Page 1

» OS CLASSIFICADOS DA TN CIRCULAM HOJE COM 5.126 ANÚNCIOS E 28 PÁGINAS FUNDADOR:ALUÍZIO ALVES - 1921 - 2006

Ano 62 • Número 030 • Domingo,29 de abril de 2012

Como será o amanhã? Em meio à maior crise de sua história, a Justiça potiguar revê condutas e discute os rumos da instituição. [ NATAL 7 ]

EXEMPLAR DO ASSINANTE

CONTAS PÚBLICAS

Atraso nos repasses gera crise entre TJ, MP e Governo Com o Estado em dificuldade para regularizar o pagamento de fornecedores, conceder o reajuste do funcionalismo público e com a capacidade de investimento limitada, o pleito deságua na necessidade de mais recursos para pagar a PAE. [ PÁGINA 3 ]

3x4 O palhaço Tiririca conta o que o cargo de deputado mudou no seu dia a dia. [ NATAL 9 ]

[ PROADI ] Governo do Estado admite que o cenário atual não favorece os investidores e prepara uma reformulação do programa de incentivos.Medidas devem ampliar benefícios

RN vai reformular política de incentivos à indústria Uma comissão da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico está avaliando todos os detalhes da legislação do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Industrial do Rio Grande do Norte (Proadi) a fim de propor medidas para tentar garantir a atração de mais investimentos para o Estado e a permanência BRUM

ADRIANO ABREU

Justiça

revista da tv Sucesso na pele do exboxeador Leleco, Marcos Caruso fala da paixão pelo subúrbio. [ REVISTA DATV 6 ]

JOSÉ CRUZ/ABR

tn família Os nutricosméticos são a nova arma das mulheres contra o envelhecimento e o desequilíbrio do corpo. [TN FAMÍLIA 1 ]

SIMONE MARINHO

EXEMPLAR DO ASSINANTE

dos que já estão instalados. Algumas propostas estão sendo avaliadas - como a extensão dos benefícios para setores industriais ainda não contemplados, além da concessão de incentivos diferenciados para os setores mais afetados pela concorrência estrangeira, como o segmento têxtil e de confecções - mas

dependem de aprovação do Executivo e Legislativo. O texto inicial do projeto de lei, já com as mudanças propostas pelos técnicos, deverá ser encaminhado para a avaliação da governadora Rosalba Ciarlini, em maio, e de lá segue para votação na Assembleia Legislativa do Estado. [ ECONOMIA 1 E 3 ]

Conflito DE PERSONALIDADES

América e ABC iniciam, às 16h, no Nazarenão, a decisão do Estadual. Dentro de campo o duelo de sempre e, no banco de reservas, um conflito entre a personalidade forte do alvinegro Leandro Campos e a personalidade metódica do alvirrubro Roberto Fernandes. [ ESPORTES 1,2 E 4 ]

TRABALHO

Mudanças exigem atualização das normas da CLT Prestes a completar 70 anos, a Consolidação das Leis do Trabalho tem dificuldades de acompanhar os avanços tecnológicos e mudanças na sociedade. Atualizá-la é preciso, mas especialistas alertam que elas não devem prejudicar direitos conquistados. [ NATAL 5 ] RODRIGO SENA

GREVE

Médicos da rede estadual param a partir de hoje O Sindicato dos Médicos do RN decidiu cruzar os braços após dois meses de negociações com o Governo e nenhum acordo. A partir das 7h de hoje, só atenderão urgências. [ NATAL 6 ]

ALDO REBELO MINISTRO DO ESPORTE

O ministro do Esporte, Aldo Rebelo, acredita que o Brasil fará uma Copa sob medida entre o que é o sonho e o que pode ser realizado pelo Brasil. [ ESPORTES 3 ]

SAÚDE

Contrato da Sesap com a Marca é pago antecipado

PECUÁRIA

O contrato de R$ 15 milhões firmado entre a Sesap e a Associação Marca, para a gestão do Hospital da Mulher de Mossoró, está sendo pago adiantadamente. Com menos de dois meses de funcionamento, R$ 8 milhões já foram repassados. [ NATAL 1 ]

Estado registra perda de 40% na produção de leite Atrasos no repasse do Programa do Leite aos produtores e falta de incentivos fiscais para as indústrias de laticínios fazem do desempenho da pecuária potiguar um dos piores do Brasil, segundo levantamento realizado pelo Sebrae. [ ECONOMIA 5 ]

JORNAL DE WM

ELIANA LIMA

Um inusitado julgamento envolvendo um Dom Juan e duas rivais.

Cartas de Dailor e bilhete de Newton Navarro,recebidos pela coluna nos anos 1970. [ PÁGINA 2 ]

100

TOTAL DE PÁGINAS DESTA EDIÇÃO: páginas

REDAÇÃO: PAUTA

pauta@tribunadonorte.com.br

FALE CONOSCO: PABX: 4006-6100 Redação: 4006-6113

GAUDÊNCIO TORQUATO

[ NATAL 10 ]

Assinaturas: 4006-6111 Venda avulsa: 4006-6103 Comercial: 4006-6173

Classificados: 4006-6161 Circulação: 4006-6103 Reclamações:4006-6111

HOME PAGE:

NEGÓCIOS E FINANÇAS

Burocracia no serviço público alimenta teia da corrupção.

Empresários brasileiros entre os mais otimistas do mundo.

[ PÁGINA 7 ]

[ ECONOMIA 2 ]

www.tribunadonorte.com.br

PREÇO DESTA EDIÇÃO:

R$ 2,50


2 | Tribuna do Norte | Natal | Rio Grande do Norte

opinião

Domingo | 29 de abril de 2012

ESPAÇO LIVRE [ Agnelo Alves ]

Jornal de WM WODEN MADRUGA - woden@terra.com.br

A vanguarda cansou Dailor

E

ntre outros tantos papéis que dormem na gaveta democrática e acolhedora encontro uma carta de Dailor Varela, o poeta morando em São José dos Campos (São Paulo). Não tem data, mas certamente foi no findar de 1979, pois faz referência ao seu livro Jaula Aberta, editado naquele ano pela Clima, de Carlos Lima, anunciando o lançamento em novembro. É o seu segundo livro de poesia, cinco anos após a sua estreia na literatura com Babel. Datilografada em papel timbrado do jornal Agora, que ele editava na cidade paulista. Vejamos: “Woden amigo, Recebi o primeiro número da nova TN. Vejo que a TN cresceu e tornou-se empresa. Fiquei feliz. Foi aí na velha TN que eu comecei a aprender o ofício de repórter, numa época em que o jornalismo era uma atividade muito romântica. Lembrase? Depois arrumei as malas pro “sul maravilha” e continuo vivendo de jornalismo, a única atividade que eu sei fazer para sobreviver sem ter que vestir o cinza de um paletó cotidiano. Estou como editor responsável do AGORA. Mando-lhe dois exemplares de domingo. Tenho comigo uma equipe jovem, de garra. A gente faz isso aí: um jornalismo que fale dos problemas da cidade, numa linguagem descontraída. E o AGORA vem dando certo. É o jornal da cidade. São José dos Campos é um dos raros lugares habitáveis do eixo Rio-São Paulo. Você con-

segue morar sossegado, tendo São Paulo perto (80 km). O futuro do “sul maravilha” tá por estas bandas, depois que São Paulo e Rio não dão mais pra suportar no dia a dia. E você, como vaí? Tô com uma saudade danada de Natal, de você, Navarro, Sanderson, Luiz Carlos Guimarães, o poeta juiz e tanta gente boa que passa pela memória das tardes natalenses. Devo aparecer aí no dia 15 de novembro. Vou passar um mês de férias. Editor também é gente! Tô com a cabeça cheia de notícias, manchetes, primeira página e preciso urgentemente de ver a Redinha. Aproveito as férias para lançar meu livro “JAULA ABERTA” (poemas). Poemas de versos mesmos. Hoje sou um poeta da palavra. A vanguarda me cansou a beleza. Um abração amigo e espero encontrá-lo por aí para uns papos. Dailor”

Morreu na miséria absoluta – Mas sepultado com honras religiosas no chão da Catedral. Dom Eugênio Sales foi seu bispo auxiliar – Dom Marcolino e seus Trocadilhos.”

Dom Marcolino

A

tribuiu-se a Dom Marcolino Dantas, Bispo de Natal nas décadas de 40 e começo de 50, o gosto para fazer trocadilho. Um dos mais famosos trocadilhos de Dom Marcolino foi quando respondeu a uma comissão de moradores da Rua 15 de Novembro, onde começavam a aparecer as primeiras casas da chamada “zona da prostituição”. Os moradores foram ao bispo para a interferência junto às autoridades, com o intuito de impedir a progressão dos prostíbulos e até promover a retirada das três ou quatro casas de prostituição com atividades por lá. Por mera coincidência, momentos antes, Dom Marcolino recebera o dono da empresa Siqueira & Siqueira Ltda, que se estabelecera na Rua 15 de Novembro, mas estava perdendo a freguesia por conta da prostituição que estava ganhando terreno no local com a instalação dos prostíbulos. Queria que o bispo conseguisse das autoridades fechar as casas de prostituição. O endereço telegráfico da empresa Siqueira era “Sociama”. Dom Marcolino pensou por um minuto e respondeu: “Siqueira ou não Siqueira, Sociama na 15 de Novembro”... Os moradores da Rua 15 de Novembro entenderam como uma resposta, deram o dito pelo não dito e se mudaram da Rua 15 de Novembro que passou, du-

rante décadas, a ser chamada de “Zona” natalense. E o que danado tem uma coisa com a outra? Não sei. Me sentei para escrever a nova edição deste “Espaço Livre” e me veio à cabeça essa coisa, digamos, marota, sei lá. Um dia, quando prefeito de Natal, veio ao meu gabinete a figura reta, pura de Artur Vilar, meu sub-chefe da Casa Civil na Prefeitura de Natal. Logo ao chegar a meu gabinete, Artur me narrou o motivo de sua indignação. Fora visitar um parente no Hospital Miguel Couto ? hoje Onofre Lopes ? e encontrara internado na indigência, esperando somente a morte, Dom Marcolino Dantas. Fui tomado pela mesma indignação de Artur. Imediatamente, determinei que ele – Artur ? assumisse todas as providências para colocar Dom Marcolino em quarto privado e que nada faltasse para o seu tratamento. Artur saiu às carreiras para dar as providências. Todas tomadas. Infelizmente, já era tarde demais. Dom Marcolino faleceu dias depois. Não havia ninguém de sua família em Natal. Ele tinha apenas um irmão vivo, morando em Salvador, na Bahia, que não dispunha de recursos para vir

ao enterro do irmão. A Prefeitura pagou passagem e hospedagem para a vinda deste parente. A Igreja prestou todas as honrarias, reservando, no chão do altar-mor, a cova onde Dom Marcolino foi enterrado e cedeu a Dom Eugênio Sales a administração da Diocese. Dom Eugênio fora nomeado bispo-auxiliar, a partir daí, além de administrador apostólico da Diocese de Natal. Às vezes, lembranças assim tomam conta de mim. Agora mesmo, estou me lembrando de outro trocadilho atribuído a Dom Marcolino. O cinema Rio Grande anunciou “Cuquita Carballo”, uma dançarina cubana que, ao final de sua dança sensual, tirava totalmente a roupa no palco. Indignação de uma parte da cidade. Alegria de outra parte. Eram sócios do Rio Grande: João Massena, Rui Paiva e Otacílio Maia. Dom Marcolino disse: “Se o Rio Grande exibir MASSENA o cinema RUI e Otacílio desMAIA...” Uma figura humana surpreendente, Dom Marcolino.

Brum - www.rabiscosdobrum.zip.net

Cartas Hospital O Hospital Varela Santiago, novamente passando por dificuldades. As pessoas que gostam realmente do nosso Estado devem ajudar a manter vivo o Varela Santiago. Muita gente precisa desse lugar. Vamos cobrar que os repasses sejam feitos sem atrasos para o hospital que presta serviços à nossa sociedade há tantos anos se mantenha firme e forte sempre ajudando.

NEWTON NAVARRO Além carta de Dailor, descolo, no mesmo desarrumo, um bilhete do pintor e poeta Newton Navarro. Também sem data, mas imagino, pelo seu teor, que é de 1973. Manuscrito, letra firme, bem cuidada, bonita: “Woden amigo: Estive hospitalizado (mais uma vez!?) e assim gostaria se o amigo pudesse chegar um repórter até aqui (Nova Dimensão – Casa 4 – quadra A em frente ao DER) pois desejaria abordar aspectos da minha retrospectiva em comemoração aos 25 anos de pintura, completos a 1 deste. Agradece Navarro”. A primeira exposição individual de Navarro, marco da pintura moderna do Rio Grande do Norte, aconteceu em Natal, no ano de 1948, montada na Sorveteria Cruzeiro, esquina da rua João Pessoa com a rua Princesa Isabel, o coração e o fígado do Grande Ponto. Meninos, eu vi!

A poesia de Daniel Lima Lendo o número de abril do jornal cultural “Pernambuco”, publicado pela Companhia Editora de Pernambuco, presidida por Leda Alves (Leda de Hermilo), fiquei sabendo que a CEPE vai lançar ainda este ano um novo livro do padre e poeta Daniel Lima, que morreu no dia 14, aos 95 anos de idade. Será a segunda publicação do poeta que deixou quase 30 obras inéditas (Poesia, Filosofia, Teologia, Política, por aí). Seu primeiro livro, Poemas, somente veio a público, no ano passado, por conta de uma trama engendrada por uma amiga, pedaço de história que contei aqui na coluna de terça-feira, 24, “O padre poeta”. A nota do “Pernambuco” diz: “Um novo livro de Daniel Lima deverá ser lançado ainda este ano pela Cepe Editora. Trata-se de um volume todo de sonetos, nos quais o poeta retoma seus temas existenciais e metafísicos com a maestria intelectual e sensível de sempre, acrescida de um rigor formal e uma elegância que a forma fixa propicia. O livro terá prefácio da escritora Luzila Gonçalves Ferreira, que trouxe o relutante Daniel a público”. Esta edição de “Pernambuco” circulou antes da morte do padre poeta. Tenho lido e relido nos últimos dias os poemas do padre Daniel Lima, como este: “À janela encostado, / D. Quixote esperava Dulcinéia. / Esperava a sonhada del Toboso. // E por ele passou toda faceira / a verdadeira, a Aldonza lavadeira / e ele nem suspeitou. // Aldonza, a lavadeira, / casou-se com Sancho Pança / que continua gordo e é feliz. // D. Quixote, solitário e solteiro, / ainda hoje espera. / É que ele sabe / que Dulcinéia é o sonho e Aldonza, a vida, / e é sonhar, que é preciso.” E tem a Ladainha Invocada, que me fez lembrar o Monsenhor Expedito nas conversas de São Paulo do Potengi, mais ou menos do seu jeitão: “Nossa Senhora dos ricos, / Nossa Senhora dos fortes e dos poderosos, / rogai por eles! // Nossa Senhora dos intelectuais e dos políticos, / rogai por eles! // Nossa Senhora dos tristes e sofredores, / rogai por nós! // Nossa Senhora dos amarelos, / dos sem camisas, dos sem cuecas; / Nossa Senhora dos remelentos, / Nossa Senhora dos miseráveis, / dos fedorentos, / rogai por mim!” E este outro: “Sofro as quatro estações ao mesmo tempo. / Sou muitas regiões no corpo inteiro // Enquanto o corpo vive em pleno outono / a alma é primavera. // Penso demais inverno, / enquanto o coração / faz sol demais / e é sempre verão.”

Empresa Jornalística Tribuna do Norte Av.Tavares de Lira,101 - Ribeira - Natal/RN CEP:59010200 Fone: (PABX) 4006-6100 Fax: (0xx84) 4006-6124 Endereço eletrônico: www.tribunadonorte.com.br

Diretor Presidente: Henrique Eduardo Alves Superintendente: José Roberto Cavalcanti Diretor Adm.e Operações: Ricardo Luiz de V.Alves Diretor Financeiro: Agnelo Alves Filho Diretor de Redação:Carlos Peixoto cpeditor@tribunadonorte.com.br Gerente Comercial: Eliane Rocha Gerente de Marketing: Andréia Barandas Gerente de Circulação: Thales Vilar

João Marcos – por e-mail

ISABELITA GARCIA GOMES NETO ROSAS [ promotora de Justiça da Infância e Juventude]

Ato infracional e atuação estatal

C

om o advento da Lei nº 8.069/90 – Estatuto da Criança e do Adolescente -, os adolescentes infratores, autores de atos infracionais que consistem em condutas análogas a descritas como crimes pela Legislação Penal, passaram a configurar como sujeitos passivos da ação socioeducativa, proposta exclusivamente pelo Ministério Púbico. Ao contrário da revogada Lei nº 6.679/79 – Código de Menores – que previa um procedimento anômalo de natureza inquisitiva, a ação socioeducativa assegura aos adolescentes em conflito com a lei diversas garantias advindas dos princípios do contraditório e da imparcialidade do Juiz. Entre elas, o pleno e formal conhecimento da atribuição de ato infracional, mediante citação, ou meio equivalente, defesa técnica por advogado, assistência judiciária gratuita aos necessitados, direito de ser ouvido pessoalmente pelo Promotor de Justiça e Juiz, afora o direito de solicitar a presença de seus pais, ou responsável em qualquer faz e do procedimento. O manejo da ação socioeducativa é precedida do procedimento policial investigatório, instaurado e conduzido pela Autoridade Policial que visa apurar a prática do ato infracional, suas circunstâncias e autores, de modo a responsabilizá-los mediante a aplicação da medida socioeducativa que propicie oportunidades e condições educativas, que favoreçam o desenvolvimento pessoal e social do socioducando. Uma vez concluída fase investigativa policial, o procedimento é encaminhado ao Ministério Público para fins de oitiva do adolescente. No caso do adolescente apreendido em situação de flagrância, a não remessa imediata pode configurar crime tipificado no art. 235 do ECA. Na fase preliminar, o adolescente deve ser ouvido pelo Promotor de Justiça que, conforme as circunstâncias e gravidade do ato infracional, afora sua situação pessoal e sociofamiliar, poderá processálo, oferecendo a ação socioeducativa (ou representação) à Autoridade Judiciária, ou, ainda, conceder diretamente o que se chama de remissão, como forma de exclusão do processo. A fase seguinte se inicia com o recebimento da representação e se encerra com a aplicação da medida socioeducativa e/ou protetiva mais adequada ao caso concreto. Ao adolescente, autor de ato infracional, pode ser aplicada medida socioeducativa que corresponde desde a uma simples advertência, prestação de serviço

Classificados Redação Fax Venda Avulsa Assinatura Natal Reclamações Natal ASSINATURA Mensal (à vista) Semestral (à vista) Anual (à vista)

4006-6161 4006-6113 4006-6124 4006-6100 4006-6111 4006-6111 R$ 43,00 R$ 258,00 R$ 516,00

PREÇO DO EXEMPLAR Rio Grande do Norte 3ª a Sábado Domingo Outro Estado 3ª a Sábado Domingo

à comunidade, até uma medida privativa de liberdade (internação ou semiliberdade) que pode perdurar no máximo até três anos. A resposta dada pelo Estado ao adolescente em conflito com a lei deve lhe assegurar reais oportunidades de melhorias educacionais e manutenção do nível de segurança da população. A finalidade principal é fazer com que, no campo do atendimento aos adolescentes em conflito com a lei, o novo direito cumpra os fins sociais a que se destina, consistentes na viabilização do adolescente como pessoa, ajudando-o a desenvolver autonomia, como cidadão, contribuindo para um futuro profissional a e a preservação do sentimento de solidariedade humana. É sob essa ótica que devemos ver, entender, sentir, agir e interagir com o adolescente em conflito com a lei. A incorporação de uma postura respeitosa para com os socioeducandos que têm problemas de natureza jurídica precisa acontecer em tal inteireza e complexidade: se esse socioeducando é visto como um “marginal” é porque ele ficou à margem dos acontecimentos. Estamos em face de um adolescente que, por circunstancias diversas, não recebeu da família a estrutura emocional necessária para o desenvolvimento de sua personalidade, a educação formal para uma profissão futura. Enfim, estamos falando de um educando que não teve acesso – ou o teve, de forma muito incipiente – aos serviços básicos de responsabilidade do Estado e da sociedade. Nesse contexto, devemos ter coragem de enfrentar essa problemática com compromisso e seriedade. Para isso, duas ações são necessárias: a elevação das oportunidades de educação básica, profissionalizante e de utilização criativa, construtiva e solidária do tempo livre destinadas à juventude; e um corajoso reordenamento político-institucional e pedagógico do sistema socioeducativo. É, preciso, portanto, reconhecer a magnitude e complexidade desse desafio, dispor-se, encará-lo e responde-lo de forma mais proativa. Cabe aos Chefes dos Poderes Executivos Estadual e Municipal, como dirigentes das políticas públicas, agir com competência técnica para cumprir e fazer cumprir a lei, entendendo esta como uma forma de compromisso político e ético com a causa: disposição de investimento humano e material com vistas a garantir segurança aos cidadãos e principalmente, oportunidades reais de socioeducação para os adolescentes em conflito com a lei.

Censo (1) Todos sabem que o Rio Grande do Norte tem alto índice de pessoas com algum tipo de deficiência, mas me diga o que foi feito nos últimos 15 anos? A população envelhecendo, incapacitados aumentando, não temos um hospital de geriatria, nada se constrói na acessibilidade. Isso não é assassinato? Até em órgãos públicos municipais, estaduais e federais faltam acessibilidade. É a prova inconteste da falta de compromisso com o povo ou não? Portanto, idosos e deficientes (eu, entre eles ) se preparem para o sofrimento. Branco Brandão – por e-mail

Censo (2) O dado é importante para registrar como é impressionante a falta de políticas que permitam o acesso dos que têm deficiência e dos idosos a qualquer lugar por nossa cidade. São raros os lugares onde um cadeirante pode chegar e sair tranquilamente. Além de tudo, quando há espaços reservados para deficientes, muita gente não respeita, assim como se vê em vagas de estacionamento. Acho que nem é um problema apenas nosso. O Brasil inteiro ainda não vê com tanta responsabilidade esse tipo de situação. Precisamos melhorar e muito. Ricardo Brito – por e-mail

Censo (3) A imprensa não é muito chegada a boas notícias, mas vale ressaltar o esforço de toda a sociedade – e não apenas do Governo – na queda da mortalidade infantil na última década. Povo mais informado, mais consciente, mais exigente é sinônimo de melhores serviços públicos. Jonathan Silvério – por e-mail

FILIADO AO

R$ 1,50 R$ 2,50

FILIADO AO INSTITUTO VERIFICADOR DE CIRCULAÇÃO

R$ 2,00 R$ 3,20

REPRESENTANTE NACIONAL – Pereira de Souza & Cia Ltda: Rio de Janeiro :(O21)2544-3070 – São Paulo:(011) 3259-6111

FILIADO À ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE JORNAIS

REDE CABUGI DE COMUNICAÇÃO TRIBUNA DO NORTE 4006-6100 Rádio Globo/Cabugi (AM) Natal 4006-6180 104 (FM) Parnamirim 3272-3737 Rádio Difusora de Mossoró (AM) 3316-3181/2181/3317-6167 Rádio Cabugi do Seridó (AM) J.do Seridó 3472-2759 Rádio Baixa Verde (AM)J.Câmara 3262-2498 Pereira de Souza(SP) 11/3259-6111 Pereira de Souza(RJ) 21/2544-3070


política

Domingo | 29 de abril de 2012

Tribuna do Norte | Natal | Rio Grande do Norte |

3

[ ORÇAMENTO ] Com o Estado em dificuldades para pagamento de dívidas e capacidade de investimento limitada, comandos do Judiciário e Ministério Público querem mais verbas

Notas & Comentários colunanotas@tribunadonorte.com.br

Dilema da indicação nomeação do promotor José Augusto Peres, para o cargo de secretário de Justiça e Cidadania, já esteve mais próxima de se concretizar. Quem ouviu o promotor nestes dias não sentiu o entusiasmo e a convicção que se percebe em uma pessoa prestes a assumir um função tão relevante. Ele só pode ir para o cargo no Governo se for autorizado pelo Conselho do Ministério Público Estadual, presidido pelo procurador-geral de Justiça, Manoel Onofre. O problema é que alguns colegas de José Augusto Peres consideram que, ao se licenciar de suas atribuições no MP para tomar posse no cargo de auxiliar da governadora, ele estaria assumindo um risco. Afinal, as atribuições no Governo têm peculiaridades bem distintas das que ela está habituado no Ministério Público.

A

Desafios

Determinação

Se for para a Secretaria de Justiça e Cidadania, José Augusto Peres terá a missão de comandar o sistema penitenciário, as centrais do cidadão e a defesa civil. São áreas complicadas. No caso da defesa civil, ainda tem um agravante: em um ano de estiagem, uma das mais graves das últimas três décadas, o secretário terá que dedicar ainda mais atenção a esta área que, no Rio Grande do Norte, está sob os cuidados da pasta de Justiça e Cidadania.

A radiocirurgia do ex-governador Iberê Ferreira de Sousa foi marcada para a próxima quarta-feira. O procedimento será para retirada de mais um tumor no cérebro. O ex-governador recebeu o diagnóstico na sextafeira, em São Paulo. Os médicos marcaram a cirurgia para a próxima quarta-feira. Diferente da reação demonstrada, logo após receber o diagnóstico, Iberê se mostrou mais animado e determinado com quem conversou neste sábado.

ABR

investigação da CPI

O presidente da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) do Cachoeira,senador Vital do Rego (PMDB-PB),vai receber na próxima quarta-feira (2),cópia do inquérito que investiga o senador Demóstenes Torres (sem partido-GO).A decisão de compartilhar o inquérito com a CPMI foi tomada pelo ministro relator do processo no Supremo Tribunal Federal,Ricardo Lewandoski.Na sexta-feira à noite,um oficial de Justiça esteve na secretaria da CPMI,que funciona no Senado Federal,com cópias do inquérito e do despacho do ministro Lewandoski para entregá-las ao presidente da CPMI.Como o senador Vital do Rego está fora de Brasília,o oficial fez a citação e marcou a nova data e horário para entregar a cópia do material.

CONSELHO A presidenta Dilma Rousseff vai reunir, próxima quarta-feira, os presidentes dos partidos políticos e líderes de bancadas da base aliada. Trata-se de mais uma reunião do Conselho Político. O deputado Henrique Eduardo Alves e a deputada Sandra Rosado, que lideram as bancadas do PMDB e PSB, respectivamente, vão participar.

Guerra fiscal O Governo do Estado está preocupado com as recentes decisões do Senado que impedem a concessão de incentivos fiscais. Uma dessas decisões foi a que unificou o ICMS para produtos importados que têm como destino final o consumo em outras unidades da Federação. “É ques-

tão de sobrevivência [dar os incentivos]. O país é desigual e não pode manter a mesma alíquota de São Paulo. Essa guerra fiscal tem 30 anos, os paulistas não podem querer acabar em 24 horas”, justifica o secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Benito Gama.

PRIMEIRA-DAMA No Piauí, a secretária de Saúde, Lilian Martins (PSB), mulher do governador, Wilson Martins (PSB), foi eleita pela Assembleia Legislativa conselheira do Tribunal de Contas do Estado (TCE). Lilian, que é deputada estadual licenciada, foi escolhida por 25 votos dos 29 parlamentares presentes. Ela concorreu com outros 13 candidatos. O jornalista e escritor Zózimo Tavares teve três votos e o advogado Arimatéia Dantas obteve um voto. Os demais não foram votados. A sessão especial da Assembleia foi realizada depois de questionamentos judiciais. ELEIÇÕES O 2º Seminário de Direito Eleitoral, promovido pelo Instituto do Legislativo Potiguar, será nesta segunda-feira, em Pau dos Ferros. O evento terá como tema “Propaganda e Prestação de Contas Eleitorais”.

TJ e MP pressionam Governo para aumento de repasses om o Estado em dificuldade para regularizar o pagamento de fornecedores e conceder reajustes ao funcionalismo público, além da capacidade de investimento limitada, as cúpulas do Tribunal de Justiça (TJ/RN) e Ministério Público (MPE) pressionam o Governo para aumentar o valor mensal que é repassado a ambos os Poderes, o chamado duodécimo. O assunto foi discutido na sexta-feira (12) quando a presidente do TJ/RN, desembargadora Judite Nunes, e o procurador-geral de Justiça, Manoel Onofre Neto, se reuniram com a governadora Rosalba Ciarlini (DEM) para tratar do pleito que na verdade desagua na necessidade de mais recursos para pagar a Parcela Autônoma de Equivalência (PAE), benefício concedido administrativamente pelo Supremo Tribunal Federal (STF) a juízes, procuradores, conselheiros de Tribunais de Contas e deputados estaduais após a equiparação dos vencimentos destes aos de ministros e deputados federais. Eles pleiteiam retroativos de um auxílio-moradia pelo período de 1994 a 2001. O tema Parcela Autônoma é conversado entre Governo, TJ/RN e MPE de maneira sutil, uma vez que os pleitos expostos quando das conversas são em termos de repasses orçamentários. Mas Rosalba Ciarlini entendeu o recado e já sinaliza reagir. É que além do pagamento da dívida da PAE – que ultrapassa os R$ 600 milhões só no que concerne a magistrados e membros do MPE – os dois Poderes já pleiteiam mais orçamento para o pagamento de dois projetos de lei em tramitação na Assembleia Legislativa, que diminui a diferença da remuneração entre as entrâncias de juízes e promotores. Essa matéria nada mais é que um reajuste nas remunerações desses agentes públicos. O impacto nas dotações - neste caso específico - é estimado em aproximadamente R$ 5 milhões/ano tanto para o Tribunal de Justiça quanto para o Ministério Público. Os pleitos de desembargadores e procuradores não têm sido visto com bons olhos pela cúpula do Governo. E a insatisfação é tanta que mesmo seguindo a linha da boa vizinhança, o Executivo – que tem a função de repartir o orçamento com os demais Poderes – já acena discretamente com interferências nas intenções do TJ/RN e MPE de obter mais verba. Rosalba Ciarlini deixou claro, durante a reunião que contou – além de Judite Nunes e Onofre Neto – com a presença dos presidentes da Associação dos Magistrados do RN (Esmarn), juíza Hadja Alencar, e dos Membros do Ministério Público, promotor Rinaldo Reis, que não tem intenção de abrir uma exceção para essas categorias e turbinar as dotações financeiras das mesmas visando reajustar salários e agilizar o pagamento da PAE. O argumento de desembargadores e procuradores para aumento do repasse orçamentário reside no fato de que o Executivo não estaria, supostamente, transferin-

ADRIANO ABREU

C

Comando do Tribunal de Justiça procurou a governadora para tratar dos repasses financeiros EMANUEL AMARAL

Ministério Público Estadual também quer ampliar os valores recebidos com as transferências

SALÁRIOS Veja qual é a remuneração atual das duas principais carreiras do Tribunal de Justiça e Ministério Público Estadual Ministério Público e Tribunal de Justiça (TJRN) visam reduzir de 10% para 5% as diferenças dos subsídios dos membros de instâncias diversas.

FOLHA Ministério Público

Veja a seguir os subsídios que os magistrados recebem atualmente e o que poderá ser implantado,caso o projeto seja aprovado* Atualmente

Após o projeto

Desembargadores e procuradores

R$ 24.117,64

Não há alteração

Juízes e promotores de 3ª entrância

R$ 21.705,87

R$ 22.911,75

Juízes e promotores de 2ª entrância

R$ 19.535,28

R$ 21.766,16

Juízes e promotores de 1ª entrância

R$ 17.581,75

R$ 20.677,85

Juízes e promotores substitutos

R$ 15.823,57

R$ 19.643,95

Previsão folha

Previsão impacto

Previsão com impacto

Limite prudencial

2012

R$ 109.647.000,00

R$ 3.200,017,81

R$ 112.847.017,81

R$ 121.282.700,00

2013

R$ 111.839.940,00

R$ 5.167.571,50

R$ 117.007.511,50

R$ 133.410.970,00

2014

R$ 114.076.738,80

R$ 6.316.262,26

R$ 120.393.001,06

R$ 146.752.067,00

TRIBUNAL DE JUSTIÇA A folha de pessoal dos magistrados (subsídio-base e excluindo anuênios, salários-família,entre outros) registra hoje R$ 5.338.920,30/mês.

do os recursos previstos na lei orçamentária na integralidade. “Algumas hipóteses para não cumprir com o previsto no OGE são crises econômicas, como a queda brusca na arrecadação, ou uma catástrofe natural, mas isso não acontece no RN, atualmente, então não há motivos para que o repasse não seja feito na plenitude”, destacou

Se o projeto for aprovado,a folha passará a ser de R$ 5.736.288,10/mês, um impacto de R$ 397.367,80/mês e de R$ 5.165.781,40/ano.

o promotor Rinaldo Reis, um dos participantes da reunião com a governadora. Através da assessoria de imprensa, o Governo garantiu que os repasses estão sendo feitos de acordo com as previsões e que o único valor retido pelo Estado corresponde a R$ 11 milhões referentes ao pagamento de precatórios

Com informações do site da Corregedoria Geral de Justiça do TJRN.

nos meses de fevereiro a abril. Ainda assim, explicou que esse montante somente foi bloqueado por causa de um pedido do próprio Judiciário. O Executivo sustenta, ainda, que a audiência com TJ/RN e MPE não tratou de duodécimo, mas sim da necessidade de mais lastro financeiro para viabilizar o pagamento da PAE.

Técnicos vão analisar projeto de reescalonamento A governadora Rosalba Ciarlini disse, através da assessoria de imprensa, que prefere não se posicionar sobre o pleito do TJ/RN e MPE, mas já adiantou que espera dos parlamentares um cuidado especial com as condições orçamentárias do Estado. A chefe do Executivo destacou ainda que caso seja aprovada na Assembleia Legislativa a proposta passará ainda pela análise de técnicos do próprio Poder Executivo que deverão ve-

rificar a disponibilidade financeira para aplicar os reajustes. O governador do Estado tem o poder de vetar qualquer projeto aprovado pelo legislativo, desde que aponte as razões para tal. Neste caso específico, ambos os lados dispõem de argumentos contundentes. Se por um lado o Governo alega que o orçamento está apertado, inclusive com categorias do funcionalismo público aguardando há pelo menos

dois anos pela implantação de um plano de cargos e salários, TJ e MPE têm em favor o fato de não estarem na mira da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) e de terem folga na margem para elevar a folha de pessoal. No caso da governadora pode se somar ainda um desgaste político caso o projeto de promotores e juízes seja aprovado na AL e sancionado por ela. É que ao contrário dos servidores do Exe-

cutivo que aguardam melhoria nos salários, os magistrados e procuradores são uma categoria privilegiada, com salários que variam de R$ 15.823,57, para os que estão em início de carreira, e de R$ 21.705,87 para os de terceira entrância.

LEIA MAIS sobre os repasses ao Judiciário e ao MP na página 4.


4 | Tribuna do Norte | Natal | Rio Grande do Norte

política

Domingo | 29 de abril de 2012

Presidente da Associação do Ministério Público afirma que repasses estão inferiores ao previsto na lei orçamentária e isso impede que o pagamento da PAE esteja dentro dos valores definidos no acordo com o Executivo

[ DIVERGÊNCIA ENTRE PODERES ]

Orçamento não é cumprido, diz MP O “ DIVULAGAÇÃO

presidente da Associação do Ministério Público do Rio Grande do Norte (Ampern), promotor Rinaldo Reis, defendeu que o o Governo do Estado deve respeitar a autonomia entre os Poderes e realizar na integralidade os repasses constitucionais nos valores previstos nos projetos de orçamento aprovado no ano passado para ser executado em 2012. Segundo ele, em 2011, uma negociação entre Ministério Público e Executivo definiu o pagamento da Parcela Autonoma de Equivalência em três anos e os promotores esperam o cumprimento desse acordo. “Mas sem os repasses do duodécimo na integralidade não há como fazer esse pagamento”, disse ele, lembrando que a negociação incluiu a exclusão de correção monetária e juros a partir de 2009. Reis observou que para não ter que pedir ao Estado suplementação para pagamento da PAE, o MPE antecipou-se e fez a previsão do montante no próprio orçamento anual. Como o Estado não estaria repassando a dotação como prevê o OGE, há uma lacuna que impede o pagamento nos termos negociados. Atualmente promotores e juízes beneficiados com a PAE recebem mensalmente R$ 5 mil de plus nos contracheques. “O Executivo precisa cumprir as determinações legais dos orçamentos respeitando a Lei de Responsabilidade Fiscal”, destacou ele. O presidente da

Ampern enfatizou ainda que durante a audiência entre Ministério Público, TJ/RN e a governadora Rosalba Ciarlini, semana passada, ela sinalizou que não concordaria com o projeto que diminui a diferença entre as remunerações de juízes e promotores de entrâncias diferentes. “Ela indicou que era contra por causa do impacto financeiro, mas é preciso tomar cuidado para não trazer os problemas do Executivo ao TJ e MP. Nós temos margem para o reescalonamento na LRF”, enfatizou o presidente da Associação. Rinaldo Reis alegou também que os subsídios dos membros do MP tiveram um pequeno reajuste de 2006 (ano em que os vencimentos passaram a ser subsídios) para cá, sendo 5% em novembro de 2009 e 4% em fevereiro de 2010. Ele assinala também que RN e Paraíba são os únicos estados do país onde as diferenças entre as remunerações das entrâncias é de 5% e não de 10% como pede o projeto que está em análise na Assembleia Legislativa. Sobre o suposto repasse abaixo do que prevê o orçamento do MPE ele vai mais além: “Está causando um problema na atuação do MP. Falta papel, obras planejadas não estão sendo executadas, então nós da Ampern estamos acompanhando esse processo de perto”. Rinaldo Reis observou que tem sido cobrado pela categoria, insatisfeita com as medidas do Governo de reter orçamento. “Nós pedimos paciência”, finalizou.

É preciso tomar cuidado para não trazer os problemas do Executivo ao TJ e MP”

Falta papel, obras planejadas não estão sendo executadas, então estamos acompanhando esse processo de perto”

Rinaldo Reis destaca que é preciso regularizar os repasses

RINALDO REIS presidente da Ampern

Magistratura quer ampliar parcelas O último cálculo apresentado pelo MPE e TJ/RN ao Governo do Estado para pagamento da Parcela Autônoma de Equivalência inclui uma planilha com juros e correções monetárias que mostram a dimensão da dívida que só faz se avolumar. Atualmente, o Governo do Estado repassa para Judiciário e Ministério Público R$ 5 milhões/mês destinados ao pagamento da PAE. Visando liquidar o montante em 2014, a proposta dos desembargadores e MPE é que essa soma aumente para R$ 12 milhões/mês em 2012 e aproximadamente R$ 26 milhões du-

rante todos os meses de 2013 e 2014. Com essas parcelas a dívida seria totalmente quitada. A resposta do Executivo foi mais uma vez categórica: não há condições. Em nenhuma hipótese. Em janeiro de 2011, um cálculo apresentado pelo TJRN ao Governo mostrava um resíduo de vantagens atrasadas (incluindo a PAE e a diferença de entrância dos juízes), que superava os R$ 100 milhões, segundo o último demonstrativo de pagamento de ambos os benefícios o qual teve acesso a TRIBUNA DO NORTE. O montante, como se vê,

cresceu substancialmente. O benefício, embora seja legal, tem exposto negativamente a magistratura após virar o centro da polêmica que envolve a corregedoria do CNJ e as Associações de Magistrados de vários estados. Os juízes e promotores contemplados com a PAE exerciam suas funções no TJ/RN e Ministério Público no período de 1º de abril de 1994 a 7 de dezembro de 2001. Muitos deles já estão aposentados, mas no Judiciário, por exemplo, ainda há 14 dos 15 desembargadores e 142 juízes na ativa que têm direito ao benefício.

Conselheiros e deputados já receberam

Os conselheiros, auditores e procuradores do Ministério Público junto ao Tribunal de Contas do Estado (TCE/RN) e os deputados estaduais fazem parte das categorias no Rio Grande do Norte que já receberem integralmente os valores oriundos da Parcela Autônoma de Equivalência. No caso dos parlamentares, o montante total foi de R$ 8 milhões. Isto porque eles optaram por conceder um desconto que proporcionou a liquidação completa da dívida. Já os 29 beneficiados no âmbito do TCE/RN receberam a verba total entre os anos de 2009, 2010 e 2011. O pagamento mensal girou em torno de R$ 290 mil, ou seja, em cada pagamento da PAE, os conselheiros aumentavam o contracheque em R$ 10 mil. Na época do pagametno no TCE, no entnato, houve suspensão do pagamento em alguns meses. A remuneração dos conselheiros e auditores do Tribunal de Contas do Estado segue a fórmula definida nas constituições estadual e da República. Em resposta ao questionamento da TN, o TCE lembrou que a PAE foi reconhecida pelo Supremo Tribunal Federal e pelo Conselho Nacional de Justiça, e que constitui direito dos conselheiros e auditores, conforme pacífico entendimento das Cortes. No Rio Grande do Norte, os procuradores do Estado são os únicos a terem direito à PAE que ainda não foram ressarcidos com o montante.


política

Domingo | 29 de abril de 2012

Tribuna do Norte | Natal | Rio Grande do Norte | 5

[ RELAÇÕES PERIGOSAS ]

[ CÓDIGO ]

Sandes pede pesquisa a Cachoeira

Ministro vê risco de insegurança jurídica

Deputado federal do PT foi ao contraventor Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira, solicitar ajuda financeira para bancar sondagem de intenção de voto

DIVULGAÇÃO

rasília (AE) - O deputado federal Sandes Júnior (PPGO) pediu ao contraventor Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira, ajuda financeira para bancar pesquisa eleitoral. Numa conversa gravada pela Polícia Federal, o parlamentar recorre ao bicheiro para obter patrocínio de R$ 7 mil para uma sondagem de intenções de votos à Prefeitura de Goiânia. O inquérito da Operação Monte Carlo mostra que a quadrilha de Cachoeira, com interesse em contratos no município, trabalhava para emplacar a candidatura do senador Demóstenes Torres (sem partido, GO) nas eleições deste ano. Sandes fazia lobby para ser vice do parlamentar, apontado como favorito em levantamentos internos de partidos aliados. “Cê não arruma um patrocinador pra uma pesquisa do Serpes (instituto de pesquisas que atua em Goiás), não? É R$ 7 mil”, diz o deputado ao bicheiro, num telefonema de 22 de agosto de 2011, interceptado pela PF. “Vê se fala com uns amigos seus lá de Anápolis. Sete mil conto, bem feita. Mil e cem entrevistados. Margem de erro é (de) dois por cento”, explica. Sandes informa a Cachoeira que a pesquisa simularia dois cenários, um com e outro sem Demóstenes. Consegue do bicheiro uma promessa: “Tá, eu vou olhar, tá bom?” Os dois falam sobre a possibilidade de Demóstenes ser candidato e o interesse de Sandes de compor a chapa. “Eu quero ser o vice dele, a não ser que ele não queira”, avisa o deputado. “Ele quer ocê de vice, rapaz!”, emenda Cachoeira. “Melhor do que eu não tem, não”, gaba-se o parla-

B

mentar. O Serpes informou ao Grupo Estado que Sandes Júnior costuma encomendar levantamentos, mas, no ano passado, nenhum foi feito. “Ele faz orçamentos, solicita relatórios. Mas não houve nenhuma em 2011. Em março, abril deste ano é que fizemos uma para ele. Foi sondagem para a prefeitura”, explicou Antônio Lorenzo, um dos responsáveis pela empresa, sem dar detalhes sobre o pagamento. Segundo ele, a pesquisa não foi divulgada ou registrada na Justiça Eleitoral Em laudo da PF, uma das sócias da Serpes, Ana Cardoso de Lorenzo, aparece como beneficiária de um repasse de R$ 56 mil da Alberto e Pantoja Construções, empresa acusada de lavar dinheiro no esquema do bicheiro, como revelou o Estado este mês. Lorenzo disse nesta sexta que o valor consta do extrato bancário de Ana, que é sua mulher, mas não soube explicar o motivo: “Encontrei um depósito da Pantoja. O que pode ter sido, não tenho a mais mínima certeza. Naquela época, vendi lotes, mas não foi por R$ 56 mil”. Sandes diz ter recorrido a Cachoeira por causa da proximidade do contraventor com empresários de Anápolis, importante centro financeiro de Goiás, mas, por fim, o patrocínio não teria se concretizado. Segundo ele, o contraventor seria apenas um intermediário, por causa da sua proximidade com empresários: “Sou de Goiânia e ele é um cara que nasceu em Anápolis, conhece todas as pessoas, os industriais. Mas encontrei com ele depois, num restaurante, e ele falou que estava muito cedo para a pesquisa”, explicou.

rasília (AE) - Ao tentar garantir anistia aos desmatadores na reforma do Código Florestal, a Câmara obrigou os produtores rurais a recuperar integralmente a vegetação à beira dos rios, numa faixa de até 500 metros, no caso dos rios mais largos. A interpretação é do ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Herman Benjamin, especialista em direito ambiental, e complica o cenário de insegurança jurídica criado pela votação na Câmara, na quarta-feira. “Só há uma interpretação para o fato de o texto final do Código Florestal trazer um regime especial de recuperação apenas para os rios de até 10 metros: tudo o que não se encaixar nessa hipótese deverá ser recuperado conforme as metragens estabelecidas nas regras permanentes”, afirmou o ministro. O novo Código Florestal, que vai à sanção da presidente Dilma Rousseff, determina que rios mais estreitos, com largura de até 10 metros, devem ter 15 metros de vegetação recuperados às suas margens. Essa é uma condição para a manutenção de atividades econômicas em propriedades que desmataram as margens de rios até 2008. A regra é atenuada para pequenos propriedades, com imóveis entre 20 e 400 hectares, dependendo da região do País. Segundo informações que basearam os debates do Código Florestal, 75% dos rios do País têm até 10 metros de largura. E os imóveis rurais localizado às suas margens serão obrigados a recuperar essa faixa mínima, de acordo com o dispositivo aprovado pela Câmara contra a vontade do relator, deputado Paulo Piau (PMDB-MG).

B

Deputado federal Sandes Júnior foi monitorado pelas gravações da Polícia Federal

Ele faz orçamentos, solicita relatórios. Mas não houve nenhuma em 2011. Em março, abril deste ano é que fizemos uma para ele. Foi sondagem para a prefeitura” ANTÔNIO LORENZO responsável pela empresa de pesquisa

PF fez gravações que revelam articulações para Demóstenes A Polícia Federal fez gravações que mostram que as articulações de Cachoeira em favor da candidatura de Demóstenes vêm desde o início do ano passado. Em registro datado do dia 13 de março de 2011, o bicheiro conversa com o vereador Santana Gomes (PSD), que propõe um café da manhã para o dia seguinte, a fim de combinar “estratégia beleza” para estruturar a candidatura do senador do Democratas. O vereador, que chama o bicheiro de “chefe”, é objetivo em

relação ao propósito da candidatura do senador: “O Demóstenes vai ser nosso prefeito, não vai? Nós temos que ter alguém com o poder na mão, chefe”, diz o vereador. Carlinhos Cachoeira Cachoeira responde: “Exatamente, uai!”. Ao longo da conversa, o contraventor orienta Santana a procurar uma liderança política identificada apenas como “Braga”. O objetivo é garantir a adesão do político à chapa que seria liderada por Demóstenes Torres.


6 | Tribuna do Norte | Natal | Rio Grande do Norte

geral

Domingo | 29 de abril de 2012

[ VIOLÊNCIA ] Assaltantes, que horas antes haviam trocado tiros e matado o soldado Jailson do Santos, estavam sendo atendidos quando o oficial invadiu a enfermaria

[ ASSEMBLEIA ] Ministro das Relações Exteriores

recebe o título de Cidadão Norte-Riograndense

Presidente da ANL faz homenagem a Patriota

Tenente invade hospital e mata assassinos do irmão “U

m homem simples, equilibrado, firme e prudente”, exclamou o presidente da da Academia Norterio-grandense de Letras, o advogado Diógenes da Cunha Lima sobre o ministro das Relações Exteriores do Brasil, Antônio Patriota, homenageado com o título de cidadão norte-riograndense pela Assembleia Legislativa. O título foi uma proposição do deputado Agnelo Alves (PDT) a um filho do diplomata potiguar de mesmo nome, Antonio Patriota - que deixou o RN ainda jovem para construir sua carreira no Rio de Janeiro. Diógenes da Cunha Lima destaca que a AL “produziu um ato encantatório a uma segunda geração de Antonios Patriotas potiguares”, gesto este também produzido pela Câmara Municipal, que reconheceu a pai e filho a cidadania natalense. O relato do advogado recorda ainda que o ministro, hoje cidadão potiguar, honra o significado do seu nome e que a sua palavra - “Patriota” - faz acreditar na igualdade entre as nações. “Os poderosos do mundo sabem que o Brasil honra os compromissos e exige que sejam cumpridos. O embaixador, que ingressou na carreira em primeiro lugar, prova que o Itamaraty é quase um templo, agindo sempre com elegância eficaz e pontualidade religiosa”, emendou Diógenes. Sobre o pai de Antônio Patriota, ele

ressalta que o mesmo tem a inteligência emocional para cultivar as raízes na cidade de Touros, de onde saiu para enfrentar a vida no Rio de Janeiro. “Ele venceu e exerceu com apaulo missões diplomáticas em Geneve, São Salvador, Nova York, no Caribe. Construiu a família que nos orgulha”, elogiou Diógenes da Cunha Lima, que ressalta a família Patriota como uma dinastia diplomática uma vez que Guilherme Patriota é embaixador, Lúcia chefiou o setor cultural em Washington, Isabel foi oficial de chancelaria e a neta, Nilza, foi oficial nos Estados Unidos. “Margarida Patriota, doutora em VancouverCanadá, é admirável, admirada por seu talento de escritora e como promotora cultural”, completou o presidente da ANL. Para o advogado, o Rio Grande do Norte ganha um novo cidadão multiatarefado, requisitado, sem sobras de tempo, que homenageia as origens, dando de presente ao Estado. O ministro destacou as oportunidades do RN no cenário internacional. “Pela posição estratégica, o RN sempre teve vocação de se projetar internacionalmente. É o local do Brasil que está mais próximo da África, um continente que está em desenvolvimento e que tem um forte dinamismo com a orla atlântica. O RN tem tudo para estar dentro desse processo.”

CULTURA

EMPREENDEDORISMO

NATAL

ARTISTAS POPULARES VÃO AO ‘ESCAMBITO’

UMARIZAL CONQUISTA 1º LUGAR NO EQUADOR

DIÁRIO OFICIAL PUBLICA NOMEAÇÕES

Termina hoje em Janduís o Escambito Raízes, manifestação cultural que tem a finalidade de celebrar o aniversário de 19 anos da Companhia Cultural Ciranduís. Este ano, participam delegações de Caicó, Santa Cruz, Umarizal, Messias Targino, Campo Grande, Governador Dix-sept Rosado, Lucrécia e Upanema. Ao todo, 100 artistas deverão participam das atividades. De acordo com o presidente da Fundação Municipal de Cultura (Funcult), Lindemberg Bezerra, o Escambito faz menção ao Escambo Popular Livre de Rua, movimento cultural criado em Janduís nos primórdios dos anos 1990. Ele explica que o evento pretende discutir as políticas públicas culturais, promover a interação entre os artistas dos vários municípios envolvidos e proporcionar à comunidade local acesso aos bens culturais. A programação conta com lançamento de curtametragem estrelado por Titina Medeiros.

Os três estudantes potiguares que participaram da Feira Internacional de Empreendedorismo Produtivo, Ciências e Cultura vão trazer do Equador muito mais do que a experiência de participar de um evento no exterior. Eles conquistaram o primeiro lugar na feira, por terem desenvolvido um sistema de energia eólica. Como premiação, receberam troféu e 1.500 dólares. Jonas, Marcondes e Flávia Kaliny cursam o 2º ano do Ensino Médio na Escola Estadual 11 de Agosto, de Umarizal. Eles viajaram para o Equador na semana passada ao lado do professor José Everton Pinheiro, com todos os custos da viagem assumidos pela Secretaria de Estado da Educação. Os alunos de Umarizal já haviam participado, no último mês de março, da Feira Brasileira de Ciências e Engenharia, Febrace, realizada na USP, em São Paulo, quando foram indicados para a feira do Equardor.

A Prefeitura do Natal publicou na edição de ontem do Diário Oficial do Município a nomeação do novo procurador Geral do Município do Natal (PGM), Francisco Wilkie Rebouças Chagas Júnior. Francisco Wilkie, natalense, é procurador do Estado do RN desde 1997 e foi cedido ao município por meio do termo de Convênio Técnico de Cooperação, celebrado entre os executivos municipal e estadual. É doutorando em Direito Civil pela Universidade de Buenos Aires/Argentina; exprofessor de Direito da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e Universidade Potiguar e atual presidente da Associação dos Procuradores do Rio Grande do Norte. O Diário Oficial também publica a nomeação da nova presidente da Fundação Cultural Capitania das Artes (Funcarte), Camila Cascudo Barreto Maurício, que ocupava a função de vicepresidente da instituição.

DIVULGAÇÃO/SECOM/SE

ão Paulo (AE) - Revoltado com a morte do irmão, também policial militar, o tenente Genilson Alves de Souza, à paisana e armado, invadiu, por volta das 22 horas de sexta-feira, a ala verde do Hospital de Urgência de Sergipe João Alves Filho (Huse), o maior hospital público do Estado, localizado no bairro Capucho, na capital Aracaju, e atirou contra três suspeitos que, feridos durante um tiroteio com Jailson Alves de Souza, eram atendidos na unidade hospitalar. Os suspeitos executados pelo tenente foram identificados como Adalberto Santos Silva, Márcio Alves dos Santos e Cleidson dos Santos. Os três, segundo a polícia, teriam trocado tiros com Jailson, que também ficou ferido durante o confronto, no bairro Santa Gleide. O policial fazia diligência na região à procura da moto dele roubada por três assaltantes na quinta-feira passada quando localizou o veículo e os três supostos criminosos. Os envolvidos no tiroteio foram baleados e encaminhados para o Huse, onde Jailson morreu. Indignado com a morte do irmão, o tenente invadiu o setor onde os três suspeitos eram atendidos e ati-

S

Após invadir dependências do Hospital de Urgências,policial atira e mata três homens e depois foge

rou contra eles. Adalberto, Márcio e Cleidson também morreram. Segundo depoimento de pacientes e funcionários do hospital, o tenente, após realizar os disparos, fugiu, mas estaria acompanhado de outros dois homens. Vigilantes do hospital e PMs que estavam na unidade acompanhando o desenrolar do tiroteio ocorrido fora do hospital tentaram conter o tenente, mas não atiraram

no oficial porque temeram atingir outros pacientes que também eram atendidos no local. Durante as buscas pelo tenente na região, policiais militares detiveram dois suspeitos - que podem ser os mesmos que entraram ao lado de Genilson no hospital e com ele fugiram. Os dois detidos foram identificados como Ralf Souza Monteiro e Ginaldo Alves de Souza, sobrinho e irmão do tenente, respectivamen-

te. A Polícia Civil, por meio do Departamento de Homicídios, já iniciou as investigações, com auxílio do Instituto de Perícias e o IML. Segundo nota oficial do Governo de Sergipe, “as secretarias de Estado da Segurança Pública e da Saúde estão acompanhando desde o início os fatos que envolvem os quatro homicídios ocorridos dentro do hospital. Uma forçatarefa foi montada.


geral

Domingo | 29 de abril de 2012

Tribuna do Norte | Natal | Rio Grande do Norte |

7

[ PARCERIAS ] Debate faz parte do projeto Notícia Cidadã, desenvolvido pelo Ministério Público do Rio Grande do Norte em parceria com órgãos da imprensa da capital

Gaudêncio Torquato gaudenciotorquato@tribunadonorte.com.br

Cercando a teia da corrupção s dois maiores problemas brasileiros são a segurança pública e a corrupção. A percepção da população, apurada por pesquisas de opinião, se ampara em fundamentos ligados à própria sobrevivência, no caso fatores que abrigam os mecanismos de conservação do indivíduo: os impulsos combativo e alimentar. O primeiro explica que a vida do ser humano é uma luta permanente contra a morte. Um combate ininterrupto contra os perigos. Daí a prioridade absoluta que deposita em propostas – meio, recursos, ações, política – para sua segurança. Já o segundo impulso leva as pessoas a buscarem os insumos e as condições que lhes garantirão bem estar físico e espiritual para enfrentar os desafios. Nesse nicho, entra a vertente da corrupção, percebida como o conjunto de desvios, contrafações e ilícitos, que resultam na apropriação de recursos públicos destinados ao bem estar da coletividade. Noutros termos, os cidadãos inferem que corruptos e corruptores surrupiam milhões de reais que lhes pertenceriam, o que diminui a possibilidade de contar com um bolso mais polpudo e, assim, garantir o estômago mais saciado. Sob essa compreensão, que se pode depreender da visão de Serge Tchakhotine (Mistificação das Massas pela Propaganda Política), a sociedade vê com alegria a notícia de que o Brasil dá mais um passo na guerra contra a corrupção.

O

O fato é que, em meio a mais uma onda de denúncias de corrupção a serem apuradas no âmbito da CPI mista, o país continua a buscar as melhores formas para combater esta mazela, uma das mais corrosivas ao tecido institucional.”

O motivo de esperança é a decisão da Comissão de Juristas do Senado, que decidiu classificar como crime o enriquecimento ilícito de servidores públicos, sejam eles modestos funcionários, políticos, dirigentes de empresas e órgãos ou juízes. Trata-se de mais uma ferramenta a ser incorporada ao Código Penal, que já contempla larga faixa de crimes contra a administração pública, como peculato, extravio, sonegação, inutilização de documentos, emprego irregular de verbas ou rendas públicas, concussão, corrupção passiva, facilitação de contrabando ou descaminho, prevaricação, condescendência criminosa, advocacia administrativa, exploração de prestígio, corrupção ativa e outros dispositivos versando sobre o leque da corrupção. Pela decisão a ser encaminhada à mesa do Senado, ao Estado caberá provar que o servidor acumulou bens de forma ilegal, fato a ser investigado a partir da declaração de bens do agente público, que ele apresenta ao tomar posse, e atualiza anualmente. O fato é que, em meio a mais uma onda de denúncias de corrupção a serem apuradas no âmbito da CPI mista – agrupando, desta feita, tráfico de influência, fraude em licitações, formação de quadrilha, entre outros crimes – o país continua a buscar as melhores formas para combater esta mazela, que é uma das mais corrosivas ao tecido institucional. Basta lembrar que a soma alcançada pela corrupção é estimada em cerca de R$ 70 bilhões, correspondendo a mais de 2,5% do Produto Interno Bruto. Fossem investidos em educação, veríamos um salto de quase 50% das matrículas do ensino fundamental, chegando a 52 milhões, o dobro de leitos em hospitais públicos, restritos a 370 mil, e a construção de cerca de 3 milhões de moradias. Há uma consciência generalizada que a sensível diminuição do PNBC – Produto Nacional Bruto da Corrupção – implicará efetiva expansão do índice global de felicidade coletiva, que se poderia constatar pelo alargamento das fronteiras assistidas por programas de saúde, educação, mobilidade urbana, segurança, moradias, saneamento básico. A criação de mecanismos para combate direto às franjas da corrupção, como é sabido, tem a sua vital importância. Mas a estratégia da criminalização do enriquecimento ilícito poderá ser inócua ou não oferecer resultados satis-

fatórios se não abranger a bateria de causas que aciona a engrenagem de corruptos e corruptores. Vejamos como o pano de fundo que acolhe o alfabeto da corrupção é mal alinhavado. O Estado brasileiro abusa do poder discricionário. Nos corredores dos edifícios públicos, montou-se gigantesca máquina burocrática – quase sempre focada no lema “criar dificuldades para obter facilidades” -, onde se avolumam restrições às atividades comerciais e produtivas, protecionismo e subsídios para uns e regras duras para outros, excesso de imposições de licenças de importação/exportação. Está mais do que provado que economias abertas e anti-discriminatórias limitam as maquinações de “grupos da propina”. Ali, a taxa de corrupção é menor. A política salarial na administração pública também contribui para a expansão das teias corruptoras na medida em que estimulam fontes alternativas de renda. Forma-se um ambiente favorável à parceria entre interesses de grupos privados e administradores da res publica. Abre-se uma janela para o ingresso de agentes da esfera política. A competição política, por outro lado, torna-se acirrada, exigindo de candidatos “muita bala” para enfrentar os embates eleitorais. A “munição” costuma sair dos arsenais de empresas que prestam serviços às três instâncias (União, Estados e Municípios). A par desse feixe causal, espraia-se a cultura de impunidade, que se ancora na desigualdade de direitos. A lição de Anacaris, o sábio grego, vem à tona: “as leis são como teias de aranha; os pequenos insetos prendem-se nelas e os grandes rasgam-nas sem esforço”. Portanto, a corrupção, cujos efeitos impactam o crescimento econômico, o desenvolvimento social, a competitividade empresarial, a legitimidade dos governos e a própria essência do Estado, é um cancro que precisa combatido de maneira sistêmica. Atacar seus efeitos, fechando os olhos para as causas, significa perpetuar o Brasil do eterno retorno. Emerge, portanto, a equação das reformas em algumas frentes, a começar na via administrativa com a implantação da meritocracia. Auditorias públicas com fiscais concursados, ao lado do TCU, se fazem necessárias para fazer varreduras constantes. A sociedade civil, por meio de entidades sérias, ajustaria o foco da lupa. Só assim, a conduta ética e o padrão moral haveriam de semear a administração pública.

GAUDÊNCIO TORQUATO jornalista, é professor titular da USP e consultor político e de comunicação.Twitter: @GaudTorquato

Imprensa e MP debatem Plano Diretor de Natal ALEX RÉGIS

om a participação da promotora de Defesa do Meio Ambiente, Gilka da Mata, e da arquiteta Rosa Pinheiro, o Ministério Público debateu com jornalistas, na manhã deste sábado, o Plano Diretor de Natal dentro da programação da segunda edição do seminário “Notícia Cidadã”, feito em parceria com a TRIBUNA DO NORTE, que contou também com a presença do professor universitário e superintendente de Comunicação da Universidade Federal (UFRN), José Zilmar. A promotora considerou “extremamente rica” a experiência de debater com os jornalistas um assunto tão importante para o desenvolvimento da cidade, que precisa ser transmitido “de maneira coloquial para a sociedade”. A arquiteta Rosa Pinheiro disse que o jornalista tem a oportunidade de passar a conhecer com mais profundidade um assunto polêmico e transmitir para a população uma questão “com a capacidade que só os jornalistas podem transmitir”. O publicitário e jornalista Ciro Pedrosa também participou dos debates, lembrando que, para o eleitor, o jornalista “é aquele super-homem” que pode entender de um assuntos em 60 segundos e precisa transmiti-lo em 15 segundos. Nesse caso, o jornalista tem a chance de, também, “ter mais tempo para conhecer um assunto” fora do seu período de trabalho e adquirir conhecimentos que lhe serão úteis, no decorrer da jornada dentro de uma redação. Gilka da Mata lembrou que a discussão do Plano Diretor de Natal gira em torno de sua implementação, porque em muitos pontos já podiam estar vigorando: “Não queremos correr com essa revisão enquanto não conse-

C

Gilka da Mata e arquiteta Rosa Pinheiro discutem com jornalistas aspectos do Plano Diretor

guir essas implementações”. Ela deu o exemplo das Zonas de Proteção Especial (ZPEs), em fase de discussão na Câmara Municipa. O contraponto, segundo ela, é que o Estatuto da Cidade, que é uma lei federal, fala em revisão dos planos diretores urbanos em dez anos, mas ela acha que os quatro anos previstos na lei municipal do PND”, são um tempo razoável, para não se esperar tanto que uma lei seja regulamentada em seu todo. O Plano Diretor de Natal foi implementado pela primeira vez em 1984 e sua revisão deve ocorrer a cada quatro anos. A última foi em 2007, que resultou na deflagração da “Operação Impacto” e a condenação de 16 pessoas, entre empresários, vereadores e exvereadores. Quanto à implementação, a Gilka explicou que o Ministério Público “não tem poder de polícia” para embargar uma obra. Sua atuação ocorre na esfera da recomendação e do ajuizamento de

ações civis públicas, que também passam pela tramitação na esfera judicial e só então pode sair uma sentença determinativa do juiz. A arquiteta Rosa Pinheiro destacou que a imprensa também tem um papel importante, no momento em que contribui para que “o Ministério Público saia da inércia”, ao tomar conhecimento de que determinadas coisas estão ocorrendo ou ferindo o Plano Diretor da cidade, No decorrer dos debates, diversas sugestões foram feitas pelos jornalistas, alguns preocupados com o crescimento desordenado de Natal e até de cidades da Região Metropolitana, como Parnamirim, que já se tornou, há alguns anos, a “menina dos olhos” da construção civil. Outros estavam preocupados com a proliferação do comércio de água mineral que, na visão de Ciro Pedroza, precisa ser investigada. Outra idéia anunciada pela promotora é a elaboração de uma cartilha sobre o Plano Diretor, que

possa ser mostrado e divulgado para a população de forma didática e explicativa e menos técnica. “A gente não pode desperdiçar a oportunidade de fazer a cidade com as nossas mãos”, disse Gilka da Mata, que se posicionou a respeito da chamada “segurança jurídica”, um termo que foi “muito bem aproveitado, mas é uma falácia” pelo setor da construção civil: “Mas o direito à propriedade não pode se sobrepor ao direito ao meio ambiente, fundamental do ser humano coisa que não era antes, a qualidade do meio ambiente é um bem”. Um dado interessante dito pela promotora, é que hoje, no Estado já existem 40 postos de revenda de combustível com o selo “verde”, porque deixaram de poluir o subsolo, enquanto outros 35 ainda estão em situação grave, que precisam ter a vigilância do Ministério Público e dos organismos ambientais.

[ FERIADÃO ] Supermercados, shoppings e

[ SERVIÇO PÚBLICO ] Alexandre Moraes sugere

bancos não abrem no Dia Mundial do Trabalho

lei similar à Rouanet para atacar problemas

RODRIGO SENA

Jurista defende capital privado para a Saúde jurista Alexandre Moraes, doutor e livre docente em Direito do Estado pela Universidade de São Paulo (USP), defendeu ontem que uma saída para os problemas de financiamento da Saúde no Brasil poderia ser a criação de um mecanismo para desconto no Imposto de Renda dos investimentos realizados na área. Ele citou como exemplo a Lei Rouanet, que faz o mesmo com os investimentos de pessoas físicas e empresas na área cultural. Alexandre Moraes é considerado o grande nome do Direito Constitucional do país e foi convidado pela Ordem dos Advogados do Brasil no RN (OAB/RN) para ser o palestrante do Fórum Liberdade e Saúde Pública, ocorrido neste sábado (28), na sede da OAB/RN. O fórum foi promovido também pela Associação Médica, Conselho Nacional das Igrejas Cristãs e Arquidiocese de Natal e tem o objetivo de abordar aspectos jurídicos, médicos e religiosos da área, bem como debater a saúde pública do Estado do Rio Grande do Norte. Alexandre de Moraes foi o conferencista da palestra Promoção da Saúde e Qualidade de Vida. Participaram do evento, o presidente da OAB/RN, Paulo Teixeira, o médico Álvaro Barros, padre Luís Carlos Dias, o secretário de saúde do Estado, Domício Arruda e a promotora de Saúde, Iara Pinheiro. “Vamos discutir propostas e apresentar possíveis soluções”, destacou o presidente da OAB. A promotora Iara Pinheiro vê com bons olhos as sugestões apresentadas pelo jurista Alexandre Mo-

O Lojas em shopping fecham,mas praça da alimentação ficará aberta

Comércio manterá portas fechadas na terça-feira Dia Mundial do Trabalho é protegido pela convenção coletiva, e neste dia 1º de maio o comércio de Natal fecha as portas completamente, inclua-se a isso bancos e poder público, funcionando apenas atividades básicas, hospitais, praças de alimentação e lazer. De acordo a Câmara de Dirigentes Lojistas de Natal (CDL) o comércio de rua está fechado na próxima terça-feira, as praças de alimentação dos principais shoppings da cidade têm horários diferenciados, funcionando das 12h às 22h (Midway Mall), 11h às 22h (Natal Shopping), a partir das 11h (Cidade Jardim e Praia Shopping), das 11h30 às 22h (Norte Shopping) . O shopping Via Direta, porém, não abrirá. Os supermercados também não funcionam. No âmbito público, Prefeitura

O

do Natal decretou ponto facultativo para seus servidores nesta segunda-feira, nas repartições do Município. O expediente retorna à normalidade na próxima quarta-feira. Já nos órgãos do Governo do Estado, o funcionamento será normal amanhã. Quem depende do transporte dos trens urbanos, a Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) informa que o funcionamento obedecerá os seguintes horários: hoje, os trens não circulam. Na segunda-feira, o sistema funciona normalmente. O primeiro comboio parte de Ceará-Mirim com destino a Natal às 5h20. Quem trabalha ou mora em Parnamirim, o primeiro trem de Natal parte às 6h42, com saída da estação do bairro da Ribeira. Na terça-feira, feriado, não haverá linhas circulando.

