Issuu on Google+

» AMPLIAÇÃO DA MOR GOUVEIA E PADRONIZAÇÃO DE CALÇADAS TERÃO ATRASO • PÁGINA 10

Ano 63 • Número 269 • Sexta-feira, 07 de fevereiro de 2014

FUNDADOR: ALUÍZIO ALVES - 1921 - 2006 EXEMPLAR DO ASSINANTE

« 2014 » Robinson e Fátima discutem aliança PT/PSD para eleições A deputada Fátima Bezerra (PT) e o vice-governador Robinson Faria (PSD) “avançaram” em uma possível união dos partidos na chapa majoritária para as eleições deste ano no Estado. « PÁGINA 3 »

TCE faz 82 recomendações para reestruturar a Saúde « SUS » Os conselheiros do Tribunal de Contas do Estado aprovaram por unanimidade o relatório final da Auditoria Operacional (AOP) na área da saúde pública, com 82 procedimentos que serão encaminhados à Sesap. Entre as novas medidas, estão a transformação de oito hospitais regionais com menos de 50 leitos em unidades básicas de saúde e revisão dos contratos que terceirizam o atendimento com as cooperativas médicas. A Sesap tem 60 dias para apresentar um cronograma de implantação das recomendações. « PÁGINA 9 » MAGNUS NASCIMENTO

« DENGUE » Prefeitura discute plano para enfrentar epidemia

« SUPREMO » Despesa do TJRN com gratificação inconstitucional é de R$ 120 milhões

Técnicos da Prefeitura do Natal trabalham na elaboração de um Plano de Contingência da Dengue em Natal, com uma preocupação a mais: a realização daCopadoMundonomeio do ano. A capital está com risco ‘muito alto’ de epidemia.« PÁGINA 7 »

Em decisão unânime, o Supremo Tribunal Federal considerou inconstitucional o pagamento de gratificação de 100% a servidores do Tribunal de Justiça do RN. Despesa com benefício já soma R$ 120 milhões em 10 anos. « PÁGINA 4 »

« HABITAÇÃO » Burocracia adia a entrega de 900 apartamentos do ‘Minha Casa’

« DÍVIDA » Prefeitura e Governo devem R$ 367 milhões em precatórios

Os 900 apartamentos do condomínio Vivendas Planalto, na zona Oeste de Natal, estão concluídos há cerca de seis meses. Problema no cadastro de quase metade das famílias sorteadas impede a entrega dos imóveis. « PÁGINA 11 »

R$ 75 milhões para o fim do túnel As obras de drenagem da área em torno da Arena das Dunas estão 70% concluídas. A prefeitura estuda a abertura de uma frente de trabalho para a 2ª etapa das obras, que vai interligar as lagoas do Jacaré e do Preá, em Nova Descoberta, ao túnel de 4.500 metros que está sendo construído. Essa nova etapa tem custo de R$ 75 milhões.« PÁGINA 13 »

O Governo do Estado e a Prefeitura de Natal devem mais de R$ 367 milhões em precatórios e Requisição de Pequeno Valor. O total da dívida de precatórios começou a ser divulgado ontem no site do TJRN, por determinação do CNJ. « PÁGINA 4 »

política

economia

esporte

colunistas

Câmara e secretarias terão novas sedes

Preço do pão: Natal registra maior aumento

Globo é campeão nos pênaltis em Mossoró

Os vereadores de Natal aprovaram empréstimo de R$ 54 milhões para construir sedes próprias do Legislativo e Executivo municipal.« PÁGINA 3 »

O produto teve o maior reajuste do país em janeiro (4,71%), segundo levantamento do Dieese, e deve ficar ainda mais salgado com a alta no custo da farinha de trigo.« PÁGINA 6 »

Com uma bela atuação do goleiro Rafael, que pegou quatro pênaltis, o Globo foi campeão da Copa FNF e assegurou a primeira vaga do RN na Copa do Brasil de 2015.« PÁGINA 7 »

SABORES DA ARGENTINA A sorveteria mais festejada da Argentina, Freddo, abre franquia em Natal sendo a primeira no Nordeste. A fama do doce de leite também está na forma de massa gelada entre os vários sabores. « FDS 5 »

40

FALE CONOSCO: PABX: Redação:

Assinaturas: 4006-6100 Venda avulsa: 4006-6113 Comercial:

COPAS

Vôlei de Praia

Paixão pelo futebol aliada ao jornalismo rende livro

Juliana e Alison entram em ação hoje com início do Circuito BB

« VIVER 1 » 4006-6111 Classificados: 4006-6103 Circulação: 4006-6173 Reclamações:

Henfil 70 anos: homenagens ao traço que cutucava a censura. « PÁGINA 2 »

Cláudio Humberto Rombo no Banco do Nordeste - entre 2003 e 2008 - supera R$ 2 bilhões .« PÁGINA 4 » ALEX RÉGIS

ALEX RÉGIS

TOTAL DE PÁGINAS DESTA EDIÇÃO: páginas

Woden Madruga

4006-6161 4006-6103 4006-6111

SITE: www.tribunadonorte.com.br REDAÇÃO (pauta): pauta@tribunadonorte.com.br

« PÁGINA 14 » NO FACEBOOK

facebook.com/tribunarn

NO TWITTER

@tribunadonorte

PREÇO DESTA EDIÇÃO:

R$ 1,50


2

Natal - Rio Grande do Norte Sexta-feira, 07 de fevereiro de 2014

Jornal de WM

opinião

Umas e outras

WODEN MADRUGA [ woden@terra.com.br ]

NEI LEANDRO DE CASTRO Escritor

O traço que cutucava a censura

O

s setenta anos de Henfil, celebrados dia 5 no Museu da República, no Rio de Janeiro, foram lembrados também em outras partes do país e serviram de mote para crônicas e artigos em vários jornais, entre eles o que Luiz Zanin Oricchio, editor do Caderno de Cultura do Estadão, escreveu no seu blogue “Cinema, cultura e afins”. Além de jornalista, Luiz Zanin é crítico de cinema, escritor e joga na crônica esportiva. Publicou, entre outros, os livros Cinema de Novo: um balanço crítico da retomada e Fome de Bola: Cinema e Futebol no Brasil. Título de sua crônica: “Henfil, ano 70”. Subtítulo: “Traço rápido do mineiro que fustigava medo generalizado buscando brechas na censura”. Destaco algumas passagens: - Seu traço rápido e cheio de movimento deu origem a personagens que entraram para o imaginário brasileiro nos anos 70 em especial: a Graúna, o bode Francisco Orellana, o cangaceiro Zeferino, os Fradinhos. Henfil foi superconhecido de uma geração que ficava esperando, com água na boca, seus novos cartuns. - Com seus personagens, Henfil brincava com os estereótipos. Graúna, o Cangaceiro e o Bode, por exemplo, apareciam sempre em trio. O cangaceiro Zeferino era um clichê do nordestino macho e violento. Graúna era analfabeta, mas de inteligência viva. Ela poderia encarnar aquilo que Ariano Suassuna definiu em seu Auto da Compadecida”: “a esperteza é a coragem do pobre”. O bode Orellana ironizava o intelectual livresco (a comida preferida do bode eram os livros), com muita cultura, porém com profunda ignorância das condições reais em que vivia o povo e como ele pensava. - Com essa trinca, Henfil comentava a situação do País, que vivia sob uma férrea ditadura. No caso, captava a situação do interior nordestino, a caatinga, a indústria da seca, o coronelismo e o mandonismo da região, com seus próceres sempre alinhados

com o governo. Afinal, lucravam muito à custa da miséria alheia. Continuam lucrando, aliás. - O traço rápido e irreverente de Henfil era sua forma de pensar um Brasil cuja luz no fim do túnel podia ser a de um trem vindo em direção contrária, como dizia outro mestre do humor, Millôr. Corajoso e ácido, fustigava a ditadura através das brechas deixadas pela censura, mas não poupava quem a combatia de forma romântica e idealizada. Daí a implicância com a oposição livresca, que caracterizou no bode Orellana, com seu apetite por celulose e o chapeuzinho coco na cabeça. - Essas frestas da ditadura, Henfil ocupava alegremente, por assim dizer. São antológicos alguns dos seus desenhos no “Pasquim”, o famoso “hebdô”, que marcou a renovação da linguagem jornalística do País. O Pasca tirou a gravata do texto e do desenho com um time brilhante e afiado: Millôr, Ziraldo, Jaguar, Paulo Francis, Ivan Lessa, Sérgio Augusto e, claro, Henfil. O espírito da coisa era oralidade nos textos, desenvoltura nos desenhos e senso crítico sem complacência. Era o lugar ideal para cada um, e, em especial, para o mineirinho Henfil, que chegou ao Rio para bagunçar o coreto”.

O

s garçons da França são muito folgados. Metidos, tratam mal os estrangeiros, se acham os reis da cocada “noir”. Certa vez, num restaurante em Marselha, olhei o cardápio e perguntei ao garçom como era o coelho. Eledisse,muitododebochado: - O coelho tem quatro patas e duas longas orelhas. Outro garçom, em Paris, se recusou a me servir vinho e queijo antes da refeição. Ele disse que vinho e queijo fazem parte da sobremesa. Insisti, ele foi embora e não me atendeu.

•••

O garçom do Restaurante Inhaca, em Lisboa, também é muito metido. Recentemente, Muriel esteve por lá. Veio o garçom e ele perguntou:

Brum

- O vinho está no cardápio? - Não, está nas garrafas – disse o engraçadinho. Muriel, que recentemente comprou o Bar 28, na Gamboa, não admite que os seus garçons façam esse tipo de brincadeira.

quim Câmara. Os invejosos se espantam com o fato de um funcionário aposentado poder viajar tanto. Com certeza não sabem que o chef Gerard tem Talento, muito Talento.

•••

Tudo certo para maio a viagem de Woden Madruga a Lisboa dos seus amores. Ele vai se hospedar no Hotel Colonial, coração da cidade, a dois passos do Rossio, da Pastelaria Suíça, onde belas moçoilas estrangeiras desfilam a toda hora. De lá, vai dar uma esticada até o Porto e tomar uns drinques em Vila Nova de Gaia, embaixo das monumentais pontes sobre o Rio Douro. Volonté está querendo ir, mas para isso é preciso que os amigos façam uma vaquinha, como fizeram para Delúbio Soares.

Está fazendo um ano que o bardo da Rua São João foi fisgado pela moreninha. Um ano que ele anda meio na coleira, passeando pelo Bosque dos Namorados. Ela o proibiu de usar os famosos macacões grife e pretende, um dia, fazê-lo deixar de comer farofinha de ovos.

•••

O viajante Gerard Bernard está planejando uma viagem para a Capadócia, terra de capadócios. Predente pesquisar a culinária local, para incrementar os seus almoços no palácio Joa-

•••

•••

O livro mais esperado do

xaba “Reserva do Gerente”, de Guarapari, ficou em quarto lugar, também barata: 47 reais. A partir de agora, ela e a Boazinha deverão disparar no preço. Ora... A lendária “Havana” (Anísio Santiago-Havana), de Salinas, Minas Gerais, foi classificada em quinto lugar. São oito anos de envelhecimento, custando a garrafa, 356 reais. Tenho uma lacrada, guardada sob sete chaves, num dos baús de Queimada. Aqui no Barro Vermelho guardo uma garrafa vazia de Havana, presente de José Madruga, que escreveu no rótulo: “A mais aristocrática Cachaça do Mundo – Para Woden, no seu “Natal” – 6//11/96”. Enfeita a estante ao lado do livro Fidalgos e Vaqueiros, de Eurico Alves Boaventura, escritor baiano de boa cepa, uma leitura encantadora, digna de todas as havanesas, marias bonitas e boas, donas bejas, januárias e mais sertanejas (ou não) da sua imaginação. Bote barroco nisso. O nosso Manoel Rodrigues de Melo é lembrado nos alfarrábios do Boaventura.

Chuva, chuvinhas Chuvinhas esparsas pelo Agreste e Litoral Sul do Rio Grande do Norte, ao redor de dez milímetros, mais ou menos o mesmo quadro no Ceará, indo no chouto de fevereiro. Já o doutor Roosevelt Garcia viu muita chuva numa banda do Maranhão e outra no Tocantins. Ele andou por lá esses dias, entre Imperatriz e Carolina, que não parecem nada como o semiárido. Tem o tempero forte da Amazônia e dos cerrados que já foram goianos. Mas se tem notícia de chuvas no Piauí, do lado de cá daquelas fronteiras. Chove há dias no oeste piauiense e parte do sul do Estado. Gelo O setor misterioso da “mobilidade urbana” da Prefeitura precisa fazer uma vistoria urgente na avenida Deodoro, mais exatamente quando ela cruza com a José de Alencar. Andaram tirando o belo baiano que impedia o cruzamento de veículos por ali. Está agora uma esculhambação. A proposito, a avenida Deodoro tem muito retornos que só fazem mais atrapalhar o trânsito. Só naquelas proximidades da José de Alencar, num trecho de 100 metros, são três retornos. Um absurdo. Qualquer vestibulando em “mobilidade urbana” reprovaria. Agora, os peagadês...

Política Do mestre Gaspar, no papinho de ontem à tarde no Cova da Onça, passando as folhas dos jornais locais: - Tem mais político em procissão de que santo nas igrejas.

Empresa Jornalística Tribuna do Norte Av. Tavares de Lira, 101 - Ribeira - Natal/RN CEP: 59010-200 Fone: (PABX) 4006-6100 Fax: (0xx84) 4006-6124 Endereço eletrônico: www.tribunadonorte.com.br

Diretor Presidente: Henrique Eduardo Alves Superintendente: José Roberto Cavalcanti Diretor Adm. e Operações: Ricardo Luiz de V. Alves Diretor Financeiro: Agnelo Alves Filho Diretor de Redação: Carlos Peixoto cpeditor@tribunadonorte.com.br Gerente Comercial: Eliane Rocha Gerente de Marketing: Ricélia Santiago Gerente de Circulação: Thales Vilar

•••

Gostaria de saber se o livro de Moacy Cirne, sobre a Bíblia, será editado pelo Sebo Vermelho. Seria um importante lançamento e também uma homenagem ao grande Moacy, que nos deixou tão depressa. Moacy é uma presença constante em mim. Ainda não assimilei a sua partida.

•••

Pensamento da semana: “A herança é o Engov do funeral.” (Jacinto Lamas do Nascimento)

Cartas

[ www.rabiscosdobrum.zip.net ]

Blecaute Falhas ocorrem, mas o problema é que elas estão sendo muito frequentes. Aparentemente, o problema é devido ao elevado consumo provocado pelo calor excessivo e pela redução do preço da energia elétrica. O nosso sistema elétrico está numa situação frágil porque os últimos governos não tem feito quase nada para aumento da geração e das linhas de transmissão. mauricyterra@hotmail.com

Hotel (1)

Cachaça Saiu o ranking das 60 melhores cachaças brasileiras. O júri, composto de 11 degustadores, se reuniu semana passada na cidade paulista de Analândia. Provaram 60 marcas finalistas e as mineiras deram de capote. Das selecionadas, entre elas a campeão, 56% são de Minas Gerais. O Rio de Janeiro ficou em segundo lugar, com 20% do pedaço, e o Rio Grande do Sul, em terceiro (10%). O Nordeste só conseguiu colocar três marcas entre as finalistas: a “Ypióca Ouro”, do Ceará, no 15º lugar, a “Volúpia”, da Paraíba (Alagoa Grande), em 51º, e em 60º, a “Serra Limpa”, também paraibana (município de Duas Estradas). É uma das preferidas nas domingueiras de Queimada de Baixo. A campeã do ranking é a “Vale Verde” (12 anos), de Betim, MG. A garrafa custa R$ 554,00. Em segundo lugar, “Magnífica Reserva Soleira”, de Miguel Pereira, Rio de Janeiro. A garrafa valendo 208 paus. O terceiro lugar foi para “Boazinha”, destilada em Salinas, Minas, e que custa quase nada: 18 reais. A capi-

ano: “O Cosmopolitismo das Moneras”, de Soares dos Anjos. É a mais completa análise da poesia de Augusto dos Anjos. Sairá por uma editora de Mossoró, com lançamentos previstos em João Pessoa, Campina Grande, Guarabira e Picuí.

O Consistório e o Papa Francisco DOM HEITOR DE ARAÚJO SALES Arcebispo emérito de Natal

O

Papa Francisco, em carta de 12 de janeiro passado, dirigida a 19 eclesiásticos de diversas partes do mundo, dizia: “No próximo dia 22 de fevereiro, festividade da Cátedra de São Pedro, terei a alegria de presidir a um Consístório durante o qual nomearei a 16 Cardeais que - pertencentes a 12 Nações de todas as partes do mundo - representam a profunda relação eclesial entre a Igreja de Roma e as demais Igrejas espalhadas pelo mundo”. O que é um Consistório? Consistório era a reunião do Imperador com os mais altos dignatários do Império romano. A Igreja assumiu essa denominação e a aplicou à reunião solene dos Cardeais, sob a presidência do Papa. E Cardeal o que é? A palavra Cardeal vem do latim cardo, que significa gonzo da porta e, por extensão, a realidade em torno à qual geram outras realidades. Assim, temos virtudes cardeais, ou os pontos cardeais… Em muitas Igrejas, na antiguidade, os membros do clero que constituíam um como senado do bispo eram chamados “clerici cardinales” ou cardeais. A partir do século XI, a palavra ficou reservada ao cardeais da diocese de Roma, ponto de encontro e de união de todas as igrejas do mundo e que era chamada também Mãe de todas as Igrejas, como aliás es-

Classificados Redação Fax Venda Avulsa Assinatura Natal Reclamações Natal ASSINATURA Mensal (à vista) Semestral (à vista) Anual (à vista)

4006-6161 4006-6113 4006-6124 4006-6100 4006-6111 4006-6111 R$ 43,00 R$ 258,00 R$ 516,00

Consistório era a reunião do Imperador com os mais altos dignatários do Império romano. A Igreja assumiu essa denominação e a aplicou à reunião solene dos Cardeais, sob a presidência do Papa”

tá escrito na fachada da Catedral de Roma, a Basílica de São João de Latrão. Já antes, aos clérigos que estavam ligados estavelmente a uma Igreja, ficam chamados de “incardinados” àquela Igreja. Apelativo que perdura até hoje. O papa Nicolau II (1059) reservou aos cardeais a eleição do Papa. O número dos cardeais variou até que o Papa Sixto V, (+1590) fixou em 70, número que o Beato Papa João XXIII não observou, nem fixou outro número.Seu sucessor, o Papa Paulo VI em 1975 fixou em 120 os cardeais que elegeriam o Papa e que deveriam ter até 80 anos. Acima desse número, não há limites. O Papa Francisco vai

PREÇO DO EXEMPLAR Rio Grande do Norte 3ª a Sábado Domingo Outro Estado 3ª a Sábado Domingo

nomear 16 para completar o número de eleitores e mais 3 com mais de 80 anos, que, como ele mesmo disse: “ se distinguiram pelo seu serviço à Santa Sé e à Igreja”. São: D. Loris Francesco Capovilla, antigo secretário de João XXIII; D. Fernando Sebastian Aquilar, arcebispo emérito de Pamplona (Espanha); D. Kelvin Edward Felix, arcebispo emérito de Castries (Santa Lúcia, Caribe). É interessante notar que dos 16, somente 4 são da Cúria Romana e para funções muito importantes como o Secretário de Estado, o prefeito da Congregação para a Doutrina da Fé, o prefeito da Congregação pra o Clero e Secretário Geral do Sínodo dos Bispos.. Dos outros 12, somente dois são europeus. Dois são da África; dois da Ásia; cinco da América Latina; além de um do Canadá. Dos novos Cardeais, está nosso Arcebispo do Rio de Janeiro, Dom Orani João Tempesta. Ao anunciar a escolha dos novos Cardeais, o Papa Francisco começou dizendo: ‘No próximo 22 de fevereiro, festa da Cátedra de São Pedro, terei a alegria de ter um Consistório, durante o qual nomearei 16 novos Cardeais que, pertencendo a 12 Nações de toda parte do mundo, representam a profunda relação eclesial entre a Igreja de Roma e as outras Igrejas espalhadas pelo mundo.” No final disse: “Rezemos para que possam ajudar mais eficazmente o Bispo de Roma no seu serviço à Igreja no mundo inteiro.”

A sensatez do desembargador Ibanez Monteiro vai na linha futurista de quem vê e passa pela frente e por trás do antigo e abandonado hotel Reis Magos, do qual é meu caminho diário para minha repartição pública. Estrutura totalmente comprometida pelo tempo, salitro e má conservação. Demolir e erguer outro empreendimento na visão empresarial é o ponto de partida que acompanha a revitalização daquela orla. sidneylettieri@yahoo.com.br

Hotel (1) Parabéns ao ilustríssimo desembargador, que negou a liminar ao Ministério Público. Fez o certo. Esse Ministério Público só quer fazer o que é ruim para a população. Pelo amor de Deus, vocês estão ou não ao lado do povo? Aquele prédio só serve para os ratos!!! geinercrist@bol.com.br

Sucessão Admiro muito Wilma e Fernando Bezerra,inclusive votei nos dois, mas estando no mesmo palanque de DEM e PSDB, estou fora. jbciriaco@hotmail.com

Cubanos Para o regime cubano todos são iguais e, independentemente do posto ou título conquistado, o sujeito continua sendo um trabalhador a serviço do Estado. Nos países capitalistas, ocorre o contrário: ganha-se pela titulação e geralmente conquista postos altos quem vive em condições favoráveis, perpetuando valores de uma classe dominante que usufrui de benesses à custa dos menos favorecidos, que vendem sua mão de obra por um salário que não dá para sobreviver. marcosasbarbosa@hotmail.com

FILIADO AO

R$ 1,50 R$ 2,50

FILIADO AO INSTITUTO VERIFICADOR DE CIRCULAÇÃO

R$ 2,00 R$ 3,20

REPRESENTANTE NACIONAL – Pereira de Souza & Cia Ltda: Rio de Janeiro : (O21)2544-3070 – São Paulo: (011) 3259-6111

FILIADO À ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE JORNAIS

REDE CABUGI DE COMUNICAÇÃO TRIBUNA DO NORTE 4006-6100 Rádio Globo/Cabugi (AM) Natal 4006-6180 104 (FM) Parnamirim 3272-3737 Rádio Difusora de Mossoró (AM) 3316-3181/2181/3317-6167 Rádio Cabugi do Seridó (AM) J. do Seridó 3472-2759 Rádio Baixa Verde (AM)J. Câmara 3262-2498 Pereira de Souza(SP) 11/3259-6111 Pereira de Souza(RJ) 21/2544-3070


política

Notas & Comentários [ colunanotas@tribunadonorte.com.br ]

Constrangimento O potiguar Vicentinho, que é deputado por São Paulo e assumiu a liderança do PT na Câmara Federal, afirmou ontem que a fuga do ex-diretor de marketing do Banco do Brasil Henrique Pizzolato para a Itália causa “vergonha e constrangimento” aos petistas. “Estou comparando a situação dele com as dos outros, quando foge parece que você está assumindo a culpa é um sentimento de vergonha e constrangimento que fica para a militância”, disse o líder da sigla. Vicentinho afirmou que a atitude de Pizzolato atrapalha o discurso do partido no caso do mensalão. “Estamos defendendo a tese da inocência, combatendo o que foi feito no julgamento, então ele não tinha que ter fugido, tinha que ter ficado aqui junto com os outros fazendo o debate.”

Licenciamento Na sessão de ontem da Câmara Municipal de Natal, o vereador George Câmara (PC do B) explicou o motivo para a licença de 31 dias, durante o mês de março. O parlamentar confirmou que se licenciava para dar visibilidade a “outros nomes do partido”. No período de licença a vaga de George Câmara será ocupada pelo cabo Jeoás, primeiro su-

plente do PC do B. “É natural se licenciar para dar visibilidade à atuação de outros colegas. Um mês que é aniversário do nosso partido, podemos prestigiar lideranças novas. A gente se licencia para que o partido possa se apresentar nesta Casa com outras caras”, comentou. A licença do vereador é sem remuneração.

Modificações Durante a votação, na Câmara, do projeto que autoriza o município de Natal a contrair empréstimo para construção do novo centro administrativo nas proximidades da ponte Newton Navarro, foram apresentadas três emendas. Uma delas para criação de uma co-

missão formada pela OAB, pelo Movimento Articulado de Combate à Corrupção, pela Controladoria do Município e pelo Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura. A comissão será para apresentar um relatório trimestral sobre a aplicação dos recursos.

Propostas Outra emenda ao projeto de lei do empréstimo foi apresentada para a disponibilizar, por etapa no portal da transparência e no site do município, os recursos liberados no financiamento. Há também a iniciativa que garante convênios com

instituições públicas públicas de ensino superior. A iniciativa para modificar o projeto por emendas foi do vereador Sandro Pimentel. “São alterações que buscam aperfeiçoar e garantir a transparência”, destacou Sandro Pimentel.

Votação A apreciação das emendas ficou, por iniciativa do presidente da Câmara, vereador Albert Dickson, para a segunda votação do projeto de empréstimo, na próxima terça-feira. Sede própria Durante reunião do Conselho da OAB/RN, ontem, foi assinado contrato com a uma construtora, o contrato para o início das obras da nova sede da entidade no bairro de Candelária. O presidente da OAB/RN, Sérgio Freire, comentou que os advogados terão uma “estrutura moderna com tecnologia adequada” às atuais exigências da profissão.

Retomada Com a reabertura dos trabalhos legislativos no Congresso Nacional, a Câmara dos Deputados começa a discutir, na próxima semana, a formação e a presidência das comissões permanentes da Casa. Uma reunião entre os líderes partidários foi marcada para terçafeira (11) para decidir a questão.

Tradicionalmente, os partidos são representados nas comissões de acordo com o número de parlamentares que formam suas bancadas, numa relação proporcional. A presidência das comissões é definida observando-se a proporcionalidade das bancadas e também por acordo entre os partidos.

Polêmica Um comentário da jornalista Rachel Sheherazade, apresentadora do SBT — em defesa do grupo de jovens que detiveram um suposto assaltante, bateram nele, tiraram sua roupa e o deixaram nu preso em um poste com uma trava de bicicleta no pescoço —, provocou po-

lêmica na Câmara dos Deputados. A apresentadora disse que a atitude dos “justiceiros” é compreensível. “O Estado é omisso, a polícia desmoralizada, a Justiça é falha. O que resta ao cidadão de bem, que ainda por cima foi desarmado? Se defender, é claro”, afirmou.

Controvérsia Na Câmara, o deputado Ivan Valente criticou Rachel Sheherazade. Disse que ela fez incitação ao crime, à tortura e ao linchamento. Depois, da tribuna, o deputado Mardo Feliciano a defendeu. “Como responsabilizar a jornalista, ela não criou o fato, apenas informou, e manifestou com parcimônia o que todos nós sentimos, uma insegurança generalizada, e ela apenas de-

monstrou compreensão pela atitude de pessoas ordeiras e de bem, que apenas extravasaram um sentimento que tem tomado grande parte da sociedade, já que autoridades legislativas não se preocupam em apresentar leis que realmente intimidem quem envereda para o crime, mas ao contrário, tentar atacar quem se indigna numa odiosa inversão de valores”, disse Feliciano.

Natal • Rio Grande do Norte Sexta-feira, 07 de fevereiro de 2014

3

PT e PSD abrem diálogo sobre formação de aliança « ELEIÇÕES 2014 » Robinson Faria e Fátima Bezerra reúnem parlamentares e dirigentes dos dois partidos para discutir as possibilidades de coligação ADRIANO ABREU

O

s dirigentes do PT e do PSD conversaram por três horas ontem e “avançaram” em um possível entendimento, que poderá resultar nas candidaturas de Robinson Faria (PSD), para o Governo, e de Fátima Bezerra (PT), para o Senado. Não se pode dizer que o encontro consumou a união entre os dois partidos. Mas o vice-governador já comentava, ao final, que uma “uma aliança entre o PSD e o PT soa natural” e que “não é uma aliança forçada, que tem caráter de laboratório”. Petistas e peessedistas combinaram formalizar um calendário de reuniões, sendo a primeira para o dia 24 deste mês. “O PSD é nosso parceiro no campo nacional e lógico que vamos continuar conversando”, disse, em tom mais ponderado, o presidente estadual do PT, Eraldo Paiva. A reunião ocorreu a portas fechadas. Além de assessores e dirigentes, participaram também os deputados Fábio Faria, Gesane Marinho e José Dias, do PSD; e os deputados Fátima Bezerra e Fernando Mineiro, do PT. O diálogo foi aberto. Em alguns momentos, o deputado José Dias usou palavras de encorajamento aos petistas, ao afirmar que a palavra do grupo é “coragem”. Os petistas e peessedistas não formalizaram uma aliança, mas já combinaram aparecer juntos em eventos públicos. “O PSD sempre foi próximo e hoje sai mais próximo ainda do PT”, disse o vice-governador Robinson Faria. Ele assinalou que o partido tem conversado com outras legendas, a exceção do DEM, e que está disposto a dialogar. “Nosso foco é nos unir a partidos comprometidos com a reeleição de Dilma”, emendou Robinson. Ele destacou a afinidade compartilhada entre os dirigentes do PT e do PSD e que esta não se limita ao plano nacional, mas também ao estadual.

Encontro na sede do Partido dos Trabalhadores retomou as conversas sobre aliança no RN

Nosso foco é nos unir a partidos comprometidos com a reeleição de Dilma” ROBINSON FARIA Presidente do PSD

O presidente estadual do PT, Eraldo Paiva, enfatizou que o partido não trabalha com tendências, ao ser indagado sobre a perspectiva de aliança com o PSD. Mas admitiu que uma aproximação com o PMDB, se não é impossível, é difícil, neste momento. “Nós retiramos a candidatura do deputado Mineiro para facilitar esse entendimento com o PMDB. Mas eles estão buscando outro caminho”, frisou.

Tendência

O PSD é nosso parceiro no campo nacional e lógico que vamos continuar conversando” ERALDO PAIVA Presidente do PSD

Na segunda-feira (10), o PT potiguar haverá uma reunião agendada com o PR do deputado João Maia. Na sexta-feira (14) o encontro é com o PDT e, no sábado (15), com o PC do B. “Vamos focar em projetos e em partidos que compartilhem da reeleição da presidenta Dilma”, completou Eraldo. Ao ser indagado se a candidatura de Fátima Bezerra está consumada, ele ponderou: “O PT está convicto da candidatura da deputada Fátima ao Senado. Mas neste momento não podemos falar em fato consumido e sim em pré-candidaturas. Essa

definição somente se dará com as convenções”. Já o vice-governador é categórico quando indagado se é candidato ao Governo ou se tem um plano B. Robinson Faria não tem admitido a possibilidade de disputar um outro cargo, que não o de chefe do Executivo. Os deputados do PSD têm estimulado o projeto do presidente estadual. No caso de Fátima Bezerra os petistas defendem a candidatura majoritária independente de composição A ou B. Embora as manifestações ontem tenham sido tímidas, os dirigentes e pré-candidatos do PT e PSD se encorajaram a enfrentar a disputa juntos e em oposição a legendas consideradas de grande porte, como o PMDB e do PSB. As conversas com essas duas legendas não estão encerradas, enfatizaram. Mas tendem a diminuir. Os partidos aguardam uma definição da ex-governadora Wilma de Faria para definirem de maneira definitiva o quadro da sucessão estadual. Por fora, a governadora Rosalba Ciarlini ainda analisa a possibilidade de concorrer à reeleição.

Câmara aprova empréstimo « VERBA » Projeto assegura financiamento de R$ 54 milhões para construção do Centro Administrativo, no qual serão instaladas a Prefeitura e a Câmara Municipal

D

urante a votação, ontem do projeto que autoriza a prefeitura empréstimo de quase R$ 54 milhões, que será feito com o BNDES e tem como objetivo construir sedes próprias do Legislativo e Executivo além de implantar instrumentos para modernizar a administração. Foram 22 votos favoráveis e apenas dois contrários: Amanda Gurgel (PSTU) e Maurício Gurgel (PHS). Ausentes no plenário os vereadores Bertone Marinho (PMDB), Jacó Jácome (PMN), Rafael Motta (PROS), Paulinho Freire (PROS) e Hugo Manso (PT). O projeto foi aprovado a unanimidade nas comissões de Justiça e Redação Final, Finanças, Planejamento e Ciência e Tecnologia. A grande discussão foi reservada mesmo para o plenário. Debate que trouxe surpresa com o voto favorável de alguns vereadores, declaradamente, de oposição, como Sandro Pimentel (PSOL), que votou favorável e apresentou três emendas. O presidente da Câmara, vereador Albert Dickson (PROS), voltou a enfatizar a economia que trará a construção do prédio próprio para o Legislativo e o Centro Administrativo. Líder do prefeito na Câmara, Júlio Protásio (PSB),

ELPIDIO J[UNIOR

O FINANCIAMENTO

Vereador Albert Dickson defende o projeto de empréstimo

observou que a implantação da modernização da máquina pública trará também o aumento da arrecadação do município. A vereadora Eleika Bezerra (PSDC) analisou a ação conjunta do Executivo e Legislativo: “Natal está pensando grande. Só temos que cuidar da cautela que esses valores sejam muito bem empregados”. A parlamentar lembrou que é preciso também já ser avaliado o projeto viário com uma nova ponte, ligando a zona Norte, já que o novo centro criará uma nova demanda. O vereador Felipe Alves (PMDB) disse ser incontestável a necessidade de sede própria

para o Legislativo e o Executivo. “A necessidade é incontestável de nós termos nosso centro administrativo. Paga-se aluguel alto, haveria economia a longo prazo e ainda tem a própria modernização, que tem como foco central o aumento da arrecadação”. O vereador Maurício Gurgel, que foi contrário ao projeto, chamou atenção que não há informação sobre a capacidade de pagamento do Legislativo. “Já tem até uma consultoria junto ao Legislativo antes do projeto ser aprovado”. Ele defendeu a análise de outros tipos de parceria.

Valor: R$ 53.792.270 Empréstimo contraído com o BNDES no Programa de Modernização da Administração Tributária Tempo para pagamento: 10 anos, sendo dois de carência e oito para pagamento Juros: TJLP mais 1,9% ao ano Ao final do período, o pagamento terá sido de R$ 59.286.195,60 Do total do empréstimo, a Câmara ficará com R$ 10.381.820 Dessa verba, R$ 9 milhões será para construção do prédio próprio R$ 1 milhão para modernização, como implantação de sistema, capacitação de pessoal e digitalização de documento A Prefeitura de Natal fica com R$ 43.792.000 Sendo R$ 16 milhões para construção do Centro Administrativo R$ 27.792.000 para modernização da administração pública


4

Natal - Rio Grande do Norte Sexta-feira, 07 de fevereiro de 2014

Cláudio Humberto [ ch@claudiohumberto.com.br - www.claudiohumberto.com.br]

Rombo no Banco do Nordeste O Ministério Público Federal do Ceará suspeita que o rombo no Banco do Nordeste do Brasil, na gestão do ex-presidente Roberto Smith, entre 2003 e 2008, supere os R$ 2 bilhões. Auditores do Tribunal de Contas da União e da Controladoria-Geral da União estão em maratona de reuniões com procuradores para mapear empresas e beneficiários. O MPF-CE já acionou o ex-presidente e mais dez dirigentes pela fraude.

política

STF revoga gratificação paga pelo Tribunal de Justiça « CONTAS PÚBLICAS » Decisão do Supremo Tribunal Federal corta pela metade remuneração dos cargos comissionados do TJ FELLIPE SAMPAIO

VINÍCIUS MENNA Repórter

E O PT vai ter de rebolar para tirar essa comissão de mim” JAIR BOLSONARO Deputado (PP-RJ), de olho na sucessão de Marcos Feliciano (PSC-SP)

Siga o dinheiro

Esquema

Relatório do TCU, de 2009, apontou supostas irregularidades na gestão do Fundo Constitucional de Desenvolvimento do Nordeste.

Segundo a denúncia, os exgestores do BNB autorizaram ao menos 52 mil empréstimos milionários a empresários que nunca foram cobrados.

Ficha-suja

Denunciados

Protegido do governador Cid Gomes, que chamou a ação do MPF de “exibicionismo”, Smith é hoje seu secretário de Desenvolvimento.

Também foram acionados Paulo Rebouças Ferrado, ligado a Jaques Wagner (PT-BA), e Luiz de Farias, indicado de Wellington Dias (PT-PI).

Pizzolato: extradição improvável Levou alívio à direção do PT a notícia de que são remotas as chances de extradição de Henrique Pizzolato, banqueiro do mensalão condenado a 12 anos de cadeia pelo Supremo Tribunal Federal. Os petistas temem

que, “abandonado”, como já se queixou a interlocutores do partido, Pizzolato conte a quem servia e quem chefiava o esquema de corrupção do qual foi protagonista, como diretor do Banco do Brasil.

Vergonha?

Falta a multa

O novo líder do PT na Câmara, deputado Vicentinho (SP), disse ontem que a fuga de Pizzolato levou “vergonha ao partido”. Difícil de acreditar.

Pizzolato foi condenado pelo STF a pagar multa de R$ 2,1 milhões. Resta saber quando o PT iniciará a “vaquinha” para ajudar o meliante.

Algemas penduradas Serão penduradas algemas na porta de superintendências regionais da Polícia Federal, hoje, às 12h, mostrando a desmotivação dos agentes. Chumbo grossíssimo A direção do PT nacional trata como “segredo de Estado” a iminência de um escândalo envolvendo a cúpula do governo do Distrito Federal, e suas famílias, numa investigação sobre crescimento patrimonial.

