Page 1

» OS CLASSIFICADOS DA TN CIRCULAM HOJE COM 4.990 ANÚNCIOS E 22 PÁGINAS FUNDADOR:ALUÍZIO ALVES - 1921 - 2006

Ano 61 • Número 264 • Domingo, 29 de janeiro de 2012

[ GOVERNANÇA ] Rio Grande do Norte está classificado entre os estados brasileiros com instituições mais permeáveis à corrupção

Estudo mostra como instituições são alvos fáceis para corrupção SOPHIE CHARLOTTE E O RETRATO DO BRASIL

Estudo produzido em convênio entre o Instituto Ethos, o Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (Unodc) e a ControladoriaGeral da União (CGU) e Centro de Estudos da Opinião Pública, da Universidade de Campinas

[ REVISTA DA TV 6 E 7 ]

CHOQUE DE RIVAIS ANIMA ATACANTES

(Unicamp), classifica o Rio Grande do Norte entre os estados brasileiros vulneráveis à corrupção. Entre os critérios usados para medir o grau de capacidade de controle da gestão pública, o RN teve registro de “alto risco" em três. Outros três

apresentaram “risco médio" e três “risco baixo". Entre as deficiências, estão a pouca transparência dos poderes, a falta de competitividade nas compras públicas e a ingerência de grupos políticos nos orgãos de controle. [ PÁGINAS 3,4 E 5 ]

REPARANDO A DEUSA QUEBRADA

O confronto entre ABC x América promete rivalidade acirrada dentro de campo. Washington e Soares querem aproveitar o clássico para mostrar que podem ocupar a posição de ídolo das torcidas. [ ESPORTES 1 E 2 ]

Os danos causados à estátua de Iemanjá, reparados ontem, são apenas um dos muitos exemplos do vandalismo gratuito que sai caro aos cofres do poder público e de empresas privadas na capital. [ NATAL 1 E 2 ] MERCADO

ECONOMIA

INSEGURANÇA

Jornal mostra o custo humano de se fazer um iPad

Expectativa é gerar mais de 12 mil novos empregos

Polícia acompanha sazonalidade dos crimes de verão

Operários da Apple na China têm poucos ou nenhum direitos trabalhistas, segundo reportagem do NY Times. A empresa contesta a denúncia do jornal. [ PÁGINA 9 ]

Apesar dos sinais da continuidade da crise europeia, os setores produtivos do RN esperam para 2012 um saldo acima de 12 mil novos empregos formais.[ ECONOMIA 7 ]

A violência segue as estações. A teoria pode soar estranha, mas da mesma forma como os crimes diminuem em época de chuvas, aumentam no verão. [ NATAL 3 ]

COMPORTAMENTO

DESABAMENTO

CARNAVAL

Cuidados simples podem aumentar média de vida

Mais dois corpos foram encontrados na manhã de sábado

Prefeituras terão folia regrada por limites do MPE

O avanço da ciência médica e dos padrões sociais elevaram a média de vida dos brasileiros. Chegar aos 100 anos deixou de ser novidade. Só precisa se cuidar. [ TN FAMÍLIA 1 ]

Equipes de resgate ainda procuram cinco desaparecidos nos escombros do desabamento dos prédios no Rio. Já são 19 as vítimas, mas nem todas ainda identificadas. [ PÁGINA 7 ]

» MESTRES Preocupado com o futuro dos jovens da periferia, Chico Explosão tira os meninos da rua com a finalidade de garimpar craques e trabalhar o cidadão. [ ESPORTES 3 ]

Faltam 20 dias para o Carnaval e alguns dos polos da folia no interior não têm programação definida. O MPE regra e limita os gastos com a folia. [ NATAL 9 E 10 ]

NEGÓCIOS E FINANÇAS

APITO FINAL

GAUDÊNCIO TORQUATO

JORNAL DE WM

Termina próxima terça o prazo para as micros aderirem ao sistema Super Simples [ ECONOMIA 2 ]

96

TOTAL DE PÁGINAS DESTA EDIÇÃO: páginas

REDAÇÃO: PAUTA

pauta@tribunadonorte.com.br

Clássicos marcantes e peculiaridades nos embates entre ABC e América ao longo da história [ ESPORTES 7 ]

FALE CONOSCO: PABX: 4006-6100 Redação: 4006-6113

ELIANA LIMA

Eleição no Brasil deixou de ser aula de civismo para virar uma luta esganiçada pelo poder [ PÁGINA7 ]

Assinaturas: 4006-6111 Venda avulsa: 4006-6103 Comercial: 4006-6173

Classificados: 4006-6161 Circulação: 4006-6103 Reclamações:4006-6111

Em nova fase, Operação Impacto ganha os escaninhos do Tribunal de Justiça [ NATAL 6 ]

HOME PAGE:

www.tribunadonorte.com.br

Para os “Caçadores de Mitos”, dirigir com sono é três vezes mais perigoso que alcoolizado [ PÁGINA 2 ]

PREÇO DESTA EDIÇÃO:

R$ 2,50


» OS CLASSIFICADOS DA TN CIRCULAM HOJE COM 4.990 ANÚNCIOS E 22 PÁGINAS FUNDADOR:ALUÍZIO ALVES - 1921 - 2006

Ano 61 • Número 264 • Domingo, 29 de janeiro de 2012

EXEMPLAR DO ASSINANTE

[ GOVERNANÇA ] Rio Grande do Norte está classificado entre os estados brasileiros com instituições mais permeáveis à corrupção

Estudo mostra como instituições são alvos fáceis para corrupção SOPHIE CHARLOTTE E O RETRATO DO BRASIL

Estudo produzido em convênio entre o Instituto Ethos, o Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (Unodc) e a ControladoriaGeral da União (CGU) e Centro de Estudos da Opinião Pública, da Universidade de Campinas

[ REVISTA DA TV 6 E 7 ]

CHOQUE DE RIVAIS ANIMA ATACANTES

(Unicamp), classifica o Rio Grande do Norte entre os estados brasileiros vulneráveis à corrupção. Entre os critérios usados para medir o grau de capacidade de controle da gestão pública, o RN teve registro de “alto risco" em três. Outros três

apresentaram “risco médio" e três “risco baixo". Entre as deficiências, estão a pouca transparência dos poderes, a falta de competitividade nas compras públicas e a ingerência de grupos políticos nos orgãos de controle. [ PÁGINAS 3,4 E 5 ]

REPARANDO A DEUSA QUEBRADA

O confronto entre ABC x América promete rivalidade acirrada dentro de campo. Washington e Soares querem aproveitar o clássico para mostrar que podem ocupar a posição de ídolo das torcidas. [ ESPORTES 1 E 2 ]

Os danos causados à estátua de Iemanjá, reparados ontem, são apenas um dos muitos exemplos do vandalismo gratuito que sai caro aos cofres do poder público e de empresas privadas na capital. [ NATAL 1 E 2 ] MERCADO

ECONOMIA

INSEGURANÇA

Jornal mostra o custo humano de se fazer um iPad

Expectativa é gerar mais de 12 mil novos empregos

Polícia acompanha sazonalidade dos crimes de verão

Operários da Apple na China têm poucos ou nenhum direitos trabalhistas, segundo reportagem do NY Times. A empresa contesta a denúncia do jornal. [ PÁGINA 9 ]

Apesar dos sinais da continuidade da crise europeia, os setores produtivos do RN esperam para 2012 um saldo acima de 12 mil novos empregos formais.[ ECONOMIA 7 ]

A violência segue as estações. A teoria pode soar estranha, mas da mesma forma como os crimes diminuem em época de chuvas, aumentam no verão. [ NATAL 3 ]

COMPORTAMENTO

DESABAMENTO

CARNAVAL

Cuidados simples podem aumentar média de vida

Mais dois corpos foram encontrados na manhã de sábado

Prefeituras terão folia regrada por limites do MPE

O avanço da ciência médica e dos padrões sociais elevaram a média de vida dos brasileiros. Chegar aos 100 anos deixou de ser novidade. Só precisa se cuidar. [ TN FAMÍLIA 1 ]

Equipes de resgate ainda procuram cinco desaparecidos nos escombros do desabamento dos prédios no Rio. Já são 19 as vítimas, mas nem todas ainda identificadas. [ PÁGINA 7 ]

» MESTRES Preocupado com o futuro dos jovens da periferia, Chico Explosão tira os meninos da rua com a finalidade de garimpar craques e trabalhar o cidadão. [ ESPORTES 3 ]

Faltam 20 dias para o Carnaval e alguns dos polos da folia no interior não têm programação definida. O MPE regra e limita os gastos com a folia. [ NATAL 9 E 10 ]

NEGÓCIOS E FINANÇAS

APITO FINAL

GAUDÊNCIO TORQUATO

JORNAL DE WM

Termina próxima terça o prazo para as micros aderirem ao sistema Super Simples [ ECONOMIA 2 ]

96

TOTAL DE PÁGINAS DESTA EDIÇÃO: páginas

REDAÇÃO: PAUTA

pauta@tribunadonorte.com.br

Clássicos marcantes e peculiaridades nos embates entre ABC e América ao longo da história [ ESPORTES 7 ]

FALE CONOSCO: PABX: 4006-6100 Redação: 4006-6113

ELIANA LIMA

Eleição no Brasil deixou de ser aula de civismo para virar uma luta esganiçada pelo poder [ PÁGINA7 ]

Assinaturas: 4006-6111 Venda avulsa: 4006-6103 Comercial: 4006-6173

Classificados: 4006-6161 Circulação: 4006-6103 Reclamações:4006-6111

Em nova fase, Operação Impacto ganha os escaninhos do Tribunal de Justiça [ NATAL 6 ]

HOME PAGE:

www.tribunadonorte.com.br

Para os “Caçadores de Mitos”, dirigir com sono é três vezes mais perigoso que alcoolizado [ PÁGINA 2 ]

PREÇO DESTA EDIÇÃO:

R$ 2,50


2 | Tribuna do Norte | Natal | Rio Grande do Norte

opinião

Domingo | 29 de janeiro de 2012

ESPAÇO LIVRE [ Agnelo Alves ]

Jornal de WM WODEN MADRUGA - woden@terra.com.br Interino:Vicente Neto

Perigo no volante

O

que é mais perigoso? Dirigir alcoolizado ou cansado? Os “Caçadores de Mito” fizeram o teste. Usando como cobaia dois de seus apresentadores eles fizeram o teste em uma pista dinâmica (que simula o trânsito na cidade) e uma mais entediante, simulando uma estrada de mão-dupla. Com 0.6 miligramas de álcool no sangue, o limite permitido nos Estados Unidos, (o dobro permitido no Brasil) foram muitas as barbeiragens anotadas pelos instrutores, tanto na cidade como na estrada. No segundo teste, os cobaias estavam privados de sono há 30 horas. Derrubaram cones além da conta no circuito dinâmico, invadiram a pista contrária durante boa parte do tempo e demonstravam reflexos extremamente lentos numa situação que simulava um animal cruzando a pista na frente do carro. Conclusão a que chegaram: dirigir com sono é três vezes mais perigoso que alcoolizado. Os “Caçadores de Mito” também fizeram o teste do celular e o veredicto deles é que dirigir e falar ao telefone ao mesmo tempo “é uma loucura.” A combinação perfeita para um desastre grave é dirigir alcoolizado, com sono e sem cinto de segurança, coisa que não é difícil ver em algumas cidades do interior do Rio Grande do Norte, onde a fiscalização nunca chega. E tão fatal quanto um carro-bomba dirigido por um terrorista suicida.

Novo alvo

Honestidade

Depois da queda de Elias Fernandes, no Dnocs, as baterias dos grandes jornais continuam apontadas para o Ministério da Integração. O Alvo agora é a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e Parnaíba (Codevasf). Tendo como base relatórios da Controladoria-Geral da União (CGU) o jornal O Estado de S. Paulo cita o uso de veículos para fins eleitorais em Petrolina, no interior de Pernambuco, reduto político do ministro Fernando Bezerra Coelho.

Nem tudo está perdido neste País. Chico Marrocos, nosso colega de trabalho na Redação da TN, tomou um susto terça-feira passada. Ao sair de um prédio na Miguel Castro, encontrou o retrovisor do carro estraçalhado e não tinha um único flanelinha por perto para dedurar o culpado. Na maçaneta da porta, no entanto, um papel amassado trazia o telefone e um pedido de desculpa do responsável pela barbeiragem. A despesa foi integralmente reembolsada por ele.

Popularidade versus política

N

ão acompanhei tão de perto quanto desejei, como costumava acontecer, os acontecimentos políticos que disputaram as manchetes da mídia, com a tragédia vivida no Rio de Janeiro, em virtude do desmoronamento de três edifícios no centro da cidade. As razões de meu distanciamento, não preciso explicar. Os leitores sabem de minha luta contra o câncer, a qual, graças a Deus, ao progresso da ciência e à competência dos médicos, estou ganhando. Tive contatos aligeirados com colegas jornalistas da grande imprensa que fazem a cobertura política. Conversei com eles, li mais detalhes ou vi pela televisão e tenho consolidado em mim a certeza de que, a cada lance político, duas conclusões são tão lógicas quanto evidentes. A primeira, a sociedade brasileira cada vez mais se distancia da maioria dos chamados líderes que estão aí. A segunda, a de que os atuais partidos são entidades de ficção. Não existem. Morreram. E, na contra-partida, duas novas realida-

Os políticos ainda não despertaram para uma nova realidade: a cada lance político, a opinião pública é a vencedora na quase totalidade das vezes”

des, a do ex-presidente Lula e a da presidente Dilma Rousseff, ambos representantes das instituições sobreviventes do naufrágio da massa política. Ao que poderíamos chamar de oposição, está em perda, seus representantes estão desatinados como partidos e desliderados, sem em seus quadros posicionar-se como anti-Lula e principalmente como anti-Dilma para a disputa presidencial, em 2014. O Brasil está sendo passado a limpo, poderíamos dizer assim. Um papel que deveria ser exercido pela oposição. Mas que oposição? Quem está ocupando a cena sozinho é o Ministério Público, sem ser oposição ou governo. E aí, não importa contra quem ou contra o quê. O alvo é passar o Brasil a limpo. Corrigir o que está errado – o ilícito – e punir os culpados. Qual o partido ou líder político que já se manifestou contra ou a favor? Nenhum. Para ficar a favor? Nenhum. Para ficar con-

tra? Nenhum. Nem sim, nem não, antes pelo contrário. Enquanto isso, a presidente Dilma Rouseff transita imperturbável por toda a cena, a começar pelo seu governo. Ministro? Demite. Resultado: uma popularidade jamais alcançada por nenhum presidente antecessor, conforme pesquisas de opinião pública divulgadas recentemente, das quais a DATAFOLHA, veiculada na última semana. Recorde de aprovação do seu governo, apesar dos partidos “aliados” e dos partidos ditos da oposição. Em 2010, venceu a popularidade do então presidente Lula. Em 2014, vencerá a popularidade da presidente Dilma. E os partidos políticos? Ah, sim, jogando o caxangá... No jogo do “bota/tira” com as mãos na botija. Tudo muito óbvio.

Amâncio - www.chargistaamancio.blogspot.com

Cartas Alcaçuz E ninguém fala em abrir inquérito para responsabilizar quem levou os celulares para os presos, lá tá parecendo uma feira livre, tem de tudo, Maconha, crak, e bebidas alcoólicas variadas, essa mercadoria não chegou lá caminhando, alguém as levou, é comum as revistas encontrarem trouxinha de maconha, celulares, carregadores etc, escondidos na vagina das visitantes, mas um litro de uísque... sei não ! baimaf@hotmail.com

COPA Com um mês de antecedência o Maracanã começa a montar as novas arquibancadas. Enquanto isso, nas cercanias de Lagoa Nova, ainda estamos na fase do bate-estaca.

Ônibus

Temos que modernizar as salas de aula. Mandar o quadro negro para o museu”

CRISTÓVAM BUARQUE, SENADOR,EX-REITOR DA UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA, SOBRE MUDANÇAS NA EDUCAÇÃO.

GUSTAVO COCENTINO RAMOS [ Cientista Político ]

Saudade de João Reforma agrária (1) Sem previsão sobre quando ocorrerá - se é que vai haver - novas desapropriações, a superintendência do Incra no Rio Grande do Norte intensifica a fiscalização nos assentamentos já existentes. Denúncias de venda ilegal de lotes não faltam. Algumas

delas já confirmadas. Os processos serão submetidos a uma comissão, mas em entrevista ao Jornal de Fato, de Mossoró, o superintendente Valmir Alves adianta que a tendência é a retomada dos lotes repassados ilegalmente a terceiros.

Reforma agrária (2) Irregularidades foram constatadas nos três assentamentos fiscalizados no RN: Mossoró, Upanema e Ceará Mirim. Em pouco mais de 10 anos - janeiro de 2001 a julho do ano passado -, 103.543 beneficiários foram excluídos do Programa Nacional de Reforma Agrária por irregularidades em todo o Brasil. Do total 36.592 motivadas por negociações ilegais da terra nua ou das benfeitorias.

Redibul No domingo de clássicos pelo estadual, a torcida do Caicó Esporte Clube institui um prêmio para apimentar o jogo no Marizão. Vai dar R$ 100 por

cada golzinho da “Raposa do Seridó” marcado contra o arquirrival Corintians. E no caso de vitória, R$ 500 para o artilheiro.

ELEIÇÃO 1 Ficou

para este domingo o café da manhã entre o prefeito Bibi Costa e o deputado João Maia. Além de tapioca e queijo do sertão, o carpádio inclui também a sucessão em Caicó, segundo os blogs seridoenses.

ELEIÇÃO 2 O prefeito de Parnamirim, Maurício Marques, convocou reunião do secretariado para terça-feira. Vai exigir dos précandidatos a devolução dos cargos. Os substitutos serão nomeados já no começo de fevereiro. PRAIA A banda Perfume de Gardênia se apresenta neste domingo, às 15h, no palco montado em Pirangi do Norte, encerrando o Circuito Verão SESC/Intertv Cabugi.

Empresa Jornalística Tribuna do Norte Av.Tavares de Lira,101 - Ribeira - Natal/RN CEP:59010200 Fone: (PABX) 4006-6100 Fax: (0xx84) 4006-6124 Endereço eletrônico: www.tribunadonorte.com.br

Diretor Presidente: Henrique Eduardo Alves Superintendente: José Roberto Cavalcanti Diretor Adm.e Operações: Ricardo Luiz de V.Alves Diretor Financeiro: Agnelo Alves Filho Diretor de Redação:Carlos Peixoto cpeditor@tribunadonorte.com.br Gerente Comercial: Eliane Rocha Gerente de Marketing: Andréia Barandas Gerente de Circulação: Thales Vilar

Em época de veraneio ou até em período de chuvas, o destino de domingo era quase sempre o mesmo: praia de Pirangi do Norte. Alternado era apenas o lugar de reunião da despretensiosa confraria de jornalistas. Os encontros que presenciei ora ocorriam na casa de praia de meus pais, Afonso e Ana Maria, e em outras ocasiões na casa de praia de João Ururahy, certamente um dos mais assíduos banhistas de mar de Pirangi. Na maioria das vezes o grupo se reunia mesmo era na varanda de João Neto, com petiscos e redes de dormir compondo o cenário. Incontáveis vezes, ao passarmos de carro pelo cruzamento entre a Avenida Márcio Marinho e a estreita rua onde descansava João Neto e a sua família, meus pais pediam que verificasse a presença de alguém em sua casa. Um portão aberto avistado era o sinal verde desejado e significava liberação para então virarmos à direita e descermos para encontrar o cordial morador, acompanhado quase sempre do cordial amigo, João Ururahy. A pauta dessa seleta turma da praia do Cajueiro privilegiava a política local e a política nacional, conteúdos obrigatórios, portanto. Os papos eram entremeados de análises e anedotas sobre passagens da política provinciana. As histórias de suas vidas dedicadas à imprensa e aos episódios relacionados às redações dos jornais da cidade eram assuntos constantes. Também jornalistas, Albimar, Dodora, Osair, Sávio e Vânia compareciam com freqüência para esquentar as discussões, cujos decibéis aumentavam proporcionalmente à proximidade de eleições de qualquer espécie, períodos fecundos para observadores apaixonados pelo mundo político. A descida para o banho de mar ocorria antes da convocação de Alicinha para o almoço. Aliás, o melhor mergulho de toda a praia era precisamente nas proximidades da antiga casa de João Neto. O mar por vezes mais agitado não ousava arrefecer o diálogo exaltado desse agrupamento destituído de qualquer formalidade. O papo permanecia intenso por um bom tempo, entre mergulhos e ondas de mar. Assim estava conformada a reunião dominical dessa turma, com vida tanto nos bastidores como Classificados: Redação Fax Venda Avulsa Assinatura Natal Reclamações Natal ASSINATURA Mensal (à vista) Semestral (à vista) Anual (à vista)

4006-6161 4006-6113 4006-6124 4006-6100 4006-6111 4006-6111 R$ 43,00 R$ 258,00 R$ 516,00

PREÇO DO EXEMPLAR Rio Grande do Norte 3ª a Sábado Domingo Outro Estado 3ª a Sábado Domingo

no palco dos acontecimentos políticos e das redações dos jornais Diário de Natal Um portão aberto e Tribuna do Norte. A disavistado era o sinal cussão era sempre brindaverde desejado e da de assuntos polêmicos significava e as divergências de interliberação para pretação do cenário polítientão virarmos à co eram explicitadas entre direita e amigos. Os argumentos descermos para contumazes de defesa e de encontrar o cordial contestação de um ou de morador, outro posicionamento eracompanhado am perspicazes. Para alquase sempre do guém externo ao grupo, cordial amigo,João poderia até parecer peleja Ururahy.A pauta de antigos inimigos. dessa seleta turma Cordialidade é a palavra da praia que, em minha opinião de privilegiava a mero espectador e admipolítica local e a rador integrante da jovem política nacional.” platéia presente, melhor define as condutas de João Neto e de João Ururahy. Se amigo de pai e mãe, amigo de filho é, devo então dizer que, apesar de nossa diferença etária de quase meio século, ambos João Neto e João Ururahy se tornaram referências de caráter e de dignidade. Seus pareceres e matérias, mentalmente redigidos e pronunciados nesse profícuo ambiente de debate, não somente enriqueceram o universo de seus companheiros de ofício, mas sorrateiramente influenciaram a formação humana e intelectual daqueles que ali compareceram como simples testemunhas auditivas. Anos atrás, o traiçoeiro infarto que levou João Neto deixou todos abalados. Os encontros continuaram, mas o João que aqui havia ficado já não sorria tanto aos domingos. Neste veraneio, Ururahy decidiu reencontrar Neto. Muito difícil não acreditar que num domingo de verão como o de hoje eles estejam – no mundo de lá e com uma verdadeira vista panorâmica do mar – batendo aquele saudoso e descontraído papo que habitava as varandas de Pirangi.