É necessário chamar a atenção para características, ausência de prioridades e o grande problema de má gestão” IARA PINHEIRO promotora de justiça

raes no que concerne a utilização de capital privado para financiamento na área da saúde. Ela disse que embora não conheça a Lei Rouanet de maneira aprofundada, entende que a forma de investimento em uma área tão nefrálgica como a Saúde, através de desconto no Imposto de Renda, pode ser uma solução interessante. Iara Pinheiro participou de uma das mesas temáticas ocorridas durante o evento promovido pela OAB/RN e parceiros. Ela expôs na ocasião a experiência do Rio Grande do Norte aos olhos do Ministério Público. “É necessário chamar a atenção para características, ausência de prioridades e o grande problema de má gestão”, destacou a promotora. Ela observou que as entidades que têm a função de fiscalizar o Poder Executivo, como os conselhos de saúde, por exemplo, não conseguem desempenhar o papel e acaba o próprio Governo não sendo compelido a realizar ações efetivas. “Esse caminho [similar à lei Rouanet] me parece interessante à saúde porque vem a somar”, finalizou.


8

geral

Natal | Rio Grande do Norte | Domingo | 29 de abril de 2012 ALEX RÉGIS

[ DIREITOS HUMANOS ] Delegado alega que

está cumprindo determinação do Consepol

Jogo de empurra humilha presos em centro de detenção da ZN U

Abel e Gustavo, presos no dia anterior, foram algemados ao portão de entrada do Centro de Detenção Provisória da Zona Norte

m preso envolvido com drogas e outro acusado de assalto foram as primeiras vítimas do jogo de empurra que está ocorrendo no governo, entre o sistema prisional e o de segurança pública, para ver quem fica com a custódia de pessoas acusadas de crimes e detidas em flagrante delito. “Abel” e “Gustavo”, foram como eles se identificaram. Os dois estavam amarrados, de um lado e outro, no portão de entrada do Centro de Detenção Provisória (CDP), na avenida João Medeiros Filho, Zona Norte de Natal. O delegado de Plantão Antonio Lemos Cavalcanti não quis gravar entrevista, mas disse que estava cumprindo uma determinação do Conselho Superior de Polícia (Consepol), que na sextafeira, dia 27, orientou a todos os delegados de Polícia Civil, para ao término da lavratura de um auto de prisão em flagrante delito, e quando do cumprimento de mandado judicial de prisão, “deverão encaminhar os presos para o estabelecimento adequado do sistema prisional”. A orientação do Consepol é de que a medida fosse tomada “logo após a realização do exame do corpo de delito”. Em caso de recusa do recebimento por parte do servidor responsável pelo estabelecimento prisional, a autoridade policial “deverá proceder com o que se encontra estabelecido na recomendação ministerial 005/2011, datada de 27 de setembro de 29011, do Núcleo de Controle Externo da Atividade Policial. No caso, segundo a resolução 01/12 do Consepol assinada pelo delegado geral de Polícia, Fábio Rogério Silva, o policial condutor deverá algemar o preso junto às grades ou outro ponto fixo no

interior do estabelecimento, com algemas descartáveis (tipo abraçadeira, confeccionados em material sintético) e advertir o agente penitenciário presente de que, a partir daquele momento, o conduzido estará sob a responsabilidade da Coordenadoria de Administração Penitenciária (Coap), vinculada à Secretaria Estadual da Justiça e Cidadania. Em seguida, segundo a resolução do Conselho da Polícia Civil, a polícia judiciária se retira do local, “devendo certifica tudo na cópia do auto de prisão em flagrante ou do mandado judicial, com a assinatura de testemunhas presentes, que poderão ser os próprios policiais civis que auxiliaram na condução”. O agente penitenciário que estava no CDP da Zona Norte, não quis receber o preso e disse que qualquer informação tinha de partir da Sejuc, porque lá existiam 50 presos e “não tinha como receber mais ninguém”. O ex-coordenador da Coap, José Olímpio da Silva, voltou a responder só pelo expediente do órgão, mas informou que “já existe uma decisão”, desde o ano passado, para que nenhum preso fosse algemado fora da cela, “para não denegrir a imagem dele”. José Olímpio não lembra a data exata, mas disse que em setembro ou outubro do ano passado o juiz das Execuções Penais, Henrique Baltazar dos Santos determinou que nenhum agente penitenciário não recebesse presos para ficarem algemados do lado de fora das celas: “Estão passando por cima da ordem dele”. Olímpio disse que o CPD da Zona Norte “está praticamente desativado”, depois que ocorreu uma rebelião e as paredes foram abaixo.

Juiz considera medida um abuso de autoridade O juiz das Execuções Penais, Henrique Baltazar dos Santos, disse que o caso ocorrido no CDP da Zona Norte é um crime e abuso de autoridade da parte da autoridade policial. Segundo ele, “era para o agente penitenciário ter prendido” quem deixou os dois presos lá, algemados no portão de entrada do presídio. Henrique Baltazar considerou “um absurdo” o que está ocorrendo, além de

estar “ferindo os direitos humanos dos presos”. Como não é juiz de conhecimento dos processos criminais originais, Henrique Baltazar afirmou que o Ministério Público deve tomar as providências a respeito do caso, pois se ocorrer alguma coisa diante da recusa da Polícia em receber o preso, “a responsabilidade recairá sobre quem o deixou”.


Domingo | 29 de abril de 2012

[ CENSO 2010 ]

Computador está presente em 25% dos lares no RN arnamirim lidera em computadores e acessos à internet; Timbaúba dos Batista se destaca em geladeiras; Água Nova quase chega à universalização no quesito televisão e São Fernando é a capital potiguar do rádio. Em síntese, este é o ranking norte-riograndense dos bens móveis, segundo números do Censo 2010, divulgados na sexta-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Em Parnamirim, 47% dos domicílios particulares, ou 28.391 tem microcomputadores. Deste, 81,5% estão conectados à internet. Em Timbaúba dos Batistas, a galeira está presente em 99% das residências. São Fernando vem em segundo lugar com 97,8% e Ipueira em terceiro com 97,4%. Neste ranking, Natal está em sexto, com 96,6%. Em Água Nova, os recenseadores do IBGE apontaram a existência de aparelhos de televisão em 98,3% dos lares, índice que fica um pouco mais abaixo em Parnamirim (98,1%) e em Natal (97,3%). No caso do rádio, o Censo 2010 mostra que ele está mais presente nas pequenas cidades com extensa área rural, até pelas dificuldades de captação do sinal da televisão. No Rio Grande do Norte ele está presente em 668,5 mil domicílios particulares (74,3%). O ranking é liderado por sete municípios do Seridó: São Fernando (91,3%), Timbaúba dos Batistas (91,1%), Jardim do Seridó (88,4%), São José do Seridó (87,2%), Lagoa Nova (87,1%); Caicó (86,0%) e Ouro Branco (85,6%). Na outra ponta do ranking estão Caiçara do Norte (34,3%), Pedra Grande (38,7%) e Parazinho (39,7%). Parnamirim lidera ainda dois outros rankings: o de maior número proporcional de máquinas de lavar (48,5%), ante uma média nordestina de apenas 19%; e o ranking de automóveis para uso particular. De acordo com o IBGE, o automóvel está presente em 46,1% dos domicílios particulares do município, que é o terceiro mais populoso do Rio Grande do Norte e o segundo em rendimento domiciliar. Números de dezembro de 2011 do Detran/RN mostram que Parnamirim tem 66.246 veículos registrados com placa da cidade, dos quais 38.193 são automóveis para uso próprio e 16.744 motocicletas. Pelas estimativas da Secretaria Municipal de Trânsito (Setra), mais de 80 mil veículos circulam diariamente pelas ruas da cidade. A presença de computadores nos lares brasileiros triplicou na última década. Os aparelhos, no entanto, ainda não chegam à metade das casas – o índice de penetração é 38,3%, em média, dos quais 30,7% estão conectados à internet. De acordo com os dados do Censo 2010, a penetração dos computadores nos domicílios é maior no Sudeste, onde chega a 48% das casas, das quais 39,6%, têm acesso à rede. Já nas regiões Norte e Nordeste, 22,7% e 21,2% das residências têm o aparelho, em que 15,4% e 16,8% do total têm acesso à internet, respectivamente. Esta foi a primeira vez que o Censo do IBGE pesquisou o acesso à internet no país.

P

BENS DURÁVEIS Domicílios particulares do RN com microcomputadores — (em %) Parnamirim 47,05 Natal 42,62 Mossoró 33,93 Caicó 28,00 Currais Novos 27,23 Pau dos Ferros 26,14 Areia Branca 25,49 Alto do Rodrigues 23,32 Macau 21,94 Assu 21,44 RN 25,40 Nordeste 21,22 Brasil 38,31

geral

Tribuna do Norte | Natal | Rio Grande do Norte | 9


10 | Tribuna do Norte | Natal | Rio Grande do Norte

geral

Domingo | 29 de abril de 2012

[ MUNICÍPIOS ] Tesouro deposita na segunda-feira a terceira parcela do fundo de

participação e prefeituras recebem verba extra proveniente de refinanciamento de dívidas

Cláudio Humberto E-mail: ch@claudiohumberto.com.br - www.claudiohumberto.com.br

ES: esquema lucrou R$ 50 milhões

I

nvestigação da Polícia Federal no Espírito Santo estima que em apenas noventa dias a compra e venda de terrenos em Presidente Kennedy proporcionou lucros de mais de R$ 50 milhões ao esquema desbaratado pela Operação Lee Oswald. Terrenos foram comprados a preço de banana um pouco antes de serem anunciados investimentos públicos na região. As áreas eram ainda supervalorizadas pela concessão de incentivos fiscais às empresas que as comprassem.

LUCRO ESPETACULAR A ZMM Empreendimentos, com assessoria da BK, do ex-secretário da Fazenda José Teófilo, lucrou R$ 15,6 milhões em dez dias, diz a PF.

Ele está pronto pra luta, pra tudo”

Ministro Gilberto Carvalho (secretaria-geral) sobre o futuro do ex-presidente Lula

NEGÓCIO DA CHINA

Nesse negócio, a ZMM vendeu por R$ 27,9 milhões, em 4 de agosto de 2008, uma área pela qual havia pago R$ 12,3 milhões em 25 de julho.

Voracidade

Sócios

Em poucos dias, o grupo investigado pela PF negociou 29 áreas em Presidente Kennedy, no total de 18,3 milhões de metros quadrados.

Segundo o inquérito da PF, o ex-secretário José Teófilo seria sócio do ex-governador Paulo Hartung (PMDB) na consultoria Econos.

Socialite teme calote em divórcio A socialite paulista Maria Christina Mendes Caldeira mostra que ex-mulher é mesmo para sempre: ela entrou com liminar na Justiça para garantir 50% dos bens na partilha do seu rumoroso divórcio do deputado

Valdemar da Costa Neto (SP), “dono” do PR. Maria Christina pediu à Receita Federal que rastreie aplicações, móveis e imóveis, contas bancárias e declaração de renda dos últimos cinco anos.

NEOPETISTA

CÓDIGO DE ENIGMAS

À Câmara, em 2005, a ex de Valdemar o envolveu numa “caixinha” de Taiwan para a campanha de Lula. Há meses, disse que entraria no PT.

Para o ruralista Zé Silva (PDTMG), o polêmico novo Código Florestal até parece com outro bem mais complicado: o Código da Vinci.

AMIGOS DE MORFEU No Senado ninguém ficará insone com CPIs: até 2016 estão garantidos os serviços do Instituto do Sono de Brasília, por R$ 300 mil.

RAINHA DO TWITTER A argentina Cristina Kirchner está bombando no Twitter: tem um milhão de seguidores entre os 40 milhões de argentinos. Já a brasileira Dilma tem 1,2 milhão de seguidores e nossa população soma 194 milhões.

Impunidade

Distância

O araponga Idalberto Araújo, o Dadá, foi indiciado em 2007 na CPI das Escutas Telefônicas, mas não teve qualquer punição. Para Luiz Pitiman (PMDB-DF), “ele só aumentou o passe. Foi contratado por Cachoeira”.

A deputada Íris de Araújo (PMDB-GO) garante não ter recebido ligação do governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), pedindo-lhe apoio: “Eu sou a última pessoa a quem ele ligaria. Haja óleo de peroba!”.

Déja vu

Machu Pichu

Do senador Sérgio Petecão (PSD), sobre denúncias envolvendo o PT no Acre com esquemas de Carlos Cachoeira: “O governo se trancou, os caras comandam tudo, são poderosos, e paladinos da moralidade”.

Ex-marido de Marta Suplicy, o argentino Felipe Belisário (“Luiz Favre”) ainda assessora o presidente peruano Ollanta Humala, apesar dos protestos. Ele tem sido alvo de piadinhas nos jornais locais.

BOXE E POLÍTICA O deputado Acelino Popó (PRB-BA) divide as atividades legislativas em Brasília com treinamento de boxe. Ele se prepara para enfrentar o invicto Michael Oliveira, dia 2 de junho, em Punta Del Este, no Uruguai.

PEDRA NO CAMINHO Além da pressão para reduzir danos, a CPI do Cachoeira também vai enfrentar o pedido da quebra de sigilo dos investigados, que o STF decide. E no “direito constitucional de permanecer calado” do depoente.

ASSIM É,SE LHE PARECE Condenado na CPI, o Ecad agora diz que o objetivo das investigações foi justificar a criação de entidades públicas fiscalizadoras do Escritório e “garantir o calote das emissoras de rádios e TV inadimplentes”.

PENSANDO BEM... ... se Cachoeira se considera preso político, como disse a mulher dele, em breve terá direito à anistia do Ministério da Justiça.

Repasse do FPM de abril fica acima do previsto VALTER CAMPANATO

B

rasília - Os municípios brasileiros receberam na sexta-feira repasses extras do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) e na segunda-feira será depositado a última cota de abril. De extras são R$ 217,8 milhões e do último FPM do mês R$ 1,4 bilhão considerando a retenção do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (Fundeb) nas duas transferências. Pelos cálculos da Confederação Nacional de Municípios (CNM), o terceiro repasse do Fundo de abril é 0,3% maior do que o estimado pela Secretaria do Tesouro Nacional (STN) no início do mês. Se comparado ao mesmo decêndio de 2011, o crescimento é de 7,2% em termos nominais – sem o descontar a inflação no período. Com este último repasse, os municípios receberam R$ 5,8 bilhões por meio do FPM – montante 7,8% maior do que o previsto no início do mês. No entanto, ao somar as duas transferências, terceiro decêndio mais extras, o crescimento do mês chega a 10,5% em relação ao ano passado. E o Fundo acumula R$ 23,1 bilhões desde o início do ano. De acordo com a CNM, o valor nominal do acumulado é 9% maior do que a soma do mesmo período do ano passado. Se a previsão da Receita Federal do Brasil (RFB) para maio e junho se concretizar, o Fundo fechará o semestre com o acumulado de R$ 36,6 bilhões, em valores brutos. Pelos dados da Confederação, o montante que será 11,7% maior sobre o valor do mesmo período do ano passado. O repasse se referente à classificação por estimativa das receitas de Imposto de Renda (IR) e Imposto Sobre Produtos Industrializados (IPI) relativas aos pagamentos do Programa de Recuperação Fiscal (Refis). O repasse ocorre separado das parcelas tradicionais do FPM porque a Receita Federal tem um programa que parcela as dívidas de vários impostos. Quando uma pessoa jurídica ou pessoa física paga a guia do Refis, a Receita Federal classifica por estimativa a quantia de cada imposto que foi recolhida, separando o que é IR e IPI e efetua os repasses correspondentes ao FPM. O repasse extra é mais uma conquista do movimento

Paulo Ziulkosky: repasses de recursos e críticas à minuta do projeto de redistribuição de royalties

Com este sistema, um só município fica com a riqueza maior que todos os outros juntos e isso é inadmissível.” PAULO ZIULKOSKI presidente da CNM

municipalista, que lutou junto à RFB para que a classificação das receitas extras seja feita de forma mais rápida possível. Nos quatro primeiros meses de 2012, os municípios do Rio Grande do Norte (sem incluir Natal, cujo repasse é feito através do sistema de distribuição de cotas das capitais), receberam R$ 361,6 milhões de Fundo de Participação. Em comparação com o primeiro quadrimestre do ano passado, houve um crescimento de 7,3%. Os prefeitos reclamam que o aumento na arrecadação não acompanhou o reajuste do salário mínimo, situação que se agrava se levar em consideração o piso nacional do magistério, corrigido em 22% com efeito retroativo a primeiro de janeiro.

Prefeitos criticam parecer sobre repartição de royalties Brasília - A Confederação Nacional de Municípios fez uma avaliação da Minuta de Parecer do deputado Carlos Zarattini (PT-SP), relator no Grupo de Trabalho criado para discutir o Projeto de Lei 2.565/2011. O PL determina a distribuição de forma igualitária dos royalties de petróleo e gás natural. Segundo cálculos da Confederação, a proposta do deputado faz com que o Fundo Especial para todos os Estados e Municípios perca R$ 5 bilhões nos próximos três anos. O presidente Paulo Ziulkoski lamenta o resultado deste GT, que teve 30 dias para analisar o projeto e poderia ter contribuído pela distribuição justa entre os entes. “A minuta é um retrocesso em relação ao projeto aprovado pelo Senado no ano passado”, alega. A minuta é baseada nos parâmetros aprovados em 2011 pelos senadores, porém, propõe novos percentuais de distribuição entre os entes. Dessa forma, os recursos do Fundo Especial seriam retirados ano a ano e destinados aos Estados e Municípios confrontantes, aqueles que atualmente ficam quase com a totalidade dos Royalties.

Para Ziulkoski, a regra de distribuição para municípios confrontantes é a mais injusta e concentradora de todo o marco regulatório vigente. É esta regra atual que conferiu a Campos dos Goytacazes, município fluminense, um total de R$ 1,26 bilhão no ano passado. O Fundo Especial, que redistribui os royalties entre os demais entes da federação, ficou com apenas R$ 1,1 bilhões. “Um só município fica com a riqueza maior que todos os outros juntos e isso é inadmissível”, completa o presidente da CNM. Se o projeto fosse aprovado com as mudanças sugeridas pelos prefeitos, os municípios do Rio Grande do Norte teriam um aporte de R$ 100 milhões nas receitas. Isso representaria, segundo estamativas do presidente da Femur (Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte), Benes Leocádio, entre R$ 400 mil e R$ 500 mil por ano, para livre aplicação, "exceto pagamento de despesa com pessoal." Por se tratar de uma riqueza nacional, os prefeitos lembram que não seria justo fazer a distribuição beneficiando uns em detrimento dos demais.


geral

Domingo | 29 de abril de 2012

Tribuna do Norte | Natal | Rio Grande do Norte | 11

ENTREVISTA / SÉRGIO RICARDO COUTINHO DOS SANTOS - MESTRE EM HISTÓRIA PELA UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA O ano de 2012 começou com uma novidade para a Igreja do Brasil:a indicação de Dom João Braz de Aviz ao cardinalato. O que essa nomeação indica em termos de conjuntura eclesial, tanto no Brasil como na Cúria? Sérgio Coutinho - Este último Consistório revelou bem que a Cúria em nada é “católica”, ou seja, “universal”. O que assistimos foi uma chuva de nomeações de novos cardeais europeus e, principalmente, italianos, sendo que muitos deles são ainda membros da própria Cúria Romana. No momento em que é noticiado, pela imprensa, o cotidiano das intrigas curiais (conhecido por “Vatileaks”), o Papa Bento XVI não teve a força política necessária para “esvaziar” o poder dos chefes dos diversos dicastérios e que, em certo sentido, são eles mesmos os que tramam em segredo (agora não mais, depois do vazamento dos documentos) por sua saída e, até mesmo, por sua morte (!). Por outro lado, não deixa de ser interessante, nesse contexto, as declarações de D. João Avis após o Consistório, em que foi bastante firme, e até surpreendente, pois fez críticas quanto ao perfil por demais eurocêntrico da Igreja. Além disso, a nomeação de D. João Braz Avis também revela uma tendência eclesial, já sentida desde o pontificado de João Paulo II: a força dos movimentos e das novas comunidades. Dom João nada entende de “Vida Religiosa consagrada” (dicastério do qual é responsável), mas é membro do Focolares. Isso nos indica que o Vaticano deseja mesmo é valorizar as “novas formas” de vida religiosa consagrada e, nesse sentido, um membro desses movimentos dentro da cúria romana, e ainda mais como cardeal, terá um peso inegável no próximo conclave. Com a nomeação de D.Aviz,como o senhor analisa a composição do Colégio dos Cardeais “brasileiro”? Como essa nova composição pode influenciar a vida da Igreja no Brasil? A nomeação de D. João Braz de Avis não significa nada em termos de valorização da importância da Igreja e do catolicismo no Brasil e América Latina, no contexto mais amplo da Igreja Católica. Como membro da Cúria, não podia deixar de ser nomeado cardeal. Alguém poderia dizer que o que o papa está fazendo não é nada mais do que respeitar as orientações de não nomear novos cardeais para algumas das principais arquidioceses onde ainda estão vivos seus cardeais eméritos. Mas o certo mesmo é que o Brasil ficará sem novos cardeais ainda por um tempo – a não ser que vá alguém trabalhar na Cúria. Outra novidade recente é que D. Lorenzo Baldisseri,núncio apostólico no Brasil,foi recentemente nomeado novo secretário da Congregação para os Bispos. Seu substituto já foi anunciado. Qual a importância desse cargo na atual conjuntura da Igreja brasileira? Para o caso da Igreja brasileira, não podemos nos esquecer do trabalho importante de D. Armando Lombardi na colaboração e indicação do episcopado brasileiro no período imediatamente anterior e posterior ao Concílio Ecumênico Vaticano II. O resultado foi uma geração de bispos excepcional e que levará muitos anos para se repetir algo semelhante. Um quadro episcopal que levou a cabo as intuições e determinações desse Concílio, fazendo da Igreja do Brasil uma das que mais criativamente trabalhou na sua recepção, sendo inclusive vista por Roma como uma Igreja “rebelde” em muitas vezes. Dom Baldisseri, seguindo seus sucessores e a política eclesial de “concentração católica” (Danielle Hervieu-Leger) iniciada pelo Papa João Paulo II, e aprofundada por Bento XVI, procurou escolher candidatos não tanto por sua formação teológica, mas por sua fidelidade ao projeto de fortalecer a “identidade católica” diante de uma sociedade cada vez mais se-

OBSERVATORE ROMANO

IGREJA: “DE REGENTE A TERCEIRO VIOLINO”

E

ste ano eleitoral deve ser o pano de fundo para a Igreja lançar novos debates acerca do Estado e da sua função social a fim de “estimular os movimentos sociais a continuarem nas lutas reivindicativas por políticas públicas que possam atender verdadeiramente aos interesses da sociedade como um todo”, declara Sérgio Coutinho à IHU On-Line. Na entrevista a seguir, concedida por e-mail, o presidente do Centro de Estudos em História da Igreja na América Latina analisa os rumos e os desafios da Igreja no Brasil e é enfático: “ela quer contribuir para um debate mais profundo sobre o papel do Estado democrático, mas internamente nunca se viu tanto ‘verticalismo’ e controle da ‘opinião pública’ na Igreja, de modo especial do laicato mais crítico”. Para Coutinho, a Cristandade, que ainda “permeia mentes e corações”, está com os dias contados. E para que possa fomentar um diálogo maduro, enfatiza, a Igreja precisa “reconhecer que ela não possui mais ‘poderio territorial’ (e isso já faz tempo desde as campanhas de Garibaldi e do Tratado de Latrão em 1929) e ‘poderio espiritual’ da época da Cristandade. É como aquela metáfora: ‘Durante pelo menos 10 séculos a Igreja foi a regente de uma grande orquestra. Agora ela é chamada a ser o ‘terceiro violino’ dessa mesma orquestra’”. Sérgio Ricardo Coutinho dos Santos é mestre em História pela Universidade de Brasília (UnB) e doutorando na mesma área pela UFG. É professor do curso de pós-graduação lato-senso em História do Cristianismo Antigo da UnB e presidente do Centro de Estudos em História da Igreja na América Latina e assessor nacional da Comissão Episcopal para o Laicato (CEBs).

Enquanto cada vez mais a sociedade trabalha para encontrar formas mais participativas, inclusive propondo o debate por um Estado mais democrático, a Igreja deu pouquíssimos passos na direção de uma verdadeira sinodalidade.”

cularizada e relativizada. Na verdade, esse perfil foi mais procurado para aqueles que pudessem ocupar as arquidioceses brasileiras, nas grandes e médias cidades onde estão as maiores concentrações populacionais e nas quais o processo de destradicionalização é acelerado. Paradoxalmente foram nomeados arcebispos mais preocupados com as questões morais do que propriamente questões pastorais (o grande desafio de evangelizar as cidades) e que pudessem ser vozes “proféticas”, denunciando os “males” do mundo (pós) moderno. Por outro lado, para as grandes dioceses, no sentido territorial da palavra, e de baixa densidade demográfica, foram nomeados, em um número razoável, bispos mais pastoralistas, com “baixa escolaridade” e preocupados com a falta de políticas sociais para aquelas populações. Diríamos, os bispos com forte sensibilidade pela causa dos pobres. No fim, o que temos mesmo é um episcopado muito preocupado com as questões burocrático-econômicas e com os temas da moral católica. No entanto, no geral, os arcebispos acabam sempre por ter um peso político eclesiástico grande no conjunto do episcopado, mas

muitas vezes assistimos a articulações e posições que nem sempre são previstas pelo Núncio, como foram as duas últimas eleições da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil - CNBB. Tenho esperança que o novo Núncio, o jovem D. Giovanni D’Aniello (57 anos!), possa contribuir para que tenhamos um quadro novo no perfil do episcopado brasileiro. Sua experiência diplomática se concentra principalmente em regiões em que os católicos são minoria e perseguidos; por outro lado, lugares onde a pobreza desumaniza o projeto de Deus (Burundi, Tailândia, Líbano, Congo e Camboja). Espero que o convívio com tal realidade traga, para a Igreja no Brasil, verdadeiros pastores comprometidos com a causa do Reino. Este ano de 2012 também será o grande ano de preparação para a Jornada Mundial da Juventude-JMJ,no Rio de Janeiro,com a presença do papa,em julho de 2013. O que espera desse encontro? Por outro lado, como analisa os primeiros passos da organização? Do ponto de vista da organização, parece que as coisas vão indo dentro do cronograma estipulado. Como também vemos uma boa participação da juventude católica na recepção da Cruz e do Ícone. No entanto, ainda não conseguimos visualizar os resultados propriamente pastorais ou de evangelização de todo esse processo. Não se vê (ou se viu) nada que enfrentasse de forma aberta e corajosa os grandes desafios da juventude atualmente: desemprego, violência, exploração... nada se fala sobre a falta de políticas públicas voltadas para a juventude. Alguns dizem que a Campanha da Fraternidade de 2013 provocará essas questões. Espero que sim. Mas o que podemos concluir já de imediato com a preparação desse evento é aquela mesma impressão que tenho da escolha de

D. João Aviz: a presença majoritária, e até dominante, nos encaminhamentos da JMJ dos movimentos e novas comunidades, em detrimento dos grupos das Pastorais da Juventude (Pastoral da Juventude, Pastoral da Juventude Rural, Pastoral da Juventude Estudantil e Pastoral da Juventude do Meio Popular). A questão é se queremos uma pastoral de massa, de eventos, ou uma pastoral verdadeiramente evangelizadora. Vamos acompanhar melhor os próximos passos. Além disso,2012 será um ano de duas grandes celebrações:os 50 anos da inauguração do Concílio Vaticano II e os 40 anos da publicação do livro Teologia da Libertação:Perspectivas,de Gustavo Gutiérrez.Começando pelo Concílio,no contexto brasileiro, o que é necessário retomar com mais força depois desses 50 anos dos debates conciliares e o que ficou“esquecido”? Por outro lado,onde é preciso“reatualizar”o Concílio para o momento atual da Igreja no Brasil? Parece-me que uma temática conciliar que necessitaria aprofundar é o da “horizontalidade” na Igreja. Já o Sínodo de 1985 compreendeu essa questão na forma do conceito de “comunhão”. Porém, o problema é como entender este termo. Lembro-me da comparação feita por João Batista Libanio numa palestra que assisti: “Se eu trago para vocês aqui um bolo, parto em vários pedaços e distribuo para todos... vocês estarão em comunhão comigo, não é!? Mas, por outro lado, se digo para vocês assim: ‘Vamos fazer um bolo!? Quem vai trazer a farinha? Quem vai trazer os ovos? Quem vai amassar a massa?...’ Depois de preparado, colocamos no forno e depois de pronto, todos nós comemos juntos. Pois bem, a primeira forma é o que chamamos de ‘comunhão hierárquica’ e o segundo jeito é o que chamamos de

‘comunhão e participação’”. “Comunhão e participação” foi a compreensão dos bispos nas conferências de Medellín e Puebla da eclesiologia conciliar de “povo de Deus”. Foi também a compreensão dos bispos da CNBB no momento de recepção do Concílio. Foi por isso mesmo que, aqui, desenvolvemos e aprofundamos uma série de instâncias participativas, mesmo em contextos políticos de pouquíssima ou nenhuma participação democrática. Assembleias gerais do episcopado, assembleias diocesanas, paroquiais, comunitárias, assembleias dos organismos, conselhos pastorais diversos, equipes de liturgia, ministérios laicais. Enfim, uma série de práticas que favoreciam a participação e a “opinião pública” dentro da Igreja. O que assistimos nos últimos 25 anos foi um processo cada vez mais exacerbado de “clericalização”, ou de “verticalização” na Igreja. O estudo de Direito Canônico passou a ser o carro chefe da formação dos futuros presbitérios, mesmo os de Institutos Religiosos. Isso significa que se vêm enfatizando muito mais a obediência às rubricas e normas eclesiásticas do que propriamente na construção de caminhos de evangelização. Conselhos paroquiais cada vez mais centralizados e cumprindo papel meramente figurativo, marcadamente consultivo. Quando for deliberativo, cumpre a função dos membros apenas apertar a tecla de “confirmar” o que pensa o padre. Desse modo, os institutos de formação presbiteral insistem numa formação para o exercício do culto e para o exercício do poder administrativo-burocráticocanônico, em detrimento do evangelizador-pastoral. É como um padre diocesano, vestido de batina preta, de uma cidade de periferia do Distrito Federal (que por sinal foi ex-aluno meu!) me disse certa vez quando fui conhecer

sua comunidade paroquial: “Padre, como estão as coisas aqui?”, respondeu ele de forma muito reveladora: “Estão ótimas! Aqui eu sou o Papa! É melhor ser padre do que bispo, porque aqui todos me respeitam e o bispo nem sempre é respeitado”. O que temos são jovens presbíteros com forte formação estético-disciplinar e pouco éticopastoral. E é justamente neste nó que passam os conflitos com o laicato, cada vez mais desejoso de participar da vida eclesial, e das muitas propostas pastorais diocesanas, e até das iniciativas da CNBB, que ficam emperradas por “pequenos príncipes” mais parecidos com o de Nicolau Maquiavel do que de Saint-Exupéry. Outro sinal evidente desse sintoma é o esvaziamento das Assembleias dos Organismos do Povo de Deus, sem contar com a quase nenhuma participação do laicato nas Assembleias Gerais da CNBB. Parece que enquanto a sociedade cada vez mais trabalha para encontrar formas mais participativas, inclusive propondo o debate por um Estado mais democrático, a Igreja deu pouquíssimos passos na direção de uma verdadeira sinodalidade. Com relação à Teologia da Libertação - TdL,o Brasil desponta como um dos seus principais “polos produtores”de reflexão e publicações,com grandes teólogos relevantes nesse debate.Como o senhor vê o papel da TdL no contexto eclesial brasileiro contemporâneo? O discurso está defasado,ainda pensando com categorias sociopolíticas do contexto das ditaduras? Ou há novas perspectivas sendo desbravadas? Independentemente do contexto histórico latino-americano geral e brasileiro, em particular, a TdL centra toda a sua energia reflexiva e, principalmente, prática em dois polos: os pobres e o Reinado de Deus.Os pobres são o “lugar teológico”. Onde houver pobres, onde houver seres humanos que não tenham “vida e vida em abundância”, Deus estará se revelando, colocando-se ao lado deles por meio de homens e mulheres que denunciarão o “pecado social” que ainda teima em ceifar a vida de muitos dos “pequeninos”.Nesse sentido, a TdL ainda tem muito a contribuir não só num “discurso sobre Deus”, mas principalmente sensibilizando os cristãos para dar testemunho daquilo pelo qual Jesus deu sua vida: o Reinado de Deus. Há uma relação direta entre o Reino e os pobres, pois é deles que pertence “o governo soberano de Deus”. O Reinado de Deus é um reinado de justiça, misericórdia, paz e de vida plena. Este foi o sonho de Jesus e deve ser o sonho de todos e todas que se dizem seus discípulos (as): lutar para a construção de uma sociedade justa e fraterna, no campo e na cidade, e, de modo especial, para os pobres. Tendo em vista o panorama político,econômico e social quedesponta para o Brasil em 2012,quais serão,em sua opinião,as grandes questões que a Igreja deveria abordar neste próximo ano? Sem dúvida nenhuma que a grande questão em que a Igreja poderá contribuir muito está expressa na temática da 5ª Semana Social Brasileira: “Um novo Estado, caminho para uma nova sociedade do bem viver”. A Igreja quer dar sua contribuição neste ano eleitoral para discutir “Estado para que e para quem?”. O que temos é um Estado a serviço do capitalismo e dos grupos de pressão vinculados às grandes organizações monopolistas. Nesse sentido, a Igreja pretende estimular os movimentos sociais a continuarem nas lutas reivindicativas por políticas públicas que possam atender verdadeiramente aos interesses da sociedade como um todo: educação e saúde de qualidade, valorização do pequeno agricultor, por uma reforma agrária e por uma distribuição de renda mais justa entre outras mais.


12 | Tribuna do Norte | Natal | Rio Grande do Norte

geral

Domingo | 29 de abril de 2012

Principais entidades públicas de ensino superior de São Paulo não pretendem adotar a política de cotas raciais, considerada constitucional pelo Supremo Tribunal Federal, na semana passada. ONG avisa que vai acionar a Justiça

[ EDUCAÇÃO ]

Universidades descartam cotas DIVULGAÇÃO

ão Paulo (AE) - Mesmo após o Supremo Tribunal Federal (STF) decidir pela legalidade das cotas raciais, a Universidade de São Paulo (USP) não pretende adotar o sistema. Em 2009, quando assumiu a reitoria da USP, João Grandino Rodas afirmou que as cotas seriam “discutidas” no Conselho Universitário, mas o assunto só foi falado de forma marginal durante debate para reforma do programa de inclusão de alunos de escolas públicas na instituição. As universidades estaduais Paulista (Unesp) e de Campinas (Unicamp) também informaram que não vão adotar cotas. USP, Unesp e Unicamp defendem a

S

prevalência do mérito na seleção, embora tenham ações de inclusão - sem, no entanto, reservar vagas. A ONG Educafro afirmou que vai entrar com uma ação na Justiça contra as três instituições para que o sistema seja adotado. O processo deverá ser protocolado até o dia 11 de maio. “Após a decisão do STF e da orientação expressa dos ministros, vamos entrar com ação de Obrigação de Fazer”, afirma o presidente da Educafro, frei David dos Santos. “Único programa que provou eficiência na inclusão de negros é a cota. Se a USP provar que incluiu a mesma porcentagem de negros que a UERJ e UnB, eu mudo de opinião”, afirmou. Quando Rodas

foi escolhido reitor da USP, a Educafro comemorou. Rodas havia defendido as cotas em conversas com a ONG. Em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo, no dia em que foi anunciado reitor, disse: “Realmente é necessário que a USP discuta cotas e outras coisas. Por essa razão, vamos levar essa problemática ao Conselho Universitário”. A USP não informou a quantidade de negros matriculados. A universidade mantém o Programa de Inclusão Social (Inclusp), que dá bônus no vestibular a estudantes da rede pública. Neste ano, 28% dos novos alunos vieram de escolas públicas. Apesar de não adotar reserva

de vagas, a Unicamp é a única que tem benefício específico para pretos, pardos e indígenas. Eles chegam a receber 7% de bônus na nota, cerca de 2 pontos porcentuais a mais que alunos de escola pública - também beneficiados. “Não existe nenhum indicador novo que nos leve a repensar nosso modelo”, afirma o coordenador do vestibular da Unicamp, Mauricio Kleinke. No último vestibular, 8,9% dos matriculados na Unicamp vieram do grupo de pretos, pardos e indígenas - índice recorde. A Unesp também não soube informar a participação de negros entre os matriculados. A instituição foi a que mais incluiu alunos de escola pública: 41%.

João Grandino: USP manterá bônus para alunos da rede pública


geral

Domingo | 29 de abril de 2012

Tribuna do Norte | Natal | Rio Grande do Norte | 13

Candidato de oposição atrai votos da extrema esquerda e também dos centristas que votaram no candidato centrista François Bayrou no primeiro turno. Maioria dos eleitores de Le Pen vão apoiar o presidente Nicolas Sarkozy [ FRANÇA ]

François Hollande lidera pesquisa aris (AE) - O candidato do Partido Socialista (PS), François Hollande, lidera as pesquisas de intenção de voto para a eleição presidencial francesa, a oito dias do sufrágio, mostrou uma pesquisa do instituto Harris Interactive publicada na sextafeira. Segundo a sondagem, Hollande tem 55% das intenções de voto, enquanto o presidente Nicolas Sarkozy, que tenta a reeleição, está com 45%. Hollande aproveitou que a campanha eleitoral en-

P

trou na reta final e endureceu o discurso contra a imigração clandestina para tentar atrair eleitores da extrema direita, que teve forte votação no primeiro turno. Hollande também aumentou os ataques contra Sarkozy. “Em um período de crise, é necessário limitar a imigração econômica”, disse o candidato do PS à rádio RTL. Mas o candidato socialista também aproveitou para dizer que a criação de empregos é uma questão “crucial” da campa-

[ TRÂNSITO ] Perícia técnica afirma que

Thor Batista não trafegava no acostamento

Laudo confirma versão de motorista atropelador io (AE) - O empresário Thor Batista, filho de Eike Batista, não trafegava pelo acostamento da BR-040, como chegou a acusar a família do ajudante de caminhoneiro Wanderson Pereira dos Santos, que morreu ao ser atropelado pelo jovem, na noite de 17 de março. O laudo preliminar da perícia, encaminhado à 61ª Delegacia de Polícia (Xerém), informa que o jovem dirigia seu Mercedez-Benz McLaren na pista central ou da direita. E diz ainda que Santos empurrava a bicicleta, enquanto atravessava a rodovia. O laudo informa ainda que Santos carregava uma sacola plástica com latas de cerveja. Os objetos foram encontrados no para-brisa do carro. Dias depois do acidente, Thor havia publicado no Twitter versão semelhante à que foi apontada pela perícia. “Vinha na faixa esquerda com muito cuidado, sem ao menos dialogar com o meu carona, repentinamente um ciclista atravessou do acostamento do lado direito até o meio da faixa esquerda, onde trafegam veículos”. Segundo o relato, Santos “empurrava a bicicleta com o pé esquerdo no chão”. Na ocasião, Thor informou ainda que sua “imediata reação foi aplicar força total

R

nos freios do carro, segurando o volante reto”. “Infelizmente, foi impossível evitar a colisão”. Segundo o empresário, ele estava a 110 quilômetros por hora O laudo ainda não tem informações sobre a velocidade do carro. Os peritos encontraram dificuldades de chegar ao dado porque não têm parâmetros para analisar o desempenho do Mercedes McLaren e pediram informações à Mercedes, fabricante do veículo. O modelo tem capacidade de frenagem superior e é mais baixo do que os carros convencionais, o que dificulta a realização dos cálculos que indicariam a velocidade. Na semana passada, o delegado Mario Arruda, que investiga o caso, pediu ao Ministério Público Estadual a prorrogação do prazo para a conclusão do inquérito que apura o atropelamento do ciclista. A falta de informações sobre a velocidade do carro foi o principal argumento para pedir o adiamento de 30 dias para concluir o inquérito. No fim de março, teste realizado do sangue de Santos revelou que havia a concentração de 1,55 grama de álcool por litro de sangue. O máximo tolerado pelo Código de Trânsito Brasileiro é de 0,2 grama de álcool por litro de sangue.

[ VIOLÊNCIA ] Em duas décadas, 20 jornalistas

assassinados e só seis crimes foram punidos

Mortes de jornalistas ficam impunes no Brasil ão Paulo (BBC/ABR) Aproximadamente 70% dos assassinatos de jornalistas registrados no Brasil nos últimos vinte anos ficaram impunes, segundo levantamento da organização americana Comitê para a Proteção dos Jornalistas (CPJ). O caso mais recente é o do repórter de política e blogueiro Décio Sá, baleado em um restaurante no dia 23 em São Luís (MA). Sá trabalhava no jornal O Estado do Maranhão, da família do presidente do Senado, José Sarney (PMDB). O CPJ contabilizou 20 assassinatos de jornalistas entre 1992 e 2012 no Brasil, sendo que 14 não foram punidos. Outros seis foram parcial ou totalmente esclarecidos e seus culpados punidos. O Brasil foi classificado pelo comitê em 11º lugar entre os países onde há mais impunidade contra profissionais da imprensa.”Os crimes contra jornalistas continuam sendo um dos principais problemas que a imprensa enfrenta nas Américas”, afirmou em nota Gustavo Mohme, da Sociedade Interamericana de Imprensa, após a morte de Sá. O levantamento da CPJ, entretanto, já está desatualizado. A organização contabilizou em 2012 apenas o assassinato do jornalis-

S

ta Mário Randolfo Marques Lopes, em Vassouras (RJ), em fevereiro. Não foram incluídos no estudo a recente morte de Sá e os assassinatos do radialista Laécio de Souza, da rádio Sucesso FM, de Camaçari (BA), ocorrida em janeiro, e do repórter do Jornal da Praça e do site Mercosulnews, Paulo Roberto Cardoso Rodrigues, em Ponta Porã (MS), em fevereiro. Dos quatro assassinatos de jornalistas de 2012, apenas o de Laércio Souza foi esclarecido pela polícia. Segundo a Polícia Civil da Bahia, ele foi morto por criminosos em janeiro na cidade de Simões Filho (região metropolitana de Salvador) após descobrir e denunciar um esquema de narcotráfico que operava em uma comunidade onde Souza planejava realizar trabalhos sociais. Um suspeito foi preso e aguarda julgamento. Um adolescente foi apreendido e submetido a 45 dias de medida socioeducativa. Um segundo adolescente que participou do crime foi achado morto. Sobre o assassinato de Sá, a Secretaria de Segurança Pública do Maranhão afirmou que um suspeito chegou a ser detido, mas não foi formalmente indiciado. As mortes de Rodrigues e Lopes permanecem sem solução.

nha eleitoral. “Eu não farei como o mandatário, que em 2007 prometeu cortar a taxa de desemprego para 5% e então terminar meu mandato com um desemprego de 10%, como agora”, disse Hollande, alfinetando Sarkozy. A taxa de desemprego na França, segundo os últimos dados do governo, estava em 9,8% da força de trabalho, no quarto trimestre de 2011. Sarkozy diz que a persistente crise financeira na zona do euro é responsável pela alta taxa de desemprego.

A pesquisa da Harris foi feita nos dias 25 e 26 de abril e indica que deve haver uma migração maciça dos eleitores do candidato da extrema esquerda, Jean-Luc Mélenchon, para Hollande Mélenchon ficou em quarto lugar no primeiro turno, com 11% dos votos. Dos eleitores que votaram em Mélenchon no primeiro turno, 92% disseram que votarão em Hollande no segundo, enquanto 2% votarão em Sarkozy, informou a Harris. Hollande também deverá atrair

mais votos que Sarkozy do candidato centrista François Bayrou, que obteve pouco mais de 9% dos sufrágios no primeiro turno. Entre os eleitores de Bayrou, 41% disseram que votarão em Hollande no segundo turno, enquanto 36% votarão em Sarkozy, que é da centro-direita. Já entre os eleitores da terceira colocada, Marine Le Pen, da Frente Nacional (FN), 48% disseram que votarão em Sarkozy no segundo turno, mas 21% disseram que votarão em Hollande.

O ex-diretor-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Dominique Strauss-Kahn, acusou seus inimigos políticos, ligados ao presidente da França, Nicolas Sarkozy, de destruírem suas tentativas de ser candidato à presidência francesa. Strauss-Kahn, de 63 anos, fez as acusações em uma entrevista publicada pelo jornal britânico The Guardian em um momento complicado para o mandatário francês . Strauss-Kahn era o favorito entre os socialistas .


14

quadrantes

| Tribuna do Norte | Natal | Rio Grande do Norte

JOSÉ ARNO GALVÃO [ advogado ]

As praças izem os franceses que “plus ça change, plus c’est la même chose”, coisa parecida com o que se afirmava, em tom de crítica, em relação aos políticos, de que nada mais parecido com um conservador que um liberal no poder. O dito me vem a propósito das praças, esse espaço tão importante na vida das cidades. Sucessoras da ágora grega e do forum romano, as praças desempenharam diversas funções ao longo do tempo. Na Europa, ainda se pode perceber essas funções, ao observar lugares como os Jardins da Tulherias, em Paris, ou a Plaza Mayor, em Madri, ou, ainda mais conhecida, a Praça de São Pedro, do Vaticano, em Roma. São exemplos de funções diferentes exercidas pelas praças naquela época. Sempre atreladas ao poder, seja ao poder real, temporal, seja ao poder espiritual, as praças daquele tempo sempre eram localizadas nas adjacências das fontes do poder, fosse junto à sede do governo, fosse junto às igrejas. Entre nós, não foi muito diferente. Veja-se que as praças mais antigas, estão sempre próximas às igrejas – Praça André de Albuquerque, Praça de São Pedro, Praça José da Penha – ou à sede do poder temporal – Praça 7 de Setembro. Nem foge à regra a Praça Pedro Velho, projetada com o dobro do tamanho atual – sua outra metade foi loteada no começo do Século XX por um prefeito cujo nome prefiro calar – ficando em frente à residência oficial do Governador do Estado, na Vila Cincinatti, atual Vila Potiguar.

D

Mas, nessa época, outras funções passaram a ser exercidas por elas. Na minha meninice, ainda lembro da “Festa da Mocidade”, parque temporário que era montado na Praça Pio X, no local onde hoje está edificada a Catedral. Seminarista, gozando as férias em São José de Mipibu, presenciava as voltas das moças e dos rapazes em redor da praça principal, andando eles em sentido contrário ao das moças, para provocar o encontro, quando sorrisos eram trocados e bilhetes eram passados. Sempre com a ajuda das “chaleiras”, Depois, esses flertes passaram a acontecer na chegada ou na saída da missa dominical, os rapazes amontoados em volta das portas principais das igrejas, principalmente, a de Santo Antônio, a Catedral velha e a de Santa Terezinha. Muitas vezes fiquei à espreita de um olhar, de um sorriso, um sinal qualquer de que estava sendo reconhecido e correspondido. Que decepção quando o sinal não vinha! Também eram usadas as praças para as reuniões públicas, principalmente os comícios e as retretas, para o que os coretos haviam sido erguidos. Ainda assisti exibição de banda de música na Praça Pedro Velho. Mas, houve um momento, entre nós, em que as praças foram abandonadas em favor de outros lugares. Primeiro, o Grande Ponto, para os papos de fim de tarde. Depois o Parque da Lagoa Manoel Felipe, onde além de espetáculos ao ar livre, havia uma sorveteria e a boate que funcionava à noite, nos fins de semana. Mas, a

Domingo | 29 de abril de 2012

passagem das mocinhas, nesses lugares, era não só desejável, como necessária: se elas não fossem para lá, nenhum rapaz estaria disposto a ir. Esse momento coincidiu com a continuação do trabalho daquele Prefeito que loteara entre parentes e amigos a metade da Praça Pedro Velho. As praças, até então bem cuidadas e bem frequentadas – quem, , daquele tempo, não andou pela Praça Pedro Velho, brincando no parque infantil, tirando foto nos pés de ficus podados com o formato de bichos ou jogando uma pelada de futebol de areia ou de futebol mirim nas quadras que havia junto ao “avião”? - caíram no abandono. Um outro Prefeito não encontrou lugar melhor para construir os equipamentos de que achava precisava a cidade do que as praças. E vieram a Estação Rodoviária, a Galeria de Arte, o Ginásio de Esportes. uma Escolinha da campanha de “Pé no Chão também se aprende a ler” onde hoje é a sede da Associação Norteriograndense de Imprensa. O trabalho de desmonte da Praça Pedro Velho, foi continuado por dois amigos meus: um, a pretexto de combater o “lacerdinha”, um bichinho preto que parasitava os pés de ficus e que causava um ardor intenso quando caía nos olhos, não só derrubou toda a arborização da praça, como desmontou o parque infantil. Não sei se tinha intenção de reconstruí-la, nunca perguntei, nem ele teve tempo. Um outro, colocou aquele piso do que chamam de mosaico português, mas que de mosaico não tem nada e nenhuma semelhança tem com o piso das praças de Lisboa, e construiu aquele palanque no local onde era o parque, ostensivamente para o desfile do dia do soldado. E só não

mudou o nome da praça por conta da reação da imprensa, Luiz Maria Alves à frente, dizem as más línguas que estimulado pelo Almirante que comandava o Distrito Naval. E o desmonte continuou nas demais praças, entregues ao abandono, sem um cuidado regular. E os espaços reservados a esses equipamentos nos conjuntos habitacionais, quando não foram doados para atender a algum compromisso eleitoreiro, simplesmente foram deixados ao abandono. Há algumas exceções, como a Praça Hélio Galvão, no Conjunto dos Professores, mas isso se deve muito mais à ação da vizinhança que aos cuidados da administração pública. Mas a praça retoma sua função, sob outro nome e com um formato entre nós desconhecido até então. É verdade que junto a elas eram erguidas as residências dos principais dos lugares, além das sede do poder. Mas foi lá, também, que surgiram as primeiras lojas mais cuidadas, as primeiras farmácias, as vendas mais sortidas e, num momento posterior, as lanchonetes e sorveterias. Mas eram praças abertas, com amplos horizontes o que proporcionava excelente ventilação e permitia uma arborização diversificada. Agora, como algumas praças européias – Praça de São Pedro, em Roma, Praça de São Marco, em Veneza, ou Place des Vosges, em Paris -, as novas praças são fechadas, cercadas de comércio, não lhes faltando os restaurantes, bares e sorveterias. E têm nome estrangeiro: são chamadas de shoppings. Pois é, como os políticos de ontem e de hoje, as praças quanto mais mudam, mais ficam iguais. P.S.-Quando falei na estrada de Tibau,esqueci de mencionar um detalhe importante:ela agora tem nome no trecho entre Goianinha e a Pipa,passando pelo Tibáu,Rodovia Hélio Galvão,denominação atribuída por ato da então Governadora Vilma de Faria.Que fez justiça àquele que lutou tanto pelo bem de sua terra natal.

NELSON PATRIOTA [ escritor ]

MARILZA FOUCHER [ consultora ]

Lições de Infância num livro de Margarida Patriota

Por onde anda Marianne? arianne anda mancando, meio perdida pelas ruas de Paris. Ela não reconhece mais a Praça da Bastilha, tampouco a Praça da República. Ela anda em zigue-zague pelas ruas fugindo de tudo que lhe parece estrangeiro. Cansada de perambular pelas ruas, ela faz uma pausa no Jardim de Luxemburgo, se senta num banco na frente do Senado… Seu olhar é vazio, incapaz de perceber a beleza das flores em plena primavera… Ela se encontra desamparada, as lágrimas rolam em seu belo rosto. Um clochard [mendigo] se aproxima e pergunta: – Como você se chama? – Marianne. – Por que estás chorando? Ela confessa: – Eu perdi a fraternidade. – Não estou entendendo… – Vou lhe explicar. Eu sou Marianne, a efígie da República francesa, o símbolo da pátria. Eu encarno os valores republicanos franceses contidos no lema: Liberdade, Igualdade, Fraternidade. Na época dos nobres, Marianne era um nome pejorativo: ela era a servente dos nobres. Eu sou a filha do povo, represento a mulher combativa, revolucionária que vai dar abrigo, alimentar e proteger a todos. Há anos, sofro ameaças, mas tenho conseguido resistir. Todavia, ontem fui ameaçada por um homem chamado Nicolas Sarkozy e uma mulher chamada Marine Le Pen. Eles dizem que eu corro o risco de perder minha liberdade, se continuar lutando por mais igualdade. Eles dizem que se continuar defendendo os direitos humanos, acolhendo os estrangeiros, coEles dizem que eu locarei em perigo os filhos corro o risco de da pátria. perder minha O clochard retira do seu liberdade, se casaco surrado uma garcontinuar lutando rafa de vinho e dá uma boa por mais igualdade. talagada, oferecendo um Eles dizem que se gole pra Marianne: continuar – Por favor, agora que defendendo os sei quem você é, eu não direitos humanos, vou deixar ninguém mais acolhendo os te intimidar. Em maio, estrangeiros, vou votar pela primeira colocarei em vez na vida. Farei isto por perigo os filhos da você. Por você, símbolo pátria.” da república. Iremos juntos reanimar a fraternidade. Toda a França mestiça vai se mobilizar, todas as crianças dos bairros pobres, das zonas sinistradas das cidades, das zonas rurais abandonadas irão te desenhar, em cor de arco-íris, bem colorida como símbolo de tolerância. Tua bandeira azul, vermelha e branca será colocada em cada esquina. Nos muros escuros do abandono, as crianças pintarão de todas as cores a palavra esperança. E no domingo, dia 6 de maio, gritaremos todos juntos: Liberdade, Igualdade, Fraternidade. Nosso grito será tão forte que derrubará todas as fronteiras, todos os muros, onde circularão judeus, muçulmanos, cristãos, budistas, hindus, ateus. De mãos dadas, enfrentaremos Sarkozy e Marine. Eles serão obrigados a cruzar seus olhares e vomitar o ódio que os levam a criar fantasmas sobre o perigo das diferenças. Marianne, teu nome será aclamado e teus direitos resgatados.

M

[Escrito em 22 de abril,depois do resultado de primeiro turno das eleições na França].

comum que, na maturidade de seu ofício, o escritor volte os olhos para aquilo que constitui suas reminiscências da infância, e nem sempre por razões sentimentais ou mera nostalgia, como no Romantismo. Pela simples razão de que a infância, como a imaginamos na idade adulta, nem sempre se revela um oásis de boas lembranças; há nevoas de conflitos e sombras de crises, dúvidas, decepções e perdas. Como sucede, de resto, com as demais fases da vida. A diferença é que a infância reserva um nicho de descobertas e deslumbramentos que não têm correspondentes nas fases subsequentes. Em seu novo livro, cujo título já sugere seu tema – “Enquanto Aurora – momentos de uma infância brasileira”, a escritora Margarida Patriota flagra um tempo em que sua vida transita da infância para a puberdade, fixando-se em duas estações de férias escolares, quando avó, primos e tios se reúnem primeiro numa fazenda, numa área rural do município mineiro de Três Pontes; depois, numa localidade urbana indeterminada da Bahia. Autêntico rito de passagem, o livro contém elementos de suspense, como a existência de um quarto proibido na casa de fazenda cedida por uma amiga da família, e desperta entre os primos uma acirrada disputa: deve-se tentar violar o segredo do cadeado que tranca o compartimento misterioso? Esse tema ocupa uma parte considerável de “Enquanto Aurora”, mas serve também para introduzir traços primários de cada um dos jovens em férias, mais sensíveis, agora, ao apelo da aventura. Do mesmo modo, sugestivas pistas do despertar dos desejos são dadas, mas sem que a narradora se aprofunde nessa direção, talvez por ter em primeiro plano os leitores juvenis. Outro traço marcante de “Enquanto Aurora” é o retrato da avó Dulce como elemento aglutinador do núcleo familiar da narradora Maria, na medida em que aparece como fator de equilíbrio e experiência no texto. Apesar disso, ela não consegue deter o processo de dispersão que acomete a família, pontuada por separações e defecções de membros, como, aliás, ocorre hoje com a família brasileira. Através do olhar de Maria, narradora em primeira pessoa, uma complexa gama de episódios e acontecimentos do mundo dos adultos aflora na narrativa, como a anunciar à autora que sua hora de folguedos e brincadeiras está prestes a ceder lugar a ocupações mais graves. Para isso, é suficiente que ela observe com mais atenção os modos de vida de seus tios Horácio e Júlio César. O primeiro, de vocação monástica, resignado à solidão; o segundo, um personagem dom-juanesco a que os vários rompimentos não parecem arrefecer a busca da companheira ideal ou idealizada. Quanto aos pais da narradora, têm um papel, por isso mesmo, secundário, e em nada interferem, revelando, com seu comportamento discreto, a significativa mudança que os diferencia da geração de seus próprios pais. Transitando entre o mundo das crianças e o dos adultos, “Enquanto Aurora” pode ser fruído tanto por aqueles quanto por estes, sem que perca o frescor das narrativas juvenis. Não foi por acaso, portanto, que Margarida Patriota enveredou por outros gêneros narrativos, com igual êxito. Vencedor do Prêmio Ganymédes José de Literatura Infantil-UBE/RJ, “Enquanto Aurora” é um dos vários títulos que Margarida Patriota escreveu no gênero infanto-juvenil, a exemplo de “Uma Voz do Outro Mundo”, “Tudo Muda com Duda”, “Meu Pai Vive de Arte”, “A Morte do Peixe-Vagalume”. A par disso, escreveu ensaios críticos, como “Modernidade e Vanguarda nas Artes”, “Vanguarda: do Conceito ao Texto”, “Para Compreender Raimundo Correia”, fruto de suas pesquisas como professora de Literatura Brasileira na Universidade Federal de Brasília. Finalmente, enveredou com sucesso pela ficção com os livros “Brasília é uma Festa” e “Elas Por Elas”, contos em que discute questões prementes da modernidade, como as relações de gênero, as mudanças de comportamento da mulher, as crises da meia-idade, entre outras.

É CLÁUDIO EMERENCIANO [ professor da UFRN ]

O homem, o mundo e a vida vocação para escrever e transmitir idéias, percepções e sentimentos é ato de partilha. Comunhão e sentido da interação de uns com os outros. O mundo criativo e inesgotável das idéias pressupõe liberdade, heterogeneidade, convergência, divergência e questionamento. Dons e atributos legados por Deus. Geram opções que definem os rumos de cada homem. Eis, segundo o padre Teilhard de Chardin, acordes de uma sinfonia interminável. Essência da exortação de Goethe: “Mais luz”! O escritor, o artista, o jornalista, o cientista em qualquer ramo do conhecimento, todos, por toda a vertente dos tempos, podem impulsionar a racionalidade, a imaginação, as emoções, os ideais e as esperanças. Tudo semear no coração e na consciência dos homens. A experiência de vida em cada pessoa, qualquer que seja o seu nível cultural, ou sua profissão, leva-nos a refletir, bem ou mal, correta ou equivocadamente, sobre o sentido da existência, das coisas e das circunstâncias. Paulo de Tarso sentenciou que “em tudo somos atribulados, porém não angustiados; perplexos, porém não desanimados; perseguidos, porém não desamparados; abatidos, porém não destruídos; levando sempre no corpo o morrer de Jesus, para que também sua vida se manifeste em nosso corpo” (2 Corintios). A condição humana foi o leitmotiv de Thomas Edward Lawrence em “Os sete pilares da sabedoria”: “eu a amei e por isso tomei em minhas mãos estas marés de homens e minha vontade nas estrelas pelo céu imprimi; a fim de ganhá-la, Liberdade, a casa digna dos sete pilares, para que seus olhos pudessem brilhar quando chegássemos”. Os homens não sonham da mesma forma. Há os que sonham à noite, no recôndito de suas mentes. Despertam ao amanhecer e descobrem que tudo não passava de ilusão. Os que sonham de olhos abertos: são os que inovam, revolucionam, enfrentam e constroem. Essa é também a percepção de André Malraux em “A condição humana” e em “A esperança”. Antoine de Saint-Exupéry dela compartilha em “Piloto de Guerra”. Amando e transformando, o homem é parte do mundo: “Mas para nos reclamarmos de tais seres convém fundamentá-los em nós próprios”. Desafio sem fim... O crescimento do espírito dignifica as relações humanas. Eleva-as às dimensões civilizadas, onde predominam paz, harmonia e solidariedade. O homem não pode abdicar, ignorar ou sepultar seus anseios, que o encaminham à procura da felicidade. Nenhuma nação sobrevive sem cultura própria, valores, identidade. Não se pode destruir o legado de gerações passadas, que coexiste na alma e nos sentimentos dos que a fazem no presente. Nesse sentido, o tempo não se demarca nem se individualiza. A nação é uma entidade, um ser, uma alma intemporal, coletiva, que evolui, sem contraditar sua própria gênese, tudo quando a gerou e a formou. A nação está viva em cada membro da sociedade, nela identificando sua existência humana, históri-

A

ca, política e cultural. Sonhos coletivos, que emergem da alma de cada um. Curiosa e inexplicavelmente, essa questão suscita o que Stefan Zweig chamou de “momentos supremos da “Em 1945,a obracondição humana”. Lemprima de Hermann bro-me de alguns episóBroch,“A morte de dios, singulares e pesVirgílio”,desmascasoais, que ressaltam o perou a infâmia de Stáso, a força, o vigor e o palin ao ignorar para pel de intelectuais no eliminar o espírito aprimoramento espirinacional austríaco. tual, moral, ético e culHermann Broch foi tural da humanidade. Alopositor do nazismo cançaram dimensão unidesde 1934.Fugiu de versal e consagraram a um cárcere da Gestaidentidade nacional dos po para os Estados seus personagens. EnriUnidos (1938),com a queceram a individualiroupa do corpo e os dade de suas respectivas originais do seu livro, nações. Foi o caso de Caque se tornou um dos mões, sobrevivendo a um cânones da cultura naufrágio no litoral do universal.Quando se norte da África. Cego de tenta aviltar e minium olho, nadou com um mizar esse espírito só braço, pois no outro nacional,no curso segurava os originais de das distorções gera“Os Luzíadas”. Obra-pridas pela globalização ma que delineou o ser da e pela desumanidade nação portuguesa, do do fanatismo,da viomesmo modo que a “A lência desenfreada e Divina Comédia”, de do terrorismo,não se Dante Alighieri, conferiu pode esquecer a lição personalidade mítica e de Erasmo de Rotermística, até hoje, à Itália. dam (“Elogio da LouEm 1945, a obra-prima cura”) prevendo que de Hermann Broch, “A a humanidade iria morte de Virgílio”, desharmonizar,um dia,a mascarou a infâmia de nação e a universaliStálin ao ignorar para elização”. minar o espírito nacional austríaco. Hermann Broch foi opositor do nazismo desde 1934. Fugiu de um cárcere da Gestapo para os Estados Unidos (1938), com a roupa do corpo e os originais do seu livro, que se tornou um dos cânones da cultura universal. Quando se tenta aviltar e minimizar esse espírito nacional, no curso das distorções geradas pela globalização e pela desumanidade do fanatismo, da violência desenfreada e do terrorismo, não se pode esquecer a lição de Erasmo de Roterdam (“Elogio da Loucura”) prevendo que a humanidade iria harmonizar, um dia, a nação e a universalização. Premonição dos nossos dias e formulação do humanismo cristão. Legados vivos e vigorosos. Patrimônio de pensamento e vida das nações. Premissas da paz universal. A solidariedade sem fim. A gênese do futuro...


Domingo | 29 de abril de 2012

geral

Tribuna do Norte | Natal | Rio Grande do Norte | 15

Especialistas dizem que após queda de dez governos, será muito difícil implementar qualquer medida que implique recessão ou mesmo sacrifício da população, mas há quem defenda a austeridade como salvação da Europa [ ZONA DO EURO ]

Pacto fiscal da UE está sob ataque CHRISTOPHE ENA

CLARISSA MANGUEIRA Agência Estado

ão Paulo - Com apenas cinco meses de vida, o pacto fiscal assinado em dezembro pelos líderes da União Europeia passou de solução a problema. O acordo, celebrado como o grande avanço para enfrentar a crise da dívida na União Europeia, provou-se amargo demais e está sob ataque de líderes políticos de vários países. A questão é polêmica: alguns defendem a necessidade de o bloco aceitar uma meta de déficit menos rigorosa que os 3% determinados, enquanto outros afirmam que a austeridade é necessária, tendo em vista os excessos fiscais dos governos europeus no passado. Para o professor de Economia da Universidade de São Paulo (USP), Simão Silber, a implementação do pacto será muito difícil. “Após a queda de dez governos na UE está claro que é impossível que o pacto fiscal seja aprovado”. O último governo a sucumbir ao peso político das negociações sobre austeridade foi a Holanda. Na segunda-feira, o primeiro-ministro holandês, Mark Rutte, e seu gabinete apresentaram sua renúncia à rainha Beatriz após o colapso da aliança parlamentar do governo com o Partido para a Liberdade (PVV, na sigla em holandês), de extrema direita. O rompimento ocorreu após o fracasso das negociações sobre um novo pacote de austeridade fiscal. Novas eleições estão marcadas para 12 de setembro. Já o Parlamento da Holanda fechou acordo para cortar o Orçamento, que inclui medidas para

S

Vitória de Hollande no primeiro turno das eleições francesas e colapso na Europa são sinais claros de rejeição ao tratado fiscal

reduzir o déficit orçamentário do setor público a 3% do PIB até 2013, como prevê o pacto fiscal da União Europeia. Entre as medidas propostas estão o congelamento dos salários de servidores civis por dois anos e aumento do imposto sobre valor agregado (VAT, na sigla em inglês) de 19% para 21%. Segundo Silber, o colapso do governo holandês e a vitória de François Hollande no primeiro turno das eleições presidenciais na França - o candidato socialista já disse que não sancionará o pacto fiscal se for eleito no segundo turno - são sinais claros de que o tra-

tado fiscal não é politicamente efetivo. “Está claro que essa política que eles estabeleceram está errada, porque ela sangra os países cada vez mais. É difícil obter apoio dos Parlamentos porque o custo político, social e econômico das medidas é muito alto.” Por ora, no entanto, o pacto fiscal não corre risco de fracasso, avalia o analista para Europa do Eurasia Group, Antonio Barroso. “Os desdobramentos políticos na zona do euro não significam, necessariamente, que o pacto fiscal fracassará. Hollande quer complementar o tratado existente com uma cláusula DANIEL OCHOA DE OLZA

Não existe esperança fora do pacto fiscal Londres - Medidas para reabilitar a economia da Europa são consideradas necessárias por analistas consultados pela Agência Estado. Não existe espaço para que o continente faça uma grande guinada e o pacto fiscal deve continuar presente, mas pode ganhar adendos que contemplem a reativação da atividade. Além disso, o ritmo da consolidação fiscal tende a perder velocidade. Até então, apenas economistas já reconhecidamente contrários ao excesso de austeridade se posicionavam sobre a perspectiva de fracasso da estratégia europeia - aplicada também em outros países em crises no passado, sempre com consequências controversas. Nomes como Paul Krugman, Nouriel Roubini e Joseph Stiglitz já fizeram vários alertas sobre os riscos trazidos por cortes significativos de gastos em economias em recessão. Agora, a visão ecoa no discurso de economistas de mercado. Passou a ser recorrente ouvir entre analistas que a estratégia europeia precisa de correções. “Austeridade pura é contraproducente. Austeridade gradual, reformas e apoio incondicional do banco central é a melhor combinação numa situação de crise”, escreve Jim Reid, estrategista-chefe do Deutsche Bank, em relatório aos clientes. Para ele, a maior chance de obter crescimento é por meio de mais ação do Banco Central Europeu, que resultaria na desvalorização do euro. Na avaliação de Derek Halpenny, estrategista do Bank of Tokyo-Mitsubishi, a insistência de François Hollande, candidato à presidência da França, no maior foco no crescimento é apropriada, tendo em vista a confirmação de que a economia da Grécia, país mais afetado pela turbulência, mostrará contração acima do esperado. “Precisamos de medidas de crescimento e não só fiscais, pois, caso contrário, ainda teremos muitos trimestres de queda

Zapateiro foi um dos primeiros governantes derrubados pela crise

no PIB na Europa”, alertou Luis Costa, estrategista do Citigroup. A grande questão, ainda longe de uma resposta definitiva, é saber quais seriam as ferramentas adotadas para o PIB do bloco voltar ao campo positivo. Embora o discurso recente dê a impressão de que as autoridades europeias passaram todas a olhar para o crescimento, na verdade diferentes visões permeiam o ambiente. A Alemanha e o Banco Central Europeu, sempre com posições afinadas, parecem defender principalmente as reformas estruturais - leia-se, sobretudo, flexibilização das leis trabalhistas. Não é essa a proposta de Hollande. Em plena campanha, o socialista defende a criação de eurobônus para financiar projetos de infraestrutura; imposto sobre transações financeiras (como sempre quis o presidente Nicolas Sarkozy); mais recursos para o Banco Europeu de Investimentos (BEI); e uso de fundos estruturais europeus, hoje inativos. Hollande quer uma revisão do pacto fiscal já assinado por 25 dos 27 membros da União Europeia, em dezembro do ano passado, e já ratificado pela Grécia e Portugal. Merkel descarta qualquer renegociação. “Eles não estão falando a mesma língua”, disse David Lea, analista sênior da consultoria Control Risks. Para analistas, à medida que mais governos mostram fadiga com os cortes radicais de gastos,

deve haver desaceleração no ritmo da consolidação fiscal no continente. Logo, fica cada vez mais claro que os países membros do bloco não conseguirão cumprir a meta de redução do déficit para 3% do PIB em 2013, como prevê o pacto fiscal - os planos orçamentários devem ser entregues até o dia 30 de abril. Ainda assim, alterar oficialmente a meta, prevista também no Tratado de Maastricht, não é visto como algo possível. As autoridades devem, na verdade, relevar aqueles que não atingirem o objetivo, embora isso agora gere punições. “A meta de 3% é um ícone e fica politicamente inviável admitir oficialmente que não será possível atingi-la”, disse Lea, da Control Risks. “Há sinais de que a mudança para um viés mais gradual de aperto fiscal será tolerado pelas instituições europeias”, avalia Malcolm Barr, economista do JPMorgan. O que se pode esperar é a elaboração de um documento paralelo, uma espécie de adendo, para abarcar propostas favoráveis ao estímulo do PIB. “Seria algo adicional, porque reabrir o pacto daria muito trabalho e levaria muito tempo”, afirmou o analista da Control Risks.

