Issuu on Google+

cmyb

Terça-feira

TRIBUNA DO VALE DIRETOR: BENEDITO FRANCISQUINI

18 DE OUTUBRO DE 2011

260 110

ANO XV - N0 2002 - R$ 1,00

www.tribunadovale.com.br

JUSTIÇA

Secretária de Saúde tem bens bloqueados a pedido do MP

A secretária de Saúde de Santo Antônio da Platina, Lucivane Gouvea Delfino foi formalmente acusada de comandar o esquema de desvio de recursos da Associação de Proteção à Maternidade e à Infância (APMI) entre 2008 e 2009. A ação civil publica foi ajuizada pelo Núcleo Regional de Trabalho de Proteção ao Patrimônio Público do Norte Pioneiro que denunciou mais cinco pessoas pelo envolvimento no esquema que desviava recursos do Pronto Socorro Municipal 

através pagamentos de plantões que não eram cumpridos, quando a unidade de saúde era mantida sob a gestão da APMI. Além da ação, o MP pediu o bloqueio dos bens e de contas bancárias da secretária de Saúde. A liminar foi concedida pela juíza Joana Tonetti Biazus. O Ministério Público pede a condenação de Lucivane Delfino e dos outros envolvidos e a devolução dos valores desviados aos cofres da entidade, que se corrigidos chegam a R$ 53 mil.

PÁG. A8 Aline Damásio

LOCAL

Moradores bloqueiam BR-153 por obras

Sem receber, operários de construtora cruzam os braços 

Um protesto feito por moradores da Vila Santa Terezinha interditou por duas horas o quilômetro 42 da BR153, em Santo Antonio da Platina no sábado,15. Após o alagamento de várias casas no bairro, moradores bloquearam a rodovia com queima de madeira e pneus (foto) e reivindicavam da administração municipal obras de infraestrutura na região.

PÁG. B1

PAISAGISMO

Antônio de Picolli

PÁG. A5

MUNICÍPIOS

Beto reúne prefeitos e reafirma parcerias

Enquanto as ruas de Santo Antônio da Platina recebem melhorias de sinalização e readequação de sentidos, a Prefeitura investe também em paisagismo. O Departamento Municipal de Turismo destinou R$ 48 mil para decorar os 740 metros do canteiro central da avenida Frei Guilherme Maria com 10 mil mudas de flores. O colorido das flores (foto) tem chamado a atenção de quem passa pela avenida. 

O governador Beto Richa recebeu ontem, 17, um grupo de prefeitos (foto) representantes das 22 microrregiões do Estado e a direção da Associação dos Municípios do Paraná (AMP) e reafirmou o interesse do governo estadual em fortalecer a parceria com os municípios para satisfazer 

PÁG. A8

LUTO

AEN

as necessidades da população. Da região, participaram o presidente da Associação dos Municípios do Norte Pioneiro (Amunorpi) e prefeito de Ribeirão do Pinhal, Dartagnan Calixto Fraiz; de Ibaiti, Luiz Carlos Peté dos Santos; e de Curiúva, Márcio Mainardes.

PÁG. A3

CIDADES

Jornalista Vito Draghi morre aos 93 anos em Curitiba 

PÁG. A5

ESPORTE

Platinense não tem planejamento definido para 2012 

PÁG. A7

Agências lotam depois do fim da greve

Antônio de Picolli

Com o fim da greve dos bancários ontem foi dia de longas filas nas agências bancárias da região (foto). O atendimento começou a ser normalizado em mais de 80 agências com a volta ao trabalho mais de 500 funcionários que estavam em greve há 20 dias. 

PÁG. B1

cyan magenta yellow black


A-2 Opinião

TRIBUNA DO VALE

Em geral não tão famosos, muitas vezes não tem tempo ou chance de explicarem as causas de seus comentários infelizes.” Marcos Morita

Terça-feira, 18 de outubro de 2011

Deturpar o passado, desvirtuar significados e assumir ostensivamente um comportamento enganoso, mesmo no plano imaterial, é indecoroso, a probidade deve valer em todas as esferas”

A RTIGO

E DITORIAL As tecnologias não são neutras. Podem servir de instrumento ideológico e induzir – para o bem ou para o mal – transformações da sociedade. Nesse sentido, o turbilhão revolucionário provocado por multidões nos países árabes, as manifestações dos indignados espanhóis e dos “ocupantes” de Wall Street e as Marchas Contra a Corrupção organizadas por cidadãos brasileiros têm mostrado que as redes podem ser um belo instrumento para a aglutinação e a participação política. Entretanto, a tão desejada mudança sonhada por essas hordas de insatisfeitos não acontecerá somente pelo uso de novas tecnologias sociais. Será necessário muito mais que a comunicação via redes para realizar transformações culturais e políticas. O mérito das redes nas revoluções do mundo árabe é um fato inquestionável. Pesquisa recente realizada por Philip Howard, HORÁRIO DE FECHAMENTO

22:00

E depois...

professor da Universidade de Washington – “As origens digitais da ditadura e da democracia” (numa tradução livre da obra em inglês The Digital Origins of Dictatorship and Democracy) –, demonstra que houve um intenso fluxo de troca de mensagens nas redes sociais, em especial Twitter, Facebook e Youtube, nessa ordem, nos momentos que antecederam as grandes manifestações no Egito e na Tunísia. Elas ajudaram a realizar a mobilização social. Entretanto, o desafio desses países agora é conduzir seus governos para regimes democráticos, o que ainda não está consolidado, em especial pelo risco do radicalismo islâmico. As redes têm em seu currículo o sucesso em mobilizações de indivíduos insatisfeitos contra regimes totalitários no mundo árabe, contra governos inoperantes ou corruptos na Europa e na América Latina, contra a cobiça de Wall Street. São temidas

por governos totalitários como o da China e do Irã, que resistem a deixar fluir o acesso de suas populações às redes, pois elas facilitam a auto-organização da população, o que não é desejável para regimes intolerantes a um ambiente democrático. Mas isso é apenas parte da explicação. As manifestações, embora com objetivos e reivindicações diversos em cada canto do mundo, têm como ponto de partida uma insatisfação a respeito da ordem vigente. Cidadãos insatisfeitos começaram a ocupar o espaço público justamente pelas dificuldades de governos darem respostas às suas necessidades. No Brasil a insatisfação se dá na luta contra a corrupção em todos os níveis de governo. Embora haja a tendência de setores político-partidários em desqualificar as Marchas Contra a Corrupção, classificando-as equivocadamente como “de direita”. Esses movimentos são

C HARGE

Alberto Dines

genuinamente organizados por setores da sociedade não comprometidos com partidos políticos. E sua origem está justamente no distanciamento cada vez mais agudo entre a sociedade e essas instituições. A questão que se coloca é: as marchas estão realmente combatendo a corrupção? Essa reflexão precisa ser feita, pois em breve o movimento das marchas vai entrar numa encruzilhada. Essa energia cívica acumulada pode se dispersar e gerar frustração dos manifestantes. Ou, então, a experiência cívica das ruas poderá ser utilizada para o combate à corrupção por outros meios. E esses “outros meios” dizem respeito justamente à fiscalização e o controle social das instituições, bem como ao estímulo de atividades educativas que induzam a uma melhora na cultura política da população. Resta ver qual será o caminho que os manifestantes irão tomar.

chargeonline.com.br

NESTA EDIÇÃO TEM

12 PÁGINAS CADERNO PRINCIPAL - OPINIÃO - POLÍTICA - ECONOMIA - CIDADES - COTIDIANO - ESPORTES - LOCAL

A 01 - 08 A 02 A 03 A 04 A 05 A 06 A 07 A 08

2ª CADERNO - LOCAL - ATAS & EDITAIS - SOCIAL

B 01 - 08 B 01 B 02 B 08

PREVISÃO PARA HOJE

260 110

SANTO ANTÔNIO DA PLATINA

A RTIGO Marcos Morita

O caso ocorrido com o humorista Rafinha Bastos, apresentador do programa CQC, na Rede Bandeirantes, provocou um tremendo mal estar na direção da emissora. Tamanha saia justa causou a demissão do funcionário, o qual popular no Twitter e em outras redes sociais, tem postado comentários nada lisonjeiros. Conforme notícias publicadas na mídia, seu perfil ácido já vinha incomodando seus colegas de bancada, assim como altos executivos da empresa. Apesar da menor repercussão, já ouvi diversos casos de funcionários que perderam seus empregos, foram preteridos a promoções, queimaram sua imagem, ficaram estigmatizados ou criaram um perfil não condizente com o cargo que ocupam. Em geral não tão famosos, muitas vezes não tem tempo ou chance de explicarem as causas de seus comentários infelizes. Creio que consiga classificálos conforme seu momento de carreira.

Lições do caso Rafinha Bastos

Os inexperientes: estagiários e principalmente trainees confundem processos seletivos rigorosos com o dia-a-dia da empresa. Exigidos ao máximo durante a contratação, costumam chegar de salto alto aos departamentos. Comentários sobre viagens de intercâmbio, diplomas de universidades de primeira linha e domínios de vários idiomas devem ser comentados somente quando solicitados. Os recém-chegados: comum em funcionários que passaram longos períodos em outras instituições, os quais têm sempre na ponta da língua a ladainha: “na empresa em que eu trabalhava fazíamos assim ou assado”. Interessante nas primeiras vezes ou quando bem aplicados, tornam-se motivo de chacota entre seus pares. A pergunta que paira no ar: - se era tão bom por lá, porque decidiu sair? Os muito experientes: este perfil é ainda comum em empresas mais conservadoras. Apesar de

TRIBUNA DO VALE

O Diário da nossa região - Fundado em agosto de 1995 Editora Jornal Tribuna do Vale LTDA CNPJ 01.037.108/0001-11 Matriz: Rua Tiradentes 425, Centro Santo Antônio da Platina, PR Fone/Fax: 43 3534 . 4114

Alberto Dines

Diretor Responsável Benedito Francisquini - MTB 262/PR tribunadovale@tribunadovale.com.br tribunadovale@uol.com.br

contrabalancearem uma reunião ou projeto, podem se tornar uma pedra no caminho, colocando obstáculos às novas ideias através de comentários como: “já fizemos algo parecido na gestão passada ou acredito que não vai dar certo”. Se este for seu perfil, não se surpreenda se não for convidado para reuniões importantes. Os high performers: constituído pelos funcionários mais bem avaliados em suas funções, seja por mérito, relacionamento ou ambos. Sua autoconfiança extrapola os limites de sua estação de trabalho, atingindo subordinados, pares e muitas vezes clientes e fornecedores. Vale salientar que em épocas de mercado aquecido, fusões e aquisições, seu desempenho pode ser posto à prova, questionado, ou até mesmo colocado a escanteio. Os fofoqueiros: sua baia costuma ser ponto de encontro, além de ir com frequência acima do habitual ao café da empresa. Utiliza seu relacionamento para

realizar seu trabalho ou ajudar os mais próximos. Não obstante uma ferramenta poderosa quando bem utilizada, vale o ditado: “o peixe morre pela boca”. Em suma, em épocas de longas jornadas, creio que ninguém conseguiria falar somente o estritamente necessário, evitando comentários com duplo sentido ou alguma conotação negativa. O problema começa a ficar mais grave quando você é associado a algum dos perfis acima, potencializando os comentários proferidos. Apesar de não serem divulgados em rede nacional, podem ficar gravados no subconsciente de subordinados, colegas e superiores, comprometendo sua imagem, carreira e lugar de destaque no lado esquerdo do chefe. Marcos Morita é mestre em Administração de Empresas e professor da Universidade Mackenzie e professor tutor da FGV-RJ.

Representação: MERCONET Representação de Veículos de Comunicação LTDA Rua Dep. Atílio de A. Barbosa, 76 conj. 03 - Boa Vista - Curitiba PR Fone: 41-3079-4666 ¦ Fax: 41-3079-3633 Vendas Assinatura Anual R$ 150,00 Trimestral R$ 45,00 Semestral R$ 90,00 On-line R$ 100,00

Impressão e Fotolito: Editora Jornal Tribuna do Vale Fone/Fax : 43 3534 . 4114

Corrupção e privilégios Deturpar o passado, desvirtuar significados e assumir ostensivamente um comportamento enganoso, mesmo no plano imaterial, é indecoroso, a probidade deve valer em todas as esferas Elementar, nuclear, primal – a corrupção é o problema dos problemas, ponto de partida de todos os nossos vícios e malefícios. É a disfunção genética do Estado brasileiro que desvirtua, avilta, deteriora e perverte as melhores leis, instituições, costumes e intenções. Os entraves que impedem o nosso progresso em todos os campos estão diretamente relacionados com a corrupção e com a impunidade. Da indústria das emendas orçamentárias oriundas do Legislativo à indecente troca de cargos por votos, das nomeações de notórios incompetentes aos conflitos de interesses enquistados nos desvãos do poder público, do abuso do álcool ao volante (responsável pelas 50 mil mortes no ano passado) ao crescimento exponencial do narcotráfico e das milícias, das falhas da Defesa Civil às agressões ao meio ambiente, da inoperância dos sistemas de fiscalização dos serviços públicos às trapaças das licitações para concessões, É a disfunção tudo tem a mesma matriz e genética do Estado o mesmo DNA – a complacência com a imoralidade. brasileiro que A prevaricação é tamanha desvirtua, avilta, que chega a deturpar o deteriora e perverte próprio sentido das palavras e dos valores que as melhores leis, representam. instituições, Lutar contra a imoracostumes e lidade tornou-s e op ção arcaica, burguesa, reaciointenções. nária, oposta à noção de modernidade e eficácia. E isso a tal ponto que dos 28 partidos políticos registrados até 27 de setembro último nenhum ousou desfraldar de forma ostensiva, inequívoca, a bandeira da luta contra a corrupção. A 29.ª agremiação legalizada, o Partido Social Democrático (PSD), engendrado pelo prefeito paulistano, Gilberto Kassab, ofereceu como prova de sua universalidade – ou inapetência para compromissos – que não será de esquerda, de direita ou de centro, porém não se manifestou a respeito da maior aspiração da sociedade brasileira: o império da decência. Nem poderia, porque o próprio nome da sigla é uma tremenda fraude histórica, seu nome de batismo foi afanado, caso clássico de apropriação indébita. Sequestro clássico: a social-democracia, com ou sem hífen, ostenta um passado de conquistas sociais, humanas, políticas e éticas sem paralelo no mundo, sobretudo na Europa com sólidas ramificações na América Latina, Oriente Médio, Ásia e Oceania. Deturpar o passado, desvirtuar significados e assumir ostensivamente um comportamento enganoso, mesmo no plano imaterial, é indecoroso, a probidade deve valer em todas as esferas. Mesmo com o louvável intuito de confrontar esta excrescência política chamada PMDB o logro recém-lançado no mercado dos votos com o nome de PSD é injustificável. Só servirá para consagrar a promiscuidade e a galinhagem eleitoral cujo destino final é, sabidamente, a corrupção e sua dileta cria, a impunidade. Os 20 mil indignados e idealistas brasilienses que nesta quarta-feira esqueceram o feriado e manifestaram-se contra os corruptos e seus beneficiários não precisam ostentar propostas concretas ou programas definidos. Acreditam na primavera brasileira e isso é o bastante. Tal como os seus coirmãos norte-americanos (principalmente novaiorquinos) que investem contra Wall Street, mas na realidade estão resistindo à anarquia do Tea Party. Acima e abaixo do Rio Grande, as duas legiões defendem o Estado decente, justo, isonômico. Os grandes clamores populares que mudaram os rumos da humanidade nos últimos 500 anos não obedeciam a plataformas rígidas, arrumadas. Foram explosões de insatisfação que hoje podem ser canalizadas através das redes ditas “sociais” e da mídia tradicional. E se estas se mantêm acríticas, perplexas, abobalhadas, convoque-se o magnata Warren Buffet que acaba de divulgar ruidosamente a sua declaração de rendimentos: pagou apenas 17,4 % de imposto, enquanto que, para seus empregados, a alíquota foi de 30%. O magnata e social-democrata alemão, Walter Rathenau, um dos pilares da República de Weimar, também favorecia o imposto sobre fortunas. Foi assassinado pelos precursores do nazismo. Está claro: o mundo clama pelo fim dos privilégios. A corrupção quer mantê-los.