Ameaça Perambulando no Congresso, quinta, gaúcho Tarso Genro (PT) parecia uma ameaça à médica cubana que pediu asilo ao Brasil. Foi ele quem mandou

prender e mandar de volta dois boxeadores cubanos que tentaram desertar para a liberdade, nos Jogos Panamericanos do Rio.

#EduardoResponde O Twitter escolheu estrear sua sabatina virtual com Eduardo Campos e Marina Silva (PSB/Rede), considerados os

políticos que melhor usam a internet. Será nesta sexta, a partir das 17h, no #EduardoResponde.

Chave de cadeia

PAC na Câmara do DF

Protagonista no escândalo de exploração sexual contra crianças e adolescentes em Coari, o prefeito amazonense Adail Pinheiro (PRP) está envolvido em 56 processos na Justiça do Estado.

Silenciosamente, em Brasília, os deputados distritais dobraram a verba indenizatória dos últimos quatro anos. O gasto subiu de R$ 1,8 milhão, em 2010, para R$ 3,8 milhões em 2013. Assim, ligeirinho.

Cumprindo tarefa Obediente ao líder do PMDB, o presidente da Câmara, Henrique Alves (RN), avisou à ministra Ideli Salvatti que vai colocar em votação o Marco Civil da Internet, de qualquer jeito, na próxima terça-feira (11).

Sem agenda Mal retornou do recesso, o presidente do Senado, Renan Calheiros, já enforcou a primeira sexta-feira. Na agenda divulgada pela assessoria, o aviso: “Não temos agenda”... Mas trabalho acumulado há, certamente. Caso de polícia Funcionária da ONU guardou seu carro no estacionamento nº 2 do aeroporto de Brasília e pagou R$ 438. Ao voltar, 15 dias depois, o carro havia sido surrupiado. O delegado Miguel Lucena, da 10ª DP, suspeita da participação de empregado da Alfa Park, que explora o negócio.

m decisão unânime, o Supremo Tribunal Federal (STF) considerouinconstitucionalo pagamentodegratificaçãode100% a servidores do Tribunal de Justiça do RN (TJRN) que desempenham trabalhocientífico,técnicoouadministrativo que exija conhecimento especial. Ajuizada pela Procuradoria Geral da República (PGR) em 2004, a Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 3202 questiona adecisãodoPlenáriodoTJRNque, ao deferir em 2003 pedido da gratificação a servidores que adquiriram o direito à gratificação na Justiça,estendeuobenefícioaadministrativamente. A decisão foi proferida na quarta-feira. De acordo com o procurador do Estado em Brasília, Marconi Medeiros Marques de Oliveira,nosúltimosdezanos,oimpactofinanceiroacumuladonadespesa de pessoal do TJRN, com essa gratificação, foi de R$ 120 milhões, sem contar juros e correção monetária.Arevogaçãodeveatingir,principalmente, as remunerações dos cargos comissionados, que serão cortadas pela metade. Para a PGR, o deferimento do pedido de gratificação contrariou a Constituição. “A decisão proferida violaoprincípiodaseparaçãodepoderes, a necessidade de lei formal para a instituição de benefícios pecuniáriosaservidoreseaSúmulanº 339 do STF, que trata da impossibilidade do Poder Judiciário em atuarcomolegisladorpositivo”,argumentou, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot. Ainda conforme o procuradorgeral da República, “inexiste base legal por força de revogação do então estatuto dos servidores civis para a concessão de gratificação e inexiste também base legal por ato administrativorevogadapelopróprio

Rodrigo Janot apontou inconstitucionalidades na gratificação paga pelo Tribunal de Justiça do RN

MEMÓRIA A gratificação de 100% aos servidores do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJRN) por trabalho científico, técnico ou administrativo que exija conhecimento especial foi instituída pelo Estatuto dos Servidores Públicos Civis do RN, em 1953, Posteriormente, em 1977, uma lei estadual regulamentou o artigo do estatuto que previa a referida gratificação. Com base na lei estadual, o TJRN editou duas resoluções estendendo a gratificação aos servidores do Judiciário do Estado. No entanto, uma comissão formada pelo próprio Tribunal constatou que o estatuto de 1953 já havia sido revogado por uma lei complementar posterior (de 1994) e instituindo novo estatuto daquela categoria funcional. Dessa forma, a gratificação por trabalho científico também havia sido revogada. Ainda assim, em uma demanda judicial, servidores pediram a concessão da gratificação e o Tribunal deferiu o que foi requisitado, estendendo o pagamento da gratificação a 100% dos servidores do Judiciário potiguar nas mesmas condições.

tribunal”. Rodrigo Janot acrescenta que trata-se de uma decisão judicial “travestida de ato administrativo que carece de autorização legal para a constituição do benefício”. O procurador Marconi Oliveira explicou que trata-se de uma gratificaçãopagaaservidoresquetinham algum conhecimento especial, do

ponto de vista científico ou técnico. “ElahaviasidorevogadaporumaLei Complementar, mas alguns servidores entraram na Justiça dizendo que tinham direito”, informou. Segundo ele, 68 servidores conseguiram essa gratificação judicialmente. Contudo, disse o procurador, em 2003, o TJ teria decidido estender o

benefícioadministrativamentesem que houvesse uma decisão judicial específica ou uma lei que garantisse esse direito. Conformeoprocurador,de2013 atéhoje,adecisãodoTJRNteriagerado impacto financeiro na despesa de pessoal de R$ 12 milhões por ano. Ele acrescentou que a perda da gratificação para quem não ganhou o benefício na Justiça deve ter efeito a partir da publicação da decisão, o que pode levar de 15 a 30 dias, em sua opinião. O procurador esclarece que este benefício não tem relação com a Gratificação para TécnicodeNívelSuperior(GTNS),quefoi revogada a novos funcionários do Judiciário por meio de projeto de leicomplementaraprovadopelaAssembleia e sancionado pela governadora Rosalba Ciarlini. Por meio da assessoria, o TJ informou que não se pronunciará até que seja possível analisar os efeitos da decisão. O TJRN não informou onúmerodeservidoresquehojerecebem essa gratificação.

Ministros preservam exigência de nível superior CARLOS HUMBERTO

Os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) julgaram improcedente o pedido do Governo do Estado na Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 4303, que questiona a equiparação da remuneração dos servidores do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJRN) conforme o artigo 1º, caput, parágrafo 1º, da Lei Complementar Estadual 372/2008, que alterou dispositivos da Lei de Organização Judiciária (Lei Complementar Estadual 242/2002). A decisão foi proferida na sessão plenária desta quarta-feira. A relatora do processo, ministra Cármen Lúcia, confirmou a validade constitucional da norma questionada na ADI. Segundo ela, a lei complementar passou a exigir nível superior nos próximos concursos para os cargos de auxiliar técnico e assistente, mantidas suas atribuições, sem qualquer alteração. A ministra rejeitou o argumento de que teria havido provimento derivado de cargo público porque a lei

Cármen Lúcia considera que a lei tem validade constitucional

complementar contestada “não criou cargos, nem os transformou, nem deixou essas pessoas que já estavam concursadas em outros cargos; são os mesmos cargos”. A ministra afirmou em seu voto que, mantidas as atribuições e a denominação dos cargos de auxiliar técnico e de assistente de ad-

ministração, a lei complementar não teria contrariado o artigo 37, inciso II, da Constituição Federal, além de não ter havido reenquadramento ou a transformação do cargo. “Apenas se exigiu, para os novos concursos para estes cargos, o cumprimento da exigência de nível superior”, salientou.

Também foi rejeitado pela relatora o argumento de que a norma estadual teria promovido o enquadramento e correspondente pagamento de vencimentos dos auxiliares técnicos e assistentes em administração judiciária no mesmo patamar dos ocupantes de cargo de nível superior. “A equiparação ocorre quando se tem dois cargos diferentes e o vencimento de um passa a ser pago, por equiparação, a este outro. Aqui foram mantidos os cargos de assistente e de auxiliar técnico com nível de exigência diferenciado, para os novos concursos”, explicou. De modo contrário, pela procedência do pedido, votou o ministro Marco Aurélio. “Enquadrar aqueles servidores que prestaram concurso fazendo frente apenas a exigência de nível médio nas escalas próprias de vencimentos de nível superior é, a meu ver, driblar a exigência do concurso público”, afirmou. O ministro Joaquim Barbosa acompanhou a divergência.

TJ divulga lista das dívidas de precatórios O Tribunal de Justiça do Rio GrandedoNortedivulgouovalorda dívida de precatórios de cada órgão público municipal e estadual. As informaçõesestãodisponíveisnoportal da instituição na internet (www.tjrn.jus.br). A dívida do Governo do Estado e da Prefeitura do Natal somam R$ 367 milhões. Adivulgaçãoestádeacordocom solicitação do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil e umadeterminaçãodoConselhoNacional de Justiça (CNJ). Além disso,

por iniciativa do TJRN foram divulgadas também as tabelas referentes aos saldos das contas de todos os entes devedores, bem como repasses e pagamentos realizados em 2013. Os dados fornecidos informam o valor da dívida de cada município e do Governo do Estado e autarquias. A apuração completa foi realizada durante todo o ano de 2013 pela equipe da Divisão de Precatórios do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, chefiada por André Luiz Barbosa do Nascimen-

to. Segundo ele, com a divulgação pública das dívidas de precatórios e de Requisições de Pequeno Valor (RPV), se poderá ter a real dimensão da situação que aflige os credores, assim como propor, com precisão, soluções para o adimplemento da dívida pública decorrente de sentenças transitadas em julgado. O Município do Natal, por exemplo,somaumadívidatotal,entre precatórios e RPVs só no TJRN, de R$ 106.662.027,86, até 31 de dezembro de 2013. A prefeitura depo-

sitouem2013,emduascontas(uma para pagamentos de precatórios e outra para RPV) o valor total de R$ 29.046.935,00. O valor depositado especificamente na conta de Precatórios não se destina unicamente aos requisitórios de responsabilidade do TJRN, mas também para pagamento dos débitos com Precatórios existentes no âmbito do TRF5 e TRT21, cujo percentual de rateio é fixado todo ano, proporcionalmente à dívida global do ente em cada tribunal.


Natal • Rio Grande do Norte Sexta-feira, 07 de fevereiro de 2014

geral

5

Prazo de extradição termina em março « MENSALÃO » Conforme tratado assinado pelos dois países, se o pedido dos documentos não chegarem à Itália até 40 dias após a data da comunicação da prisão, Pizzolato poderá ser solto

O

governo brasileiro terá até meados de março para entregar à Itália o pedido de extradição do ex-diretor do Banco do Brasil (BB) Henrique Pizzolato. Conforme tratado assinado pelos dois países em 1989, se o pedido de extradição e todos os documentos não chegarem à Itália até 40 dias após a data da comunicação da prisão, Pizzolato poderá ser solto. A tarefa para a instrução do processo de extradição de Pizzolato será árdua e deverá demorar semanas. Funcionários da Procuradoria Geral da República estão dedicados ao caso desde quarta-feira, quando o exdiretor do BB foi preso. Além de juntar todos os documentos sobre a acusação, o processo e o julgamento, terá de ser providenciada a tradução juramentada dos documentos. Ocorrido no Supremo Tribunal Federal (STF), o julgamento do mensalão demorou meses, batendo todos os recordes de duração. Após concluir o trabalho, a Procuradoria encaminhará o pedido ao STF. De acordo com o Manual de Extradição do Ministério da Justiça, o Judiciário enviará a documentação para o Departamento de Estrangeiros, da Secretaria Nacional de Justiça, que analisará a admissibilidade do pedido. Se for admitido, o pedido será remetido ao Ministério das Relações Exteriores para que seja formalizado às autoridades italianas. Pelo tratado firmado entre os dois países, a Itália poderá se recusar a extraditar Pizzola-

to. A legislação estabelece que “quando a pessoa reclamada, no momento do recebimento do pedido, for nacional do Estado requerido, este não será obrigado a entregá-la”. No entanto, essa recusa é descrita no tratado co-

mo “facultativa”. Além de ser brasileiro, o ex-diretor do BB tem nacionalidade italiana. Num caso semelhante ocorrido no ano 2000, o governo italiano rejeitou a extradição do ex-banqueiro Salvatore CaccioGERVASIO BAPTISTA

Ministro Marco Aurélio de Mello afirma que a biometria vai aperfeiçoar a identificação

Ministro admite falhas no TSE O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Marco Aurélio Mello, admitiu que há falhas no sistema de cadastramento eleitoral após a prisão do ex-diretor do Banco do Brasil Henrique Pizzolato na Itália por uso de documentos falsos. Marco Aurélio disse que encaminhará um ofício à Procuradoria Geral Eleitoral para que apure o episódio da fraude do título do eleitor. Pizzolato fugiu do Brasil antes de ter sua condenação decretada pelo Supremo Tribunal Federal (STF) em novembro do ano passado. Ele possui dupla cidadania. Ao destacar que não há um cadastro nacional, o ministro disse que a informatização e a revisão do recadastramento dos eleitores só ocorreram a partir de 1985. Mello afirmou que Celso, o irmão de quem de Pizzolato usou documentos falsos, morreu em 1979. Ele contou que a Justiça Eleitoral recebe do banco de dados dos falecimentos do INSS. Por sua vez, o instituto obtém informações dos cartórios de registros naturais. “Todos estamos surpresos no que revelado pela grande imprensa. Isso só revela que o sistema precisa ser aprimorado. Daí a

É possível a Justiça encaminhar os dados do processo para que ocorra a execução na Itália” MARCO AURÉLIO DE MELLO Presidente do TSE

identificação datiloscopia, da biometria, para ter certeza que aquele apresenta o título é realmente o detentor do título”, afirmou. Marco Aurélio, também integrante do Supremo, disse que há espaço para trazer Pizzolato de volta da Itália para cumprir pena pelos crimes do processo do mensalão. Segundo o ministro, a Constituição daquele país, ao contrário da brasileira, permite a extradição de cidadãos nacionais quando há tratado bilateral - como é o caso Brasil-Itália. Ele observou que é preciso a concordância do governo requerido, o italiano. O ministro afirmou que também há a possibilidade do ex-diretor do BB cumprir pena do

mensalão na Itália. Seria preciso que o governo brasileiro, contou o ministro, encaminhasse à Itália as peças para o procedimento penal. “Há chance de ele retornar ao Brasil para cumprir a pena imposta De qualquer forma, pelo tratado é possível a Justiça brasileira encaminhar os dados do processo para que ocorra a execução da pena na Itália”, avaliou. O ministro do TSE e do STF não acredita que o fato de o governo brasileiro não ter extraditado para a Itália o ex-ativista Cesare Battisti atrapalhe o eventual retorno de Pizzolato ao país. Segundo ele, o problema no caso de Battisti, condenado na Itália por quatro assassinatos, foi diverso. O Supremo aceitou a extradição, mas o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva recusou-se a entregá-lo. “Agora surge a conveniência do governo italiano em proceder a entrega do nacional italiano. É uma definição do governo estrangeiro. Agora, a reciprocidade é a tônica no relacionamento internacional”, disse. Marco Aurélio rechaçou as insinuações de que teria havido perseguição política no julgamento do mensalão.

la, que também tinha cidadania italiana. Ele somente foi enviado para o Brasil porque viajou para Mônaco, onde foi preso. Outro fator que poderá dificultar a concessão da extradição de Pizzolato é o episódio Cesare Battisti. No último dia de seu governo, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva recusou-se a extraditar para a Itália o ex-integrante do movimento Proletários Armados pelo Comunismo (PAC) Cesare Battisti. O caso de Pizzolato também é muito complicado. No próprio STF, ministros divergem sobre o desfecho de um provável pedido de extradição. O decano da Corte, Celso de Mello, afirmou na quarta-feira que a medida poderá ser inócua. “Como ele ostenta a nacionalidade italiana e a Constituição italiana veda a extradição de seus próprios nacionais, na verdade, é juridicamente inviável qualquer pedido de extradição”, afirmou. Mas, para o ministro Marco Aurélio Mello, há chances de Pizzolato ser extraditado para o Brasil. Segundo Marco Aurélio, a Constituição italiana admite a entrega de um nacional. “O que ocorre é que a Constituição italiana, ao contrário da brasileira, abre a oportunidade da extradição do nacional desde que se tenha tratado versando essa extradição. E há um tratado BrasilItália que viabiliza a entrega do nacional. Mas quando haja concordância do governo requerido”, afirmou.

Polícia italiana sinaliza que pode acatar transferência

João Paulo pede autorização para trabalhar

A polícia de Modena admite existirem brechas legais para a extradição do ex-diretor do Banco do Brasil Henrique Pizzolato, condenado por envolvimento no mensalão. Em coletiva de imprensa na cidade italiana, ontem a polícia indicou que a própria busca por Pizzolato, iniciada no fim de novembro, foi lançada após a avaliação de que o condenado no Brasil poderia de fato ser extraditado, mesmo tendo cidadania italiana. É a primeira vez que autoridades do país sinalizam essa possibilidade. Nessa quarta, por exemplo, a Justiça italiana repetiu que o ex-diretor era “apenas um italiano preso na Itália por causa de documentos falsos”. Apesar do posicionamento da polícia, a decisão cabe a um procurador de Bolonha, que vai avaliar o caso a partir do momento em que o governo brasileiro encaminhar a solicitação de extradição. O pedido formal precisa ser feito pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Também ontem, a polícia italiana informou que o brasileiro pode pegar até três anos de prisão por falsidade ideológica na Itália. Segundo as autoridades, foram encontrados no momento da prisão cerca de uma dezena de documentos com Pizzolato, alguns deles falsificados.

Preso desde terça-feira, 4, na Penitenciária da Papuda, em Brasília, o deputado federal João Paulo Cunha (PT-SP) pediu autorização da Vara de Execuções Penais para sair da cadeia durante o dia para ir à Câmara e estudar. Num despacho assinado ontem, o juiz Bruno André Silva Ribeiro determinou a juntada do pedido de trabalho externo e estudo ao processo de execução. Em seguida, o requerimento deverá ser comunicado ao Ministério Público para que apresente uma manifestação. Apesar de ter iniciado o cumprimento da pena no regime semiaberto por participação no esquema do mensalão, João Paulo pretende continuar a exercer o mandato de deputado. Ao contrário de colegas de Câmara que também foram condenados no mesmo processo, como o ex-deputado José Genoino, João Paulo não renunciou ao mandato. Uma decisão desse tipo por um parlamentar não é inédita. O deputado federal Natan Donadon está preso desde o ano passado na Papuda cumprindo pena de mais de 13 anos de cadeia no regime fechado. Mesmo com a prisão, ele continua com o mandato. Na próxima semana, a Câmara deverá analisar pedido de cassação do mandato de Donadon.


6

economia

Natal - Rio Grande do Norte Sexta-feira, 07 de fevereiro de 2014

Ufersa abre concurso com 29 vagas para professor efetivo. tribunadonorte.com.br/tnconcursos

Compra: R$ 3,1330 - Venda: R$ 3,3930

DÓLAR TURISMO

LIBRA ESTERLINA

Compra: R$ 2,3530 - Venda: R$ 2,5030

Compra: R$ 3,8891 - Venda: R$ 3,8918

Combinações positivas O ano começa com vários indicadores econômicos sugerindo que poderá ser diferente, em segmentos diversos. Em primeiro lugar o nível de inadimplência continua em baixa, pessoas físicas e jurídicas - vem desde o ano passado. Em segundo lugar, as vendas se mantém num patamar positivo e, em terceiro lugar o nível de desemprego em baixa. Ruim mesmo continuam sendo os mesmos de sempre: os custos das intermediações bancárias gerando fabulosos lucros para este segmento e os gastos do governo, bem acima da arrecadação. Sem as prometidas reformas não haverá avanço.

ATIVIDADE De acordo com o Indicador Serasa Experian de Atividade do Comércio, o movimento dos consumidores nas lojas abriu o ano de 2014 em alta. Houve expansão de 1,7% na atividade varejista em janeiro/14 na comparação com dezembro/13, já descontados os fatores sazonais. Na comparação com janeiro de 2013, a alta do movimento varejista foi de 5,9%.

Calote

Petróleo

A inadimplência abre 2014 com alta de 7,84% mas, é o menor índice para janeiro dos últimos três anos. Em 2014, na análise do SPC Brasil, juros altos e crédito escasso devem conter alta da inadimplência, que deve continuar estável, mas em níveis baixos. Já as vendas fecharam o mês com alta de 5,07%

A Petrobras está solicitando ao Ibama uma licença ambiental para ampliar o sistema de injeção de água no Campo Marítimo de Ubarana, no litoral potiguar. Como na maioria dos campos de petróleo do Brasil, que são maduros, é preciso injetar água ou vapor para aumentar a produção.

CARROS A produção de carros no País cresceu 2,9% no mês passado, mas as vendas caíram 11%, apesar de “corrida” do IPI. A tendência será a manutenção dos preços mais baixos. A produção do setor recuou 18,7% em relação a janeiro do ano passado, para 237,5 mil unidades. Em relação a dezembro, houve leve avanço, de 2,9%.

Desinteresse dos bancos cobrados nos empréstimos e, já completou seis meses de funcionamento sem adesão significativa dos consumidores. Os bancos reclamam da insegurança jurídica e estão se movimentando para ter maior participação no gerenciamento dos dados.

AGILIDADE O Processo Judicial Eletrônico chegou ao Tribunal Regional do Trabalho do Rio Grande do Norte em 2012 e trouxe uma série de mudanças ao modo de tramitação dos processos judiciais. Atualmente, o TRT-RN tem 2.999 advogados cadastrados no PJe, aptos a trabalhar on line sem precisar se deslocar de seus escritórios para as dependências do tribunal.

1

2

Segundo a superinten dência do Banco do Brasil no RN, mais de 550 potiguares foram sorteados no ano passado pelo título de capitalização Ourocap. Essa modalidade de investimento rendeu mais de R$ 4 milhões aos sorteados no RN. O título de capitalização, oferecido pelos bancos, é uma espécie de poupança com direito a sorteios mensais e saque no final do contrato.

Receita: 3220-2200 Procon Estadual: 3232-6869 Procon Municipal: 3232-9050 DRT RN: 3220-2000

NA TN ONLINE

SALÁRIO-MÍNIMO

UFRN abre concurso com 40 vagas para professor de magistério superior

R$ 724,00

TAXA SELIC

tribunadonorte.com.br/tnconcursos

10,5%

Com matéria-prima cara, preço do pão sobe em Natal

LUIZ ANTÔNIO FELIPE [laf@tribunadonorte.com.br]

Os bancos estão sendo denunciados por “travarem” o Cadastro Positivo e o governo, responsável pela regulamentação e implementação do cadastro, evita comentar o assunto. O cadastro foi criado a pedido do setor financeiro para reduzir os juros

TELEFONES ÚTEIS

Compra: R$ 2,3820 - Venda: R$ 2,3830

Negócios &Finanças

Aliar crescimento econômico e mitigação de impactos, preservação ou mesmo recuperação do meio ambiente, já conta com linhas de crédito diferenciadas no Banco do Nordeste. São cinco linhas que podem ser contratadas, com recursos do FNE Verde. Essa linha financia até 100% do projeto, com taxas de juros a partir de 5,3%/ano, bônus de adimplência de 15% sobre as parcelas pagas em dia, e prazo em até 12 anos.

EURO TURISMO

DÓLAR COMERCIAL

NA TN ONLINE

3

A conclusão do

prolongamento da avenida Omar O’Grady, até a BR 101, parece não ser de interesse do DNIT. Ficaria muito difícil controlar o trânsito com a chegada de centenas de veículos por minuto, para “desembocar” na rodovia federal sem uma obra de escoamento como um viaduto ou túnel. Nem a via paralela à BR existe ainda.

SERVIÇO (I) Um exemplo a ser seguido pela Prefeitura de Natal. Com a proximidade da Copa do Mundo, a Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza/CE lançou abriu uma licitação criando mais 490 novas vagas de táxi. São três tipos de vagas: 451 para convencionais; 30, especiais para aeroporto e 9 para o serviço de táxi adaptado e/ou com mobilidade reduzida. A cidade conta hoje com 4.392 táxis, sendo 40 táxis acessíveis e 84 especiais para o aeroporto. Natal tem apenas 1.010 táxis desde a década de 80.

SERVIÇO (II) Mais um serviço chega à Grande Natal. O Supermercado Vip RN já foi instalado se tornando um dos primeiros supermercados virtuais da região. Com o foco em oferecer comodidade ao consumidor, evitando o deslocamento até o estabelecimento físico e o tempo nas filas, o supermercado é todo on line. O cliente acessa o site, faz as compras e recebe todos os produtos no prazo de até 24 horas. ESTÁGIO Balanço do CIEE aponta crescimento na contratação de estagiários por empresas e órgãos públicos de todo o País. No ano passado, 256.105 novos contratos de estágio foram assinados em todo o Brasil, o que representa um crescimento de 11,23% em relação a 2012, quando houve 230.249 assinaturas. Demonstra que cada vez mais empresas têm despertado para a importância social do estágio.

« CONSUMO » O produto teve o maior reajuste do país em janeiro (4,71%) e deve ficar ainda mais salgado com a alta no custo da farinha de trigo ALEX REGIS

N

atal começou o ano com o maior aumento do pão, entre 18 capitais brasileiras, e a tendência é que o reajuste continue em fevereiro. Em janeiro, houve alta de 4,71% em relação a dezembro, apontou ontem o Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (Dieese), na Pesquisa da Cesta Básica. A expectativa de alta surge porque o trigo, principal matéria-prima do pãozinho, deve subir de preço mais uma vez, explica Evandro Galdino, empresário do ramo e ex-presidente do Sindicato da Panificação do Rio Grande do Norte. “É o que os distribuidores estão dizendo”, afirmou. Evandro não soube informar de quanto será o aumento dessa vez, mas admitiu que parte do reajuste deverá ser repassado pelas panificadoras para o consumidor final. A expectativa é que o preço do pãozinho suba entre 5% e 7% já a partir deste mês, reflexo da alta do trigo. De acordo com o empresário, só nos últimos dois meses o preço da matéria-prima subiu 15%, em Natal. “Antes eu comprava uma saca de 50 quilos de trigo por R$ 95. Hoje os moinhos já estão vendendo por R$ 110”, comparou. A razão por trás do aumento do preço do trigo, segundo o empresário, é o aumento do dólar. “Importamos praticamente todo

O dólar impulsionou o preço da farinha usada no pão e está deixando o produto mais caro

o trigo que consumimos. Os distribuidores dizem que o preço está subindo, porque o dólar está subindo”, explicou. Em Natal, algumas panificadoras já cobram R$ 8,79 pelo quilo do pão francês A TRIBUNA DO NORTE tentou entrar em contato com o presidente do sindicato da panificação no RN, Tennysson Brito, mas ele não atendeu o celular. A TN também ligou para o telefone fixo do sindicato, mas ninguém atendeu.

Cesta O pão é um dos 12 produtos

que compõem a pesquisa da cesta básica do Dieese. Considerando o conjunto de produtos, a cesta básica natalense ficou 1,25% mais barata no primeiro mês do ano. A redução foi puxada principalmente pela banana (-9,82%) e pelo leite (-9,35%). Ao todo, sete produtos apresentaram queda. No caso do leite, o produto registrou recuo em todas as cidades pesquisadas, com as maiores quedas verificadas em Campo Grande (-13,38%), Porto Alegre (-10,33%), Natal (-9,35%) e

Governo espera concluir obra do terminal pesqueiro até julho « INFRAESTRUTURA » Parada desde 2011, a obra deve ser retomada em março, após o governo e a construtora assinarem um acordo VLADEMIR ALEXANDRE

O

governo do estado espera retomar as obras do terminal pesqueiro público de Natal, localizado na Ribeira, até o final de março. O prazo foi anunciado ontem pelo secretário estadual da Agricultura e Pesca, Tarcísio Bezerra. A conclusão da obra, que foi iniciada em 2010, e está paralisada há quase quatro anos, é prevista para julho deste ano. Os recursos para conclusão estão garantidos, segundo o secretário. O governo terá que desembolsar R$ 2,5 milhões pelo atraso da obra e mais R$ 1,4 milhão para concluir os 5% que restam, o que corresponde a construção de mais uma fábrica de gelo e o acabamento. Os valores foram definidos em um acordo firmado entre o governo e a empresa contratada para executar a obra, a Constremac, este mês. O acordo, segundo Tarcísio Bezerra, ainda precisa ser oficializado na Justiça. “A empresa encaminhou os seus termos. Nós revisamos, com o auxílio da Procuradoria Geral do Estado, ajustamos alguns termos técnicos, e enviamos de volta para a empresa. Estamos aguardando o texto final para remeter para a Justiça. Acredito que faremos isso até a próxima terça-feira. Queremos retomar a obra já em março”, afirmou o secretário. Questionado se o prazo não seria curto para retomar uma obra que passou tanto tempo parada, o secretário disse entender que um mês é tempo suficiente para mobilizar mão de obra, montar o canteiro de obras

Brasília (-6,93%). Em Natal, entre os itens que ficaram mais caros, o arroz (+5,43%), o pão (+4,71%) e a farinha (+4,57) foram os principais destaques. Em janeiro, o maior custo da cesta foi registrado em Vitória (R$ 327,13), seguido de São Paulo (R$ 323,47), Manaus (R$ 323,22) e Florianópolis (R$ 322,12). Já os menores valores médios foram observados em Aracaju (R$ 214,19), João Pessoa (R$ 264,17) e Salvador (R$ 265,86). Em Natal, o custo ficou em R$ 269,95.

« IMPOSTO »

Receita libera consulta a lote de restituições na segunda

B

Cerca de 5% da obra do terminal pesqueiro está pendente

e reiniciar os trabalhos.

Atraso O atraso na execução do projeto levou a empresa a entrar na Justiça e tentar entregar a obra inacabada, no ano passado. O pedido foi negado e a empresa preferiu receber menos que o cobrado na Justiça para concluir a construção. “A empresa pedia R$ 7,5 milhões pelo atraso. Nós vamos pagar R$ 3,9 milhões, incluindo o que será gasto na obra”, observou Bezerra. Procurada pela reportagem, a empresa limitou-se a afirmar que “está em entendimento com o Governo do Estado, por meio do Ministério Público, para firmar um acordo que ainda não foi concluído”. Enquanto os termos do acordo não são oficializados, o terminal continua servindo de ‘estacionamento’ para embarcações sem sequer ter sido concluído.

SAIBA MAIS O terminal pesqueiro de Natal foi projetado para ser o maior da região Nordeste. Sua construção começou em 2009 e foi paralisada em abril de 2011 por falta de pagamento à empresa, por parte do Estado. Devido à dívida acumulada, a construtora chegou a protocolar um pedido de rescisão do contrato na justiça. No entanto, a primeira liminar pedida foi negada pelo juiz Everton Amaral de Araújo, da 1ª Vara da Fazenda Pública, em agosto do ano passado. Agora, estado e construtora costuram um acordo. O Terminal Pesqueiro contempla áreas para administração, descarga, transporte e processamento de pescado, frigorificação, congelamento e produção de gelo, além de áreas de comercialização.

rasília (ABr) - A Receita Federal libera na segunda-feira (10) mais uma consulta a lote de restituições da malha fina. A relação dos beneficiados estará disponível na página da Receita na internet (www.receita.fazenda.gov.br) a partir das 9h. A consulta também poderá ser feita pelo telefone 146 e pelos aplicativos da Receita disponíveis para smartphones e tablets com os sistemas iOS, da Apple, e Android. Ao todo, a Receita pagará R$ 200 milhões a 89.237 contribuintes. Do total, 67.480 dizem respeito às declarações de 2013. Em relação aos outros anos, o Fisco devolverá o imposto pago a mais a 11.300 contribuintes do lote de 2012, 5,1 mil de 2011, 3.224 de 2010, 2.021 de 2009 e 82 de 2008. As restituições serão corrigidas em 7,52% (para as declarações de 2013), 14,77% (2012), 25,52% (2011), 35,67% (2010), 44,13% (2009) e 56,20% (2008). Em todos os casos, a correção equivale à variação da taxa Selic (juros básicos da economia) acumulada desde o mês de maio do ano de entrega da declaração até este mês. Os depósitos serão feitos no próximo dia 17 na conta informada na declaração do IR. Quem não informou o número da conta pode receber o pagamento em qualquer agência do Branco do Brasil. O contribuinte pode ainda ligar para os telefones 4004-2001 (nas capitais) e 0800-729-0001 (nas outras cidades).


Natal • Rio Grande do Norte Sexta-feira, 07 de fevereiro de 2014

geral

7

Cubana quer receber ‘atrasados’ « MAIS MÉDICOS » Médica que abandonou cidade do interior do Pará e embarcou para Brasília, onde

pediu asilo político, vai entrar com ação contra a União pedindo pagamento do dinheiro enviado a Cuba

B

rasília (AE) - A médica cubana Ramona Matos Rodríguez, que abandonou o programa Mais Médicos no sábado, entrará com uma ação trabalhista na Justiça do Pará pedindo o pagamento do que ela teria deixado de receber nos últimos quatro meses em que atuou em Pacajá, no Sudoeste Paraense. Orientada pela assessoria jurídica da bancada do DEM na Câmara, Ramona reivindicará também ressarcimento por danos morais. Ontem, a médica cubana recebeu proposta da Associação Médica Brasileira (AMB) para trabalhar no setor administrativo do escritório da entidade em Brasília. Ramona está hospedada na casa do deputado Abelardo Lupion (DEM-PR) e já aceitou a proposta de emprego. O valor do salário oferecido não foi informado, mas a médica deve começar a trabalhar na segunda-feira. Mesmo com Ramona empregada, os líderes do partido afirmaram que ela manterá o pedido de asilo aos Estados Unidos e ao governo do Brasil. “Ela tem de trabalhar com mais de uma opção”, justificou o deputado Ronaldo Caiado (DEMGO). Ramona deve dar entrada ao requerimento de emissão do Registro Nacional de Estrangeiro (RNE) e da Carteira de Trabalho e Previdência Social (CPTS). Em paralelo à ação individual da cubana, a legenda deve protocolar uma representação solicitando que o Ministério Público do Trabalho (MPT) entre com uma ação coletiva contra o programa. “O Brasil terá de responder por dano moral não só à médica cubana,

WILSON DIAS/AGÊNCIA BRASIL

Cubana estava sendo preparada desde 2012

mas a todos os cubanos”, disse Caiado. O argumento é de que a legislação trabalhista do País prevê que o empregado não pode ser “diminuído de seu valor de trabalho” e que, ao receber menos que os demais médicos do projeto, Ramona sofreu danos morais. A ação trabalhista da médica incluirá pagamento proporcional de 13º salário e Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) não recolhido. O processo estima um pedido de ressarcimento superior a R$

Desde que esses médicos chegaram aqui na cidade, melhorou muito o atendimento”

Pedido de asilo de Ramona Matos virou guerra política entre governistas e partidos de oposição

Morador de Pacajá

Substituto chega hoje a Pacajá/PA

36 mil. A requisição de refúgio ao Brasil, entregue ontem ao Comitê Nacional para os Refugiados (Conare), Ramona alegou que exerceu a Medicina em situações “humanamente desiguais” se comparadas com os profissionais de outras nacionalidades. O pedido de asilo gerou guerra nas redes sociais entre partidários do governo e políticos da oposição. O deputado Caiado, que vem recebendo apelo para sair candidatoa presidente, tenta tirar proveito da situação.

Belém (AE) - O município de Pacajá, no sudoeste do Pará, tinha apenas dois médicos antes do início do Programa Mais Médicos na cidade, em outubro do ano passado, para atender cerca de 43 mil habitantes da região. Pacajá, fica a 355 quilômetros de Belém. A cidade de onde a médica cubana Ramona Matos Rodríguez, de 51 anos, desistiu do programa e saiu no último sábado, já aguarda uma substituta, que deve chegar ainda hoje, segundo previsão feita pela prefeitura do município.