LEIA MAIS Espanhóis lideram revolta contra pacto da austeridade. Página 16

de crescimento, e não renegociar o que já está no pacto”, ressaltou. Ontem, a chanceler alemã e grande defensora do pacto fiscal Angela Merkel afirmou que o acordo “não é negociável”. O analista do Eurasia reconhece, contudo, que a vitória de Hollande na França poderá criar algum nervosismo inicial, mas acredita que os líderes franceses e alemães fecharão facilmente um acordo para incluir qualquer tipo de referência ao crescimento no pacto fiscal. No mercado, crescem as avaliações de que a líder alemã está cada vez mais sozinha na defesa

de sua receita de austeridade, inclusive dentro do próprio governo alemão. Em campanha para a disputa em segundo turno, marcada para 6 de maio, Hollande disse nesta semana que se for eleito enviará aos líderes da UE quatro propostas para emendar o pacto. Segundo ele, seu memorando vai avaliar os bônus da zona do euro, os fundos de convergência da UE não utilizados e o imposto sobre transações financeiras como fonte de recursos para o crescimento do bloco. “Ficar focado numa obediência cega a esse mito do déficit de 3% é contraproducente. É

preciso trabalhar com flexibilidade, esse quadro de cortes só aprofunda a crise”, defende o especialista em Política Públicas e Gestão Governamental do governo brasileiro, Paulo Kliass. Ele argumenta que o Estado precisa investir. “Do jeito que eles estão fazendo, estão matando a galinha junto com os ovos”, criticou. Na Espanha, onde as medidas de austeridade derrubaram o governo de José Luis Zapatero para eleger um governo de centrodireita cujos cortes ao Orçamento enfrentam resistência dos governos das Províncias, o professor Jorge González Gurriarán, da Universidade de Estudos Empresariais de Vigo, reforçou a necessidade de um abrandamento nas medidas de ajuste na UE. “É necessário estender o prazo para que se alcance um equilíbrio do orçamento e da dívida, estimulando ao mesmo tempo o crescimento econômico para que o euro e a Europa recuperem a confiança nos mercados financeiros.” Para Silber, a solução para a crise europeia não está no pacto fiscal: a União Europeia, defende o economista da USP, deveria implementar um forte programa de privatização, reestruturar o mercado de trabalho e distribuir renda, além de adotar um federalismo fiscal. “Eles precisam trocar os bônus governamentais por um só, lastreado no PIB europeu, e então torcer para que os juros caiam”. Todas essas receitas, entretanto, dependem da Europa atingir maturidade política para fazer isso. “Ainda vamos ouvir falar da crise europeia nos próximos anos.”


16

geral

Natal | Rio Grande do Norte | Domingo | 29 de abril de 2012

Regiões autônomas do País Basco e da Andaluzia prometem ignorar decreto do governo central para que aumentem o número de alunos em sala de aula e elevem as mensalidades das universidades em 50%

[ ZONA DO EURO ]

Austeridade revolta os espanhóis ão Paulo (AE) - A Espanha está no centro da rebelião política para implementar a austeridade exigida pela União Europeia, e poderá ganhar um aliado de peso se o socialista François Hollande vencer a eleição francesa. Na sexta-feira, os governos das regiões autônomas do País Basco e da Andaluzia anunciaram que vão recorrer e não obedecerão ao decreto do governo central para que aumentem o número de alunos em sala de aula e elevem as mensalidades das universidades em 50%. As medidas fazem parte do corte de 3 bilhões de euros no setor de educação anunciado neste mês pelo governo espanhol. As reformas no país também incluem cortes nos gastos com saúde, área em que o governo planeja economizar 7 bilhões. Os cortes planejados determinam que os aposentados, que antes não pa-

S

Crise derruba primeiro-ministro da Romênia Bucareste (AE) - O governo da Romênia, liderado pelo primeiroministro Mihai Razvan Ungureanu, caiu na sexta-feira, após inesperadamente perder um voto de confiança no Parlamento. Agora o presidente do país, Traian Basescu, precisa escolher um novo candidato para o cargo de primeiro-ministro. As próximas eleições estão marcadas para novembro, mas podem ser antecipadas se o nomeado do presidente não conseguir apoio do Parlamento atual. Milhares de romenos protestam há meses contra o governo de Ungureanu, nos maiores protestos políticos desde que o regime comunista foi derrubado em 1989. Os romenos protestam contra a crise econômica e o desemprego. No voto de confiança desta sexta-feira, 235 deputados votaram a favor da queda do governo, com quatro votos a mais que o necessário. Ungureanu ficou poucos meses no cargo e apenas como premiê interino. Ele substituiu o governo do primeiro-ministro Emil Boc, que caiu em fevereiro. O governo de direita de Ungureanu caiu após perder o apoio de vários aliados, que querem se distanciar do impopular programa de cortes de gastos e também de denúncias de corrupção e nepotismo. "Hoje foi feita justiça", disse o líder da oposição, Victor Ponta. Segundo ele, o voto contra o governo representa o fim de um "sistema abusivo". As medidas de austeridade impostas para conter o déficit no orçamento, como parte do programa de ajuda que a Romênia recebeu da União Europeia (UE) e do Fundo Monetário Internacional (FMI), têm atingido fortemente a população do país, que é o segundo mais pobre do bloco, depois da Bulgária. Pesquisas de opinião mostram que a aliança de partidos de oposição liderada por Ponta, a União Social Liberal, tem uma popularidade bem maior do que o Partido Democrático Liberal, que forma a base do atual governo de coalizão. A oposição já disse que vai manter o acordo com a UE e o FMI caso seja eleita. Em 2009 o Produto Interno Bruto (PIB) da Romênia teve uma contração de 7% quando o país foi duramente atingido pela crise financeira internacional. O governo recebeu um empréstimo de 20 bilhões de euros do FMI e da UE, mas em troca teve que cortar um quarto dos empregos públicos e aumentar impostos.

gavam nada pelas despesas na farmácia, agora terão de cobrir 10% do custo, limitado a 18 euros, de acordo com seus recursos. Os restante dos espanhóis, que pagavam 40% do valor dos medicamentos, passarão a desembolsar 60%, também de acordo com a situação financeira de cada um. Além dos cortes de 10 bilhões na saúde e educação, o governo espanhol também aprovou neste mês um plano de combate à fraude e evasão fiscal. O especialista em Política Públicas e Gestão Governamental do governo brasileiro, Paulo Kliass, criticou os cortes, e disse que eles estão sendo feitos sem pesar as consequências sociais. Segundo ele, as medidas foram anunciadas em um momento de desespero do governo apenas para acalmar os mercados e mostrar que está cumprindo as regras de Bruxelas. “É o efeito perverso do bom mocismo. Além

de comprometer a qualidade de vida da população no curto prazo, as medidas alterarão o desenho da oferta institucional da saúde e da educação no longo prazo”, alertou. As críticas não são unânimes: o coordenador do curso de Administração do Ibmec em Minas Gerais, Eduardo Coutinho, acha que os cortes são necessários para restaurar a credibilidade do mercado. “Os espanhóis estão pagando a conta pelos excessos que fizeram no passado. A Espanha tem um dos mais altos endividamentos da zona do euro. Os cortes, portanto, não são uma opção, mas uma necessidade.” O professor espanhol Jorge González Gurriarán, da Universidade de Estudos Empresariais de Vigo, também culpou o governo espanhol anterior, comandado por José Luis Zapatero, pela perda da credibilidade do país no exterior. Segundo ele, o governo Zapatero adotou, no início

da crise financeira, em 2008, uma política expansionista e imprudente de gastos, que levou o déficit público para cifras “nunca vistas” que superaram 11% do PIB. A eleição de Mariano Rajoy, do Partido Popular (PP, de centro-direita) espanhol, no fim do ano passado, não trouxe alívio para os espanhóis. A taxa de desemprego anunciada hoje pelo governo subiu para 24,44% no primeiro trimestre deste ano, significando que um quarto da população economicamente ativa da Espanha está sem emprego. Quatro das 17 regiões autônomas da Espanha já têm taxas de desemprego acima de 30%: Ceuta (35,5%), Andaluzia (33,17%), Canárias (32,28%) e Extremadura (32,05%). Em todo o país, apenas a cidade de Madri registrou aumento do número de empregos no pri-

meiro trimestre, de apenas 0,58%, ou 15 900 pessoas. No começo desta semana, o banco central divulgou que o país entrou em recessão, ao registrar dois trimes-

tres seguidos de queda do PIB. A economia espanhola encolheu 0,4% no primeiro trimestre deste ano, em comparação com o quarto trimestre do ano passado, e 0,5% em bases anuais. Para Gurriarán, as medidas de austeridade que estão sendo implementadas pelo governo não ajudarão a reduzir o desemprego no curto prazo. “A situação continuará difícil. Eu acredito que deveremos começar a melhorar no segundo semestre de 2013 e crescer a partir de 2 01 4 ” , prevê.


economia DÓLAR COMERCIAL Compra:R$ 1,8840 Venda:R$ 1,8860 DÓLAR PARALELO Compra:1,91 Venda: 2,03

POUPANÇA HOJE ---------CDB 8,67% BOVESPA - 0,81%

SALÁRIO MÍNIMO

R$ 622,00 TAXA SELIC

9,00%

TELEFONES ÚTEIS Receita: 3232-2200 Procon Estadual: 3232-6869 Procon Municipal: 3232-9050 DRT/RN: 3220-2000

ENTREVISTA

O professor Paulo de Barros Carvalho analisa a guerra fiscal e a necessidade de reforma tributária. PÁGINA 7 DÓLAR TURISMO Compra: R$ 1,000 Venda:R$ 1,9700 EURO Compra:R$ 2,3930 Venda:R$ 2,6100

Editora: Renata Moura E-mail: renatamoura@tribunadonorte.com.br

NATAL • RIO GRANDE DO NORTE Domingo • 29 de abril de 2012

Mudanças em análise no governo poderão tornar o Proadi, programa de apoio à atividade, mais abrangente e aumentar a competitividade do RN na disputa por investimentos, num momento em que o setor avalia o ambiente de negócios no estado como “hostil”. [ COMPETITIVIDADE ]

Incentivo à indústria será reformulado ALBERTO LEANDRO

ANDRIELLE MENDES Repórter

governo do Rio Grande do Norte está revendo a política de incentivos à indústria. A coordenação de desenvolvimento industrial, vinculada à secretaria estadual de Desenvolvimento Econômico, vai propor ainda neste semestre mudanças na legislação do Proadi (Programa de Apoio ao Desenvolvimento Industrial do Estado do RN). Entre as propostas, que ainda estão sendo avaliadas, estão estender o benefício para setores industriais não contemplados e conceder incentivos diferenciados para os setores mais afetados pela concorrência estrangeira, como o têxtil e de confecções. O texto do novo projeto de lei deverá ser encaminhado para a governadora Rosalba Ciarlini ainda em maio e do gabinete seguirá para a Assembleia Legislativa. Esta será a segunda maior reformulação do principal programa indutor da indústria potiguar em quase três décadas. A revisão, segundo o coordenador de Desenvolvimento Industrial do estado, Neil Armstrong, foi motivada pela necessidade de atualização e pelo apelo do empresariado. “O Proadi foi reformulado há 15 anos. Muita coisa mudou de lá para cá. Reclamações de industriais também são cada vez mais frequentes”, afirma. Na última semana, Flávio Rocha, presidente das Lojas Riachuelo e vicepresidente do grupo Guararapes, maior empresa de moda do Brasil e maior confecção de vestuário da América Latina, afirmou que o RN era um ambiente hostil ao empresariado, declaração, que segundo ele, “estava atravessada na garganta de muita gente”. A decisão do governo está sendo vista com bons olhos por entidades ligadas à indústria, mas ainda não será suficiente para manter investimentos industriais no Rio Grande do Norte, afirma Amaro Sales, presidente da Federação das Indústrias do RN (Fiern). Embora o valor concedido em incentivos através do programa tenha subido 664,7%, desde a última reformulação, em 1997, o coordenador de Desenvolvimento Industrial do RN, sabe que só aprimorar o programa não basta. Amaro Sales concorda. “Quando o investidor quer vir para o estado não analisa apenas os incentivos concedidos, mas também infraestrutura, logística e relacionamento com os órgãos reguladores”. Flávio Azevedo, ex-presidente da Fiern e atual vice-presidente da Confederação Nacional da Indústria, ressalta que outros estados são mais agressivos. “O Ceará é um deles e também têm uma infraestrutura melhor , além de políticos que

O

Entre as propostas, que ainda estão sendo avaliadas, estão conceder incentivos diferenciados para os setores mais afetados pela concorrência estrangeira, como o têxtil

andam juntos para promover o desenvolvimento industrial”, diz. “Enquanto o RN financia até 75% do ICMS das mercadorias - dinheiro que ao invés de seguir para os cofres públicos fica na empresa beneficiada – alguns estados financiam 99%”, completa Amaro Sales. Robert Smith, presidente da Agência de Desenvolvimento do Ceará, não confirma o percentual, mas afirma que as indústrias que lá se instalam também podem importar matériaprima, insumos, máquinas e equipamentos sem pagar impostos. Neil Armstrong reconhece que o RN está em desvantagem, mas alerta que é preciso cautela na hora de conceder incentivos fiscais. “Não adianta conceder um incentivo que depois será questionado juridicamente pelos outros estados. Nosso modelo é juridicamente seguro”. Talvez por isso, a procura seja tão grande. A coordenadoria recebeu 20 solicitações entre 2011 e 2012. Alguns pedidos ainda estão sendo analisados. Outros já foram concedidos, como o da Prime o da Maré Cimentos.

LEIA MAIS Governo estuda ampliar incentivo e não pretende desistir do Import-RN.Página 3.


2

economia

| Tribuna do Norte | Natal | Rio Grande do Norte

Domingo | 29 de abril de 2012

REGINALDO GONÇALVES [ Coordenador de Ciências Contábeis da FASM ]

Negócios &Finanças LUIZ ANTÔNIO FELIPE laf@tribunadonorte.com.br

Os mais otimistas do mundo otimismo do empresário brasileiro continua sendo um entre os maiores do mundo. É o que revela um estudo elaborado pela empresa de pesquisas britânica MindMetre a pedido da Regus, especializada em ambientes de trabalho. Mesmo preocupados com as turbulências da economia global, continuam a investir no crescimento. Uma amostra prática desse otimismo foi o aumento da receita registrado pelas empresas que participaram do estudo no Brasil: 71% delas tiveram crescimento, ante 68% da edição anterior. Ou seja, Pais bom de verdade é aquele onde o investimento volta em faturamento, o que não ocorre hoje na maioria dos países europeus.

O

POLÊMICA

O empresário Flávio Rocha pode não querer mais falar sobre o assunto da hostilidade no RN. Não foi por conta da fiscalização do Ministério do Trabalho, por conta das cadeiras na fábrica do RN. Quanto a fábrica de Fortaleza, a decisão foi tomada no começo do ano passado, com a aprovação de um financiamento do BNDES. Há algo por trás dessa hostilidade ou acolhida, da qual o empresário está falando.

Resultados (I)

Resultados (II)

Nos resultados de 2011, a distribuidora de combustíveis ALE comemora sua expansão em faturamento, número de postos e volume comercializado. Foram acrescentados mais 100 postos à rede e o aumento em vendas atingiu 4,5% acima do volume de 2010. Em 2012, a empresa vai inaugurar sua base de tancagem em Guamaré.

No balanço da Caern, apesar do fraco desempenho financeiro, o relatório mostra que houve uma grande expansão nos serviços, principalmente, na ampliação nos sistemas de tratamento de esgotos e distribuidor de água. O Programa Estadual de Saneamento movimenta hoje cerca de R$ 1 bilhão, entre recursos próprios e federais.

CONCURSOS Os concursos públicos com inscrições abertas somam 33,3 mil vagas. Os cargos são de todos os níveis de escolaridade, com salários chegam a R$ 21.766,15, no TRT do Pará e Amapá. Pelo menos 114 concursos públicos em todo o país estão com inscrições abertas em todo o País. Um dos concursos mais procurados é o da Controladoria-Geral da União.

Carga tributária Apesar da atividade econômica em marcha lenta, na próxima quarta-feira (2), o impostômetro da Associação Comercial de São Paulo baterá na casa de R$ 500 bilhões ou meio trilhão de reais, em impostos federais, estaduais e municipais pagos pelos brasi-

leiros desde 1º de janeiro deste ano. Em 2011 esse valor foi alcançado no dia 4 de maio, ou seja, dois dias mais tarde na comparação entre os dois períodos. Já pensou esse dinheirão bem empregado em saúde, educação, segurança e infraestrutura?

ASSEMBLÉIA

Marcadas para amanhã (30), às 8h, no Distrito Industrial, as assembléias ordinária e extraordinária dos acionista de Confecções Guararapes. Vão aprovar o aumento de capital, remuneração dos diretores e a distribuição dos R$ 72 milhões dos dividendos. A família Rocha detém 84% do capital e deve embolsar cerca de R$ 60 milhões.

1

Dos 43 novos shopping centers a serem inaugurados neste ano, os 15 nos primeiros municípios onde estão sendo implantados representam 34,9% dos investimentos previstos para 2012, se comparado ao total de novos empreendimentos fora das capitais (30). Frente a esse indicador, 46,6% deles (14 empreendimentos) são investimentos inéditos nas cidades onde estão sendo construídos.

2

Os custos da construção no RN foram reduzidos em 2012. Além das custas cartoriais,por decisão do corregedor do Tribunal de Justiça, Desembargador Cláudio Santos,as tabelas das ARTs (Anotações de Responsabilidades Técnicas),também tiveram redução. Nesta caso,a nível nacional,por serem cobradas pelo sistema Confea/Creas.O preço do cimento também não variou muito.

3

O INSS enviará,a partir de terça-feira (1º), mais de 2.122 mil cartas de aviso aos segurados que completam as condições para se aposentar por idade em maio.A correspondência avisa ao cidadão que ele pode requerer o benefício a partir da data de seu aniversário. Recebem o documento os homens que,a partir do dia 1º de maio, completam 65 anos, e as mulheres que completam 60.

DECLARAÇÃO Termina amanhã o prazo da declaração do Imposto de Renda 2012. Cerca de cinco milhões de brasileiros ainda não acertaram as contas com o leão. A expectativa do Fisco é de receber 25 milhões de declarações neste ano. Quem atrasa está sujeito a multa de pelo menos R$165,74, podendo checar ao máximo de 20% do valor do imposto devido.

IMOBILIÁRIA A Ecohouse, controlada pelo empresário inglês, Anthony Armstrong, do “Ecohouse Group”, com sede em Londres e filiais em Toronto e Singapura amplia sua presença no mercado imobiliário potiguar. Além da construtora Ecohouse Brasil Construções, o grupo vai inaugurar no próximo dia 3 de maio a imobiliária “EH Negócios Imobiliários Ltda.”, em Petrópolis, com uma equipe inicial de trinta corretores. EXPEDIENTE Na próxima terça-feira, quando é comemorado o Dia Mundial do Trabalho, o comércio fecha de maneira geral, além de bancos e poder público. Funcionam apenas as atividades básicas como hospitais, alimentação e lazer dos shopping centers, a partir das 11 horas até 22h.

O Leão prepara as garras contra os sonegadores Receita Federal está cada vez mais preparada com o seu aparato de Tecnologia da Informação na busca por erros nas informações geradas pelos contribuintes, muitas vezes por desconhecerem determinados aspectos da legislação. Por mais que o organismo já venha alertando sobre a necessidade de se fazer a declaração com cuidado, muita gente ignora o alerta. Uma das informações utilizadas para o cruzamento é a DIRF (Declaração do Imposto de Renda Retido na Fonte), que obriga os declarantes a informar a todos aqueles que tiveram o imposto retido sobre sua responsabilidade. Com isso, a Receita cruza uma série de dados dos contribuintes que declaram o IRPF (Imposto de Renda Pessoa Física) e a DIRF, conseguindo pegar os que, eventualmente, têm duas ou mais fontes de renda e omitem. O detalhe para os desavisados é que a fonte pagadora somente é obrigada a declarar os valores que sofreram retenção ou cujo rendimento for superior a R$ 23.499,15, inclusive o 13º salário. E, no caso de autônomos, o valor é superior a R$ 6 mil. Há outras situações abrangidas pela legislação da DIRF, como pagamentos a titular e sócios de em-

A

presa, cujo valor seja superior a R$ 70.497,45. Os contribuintes que Algumas empretêm interesse de sas, em virtude da minimizar o situação de obrigapagamento do toriedade da entreimposto devido,ou ga do DIRF dentro aumentar o imposto dos limites estabea restituir,acabam lecidos, acabam por não informando os não gerar os inforvalores que estão mes de rendimenabaixo da tos a quem não se obrigatoriedade. enquadra na situaPara os desavisados, ção de obrigatorieprincipalmente os dade. Com isso, que possuem acabam prejudidiversas fontes de cando os contrirenda,a situação tem buintes menos inde ser levada mais a formados, pois o sério” Informe de Rendimento, independentemente do enquadramento, tem de ser impresso e disponibilizado. Os contribuintes que têm interesse de minimizar o pagamento do imposto devido, ou aumentar o imposto a restituir, acabam não informando os valores que estão abaixo da obriga-

toriedade. Para os desavisados, principalmente os que possuem diversas fontes de renda, a situação tem de ser levada mais a sério, já que o governo tem as informações geradas pela GFIP/SEFIP, nas quais todos os dados de empregados, assim como autônomos, são registrados, além das informações geradas pela RAIS. Com relação às despesas com cartão de crédito, existe o DECRED (Declaração de Operações de Crédito). As instituições financeiras já disponibilizam as informações acima de R$ 5 mil. Outras declarações que servem para cruzamentos já estão disponíveis e cada um, gerando a informação que será base de cruzamento. As declarações geradas a partir de 2012 passarão por um sistema de cruzamento no qual a falta de dados será tratada, e o contribuinte deverá prestar contas,sujeito a multas e outras punições, dependendo da forma como foi cometido o erro. As declarações dos últimos cinco anos poderão ser revistas a qualquer tempo dentro do prazo prescricional. Ou seja, evitar dores de cabeça ou economia “burra” poderá ser como um tiro no pé e custar muito mais caro do que os benefícios conquistados pela sonegação fiscal.

CRESO DE FRANCO PEIXOTO [ Professor da FEI,engenheiro Civil e mestre em Transportes ]

Carro sem entrada onda de financiamento fácil de automóveis no biênio passado, com longo prazo de pagamento, onde a reduzida parcela mensal se contrapõe ao elástico prazo de 60 meses para pagar, soma-se ao quadro de desaquecimento da indústria, à carga tributária excessiva e aos elevados custos da energia elétrica, fatores de desaquecimento econômico. O resultado desta operação matemática tende a zero. Automóveis desvalorizam com dois dígitos percentuais no primeiro ano e mantêm significativa taxa de desvalorização nos anos subsequentes, até a sua morte econômica, no final da vida útil. Ao término do primeiro ano de pagamento do longo e barato financiamento em ambiente de esfriamento de produção industrial, inadimplentes encontram valor residual do financiamento maior do que o valor real do bem. Fica devedor se quiser devolver. Há veículos com depreciação de 40% no primeiro ano. Financiados em valor integral e linear por 60 meses, paga-se 20% do bem no primeiro ano. Uma diferença de 100% em relação ao valor do consumo veicular, na data do primeiro aniversário. A baixa taxa de juros do financiamento se torna armadilha. Caso tivesse optado por

A

leasing, arrendamento com direito de compra ao final, A emoção incita devolveria simplescompradores.Cases mente o veículo e de marketing ainda não pagaria automobilístico Imposto sobre Opeexultam beleza rações Financeiras enquanto esquecem (IOF). Esta é a mecustos. lhor solução? Financiadoras A emoção incita mostram felizes compradores. Cases compradores de marketing autoassinando contratos. mobilístico exultam Não há propaganda beleza enquanto esque cite custos quecem custos. Fianuais ou que nanciadoras mosapresente o risco da tram felizes comprestação vencida”. pradores assinando contratos. Não há propaganda que cite custos anuais ou que apresente o risco da prestação vencida, tal como ocorre em propaganda de cigarros, que deixam claros os riscos do tabagismo. Carro deve ser comprado após se avaliar custos e necessidade. Muitos compram gigantescos veículos para levar a família em raro passeio anual enquanto usam o produto de forma solitária, nas cotidianas viagens casatrabalho-casa.

Há outro cenário. O da leitura das viagens necessárias associada à disponibilidade do transporte urbano e ao custo de táxis ou veículos alugados. Sim, é possível não precisar ter carro! Infelizmente, a típica oferta brasileira do transporte público ainda não premia esta possibilidade. O dinheiro do carro poderia ser aplicado no mercado financeiro. Imóveis, bens efetivos de aplicação de capital, que desvalorizam menos de 2% ao ano, seriam ideais para o longo prazo e com risco baixo. Minimizaria a deseconomia popular do consumismo desenfreado. A política de financiamento veicular fácil se mostra, portanto, insustentável. Aliese ao quadro da forte motorização e de insuficientes recursos e ineficientes programas de implantação e ampliação do transporte público. Projeta cenário de congestionamento urbano sob modelo de saturação, quando os atrasos nas viagens evoluem geometricamente. A estratégia de venda veicular sob conceito de que, para classes socioeconômicas D e E, basta buscar viabilizar o valor da prestação, tirando o foco do valor final e da taxa de juros, gerou quadro de excepcional inadimplência. Carro sem entrada, carro sem saída.

MAURO CALIL [ Educador financeiro e autor do livro “A Receita do Bolo” ]

O sonho da casa própria ma situação muito comum na cultura brasileira é ver casais, jovens ou maduros, fazendo planos para comprar um terreno e construir uma casa, na qual criarão seus filhos e viverão até o fim da vida. Nada mais legítimo e, como o tempo é o senhor das finanças, quanto antes o plano da conquista da casa própria for colocado em prática, menor será o esforço para a conquista se concretizar. Existem vários caminhos para isso ocorrer, mas o pior deles, pelo menos enquanto os altos juros vigorarem no Brasil, é o financiamento. Outros caminhos, como poupar previamente ou ainda contar com as parcelas do consórcio, são bem mais amigáveis que o financiamento. No entanto, um dia destes, um jovem em início de carreira me procurou para avaliar sua ideia, amplamente discutida em família, com o pai e o sogro. Ambos concordavam que o melhor para o jovem pai de família seria comprar um terreno e construir aos poucos. Assim, se o dinheiro da obra faltar, poderia interromper os serviços, voltar a juntar recursos e continuar a construção posteriormente. Desta forma, não se apertaria financeiramente, visto que sempre teria a possibilidade de interrupção e o que foi investido permaneceria construído à espera de novos tijolos. Resolvi me manifestar em relação ao plano. Veja que são duas etapas financeiras distintas e importantes. A primeira é a compra de um terreno e a segunda, a construção em si. Há ainda uma terceira que se refere à mudança propriamente dita, ou seja, mobília, cortinas, equipamentos etc. da qual não tratarei. Comprar um terreno depende do encon-

U

tro entre o desejo e o bolso do comprador e aquilo que se Caso haja pressa, encontra disponível sugiro verificar a no mercado, pelo utilização dos preço que se pode consórcios para pagar. Neste caso, é compra de material possível realizar a e contratação de compra agora, já mão de obra, que os terrenos poinclusive arquitetos dem aumentar muie engenheiros. Caso to de preço ou mestenha tempo, sugiro mo ser vendido pafazer um plano ra outra pessoa, ou financeiro de ainda por qualquer poupança e outro motivo ficar aplicações indisponível para a financeiras compra. O grande sofisticadas e cuidado aqui é saber turbinadas para quais serão os cusacelerar seu tos recorrentes, coprojeto”. mo IPTU, condomínio e limpeza do terreno, e em quanto tempo tais custos podem retardar o início das obras. Já com relação à ideia de “construir aos poucos”, sou radicalmente contra. De todos os pontos de vista não vejo vantagem alguma nisto. A questão de ‘não se apertar’ não me parece real, pois a obra só pára justamente quando há algum problema orçamentário. Colocado assim, “vai construindo aos poucos, sem sufoco”, parece-me algo colocado em segundo plano e não uma das mais importantes conquistas na vida de todas as famílias, que é a casa própria. Do ponto de vista financeiro, é um desastre. Ao começar uma obra, retira-se dinheiro de uma aplicação financeira, que ren-

de juros, para comprar tijolos. Se você tinha R$ 20 mil, que renderiam R$ 100 em um mês ou R$ 1.200,00 em um ano (por exemplo), agora tem 1.000 tijolos assentados (ou menos), que serão 1.000 tijolos tanto em um como em 12 meses. Ou seja, dinheiro aplicado acelera a obra, mesmo que o início dela se dê meses depois. O argumento mais comum contra poupar primeiro e iniciar a obra depois se baseia no INCC, índice de inflação para os materiais da construção civil. Os incautos pensam que, se não comprarem agora, não poderão comprar amanhã, pois o preço de tijolo, areia, cimento, argamassa, tinta etc. ficará maior. Este é mais um exemplo que deve ser visto com cautela, pois, se o preço do tijolo aumenta a ponto de você não poder acompanhá-lo, significa que sua obra parará e você ficará sem a casa e sem o dinheiro aplicado. Outro ponto importante é que obra que anda, pára e volta a andar, fica mais cara. Muito do serviço iniciado fica comprometido pela ação de sol e da chuva, desperdícios de material se multiplicam e a retomada exigirá novas compras e contratação de outra equipe, que sempre achará algum defeito naquilo que os outros fizeram, exigindo reparos. Caso haja pressa, sugiro verificar a utilização dos consórcios para compra de material e contratação de mão de obra, inclusive arquitetos e engenheiros. Caso tenha tempo, sugiro fazer um plano financeiro de poupança e aplicações financeiras sofisticadas e turbinadas para acelerar seu projeto de modo que comece e termine dentro do prazo e de suas expectativas.


economia

Domingo | 29 de abril de 2012

Tribuna do Norte | Natal | Rio Grande do Norte | 3

Além de mais abrangente, o Proadi poderá se tornar mais agressivo, segundo afirma o governo.O Import RN, que incentiva importações por meio do Porto de Natal, com garantias de benefícios fiscais, também deverá merecer atenção este ano.

[ COMPETITIVIDADE ]

Governo estuda aumentar incentivo ALEX RÉGIS

governo decidiu se debruçar sobre o Proadi quase 30 anos depois de sua criação e não descarta a possibilidade de aumentar o percentual de ICMS financiado. Ainda não há, porém, nada de concreto. Para Flávio Rocha, Presidente da Riachuelo e vice-presidente do grupo Guararapes – um dos maiores do setor industrial no Rio Grande do Norte - toda ação implementada no sentido de aumentar a competitividade dentro do estado será “paga com juros e compensação monetária em forma de desenvolvimento, emprego e renda”. Outro projeto que prometia aumentar a competitividade do Rio Grande do Norte – pelo menos do porto de Natal, na visão do governo do estado – ficou, entretanto, no meio do caminho. O Senado aprovou durante a semana um projeto de resolução que unifica as alíquotas de ICMS para produtos importados em 4% e limita os efeitos do Import-RN (Plano de Apoio às Importações do Exterior e Desenvolvimento Portuário e Aeroportuário do Rio Grande do Norte), que incentivaria a importação e aumentaria a movimentação de cargas pelo porto de Natal. O secretário estadual de Tributação, José Aírton da Silva, já havia antecipado, em entrevista à TRIBUNA DO NORTE em 29 de fevereiro, que o projeto que tramitava no Senado comprometeria o Import RN. “Se esse projeto uniformizar a alíquota para todo território nacional, o Import RN não vai poder mais financiar o ICMS”, destacou o secretário, quase dois meses antes da votação. O governo, entretanto, não dá mostras de que desistirá do programa, considerado tábua de salvação para o porto potiguar. Segundo o secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Benito Gama, “vamos ter que repensar e modificar o regulamento do Import RN”. Na avaliação dele, que concedeu entrevista à Tribuna logo após votação do Senado, a unificação da alíquota não tira o incentivo a importação. Neil Armstrong, coordenador de Desenvolvimento Industrial do RN, acredita, entretanto, que o governo chegou tarde com o Import RN. “Tivemos dificuldades em convencer as entidades de que não estávamos acirrando a competição com a indústria local”, justifica. “Sabíamos que estávamos chegando atrasados”, acrescenta.

O

Porto de Natal: governo espera aquecer a movimentação no terminal por meio de incentivos às importações, mesmo após o Senado ter unificado as alíquotas de ICMS ALEX RÉGIS

RAIO-X Números do Proadi* - Programa de Apoio ao Desenvolvimento Industrial do Rio Grande do Norte (Proadi) Número de empresas beneficiadas

Volume do incentivo concedido

45

1997

2012 (previsão)

123

2012 Variação:

R$ 25,5 milhões

1997

+173,3%

Variação:

R$195 milhões

+ 664,7%

*Criado originalmente através da Lei 5.397/85,o Proadi passou por sua maior reformulação a partir de 1997 com o advento da Lei 7.075/97.

R$ 1,4 bilhão

35 mil

Segmentos industriais mais beneficiados em % de incentivo concedido em 2012

Segmentos industriais beneficiados que mais geram empregos - em % de empregos diretos gerados por setor

é o total concedido em incentivos fiscais (em valores históricos/nominais) entre 1997 e 04/2012.

Vamos ter que repensar e modificar o regulamento do Import Rio Grande do Norte”. BENITO GAMA secretário estadual de Desenvolvimento Econômico

Aprovado pela Assembleia Legislativa em dezembro de 2011 e regulamentado em março deste ano, o Import RN enfrentou dificuldades desde o início. A primeira proposta foi rechaçada por entidades representativas, que consideravam o projeto um atentado à indústria local, e não conseguiu passar pela Assembleia. O projeto voltou para Assembleia com cara nova e outro nome. Nem assim as dificuldades desapareceram. O Rio Grande do Norte não contava, entretanto, com a unifi-

cação da alíquota. “Se o Governo Federal fizer isso (acabar com a isenção de ICMS para produtos estrangeiros) vai ser um desastre para Espírito Santo, por exemplo”, afirmou José Aírton, à época. Desastre também para o RN, que se inspirou no mesmo modelo.

LEIA MAIS O professor Paulo de Barros Carvalho analisa a guerra fiscal e a necessidade de reforma tributária.Página 7.

5,22 Cerveja/Refrigerante

é o número de empregos diretos gerados pelas empresas beneficiadas

7,95 Sucroalcooleiro

11,89 Outros

3,03 Móveis/Utens

2,48 Doces/sorvetes

6,72 Alimentos

8,52 Embalagens 12,8 Alimentos

53,63 Têxtil/confecções

9,61 Sucroalcooleiro

68,07 Têxtil/confecções

OBS:Ao todo,são beneficiados 18 setores industriais.

Segmentos com o maior número de empresas beneficiadas Têxtil/confecções Alimentos Mineração

25

24

Material de construção

Embalagens

10

8

11

OBS:Ao todo,são 18 segmentos e 127 empresas.

Fonte:Sedec

BATE PAPO Neil Armstrong de Almeida » coordenador de Desenvolvimento Industrial do RN ALDAIR DANTAS

“O RN está correndo atrás do prejuízo” Que iscas o RN usa para fisgar novos investidores? Temos o Proadi, no campo do incentivo fiscal, e o Pró gás, mais recente, que beneficia indústrias que consomem gás, como a indústria cerâmica. Através do Proadi,principal instrumento de atração de investimentos industriais para o estado, o governo financia até 75% do ICMS.Há estados que financiam mais? Existem estados que adaptaram seus programas de financiamento e vão até 99%. O nosso vai até 75%, porque respeitamos a parcela do ICMS que vai para os municípios. O estado fica com 75% do ICMS arrecadado e abre mão deste percentual. Não abre mão da parte dos municípios, porque legalmente não pode. Te-

cessamento de Exportação de Macaíba (ZPE), que é outro projeto importante. A integração da ZPE e do Aeroporto nos dará condições de atrair novos investidores que vão querer usar os incentivos da ZPE e escoar a mercadoria pelo aeroporto.

ria que alterar a legislação. Outros estados encontraram outros mecanismos para aumentar este incentivo. No Ceará, o banco estadual financia o complemento. Não é o caso do RN, que não tem mais banco estadual e não pode fazer um financiamento próprio. Como o senhor avalia nossa política de incentivos? Ela é suficiente para manter os industriais que estão aqui e ainda atrair outros? Sendo realista, nós não temos nenhum programa melhor que os dos outros estados. O RN também não dispõe de uma boa infraestrutura, diferentemente de Pernambuco e do Ceará. Fazemos o máximo para atrair o investidor. Mas sabemos que se não dermos um incentivo relevante, o in-

O governo do estado reformula a política de incentivos à indústria, mas não dá para descansar,não é? De jeito nenhum. Principalmente, porque a Guerra Fiscal é árdua. Se você ficar parado outros vão tomar os investidores. Os estados estão a toda hora tentando atrair os investimentos. O Rio Grande do Norte está correndo atrás do prejuízo.

vestidor vai optar por estados com melhor infraestrutura como Ceará e Pernambuco, que têm atraído grandes indústrias. Teremos

um grande instrumento para atração de investimentos que é o novo aeroporto. Ele servirá inclusive de suporte para a Zona de Pro-

Há uma série de critérios que definem o percentual do ICMS a ser financiado.Empresas que reduzem significativamente a produção perdem o incentivo? Digo isso porque a Coteminas anunciou recentemente a desa-

tivação parcial de uma de suas fábricas no RN. Quando a produção oscila, o volume financiado também oscila, mas não necessariamente o percentual do financiamento. No caso de indústrias que já recebem 75% de ICMS, o percentual não aumenta, se a produção sobe. Hering, Coteminas e Guararapes recebem 75%, porque todas elas geram mais empregos que o teto estabelecido (500). E no caso da Coteminas? A Coteminas apresentou o projeto de desativação da fábrica (e construção do complexo residencial e comercial) à governadora, mas ainda não comunicou oficialmente as mudanças. É preciso lembrar que eles vão construir outro empreendimento, que pode gerar até mais empregos na região. Quem emprega mais de 500 funcionários têm direito ao percentual máximo. Se ficar abaixo, teremos que rever o incentivo com base na legislação.


4 | Tribuna do Norte | Natal | Rio Grande do Norte

economia

Domingo | 29 de abril de 2012

Perda foi registrada somente em abril deste ano nos maiores bancos do país, segundo levantamento da Economática. A inadimplência é um dos fatores que exercem pressão sobre o setor. E a tendência é que os indicadores piorem no segundo semestre.

[ VALOR DE MERCADO ]

Bancos perdem R$ 40 bilhões LEANDRO MODÉ

S

ão Paulo (AE) - A pressão do governo, aliada à alta da inadimplência e às turbulências externas dos últimos dias, reduziu o valor de mercado dos maiores bancos do País em cerca de R$ 40 bilhões somente em abril, de acordo com a Economática. Se esse fosse o valor de uma empresa fictícia, seria a 12.ª maior da Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa). Ainda a título de comparação, a Souza Cruz vale R$ 44,9 bilhões. O valor de mercado é obtido pela multiplicação do valor da ação pela quantidade de papéis no mercado. A queda mais expressiva até quinta-feira foi do Itaú, que viu as ações desabarem 15,2% entre 30 de março e quinta-feira. A seguir, vinham Banco do Brasil, com perda de 10,4%, Santander (7,1%), e Bradesco (5,7%). O Ibovespa caiu 3,6% no intervalo. “Os investidores estão olhando o curto prazo, que mostra que a tendência da inadimplência é de alta para o próximo trimestre”, afirmou o analista de bancos da Lopes Filho Consultoria, João Augusto Frota Salles. Os três maiores bancos privados de varejo do País divulgaram nos últimos dias lucros modestos - para os padrões do setor - no primeiro trimestre por causa da inadimplência em elevação. Dados do Banco Central (BC) mostram que os atuais índices de calote nas pessoas físicas e jurídicas só perdem para o período que se seguiu à explosão da crise global, em 2008. Os próprios bancos dizem que a tendência é de que os indicadores sigam piorando no segundo trimestre. O Itaú, por exemplo, só acredita em um recuo da inadimplência no fim do ano. Especialmente por isso, os analistas do banco Credit Suisse rebaixaram na quinta-feira as ações do Itaú para “abaixo da média do mercado”, ante nota anterior “neutra”. O outro fator que tem pressionado fortemente os papéis do setor é a pressão do governo para que as instituições financeiras reduzam os juros e os spreads - diferença entre a taxa que os bancos pagam na captação dos recursos e a que cobram na concessão dos empréstimos.

“A leitura do mercado é de que o intervencionismo do governo pode reduzir as receitas com crédito e, consequentemente, o lucro lá na frente”, sintetizou o analista de bancos da Austin Rating, Luís Miguel Santacreu. Além de críticas verbais públicas desferidas pela presidente Dilma Rousseff e pelo ministro da Fazenda, Guido Mantega, o governo orientou os bancos públicos a diminuir suas taxas de juros para forçar os privados a seguir o mesmo caminho. Inicialmente, os privados hesitaram, mas, depois, seguiram o movimento - ainda que timidamente. Para completar, nesta sema-

“A leitura do mercado é de que o intervencionismo do governo também pode reduzir as receitas com crédito e o lucro lá na frente”” LUÍS MIGUEL SANTACREU Analista

NÚMEROS

15,2% Foi a queda nas ações do Itaú entre 30 de março e a quinta-feira passada.

na, os mercados globais voltaram a passar por turbulências, em razão das dúvidas sobre a economia da Espanha e da queda do governo da Holanda - o décimo da região nos últimos dois anos. “Quando há turbulências, linhas de crédito que costumam ser acessadas pelos bancos brasileiros fecham”, explicou Salles. Nesta semana, um relatório dos analistas da agência de classificação de risco de crédito Fitch alertou que o retorno dos bancos brasileiros deve piorar em razão da provável queda da taxa básica de juros (Selic) para níveis historicamente baixos. EMANUEL AMARAL

A queda mais expressiva até a quinta-feira foi registrada pelo Itaú


economia

Domingo | 29 de abril de 2012

Tribuna do Norte | Natal | Rio Grande do Norte |

5

Atrasos no repasse do Programa do Leite aos produtores e falta de incentivos fiscais para as indústrias de laticínios fizeram o setor desacelerar no Estado. Sugestões para reverter o quadro devem ser apresentadas esta semana. [PECUÁRIA]

Produção de leite cai 40% no RN JÚNIOR SANTOS

Intempéries climáticas e atrasos de pagamento prejudicam setor

CLEONILDO MELLO Da Agência Sebrae RN

stiagem, aumento nos custos dos insumos e, principalmente, atrasos nos repasses do Programa do Leite, do governo estadual, fizeram a bovinocultura leiteira do Rio Grande do Norte brecar qualquer possibilidade de avanço. Nos últimos três anos, os produtores de leite amargaram perdas de 40% na produção, que girava em torno de 229,4 milhões de litros de leite por ano, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE) em 2010. Para reverter o quadro negativo, as principais instituições ligadas à cadeia produtiva criaram um fórum de discussão na Federação da Agricultura e Pecuária do Estado (Faern) para sugerir ações que possam minimizar os efeitos e estabelecer políticas de apoio ao desenvolvimento do segmento, que agrega cerca de 25 mil produtores. Na próxima quarta-feira (2), às 8h, representantes do Sebrae, Faern, Federação das Indústrias do estado (Fiern), Associação Norte-rio-grandense de Criadores (Anorc), Sindicato da Indústria de Laticínios do RN e Sindicato dos Produtores de Leite vão elaborar uma pauta com sugestões de medidas e ações que possam ser implementadas. A proposta é também traçar estratégias para minimizar os reflexos da seca, considerada a pior desde a década de sessenta. O documento será apresentado a parlamentares do estado, sobretudo a bancada federal, e go-

E

Em meio ao cenário de adversidades, a participação do RN na produção nacional não passa de 0,2%

NÚMEROS

25 mil

Produtores estão ligados à cadeia produtiva do leite no Rio Grande do Norte.

3,53%

É a defasagem verificada no preço pago aos produtores, segundo estudo do Sebrae.

verno, durante um café da manhã, que ocorrerá no dia 7 de maio. “A gente percebe que o problema é sério e merece uma união de esforços para solucionar. É preciso

fazer algo urgente para que a cadeia produtiva do leite volte a crescer”, diz o gestor do projeto Leite e Derivados do Sebrae-RN, Acácio Brito. A decisão de criação do fórum surgiu após reunião, realizada na última sexta-feira, para apresentação de um estudo feito pelo Sebrae no Rio Grande do Norte a pedido da Faern que analisa o setor entre 1996 e 2012. A pesquisa mostra a evolução dos valores pagos pelo litro do produto, comparando com o que é pago pelo mercado e pelo programa. Em 1999, o litro do leite era adquirido no mercado por R$ 0,36, enquanto o governo pagava R$ 0,38. Hoje, o custo é igual: R$ 0,80. No comparativo com os valores médios pagos no país, no RN em 1999 era

superior, R$,0,36 e a média nacional era de R$ 0,26. Neste ano, há uma defasagem de 3,53%. Iniciado em fevereiro e concluído no início deste mês, o estudo executado pela Cooperativa de Serviços Técnicos do Agronegócio também verifica a relação dos custos de produção nos últimos 17 anos. O valor dos insumos e serviços elevou-se quase quatro vezes mais (397,9%) que o ocorrido no preço do leite no período de julho de 1995 a maço de 2012. Considerando-se um período mais recente (fevereiro/2008 – março/2012), observa-se que, enquanto os custos dos insumos cresceram em 37,76%, o preço do leite atingiu, em média, um crescimento de, apenas, 21,21% - cerca de 78% dos custos.

A bovinocultura leiteira potiguar começou a desacelerar nos últimos dois anos. O rigoroso período de estiagem atravessado no ano de 2010 levou muitos produtores abandonar a atividade. Nem mesmo o inverno do ano seguinte foi capaz de dar fôlego para o setor se recuperar. Somados às intempéries do clima, os atrasos no repasse dos recursos do programa do leite, que começaram no fim do governo anterior e persistiu até março deste ano, deixando a bacia leiteira potiguar sem capital de giro. Os repasses só foram regularizados neste mês, segundo o presidente da Faern, José Álvares Vieira. “Como se não bastassem tantos atrasos, estamos atravessando uma das piores secas da história”, acrescenta. Na avaliação de José Vieira, a crise começou devido à dependência do setor produtivo do programa governamental. “Não houve um preparo dos produtores para encontrar saídas quando não houvesse a parceria do governo. Além de o programa pagar valores baixos, ainda não existe outro canal para venda do produto. A iniciativa privada ficou totalmente vulnerável”. Acácio Brito concorda com o presidente da Faern e afirma que o Sebrae, através dos projetos, tem apontado novos mercados para os pequenos produtores que atuam nesse setor. “Temos que bus-

car novos caminhos. Por isso, o trabalho do Sebrae tem sido de fortalecer todos os elos da cadeia produtiva e apontar novos mercados para minimizar essa dependência”. Outro problema, apontado por José Vieira, está relacionado com a indústria de laticínios, que não recebe estímulos fiscais para processar os derivados do leite. A falta de isenção tributária deixa os estados vizinhos com um setor mais consolidado, de forma que o queijo produzido na Paraíba, por exemplo, torna-se mais competitivo que o potiguar dentro do mercado local. Além disso, o ambiente favorável fora das terras potiguares atrai gigantes do segmento lácteo para estados, como Pernambuco e Ceará.”Não temos um plano que dê competitividade à indústria de laticínios”. Toda essa situação posiciona o Rio Grande do Norte nos últimos lugares no ranking de desenvolvimento da pecuária leiteira no Brasil, respondendo por apenas 0,2% da produção nacional de leite. O estado está longe de ser autossuficiente na produção de carne e leite, ao contrário, é importador desse último produto. “Faltam projetos de desenvolvimento da atividade leiteira no RN, além de uma articulação e prioridade para o setor agropecuário, que reúne vários itens da pauta de exportação potiguar”.


economia

6 | Tribuna do Norte | Natal | Rio Grande do Norte

Domingo | 29 de abril de 2012

[ EVENTO ] Discussões serão travadas em junho e irão de temas como comércio exterior até boas práticas de cultivo, licenciamento ambiental e outorga do direito de uso da água

Abrindo a porteira laf@digizap.com.br

Expozebu x sustentabilidade 78ª ExpoZebu, que acontece em Uberaba/MG é um centro de debates e negócios com foco em sustentabilidade. Reúne diversas lideranças do agronegócio e de outros segmentos para discutir o desenvolvimento da pecuária e sua contribuição com a preservação do meio ambiente. A exposição vai até 10 de maio, no Parque Fernando Costa e promete ser um importante centro de debates sobre o desenvolvimento da pecuária nacional em harmonia com o meio ambiente. O Brasil pode, por exemplo, dobrar a produção de carne em um período de 20 anos sem aumentar a área destinada ao gado. Com o tema “Zebu: o futuro em boas mãos”, a ExpoZebu trará uma reflexão da atividade pecuária, antecedendo a Rio+20, Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, que acontece em junho deste ano no Rio de Janeiro.

A

CÓDIGO Os criadores de camarão do RN comemoram a aprovação do novo Código Florestal. O projeto, aprovado pela Câmara dos Deputados, depende agora da sanção presidencial. Há muitas discordâncias em vários artigos aprovados. O governo e os ambientalistas defendiam o texto aprovado pelos senadores, com o argumento de que, no Senado, a proposta havia sido acordada com o setor produtivo e com os ambientalistas, e que contou com a aprovação de deputados.

Milho

Previsões

O deputado Henrique Eduardo conseguiu na Conab o envio ao Rio Grande do Norte de 17 mil toneladas de milho dos estoques do Governo, para reabastecer os armazéns da empresa no RN. O milho será transportado de Pedra Preta, em Mato Grosso, para Natal, Caicó, Assu, Mossoró e Currais Novos. Outros produtos para a ração animal estão sendo solicitados para atender aos produtores/criadores potiguares.

As chuvas entre janeiro e abril de 2012 foram consideradas de baixo volume e de maneira irregular. Já em março, as chuvas foram abaixo do normal, trazendo consequências negativas para o homem do campo, com perdas na agricultura de sequeiro e na pecuária. Segundo a Emparn, o problema ocorreu devido a um bloqueio impedindo a formação de chuvas pelo sistema Zona de Convergência Intertropical (ZCIT).

CONTRIBUIÇÃO A Confederação Nacional da Agricultura e da Pecuária (CNA), lembra aos produtores rurais a data de recolhimento da Contribuição Sindical Rural – Pessoa Física – exercício de 2012. O prazo vai até 22 de maio.

Empresários na Agrishow Além da Expozebu, empresários do setor rural potiguar estarão na Agrishow, em Ribeirão Preto, a principal feira do agronegócio do Brasil e da América Latina atrai grandes compradores e apresenta tecnologias para aumentar a rentabilidade nos

negócios. A Agrishow 2012 - 19ª Feira Internacional de Tecnologia Agrícola em Ação, começa amanhã (30) até 4 de maio. Este ano deve superar os recordes de público e negócios registrados na edição passada, que atingiu R$ 1,755 bilhão.

VACINAÇÃO A primeira etapa de 2012 da vacinação contra a febre aftosa, em todo o Nordeste e, em vários estados do País começa na próxima terça-feira (1º) e se prolongará até 31 de maio. Serão vacinados bovinos e bubalinos, sendo no RN perto de 900 mil cabeças.

1

Entre os meses de julho de 2011 e março de 2012, a agricultura empresarial contratou R$ 67,8 bilhões e a agricultura familiar,R$ 9,8 bilhões,totalizando R$ 77,7 bilhões no período.As contratações registradas no Programa ABC,que utiliza boas práticas agrícolas pelos agricultores,voltaram a crescer.Foram financiados R$ 611,2 milhões no período,a juros de 5,5% ao ano. Ante o mês anterior,o incremento foi de 19,4%

2

A Expofruit 2012 divulga a programação científica e ainda, registra um recorde de vendas de estandes. A maior feira do setor da fruticultura no Brasil, de 13 a 15 de junho, em Mossoró, deverá receber mais de 60 mil visitantes durante os três dias O tema da 16º edição da feira é “Ganhar é o único resultado quando se aposta na fruticultura”.

3

O preço do leite está bom, mas a crise pode atingir o setor, no Sudeste, nos próximos meses, se o governo não tomar medidas contra o excesso de importação de leite e derivados dos países vizinhos, a crise atingirá a cadeia produtiva do setor nos próximos meses. O preço do leite nos últimos meses estabilizou na faixa dos R$ 0,80, com viés de alta.

FERTILIZANTES A Petrobras e Vale assinam contrato para exploração de reservas de carnalita, renovando o arrendamento de ativos e direitos minerários de potássio em Sergipe. Quando entrar em operação, o Projeto Carnalita será a maior planta de potássio do país. Em seu primeiro estágio, a previsão é de adicionar um volume de 1,2 milhão de toneladas por ano à produção de potássio em Sergipe. Num segundo estágio, a produção chegará a 2,4 milhões de toneladas/ano.

SEGURO O Fundo Garantia-Safra terá aporte de R$ 281 milhões para atender agricultores familiares atingidos pela seca no Nordeste, aqueles que sofreram perdas igual ou acima de 50% de sua produção . O valor foi determinado por Medida Provisória publicada no Diário Oficial da União, para atender cerca de 750 mil agricultores.

LÁCTEOS

A Paraíba produz 180 milhões de litros de leite por ano, sendo 15 milhões de litros por mês destinados à produção de queijo. Com uma demanda de 220 milhões de litros do produto, esse é um mercado em ascensão. As oportunidades de negócios para o setor e as alternativas de convívio com a seca nas pequenas propriedades rurais foram os temas do 1º Fórum Paraibano de Bovinocultura Leiteira, no Sebrae de Campina Grande, na última quinta-feira.

Expofruit 2012 divulga programação científica altando pouco mais de um mês para a realização da Feira Internacional da Fruticultura Irrigada - Expofruit 2012, que será realizada de 13 a 15 de junho, em Mossoró/RN, uma parte da programação científica do evento está fechada e mais de 60% dos estandes já estão vendidos. O tema da 16º edição da feira é “Ganhar é o único resultado quando se aposta na fruticultura”. Dentro da programação científica já fechada haverá abordagens sobre os seguintes temas: Comércio Exterior e Relações Internacionais, A Cultura do Mamão, Técnicas de Pós-Colheita, Técnicas para a Aplicação de Defensivos Agrícolas, Empreendedorismo e Negócios, Boas Práti-

F

cas de Cultivo para Frutas Tropicais, Georeferenciamento, Inovação Tecnológica, Impacto da Tecnologia do Controle Biológico na Fruticultura do Semiárido, Direito Ambiental: Entraves e Desafios, Licenciamento ambiental no agronegócio, Outorga de direito de uso de água e licença de obra hidráulica, entre outras. O grande foco da feira e dos produtores este ano será comprovar a qualidade do produto potiguar e conseguir novos compradores no mercado exterior, principalmente no norte-americano. A Expofruit também terá como destaque uma maior presença dos pequenos agricultores, por meio de uma parceria com o Ministério do Desenvolvimento Agrário. “Além da rodada de negócios que

Este ano realizaremos uma rodada de negócios específica para os pequenos produtores” SEGUNDO DE PAULA Presidente do COEX

acontece todos os anos e que, em 2011, movimentou cerca de R$ 15 milhões, este ano realizaremos uma rodada de negócios específica para os pequenos produtores”, adiantou o presidente do Comitê Executivo de Fruticultura do Rio Grande do Norte (COEX) e idealizador da feira, Segundo de

Paula. ESTANDES 60% dos estandes da feira já foram comercializados. “As vendas estão dentro das nossas expectativas e continuam em crescimento”, destaca João Manoel Silveira, diretor comercial da Expofruit. A feira terá 300 estandes, cada um com 12 m2 é ao custo de R$ 2 mil, para exposição de produtos, insumos e serviços, distribuídos em 15 mil m2. A feira é realiza por meio de uma parceria entre o Comitê Executivo de Fruticultura do Rio Grande do Norte (COEX), o SEBRAE Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Rio Grande do Norte, a Universidade Federal Rural do Semiárido- Ufersa.


economia

Domingo | 29 de abril de 2012

Tribuna do Norte | Natal | Rio Grande do Norte | 7

ENTREVISTA/PAULO DE BARROS CARVALHO / PROFESSOR TITULAR DA PUC-SP, DA USP E PRESIDENTE DO IBET FOTOS:RODRIGO SENA

pois para o outro. Desde 1988, quando a Constituição foi publicada, fala-se numa reforma tributária. O Governo Federal lançou um novo pacote de medidas estendendo a desoneração da folha de pagamento para outros setores. Seria o gérmen de uma possível reforma? Eu diria que é muito pouco. Esta é uma medida que pode ser adotada uma, duas, três vezes, mas não chega a ser uma reforma. Tanto a desoneração da folha de pagamento quanto a redução do IPI ajudam, mas ainda estão longe de ser reforma.

“O MAL NÃO ESTÁ NOS INCENTIVOS”

O Senado aprovou a unificação do imposto interestadual em 4%, colocando um ponto final na guerra dos portos.Unificar a alíquota é a solução? Não é a solução plena, mas já é um passo importante. Isso já vai evitar uma série de excessos com relação aos produtos importados. Acredito que a alíquota tenha sido pequena. Poderia ser um pouco maior. Maior quanto? Pelo menos uns 5% ou 6%. Mas essa providência de unificar foi importante porque evita que os estados que têm os portos mais competitivos cometam abusos. Estava gerando um desequilíbrio entre os estados da Federação. Recém-aprovada, a mudança exigirá um tempo de adaptação, não? Sem dúvida. Até porque nós não sabemos os efeitos concretos dessa medida. Imagina-se que o efeito seja bom. A alíquota poderia ser maior, mas mesmo assim é melhor do que estava. Muito se fala sobre Guerra Fiscal. Não se trataria de uma questão de sobrevivência? Sim. É uma questão de sobrevivência. A Guerra fiscal tem seu lado positivo. Não podemos ignorar isso. A Guerra fiscal acontece, porque há competição entre os estados e os estados usam os incentivos para fomentar as suas atividades econômicas. Mas há excessos. Há estados que tiram proveito muito grande em detrimento de outros. Isso desestabiliza a federação, que é a união dos estados sob o manto da Constituição. Eles têm autonomia política e jurídica para fazer isso, mas se perdeu o controle. Os estados começaram a fazer do jeito que queriam e isso foi causando um desequilíbrio. Um pouco de desequilíbrio sempre vai existir, porque os estados são diferentes. Uns mais ricos, outros mais pobres. Uns economicamente mais ricos, outros politicamente mais ricos. Os governadores vêm protestando. Sempre há desequilíbrios. Cabe a União coordenar o desenvolvimento nacional e a distribuição das riquezas. Quando se vê que esse equilíbrio está rompido por uma série de ações que vão arranhando a Federação é hora de tomar uma medida. Conceder incentivos fiscais não seria o problema. O problema seria conceder incentivos em excesso,certo? Isso. Há regiões que precisam de incentivos. São Paulo reclama muito dos incentivos da Zona Franca de Manaus, na Amazônia, mas a zona franca desenvolveu a Amazônia.

Fica parecendo que a reforma tributária se tornou o remédio para todos os males do país, mas acredito que não seja bem assim.O que o senhor me diz? Reforma tributária virou um lugar comum. Quando as pessoas querem colocar a culpa em alguém ou alguma coisa colocam a culpa na questão tributária. Quer saber de uma coisa? Aqui para nós, dizem que a carga tributária do Brasil sufoca a economia. Ela é elevada. Não há dúvida. Mas não tem sufocado a economia. Os tributos têm suas distorções, mas eu diria que o sistema brasileiro funciona bem. Os níveis de arrecadação estão aumentando. Agora o que foi acontecendo com o tempo foi o fortalecimento econômico e político da União. A União foi crescendo, crescendo, crescendo e os estados não acompanharam. A verdade é que a União está fortíssima e os estados e municípios mais fracos. Para tentar reverter este quadro, os estados começaram a fazer Guerra Fiscal, um atingindo o outro. ‘Tal estado está concedendo este incentivo? Então eu vou conceder mais este aqui’. E assim vão brigando. O Supremo Tribunal Federal não tem condições de acompanhar esta disputa. O Supremo julga uma lei e o estado já aprova outra no dia seguinte. Esse fortalecimento da União é um fortalecimento desmedido. Se você olhar a Constituição e examinar as competências, verá que é uma covardia. Impostos, a União tem sete. Os estados têm três e os municípios têm três. A União também pode criar o imposto que quiser desde que não haja outro semelhante. A União não quer uma reforma tributária. Ela não tem interesse, porque está ganhando. Está faturando. A arrecadação federal tem batido todos os recordes. Ela vai querer reforma para quê? Para dividir com os estados e municípios?

ANDRIELLE MENDES repórter

A

o aprovar um projeto de resolução que acaba com a “guerra dos portos”, esta semana, o Senado trouxe para o centro do debate a concessão de incentivos fiscais. A alíquota do imposto interestadual - Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) de produtos importados - foi unificada em 4%. Embora a alíquota para esse tipo de transação fosse de 12%, alguns Estados cobravam valores inferiores como forma de alavancar importações e aumentar a movimentação de cargas nos seus portos. A unificação, encarada pelo Governo Federal como uma forma de proteger o mercado nacional, desagradou os governadores de Goiás, Santa Catarina e Espírito Santo, os mais prejudicados com a resolução, e colocou o Import RN – aposta do Rio Grande do Norte – em risco. Para o tributarista Paulo de Barros Carvalho, professor titular da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), da Universidade de São Paulo (USP) e presidente do Instituto Brasileiro de Estudos Tributários (Ibet), unificar a alíquota não é a solução plena, mas já é um passo importante. Em entrevista à TRIBUNA DO NORTE, ele esclarece que conceder incentivos fiscais não é problema. O problema são os excessos. Paulo de Barros – que também é membro da comissão criada pelo Senado para fazer um diagnóstico das relações tributárias e políticas entre União, Estados e municípios e sugerir soluções para aprimorá-las - comenta ainda o pacto federativo, o novo pacote de incentivos anunciado pelo Governo ao setor produtivo, e a dificuldade em se realizar uma reforma tributária ampla no país. Para o tributarista, considerado um dos mais influentes do Brasil, “a União não quer reforma tributária. Ela não tem interesse, porque está ganhando”. A questão é não exceder tanto... Exatamente. O mal não está nos incentivos. O mal está em permitir que isso leve a situações irreversíveis, desastrosas, e que tragam prejuízos para alguns estados. Ampliando as desigualdades regionais? Isso. A Comissão do Pacto Federativo, criada recentemente pelo Senado, tem como objetivo propor soluções que favoreçam o desenvolvimento regional equitativo. É claro que algumas regiões não vão se desenvolver como outras, mas há de se ter critérios. A comissão já começou os trabalhos? Já. Foi instalada no dia 12 de abril. A comissão é composta pelo presidente Nelson Jobim e 13 membros entre economistas, cientistas sociais e juristas (Paulo de Barros é um dos membros). E tem um médico, que criou a CPMF e andou pensando em assuntos tributários. Sabe-se quando sairá o diagnóstico das regiões? Nós temos 60 dias prorrogáveis para apresentar o diagnóstico. Alguns temas são urgentes, como os critérios para a distribuição do Fundo de Participação dos Estados (FPE) entre os estados. Esse assunto é importante, porque o Supremo deu prazo até o final do ano para que fossem estabelecidos novos critérios. O Congresso vai ter que decidir até o final do ano quais serão os critérios. Por isso, o presidente do Senado José Sarney nos pediu para dar prioridade. Outro assunto que causa discussões intermináveis e atritos é a distribuição dos royalties do petróleo. As somas são elevadas. Quem não

recebe, quer receber. E quem recebe, não quer dividir. Há muito trabalho pela frente. A comissão vai se dividir em grupos menores para conseguir alcançar todos os Estados? Um texto básico foi distribuído entre os membros para que cada um aponte melhorias. Depois disso, o ex-ministro Nelson Jobim vai agrupar os membros de forma que não haja uma dissonância. Não dá para criar um grupo só de economistas, um só de juristas e outro só de cientistas políticos. Depois da divisão, passaremos para a outra etapa. Visita aos estados? A resolução que criou a comissão previa, a principio visitas, audiências públicas, reuniões com autoridades governamentais, mas por enquanto combinamos de não fazer nada disso, porque gerou um certo mal estar no Congresso, que já tem comissões que estudam Finanças, Constituição, Justiça, e essas comissões se sentiram desprestigiadas. De modo, que o presidente do Senado pediu que fizéssemos o nosso trabalho sem acirrar ainda mais este conflito. Fala-se muito sobre reforma tributária. O brasileiro, afinal de contas,sabe o que é reforma tributária? Olha, poucos sabem o que é. Vou te dizer uma coisa que tenho dito e me parece cada vez mais verdadeira. Uma reforma tributária significativa é impossível. Impossível mesmo. Porque teria que reunir numa mesa muito comprida vinte e sete representantes dos estados – computando o Distrito Federal, o repre-

sentante da União, o representante do contribuinte, numa das cabeceiras, e os representantes de mais de 5,6 mil municípios. Estados e Municípios têm a mesma estatura jurídica. Todos têm que ser ouvidos. Seria então uma grande mesa, uma mesa gigantesca. Sem falar que existem interesses regionais e municipais quase inconciliáveis. Mais da metade dos 5,6 mil municípios brasileiros nem sistema tributário têm. Eles vivem da distribuição do Fundo de Participação. Ou porque não há serviço em nível suficiente para ser tributado ou não porque conseguem estabelecer uma receita. O interesse desses municípios é receber o Fundo de Participação. Eles nem querem saber do resto. É muito difícil resolver isso. Um problema qualquer tem que ser discutido. Lembro quando o presidente Lula encaminhou para o Senado a proposta da reforma tributária e entregou para o ministro Garibaldi Alves, que era presidente do Senado naquela época. Conversei com o ministro Garibaldi e ele me perguntou o que eu achava. Eu disse: ‘eu acho que o presidente da República pôs um abacaxi no seu colo’. Por quê? Porque ficou parecendo que o presidente tinha feito a parte dele e agora o ministro Garibaldi precisava completar. Veja só, uma emenda substitutiva já provoca uma discussão geral. Imagine mais de mil. Se você me perguntar se eu acredito numa reforma ampla, digo que não. Se perguntar se acredito numa reforma pontual, respondo que sim. Primeiro, cerca-se o problema. Depois, discute-se as soluções. E depois passa-se para outro problema. E de-

A GUERRA FISCAL TEM SEU LADO POSITIVO.NÃO PODEMOS IGNORAR ISSO. MAS HÁ EXCESSOS”

UMA REFORMA TRIBUTÁRIA SIGNIFICATIVA É IMPOSSÍVEL.SEM FALAR QUE EXISTEM INTERESSES REGIONAIS E MUNICIPAIS QUASE INCONCILIÁVEIS”.