Alberto Dines é jornalista. Circulação: Abatiá ¦ Andirá ¦ Arapoti ¦ Bandeirantes ¦ Barra do Jacaré ¦Cambará ¦ Carlópolis ¦ Conselheiro Mairink ¦ Figueira¦Guapirama ¦ Ibaiti ¦ Itambaracá ¦ Jaboti ¦ Jacarezinho Jaguariaíva ¦ Japira ¦ Joaquim Távora ¦ Jundiaí do Sul ¦ Pinhalão ¦ Quatiguá ¦ Ribeirão Claro ¦ Ribeirão do Pinhal ¦ Santo do Itararé ¦Santana do Itararé ¦Santo Antônio da Platina ¦ São José da Boa Vista ¦ Sengés ¦ Siqueira Campos ¦Tomazina ¦ Wenceslau Bráz

Filiado a Associação dos Jornais Diário do Interior do Paraná

* Os artigos assinados não representam necessariamente a opinião do jornal, sendo de exclusiva responsabilidade de seus respectivos autores.


Política A-3

TRIBUNA DO VALE

Terça-feira, 18 de outubro de 2011

Nossa expectativa é realizar investimentos de forma mais intensa em todas as cidades do Paraná” Beto Richa

P anorama Regional Correção O presidente da Assembleia, deputado Valdir Rossoni (PSDB), abriu a sessão desta segunda-feira (dia 17) com uma defesa dos ex-presidentes da Casa desde 1992, quando foi estabelecida pelo então presidente do legislativo paranaense, Aníbal Curi, a verba de representação para os ocupantes da presidência. Segundo Rosso-

ni, Orlando Pessuti, Hermas Brandão e Nelson Justus, não receberam vencimentos superiores ao limite constitucional, que hoje é de R$ 26,8 mil. O único que recebeu a mais foi o próprio Rossoni, razão pela qual ele decidiu cancelar o benefício e devolver aos cofres da Assembleia o dinheiro acumulado de fevereiro até agora.

Atenção à gestante A prefeita Tina Toneti (PT) encaminhou à Câmara Municipal um projeto de lei que estende para 180 dias a licença-maternidade para as servidoras públicas municipais. Segundo o secretário municipal de Administração, João Luccas Venturini, o impacto financeiro é pequeno para o tamanho do benefício às crianças e às famílias, que terão mais 60 dias de convivência diária além do que prevê a legislação federal. Adesão voluntária A Lei Federal 11.770/2008, que criou o Programa Empresa Cidadã, prorrogou a licença-maternidade mediante concessão de incentivo fiscal às empresas interessadas, aumentou a licençamaternidade de 120 para 180 dias. Há quem defenda a necessidade de avanços, como a obrigatoriedade na adesão ao Programa. Questão de saúde A licença de seis meses atende a recomendações médicas e a uma reivindicação antiga de diversas entidades de classe e movimentos sociais. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), a mãe deve amamentar o bebê por no mínimo seis meses e preferencialmente até dois anos. O tempo extra ao lado do bebê é considerado fundamental para o bom desenvolvimento da criança e o aumento de sua imunidade. Só reprise A Câmara Municipal de Jacarezinho vota esta noite (dia 18) um projeto de resolução que altera o dia e horário das sessões, que passarão a ser realizadas às quintas-feiras, às 14 horas. A aprovação da matéria deve acontecer porque foi proposta pelos vereadores da situação, que são maioria. É mais uma mostra de descaso para com a população, pois quem trabalha não terá como acompanhar as sessões, seja de corpo presente ou pela rádio – a não ser que alguém tenha paciência de ouvir as gravações das reuniões. Bom de bico O governador Beto Richa recebeu nesta segunda-feira (dia 17) um grupo de prefeitos representantes das 22 microrregiões do Estado e a direção da Associação dos Municípios do Paraná (AMP). Dartagnan Fraiz, presidente da Amunorpi, foi um dos que ouviu Richa reafirmar o interesse do governo estadual em fortalecer a parceria com os municípios para satisfazer as necessidades da população. Liberação de recurso, que todo prefeito sempre quer, não foi anunciada. Costurando apoios Os deputados, estadual, Pedro Lupion, e federal, Abelardo Lupion, mantiveram audiência com o diretor de Operações do BRDE, Paulo Stark nesta segunda-feira. Os parlamentares se fizeram acompanhar do professor Luiz César Drumond, da Universidade de Viçosa, e trataram do programa para incentivo à produção leiteira na região. PPS já ajuizou ações no STF O PPS já ajuizou Ação Direta de Inconstitucionalidade no STF contra o inciso da resolução do TSE que libera os parlamentares para formar novos partidos. A ministra relatora era Ellen Gracie, mas como ela se aposentou, Freire procurou o presidente da Corte, ministro Cezar Peluso, para pedir que novo relator seja designado e a questão possa ser resolvida o quanto antes. A Adin tem efeitos gerais e retroativos. Se o pedido de medida cautelar for acatado, haverá suspensão imediata da eficácia do inciso II do parágrafo primeiro da resolução 22.610/2007 do TSE. Freire explica que “será como se a criação de novo partido nunca tivesse feito parte do texto da resolução”. Mas quanto ao pedido de decretação de perda de mandato, é necessário entrar com uma ação para cada caso, pois o efeito é restrito às partes. Freire disse que os parlamentares que migraram para o PSD não poderão alegar ofensa à segurança jurídica porque “não é razoável que eles não tenham conhecimento do questionamento da constitucionalidade da resolução do TSE pelo PPS”. O deputado ressaltou que aqueles que trocaram o partido pelo PSD podem estar conscientes do risco de perder os mandatos. Derruba primeiro veto de Richa Por 29 votos contra 20 (uma abstenção) a Assembléia Legislativa derrubou na sessão desta segunda-feira o primeiro veto do governador Beto Richa a um projeto de lei aprovado na Casa este ano. O projeto é de autoria do deputado Hermas Brandão Júnior, do PSB, e prevê reserva de vagas para pessoas com deficiência nos contratos de terceirização do serviço público. Com Roseli Abrão, de Curitiba

Beto reúne prefeitos e reafirma parcerias com municípios

PARANÁGovernador reafirmou o interesse em fortalecer a parceria para satisfazer as necessidades da população AEN

Da Agência Estadual

O governador Beto Richa recebeu ontem, 17, um grupo de prefeitos representantes das 22 microrregiões do Estado e a direção da Associação dos Municípios do Paraná (AMP) e reafirmou o interesse do governo estadual em fortalecer a parceria com os municípios para satisfazer as necessidades da população. Da região, participaram o presidente da Associação dos Municípios do Norte Pioneiro (Amunorpi) e prefeito de Ribeirão do Pinhal, Dartagnan Calixto Fraiz; de Ibaiti, Luiz Carlos Peté dos Santos; e de Curiúva, Márcio Mainardes. “Estamos trabalhando com muita austeridade para recuperar a capacidade financeira do Estado. Em breve vamos transformar o Paraná em um canteiro de obras”, afirmou o governador. “Nossa expectativa é realizar investimentos de forma mais intensa em todas as cidades do Paraná”, disse Beto Richa. Ele afirmou que mesmo diante das dificuldades, o governo estadual tem lançado e

Prefeitos foram recebidos pelo governador Beto Richa ontem no Palácio das Araucárias

ampliado programas sociais, anunciado a instalação de novas empresas e feito repasses para municípios para obras urbanas. Richa lembrou também os avanços previstos nos programas Paraná Seguro, como a contratação de 10 mil policiais, e Morar Bem Paraná, que deve contratar 27.500 unidades habitacionais por ano. O governador também

destacou o aumento em 100% no repasse do Estado para o transporte escolar, que é realizado pelos municípios. Ele ressaltou que a educação é a sua maior prioridade e por isso o governo tem se empenhado em resolver questões como a contratação e valorização de professores. Para o prefeito de Piraquara, Gabriel Samaha, o Ga-

bão, que preside a Associação dos Municípios do Paraná (AMP), o encontro serviu para construir uma agenda positiva entre os prefeitos e o governador. “Sabemos das dificuldades do primeiro ano de governo, mas temos plena confiança na parceria que irá ajudar os municípios a melhorar a vida de seus habitantes”, disse.

ELEIÇÕES

Reeleição de Richa é prioridade no DEM Da Redação

O deputado estadual Pedro Lupion (DEM), em entrevista que concedeu na manhã de ontem, em seu gabinete, considera a reeleição em 2014 uma questão de honra para o governador Beto Richa e prioridade também para seu partido, o Democratas, onde o parlamentar ocupa a secretaria-geral do Diretório Estadual. Desde que a possibilidade de se disputar dois mandatos consecutivos ao Executivo foi estabelecida, em 1998, os governadores do Paraná foram reeleitos, e o tucano trabalha para manter a escrita. Para o DEM, qualquer pretensão de fazer frente ao Partido dos Trabalhadores nas eleições presidenciais passa pela recondução ao cargo dos atuais governadores eleitos por partidos de oposição ao governo petista. Como o PT tem a predominância no cenário político nacional, com a presidência da República, e também quer reeleger a presidenta Dilma Rousseff, é mais que provável que uma candidatura petista ao governo do Estado venha com forte apoio de Brasília. O nome sempre lembrado nesta hipótese é o da ministra da casa Civil, a senadora paranaense (licenciada) Gleisi Hoffman. Na avaliação de Lupion, isso seria um fator adicional de dificuldade e por isso Beto Richa busca, de várias formas, ampliar o número de prefeitos e vereadores que possam trabalhar por sua reeleição. “O PT vai tentar capitalizar eleitoralmente tudo o que for feito no Paraná com recursos da União, e responsabilizará o governador no caso de não haver investimentos federais. Isso já está acontecendo. “É preciso cobrar os parlamentares governistas no Congresso Nacional para que o

Lideranças do Norte Pioneiro, acompanhadas do deputado Pedro Lupion, se reuniram com Beto Richa

Estado não seja prejudicado por questões partidárias” adverte Lupion. Na sua avaliação isso seria desastroso ao Paraná, num cenário de competição nacional entre os estados. O Democratas, que em 2010 dividiu-se entre Beto e Osmar, já decidiu que em 2014 a situação será diferente. “A divisão ocorrida no passado é fato superado. O governador Beto Richa sabe que pode contar com o apoio irrestrito do partido e dos prefeitos que vierem a ser eleitos pela legenda. O que vamos priorizar a partir de agora são as articulações para compor as chapas nos municípios em que temos pré-candidatos fortes, estabelecendo um diálogo construtivo com os demais partidos aliados para a escolha dos candidatos a vice-prefeito”, avisa o deputado. Norte Pioneiro O apoio do governador Beto Richa (PSDB) aos pré-candidatos democratas Pedro Claro de Oliveira Neto e Dr. Sérgio Eduardo Emygdio de Faria, de Santo Antonio da Platina e Jacarezinho, respectivamente, faz parte da estratégia do tucano para fortalecer sua campanha

em busca da reeleição em 2014. Além disso, Richa espera retribuir, dessa forma, o trabalho que ambos desenvolveram em 2010, quando foram para as ruas pedir votos ao então candidato do PSDB, que acabou eleito. A audiência que Pedro Claro e Dr. Sérgio mantiveram com Richa na terça-feira (dia 11), contou com as presenças do deputado estadual Pedro Lupion (DEM), do prefeito de Goioerê, Beto Costa (DEM) e do coordenador político e membro do diretório estadual do Democratas, João Naime Neto, e pôs fim a uma polêmica, difundida na região, de que o governador poderia apoiar outros candidatos nos dois maiores colégios eleitorais do Norte Pioneiro. “O governador foi enfático ao afirmar que seu candidato em Santo Antonio da Platina é o Dr. Pedro Claro. Ele recordou os momentos da campanha de 2010, quando o Dr. “Pedro, mesmo doente, arregaçou as mangas e trabalhou pedindo votos para ele, e lembrou também que seu filho, Marcello Richa, foi muito bem recebido e fez caminhadas pelas ruas de Santo Antonio na companhia do

Dr. Pedro”, relatou o deputado. “Como o PSDB não terá candidatura própria no município, o governador vai apoiar a candidatura do DEM, que integra sua base de apoio na Assembleia Legislativa.” É um pedido meu que está sendo atendido por Beto Richa”, afirma o parlamentar. Jacarezinho Lupion disse ainda que Richa considera a situação de Jacarezinho pacificada, uma vez que a presidência da Executiva Provisória do PSDB está nas mãos de um grupo encabeçado pelo presidente do Instituto Ambiental do Paraná, Luiz Tarcisio Mossato Pinto, e porque também não há pretensões de lançamento de candidatura própria entre os tucanos jacarezinhenses. “As pesquisas internas apontam o franco favoritismo do Dr. Sérgio, que tem um eleitorado consolidado depois de quase 20 anos de carreira na política local. Entre os pré-candidatos no município Dr. Sérgio foi o único que atuou pela eleição do governador em 2010, credencial mais que suficiente para merecer a retribuição em 2012”, conclui o deputado democrata.


