Issuu on Google+

cmyb

Sabado e Domingo

TRIBUNA DO VALE 16 e 17 DE ABRIL DE 2011

DIRETOR: BENEDITO FRANCISQUINI

300 190

ANO XV - N0 1877 - R$ 1,00

www.tribunadovale.com.br

JACAREZINHO

Resíduo industrial em sítio contamina solo e nascentes

Proprietário de uma chácara localizada a dois quilômetros de Jacarezinho foi notificado ontem, pela Polícia Ambiental por armazenar irregularmente dezenas de toneladas de resíduos industriais orgânicos descartados por um abatedouro da cidade. Segundo os policiais, o

material já teria contaminado quatro nascentes da região e todo o solo em uma área de cerca de 30 mil metros quadrados. Ao ser abordado, o dono da área, identificado como Sebastião Toneti, ameaçou os policiais e garantiu que faria reclamações ao comando da Polícia Am

PÁG. A5

JUSTIÇA

RETOMADA

Acusados de matar detentos são absolvidos

Governo autoriza pagamentos de obras 

biental. De acordo com o soldado da Polícia Ambiental Iran de Siqueira, para receber os resíduos e fazer compostagem a propriedade deveria ter licença ambiental do Instituto Ambiental do Paraná (IAP) e obedecer uma série de exigências.

Antônio de Picolli

PÁG. A3

AMUNORPI

Secretário dos Esportes garante apoio à região 

PÁG. A4

ANIVERSÁRIO

Figueira prepara festa dos 29 anos 

Os réus Cristiano Aparecido Rodrigues, 30 anos, Elison Reinutti Flores, o “Espantalho”, 31, Marcelo Couto, 28, e Marcos Pereira Silva, 32, foram absolvidos ontem pelo Tribunal do Júri do Fórum da Comarca de Santo Antônio da Platina, após 10 anos da acusação de terem matado Júnior César Francisco, o Juninho, Cléverson Carvalho, o Palito, e Marcos Antônio da Silva, o Cascola. Após seis horas e trinta minutos de julgamento, o júri entendeu que não havia provas para condená-los. Wagner Carlos Duarte, que também respondia pelo mesmo crime foi absolvido em janeiro deste ano. 

PÁG. A4

PÁG. A6 Antônio de Picolli

S.A.PLATINA

Prefeitura demora em retirar entulhos

Antônio de Picolli

Antônio de Picolli

IBAITI

Falta perito na agência do INSS Moradores de bairros de Santo Antônio da Platina têm reclamado que a prefeitura demora demais para fazer a retirada de entulhos das ruas. Segundo eles, galhos de árvores, mato e outros materiais chegam a ficar mais de um mês aguardando os caminhões, e quanto

mais o tempo passa, mais o lixo se espalha pelas ruas. O chefe de Gabinete da prefeitura disse que há um projeto de lei a ser encaminhado à Câmara Municipal na próxima semana que regulamenta essa questão. Segundo ele, a retirada pode ser terceirizada.

PÁG. A5

O morador de Ibaiti que precisa de laudo de um perito do INSS tem que viajar para Jaguariaíva, distante a 113 quilômetros, ou para Ponta Grossa, a 180 quilômetros para

ser atendido. O médico que exercia a função na agência de Ibaiti pediu demissão no início do mês passado, e desde essa época, a população ficou sem o serviço. 

O problema ainda é maior, porque muitos dos assegurados não têm como se deslocar para uma dessas cidades. “Estou afastada do meu emprego por conta de uma artrite.

PÁG. A5

Não posso trabalhar e também não estou conseguindo receber o repasse do INSS por falta de um perito. Não posso ir para outra cidade”, resumiu uma operária.


A-2 Opinião

TRIBUNA DO VALE

A presidenta Dilma Rousseff tem dito sempre que tem oportunidade que a questão dos Direitos Humanos é inegociável para o governo” Editorial

Sabado e domingo, 16 e 17 de abril de 2011

É importante considerar que o vereador é o representante mais próximo do eleitor. Para exercer o seu mandato, ele tem de morar no município e, com isso, está em contato direto com a população”

A RTIGO

E DITORIAL

Indicadores de Direitos Humanos Dados nacionais sobre Direitos Humanos serão agrupados para dar origem a indicadores mais acurados da realidade brasileira, graças a uma parceria entre duas agências da ONU – PNUD e Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA, sigla em inglês) –, que contarão com o apoio do governo federal, representado pela Secretaria de Direitos Humanos (SDH) e pela Agência Brasileira de Cooperação (ABC) do Ministério das Relações Exteriores. O resultado desses esforços é o projeto “Informações em Direitos Humanos: Identificando Potenciais e Construindo Indicadores”, que criará um Marco Referencial Nacional de Informações e Indicadores em Direitos Humanos. A ideia é criar instrumentos que permitam ao governo e à sociedade avaliarem a situação dessa questão no Brasil. Ainda não existe nada parecido com uma estrutura de produção, transmissão e análise de dados referentes a direitos humanos no país. O que há é uma grande quantidade de dados dispersos que são utilizados para a construção de políticas, principalmente dos grupos mais vulneráveis, mas que não possuem a sensibilidade e a articulação necessárias para se trabalhar com Direitos Humanos no País. Com isso, os indicadores acabam não refletindo a verdadeira realidade. Com o agrupamento dos dados, será possível definir políticas e ações mais direcionadas, com pilares fundamentados em dados que expressem a realidade social brasileira pela ótica própria dos direitos humanos e não apenas pela perspectiva sociológica, geográfica ou econômica. HORÁRIO DE FECHAMENTO

21:20

Neno Bartholomei*

O projeto é orçado em US$ 1,729 milhão, que serão aplicados em ações de estudo, pesquisa e análise, concepção de indicadores e identificação de demandas para o desenvolvimento do marco, entre outras etapas do processo. O PNUD vai contribuir com o projeto fornecendo sua experiência global em desenvolvimento e também com sua sólida rede de parceiros. O aprendizado de trabalho em rede é fundamental para a construção participativa de um marco referencial que reflita satisfatoriamente a importância do tema e seus desafios no século 21. Já o UNFPA vai agregar o trabalho técnico para uma ação inovadora de construção e refinamento de indicadores de direitos humanos. O UNFPA tem acúmulo técnico na construção de indicadores com uma preocupação muito grande para que eles sirvam como referência para a tomada de decisão e como instrumento concreto de identificação de desigualdades e vulnerabilidades. A presidenta Dilma Rousseff tem dito sempre que tem oportunidade que a questão dos Direitos Humanos é inegociável para o governo. O assunto vem à tona sempre que países como o Irã ou Cuba são protagonistas de algum ato que atente contra esses direitos, e muitas vezes se esquece das violações a eles, recorrentes no território nacional. Quem sabe a partir desses novos e consolidados indicadores o quadro nacional seja alterado para melhor. Assim, o discurso da presidenta deixa o campo da retórica e adentra na prática necessária, de respeito aos Direitos Humanos no Brasil.

C HARGE

chargeonline.com.br

12 PÁGINAS A 01 - 08 A 02 A 03 A 04 A 05 A 06 A 07 A 08

2ª CADERNO - GERAL - ATAS & EDITAIS - SOCIAL

B 01 - 04 B 01 B 02 - 03 B 04

Um conto de Saadi ( Poeta persa de nome Mucharrif edDin , que nasceu em Chiraz em 1184 e faleceu em 1291- 107 anos. O que nos espanta ao pensarmos num Castro Alves ou num Junqueira Freire que não chegaram aos vinte e cinco; num Casemiro ou num Álvares de Azevedo que encerravam a vida quando mal entravam na casa dos vinte, ou mesmo Augusto dos Anjos que não chegou à dos trinta, ou Antônio Nobre, levado pela tísica, tão amiga dos poetas, na idade de Cristo. Nem os oitentas e tantos anos, sólidos e raros, de Goethe faz grande figura ante aqueles três algarismos do poeta persa. Dizem que Saadi consagrou trinta anos ao estudo, trinta a percorrer o mundo, e durante outros trinta prosternou-se sobre o tapete da adoração para seguir as pegadas dos discípulos do ideal.) Em Sana, no Iêmene, um de meus filhos morreu. Não preciso dizer o quanto sofri. A beleza de meu filho era maravilhosa. E o túmulo ia devorá-lo! No jardim da vida não há cipreste, por mais alto, que o vento da morte não termine desenraizando, e não me espanta ver tantas rosas nesse jardim, se tantas crianças de faces róseas dormem sob a terra. Tal era a minha angústia que levantei a pedra da sepultura de meu filhinho, para contemplá-lo ainda mais uma vez. Entrei no sepulcro. Que terrível espanto! Mudei de cor. Quando voltei a mim, cuidei ouvir a voz de meu filho: - Se tremeste de pavor nesta escuridão trágica, procede de maneira que a noite do túmulo em que repousarás seja tão luminosa como o dia. Para isto, acende, desde já, a lâmpada das boas ações. (O Jardim das Rosas - Saadi)

Dirceu Cardoso*

Vereadores... Quanto mais, melhor

PREVISÃO PARA HOJE

300 190

SANTO ANTÔNIO DA PLATINA

A RTIGO Antonio Delfim Netto *

Iguais ao mundo O problema da inflação no Brasil é o mesmo de muitos BC acaba sancionando e oficializando uma estimativa de países emergentes (e de alguns emergidos em estado de inflação que é a do próprio setor financeiro. O ideal é que imersão). uma estimativa tão restrita fosse distribuída pela Febraban Ainda que seja claro que a taxa de juros é um poderoso [Federação Brasileira de Bancos] em nome dos intermemeio de controle do consumo e do investimento, é claro diários financeiros. também que sua potência depende de muitos fatores, em O BC pode, e deve, estimular e financiar uma instituição particular da intensidade com que ela reduz o valor dos independente séria a produzir um “frame” e um “questioativos (quando não indexados). nário” adequados e estimar, com métodos estatísticos realPor outro lado, parece que ela é o único mente robustos, as expectativas de inflação instrumento capaz de acalmar os instinda sociedade. tos diabólicos dos “falcões” do sistema Tudo isso não deve ilidir o fato de que O grande financeiro e influir na sua construção das estamos mesmo com pressões internas e exinconveniente do “expectativas” inflacionárias. Há dois fatos ternas muito complicadas, que produziram mecanismo atual reconhecidos: um aumento da taxa de inflação e desestaé que o BC acaba 1º) As “expectativas” de inflação são bilizaram as “expectativas” ancoradas nos sancionando e um dos mais poderosos determinantes da 4,5% dos últimos anos, o que leva os agentes inflação realizada. a tentarem se proteger restabelecendo o oficializando uma 2º) No Brasil, tais “expectativas” (distri- estimativa de processo de indexação que durante algum buídas e avalizadas pelo boletim Focus, do tempo os protegeram no passado. inflação que é a Banco Central) são basicamente as mesmas Mas hoje todos sabemos que a indexação do próprio setor do setor financeiro. Temos um processo generalizada é só um instrumento para fi nanceiro de cruzamento endogâmico no mínimo acelerar a inflação. Quando todos estiverem suspeito. momentaneamente protegidos, a taxa de Não adianta ficar triste ou reclamar. Essa é a vida. Trata- inflação instantânea será infinita! se de mais uma manifestação do processo perverso que O problema é grave e complicado e, por certo, não pode pode por em xeque a democracia: quem controla a mídia ser resolvido mecanicamente, manobrando apenas a taxa acaba impondo a sua vontade! É por isso que é preciso uma de juros. Sua solução exige cumprir o programa fiscal, o mídia competitiva, agressiva, investigativa, diversificada, uso de medidas macroprudenciais e, acima de tudo, a eliinteligente e ativa. minação de vez de todo resíduo de indexação que ainda O grande inconveniente do mecanismo atual é que o intoxica a nossa economia.

TRIBUNA DO VALE

O Diário da nossa região - Fundado em agosto de 1995 Editora Jornal Tribuna do Vale LTDA CNPJ 01.037.108/0001-11 Matriz: Rua Tiradentes 425, Centro Santo Antônio da Platina, PR Fone/Fax: 43 3534 . 4114

A Noite

A RTIGO

NESTA EDIÇÃO TEM

CADERNO PRINCIPAL - OPINIÃO - POLÍTICA - GERAL - CIDADES - COTIDIANO - ESPORTES - IDÉIAS

Dirceu Cardoso

Diretor Responsável Benedito Francisquini - MTB 262/PR tribunadovale@tribunadovale.com.br tribunadovale@uol.com.br

Representação: MERCONET Representação de Veículos de Comunicação LTDA Rua Dep. Atílio de A. Barbosa, 76 conj. 03 - Boa Vista - Curitiba PR Fone: 41-3079-4666 ¦ Fax: 41-3079-3633 Vendas Assinatura Anual R$ 150,00 Trimestral R$ 45,00 Semestral R$ 90,00 On-line R$ 100,00

Impressão e Fotolito: Editora Jornal Tribuna do Vale Fone/Fax : 43 3534 . 4114

Depois de terem o número de vereadores drasticamente reduzidos em 2004, por conta de uma discutível resolução do Tribunal Superior Eleitoral que, no entender de juristas, confrontou as leis maiores, as Câmaras Municipais preparam-se agora para voltar à normalidade numérica e legal, estabelecida na Emenda Constitucional 58/09. Esse dispositivo, que alterou o artigo 29 da Constituição, atribuiu 24 faixas populacionais para fixar a menor Câmara em nove vereadores (para as localidades com até 15 mil habitantes( e a maior em 55 componentes, nos municípios com população superior a 8 milhões. Essas faixas deverão ser observadas nas eleições de outubro do próximo ano, para posse a 1º de janeiro de 2013. Apesar de ser lei, vereadores atuais e segmentos políticos têm debatido a conveniência ou não de ampliar o número atual de cadeiras nas Câmaras. Setores mais radicais o consideram desnecessário, enquanto outros defendem a ampliação. A maioria das cidades médias e grandes têm o direito de aumentar suas Câmaras em quatro, cinco ou mais cadeiras, passando a ter entre 15 e 29 vereadores. É importante considerar que o vereador é o representante mais próximo do eleitor. Para exercer o seu mandato, ele tem de morar no município e, com isso, está em contato direto com a população, diferente do que ocorre com o deputado e o senador, que trabalham nas casas legislativas sediadas nas capitais. O ideal seria que cada segmento da sociedade pudesse ter seu representante na Câmara de Vereadores e, sobre o número, quanto maior melhor, pois os problemas da cidade passariam por maior leque de discussão e a decisão, com um número elevado de votantes, seriam mais fiéis ao povo e menos sujeitas a interferências do Poder Executivo e de outros setores. Com isso, a verdadeira representação popular seria fortalecida. Ficaria mais difícil os votos “comprados” ou de interesses excusos, que vez ou outra são denunciados. O que as Câmaras e a própria sociedade precisam observar ao discutir o aumento de vereadores é que, mesmo elevando o número deles, as Câmaras não poderão ampliar suas despesas para níveis superiores ao já estabelecidos em lei. Logo, a existência de mais vereadores não representará a multiplicação de desembolso dos cofres públicos. Poderá, até, diminuir os subsídios de cada vereador, pois o mesmo bolo terá de ser cortado em uma quantidade maior de fatias. Mas isso não seria um problema pois, diferente dos parlamentares federais e estaduais, o vereador não precisa abandonar o seu trabalho regular para exercer o mandato. Logo, seu subsídio é apenas uma ajuda de custo e não um salário profissional. O Poder Legislativo constitui a essência da democracia. É através dele que o povo se manifesta, aprovando ou desaprovando os atos do Executivo. Quanto mais vereadores, melhor para a representação popular. Recorde-se que todas as vezes em que a democracia perece, o legislativo é o primeiro a ser fechado ou ter seus poderes reduzidos... Circulação: Abatiá ¦ Andirá ¦ Arapoti ¦ Bandeirantes ¦ Barra do Jacaré ¦Cambará ¦ Carlópolis ¦ Conselheiro Mairink ¦ Figueira¦Guapirama ¦ Ibaiti ¦ Itambaracá ¦ Jaboti ¦ Jacarezinho Jaguariaíva ¦ Japira ¦ Joaquim Távora ¦ Jundiaí do Sul ¦ Pinhalão ¦ Quatiguá ¦ Ribeirão Claro ¦ Ribeirão do Pinhal ¦ Santo do Itararé ¦Santana do Itararé ¦Santo Antônio da Platina ¦ São José da Boa Vista ¦ Sengés ¦ Siqueira Campos ¦Tomazina ¦ Wenceslau Bráz

Filiado a Associação dos Jornais Diário do Interior do Paraná

* Os artigos assinados não representam necessariamente a opinião do jornal, sendo de exclusiva responsabilidade de seus respectivos autores.