A Reforma Tributária não pode ampliar ainda mais as desigualdades regionais, tendo em vista que muitos Estados, alguns mais pobres,perderão seus incentivos? Se não for muito cuidadosa, a reforma tributária – a utópica- vai ocasionar uma perda de receita. Isso vai prejudicar alguns estados. É por isso que o senador José Sarney pediu a comissão do Pacto Federativo que examinasse muito bem este aspecto. Para que evitássemos perdas de receita. Para que,ao invés de amenizar as desigualdades regionais, a reforma não agravar ainda mais a situação,imagino. Exatamente. Tudo isso vai repercutir no bolso do contribuinte. Porque todos os projetos de reforma tributária trazem uma cláusula segundo a qual não pode haver perda de receita. Ora se houver um erro de cálculo e não houver possibilidade de perda de receita, quem vai arcar é o contribuinte. Se for feita cuidadosamente, o contribuinte não vai perder. Eu queria que o contribuinte pagasse bem menos, mas este é um assunto muito delicado. Estava observando a crise na Itália. Todos começaram a discutir uma solução. Alguém disse ‘vamos aumentar a carga tributária’. Aí a associação dos contribuintes fez uma manifestação, criticando esta possibilidade. Há impostos que eles pagam sem saber nem a razão.


economia 8

Natal | Rio Grande do Norte |Domingo | 29 de abril de 2012

[ SUPERMERCADOS ] Relatório mostra que a margem média do setor, que historicamente gira em torno de 1,9%, chegou perto de 3% no

ano passado, embalada por departamentos como padaria e confeitaria, seguidos pela seção de higiene e beleza e a de bazar.

Margens de lucro batem recordes RODRIGO SENA

MÁRCIA DE CHIARA

ão Paulo (AE) - De carona no aumento da renda do brasileiro e na ascensão das classes sociais, os supermercados ampliaram a margem de lucro para níveis recordes no ano passado. Em 2011, a margem de lucro líquido do varejo de autosserviço atingiu 2,7% sobre o faturamento anual de R$ 227,2 bilhões, aponta 41.º Relatório Anual da revista Supermercado Moderno. A pesquisa, que é uma espécie de radiografia do varejo de autosserviço, foi feita com 350 empresas do setor. Ela inclui informações de lojas de vizinhança, supermercados, hipermercados e até atacarejos. “Historicamente, a margem média gira em torno de 1,9% e nunca chegou perto de 3% sobre a receita, como ocorreu no ano passado”, afirma Valdir Orsetti, responsável pela pesquisa. Em 2009 e 2010, as margens de lucro, descontados os impostos, foram de 1,77% e de 2,05%, respectivamente. A pesquisa mostra que os varejistas aproveitaram para melhorar as margens no ano passado em relação ao anterior exatamente em seções das lojas nas quais as comparações de preços com os concorrentes são mais difíceis, porque os produtos são diferenciados, o consumidor tem menor memória de preços e, além disso, está disposto a desembolsar mais. “O con-

S

peraturas da região. Segundo Orsetti, a temperatura também é fator determinante para explicar a elevada participação dos itens de mercearia doce, como bolacha e biscoitos, no Sul, com 8,2%, ante 7,5% da média nacional. É que o consumidor do Sul tem hábito de tomar chá e café e os biscoitos são complemento. Já o grande destaque no Sudeste são os produtos lácteos, com 6,7% das vendas, enquanto a média é de 5,9%. No Norte, os hortifrútis detêm 11,5%, ante 8,5% no País.

IMPOSTO DE RENDA

Pergunte

ao

leão O setor pegou carona no aumento da renda da população e aproveitou para ganhar mais em seções em que há menos comparação de preços

sumidor não sabe quanto vale uma xícara, mas sabe exatamente quanto custa um pacote de arroz ou feijão”, exemplifica Orsetti. De acordo com a pesquisa, a seção que mais ampliou a margem de remuneração no ano passado na comparação com o anterior foi padaria e confeitaria, seguida pela seção de higiene e beleza e a de bazar. “É possível fazer um pão mais in-

crementado e cobrar mais”, diz ele. Pela primeira vez a pesquisa revelou as preferências de compras por região. Isto é, quais são as seções por região do País que respondem por uma fatia de vendas superior à média do mercado brasileiro. De acordo com esse critério, dois destaques são as regiões Centro-Oeste e Nordeste. As vendas de artigos de bazar responderam por

4,5% das vendas lojas localizadas no Centro-Oeste, resultado que superou a média nacional para essa seção, que foi de 3,9%. O resultado se repete no caso dos itens de padaria e confeitaria. Eles responderam 5,9% das vendas no Centro-Oeste, ante 4,8% da média nacional. “Há poucas indústrias de artigos de bazar nessa região”, argumenta Orsetti para explicar a

maior fatia nas vendas. No Nordeste, o destaque foram os produtos congelados e resfriados, que responderam por 9,6% das vendas, ante 7,6% da média nacional; e os artigos de higiene e beleza, com fatia de 8,3% das vendas na região, enquanto a média nacional foi de 7,1% A explicação para o bom desempenho das duas seções se deve às altas tem-

No caso de uma declaração já enviada,posso retificá-la antes do dia 30/04 sem nenhum problema para o contribuinte? A retificação pode ser feita em até 5 anos, desde que o contribuinte não esteja sob procedimento fiscal.A retificação para mudar a forma de tributação (desconto simplificado ou deduções legais) é que está limitada ao prazo de entrega da Declaração (30/04/2012). As perguntas desta coluna são respondidas por técnicos da Delegacia da Receita Federal em Natal.Envie suas dúvidas com nome,e-mail e telefone para irpf@tribunadonorte.com.br


natal

TRABALHO

A consultora em RH, Karla Andreia Santiago, fala sobre a CLT. PÁGINA 5

TEMPO HOJE

TÁBUA DE MARÉS

FEIRAS LIVRES

Nublado com chuvas isoladas Máx.: 31ºC Mín.: 24ºC

Preamar 09h56 -1.8- 22h48 -1.8 Baixa-mar 03h26 -0.9- 16h28 -0.7

C. Esperança: hoje 386 bancas/406 feirantes Nova Natal 550 bancas/283 feirantes

BALNEABILIDADE Impróprias Pium (Balneário) Praia dos Artistas

FASES DA LUA Crescente: hoje Cheia: 06/05 Nascer do sol: 5h20 Pôr do sol: 17h15

Editora: Rosa Lúcia Andrade (Interina) e-mail: rosalucoelho@gmail.com

NATAL • RIO GRANDE DO NORTE Domingo • 29 de abril de 2012

A Sesap liquidou, em pouco mais de um mês de efetivo funcionamento da unidade, 50,82% do valor contratual assinado com a A.Marca. Dos R$ 15,80 milhões previstos para180 dias de contrato, já foram pagos R$ 8,033 milhões [ HOSPITAL DA MULHER ]

A.Marca já recebeu R$ 8 milhões MARGARETH GRILO repórter

O

contrato de R$ 15,8 milhões entre a Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) e a Associação Marca para gestão do Hospital Parteira Maria Correia – o Hospital da Mulher, de Mossoró, teve 50,82% da sua execução financeira liquidada nos primeiros 32 dias de funcionamento da unidade, inaugurada dia 8 de março. No dia 22 do mesmo mês, a Sesap pagou R$ 2,59 milhões referentes à primeira parcela do custeio, e no dia 10 de abril foram liberadas mais três ordens bancárias, que somam R$ 5,43 milhões. Uma delas é relativa à segunda parcela de custeio (mês de abril). Na soma, a Secretaria liberou, nesse curto espaço de tempo, R$ 8,03 milhões do valor contratual global, conforme informações extraídas pela reportagem da TRIBUNA DO NORTE no Portal da Transparência do Governo do Estado. O contrato da A.Marca, assinado em 29 de fevereiro, tem 180 dias de vigência. Na terçafeira, 24, a direção do HMM havia informado, através da Assessoria de Imprensa, que a OS tinha recebido apenas uma parcela de custeio e o valor relativo à aquisição de equipamentos, o que totalizava R$ 5,22 milhões. Os empenhos já pagos foram todos liberados pelo secretário estadual de Saúde, Domício Arruda, no dia 8 de março, dia da inauguração da maternidade. No processo 3972/2012 consta despacho da Subcoordenadoria de Fiscalização Financeira e Análise (SUFIFN), órgão da Auditoria Geral do Estado, com a seguinte posição: “pela liberação das notas de empenho 112/12, 113/12 e 114/12 nos termos da Procuradoria Geral do Estado e do Conselho de Desenvolvimento Econômico – CDE, porém sem o devido exame por parte da Control”. O despacho foi assinado pelo subcoordenador Antônio Osir Costa Filho. Os órgãos de controle social, entre eles o CES e o Ministério Público, estranham a rapidez a estruturação do serviço. Levando em conta a data do dia 6 de fevereiro, quando o secretário Domício Arruda autorizou o envio de convite às OSs, houve pouco mais de trinta dias (até a inauguração da unidade) para apreciação de propostas, definição da OS, aluguel e reforma do prédio; aquisição de equipamentos e contratação de pessoal. Segundo o controlador-geral do Estado, Francisco Melo, o processo passou em análise na Control, em regime de urgência, “ten-

do em vista a situação de emergência materno-infantil em Mossoró”. O controlador-geral disse que a decisão de liberar o empenho global foi baseada nas informações contidas no processo. “Como o processo já tinha os pareceres dos órgãos jurídicos da secretaria e do Estado”, disse o controlador, “nós autorizamos o empenho para que a Sesap pudesse dar andamento ao processo e iniciar a implantação da unidade”. Melo fez questão de frisar que a execução financeira cabe ao órgão gestor, no caso a Sesap. Ao término da execução do contrato – ou se houve algum pedido de ajuste financeiro, para mais ou para menos – o processo tem, segundo ele, que retornar a Control. Pelo processo, a PGE havia analisado os aspectos legais para a celebração de Termos de Parceria entre organizações sociais e o Governo do RN. No parecer de 17 de fevereiro, o procurador-geral Miguel Josino Neto concluiu pela “viabilidade jurídica” para a celebração do termo, em caráter de emergência, com dispensa de licitação. Considerando a situação de emergência apontada no processo, o procurador-geral desobrigou a Sesap do compromisso de fazer consulta prévia ao Conselho Estadual de Saúde, instância máxima de deliberação da Saúde, no âmbito do RN. Essa consulta prévia está fixada na Lei 9.790, que regula as Organizações Sociais e na Lei do Sistema Único de Saúde. Nos termos da parceria, de acordo com a cláusula segunda, os repasses à A.Marca “serão realizados bimestralmente, a iniciar até o 5º dia útil após o primeiro mês de atividade”. A unidade completou um mês de atividade em 8 de abril. Segundo essa mesma cláusula, o recurso a ser repassado foi dividido em duas partes, uma fixa, de 90% do valor firmado e uma variável, de 10%, que somente será efetivada caso sejam atingidas as metas propostas, considerando a avaliação bimestral dos relatórios de atividades, de acordo com a Planilha de Metas de Indicadores de Desempenho. A cláusula segunda estabelece que, no primeiro pagamento, a Sesap repasse somente a parte fixa, relativa aos dois primeiros meses de atividade. Para a presidente do CES, Francinete Melo é lamentável que “o secretário não cumpra o que mesmo assina”.

LEIA MAIS CSN quer coibir parcerias sem o aval dos Conselhos. Pág.3 CARLOS COSTA

Hospital da Mulher, em Mossoró, abriu em parceria com a Sesap


2 | Tribuna do Norte | Natal | Rio Grande do Norte

natal

Domingo | 29 de abril de 2012

O Conselho Nacional de Saúde condena a prática de parcerias entre as secretarias e empresas sem que haja a aprovação dos órgãos de controle social, como os conselhos Estadual e municipais

[ HOSPITAL DA MULHER ]

Parcerias estão na mira do CNS ASSESSORIA DO GOVERNO

ntegrante da mesa-diretora do Conselho Nacional de Saúde, o farmacêutico potiguar, Francisco Batista Júnior, está elaborando resolução para coibir parcerias público-privadas sem aval dos Conselhos de Saúde, em nível municipal e estadual. A proposição é de uma resolução que determine o bloqueio por parte do Ministério da Saúde da produção médica paga pelo Sistema Único de Saúde, em casos de parcerias, que utilizem recurso financeiro do Fundo de Saúde e tenham sido implementadas sem prévia análise e aprovação dos Conselhos de Saúde. Esse foi o caso da parceria entre Sesap e A.Marca para gestão do Hospital da Mulher de Mossoró. A resolução será apresentada em plenária do CNS no dia 8 de maio e, segundo Júnior, a medida já é consenso entre os conselheiros nacionais de Saúde. “Se aprovada a resolução”, explicou Júnior, “o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, terá duas alternativas: ou apresenta uma outra proposta e tenta convencer os conselheiros a aceitá-la, ou cumpre a resolução que determina o bloqueio de repasses. A produção é depositada em conta específica dos Fundos Estaduais e Municipais de Saúde. Júnior classificou como sendo “um descalabre” a rapidez do pagamento do contrato com a A.Marca e disse que vai levar o caso ao conhecimento do Conselho Nacional. “Em todo o país”, afirmou o conselheiro nacional de Saúde, “está provado que a maior fonte de corrupção do SUS, os grandes escândalos, envolvem exatamente as Organizações Sociais e temos pesquisas que mostram que os serviços terceirizados tornam-se mais caros e menos eficientes”. O CNS também estuda medidas de enquadrar os gestores na Lei de de Improbidade administrativa.

BATE PAPO

I

Domício Arruda » Secretário estadual de Saúde O senhor vai participar da plenária do CES no dia 9 de maio? Sim.

Hospital da Mulher começou a funcionar no dia 8 de março.A Marca comprou todos os equipamentos

Crise de desabastecimento não atinge a unidade No período em que a Sesap garantiu R$ 8 milhões para a A.Marca, oriundos do Fundo Estadual de Saúde (Recursos Ordinários), os hospitais regionais vivenciavam uma das maiores crises de desabastecimento – maior inclusive que a de 2008, segundo a presidente do Sindicato dos Servidores da Saúde, Sônia Godeiro. Na época, em entrevistas à TN o titular da Saúde alegava “indisponibilidade de recursos”. Os repasses de custeio (recursos ordinários) começaram a ser feitos entre a última semana de março e início de abril. No entanto, os dois principais hospitais gerais de Natal, o Hos-

pital Monsenhor Walfredo Gurgel e o Hospital José Pedro Bezerra, o Santa Catarina, receberam juntos pouco mais de R$ 2,8 milhões. Em muitos dos 23 hospitais da rede, principalmente no interior, segundo Sônia Godeiro, a falta de medicamentos e materiais continua. Já o abastecimento da Unicat, central de distribuição para a rede estadual, está sendo resolvido mediante ordem judicial. Na semana passada, a Juíza de Direito da 1ª Vara da Fazenda Pública da Comarca de Natal, Patrícia Gondim Moreira Pereira, determinou ao Governo do Estado, através da Sesap, a vinculação da

Plenária do CES-RN cobra explicações O Conselho Estadual de Saúde convocou a Associação Marca e o secretário estadual de Saúde, Domício Arruda, membro do CESRN, para prestar esclarecimentos na plenária que acontece no próximo dia 9 de maio, no 12º andar do prédio da Sesap. O CES é composto por 20 conselheiros estaduais (titulares) e número igual de suplentes. Os conselheiros querem acesso a informações sobre

modalidade de compras; e de contratações de pessoal; e acesso às planilhas de custos das obras de readequação do prédio. A pauta do CES-RN será a seguinte: SERVIÇO 8h30 – Apresentação da Execução Financeira do Termo de Parceria entre Sesap e A Marca para o Hospital da Mulher (Responsável pela entidade)

10h30 – Apresentação do Plano de Gestão da Sesap para o Hospital da Mulher (Domício Arruda) 13h30 - Apresentação da Prestação de Contas da Política Nacional de Gestão Estratégica e Participativa do SUS 14h30 – Apresentação e encaminhamentos do Grupo de Trabalho sobre o processo encaminhado ao MPE do Contrato de Hemodiálise

quantia de R$ 2,3 milhões para aquisição dos 24 principais medicamentos ausentes na Assistência Farmacêutica da Unicat. A quantia vinculada é o restante do total dos R$ 13,8 milhões que haviam sido bloqueados pela Justiça para a compra de medicamentos. Este ano, por causa da inadimplência da Sesap, houve uma recusa de grande parte de fornecedores, mesmo tendo participado do pregão e recebido o empenho. A preços do início de abril, a pasta soma uma dívida de R$ 74 milhões junto às empresas farmacêuticas e de materiais médicohospitalares, segundo disse o secretário Domício Arruda em entrevista à TN, no domingo, 1º de abril. O valor corresponde a restos a pagar dos anos de 2010 (R$ 52 milhões) e 2011 (R$ 22 milhões).

Neste ano de 2012 o dia 02 de fevereiro de 2012 ocorreu antes do dia 06 que aconteceu antes do dia 17 de fevereiro” DOMÍCIO ARRUDA Secretário de Saúde do Estado

SAÚDE TERCEIRIZADA Veja quanto custa o contrato firmado entre a Sesap e a A.Marca para gestão do Hospital da Mulher em Mossoró-RN

368 Pessoal contratado para trabalhar no Hospital da Mulher Valor:

R$ 15.806.057,91 Período:180 dias (29/02 a 29/08)

182 estão registrados no Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde – CNES com vínculo empregatício e contratos por prazo determinado

R$ 8.033.835,30 Quanto já foi pago à A.Marca

50,82% do valor global do contrato

Veja as ordens bancárias extraídas do Portal da Transparência

'Quarteirização' de contratos Segurança patrimonial Nutrição e dietética Rouparia/Lavanderia Laboratório de Análises Clínicas Ultrassonografia

Desenvolvimento e implantação de sistemas Anestesia Consultoria e Assessoria Terceirizada

A instalação do Hospital da Mulher em Mossoró era uma promessa de campanha da governadora.Porque somente em janeiro de 2012,a Sesap se mobilizou,de fato,para tirar o projeto do papel? Porque Mossoró ficou alguns dias sem um só serviço de obstetrícia e a região sem referência para partos de alto risco. Isso ocorreu no dia primeiro dia [sic] de Janeiro deste ano. O Governo do Estado esteve, representado pelo Secretario [sic] da Saúde, em reunião com prefeitos e secretários das cidades da região em 29 de dezembro, garantindo o pagamento dos honorários complementares ao serviço de obstetrícia mas mesmo assim anestesiologistas (são apenas 10 em Mossoró) e obstetras suspenderam completamente os atendimentos. A unidade materno-infantil prometida pela senhora Governadora faz parte de projeto junto ao Banco Mundial. Uma maternidade-escola com 120 leitos. Porque a“situação de emergência” foi justificada apenas com notícias publicadas no Jornal de Fato, sem dados estatísticos da evolução do número de partos e a demanda reprimida? Todos os jornais de Mossoró noticiaram o fato. Em Natal, o fato foi também noticiado pelo jornal Tribuna do Norte. De fato, houve colapso total dos serviços de obstetrícia por pelo menos quatro dias e uma situação de instabilidade imprevisível. A Casa de Saúde DixSept [sic] Rosado, única maternidade que atende SUS na cidade pode comprovar quantos partos foram realizados na primeira semana deste ano. O CES denunciou que a emergência foi “fabricada” como estratégia para inaugurar o HMM no dia 8 de março. No processo 3972/2011 ao qual a TN teve acesso percebe-se que algumas ações da AMarca se anteciparam aos pareceres dos órgãos de controle interno (Assejur e TCE). Por exemplo: a proposta da entidade foi enviada no dia 2 de fevereiro, quando seu despacho autorizando a Cohur enviar o convite a três empresas saiu apenas dia 6/02 e o parecer da PGE apenas dia 17/02.O senhor pode explicar porque houve essa antecipação? Com a abertura do processo de forma emergencial, foi realizada uma dispensa de licitação com contratação direta da entidade, ouvida a Procuradoria Geral do Estado que emitiu parecer. Quanto as explicações das datas, somente a seqüência cronológica pode esclarecer: neste ano de 2012 o dia 02 de fevereiro de 2012 ocorreu antes do dia 06 que aconteceu antes do dia 17 de fevereiro. Com a dispensa de licitação, foi realizado convite direto à única entidade com atuação neste estado, dispensando- se obviamente o convite a outras empresas e a re-

ferida solicitação à COHUR tornou-se desnecessária. Houve convite a outras empresas? Quais? E porque esses convites e respostas das empresas não constam no processo? Não. Dispensas de licitações dispensam convites. Há uma única entidade em atuação no estado, prestando serviços à Prefeitura de Natal que poderia atender à necessidade emergencial que aconteceu de fato na região Oeste. A Comissão de Gestão e Avaliação do termo já foi composta e está funcionando? Foi enviado ofício solicitando a indicação dos representantes do Conselho Estadual de Saúde e da Secretaria de Administração e Recursos Humanos para publicação no Diário Oficial do Estado. Quando exatamente o CES foi oficiado a participar? No dia 12 de abril.

Porque o custeio aprovado no Termo de Parceria é superior em R$ 1,6 milhão ao que está previsto no pré-projeto? E por é bem maior que o custeio do HWG, que é de apenas R$ 1,5 milhão? Porque foram acrescentados mais sete leitos de UTI Neonatal e seis de Unidade De Cuidados Intermediários ao projeto inicial. A Sesap pagou já pagou a A.Marca R$ 8.033.835,30,dos R$ 15.806.057,91 totais do contrato, de acordo com informações do Portal da Transparência.Isso é mais de 50% do valor total do contrato.O Estado pagou inclusive a segunda parcela do custeio de um serviço que sequer foi prestado (8 de abril a 8 de maio).Há privilégio à Amarca? A cláusula segunda do Termo de Parceria estabelece que no primeiro pagamento seria repassado o valor correspondente aos dois primeiros meses de atividade. As parcelas subseqüentes serão executadas bimestralmente. Pelo termo o primeiro pagamento só deveria sair após 30 dias de funcionamento efetivo (Cláusula Segunda). Num estado de crise financeira,como alega o Estado, não foi um pagamento muito rápido? Esta informação não procede. O inicio dos pagamentos foi estabelecido para a data da assinatura do contrato que ocorreu em 29 de fevereiro. Quanto em equipamentos a própria Sesap adquiriu para o Hospital da Mulher, além dos que foram adquiridos pela A.Marca e quais foram esses equipamentos? Nenhum equipamento foi adquirido diretamente pela SESAP. *O secretário Domício Arruda respondeu às perguntas por email e autorizou a publicação apenas se suas repostas fossem colocadas sem nenhuma mudança ou correção.A TN respeitou sua condição. RODRIGO SENA


natal

Domingo | 29 de abril de 2012 ➾ www.tribunadonorte.com.br ➾ tnonline@tribunadonorte.com.br ➾ twitter.com/tribunadonorte

Tribuna do Norte | Natal | Rio Grande do Norte

3

tn online Fred Carvalho - www.twitter.com.br/fredcarvalhorn

4G

MULTA

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) anunciou hoje na sexta-feira passada que o valor mínimo para a licitação das faixas de 450 MHz, destinada à ampliação da cobertura dos serviços na área rural,e de 2,5 GHz,destinada à implementação da quarta geração da telefonia móvel pessoal,será de 3,85 bilhões de reais.As propostas das empresas serão apresentadas em 5 de junho e a abertura dos envelopes acontecerá em 12 de junho.O edital está disponível,para consulta,na página da Anatel na internet na aba Espaço do Cidadão e pelo Sistema de Aquisição e Acompanhamento de Editais.A licitação dessas faixas tem entre suas finalidades atender a crescente demanda por serviços de telecomunicações e propiciar a infraestrutura adequada à realização dos grandes eventos internacionais a serem sediados no País nos próximos anos.

O Google foi multado em US$ 25 mil após autoridades americanas terem julgado que o gigante da internet procurou atrapalhar uma investigação sobre o seu aplicativo de mapas Street View.A Comissão Federal de Comunicações disse que por meses o Google “impediu e atrasou deliberadamente”a investigação.O Google concordou em pagar a multa.De acordo com a agência federal americana,o maior site mundial de buscas não atendeu a pedidos por informações e documentos.A investigação teve início em 2010,após o Google ter afirmado que veículos do Street View teriam obtido de forma não intencional informações de usuários particulares por meio de tecnologia Wi-Fi.Segundo as autoridades americanas,entre as informações coletadas por carros do Street View em mais de 30 países figuram senhas,e-mails e outros dados que foram transmitidos em redes wireless por meio de roteadores desprotegidos.o Google afirma que não impediu que as investigações se seguissem e nem mandou as documentações atrasadas “por mal”. A empresa afirmou que os atrasos aconteceram por culpa da própria Comissão,que demorava de 7 a 12 semanas para responder se havia recebido algo.

DISPUTA O Yahoo entrou na justiça americana com outra ação ampliando a alegação de violação de patentes por parte do Facebook. A ação foi protocolada na Corte Distrital de San Jose (Califórnia), e refere-se a outras duas patentes que a rede social teria infringido. O Yahoo justificou que as tecnologias são as bases do negócio e que engajam mais de 700 milhões de vistantes únicos. O Facebook, por sua vez, reagiu processando o Yahoo também por violação de patentes, além de gastar centenas de milhões de dólares comprando patentes da IBM e da Microsoft.

Moda A C&A, patrocinadora do canal, e o YouTube apresentam o youtube.com/moda, endereço que reunirá vídeos exclusivos voltados para o tema. O projeto apresenta um modelo inédito no Brasil e tem como objetivo fomentar a geração de conteúdo exclusivo visando construir uma plataforma de referência para os usuários interessados no universo fashion. O canal agrega diferentes abordagens da moda, para variadas faixas etárias e gostos, dividido em categorias looks, assessórios, tendências e truques. Além disso, um gadget especial terá conteúdo exclusivo da C&A, que patrocina o espaço pelo período de um ano. Neste primeiro momento, os vídeos serão atualizados semanalmente com conteúdo produzido por cinco vlogueiras, eleitas pela experiência e audiência que já tinham com seus blogs. A produção e curadoria é feita pela Damasco Filmes, com total independência das marcas envolvidas.

POLÊMICA KINDLE Um novo estudo,lançado na semana passada,revela que o Kindle Fire, da Amazon,domina mais de metade do mercado de tablets com Android nos EUA.A pesquisa realizada pela comScore revela que a presença do Kindle Fire saltou de 29,4% em dezembro de 2011 para 54,4% em fevereiro de 2012 no país.No mesmo período em que o tablet da Amazon popularizou-se nos EUA,seus principais concorrentes perderam espaço.O Samsung Galaxy Tab,que ocupa o segundo lugar entre os tablets mais populares com Android do país,teve uma queda de 23,8% para 15,4% em sua participação no mercado.O Motorola Xoom,no terceiro lugar,caiu de 11,8% para 7%.O estudo ainda revela que usuários de tablets com telas maiores consomem mais conteúdo do que donos de aparelhos com pequenas telas.

Um vídeo de um flashmob realizado na Austrália está com uma história muito mal contada.Na gravação,uma série de pessoas vestidas de preto simplesmente saem de um ônibus,também preto,e começam a gritar e a levantar cartazes escrito “Wake Up”(acorde) em frente a uma Apple Store.Outro fator que chamou atenção foi a cobertura de um blogueiro australiano que estava dentro da loja da Apple no momento em que os participantes da ação estavam chegando.E o mais interessante:ele estava pronto para filmar o que estava ocorrendo – isso fez com que ele tivesse tanto imagens dos manifestantes como dos funcionários da loja da Apple.Um blog australiano,chamado Mumbrella,foi atrás da história e viu que uma agência chamada Tongue é a responsável pela ação em frente à loja da Apple.E que,além disso,a campanha tem um site com um contador em JavaScript que vai terminar aproximadamente em 4 de maio.Existe um rumor que tudo isso foi uma ação da Samsung,em função de a tal agência prestar serviços para a fabricante sul-coreana.Será?

O contrato com a OS A Marca, considerado suspeito, já gerou investigações por parte do Ministério Público Estadual, Ministério Público junto ao TCE e do Ministério Público do Trabalho. CNS vai levar assunto à plenária

[ HOSPITAL DA MULHER ]

Contrato já gerou três investigações CARLOS COSTA

Termo de Parceria já originou três procedimentos investigatórios e é assunto de pauta da próxima plenária do Conselho Estadual de Saúde (CES). A 1ª Promotoria de Justiça, do Ministério Público Estadual, em Mossoró, abriu inquérito para apurar as denúncias levantadas pelo Conselho Estadual de Saúde (CES). O inquérito foi aberto no dia 1º de março. Para o promotor Flávio Corte a falta de consulta prévia ao CES, a contratação sem licitação e a rapidez na formalização do contrato e inauguração da unidade levantam suspeitas. Em outras duas frentes, o Ministério Público do Trabalho e o Ministério Público Junto ao Tribunal de Contas do Estado colhem indícios que provem as irregularidades na relação entre a Sesap e a A.Marca nesse contrato. O procurador-geral do MP de Contas, Thiago Martins, já recebeu a direção executiva do Conselho Estadual de Saúde. “Estamos analisando e já solicitamos

os contratados. Dos 368 funcionários previstos para o HMM, a A.Marca informou, através da Assessoria de Imprensa do Hospital da Mulher, que contratou 330. Destes, segundo consulta feita pela TN, apenas 182 estão cadastrados no Portal do Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde, com contratos por tempo determinado. O MPT vai verificar se a formalização dos contratos terceirizados possui irregularidades, em especial, quanto à terceirização de atividade-fim. De acordo com a Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT) em seu artigo 581 do segundo parágrafo, é ilegal a terceirização ligada diretamente ao produto final. Em outras palavras: a oferta de atendimento médico à população com qualidade e de forma gratuita é, por lei, responsabilidade do governo. Na atividade-meio, apesar de ser legal e comumente utilizada nos dias atuais, a terceirização só é permitida quando não há subordinação hierárquica.

O

Hospital que atende a gestantes no Oeste tem contratos suspeitos

ao Ministério Público [promotor Flávio Corte] documentos que possam aprofundar nossa análise”, adiantou o procurador. Thiago Martins acrescentou que ainda não sabe em que tipo de medida vai resultar a análise. “Essa questão da saúde não é um caso simples”, disse o procurador-

geral, “e, por isso mesmo, faremos uma apuração muito detalhada e cuidadosa”. No MPT, a procuradora Federal do Trabalho, em Mossoró, Marcela Asfóra, explicou que vai investigar a formalização e as condições em que o termo foi estabelecido. Um dos alvos é a relação de trabalho entre a A.Marca e

BATE PAPO Elisângela Fernandes da Silva » Presidente da Comissão de Direitos da Saúde da OAB/RN A OAB fez várias visitas aos hospitais da rede estadual. O que a senhora pode dizer da gestão de saúde nessas unidades? Visitamos o Hospital Regional Tarcísio Maia, em Mossoró, e o Hospital Walfredo Gurgel, que são os dois maiores hospitais gerais do Estado. O que se percebe é que há um empenho muito grande dos profissionais de saúde, mas que a medicina esta sendo feita com as próprias mãos e não há de se admitir que, no século em que a gente vive, a medicina seja feita como no passado,

quando não existiam equipamentos modernos e nem mesmo básicos. O que a gente viu nessas unidades é que até os equipamentos mais básicos como estetoscópio e tensiômetro, inexistem. É como se existisse um verdadeiro desfalque. A que a senhora atribui isso? Agora, a OAB e a Associação Médica Brasileira estão lançando uma campanha para aumentar a verba que a União repassa para a Saúde. Mas ainda acho que o foco não está ai. Se tivermos mais recursos, mas

a gestão não estiver envolvida na resolução dos problemas da saúde pública a gente não vai sair do lugar. Falta vontade dos gestores de aplicar com controle e eficácia essa verba que chega. A falta de recursos é só uma desculpa para o problema que está presente em todas as unidades. Acho que esses recursos estão sendo mal gerenciados. Como a OAB vê essa questão da terceirizaçãodeatividade-fimnasaúde? Vê com muita cautela, principalmente como aconteceu no Hos-

pital da Mulher. Cada caso é um caso. Sabe-se que o Estado tem muitos profissionais, aprovados em concurso, aguardando convocação, e não foram utilizados nessa unidade de Mossoró. A terceirização não se justificava. Além disso, o Conselho Estadual de Saúde que o órgão máximo de controle, em nível estadual, sequer foi consultado. Percebe-se que não houve transparência no processo e que realmente é um caso que deve ser analisado, para que se for possível a decisão de terceirização seja revista.

CRONOLOGIA 2011 ➔05 DE DEZEMBRO Assessoria Técnica da Sesap encaminha ofício à Assessoria Jurídica solicitando a elaboração de minuta para contratação de Organização Social.Começa o trâmite efetivamente do processo 3972/2012.

2012 ➔11 DE JANEIRO A Assejur sugere que a matéria seja levada à Consultoria Geral do Estado. ➔26 DE JANEIRO A Cohur apresenta pré-projeto ao secretário e destaca de “situação emergencial a 2ª Região”. ➔27 DE JANEIRO A Coordenadoria de Orçamento e Finanças informa a existência de orçamento de R$ 12 milhões para a instalação de unidade. ➔02 DE FEVEREIRO A Marca encaminha proposta de Gerenciamento e Gestão do Hospital da Mulher,mediante convite formalizado pela Sesap.Isso é dito no documento assinado por Elisa Andrade,diretora geral da OS,quando o processo que analisa a terceirização sequer havia chegado aos órgãos de controle interno. ➔06 DE FEVEREIRO Despacho do secretário Domício Arruda autoriza o envio de convite para,ao menos,três instituições, dando prazo de sete dias para formalização de interesse.O processo é encaminhado para análise da Assejur. ➔08 DE FEVEREIRO Parecer da Assejur sugere o prosseguimento do processo, indicando a necessidade de prévia submissão do “termo de parceria”ao Conselho de Políticas Públicas Local

(Mossoró),ao Conselho Estadual de Saúde e à Procuradoria-Geral do Estado. ➔17 DE FEVEREIRO PGE aponta viabilidade jurídica para a celebração do Termo de Parceria,em caráter emergencial,por 180 dias,e em seu parecer desobriga o Estado a remeter previamente o termo emergencial para apreciação do CES-RN. ➔29 DE FEVEREIRO Assinatura do Termo de Parceria pelo secretário Domício Arruda e pela diretora da Associação Marca,Elisa Andrade. ➔03 DE MARÇO Publicação do Decreto 22.575 abrindo crédito suplementar no valor de R$ 15.806.057,91,“tendo em vista decisão ‘Ad Referendum’do Conselho de Desenvolvimento do Estado - CDE, tomada em 02 de março de 2012”. O CDE somente aprovou o processo 3972/2012 dia 06 de março. ➔08 DE MARÇO Inauguração do Hospital da Mulher. No mesmo dia,três empenhos que somam R$ 5,4 milhões são liberados pelo secretário Domício Arruda. ➔09 DE MARÇO Processo foi encaminhado à Control para análise e liberação do pagamento.A Marca já recebeu R$ 5,2 milhões (custeio e equipamentos), faltando o repasse de R$ 218 mil relativo às despesas de readequação física do prédio


4 | Tribuna do Norte | Natal | Rio Grande do Norte

natal

Domingo | 29 de abril de 2012

MARCELO ALVES DIAS DE SOUZA [ procurador regional da República ]

Poder Judiciário

O filme de Poe dgar Allan Poe, nascido em Boston em 1809 e falecido em Baltimore em 1849, foi editor, crítico literário, grande poeta (vide “O Corvo” e “Annabel Lee”, que, curiosamente, foram vertidos para o português por Fernando Pessoa) e contista ainda melhor. Seus contos macabros são fascinantes e têm influenciado a literatura, o cinema, o teatro e mesmo a ciência (em ramos, como a criptografia e a cosmologia) em todo o mundo. Ele é ainda considerado, ao lado do inglês Wilkie Collins (1824-1889) e do francês Émile Gaboriau (18321873), um dos fundadores da ficção policial que hoje conhecemos, com títulos como “The Murders in the Rue Morgue”, “The Mystery of Marie Roget” e “The Purloined Letter” e com o seu detetive Auguste Dupin (nesse ponto, aliás, já seria fácil fazer a ligação de Poe com o Direito). Poe deixou marcas nas obras de grandes ficcionistas ingleses, como Arthur Conan Doyle (1859-1930) e Agatha Christie (1890-1976), que expressamente reconheceram a sua influência. Falecido precocemente, Poe é, acima de tudo, um “cult”, seja lá o que isso signifique. Talvez por essa razão tenha sido recentemente lançado, em sua homenagem, o filme “O Corvo” (“The Raven”, 2012, direção de James McTeigue). Não confundir, alerto logo, com a versão cinematográfica do poema “O Corvo”, de 1963, com Vicente Price e Peter Lorre. “O Corvo” (o filme de 2012) tenta “reconstruir” os últimos dias do grande escritor. Na Baltimore do século XIX, uma série de crimes são praticados tendo como inspiração as estórias de Poe. O escritor (interpretado por John Cusack que, não podemos negar, é um grande ator), é um homem dominado pelo álcool, apaixonado e

E

ANELLY MEDEIROS

E pode???? stou sem entender: A filha do desembargador Rafael Godeiro, Themis Godeiro, é a Diretora do Setor de Distribuição do Tribunal Regional do Trabalho. Ela é sobrinha da mulher do vice-presidente do TRT e próximo presidente da Casa, desembargador José Rêgo Júnior. Detalhe: a filha do vice-presidente estava trabalhando no gabinete de um desembargador do Tribunal de Justiça, até pouco tempo, foi agora transferida para a Assembleia Legislativa. E pode????

E

Novo representante PEDRO FRANÇA/AG.SENADO

Potiguar Emmanoel Campelo de Souza Pereira é novo representante da Câmara dos Deputados no CNJ

O advogado potiguar Emmanoel Campelo de Souza Pereira é o novo representante da Câmara dos Deputados no Conselho Nacional de Justiça. Ele irá substituir o conselheiro Marcelo Nobre, a partir da próxima semana, depois que a presidente Dilma assinar a nomeação. A posse deverá acontecer no dia 8 de maio.

MESMA DATA No mesmo dia a corregedora Eliana Calmon apresentará o relatório sobre a situação dos precatórios no Rio Grande do Norte. O relatório, se for aprovado, será distribuído a um conselheiro para ser o relator. A abertura do procedimento administrativo pode ocasionar a perda da função dos desembargadores Rafael Godeiro e Osvaldo Cruz.

correspondido pela belíssima Emily (papel de Alice Eve). Ele é convocado pelo detetive Emmett Fields (papel de Luke Evans) para caçar o criminoso. Ao final, após algumas mortes bizarras, com era de se esperar, ele desvenda a charada e salva a bela Emily. Mas...(não vou contar o finzinho, claro). O filme é bobinho, acho. Mas não se fiem na minha opinião. E nem na de nenhum crítico profissional. Por aqui em Londres, por exemplo, li coisas tão díspares como “The Raven” deverá “ser um dos mais intrigantes filmes de 2012” (na revista Short List) e que ele é confusamente escrito, “interpretado e dirigido com não mais que uma competência básica” (no jornal Evening Standard). Em quem acreditar? Em você mesmo, caro leitor. E dou aqui duas boas razões para você ir ver “O Corvo” que, pelo que sei, já chegou aos cinemas brasileiros. Primeiramente, há a tragédia e o mistério que cercam a vida e, sobretudo, a morte de Poe. Para esta, o filme dá uma versão, certamente fantasiosa. Conheço outra. Segundo um documentário que vi na BBC Four (maravilhoso canal de TV, com uma programação inteligentíssima, diga-se de passagem), “Edgar Allan Poe: Love, Death and Women”, o escritor teve a morte como sua constante companheira. Ficou órfão de pai e mãe aos 2 anos de idade. Casou com uma prima, Virginia Clemm, que, tuberculosa, faleceu muito jovem (e isso é referido no filme). O próprio Poe, obrigado a constantes mudanças, após haver sido encontrado indigente e desorientado nas ruas de Baltimore, faleceu em um hospital dessa cidade com apenas 40 anos. A “causa mortis”, segundo o documentário da BBC, foi

a ingestão exagerada de álcool. Mas outras drogas, doenças como a cólera ou a tuberculose, problemas no coração ou mesmo uma tentativa de suicídio não podem ser descartadas. A morte de Poe, como diz Peter Ackroyd na deliciosa biografia “Poe: A Life Cut Short” (2008, Chatto & Windus) é apenas a cena final de “uma curta vida cheia de drama e tragédia (álcool e miséria) combinados com extraordinária genialidade”. Em segundo lugar – e talvez mais importante –, vale a pena ver “O Corvo” pelas muitas alusões que ele faz aos poemas e contos de Poe. Certamente, será um incentivo para se conhecer ou revisitar a obra daquele que foi descrito por Lord Tennyson (1809-1892) como “o gênio mais original que a América produziu”. De minha parte, achei uma grande sacada as alusões a “The Raven”, o sombrio poema narrativa que dá título ao filme (talvez a obra-prima de Poe), com corvos constantemente aparecendo em cena. Assim co-

mo adorei o belíssimo poema “Annabel Lee”, que explora o tema da morte da mulher amada, declamado em homenagem a não menos bela Emily do filme (interpretada por Alice Eve). Mas, sobretudo, identifiquei e adorei as muitas alusões aos contos de Poe. De logo, aparece “The Murders in the Rue Morgue”, por muitos considerado a primeira estória de detetives escrita. Nela, nos é apresentado Auguste Dupin, o detetive que alegadamente serviu de modelo para Sherlock Holmes e Hercule Poirot. O primeiro crime praticado no filme reproduz o “impossível” duplo assassinato de mãe e filha em um quarto trancado por dentro. Também facilmente identifiquei “The Pit and the Pendulum”, conto em que Poe macabramente (com a angustiante ajuda de um pêndulo que aos poucos vai cortando ao meio a vítima) descreve, na narração do próprio torturado, os terrores da inquisição espanhola. No filme, não coincidentemente, o torturado é um crítico literário (não acho que eles mereçam tanto). “The Masque of the Red Death”, que pode ser interpretada como uma alegoria sobre a inevitabilidade da morte, é outro conto referido no filme. Assim como o é “The Premature Burial”, que lida com a claustrofóbica temática de ser enterrado vivo, o que, no filme, para meu desespero, se dá com a lindinha Emily. E por aí vai. Bom, a vida e a morte de Poe é, sem dúvida, marcada por “histórias” e “estórias” que o filme tenta misturar umas com as outras. Com bons profissionais do Direito, caro leitor, que tal investigarmos e desvendarmos o que há de verdade nesse “caso”? Após o filme, sugiro que comecemos (re)lendo o próprio Poe.

Advogado chega algemado ao Fórum Quando você pensa que já viu de tudo, aí aparece advogado chegando ao Fórum algemado e de camburão para defender o cliente. O fato aconteceu no Fórum Criminal de Taubaté. Segundo o site Conjur, o advogado foi convocado para defender um cliente, preso por tráfico de drogas. Mesma acusação que levou o advogado, na semana passada, para a Penitenciária II de Tremembé. A juíza, quando viu a situação, suspendeu a audiência.

Segundo a OAB, o advogado passou por constrangimento, já que foi encaminhado para a sala de audiência com o mesmo uniforme do cliente. “A gente vai pedir assistência jurídica da OAB de São Paulo devido ao estado vexatório”, declarou o advogado Marcelo Galvão. O Tribunal de Justiça de São Paulo vai apurar os fatos, já que um advogado preso não deveria ser liberado para fazer a defesa de outro preso. Só o que faltava!!!

Propaganda antecipada gera multa O deputado Estadual Nelter Queiroz foi condenado pela prática de propaganda antecipada no município de Jucurutu. Além do deputado, a juíza Eleitoral de Jucurutu, Marina Melo Martins, julgou outras seis pessoas ao pagamento de multa de cerca de R$ 20 mil. Entre os condenados estão o filho do parlamentar George Queiroz, o médico e ex-pre-

feito Luciano Araújo e a vereadora e Presidente da Câmara Municipal, Paula Mércia Medeiros de Souza Torres. O evento denunciado pela Promotoria Eleitoral aconteceu no final do mês passado. Seria o lançamento de candidatura de George Queiroz e Paula Clédina ao pleito de 2012, caracterizando propaganda eleitoral antecipada.

autos &

motores

TODAS AS SEXTAS NA TRIBUNA DO NORTE

SEM PERDÃO O ex-prefeito de Tibau, Sidrônio Freire da Silva, terá que devolver a quantia de R$ 3,7 milhões aos cofres municipais. As contas relativas ao exercício de 2004 foram rejeitadas pelo Tribunal de Contas do Estado. A condenação foi referente à totalidade de cheques emitidos, transferências e débitos autorizados nas contas correntes da prefeitura, sem documentação comprobatória de despesas.

Novo membro

classificados

O Juiz Federal Jailsom Leandro de Sousa, titular da 6ª Vara Federal, é o novo membro da Turma Recursal da Justiça Federal do Rio Grande do Norte. A Turma Recursal atua como a segunda instância dos processos do Juizado Especial Federal.

O seu mercado de serviços todos os dias na TRIBUNA DO NORTE Fone: 4006-6161

viver DE SEGUNDA A SÁBADO NA

TRIBUNADO NORTE


natal

Domingo | 29 de abril de 2012

Tribuna do Norte | Natal | Rio Grande do Norte | 5 RODRIGO SENA

[ TRABALHO ] Promulgada em 1943, a lei que rege normas do trabalho

com carteira assinada não tem conseguido acompanhar mudanças

CLT precisa de adequações à realidade SARA VASCONCELOS repórter

restes a completar 70 anos, a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) - legislação que regulamenta o trabalho com carteira assinada no Brasil – tem dificuldades de acompanhar os avanços tecnológicos e mudanças na sociedade. A lei promulgada por Getúlio Vargas, em 1943, “a duras penas” para o trabalhador, reúne ainda um bom número de artigos que caducaram no confronto com outras leis. Neste 1º de maio, quando se comemora o Dia Mundial do Trabalho, o aplauso à maior conquista trabalhista brasileira vem junto com a crítica: é preciso se atualizar. Especialistas e trabalhadores concordam que as alterações não devem prejudicar direitos conquistados. Diversos artigos riscados indicam que foram revogados. O que está sem o traçado continua valendo, mesmo que, na prática, seja substituído por leis maiores ou mais recentes. O pagamento de horas é uma delas. O valor mínimo estimado em relação à hora normal trabalhada é diferente quando citada na CLT (20%) e na Constituição Federal (50%). O que vale? De acordo com o advogado especialista em direito do trabalho, Mirocem Ferreira Lima Júnior, “quando duas leis tratam do mesmo assunto, a mais recente predomina”. A quantidade de projetos, mais

P

de 400, que tramitam na Câmara propondo mudanças à lei sugere a urgência da reforma. “É fruto da necessidade da CLT acompanhar as mudanças, garantindo os princípios de dignidade humana, segurança do trabalho, direitos que, às vezes, são tolhidos”, diz o advogado. Os projetos que tratam de novos arranjos de trabalho, como as terceirizações e cooperativas, levantam maior polêmica. A desatualização gera situações tratadas por outras áreas - como a Constituição Federal, o Código Civil e súmulas do Tribunal Superior do Trabalho (TST) – a exemplo das ações relacionadas a comportamento: dano moral, assédio sexual, honra e imagem, cuja demanda nos tribunais cresceu nos últimos anos. Arcaísmos, como “emprêsa”, grafada com acento (art. 611) - apesar dos acordos e reformas ortográficas da língua portuguesa realizados em sete décadas (1943, 1945, 1971, 1990 e 2009) - ou ainda o padrão de moeda Cruzeiro (Cr$), extinto em 1967, usado para estabelecer valores de multas - reforçam a sensação da lei ter “parado no tempo”. O presidente da Federação dos Trabalhadores da Indústria do Rio Grande do Norte, Joaquim Bezerra, reconhece a necessidade de atualização da CLT, contanto que direitos sejam mantidos. “A reforma trabalhista e sindical é importante e deve ser feita de modo a não retirar direitos já consagra-

dos do trabalhador”, disse. A opinião é partilhada pela procuradora do Ministério Público do Trabalho, Ileana Neiva Mousinho. Para ela, a CLT não está ultrapassada e sim em constante evolução, com o surgimento de normas e a prevalência da jurisprudência sobre o texto da lei. “A vocação da CLT é fixar um mínimo de direitos. O restante deve ser ampliado por leis e acordos coletivos. E a vocação das normas, abaixo da Constituição Federal, é de serem complementadas pela Constituição”, enfatiza. Para evitar danos aos direitos adquiridos, as modificações devem ser amplamente discutidas para assegurar os direitos do trabalhador, sem ignorar a possibilidade das empresas cumprirem o estabelecido. “Sob o risco de fomentar o desemprego”, pondera Mirocem Júnior. A Central Única dos Trabalhadores (CUT), frisa o diretor executivo Ari Azevedo é contra qualquer forma de flexibilização. “Discordamos do argumento em voga pelo empresariado de que a CLT encarece o custo Brasil e engessa as empresas”, sentenciou. A redução da jornada de trabalho é defendida por empregadores para conter custos - reduzindo também os rendimentos do trabalhador. Muitas empresas adotam o sistema de turnos alternados, com jornada inferior às 8 horas, prevista na legislação, e baixam os salários.

Cleber Viana é monitorado via online, enviando relatórios diários das suas atividades

Contratos são regidos por súmula Alegando os custos tributários incidentes sobre a folha de pagamento, as empresas têm buscado formas alternativas para a contratação de pessoal. No Brasil, as terceirizações são regidas pela súmula 331, do TST. Para as empresas, explica a analista e consultora em recursos humanos Karla Andreia Silva Santiago, a falta de amparo da lei gera confusão e insegurança jurídica na hora de contratar. Quando não bem administradas, garante a consultora, as terceirizações passam de benefício para possível problema. Sem regulamentação, as empresas são obrigadas a conhecer o que rege a convenção coletiva de cada categoria para contratação de prestadores de serviços. “A empresa não sabe o que tem que pagar. É preciso uma boa assessoria jurídica”, diz. Por conceito, a companhia só pode terceirizar as atividades que não fazem parte da operação

principal, e nunca contratar trabalhadores por meio de intermediários. Na prática, adverte o advogado trabalhista Mirocem Júnior, a estratégia é adotada como forma da empresa “driblar os

A empresa não sabe o que tem que pagar. É preciso uma boa assessoria jurídica” KARLA ANDREIA SANTIAGO consultora em RH

encargos trabalhistas”. Para promover mão de obra mais barata, houve uma “explosão de cooperativas e contratações terceirizadas ilícitas”, analisa Mirocem, em que cooperados estão diretamente subordinados ao contratante e atuando em atividades fim destes.

Essas terceirizações, ressalta o presidente da Federação dos Trabalhadores da Indústria do Rio Grande do Norte, Joaquim Bezerra, usam a força de trabalho do cooperado sem pagar, tampouco resguardar os direitos trabalhistas e previdenciários. Para Joaquim, é importante que a reforma trabalhista e sindical preconize salários iguais para empregados e prestadores de serviços. Outros arranjos como o trabalho por projeto, o trabalho por conta própria, o trabalho individual, o trabalho por pessoa jurídica, embora reconhecidos pela justiça enquanto relação de trabalho, não é regulamentado pela CLT. O designer João Dias de Oliveira, que trabalha por projeto, conta que é preciso firmar com a tomadora de serviço possíveis descontos e benefícios, durante a contratação, uma vez que os direitos atendem apenas relação de emprego. “É preciso deixar tudo ajustado”. ALDAIR DANTAS

Lei reconhece trabalho à distância No fim do ano passado, a CLT passou a reconhecer o trabalho realizado a distância e não só o desempenhado a partir da empresa ou de casa. A lei número 12.551, de 15 de dezembro de 2011, alterou o art. 6º e determinou que os aparelhos de telecomunicação e informática servem para controlar e supervisionar o trabalhador. A consultora de RH Karla Andreia Silva Santiago, afirma que muitas empresas disponibilizam equipamento e softwares e monitoram o cumprimento do trabalho à distância, com a mesma eficiência da supervisão presencial. “Algumas adotam o bloqueio de aparelhos celulares ou notebooks, ou de sistemas para controlar a duração do trabalho”, observa. Antes mesmo da lei entrar em vigor, o representante comercial da indústria farmacêutica Cleber Viana, 39 anos, já era monitorado a distância. Munido de tablet, cedido pela empresa sem restrição de uso, a supervisão é feita a partir do envio de relatório após cada uma das 18 visitas diárias. “A gente informa o local, a negociação. A empresa tem informação em tempo real sobre o que está acontecendo”, afirma. Ao passo que a mudança é favorável ao trabalhador, a supervisão à distância e por meios eletrônicos ainda sofre resistência por parte das empresas e preocupação jurídica. Para que não ocorra excesso, a recomendação é para as empresas registrarem que o trabalhador ultrapassou a jornada, prevista em lei, para atender necessidade do trabalho. Nem toda mensagem ou ligação fora do horário de trabalho, explica o advogado, configura o sobreaviso. “É o conteúdo da informação recebida quem determina’’. E acrescenta: “Os meios telemáticos servem como meio de prova de subordinação e supervisão e deve ser caracterizado o tempo de efetivo trabalho. Cabe ao judiciário separar o joio do trigo”, observa Mirocen Júnior.

CLT Veja alguns pontos que caducaram,quando confrontados com outras leis,como a Constituição Federal e súmulas do TST. Como está na CLT:

O que prevalece:

Horas extras

O pagamento da hora extra deve ser,no mínimo, 20% superior ao da hora dita normal,de acordo com o artigo 59 da CLT.

Pela Constituição Federal,o parâmetro é outro.A hora extra deve,ao menos,ser 50% do valor da hora normal (CF art.59).

Ações trabalhistas

O artigo 11 estabelece prazos diferenciados para, trabalhadores urbanos e trabalhadores rurais, questionarem judicialmente os direitos trabalhistas. Para os primeiros,prescreve em cinco anos e devem ser requeridos até dois anos após a rescisão contratual.Para quem lida no campo,não há prazo para prescrição do direito,somente o de requisição também de dois anos depois do fim do contrato.

O artigo 7º da Constituição Federal trata de forma igualitária,prevendo os mesmos prazos de prescrição,5 anos,e para propor,dois anos depois do término do contrato,para todos os trabalhadores.

Os valores estabelecidos para o pagamento de multas,em caso de desobediência de normas de gestão,aplicadas aos Sindicatos é de Cr$ 100 a Cr$ 5 mil (cruzeiros) e para as empresas que violarem as jornadas de trabalho de Cr$ 50 a Cr$ 5 mil (cruzeiros) – de acordo com os artigos 553 e 75, respectivamente.

Não houve atualização do padrão de moeda corrente no país.O cruzeiro saiu de circulação há 45 anos,em 1967.

Recusa de trabalho

A dispensa por justa causa é previsto,no art. 482,inciso f,nos casos de insubordinação e indisciplina de serviço,quando um trabalhador se recusa a trabalhar.

A Norma Regulamentadora número 15, revoga o artigo.Não configura justa causa situações em que a recusa à ordem do empregador coloca em risco à vida e à saúde do trabalhador.O artigo 7 da CLT estabelece como dever do empregador a adoção de medidas para a redução de riscos inerentes ao trabalho.

Embriaguez no trabalho

Também no artigo 482,inciso f,que é possível demitir por embriaguez eventual ou em serviço.

O reconhecimento do alcoolismo como doença. por parte da Organização Mundial de Saúde,(OMS), gera nova jurisprudência.

Promoções

No artigo 461,as promoções deverão ser feitas alternadamente por merecimento e por antiguidade,dentro de cada categoria profissional.

Acordos coletivos de diversas categorias e empresas promovem,com aumento de remuneração,os casos de enquadramento,mérito ou mudança de função.

Multas

Mirocem Ferreira alerta sobre os direitos dos trabalhadores

Assédio é tratado por força da Constituição Federal No Brasil, a Justiça do Trabalho se vale do artigo 5º da Constituição Federal para orientar as causas ligas a comportamento. Trabalhadores, juristas e especialistas defendem a inclusão do assédio moral no novo texto da CLT. O tema é tratado como justa causa para pedido de rescisão de contrato por parte empregado, mas não especifica reparações. “A falta de uma legislação específica faz com que as demandas judiciais, dependam da subjetividade, do entendimento do magistrado trabalhista”, avalia Mirocem Ferrei-

ra Júnior. Os valores dessas ações são arbitrados pelo juiz e podem variar conforme a extensão do constrangimento, da humilhação e do vexame submetido aos trabalhadores. A procuradora do trabalho Ileana Neiva Mousinho explica que, nesses casos, os princípios do direito constitucional são absorvidos no direito do trabalho. “Estas matérias não têm previsão na CLT não por desatualização, mas por que diz respeito ao direito da pessoa humana, independente se praticado dentro ou não do ambiente de trabalho”.

SEGURANÇA DO TRABALHO

A despeito de outros temas,as normas de segurança do trabalho,de acordo com a procuradora Ileana Neiva Mousinho,passam por “frequente e democrática alteração,em acordo com as novas tecnologias e arranjos”. A mutação se deve ao artigo 200 da CLT,que estabelece que o ministro do trabalho tem delegação legal para editar Normas Regulamentadoras,por meio de um grupo de trabalho com auditores,empresários e empregados.“É uma carta em branco.É como se a medida de proteção fosse genérica na CLT e detalhada pelo MT,pelas normas como resultado do consenso entre empregados,empresas e governo”, explica Mousinho. Hoje existem 34 NR.Algumas delas,como a NR 17,que versa sobre insalubridade e desconforto acústico no ambiente de trabalho,altera a NR 15 que prevê o limite de segurança para ruído - em desuso em muitos países.


natal 6

Natal | Rio Grande do Norte | Domingo | 29 de abril de 2012 ALDAIR DANTAS

[ SAÚDE ] Reunião entre Sinmed e secretários

do Governo não impediu decisão da categoria

Greve dos médicos é mantida para este domingo O Os serviços de urgência e emergência serão mantidos durante a paralisação mas com apenas um médico no atendimento.

s médicos da rede estadual de saúde param neste domingo. A greve inicia a partir das 7h. O atendimento será mantido, com escala de 30%, apenas nas unidades de urgência e emergência. A decisão foi mantida, apesar da reunião realizada na última sexta-feira, dia 27, entre o Sindicato dos Médicos do RN (Sinmed), os secretários estaduais de saúde pública, Domício Arruda, de administração Alber Nóbrega, e o chefe da Casa Civil, Anselmo Carvalho. A falta de uma proposta por parte do governo foi determinante, segundo o presidente do Sinmed Geraldo Ferreira, para a deflagração do movimento. Ferreira argumenta que há dois meses os médicos aguardam um posicionamento do governo. “Eles (os secretários de Estado) pediram apenas para esperar, até que demonstre o custo para o Estado do que estamos pedindo. Sem nada para negociar, não temos como suspender a greve”, disse. A proposta inicial dos médicos vai desde gratificação por atividade até o reajuste nos vencimentos de acordo com proposta de piso salarial unificado no país, que tramita no Congresso Nacional. A proposta do valor, que ainda tramita nas comissões do Congresso, fixa em mais de R$ 19 mil os vencimentos dos médicos no Brasil. “O que pedimos é uma implantação gradual, de forma que no final da carreira poderemos ter este valor”, disse. Atualmente, o vencimento inicial de médico é cerca de R$ 6 mil e no final da car-

reira chega a R$ 11 mil. De acordo com o presidente do Sinmed, Geraldo Ferreira, os médicos recebiam aproximadamente R$ 3 mil mensais referentes à produtividade. Além disso, também há o pagamento dos salários, que são de R$ 4,5 mil para profissionais em início de carreira podendo chegar a até R$ 11 mil, aproximadamente, para os mais antigos. O presidente do Sinmed diz que o benefício referente à produtividade foi praticamente extinto e, por isso, cobra a implantação de uma gratificação por atividade. O sindicalista também argumenta que os valores pagos a profissionais estão diferentes entre a própria categoria. De acordo com Ferreira, houve a incorporação de gratificações de alguns profissionais e os que não tinham o benefício estão com o salário inferior aos demais. “Pedimos o mesmo salário para todos os médicos”, explicou. O secretário de saúde pública Domício Arruda admite que não há providências a tomar para evitar a paralisação, antes da área econômica do governo avaliar o desempenho financeiro do primeiro quadrimestre. “A proposta só será feita depois de estudado o impacto financeiro saber se não compromete o limite prudencial, previsto na lei de responsabilidade fiscal”, afirma Arruda. A categoria volta a sentar com o governo na próxima quintafeira, 3, quando será apresentado o impacto financeiro na folha de pagamento.

VEJA COMO VÃO FUNCIONAR OS SERVIÇOS ➔CONSULTAS MÉDICAS O atendimento ambulatorial e consultas agendadas serão suspensas no Centro de Reabilitação Infantil (CRI),Centro de Reprodução da Mulher e demais Postos de Atendimento ambulatorial ➔CIRURGIAS ELETIVAS o atendimento eletivo e cirurgias já marcadas serão suspensos nos hospitais Infantil Maria Alice Fernandes,Santa Catarina,Walfredo Gurgel,deoclécio Marques (Parnamirim),Alfredo Mesquita (Macaíba) e Tarcísio Gurgel (Mossoró), durante o período de greve.

➔URGÊNCIA Apenas um médico,fará atendimento dos casos de urgência.No entanto,os nos hospitais Infantil Maria Alice Fernandes,Santa Catarina,Walfredo Gurgel,deoclécio Marques (Parnamirim),Alfredo Mesquita (Macaíba) e Tarcísio Gurgel (Mossoró). ➔EMERGÊNCIA Os casos que oferecem risco de morte não sofrem com a paralisação.O atendimento será mantido nos hospitais de urgência e emergência.

FONTE: SINMED


natal

3X4

O deputado Francisco Everardo,o Tiririca, fala sobre o Congresso PÁGINA 9

TEMPO HOJE

TÁBUA DE MARÉS

FEIRAS LIVRES

Nublado com chuvas esparsas Máx.: 31ºC Mín.: 24ºC

Preamar 09h56 -1.8- 22h47 -1.8 Baixa-mar 03h26 -0.9- 16h28 -0.7

Quintas: hoje 232 bancas/144 feirantes Lagoa Seca 206 bancas/122 feirantes

BALNEABILIDADE Impróprias Pium (Balneário) Praia dos Artistas

FASES DA LUA Crescente: hoje Cheia: 06/05 Nascer do sol: 5h20 Pôr do sol: 17h15

Editora: Rosa Lúcia Andrade e-mail: rosalucoelho@gmail.com

NATAL • RIO GRANDE DO NORTE Domingo • 29 de abril de 2012

Judiciário tem passado por situações difíceis no RN e em outros estados no Brasil. Para alguns especialistas os efeitos de uma suposta devassa não são necessariamente negativos para a instituição.

[ PRECATÓRIOS ]

Justiça pode sair fortalecida de crise ALDAIR DANTAS

A instituição Justiça passa por questionamentos em vários estados

ISAAC LIRA repórter

enda de sentença no Tocantins. Supersalários em São Paulo. Desvio de dinheiro no setor de precatórios no Rio Grande do Norte. O Judiciário tem passado por situações difíceis no Rio Grande do Norte e em outros estados no Brasil. Estaria a Justiça sob uma devassa? Para alguns especialistas, a resposta é afirmativa, mas os efeitos dessa suposta devassa não são necessariamente negativos. Considerado por muitos um poder historicamente pouco acostumado à transparência, o Judiciário pode sair da crise fortalecido e ainda mais respeitado pela sociedade. Essa é a opinião do juiz federal Ivan Lira. Para o magistrado, a Justiça passou muito tempo “encastelada”. Ivan Lira tomou o cuidado de ressaltar que não se refere unicamente ao caso do Tribunal de Justiça do RN por não conhecer a fundo o fato para além do que divulgou a imprensa nos últimos meses. “Falo de uma situação presente no país inteiro”, diz o magistrado. Já o presidente da OAB/RN, Paulo Eduardo Teixeira, acredita que não se pode confundir a instituição com os investigados. “O importante é que, quando esses problemas aparecem, tudo seja apurado, sem confundir a pessoa investigada com a instituição”, diz. A questão da imagem é uma das principais preocupações. “O judiciário é a porta da salvação da sociedade. Na hora que recai sobre esse poder qualquer suspeita, a crise é muito grande e isso preocupa a todos os segmentos. As pessoas se perguntam: em quem agora vou confiar? O Judiciário goza de credibilidade frente à sociedade”, explicita Paulo Eduardo. Contudo, para Ivan Lira, a convivência com a crise tem fases. Primeiro, há arranhões nessa imagem frente à sociedade. Depois, o ganho em termos de trans-

V

parência supera esses possíveis arranhões. “A transparência em relação a esses fatos foi infinitamente superior ao que tínhamos em épocas passadas, notadamente antes da Constituição de 1988”, analisa o juiz federal. “Tudo isso facilitou a descoberta de desvios que antes poderiam até acontecer e não chegavam ao conhecimento da sociedade e dos próprios órgãos de controle do judiciário pelo hermetismo que o antigo modelo favorecia”, complementa. Já o advogado Jorge Galvão afirma que todos esses fatos são evidências claras da necessidade de órgãos de controle no Ju-

O Judiciário está sendo passado a limpo. Vejo nisso o fortalecimento da instituição” JORGE GALVÃO advogado

diciário, como acontece em relação a outros poderes. “Isso se refere tanto aos controles interno e externo quanto ao controle social. O Judiciário está sendo passado a limpo. Vejo nisso o fortalecimento da instituição”, explica Jorge. Em relação à atitude do TJRN, a partir da presidência, de pedir a investigação por parte de órgãos externos e, de certa forma, “cortar na própria carne”, as opiniões são consonantes. “É uma atitude corajosa, mas de certa forma previsível. É a postura correta, que qualquer cidadão exigiria”, diz Jorge Galvão.

LEIA MAIS Presidente da OAB fala sobre o que a sociedade espera. Pág.2 JÚNIOR SANTOS

Juiz Ivan Lira avalia quadro referente a vários estados do País


8 | Tribuna do Norte | Natal | Rio Grande do Norte

natal

Domingo | 29 de abril de 2012

[ ENTREVISTA / PAULO EDUARDO TEIXEIRA/ PRESIDENTE DA OAB/RN ]

“O CORRETO SERIA A ESCOLHA DOS PARES” FOTOS:ANA SILVA

D

iante de uma crise envolvendo o poder Judiciário em vários estados do País, incluindo-se aí o Rio Grande do Norte, a população tende a se perguntar em quem vai recorrer na hora de fazer valer seus direitos. Os fatos atuais, de forma geral, levam especialistas na área a acreditar que a instituição que deve ser desvinculada de qualquer pessoa em estado de suspeita – sai fortalecida. Isso porque a sociedade que pede uma resposta vê que há investigações em curso. O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, no RN, Paulo Eduardo Teixeira, avalia este cenário a seguir.

A crise no judiciário preocupa? O judiciário é a porta da salvação da sociedade. Na hora que recai sobre esse poder qualquer suspeita, a crise é muito grande e isso preocupa a todos os seguimentos. As pessoas se perguntam: em quem agora vou confiar? O Judiciário goza de credibilidade frente à sociedade. É um problema que temos de enfrentar, mas as coisas estão caminhando. Havia uma desconfiança de que a investigação não andaria, mas isso caiu por terra. A investigação vem evoluindo e os procedimentos estão sendo adotados. O STJ quando afasta os desembargadores citados dá uma resposta para a sociedade. O próprio Tribunal quando cria uma comissão também dá uma resposta. Quando a sociedade vê que tudo está sendo apurado, a imagem do Judiciário fica fortalecida. O senhor teme danos na imagem da instituição? O ministro Maurício Correia declarou recentemente: “estamos dentro de um vendaval”. Mas eu acredito que isso vai passar e a instituição poderá sair fortalecida disso. Quando há punição, no caso de ilícito comprovado, a imagem fica fortalecida. A questão do Judiciário não é localizada. Em vários estados, há problemas. O importante é que, quando esses problemas aparecem, tudo seja apurado, sem confundir a pessoa investigada com a instituição. O Judiciário está passando por devassa? O senhor acha que a Justiçasemprefoimuitofechadaeagora está sendo passada a limpo? Um ponto positivo para a melhoria foi o CNJ. A sociedade sempre lutou por um órgão de controle externo. O Judiciário brasileiro vive uma crise, de identidade, de estrutura e também uma crise moral. É hora de repensar a escolha dos membros dos tribunais. A Constituição diz que os

O JUDICIÁRIO É A PORTA DA SALVAÇÃO DA SOCIEDADE.NA HORA QUE RECAI SOBRE ESSE PODER QUALQUER SUSPEITA, A CRISE É MUITO GRANDE E ISSO PREOCUPA A TODOS OS SEGMENTOS.”

O JUDICIÁRIO BRASILEIRO VIVE UMA CRISE DE IDENTIDADE, DE ESTRUTURA E TAMBÉM UMA CRISE MORAL.”

