado do Paraná, em 10 de janeiro de 2012, 69º da Emancipação Política. JOSÉ RONALDO XAVIER PREFEITO MUNICIPAL COMPANHIA DE HABITAÇÃO DO PARANÁ CNPJ Nº 76.592.807/0001-22 AVISO DE LICITAÇÃO EDITAL Nº 02/2012 – CONCORRÊNCIA Processo: 11.382.488-3 – Tipo: Menor preço Objeto: Permissão de uso de projetos e terrenos de propriedade da Companhia de Habitação do Paraná - COHAPAR, nos Municípios de JOAQUIM TÁVORA e SÃO JORGE DO PATROCÍNIO, com características e preço de venda constantes no Anexo A, destinados exclusivamente para a realização de empreendimento envolvendo execução de infraestrutura e construção de unidades habitacionais, conforme quantidades, projetos arquitetônico e de implantação fornecidos pela COHAPAR, os quais compõem o Anexo D deste instrumento, vinculados ao Programa Morar Bem Paraná – PMBP em parceria com o Programa Minha Casa Minha Vida – PMCMV/FGTS na modalidade financiamento, tendo como agente financeiro a Caixa Econômica Federal – CAIXA. Data de Abertura: 13/02/2012 – 09:00h Local: Rua Marechal Deodoro, nº 1133 – 2º andar – Curitiba-PR Consulta e Retirada: O edital poderá ser consultado na COHAPAR, na rua Marechal Deodoro, nº 1133, 2º andar, em Curitiba-PR, e estará disponível no site www.comprasparana.pr.gov.br (Licitações > Licitações do Poder executivo > Pesquisa de editais > Instituição: COHAPAR > Identificação do Processo: 02/2012-Concorrência). Os Anexos relativos aos projetos estarão disponíveis no site: www.cohapar.pr.gov.br. Curitiba, 10 de janeiro de 2012 Luciano Valério Bello Machado Diretor-Presidente, em exercício

MUNICÍPIO DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA – PARANÁ EDITAL DE CONVOCAÇÃO Nº 001/2012 A Prefeita Municipal de Santo Antônio da Platina, Estado do Paraná, no uso das atribuições que lhe são conferidas por Lei e, de conformidade com o ofício do Diretor do Departamento de Planejamento, protocolado sob nº 000107/12, em 03/01/12, resolve: I – CONVOCAR o candidato abaixo relacionado, aprovado no Concurso Público Municipal, homologado através do Decreto nº 002/12, de 04 de janeiro de 2012, para comparecer na Divisão de Recursos Humanos desta Prefeitura Municipal, no prazo de 05 (cinco) dias, contados da data da publicação, como segue: RELAÇÃO DO CONVOCADO Cargo: ENGENHEIRO CIVIL 1. LUCIO HENRIQUE BONACIN II – O candidato convocado deverá comparecer munido dos seguintes documentos: 1. Certidão constando que, em exercício da função pública, não sofreu penalidade por prática de atos desabonadores. 2. 02 (duas) fotos 3 x 4; 3. CTPS; 4. Fotocópia autenticada do RG, do CIC, do PIS/PASEP, da CTPS, do Título de Eleitor (com comprovante de votação na última eleição), da Certidão de Nascimento (se for solteiro), ou de Casamento (se for casado), do comprovante de escolaridade, da Carteira da Ordem de Classe, do Certificado de Reservista ou de quitação com o Serviço Militar (se for do sexo masculino e menor de 45 anos), da Certidão de Nascimento dos filhos (se os possuir); 5. Atestado de saúde expedido pelo Órgão Municipal de Saúde. 6. Certidão Negativa de Antecedentes Criminais, expedida pelo órgão competente da região de seu domicílio; 7. Declaração de acúmulo ou não, de emprego, cargo ou função pública nas esferas municipal, estadual ou federal; 8. Declaração de que não percebe proventos de aposentadoria do Regime Próprio da Previdência Social, em atendimento ao disposto no § 10, do Artigo 37 da Constituição Federal e da Emenda Constitucional nº 20/98. GABINETE DA PREFEITA MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA / ESTADO DO PARANÁ / PAÇO MUNICIPAL DR. ALÍCIO DIAS DOS REIS, aos 09 de janeiro de 2012. MARIA ANA V. G. POMBO - Prefeita Municipal PREFEITURA MUNICIPAL DE BARRA DO JACARÉ – PARANÁ AVISO DE SELEÇÃO PÚBLICA PARA CREDENCIAMENTO Nº. 01/2012 PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 008/2012 A Prefeitura Municipal de Barra do Jacaré – Estado do Paraná, torna pública a realização de Seleção Pública, que tem como objeto Credenciamento para prestação de serviços de CURSOS E PALESTRAS PARA O SETOR DE EDUCAÇÃO da Administração Pública Municipal. A presente Seleção Pública nº 01/2012, será regida pelas normas contidas na Lei Federal nº 8.666 de 21/06/1993 e pelas demais legislações pertinentes à matéria, pelas condições específicas constantes deste edital e dos demais documentos que o integram. No dia 23/02/2012, às 14:00 horas, no endereço abaixo indicado, serão recebidos e abertos, em sessão pública dirigida pelo Presidente da Comissão de Licitação, os invólucros contendo os documentos das Empresas interessadas. No edifício da Prefeitura Municipal Barra do Jacaré/PR. Rua Rui Barbosa, 96, centro Informações pelos fones (43) 3537-1212 E-Mail: pmbj@uol.com.br ADENILSON SILVA Presidente CPL