Política A-3

TRIBUNA DO VALE

Sabado e domingo, 16 e 17 de abril de 2011

Obra cara é obra parada. O Governo não pretende dar calote por causa de erros administrativos cometidos na gestão anterior” Cezar Silvestri

P anorama Regional Segredos de Jacarezinho O marido da prefeita de Jacarezinho Tina Toneti, Gilberto Militar, nem bem estreou sua nova picape Chevrolet e já capotou o veículo. Ele teria tentado desviar-se de um cachorro e perdeu o controle do veículo. Na cidade, corre boato que ganha contor-

nos de verdade, que o jovem mancebo teria adquirido o veículo de uma comerciante, quitando a transação com um cheque emitido por um fornecedor da prefeitura conhecido por Ivinho. É uma situação, no mínimo, estranha e que desperta algumas suspeitas.

Benesses do poder A informação de que o presidente do Consórcio Intermunicipal de Saúde do Norte Pioneiro (Cisnorpi), prefeito de Ibaiti, Luiz Carlos dos Santos, o Peté, nomeou sua irmã para a diretoria administrativa do Hospital Regional demonstra que o homem público brasileiro ainda não se conscientizou de que a coisa pública deveria ser tratada com mais zelo. Ao que se sabe a beneficiária do cargo não dispõe das qualificações ao exercício da função, sem contar que sua nomeação caracteriza uma anormalidade jurídica e um favorecimento imoral. Disputa Judicial O Tribunal de Justiça do Paraná retirou da pauta da sessão de sexta-feira (15) a votação do mérito do recurso impetrado pelo petista Elton Welter sobre vaga na Alep. Primeiro suplente de deputado estadual da coligação PT/ PMDB/PDT nas eleições de 2010, o petista trava uma disputa judicial com Gilberto Martin (PMDB) pela cadeira de Luiz Cláudio Romanelli (PMDB) licenciado para exercer cargo de secretário de Estado do Trabalho. Com o ministro O deputado estadual Hermas Brandão Júnior, o Herminhas (PSB), e seu fiel assessor Esmael de Carvalho estarão na segunda-feira, dia 18, em Brasília. Os dois serão recebidos em audiência pelo ministro da Integração Nacional Fernando Bezerra. Na audiência, marcada para as 16 horas, o parlamentar vai pedir apoio do ministério aos projetos de desenvolvimento do Norte Pioneiro. Fica pra depois A reunião que estaria agendada para a quarta-feira, dia 20, entre os prefeitos e lideranças da área de Saúde da região e o secretário Michele Caputo Neto foi adiada para a semana seguinte. O secretário teve que cancelar o encontro depois que foi convocado pelo governador Beto Richa para acompanhá-lo em sua viagem a Cascavel na quarta-feira. Volta do fantasma A inflação já dói no bolso do trabalhador brasileiro e coloca em risco o Plano Real. O alerta foi feito, ontem, sexta-feira (15/05), pelo líder do PSDB , senador Alvaro Dias (PR). No plenário, ele salientou que, apesar da falta de transparência do Governo do PT e da Petrobras em esconder o fato, “a inflação está de volta e coloca em risco o Plano Real”. Haja Grana A Mega-Sena pode pagar um prêmio de R$ 59 milhões, no concurso 1.275, que será realizado neste sábado (16). O sorteio acontece no Caminhão da Sorte da CAIXA, que está na cidade de Barra dos Bugres (MT), excepcionalmente às 21h20 (horário de Brasília), com transmissão ao vivo pela Rede Bandeirantes de TV. Consórcios O prazo para os consórcios intermunicipais enviarem as prestações de contas do exercício financeiro de 2010 ao Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR) termina no próximo dia 2 de maio. A parte física dos processos – isto é, em papel – deve ser protocolada no órgão até as 18 horas. O gestor que optar pelo envio dos documentos em meio eletrônico ganha mais seis horas, podendo protocolá-los até as 24 horas do mesmo dia. A ausência de qualquer elemento poderá levar ao julgamento pela irregularidade da prestação de contas. A Instrução Normativa (IN) 55, que regulamenta os procedimentos, determina que o prazo final para envio dos dados é dia 30 de abril. Como a data cai num sábado, o limite foi estendido à primeira segunda-feira subsequente. Com o ministro O deputado estadual Hermas Brandão Júnior, o Herminhas (PSB), e seu fiel assessor Esmael de Carvalho estarão na segunda-feira, dia 18, em Brasília. Os dois serão recebidos em audiência pelo ministro da Integração Nacional Fernando Bezerra. Na audiência, marcada para as 16 horas, o parlamentar vai pedir apoio do ministério aos projetos de desenvolvimento do Norte Pioneiro. Fica pra depois A reunião que estaria agendada para a quarta-feira, dia 20, entre os prefeitos e lideranças da área de Saúde da região e o secretário Michele Caputo Neto foi adiada para a semana seguinte. O secretário teve que cancelar o encontro depois que foi convocado pelo governador Beto Richa para acompanhá-lo em sua viagem a Cascavel na quarta-feira.

Governo retoma medições e autoriza pagamentos de obras

RETOMADAAs primeiras providências incluem as medições e pagamentos de obras civis, como Centros de Assistência Social Das agências

O fim da “noventena”, período em que todos os pagamentos do Estado foram submetidos a análises aprofundadas por um comitê formado por cinco secretários, mudou a rotina no Governo do Paraná. A Secretaria do Desenvolvimento Urbano (Sedu) e o Paranacidade retomam, a partir desta quinta-feira (14), o trabalho de Supervisão das medições de obras civis e autorização de pagamentos. Seguindo as recomendações da Secretaria Especial do Controle Interno e da Procuradoria Geral do Estado (PGE), e com base no diagnóstico da situação estrutural e administrativa do Estado, o secretário do Desenvolvimento Urbano, Cezar Silvestri, determinou a adoção de procedimentos visando à retomada dos trabalhos. “Obra cara é obra parada. O Governo não pretende dar calote por causa de erros administrativos cometidos na gestão anterior”, afirmou o secretário Cezar Silvestri. Se-

gundo ele, a retomada das atividades pela equipe técnica da Sedu/Paranacidade é imediata. “Atendendo orientação do governador Beto Richa, estamos autorizando as medições das obras civis e buscando formas legais de dar continuidade aos trabalhos. Apenas os casos insanáveis juridicamente serão tratados separadamente e sua solução dependerá de parecer da PGE”. As primeiras providências incluem as medições e pagamentos de obras civis - Centros de Referência de Assistência Social, Centros da Juventude, Centros de Saúde da Mulher e da Criança e escolas - iniciadas antes do período eleitoral. Além disso, estão sendo autorizadas as medições para posterior pagamento de obras do Programa de Recuperação Asfáltica de Pavimento (Recap) iniciadas antes de 31 de dezembro de 2010. “Estamos analisando caso a caso e buscando amparo legal para regularizar todas as situações, de forma a não causar prejuízos às administrações municipais, às construtoras e,

principalmente, aos cidadãos paranaenses”, concluiu o secretário. IRREGULARIDADES - A análise é necessária diante das irregularidades encontradas na secretaria pela atual administração. Entre os problemas encontrados estão licitações de obras civis na modalidade de registro de preços, o que é vedado pela Lei de Licitações; convênios e contratos assinados durante período eleitoral; e falta de recursos para honrar compromissos assumidos no último ano de gestão. Um exemplo de irregularidade encontrada na Sedu é o Programa de Recuperação Asfáltica de Pavimento (Recap). Foram assinados 335 convênios do Recap com prefeituras, sem que o Estado tivesse recursos financeiros para honrar os compromissos. Faltam R$ 35 milhões em caixa, na conta de restos a pagar, que são necessários para atender os R$ 70 milhões previstos no programa. Apenas cinco convênios foram concluídos no prazo. Do restante, além de grande

parte ter sido assinada durante o período eleitoral, em 2010, nenhum possui termos aditivos de prazo. O modelo irregular de licitação para obras, na modalidade de registro de preços, também foi usado na gestão passada na Sedu para construção de Centros de Referência de Assistência Social, escolas, centros da juventude e centro de saúde da mulher e da criança. Em muitas dessas obras, a publicação do termo de adesão se deu em período eleitoral, ou não houve a publicação no Diário Oficial do segundo termo aditivo. Em algumas escolas municipais, além do registro de preços, foram feitos aditivos contratuais antes do início das obras e também transferências voluntárias, na forma de convênio com prefeituras, sem que houvesse plano de trabalho. Outras receberam autorização para contratação da execução da obra pela Secretaria de Educação e pela Secretaria de Desenvolvimento Urbano antes mesmo da assinatura do termo de adesão ao convênio pelas prefeituras

CARGO

Osmar Dias deve tomar posse no Banco do Brasil na segunda-feira Paraná Online

O senador Osmar Dias (PDT) participa na próxima s egund a-feira, 18, em Brasília, da reunião do Conselho de Administração do Banco do Brasil que vai analisar sua indicação para a vice-presidência de Agronegócio da instituição. O Conselho deve apenas formalizar a escolha do exsenador paranaense para o cargo, anunciada na semana passada pelo ministro da Fazenda, Guido Mantega. E x - c a n d i d at o a o g o verno do Paraná em 2010 numa aliança com os partidos da base aliada ao governo federal, o pedetista vai assumir um dos cargos mais importantes da estrutura da União para o setor agrícola. Osmar esteve, esta semana, em Brasília, conhecendo o funcionamento da vice-presidência e já foi apresentado à diretoria do banco. A vice-presidência que o paranaense vai comandar responde por 45% de todo o crédito do banco. No ano passado, o total de recursos movimentado foi de R$ 100 bilhões. Além do setor de agronegócios, a vice-presidência destinada a Osmar foi ampliada e cuidará também da área de micro e pequenas empresas. O governo estuda criar o ministério das micro e pequenas empresas e caberá ao vice-presidente do Banco do Brasil para a área fazer a interlocução com a futura pasta. Conhecimento de causa O p ar an a e ns e s e r á o único dos vice-presidentes do banco que não é fun-

Divulgação

Osmar Dias assumirá um dos cargos mais importantes da instituição

cionário de carreira. Ele vai substituir Luis Carlos Guedes Pinto, ex-ministro da Agricultura que assumiu após a saída de Roberto Rodrigues no governo do expresidente Luis Inácio Lula da Silva. Guedes está no cargo desde 2007. Guedes foi convidado para assumir a direção de uma subsidiária do BB na área de seguros. Apesar de a indicação ser política, Osmar disse que somente aceitou o convite porque não teve o caráter de retribuição à sua participação na eleição presidencial

do ano passado. “É uma área onde eu posso contribuir com a minha experiência, com o trabalho que tenho acumulado. Não iria para o governo apenas como retribuição”, disse. Osmar deve tomar posse já na segunda-feira, após a reunião do Conselho, formado por sete integrantes. Um dos primeiros compromissos do novo presidente será a participação em uma reunião da C omissão de Agricultura do Senado para ser questionado sobre o endividamento agrícola.

É uma área onde eu posso contribuir com a minha experiência, com o trabalho que tenho acumulado. Não iria para o governo apenas como retribuição”


A-4 Geral

TRIBUNA DO VALE

Sabado e domingo, 16 e 17 de abril de 2011

Região terá suporte da Secretaria de Esportes

Antônio de Picolli

AMUNORPIPrefeitos se reúnem com Rogério Roman que promete estudar e atender reivindicações do Norte Pioneiro Da Assessoria

Os prefeitos das cidades que compõem a Associação dos Municípios do Norte Pioneiro (Amunorpi) saíram da reunião com o secretário de Esportes do Paraná, Rogério Roman, confiantes de que a pasta irá incluir a região nos projetos e programas criados até 2014. O encontro com o secretário aconteceu ontem pela manhã, na sede da associação, no centro de Santo Antônio da Platina. Roman explicou aos prefeitos que apesar do status de secretaria, a pasta que dirige tem um orçamento apertado para esse ano. São apenas R$ 12 milhões, dos quais R$ 7 milhões repassados pelo governo federal. Mesmo assim, o secretário garantiu que vai incluir o Norte Pioneiro no

roteiro esportivo do Paraná. A primeira ação deverá ser o fornecimento de know hown para a organização da quinta edição da Copa Amunorpi de Futebol e primeira edição da Copa Amunorpi de Futsal, que serão disputadas simultaneamente no segundo semestre. A proposta que o secretário leva é a de que a sua pasta forneça suporte técnico para a disputa da competição e um aporte financeiro para reforçar a premiação e cobrir despesas com transporte e taxas de arbitragens. Na próxima semana a direção de Amunorpi deve elaborar um documento com as reivindicações previstas para a competição e enviá-las à secretaria. De concreto, Roman garantiu um trio de arbitragem da Fifa na final da Copa Amunorpi de Futebol.

Segurança Lei seca, fechamento de bares às 22 horas, proibição de adolescentes nas ruas à noite e até a aquisição de bafômetros para serem usados em fiscalizações e blitze na saída de festas e bailes. Essas ações foram temas de uma discussão na reunião de ontem da Amunorpi em que a pauta também previa mais segurança. O assunto foi sugerido por alguns prefeitos levando-se em conta o crescente número de acidentes com vítimas e mortos nas estradas da região, principalmente durante o final de semana. Para os prefeitos, boa parte dos acidentes e crimes contra vida estão diretamente relacionados ou consumo de álcool e droga. A intenção é promover um encontro junto com autoridades policiais, juízes, promo-

tores de justiça e lideranças comunitárias para discutir o assunto. O encontro deve ser realizado ainda no mês de maio. Hospital A crise financeira do Hospital Nossa Senhora da Saúde, em Santo Antônio da Platina, foi também um dos assuntos debatidos ontem na reunião da Amunorpi. A prefeita Maria Ana Pombo sugeriu um apoio da Amunorpi na tentativa de evitar que os 10 leitos da UTI Neonatal do da casa de saúde sejam fechados. De acordo com a direção da unidade, o hospital está acumulando dívidas que ultrapassam os R$ 700 mil que se não forem pagas podem inviabilizar o funcionamento da ala. O presidente em exercicío da Amunorpi e prefeito de

Prefeitos se reuniram ontem pela manhã na sede da Amunorpi

Ribeirão do Pinhal, Dartagnan Calixto Fraiz disse que a entidade vai fazer o possível para evitar o fechamento da UTI. Fraiz, junto com os prefeitos presentes na reunião,

foram unânimes em apoiar a reivindicação da prefeita de Santo Antônio da Platina. O assunto voltará a ser debatido internamente nas próximas semanas.

