Issuu on Google+

cmyb

Sabado e Domingo

TRIBUNA DO VALE 30 DE ABRIL E 1º DE MAIO DE 2011

DIRETOR: BENEDITO FRANCISQUINI

260 150

ANO XV - N0 1885 - R$ 1,00

www.tribunadovale.com.br

NORTE PIONEIRO

Autoridades debatem estratégias para reduzir mortes no trânsito Antônio de Picolli

Uma reunião ocorrida na manhã de ontem, 29, entre prefeitos da Associação dos Municípios do Norte Pioneiro (Amunorpi) e representantes das polícias Civil e Militar debateu meios para reduzir as mortes no trânsito nas rodovias da região. Segundo estatísticas, somente neste primeiro semestre, já ocorreram 25 mortes nas rodovias estaduais, quase o dobro se comparado com o mesmo período do ano passado, que fechou com 13, isso sem contar com os números 

EMPREGO

Piso salarial estadual é reajustado em 6,9% 

Após oito meses de reforma, escola é reinaugurada Antônio de Picolli

PÁG. A3

Uenp prepara Congresso de Educação para maio PÁG. A4

ABATIÁ

Elevador e mesa seletora reforçam trabalhos de reciclagem 

PÁG. A5

PÁG. A5

PÁG. A6

R. PINHAL

TRADIÇÃO

da Polícia Rodoviária Federal (PRF), que não apresentou estatística oficial. A combinação álcool-direção e a falha humana foram apontadas por todos como as maiores responsáveis pelos acidentes nas rodovias. Entre as estratégias foi anunciada a criação de um novo Posto da PRE em Ribeirão Claro. Os prefeitos também vão marcar uma assembleia para regulamentar o horário de funcionamento de bares e outros estabelecimentos do gênero nos municípios.

O Centro Municipal de Educação Infantil Cônego Wenceslau Wictor foi reinaugurado na noite de ontem, em Ribeirão do Pinhal. A escola, que atende 245 alunos ficou oito meses sendo reformada e ampliada. O investimento, com recursos da própria prefeitura, foi em torno de R$ 33 mil. As obras envolveram toda a estrutura física da escola, como pisos, telhado, rede elétrica, pintura, construção de novos banheiros, sala administrativa e refeitório. 

SAÚDE

PÁG. A5 Antônio de Picolli

INSS de Ibaiti REGIÃO continua sem Dia do Trabalho perito é comemorado A população de Ibaiti continua sofrendo para conseguir com passeio atendimento na agência do Instituto Nacional do Seguro ciclístico Social (INSS). Sem perito, os R. CLARO

Prefeitura organiza festa para os 103 anos da cidade 

PÁG. A5

moradores que necessitam de exames precisam se deslocar para Jaguariaíva ou para Ponta Grossa, ambos os municípios distantes a mais de cem quilômetros. Além de Ibaiti, a agência atende pessoas de outras seis cidades da região. A reportagem da Tribuna do Vale denunciou a situação há cerca de um mês.

PÁG. A4

cyan magenta yellow black


A-2 Opinião

TRIBUNA DO VALE

Aprofundando ainda mais na questão minerária, nos deparamos com a preservação do meio ambiente. Não podemos adotar a mentalidade de que se pagar mais royalties se poderá explorar mais, à vontade. Não!” Petrônio Souza Gonçalves

Sabado e domingo, 30 de abril e 1º de maio de 2011

Não sou ingênuo de acreditar em salvador da pátria, mas entendo que atualmente, pelo menos estão deixando cair umas migalhas da mesa para que nós, o populacho, possamos aproveitar um pouquinho”

A RTIGO

E DITORIAL

De novo, sobrou para os municípios Todos concordam que a melhoria da Educação no Brasil passa pela melhoria salarial da categoria dos professores, assim como é necessária a medida tomada pelo Supremo Tribunal Federal (STF), que nesta quarta-feira (dia 27) manifestou-se a favor da permanência dos professores em sala de aula durante, no máximo, dois terços da jornada de trabalho. O tempo de um terço restante deve ser usado para desenvolver atividades de planejamento de aulas e aperfeiçoamento profissional. O problema é que, somada à decisão do início do mês, quando a Corte do STF decidiu que o piso é vencimento inicial, estima-se que o impacto dessas decisões nas contas municipais seja de aproximadamente R$ 5,4 bilhões ao ano. Segundo a Confederação Nacional dos Municípios (CNM), apenas a decisão sobre a jornada dos professores impactará as prefeituras em R$ 3,1 bilhões. Elas terão que contratar mais 180 mil docentes para suprir o tempo concedido ao magistério. Como se não bastasse, a complementação da União ao piso salarial pago por Estados e Municípios – prevista no artigo 4.º da Lei do Piso Salarial para vigorar a partir de 2010 – ainda não saiu do papel. Os municípios não contam com nenhuma espécie de auxílio para arcar com mais essa responsabilidade. Em 2010, os R$ 762,3 milhões alocados para a assistência federal não chegou aos cofres municipais por falta de regulamentação HORÁRIO DE FECHAMENTO

Renato Chagas

21:30

Neno Bartholomei*

do Ministério da Educação (MEC). Para este ano estão previstos R$ 867 milhões de apoio federal, mas que não abrangem a totalidade dos municípios. Apenas nove estados, que representam 1.756 municipalidades, têm direito à complementação ao Fundeb e ao piso. A CNM estima em 8% o número de prefeituras que conseguirão cumprir as exigências para solicitar a complementação. A entidade municipalista esclarece que o Fundo é o principal mecanismo de financiamento da Educação no Brasil, mas não se destina exclusivamente ao pagamento de salários. Ele tem que ser utilizado para outras ações como construção e reforma das escolas, transporte escolar, aquisição de material didático e formação dos professores. A lei estabelece que uma parcela mínima de 60% dos recursos do Fundeb deve ser destinada ao pagamento da folha do magistério, mas dados do Siope/2009 apontam que 96% dos Municípios já destinam aproximadamente 73% dos recursos para essa finalidade. Mais uma vez o governo federal faz cortesia com o chapéu alheio. Passou da hora de os gestores municipais tomarem uma atitude mais drástica para alertar a população sobre esse tipo de manobra e exigir mais respeito das autoridades federais. O tema deve esquentar a XIV.a Marcha a Brasília, que acontece no início do mês de maio.

C HARGE

chargeonline.com.br

NESTA EDIÇÃO TEM

14 PÁGINAS CADERNO PRINCIPAL - OPINIÃO - POLÍTICA - GERAL - CIDADES - COTIDIANO - ESPORTES - GERAL

A 01 - 08 A 02 A 03 A 04 A 05 A 06 A 07 A 08

2ª CADERNO - AGRONEGÓCIO - ATAS & EDITAIS - SOCIAL

B 01 - 06 B 01 B 02 - 05 B 06

PREVISÃO PARA HOJE

260 150

Socorro “Assim sob qualquer ângulo que se esteja situado para considerar esta questão, chega-se ao mesmo resultado execrável: o governo da imensa maioria das massas populares se faz por uma minoria privilegiada. Esta minoria, porém, dizem os marxistas, compor-se-á de operários. Sim, com certeza, de antigos operários, mas que, tão logo se tornem governantes ou representantes do povo, cessarão de ser operários e por-se-ão a observar o mundo proletário de cima de Estado; não mais representarão o povo, mas a si mesmos e suas pretensões de governá-lo. Quem duvida disso não conhece a natureza humana”. Mikhail Bakunin (1814-1876) Anarquista russo do século XIX Qualquer semelhança não é mera coincidência. É a realidade brasileira mostrando que a humanidade não está evoluindo e que a história se repete mais cedo ou mais tarde. Este texto do século retrasado nos faz lembrar isso. Quase duzentos anos se passaram e as palavras de Mikhail Bakunin continuam sendo verdadeiras. Mostra a inobservância do eleitor brasileiro, além é claro, da falta da EDUCAÇÃO. Levando-se em conta, que mais de 50% dos eleitores brasileiros desconhecem o significado da palavra Democracia. Como querer que conheçam o significado de palavras como: corrupção, crime do colarinho branco, mensalão, valerioduto, continuísmo ou prevaricação. Dossiê então? Nem imaginam. Ah!! Como eu queria acreditar nesse governo, como um dia acreditei no ex-operário, agora Doutor Honoris Causa e palestrante internacional. Para esclarecer, o termo Honoris Causa significa : “por causa de honra”. E no caso particular do nosso ex-presidente se torna um paradoxo, salvo se essa tal honra for de conivência com o partido que o elegeu. Porque pelo povo... coitado desse. Socorro Mikhail...

A RTIGO SANTO ANTÔNIO DA PLATINA

Renato Chagas*

A RTIGO

A quem interessa?

Petrônio Souza Gonçalves *

Do direito às riquezas naturais Depois das comemorações do 21 de abril, somos tomados por um espíritonacionalista pré-datado, por uma vontade de ser um grande país, de construirmos uma grande nação. Passados os folguedos, o silêncio volta a imperar Brasil afora, como se estivéssemos sob uma eterna e silenciosa vigilância, sob o domínio de um governo oculto, paralelo, estrangeiro. Tiradentes e os inconfidentes imaginavam um novo país, soberano, dono de suas riquezas, senhor de seus atos. Uma nação livre, próspera, com uma mentalidade altruísta e nada servil. Por esse sonho, foram perseguidos, presos, julgados e condenados. Venceu o colonizador, perdemos todos nós, até hoje. Se sua luta inicial era pelo direito do povo da colônia às suas riquezas, ou seja, ao ouro e seus minerais, constatamos hoje, 200 anos depois, que a situação continua a mesma, se colocarmos no centro da questão, como foi propagado nos últimos dias, pelas maiores autoridades nacionais em Ouro Preto, diante da estátua do alferes, a política mineral. O ouro de outrora se converteu no minério de ferro de agora, quando somos, diariamente, dilapidados pela sua extração e exportação, fazendo a riqueza de outros países, nos deixando apenas a poeira da história. O lastro da arrecadação pelo minério de ferro tem como base a revisão dos royalties, corrigindo erros em anos e anos de equívocos e submissão. Mas a compensação pela revisão dos royalties é apenas o primeiro passo nesse processo, em que se deve privilegiar a riqueza natural financiando o desenvolvimento nacional, como sonharam, um dia, os inconfidentes. Estudo recente, elaborado pelo Congresso Nacional, revela que na cadeia produtiva do ferro, a mineração gera apenas 100 empregos por mil toneladas de minério extraído e exportado. Se essas toneladas fossem beneficiadas aqui, elas gerariam, diretamente, 4 mil empregos. No ano de 2008 foram exportadas 282 mil toneladas de minério de ferro, que foram beneficiadas mundo afora e transformadas em 170 mil toneladas de aço. Só neste ano, com todo minério exportado, deixamos de gerar 680 mil empregos diretos no Brasil. O beneficiamento do minério de ferro pela indústria nacional

TRIBUNA DO VALE

O Diário da nossa região - Fundado em agosto de 1995 Editora Jornal Tribuna do Vale LTDA CNPJ 01.037.108/0001-11 Matriz: Rua Tiradentes 425, Centro Santo Antônio da Platina, PR Fone/Fax: 43 3534 . 4114

Diretor Responsável Benedito Francisquini - MTB 262/PR tribunadovale@tribunadovale.com.br tribunadovale@uol.com.br

deve guiar essa proposta de criação de uma política minerária para o Brasil. Pois isso não gera apenas emprego e renda para o trabalhador, mas, sobretudo, um sentimento de nação, de estado, de cidadania. É com o emprego que o trabalhador da mineração poderá dar uma vida digna a sua família, que poderá dar educação com qualidade e qualificação a seus filhos, tendo seus direitos básicos preservados. Esse era o desejo inconfidente, essa deveria ser a nossa realidade. É preciso completar o sonho de Tiradentes, é preciso acabar com a espoliação em Minas e no Brasil. Aprofundando ainda mais na questão minerária, nos deparamos com a preservação do meio ambiente. Não podemos adotar a mentalidade de que se pagar mais royalties se poderá explorar mais, à vontade. Não! Porque o imposto é uma compensação, ou seja, um reparo pelo impacto que foi gerado no meio ambiente, aos danos e prejuízos inerentes à atividade minerária, a sua extração. Ora, a ordem natural então é gerar menos prejuízo, menos impacto, menos dano à natureza. É aumentar a produção pela produtividade. Isso deve orientar a criação do marco regulatório da mineração, sob a cobrança justa dos royalties, exigindo critérios de menos impacto para qualquer exploração futura, com estudos detalhados sobre as várias fases de extração de minério e exploração das jazidas, visando sempre o menor impacto para cada região a ser explorada. Sobretudo, a preservação dos mananciais existentes na área de mineração. Isso tem em sua base a água, pois onde tem minério tem água, e a água é a fonte da vida na terra. Não é exagero dizer que uma possível terceira guerra mundial será pelo uso da água. Mundo afora, acompanhamos no presente o futuro impasse. Água e minério são bens naturais, são duas riquezas, duas dádivas da natureza. Temos que preservá-las e respeitá-las, saber tirar delas benefícios para nosso desenvolvimento, pois o nosso futuro, inicia-se com elas.

Começou o bombardeio, os factotuns, gente leviana aderindo e gente cheia de motivação obscura a falar de inflação. Essa gente que mesmo saber, trabalha a serviço das elites, daqueles adeptos do quanto pior melhor, para que eles possam se locupletar à vontade. Não sou ingênuo de acreditar em salvador da pátria, mas entendo que atualmente, pelo menos estão deixando cair umas migalhas da mesa para que nós, o populacho, possamos aproveitar um pouquinho. Antes, no tempo da inflação e do FMI era só relho no lombo. Tem gente que está rancorosa porque um assalariado comprou um carrinho, uma moto. Como se antes o transporte coletivo fosse semelhante ao do Japão ou da Inglaterra. Agora a coisa vai ter de andar lentamente para ver se é possível repensar e dar um jeito nas cidades que foram feitas para os carros e não para os humanos e agora com mais humanos podendo comprar um carrinho, a coisa encrencou. As estradas não dão mais conta, as ruas não dão mais conta. A culpa é de quem? Essa culpa vem vindo desde o tempo do país colônia, depois reino unido e república e quando se pensa em dar um pouco de migalha ao povo, dizem que isso é um pecado de lesa pátria. O país está mudando. Vai demorar muito, mas tirem os preconceitos da frente, esqueçam as frases feitas e aos poucos seremos o ideal: uma imensa classe média, gastando, consumindo. Teremos pobres, sim, mas é preciso ter menos miseráveis. Os ricos, existirão sempre, esse é o formato da pirâmide. Na base os pobres que sempre existirão, depois uma grande classe média e no topo os ricos, mas sem miseráveis. E que os ricos entendam que sem a classe média eles também sucumbirão e a classe média saiba que o mesmo diz respeito a eles no que se refere aos pobres. Precisamos sim, unir esforços para acabar com os miseráveis. Renato Chagas é professor e colaborador da Tribuna do Vale

Petrônio Souza Gonçalves é jornalista e escritor Representação: MERCONET Representação de Veículos de Comunicação LTDA Rua Dep. Atílio de A. Barbosa, 76 conj. 03 - Boa Vista - Curitiba PR Fone: 41-3079-4666 ¦ Fax: 41-3079-3633 Vendas Assinatura Anual R$ 150,00 Trimestral R$ 45,00 Semestral R$ 90,00 On-line R$ 100,00

Impressão e Fotolito: Editora Jornal Tribuna do Vale Fone/Fax : 43 3534 . 4114

Circulação: Abatiá ¦ Andirá ¦ Arapoti ¦ Bandeirantes ¦ Barra do Jacaré ¦Cambará ¦ Carlópolis ¦ Conselheiro Mairink ¦ Figueira¦Guapirama ¦ Ibaiti ¦ Itambaracá ¦ Jaboti ¦ Jacarezinho Jaguariaíva ¦ Japira ¦ Joaquim Távora ¦ Jundiaí do Sul ¦ Pinhalão ¦ Quatiguá ¦ Ribeirão Claro ¦ Ribeirão do Pinhal ¦ Santo do Itararé ¦Santana do Itararé ¦Santo Antônio da Platina ¦ São José da Boa Vista ¦ Sengés ¦ Siqueira Campos ¦Tomazina ¦ Wenceslau Bráz

Filiado a Associação dos Jornais Diário do Interior do Paraná

* Os artigos assinados não representam necessariamente a opinião do jornal, sendo de exclusiva responsabilidade de seus respectivos autores.


Política A-3

TRIBUNA DO VALE

Sabado e domingo, 30 de abril e 1º de maio de 2011

...antigamente as nomeações e exonerações aconteciam em meio a uma enorme desorganização” Valdir Rossoni

P anorama Regional Giro rápido 1 O governador Beto Richa (PSDB) visitou ontem (dia 29) os municípios de Curiúva, Jaguariaíva e Arapoti. A programação incluiu assinatura de um protocolo de intenções para ampliação de uma fábrica de painéis de madeira do grupo Arauco, instalada em Arapoti, e o anúncio de incentivos fiscais para as indústrias Norske Skoge, de Jaguariaí-

va, e Stora Enso, de Arapoti - fabricantes de papel. Além disso, o governador assina protocolo de intenções com os municípios da região para a construção de moradias. Antes, Richa participou da inauguração do terminal rodoviário de Curiúva. Pela manhã, o governador visitou as obras da Usina Hidrelétrica de Mauá, localizada em Telêmaco Borba.

Giro rápido 2 O deputado estadual Pedro Lupion (DEM) acompanhou o governador e à noite, na companhia do deputado federal Abelardo Lupion (DEM), ainda teve fôlego para prestigiar, em Piraí do Sul, na região dos Campos Gerais, a Expotrade – Feira Paranaense do Agronegócio, da Indústria e do Turismo. Herança maldita O Governo do Estado, por meio da Secretaria da Fazenda, liberou mais R$ 52,8 milhões, neste mês de abril, para pagamento de compromissos assumidos e não honrados pelo governo anterior. De janeiro até agora foram destinados quase R$ 223 milhões à conta “restos a pagar”, valor que poderia ser destinado a novos investimentos. Assim fica difícil começar o governo tucano no Paraná. Exceção As boas notícias que os prefeitos têm recebido nos últimos meses têm sido os anúncios dos valores dos repasses Fundo de Participação dos Municípios (FPM). O último do mês de abril, creditado ontem nas contas das prefeituras (dia 29) foi de R$ 1,338 bilhão, com a retenção do Fundo da Educação Básica (Fundeb). O mês fecha com o total de R$ 5,322 bilhões, valor 32,5% maior do que o de março e 29,3% acima do que o registrado no mesmo mês de 2010. No acumulado do quadrimestre o FPM soma R$ 21,197 bilhões, valor 32,8% superior ao de 2010 e 34,8% maior que o de 2009, o que representa um quadro bastante animador. Esclarecimento sobre a Sanepar O coordenador político do escritório dos deputados Lupion em Jacarezinho, João Naime, esclareceu na quinta-feira (dia 28) a situação da Misericórdia de Jacarezinho, intimada a instalar um hidrômetro na saída de água de seu poço pela Sanepar. A estatal de sanemanento realmente encaminhou ofício nesse sentido a todos os usuários de água de poços artesianos a fim de cobrar deles a taxa de esgoto sobre os metros cúbicos de água utilizada. Menos mau Segundo o gerente da Sanepar em Santo Antonio da Platina, bastará que a Santa Casa encaminhe solicitação de dispensa dessa exigência, apresentando documentos que comprovem seu caráter filantrópico. Os pedidos serão analisados caso a caso e as instituições que estiverem com a documentação em dia serão isentadas da cobrança. Ribeirão Claro A prefeitura de Ribeirão Claro divulgou no dia 26 (terça-feira) a programação oficial do aniversário de 103 anos de emancipação política do Município. As festividades terão início no dia 6 de maio, com o Poesia in Concert. No dia 7 acontece o show da banda de blues Café com Bolacha. No dia 8, música clássica com o Quarteto de Cordas de Maringá. Entre os dias 9 e 10 será realizada a Exposição de Fotos e Poemas, com o tema Ribeirão Claro. No dia 11, a equipe do Sesc Jacarezinho promove o Lazer com o Sesc durante todo o dia. Desfile A banda Trânsito Livre se apresenta no dia 12 em um palco montado em frente à Casa da Cultura. No dia 13, data em que é comemorada a emancipação política de Ribeirão Claro, acontece o tradicional desfile com participação de bandas de Jacarezinho, Andirá e Cambará. Nos dias 13 e 14 acontece a 2ª edição do Festival de Talentos Expressart. As comemorações terminam no dia 15, com a apresentação da Orquestra de Viola Caipira de Atibaia. Vereador atuante Como o governo do Estado adquiriu, em 2010, uma área de 16 alqueires de terras no município de Jacarezinho, a fim de que fosse construído um novo campus da Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP), o vereador Edílson da Luz (PSDB) encaminhou requerimento ao Reitor da Instituição, Eduardo Meneghel Rando, perguntando se estão sendo elaborarados projetos para a construção. O vereador tucano questionou ainda se existem estudos para a abertura de novos cursos de graduação na referida Universidade e se a Reitoria seria favorável a uma federalização da UENP.