CÂMARA MUNICIPAL DE BARRA DO JACARÉ ESTADO DO PARANÁ. PORTARIA Nº. 076/2011 O Presidente da Câmara Municipal de Barra do Jacaré – Estado do Paraná, no uso de suas atribuições legais, com base na Lei Federal nº. 8.666 de 21/06/1993, que dispõe sobre normas para licitação e contratos da administração pública, RESOLVE: Art. 1º. NOMEAR os servidores efetivos da Câmara Municipal para compor os cargos da Comissão de Licitação da Câmara Municipal de Barra do Jacaré, para o exercício financeiro do ano de 2012, como Presidente: Daniel Gonçalves da Costa; Secretário: João Penteado da Cruz e Membro Edinéia Maria Camiloti. Art. 2º. Esta Portaria passa a vigorar com efeito retroativo a 01/01/2012. Art. 3º. Revogando-se as disposições em contrário. Certifique-se, comunique-se e publique-se. Sala das sessões da Câmara Municipal de Barra do Jacaré – Estado do Paraná, em 05 de janeiro de 2012. LUIZ ANTONIO CALIXTO Presidente PREFEITURA MUNICIPAL DE QUATIGUA PORTARIA Nº. 01/2012. O Prefeito Municipal de Quatiguá, Estado do Paraná, no uso das atribuições que lhe são conferidas por Lei. RESOLVE: � Exonerar a partir de 06 de Janeiro de 2012, a pedido, a servidora MERCIA LAZARI DE PADUA, contratado para exercer o cargo de Professora. � Esta Portaria entrará em vigor na data de sua publicação com efeitos Retroativos a 06 de janeiro de 2012. Gabinete do Prefeito Municipal de Quatiguá, em 09 de janeiro de 2012. EFRAIM BUENO DE MORAES PREFEITO MUNICIPAL PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE CAMBARÁ PORTARIA Nº 002/2012 DISPÕE SOBRE NOMEAÇÃO DE COMISSÃO DE CONCURSO PÚBLICO JOSÉ SALIM HAGGI NETO, Prefeito Municipal de Cambará, Estado do Paraná, no uso de suas atribuições legais, RESOLVE: Artigo 1º - Nomear os cidadãos abaixo relacionados, para, sob a presidência do primeiro, comporem a COMISSÃO DE CONCURSO PÚBLICO, que será responsável pelo acompanhamento e supervisão dos trabalhos de realização de concursos públicos, ora em andamento nesta Prefeitura, conforme Edital de Concurso Público Nº 01/ 2011 e Edital de Concurso Público Nº 02/2011. 1. Eneida Rafaela Gonçales Cáceres RG. Presidente 2. Adriana Castilha Cláudio Toniolo - RG 22.832.718-0 - Membro 3. Angela Paniche - RG 9.949.530-2 - Membro 4. Claudinei Justo - RG 2.099.270 - Membro 5. Leonardo Nunes Paes - RG 8.399.441-0 - Membro 6. Maria Aparecida Pereira Bastos - RG 1.501.517-9 - Membro 7. Mirian Lopes Scuculgia - RG 2.705.180 - Membro 8. Tania Aparecida Tinonin da Silva-RG 4.935.151-8 - Membro 9. Vania Carvalho Dias - RG 2.265.450-5 - Membro Artigo 2º - Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação. Cambará, 06 de janeiro de 2012. JOSÉ SALIM HAGGI NETO PREFEITO MUNICIPAL CÂMARA MUNICIPAL DE GUAPIRAMA INFORMATIVO ESTÃO ABERTAS INSCRIÇÕES PARA CONCURSO PÚBLICO NA CÂMARA MUNICIPAL DE VEREADORES DE GUAPIRAMA. Entre os dias 2 e 16 de janeiro de 2012, a Câmara de Guapirama, Paraná, receberá inscrições para o concurso público destinado ao preenchimento de quatro vagas para Advogado, Contador, Assistente Administrativo e Serviços Gerais. Para participar da seleção, o candidato deverá preencher a ficha de inscrição disponível no site www.uenp.edu.br até às 18h do dia 16 de janeiro de 2012, e pagar a taxa de R$ 80,00 para concorrer aos cargos de nível Superior e de R$ 50,00 para os demais. CRONOGRAMA: 1. INSCRIÇÕES: Do dia 02 de Janeiro de 2012 até o dia 16 de Janeiro 2012. 