É PRECISO MUDAR PRA QUE ESSE TIPO DE INTERFERÊNCIA NOCIVA SEJA EXTERMINADA.”

poderes são independentes e harmônicos. Mas isso é questionável na hora que não há a liberdade de condução pelos próprios pares do representante no Tribunal. No TJ há o crivo do executivo, o que dá um peso político a essa escolha. O correto seria a escolha dos pares para não se ficar com aquilo: fulano precisou de apoio político para virar ministro ou desembargador. Como o senhor vê as acusações de Carla Ubarana contra advogados na delação premiadas? Com preocupação. Quando eu falo Judiciário, não inclui somente o magistrado. A própria Constituição diz que o advogado é fundamental ao funcionamento do Judiciário, assim como o Ministério Público. Quando se coloca uma suspeita de que determinada corte sofre influência, tem tráfico de influência de determinado advogado, isso é muito sério. Se há essa situação, é porque há falhas no sistema. É preciso mudar pra que esse tipo de interferência nociva seja exterminada.


natal

Domingo | 29 de abril de 2012

| Tribuna do Norte | Natal | Rio Grande do Norte |

3porquatro

9

POR ANNA RUTH DANTAS

FRANCISCO EVERARDO OLIVEIRA SILVA

O CIDADÃO FRANCISCO EVERARDO E TAMBÉM DEPUTADO FEDERAL ,ESTEVE EM NATAL NA ÚLTIMA QUINTA-FEIRA, DENTRO DE UMA CAMPANHA CONTRA USO DE DROGAS.O ARTISTA TIRIRICA,A MESMA PESSOA,CERTAMENTE PARTICIPARIA DO MESMO PROJETO, JÁ QUE SE SENTE RESPONSÁVEL PELA POPULARIDADE QUE O ELEGEU.

‘Sou um artista querido pelo povo’ JOSÉ CRUZ/ABR

so. O povo se ver comigo. As pessoas me vêem lá e é como se fossem elas. É o cara que veio com o preconceito, que batalhou para caramba, veio do nada, passou fome, está lá e estar fazendo bem feito. Estou mostrando para os eleitores e para os meus próprios colegas de trabalho que tem como se trabalhar.

Há pouco mais de um ano como deputadofederal,émelhorserpalhaço ou ser deputado? Minha profissão mesmo é humor, mas me adaptei bem. Os três primeiros meses foram difíceis para caramba. Até você se adaptar à casa, o jeito do trabalho, essas coisas todas, levaram três meses. Agora que me adaptei estou tirando de letra Graça a Deus. Estamos fazendo um trabalho bacana, as pessoas que votaram na gente eu não estou decepcionando meus eleitores, isso é fantástico. Estou apresentando projetos e mais projetos. Agora sabemos que para ser aprovado são outros 500. É difícil, é complicado aprovar projeto. Mas estamos apresentando. São 513 deputados federais, sou um dos 13 que nunca faltou. Isso é fantástico, é maravilhoso.

O senhor foi cotado para ser candidato a prefeito de São Paulo.O que lhe fez desistir? A princípio fiquei até surpreso e ao mesmo tempo feliz, lembraram do meu nome. Foram os eleitores mesmo que procuraram o partido e eu fiquei empolgado. Mas com o passar do tempo fui vendo que é uma responsabilidade muito grande. Eu estou entrando agora na política, estou muito novo. Vou primeiro deixar terminar esses três anos de mandato que eu ainda tenho, estou fazendo um trabalho bacana e vou ver. Mas agora eu desisti (de disputar a Prefeitura de São Paulo). Não houve um convite, foi uma especulação. Vamos voltar um pouco a história do senhor na política.Incomodou ofatodosanalistaspolíticosterem apontado que os votos recebidos pelo senhor foi o voto de protesto? Muita gente fala isso. Mas eu acho que não. A galera não votou no político, votou no artista, acreditando que eu poderia fazer alguma coisa. Isso é fantástico. Os eleitores votaram no artista, no artista Tiririca, o cara sincero, batalhador, que venceu na vida, que corre atrás das coisas, que fala a verdade. Eles votaram na verdade. Nós fizemos nossa campanha e poucos sabem, mas nossa campanha foi muito bonita, maravilhosa. A gente saia nas ruas de São Paulo todo santo dia e só voltava às 22h. A gente colocava uns 100 tiriricas e eram só pessoas que precisavam mesmo, pegamos pessoas da favela para entrarem nisso. E foi fantástico. Eles lutavam pela gente e pediam voto e distribuíam santinho. Foi maravilhoso. Foi algo lindo nas ruas pedindo voto. O senhor vem sendo um deputadoqueganharepercussãonãopelos projetos,mas pelo fato de ser o Tiririca no Congresso.O senhor não teme que após a novidade do

H

á alguns artistas que na televisão mostram um perfil e pessoalmente demonstram ter outro. Alguns falam demais em programa de televisão, no contato pessoal são econômicos nas palavras. Outros mostram carisma nas fotos, quando nos deparamos com eles trazem fisionomia cerrada. Mas no caso de Francisco Everardo Oliveira Silva ele é exatamente como transparece nas aparições na televisão e no rádio. Palavras simples, espontaneidade nos gestos e nas brincadeiras. Agora me diga, você sabe quem é Everardo Oliveira? Ou melhor o deputado federal Everardo? Não! Estou me referindo ao palhaço Tiririca, o artista que virou deputado. Ele admite que foi o fato de ser palhaço o que o levou a ser deputado. Mas estaria Tiririca pensando em fazer uma carreira política? O palhaço prefere não fazer planos. Rejeita a definição de que os votos recebidos por ele, que o levaram a ser o deputado federal mais votado do país, foram de protesto. Para o palhaço o desempenho nas urnas é creditado ao fato de “ter falado a verdade”. “Eu disse que não sabia para que servia um deputado e de fato muita gente não sabe. Eu disse que queria empregar toda minha família, quem não quer? Só não empreguei porque não podia. As pessoas votaram em mim porque eu só falo a verdade”, disse o deputado Tiririca, que esteve em Natal participando do jogo “Diga não ao crack”, evento promovido pelo deputado federal Fábio Faria. Deixando de lado o discurso de parlamentar e partindo para uma análise sobre a própria trajetória, Tiririca lembra do início da carreira, da fome que passou: “As pessoas me veem lá e é como se fossem elas. É o cara que veio com o preconceito, que batalhou para caramba, veio do nada, passou fome, está lá (na Câmara dos Deputados) e está fazendo bem feito“. Deixando de lado a modéstia, Tiririca afirma que não há como se falar em humor sem lembrar do nome dele e não há como abordar a temática de deputado federal sem também falar dele. “Se você falar sobre humor hoje e não falar em Tiririca não pode. Se você falar na política hoje e não falar em Tiririca! Isso é uma coisa fantástica. O cara que batalhou e chegou onde chegou pela batalha e por falar a verdade”, afirma. Durante toda essa entrevista, Tiririca por diversas vezes falou a palavra fantástico. Para lembrar que passou fome disse ser “fantástico”, para enaltecer os projetos que apresentou na Câmara disse ser “fantástico”, para destacar que nunca faltou a uma sessão no parlamento ele também definiu como “fantástico”. O convidado de hoje do 3 por 4 é um palhaço que se transformou em deputado, um deputado que não deixa de lado os jeitos e trejeitos do palhaço, um artista popular que a partir de “Florentina” ganhou a estrada e conquistou fãs. Com vocês, Tiririca:

Ele (o circo) passa 15 dias em uma cidade, cinco dias em outra. (...) E os colégios não aceitam os filhos dos artistas circenses “Tiririca no Congresso”o senhor passar despercebido como dezenas de deputados que cumprem mandato na Casa? Se você faz um trabalho do jeito que estou fazendo, um trabalho bacana e honesto isso não acontece. Se você realmente quer trabalhar, fazer alguma coisa pelo povo

vai ser inesquecível. Não vai cair na mesmice. Poucas pessoas sabem, o nosso gabinete é o mais visitado na Câmara. Pessoas do Brasil todo vão lá para tirar foto, fazem pedidos, orar, rezar por você, pessoas de todo tipo que imaginar. Terças e quartas-feiras eu tiro duas horas para receber as pessoas no gabinete. São filas e filas de gente. Então,nesse caso,não é um deputado,é um artista no Congresso. Não. É um deputado atuante e um artista querido pelo povo e isso é fantástico. Vêm todas as classes sociais. Se você for a Brasília vai comprovar o que estou lhe falando. Quando entrei montei uma equipe maravilhosa. As pessoas que trabalham comigo já estiveram com outros deputados. Quando elas (as

Detalhes Sonho concretizado: ter comprado a casa da minha mãe, isso foi fantástico,é real Em que acredita: em Deus,sou um cara que acredito muito em Deus.Não sou religioso,mas rezo, tanto se estiver passando coisas boas ou coisas ruins Qual a melhor piada: não existe piada nova e nem velha,piada é o momento.Sou muito do momento

ALEX RÉGIS

Se o senhor pudesse escolher um projeto seu como mais importante,qual seria? É o do circo escola para os filhos de artistas circenses. É complicado estudar em escola com o circo. Ele (o circo) passa 15 dias em uma cidade, cinco dias em outra. E vai mudando de cidade em cidade. E os colégios não aceitam os filhos dos artistas circenses. Fizemos esse projeto e eu acredito que se esse projeto for aprovado será sensacional. Temos ainda uns sete projetos.

O senhor sentiu discriminação quandochegounaCâmarapelofato de ser um palhaço? Não. Eu fui bem recebido entre eles. Me respeitam para caramba, fiz amizade lá dentro. Isso é fantástico.

O senhor disse que quando se fala dehumortemqueterTiririca,sefalar de política precisa colocar Tiririca.O senhor alia palhaçada e política? Eu fui o deputado mais votado do país. É complicado (aliar humor e política), mas eu não posso deixar o meu lado artístico. Final de semana quando dar eu faço shows, viajo no Brasil fazendo shows. Não deixei de me apresentar. Meu show sou eu e mais seis pessoas, é uma equipe que vive disso e a gente batalha. A política, na realidade, entrei por acaso, deu certo e vou fazer de tudo para um trabalho bacana, que venho fazendo.

A galera não votou no político, votou no artista, acreditando que eu poderia fazer alguma coisa. Isso é fantástico.

pessoas que trabalham no gabinete dele) viram as filas (de pessoas para falarem com Tiririca) eu disse que seria assim até o resto do mandato. Mas elas falaram que não ocorreria, ficaria apenas nos três primeiros meses porque com Clodovil foi assim. Mas comigo é diferente. É da pessoa se ver no Congres-

Nas redes sociais surgem muitas frases do senhor.Tudo que Tiririca fala vai para as redes sociais e vira motivo até de piada. Tudo que eu falo vira notícia. Isso é fantástico porque é da galera. Eu posso não ser um professor, mas sou um cara experiente. Tenho experiência de vida. Cheguei onde cheguei não foi por acaso. Foi batalhando, correndo atrás. O cara sair de circo, do interior do Ceará, de Itapipoca e estar no meio dos artistas grandes do humor! Se você falar sobre humor hoje e não falar em Tiririca não pode. Se você falar na política hoje e não falar em Tiririca! Isso é uma coisa fantástica. O cara que batalhou e chegou onde chegou pela batalha e por falar a verdade. Sou um cara que se não gostar de você não sei fingir. Quando foi para eu entrar eu falei com minha mãe e disse que não era político. Quando foi para eu chegar lá (em São Paulo) eu já era estourado a nível Ceará com a Florentina. Quando fui para São Paulo peguei uma gravadora com o nome de Sony Music, era a gravadora de Roberto (Roberto Carlos) e Michael (Michael Jackson). E os caras me colocaram na mesa e disseram que precisavam mudar meu estilo antes de eu aparecer a nível nacional. Teria que colocar dente, colocar peruca. E eu disse que não precisava disso. Meu público (do Ceará) me conhecia como eu era. Eu não sei fazer média.

Perfil FRANCISCO EVERARDO OLIVEIRA SILVA,conhecido como o palhaço Tiririca,é filiado ao PR e está no seu primeiro mandato como parlamentar na Câmara dos Deputados.Ele ficou conhecido em todo Brasil pela música “Florentina”.Tiririca,que nasceu na cidade de Itapipoca no Ceará,já participou de programas de televisão e hoje,além de deputado federal,faz shows pelo país.

Depois de deputado federal o senhor almeja que cargo? Eu não penso em nada. Juro para ti. Não penso em nada. Se amanhã ou depois...a galera fala que se você entrar (na política) não sai mais, diz que gosta da coisa. Eu não sei, é cedo para falar isso. Eu não sei minha cabeça amanhã ou depois. Quem ganha mais:deputado ou palhaço? Como palhaço, com certeza. Não tenha dúvida disso. Qualquer show que você faz ganha. O ordenado da Câmara fica só naquilo.


10

natal

| Tribuna do Norte | Natal | Rio Grande do Norte

Domingo | 29 de abril de 2012

Eliana Lima

De João Lyra Filho para Vinícius de Moraes, quando este lhe mostrou os originais do seu primeiro livro de versos, vejam vocês. Ironia do destino revelada por Nelson Rodrigues, presente no livro de obras resumidas ‘Memórias - A menina sem estrela’

elianalima@tribunadonorte.com.br

»PERIGO...

Desista. Você não dá pra isso. Não é poeta, nunca será poeta”

»LEQUE

FOTOS: JOAONETOFOTOS.COM

A Covisa Municipal ainda não retomou os plantões. Isso é sinônimo de risco gigante de contaminação, principalmente em bares e restaurantes da capital dos magos-desprotegidos. Quem paga o pato? Os consumidores, expostos e sem informações.

Qual a surpresa da coluna ao ler a convocação dos sócios do Instituto de Proteção e Assistência à infância do RN (IPAI), mantenedor do Hospital Infantil Varela Santiago, para Assembléia Geral Ordinária, dia 26 último: Manoel Medeiros de Brito é o presidente. Também preside a Liga de Ensino do RN, mantenedora do Complexo Educacional ED/HC/UNI.

»...IMINENTE

Falta de estrutura e de pessoal necessário, a fiscalização da Covisa em Natal é ineficiente. Dos pontos gravíssimos, clínicas médicas e consultórios odontológicos. Imagine esses serviços nos órgãos públicos? Caos. População à mercê não apenas da falta de atendimento, mas de garantias à saúde no próprio espaço destinado. Imaginem àqueles motorzinhos do dentista? E o iodo não tem um destino adequado certo...

»FARO FINO

Se o Ministério Público jogar suas lupas, poderá chegar à coordenadora que tem casa alugada para a Secretaria que trabalha. E bem carinha.

»S.O.S... »

»

Camila Duarte e Marcos Brito

Juliana Marinho e Janilson Dantas

DOMINGO...

»DESCASO

A Covisa até iniciou uma supervisão nos ambientes de serviços de saúde, mas parou por falta de condições. Depois que a coluna informou a falta, por exemplo, de computadores, por exemplo, um chegou por lá. Maaasss...nada adiantou, pois não tem nem internet, nem muito menos impressora. Alô, alô...Ministério Público!

...DE CASAIS...

»MUNICÍPIOS...

»...SEGURANÇA VIRTUAL

Rica não é só Caicó. Rica também é a cidade de Extermoz. Dos muitos contratos elevados, digamos assim, dos últimos foi o montante a ser pago à empresa especializada em locação de veiculos com motorista, para trasporte escolar. Eempresa vencedora do certame licitatório, que até constrói, a Terrazo Construções, Comércio e Serviços Ltda receberá R$ 545 mil.

»...ABASTADOS

E para aquisição de materias permanentes para diversas secretarias municipais, a Apform Indústria e Comércio de Moveis Ltda foi a vencedora do primeiro lote, pela ‘bagatela’ de R$.1,415 milhão. O II e III lotes ficaram com a Moveleiro Comércio e Serviços Ltda, no total de R$ 629 mil.

»TEM DE...

Magistrados passam por cada uma. Não por menos, sentenças às vezes dão uma boa comédia. Essa informação é do portal Migalhas. Ímpar tal, que a coluna resolver trazer para os leitores. Na cidade mineira de Divinópolis, uma mulher ajuizou ação de indenização por danos morais pela surra que levou da outra namorada do seu homem. Como em toda briga feminina, levou puxão de cabelo e unhada.

»...DE TUDO...

Pois bem, o jui Carlos Roberto Loiola foi o responsável pelo caso. Ao julgar, discorreu lição da Lei Cadinho (personagem da novela Avenida Brasil que tem várias mulheres): - “Ele nem prá dizer que estava numa pescaria com os amigos! Foi logo entregando que estava com a rival. Êta sujeito despreocupado! Também, tão disputado que é pelas duas moças, que nem se lembrou de contar uma mentirinha dessas que a gente sabe que os outros contam nessas horas só prá enganar as namoradas. Talvez porque hoje isso nem mais seja preciso, como era no meu tempo de pescarias. Novas Leis de mercado”.

Os problemas virtuais continuam no Estado, cada vez mais sérios, e usuários não sabem como agir. Não há atendimento espefícico para crimes virtuais. Nem campanha educativa sobre prevenção e como proceder. Sem saber a quem recorrer e solicitando uma sugestão da coluna, uma agente de viagem disse que vive o pesadelo do seu celular rastreado por uma ex-funcionária de uma operadora, que tem acesso aos números de suas ligações. Tipo de senha que é desativada quando um funcionário é desligado da empresa. Mas nesse caso continua ativa.

»

» ...E...

...BACANAS...

Viviane e Andrey Maldonado

Mariana Nobre e Ney Fonsêca Jr

»BZZZZZZ...

Lembra daquele casal do misterioso carro preto? Pois bem, após a enorme repercussão sobre suas estripulias luxuriosas, eles se afastaram estrategicamente, mas voltaram e até hoje continuam cheios de amor para trocar. Resta saber se com aventuras e, se sim, se estão mais cautelosos. Bareta está na cola...viiixeee...

»...PRA ANALISAR...

Não à toa, o novo Don Cadinho inflou o ego e perolou: - “Seu juiz, eu sou solteiro, gosto das duas, tenho um caso com as duas, mas não quero compromisso com nenhuma delas não senhor”. E o juiz recheou: - “Estava tão soltinho na audiência, com a disputa das duas, que só faltou perguntar: ‘-tô certo ou errado?’”. O magistrado estava para decidir indenização de R$ 4 mil, mas, atropelada pela língua, a parte autora chamou a ré de “esse trem”. Castigo, a condenação caiu para R$ 3 mil, sob a justificativa de que “ela também não é santa não, deve ter retrucado as agressões”.

COLMEIA

»...E JULGAR

»Estréia amanhã,na Band

Tem mais. Para evitar novos problemas, o juiz recomendou a Don Cadinho: - “Quanto tiver na casa de uma e a outra ligar para ele, ao invés de falar a verdade, recomendo que ele diga que está na pescaria com os amigos. Evita briga, litígio, quiproquó e não tem importância nenhuma. Isso não é crime. Pode passar depois lá no ‘Traíras’ e comprar uns lambarizinhos congelados, daqueles de rabinhos vermelhos, e depois no ABC, comprar umas latinhas de Skol e levar para a outra. Ela vai acreditar que ele estava mesmo na pescaria. Trouxe até peixe. Além disso, ainda sobraram algumas latinhas de cerveja da pescaria...E não queira sair de fininho da próxima vez, se tudo der em fuzuê ou muvuca. Isso é feio, muito feio. Fica esperto: da próxima vez que você fizer isso você poderá ser condenado por danos morais”. Não dá uma boa Zorra Total?

Natal,após CQC,o programa Eleições 2012,com apresentação de Vânia Marinho,com debate sobre Ficha Limpa entre o presidente da OAB,Paulo Eduardo,e o cientista político Homero Costa.

» Em celebração à música

erudita,dia 2 tem ‘Duo Violões’ com Álvaro Barros e Danilo Guanais,no Genot Café,Siciliano, 19h,às 20h30.

»RASTROS

Quem pensa que o novelo da Operação Divisa - que desbaratou esquema de envio de dinheiro para o exterior ilegalmente e estelionato - foi totalmente desviado, engana-se. Os desdobramentos podem movimentar muito o Elefante.

Pior: por meio de perfil falso no Facebook (embora ao final da mensagem tenha assinado o nome da tal), avisou que sabia para quem ela ligava, quantas vezes ligava, quem lhe manda mensagem, enumeranro alguns dos números mais discados. “Não sei nesse caso a quem recorrer, se é caso de delegacia, e se sim, qual seria, se eu teria que ligar para a operadora. Enfim, estou perdida”, lamentou. Sem também saber exato, a Abelhinha sugeriu que conversasse com um delegado de polícia.

» ...APAIXONADINHOS

A jornalista Anna Ruth Dantas e o cardiologista dono do seu corazón Marcos Lima

» O Praiamar Hotel recebeu do Senac o Prêmio de Excelência em Qualidade e Segurança dos Alimentos.


Domingo |

29 de abril de 2012

natal

Tribuna do Norte | Natal | Rio Grande do Norte |

11

George Azevedo georgeazevedo@digizap.com.br

FESTA NA LAJE Foi em clima de “Pagode na Laje” que Singride Marcelino recebeu os seus convidados para celebrar mais um aniversário. Na entrada do Garbos Recepções e Eventos o clima de laje prevaleceu, com roupas penduradas em varal, pneus de carro velho e até uma caixa d’água. A festa começou cedinho e entrou noite adentro com comidas deliciosas criadas no capricho de Lizete Andrade. E animação foi o que não faltou nessa festa ao som de André Luvi e a banda Vitrola.com.

Os convidados eram recebidos com a animação de Singride ao som de pequenos pagodeiros

Família reunida. Singride e Edmur Rosado com os filhos

Singride pendurando as roupas no varal

Gerivan Josué Batista e Lenita Maia foram conferir a festa

Fábio Porcino e Késia recebendo o vereador Lahyrinho Rosado e Polliana Simas

Layana Dantas e Arianne Tavares. Musas da vaquejada

A aniversariante Singride e o maridão Edmur Rosado Filho

Os poderosos do Garbos Hotel e Eventos, José Carlos Rêgo e Beth

Espaço kids

A aniversaria nte sendo coroada como a Rainha da Laje

FESTA DOS PORCINOS

Waltinho Soares e Liziane Mendes com o casal Daniel Victor e Catarina Alves curtindo muito a vaquejada

André Luvi soltando a Voz

Fernanda Banjamim prestigiando a querida Singride

Doriana Burlamaqui, Málaga Pereira, Patrícia Regina e Tenilly Barreto eram só animação

Fabinho e Tereza Porcino conferindo tudo

Em três dias de festa a Vaquejada do Porcino Park Center foi um sucesso. Nomes como Luan Santana, Garota Safada, Forró dos Plays, o mossoroense Andre Luvi passaram pelo palco do evento. E olha, dando um giro pelo camarote Mitsubishi registramos vários rostinhos conhecidos.

Georgiano Azevedo em um close com Ana Paula Santos

As modelos Ludmilla Amorim e Jéssica Amorim arrasando no Lounge da Brahma

Gaby Medeiros e Sarah Gurgel incrivelmente lindas no finzinho da festa

Porcino Júnior, só alegria, ao lado de Rosane Caminha

As lindinhas Renatinha Praxedes e Bibi Rocha


natal 12

Natal | Rio Grande do Norte | Domingo | 29 de abril de 2012

DIVULGAÇÃO

NELSON MATTOS FILHO Velejador-avoante1@gmail.com

ia desses li algumas dicas bem interessantes e reprováveis de como agir para matar um clube náutico e acho até que dificilmente encontraremos associados que nunca usou do expediente salutar da crítica, mesmo que ela venha carregada com o peso da discórdia, alarmismo e dos ânimos exaltados. A democracia está na boca de cada um que vive a sede da liberdade e que se agarra a sonhos para mudar o mundo, mesmo que ela não desça garganta adentro e atinja o coração. A crítica está na alma da democracia e através dela, corre nas entranhas dos povos o sangue que revoluciona e impulsiona o mundo. Mas acho melhor voltar ao rumo inicial, mesmo que mais a frente tenha que dar outros bordos. As instruções para aniquilar clubes náuticos falam de reclamações, ausências, comunicados não lidos, críticas desvairadas e a derrocada final do: Bem que eu avisei! Passando a vista no manual, a gente é instigado a concordar com tudo o que está escrito e ainda se lembrar de um monte de gente que pensa daquela maneira, mas sem antes, fazer questão de ficar fora da formação do monte. Ninguém quer ser responsável pela morte de alguém, mesmo que esse alguém seja um clube náutico. Quanto mais mandantes e beneficiários, mais difícil a solução do crime, pois assim ensina a bem sucedida cartilha da política. E ale-

D

ENTRE CLUBES E NAVEGANTES

gar inocência é a coisa mais fácil do mundo, basta ter uma só pessoa para acreditar. Eita piula, acho que sai do rumo novamente! Hoje, depois de passar alguns dias pensando, refletindo, vestido e retirando a carapuça, e tornando a ler várias vezes às dicas, acho que aprendi a lição e decorei tudo minuciosamente. Mas, tenho algumas considerações a fazer e até acho que concordo e não concordo, ou melhor, acho que não aprendi nada. Agora parece que vou entrar nu-

ma canoa furada! Antes de procurar os furos na canoa e fazer rumo para um porto seguro vou remar para, pelo menos, dar um seguimento mais objetivo nessa prosa e tentar sair da tempestade que me meti. Bem, o maldito manual, ou bendito sei lá, não fala nada de como os clubes náuticos conseguiram entrar nessa peleja, mas olhando a coisa lá do alto-mar em direção a terra, acho que tudo declina para a tal ilusão de ótica, tão freqüente de

acontecer a um marinheiro. Ditar um manual sentado embaixo de uma sombra de palhoção, sorvendo deliciosos goles de cerveja estupidamente gelada e a melhor coisa do mundo. Até eu, que estou agora a bordo do Avoante curtindo um calorzinho gostoso, num dia como outro qualquer, consigo escrever essas teorias conspiratórias contra o manual que atenta contra a vida dos clubes náuticos. Está difícil manter esse rumo! Navegando por ai e com o olho

atento as coisas do mar, e de quem vem do mar, a gente se depara com situações que poderiam passar ao largo de todo clube náutico. Teoricamente os clubes náuticos são criados para difundir os esportes na água e dar condições para o seu desenvolvimento. E num bordo mais abrangente, auxiliar a navegação amadora apoiando navegantes em viagens ou passeios ao longo da costa, mesmo que os mesmos não sejam seus associados. Mudando o foco dos estatutos

que falam da náutica com grande paixão, alguns clubes viram as costas para o mar e abrem-se em sorrisos para um público que nunca pisou numa embarcação e muito menos flertou algum dia com os oceanos. Enquanto isso, navegantes amadores são jogados a própria sorte e muitas vezes rechaçados por normas atravessadas e cheias “boas intenções”. Danou-se, agora me meti numa tempestade! Ler o manual com a visão de burocrata e vestido com a farda de dirigente é muito reconfortante. Mas de que lado estava o autor? Nas nossas navegadas temos visto muitos clubes náuticos abandonados ou entregues a pessoas que usam e abusam do direito do poder sem dar nenhuma atenção aos anseios dos navegadores que seria o seu principal foco. Alguns com as portas fechadas e outros lacrados pela justiça numa demonstração que o mundo náutico ali foi esquecido e os interesses desvirtuados. Será que nesses clubes, abandonados a própria sorte, os associados reclamavam e cobravam atitudes náuticas? Se existiam reclamações e cobranças será que os dirigentes escutavam ou se faziam de incompreendidos? Acho que qualquer navegante sabe responder, mas muitos deles são acusados de reacionários, opositores e chatos, pois assim é a vida de quem cobra atitudes. Pois é, fazer um manual é muito fácil, o difícil é abandonar a sombra de um palhoção ou o conforto de uma comodoria e se fazer ao mar!


esportes

HOJE NA TV

16h00 -Carioca: Botafogo x Vasco,Intertv. 16h00 - Paulista: Santos x São Paulo,Sportv

RÁDIO GLOBO NATAL

06h - Programa Esportes em Debate. 16 h - Campeonato Estadual: América x ABC

ESTADUAL

FNF apresenta as taças do campeão e a que será dada aos artilheiros. PÁGINA 4

CURIOSIDADES

DICAS

NÚMEROS

Esta é a primeira vez que o Estádio Nazarenão receberá uma decisão de campeonato entre América x ABC.

O Campeonato Potiguar de Kart começa hoje.A prova no Kartódromo Geraldo Melo terá início às 14 horas.

600 é o total de ingressos direcionados aos torcedores do ABC,para a venda durante o clássico de hoje.

Editor: Itamar Ciríaco e-mail: esporte@tribunadonorte.com.br

NATAL • RIO GRANDE DO NORTE Domingo • 29 de abril de 2012

[ CAMPEONATO ESTADUAL ] Na hora da decisão vale tudo para esconder o jogo, e esse foi o passatempo predileto dos comandantes

de América e ABC. Hoje, a partir das 16 horas, no Nazarenão, é que os torcedores irão conhecer quem montou a melhor estratégia

Começa o tira-teima pelo título s dois maiores rivais do futebol potiguar voltam a duelar hoje. Só que dessa vez é pelo título estadual, algo que não ocorrida desde a temporada de 2007, quando o ABC goleou o adversário e conquistou um campeonato que grande parte das pessoas não acreditava que seria possível, devido ao desnivelamento existente entre os dois elencos na ocasião. Hoje a história é outra, existe um equilíbrio de forças entre as equipes e o resultado final dessa batalha, que só está programada para finalizar no próximo dia 6 de maio, é imprevisível. O mando de campo desse primeiro jogo é do América e o estádio Nazarenão promete ser palco de uma grande festa hoje, a partir das 16 horas. O treinador Roberto Fernandes, que venceu os últimos dois confrontos e iniciou uma fase de invencibilidade sobre o seu oponente, voltou a esconder o jogo e não falou sobre qual o time pretende mandar a campo. Porém, sem muitas pelas para reposição, o único trunfo que tem nas mãos para utilizar como fator surpresa é o atacante Soares, que após se recuperar de uma lesão no tornozelo, que o tirou dos gramados por 30 dias, voltou a trabalhar normalmente com restante do elenco e diz estar pronto para o jogo. Fabinho, que foi o fator de desequilíbrio na vitória americana na semifinal do 2º turno, espera ter novamente uma boa atuação para ajudar o América a conquistar um bom resultado. “Nós estamos vindo de uma sequência de bons jogos e isso aumentou a confiança da nossa equipe. Procuramos descansar bem e focar também no trabalho, por que sabemos que uma vitória hoje será muito importante. Isso tornaria a situação do próximo jogo menos complicada”, ressaltou. Fernandes conseguiu mudar a cara da equipe americana, que apesar de mais segura no setor defensivo, aumentou sua ofensividade. Prova disso é que o clube marcou 47 gols em toda competição e tem 11 a mais que o rival

O

dessa decisão. Uma motivação extra para o grupo, é que vencendo as duas partidas da final, o alvirrubro conquistará o título de forma incontestável, pois ultrapassará o alvinegro na contagem geral de pontos também. No ABC o treinador Leandro Campos adotou o mistério como arma e dessa vez promete utilizar dos mesmos artifícios do adversário. A questão central no alvinegro é saber se a equipe formará no 44-2 ou no 3-5-2. Caso resolva voltar ao sistema com três zagueiros, o qual não utiliza desde a partida contra o Caicó, Leandro Cardoso vai entrar num lugar de um dos volantes, que no caso deve ser Luís Ricardo. Se optar por continua no mesmo sistema, Luís Ricardo, que foi poupado do treino de apronto, vai atuar ao lado de Bileu no meiocampo. “Sabemos que clássico é um jogo diferente, de detalhes, e temos que entrar bastante atentos, pois todo cuidado é essencial na busca do resultado. Não podemos descuidar em nenhum momento, pois pode ser fatal e decisivo”, afirmou Luís Ricardo, que terá o papel de parar Fabinho.

LEIA MAIS O duelo psicológico entre Leandro Campos e Roberto Fernandes e as novidades que a FNF está preparando para festa dos campeões.Páginas 2 e 4

FICHA TÉCNICA AMÉRICA ABC Fabiano,Norberto, Cléber,Edson Rocha e Wanderson; Ricardo Baiano, Márcio Passos, Fabinho e Júnior Xuxa;Isac e Lúcio. Técnico: Roberto Fernandes.

Camilo,Murilo, Alison,Eduardo e Berg;Bileu,Luís Ricardo (Leandro Cardoso),Raul e Jérson;Washington e Léo Gamalho. Técnico:Leandro Campos.

Árbitro :Marcelo de L.Henrique (Fifa – RJ) Assistentes:Lorival Cândido das Flores (RN) e Valdomir A.de Araújo Júnior (RN) Horário:16 horas. Estádio:Nazarenão

JÚNIOR SANTOS

Torcedores americanos prometem fazer a festa no Nazarenão


2 | Tribuna do Norte | Natal | Rio Grande do Norte

esportes

Domingo | 29 de abril de 2012

Além do confronto dentro de campo, fora das quatro linhas os treinadores Leandro Campos e Roberto Fernandes travam uma disputa particular que envolve duas personalidades diferentes e marcantes

Duelo psicológico BRUM

ois grandes times em campo, duas grandes torcidas nas arquibancadas e dois grandes treinadores à beira do gramado. Assim será o duelo entre América e ABC, que mais uma vez colocará em lados opostos Roberto Fernandes e Leandro Campos, treinadores que conseguiram colocar “a cara” nos times. A identificação das equipes com os treinadores, inclusive, traz os ônus e bônus de suas características para o campo de jogo. O momento psicológico das equipes, refletido pelo perfil dos treinadores, pode ser o diferencial para a decisão. Desde 2010 no ABC, Leandro Campos tinha a favor, até o fim do primeiro turno, um retrospecto impecável contra o principal adversário no Rio Grande do Norte. O abecedista não sabia o que era perder para o América até o confronto do segundo turno, onde o alvirrubro venceu o alvinegro já com Roberto Fernandes no comando. Na partida que ocorreu no Nazarenão, inclusive, Leandro Campos foi protagonista de uma confusão à beira do gramado, onde o treinador foi expulso, bateu boca com a arbitragem e respondeu às provocações da torcida americana. O episódio ocorreu antes do resultado final, quando o ABC terminou derrotado por 1 a 0, mas Leandro Campos disparou contra a arbitragem e também contra o América, afirmando que o alvirrubro teria tomado uma atitude de equipe de várzea ao informar a escalação errada antes da partida. O gaúcho alvinegro também afirmou, ao ser eliminado na semifinal, que não gosta de perder, não quer e não vai se acostumar com as derrotas, e que fica descontrolado quando perde. “Não quero e não vou mudar”, disse Leandro Campos. Por outro lado, Roberto Fernandes vem adotando um perfil mais sereno. Mesmo longe de ter a tranquilidade do antecessor Flávio Araújo, Roberto Fernandes está em seu melhor momento no América. O treinador conseguiu assimilar as derrotas iniciais na compe-

tição e a dificuldade para a classificação entre os quatro do segundo turno. Agora, no entanto, o América chega à decisão no melhor momento técnico dentro do campeonato. Com duas vitórias consecutivas sobre o ABC e classificação vitórias convincentes sobre o

Baraúnas na decisão do segundo turno, Roberto Fernandes, que também tem como característica o estilo motivador, prega a tranquilidade para a reta final da disputa e defende que os resultados devem ser encarados com serenidade. A diferença nos momentos psi-

cológicos dos dois treinadores pode ser fator determinante para a decisão. Na opinião do psicólogo Leonardo Galvão, formado pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte, o desempenho dos treinadores e as decisões tomadas antes e durante a partida

podem sofrer influência do atual momento que cada um atravessa. Ponderando que as únicas informações sobre os treinadores são as que circulam na imprensa, e, por isso, não há como traçar um perfil exato das personalidades dos comandantes e dos momen-

tos passados por ABC e América, o psicólogo acredita que tanto Leandro Campos quanto Roberto Fernandes podem extrair o melhor se souberem usar o atual momento de forma favorável. No caso do treinador do ABC, Leonardo Galvão explica que o momento psicológico é negativo devido às derrotas recentes. É importante se levar em consideração, de acordo com o psicólogo, pontos como estressores de performance, que têm relação com o clima no ambiente do clube e a influência que isso pode ter no desempenho dos jogadores. Além disso, o momento positivo do América e também à cobrança por melhores resultados podem ter influência negativa na partida. “Em campeonatos há os momentos psicológicos positivos e negativos. Quando se estar em um momento negativo, há a tendência de interferência negativa na performance. Conseguir neutralizar a influência que o momento negativo tem na equipe, motivando o grupo, pode haver a reversão da situação. Porém, a tendência é que haja um prejuízo natural a quem está em momento psicológico pior do que o adversário”, explicou. Já sobre Roberto Fernandes, o psicólogo vê que o treinador tem a possibilidade de aproveitar o momento positivo que a equipe atravessa para conseguir um melhor desempenho na decisão. O clima de tranquilidade no clube e nas próprias palavras do treinador, na opinião do psicólogo, tendem a favorecer a melhora de performance dos jogadores do América. “O momento favorece o América. Não só por estarem em um momento psicológico positivo, mas também por saberem do momento negativo do adversário. Nessa situação, em teoria, a tendência é que o América consiga explorar o melhor dos jogadores e o técnico tenha tranquilidade e confiança para tomar as decisões durante a partida”, avaliou. “Os momentos das duas equipes são diferentes, mas toda competição é feita de altos e baixos. E as mudanças nos momentos psicológicos dos dois times pode ocorrer durante a partida, dependendo da performance”, finalizou Leonardo Galvão.

ARQUIVO TN

RODRIGO SENA

RODRIGO SENA

JUNIOR SANTOS

JUNIOR SANTOS

RODRIGO SENA

JÚLIO PINHEIRO Repórter

D

PONTOS POSITIVOS

PONTOS NEGATIVOS

CONCLUSÃO

à O desejo quase obsessivo opr vitórias do treinador Leandro Campos tem feito o ABC vencer quase tudo que disputou.

à A intranquilidade diante dos momentos difíceis e as explosões de raiva geram instabilidade para o grupo dentro de campo.

à Leandro Campos precisa aproveitar a avidez por vitória para motivar o time evitando que isso se transforme em pressão.

à A capacidade de organização do técnico Roberto Fernandes recolocou o América nos trilhos e no caminho das vitórias.

à Metódico,o treinador pode cair no marasmo após atingir um platô de vitórias e o time se acomodar antes do título.

à Roberto Fernandes precisa mostrar ao grupo que as vitórias recentes não representam ainda o objetivo final do grupo.

CARIOCA VAI DIRIGIR PRIMEIRO CONFRONTO

SOARES PODE VIRAR ARMA NA FINAL

GAMALHO ELOGIA O NÍVEL DOS FINALISTAS

JOSÉ VANILDO ESTÁ FELIZ COM O SUCESSO

EDUARDO APROVA O ESTILO DE LEANDRO

FERNANDES É PAISÃO, DIZ RICARDO BAIANO

O carioca, Marcelo de Lima Henrique (FIFA-RJ), é quem vai dirigir o primeiro encontro entre América x ABC na decisão do título estadual. Ele terá como assistentes os potiguares Lorival Candido das Flores e Valdomir Antônio de Araújo Júnior. O árbitro reserva será Lenílson de Lima. A solicitação de arbitragem de outro estadoi foi realizada pelo América que pagou R$ 15 mil antecipado na FNF.

Após ficar 30 dias afastados dos gramados, realizando tratamento de uma forte torção no tornozelo, o atacante Soares reapareceu treinando normalmente no América e pode se transformar numa das opções ofensivas do treinador Roberto Fernandes. O discurso é que o atleta está sendo preparado para o confronto do dia 6 de maio, mas em se tratando de Fernandes, isso pode ser encarado como blefe.

O atacante Léo Gamalho, do ABC, acredita que as duas melhores equipes chegaram na final do Campeonato Estadual. O jogador disse que espera um confronto muito bonito e muito equilibrado a partir desse domingo. “As duas melhores equipes chegaram à final. Quem vai ganhar com isso é o campeonato, o torcedor e todos aqueles que gostam de futebol, pois acredito que serão dois grandes jogos”, disse.

O presidente da FNF, José Vanildo, comemora o êxito do Campeonato Estadual de 2012. Para ele, os problemas registrados durante a competição, não macularam a boa organização do torneio e com a chegada de uma empresa especializada em marketing, a tendência é haver um crescimento e aumentar a projeção do futebol potiguar. As novidades ainda não acabaram segundo o dirigente.

O zagueiro Eduardo elogiou o estilo de trebalho do treinador Leandro Campos. Ele disse que o comandante cobra muito dos atletas, mas também que gosta muito de ajudar os jogadores. Quanto ao comportamento explosivo nos momentos das derrotas, ele disse que é um fato comum e que cada pessoa reage de forma diferente neste momento. “No meu caso, não gosto de perder, mas tento manter tranquilidade”, disse.

O volante Ricardo Baiano disse que o treinador Roberto Fernandes tem fama de durão, mas não passa de um grande paisão para os jogadores. Ele sabe cobrar para fazer o atleta render o melhor, mas também sempre se mostra preocupado com a situação de cada um dentro do clube. “Roberto sempre procura tirar o melhor de cada jogador e o mais importante é que ele passa confiança ao grupo”, afirmou.


esportes

Domingo | 29 de abril de 2012

Tribuna do Norte | Natal | Rio Grande do Norte | 3

ENTREVISTA/ALDO REBELO / Ministro do esporte FOTOS:RODRIGO SENA

lação de bebidas a não ser para um episódio e um evento. Há no Congresso votações muito mais importante e radicais com a proposta de proibição da veiculação de comerciais de bebidas alcoólicas em rádio, jornal, tevê, espaços públicos. Não creio que venha adotar essa solução porque toda restrição, proteção contra os efeitos maléficos das bebidas precisam também de equilíbrio. Nós precisamos garantir a saúde, a segurança pública, mas precisamos garantir ao país um certo grau de democracia e de liberdade. Mesmo os países muçulmanos que adotaram a posição de receber a Copa tiveram também a mesma posição do Brasil. Ou seja, o que o país está fazendo é cumprir o acordo internacional com o patrocinador da Copa e que todos os demais países que já organizaram o Mundial também o fizeram e que os próximos também irão fazer. Tudo dentro da normalidade.

“O BRASIL NÃO VAI CAVAR UM FOSSO ENTRE A COPA DOS SONHOS E A COPA DO QUE É POSSÍVEL”

Como o ministro vê o andamento das obras da Copa,com otimismo ou já existem algumas que estão preocupando o governo? Temos de encarar esse desafio como uma tarefa de muito trabalho, muita eficiência, mas que não tem mistério e nem segredo. Essa é a vigésima Copa do Mundo, o Brasil organiza a segunda, há um padrão nas obras, nos desafios e nas ações necessárias para organizar essa Copa. O Brasil tem a Copa em alta conta, nós achamos que ela ajuda a trazer desenvolvimento para o país, gera emprego, renda, melhorias na área de engenharia civil, ambiental, na área de telecomunicações, turismo, mas também é preciso dizer que nem é a mais difícil e nem a mais importante das obras que o Brasil já realizou. Qual o padrão de Copa que o Brasil pretende oferecer ao mundo:a Copa dos sonhos ou a Copa daquilo que é possível realizar? Eu acho que o Brasil não vai cavar um fosso entre a Copa dos sonhos e a Copa do que é possível. Eu acho que a Copa dos sonhos é no Brasil por que foi o único país que participou de todos os Mundiais. A Copa dos sonhos é no Brasil por que somos o único país que ganhou cinco vezes a Copa. A copa dos Sonhos é no Brasil por que é o país que possui o maior artilheiro de todas as Copas e por que é o pais que ofereceu o maior número de astros, de grandes jogadores, desde a primeira edição da competição em 1930 no Uruguai. Ao mesmo tempo teremos de realizar nossa competição dentro daquilo que é possível, por que apesar de o Brasil ser a sexta economia do planeta mantém, mesmo num mundo carregado de dificuldades, uma economia ainda estável e em crescimento. O Brasil também vai tentar superar deficiências para organizar essa Copa. Aliás, a organização desse torneio é um desafio as nossas virtudes, as nossas qualidades, mas também será um desafio as nossas deficiências. Então o Brasil tem a condição de fazer da Copa possível a Copa dos sonhos, atingindo as expectativas do próprio povo brasileiro e da população mundial. Quanto às exigências que a FIFA faz para um país sediar uma Copa, será que o Brasil não cedeu demais à entidade para poder organizar essa competição? Nenhum país cede demais ou de menos, o país assina compromissos Todos os que se candidatam os assinam, pois se trata de uma précondição para se poder concorrer a organizador do Mundial. Os que antecederam o Brasil aceitaram esses compromissos e os que sucederão o nosso país na organização de uma Copa do Mundo: Rússia e Catar assinaram os mesmos compromissos. Tivemos de concorrer contra nações muito importantes para ter o direito de organizar esse mundial, porque a competição é um acontecimento virtuoso pa-

VICENTE ESTEVAM Repórter de Esportes

N

a semana em que visitou Natal a fim de verificar com andam as obras da Arena das Dunas e os projetos de mobilidade urbana, o ministro Aldo Rebelo voltou a tranquilizar a população potiguar ressaltando que o processo da Copa do Mundo na capital potiguar é irreversível e que tem confiança que a cidade irá realizar uma bonita festa no período da competição. Ele também desafiou os deputados e jornalistas que acusam desvios de verbas no projeto, a apontarem em quais cidades está ocorrendo o problema. Rebelo também acredita que o país irá organizar uma competição sob medida entre aquilo o que é sonho e o que pode realmente ser realizado.

ra o país que o acolhe. Quando lançaram a ideia de candidatura do Brasil, que vem desde 2010, se falava que não haveria dinheiro público aplicado nos projetos para Copa do Mundo. Hoje o que se vê é muito dinheiro público aplicado maciçamente. O senhor tem ideia de quanto já foi investido pelo Governo nesta organização? Esse dinheiro terá retorno? O governo não está investindo na Copa. O único dinheiro público aplicado na Copa é para construção de estádios e mesmo assim a título de empréstimo, com todas as garantias de qualquer outro empréstimo privado. O governo está investindo no desenvolvimento do país, dos estados e das metrópoles que vão receber a Copa. O dinheiro para o aeroporto do Rio Grande do Norte, não é para Copa. O dinheiro para a melhoria da infraestrutura de transporte de Fortaleza ou de Manaus, não é para Copa. São investimento que beneficiarão o desenvolvimento dessas cidades e todos eles já previstos antes de nós cogitarmos em fazer Copa do Mundo. A ampliação do aeroporto de Natal, a construção do aeroporto de São Gonçalo do Amarante não está ocorrendo devido a Copa, é por que Natal tem ampliado o seu papel como destino turístico, o seu destino de negócio para o Brasil e para o Mundo, a mesma coisa ocorre nas demais capitais. Nada do que está sendo feito sairá do país, a única coisa que os estrangeiros poderão nos levar e a taça de campeão, mas essa eu também acredito que ficará no Brasil. Dentro desse ponto de vista não há gasto com a Copa, mas o que existem são investimento que ocorreriam mesmo se não tivesse o Mundial. Os estádios estão progredindo lentamente, em algumas cidades já são detectados um certo atraso nos projetos, atrelado a isso vem essa onda de greve em projetos para o Mundial. Esse

panorama já começa a preocupar o governo? Todos os desafios relacionados à construção de um estádio para Copa do Mundo assinalavam a possibilidade de eventos inesperados como as greves e licenciamentos que são próprios de um país democráticos. Logo, não vejo qualquer tipo de risco na construção dos estádios por que os cronogramas já foram planejados levando em consideração esse coeficiente de atrito, ou seja, a ação dos órgãos de fiscalização e controle e a possibilidade de movimentos trabalhistas previstos na legislação brasileira. O governo vem realizando investimento,como o senhor mesmo disse, mas ao mesmo tempo o TCU se manifesta alertando para o risco de alguns estados estarem erguendo possíveis elefantes brancos, praças que não se auto sustentarão após o mundial.Como é que o ministro recebe esse tipo de alerta? Eu não conheço essa opinião do TCU. Eu conheço todos os estádios, a forma como eles foram planejados, o papel que eles terão como equipamentos que serão úteis não apenas para jogos de futebol, mas para ajudar essas cidades a encarar os desafios de se tornarem destinos de outros tipos eventos. Alguns desses lugares muitas vezes são carentes de centro de convenções, espaços para realização de congressos, de conferências, a realização de espetáculos mais numerosos como é o caso de Brasília. Acho que todos os estádios são compatíveis com a grandeza das cidades onde estão sendo construídos. Qualquer cidade menor que Natal situada na Europa tem um estádio com as dimensões da Arena das Dunas, então eu creio que esses estádios são compatíveis com a grandeza, com o nível de desenvolvimento e com o futuro das cidades e das metrópoles onde estão sendo construídos. O fato de termos quatro capitais

Romário disse que iríamos ver na Copa o maior roubo de todos os tempos.Como ministro do Esporte,qual a opinião do senhor sobre esse tipo de crítica? Ele precisa apenas cumprir a missão dele como deputado federal, que é de fiscalização. Mas tanto ele quanto qualquer jornalista que fizer uma afirmação desse tipo tem o dever de apontar onde está a irregularidade. É em Natal? Em Recife? É em Fortaleza? Aonde? Eu não vi nenhum fato concreto apresentado.

do Nordeste escolhidas como sede da Copa, faz o governo pensar que isso será o suficiente para alavancar o desenvolvimento da região? A Copa do Mundo é um fator para o desenvolvimento, mas o Nordeste vem conhecendo um grau de desenvolvimento importante e recente, muito antes de se falar em Copa do Mundo. Por isso creio que ocorreu justamente o contrário: foi o desenvolvimento do Nordeste que permitiu atrair a Copa do Mundo para Salvador, Recife, Natal e Fortaleza. Todas essas capitais já que conhecem — se tomarmos como referência indicadores como o turismo, da procura por serviços aeroportuários, o da elevação da renda da população mais pobre — um índice de desenvolvimento invejável, superior, inclusive, ao índice de desenvolvimento do próprio Brasil. Então eu creio que foi isso que ajudou a trazer a Copa, e a presença do evento, naturalmente, estimulará ainda mais a geração de empregos, a divulgação dos nomes dessas cidades nordestinas como destinos turísticos no Brasil e no Mundo e deixará uma herança importante para consolidar a vocação e o desenvolvimento dessas capitais. Com o advento da Copa se falou também na necessidade de qualificação dos trabalhadores,das pessoas que terão contato direto com os turistas neste período,mas aqui em Natal esse projeto ainda não saiu do papel.Isso vem ocorrendo em outras praças? Preocupa o governo? O Ministério do Turismo e outras instituições têm já um projeto neste sentido que deve atingir em torno de 200 mil pessoas, não tenho o número exato, mas a ideia é preparar e treinar esse pessoal para trabalhar na Copa do Mundo. Acho que essa será outra herança importante que ficará para as cidades-sede e acredito que Natal não deverá ficar de fora no âmbito desse projeto governamental. Como anda a relação do governo brasileiro com a FIFA, aquele problema criado pelas declarações do secretário-geral Jérôme Valcke foram superados? São relações normais entre o país que recebe a Copa e os organizadores do evento. Nós procuramos manter a relação em um ambiente de cooperação, respeito e de harmonia, porque achamos que se trata de uma questão importante neste tipo de relação. Quando ocorrem divergências naturais na interpretação de uma ou outra questão nós conversamos, negociamos com a FIFA e quando não há um entendimento prevalece sempre o interesse público, o interesse nacional que é o interesse do governo na organização da Copa do Mundo. Quanto ao episódio específico do secretáriogeral, consideramos superado, houve uma resposta firme do nosso governo, logo após ocorreram

Em termos de fiscalização, os projetos da Copa inibem o desvio de recursos? São mais de dez órgãos de controle, não há qualquer dinheiro público, nem privado que estejam sendo mais fiscalizados que os recursos aplicados nos projetos da Copa de 2014. As pessoas que torcem contra a Copa, seja por razão de convicção ou por razões políticas, eu acho que vão perceber mais adiante que o Brasil que já fez coisas muito mais importantes que uma Copa do Mundo e pode organizar perfeitamente uma competição desse tipo, embora tenha para mim que as pessoas que não acreditam em si mesmas, também dificilmente acreditarão no país.

O estádio está dentro do cronograma previsto pelo governo federal, temos convicção de que o estádio será entregue dentro do prazo”

Temos otimismo também em relação às obras de infraestrutura com investimento do governo do estado, da prefeitura e do governo federal”

reiterados pedidos de desculpa por parte deles e acho que agora o importante é organizar e realizar bem a Copa do Mundo. Qual avaliação faz sobre a Lei Geral da Copa? Já foi aprovada na Câmara dos Deputados de acordo com o projeto original enviado pelo governo, creio também que será aprovada no Senado, não há indicio de nenhuma dificuldade para aprovação dessa lei no Senado Federal. A imprensa tocou muito no tema da liberação da venda de bebidas alcoólicas nos estádios,como o senhor encara essa situação? O Brasil não vai alterar a legis-

O ministério do Esporte está realizando algum tipo de trabalho para que o Brasil possa desfrutar da condição de potencia olímpica já nos Jogos do Rio? O país não pode se tornar uma potencia olímpica do dia para noite. Nós temos de investir em esporte educacional, esporte escolar, investir mais nos atletas que já temos, mas principalmente na turma que tem condições em chegar disputando medalhas em 2016 e investir em equipamentos. Não há como se pensar em ter boas participações nos esportes dissociando os atletas dos equipamentos e isso o governo federal está se propondo a fazer. Quais informações que o senhor,lá de Brasília,tem de Natal em relação à Copa do Mundo? São as melhores possíveis. O estádio está dentro do cronograma previsto pelo governo federal, temos convicção de que o estádio será entregue dentro do prazo previsto para receber a Copa. Temos otimismo também em relação às obras de infraestrutura que, com investimento do governo do estado, da prefeitura e do governo federal, ajudarão Natal a receber a Copa da melhor forma possível e a permanecer como uma cidade importante para o turismo do Brasil e do Mundo. O atraso nos projetos de mobilidade nas cidades, inclusive aqui em Natal, não fez acender ainda nenhum sinal de alerta dentro do governo? Achamos que temos tempo, essas obras podem ajudar na realização da Copa, mas havendo algum atraso provocado por contingencia da própria legislação do país, esse problema não comprometerá a realização da Copa de 2014 nem em Natal e nem em nenhuma outra cidade-sede.


esportes 4 | Natal Rio Grande do Norte |Domingo| 29 de abril de 2012 Campeonato Potiguar de Futebol chegou ao momento mais esperado. Em dois jogos, ABC e América decidirão o título da temporada. E para marcar um das disputas mais emocionantes dos últimos anos, a Federação Norte-rio-grandense de Futebol inova mais uma vez, através de seu departamento de marketing, ao lançar ações de envolvimento com a torcida, clubes, árbitros, atletas, patrocinadores e a imprensa. A FNF foi convidada pela Tribuna do Norte, Rádio Globo e Tribuna Online para promover a primeira edição do Craque Potiguar, um evento para convidados. A data e o local serão divulgados até quartafeira (2). A organização irá premiar os melhores da competição, entre eles estão a seleção do estadual, craque, revelação, árbitro, dirigente, artilheiro e o “craque da galera”, que será eleito pelo voto do internauta no site www.tribunadonorte.com.br, onde a votação já está aberta, e através de cupons disponíveis no estande do Vida Nova Empreendimento Clube, no Shopping Via Direta. Os destaques serão eleitos pelos profissionais da Rádio Globo, Tribuna e TN Online. Além disso, os torcedores poderão preencher cupons, no mesmo local, para concorrer a um som automotivo e um kit de autofalantes Bravox. Outra novidade para o Potiguar foi a iniciativa de lançar um troféu personalizado, com apelo histórico e turístico. Para 2012, a FNF apresenta para o campeão, como símbolo da conquista, o Forte dos Reis Magos. Uma peça feita com base de madeira natural, estrutura em MDF, cúpula em RPF, uma resina que após processo químico imita a consistência e textura

CRAQUE POTIGUAR SERÁ ATRAÇÃO

O

CAMPEONATO POTIGUAR DE FUTEBOL INOVA COM TROFÉU DO FORTE DOS REIS MAGOS E COM PRÊMIO PARA OS DESTAQUES EM PARCERIA TRIBUNA DO NORTE,GLOBO NATAL E FNF

de pedra e acabamento manual. “Tivemos a ideia de valorizar o que é nosso, um produto do Rio Grande do Norte. Contratamos uma empresa especializada e fizemos uma homenagem ao Forte dos Reis Magos, pelo que ele representa para o nosso estado. É um atrativo a mais para a grande final. E pensando no que temos de valor, premiaremos o campeão com um troféu diferenciado”, conta o presidente da FNF, José Vanildo. A FNF fechou, através da 10 Sports, agência de marketing esportivo da entidade, uma parceria com o Shopping Via Direta e

Vida Nova Empreendimento Clube. O troféu estará em exposição de segunda-feira (30) até sábado (5), no estande do empreendimento no Via Direta. Será a primeira oportunidade do torcedor ver de perto o troféu mais cobiçado do ano e votar no “craque da galera”. Na quinta-feira (3), às 19h, a FNF, Shopping Via Direta e Vida Nova Empreendimento Clube receberão a imprensa no Via Direta para apresentar oficialmente o troféu de campeão e os três carros 0k, premiação da Federação Norte-riograndense de Futebol, sendo um

para o campeão do 1º turno (ABC), outro para o campeão do 2º turno (América) e o terceiro que será sorteado na noite do Prêmio Craque Potiguar, entre os dez clubes participantes da temporada. PRÊMIO 10 TAMBÉM MOVIMENTA O ESPORTE O Oscar do esporte do Rio Grande do Norte já começa a embalar desportistas. Em sua quinta edição, o Prêmio Dez/Brahma será realizado no próximo dia 17 de maio, no Olimpo Recepções da Prudente de Morais. Está sendo preparada uma grande festa a or-

ganização anunciou mais uma novidade. A Livraria Câmara Cascudo é a nova parceira do evento e vai assinar contrato de patrocínio com um dos atletas premiados este ano. “Haverá uma votação entre os cerca de 60 atletas indicados pelas Federações, e o vencedor passará a ser patrocinado pela Livraria Câmara Cascudo. O contrato será válido até dezembro de 2012. É uma forma inédita de uma empresa investir no esporte, e queremos a participação de todos os indicados”, conta Alan Oliveira, diretor da 10 Sports, agência que

promove o Prêmio Dez. “A Livraria Câmara Cascuco já tem tradição no apoio ao esporte potiguar e ficamos muito felizes com esta iniciativa. A ideia veio para ficar e poderá ser ampliada nas próximas edições”, completa. As principais premiações da noite são o Prêmio Dez Júri Multidisciplinar e o Prêmio Dez Júri Popular. O Prêmio Dez/Brahma ainda terá mais 13 categorias especiais em 2012. Natal, Goianinha, Parnamirim e Santa Cruz estão no páreo de “Cidade Parceira do Esporte”. AABB Natal, CEPE Natal e SESI Clube são os concorrentes a “Clube Social” de 2011. Novidade deste ano, a categoria “Twitter - Profissional Mídia Esportiva” traz disputa acirrada entre os cronistas Gabriel Negreiros (O Jornal de Hoje), Dionísio Outeda (Blog do Gringo), Edmo Sinedino (96 FM) e Marcos Lopes (Rádio Globo Natal). Jogo Aberto RN (Band Natal), Câmara Esportiva (TV Câmara), Sim Esportes (SimTV) e RN TV (Invertv Cabugi) brigam pelo prêmio de melhor “Programa de TV”. Concorrem a “Evento Esportivo do Ano”: Meia Maratona de Natal 2011, Campeonato Mundial de Basquete Master em Natal e Assu Open de Futsal. O “Atleta do Ano” sairá dos finalistas: Renan Barão (MMA), André Nascimento (Beach Soccer), Wallyson (Futebol), Victor Uchoa (Kart) e Gleison Tibau (MMA). A categoria “Personalidade do Esporte” reúne concorrentes que não competem nas quadras e nos campos, mas que trabalham em prol do esporte. A disputa de “Melhor Reportagem de TV” tem votação diferenciada e as inscrições para envio de material podem ser feitas pelo email premiodez@gmail.com.


esportes

HOJE NA TV

RÁDIO GLOBO NATAL

13h15 -Final do Brasileiro de Show Boll;SporTV 18h30 - Paulistão:Ponte Preta x Guarani;SporTV

7h - Esportes em Debate Especial 16 h - América x ABC - decisão do Estadual

CURIOSIDADES

DICAS

NÚMEROS

Fifa começará a testar um sistema de tecnologia que avisará ao árbitro quando a bola ultrapassar a linha do gol.

Os portões do Estádio Nazarenão serão abertos logo às 13h,para evitar tumultos na entrada do torcedor.

600 ingressos foram destinados aos torcedores do ABC,no Estádio Nazarenão.

Editor: Itamar Ciríaco e-mail: esporte@tribunadonorte.com.br

NATAL • RIO GRANDE DO NORTE Domingo • 29 de abril de 2012

UMA DECISÃO PELA OUTRA SATIRO SODRÉ

BIA FIGUEIREDO/AE

BOTAFOGO E VASCO DECIDEM O TÍTULO DO 2º TURNO PARA TER DIREITO A BRIGAR PELO TÍTULO DE CAMPEÃO ESTADUAL DE 2012

Fernando Prass, Fagner,Renato Silva,Rodolfo e Thiago Feltri; Rômulo,Felipe, Felipe Bastos e Diego Souza;Eder Luis e Alecsandro

O atacante Loco Abreu voltou a marcar e comanda o Botafogo

io de Janeiro (RJ) - Gazeta Press - Botafogo e Vasco fazem às 16h, no Estádio Olímpico João Havelange, o Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ), a grande decisão da Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca. O ganhador, que será conhecido nas cobranças de pênaltis caso o confronto termine empatado no tempo regulamentar, vai decidir o Estadual com o Fluminense, campeão da Taça Guanabara e que está de camarote esperando seu adversário. Para chegar a esta final o Botafogo eliminou o Bangu nas semifinais com autoridade por 4 a 2. O Vasco, que na Taça Guanabara foi vice do Fluminense, despachou o Flamengo com um triunfo por 3 a 2. Às vésperas de um confronto que se desenha bem equilibrado, os dois

R

treinadores têm procurado estudar o adversário e ambos concordam que seus times encontrarão uma pedreira pela frente. “O Vasco é um time bem armado, vem bem desde o ano passado e conta com muitas peças de reposição, o que lhe permite manter o ritmo em alta ao longo dos noventa minutos. O Botafogo, porém, também tem as suas virtudes, é uma equipe equilibrada e que está sabendo bem atuar ao longo da temporada. Com certeza vai ser uma partida muito disputada e sem previsão de ganhador”, analisou Oswaldo de Oliveira, comandante do Botafogo. Cristóvão Borges, técnico do Vasco, concorda com o companheiro. “O Vasco vem fazendo uma boa temporada, mas temos

TÉCNICO: Cristovão Borges

Horário: 16h Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ) Assistentes: Luiz Antônio de Oliveira (RJ) e Rodrigo Henrique Correa (RJ)

consciência de que vamos nos deparar com um dos jogos mais complicados deste ano até o momento. O Botafogo tem um time certinho, encontrou a sua maneira de atuar e ataca e defende com eficiência. Com certeza teremos muitas dificuldades, mas estamos cientes de que não podemos fracassar e que temos que ser competentes para neutralizar os pontos fortes do rival e fazer com que os nossos possam se sobressair”, disse Cristóvão. Por falar em pontos fortes do adversário, botafoguenses e vascaínos parecem ter a exata noção dos perigos que cercam a decisão deste domingo. Destaque na semifinal contra o Flamengo, o Maestro Felipe causa preocupação no Glorioso. “O Felipe é um jogador diferenciado, que conMARCELO SADIO

RELAÇÃO DE TÍTULOS VASCO FLAMENGO BOTAFOGO FLUMINENSE AMÉRICA AMERICANO BANGU MADUREIRA

9 8 5 2 1 1 1 1

TODOS OS CAMPEÕES 2011 2010 2009 2008 2007 2006 2005 2004 2003 2002 2001 2000 1999 1998 1997 1996 1994,1995 e 1993 1992 1991 1990 1989 1988 1987 1986 1985 1984 1983 1982

Flamengo Botafogo Flamengo Botafogo Botafogo Madureira Fluminense Vasco Vasco Americano Vasco Flamengo Vasco Vasco Botafogo Flamengo Vasco Vasco Flamengo Fluminense Botafogo Vasco Bangu Flamengo Flamengo Vasco Flamengo América

O técnico do Vasco,Cristóvão Borges nunca conquistou a Taça Rio

Vasco da Gama quer ampliar a supremacia de títulos O Vasco, caso derrote o Botafogo na decisão de hoje, poderá ampliar ainda mais a supremacia no número de conquistas da Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca. Isso porque o Cruzmaltino é o maior ganhador da história do torneio com nove títulos, um a mais que o Flamengo. Finalista hoje, o Botafogo pode encostar nesta disputa, pois já foi campeão cinco vezes e busca a sexta conquista. Por sinal, o Glorioso ganhou três das últimas cinco edições. Dos grandes, o Fluminense foi o que menos sentiu o

gostinho do título, tendo vencido em duas ocasiões. Com uma taça, America, Americano, Bangu e Madureira completam a lista de ganhadores. O Vasco é o atual vice-campeão da Taça Rio, tendo perdido a final passada para o Flamengo, nos pênaltis. A última vez que o Cruzmaltino ergueu a taça foi em 2004, em uma final com o Fluminense. O último título do Botafogo foi em 2010, quando Loco Abreu, cobrando pênalti de cavadinho, decretou a vitória por 2 a 1 sobre os flamenguistas.

Jéfferson,Lucas, Antônio Carlos, Fábio Ferreira e Márcio Azevedo; Marcelo Mattos, Fellype Gabriel, Andrezinho,Elkeson e Maicosuel;Loco Abreu TÉCNICO: Oswaldo de Oliveira

segue encontrar espaços na defesa adversária com passes muito eficientes. Percebemos isso na semifinal contra o Flamengo, quando ele foi fundamental para a vitória do Vasco, não apenas pelo fato de ter marcado dois gols. A tendência é que ele seja novamente muito perigoso. Mas não podemos pensar apenas nele, pois nosso adversário tem um elenco de atletas versáteis e todos podem fazer a diferença”, disse o zagueiro Antônio Carlos. Pelo lado dos vascaínos a principal preocupação atende pelo nome de Loco Abreu. O atacante uruguaio, que estava em baixa, desequilibrou na semifinal contra o Bangu, marcando os três gols do Botafogo. “O Loco Abreu é um jogador muito perigoso e, pelo visto, voltou a fazer

O experiente Felipe foi destaque no clássico contra o Flamengo

diferença. Com ele bem, o Botafogo deixa de jogar apenas por baixo e ganha uma ótima opção por cima. Mais uma preocupação para o Vasco. O time deles tem entrosamento e joga junto desde o ano passado”, afirmou o atacante Eder Luis. Em relação à escalação os dois treinadores apostam no mistério, mas têm muito pouco a esconder. No Vasco, Cristóvão Borges não deverá mudar muito o time em relação aquele que atuou nas semifinais. Isso porque ele continuará podendo contar com o lateral direito Fagner, com o zagueiro Rodolfo e com os volantes Eduardo Costa e Fellipe Bastos, todos amparados por um efeito suspensivo, uma vez que foram punidos pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJD-RJ) por conta dos incidentes na derro-

ta de 2 a 1 para o Flamengo pela etapa de classificação da Taça Rio. Pelo lado do Botafogo, como já era esperado, o meia Fellype Gabriel deve mesmo desempenhar a função do volante Renato, que dificilmente reunirá condições de atuar devido a uma torção no tornozelo esquerdo. Botafogo e Vasco já se enfrentaram pela fase de classificação da Taça Rio nesta temporada e o Glorioso levou a melhor, vencendo com autoridade por 3 a 1 e com uma exibição de gala de Fellype Gabriel, autor de todos os gols dos vencedores. Fellipe Bastos descontou para o Cruzmaltino, que naquela ocasião decidiu poreservar boa parte de seus titulares por conta de confrontos válidos pela etapa de grupos da Copa Libertadores.


6

esportes

| Tribuna do Norte | Natal | Rio Grande do Norte

Domingo | 29 de abril de 2012 RODRIGO SENA

TODO MUNDO COM O PÉ NA PRAIA Marcos Lopes lopesrn@hotmail.com

OS ÚLTIMOS JOGOS DE MUITOS

As estrelas da companhia

Ninguém admite,mas os times que vão disputar as partidas finais do Estadual vão sofrer mudanças fortes para o Brasileiro.Nem ABC e América podem – e os dirigentes sabem – imaginar que dá para começar o Brasileiro com os elencos que estão disputando o Estadual,que não serve de parâmetro para a competição nacional.Eu não tenho dúvida que os dois clássicos vão marcar a despedida de muito jogador da dupla, que não tem condições de enfrentar uma competição com a Série B que começa em maio. E os dois clubes por certo já estão com as listas prontas,já sabem quem fica e quem não fica para a competição nacional e isso é perfeitamente normal dentro do futebol.