Governador Richa sanciona novo piso regional do Paraná

SALÁRIOS O ato de assinatura ocorrerá durante a comemoração do Dia do Trabalhador promovida pela Força Sindical do Paraná Agência Estadual

O governador Beto Richa sanciona neste domingo, às 15 horas, o novo salário mínimo regional, aprovado esta semana pela Assembleia Legislativa. O ato de assinatura ocorrerá durante a comemoração do Dia do Trabalhador promovida pela Força Sindical do Paraná, na Praça Nossa Senhora da Salete, no Centro Cívico, em Curitiba. O piso estadual foi reajustado em 6,9%, variando em quatro faixas salariais que vão de R$ 708,14 a R$ 817,78. Os valores foram negociados em reuniões com representantes do governo estadual, dos trabalhadores e do empresariado. O piso salarial paranaense, o maior do Brasil, serve principalmente para aquelas categorias profissionais sem convenção ou

acordo coletivo de trabalho. Segundo o Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Sócioeconômicos (Dieese), o mínimo do Paraná tem potencial para atingir 1,3 milhões de trabalhadores. SOLIDARIEDADE – O 1º de Maio Solidário organizado pela Força Sindical tem início marcado para as 10 horas e terá atrações como a dupla Bruno & Marrone. Mantendo a tradição dos anos anteriores, os organizadores aproveitam a data para realizar uma campanha de arrecadação de alimentos. Pelo menos metade dos alimentos arrecadados será destinada aos municípios paranaenses afetados por alagamentos em março. Desde 2002, quando foi realizada a primeira edição do evento, mais de 200 toneladas de alimentos já foram arrecadadas.

Divulgação

Beto Richa estabeleceu reajuste do piso estadual em 6,9%

CARGO

Ex-secretário de Pessuti vai para Itaipu. Ex-governador espera vaga no Conselho Divulgação

Das agências

O ex-secretário de Ciência e Tecnologia do governo do Estado Nildo Lubke foi indicado para o cargo de diretor jurídico da Usina de Itaipu. Com o apoio do exgovernador Orlando Pessuti (PMDB), que foi convidado para a posição, mas preferiu aguardar uma vaga no Conselho da Administração da Usina de Itaipu. Lubke foi secretário no governo de Pessuti. Na semana passada, Pessuti confirmou que foi convidado para um cargo de direção, mas que preferia apoiar a indicação de um aliado para a diretoria. Pessuti disse que somente aceitaria o convite para compor o Conselho. Lubke assume no lugar de João Bonifácio Cabral, que estava no cargo desde a época em que Euclides Scalco foi diretor geral da Usina de Itaipu. Vaga O diretor da Usina de

Ex-secretário Nildo Lubke vai assumir como diretor jurídico de Itaipu

Itaipu, Jorge Samek, faz hoje a primeira reunião com os conselheiros da Usina com a participação de um novo conselheiro, o vice-presidente nacional do PSB, Roberto Amaral, que entrou no lugar do ministro das Comunicações, Paulo Bernardo.

São sete brasileiros e sete paraguaios. Para Pessuti entrar no Conselho, um deles terá que deixar a posição. Mas até esta quarta-feira não havia indicativo de substituição. O lado brasileiro do Conselho é formado atualmente pelo ex-chanceler Celso

Amorim, o ex-governador Alceu Collares, o físico Luiz Pinguelli Rosa, o ex-tesoureiro do diretório nacional do PT, João Vaccari Neto, José Antonio Muniz Lopes e o Representante do Ministério das Relações Exteriores do Brasil, Antonio José Ferreira Simões.

DENÚNCIA

Rossoni demite diretor da Assembleia por manter funcionária fantasma Paraná Online

O presidente da Assembleia Legislativa, Valdir Rossoni, demitiu nesta quintafeira (28) o diretor administrativo da Casa, Altair Carlos Daru, considerado homem de sua confiança. A demissão ocorreu depois de Rossoni saber sobre a existência de uma funcionária fantasma em seu gabinete por quase três anos, entre 2003 e 2005. A funcionária fantasma é Hellena Luiza Valle Daru, mãe do ex-diretor administrativo da Assembleia. No período, a funcionária teria recebido R$ 331 mil em salários. A

denúncia foi feita na edição desta sexta-feira pelo jornal Gazeta do Povo. Tudo começou quando Hellena Luiza Valle Daru informou à Receita Federal qu e nu n c a trabalhou na Assembleia Legislativa, apesar de existir um ato da Comissão Executiva da Casa exonerando a funcionária de um cargo de comissão do gabinete de Rossoni. As informações pararam no Ministério Público Federal, que

investiga uma organização que falsificaria declarações de Imposto de Renda para se beneficiar das restituições, alvo de uma operação nesta semana. Mas o caso de Hellena Daru não e nt r o u n a s investigações porque a declaração do Imposto de Renda dela não era falsa. Em entrevista na manhã desta sextafeira (29), Valdir Rossoni disse que antigamente as nomeações e exonerações aconteciam em meio a uma

Se ele for inocente (o exdiretor), vamos reparar”

enorme desorganização. Ele garantiu que não foi o responsável pela contratação da funcionária e nem sabia da existência dela em seu gabinete durante três anos. “Se ele for inocente (o ex-diretor), vamos reparar. Melhor errar por excesso. Nada, nenhuma armação, vai me fazer afastar da minha meta de transformar a Assembleia Legislativa na melhor do País. Hoje pela manhã me foi encaminhada uma correspondência dele (Daru) dizendo que se sente injustiçado. Se for constatado que ele não participou da irregularidade, poderá ser readmitido”, esclareceu Rossoni.


A-4 Geral

TRIBUNA DO VALE

Sabado e domingo, 30 de abril e 1º de maio de 2011

11º Congresso de Educação da Uenp será realizado em maio TRABALHOSPara a diretora do Campus Jacarezinho, Ilca Maria Setti, o congresso torna-se a cada ano, uma fonte de divulgação dos trabalhos científicos propostos por alunos e professores Da Assessoria

O 11º Congresso de Educação do Norte Pioneiro, promovido pela Universidade Estadual do Norte do Paraná (Uenp), vai ser realizado entre os dias 10 e 14 do próximo mês no Centro de Ciências Humanas e da Educação e Centro de Letras, Comunicação e Artes, campus Jacarezinho, na antiga Fafija.

C onforme a comissão organizadora, o evento tem como objetivo primordial “oportunizar ao aluno a publicação de trabalhos científicos” para efetivação dos resultados das pesquisas acadêmicas do Centro de Ciências Humanas e da Educação, Centro de Letras, Comunicação e Artes da Uenp. Para a coordenadora da equipe do evento e diretora do C ampus Jacarezinho,

Ilca Maria Setti, o congresso torna-se a cada ano, uma fonte de divulgação dos trabalhos científicos propostos por alunos e professores. Por isso, ela se encontra animada com mais um ano de realização do congresso e diz que as expectativas são as melhores. “Através do congresso oportunizamos mais um espaço de sociabilidade onde os mais diversos conhecimentos são produzidos pelos acadê-

micos e também um espaço de confluência de pesquisadores de todo Brasil”, ressaltou Ilca Maria Setti. Considerado como um mote de abertura do congresso, os organizadores do evento dedicaram-se ao lançamento do livro Filosofia e Educação, que foi realizado ontem (29 de abril), na Unicamp, onde também teve um debate sobre o tema central do livro: aproximações entre

os diversos aspectos educacionais através de análises filosóficas feitas por seus autores. Os organizadores da obra, Fábio Antonio Gabriel e Cláudia Battestin, participaram do encontro. O livro vai ser lançado pela Multifoco, editora com sede no Rio de Janeiro. A comissão científica é constituída pelos professores doutores da Uenp, Antonio Carlos de Souza e José

Carlos da Silva. A comissão editorial é integrada pelos professores Fernando de Brito Alves, Flávio Rovani de Andrade, Luciana Brito e Roselaine Bolognesi e envolve colaboradores das seguintes universidades: Unicamp, Estadual de Ponta Grossa, Federal de Pelotas, Federal de Uberlândia, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás e da PUC de Goiás.

 SAÚDE

Agência do INSS de Ibaiti continua sem médico perito Felipe Peres

A agência do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) de Ibaiti continua s em médico p er ito. O profissional que exercia a função pediu exoneração em fevereiro e desde então a população da cidade precisa se deslocar até a agência de Jaguariaíva – distante 113 quilômetros de Ibaiti- ou Ponta Grossa –a 180 quilômetros da ci-

dade para realizar exames. unidade informou que não Além de Ibaiti, a agência p o d e c o m e n t a r o c a s o. atende a população de ou- A assessoria de imprentras seis cidades da região. s a d a ge rê n c i a d o I N S S A repord e Cu r it i b a também foi tagem da Tr i b u n a d o procurada Va l e , q u e 3 meses está sem p e l a r e p o rdenunciou a tagem, mas um perito a agência n ã o p a s s o u situação há do INSS de Ibaiti m a i s d e t a cerca de um mês, pro c ulhes nem esrou ontem novamente a tabeleceu um prazo para chefia da agência de Ibaiti. a contratação de um novo Porém a responsável pela profissional.

3

Agência de Ibaiti está sem médico perito desde fevereiro

Mercado Agropecuário

Indicadores Econômicos BOVESPA

29/04/11

CÂMBIO

29/04/11

DÓLAR COMERCIAL

INDICE BOVESPA Alta: 0,70%

66.132 pontos

Volume negociado: R$ 6,71 bilhões 67.058 66.972 67.144 66.264 65.673 66.132

Baixa: 0,63% Compra Venda

EURO Var. abril: -3,56% R$ 1,571 R$ 1,573

DÓLAR PTAX (Banco Central) Baixa: 0,76% Compra Venda

Ações Petrobrás PN Vale PNA ItauUnibanco PN Bradesco PN Lojas Americanas PN Hypermarcas ON ALL Amer Lat. ON Gerdau PN

% +1,11 +0,04 +1,28 +1,06 +6,46 +3,94 +3,17 +2,72

R$ 25,60 46,07 37,10 31,41 14,00 21,10 13,00 18,90

BOLSAS NO MUNDO

%

Dow Jones Londres (28/04) Frankfurt Tóquio (28/04)

+0,48 +0,03 +0,52 +1,63

12.824,50 6.069,90 7.514,46 9.849,74

OURO - BM&F

var. dia

29/04

+0,63%

R$ 79,50 /grama

IR

ABRIL

BASE (R$)

Alíquota Parc. a % deduzir Até R$ 1.566,61 Isento De R$ 1.566,62 a 2.347,85 7,50% 117,49 De R$ 2.347,86 a 3.130,51 15% 293,58 De R$ 3.130,52 a 3.911,63 22,50% 528,37 Acima de R$ 3.911,63 27,50% 723,95

Deduções: a) Assalariados: 1-R$ 157,47 por dependente; 2 - pensão alimentícia; 3 - contribuição à Prev. Social; 4 - R$ 1.566,61 por aposentado a partir de 65 anos; 5 - contribuições à previdência privada e aos Fapi pagas pelo contribuinte; b) Carne Leão: itens de 1 a 3 mais as despesas escrituradas no livro-caixa.

SELIC/IR IR 2011 -

A primeira parcela vence em 29/04. Para pagamento desta parcela ainda não serão cobrados os juros Selic.

MÊS TAXA SELIC Jan/11 0,86% Fev/11 0,84%

MÊS TAXA SELIC Mar/11 0,92% *Abr/11 1,00%

*No mês corrente a Selic é sempre 1,00% Indicadores Econômicos: elaboração da agência Dossiê:Dinheiro. Fone: (41) 3205-5378

Estável Compra Venda

Var. abril: -2,81% R$ 1,60 R$ 1,73

DÓLAR TURISMO Estável Compra Venda

Baixa: 0,71% Compra Venda

Var. abril: +0,85% R$ 2,3312 R$ 2,3326

EURO TURISMO

Var. abril: -3,40% R$ 1,5725 R$ 1,5733

DÓLAR PARALELO

20/04 25/04 26/04 27/04 28/04 29/04

Antônio de Picolli

Var. abril: -2,59% R$ 1,575 R$ 1,695

Estável Compra Venda

Var. abril: +2,07% R$ 2,30 R$ 2,47

OUTRAS MOEDAS X REAL Iene Libra esterlina Peso argentino

R$ 0,0194 R$ 2,63 R$ 0,39

US$ 1 É IGUAL A: Iene Libra esterlina Euro

81,07 0,5987 0,6745

ÍNDICES DE INFLAÇÃO Índices em % INPC (IBGE) IPCA (IBGE) IPCA-15 (IBGE) IPC (FIPE) IPC (IPARDES) IGP-M (FGV) IGP-DI (FGV) IPA-DI (FGV) IPC-DI (FGV) INCC (FGV)

nov 1,03 0,83 0,86 0,72 0,54 1,45 1,58 1,98 1,00 0,37

dez 0,60 0,63 0,69 0,54 0,68 0,69 0,38 0,21 0,72 0,67

jan 0,94 0,83 0,76 1,15 0,91 0,79 0,98 0,96 1,27 0,41

REAJUSTE ALUGUÉIS Índice INPC (IBGE) IPCA (IBGE) IGP-M (FGV) IGP-DI (FGV)

mar 1,0636 1,0601 1,1130 1,1112

abr mai 1,0631 1,0630 1,1095 1,1060 1,1109 -

* Correção anual. Multiplique valor pelo fator acima

fev 0,54 0,80 0,97 0,60 0,10 1,00 0,96 1,23 0,49 0,28

mar 0,66 0,79 0,60 0,35 1,25 0,62 0,61 0,60 0,71 0,43

abr 0,77 0,45 -

ano 2,16 2,44 3,14 2,10 2,27 2,89 2,57 2,82 2,49 1,13

12m 6,31 6,30 6,44 6,06 6,17 10,60 11,09 13,78 5,86 7,10

OUTROS INDICADORES fev mar abr BTN + TR 1,547932 1,548743 1,550620 TJLP (%) 6,00 6,00 6,00 Sal. mínimo 540,00 545,00 545,00 FGTS (%) 0,3183 0,3875 0,3681 TAXA SELIC ANUAL: 12,00%

PREVIDÊNCIA

COMPETÊNCIA ABRIL

Vencimento: empresas 20/05 e pessoas físicas 16/05. Após multas de 4% a 100% e juros (Selic)

Empresário/empregador

Facultativo

Contribui com 11% sobre o pró-labore, entre R$ 545,00 (R$ 59,95) e R$ 3.689,66 (R$ 405,86), através de GPS.

Contribui com 20% sobre qualquer valor entre R$ 545,00 (R$ 109,00) e R$ 3.689,66 (R$ 737,93), através de carnê.

Autônomo

Assalariados

1) Quem só recebe de pessoas físicas: recolhe por carnê 20% sobre os limites de R$ 545,00 (R$ 109,00) a R$ 3.689,66 (R$ 737,93). 2) Quem só recebe de pessoas jurídicas: a empresa recolhe 11% sobre o máximo de R$ 3.689,66 (R$ 405,86) e desconta do autônomo. 3) Quem recebe de jurídicas e físicas: têm desconto de 11% sobre o que recebe de jurídicas, até R$ 3.689,66 (R$ 405,86). Se não atingir este teto, recolhe 20%, via carnê, sobre a diferença até R$ 3.689,66. 4) Aut. especial: recolhe 11% por carnê, sobre R$ 545,00 (R$ 59,95), mas só se aposenta por idade.

Salários até 1.106,90 De 1.106,91 até 1.844,83 De 1.844,84 até 3.689,66

8,00% 9,00% 11,00%

Empregados domésticos Alíquota % R$ mín R$ máx Empregado 8 a 11 43,60 405,86 Empregador 12 65,40 442,76 Total 20 a 23 109,00 848,62

SALÁRIO FAMÍLIA - ABRIL/2011 Salário de até R$ 573,58 Salário de R$ 573,59 a 862,11

R$ 29,41 R$ 20,73

TR, TBF, POUPANÇA TR MÊS Fevereiro/11 Março/11 Abril/11

POUPANÇA MÊS Fevereiro/11 Março/11 Abril/11

% 0,05 0,12 0,04

ano 0,12 0,25 0,28

12 m 0,81 0,86 0,89

% 0,55 0,62 0,54

ano 1,13 1,76 2,30

12 m 7,03 7,08 7,12

TAXAS DIÁRIAS % Período 26/3 a 26/4 27/3 a 27/4 28/3 a 28/4 29/3 a 29/4 30/3 a 30/4 31/3 a 1/5 1/4 a 1/5 2/4 a 2/5 3/4 a 3/5 4/4 a 4/5 5/4 a 5/5 6/4 a 6/5 7/4 a 7/5 8/4 a 8/5 9/4 a 9/5 10/4 a 10/5 11/4 a 11/5 12/4 a 12/5 13/4 a 13/5 14/4 a 14/5 15/4 a 15/5 16/4 a 16/5 17/4 a 17/5 18/4 a 18/5 19/4 a 19/5 20/4 a 20/5 21/4 a 21/5 22/4 a 22/5 23/4 a 23/5 24/4 a 24/5 25/4 a 25/5

TR 0,0603 0,0835 0,1230 0,1180 0,1286 0,0820 0,0369 0,0157 0,0481 0,0929 0,0623 0,0883 0,0824 0,0609 0,0363 0,0600 0,1031 0,0628 0,0767 0,0847 0,0678 0,0393 0,0632 0,0922 0,0690 0,0761 0,0886 0,0886 0,0886 0,1116 0,1484

TBF 0,8208 0,8642 0,9140 0,9089 0,9296 0,8626 0,7872 0,7658 0,8085 0,8736 0,8328 0,8690 0,8630 0,8214 0,7866 0,8305 0,8839 0,8233 0,8473 0,8654 0,8383 0,7896 0,8337 0,8729 0,8395 0,8467 0,8593 0,8593 0,8593 0,9025 0,9596

POUP 0,5606 0,5839 0,6236 0,5371 0,5158 0,5483 0,5934 0,5626 0,5887 0,5828 0,5612 0,5365 0,5603 0,6036 0,5631 0,5771 0,5851 0,5681 0,5395 0,5635 0,5927 0,5693 0,5765 0,5890 0,5890 0,5890 0,6122 0,6491

LOTES - ATACADO

29/04/11

SOJA - saca 60kg PRAÇA Paranaguá Ponta Grossa Maringá Cascavel Sudoeste Guarapuava

TRIGO - saca 60kg

R$ 47,70 44,50 44,00 44,00 44,00 44,00

SEM 1,5% -1,1% 1,1% 2,3% 1,1% 0,0%

30 d. -2,7% -3,3% -1,1% 0,0% -0,7% -2,2%

-2,4% -3,6% 0,0% -3,6% -5,5% -4,4%

6,3% 6,0% 3,8% -5,4% 2,0% 3,1%

MILHO - saca 60kg Paranaguá Sudoeste Cascavel Maringá Ponta Grossa Guarapuava

28,50 26,50 27,00 26,50 26,00 26,30

PRAÇA Curitiba Ponta Grossa Maringá Cascavel PRODUTO Bezerro (1) Boi gordo (2) Café (3) Algodão (4)

PREÇO AO PRODUTOR Produto

29/04/11

unidade

média var. var. var. C.Proc. Jacar. PR - R$ diária 7 dias 30 dias R$ R$ SOJA saca 60 kg 40,68 -0,5% -0,4% -7,4% 40,00 40,90 MILHO saca 60 kg 24,06 -0,2% -0,8% 1,4% 24,00 26,00 TRIGO saca 60 kg 27,25 0,4% 0,6% 2,4% 26,70 28,50 FEIJÃO CAR. saca 60 kg 75,99 0,0% -2,7% 2,4% aus BOI GORDO arroba, em pé 97,85 0,0% 0,1% 0,0% 98,00 95,00 SUÍNO kg, vivo 2,30 -0,9% -1,7% -1,3% 2,35 2,20 FRANGO kg, vivo 1,69 0,0% -1,7% -4,5% 1,90 CAFÉ BEN. beb. dura, 60kg 453,79 1,1% 2,8% 5,5% 430,00 470,00 CAFÉ kg, em coco 7,02 0,6% 1,7% 2,9% 7,20 6,50 Fonte: Sima/Deral/Seab. Os preçs nas praças referem-se aos valores “mais comuns” apurados

MERCADO FUTURO BOLSA DE CHICAGO (CBOT) SOJA - US$cents por bushel (27,216 kg)

MILHO

Cont. FECH. mai/11 1.392,75 jul/11 1.394,00

Cont. mai/11 jul/11

*DIF. 1 SEM. 1 MÊS 42,50 0,9% 2,3% 40,50 0,3% 1,6%

29/04/11 - US$cents por bushel (25,4 kg)

FECH. 754,00 756,50

TRIGO - US$cents por bushel (25,4 kg)

mai/11 jul/11

mai/11 jul/11

358,10 363,60

9,40 9,40

-0,2% -0,1% -0,1% 0,2%

769,25 801,25

SAL. MÍNIMO - PARANÁ

Cont. mai/11 mai/12

Se o seu negócio é capital , anuncie nos jornais diários do interior do Paraná.