Nessa situação caótica, ora apresentada, toda a sociedade tem a obrigação de envidar esforços no sentido de estacar mais esse mal que aflinge a todos, porém tem um grupo que lucra duplamente com os assaltos e não são os meliantes; pelo menos em off, se sabe que os empresários do setor de transporte estão lucrando duas veses quando um ônibus é assaltado, em primeiro plano porque de imediato o prejuízo é dividido entre os operadores,(cobrador e motorista), e depois, segundo comentários da rádio pinhão cobram da seguradora que mantém convênio com a entidade de classe que lhes representa. carlosalfredo45201042@hotmail.com

Precatórios Tem que haver penas severas para essa corja, se aproveitam do cargo para roubar, o salário é bom mas a ganância, cega os detentores de cargos importantes. No Tribunal de Contas do Estado TCE, com certeza se for feita uma auditoria séria, vai ter conselheiro em maus lençóis, primeiro a função deles é só abafar denúncias contra os seus benfeitores, não tem a mínima responsabilidade com a moral e ética, só quer é proteger os seus empregadores, tem processo que se arrasta há mais de 10 anos, quando estão para serem julgados são engavetados novamente. baimaf@hotmail.com

Acidente Mais quatro vidas são ceifadas em acidentes automobilísticos na cidade de Passa e Fica. Na maioria das ocorrências, a causa principal é a ingestão de bebidas alcoólicas. Some-se a isso também a imprudência e imperícia dos condutores, além das péssimas condições das estradas do nosso Estado. Bem próximo ao local do acidente existem verdadeiras crateras no asfalto que forçam os condutores a manobras arriscadas. djairclaudiano@yahoo.com.br

FILIADO AO

R$ 1,50 R$ 2,50

FILIADO AO INSTITUTO VERIFICADOR DE CIRCULAÇÃO

R$ 2,00 R$ 3,20

REPRESENTANTE NACIONAL – Pereira de Souza & Cia Ltda: Rio de Janeiro :(O21)2544-3070 – São Paulo:(011) 3259-6111

FILIADO À ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE JORNAIS

REDE CABUGI DE COMUNICAÇÃO TRIBUNA DO NORTE 4006-6100 Rádio Globo/Cabugi (AM) Natal 4006-6180 104 (FM) Parnamirim 3272-3737 Rádio Difusora de Mossoró (AM) 3316-3181/2181/3317-6167 Rádio Cabugi do Seridó (AM) J.do Seridó 3472-2759 Rádio Baixa Verde (AM)J.Câmara 3262-2498 Pereira de Souza(SP) 11/3259-6111 Pereira de Souza(RJ) 21/2544-3070


política

Domingo | 29 de janeiro de 2012

Notas & Comentários colunanotas@tribunadonorte.com.br

Informações sobre magistrados presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo, Ivan Ricardo Sartori, anunciou que vai impetrar uma ação junto ao Supremo Tribunal Federal para que a corregedora-geral do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), ministra Eliana Calmon, informe os nomes dos desembargadores, juízes e funcionários que estejam respondendo por procedimentos para apurar irregularidades. No início do mês, um relatório do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) mostrou que 369 juízes e servidores de tribunais movimentaram R$ 855,7 milhões entre 2000 e 2010 de forma atípica, sem explicação imediata a respeito da origem do dinheiro. Segundo o documento, 1.016 integrantes do Judiciário operaram R$ 274,9 milhões em espécie entre 2003 e 2010.

O

INVESTIGAÇÕES Se o pedido do presidente do TJ de São Paulo prosperar, as informações sobre juízes e desembargadores que são investigados poderão deixar de ficar restritas ao CNJ. Assim, seria aberta uma perspectiva para o acesso a esses dados deixar de ser limitado. Afinal, transparência é sempre a melhor alternativa quando se trata de questões que envolvem interesses públicos.

RODOVIA

A governadora Rosalba Ciarlini volta a ter agenda administrativa, no início de semana, no Rio Grande do Norte, depois de alguns dias entre Brasília e São Paulo. Ela assina nesta segunda-feira a ordem de serviço para implantação de uma estrada. entre as praias de Barreta e Malembá.

Vistoria na Arena O ministro Aldo Rebelo tem feito uma série de visitas aos estádios que estão em construção para a Copa do Mundo de 2014. Na última sexta-feira ele esteve em Brasília para acompanhar as

obras do Estádio Nacional. No dia 6 de fevereiro, uma segundafeira, o ministro estará em Natal para inspecionar o andamento dos serviços de construção da Arena das Dunas.

AGÊNCIA BRASIL

Ausência injustificada

Os líderes do PPS,Rubens Bueno (PR),e do PSOL,Chico Alencar (RJ),criticaram a atitude de Marco Maia (PT-RS) de viajar ao exterior sem repassar a presidência da Câmara para a primeira vice,Rose de Freitas (PMDB-ES).O jornal “O Estado de S.Paulo”revelou que Maia deixou o País rumo à Alemanha no domingo (22),sem fazer o comunicado necessário a sua sucessora.“Direito de viajar ele tem,mas o que não pode fazer é deixar um poder acéfalo.No Legislativo não existem férias,existe recesso porque a qualquer momento pode acontecer um chamado e tem de ter alguém para atender”,afirmou Alencar.“Isso só acontece porque o Legislativo virou uma sucursal do Executivo”.

Prazo ao ministro O ministro do Tribunal de Contas da União (TCU) Raimundo Carreiro deu um prazo de cinco dias para que a Secretaria de Infraestrutura Hídrica (SIH), do Ministério da Integração Nacional, se manifeste sobre supostas irregularidades no edital de concorrência para exe-

cução de obras no lote cinco da primeira etapa do projeto de integração do Rio São Francisco. O trecho no valor de R$ 720 milhões é o mais caro do projeto. Entre os estados beneficiados pelas obras de transposição do São Francisco está o Rio Grande do Norte.

CONVÊNIOS NO RN O ministro da Pesca, Luiz Sérgio Nóbrega, estará neste domingo no Rio Grande do Norte. Ele participará, no Assentamento Rosário, da entrega de escavadeira hidráulica para o Território da Pesca e Aquicultura do Mato Grande e também assinará o Acordo de Cooperação Técnica do Ministério com o Banco do Brasil.

Restrições à liberdade O Itamaraty informou às agências de notícias nacionais e internacionais que ainda não está confirmado se a presidenta da República, Dilma Rousseff, irá se encontrar com a blogueira e jornalista cubana Yoani Sánchez. Dilma Rousseff fará uma viagem a Cuba a partir desta segundafeira. O Ministério das Relações

Exteriores concedeu, por meio da embaixada em Havana, visto para Yoani Sánchez visitar o Brasil. Ela poderá viajar e permanecer no país por 30 dias contados a partir da entrada no país. Apesar da concessão do visto, a blogueira ainda precisará de autorização do governo cubano para deixar o país.

Tribuna do Norte | Natal | Rio Grande do Norte |

3

[ FISCALIZAÇÃO ] Levantamento do Instituto Ethos, ONU e Unicamp aponta que em três itens pesquisados, o Estado apresenta deficiências que facilitam os crimes contra o dinheiro público

Fragilidade institucional do RN eleva risco de corrupção DIVULGAÇÃO

MARGARETH GRILO repórter especial

Estado do Rio Grande do Norte está entre as unidades da Federação com vulnerabilidade à corrupção. A constatação está no estudo “Sistemas de Integridade nos estados brasileiros”, produzido em convênio entre o Instituto Ethos, o Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (Unodc) e a Controladoria-Geral da União (CGU) e Centro de Estudos da Opinião Pública, da Universidade de Campinas (Unicamp). O RN teve registro de “alto risco” em três, dos nove aspectos avaliados. Em outros três itens, o Estado foi classificado como “médio risco” e em três “risco baixo”. O baixo grau de transparência dos poderes; a baixa competitividade nas compras públicas e na contração de obras e serviços; a influência do Executivo sobre os órgãos de controle foram os problemas mais graves apontados no estudo. Os dados da análise, avaliada pelos cientistas políticos Bruno Speck e Valeriano Mendes Ferreira, são relativos ao período de 2007 a 2011. O RN teve o pior desempenho nos quesitos compras públicas, Comissões Parlamentares de Inquérito (CPIs) e na independência da mídia. Os resultados mostram uma heterogeneidade em termos de problemas e avanços nas quatro grandes áreas analisadas: orçamento/compras públicas; controle interno/externo; quadro político/partidário; controle social/mídia. Em cada área, foi calculado o grau de corrupção, um mal que se espalha de forma silenciosa, corrói as contas nacionais e põe em xeque as instituições democráticas. Em sua análise, Bruno Speck afirma que “enquanto as regras de transparência avançaram muito na última década, a maioria dos estados ainda reluta em oferecer de forma acessível e completa as informações sobre seus orçamentos, especialmente em relação aos totais efetivamente desembolsados, em bases de dados que permitam tratamento estatístico independente”. Nesse quesito o RN ficou com o “risco médio” No caso do controle interno, a pesquisa mostra avanços no tocante à institucionalização dos órgãos, mas ressalta que os dados são insatisfatórios em relação à transparência e ao desempenho efetivo. No RN os órgãos de controle interno foram classificados como “risco baixo”. Mas nem por isso deixa de ter problemas. A pesquisa aponta deficit na capacidade de manter registros, atualizados em tempo real de suas atividades. No item compras públicas, seis estados – entre eles, o Rio Grande do Norte, não enviaram as informações solicitadas. “Pela dificuldade no acesso aos dados igualamos o risco de corrupção ao nível máximo, o corresponde ao alto risco”, explicou Bruno Speck. As denúncias de corrupção deixam um rombo alarmante: o prejuízo que este montante de dinheiro causa em setores fundamentais, como educação, saúde, infraestrutura, habitação e saneamento. Um relatório da Federação das Indústrias do estado de São Paulo - Fiesp mostra que o custo médio anual da corrupção no Brasil representa de 1,38% a 2,3% do Produto Interno Bruto (PIB), ou seja, entre R$ 41,5 bilhões a R$ 69,1 bilhões. O cientista político alemão Bruno Wilhelm Speck explicou que a proposta do estudo é começar a descrever, de forma mais regular, algumas tendências em áreas consideradas importantes para combate à corrupção, de forma a su-

O

Cientista político, Bruno Speck coordenou o estudo sobre risco de corrupção nos estados

VULNERABILIDADE ÀS IRREGULARIDADES Avaliação dos estados Estudo produzido em convênio entre o Instituto Ethos,o Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (Unodc) e a Controladoria-Geral da União (CGU) e Centro de Estudos da Opinião Pública,da Universidade de Campinas (Unicamp),estabeleceu oito critérios para determinar o risco de corrupção,no nível estadual,das instituições públicas,e avaliar sua governança e governabilidade.A base de dados foi a gestão de 2007-2010.O Rio Grande do Norte,teve registro de "alto risco" e de “médio risco” em oito indicadores sobre sistemas de controle da corrupção. Pontos necessários para a promoção da integridade nos estados:

Risco de corrupção no Rio Grande do Norte

Melhores estados

Piores estados

Rio Grande do Norte e mais 16 estados

Amapá

Transparência do orçamento público

Médio

Modalidades das licitações de bens, serviços e obras

Alto

Acre

Rio Grande do Norte e Maranhão

Institucionalização de controle interno por meio de divulgação de relatórios

Baixo

Rio Grande do Norte e outros 12 estados no mesmo patamar

Ceará e Sergipe

Independência dos colegiados dos Tribunais de Contas

Baixo

Rio Grande do Norte, Roraima e Tocantins

Alagoas

Força da oposição nas Assembleias Legislativas

Médio

Bahia e Maranhão

Alagoas,Ceará e Espírito Santo

Status legal das Comissões Parlamentares de Inquérito para investigar irregularidades

Baixo

Rio Grande do Norte Amazonas,Ceará,Minas Gerais,Pará,Rio Grande do Sul e Santa Catarina

São Paulo e 14 estados

Desempenho das CPIs

Alto

Distrito Federal,Goiás, Mato Grosso,Rio Grande do Sul e São Paulo

Rio Grande do Norte e outros 14 estados

Pernambuco

Acre,Bahia,Distrito Federal e Maranhão e Paraíba

Pernambuco e outros oito estados

Rio Grande do Norte e outros seis estados

Participação da sociedade civil nos conselhos de gestão Imparcialidade da mídia local no acompanhamento de casos de corrupção ALTO

MÉDIO

A maioria dos estados ainda reluta em oferecer de forma acessível e completa as informações sobre seus orçamentos” BRUNO SPECK Cientista Político do Centro de Estudos da Opinião Pública da Unicamp

gerir recomendações que ajudem a eliminar os riscos de corrupção. A área mais bem avaliada, no RN, foi o controle externo exercido pelos Tribunais de Contas dos Estado (TCEs), cuja composição é marcada pelo alinhamento com os grupos políticos dominantes em cada Estado. A influência externa constatada no âmbito dos conselheiros do TCE/RN foi de “baixo risco”. “O processo de nomeação (pelo governador ou pela Assembleia) influencia profundamente o comportamento dos conselheiros. Os oriundos do meio político são usualmente indicados no final da carreira, levando para o cargo os laços políticos que construíram durante uma vida”, afirmam os autores na publicação.

Médio

Alto

BAIXO

Estudo adotou método da Transparência Internacional O estudo Sistemas de Integridade nos Estados Brasileiros (Sieb) trabalhou com a metodologia da Transparência Internacional para análise dos sistemas de prevenção e combate à corrupção nos países. Para a construção do índice de corrupção, a Transparência Internacional reúne dados de diversas pesquisas quantitativas e qualitativas, transformando as respostas em notas de 0 a 10. A nota final é resultado de uma média aritmética e serve de base para a formação do ranking. Quanto menos corrupto for um país, maior a nota. Os países mais corruptos ficam com as menores pontuações. A publicação do Instituto Ethos selecionou oito pontos necessários para a promoção da integridade nos estados. Entre outros aspectos foram analisados o nível e a periodicidade de atualização de informações nos portais de transparência; forma de disponibilização do orçamento público; formas mais comuns de contratação de obras e serviços; desempenho das atividades de controle interno; forma de nomeação de conselheiros dos

tribunais de contas; influência dos governos sobre o legislativo; status legal, quantidade e desempenho das CPIs e o grau de cobertura dos conselhos e de sua atuação na gestão de políticas públicas. RECOMENDAÇÕES A Controladoria-Geral da União publicou uma espécie de cartilha metodológica de mapeamento de riscos de corrupção. O documento está disponível no site “Transparência Brasil”. A ferramenta de gestão permite aos agentes públicos mapear os processos organizacionais das instituições, de forma a identificar fragilidades que possibilitem a ocorrência de atos de corrupção. Com o projeto, desenvolvido em parceria com a Transparência Brasil, a CGU quer acompanhar a tendência mundial no tocante às ações preventivas contra a corrupção, colocando à disposição dos gestores uma ferramenta que permita conhecer os aspectos que expõem a risco à integridade da instituição e agir antecipadamente para evitar o problema. [ LEIA MAIS NAS PÁGINAS 4 E 5 ]


4 | Tribuna do Norte | Natal | Rio Grande do Norte

política

Domingo | 29 de janeiro de 2012

Coordenadora do Movimento de Combate à Corrupção, Juliana Limeira afirma que controle dos gastos públicos pode melhorar com a entrada em vigor de dispositivos da lei que regulam o acesso a informações [ FISCALIZAÇÃO / CONTINUAÇÃO DA PÁGINA 3 ]

Marcco critica falta de transparência ara a coordenadora do Marcco – Movimento Articulado de Combate à Corrupção-, Juliana Limeira, promotora de Justiça de Parnamirim, a vulnerabilidade das instituições do poder público do Estado não é novidade. “O que se tem visto é uma transparência ainda precária, regular. Não é boa, nem suficiente”, afirmou. A promotora tem expectativa que o nível de transparência seja ampliado, por força dos prazos estabelecidos na lei 12.527/2011,

P

publicada no final de dezembro, que regula o acesso a informações e dispõe sobre os procedimentos a serem observados pela União, Estados, Distrito Federal e Municípios para ampliar a transparência da gestão. No caso dos portais de transparência, já existia uma normatização pela Lei Complementar 131/2009. Os municípios com mais de 100 mil habitantes, a União, Estados e o Distrito Federal tinham prazo de um ano, ou seja, até maio de 2010, para implantar os portais.

Os municípios com população entre 50 mil e 100 mil tinham prazo de dois anos, esgotados em maio do ano passado. Para os municípios com menos de 50 mil habitantes o prazo era de quatro anos – ou seja, até maio de 2013 para implantar portais de transparência. A lei 12.527/2011 dispensou os municípios com menos de 10 mil habitantes da obrigatoriedade de implantar o portal, mas impôs a necessidade de divulgação, em tempo real, de informações re-

lativas à execução orçamentária e financeira, nos critérios e prazos da Lei Complementar 101/2000 (Lei de Responsabilidade Fiscal). A chamada “Lei de acesso à informação” estabelece prazos para a liberação de informações pelo poder público. A resposta ao solicitante deve ser dada imediatamente, se estiver disponível, ou em até 20 dias, prorrogáveis por mais 10 dias, caso precise ser compilada. O pedido de acesso a informações deve ser justificado.

“A tendência é que o nível de transparência melhore, até porque os municípios que têm a obrigatoriedade de criar portais, se não o fizerem terão sanções, como a suspensão das transferências federais”, pontuou a promotora. Ela lamentou que, “nos dias de hoje o controle interno não tenha a independência ideal”, fator que compromete a fiscalização. “Hoje o controle externo é muito melhor do que o interno, mas infelizmente é limitado, porque tem equipes reduzidas”. Por isso, destacou a

promotora, “é fundamental que a sociedade colabore e acompanhe os gastos públicos continuadamente”. Para a promotora Juliana Limeira, a desculpa da falta de recursos na saúde e na educação, na maioria das vezes, é uma forma de escamotear a realidade que está por trás, a corrupção. “Quanto mais falta dinheiro para a Saúde, para a Educação é porque a corrupção está sendo maior, porque o dinheiro existe, mas não está sendo bem aplicado”. ALEX REGIS

Juliana Limeira alerta para importância do controle interno

Para OAB-RN, falta de informação aumenta o risco A Ordem dos Advogados do Brasil, que integra o Marcco, acompanha e age para cobrar e aprimorar os mecanismos de transparência e combate à corrupção, segundo o vice-presidente da entidade, Aldo Medeiros. A transparência, disse ele, é a chave para o combate à corrupção. “A falta de informação aumenta, com toda a certeza, o risco de corrupção. Quando a informação governamental pública é disponibilizada, de forma clara, fica mais fácil identificar desvios”, analisou Medeiros, que há 19 anos exerce a função de procurador do município, cargo que conquistou por meio de concurso público. Ele alerta que os conselhos sociais devem fazer uma maior cobrança sobre os órgãos de controle para ter acesso às informações dos governos. A OAB, ressaltou

Medeiros, procura valorizar os conselhos e defende que a escolha de seus integrantes seja sempre mais técnica, do que política. A isenção, reforçou, é fundamental. “Agora mesmo está para ser escolhido um novo conselheiro para TCE [Tribunal de Contas do Estado], que deve ser indicado pela governadora. A OAB e o próprio TCE defendem que a pessoa a ser escolhida tenha saber jurídico e conhecimentos acerca de gastos públicos, para que possa se aprofundar nas análises e nos julgamentos das contas públicas”. Medeiros criticou a falta de capacidade técnica predominante na maioria dos órgãos de controle interno. “Quanto menos capacitação existir, menos condição de análise esses órgãos têm e maiores serão os riscos de corrupção”. EMANUEL AMARAL

Aldo Medeiros critica deficiências técnicas dos órgãos de controle

Conferência em abril vai discutir participação social Instrumento importante na difusão dos mecanismos de controle da gestão pública, a Conferência Estadual sobre Transparência e Controle Social do Rio Grande do Norte (Consocial/RN) está prevista para acontecer até abril. Será um passo importante, segundo a coordenadora do Marcco – Movimento Articulado de Combate à Corrupção no RN, a promotora, Juliana Limeira, para estimular a participação da sociedade civil nesse processo. “”A Consocial vai, com certeza, ajudar na divulgação dos mecanismos de controle social e de transparência na gestão pública, peças fundamentais no combate à corrupção”, afirmou a promotora de Justiça, Juliana Limeira. A conferência será realizada, após a conclusão das etapas regionais, que acontecem desde novembro do ano

passado. A 1ª Consocial, convocada pelo Decreto n.º 22.266, de 09 de junho de 2011, está sob a coordenação da Controladoria-Geral da União – CGU, com o tema “A sociedade no acompanhamento e controle da gestão pública”. A expectativa é de que lideranças dos vários setores da sociedade participem. No site da Conferência (http://www.consocial.rn.gov.br/), a CGU afirma que “o objetivo é promover a transparência pública e o estímulo à participação da sociedade no acompanhamento e controle da gestão pública, de forma mais efetiva e democrática”. Os temas e propostas devem transformar-se em políticas públicas, projetos de lei e, até mesmo, passar a compor agendas de governo. [ LEIA MAIS NA PÁGINA 5 ]


Domingo | 29 de janeiro de 2012

geral

ENTREVISTA / MANOEL ONOFRE NETO / PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA / CONTINUAÇÃO DA PÁGINA 4

“MUITAS VEZES O CONTROLE INTERNO É EXERCIDO DE FORMA SUPERFICIAL”

P

ara o procurador-geral de Justiça, Manoel Onofre Neto, o controle interno, apesar da Lei de Responsabilidade Fiscal, ainda não é exercido de forma apropriada. Os órgãos de controle interno, destacou o procurador, trabalham de “forma superficial e alegoricamente, sempre com a conivência do gestor, que não empresta a atenção devida”. Outro problema que Onofre Neto vê é a divulgação muito tímida das prestações de contas. Em 76 municípios do Estado os portais da transparência ainda não foram criados. Confira a entrevista. Houve avanços na transparência pública? Sim, houve avanços na transparência pública, que é uma ação preventiva contra a corrupção e que valoriza a boa gestão. Os portais da transparência do Estado, Assembleia, Poder Judiciário, Tribunal de Contas do Estado, Ministério Público e das Prefeituras de Natal, Parnamirim, Caicó e Mossoró estão em atividade e precisam de constante aperfeiçoamento, sempre com o objetivo de torná-los mais acessíveis ao leigo. Importante ressaltar que os portais da transparência de cerca de 76 municípios do Estado ainda não foram criados. Ocorre que a Lei de Responsabilidade Fiscal prevê que os órgãos públicos divulguem os seus sites de prestação de contas, mas isso vem ocorrendo de forma tímida. Os portais devem servir de instrumento para os cidadãos fiscalizarem os gastos públicos. É satisfatório o nível de transparência orçamentária? Temos muito que fazer para que um nível satisfatório de transparência de fato aconteça. Traduzir os dados orçamentários para que a sociedade tenha acesso e possa fiscalizar com propriedade é responsabilidade nossa, dos gestores públicos. O MP, o TCE e outras instituições vêm realizando reuniões para avançarmos nessa questão de destacada importância para a cidadania. Em 2012 algumas ações de cobrança e fiscalização estão previstas nessa temática. A pesquisa considera o controle interno deficiente.Onde o Estado está errando? O senhor pode apontar algumas falhas? A autonomia, fortalecimento, valorização e estruturação das unidades de controle interno nos órgãos são providências importantíssimas a serem observadas pelos gestores, sobretudo pela função preventiva e corretiva que elas desempenham. Muitas vezes, o gestor encara tais unidades como emperradoras dos processos internos, o que é um grande erro. Com frequência o controle interno não é exercido apropriadamente, trabalhando de forma superficial e alegoricamente, sempre com a conivência do gestor, que não empresta a atenção devida. Quando esse sistema é falho dá brechas à corrupção? Via de regra quando o sistema não está bem articulado e sem o seu pleno funcionamento, vulnerabilidades são observadas com maior frequência, dando oportunidade para o surgimento de atos de improbidade, instalando-se práticas corruptas na instituição. No caso do controle externo, quais seriam os mecanismos institucionais para garantir maior independência a quem fiscaliza o poder público, como o MPE e os Tribunais de Contas? O fortalecimento desses órgãos com investimentos mais robustos e garantia da sua plena independência e autonomia são imperativos de cidadania. Suporte técnico e de pessoal, aliado à definição de estratégias de ações continuadas e monitoramento dos seus resultados pela própria sociedade são elementos importantes na

OS CONSELHOS TÊM SIDO IMPORTANTES PARCEIROS DO MINISTÉRIO PÚBLICO, QUE SEMPRE BUSCA ACOMPANHAR SUAS TRAJETÓRIAS, APOIANDO-OS, DIANTE DA DESTACADA IMPORTÂNCIA PARA O PROCESSO DEMOCRÁTICO” construção de um controle mais eficiente, sem falar no efetivo comprometimento dos que compõem tais instituições, seus membros e servidores. A pesquisa aponta risco alto de corrupção no quesito compras públicas na Saúde e Educação. Que avaliação o senhor faz? De fato essa é uma realidade comprovada pelas diversas atuações do Ministério Público em todo o Estado na seara do combate à improbidade e à corrupção. A profissionalização da gestão pública e a punição dos agentes ímprobos são exercícios a serem feitos diuturnamente para que consigamos enfrentar essa triste realidade. No Brasil,a média de conselhos sociais por Estado é de 19.O senhor considera essa média suficiente? Ou deve haver ampliação? É necessário investir na capacitação e independência política e de gestão dos conselhos, porque se o conselho funciona bem, a política ou serviço público que ele planeja e fiscaliza também funcionará. Mais do que a média, devemos nos preocupar com a efetividade e qualidade do funcionamento e deliberação dos Conselhos. Nessa temática ainda precisamos avançar muito, há um processo de amadurecimento político ainda inconcluso. Mas a atuação desses conselhos, na defesa dos direitos sociais do cidadão, tem sido satisfatória e de que forma ajuda ao MPE no desempenho de suas atribuições? No Rio Grande do Norte identificamos conselhos combativos e cumpridores das suas atribuições, que são exercidas com considerável autonomia e independência. Porém, essa ainda não é a regra, vez que constatamos uma atuação interventiva do poder público nas deliberações dos Conselhos, comprometendo, por suposto, sua autonomia, funcionando, muitas vezes exclusivamente como unidades referendadoras das decisões de determinada gestão. Os conselhos têm sido importantes parceiros do Ministério Público, que sempre busca acompanhar suas trajetórias, apoiando-os, diante da destacada importância para o processo democrático.