2. SOLICITAÇÃO DE ISENÇÃO DA TAXA DE INSCRIÇÃO:Do dia 02 de Janeiro de 2012 até o dia 06 de Janeiro de 2012, com divulgação dos isentos no dia 13 de Janeiro de 2012. 3. PAGAMENTO DA TAXA DE INSCRIÇÃO: Até o dia 17 de Janeiro de 2012. 4. HOMOLOGAÇÃO E DIVULGAÇÃO DO LOCAL DA PROVA: A partir das 18 horas do dia 24/01/2012. O candidato que tiver a inscrição confirmada e divulgada deverá imprimir seu comprovante de homologação, cuja apresentação é obrigatória no dia da prova. 5. S O L I C I TA Ç Ã O D E C O N D I Ç Õ E S E S P E C I A I S PA R A REALIZAÇÃO DA PROVA: As solicitações de condições especiais para realização da prova devem ser feitas no ato da inscrição, através do preenchimento do campo “Condições especiais”. 6. PROVA OBJETIVA: Dia 29/01/2012, com início às 09h00 e término às 13 horas. Os portões serão abertos às 08 horas e 15 minutos e fecharão às 08horas e 45 minutos, conforme consta neste Edital. 7. DIVULGAÇÃO DA PROVA E DO GABARITO PROVISÓRIO: Até às 18 horas do dia 29 de Janeiro de 2012. 8. RECURSO DAS QUESTÕES OBJETIVAS: Pelo período de 03 (dias) úteis, iniciando às 09 horas do dia 30/01/2012 até as 18 horas do dia 01/02/2012. A análise dos recursos será do dia 02/02/2012 até o dia 09/02/2012. 9. DIVULGAÇÃO DO GABARITO DEFINITIVO: Até as 18 horas do dia 10/02/2012. 10. CLASSIFICAÇÃO FINAL DOS CANDIDATOS: Até as 18 horas do dia 14/02/2012 * Para obter maiores informações e o EDITAL completo acesse o site www.uenp.edu.br GUAPIRAMA, 27 DE DEZEMBRO DE 2011 PREFEITURA MUNICIPAL DE RIBEIRÃO DO PINHAL AVISO DE LICITAÇÃO Pregão Presencial nº. 010/2012. Encontra-se aberto na PREFEITURA MUNICIPAL DE RIBEIRÃO DO PINHAL – ESTADO DO PARANÁ , processo licitatório na modalidade Pregão, do tipo menor preço global por lote, cujo objeto é a aquisição de pneus e acessórios novos tidos como de primeira qualidade e aprovados pelo Órgão Controlador da Categoria (INMETRO, etc.), para os ônibus do Departamento Rodoviário, pelo sistema registro de preços a serem utilizados durante o exercício de 2012. A realização do pregão presencial será no dia: 23/01/2012 a partir das 13h30min, na sede da Prefeitura Municipal, localizada à Rua Paraná, nº. 983 – Centro, em nosso Município. O edital na íntegra estará disponível para consulta e retirada mediante pagamento de taxa no endereço supra, junto ao Setor de licitações, de segunda a sexta-feira, no horário das 09h00min às 11h00min e das 13h30min às 15h30min. Ribeirão do Pinhal, 09 de janeiro de 2012. Fayçal Melhem Chamma Junior Pregoeiro Municipal CÂMARA MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA Portaria nº 02, 10 de janeiro de 2012. O Presidente da Câmara Municipal de Santo Antônio da Platina, Estado do Paraná, no uso das atribuições que lhe são conferidas pelo Regimento Interno e inciso IV do art. 3º da Lei 10.520/2002, resolve: I – Designar a Sra. Maria José de Lima Campos Melo, Servidora desta Casa de Lei, portadora do RG nº. 3.273.393-0, PREGOEIRA. II – Ficam designados como membros de equipe de apoio da PREGOEIRA os abaixo relacionados: Giliard Almeida de Godoi – RG nº. 12.394.358-9 José Henrique Pimenta de Lima – RG nº. 5349007-7 Terezinha Reinutti – RG nº. 4.469.028-4 II – Publique-se. GABINETE DO PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA/ ESTADO DO PARANÁ, aos 10 de janeiro de 2012. ANTÔNIO CÉSAR DE CAMARGO Presidente da Câmara Municipal FRANCISCO FAUSTINO DE PROENÇA JÚNIOR 1º Secretário