* Valores válidos de maio/2011 a abril/2012

26,25 -3,8% 23,75 -4,0%

4,3% 3,7%

*Diferença sobre dia anterior. 1,00 ponto = US$ 0,01 na soja, milho e trigo e US$ 1,00 no farelo

Cont. mai/11 jul/11

Grupo 4 R$ 817,78 Técnicos nível médio.

*DIF. 1 SEM. 1 MÊS 31,00 2,3% 12,2% 27,25 1,6% 11,5%

FARELO - US$ por tonelada curta (907,2kg)

Cont. mai/11 jul/11

Grupo 2 R$ 736,00 Serviços administrativos, domésticos e gerais, vendedores e trab. de reparação.

R$ DIA MÊS 771,25 -0,29% 1,05% 103,22 -0,70% -1,39% 543,08 0,07% 5,23% 293,54 -1,92% -24,35%

Soja, milho e trigo: fonte Dossiê:Dinheiro; Cepea/Esalq: mais informações em www.cepea.esalq.usp.br

Fonte: Sinduscon/PR e Sinduscons regionais R$/m2 FEV MAR %m %ano %12m Paraná 918,54 919,07 0,16 0,34 8,12 Norte 906,10 907,19 0,12 1,03 8,30 Noroeste 905,41 908,64 0,36 2,37 10,41 Oeste 931,98 932,73 0,08 1,75 9,60

Grupo 3 R$ 763,26 Trab. produção de bens e serviços industriais

30 d. 1,5% 0,0% 0,0% 1,5%

1- preço médio no MS, unid. de 8 a 12 meses; 2 -média à vista da arroba no Estado de SP; 3 - valor à vista saca 60kg posto SP Capital, arábica, bica corrida, tipo 6; 4 - em pluma, cent/R$ por libra-peso (453 gr), posto SP Capital.

ALGODÃO

Grupo 1 R$ 708,74 Trab.s na agricultura.

SEM 0,9% 0,6% 0,6% 2,2%

INDICADORES CEPEA/ESALQ

BOLSA DE NOVA YORK (NYBOT) CAFÉ - US$cents/libra peso (0,453 kg)

CUB PARANÁ

R$ 33,50 33,00 33,00 33,00

FECH. 299,35 299,85

*DIF. 1 SEM. 1 MÊS 0,75 2,8% 14,5% 0,65 1,8% 13,6%

29/04/11 - US$cents/libra peso (0,453 kg)

FECH. 178,78 158,02

*DIF. 1 SEM. 1 MÊS 5,96 -4,2% -8,3% 6,00 -5,7% -15,9%

*Diferença s/ dia anterior. 1,00 ponto = US$ 0,01 no café e algodão.

BOLSA DE MERCADORIAS DE SÃO PAULO (BM&F) MILHO - R$/saca 60 kg SOJA FINANCEIRO - US$ saca 60 kg C 30,85 29,70

VP 0,19 0,34

CN CA 110 831 172 1.077

BOI GORDO - R$/arroba abr/11 out/11

104,03 105,20

-0,09 -0,22

Cont. mai/11 set/11

C 28,74 29,54

VP 0,19 0,13

29/04/11 CN CA 408 5.258 797 7.050

CAFÉ - US$/saca 60 kg (arábica) 1.070 2.736 1.601 6.438

mai/11 set/11

389,85 373,05

0,60 0,00

15 454 1.307 11.746

C-cotação de fechamento (ajuste diário); VP-variação diária (1 ponto = US$ 1,00 ou R$ 1,00); CN - contratos negociados no dia; CA-contratos em aberto.

ADI-PR: 20 jornais diários localizados nas cidades polos de desenvolvimento COMERCIALIZAÇÃO: (41)3079-4666


Cidades A-5

TRIBUNA DO VALE

Sabado e domingo, 30 de abril e 1º de maio de 2011

Escola infantil é reinaugurada em Ribeirão do Pinhal EDUCAÇÃO Depois de oito meses de obras, escola foi ampliada e modernizada Felipe Peres

Os 245 alunos do centro Municipal de Educação Infantil Cônego Wenceslau Wictor vão ter, a partir de segundafeira, um local mais confortável para estudar. Depois de oito meses de reformas e ampliações, o estabelecimento de ensino foi reinaugurado na noite de ontem. O investimento para as obras partiram dos cofres públicos de Ribeirão do Pinhal e custaram em torno de R$ 33 mil. Segundo informações

da Secretaria de Educação, a reforma envolveu toda a estrutura física da escola: piso e telhado foram trocados, rede elétrica foi substituída por uma nova, a pintura foi refeita e novos banheiros, sala administrativa e refeitório foram construídos. “A obra foi completa. É uma nova escola”, disse o secretário da pasta, Reginaldo Terra. O local, construído em 1976, não passava por uma reforma desde 2001. Com 900 metros quadrados de área construída, aten-

dendo 245 crianças de quatro e cinco anos divididos em 11 turmas diferentes, a escola conta com seis salas de aula. “Era uma necessidade. Com essa reforma, ganhamos uma nova escola. Todos, alunos e professores vão ter um local mais agradável para estudar e trabalhar”, comemorou a diretora do centro de ensino, Lúcia Helena Nogari Moreira. O prefeito de Ribeirão do Pinhal, Dartagnan Calixto Fraiz, destacou que as melhoras na educação são prioridades da gestão atual.

Escola com capacidade para atender 245 alunos foi reinaugurada ontem

“Temos reformado todos os prédios públicos da cidade. Essa é a terceira escola que reformamos, com recursos próprios do município”. A melhora na educação municipal, segundo o prefeito, não fica apenas na parte estrutural dos estabelecimentos. “Temos investido também na parte bibliográfica, pedagógica e de transporte escolar. Na

escola –Cônego Wenceslau vista e sentida daqui a 10 ou Wictor-, por exemplo, os 15 anos, quando esses alunos alunos utiliestiverem na zam apostilas idade de presdo Positivo”, tar vestibular. exemplificou. Sem dúvidas metros quadrados Para Fraiz, as melhorias os investimen- tem a estrutura da na educação tos na melhovão surtir escola ria do setor efeito daqui vão dar resultado a longo a alguns anos”, concluiu o prazo. “Essa diferença vai ser prefeito.

900

ANIVERSÁRIO

Ribeirão Claro prepara comemorações dos seus 103 anos Divulgação

Da Redação

No dia 13 de maio o município de Ribeirão Claro comemora 103 de emancipação política. As comemorações começam na próxima sextafeira, dia 06 e se estendem até o dia 15, com variadas atrações promovidas pelo Departamento Municipal de Cultura. As festividades terão início no dia 06 de maio no quiosque da Rui Barbosa com as oficinas de poesia e escrita, o Poesia in Concert, realizado por professores das escolas municipais do município. No mesmo local se apresenta no dia 07, a banda de Blues Café com Bolacha, a partir das 8h30. No domingo, dia 08 haverá apresentação de música clássica com o Quarteto de Cordas de Maringá. Entre

Um dos pontos turísticos da região, Ribeirão Claro completa 103 anos no dia 13 de maio

os dias 9 e 10 será realizada a Exposição de Fotos e Poemas, com trabalhos temáticos sobre Ribeirão Claro.

No dia 11, a equipe do Sesc (Serviço Social do Comércio) de Jacarezinho promove o “Lazer com o Sesc”, com ati-

vidades recreativas durante todo o dia. A banda Trânsito Livre se apresenta no dia 12, quinta-feira em um palco

montado em frente à Casa da Cultura. No dia 13, data em que é comemorada a emancipação política de Ribeirão Claro, acontece o tradicional desfile com participação de bandas de Jacarezinho, Andirá e Cambará. No dia 13 e 14 acontece a 2ª edição do Festival de Talentos Expressartas comemorações se encerram no dia 15, com a apresentação da Orquestra de Viola Caipira de Atibaia no palco montado em frente à Casa da Cultura, ás 21 horas. História da cidade Os primeiros habitantes da região foram agricultores e colonizadores procedentes dos estados de São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro, que se estabeleceram à margem esquerda do rio Itararé, formando ali, um povoado que recebeu a denominação de Maria Ferreira, em terri-

tório então pertencente ao município de São José da Boa Vista. O nome da povoação passou a ser, mais tarde, Espírito Santo do Itararé e á 18 léguas do povoado, surgia, à margem direita do Ribeirão Claro, outro povoado com o nome de Taquaral e que teve como pioneiro, José Pereira da Silva que fundara no local, uma fazenda destinada ao plantio de café. Esse povoado recebeu, mais tarde, a denominação de Ribeirão Claro, por estar localizado próximo ao ribeirão do mesmo nome. Enquanto isso, pela lei estadual nº 352, de 2 de abril de 1900, o povoado do Espírito Santo do Itararé, era elevado à categoria de vila, desmembrada de São José da Boa Vista e instalada em 27 de setembro de 1900, vindo a se tornar o município de Ribeirão Claro.

DIA DO TRABALHO

ABATIÁ

Associação recebe elevador Municípios comemoram 1º de móvel e mesa seletora Maio com Passeio Ciclístico Da Redação

A Associação de Reciclagem de Abatiá vai poder quase dobrar a quantidade de lixo reaproveitado no município. Isso porque recebeu nessa semana dois equipamentos novos que vão acelerar o ritmo de trabalho dos associados: um elevador móvel e uma mesa seletora, conseguidas através de articulação do deputado estadual Luiz Eduardo Cheida. Atualmente a associação possui 12 profissionais que trabalham no recolhimento, separação e destino de vidro, plástico, metais e papéis descartados pela população da cidade. “A associação trabalha com seriedade. A importância da entidade para o meio ambiente do município é enorme”, elogiou o prefeito de Abatiá Irton Müzzel. De acordo com Müzzel, os equipamentos foram conseguidos depois de uma visita que Cheida fez à associação, no início do ano. “O deputado veio visitar a cidade e nós o levamos para conhecer a associação. Cheida, que é um ambientalista, gostou muito do

trabalho desenvolvido e con- sozinho. Agora temos uma seguiu os equipamentos junto associação, um local adequaa uma empresa particular. A do para trabalhar. O prefeito aquisição não foi através de nos dá muita ajuda e atenção”, emenda”, ressaltou. disse. Hoje, a associação conta Antes da chegada dos equicom 12 propamentos, fissionais que a associação trabalham em recolhia e reum barracão ciclava em tordo lixo de Abatiá no de 40% do de 200 metros vai passar a ser quadrados dolixo da cidade. ado pela prefeiEssa porcentareciclado tura de Abatiá. gem significa Agora os aparelhos vão somar 24 toneladas por mês. Agora, ao trator e à prensa, já doados segundo cálculos de Doipelo Poder Executivo da cida- do, a instituição vai passar a de. “Os novos equipamentos trabalhar até 80% do matejá estão auxiliando muito o rial descartado. “Vamos ter trabalho”, comemora o presi- capacidade para reciclar até dente da asso40 toneladas ciação Juraci mês. Hoje os batista Brito, profissionais conhecido da associação como Doido recebem de na cidade. R$ 510 a R$ O trabalho 600 por mês. de reciclagem Agora, com na cidade comais matéria meçou do prima é proesforço e das vável que chemãos de Doiguem a recedo, que há cinco anos passou ber até cerca de R$ 650. Além a recolher o lixo reciclável da melhora que a cidade vai das ruas e terrenos de Abatiá. ter, com as ruas cada dia mais “No começo eu trabalhava limpas”, finalizou.

80%

A importância da entidade para o meio ambiente do município é enorme”

Da Assessoria

Em Jacarezinho, o feriado do Dia do Trabalho, domingo, será comemorado com o V Passeio Ciclístico. Organizado pelo departamento de Esportes em parceria com o SESC, evento tem apoio do Corpo de Bombeiros e do Tiro de Guerra. Inscrições começam já às 8h. A largada é às 9h, em frente ao prédio da Secretaria Municipal de Educação. Para participar, basta levar um quilo de alimento não perecível (que serão doados à Provopar). No final do passeio, haverá sorteio de brindes.

A Prefeitura de Ibaiti também promove neste domingo, o 4º Passeio Ciclístico e Motociclístico do Trabalhador. A largada está prevista para as 9h em frente ao Rotary Clube, na avenida Dra. Fernandina do Amaral Gentille. Os interessados em participar deverão comparecer no local a partir das 8h00 ou com pelo menos 30 minutos de antecedência, munidos com um quilo de alimento não perecível (exceto sal e fubá), para preencher a ficha de inscrição. Os participantes farão um percurso de três mil metros desde a largada, com trajeto pelas ruas

Theofilo Marques, Paraná, Rui Barbosa, Ananias Costa, e Marginal da BR153 até retornarem ao ponto inicial. O evento contará com animação de bandas musicais, praça de alimentação e recreação, e com sorteios de vários prêmios que serão distribuídos aos participantes de acordo com a categoria de inscrição. A festividade prossegue durante o dia inteiro e culminará com uma missa em homenagem ao trabalhador e com o show musical do Padre Jorge & Amigos, a partir da 17h na praça do Santuário Diocesano Sagrado Coração de Jesus.

IGREJA

Papa João Paulo II será beatificado no domingo Das Agências

João Paulo II será beatificado pelo papa Bento XVI. O caixão com os restos mortais de João Paulo II (1920-2005) foi retirado na manhã desta sextafeira do túmulo que ocupava na

cripta da Basílica de São Pedro e colocado sobre um catafalco coberto com um pano branco, diante da monumental tumba de São Pedro. O ataúde permanecerá no local até sábado, quando será levado ao Altar da Confissão da Basílica de São

Pedro, onde os fiéis poderão venerá-lo após sua beatificação. O papa João Paulo II será proclamado beato em 1º de maio durante uma cerimônia solene a ser celebrada pelo seu sucessor, Bento XVI, seis anos e um mês após sua morte.


A-6 Cotidiano

TRIBUNA DO VALE

Sabado e domingo, 30 de abril e 1º de maio de 2011 Fotos: Antônio de Picolli

Prefeitos ressaltaram a importância de unir forças para obter resultados

Tenente da PRE Anderson Piske e o presidente da Amunorpi, Dartagnan Fraiz

Reunião da Amunorpi debate estratégias para reduzir mortes TRÂNSITO Prefeitos estudam regulamentar horário de funcionamento de bares Celso Felizardo

Prefeitos da Associação dos Municípios do Norte Pioneiro (Amunorpi) se reuniram com autoridades policiais na manhã de ontem, na sede da entidade, em Santo Antônio da Platina, para encontrar meios de reduzir as mortes no trânsito nas rodovias da região. No primeiro trimestre deste ano, foram registradas 25 mortes nas rodovias estaduais, quase o dobro se comparado com o mesmo período do ano passado, que fechou com 13 mortes. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) não apresentou estatística oficial. Participaram da reunião

o comandante do 2º Batalhão da Polícia Militar, tenentecoronel Aírton Sérgio Diniz; o delegado-chefe da 12ª Subdivisão Policial de Jacarezinho, Sérgio Barroso, o comandante do 3º Pelotão da PRE, tenente Anderson Piske; o inspetor da PRF Joaquim Alferes Júnior e o chefe da 44ª Ciretran de Santo Antônio da Platina, Jefferson Oliveira. De acordo com o comandante Piske, o número de mortes pode ser ainda maior que o divulgado, pois de acordo com a Convenção de Viena, só entram nas estatísticas as mortes ocorridas no local, excluindo as vítimas que morrem nos hospitais em decorrência do acidente.

A combinação álcooldireção e a falha humana foram apontadas por todos como as maiores responsáveis pelos acidentes nas rodovias. O inspetor Alferes definiu a situação como ‘um tanto complexa’. Segundo ele, os acidentes não estão acontecendo em determinada curva, ou por condições da pista, e sim por imperícia ou imprudência. “As nossas estradas estão em boas condições, o que está acontecendo infelizmente é falha humana e abuso de álcool ao volante, principalmente pelos jovens”, conta. O presidente em exercício da Amunorpi, prefeito de Ribeirão do Pinhal, Dar-

HABITAÇÃO

tagnan Calixto Fraiz (PDT) ressaltou que a reunião não teve o caráter de cobrar os policiais que, segundo ele, estão fazendo um bom trabalho, mas sim de juntar forças para encontrar soluções. “A situação está muito séria, estamos perdendo muitas vidas nas estradas e por isso convocamos uma reunião com os especialistas na área (policiais) para ver o que nós, prefeitos, podemos ajudar”, explica. Estratégias Entre as estratégias policiais, foi anunciada a criação de um novo Posto da PRE em Ribeirão Claro. O prefeito Geraldo Maurício Araújo (PV) adiantou que o proje-

to está em estudo e que em breve deve ser aprovado pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER). A Polícia Militar, responsável pela fiscalização de trânsito urbano também anunciou novidades. A partir deste fim de semana seis policiais passam a compor o Grupo Ostensivo de Trânsito (Gotran). De acordo com o comandante Diniz, o novo grupo, especializado em trânsito, vai intensificar as fiscalizações e estará presente ao menos um dia por semana em todos os 22 municípios do Norte Pioneiro. “É um modelo que teve sucesso em várias regiões do estado, então acredito que

vamos obter bons resultados com o Gotran”, conta Diniz. Os prefeitos disseram que após estudos preliminares, devem marcar uma assembleia na Amunorpi, em breve, para regulamentar o horário de funcionamento de bares e outros estabelecimentos do gênero nos municípios. “Temos que todos (prefeitos) nos unirmos para tomar decisões em conjunto, pois não adianta uma cidade mandar fechar os vares tal horário, porque os jovens pegam o carro e vão todos para os municípios vizinhos, dirigindo alcoolizados nas estradas”, ressaltou o prefeito de Quatiguá, Efraim Bueno de Moraes (PMDB).