Tribuna do Norte | Natal | Rio Grande do Norte | 5

ADRIANO ABREU


6

| Tribuna do Norte | Natal | Rio Grande do Norte

geral

Domingo | 29 de janeiro de 2012

[ GOLPE ] Estelionatário pode ter vendido mais de 15 bolsas de estudo de

[ CORTEJO ] Encenação da “Conferência do Potengi” ganhou as ruas da

uma faculdade particular em Natal. Ele foi preso em flagrante pela Polícia

cidade refazendo o encontro entre os presidentes Roosevelt e Getúlio Vargas RODRIGO SENA

Homem é preso vendendo vaga para universidade MARGARETH GRILO Repórter

falsa promessa de descontos totais nas mensalidades em uma universidade particular do Rio Grande do Norte levou para a prisão um homem identificado como ‘José Alexandre’, na noite da sexta-feira (27). O estelionatário, que pode ter vendido mais de 15 bolsas de estudo em Natal, foi preso em flagrante pela Polícia Civil. A prisão foi efetuada quando José Alexandre tentava fazer mais uma vítima. Desta vez em Lagoa Nova. Os golpes variavam entre R$ 1 mil e R$ 3 mil reais, dependendo do curso. Segundo o chefe de investigação da plantão Zona Sul, Flauberto Bezerra, uma das vítimas chegou a entregar ao golpista R$ 2.800,00, acreditando que os três filhos teriam ingresso com bolsa integral em um dos cursos de graduação da Universidade Potiguar - UNP. O estelionatário tinha boa aparência e lábia capaz de convencer os interessados em fazer um curso de graduação a pagarem pela suposta bolsa de estudos integral. Ao encontrar as vítimas, ele apresentava falsos documentos da UNP e prometia vaga na instituição, após o pagamento de uma “pré-matrícula” e uma redação de seis linhas. Uma das vítimas procurou o suposto funcio-

VLADEMIR PLATONOW / ABR

A

José Alexandre negociava bolsa integral de estudos

nário para buscar vaga no curso de Odontologia. José Alexandre teria combinado com a estudante um pagamento de R$ 1.000,00. No entanto, a estudante disse que só teria R$ 500,00, que foi aceito de pronto, com a promessa de que a jovem pagaria o valor restante no dia seguinte. Ao contar a novidade para uma amiga que também desejava ingressar na universidade, para cursar Serviço Social, surgiu a desconfiança. Mesmo assim, foram ao encontro do suposto funcionário da universidade em uma lanchonete. Ao observarem o documento

que seria utilizado para ingressar na UNP, com desconto de 100% nas mensalidades, a suspeita das jovens aumentou. “Pedimos para nos encontrar no fim da tarde, início da noite, para entregarmos a redação e o restante do dinheiro da minha amiga e a minha parte. Mas fomos falar com o pessoal da universidade e eles afirmaram que desconheciam o tal Alexandre e que os documentos deveriam ter a assinatura e carimbo dos responsáveis pelo setor, e não tinham”, contou uma das jovens que pediu para ter sua identidade preservada. Já com a certeza da fraude, as duas jovens procuraram a delegacia mais próxima (a de Delegacia de Homicídios) e contaram o fato aos policiais. As duas foram orientadas a manter o encontro, enquanto os agentes acompanhavam a concretização do golpe - o que ocorreu e resultou na prisão em flagrante do estelionatário. Ao ser abordado, o criminoso não reagiu à prisão e, com ele, foram encontrados vários papeis semelhantes aos que foram entregues às jovens. Em um deles, uma estudante pagou R$ 3 mil acreditando que teria direito a uma vaga no curso de medicina e bolsa integral. O estelionatário foi conduzido até a Delegacia de Plantão da Zona Sul, onde as jovens foram ouvidas e ele também prestou esclarecimentos, permanecendo detido.

Pelo terceiro ano,pesquisadores e curiosos participam de comboio organizado pela Fundação Rampa

Grupo vai às ruas para lembrar fato histórico da Segunda Guerra arte da história da Segunda Guerra em Natal foi revivida na manhã de ontem, pelas ruas da cidade. O cortejo “Conferência do Potengi” ganhou as ruas da cidade refazendo o percurso feito à época do encontro histórico entre os presidentes Franklin Delano Roosevelt e Getúlio Vargas, há 69 anos. A encenação, promovida há quatro anos pela Fundação Rampa (Frampa) remonta ao 28 de janeiro de 1943, que marcou a entrada do Brasil no confronto mundial. A assistente social Maria Lú-

P

cia Lira Hipólito da Costa, 84 anos, testemunha do fato histórico, participou da abertura do evento. “Estava na praça Pio X (onde hoje fica a Catedral Metropolitana) quando Roosevelt e Getúlio passaram acenando”, relembra. A potiguar considera importante o resgate da memória e cultura do Estado, em eventos como esse. O coronel-aviador Fernando Hipólito da Costa lembra que junto com a guerra e os americanos que aletraram a rotina e costumes dos natalenses um “falso progresso” foi implantado na cidade. “Quando acabou a guerra, todas os pontos

[ COSTA CONCORDIA ] Operação na costa da

comerciais que negociavam com os americanos foram embora com eles”, disse. O técnico de informática Emanoel Ricado Calixto, 29 anos, foi surpreendido pelo comboio de carros militares da época, com atores interpretando os dois presidentes, que seguia da Fundação Rampa, em Santos Reis, com destino a Base Aérea de Natal, em Parnamirim. “Não lembro bem dessa passagem, acho que as escolas ainda tratam nossa história muito por alto. Iniciativas como essa são bem-vindas para despertar o interesse por nossa história”, disse.

[ RADIOAMADORES ]

Toscana deve recomeçar próxima semana

Lobby contra Mar agitado adia eletrônicos retirada de combustível chineses nas ondas iglio, Itália - - O mar re- te sábado não havia sido iden-

G

volto na costa da Toscana, na Itália, levou ao adiamento do início da operação para a retirada de 1,9 milhão de litros de combustíveis do navio encalhado Costa Concordia. E a operação não deve começar antes do meio da semana, segundo autoridades responsáveis. O resgate, porém, prosseguia e um 17º corpo foi encontrado neste sábado. O corpo de uma mulher, que não usava colete salva-vidas, foi localizado por mergulhadores no sexto andar submerso do deque, de acordo com autoridades. O Concordia era usado em um cruzeiro de luxo e encalhou no dia 13 de janeiro perto do porto da ilha de Giglio, após o capitão desviar a embarcação da rota planejada. Em pânico, cerca de 4 200 passageiros e tripulantes evacuaram o navio, mesmo antes de o alarme de abandono ser acionado, o que ocorreu apenas quando o transatlântico adernou a ponto de impedir que alguns botes salva-vidas pudessem ser rebaixados para o mar. Cerca de 16 pessoas continuavam desaparecida e eram consideradas, presumidamente, mortas. O corpo encontrado nes-

tificado. A remoção do combustível do Concordia é uma preocupação importante, uma vez que o mar no entorno de Giglio forma parte de um santuário marinho protegido e é um destino importante de mergulhadores. A empresa holandesa de resgate de navios Smit foi contratada pela Costa Crociere SpA, uma unidade da empresa Carnival, que é dona do Concordia, para retirar o combustível. Os mergulhadores do Concórdia realizaram os preparativos necssários para iniciar a remoção do produto de seis tanques localizados externamente que carregam mais da metade do combustível. O restante está armazenado em tanques internos de difícil acesso. Até o momento, os mergulhares furaram quatro dos seis tanques externos e colocaram válvulas, uma em cima e outra em baixo. Na sequência, mangueiras serão anexadas às válvulas e o óleo - que deve ser aquecido para torná-lo menos pegajoso - será sugado para fora pela mangueira superior, sendo substituído por água do mar, que será bombeada para preencher o vácuo por meio da mangueira mais baixa.

les sobreviveram à popularização dos celulares e da internet e usam sua influência para continuar praticando um hobby quase esquecido no País. Grandes executivos lideram um destemido grupo de cerca de 34 mil radioamadores brasileiros, que mantém sob seu controle diversas faixas do espectro eletromagnético para transmissões experimentais. Basicamente, eles se dividem em dois grupos. O primeiro, mais conservador, transmite de casa tentando contato com colegas dos mais diversos locais do planeta. O segundo grupo, no geral composto por entusiastas mais jovens e aventureiros, busca transmitir de locais remotos, seja do coração de florestas em ilhas distantes ou do topo de montanhas quase inacessíveis. E agora esse exército oculto tem uma nova missão: barrar a entrada de eletrônicos chineses no Brasil que, por sua má qualidade técnica, como alegam, causam interferência nas transmissões. Lâmpadas, liquidificadores, rádios e até semáforos com peças asiáticas estão na mira do lobby radioamador. Uma comitiva de empresários praticantes da atividade esteve reunida este mês com o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, para apresentar suas queixas em relação aos ruídos no espaço de rádio brasileiro. “As pessoas não sabem, mas até mesmo suas TVs e rádios funcionam mal por causa dessas interferências. Não é o sinal que é ruim, a culpa às vezes é da lâmpada de casa”, disse, após o encontro, o radioamador Atilano Sobrinho, presidente da Iesa, companhia que fornece boa parte dos equipamentos utilizados na hidrelétrica de Belo Monte.

E


geral

Domingo | 29 de janeiro de 2012

Tribuna do Norte | Natal | Rio Grande do Norte |

7

[ TRAGÉDIA ] Equipes de resgate ainda procuram cinco desaparecidos nos escombros do desabamento no Rio. De quarta-feira até sábado, o número subiu para 19 vítimas

Gaudencio Torquato E-mail: gaudenciotorquato@tribunadonorte.com.br

Alianças cruzadas leição no Brasil deixou de ser aula de civismo para se transformar em luta esganiçada pelo poder. E a razão vai além da observação de que a política substituiu o escopo aristotélico de missão a serviço da polis pela meta de servir de escada de ascensão pessoal. O fato é que o acervo da política se esgarçou na névoa do tempo. Ademais, a economia é quem dá hoje o rumo das coisas, trazendo a política para sua esfera e, por conseguinte, motivando os representantes do povo a usá-la como investimento. O bem estar coletivo continua a enfeitar um discurso matizado por meia dúzia de conceitos, entre eles, a inserção das massas à mesa do consumo, o resgate de direitos individuais, a justa distribuição de renda e a maior aproximação entre as classes sociais, situações que incorporam padrões de vida consentâneos com a dignidade humana. Este é o tônus ideológico da atualidade. Por mais que a pletora de partidos brasileiros – quase 30 – se esforce para expressar especificidades, o sumo que se extrai do liquidificador partidário aponta para esse composto, mescla dos ideários da social-democracia e do liberalismo social. Siglas que defendem o socialismo nos moldes que antecederam a queda do Muro de Berlim, o fazem mais por retórica do que por convicção. Por aqui, há forte dose de consenso sobre o que se pode chamar de sistema liberal-capitalista sob controle do Estado. Os admiradores do “capitalismo à moda chinesa”, com intervenção rigorosa do Estado, não chegam a ameaçar.

E

Sobre o palanque do blábláblá assemelhado, subirão candidatos de alianças exóticas jamais vistas por estas plagas”

Essa é a essência do nosso discurso político. Que não frequentará o palco eleitoral porque o eleitor não se motiva com abstrações. Portanto, veremos uma pregação mais adjetiva e menos substantiva, uma expressão menos ideológica e mais centrada em perfis. Os atores, claro, deverão fazer pontuações em certas áreas, ressaltando aspectos de programas, tentando colar seu ideário às diretrizes que marcam o estágio de desenvolvimento do país. É pouco provável vermos a federalização dos pleitos, a tentativa de puxar a força da administração federal para o palanque local. No tabuleiro municipal, são mais adequadas as peças da micropolítica, coisas que dizem respeito ao cotidiano: transportes, educação, saúde, saneamento, moradia etc. Nas capitais, grandes e médias cidades, pode-se, até, prever abordagem mais generalista, amplificada pela tuba de ressonância de mídia mais poderosa. Se o país andar tranquilo até as margens eleitorais, ou seja, preservando o animus animandi dos contingentes periféricos, a partir de dinheiro no bolso, acesso ao consumo, colchões sociais, inflação controlada etc, os candidatos patrocinados pelo rolo compressor governista poderão ser beneficiados. Massas carentes prezam o status quo e demonstram gratidão escolhendo candidatos com ele identificados. Há, porém, o outro lado. Em Estados de alta densidade eleitoral, como SP e MG, os dois maiores contingentes eleitorais do país, governados por tucanos, os largos estratos médios tendem a ser mais críticos em relação ao governo federal. Com administrações bem avaliadas, esses governos estaduais poderão se contrapor à onda situacionista que puxará as candidaturas da aliança federal. Dito isto, convém arrematar: o pleito de outubro juntará grupos contrários e aproximará clássicos contendores. Sobre o palanque do blábláblá assemelhado, subirão candidatos de alianças exóticas jamais vistas por estas plagas. Traduzindo: o partido A apoia o governo federal, é contrário ao governo estadual, mas se unirá, na eleição municipal, ao partido B, que é contrário à administração federal; este partido B, em outros municípios, poderá trocar o samba do crioulo doido, fazendo parcerias com candidatos de outras siglas, algumas contra,

outras a favor dos governos federal e estadual; já o partido C terá apetite para comer metade desta salada mista, fechando com o A, de um jeito, com o B, de outro, e até reciclando a mistura com o D, a quem caberá inverter os papéis de acordo com suas conveniências. Em suma, o país verá uma campanha de conveniências. Os entes partidários farão extraordinário esforço para turbinar suas máquinas, preparando-as para a decolagem do pleito de 2014, o qual será emblemático: concessão de um ciclo de 16 anos ao mando petista; retomada do poder pelos tucanos; ou ascensão de um terceiro ator ao pódio. Vejamos as primeiras cenas. O PT abre um leque de articulações, sob a batuta do maestro Lula, que se desdobra para atrair o maior número de aliados em torno de seu pupilo, Fernando Haddad, em São Paulo. A retomada da capital paulista pelo PT parece ser questão de honra (e esforço extraordinário) para o expresidente, que se submete a rigoroso tratamento médico. A estratégia petista PT é a de ceder a cabeça de chapa aos candidatos favoritos de partidos parceiros, mantendo, porem, a meta de fazer a bancada mais gorda de prefeitos (projeta 1.500) e alcançar a posição de maior ilha no arquipélago político. A operação não depende apenas de sua vontade. O PMDB, o aliado principal, não abdica da condição de maior partido brasileiro, o que lhe permitiria ser o fiador do situacionismo. Mas não descarta a alternativa de candidatura própria em 2014. Um olho no norte, outro no sul. O PSB sonha alto e abre três alternativas: candidatura própria em 2014, continuação da aliança com o PT (reivindicando pedaço maior no bolo) e união com o PSDB de Aécio Neves. O governador Eduardo Campos, que preside a sigla, já confessou o sonho de reunir o grupo pós-64 no comando do país. Ele e Aécio, juntos, liderariam essa estratégia. O PSDB alimenta o sonho de retomar o cetro, mas faltam-lhe discurso e bases populares. Já o PSD, do prefeito Kassab, ao formar uma bancada expressiva na Câmara, deverá ser um núcleo de aglutinação de atores contrariados em outros grupamentos. Uma coisa parece certa: os atores sairão do ensaio de outubro sem muitos aplausos das plateias. A política, a cada dia, perde vigor.

GAUDÊNCIO TORQUATO Jornalista, é professor titular da USP e consultor político e de comunicação.Twitter: @gaudtorquato

Mais dois corpos foram encontrados neste sábado VLADEMIR PLATONOW/ABE

DOUGLAS CORRÊA Agência Brasil

io de Janeiro – Até agora, foram resgatados os corpos de 19 vítimas do desabamento de três prédios no centro do Rio de Janeiro, que aconteceu na noite de quartafeira (25). O 17º corpo foi encontrado na madrugada de sábado pelas equipes de resgate, mais dois corpos pela manhã, por volta das 10h15. Os especialistas que participam da operação de buscas dizem que não há mais condições de identificar os corpos, pelo estado avançado de decomposição. No Instituto Médico Legal (IML), oito foram reconhecidos por parentes e nove estão sem identificação. Alguns só poderão ser identificados por meio de exame de DNA. Da lista de desaparecidos enviada à prefeitura do Rio por parentes de pessoas que estariam nos edifícios na hora do acidente, cinco ainda permaneceriam sob os escombros. O secretário de Defesa Civil fluminense, coronel Sergio Simões, disse que, a partir de agora, o trabalho de procura dos desaparecidos será ainda mais minucioso, sem o uso ostensivo de máquinas pesadas, como retroescavadeiras e pás mecânicas. Segundo ele, são muito pequenas as chances de encontrar alguém com vida, mais de 60 horas depois da tragédia. Os bombeiros estão usando cães farejadores para tentar localizar os desaparecidos. A chuva que caiu durante toda a madrugada ajudou a baixar a poeira no local, facilitando o trabalho das equipes de resgate. Os bombeiros do Grupamento de Buscas e Salvamento (GBS) concentraram as buscas nas proximidades das escadas e no subsolo do Edifício Liberdade, o mais alto dos três que ruiram, com 20 andares.

R

Equipe do IML remove mais um corpo na madrugada de sábado.Nove ainda estão sem identificação

Crea-RJ identifica obras irregulares As obras que estavam sendo realizadas no 3º e 9º andares do edifício Liberdade, no número 40 da Avenida 13 de Maio, na Cinelândia, estavam irregulares por falta de registro no sistema da entidade de classe. A pedido do presidente do Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura (Crea-RJ), Agostinho Guerreiro, o conselho preparou um levantamento preliminar das fiscalizações feitas pela entidade ao longo de 2011. Do total fiscalizado, 83% das obras estavam em situação regular. De acordo com o documento, durante o ano passado os técnicos do conselho fizeram 29.426 visitas em empreendimentos e obras

na capital. Deste total, 24.530 apresentaram situação regular e 4.896 apresentaram irregularidades. Notificadas sobre as irregularidades, 3.155 regularizaram o trabalho atendendo às recomendações feitas pelos técnicos da fiscalização do Crea-RJ. Do universo de obras irregulares, 1.741 delas permaneceram nesta situação e não responderam às orientações do conselho, tendo sido autuadas por essa razão. A atividade fim do Crea-RJ é a fiscalização do exercício e da atividade profissional para assegurar à sociedade a prestação de serviços por profissionais habilitados. É função do conselho coibir

a atuação de leigos, que é perigosa, pois coloca em risco a segurança da população. Para exercer legalmente a sua profissão, profissionais da área tecnológica precisam fazer seu registro no CreaRJ, como previsto na Lei 5.194/66. O registro no Conselho e o registro de Anotação de Responsabilidade Técnica (ART ) garantem ao profissional a legalidade do exercício da sua atividade fim, além de resguardar a população, uma vez que haverá um responsável técnico pelo empreendimento, que responde civil e criminalmente por todas as etapas do serviço. A ART é instrumento de defesa do consumidor.

[ IMPOSTO DE RENDA ] Mudanças serão

[ INDÍGENAS ] Terra Indígena Laranjeira

pequenas e detalham a correção de tabelas

Nhanderu é reivindicada por fazendeiros

Receita publicará regras Justiça manda kaiowás de ajuste da declaração desocuparem terra s regras para a declaração do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) deste ano, sobre rendimentos do ano passado, serão praticamente iguais às da última declaração, com inclusão de “pequenos ajustes” decorrentes da correção da tabela de deduções. A informação foi dada pela coordenadora da área de Imposto de Renda da Receita Federal, Cláudia Lúcia Pimentel. A Receita deve publicar instrução normativa até o fim da semana que vem, com o detalhamento decorrente da correção de 4,5% na tabela do Imposto de Renda, que eleva o limite de isenção de R$ 1.566,61 em 2011, para os atuais R$ 1.637,11. Também aumenta o limite para abatimento da renda tributável na declaração simplificada, que passa de R$ 13.317,09 para R$ 13.916,36. A aplicação dos 4,5% corrige também os limites de declaração obrigatória para o assalariado que teve rendimento tributável anual de R$ 22.487,25 em 2010 e passou para R$ 23.499,17 em 2011, e para o produtor rural que obteve rendimentos acima de R$ 112.436,25 em 2010, agora reajustados para R$ 117.495,88. Números que ainda precisam ser confirmados na instrução normativa da Receita. No ano passado, o contribuinte pôde deduzir R$ 1.808,28 por dependente; R$ 2.830,84 com educação e R$ 810,60 com contri-

A

buição previdenciária de emprego doméstico. Com a correção de 4,5%, as deduções passam para R$ 1.889,65 por dependente, R$ 2.958,22 com educação e R$ 847,07 nas contribuições de trabalho doméstico para a Previdência Social. Claudia Pimentel entende que a divulgação das regras de declaração do IR precisa ser feita com bastante antecedência para que o contribuinte se prepare para cumprir o prazo de entrega da declaração, nos meses de março e abril. Ressalvou, contudo, que a demora se deve à adaptação da Lei 12.594, do dia 18, que instituiu o Sistema Nacional de Atendimento Socieducativo (Sinase), que regulamenta a execução de medidas de apoio a adolescentes que praticam algum tipo de infração. O Artigo 87 permite que doações para fundos dos Direitos da Criança e do Adolescente, nos três níveis de governo, sejam deduzidas do Imposto de Renda, quando devidamente comprovadas, desde que obedecidos os limites de 1% do imposto devido, no caso de pessoa jurídica (empresa), e de 6% quando o doador for pessoa física. A Receita lembra que as declarações só serão recebidas por meio eletrônico, via internet, que, além de comodidade oferece mais agilidade e segurança ao processo. Tanto que 24,37 milhões de pessoas cumpriram a obrigação com o Fisco dentro do prazo em 2011.