 ANIVERSÁRIO

Figueira comemora 29 anos com uma série de atividades Da Redação

Uma extensa programação está prevista para as comemorações do aniversário de Figueira, que comemora 29 anos no dia 20 de abril. As festividades serão realizadas a partir da próxima quarta-feira, dia 20 e encerradas no domingo de Páscoa, dia 23. No primeiro dia a festa

contará com show do grupo Thê Garotos no Parque de Exposições Aristides Sampaio. No dia 21, acontece a abertura oficial do rodeio em touros e cavalos, com a tropa Original, a partir das 21 horas na arena do parque de exposições Em seguida, haverá show com a dupla sertaneja Henrique e Diego. No feriado da sextafeira Santa, dia 22 apenas a

praça de alimentação fica aberta e no sábado, 23 tem a continuação do rodeio e show com André e Nando. No domingo dia 24 a festa se encerra com a cavalgada regional a partir das 9 horas com saída da Praça Ademar de Barros. À noite a festa continua com final do rodeio e apresentação das duplas Rodrigo e Agnaldo e Augusto e Eduardo.

Todos os dias haverá parque de diversões, com diversos aparelhos e praça de alimentação, além de estacionamento e segurança para todos os visitantes. História Os fundamentos históricos Figueira estão estreitamente ligados aos da cidade vizinha Curiúva. No dia 21 de novembro de 1962 foi criado o Distri-

15/04/11

CÂMBIO

15/04/11

DÓLAR COMERCIAL

INDICE BOVESPA Alta: 0,61%

66.684 pontos

Volume negociado: R$ 6,10 bilhões 68.718 68.164 66.896 66.486 66.278 66.684

Baixa: 0,13% Compra Venda

EURO Var. abril: -3,25% R$ 1,576 R$ 1,578

DÓLAR PTAX (Banco Central) Baixa: 0,42% Compra Venda

08/04

11/04

12/04

13/04

Ações Petrobrás PN Vale PNA Brasil ON Santander Brasil ON ItauUnibanco PN Lojas Renner ON OGX Petróleo ON JBS ON

14/04

% +2,12 -0,35 -1,49 +1,49 +0,38 +3,38 +3,15 -1,73

15/04

R$ 26,53 45,65 27,86 18,36 36,98 57,20 19,65 5,67

BOLSAS NO MUNDO

%

Dow Jones Londres Frankfurt Tóquio

+0,46 +0,54 +0,44 -0,65

12.341,83 5.996,01 7.178,29 9.591,52

OURO - BM&F 15/04

var. dia

R$ 77,40 /grama

IR

0,00%

ABRIL

BASE (R$)

Alíquota Parc. a % deduzir Até R$ 1.566,61 Isento De R$ 1.566,62 a 2.347,85 7,50% 117,49 De R$ 2.347,86 a 3.130,51 15% 293,58 De R$ 3.130,52 a 3.911,63 22,50% 528,37 Acima de R$ 3.911,63 27,50% 723,95

Deduções: a) Assalariados: 1-R$ 157,47 por dependente; 2 - pensão alimentícia; 3 - contribuição à Prev. Social; 4 - R$ 1.566,61 por aposentado a partir de 65 anos; 5 - contribuições à previdência privada e aos Fapi pagas pelo contribuinte; b) Carne Leão: itens de 1 a 3 mais as despesas escrituradas no livro-caixa.

SELIC/IR IR 2011 -

A primeira parcela vence em 29/04. Para pagamento desta parcela ainda não serão cobrados os juros Selic.

MÊS TAXA SELIC Jan/11 0,86% Fev/11 0,84%

MÊS TAXA SELIC Mar/11 0,92% *Abr/11 1,00%

*No mês corrente a Selic é sempre 1,00% Indicadores Econômicos: elaboração da agência Dossiê:Dinheiro. Fone: (41) 3205-5378

Var. abril: -2,81% R$ 1,60 R$ 1,73

DÓLAR TURISMO Estável Compra Venda

Baixa: 0,87% Compra Venda

Var. abril: -1,60% R$ 2,2745 R$ 2,2758

EURO TURISMO

Var. abril: -3,14% R$ 1,5768 R$ 1,5776

DÓLAR PARALELO Estável Compra Venda

Var. abril: -2,87% R$ 1,570 R$ 1,690

Baixa: 0,41% Compra Venda

Var. abril: 0,00% R$ 2,28 R$ 2,42

OUTRAS MOEDAS X REAL Iene Libra esterlina Peso argentino

R$ 0,0190 R$ 2,57 R$ 0,39

US$ 1 É IGUAL A: Iene Libra esterlina Euro

83,14 0,6136 0,6932

ÍNDICES DE INFLAÇÃO Índices em % INPC (IBGE) IPCA (IBGE) IPCA-15 (IBGE) IPC (FIPE) IPC (IPARDES) IGP-M (FGV) IGP-DI (FGV) IPA-DI (FGV) IPC-DI (FGV) INCC (FGV)

out 0,92 0,75 0,62 1,04 0,90 1,01 1,03 1,32 0,59 0,20

nov 1,03 0,83 0,86 0,72 0,54 1,45 1,58 1,98 1,00 0,37

dez 0,60 0,63 0,69 0,54 0,68 0,69 0,38 0,21 0,72 0,67

REAJUSTE ALUGUÉIS Índice INPC (IBGE) IPCA (IBGE) IGP-M (FGV) IGP-DI (FGV)

fev 1,0653 1,0599 1,1150 1,1127

mar 1,0636 1,0601 1,1130 1,1112

nicípio de Curiúva. Região rica em recursos minerais foi amplamente movimentada e explorada por garimpeiros à procura de carvão mineral, desde o ano de 1925. A instalação oficial ocorreu no dia 1º de fevereiro de 1983, sendo que o primeiro prefeito municipal foi o Geraldo Garcia Molina e o segundo o Dirceu Rodrigues dos Santos.

Mercado Agropecuário

Indicadores Econômicos BOVESPA

to Judiciário de Figueira, como parte integrante do município de Curiúva. O Distrito Administrativo foi criado somente em 6 de junho de 1980, pela Lei nº 7.326, sendo que em 20 de abril de 1982, através da Lei Estadual no 7.570, sancionada pelo governador Ney Braga, Figueira transformou-se em município emancipado, com território emancipado do mu-

abr 1,0631 1,0630 1,1095 1,1109

* Correção anual. Multiplique valor pelo fator acima

jan 0,94 0,83 0,76 1,15 0,91 0,79 0,98 0,96 1,27 0,41

fev 0,54 0,80 0,97 0,60 0,10 1,00 0,96 1,23 0,49 0,28

mar 0,66 0,79 0,60 0,35 1,25 0,62 0,61 0,60 0,71 0,43

ano 2,16 2,44 2,35 2,10 2,27 2,43 2,57 2,82 2,49 1,13

12m 6,31 6,30 6,13 6,06 6,17 10,95 11,09 13,78 5,86 7,10

OUTROS INDICADORES fev mar abr BTN + TR 1,547932 1,548743 1,550620 TJLP (%) 6,00 6,00 6,00 Sal. mínimo 540,00 545,00 545,00 FGTS (%) 0,3183 0,3875 0,3681 TAXA SELIC ANUAL: 11,75%

PREVIDÊNCIA

COMPETÊNCIA MARÇO

Vencimento: empresas 20/04 e pessoas físicas 15/04. Após multas de 4% a 100% e juros (Selic)

Empresário/empregador

Facultativo

Contribui com 11% sobre o pró-labore, entre R$ 545,00 (R$ 59,95) e R$ 3.689,66 (R$ 405,86), através de GPS.

Contribui com 20% sobre qualquer valor entre R$ 545,00 (R$ 109,00) e R$ 3.689,66 (R$ 737,93), através de carnê.

Autônomo

Assalariados

1) Quem só recebe de pessoas físicas: recolhe por carnê 20% sobre os limites de R$ 545,00 (R$ 109,00) a R$ 3.689,66 (R$ 737,93). 2) Quem só recebe de pessoas jurídicas: a empresa recolhe 11% sobre o máximo de R$ 3.689,66 (R$ 405,86) e desconta do autônomo. 3) Quem recebe de jurídicas e físicas: têm desconto de 11% sobre o que recebe de jurídicas, até R$ 3.689,66 (R$ 405,86). Se não atingir este teto, recolhe 20%, via carnê, sobre a diferença até R$ 3.689,66. 4) Aut. especial: recolhe 11% por carnê, sobre R$ 545,00 (R$ 59,95), mas só se aposenta por idade.

Salários até 1.106,90 De 1.106,91 até 1.844,83 De 1.844,84 até 3.689,66

8,00% 9,00% 11,00%

Empregados domésticos Alíquota % R$ mín R$ máx Empregado 8 a 11 43,60 405,86 Empregador 12 65,40 442,76 Total 20 a 23 109,00 848,62

SALÁRIO FAMÍLIA - ABRIL/2011 Salário de até R$ 573,58 Salário de R$ 573,59 a 862,11

R$ 29,41 R$ 20,73

TR, TBF, POUPANÇA TR MÊS Fevereiro/11 Março/11 Abril/11

POUPANÇA MÊS Fevereiro/11 Março/11 Abril/11

% 0,05 0,12 0,04

ano 0,12 0,25 0,28

12 m 0,81 0,86 0,89

% 0,55 0,62 0,54

ano 1,13 1,76 2,30

12 m 7,03 7,08 7,12

TAXAS DIÁRIAS % Período 12/3 a 12/4 13/3 a 13/4 14/3 a 14/4 15/3 a 15/4 16/3 a 16/4 17/3 a 17/4 18/3 a 18/4 19/3 a 19/4 20/3 a 20/4 21/3 a 21/4 22/3 a 22/4 23/3 a 23/4 24/3 a 24/4 25/3 a 25/4 26/3 a 26/4 27/3 a 27/4 28/3 a 28/4 29/3 a 29/4 30/3 a 30/4 31/3 a 1/5 1/4 a 1/5 2/4 a 2/5 3/4 a 3/5 4/4 a 4/5 5/4 a 5/5 6/4 a 6/5 7/4 a 7/5 8/4 a 8/5 9/4 a 9/5 10/4 a 10/5 11/4 a 11/5

TR 0,1256 0,1492 0,1683 0,1446 0,1623 0,1195 0,1070 0,1142 0,1472 0,1782 0,1277 0,1101 0,0774 0,0546 0,0603 0,0835 0,1230 0,1180 0,1286 0,0820 0,0369 0,0157 0,0481 0,0929 0,0623 0,0883 0,0824 0,0609 0,0363 0,0600 0,1031

TBF 0,9166 0,9604 0,9897 0,9458 0,9736 0,9104 0,8978 0,9051 0,9484 0,9997 0,9287 0,9010 0,8480 0,8150 0,8208 0,8642 0,9140 0,9089 0,9296 0,8626 0,7872 0,7658 0,8085 0,8736 0,8328 0,8690 0,8630 0,8214 0,7866 0,8305 0,8839

POUP 0,6262 0,6499 0,6691 0,6453 0,6631 0,6201 0,6075 0,6148 0,6479 0,6791 0,6283 0,6107 0,5778 0,5549 0,5606 0,5839 0,6236 0,5371 0,5158 0,5483 0,5934 0,5626 0,5887 0,5828 0,5612 0,5365 0,5603 0,6036

LOTES - ATACADO

15/04/11

SOJA - saca 60kg PRAÇA Paranaguá Ponta Grossa Maringá Cascavel Sudoeste Guarapuava

TRIGO - saca 60kg

R$ 45,50 43,50 42,00 41,50 42,00 42,50

SEM -5,2% -4,4% -4,1% -3,5% -3,4% -3,4%

30 d. -3,2% -1,1% 0,0% 0,0% 0,0% -1,2%

1,8% 3,8% 3,8% 0,0% 1,9% 5,8%

1,8% 10,0% 5,8% -3,6% 1,9% 7,8%

PRAÇA Curitiba Ponta Grossa Maringá Cascavel

28,50 27,50 27,50 27,00 27,00 27,50

PRODUTO Bezerro (1) Boi gordo (2) Café (3) Algodão (4)

PREÇO AO PRODUTOR Produto

unidade

15/04/11

saca 60 kg

média PR - R$ 40,69

var. diária -0,9%

var. 7 dias -4,2%

var. 30 dias -6,4%

C.Proc. R$ 40,30

Jacar. R$ 41,50

MILHO saca 60 kg TRIGO saca 60 kg FEIJÃO CAR. saca 60 kg BOI GORDO arroba, em pé SUÍNO kg, vivo FRANGO kg, vivo CAFÉ BEN. beb. dura, 60kg

24,24 27,05 77,83 97,81 2,35 1,77 441,04

0,5% 0,0% 0,1% 0,0% 0,0% 0,0% 0,3%

0,4% 0,6% 0,5% -0,2% -0,8% 0,0% 2,3%

4,4% 2,2% 4,5% 0,2% 8,3% -1,1% 5,4%

24,00 26,70 99,00 2,35 430,00

26,50 28,50 95,00 95,00 2,40 2,00 450,00

SOJA

CAFÉ kg, em coco 6,86 0,4% 0,7% 2,2% 7,10 6,40 Fonte: Sima/Deral/Seab. Os preçs nas praças referem-se aos valores “mais comuns” apurados

MERCADO FUTURO BOLSA DE CHICAGO (CBOT) SOJA - US$cents por bushel (27,216 kg)

MILHO

Cont. mai/11 jul/11

Cont. mai/11 jul/11

FECH. 1.331,75 1.343,25

15/04/11

*DIF. 1 SEM. 1 MÊS 0,75 -4,3% 4,9% 0,50 -4,3% 5,1%

- US$cents por bushel (25,4 kg)

FECH. 742,00 749,50

TRIGO - US$cents por bushel

mai/11 jul/11

mai/11 jul/11

345,20 350,50

2,70 2,40

-3,4% -3,3%

1,3% 1,6%

744,25 780,00

Cont. mai/11 jul/11

SAL. MÍNIMO - PARANÁ

Cont. mai/11 mai/12

Se o seu negócio é capital , anuncie nos jornais diários do interior do Paraná.

Grupo 4 R$ 765,00 Técnicos nível médio. * Todos valores válidos a partir de maio/2010.

3,75 3,75

(25,4 kg)

-6,7% -6,3%

11,5% 11,3%

*Diferença sobre dia anterior. 1,00 ponto = US$ 0,01 na soja, milho e trigo e US$ 1,00 no farelo

Cont. mai/11 jul/11

Grupo 2 R$ 688,50 Serviços administrativos, domésticos e gerais, vendedores e trab. de reparação.

*DIF. 1 SEM. 1 MÊS -12,25 -3,4% 16,7% -11,50 -3,2% 16,7%

FARELO - US$ por tonelada curta (907,2kg)

Fonte: Sinduscon/PR e Sinduscons regionais R$/m2 FEV MAR %m %ano %12m Paraná 918,54 919,07 0,16 0,34 8,12 Norte 906,10 907,19 0,12 1,03 8,30 Noroeste 905,41 908,64 0,36 2,37 10,41 Oeste 931,98 932,73 0,08 1,75 9,60

Grupo 3 R$ 714,00 Trab. produção de bens e serviços industriais

R$ DIA MÊS 778,72 0,00% 2,03% 104,31 0,07% -0,35% 530,17 1,30% 2,73% 353,26 -2,54% -8,96%

Soja, milho e trigo: fonte Dossiê:Dinheiro; Cepea/Esalq: mais informações em www.cepea.esalq.usp.br

ALGODÃO

Grupo 1 R$ 663,00 Trab.s na agricultura.