TRIBUNA DO VALE

Quarta-feira, 11 de janeiro de 2012 PREFEITURA MUNICIPAL DE TOMAZINA PORTARIA N.º 003/2012 O senhor Guilherme Cury Saliba Costa, Prefeito Municipal de Tomazina, Estado do Paraná, no uso de suas atribuições legais, RESOLVE: Artigo 1º - Constituir a Comissão Permanente de Licitação da Prefeitura Municipal de TOMAZINA, para o exercício de 2012, como segue: Presidente: Luciano Eduardo de Assis Membros: Roudineli Borges da Silva Angela Maria do Prado Zanon Suplentes: Michel Couto Mendes Amilton Borges Artigo 2º - Esta Portaria entrará em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições anteriores. Gabinete do Prefeito Municipal de Tomazina, em 09 de janeiro de 2012. GUILHERME CURY SALIBA COSTA Prefeito Municipal PREFEITURA MUNICIPAL DE TOMAZINA PORTARIA N.º 004/2012 O Senhor Guilherme Cury Saliba Costa, Prefeito Municipal de Tomazina, Estado do Paraná, no uso de suas atribuições legais, RESOLVE: Artigo 1º - Constituir Pregoeiro e Equipe de Apoio do Município de Tomazina, para exercício de 2012, como segue: Pregoeiro: Luciano Pereira Gomes Equipe de Apoio: Luciano Eduardo de Assis Angela Maria do Prado Zanon Artigo 2º - Atuar como Pregoeiro junto á Comissão de Licitação do Município de Tomazina, abrangendo a coordenação de Pregões em todas as suas fases: abertura de propostas, a promoção de disputa de lances, suspensão e reinício do certame, o processo decisório em questões surgidas no certame, o recebimento de recursos, a adjudicação do objeto da licitação e o exercício de todos os demais atos e procedimentos inerentes à atividade de Pregoeiro. Artigo 3º - Atuar como Equipe de Apoio em todas as operações permitidas, relacionadas aos atos de assistência ao Pregoeiro. Artigo 4º - Esta Portaria entrará em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições anteriores. Gabinete do Prefeito Municipal de Tomazina, em 09 de janeiro de 2012. GUILHERME CURY SALIBA COSTA Prefeito Municipal CONSELHO MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL Tomazina - Paraná RESOLUÇÃO Nº 001/2012 SÚMULA – Aprova o plano de providencia e prazos para o cumprimento das metas CRAS período anual 2009/2010. O Conselho Municipal de Assistência Social – CMAS, do município de Tomazina – PR, no uso de suas atribuições, Resolve: Art. 1º - Aprovar o Plano de Providencia e prazos para o cumprimento das metas CRAS período anual 2009/2010. Art. 2º - o Plano de Providencia é um compromisso que consiste no planejamento e na implementação de ações reparadoras e preventivas, para o aprimoramento das metas de desenvolvimento ID-CRAS. Art. 3º - Esta resolução Esta Resolução entra em vigor a partir da data de publicação, revogadas as disposições em contrário. Tomazina, 10 de janeiro de 2012. Neli Couto Ribeiro Saliba Costa Presidente do CMAS PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA CONVITE O Presidente do Conselho Municipal do Plano Diretor, Estado do Paraná, atendendo ao Decreto nº 426/11, Art. 18 - TORNA PÚBLICO a realização da Sessão Plenária do Conselho do Plano Diretor Municipal, no dia 12 de janeiro de 2012 – quinta feira, às 17:00 horas, na Biblioteca Cidadã “Dorothéia Marques Guimarães”, situada na Rua 13 de maio s/ nº - Praça São Benedito – próximo ao Hospital Nossa Senhora da Saúde. PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA / ESTADO DO PARANÁ / PALÁCIO DO PODER EXECUTIVO, aos 10 de janeiro de 2012. JANDERSON ANTONIO FIGUEREDO Presidente do Conselho Municipal do Plano Diretor CÂMARA MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA Portaria