A-4 Economia

TRIBUNA DO VALE

Terça-feira, 18 de outubro de 2011

Paraná amplia valores e prazos para concessão de microcrédito FOMENTO Objetivo com o reajuste dos limites e prazos é manter programa como referência em crédito nesse segmento

Da Agência Estadual

A Agência de Fomento do Estado do Paraná (Fomento Paraná) ampliou em 50% os limites e os prazos em todas as faixas de concessão de crédito do Programa Microcrédito Banco Social. A partir de agora, o valor máximo de financiamento do microcrédito passa de R$ 10 mil para R$ 15 mil e o prazo para pagamento aumenta para até 36 meses. A medida beneficia desde o empreendedor que precisa de apoio para dar início a uma atividade até aquele que está em fase de consolidação do negócio ou planeja expandir as atividades e para isso precisa de crédito para capital

de giro, investimento fixo ou investimento misto. De acordo com o presidente da Fomento Paraná, Juraci Barbosa Sobrinho, o

Esta medida é mais uma demonstração do jeito do governador Beto Richa de governar o Paraná”

reajuste das faixas de crédito demonstra a boa vontade da administração estadual em contribuir para a expansão

da atividade dos micro e pequenos empreendedores. “Esta medida é mais uma demonstração do jeito do governador Beto Richa de governar o Paraná, apoiando o setor produtivo, para melhorar a renda e garantir a criação de empregos”, afirma. “Não podemos esquecer da grande contribuição das microempresas para a economia do Brasil e do Paraná. É o segmento que mais cria empregos”, completa o secretário da Fazenda Luiz Carlos Hauly. Ele aponta a oferta de crédito como fator fundamental para a consolidação dos pequenos empreendimentos. Referência O objetivo do governo com o reajuste dos limites e prazos é manter o Programa Microcrédito, que recentemente com-

pletou 10 anos, como referência em crédito nesse segmento. Nesse período foram liberados mais de R$ 132 milhões, que atenderam 35 mil empreendimentos, responsáveis por 227 mil empregos. A concessão de crédito do Banco Social estava limitada a R$ 10 mil desde 2007. Desde então, a inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor (IPC-Fipe) variou 23,4% e o Custo Unitário Básico (CUB), usado no setor da construção civil, cresceu 42,8%. Para obter recursos do microcrédito, o empreendedor deve ter faturamento anual máximo de R$ 360 mil. A taxa de juros dos financiamentos é de aproximadamente 12% ao ano e não é cobrada Taxa de Abertura de Crédito (TAC).

 NOVAS FAIXAS DE FINANCIAMENTO DO MICROCRÉDITO FAIXA A - INÍCIO DE ATIVIDADE

FAIXA B – CONSOLIDAÇÃO DO NEGÓCIO

Capital de giro – de R$ 700,00 para R$ 1.000,00 Pagamento – de 6 para 9 meses Investimento fixo – de R$ 2.000,00 para R$ 3.000,00 Pagamento – de 18 para 24 meses Investimento misto – de R$ 2.000,00 para R$ 3.000,00 Pagamento – de 12 para 18 meses

Capital de giro – de R$ 2.000,00 para R$ 3.000,00 Pagamento – de 6 para 9 meses Investimento fixo – de R$ 5.000,00 para R$ 7.500,00 Pagamento – de 18 para 24 meses Investimento misto – de R$ 5.000,00 para R$ 7.500,00 Pagamento – de 12 para 18 meses

FAIXA C – EXPANSÃO DA ATIVIDADE Capital de giro – de R$ 3.000,00 para R$ 4.500,00 Pagamento – de 6 para 12 meses Investimento fixo – de R$ 10.000,00 para R$ 15.000,00 Pagamento – de 24 para 36 meses Investimento misto ��� de R$ 10.000,00 para R$ 15.000,00 Pagamento – de 18 para 24 meses

17/10/11

CÂMBIO

17/10/11

DÓLAR COMERCIAL

INDICE BOVESPA Baixa: 2,03%

53.911 pontos

Volume negociado: R$ 8,56 bilhões 51.243 53.273 53.838 54.601 55.030 53.911

Alta: 2,60% Compra Venda

EURO

Var. outubro: -5,69% R$ 1,773 R$ 1,775

DÓLAR PTAX (Banco Central) Alta: 0,64% Compra Venda

DÓLAR PARALELO

07/10 10/10 11/10 13/10 14/10 17/10

Ações Petrobrás PN Vale PNA Copel PNB Bradesco PN Brasil ON LLX Logística ON PDG Realt ON Telemar PN

% -1,73 -3,51 -4,40 -0,31 -1,01 -6,15 -6,15 +3,20

R$ 19,30 38,74 31,93 28,80 23,45 3,66 6,72 17,44

11.397,00 5.436,70 5.859,43 8.879,60

-2,13 -0,54 -1,81 +1,50

BOLSAS NO MUNDO Dow Jones Londres Frankfurt Tóquio

%

OURO - BM&F

var. dia

17/10

+0,63%

R$ 96,00 /grama

IR

OUTUBRO

BASE (R$)

Alíquota Parc. a % deduzir Até R$ 1.566,61 Isento De R$ 1.566,62 a 2.347,85 7,50% 117,49 De R$ 2.347,86 a 3.130,51 15% 293,58 De R$ 3.130,52 a 3.911,63 22,50% 528,37 Acima de R$ 3.911,63 27,50% 723,95

Deduções: a) Assalariados: 1-R$ 157,47 por dependente; 2 - pensão alimentícia; 3 - contribuição à Prev. Social; 4 - R$ 1.566,61 por aposentado a partir de 65 anos; 5 - contribuições à previdência privada e aos Fapi pagas pelo contribuinte; b) Carne Leão: itens de 1 a 3 mais as despesas escrituradas no livro-caixa.

SELIC/IR IR 2011 - A sétima parcela vence em 31/10.

Para pagamento desta parcela há juros Selic de 5,93%.

MÊS TAXA SELIC Jul/11 0,97% Ago/11 1,07%

MÊS TAXA SELIC Set/11 0,94% *Out/11 1,00%

*No mês corrente a Selic é sempre 1,00% Indicadores Econômicos: elaboração da agência Dossiê:Dinheiro. Fone: (41) 3205-5378

Var. outubro: -5,97% R$ 1,71 R$ 1,89

DÓLAR TURISMO Alta: 0,54% Compra Venda

Baixa: 0,05% Compra Venda

Var. outubro: -3,47% R$ 2,4061 R$ 2,4072

EURO TURISMO

Var. outubro: -5,69% R$ 1,7481 R$ 1,7488

Alta: 0,53% Compra Venda

Var. outubro: -6,30% R$ 1,680 R$ 1,860

Estável Compra Venda

Var. outubro: -4,53% R$ 2,35 R$ 2,53

OUTRAS MOEDAS X REAL Iene Libra esterlina Peso argentino

R$ 0,0228 R$ 2,76 R$ 0,41

US$ 1 É IGUAL A: Iene Libra esterlina Euro

76,72 0,6338 0,7265

ÍNDICES DE INFLAÇÃO Índices em % INPC (IBGE) IPCA (IBGE) IPCA-15 (IBGE) IPC (FIPE) IPC (IPARDES) IGP-M (FGV) IGP-DI (FGV) IPA-DI (FGV) IPC-DI (FGV) INCC-DI (FGV)

abr 0,72 0,77 0,77 0,70 1,06 0,45 0,50 0,24 0,95 1,06

mai 0,57 0,47 0,70 0,31 0,25 0,43 0,01 -0,63 0,51 2,94

jun 0,22 0,15 0,23 0,01 -0,02 -0,18 -0,13 -0,19 -0,18 0,37

REAJUSTE ALUGUÉIS Índice INPC (IBGE) IPCA (IBGE) IGP-M (FGV) IGP-DI (FGV)

ago 1,0687 1,0687 1,0836 1,0834

set 1,0740 1,0723 1,0800 1,0781

Quase 14 mil veículos importados aguardam liberação no porto Gazeta do Povo

Aproximadamente 14 mil veículos importados aguardavam a liberação no Porto de Paranaguá, no litoral do Paraná, na segunda-feira, 17. A capacidade do pátio é para 6 mil carros. Os demais foram abrigados em armazéns do porto que não estavam sendo utilizados, de acordo com a assessoria de imprensa da Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa). A maior parte dos carros que esperam a liberação veio da Argentina. O Porto de Paranaguá recebeu peças gigantes na semana passada, as quais serão enviadas para empresas de Três Lagoas (MS) e São Mateus do Sul, região

Sul do Paraná. Grande parte do espaço disponível foi ocupado por essas peças e por isso os veículos tiveram de ser colocados em espaços alternativos do cais. Segundo a Appa, a liberação de um carro argentino demorava dois dias no primeiro trimestre de 2011 e, desde maio, pode levar até 60 dias. As restrições comerciais entre Brasil e Argentina tornaram a liberação dos veículos mais lenta. O Brasil deixou de conceder licenças automáticas para a importação de produtos argentinos, tais como veículos, autopeças, produtos têxteis, entre outros. A medida foi adotada depois que a Argentina adotou essas restrições nos casos de produtos brasileiros, de acordo com a Appa.

 AVIAÇÃO Demanda por voos domésticos

sobe 9,06% em setembro Das Agências

A demanda por voos domésticos em setembro cresceu 9,06% em relação ao mesmo mês do ano passado, enquanto a oferta aumentou 15,04%. Desde janeiro de 2011, o crescimento acumulado da procura por voos domésticos chega a 18,52%, enquanto a oferta cresceu 13,80%. As informações são do relatório de Dados Comparativos Avançados, publicados ontem, 17, pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). Os voos internacionais operados por empresas brasileiras apresentaram um crescimento de demanda de 6,57% em relação ao mesmo mês do ano passa-

do, enquanto a oferta aumentou 4,33%. No acumulado de 2011, a demanda aumentou 13,83%, contra 9,46% da oferta. A GOL/ Varig Linhas Aéreas manteve a liderança do mercado doméstico em setembro, com 38,87%, seguida pelo Grupo TAM, com 38,22%. As demais empresas aumentaram sua fatia de mercado, com 22,91%, contra 18,30% no ano passado - o que representa um aumento de 25% na participação de mercado dessas empresas em relação a setembro de 2010. No mercado de voos internacionais operados por empresas brasileiras, o Grupo TAM responde por 88,55% do mercado, contra 10% da GOL/Varig e 1,45% da Avianca.

Mercado Agropecuário

Indicadores Econômicos BOVESPA

 PARANAGUÁ

out 1,0730 1,7031 1,0746 1,7045

* Correção anual. Multiplique valor pelo fator acima

PREVIDÊNCIA

jul 0,00 0,16 0,10 0,30 0,15 -0,12 -0,05 -0,13 -0,04 0,45

ago 0,42 0,37 0,27 0,39 0,46 0,44 0,61 0,77 0,40 0,13

set 0,45 0,53 0,53 0,25 0,30 0,65 0,75 0,94 0,50 0,14

ano 4,61 4,97 5,04 4,14 4,54 4,15 4,30 3,84 4,69 6,37

12m 7,30 7,31 7,33 6,54 6,78 7,46 7,45 7,52 7,13 7,68

OUTROS INDICADORES ago set out BTN + TR 1,557268 1,560500 1,562065 TJLP (%) 6,00 6,00 6,00 Sal. mínimo 545,00 545,00 545,00 FGTS (%) 0,3698 0,4547 0,3471 TAXA SELIC ANUAL: 12,00%

COMPETÊNCIA SETEMBRO

Vencimento: empresas 20/10 e pessoas físicas 17/10. Após multas de 4% a 100% e juros (Selic)

Empresário/empregador

Facultativo

Contribui com 11% sobre o pró-labore, entre R$ 545,00 (R$ 59,95) e R$ 3.691,74 (R$ 406,09), através de GPS.

Contribui com 20% sobre qualquer valor entre R$ 545,00 (R$ 109,00) e R$ 3.691,74 (R$ 738,34), através de carnê.

Autônomo

Assalariados

1) Quem só recebe de pessoas físicas: recolhe por carnê 20% sobre os limites de R$ 545,00 (R$ 109,00) a R$ 3.691,74 (R$ 738,34). 2) Quem só recebe de pessoas jurídicas: a empresa recolhe 11% sobre o máximo de R$ 3.691,74 (R$ 406,09) e desconta do autônomo. 3) Quem recebe de jurídicas e físicas: têm desconto de 11% sobre o que recebe de jurídicas, até R$ 3.691,74 (R$ 406,09). Se não atingir este teto, recolhe 20%, via carnê, sobre a diferença até R$ 3.691,74. 4) Aut. especial: recolhe 5% por carnê, sobre R$ 545,00 (R$ 27,25), mas só se aposenta por idade.