30 d. 0,6% -0,6% -0,6% -0,6%

1- preço médio no MS, unid. de 8 a 12 meses; 2 -média à vista da arroba no Estado de SP; 3 - valor à vista saca 60kg posto SP Capital, arábica, bica corrida, tipo 6; 4 - em pluma, cent/R$ por libra-peso (453 gr), posto SP Capital.

BOLSA DE NOVA YORK (NYBOT) CAFÉ - US$cents/libra peso (0,453 kg)

CUB PARANÁ

SEM 0,6% -0,6% -0,6% -0,6%

INDICADORES CEPEA/ESALQ

MILHO - saca 60kg Paranaguá Sudoeste Cascavel Maringá Ponta Grossa Guarapuava

R$ 33,20 32,80 32,80 32,30

FECH. 288,10 291,10

*DIF. 1 SEM. 1 MÊS 5,70 4,8% 9,6% 5,95 4,8% 9,8%

15/04/11 - US$cents/libra peso (0,453 kg)

FECH. 195,52 177,40

*DIF. 1 SEM. 1 MÊS -0,52 -3,7% 2,4% -0,60 -6,6% -1,0%

*Diferença s/ dia anterior. 1,00 ponto = US$ 0,01 no café e algodão.

BOLSA DE MERCADORIAS DE SÃO PAULO (BM&F) MILHO - R$/saca 60 kg SOJA FINANCEIRO - US$ saca 60 kg C 29,35 29,30

VP -0,05 0,05

CN 67 34

CA 568 843

1.450 428

3.377 5.247

BOI GORDO - R$/arroba abr/11 out/11

103,96 106,51

0,40 0,36

Cont. mai/11 set/11

C 29,20 29,50

VP 0,02 -0,18

15/04/11 CN 286 648

CA 6.389 7.125

CAFÉ - US$/saca 60 kg (arábica) mai/11 set/11

375,90 361,40

5,90 7,15

119 986 1.457 10.862

C-cotação de fechamento (ajuste diário); VP-variação diária (1 ponto = US$ 1,00 ou R$ 1,00); CN - contratos negociados no dia; CA-contratos em aberto.

ADI-PR: 20 jornais diários localizados nas cidades polos de desenvolvimento COMERCIALIZAÇÃO: (41)3079-4666


Cidades A-5

TRIBUNA DO VALE

Sabado e domingo, 16 e 17 de abril de 2011

Chácara armazena resíduo industrial e contamina solo e quatro nascentes JACAREZINHO Propriedade rural estaria fazendo compostagem clandestina de material orgânico Marco Martins

A Polícia Ambiental notificou ontem um produtor rural que estaria armazenando irregularmente em uma chácara a dois quilômetros de Jacarezinho dezenas de toneladas de resíduos industrial orgânico descartado por um frigorífico da cidade. O material, guardado para compostagem, já teria contaminado quatro nascentes próximas à propriedade rural e todo o solo de uma área de 30 mil metros quadrados. Ao ser notificado, o dono da área, que fica na margem da rodovia BR153, no sentido Jacarezinho/Ourinhos, identificado como Sebastião Toneti, ameaçou os policiais e garantiu que faria reclamações ao comando da Polícia

Ambiental. Dizendo-se influente, o produtor teria dito que reverteria a situação em poucas horas. Mesmo com a ameaça, Toneti não compareceu ao pelotão da Polícia Ambiental em Jacarezinho para apresentar a documentação exigida para a atividade. De acordo com o soldado da Polícia Ambiental Iran de Siqueira, para receber os resíduos e fazer a sua compostagem a propriedade deveria ter licença ambiental do Instituto Ambiental do Paraná (IAP) e obedecer uma série de exigências. “O proprietário ganhou um prazo para apresentar a documentação comprovando a autorização, mas isso não aconteceu”, disse o policial. A polícia acredita que os resíduos estavam sendo transportados do frigorífico para

a propriedade em caminhões e despejados diretamente no solo sem qualquer proteção, análise ou estudo prévio. Se o proprietário da área realmente não tiver as licenças exigidas, ele poderá responder criminalmente por poluição e ainda pagar multa que varia de R$ 5 a R$ 10 milhões. Além disso, o frigorífico que deve ter contratado ou alugado o local para armazenar o resíduo industrial também pode ser punido, inclusive com multa, além de sanções que podem até paralisar as atividades industriais. Para a Polícia Ambiental, a situação é muito grave porque o frigorífico precisa dar destinação ao resíduo produzido, mesmo orgânico, através de uma estação de tratamento dentro ou próxima da sua planta industrial.

Divulgação

Material era guardado para compostagem e já teria contaminado quatro nascentes

IBAITI

S.A.PLATINA

Agência do INSS está sem perito há mais de um mês

Moradores reclamam de entulhos acumulado nas ruas

Antônio de Picolli

Felipe Peres

A agência do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) de Ibaiti está há mais de um mês sem perito. Com isso, a população que precisa ser atendida tem que se deslocar até a agência de Jaguariaíva –distante 113 quilômetros de Ibaiti- ou Ponta Grossa –a 180 quilômetros da cidade. Segundo informações de representantes da unidade, o médico que exercia a função de perito pediu exoneração no começo do mês de março, o que explica a ausência da prestação dos serviços. A falta de um profissional capacitado e responsável pelo atendimento está incomodando a população. “Estou afastada do serviço por conta de uma artrite. Não posso trabalhar e também não estou conseguindo receber o repasse do INSS por falta de um perito. Estou nessa situação há mais de um mês e a agência não deu um prazo para a volta dos atendimentos”, disse uma moradora de Ibaiti que preferiu não se identificar. “Todas as vezes que eu procurei a agência daqui me agendaram para Jaguariaíva ou Ponta Grossa, mas eu não tenho condições de viajar”, reclama. Além de Ibaiti, a agência atende a população de outras seis cidades da região. “Estamos sem saber o que fazer. Preciso ser atendido por um perito, mas a agência

Agência não estipulou um prazo para a contratação de perito

fez meu agendamento para Jaguariaíva. Não posso viajar e não fomos informados sobre um prazo para o atendimento aqui em Ibaiti. Estamos sem saber o que fazer”, reclamou outro morador que também precisa ser consultado e analisado por um perito para começar a receber os benefícios do INSS. A rep ortagem da Tribuna do Vale esteve na manhã de ontem na agência do INSS em Ibaiti, porém a chefe da unidade não pôde passar informações à reportagem, alegando não possuir autonomia. A assessoria de imprensa do INSS em Ponta Grossa, responsável pela região de Ibaiti, também foi procurada,

mas não comentou o caso. O setor de comunicação do INSS de Curitiba, assim como os outros órgãos procurados pela reportagem, também alegaram não ter autonomia para responder sobre o assunto. Por último, a reportagem e nt rou e m contato com o s etor de c omu n i c a ção do Ministério da Previdência S o ci a l, em Brasília, que f inalmente comprometeu-se em enviar uma resposta em relação à situação vivida pela população de Ibaiti e região à redação do jornal. Porém, até o final dessa edição a assessoria não havia enviado esclarecimentos ao jornal.

Todas as vezes que eu procurei a agência daqui me agendaram para Jaguariaíva ou Ponta Grossa, mas eu não tenho condições de viajar”

Aline Damásio

Da Redação

Moradores de Santo Antonio da Platina reclamam do constante acúmulo de lixo e entulho acumulados em vários bairros da cidade. Em alguns pontos os entulhos ficam até um mês na rua e acabam se espalhando pelas vias. Moradora da Vila São José, a dona de casa Lourdes Gomes Trancoso se queixa dos galhos de árvore em frente à sua casa. “Meu marido fez a limpeza do quintal há vários dias, ligo na prefeitura e sempre dizem que vão recolher o lixo, mas até agora nada, desse jeito compensa mais pagar um carroceiro para levar toda essa sujeira”, diz. O aposentado João Luz da Silveira mora Vila Claro e conta que há mais de um mês vários entulhos de jardinagem estão acumulados em uma casa vizinha à sua. “A casa foi desocupada e os donos deixaram somente alguns galhos para equipe da prefeitura levar, mas eles nem sequer passam por aqui. Esse monte está cheio de bicho, sem falar na chuva que leva toda sujeira para o meio da rua”, reclama. Segundo o diretor de obras Fernando Lemes Vicente, toda semana é feito um escalonamento dos bairros da cidade, mas a alta demanda tem sido o principal motivo do atraso de recolhimento dos entulhos. “A cidade cresceu muito e nessa época do ano há muito trabalho para a equipe que conta apenas com quatro caminhões

Entulhos ficam acumulados por meses segundo moradores

e uma pá carregadeira para fazer o serviço em todos ao bairros”, diz. Outro problema seria o sucateamento dos maquinários. “Trabalhamos com máquinas ultrapassadas e um sistema de coleta muito antigo, o que demora muito pra fazer o serviço. Também há o problema da falta de consciência de algumas pessoas que jogam lixo doméstico e entulhos de construção que não é nossa obrigação recolher”, afirma. De acordo com o chefe de gabinete da prefeitura Joel Rauber, uma possível solução está sendo planejada entre a Secretaria de Planejamento e a Secretaria de Obras. “Estamos estudando a possibilidade de terceirizar os serviços de coleta de entulhos, de galhos e também de animais abandonados, problemas que têm sido alvo de constantes

reclamações dos moradores”, conta. Rauber explica que haverá regulamentações específicas para estes serviços quando houver a modificação. “Os caminhões terão dias específicos para cada área da cidade, não serão recolhidos destroços de construção e os galhos e entulhos de jardinagem terão de ser ensacados”, afirma. A proposta segundo o chefe de gabinete será enviada na próxima semana para a Câmara. O mesmo documento ainda regulamenta o recolhimento de animais abandonados. “Animais de grande porte serão encaminhados para a escola rural Franklin Roosevelt e o proprietário terá de pagar multa por abandono, além da diária do animal; caso não apareça, o animal será leiloado para entidades”, explica.

Entulhos ficam acumulados por meses ”

VAGAS PARA MULHERES

Prefeita comemora 1ª vitória do projeto de equidade Da Assessoria A prefeita Valentina Helena de Andrade Toneti falou ontem sobre a aprovação da cota que destina 50% das vagas eletivas proporcionais para mulheres. Primeira vitória foi conseguida na última semana na comissão de reforma política do Senado Federal. Para que o projeto tenha validade na prática, é pre-

ciso que ele seja aprovado na Câmara dos Deputados e no próprio Senado Federal. Ainda será realizada uma consulta pública sobre o tema. Para ser votado nestas duas novas esferas, o documento tem que ser transformado em projetos de lei (PL) e propostas de emenda constitucional (PECs) dentro de trinta dias. Passando este prazo, os projetos irão para apreciação na Co-

missão de Constituição e Justiça. A determinação hoje da Justiça Eleitoral seria de que 30% dos cargos fossem reservados para o gênero, mas esta lei foi flexibilizada pela dificuldade dos partidos em cumpri-las. Tina Toneti, uma das mais jovens prefeitas do país, disse que considera esta aprovação essencial para a nova visão da políti-

ca. “Aliás, não só da reforma política em si, mas do funcionamento de toda a sociedade. Somente quando for atingida a equidade no Parlamento é que todos os direitos serão observados”, ressaltou. A prefeita parabenizou a senadora Gleisi Hoffmann, lutadora incansável por esta aprovação e disse esperar que deputados e senadores ratificassem esta decisão.

Divulgação

Tina elogia esforço da senadora Gleisi Hoffmann pela aprovação


A-6 Cotidiano

TRIBUNA DO VALE

Sabado e domingo, 16 e 17 de abril de 2011

Tribunal do Júri absolve quatro presos acusados de assassinatos

S.A.PLATINA Os réus foram indiciados pela morte de três presos da delegacia de Santo Antônio

Fotos: Antônio de Picolli

Família comemora absolvição de Marcos Antônio da Silva, o Burquita Celso Felizardo

O Tribunal do Júri do Fórum da Comarca de Santo Antônio da Platina decidiu ontem , após seis horas e trinta minutos de julgamento, pela absolvição dos quatro réus indiciados pela sup ost a p ar t icip ação no crime ocorrido no dia 22 de abril de 2001, onde três presos foram mortos enforcados. Por volta das 18h30,

a Juíza de Direito Maristela Andrade de Carvalho leu a sentença, e anunciou a decisão dos jurados pela absolvição de Cristiano Aparecido Rodrigues, 30 anos, Elison Reinutti Flores, o “Espantalho”, 31, Marcelo Couto, 28, e Marcos Pereira Silva, 32. Tanto o Ministério Público, representado pelo Promotor de Justiça Leônidas Silva Neto, quanto à defesa, feita pelo advogado Jacir

Cascola e Palito teriam sido mortos por vilipendiarem o corpo de uma jovem no cemitério

Furtado de Souza, pediram a absolvição dos réus. Eles estavam presos na cadeia de Santo Antônio da Platina quando os detentos Júnior César Francisco, o Juninho, Cléverson Carvalho, o Palito, e Marcos Antônio da Silva, o Cascola, foram mortos. Por falta de provas, os jurados optaram pela absolvição. Os presos promoveram cantorias e bate-grades no dia do crime para que à segu-

TRÂNSITO

rança da carceragem não ouvisse os pedidos por socorro, sendo que mais dois detentos foram mortos no mesmo dia em celas diferentes. Todos os detentos que estavam nas celas que ocorreram os homicídios foram indiciados, e após o colhimento de provas e relatos de testemunhas, o Ministério Público não encontrou veracidades para pedir a condenação dos réus. Wagner Carlos Duarte,

que também estava preso na época e que também foi absolvido em janeiro deste ano, foi ouvido como testemunha do caso. Ele contou que um dos “chefes” das celas, Antônio Carlos de Morais Filho, que atualmente está foragido, teria assumido a autoria para os presos na época. Vera Lúcia Pereira, sogra de Burquita comemorou a decisão. “Foram dez anos de espera, muita agonia,

mas até que enfim podemos provar que ele é inocente”, comemora. Janaína da Silva Duarte, irmã de Wagner Carlos Duarte, veio prestar solidariedade as famílias dos outros presos e comentou a decisão. “Ainda bem que deu tudo certo, eu já passei por isso e sei que não é fácil”. Ela disse que até o fim do ano o irmão deve deixar a prisão, pois responde por outros crimes.