JOÃO DA SILVA

De acordo com o secretário de Saúde da cidade, Ronaldo Santos Jr., a substituição foi logo solicitada assim que souberam da desistência. “A outra médica já está no município de Marabá e deve chegar logo aqui. Também vai atender a atenção básica, como Ramona fazia”, afirmou Santos Jr. “Além dela, temos mais cinco médicos do programa, o que melhorou o atendimento desde outubro. Antes, não tínhamos médicos nas unidades de saúde, só dois que atendiam no hos-

pital e iam para as unidades de vez em quando.” Ramona saiu de Pacajá dizendo que iria visitar uma paciente. Segundo o secretário, nos quatro meses em que ela esteve na cidade, atendeu muitos cidadãos paraenses. “Eu passei duas vezes por ela. A segunda foi para levar os exames que ela me pediu. Ela foi especial. Desde que esses médicos chegaram aqui na cidade, incluindo a médica cubana, melhorou muito o atendimento”, afirmou João da Silva, de 64 anos, paciente da médica. JORNAL DE FATO

SMS discute plano contra dengue para evitar que Natal enfrente epidemia de dengue no ano da Copa

E

lata. A evolução de um nível para o seguinte é determinado de acordo com três fatores: a incidência de casos, índice vetorial e ocorrência de óbito. Não existe uma designação fixa de numeração para cada um desses índices, é levado em conta o contexto de cada município. No planejamento serão definidas ações necessárias para cada nível. Ontem foram divididos cinco grupos de trabalho para discussão dos pontos: vigilância epidemiológica e controle vetorial; assistência ao paciente; educação, comunicação e mobilização social; e gestão e financiamento. Está previsto também, no Plano, o incremento populacional ocasionado por causa da Copa do Mundo, em junho. Inclusive, o Centro já realizou um mapeamento das localidades de maior fluxo de turistas e serão demandas ações específicas, ainda não decidas, para os locais. Na próxima semana, no período de 10 a 14 de fevereiro, representantes do Ministério da Saúde estarão em Natal para avaliar o Plano de Contingência com

elaboração iniciada nas oficinas. O encontro será realizado na Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sesap), com representantes da saúde da pasta estadual. Segunda-feira, o Centro de Zoonoses iniciará o levantamento do o índice de infestação predial (quantidade de imóveis com focos positivos de dengue) em toda a cidade de Natal, neste período inicial de 2014. Conforme Alessandre Teixeira, na sextafeira, 14, já terá o resultado. O levantamento é feito por amostragem de 5% da cidade através da coleta de larvas dos imóveis abertos e terrenos abandonados. O Centro atua com um déficit de agentes na rua. Seriam necessários no mínimo 415, e estão trabalhando 381. Segundo Teixeira, seria necessário mais 240 agentes para suprir as necessidades de trabalho em visita nos 293 mil imóveis da cidade, reforço na borrifação e reserva técnica. Na próxima quinta-feira, 13, incia também um novo ciclo de tratamento focal, que visa a inspeção e eliminação de possíveis focos do Aedes Aegypti. ALEX REGIS

Agentes iniciam na próxima semana novo ciclo de tratamento de focos do Aedes Aegypti

« PAULISTA » São Paulo e Santos conseguem vitória

« ENDEMIAS » Técnicos da prefeitura estudam ações preventivas nquanto agentes de endemia intensificam o trabalho de combate ao Aedes aegypti nos bairros, técnicos da Prefeitura do Natal trabalham na elaboração de um Plano de Contingência da Dengue, com uma preocupação a mais: a realização da Copa do Mundo no meio do ano. A primeira reunião ocorreu ontem e hoje pela manhã termina a primeira fase de construção do planejamento. Para este ano, a principal mudança é a implantação dos quatro níveis de alarme, instituídos pelo Ministério da Saúde. O plano existe desde 2008 e todo ano é atualizado. Ele serve para determinar as ações do município em caso de epidemia. “Planejamos para possível situação de aumento de casos como se deve agir nos atendimentos médicos, o controle vetorial e a veiculação de informações”, explica Alessandre Teixeira, chefe do Centro de Controle de Zoonoses e coordenador da elaboração do Plano. “O objetivo é que façamos o acompanhamento dos casos antes que se torne epidemia”, re-

Bernardo Caram (AE) - A médica cubana que fugiu para Brasília e afirma ter sido enganada por Cuba com o programa Mais Médicos participou de cursos desde novembro de 2012 para ser enviada ao Brasil. O programa Mais Médicos foi editado como medida provisória apenas em julho de 2013, após a onda de manifestações no País. À época, o governo informou que seria dada prioridade a médicos brasileiros e que estrangeiros só seriam convocados se sobrassem vagas no programa. Ramona Rodríguez apresentou ontem um certificado com o título “Curso preparación colaboración Brasil”, datado de fevereiro de 2013, cinco meses antes da edição da MP 621. A médica disse ainda que fez outro curso em novembro de 2012. Segundo ela, o primeiro curso era de língua portuguesa e o segundo, de conhecimentos em doenças tropicais. A médica já está com o protocolo do pedido de refúgio no Brasil e a Cédula de Identidade de estrangeiro. A carteira de trabalho da cubana será entregue nesta sexta-feira. Ela pode viver e trabalhar livremente no País enquanto o resultado da análise definitiva de refúgio não for concluída.

Globo não só conseguiu segurar o Baraúnas, como derrotou

« CAMOPEONATO ESTADUAL »

Globo conquista título inédito no Nogueirão Nos 90 minutos o jogo foi 1 a 1, mas o goleiro Rafael garantiu a vitória nos pênaltis

A

primeira meta do plano considerado bastante ousado do empresário Marcone Barretto, já foi cumprida: o Globo conquistou o título da Copa FNF e conquistou a primeira vaga do RN para Copa do Brasil do próximo ano. Agora o empresário que projeta em cinco estar com o rubronegro participando da divisão de elite do futebol nacional, vai em busca do segundo objetivo, que é ter um bom desempenho na fase final do Estadual e assegurar uma vaga na série D do Brasileirão para, finalmente, dar início a sua escalada. O herói da noite de ontem, no estádio Nogueirão, foi o goleiro Rafael, que pegou os quatro pênaltis cobrados pelo Baraúnas. Assim como no confronto em Natal, disputado pela manhã e sob um sol forte, as duas equipes realizaram um confronto bastante equilibrado, mas ex-

plorando os contra-ataques com velocidade, o Globo abriu o placar logo aos 11 minutos, quando Delany desceu pela direita e cruzou, para Ricardo Lopes desviar para o fundo da rede. O Baraúnas mesmo correndo riscos, resolveu adiantar mais a equipe atrás de descontar a diferença. O time mossoroense empatou através de Vaninho que, lançado, apareceu bem na frente do goleiro, tendo o trabalho apenas de escolher o canto e deixar tudo igual no placar aos 24 do primeiro tempo. A partida continuou bem disputada, com os dois times demonstrando determinação tanto para se defender, quanto para buscar o gol de desempate, mas as defesas conseguiram levar a melhor sobre os ataques e assim a decisão foi para os pênaltis. Neste momento apareceu o herói da conquista, já que Rafael pegou os pênaltis cobrados por Renatinho Carioca, Da Silva, Alan e Vaninho. No Globo, Didi e Everton perderam, mas Ricardo Lopes e Miller converteram os gols do título inédito.

Depois do tropeço no clássico contra o Palmeiras, primeiro grande teste da temporada, o São Paulo voltou a vencer. Na noite desta quinta-feira, passada alguma dificuldade inicial, a equipe jogou o básico para derrotar o Paulista por 2 a 0, no Morumbi, com um gol em cada tempo. O zagueiro Antônio Carlos abriu o placar, e Luis Fabiano fechou a conta para confirmar a recuperação. Na estreia de Leandro Damião, o Santos conquistou uma nova vitória e segue embalado na competição. Thiago Ribeiro (14 do 1º tempo) e Stéfano Yuri (38 do 2º tempo) marcaram para o alvinegro, enquanto Rodrigo Tiuí (16 do 1º tempo) descontou para o Linense.

« ARENA » América define o preço do ingresso A diretoria do América e o consórcio Arena das Dunas, já definiram o preço que vão cobrar pelas entradas no jogo que vai marcar a estreia do alvirrubro, no Campeonato Estadual. Para assistir a partida marcada para amanhã, às 17h30, na Arena das Dunas o torcedor vai pagar entre R$ 60 e R$ 80. Vale salientar que estudantes e idosos terão direito a 50% de abatimento na compra do ingresso. A entrada mais cara é para o setor de cadeira Premium e o mais barato é para as cadeiras do primeiro anel leste e segundo anel leste. Os ingressos estarão disponíveis pelo site www.arenadunas.com.br/ingr essos a partir das 12 horas.


8

Natal • Rio Grande do Norte Sexta-feira, 07 de fevereiro de 2014

geral

ONS descarta falha humana

« TRANSPORTES »

« APAGÃO » Presidenta não acredita que problema tenha sido provocado por um raio. Causa ainda está sendo investigada pelo Operador Nacional do Sistema Elétrico

R

io (AE) - O Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) trabalha com a hipótese de que raios possam ter provocado o apagão da última terça-feira, que deixou 6 milhões de pessoas sem luz em 13 Estados brasileiros. “Vamos analisar se houve descarga atmosférica para ver se tem algum equipamento chamuscado, o que é uma hipótese”, disse o diretor-geral do ONS, Hermes Chipp, que participou de reunião com representantes do Ministério das Minas e Energia e das empresas para debater o problema. A declaração, porém, provocou irritação no Palácio do Planalto. Segundo o ministro da Secretaria de Comunicação Social, Thomas Traumann, a presidente Dilma Rousseff reafirmou que o “sistema elétrico brasileiro é à prova de raios”. “O Brasil é um dos países com maior quantidade de raios no mundo. O sistema elétrico brasileiro foi montado para ser à prova de descargas elétricas, com uma gigantesca rede de para-raios. Se os raios foram realmente responsáveis pela queda de fornecimento de energia, cabe ao ONS apurar se os operadores estão mantendo adequadamente sua rede de para-raios”, disse o ministro, em breve declaração à imprensa. Já Chipp, durante um intervalo da reunião, descartou falha humana e revelou que pretende buscar informações junto aos institutos especializados para identificar se no momento do apagão havia a ocorrência de raios no Tocantis. “Veremos isso. Certamente, eles têm essas identificações”, explicou. O encontro na sede da ONS, no Rio de Janeiro, durou cerca de 3 horas e nenhum dos participantes, além de Chipp, se manifestou sobre o blecaute de terça-feira. A expectativa do diretor-geral da ONS é de que as causas do

MARIELA GUIMARÃES

apagão sejam conhecidas dentro de 15 dias. Um relatório preliminar será encaminhado para análise da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). “O relatório será enviado posteriormente ao Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico (CMSE). Os dois órgãos irão avaliar o documento e irão dizer se os procedimentos adotados foram corretos ou se são necessários ajustes”, explicou. Chipp voltou a descartar qualquer relação entre os sucessivos recordes no consumo de energia e o blecaute, reforçando o coro de outros representes do governo. Segundo ele, nenhuma linha de transmissão opera atualmente fora do limite no País. Apesar das negativas, dados da ONS mostram que o País registrou mais um pico de consumo de energia - o segundo esta semana. Além do pico nacional, as regiões Sul e Sudeste/CentroOeste, separadamente, também bateram recorde de envio de carga. Na última terça-feira, o País registrou pico no consumo de energia do às 14h02, um minuto antes dos dois curto-circuitos quase simultâneos que derrubaram o trecho Miracema (TO) Colinas (TO) da Interligação Norte - Sudeste. “Descartamos completamente que houve sobrecarga”, disse. Mesmo diante desse cenário, Chipp descartou a necessidade de um racionamento de energia no País. Sobre as condições de abastecimento, o executivo pondera que o ONS está focando no curto prazo para administrar o sistema durante esse período de escassez. “As chuvas virão. Nunca teve um ano em que as chuvas não vieram. Só espero que venham nos lugares adequados para ficarmos mais tranquilos”, afirmou o operador, em referência sobre a necessidade de as chuvas ocorrerem nas principais bacias hidrográficas do País.

S

Dilma lembra que rede distribuidora de energia é uma das mais protegidas do mundo contra raios

Tempestade provoca blecaute nos EUA Filadélfia (AE) - Funcionários de empresas de energia trabalhavam para restaurar o fornecimento a centenas de milhares de residências e empresas no leste dos Estados Unidos, região que ainda estava no escuro e no frio ontem depois de uma tempestade de neve ter derrubado a eletricidade para mais de um milhão de consumidores, danos que, segundo um funcionário, se comparam as provocados por um furacão. A segunda tempestade de inverno da semana deixou um acúmulo de mais de 300 milímetros de neve em alguns Estados na quarta-feira, o que levou ao fechamento de escolas, empresas e escritórios do governo, além de prejudicar o transporte aéreo e deixar as estradas escorregadias. A queda da energia foi provocada pela grossa camada de

gelo nas árvores e linhas de transmissão de energia. Embora a tempestade tenha se dissipado, seus efeitos serão sentidos por vários dias. “As pessoas terão de ter paciência neste momento”, disse o governador Tom Corbett na quarta-feira, dia em que emitiu uma proclamação de emergência, o que libera as agências do Estado para usar todos os recursos e pessoal disponíveis. A tempestade chegou a cortar o fornecimento de energia para 849 mil consumidores na Pensilvânia, a maioria em condados nas proximidades da Filadélfia. Embora considerável, o número ainda é menor do que os quase 1,8 milhão que ficaram sem eletricidade após a passagem do superfuração Sandy, em 2012. A Peco, a principal fornecedora de serviços do sul da Pensilvânia, disse que pode demorar até

o final de semana até que os mais de 430 mil consumidores que estavam sem eletricidade na manhã desta quinta-feira tenham seu fornecimento retomado. A FirstEnergy informou que cerca de 49 mil de seus clientes estavam sem energia e a PPL que mais de 20 mil de seus clientes tiveram seus fornecimento de eletricidade interrompidos. Empresas do Estado vizinho de Maryland, onde 76 mil clientes estavam no escuro, informaram que a situação só voltará ao normal na sexta-feira. Em New Jersey, mais de 7 mil residências estavam sem luz. Autoridades pedem às pessoas que não usam geradores ou grelhas a gás dentro em locais fechados, depois de 25 pessoas na região da Filadélfia terem parado no hospital por causa de envenenamento por monóxido de carbono.

Protesto termina em confronto o reajuste das tarifas de ônibus do Rio de Janeiro, que entra em vigor neste sábado

ABR

R

ão Paulo (AE) - Dois dias após a paralisação que fechou dez estações da Linha 3-Vermelha do Metrô de São Paulo, uma falha na tração de um trem às 17h55 de ontem perto da Estação Brás, no mesmo ramal, reduziu a velocidade das composições por cerca de meia hora. Mais uma vez, as principais estações da cidade ficaram superlotadas. O trem teve falha em uma das portas quando seguia no sentido Barra Funda, segundo o Metrô. Durante a pane, além do trem defeituoso no Brás, outras duas composições tiveram de ser operadas manualmente, com menor velocidade, afirmaram funcionários da empresa. A Estação Barra Funda, na zona oeste, chegou a ser fechada por cerca de dez minutos, com controle do acesso de passageiros à plataforma. Quando reabriu, as escadas rolantes permaneceram desligadas. “É uma palhaçada. São Paulo é uma cidade muito grande, muito rica, não dá para acreditar que não tem como fazer melhor. Alguém deve estar ganhando com essa situação, e não é a população”, disse a contadora Janaína Andrade Velloso, de 29 anos. “Parece mesmo que é um boicote”, disse a faturista Daniela Hein, de 37 anos. “Porque não existe outra explicação para tantas falhas, tanta lotação.” Pelo Twitter, passageiros reclamaram da lotação e expressaram receio de uma nova pane grande, como a de terça-feira. Os impactos da falha de terça, 4, classificados como "atos de vandalismo" pelo governador Geraldo Alckmin (PSDB), resultaram em um boletim de ocorrência por dano, que será tocado pela Delegacia do Metropolitano (Delpom).

« MARANHÃO »

« TRANSPORTES » Movimento Passe Livre coloca 400 pessoas nas ruas em ato contra io (AE) - Um protesto organizado pelo Movimento Passe Livre contra o aumento da tarifa do ônibus municipal do Rio terminou em confronto entre policiais militares e ativistas, muitos deles mascarados, na estação ferroviária Central do Brasil, no centro do Rio, ontem à noite. O ato começou ao redor da igreja da Candelária, por volta das 17h30. Uma hora depois, cerca de 400 manifestantes saíram em passeata pela avenida Presidente Vargas rumo à Central - embora a tarifa alvo do protesto fosse dos ônibus e não dos trens. A caminho da estação, aos gritos de “não vai ter Copa”, dezenas de ativistas mascarados promoveram momentos de correria e tentaram agredir um cinegrafista acusado de integrar o serviço reservado da PM. Quando chegaram à Central, os manifestantes subiram nas roletas e incentivaram os passageiros a passar por elas sem pagar. Até então os policiais que acompanhavam a manifestação não interferiram. Nas duas manifestações mais recentes convocadas pela mesma razão, os ativistas haviam agido da mesma forma, incentivando o não pagamento da tarifa, mas nada

Linha 3 do Metrô volta a ter problemas

Presos ficam feridos em tentativa de motim

S

Manifestantes incentivam passageiros a pular as roletas da Central do Brasil na volta do trabalho para casa, mas a polícia reagiu

foi quebrado nem houve confrontos entre policiais e ativistas. Ontem, ao contrário, um grupo arrancou uma roleta, enquanto outro quebrou vidros de uma das lojas situadas no saguão da estação. Comerciantes fecharam as portas de suas lojas, e o tumulto aumentou. Nesse momento, os policiais atacaram os manifestan-

tes, usando cassetetes. A maioria dos ativistas pulou as catracas novamente e fugiu rumo à rua. Em seguida, um grupo tentou voltar ao saguão, e a polícia lançou bombas de gás lacrimogêneo. O gás se espalhou rapidamente e centenas de passageiros e ativistas correram para a rua. Os confrontos se espalharam

pelas imediações do prédio da Central do Brasil (onde também funciona a Secretaria Estadual de Segurança) e só foram controlados cerca de uma hora depois. O comércio fechou e a avenida Presidente Vargas ficou interditada no sentido zona norte. Muitos passageiros procuravam abrigo, tossindo após inalar gás pimenta. Ao

longo da avenida Presidente Vargas, pelo menos cinco pontos de ônibus foram destruídos e dezenas de sacos de lixo, incendiados. Até as 21 não havia balanço de presos ou feridos. A reportagem flagrou três pessoas atendidas pelos bombeiros. A tarifa do ônibus passará de R$ 2,75 para R$ 3 neste sábado.

ão Luís (AE) - Depois de uma revista em parentes, os presos que estão encarcerados nos presídios São Luís I e II tentaram se rebelar na manhã desta quinta-feira, 06, mas acabaram sendo contidos pela tropa de choque da Polícia Militar e por homens da Força Nacional. As unidades onde ocorreu o incidente fazem parte do Complexo Penitenciário de Pedrinhas, em São Luís, no Maranhão. De acordo com a Secretaria de Justiça e Administração Penitenciária (Sejap) houve feridos, mas ainda não se sabe a quantidade. Em nota, a Sejap informou apenas que os detentos tiveram ferimentos leves e foram atendidos no ambulatório do complexo, porém não informou o número de presos lesionados na ocasião e nem esclareceu como eles foram feridos. A nota informa ainda que o princípio de motim é uma reação dos presos a novas normas adotadas dentro das oito unidades prisionais do Complexo de Pedrinhas. “O movimento é uma reação ao trabalho de revista diário e mais criterioso que está sendo realizado nos estabelecimentos penais de São Luís”, diz a nota.


NO FACEBOOK

Curta e compartilhe charge de Brum.

TÁBUA DE MARÉS

TEMPO HOJE

Preamar 10h41 - 1.8- 23h11 - 1.7 Baixa-mar 04h02 - 0.8 - 16h54 - 0.8

Máx.: 32 ºC Mín.: 23ºC Nublado com pancadas de chuvas

facebook.com/tribunarn

NA TN ONLINE

HOMERO GREC [HABITAÇÃO] FALA SOBRE ATRASO NA ENTREGA DO CONDOMÍNIO VIVENDAS DO PLANALTO • PÁGINA 11

Compartilhe notícias da TRIBUNA DO NORTE.

tribunadonorte.com.br

natal Editora: Margareth Grilo [ margareth@tribunadonorte.com.br ]

Natal • Rio Grande do Norte • Sexta-feira • 07 de fevereiro de 2014

TCE baixa 82 recomendações que deverão ser cumpridas pela Sesap « SAÚDE PÚBLICA » Entre as novas medidas estão a transformação de oito hospitais regionais com menos de 50 leitos em unidades básicas e revisão dos contratos com as cooperativas EMANUEL AMARAL

O

pleno do Tribunal de Contas do Estado (TCE) aprovou na manhã desta quinta-feira (06) por unanimidade de seus conselheiros o relatório final da Auditoria Operacional (AOP) determinando 82 procedimentos para a reestruturação da Saúde Pública estadual. A decisão deve ser publicada na edição desta sexta-feira (7) do Diário oficial do estado (DOE). No âmbito da Secretaria Estadual de Saúde (Sesap) essas recomendações passam a ser monitorados pela equipe da AOP. Com isso, explicou o Procurador Geral do Ministério Público junto ao Tribunal de Contas do Estado, Luciano Ramos, a Sesap e a Seplan terão o prazo de 60 dias para apresentar um cronograma de implementação das recomendações. Três delas são mais impactantes: a revisão do plano de regionalização e reestruturação da rede hospitalar, com transformação de oito hospitais regionais com menos de 50 leitos em unidades básicas de saúde; revisão dos contratos que terceirizam o atendimento com as cooperativas médicas e adoção de uma política de gerenciamento dos recursos humanos que considere a reposição da mão-de-obra em vias da aposentadoria. No caso da rede hospitalar, pela decisão tomada ontem, a Sesap deve rever a quantidade e o perfil dos hospitais, para se adequar à nova Política Nacional de Atenção Hospitalar (Consulta Pública nº 19, de 1/11/2012) que passou a considerar unidade hospitalar aquela com número igual ou maior que 50 leitos. Os oito hospitais estaduais apontados pelo TCE estão fora desse parâmetro e não possuem capacidade resoluitiva. Por isso, podem ser convertidos em Unidades de Pronto-Atendimento, Unidade Básica de Saúde ou Sala de Estabilização. A recomendação é de que sejam avaliados, especialmente, as unidades localizadas nos municípios de Macaíba, Canguaretama; São José de Mipibu; Caraúbas; João Câmara; Acari; São Paulo do Potengi e de Angicos. "A determinação do Tribunal é que haja uma readequação do perfil dessas unidades. Os municípios onde essas unidades estão localizadas devem assumir às suas obrigações, incorporando serviços que eles têm que prestar, de atenção básica, que hoje estão indevidamente sendo prestados por esses hospitais”, afirmou o procurador-geral do MPjTCE. O planejamento, segundo ele, é para que em seis meses os municípios assumam suas responsabilidades e haja uma readequação dessas unidades. O TCE recomenda que, a partir da redefinição da rede hospitalar, a Sesap direcione recursos, de forma racional, para a estruturação dos hospitais, com incorporação de tecnologia, qualificação dos processos de trabalho e das pessoas e manutenção de abastecimento adequado. A equipe da AOP constatou uma série de problemas estruturais e a precariedade da prestação do serviço nas unidades hospitalares.

Saúde Pública Principais recomendações determinadas pelo TCE Desenvolver ações junto aos municípios para que estes assumam as suas funções assistenciais, sobretudo na atenção básica e seu papel na regulação dos serviços de saúde;

à

Priorizar a implantação de sistema informatizado de dimensionamento que possibilite a) mapa da força de trabalho das unidades hospitalares da rede; b) diagnóstico tempestivo da necessidade de mão de obra por especialidade e localidade; c) visualização das unidades de saúde que se encontram com excesso ou déficit de servidores; d) quantificação da real necessidade de plantões eventuais e/ou de cooperativas médicas para determinada unidade hospitalar; e) controle de custos atinentes às despesas geradas em virtude de produção e jornada especial de trabalho;

à

Com menos de 50 leitos, o Hospital Regional de Macaíba é um dos que deve ser transformado em unidade para atenção básica ANA SILVA

Adotar política de gerenciamento dos recursos humanos que considere a reposição da mão-deobra em vias da aposentadoria;

à

Programar medidas no sentido de que o pagamento dos plantões e vencimentos tenha coerência com a frequência constatada nos sistema informatizado

à

O que o TCE fez foi listar tudo aquilo que considerou passível de ser modificado para uma gestão eficiente da saúde”

Rever os contratos vigentes com as cooperativas médicas, definindo a real necessidade de profissionais considerando o dimensionamento baseado em critérios técnicos, bem como adotar procedimentos para que as futuras contratações de cooperativas tenha suporte no dimensionamento realizado pelo setor competente na SESAP e adotar avaliação da prestação do serviço das cooperativas médicas;

à

LUCIANO RAMOS procurador-geral do MPjTCE

“O que o TCE fez foi listar tudo aquilo que considerou passível de ser modificado para uma gestão eficiente da saúde”, explicou Luciano Ramos. “A auditoria operacional”, continuou o procurador-geral do MPjTCE, “chegou a conclusão de que a rede precisa ser melhor pensada. A gestão precisa ser mais eficiente para poder gerar um atendimento condizente com a quantidade de recursos que já são implementados na saúde”, justificou o procurador-geral do MPjTCE. A AOP apontou má distribuição dos serviços por região, realização pelo Estado de ações de competência do município; ausência de um sistema informatizado eficiente; falta de controle da lotação dos servidores e fragilidade no procedimento de aquisição e distribuição de medicamentos e material médico-hospitalar, entre outros problemas. Os conselheiros do TCE determinaram uma rigorosa revisão nos contratos vigentes com as cooperativas. “É preciso rever os contratos e saber exatamete qual a demanda desses serviços e ter exato controle. De imeditato deve ser implantado o ponto eletrônico, tal como para os servidores, para que se tenha base de fiscalização e controle para confrontar a fatura que é apresentada pelo contratado e o que efetivamente deverá ser pago pelo poder público”, disse Luciano Ramos.

Adotar controle e gerenciamento mais efetivo dos recursos da fonte 160, de modo a evitar o não uso de recursos repassados pela União;

à

Revisar a estratégia de regionalização, através da elaboração do Plano Diretor de Regionalização, considerando a possibilidade de reduzir a quantidade de regiões de saúde, com o escopo de ganhar eficiência de escala, além da garantia de resolutividade

à

Procurador-geral do MPjTCE, Luciano Ramos, espera que em seis meses rede esteja readequada

ì QUEM Tribunal de Contas do Estado

O QUE Estabeleceu prazo de 60 dias para Sesap apresentar cronograma para adoção das recomendações. Relatório final da Auditoria Operacional foi aprovado no plenário do TCE ontem. Conselheiros acompanharam o voto do relatór Tarcísio Costa

Sesap diz que vai cumprir as recomendações com rigor A Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap), por meio da sua assessoria de imprensa, afirmou que aguarda a publicação das recomendações no Diário Oficial do Estado para seguilas no prazo estabelecido. Segundo a Sesap, as ações da atual gestão já estão em consonância com as determinações do TCE e Ministério Público Especial (MPjTCE), como a implantação do ponto eletrônico, a parametrização das escalas e redução dos plantões. Na nota a Secretaria afirma que com “as ações já executadas esta se municiando de instrumentos que permitem assegurar a presença dos profissionais de saúde onde eles deveriam estar”. Do ponto de vista do contribuinte, afirma a Sesap, “significa que o Estado não está gastando indevidamente o dinheiro dos impostos pagos pelo cidadão, pois

passou a pagar as horas efetivamente trabalhadas”. A Sesap ressaltou que “para os profissionais de saúde, o ponto eletrônico e a parametrização das escalas representam maior segurança e justiça com a grande maioria de servidores compromissados e dedicados ao SUS”. O relatório preliminar da auditoria operacional alcançou os 24 hospitais regionais. Os auditores que avaliaram, entre janeiro de 2012 e maio deste ano, documentos e procedimentos adotados pela Secretaria, detectaram cessão de profissionais apenas verbalmente e pagamento de plantões eventuais, caracterizados como “moeda de troca”, para servidores com carga horária de 40 horas semanais mais 12 plantões. Os dispêndios em maio do ano passado com tais plantões chegaram a R$ 4,2 milhões.

Devem ser avaliados, especialmente, os seguintes estabelecimentos: à Hospital Regional Prof. Getúlio de Oliveira Sales – Canguaretama; Hospital Monsenhor Antonio Barros – São José de Mipibu;

à à

Hospital Regional de Caraúbas;

Hospital Regional Josefa Alves Godeiro – João Câmara;

à

Hospital Dr. Odilon Guedes da Silva – Acari;

à

Hospital Regional de São Paulo do Potengi;

à

Hospital Regional Alfredo Mesquita Filho – Macaíba;

à

Hospital Regional de Angicos (item 491 do relatório final de auditoria)

à

A partir da redefinição da rede direcionar recursos, de forma racional, para a estruturação dos hospitais, com incorporação de tecnologia.

à


10

Natal - Rio Grande do Norte Sexta-feira, 07 de fevereiro de 2014

natal

Secretaria admite atraso em obras « MOBILIDADE URBANA » Dois dos três lotes de obras - o reordenamento das avenidas Capitão-Mor Gouveia

e Jerônimo Câmara, e a padronização das calçadas - correm risco de não ficarem 100% concluídos em maio VLADEMIR ALEXANDRE

FELIPE GALDINO repórter

D

ois dos três lotes de obras da mobilidade urbana para a Copa do Mundo 2014 correm risco de não ficarem 100% concluídos até maio, prazo previsto para a entrega de todas as estruturas planejadas. O secretário municipal de Obras Públicas, Tomaz Neto, reconheceu o atraso nas obras do binário entre as aveninas Capitão-Mor Gouveia e Jerônimo Câmara (Lote 1) e a padronização das calçadas da capital (Lote 3). Os projetos foraminiciados em outubro de 2013, com investimento de R$ 362 milhões, oriundos do Governo Federal e contrapartida municipal. Dos serviços atrasados, o que mais preocupa Tomaz Neto é o primeiro lote, que prevê um investimento de R$ 114 milhões na Mor Gouveia, importante via de ligação entre a zona Norte e a zona Sul, além de ser a principal rota entre o Aeroporto Governador Aluízio Alves e a Arena das Dunas. “É a obra que vem me dando mais dor de cabeça porque está bem atrasada”, declarou. O planejamento antes do início das obras era para que em fevereiro, a readequação da Mor Gouveia estivesse 45% concluída. Mas atualmente, os trabalhos não chegam a 30% de conclusão, segundo o titular da Semopi. “O primeiro trecho, entre o Km-6 [BR226] e a Avenida Rio Grande do Sul, está com 380 metros de pavimento rígido implantado, mas a esta altura deveria estar, no mínimo, com 780 metros. Esse primeiro trecho já deveria estar concluído”, destacou Tomaz Neto.

Segundo ele, a empresa vem sendo cobrada semanalmente para acelerar os trabalhos. Hoje, dois engenheiros e cerca de 200 operários trabalham no Lote 1, mas para a obra na Avenida Mor Gouveia entrar nos trilhos, o ideal seria dobrar o número de funcionários e dar início ao turno da noite nessa frente de trabalho. “Na última terça-feira tivemos uma reunião com o prefeito Carlos Eduardo e a EIT [Empresa Industrial Técnica S/A, construtora responsável pelas obras] e cobramos dela mais celeridade. A empresa ficou de fazer os ajustes necessários; hoje mesmo a diretoria está reunida em São Paulo para decidirem o que fazer. Mas se não alterarem a produção, do jeito que está não chegamos nem a dezembro com a obra pronta”, ressaltou Neto. No segundo trecho da readequação, entre a Rua dos Potiguares e a Rua Nelson Geraldo Freire – em frente ao Sistema Sesi/Senai – a EIT parou por 30 dias o serviço por falta de material. Houve um atraso com o fornecimento da tubulação e consequentemente o serviço foi prejudicado. Tomaz Neto afirma que os tubos – para a drenagem – só começaram a ser instalados no fim do mês passado. Esse serviço já foi concluído e neste final de semana o asfalto deve ser lançado na nova pista. A expectativa, segundo o secretário, é que esta frente de trabalho chegue às imediações do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) na sexta-feira da próxima semana. Será preciso um novo desvio para o tráfego, mas a estratégia ainda não foi definida.

Entorno da Arena: Semopi garante entrega no prazo

Mor Gouveia: obras chegam a 30% de conclusão. Pelo planejamento inicial deveria estar com 45% ALEX RÉGIS

Calçadas No caso da padronização de 55 km de calçadas e construção de 300 abrigos para o transporte público, no atual ritmo de trabalho, segundo a Semopi, as obras estarão na faixa de 80% finalizadas em maio. No momento, 35% do planejado foi executado. Por orientação da Semopi, os operários priorizam as vias próximas à Arena das Dunas para que em um raio de 2 km do estádio, as calçadas estejam prontas ao começar o Mundial. Outra estratégia será implantar o turno da noite na segunda quinzena deste mês. O consórcio Crisal Construções e LR Engenharia é o responsável pelas obras.

Obras avançam na Avenida Salgado Filho/Hermes da Fonseca

Se os lotes 1 e 3 da mobilidade urbana da capital enfrentam atrasos em seus respectivos cronogramas, o Lote 2, que contempla a construção de seis túneis, dois viadutos – sendo um estaiado – e mais duas passarelas, segue num ritmo satisfatório, segundo o titular da Semopi, Tomáz Neto. A obra está 40% concluída, mas no atual ritmo do serviço,em março a estará na marca de 60% ou 70%. Orçado em R$ 222 milhões, o Lote 2 está sob a responsabilidade do consórcio Queiroz Galvão/Ferreira Guedes, que mantém 10 engenheiros e 485 operários trabalhando 24h. A principal obra desse lote é o viaduto estaiado, que vai do Posto 30 de setembro até as imediações do Pittsburg, próximo ao cruzamento das avenidas Prudente de Morais e Lima e Silva, e deve ser a última estrutura concluída, em maio. Tomaz Neto afirma que o escoramento da estrutura já foi feito, com o levantamento do chamado pilar central – a principal estaca. As passarelas, uma entre as avenidas Jerônimo Câmara e Mor Gouveia, e a outra ao lado do Sebrae, já tiveram os trabalhos de fundação concluídos. A primeira estrutura, segundo Neto, agora depende da conclusão do túnel a ser construído na Jerônimo Câmara.As obras nesta trincheira – túnel – ainda não foram iniciadas. O planejamento é para que se inicie em março, assim como o túnel na Rua Raimundo Chaves.


Natal • Rio Grande do Norte Sexta-feira, 07 de fevereiro de 2014

natal

11

Pronto, mas à espera de moradores « VIVENDAS DO PLANALTO » Concluído há seis meses, condomínio depende de definições burocráticas para ser habitado. Dos 845 sorteados, em agosto/2013, 485 conseguiram comprovar dados e obter financiamento ADRIANO ABREU

SARA VASCONCELOS

Maruim: obras de residencial ainda estão indefinidas

Repórter

C

erca de 900 apartamentos contratados pela Prefeitura do Natal dentro do Programa Minha Casa Minha Vida, do Governo Federal, aguardam a finalização dos trâmites burocráticos para serem habitados. Há aproximadamente seis meses e ao custo de R$ 41,3 milhões o condomínio Vivendas Planalto, na zona Oeste de Natal, está ocioso à espera de moradores. E, ao contrário do que se pensa, o entrave, dessa vez, é em parte causado pelos beneficiários. Dos 1.056 sorteados (sendo 160 cadastro de reserva) em agosto de 2013, 845 compareceram a convocação do Município para entrevista e apresentação de documentos. Mas somente 485 conseguiram comprovar todas as informações dadas e foram aprovados ao financiamento pela Caixa Econômica Federal com subsídios de até 90% do valor do imóvel (até R$ 61 mil) pelo governo federal. Outros 380 foram reprovados, sendo 76 pela CEF e 314, pela Secretaria de Habitação de Natal (Seharpe), conforme explicou o secretário municipal de habitação Homero Grec. O empreendimento residencial só pode ser entregue com todos os 896 novos proprietários aprovados e em situação regular junto aos órgãos públicos envolvidos. A situação ocorre enquanto centenas de famílias seguem sem teto, fazendo dos pilares da Ponte Newton Navarro, na praia da Redinha, seu endereço domiciliar, como mostrado na TRIBUNA DO NORTE desta quinta-feira (6). A nova previsão de entrega é o dia 14 de março, explicou o superintendente regional da Caixa Econômica Federal, após reunião com o prefeito Carlos Eduardo e o secretário de habitação do Município, Homero Grec, realizada na tarde de ontem. Até lá, explica o secretário de habitação de Natal, Homero Grec, o Município deverá promover um novo sorteio para selecionar futuros proprietários aos 411 apartamentos ou poderá decidir, como previsto no MCMV, pela destinação das moradias para programa de erradicação de assentamentos - a ser escolhido. “Vamos realizar um mutirão junto a Semthas para garantir novo sorteio, convocação e análise do dossiê de cada beneficiário, em tempo hábil”, ga-

« PARNAMIRIM » Prefeitura entrega mais 992 unidades A Prefeitura de Parnamirim e a Caixa Econômica entregam nesta sexta-feira, 7, a partir das 15h30, em Santa Tereza, 992 apartamentos dos condomínios Terras do Engenho I e II construídos dentro do programa Minha Casa Minha Vida. Dividido em dois condomínios, sendo cada um deles com 31 blocos e 16 apartamentos por bloco, o local conta com quadra de esportes, parque infantil, área de eventos e guarita de vigilância. A preço de mercado, um apartamento do MCMV nos residenciais Terras de Engenho vale, segundo avaliou um engenheiro, cerca de R$ 75 mil. A prestação máxima é de R$ 80, mas a grande maioria pagará menos de R$ 40 (5% da renda familiar) durante 10 anos. As famílias contempladas vistoriaram o empreendimento entre os dias 3 e 5 de fevereiro. Ao todo, já foram construídos 4.720 apartamentos em Parnamirim.

de reais foi o investimento do MCMV

A licitação de empresas para o projeto de urbanização da comunidade do Maruim, orçado em R$ 3,6 milhões, deverá ter o edital lançado nos próximos dias, antecipou o secretário municipal de Habitação, Homero Grec. Já a construção do Condomínio Residencial Maruim, que irá receber 165 famílias da comunidade que hoje ocupa uma área do Porto de Natal ainda não tem data definida. “Fizemos o chamamento público e a Caixa agora está na análise para a contratação da empresa, somente com a obra concluída é que faremos o recrutamento das famílias”, explicou o secretário municipal de habitação, Homero Grec. O contrato de R$ 12,2 milhões foi assinado em novembro de 2013 e a previsão inicial era da construção ser tocada a partir de janeiro. Contudo a CEF, ainda aguarda a conclusão do projeto e do processo de contratação da empresa vencedora. O superintendente regional da Caixa, Roberto Linhares que estava fora da sede, preferiu não dar prazos. O empreendimento será construído na Ribeira. O projeto dos apartamentos prevê a construção de vinte e cinco blocos, cada um com quatro andares, cada andar com dois apartamentos e área descoberta de recreação e lazer para crianças. Cada apartamento terá dois quartos, um banheiro, cozinha, área de serviço e sala, com uma área útil de 43,20m2.