DANILO MACEDO* AB

Justiça deu prazo de 15 dias para que um grupo de índios guarani-kaiowá da Terra Indígena Laranjeira Nhanderu, em Mato Grosso do Sul, desocupe a área, que é reivindicada por fazendeiros. A justificativa, segundo informação do Conselho Indigenista Missionário (Cimi) na região, foi que a Fundação Nacional do Índio (Funai) não apresentou o relatório de identificação da terra. Segundo a índia Luciene Almeida, filha de uma liderança local, policiais federais estiveram na aldeia na sexta-feira para levar a ordem de reintegração de posse e comunicar que os índios teriam 15 dias para sair das terras. Na aldeia vivem 170 índios, sendo 100 crianças e 30 idosos. “Não temos para onde ir. Estamos aqui há quatro anos e já tivemos que ficar na beira da estrada duas vezes”, disse Luciene, se referindo a outras duas ordens de desocupação que a tribo teve que cumprir. A Funai informou à Agência Brasil que assinou com o Ministério Público um termo de ajustamento para concluir a identificação da terra indígena até o fim de 2011, mas o processo foi paralisado várias vezes por determinação da Justiça. Além disso, garantiu que a procuradoria do órgão recorrerá da decisão para que

A

Não temos para onde ir. Estamos aqui há quatro anos e já tivemos que ficar na beira da estrada” LUCIENE ALMEIDA, índia

os índios guarani-kaiowá continuem na área. Já em 2012, o procurador-geral da República, Roberto Gurgel, deu parecer recomendando que a demarcação de terras indígenas deve continuar em Mato Grosso do Sul. Ele se manifestou em recurso que tramita no Supremo Tribunal Federal (STF) contra decisão do Tribunal Regional Federal da 3ª Região, que suspendeu a demarcação de terras no Estado atendendo a um pedido da Federação de Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul (Femasul). Para Gurgel, a demarcação assegura o interesse público e deve ser mantida, pois permite a promoção da ordem, economia e segurança pública. “Busca-se eliminar um conflito fundiário que não é risco hipotético, mas fato consumado. Do contrário, perduraria uma situação de grave ameaça à integridade física de inúmeros cidadãos e ao próprio patrimônio público.” * Colaboraram Débora Zampier e Alex Rodrigues


8

geral

Natal | Rio Grande do Norte | Domingo | 29 de janeiro de 2012 FOTOS:RODRIGO SENA

[ TRANSTONO ] Deficiência na obra foi a causa da paralisação, determinada pela Delegacia do Trabalho que acatou a denúncia da Cosern sobre os riscos aos operários e a população

Obra embargada da rua Natal Sul causa transtorno SARA VASCONCELOS repórter

paralisação das obras de drenagem da Rua Natal Sul, em Neópolis, tem trazido transtornos para população. Desde dezembro passado, quando a obra foi embargada, que serviços como a coleta de lixo e até o tráfego de veículos pela rua está prejudicado. Entulhos, manilhas e outros materiais de construção deixados na rua transversal, Professor Gipse Montenegro, bloqueiam o acesso. Bocas de lobos e até bueiros no meio da rua permanecem abertos oferecendo risco para quem transita pelo espaço e acumulando lixo. Em dias de chuva, as estruturas inacabadas represam a água que acaba invadindo as casas. “As bocas foram abertas e ficaram aí. A ligação não foi feita,

A

a água cai, acumula e entra em casa, levando o lixo”, disse o morador Dilson Andrade. A engenheira civil Melina Kefora contsa que já procurou, em vão, a Secretaria Municipal de Obras Públicas e Infraestrutura (Semopi), que não apresenta definição para o caso. “Fica num jogo de empurra. Um dia que a responsabilidade é da Semopi, que diz que é da Construtora e, nós moradores, que pagamos R$ 980 de IPTU, fora taxa de serviço de limpeza urbana ficamos privados de usufruir nossos direito”, lamenta a moradora. O embargo ocorreu por determinação da Delegacia Regional do Trabalho (DRT) que acatou a denúncia da Cosern sobre os riscos aos operários e a população, devido a deficiências no projeto. Um poste de iluminação pública não foi removido e ameaçava desabar, o local também tem gaso-

dutos que atendem postos de combustíveis da área, que podiam comprometer a segurança dos trabalhadores. “São falhas no projeto que não são resolvidas e não há uma previsão de quando a obra será retomada”, disse Artur Marques. A pavimentação foi interrompida no início da rua, onde se vê ainda pedras soltas. Alguns moradores, como Francisco Medeiros Santos, de 56 anos, conta que para amenizar o problema na entrada da casa e evitar a retirada das pedras colocadas pela Construtora, arcou com os custos de brita, cimento e mão de obra. Cerca de R$ 1,5 mil. “Os operários da Construtora chegaram de madrugada e levaram o material que estava depositado e queriam até tirar os paralelepípedos soltos, por falta de pagamento da Prefeitura. Nós que não deixamos”, disse Francisco Medeiros.

A coleta de lixo ficou suspensa por cerca de dois meses, por falta de acesso dos caminhões da Urbana, quando os moradores eram obrigados a sair de suas casas e caminhar até a outra transversal, Rua dos Ipês, para depositar o lixo na esquina. O constrangimento e os transtornos, ressalta a engenheira civil Melina Kefora, não justificam o alto IPTU cobrado ali. Depois de várias solicitações à urbana, a coleta foi feita na última sexta-feira. Por telefone, o secretário municipal de obras Sérgio Pinheiro disse ter sido realizado, na última semana, uma audiência na DRT com o setor de engenharia da Semopi e da Construtora Dois A, responsável pela obra, para tratar o assunto. Entretanto, o secretário admitiu não conhecer o resultado da discussão e se prontificou a dar esclarecimentos nesta segunda, dia 30.

Pavimentação foi interrompida em dezembro e rua virou um areal

Entulhos e manilhas impedem passagem e serviços de coleta

[ HOMICÍDIO ] Polícia afirma que corpo de

homem de 20 anos tinha nove perfurações

Morador de rua é morto a facadas na madrugada m rapaz de aproximadamente 20 anos, morador de rua, foi encontrado morto, por volta das 7h de ontem, no estacionamento da empresa Votrans Expressos Rodoviários, localizada às margens da BR 101, no município de Parnamirim. O homem, identificado apenas como Israel [conhecido também por “Neguinho”] foi morto a facadas, durante a madrugada. Segundo o chefe de investigação da Delegacia de Plantão da Zona Sul, Flauberto Bezerra, o corpo tinha nove perfurações, das quais seis no peito. “Ele devia estar dormindo e foi atingido por vários golpes”, afirmou o investigador. A polícia foi comunicada do homicídio por moradores das redondezas. O Instituto Técnico-Científico de Polícia (Itep) esteve no local para o recolhimento do corpo e confirmou que a causa da morte foi a grande quantidade de ferimentos de faca, no peito e no pescoço. O

U

criminoso deixou a faca próximo ao corpo. O material foi recolhido pela polícia. De acordo com informações de moradores da região, Israel era morador de rua e usuário de drogas. “Ele vivia pedindo dinheiro para comprar droga e se as pessoas não dessem, ele atirava pedras. Era um cara brabo. Vivia perambulando nos bares perto do posto (Parnamirim)”, contou uma moradora da localidade. Por volta das 9 hs ela e outros curiosos estavam no local onde o corpo foi encontrado e deram detalhes da vida do rapaz. Contaram que conheciam Israel e que ele, além de viver bêbado, era viciado em crack. “Ele dizia quer era de São Paulo, que tinha sido abandonado quando criança. Não sabia nem a data de nascimento”, informou uma outra mulher. Segundo os relatos, ele foi visto pela última vez, por volta das 3h40, em um bar próximo ao posto.


Domingo | 29 de janeiro de 2012

geral

Tribuna do Norte | Natal | Rio Grande do Norte | 9


10 | Tribuna do Norte | Natal | Rio Grande do Norte

geral

Domingo | 29 de janeiro de 2012

[ GLOBALIZAÇÃO ] Reportagem do maior diário norte-americano mostra condições de trabalho impostas pela Apple na fabricação de iPads aos operários chineses. O custo humano é alto

Cláudio Humberto E-mail: ch@claudiohumberto.com.br - www.claudiohumberto.com.br

CNJ promove secretária O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) promoveu ao cargo de diretora-geral Glaucia Elaine de Paula, justamente a responsável pelo controle interno que deu parecer favorável à realização de licitação suspeita, que gerou contrato de R$ 68 milhões com o consórcio de empresas de informática CDS/NTC, vinculado a multinacional Oracle. Glaucia assumiu o cargo em lugar de Helena Azuma, demitida por discordar do projeto milionário, considerado desnecessário por técnicos.

TÁ FORA Também foi demitido por se opor à licitação o ex-diretor de Informática, Delicieux Dantas, cuja área apresentou projeto 14 vezes mais barato.

O prédio já não estava bem”

Senador Marcelo Crivela (PRB) sobre as condições do edifício que desabou no Rio

Conversa...

... pra boi dormir

Na reunião do CNJ que decidiu manter licitação suspeita, Paula negou qualquer direcionamento. “Eram apenas duas licitantes”, alegou.

Mas quem ficou em segundo lugar na licitação foi a empresa Maxtera, que tem como representante Sérgio Sveiter, filho de diretor da Oracle.

FOI GRAVADO Dizendo representar as empresas vencedoras, o sr. Geraldo Tavares Jr, consultor da AFB Advocacia, ofereceu propina para calar denúncias.

Manobra para terrorista As últimas declarações do terrorista italiano Cesare Battisti, agredindo seu próprio país, piora a situação dele no Brasil. O juiz Alexandre Vidigal de Oliveira, da 20ª Vara Federal, vai decidir sobre a estada privilegiada do bandidão no País, em resposta a carta precatória da Itália que chegou em 6 de dezembro passado. Mas a chicana jurídica dos caríssimos advogados de Battisti força o juiz a protelar a decisão.

XÔ,TERRORISTA As manobras protelatórias empurraram a decisão final para depois do Carnaval, que se espera seja o último de Cesare Battisti no País. TRANSITADO EM JULGADO Cesare Battisti foi conde-

Fábrica da Apple é alvo de denúncia sobre exploração DIVULGAÇÃO

THE NEW YORK TIMES

explosão arrasou o Edifício A5 numa tarde de maio do ano passado. Uma erupção de chamas torceu os tubos de metal como se fossem canudos jogados fora. Quando os operários na lanchonete correram para fora, viram uma fumaça negra saindo das janelas - era a área onde os empregados poliam milhares de estojos de iPads por dia. Duas pessoas morreram na hora e mais dez se feriram. Quando os feridos eram levados às pressas para as ambulâncias, um em particular chamava atenção. O rosto lambuzado, atingido pelo calor e a violência da explosão, deu lugar a uma pasta preta e vermelha no lugar da boca e nariz. “Você é o pai de Lai Xiaodong?”, alguém perguntou, quando o telefone tocou na casa de Lai. Seis meses antes, o jovem de 22 anos havia se mudado para Chengdu, sudoeste da China, para se tornar mais uma das milhões de peças humanas da engrenagem que move o maior, mais rápido e mais sofisticado sistema de manufatura no globo. “Ele está com problemas”, disse a pessoa do outro lado da linha ao pai de Lai, que não resistiu aos ferimentos. Na última década, a Apple tornou-se uma das mais poderosas e bem sucedidas empresas do mundo. A Apple e suas congêneres do setor de alta tecnologia alcançaram um ritmo de inovação jamais observado na história moderna. Contudo, os operários encarregados da montagem dos iPhones, iPads e outros aparelhos com frequência trabalham em condições terríveis, de acordo com empregados das fábricas, grupos de

A

Operários chineses na propaganda da Apple. A realidade diária do chão da fábrica é bem diferente

defesa dos trabalhadores e relatórios publicados pelas próprias companhias. Os problemas são tão variados quanto os ambientes de trabalho e os problemas de segurança - alguns mortais - são graves. Os operários fazem horas extras excessivas, em alguns casos trabalham sete dias por semana e vivem em dormitórios superlotados. Alguns trabalham em pé por tanto tempo que suas pernas incham a ponto de quase não conseguirem andar. Empregados menores de idade ajudaram a fabricar produtos da Apple, fornecedores da companhia armazenaram inadequadamente lixo tóxico e falsificaram registros, segundo dados da empresa e grupos de defesa do trabalhador que, dentro da China, são considerados monitores independentes e confiáveis. Mais preocupante ainda é o desprezo de alguns fornecedores pela saúde do trabalhador. Há dois anos, 137 funcionários de uma fornecedora da Apple a leste da China foram intoxicados depois de receber

ordens para usar uma substância química venenosa para limpar as telas do iPhone. No ano passado, houve duas explosões em fábricas de iPad mataram quatro pessoas e deixaram 77 feridas. Antes mesmo destas explosões, a Apple havia sido alertada para as condições perigosas na fábrica de Chengdu. A Apple não é a única empresa de produtos eletrônicos que opera dentro de um sistema de suprimento preocupante. Condições terríveis de trabalho foram documentadas em fábricas de manufatura de produtos para a Dell, Hewlett-Packard, IBM, Lenovo, Motorola, Nokia, Sony, Toshiba e outras. Executivos da Apple dizem que a companhia adotou medidas importantes para melhorar as fábricas nos últimos anos. A empresa criou um código de conduta para seus fornecedores, detalhando os critérios a serem obedecidos em termos de trabalho e segurança. A empresa organizou uma campanha de auditoria. Abusos foram descober-

tos e correções foram exigidas. Mas os problemas importantes continuam. Mais da metade das fornecedoras inspecionadas pela Apple violaram pelo menos uma norma do código de conduta a cada ano desde 2007, de acordo com relatórios da Apple. “A Apple nunca se preocupou com qualquer outra coisa a não ser melhorar a qualidade do produto e reduzir os custos de produção”, disse Li Mingqi, que trabalhou até abril na administração na Foxconn, uma das mais importantes parceiras da Apple na China. Li, que está processando a Foxconn por ter sido despedido, trabalhava na fábrica de Chengdu quando ocorreu a explosão. A Apple recebeu um resumo deste artigo, mas não quis comentá-lo. A reportagem foi baseada em entrevistas com mais de 30 funcionários, antigos e atuais, e contratantes, incluindo alguns executivos com conhecimento do grupo de responsabilidade do fornecedor da Apple.

nado duas vezes à prisão perpétua na Itália por quatro assassinatos a serviço de uma organização terrorista.

Sonho e pesadelo de trabalhar para um gigante

UM FALSIFICADOR Battisti é acusado de cometer crimes federais como falsificação de passaportes e documentos civis para entrar no Brasil.

Quando conseguiu o emprego na Foxconn, Lai Xiaodong sabia que a fábrica em Chengdu era especial. Os trabalhadores estavam produzindo o mais recente produto da Apple: o iPad. Lai, que consertava máquinas da fábrica, logo de início notou as luzes quase ofuscantes. Os turnos eram de até 24 horas e a unidade estava sempre iluminada. A qualquer momento, havia milhares de operários em pé nas linhas de montagem, agachados perto das grandes máquinas ou correndo entre as plataformas de carga. As pernas de

Que oposição? Com medo de ser tratorado pela aliança em torno de Eduardo Paes, que disputará reeleição à prefeitura do Rio de Janeiro, o PPS es-

tá de malas prontas para apoiá-lo nas eleições municipais. Usará a desculpa de que a oposição também precisa ser propositiva. Uhum...

Na correria

Monitoramento

O presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, se reunirá nesta segunda (30) com diretório do partido em Brasília. O objetivo: validar a indicação de seu braço direito, André Figueiredo, para ministro do Trabalho.

O deputado Reginaldo Lopes (PT-MG) pediu ao presidente da Câmara, Marco Maia, uma comissão externa para acompanhar as ações de prevenção e reparação de danos em áreas de risco.

NO LUGAR CERTO A Justiça do Tocantins condenou o exprefeito Antônio Francisco Leite a prestar serviços sociais, por fraudar licitação em repasse de R$50 mil da Caixa usando empresa laranja. Nome da cidade: Lavanderia.

PRECE ATENDIDA Como a coluna informou na quarta (25), o ex-presidente da Petrobras, José Eduardo Dutra, louco para voltar, está com um pé na estatal de novo: a diretoria corporativa. Irreconhecível, perdeu mais de 20 quilos.

OUTRA BRIGA Além de escolher o próximo líder na Câmara, o PT decidirá em fevereiro quem vai assumir as comissões de Saúde, Educação e Ciência e Tecnologia ou Direitos Humanos. O barraco está armado. LUZ, CÂMERA! O deputado e ator Stephan Nercessian (PPSRJ) aproveitou o recesso parlamentar para gravar cenas do novo filme de Andrucha Waddington, “Os penetras”. A comédia estreia em outubro nas telas brasileiras.

AUMENTO CANCELADO Após aumentar os servidores com base em estudo de R$ 5,9 milhões da Fundação Getúlio Vargas, o Conselho Federal de Engenharia (Confea) cancelou tudo. A decisão foi do atual presidente, José Tadeu, opositor do autor da medida, o antecessor Marcos Tulio de Melo. LUIZA FLUMINENSE Não era a Luiza que estava no Canadá. Era o governador do Rio de Janeiro, Sergio Cabral. Nada que um jatinho amigo não alcance.

alguns estavam inchadas. Cartazes nas paredes alertavam os 120 mil empregados: “Trabalhe com afinco no seu emprego hoje ou vai ter que trabalhar duro para encontrar um emprego amanha”. O código de conduta da Apple estabelece que, salvo em circunstâncias excepcionais, os operários não devem trabalhar mais de 60 horas por semana. Mas na Foxconn, alguns trabalhavam bem mais, segundo entrevistas, holerites e investigações de grupos independentes. Lai logo passou a trabalhar 12 ho-

ras por dia, seis dias na semana. Havia“turnoscontínuos”eentãoosoperários recebiam ordens para trabalhar 24 horas seguidas. O grau universitáriopermitiuqueojovemganhasseum salário de US$ 22 por dia, incluindo horas extras. Ao sair do trabalho, ele se recolhia num pequeno aposento, suficiente para abrigar um colchão, um guarda-roupa e uma mesa. Essa acomodação era melhor do que muitos dormitórios da empresa, onde viviam 70 mil empregados da Foxconn, às vezes com 20 pessoas espremidas em um apartamen-

to de três quartos. Em 2011, uma disputa sobre salários desencadeou um motim num dos dormitórios. Em nota, a Foxconn contestou os relatos de funcionários sobre os turnos contínuos, as horas extras e as acomodações abarrotadas. Segundo a empresa, ela respeitava os códigos de conduta da Apple. “Todos os empregados da linha de montagem têm pausas regulares, incluindo uma hora para o almoço”, escreveu a companhia, afirmando que somente 5% dos empregados realizavam suas tarefas em pé.

Presidente da Apple responde ao NYT por e-mail Em reposta à reportagem “O custo humano embutido num iPad”, do jornal New York Times, o presidente da Apple, Tim Cook, enviou um e-mail a todos os funcionários vinculados à empresa com esclarecimentos sobre as condições de trabalho nas fábricas que montam os aparelhos da companhia. “Infelizmente, algumas pessoas estão questionando os valores da Apple hoje, e eu gostaria de falar sobre isso com você diretamente. Nós nos importamos com cada trabalhador da nossa rede mundial de for-

necedores. Qualquer acidente é um problema profundo e qualquer questão envolvendo condições de trabalho é motivo para preocupação. Qualquer sugestão de que nós não nos importamos com isso é expressamente falsa e ofensiva a nós. Como você sabe melhor que qualquer um, acusações como essa são contrárias aos nossos valores. Não representa quem somos”, diz o início do e-mail de Cook. Nesta semana, o presidente da fábrica pediu desculpas por ter dito “dar dor de cabeça gerenciar 1 milhão de animais.”

DIVULGAÇÃO

ALGUNS TRECHOS DO E-MAIL DE TIM COOK “Todos os anos nós inspecionamos mais fábricas (…).Como reportado no início deste mês,nós fizemos um grande progresso e melhoramos as condições para centenas de milhares de trabalhadores.” “Nós estamos atacando os problemas agressivamente,com a ajuda das maiores autoridades do mundo em segurança,meio ambiente e justiça do trabalho.” - “No começo deste mês,nós abrimos nossa cadeia de fornecedores para avaliações independentes pela Associação da Justiça do Trabalho (Fair Labor Association).” - “Nós estamos concentrados em educar os trabalhadores sobre seus direitos,para que eles tenham o poder de se manifestarem quando houver condições inseguras de trabalho ou tratamento injusto.Como você sabe, mais de um milhão de pessoas foram treinadas por nosso programa.” - “O que nós não vamos fazer — nem nunca fizemos — é ficar parado ou fingir não enxergar os problemas na nossa cadeia de fornecedores.Vocês têm a minha palavra.Vocês podem acompanhar nossos avanços em apple.com/supplierresponsibility.”

Tim Cook: melhorias nas condições de trabalho foram adotadas


geral

Domingo | 29 de janeiro de 2012

Hoje as campanhas de combate as drogas focam muito no consumo de crack.Por quê? Essa é a droga mais utilizada e a que causa maior dependência? Sim. O crack é uma droga que de fato desorganiza os usuários, porque eles ficam muito dependentes e desestruturados. Os usuários de crack também são os que mais buscam tratamento, ou são levados a buscar pela família ou por outras pessoas. O crack é uma droga que impacta, e é usada em grupos, em locais abandonados, e tudo isso atrai a atenção dos usuários.