SEGURANÇA

Richa garante a construção PM anuncia volta das de mais 315 casas em Curiúva operações AIFU na região Das agências

O governador Beto Richa anunciou nesta sexta-feira (29) a construção de 315 casas populares, nos municípios de Curiúva (150), Jaguariaíva (60) e Arapoti (105). As obras fazem parte do programa Morar Bem Paraná, lançado há pouco mais de um mês, com a meta de construir 100 mil unidades habitacionais em quatro anos. Em Curiúva, as 150 casas serão construídas num terreno doado pela prefeitura à Companhia Paranaense de Habitação – Cohapar. A doação foi formalizada em solenidade com a presença do governador. A previsão é de que o conjunto de moradias seja construído no ano que vem. Os documentos foram entregues pelo prefeito Márcio Mainardes ao governador e ao presidente da Cohapar, Mounir Chaowiche. Beto Richa e o prefeito também inauguraram o terminal rodoviário da cidade. “Vamos fazer obras aqui em Curiúva e em outras cidades da região para resgatar uma dívida que o governo do Paraná tem por não ter atendido as demandas e necessidades durante muitos anos”, destacou o governador. Beto Richa disse ainda vai transformar o Paraná em um canteiro de obras e melhorar a vida dos paranaenses de todos os cantos do Estado. “Já neste ano vamos atender 27,5 mil famílias, sendo

que 25 mil são da área urbana e 2,5 mil no meio rural. Vamos construir uma nova história de paz e felicidade para todos os paranaenses”, afirmou o governador. Para o presidente da Cohapar, é importante o engajamento dos prefeitos na parceria para a construção de novos conjuntos habitacionais. “Quando temos prefeitos interessados em melhorar a qualidade de vida da população tudo fica mais fácil”, disse. “A casa própria contribui para o resgate da cidadania. As famílias deixam de pagar aluguel e passam a ter um endereço, uma segurança para seus filhos. Hoje estamos recendo o terreno e logo estaremos entregando as chaves para estas pessoas”, acrescentou Chaowiche. Segundo o prefeito Mainardes, habitação popular é uma das maiores necessidades da população carente. “As pessoas sonham com a casa e somente por meio de parcerias com a Cohapar é que podemos realizar este sonho das famílias. Temos carência de novas moradias e acreditamos que o governador Beto Richa vai nos ajudar”. O gerente-geral da agência da Caixa Econômica Federal de Telêmaco Borba, Alceu Miranda de Mello, destacou a importância da retomada da pareceria com a Cohapar. “As cidades do interior têm muita carência na questão habitacional. São fundamentais os

conhecimentos da Cohapar para a realização de obras”, afirmou. A cidade de Curiúva tem um dos mais baixos IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) do Estado e a economia gira basicamente em torno da agricultura e da madeira de reflorestamento. “Com a construção de moradias podemos mudar a realidade da nossa cidade e melhorar esse IDH, pois a casa própria significa dignidade e condições decentes de vida”, disse o prefeito. O terreno doado à Cohapar tem 79.280 m² e fica bem localizado na cidade. A prefeitura também já está preparando o processo de doação de mais um terreno para outras 150 moradias, que devem ser construídas nos próximos anos. “O governador Beto Richa nos determinou que orientássemos os prefeitos a pensar no planejamento e o prefeito Mainardes está seguindo o que aconselhamos”, afirmou Chaowiche. A solenidade de inauguração da rodoviária de Curiúva contou também com a presença dos deputados estaduais Alexandre Curi e Hermas Brandão Junior. “O terminal rodoviário era um anseio antigo da comunidade local que agora se tornou realidade e vai melhorar a qualidade de vida da população”, disse o prefeito Mainardes.

Divulgação

Operação policial intensificou abordagens em pontos críticos de Cambará Celso Felizardo

O comandante do 2º Batalhão da Polícia Militar, com sede em Jacarezinho, tenente-coronel Aírton Sérgio Diniz anunciou ontem o retorno das Ações Integradas de Fiscalização Urbana (AIFUs) na região. De acordo com Diniz, essas operações são essenciais para manutenção da ordem pública. Ele revelou que nos primeiros meses do ano as equipes estavam direcionadas para a Operação Verão e Carnaval, mas que nas próximas semanas o efetivo voltará a fazer as Ações Integradas de Fiscalização Urbana (AI-

FUs). “A idéia desta operação é a execução de ações e operações de polícia ostensiva, essencialmente preventivas, e repressivas caso necessário, no sentido de empreender esforços para prevenir e coibir a prática de ações d e l i t u o s a s”, ressalta. Enquanto as operações AIFU´s não começam, a PM prepara operações de fisca-

lização na região. Na noite de quinta-feira, os policiais intensif ic aram o patrulhamento em Cambará. A op eraç ão contou com abordagens de suspeitos e fiscalização em bares e veículos. “Vamos distribuir noss as e qu ip e s por todos os municípios do Norte Pioneiro para garantir a segurança à população”, conclui.

A idéia desta operação é a execução de ações e operações de polícia ostensiva, essencialmente preventivas, e repressivas caso necessário”


Esporte A-7

TRIBUNA DO VALE

Sabado e domingo, 30 de abril e 1º de maio de 2011 O diretor de futebol do Cruzeiro Dimas Fonseca desmentiu ontem, que a equipe esteja negociando o volante Fabrício com o Corinthians. O jogador, que se recupera de uma cirurgia na região do púbis, estaria sendo envolvido em uma troca pelo atacante Jorge Henrique, do Timão.

O Palmeiras está preocupado em evitar mais controvérsias para enfrentar o Corinthians. A equipe não quer alimentar as questões que já foram discutidas com insistência, como o mando no Pacaembu, a arbitragem de Paulo César de Oliveira e as reclamações pelos dribles de Valdívia.

Muricy faz mistério e não confirma time do Santos para o clássico SEMI Equipe vai hoje ao Morumbi enfrentar o São Paulo por uma vaga na decisão

Gazeta Esportiva

O Santos realizou na manhã de ontem, no CT Rei Pelé, o seu último treino antes do jogo contra o São Paulo, hoje, às 16 horas (horário de Brasília), no Morumbi, pela semifinal do C amp eonato Paulista. Mas, apesar de já ter feito a avaliação física de cada jogador do elenco, o técnico Muricy Ramalho fez mistério e não confirmou a escalação do Peixe para o clássico. "A gente conversou com a comissão técnica, os exames foram feitos e acusaram um nível alto de cansaço, o que é normal pela grande sequência de jogos. Isso é algo que nos preocupa, por isso não dá para afirmar qual time vamos esca-

lar contra o São Paulo. Vamos esperar até a hora do jogo. O calendário está apertado e precisamos tomar cuidado para não estourar os jogadores", disse Muricy. O treinador evitou citar nomes, porém, admitiu que alguns jogadores têm acusado um nível maior de desgaste, em relação ao restante do elenco. "Não podemos falar em nomes, mas acredito muita na ciência para ver isso através dos exames. Consulto a comissão técnica, porque cheguei há pouco tempo no clube e não tenho tantos dados dos atletas. Mas estamos sempre com três ou quatro jogadores acusando um grau de cansaço ou de recuperação menor do que os outros", comentou. No entanto, como não recebeu nenhuma orientação especifica da diretoria do clube quanto a poupar titulares, a tendência é que Muricy escale a sua força máxima diante do Tricolor. "Já trabalhei em muitos times de ponta e, em alguns, cheguei a perguntar aos dirigentes se havia uma estratégia do clube em priorizar uma ou outra competição. Não é o caso do Santos, que está tendo uma

Não podemos falar em nomes, mas acredito muito na ciência para ver isso através dos exames”

Divulgação

Muricy Ramalho faz mistério sobre escalação do Santos para a decisão de hoje contra ex-clube

sequência de partidas decisivas na qual precisa jogar com a força máxima", encerrou. Sendo assim, caso não haja nenhuma surpresa de última hora, o Santos deve jogar com a seguinte escalação: Rafael; Jonathan, Edu Dracena, Durval e Léo; Arouca, Danilo, Elano e Paulo Henrique Ganso; Neymar e Zé Eduardo. Tricolor

O São Paulo deu pouca atenção ao Campeonato Paulista nos anos anteriores, inclusive escalando o time reserva para se preservar para a Copa Libertadores da América. Porém, sob o comando de Paulo César Carpegiani, o Tricolor trata o Estadual com a mesma importância da Copa do Brasil. Na semifinal do campeonato, o meia Ilsinho admite a

importância do título estadual, pois acredita que a taça daria mais confiança para a equipe seguir na busca pelo troféu da Copa do Brasil e, posteriormente, do Campeonato Brasileiro. "É um campeonato que vai nos dar tranquilidade para o Brasileiro e o restante da Copa do Brasil. O Paulista é gostoso de disputar, enquanto a Copa do Brasil dá direito a um

objetivo maior, que é voltar à Libertadores", analisou o meia. Dentre os quatro clubes grandes do estado, o São Paulo é o que está há mais tempo sem conquistar o Paulistão, pois triunfou pela última vez em 2005, vendo nas recentes edições o sucesso dos rivais Santos (2006, 2007 e 2010), Palmeiras (2008) e Corinthians (2009).

CORRIDA

NEGOCIAÇÃO

Tony Kanaan se vê atrás das equipes grandes da Indy

Corinthians se reúne com Alex Das Agências

Das Agências

Tony Kanaan está em terceiro lugar na classificação geral e ocupa a melhor posição entre os brasileiros após a realização de três etapas da temporada da Fórmula Indy, mas tem passado por dificuldades nas últimas semanas. Depois de lutar para conseguir uma equipe para competir na categoria, o piloto da KV sofre com uma virose, poucos dias antes da realização da corrida de São Paulo, marcada para domingo no circuito de rua do Anhembi. "Tomei um susto, não conseguia sair da cama. Peguei uma virose, tinha febre, dor no corpo. Passei uma noite no hospital, fiz alguns exames e todos deram negativos, inclusive para dengue. Ainda estou um pouco baqueado, mas estou de pé", afirmou Kanaan, pronto para a prova de domingo. O brasileiro surpreendeu ao terminar em terceiro lugar a prova de São Petersburgo, nos Estados Unidos, que abriu a temporada 2011 da Indy. Depois, ficou na sexta colocação na corrida do Alabama e na oitava posição em Long Beach. Por isso, Kanaan não esconde a alegria ao comentar o seu início de campeonato. "Não tenho do que reclamar por enquanto. Depois de

um fim de ano extremamente trabalhoso e sofrido, assinar um contrato a seis dias do início do campeonato, fazer um pódio e terminar as outras duas provas entre os dez primeiros é excelente. Ainda nem tive tempo de visitar a sede da equipe", disse Kanaan. Apesar do otimismo, o brasileiro ressalta que a KV não está no mesmo nível das

principais escuderias da Indy. "Foi um começo de temporada bom, extremamente competitivo, e é importantíssimo começar bem. Sou realista e temos que trabalhar muito para alcançarmos os carros da Penske, da Ganassi, da Andretti. Tenho que acumular o máximo de pontos que puder. Construímos uma equipe de última hora", comentou.

O Corinthians reforçou o desejo de ter Alex, do Spartak Moscou, ainda nesta temporada, segundo o Marca Brasil. O jornal noticiou que dirigentes do clube aproveitaram uma rápida passagem do jogador pelo Brasil para pedir que ele volte a tentar a redu��ão de sua liberação do clube russo. O Spartak exige 7 milhões de euros (R$ 16,3 milhões) para liberar o ex-colorado, mas o Corinthians está disposto a desembolsar apenas 5 milhões de euros (R$ 11,6 milhões). Alex teria a missão de convencer os russos a reduzirem a pedida. Alex estava no Brasil para acompanhar a gravidez de risco de sua mulher, e teria tido uma conversa rápido com o Corinthians na passagem. Os dirigentes alvinegros, no entanto, negam o contato. “Nós sabíamos que ele estava aqui no Brasil. Garanto que não conversamos com ele. Esperamos o melhor momento para negociar. Não queremos atrapalhar o time na reta final”, disse Edu Gaspar, gerente de futebol do Corinthians, ao Marca. Luis Carlini, empresário de Alex, também desconversou. “Se for para falar de Alex, não tenho mais nada a dizer. Vamos esperar o futuro”, disse Carlini.


cmyb

TRIBUNA DO VALE

Sabado e domingo, 30 de abril e 1º de maio de 2011

“Amo a liberdade, por isso deixo as coisas que amo livres. Se elas voltarem é porque as conquistei. Se não voltarem é porque nunca as possuí.”

Retalhos de

Ideias Marco Martins

redação2@tribunadovale.com.br

Teatro do ridículo Dizem que os ingleses têm e fazem o melhor teatro do mun-

do. Vai ver que toda essa mobilização em torno do casamento do príncipe William e a plebeia Kate Middleton – que aconteceu ontem - encontre base nesse fato. Um verdadeiro espetáculo marcado por uma transmissão planetária em que o momento de mais emoção é o comentário de especialistas sobre o vestido da noiva e, claro, da rainha. Além dos elogios aos chapéus sempre combinando com a vestimenta e a personalidade dos nobres. É o conto de fadas acontecendo à frente dos nossos olhos. É a recorrência do sonho das moças em encontrar seu príncipe encantado. Esqueça-se todos os problemas que o mundo atravessa. Nada é mais importante que o enlace de uma morena que adora fazer apliques no cabelo com um branquelo que entre as coisas mais emocionantes que fez foi dividir um apartamento com outros três colegas quando faziam o ensino secundário. Puta perda de tempo. Até no primeiro mundo, e por aqui também, ainda encontram tempo para ser desperdiçado com futilidades.

Bullying Um leitor que se diz assíduo desta coluna me mandou uma

mensagem – anônima é claro - para reclamar do constrangimento que vem passando. “Vou denunciar o gerente do banco onde tenho conta corrente. Ele está me deixando sem sono de tanto exagerar na perseguição, onde já se viu, querendo receber de uma vez uma dívida que levei meses pra deixar do tamanho em que se encontra atualmente!”

John Lennon www.tribunadovale.com.br

Pagar pra receber Achava que esse negócio de pagar pra receber

prêmios de “melhores do ano” já tinha acabado, porém, pelo jeito, tem gente que ainda cultiva essa cultura narcisista. O que mais me deixa chateado é saber que o próprio jornal onde escrevo há sete anos engrossou a fileira dos “melhores”. Que me desculpe a direção do jornal, mas não posso concordar com isso.

Epacabá Dos 15 titulares indicados pelos partidos

para integrar o Conselho de Ética do Senado que tem a função de zelar pela observância da ética e do decoro parlamentares - pelo menos oito respondem a inquéritos ou processos no ST.

Do mestre Idade da razão é quando a gente faz as

maiores besteiras sem ficar preocupado. Millôr Fernandes

[ ] Bife

A-8

Leio que a Rússia restringiu provisoriamente as exportações de parte da carne brasileiras vistoriadas neste mês de abril. De acordo com relatório russo, realizado ano a ano, os serviços brasileiros pioraram e os problemas sistêmico aumentaram. Além disso, houve ainda a restrição da exportação de produtos que nem eram comercializados pelo Brasil para os russos. Com são as coisas. Na época do Comunismo, a carne passava longe da mesa da população russa. Apenas os poderosos do “partidão” desfrutavam da iguaria. Agora ficam com essa preocupação toda. Como se nós, brasileiros, não consumíssemos essa mesma carne, na boa.

Vida bandida — Só mesmo um calhamaço de histórias

contidas em quase 600 páginas para dar conta de toda a história de Lobão, que começa a ser contada a partir da “homenagem” a Julio Barroso, em 1984, no seu excelente “Lobão - 50 Anos a Mil” (Editora Agir). O dia em que ele e Cazuza cheiraram cocaína no caixão do amigo falecido, líder do grupo Gang 90 e as Absurdettes, assume o papel de prólogo. Cazuza, amigo presente em fotos e em histórias que dão corpo à obra, é outro coadjuvante, assim como as bandas pré-carreira solo: Vímana e Blitz, a quem Lobão diz ter dado o nome, por mais que o cantor Evandro Mesquita não confirme o batizado. O livro é a dica de hoje da coluna que esmiúça a personalidade de uma das figuras mais emblemáticas da música brasileira.

Cooperativa do baseado Na contramão do que prega o governo Dilma Rousseff, o

líder do PT na Câmara, Paulo Teixeira (SP), defende a liberação do plantio de maconha e a criação de cooperativas formadas por usuários. Para ele, a política de cerco às drogas é “perversa” e gera mais violência. De acordo com o deputado, a prisão de pequenos traficantes contribui para engrossar as fileiras das organizações criminosas. “São mães de família que sozinhas têm que criar os filhos e passam a vender”, disse o deputado. “As prisões têm levado a organizar a violência contra a sociedade”. “O melhor modelo é o da Espanha: cooperativas de usuários, onde se produz para o consumo dos próprios usuários, sem fins lucrativos”.

Festa no apê Quem será o cantor famoso que foi flagrado por

policiais no Rio de Janeiro fazendo saliências com outro rapaz? Segundo o jornal O Dia, o cantor é recém-separado de uma loiraça. Eu, hein? Bundalelê de besouro é meio esquisito, não?


cmyb

TRIBUNA DO VALE

Sabado e domingo, 30 de abril e 1º de maio de 2011

Geral

B-1

www.tribunadovale.com.br

Mulheres são 4 mi a mais que homens Agência Brasil

O Brasil passou a ter quase 4 milhões de mulheres a mais do que homens em dez anos, segundo dados do Censo Demográfico 2010, divulgados hoje (29) pelo Instituto Brasi-

leiro de Geografia e Estatística (IBGE). A relação entre os gêneros, segundo o estudo, é de 96 homens para cada 100 mulheres. “Isso já vem ao longo dos censos e é em função da mortalidade. Apesar de nascerem

mais homens, como a mortalidade dos homens é superior à das mulheres ao longo da vida, no final, você tem um contingente maior de mulheres”, explicou Fernando Albuquerque, gerente de projetos da Coordenação de População

e Indicadores Sociais do IBGE. De acordo com Albuquerque, nascem 105 homens a cada 100 mulheres, mas como eles estão mais vulneráveis a situações de violência, por exemplo, o número de mortes é maior. A capital carioca foi apon-

tada no levantamento como a unidade da Federação com a menor proporção entre pessoas do sexo masculino e feminino, ao concentrar 91,2 homens para cada 100 mulheres. A Região Norte é a única do país onde o contingente

masculino é superior ao feminino. Segundo Fernando Albuquerque, esse fenômeno ocorre “em função dos movimentos migratórios e também do tipo de atividade - extrativa e de mineração -, em que os homens são a grande maioria”.

cyan magenta yellow black


B-2 Atas&Editais VENDE-SE Terreno no centro, com área de 434 m2 ,(com uma casa antiga em alvenaria) todo murado, portão eletrônico, situado à Rua Benjamin Constant, 500 - Santo Antonio da Platina/Pr. Informações:(43) 9977-6824 ALUGA-SE Sala comercial, com wc, situada à R. 13 de maio, 425 centro Santo Antonio da Platina- Pr Contato :(43) 9977- 6824 VENDE-SE LAN HOUSE EM CARLÓPOLIS ÓTIMA LOCALIZAÇÃO A MELHOR DA CIDADE.CONTATO: (43) 8457-0684