6 meses

MCVC

Prefeitura deve fazer novo sorteio para contemplar as 411 unidades vagas no Vivendas do Planalto, que tem 896 apartamentos

Vamos realizar um mutirão para garantir novo sorteio, convocação e análise do dossiê de cada beneficiário, em tempo hábil” HOMERO GREC secretário municipal de Habitação

rante. O cronograma será definido após reunião entre os representantes das duas secretarias na próxima segunda-feira, 10. Os motivos do indeferimento para aquisição do imóvel vão desde a existência de imóveis, pagamento de IPTU e outros financiamentos em nome dos candidatos, ao fato de serem residentes de outras cidades e estados, além da falta de documentos pessoais (certidão de nascimento casamento) ou comprovação de quantidade de filhos menores de 18 anos ou atestado de deficiência física, como declarado por alguns durante inscrição e entrevista. “O programa tem critérios rigorosos para o primeiro imó-

vel e de baixa renda. A análise para comprovação das informações dadas foi concluída há uma semana, após três convocações por envio de correspondência realizada em setembro, dezembro e janeiro”, disse o secretário Homero Grec. Os dados foram confrontados com dados junto a cartórios, ao cadastro do IPTU, ao Cadastro Único. O endereço situado em área de divisa entre os bairros do Planalto, Felipe Camarão e Guarapes, vizinho ao Leningrado, destoa das moradias vizinhas. São apartamentos de dois quartos, com 48 metros quadrados, vaga na garagem, alguns têm banheiro adaptado para deficiente físico. O condomínio fechado com 122 torres de dois pavimentos com oito unidades habitacionais cada uma, área de lazer e pronto para morar - descrição que poderia se aplicar ao lançamento comercial de algum empreendimento imobiliário - têm ruas pavimentadas que já receberam nome e CEP. O primeiro sorteio de candidatos inscritos no programa MCMV foi realizado em agosto de 2013 – com um ano de atraso – após a criação de um um banco de dados e licitação de sistema de informação para distribuição, seleção e contratação, no programa habitacional da Secretaria.

Habitação popular Situação atual do Vivendas do Planalto Condomínio está inserido no programa habitacional da Prefeitura do Natal, por meio do Minha Casa Minha Vida

896 apartamentos 112 torres 1 área de lazer 41.384 milhões

de empreendimento pronto e ocioso

14 de março é a nova previsão de entrega Beneficiados MCMV

1.056

485

é o total de pessoas cadastradas e sorteadas para as 896 unidades

tiveram a inscrição aprovada

160

380 tiveram a inscrição reprovada

são cadastro de reserva

845 se apresentaram ao Município para entrevista e apresentação da documentação ao financiamento subsidiado

411 unidades deverão voltar a ser sorteadas e/ou destinadas ao programa de erradicação de assentamentos Fonte: Sehab/CEF

A perspectiva para 2014 é de 4 mil unidades habitacionais de faixa 1, somente para Natal. “Fechamos o ano com 2 mil unidades contratadas aqui na capital, sendo 200 para a relocação da favela do Maruim”. Desde 2009, Natal contava apenas com as 900 unidades do Planalto. Ao todo, 80 mil pessoas cadastradas no programa habitacional da Prefeitura, mas nem todas estão inseridas no cadastro único do governo federal, principal porta para acesso a diversos programas sociais, entre eles o de moradia. O valor máximo para a aquisição do imóvel no MCMV é de R$ 61 mil e o financiamento é parcelado em 10 anos.


12

natal

Natal - Rio Grande do Norte Sexta-feira, 07 de fevereiro de 2014

« ELIANA LIMA » elianalima@tribunadonorte.com.br

“A internauta @francineideDuar diz que o CRAS não retomou as atividades por falta de alimentação. Ela desafia: Vá lá e abra a despensa” Do blogueiro mossoroense Saulo Vale, no Twitter

JOAONETOFOTOS.COM

Insustentável Insegurança desenfreada, anteontem, até às 15h, a Polícia Civil contabilizou 62 assaltos a residências na capital dos magosdesesperados.

ELIANA LIMA

1 - GLITTER

1

Toda estilosa, Silvana Faitão em festa de verão

3 - ...DO SUL Em mesa de batepapo inteligente, Vera e Diógenes da Cunha Lima

Expectativas

4 – TAMOJUNTO

O Pleno do Tribunal de Justiça apreciará no dia 12 de março a Ação Penal Originária contra o juiz Carlos Adel e o delegado aposentado Maurílio Pinto de Medeiros. Vai à mesa de julgamentos a ação 2008.010673-9 de autoria do Ministério Público. Processo que começou no TJ. Ou seja: não passou pela primeira instância. O relator é o desembargador Claudio Santos e o revisor é o desembargador Expedito Ferreira de Souza. O caso envolve a Lei nº.9.296/96, que trata das interceptações telefônicas.

Na reunião do PT, o PSD teve vez e voz, com linha unha e cutícula entre a deputadasenadorável Fátima Bezerra e o governadorável Robinson Faria

Ouvidos no chão A recusa de assinar liberação de muitos milhões que levou à exoneração do desobediente chegou às lupas da investigação. Pode ser o fio de meada do novelo cheio de tramas... Viiixeee...

Sininhos O amor está transformando o deputado-platinado João Maia (PR). Depois de anos sem atividade física, o republicano está se exercitando e caminhando diariamente. Bebida apenas sem teor alcóolico. Sua nova morada agora é um apartamento funcional, na Asa Norte de Brasília. Os prefeitos que com ele mantêm

Pódio

Em dia de almoço para a Bzzz, o anfitrião Murilo Melo Filho recebe o jornalista Ticiano Duarte e o prefeito Carlos Eduardo

Nem o número assustador de assassinatos e assaltos que leva o RN à lanterninha da segurança pública sensibiliza o governo. A situação piora a cada dia nas polícias Civil e Militar. Falta, inclusive, água mineral para beber. Para impressão, policiais levam papel de casa, ou usam o outro lado do usado. Fazem cota para necessidades de urgência. Se assim não fizessem, o cenário seria muito mais grave.

A torcida é pela absolvição. A contar que as ações do juiz e do delgado foram pela segurança pública.

2

2 – NOS MARES...

Perigo

Esperança

po de Pesquisa em Estudos Irlandeses, coordenado pelos professores Francisco da Silva, Ana Canan e Marcelo Amorim. Bruce Stewart será professor visitante na UFRN.

ELIANA LIMA

3

Véu e grinalda

MÁRLIO FORTE

contato estão satisfeitos com sua fase mais tranquila. A mudança tem nome e sobrenome: Shirley Targino.

Treme-treme Para desembarcar esta semana em Brasília, por falta de voo, a governadora Rosalba teve que recorrer ao avião Bandeirante do governo. Sem autonomia de voo, parada em Salvador (BA) para abastecer. Cidade administrada pelo também democrata ACM Neto, lá Rosalba tentou decolar em voo de carreira. Sem pressurização, uma viagem longa no Bandeirante é para ficar, como diz o povo de dantes, moquinho.

Peso E no voo de quarta-feira de Natal a Brasília, embarcaram na mesma aeronave TAM: o prefeito Carlos Eduardo e o secretário Sávio Hackradt (Gabinete Civil), a secretária Shirley Targino, o juiz eleitoral Verlano Medeiros, o advogado Felipe Cortez, o prefeito Jaime Calado, o advogado Leonardo Braz, o promotor José Augusto Peres.

Vento a favor Ontem foi o segundo dia consecutivo de vitória do prefeito Carlos Eduardo na Câmara Municipal. Por 22 votos favoráveis, apenas os dos vereadores Maurício Gurgel (PHS) e Amanda Gurgel (PSTU) contra, foi aprovada a contratação de empréstimo junto ao BNDES para a construção do Centro Administrativo, na Redinha. Valor: R$ 54 milhões.

4

Maaasss... Mesmo assim, o procuradorgeral de Contas, Luciano Ramos, interpretará os efeitos da decisão.

Luxo Em grande estilo, dia 15 tem

Com produção de Paulo Capistrano, a empresária Anne Vieira pilota dia 13, a I Feira de Noivas e Eventos, entre 15h e 20h, no Villa Hall, hotel Vila do Mar. Com entrada gratuita, a expectativa de público é de 4 mil, com cerca de 40 estandes apresentando produtos e serviços diversos desde vestidos de noiva a fotografias, cerimonial, convites e decór. Na programação, desfiles e apresentações musicais.

Ação! Todo fotógrafo mais-mais, Canindé Soares exporá seus melhores trabalhos no 5º Fórum de Turismo do RN, dias 19 e 20, no Centro de Convenções. São 30 belas fotos de Natal e do interior do RN. Na ocasião, venderá seus livros.

Pendente O conselheiro de Contas Poti Júnior foi condenado pelo juiz Odinei Draeger, da Comarca de São Gonçalo do Amarante, por improbidade administrativa. Isso não quer dizer que ele perdeu o cargo vitalício. Além de ter direito a recurso em instância superior, a perda da função só ocorre com o trânsito em julgado.

Organização e excelente atendimento oferecido aos clientes levaram o posto Interlagos, no populoso bairro Potengi, em Natal, à classificação de melhor posto ALE no país. A premiação como a melhor revenda da companhia no mês de novembro de 2013 será entregue hoje. Conquistou também as metas do programa de gestão “Clube ALE”. Concorreu com cerca de dois mil postos da rede no Brasil. Receberá placa de homenagem, kit de divulgação do título para exibir no ponto de venda e brindes para serem distribuídos aos consumidores.

« COLMEIA » lançamento do ano da Audi, na PG Prime: A3 Sedan. Promete ser o maior evento já realizado por uma concessionária premium no RN. Lançamento que terá a presença dos pilotos oficiais da Audi Brasil, durante todo o dia, que orientarão os convidados no test drive em um circuito fechado. Por questões de segurança, os clientes serão organizados em grupo e não será permitido o consumo de bebida alcoólica.

Atitude

à Hoje tem grito de felicidade para

Professor da University of Ulster, na Irlanda, Bruce Stewart doou mais de 400 livros ao Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes da UFRN. Os livros ficarão na Biblioteca Setorial do CCHLA. Parceria possibilitada com a participação do irlandês no Bloomsday, evento promovido pelo Departamento de Letras, que estuda e debate a obra do escritor James Joyce. Também pelo Gru-

Claudine Sá Leite, Marleide Brito, Pablo Capistrano, Duda Couto, Otacílyo Campos, Luciano Medeiros, Pedro Feitosa Accioly. à Na Taverna Pub, hoje tem Clube

do Blues, com Felipe Cazaux, um dos principais nomes da cena cearense, que já realizou shows ao lado de feras como Andreas Kisser (Sepultura), o mestre do blues Magic Slim (Chicago), Scott Henderson, etc e mais.

Semob adia publicação de decreto « UNIFICAÇÃO DA BILHETAGEM » Secretaria explicou que não foi possível fazer todos os ajustes solicitados pela

PGE devido à ausência do Seturn na reunião de ontem. Na terça-feira, a Procuradoria apontou falhas na minuta

A

publicação do Decreto Provisório que instaura a unificação da bilhetagem eletrônica do sistema de transporte público natalense ficou para a próxima semana. O planejamento inicial da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (Semob) e da Procuradoria Geral do Município (PGM) era

de que a matéria saísse na edição desta semana do Diário Oficial do Município (DOM), porém, com a ausência do Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Passageiros do Município do Natal (Seturn) na reunião de hoje (6), a unificação vai ter de esperar mais alguns dias. Na última terça-feira (3), a

PGM, que analisou a proposta, no final de semana, apontou falhas no texto construído ao longo da semana passada pela comissão paritária, formada por Semob, sindicatos de empresas de ônibus e permissionários do transporte alternativo, Câmara e Gabinete Civil da Prefeitura. A aprovação do projeto de lei

que unifica a bilhetagem eletrônica aconteceu há pouco mais de quatro meses. Depois da publicação, o novo sistema do transporte público da capital deve ser implantado em até 15 dias. O texto é valido por 60 dias e é uma espécie de “teste” para a implantação definitiva do sistema. A lei foi publicada no ano

passado, mas o Sintoparn reclamava da demora de sua regulamentação. Porém os permissionários acreditam que a unificação da bilhetagem eletrônica beneficiará o setor imediatamente. Mas não basta a publicação para que o passageiro perceba a mudança no serviço. Segundo

a Semob, as empresas e os permissionários terão um prazo, ainda não definido, para se adequarem a todas as exigências. Após este período, a Prefeitura ainda terá 30 dias para fazer os testes e, então, homologar a mudança. Todo o custo da unificação ficará a cargo das empresas e dos permissionários.


Natal • Rio Grande do Norte Sexta-feira, 07 de fevereiro de 2014

natal

e-turismo ANTONIO ROBERTO ROCHA [antonioroberto@tribunadonorte.com.br ]

Promoções já começaram O calendário promocional do turismo potiguar começou mais cedo este ano. Seguindo tendência nacional de antecipação, devido à Copa do Mundo, a ABIH-RN promoveu três workshops regionais esta semana em Maceió, João Pessoa e Recife. Coincidência ou não, logo após à realização do Salão Rota 101 Nordeste em Natal, em julho do ano passado, a presença de paraibanos e pernambucanos aumenta cada vez mais por aqui nos finais de semana. Não se pode falar o mesmo dos alagoanos, que moram "longe". Para virem de carro, mesmo pela transitável BR-101, porém apenas num fim de semana, é cansativo. Para viajarem de avião, no voo diário da Azul que faz escala em Recife, é preciso estar muito "disposto". Maceió-Natal-Maceió chega a até R$ 2 mil. Um pouco menos do que a tarifa da Tap Natal-Lisboa nesta época do ano.

Táxi mais caro do que avião E como o assunto é comparar tarifas, vamos lá. Para quem conseguir comprar em futuro próximo um trecho Natal-São Paulo por R$ 200 nas megapromoções das empresas aéreas, um dado curioso. Vai pagar menos para voar do que nos táxis. Como? Dos bairros de Natal ao Aeroporto Aluízio Alves, em

São Gonçalo do Amarante, o táxi vai custar mais de R$ 100. De Guarulhos para qualquer região da capital paulista, também ultrapassa os R$ 100. Ou seja: três horas e meia de avião poderá custar menos do que duas corridas de táxi: uma de 30 minutos (em Natal) e outra de uma hora (em São Paulo)

BNTM na Arena Pernambuco A vigésima-terceira edição da Brazil National Tourism Mart (BNTM), que se realizará na Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata, na Região Metropolitana de Recife, de 27 a 30 de março, foi lançada na terça-feira passada em Natal. Pernambuco, que não brinca quando o tema é Turismo, promete uma grande solenidade de abertura da BNTM no Institu-

to Brennand, com a presença de operadores e jornalistas nacionais e internacionais. Será o primeiro evento de Turismo no país realizado em arena multiuso construída para a Copa. E nossa Arena das Dunas? Também vai ter eventos setoriais ou apenas um amplo calendário de shows? Alguns maldosos já disseram que será uma casa de shows com campo de futebol.

Promoção

Cem por cento

O Pestana Natal, que trabalha no sistema all inclusive, lançou uma promoção com desconto para quem adquirir no mínimo quatro diárias. Vale até 28 de fevereiro e apenas para compras no site da rede. Marcelo Naliatto, gerente de Vendas, Reservas e Eventos do hotel, diz que a ocupação está satisfatória em fevereiro.

Já o Ocean Palace Beach Resort & Bungalows comprova a fama de ser um dos hotéis de Natal com maior agressividade comercial, sobretudo no interior paulista. Chegará a 100% de ocupação em alguns dias deste fevereiro com cara de março, que está longe de ser alta estação.

Rodada de Negócios da Foco A Foco Operadora, do trio Antonio Neto, Dioclécio Victor e Alexandre Magnus, promove de 14 a 16 de março, no Praia Bonita Resort & Convention, em Camurupim, a II Rodada de Negócios da Foco. O público-alvo é o agente de viagens de Natal, que

comercializa os pacotes da operadora. Vale lembrar que a Foco é a principal responsável pela ocupação do Mussulo Resort, na Costa do Conde, na Paraíba. Mais de 50% das diárias vendidas no ano passado foram originadas na operadora de Natal.

Abav e ABIH em Natal Natal contará, nos próximos dias 19 e 20 de fevereiro, durante a realização do 5º Fórum de Turismo do RN, com a presença dos dois presidentes das principais entidades de classe do setor

de Turismo no país: Antonio Azevedo, presidente da Abav Nacional (português que reside em Curitiba); e Enrico Fermi, presidente da ABIH Nacional (potiguar que mora em São Paulo).

Divulgação

Produtos

A rede Paradise de Hotéis (dois flats em Natal, Blue Marlin em Cotovelo e Pipa´s Bay), que tem Jailson Jarles na direção comercial, vai mostrar novidades e o tarifário da baixa estação aos participantes do 5º Fórum de Turismo do RN. Terá dois estandes na Mostra, que se realizará paralelamente ao evento.

Esta mesma Mostra de Destinos e Produtos Turísticos do RN, que integra o Fórum, terá degustação do Café Santa Clara e dos sorvetes SterBom, marcas presentes em cardápios de muitos restaurantes de Natal. Uma das surpresas da feira será o estande da Águia Piscinas, que mostrará novidades para o setor da hotelaria.

Obstinação O deputado estadual Tomba Faria tanto lutou que conseguiu. O teleférico de acesso ao complexo religioso de Santa Rita de Cássia, em Santa Cruz, já tem contrato assinado com a Caixa Econômica Federal. GT Náutico Recém-constituído, o Grupo de Turismo Náutico do RN terá assento em reuniões nacionais, no âmbito do Ministério do Turismo, sobre os mais variados projetos. De simples píers a grandes marinas. Natal precisa disso. Gastronomia Pelo menos neste item, Natal vai bater um "bolão" na Copa do Mundo. A cada dia, a cidade incorpora novos e caprichados templos gastronômicos. Petrópolis, Tirol, Lagoa Nova, Capim Macio, Ponta Negra... Natal tem sabor.

13

Prefeito pede R$ 75 milhões para terminar drenagem « MAIS VERBA » Carlos Eduardo tenta liberar recurso no Ministério das Cidades. Obras vão interligar as lagoas do Jacaré e do Preá ao túnel MAGNUS NASCIMENTO

C

om a primeira etapa das obras de drenagem das águas pluviais no entorno do estádio Arena das Dunas e de sete bairros de Natal executada em 70%, a prefeitura já estuda a abertura de uma frente de trabalho para a segunda etapa das obras, que contempla a interligação das adutoras das lagoas do Jacaré e do Preá, em Nova Descoberta, ao túnel de 4.500 metros que está sendo construído a partir do Centro Administrativo de Lagoa Nova. A segunda etapa das obras de drenagem das águas de chuvas está orçado em R$ 75 milhões, dinheiro que o prefeito Carlos Eduardo Alves (PDT) já começou a negociar a sua liberação no Ministério das Cidades na viagem que fez no meio da semana a Brasília, onde contou com o apoio deputado Henrique Eduardo Alves (PMDB). Já o secretário municipal de Obras Públicas e Infraestrutura, engenheiro civil Tomaz Pereira de Araújo Neto, explicou a licitação para a construção da segunda etapa das obras de drenagem, a qual também vai acabar com as inundações da rua Presidente José Gonçalves, em Lagoa Seca, foi incluída na concorrência pública vencida pela Construtora Queiroz Galvão S/A para a construção da primeira etapa, que terá um custo global de R$ 188.713.373,48 e tem prazo de conclusão em maio deste ano, antes da Copa do Mundo de Futebol. “A licitação foi realizada há mais de ano, ainda na gestão anterior, e vai ser preciso um reajustamento de preço, como prevê a lei”, explicou Tomaz Neto, que admite a possibilidade de se fazer outra licitação, porque a prefeitura não tem, no momento, cerca de R$ 7 ou 8 milhões de recursos próprios para fazer frente ao reajustamento do contrato. A primeira etapa prevê a construção do túnel de 2,20 metros a 3,0 metros de diâmetro que está sendo construído a 33 metros de profundidade, e de uma lagoa de amortização e filtração das águas pluviais no Km6, de onde serão escoadas para o rio Potengi. Tomaz Neto informou que ao fim da primeira etapa das obras, o canal de drenagem vai escoar as águas de duas lagoas existentes no Centro Administrativo,

Túnel está sendo construído a partir do Centro Administrativo e tem 4.500 metros de extensão

As águas pluviais serão drenadas por gravidade, acabando com o sistema de bombeamento” TOMÁZ NETO Titular da Semopi

uma situada atrás da Governadoria e a outra no entorno do Arena das Dunas - “que tiveram sua capacidade de armazenamento ampliada em quatro vezes” - além da lagoa do conjunto São Conrado, na rua interventor Mário Câmara e outras duas da Cidade da Esperança. “As águas pluviais serão drenadas por gravidade, acabando com o sistema de bombeamento por sucção que hoje leva as águas das lagoas do Centro Administrativo através de galerias pluviais que passam pela rua Antonio Basílio, rio das Quintas e vai cair no rio Potengi”, esclarece o titular da Semopi. Tomaz Neto informou, ainda, que os serviços do túnel de drenagem estão enfrentando um problema, porque quatro postos de visita ao longo da avenida Je-

rônimo Câmara “estão apresentando fuga de material sedimentar junto com água”. Segundo ele, isso está causando um vácuo no subsolo, questão que está sendo estudadas por consultores da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, da própria Semopi e outro contratado pela construtora, a fim de apresentar uma solução para o problema. O túnel sai do entorno do Arena das Dunas e segue adiante passando pela avenida Jerônimo Câmara até chegar na avenida Interventor Mário Câmara - onde haverá uma bifurcação com um braço saindo para a Lagoa de São Conrado e outro para as lagoas da Cidade da Esperança. O percurso prossegue na avenida Jerônimo Câmara e vai até a Rua dos Caicós, pegando a Rua Miguel Castro a esquerda em direção ao Rio Potengi. Quando ao trajeto das adutoras das Lagoas de Nova Descoberta, o sistema sai pela rua Amintas Barros, dobra na rua São José até chegar a um ponto de visita na avenida Interventor Mário Câmara (antiga 6). A meta é eliminar as enchentes dos bairros de Lagoa Nova, Nova Descoberta, Dix-Sept Rosado, Candelária, Bom Pastor, Cidade da Esperança e Nazaré. A obra prevê o fim de alagamentos em 23 pontos críticos.

Adutora na Av. das Alagoas será entregue este mês Até o fim do mês a prefeitura espera inaugurar a adutora da Lagoa do Makro, na avenida das Alagoas e ao lado de Neópolis, que vai escoar as águas pluviais para a comunidade de Lagoinha, onde existe um ponto natural de escoamento das águas de chuvas. A ordem de serviço da obra foi dada em 17 de fevereiro de 2011, na gestão da então prefeita Micarla de Souza, mas foi paralisada por falta de pagamento à construtura e retomada ano passado pela atual administração. O secretário municipal de Obras Públicas e Infraestutura, Tomaz Pereira de Araújo Neto, disse que para a obra ser liberada, “está esperando apenas a vistoria da parte da Cosern na subestação elevatória”, que foi construída para bombear as águas da Lagoa do Makro. O projeto inicial era de se fazer o bombeamento da Lagoa do Makro para a lagoa da avenida Ayrton Senna com a avenida das Alagoas, entre os conjuntos Pirangi e Jiqui, e dai as águas pluviais serem bombeadas até Lagoinha. Tomaz Neto disse que o projeto foi modificado e as águas da Lagoa do Makro, depois que atingir sua cota máxima de capacidade, será escoada através de uma adutora diretamente para Lagoinha, o que reduz pelo menos em 30% o volume de água que antes era obrigado a se escoa para a lagoa da av. Ayrton Senna. A construção de uma estação elevatória e adutora da Lagoa do Makro vão evitar inundações sazonais na área do entorno da Lagoa do Jiqui e do Pirangi. O valor da obra foi de de R$ 1.739.874.75 . A adutora tem m 1.659 metros de extensão e 400 milímetros de diâmetro.

NÚMEROS

R$ 75 milhões é o valor necessário para a interligação das adutoras das lagoas do Preá e Jacaré com o túnel de drenagem

23 pontos de alagamentos serão eliminados após ativação do novo sistema de drenagem


NO FACEBOOK

Confira a charge de Brum, na coluna Apito Final, relacionada ao esporte. facebook.com/tribunarn

14

HOJE NA TV

NO RÁDIO

11h - Globo Esportivo 17h - Globo Esportivo

20h - Liga Feminina de Vôlei: Pinheiros x Barueri; SporTV 22h - NHL: New Jersey Devils x Edmonton Oilers; ESPN INT

www.radioglobonatal.com.br

WALLYSON DIZ TER REALIZADO UM SONHO, APÓS DEIXAR O MARACANÃ APLAUDIDO POR TORCEDORES • Página 16

TN ONLINE

Acompanhe os preparativos para estreia do América no Estadual contra o Santa Cruz. www.tribunadonorte.com.br

esportes

Editor: Itamar Ciríaco itamar@tribunadonorte.com.br• Natal • Rio Grande do Norte •Sexta-feira • 07 de fevereiro de 2014

CBF divulga tabela da série A « BRASILEIRO » SÓ depois de derrubar todas as ações que obrigavam a entidade a incluir a Portuguesa na

divisão de elite, Confederação Brasileira divulgou a tabela da competição com o Fluminense na vaga da Lusa ARIEL SUBIRÁ/FP/EC

A

Confederação Brasileira de Futebol (CBF) divulgou,ontem, a tabela básica do Campeonato Brasileiro da Série A de 2014, após reunião do conselho técnico. A competição, entretanto, não conta com a Portuguesa, que se livrou do rebaixamento no ano passado dentro de campo, mas caiu após a perda de quatro pontos pela escalação irregular do meia Héverton, contra o Grêmio, na última rodada. O Fluminense, por sua vez, aparece entre os 20 clubes que disputarão a Série A nesta temporada. Depois do evento, a entidade informou que cassou as liminares favoráveis à Lusa no Tribunal de Justiça de São Paulo, mantendo válida a decisão do STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva), que retirou os quatro pontos da equipe paulista. As últimas quatro decisões favoráveis ao time paulista foram cassadas ontem pelo advogado da CBF, Carlos Miguel Aidar. A possibilidade de novas liminares na Justiça Comum que derrubem a decisão do STJD ainda não está descartada, mas a entidade confia que conseguirá reverter qualquer medida que contrarie a Justiça Desportiva. Sobre a tabela do Brasileirão 2014, em si, a primeira rodada acontece no dia 20 de abril. O Fluminense vai estrear em casa, diante do Figueirense, que retorna à primeira divisão após conseguir uma das quatro vagas

Brasileiro - Séria A Bola começa a rolar a partir do dia 20 de abril Flamengo x Goiás Fluminense x Figueirense São Paulo x Botafogo Santos x Sport Recife Atlético-PR x Grêmio Atlético-MG x Corinthians Bahia x Cruzeiro Internacional x Vitória Criciúma x Palmeiras Chapecoense x Coritiba

Advogado da Portuguesa, Ricardo Cabezón foi comunicado da derrubada das decisões na reunião

da Série B. O campeão Cruzeiro, por sua vez, terá o seu primeiro desafio fora de seus domínios, contra o Bahia. O vicecampeão Grêmio encara o Atlético-PR. Entre os outros três times que subiram da Série B, apenas a estreante Chapecoense joga em casa, diante do Coritiba. O Palmeiras encara na primeira rodada o Criciúma, em Santa Catarina, enquanto o Sport pega o Santos, provavelmente na Vila Belmiro. ALEX RÉGIS

Lusa diz que não vai desistir O objetivo ali foi entrar em um consenso, de ter segurança jurídica para o campeonato” RICARDO CABEZÓN Advogado da Portuguesa

Representante da Lusa na reunião do conselho técnico, o advogado Ricardo Cabezón revelou ter se sentido como um “visitante inusitado” do evento e deixou claro que a equipe paulista não desistirá de jogar a primeira divisão nacional em 2014. A Portuguesa não foi convocada para a reunião de ontem. Minutos antes do evento, a CBF, através de seu advogado, Carlos Miguel Ai-

dar, cassou todas as liminares obtidas em São Paulo, que alteravam as decisões da Justiça Desportiva. Assim, o time do Canindé só conseguiu entrar no evento – representado pelo advogado Ricardo Cabezón- graças a uma ação do juiz Marcello do Amaral Perino, da 42ª Vara Cível da Comarca de São Paulo. Cabezón, entretanto, não teve direito a participação ativa no en-

contro. “O objetivo ali foi entrar em um consenso, de ter segurança jurídica para o campeonato, mas logo depois anunciaram que a CBF tinha conseguido derrubar a liminar”, disse. “Veremos os próximos passos”, acrescentou, deixando claro que a Portuguesa ainda não se convenceu de ter que jogar a segunda divisão nacional nesta temporada.

Circuito BB começa hoje « VÔLEI DE PRAIA » Na etapa de Natal, a dupla Juliana e Maria Elisa

vai tentar retomar a liderança da competição, perdida no Maranhão

A

Criada em Natal, Juliana diz se sentir em casa e está animada

Praia do Forte vai receber hoje o Circuito Banco do Brasil de Vôlei de Praia, principal competição das areias no país. O evento vai até o domingo, dia 9, com partidas que começam às 9h (abertura dos portões às 8h) em uma arena moderna, montada nas proximidades da Fortaleza dos Reis Magos. A capacidade do espaço - com acessibilidade e entrada gratuita - é de 1.000 pessoas. A expectativa da organização é que o público lote e participe dos três dias do evento na capital potiguar. Natal é a sétima cidade a receber as partidas. João Pessoa e Maceió recebem as duas últimas

« OLIMPÍADAS 2016 » « ARENA DA BAIXADA » « FÓRMULA 1 »

etapas. Ao final das nove, quatro duplas se tornarão campeãs. Depois, ocorre o “Super Praia", que definirá as duplas campeãs do país. Jogarão este torneio os cinco primeiros do ranking nacional e mais três duplas convidadas pela Confederação Brasileira de Voleibol (CBV). Na tarde de ontem, na área vip da arena, os atletas Alison e Juliana falaram aos jornalistas sobre suas expectativas. Para Alison, a beleza de Natal surpreendeu, além do vento da cidade. “É a minha primeira vez aqui, é uma cidade bonita, além de ventar muito. E é até difícil jogar assim, com bastante vento”, disse o jo-

gador. Além de estar cheio de expectativas para iniciar a 7ª etapa, Alison comentou seus desejos gastronômicos. “Estou querendo mesmo é experimentar o camarão, disseram que aqui é a terra do camarão. Mas vou comer só no domingo”, brincou o atleta de Espírito Santo – local da famosa Moqueca Capixaba, também lembrada por ele. Diferente de Alison, Juliana conhece bem Natal. Apesar da jogadora ter nascido em Santos, passou a infância e a adolescência na terra potiguar. “Estou em casa. Vou ver todos os meus amigos”, disse empolgada. “Eu tenho três fases na minha vida: a que eu

« LIGA MUNDIAL »

« ACIDENTE »

COI diz que Rio precisa estar em supervisão

Fifa está otimista com a conclusão

Mercedes fica surpresa Brasil estreia contra a seleção italiana com a baixa da RBR

Lesão de Laís Souza pode não ser total

O Comitê Olímpico Internacional (COI) advertiu ontem, em Sochi, na Rússia, país sede dos os Jogos de Inverno de 2014, que a preparação brasileira precisa ficar sob “constante supervisão e colaboração”, para que possa superar os atrasos na organização da Olimpíada de 2016. Ao apresentar ao COI um relatório sobre os avanços da preparação para receber os Jogos Olímpicos de 2016, os organizadores do evento no Rio prometeram que a cidade irá terminar a tempo as obras necessárias para realização da competição.

O consultor da Fifa, Charles Botta, que tem visitado todos os estádios a serem utilizados na Copa do Mundo deste ano no Brasil, esteve ontem na Arena da Baixada, em Curitiba, para avaliar os avanços das obras no estádio, que pertence ao Atlético Paranaense, que corre o risco de ficar fora da competição por causa do atraso excessivo, e mostrou otimismo. Mesmo sem falar com a imprensa, ele deixou avisado ao Comitê Organizador Local (COL) que serão necessários mais operários, cerca de 200, para que a cidade não corra risco de ser excluída.

Detentora dos últimos quarto títulos do Mundial de Construtores e também de pilotos (com alemão Sebastian Vettel) na Fórmula 1, a Red Bull teve péssimo início durante os testes em Jerez de La Frontera. Os resultados da equipe surpreenderam o chefe da Mercedes, Toto Wolff, que mostrou não entender os motivos para queda de rendimento do time adversário. “Os problemas eram esperados no primeiro e segundo dia, mas encerrar este período de testes com pouquíssimas voltas na pista não era o aguardado para uma equipe como a Red Bull”, disse.

Dez dias depois de Laís Souza sofrer grave acidente enquanto esquiava em Salt Lake City(EUA), treinando para os Jogos de Sochi, o médico responsável pelo caso, Antônio Marttos Jr., falou pela primeira vez com a imprensa brasileira baseada no País. Respondendo perguntas feitas por meio de um chat online organizado pelo Comitê Olímpico Brasileiro (COB), o profissional indicou que ainda há chances de a ex-ginasta não ficar tetraplégica. “Não é possível, nesse momento, afirmar qualquer prognóstico sobre o quadro final da Laís. Ainda é muito cedo”, disse.

A Federação Internacional de Vôlei (Fivb) divulgou a tabela completa da primeira fase da Liga Mundial de 2014. A Seleção Brasileira irá começar enfrentando três países em casa pelo Grupo A, para depois enfrentar as mesmas equipes como visitante. A estreia será contra a Itália, serão dois jogos em Jaraguá do Sul (SC), entre os dias 23 e 25 de maio. Depois Maringá (PR) receberá duas partidas, onde o adversário será a Polônia, entre 30 de maio e 1º de junho. Para finalizar a estadia brasileira, nos dias 6 e 8 de junho, São Paulo albergará o duelo entre a Seleção e o Irã.

nasci, em Santos; a que eu fui feliz, em Natal; e a que eu venci na vida, em Fortaleza”, ressaltou. Alison e Juliana estão em momentos opostos no Circuito. Ele trocou de dupla no ano passado, era líder com Emanuel, e agora, com Bruno Schmidt, não tem chances de disputar o título. “Espero fazer um bom resultado aqui”. A liderança passou a ser de Ricardo e Márcio que estão com 1.960 pontos, seguido por Bruno e Evaldo, com 400 a menos. Já a dupla Juliana e Maria Elisa, tem chance de vitória, pois está a apenas 40 pontos das líderes Ágatha e Bárbara. Participam do Circuito 12 duplas femininas e 16 masculinas.

hoje na tv 11h - Tênis: Torneio de Zagreb; ESPN+ 13h - Jogos de Inverno: cerimônia de abertura; SporTV e BandSports 16h30 - Campeonato Francês: Toulouse x Saint-Etienne; SporTV 2 16h30 - Campeonato Alemão: Borussia Mönchengladbach x Bayer Leverkusen; ESPN Brasil 17h - Campeonato Argentino: Estudiantes x Arsenal; FOX Sports 2 17h30 - Liga Espanhola de Basquete: Barcelona x Tenerife; BandSports 18h30 - Paulistão: Oeste x Ituano; Payper-view 19h30 - Tênis: Torneio de Viña del Mar; BandSports 20h - Superliga Feminina de Vôlei: Pinheiros x Barueri; SporTV 20h45 - Liga das Américas de Basquete: Regatas x Brasília; FOX Sports 2 21h - NBA: Indiana Pacers x Portland Trail Blazers; ESPN Internacional 21h - NHL: New Jersey Devils x Edmonton Oilers; ESPN+ 23h - Liga das Américas de Basquete: Halcones x Marinos; FOX Sports 2 23h30 - Boxe Internacional: Roberto Garcia x Norberto Gonzalez; ESPN+


Natal • Rio Grande do Norte Sexta-feira, 07 de fevereiro de 2014

esportes

Apito Final EVERALDO LOPES e_lopes@tribunadonorte.com.br

Wallyson relembra Marinho Dias atrás, comentei a chegada de Wallyson para o Botafogo, alongando-me um pouco ao analisar a longa má fase que o ex-abecedista vinha vivendo, depois de um bom período como ídolo do Cruzeiro. Na quarta-feira, felizmente, eis que Wallyson chutou pra longe a sequência de atuações apenas discretas e fez lembrar quando Marinho Chagas estreou no Botafogo em 1972, vitória alvinegra por 1x0, gol justamente do lourão da Salgadeira. O técnico botafoguense era o sortudo Zagallo, Agora, anteontem, Wallyson não fez só um mas três gols no placar elástico de 4x0 contra o Deportivo Quito. O garotão macaibense cria do ABC encheu a bola, fez três gols e incendiou os mais de 50 mil alvinegros que lotaram a Arena Maracanã. Antes da partida, o treinador Eduardo Húngaro não somente confirmou a escalação de Wallyson, como também citou alguns detalhes que concorreram para que garantisse sua presença, sendo uma delas a versatilidade do jogador e a postura que adota nos passes perfeitos para os colegas de equipe.

Wallyson (2) O Botafogo passa da fase preliminar, pulou para o grupo 2 junto com Union Española, do Chile, San Lorenzo da Argentina e Independente del Valle, do Equador. Ainda sobre Wallyson: até hoje ele não con-

seguiu uma regularidade duradoura, sempre se contundindo quando mais o clube precisa dele. Vejamos se esse fato ocorre desta vez, nos compromissos futuros, do Campeonato carioca e Libertadores.