Tribuna do Norte | Natal | Rio Grande do Norte | 11

ENTREVISTA - MARCELO RIBEIRO DE ARAÚJO,MESTRE E DOUTOR EM PSIQUIATRIA PELA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO

“CRACK É UMA QUESTÃO DE SAÚDE PÚBLICA” EMANUEL AMARAL

Quais são os principais efeitos do crack sobre o psiquismo do sujeito? O crack é a cocaína na sua apresentação para ser fumada. Então, nesse sentido, farmacologicamente, ele é a cocaína. A cocaína é um estimulante do sistema nervoso que, quando utilizada, provoca um quadro de euforia e de bem estar, que é o que as pessoas buscam inicialmente, juntamente com um quadro de aumento da alerta, inquietação, aceleração psicomotora, aumento dos batimentos cardíacos. Isso tudo acompanha a intoxicação por essa substância. A diferença entre ela e a cocaína cheirada é que a cocaína fumada (crack) atinge os pulmões, e uma grande quantidade de cocaína entra de uma vez só no corpo, atingindo rapidamente o cérebro. De cinco a oito segundos, a cocaína entra pelos pulmões, passa pelo coração e chega no cérebro. Então, o crack produz um efeito intenso e rápido, causando maior dependência. Desde quando o Brasil investe em políticas públicas de enfrentamento ao crack e quais são as políticas existentes para tratar os dependentes? As políticas públicas são muito recentes e realizadas pelo governo federal, governos estaduais e municipais, de uma maneira que poderia ser melhor integrada. Para você ter uma ideia, até 2003 não havia serviços para tratamentos específicos ambulatoriais para dependência química. Havia apenas seis serviços: três em São Paulo, um na Bahia, um no Rio e um em Porto Alegre. A partir dos anos 2000, ainda no governo Fernando Henrique Cardoso, foi introduzida a primeira política de drogas, entretanto, as políticas públicas passaram a se estruturar em 2003 e, desde então, estão aumentando, a partir da criação dos Centros de Atenção Psicossocial-Álcool e Drogas (Caps-AD). Como é realizado o tratamento de dependentes químicos no Centros de Atenção Psicossocial-Álcool e Drogas (CapsAD)? Quando um tratamento começa, avaliamos qual é a estrutura química, física e social do paciente. A partir daí, escolhemos as opções que melhor atenderão as necessidades dele. Esse é o conceito atual. Então, é feita uma avaliação das necessidades e a partir disso, tentamos começar o tratamento com uma proposta terapêutica, onde são considerados os ambientes que temos à disposição (podem ser os ambulatórios, podem ser as clínicas, as comunidades terapêuticas, os hospitais). É escolhido o melhor ambiente, pensado na equipe de profissionais disponível para ajudar esse paciente e nas estruturas de apoio sociais – se o dependente químico tem filhos, procuramos uma creche para a criança, por exemplo. Portanto, algumas decisões são clínicas e outras, sociais. Os profissionais que atuam com os dependentes são o que chamamos de gerentes de caso, porque ficam junto com o paciente, próximo do dia a dia dele, e além do tratamento psicológico, ajudam e monitoram outras questões da vida social. E como acontece isso na prática? O Brasil está preparado para esse modelo de tratamento? A partir dos anos 1980 e 1990,

DIVULGAÇÃO

O

s investimentos em políticas públicas de enfrentamento ao crack são recentes, iniciaram nos anos 2000, e esse é um dos motivos da desarticulação no tratamento dos dependentes químicos. “O preconceito em relação ao tratamento”, segundo Marcelo Ribeiro de Araújo, também contribui para a desarticulação, “porque ainda existem pessoas que acham que ‘passar a borracha’ nos usuários é a melhor solução” para acabar com as drogas. Para ele, o desafio em relação ao tratamento dos usuários de crack é tratar o caso como um problema de saúde pública. Nesse sentido, avalia, os Centros de Atenção Psicossocial-Álcool e Drogas (Caps-AD) representam um avanço, “mas os profissionais ainda não receberam toda a capacitação que poderiam ter recebido”. E dispara: “O grande problema é que as pessoas colocam a responsabilidade no Caps, mas ele não consegue resolver o problema da dependência química. Alguns pacientes se beneficiam com o Caps e outros não. Têm pacientes que precisam, por exemplo, de uma moradia assistida, que é um intermediário, e isso ainda não existe no Brasil”. Em entrevista concedida à IHU On-Line por telefone, Araújo diz que o consumo do crack está associado a situações de violência e abuso. Nesse sentido, argumenta, “retirar os viciados da cracolândia não vai resolver” o problema da dependência. É preciso oferecer serviços para esses indivíduos, associados a outras medidas, como a de saneamento, por exemplo. Ao encarar a cracolândia como uma área de traficantes e apenas querer limpar o espaço, se corre o risco de piorar a situação daqueles que estão seriamente dependentes do crack”. foram fechadas todas as clínicas de internação. Havia vários manicômios velhos, cheios de ratos, onde as pessoas ficavam completamente abandonadas. O problema é que após fecharmos os manicômios, não colocamos nenhum modelo de internação no lugar, e algumas pessoas precisam ser internadas. Algumas vezes, não sempre, é bom começar o tratamento por uma desintoxicação de um mês. Tem pessoas que ficam muito comprometidas socialmente porque desistem de uma internação em comunidade terapêutica. Têm pacientes que se beneficiam do Caps, mas este é um tratamento que requer uma estrutura do dependente, pois ele precisa marcar a consulta, e ir às reconsultas. Esse é um tratamento para alguém que já está conseguindo se estruturar melhor. Atualmente, existem Caps nas capitais e nas cidades médias ou naquelas que possuem Universidades Federais, Estaduais. Ainda falta integrar melhor o Caps com o tratamento informal. Como o senhor avalia o desempenho dos Centros de Atenção Psicossocial-Álcool e Drogas (Caps-AD)? A adaptação, às vezes, fica

Está no imaginário das pessoas essa concepção de que o dependente químico é um drogado e que não há problema em tratá-lo com violência” prejudicada porque como poucas pessoas trabalham com o tema no Brasil e não há muitos locais para se capacitar. Os profissionais ainda não receberam toda a capacitação que poderiam ter recebido. O grande problema é que as pessoas colocam a responsabilidade toda no Caps, mas ele não consegue resolver o problema da dependência química. Alguns pacientes se beneficiam com o Caps e outros não. Têm pacientes que precisam, por exemplo, de uma moradia assistida, que é um intermediário, e isso ainda não existe no Brasil. Antes dos anos 1990, não tinha política nenhuma, o que surgiu no governo Fernando Henrique Cardoso foi uma grande

O crack ainda continua sendo uma droga da classe baixa e que têm baixa escolaridade. A classe média também consome, mas não é o grande consumidor” carta de intenções, que se preocupava mais com a repressão do que em estruturar uma rede de tratamento para os dependentes químicos. Mas esse era o momento histórico. Foi desenvolvido um trabalho de colocar no papel tudo o que entendíamos por dependência, doença, mas a política de enfrentamento para o crack veio aparecer agora. Depois que a Dilma assumiu, ela fez o plano de enfrentamento e as propostas são válidas. Ela está pensando em diversificar a rede, e capacitar os profissionais. A ideia que está no papel é boa. Alguns especialistas alegam que a desarticulação entre as políticas de segurança,saúde e assistência social tem prejudi-

como uma questão de saúde pública. Retirar os viciados da cracolândia não vai resolver o problema da dependência. É preciso oferecer serviços para esses indivíduos, associados a outras medidas, como a de saneamento, por exemplo. Ao encarar a cracolândia como uma área de traficantes e apenas querer limpar o espaço, se corre o risco de piorar a situação daqueles que estão seriamente dependentes do crack.

MARCELO RIBEIRO DE ARAÚJO é mestre e doutor em Psiquiatria pela Universidade Federal de São Paulo – Unifesp.Atualmente é diretor de ensino da Unidade de Pesquisas em Álcool e Drogas da Unifesp e autor do livro O Tratamento do Usuário do Crack (editora Artmed).

cado o tratamento de dependentes em crack.O senhor concorda? Quais são as razões desta desarticulação entre as políticas públicas? O motivo desta desarticulação é porque o país investe em política pública nessa área há pouquíssimo tempo. Então, as pessoas ainda estão “batendo a cabeça”. A falta de articulação também esbarra no preconceito em relação ao tratamento, porque ainda existem pessoas que acham que “passar a borracha” nos usuários de droga é a melhor solução. Essa é uma mentalidade da cultura dos indivíduos. Está no imaginário das pessoas essa concepção de que o dependente químico é um drogado e que não há problema em tratá-lo com violência. As pessoas, às vezes, acabam agindo de uma maneira equivocada. Quais os desafios de tratar a dependência química como um problema de saúde pública e não como uma questão de segurança? O grande desafio é possuirmos ambientes e capacitação, além de ter a oportunidade de influir nos momentos em que se definem as políticas públicas. É uma questão de encarar o crack

Considerando as pesquisas que o senhor realiza na universidade e o contato que tem com dependentes, diria que houve uma evolução no tratamento com dependentes químicos nos últimos anos? Com certeza. Evoluímos bastante. Fiz um mapa sob como o crac foi evoluindo no Brasil nesses 23 anos e percebi que quando o tema entrou em pauta, nós, pesquisadores, se quer publicávamos sobre o tema – ficávamos fazendo revisão de artigos. Hoje, pelo contrário, temos muitos profissionais pesquisando sobre o assunto, vários serviços de assistência aos dependentes químicos. Nós avançamos muito em pesquisa e nos tratamentos, só que infelizmente ainda estamos no começo. Essa é a principal questão. Como o uso de crack evoluiu nesses 23 anos? O perfil dos consumidores também mudou? O crack ainda continua sendo uma droga de pessoas de classe baixa e que têm baixa escolaridade. A classe média também consome, mas está longe de ser o grande consumidor. Os usuários são pobres, com histórico de violência e abuso. Nesse período, houve de fato uma disseminação do crack pelas grandes cidades: São Paulo, Porto Alegre, o restante do Sul, Belo Horizonte e depois a droga foi sendo espalhada para o Rio de Janeiro e Nordeste. O crack já se interiorizou. Hoje, 98% das cidades convivem com esse problema. Em municípios de 10 mil habitantes, até os bóias-frias fumam a droga.


12

| Tribuna do Norte | Natal | Rio Grande do Norte

geral

Domingo | 29 de janeiro de 2012


Domingo | 29 de janeiro de 2012

geral

Tribuna do Norte | Natal | Rio Grande do Norte | 13


14 | Tribuna do Norte | Natal | Rio Grande do Norte

quadrantes

Domingo | 29 de janeiro de 2012

JOSÉ ARNO GALVÃO [ advogado ]

Frutas empre gostei de frutas, princi-palmente das frutas frescas, recen-temente colhidas. Aliás, caju só presta se for consumido logo, no máximo uma hora, quando a maior parte do suco ainda está preservado; para mim, caju comprado em supermercado já está estragado. Quando menino, como já contei, vagabundava pelos cercados de Pernambuquinho e das Cabeceiras, comendo manga, mangaba e o que mais aparecia. Comendo mesmo, no caso da manga rosa devorava até as cascas. Quem chupava manga bem chupada era Mãe: pegava a fruta, de preferência uma manga espada, machucava bem, depois, com os dentes, fazia um furo no ápice e punha-se a saborear o suco, que hoje chamam de polpa. Chupar, para mim, era o que eu fazia com o caju, embora não desprezasse o bagaço que hoje usam para fazer sanduíche. Na juventude, cessado o contato direto com a natureza, trocado por outros interesses e outras atividades, o consumo de frutas ficou limitado às "vitaminas", como chamávamos à mistura de frutas diversas passadas no liquidificador. Mas, não apreciava a vitamina semilíquida, duas ou três bananas, um pedaço de mamão e leite. Preferia as que eu próprio preparava, sem qualquer receita: colocava no copo algumas frutas das que tivesse em casa e lá mesmo produzidas - banana, ma-mão, goiaba -, adicionava suco de uma ou duas laranjas e pronto. Às vezes, ficava tão espessa de era ne-cessário distribuir por mais de um copo no li-

S

quidificador e adicionar algum líquido a mais. A massa resultante era colocada numa vasilha, levada ao congelador e consumida com adição de farinha láctea e acompanhada de creme-craquer que ninguém é de ferro. Quando, já pai de família, inventei de ser fazendeiro, trazia de Tibáu do Sul, na época da safra, em grandes recipientes, principalmente mangas e cajus. Levava tudo para a casa de praia, em Barra de Maxaranguape. Lá chegando, tardezinha, sentava no batente da casa e punha-me a comer as nove ou dez mangas que havia escolhido, tarefa em que era eficiente e alegremente auxiliado por Vaninha (Vanya, minha filha mais nova). Agora, por prazer e por re-comendação do médico e da nutricionista - antes, a gente tinha um médico, agora tem não sei quantos, pois depende da especialidade de cada um, além de nutricionista, treinador e vai por aí -, voltei a consumir frutas. Não só as maçarandubas como as que Jorge Galvão me cedeu, parte das que haviam sido colhidas por ele e os seus em Pernambuquinho. Só não tenho consumido caju, pois não tenho visitado meu sítio de Pium, onde há boa quantidade de cajueiros e mangueiras, sem falar nas fruteiras lá plantadas por meu filho Joris, nem nas mangabas, excepcionais até pelo fato de produzirem praticamente durante todo o ano. Mas tem sido difícil a vida de apreciador de frutas. Não sou muito dado ao consumo de frutas

exóticas, até pelas decepções que algumas nos causam, É o caso de acerola, inicialmente apresentada como "semelhante" à pitanga: quem for comer uma esperando encontrar algo parecido com a pitanga, desista. Foi o que aconteceu comigo, a decepção foi tamanha que até hoje não consigo apreciar a frutinha. Prefiro banana, melão, mamão, podendo aceitar também uma maçã, uma pera. Marília as adquiria no supermercado, mas, como eu recla-masse da qualidade, passei eu mesmo a comprar em algumas das diversas quitandas que há por aí. (quitanda, o sabor da denominação nova. Quando menino, a gente chamava simplesmente de "venda", ou bodega, antes de adotarem o nome de mercearia, depois mercadinho, agora quitanda ou conveniência. O nome venda voltou à minha memória ao ler uma das últimas entrevistas de Cesárea Évora antes de sua morte, em que evocava sua terra natal, Cabo Verde. Nessa ocasião, a cantora de "Sodade" referia-se às vendas por ela frequentadas.). Nas quitandas, reencontrei as bananas que apreciei sempre, prata e rosa ou leite, agora substituídas pelas espécies desenvolvidas em laboratório e destinadas ao mercado de exportação, como a banana chifruda ou pacovan, híbrido de banana anã e prata, guardando desta apenas a casca espessa. Mas, decepção! A banana leite é apenas uma variedade importada dos Estados Unidos, a missore, que tem casca de banana leite, a mesma aparênHumor Fino [ Amâncio ]

CARMEN VASCONCELOS [Poetisa ]

NELSON PATRIOTA [ Escritor ]

Uma leitura contemporânea de ‘Dr. Jeckyll e Mr. Hyde’

Leveza para sustentar o ser udei de casa recentemente e precisei jogar muita coisa fora. Em toda mudança, o difícil não é saber o que você quer e o que você não quer. O difícil fica por conta das coisas que a gente não sabe se quer. As coisas do limbo. É a tal história do apego. A coisa perde a sua destinação, ou a sua utilidade, mas não se tem coragem de largá-la. Às vezes, vira entulho. Com os sentimentos acumulados na vida é parecido. Existem os que queremos para sempre, outros que não queremos sentir. E tem aqueles aos quais nos apegamos, mesmo que às vezes nos façam mal. Com o ressentimento é assim. Ressentimento é uma mágoa à qual nos apegamos e só tem um rival na arte de envenenar o espírito da gente: a inveja. Ressentimento e inveja são rivais e são irmãos. Se deixarmos, eles nos devastam. Porém, são tão nefastos quanto pegajosos. A inveja aproveita-se da nossa humana escassez para afogar nossos desejos na realização dos outros. Projetamos no sucesso alheio o nosso fracasso nessa, ou naquela seara. E, se não prestarmos atenção para afastá-la, a inveja nos submerge junto com as nossas frustrações. Já o ressentimento é o filho do nosso ego. Alguém se atreve a nos magoar e merece o fogo do inferno. Acontece de às vezes continuarmos a desejar o tal fogo para a pessoa durante meses, anos, o resto da vida. Aí, a pessoa continua a ocupar na nossa vida por muito tempo um espaço que às vezes os nossos mais queridos entes não ocupam. Na verdade, não é bem a outra pessoa quem nos ocupa. É o nosso ego inflamado, que às vezes não nos deixa enxergar que, como todas as pessoas, somos passíveis de ser magoados, enganados, traídos. Por que não conosco? Quando alguém fica doente, ou perde um ente amado, costuma perguntar-se: por que aconteceu comigo? Esses dias li uma entrevista de uma moça, ex-paquita da Xuxa, que atualmente sofre de esclerose múltipla. A estratégia dela para enfrentar o sofrimento foi perguntar-se, ao invés de: por que comigo?, por que não eu? Tudo pode acontecer com qualquer um, os destinos não são traçados previamente, a vida é aleatória, para o bem, ou para o mal. "Um lance de dados jamais abolirá o acaso". Leveza é uma palavra a ser levada a sério. É uma proposta para todos os próximos milênios. Viver com leveza é um lance de sabedoria, e se não chega a abolir o acaso, a leveza nos faz viver com mais alegria. Há sentimentos de tal forma misturados conosco, que já nem nos reconhecemos sem eles. Se eles pesam, nosso semblante se torna sombrio. Ressentimentos são assim, têm muito peso, mudam a nossa expressão. Alguma coisa, ou alguém, merecerá de nós essa escuridão tão parecida com sacrifício? Merecem que guardemos tanta dor que nos contorça?

cia, o mesmo tamanho, a mesma fragilidade, mas nem tem o cheiro, nem o sabor característicos desta. Concentrei-me na prata, só para constatar que está sendo substituída por uma outra variedade que dela só tem o tamanho e a casca espessa, pois não tem o formato nem o sabor, sem falar na consistência da que pretende substituir. A banana jasmim ainda não mudou, embora não seja encontrada facilmente. Com as mangas está acontecendo algo parecido. Sei que a maioria das espécies de manga plantadas tradicionalmente por aqui - rosa, espada, cacho, etc. - são variedades desenvolvidas nos Estados Unidos no final do Século XIX e início do XX. Mas tais frutas se adaptaram a nosso solo e nós nos adaptamos à sua consistência e seu sabor. Agora, só aparecem frutas com nomes exóticos, espécies importadas e destinadas a exportação, ficando as sobras por aqui. Não guardam nenhuma semelhança com as tradicionais, algumas delas impossíveis de comer, pois suas fibras dificultam o corte até para a faca mais afiada. De mamão já desisti. Recentemente, Didiu - Maria do Céu, minha irmã - presenteou-me com banana jasmim e dois mamões colhidos em seu sítio nas Cabeceiras, em Tibáu do Sul. Coloquei as sementes para secar e vou tentar produzir meus próprios mamões. Só não vou poder fazer como fazia na juventude, quando subia no mamo-eiro, cavalgando o tronco até alcançar os frutos que jogava para Chica, a auxiliar de Mãe, que ficava em baixo. O motivo da desistência foi a constatação de que estava jogando dinheiro fora: as frutas eram colhidas tão cedo que, de tão verdes não chegavam a amadurecer. Podia até servir para fazer doce ou para dar aos porcos. A mesma coisa acontece com as maçãs e as peras. E não somente as de produção nacional, as importadas também. As opções começam a encolher.

M

as três grandes novelas góticas em língua inglesa do século 19, "O Estranho Caso de Dr. Jeckyll e Mr. Hyde", de Robert Lewis Stevenson, é a mais breve e a mais "realista", na medida em que lida não com a criação da vida, embora corrompida, como em "Frankenstein", de Mary Shelley, ou com um fenômeno extemporâneo de um morto-vivo, como "Drácula", de Bram Stoker. A novela de Stevenson se passa em plena Londres metropolitana, urbe cosmopolita do ocidente e centro de um império colossal. Talvez devido a essa componente urbana e cosmopolita, a novela de Stevenson pareça mais próxima de nossa época. Afinal, tudo o que separa o "médico" do "monstro" - como esses personagens são popularmente conhecidos - é a ação de uma droga -, diferentemente da complexa engenharia científica mobilizada para gerar uma vida, mesmo monstruosa, como em Shelley, ou para justificar a existência de vampiros na Transilvânia, como em Stoker. A recente edição de "O Estranho Caso de Dr. Jeckyll e Mr. Hyde" (Hedra, 2011), em tradução de Braulio Tavares, é uma excelente oportunidade de rever ou vir a conhecer um dos pilares da fama de Stevenson, agora em seu lado mais sombrio, quando leva o cientificismo às últimas consequências, confirmando o prognóstico de Francisco Goya, não menos célebre, que diz que "o sonho (ou o sono) da razão produz monstros". A edição organizada por Braulio Tavares leva uma vantagem decisiva sobre outras edições brasileiras da novela de Stevenson, ao oferecer ao leitor escritos complementares que discutem e enriquecem as principais questões presentes na novela. Por exemplo, é de fundamental importância a leitura do texto "Um capítulo sobre o sonho", em que Stevenson comenta o papel que os sonhos desempenhavam em sua literatura. Aí ficamos sabendo que, mais do que uma mera excentricidade, os sonhos serviram de roteiro para muitos contos do autor de "A Ilha do Tesouro". A frequência com que se utilizou dos sonhos em suas histórias levou Stevenson a elaborar toda uma teoria, ou melhor, toda uma gênese para explicá-los. Considerando o caráter extraordinário e regular dos seus sonhos, o Tusitala se viu forçado a creditá-los a uma entidade independente: os brownings ou a algum demônio familiar, algum colaborador invisível. A ele, Stevenson, restava a tarefa, mais cômoda, de reescrevê-los para seus leitores, depois de desbastá-los e lhes dar forma literária. O papel desses "colaboradores invisíveis" não deve ser subestimado. Segundo Stevenson, são eles que "fazem metade do meu trabalho enquanto durmo e, provavelmente, também fazem todo o restante, quando estou desperto e julgo que estou inventando coisas sozinho". Como exemplos de criações feitas em "colaboração" com esses "coautores invisíveis", Stevenson cita duas de suas obras: "O Estranho Caso de Dr. Jeckyll e Mr. Hyde" e "Ollala". Histórias, como "The bottle imp" (" O demônio da garrafa"), "The body snatcher" ("O rapa-carniça") e "The suicide club" ("O clube dos suicidas") certamente pertencem à mesma grei. Não menos digno de nota é o texto "Esse outro eu, meu companheiro..." em que Stevenson comenta estados febris em que experimentou delírios nos quais se debatia entre dois eus, ou melhor, "meu eu" e "o outro", ratificando assim a duplicidade da noção do eu. Autor cultuado por Jorge Luis Borges, mas visto por parte da crítica do século passado como um escritor para crianças, Robert Lewis Stevenson é um desses casos em que nunca todos estão de acordo se trata realmente de um autor maior ou menor, independen-temente do que cada uma dessas classificações represente. Seus contos de terror sugerem ter pouco a ver com sua literatura e sua poesia infanto-juvenis, corroborando, dessa forma, a duplicidade de uma obra que, como seu "eu mesmo" e "o outro" - que sentia conviverem nele (além de seus "colaboradores invisíveis") -, parece conter antinomias irreconciliáveis.

D

CLÁUDIO EMERENCIANO [ Professor da UFRN ]

Revendo “Desencanto” avid Lean foi um dos gênios do cinema. Criou um estilo próprio, meticuloso, estético em todos os sentidos. Sua carreira se iniciou ao dirigir, em parceria com Noel Coward, “Nosso Barco, Nossa Vida” (1942). Sua sensibilidade lhe permitiu ver o mundo e a vida numa abrangência universal. Seus personagens eram expressão exuberante de cada ser humano. O amor, em sua obra, não é, apenas, o sentimento maior da condição humana. É sua marca de eternidade. É o dom pelo qual cada um se supera. Seus temas, desde “Oliver Twist”, “As Grandes Esperanças”, “Desencanto”, aos épicos “A Ponte do Rio Kwai”, “Lawrence da Arábia”, “Doutor Jivago” e “Passagem para a Índia”, revelam coerência na forma e no ritmo de desenvolvimento do roteiro. Nesse aspecto, Lean manteve certa semelhança com os estilos de Chaplin, Orson Welles e Rosselini. Cada um, sem dúvida alguma, estabelecendo a marca e a característica de sua criatividade. Para eles algo mais, muito mais: genialidade. “Deuses” do cinema. O filme “Desencanto” é uma obra-prima. A música tema desvenda os sentimentos dos personagens. Particularmente dos principais: Célia Johnson (Laura Jesson) e Trevor Howard (Dr. Alec Harvey). É o concerto Nº2 para piano de Rachmaninov. Traduz sentimentos por todo o enredo. Magistral e insuperável. Capta valores e percepções numa Inglaterra dilacerada pelas incertezas do pós-guerra. A rotina de todos os personagens não subtrai ao espectador a sensação de angústia, seqüela de dias trágicos e inesquecìvelmente dolorosos. As variações do concerto de Rachmaninov são surpreendentes. Identificam a simplicidade de ambientes e personagens. Muitos consideram “Desencanto” (Brief Encounter) expressão do que se convencionou chamar de “realismo burguês”. O filme é, para a Inglaterra de 1945, incontrolavelmente renovador. A exemplo de “Roma, Cidade Aberta” de Rosselini, obra-prima filmada com uma única câmera e em locação nas ruas da “Cidade Eterna”, “Desencanto” teve sua locação numa pequena cidade do interior inglês, sua estação de trem e lanchonete, duas ruas e uma pequena área de sua periferia campestre. Restaram, como cenários de estúdio, o apartamento de Laura (Célia Johnson) e o apartamento de um amigo de Alec (Trevor Howard). A fotografia em preto e branco de Robert Krasker é primorosa. A narração em flashbacks e os closes são marcas do seu diretor. A adoção de contrastes entre claridades e sombras não deixa dúvidas: é um filme “noir”. A história é de forte compromisso ético e moral. Pretendeu-se clamar ao mundo que a guerra não destruíra os valores da “pequena burguesia” do país. Alec e Laura se conhecem, acidentalmente, numa estação de trem. São casados. Ele usa a estação para ir e voltar do trabalho. Ela, dona de casa, vem à cidade com freqüência. A estação é o ponto para troca de trens. Estimulada pelo

D

marido, freqüenta cinema e teatro, bibliotecas, livrarias, lojas e, obviamente, a estação e a lanchonete, onde é bem conhecida. No início do filme, Lean expõe seu estilo metafórico para antecipar o final da história: enquanto os créditos são exibidos, a cena, de fundo, consiste em dois trens “Muitos consideram que se cruzam e seguem dire“Desencanto”(Brief ções opostas. O primeiro enEncounter) contro ocorre na lanchonete. expressão do que se Contrariando a tradição ingleconvencionou sa, os trens atrasam. As circhamar de “realismo cunstâncias aproximam duas burguês”.O filme é, pessoas, que não se sentiam para a Inglaterra de felizes com a rotina de suas vi1945, das. O que está em discussão incontrolavelmente é o sentido da vida e o desarenovador.A brochar da força do amor. Um exemplo de “Roma, sentimento que os personaCidade Aberta”de gens passam a conhecer e a Rosselini,obra-prima projetar em seus sonhos e defilmada com uma vaneios. única câmera e em Célia Johnson e Trevor locação nas ruas da Howard realizam desempe“Cidade Eterna”, nhos inimitáveis. Soberbos. “Desencanto”teve Celia recebeu o premio de sua locação numa melhor atriz dos críticos de pequena cidade do Nova Iorque e foi indicada interior inglês,sua para o Oscar de melhor atriz. estação de trem e Trevor ganhou o premio dos lanchonete,duas críticos no Festival de Canruas e uma pequena nes e, a partir de então, inárea de sua periferia tegrou a constelação dos campestre. melhores atores ingleses. Eis uma angustiante história de amor. Ambientada numa realidade possível, convulsionada pelas incertezas de uma época. Inquietações pessoais, alicerçadas em desafios universais. O dever se sobrepõe aos sentimentos, que irmanam os dois principais personagens. Cada um, ao final, reassume seus compromissos com suas respectivas famílias. Ressalte-se: o amor, que os uniu, não se consumou sexualmente. Foram puros sentimentos. Ela volta para o marido e seus dois filhos. Alec, que é médico, vai assumir um emprego na África, para onde leva a família. “Desencanto” é uma fábula moderna. Uma ode ao amor. À renúncia. Uma profunda reflexão sobre os silêncios que distanciam casais em todo o mundo. E, por fim, pelos fugazes momentos que viveram juntos. Laura e Alec conheceram e captaram o sentido de eternidade dos seus sentimentos. O filme não passa. Não se perde. É a perpetuação de sentimentos e sonhos no templo interior de cada ser humano.