Salários até 1.107,52 De 1.107,53 até 1.845,87 De 1.845,88 até 3.691,74

8,00% 9,00% 11,00%

Empregados domésticos Alíquota % R$ mín R$ máx Empregado 8 a 11 43,60 406,09 Empregador 12 65,40 443,01 Total 20 a 23 109,00 849,10

SALÁRIO FAMÍLIA - SETEMBRO/2011 Salário de até R$ 573,91 Salário de R$ 573,92 a 862,60

R$ 29,43 R$ 20,74

TR, TBF, POUPANÇA TR MÊS Agosto/11 Setembro/11 Outubro/11

POUPANÇA MÊS Agosto/11 Setembro/11 Outubro/11

LOTES - ATACADO

% 0,21 0,10 0,06

ano 0,88 0,99 1,05

12 m 1,18 1,21 1,22

% 0,71 0,60 0,56

ano 4,99 5,62 6,22

12 m 7,42 7,45 7,47

TAXAS DIÁRIAS % Período 12/9 a 12/10 13/9 a 13/10 14/9 a 14/10 15/9 a 15/10 16/9 a 16/10 17/9 a 17/10 18/9 a 18/10 19/9 a 19/10 20/9 a 20/10 21/9 a 21/10 22/9 a 22/10 23/9 a 23/10 24/9 a 24/10 25/9 a 25/10 26/9 a 26/10 27/9 a 27/10 28/9 a 28/10 29/9 a 29/10 30/9 a 30/10 1/10 a 31/10 1/10 a 1/11 2/10 a 2/11 3/10 a 3/11 4/10 a 4/11 5/10 a 5/11 6/10 a 6/11 7/10 a 7/11 8/10 a 8/11 9/10 a 9/11 10/10 a 10/11 11/10 a 11/11

TR 0,1485 0,1208 0,1143 0,1261 0,0802 0,0596 0,0828 0,1290 0,1271 0,1234 0,1046 0,0715 0,0572 0,0802 0,1227 0,1180 0,0885 0,1091 0,0603 0,0404 0,0620 0,0936 0,0954 0,1134 0,0914 0,0845 0,0419 0,0368 0,0687 0,1060 0,1004

TBF 0,9597 0,9118 0,9052 0,9271 0,8508 0,8201 0,8634 0,9200 0,9181 0,9144 0,8954 0,8421 0,8176 0,8608 0,9237 0,9089 0,8662 0,8900 0,8308 0,7907 0,8325 0,8743 0,8761 0,9043 0,8721 0,8652 0,7922 0,7971 0,8392 0,8868 0,8812

POUP 0,6492 0,6214 0,6149 0,6267 0,5806 0,5599 0,5832 0,6296 0,6277 0,6240 0,6051 0,5719 0,5575 0,5806 0,6233 0,6186 0,5859 0,5623 0,5941 0,5959 0,6140 0,5919 0,5849 0,5421 0,5370 0,5690 0,6065 0,6009

17/10/11

SOJA - saca 60kg PRAÇA Paranaguá Ponta Grossa Maringá Cascavel Sudoeste Guarapuava

TRIGO - saca 60kg

R$ 49,00 47,50 46,00 46,00 46,00 46,00

SEM 6,5% 5,6% 5,7% 5,7% 3,4% 4,5%

30 d. -4,9% -3,1% -4,2% -4,2% -5,2% -5,2%

5,8% 4,1% 2,1% 2,0% 4,2% 6,3%

-3,5% -3,8% -9,4% -3,8% -5,7% -5,6%

MILHO - saca 60kg Paranaguá Sudoeste Cascavel Maringá Ponta Grossa Guarapuava

27,50 25,50 24,00 25,00 25,00 25,50

PRAÇA Curitiba Ponta Grossa Maringá Cascavel PRODUTO Bezerro (1) Boi gordo (2) Café (3) Algodão (4)

unidade

SOJA

saca 60 kg

média PR - R$ 42,83

17/10/11 var. diária 0,0%

var. 7 dias 3,9%

SAL. MÍNIMO - PARANÁ Grupo 1 R$ 708,74 Trab.s na agricultura. Grupo 2 R$ 736,00 Serviços administrativos, domésticos e gerais, vendedores e trab. de reparação.

Grupo 3 R$ 763,26 Trab. produção de bens e serviços industriais Grupo 4 R$ 817,78 Técnicos nível médio. * Valores válidos de maio/2011 a abril/2012

Jacar. R$ 42,80

BOLSA DE CHICAGO (CBOT) SOJA - US$cents por bushel (27,216 kg)

MILHO

Cont. FECH. *DIF. 1 SEM. 1 MÊS nov/11 1.253,00 -17,00 6,4% -7,6% jan/12 1.260,50 -18,00 6,0% -7,8%

Cont. dez/11 mar/12

FARELO - US$ por tonelada curta (907,2kg)

TRIGO - US$cents por bushel (25,4 kg)

out/11 dez/11

dez/11 mar/12

323,00 325,00

-5,40 -2,60

6,0% -7,4% 5,3% -8,0%

17/10/11 - US$cents por bushel (25,4 kg)

FECH. 640,50 651,25 624,25 658,00

*DIF. 1 SEM. 1 MÊS 0,50 5,9% -7,4% -0,25 5,5% -7,7% 1,50 1,50

2,1% 1,6%

-9,3% -9,5%

*Diferença sobre dia anterior. 1,00 ponto = US$ 0,01 na soja, milho e trigo e US$ 1,00 no farelo

*Diferença s/ dia anterior. 1,00 ponto = US$ 0,01 no café e algodão.

8,95

C.Proc. R$ 42,50

MERCADO FUTURO

Norte

992,40 994,27 0,19 8,46

var. 30 dias -3,3%

MILHO saca 60 kg 21,70 0,6% -0,2% -7,3% 20,50 21,00 TRIGO saca 60 kg 25,80 0,0% -0,2% 1,1% 24,00 FEIJÃO CAR. saca 60 kg 92,67 2,4% 1,5% 6,7% aus BOI GORDO arroba, em pé 93,95 0,2% 0,5% -2,1% 94,00 94,00 SUÍNO kg, vivo 2,32 0,0% -0,4% 5,9% 2,30 2,40 FRANGO kg, vivo 1,79 0,6% 0,6% 1,1% 2,15 CAFÉ BEN. beb. dura, 60kg 440,77 0,1% -0,1% -3,0% 430,00 450,00 CAFÉ kg, em coco 7,07 0,3% -0,4% -2,2% 7,30 6,70 Fonte: Sima/Deral/Seab. Os preços nas praças referem-se aos valores “mais comuns” apurados

Cont. dez/11 mar/12

Oeste

DIA MÊS -1,11% 3,00% -0,15% 0,07% -1,89% -1,77% -0,25% -4,78%

PREÇO AO PRODUTOR Produto

Cont. dez/11 mar/12

7,90

R$ 729,62 99,32 483,67 175,00

Soja, milho e trigo: fonte Dossiê:Dinheiro; Cepea/Esalq: mais informações em www.cepea.esalq.usp.br

Fonte: Sinduscon/PR e Sinduscons regionais R$/m2 AGO SET %m %ano %12m Paraná 982,84 987,13 0,44 7,67 8,03 959,70 963,65 0,41 7,32

30 d. -1,0% 0,0% 0,0% 0,0%

1- preço médio no MS, unid. de 8 a 12 meses; 2 -média à vista da arroba no Estado de SP; 3 - valor à vista saca 60kg posto SP Capital, arábica, bica corrida, tipo 6; 4 - em pluma, cent/R$ por libra-peso (453 gr), posto SP Capital.

ALGODÃO

Noroeste 966,19 968,56 0,25 9,11 10,27

SEM 2,1% 2,1% 2,1% 1,8%

INDICADORES CEPEA/ESALQ

BOLSA DE NOVA YORK (NYBOT) CAFÉ - US$cents/libra peso (0,453 kg)

CUB PARANÁ

R$ 29,60 29,40 29,40 29,00

FECH. 234,00 237,20

*DIF. 1 SEM. 1 MÊS -5,55 3,4% -10,1% -5,55 3,3% -9,9%

17/10/11 - US$cents/libra peso (0,453 kg)

FECH. 100,36 98,46

*DIF. 1 SEM. 1 MÊS -1,58 -2,9% -9,2% -0,97 -2,0% -8,4%

BOLSA DE MERCADORIAS DE SÃO PAULO (BM&F) MILHO - R$/saca 60 kg SOJA FINANCEIRO - US$ saca 60 kg Cont. nov/11 mai/12

C 28,10 28,25

VP -0,15 -0,15

CN CA - 185 19 2.224

BOI GORDO - R$/arroba out/11 nov/11

100,65 103,02

0,00 -0,17

Cont. nov/11 jan/12

C 30,11 30,61

VP -0,22 -0,16

17/10/11 CN CA 367 4.430 179 5.114

CAFÉ - US$/saca 60 kg (arábica) 793 10.205 190 3.537

dez/11 set/12

324,75 295,00

-5,75 -5,75

1.938 29

3.829 1.796

C-cotação de fechamento (ajuste diário); VP-variação diária (1 ponto = US$ 1,00 ou R$ 1,00); CN - contratos negociados no dia; CA-contratos em aberto.


Cidades A-5

TRIBUNA DO VALE

Terça-feira, 18 de outubro de 2011

Moradores bloqueiam BR-153 para pedir infraestrutura em bairro S.A.PLATINA Protesto bloqueou tráfego por duas horas; moradores reivindicam rede de esgoto e asfalto na Vila Santa Terezinha Aline Damásio

Um protesto feito por moradores da Vila Santa Terezinha interditou por duas horas o quilômetro 42 da BR153 em Santo Antonio da Platina no sábado,15. Após o alagamen-

to, moradores bloquearam a rodovia com queima de madeira e pneus e reivindicavam da administração municipal obras de infraestrutura no bairro. Com cerca de 150 pessoas o protesto causou congestionamento por cerca de dois quilômetros e por quase duas horas nos dois sentidos da rodovia. Corpo de Bombeiros, Polícia Rodoviária Federal e Polícia Militar foram acionados para tentar liberar a rodovia e conter alguns manifestantes que só liberaram a pista após a chegada do Diretor Municipal de Obras Antonio Villas Boas Neto que prometeu tomar medidas para resolver a situação no bairro. Com as chuvas constantes da última semana, cinco casas no bairro ficaram totalmente alagadas devido a problemas nas galerias pluviais e o entupimento de bueiros que transbordaram e deixaram várias ruas alagadas. Os moradores reclamam ainda da falta de es-

goto e pavimentação no local. Segundo a moradora Patrícia Godoy a situação é recorrente. “Toda vez que chove temos que conviver com a água suja e o esgoto que invade nossas casas, é uma situação terrível que acontece há vários anos e ninguém faz nada. O que nós pedimos durante o protesto é apenas o que é de direito básico de todo cidadão, pois faz mais de vinte anos que pedimos por esgoto aqui e a administração pública nunca faz nada”, desabafou. O pedreiro João Luiz de Matos relata que no local não há bueiros suficientes para escoar a água da chuva. “Estamos vivendo pior do que em favelas durante as chuvas sem poder sair de casa e convivendo com animais como ratos e baratas devido ao esgoto. Estivemos várias vezes reivindicando pacificamente nosso direito, mas estamos cansados de ser enrolados pela administração que sequer nos atende, estamos totalmente Aline Damásio

Aline Damásio

Protesto de moradores deixou BR153 interditada por cerca de duas horas

isolados”, declarou. O diretor de Obras afirmou ontem, 17, que a Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar) já iniciou as obras de desobstrução das galerias de esgoto do bairro e que dentro

Estamos cansados de ser enrolados pela administração que sequer nos atende, estamos totalmente isolados”

Moradores da Vila Santa Terezinha protestaram e bloquearam rodovia em protesto contra alagamento

 SIQUEIRA CAMPOS

Vito Draghi morre aos 93 anos em Curitiba Felipe Peres

O jornalista e agrônomo aposentado ítalo-brasileiro Vito Draghi morreu ontem, às 7 horas, em Curitiba, aos 93, após apresentar falência múltipla dos órgãos. Draghi nasceu na Itália e mudou-se para o Brasil na década de 1950 e logo após sua chegada passou a viver em Siqueira Campos, onde constituiu família e conquistou fama entre os cafeicultores do Paraná. A história desse agrônomo e jornalista italiano é bastante emocionante e cheia de situações inusitadas. Nascido em Pennabili, província de Pesaro, no dia 30 de setembro de 1918, Draghi formou-se em Ciências Agrárias pela Universidade de Perugia. Lá, além de graduar-se, Draghi defendeu tese de doutorado no início da década de 1940. Porém, o italiano nunca conseguiu terminar o curso, já que as atividades acadêmicas italianas foram interrompidas por conta da 2ª Guerra Mundial. Durante o período da Guerra, mesmo sem continuar os estudos, Draghi não ficou parado. O então agrônomo foi tenente do 51º Regimento de Infantaria, combatendo na região dos Balcãs, antiga Iugoslávia. Ao retornar para a Itália em 1943º Exército Italiano passou para o lado dos aliados e Draghi então incorporou-se a uma milícia chamada de Partegianos, que tinha como objetivo combater os nazi-facistas. Com

de projetos”, afirmou. Na noite de ontem, estava prevista uma reunião entre moradores, membros do Departamento de Obras e a prefeita Maria Ana Pombo para discutir a situação do bairro. O chefe de gabinete Joel Marciano Rauber confirmou que a verba do projeto de infraestrutura do bairro foi empenhada e disse que a reunião deverá definir soluções emergenciais e permanentes para os problemas do bairro. “Pleiteamos projetos de urbanização e recuperação de áreas degradadas da Vila Santa Terezinha mas infelizmente não foi empenhada, portanto cancelada pelo Ministério das Cidades. Temos conhecimento da situação crítica da área e pretendemos resolver junto com os moradores uma solução rápida e viável para os problemas do local, quem sabe enviando um novo projeto ao governo federal”, afirmou.

OBITUÁRIO Dona Luzia e o prazer da pescaria

Arquivo de família

Aline Damásio Divulgação

Vito Draghi e esposa Evanir, ao lado dos cinco filhos em Siqueira Campos

isso, Draghi e o restante do grupo acabaram presos pelo regime facista e quando estavam sendo levados para um campo de concentração conseguiram escapar. Depois, já no período pós-guerra, o italiano trabalhou no Ministério da Agricultura, na capital Roma, onde também atuou como professor universitário. Em março de 1950 Draghi participou de mais um grande momento na carreira, ao cobrir a Copa do Mundo no Brasil como repórter do jornal esportivo mais importante da Itália: o CorrierriDello Sport. Depois da Copa, no entanto, Draghi não retornou para Itália, mas sim mudou-se para Siqueira Campos, onde foi convidado por um amigo para gerenciar as Fazendas Reunidas do Bairro de Barbosas. Contando com seu profundo conhecimento em agronomia, o italiano veio a formar as primeiras lavouras de café na região de Siqueira Campos. E foi em Siqueira Campos que Draghi passou o restante da vida.

de alguns dias serão feitas a abertura de mais bueiros para captar a água das chuvas. “A vila Santa Terezinha sofre um sério problema pois recebe o despejo de água que se acumula em várias propriedades

rurais vizinhas e também dos bairros próximos. As obras previstas para melhorar a captação de água serão feitas em caráter emergencial e ainda dependem da liberação do maquinário”, declarou Villas Boas. Somente entre 2009 e 2011 a Câmara de Vereadores apresentou mais de 30 requerimentos e projetos pedindo obras de infraestrutura no bairro, que incluem pavimentação, construção de galerias de esgoto, obras de escoamento de água e até a limpeza de bueiros. Nenhuma delas foi atendida pelo executivo, acusa o vereador Francisco Faustino de Proença (PPS). “São vários pedidos de moradores que se arrastam há anos sem nenhuma solução. Já foram aprovadas verbas de mais de R$ 600mil para obras de infraestrutura no local através do Ministério das Cidades entre 2008 e 2010, nenhuma delas aprovada devido à falta

Em 1952 o italiano casou-se com Evanir Barbosa e Silva Draghi. Juntos, Vito e Evanir tiveram cinco filhos, que por sua vez lhes deram oito netos. AAPS Ainda dentro do futebol, uma das paixões declaradas do jornalista, Draghi foi presidente da Associação Atlética Pindorama Siqueirense durante três mandatos: de 1968 a 1970, de 1970 a 1972 e de 1980 a 1982. No clube o italiano ainda diretor patrimonial e conselheiro. Homenagens Ao longo da vida em Siqueira Campos e no Brasil, o italiano colecionou cargos importantes e homenagens. Em 2002 Draghi foi representante consular da Itália no Norte Pioneiro do Paraná, período em que recebeu uma homenagem na Câmara de Deputados. Em 2008 Draghi ainda foi lembrado no 4° Seminário Regional de Cafeicultores de Siqueira Campos, quando foi prestada uma homenagem ao agrônomo e jornalista.