SEGURANÇA

Procura por primeira habilitação Venda legal de armas já no Detran aumenta 19% caiu 90% em dez anos Divulgação

Dayanne Sousa / Portal Terra

Detran abriu cerca de 26 mil processos no primeiro bimestre deste ano AEN

Um levantamento do Departamento de Trânsito do Paraná (Detran) mostra que aumentou em 19% o número de pessoas interessadas em obter, pela primeira vez, o direito de dirigir. Os dados mais recentes, compilados pela Coordenadoria de Habilitação da autarquia estadual, apontam que foram abertos cerca de 26 mil processos neste sentido, no primeiro bimestre deste ano. No mesmo período de 2010, foram 21 mil. O aumento, somado à demanda reprimida de candida-

tos que aguardavam por vagas em exames teóricos e práticos de direção desde o ano passado, fez com que a direção de Detran organizasse uma série de mutirões em todas as regiões do Estado. Desde fevereiro, foram ofertadas quase 2,7 mil vagas extras, nas cidades de Araucária, Francisco Beltrão, Pato Branco, Palmas, Colombo, Ponta Grossa, Rolândia, Paranavaí e Apucarana. Para este mês de abril, estão programados outros sete eventos, com mais 2.140 exames. “Com isso, de fevereiro até maio teremos concluído aproximadamente 4,8 mil

processos de primeira habilitação, além dos regulares que continuam sendo feitos normalmente. A intenção dos testes extras é justamente normalizar, o mais rápido possível, o atendimento nos postos do departamento que registrem grande procura”, explica o diretor-geral do Detran, Marcos Traad. As vagas devem ser preenchidas, com agendamento prévio, junto aos Centros de Formação de Condutores dos municípios e só podem participar candidatos já qualificados para esta etapa do processo.

Não são os comerciantes e nem os portadores credenciados de armas que justificam o fato de ser o Brasil o país onde mais se morre por armas de fogo no mundo. Pesquisas realizadas por órgãos do governo, ONGs e acadêmicos mostram que o comércio e o porte ilegais são os responsáveis pela violência. Desde o Estatuto do Desarmamento, cerca de 90% das lojas legalizadas foram à falência. Eram 2,4 mil estabelecimentos em 2002 e, em 2008, restavam apenas 280, destaca relatório do Instituto Sou da Paz. A venda nesses locais se resumiu a 10% do que era em 2000, mas, mesmo assim, temos 16 milhões de armas em circulação, segundo dados do Ministério da Justiça e da ONG Viva Rio. Aproximadamente metade desses armamentos (7,6 milhões) é ilegal. Nesta terça-feira (12), o senador José Sarney (PMDBAP) apresentou sua proposta de realizar um plebiscito que consulte a população brasileira sobre o fim do comércio de armas. Impor restrições legais, porém, não é o maior desafio. Os números mostram que é mais difícil fazê-las valer. A discussão sobre o porte de armas reascendeu depois do massacre da escola Tasso

da Silveira, em Realengo, no Rio de Janeiro. O ex-aluno Wellington Menezes de Oliveira usou dois revólveres adquiridos ilegalmente no ataque que deixou 12 mortos. Corriqueiro O estudo do Sou da Paz destaca, ainda, que o comércio ilegal é corriqueiro”: - Não se deve pensar que estas vendas sejam feitas somente por e para traficantes. Tais aquisições, muitas vezes, envolvem pessoas que não são “criminosos profissionais”, mas que escolhem burlar a lei por acreditar que a arma trará segurança ou que não correm risco real de punição. Não foi em grandes operações de tráfico que o assassino de Realengo conseguiu seu armamento. A polícia prendeu, nesta quinta-feira (14), o homem que vendeu um revólver calibre 38 para Wellington. A arma tinha a numeração raspada e o dono, um antigo colega de trabalho do atirador, disse à polícia que vendeu o equipamento porque precisava do dinheiro para comprar um carro. A maior parte das armas que circulam no Brasil foi pro-

duzida aqui: aproximadamente 70%, segundo a pesquisa do Ministério. Muitas vezes as armas fabricadas em território brasileiro são exportadas e compradas de volta, ilegalmente, em países vizinhos, como o Paraguai. História O Estatuto do Desarmamento entrou em vigor no Brasil em 2004. Na época, um referendo consultou a população sobre o comércio de armas e a maioria votou pela continuidade das vendas. Ainda assim, o comércio foi bastante restringido, com imposições como a obrigação de renovar o registro das lojas a cada três anos. Em 2008, foram 20.909 mortos por arma de fogo, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O índice de homicídios, porém, chegou a cair 12% dois anos depois campanha pelo Estatuto, que começou em 2003. Os números voltaram a subir, mas nunca mais atingiram o antigo patamar. Em 2003, foram assassinadas 51.043 pessoas e, no ano seguinte, já eram 2.669 mortos a menos.

A maior parte das armas que circulam no Brasil foi produzida aqui”

JUSTIÇA

Moradores de rua terão direito a ter conta-poupança Das Agências

Moradores de rua terão direito de abrir contas-poupança na Caixa Econômica Federal sem ter de apresentar comprovantes de residência. A determinação, em caráter liminar, é

da Justiça de São Paulo. Para o juiz autor da decisão, Danilo Almasi Santos, ao privar moradores de rua de abrirem conta-poupança, a Caixa contribui para que os recursos deles sejam corroídos pela inflação. Segundo ele, isso

provoca “a manutenção dessas pessoas na pobreza e na marginalização, não permitindo a retomada da vida com o mínimo de dignidade”. O caso chegou à Procuradoria Regional dos Direitos do Cidadão ano passado. Durante

o 1º Mutirão da Cidadania, o Ministério Público foi procurado por um morador de rua, dono de uma “Conta Fácil Caixa”, que não conseguia depositar seu dinheiro numa poupança. A alegação do banco era que, por ser morador de

rua, ele não tinha residência fixa. Segundo o Ministério Público, a Caixa informou que segue uma orientação do Banco Central que exige a apresentação de comprovante de residência para a abertura de

conta-poupança. A prática é exigida para evitar o uso de “laranjas” em contas usadas para lavagem de dinheiro. Mas esclareceu que, no caso de contas-poupança, não há necessidade de comprovar residência.


Esporte A-7

TRIBUNA DO VALE

Sabado e domingo, 16 e 17 de abril de 2011 Suspenso na Copa do Brasil, Lucas deve ser o único titular de linha no confronto entre São Paulo e Oeste neste domingo, em Mogi Mirim. Ainda com chances de terminar na ponta, o meia foca a liderança do Estadual.

O treino do Flamengo de ontem confirmou a equipe que vai a campo no domingo, diante do Macaé, pela última rodada da fase de classificação da Taça Rio. Com o time já classificado para as semifinais, Vanderlei Luxemburgo optou por preservar os jogadores pendurados.

Carpegiani vê poucas chances de escalar Luís Fabiano SÃO PAULO Torcida provavelmente terá que esperar mais para ver a reestreia do Fabuloso Gazeta Esportiva

O atacante Luís Fabiano, ainda em recuperação de uma lesão no joelho direito, está ansioso para reestrear pelo São Paulo. Para o técnico Paulo César Carpegiani, no entanto, as chances de o jogador participar do primeiro jogo contra o Goiás, na próxima quartafeira, pela Copa do Brasil, são pequenas. "Depende exclusivamente da recuperação dele, do departamento físico e médico. Estou na espera. Hoje, apesar da

vontade do jogador, é difícil e a expectativa (de usá-lo na quarta-feira) diminuiu. Não adianta forçar e ter um problema. Vai jogar se não sentir nada e estiver fisicamente compatível com a exigência da partida", declarou. Após a expulsão de Lucas e a lesão de Fernandinho no confronto com o Santa Cruz, Carpegiani manifestou o desejo de contar com Luís Fabiano o mais rápido possível. Ele chegou a consultar o departamento de marketing e recebeu sinal verde para escalar o atleta assim que possível. Apesar da liberação da diretoria, a possibilidade de Luís Fabiano participar do jogo em Goiânia é remota. "Eu gostaria muito de contar com ele, mas acho difícil que ele jogue. No dia 27 (na partida de volta), tem grande chance de estrear", declarou o comandante. "Imagina se a gente coloca (na quarta-feira) e ele sente", completou. Apresentado no último dia 29 de março diante de mais de

45 mil pessoas no Morumbi, Luís Fabiano já tem treinado no campo sob o comando do fisioterapeuta Ricardo Sasaki. Durante a semana, o jogador disse que sua presença no primeiro jogo contra o Goiás depende da performance no treinamento da próxima segunda-feira. Na visão do técnico Paulo César Carpegiani, um centroavante pode entrar em campo mesmo fora de forma. "Fisicamente, não precisa estar 100%. Se estiver de 60% a 70%, já é suficiente para o que eu exijo de um centroavante. Ele não participa muito da parte tática e isso facilitaria", ponderou. Como chegou após o prazo de inscrições, Luís Fabiano não pode participar do Campeonato Paulista. Na última rodada da fase classificatória do torneio estadual, o São Paulo, já classificado para as quartas de final, enfrenta o Oeste às 16 horas (de Brasília) deste domingo, em Mogi Mirim.

Divulgação

N OTAS Obediente Ao contrário da Globo, que não se compromete a mencionar os "naming rights" dos estádios do C amp eonato Brasileiro nos contratos que vem firmando diretamente com os clubes, a Rede TV! tem a obrigação de fazê-lo. De acordo com o acordo feito com o Clube dos 13, a emissora se compromete a citar os nomes das empresas que patrocinarem as arenas durante as transmissões e em sua grade de programação. Briga de egos Gerou desconforto no São Paulo frase de João Paulo de Jesus Lopes sobre a contratação de uma "bomba atômica". Cartolas dizem que o diretor de futebol fez a declaração por ciúme, pois não participou da vinda de Luis Fabiano.

Jogador, apresentado no último dia 29, provavelmente não entrará

Jogando contra Explicam que a promessa de Jesus Lopes, de que a "bomba atômica" terá uma apresentação melhor do que a de Luis Fabiano, cria mal-estar no time e desprestigia o atacante.

GLADIADOR

Kleber sonha em se tornar 'top 10' Lancenet

Kleber sonha com voos altos vestindo a camisa do Palmeiras. Não apenas pelos títulos. As marcas pessoais também estão dentro das metas do Gladiador, que tem mais quatro anos de contrato no clube. Ele quer entrar na lista dos dez maiores artilheiros da história alviverde. Com 35 gols marcados (em 2008, 2010 e 2011), o caminho ainda é longo. O décimo da lista hoje é Tupãzinho, que jogou de 1963 a 1968 pelo Palmeiras, com 122 gols. Kleber tem média 0,72 gol por jogo em 2011, a melhor obtida em uma temporada por ele no Verdão. “Nos últimos dias, ando pensando muito nisso, em entrar para a história do clu-

be. A gente sabe que conquista isso principalmente com t ítu los, mas também quero ficar marcado por fazer muitos gols. Estou com uma boa média neste ano e quero continuar marcando”, destacou. “Minha meta é ficar entre os 10 principais goleadores. Já seria um feito fantástico, mesmo sabendo de todas as dificuldades em se tratando da grandeza do Palmeiras” completou o

camisa 30.

Os 13 gols marcados nesta temporada deixam o Gladiador mais do que confiante. “Em termos de gol e atuação, esse é um dos melhores (momentos). Eu sempre falo que tive uma fase fantástica no Cruzeiro em 2009. Fiz 24 gols e chegamos à final da Copa Libertadores. Para eu igualar essa fase, o Palmeiras precisaria chegar

Nos últimos dias, ando pensando muito nisso, em entrar para a história do clube. A gente sabe que conquista isso principalmente com títulos, mas também quero ficar marcado por fazer muitos gols”

em alguma decisão, disputar títulos, e isso não me sai da cabeça. Vamos lutar muito para alcançar esse objetivo” analisou Kleber, sonhando também com a Seleção Brasileira. “Venho mantendo uma regularidade há algum tempo e melhorei muito minha postura em campo, não levo mais cartões, não reclamo de arbitragem, sou capitão do time desde setembro do ano passado. Isso pesa bastante. Não posso esconder que ser convocado para a Seleção Brasileira é um sonho. Talvez, se fosse em outro país, eu já teria sido chamado. Mas as coisas tem hora para acontecer e eu sei que as pessoas responsáveis estão analisando todas as possibilidades” destacou, ao site oficial do Palmeiras.

PREFEITURA MUNICIPAL DE JOAQUIM TÁVORA ESTADO DO PARANÁ TERMO DE HOMOLOGAÇÃO E ADJUDICAÇÃO TOMADA DE PREÇO 001/2011 OBJETO: CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA EXECUÇÃO DE OBRAS E SERVIÇOS DE ENGENHARIA DE 2.464,38 M2 DE PAVIMENTAÇÃO COM BLOCOS SEXTAVADOS E MEIO FIO C/ SARJETA NA RUA SÃO GABRIEL, PERIMETRO URBANO DO MUNICIPIO DE JOAQUIM TAVORA/PR. Expirado o prazo recursal e tendo em vista a Ata de Julgamento da Tomada de Preço em epígrafe, elaborada pela Comissão Permanente de Licitação, o senhor CLÁUDIO REVELINO, Prefeito Municipal de Joaquim Távora, no uso de suas atribuições legais RESOLVE: HOMOLOGAR A LICITAÇÃO MODALIDADE TOMADA DE PREÇO 001/2011 e ADJUDICAR o objeto a empresa J&S CONSTRUTORA CIVIL E PAVIMENTAÇÃO LTDA declarada vencedora do objeto desta licitação com o valor de R$ 30.932,48 (trinta mil novecentos e trinta e dois reais e quarenta e oito reais) . E para que produza seus efeitos legais, PUBLIQUE-SE Joaquim Távora, 15 de abril de 2011. CLÁUDIO REVELINO PREFEITO MUNICIPAL

çCONSELHO MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL LEI FEDERAL N° 8.742/93 – LEI ESTADUAL N° 11.362/96 LEI MUNICIPAL N° 05/96 SANTO ANTONIO DA PLATINA - PARANÁ DELIBERAÇÃO Nº 002/2011 O Conselho Municipal de Assistência Social de Santo Antônio da Platina, no uso de suas atribuições que conferem a Lei Federal N.º 8.742/93, Lei Estadual N.º 11.362/96 e a Lei Municipal N.º 05/96 e, - Considerando a deliberação em reunião plenária deste Conselho, realizada em 06 de Abril de 2011 este conselho, Delibera: No Projeto LIXO QUE NÃO É LIXO - convênio nº 022/2011, a inclusão no quadro de aplicação de recursos (despesas diversas), a compra de sacos plásticos para coleta de lixos. Aprovada por unanimidade em reunião plenária. Entidade: ASSOCIAÇÃO DE PROMOÇÃO HUMANA PLATINENSE – APHP Convênio PMSAP/PR nº 022/2010. Esta deliberação é válida a partir da data de sua publicação. SANTO ANTONIO DA PLATINA, 11 de Abril de 2011. DANIEL HEINZEN Presidente do Conselho Municipal De Assistência Social

PREFEITURA MUNICIPAL DE QUATIGUÁ PORTARIA Nº. 61/2011. O Prefeito Municipal de Quatiguá, Estado do Paraná, no uso das suas atribuições que são conferidas por Lei. RESOLVE: Exonerar a partir de 01 de abril de 2011, o funcionário REINALDO GOMES, portador do documento de identificação nº 72856643, contratado para exercer a função de AJUDANTE GERAL. Esta portaria entrará em vigor na data de sua publicação, com efeitos retroativos a 08 de abril de 2011. Gabinete do Prefeito Municipal de Quatiguá, em 15 de abril de 2011. EFRAIM BUENO DE MORAES PREFEITO MUNICIPAL LUIZ ANTONIO BAPTISTAO Ciente / /