Domingo | 29 de janeiro de 2012

geral

Tribuna do Norte | Natal | Rio Grande do Norte | 15

ENTREVISTA / NINA HAGEN – cantora alemã

“Quero a verdade e nada além da verdade” DIVULGAÇÃO

MARC MÜHLENBROCK Deutsche Welle

Escândalos e proteção aos animais

H

á quase quatro décadas Nina Hagen, hoje com 55 anos, dita tendências na música pop alemã. Conhecida por sua aparência pouco convencional, por suas manias dignas de uma diva de ópera e pelo inegável talento, a cantora nascida e criada na extinta Alemanha Oriental já recebeu títulos que vão de “ícone do punk” até “mãe da iconoclastia”. Nina Hagen é também uma declarada ativista da paz. Ela já foi adepta do hinduísmo e não esconde sua predileção por homens mais jovens. Hoje parece ter encontrado o verdadeiro amor e desfruta da vida em família. O que parece ter suavizado um pouco seu lado ruidoso, embora nem tanto. No mais, continua afirmando ter visto, aos 17 anos, depois de uma “viagem” de LSD, o semblante de Deus. Em 2009 resolveu aderir ao cristianismo e ser batizada. No ano seguinte escreveu suas memórias e, no final de 2011, lançou seu mais recente álbum – Volksbeat –, com versões de canções de Bob Dylan, Wolf Biermann e Curtis Mayfield. Na entrevista abaixo, Nina Hagen fala de música, de política, de sua vida e de seus planos para o futuro.

Por que o título Volksbeat (Beats do povo) para o álbum? Ora, porque as canções são o pulsar do coração de um povo, o ritmo de um povo. Já houve muita gente propagando por aí “Adolf Hitler também usava a palavra povo” e coisa e tal. Mas nós somos o povo. Não importa quais psicopatas já tenham feito mau uso da palavra “povo” para alcançar seus objetivos horrendos. We are the people – isso pode ser conferido nos textos de Patti Smith. Power to the people – John Lennon. Nós somos o povo, basta. E somos o povo de um bom espírito, do amor, da paz e da liberdade. Precisamos lutar por isso agora, com a única arma que é realmente eficaz: nosso amor. Por que seu álbum é tão inspirado pela música dos anos 1970? Todas essas canções de protesto do passado não perderam sua atualidade. O engraçadinho de um pro-

grama de TV, onde estive outro dia, falou que eu faço pregações no meu disco. Bom, se isso for pregar, estou muito orgulhosa. Acho que a juventude está tateando um pouco no escuro. Os jovens que encontro têm suas atenções muito desviadas, eles têm brinquedos demais, está tudo bem (ou mal) demais com eles. Mas eles não veem um palmo à frente do nariz. Eles não se preocupam, como eu, por exemplo, com todas as tensões no Oriente Médio. Sou, desde minha infância, uma pessoa antifascista e política. Meu pai foi um antifascista, um sobrevivente da Segunda Guerra, da tortura nazista e da ditadura. Meu avô não sobreviveu a tudo isso. E sou filha de uma mãe legal, que desde a minha mais tenra infância já arranhava um violão, cantando uma música atrás da outra: esse é o meu pessoal. Eles me trouxeram ao mundo. É deles que tenho também os fundamentos do

A lendária cantora punk alemã promete paz e poder para o povo em seu novo álbum,“Volksbeat” meu saber, foi deles que recebi, digamos assim, minha formação profissional. Por isso há comigo sempre “beats do povo”, mesmo que com outros nomes. Qual é sua mensagem? Quero a verdade e nada além da verdade. Quero paz, nada além de paz – e quero que haja mais amor e menos medo. Exatamente aquilo que está escrito na Canção das Crianças de Brecht. Essa é também uma prece, uma prece das crianças. É a primeira canção de Volksbeat. Nesse sentido, é também uma declaração de desafio e um grito em prol do nosso engajamento pelos direitos humanos, uma prece pelo desarmamento – tanto militar quanto humano. Sua fé parece ser muito importante para você… Meu coração bate por todas as vítimas de tortura deste mundo, por todas as pessoas que buscam

refúgio, pelos bebês que vêm ao mundo na África e são ameaçados pelos mosquitos transmissores da malária. E assim por diante. Sinto-me como um membro completo da humanidade. Na condição de mãe já velha, espero que futura avó, e como poeta, pensadora, letrista e cantora, penso muito sobre como atingir o maior número de pessoas com minha música e minha mensagem legal: não importa se você acredita na vida eterna ou não, é nossa obrigação, como pessoas, fazer com que os princípios civilizatórios e éticos sejam respeitados. E nesse sentido podemos nos unir e ter força. O que vem a ser a canção Soma Koma, inspirada nas obras de Orwell e Huxley? Os livros de Aldous Huxley e George Orwell são visões terríveis da humanidade, onde há uma raça de escravos e diversos indivíduos gamma [uma das classes in-

feriores na sociedade descrita em Admirável Mundo Novo], sempre muito engraçados e que executam bem dispostos todo o trabalho sujo. Tudo é controlado, todos carregam chips, todos são manipulados geneticamente. E estamos a caminho de um cenário de horror como esse se não nos informarmos pela internet e nos unirmos. Quais são seus planos para o futuro? Vai haver alguma turnê em breve? Em março começamos uma maravilhosa turnê pela Alemanha, alguns shows na França e assim por diante. Nós não somos, claro, preguiçosos. Já estou há muito tempo de volta ao estúdio, trabalhando em coisas muito legais com a minha mãe, minha filha, meu filho e os amigos dele. Estamos fazendo uma música bem legal com toda a família. Vai ser uma ótima música para dançar. E eu estou adorando fazer.

A apresentação pública mais espetacular de Nina Hagen foi em 1979, na televisão austríaca. Sem pudor, ela demonstrou diante das câmeras o que as mulheres tinham de fazer para atingir o orgasmo. Desde o nascimento da sua filha Cosma, a cantora é uma ufóloga convicta. Quando estava grávida de quatro meses, Nina Hagen afirma ter visto um disco voador. No final dos anos 1980, mãe e filha mantiveram o seguinte diálogo sobre o assunto: – O que você acha, Cosma... De onde você veio antes que você permitisse que a sua mãe manifestasse o seu corpo fisicamente? – Não estou te entendendo. – Quero dizer, de onde você veio, antes de chegar à Terra, antes que eu ficasse grávida de você e te trouxesse à Terra? – De Deus. Nos anos 1990, Nina Hagen viajou várias vezes à Índia, buscou lá um guru e arrecadou donativos na Alemanha para um hospital indiano. Em Colônia, na Alemanha, ela apoia um asilo de doentes terminais. Além disso, é engajada na proteção aos animais. No ano 2000, Nina Hagen provocou manchetes na imprensa, quando fez com que a autobiografia da sua mãe fosse recolhida e destruída, só porque haviam sido publicadas nela algumas das suas cartas e fotos privadas. Não havia nada de escandaloso nelas, mas Nina Hagen não abre mão da privacidade em benefício de ninguém, nem da própria mãe.


16

geral

Natal | Rio Grande do Norte | Domingo | 29 de janeiro de 2012 EMANUEL AMARAL

[ REDE SOCIAL ] Problemas com governos e

leis nacionais podem limitar envio de mensagens A liberdade de opinião e de circulação das informações, principais características das redes sociais na Internet, enfrenta críticas e pode ser alvo de restrições

Twitter poderá fazer restrição de textos em alguns países S ÃO FRANCISCO – O Twitter vai começar a restringir mensagens de usuários em determinados países, renovando questões sobre a forma pela qual a plataforma social pretende lidar com as questões de liberdade de expressão à medida que expande rapidamente seu alcance mundial. Até agora, o Twitter precisava remover uma mensagem de sua rede mundial, caso recebesse solicitação nesse sentido de um governo. Mas a empresa informou em seu blog, na última sexta-feira, que agora pode bloquear seletivamente um texto para os usuários de um determinado país. “A partir de agora, nos damos a capacidade de reter conteúdo reativamente para usuários de um país específico, mas mantêlo disponível para o restante do mundo”, informou o Twitter. O Twitter ofereceu como exemplo das restrições com as quais poderia cooperar o “conteúdo pró-nazista” na Alemanha e França, que censuram esse tipo de mensagem. A companhia afirmou que mesmo com a possibilidade de restrições como essa, não seria possível coexistir com determinados países. “Alguns deles diferem tanto de nossas ideias que não poderemos existir lá”, informou o Twitter. “À medida que continuamos

a crescer internacionalmente, ingressaremos em países que têm ideias diferentes quanto aos contornos da livre expressão”, o Twitter afirmou. No interesse da transparência, o Twitter criou um mecanismo que informará aos usuários caso uma mensagem seja bloqueada. Um porta-voz do Twitter se recusou a oferecer detalhes adicionais. O reconhecimento pelo Twitter de que censurará conteúdo representa desvio radical ante a posição que a companhia assumiu um ano atrás, quando manifestantes oposicionistas na Tunísia, Egito e outros países árabes usaram a rede social para coordenar manifestações de massa e, com isso, deram destaque mundial ao potencial da ferramenta para causar perturbações. Em meio às revoluções que fervilhavam em janeiro passado, o Twitter sinalizou que não censuraria conteúdo, com um post intitulado “que os tweets fluam”. “Não removemos tweets com base em seu conteúdo”, afirmava a mensagem da empresa. “Nossa posição quanto à liberdade de expressão acarreta a responsabilidade de proteger o direito de nossos usuários a falar livremente e sua capacidade de contestar a revelação de informações pessoais sobre eles.”

[ SEGURO DE TRABALHO ] Empresa não pode

intervir em escolha de integrantes da CIPA

Juiz normatiza eleição de comissões em empresas Norma Reguladora Nº 5 exige total transparência em todo o processo de escolha dos integrantes, composição e funcionamento da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA) e veta qualquer forma de manipulação, por parte do empregador. Com esse entendimento, o juiz Manoel Medeiros Soares de Sousa, titular da 3ª Vara do Trabalho de Natal, concedeu liminar em uma Ação Civil Pública do Ministério Público do Trabalho da 21ª Região, contra a empresa Líder Limpeza Urbana. A ação, ajuizada pela procuradora do trabalho Ileana Neiva, denuncia que o processo eleitoral da CIPA da empresa Líder foi viciado. Entre as irregularidades contatadas pelo MPT, está a nomeação de empregados analfabetos para integrar a comissão. A empresa, segundo a procuradora, ignorou as solicitações encaminhadas pela CIPA da empresa quanto ao fornecimento de Equipamentos de Proteção Individual (EPI) e de Proteção Coletiva e, ainda, impediu a livre inscrição de candidatos e deixou de comunicar ao sindicato da categoria o início do processo eleitoral para escolha dos membros da CIPA. Para o juiz Manoel Medeiros, “não se pode retirar do empregado o direito de concorrer ao cargo, convicto ele de que pode contribuir para a categoria”. No entendimento do titular da 3ª Va-

A

Não se pode retirar do empregado o direito de concorrer ao cargo, convicto ele de que pode contribuir para a categoria” JUIZ MANOEL MEDEIROS

ra de Natal, entretanto, “a decisão de colocar ou não um analfabeto na CIPA pertence à categoria. Somente a ela”. Em sua decisão, o juiz determinou que a Líder comunique, “por escrito, o início do processo eleitoral da CIPA ao sindicato da categoria” e abstenha-se de designar trabalhador para compor a comissão eleitoral, papel que cabe ao presidente e ao vice-presidente da CIPA. Para o juiz, a empresa também não pode impedir ou dificultar a inscrição dos candidatos, independente de setores ou locais de trabalho. Ele ainda condenou a empresa de limpeza urbana a atender às solicitações encaminhadas pela CIPA para fornecimento de EPI e Equipamentos de Proteção Coletiva e a implementar programas de prevenção da saúde do trabalhador, “como PPRA, PCMSO e plano de trabalho elaborado pela CIPA, conforme item 5.16 da NR-05”.egoria”.


economia DÓLAR COMERCIAL Compra: R$ 1,7400 Venda: R$ 1,7420 DÓLAR PARALELO Compra: R$ 1,81 Venda: R$ 1,91

POUPANÇA HOJE 0,6292% CDB 10,37% BOVESPA

SALÁRIO MÍNIMO

R$ 622,00 TAXA SELIC -0,08%

10,50%

TELEFONES ÚTEIS Receita: 3232-2200 Procon Estadual: 3232-6869 Procon Municipal: 3232-9050 DRT/RN: 3220-2000

TURISMO

Natal CVB quer aumentar em 100% participação do turismo de eventos na capital PÁGINA 3 DÓLAR TURISMO Compra: R$ 1,6630 Venda: R$ 1,8330 EURO TURISMO Compra: R$ 2,1870 Venda: R$ 2,3870

Editor interino: Vicente Neto Email: vneto@tribunadonorte.com.br

NATAL • RIO GRANDE DO NORTE Domingo • 29 de janeiro de 2012

[ REFORMA AGRÁRIA ] Acampamentos espalhados por vários municípios do Rio Grande do Norte concentram milhares

de famílias em busca de trabalho. Sem previsão para novas desapropriações, Incra estuda utilizar áreas retomadas

Três mil famílias esperam por terra MAGNOS ALVES Jornal de Fato

arnaubais - Cerca de três mil famílias estão vivendo em 40 acampamentos espalhados por vários municípios do Rio Grande do Norte à espera de um lote de terra. As famílias sem terra aguardam a desapropriação de novas áreas pela superintendência estadual do INCRA (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária). O problema é que, segundo Valmir Alves, superintendente do órgão, não há previsão para que essas famílias sejam assentadas. Enquanto aguardam, milhares de pessoas vão vivendo de forma inadequada. A reportagem do Jornal de Fato visitou o acampamento Antônio Batista no município de Carnaubais, na região do Vale do Açu. No local, a reportagem encontrou muitas famílias, compostas por idosos, adultos, jovens, adolescentes e uma grande quantidade de crianças. São 55 famílias vivendo em barracos de barro, madeira e papelão há mais de dois anos. A dona de casa Josileide Alves, por exemplo, vive num pequeno barraco com o marido e três filhos pequenos. A reportagem chegou ao acampamento por volta do meio-dia e encontrou Josileide deitada em uma rede com duas de suas filhas. As famílias não recebem qualquer atenção do poder público. Falta água tratada, serviços básicos de saúde, enfim, falta tudo. “A água vem direto do rio pra gente”, denuncia Josileide Alves, relatando que o rio vive cheio de animais mortos. A única ajuda que chega é uma cesta básica cedida pelo Incra todos os meses. Mesmo com tantas dificuldades, o clima entre os acampados de Carnaubais é de alegria. Uma alegria fortalecida na esperança de ter a terra própria para morar e tirar o sustento. “Depois de tantos anos de vida, não é agora que eu vou me entregar. Eles (Incra) já prometeram colocar a gente na nossa terra e eu estou com esperança que isso aconteça”, declarou dona Maria. Essa esperança se reproduz nos acampamentos espalhados em várias regiões do estado. Em Mossoró, dezenas de famílias estão acampadas às margens da BR-304 e da RN013, rodovia de ligação ao município de Tibau. A transformação da terra que elas ocupam em assentamento está descartada. Valmir Alves informa que as terras ocupadas já foram vistoriadas pelo Incra, mas não são passíveis de serem desapropriadas. “As terras precisam ser improdutivas para serem desapropriadas, o que não é o caso”, explica o superintendente. Uma alternativa do Incra para atender às famílias que ainda estão em acampamentos no Rio Grande do Norte está sendo a intensificação da fiscalização dos assentamentos já estabelecidos. O objetivo é identificar irregularidades na concessão dos lotes de terra. Várias denúncias chegam ao órgão indicando a comercialização ilegal de terras cedidas pelo Governo Federal dentro do Programa Nacional de Reforma Agrária (PNRA).

C


2

economia

| Tribuna do Norte | Natal | Rio Grande do Norte

Domingo | 29 de janeiro de 2012

TOMISLAV R.FEMENICK [ Autor do livro “Conexões e Reflexões sobre Economia ]

Negócios &Finanças LUIZ ANTÔNIO FELIPE laf@tribunadonorte.com.br

Inclusão no Super Simples prazo para as empresas optarem pelo Super Simples termina dia 31 de janeiro, terça-feira. As solicitações de microempreendedores individuais para enquadramento no Sistema de Recolhimento em Valores Fixos Mensais dos Tributos abrangidos pelo Simples Nacional (Simei) também devem ser feitas até o fim do mês. Mais de 132 mil empresas pediram opção pelo Simples Nacional e quase 13 mil solicitaram enquadramento no Simei. A projeção é que os pedidos para inclusão no Simples feche em cerca de 200 mil, e 15 mil queiram entrar para o Simei. Para optar pelo Super Simples, o empresário deve fazer o pedido pela internet. O resultado será divulgado dia 15 de fevereiro.

O

JULGAMENTO O ministro da Previdência Social, Garibaldi Filho estará presente à solenidade da primeira Sessão de Julgamento do “Primeiro Recurso Eletrônico da Previdência Social no RN". Será na próxima terça-feira (31), às 9h, no auditório da Gerência Executiva do INSS, em Natal.

Ambiente (I)

Ambiente (II)

A sustentabilidade ajuda empresa a ganhar mercado, diz o Sebrae em seu informativo, citando a empresa potiguar de água mineral Cristalina, “que ganhou confiança e credibilidade no mercado não só pelo seu criterioso processo de produção, mas também pela preocupação com o desenvolvimento sustentável”. A Cristalina é um dos destaques da série Super Ideias, realizada pelo Canal Futura em parceria com o Sebrae.

O hotel Villa Oeste vem educando seus funcionários e clientes e investindo na preservação do meio ambiente. A coleta seletiva é realizada em todos os departamentos do hotel e o material reciclável é doado para a ONG local ACREVI (Associação Comunitária Reciclando para a Vida). Outra ação é a captação dos óleos alimentares provenientes da cozinha doados para credenciados na fabricação de sabão.

Obsolescência planejada m sua grande obra “A democracia na America”, datada de 1835, o pensador e historiador francês Alex de Tocqueville conta que perguntou a um marinheiro norte-americano porque os navios de seu país eram construídos da forma mais moderna, mas essa modernidade só durava um curto período de tempo. O marinheiro teria respondido que a arte de construção náutica estava se desenvolvendo com um ritmo tão rápido que os navios, por melhor que fossem, se tornavam quase inúteis se seu uso se prolongasse para além de um certo número de anos. O fato evidencia a lógica da estratégia para gerar mais vendas, reduzindo o intervalo em que o consumidor repete suas compras. Os construtores de navios os fabricavam com as melhores tecnologias de navegação, tonelagem de carga, mobilidade etc., porém procuravam desenvolver inovações que superassem essas tecnologias, fazendo com que os armadores, os que exploraram comercialmente os navios, comprassem embarcações novas por essas terem tecnologias mais avançadas e vantajosas. Essa técnica foi usada de forma intuitiva nos Estados Unidos e na Europa nas primeiras décadas do século passado, quando se iniciou a fase mais conturbada de produção em massa. Nesse tempo de economia desordenada, as grandes corporações analisavam todas as formas de fabricação, visando minimizar os custos e aumentar a demanda por seus produtos. No entanto a aplicação desse conceito era bem limitada. Quase cem anos depois, em 1932, quando os efeitos da queda da bolsa e New York se espalhavam pelo mundo, Bernard London, um corretor imobiliário de Manhattan, publicou o folheto “Acabar com a depressão através da obsolescência planejada”, no qual dizia a solução para a crise seria “planejar a obsolescência de bens de capital e de consu-

E

Taxas atrativas Os empresários potiguares têm mais uma oportunidade de obterem financiamento com taxas reduzidas, para capital de giro e descontos de duplicatas, no Banco do Nordeste. O BNB acaba de reduzir, mais uma vez, as suas taxas de juros da fonte in-

diretores da imobiliária RE/MAX Habitare, Paulo Nunes e Renato Bahia, estão de olho na praia de Pipa para abrir em breve uma segunda franquia. Os empresários afirmam que a fase é de bons negócios na imobiliária, loja que teve maior número de transações e captações exclusivas, além do maior valor geral de vendas em dezembro de 2011.

1

2

deve ser realizado com a observância dos princípios da “engenharia de valor”, um método que visa aperfeiçoar o “valor” de bens e serviços, partindo da “função” e dos “custos” desses mesmos bens e serviços, onde “valor” seria uma relação obtida entre a “função” que a mercadoria teria para satisfazer o consumidor e o “custo” que o empresário teria para fabrica-la. Assim, o valor de um objeto pode ser aumentado pelo melhor desempenho da função ou pela redução do custo de fabricação. Todavia sempre sob a ótica do princípio fundamental da engenharia de valor: na busca pelo menor custo, as funções básicas do produto devem ser preservadas. Os aparelhos de telefonia móvel são os melhores exemplos de obsolescência planejada: têm melhor desempenho e há redução de custo de produção; parte do qual é repassado para o consumidor. Mesmo com esse ganho, há que se chamar a atenção para os aspectos éticos envolvidos na questão. A obsolescência planejada é mais conhecida pelo seu potencial de benefícios para o produtor, porque esse sistema força o consumidor a comprar novamente o mesmo produto, só que acrescido com novas funções e/ou tecnológicas. Força porque o produto fica defasado por falta de peças de reposição ou de assistência técnica. Por outro lado, algumas empresas justificam o fato de lançarem mão desse recurso afirmando que as receitas adicionais assim obtidas são direcionadas à cobertura dos custos que têm com pesquisa e desenvolvimento de novos, melhores e mais modernos produtos que, em última análise, vão atender às necessidades dos consumidores, sempre ávidos por inovações. Mesmo fora do campo empresarial, a diminuição da vida útil dos produtos tem seus defensores. Eles afirmam que esse processo contribui para o avança tecnológico e para bem-estar material da sociedade.