Decisão de Estadual em São Paulo sem o Corinthians não é a mesma coisa. No Rio, sem o Flamengo não tem graça, assim como no Rio Grande do Sul tem que ter a presença da dupla Gre-Nal, e no Rio Grande do Norte não é diferente. Decisão sé tem cara, cor e forma de decisão com ABC e América, as estrelas da companhia. Durante muito tempo o América esteve fora desta fase, o que pode parecer bom para os mais radicais mas que do ponto de vista prático é ruim para a competição. Agora tudo voltou para o lugar devido. As estrelas da companhia estão vivas e fortes para uma verdadeira guerra dentro de campo. E chegam para os dois jogos da final, com o América mais consistente e vivendo um melhor momento, uma fase de crescimento, contra um ABC que vem de duas eliminações recentes – a eliminação da Copa do Brasil a mais sentida – e sem dúvida que isso deve ser levado em consideração na hora da avaliação. Eu não concordo com a velha e manjada afirmação que em clássico não tem favorito. Tem sim! E hoje, o América é favorito para a retomada da hegemonia do futebol .potiguar. Um time que esteve “morto” em vários momentos do certame e que conseguiu superar todas as barreiras, que vem crescendo de forma consistente e que conseguiu aliviar a pressão que sufocava. As estrelas da companhia estão vivas e o evento Estadual e o torcedor ganham.

QUE SEJA O CLÁSSICO DA RAZÃO Não vou mais discutir a capacidade de um clássico com garantias de segurança no Nazarenão,afinal de contas até agora os confrontos que aconteceram naquele estádio envolvendo ABC e América transcorreram dentro da normalidade.Acredito que domingo mais uma vez teremos um clássico marcado pela tranqüilidade e pela segurança,e que vai depender muito da postura e do comportamento dos dirigentes dos clubes. Os dois,ABC e América,devem respeitar o que estabelece a legislação que é a liberação de 10% da carga de ingressos para o visitante e evitar discussões que possam acirrar os ânimos.

Fim de jogo, fim de papo RODRIGO SENA

JÚNIOR SANTOS

ANTECIPAR A DISCUSSÃO O Estadual que está terminando foi marcado pela organização e pela nova estrutura de marketing e premiação para os clubes,mas também foi marcado por discussões geradas por brechas que foram deixadas no regulamento e que precisam ser corrigidas para os próximos eventos.As brechas do regulamento passaram“batidas”pela diretoria técnica da federação e pelos dirigentes que assinaram e referendaram as regras da competição.É preciso que a partir de agora a atenção seja redobrada e a discussão para 2013,antecipada pela FNF e pelos clubes.

Lúcio ou Washington: quem vai ser decisivo na decisão¿

CALENDÁRIO FECHADO ABC e América fecharam o calendário para o inicio da temporada 2013,com participações na Copa do Brasil e no Campeonato do Nordeste e precisam trabalhar forte para garantir permanência no Brasileiro da B.Primeiro passo é afastar o mais rápido possível qualquer risco de rebaixamento em uma competição que vai ser muito difícil.

EVENTO DIA 16/6 IRÁ REUNIR ESPORTE E MEIO AMBIENTE NA PRAIA DE PONTA NEGRA, ATRAVÉS DE UMA CAMINHADA COM MIL PESSOAS união do esporte e do meio ambiente é a grande tendência no mundo atual. Os grandes eventos esportivos tem investido alto na criação de arenas voltadas para o uso racional dos recursos e é cada vez maior o número de pessoas que decidem praticar algum exercício físico. Dentre esses exercícios, a caminhada tem uma das modalidades que mais cresceu em número de praticantes. Em Natal esse crescimento é exponencial. Aproveitando a união dessas duas tendências, será realizada, no dia 16 de junho, às 8h, na praia de Ponta Negra, a Expedição Pé na Praia. “É um evento que reunirá em sua estrutura o conceito de saúde e pre-

A

servação ambiental. Uma caminhada que ressaltará a importância da prática de exercícios físicos e a preservação do meio ambiente como atividades fundamentais no convívio homem-meio ambiente”, comentou Nivaldo Pereira, um dos produtores do evento. As inscrições para o Pé na Praia já estarão abertas a partir desta quarta-feira, no site www.penapraia.com.br “A expectativa é que a caminhada reúna um número limitado máximo de mil participantes para celebrar a Semana Internacional do meio ambiente, marcada para o dia 5 de junho e do Rio+20, dia 20 de junho. Além disso estaremos lançando a mensagem de preservação da mais famosa praia urbana de Natal, que é Ponta Negra”, complementa Nivaldo. A largada será realizada no Morro do Careca e percorrerá a distância de três quilômetros. Todo percurso será feito a beira mar, com chegada no hotel Ocean Palace, na Via Costeira. No processo de integração de saúde e preservação ambiental, os participantes receberão kits, para ajudarem na limpeza da praia. Além disso, o IDEMA/RN, que é parceiro do evento irá realizar ações de educação ambiental e os interessados poderão colher objetos largados pela população,

dando exemplo para todos. “O objetivo é integrar os participantes com o público que estiver na praia e divulgar através dos meios de comunicação presentes no evento, a importância da mobilização e conscientização da população com o ambiente em que vivemos”, acrescenta Nivaldo Pereira. Todo o percurso será acompanhado pela equipe técnica. Postos de hidratação serão instalados e os participantes terão todo acompanhamento necessário. O evento será finalizado no hotel Ocean Palace, onde uma estrutura especial será montada para recepcionar os participantes. “Estamos contando com os parceiros ESPN, Potigás, Idema, Drogarias Santa Fé, Cabo Telecom e outros deverão se integrar ainda esta semana. Será um evento inédito no Estado e que ficará marcado”, comemora Nivaldo Pereira. A Equipe do evento será formada por profissionais de diferentes áreas. Profissionais de educação física, médicos, socorristas, atletas profissionais e amadores. Segundo a organização, todos os participantes inscritos receberão um kit especial do evento que contará com: camiseta do evento, sacola reciclável, medalha de participação e outros brindes.


esportes

Domingo | 29 de abril de 2012

Tribuna do Norte | Natal | Rio Grande do Norte

[ INDY ]

[ CAMPEONATO PAULISTA ] O confronto entre Santos e São Paulo

será disputado à partir das 16h e coloca frente à frente Neymar x Lucas

Apito Final EVERALDO LOPES - elopes@tribunadonorte.com.br

Uma rixa de quase 100 anos Campeonato Metropolitano de 1928 – assim chamado porque contava apenas com clubes da capital, tinha tudo para ser um dos mais bem disputados desde a fundação da Liga de Desportos Terrestres, em 1918. É que, naquele ano a cidade havia ganhado o estádio “Juvenal Lamartine”, nome dos mais merecidos como gratidão ao governador do estado, pela sua ousadia ao doar ao povo natalense tão acolhedora praça de futebol. O estádio era pequeno, lotava facilmente com 3.000 assistentes, pois o único local coberto e com assentos era a arquibancada de madeira com capacidade para 800 pessoas. O restante, contentava-se com o sol, até que a sombra das mangueiras vizinhas ao estádio proporcionassem algum conforto. Na verdade, assim mesmo com o novo estádio, as condições do gramado eram péssimas, já que Natal vivia um longo período de estiagem. Tanto é que, foi disputado o primeiro turno e o restante ficou para janeiro e fevereiro. O relato está registrado no matutino “A República”, órgão do governo do estado.

O

UMA RIXA (2)

UMA RIXA (3)

Mas, o pior estava pra vir, conforme consta no livro “Da Bola de Pito ao Apito Final”, lançado em 2006 pelo titular desta coluna. É que o ABC havia recebido convite da federação cearense para uma excursão aquele estado, realizando uma série de amistosos contra equipes da capital alencarina. O diretor técnico da Liga era Vicente Farache, cargo que ocupava também no ABC, apesar dos protestos dos outros filiados. Como mandava na Liga mais do que o próprio presidente – professor Luiz Soares de Araújo, desportista de fino trato, dava plenos poderes a Farache.

Segundo o jornal “A República”, o ABC FC apresentou-se para os cearenses como campeão de 1928, mesmo tendo ganhado apenas o primeiro turno. A bronca maior dos dirigentes do rival América FC era devido o “drible” que Farache deu na própria Liga, ao suspender o campeonato sob alegação de que o gramado estava em péssimas condições. É que, tão logo a delegação alvinegra retornou do Ceará, o próprio Farache iniciou conversações para dar a largada no returno. Esse fato é narrado pelo pesquisador Joaquim Martiniano Netto. O fato é que, a Liga jamais homologou o título do ABC, em 1928.

Sem violência

Sem violência (2)

Os desentendimentos entre americanos e abecedistas, na opinião do historiador Gil Soares de Araújo, patrono de uma cadeira na Associação Norte-riograndense de Letras (ANL), limitavam-se a discussões no Grande Ponto, no Aero Clube, nas esquinas, até porque não havia nem mesmo rádio em Natal, com as poucas notícias sendo veiculadas nos jornais “A República” e “A Imprensa”, de circulação diária, porém com seis ou oito páginas. Nem mesmo nas velhas coleções do jornal “A República”há qualquer referência a briga de torcedores. Não havia torcidas organizadas.

Nos clássicos ABC x América, o campinho do Tirol recebia, no máximo dois a três mil torcedores, já que Natal tinha 25 a 30 mil habitantes. Não havia jogos noturnos, o que concorria para que os campeonatos tivessem jogos apenas aos domingos. Um campeonato passava de um ano para outro com a maior naturalidade, estendendo-se até maio do ano seguinte. As “brigas” se resumiam a gozações das torcidas, na base do grito. Os americanos gritavam “fala a frasqueira da geral!”, o troco vinha em forma de palavrões, segundo narrava Gil Soares nas suas velhas crônicas.

ESPORTES EM DEBATE

Dois veteranos, duas lendas do futebol do RN como treinadores estarão neste domingo, sete da matina na Rádio Globo: são eles Ferdinando Teixeira e Erandy Montenegro. Erandy, campeão no ABC e no América, Ferdinando também nesses dois clubes, e ainda no Alecrim FC, além de outros estados, com passagem pelo Qatar.

Taça de lata Sobrando nos Campeonatos Estaduais de São Paulo e Rio de Janeiro, as equipes do Flamengo, Palmeiras e Corinthians estão sendo gozadas por vascaínos, sãopaulinos, botafoguenses,

santistas e tricolores cariocas. O torneio em disputa da Taça de lata contará com o “Porco” (Palmeiras), Urubu ( Flamengo) e o Gavião (Corinthians). A gozação é do vascaíno Leto Câmara.

TRIBUTO AO “REI” A legião de fãs do rei Roberto Carlos reuniu-se ontem em torno da promoção “8º Tributo ao Rei”, tendo como local o Centro Cultural e Esportivo de Ceará Mirim, tocando a Banda anos 60. De Natal compareceu o Fã Clube Além do Horizonte.

Bronca de torcedores “Li nos jornais, que o enviado da CBF, Virgílio Elísio deixou entender que opinará contra a utilização do estádio José Nazareno (Nazarenão) da Série “B” recebendo jogos do América/RN.

Entendo que esse diretor da CBF precisava ter ouvido que o clube potiguar não tem culpa se o estádio João Machado teve de ser demolido para dar lugar à Arena das Dunas.

BRONCA (2) É preciso que ele saiba que, se o América está sem um estádio à altura, a culpa não é dessa agremiação, mas o fato de não admitirem o aproveitamento do Machadão, como aconteceu em Fortaleza e no Rio, o Maracanã. Ainda bem que o prestígio de alguns políticos do RN evite que o clube potiguar tenha que ir jogar em outro estado. (leitor Samuel Paranhos). Manda demolir, e os clubes que se lixem!... Esse Virgílio Elísio é uma piada.”(e-mail do leitor Paulo Simões, de Natal).

Brasileiros tentam vencer em São Paulo

San-São no Morumbi define qual grande A segue para a final MAURÍCIO DE SOUZA

LUIZ PIRES

Neymar vive uma excelente fase no Santos

ão Paulo (SP) - Gazeta Press - Mesmo com a força demonstrada pelos times campineiros na disputa das quartas de final, o favorito e grande candidato ao título do Campeonato Paulista sairá da disputa entre São Paulo e Santos hoje, no estádio do Morumbi, às 16h. No San-São, inspirado no personagem bíblico que perdeu a força ao ter seu cabelo cortado, o vencedor do duelo entra como o gigante Golias para encarar os possíveis Davis, Ponte Preta e Guarani, na decisão do Estadual, em outra história retirada do livro sagrado cristão. Líder em pontos, o Tricolor tenta fazer prevalecer a força da sua torcida e de seu estádio, onde ainda não foi derrotado nesta temporada. Contra o Peixe, aliás, os sãopaulinos consideram ter feito um de seus melhores jogos neste ano. “Fizemos um grande jogo, principalmente no primeiro tempo, quando entramos ligados e pressionamos o time deles desde o início. Temos que fazer a mesma coisa e não relaxar depois, deixar o relaxamento para depois do jogo”, comentou o meia Cícero, um dos jogadores que vão compor o meiocampo no embate. A única ausência pelo lado tricolor é a do centroavante Luis Fabiano, suspenso por ter levado o

S

Lucas, amigo de Neymar, é destaque no Tricolor

FICHA TÉCNICA SÃO PAULO SANTOS Dênis;Piris,Paulo Miranda,Rhodolfo e Cortez;Denilson,Casemiro,Cícero e Jadson;Lucas e Willian José (Fernandinho) Técnico:Emerson Leão

Rafael;Maranhão (Henrique),Edu Dracena,Durval e Léo;Adriano,Arouca,Elano e Paulo Henrique Ganso; Neymar e Borges Técnico:Muricy Ramalho

Estádio:Morumbi Horário:16h Árbitro:Paulo César de Oliveira Assistentes:Emerson Augusto de Carvalho e Vicente Romano Neto

terceiro cartão amarelo diante do Bragantino, nas quartas. Segundo o camisa 9, porém, o time não deve sentir a sua falta. “Espero que não sintam minha falta. Tem jogadores em bom momento capazes de me substituir”, comentou. Para o seu lugar, por sinal, surge a única dúvida na cabeça do técnico Emerson Leão. O substituto natural seria Willian José, com as mesmas características, mas a boa fase de Casemiro e de Fernandinho pode fazer com que o treinador monte um 4-4-2 sem jogador de referência na área. Visitante no clássico, o técni-

co Muricy Ramalho não poderá contar com a sua força máxima. Isto porque, o lateral esquerdo Juan, que não poderia enfrentar os são paulinos, donos de seus direitos federativos, por força de contrato, está suspenso – o ala recebeu o terceiro cartão amarelo na vitória sobre o Mogi Mirim, no último domingo, na Vila Belmiro. Com Juan de fora deste duelo, o veterano Léo deve ganhar uma chance como titular na equipe. “Estou sem ritmo de jogo, pois faz pouco tempo que voltei de uma operação (artroscopia no menisco do joelho direito). Mas vou fazer o meu máximo para ajudar o Santos a chegar a mais uma final”, disse Léo. Além da lateral esquerda, o setor direito da defesa alvinegra também preocupa Muricy. Com uma entorse no pé esquerdo, o uruguaio Fucile dificilmente terá condições de atuar no clássico. O volante Henrique, com uma lesão no joelho direito, pode ser improvisado na posição, só que ainda não foi liberado pelo departamento médico do clube e é dúvida. Desta forma, Maranhão, que marcou gols contra o Mogi e Bolívar, deve ser mantido como titular. OUTRO JOGO Ponte Preta x Guarani

7

terceira edição da Itaipava São Paulo Indy 300 Nestlé contará com a presença de quatro brasileiros no grid: Hélio Castroneves, Tony Kanaan, Rubens Barrichello e Bia Figueiredo. A prova será realizada no Circuito Anhembi, montado na região do Sambódromo, Zona Norte da capital paulista com largada às 12h30. “Acho que a grande novidade para este ano fica por conta do carro novo. Já disputamos duas edições da corrida em São Paulo e agora precisamos ver como será o desempenho no Circuito Anhembi. Com relação à pista, as reformas foram muito boas, as condições do asfalto melhoraram e o sistema de drenagem está mais eficiente. Espero que não chova, mas se chover não haverá tantas poças no circuito”, afirmou Helinho. Com problemas no início da temporada, o baiano Tony Kanaan espera reverter a situação na etapa paulistana. “Estou bastante confiante. Solucionamos alguns problemas que encontramos nas três etapas anteriores e acredito que teremos um equipamento competitivo para a prova”, disse o piloto, que elogiou o novo carro da categoria. “Os freios em carbono do novo modelo são muito eficientes. É impressionante como o carro para rápido. Acho que teremos uma prova bem interessante”, afirmou. Estreante na categoria, Rubens Barrichello aposta em uma prova bastante competitiva. Apesar de não conhecer, na prática, os 4.180 metros da pista, o piloto de 39 anos não vê a hora de acelerar pelas ruas de São Paulo. “O maior barato vai ser acelerar a 300 km/h na reta da Marginal Tietê sem tomar multa. Depois de tantos anos correndo em Interlagos, na Zona Sul, é até estranho sair de casa e fazer um trajeto totalmente diferente para o Anhembi, que fica na Zona Norte”, brincou o piloto. Rubinho afirmou que estudou a pista através de dados no computador e da tradicional caminhada pelo circuito. “Conheço a pista apenas pelo simulador. Aliás, essa será a minha grande dificuldade. Como sou novato na Indy, não tenho tempo para aprender em detalhes cada ponto do circuito. Tem que ser na raça mesmo. Aliás, o ambiente da etapa de São Paulo está sendo ótimo. Todo mundo só fala disso e estou adorando. Já sinto nas ruas que o público me apoiará bastante e vou levar toda essa vibração, o carinho das pessoas para a corrida”, explicou.


8 | Tribuna do Norte | Natal | Rio Grande do Norte

esportes

Sรกbado | 29 de abril de 2012


revista da tv A REVISTA DA TV É UM SUPLEMENTO DA TRIBUNA DO NORTE. NÃO PODE SER VENDIDO SEPARADAMENTE.

Natal • Rio Grande do Norte • Domingo • 29 de abril de 2012

MARCOS CARUSO FALA DA SUA PAIXÃO PELO BAIRRO ONDE VIVEU PARA COMPOR LELECO, DE ‘AVENIDA BRASIL’ [ PÁGINAS 6 E 7 ]

CORAÇÃO SUBURBANO


Tribuna do Norte • Natal • Rio Grande do Norte

Inter TV/Cabugi – Canal 11

revista da tv

Domingo | 29 de abril de 2012

TERÇA

QUARTA

QUINTA

SEXTA

Natália expulsa Moisés do desfile. Cristal encontra Gabriel e não o deixa tocar em sua barriga. Débora serra o salto da sandália de Maria. Vitinho fala com Carmem pelo computador e propõe um encontro. Timtim desfila com a sandália modificada por Débora e cai no palco. Cristal pede a Laura e Alexia para produzirem seu casamento.

Cristal se recusa a revelar com quem irá se casar. Maria destrata Betão. Bertoni cobra a entrega da música para a trilha sonora do seriado. Carmem comenta com Laura que se encontrará com Vitinho. Carcará avisa a Moisés que Juninho está preso. Natália leva o contrato para Moisés assinar. Cristal insiste com Gabriel que eles irão se casar.

Cristal se faz de vítima para que Gabriel aceite a proposta. Moisés altera a assinatura nos contratos. Carmem se impressiona com Vitinho. Alexia comenta que Vitinho pode ser um maucaráter. Natália, Dieguinho, Jefferson e Fôjo detestam a música composta por Moisés. Moisés ameaça Cristal para conseguir a entrevista com Juninho.

Kiko se declara para Timtim. Jefferson ajuda Dieguinho a compor a música. Cristal diz a Natália que não deixará Gabriel ver o filho se ele não se casar com ela. Dieguinho entrega a música para Bertoni. Moisés manda Carcará e Sabiá entrarem no apartamento de Cristal para conseguir o gravador com a entrevista de Juninho.

NÃO HÁ EXIBIÇÃO

Teresa encontra Rodrigo desmaiado e liga para Gabriel. Clara desperta de um sonho com Verbena e descobre que Rodrigo está mal. Gabriel diz a Rodrigo que vai interná-lo para fazer os exames necessários. Fernando chega ao quarto do primo no momento em que Miriam afirma que ele não será feliz ao casar com Valéria.

Miriam tenta se explicar para Fernando. Fernando termina o noivado com Miriam. Clara pede para ver Rodrigo e lhe dar o recado de Verbena. Gabriel impede que Rodrigo saia do hospital antes do resultado dos exames. Miriam afirma a Zilda que ama Fernando. Priscila diz a Rodrigo que Miriam se separou de Fernando.

Gabi se sente culpada pelo término do noivado de Miriam. Gracinha cuida de Rodrigo. Clara dá o recado de Verbena a Rodrigo. Melissa se enfurece com o rompimento do noivado do filho. Josué fica arrasado ao saber que Valéria está noiva. Clara reconhece Lexor nos desenhos de Rodrigo. Virgílio chega à ONG Ninho Vazio.

Virgílio pede para falar com Rodrigo, mas é impedido por Dimas. Rodrigo procura Miriam. Carmem diz a Zé que o filho que Valéria está esperando deve ser criado pelo pai verdadeiro. Pedro estranha ver Gracinha com Jair e se preocupa. Fernando observa Miriam chegando na emissora de televisão para a sua entrevista.

Zilda se anima para conhecer o pai de Beatriz. Rodrigo se encanta ao ver Miriam na televisão. Uilha informa a Deolinda que mudará seu nome. Virgílio consegue o endereço da casa de Verbena. Bruno e Juliana disfarçam o interesse mútuo. Virgílio chega à mansão de Rodrigo e consegue entrar na casa.

Roberta aceita a ordem de Miguel. Pilar aconselha Alice a esquecer Pedro. Becky diz a Cris que sabe do relacionamento dela com Vicente. Lucy e Pedro passam a noite juntos. O grupo de Binho se reúne para jogar RPG. Lucy observa Diego no vestuário e ordena que ele a beije. Miguel pede Alice em namoro.

Diego diz a Lucy que não irá beijá-la e desiste do jogo. Miguel dá um tempo para Alice pensar no pedido. Pilar se desentende com Binho. Diego diz a Pedro que Lucy tentou beijá-lo. Vicente se sente culpado por ter magoado Becky. Carla diz a Becky que acha que as cartas que recebe são de Binho. Pilar ouve e fica furiosa.

Lucy convida Pedro a se tornar um vampiro. Alice diz a Miguel que prefere esperar um pouco para namorar. Roberta fica irritada com Lucy e vai tirar satisfações. Pedro diz aos rebeldes que Lucy ia se cortar. Pilar procura Carla para tirar satisfações sobre as cartas. Roberta conversa com Miguel e ameaça sair do jogo.

Miguel convence Roberta a ficar no jogo. Pilar fica com ciúmes e discute com Carla. Lucy convida Diego para passarem o fim de semana juntos. Tatiana diz a Leila que está preocupada com Diego. Pedro pede desculpas a Alice por não ter passado o aniversário com ela. Alice diz a Pedro que Miguel a pediu em namoro

Fabian elogia a voz de Rosário e Chayene ameaça demiti-la. Socorro reaparece viva e surpreende Naldo e Kleiton. Cida revela para Máslova e Conrado que sua mãe foi empregada da família Sarmento. Rosário diz ao pai que compôs uma música para cantar com Fabian, mas Chayene a impede de ir ao show.

Chayene resolve levar Rosário em sua turnê com Fabian, mas Inácio não se conforma. Humberto contrata um detetive para seguir Penha. Sarmento diz a Isadora que a família de Conrado é milionária e desperta o seu interesse. Penha descobre que Sandro enganou o homem a quem devia.

Penha expulsa Sandro de casa. Rosário entrega seu CD para Fabian e Laércio vê. Elano diz a Penha que ela precisa quitar a dívida do cartão. Cida diz a Conrado que não poderá acompanhá-lo no aniversário de um amigo, quando Isadora surge de saída para a mesma festa.

Fabian desencoraja Rosário a seguir carreira de cantora, mas, após ouvir o dueto que ela compôs, resolve ensaiála. Sarmento aconselha Cida a não deixar de sair com Conrado. Inácio visita Romana no hospital e é sequestrado. Cida recebe Isadora na volta da festa e pergunta de Conrado.

Chayene infiltra Rosário no quarto de Fabian para espionar o cantor. Inácio foge e aparece no bufê. Lygia empresta dinheiro para Penha pagar a dívida. Amigos de Conrado recebem mensagem dizendo que ele está saindo com uma empregada. Fabian chama Rosário no palco.

Max se apavora ao ouvir que Zezé encontrou o cativeiro e avisa a Moreira. Zezé, Tufão, Leleco, Max, Zenon e seus homens saem em busca de Carminha. Nina os segue, vê Max esconder parte do dinheiro do resgate e depois pega o dinheiro. Cadinho se desespera ao saber que Tomás está interessado em Débora.

Carminha discute com Max pelo sumiço do dinheiro. Ele bate de carro e Nina o ajuda. Iran passa a noite fora de casa e acorda na praia. Leandro vai mal no treino e decepciona Suelen. Jorginho dá um ultimato em Nina e exige que ela peça demissão. Lucinda esconde a mochila com o dinheiro que Nina lhe deu.

Nina reclama da pressão de Jorginho. Tomás tenta beijar Débora. Max discute com Ivana. Jorginho termina com Débora. Suelen diz para Iran que está namorando Leandro. Monalisa vai à casa de Diógenes à procura do filho. Débora pede a Lucinda que lhe diga quem é a mulher que entrou na vida de Jorginho.

Débora ofende Lucinda e ela a expulsa de sua casa. Jorginho diz à família que Nina tem um anúncio a fazer e ela se apavora. Leleco tem ciúmes de Tessália. Nina lê o recado de Max para Carminha. Silas troca os exames no hospital para comover Monalisa. Carminha dá dinheiro para Max e um colar para ele presentear Ivana.

Nina vê Jorginho com Débora. Darkson descobre que seu pai mentiu sobre sua doença. Jorginho implora para ficar com Nina. Tomás e Débora saem e Cadinho vai atrás. Max pergunta a Carminha por que ela mentiu sobre o valor que recebeu de Tufão. Cadinho conta para Tomás que Débora é sua irmã.

Mário tenta seduzir Marina. Manuela entra acompanhada em um hotel. Martim se faz passar por Otávio e diz a Caio que Maria se suicidou e matou Tavinho. Otávio pergunta a Décio se Maria lhe foi fiel durante o cruzeiro terapêutico. Nameless diz a Novais que não pode revelar seu nome de batismo.

Caio confessa a Manuela que está noivo de Eneida. Nameless diz a Novais que não se sente atraída por Big Blond. Otávio propõe que ele finja estar dopado para ser levado na ambulância por Martim e Manuela para descobrir a intenção do cunhado. Martim ameaça contar para Otávio que Décio estuprou Maria.

Otávio é colocado na ambulância acompanhado por Décio e Martim. Alguns homens tomam a direção da ambulância. Tônia e Luma afirmam que Edu foi escolhido como reprodutor. Edu garante que também quer ter um filho. Martim coloca ideias na cabeça de Otávio, enquanto ele vai perdendo a consciência.

Marco Antonio pede que Mirella desista de casar com Régis. Nameless implora a Big Blond que a libere da tarefa de matar Martim. Mirella diz a Régis que não quer se casar no navio. Otávio tem um acesso de raiva e Martim pressiona Décio para dopálo. Martim diz a Otávio que ele pagará pela morte de Maria e Tavinho.

NÃO HÁ EXIBIÇÃO

Daniel vê uma mancha de sangue no carro de Aline. Heloisa se recupera e recebe alta. Eduardo conta a Hélio tudo o que aconteceu a Amanda e Heloisa. Flávio confessa a Aline que não conseguiu matar Amanda. Olavo ouve Vitor e Hélio conversando no escritório e pergunta o que Aline fez.

Vitor conta a Olavo que Flávio tentou assassinar Amanda. Aline percebe a mancha de sangue em seu carro. Saulo segue Aline até o mecânico. Saulo leva o tecido do estofado. Flávio é enquadrado e vai preso. Amanda questiona Heloisa por tê-la abandonado. Heloisa revela a Amanda que era uma pessoa egoísta.

Heloisa conta que se apaixonou por um homem mais velho, que não quis assumir a filha. Flávio é interrogado na delegacia. Saulo conversa com Dinho na clínica de reabilitação. Saulo afirma que Dinho terá que testemunhar contra Flávio. Vitor pede explicações a Aline sobre a mancha de sangue no carro dela.

NÃO HÁ EXIBIÇÃO

SEGUNDA

SÁBADO

MALHAÇÃO Carmem provoca Nelson e Natália. Fabiano fica abalado ao conversar com Felipe. Nelson insiste que Natália e o Pagodeiros dos Anjos assinem um contrato com Moisés. Carcará e Sabiá se recusam a executar ordem de Moisés contra Gabriel. Jefferson mente novamente para Débora. Cristal procura Alexia no brechó.

Inter TV/Cabugi – Canal 11

AMOR ETERNO AMOR Gabriel orienta Rodrigo a se submeter a uma bateria de exames. Miriam procura Gabriel para saber sobre a consulta de Rodrigo. Virgílio consegue o endereço da ONG Ninho Vazio na internet. Melissa não consegue convencer Carmem a deixar a filha com ela até o casamento. Virgílio decide ir atrás de Rodrigo no Rio.

TV Tropical – Canal 8

REBELDES Artur sente dores no pescoço, toma três comprimidos e dorme na frente dos alunos. Silvia se irrita ao saber que Diego pediu bolsa para Jonas. Cris diz a Vicente que precisa contar tudo para Becky, mas ele discorda. Miguel dá uma nova missão a Roberta, que hesita. Pedro diz a Lucy que aceita passar seu aniversário na praia.

NÃO HÁ EXIBIÇÃO

Inter TV/Cabugi – Canal 11 Inter TV/Cabugi – Canal 11

CHEIAS DE CHARME Rosário revela a Inácio seu sonho de virar cantora. Sandro tenta fazer as pazes com Penha, mas ela o rejeita. Sarmento se anima com a ideia de ter Otto como cliente. Sônia ajuda Cida a se arrumar para encontrar Conrado. Fabian vê Rosário cantando e fica encantado.

Max resgata Carminha do cativeiro. Moreira descobre e manda os comparsas atrás. Cadinho impede Verônica de fotografá-lo. Nina consola Tufão. Verônica e Noêmia planejam que os filhos namorem. Moreira encontra Carminha e Max o convence a deixálo pegar o dinheiro com Tufão. Zezé avisa que encontrou a patroa.

AVENIDA BRASIL

TV Tropical – Canal 8

MÁSCARAS

TV ponta Negra– Canal 13

2

Décio ameaça processar Tônia se ela contar a alguém sobre a afirmação de Maria de que ele a teria abusado. Martim invade o quarto de Manuela e a agride. Evaldo dorme com Nair. Martim ameaça contar para Otávio se Décio não confirmar o que ele disser. Otávio decide acertar as contas com Martim.

CORAÇÕES FERIDOS Dinho tem uma overdose na clínica. Olavo recebe alta do hospital e quer ir para o banco. Hélio diz a Aline que a única forma de salvar o banco é vendê-lo. Aline afirma que é errado continuar a reunião sem a presença de Olavo. Durante a votação, os acionistas decidem vender o banco.

Na fazenda, Amanda consegue pegar a arma e atira contra Flávio. Heloisa é atingida por engano. Michel a socorre. Flávio chega ensanguentado à casa de Loreta e a faz de refém. Eduardo consegue pegar Flávio. Michel diz a Amanda e Eduardo que Heloisa precisa fazer uma transfusão de sangue com urgência.


revista da tv

Domingo | 29 de abril de 2012

Tribuna do Norte • Natal • Rio Grande do Norte 3 TV GLOBO/ESTEVAM AVELLAR

‘EU NASCI ASSIM, EU CRESCI ASSIM E SOU MESMO ASSIM...’

NATALIA CASTRO

ão pouco mais de 11h de uma sexta-feira de abril em Canavieiras, cidade baiana a 110 quilômetros de Ilhéus. Apesar do outono, faz calor. E muito. Sentada em uma espécie de tapete de palha, descalça, com os cabelos desgrenhados e o corpo coberto por um pó maquilante que dá à sua pele a aparência de suja (veja mais detalhes da caracterização da atriz na página ao lado), Juliana Paes aproveita um dos intervalos da gravação de “Gabriela” para comentar: “Rapaz, o sol daqui é diferente. Parece que queima mais!”, diz, com o sotaque baiano de sua personagem. Protagonista da trama, prevista para estrear em junho, na faixa das 23h, a atriz precisa se concentrar para uma das cenas mais importantes da novela, aquela em que a retirante encontra pela primeira vez Seu Nacib, vivido por Humberto Martins, no mercado de escravos. A pequena cidade, com 40 mil habitantes, no sul da Bahia, foi escolhida pelo diretor-geral Mauro Mendonça Filho devido a sua semelhança com a Ilhéus dos anos 1920, retratada no romance “Gabriela, cravo e canela”, de Jorge Amado, adaptado por Walcyr Carrasco. E foi ali que a equipe montou equipamento por três dias. Naquela manhã, Juliana está desde cedo sentada com as pernas cruzadas e a cabeça baixa, tentando incorporar o estado emocional de sua personagem. Do outro lado da fita isolante, colocada em torno do set, moradores curiosos erguem o pescoço para acompanhar cada gesto da atriz. Enquanto isso, sob as marcações do diretor, as equipes de produção, figurino e cenografia orientam cerca de 150 figurantes — entre crianças, jovens e idosos —, todos recrutados na localidade. — Por favor, não quero mais ouvir a voz de ninguém e não quero ninguém aparecendo fora do quadro. Vamos lá, sem distração — ordena Mauro. A cena do encontro de Gabriela com o “moço bonito”, como ela se refere a Nacib, é repetida cinco vezes pelo diretor, a fim de garantir planos diferentes. Até que Juliana se confunde com a letra da música entoada por sua personagem. E todos, então, gravam mais três, quatro vezes. Nessa hora, o calor só aumenta. No ar, o perfume do

S

No mercado, Nacib vê Gabriela pela primeira vez

À PRIMEIRA VISTA CANAVIEIRAS, NO SUL DA BAHIA, SE TRANSFORMAM PARA SERVIR DE CENÁRIO DO ENCONTRO DE GABRIELA E SEU NACIB azeite de dendê se mistura ao cheiro de peixe fresco, porco defumado e acarajé frito na hora. Pelo mercado cenográfico, montado para a cena, animais como mulas e galinhas andam de um lado para o outro. — Gabriela é conectada com a natureza, gosta de bicho, sol, vento. Quando estou no set, tento estabelecer essa troca — diz Juliana. Para dar veracidade ao cenário — que também será usado via chroma key no Projac —, os produtores começaram a pesquisa em outubro. Mas a montagem do mercado só pôde ser feita três dias antes da gravação, por uma equipe de seis pessoas que trabalhou 12 horas diárias. — Como tem muita coisa perecível, não dá para fazer nada com muita antecedência. Não sei precisar a quantidade, mas são 1.500 metros quadrados de área preenchida. Posicionamos os alimentos típicos, como o dendê, o cajá e si-

riguela, próximos a Juliana para caracterizar o lugar — explica o cenógrafo Marcelo Carneiro. Para Humberto, o cenário baiano ajuda na sua interpretação.— É importante para entender como funciona a postura do personagem. É o suor, a sede, o incômodo, o lenço que ele passa toda hora no rosto... — enumera ele, explicando que manter a concentração enquanto grava no meio de uma cidade, com tantos figurantes, é imprescindível: — Não dá para perder a paciência, pois as pessoas que estão em cena não são atores. E também ninguém quer causar animosidade no set. Durante a gravação, Mauro faz algumas observações, pedindo ao ator que se vire para Juliana de forma mais lenta, passando a ideia de que há muitas questões na cabeça de Nacib. — Ele não sabe se Gabriela é nova ou velha. Fica intrigado com aquela sujeira e como uma criatura pode estar cantando em meio a tanta miséria — explica Humberto. Naquele dia, o trabalho só termina ao entardecer, com os atores exaustos.— Rapaz, o dia foi puxado — comenta Juliana. Mas, para os fãs que não arredaram o pé do local, o visual da atriz pouco importa. Quando a cena termina, eles correm para abraçá-la e tirar fotos. — Ela é linda e atenciosa. Eu quero ser como Gabriela — sonha Maria de Lourdes, de 12 anos.

Não é fácil ser Gabriela.Na história,adaptada por Walcyr Carrasco,a personagem passa 15 dias andando pelo sertão nordestino ao lado de Clemente (Daniel Ribeiro) e Negro Fagundes (Jhe Oliveira), antes de chegar a Ilhéus.No caminho,enfrenta sol,chuva,fome e sede.Sempre com a mesma roupa,um vestidinho cor da pele e um par de sandálias de couro. Banho? Nem pensar. Para retratar com fidelidade todas as etapas dessa caminhada,as equipes de caracterização e figurino estabeleceram três níveis de sujeira diferentes.Juliana Paes também fez a sua parte.Desde o Natal, não tira mais as sobrancelhas e desmarcou todas as idas ao salão de beleza. — Sou vaidosa,mas não alimento isso na hora de compor uma personagem.Nem me olho muito no espelho ultimamente porque acho que posso perder com isso — diz a atriz. A seguir,veja as fases dessa transformação.

CABELO Para dar um aspecto ressecado ao cabelo, Juliana parou de cortá-lo e manteve as pontas duplas.Como ele já estava comprido,o megahair serviu apenas para dar volume.Antes de gravar,os cachos são realçados com o difusor do secador.No auge da sujeira da personagem,a supervisora de caracterização Juliana Mendonça passou no cabelo da atriz uma mistura de argila com pó maquilante vermelho.

VESTIDO Para as cenas do percurso de Gabriela até Ilhéus,a figurinista Labib Simão usou seis vestidos iguais,em três níveis diferentes de envelhecimento.As roupas foram desgastadas com betume e terra. Ao longo da trama,Gabriela vai exibir modelitos com estampas exclusivas.

SOTAQUE Iris Gomes da Costa,professora de prosódia,explica que o sotaque de Gabriela começa com uma linha melódica baiana.Quando chega a lhéus,essa característica vai ficando cada vez mais forte,com uma languidez maior.As palavras têm as vogais “e”e “o”levemente abertas na pronúncia.

PELE Juliana Mendonça conta que conseguiu chegar à cor de canela de Gabriela por acaso,enquanto tentava tirar do próprio braço um dos pós maquilantes que dão aquele aspecto de sujo.Para o ápice da sujeira,ela misturou dois tons deste pó,comprado em uma feira nos Estados Unidos.Para fixar o produto na pele da atriz,é preciso passar um gel.Fora isso,a protagonista tem reforçado o bronzeado com banhos diários de sol e chegou a fazer uma sessão de bronzeamento artificial.


4

revista da tv

Tribuna do Norte • Natal • Rio Grande do Norte

Domingo | 29 de abril de 2012

ESSA É A PARADA

Tato Gabus Mendes vive Pichot, mendigo alçado a rei,na trama de 1989

PALCO DE SUCESSOS,‘GLOBO DE OURO’REESTREIA NO VIVA, MAIS DE 20 ANOS DEPOIS DE SAIR DO AR IRINEU BARRETO/01-4-1988

NATALIA CASTRO

ra uma vez, um programa musical no qual artistas que vendiam milhões de CDs (sim, milhões, e não se falava em downloads, pirataria...) faziam apresentações especiais, muita vezes ao vivo, sem o famigerado playback. Quem nasceu nos anos 1990 não sabe do que se trata, mas, mesmo os que eram crianças na década de 1980 se lembram com carinho do clássico “Globo de ouro”. A partir desta quinta, em comemoração aos dois anos do canal, o Viva reapresenta a atração, de segunda a sexta-feira, às 23h15m. Serão 34 programas, já exibidos nos anos 1988, 1989 e 1990. A maioria deles comandada pela dupla César Filho e Isabela Garcia. Mas também vão ao ar as passagens das atrizes Claudia Raia e Cláudia Abreu pela parada musical ao lado do apresentador. — Foi um dos meus melhores momentos profissionais. A gente podia brincar, improvisar... Fora a convivência com os artistas. Era um status para eles estarem naquele palco — comenta César Filho, que ficou de 1986 a 1989 à frente da atração. O programa, que estreou em 1972, passou por várias reformulações ao longo dos mais de 15 anos no ar. Foi mensal e semanal, exibido em vários dias da semana. Mas sempre destacando os principais sucessos do período. Quando César e Isabela assumiram, o “Globo de ouro” mostrava os hits mais pedidos em diferentes regiões do país através de pesquisas. Segundo o apresentador, a parceria com Isabela rendeu momentos inesquecíveis no palco do Teatro Fênix, no Jardim Botânico. Embora não consiga listar o mais especial, ele fala com carinho dos desfechos inusitados do programa. — A gente brigava de brincadeira, dublava nossas vozes, era sempre algo inesperado. O público vai gostar de rever isso — aposta. Entre os artistas que passaram pelo palco do “Globo de ouro” estão Roberto Carlos, Kid Abelha, Xuxa, Legião Urbana, Simone, Titãs, José Augusto e Rosana. Para

Edson Celulari e seu Jean Pierre, jovem que luta contra o poder real

E

UM REINO NÃO MUITO DISTANTE

Isabela Garcia e César Filho, dupla que ficou mais tempo junta no comando do musical

Paulo Ricardo e Simone, ícones do anos 1980

o cantor Leo Jaime, que perdeu as contas de quantas vezes se apresentou na parada, o programa era uma forma de manter os artistas em contato com seus fãs. Além disso, uma boa oportunidade de se apresentar ao vivo. — Sinto falta na grade de algo assim, que promova encontros semanais, que mostre às pessoas o trabalho dos artistas — ressalta ele, que, na época, chegou a ser con-

Gal Costa e José Augusto são algumas das atrações do programa

vidado para apresentar o musical: — Fui tantas vezes que, em uma delas, eu nem me apresentei. Apareci no meio dos apresentadores supostamente atrapalhando o desenrolar do programa.

Depois de acompanhar a história de Sinhôzinho Malta (Lima Duarte) e Viúva Porcina (Regina Porcina) em Asa Branca,é hora de fazer uma viagem até o reino de Avilan.A partir do dia 6,à 0h15m,entra no ar no Viva,“Que rei sou eu”, substituta de “Roque Santeiro”. Embora as duas tramas sejam diferentes,a novela de Cassiano Gabus Mendes segue a linha da antecessora,com críticas ácidas — e também bem-humoradas — à política do país.Na época,1989,os brasileiros se preparavam para a primeira eleição direta para a Presidência.No texto,há referências ao Plano Cruzado,reforma monetária de 1986,e ao Congresso Nacional. — Meu pai já tinha essa ideia há muito tempo,mas ela demorou a ser aprovada.A novela possui uma ironia política que a deixa atualíssima.É histórica e inovadora — elogia Tato Gabus Mendes,filho do autor e intérprete do mendigo Pichot, alçado ao trono de Avilan na história. Com direção-geral de Jorge Fernando,o folhetim é passado em 1876,faz alusão à Revolução Francesa e tem início com a morte do rei Petrus II (Gianfrancesco Guarnieri),que se vai sem deixar herdeiros legítimos,somente Jean Pierre (Edson Celulari),um filho bastardo.Sem alternativas,a rainha Valentine (Tereza Rachel) é convencida a entregar o trono a Pichot.A estratégia é,na verdade,uma armação de Ravengar (Antônio Abujamra), o bruxo do condado,que tem em Fanny (Vera Holtz) uma fiel escudeira.Revoltado com a situação,Jean Pierre,um jovem íntegro e corajoso,começa a liderar um grupo de revolucionários para derrubar os vilões.Já a meiga princesa Juliette (Cláudia Abreu) se apaixona por Pichot,ao mesmo tempo que fica cada vez mais inconformada com as artimanhas dos monarcas em busca do poder.Já Jean Pierre se divide entre a revolucionária Aline (Giulia Gam) e a nobre Suzanne (Natália do Vale).


revista da tv

Domingo | 29 de abril de 2012

Tribuna do Norte • Natal • Rio Grande do Norte ESTEVAM AVELLAR

0

10

Para Heloísa Périssé,a Monalisa de “Avenida Brasil”. A atriz arrasou nas cenas dramáticas do início da trama,diverte nas brigas com Silas (Ailton Graça) e,quando contracena com Murilo Benício,deixa claro que Tufão ainda balança seu coração.

CONTROLE REMOTO

Para a overdose de kuduro na programação da Globo.Dia desses,parte do“Bem estar”foi dedicada ao ritmo da abertura de“Avenida Brasil”.Fernando Rocha dançou como se não houvesse amanhã.Na última semana,teve repeteco no“Mais você”.

ELIZABETE ANTUNES (INTERINA) ANA BRANCO

»PEREIRÃO EM LISBOA

Lilia Cabral irá a Lisboa para divulgar a estreia de “Fina estampa”em Portugal,na SIC,no dia 21 de maio.A protagonista do folhetim participará de programas da emissora e apresentará uma das categorias do prêmio Globos de Ouro.

»FIM DA LICENÇA

De volta da licença-maternidade,Bianca Ramoneda começou a gravar,na semana passada,a terceira temporada do especial “Grandes atrizes”para o “Starte”, da Globo News.A primeira convidada da série,que estreia em junho,será Irene Ravache.

»FÉRIAS CURTAS

Escalada para “Sangue bom”, novela que sucederá a “Guerra dos sexos”no horário das 19h da Globo,em 2013,Regiane Alves — de férias desde o fim de “A vida da gente”— se dedicará ao espetáculo “Festival home theater”.Projeto do diretor Marcus Faustini que estreia em junho.

»BOAS DE BOLA

DIVULGAÇÃO

O canal OFF exibirá,ainda este ano,um especial sobre altinha, jogo de futebol informal típico das areias cariocas.Alana Ribeiro, Jessica Biot e Marina Dolabella — todas elas craques com a bola e ainda desconhecidas na TV — vão apresentar os dois episódios, gravados em Ipanema,na Joatinga e na Barra.Ambulantes e frequentadores da praia também deram entrevistas sobre o tema.

»SALA DE AULA

Fora da TV, incursões pela Saara o ar como Míriam, em “Amor eterno amor”, Letícia Persiles se empolga quando o assunto é a Saara, famoso polo comercial do Centro do Rio. A atriz, que fez uma incursão pela região numa brecha das gravações da novela, dá dicas de boas compras com a segurança de quem já percorreu boa parte das lojas. Assídua frequentadora do local, ela adora garimpar tecidos, lâmpadas coloridas, meias e sombrinhas por ali. Os passeios sempre terminam num restaurante libanês da Rua Buenos Aires, onde ela come pão árabe com pasta de grão de bico. — Só consegui ir à Saara uma vez desde que

N

começou a novela.Adoro comprar tecidos.Minha mãe é costureira e costuma fazer figurinos para shows.Tinha uma banda,a Manacá,e agora vou lançar um trabalho solo — contou a atriz,entre um autógrafo e outro. Revelada na TV na minissérie “Capitu”, em 2008, Letícia deu uma pausa no trabalho por dois anos e meio para amamentar o filho,Ariel,de 3.De volta como a protagonista das 18h,ela diz não ter sentido pressão do público para mostrar que é mais que um rosto bonito: — Não vejo essa cobrança.Aliás,nem sei se estou dentro desse padrão de beleza. Mais informações e fotos de Letícia Persiles em oglobo.com.br/kogut.

A CAL está elaborando uma pós-graduação em “História da teledramaturgia brasileira” para o próximo semestre.

»NO TEATRO

Marcos Breda,longe da TV desde “Amor & revolução”, ensaia a peça “Rodrigueanas: Tragédias cariocas para rir”.

»EM FAMÍLIA

Filha do autor Marcílio Moraes — que estreia em maio a série “Fora de controle”, na Record —, Lúcia Quental é a produtora executiva de “O crime da Gávea”, baseado no romance homônimo do seu pai.O longa será protagonizado por Simone Spoladore e Ângelo Paes Leme.A atriz Aline Fanju também terá um papel importante na história.As filmagens começarão em maio, com direção de André Warwar,da Globo.

»NO CINEMA »UMA NOVA LEVA DE EPISÓDIOS

»TURNÊ NOS EUA

Marcos Veras,do “Zorra total”, acaba de voltar dos Estados Unidos,para onde levou o seu espetáculo “Falando a Veras”. Ele se apresentou em Nova York, Boston e São Francisco para brasileiros que moram por lá.

Beatriz Segall — a eterna Odete Roitman, de “Vale tudo”— será a primeira entrevistada de Sarah Oliveira na nova temporada do “Viva voz”, que estreia dia 4, no GNT.O programa terá 30 minutos de duração em vez de 15.Os atores Lázaro Ramos e Regina Duarte,além da cantora Elza Soares, estão entre os convidados da apresentadora.

»ATLETA

Lincoln Tornado,de “Amor eterno amor”, participará da Liga Super Basketball.O ator também faz aulas de hip hop.

FLÁVIA MONTENEGRO

Protagonista da série “Louco por elas”, Eduardo Moscovis estará nos cinemas em “Corações sujos”, filme de Vicente Amorim, adaptado do livro de Fernando Morais. Estreia em junho.

»ATOR E DIRETOR INCANSÁVEL

Pedro Neschling voltará aos palcos como ator depois de ter participado da série “As brasileiras”, da Globo, ao lado de Sandy. No segundo semestre, ele estará na peça “Michael & eu”, com Bruno Garcia. Pedro também dirige dois espetáculos:“Alguém acaba de morrer lá fora”, que estreia no Rio, em maio, com sua mãe, Lucélia Santos; e “Um número”, que chega a São Paulo em junho.

5


6

Tribuna do Norte • Natal • Rio Grande do Norte

revista da tv

Domingo | 29 de abril de 2012

MELINA AMARAL

brancura de um típico paulistano, neto de italianos, deu lugar ao bronzeado carioca. O sorriso contido foi substituído por uma gargalhada espalhafatosa. Os óculos escuros subiram para a cabeça, e a camisa regata — que se tornou peça-chave no seu guarda-roupa — agora deixa os braços mais musculosos à mostra. Aos 60 anos e com 39 de carreira, Marcos Caruso se reinventou para dar vida a um dos personagens mais populares de “Avenida Brasil”, o ex-lutador de boxe Leleco. E pensar que, ao receber o convite para viver um morador do subúrbio, pai de jogador de futebol, o ator reagiu com estranheza. — Eu disse para o Ricardo Waddington (diretor de núcleo da novela) que aquilo só podia ser um erro de escalação. Eu não tinha nada a ver com o personagem. Não bebo, quer dizer, só gosto de vinho. Não coloco os óculos na cabeça, pois nem tenho cabelo para segurá-los. Camisa regata, então? Nunca tinha usado! Sempre tive vergonha do meu corpo — lembra Caruso, que, após alguma insistência, acabou aceitando o convite. Mas se hoje o pai de Tufão (Murilo Benício) já conquistou os telespectadores com o seu jeito de garotão, a preparação do personagem exigiu do ator três semanas de “imersão” em um bairro da Zona Oeste do Rio. — A novela só está fazendo esse sucesso e Leleco só está agradando porque há uma identificação do público. As pessoas se veem retratadas ali. Evitamos os exageros e as caricaturas, interpretamos o dia a dia do subúrbio tal como ele é, com todo aquele falatório, com um dando palpite na vida do outro, mas com uma sinceridade muito grande. As verdades são ditas e ninguém se chateia com elas, pois está acostumado a isso — afirma ele. Em plena quinta-feira, com cenas marcadas para começar a gravar a partir das 17h, no Projac, Caruso já estava de pé desde cedo para rever a vizinhança de Santíssimo e dizer obrigado aos moradores do local que contribuíram para a composição de Leleco. — Aprendi muito com todos e o personagem está sendo tão bem aceito, que eu não poderia deixar de vir agradecê-los pessoalmente — explica ele, aproveitando para contar uma das histórias que mais o impressionaram: — A primeira pessoa que conheci por aqui foi a dona Elvira, uma antiga moradora do Santíssimo. Começamos a conversar, e ela me perguntou se eu conhecia todos os vizinhos do meu prédio, no Leblon (Caruso também tem um apartamento em São Paulo). Eu respondi que não, e ela me surpreendeu dizendo que conhecia todos os que moravam em seu

A

No balcão da oficina de seu Enec, o ator conta que chegou a trabalhar alguns dias como ajudante e que quase vendeu uma peça de carro

Com o amigo Vinícius Marinho, que o hospedou em sua casa, o intérprete de Leleco caminha pelas ruas de Santíssimo e cumprimenta os comerciantes

‘ESTOU ME ACHANDO UMA DELÍCIA’ bairro. E isso é o subúrbio, pessoas que se conhecem, que olham nos olhos quando conversam, que se preocupam com o próximo. Não há como vir para cá e não se

apaixonar! Durante a preparação para a novela, ele foi recebido pelo ator Vinícius Marinho — com quem contracenou em “Cordel

SUCESSO COMO UM COROA SARADO EM ‘AVENIDA BRASIL’, MARCOS CARUSO VOLTA AO BAIRRO DE SANTÍSSIMO, ONDE VIVEU POR TRÊS SEMANAS PARA COMPOR O ATUAL PAPEL

encantado” mora com mãe e uma p no de uma o ajuda de Ca Santíssimo Pode voltar vindo — gar Na padar prietária, do ceu Ednéia ministram Amarelinho rante o labo de coração d lho, e confe — Nunca tro, mas eu p


Domingo | 29 de abril de 2012

revista da tv

Tribuna do Norte • Natal • Rio Grande do Norte

7

FOTOS DE SIMONE MARINHO

Na academia do bairro, o ator sua a camisa. Para viver o ex-lutador de boxe na trama, Caruso diz que começou a fazer musculação, aulas de boxe, além de pedalar

”—, que o acolheu na casa onde a mulher, o filho de 3 anos, a prima. Já o pai de Marinho, dooficina na região, contou com a aruso em seu balcão. — Agora, o se tornou a segunda casa dele. quando quiser e será muito bemrante seu Enec, o comerciante. ria, o ator fez amizade com a proona Maria; no sacolão, conhee Dionéia, as cunhadas que ado estabelecimento. No boteco o, o primeiro a ser visitado duoratório, saboreou um espetinho de galinha e outro de queijo coaessou: a gostei nem de um, nem do ouprecisa experimentar tudo aqui-

lo que o meu personagem comeria. Vim para cá para viver como essas pessoas, para saber o que elas comem, como se divertem e se comunicam, para saber que cheiro tem o amanhecer e o anoitecer. Tudo isso era muito importante para a pesquisa. Mas o cenário que encontrou não era exatamente uma novidade na vida de Caruso. Criado em São Paulo pelo pai, viúvo, ele sempre passou as férias no Rio, na casa da avó, em Copacabana. E apesar de circular desde cedo pela Zona Sul, presenciou naquela época situações que até hoje são vistas do outro lado do túnel, como as cadeiras na calçada para o bate-papo entre vizinhos, as crianças brincando pelas ruas e os vendedores desfilando, de um lado para o outro, com suas carrocinhas. — Felizmente, o subúrbio conseguiu preservar algo que o restante da cidade perdeu, as relações humanas verdadeiras — diz. Por falar em seu pai, foi ele quem mais se surpreendeu com as transformações sofridas por Caruso para viver o personagem. Aos 90 anos, seu Alberto ligou para o único filho assim que o viu no ar, em “Avenida Brasil”. — Ele disse que não estava me reconhecendo, perguntou o que estava acontecendo. Expliquei que, por conta do Leleco, precisei fazer musculação, duas vezes por semana, e boxe, uma vez. Também passei a pegar mais sol, a pedalar na orla e até fiz aulas de sinuca. E ele completou: “Então, vê se agora você continua assim” — conta, achando graça, e acaba revelando: — Mas eu também estou gostando de tudo isso, estou me achando uma delícia! E o público feminino também parece ter aprovado o novo shape do ator, que na trama das 21h vive um romance com a bela Tessália (Débora Nascimento), quase 40 anos mais nova. — Ele está um coroa saradinho e cheio de estilo — define Adriana de Barros, uma das fãs que interrompem a visita do ator a Santíssimo para tirar fotos e pedir autógrafos. E se na ficção o envolvimento com alguém mais jovem é novidade para Caruso, que sempre contracenou com atrizes de sua faixa etária, não se pode falar o mesmo na vida real. Depois de passar 20 anos casado com a atriz Jussara Freire, mãe de seus dois filhos, o ator teve alguns relacionamentos com mulheres mais jovens, entre elas a coreógrafa Dani Calichio, 38, de quem se separou há dois anos. Ainda solteiro, ele afirma estar vivendo a melhor fase da vida e que não está em busca de um novo amor. — Estou vivendo um momento maravilhoso, tudo dando certo na TV e no teatro (está em cartaz com a peça “Em nome do jogo”, no Rio); minha família está crescendo, com a chegada do meu terceiro neto. Estou livre e feliz — afirma.

O ator se diverte ao reencontrar o pequeno Danilo

Os personagens Tessália e Leleco,em uma cena de “Avenida Brasil”

No boteco, Caruso tira foto com uma de suas fãs no bairro

Se em “Avenida Brasil” Caruso interpreta um suburbano boa-praça, que arranca risadas dos telespectadores, no palco da Maison de France, no Rio, o enredo é outro, carregado de mistério e suspense. Na peça “Em nome do jogo” ele é Andrew Wyke, um escritor de romances policiais de grande sucesso que adora jogos e teatro. Personagens tão distintos, mas com uma característica em comum: ambos são novidade na carreira do ator. — São papéis diametralmente opostos e diferentes de mim mesmo, mas isso é um grande aprendizado para qualquer ator. No teatro, a maioria das peças que fiz foi comédia. Já na TV, nunca tinha interpretado um tipo como o Leleco — diz Caruso, que ainda explica como se divide entre os dois trabalhos: — Quando saio da gravação e vou para o espetáculo, parece que desligo uma chave e ligo outra em mim. Há um ditado popular que diz: “Peça um favor para a pessoa mais ocupada e ela o fará”. Rezo por essa cartilha e, por isso, consigo conciliar tantas atividades. O ator guarda na infância a sua primeira lembrança ligada ao teatro. Ele conta que, aos 7 anos, durante as férias escolares no Rio, costumava brincar no ateliê de costura que a avó tinha em casa: — Eu gostava de transformar alguns pedaços de retalho em fantoches, para entreter as clientes, enquanto elas esperavam. Ali surgiu o autor e o ator. O vasto currículo de Caruso inclui a participação em mais de 30 espetáculos, 15 novelas e seis filmes. Como autor, escreveu sete peças — quase todas em parceria com a atriz Jandira Martini —, três folhetins e quatro roteiros para o cinema. Mas, apesar de toda experiência, ele ainda se surpreende com a repercussão de seu atual personagem na trama de João Emanuel Carneiro. — Confesso que ainda estou um pouco assustado com tamanho assédio, não só do público, mas da mídia. Na verdade, não é o sucesso que me preocupa, pois sei que ele é passageiro, mas quero saber de que forma estou atingindo as pessoas, o que elas estão achando de tudo isso. Pois, para mim, foi algo inesperado, não sou um ator com esse histórico — diz. O fato é que Caruso vem conquistando admiradores de diferentes faixas etárias, como Danilo, de 3 anos, filho de Vinícius Marinho. O convívio no Santíssimo deu origem a uma amizade entre os dois. E, ao reencontrar o ator, que o esperava na saída da escola, o menino se empolgou. — Caluso (sic), você estava pleso (sic) — exclama Danilo, referindo-se à cena em que Leleco foi parar na cadeia, devido a uma briga com Jair (Kiko Pissolato), o ex-namorado de Tessália.


revista da tv

8 Tribuna do Norte • Natal • Rio Grande do Norte

O QUE VEM POR AÍ

Domingo | 29 de abril de 2012

TATIANA CORREIA

TV GLOBO/ZÉ PAULO CARDEAL

CARTOON NETWORK/DIVULGAÇÃO

»JORNALISMO MENTIRA

O “Sensacionalista”, telejornal de notícias nada verdadeiras do Multishow,estreia nova temporada amanhã,às 22h30m.Tem novidade:a “caravana Sensacionalista”vai “viajar”a bordo de uma van que não sai do lugar em busca de histórias inusitadas em todo o país.

»CONEXÃO IRLANDA-EUA

O TCM exibe,quinta,às 22h,“U2:Rattle & hum”, documentário sobre uma turnê da banda de Bono Vox nos anos 1980 e espécie de homenagem à música americana.Com Bob Dylan e B.B.King.

»LADO B LADO A

Quinta,às 21h30m,O Rappa abre os trabalhos do “Álbuns clássicos”, com “Lado B Lado A”. Na atração da Mix TV,bandas tocam,faixa a faixa,seu disco mais marcante.Paulo Miklos entrevista os músicos.

‘A

ntigos espíritos do mal, transformem essa forma decadente em Mumm-Raaaaaaa”ou “Es-

pada justiceira,dê-me a visão além do alcance”. As frases soam familiares? Para quem via desenhos animados nos anos 1980,elas são verdadeiros bordões.Agora,Lion, Panthro e companhia estão de volta:o Cartoon Network estreia,amanhã,às 17h30m,uma nova versão de “Thundercats”cheia de novidades.Desta vez,o desenho tem traços de

»DE CABECEIRA

anime,e o grupo liderado por Lion batalha para derrotar Mumm-Ra e o Escamoso após a investida dos inimigos à Thundera.Aparentemente,no entanto,a mitologia da série está mantida.Tanto que personagens como Tygra,Cheetara, WilyKit e WilyKat seguem na trama.Outro que volta à ativa é o bichinho de estimação Snarf,com um detalhe:ele agora não fala.Para quem se lembra de como era sua voz há quase 30 anos,até que é um alívio,não é?

MULTISHOW/DIVULGAÇÃO

»CHEIOS DE GINGA

Hermano Vianna fala de “Uma estranha realidade”, de Carlos Castañeda,“O minotauro”, de Monteiro Lobato,e “Vida conversável”, de Agostinho da Silva, no “Livros que amei”.Terça,às 22h30m,no Futura.

No dia do clássico entre Santos e São Paulo pelo Campeonato Paulista,Glenda Kozlowski preparou um especial sobre dribles para o “Esporte espetacular”, no ar hoje,às 9h35m.Para isso,foi atrás de dois especialistas no assunto:Neymar e Lucas.O craque do Santos destacou que o segredo está no talento e nos treinos.Ele elegeu como mais belo de sua carreira o drible contra o Flamengo que foi considerado o gol mais bonito do mundo em 2011.Já o atacante do São Paulo brincou com a apresentadora e disse que o problema é ser driblado.“Não é fácil provar do próprio veneno”, contou.

»TÃO BONITA MANHÃ

“O De lá pra cá”de hoje homenageia Agostinho dos Santos,que completaria 80 anos em 2012.Um dos grandes cantores do Brasil,ele é a voz de “Manhã de carnaval”, no clássico filme “Orfeu negro”. Cauby Peixoto e Leny Andrade participam da atração.Às 18h,na TV Brasil.

C E NA V I R T UA L þ

DEU NA TV E FEZ SUCESSO NA INTERNET

Oi,oi,oi. Fernando Rocha, apresentador do “Bem estar”, dançando kuduro na atração está entre as maiores cenas de vergonha alheia já registradas por esta humilde coluna.

þ

Careca. O“Pânico”passou dos limites dessa vez e raspou a cabeça de Babi, uma das assistentes de palco,ao vivo.A moça saiu chorando.Qual foi a graça?

þ

Da vida. Com a consultoria de uma garota de programa,Adriane Galisteu se montou e foi às ruas ver como é o trabalho em “A liga”. Recebeu propostas generosas!


revista da tv

Domingo | 29 de abril de 2012

Filmes de hoje

05:35-Santa Missa 06:45-Sagrado 07:00-Globo Comunidade 07:30-Pequenas Empresas 08:05-Globo Rural 09:00-Auto Esporte 09:35-Esporte Espetacular 12:40-Aventuras do Didi 13:15-Os Caras de Pau 14:05-Temperatura Máxima:“O bicho vai pegar” 15:45-Campeonato Carioca —Vasco X Botafogo 18:00-Domingão do Faustão 20:45-Fantástico 23:05-TUF — Em Busca de Campeões — Reality 00:10-Domingo Maior:“Os bad boys” 02:15-Sessão de Gala:“Viagem sem volta”

04:30-Caminhos da Reportagem 05:30-Expedições

TV Mult tv/Rede TV! - 17 06:00-Ultrafarma 08:00-Igreja Mundial 10:00-Médico de Almas e Corpos 11:00-Campeonato Italiano — A definir 13:30-America Sub 14:00-Pé na Estrada 14:30-Henkel Cascola 15:00-Parceria 15:15-A Hora e A Vez da Pequena Empresa 15:30-Super Papo 16:15-Transição 16:45-America Sub 17:15-Pague Menos 17:45-Ritmo Brasil 18:15-O Encantador de Cães 19:00-Santarena 20:00-O Último Passageiro 22:15-Mega Senha 23:30-Dr.Hollywood 00:30-É Notícia 01:30-Bola na Rede 02:00-Super Papo 02:15-Associação Beneficente da Fé Renovada em Jesus Cristo 03:00-Igreja da Graça — Nosso Lar 04:40-Igreja da Graça — Nosso Lar

Bad/Natal - 8

Temperatura Máxima: “O bicho vai pegar” TV Universitária/Cultura - 5 06:00-Via Legal 06:30-Brasil Eleitor 07:00-Palavras de Vida 08:00-Santa Missa 09:00-Viola Minha Viola 10:15-Curta Criança 10:30-Janela Janelinha 11:00-Escola pra Cachorro 11:15-Meu AmigãoZão 11:30-A Turma do Pererê 12:00-ABZ do Ziraldo 12:30-AnimaTV — Tromba Trem 12:45-AnimaTV — Carrapatos e Catapultas 13:00-A Turma do Pererê 13:30-Catalendas 13:45-Cocoricó 14:00-Dango Balango 14:30-TV Piá 15:00-Stadium 16:00-Os Protetores do Planeta 17:00-Ver TV 18:00-De Lá pra Cá 18:30-Cara e Coroa 19:00-Papo de Mãe 20:00-Conexão Roberto D’Ávila 21:00-Esportvisão 22:30-Curta TV 23:00-Cine Ibermedia — Filme:“Noviembre” 00:45-Doc TV IV 01:45-Sportvisão 03:00-De Lá pra Cá 03:30-A Grande Música

06:00-Igreja Mundial 07:00-Fórmula Indy — Ao vivo 15:30-Campeonato Carioca —Vasco X Botafogo 17:50-Terceiro Tempo 20:00-Perdidos na Tribo 21:00-Pânico na Band 23:30-Canal Livre 00:30-Deles & Delas 01:30-Show Mix 01:45-Bones — Série 02:45-Igreja Mundial

TV SBT/Ponta Negra - 13 06:00-Aventura Selvagem 06:30-Pesca Alternativa 07:30-Brasil Caminhoneiro 08:00-A Grande Ideia 08:30-Vrum 09:00-Chaves — Série 11:00-Domingo Legal 15:00-Eliana 19:00-Roda a Roda Jequiti 19:55-Sorteio da Tele Sena 20:00-Programa Silvio Santos 00:00-De Frente com Gabi 01:00-O Mentalista — Série 02:00-Alvo Humano — Série 03:00-Os Esquecidos — Série 04:00-Jornal do SBT

TV Tropial/Record - 8 06:30-Desenhos Bíblicos 08:00-Domingo de Prêmios 08:30-Record Kids 12:30-Tudo é Possível 16:30-Programa do Gugu 20:30-Domingo Espetacular 23:15-Repórter Record 00:30-Assuntos Confidenciais — Série 01:00-Programação da IURD

ZEAN BRAVO

FOTOS:DIVULGAÇÃO

Programação de tv InterTV Cabugi/Globo -11

Tribuna do Norte • Natal • Rio Grande do Norte

• MEU AMIGO TOTORO Animação. Definitivamente, animação não é sinônimo de filme infantil ou restrito a esse público. Pelo menos quando vem do mestre Miyazaki. O diretor explora o universo lúdico de uma criança, mas com sensibilidade para fazer qualquer marmanjo chorar. O filme conta a história de Mei, uma menina cuja mãe está no hospital e o pai se divide entre cuidar da esposa e dar aulas na faculdade. MAX, 12h. • JOGO DE SEDU ÇÃO Com Gael García Bernal, Natalia Verbeke e James d’Arcy. Drama. Gael García Bernal é daquelas belezas de perturbar o juízo de qualquer mulher. Com o seu personagem Kit não é diferente. Neste longa, ele chega à vida da espevitada Carmen (Natalia Verbeke) para acabar com a calmaria do seu noivado com Barnaby (James D’Arcy), um inglês supereducado. Sem conseguir se esquecer de Kit e sem saber como se livrar do noivo, Carmen precisa lidar com a paixão reprimida à medida em que a data do seu casamento se aproxima. MGM, 12h35. • O BICHO VAI PEGAR Ani-mação. Para os pais que não sabem mais o que fazer com os filhos em uma tarde de domingo, eis aqui um bom remédio. E o melhor é que eles podem se divertir também com essa história fofa e cheia de graça. Um feliz urso pardo domesticado tem sua rotina perfeita virada de cabeça para baixo depois que conhece um cervo tagarela. O novo amigo decide mostrar a vida ao ar livre para o urso, que acaba indo parar na floresta três dias an-

tes da temporada de caça começar. Ou seja, um período completamente inadequado para um urso que é o alvo predileto desse tipo de “esporte”. IN TER TV/CABUGI, 14h05. • MIB - HOMENS DE PRETO 2 Com Tom-

JOGO DE SEDUÇÃO

MIB - HOMENS DE PRETO 2

STARDUST, O MISTÉRIO DA ESTRELA

my Lee Jones e Will Smith. Comédia. Se você não assistiu a “MIB - Homens de preto 1”, não tem problema. A premissa que move esta sequência é praticamente a mesma. Mas, para você saber, no primeiro filme, o veterano agente Kay (Tommy Lee Jones) e o novato Jay (Will Smith) suaram o terno preto para evitar uma conspiração alienígena. Neste segundo filme, Jay não é mais aquele novato da organização e ainda ganhou um comparsa, o buldogue Frank. Mas a missão continua a mesma. Mais alienígenas ameaçam o

9

m filme de Woody Allen, que, neste, abusou na beleza do elenco. Um “quadrado amoroso”, que deve ser sonho de consumo de muito marmanjo. No longa-metragem, o tal marmanjo — e sortudo — é interpretado por Javier Bardem, objeto do desejo de Scarlett Johansson, Penélope Cruz e Rebecca Hall: coisas que só a ficção faz por você. Vicky (Rebecca) e Cristina (Scarlett) são amigas e passam férias em Barcelona. A primeira está noiva e é sensata nas questões do amor. Já a outra é espevitada e quer saber de muita emoção quando o assunto é paixão. Durante uma exposição de arte, as duas se encantam pelo pintor Juan Antonio (Bardem), que, malandramente, as convida para um jantar e, emendando um galanteio no outro, sugere uma viagem às donzelas. O que as amigas não sabiam é que ele tem um relacionamento mal resolvido com sua ex-esposa, Maria Elena (Penélope). “VICKY CRISTINA BARCELONA” (MEGAPIX, 11h50m)

U

futuro da humanidade, e a organização dos homens de preto tem que entrar em ação. FX, 15h. • STARDUST, O MISTÉRIO DA ESTRELA Com Charlie Cox, Claire Danes, Sienna Miller, Michelle Pfeiffer e Robert De Niro. Aventura. Classificam como aventura, mas é puro romance para as meninas. A única ambição de Tristan (Charlie Cox) é conquistar o coração de Victória (Sienna Miller). Ela, no entanto, quer mais do que o amor do rapaz. Victória exige que Tristan vá buscar uma estrela no céu e lhe entregue como prova de amor. A estrela, porém, é a bela Yvaine (Claire Danes), que se apaixona por Tristan e reluta em ser levada como presente a sua rival, mas é o único jeito que vê de continuar perto do moço. Mal sabia ela dos obstáculos que apareceriam no meio e que prolongariam, e muito, o convívio dos dois até voltarem à Terra. FOX, 18h. • O VENCEDOR Com Mark Wahlberg, Christian Bale e Amy Adams. Drama. Dicky Ecklund (Christian Bale) teve seu auge ao enfrentar o campeão mundial Sugar Ray Leonard em uma luta de boxe. Com a carreira arruinada pelo uso de drogas, Dicky vive, desde então, daquela fama. Micky Ward (Mark Wahlberg), seu irmão, tenta agora a sorte no mundo do boxe, sendo treinado por Dicky e empresariado por sua mãe, Alice (Melissa Leo). Mas Micky tem que conviver com a sombra de seu irmão, que, apesar da decadência na carreira, continua sendo o preferido da família. Mas nada como um amor para levantar a autoestima de um ser humano despedaçado. É o que acontece com Micky quando começa a namorar Charlene Fleming (Amy Adams), que o incentiva a deixar a influência familiar e tratar a carreira de forma mais profissional. TELECINE PIPOCA, 22h35.