PREFEITURA MUNICIPAL DE ANDIRÁ PORTARIA Nº. 8.931 DE 15 DE ABRIL DE 2011 JOSÉ RONALDO XAVIER, Prefeito Municipal de Andirá, Estado do Paraná, usando das atribuições que lhe são atribuídas por lei, RESOLVE: Art. 1º - Exonerar o Servidor Público Municipal APARECIDO DONIZETE DE OLIVEIRA, do cargo em comissão de Diretor do Departamento Administrativo da Secretaria Municipal de Ação Social, a partir desta data. Art. 2° - Este decreto entrará em vigor na data de sua publicação, retroagindo seus efeitos a 15 de abril de 2011. Paço Municipal Bráulio Barbosa Ferraz, Município de Andirá, Estado do Paraná, em 15 de abril de 2011, 68º da Emancipação Política. JOSÉ RONALDO XAVIER Prefeito Municipal

PREFEITURA MUNICIPAL DE QUATIGUÁ PORTARIA Nº. 56/2011. O Prefeito Municipal de Quatiguá, Estado do Paraná, no uso das atribuições que lhe são conferidas por Lei. RESOLVE: Conceder 30 (trinta) dias de férias que faz juz, indenizadas ao servidor EVERALDO MARQUES DA SILVA, portador do documento de identificação nº 69555497, referente ao período aquisitivo de 06/02/2010 a 05/02/2011, nos termos da Lei Municipal nº 1300/2006. Esta Portaria entrará em vigor na data de sua publicação. Gabinete do Prefeito Municipal de Quatiguá, em 15 de abril de 2011. EFRAIM BUENO DE MORAES PREFEITO MUNICIPAL LUIZ ANTONIO BAPTISTAO Ciente / /


cmyb

TRIBUNA DO VALE

Sabado e domingo, 16 e 17 de abril de 2011

“Até hoje, só me apaixonei por uma garrafa de cerveja e um espelho”

Retalhos de

Ideias Marco Martins

redação2@tribunadovale.com.br

A-8

Sid Vicious

www.tribunadovale.com.br

Promoção A culpa é nossa? Leio e fico feliz ao saber que o boa praça tenenteAh tá! Então quer dizer que o Estado não

coronel Davi Faustino será promovido a mais alta patente da Polícia Militar do Paraná. A partir do próximo mês, meu amigo Faustino passa a condição de coronel em Curitiba. Conheci Davi Faustino ainda capitão em Goioerê, quando ele se dividia entre o comando da Companhia da PM e a sua paixão pela cultura. Incentivador de todo e qualquer movimento cultural, Davi Faustino sempre apoiou as manifestações artísticas da cidade e chegou a ser premiado duas vezes no Salão de Artes do Paraná. Na última vez que nos encontramos, ele continuava pintando seus quadros, mas também se aventurara na poesia e na literatura. Faustino é desses caras que merece tudo de bom que a vida pode oferecer. Gente de fina estampa que é exemplo dentro e também fora da corporação.

Pedalada Acusado de 17 tentativas de homicídio triplamente

qualificadas (motivo fútil, sem chance de defesa às vítimas e expor terceiros ao perigo), Ricardo Neis foi libertado essa semana pelo Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul. Ele atropelou um grupo de ciclistas que participava de uma pedalada coletiva em Porto Alegre, no dia 25 de fevereiro. Dá pra entender?

tem condições de dar segurança pra plebe, não tem estrutura para desarmar os bandidos e quem paga o pato somos nós, a ralé. A decisão do Ministério da Justiça de reeditar a campanha do desarmamento nos penaliza porque vamos pagar a conta das indenizações. Desarmar a população até que é justo, mas não com o nosso suado dinheiro. Como diz minha mãe, isso é cortesia com chapéu alheio.

Claquete Requião denunciou chefe do escri-

tório do IAP em Cascavel que fez filme erótico. Se esqueceu de falar que em seu governo a atriz Ítala Nandi, famosa por fazer pornochanchada na década de 1970, coordenou projeto de cinema na Secretaria de Cultura. Aliás, a estrela de filmes como América do Sexo, Os Homens Que Eu Tive e Noite sem Homem. Bob Reck continua com o péssimo costume de falar dos outros sem olhar para o próprio traseiro.

[ ] Bom-moço Me deu engulhos ler essa semana textos sobre as pretensões

de Luciano Huck em se tornar presidente do Brasil, com o apoio da direitona e, claro, da Globo. É o retrocesso. O apresentador global, casado com uma apresentadora global tem grana suficiente pra ser o que quiser. Luciano Huck representa o que há de pior na elite. Lembro-me de um artigo que esse moço escreveu na Folha de S. Paulo depois que seu Rolex foi roubado no trânsito da capital paulista. Ele reclamava da violência, da dificuldade do cidadão em se locomover em segurança, dos riscos, mas só depois que levaram o seu relógio de R$ 500 mil. Sinceramente? Eu tenho nojo dessa gente.

Fashion — Sinceramente, depois os tricolores não querem que a gente fale. Mas

eles insistem em dar motivos. A montagem é do site Kibeloco.

Do mestre “O cara só é sinceramente ateu quando está

muito bem de saúde” Millôr Fernandes

Adesivo Nunca discuta com um idiota. Ele te rebaixa

ao nível dele e te vence pela experiência.

Perguntinha E já que perguntar não ofende... construir

estádio para 75 mil lugares em Estado onde a média de público nos campeonatos regionais é de 600 torcedores é burrice ou excesso de esperteza? O que uma Copa do Mundo não faz, hein?

Veto Viram a história do peão que morreu na

arena depois que o touro que montava o acertou no peito? É por essas e outras que acho que esse esporte de jerico devia ser proibido. Desde quando montar em animais e provocálos com espora e cordas pode ser considerado um esporte? E tem mais, quem paga ingresso pra assistir essas cenas são coniventes. Rita Lee tem razão.

Sábado O que já era ruim ficou ainda pior. Quem não tem

opção na TV no sábado à tarde tem à sua disposição uma sequência nefasta de programas descartáveis. Angélica, Xuxa e depois o pré-candidato a presidente, Luciano Huck. Prefiro solução de bateria.

Armário — Chegou ao mercado as duas versões do boneco do Luan Santana. Segundo a indústria, a versão boneca chega as prateleiras até o final desse ano.

Fome Impressionante. Já disse mais um vez que não adianta

querer me intimidar. Quando falo ou escrevo é porque tenho absoluta certeza do que estou informando. Na maioria das vezes documentado com provas. Então, por favor, pare de fazer cara feia. Você só está conseguindo ficar pior do que já é.

Na escola José Sarney, logo após a tragédia do Realengo, sugeriu “segurança pública”

no currículo escolar. Todas as vezes que uma questão social não é resolvida aparecem os “educadores” de plantão sugerindo que o tema seja ensinado nas escolas. Assim, o calendário escolar será paulatinamente preenchido por temas considerados urgentes e os conhecimentos científicos serão cada vez mais secundarizados.

cyan magenta yellow black


cmyb

TRIBUNA DO VALE

Sabado e domingo, 16 e 17 de abril de 2011

Geral

B-1

www.tribunadovale.com.br

Nascem os primeiros bezerros do programa de inseminação Da Assessoria

O programa municipal de inseminação artificial apon-

tou seus primeiros resultados nesta semana. Dois bezerros inseminados nasceram em propriedades rurais de Jacare-

zinho. O projeto foi idealizado pela prefeita Valentina Toneti, elaborado pelo secretário de Agricultura José Antonio Cos-

ta e viabilizado pelo secretário de Planejamento Nelson Paulino. Somente em 2010, foram 100 inseminações realizadas

pelo corpo técnico da Prefeitura. Apenas agora, nasceram os primeiros bezerros. Ao todo, 15 pequenos produtores foram

contemplados pelo projeto público. A primeira inseminação foi realizada no dia 16 de junho do ano passado.

cyan magenta yellow black


B-2 Atas&Editais VENDE-SE Terreno no centro, com área de 434 m2 ,(com uma casa antiga em alvenaria) todo murado, portão eletrônico, situado à Rua Benjamin Constant, 500 - Santo Antonio da Platina/Pr. Informações:(43) 9977-6824 ALUGA-SE Sala comercial, com wc, situada à R. 13 de maio, 425 centro Santo Antonio da Platina- Pr Contato :(43) 9977- 6824 VENDO MONZA 96 GLS COMPLETO - COR VERMELHA - 94.000KM ORIGINAL TRATAR COM JOSÉ FONES: 043- 9964-3171

SENAI SANTO ANTONIO DA PLATINA seleciona .TÉCNICOS DE ENSINO JR/PL - cód. 267 Formação: Curso Técnico ou Superior na área Automobilística .

TÉCNICOS DE ENSINO JR/PL - cód. 268 Formação: Curso Técnico ou Superior na área Eletrônica Para ambas as vagas desejável experiência como instrutor de cursos de nível básico e/ou técnico; CNH e disponibilidade para viagens. Os interessados deverão encaminhar currículo para rafaela.soares@pr.senai.br

CONVITE A Prefeitura Municipal de Santo Antônio da Platina e a Secretaria Municipal de Saúde convidam a todos para participarem da AUDIÊNCIA PÚBLICA para avaliação do cumprimento do Plano Municipal de Saúde relativo ao 1º Trimestre de 2011 a ser realizada no dia 02 de maio do corrente ano, na Câmara Municipal, com início às 20 horas. EDITAL DE LEILÃO PÚBLICO LEI Nº 9.514/97 AGILIZA ADMINISTRADORA DE RECEBÍVEIS LTDA., sociedade empresária com CNPJ 09.099.038-0001/38, representada por Mario Sérgio Lemos, localizada na Avenida Higienópolis, nº 1.601, 13º andar, sala 1305 - Londrina – PR., venderá, na forma da Lei n.º 9.514/97, em leilão, nos dias, local e hora abaixo referidos, o imóvel adiante descrito, para pagamento de dívida com alienação fiduciária da devedora fiduciante abaixo identificada, em favor da CREDORA FIDUCIARIA UNIÃO ADMINISTRADORA DE CONSÓRCIOS LTDA, com sede à Av. Higienópolis, nº. 2400, na cidade de Londrina-Pr., inscrito no CNPJ – 77.441.400/0001-67. 1º LEILÃO: 19/04/2011, às 10:00 horas, por lance igual ou superior ao valor do imóvel, abaixo estipulado (Art. 27, §1º, da Lei n.º 9.514/97). 2º LEILÃO: 26/04/2011, às 10:00 horas., pelo maior lance oferecido, desde que igual ou superior ao valor da dívida, das despesas, dos prêmios de seguro, dos encargos legais, inclusive tributos, e das contribuições condominiais (Art. 27, § 2º, da Lei n.º 9.514/97). O 2º Leilão somente se fará necessário em caso da não arrematação no 1º Leilão. LOCAL DO LEILÃO: Avenida Higienópolis nº 1601, 13º andar, sala 1305 - Londrina (PR). LEILOEIRO: FÁBIO JERÔNYMO CARVALHO, Leiloeiro Público Oficial, vinculado à Secretaria de Estado da Justiça e Cidadania e da Junta Comercial do Paraná, matrícula 05/003-L. DEVEDORES FIDUCIANTES: ELSON MARCELO ELEUTERIO ROSA, brasileiro, vigilante sanitá-rio, portador da cédula de identidade nº 3.610.939-4 SSP/PR e do CPF nº 531.772.239-04 e sua esposa MARILCÉIA RITA BITENCOURT SOSNITZKI ROSA, brasileira, auxiliar