Luzia Zacchias de Moraes foi comerciante tradicional em Santo Antônio da Platina. Trabalhou durante toda sua vida na cidade ao lado do marido Francisco de Moraes no Bazar Estrela e depois no Empório Caçula, mas tinha como maior prazer a pescaria. Todos os dias arrumava suas tralhas de pesca e equipamentos e partia para qualquer rio, córrego ou mesmo pesque-pague onde passava horas curtindo seu lazer. Não se importava se a pesca era proveitosa ou não, só lhe interessava o passar das horas a aproveitar seu hobby que se completava ao preparar os pratos com os peixes que exibia com orgulho à família. “Apesar de todo gosto pela pescaria, Luzia não gostava de comer os pratos que preparava, gostava mesmo era da pesca, mas peixe mesmo nunca gostou de comer”, conta o genro José Francisco Bueno Júnior. Para Luzia pescaria não tinha dia

nem hora combinado, podia ser de segunda à segunda, com ou sem companhia só pelo prazer de lançar a isca.

No dia 19 de setembro, aos 81 anos, de causas naturais, em Santo Antonio da Platina. Deixa uma filha e uma neta.

Darci Furtado, 61 anos, de parada cardíaca em Santo Antonio da Platina

Antonio Lopes 78 anos, de causas naturais em Jacarezinho.

Nair Orlandini Nespoli 75 anos, de causas naturais em Santo Antonio da Platina.

Vicente Batista Oliveira 15 anos, causa não divulgada, em Jacarezinho.

Nestor Carlos Veloso 77 anos, de causas naturais em Santo Antonio da Platina.

Sebastião dos Santos, 90 anos, de causas naturais em Jacarezinho.

Sidinéia Rosa da Silva 41 anos, causa não divulgada em Abatiá.

Avelino de Oliveira 87 anos, de causas naturais em Jacarezinho.

Sebastião Mateus 45 anos, causa não divulgada em Jacarezinho.

Maria Aparecida Brandi 69 anos, de causas naturais em Jacarezinho.

Odília Leite Horta 91 anos, de causas naturais em Jacarezinho.

João Chiriano 65 anos, de causas naturais em Santa Amélia.


A-6 Cotidiano

TRIBUNA DO VALE

Terça-feira, 18 de outubro de 2011

Três cidades registram estragos com as chuvas do final de semana TEMPESTADE Apesar do grande volume de água, Norte Pioneiro não registrou nenhum caso grave; situação é crítica em Londrina Da Redação com Gazeta do Povo

As for t e s c hu v a s qu e at i n g i r a m t o d o o Pa r a ná causaram estragos em Andirá, Santo Antônio da Platina e Siqueira Campos. Sem vítimas ou desabrigados, a força da água causa apenas transtornos na região, porém em outras regiões do estado, a situação foi bem pior. De acordo com um balanço divulgado pela C o ordenadoria Estadual da Defesa Civil na manhã desta segunda-feira (17), duas mortes foram regis-

tradas no estado – uma em Londrina, no Norte, e outra em Ortigueira, na região Central do Paraná. Aproximadamente 108 mil pessoas afetadas pela chuva que caiu entre quintafeira (13) e sábado (15). Outros dez municípios registraram estragos causados pela chuva. São eles Campo Mourão, Foz do Iguaçu, Londrina, Guarapuava, Nova Esperança do Sudoeste, Or tigueira, Realeza, Salto do L ont ra, São Jo ão, Sant a Izabel do Oeste. A situação mais grave é registrada em Londrina. Uma morte foi registrada na cidade e 100 mil p e s s o a s f or a m a f e t a d a s pela chuva. Um prédio do Residencia l L indoi a, na zona leste de Londrina, foi interditado pelo Corpo de Bombeiros e Defesa Civil por conta do risco de desabamento. A sequência de dias chuvosos na cidade fez com que a estrutura do edifício apresentasse rachaduras e trincas nas paredes, escadas, e no t e r r e n o d o e n t o r n o. O local foi evacuado neste

Marcos Junior

Chuva inundou parte baixa da avenida Benedito Lúcio Machado, na Vila Claro, em Santo Antônio da Platina

domingo (16). Não há informações sobre quantas famílias moravam no prédio, que fica na Rua João Stringheta. De acordo com a Defesa Civil, 222 pessoas estão desalojadas e 171 desabrigadas no Paraná.

APREENSÕES

Mortes O corpo do rapaz que estava desaparecido desde a noite de quinta-feira (13), em Londrina, foi encontrado no domingo (16). A forte chuva que caiu em Londrina arrastou a vítima para den-

tro do córrego Bom Retiro. O corpo foi encontrado no Ribeirão Quati, próximo à Rodovia Carlos João Strass, na Vila Yara. A segunda morte causada pela chuva no Paraná ocorreu no fim de semana.

A menina Wendi Natali de Rezende Matias, de 15 dias, foi arrastada pela enxurrada na área rural de Ortigueira, na região Central do estado, no sábado (15). Os pais do bebê conseguiram se salvar.

SEGURANÇA

Governo promove curso de Polícia Militar encontra quatro armas de fogo na região Policiamento Comunitário Escolar Agência Estadual de Notícias

O vice-governador e secretário da Educação, Flávio Arns, participou na segunda-feira, 17, da abertura do “1º Curso de Formação em Policiamento C omunitário Escolar”, no Quartel do Comando Geral da Polícia Militar, em Curitiba. Promovida pelo Batalhão de Pa-

De acordo com a Polícia Militar, índice de apreensão de armas teve aumento expressivo este ano Da Redação

Em três ocorrências durante o fim de semana, a Polícia Miltar apreendeu quatro armas de fogo irregulares. Em Abatiá, um homem, suspeito de assaltar um bar no sábado, 15, foi preso com dois revólveres, um calibre 32, outro 38 e duas facas. As duas armas de fogo estavam municiadas. De acordo com a vítima,

o dono do bar, por volta das 23 horas, o bandido parou o carro Ford Escort e o coagiu para que entregasse o dinheiro do caixa. No momento que o dono do bar reagiu ao assaltou, o rapaz começou a disparar contra ele. Um tiro feriu a mão da vítima. Mais tarde, os policiais encontraram o carro estacionado perto da avenida João Carvalho de Mello, ao lado do recinto do rodeio. Quando o suspeito entrou

no carro foi detido com os dois revólveres e levado à Delegacia de Polícia. No mesmo dia, operações da PM apreendeu um revólver calibre 38 com um homem, dono de uma Montana que estava estacionada na avenida Silveira Pinto, no centro de Ribeirão do Pinhal. Mais tarde, em uma briga que ocorreu na mesma avenida, a polícia apreendeu uma espingarda.

O curso tem por finalidade habilitar guardas municipais, policiais militares, professores da secretaria e conselheiros

trulha Escolar Comunitária, em parceria com a Secretaria da Educação, a capacitação segue até o dia 28 deste mês. “O curso tem por finalidade habilitar guardas municipais, policiais militares, professores da secretaria e conselheiros tutelares para atuar nas escolas da rede pública, proporcionado co-

nhecimentos operacionais e metodológicos dos módulos de segurança nas escolas, educação preventiva e segurança e atividades suplementares”, explicou o Comandante do Batalhão de Patrulha Escolar Comunitária, Tenente-Coronel Douglas Sabatini Dabul. “Esta capacitação é uma continuidade do excelente trabalho que vem sendo realizado pela Patrulha Escolar Comunitária em todo o Estado. A patrulha está expandindo suas atividades e chamando os conselhos tutelares, secretarias de educação e guardas municipais para um aperfeiçoamento e troca de informações”, afirmou Flávio Arns. O vice-governador também lembrou que a Polícia Militar é referência em educação, citando o Colégio da PM e a Academia Policial Militar do Guatupê como exemplos. “A nossa preocupação é criar uma cultura de segurança que conduza a uma cultura de paz”, disse. “Para isso, é importante, principalmente quando se trata de ambiente escolar, envolver toda a sociedade e a comunidade escolar”,

completou. Para o comandante-geral da Polícia Militar, Coronel Marcos Teodoro Scheremeta, a importância do curso está na ampliação do trabalho da polícia comunitária. “Iniciativas como esta trazem os atores envolvidos nas questões da educação para trabalharmos juntos na busca de soluções para os problemas que se apresentam nas escolas e seu entorno”, destacou. O “1º Curso de Formação em Policiamento Comunitário Escolar” será desenvolvido em três módulos: “Módulo de Segurança na Escola”, “Módulo de Educação Preventiva e Segurança” e “Módulo Suplementar de Segurança na Escola”. De acordo com Dabul, o programa Patrulha Escolar Comunitária é hoje um sucesso em todo o estado. “Como indicador de eficácia do programa, relacionado à formação inicial e continuada, ressalta-se que aproximadamente 97% das atividades desenvolvidas no programa atual, Patrulha Escolar Comunitária, são de cunho preventivo e apenas 3% são de origem repressiva”.

ACIDENTE

Mulher fica com a mão presa em cilindro de máquina Da Redação

Uma mulher s e fer iu na man hã de ontem no Jardim Isaura, em Santo Antônio da Platina, enquanto manus e ava uma m á q u i n a d e f a z e r p ã o. Te re z a R i b e i ro Fr a n ç a , 57 anos, ficou com a mão presa nos cilindros do e q u i p a m e n t o. O f i l h o, Ricardo França, contou

Antônio de Picolli

Liguei para os Bombeiros, que em menos de 5 minutos já estavam lá” Radiografias não apontaram fraturas na mão de Tereza Ribeiro França

que tentou desmontar a máquina, mas não cons e g u iu. “L i g u e i p ar a o s Bombeiros, que em menos de 5 minutos já estavam lá”, elogiou a rapidez da equipe de socorristas do Corpo de B ombeiros de Santo Antônio da Platina. Os militares tiveram que usar o alicate hidráulico para separar os cilindros. A vítima foi encami-

nhada ao Pronto Socorro d o Ho s p i t a l No s s a S e nhora da Saúde. De acordo com a ass ess or i a do Hospital, ela passou por exames de radiografia que não apontaram nenhuma fratura. Tereza foi medicada e liberada. O Corpo de Bombeiros recomenda cautela no manuseio de equipamentos que ofereçam risco.


Esporte A-7

TRIBUNA DO VALE

Terça-feira, 18 de outubro de 2011 O atacante e capitão Fred, do Flu, tem sido peça importante na reação do clube na competição, com três gols sobre o Coritiba e mais dois em cima do Palmeiras. O atacante foi elogiado por Abel Braga, que disse que sua motivação e seu exemplo são decisivos para o grupo dentro do vestiário.

Mesmo após a derrota para o Botafogo, o capitão do AtléticoPR, Paulo Baier, pediu que a torcida continue confiando na equipe. Com 28 pontos o clube paranaense ocupa a 18ª colocação e está a três pontos do Cruzeiro, primeiro time fora da zona de rebaixamento.

Futuro da 5ª edição da Copa Amunorpi será decidido hoje FUTEBOL Reunião vai decidir se jogo entre Santo Antônio da Platina e Jacarezinho vai acontecer

Felipe Peres

Os quatro times eliminados depois de praticarem WO e uma suspeita de armação de resultados definitivamente mancharam a 5ª edição da Copa Amunorpi de Futebol. Hoje, uma reunião na sede da Associação dos Municípios do norte Pioneiro (Amunorpi), vai decidir se o último e derradeiro

jogo da primeira fase do certame, entre Santo Antônio da Platina e Jacarezinho, times que compõem o grupo C, vai ou não ser marcado. Comissão técnica e Departamento de Esportes de Santo Antônio da Platina suspeitam de armação de resultados e o objetivo do encontro é esclarecer essa situação para dar continuidade ao campeonato. Inicialmente, o jogo estava marcado para o último dia 9, domingo. Porém, por falta de policiamento a última partida válida pelo grupo C da competição foi desmarcada. Remarcado para o último domingo, dia 16, o jogo foi novamente adiado por conta do mau tempo. O time de Santo Antônio da Platina possui hoje 3 pontos ganhos e precisa vencer Jacarezinho para se garantir na próxima fase do

campeonato, já que a equipe de Abatiá, concorrente direta pela vaga, soma 4 pontos. A principal reclamação tanto da comissão técnica quanto do diretor municipal de Esportes, Jaime Sacco, seria em relação a um suposto esquema de armação de resultados. Apesar de aparecer na tabela de classificação como terceiro colocado no grupo C, atrás de Jacarezinho –que tem 7- e Abatiá, o time platinense venceu cinco partidas na competição. Porém, como havia vencido os dois jogos contra Ribeirão Claro e outros dois contra Joaquim Távora, ambos eliminados por praticarem WO, o time de Santo Antônio da Platina foi prejudicado pelo regulamento, que prevê que os resultados de times eliminados sejam anulados. “Como pode? Nós ganhamos cinco

partidas, fizemos uma ótima campanha e corremos o risco de ficar de fora das finais”, indignou-se Vodô, o comandante da equipe de Santo Antônio da Platina. “Isso é um absurdo. Amanhã (hoje) vamos sentar e conversar para ver o que está acontecendo”, concluiu Sacco. Erik Sunao Tanaka, presidente da Associação Norte Pioneiro de Oficiais de Arbitragem (Assonorp), entidade responsável em apitar as partidas da competição, disse que o jogo precisa ser marcado e disputado para haver continuidade na competição. “Tecnicamente falando essa partida é importantíssima, já que a última vaga das semifinais está em jogo”, disse. “Mas isso só vai ser decidido amanhã (hoje)”, completou. A reunião está marcada para as 10 horas e participam, além

da diretoria da Amunorpi e da Assonorp, as comissões técnicas de Santo Antônio da Platina e Jacarezinho e os departamentos de Esporte dos dois municípios. Classificados Já estão classificados para a semifinal da edição 2011 da Copa Amunorpi os primeiros e segundo classificados dos grupos A, B e D. Apenas o grupo C ainda não tem os times definidos. Pelo grupo A classificaram-se Figueira e Japira, pelo grupo B Quatiguá e Siqueira Campos e pelo D Tomazina e Wenceslau Braz. De acordo com o regulamento da competição, enfrentam-se na próxima fase Figueira e Santo Antônio da Platina ou Abatiá, Tomazina e Siqueira Campos, Quatiguá e Wenceslau Braz e Jacarezinho e Japira. Os jogos serão em cruzamento olímpico.