RECEBIMENTO DE PRÉVIA E REQUERIMENTO DE LICENÇA DE INSTALAÇÃO A. L. R. SILVA – JACAREZINHO - ME, torna público que recebeu do IAP Licença Prévia nº 26277, validade 05/04/2013, e requereu Licença de Instalação para extração de argila, no local denominado Água da Prata na Fazenda Califórnia, Bairro Dourado, no município de Jacarezinho/PR. PREFEITURA MUNICIPAL DE JUNDIAÍ DO SUL ESTADO DO PARANÁ DECRETO Nº. 010/2011, de 27 de abril de 2011. O Prefeito Municipal de Jundiaí do Sul, Estado do Paraná, no uso de suas atribuições legais e em conformidade com a Lei n° 358/2010 de 26 de agosto de 2010. DECRETA: Art. 1° - De acordo com a Lei n° 358/2010 de 26 de agosto de 2010, que cria o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, ficam nomeados para recompor o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Jundiaí do Sul/PR, os seguintes membros: REPRESENTANTES GOVERNAMENTAIS - Departamento Municipal de Assistência Social Titular – Joana D’arc Guimarães da Silva Suplente – Cleonice Ferreira - Emater Titular - Fabio Yoshimi Wada Suplente - Edemir Augusto Piva REPRESENTANTES NÃO GOVERNAMENTAIS - Associação de Proteção a Maternidade e a Infância (APMI) Titular – Priscila Fernanda Martins Suplente – Mara Aparecida Granemann - Associação dos Filhos e Amigos dos Idosos (AFAI) Titular – Silvana Aparecida Domingues Rauen Suplente – Rita de Cássia Amaral Vicente de Vicente - Associação de Pais e Mestres das Escolas Municipais (APMS) Titular – Ivone Martiniano Gomes Suplente – Lucimara Aparecida Banaszewski Rauen da Silva Art. 2° - Os demais membros ficam inalterados conforme o Decreto n° 31/2009 de 06 de novembro de 2009, que terão o término de seu mandato em 11 de novembro de 2011. Art. 3° - Permanecendo inalterados os artigos 2°, 3° e 4° do Decreto n° 31/2009 de 06 de novembro de 2009. Art. 4° - Este Decreto entrará em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrario. Jundiaí do Sul, 27 de abril de 2011. Eclair Rauen Prefeito Municipal CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DE JUNDIAÍ DO SUL – PARANÁ RESOLUÇÃO Nº. 001/2011. Súmula: Prorroga excepcionalmente o mandato dos conselheiros tutelares e dá outras providências. O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Jundiaí do Sul - CMDCA, no uso de suas atribuições legais e, considerando o Termo de Ajuste de Conduta nº. 001/2011, de 28 de abril de 2011, firmado com o Município de Jundiaí do Sul e Ministério Público do Paraná, sustentado nos motivos que o justifica, RESOLVE: ART. 1º - Prorrogar, em caráter excepcional, os mandatos dos atuais Conselheiros Tutelares por até quatro meses, contados desta data, para efeito de instauração e conclusão do procedimento eleitoral para o futuro triênio. Parágrafo Único – Com a conclusão do procedimento eleitoral apto a empossar os novos conselheiros, ainda que antecipadamente ao prazo constante do caput deste artigo, os atuais serão substituídos pelos conselheiros tutelares escolhidos pelo sufrágio popular, cujas eleições serão organizadas pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, nos termos da Lei Municipal nº. 358/2010. ART. 2º - Esta resolução entra em vigor na data de sua publicação, revogando disposições contrárias. Jundiaí do Sul (PR), 28 de abril de 2011. Joana D´arc Guimarães da Silva Presidente do CMDCA

PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMBARÁ DECRETO No 1.209/2011 Dispõe sobre o desligamento do servidor que menciona, por motivo de aposentadoria compulsória por idade. O Senhor José Salim Haggi Neto, Prefeito Municipal de Cambará, Estado do Paraná, usando das atribuições que lhe são conferidas por lei, DECRETA: Art. 1o – Fica desligado do serviço público Municipal, por motivo de aposentadoria compulsória por idade, o servidor ANTONIO DE LIMA DOS SANTOS, ocupante do cargo de Agente de Manutenção-II, portador do R. G. no 1.784.533-PR, lotado na Secretaria Municipal de Infra-Estrutura Urbana - SMIU, com proventos proporcionais, na proporcionalidade de 3188/12775 avos, pela média e sem paridade, com base no art. 40, parágrafo 1º, II, da CF, com proventos mensais de R$ 183,51 (Cento e oitenta e três reais e cinqüenta e um centavos), ficando garantido a percepção do salário Mínimo Nacional no valor de R$ 545,00 (Quinhentos e quarenta e cinco reais) mensais, e anuais de R$ 6.540,00 (Seis mil, quinhentos e quarenta reais). Art. 2o – Os proventos devidos terão como base o que dispõe as Leis nos 1.316/06 e 1.362/07. Art. 3o - Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação, revogando seus efeitos para o dia 09 do corrente mês e ano. Gabinete do Prefeito Municipal de Cambará, Estado do Paraná, em 28 de abril de 2011. JOSÉ SALIM HAGGI NETO PREFEITO MUNICIPAL DE CAMBARÁ PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA PROJETO DE LEI Nº 26/11 Autoriza o Poder Executivo Municipal a desenvolver ações para implementar o Programa Minha Casa Minha Vida, Programa Nacional de Habitação Rural, de acordo com a Lei nº. 11.977 de 07 de julho de 2009. A Câmara Municipal de Santo Antônio da Platina, Estado do Paraná aprovou e eu, Prefeita Municipal, sanciono a seguinte Lei: Art.1º - O Poder Executivo Municipal fica autorizado a participar especificamente do Programa MINHA CASA, MINHA VIDA – PROGRAMA NACIONAL DE HABITAÇÃO RURAL como Entidade Organizada/ Executada mediante convenio a ser firmado com a CAIXA ECONÔMICA FEDERAL, podendo constituir contrapartida física e/ou financeira, com o objetivo de garantir a construção de unidades habitacionais, para atendimento aos munícipes que se enquadram nos requisitos estabelecidos pelo Programa. Art.2º - Os projetos de habitação rural serão desenvolvidos mediante planejamento global, podendo envolver as Secretarias ou Departamentos Municipais ligados à Habitação, como Serviços Sociais, Obras, Planejamentos, Fazenda e desenvolvimento e outras a critério do Executivo Municipal. Parágrafo Único - Poderão ser integrados ao projeto outras entidades, mediante convênio, desde que tragam ganhos para a produção, condução e gestão deste processo, propiciando o atendimento as famílias mais carentes do Município de Santo Antônio da Platina. Art.3º - A contrapartida do Poder Executivo Municipal será realizada na forma de bens e serviços. Parágrafo Único - O Conselho Gestor do Fundo Municipal de Habitação de Interesse Social deliberará sobre as condições de ressarcimento. Art.4º - As despesas decorrentes da execução da presente Lei, correrão por conta de dotações consignadas no orçamento vigente, suplementadas, se for necessário. Art. 5º - Esta lei entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário. GABINETE DA PREFEITA MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA / ESTADO DO PARANÁ / PAÇO MUNICIPAL DR. ALÍCIO DIAS DOS REIS, aos 18 de abril de 2011. MARIA ANA VICENTE GUIMARÃES POMBO Prefeita Municipal JUSTIFICATIVA AO PROJETO DE LEI Nº. 26/11 Sr. Presidente e Nobres Vereadores. Este município tem grande interesse em ingressar no projeto MINHA CASA, MINHA VIDA – PROGRAMA NACIONAL DE HABITAÇÃO RURAL – PNHR. Tal programa é regido pela Lei nº. 11.977/2009 e suas alterações posteriores, cuja finalidade é subsidiar a produção ou reforma de imóveis aos agricultores familiares e trabalhadores rurais. Ocorre que para este município participe de tal programa, é necessária a devida autorização do Poder Legislativo, fazendo necessária a aprovação do presente Projeto de Lei. Assim, requerendo seja aprovado o presente Projeto, colocamo-nos à disposição para qualquer outra consideração que for necessária. MARIA ANA VICENTE GUIMARÃES POMBO Prefeita Municipal PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA DECRETO Nº 166/11 A Prefeita Municipal de Santo Antônio da Platina, Estado do Paraná, no uso das atribuições que lhe são conferidas por Lei, decreta: Art.1º - Fica sem efeito, desde a sua expedição, o Decreto nº 428/10, de 10/12/10/11, que dispõe sobre Evolução Funcional para o cargo de Professor M-IV da servidora FLÁVIA MARIA DA SILVA LHAMAS, ocupante do cargo de Professor, Regime Estatutário deste Município. Art.2º - Revogam-se as disposições em contrário. GABINETE DA PREFEITA MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA / ESTADO DO PARANÁ / PAÇO MUNICIPAL DR. ALÍCIO DIAS DOS REIS, aos 28 de abril de 2011. MARIA ANA VICENTE GUIMARÃES POMBO Prefeita Municipal PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA Lei nº 1016, de 28 de abril de 2011 Autoriza o Poder Executivo Municipal a doar bens móveis inservíveis e dá outras providências. Faço saber que a Câmara Municipal de Santo Antônio da Platina – Estado do Paraná aprovou e eu, Prefeita Municipal, sanciono a seguinte Lei: Art. 1º - Fica o Poder Executivo Municipal autorizado a doar bens móveis inservíveis constantes no Patrimônio Municipal. Art. 2º - A doação de que trata esta Lei somente poderá ser destinada a entidades sem fins lucrativos, sediadas neste município e declaradas de utilidade pública pelo Poder Legislativo Municipal. § 1º - As entidades que pretenderem receber doação de bens inservíveis deverão estar regulares com as prestações de contas de subvenções recebidas de qualquer ente público, bem como possuir certidões de regularidade fiscal no âmbito municipal, estadual e federal e, certidão do TCE – Tribunal de Contas do Estado do Paraná. § 2º - Além da documentação constante do § 1º, a entidade que pretender receber bens em doação, deverá apresentar projeto para a utilização dos mesmos, o qual será analisado da mesma forma como são analisados os pedidos de subvenção. Art. 3º - Os bens a serem doados deverão ser declarados como inservíveis por comissão constituída especificamente para tal finalidade, conforme previsto nos regulamentos municipais pertinentes. Art. 4º - Todas as doações oriundas desta Lei, antes da formalização do competente instrumento de doação, deverão ser referendadas pelo Poder Legislativo Municipal. Parágrafo Único - Do pedido de referendo constará: a) - a relação dos bens, acompanhada da respectiva declaração de inservíveis; b) - a indicação da entidade beneficiária, acompanhada dos documentos de comprobatórios das exigências contidas no artigo segundo desta Lei. Art. 5º - Esta lei entra em vigor na data de sua publicação, revogando disposições em contrário. GABINETE DA PREFEITA MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA / ESTADO DO PARANÁ / PAÇO MUNICIPAL DR. ALÍCIO DIAS DOS REIS, 28 de abril de 2011. MARIA ANA VICENTE GUIMARÃES POMBO Prefeita Municipal

TRIBUNA DO VALE

Sabado e domingo, 30 de abril e 1º de maio de 2011       

PORTARIA Nº. 01/2011, de 26 de abril de 2011. Institui Grupos Técnicos (Câmaras Temáticas) para assessorar a implantação de ações relativas à Lei Geral Municipal.

O Comitê Gestor Municipal de Cambará PR. (CGM) tendo em vista o disposto no § 1º do artigo 14 do seu Regimento Interno, aprovado pela Portaria 01/2010, resolve:

Art. 1º - Instituir os seguintes Grupos Técnicos para assessorar a implantação de ações relativas à Lei Geral Municipal: I – Câmara Temática Incubadora de Empresas; II - Câmara Temática Sala do Empreendedor; III - Câmara Temática Compras Diretas 100%; IV - Câmara Temática dos Indicadores da LG; V – Câmara Temática do Acesso aos Mercados; e, VI – Câmara Temática do Associativismo LG.

§ 1º - Cada Câmara Temática, ou grupo técnico, terá por objetivo específico auxiliar na implantação,  no Município, do tema básico de sua criação, nominado em seu próprio titulo, ou seja, Incubadora de   100%, Acesso a Mercados, Associativismo da LG Empresa, Sala do Empreendedor, Compras Diretas  e Indicadores LG respectivamente, para tanto os grupos deverão elaborar   estudos, promover ações, 

reuniões e parcerias, mobilizando e sensibilizando as pessoas e setores necessários ao bom termo de  seus objetivos. § 2º - As Câmaras Temáticas são subordinadas ao CGM, e por tanto as suas ações estão submetidas a aprovação prévia pelo Comitê. 

§ 3º - Durante as reuniões do CGM, cada Câmara Temática terá tempo hábil para expor suas realizações, bem como propor novos encaminhamentos.

Art. 2º - Os Grupos Técnicos (Câmaras Temáticas) terão a seguinte coordenação e composição: I – Câmara Temática Incubadora de Empresas Coordenador: Almir Del Padre. Componentes: Almir Del Padre, Eleandro de Oliveira Silva, Hedley Elias Erthal, Bruno Grandi, José Fortunato Marcusso e Eleutério Gouveia Sousa. II - Câmara Temática Sala do Empreendedor Coordenador: Waldemar Romanini Junior. Componentes: Waldemar Romanini Junior, Maria Angélica Frediani Miranda Fonseca, Waldir Trautwein, Renata Betazzi Dordal Tinelli, Maria Aparecida Pereira Bastos e Eleutério Gouveia Sousa. III - Câmara Temática Compras Diretas 100% Coordenadora: Maria Jacqueline de Oliveira Pedroso. Componentes: Maria Jacqueline de Oliveira Pedroso, Roberto Simões, Eleandro de Oliveira Silva, José Fortunato Marcusso e Hedley Elias Erthal. IV - Câmara Temática Indicadores da LG Coordenadora: Graça Maria da Cruz. Componentes: Graça Maria da Cruz, Norma Sueli de Paula, Angela Panichi Gílio e Waldir Trautwein. V - Câmara Temática do Acesso aos Mercados   Coordenador: Hedley Elias Erthal. Componentes: Hedley Elias Erthal, Maria Angélica Frediani   Miranda Fonseca, Almir Del Padre, Roberto Simões, Maria Jacqueline de Oliveira Pedroso e   Waldemar Romanini Junior. 

VI - Câmara Temática do Associativismo LG

Coordenadora: Maria Angélica Frediani Miranda Fonseca. Componentes: Maria Angélica Frediani 

Miranda Fonseca, Hedley Elias Erthal, Ângela Panichi Gílio, Bruno Grandi, Eleandro de Oliveira Silva, Flavia Scândolo, Maria Aparecida Pereira Bastos e Renata Betazzi Dordal Tinelli.

Art. 3º - Os Grupos Técnicos (Câmaras Temáticas) instituídos por esta portaria tem como prazo de duração de oito (08) meses, prorrogáveis por iguais períodos, até a consecução de seus objetivos, mediante aprovação do CGM, constante em ata de reunião oficial.

Art. 4º - Esta portaria entra em vigor na data de sua publicação.

Cambará PR., 26 de abril de 2011. Waldemar Romanini Junior Presidente do Comitê Gestor

AUDIENCIA PÚBLICA A PREFEITURA E CAMARA MUNICIPAL DE CAMBARÁ, de acordo com Lei de Responsabilidade Fiscal, convidam autoridades e toda a população em geral, e as Entidades representativas do Município, para participar da AUDIENCIA PÚBLICA, visando apreciação da LDO (LEI DE DIRETRIZES ORÇAMENTÁRIA 2012), do Município de CAMBARÁPR, a ser realizada no Recinto da CAMARA MUNICIPAL no dia 05 DE MAIO DE 2011 (Quinta feira). à partir das 15,00 hs. Cambará- Pr, 29 de abril de 2011 JOSE SALIM HAGGI NETO Prefeito Municipal




Atas&Editais B-3

TRIBUNA DO VALE

Sabado e domingo, 30 de abril e 1º de maio de 2011 PREFEITURA MUNICIPAL DE BARRA DO JACARÉ ESTADO DO PARANÁ DECRETO Nº 614 / 2011 SÚMULA: Dispõe sobre abertura de Credito Adicional Especial, autorizado pela Lei nº 400/2011 de 28/04/2011. O PREFEITO MUNICIPAL DE BARRA DO JACARÉ, ESTADO DO PARANÁ, NO USO DAS ATRIBUIÇÕES QUE LHES SÃO CONFERIDAS POR LEI, DECRETA Art. 1º - Fica aberto no corrente exercício financeiro, Crédito Adicional Especial no valor de R$ 408.200,00 ( Quatrocentos e oito mil e duzentos reais ), com a seguinte dotação orçamentária: 05.00 – SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE 05.001– FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE 10.512.00061.022 – IMPLANTAÇÃO E MELHORIA DO SISTEMA PÚBLICO DE MANEJO DE RESÍDUOS SÓLIDOS 001404 – 4490.51.00.00 – 3.1. 325 – Obras e Instalações................................................R$ 400.000,00 001404 – 4490.51.00.00 – 0.1- 000 – Obras e Instalações ................................................R$ 8.200,00 TOTAL....R$ 408.200,00 Art. 2º - Para dar cobertura ao Crédito autorizado no artigo anterior, serão indicados como recursos o disposto na Lei Federal 4.320/64, no Artigo 43 § 1º; a) Inciso I – Superávit financeiro, através da seguinte fonte:000 ........................................ R$ 8.200,00 b) – Inciso II – O proveniente de excesso de arrecadação, através da Receita 24.71.99.99.10.00 – Convênio Implantação e Melhoria do Sistema Público de Manejo de Resíduos Sólidos – Fonte 325 ......R$ 400.000,00 TOTAL ... R$ 408.200,00 Art. 3º - Este Decreto entrará em vigor a partir desta data, revogadas as disposições em contrário. Paço Municipal José Galdino Pereira, em 29 de Abril de 2011. EDIMAR DE FREITAS ALBONETI Prefeito Municipal PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA DECRETO Nº. 163/2011. Dispõe sobre a abertura de crédito adicional especial. A Prefeita Municipal de Santo Antônio da Platina, Estado do Paraná, usando das atribuições que lhe são conferidas pela Lei Municipal nº. 1.015, de 28 de abril de 2011, decreta: Art. 1. º - Fica aberto ao Orçamento do Municipal em vigor, um crédito adicional especial no valor de R$. 306.744,12 (trezentos e seis mil, setecentos e quarenta e quatro reais e doze centavos), assim discriminado: UNIDADE ORÇAMENTÁRIA – 07.04 – FUNDO MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL 08.244.0486.2.294 CREAS – Centro de Referência Especializado da Assistência Social 3390.30.00.00 Material de consumo R$. 54.000,00 Fonte: 01767 CREAS – Centro de Referência Especializado da Assistência Social 3390.30.00.00 Material de consumo R$. 27.361,26 Fonte: 31767 CREAS – Centro de Referência Especializado da Assistência Social 08.244.0487.2.296 APRIMORAMENTO DE GESTÃO – BOLSA FAMÍLIA 3390.30.00.00 Material de Consumo R$. 3.910,80 3390.36.00.00 Outros Serviços de Terceiros – P. Física R$. 3.910,80 4490.52.00.00 Equipamentos e Materiais Permanentes R$. 31.286,40 Fonte 01735 Índice de Gestão Descentralizada – BF 3390.30.00.00 Material de Consumo R$. 8.227,91 3390.36.00.00 Outros Serviços de Terceiros – P. Física R$. 8.227,91 4490.52.00.00 Equipamentos e Materiais Permanentes R$. 65.823,33 Fonte 31735 Índice de Gestão Descentralizada – BF 08.243.0483.6.297 PROGRAMA PRO-JOVEM ADOLESCENTE 3390.30.00.00 Material de Consumo R$. 36.180,00 3390.36.00.00 Outros Serviços de Terceiros – P. Física R$. 4.522,50 3390.39.00.00 Outros Serviços de Terceiros – P. Jurídica R$. 4.522,50 Fonte 01780 Piso Básico Variável I 3390.30.00.00 Material de Consumo R$. 20.163,25 3390.36.00.00 Outros Serviços de Terceiros – P. Física R$. 2.520,40 3390.39.00.00 Outros Serviços de Terceiros – P. Jurídica R$. 2.520,40 Fonte 31780 Piso Básico Variável I 08.243.0483.6.298 PROTEÇÃO SOCIAL BÁSICA À INFÂNCIA 3390.30.00.00 Material de Consumo R$. 2.626,95 4490.52.00.00 Equipamentos e Material Permanente R$. 14.886,09 Fonte 01782 Piso Básico Variável II 3390.30.00.00 Material de Consumo R$. 2.408,04 4490.52.00.00 Equipamentos e Material Permanente R$. 13.645,58 Fonte 31782 Piso Básico Variável II TOTAL R$. 306.744,12 Art. 2. º - Para dar cobertura ao crédito aberto no Artigo 1. º, serão utilizados recursos provenientes: a - de superávit financeiro da mesma natureza que os mencionados no artigo anterior, na forma do disposto no Art. 43, § 1º., inciso I da Lei Federal nº. 4.320/64................................. R$. 150.898,08 b – de excesso de arrecadação da mesma natureza que os mencionados no artigo anterior, na forma do disposto no Art. 43, § 1º, inciso II da Lei Federal nº. 4.320/64................................. R$. 155.846,04 TOTAL R$. 306.744,12 Art. 3. º - Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação. GABINETE DA PREFEITA MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA / ESTADO DO PARANÁ / Paço Municipal Dr. Alicio Dias dos Reis, aos 28 de abril de 2011. MARIA ANA VICENTE GUIMARÃES POMBO Prefeita Municipal

C.N.P.J.: 78.212.370/0001-80

Fl. 57

Inscricao Estadual: ISENTO

BALANCO PATRIMONIAL ENCERRADO EM 31/12/2010 _________________________________________________________________________________________ ATIVO CIRCULANTE DISPONIBILIDADES CAIXAS CAIXA GERAL

4,86

4,86

BANCOS CONTA MOVIMENTO BCO.DO BRASIL S/A.C.30104

1.087,10

SICREDI C.20538-9

(12.392,37)

BCO ITAU S/A.C-3711066500

(438,75)

(11.744,02)

BANCOS CONTA APLICACOES CX.ECON.FED.C.66254-1

450,50

COOP.CRED.RURAL PLANT.CANA PR.-SICREDI

45,00

HSBC.BANK BRASIL C/APLIC.