Sem liminares, sai tabela da “A” Num comunicado divulgado na reunião arbitral do Campeonato Brasileiro, nessa quinta-feira, a CBF afirma ter derrubado as quatro liminares restantes que garantiam a permanência da Lusa na série “A”. Pe-

lo menos no momento, o Fluminense permanece na série “A”, afirma o presidente da CBF, José Maria Marin, mas tendo o cuidado de advertir de que essa posição ainda não é definitiva.

Do paraíso ao inferno

Troca troca inédito

Campeão potiguar de futebol em 2009, ASSU (Associação Sportiva Sociedade Unida) em cinco anos saltou do paraíso ao inferno, além do castigo de retornar à 2ª divisão de profissionais em 2015, parando suas atividades 10 meses antes do final da temporada. A história dos estaduais da FNF mostra que, exceção da dupla ABC x América, dos clubes considerados grandes, o Alecrim FC é o único que jamais foi rebaixado, desde 1915, quando foi fundado ao lado de ABC e América, até os dias atuais, além do detalhe de jamais ter se licenciado da federação.

Que o amigo torcedor/leitor me corrija se estiver equivocado, porém não recordo de ter acontecido troca troca de jogadores entre dois clubes grandes do futebol brasileiro – Corinthians e São Paulo, principalmente pelo detalhe de um deles – Alexandre Pato, ser até hoje o jogador mais caro contratado por um clube do Brasil. O pretexto é que Pato não tem clima algum para permanecer no Corinthians, enquanto Jadson também não queria mais vestir a camisa tricolor do SP. A diferença é que se trata de um troca troca com validade de dois anos.

Última chance Termina nesta sexta-feira, às 8h, horário do Nordeste o que deve ser a última chance para comprar ingressos visando os jogos do Brasil na Copa do Mundo/2014. É quando a Fifa encerra a negociação de bilhetes para seleções específicas. Em cada jogo, 16% das entradas (8% para cada seleção em campo)

são reservados para os torcedores desses países somente nascidos ou residentes. É preciso acessar o www.fifa.com/ingresso a fim de solicitar bilhetes para todos os jogos da Seleção Brasileira, inclusive o de abertura. Como a procura é grande, haverá sorteio para definir quem ficará com os tíquetes.

Última (2) A opção de escolha de compra para uma seleção específica não é válida apenas para torcedores do Brasil. Todos os outros 31 times participantes têm a mesma ferramenta à disposição de seus aficionados. Vale destacar que somente os nativos ou residentes dos respectivos países em campo podem requisitar estes bilhetes”, explicou Thierry Weil, diretor de Marketing da Fifa, encarregado da venda de ingressos. Melhores públicos O segundo jogo do América FC na Arena das Dunas, quarta-feira proporcionou o segundo maior público pagante, sendo superado apenas pela inauguração, dia 26/01. O jogo ABC x Palmeiras teve 3.645 pagantes. Anteontem, o jogo América x Vitória levou 10.349 pagantes, proporcionando a segunda maior arrecadação e público na Arena.

« CARTÃO AMARELO »

15

América muda o foco e já pensa no Santa Cruz « CAMPEONATO POTIGUAR » Jogadores e comissão técnica sabem da

responsabilidade do Estadual e estão empenhados pela conquista do título EMANUEL AMARAL

G

arantido como primeiro lugar da sua chave na Copa do Nordeste, onde vai enfrentar o CRB/AL, nas quartas de finais da competição, o América agora muda o foco e se volta para a disputa do campeonato potiguar, que começa amanhã para o alvirrubro, novamente no Arena das Dunas. Seu primeiro adversário é o Santa Cruz e o técnico rubro, Leandro Sena, afirmou que não vai priorizar nenhuma competição e vai entrar no Estadual para buscar o título que o clube deixou escapar na temporada passada. “Vamos com o que temos de melhor. É uma competição de tiro curto! E, conquistando o título, garantimos vaga na Copa do Nordeste e Copa do Brasil de 2015. A gente não pode abrir mão disso”, afirmou Sena. Mas, para essa primeira partida, ele não vai poder contar com o atacante Isac, que saiu da partida contra o Vitória contundido e está vetado pelo departamento médico e com o meio campo Rafinha, que vem se recuperando de lesão. Mas, em compensação, vai ganhar o reforço do volante Val, que estava no Flamengo/RJ e já defendeu o próprio América. Mesmo afirmando que não vai priorizar competições, o comandante alvirrubro deve utilizar o Estadual para fazer algumas experiências na equipe. Além de Rubinho ser mantido no meio campo e Alfredo entrar no ataque, existe a possibilidade do jovem Bruno assumir a condição de titular na lateral esquerda, já que o atual dono da posição, Raí, vem sendo alvo de fortes críticas por parte dos torcedores americanos. Para Alfredo, o time precisa manter o mesmo ritmo que vem tendo na Copa do Nordeste, dentro do campeonato estadual, que é uma competição, segundo ele, que o América vai entrar para disputar o título. “ Não podemos relaxar”, pediu o artilheiro rubro na temporada.

O técnico Leandro Sena afirmou que não vai priorizar a Copa do Nordeste e quer o título estadual

ABC negocia com mais dois reforços para o meio-campo O ABC não parou em Lúcio Curió as contratações para a disputa do campeonato estadual. A direção do clube, junto com a comissão técnico, segue trabalhando para reforçar o elenco e mais dois jogadores devem chegar até o final da semana. São dois meias. André Gava, de 21 anos, que pertence ao Criciúma e Hendrick, que estava no Palmeira de Goianinha e que também despertou interesse do Globo. “ Quarta-feira nós conversamos e o Rogério Marinho ficou encarregado de fechar os últimos detalhes. Quanto ao Hendrick nós fizemos uma proposta e deixamos o jogador a vontade”, afirmou o vice presidente de futebol do clube, Bira Marques. O vice presidente administrativo do ABC, Rogério Marinho, adiantou, ainda, que contratações de peso, como foi a de Lúcio Curió, vai depender do aumento de sócios no quadro do clube. A expectativa da direção é de que até o mês de junho, o número de sócios chegue aos 10

mil, número considerado ideal pela diretoria alvinegra. Em relação ao time titular que vai estrear no primeiro turno do campeonato estadual, domingo, contra o Corintians de Caicó, o técnico Roberto Fernandes modificou algumas posições em relação a equipe que participou do jogo-treino da última quarta-feira, quando empatou em 2x2 com o Atlético do Potengi. Deixaram o time titular o lateral direito Dimas e o atacante Gilmar. O volante Somália foi deslocado para a direita, com Élvis entrando no meio campo e Lúcio Flávio formou dupla de ataque com Beto. Com isso, a equipe titular que treinou ontem foi formada por Bruno Fuso; Somália, Paulão, Samuel e Rayro; Daniel Paulista, Daniel Amora, Élvis e Júnior Xuxa; Lúcio Flávio e Beto. Quem conquistar esse primeiro turno, leva as vagas na Copa do Brasil e Copa do Nordeste na próxima temporada.

Alecrim anuncia Quirino como novo atacante A diretoria alecrinense segue trabalhando fora de campo em busca de reforços para a segunda fase do Campeonato Potiguar. Após anunciar o atacante Gabriel, o coordenador de futebol Edson Barros confirmou as contratações do lateral Cal (exCEO/AL), do volante Goéber (exCeilândia/DF) e do atacante Quirino (ex-Palmeira de Goianinha/RN). Outros nomes ainda estão na pauta de negociações e novas surpresas poderão ser anunciadas nos próximos dias. Por outro lado, o atacante Felipe Alves – se transferiu para o futebol gaúcho – e os volantes Talles e Wendell já não fazem mais parte do elenco alecrinense. O atacante Quirino fez sua última partida pelo Palmeira, quarta-feira passada, quando fez o gol que levou a decisão contra o rebaixamento, diante do ASSU, para os pênaltis, vencida pela equipe de Goianinha. O lateral Cal disputou as duas últimas edições da série B pelo ASA/AL.

Pato vai para o São Paulo « CAMPEONATO PAULISTA » Atacante deixa o Corinthians e vai para o rival

por empréstimo. Na negociação, Jádson fez o caminho inverso de Alexandre JOSÉ PATRICIO

O

s rivais Corinthians e São Paulo entraram em acordo na última quarta-feira – o atacante Alexandre Pato seguirá para o Morumbi em troca do meia Jadson. Os dois jogadores estavam em baixa em seus clubes. Contratado por R$ 40 milhões pelo Corinthians, Pato deixou o Milan com a esperança de jogar a Copa do Mundo de 2014, porém jamais conseguiu se firmar e virou um problema dentro do elenco. Principalmente depois de desperdiçar um pênalti contra o Grêmio, no ano passado, decisivo para a eliminação de sua equipe da Copa do Brasil. Algoz do São Paulo no Campeonato Paulista, quando zombou do goleiro Rogério Ceni após converter um pênalti, Pato terá metade dos seus salários paga pelo Corinthians - que, mesmo assumindo o salário de Jadson, terá uma economia mensal de R$ 150 mil. O empréstimo do astro será válido por dois anos. Seu compromisso com o time do Parque São Jorge terminará no final de 2016. O diretor de futebol do Corinthians, Ronaldo Ximenes, afirmou que Alexandre Pato não enfrentará o clube enquanto esti-

O atacante vinha sendo alvo de protestos da torcida corintiana e foi negociado com o tricolor

ver emprestado ao São Paulo. Envolvido em uma troca com Jadson, que passará a vestir preto e branco, o atacante terá contrato com a agremiação tricolor até dezembro de 2015. “O Pato não joga contra o Corinthians em hipótese alguma”, afirmou Ximenes. Já Jadson, que o São Paulo comprou do Shakhtar Donetsk (Ucrânia) por cerca de R$ 12 mi-

lhões em 2012, deixou de ter vínculo com o clube do Morumbi. Ele assinará contrato com o Corinthians com duração até o final de 2015 e terá 50% de seus direitos econômicos ligados ao clube do Parque São Jorge. Após alguns bons momentos pelo São Paulo, Jadson perdeu espaço sob o comando de Muricy Ramalho. O técnico reclamou bastante de

sua falta de forma no início da atual temporada. Os novos reforços de Corinthians e São Paulo deverão ser apresentados ainda nesta semana. Como já vinha participando do Campeonato Paulista, Pato só poderá estrear na Copa do Brasil. Jadson ficará à disposição do técnico Mano Menezes já no Estadual.


16

Natal • Rio Grande do Norte Sexta-feira, 07 de fevereiro de 2014

esportes

SonhoRealizado Wallyson começa a escrever uma bela história com a camisa do Botafogo. O jogador foi o destaque da equipe no duelo contra o Deportivo Quito, ao marcar três dos quatro gols dos cariocas. Ele foi aplaudido por 50 mil pessoas no Maracanã MARCIO MERCANTE

A

cena registrada e imortalizada pelas imagens da televisão, com Wallyson sendo substituído aos 36 minutos do segundo tempo e aplaudido de pé por um público superior a 50 mil pessoas, num dos mais importantes palcos do futebol mundial, soaram com uma consagração, mas, na verdade, para o atacante não passou da realização de um grande sonho. Autor de três dos quatro gols da equipe carioca no duelo final contra o Deportivo Quito, cuja vitória garantiu a classificação do alvinegro para fase de grupos da Libertadores, o jovem talento revelou que quando assinou contrato com o Botafogo já imaginava esse momento. “Imaginava jogar em um Maracanã lotado como esse e fazer história. Felizmente comecei muito bem”, disse o atleta. É difícil para quem almeja seguir a carreira de jogador de futebol, não ter um sonho desse tipo, mas cumprida a primeira parte desse sonho, a segunda já está bem traçada na cabeça do atacante potiguar. “Quero dar muitas alegrias ao Botafogo. Espero que a semana que vem (terça-feira o clube enfrenta o San Lorenzo da Argentina pela Libertadores) o Maracanã esteja do mesmo jeito”, salienta. O estrelato de jogadores potiguares no Botafogo não é para muitos, antes de Wallyson que começa a escrever as primeiras linhas de sua história no “Glorioso”, só Marinho Chagas conquistou façanha idêntica. A “Bruxa” se transferiu para o alvinegro no início da década de 70 e, apesar de nunca ter conquistado nenhum título, continua sendo motivo de boa lembrança para os botafoguenses. Os três dos quatro gols marcados pela equipe diante do Deportivo Quito, foram suficientes para transformar o atleta potiguar no segundo maior artilheiro da equipe numa Libertadores. Neste ponto, Wallyson só perde para Garrincha que balançou a rede dos adversários no torneio continental em seis oportunidades. O feito então não é nada mal para um atleta que entrou em campo como titular pela primeira vez e passou apenas 149 minutos em atividade com a camisa alvinegra. Para o autor de tamanha façanha, não pode se considerar sonhar demais a meta de fazer história num clube como o Botafogo, que tem uma torcida apaixonada e que costuma venerar seus ídolos pela eternidade. “Vou fazer história aqui. Tenho fé nisso”, ressaltou o atleta em entrevista concedida ainda no gramado, quando foi cercado pela imprensa por ter sido o grande herói da classificação alvinegra. “Estou concentrado no objetivo de ter muitas alegrias no Botafogo. Já tinha enfrentado o Botafogo algumas vezes, havia notado que a torcida é um show à parte”, ressaltou. No primeiro jogo pela Libertadores, na altitude de Quito, o atacante potiguar participou apenas de uma parte, uma vez que tinha desembarcado no Rio de Janeiro, vindo do Bahia, há poucos dias. Praticamente ele estreou na competição continental no confronto de quartafeira passada. “A felicidade é

Temporada de 2014 é promissora

Depois de uma temporada sem muito brilho em 2013, troca de ares fez bem a Wallyson, que caiu nas graças da torcida alvinegra

TRAJETÓRIA HEULER ANDREY

ALEX REGIS

Depois de brilhar no ABC jogador desembarcou no Atlético-PR em 2008, onde fez 50 jogos e 11 gols WASHINGTON ALVES

Em 2010 chegou ao Cruzeiro e no ano seguinte foi o artilheiro da Libertadores, com sete gols DIVULGAÇÃO

Em 2007, comemora o acesso do ABC para série B do Brasileirão

enorme de começar uma Libertadores fazendo três gols. Foi uma noite especial para mim e para o clube”, comentou o camisa 19 do glorioso. Apesar de toda a festa, o jogador potiguar de 25 anos, faz um alerta a todos no clube, lembrando que a partida contra os equatorianos já é passado e faz parte da história do clube. “Agora”, destaca, “temos que continuar com o trabalho forte, porque na terça já temos outro jogo importante e precisamos ganhar”, disse Wallyson. A história desse potiguar com a camisa botafoguense tem apenas 15 dias para ser contada, porém se as impressões iniciais são as que ficam, ela possui todos os requisitos para se transformar num grande caso de amor.

Vou fazer história aqui. Tenho fé nisso”

No início de 2013 foi contratado pelo São Paulo, onde teve passagem discreta,fez 11 jogos DIVULGAÇÃO

Estou concentrado no objetivo de ter muitas alegrias no Botafogo. Já tinha enfrentado o Botafogo algumas vezes, havia notado que a torcida é um show à parte” WALLYSON Atacante do Botafogo

Na segunda metade de 2013 foi para o Bahia, onde realizou 28 partidas no Brasileiro e fez 4 gols

Emoção igual, só no nascimento do primeiro filho A torcida do Botafogo fez sua parte, lotou o Maracanã e incentivou sua equipe desde o início do jogo. Dentro de campo, o time alvinegro correspondeu. Diante de 50 mil torcedores, o Glorioso goleou o Deportivo Quito por 4 a 0, com uma atuação brilhante de Wallyson. O atacante marcou três gols, deixou o campo ovacionado e comparou a emoção desta quarta-feira ao dia de nascimento de seu filho. “É um dia que vai ficar marcado pra mim, pois não é todo dia que você faz três gols no Maracanã. Vivi um dia assim no nascimento do meu filho e agora pude viver emoção semelhante. Importante até pela história que o Maracanã tem. Fico feliz de fazer parte disso”, descreveu Wallyson, sem esconder a felicidade após a noite de gala diante de 50 mil torcedores. Depois de ficar no banco de reservas na primeira partida, quando o Botafogo foi derrotado por 1 a 0 pelo Deportivo Quito, o atacante ganhou a chance entre os titulares para dar mais mobilidade ao ataque alvinegro. Logo no primeiro tempo, já mostrou seu cartão de visitas e abriu o placar com um belo chute de perna direita, depois de aproveitar a sobra dentro da área equatoriana. Artilheiro da Libertadores de 2011, com sete gols marcados, ainda deixou sua marca duas vezes no segundo tempo, selando a classificação do Botafogo para a fase de grupos. O rendimento exemplar também rendeu elogios do treinador Eduardo Hungaro, que apostou no atacante, mesmo com poucos treinos, e espera que o desempenho de Wallyson continue assim. “O Wallyson é um jogador que mostrou, em poucos treinos, que daria para gente uma situação diferente na linha ofensiva, mas foi um jogador que chegou depois e a gente precisava, dentro desse planejamento de dois jogos, utilizá-lo. A situação aconteceu para que ele começasse o jogo, ele teve uma bela atuação, fez três gols, então esperamos que ele continue assim”, explicou Eduardo Hungaro.

A temporada de 2014 pode ser fundamental na carreira do atacante Wallyson. O jogador que deixou o Rio Grande do Norte, numa transação bastante complicada para o Atlético/PR, em 2008, saiu do ABC como uma das grandes promessas do futebol brasileiro e assim continuou com as passagens por Cruzeiro, São Paulo e Bahia, onde conseguiu apenas um sucesso parcial. Agora surge a grande oportunidade de re-engrenar a carreira defendendo o Botafogo e livre de qualquer problema. O garoto que deu os primeiros passos no futebol defendendo o Potiguar de Parnamirim, em 2005, foi indicado pelo treinador Francisco Diá a Flávio Anselmo, que na época decidiu iniciar o investimentos em jogadores de futebol. “Diá me indicou não apenas Wallyson, mas também Danilinho. Eles eram muito novos e não possuíam contrato profissional naquela época. Peguei os dois, fiz um acordo e coloquei ambos para treinar no ABC”, recorda o empresário. Daí em diante a dupla de amigos seguiu caminhos distintos. Danilinho não conseguiu muita projeção, mas aos 17 anos, Wallyson não demorou a ganhar a confiança dos abecedista, no ano de 2007, conquistando o posto de ídolo numa atuação semelhante a que teve quarta-feira, sendo que desta feita foi numa final de Campeonato Estadual contra o América, no Frasqueirão. Na oportunidade, o alvirrubro — que tinha montado um elenco para disputar a série A do Brasileiro — jogava pelo empate, mas acabou impiedosamente goleado pelo ABC e maltratado pela jovem promessa, autor de quatro dos cinco gols do alvinegro (5 a 2). Começava ali a história de amor entre o clube e o novo ídolo. Além da conquista do título estadual, o jogador também participou da campanha que recolocou o alvinegro na série B, outro momento de grande emoção e inesquecível para o atleta, que não esconde sua paixão pelo ABC. Na trajetória no clube potiguar entre 2005 e 2007, o atacante fez 49 partidas e marcou 26 gols. O Atlético do Paraná foi o primeiro clube fora de Natal, em princípio ele demorou a emplacar na equipe, sofreu com problema de adaptação, mas ficou dois anos no Furacão 2008 a 2010, fez 50 partidas e marcou 11 gols. Fora do ABC, o clube onde mais conseguiu se projetar foi o Cruzeiro, onde o jogador potiguar conseguiu se consolidar como artilheiro da Libertadores de 2011, com os sete gols marcados pelo time celeste. Depois uma grave lesão no tornozelo impediu um melhor progresso na equipe. No time mineiro, participou de 84 partidas e marcou 27 gols. Emprestado em 2013 ,ele teve uma passagem discreta pelo São Paulo, onde em 11 vezes que entrou em campo não conseguiu balançar a rede do adversário. A segunda parte da temporada Wallyson fez no Bahia, quando participou de 28 jogos pelo Brasileiro da série A e marcou quatro gols.


TELEFONES ÚTEIS Detran STTU Reboque 24h

3234-1214 3232-9120 3201-2960

MEMÓRIA

Segundo Aurino Araújo o fusca saiu do forno em 1935. PÁGINA 2

MONTADORA

General Motors está na mira da Justiça. Saiba por quê. PÁGINA 3

JEEP GRAND CHEROKEE 2014 CHEGA AO BRASIL AINDA MELHOR • PÁGINA 3

LEGISLAÇÃO

Contran na resolução 292 limita modificações nos automóveis PÁGINA 3

autos&motores Editor: Fernando Siqueira [fernandosiqueirarn@gmail.com

Natal • Rio Grande do Norte • Sexta-feira • 07 de fevereiro de 2014

VW Up!: uma nova era no Brasil « REVOLUÇÃO » O Up! nasce como um ícone da marca, com design inovador e jovial. Modelo tem caráter próprio, moderno e atemporal, otimizado graças à tecnologia aplicada em seus componentes

A

Volkswagen do Brasil apresenta um novo membro de sua família: o up!, modelo que marca o início de uma nova era para a empresa no País. O up! chega como o carro mais inovador de seu segmento no mercado brasileiro, conciliando desempenho, economia de combustível, segurança, conforto e recursos de entretenimento para os ocupantes. Oferecido na versão de quatro portas, o up! é parte da linha 2015 da Volkswagen e tem seis versões: take up!, move up!, high up!, black up!, red up! e white up!. Há um up! para cada consumidor.

Design inovador O up! se destaca já no primeiro olhar, com seu desenho inovador, moderno e jovial. A ligação com o Brasil está na origem do up!: o desenho do modelo foi elaborado pelo brasileiro Marco Antonio Pavone. O up! estabelece uma nova referência em design para a Volkswagen, com linhas limpas, que se adaptam a qualquer situação.

Motor moderno O up! é equipado com a nova geração de motores 1.0l de 3 cilindros Total Flex. Sua potência máxima é de 75 cv (55 kW) a 6.250 rpm, quando abastecido com gasolina, e de 82 cv (60 kW) à mesma rotação, com etanol. O torque máximo é de, respectivamente, 9,7 kgfm (gasolina) e 10,4 kgfm (etanol), e ocorre a partir de 3.000 rpm e se mantém por longa faixa de rotações. Já a partir de 2.000 rpm mais de 85% do torque máximo está disponível. O motor 1.0l é equipado com sistema “e-flex” de partida a frio, que dispensa o tanque auxiliar para gasolina – trata-se do primeiro motor do País nessa faixa de cilindrada a receber esse sistema.

Mais econômico do Brasil O up! também chega ao mercado com a melhor classificação no PBE (Programa Brasileiro de Etiquetagem) do INMETRO (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia). O modelo obteve a classificação “A” no Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular do INMETRO, entre os veículos equipados com ar-condicionado e direção assistida (referência janeiro/2014). O motor está combinado a uma nova versão da consagrada transmissão MQ200. As relações são longas, permitindo ao motor trabalhar em rotações mais baixas, resultando em menor consumo de combustível e redução nas emissões.

Mais seguro da categoria O up! é o primeiro automóvel compacto a obter 5 estrelas na proteção de adultos e 4 estrelas na proteção de crianças no Latin NCAP, organização que avalia a segurança dos veículos. Dessa forma, o up! repete no Brasil o excelente desempenho em segurança do modelo europeu, o que evidencia o alto nível de qualidade do modelo brasileiro.

+

PAGINA 2

O Up! nasce como um ícone da marca


2

Natal - Rio Grande do Norte Sexta-feira, 07 de fevereiro de 2014

Especulando AURINO ARAÚJO

Estórias do fusca (243) Segundo atesta a revista Prodoctor, o Fusca “saiu do forno” em 1935, mas, somente em 1938 teve sua produção iniciada e pouco tempo depois interrompida em razão da Segunda Guerra.

autos & motores

VW do Brasil apresenta um novo carro ao País « AVALIAÇÃO » O VW Up! também chega ao mercado com a melhor

classificação no PBE (Programa Brasileiro de Etiquetagem) do INMETRO

O Tal como procederam as fábricas americanas entre 1941 e 1945, durante o conflito, a Volkswagen não produziu veículos para comercialização, concentrando sua produção no esforço guerra. Conforme relata o octogenário historiador alemão Hans Mommsen, a maioria entre os milhares de operários na linha de produção era composta de prisioneiros oriundos de campos de concentração, o que levou a Volkswagen alemã – algumas décadas depois - a doar milhões de dólares aos países do leste europeu cujos naturais morreram nas linhas de produção em Wolfsburg. Com o fim da guerra e a Alemanha arrasada, a Volkswagen teve capital importância na reconstrução de sua indústria e já em 1946 cerca de dez mil Fuscas circulavam pelo país. Nos dois anos seguintes, iniciaram-se as exportações, primeiro para países europeus e, depois, para os Estados Unidos. Mas a relação do Fusca com o Brasil – que o articulista da Prodoctor, ao escrever sobre ele após quarenta anos de sua chagada aqui, classifica como “um caso de amor” – uma vez que o carrinho práticamente tomou conta do território tupiniquim,

foi a mais intensa, duradoura e produtiva para os alemães de Wolfsburg, especialmente os que aqui aportaram. Conheci dois deles em 1965, na primeira vez em que botei os pés na fábrica da Via Anchieta, ambos diametralmente opostos: o brincalhão Willi Mentzing e o sisudo Konstantin Von Schweinichen, que tinha - e aparentemente cultivava - a postura de um coronel da Wehrmacht... “Seu” Mentzing, me parecia o segundo mais brasileiro dos alemães da Volks, porque o primeiro é – sem dúvida alguma – Frank Pflaumer, que conheci posteriormente e até hoje mantemos estreita relação de amizade. O Fusquinha, sem dúvida alguma, reinou absoluto no Brasil, por vários anos. O FUSCA, COM O BRASIL, FOI UM “CASO DE AMOR” Da unidade fabril, Ao país, de Sul a Norte, Tem ligação muito forte, O FUSCA, COM O BRASIL. Quando, aqui, ele surgiu, Trazendo atrás, o motor, Não tinha radiador, O que era raridade. E conosco, a novidade, FOI “UM CASO DE AMOR”

Up! inaugura para a marca a nova plataforma PQ12. O modelo mede 3,60 metros de comprimento (ganho de 6,5 centímetros sobre o modelo europeu), 1,64 metro de largura (sem retrovisores) e 1,50 metro de altura (acréscimo de 2 centímetros). Seu entreeixos tem 2,42 metros de comprimento. O peso total do modelo é de 910 kg, o que representa um grande avanço no segmento de veículos no qual o novo Volkswagen atuará.

FOTOS: DIVULGAÇÃO

1

Altos níveis de segurança A combinação de baixo peso e segurança elevada só é possível com a adoção de tecnologias inovadoras de fabricação. Além disso, por meio da combinação do uso de aço de alta resistência, motor leve e compacto e a busca por remover cada grama supérfluo, a empresa atingiu o excelente peso total do novo up!.

2

3

Menor custo de reparabilidade Outra importante conquista do up! é o melhor índice geral no CAR Group 2014, ranking que avalia o custo e o tempo de reparo dos veículos vendidos no Brasil após uma colisão. O up! obteve índice Car Group 11, o melhor entre todos os veículos participantes do estudo – é também o melhor da história do levantamento, que é realizado pelo Cesvi Brasil (Centro de Experimentação e Segurança Viária).

Para todos os públicos O up! se destaca pela gama de versões oferecidas. Versátil, o modelo atende a todos os públicos – há um up! para cada pessoa. Desde a versão take up! o modelo oferece extensa lista de equipamentos, entre os quais destacam-se freios ABS com EBD, air bag duplo, limpador, lavador e desembaçador do vigia traseiro; banco do motorista com regulagem de altura; espelho no para-sol do passageiro; cintos traseiros laterais retráteis e palhetas “aerowischer” – que têm funcionamento mais silencioso, melhor desempenho e durabilidade, mesmo em comparação às palhetas convencionais de maior eficiência.

Aprimorado para o Brasil O up! brasileiro, que tem três anos de garantia total de fábrica, recebeu aprimoramentos específicos para se adequar ao consumidor do Brasil. Entre essas modificações está a tampa do porta-malas, que combina metal e vidro. Essa solução melhora as proporções do carro e colabora para reduzir o custo de reparabilidade e, dessa forma, o valor do seguro. O tanque de

1 - Na dianteira, uma combustível no modelo brasileiro teve sua capacidade ampliada para 50 litros (15 litros a mais que no modelo europeu). Outra alteração importante em relação ao up! europeu foi realizada nas janelas traseiras, cujos vidros podem ser abertos verticalmente, o que garante melhor ventilação do habitáculo.

Porta-malas com sistema “s.a.v.e.” Seu porta-malas tem 285 litros de capacidade, o que representa ganho de 64 litros sobre o do modelo europeu (221 litros) e o torna um dos maiores da categoria. Além disso, o porta-malas pode receber o sistema de ajuste variável de espaço “s.a.v.e.”, que altera o seu tamanho e permite acomodar bagagens de tamanhos variados de forma simples e prática.

Direção eletromecânica “easy drive” O sistema de direção eletromecânica “easy drive” é item de série nas versões de topo de linha high up!, black up!, white up! e red up! e equipamento opcional para as versões take up! e move up!. Além do excelente conforto, uma de suas principais vantagens em relação aos sistemas de assistência hidráulica é só demandar energia quando necessário – ou seja, em curvas ou manobras, por exemplo. Isso representa uma redução no consumo de combustível de até 3% quando comparado com um sistema

PRIMEIRAS IMPRESSÕES: Geely EC7 Avaliamos, em Itu (SP), o automóvel sedã Geely EC7, cujas vendas serão iniciadas no Brasil em março. Em abril estreia o hatch compacto GC2. A Geely é proprietária da sueca Volvo desde 2010, marca reconhecida por itens de segurança, e será representada no país pelo Grupo Gandini, responsável também pela sul-coreana Kia. O EC7 chega para concorrer com J5, Fiat Linea, Honda City, e, eventualmente, Toyota Corolla e Honda Civic. O carro tem com um dos atrativos o preço que, embora ainda não esteja definido, deve ficar na casa dos R$ 50 mil. O sedã terá versão única. Ela traz motor 1.8 de 130 cv, com bloco e cabeçote de alumínio e comando de válvulas variável na admissão. O torque, de 16,9 kgfm é obtido a 4.400 rpm, enquanto o câmbio é manual, com 5 marchas. O conjunto é fabricado pela própria Geely. O EC7 faz de 0 a 100 km/h em 12 segundos, e atinge 185 km/h de velocidade máxima, diz a marca.

de direção com assistência hidráulica (convencional).

Interior moderno O interior do up! repete as formas limpas e sólidas encontradas em sua carroceria. Em seu painel os elementos centrais formam um contraponto, o que também gera equilíbrio visual na cabine. O quadro de instrumentos consiste em um ou três (a partir da versão move up!) instrumentos analógicos com um visor digital. A inovação também está no interior do up!, com diferentes acabamentos para o painel (disponíveis a partir da versão move up!) e combinações de ambientação.

Volante esportivo O volante do up! também merece destaque, com a base reta – o formato é inspirado no volante do Fusca. Na versão high up! o volante possui apliques na cor preto brilhante. Nas versões black up!, red up! e white up! há apliques em chrome effect, com o nome do modelo.

Bancos “one shape” Os bancos dianteiros “one shape” são de série para todas as versões e possuem regulagem milimétrica de altura e estilo moderno, além de recurso antimergulho e assento mais longo. Os revestimentos dos bancos são diferentes a cada versão, com oferta do revestimento em couro sintético “native” como opcional a partir da versão move up!. São

faixa estreita liga os faróis, integrando ao centro o logotipo da Volkswagen – único elemento cromado nessa região

2 - A traseira possui superfície limpa, enfatizada pelas caixas de roda, que confere estabilidade visual ao carro

3 - O interior do Up! repete as formas limpas e sólidas encontradas em sua carroceria oito opções de cores para a carroceria e sete rodas ou calotas diferentes, que variam conforme a versão.

Maps&more O up! oferece como opcional, a partir da versão move up!, o “maps & more” – sistema de infotainment e navegação. Esse recurso de tecnologia é oferecido pela primeira vez no mercado brasileiro pela Volkswagen. Trata-se de um dispositivo com tela sensível ao toque (touchscreen) que funciona como extensão do rádio e do computador de bordo do veículo, oferecendo também conectividade multimídia e sistema de navegação (GPS), já com mapas brasileiros e com antena interna de GPS, dispensando conexão com aparelhos adicionais. Tudo por meio de operação intuitiva e simples de usar.


autos & motores

Circulando FERNANDO SIQUEIRA

Chevrolet na mira da Justiça O cerco está se fechando contra a General Motors do Brasil, que resiste em fazer “recall” para resolver o problema que atinge 49 MIL motores 1.0, 1.4 e 1.8 dos automóveis Onix, Prisma, Cobalt, Spin, Celta, Classic, Agile e Montana, ano/modelo 2013. O caso será analisado por um órgão do Ministério da Justiça, que pode solicitar um novo “laudo” técnico para confirmar se existe risco à segurança, o que resultaria no chamado coletivo para reparar o defeito. Conforme denúncia feita pela imprensa, proprietários de modelos da marca Chevrolet foram surpreendidos com a perda de potência repentina de seus carros, em alguns casos no momento de uma ultrapassagem, gerando situação de risco. Foram registradas ocorrências de quebra de válvulas do motor, com a consequente troca do “cabeçote”. A princípio, a General Motors do Brasil informou que eram casos isolados e, por não comprometer a segurança, não havia a necessidade de se convocar o “recall”. Porém, posteriormente, a montadora informou que o problema era relacionado à “falta de tratamento térmico nas travas das válvulas, podendo interferir na durabilidade dos componentes”. As concessionárias da marca vinham fazendo a troca das peças defeituosas sem custos para os clientes, mas sem assumirem a existência do problema. Agora, o Ministério da Justiça vai avaliar o caso e definir se a GM será obrigada ou não a fazer o “recall”. Vamos aguardar.

Volkswagen Golf Karmann Para homenagear o lendário criador, transformador e fabricante de automóveis Wilhelm Karmann, que faleceu em 1998 e cuja famosa empresa foi fechada em 2009, a Volkswagen AG criou para o mercado europeu uma edição especial do “Golf” conversível (foto). Batizada com o nome do alemão, a série tem diversas opções de motor (com potências que variam de 106 cavalos a 162 cavalos), volante e bancos forrados em couro de dois tons, detalhes cromados no acabamento interno, sistema de som premium, defletor de vento, rodas de liga leve de 17 polegadas com desenho exclusivo e famosa capota de lona.

O País das promessas O Brasil é país do faz de conta quando se trata de segurança do cidadão. Até quando está envolvida a integridade das nossas crianças. Em 2010, foi tornada obrigatória a cadeirinha infantil no banco traseiro dos veículos. O resultado foi imediato: estatísticas da Polícia

Rodoviária Federal em 2011 revelaram redução de 40% nas mortes de crianças em acidentes. No entanto, o governo federal, até hoje, não fez a devida regulamentação para táxis, vans e ônibus, nos quais a cadeirinha ainda não é obrigatória. PODE?

As particularidades dos chineses Com o crescimento acelerado do segmento automotivo, o mercado chinês vem criando suas peculiaridades, levando os fabricantes de veículos a criar modelos específicos para ele. É o caso das versões alongadas dos automóveis BMW Série 3 e do Audi A4.

Não esqueça de pagar o IPVA Aqueles que têm carro ou motocicleta registrados no Estado do Rio Grande do Norte devem ficar atentos às datas para recolhimento do IPVA (Imposto Sobre a Propriedade de Veículos Automotores). Confira o calendário junto ao Detran (Departamento Estadual de Trânsito

AUTO-SHOPPING

Natal • Rio Grande do Norte Sexta-feira, 07 de fevereiro de 2014

3

Jeep Grand Cherokee 2014: o Suv fica ainda melhor « PRODUTO » Reestilizado por dentro e por fora, o SUV de luxo evolui

com novo câmbio automático de 8 marchas e mais tecnologia a bordo FOTOS: DIVULGAÇÃO

C

om mais de 250 premiações desde seu lançamento, em 1992, o veículo que definiu o padrão para os utilitários-esportivos premium ficou ainda melhor. Campeão de vendas da Jeep® no mundo, o Grand Cherokee de quarta geração passou por uma ampla renovação estética e mecânica, onde se destacam o novo câmbio automático de oito marchas, o redesenho dos conjuntos óticos dianteiro e traseiro e a modernização do interior, com novos sistemas multimídia de entretenimento e informação (incluindo navegação GPS) e volante com mais funções, como as aletas que possibilitam trocas sequenciais de marchas. O Jeep Grand Cherokee 2014 entrega uma combinação sem precedentes em sua categoria, com economia de combustível e enorme autonomia, mecânica moderna e eficiente, lendária capacidade off-road, acabamento refinado, comportamento dinâmico exemplar e muitos recursos de segurança e tecnologia. “Com o novo Grand Cherokee, nós partimos do mais elogiado SUV e o elevamos a um nível ainda mais alto”, disse Mike Manley, presidente mundial da marca Jeep. “Os compradores vão perceber que o Grand Cherokee proporciona ainda mais prazer ao dirigir, em todos os tipos de estra-

A frente reformulada, com novos faróis de duplo xenônio, exibe estilo ainda mais elegante

da e nas trilhas mais exigentes.” Para 2014, a nova transmissão de oito velocidades é a maior novidade, levando o motor Pentastar 3.6 V6 a atingir mais de 12 km/l em rodovia e superar os 1.100 km de autonomia. A tradicional aptidão fora de estrada da Jeep é garantida pela tração 4x4 full-time Quadra-Trac II® e pelo sistema de gerenciamento de tração Selec-Terrain™. A frente reformulada, com novos faróis de duplo xenônio, exibe estilo ainda mais elegante

que antes e lanternas de LEDs, recurso também empregado na traseira, inteiramente redesenhada. O refinamento interno se mostra no revestimento de couro, no acabamento de madeira de poro aberto e nas novas combinações de cores. Em relação à segurança, a lista cresceu e passa de 50 itens, incluindo assistente de saída em subida, controle de estabilidade (ESC), auxílio de frenagem, controle de oscilação de reboque, Front Park Assist e Selec-Speed.