ALCIMAR DE ALMEIDA SILVA [ Consultor Fiscal e Tributário ]

terna de recursos (Recin). A redução é maior do que a taxa Selic, definida pelo Comitê de Política Monetária (Copom), garante o Banco. No produto MPE Capital de Giro a redução é de 2,10% ao ano em relação à taxa anterior.

AMPLIAÇÃO Apostando na força da marca no RN, os sócios-

A Companhia de Serviços Urbanos de Natal remarcou as datas das licitações,para estudo e construção da estação de transbordo de resíduos sólidos urbanos de Cidade Nova,e a que trata do estudo para elaboração de plano de recuperação de área degradada da estação de transbordo.As duas licitações estão marcadas para terçafeira,dia 31de janeiro,às 9h30 para a primeira,e às 11h30 para a segunda.

mo no momento da sua produção”. Covenhamos, o que ele A obsolescência proclamava não era planejada é mais nada de novo. Porém conhecida pelo foi só depois da Seseu potencial de gunda Grande Guerbenefícios para o ra que o uso do conprodutor,porque ceito se intensificou, esse sistema principalmente na força o consumidor indústria automobia comprar lística e no setor de novamente o vestuário, onde a o mesmo produto, design e o estilo passó que acrescido saram a imperar socom novas funções mente por um ano. e/ou tecnologias.“ Outros ramos fabris só pontualmente lançavam mão do conceito. A ideia tomou novo impulso em 1954, quando Brooks Stevens, um designer industrial norte-americano, usou a expressão Obsolescência Planejada como título de uma palestra sobre publicidade. A partir de então o princípio virou moda, principalmente nas indústrias de ponta, aquelas que lideram em uso de inovações, de novas tecnologias. A lógica que está por trás do planejamento da obsolescência é encurtar o prazo em que o consumidor repete a compra da mesma mercadoria, reduzindo o ciclo de substituição de um bem ou serviço; telefone celular ou soft de computador. Hoje, a expressão Obsolescência Planejada é usada para identificar certas plantas industriais; certas políticas de concepção, planejamento e manufatura de um produto, cuja vida útil é deliberadamente limitada por se tornar obsoleto ou não funcional, após dado período de tempo, tempo esse concebido antes mesmo da etapa de fabricação. Todavia isso não deve ser uma conspiração contra os consumidores, pois o projeto

A Feira Internacional de Artesanato (Fiart), será encerrada hoje (29),no Centro de Convenções de Natal. A Fiart é uma exposição e venda de artesanato da América Latina,com a participação de artesãos não só do Brasil,mas de outros 12 países.Dos mais de 380 estandes que compõem a estrutura da Feira, 40% são ocupados por artesãos do RN.

3

A 44ª Gift Fair será realizada em São Paulo,de 27 a 1º de março,já de olho no Dia das Mães.É a maior feira de artigos para a casa, decoração e design da América Latina,e uma das mais importantes do mundo,no setor e, mais uma vez, apresentará todas as tendências para 2012 de moda para casa.A feira terá cerca de 700 expositores.

GASTRONOMIA (I) Para quem gosta de cozinha, o Senac promoverá cursos de curta duração na área de gastronomia. As capacitações são destinadas a pessoas que desejam adquirir conhecimentos básicos ou profissionais que queiram se aperfeiçoar nas atividades que desempenham. As aulas serão realizadas no Hotel-Escola Senac Barreira Roxa e na Unidade Mossoró, com turmas iniciando entre fevereiro e março. GASTRONOMIA (II) O Thermas Hotel & Resort, de Mossoró, inaugura uma nova opção gastronômica nas dependências do complexo aquático. Um quiosque incorpora uma tapiocaria, uma creperia e uma sanduicheria, com varias opções para os visitantes do Hotel. O funcionamento será diário, a partir das 15h. Além de saborear crepes, tapiocas e sanduíches, os visitantes ainda vão ter a opção de conhecer a diversificada gastronomia do Thermas. OPÇÃO O pacote de Carnaval da Arituba Turismo para São Francisco e Las Vegas promete um roteiro especial com visitas aos teatros, cassinos, shoppings, restaurantes e opção de passeio ao Grand Canyon. Também está incluso passeios pelos tradicionais bondes e ida a pontos turísticos como a Ponte Golden Gate e Chinatown. Mais informações através do telefone: (84) 3133-3880. INTERIOR A Rede Sabino Palace, de Mossoró, lança pacotes promocionais para o carnaval. Os hotéis trazem opções de diárias nas cidades de Areia Branca, Mossoró e Apodi pra quem prefere a folia ou o descanso, em Martins. As diárias são com pensão completa – café, almoço e jantar – ou meia pensão, com café, almoço ou jantar. Os valores vão de acordo com cada hotel e seu tipo de apartamento, a partir de R$ 260 (Lajedo), R$ 648,00 (Serrano) e R$ 754 (Costa).

Pedágio urbano Constituição Federal veda à União, aos Estados, ao Distrito Federal e aos Municípios o estabelecimento de limitações ao tráfego de pessoas ou bens, por meio de tributos interestaduais ou intermunicipais, ressalvando a cobrança de pedágio pela utilização de vias conservadas pelo Poder Público. Tal disposição conduz à interpretação, dentre outras, de que o pedágio é uma espécie tributária, por encontrar-se tratado na seção destinada às limitações do poder de tributar, bem como de que sua cobrança só pode ocorrer na utilização de vias interestaduais e intermunicipais. Ao examinar aquela disposição, doutrinadores entenderam condicionada a cobrança de pedágio à existência de alternativas, de modo a permitir ao contribuinte a escolha de utilização entre uma via sujeita à cobrança de pedágio e outra não sujeita. Ao tratar dos bens públicos, o Código Civil admitiu a retribuição daqueles de uso comum, como rios, mares, estradas, ruas e praças, desde que estabelecido legalmente pelo ente a cuja administração pertençam, resultando na interpretação de que a cobrança do pedágio não se li-

A

mita às vias interestaduais e intermunicipais. Isto sem falar dos Recentemente elevados custos que, editada, a Lei de Didireta ou retrizes da Mobilidaindiretamente,são de Urbana prevê a cobrados dos que possibilidade de coconseguem brança do pedágio sobreviver a este pela circulação de verdadeiro extermínio,como se a veículos nas vias urbanas, em conformivida não se dade com as leis muconstituísse no bem nicipais, negando asmais valioso a ser sim a interpretação preservado.Que o dada à disposição pedágio tenha este constitucional de que condão.” o pedágio só poderia ser cobrado pelo uso de vias intermunicipais ou interestaduais e confirmando a possibilidade prevista no Código Civil, no sentido de que ele também se aplica às vias intramunicipais e mais precisamente nas zonas urbanas devidamente delimitadas em leis municipais. A se confirmar esta possibilidade, não havendo declaração de inconstitucionalidade

em face da primeira interpretação, os Municípios passam assim a dispor de forte instrumento de ordenamento do tráfego urbano através de tributação extrafiscal que embora não tendo o objetivo arrecadatório sem dúvida não deixará de contribuir para a melhoria de suas finanças. Mesmo que em expressão apenas suficiente à cobertura dos custos de investimento e de custeio das atividades de planejamento, controle e fiscalização do trânsito urbano. É de se esperar que da criteriosa instituição e administração do pedágio urbano venha a ser solucionando o problema talvez mais grave dos aglomerados urbanos que vem a ser o congestionamento de veículos, que muitos danos tem causado à sociedade, não apenas pelo embaraço ao exercício do direito de ir e vir como do ponto do vista do sacrifício de numerosas vítimas. Isto sem falar dos elevados custos que, direta ou indiretamente, são cobrados dos que conseguem sobreviver a este verdadeiro extermínio, como se a vida não se constituísse no bem mais valioso a ser preservado. Que o pedágio tenha este condão. E-mail: aasconsultoria@bol.com.br

SEMIO TIMENI SEGUNDO [ Mestre em Administração,Consultor Empresarial e Coach ]

Será um MBA a solução? oje o mercado é muito mais exigente! São clientes com mais informações, concorrentes mais agressivos, o marketing, o RH, as finanças... Um universo de elementos que não era tão complexo há 15 ou 20 anos. E não tem escapatória: se você quer crescer – ou até mesmo sobreviver! – neste mercado você precisa aumentar seus conhecimentos. Um dos caminhos para alcançar este objetivo é fazendo um MBA. Esta sigla em inglês virou moda nos últimos anos no Brasil, seguindo tendência internacional, pois se credita a estas três letras o poder de introdução ou atualização no mundo da Administração para aqueles egressos de um curso superior (não precisa ter feito um Curso de Administração para cursa-lo). O MBA, de “Master of Business Administration” ou Mestrado em Administração de Negócios, é reconhecido no Brasil como “Pósgraduação Latu Sensu”, ou seja, uma especialização, diferente da maioria dos países do mundo, que o reconhece como Mestrado. Por aqui quem acaba o MBA não tem o direito de ostentar o título de Mestre. Ok, o MBA é uma forma de educação continuada das mais procuradas no nosso país. Mas daí nasce a dúvida: será que um MBA é a solução para melhorar seus conhecimentos? Em recente artigo publicado em seu blog no site da conceituada revista Psychology Today sob o título “Why the value of the MBA has declined?” (numa tradução livre, “Por que

H

o valor do MBA diminuiu?”) , o consultor americano e esAfinal,“mera pecialista em Lidemudança não é rança Ray Williams crescimento: questiona diversos crescimento é a síntese de mudança e aspectos ensinados continuidade,e onde pelos MBAs naquele país. não há continuidade O principal deles é não há crescimento”, que os métodos trajá ensinava o poeta dicionais de ensino, irlandês C.S.Lewis. como estudos de caPense nisso.Bom sos, leituras ou distrabalho.Sucesso!” cussões em grupos, estão conduzindo os alunos a respostas prontas para problemas ocorridos no passado. Para o autor, muitas vezes a escolha de professores com grande competência intelectual mas sem experiência prática afasta o verdadeiro aprendizado do adulto, bem mais conectado com as questões comportamentais. Uma outra crítica, também muito pertinente, principalmente depois dos adventos da crise financeira de 2008, é a que faz o artigo “Is this time to retrain B-Schools?” (algo como “Está na hora de retreinar as Escolas de Negócios?”), do Jornal The New York Times. O artigo aponta que alguns dos executivos e empreendedores que causaram as quebras de instituições financeiras americanas tinham um MBA no currículo, levantando a dúvida se o fato de muitas escolas de negócios darem grande peso ao ensino de como tirar o máxi-

mo de lucratividade, sem o devido peso nas questões éticas, não teria influenciado no processo que culminou com uma grave crise internacional. Pela experiência americana, sociedade precursora dos cursos de MBA e responsável por um terço dos estudantes no mundo, podemos aprender para questionar qual o real direcionamento que queremos dar à educação continuada. Será o MBA a solução para aumentar seus conhecimentos? Sim, com certeza! Mas será que as Escolas de Negócios brasileiras estão atentas a pontos como os aqui levantados? Será que tem dado a verdadeira relevância a questões éticas no mundo dos negócios? Será que o ensino está focado no aprendizado de adultos, que acarreta uma abordagem comportamental, de utilização tangível e individual? Assim, por mais que um MBA possa trazer de conhecimentos para sua vida, fica a pergunta: ao escolher um curso, que tal observar se ele está construído dentro dos temas desta nova década? Mais que um nome de uma instituição reconhecida – que remete ao passado desta – que tal procurar um MBA que atrele, verdadeiramente, crescimento à sua vida. Afinal, “mera mudança não é crescimento: crescimento é a síntese de mudança e continuidade, e onde não há continuidade não há crescimento”, já ensinava o poeta irlandês C.S. Lewis. Pense nisso. Bom trabalho. Sucesso!


economia

Domingo | 29 de janeiro de 2012

Tribuna do Norte | Natal | Rio Grande do Norte |

3

ENTREVISTA / GEORGE COSTA, diretor executivo do Natal Convention Visitors Bureau Você acaba de ser reconduzido à Diretoria Executiva do Natal Convention Visitors Bureau. Quais os planos? Nossa meta é captar 100 eventos para Natal nos próximos dois anos. É uma meta ousada. Desde que foi criado (em 2001) até agora, o Natal Convention Bureau captou 100 eventos. A gente quer fazer isso até 2014. A cidade tem potencial para isso. Tem bons equipamentos, bons hotéis, um centro de convenções funcional, bem localizado. Além disso, tem uma capacidade ociosa muito grande, o que é um ponto a favor na hora da captação. Com isso, a gente consegue melhores preços e menores tarifas. Quantos eventos o Natal CVB captou nos últimos três anos? Em 2009, captamos 18. Em 2010, 27 (mais de 50% a mais). Em 2011, 40. Entre 2010 e 2011, o crescimento foi superior a 100%. Os 40 eventos que captamos no ano passado vão trazer para Natal nos próximos quatro anos mais de 60 mil pessoas. Essas 60 mil pessoas vão injetar na economia local mais de R$120 milhões. Este dinheiro não entraria aqui, se o evento não viesse para cá. Iria para o Estado que captasse o evento. O RN dificilmente compensaria esta perda.

“NATAL TEM A ISCA CERTA, MAS PRECISA ACERTAR A PONTARIA” ANDRIELLE MENDES repórter

C

aptar 100 eventos para Natal e gerar com isso cerca de R$ 300 milhões em negócios. A meta do Natal Convention Visitors Bureau (Natal CVB) para os próximos dois anos é bastante ousada. A entidade, que tem como principal objetivo gerar negócios em Natal através da captação de congressos e feiras, conseguiu captar 100 eventos entre 2001 e 2009. Agora George Costa, diretor executivo, quer repetir a marca, em dois anos. “Acredito que vamos alcançá-la”. Há espaço e argumentos para isso. Segundo pesquisa encomendada pela Natal CVB à Fecomercio em 2010, cada turista de eventos que vem a Natal deixa em média R$ 500 por dia na cidade. O valor sobe de acordo com o poder aquisitivo do público convidado. Em 2010, chegou a R$ 2 mil por congressista. Além disso, o turista de eventos chega antes, traz acompanhante, passeia na cidade, vai ao supermercado, pede nota fiscal. É um turista que precisa ser fisgado. Natal, segundo George, reconduzido ao cargo após dois anos à frente da diretoria executiva, tem as iscas certas, mas precisa acertar a pontaria. “Quando a gente diz que Natal vai concorrer, outras cidades começam a retirar sua candidatura. Eles sabem que não tem o apelo nem a estrutura que nós temos”. George teme, porém, que descaso com a cidade atrapalhe os planos. JÚNIOR SANTOS

O Natal CVB quer captar 100 eventos para Natal nos próximos dois anos.Vocês já calcularam quantas pessoas virão e quanto elas injetarão na economia? O número de visitantes e o valor injetado na economia variam de acordo com o porte dos eventos. Considerando a média obtida com os 40 eventos captados no ano passado, os 100 eventos poderão trazer 150 mil visitantes que injetarão R$ 300 milhões na economia local nos próximos quatro anos. O valor é alto. Sabe-se quanto cada turista de eventos,foco do Natal CVB,deixa em Natal? Procuramos a Fecomercio e pesquisamos o perfil do turista que participou de quatro eventos em Natal em 2010. Essa pesquisa mostrou que o visitante que participou do evento de menor poder aquisitivo gastou, em média, R$ 500 por dia. O de lazer gasta em torno de R$ 180. O turista de eventos gasta no mínimo três vezes mais. Sabe por quê? Oitenta por cento deste gasto é bancado ou pela empresa onde ele trabalha ou por um patrocinador que mandou o congressista para cá ou pelo governo através de bolsas. Se ele não precisa pagar hospedagem, passagens, deslocamento, irá aos melhores restaurantes, à praia, ao shopping. É natural que isso aconteça. E ainda gasta de forma oficial, o que é muito bom para o governo. Ele pede nota fiscal, porque precisa prestar contas quando voltar. Isto gera imposto. Com o turista de lazer muitas vezes isso não acontece. É por isso que este segmento é explorado no mundo inteiro. É o tipo de turismo que deixa mais receita no estado. E isso foi comprovado por pesquisa local. Estes números bateram exatamente com os levantados pela Embratur há dez anos. Segundo a Embratur, um turista de evento gasta em média U$ 220 no Brasil. Antes de fazer a pesquisa em Natal, eu dizia: ‘esses caras devem ter feito esta pesquisa em Brasília, São Paulo, Rio de Janeiro, onde tudo é mais caro. Essa não é a nossa realidade’. Mas foi batata. O valor gasto aqui variou entre R$ 501 e R$ 2 mil. Natal tem este potencial. Que outros dados fazem com que este visitante se diferencie dos demais? Cinquenta por cento dos turistas de eventos que vêm a Natal ou chegam um dia antes ou vão um dia depois, ampliando sua permanência na cidade; se tornando, portanto, também um turista de lazer. Além disso, 15% deles trazem acompanhantes. Pessoas que não assistem a nenhuma palestra, que só vem para passear. Tu-

lhar assim, principalmente a nível de governo, onde as coisas são lentas e difíceis pela burocracia, não vai dar certo. É uma pena. Como a secretaria de turismo não é executora, ela deveria pensar ações a médio e longo prazo.

do isto aumenta o valor gasto. 86% deles também querem trazer a família depois. Além disso, 18% visitam feiras de artesanato; 22% visitam as praias; 25% vão a restaurantes; 26% vão a shoppings e 33% compram em supermercados. A cadeia é muito ampla. Ainda é difícil convencer o Governo com estes números? Se o Governo fizer a conta, bota dinheiro aqui para trazer mais gente. Se o governo considerar apenas os efeitos na cadeia do turismo, não vai se convencer, apesar dos números serem fortes. Eles precisam compreender que incentivar a captação de eventos científicos é contribuir para a formação de cientistas, técnicos, professores e estudantes potiguares. Qual a participação do turismo de eventos no total? O turista de eventos representa apenas 10% de todos os turistas que vêm a Natal. De 100%, só 10% vem para participar de um congresso. Temos um campo muito grande para crescer. Natal só despertou para esta modalidade de turismo a partir da reforma do Centro de Convenções, em 2007. Queremos elevar esta participação

para 20%. Como a gente estava adormecido há muito tempo os caras (os estados vizinhos) deitaram e rolaram em cima da gente. Em quanto tempo será possível atingir esta meta? A gente quer atingi-la até o final de 2014. Serão três anos de muito trabalho. Mas acredito que vamos conseguir. Qual o impacto disso? Se alcançarmos 20% do total, digo com toda convicção que 50% da receita do turismo em Natal vai vir de eventos. Vinte porcento equivale a muito mais dinheiro. O Convention trabalha sempre a médio e longo prazo.É isso o que falta às secretarias de turismo? É. A Secretaria de Turismo não é executora. Não é uma secretariafim. Não é atribuição dela solucionar problemas pontuais, mas é sua responsabilidade ver adiante. Este é um papel muito importante. A secretaria também precisa trabalhar as estatísticas. Não ter números confiáveis sobre o setor é um erro muito grave. A gente sabe que São Paulo é o principal emissor dentro do Brasil. Tudo bem. Mas quem é o paulista que vem a Natal? Qual o seu perfil?

Não custa nada fazer uma pesquisa. Basta conversar com ele no aeroporto, na rodoviária, na praia. Desta forma, você vai descobrir quem ele é e como ele avalia a cidade. Assim, conseguirá aplicar de forma mais eficiente os recursos. Vamos supor que 90% deles estão satisfeitos com as praias. Ótimo. Mantém-se as ações nesta área. Mas vamos supor que 20% deles não estão satisfeitos com os bares e restaurantes. Cabe a secretaria chamar a entidade que representa o setor e corrigir as possíveis falhas. Este é o papel regulador da secretaria. Até porque para obter recursos junto ao Ministério do Turismo, precisa-se apresentar números... Como vão provar que o setor precisa de mais investimento? Como não há dados, as secretarias não conseguem enxergar um palmo a frente. “Preciso ir na secretaria de planejamento pedir diárias para o evento que será realizado em fevereiro”. Este é o máximo de visão que o pessoal consegue ter. É muito difícil trabalhar assim. Todo dia apagando incêndio. Trabalhando de forma emergencial e paliativa... Não funciona. Se você traba-

Se a Copa fosse amanhã e só o estádio estivesse pronto, acredito que Natal não enfrentaria graves problemas. Nossa hotelaria suportaria, nossos corredores turísticos suportariam.”

O turista de eventos representa apenas 10% de todos os turistas que vêm a Natal. Temos um campo muito grande para crescer. A meta é elevar esta participação a 20%."

Como você avalia o momento vivido pelo turismo potiguar? O Turismo está vivendo uma crise. Principalmente o de lazer. O de eventos está conseguindo gerar bons negócios, mas não vai resolver a situação, porque só representa 10% do total. A queda no turismo de lazer reflete uma desatenção com o setor. As pessoas vem a Natal, gostam e recomendam para outras. Durante muito tempo Natal surfou sozinha nesta onda, mas não houve investimento em promoção. A onda agora diminuiu. Somos o primeiro a sentir. É preciso reverter esta situação. Se não mudarmos este quadro neste semestre, haverá demissões. Ninguém segura. Muita gente acha que o turismo em Natal está muito bem. Mas não é bem assim. É preciso investir em divulgação. É por isso que Estados vizinhos, como Ceará e Pernambuco, conseguem avançar e a gente não? É. Precisamos divulgar o destino entre a Classe C. O Rio de Janeiro ainda é o destino turístico mais procurado. Mas o Nordeste tem um apelo muito forte. Por ser uma das sedes da Copa, Natal será divulgada internacionalmente até 2014. É preciso aproveitar esta exposição. Para isso, precisamos manter a cidade limpa e segura. Manter a marca da cidade conquistada nos últimos 20 anos. Não podemos perdê-la. Nosso receio é que Natal perca a sua marca com todo este descaso. Uma cidade não perde turistas em um mês, a não ser que ocorra algo pontual e grave. Mas se não cuidar de seu produto, perderá gradativamente os turistas. Aproveitando a resposta,a exposição que Natal conquistará durante a Copa pode ser negativa, se a cidade não estiver bem cuidada,segura e limpa? Se a Copa fosse amanhã e só o estádio estivesse pronto, acredito que Natal não enfrentaria graves problemas. Nossa hotelaria suportaria, nossa malha rodoviária suportaria, nossos corredores turísticos suportariam. É óbvio que se a copa fosse agora em fevereiro, prefeitura e governo realizariam um mutirão para deixar tudo organizado. Isso é óbvio. Se não der certo nenhuma obra no Brasil, vai ser feriado no dia do jogo. Isso por si só já resolve a questão do trânsito. Natal é uma das poucas sedes que já tem uma infraestrutura que suporta o evento. É por isso que esta questão não me preocupa. Acho que perderíamos uma ótima oportunidade de crescimento para nós cidadãos. A gente quer que as coisas aconteçam. São mais de 5 mil municípios com inveja de 12. O dinheiro está sendo canalizado para cá. Conseguir recursos federais é muito difícil. As pessoas dizem que os jogos que sediaremos não serão expressivos. Mas sorteio é sorteio. Vai ter um cabeça de chave jogando aqui. Pode vir uma Espanha. Uma Alemanha. Uma Inglaterra. Vai ter um Japão também? Vai. Não se pode levar quatro jogos de primeira linha. Mas também ninguém leva. A gente tem certeza que a exposição será positiva. O turista vai escolher Natal. A última copa que reuniu futebol e praia tropical foi em 86. A gente conversa com o pessoal do Convention Bureau de todo o Brasil e o pessoal diz: ‘vocês do Nordeste vão se dar muito bem’. O turista vai assistir o jogo em Porto Alegre, mas vai querer passar as férias dele na praia. O Nordeste reúne tudo o que os turistas querem. Natal também. Tomara que não passe 15 dias chovendo. Vamos torcer para que isso não ocorra (risos).