10 Tribuna do Norte • Natal • Rio Grande do Norte

revista da tv

Domingo | 29 de abril de 2012 DIVULGAÇÃO

COLUNA DO

Clube do Assinante Promoções e descontos renovados a cada domingo Promoções válidas de domingo (29/04/12) a sábado (05/05/12), limitadas às quantidades em estoque, somente para assinantes da TRIBUNA.

VOLTA COM MUITA CALMA

DIVULGAÇÃO

FORMADA EM DIREITO E COM VIDA CASEIRA, DANIELLA CICARELLI RETORNA À MTV

Espaço Corpomente Para você que gosta de atividades corporais, o Espaço Corpomente lhe oferece flexibilidade de horários, equipe diferenciada, tudo com a atenção e o capricho que você merece. Lá, você encontra yoga, pilates, massoterapia oriental, etc. Esta semana, o Espaço Corpomente oferecerá um desconto, exclusivo ao assinante da TN, nos serviços de yoga e terapia da gravidade invertida. Rua Mipibu, 338, Petrópolis Tel.: 3221.5502/3221.0653

50% à vista (dinheiro) nos serviços de yoga e terapia da gravidade invertida.

MÁRCIA ABOS

epois de dois anos fora do ar e quatro longe da emissora que a revelou em 2002, Daniella Cicarelli está de volta à MTV. Ao lado de Luiz Thunderbird, outro filho pródigo, a apresentadora de 33 anos faz sua reestreia nas telinhas com o game show musical “Provão MTV” amanhã, às 20h. Daniella fez o mesmo percurso de muitos VJs da MTV, ao deixar o canal no auge para tentar conquistar audiências maiores na TV aberta. A proposta veio da Band em 2007, quando ela apresentava “Beija sapo”, “Batalha das modelos” e foi mestre de cerimônias do “Video music Brasil” (VMB) ao vivo. Na época, chegou a apresentar três programas diferentes na Band, inclusive o dominical “Quem pode mais”. Nenhum decolou. Foi também em 2007 que a apresentadora decidiu realizar um sonho de infância. Prestou vestibular e começou a faculdade de Direito. A formatura foi em dezembro do ano passado, com a beca e capelo (aquele chapéu de aba quadrada) jogado para o alto. — Mas do baile de formatura não quis participar. Não ia lá dar

DIVULGAÇÃO

D

Big Blue Parque Aquático O Big Blue é um parque aquático para você aproveitar com a família e amigos. Localizado a poucos quilômetros de Natal, de frente para o mar de Búzios. O Parque oferece piscinas, tobo-águas, restaurante, tudo com a segurança que você merece. Esta semana, o Big Blue Parque Aquático oferecerá um desconto, exclusivo ao assinante da TN, na entrada do parque, no limite de até 5 pessoas por assinante. Av. Brigadeiro Paulo Salema, s/n, Praia de Búzios - Tel.: 3239.2118

50% à vista (dinheiro) na entrada do parque, no limite de até 5 pessoas por assinante.

■ As promoções publicadas na Coluna do Clube do Assinante são exclusivas para assinantes da TRIBUNA DO NORTE, PESSOAS FÍSICAS. ■ Desconto não acumulativo. ■ Para ter direito à promoção,o assinante deverá apresentar a carteira do Clube e a Identidade no ato da compra. ■ Contatosparacredenciamento:Depto.deMarketing.Tel.4006-6100,R.6262. ■ e- mail.mkttn@terra.com.br; clubetribuna@digizap.com.br

uma de tia, né? — brinca Daniella, que no novo programa não se faz de rogada e costuma dar uma de tia quando recomenda juízo ao auditório formado por estudantes de ensino médio e avisa aos competidores: “Tenho idade para ser mãe de vocês”. Longe dos holofotes, além de se dedicar aos estudos e fazer estágio numa firma de advocacia, Daniella se casou e, há um ano, curte as tarefas de dona de casa. — Eu adoro cuidar de casa, do cachorro e do marido. Seria uma péssima madame. Vou ao supermercado, passo pano no chão aos domingos — conta a apresentadora, que é avessa a badalações, assim como o marido: — Acordo antes do sol nascer para treinar triatlo. Agora que estou gravando, volto à noite para casa, esquento o jantar no micro-ondas e vejo TV no sofá. Meu marido é tão caseiro como eu, esportista também. Isso deixa a alma tranquila. Se no cotidiano ela abre mão do glamour, nas gravações Daniella se diverte ao caprichar na maquiagem, no cabelão — alguns tons mais claros para sua reestreia — e no figurino. — É o máximo esse contraste de ter um trabalho glamouroso e ir

ao supermercado de jeans e camiseta — comemora, dizendo que a troca do fórum pelos estúdios não é definitiva: — Não descarto voltar ao Direito. Antes de receber o convite da MTV, estava começando trabalhar com leis ligadas ao esporte, uma área alto-astral da advocacia de que gosto muito. Daniella foi uma das primeiras celebridades brasileiras a sentir o gosto amargo da superexposição na internet. Primeiro com seu casamento relâmpago com o jogador de futebol Ronaldo Fenômeno. Depois, quando um vídeo de um momento caliente na praia com um exnamorado foi parar no YouTube. Hoje, com uma rotina reservada, ela diz não ter medo de voltar ao olho do furacão. — Volto apresentando um programa despretensioso, segmentado, dedicado ao público jovem. Daqui a duas semanas, ninguém vai ter motivo para me entrevistar. Tudo na vida acalma — acredita Daniella, que assinou com a MTV um contrato de três meses, válido apenas para os 12 episódios da primeira temporada do “Provão MTV”: — Foi bom para as duas partes. Se der certo, continuamos com o programa ou criamos outro. Senão, é uma história que tem começo, meio e fim.


revista da tv

Domingo | 29 de abril de 2012

Tribuna do Norte • Natal • Rio Grande do Norte 11

FALA,MANINHU!

FORÇA DE EXPRESSÃO VERBETES TÍPICOS DO PARÁ DESPERTAM A CURIOSIDADE EM ‘AMOR ETERNO AMOR’

■ ARRE ÉGUA : Ora (expressão de espanto,admiração) ■ BUIADO: Cheio da grana ■ DANDO PASSAMENTO: Passando mal de fome ■DAR NAS CUIAS DOS QUIABOS: Ir embora rápido ■DESPOMBALECIDO: Desmaiado,desanimado ■FARINHA DE FEIRA: Mulher sem-vergonha ■FICAR DE FLOSÔ: Ficar tranquilo,numa boa ■INZONAR: Intrigar,dar ouvido a fofocas ■MANINHU: Diminutivo de irmão,amigo,companheiro ■PAVULAGEM: Gabolice,vaidade ■PEREBENTO: Tipo vil ■SÁ BURRINHA: Mocinha desmiolada

Arre égua, Por que tá tão despombalecido?

NATALIA CASTRO

a fictícia Vila dos Milagres, é um tal de “maninhu” pra cá, “farinha de feira” pra lá... Expressões típicas do Pará, elas podem até causar um certo estranhamento quando ouvidas pela primeira vez. Mas são popularíssimas na região onde vivem alguns dos personagens de “Amor eterno amor”. Por conta disso, foram até reunidas pelo jornalista Raymundo Mário Sobral no “Dicionário Papachibé” — referente a quem é nascido no Pará (veja mais no box ao lado). Também de olho nesse regionalismo, a autora Elizabeth Jhin tratou logo de incluir em sua história alguns desses verbetes. — É algo que faz parte da cultura local e nada mais justo que incorporar isso nas falas dos personagens. Pelo sentido da frase, dá para perceber de imediato o que está sendo falado — explica ela, que faz uso das palavras no seu dia a dia: — Herdei da minha mãe, que era paraense.

N

Tô dando passamento!

FAÇA O QUE EU FAÇO NOVA TEMPORADA DE ‘GLOBO CIDADANIA’TEM NOS APRESENTADORES EXEMPLOS A SEREM SEGUIDOS “Globo cidadania” voltou repaginado em sua nova temporada. Exibido pela TV Globo, aos sábado, às 6h, o programa agora parte para situações do cotidiano para esclarecer ainda mais os temas abordados. — Vamos colocar a cidadania em foco, aproximando mais a programação do dia a dia do nosso público — destaca Maurício Yared, diretor do programa. Na temporada 2012, a atração vem separada pelos temas Educação, Ciência, Ecologia, Universidade e Ação, mas eles estão presentes em todos os episódios, com duração de uma hora e meia. Para cada um deles, um apresentador leva ao telespectador a mensagem social que é a espinha dorsal do projeto. — Nossa missão é fazer o público entender seus direitos e deveres e colocá-los em prática — explica Paulo Mário Martins, apresentador do “Globo universidade”. O “Globo ciência”, em particular, dá ao público a opção de participar ativamente do programa, enviando perguntas e su-

O

gestões à equipe por meio do site (www.globocidadania.com.br). Além de profissionais competentes, os apresentadores do “Globo cidadania” possuem aquilo que não poderia faltar para o papel que representam: a disciplina para aplicar no seu dia a dia aquilo que pregam em frente às câmeras. Formada pelo ator Max Fercondini (Ecologia) e pelos jornalistas Helena Lara Resende(Educação),AlexandreHenderson(Ciência), Lizandra Resende e Paulo Mario Martins (Universidade) e Julia Bandeira e Mariana Salermo (Ação) — as duas últimas já estiveram sob o comando de Caco Barcelos no “Profissão repórter” —, a equipe de Yared conta o que faz para valer o papel de cidadão na sociedade. Desde aquelas simples ações como jogar o lixo no lixo ou ceder lugar aos idosos em transportes públicos, todos lembram de outras práticas simples que contribuem para o bem-estar de todos (veja os depoimentos ao lado). Não custa nada fazer a sua parte. [RENATA PINHEIRO]

Eu zelo pelo patrimônio público e faço questão de influenciar as pessoas que estão ao meu redor a fazerem o mesmo Max Fercondini

“Compartilho o que sei com as pessoas com as quais convivo.Cidadania é participar às pessoas o seu conhecimento Alexandre Henderson

Respeitar a todos,sem distinção de qualquer coisa. Acredito que,como disse o poeta,gentileza gera gentileza em todos os graus Lizandra Trindade

“Faço questão de adquirir livros usados para os meus filhos e passá-los adiante quando eles não precisam mais Helena Lara Resende

Colaboro para que o próximo não passe por um dissabor que eu tenha vivido,seja por denúncia ou com uma simples reclamação Paulo Mário Martins

Estar sempre de ouvidos abertos para entender a realidade do outro e,a partir disso,construir alguma coisa juntos Mariane Salerno

Vendi meu carro e readaptei minha rotina para viver sem ele.Refiz meus horários,mas abri mão do automóvel Julia Bandeira


Revista da tv 12

Natal • Rio Grande do Norte • Domingo • 29 de abril de 2012

DE ROMA A MIAMI

“Game of thrones” voltou metendo o pé na porta. Dá até dor no coração ter que esperar uma semana pelo próximo episódio!

Lembra do Titus Pullo de “Roma”? Pois, seu intérprete, Ray Stevenson, foi confirmado na sétima temporada de “Dexter”. Ele será Isaac, líder de uma organização criminosa russa.

RECORDAR É VIVER

1

LÍVIA BRANDÃO - TATIANA CONTREIRAS

Elementar, meu caro Murdoch FOTOS DE DIVULGAÇÃO

‘M

‘Murdoch é um cara reservado,extremamente metódico e vive intrigado com os mistérios do mundo.”É assim que o ator Yannick Bisson define o detetive que protagoniza a canadense “Murdoch mysteries”, série policial/dramática/ histórica,cuja segunda temporada é exibida aos sábados,às 23h,no Globosat HD.Se,pela descrição,o protagonista da trama parece ser uma adaptação do Sherlock Holmes de Arthur Conan Doyle,o próprio intérprete faz questão de desfazer a impressão. — Sei que não posso evitar as comparações,mas procurei basear meu personagem em pessoas que viveram a era vitoriana,fora que Sherlock era bem diferente...Ele era um sociopata.O que mais aproxima os dois é o período em que viveram — explica Bisson,em entrevista à Revista da TV,por telefone. Ambientado em Toronto,o seriado acompanha William Murdoch,um jovem detetive que tenta desvendar os crimes da cidade.Por antecipar técnicas forenses nada convencionais para a época,ele sofre preconceito na polícia. Um dos grandes destaques da série,que já está em sua sexta temporada lá fora (“É até difícil lembrar o que vocês estão vendo por

Quem disse que o Canadá não produz coisa boa? Além de “Murdoch mysteries”,o país é responsável por uma lista de outras atrações conhecidas.Olha só:

“Girls”e “Veep”estão dando o que falar mundo afora e a HBO não deu nem sinal de quando elas chegam por aqui.

A partir de terça-feira,às 21h30m, o Viva fará a alegria dos saudosistas com o bloco “Clássicos em série”. As primeiras reestreias são “Dallas”(foto) e “Twin Peaks”, exibidas (dubladas) de segunda a sexta.

SERIAIS

MAIS MAIS

“The listener”.Cruzando a cidade de Toronto em ambulâncias,o jovem paramédico Toby (Craig Olejnik) descobre que tem poderes telepáticos. Já está na terceira temporada.

2

“Being Erica”. Em Toronto,a protagonista,vivida por Erin Karpluk,tentava lidar com arrependimentos ao mesmo tempo que seu terapeuta tinha o dom de mandá-la de volta ao passado.

3

“18 to life”.Stacey Farber e Michael Seater encarnavam um casal adolescente,que,contra a vontade dos pais,decide se casar.

4

“La femme Nikita”. Protagonizada por Peta Wilson em 1997,a série serviu de base para a atual “Nikita”, com Maggie Q.

5

“Lost girl”.Anna Silk vive Bo,uma garota supersexy que descobre ser de uma espécie sobrenatural.

Yannick (à dir.) e Thomas Craig em cena da segunda temporada de “Murdoch mysteries”

aí!”, brinca Bisson),é a presença de personagens históricos,como o lendário aventureiro americano Buffalo Bill e o ilusionista Harry Houdini. — Essa é grande parte da diversão.Você acaba aprendendo muito sobre esses personagens reais,porque todo mundo começa a discutir sobre eles no set — diz o ator.

Bisson,que começou a carreira ainda na infância,atuando em comédias, admite ter realizado um sonho em “Murdoch mysteries”. — No quarto ano,vocês verão que eu dirigi alguns episódios.Essa é uma das coisas que eu sempre quis fazer e que,graças à série,eu pude realizar.


tn família

E-mail: tnfamilia@tribunadonorte.com.br Editor: Isaac Ribeiro

ASTROLOGIA

CINEMA

ENTREVISTA

GLAM

ARTIGO

PAULO COELHO

Lua e Mercúrio favorecem artes e comunicações e esquentam turismo.

“Os Vingadores”reúne Hulk,Thor, Homem de Ferro e Capitão América num mesmo filme.

Hector Babenco reclama que enfrenta dificuldade para filmar no Brasil.

Brilho dos paetês aparecem nos looks mais glamourosos da estação.É hora de brilhar!

Jorge Boucinhas escreve sobre a aplicação terapêutica do Plasma Rico em Plaquetas.

Tradicional conto sufi narra história de lavrador e seu único filho em uma pobre aldeia.

PÁGINA 6

PÁGINAS 6 e 7

PÁGINA 4

PÁGINA 8

PÁGINA 2

PÁGINA 2

NATAL | RIO GRANDE DO NORTE Domingo | 29 de abril de 2012 ALBERTO LEANDRO

: S O C I T É M S O C I NUTR

m e v a z a bele o r t n e de d

tâncias essenciais para uma pele saudável”, ressalta. Os nutricosméticos são enquadrados pela envelhecimento é um processo natural Agência Nacional de Vigilância Sanitária – Ando organismo. Como tal, é irreversível, visa - na categoria de alimentos funcionais, já mas pode ser devidamente controlado. que produzem efeitos metabólicos ou fisiolóO segredo está em trabalhar os cuidados cor- gicos no organismo, por meio da atuação de porais “de dentro para fora”: a ingestão de ali- um nutriente. As substâncias podem ser enconmentos/suplementos que favoreçam a har- tradas naturalmente nos alimentos ou manimonia do metabolismo é o caminho mais se- puladas na forma de cápsulas, shakes, comguro para a desejada longevidade. Para tornar primidos efervescentes, sucos e sopas. Sônia esse procedimento mais rápido e funcional, Umbelino alerta sobre o uso de nutrientes em criou-se o conceito de “anti aging” e, associa- produtos que são sabidamente nocivos à saúdo a ele, vem se tornando comum o uso dos de, como refrigerantes e demais bebidas gachamados ‘nutricosméticos’, uma série de com- seificadas. É marketing enganoso. plementos alimentares elaborados a partir de Sônia Umbelino considera positivo o fato nutrientes presentes nos alide a ciência ter esclarecido a mentos. A beleza interna importância vital de diversos COMPLEMENTOS nutrientes utilizados nos nuproporciona a externa. Os nutricosméticos não Ela exemplifica ALIMENTARES tricosméticos. são exatamente uma novicom os eicosanóides, cujo ELABORADOS A ômega 3 melhora a memória dade, apenas um nome novo para algo que a indúscognitivas, combaPARTIR DE etefunções tria farmacêutica já vinha doenças como Parkinson e trabalhando há anos. “DesNUTRIENTES Alzheimer, e fortalece o sistede que a ciência descobriu imunológico; já os polifePRESENTES NOS ma a importância das vitaminóis (contidos na cebola, manas, antioxidantes e mineALIMENTOS çã, chá, vinho tinto, moranrais para a boa saúde, couva e nozes) previnem FAVORECEM A go, meçou-se a produzir essas doenças cardíacas; e o caretesubstâncias na forma de poHARMONIA DO nóides (contidos em futas e allivitamínicos e suplemenguns vegetais) protegem conMETABOLISMO E tra certos tipos de câncer, tos”, explica Sônia Umbelino, especialista em trataA LONGEVIDADE doenças cardíacas e problemas mentos que retardam o ende vista. velhecimento. O que há de Apesar de comprovadarealmente novo é a percepção das pessoas so- mente benéfico, o uso de nutricosméticos exibre a qualidade do que elas consomem, e co- ge certos cuidados. “Os riscos de uma má sumo isso interfere na sua saúde e aparência ex- plementação podem ser decorrentes do deseterna. quilíbrio entre um nutriente e outro, já que “A pele, a unha e os cabelos são um reflexo podem otimizar ou dificultar a absorção entre de como estamos internamente. Se estamos em eles. Além disso, uma superdosagem pode acarequilíbrio metabólico, nutricional e mental, retar danos ao fígado ou rins mais comumenhá reflexo na aparência”, diz Sônia. Os nutri- te ou outros danos ao organismo”, explica Sôcosméticos entram em cena para otimizar o nia. Cada organismo tem suas necessidades, processo. Esses produtos são elaborados a par- portanto, ela recomenda que antes de usar altir de vitaminas, minerais, antioxidantes e ami- gum desses ingredientes a pessoa faça uma connoácidos. Estimulam a produção de colágeno sulta médica detalhada, com exame clínico pae elastina, proporcionando a diminuição de ru- ra um diagnóstico correto. gas, maior sustentação e elasticidade da pele, e fortalecimento de cabelos e unhas. “Não LEIA MAIS adianta usar os melhores cremes de beleza exRejeição é normal durante adaptação.Pág.03 ternamente, se está em deficiência de subs-

TÁDZIO FRANÇA repórter

O

Produtos são elaborados a partir de vitaminas, minerais, antioxidantes e aminoácidos. Estimulam a produção de colágeno e elastina, proporcionando a diminuição de rugas, maior sustentação e elasticidade da pele, e fortalecimento de cabelos e unhas


tn família

2 | Tribuna do Norte | Natal | Rio Grande do Norte

Domingo | 29 de abril de 2012

Paulo Coelho [ escritor ]

Um tradicional conto sufi á muitos anos, numa pobre aldeia chinesa, vivia um lavrador com seu filho. Seu único bem material, além da terra e da pequena casa de palha, era um cavalo que havia sido herdado de seu pai. Um belo dia, o cavalo fugiu, deixando o homem sem o animal para lavrar a terra. Seus vizinhos – que o respeitavam muito por sua honestidade e diligência – vieram até sua casa para dizer o quanto lamentavam o ocorrido. Ele agradeceu a visita, mas perguntou: - Como vocês podem saber que o que ocorreu foi uma desgraça na minha vida? Alguém comentou baixinho com um amigo: “ele não quer aceitar a realidade, deixemos que pense o que quiser, desde que não se entristeça com o ocorrido”. E os vizinhos foram embora, fingindo con-

H

cordar com o que haviam escutado. Uma semana depois, o cavalo retornou ao estábulo, mas não vinha sozinho; trazia uma bela égua como companhia. Ao saber disso, os habitantes da aldeia – alvoroçados, porque só agora entendiam a resposta que o homem lhes havia dado – retornaram à casa do lavrador, para cumprimentá-lo pela sua sorte. - Você antes tinha apenas um cavalo, e agora possui dois. Parabéns! – disseram. - Muito obrigado pela visita e pela solidariedade de vocês – respondeu o lavrador. – Mas como vocês podem saber que o que ocorreu é uma benção na minha vida? Desconcertados, e achando que o homem estava ficando louco, os vizinhos foram embora, comentando no caminho “será que este homem não entende que Deus lhe enviou

um presente? “ Passado um mês, o filho do lavrador resolveu domesticar a égua. Mas o animal saltou de maneira inesperada, e o rapaz caiu de mau jeito – quebrando uma perna. Os vizinhos retornaram à casa do lavrador – levando presentes para o moço ferido. O prefeito da aldeia, solenemente, apresentou as condolências ao pai, dizendo que todos estavam muito tristes com o que tinha acontecido. O homem agradeceu a visita e o carinho de todos. Mas perguntou: - Como vocês podem saber se o que ocorreu foi uma desgraça na minha vida? Esta frase deixou a todos estupefatos, pois ninguém pode ter a menor dúvida que um acidente com um filho é uma verdadeira tragédia. Ao saírem da casa do lavrador, diziam uns aos ou-

“Os emissários do imperador percorreram todo o país,em busca de jovens saudáveis para serem enviados à frente de batalha.Ao chegarem na aldeia, recrutaram todos os rapazes,exceto o filho do lavrador,que estava com uma perna quebrada.”

tros: “o homem enlouqueceu mesmo; seu único filho pode ficar coxo para sempre, e ele ainda tem dúvidas se o que ocorreu é uma desgraça”. Alguns meses transcorreram, e o Japão declarou guerra contra a China. Os emissários do imperador percorreram todo o país, em busca de jovens saudáveis para serem enviados à frente de batalha. Ao chegarem na aldeia, recrutaram todos os rapazes, exceto o filho do lavrador, que estava com uma perna quebrada. Nenhum dos rapazes retornou vivo. O filho se recuperou, os dois animais deram crias que foram vendidas e renderam um bom dinheiro. O lavrador passou a visitar seus vizinhos para consolá-los e ajudá-los – já que tinham se mostrados solidários com ele em todos os momentos. Sempre que algum deles se queixava, o lavrador dizia: “como sabe se isso é uma desgraça?” Se alguém se alegrava muito, ele perguntava: “Como sabe se isso é uma benção?” E os homens daquela aldeia entenderam que, além das aparências, a vida tem outros significados.

Dr. Jorge Boucinhas [ médico e professor da UFRN ]

Libertas libertas@libertas.com.br

Educação e humildade lguns pais de crianças e adolescentes demonstram ter dificuldades em relação à tecnologia e desta forma resistem, deixando de reconhecer o eficiente canal de comunicação virtual. Enquanto as crianças são como que nativas em tecnologia, os pais são imigrantes. Então, o que se verifica são situações em que os jovens e até as crianças sabem manusear o computador, os jogos, os chats, as diversões e os pais, muitas vezes, ignorantes desse complexo saber, ficam à margem. É absolutamente necessário, que haja imediatamente uma disposição interna dos pais para aprender sobre internet, sobre os diversos meios da comunicação virtual e, o que é surpreendente e novo, poderem aprender também com os próprios filhos. Os filhos podem ser mestres na tecnologia para os pais e estes podem ser mestres na formação de valores. Este diálogo exige humildade dos pais em reconhecer a supremacia deste conhecimento que, não estava disponível na fase de sua formação. Uma boa prática pode ser um espaço em que a família navegue junto para favorecer maior aproximação na comunicação interpessoal. Aprender, reaprender novos conceitos, abrir-se ao novo e ter a simplicidade de dizer não sei, ou ensineme, tudo isto facilita o diálogo e estimula trocas e aproximação. Nesta mesma perspectiva, incluem-se os professores que necessitam estar em condições de diálogo, através de todos os canais de comunicação, com seus estudantes, sob pena e risco de serem vistos como ultrapassados, dificultando assim, a construção de uma relação de confiança, tão necessária na formação e no desenvolvimento de todos.

A

Jayme Panerai Alves – Jayme@libertas.com.br

O viajante Um homem, tendo que fazer uma longa viagem, se preparou como melhor lhe convinha. Comprou calçados, roupas, chapéu, todos novos, mas para não estragá-los, guardou na mochila. Pensou que, se não os usasse, ao final da trilha todos estariam ainda novos. Após muitas e muitas trilhas caminhadas, viu-se cansado, o peso era insuportável. Aí seus pés doloridos já não suportavam os sapatos novos e a cabeça lhe doía muito para acomodar o chapéu. Faltava muito para chegar, estava velho e doente e não podia mais caminhar. Pensou: “Tudo novo, tal como preservei e de nada me serve agora”. Cultura A UERN, através da Pró-Reitoria de Extensão, realiza, quinzenalmente, o Projeto “Intervalo Cultural” sempre no Centro de Convivências do Campus Central nos intervalos das aulas, às terças-feiras no turno da noite 20h40 até as 21h e nas quartas-feiras pela manhã, das 8h40 até 9h. As apresentações vão desde esquete de teatro, poesia, música, dança, cinema e exposições. Os interessados em participar deste projeto deverão entrar em contato pelo telefone: 3315-2126. Especialização (Recife) O Curso de Especialização em Psicologia Clínica que terá início em 04 e 05 de maio tem como objetivo formar especialistas na área da Psicologia Clínica, capacitando psicólogos(as) a atuarem como psicoterapeutas na abordagem da Análise Bioenergética. Curso é credenciado pelo Conselho Federal de Psicologia como formador de Psicólogo Especialista em Psicologia Clínica. Inscrições abertas. (81) 3268.3596 - www.libertas.com.br. Esta coluna é de responsabilidade da Libertas Comunidade www.libertas.com.br libertas@libertas.com.br

boucinhas_jc@hotmail.com

De volta ao plasma rico em plaquetas Medicina Moderna procura sempre andar pari passu com os progressos da Ciência, sempre visando melhorar a qualidade de vida da população. O assunto de hoje, que já fora revisado em outro Artigo desta coluna mas que é tão momentoso que merece acompanhamento periódico, enquadra-se perfeitamente neste mister. Sob muitos aspectos é revolucionário, de vez que utiliza recursos do próprio corpo para lidar com “males e mazelas” do mesmo. Quiçá em decorrência disso mesmo não tenha tido até agora uma divulgação mais ampla quanto merece, de vez que tal fato não dá margem a que o stablishment comercial obtenha retumbantes lucros. Trata-se da aplicação terapêutica do Plasma Rico em Plaquetas (Platelet-rich Plasma ou PRP) foi já há algo mais do que vinte anos pela primeira vez aventado. A expressão é indicativa do tratamento empregando os abundantes fatores de crescimento contidos naquelas frações de células sanguíneas. Vem tendo uso em várias áreas médicas, entre elas incluindo-se a Cirurgia Cardíaca, a Cirurgia Plástica, a Ortopedia, a Medicina Esportiva, a Neurocirurgia e, ultimamente, a Medicina Estética. A Odontologia também não fez por menos, tendo-o empregado em Cirurgia Bucomaxilofacial e em implantes. Atualmente, o uso do PRP tem sido bem investigado por meio de pesquisas científicas universitárias, tendo-se mostrado seguro desde que utilizado por profissional capacitado, com conhecimento da área e empregando material de boa qualidade, e sob condições adequadas de assepsia. Em que se fundamentam os efeitos busca-

A

dos? Trata-se de algo absolutamente fisiológico. Os organismos vivos têm ótima capacidade de se curar-se naturalmente, o que, vez por outra, é dificultado por fatores quais o acúmulo de resíduos e o próprio envelhecimento, no curso dos quais os Fatores de Crescimento (nome dado a moléculas de sigla FC, que auxiliam na regeneração celular e no rejuvenescimento) são inibidos. Note-se que toda vez que ocorre uma disfunção orgânica, uma série de processos químicos leva até o local lesado um elemento, formado por fragmentos celular, que é imprescindível para que ocorra a recuperação: a plaqueta. Em circunstâncias normais, durante tal fase de regeneração tecidual, as plaquetas chegam ao local e se unem, liberando os Fatores, que começam imediatamente a agir. Pela importância disto, muitos até dão preferência a denominar a terapia como Tratamento por meio de Plasma Rico em Fatores de Crescimento (PRFC). O tratamento pode ser utilizado em diversas lesões ósteo-musculares, nas quais diminui o tempo de cicatrização e melhora a dor com relativa rapidez, contando-se entre elas tendinites de cotovelo (tennis elbow, caso em que ele parece melhor do que infiltrações com corticóides), tendinites do joelho (jumper’s knee, em que melhora a dor e promove cicatrização até em alguns casos onde existe uma pequena área de ruptura), cirurgias de prótese de joelho e quadril (nas quais alcança promover melhora da dor e propiciar mobilidade precoce e menor sangramento no pós-operatório) e em cirurgias de coluna (quando reduz o tempo de recuperação pós-operatória). Nesta área o tratamento com PRP já é in-

vestigado, há cerca de pouco mais de 4 anos, por meio de projetos de pesquisa sérios, sendo os mais comuns deles no campo do tratamento do assaz encontradiço “cotovelo de tenista” (tennis elbow). Num bem divulgado estudo deste período foi analisada a aplicação em paciente que não haviam obtido melhora com quaisquer outros tratamentos. Do total de 42 estudados, os quais já tinham recebido indicação cirúrgica, somente 5 não mostraram bons resultados, o que faz desta técnica uma boa alternativa a empregar Atualmente,o uso antes de partir para o bisturi. do Plasma Rico em No Congresso Brasileiro de Ortopedia e TrauPlaquetas tem sido matologia realizado em Brasília, em Novembro bem investigado de 2010, um dos temas badalados foi PRP, tenpor meio de do-se apresentado as indicações bem estabelepesquisas cidas e outras ainda controversas. As primeicientíficas ras aumentaram, todavia não são homogêneas, universitárias, até porque ainda existem diferenças nas técnitendo-se mostrado cas de uso. seguro desde que Até agora foram referidas indicações reuutilizado por matológicas e ortopédicas, as mais trabalhaprofissional das, mas muitas outras estão sendo estudadas capacitado,com e empregadas. Seguramente, dentre elas, o camconhecimento da po das com maiores possibilidades de progresárea e empregando so retumbante é o da Estética Médica, em que material de boa as oportunidades de emprego chegam a alqualidade,e sob cançar o limiar da fantasia. Imagine-se como condições fica gratificante injetar na face produto que faz adequadas de os anos retrocederem a olhos vistos, conseguinassepsia do que uma pele áspera e enrugada volte ao frescor da juventude, e isso não só na aparência superficial mas como real retroceder dos anos! E tal já começou a ser realidade, pelo que merece que lhe seja dedicado integralmente o espaço do próximo Artigo. Até lá, com muitas novidades!

Andréia Clara Galvão [ psicóloga ]

andreiaclara@hotmail.com

Autismos ão existe no mundo ninguém com as impressões digitais iguais a de outra pessoa, por isso as linhas de nossos dedos são parte de nosso documento oficial de identidade em qualquer parte do mundo. Mas não somente as digitais não se repetem. Também não existe duas pessoas que tenham exatamente a mesma história de vida, o mesmo modo de sentir as coisas e as experiências, o mesmo modo de reagir a todas as situações vividas. Somos todos únicos, somos singulares. É fato que podemos agrupar, classificar características das pessoas porque as semelhanças existem, e porque isso é absolutamente útil às ciências que se ocupam do homem e de suas dificuldades. Assim, nas áreas Psis, a gente tem a classificação dos temperamentos, ou das estruturas psíquicas, a classificação das doenças ou dos transtornos mentais, as definições do que seja a normalidade, etc. Tais classificações ajudam o conhecimento sobre os transtornos e os tratamentos a progredirem, permitem que os profissionais falem uma língua comum e facilitam a importante comunicação entre eles. Mas é fundamental não esquecer que quando se trata de uma pessoa, o modo de combinar a historia de vida, com o modo de reagir, de interagir, de viver o momento, de padecer de um transtorno, é singular e é isso que faz o estilo, que confere uma identidade única a cada um. Dia 2 de abril é dedicado ao autismo. Trata-se de uma doença que acomete as crianças precocemente. As causas ainda não estão de todo definidas, e estudos científicos apontam para etiologias multiplas, com várias hipóteses. Sofisticados exames feitos através de perfusão cerebral já podem mostrar imagens de zonas cerebrais afetadas. Em alguns casos disfunçöes genéticas podem ser encontradas, presenças de metais pesados no organismo são constatadas em alguns casos, intolerâncias alimentares assintómaticas também. Estas são algumas das constatações com que trabalham as ciências em torno do assunto atualmente.

N

Associado ou não a causas orgânicas, o autismo implica em sintomas como isolamento, estereotipias que são movimentos repetitivos e não muito usuais, ecolalias onde sons são repetidos sem significação, auto-agressão, sensibilidade reduzida para a dor, indiferença ao outro, indiferenças para com situações de perigo. O autista frequentemente tem importantes dificuldades em fazer laços sociais e afetivos, prejudicando a apropriação da linguagem, a comunicação e a vida em coletividade. Tudo isso traz consequências ao desenvolvimento global, à aquisição do conhecimento e às aprendizagens , ã vida afetiva e familiar, ainda que a inteligência possa, em alguns casos, estar preservada. Isolando-se, o autista tende a ser auto-suficiente. Desde há muito, os psicanalistas vem se ocupando do tratamento, crescimento e evolução dessas crianças. Maud Mannoni, psicanalista francesa, foi uma entre muitos deles. Há alguns anos, junto a uma equipe, ela criou um lugar de tratamento montado como uma Escola Experimental onde as crianças e adolescentes com problemas globais do desenvolvimento, dentre eles o autismo, passavam uma parte do dia e faziam atividades de artes, teatro, musica, culinária., passeios, etc. Um tempo de minha vida, tive a grata experiência de estagiar com eles. Conto duas experiências inicias que, a mim, muito ensinaram: Depois de atravessar Paris, pegando metrô, trem e ônibus numa manhã fria, cheguei à Escola Experimental na hora do almoço. Disseram-me que a refeição era feita pelas crianças e adultos de lá. Confesso que não confiei nos bons resultados do preparo. Disse que não tinha fome e não comi nada. No dia seguinte, fui ver como era o ateliê de culinária. Devo dizer, que a partir de então, almocei lá, e pagando, todos os dias de meu estágio, inclusive os dias em que eu estava participando de outros ateliês. Nesse mesmo crucial primeiro dia, disseram-

Autismo é uma doença que acomete as crianças precocemente.As causas ainda não estão de todo definidas,e estudos científicos apontam para etiologias múltiplas,com várias hipóteses. Sofisticados exames feitos através de perfusão cerebral já podem mostrar imagens de zonas cerebrais afetadas. Em alguns casos disfunções genéticas podem ser encontradas, presenças de metais pesados no organismo são constatadas em alguns casos, intolerâncias alimentares assintómaticas também.Estas são algumas das constatações com que trabalham as ciências em torno do assunto atualmente

me que um aluno, um menino autista muito interessante, iria comigo para comprar pão e ingredientes para o lanche da tarde. Eu falava mal o francês e não conhecia o bairro. Como eu poderia levá-lo? Achei que também isso não seria possível... Ele me ensinaria, _ Responderam-me. E para minha surpresa, a desorientada era eu e meu guia, sentindo isso, orientou-se muito bem. Quem me levou foi ele, ou acompanhamo-nos mutuamente, cada um em sua precariedade e em suas possibilidades. Deu certíssimo. Trouxemos as provisões para o lanche, tal como fora pedido. Eu comecei a conhece-lo, aprendi um pouco sobre o bairro, algumas palavras novas em francês e sobretudo, aprendi que uma parte das evoluções de um paciente, vai depender de boas estratégias de tratamento, de um profundo respeito à pessoa que ele é, e dos espaços que se dá para que as evoluções possam aparecer. Atentos às causas e debates que os vários ramos pesquisadores vem mostrando, para os psicanalistas o autismo passa a ser um modo de ser e de estar no mundo, de se relacionar com ele e assim construir a realidade possível em volta. Acontece que, se o modo de ser e de estar no mundo para o autista, é um tanto quanto impermeável, podemos constatar que isso não se dá de todo, que a regra de que não há ninguém igual, obviamente se aplica a eles e, portanto, há sempre uma brecha, uma possibilidade de ir contactando, tecendo laços, preparando avanços nas suas aprendizagens, crescimento e desenvolvimento, a partir das possibilidades de cada um. Não ser invasivo com a criança, respeitá-la em sua humanidade, em suas defesas quanto ao contato com o outro. Mas também convocála, provocá-la, convidando-a ir mais além de onde já está. Nossa convocação passa primeiro pela aceitação de sua recusa, apostando com as devidas estrategias de tratamento, que em outro tempo ela possa ir experimentando novos sentimentos, caminhando em suas posições frente ao outro, engendrando seu desenvolvimento possível.


tn família

Domingo | 29 de abril de 2012

base da medicina que trabalha a longevidade é essencialmente uma: a prevenção. Através da reeducação alimentar, da dieta adequada e do uso dos nutricosméticos, evita-se a doença e o desgaste natural que vêm com o passar dos anos. Os tratamentos “anti aging” são, sobretudo, preventivos. A funcionária pública aposentada Sacha Lídice Pereira é um exemplo de que o equilíbrio nutricional trabalha a favor de seu relógio biológico. Prestes a completar 70 anos, em agosto, ela dispõe de um vigor físico invejável, e uma aparência que não sugere sua idade real. Sacha é uma consumidora voraz de saúde e acredita que “envelhecer não é adoecer”. “Sempre busquei mais a saúde que a beleza estética. Estou atenta a tudo que possa beneficiar meu corpo” afirma ela, que conta ter sido uma das pioneiras no uso da reposição hormonal no Brasil, em 1982, época em que pouquíssimas mulheres conheciam tal procedimento. A mesma curiosidade pela ciência saudável a levou ao uso dos nutricosméticos, há três anos. Ela trocou os hormônios sintéticos pela proposta mais naturalista do “anti aging”, acreditando em suas vantagens. “Gosto da medicina que prevê a doença. Eu me consulto para não adoecer. Me senti bastante segura para adotar o tratamento hormonal com bioidênticos”, diz. Para Sacha, os hormônios bioidênticos têm a vantagem de serem naturalmente reconhecidos pelo organismo, pois são feitos a partir de células próprias. “Não é como tomar um remédio químico contra uma doença, mas fazer com que a doença não apareça”, explica. Devidamente orientada por profissionais “anti aging”, Sacha conta que consome hormônios introdérmicos específicos, vindos de uma farmácia de manipulação de Santa Catarina. Em seguida passa um creme que é absorvido pela pele. Ela repõe a vitamina B3 (a chamada “vitamina do sol”, que atua como um filtro solar natural) e ômega 3 (gordura saudável que interfere no colesterol e triglicérides). Sacha acrescenta cápsulas e pós que são consumidas junto com as refeições. Aliado aos suplementos com princípios ativos especiais, Sacha acrescentou exercícios físicos regulares e uma alimentação saudável extremamente regrada. “Nunca fui gulosa, e com o tempo aprendi a conhecer o que como. Sei que eu preciso basicamente de carboidratos, proteínas e gordura. Então uso bastante azeites, linhaça, castanhas, saladas, peito de frango, peixe, frutas, legumes, macaxeira e muito líquidos”, lista. Sacha ressalta que a leveza também se registra no bolso. “Minha alimentação melhorou e ficou mais barata. Os produtos industrializados é que são realmente caros”, completa.

Tribuna do Norte | Natal | Rio Grande do Norte | 3

FOTOS:ALBERTO LEANDRO

A

PREVENÇÃO É A CHAVE DA MEDICINA QUE TRABALHA A LONGEVIDADE ATRAVÉS DA REEDUCAÇÃO ALIMENTAR, DA DIETA ADEQUADA E DO USO DOS NUTRICOSMÉTICOS, EVITA-SE A DOENÇA E O DESGASTE NATURAL

Sacha Lídice Pereira, 69 anos (foto acima), é adepta de vários tipos de nutricosméticos e hormônios

O estilo de vida saudável de Sacha Pereira está refletido em seu dia a dia e nas atividades que faz. Há nove anos ela decidiu cantar, já soltando a voz em lugares como a Aliança Francesa e o restau-

rante Veleiros. “Encaro tudo como um hobby artístico, um exercício para a energia que disponho, minha vontade de viver”, afirma. Sacha afirma que sua postura diante da vida ajuda a rejuvenescê-la

aos olhos das pessoas. “Já chegaram a implicar comigo nos caixas exclusivos para idosos. Então tenho que sacar minha carteira de identidade para provar minha idade”, diverte-se.

Segundo a especialista em ‘anti aging’ Sônia Umbelino, a prevenção é de fato o caminho mais lógico para e vantajoso para a saúde e consequente longevidade. “Sabemos que a expectativa de vida aumentou, e é preciso dar condições ao nosso organismo de superar as dificuldades do processo de envelhecimento, os maus hábitos cotidianos, a má alimentação e o sedentarismo. É muito importante se preocupar com a qualidade de vida”, analisa. Sônia resume o conjunto de procedimentos que estende a vida e torna o processo de envelhecimento mais lento: equilíbrio nutricional, atividade física, controle de estresse, equilíbrio hormonal com uso de bioidênticos, e o consumo de suplementos com nutrientes diversos (vitaminas, antioxidantes, minerais, eicosanóides, e aminoácidos). Manter o organismo em equilíbrio é o verdadeiro segredo da juventude.

TUDO QUE O ORGANISMO PRECISA ESTÁ DISPONÍVEL NA BASE DE UMA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL”. YASMIN NAGASHIMA nutricionista

coisa. Já consumir a laranja traz a vitamina C e também as fibras, é muito melhor”, ressalta. O segredo da longevidade está numa boa dieta equilibrada, rica em frutas, hortaliças, cereais integrais e legumes. Tudo isso é capaz de oferecer ao organismo nutrientes essenciais, facilmente en-

contráveis. Entre as fontes básicas Yasmin cita a vitamina C, obtida em laranjas, cajus e acerolas; o complexo B, encontrado no gérmen de trigo, cereais e produtos integrais em geral; o magnésio da couve-folha, e o selênio da castanha-do-pará. Os radicais livres e o estresse oxidativo são os fatores de maior atuação na biologia do envelhecimento e no desenvolvimento de doenças degenerativas. Uma alimentação correta é o procedimento mais seguro para combatê-los, reforça a nutricionista. Yasmin Nagashima conta que só recorre aos complementos quando o dia a dia de seu cliente não permite uma alimentação regrada. “Há pessoas que não têm tempo, só comem ou jantam em restaurante. Nesses casos, receito uma cápsula que ele pode consumir durante as refeições, nunca em jejum”, diz. Alimentarse bem melhora a performance mental e física, auxilia na manutenção do peso adequado e na resistência de doenças.

PARA A PELE: Vitamina E – Antioxidante potente que diminui estrias, previne rugas, equilibra a oleosidade da pele e a mantém hidratada. Colágeno – Responsável pela firmeza e elasticidade da pele. Selênio – Antioxidante que evita danos causados pela oxidação da célula. Vitamina C – Auxilia no crescimento e reparo dos tecidos, pois forma colágeno. Vitamina A – Estimula a reprodução das células epiteliais, responsável pelo crescimento e diferenciação das células da pele. Zinco – Mineral que atua na reparação dos tecidos danificados, auxilia no tratamento de irritações e machucados superficiais, como a acne. Potássio – Regula a quantidade de água que permanece dentro das células; sua ausência resseca a pele.

Extrato de semente de uva – Rica fonte de procriadinas de ação antioxidante.

Nutricosméticos não é unanimidade Os nutricosméticos podem ser o ingrediente da vez para quem deseja desacelerar o envelhecimento e manter a jovialidade em dia, mas não é uma unanimidade entre os seguidores de uma alimentação saudável. A nutricionista Yasmin Nagashima é adepta do “quanto mais natural, melhor”. Ela afirma que estimula o consumo puro e simples de uma alimentação saudável e nutricionalmente adequada, com o uso mínimo – e se possível, nenhum - de complementos/suplementos alimentares. “Tudo que o organismo precisa está disponível na base de uma alimentação saudável. Temos uma infinidade de hortaliças, leguminosos e frutas que estão facilmente ao nosso dispôr. Recorrer os complementos é geralmente uma questão de comodismo das pessoas, elas acham que é mais fácil engolir uma pílula do que fazer um suco”, afirma. Segundo Yasmin, consumir o alimento natural traz muito mais vantagens. “Tomar uma pílula de vitamina C é uma

OS NUTRIENTES E PROPRIEDADES DOS NUTRICOSMÉTICOS

COMBATE À CELULITE: Cafeína – Aumenta a termogênese, queima calorias e auxilia na “quebra” de gordura. Teobromina – Tem a capacidade de dilatar os vasos sanguíneos. Guaranina – Estimulante e diurética. Cromo – Potencializa a ação da insulina relacionada ao armazenamento de carboidratos e gordura no organismo; ajuda no controle de compulsão por alimentos doces.

Sônia Umbelino é especialista em tratamentos antienvelhecimento

Cálcio – Mineral que ajuda na liberação de alguns hormônios e na perda de peso, diminuindo os depósitos de gordura no corpo.


4 | Tribuna do Norte | Natal | Rio Grande do Norte

tn família

Domingo | 29 de abril de 2012

RITMO

Jota Oliveira

O projeto Som do Mar vai receber Boa Ideia Trio e Caio Padilha com o show Folia de Rabeca, a partir das 17h no Shopping Mãos de Arte.

jotaoliveira@tribunadonorte.com.br JOÃO NETO

JOÃO NETO

CARPE DIEM! Mesmo diante do amor, podemos experimentar dúvidas. Contaminar nosso coração com visões distorcidas. O ciúme infundado, a nossa insegurança, medos tolos, coisa de criança, que atrapalha o relacionamento e acaba machucando. Guarde-se das impressões negativas da sua mente.Acredite no seu potencial e quando amar, ame por inteiro, sem medo de ser feliz. Integralmente. O amor não suporta desconfianças tolas.Também se reprime com falta de atenção. Se derrete com o carinho e o respeito. Se fortalece na cumplicidade dos olhares. Se reafirma a cada dia com a atenção e o zêlo. Cuide do seu amor. Já que é para viver um amor. Que seja intenso e fraterno. Intenso pelos carinhos que tanto se espera. Fraterno pela ligação que se cria. Eterno, na possibilidade de ser único, para sempre. Ainda que o relacionamento termine, resta na alma, a doce lembrança dos bons momentos. Eterno pela ternura que não passa. Sentimento que te abraça.Vida sem amor é vida sem graça.

Álvaro Alberto Barreto em mimos para a herdeira Tereza Josefina, em idade nova amanhã

Vivas para Cirne Jr. e Luciana Patriota. Ele rasgando folhinha

Quando você soube que queria fazer cinema? No dia em que meu avô me perguntou o que eu ia fazer quando crescer. Ele me daria algum dinheiro. Quando falei que queria fazer filme, eu não ganhei o dinheiro. Acabei fazendo filmes. Se deu certo ou não vocês que têm que dizer. Desde que você começou a fazer filmes você sabia que era o caminho certo? Não quero ficar falando do passado, dos filmes que eu já fiz. Tudo já foi dito. Minha carreira cinematográfica é muito curta. Eu decidi viver no Brasil. Não sou um exilado político. Mesmo quando fui compelido a fazer alguns filmes na América, foi mais para gerar um sustento. Meus filmes, mesmo os que fiz em inglês, são completamente autorais. Eu jamais cedi à pressão de produtor ou de estúdios. Se fosse uma

Parabéns duplos para o casal press Cínthia Lopes e Dionísio Outeda

NEW

MUDANÇA

GOLAÇO

PRAZER

A nova e tão esperada coleção da Osklen Outono/Inverno 2012 já desembarcou na Donna Donna e promete fazer a cabeça dos bolinhas. Para a mulherada, novidades quentinhas da Two Denim já estão disponíveis nos corners.

O estilista Carlos Tufvesson se desligou da Coordenadoria Especial da Diversidade Sexual da Prefeitura do Rio de Janeiro, com o objetivo de concorrer a uma vaga na Câmara Municipal da cidade.

O meia-atacante Kaká se tornou o primeiro atleta mundial a ter mais de 10 milhões de seguidores no Twitter. Kaká costuma usar sua conta no microblog com mensagens em inglês, português e espanhol.

Um pesquisador americano afirma não apenas ter encontrado o “ponto G” na região genital feminina, mas também ter feito o mapa anatômico da zona erógena. O médico ginecologista Adam Ostrzenski, do Instituto de Ginecologia da cidade de São Petesburgo, na Flórida, publicou a descoberta na revista médica “The Journal of Sexual Medicine”.

CEDIDA

JOÃO NETO

JOÃO NETO

SAMBÃO

Cloaldo Mendonça em sorrisos de parabéns, trocando de idade hoje

O alto astral do casal Vanessa e Osvaldo Figueiredo

Em festa no Bellomonte, casal de dez Bethania e Herman Ledebour

DW Brasil: Como o cinema entrou na sua vida? Hector Babenco: Quando eu tinha uns 6 ou 7 anos fui ver um filme com alguns amigos. Lembro-me de uma cena noturna de uma mulher sendo perseguida na praia por uns baderneiros num carro conversível. Não me lembro ao certo, mas deveria ser algum filme do Nicholas Ray ou do Elia Kazan. Quando passou essa cena eu percebi que meus amigos estavam se masturbando. Nesse momento percebi algo novo. O meu impulso com o ato de ver cinema está relacionado ao meu despertar sexual. Essa é minha primeira lembrança. O cinema virou um hábito em sua vida desde então? Sim, alguns anos mais tarde comecei a frequentar regularmente o cinema e o cineclube e ver muito filmes que eram proibidos para um garoto de 12 anos. Na Argentina havia uma grande oferta de filmes. Assisti a Bergman, cinema japonês, cinema russo. Eu vi os filmes da Nouvelle Vague quase ao mesmo tempo que passavam na Europa. Cresci vendo muito cinema. Aos 18 anos já tinha visto o melhor que o cinema havia produzido.

JOÃO NETO

nar o custo. Hoje ninguém se preocupa com o retorno.

Brasil, estou pensando em passar um tempo fora.

Você acha que a quantidade não é proporcional à qualidade? Continua tudo igual. Três ou quatro filmes dão certo e um grande número nem sequer chega as telas. Ninguém quer ver filme ruim. O público não é burro. A classe cinematográfica é tremendamente desordenada, imediatista e adora uma intriga. Ninguém tem uma visão de mercado um pouco mais ampla. Hoje a forma de fazer a revolução cultural está atrelada a gerar postos de trabalho e não levantar as pessoas contra o sistema. Todo mundo quer ser burguês. Quem manda no cinema no Brasil é o presidente da Ancine e um grupo de senadores

Para você é fácil trabalhar em diferentes lugares,com diferentes idiomas? Todos os meus projetos foram escolhidos por mim e representam algum lado da minha personalidade. Sou um brasileiro que nasceu na Argentina. Quando faço um filme em inglês, o que realmente me interessa é o que eu estou contando. Meu filmes são feitos para serem vistos e entendidos no mundo todo.

ENTREVISTA

HECTOR BABENCO MARCO SANCHEZ Agência Deutsche Welle

esmo depois de construir uma carreira internacional consagrada, ter dirigido grandes astros como Meryl Streep e Jack Nicholson, ser indicado ao Oscar e ter levado milhões de espectadores aos cinemas brasileiros, o cineasta Hector Babenco diz ter dificuldades para realizar os seus filmes no Brasil. Nascido na Argentina, Babenco se mudou para o Brasil em 1969, fascinado pelo Cinema Novo. No país onde escolheu viver, começou uma carreira que une com maestria temáticas humanas e complexas com um olhar único sobre a realidade brasileira – e isso em filmes que conseguem atrair o grande público, como Pixote – A lei do mais fraco (1981) e Carandiru (2003). Fora do país, o cineasta consegui manter seu toque autoral em filmes que realizou nos Estados Unidos e na Argentina. Em entrevista à Deutsche Welle, Babenco falou sobre a situação atual do cinema brasileiro e as dificuldades que encontra para realizar seus filmes.

M

pessoa menos exigente com a minha dignidade, com as minhas raízes, com minha visão de mim mesmo, teria ficado nos Estados Unidos. Estou tendo muita dificuldade para trabalhar no Brasil.

eu já fiz, eu tenho que entrar na fila do concurso público com outros 400 dos meus colegas e torcer para ser escolhido. A realidade do cinema brasileiro tem me deixado muito triste.

rio de respeito a quem ao longo de muitos anos comprovou uma capacidade profissional e um resultado mercadológico fantástico. Está tudo muito desigual, burocratizado e politizado.

Mas a situação do cinema no país não está melhor? Hoje em dia sou um desconhecido para os dirigentes do cinema brasileiro. Mesmo com tudo que

E o significativo aumento da produção? Acho que todos devem ter a chance de fazer seus filmes, mas acho que deveria haver um crité-

Era diferente nos anos 70 e 80? Havia mais liberdade no mercado para captar recursos, seja com leis, seja sem leis. O mercado arrumava alguma forma de retor-

No dia 26 de maio, Hilneth Correia arma a festa no Largo do Atheneu com o Samba do Largo. A animação está garantida com Neguinho da Beija Flor e banda Samboemios. Uma super estrutura da Pratika Locações será montada, além de praça de alimentação, segurança e banheiros. Take a note!

EU VI OS FILMES DA NOUVELLE VAGUE QUASE AO MESMO TEMPO QUE PASSAVAM NA EUROPA.CRESCI VENDO MUITO CINEMA.AOS 18 ANOS JÁ TINHA VISTO O MELHOR QUE O CINEMA HAVIA PRODUZIDO.” que aprovam leis gordíssimas. Tudo caiu na mão de quem não entende de cinema. Não há como driblar essa situação? Minha função é dizer onde eu vejo o problema. A solução tem que ser tomada coletivamente. É muito difícil. Estou cansando do

Muitos de seus filmes são adaptações literárias. Como funciona o processo de adaptação para você? Sou um grande leitor de livros. Não cresci com a televisão, e sim atrelado à palavra. Quando leio um livro que não sai da minha cabeça, o retomo constantemente, e quando encontro algo que não havia percebido, sinto que ele está me pedindo para fazer um filme. Não penso como será o processo e sim que há uma boa história a ser contada. Sua obra está sendo homenageada no festival Première BR aqui em Berlim.Você selecionou os filmes? Pixote e O Beijo da mulheraranha foram sugestões da Ilda (Santiago, curadora do festival). São os meus filmes de maior repercussão internacional e as pessoas sempre querem rever. Queria um filme mais recente e sugeri que mostrassem O passado, que é um filme muito estranho. Ele não tem gênero, não se parece com nada que eu conheça. Não tem uma matriz anterior. Você está trabalhando num novo filme? Faz dois anos que trabalho em dois roteiros. É como estar apaixonado por duas pessoas, você não sabe com qual vai ficar e ao mesmo tempo não vive sem nenhum dos dois. Um deles se chama Cidade maravilhosa e o outro, Meu amigo hindu, mas não tenho dinheiro para rodar nenhum dos dois. Entrei pedindo recursos em agosto e até agora nem sei se o projeto foi protocolado.


tn família

Domingo | 29 de abril de 2012

Tribuna do Norte | Natal | Rio Grande do Norte | 5

MEMÓRIA

Jota Oliveira

Amanhã, às 18h, familiares e amigos participam da missa de um ano de falecimento de João Lúcio Fonsêca Filho, a realizar-se na Igreja São Judas Tadeu.

jotaoliveira@tribunadonorte.com.br JOÃO NETO

PARABÉNS! Amanhecem em idade nova hoje com os vivas da coluna, Cirne Junior, casal press: editora do Caderno Viver desta TN Cinthia Lopes/Dionísio Outeda, jornalista Vicente Serejo, des. Manoel dos Santos, ortodontista Cloaldo Mendonça. Nesta segunda dia 30, vivas antecipados Neivan, Fafá Galvão, Socorro Felinto Carvalho, Tereza Josefina Barreto, o fotógrafo Jovinho, Renato Barbalho.

MIMOS

Em ocasião de sabores, Marina Pantoja e o chef Márcio Freire

JOÃO NETO

Vivas e flash para o fotógrafo Jovinho, em idade nova amanhã

JOÃO NETO

Doca Abreu e Daniele, nos agitos de verão no litoral sul

JOÃO NETO

OCTÓGNO

BORBULHAS Com um dos champagnes mais apreciados e sofisticados do mundo, a maison Veuve Clicquot Ponsardin lançou recentemente as novas safras dos champagnes La Grande Dame, Veuve Clicquot Vintage Blanc e Veuve Clicquot Vintage Rosé do ano de 2004. Os champagnes da safra de 2004 podem ser encontrados nas melhores importadoras do país.

Casal bacana, deputado Ezequiel Galvão Ferreira de Souza e Ingrid Maciel

O Iphone virou uma mania mundial, quem não os possui, sonha em ter. Com o smartphone, seus acessórios também viraram febre. Em nosso blog, na seção “Take a note”, veja os cases para iPhone que ninguém deveria ter.

JOÃO NETO

BEAUTY Um concurso que buscava o rosto mais naturalmente bonito do Reino Unido elegeu uma jovem de 18 anos como detentora do título. Florence Colgate, de 18 anos, bateu outras oito mil concorrentes por ter o rosto mais “proporcionalmente belo”. A foto está em nosso blog.

CHIC Emiliana e José Raimundo, em noite de papos e tintins JOÃO NETO

I LIKE! O facebook quer mesmo dominar o mundo, você já sabe a nova da rede social? Em parceria com a o fabricante taiuanesa HTC, o Facebook se prepara pra lançar um smartphone da rede social ainda este ano. A informação foi publicada pelo “DigiTimes”. O telefone pode ser lançado no terceiro trimestre.

FLASH No próximo dia 12 de maio, começa uma turma do Curso de Fotografia Básica para iniciantes. As aulas serão ministradas somente aos sábados, das 10 às 12 h, sob o comando de Alex Gurgel.

ÍCONE A campanha publicitária atual da Gucci é estrelada por Charlotte Casiraghi, filha da princesa Caroline de Mônaco. Ela vem sendo rodeada por paparazzi devido à sua fama e beleza perfeita, que lembra a de sua avó Grace Kelly. No Brasil, as peças foram apresentadas recentemente em São Paulo no Shopping Cidade Jardim.

Casal Álvaro Motta e Marisa, em recente evento social

ABSURDO O bispo espanhol Juan Antonio Reig Pla decidiu publicar no site oficial da Igreja Católica de Alcalá de Henares, próximo a Madri, depoimentos de pessoas que “sofreram” com a homossexualidade, denominada por lá com a sigla “AMS”, que significa atração sexual pelo mesmo sexo, e que se “curaram” através de “terapias”. - Até quando esse tipo de comportamento vai acontecer? No atual momento que o mundo vive, tratar homossexualidade como doença é uma postura extremamente inadequada.

Formado em Direito pela UnP,Ricardo Sérgio Faria nunca atuou na área jurídica.Apaixonado por esportes desde a juventude,sempre assistia a lutas do antigo vale-tudo,hoje conhecido como MMA,a partir de uma viagem para ver a luta de Lyoto Machido em Las Vegas,a amizade entre eles se firmou e Ricardo vislumbrou um mercado para trabalhar.Hoje,Ricardo participa, esporadicamente,como comentarista convidado de programas ligados a modalidade esportiva, principalmente no Canal Combate,além de patrocinar atletas e enviar competidores para lutas no exterior,devido a sua parceria com o UFC e a Bellator.Ricardo ainda pretender aumentar o número de atletas exportados para lutas no exterior,principalmente os atletas potiguares,que segundo ele,são excelentes competidores.Além disso,ele sempre vive entre o Rio de Janeiro e Natal,por aqui se dedica aos negócios da família em energia eólica,ao lado de seu pai.

O arquiteto e designer francês Philippe Starck finalmente confirmou oficialmente a existência de um projeto de um super iate com Steve Jobs, falecido em outubro de 2011. Starck negou qualquer relação com a Apple, mas afirmou se tratar de um projeto particular, que começou com Jobs e que foi retomado por sua esposa, Laurene. Veja fotos em nosso blog.


6 | Tribuna do Norte | Natal | Rio Grande do Norte

tn família

Domingo | 29 de abril de 2012

PARAÍSO DA RESSACA Se a moda pega! Um médico britânico criou um serviço itine-

Liege Barbalho

rante remunerado para curar a ressaca daqueles que exageram nos cassinos e festas na movimentada cidade de Las Vegas,nos Estados Unidos. Intitulado Hangover Heaven – ou seja, “Paraíso da Ressaca”,o ônibus conta com duas salas para curar a ressaca em apenas 45 minutos.

liegebarbalho@tribunadonorte.com.br

PARABÉNS PARA ELES E ELAS

LIEGEBARBALHO.COM

Tereza Neuma faz coro de vivas para o marido José Roberto Alves Cavalcanti

Toda feliz, Layse Freitas brindou o primeiro aninho de sua princesinha Layla

Brindando aniversário, Keite no abraço dos seus queridos Chrystian e Valentina de Saboya

As queridas Mílvia Galvão e Tereza Vale, a primeira brindando idade nova

LIEGEBARBALHO.COM

FEIJÃO SOCIETY Para os amigos agendarem: esta colunista já marcou para o dia 02 de junho o tradicional “Feijão Society”. Este ano nossa feijoada chega à sua 20 ª edição e promete uma movimentada comemoração. Com realização no Hotel Pirâmide, o evento terá como acesso uma camiseta, que dará direito a feijoada completa, sobremesas, caipifrutas, cervejas e refrigerantes, além de sorteios de vários brindes. Tendo como objetivo reunir personalidades da nossa sociedade em clima agradável e descontraído, o encontro contará com presenças de colunistas sociais de outros Estados.

LIEGEBARBALHO.COM

DESABOYA.COM

Várias »» AÇÕES Priorizando a educação e

Valéria recebe o carinho do marido Pedro Cavalcanti. Ela com aniversário

Simpatia do casal Telma e Severino Dantas. Ele comemorando mudança de idade

»»

REABERTURA Para alegria geral da galera,a Vila Folia está de volta e promete uma reabertura em grande estilo.Sob o comando da Destaque Promoções,a movimentação acontecerá no dia 26 de maio,com mais uma edição do “Arraia Asa”. Repaginado,o projeto faz parte das festas temáticas da banda Asa de Águia,com detalhes cuidadosamente elaborados para o período junino.O evento também contará com agito do Forró Pegado e grupo Revelação.

LIEGEBARBALHO.COM

CELEBRANDO Com mudança de idade na última terça-feira, o colunista Toinho Silveira irá brindar a data nesta sexta-feira. A festa que tem como titulo “Royal Salute Night Club” acontecerá no Olimpo Recepções de Candelária. A celebração será em dose dupla. O colunista estará comemorando seu aniversário e 36 anos de comunicação. A noite será marcada por homenagens especiais para o empresário Paulo César Galindo, pernambucano radicado em Natal há 30 anos, e para a TV Ponta Negra, pelos seus 25 anos de atuação no RN.

»»

Parabéns para o fotógrafo Jovinho

LAYLA

Vivas para amiga Cely Gomes de Sena

DESABOYA.COM

Para brindar o primeiro aninho da sua herdeira, Layse Freitas reuniu familiares e amigos em sessão parabéns no Sapekas Play. A festa teve como tema “Os jardins de Layla”, com decoração assinada pela Amorosa Floricultura, da tia coruja Geysa Freitas. A iluminação ficou a cargo do talento de Castelo Casado. O evento contou com estreia de um novo formato de projeção cenográfica executada pela Data Vídeo. Doces de Kyara Bezerra e o belíssimo bolo de aniversário foi assinado por Francisca Frederico. O requintado vestido da aniversariante, confeccionado em renda renascença, foi feito com todo carinho pela vovó materna Suelhe Freitas.

qualificação profissional de seu município,o prefeito Maurício Marques,através da Secretaria de Assistência Social de Parnamirim,em parceria com o Governo Federal,promoverá a 4ª aula inaugural do Pronatec – Brasil sem Miséria. Com realização nesta quinta-feira,no auditório da Escola Municipal Augusto Severo,serão oferecidos cursos de auxiliar administrativo, operador de caixa,recreador,auxiliar de serviços gerais,cuidador de idosos e infantil, mecânico e manutenção de aparelhos de refrigeração e operador de refrigeração .