A tecnologia a bordo também se apresenta no novo sistema multimídia Uconnect, com tela sensível ao toque de 8,4 polegadas, além do quadro de instrumentos configurável, com display de LCD TFT de 7 polegadas. Fabricado em Detroit, nos Estados Unidos, o Jeep Grand Cherokee 2014 está disponível nas 42 concessionárias do Chrysler Group do Brasil nas versões Laredo e Limited, cujos preços sugeridos para o lançamento são de R$ 185.900 e R$ 214.900, respectivamente.

Legislação Automotiva « MODIFICAÇÕES » Segundo o artigo 98 do CTB antes de realizar

qualquer modificação, é preciso obter uma autorização do Detran

A

Resolução 292 do Contran (Conselho Nacional de Trânsito) estabelece quais são as modificações permitidas e as exigências necessárias para conseguir “licenciar” e “registrar” um automóvel. Para aquele que deseja fazer isso, é preciso consultar a resolução acima mencionada no site do Denatran (www.denatran.gov.br), mais especificamente no Anexo 1 (uma tabela), para saber se a alteração é viável e como proceder. Segundo o artigo 98 do CTB (Código de Trânsito Brasileiro), antes de realizar qualquer modificação, é preciso obter uma autorização do Detran (Departamento Estadual de Trânsito). Quem não cumprir a regra, comete infração grave, com multa de R$ 127,69 e retenção do veículo para regularização. O artigo 106 do CTB determina que para licenciamento e registro de um carro modificado será exigido o CSV (Certificado de Segurança Veicular). O documento é concedido por uma instituição técnica licenciada, que vai aferir se as alterações são permitidas.

Exemplo Analisando a Resolução

Para realizar qualquer modificação no sistema roda/pneu existe uma série de exigências

292 do Contran, é possível concluir que nem toda modificação necessita da obtenção do CSV. Por exemplo, para realizar qualquer modificação no sistema roda/pneu existe uma série de exigências, como não exceder os limites externos dos para-lamas do carro nem alterar o diâmetro externo do conjunto roda/pneu. Para a suspensão (modificação que se

encontra temporariamente suspensa) é necessário obter um Certificado de Segurança Veicular, além de cumprir o que a resolução determina: não instalar suspensão com sistema de regulagem de altura e registrar a nova altura no CRV (Certificado de Registro de Veículo) e no CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo).

Penalidade O inciso VII do artigo 230 do CTB determina que conduzir o veículo com cor ou característica alterada, caso os procedimentos necessários para o licenciamento e o registro não tenham sido adotados, é infração grave, com multa de R$ 127,69 e retenção do carro para regularização.


4

Natal • Rio Grande do Norte Sexta-feira, 07 de fevereiro de 2014

autos & motores

Toyota lança linha 2014 do RAV4 « NOVIDADES » Novo sistema multimídia com tela sensível ao toque, agora com GPS, leitor de DVD e hotspot

wi-fi, para acesso à internet pelo celular, de série nas versões 4x4. Novas rodas aro 18 com design surpreendente FOTOS: DIVULGAÇÃO

A

Toyota lança a linha 2014 do utilitário esportivo RAV4 no mercado brasileiro. O modelo, consagrado pelo pioneirismo e por combinar características de uso misto (on road e off road) traz novos itens de série para as três versões, garantindo ainda mais tecnologia e conforto aos consumidores. Disponível em todas as concessionárias da marca a partir de 1º de fevereiro, o RAV4 permanece sendo comercializado em três versões: - 2.0L de 145cv, 4X2 e câmbio CVT com modo sequencial de 7 velocidades; - 2.0L de 145cv, 4X4 e câmbio CVT com modo sequencial de 7 velocidades; - 2.5L de 179cv, 4X4 e câmbio automático Super ECT de 6 velocidades com modo sequencial e inteligência artificial.

4x4 consomem 9,5km/l na cidade e 10,9km/l na estrada. O desempenho da versão 2.5L 4x4 foi de 8,7km/l na cidade e de 10,9km/l na estrada.

Desempenho As versões de entrada e intermediária contam com motor Dual VVT-i 2.0L 16V de quatro cilindros com transmissão automática CVT, que modula 7 velocidades no modo manual sequencial. O conjunto mecânico é capaz de gerar potência máxima de 145cv a 6.200 rpm com torque máximo de 19,1kgf.m a 3.600 rpm. A versão 4x4 topo de linha vem com motorização Dual VVTi 2.5L 16V de quatro cilindros com transmissão automática Super ECT de 6 velocidades com inteligência artificial (AI). Nessa configuração, o RAV4 tem 179cv de potência a 6.000 rpm, com torque máximo de 23,8kgf.m a 4.100 giros.

Novidades As versões 4X4 do RAV4 2014 ganharam de série navegador com GPS integrado na central multimídia. O aparelho, que incorpora ainda leitor de DVD com funções para escolha de idioma, legenda, ângulos e tamanho de imagens, está disponível em uma tela de 7” sensível ao toque. O sistema multimídia possibilita, ainda, visualização e navegação na tela touchscreen de sites localizados na web. O acesso à internet ocorre pela rede do celular de um dos ocupantes. Ou seja, é possível utilizar o multimídia do carro para

Cores Nova cor marrom metálico, disponível para todas as versões, garante mais exclusividade ao automóvel RAV4

acessar sites, assistir e compartilhar vídeos, fotos, entre outras facilidades. Todas as versões do RAV4 2014 passam a ser equipadas com estepe temporário, garantindo 71 litros a mais de capacidade no porta-malas, passando dos atuais 476 litros, para 547 litros. Com a mudança, o modelo passa a ter uma das maiores capacidades volumétricas da categoria.

Rodas exclusivas A versão 2.5L 4x4 recebeu rodas exclusivas aro 18 polegadas com design surpreendente e detalhes na cor preta que realçam a sofisticação e esportividade da versão top de linha. As novas rodas são calçadas com pneus mais largos e com perfil mais baixo, proporcionando, além da esportividade, segurança.

Sensor de estacionamento Na linha 2014 do utilitário esportivo, todas as versões, desde a mais básica, possuem sensor de estacionamento traseiro, o que proporciona mais segurança e conforto ao motorista nas manobras.

Motor e transmissão O RAV4 2014 mantém os con-

Rino Malzoni: uma vida dedicada ao automóvel « LITERATURA » A história de Rino Malzoni, criador do Puma, está no

livro da editora Alaúde com toda a obra dele no mundo automotivo

T

oda a vida de Rino Malzoni, um dos mais brilhantes projetistas de veículos automotores do Brasil, está registrada pela editora Alaúde no livro “Rino Malzoni: uma vida para o automóvel”, de autoria do jornalista Jorge Meditich, de São Paulo (SP). Até mesmo aquele que não se aventura pelos bastidores do universo automotivo conhece e, talvez, até tenha andado em um carro de criação do italiano que aportou no Brasil aos 5 anos de idade, em 1922, querendo trazer na mala o carro Alfa Romeo da família.

Vida Nãoobstanteterseformadoem DIREITO, foi na oficina de um tio, emMatão,interiordoEstadodeSão Paulo, que Rio Malzoni aprendeu muito sobre mecânica de automóveis. Antes disso, ainda adolescente, ele fazia incursões em carros, tratores e caminhões na Fazenda Chimbó, propriedade da família. Leitor aplicado de revistas americanas e europeias que abordavam o tema “automóveis”, o mo��o estava inteirado das tendências da época e até fazia retoques estéticos em seus próprios carros e nos de clientes da oficina. Foi por isso que seu tio sugeriu que montasse sua própria oficina e desse asas à sua criatividade. Em consequência disso, aos 40 anos, Malzoni decidiu construir seu próprio automóvel. Na Fazenda Chimbó, nasceu sua primeira “criação”, um gran turismo feito sobre chassi e mecânica

Obra

Rino Malzoni, um dos mais brilhantes projetistas de veículos

que estabeleceu o primeiro recorde de velocidade em 1966, atingindo 212,9 km/hora, com motor DKW de 1.1 litro; o Onça, fabricado a pedido da FNM (Fábrica Nacional de Motores) e inspirado no esportivo Ford Mustang. Foram montadas apenas sete unidades do modelo, até que o governo decidiu vender a empresa (FNM); e o GT 4R, fabricado sob encomenda da Revista Quatro Rodas para ser sorteado entre três leitores.

Homenagens Com o passar dos anos, a obra de Rino Malzoni vem fazendo

história mundo afora. O automóvelDKWMalzoniéoprimeiromodelobrasileiroaserexibidonoMuseu Audi Mobile, em Ingolstadt (Alemanha). O Puma VW foi exportado para mais de 50 países e fabricado, sob licença, na África do Sul. No ano de 1999, três unidades do carro Malzoni foram reunidas no histórico autódromo de Laguna Seca (Estados Unidos), no Monterey Historic Automobile Races, evento que homenageia carros históricos. Ano passado, por exemplo, elegeuaAutoUnion,daqualaDKW fazia parte. Rino Malzoni faleceu em 1979.

Preços 2.0L 4X2 – R$ 101.820,00 2.0L 4X4 – R$ 119.990,00 2.5L 4X4 – R$ 129.590,00

« DESIGN »

Marcopolo Viale BRT ganha Prêmio internacional Veículo se destacou pelos inéditos conceitos de design, segurança, conforto e eficiência

C

DKW batizado como GT-DKWVemag. O carro chamava a atenção das pessoas por onde passava e logo veio a encomenda de três unidades, fabricadas em fibra de vidro, para a Equipe Vemag. Era uma época na qual os fabricantes investiam nas “competições” para divulgar seus produtos. A Equipe Vemag fez história nas pistas de competição brasileiras. A demanda foi aumentando e, em 1964, foi criada a Lumimari, empresa que levava as iniciaisdosquatrosócios.Logoonome foi trocado para Puma. Foi nessa época que o carro ganhou um leve retoque,executadoporAnísioCampos, mas a supervisão ficou a cargo do Rino Malzoni, se tornando mais sofisticado. A continuidade do projeto ficou ameaçada com o fechamento da Vemag, adquirida pela Volkswagen do Brasil. Foi quando Malzoni lançou mão do antigo projeto esportivo feito sobre a plataforma do Volkswagen KarmannGhia. A partir dele surgiu o Puma Volkswagen, o modelo mais popular da marca, tendo vendido mais de 23.500 unidades. Outra bela criação de Rino Malzoni foi o Puma GTB, lançado no mercado brasileiro em 1974. Vale salientar, que além da Puma, sua obra mais conhecida e importante, Rio Malzoni foi responsável por outros projetos de peso, como o do veículo Carcará,

juntos mecânicos desenvolvidos pela Toyota, que combinam ótima dirigibilidade, respostas ágeis e baixo consumo de combustível. De acordo com medições do INMETRO para o ano de 2014 ambos os conjuntos mecânicos, 2.0L e 2.5L, do RAV4 ganharam notas “A” em eficiência no consumo de combustível. De acordo com o órgão governamental, as versões 2.0L 4x2 e

Além das atuais, o RAV4 2014 ganhou como nova cor o marrom metálico. A partir de agora o modelo será comercializado nas seguintes opções: - Branco Perolizado - Prata Metálico - Preto Eclipse - Cinza Galático - Marrom Metálico (NOVO)

axias do Sul(RS), 29 de janeiro de 2014 - A Marcopolo receberá, no próximo dia 28 de fevereiro, na Alemanha, o Prêmio iF Product Design Award 2014, na categoria Transportes, pelo desenvolvimento do ônibus Viale BRT, em cerimônia durante a semana de design de Munique. O Viale BRT foi concebido a partir de tendências mundiais em design para o transporte de massa e recebeu o reconhecimento por se destacar em critérios como grau de inovação, qualidade do design, escolha dos materiais, impacto ambiental, segurança e acessibilidade, entre outros. Para Petras Amaral, gerente corporativo de Design da Marcopolo, o prêmio demonstra a liderança mundial da fabricante brasileira no segmento de ônibus e reflete toda a dedicação dos colaboradores do Marcopolo Design Center para o desenvolvimento de um projeto. “Estou

muito feliz por mais esta conquista. O Viale BRT é o modelo mais avançado já fabricado no Brasil e apresenta diversas inovações e soluções para a mobilidade urbana. Tem amplas áreas envidraçadas e é mais longo e mais alto que os ônibus convencionais, proporcionando visibilidade e conforto ao motorista e aos passageiros. Oferece sistema de arcondicionado integrado no teto, publicidade no interior e iluminação totalmente em LEDs”, explica o executivo. Com desenho futurista, o Marcopolo Viale BRT atende a todas as exigências dos sistemas de plataformas de embarque de diversos países, podendo ser configurado para as necessidades específicas em números de passageiros e acessibilidade. O veículo também tem exclusivos conjuntos ópticos dianteiro e traseiro em LEDs, que garantem melhor iluminação e reforçam a identidade da marca. O projeto visual da traseira do Viale BRT envolveu, igualmente, desenho inovador para o segmento, com destaque para o conjunto óptico, parachoques e tampa posterior.

O visual da traseira do Viale BRT envolveu desenho inovador


NO FACEBOOK

Curta e compartilhe as matérias do Caderno Fim de Semana

MÚSICA

NOVIDADES NA TELINHA

Lysia Condé lança disco com show gratuito PÁGINA 4

Canal Zap traz as novidades da Televisão Brasileira PÁGINA 2

FESTIVAL DE CINEMA DE BERLIM ABRE COM FILME DE WES ANDERSON • PÁGINA 4

Facebook/tribunarn

BLOG AGITOS E BALADAS Fotógrafo Canidé Soares faz exposição de seus trabalhos

tribunadonorte.com.br/agitosebaladas

viver Editora: Rosa Lúcia Andrade[cadernoviver@tribunadonorte.com.br] Natal • Rio Grande do Norte • Sexta-feira • 07 de fevereiro de 2014 FOTOS: DIVULGAÇÃO

Apaixonada por futebol, a jornalista e escritora Kinha Costa aproveitou sua visão crítica sobre o que presenciou em Joanesburgo, na Copa de 2010, e colocou em livro não só as impressões mas dicas e retrospectiva sobre o Mundial em sua vida

40

anos de Copa YUNO SILVA Repórter

H

umor, futebol, visão crítica e literatura. A partir dessa combinação, não necessariamente nessa ordem, a jornalista e escritora potiguar Kinha Costa embasa o conteúdo de seu terceiro livro “Copa do Mundo: de Riachuelo a Joanesburgo” (CJA Editora, 256 páginas). Como o próprio título sugere, a autora confessa sua paixão pelo esporte e faz uma retrospectiva desde os tempos que acompanhava os jogos pelo rádio no interior do Rio Grande do Norte até os gramados da África do Sul. O lançamento está marcado para o dia 14 de fevereiro, às 19h30, no Teatro de Cultura Popular (TCP/FJA) no Tirol, e Kinha adiantou estar nos preparativos para conduzir o público em uma viagem por quatro décadas e onze Copas. Tudo começa em 1970, com a conquista do tri pelo Brasil na Copa do México, sob o comando do trio Pelé, Tostão e Rivelino; e segue até 2010 na primeira versão africana do campeonato. Cidadã do mundo, a autora descortina uma espécie de ‘road movie’ para o leitor: depois de sair de Riachuelo e passar por Natal, a jornalista potiguar seguiu para o Rio e de lá para a Europa – Holanda e Dinamarca – antes de esticar até as Filipinas e se instalar na África do Sul. “Comecei a escrever depois de acompanhar a Copa do Mundo na África. Como estou morando por lá desde aquela época, testemunhei todos os preparativos, a expectativa das pessoas, as

construções dos estádios, as denúncias de corrupção; pontos positivos e negativos. Fiquei muito emocionada com o que vi”, disse. No período dos jogos, a potiguar trabalhou como correspondente das rádios Nacional e MEC, ambas com sede no Rio de Janeiro, e uma outra emissora de rádio holandesa. Na Copa do Mundo de 2010 ela assistiu aos quatro jogos do Brasil, um da Holanda e presenciou a euforia dos torcedores locais e visitantes pelas ruas de Joanesburgo. A partir dessa experiência começou a pensar nos porquês de seu interesse pelo futebol: “Resolvi ir fundo, pesquisar e viajar sempre buscando algo que pudesse alimentar o projeto”. A escritora também destaca curiosidades, dá detalhes sobre as diferentes formação da seleção ‘canarinho’, fala dos jogadores, curiosidades e fatos referentes às Copas, usando como pano de fundo os momentos políticos e econômicos, e as transformações sofridas pela sociedade brasileira e dos países por onde passava. “Então, além de minhas impressões sobre o futebol, também abordo o contexto histórico, político e sociocultural, tanto do país que estava estava morando no período quanto do Brasil”. O livro traz ainda uma homenagem ao craque potiguar Marinho Chagas, eleito o melhor lateral-esquerdo da Copa de 1974 na Alemanha, e é dedicado ao mestre da crônica esportiva Nelson Rodrigues. Após o lançamento, “Copa do Mundo: de Riachuelo a Joanesburgo” poderá ser encontrado na livraria Nobel Salgado Filho.

ì QUEM Kinha Costa, atriz, jornalista e escritora, nasceu em Riachuelo (RN) e hoje mora em Joanesburgo na África do Sul. “Copa do Mundo: de Riachuelo a Joanesburgo” é seu terceiro livro

O QUE O livro “Copa do Mundo: de Riachuelo a Joanesburgo” faz um passeio pelas memórias da autora, e contextualiza, desde 1970, as Copas do Mundo com momentos políticos e econômicos, e as transformações sofridas pela sociedade brasileira

“Clima viagem” Para ressaltar as andanças da autora, o lançamento de “Copa do Mundo: de Riachuelo a Joanesburgo” será ilustrado por exibição de imagens que ambientam cada trecho do livro. “O clima ‘viagem’ se completa com a narração de trechos do livro. Estimo uns 35 minutos para essa apresentação”, adiantou. Atriz por formação e repórter por intuição, Kinha sobe ao palco do TCP acompanhada dos atores Fátima Fialho, João Antônio Vale e Eliene Albuquerque. “Vamos interpretar alguns trechos e in-

teragir com as imagens”, frisa. Diferente de seus dois livros anteriores, que tratam de choques culturais e descobertas de outras culturas, neste novo projeto literário Kinha Costa evidencia sua visão crítica e capacidade de contar as histórias a partir da realidade social e política vista nas ruas. O registro do que acontece a sua volta, exemplo de momentos históricos como a queda do Muro de Berlim e ou da morte de Nelson Mandela, vão sendo colecionados ao longo do tempo –assim formatou “Impressões de uma matuta: aventuras brasileiras nos Países Baixos”, de 2003; e “África do Sul: um olhar brasileiro”, lançado em 2008. “Neste novo livro mergulhei em um baú de memórias, buscando entender a origem desse meu amor animalesco pelo futebol”, analisa. Até hoje ela guarda as vuvuzelas, perucas e makarapas (aqueles capacetes enfeitados característicos das torcidas africanas) do mundial de 2010. Kinha informou que ainda não sabe onde estará durante a Copa do Mundo no Brasil, em maio ela lança o livro no Rio de Janeiro: “Só depois (do mês de maio) que vejo para onde vou. A única certeza que tenho é que ainda tenho muito para escrever sobre outros países”. Serviço Lançamento do livro “Copa do Mundo: de Riachuelo a Joanesburgo” (CJA Editora, 256 páginas), de Kinha Costa. Dia 14 de fevereiro, às 19h30, no Teatro de Cultura Popular/FJA – Rua Jundiaí, 641, Tirol.


2

viver

Natal • Rio Grande do Norte Sexta-feira, 07 de fevereiro de 2014

« CANAL ZAP »

FLÁVIA CIRINO E-MAIL PARA ESTA COLUNA: CANALZAP@CARTAZNOTICIAS.COM.BR PEDRO PAULO FIGUEIREDO/CZN

Passarela da vida

De olho nos nomes

Os cabelos louros, o porte delicado e os anos dedicados ao mundo da moda fazem de Mariana Weickert – em um primeiro momento – uma figura impensável para integrar o elenco de “A Liga”, jornalístico da Band conhecido por matérias dramáticas e densas. No entanto, foi exatamente a diferença entre o perfil do programa com sua carreira de modelo e apresentadora que chamou a atenção da jovem de Blumenau, Santa Catarina. “Aqui, sou levada ao extremo e existem situações que exigem muito de mim. Encaro esse programa como uma provação na minha carreira. Nunca fiz nada semelhante”, explica ela, que renovou seu contrato com a emissora e já está confirmada na próxima temporada. “Já começamos a gravar alguns episódios novos. ‘A Liga’ é um programa totalmente autêntico e as situações que vivenciamos são mostradas de forma muito genuína”, completa. Há um ano no

Envolvido nos primeiros detalhes de “Moisés e Os 10 Mandamentos”, trama que irá reestrear o novo horário de novelas da Record, Alexandre Avancini não descarta a possibilidade de escalar atores de “Pecado Mortal” para o folhetim bíblico escrito por Vivian de Oliveira. Com estreia prevista para o segundo semestre, o diretor pretende começar a cogitar os primeiros nomes na próxima semana. Este é o segundo trabalho de Avancini ao lado da autora – ele também foi responsável pelos trabalhos de “José do Egito”. “A novela termina em meados de maio. Há tempo suficiente para descansar a imagem.

Adiantamento jornalístico, Mariana ressalta que foi uma experiência impressionante e bastante desgastante. E que sua participação na produção vai muito além da apresentação. ‘’Todos os assuntos mexeram muito comigo. Às vezes, são temas que passam longe da

nossa realidade. Acho que o mais bacana disso tudo é que, independentemente do desgaste físico, mexe com o emocional e realmente faz a gente ficar mais atenta para uma realidade que muitas vezes nem sabíamos que existia”, valoriza.

A Globo já demonstra sinal de alerta aos índices pouco expressivos da audiência de “Em Família”. Por isso, a emissora decidiu adiantar o começo da terceira fase do folhetim que tem Julia Lemmertz como a protagonista Helena. Inicialmente, a última fase da trama de Manoel Carlos estava prevista para

« NOVELAS »

Ainda longe de estrear sua nova temporada, parte da equipe de “Amor & Sexo” foi deslocada para o “Esquenta!”. O programa de Regina Casé volta ao ar a partir de março e já começou a ter sua nova temporada produzida. Fernanda Lima volta à programação da Globo a partir do segundo semestre. Por enquanto, apenas alguns poucos membros da equipe foram avisados da volta da produção.

Laerte descobre e quebra escultura de Helena feita por Virgílio

Otávio discute com Carlão, em Pecado Mortal, e depois foge para não esquentar

Malhação Todos no Grajaú acreditam na mudança de Antônio. Martin oferece um emprego para Luciana. Anita discute com Ben, e Sofia defende o rapaz. Pedro desabafa com Fulano sobre seu amor por Tita. Antônio convida Anita para meditar no bosque. Sofia se insinua para Ben. Antônio beija Anita.

Em Família Chica e Selma discutem por causa dos filhos. Selma convence Itamar de que Helena provocou a gravidez. Laerte quebra as esculturas de Helena que encontra no quarto de Virgílio. Helena decide ir para Esperança com Ramiro. Virgílio e Laerte também.

Além do Horizonte Marlon encontra um monte de pedras na cova e se desespera. Selma tropeça durante seu desfile. Fátima e Keila são as finalistas do concurso de Miss Tapiré. William e Celina se beijam. Keila pensa no próximo evento de Tapiré, e Kleber se irrita. Kleber e seus capangas interceptam Celina e seu grupo.

Pecado Mortal Otávio e Carlão começam a discutir. O clima esquenta, mas Carlão se segura e Otávio foge. Patrícia não acredita que engravidou. Helena tenta convencê-la a fazer um exame. Giancarlo conversa com Betty. Ele pede o nome de um excliente de Laura. Lívia surpreende Picasso agarrando Silvinha à força e exige que ele deixe a menina ir embora. Chiquititas Matilde prepara o almoço para as chiquititas com legumes podres. No orfanato, Carmen questiona por que Ernestina está tão diferente. Carmen diz que descobriu que ela é a irmã gêmea de Ernestina, no qual nunca foi mencionada, e que seu nome real é Matilde.

DIVULGAÇÃO

Canal Curta - 21h20 “CONFIDÊNCIAS DO RIO DAS MORTES” (documentário) Horários alternativos: sábado, à 1h20 / domingo, às 3h10 e às 19h Sinopse: O documentário fala da relação entre o homem e seu meio, sua relação com o trabalho, seu folclore e sua história. Ele retrata o que permanece no real e no imaginário das populações remanescentes das cidades, vilas, quilombos e aldeias da comarca do Rio das Mortes, antiga frente de colonização do ouro em Minas Gerais.

Canal Brasil - 21h30 O SOM DO VINIL Episódio: Ando Só Numa Multidão de Amores Maysa. Charles Gavin, ex-baterista do Titãs, revela os bastidores de álbuns que se tornaram clássicos da música popular brasileira. Este ano, a atração foi toda gravada em HD e ganhou produção da Samba Filmes, com direção de Gabriela Gastal, Darcy Burger e do próprio anfitrião. Neste episódio: Charles Gavin desvenda as histórias por trás do álbum Ando Só Numa Multidão de Amores, da cantora Maysa, lançado em 1970.

Áries 21/03 a 20/04 O que é seu e o que é de todos? Dia de equilibrar a balança do dever e do haver entre você e o cônjuge, cobrar de clientes que não pagam e negociar um ganho mais decente com o sócio. Claro que tudo tem limite, mas negocie. Descanse e durma bastante. Cuidado com distrações.

Touro 21/04 a 20/05 Mais um dia para cuidar de você em primeiro lugar, deixando o mundo discretamente de lado por algumas horas. Terá de lidar com alguém ranzinza, que adora cobrar coisas, afetos e comportamento de você. Faça concessões na medida da sua saúde e do seu amor próprio.

Gêmeos 21/05 a 20/06 Projetos sem pé nem cabeça, baseados somente na vontade e no sonho, podem fazer água hoje. Encarando esta realidade você pode adiar a realização deste sonho. Mas não abra mão dele! Por outro lado, Mercúrio e Netuno enviam vibrações inspiradoras na profissão!

Câncer 21/06 a 21/07 Reconheça e aceite a real medida do seu poder de agir e de viver do jeito que deseja. Filhos podem ser um entrave à sua liberdade de ser, fazer e acontecer agora. Talvez você não se sinta a altura da missão, então pode parar e repensar suas prioridades de verdade.

Foi mal

Novos rumos Ricardo Waddington tem um novo projeto para se dedicar na Globo. O diretor ficará responsável pelo núcleo de “Saber Viver”, novela das seis que tem estreia prevista para setembro deste ano. A trama escrita por Rui Vilhena irá substituir ‘’Meu Pedacinho de Chão’’. Atualmente, o diretor é responsável pelo atual folhetim das seis, “Joia Rara”, “Além do Horizonte” e “Vídeo Show”.

★★★ Nesta sexta, o ‘’Globo Repórter’’ mostra um dos desertos mais bonitos do mundo no Oriente Médio. ★★★ A Record exibe, hoje, o episódio “O Preço da Sua Magia”, da primeira temporada de “Era Uma Vez”. ★★★ Amanhã, o “Globo Cidadania” apresenta alternativas para o controle das pragas urbanas.

Minissérie sobre “Bonnie e Clyde” vê criminosos como frutos da era da Depressão JOSEPH VILES

O slogan publicitário da minissérie Bonnie & Clyde, que o History Channel reprisa amanhã, 09, revela de forma precisa sua abordagem da vida do casal de bandidos mais famoso da época da Depressão Americana: “Quando ninguém tinha nada, eles arriscaram tudo”. A história real, inclusive. Um dos produtores executivos da minissérie, Craig Zadan, fornece as pistas para entender as razões de Bruce Beresford, o diretor da minissérie, ter inventado uma Bonnie e um Clyde diferentes dos bandidos reais ou dos personagens criados pelo cineasta Arthur Penn no clássico homônimo de 1967. Zaidan define Bonnie Parker como a “primeira reality star” - ou seja, uma dessas garotas de reality show sem grande talento ou habilidade, à espera de que a celebridade a salve da vida medíocre. Dito assim, pode parecer que a nova adaptação da história dos proscritos texanos Bonnie Parker (19101934) e Clyde Barrow (1909-1934) não compense as quatro horas da duração da minissérie. Ao contrário. Seria um exagero afirmar que ela seja tão boa como o filme de Arthur Penn, até mesmo porque o clássico dos anos 1960 teve melhores roteiristas (David Newman e Robert Benton) e nenhum erro na seleção do elenco, o que não se aplica à minissérie de Bruce Beresford (o diretor de Conduzindo Miss Daisy). No entanto, há uma tentativa - ainda que mínima - de ser fiel à história da dupla de bandidos por parte de Beresford, o que não se pode dizer dos roteiristas do clássico de Penn, empenhados em acentuar o lado outsider da dupla. Glamourizando a marginalidade de Bonnie e Clyde, a produção e o roteiro de Newman e Benton levaram o filme de Penn à lista do Oscar e das melhores bilheterias de Hollywood - o filme foi um estrondoso sucesso, lançou moda e fez até a dupla Brigitte Bardot e seu namorado Serge Gainsbourg gravar uma balada em tributo aos criminosos. O ponto de partida do clássico de Penn e da minissérie de Beresford não é o mesmo. Penn preferiu o caminho da investigação psicológica.

Série mostra a vida do casal que ficou conhecido nos anos da Depressão Beresford, o da pesquisa sociológica, concluindo que a dupla de jovens bandidos - Clyde morreu aos 25 e Bonnie, aos 24 anos - era formada por sociopatas perigosos. Clyde, particularmente, era um sociopata incapaz de estabelecer uma relação amorosa por causa de sua impotência. O filme de Penn trata diretamente do assunto, ao colocar o motorista da gangue, C.W. Moss (Michael Pollard), como um possível amante dos dois. Já Beresford preferiu ignorar a sexualidade ambígua de Clyde, tratando-o como garanhão - o que, evidentemente, estava longe de ser. Isso faz a diferença quando se pergunta a razão de Bonnie ter permanecido ao lado de Clyde quando descobriu sua impotência. Nesse ponto, Penn e Beresford concordam: Clyde buscava no poder de fogo das armas uma compensação para sua pistola disfuncional. Bonnie, autocentrada, via nessa fantasia de poder um espelho para quem fracassara na tentativa de ser uma atriz em Hollywood.

« DESTAQUES DE HOJE »

DIVULGAÇÃO

«HORÓSCOPO • BÁRBARA ABRAMO »

O desempenho de Milhem Cortaz como o Barzilai no episódio ‘’O Leproso de Genesaré’’, da minissérie “Milagres de Jesus”. O ator conseguiu mostrar uma atuação segura e forte sem deixar transparecer uma dramaticidade piegas.

A falta de originalidade das pautas dos programas matinais da tevê. Todo verão é uma enxurrada de matérias sobre os cuidados com o sol, como se comportar na praia e a moda da estação.

Agência Estado

Joia Rara Viktor corre atrás de Silvia, que foge. Silvia aparece para Viktor e o beija. Depois, conta-lhe tudo o que aconteceu depois do acidente. Viktor leva Silvia ao hotel de Franz e ela prefere esperar na rua. Manfred sai da fundição e vê Silvia parada na calçada.

Foi bem

Reposicionamento

« PROGRAME-SE » DIVULGAÇÃO

JOÃO MIGUEL JÚNIOR

começar no capítulo 10. No entanto, irá ao ar no capítulo 8, na próxima terça, dia 11.

DIVULGAÇÃO

Reprise da sétima temporada. Sesc TV - 20h00 Vale a pena conferir o repise do DOCTV La rota del Pacifico, culturas de fronteira (Livre), no canal SescTV. O documetário de hoje mostra as culturas que se tecem no encontro entre a Floresta Amazônica e a Cordilheira dos Andes. O SescTV realiza filmes sob a ótica do papel de preservação de valores culturais, narrando trajetórias, resgatando memórias, contando histórias e valorizando personagens.

Beresford faz dela uma obcecada pelo poder da mídia promíscua, o de transformar simples bandidos em celebridades (após a morte da dupla, o xerife Frank Hamer, que orquestrou a emboscada final da dupla, vendeu vários objetos pertencentes aos dois, entre eles o saxofone de Clyde, o que comprova a fetichização do crime pela sociedade americana). Cruzando satisfação sexual com violência, traço comum aos sociopatas, a dupla estabelece não uma relação de cumplicidade, mas de compromisso com os fetiches da Depressão americana - como os carros da Ford ou metralhadoras giratórias Thompson. Afinal, como justificou a ensaísta Liora Moriel, é bem mais fácil para um psicopata se relacionar com objetos do que pessoas. Clyde podia ser impotente, mas entendia um bocado de carros e armas, exibia o vigor de um ex-presidiário (ainda que estuprado na prisão) e impressionava a impiedosa Bonnie, que trocou a paixão física pela excitação de roubar bancos - e o prazer de matar, segundo a minissérie, que mostra a frieza com que abate a tiros um policial na cabeça e um pai de família no rosto. O diretor Beresford faz de Bonnie uma espécie de Lilith, a encarnação feminina do demônio da tradição judaica, a serpente que teria provocado a expulsão de Adão do paraíso. É um pouco injusto. O fato é que Clyde já era bandido antes de conhecer Bonnie/Lilith, um ladrão de galinhas criado nas favelas urbanas de West Dallas. Pode ser que Bonnie, garçonete casada aos 16 anos, descendente de alemães e boa aluna na escola, identificasse em Clyde um sujeito iletrado pronto a ser dominado por uma aspirante a poeta e atriz. O fato é que, ao incorporar o dom da premonição ao personagem de Clyde, Beresford exagera, assim como ao transformar o bandido no narrador da história. Prevalece a voz de um morto, o que não é bom para a história. SERVIÇO BONNIE & CLYDE History Channel. Reprise sáb., 20h (1º episódio) e 22h (2º)

cinthialopes@tribunadonorte.com.br DIVULGAÇÃO

Casa Brasileira - G N T Episódio 4 Brasil & França: Moradores brasileiros e franceses mesclam em casas e apartamentos a cultura de seus países. Entre os convidados, Olivier Anquier, a pintora Isabelle Tuchband, filha de francês, e o arquiteto Sig Bergamin. Em um episódio que celebra a mistura de inspirações do Brasil e da França na arquitetura e na decoração, o “Casa Brasileira” vai até Paris para mostrar como é o apartamento de férias do arquiteto brasileiro Sig Bergamin, apaixonado pela capital francesa. De São Paulo, ele fala sobre sua casa em Paris.

DIVULGAÇÃO

Sessão Brasil Especial - Edifício Master Globo - 01h17 O cotidiano dos moradores do Edifício Master, situado em Copacabana, a um quarteirão da praia. O prédio tem 12 andares e 23 apartamentos por andar. Ao todo são 276 conjugados, onde moram cerca de 500 pessoas. Eduardo Coutinho e sua equipe entrevistaram 37 moradores e conseguiram extrair histórias íntimas e reveladoras de suas vidas. Exibição em homenagem a Eduardo Coutinho, morto no dia 2 de fevereiro.

Choque de realidade com Lua e Saturno desperta senso de limites. Lua cheia em Leão: 14/2 Leão 22/07 a 22/08 Mercúrio estacionou para retrogradar, em Peixes, hoje. Sinal de que perdas com papéis, documentos e prazos de pagamento de dívidas podem criar problema para você, reveja tudo e tenha cópias. Extravios podem ocorrer. Lua e Saturno pedem discrição total.

Virgem 23/08 a 22/09 Nos próximos dias vai ficar difícil saber quem está ou não falando a verdade e em quem confiar —seu julgamento sempre sagaz está comprometido. Tendência a ver tudo distorcido nas relações em geral! Tire a dúvida, cheque promessas. Volte atrás em negócios.

Libra 23/09 a 22/10 Tramoias e fofocas no ambiente de trabalho abalam sua saúde, confundindo seu julgamento. Alguém disse algo que gerou um erro enorme; então peça provas e comprovantes de tudo que assistentes e subalternos fizerem. Saúde frágil, cuidado com alimentos esquisitos.

Escorpião 23/10 21/11 Confusões ao redor tendem a criar situações confusas e difíceis de entender nos próximos dias. O astro das comunicações está para retrogradar em Peixes, significando a volta atrás de um projeto criativo, de um namoro, de uma empreitada pessoal. Fique alerta.

Sagitário 22/11 a 21/12 Clima astral controvertido pede paciência para esclarecer versões de fatos mal explicados. Vá com calma, sem pressa que é pra entender direito. Confusões em casa, na família — o diz que diz desorienta até você, sempre intuitivo. Saúde pede cuidados protocolares.

Capricórnio 22/12 a 20/01 Enquanto você vai driblando as surpresas da vida, que não cessam de ocorrer, preste atenção aos emails, às conversas e ao que lhe prometem. Histórias lindas e comoventes podem não ter a menor relação com a realidade. Irmãos e vizinhos estão nessa também. Alerta...