nº 03, 10 de janeiro de 2012. O Presidente da Câmara Municipal de Santo Antônio da Platina, Estado do Paraná, no uso das atribuições que lhe são conferidas pelo Regimento Interno e de conformidade com o § 4º do art. 51 da Lei nº 8.666/93, resolve: I – Designar Giliard Almeida de Godoi, Lucas Pereira Vilas Boas e Renato Lopes Pires, para, sob a Presidência do primeiro, comporem a Comissão Permanente de Licitação para o ano de 2012, desta Casa de Lei. II – Publique-se. GABINETE DO PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA/ ESTADO DO PARANÁ, aos 10 de janeiro de 2012. ANTÔNIO CÉSAR DE CAMARGO Presidente da Câmara Municipal FRANCISCO FAUSTINO DE PROENÇA JÚNIOR 1º Secretário CÂMARA MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA Portaria nº 01, 10 de janeiro de 2012. O Presidente da Câmara Municipal de Santo Antônio da Platina, Estado do Paraná, no uso das atribuições que lhe são conferidas pelo Regimento Interno, resolve: I – DESIGNAR os Servidores Lucas Pereira Vilas Boas, Rafael Cristiano de Toledo e Marco Antônio Martins, para sob a Presidência do primeiro, comporem a Comissão de Recebimento de Bens, Materiais e Acompanhamento de Contrato de Prestação de Serviços deste Legislativo Municipal, para o ano de 2012. II – Publique-se. GABINETE DO PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA/ ESTADO DO PARANÁ, aos 10 de janeiro de 2012. ANTÔNIO CÉSAR DE CAMARGO Presidente da Câmara Municipal FRANCISCO FAUSTINO DE PROENÇA JÚNIOR 1º Secretário PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMBARÁ TOMADA DE PREÇO No 01/2012 EMISSÃO 10/01/2012 - ABERTURA 30/01/2012 A Prefeitura Municipal de Cambará – Estado do Paraná, torna público para conhecimento de interessados, que, com base na Lei no 8.666/93, bem como da Lei Complementar n.º 123/2006, Lei Complementar Municipal 008/2007 e alterações posteriores, encontra-se aberta Licitação, na modalidade Tomada de Preço, do tipo MENOR PREÇO, apresentando preço para execução, sob REGIME DE EMPREITADA POR PREÇO GLOBAL, de obra, conforme especificados no objeto, mediante as condições estabelecidas neste ato convocatório e seus anexos. I - DO OBJETO: Fornecimento de materiais e mão de obra para construção um ginásio de esportes a ser construído na escola Angelina R. Vezzozo, neste município, conforme anexos. II – DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA: As despesas com a contratação correrão à conta do convênio nº 2920110527, realizados entre a ESTADO DO PARANÁ – SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO e o Município de Cambará – PR e da dotação orçamentária nº 1236.1101.01090. Construção Ampliação e Reforma de Escolas. F. R. 1000. III – PREÇO MÁXIMO ADMITIDO: 810.754,85 (oitocentos e dez mil, setecentos e cinquenta e quatro reais e oitenta e cinco centavos).. IV - DO EDITAL: A Pasta Técnica, com o inteiro teor do Edital e seus respectivos modelos, adendos e anexos, poderá ser examinada e adquirida no Prédio da Prefeitura Municipal, no endereço Avenida Brasil no 1082, Centro, Fone (43) 3532-8800, junto ao Departamento de Licitação, à partir do dia 13 de janeiro de 2012, no horário comercial e será fornecida mediante a apresentação do recibo de pagamento no valor de R$ 10,00 (dez reais). V - DA ABERTURA: Os envelopes deverão ser entregues na sede da Prefeitura até o dia 30/01/2011 às 14:15 horas, para o julgamento às 14:30 horas do mesmo dia. Gabinete do Prefeito Municipal de Cambará – Estado do Paraná, 10 de janeiro de 2012. JOSÉ SALIM HAGGI NETO - PREFEITO MUNICIPAL DE CAMBARÁ