Tintim para o jornalista Valério Andrade

HOMENAGEM O prefeito de São Gonçalo do Amarante,médico Jaime Calado, representou seu irmão,o também médico Ruy Pereira dos Santos,em sessão solene da entrega do título de Cidadão Honorífico NorteRiograndense.A homenagem póstuma foi realizada no plenário deputado estadual Clóvis Motta,da Assembleia Legislativa do RN e teve como propositor o deputado Fernando Mineiro.

»»

ANIVERSÁRIOS Os cumprimentos da coluna para os aniversariantes da semana.O fotógrafo Jovinho,a magistrada Keite Ferreira de Souza e Saboya,a empresária Camila Pacheco,os gêmeos Carlos Augusto e Carlos Alberto Medeiros,Cely Gomes de Sena,jornalista e crítico de cinema da TN,Valério Andrade,o empresário Severino Dantas,Valéria Barbalho Cavalcanti,o superintendente da nossa TN José Roberto Alves Cavalcanti,a restauranteur Vânia Medeiros e a banqueteira Mílvia Galvão. LIEGEBARBALHO.COM

Brindando a felicidade, Flávia Freire e Júlio Terceiro no dia do Sim

Haroldo Azevedo comemorando o sucesso do Condominium Club Paradise Village

Simpatia dos casais Francisco Ramos e Kely, Luciana Flor e Caio Fernandes

Bárbara Abramo

Cinema

Horóscopo

★ RUIM ★ ★ REGULAR ★ ★ ★ BOM ★ ★ ★ ★ ÓTIMO ★ ★ ★ ★ ★ EXCELENTE ESTREIA

Lua e Mercúrio em bom aspecto favorecem artes e comunicações,além de esquentar turismo interno.Lua crescente em Escorpião:6/5

Áries 21/03 a 20/04 Arranje tempo pra pensar em sua carreira. Anote as decisões,compare com outros tempos - Saturno ajuda a ver o cenário numa perspectiva de longo prazo.Os amores cabem na agenda desde que esteja aberto e imaginativo!

Touro 21/04 a 20/05

Enquanto você não der o braço a torcer,seu ambiente amoroso se prejudicará. Temores e medos maiores do que você quer admitir? Um dia de questionamentos e de mal estar deve ser encarado com coragem e alegria, porque não?

Gêmeos 21/05 a 20/06

Você tem de perceber melhor as pessoas.Muita sensibilidade às pessoas hoje - isso tende a desembocar em reações fortes a quem estiver ao seu lado.Mantenha distancia e indague se vale a pena dar importância as palavras.

Câncer 21/06 a 21/07

Domingo para ser diligente e apostar mais no trabalho manual,vida ao ar livre e menos encucações. Cancerianos hoje vivem um dia propicio às explorações geográficas e mentais - com a ajuda de amigo chegado,poderão viajar.

Leão 22/07 a 22/08

Boa ideia para este domingo: apoiar quem está precisando de colo, e doar-se mais um pouco a quem ama. Mente pratica voltada para soluções que confortem e trazem paz aos outros. Lua em seu signo revela emoções escondidas.

Virgem 23/08 a 22/09

Tente ser preciso e exato ao se comunicar.Não conte com ajuda alheia para isso,há algo que você precisa viver sozinho.Preocupação provoca tensões e arrependimentos.A noite o clima melhorará no amor,mas seja mais espontâneo!

Libra 23/09 a 22/10

Descanse e medite, suspendendo programas cansativos e extenuantes. O domingo pede calma,tempo para digerir as ultimas semanas,agitadas e que decisivas.A cor transforma e vibra a seu favor:azuis e verdes curam e regeneram você.

Escorpião 23/10 21/11

Projetos que devem ser engatados na próxima semana podem ser pensados na tarde de hoje,há proteção astral para você realizar sonhos! Não alimente suposições, confira o que lhe preocupa com seu amor.Desanuvie o ambiente.

Sagitário 22/11 a 21/12

Contatos com amigos e parentes em destaque - mas controle a tendência acentuada a criticálos;da mesma forma,releve palavras que possam machucar quem ama.Entusiasmo e espírito de aventura,quem há de entender você?

Capricórnio 22/12 a 20/01

Mesmo hoje sendo um domingo,dia de descanso,sua cabeça não vai parar de se ligar nos compromissos,nas coisas a fazer,nas ambições e na carreira.E tem razão,dado o cenário astral ótimo pra você.No amor,foco no essencial.

Aquário 21/01 a 19/02

Domingo de altos e baixos emocionais, em que o maior desafio será ajustar emoções e razão,sem se deixar levar pela critica ou pela autorrecriminação.Exclusividade emocional? Você odeia e se sente mal,deixe bem claro isso.

Peixes 20/02 a 20/03

Momentos passados junto a natureza serão ótimos pra restaurar a perspectiva justa do que está sentindo.Algo pequeno deixa de parecer enorme e a luz do dia clareia formas e relembra limites. Estimule autonomia mesmo no amor.

★ ★ AMERICAN PIE: O REENCONTRO (16 anos,legendado) Moviecom 1.Sessões 14h40,17h,19h20 e 21h40 / Cinemark 4.Sessões 16h20,18h50 e 21h15 Dez anos após os acontecimentos de American Pie – O Casamento,a turma para relembrar os velhos tempos.Michelle (Alyson Hannigan) e Jim (Jason Biggs) estão se habituando à vida de casados, enquanto cuidam do filho.Kevin (Thomas Ian Nicholas) e Vicky (Tara Reid) se separaram,Oz (Chris Klein) e Heather (Mena Suvari) estão se distanciando aos poucos, mas Finch (Eddie Kaye Thomas) continua louco pela mãe de Stifler (Sean William Scott).Direção:Jon Hurwitz e Hayden Schlossberg ★ ★ ★ À TODA PROVA (14 anos legendado) Moviecom 2.Sessões 15h30 e 19h35 Treinada pela CIA,a destemida agente Mallory (Gira Carano) é convocada por Kenneth (Ewan McGregor) para realizar uma missão secreta com Paul (Michael Fassbender),mas logo ela descobrirá que seus parceiros armaram uma emboscada para matá-la.Confiando apenas no seu instinto selvagem e tendo de proteger o seu pai,Mallory vai correr contra o tempo para desarmar um complô internacional. Com Michael Douglas e Antonio Bandeiras no elenco.Direção:Steven Soderbergh

★ ★ ★ FÚRIA DE TITÃS 2 (12 anos,legendado) Moviecom 2.Sessões 17h30 e 21h35 Uma década após ter derrotado o monstro Kraken,Perseu (Sam Worthington) – semideus filho de Zeus (Liam Neeson) – tenta levar uma vida tranquila como pescador e pai de Hélio.Enquanto isso,uma luta pela supremacia surge entre os deuses e os Titãs.Enfraquecidos pela falta de devoção dos humanos,os deuses estão perdendo o controle sobre os Titãs encarcerados e sobre seu feroz líder, Cronos,pai dos irmãos Zeus,Hades (Ralph Fiennes) e Posseidon (Danny Huston). Direção:Jonathan Liebesman ★ ★ ★ ★ XINGU (12 anos,nacional) Moviecom 3.Sessões 14h25 e 19h Orlando (Felipe Camargo),Cláudio (João Miguel) e Leonardo (Caio Blat) alistam-se na expedição Roncador-Xingu e partem numa missão desbravadora pelo Brasil Central.Logo os irmãos Villas-Bôas se tornam chefes da expedição e se envolvem na defesa dos índios e de sua cultura.Eles conseguem fundar o Parque Nacional do Xingu,reserva indígena que,na época,era a maior do mundo.O filme acompanha a grande luta pela criação do parque e pela salvação de tribos inteiras que transformaram o trio em heróis brasileiros. Direção:Cao Hamburger


Domingo |

29 de abril de 2012

tn família

Tribuna do Norte | Natal | Rio Grande do Norte | 7

“VIVER É A COISA MAIS RARA DO MUNDO.A MAIORIA DAS PESSOAS APENAS EXISTE.”... Uma das “máximas” de

Hilneth Correia

Oscar Wilde... Do livro que me foi presenteado esta semana, pelo amigo Undário Andrade. Tenho certeza de que pratico uma raridade...

hilnethcorreia@tribunadonorte.com.br

POR ONDE ANDEI!!!

PRESTIGIANDO SEMPRE Minha admiração ao ministro Garibaldi Filho. Ele é o único político que age como um simples ser humano com relação a eventos culturais. É difícil ele não estar, com Denise, em bons espetáculos. Curtindo o que lhe é prazeroso. Na sua companhia estavam DadaçaCláudio Emerenciano no show de Bossa Nova, no Teatro Riachuelo. Quando de minha passagem pela direção do TAM, foram inúmeras vezes que o vi chegar, sorrateiramente ...

Coluna de domingo é sempre ilustrada com muitos clics. Vamos aproveitar para mostrar o almoço oferecido por Ana Tereza Fiúza ao primo Embaixador

Fiúza Neto e festejando o aniversário do neto Felipe, filho de Idaisa-José Ivan... CLICS também dos amigos festejando SOLEDADE FERNANDES. Noitada

MULHERES CHIQUES que começou no BUONGUSTAIO e encerrou no DUBLIN... Mas, também outros clics. Curtam um bom domingo e feriadão...

PARABÉNS PRA VOCÊS

MAIS UMA MEGA FESTA ... Controlado pelo empresário inglês, Anthony Armstrong, o grupo empresarial internacional “ECOHOUSE Group”, com sede em Londres e filiais em Toronto e Singapura, prepara-se ampliar a sua participação no mercado imobiliário potiguar: além da construtora Ecohouse Brasil Construções, o grupo ECOHOUSE irá inaugurar no próximo dia 3 de maio a “EH Negócios Imobiliários LTDA.”, no bairro nobre de Petrópolis.

FEIRA DE GADO

CANDELÁRIA - Felipe com os avós Irma-Almino Fernandes, Ana Tereza-Jacó

CANDELÁRIA - Elas,Valéria Martins, Sara Fonseca e Izabela

CANDELÁRIA - José Ivan FernandesIdaisa com os filhos Breno e Felipe

MIMOS- Adorei a singeleza e o carinho de Carmem Lúcia,Vivi Rocha e Mariah Serrano. Show!

BUONGUSTAIO - Em vivas pra Soledade Fernandes, Bento Herculano e Dani Fonseca

DUBLIN – Em festejos pra Soledade,Wagner Patriota e Mônica

Na Bahia. Quem está por lá é Marcelo Abdon, onde animais potiguares já encontram participando da 12ª Exposição Nacional da Raça Boer. Evento acontece, as margens do S. Francisco, está encerrando neste domingo. Quero notícias...

FILANTROPIA COM SERIEDADE Quem esteve em Natal foi a Sra. Marieta Cavalcanti, presidente nacional da Fundação Eunice WEAZER, criada para cuidar dos familiares dos hansenianos. Veio dar posse a nova presidente REGINA MOTA e sua diretoria, no Instituto Oswaldo Cruz. É uma das mais antigas e sérias deste país. No prédio do “Oswaldo Cruz” funciona o Instituto Freinet,com fins lucrativos, que vem tomando o espaço, da entidade filantrópica, a cada dia...Uma nova para o MP.

BUONGUSTAIO – Jurema Cansanção, Rayana França, Bebeto Torres com Soledade Fernandes

Estreia – OS VINGADORES (12 anos,dublado e legendado) Moviecom 4.Sessões (leg) 15h50,18h40 e 21h30 / Moviecom 6.Sessões (3D) (dub) 15h e 17h50 / Moviecom 6.Sessões (3D) (leg) 20h40 e 0h (sex) / Moviecom 7.Sessões (dub) 14h10, 17h e 19h50 / Cinemark 1.Sessões (leg) 11h30 (sáb e dom),14h30,17h30,20h20 e 23h30 (sáb e seg) / Cinemark 2.Sessões (3D) (leg) 12h (sex,sáb e dom),15h10,18h10,21h10 e 0h10 (sáb e seg) / Cinemark 3.Sessões (dub) 12h30 (sex,sáb e dom),15h40,18h40 e 21h40 / Cinemark 6.Sessões (3D) (dub) 13h e 19h10 / Cinemark 6.Sessões (3D) (leg) 16h10 e 22h10 Homem de Ferro (Robert Downey Jr.), Capitão América (Chris Evans),Hawkeye

É PRA SAMBAR ...

NOVIDADE NA MÚSICA CARIOCA

NO DUBLIN – Sempre bem acompanhado Leonardo Braz

CENTENÁRIO – Com missa, os filhos festejam o centenário da saudosa D. Wancy Andrade

FESTEJOS PRESS - Para Cínthia Lopes e Dionísio Outeda

NOTAS NOTAS NOTAS NOTAS NOTAS NOTAS NOTAS NOTAS NOTAS NOTASNOTAS NOTAS 1-PALADAR DIFERENCIADO Convite para ir conferir o restaurante Flor de Sálvia.E como diz Marina Pantoja,chef de cozinha e nutricionista,proprietária do restaurante “Toda semana escolho uma cozinha do mundo ou regional e faço a minha releitura,contemplando ingredientes e pratos tradicionais daquela gastronomia,mas sem deixar de lado a característica principal da Flor,que é oferecer uma refeição leve, saudável e cheia de sabor.”Vamos conferir... 2-FERIADO SEM GRAÇA ...Numa terça,sem ser emprenssada mas tem

programação BOMBANDO - Noite dos solteiros Na próxima segunda-feira (30),véspera de feriado,a Taverna Pub promoverá uma noitada especial com o mesmo tema;vai agregar o restante do Castelo,aumentando a capacidade de público para 1000 pessoas e quatro bandas,em dois palcos com apresentações simultâneas. O ANO CORRENDO e Murilo Felinto já lança seus pacotes de RÉVEILLON estendendo de Lisboa para Madri e Paris.O vôos “do sabonete”decolam do Aeroporto Augusto Severo com destino a Lisboa no dia 26 de dezembro,para Madri dia 27 e para

Paris dia 29. DICAS PARA QUEM FICA ... Mais um final de semana com feriado e não custa sugerir algumas opções para quem fica na cidade e gosta de uma “pedida descontraída” - PRAIA DEVASSA – Com sol é a grande pedida. Serviço a beira mar e nos gazebos com assinatura do Chef Márcio Freire....POSTO 7 – Em Ponta Negra com o Day Use do Manary. NOS ares de Petrópolis : com cara de boteco e boa música SHOCK BAR e CHOPP. RESTAURANTES - PIAZZA DEI FIORI – Na praça das Flores a excelente cozinha de massas com

funcionamento aos domingos (noite)...VIZINHOS : JOBIM (com uma musiquinha show) e o DOM CASCUDO. São boa pedidas. PETRÓPOLIS. NO EIXO TIROL : No triângulo : Dom Vinícius, Cervantes e Pitanga. Todos ótimos... CATITA – Descendo a Ribeira é sempre uma boa pedida, música seletíssima...PRA DANÇAR ? A novidade é o DOUBLIN. LA BRASSIREI DE LA MER – Esse é “five star”para uma noite chique e de sabores assinados pelo chef ERIC JACQUIM e na sua ausência comandado por Karim Gosson.

Sucesso no último carnaval a banda do Bloco Sgto Pimenta que toca rock dos Beatles e IêIêIê em rítimo de sambaé a atração da Fundição Progresso neste sábado. Uma dica para quem vai viajar para a cidade maravilhosa neste feriadão (???).

BAR DO MOTOQUEIRO Com 30 anos de movimento, só agora fui conhecer o famoso Bar do Motoqueiro, levada pelos amigos Cláudio Porpino, Rubinho e Luciano (Pé de Palco). Por trás da UNP (Nascimento de Castro) é simples, mas com uma comida genial, cerveja e refrigerantes queladíssimos. Lá “casal de namorado” não pode dar beijo de boca e tem uma placa que diz FEIJOADA AOS SÁBADOS - começa na sexta-feira! Adorei...

★ RUIM ★ ★ REGULAR ★ ★ ★ BOM ★ ★ ★ ★ ÓTIMO ★ ★ ★ ★ ★ EXCELENTE lESTREIA

Cinema ★ ★ ★ A PERSEGUIÇÃO (14 anos,legendado) Moviecom 3.Sessões 16h35 e 21h10 / Cinemark 5.Sessão 22h30 Um grupo de petroleiros está voltando para casa após uma longa temporada de trabalho no Alasca.Uma falha mecânica acaba derrubando o avião que os transportava.Os sobreviventes,lutarão contra ferimentos mortais,o intenso frio e a fome voraz.Mas o grupo não poderia nem desconfiar que a principal ameaça ainda está por vir.Com Liam Neeson no elenco.Direção:Joe Carnahan

Abraçar e dar parabéns para Cirne Júnior, nossa editora Cinthia Lopes e Dionísio Outeda,Vicente Serejo, Manoel dos Santos (desembargador), Fafá Galvão, Socorro Felinto, Tereza Josefina, nosso fotografo querido Jovinho, Ricardo Santos Brito, Cláudio Maciel Cabral, Luciana Morais, Mag Teixeira, Yuri Leite, Acássia Azevedo, Júnior Teixeira os press TOP TN Carlos Peixoto e Conceição Almeida...ABRAÇO carinhoso a Mirtes Pinheiro de parabéns ganha festejos com almoço na casa de Ana FláviaWalter Pates. Próximo sábado vem aí NA PALMA DA MÃO trazendo na sua segunda edição a musicalidade brasileira, misturados com pitadas de criatividade, alegria, carisma, sensualidade e o jeito moleque de ser do baiano é o resultado do caldeirão musical, chamado Samba d’Ju. Na Palma da Mão terá ainda Banda Pura, Samboemios e Divina Xamma dia 5 no Stand da Cyrelaplanoeplano, a partir das 15hs. Uma realização do Pé do Palco,084 produções e Pratika Locações.

CENTENÁRIO DE D.WANCY Não posso passar em branco sem registrar os 100 anos (centenário) de D. Wancy Aquino de Andrade, que foi casada com Dr. Claudionor Andrade. Era uma figura linda lúcida e tinha um humor crítico maravilhoso. São 11 filhos e inúmeros netos, bisnetos ...vai ser lembrada em orações pela mãe mãe exemplar e caridosa com o próximo. Particularmente sou amiga das filhas Abgail, Maria Lúcia, Socorro, Clênio, assim como era do saudoso Epitacio, que foi casado com Ignez Motta de Andrade...Fica o registro. Nesta segunda-feira ela completaria 100 anos.

Com um brunchas “poderosas” CLÁUDIA GALINDO CYNDRA POTIGUAR e CARMEM MACEDO receberão convidadas no piso superior da Fogo & Chama, no próximo dia 5. Um trunk Show de Emílio Pucci na coleção Ana Rocha&Apolinário.

(Jeremy Renner),Hulk (Mark Ruffalo),Viúva Negra (Scarlett Johanson) e Nick Fury (Samuel L.Jackson) são alguns dos heróis da Marvel que se reúnem na agência de espionagem internacional S.H.I.E.L.D.para defender o planeta e a humanidade de ameaças intergalácticas.Direção:Joss Whedon

Estados Unidos.Direção:Gary Ross ★ ★ ★ ★ UM CONTO CHINÊS (12 anos,legendado) Cinemark 4.Sessão 14h A comédia conta a história de Roberto e o chinês Jun, que perambula perdido em Buenos Aires após ter sido assaltado e atirado de um taxi. Roberto não fala chinês e Jun não fala espanhol. A convivência dos dois mostrará que podem ser praticamente almas gêmeas, e no desenrolar da história a convivência proporcionará a eles um outro caminho e a resolução dos problemas de todos. Direção: Sebastián Borensztein

★ ★ ★ ESPELHO,ESPELHO MEU ( Livre,dublado) Moviecom 5.Sessões 14h40,16h55,19h10 e 21h25 / Cinemark 5.Sessões 13h10,15h30, 17h50 e 20h10 Nova adaptação do clássico Branca de Neve e os Sete Anões,dos irmãos Grimm,o filme conta a história da Rainha Má (Julia Roberts), madrasta de Branca de Neve (Lily Collins),que mata o pai da princesa e destrói o reino. Agora a heroína precisa se unir aos sete anões para reclamar seus direitos.Direção:Tarsem Singh ★ ★ ★ JOGOS VORAZES (14 anos,legendado) Cinemark 4.Sessão 23h40 (sáb) Uma luta mortal pela sobrevivência num futuro sombrio,encenada por crianças e transmitida ao vivo para todos os habitantes de uma nação construída nas ruínas de um lugar anteriormente conhecido como

“Os Vingadores”está entre os filmes mais aguardados do ano

★ ★ COMO AGARRAR MEU EXNAMORADO (12 anos,legendado) Cinemark 7.Sessões 12h50 (exceto sáb),15h (exceto sáb),17h20 (exceto dom e qui) e 19h30 (exceto dom e qui) Recém-demitida e divorciada,Stephanie (Katherine Heigl) convenceu o primo Vinnie (Patrick Fischler) a empregá-la como caçadora de recompensas.Já em sua primeira missão,ela tem de capturar o policial aposentado Joe (Jason O’Mara),que descobre ser um ex-namorado que a seduziu e abandonou no colegial.Direção:Julie Anne Robinson

TITANIC 3D (12 anos,legendado) Cinemark 7.Sessão 21h50 (exceto qui) Versão 3D para a história do jovem aventureiro (Leonardo DiCaprio) que ganha passagem,em mesa de jogo,para a primeira viagem do transatlântico Titanic.No navio, apaixona-se por Rose Bukater (Kate Winslet), noiva de um homem rico e arrogante (Caledon Hockley),com quem vive um amor proibido.Mas a viagem ganha contornos trágicos quando o navio se choca com um iceberg.Direção:James Cameron Estreia – COSÌ FAN TUTTE – ROYAL OPERA HOUSE (Livre,legendado) Cinemark 7.Sessões 14h (sáb),18h (dom) e 19h (qui) Terceira ópera de autoria de Mozart e Da Ponte,Così Fan Tutte (Assim agem todas) trata-se de um conto satírico de traição e confiança testada até o limite.Comédia com elementos nitidamente sérios,o espetáculo mostra a possibilidade de dois casais,aparentemente fiéis,terem suas vidas afetivas arruinadas por um jogo de traições aparentemente inofensivo.Mesmo criada no século 18, a ópera continua atual por comprovar que o comportamento humano permanece tão volúvel e manipulativo quanto naquele tempo.Direção:Jonathan Miller


FICHA TÉCNICA Direção: George AzevedoFoto:Humberto LopesModelo:Gabriela Januário (Tráfego Models) Styling: Luís Henrique Azevedo Beleza:Edimilson Hair Design Onde encontrar os Looks:Guilhermina na Afonso Pena,Bagatelle no Natal Shopping e Afonso Pena e Carmen Steffens no Midway Mall e Natal Shopping.

tn família 8 | Natal | Rio Grande do Norte | Domingo | 29 de abril de 2012

Vestido Art Sacra para Guilhermina

Vestido Barbara Bella para Guilhermina

Look total Lêtage para Bagatelle

LUZ PRÓPRIA No nosso primeiro ensaio feito com aplicativos do Instagran quem reina são os brilhos do paêtes que aparecem nos looks mais glamourosos da estação, conferindo um "up" extra aos

Vestido e blazer Lêtage para Bagatelle e sandália Carmem Steffens

momentos festivos.Em cena, o eterno brilho negro e os tons de dourados, ocres e pratas em combinações com rendas, organzas, tules, couros e até mesmo com o lurex, em diferentes tamanhos e formatos.É hora - e a vez! - de brilhar!

| georgeazevedo@tribunadonorte.com.br

Vestido Lia Rabello para Guilhermina

NEWSNEWSNEWSNEWSNEWSNEWSNEWSNEWSNEWSNEWSNEWSNEWSNEWSNEWSNEWSNEWSNEWSNEWSNEWSNEWSNEWSNEWSNEWSNEWS Confirmadíssimo! A edição 11 de GLAM será lançada no dia 10 de maio no Espaço de Vendas do Jardins de Amsterdã, localizado na Praça das Flores em Petrópolis. E claro, vai rolar fashion show, coquetel by Gracinha Ferreira( Raro Sabo), flashes e muita ferveção. Agende-se. A coleção outono inverno Carolina Martori será lançada na próxima quintafeira, 03, a partir de 19h na loja

do Natal Shopping. Na ocasião vai rolar coquetel e pucket show com o cast Tráfego Models. Vamos, sim! É na sexta-feira, 04, a partir de 12h que Cláudia Galindo, Cindra Potiguar e Carmen Macêdo promovem o "super" lançamento das jóias Ana Rocha & Appolinário e da coleção Emilio Pucci. Onde? Na Fogo & Chama com desfile produzido por nossa equipe Glam.

A Vogue Brasil está comemorando seus 37 anos de publicação no território verde e amarelo com a edição de maio super especial trazendo na capa a atriz Sharon Stone como a cover girl do mês. Ela foi fotografada em Los Angeles pelo fotógrafo francês Alix Malka, com styling de Elizabeth Stewart. A pedido da própria atriz, ela estrela o editorial de moda vestindo roupas que

mostram as pernas e o colo. Impossível perder né? A Elle Brasil também está em festa. A edição de maio da revista trás a top canadense Coco Rocha para comemora os 24 anos de publicação. Com os cliques do fotógrafo Max Abadian, styling William Graper e beleza by Andre Gunn a top estampa a primeira página em um vestido de tule bordado Julien MacDonald. E olha, a

revista já está nas bancas desde o dia 27 de abril. A Joalheria Luanda GAN fez o lançamento de sua new collectiion a coleção Recordar no último dia 25, com um All Day drinks em sua loja localizada na Afonso Pena. A inspiração para a o criação das peças foi toda voltada no comportamento e moda das mulheres femininas e glamourosas dos anos 50, pensando nisso a marca está fez

uma releitura dessas joias. Confira! No nosso www.maisglam.com.br looks selecionados por nossa equipe de styling fazem a festa dos fashionistas. No ar, a moda Bo Bô, Blu K, Dress To, Toli, Estrela Viva, Folic e Overend. E mais, atualizações diárias de tudo – de bom! – que acontece na cena nacional e internacional.


PARTE INTEGRANTE DO JORNAL TRIBUNA DO NORTE - NÃO PODE SER VENDIDO SEPARADAMENTE - LINHA DIRETA DO ASSINANTE NATAL: 4006-6100 - R - 6261

ANA SILVA

Coração

de mãe

clube do assinante Natal • Rio Grande do Norte • Domingo • 29 de abril de 2012

Básica Moda Feminina apresenta peças versáteis, práticas e exclusivas com as tendências da estação PÁGINA 07

RODRIGO SENA

Quatro Estações atende encomendas e oferece opções de flores e arranjos para qualquer ocasião

ADRIANO ABREU

PÁGINA 03

OFERTAS VÁLIDAS EXCLUSIVAMENTE AOS ASSINANTES DA TRIBUNA DO NORTE DE 01 A 31 DE MAIO DE 2012


2

Tribuna do Norte • Natal • Rio Grande do Norte

Palavra do editor las estão sempre a zelar pela saúde, segurança e bem estar dos filhos – apesar de muitas vezes eles não se darem conta disto. Dizem que ser mãe “é padecer no paraíso”, mas bem que as genitoras merecem uma folga do puxado trabalho materno para receber as devidas homenagens que elas merecem. O caderno CLUBE DO ASSINANTE deste mês dedica todas as suas páginas à figura das mamães que tornam a vida de seus rebentos melhor e mais doce. Quisemos retribuir, selecionando uma série de dicas que vão deixar o maternal mês de maio ainda mais bonito. Pode-se começar por deixar a mamãe mais bonita, seja em numa academia de procedimentos modernos, exercícios terapêuticos, e hidroginásticas que conservam a forma e relaxam. Para presentear, um belo buquê de rosas (ou outro tipo de flor), ao lado de uma jóia prateada ou dourada, ou mesmo um relógio moderno e delicado. Se o filho presentear com amor – e um pouquinho de bom gosto – as mamães adoram.

clube do assinante

Domingo | 29 de abril de 2012

Mamães conectadas DIVULGAÇÃO

E

NOTAS EXPLICATIVAS »Este é um serviço gratuito,oferecido aos assinantes da TRIBUNA DO NORTE pelo Depto.de Marketing com o objetivo de orientá-los na hora de escolher sua opção de compras.As informações contidas no CLUBE DO ASSINANTE foram fornecidas pelas empresas conveniadas.Não nos responsabilizamos pelas mudanças de preços e descontos.

»Os descontos oferecidos pelas empresas associadas e anunciadas são válidos durante o mês de maio de 2012.A cada mês ocorrem alterações na listagem.

»No caso de assinaturas feitas por empresas,uma pessoa deverá ser nomeada como titular do cartão.Os descontos oferecidos não serão cumulativos.

Débora Joffer Barbalho mantém na internet portal com informações preciosas e dicas para cuidar melhor das crianças

brasiliense Débora Joffer Barbalho, ao perceber que não dispunha de praticamente nenhuma informação sobre as alternativas de lazer em Natal para seus filhos, decidiu pôr suas dúvidas no papel, e levar as respostas para a Internet. Ela percebeu que outras mães passavam por isso, e concentrou as soluções no portal Kids Natal, único online voltado especificamente às necessidades infantis. “Foi uma necessidade de mãe. Usei minha paixão por Internet e marketing e encontrei nesse projeto uma forma de ajudar não somente as outras famílias, como a minha também”, conta Débora. Ela ressalta que nos próximos dias o portal ganhará uma cara mais dinâmica, para favorecer a interatividade com a família. O site conta com seções de agendas – desde teatro infantil a shows, e tudo mais que interesse ao mundo infantil. Há ma-

A

térias sobre saúde, psicologia, comportamento. Há dicas práticas, relacionadas bufês e casas para festas, com orientações sobre bufês, casas para festas, decoração, cerimonial, e som. Também há dicas de moda, brincadeiras, saúde, educação e lazer. A agenda da criança se movimenta com dicas de cinema, colônias de férias, brinquedos, shoppings. Os serviços do Kids Natal acabaram por colocarem as mamães na rede mundial de computadores. Débora conta que vários grupos e encontros de mães existem junto às redes sociais. “Os grupos no Facebook, por exemplo, movimentam encontros, piqueniques, rodas de conversa e discussões, onde os assuntos vão desde dicas de festa até a ação diante de um conflito familiar. Eu, como mãe, compartilho de cada necessidade do grupo, criamos um elo”, explica. Segundo Débora, no grupo, um dos te-

Gerente de Marketing :Andreia Barandas Editor : Carlos Peixoto Repórter:Tadzio Yuri Atendimento aos assinantes: Halicene Dantas,Alexsandra Borges e Cibelle Ribeiro

mas mais abordados são as festas infantis, onde encontrar produtos, receitas, dicas, e debates sobre os melhores preços. “Algumas mães se envolveram tanto, que aprimoraram ou desenvolveram habilidades comerciais, desde a venda de bolos até consultoria para eventos infantis. Tudo foi um processo de troca de idéias”, explica. Os Kids Natal uniu tantas mães e pais com interesses em comum – incluindo a própria família de Débora. “Aqui em casa todo mundo participa de cada processo novo do Kids. Meus filhos adoram saber sobre a agenda de eventos, e eu adoro dividir minha experiência de mãe de três filhos com os usuários. O meio de comunicação com outras pessoas que têm os mesmos interesses e problemas que eu, tem se tornado uma verdadeira terapia para mim, e espero que para quem participa também”, conclui. Mãe é mãe até conectada à rede.

End.:Av.Duque de Caxias,106,Ribeira CEP:59010-200. Fone:4006-6100 R-6261-6262 E-mail:clube@tribunadonorte.com.br Fax:4006-6121 www.tribunadonorte.com.br/clubeassinante.php


clube do assinante

Domingo | 29 de abril de 2012

Diversão Lazer

» BIG BLUE PARQUE AQUÁTICO Av.Brigadeiro Paulo Salema s/n,Praia de Búzios Tel.(84) 3239-2118 Desc.: 20% à vista na entrada do parque,limite de até 05 pessoas por assinante.

Tribuna do Norte • Natal • Rio Grande do Norte

3

Flores para alegrar a vida ADRIANO ABREU

» DANNY'S PARK Av.Senador Salgado Filho,2233 Lagoa Nova – Shopping Via Direta Tel.:3206-1000 Promoção:Compre R$20,00 em créditos e ganhe mais R$25,00 em bônus para brincar a vontade de domingo a domingo. Bônus válido para máquinas de vídeo game simuladores,brinquedos coletivos e Kid Raidem (para participar o assinante terá que adquirir o cartão do Park no valor de R$1,00).www.dannyspark.com.br » DUNNAS BOLICHE Av.Dos Ipês,2685 Neópolis Tel.:3207-6924 Desc.:20% à vista ou 10% a prazo nos jogos de boliche (não inclui alimentação e jogos eletrônicos). www.dunnasboliche.com.br » MA-NOA PARK Av.Ponta dos Anéis,s/n Praia de Maracajaú Município de Maxaranguape/RN Tel.:(84) 3211-2140 Desc.:20% à vista ou a prazo na entrada do parque,na aquisição do passaporte Classic Ma-Noa Park e passeio nos parrachos. Respectivamente no máximo de 5 (cinco) pessoas,(titular + 4 dependentes). » MARINA BADAUÊ Av.Deputado Márcio Marinho,s/n Praia de Pirangi do Norte/RN Tel.:(84) 3238-2066 Desc.:50% à vista na entrada inteira para os passeios de barco (Assinante + 4 pessoas). Crianças até 5 anos não pagam e de 6 a 11 anos pagam meia entrada.Reservas antecipadas. » TROPICAL ECO RESORT Rua:Da Floresta,078,Taborda/ São José de Mipibu-RN Tel.(84) 3645-6660 Desc.:20% (dinheiro/ cartão) nas hospedagens.(Identificar que é Assinante TN no ato da reserva e fazer a apresentação do CARTÃO DO CLUBE no check-in).

Educação Berçário, Creches e Educação Infantil

» CRECHE E BERÇÁRIO ESPAÇO DA CRIANÇA Rua:Dr° Lauro Pinto,124,Lagoa Nova Tel.:3231-0325 Desc.:20% Na anuidade escolar de 2012. (Pagamento através do boleto bancário da creche). Cursos de Idiomas

» CNA INGLÊS DEFINITIVO Unidade I:Av.Hermes da Fonseca,1168 Tirol Tel.: 3222.4395 Unidade II:R.Leôncio Etelvino de Medeiros,2835

Há dez anos no mercado, a Quatro Estações aceita encomendas e oferece arranjos para qualquer ocasião festiva

flor é um dos símbolos da feminilidade, pela delicadeza e beleza que oferecem em suas pétalas. Também é um dos presentes favoritos entre as mulheres, pois representam romantismo e carinho. Ter muitas opções à mão é de grande vantagem na hora de pensar no buquê para presentear ou decorar o ambiente. É o que oferece a Floricultura Quatro Estações, há 10 anos. Há uma flor para cada ocasião. A Quatro Estações conta com girassóis, lírios, gérberas, orquídeas, astromélias, flores do campo, lisiantos, flores tropicais, gladilhos, e rosas de todas as cores – e se não tiver, a casa providencia conforme o desejo do

A

Mirassol Tel.:3207-8468 Unidade III:Av.Senador João Câmara,134 CentroParnamirim/RN Tel.:3645-5062 Desc.:20% à vista ou 15% a prazo nas mensalidades dos cursos de espanhol ou inglês. www.cna.com.br/parnamirim

Opções em flores e arranjos podem ser encontrados na Floricultura Quatro Estações, no Tirol,que também oferece cestas de café da manhã cliente. Segundo a proprietária Flávia Lopes, para o Dia das Mães as mais procuradas são as rosas, as orquídeas e os lírios. “Se o cliente quiser, pode trazer o presente adicional, um vinho ou chocolate, que a gente faz um arranjo com as flores”, ressalta. Os arranjos para as flores podem ser feitos com papéis diferenciados, laços, fitas, plástico, e o que mais puder embalar o preUnidade II:Shopping Via Direta,Mirassol Tel.:3206-2711.Desc.:25% à vista ou 20% a prazo nas parcelas dos cursos de inglês e espanhol e promoções para os cursos de informática. Informamos que estamos com novas turmas.

» WORD STATION » ESCOLAS FISK Unidade I:Rua Mipibu,365 Petrópolis Tel.:3222.7114

Av.Deodoro da Fonseca,444 Cidade Alta Tel.: 3222.7923.Desc.:45% à vista ou 45% a prazo nas mensalidades dos cursos de Inglês e Espanhol.

sente com beleza. Há cartões e bichos de pelúcia para complementar o visual. A Quatro Estações também leva seu jardim de opções para fora da loja, fazendo arranjos e coroas para decorar desde festas, restaurantes, bailes de debutantes e casamentos, até algo mais íntimo, num motel ou mesmo em casa. A floricultura também oferece cestas de café da manhã. Floricultura Quatro Estações Av.Afonso Pena,691 A,Tirol. Tel.:3221-0711/9126-2203.

15%

em toda loja (o desconto não inclui entrega em

domicílio).

Cursos Profissionalizantes

» IT CURSOS Unidade 01:Rua:Joaquim Holanda, 1825 (Acesso Av.Miguel Castro),Lagoa Nova, Tel.:3222-4866 Unidade 02:Av.Ayrton Senna,1501- Fm Empresarial,Nova Parnamirim, Tel.:3208-0111.Desc.:20% à vista ou 10% a prazo nos cursos das academias da IT Cursos.


4

clube do assinante

Tribuna do Norte • Natal • Rio Grande do Norte

Domingo | 29 de abril de 2012

» MICROLINS Av.Ayrton Senna,1970 Neópolis Tel.:3207-3727 Desc.:35% à vista ou a prazo em todos os cursos, exceto nos cursos Vip.

ALDAIR DANTAS

T

Preparatório para Concursos

»PREMIUM CONCURSOS

Jóias e semi-jóias banhadas em prata e ouro, pedrarias e relógios com design moderno atendem um público exigente interessado em qualidade

Av.Senador Salgado Filho,2981 Potilândia Tel.:3234-9923.Desc.:20% à vista ou a prazo nos cursos regulares preparatórios para concursos.

Gastronomia Alimentos Dietéticos

»NUTRE SAÚDE CENTER Rua Ataúlfo Alves,1889 Candelária Tel.:3231.5429 Desc.:10% à vista nos produtos e pratos do dia (alimentação light e diet). Bares, Docerias e Restaurantes

»CAFÉ BRIGADEIRO Rua:Olinto Meira,1109 A,Barro Vermelho,(Por trás do Neves) Tel.:3642-1181 Desc.:10% à vista (dinheiro) em todos os serviços ( exceto nos bolos artísticos). O desconto não inclui entrega em domicilio.

»CONFRARIA DAS MASSAS Rua:Valter Fernandes,1846,Loja 1,Capim Macio (Ao lado do estacionamento do Favorito) Tel.:3642-1538.Desc.:20% à vista (dinheiro) ou 10% (cartão) em todos os itens do cardápio.

»MARIPOSA – CREPES E SALADAS Rua:Assú,707,Tiro l Tel.:3611-9227 Desc.:10% à vista (dinheiro) em todo o cardápio, exceto bebidas.

»MERCEARIA SANDUÍCHES Rua:Lima e Silva,1549,Lagoa Nova Tel.:3615-6200 Desc.:10% (dinheiro e cartão débito ou crédito) em todo o cardápio,exceto promoções.

»MISS BROWNIE Rua:Potengi,716 – B,Petrópolis Tel.:2010.3234 Desc.:10% (dinheiro) em todo o cardápio.

»Ó PAI Ó – CULINÁRIA BAIANA Rua:Fernando Barreto,1443,Lagoa Nova Tel.:32344250.Desc.:10% à vista (dinheiro) em todo o cardápio,exceto bebidas.

»RESTAURANTE BARRA MARES Av.Cotovelo s/n,Praia de Cotovelo Parnamirim/RN Tel.:3237-2164 Desc.:10% à vista em todo o cardápio.(O desconto é válido havendo consumação de no mínimo uma refeição).

»RESTAURANTE COISAS DA ROÇA BR 304,Km 287 Reta Tabajara Macaíba/RN Tel.: 3271-3349/ 9985-8307 Desc.:10% à vista (dinheiro) em todo o cardápio.

»RESTAURANTE MIRANTE DO VALE Rua:Luiz Belarmino da Costa,1587,Centro, Goianinha/ RN Tel.:3243-2283

Brilhos para presente ma jóia deve ter brilho para além de seus reflexos, sejam dourados ou prateados. Além de ser um acessório que embeleza, tem que possuir estilo e qualidade. Há cinco anos no mercado, a Italy Prata conserva uma vitrine de variadas opções em jóias em prata, aço, semi-jóias e relógios. A maioria das peças tem um inconfundível toque feminino, ao lado de um design arrojado, combinando durabilidade e beleza. Tudo que faz os olhos brilharem. A Italy conta com várias ligas metálicas preciosas na forma de pulseiras, alianças, brincos, pingentes e cordões. O carro-chefe da casa são as jóias em prata teor 925, o topo de qualidade no gênero. Já as semi-jóias conservam seu valor e classe em banho de ouro 18 quilates ou em ouro rosé. Algumas peças com-

U

Desc.: 10% à vista dinheiro ou cartão de débito (Visa ou Master) crédito (Hiper, American Express e Diners Clube) Nas alimetações .

»SHOWCOFRUTAS Av .Engenheiro Roberto Freire,8790 Praia Shopping–Ponta Negra.Tel.:9481-6183/ 8893.1366 Desc.:10% à vista (dinheiro) em todo o cardápio.

Óticas » ÓTICA MÁSTER Av.Cel.Joaquim Manoel,615 Loja 02 B-Ed.Harmony

A joalheria Italy Prata,em Ponta Negra,apresenta novidades e acessórios que combinam design arrojado, durabilidade e beleza plementam seu brilho através de pedras naturais, que dão um toque ainda mais interessante ao produto. A variedade de pedras inclui sodalita, ametista, citrino, ágata vermelha, ônix, olho de tigre, brusa, quartzo rosa, madrepérola, e titânio. A Italy Prata também destaca a linha de relógios da marca Euro, uma linha que integra a tradicional Technos, voltada especialmente para o público feminino, em design moderno. No geral é unissex, mas encantam bem mais os olhos das mulheres. Os relógios da Euro funMedical Center Petrópolis Tel.:3202-1084 Desc.:20% à vista (dinheiro) ou 15% a prazo em toda a loja.Parcelamento no cartão em até 10x sem juros.Desconto não cumulativo com nenhuma outra promoção.

Presentes e decoração »ARTE FINAL Av.Afonso Pena,703 Tirol Tel.:3211-5661 Desc.:20% à vista ou 10% a prazo em todos os produtos.

P tas. e St ofe mel em pila e te A valc cur dos estú pou qua ‘ma ‘flex equ

cionam também como um charmoso acessório para elas, em tamanhos grandes (como manda a tendência do momento) e apliques em madrepérola, couro e outros detalhes. Os relógios da Euro costumam ser vistos nos pulsos das beldades que desfilam nos fashions weeks ao redor do Brasil. O design é moderno, entre mais de 200 modelos. Há também modelos mais clássicos, sendo que as mulheres dão preferência aos maiores e mais chamativos. A loja informa que os itens favoritos para presentear continuam sendo os brincos com pingente e as alianças. Italy Prata Avenida Engenheiro Roberto Freire, 8790, Praia Shopping,loja C-06,Ponta Negra.Tel.:3219-2180.

20%

à vista ou 10% a prazo em toda a loja (exceto promoções).

»MOEDA DE OURO Loja 01:Rua Leonel Leite,1429 Alecrim Tel.:3344.3194.Loja;02 Av.Presidente Bandeira,576, Alecrim Tel.:3613.2744.Desc.:20% à vista (dinheiro) ou 10% a prazo em toda a loja,exceto produtos em promoção. »MOLDURA MINUTO Av.Engenheiro Roberto Freire,2920 Shopping Cidade Jardim – Loja 49 Capim Macio Tel.:3207-2235.Desc.: 20% à vista (dinheiro) em quadros da vitrine,15% à vista (dinheiro) em serviços de emolduramento e 10% a prazo em até 6x no cartão,parcela mínima de R$50,00.Desconto

não

»SO Av.H Desc conf

Ces

»BR Av.P


clube do assinante

Domingo | 29 de abril de 2012

Tribuna do Norte • Natal • Rio Grande do Norte

Terapias contra o estresse ara aliviar a tensão, alinhar a postura e melhorar a forma do corpo é só se deixar levar pelas mãos certas. A clínica terapêutica Mobilis Pilates e Studio atua há cinco anos no mercado, oferecendo diversas opções que podem melhorar a qualidade de vida cotidiana em diversos aspectos. A casa trabalha com pilates, RPG, drenagem linfática manual e terapia manual. A fisioterapeuta e proprietária Inna Cavalcanti alerta sobre a necessidade de procurar profissionais realmente qualificados quando o assunto é pilates. “Hoje tem estúdio de pilates em todo lugar. Mas são poucos que os oferecem um serviço de qualidade”, diz. A Mobilis oferece pilates ‘mat’ (no solo), com uso de bolas, rolos, ‘flex ring’, faixas, elásticos e pesos, ou com equipamentos como trapézio, reformer,

P rias

m

de

A clínica Mobilis Pilates Studio,no Tirol,oferece diversas atividades e tratamentos para manter e melhorar a qualidade de vida barril, cadeira e unidade de parede. O pilates trabalha a flexibilidade da musculatura, articulações, coordenação motora, corrige postura, fortalece o tronco, treina respiração e equilíbrio, trabalha a concentração. Não à toa, há uma versão voltada especialmente para gestante, um período em que o corpo da mulher exige cuidados especiais. Os exercícios previnem dores lombares, fortalece o músculo pélvico, corrige membros caídos, fortalece a musculatura abdominal e prepara para o parto normal. A mulher

pode fazer a partir do 3º mês de gestação – mas precisa da liberação do obstetra. Já as terapias manuais trabalham todas as possibilidades terapêuticas do uso das mãos. Inna adianta que em maio será lançada a ‘liberação miofascial’, uma técnica que atua diretamente nos músculos faciaism liberando pontos de tensões que levam a dores corporais. “O estresse do dia-a-dia geram tensões que as pessoas não sabem a origem. Estão nos ombros, pescoço e músculos”, explica.

Mobilis Pilates e Studio Rua Nival Câmara,1249-B,Tirol.Tel.:3201-6483/8818-4733.

20%

à vista (dinheiro) na avaliação de pilates, RPG e drenagem linfática.Aula experimental grátis. O desconto é válido apenas para novos alunos.

Exercícios e atividades são acompanhados por profissionais capacitados para atender às mais variadas necessidades dos clientes. Fisioterapia, alongamento, relaxamento e reeducação postural estão entre os serviços da Mobilis

istos fasgn é ammucharitos ncos

hop-

Colégio Salesiano Dom Bosco) Tel.:3608-4736 Desc.:20% à vista ou 10% a prazo em toda a loja.

»CEIÇA FLORES Av.Eng.Roberto Freire,2895 Nordestão Cidade Jardim Tel.:3217-2755 Desc.:20% à vista (dinheiro) em toda loja (não inclui entrega em domicílio). »ESTÂNCIA FLORICULTURA Av.Campos Sales,465 Petrópolis Tel.:3201-1705/ 9987-8706. Desc.: 20% à vista em toda loja (não inclui entrega em domicílio). »FLORICULTURA QUATRO ESTAÇÕES Av.Afonso,691A,Tirol Tel.:3221-0711/ 9126-2203 Desc.:15% à vista (dinheiro ou cartão para o vencimento) em toda loja. (o desconto não inclui entrega em domicílio). »GIRASSOL FLORES E JARDINS Av.Rui Barbosa,13 Morro Branco Tel.:3211-0660 Av Eng Roberto Freire,3039 Capim Macio Tel.: 3217-6278.Desc.:20% à vista nas flores naturais. Fotografia, Filmagem e Acessórios

»FAFÁ NOBRE STUDIO R.Inconfidentes,4778 Conjunto Pirangi II etapa Tel.:3217-3804/9981-5640 Desc.:20% à vista no poster infantil,book infantil e book para grávidas. www.fafanobre.com.br

ALBERTO LEANDRO

ssómans em

5

»ITALY COLOR R.Cel.Milton Freire,2865,Lj.06,Cidade Jardim, Por trás do Nordestão do Cidade Jardim Tel.:3217-9098.Desc.:15% à vista nos serviços fotográficos e 10% à vista nos produtos. Lavanderias

»LAVANDERIA PRIMAVERA Av.Rui Barbosa,28 Morro Branco Tel.:3222-9697 R.Princesa Isabel,821 Centro Tel.:3222-6513 Av.Jaguarari,5085 Lagoa Nova Tel.:3606-0827 Desc.:20% à vista na lavagem a seco e lavagens especiais (cortinas,estofados, tapetes) e revitalização de artigos em couro.Delivery grátis a partir de R$80,00. Desconto válido em todos os pontos de atendimento. Papelaria e Livrarias

não cumulativo com nenhuma outra promoção. ra,576,

»SONHO MEU PRESENTES

eto

Av.Hermes da Fonseca,620 Tirol Tel.3201.1933 Desc.:20% à vista (dinheiro,cheque ou cartão) na confecção de colchas de cama e cortinas (mão-de-obra).

g

Produtos e serviços

4450. Desc.:20% à vista (dinheiro) nas cestas de café da manhã.

Consertos e Ajustes

»SAPATARIA DO FUTURO »GM SOM E HOMENAGENS

Decoração de Festas

Loja I:Av.Senador Salgado Filho,2190 Loja 01 Portugal Center Tel.:3234-1995 Loja II:Shopping Cidade Jardim,Loja 20 Tel.:3217-7527 Desc.:20% à vista em todos os produtos e serviços (Limpeza e consertos de sapatos,tênis,bolsas, cintos,ajustes em roupas, bainhas,etc.)

Rua Jandira,809 Bairro Nordeste Tel.:36541088/3082-0029.Desc.:20% à vista (dinheiro) em todos os produtos e serviços.

em

Cestas, Presentes e Homenagens ao Vivo

»IDEARTE FESTAS E EVENTOS

Floriculturas e Paisagismo

m até conto

»BREAKFAST SABOR DE CARINHO

Av.Prudente de Moraes,1836 Tirol Tel.:32013678/ 3213-8245/ 3201-8560. Desc.: 20% à vista em todos os serviços.www.ideartern.com.br

»ART PLANTAS

Av.Paulistana,2113 Panatis 1 Tel.:3214-3521/9987-

Av.Ayrton Senna,s/n Nova Parnamirim (Próximo ao

»RELLICARIUM – PAPELARIA E PRESENTES Av.Afonso Pena,628 Loja 5 Petrópolis Tel.:3211-2300.Desc.:20% à vista ou 10% a prazo em toda a loja.

Roupas, bolsa& acessórios Bijuterias e Acessórios

»ITALY PRATA Av.Eng° Roberto Freire,8790,Praia Shopping, Loja C-06,Ponta Negra Tel.:3219-2180 Desc.:20% à vista (dinheiro) ou 10% à Prazo em toda a loja (exceto promoções).


6

clube do assinante

Tribuna do Norte • Natal • Rio Grande do Norte

»TIÊ BIJUTERIAS E PRESENTES Shopping Via Direta,Loja 892,Mirassol Tel.:3206-3850 Norte Shopping,Loja 220,Potengi Tel.:3674-8450 Shopping Cidade Jardim – Tel:3217.9850 Desc.:20% à vista (dinheiro ou vencimento cartão) em toda a loja.

Domingo | 29 de abril de 2012

Saúde em movimento DIVUGAÇÃO

Bolsas, Calçados e Acessórios

»BAGAGERIE – BOLSAS,MALAS E ACESSÓRIOS Midway Mall loja 144 A 1º piso,Tirol Tel.:3646-3515 Natal Shopping loja 113,Candelária Tel.:3206-8109 Desc.:20% à vista (dinheiro) nas linhas escolares infantis (exceto produtos em promoção). »LE POSTICHE Midway Mall lojas 272/272 A 1º piso,Tirol Tel.: 3646-3240.Desc.: 20% à vista (dinheiro) nas linhas escolares infantis (exceto produtos em promoção). Moda Feminina

»BÁSICA MODA FEMININA R.Anibal Brandão,Galeria Tânia Pereira,Loja 361D, Nova Parnamirim (Na lateral do Salesiano Dom Bosco) Tel.:3208-4091.Desc.:20% à vista (dinheiro) em toda a loja,exceto promoções. »CONSUMISS STORE Av.Prudente de Morais,3857,Shopping Natal Sul, Loja 022,Lagoa Nova.Tel.:3234-1996 Desc.:20% à vista ou 10% a prazo em toda a loja. Com 30 anos de experiência no mercado, a academia oferece atividades para manter a saúde do corpo e da mente

»DUETO MODA FEMININA Av.Jaguarari 1875,Jaguarari Center Loja 13 Lagoa Nova Tel.:3213-2306 Desc.:20% à vista ou 10% a prazo em toda a loja.

»MALUG ROUPAS E ACESSÓRIOS Av Romualdo Galvão,2100 Loja 06 Lagoa Nova Tel.:3206-4804.Desc.:20% à vista (dinheiro) ou 10% a prazo em toda a loja.

»ZULLYS Av.Amintas Barros,2909 Loja 02 Lagoa Nova Tel.: 3606-0343.Desc.:20% à vista (dinheiro) ou 10% a prazo a toda a loja. Moda Masculina

»O GORDO - TAMANHOS ESPECIAIS Shopping Via Direta,loja 217 Mirassol Tel.:32343547.Desc.:20% à vista (dinheiro) em toda a loja. »ON-LINE FOR MEN Shopping Via Direta, loja 429 Mirassol Tel.: 3234-0564. Desc.:20% à vista (dinheiro ou vencimento do cartão) em toda a loja,exceto promoções. »PIRINEUS Shopping Via Direta,loja 209 Mirassol Tel.:32062303.Desc.:20% à vista (dinheiro) em toda a loja.

»SCHALK Rua:Trairi,654,Loja 01,Petrópolis Tel.:3212-1123 Shopping Via Direta, Mirassol Tel.:3226-0776 Av.Eng° Roberto Freire,2920,Shopping Cidade Jardim,Loja 31,Capim Macio Tel.:3217-3521 Av.Eng° Roberto Freire,8790,Praia Shopping,Loja 018,Ponta Negra Tel.:3219-2432

á um exercício para cada necessidade. Seja melhorar a silhueta, cuidar de um problema de saúde ou apenas relaxar a mente, o importante é se mexer. A academia Tutubarão, uma das mais antigas de Natal, com 30 anos, cresceu à medida que foi se adaptando aos gostos de sua clientela. Nasceu como opção de natação para portadores de deficiência, e foi se incrementando para todos os públicos. O público feminino, que ainda impera nas academias, se divide entre a ginástica na água e no salão. Para as desejadas hidroterapia e hidroginástica, a casa conta com duas piscinas, uma semi-olímpica e outra para crianças. Elas

H

Av.Dr° João Medeiros Filho,2395,Norte Shopping,Loja 214,Potengi Tel.:3214-5358 Av.Piloto Pereira Tim,2756,Loja 03,Monte Castelo/ Parnamirim Tel.:3272-0087 Desc.:20% à vista (dinheiro) em toda a loja. Moda Unissex

»GARAGEM 303 Av.Deodoro,303 Petrópolis Tel.:8821-1322 Desc.:20% à vista ou 10% a prazo em toda a loja, exceto produtos em promoção. »TISSAGE – MODA MASCULINA E FEMININA Av.Sen.Salgado Filho,2190 Portugal Center Loja

Na Tutubarão o cliente dispõe de piscina,aulas de ginástica e equipamentos para musculação possuem aquecimento, elevador e acesso para portadores de deficiências. “A área de atrito é menor. Malhar na água é mais suave, prazeroso, e queima as mesmas calorias dos outros exercícios, por isso elas adoram”, explica o professor José Rosélio. Há também natação. Fora das piscinas, a Tutubarão oferece musculação, fisioterapia, e ginástica – estas, contando com jump, step, e mais

11,Lagoa Nova.Tel.:3234-5017.Desc.:20% à vista (dinheiro ou débito) em toda a loja.

»VESTALE COLECTION Av.Prudente de Morais,2936 Loja 07 Shopping Unicenter Lagoa Seca Tel.:3223-5002 Desc.: 20% à vista ou 5% a prazo em toda a loja. Moda Praia Unissex

»FIO A FIO Loja 1:Av.Engenheiro Roberto Freire,2920 Shopping Cidade Jardim,Loja 27 Capim Macio Tel.:3217-7966 Loja 2:Av.Engenheiro Roberto Freire,8790 Praia

recentemente o spinning, com aulas nas tradicionais bicicletas. Segundo Rosélio, o objetivo do público feminino ainda é a perfeição estética. “Malhar a barriga, o abdômen, deixar a musculatura mais rígida...é tudo que elas querem”, diz. Tutubarão Av.Nascimento de Castro,954,Dix-Sept Rosado. Tel.:3223-5594/3223-5599.

20%

Com uma mensalidade o cliente pode fazer as quatro modalidades: natação, hidroginástica, musculação e ginástica. Exceto fisioterapia e hidroterapia.

Shopping,Loja G8,Ponta Negra Tel.:3236-3123 Loja 3:Av.Bernardo Vieira,3775, Tirol,Midway Mall,Loja 323,2° Piso Tel.:3646-3050.Desc.:20% à vista em toda a loja,(Exceto promoção.) Moda Esportiva

»ADIDAS Av.Bernardo Vieira,3775,Tirol,Midway Mall,3° Piso, Tel.:3611-9881 Desc.:20% (dinheiro/ cartão) em toda a loja, parcelado em até 10x sem juros,exceto promoção e acessórios (bonés,meias,óculos e relógios).


Domingo | 29 de abril de 2012

clube do assinante

Tribuna do Norte • Natal • Rio Grande do Norte

7

RODRIGO SENA

Saúde Academias e Clubes

»AABB – NATAL Av.Hermes da Fonseca,1017 Tirol Tel.:3211-4412 Desc.:20% à vista na adesão para sócio e nas mensalidades das seguintes atividades esportivas (para assinantes não sócios): basquete,dança,futebol,futsal,ginástica, handball,hidroginástica,karatê,musculação, natação,tênis,voleibol.

»AGEM ACADEMIA R.Conselheiro Lafayete ,2837 Conj.Pirangi 1ª Etapa Neópolis Tel.:3217.5586 Desc.:20% à vista (dinheiro) em uma das modalidades - ginástica aéro-local, Musculação,jump e spinning

»ACADEMIA DE KUNG FU SHAO LIN R.Luzia Bezerra,244 Rosa dos Ventos Parnamirim Tel.:9153-5515/ 8809-5296 Desc.:20% à vista nas três primeiras mensalidades e isenção da taxa de matrícula (kung fu tradicional,boxe chinês e Shuai Shiao).

»AERO FOOTBALL CENTER Av.Hermes da Fonseca,1400 Tirol Tel.:3221.1408 Desc.:25% à vista na escolinha de futebol e 10% à vista na locação de quadras e no futebol para executivos.

»SPK – OFICINA DO MOVIMENTO E ESTÚDIO R.Raimundo Chaves,1912,Candelária Tel.:3234.0581. Desc.:20% à vista (dinheiro) na 1ª mensalidade da oficina para crianças de 03 à 13 anos de idade.

»TUAREG – KASA DO ORIENTE (DANÇA DO VENTRE) R.Praia de Alagamar,2170 Ponta Negra Tel.: 3219-0029.Desc.:20% à vista nas aulas da dança do ventre.

»TUTUBARÃO Av.Nascimento de Castro,954,Dix-Sept Rosado Tel.: 3223-5594/ 3223-5599 Desc.:20% à vista (dinheiro).Com 1 mensalidade o cliente pode fazer as 4 (quatro) modalidades:natação,hidroginástica, musculação e ginástica.Exceto fisioterapia e hidroterapia. Artigos Terapêuticos

Opções modernas e práticas de roupas e acessórios para o dia-a-dia levam a assinatura da própria marca natalense

Moda versátil e básica S

er versátil é mais fácil para quem aposta na simplicidade, sem complicações. É esse conceito que a loja Básica Moda Feminina leva para sua vitrine. A marca natalense fabrica suas próprias roupas há sete anos, com estilistas da casa, e investe em peças exclusivas para momentos diversos do cotidiano – do trabalho à festa. O estilo da Básica é não se prender aos ditames da moda. “A gente pega algo que é tendência no momento, mas não trabalhamos tudo em volta dele. A idéia é fazer uma roupa atemporal, que possa ser usada em qualquer época”, diz a proprietária e estilista Jaína Bezerra. Esse conceito é levado para blusas, calças, saias, macacões

Em Nova Parnamirim,peças exclusivas unem bom gosto e as tendências da moda para a mulher moderna se vestir com estilo

e acessórios como bolsas e bijuterias. Há peças que estão em alta no momento, como os vestidos e saias longos; os tons terrosos são a preferência, ao lado de estampas “animal print” de cobra. O macacão voltou com tudo, mais chique para o dia-a-dia. As calças da Básica são apenas em alfaiataria, em linho, viscose e malha. No terreno das blu-

sas, muitas regatas de seda ou ao estilo cardigã. As bijuterias estão mais neutras, discretas, com ou sem pedras. Segundo Jaína, a faixa etária de sua clientela é a mais variada possível, de adolescentes a senhoras. “A gente procura respeitar cada estilo, com a personalidade de nossas roupas, do básico ao mais elaborado com apliques e bordados”, conclui. Básica Moda Feminina Rua Aníbal Brandão,Galeria Tânia Pereira,loja 361D, Nova Parnamirim (lateral do Salesiano).Tel.:3208-4091.

20%

em toda a loja, exceto promoções.

»MAKTUB Shopping Via Direta,Loja 824 Mirassol Tel.32341897.Desc.: 20% à vista ou 10% a prazo em toda a loja.

lado do Natal Shopping) Tel.:3231-1701 Av.Engº Roberto Freire,2920,Shopping Cidade Jardim,Lj.054,Ponta Negra Tel.3207-1754 Desc.:20% à vista ou 10% a prazo na hidratação comum,coloração Matrix e mechas.Nos demais serviços 10% à vista (exceto estética).

Tel.:3608.0596 / 8816.2989 Desc.:20% à vista (dinheiro) nas sessões realizadas.Atendimento 24H de domingo a domingo e por hora marcada.

Av.Romualdo Galvão 779,Tirol Tel.:3211-1134 Desc.:20% à vista na cauterização,manicure, pedicure,depilação e escova.

Clínicas de Fisioterapia Respiratória

»CIRP – CENTRO INTEGRADO DE

»SHOP HAIR

Rua Tomaz Matias II,156 Nova Parnamirim Parnamirim/ RN

Cabeleireiros

»FRANK CENTRO DE BELEZA

Av.Senador Salgado Filho,3684 Candelária (ao

»FISIOTERAPIA RESPIRATÓRIA PEDIÁTRICA

osteopatia,terapia manual,fisioterapia dermatofuncional,reabilitação cardíaca e pulmonar e fisioterapia para gestantes.

»CLÍNICA MÁRCIA ORTIZ (ATIVIDADES Clínicas Terapêuticas

REEDUCAÇÃO POSTURAL Rua Coronel Costa Pinheiro,1522,Tirol Tel.: 3211.6016.Desc.:20% à vista nas sessões de pilates para reabilitação e fitness,RPG,

AQUÁTICAS E PSICOCORPORAIS) Av.Passeio dos Girassóis,2562 Mirassol Tel.: 3231.1727 /9481.2979 Desc.:20% à vista em todos os serviços, incluindo a avaliação.Desconto válido para alunos novatos e em um contrato mínimo de 03 meses. www.marciaortiz.com.br


clube do assinante 8 Domingo | 29 de abril de 2012 Natal • Rio Grande do Norte

Para relaxar e ficar em forma ALBERTO LEANDRO

O Spa Pratagy,instalado no Hotel Imirá,oferece serviços para manter a beleza em dia Spa Pratagy e Salão Fina Flor oferece serviços que embelezam em variadas situações. Os serviços estéticos estão ao alcance de quem mora na capital, e proporcionam relaxamento por contar com a estrutura do hotel Imirá, onde está instalado. O público feminino, que é a maioria da casa, conta com diversas opções de embelezamento. Em breve começará a nova temporada do spa de emagrecimento. O segmento de salão atende a todas as necessidades da vaidade feminina. O espaço oferece unhas decoradas, permanentes de cílios, megahair, penteados, procedimentos para a saúde do cabelo (como a hidratação capilar), banhos relaxantes, banho marroquino, banho de lua, manicure e pedicure, depilação, corte, escova, e maquiagem, além de hidratação facial e corporal. Para relaxar, massagens aplicadas por profissionais. Os serviços de spa são os mais procurados por quem deseja afinar a silhueta. O cliente tem as opções

O

»MOBILIS PILATES STUDIO Rua:Nival Câmara,1249 – B,Tirol Tel.: 3201.6483/8818.4733 Desc.:20% à vista (dinheiro) na avaliação de Pilates,Pilates,RPG e drenagem linfática.Aula experimental grátis.O desconto é válido apenas para novos alunos.

»ESPAÇO CORPOMENTE Rua Mipibu,338 Petrópolis Tel.:3221-5502 Desc.:20% à vista nas terapias. Yoga,massoterapia oriental (shiatsu,ayurvedica, etc),psicoterapia corporal em biossíntese, terapias da respiração,hidroterapia, relaxamento e meditação,drenagem linfática manual,fisioterapia,bamboterapia, programa de combate a celulite e aumento do tonos musculares e pilatos (com e sem aparelhos). Depilação, Estética e Beleza

Em breve, as instalações amplas e confortáveis do spa estará recebendo a clientela para temporada de emagrecimento

de spa com hospedagem por 10 dias ou mini-spa com quatro dias. O acompanhamento da cliente é completo: conta com alimentação balanceada, serviços médicos, fisioterapeuta, nutricionista, atividades físicas e esportivas, drenagem linfática, além de re-

»CLINOPÉ Rua Romualdo Galvão,2189,Lagoa Nova Tel.:3234-1703.Desc.:20% à vista (dinheiro) Nos serviços de Podologia. ROSE ESTÉTICA Av.Prudente de Morais,3857 Loja 22 Shopping Natal Sul-Lagoa Nova Tel.:3234-1996 Desc.:20% à vista em todos os serviços (massagem,peeling,depilação,banho de lua, coloração,corte,escovas (vários tipos),manicure, pedicure e etc).

»SPA PRATAGY E SALÃO FINA FLOR Av.Senador Dinarte Mariz,4077,Via CosteiraParque das Dunas (Dentro do Hotel Imirá Plaza) Tel.:4005-0505.Desc.: 20% à vista (dinheiro) em todos os serviços do salão e SPA (massagem – tratamento corporal e facial,manicure e pedicure, depilação,corte,escova,penteado,maquiagem e química).

creação e lazer. Spa Pratagi e Salão Fina Flor As atividades no spa costumam incluir Av.Senador Dinarte Mariz,4077,Via Costeira,Parrevisão médica e estética, café da manhã, ca- que das Dunas.Tel.:4005-0505. minhadas nas praias da Via Costeira e Ponà vista em todos os servita Negra, lanche, atividades de ginástica, ços do salão e spa. hidromassagem e hidratação.

20%

Estamparia e Bordados

»STAMP SERVICE Shopping Via Direta,loja 254 Mirassol Tel.:3231-1050.Desc.:20% à vista (dinheiro) em todos os serviços. Perfumaria, Cosméticos e Drogarias

Veículos Acessórios para Carros DOM CAR PEÇAS & SERVIÇOS Av.Alexandrino de Alencar,1112 Lagoa Seca Tel.:3211.7501/3222.8611.Desc.:15% à vista nas peças. Troca de Óleo, Lava Jato e Revitalização de Pintura

»SOLUI FARMÁCIA DE MANIPULAÇÃO Rua Apodi,559 Tirol Tel.:3222-1900/3222-1901 Desc.:20% à vista (dinheiro ou cheque) na manipulação de fórmulas (ou produtos manipulados)

»YES COSMÉTICS – ALECRIM Av.Coronel Estevam,1141,Alecrim Tel.:3211-6216 Desc.:30% à vista ou 10% a prazo nas deocolônias,cosméticos e maquiagens.(exceto para revendedoras).

CAR SERVICE J.MARQUES Loja 01:Av.Presidente Bandeira,975 Lagoa Seca Tel.:3223-6338/9980-3535 Desc.:15% à vista (dinheiro) Na troca de óleo,lava jato e polimentos,(exceto promoções). Loja 02:Estacionamento do Hiper Bompreço Cidade Jardim Tel.:3207-1305/8855-1961 Desc.:15% à vista Lavagem Ecológica (Sem água) e Polimentos.(dinheiro) em todos os produtos e serviços (exceto promoções).

Tribuna do Norte - 29/04/2012  

100 GAUDÊNCIO TORQUATO JORNAL DE WM ELIANA LIMA NEGÓCIOS E FINANÇAS PREÇO DESTA EDIÇÃO:HOMEPAGE: OSindicato dos Médicos do RN decidiu cruzar...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you