Aquário 21/01 a 19/02 Altos e baixos num dia de astral variado. Muitas boas percepções e entendimento, oportunidades bacanas na área financeira, mas tudo requer analise em dobro —o alto grau de e dispersão gera erros nas contas. Certifique-se de que foi pago por um serviço importante.

Peixes 20/02 a 20/03 Mercúrio estacionou nos primeiros graus de Peixes, conjunto à Netuno hoje; as artes e as sensações vagas sobre a vida, o universo e tudo o mais se destacam. Talvez você sinta sintomas estranhos e inexplicáveis. Crenças lhe darão limites; algo precisa ser cicatrizado no amor.


Natal • Rio Grande do Norte Sexta-feira, 07 de fevereiro de 2014

viver IRLANDA CARLOS

3

IRLANDA CARLOS

Passarela Um dos melhores momentos da noite de lançamento da Glam Mossoró foi o desfile da Maison Tráfego by Zoraide Azevedo com looks da coleção inverno 2014 do estilista Victor Dzenk, que tem inspiração “marroquina” em estampas e detalhes. Na passarela, produzida com tapetes persas as modelos mostraram longos e curtos com decotes ousados e fendas reveladoras. As cores: vermelho, camelo e verde escuro predominaram assim como os efeitos drapeados e aplicação de tule. Os acessórios S. Design foram perfeitos como complementos.

Mister A noite de lançamento de Glam em Mossoró foi também de aclamação ao Mister Thiago Faustino que irá representar os mossoroenses no Mister Rio Grande do Norte 2014, que acontece no dia 25 de fevereiro no La Mouette, em Natal. O rapaz, é aluno de Sistema de Informações na Faculdade Mater Christi, tem 21 anos e 1.89m, e vem aí com tudo na disputa “histórica” de primeiro Mister do nosso estado, escolhido através de concurso.

Em cena Com texto de Maurício Guilherme e direção de Jô Soares, chegou a vez dos potiguares assistirem os atores Marcos Veras, Júlia Rabello, Mariana Santos e Carol Martin, apresentarem no palco do Teatro Riachuelo no próximo dia 16 de fevereiro, o espetáculo “Atreva-se”. A peça, inspirada no cinema noir e ambientada em uma mansão e conta uma história cheio de mistérios, onde nada é exatamente o que parece ser. Imperdível!

georgeazevedo@tribunadonorte.com.br

Foi com uma proposta mais seleta e intimista que Georgiano Azevedo lançou à novíssima Glam em Mossoró ante ontem, 05. Dessa vez o cenário foi o luxuoso Maison Gastronomia de Renata Andrade, que estava todo ambientado pela Master Produções para receber os - exatos! - 60 convidados. Em meio aos comes e bebes, a revista foi distribuída e bastante elogiada.

George Azevedo

Lançamento Glam

Marcele Nunes em momento “Entre no Clima” com Romagaga IRLANDA CARLOS

E

de fevereiro. Por lá, nomes como Juan Casanova, Josué Flor, Ivone Mendes, Goreth Caldas, entre outros participam desta mostra. E olha, todas as obras estão à venda e podem ser negociadas diretamente com os artistas. Arrasou!!

Cearense de nascimento e mossoroense de coração, Romário Luis, com seu personagem Romagaga está se tornando um dos maiores sucessos das redes sociais mundo afora. Seus filmes sempre debochados e cheios de humor - já foram publicados nos perfis de instagram de nomes como Anita, Bruno Gagliasso, Ivete, Hugo Gloss e Preta Gil. Alias, seu último grande sucesso foi um vídeo que fez em homenagem a filha mais velha de Gilberto Gil, onde o cenário pegou fogo. Anteontem, a Roamgaga Guidini foi prestigiar o lançamento da revista Glam em Mossoró e nem precisa falar que a “loura” causou, né!

O Rei do camarote

Exposição coletiva Com obras de 26 artistas, selecionadas através de edital, a exposição coletiva de artes visuais Estação Verão III, ainda encontra-se aberta à visitação na Pinacoteca do Estado até o próximo dia 28

Jyokonda Rocha e a nova coleção Victor Dzenk para Maison Tráfego

Thiago Faustino é o mossoroense no Mister Rio Grande do Norte 2014

Talentoso que só ele, o fotógrafo e publicitário Mathws Aires que assina dois editorias de moda na edição 16 de Glam aproveitou a noite de lançamento em Mossoró para “iniciar” as celebrações do seu aniversário, que na verdade só acontece amanhã. No Maison Gastronomia, o fashionista reservou um espaço para seus convidados e fez a festa. Nessa estavam: Renata Andrade, Pollyana Pinto, Rodrigo Melo e Camila Azevedo, Giordano Medeiros, Emmerson Matos, Chicão Tatoo, João Magagnim, Allan Freitas, Thassio Martins, Bianca Cardial, Herbênia Carmen, Daniel Luiz entre muitos. Turma boa!

QQCoisa

TEREZINHA BELOTE CHAMAN

m Araraquara, há um antigo bar: o do Zinho. Sr. Zinho (infelizmente falecido no final de 2013), pai de ex-aluna, a querida Teresa, no Colégio Progresso. Costumase dizer, nesse bar, que “bar é Cultura”. Se entendemos Cultura como o reino da transformação racional, falo da relação dos humanos com o tempo e no tempo, então, no bar do Zinho faz-se Cultura, também. Um conhecido, que costuma ir ao bar do Zinho, trouxe-me uma citação de Benjamin Franklin, escritor, filósofo e inventor norte-americano. A citação está em destaque, no início de nosso texto. Mas, fiquem tranquilos, não era o Benjamin Franklin que estava no bar do Zinho e sim o Sr. Hélio Pacífico Zamo, um ilustre frequentador do citado bar. Muito obrigada, Sr. Hélio. Em sua homenagem e para deleite de meus leitores, transcrevo alguns outros pensamentos de Franklin: “Achar que o mundo não tem um Criador é o mesmo que afirmar que um dicionário é o resultado de uma explosão, numa tipografia”. “Se um homem pudesse ter metade dos seus desejos realizados, teria mais aflições do que prazeres”. “Três pessoas são capazes de guardar um segredo, se duas delas estiverem mortas”. “Aqueles que abrem mão da liberdade essencial, por um pouco de segurança temporária, não merecem nem liberdade nem segurança”.

IRLANDA CARLOS

Gaga Gaga

Teste seu português “O homem fraco teme a morte. O desgraçado chama-a. O valente procura-a. Só o sensato a espera”.

Lucineide Dias e a filha Ana Patrícia na noite de lançamento da Glam em Mossoró

DÁCIO GALVÃO [ daciogalvao@globo.com ]

“Neste mundo nada pode ser dado como certo, à exceção da morte e dos impostos”. “O caminho dos preguiçosos é cheio de obstáculos, ao passo que o do diligente não tem quaisquer embaraços”. “Viver é enfrentar um problema atrás do outro. O modo como você o encara é que faz a diferença”. “Antes de consultar o capricho, consulte a carteira”. Para refletir: Perguntaram, certa vez, a um filósofo: “Para que Filosofia?” E ele respondeu: “Para não darmos nossa aceitação imediata às coisas, sem maiores considerações, sem maiores reflexões.” Teste o seu Português. 01 – O cacho de bananas ___________. a ( ) amadureceu; b ( ) amadurou; c ( ) madurou. 02 – Bolo de massa de tapioca ou de mandioca chama-se: a ( ) biju; b ( ) beju; c ( ) beiju. 03 – Depois que a água levantar ____________, coloque o arroz. a ( ) fervor; b ( ) fervura. 04 – Usando um bom tempero, você ___________, sobremaneira, o sabor. a ( ) resalta;

Moacyr Cirne vivo (4)

b ( ) reçalta; c ( ) ressalta. 05 – Doce à base _________ é uma perdição. a ( ) aniz; b ( ) anis; c ( ) anís; d ( ) aníz.

de

06 – Pudim cremoso feito com leite e ovos, servido com calda de caramelo. Falo do: a ( ) flan; b ( ) flam; c ( ) flã. 07 – Você pode, por _________, passe-me a _________ com arroz. a ( ) obiséquio – traveça; b ( ) obzéquio – travesa; c ( ) obséquio – travessa. 08 – A forma portuguesa correspondente à castelhana “tortilla” é: a ( ) tortilha; b ( ) tortília; c ( ) tortila; d ( ) tortilhia. 09 – É uma maravilha a festa do ______, na cidade de Itatiba. a ( ) caqui; b ( ) caquí; c ( ) cáqui. 10 – No próximo sábado, vou preparar uma receita de ___________ com _________. a ( ) cassão – hendívias; b ( ) cação – endívias; c ( ) casção – indívias.

Respostas do Teste o seu Português nº. 319 Resp 9.: a - É uma maravilha a festa do caqui, na cidade de Itatiba. Caqui é diferente de cáqui.

Resp 5.: b - Doce à base de anis é uma delícia. Obs.: Anis (o anis) com s, sem acento, por-

Resp 8.: a - A forma portuguesa correspondente à castelhana “tortilla” é tortilha. (Michaelis à p. 867).

Resp 4.: c - Usando um bom tempero, você ressalta, sobremaneira, o sabor. Ressaltar (= fazer sobressair, salientar, realçar). siasmo). Resp 2.: a – c - Bolo de massa de tapioca ou de mandioca chama-se: biju ou beiju. Resp 3.: b - Depois que a água levantar fervura, coloque o arroz. Fervura (= ebulição). Fervor (= ardor, ímpeto, entuResp 1.: a – b – c - O cacho de bananas amadureceu / amadurou / madurou. As três expressões estão adequadas. São palavras dicionarizadas (Aurélio e Borba).

Resp 7.: c – Você pode, por obséquio, passeme a travessa com arroz. Obséquio (= favor). Travessa (= prato grande, mais comprido do que largo). Resp 6.: c - Pudim cremoso feito com leite e ovos, servido com calda de caramelo. Falo do flã. Obs.: “Flan” é uma palavra francesa. A forma gráfica portuguesa correspondente é flã (menos usual – cf. Neves 2003).

OBS.: Colunista semanal dos jornais Diário do Grande ABC (SP) e Jornal de Araraquara (SP), Jornal Independente – Dois Córregos (SP), Tribuna do Norte – Natal (RN), Jornal de Nova Odessa (SP), Diário da Franca – Franca (SP) e Diário de Sorocaba – Sorocaba (SP) – Jornal de Itatiba – Itatiba (SP) – O Liberal Regional – Araçatuba (SP) – Diário da Serra – Tangara da Serra (MT) – Gazeta Penhense – Penha/SP – Gazeta do Ipiranga/SP. Cação (= um tipo de peixe de couro). Endívias (= variedade de chicória, escarola). Resp 10.: b - No próximo sábado, vou preparar uma receita de cação com endívias. barro). Cáqui (= da cor do tijolo ou do mate).

que é oxítona terminada em is.

Caqui (=fruto do formato do to-

Professora de Língua Portuguesa,com especialização em Lingüística de Texto.Mestre em Comunicação pela Unesp de Bauru e doutoranda em Comunicação e Semiótica pela PUC-SP, jornalista e produtora do quadro "Teste o seu Português",Programa Mestre-Cuca - da CNT.Colunista semanal dos jornais Diário do Grande ABC (SP) e Jornal de Araraquara (SP).

N

a linha de pesquisas de linguagens se impõe as releituras e versões de poemas produzidos vários autores. Por esse caminho suscitador, instrumento auxiliar de redimensionamentos estéticos, é que Moacy Cirne se debruçaria, em 1968, sobre o poema gráfico-visual de Álvaro de Sá, de 1967, e sobre ele, dele se apropriando, criaria o poema “Versão 12 X 9”. É a máxima quebra da áurea walterbenjaminiana. Na elaboração desse poema, tem-se nove quadros explorados pelo poeta visual. Nessa linguagem totalmente icônica são aplicados dentro de sete deles, recortes fotográficos disponibilizados sobre fundos reticulados. Ou seja, fotografias sobre retículas. Em quatro, cenas em ângulo fechado de policiais portando capacetes se deslocando em missão de... Em outros três, rostos de jovens mulheres ativistas, militantes. Há em todos setas indicativas direcionando o leitor para a opção seqüencial. O primeiro quadro é totalmente vazado em branco. Traduz um dado silêncio absoluto. O último, de fundo chapado em preto e balão tipificado na linguagem de histórias em quadrinhos, implode e explode a onomatopéia remetendo a atentado bélico: “BUUM”. Recurso bem explorado no Futurismo italiano. Expressam-se basicamente dois personagens-ícones: o aparelho de estado representando a opressão política e por outro lado as células da esquerda feminina opositora ao sistema dominante. Não há narrativa textual e o discurso sígnico vai se constituindo numa denúncia de suposta perseguição militar sobre movimentos articulados, culminando, ao final do último quadro, no ‘BUUM’ onomatopaico

Dedução explícita: no meio de manifestação pública, as militantes são detonadas pela força cruel e avassaladora da reação caracterizada na perseguição policial que culmina em atentado da repressão institucional” detonador e explosivo. Instaura a impressão de atentado cometido por forças da repressão. Dedução explícita: no meio de manifestação pública, as militantes são detonadas pela força cruel e avassaladora da reação caracterizada na perseguição policial que culmina em atentado da repressão institucional. O omitir da palavra não significava apenas o combate gratuito ao signo verbal, mas a exploração das possibilidades de signos não-verbais. Drible na mordaça ditatorial. Nesse sentido, valorizavamse imagens e letras enquanto signos arbitrários, enfatizando-os nas possibilidades de comunicação dos significantes. Nas imagens acústicas e visuais. Argumentava Wlademir Dias-Pino principal expoente do embate poético: “Poemas se fazem com processos e não com palavras”. Experimentar radicalizando a

linguagem era preciso em cima do legado das vanguardas históricas européias - Dada, Suprematismo, Bauhaus - e do ciclo que se fechava no Brasil tributário dessas correntes iniciado no Modernismo de 1922, passando pela Poesia Concreta, Neoconcreta, Praxis, Tendência e do acontecimento musical e poético que fora o Tropicalismo. O ‘12 X 9’ tem essa inscrição histórica contextual como tem na voltagem informacional o jogo lingüístico e anagramático do poema A(R)MAR, de Marcos Silva, o OLHO e VIVER X LUTAR de Anchieta Fernandes. A metalinguagem tentava driblar os censores de plantão. Eram tempos não tão fáceis. Dessa tentativa de empoderamento identificou Antonio Candido, o mais importante crítico literário do país, reportando-se ao que havia nesse tipo de construção coletiva da vanguarda poética brasileira: “supressão dos nexos sintáticos e conseqüente descontinuidade do discurso; substituição da ordem temporal, linear, por uma ordem espácio-temporal, substituição da metáfora pela paranomásia”. Portanto, há de se perceber dentro da perspectiva do distanciamento cronológico que o fazer literário daqueles tempos tinha compromissos em dialogar com o legado constituído nos avanços de explorações e rupturas de novas linguagens e inferir na malha social e política preponderante no país. Atuar era preciso. Quebrar a áurea da criação, da autoralidade e da reprodutibilidade era preciso. Contracomunicar seria uma das saídas. Entropia. Precisava-se sonhar. Cirne mergulhou em profundidade nesse mar de utopia: contribuir no processo revolucionário da e pela linguagem.


4

viver

Natal • Rio Grande do Norte Sexta-feira, 07 de fevereiro de 2014

CELSO LUIZ

Parabéns! Abraços com vivas de parabéns para Elzinha Dutra, Túlio Flor, João Helder Dantas Cavalcanti, Alzenira Galvão Pereira, Duda Couto Bezerra, Laíse Batista Toscano, Maurício Fernandes, Juliana Melo que reside em Londres e Alberto Barreto.

Tintins A morada de Gutinho Tinoco, no Morro Branco, foi cenário da sessão vivas para Jarbas Bezerra. Happy hour que se estendeu pela noite em encontro de amigos em celebração a vida e a amizade. Tudo no melhor estilo com a categoria do dono da casa e do aniversariante.

Fashion Amauri Fonseca e Michelle Geppert apresentaram o preview de inverno da Toli, que chegou ontem às lojas. A nova campanha da marca pode ser vista na contracapa da poderosa Harper´s Bazaar, já na banca Cidade do Sol.

O aniversariante João Helder Cavalcanti divide pose com a musa Ligia Godoy, Vera Dantas/Diógenes Cunha Lima

BLOGJOTAOLIVEIRA

Celebrando a vida Marcelo Toscano, a musa Laíse em idade nova, Jolian Costa /Andrezza F.B

jotaoliveira@tribunadonorte.com.br

Vivas para Túlio Flor e Monalisa. Ele em nova primavera

Jota Oliveira

JOÃO NETO

É possível ser feliz em qualquer idade, mesmo que esta vida seja tão breve. Não tenha medo de gritar a felicidade, ainda que a inveja tenha sono leve!” LIDIA VASCONCELOS

A PG Prime está se preparando para o lançamento do ano da Audi, o A3 Sedan. O evento, que acontece no próximo dia 15, é considerado o maior evento já realizado por uma concessionária premium aqui no Estado. Detalhe no nosso blog.

Padroeiro

Preocupante

O papa Francisco anunciou ontem que João Paulo II, que será canonizado no dia 27 de abril, será o santo padroeiro da Jornada Mundial da Juventude (JMJ), da qual foi o idealizador.

A presidente Dilma deve tá de cabelo em pé. Depois do apagão que já a fez criar uma forçatarefa para o setor elétrico, recebeu a notícia que o consumo de energia no Brasil bateu novo recorde, quarta.

O nosso abraço para a amiga Elzinha Dutra, aniversariando hoje, brindando a data no RJ JOÃO NETO

O exemplo dos petistas envolvidos no mensalão, o dep. cassado Roberto Jefferson, delator do mensalão, disse que pensa em pedir ajuda aos principais líderes petebistas para pagar a multa de R$ 724 mil aplicada pelo STF. Tá virando moda.

De hoje a domingo, na arena montada em frente ao Forte dos Reis Magos, na praia do Forte, Natal receberá a 7ª etapa do Circuito Banco do Brasil de Vôlei de Praia – Open, principal competição das areias do país.

Luxo

Criativo o convite, com um cartão fita K7, para a big party de comemoração dos 4.0 de Bruno Giovanni, próximo dia 21 de fevereiro. A Pink Elephant vai ser o palco da noitada de vivas e muitos requebros, a partir das 22h.

Se ligue!

Seguindo

Open

Celebration

No nosso blog, leia mais sobre: Aeroporto de Campinas é o mais bem avaliado, e Cumbica fica em último.>No Fashion, novidades das passarela sob o olhar do antenado Victor Hugo Damasceno.>Harley-Davidson do papa Francisco é vendida por € 241 mil em leilão. > Bill Clinton e Liz Hurley viveram um romance na Casa Branca.>Australianos lançam bolsa que ajuda a controlar os gastos.>No Sounds, Linkin Park vai lançar disco este ano.

Década A Extra Comunicação participando dos seus 10 anos de atuação no mercado, enviando cup cake comemorativo pela data. Delícia!

Movimento

Nos embalos de verão Elle Rejane e Keysson Lima

>Eugenio Bezerra comanda a noite no Baviera. Também no palco, Pedro e Erick.> Miss Angel + DJ Brenno Rozenblit (PE) + DJ Residente agitam a Pink Elephant.

Diretor brilha em Festival de Berlim Lysia Condé « MÚSICA »

« CINEMA » O longa de Wes Anderson abriu oficialmente o 64º Festival de Berlim. Com um estilo considerado excêntrico, seus personagens não costumam agradar a todos DIVULGAÇÃO

AGÊNCIA ESTADO

F

oi a coletiva do júri mais divertida da história recente da Berlinale. Estava todo mundo muito animado - e divertido. De certa maneira, foi a antecipação para o que viria a seguir, o longa de Wes Anderson que abriu oficialmente - fora de concurso - o 64º Festival de Berlim. Há três anos, outro filme de Anderson, Moonrise Kingdom, abriu o Festival de Cannes. O filme que abriu a Berlinale chama-se The Grand Budapest Hotel. Só metade do elenco principal veio - Ralph Fiennes, Tilda Swinton, Edward Norton, Willem Dafoe, Saoirse Rowan - e já foi suficiente para encher a mesa. Faltaram, por exemplo, F. Murray Abraham, o Salieri de Amadeus, de Milos Forman, e Jude Law. Mas, com tanta gente brilhante na mesa, o astro foi mesmo o diretor. Digamos que o cinema de Wes Anderson não é para todos os gostos. À falta de uma definição melhor, seus personagens são chamados de excêntricos. Mais que os personagens eventualmente bizarros, o que faz a graça do seu cinema, quando acerta - e aqui ele se superou -, é o tom. Seu método é simples. Campo/contracampo, muito diálogo, mas nada a ver com a linguagem de TV. Os atores de Wes Anderson representam no registro antinaturalista. Compõem, e isso faz toda a diferença. Grande Hotel Budapeste baseia-se em escritos - nenhum livro em particular - de Stefan Zweig. Talvez em Viagem ao Passado, menos pelos incidentes que pela descrição que Zweig faz de Viena, e da Europa, anteriores à 1ª Guerra. A vida, a sociedade, os costumes - o livro é sobre um mundo que vai desaparecer, sepultado por transformações profundas. Na coletiva, An-

Filme de Wes Anderson baseia-se em escritos de Stefan Zweig. Em coletiva, Wes lamentou que o escritor seja pouco conhecido do público de língua inglesa

derson lamentou que Zweig seja tão pouco conhecido do público de língua inglesa. Disse que ele está sendo (re)publicado na América e que os norte-americanos e ingleses só terão a ganhar com a elegância de sua escrita e seu olhar certeiro sobre a vida social. Logo no começo, o escritor, pois há um escritor - e a frase é de Zweig -, corrige uma fantasia do público. Diz que as pessoas acham que os escritores têm de ter a imaginação delirante, mas, na verdade, as histórias e seus personagens acham o caminho até eles. E começa a do Hotel Budapeste, sobre como um lobby boy tornou-se protegido do concierge, M. Gustave, e de como, no limite, descobriu o amor e ganhou uma fortuna, tornando-se o dono do hotel. Tudo se inicia com a disputa de um quadro, que M. Gustave ganha de herança de uma velha amiga (e cliente), e de como isso termina por desencadear uma caçada de vida ou morte - após o assassinato, por envenenamento, da dita cliente, pelo próprio

filho. É uma comédia. Sutil, delicada. Provoca sorrisos, não é para gargalhar. O importante é que faz a crítica desse mundo em vias de desaparecer, e no fundo está questionando a própria linguagem. O formato quadrado da tela não é só outra tentativa para recriar o espírito da época. Desde sua animação - Mr. Foxx -, Anderson desenha seus filmes, e o storyboard acompanha o desenho sonoro. Jude Law faz um pequeno papel que qualquer outro autor poderia fazer, certo? Errado - seu personagem começa narrando e as modulações da voz são decisivas. Anderson tem seus mestres. Ernst Lubitsch e A Loja da Esquina - a referência a Budapeste vem um pouco daí - foram seus faróis, mas ele contou, sua equipe viu e reviu o Grande Hotel de Edmond Goulding (com Greta Garbo). Com encanto, o filme conta a passagem do garoto, que se chama Zero, para a maturidade, enquanto M. Gustave nunca amadurece e fica eterna-

ì QUEM Wes Anderson, diretor, produtor e roteirista, teve seu filme “The Grand Budapest Hotel”, responsável pela abertura do Festival de Berlim, apesar de não concorrer na mostra

mente criança. Foi uma bela abertura, a da Berlinale. Antes, a coletiva do júri teve lances de comédia de erros. Um jornalista cumprimentou Freta Gerwig, a Frances Ha, por sua indicação para o Oscar e ela teve de lhe dizer que não foi selecionada para o prêmio da Academia. Ao presidente do júiri, o ator, produtor e roteirista James Schamus, outro jornalista perguntou, à luz da recente morte de Philip Seymour Hoffman, se não eram profissões perigosas, sempre alvos de paparazzi. Ele retrucou que devia ser pior ser o próprio paparazzo. Serena, Tilda Swinton - que já foi presidente do júri da Berlinale e interpreta a velha dama envenenada em Grande Hotel Budapeste - lembrou que Berlim foi o primeiro festival em que esteve, e logo com seu primeiro filme. Este filme, só para lembrar, foi o Caravaggio de Derek Jarman, que hoje terá sessão especial em Berlinale Classics. A seção dos clássicos restaurados promete fazer a festa dos cinéfilos e terá filmes de Yasujiro Ozu (Dias de Outono), Robert Wiene (O Gabinete do Dr. Caligari), Nicholas Ray (Juventude Transviada) e Helma Sander-Brahms (Alemanha, Mãe Pálida). E como sempre, em anos recentes, Berlim dedica parte de seu programa aos cinéfilos que também são gourmets. A Mostra Culinárias é sugestiva - Some Like it Hot, como a comédia de Billy Wilder, Quanto Mais Quente Melhor, mas com um acréscimo. “But Don’t Let Burn”, “Mas não Deixe Queimar”. Um dos filmes chama-se The Food Guide to Love, outro é Cesar Chavez - e tem direção do ator mexicano Diego Luna. A Berlinale está só começando, mas as promessas são muitas. Os próximos dez dias serão dos mais intensos.

lança disco com show gratuito

A

cantora e intérprete Lysia Condé lança disco homônimo próximo dia 15 de fevereiro, às 20h, na Casa da Ribeira, com show gratuito. Influenciada pelos compositores que projetaram a música de Minas Gerais, como o Clube da Esquina, Lysia apresenta onze composições que passeiam por diversos gêneros do cancioneiro popular, indo do maxixe “Corta-Jaca”, de Chiquinha Gonzaga e Machado Careca, até o choro “Flor Amorosa”. A convivência com músicos potiguares também favoreceu a pesquisa por compositores locais, representados no disco pela música “Ana Bandolim”, de Tico da Costa, “É Brincadeira”, de João Salinas e Carlos Newton Junior e “Primeiro Olhar”, de Sérgio Farias e Cristina Saraiva. Com sonoridade delicada, e arranjos concebidos para valorizar a poesia, a expressividade das canções e o timbre doce e suave da cantora, o disco tem produção musical assinado por Sérgio Farias. A formação instrumental do disco, gravado de forma acústica e quase todo ao vivo, se assemelha ao formato de música de câmara, com dois violões, baixo acústico e percussão, além de participações de flauta, acordeom, bandolim e bateria. Para quem não conhece o trabalho da cantora, em 2013 Lysia Condé participou da terceira edição do Projeto Parcerias Sinfônicas do SESC/RN, no tributo a Vinícius de Moraes, e venceu o “Festival Música Potiguar Brasileira”, promovido pela Rádio Universitária FM.


+

CONSERVAR O VINHO DEPOIS DE ABERTO PODE SER ALGO FÁCIL, PRÁTICO E BARATO, CONHEÇA AS ALTERNATIVAS « PÁGINA 12 DIVULGAÇÃO

FIM DE SEMANA É UM SUPLEMENTO DA TRIBUNA DO NORTE. NÃO PODE SER VENDIDO SEPARADAMENTE.

Natal • Rio Grande do Norte • Sexta-feira • 07 de fevereiro de 2014

HUMOR NO PALCO Peça “O que o mordomo viu”, adaptação e direção de Miguel Falabela, que também entra em cena ao lado de Marisa Orth, é a pedida de teatro a partir de hoje em Natal. . « PÁGINA 6 »


2

Natal - Rio Grande do Norte Sexta-feira, 07 de fevereiro de 2014

Editora: Rosa Lúcia Andrade (Interina) Repórter: Tádzio França. End: Av. Tavares de Lira, 101 - Ribeira. Fone: 4006-6113/6128/6117. E-mail: cadernoviver@tribunadonorte.com.br

MEU PROGRAMA LEGAL DIVULGAÇÃO

JÚLIO PIMENTA Produtor cultural

O

produtor Júlio Pimenta usa sem traumas a expressão “eu trabalho enquanto vocês se divertem”. “É um privilégio trabalhar com o que gosto, e em especial com música do RN. Sou pesquisador e batalho pela música produzida aqui”, diz ele, que é um dos organizadores do Festival de Música do Beco da Lama – MPBeco. Ele conta que já foi mais inquieto, mas atualmente vive num modo tranquilo. “Não reclamo mais da vida, agora vivo. Tenho dois filhos maravilhosos presenteados por Deus, Caio Graco e Bárbara, e sou morador do bairro do Tirol há 40 anos”, ressalta. Mesmo ‘relax’, o fim de semana de Júlio tem várias surpresas. “Já fui muito de sair em busca de um bom prato pra degustar, uma bebida bem servida. Hoje prefiro, ao lado da companheira, receber amigos e familiares para tomarmos um bom vinho e desfrutarmos da costela de porco, ou da calderada de caranguejo que Andrea nos proporciona. Mas existem boas opções de um bom papo com comida de qualidade. Sexta feira à tarde, pode-se ir ao Bar do GG, na Praça Augusto Leite. Ambiente tranquilo com cerveja ‘no preço’ e a tranquilidade de seu GG, nas tardes de sábado tem uma seresta por lá. A noite sempre reservo para os filmes. Nos sábados, por vezes, vou ao centro da cidade. No Sebo Balalaika sempre aparece boas conversas, risadas e uma aguardante que os amigos e frequentadores levam e onde quase sempre meu primo Alexandre Gurgel nos surpreende com suas artes gastronômicas e seu bom humor. Depois disso pode-se completar com uma ida ao Bardallos. Sábados, também, reservo para uma praia. Como não tenho automóvel, tenho indo muito a Re-

“Trabalho enquanto você se diverte” dinha, terra de grandes amigos. Na Redinha toma-se cerveja barata e a tradicional ginga com tapioca, mas só a do mercado. Indo à Redinha e não comer a paçoca do Pé do Gavião é melhor não ir. Paçoca especial até na apresentação, vale muito a pena. E, como um bom pescador, da

Redinha ainda posso trazer o jantar com minha vara de pesca. Nada como uma boa pescaria. O domingo é o dia mais tranquilo da semana. No domingo sempre estou em casa. Dia de filmes, livros, uma preguiça ou a um bom jogo de futebol, ainda mais se for do meu Fluminense. Quan-

Hoje prefiro receber amigos e familiares para tomarmos um bom vinho e desfrutarmos de costela de porco, ou de calderada de caranguejo

do saio, vou caminhando rumo ao Parque das Dunas, onde encontro amigos e a boa música do Projeto Som da Mata. Parque que frequento desde criança. Em matéria de filme, ando revendo muitos. Indico Win Wenders, especialmente ‘Paris, Texas’. A trilha sonora de Ry Cooder é es-

petacular, de vez em quando revejo. Outro que acabei de rever foi ‘Jonnhy vai à guerra’, grande filme. Em matéria de literatura, gosto das biografias e estou de olho em uma de Keith Richards; fora isso parece que vou ler ‘O Dilema do Onívoro’, que nos mostra de onde vem a comida que ingerimos...”

Este é um serviço gratuito, oferecido aos leitores da TRIBUNA DO NORTE com objetivo de orientá-los na hora de escolher sua opção de lazer, roteiro gastronômico ou programa cultural de fim de semana. As informações de serviço contidas no caderno foram fornecidas por donos de bares, produtores, donos de restaurantes e casas noturnas. É importante checar antecipadamente, pois não nos responsabilizamos pelas mudanças de horários e preços.


Natal - Rio Grande do Norte Sexta-feira, 07 de fevereiro de 2014

3

SHOWS

Forró ao som de

rabecas

ALEX RÉGIS

O

forró pernambucano de rabeca pede passagem para uma mini turnê potiguar. O Quarteto Olinda, grupo de músicos que leva à frente as sonoridades da Zona da Mata e das ladeiras olindenses, toca seu forrobodó diferente nesta sexta na Floricultura Terra Viva, em Pium, e sábado no Spaço Mix, em São Miguel do Gostoso (com a brasiliense Reggae a Mente). A banda tem oito anos de estrada, mantendo a herança do forró sem sanfona. O Quarteto Olinda é a combinação dos percussionistas Guga Amorim e Bruno Vinezof, o baixista Yuri Rabid, e o potiguar Cláudio Rabeca. O grupo nasceu inspirado entre cavalos-marinhos, cirandas, bois, forrós e as folias de Olinda. A sanfona foi

No repertório do Quarteto Olinda, que aboliu a sanfona da sua formação, tem músicas autorais, além de composições de Luiz Gonzaga e Jackson do Pandeiro Luiz Gonzaga, Jackson do Pandeiro, Ary Lobo, Gordurinha, entre outros. O primeiro CD do Quarteto Olinda foi lançado em 2009, e o grupo saiu para além do barzinhos de Olinda. Em 2010, fizeram sua primeira turnê fora do Nordeste, passando pelo sudeste e norte do Brasil. A primeira turnê européia veio em 2011, pela Bélgica. Os Estados Unidos, em 2012. E no mesmo ano voltaram à Europa, em temporadas mais longas por vários países diferentes. Serviço:

Quarteto Olinda faz apresentações em Pium e em São Miguel do Gostoso neste fim de semana

tirada da fórmula, e veio um forró quente, puxado pela rabeca

e pelos tambores – a cara de Pernambuco. O repertório tem mú-

sica autoral e releituras de grandes bambas do gênero, como

Quarteto Olinda. Sexta, às 22h, na Floricultura Terra Viva, Pium. Entrada: R$15. Sábado, às 20h, no Spaço Mix, em Gostoso. Entrada: R$30. DIVULGAÇÃO

« MPB »

Paulinho Moska mostra seu último e elogiado trabalho

O

cantor e compositor carioca Paulinho Moska é o nome da nova edição do Projeto MPB Petrobras, que traz shows de músicos renomados a preços acessíveis. O show que Moska trará para o palco, às 20h, será no formato de voz e violão e tem no repertório canções de seu último e elogiado trabalho, o CD e DVD “Muito pouco para todos”. A noite será aberta pela cantora local Clara Menezes. O show celebra os 20 anos de carreira do artista. Moska já compôs para diversos nomes da

nova MPB desde os anos 90, e suas canções frequentam trilhas de telenovelas, rádios e palcos alternativos com a mesma desenvoltura. O repertório mistura sucessos com canções extraídas de seu álbum duplo “Muito Pouco” (2010). Ele tocará músicas como “A seta e o alvo”, “O último dia”, “Pensando em você”, “A idade do céu”, “A flor e o espinho”, “Tudo novo de novo”, “Somente nela”, “Lágrimas de diamantes”, “Soneto do teu corpo”, entre outras. Paulinho Moska ficou conhe-

cido após estourar com a banda Inimigos do Rei, em 1987, que fazia um rock/pop dançante e bem humorado. A partir de 1993 partiu para a carreira solo. Formato em teatro e cinema, o músico já mostrou a face de ator diversas vezes, em filmes como “O homem do ano” e “Minutos atrás”, e seriados de televisão. Serviço: Paulinho Moska. Segunda, às 20h, no Teatro Riachuelo. Entrada: R$30 (inteira) e R$15 (estudante). Tel.: 4008-3700.

Paulinho Moska se apresenta em formato de voz e violão


4

Natal - Rio Grande do Norte Sexta-feira, 07 de fevereiro de 2014

BACALHAU FOTOS: ADRIANO ABREU

Um dos tradicionais pratos, o Arroz de Peixe, continua no cardápio

Jorge Luís e Eli Marinho, proprietários, atenderam pedidos da clientela

Real

casa nova

Novo endereço do Real Clube do Bacalhau acolhe o dobro da capacidade da antiga casa. Novos pratos serão acrescidos ao cardápio

O

Real Clube do Bacalhau começou o ano novo em endereço novo – mas sem ir muito longe. O restaurante mudou-se para a casa vizinha ao seu antigo local, um espaço bem maior, como a clientela estava pedindo há bastante tempo. Há três anos a casa lusitana aportou na rua Miguel Barra, tendo antes passado pela Praia dos Artistas e Pipa. Atende agora o triplo de pessoas. Novos pratos também estão chegando no cardápio. Foram cinco meses de trabalho para adaptar a residência ocupada à estrutura do restaurante. “Havia muito problema de

casa lotada e gente voltando. Não temos uma cozinha fast food, tudo é feito na hora, e as pessoas geralmente não tinham paciência para esperar desocupar lugar. Precisávamos de mais espaço”, diz o proprietário português Jorge Sequeira, ao lado da esposa potiguar Eli Marinho. O novo clube do bacalhau comporta cerca de 150 pessoas, espalhadas entre quatro ambientes. Há a área externa da entrada, uma esplanada para 16 pessoas, com jardim; internamente, tem salão amplo e uma pequena ‘sala VIP’ ao lado da adega, preferencialmente sob reserva; o quintal foi transfor-

Espaço arejado atenderá pedidos de pratos grelhados

mado numa agradável área coberta, naturalmente arejada e espaçosa. “Aqui será o espaço que vamos dedicar aos pratos na brasa, incluindo o bacalhau”, ressalta Jorge Sequeira. O cardápio se mantém essencialmente o mesmo – não se mexe em time que está ganhando – mas algumas novidades serão in-

seridas aos poucos, segundo Eli Marinho. Uma delas é o bacalhau à Chef Eli, que é servido com purê de batata doce, presunto português, coberto com uma fina camada de maionese à base de mostarda. Já está sendo servido e agradando bastante. A partir do dia 15 já terão os pratos na brasa, com direito a bifes chouriço,

ancho, e um bacalhau com batata assada e arroz à montanhesa. Os ‘sucessos’ do menu português se conservam na casa, como o arroz de marisco à portuguesa (camarão, lagosta, mexilhão, bonglio, siri e ostras); ‘arroz de peixe nobre’ (filé de peixe refogado, camarão, arroz e temperos da casa). Os bacalhaus, como o lagareiro, Zé do Pipo, e Gomes de Sá, entre outros menos comuns que levam cogumelos e grão de bico. Continua o tradicional “nako real”, o filé mignon frito no azeite com vinho branco, acompanhando ovo frito, fritas e arroz; o carré de cordeiro nobre, ou à chefe Jorge (marinado no vinho e grelhado); o arroz de pato à chef Jorge (cozido, desfiado e gratinado), e os pratos que só saem sob encomenda, como o leitão à Barrada e o cabrito no forno com batata à padeiro. Como sobremesa, destaques para o pastel de Belém, baba de camelo, leite de creme queimado, melão português, e abacaxi ao Real Clube. Serviço: Real Clube do Bacalhau. Rua Miguel Barra, 779, Tirol. Aberto de terça a sábado das 12 às 16h, e 19 às 0h; e domingo das 12 às 17h. Tel.: 3201-4254. Aceita Master, Visa, Hiper e Diners.