465,10

B.BRASIL-POUP.C.03010-4

31,66

992,26

(10.746,90)

(10.746,90)

NÃO CIRCULANTE IMOBILIZADO BENS EM OPERACAO MAQUINAS E EQUIPAMENTOS

26.285,06

MOVEIS E UTENSILIOS

24.052,09

VEICULOS

9.772,74

POÇOS ARTESIANOS

25.000,00

IMOVEIS(PREDIO E TERRENO)

103.693,64

TELEFONE

100,00

188.903,53

(2.530,00)

(2.530,00)

186.373,53

ANDAMEN.ACUMUL ASILOIMOBLIZADO S.V.P.JAC.OBRA UN.SOC.S.V.P.-SSVP CONSTRUCOES EM ANDAMENTO 104.878,77

104.878,77

104.878,77

(-)DEPRECIACOES ACUMULADA MÓVEIS E UTENSÍLIOS IMOBLIZADO EM ANDAMENTO

C.N.P.J.: 78.212.370/0001-80

Inscricao Estadual: ISENTO

TOTAL DO ATIVO

Fl. 58 291.252,30 280.505,40

BALANCO PATRIMONIAL ENCERRADO EM 31/12/2010 _________________________________________________________________________________________ PASSIVO CIRCULANTE OBRIGACOES A PAGAR FORNECEDORES MAT.SERVICOS FORNECEDORES DIVERSOS

4.916,00

CREDITO/ENTIDADES

383,70

5.299,70

OBRIGACOES COM PESSOAL SALARIOS A PAGAR

12.370,65

PROVISAO P/FERIAS

26.134,41

38.505,06

OBRIGACOES SOCIAIS INSS A RECOLHER

3.370,02

FGTS A RECOLHER

1.822,67

CONT.SINDICAIS A RECOLHER

909,76

FUNRURAL A RECOLHER

9,46

6.111,91

282,58

282,58

OBRIGACOES FISCAIS PIS FL.PAGTO. A RECOLHER OUTRAS OBRIGACOES HONORARIOS A PAGAR

960,00

CONSELHO CENTRAL DE JAC.

14.976,68

15.936,68

66.135,93

66.135,93

PATRIMONIO LIQUIDO PATRIMONIO SOCIAL DEFICIT/SUPERAVIT ACUMUL.

_________________________________________________________________________________________ SALDO INICIO DO EXERCICIO 188.043,18 AJUSTE EXERC. ANTERIORES

(163,70)

SUPERAVIT DO EXERCICIO

26.489,99

214.369,47

214.369,47

214.369,47 280.505,40

TOTAL DO PASSIVO

Reconhecemos a exatidão do presente Balanço Patrimonial no valor de R$ 280.505,40 - Duzentos e oitenta mil quinhentos e cinco reais e quarenta centavos conforme documentos apresentados. JACAREZINHO-PR, 31 de Dezembro de 2010.

ASILO S.V.P.JAC.OBRA UN.SOC.S.V.P.-SSVP C.N.P.J.: 78.212.370/0001-80 Ana Constança de Melo Brum

Fl. 58

Inscricao ISENTO ANA PAULAEstadual: DE LIMA

CPF: 06265596934

CRC: PR039862/0 Técnico Contábil

DEMONSTRACAO DO SUPERAVIT OU DEFICIT DO EXERCICIO 31/12/2010 ______________________________________________________________________________________ (+)RECEITAS DIVERSAS DONATIVOS E CONTRIBUICOES................................. 446.906,96 OUTRAS RECEITAS........................................... 21.834,59 (=)RECEITA LIQUIDA........................................... 468.741,55 (=)SUPERAVIT BRUTO........................................... 468.741,55 (-)CUSTO FABRICACAO/SERVICOS MATERIAIS E SERVICOS...................................... 574,33 (-)CUSTO DA ATIVIDADE SOCIAL PESSOAL E ENCARGOS........................................ 284.799,59 MATERIAIS E SERVICOS...................................... 23.805,00 (-)DESPESAS GERAIS PESSOAL E ENCARGOS........................................ 51.167,01 MATERIAIS E SERVICOS...................................... 80.032,62 _________________________________________________________________________________________ IMPOSTOS E TAXAS.......................................... 1.579,42 (-)DESPESA/RECEITA FINANC. DESPESAS FINANCEIRA....................................... 1.473,78 RECEITAS FINANCEIRAS...................................... 1.180,19 (=)RESULTADO ANTES PROVISAO IR E CSL......................... 26.489,99 (=)SUPERAVIT LIQUIDO EXERCICIO............................... 26.489,99

Reconhecemos a exatidão da presente Demonst. Superavit ou Deficit no valor de R$ 26.489,99 - Vinte e seis mil quatrocentos e oitenta e nove reais e noventa e nove centavos conforme documentos apresentados.

JACAREZINHO-PR, 31 de Dezembro de 2010.

Ana Constança de MeloUN.SOC.S.V.P.-SSVP Brum ASILO S.V.P.JAC.OBRA C.N.P.J.:06265596934 78.212.370/0001-80 I.E.: ISENTO CPF:

ANA PAULA DE LIMA CRC: PR039862/0 Técnico Contábil

DMPL - Demonstração das Mutações do Patrimômio Líquido - 31/12/2010 RESERVAS DE CAPITAL Histórico

SALDO EM 31/12/2009

Capital Realizado

Capital a Integralizar

Ágio na Emissão de Ações

188.043,18

Subvenções para Investimento s

RESERVAS DE LUCROS Reserva para Contingência

Reserva Estatutária

Lucros Acumulados

Total

188.043,18 -163,70

AJUSTE EXERC. ANTERIORES

26.489,99

SUPERAVIT DO EXERCICIO SALDO EM 31/12/2010

Reserva Legal

188.043,18

214.369,47

Reconhecemos a exatidão da presente Demonstração das Mutações do Patrimônio Líqudio no valor de R$ 214.369,47 - duzentos e quatorze mil trezentos e sessenta e nove reais e quarenta e sete centavos conforme documentos apresentados.

JACAREZINHO-PR, 31 de Dezembro de 2010.

Ana Constança de Melo Brum CPF: 06265596934

ANA PAULA DE LIMA CRC: PR039862/0 Técnico Contábil

PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA ESTADO DO PARANÁ AVISO DE DISPENSA DE LICITAÇÃO Nº 355/2011 LOCATÁRIA: PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA LOCADOR: INES FERREIRA. ______________________________________________________________________________________ OBJETO: Locação de 01 imóvel, localizado na Rua Marechal Deodoro nº 1337 - Centro, para funcionamento do Conselho Tutelar do Município, pelo período de 36 (trinta e seis) meses. VALOR CONTRATUAL: R$ 36.000,00 (trinta e seis mil reais) AMPARO LEGAL: Artigo 24, inciso X da Lei n° 8.666/93. Santo Antônio da Platina, 29 de abril de 2011. MARIA ANA V. G. POMBO Prefeita Municipal Fl. 59

PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTO ANTONIO DA PLATINA LEI Nº. 1015/2011. Dispõe sobre a abertura de crédito adicional especial. A Câmara Municipal de Santo Antônio da Platina, Estado do Paraná, aprovou e eu, Prefeita Municipal, sanciono a seguinte Lei: Art. 1. º - Fica o Executivo Municipal autorizado a abrir ao Orçamento do Municipal em vigor, um crédito adicional especial até o limite de R$. 306.744,12 (trezentos e seis mil, setecentos e quarenta e quatro reais e doze centavos), assim discriminado: UNIDADE ORÇAMENTÁRIA – 07.04 – FUNDO MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL 08.244.0486.2.294 CREAS – Centro de Referência Especializado da Assistência Social 3390.30.00.00 Material de consumo R$. 54.000,00 Fonte: 01767 CREAS – Centro de Referência Especializado da Assistência Social 3390.30.00.00 Material de consumo R$. 27.361,26 Fonte: 31767 CREAS – Centro de Referência Especializado da Assistência Social 08.244.0487.2.296 APRIMORAMENTO DE GESTÃO – BOLSA FAMÍLIA 3390.30.00.00 Material de Consumo R$. 3.910,80 3390.36.00.00 Outros Serviços de Terceiros – P. Física R$. 3.910,80 4490.52.00.00 Equipamentos e Materiais Permanentes R$. 31.286,40 Fonte 01735 Índice de Gestão Descentralizada – BF 3390.30.00.00 Material de Consumo R$. 8.227,91 3390.36.00.00 Outros Serviços de Terceiros – P. Física R$. 8.227,91 4490.52.00.00 Equipamentos e Materiais Permanentes R$. 65.823,33 Fonte 31735 Índice de Gestão Descentralizada – BF 08.243.0483.6.297 PROGRAMA PRO-JOVEM ADOLESCENTE 3390.30.00.00 Material de Consumo R$. 36.180,00 3390.36.00.00 Outros Serviços de Terceiros – P. Física R$. 4.522,50 3390.39.00.00 Outros Serviços de Terceiros – P. Jurídica R$. 4.522,50 Fonte 01780 Piso Básico Variável I 3390.30.00.00 Material de Consumo R$. 20.163,25 3390.36.00.00 Outros Serviços de Terceiros – P. Física R$. 2.520,40 3390.39.00.00 Outros Serviços de Terceiros – P. Jurídica R$. 2.520,40 Fonte 31780 Piso Básico Variável I 08.243.0483.6.298 PROTEÇÃO SOCIAL BÁSICA À INFÂNCIA 3390.30.00.00 Material de Consumo R$. 2.626,95 4490.52.00.00 Equipamentos e Material Permanente R$. 14.886,09 Fonte 01782 Piso Básico Variável II 3390.30.00.00 Material de Consumo R$. 2.408,04 4490.52.00.00 Equipamentos e Material Permanente R$. 13.645,58 Fonte 31782 Piso Básico Variável II TOTAL R$. 306.744,12 Art. 2. º - Para dar cobertura ao crédito autorizado no Artigo 1. º, serão utilizados recursos provenientes: a - de superávit financeiro da mesma natureza que os mencionados no artigo anterior, na forma do disposto no Art. 43, § 1º., inciso I da Lei Federal nº. 4.320/64.................................... . R$. 150.898,08 b – de excesso de arrecadação da mesma natureza que os mencionados no artigo anterior, na forma do disposto no Art. 43, § 1º, inciso II da Lei Federal nº. 4.320/64............................. . R$. 155.846,04 TOTAL R$. 306.744,12 Art. 3. º - Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação. GABINETE DA PREFEITA MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA / ESTADO DO PARANÁ / Paço Municipal Dr. Alicio Dias dos Reis, aos 27 de abril de 2011. MARIA ANA VICENTE GUIMARÃES POMBO Prefeita Municipal

ASILO S.V.P.JAC.OBRA UN.SOC.S.V.P.-SSVP

PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA PORTARIA Nº 168/11 A Prefeita Municipal de Santo Antônio da Platina, Estado do Paraná, no uso das atribuições que lhe são conferidas por Lei, resolve: NOMEAR os servidores MÁRCIO ANTÔNIO DA SILVA, ELTON ELIAS PINTO e SÔNIA LAITER DOS SANTOS, para, sob a Presidência do primeiro, comporem a Comissão de Processo Administrativo Disciplinar nº 007/11, para apuração de fatos pertinentes ao servidor objeto da denúncia contida no ofício nº 144/11-UCI, do Coordenador da Unidade de Controle Interno, protocolado sob nº 5709/11, em 26/04/11. GABINETE DA PREFEITA MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA / ESTADO DO PARANÁ / PAÇO MUNICIPAL DR. ALÍCIO DIAS DOS REIS, aos 28 de abril de 2011. MARIA ANA VICENTE GUIMARÃES POMBO Prefeita Municipal


B-4 Atas&Editais

TRIBUNA DO VALE

Sabado e domingo, 30 de abril e 1º de maio de 2011

CONSELHO MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL – CMAS Lei de Criação nº 1.218 de 31/12/1994 com alterações pela Lei Municipal nº 1.952 de 01/07/2009

Rua Mauro Cardoso de Oliveira, 190 – CEP – 86.380 – 000 - Fone (043)3538- 81-00

CÂMARA MUNICIPAL DE QUATIGUÁ

ANEXO I

ANDIRÁ - PR

Rua Amazonas, 150 – Centro Fone/fax: (43)3538–5771

CONCURSO PÚBLICO Nº. 001/2011

REQUERIMENTO BENEFÍCIO EVENTUAL

RESOLUÇÃO 05/2011

RETIFICAÇÃO DO EDITAL Nº 002/2011 - HOMOLOGAÇÃO DAS INSCRIÇÕES

AUXÍLIO NATALIDADE ______/2011 Eu,___________________________________________,

SÚMULA: O Conselho Municipal de Assistência Social - C.M.A.S. de Andirá- PR

________________, nascido (a) aos

/

/ 19

brasileiro

(a),

estado

civil

, natural de___________________________________,

Estado de __________________, portador do RG nº. _______________________, SSP _________, CPF nº.

regulamentou a concessão dos benefícios eventuais na modalidade de Auxílio Natalidade e

_________________________, residente à Rua __________________________________ nº. ______, Bairro

Auxílio Funeral no âmbito da Política Municipal de Assistência Social para o ano de 2011.

_____________________________, neste município de Andirá – Estado do Paraná, venho por meio deste REQUERER a concessão do Benefício Eventual na modalidade de AUXÍLIO NATALIDADE previsto no artigo 22 da LOAS, Lei Orgânica de Assistência Social nº. 8.742 de 07/12/1993 e regulamentado pelo Conselho Municipal de

O Conselho Municipal de Assistência Social - C.M.A.S - de Andirá, no uso das atribuições que lhe confere a Lei nº. 1.218 de 31 de dezembro de 1994, com alterações pela Lei Municipal nº 1.952 de 01 de julho de 2009 e,

Assistência Social por meio da Resolução 05/2011 de 08/04/2011, que dispõe em seu Art. 4º. “O auxílio natalidade e/ou funeral deverão atender as famílias em situação de vulnerabilidade e/ou risco pessoal e social, cuja renda per capita seja inferior a ½ do salário mínimo vigente, levando em consideração as condições da natalidade e do óbito.” DECLARO para os devidos fins que a minha família é composta por ______ membros, cuja renda

CONSIDERANDO: a deliberação da Plenária realizada no dia 08 de abril de 2011; CONSIDERANDO: que a concessão dos Benefícios Eventuais é um direito garantido em

familiar é de R$____________proveniente de ____________________. Por ser verdade firmo o presente,

Lei e de longo alcance social;

Andirá, ______ de _________________ de __________.

CONSIDERANDO: o art. 22 da Lei Orgânica de Assistência Social – LOAS, (Lei 8.742 de 07/12/1993) que define os Benefícios Eventuais na forma de Auxílio Natalidade e Auxílio

____________________________________

Mortalidade; CONSIDERANDO: a Resolução n° 212/06 do Conselho Nacional de Assistência Social – CNAS, que propõe critérios para a regulamentação dos Benefícios Eventuais;

Recebi em ___/____/_______

Funeral.

Assinatura______________________________

ANEXO II PREFEITURA MUNICIPAL DE ANDIRÁ

RESOLVE: Art. 1º Estabelecer critérios e prazos para a regulamentação da provisão de Benefícios Eventuais nas formas de Auxílio Natalidade e Funeral, no âmbito municipal da Política Pública de

caráter suplementar e temporário que integra as garantias do Sistema Único de Assistência Social - SUAS, com fundamentação nos princípios de cidadania e nos direitos sociais e humanos. Parágrafo único. Na comprovação das necessidades para a concessão do benefício eventual são vedadas quaisquer situações de constrangimento ou vexatórias. Art. 3º O benefício eventual destina-se aos cidadãos e às famílias com impossibilidade de arcar por conta própria com o enfrentamento das contingências sociais circunstanciais, e que, se encontrem dentro dos critérios estabelecidos no artigo 4º desta resolução, cuja ocorrência provoque riscos e/ou vulnerabilidades que fragilize a manutenção do indivíduo, a unidade da família e a sobrevivência de seus membros.

vigente levando em consideração as condições da natalidade e do óbito. Parágrafo Único: Em caso de idoso abrigado, o Auxílio Funeral, será concedido para aquele que possui renda de até 01 salário mínimo vigente. Art. 5º A Secretaria Municipal de Ação Social deve elaborar um Plano de Inserção, Acompanhamento e Monitoramento das famílias beneficiárias e apresentar ao CMAS para deliberação. Parágrafo único: O objetivo do plano de acompanhamento e monitoramento deve ter a vinculação da concessão do benefício eventual com os serviços, programas e projetos socioassistenciais e com a rede das demais políticas setoriais e de defesa de direitos. Art. 6º O benefício eventual, na forma de Auxílio Natalidade, constitui-se em uma prestação temporária, não contributiva da assistência social, em bens de consumo, para reduzir situações de vulnerabilidade e risco social e pessoal. § 1º Os bens de consumo consistem no enxoval do recém-nascido, incluindo itens de vestuário, utensílios para alimentação e de higiene, observada a qualidade que garanta a dignidade e o respeito à família beneficiária. § 2º O requerimento do Benefício Auxílio Natalidade deve ser realizado pela gestante, ou por algum membro de sua família junto ao Centro de Referência da Assistência Social – CRAS, mediante o preenchimento de um formulário próprio e declaração, do responsável do Programa Saúde da Família – PSF, de que, a gestante possui inscrição e participa do acompanhamento do Pré-Natal. (Modelo de Formulário, Anexo I) § 3º À gestante requerente do Benefício de Auxílio Natalidade será ofertada vagas em Grupos de Convivência no CRAS, conforme planejamento deste Serviço. § 4º A participação ou não da gestante requerente do Auxílio Natalidade, nos Grupos de Convivência, conforme previsto no § 3º desta Resolução, será avaliada pela equipe técnica do CRAS. § 5º O Benefício de Auxílio-Natalidade deve ser concedido até uma semana após o nascimento da criança. § 6º O Benefício Auxílio Natalidade é assegurado na forma de bens de consumo e terá o valor aproximado de R$ 200,00 (duzentos reais) correspondentes à compra dos itens relacionados no parágrafo primeiro deste artigo. (Podendo variar de acordo com as propostas a serem apresentadas no processo de Licitação). Art. 7º O Benefício Eventual, na forma de Auxílio Funeral, constitui-se em uma prestação temporária, não contributiva da assistência social, em prestação de serviços de terceiros e bens de consumo para reduzir vulnerabilidades e riscos provocados por morte de membro da família. § 1º O serviço deve cobrir o custeio de despesas de urna funerária, velório e sepultamento, incluindo transporte funerário, utilização de capela, isenção de taxas e colocação de placa de identificação. § 2º O Benefício de Auxílio Funeral deve ser requerido, por um membro da família, junto a Secretaria Municipal de Ação Social, ou, em caso de horário fora do expediente deste órgão, deverá ser requerido junto à funerária autorizada, conforme resultado de licitação realizada pelo órgão municipal responsável. § 3º Quando o requerimento for realizado junto à SMAS (Secretaria Municipal de Ação Social) e/ou Funerária autorizada, o requerente será informado sobre os critérios para recebimento. Estando de acordo, o requerente preencherá um Formulário próprio, referente às condições socioeconômicas da família e, sendo ainda informado que receberá visita técnica do CRAS. (Modelo de Formulário Anexo II). § 4º O estabelecimento autorizado, citado no § 2° do artigo anterior deve cumprir os dispositivos desta resolução. § 5º O Benefício Auxílio Funeral assegurado na forma de serviços de terceiros e bens de consumo terá o valor aproximado de R$345,00 (trezentos e quarenta e cinco reais), de acordo com a metragem da urna funerária, correspondente à compra dos itens relacionados no parágrafo

primeiro deste artigo, podendo variar de acordo com as propostas a serem apresentadas no processo de licitação. Art. 8º. Os Benefícios Natalidade e Funeral serão garantidos à família em número igual às suas ocorrências. Art. 9º. Compete à Secretaria Municipal de Ação Social/Centro de Referência de Assistência Social: I– a coordenação geral, a operacionalização, o acompanhamento, a avaliação da prestação dos benefícios eventuais, bem como o seu financiamento; II– a elaboração de um plano de Acompanhamento e Monitoramento das famílias beneficiárias; III – a articulação com as políticas sociais setoriais e de defesa de direitos municipais para o atendimento integral da família beneficiária; IV– a realização de estudos da realidade e monitoramento da demanda, para constante ampliação da concessão dos benefícios eventuais; V– a expedição de instruções e a instituição de formulários e modelos de documentos necessários à operacionalização dos benefícios eventuais; VI– o cadastramento das famílias no Cadastro Único e nos demais serviços socioassistenciais; e VII – a promoção de ações que viabilizem e garantam a ampla e periódica divulgação dos benefícios eventuais e dos critérios para sua concessão. Art. 10º. Ao Conselho Municipal de Assistência Social – CMAS compete: I– o monitoramento e a avaliação da execução dos benefícios eventuais; II– o acompanhamento, avaliação e fiscalização do financiamento; III – a reformulação a cada ano e/ou sempre que se fizer necessário, a regulamentação dos benefícios eventuais. Art. 11º. Esta resolução entra em vigor na data de sua publicação. Andirá, 08 de abril de 2011

Flávia Dallava Martins Jaques Presidente do C.M.A.S.