FUTURO

Platinense não tem planejamento definido para 2012 Da Redação

Os torcedores da Platinense tiveram que esperar quase três anos para finalmente ver os atletas do clube subirem ao gramado do Estádio Municipal José Eleutério da Silva para a disputa de jogos oficiais. Porém, o clube foi eliminado da 3ª divisão da edição de 2011 do Campeonato Paranaense ainda na primeira fase e a direção do clube ainda não traçou um planejamento para 2012. Pateta, presidente da Platinense, afirmou ontem que

BASTIDORES

Na Câmara, Orlando Silva irá se defender de denúncias hoje Gazeta Esportiva

O ministro do Esporte, Orlando Silva, definiu que estará hoje, a partir das 14h30, na Câmara Federal para se explicar sobre as denúncias de participação em um esquema de desvio de verbas em programas públicos. Ele vai participar de uma audiência pública conjunta das comissões de Turismo e Desporto; e de Fiscalização Financeira e Controle. No final de semana, Orlando Silva viu o seu nome citado em matéria da revista Veja - em um esquema de corrupção no programa Segundo Tempo, que tinha o objetivo de incorporar crianças carentes à prática de esportes através de ONGs. João Dias, integrante da Federação Brasiliense de Kung Fu e exmilitante do PCdoB, e Célio Soares Pereira, um funcionário que teria várias funções no grupo de arrecadação do dinheiro público, foram os responsáveis pela denúncia. Em função do problema, Orlando Silva retornou do México com antecipação para se defender. O ministro nega qualquer tipo de envolvimento no esquema descrito pelos responsáveis da acusação.

trará novidades apenas na próxima quinta em relação ao planejamento do clube para o ano que vem. O cartola foi enfático em dizer que ainda não há planos traçados para a disputa de campeonatos oficiais em 2012. “Estou saindo de viagem e volto apenas na quinta-feira. A partir de então vou ter novidades sobre o futuro do clube”, informou em entrevista prestada por telefone na tarde de ontem. A única certeza é que o time sub18 da Platinense continua

treinando no Estádio José Eleutério da Silva. Polêmica Membros da comissão técnica da Platinense afirmam ontem que o presidente do clube lhes deve três meses de salário. O presidente, por sua vez, negou essa informação na tarde de ontem. “Nós fizemos um acordo com os membros da comissão técnica, que receberam 50% dos lucros relacionados a publicidade no estádio. Essa informação não procede”, disse o cartola ontem. Po-

Felipe Peres

Estádio Municipal José Eleutério da Silva deve passar mais um ano vazio

rém não é o que dizem os profissionais do clube, que

admitem estar sem receber desde julho.

N OTAS Escalação estrelada O Flamengo voltou aos treinos visando o confronto contra a Universidad de Chile, amanhã, no Engenhão, pelas oitavas de final da Copa Sul-americana. Para esta partida, o técnico Vanderlei Luxemburgo poderá poupar alguns titulares, mas confirmou as presenças dos meias Thiago Neves e Ronaldinho Gaúcho, que estão suspensos e não vão atuar no fim de semana pelo Campeonato Brasileiro. Calote? O Palmeiras planeja resolver até o fim deste mês a forma de pagamento da dívida com o banco Banif, referente à contratação do meia Valdivia. O prazo extra combinado entre o clube e a instituição terminou no sábado, e o presidente Arnaldo Tirone assegura estar perto de um desfecho. Protagonista O afastamento do atacante Kleber e a ausência cada vez maior de Marcos nas partidas faz o meia Valdivia aparecer como possível protagonista do Palmeiras nesta reta final do Campeonato Brasileiro. No entanto, o chileno não quer carregar sozinho a responsabilidade de liderar o time na busca pela reabilitação. "Não é só um jogador, tem de ser todo mundo. O Palmeiras tem time e elenco. Todos têm de ser protagonistas, não adianta ser só um", Cobrança Logo após a derrota para o Atlético-GO por 3 a 0, Luis Fabiano não quis nem falar sobre título, preferindo uma reflexão sobre os seis jogos sem vitória do São Paulo. Agora, ele dá um aviso a todos: não adianta só demitir Adilson Batista, é necessário que os atletas façam sua parte para reerguer o time. "Não vamos abaixar a cabeça e achar que tudo está resolvido com a saída do treinador. Não está resolvido. Temos que assumir toda a responsabilidade, parar para refletir e melhorar”, disse. 3 Kg O médico Joaquim Grava não demonstra muita preocupação com a forma física do atacante Adriano. Em participação no programa Mesa Redonda, da TV Gazeta, o profissional do Corinthians disse que o centroavante precisa emagrecer apenas 3 kg para atingir o seu peso ideal. Desfalques A vitória por 2 a 1 sobre o Palmeiras foi muito comemorada pelos jogadores do Fluminense. O resultado deu para eles a certeza de que é possível lutar pela conquista do título do Campeonato Brasileiro. Porém o técnico Abel Braga tem motivos para se preocupar com o desempenho do time na partida do próximo sábado, às 18 horas (de Brasília), contra o Atlético-MG. Isso porque o Tricolor vai ter desfalques importantes diante de um Galo que precisa desesperadamente do resultado positivo.


cmyb

A-8 Local

TRIBUNA DO VALE

Terça-feira, 18 de outubro de 2011

MP pede e Justiça determina bloqueio de bens de Lucivane IMPROPRIDADE

Secretária de Saúde de Santo Antônio da Platina é acusada pelo Ministério Público de desviar recursos da APMI Marco Martins e Celso Felizardo

A secretária de Saúde de Santo Antônio da Platina, Lucivane Gouvea Delfino está com seus bens e contas bancárias bloqueadas por determinação judicial a pedido do Ministério Público. A secretária é a acusada de chefiar um esquema de desvio de recursos da Associação de Proteção à Maternidade e à Infância (APMI). A denúncia, transformada em uma ação civil pública, foi protocolada no mês passado pelo Núcleo Regional de Trabalho de Proteção ao Patrimônio Público do Norte Pioneiro na Justiça com pedido de liminar bloqueando os bens da secretária de Saúde e de todos os envolvidos. De acordo com a ação, Lucivane Gouveia chefiou um esquema de desvio de recursos entre 2008 e 2009, quando presidia a associação. Os desvios foram feitos através de pagamentos irregulares a um enfermeiro e outras duas técnicas de enfermagem – também denunciados na ação - que trabalhavam na época no Hospital Nossa Senhora da Saúde. Os três, aponta a denúncia, recebiam por serviços supostamente prestados ao Pronto Socorro Municipal, à época administrado pela APMI. A fraude só teria sido descoberta depois que os nomes dos enfermeiros foram confrontados com as escalas de enfermagem do Pronto Socorro Municipal. Conforme a ação, os serviços eram pagos com cheques nominais, depois descontados e repassados a

Lucivane Gouvea. Segundo a denúncia do Núcleo do Patrimônio Público, os desvios chegam a R$ 30 mil. Depois de analisar a ação, a juíza Joana Tonetti Biazus atendeu o pedido de liminar e bloqueou os bens de Lucivane. O texto do documento do Ministério Público pedia também o bloqueio dos bens do enfermeiro Marcos Paulo de Oliveira e das técnicas de enfermagem Ismavete Dias e Geny Pereira, além de Élcio Baptista de Almeida e Maristela Moreno, contador e tesoureira da APMI na época dos supostos desvios. Porém, a magistrada entendeu que o bloqueio deveria ser determinado somente a Lucivane, uma vez que era ela quem recebia “os valores destinados ao suposto pagamento dos serviços prestados”. Apesar de não terem os bens bloqueados, Marcos de Oliveira, Ismavete Dias, Geny Pereira, Élcio Baptista de

A prefeita só vai tomar uma decisão depois de analisar esses documentos, até porque quando as supostas irregularidades aconteceram, Lucivane não era ainda secretária de Saúde”

Almeida e Maristela Moreno são réus na ação movida pelo Ministério Público, assim como Lucivane Gouveia.

Arquivo

Lucivane Rufino foi acusada pelo MP de chefiar esquema de desvio de recursos do Pronto Socorro Municipal

A ação pede a condenação de todos os envolvidos com pena máxima, a devolução dos valores desviados aos cofres da entidade que se corrigidos chegam a R$ 53 mil, além do processo por improbidade administrativa. Documentos O escândalo do desvio de recursos só se tornou público em novembro de 2010 depois que a Tribuna do Vale revelou o teor de documentos e da investigação do Ministério Público . Na época da denúncia, o enfermeiro Marcos Paulo de Oliveira chegou a confirmar à reportagem a participação no esquema. “Fui tentar ajudar uma pessoa e acabei me prejudicando”, disse. Desde então, a secretária de Saúde Lucivane Delfino se

isolou e se negou a dar a sua versão sobre as denúncias para a imprensa. Dias depois da denúncia, a secretária chegou a colocar o cargo à disposição, mas a prefeita Maria Ana Pombo (PT) não aceitou o pedido de demissão. Ontem, o chefe de gabinete da prefeitura, Joel Marciano Rauber, disse que a administração, assim como a prefeita Maria Ana Pombo não vai tomar qualquer decisão sem antes conhecer os detalhes da ação. “A prefeita só vai tomar uma decisão depois de analisar esses documentos, até porque quando as supostas irregularidades aconteceram, Lucivane não era ainda secretária de Saúde”, disse ontem Joel Rauber.

A reportagem da Tribuna do Vale tentou contato ontem com a secretária Lucivane Gouvea mas ela não atendeu nenhum dos telefones feitos para seus dois celulares. Ela também não deu retorno aos recados deixados em seus telefones. Ontem, no período da tarde ela não foi localizada nem no Centro Social Urba-

no, onde dá expediente, nem no Hospital Nossa Senhora da Saúde, onde atua como enfermeira-chefe. Marcos de Paulo de Oliveira, Ismavete Dias, Geny Pereira, Élcio Baptista de Almeida e Maristela Moreno foram procuradas pela reportagem mas não foram localizadas para comentar a acusação do Ministério Público.

Ação civil pública aponta Lucivane como principal beneficiária do que esquema montado por ela para desviar recursos do PS

PAISAGISMO

Flores revitalizam canteiro da avenida Frei Guilherme Maria Celso Felizardo

Enquanto as ruas de Santo Antônio da Platina recebem melhorias de sinalização e readequação de sentidos, a Prefeitura investe também em paisagismo. O Departamento Municipal de Turismo destinou R$ 48 mil para decorar os 740 metros do canteiro central da avenida Frei Guilherme Maria com 10 mil mudas de flores. O colorido de espécies como sálvia, tagete, petúnias, cravina, avenca e begônia, agradou os moradores, principalmente aqueles que caminham todos os dias pela avenida. “Está ficando muito bonito, deixou o lugar ainda mais agradável, não vejo a hora de acabar”, conta a vendedora Arlete Santos, 47 anos. De acordo com a diretora Rosemary de Fátima Palavro, a intenção é deixar a cidade mais bonita. “Com o plantio

das mudas, a população ganha uma cidade mais alegre com um novo cartão postal”, revela. Ela explica que as espécies foram escolhidas por serem resistentes ao clima. “Essas plantas sobrevivem no calor, chuva, é só fazer a manutenção básica”, diz. A maior preocupação da diretora é com o vandalismo. Ponto de encontro tradicional de jovens aos fins de semana, a avenida Frei Guilherme Maria amanhece cheia de garrafas quebradas. “Nosso clamor é para que a população cuide do seu patrimônio e não destrua o canteiro, pois de nada adianta investimentos de paisagismo se o povo não colaborar”, diz. Para fazer a manutenção do canteiro, a prefeitura montou uma estufa no viveiro municipal, ao lado do Departamento do Meio Ambiente. “A estufa já está cheia de novas mudas que serão usadas para a reposição”. Colorido das flores chama a atenção de quem passa pela avenida Frei Guilherme Maria

Antônio de Picolli

cyan magenta yellow black


TRIBUNA DO VALE

Terça-feira, 18 de outubro de 2011

Local

B-1

www.tribunadovale.com.br

Greve termina e agências lotam BANCOS  Após 21 dias de paralisação, atendimento ao público volta ao normal com filas e reclamação de clientes

Aline Damásio/Das agências

E m v igor há 20 di as, teve fim ontem, 17, a greve nacional dos bancários que at i ng i a b anc o s públ i c o s e privados. Na região, o atendimento começou a se normalizar em mais de 80 agências, onde voltaram ao trabalho mais de 500 funcionários que estavam em greve em 18 cidades.