administrativo, portadora da cédula de identidade nº 3.877.706-8 SSP/ PR e do CPF nº 557.702.669-53, casados pelo Regime de Comunhão Parcial de Bens no dia 10.05.1986, residentes e domiciliados na Rua Cel. Joaquim R. Prado, 818, na Cidade de Santo Antonio da Platina – PR. IMÓVEIS: a) um imóvel urbano composto pelo LOTE nº 01, sem benfeitorias, da Cidade de Santo An-tonio da Platina, com a área de 2.000,00m2 (dois mil metros quadrados), com as seguintes medidas e confrontações: A poligonal tem início no marco 0=PP, que faz divisa com terrenos de ESTRADA MU-NICIPAL, segue com o rumo de 0º59’44”NO e percorre 20.02m que faz divisa com terrenos de ESTRA-DA MUNICIPAL, até o marco 1, segue com o rumo de 82º58’58”NE e percorre 99.90m que faz divisa com terrenos de ELSON MARCELO ELEUTÉRIO, até o marco 2, segue com o rumo de 18º12’35”SO e percorre 23.99m, até o marco 3, segue com o rumo de 84º06’15”SO e percorre 91.79m, até o marco 0=PP, onde teve início esta descrição. b) um imóvel urbano composto pelo LOTE nº 02, sem benfeitorias, da Cidade de Santo Antonio da Platina, a área de 2.000,00m2 (dois mil metros quadrados), com as se-guintes medidas e confrontações: A poligonal tem início no marco 0=PP, que faz divisa com terrenos de ESTRADA MUNICIPAL, segue com o rumo de 0º59’44”NO e percorre 20.02m que faz divisa com ter-renos de ESTRADA MUNICIPAL, até o marco 1, segue com o rumo de 83º36’06”NE e percorre 106.65m que faz divisa com terrenos de ELSON MARCELO ELEUTÉRIO, até o marco 2, segue com o rumo de 18º12’35”SO e percorre 20.73m, até o marco 3, segue com o rumo de 82º58’58”SO e percorre 99.90m, até o marco 0=PP, onde teve início esta descrição. c) imóvel urbano composto pelo LOTE nº 03, sem benfeitorias, da Cidade de Santo Antonio da Platina, com a área de 2.000,00m2 (dois mil metros quadrados), com as seguintes medidas e confrontações: A poligonal tem início no marco 0=PP, que faz divisa com terrenos de ESTRADA MUNICIPAL, segue com o rumo de 0º59’44”NO e percorre 10.26m que faz divisa com terrenos de ESTRADA MUNICIPAL, até o marco 1, segue com o rumo de 18º03’30”NE e percorre 9.76m até o marco 2, segue com o rumo de 84º26’43”NE e percorre 109.66m, que faz divisa com terrenos de ELSON MARCELO ELEUTÉRIO, até o marco 3, segue com o rumo de 18º12’35”SO e percorre 19.23m, até o marco 4,segue com o rumo de 83º36’06”SO e percorre 106.65m, até o marco 0=PP, onde teve início esta descrição. d) imóvel urbano composto pelo LOTE nº 04, sem benfeitorias, da cidade de Santo Antonio da Platina, com a área de 2.000,00m2 (dois mil metros quadra-dos), com as seguintes divisas e confrontações: A poligonal tem início no marco 0=PP, que faz divisa com terrenos de ESTRADA MUNICIPAL, segue com o rumo de 18º03’30”NE e percorre 20.02m que faz divisa com terrenos de ESTRADA MUNICIPAL, até o marco 1, segue com o rumo de 84º33’46”NE e percorre 109.62m que faz divisa com terrenos de ELSON MARCELO ELEUTÉRIO, até o marco 2, segue com o rumo de 18º12’35”SO e percorre 19.80m, até o marco 3, segue com o rumo de 84º26’43”SO e percorre 109.66m, até o marco o=PP, onde teve início desta descrição. e) imóvel urbano composto pelo LOTE nº 05, sem benfeitorias, da cidade de Santo Antonio da Platina, com a área de 2.000,00m2 (dois mil metros quadrados), com as seguintes divisas e confrontações: A poligonal tem início no marco 0=PP, que faz divisa com terrenos de ESTRADA MUNICIPAL, segue com o rumo de 18º03’30”NE e percorre 17.26m que faz divisa com terrenos de ESTRADA MUNICIPAL, até o marco 1, segue com o rumo de 17º53’47”NE e percorre 2.76m, até o marco 2, segue com o rumo de 84º41’38”NE e percorre 109.57m que faz divisa com terrenos de ELSON MARCELO ELEUTÉRIO, até o marco 3, segue com o rumo de 18º12’35”SO e percorre 19.77m, até o marco 4, segue com o rumo de 84º33’46”SO e percorre 109.62m, até o marco 0=PP, onde teve início esta descrição. f) imóvel urbano composto pelo LOTE nº 06, sem benfeitorias, da cidade de Santo Antonio da Platina, com a área de 2.000,00 m² (dois mil metros quadrados), com as seguintes medidas e confrontações: A poligonal tem início no marco 0=PP, que faz divisa com terrenos de ESTRADA MUNICIPAL, segue com o rumo de 17º53’47’’NE e percorre 20.02 m que faz divisa com terrenos de ESTRADA MUNICIPAL, até o marco 1, segue com o rumo de 84º51’42’’NE e percorre 109.55 m que faz divisa com terrenos de ELSON MARCELO ELEUTÉRIO até o marco 2, segue com o rumo de 18º12’35”SO e percorre 19.72 m, até o marco 3, segue com o rumo de 84º41’38’’SO e percorre 109.57 m, até o marco 0=PP, onde teve início esta descrição. g) imóvel urbano composto pelo LOTE nº 07, sem benfeitorias, da cidade de Santo Antonio da Platina, com a área de 2.000,00 m² (dois mil metros quadrados), com as seguintes divisas e confrontações: A poligonal tem início no marco 0=PP, que faz divisa com os terrenos de ESTRADA MUNICIPAL, segue com o rumo de 17º53’47’’NE e percorre 20.02 m que faz divisa com terrenos de ESTRADA MUNICIPAL, até o marco 1, segue com o rumo de 85º03’01’’NE e percorre 109.52 m que faz divisa com terrenos de ELSON MARCELO ELEUTÉRIO, até o marco 2, segue com rumo de 18º12’35’’SO e percorre 19.67m, até o marco 3, segue com o rumo de 84º51’42’’SO e percorre 109.55 m, até o marco 0=PP, onde teve início esta descrição. h) imóvel urbano composto pelo LOTE nº 08, sem benfeitorias, da cidade de Santo Anto-nio da Platina, com a área de 2.000,00 m² (dois mil metros quadrados), com as seguintes divisas e confrontações: A poligonal tem início no marco 0=PP, que faz divisa com os terrenos de ESTRADA MUNI-CIPAL, segue com o rumo de 17º53’47’’NE e percorre 18.32 m que faz divisa com terrenos de ESTRA-DA MUNICIPAL, até o marco 1, segue com o rumo de 20º25’08’’NE e percorre 1.70 m, até o marco 2, segue com o rumo de 85º13’38’’NE e percorre 109.41 m que faz divisa com terrenos de ELSON MAR-CELO ELEUTÉRIO, até o marco 3, segue com rumo de 18º12’35”SO e percorre 19.66 m, até o marco 4, segue com o rumo de 85º03’01’’SO e percorre 109.52 m, até o marco 0=PP, onde teve início esta descri-ção. i) imóvel urbano composto pelo LOTE nº 09, sem benfeitorias, da cidade de Santo Antonio da Platina, com a área de 2.000,00 m² (dois mil metros quadrados), com as seguintes divisas e confrontações: A poligonal tem início no marco 0=PP, que faz divisa com os terrenos de ESTRADA MUNICIPAL, segue com o rumo de 20º25’08’’NE e percorre 20.02 m que faz divisa com terrenos de ESTRADA MUNICIPAL, até o marco 1, segue com o rumo de 84º58’57’’NE e percorre 108.77 m que faz divisa com terrenos de ELSON MARCELO ELEUTÉRIO até o marco 2, segue com o rumo de 18º12’35’’SO e percorre 20.18 m, até o marco 3, segue com o rumo de 85º13’38’’SO e percorre 109.41 m, até o marco 0=PP, onde teve início esta descrição. OBJETOS DAS MATRICULAS NºS: 17.106, 17.107 ,17.108, 17.109, 17.110, 17.111, 17.112, 17.113 e 17.114 do Cartório de Registro de Imóveis da Comarca de Santo Antônio da Platina - PR. Valor atualizados de cada lote: R$ 72.000,00 (setenta e dois mil reais). Os lances ficarão sujeitos a aprovação formal da CREDORA FIDUCIÁRIA, UNIÃO ADMINISTRA-DORA DE CONSÓRCIOS LTDA. OBSERVAÇÕES: a) a adoção de eventuais medidas judiciais necessárias à desocupação, bem como o pagamento das despesas decorrentes; b) o pagamento da comissão do Leiloeiro, equivalente 5% (cinco por cento) sobre o valor da arrematação (conforme Decreto nº 21.981, de 19 de outubro de 1932, com as alterações induzidas pelo decreto n.º 22.427 de 1º de fevereiro de 1933); c) o pagamento das despesas relativas ao Registro de Imóveis, Funrejus, ITBI, IPTU e demais impostos e taxas decorrentes da arrema-tação; d) o leilão priorizara a venda dos terrenos acima, em 2 (dois) lotes formados por 3 (três), e 6 (seis) terrenos, de acordo com a dividas por eles garantidas; e) a venda será feita com pagamento no ato, ou mediante caução de 20% no ato e o restante no prazo de até 48 (quarenta e oito) horas, sob pena de perda do sinal ofertado; f) a venda será confirmada ou não, pelo leiloeiro oficial, após consulta a CREDORA FIDUCIÁRIA. Informações adicionais no site www.agilizarecebiveis.com.br Telefone. - 43 3878 7000 (Londrina – PR.) Londrina, 06 de abril de 2011. FÁBIO JERÔNYMO CARVALHO AGILIZA ADMINISTRADORA DE RECEBÍVEIS LTDA Leiloeiro Público Oficial Mário Sérgio Lemos Prefeitura Municipal de Andirá ERRATA Extrato de IX Termo de Aditivo do Convênio nº. 02/2010 No Jornal TRIBUNA DO VALE, Edição nº. 1.858 do dia 22 de março de 2011, consta, erroneamente, a data de sua publicação: ONDE SE LÊ: 21 de março de 2011 LEIA-SE: 25 de fevereiro de 2011 Andirá, 15 de abril de 2011.

TRIBUNA DO VALE

Sabado e domingo, 16 e 17 de abril de 2011 MUNICÍPIO DE JOAQUIM TÁVORA PORTARIA 451/2011. O Prefeito Municipal de Joaquim Távora, Estado do Paraná, usando das atribuições que lhe são conferidas por lei RESOLVE DESIGNAR os senhores Maurílio Donizete da Silva – R.G. 3.970.416-1-SSP-PR., Claudionor Siqueira Dutra – R.G. 1.329.162-4-SSP-PR., e Luiz Fernando Leite Machado – R.G. 9.091.169-4-SSP-PR., para compor a Comissão Especial de Verificação e Avaliação de bens abaixo: 1-Um veículo Mercedes Benz O-370 – ano/modelo 1986/1986 – placa BYG 9699 – RENAVAM 439.255069-5 2-Conjunto de lâmina e concha ano 2006 – modelo PC-1200 – Marca Ipacol – nº de série 003-06. 3-Um veículo KIA/besta – Ambulância, ano de fabricação 1998 – ano modelo 1998, Chassi KNHTP7352V6351525, placa AHQ 6702. 4-Um veículo Fiat/Uno, Furgão 1.5 - sucata 5-Um veículo VW/Kombi - sucata Demais bens sem marca e sem numeração em estado de sucata. Cumpra-se com as formalidades legais. Joaquim Távora, em 1º de março de 2011. CLÁUDIO REVELINO PREFEITO MUNICIPAL PREFEITURA MUNICIPAL DE GUAPIRAMA - PR LICITAÇÃO - MODALIDADE PREGÃO PRESENCIAL Nº 012/2011 TIPO: MENOR PREÇO POR LOTE O Município de Guapirama, Estado do Paraná, torna público que, fará realizar licitação na modalidade Pregão Presencial sob o nº 012/2011, que tem por objeto a AQUISIÇÃO DE MEDICAMENTOS, DESTINADOS AO DEPARTAMENTO DE SAÚDE DO MUNICIPIO DE GUAPIRAMA, conforme os lotes descritos no edital, no valor máximo de R$ 174.900,00 (cento e setenta e quatro mil e novecentos reais), assim distribuídos: LOTE I – R$ 106.100,00 (cento e seis mil e cem reais) LOTE II – R$ 5.100,00 (cinco mil e cem reais) LOTE III – R$ 63.700,00 (sessenta e três mil e setecentos reais) Data e Horário da Sessão Pública: 03 DE MAIO DE 2011 às 09:00 HORAS, na sede da Prefeitura Municipal de Guapirama, sito a Rua Dois de Março, 460. O edital completo e informações estão disponíveis aos interessados na Secretaria Geral do Município de Guapirama, na Rua Dois de Março, 460, no horário das 08:00 às 11:00 horas. A pasta técnica, com o inteiro teor do edital e seus respectivos modelos, adendos e anexos poderão ser examinados no endereço acima indicado e será fornecida mediante recibo de comprovante do pagamento de R$ 30,00 (trinta reais). Informações adicionais, dúvidas e pedidos de esclarecimento deverão ser dirigidos à Comissão de Licitação no endereço acima mencionado – fone/fax: (0**43) 3573-1122. Guapirama (PR), 15 de abril de 2011 LEILA DE OLIVEIRA PREGOEIRA PREFEITURA MUNICIPAL DE BARRA DO JACARÉ LEI 398/2011 SÚMULA: Dispõe sobre alteração da Lei 252 de 30/11/2006. A Câmara Municipal de Barra do Jacaré Estado do Paraná aprova e eu, Prefeito Municipal Promulgo a seguinte: Art. 1º - Fica alterado o Artigo 16 da Lei 252 de 30/11/2006, onde passará ter a seguinte redação: “...Art.16º - O Conselho será composto por 10 membros titulares e igual número de suplentes: I – cinco membros representantes do Poder Executivo Municipal, indicados preferencialmente dentre as áreas das políticas sociais afetadas à Criança e ao adolescente. II – cinco membros representantes da Sociedade Civil Organizada, assim distribuídos: a) Um representante de entidades de defesa e/ou de atendimento da criança ou adolescente; b) Um representante de movimentos ou entidades comunitárias c) Um representante de entidade e/ou movimento cuja direção contemple a participação de Crianças e Adolescentes. d) Um representante de serviços nas áreas de Educação, Saúde ou afins, e; e) Dois representantes de entidades de Pais, Mestres e Funcionários de instituições de atendimento à Criança e ao Adolescente. § 1º - As entidades mencionadas no inciso II deste artigo devem ter área de atuação no município. § 2º - Os titulares e respectivos suplentes representantes do Executivo Municipal, serão indicados pelo Prefeito, que poderá destituílos Ad Nutum. § 3º - O mandato dos conselheiros titulares e respectivos suplentes será de dois anos, admitindo-se a reeleição ou indicação subseqüente por uma única vez. § 4º - Nos casos de vacância do titular o suplente assumirá a representatividade do segmento o candidato subseqüente eleito na conferência. § 5º - Perderá o mandato o Conselheiro que se desligar da entidade que representava à época de sua eleição.” Art. 5º - Esta Lei entrará em vigor na data da sua publicação. Paço Municipal José Galdino Pereira, em 15 de Abril de 2011 Edimar de Freitas Alboneti Prefeito Municipal PREFEITURA MUNICIPAL DE QUATIGUÁ PORTARIA Nº. 57/2011. O Prefeito Municipal de Quatiguá, Estado do Paraná, no uso das atribuições que lhe são conferidas por Lei. RESOLVE: Conceder 20 (vinte) dias de férias que faz juz, indenizadas ao servidor CLAUDEMIR RICI, portador do documento de identificação nº 64137387, referente ao período aquisitivo de 01/07/2009 a 30/06/2010, nos termos da Lei Municipal nº 1300/2006. Esta Portaria entrará em vigor na data de sua publicação. Gabinete do Prefeito Municipal de Quatiguá, em 15 de abril de 2011. EFRAIM BUENO DE MORAES PREFEITO MUNICIPAL LUIZ ANTONIO BAPTISTAO Ciente / / PREFEITURA MUNICIPAL DE QUATIGUÁ PORTARIA Nº. 58/2011. O Prefeito Municipal de Quatiguá, Estado do Paraná, no uso das suas atribuições que lhe são conferidas por Lei. RESOLVE: Conceder Licença Prêmio de 03 (três) meses a que se faz jus, nos termos do artigo 100 da Lei nº. 867, de 24 de junho de 1993, a Servidora MARIA CONCEICAO D VIEIRA, portadora do documento de identificação nº 17003666. Esta licença é referente ao período aquisitivo de 02/05/2000 a 01/05/2005. Esta Portaria entrará em vigor na data de sua publicação, com efeitos retroativos a 01 de abril de 2011. Gabinete do Prefeito Municipal de Quatiguá, em 15 de abril de 2011. EFRAIM BUENO DE MORAES PREFEITO MUNICIPAL LUIZ ANTONIO BAPTISTAO Ciente / / ORAÇÃO Para alcançar uma graça impossível. Ler a Bíblia o salmo 37 a 40 durante três dias, no 3º dia mande publicar, e no 4º dia verá o que acontecerá. M.S.C.


TRIBUNA DO VALE

Sabado e domingo, 16 e 17 de abril de 2011 PREFEITURA MUNICIPAL DE RIBEIRÃO DO PINHAL EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE POSSE CONCURSO PÚBLICO Nº 002/2009 O Prefeito Municipal de Ribeirão do Pinhal, Dartagnan Calixto Fraiz, brasileiro, casado, prefeito, inscrito no CPNF sob n 171.895.279-15. No uso de suas atribuições legais, Convoca o candidato aprovado no Concurso Público 002/2009, no cargo de Contador, seguindo rigorosamente a ordem de classificação, para apresentar os documentos exigidos e tomar posse de seu respectivo cargo, até o dia 27 de abril de 2011, conforme relação abaixo.