Natal - Rio Grande do Norte Sexta-feira, 07 de fevereiro de 2014

5

GASTRONOMIA FOTOS: ALEX RÉGIS

Delícia argentina em forma de

Sorvete Uma das sensações que alegram o paladar de quem vai a Buenos Aires, a sorveteria Freddo, chega a Natal sendo a primeira franquia da marca no Nordeste brasileiro. O doce de leite é o destaque

U

ma das lembranças constantes na bagagem de quem esteve em Buenos Aires e adjacências, é o sorvete de doce de leite da Freddo. A grife argentina que tem 45 anos de tradição e está no Brasil desde 2010, já pode ser saboreada por aqui também. A primeira filial no Nordeste foi aberta semana passada, no Natal Shopping. A Freddo natalense está funcionando a todo vapor, servindo, além de massas geladas, cafés e pequenos lanches. O casal Luciana e Nilton Barreto, proprietários da franquia local, conheceu a Freddo em 2011, numa viagem entre Buenos Aires e Bariloche. “Ficamos presos por causa do vulcão, e foi numa dessas paradas que saboreamos o Freddo. Nossos filhos ficaram apaixonados. No ano seguinte, numa feira em São Paulo, descobrimos que já tinha Freddo no

Brasil. Aí começou o namoro. Ficamos fazendo contato até conseguir trazer pra cá”, explica. A sorveteria está instalada em forma de quiosque. No momento, conta com 30 sabores à disposição – incluindo versões light, e opções para quem tem intolerância à lactose e glúten. Da Argentina veio a consultora Andrea Covach, que está treinando a equipe natalense. O sorvete da Freddo é artesanal, feito com matériaprima natural, dispensando aromatizantes e corantes. A qualidade está à frente do que costuma ser servido nesse segmento. “Ficamos impressionados com o processo de produção na Argentina. Víamos as laranjas espremidas na hora pra fazer o sorvete, é tudo natural”, conta Luciana.

Sabores O doce de leite é o sorvete car-

ro-chefe da Freddo. E dele se desdobram seis variações: o normal, ‘tentação’ (com mais doce de leite), vauquita (com pedaços de doce de leite), granizado (flocos), com brownie, e com amêndoas. Para os chocólatras, destaque para o sorvete chocolate Freddo, com creme de avelã, licor de avelã e avelãs inteiras; o suíço, com pedaços de chocolate e doce de leite tradicional. No segmento de cremosos, destaca-se o mascarpone, com creme de queijo e calda de framboesa. Há sabores que foram feitos só para o Brasil, como o pistache. Na área ‘frutal’ de sabores, delícias como morango, framboesa, abacaxi, manga, limão e maracujá. Outra opção que cai bem para os atuais dias de calorão intenso são os ‘batidos’, sorvete acrescido de água ou leite, decorado com calda. Há também sundaes e o chamado ‘trifreddo’,

que combina três tipos de sorvete e de coberturas à escolha do cliente. Pode-se escolher entre casquinhas (cucuruchos) e copinhos pequeno ou grande. Além das massas geladas, a Freddo também conta com um menu típico de café. Há chás, cafés (expresso, cappuccino, mocha), sanduíches (vegetariano, queijo/presunto e tomate seco/peito de peru), brownies, waffle, minicakes, torta de maçã, salgados (croissants, pão de queijo, quiches, e empanadas). Novidades serão inseridas no cardápio nos próximos dias. Serviço: Freddo. Natal Shopping, 1º piso (em frente à Rio Center). Aberta de segunda a sábado, das 10 às 22h, e domingo das 11 às 21h.

O casal Luciana e Nilton Barreto (acima e à esquerda) tinham o Freddo como paixão desde quando estiveram em Buenos Aires, em 2011. Depois que souberam que a franquia já estava no Brasil, foi um pulo para conseguirem trazer esta delícia para a capital potiguar


6

Natal - Rio Grande do Norte Sexta-feira, 07 de fevereiro de 2014

TEATRO

Comédia nos palcos de Natal T

udo começa com um adultério. Depois segue para uma inspeção sanitária, e emenda numa chantagem entre amantes. Situações tortuosas, amorais e surreais se encadeiam com humor no espetáculo “O que o mordomo viu”, que será apresentado no Teatro Riachuelo em temporada de sexta e sábado às 21h, e domingo às 20h. O texto é um clássico do dramaturgo inglês Joe Orton, conhecido por seu estilo cômico e ferino, adaptado e dirigido por Miguel Falabella. No palco, ele é acompanhado por Marisa Orth, Marcelo Picchi, Ubiracy Paraná do Brasil, Alessandra Verney, e Magno Bandarz. A peça de Orton é definida como uma “farsa” clássica, ou seja, um tipo de comédia que se desenrola a partir de situações exageradas e quase improváveis. O pontapé na sucessão de absurdos começa pelo Dr. Arnaldo (Falabella), um psiquiatra tentando seduzir sua bela candidata a secretária, Denise (Alessandra). A situação fica mais quente à medida que a entrevista avança, e ele convence a moça a ficar nua. Até que a esposa de Arnaldo, Sra. Mirta (Marisa Orth) entra na sala, e ele tenta esconder suas peripécias por trás da cortina. Acontece que Mirta também tem o que esconder. Ela está sendo seduzida e chantageada por Nico (Magno), a quem prometeu o cargo de secretário – aumentando ainda mais a confusão. Outra pessoa também está de olho na clínica: o Dr. Ranço (Picchi) lidera uma inspeção no local, e constata a grande situação de caos em que ela se encontra. Ele pretende usar os

“O que o mordomo viu” é a pedida do palco com peça que traz Miguel Falabela como diretor e ator. Ele também assina a adaptação do texto do dramaturgo inglês Joe Orton, conhecido por seu estilo cômico e ferino

acontecimentos e as confusões vividas na clínica para escrever seu novo livro. Cada personagem tem seus próprios interesses, seja esconder seus pecados, escrever um livro, ou apenas descolar um emprego. Tudo ganhando o tom de humor negro peculiar. A adaptação de Miguel Falabella retrata as manias dos personagens, situações absurdas, portas que batem, identidades confusas, roupas que desaparecem, e neuroses que se sucedem. Falabella, que é admirador da obra de Jor Orton há bastante tempo, afirmou que quando procurava uma peça não musical para adaptar, pensou logo no autor inglês. Segundo ele, é um texto que, além da comédia, mexe com questões como ambiguidade sexual e moralismo. O espetáculo, que estreou no começo do ano, contou com um percalço: Arlete Sales precisou ser substituída às pressas, devido uma cirurgia para a retirada de um tumor. Marisa Orth, antiga parceira de TV de Miguel Falabella, entrou no lugar. A peça recebeu um toque mais “quente” e brasileiro de Falabella. A farsa está mais temperada.

O Autor Joe Orton é considerado um dos dramaturgos mais criativos do século XX. O texto “What the butler saw” foi escrito em 1967, e encenado pela primeira vez no Queen’s Theatre, em Londres, em 1969 – um ano e meio após a morte de Orton, assassinado pelocompanheiroKennethHalliwell, aos 34 anos. Apesar de ter tido a carreira precocemente interrompida, o autor escreveu e produziu bastante. JoeOrtonassinoutextosquelotaram teatros e e chocaram audiências com conteúdos de humor negro. Ele usou suagraçademoralduvidosaparacriticar valores e comportamentos do homem contemporâneo. Em apenas quatro anos de produção – antes disso, foi um ator fracassado – Orton criou um estilo próprio, elegante e ao mesmo tempo absurdo, transgressor, com linguagem rudequandoeranecessário.Elecriou um novo estilo de drama inglês, satírico e levemente macabro. Suas peças fizeram sucesso meteórico, e ele foi indicado para dirigir um filme sobre os Beatles. Mas o roteiro cheio de drogas e sexo “não convencional” fez os empresários dos bons moços de Liverpool desistirem. Joe Orton abordou temas como morte e desespero, mas sempre sob a lente do humor (negro). A vida dele virou filme em “O amor não tem sexo” (1987), de Stephen Frears, com Gary Oldman e Alfred Molina no elenco. Serviço: O Que o Mordomo Viu. Teatro Riachuelo, sexta e sábado ás 21h, e domingo às 20h. Preços: R$50/25 (frisas e balcão lateral), R$100/50 (balcão central), R$120/60 (plateia), e R$160/80 (camarotes). Tel.: 4008-3700.

Marisa Orth divide o palco com Falabella


Natal - Rio Grande do Norte Sexta-feira, 07 de fevereiro de 2014

7


8

Natal - Rio Grande do Norte Sexta-feira, 07 de fevereiro de 2014

MÚSICA DIVULGAÇÃO

Humor e Nostalgia

Representantes do roots reggae mundial, a banda jamaicana The Gladiators, faz show em Natal, celebrando Bob Marley

Reggae em Natal

Banda Independente

Banda jamaicana Gladiators faz show nesta sexta-feira homenageando Bob Marley, dentro de turnê que vem percorrendo vários estados do Brasil

U

m dos expoentes do roots reggae mundial, a banda jamaicana The Gladiators, desembarca em Natal nesta sexta-feira para apresentação única no Espaço 21 Prime, a partir das 22h. O evento celebra o aniversário de Bob Marley, e contará ainda com shows das bandas Filosofia (SP), Júnior Dread (SP), Carlinhos Nação e Rastafeeling (RN).

A apresentação dos Gladiators é parte integrante da turnê “One Love Summer”, que tem passado por vários estados do país. O primeiro hit do grupo jamaicano data de 1968, o single “Hello, Carol”. O show fará um apanhado geral das quatro décadas dedicadas ao reggae, em músicas como “Rich man poor man”, “Chatty chatty mouth”, “Looks in deceiving”, “Bellyfull”, “God bless”, “Jah

works”, “A day we go”, “Let Jah be praised”, entre outras. Os dois álbuns mais famosos dos Gladiators são “Trenchtown mix up” (1976) e “Proverbial reggae” (1978). Albert Griffiths é o fundador da banda, fascinado desde pequeno pelos hinos da igreja, tendo aprendido a tocar guitarra com o tio. O Gladiators experimentou mudanças de seu cast em 1969 e em

1973. Atualmente, o filho de Alberto, Al, está à frente da banda. Além da semelhança física, sua voz também é bastante parecida com a do pai. The Gladiators. Sexta, às 22h, no Espaço 21 Prime. Antecipadas na New Ótica (Midway) e Shalk (Shopping Cidade Jardim e Via Direta). Preço: R$25 (1º lote).

« SHOW »

Pepper’s Hall reabre com programação festeira durante o fim de semana

O

boate que combinam gêneros como forró, samba e sertanejo tocados ao vivo. Sábado, dia 8, será realizada mais uma edição da festa Target. A noitada eletrônica trará para Natal a DJ paulista eleita a “melhor DJ do Brasil em 2013”, Dai Ferreira. A DJ chega a Natal com um set-list bastante caprichado. Além dela, a noite terá ainda o projeto E-fusion, tocando uma mistura de progressive e electro-

house, e também o paraibano Kevin Luke, com suas seleções de house e disco house ao estilo francês. Antes da abertura, a casa receberá a imprensa e convidados para um coquetel VIP, das 20h30 às 22h30. O Pepper’s Hall é um ambiente moderno que combina music bar, boate e gastronomia. Entrada na sexta: R$30 (mulher) e R$35 (homem). No sábado: R$25. Tel.: 3236-2886.

O projeto Som da Mata entra em clima de carnaval neste domingo com o ensaio da Banda Independente da Ribeira, às 16h30. O maestro Antônio de Pádua vai conduzir o som, embalando o Parque das Dunas com clássicos do frevo e das marchinhas. A banda homenageia o carnaval de rua. Entrada: R$1.

Serviço:

DIVULGAÇÃO

Pepper’s Hall encerra sua temporada de férias de verão e reabre as portas em Ponta Negra nesta sexta-feira, com um fim de semana todo festeiro. A semana “We Love Pepper’s” começa hoje, dia 07, ao estilo popular da casa: com as bandas Forró do Bom e Chamou Porque Quis (CPQ). A noite promete ser agitada e reunir os baladeiros da cidade que estavam com saudades de curtir as festas da

O Bar 54, em Ponta Negra, tem noite de humor sexta com stand-up comedy de Bruno Lobo, Rubens Santos (PE) e Gian Danves, às 20h30. Entrada: R$ 12. No sábado terá a ‘Noite dos Anos Dourados’, às 20h, festa temática em homenagem aos anos 50/60. Música, drinks e ambientação da época. Clientes caracterizados ganham 1 drink especial. Entrada: R$ 3. Rua Porto Mirim, 8995, Ponta Negra. Tel.: 2010-5458.

Sueldo Soaress em Pium O projeto “Sexta Lá” traz hoje ao Porão Arte & Gastronomia, em Pium, o suingue e balanço funk potiguar de Sueldo Soaress. MPB e outras bossas estarão no ponto para dançar. Entrada: R$10. No domingo, às 12h, terá galinhada de Loisa Coper, com samba de Lupe Albano e Toninho Melé. Onde: Av. Joaquim Patrício, 1083, Pium.

Velha Guarda do Samba

Dai Ferreira foi eleita melhor DJ do Brasil em 2013

O Ateliê Bar e Petiscaria, na Ribeira, promove um fim de tarde de samba neste sábado, às 16h. O grupo Velha Guarda do Samba comandará o happy hour só com clássicos do pandeiro e tamborim. Couvert artístico: R$6. Onde: Av. Duque de Caxias, 182, Ribeira. Tel.: 8862-6087.


Natal - Rio Grande do Norte Sexta-feira, 07 de fevereiro de 2014

9

PALCOS DIVULGAÇÃO

D

ançar, trocar ideias sobre arte e tecnologia, e dançar mais ainda. É a farra-cabeça proposta pela 1ª edição do ‘Baile de in-própriamusic’, que acontece nesta sexta-feira, às 22h, no espaço Zona Cultural, Ribeira. Trata-se da volta do compositor e cantor Maguinho da Silva após um ano longe dos palcos, acompanhado de sua d malassomBROSband. Ele tocará músicas de seu primeiro disco, algumas versões, diversas novidades – e de quebra, propor interações conceituais. Pense e dance. O ano que passou sem fazer shows foi dedicado a compor, segundo Paulo Ricardo, o Maguinho da Silva. Serão as músicas que incrementarão ainda mais o repertório, como “Face de doido”, “E o lobby?” e “Vamos ver quem vai fritar”. Estarão também as canções do disco “E o pior qu’isso tudo não é ficção” (Prêmio Hangar de 2011), que tem o hit local “Me chame com(o) eu sou(l)”. Versões para Mundo Livre s/a, Paralamas e DuSouto também estão programadas. “O meu estilo de música já ultrapassou o rótulo. Costumo dizer que é um samba ‘contaminado’ por um monte de coisas diferentes”, diz. Ou seja, é samba com rocksteady (uma variação antiga do reggae), funk, rock, soul, baião, bossa nova, carimbó, e até um tempero armorial. Ele ressalta que atualmente incorporou também algumas batidas de drum ‘n bass. “Acredito que minhas novas músicas estão com um apelo mais popular. Isso é bom, ninguém quer ser impopular”, afirma. Maguinho quer algo mais do baile além da dança. A “inprópria-music” inclui, segundo ele, um conceito de interação com a plateia: será a criação de um game eletrônico coletivo em que o público poderá fazer o que quiser, remixar música e imagem, vender os shows, produzir, etc. O game “.comsiemcia” já foi

Laboratório na Ribeira O bar Anjo 45, na Ribeira, receberá sábado a 2ª edição do projeto Laboratório EMusic, a partir das 23h. Os DJs François e T. Yuri farão uma noitada de dance music alternativa, entre house, electro, disco e variações. O DJ Melson Diniz (SP) é o convidado da noite. Entrada: R$10 (+ longneck). Onde: Rua Câmara Cascudo (próximo ao Buraco da Catita).

Patusco agita a Catita As noitadas carnavalescas do Buraco da Catita continuam. Sexta, com o grupo Ribeira de Pau e Corda, tocando clássicos do frevo e marchinhas. No sábado, a bateria do Patusco trará as ladeiras de Olinda para a Ribeira. Muito samba e batucada no repertório percussivo. Onde: Rua Câmara Cascudo Ribeira.

Pink Elephant O cantor e compositor Maguinho da Silva volta aos palcos com baile que vai além da dança

Um baile

interativo Com a primeira versão com “Baile de in-própria-music”, Maguinho da Silva vem com proposta de interatividade na forma de um game com a participação do público

inscrito no último edital do Itaú Cultural, segundo o músico. Mas a primeira fase do jogo já começa nesta sexta. A d malassomBROSband virá em formato mais compacto para o baile ‘in-próprio’. Contará com Maguinho da Silva (guiatarra, cavaquinho e voz), Diego Akanguasú (baixo), Neto Miau (teclados), Seu Jailton (bateria) e Valderi File (percussão). A lista de participações especiais é grande: Badu Morais será o MC da festa; Gustavo Lamartine

(DuSouto), Antônio de Pádua (trumpete), Zé Caxangá (escaleta), e mais as projeções do VJ Paulo Lima, a poesia impressa de Civone Medeiros, e o artista plástico Pedro Ivo, que fará na hora ilustrações para o texto “Nas trincheiras do samba”, escrito pelo próprio Maguinho. Serviço: 1º Baile in-própria-music, com Maguinho da Silva e banda. Sexta, às 22h, no Zona Cultural, Ribeira. Entrada: R$10.

A Pink Elephant recebe sexta maior destaque atual de João Pessoa (PB), a DJ Miss Angel, além do DJ Brenno Rozenblit (PE). No sábado terá especial Coldplay e U2 com a banda United, mais DJ Leo B (PE) e residente. Ingressos: R$ 30 (mulher) e R$ 40 (homem). Onde: Av. Hermes da Fonseca, 754, Tirol. Tel.: 8118-0123.

MC Jack e convidados O Favela Pub tem hoje (sexta) festa especial de aniversário do funkeiro MC Jack. Ele recebe convidados como Seis na Mesa, Israel Galiza (Sax in the House), Luciano (Brilhantes do Forró), Chico Forrozeiro, entre outros. No sábado, a banda pernambucana Patusco fará o sambão na casa. Onde: Rua Mossoró, Petrópolis. Tel.: 9958-9361.


10

Natal - Rio Grande do Norte Sexta-feira, 07 de fevereiro de 2014

CINEMA FOTOS: DIVULGAÇÃO

A

primeira informação importante sobre “Frankenstein - Entre Anjos e Demônios”, dirigido e escrito por Stuart Beattie, é a de que não se trata de uma adaptação fiel do clássico criado pela autora inglesa Mary Shelley (1797-1851). Baseado na HQ “I, Frankenstein”, do roteirista e ator Kevin Grevioux, da franquia “Anjos da Noite”, o filme abre um novo capítulo na trajetória da criatura: depois de enterrar seu ‘pai’, Viktor Frankenstein (Aden Young), e rumar para o Polo Norte conforme o desfecho da história original, o personagem interpretado por Aaron Eckhart – o Harvey Dent/Duas-Caras de “Batman, o Cavaleiro das Trevas” – acaba envolvido em uma batalha milenar entre anjos e demônios pelo domínio da humanidade. “Não é a mesma história que já foi contada”, garante Eckhart, “é como se fosse o próximo capítulo. Victor Frankenstein, o monstro criado por ele, o Frankenstein de Mary Shelley, está tudo ali, mas completamente reinventado num mundo imaginário que dialoga com os tempos modernos”. Segundo o ator, “o monstro é muito mais enérgico e ativo, e não o sujeito trôpego que era. Este é mais orientado para a ação e tem lugar num mundo que é uma espécie de outro mundo. Portanto, tem muitos elementos diferentes.” O argumento concentra-se no fato de que, como foi criado por um homem, a criatura não possui alma. Sob essa lógica, os demônios liderados por Naberius (Bill Nighy) caçam o personagem enxergando nele uma possibilidade de dar vida a uma nova legião do mal. No entanto, o exército de anjos (que por vezes assumem a forma de gárgulas), comandado por Leonore (Miranda Otto), também busca a criatura para entender como ela se encaixa nos planos de Naberius – so-

Personagem é interpretado por Aaron Eckhart, o Harvey Dent/Duas-Caras de “Batman, o Cavaleiro das Trevas

Novo Frankenstein renova radicalmente o personagem Roteiro é baseado em HQ do roteirista e ator Kevin Grevioux o filme abre um novo capítulo na trajetória da criatura

ì SINOPSE O monstro de Frankenstein, agora com o nome de Adam, sobreviveu até os dias atuais. Tentando encontrar o próprio caminho, ele acaba se envolvendo em uma guerra entre dois clãs imortais em uma cidade ancestral chamada Darkhaven

SESSÕES Em cartaz no Moviecom 6 (21h45); Cinemark 2 (23h40); Cinépolis 1 (20h15, em 3D) e 6 (14h, dublado) do Natal Shoppping.

bretudo após vê-lo matar alguns demônios. Será Leonore quem batizará o personagem com o nome de “Adam”, referência direta ao bíblico “Adão” em uma analogia sobre a criação do primeiro homem. Ao perceber Adam como um ser humanizado, porém sem alma e, aparentemente, sem propósito, o filme (assim como nos quadrinhos de Grevioux) ilustra o processo de transformação do herói que ele pode se tornar. Como não faz parte de nenhum dos grupos envolvidos, incluindo os humanos, que desconhecem a batalha invisível, ele deverá trilhar seu próprio caminho. “Para mim, a história é sobre um homem que precisa usar seus instintos para fazer uma escolha, e a escolha tem ramificações”, analisa Aaron Eckhart. O filme funciona como uma história de origem, e seus produtores esperam que “Frankenstein:

Entre Anjos e Demônios” renda uma série de continuações. Apesar dos esforços com os efeitos especiais que dominam as cenas, a produção tem um problema na fonte: com diálogos fracos e conflitos mal-amarrados, sobra pouco para o elenco se destacar. Mesmo Eckhart, cuja boa aparência já o distancia da criatura de Frankenstein, não consegue entregar um personagem consistente. * com informações da Agência Estado


Natal - Rio Grande do Norte Sexta-feira, 07 de fevereiro de 2014

CINEMA

★ RUIM ★★ REGULAR ★★★ BOM ★★★★ ÓTIMO ★★★★★ EXCELENTE l ESTREIA

★★A MENINA QUE ROUBAVA LIVROS (14 anos, dublado e legendado) Moviecom 1. Sessões (leg) 13h30 (sáb e dom), 16h10, 18h50 (sáb e dom), 20h30 (seg a sex) e 21h30 (sáb e dom) / Cinemark 1. Sessões (leg) 13h10, 16h, 18h50 e 21h50 / Cinépolis 2 Natal Shop. Sessão (leg) 14h45 / Cinépolis 5 Natal Shop. Sessão (leg) 13h15 / Cinépolis 1 Norte Shop. Sessão (dub) 22h15 / Cinépolis 3 Norte Shop. Sessão (dub) 18h30 Liesel Meminger (Sophie Nélisse) é uma ladra de livros que enfrenta duras provas durante a 2ª Guerra Mundial. A mãe comunista é perseguida pelo nazismo e envia Liesel e o irmão para o subúrbio pobre de uma cidade alemã, onde um casal se dispõe a adotá-los por dinheiro. Direção: Brian Percival ★★★ FROZEN – UMA AVENTURA

CONGELANTE (Livre, dublado) Moviecom 2. Sessões 14h15 e 18h30 Anna, uma jovem otimista destemida,

junta-se ao ousado homem da montanha Kristoff e seu parceiro, a rena Sven, em uma jornada épica, encontrando místicos trolls, o boneco de neve Olaf, condições climáticas extremas como as do Everest e magia a cada passo em uma corrida para encontrar Elsa, a irmã de Anna, a Snow Queen, e salvar seu reino do inverno eterno. Direção: Chris Buck e Jennifer Lee ★★★ TARZAN – A EVOLUÇÃO DA LENDA (Livre, dublado) Moviecom 2. Sessão 16h30 / Cinemark 5. Sessão 12h50 / Cinépolis 2 Norte Shop. Sessão 15h30 / Cinépolis 6 Norte Shop. Sessão 13h Durante uma viagem à selva africana apenas Tarzan, sobrevive a um acidente aéreo. Em completo isolamento, Tarzan cresce junto com um grupo de gorilas. Quando finalmente estabelece contato com outros humanos e apaixona-se pela bela Jane, descobre que o local onde vive está ameaçado por um grande

11

empreendimento de exploração mineral. Agora Tarzan terá que usar seus conhecimentos para salvar esse paraíso intocado. Direção: Reinhard Klooss ★★★★ O LOBO DE WALL STREET (16 anos, dublado e legendado) Moviecom 2. Sessão (leg) 20h45 / Cinemark 6. Sessão (leg) 21h30 / Cinépolis 2 Natal Shop. Sessão (leg) 19h / Cinépolis 5 Natal Shop. Sessão (leg) 21h45 / Cinépolis 3 Norte Shop. Sessão (dub) 21h30 Corretor da bolsa de Nova York, interpretado por Leonardo DiCaprio, se recusa a cooperar para uma grande investigação sobre fraude em Wall Street. Direção: Martin Scorsese ★★ 47 RONINS

(14 anos, dublado e legendado) Moviecom 3. Sessões (leg) 14h15 (sáb e dom), 16h40, 19h10 (sáb e dom), 20h40 (seg a sex) e 21h40 (sáb e dom) / Cinemark 3. Sessões (3D) (leg) 12h40, 18h10, 20h50 e

23h30 (sáb) / Cinépolis 2 Natal Shop. Sessões (3D) 13h30 e 22h40 (exceto seg, qua, qui e sex) / Cinépolis 5 Norte Shop. Sessão (dub) 22h05 Kai (Keanu Reeves) é um exilado que se une e Oishi (Hiroyuiki Sanada), o líder do grupo 47 Ronin. Juntos eles partem atrás de vingança contra o temível vilão que matou o mestre deles e baniu os samurais. Para restaurar a honra de sua terra natal, os guerreiros embarcam em uma busca que irá apresentar uma série de dificuldades que destruiriam guerreiros mais fracos. Direção: Carl Rinsch l OPERAÇÃO SOMBRA JACK RYAN

(14 anos, dublado e legendado) Moviecom 4. Sessões 14h50, 17h05, 19h20 e 21h35 / Cinemark 5. Sessões 15h10, 17h30, 20h e 22h20 / Cinépolis 1 Natal Shop. Sessão 22h30 / Cinépolis 5 Natal Shop. Sessão 16h15 / Cinépolis 6 Natal Shop. Sessão 19h30 / Cinépolis 4 Norte Shop. Sessões (dub) 14h15, 16h45 e 19h15 / Cinépolis 4 Norte Shop. Sessão (leg) 21h45 Jack Ryan (Chris Pine), um jovem analista da CIA, descobre plano russo para travar a economia dos EUA, com um ataque terrorista. Depois de deixar a Marinha e se tornar consultor financeiro de um bilionário, o agente é forçado a voltar à ativa para impedir o plano de seus algozes. Direção: Kenneth Branagh

l HÉRCULES

(14 anos, dublado e legendado) Moviecom 5. Sessões (dub) 14h, 16h, 18h, 20h e 22h / Cinemark 3. Sessão (leg) 15h30 / Cinemark 4. Sessões 20h40 e 23h (sáb) / Cinépolis 2 Norte Shop. Sessões (3D) (dub) 13h15, 17h45 e 20h15 / Cinépolis 2 Norte Shop. Sessão (3D) (leg) 22h30 Traído por seu padrasto, o rei Anfitrião, exilado e vendido como escravo, Hercules precisará de todos os seus poderes para encontrar o caminho de volta para casa e para o seu grande amor. Direção: Renny Harlin

★★★ FRANKENSTEIN: ENTRE ANJOS E DEMÔNIOS (12 anos, dublado e legendado) Moviecom 6. Sessão (3D) (dub) 21h45 / Cinemark 2. Sessão (3D) 23h40 (sáb) / Cinépolis 1 Natal Shop. Sessão (3D) (leg) Sessão 20h15 / Cinépolis 6 Natal Shop. Sessão (dub) 14h O monstro de Frankenstein, agora com o nome de Adam, sobreviveu até os dias atuais. Tentando encontrar o próprio caminho, ele acaba se envolvendo em uma guerra entre dois clãs imortais em uma cidade ancestral chamada Darkhaven. Direção: Stuart Beattie l UMA AVENTURA LEGO

(Livre, dublado) Moviecom 6. Sessões (3D) 15h, 17h15 e 19h30 / Moviecom 7. Sessões 13h50, 16h, 18h15 e 20h30 / Cinemark 2. Sessões (3D) 11h40 (sáb e dom), 14h10, 16h30, 19h e 21h20 (exceto ter e qui) / Cinemark 6. Sessões 11h (sáb e dom) e 15h40 / Cinemark 6. Sessões (3D) 13h20 e 18h / Cinépolis 1 Natal Shop. Sessões 13h, 15h20 e 17h50 / Cinépolis 1 Norte Shop. Sessões 14h45, 17h15 e 19h45 / Cinépolis 3 Norte Shop. Sessões 13h30 e 16h Emmet, uma mini-figura Lego, seguidora de regras e perfeitamente comum que é erroneamente identificada como a pessoa mais extraordinária e a chave para salvar o mundo. Ele é recrutado para integrar uma sociedade de estranhos e seguir em uma jornada épica para deter um tirano, uma viagem divertida para a qual Emmet vai totalmente despreparado. Direção: Phil

Lord e Christopher Miller ★★★★ NINFOMANÍACA – PARTE 1 (18 anos, legendado) Cinemark 2. Sessão 21h20 (ter e qui) O filme conta a jornada erótica de uma mulher, do nascimento aos 50 anos, pelos olhos da personagem principal Joe (Charlotte Gainsbourg). Em uma noite fria de inverno, o velho solteirão Seligman a encontra semiconsciente e machucada em um beco. Depois de levá-la ao seu apartamento, ele cura seus machucados enquanto tenta compreender como as coisas podem ter dado tão errado. Em oito capítulos, escuta Joe recontar a luxuriante história de sua vida. Direção: Lars von Trier ★★ MUITA CALMA NESSA HORA 2 (14 anos, nacional) Cinemark 4. Sessões 12h (sáb), 14h, 16h10 e 18h20 / Cinépolis 5 Norte Shop. Sessões 15h45, 17h55 e 20h Três anos depois da fatídica viagem a Búzios, quatro amigas se encontram no Rio de Janeiro. Estrella (Débora Lamm) acaba de retornar da Argentina, Aninha (Fernanda Souza) está impressionada com a consulta de uma vidente, Tita (Andréia Horta) passou uma temporada na Europa trabalhando como fotógrafa, e Mari (Gianne Albertoni) quer produzir um festival de música. É desse reencontro que a aventura começa. Direção: Felipe Joffily ★★★★★ TRAPAÇA (14 anos, legendado) Cinemark 7. Sessões 13h, 15h50, 19h10 e 22h / Cinépolis 5 Natal Shop. Sessão 18h45 / Cinépolis 6 Natal Shop. Sessões 16h30 e 22h / Cinépolis 6 Norte Shop. Sessões 15h15, 18h15 e 21h15 Irving Rosenfeld (Christian Bale) e Sydney Prosser (Amy Adams) são dois trapaceiros obrigados a colaborar com um esquema do FBI chefiado por um agente infiltrado no mundo da máfia. Tudo parece estar dando certo até que a esposa de Irving, Rosalyn (Jennifer Lawrence), surge na história. Direção: David O. Russell ★★★★★ CAPITÃO PHILLIPS (14 anos, legendado) Cinépolis 2 Natal Shop. Sessão 22h40 (seg) O filme se concentra na relação entre o capitão Richard Phillips (Tom Hanks), e o capitão pirata somali, Muse (Barkhad Abdi), que o toma como refém. Os dois entram em uma inevitável rota de colisão quando Muse e sua tripulação decidem colocar em sua mira o navio desarmado comandado por Phillips. Baseado em fartos reais. Direção: Paul Greengrass

PHILOMENA (12 anos, legendado) Cinépolis 2 Natal Shop. Sessão 22h40 (qui e sex) Reconhecido jornalista decide investigar a história de mulher que busca por filho durante décadas. A criança sumiu quando a mulher, ainda grávida, foi obrigada a ir viver num convento. Direção: Stephen Frears ★★★★★ GRAVIDADE 3D (12 anos, legendado) Cinépolis 2 Natal Shop. Sessão 22h40 (qua) A Dra. Ryan Stone (Sandra Bullock) está em sua primeira missão espacial, com o astronauta veterano Matt Kowalsky (George Clooney). Durante um passeio espacial rotineiro ocorre um acidente e a nave é destruída, deixando Stone e Kowalsky completamente sozinhos. Agora, provavelmente, o único jeito de ir para casa seja encarar a imensidão assustadora do espaço. Direção: Alfonso Cuarón


12

Natal - Rio Grande do Norte Sexta-feira, 07 de fevereiro de 2014

MEDITANDO NA ADEGA

Gilvan Passos [gilvanpassosvinhos@gmail.com] FOTOS: DIVULGAÇÃO

ì Dica importante

Como conservar o Seu Vinho depois de aberto O tempo de vida útil de uma garrafa de vinho aberta é impreciso, porque dependerá da estrutura do vinho e dos efeitos do oxigênio

O

mesmo oxigênio que é indispensável para dar vida aos aromas e melhorar o sabor do vinho no momento da apreciação, é igualmente letal para a bebida, dependendo da vulnerabilidade desta e do tempo de exposição da mesmaaosefeitosnocivosdaoxigenação. Estaaberturaleva-nosàcitação do médico e alquimista suíço-

alemão Paracelso (Theophrastus Bombast von Hohenheim – 1493 1541), que já no século XVI asseverou: “A diferença entre o remédio e o veneno é a dose”. O oxigênio, vital para o despertar de uma garrafa recém-aberta, é também um agenteoxidante,quedepoisdecertotempo em contato com o vinho, e auxiliadopelasbactériasacéticas(aceto-

bacter) , transforma o álcool etílico ou etanol da bebida em ácido acético,principalácidopresentenovinagre, daí porque se diz que o vinho está avinagrado ou oxidado. Este é o mesmo fenômeno quetorna escura uma maçã partida em questão de minutos. Sem a proteção da casta, ela se oxida pela ação tempo/transformação do oxigênio atmosférico.

O tempo de vida útil de uma garrafa de vinho aberta é impreciso, porque isso dependerá da estrutura do vinho, da sua juventude ou senilidade, da forma como essa garrafa será guardada e do tempo e forma de exposição da bebida aos efeitos do oxigênio. De forma bastante genérica,serápossíveldizerque48horasparaumvinhojovemebemconservado é o limite, depois do que se percebe um declínio na qualidade da bebida. Para auxiliar nesse problema, existem vários recursos, de sprays com gás inerte e mais pesado (nitrogênio) que o ar, que se deposite sobre a superfície do vinho e impeça a oxidação, a bombas que retiram grande parte do ar da garrafa como o Vaco Vin, mas em ambososcasosnãosepodeafirmarque o vinho permanece como se a garrafa não tivesse sido aberta. No entanto,umaalternativasimples,funcional e barata é a “transferência”, que consiste em transferir o restante do vinho para uma garrafa de 375 ml ou 187 ml com screw cup (tampaderosca)vaziaedevidamentehigienizada,enchendo-aporcompleto e lacrando-a. Isso reduzirá o contato do vinho com o oxigênio, aumentando o tempo de vida útil do mesmo. Estas são alternativas domésticas que podem prolongar por até uma semana as características essenciais do seu vinho. Em escala comercial existem equipamentos fantásticoscomoo“LeVerredeVin”, o Enomatic e seus congêneres, que prolongam a vida útil do vinho por até vinte dias ou mais.

Se você quase sempre não tem com quem dividir sua garrafa de vinho que fica sempre pela metade para consumo posterior, invista no fracionamento (garrafas de 187 ml ou 375 ml). Como só uma minoria de vinhos está disponível no mercado em garrafas com esse conteúdo, tenha sempre em casa as suas garrafas de transferências, para armazenar o restante daquele seu vinho preferido e tomar posteriormente com a mesma qualidade. Mas não se esqueça, a garrafa de transferência tem de estar vazia, esterilizada e o vedante tem de ser um screw cup.

ì Vinho da Semana Caliterra Reserva Rose 2013. É como saborear um suco de pétalas de rosas. Um rose elaborado com 85% de Syrah e 15% de Cabernet Sauvignon, leve, frutado, refrescante e perfeito para este verão. Assemelhase aos deliciosos vinhos rosados da Côte d’Azur, a Riviera Francesa, na região da Provence, especialista em vinhos desse gênero. Importado pela Decanter, em Natal é uma exclusividade Vinhedos.


Tribuna do Norte - 07/02/2014