Entre os clientes, a reclamação que já era grande durante a greve, tornou-se mais acentuada com a volta do atendimento devido às filas. Alguns bancos chegaram a fazer o atendimento até ás 17 horas mesmo com as portas fechadas desde às 15 horas. “O movimento realmente foi intenso devido ser o primeiro dia após a greve, mas as transações têm sido feit as nor ma lmente, pois mesmo durante a paralisação os ser viços internos foram mantidos, além de haver a reposição de horas dos funcionários que aderiram à greve”, afirmou o gerente da agência do Banco do Brasil em Santo Antonio da Platina, José Carlos Ferreira Batista. A dona de casa Tereza Aparecida Martins conta que conseguiu receber sua aposentadoria durante a paralisação, mas reclama da falta de informações nas agências. “Além dos trans-

Antônio de Picolli

Clientes enfrentam fila e longa espera por atendimento após greve dos bancários

tornos durante a greve, hoje (ontem) tive que ficar na fila durante um longo período mesmo no caixa eletrônico que ainda não contava com nenhum funcionário para me auxiliar, uma total falta de respeito”, diz. O auxiliar administrativo Renato Pe-

reira relata que aguardou mais de 60minutos p elo atendimento. “Os funcionários têm direito de fazer grave, mas depois de todos estes dias seria coerente pelo menos estenderem o horário de atendimento ao público para evitar todos

PROTESTO

estes transtornos”, opina. O retorno ao trabalho dos bancários foi decidido na última sexta-feira, 14, após a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) apresentar a proposta de acordo salarial, que prevê reajuste de 9% dos salários

a partir de 1º de setembro de 2011 e 12% sobre o piso da categoria, válido a partir de 1º de setembro. Os bancários reivindicam reajuste salarial 12,8%, o que corresponde a um aumento real de 5%, a categoria conquistou aumento real de 1,5%, e para o piso da categoria, o aumento real foi 4,3%. Os bancários vão repor os dias de paralisação até 15 de dezembro, o que afastou a possibilidade de desconto dos dias parados. O secretário geral do Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos Bancários de Cornélio Procópio (Seeb) Roberto Firmino a nego ciação não atendeu a todas as reivindicações, mas foi satisfatória para categoria. “O acordo foi nacional e atende a alguns de nossos pedidos. Tivemos a paralisação mais longa dos últimos anos e estamos satisfeitos com nossas conquistas”, declarou.

SEBRAE

Sem receber desde agosto, funcionários Empresários de Santo Antônio da Platina de empresa terceirizada param Antônio de Picolli

discutem estratégia e competitividade Da Assessoria

Grupo formado por cinco funcionários esteve ontem em frente ao barracão para protestar Felipe Peres

Depois de ficar dois meses sem receber salário, os 27 auxiliares de serviços g e r a i s c ont r at a d o s p e l a empresa terceirizada ARZ Engenharia para prestar serviços ao Departamento Mu n i c i p a l d e O b r a s d e Santo Antônio da Platina, pararam de trabalhar há uma semana. Na manhã de ontem, um grupo formado por cinco dos 27 funcionários foi protestar na frente do barracão da prefeitura de Santo Antônio da Platina, onde funciona o escritório do departamento. Revoltados, os funcionários exigem que o pagamento seja feito o mais b r e v e p o s s í v e l . “ Te m o s contas pra pagar, água, luz, aluguel. Todo mundo aqui tem família. Não é justo t r a b a l h a r s e m re c e b e r”, disse Hamilton Moreira, 30, um dos manifestantes.

“Nosso contrato acaba na próxima sexta-feira e queremos receber antes disso”, re forç ou o prote sto O rlando Aparecido Barbosa, 29. “Nós já cansamos de procurar a empresa –ARZ

Temos contas pra pagar, água, luz, aluguel. Todo mundo aqui tem família. Não é justo trabalhar sem receber”

Engenharia- mas não conseguimos contato. A empresa mudou de endereço e nós tentamos telefonar no escritório mas ninguém nos atende”, reclama outro

funcionário, Wagner Dias dos Santos, 33. O diretor municipal de Obras, Antônio Vilas Boas, foi procurado na manhã de ontem para comentar o caso. Porém, por estar ocupado, quem atendeu a reportagem foi o responsável pela frota, Carlos Alberto Shmeiske. Deacordo com Shmeiske, o departamento reconhece que a ARZ Engenharia esteja devendo para o grupo. “Fiz um ofício com o valor do pagamento dos funcionários e encaminhei para a Secretaria da Fazenda da prefeitura. O documento precisa ainda passar por empenho para depois f a z e r mo s o p ag ame nto”, disse. Shmeiske prevê que o pagamento dos profissionais seja feito ainda nesta semana. Segundo cálculos do Departamento de Obras, a dívida da ARZ Engenharia com os funcionários é de R$ 29,7 mil.

A reportagem da Tribuna do Vale tentou ouvir a ARZ Engenharia sobre o caso, mas, como já havia adiantado o grupo que protestou ontem, ninguém atende os telefonemas na empresa. Represália O nt e m , ap e n a s c i n c o dos 27 funcionários estiveram na frente do barracão para protestar. O motivo pela baixa adesão foi explicado pelos membros do grupo. Segundo os funcionários, a diretoria do setor os coage na tentativa de evitar os protestos. “Nós somos ameaçados a ficar sem emprego. Acontece que ninguém quer trabalhar de graça”, disse um dos profissionais que preferiu não se identificar. “Estamos aqui hoj e ( ontem ) p ar a lut ar pelos nossos direitos. Nós queremos trabalhar, mas precisamos receber também”, finalizou.

O sucesso dos empreendedores está diretamente vinculado as suas estratégias empresariais. “A estratégia dá direção, foco e agilidade aos negócios. Os empresários precisam analisar o ambiente empresarial, identificando pontos fortes e fracos, oportunidades e ameaças para a elaboração de um plano de ação estratégico e sua implementação imediata”, aconselha o consultor do Sebrae/PR, Roberto Janz. Em um mundo globalizado, a estratégia empresarial é um dos alicerces para garantir a permanência e o crescimento de pequenas empresas. Mas como criar condições para que os empreendedores e empresários tratem a estratégia como um elemento que faz parte da rotina diária dos empreendimentos? “Apostar em qualificação e na busca de orientações técnicas é o caminho”, responde o consultor do Sebrae/PR. De acordo com Roberto Janz, os empresários não têm tempo para se dedicar ao assunto e sentem dificuldades em adotar estratégias empresariais, no seu dia a dia. “Quando um empresário abre um negócio, ele ainda cabe na palma da mão e os controles ficam armazenados em sua cabeça. Com o passar do tempo, os controles ganham complexidade e o empresário precisa se reestruturar para continuar competitivo.” De olho nessa realidade, o Sebrae realiza em Santo Antônio da Platina, no próximo dia 26 de outubro, às 7h30, durante um café da manhã, a palestra “Estratégia e Competitividade para o seu Negócio”. O evento é uma das ações do Sebrae Mais – Programa Sebrae para Empresas Avançadas e acontece na sede da Associação Comercial e Empresarial

de Santo Antônio da Platina (Acesap), que fica na rua Rio Branco, 510. O consultor do Sebrae explica que o Sebrae Mais foi criado há dois anos para atender as necessidades dos empresários que estão em um estágio intermediário - ou seja, que não se enquadram no perfil de microempresa, mas que ainda não se tornaram médias e grandes empresas. “Os empreendedores aprendem como gerir a diversidade de informações e os desafios que vão aparecendo”, aponta. “Os empreendedores comentam que suas rotinas são solitárias, já que nem sempre é possível trocas ideias no ambiente de trabalho. Planejar o futuro; definir como crescer; repensar a empresa; identificar novas alternativas de acordo com as competências empresariais; e elaborar plano de ação para transformar sua estratégia em realidade são desafios permanentes”, argumenta Janz. O empresário Kleyton Smentkoski, que atua na cidade, no ramo de informática, explica que o Sebrae Mais é fundamental para os empresários relembrarem e conhecerem novos conceitos nas áreas de gestão e finanças. “Sabemos o que precisamos fazer, mas temos dificuldade de colocar em prática. As consultorias presenciais foram essenciais para mapear as informações e para trazer os conceitos da sala se aula para o cotidiano da empresa”, ressalta. Para obter mais informações sobre o Sebrae Mais, os empresários devem ligar para a Central de Relacionamento do Sebrae/PR no 0800 570 0800. Os interessados em participar da palestra “Estratégia e Competitividade para seu Negócio” devem ligar para (43) 3527-1221.

cyan magenta yellow black


B-2 Atas&Editais ALUGA-SE Sala comercial, com wc, situada à R. 13 de maio, 425 centro Santo Antonio da Platina- Pr Contato :(43) 9977- 6824

VENDO Golf GLX 96 - completo, Rodas Aro 17 Em ótimo estado. Contato :(43) 9900- 6933

VENDO UNO ELX Fire ano 94 - Vidro e trava elétrica. Em ótimo estado. Contato :(43) 9964-2843 PREFEITURA MUNICIPAL DE RIBEIRÃO DO PINHAL DECRETO Nº. 45/2011. SÚMULA – Dispõe sobre a abertura de Crédito Adicional Especial e da outras providencias. O Senhor Dartagnan Calixto Fraiz, Prefeito do Município de Ribeirão do Pinhal, Estado do Paraná, usando de suas atribuições legais, e em especial a Lei nº. 1.513/2011 de 14 de outubro de 2011; decreta: ARTIGO 1º - Fica aberto no orçamento vigente um Crédito Adicional Especial com Recursos de provável excesso de arrecadação no valor de R$ 26.000,00 (vinte e seis mil reais), na seguinte dotação de despesa: 07 - DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO, ESPORTE E CULTURA. 07.001 – Divisão de Ensino – Secretaria Municipal de Educação. 12.361.00052-029 – Transporte Escolar. 001310 – 3.1.00.000127 – 3.3.90.30.00.00 – Material de Consumo. Valor R$ 26.000,00 (vinte e seis mil reais). ARTIGO 2º - Servirá como recursos para o custeio do Presente Crédito Especial, os recursos a serem repassados ao Município pela SSED/PR – PETE (Secretaria de Estado da Educação), na conta da receita 1.7.6.2.02.99.04.00 – Convenio Transporte Escolar, conta corrente 12744-4 – FR 127. ARTIGO 3º - Este decreto entrará em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário. Ribeirão do Pinhal – Pr em 17 de outubro de 2011. Dartagnan Calixto Fraiz Prefeito Municipal PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA DECRETO Nº 440/11 A Prefeita Municipal de Santo Antônio da Platina, Estado do Paraná, no uso das atribuições que lhe são conferidas por Lei e, de conformidade com o requerimento nº 13748/11, de 17/10/11, decreta: Art. 1º - Fica EXONERADO, a pedido, a partir de 18 de outubro de 2011, o Senhor AGUINALDO ROBERTO DO CARMO, ocupante do cargo de Secretário Municipal de Assistência Social, Regime Estatutário, deste Município, nomeado em 12/02/2010. Art. 2º - Revogam-se as disposições em contrário. GABINETE DA PREFEITA MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA / ESTADO DO PARANÁ / PAÇO MUNICIPAL Dr. ALÍCIO DIAS DOS REIS, aos 17 de outubro de 2011. MARIA ANA VICENTE GUIMARÃES POMBO Prefeita Municipal PREFEITURA MUNICIPAL DE ANDIRÁ DECRETO Nº. 5.865 DE 14 DE OUTUBRO DE 2011 O Prefeito Municipal de Andirá, Estado do Paraná, JOSÉ RONALDO XAVIER, usando de suas atribuições legais e: Considerando o art. 172, incisos I, III e IV do Código Tributário Nacional; Considerando o art. 620 do Código Tributário Municipal; Considerando a Lei 2.209 de 22 de junho de 2011; Considerando o parecer da Assistente Social do Município; Considerando o parecer do Contador do Município; Considerando, ainda, que o presente decreto não fere o art. 14 da Lei de Responsabilidade Fiscal; DECRETA: Art. 1º - Fica concedida remissão a José Pereira, contribuinte cadastrado sob nº. 2.737, inscrição 0105-02600250192001, referente às dívidas de IPTU/TSU dos anos de 2008, 2009 e 2010. Art. 2º - Este decreto entra em vigor na data de sua publicação. Paço Municipal Bráulio Barbosa Ferraz, Município de Andirá, Estado do Paraná, em 14 de outubro de 2011, 68º ano de Emancipação Política. JOSÉ RONALDO XAVIER Prefeito Municipal

TRIBUNA DO VALE

Terça-feira, 18 de outubro de 2011

Eleições Sindicais - Edital de Convocação - Sindicato dos Trabalhadores na Movimentação de Mercadorias em Geral e no Comercio Armazenador de Ibaiti – Av. Dra. Fernandina Amaral Gentille, 796 – Centro – Ibaiti - Paraná. Pelo presente edital, faço saber que no dia 25/10/2011, no horário de 09:00 horas às 16:00 horas, na sede desta Entidade, será realizada eleição para composição da Diretoria, Conselho Fiscal e DelegadosRepresentantes ao Conselho de Representantes a que está filiada esta Entidade, bem como de Suplentes, ficando aberto o prazo de 05 (cinco) dias para o registro de chapas, que correrá a contar da data da publicação deste Edital, nos termos do Estatuto desta Entidade. O requerimento acompanhado de todos os documentos exigidos para o registro será dirigido ao Presidente da entidade, podendo ser assinado por qualquer dos candidatos componentes da chapa. A secretaria da entidade funcionará, no período destinado ao registro de chapas no horário de 09:00 às 17:00 horas, nos dias úteis, onde se encontrará a disposição dos interessados, pessoa habilitada para atendimento, prestação de informações concernentes ao processo eleitoral, recebimento de documentação e fornecimento do correspondente recibo. A impugnação de candidaturas deverá ser feita no prazo de 05 (cinco) dias, a contar da publicação da relação das chapas registradas. Caso não seja obtido, quorum em primeira convocação, a eleição em segunda votação, será realizada no dia 26/10/2011 e não conseguido o quorum na segunda convocação, a eleição em terceira votação, será realizada no dia 27/10/2011. Em caso de empate entre as chapas mais votadas, realizar-se-á nova eleição um dia após. Ibaiti – PR. 14/10/2011. Lucas Wilian de Moraes – Presidente. PREFEITURA MUNICIPAL DE RIBEIRÃO DO PINHAL DECRETO Nº. 46/2011. SÚMULA – Dispõe sobre a abertura de Crédito Adicional Suplementar e da outras providencias. O Senhor Dartagnan Calixto Fraiz, Prefeito do Município de Ribeirão do Pinhal, Estado do Paraná, usando de suas atribuições legais, e em especial a Lei nº. 1.490/2011 de 30 de dezembro de 2011; decreta: ARTIGO 1º - Fica aberto no orçamento vigente um Crédito Adicional Especial com Recursos de provável excesso de arrecadação no valor de R$ 15.000,00 (quinze mil reais), na seguinte dotação de dês 07 - DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO, ESPORTE E CULTURA. 07.001 – Divisão de Ensino – Secretaria Municipal de Educação. 12.361.00052-029 – Transporte Escolar. 001330 – 3.1.00.000124 – 3.3.90.30.00.00 – Outros serviços de terceiros, pessoa jurídica. Valor R$ 15.000,00 (quinze mil reais). ARTIGO 2º - Servirá como recursos para o custeio do Presente Crédito Suplementar, o cancelamento da dotação que abaixo segue: 07 - DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO, ESPORTE E CULTURA. 07.001 – Divisão de Ensino – Secretaria Municipal de Educação. 12.361.00052-029 – Transporte Escolar. 001310 – 3.1.00.000124 – 3.3.90.30.00.00 – Material de Consumo. Valor R$ 15.000,00 (quinze mil reais). ARTIGO 3º - Este decreto entrará em vigor na data de Sua publicação, revogadas as disposições em contrário. Ribeirão do Pinhal – Pr em 17 de outubro de 2011. Dartagnan Calixto Fraiz Prefeito Municipal PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DO PARANÁ JUÍZO DE DIREITO DA VARA CÍVEL DA COMARCA DE CAMBARÁ Av. Brasil, 1229 – Centro – Caixa Postal n. 4 – CEP 86390-000 – Fone/ Fax (43) 3532 1717 cartoriocivelcambara@hotmail.com EDITAL DE CITAÇÃO COM O PRAZO DE QUARENTA (40) DIAS