cmyb

TRIBUNA DO VALE

Quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

E-mail: social@tribunadovale.com.br

FERNANDA DINIZ

Foto Valdir

Chuva de Arroz Carolina Garcia e Leonardo De Leonardi se uniram pelo sacramento do matrimônio no último dia 6 na Igreja Matriz de Santo Antônio da Platina. O belo casal recebeu familiares e amigos em uma elegante recepção no Clube Platinense, que teve a decoração assinada por Toninho Decorações , da cidade de Marília, cardápio de responsabilidade do Buffet Strauss e doces do competentíssimo Júnior. Carolina é filha de Santiago e Cristina e Leonardo de Wainer e Vera. Felicidades aos noivos!

Frase Na plenitude da felicidade, cada dia é uma vida inteira. (Goethe)

Foto Celso

Dica Pentear o cabelo molhado até dá, mas com a escova certa, já que o cabelo úmido quebra facilmente. Escolha os modelos quadrados (ou raquete) ou pentes de madeira. E, outra dica, cabelo embaraçado precisa de creme de pentear!

Super tendência Lembra daquelas calças boca de sino que usávamos há pouco tempo atrás e foram hit nos anos 70? Elas voltam com tudo nesse verão e retornam às ruas repaginadas e chamadas de calça flare. O modelo é bem justo no quadril e nas coxas e abre aquele bocão a partir dos joelhos. Portanto, na hora de criar o look, todo bom senso é bem-vindo. Camisas, top soltinhos e regatas com tecido molinho podem compor um visual hippie-chic. Se a calça é de cintura alta, aproveite para valorizar a cintura (e o quadril!) e use com a blusa por dentro da calça, que fica superelegante. Para as donas de quadril largo, fica a dica: jogue um blazer ou cardigã por cima ou aposte no estilo preso-e-solto da camisa. Outra regrinha é apostar no salto, de forma que a calça cubra totalmente os pés. Agora, é só desfilar por aí! (Revista Luna)