Atas&Editais B-3 PREFEITURA MUNICIPAL DE BARRA DO JACARÉ

O não comparecimento no prazo legal implicará na desistência do classificado, podendo a Prefeitura Municipal convocar o candidato imediatamente posterior, obedecendo rigorosamente a ordem de classificação. Ribeirão do Pinhal, 15 de abril de 2011. DARTAGNAN CALIXTO FRAIZ - Prefeito Municipal PREFEITURA MUNICIPAL DE BARA DO JACARÉ LEI COMPLEMENTAR N. 399/2011 SÚMULA: Dispõe sobre a Regulamentação da Avaliação de Desempenho. A CÂMARA MUNICIPAL DE BARRA DO JACARÉ, Estado do Paraná, aprovou e eu, Prefeito Municipal, Promulgo a seguinte Lei: Art. 1º. O processo de avaliação de desempenho, previsto na Lei n. 376/2010, tem por escopo auferir informações relacionadas ao desempenho funcional dos servidores da Administração Pública em Geral no Município de Barra do Jacaré, Estado do Paraná, de modo a aquilatar o mérito de cada um, para efeito de progressão ao nível imediatamente subseqüente, dentro de um mesmo grupo ocupacional, após cumprido interst��cio de dois anos de efetivo exercício no nível em que se encontrava, com o objetivo de garantir a melhoria da qualidade funcional e a premiação àqueles que buscam o seguido aperfeiçoamento profissional. Art. 2º. O questionário relativo à avaliação de desempenho, exclusivamente aplicado e devolvido pela chefia imediata do avaliado, deverá obedecer aos prazos estabelecidos em expediente específico. Art. 3º. Para os procedimentos serão avaliados os seguintes indicadores: Desempenho e Comportamento. § 1º. O indicador de desempenho será aferido através dos seguintes itens: I. Qualidade - que permite considerar a habilidade para suprir as atribuições do cargo dentro dos prazos e padrões de qualidade estabelecidos pela Instituição, bem como as conseqüências do resultado final do trabalho executado; II. Conhecimento do Trabalho - que permite considerar o domínio das atividades inerentes ao cargo e à competência técnica; III. Produção e Rendimento - que permite considerar a capacidade de produção, ritmo de trabalho e eficiência; IV. Organização - que permite considerar a capacidade de manter organizados, no ambiente de trabalho, os arquivos de processos e documentos, de forma a localizá-los prontamente sempre que necessário; V. Criatividade - que permite considerar a capacidade de contribuir com melhorias no trabalho, sugerir mudanças/soluções de otimizações introduzindo, quando necessário, alternativas adequadas; VI. Pontualidade - permite considerar o cumprimento do horário de trabalho, verificando a incidência de atrasos, faltas injustificadas ou não, inclusive por doença. O critério para aferição da pontualidade é o desconto em folha de pagamento em razão de faltas ou atrasos ocorridos no período a que se refere esta avaliação, sendo considerada pontualidade plena a inexistência de descontos por falta ou atraso; pontualidade tolerada a existência de até 05 (cinco) dias de descontos por falta ou atraso; e pontualidade fora da tolerância a existência de mais de 06 (seis) dias de descontos por falta ou atraso. Este item será informado pelo Departamento de Recursos Humanos, com base nos registros havidos no período equivalente a cada ano após a implantação deste Lei. § 2º. O indicador de comportamento será aferido através dos seguintes itens: I. Relacionamento - que permite considerar a habilidade de lidar com as pessoas nos diversos níveis hierárquicos e no próprio grupo de trabalho; II. Cooperação - que permite considerar a disposição em contribuir, influenciar e interagir no desenvolvimento de trabalhos em grupo, aceitando opiniões divergentes que venham a predominar; III. Motivação - que permite considerar o envolvimento e o comportamento com as políticas da Instituição, a motivação junto ao grupo e a habilidade de desenvolver seu trabalho com interesse e dedicação; IV. Comunicação - que permite considerar a habilidade de comunicar idéias de forma clara e precisa. Art. 4º. Em cada um dos 10 (dez) itens será formulada questão direta, contendo 3 (três) alternativas de resposta numeradas seqüencialmente, na forma do ANEXO I desta Lei. Art. 5º. Para efeito de pontuação, a alternativa de resposta 1 terá correspondência 1 (um) no escore; a alternativa de resposta 2 terá correspondência 0,5 (meio) no escore e a alternativa de resposta 3 terá correspondência 0 (zero) no escore. Parágrafo único. A pontuação final resultará na somatória dos escores aferidos divididos por 1 (um) inteiro. Art. 6º. Será considerado merecedor de progressão por mérito o servidor que obtiver, na avaliação, pontuação igual ou superior a 7 (sete) inteiros. Art. 7º. O servidor que, no período a que se refere a avaliação de desempenho, houver trabalhado sob a direção de mais de uma chefia, terá sua avaliação realizada pela chefia a que esteve subordinado por mais tempo. Art. 8º. Quando o avaliado desenvolver suas atividades em duas ou mais unidades ou atender diversos setores, a avaliação será realizada em cada uma delas. Neste caso, para efeito de pontuação e resultado, serão aferidos os escores de cada quesito respondido, dividindo-os pelo número de avaliações processadas. Art. 9º. Fica delegada ao Chefe do Poder Executivo Municipal a resolução de Assuntos Administrativos para a apreciação e decisão dos casos omissos. Art. 10º. A presente Lei entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário. Paço Municipal José Galdino Pereira, em 15 de Abril de 2011. EDIMAR DE FREITAS ALBONETI PREFEITO MUNICIPAL

PREFEITURA MUNICIPAL DE JUNDIAÍ DO SUL ESTADO DO PARANÁ LEI Nº. 379/2011. SÚMULA: Regulariza a jornada de trabalho do cargo de Assistente Social e dá outras providencias. A CÂMARA MUNICIPAL DE JUNDIAÍ DO SUL, ESTADO DO PARANÁ, APROVOU E EU ECLAIR RAUEN, PREFEITO MUNICIPAL, SANCIONO A SEGUINTE LEI: ART. 1º. Em atenção ao Disposto na Lei 12.317, de 26 de agosto de 2010, que acrescentou o art. 5º. “A” à Lei 8.662, de 07 de junho de 1993, passa ser de trinta horas semanais a jornada de trabalho para o cargo efetivo de Assistente Social, devendo assim constar do anexo I, da Lei Municipal 180, de 20 de dezembro de 2002. Parágrafo Único. A redução da jornada de trabalho não altera o valor do vencimento do cargo, ficando a distribuição das horas a critério da administração. ART. 2º. Esta Lei entra em vigor da data da sua publicação, revogando disposições contrarias, em especial disposição do artigo 1º, da Lei 231/2005, com redação lhe dada pelo art. 1º, da Lei 250/2006, no que tange à jornada de trabalho para o cargo de Assistente Social. Jundiaí do Sul – PR, em 15 de abril de 2011. Eclair Rauen Prefeito Municipal PREFEITURA MUNICIPAL DE RIBEIRÃO DO PINHAL DECRETO Nº. 14/2011. SÚMULA – Dispõe sobre a abertura de Crédito Adicional Suplementar e da outras providencias. O Senhor Dartagnan Calixto Fraiz, Prefeito do Município de Ribeirão do Pinhal, Estado do Paraná, usando de suas atribuições legais, e em especial a Lei nº. 1.490/2010 de 30 de dezembro de 2010; decreta: ARTIGO 1º - Fica aberto no atual orçamento vigente um Crédito Adicional Suplementar, no valor de R$ 110.000,00 (cento e dez mil reais), com recursos de cancelamento de dotações, orçamentárias, na seguinte dotação de despesa: 05 - DEPARTAMENTO DE SAÚDE. 07 - DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO, ESPORTE E CULTURA. 07.001 – Divisão de Ensino – Secretaria Municipal de Educação. 12.361.00052-029 – Transporte Escolar. 001340 - 0.1.00.000107 - 4.4.90.52.00.00 – Equipamento e Material Permanente. Valor R$ 110.000,00 (cento e dez mil reais) ARTIGO 2º - Servirão como recursos para o custeio do Presente Crédito Suplementar, os cancelamentos de dotações orçamentárias, que abaixo seguem. 05 - DEPARTAMENTO DE SAÚDE. 07 - DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO, ESPORTE E CULTURA. 07.001 – Divisão de Ensino – Secretaria Municipal de Educação. 12.361.00052-029 – Transporte Escolar. 001310 - 0.1.00.000107 - 3.3.90.30.00.00 – Material de Consumo. Valor R$ 90.000,00 (noventa mil reais). 001320 - 0.1.00.000107 - 3.3.90.36.00.00 – Outros serviços de terceiros Pessoa física. Valor R$ 10.000,00 (dez mil reais) 12.361.00052-033 – Manutenção da Secretaria de Educação. 001490 - 0.1.00.000107 - 3.3.90.30.00.00 – Material de Consumo. Valor R$ 10.000,00 (dez mil reais). ARTIGO 3º - Este decreto entrará em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário. Ribeirão do Pinhal – Pr em 13 de abril de 2011. Dartagnan Calixto Fraiz Prefeito Municipal PREFEITURA MUNICIPAL DE JOAQUIM TAVORA EXTRATO DE DISPENSA DE LICITAÇÃO N.º 018/2011 PROCESSO ADMINISTRATIVO N.º 050/2011 PARTES: MUNICIPIO DE JOAQUIM TAVORA (PR) e MACROART IMPRESSÃO DIGITAL LTDA EPP. OBJETO: aquisição de 10 (dez) placas de sinalização urbana 100x60cm (estacionamento de veiculo escolar), confeccionada com adesivos e pintura automotiva, chapa 18”, e mastro galvanizado de 3,60 mts x 2,5” espessura. VALOR CONTRATUAL: R$ 2.550,00 (dois mil quinhentos e cinqüenta reais), referente à epígrafe. VIGÊNCIA: neste exercício. FORO: Comarca de Joaquim Távora, Estado do Paraná. Joaquim Távora (PR), 13 de abril de 2011. CÂMARA MUNICIPAL DE JUNDIAÍ DO SUL Resolução nº. 001/2011 SÚMULA – Dispõe sobre a modificação do artigo 8º, na Resolução nº. 003/2009, e dá outras providências. ART. 1º – Modifica o artigo 8º, que passa a constar a seguinte redação: Art. 8º. A Mesa da Câmara deverá manter o Sistema de Controle Interno junto ao Poder Executivo Municipal, conferindo-lhe mandato e autonomia igualmente, para efeito de prestação de contas das suas atividades, na forma e prazos legais. ART. 2º – Esta resolução tem efeito retroativo a 03 (três) de janeiro de 2011, com posterior publicação, revogando as disposições em contrário. Jundiaí do Sul, 11 de abril de 2011. Wiliam Vergílio Presidente

PREFEITURA MUNICIPAL DE JOAQUIM TAVORA ATA DE SESSÃO PÚBLICA DE CREDENCIAMENTO, ANÁLISE DE PROPOSTAS, HABILITAÇÃO E ADJUDICAÇÃO. TOMADA DE PREÇO 003/2011 Aos quinze dias do mês de abril de dois mil e onze, reuniram-se nas dependências da PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE JOAQUIM TAVORA, a partir das 08:30 hrs, a Comissão Permanente de Licitação, designado pela Portaria nº 444/2010 , para proceder às atividades pertinentes ao procedimento licitatório modalidade Tomada de Preço sob o nº 003/2011, Objeto CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA EXECUÇÃO DE OBRAS E SERVIÇOS DE ENGENHARIA PARA REFORMA E ADEQUAÇÃO DE UMA ÁREA DE 220,62 M2 DA CAPELA MORTUÁRIA SITUADA NA PRAÇA XV DE NOVEMBRO E CONSTRUÇÃO DE UMA ÁREA DE 20,67 M2 DE UM PONTO DE ONIBUS CIRCULAR NO BAIRRO ASA BRANCA, MUNICÍPIO DE JOAQUIM TÁVORA/ PR, CONFORME PROJETOS, MEMORIAIS DESCRITIVOS E PLANILHAS ORÇAMENTÁRIAS. Como não houve a participação de nenhum proponente a Comissão Permanente de Licitação declara DESERTA a licitação. Nada mais havendo digno de nota, nem a tratar, encerrou-se a sessão, momento em que foi lavrada a presente ata que vai assinada pela Comissão. MARCOS ROGERIO DE OLIVEIRA Presidente da CPL

PREFEITURA MUNICIPAL DE QUATIGUÁ PORTARIA Nº. 59/2011. O Prefeito Municipal de Quatiguá, Estado do Paraná, no uso das atribuições que lhe são conferidas por Lei. RESOLVE: Conceder 30 (vinte) dias de férias que faz juz, indenizadas ao servidor NICANDRO HENRIQUE FERREIRA, portador do CPF nº 299.078.299.00, referente ao período aquisitivo de 28/12/2009 a 27/12/2010, nos termos da Lei Municipal nº 1300/2006. Esta Portaria entrará em vigor na data de sua publicação. Gabinete do Prefeito Municipal de Quatiguá, em 15 de abril de 2011. EFRAIM BUENO DE MORAES PREFEITO MUNICIPAL LUIZ ANTONIO BAPTISTAO Ciente / / PREFEITURA MUNICIPAL DE QUATIGUÁ PORTARIA Nº. 60/2011. O Prefeito Municipal de Quatiguá, Estado do Paraná, no uso das suas atribuições que são conferidas por Lei. RESOLVE: Exonerar a partir de 01 de abril de 2011, o funcionário DJALMA SANTOS MARIANO, portador do documento de identificação nº 106032777, contratado para exercer a função de CHEFE DA SEÇÃO DE INFRAESTRUTURA. Esta portaria entrará em vigor na data de sua publicação, com efeitos retroativos a 01 de abril de 2011. Gabinete do Prefeito Municipal de Quatiguá, em 15 de abril de 2011. EFRAIM BUENO DE MORAES PREFEITO MUNICIPAL LUIZ ANTONIO BAPTISTAO Ciente / /


cmyb

TRIBUNA DO VALE

Sabado e domingo, 16 e 17 de abril de 2011

E-mail: social@tribunadovale.com.br

FERNANDA DINIZ Antônio de Picolli

Divulgação

Boas vindas

A Agência da Caixa Econômica Federal de Santo Antônio da Platina ganhou recentemente um novo gerente geral. Agora o responsável pela instituição é Divonzir Albergoni . A coluna deseja boas-vindas ao profissional

Corrida Sesc

O Sesc Paraná e o Sistema Fecomércio promovem neste domingo, 17, 6ª Etapa do Circuito Sesc ‒ Caminhada e Corrida de Rua no município de Santo Antônio da Platina. O evento terá abertura às 8h, com largada em frente ao Colégio Santa Terezinha, centro platinense, e premiação prevista para às 11h. Maiores informações podem ser obtidas pelo site www.sescpr.com.br ou pelo telefone (43) 3534-0096.

Lançamento

A coluna traz neste fim de semana o competentíssimo Rafael Gomes que acaba de lançar seu cd Rafael Gomes pelos Rodeios da Vida

Antônio de Picolli

Frase

Não existe estradas perigosas, o que existe são usuários que não usam de maneira correta (Otávio Augusto Oliveira)

Cine Iguaçu

Flash

Luiz Felipe e Bibiana posaram para a foto em momento de descontração na apresentação cultural Intervenha que aconteceu no último fim de semana em Santo Antônio da Platina

O Cine Iguaçu, em Jacarezinho, exibirá até segunda-feira, 19, o filme Esposa de Mentirinha com Jennifer Aniston e Adam Sandler. As exibições são sempre as 20h30. Em Esposa de Mentirinha, um cirurgião plástico de caso com uma professora bem mais jovem pede à sua leal assistente que finja ser a esposa de quem ele está se divorciando para encobrir uma mentirinha casual. Após mais mentiras que saem pela culatra, os filhos da sua assistente também acabam envolvidos, e todo o grupo parte para um fim de semana no Havaí que mudará as vidas de todos eles.

Marcelo Rossi/ Open Fest

Mensagem de Aniversário

Ana Maria... Que a nossa amizade seja sempre assim, sincera, amiga e companheira. Você sempre será muito especial para mim ... de sua amiga Josana

Festa

O Clube Caravela, de Carlópolis, apresenta no dia 23 de abril, sábado de aleluia, o Baile do Café, com animação garantida da Banda Santa Esmeralda. E como ninguém é de ferro, um super café da manhã será servido para quem ficar até o final festa. Informações 43 3566 1340

Evento

Os locutores Cristiano Silva e Edison (Foguinho) no Campeonato de Pesca Esportiva (Pescar) que aconteceu no último mês em Carlópolis

cyan magenta yellow black


TRIBUNA DO VALE EDIÇÃO Nº 1877