A Doutora BEATRIZ FRUET DE MOURAES, MM. Juíza de Direito da Comarca de Cambará. Estado do Paraná, que pelo mesmo CITA a empresa CASQUEL AGRICOLA E INDUSTRIAL (na pessoa de seu representante legal) atualmente residentes e domiciliados em lugar incerto e não sabido, que por este Juízo e Cartório Cível, se processam em todos os seus termos os autos de AÇÃO MONITÓRIA Nº. 1.976/2010, ajuizada em 17/08/2010, figurando como requerente N. SILVA & DIAS – COM. DE COMBUSTIVEIS LTDA, para no prazo de quinze (15) dias, efetuar o pagamento da importância de R$302.835,61 (trezentos e dois mil, oitocentos e trinta e cinco reais e sessenta e um centavos), que deverá ser atualizado e acrescido das despesas judiciais ou no mesmo prazo apresente embargos. Cambará, 29 de março de 2011. Eu, __ (Roberto Lucio Cia R. Vilar) Escrevente Juramentado, que digitei e subscrevi. BEATRIZ FRUET DE MORAES Juíza de Direito PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DO PARANÁ JUÍZO DE DIREITO DA VARA CÍVEL DA COMARCA DE CAMBARÁ Av. Brasil, 1229 – Centro – Caixa Postal n. 4 – CEP 86390-000 – Fone/Fax (43) 3532 1717 cartoriocivelcambara@hotmail.com EDITAL DE CITAÇÃO COM O PRAZO DE QUARENTA (40) DIAS

A Doutora BEATRIZ FRUET DE MOURAES, MM. Juíza de Direito da Comarca de Cambará. Estado do Paraná, que pelo mesmo CITA a empresa CASQUEL AGRICOLA E INDUSTRIAL S/A por encontrar-se em lugar incerto e não sabido, que por este Juízo e Cartório Cível, se processam em todos os seus termos os autos de AÇÃO DE COBRANÇA Nº. 1.975/2010, ajuizada em 17/08/2010, figurando como requerente TRANSPORTADORA SILVA & DIAS LTDA, para que, querendo, no prazo de quinze (15) dias, contados da data do vencimento do prazo acima estipulado, apresente contestação no presente feito. Advertência – Não sendo contestada a ação, presumir-se-ão aceitos pelo réu, como verdadeiros, os fatos articulados pelo autor (art. 285 do CPC). Cambará, 04 de abril de 2010. Eu, __ (Roberto Lucio Cia R. Vilar), Escrevente Juramentado, que digitei e subscrevi. BEATRIZ FRUET DE MORAES Juíza de Direito PREFEITURA MUNICIPAL DE GUAPIRAMA – PARANÁ PREGÃO PRESENCIAL N° 028/2011 EXTRATO DE CONTRATO DATA DE ASSINATURA DO CONTRATO: 13 DE OUTUBRO DE 2011

CONTRATANTE: MUNICÍPIO DE GUAPIRAMA CONTRATADA: OCIMAR RIBEIRO LOURENÇO ME VALOR: R$ 47.800,00 (quarenta e sete mil e oitocentos reais) OBJETO: AQUISIÇÃO DE PEÇAS NOVAS DE 1.ª LINHA PARA OS VEÍCULOS DA FROTA MUNICIPAL, QUE SERÃO RETIRADAS DE ACORDO COM A NECESSIDADE DE CADA DEPARTAMENTO PREFEITURA MUNICIPAL DE GUAPIRAMA – PARANÁ PREGÃO PRESENCIAL N° 028/2011 EXTRATO DE CONTRATO DATA DE ASSINATURA DO CONTRATO: 13 DE OUTUBRO DE 2011 CONTRATANTE: MUNICÍPIO DE GUAPIRAMA CONTRATADA: S.J. ZANIN & CIA LTDA VALOR: R$ 37.000,00 (trinta e sete mil reais) OBJETO: AQUISIÇÃO DE PEÇAS NOVAS DE 1.ª LINHA PARA OS VEÍCULOS DA FROTA MUNICIPAL, QUE SERÃO RETIRADAS DE ACORDO COM A NECESSIDADE DE CADA DEPARTAMENTO

 FOMENTO

BRDE apresenta projetos de logística a empresários Agência Estadual

Representantes de cooperativas agroindustriais e de transportes e dirigentes de empresas públicas reuniramse ontem, na sede da agência paranaense do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), em Curitiba, para conhecer dois planos de melhoramento da infraestrutura logística do Estado. O “Corredor e Terminal de Exportação” e o “Projeto Intermodal” foram apresentados pelo gerente de Operações do BRDE no Paraná, Paulo Cesar Starke Junior, e pela analista de projetos Tatiana Henn. De acordo com o diretor de Acompanhamento e Recuperação de Créditos do BRDE, Nivaldo Assis Pagliari, o banco estuda rotineiramente projetos do agronegócio e da infraestrutura, que são apresentados isoladamente pelos diversos

Queríamos discutir um problema e já lançamos uma ótima solução para ele”

empreendedores paranaenses. Por isso, a instituição financeira conhece as dificuldades dos dois setores e, especialmente, do produtor rural, que vê seus resultados serem consumidos pelo transporte caro; do caminhoneiro autônomo, que não possui frete firme o ano todo; e das cooperativas agroindustriais paranaenses, que são responsáveis por mais de 50% do Produto Interno Bruto (PIB) do agronegócio do Estado e perdem lucratividade com as ineficiências logísticas. Pagliari afirmou que o evento teve o objetivo de plantar uma semente que pode vir a dar frutos e resolver de forma definitiva um dos “calcanhares de Aquiles” da economia paranaense. “Queríamos discutir um problema e já lançamos uma ótima solução para ele. Com esses dois projetos aqui

apresentados vislumbramos deixar o Paraná mais competitivo e melhor estruturado para atender as demandas ocasionadas pelo crescimento econômico”, disse. Pensados para serem executados em parceria com a iniciativa privada, o “Corredor e Terminal de Exportação” e o “Projeto Intermodal” visam melhorar o escoamento da safra agrícola e da produção industrial paranaense, por meio da organização de um sistema logístico formado por entrepostos de armazenagem e transporte bimodal, que se estenderá do interior do Estado até o Porto de Paranaguá. O custo estimado dos projetos gira em torno de R$ 56 milhões, a serem financiados pelo BRDE com prazo alongado de pagamento e juros baixos. Para o diretor financeiro do BRDE, Jorge Gomes Rosa Filho, o banco faz história ao lançar ideias para tornar o Estado mais capaz de atender os anseios de sua sociedade. “Antes, o BRDE era uma instituição inerte que funcionava a partir do envio, análise e aceite de projetos. Agora, tomamos iniciativas. Usamos toda a nossa capacidade técnica para pensar um Paraná melhor para nossos filhos e netos”, disse o diretor do banco. O gerente de Operações colocou o BRDE como um articulador, que usa seus conhecimentos para oferecer soluções viáveis a situações adversas vividas pelo poder público e pela iniciativa privada. “O BRDE foi um pouco ousado”, confessou Paulo Cesar Starke Junior, que acredita que os projetos possam ajudar a resolver um dos mais graves problemas do Estado, que é a infraestrutura logística. O próximo passo será dado pelas cooperativas, que devem se reunir nos próximos dias para estudar as propostas e analisar a possibilidade de recorrer aos serviços financeiros do BRDE para implantar um novo modelo de transporte, armazenagem e exportação dos seus produtos.


HOJE OU ONTEM? NOVO OU TRADICIONAL?

TRIBUNA DO VALE Informação no tempo certo para você!

CENTRAL DE ATENDIMENTO

LEIA, ASSINE, ANUNCIE

43 3534 4114 www.tribunadovale.com.br


TRIBUNA DO VALE

Terça-feira, 18 de outubro de 2011

E-mail: social@tribunadovale.com.br

FERNANDA DINIZ Arquivo Pessoal

Assessoria

Miss Bahia 2011 O Clube Norte de Cambará realizou no último dia 11, o evento Pré Bahia 2011 , que elegeu a Miss Bahia deste ano. O desfile que contou com dez belas candidatas sagrou como Miss Bahia 2011 Ana Paula Cadari. O segundo lugar ficou para Mariana de Albuquerque Melo. Na terceira colocação ficou Letícia Fernandes. Como atração principal, o Pré Bahia 2011, teve na mesa de jurados, a linda Talula, ex-BBB 11. O Miss Bahia precede o Baile da Bahia realizado no Clube Norte, que este ano chegará à sua 30ª edição, no dia 03 de dezembro

Parabéns O garotão Gustavo, do município de Tomazina comemorou ontem, dia 17, seu 5º aniversário. Os pais Gleycon e Eliana desejam a ele muitas felicidades. Parabéns!

Arquivo Pessoal

Reflexão O homem nunca sabe do que é capaz, até que é obrigado a tentar. (Charles Dickens)

Novidade: Tons pastel Nas semanas de moda internacionais, que aconteceram entre agosto e outubro de 2011, um novo jeito de combinar cores foi apresentado. Ao contrário do color bloking com tons vibrantes, em alta neste verão, a próxima tendência para a paleta de cores do guarda-roupa são os tons pastel, que prometem rechear as araras das lojas e até os necéssaires! (Chic)

103 anos No último dia 07 o tavorense Humberto José Alípio completou 103 anos. Os votos de feliz aniversário são dos filhos, netos, bisnetos e demais familiares. A coluna também parabeniza o aniversariante pela data. Felcidades!

Anote na sua agenda!!!

Fejacan

Já começaram os preparativos para o 23º Baile do Hawaí da Upe Clube de Campo, em Santo Antônio da Platina. A data escolhida para o evento já foi definida: dia 19 de novembro. E, este ano a animação da tradicional festa será de responsabilidade da super banda Jair SuperCap Show. Frutas, decoração típica e show pirotécnico estão na programação. Imperdível!

As apresentações do Festival Jacarezinhense da Canção 2011, acontecem entre 10 e 11 de novembro, a partir das 20h30, no Cine Teatro Iguaçu. O Fejacan tem o objetivo de contribuir para o desenvolvimento da produção musical do Paraná, e outras diversas regiões do país, especialmente aquelas que resultam de processos de pesquisa e que estão relacionadas ao aprofundamento do uso da linguagem musical. Informações pelo telefone (43) 3527-1232

H ORÓSCOPO PARA HOJE Áries Semana começa em ritmo um tanto tenso, mas é quase um arremate, a conclusão de um processo. Confira para ver se foi compreendido por quem está sob suas ordens; assim diminui tendência a enganos e problemas. No amor, seja criativo.

Gêmeos Seu planeta regente Mercúrio abre a semana em antagonismo a Júpiter - um sinal claro de que curiosidade sem direção não está com nada hoje! Você, mestre de engenhos, é que vai mostrar como juntar as duas pontas. Amor em alta. Viagens.

Leão Comece a semana pisando leve, falando manso, observando mais e dizendo de menos. Mercúrio avisa: há informações que você não tem ainda, é preciso buscar nas fontes certas. Parente ou amigo próximo em apuros, ajude sem demora.

Libra Jogar é preciso nesta semana! Jogar com o tempo, apostar na sua experiência e respeitar seus limites, levar a sério seu cansaço, pela intolerância com um estilo de vida. O que mais você precisa aprender para se definir em breve? Não postergue.

Sagitário Até que os astros o protegeram neste início de semana! Vale não abusar da sorte, porem. Ilusões de ótica com relação a parceiros pode ser o ponto baixo de hoje. Ganhe tempo. Mas em casa, faça o contrário: cumpra promessas sem discutir.

Aquário Paz no setor doméstico às custas de você evitar debates. Música e informação de qualidade neutralizam falta de imaginação ou cansaço.. No amor, erros seus e do parceiro podem ser vistos sob novo ângulo, se valer a pena insista mais.

Touro Você começa a semana contando com alguns palpites interessantes - deve escutar sua intuição ao lidar com gente mais próxima e confiar no seu faro em assuntos de trabalho. Saúde mais vulnerável, evite alimentos pesados e falta de sono.

Câncer Altos e baixos de humor sinalizam necessidade de se preservar - se há duvidas sobre caminhos a seguir, é porque Saturno está em ângulo poderoso com seu signo. Urgente mesmo é descobrir o que faz sentido já, a esta altura da sua vida. Ande com isso.

Virgem Papeis contraditórios precisarão ser assumidos em alternância hoje. Com o sinal trocado, tenha pulso em dose dupla em casa, e espírito colaborativo e pacificador no trabalho. Sonde melhor uma proposta de trabalho. Há pontos esquisitos.

Escorpião Dias para reunir forças, descansar o corpo, entender melhor os últimos dias. Você tem de digerir informações, sentimentos e percepções. Até lá evite dar opiniões fechadas, ou tomar decisões que possam comprometer demais sua rotina.

Capricórnio Você não acredita em mágica, nem em sorte - mas haverá de lidar com gente que só pensa nisso; dá raiva, desanimo. Especialmente porque pode envolver dinheiro ou bens materiais. Fixe-se no presente: convívio social promete algo bom!

Peixes Um pouco mais de ordem neste começo de semana renderá mais tranqüilidade pra você fazer o que gosta. Tire uns dias para se reorganizar. Oportunidades prometidas de trabalho finalmente começam a se delinear melhor. Rotina no amor.

cyan magenta yellow black


TRIBUNA DO VALE EDIÇÃO Nº 2002