Registro

Promoções

Pelas lentes do Foto Celso o registro do casal platinense Rusilei e Vone, em recente evento na cidade jóia

Tradicionalmente, em Janeiro começam as grandes liquidações das lojas de móveis e decoração em geral. Como se preparar? Antes de tudo, faça uma lista do que você realmente precisa ou deseja comprar. É muito fácil sair comprando as coisas só porque estão com ótimos preços e depois não saber o que fazer com elas. Por mais barato, isso custa caro!

H ORÓSCOPO PARA HOJE Áries Marte provoca chateações no âmbito cotidiano, pode ser com convênios médicos, ajudantes ou pessoal subordinado a você. Pelo menos uma pessoa amiga continua sendo um ombro amigo neste momento, mas seja objetivo na conversa com ela.

Gêmeos Quebre a rotina no trabalho mostrando até onde você é capaz de improvisar e manter um assunto interessante. Bom para comunicações, viagens curtas. Inspiração criativa. E Vênus em Aquário atrai você para mais longe, e mais alto.

Leão Hoje a Lua inicia seu trajeto mensal por seu signo. Isto caracteriza um período de cerca de 48 horas ótimas para se cuidar, colocandose no colo. Talvez você fique mais instável e exigente nestes dias. Avise os seus queridos e peça desconto por isso!

Libra Eis que uma pessoa amiga facilita, favorece ou permite a você a entrada em um grupo interessante. Por isso, é bom ficar atento aos convites sociais, reuniões e demais encontros. Exponha ideias, intenções, em âmbito genérico.

Sagitário Cabeça nas nuvens e pés no chão - um bom termômetro pra você equilibrar até onde vai um projeto exeqüível e onde começa o delírio. Porque existem alguns que irão tentar arrastar você para ele. No mais, a amizade e o amor estão aquém do esperado.

Aquário Por causa de alguém você pode dar uma escorregada grande numa decisão tomada antes. Não vale a pena, é circunstancial esta dependência, ou preocupação. Mantenha o que já escolheu antes. Este é um tempo de cabeçadas e aprendizados mesmo.

Touro Lua em Leão inspira a necessidade de brilhos insuspeitos em casa; beleza que se sente no aroma refinado de flores, no apuro da mesa bem posta com quitutes feitos com amor. Detalhes que tornam a vida - sua e dos seus - reconfortante.

Câncer Dia de arrumar as finanças, ver o quanto gastou nas festas de final de ano e o tanto que tem de ser pago em taxas neste começo de mês. Ajuda vem do cônjuge ou do sócio: Mercúrio em Capricórnio até 28/1 é a ajuda que não falha nesse assunto.

Virgem Treinamento intensivo em transformar complexas construções teóricas dos outros em funções eficientes no cotidiano. Para isso, é melhor se isolar um pouco, confiar mais no seu estomago pra entender este momento de escolhas.

Escorpião Sua reputação está na berlinda - então, faça com que se for pra você aparecer, que seja por uma boa causa. Dando exemplo de alguma virtude, será melhor ainda. Em casa, clima de altercação. Fuja disso e evite misturar tudo com o trabalho.

Capricórnio As vezes é uma questão de desafio pra você. Hoje, por exemplo, trata-se de testar métodos, fazer a prova de dicas recebidas. Um método pode funcionar, outro será um grande erro, e você tem a coragem de dar a cara pra bater. Vá em frente!

Peixes Dia certo pra pegar seu cônjuge de jeito e acertar um assunto relacionado com dinheiro, dívidas, aplicações, poupanças etc. Bom também pra retomar contato com alguns clientes, pedir uma reunião com o chefe, contratar alguém.

cyan magenta yellow black

JORNAL TRIBUNADO VALE  

11 DE JANEIRO DE 2012 - EDIÇÃO Nº 2060

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you