2

RODRIGO FERRERIA BERNARDES

043.129.289-24

DEFERIDA

3

SOLANGE SALVI

023.218.489-52

DEFERIDA

4

LEANDRO SPINA

025.399.529-92

DEFERIDA

5

BRUNA JIMENEZ FELISARDO

064.818.399-80

INDEFERIDA

6

ELIANE DOS REIS DE OLVEIRA

020.363.819-01

INDEFERIDA

7

NEUSA DA SILVA

320.664.499-20

INDEFERIDA

8

THAIS DE SOUSA RODRIGUES

043.828.59-88

INDEFERIDA

CPF

Situação

1

ADILSON FRANCISCO DE ARRUDA

328.048.788-99

DEFERIDA

2

ADRIANO SALVI

060.756.159-97

DEFERIDA

3

ANDRÉIA APARECIDA DOMINGUES

031.585.459-69

DEFERIDA

4

FERNANDA CRISTINA DE OLIVEIRA

070.042.549-76

DEFERIDA DEFERIDA DEFERIDA

Secretaria Municipal de Ação Social

7

PLICYA ELEASA DE FREITAS MORAIS

010.584.499-31

DEFERIDA

8

TAMIRES CRISTINA FONSECA

059.079.409-48

DEFERIDA

9

FABIANO DA SILVA

033.840.309-40

DEFERIDA

10

RENATA INOCENCIA DA SILVA

075.243.099-88

INDEFERIDA

11

TATIANE BACCETO DE CAMARGO

061.732.139-66

INDEFERIDA

12

VALDINEI DE PAULA JUNIOR

085.720.889-62

INDEFERIDA

FONE/FAX (0**43) –3538 – 8100 acaosocialpmandira@yahoo.com.br

FORMULÁRIO REQUERIMENTO DO BENEFÍCIO EVENTUAL AUXÍLIO FUNERAL Nº ____/2011 Eu, _____________________________________, brasileiro (a) , estado civil _________________, nascido (a) aos / /19____ , natural de______________________________ Estado de __________________, portadora da Carteira de Trabalho nº _____________________Série __________________ Carteira de Identidade nº ____________________ SSP _________, Cadastro de Pessoas Físicas nº ______________________, residente a Rua__________ __________________________ , nº ______Bairro ________________________, domiciliado (a) neste município de Andirá – Estado do Paraná, ____________ do (a) falecido (a) _________________________________________________________________________ venho por meio deste, REQUERER à esta Secretaria a concessão do Benefício Eventual na modalidade de AUXÍLIO FUNERAL previsto no artigo 22 da LOAS, Lei Orgânica de Assistência Social, Lei n.º 8.742 de 07/12/1993 e regulamentado pelo Conselho Municipal de Assistência Social através da resolução 05/2011. DECLARO que tenho ciência da resolução 05/2011 expedida pelo Conselho Municipal de Assistência

“Parágrafo Único: Em caso de idoso abrigado, o auxílio funeral, será concedido para aquele que possui renda de até 01 salário mínimo vigente”.

Art. 4º O Auxílio Natalidade e Funeral deverão atender as famílias em situação de

DEFERIDA

084.128.339-70

em consideração as condições da natalidade e do óbito”.

vulnerabilidade e/ou risco pessoal e social, cuja renda per capita seja inferior a ½ salário mínimo

040.176.829-52

075.060.329-10

de vulnerabilidade e/ou risco pessoal e social, cuja renda per capita seja inferior a ½ salário mínimo vigente ,levando

§ 3º Consideram-se aqueles assim reputados pelo Código Civil, bem como os padrastos,

Situação

ALESSANDRO MARIO BUENO

JHEANY TANY LIMA

que o Auxílio Natalidade será concedido em bens de consumo e o Auxílio Funeral em serviços de

madrastas e respectivos enteados, e os companheiros que vivam sob regime de união estável.

CPF

1

GRASIELLE ZANELATO

assegurados conforme previstos na Lei de Diretrizes Orçamentárias para o ano de 2011. Sendo

§ 2º Entende-se por família, o agrupamento humano residente no mesmo lar, composto por

1.2 Cargo: TÉCNICO EM CONTABILIDADE Ordem Nome

6

Social em seu Art. 4°, desta forma descrito “O auxílio natalidade e funeral deverão atender as famílias em situação

parentes que convivam em relação de dependência econômica.

CARGOS 1. CARGOS:

5

§ 1º Os benefícios eventuais, na forma de Auxílio Natalidade e Auxílio Funeral serão

terceiros e bens de consumo.

RETIFICAR O EDITAL Nº 002/2011 - HOMOLOGAÇÃO DAS INSCRIÇÕES E PUBLICAR, conforme relação nominal abaixo dos candidatos inscritos no Concurso Público, para preenchimento das vagas abaixo descritas:

CNPJ/MF - 76.235.761/0001-94 Rua Mauro Cardoso de Oliveira, 190

Assistência Social para o ano de 2011. Art. 2º O benefício eventual é uma modalidade de provisão de Proteção Social Básica de

O senhor Carlos Alberto Tramontin, Presidente da Câmara Municipal, e o senhor Warderley Forastieri da Silveira, Presidente da Comissão do Concurso Público nº. 001/2011, da Câmara Municipal de Quatiguá, Estado do Paraná, no uso de suas atribuições legais, R E S O L V E M,

1.3 Cargo: AUXILIAR LEGISLATIVO Ordem Nome

CONSIDERANDO: o orçamento municipal, para o ano de 2011, na ordem de R$12.000,00 (doze mil reais) para Auxílio Natalidade e R$ 8.500,00 (oito mil e quinhentos reais) para Auxílio

RUA: LOURENÇO ORMENEZE, Nº 105 – FONE (43) 3564 2317 QUATIGUÁ -PR CNPJ. 77.778.769/0001/60 CEP – 86.450-000

CRAS - CENTRO DE REFERÊNCIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL

Portanto DECLARO que, enquadro no aspecto de situação de vulnerabilidade social e de renda familiar. Por ser verdade firmo o presente, Andirá, _______ de ________________de ___________ __________________________________________________

PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA LEI Nº. 1.014/2011 Altera o Anexo II da Lei Municipal nº. 930/10. A Câmara Municipal de Santo Antônio da Platina, Estado do Paraná, aprovou e eu, Prefeito Municipal, sanciono a seguinte Lei: Art. 1º - Ficam alterados os Programas 483 – Garantia dos Direitos da Criança e do Adolescente, 486 – Ações de Assistência Social e 487 – Ações de Assistência Comunitária do Anexo II da Lei Municipal nº. 930, de 10 de agosto de 2010, conforme anexo da presente Lei. Art. 2º - Esta Lei entrará em vigor na data de sua publicação. GABINETE DO PREFEITO MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA / ESTADO DO PARANÁ / Paço Municipal Dr. Alicio dias dos Reis, aos 28 de abril de 2011. MARIA ANA VICENTE GUIMARÃES POMBO Prefeita Municipal Anexo à Lei nº. 1.014 de 28 de abril de 2011 Lei nº. 930/10 - ANEXO II 0483 – GARANTIA DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE 1.290 – Construção do Centro de Múltiplo Uso 6.232 – Departamento de Garantia dos Direitos Sociais da Criança e do Adolescente 6.233 – Projeto Amanhã 6.235 – Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente 6.236 – Conselho Tutelar de Santo Antônio da Platina 6.297 – Programa Pro-Jovem Adolescente 6.298 – Proteção Social Básica à Infância 0486 - ASSISTÊNCIA SOCIAL GERAL 2.097 – Gabinete do Secretário Municipal de Assistência Social 2.098 – Departamento de Assistência Social 2.294 – CREAS – Centro de Referência Especializado da Assistência Social 6.234 – Subvenções Sociais 0487 – ASSISTÊNCIA COMUNITÁRIA 1.276 – Construção de Barracões Comunitários – 1ª Etapa 2.109 – Programa de Assistência Comunitária 2.110 – Subvenções Sociais 2.159 – Programa Geração de Renda 2.200 – Padaria Comunitária 2.296 – Aprimoramento de Gestão – Bolsa Família PREFEITURA MUNICIPAL DE JAPIRA DECRETO Nº 011/2011 de 29/04/2011 Declara situação anormal, caracterizada como SITUAÇÃO DE EMERGÊNCIA na área rural do município de Japira – Estado do Paraná, afetada pelas fortes chuvas, ventos e granizos ocorridas no mês de abril de 2011, conforme CODAR- NE.TGZ– CODAR 12.205. O Prefeito Municipal de Japira, Estado do Paraná, no uso de suas atribuições legais e constitucionais e pelo que preceitua o Art. 62 da Lei Orgânica Municipal e o Art. 17 do Decreto Federal nº. 5.376, de 17 de fevereiro de 2005 e pela Resolução n° 03 do Conselho Nacional de Defesa Civil, e; CONSIDERANDO que no dia 24 de abril ocorreram fortes chuvas com granizos, provocando a destruição de diversas lavouras na zona rural do Município, conforme croqui da área afetada anexo ao presente Decreto; CONSIDERANDO que – como consequência deste desastre, resultaram os danos humanos, materiais e ambientais e os prejuízos econômicos e sociais constantes do Formulário de Avaliação de Danos, anexo a este Decreto; CONSIDERANDO que – de acordo com a Resolução no 3 do Conselho Nacional de Defesa Civil — CONDEC, a intensidade deste desastre foi dimensionada como de Nível (II) Médio. DECRETA: Art. 1º – Fica declarada a situação anormal, caracterizada como Situação de Emergência. Parágrafo Único – Esta situação de anormalidade é válida apenas para as áreas deste Município, comprovadamente afetadas pelo desastre, conforme prova documental estabelecida pelo formulário de Avaliação de Danos – AVADAN e pelos croquis da Área Afetada, anexos a este Decreto. Art. 2o – Confirma-se a mobilização do Sistema Nacional de Defesa Civil, no âmbito do Município, sob a coordenação da Coordenadoria Municipal de Defesa Civil — COMDEC e autoriza-se o desencadeamento do Plano Emergencial de Resposta aos Desastres, após adaptado à situação real desse desastre. Art. 3o – Autoriza-se a convocação de voluntários, para reforçar as ações de resposta aos desastres, e a realização de campanhas de arrecadação de recursos, junto à comunidade, com o objetivo de facilitar as ações de assistência à população afetada pelo desastre. Parágrafo único. Essas atividades serão coordenadas pela Secretaria Executiva da COMDEC. Art. 4º – Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação, devendo ter vigência por um prazo de 90 ( noventa) dias. Parágrafo único – O prazo de vigência deste Decreto pode ser prorrogado até completar um máximo de 180 dias. GABINETE DO PREFEITO MUNICIPAL DE JAPIRA, ESTADO DO PARANÁ, aos vinte e nove dias do mês de abril de dois mil e onze (29/04/2011). JOÃO RENATO CUSTODIO Prefeito Municipal Presidente da Coordenadoria Municipal de Defesa Civil

Quatiguá, 29 de abril de 2011. CARLOS ALBERTO TRAMONTIN

Presidente da Câmara Municipal WANDERLEY FORASTIERI DA SILVEIRA Presidente da Comissão Examinadora do Concurso

RESOLUÇÃO N° 01, de 26 de abril de 2011 Acrescenta o § 2º. ao Artigo 231 da Lei Orgânica. Faço saber que a Câmara Municipal de Santo Antônio da Platina, Estado do Paraná, aprovou e eu, Antônio César de Camargo, Presidente da Câmara da Municipal de Santo Antonio da Platina, Estado do Paraná, promulgo a seguinte Resolução: Art. 1º - O artigo 231 da Lei Orgânica do Município de Santo Antônio da Platina passa a vigorar acrescido do seguinte § 2º. “Art. 231 (...) § 2º. – Fica vedada a denominação de nome da mesma pessoa a mais de uma bem ou serviço público referido no caput deste artigo.” Art. 2º - O § único do artigo 231 fica renumerado para § 1º.Art. 3º. - Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.GABINETE DO PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA / ESTADO DO PARANÁ, em 26 de abril de 2011. ANTÔNIO CÉSAR DE CAMARGO PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL FRANCISCO FAUSTINO DE PROENÇA JÚNIOR 1º SECRETÁRIO CÂMARA MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA DECRETO LEGISLATIVO Nº. 07, de 29 de abril de 2011 O Presidente da Câmara Municipal de Santo Antônio da Platina, Estado do Paraná, no uso das atribuições que lhe são conferidas por Lei, considerando a realização do Concurso Público do Poder Legislativo, realizado no dia 07 de novembro de 2010, regulamentado pelo Edital nº. 001/2010 – Concurso Público Poder Legislativo, autorizado pelo Decreto Legislativo nº. 07/2010, de 17 de agosto de 2010. Considerando o disposto na Lei nº. 02/93, de 02/02/93, que dispõe sobre o Regime Jurídico dos Servidores Públicos deste Município; na Lei nº. 864, de 06 de outubro de 2009, que dispõe sobre o Plano de Cargos e Funções, o Sistema de Carreira e Avaliações do Desempenho do Serviço Público da Câmara Municipal de Santo Antônio da Platina - PR, e na Lei nº. 928, de 17 de junho de 2010, que altera os Anexos I, IV e V da Lei Municipal nº. 864/2009; Considerando, a desistência da Srta. Josiane Luciana Pinto, 2ª. Colocada, e finalmente, de conformidade com o Edital de Concurso Público nº.05/2010, que Homologa o Resultado do Concurso Público e Edital de Retificação nº. 04/2010, Decreta: Art. 1º. - Fica NOMEADO em caráter efetivo, de acordo com a Lei nº. 02/93, artigo 13, I, a partir de 02 de maio de 2011, para exercer cargo público criado pela Lei Municipal nº. 864, de 06 de novembro de 2009, e na Lei Municipal nº. 928, de 17 de junho de 2010, que altera os Anexos I, IV e V da Lei Municipal nº. 864/2009; neste Legislativo Municipal, a pessoa abaixo relacionada, com vencimento correspondente ao valor inicial da respectiva referência, tabela de cargos e valores – Anexo I, da referida Lei, como segue: cargo: ADVOGADO – Nível 4 – Piso Vencimento R$ 2.096,21 – 20 horas semanais Nome Classificação 1. IVAN MOIZÉS ILKIU 3º Art. 2º. - A Pessoa nomeada no art. 1º, deste Decreto, deverá obedecer ao estabelecido no artigo 16, da Lei nº. 412/05 e suas alterações. Art. 3º. – Fica sem o Decreto Legislativo nº 06, de 18 de abril de 2011, conforme § 2º do artigo 19 da Lei Municipal nº. 02/93, de 02/02/1993. Art. 4º. - Revogadas as disposições em contrário. GABINETE DO PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA/ ESTADO DO PARANÁ, aos 29 de abril de 2011. ANTÔNIO CÉSAR DE CAMARGO Presidente da Câmara Municipal FRANCISCO FAUSTINO DE PROENÇA JÚNIOR 1º. Secretário CONSÓRCIO INTERMUNICIPAL PARA O DESENVOLVIMENTO DO TERRITÓRIO DO VALE DO RIO CINZAS - CIVARC AVISO DE LICITAÇÃO PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº. 006/2011 MODALIDADE PREGÃO PRESENCIAL Nº. 002/11 – CIVARC MENOR PREÇO POR LOTE REGÊNCIA LEI Nº. 10.520 DE 17 DE JULHO DE 2002 O CONSÓRCIO INTERMUNICIPAL PARA O DESENVOLVIMENTO DO TERRITÓRIO DO VALE DO RIO CINZAS – CIVARC, COM SEDE NO MUNICÍPIO DE JAPIRA, ESTADO DO PARANÁ, INSCRITO NO CNPJ SOB N. 08.976.528/0001-02, TORNA PÚBLICO QUE FARÁ REALIZAR LICITAÇÃO NA MODALIDADE PREGÃO PRESENCIAL N. 002 / 2011 – PMJ PARA: OBJETO: AQUISIÇÃO DE MATERIAL GRÁFICO, PAPELARIA, EXPEDIENTE, EQUIPAMENTOS DE INFORMÁTICA, MATERIAL DE CONSUMO, PEDAGÓGICOS E DEMAIS MATERIAIS DIVERSOS PARA IMPLANTAÇÃO E MANUTENÇÃO DO NASF – NÚCLEOS DE APOIO À SAÚDE DA FAMÍLIA, CONFORME QUANTITATIVOS E ESPECIFICAÇÕES DESCRITOS NO TERMO DE REFERÊNCIA DESTE EDITAL. VALOR MÁXIMO: R$ 40.000,00 (QUARENTA MIL REAIS) CREDENCIAMENTO: PROTOCOLO ATÉ AS 08H59M DO DIA 17 DE MAIO DE 2011 ABERTURA: ÀS 09H00M DO DIA 17 DE MAIO DE 2011. INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES: A CÓPIA DO EDITAL E DEMAIS INFORMAÇÕES, ENCONTRAM-SE À DISPOSIÇÃO DOS INTERESSADOS NO ENDEREÇO: AVENIDA ALEXANDRE LEITE DOS SANTOS, 481, CENTRO, MUNICÍPIO DE JAPIRA, ESTADO DO PARANÁ, OU PELO TELEFONE (43) 3555-1367, NO HORÁRIO COMERCIAL, DAS 08H00MIN ÀS 11H30MIN E DAS 13H00MIN ÀS 17H00MIN. JAPIRA (PR), 29 DE ABRIL DE 2011. JOÃO RENATO CUSTÓDIO PRESIDENTE DO CONSÓRCIO JOEL JANSEN JUNIOR PREGOEIRO


Atas&Editais B-5

TRIBUNA DO VALE

Sabado e domingo, 30 de abril e 1º de maio de 2011 PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA LEI Nº. 1.013/2011 Altera Anexo da Lei Municipal nº. 887/2009. A Câmara Municipal de Santo Antônio da Platina, Estado do Paraná, aprovou e eu, Prefeita Municipal, sanciono a seguinte Lei: Art. 1º - Ficam alterados os Programas 483 – Garantia dos Direitos da Criança e do Adolescente, 486 – Ações de Assistência Social e 487 – Ações de Assistência Comunitária constante do Anexo da Lei Municipal nº. 887, de 16 de dezembro de 2009, conforme anexos da presente Lei. Art. 2º - Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação. GABINETE DA PREFEITA MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA / ESTADO DO PARANÁ / Paço Municipal Dr. Alicio Dias dos Reis, aos 28 de abril de 2011. MARIA ANA VICENTE GUIMARÃES POMBO Prefeita Municipal

ASSOCIAÇÃO JACAREZINHENSE DE REABILITAÇÃO AO DEFICIENTE AUDITIVO E ATENDIMENTO AO DEFICIENTE VISUAL CNPJ:81.8800130/0001-68 JACAREZINHO – PR

BALANÇO PATRIMONIAL ENCERRADO EM 31/12/2010 72.551,35

ATIVO ATIVO CIRCULANTE

29.763,55

DISPONIBILIDADES BANCO DO BRASIL S/A 7.543-4

5.622,56

I.N.S.S A RECOLHER

1.774,38

9,37 6,64

CAIXA ECONOMICA FEDERAL C/C 672.003-1

0,07

CAIXA ECONOMICA FEDERAL C/C 672.001-5

0,03

CAIXA ECONOMICA FEDERAL C/C 672.002-3 SICREDI AGRO PARANA

10,00

IMOBILIZADO S/ ASSISTENCIA SOCIAL

(-)DEPREC. BENS DE PEQU. VALOR

Programa: Garantia dos Direitos da Criança e do Adolescente

Código: 483

Descrição das Ações

Unidade Responsável

Manter o Departamento de Garantia dos Direitos Socio-Assistências da Criança e do Adolescente

SMDCA

SMDCA

Executar o Projeto Amanhã

A

SMDCA

Contribuir, na forma da Lei, com Entidades Filantrópicas que atuam na Área da Criança e do Adolescente

Tipo

A

Produto (Bem ou Serviço)

Unidade Medida

Projeto Mantido

Parcerias Mantidas

Atender ao disposto na Lei Municipal n.º 10, de 21 de maio de 1991

SMDCA

A

Ações Desenvolvidas

Construir o Centro de Múltiplo Uso

SMDCA

A

Ações Desenvolvidas

Manter o Programa Pro-Jovem Adolescente

SMDCA

P

Programa Mantido

Ano

Metas Físicas

2010 2011 2012 2013 TOTAL 2010 2011 2012 2013 TOTAL 2010 2011 2012 2013 TOTAL 2010 2011 2012 2013 TOTAL 2010 2011 2012 2013 TOTAL 2010 2011 2012 2013 TOTAL 2010 2011 2012 2013 TOTAL TOTAL DO PROGRAMA NO PPA

PREFEITURA MUNICIPAL DEP SANTO ANTÔNIO DA PLATINA SMDCA Programa Mantido

Manter o Programa de Proteção Social Básica à Infância

ESTADO DO PARANÁ

PLANO PLURIANUAL - PERÍODO 2010 - 2013

Valores (Em R$/2009) 62.000,00 56.000,00 56.000,00 56.000,00 230.000,00 12.000,00 9.000,00 9.000,00 9.000,00 39.000,00 796.961,20 636.050,33 636.050,33 636.050,33 2.705.112,19 164.600,00 149.000,00 149.000,00 149.000,00 611.600,00 0,00 208.333,33 0,00 0,00 208.333,33 0,00 70.429,05 45.225,00 45.225,00 160.879,05 0,00 33.566,66 17.513,04 17.513,04 68.592,74 4.023.517,31

FÉRIAS A PAGAR

3.198,09

3.086,07

RESCISAO CONTRATUAL

2.090,42

14.882,12 -

(69,00)

PATRIMONIO SOCIAL

IMOBILIZADO S/ EDUCAÇAO

26.774,68

(-) DEPR VEICULOS COMPUTADORES (-) DEPR S/ COMPUTADORES MAQUINAS E EQUIP. (-) DEPRE MAQ EQUIP TOTAL ATIVO

72.551,35

TOTAL DO PASSIVO

Mais Recente

ESTADO DO PARANÁ

PLANO PLURIANUAL - PERÍODO 2010 - 2013

IDENTIFICAÇÃO DAS AÇÕES Programa: Açôes de Assistência Social

Código: 486

Descrição das Ações

Unidade Responsável

Tipo

Manter o Gabinete do Secretário Municipal de Assistência Social

SMDCA

A

Manter o Departamento Assistência Social

SMDCA

A

Produto (Bem ou Serviço) Atendimento Mantidado

Unidade Medida

Atendimento Mantidado

Construir Centro de Assistência e Preparo para o Trabalho da Pessoa com Deficiência

SMDCA

P

Projeto Mantido

Construir Centro de Apoio a Pessoa com Deficiência e Família

SMDCA

P

Parcerias Mantidas

336.194,83

Ano

Metas Físicas

2010 2011 2012 2013 TOTAL 2010 2011 2012 2013 TOTAL 2010 2011 2012 2013 TOTAL 2010 2011 2012 2013 TOTAL 2010 2011 2012 2013 2013 TOTAL TOTAL DO PROGRAMA NO PPA

PREFEITURA DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA P Programa Mantido SMDCAMUNICIPAL ESTADO DO PARANÁ

PLANO PLURIANUAL - PERÍODO 2010 -

Valores (Em R$/2009) 300.000,00 566.000,00 566.000,00 566.000,00 1.998.000,00 54.000,00 55.000,00 55.000,00 55.000,00 219.000,00 264.000,00 0,00 0,00 0,00 264.000,00 120.000,00 0,00 0,00 0,00 120.000,00 0,00 81.361,26 54.000,00 54.000,00 189.361,26 2.790.361,26

336.194,83 7.101,85 0,00

RECEITA LÍQUIDA

343.296,68

(-) CUSTOS

PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA

31/12/2010 343.296,68

(-) DEDUÇÃO DA RECEITA BRUTA

Desejado Final do Programa

Apurado

0,00

SUPERÁVIT OPERACIONAL BRUTO

343.296,68

DESPESAS OPERACIONAIS

337.273,48

DESPESAS OPERACIONAIS

337.273,48

DESPESAS GERAIS

114.573,82

ENCARGOS SOCIAIS

16.287,38

DESPESAS C/ PESSOAL

193.182,41

DESPESAS FINANCEIRAS

637,20

OBRIGAÇÕES TRIBUTÁRIAS

4.803,53

DESPESAS C/ VEÍCULOS

7.789,14

RESULTADO OPERACIONAL

6.023,20

RESULTADO DA CORREÇÃO MONETÁRIA DE BALANÇO

0,00

RESULTADO ANTES DA PROVISÃO P/CONTRIBUIÇÃO SOCIAL

6.023,20

RESULTADO ANTES DA PROVISÃO P/ IMPOSTO DE RENDA

6.023,20

SUPERAVIT DO EXERCICIO

6.023,20

INFORMAÇÕES SOBRE O PROGRAMA 01. Denominação

Ações de Assistência Comunitária

CLAUDIO HUMBERTO NUCINI PRESIDENTE C.P.F. Nº 367.035.759-91

02. Objetivos Desenvolvimento de Ações que visem à população carente 03. Público Alvo População carente do Município

72.551,35

E ATENDIMENTO AO DEFICIENTE VISUAL

RECEITAS FINANCEIRAS

2.790.361,26

47.793,41 47.793,41

_________________ EDSON HIPOLITO TEC. CONTABIL AO DEFICIENTE AUDITIVO C.R.C. Nº PR 018.526/O-0

ASSOCIAÇÃO JACAREZINHENSE DE REABILITAÇÃO AO DEFICIENTE AUDITIVO E ATENDIMENTO AO DEFICIENTE VISUAL CNPJ:81.8800130/0001-68 CNPJ:81.8800130/0001-68 JACAREZINHO – PR JACAREZINHO – PR

08. Valor do Programa (Em R$. 2009)

ÍNDICES

Descrição Unidade de Medida

Manter e Ampliar o Atendimento do CREAS - Centro de Referência Especializado da Assistência Social

RESERVA LEGAL

3.000,00

RECEITA DE CONTRIBUIÇÕES E DOAÇÕES

5

265,56

(300,00)

PERIODO 01/01/2010 a 31/12/2010

Em apuração INFORMAÇÕES SOBRE INDICADORES

de

SUPERAVIT/DEFICIT EXERCICIO

(500,00)

DEMOSTRAÇAO DO RESULTADO DO EXERCICIO

07. Quantidade de Ações

265,56 265,56

2.500,00

Reconhecemos a exatidão do presente Balanço Patrimonial com base nas informações e na documentação apresentada, encerrado em 31/12/2010, somando tanto no ativo como no passivo, a importância de R$ 72.551,35 (setenta e dois mil e quinhentos e cinqüenta e um reais e trinta e cinco centavos ).

Início (mm/aaa): 01/2010 Término (mm/aaaa): 12/2013

Fonte Em apuração

PATRIMONIO SOCIAL

265,56

21.274,68

VEICULOS

RECEITA BRUTA OPERACIONAL

06 Quantidade de Identificadores

48.058,97

PATRIMONIO SOCIAL

(500,00)

RECEITA OPERACIONAL BRUTA

[ ] Temporário

PATRIMONIO

PATRIMONIO SOCIAL

03. Público Alvo População carente do Município

[ X ] Contínuo

699,00

2.500,00

Ações de Assistência Social

05. Horizonte Temporal

522,83

42.787,80

2.500,00

02. Objetivos Desenvolvimento de Ações que visem à população carente

Secretaria Municipal de Assistência Social

12.413,14

3.086,07

COMPUTADORES

01. Denominação

04. Unidade Responsável

18.224,48 18.224,48

3.086,07

__________________________ CLAUDIO HUMBERTO NUCINI PRESIDENTE ASSOCIAÇÃO JACAREZINHENSE DE REABILITAÇÃO C.P.F. Nº 367.035.759-91

INFORMAÇÕES SOBRE O PROGRAMA

SALARIOS E ORDENADOS

18.224,48

7.113,47

IMOBILIZADO S/SAUDE

(-) DEPR S/ COMPUTADORES

IDENTIFICAÇÃO DAS AÇÕES

SALARIOS E ORDENADOS SALARIOS A PAGAR PIS SOBRE FOLHA DE PG A RECOLHER

BENS DE PEQ. VALOR

ESTADO DO PARANÁ

PASSIVO NÃO CIRCULANTE

780,00

(-) DEPR VEICULOS

PLANO PLURIANUAL - PERÍODO 2010 - 2013

645,34 645,34

14.183,12

VEICULOS

PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA

1.197,04

I.R.R. FONTE A RECOLHER

9,37

IMPOSTOS E CONTRIB. A COMPENSAR/REC.

2.651,14

CONTRIBUIÇAO SINDICAL A REC.

0,09

BANCO ITAU S/A

REALIZAVEIS A CURTO PRAZO

FGTS A RECOLHER

OBRIGAÇOES FISCAIS

7.902,84

SICREDI AGRO PARANA - CAPITAL APLICAÇAO SICREDI AGRO PARANA

5.622,56

5.316,88 13.431,56

BANCOS C/ APLI S/A

6.267,90

OBRIGAÇOES SOCIAIS

CAIXA ECONOMICA FEDERAL C/C 285.000-3

ATIVO NÃO CIRCULANTE

OBRIGAÇOES SOCIAIS

18.774,64

BANCO ITAU S/A 05572-7 BANCO DO BRASIL C/C 28.133-6

INSS A RECUPERAR

PASSIVO CIRCULANTE

26.677,48

BANCO

72.551,35

PASSIVO

EDSON HIPOLITO TEC. CONTABIL C.R.C. Nº PR 018.526/O-0

RESOLUÇÃO Nº 07 de 2011, de 28 de abril de 2011, do Conselho Municipal da Saúde de Ribeirão do Pinhal – Pr. Dispõe sobre as conclusões sobre o Cadastro Municipal de Metas para indicadores de Monitoramento e avaliação do Pacto pela Saúde – SISPACTO do Município de Ribeirão do Pinhal. O do Conselho Municipal de Saúde de Ribeirão do Pinhal – Pr, em reunião ordinária realizada em 28 de abril de 2011, no uso das prerrogativas conferidas pela Lei Federal nº 8.080 de 19/09/90, Lei Federal nº 8.142 de 28/12/90, e pela Lei Municipal nº 1.311/06 que revogou a Lei nº 889/91. Resolve: Art. 1º Aprovar a Cadastro Municipal de Metas para indicadores de Monitoramento e avaliação do Pacto pela Saúde – SISPACTO do Município de Ribeirão do Pinhal. Ribeirão do Pinhal, em 28 de abril de 2011. Demetrio Gonçalves Troiano PRES. DO C.M.S DE RIB. DO PINHAL Homologo a Resolução CMS de Ribeirão do Pinhal nº 07/2011, nos termos do parágrafo 2º, do artigo 1º da Lei Federal nº 8.142, de 28 de dezembro de 1990. Marlene Demarchi de Azevedo SECRETARIA MUNICIPAL DA SAÚDE

RESOLUÇÃO Nº 06 de 2011, de 28 de abril de 2011, do Conselho Municipal da Saúde de Ribeirão do Pinhal – Pr. 05. Horizonte Temporal Dispõe sobre as conclusões sobre a Pactuação das_________________ Prioridades,Objetivos, Metas e Indicadores do Pacto __________________________ Início (mm/aaa): 01/2010 [ X ] Contínuo [ ] Temporário pela Saúde, nas dimensões pela Vida e Gestão, Resultado 2010 eHIPOLITO Meta 2011 –SCAERA/DVAGS/18ª RS do CLAUDIO HUMBERTO NUCINI EDSON Término (mm/aaaa): 12/2013 Município de Ribeirão do Pinhal. 06 Quantidade de Identificadores 07. Quantidade de Ações 08. Valor do Programa (Em R$. 2009) PRESIDENTE TEC.–CONTABIL O do Conselho Municipal de Saúde de Ribeirão do Pinhal Pr, em reunião ordinária realizada em 28 de C.R.C. NºnºPR 018.526/O-0 Em apuração 5 2.736.384,69 C.P.F. Nº 367.035.759-91 abril de 2011, no uso das prerrogativas conferidas pela Lei Federal 8.080 de 19/09/90, Lei Federal nº 8.142 INFORMAÇÕES SOBRE INDICADORES de 28/12/90, e pela Lei Municipal nº 1.311/06 que revogou a Lei nº 889/91. ÍNDICES Resolve: Descrição Unidade de Medida Desejado Art. 1º Aprovar a Pactuação das Prioridades,Objetivos, Metas e Indicadores do Pacto pela Saúde, nas Mais Recente Apurado Final do Programa dimensões pela Vida e Gestão, Resultado 2010 e Meta 2011 –SCAERA/DVAGS/18ª RS do Município de Ribeirão do Pinhal PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA Ribeirão do Pinhal, em 28 de abril de 2011. ESTADO DO PARANÁ Demetrio Gonçalves Troiano Fonte Em apuração PLANO PLURIANUAL - PERÍODO 2010 - 2013 PRES. DO C.M.S DE RIB. DO PINHAL IDENTIFICAÇÃO DAS AÇÕES Homologo a Resolução CMS de Ribeirão do Pinhal nº 06/2011, nos termos do parágrafo 2º, do artigo 1º da Lei Federal nº 8.142, de 28 de dezembro de 1990. Programa: Açôes de Assistência Comunitária Código: 487 Marlene Demarchi de Azevedo Produto Unidade Metas Valores Descrição das Ações Unidade Responsável Tipo Ano SECRETARIA MUNICIPAL DA SAÚDE (Bem ou Serviço) Medida Físicas (Em R$/2009) 04. Unidade Responsável

Secretaria Municipal de Assistência Social

Manter e Ampliar o Atendimento

SMDCA

A

Atendimento Mantido

Contribuir, na forma da Lei, com Entidades Filantrópicas

SMDCA

P

Parcerias Mantidas

Manter o Programa Geração de Renda

SMDCA

P

Programa Mantido

Manter a Padaria Comunitária

SMDCA

P

Programa Mantido

Manter o Programa de Aprimoramento da Gestão - Bolsa Família

SMDCA

P

Programa Mantido

2010 2011 2012 2013 TOTAL 2010 2011 2012 2013 TOTAL 2010 2011 2012 2013 TOTAL 2010 2011 2012 2013 TOTAL 2010 2011 2012 2013 TOTAL TOTAL DO PROGRAMA NO PPA

120.000,00 116.000,00 116.000,00 116.000,00 468.000,00 270.030,41 489.583,71 489.583,71 489.583,71 1.738.781,54 50.000,00 0,00 50.000,00 50.000,00 150.000,00 60.000,00 40.000,00 40.000,00 40.000,00 180.000,00 0,00 121.387,15 39.108,00 39.108,00 199.603,15 2.736.384,69

PREFEITURA MUNICIPAL DE BARRA DO JACARÉ PORTARIA nº. 085/2011. Edimar de Freitas Alboneti, Prefeito Municipal de Barra do Jacaré, no uso de suas atribuições legais: RESOLVE: I – DETERMINAR que a servidora pública municipal, Srª. MIRIAN APARECIDA DOS REIS AGUIAR, Cargo de Auxiliar de Serviços Gerais, que estava usufruindo de Licença Prêmio no período de 28/02/011 à 28/04/011, RETORNE à sua função, no Deptº Municipal do Bem Estar Social – Projeto Vida Nova, desta municipalidade a partir de 29/04/011. II – A presente portaria entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário. III – FICA revogada a portaria nº. 051 de 25/02/011. Registre-se, Certifique-se, Cumpra-se. Prefeitura Municipal de Barra do Jacaré, em 29 de abril de 2011. Edimar de Freitas Alboneti Prefeito Municipal


cmyb

TRIBUNA DO VALE

Sabado e domingo, 30 de abril e 1º de maio de 2011

E-mail: social@tribunadovale.com.br

FERNANDA DINIZ Arquivo pessoal

Pense nisso

Amamos a vida não porque estamos acostumados a viver, mas porque estamos acostumados a amar Nietzsche

Arquivo pessoal

Linda

A charmosa Larissa do Carmo, de 15 anos, vem estampar nossa coluna de final de semana. A jovem é estudante do colégio Ubaldino do Amaral, em Santo Antônio da Platina

Divulgação

Parabéns

A bela Lorena Zimerman completa neste domingo, 01, mais um ano de vida. Na foto a aniversariante aparece ao lado do noivo Leandro Savego, o qual deseja muitas felicidades à amada. Parabéns!

Cabelos

9 meses

O lindo Luiz Henrique Pignanelli Ganzela completa neste sábado seu 9º mês de vida. O pequeno é filho da Camila e do Maykon e afilhado e sobrinho da Karlla. Nem preciso dizer que Luiz Henrique vai faturar muitos beijos e abraços!

Para quem usa o secador com frequência é importante manter a hidratação e o corte sempre em dia. O ideal é hidratar os cabelos de 15 em 15 dias, ou a cada mês, para cabelos muito oleosos, já o corte deve ser feito a cada mês para quem quer manter o comprimento, e de três em três meses para quem quer deixá-los crescer.

Fernanda Diniz/TV

Festa do Milho

Começou ontem, e vai até domingo, a tradicional Festa do Milho, em Santo Antônio da Platina. No evento, que acontece na quadra do Salão Paroquial, serão comercializados diversos produtos de milho, como pamonha, cural, sopa, bolos, entre outros. Prestigie!

Passeio Ciclístico

No domingo, 1º, acontece em Ibaiti, o 4º Passeio Ciclístico e Motociclístico do Trabalhador, a partir das 9 horas, em frente ao Rotary Club. A iniciativa contará com premiação, sorteio de brindes, além de praça de alimentação e recreação. A inscrição para o passeio é 1 kg de alimento não perecível (exceto sal e fubá), que posteriormente serão distribuídos para entidades assistenciais do município

Cine Igauçu

O Cine Iguaçu, em Jacarezinho, exibirá até terça-feira, 3, o filme Pânico 4 , segundo filme mais visto nos cinemas no Top 10 Bilheterias. Gênero do filme: suspense, terror. Sempre às 20h30.

Click

Em concorrido evento platinense os amigos Vinícius e Flávio deram uma pausa no agito para o click

cyan magenta yellow black


TRIBUNA DO VALE EDIÇÃO Nº 1885