4 | Tribuna do Norte | Natal | Rio Grande do Norte

economia

Domingo | 29 de janeiro de 2012

Diante das dúvidas suscitadas no mercado, empresas nacionais se movimentam e antecipam projetos de aquisição e fusão que vinham sendo deixados em segundo plano. Estrangeiros preferem aguardar as novas regras

[ CONCORRÊNCIA ]

Lei altera tramitação de processos “ CÉLIA FROUFE Agência Estado

rasília - A mudança na lei da concorrência brasileira, que entra em vigor em junho, já faz com que alguns projetos de fusões e aquisições sejam acelerados e outros, postergados. Com dúvidas sobre as principais alterações e possíveis impactos nos negócios fechados dentro do ambiente regulatório atual ou do que está por vir, empresários intensificaram as consultas no início deste ano aos escritórios de advogados especializados em defesa comercial. São muitas as regras diferentes previstas na nova lei, co-

B

Recebemos um volume grande de consultas com a mudança na legislação” LEONARDO ROCHA Advogado

mo a análise prévia da operação. Hoje, as empresas têm 15 dias para comunicar o órgão antitruste sobre o fechamento de uma operação. Outra mudança significativa, mas que

ainda precisa ser enquadrada no regimento interno, é a questão dos prazos. O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) terá até 240 dias 330 no máximo, se for solicitada prorrogação por uma das partes - para encerrar um julgamento. A percepção da advogada Gianni Nunes é de que grupos nacionais vêm demonstrando preferência em agilizar as tratativas com o objetivo de ver seus negócios avaliados pelas regras atuais. Já as companhias estrangeiras que atuam no Brasil mostram mais interesse por aguardar uma análise prévia. “Essas empresas já estão acostumadas com regras co-

mo esta no exterior”, comentou. As principais perguntas, segundo Gianni, dizem respeito aos reflexos das mudanças nas operações. “As empresas querem saber as consequências de fechar ou não determinado negócio agora e como fica a aplicação da lei nos dois casos”, identificou. Para ela, os membros do Cade têm optado por um discurso otimista em relação às mudanças, mas as dúvidas em momentos de transição sempre existem e trazem apreensão. “A grande maioria, se puder, vai agilizar tudo antes da entrada em vigor da nova lei”, afirmou. O advogado Leonardo Rocha e Silva também destacou que há uma “natural apreensão” por par-

te dos clientes em relação ao novo. “Recebemos um volume grande de consultas com a mudança na legislação”, considerou. Isso é fruto, de acordo com ele, da transformação da área da concorrência em um segmento sensível dentro do desenvolvimento econômico do País. “Além disso, há incertezas que precisam vir por meio do regimento do Cade”, acrescentou. Na avaliação de Silva, as regras internas, que estão previstas para serem apresentadas no próximo mês, podem ser fundamentais para a decisão e impactar determinadas companhias e tomar uma decisão sobre o timing da apresentação do negócio. A

orientação do escritório tem sido a de acalmar os empresários. “Não adianta muito correr, não há muita vantagem nisso”, observou. O principal benefício em antecipar uma transação que poderia sofrer restrições para o julgamento pela lei atual seria uma negociação com o órgão antitruste para fechar um Acordo de Preservação de Reversibilidade da Operação (Apro). Isso poderia ser útil para determinadas integrações entre companhias. A mudança é bem-vinda para o profissional, mas ele lembra que a transição não é algo fácil e a lei também não equaciona todos os gargalos da concorrência.

Consultorias recebem pedido de informações sobre sistema O consultor econômico para fusões e aquisições Jorge Fagundes também notou o aumento no volume de consultas sobre o novo sistema. “Empresas que estão prestes a fazer alguma operação, colocaram em seu hall de dúvidas a seguinte questão: vale a pena acelerar o processo?”, relatou. “E a nossa resposta é que depende das características implícitas da operação”, continuou. Para Fagundes, a nova lei trará mais agilidade às análises. “As coisas podem fluir com mais rapidez”, disse. Na avaliação do consultor, a entrada do Super Cade tende a diminuir a judicialização das decisões da autarquia. O procurador geral do Cade, Gilvandro Araújo, relatou que as

dúvidas dos clientes têm sido repassadas pelos advogados ao órgão antitruste. “Não existe nada que foi reverberado no mercado que não esteja no nosso radar”, garantiu. Segundo ele, os membros do Conselho já concederam duas palestras para tratar do tema no final do ano passado, quando dúvidas e sugestões foram colhidas. Segundo ele, no ano passado, as multas definidas pelo Cade somaram R$ 30 milhões. Os recursos foram remetidos para o Fundo de Direitos Difusos (FDD), que também está sob a alçada do Ministério da Justiça. O Conselho fechou também 10 acordos com empresas no ano passado e viu chegar à Justiça 58 processos que passaram pela autarquia. JOSÉ CRUZ/ABR

Gilvandro Araújo, do Cade, destaca transparência do processo


Domingo | 29 de janeiro de 2012

[ FINANÇAS ]

Bancos públicos turbinam o crédito rasília (AE) - Discretamente, bancos públicos turbinaram a concessão de empréstimos no fim do ano passado e contribuíram para que o estoque de crédito crescesse acima do estimado pelo Banco Central e ultrapassasse a marca histórica de R$ 2 trilhões em 2011. Enquanto as instituições privadas ampliaram a carteira de crédito em 3,2% no último trimestre, as públicas registraram expansão de 7,7%. Com isso, os bancos estatais terminaram o ano com novo aumento de participação no mercado de crédito, que chegou a 43,5%. No ano passado, o volume de crédito de todo o mercado cresceu 19%, acima da previsão de 17,5% feita pelo BC há cerca de um mês Para 2012, a previsão oficial é de uma expansão de 15%. Parte desse crescimento mais forte que o previsto pode ser atribuído ao desempenho das operações na reta final do ano, quando deslanchou o crédito dos bancos estatais para pessoas físicas, tanto para consumo como para habitação. Nessas operações, o volume dos públicos avançou 10,5% no último trimestre do ano, mais de quatro vezes maior que a dos concorrentes privados. Esse comportamento dos públicos segue a orientação do governo que, desde agosto, adotou uma série de medidas para incentivar os empréstimos como forma de manter a economia aquecida, como corte de juro e reversão de restrições aos financiamentos de veículos e crédito pessoal. Apesar de os números mostrarem diferença no comportamento das instituições estatais em relação ao restante do mercado, o chefe do Departamento Econômico do BC, Túlio Maciel, disse que ainda não é possível observar um comportamento distinto dos bancos públicos, como em 2008 e 2009. Maciel destacou, no entanto, o crescimento de 6,3% no crédito do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) somente em dezembro. Enquanto bancos públicos abrem a torneira do crédito, o BC diz que os privados ainda estão cautelosos em relação à inadimplência. Em dezembro, o calote nos empréstimos se manteve em 7,3%. Segundo Maciel, a estratégia dos privados atrasa o repasse da melhora das condições do mercado ao consumidor. “Em parte, essa cautela é explicada pelo aumento da inadimplência ao longo do segundo semestre”, disse Maciel, ao comentar que bancos têm tido “maior seletividade” na concessão do crédito. Mesmo com essa seletividade, os juros caíram nos últimos dois meses, na esteira da redução das taxas anunciada pelo BC. Mesmo assim, terminaram 2011 acima do verificado no ano anterior: 43,8% ao ano para pessoa física e 28,2% para empresas. Dados do início de janeiro mostram queda sazonal nas concessões, puxada pelas empresas. Foi registrada, ainda, pequena alta nos juros para o consumo.

B

ELZA FIÚZA/ABR

Maciel: cautela dos bancos e inadimplência dos clientes

economia

Tribuna do Norte | Natal | Rio Grande do Norte |

5


economia

6 | Tribuna do Norte | Natal | Rio Grande do Norte

Domingo | 29 de janeiro de 2012

[ COMÉRCIO ] Magazine Luíza, uma das gigantes do varejo no Brasil lança nova estratégia de marketing e espera crescimento nas vendas com o aquecimento da economia

Abrindo a porteira LUIZ ANTÔNIO FELIPE laf@tribunadonorte.com.br

Espaço para as famílias Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), quer ampliar as vendas da agricultura familiar para as redes de supermercados em 2012. O ministério lançará nova chamada pública para qualificar empreendimentos de pessoas jurídicas interessadas em participar da inciativa, diz o diretor de Geração de Renda e Agregação de Valor da Secretaria de Agricultura Familiar (SAF) do MDA, Arnoldo Campos. Aproximar agricultores familiares da rede varejista é uma das ações do Plano Brasil Sem Miséria. Já foram firmados pactos entre os ministérios do Desenvolvimento Agrário (MDA) e Desenvolvimento Social (MDS) com a Associação Brasileira de Supermercados (Abras) em todas as regiões do país. O acordo prevê a capacitação, contratação de mão de obra e aquisição de produtos da agricultura familiar pelas lojas filiadas à Abras e contribuir no combate à pobreza extrema.

O

HOTELARIA

O MDA define também as ações com a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH). Os milhares de hotéis e outros meios de hospedagem no Brasil representam um grande potencial de mercado para os produtos da agricultura familiar. As formas de explorar esse potencial foram definidas em reunião entre representantes da ABIH e da Secretaria da Agricultura Familiar do MDA. Para iniciar a implementação do acordo, firmado em dezembro, será fundamental o uso do portal Rede Brasil Rural pela rede de hotéis filiados à ABIH.

Inverno (I)

Inverno (II)

Ainda não está totalmente consolidada a previsão de um bom inverno em 2012, no semiárido nordestino. Por isso mesmo, os meteorologistas alertam para os agricultores não iniciarem agora o plantio de sementes. A orientação é esperar para as primeiras semanas de fevereiro. A próxima reunião de análise climática será em Natal, nos dias 16 e 17 de fevereiro, sob a coordenação da Emparn.

A Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) prevê 40% de probabilidade para a categoria normal na estação chuvosa deste ano. O período de chuvas no Estado está previsto para ter início em fevereiro e término em abril. A fundação afirma ainda que há 25% de probabilidade de uma estação chuvosa considerada acima da média e 35% de chances de ser abaixo da média.

Feira de orgânicos A maior feira de produtos orgânicos confirma 2.500 expositores na edição de 2012. A BioFach acontecerá de 15 a 18 de fevereiro na Alemanha e traz profissionais renomados para debates sobre sustentabilidade. São esperados 44 mil visitantes. Um dos temais centrais do evento de

2012 é a sustentabilidade nos âmbitos ecológico, social e econômico. A “onda verde” está na moda. Só na Alemanha são mais de 100 marcas dedicadas inteiramente à filosofia verde. O mercado movimenta U$ 543 milhões, de acordo com estudo da Fundação Morarka.

EMPREGO Em 2011, a agricultura brasileira teve a maior geração de empregos desde 2004. O setor abriu 82,5 mil vagas, gerando 112,1 mil postos de trabalho. As informações são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho. Em relação a 2010, o aumento registrado foi de 5,54% e o ritmo de crescimento foi semelhante ao do comércio e de serviços. Nestes dois setores, o avanço foi de 5,61% e 6,43%, respectivamente.

1

O Diretor de Administração e Finanças da Emparn,Amilton Gurgel Guerra,especialista em fruticultura,está com um novo livro no mercado.A obra é fruto de parceria com os pesquisadores da Ufersa,Vander Mendonça e Luciana Mendonça.O livro "O Agronegócio da Goiaba – Do Plantio à Comercialização" aborda os mais importantes temas para o agronegócio da fruticultura.O livro se divide entre a apresentação de conceitos e análises que originaram a área do plantio até a comercialização da goiaba.Pode ser adquirido ao preço de R$ 59,93 (edição impressa) e R$ 30,16 (em formato PDF).

2

O Serviço Nacional de

Aprendizagem Rural (Senar),lançou novo edital de credenciamento para educadores prestadores de serviço.O processo se estenderá até 3 de fevereiro e abrange diversas áreas da Educação Profissional Rural. Nessa primeira fase, os interessados deverão acessar o site: www.senarrn.com.br ,onde encontrarão todas as informações necessárias para seu credenciamento (formulário de inscrição e documentação exigida),disponíveis no edital e anexo.

3

A

produtividade agrícola do Brasil cresce mais que a mundial,resultado do incentivo à pesquisa,aumento das exportações e ampliação do crédito rural. O Brasil é líder em produtividade agrícola na América Latina e Caribe e apresenta índices de crescimento acima da média mundial O crescimento anual da produtividade do Brasil é de 3,6 % ao ano, comparativamente aos 2,6% da América Latina,0,86 % dos países desenvolvidos e 1,98% para o conjunto de países em desenvolvimento.

PRAZO A Federação da Agricultura do RN informa que o prazo para Contribuição Sindical Rural termina terça-feira, dia 31 de janeiro. O pagamento deverá ser feito através da Guia de Recolhimento da Contribuição Sindical Rural, exercício 2012. Os produtores que empreendem atividades econômicas enquadrados como empresários ou empregadores rurais terão que quitar suas guias de pagamento ou poderão sofrer com as multas.

SOJA As exportações de soja entre 2010 e 2011 tiveram uma alta de 47,85%, somando US$ 16,3 bilhões, já as de milho cresceram 22,6%, alcançando os US$ 2,7 bilhões. Os dados são do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC).

Vendas em janeiro deixam megalojas mais otimistas JÚNIOR SANTOS

SUZANA INHESTA Agência Estado

ão Paulo - O diretor de Marketing e Vendas do Magazine Luíza, Frederico Trajano, acha que as boas vendas da rede no mês de janeiro trouxeram uma percepção à empresa de que 2012 será um período aquecido para o setor. “Janeiro me surpreendeu positivamente e me fez mais otimista para o ano. A Liquidação Fantástica, realizada simultaneamente no dia 6 (Dia de Reis Magos) e estendida no final de semana, foi um sucesso, independentemente das expectativas”, declarou o executivo durante entrevista coletiva, na semana passada. Trajano, no entanto, preferiu não citar números nem projeções. Na semana passada, a companhia lançou para o público o “Magazine Você”, iniciativa que permite ao usuário de redes sociais “abrir” uma loja no Orkut e/ou Facebook com até 60 itens do comércio eletrônico da rede varejista. O projeto havia sido lançado em 22 de agosto do ano passado, mas somente para familiares de funcionários. “A extensão para todo o público seria feita em março, mas como vimos que a plataforma estava estável e o piloto foi bem-sucedido resolvemos antecipar”, contou Trajano. No lançamento do projeto-piloto, a empresa tinha estipulado a meta de mil lojas abertas no final de março, mas o número foi alcançado neste mês. Das mil lojas, 708 estão no Facebook e 450, no Orkut. A taxa de conversão (número de visitas que viram compras efetivas) é 50% maior do que a do site de comércio eletrônico do grupo. “Essa taxa sempre vai ser maior do que a da nossa loja, já que o divulgador escolhe produtos específicos para os amigos e o ‘boca a boca’ é sempre a melhor propaganda”, res-

S

Promoção feita no feriado de Santos Reis levou milhares de consumidores às lojas de Natal

Queremos pessoas que escrevam resenhas relevantes, que tenham uma quantidade grande de amigos, que gerem elogios, comentários” FREDERICO TRAJANO Diretor de Marketing

saltou o diretor, informando que a rede já prepara o projeto para quando o Google Plus, do Google, chegar ao Brasil. INVESTIMENTOS Embora não dê valores de in-

vestimentos, o Magazine Luíza informa que eles serão feitos, basicamente, em tecnologia. “O marketing é feito pelos divulgadores, donos das lojas. Desse jeito, otimizaremos nossos investimentos nessa área”, disse. Dependendo da quantidade de amigos-fãs, comentários, sugestões, o Magazine Luíza classifica as lojas e as destaca no site de comércio eletrônico. “Queremos pessoas que escrevam resenhas relevantes, que tenham uma quantidade grande de amigos, que gerem elogios, comentários. Avaliamos não só o desempenho das vendas”, ressaltou Trajano. Os preços dos itens das lojas nas redes sociais são os mesmos do site do Magazine, mas o executivo não descarta realizar promoções especiais para as redes sociais.

As comissões variam de um porcentual de 2,5% a 4,5%, comparáveis aos programas de filiados de outras redes virtuais, como Submarino e Google. A taxa varia por categoria de produtos, em sua maioria na proporção de margens (móveis podem ser maiores e eletrônicos menores, por exemplo), mas as comissões podem ser beneficiadas pela negociação da rede com o fornecedor. “É um canal novo, complementar ao nosso site. Não canibaliza os canais e traz novos clientes”, disse Trajano. Atualmente, a equipe de profissionais que cuida do “Magazine Você” está na estrutura da rede de Pesquisa & Desenvolvimento, com uma espécie de equipe de “incubação”. Porém, à medida que o projeto for evoluindo, pode ter uma estrutura própria.

A garota-propaganda que veio do Canadá Aproveitando a repercussão que começou com uma frase dita pelo seu pai, o colunista social Gerardo Rabello, durante a propaganda de um lançamento imobiliário em João Pessoa (PB) (“Menos Luiza, que está no Canadá), o Magazine Luíza chamou a Luiza Rabello para ser a “garota-propa-

ganda” do “Magazine Você”. Ela fez um vídeo de pré-lançamento do projeto que está no YouTube desde a última terça-feira. A rede ainda propôs uma brincadeira com seus clientes por conta da similaridade entre os nomes pedindo que eles criassem um novo nome para o Magazine Luiza

por meio do Twitter e do Facebook. O vencedor ganhou uma loja do “Magazine Você”, com benefícios, como 10% de comissão e R$ 5 mil para divulgar sua loja nas redes sociais. “Nos aproximamos mais do Magazine Luíza quando a rede comprou a Lojas Maia, muito for-

te em João Pessoa (na Paraíba), nossa cidade. Acredito que seja um momento ideal de participarmos dessa campanha para Paraíba se sentir ainda mais orgulhoso para ter o Magazine na cidade”, disse Gerardo Rabello, pai de Luíza. Ambos estavam na coletiva de imprensa da rede.


economia

Domingo | 29 de janeiro de 2012

Tribuna do Norte | Natal | Rio Grande do Norte |

7

[ TRABALHO ] Diante das previsões de crescimento menor do PIB brasileiro e do agravamento da crise na zona

do euro, especialistas sugerem políticas públicas de incentivo para gerar empregos no Rio Grande do Norte

Crise breca geração de empregos ANDRIELLE MENDES repórter

RAIO-X

BATE-PAPO

Emprego formal no Rio Grande do Norte

e não usar as armas certas, o Rio Grande do Norte fechará 2012 com um saldo de empregos ainda menor que o registrado no ano passado. O estado encerrou 2011 com um saldo de 12.269 novos postos de trabalho com carteira assinada - quarto pior desempenho nos úlitmos 13 anos. Entidades de classe evitam projeções. Guido Mantega, ministro da Fazenda, fez seis no ano passado. Todas estavam erradas, segundo o Estadão. Mesmo assim, há quem se arrisque e trace um cenário mais positivo para este ano. Para o economista Marcus Guedes, 2012 pode sim ser um ano melhor. “Obras da Copa e do Aeroporto de São Gonçalo do Amarante estimularão a abertura de novos postos de trabalho”, justifica. A expectativa, segundo Joab Maciel Rodrigues, diretor do curso de Recursos Humanos da Universidade Potiguar (UnP), entretanto, é que a geração de emprego recue. “O saldo de empregos (que é a diferença entre contratações e demissões) deve apresentar uma leve queda este ano. O PIB, soma de toda riqueza produzida no país, deve crescer abaixo de 3%. A incerteza provocada pela crise reduzirá o ritmo das admissões em todo o país”. A redução, entretanto, será mínima, segundo ele. “Ficará em torno de 0,2 a 0,3%”. Para William Pereira, professor do departamento de Economia da UFRN, as medidas políticas e econômicas tomadas pela Europa e Estados Unidos apenas amenizaram os impactos da crise. Brasil e RN, segundo ele, poderão empregar políticas de estímulo ao crescimento, fazendo com que o saldo seja superior ao do ano passado. “O governo federal e estadual contam com instrumentos que podem amenizar os efeitos da crise e estimular o crescimento. Resta saber se o contexto político permite o uso dessas políticas”. O RN, cuja capital sediará jogos da Copa do Mundo, conta com uma vantagem: as grandes obras de infraestrutura, que devem alavancar as contratações, principalmente na construção civil - setor que fechou o ano com um saldo positivo de 2.075 novos empregos, o terceiro maior do estado, apesar do recuo de mais de 70% em relação a 2010. A expectativa, segundo o sindicato da Indústria da Construção Civil, é que o segmento feche 2012 com 2,5 mil novos postos de trabalho com carteira assinada. O número poderia ser até 20% maior, caso as obras de mobilidade estivessem a pleno vapor. “A união e o estado podem acelerar ou retardar essas obras, provocando o crescimento ou o declínio da economia, do emprego e da renda”, destaca William. Marcelo Queiroz, presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Rio Grande do Norte, evita projeções. Diz apenas que o saldo no setor comércio/serviços deve ser maior

S

» Marcus Guedes

Evolução do saldo* de empregos *Saldo é a diferença entre admissões e demissões. Obs:2011:quarto pior desempenho em 13 anos.

30.266

13.531 12.269

economista

Evolução do saldo* de empregos no setor da Indústria de Transformação

15.341

6.818

5.690

5.696

18.396

15.004

10.756

4.800

2.575

2.561

17.992

1.664

-906

7.080

1.282

-29

-2.578

2011 2010

2009 2008 2007

2006 2005

2004 2003

2002

2011 2010

Evolução do saldo* de empregos no setor da construção civil

2009 2008 2007

5.944

4.344

2.075

2011 2010

-823

3.828 324

2006 2005

2004 2003

4.773

3.841

2.674

-890

2002

2011 2010

Evolução do saldo* de empregos no setor de serviços 8.664 8.483 7.042 6.327

5.058

4.354

2.123

813

2002

5.631

4.160

5.171

2.775

2009 2008 2007

2004 2003

Evolução do saldo* de empregos no setor do comércio 8.808

7.223

3.015

2006 2005

2009 2008 2007

2006 2005

2004 2003

2002

Evolução do saldo* de empregos no setor da agricultura/silvicultura 2.612

4.430

-1.047

3.692

2.478

-381

-1.942

-1.630

544

3.613

-2.750

2.533

507

-60

1.336

2011 2010

2009 2008 2007

2006 2005

2004 2003

2002

2011 2010

Setores que fecharam o ano de 2011 com os maiores saldos

Construção Civil

+6327 +5.171 +2.075

em 2012. “Seria um exercício de futurologia. É preciso esperar um pouco mais. Ver como a crise na Europa vai impactar a economia”. O Brasil, que segundo a presidenta Dilma em discurso em Natal, estava blindado contra a crise, ora pisa no freio, encarecendo o crédito, ora pisa no acelerador, estimulando o consumo. De olho no velocímetro, para não correr demais, o país tenta atingir a velocidade certa. O setor fechou o ano com um saldo de 11.498 empregos formais, o que representa 93,7% de todos os postos de trabalho com carteira assinada criados e mantidos ao longo no ano passado. Só no fim do ano, no período das festas, o setor efetivou cerca de 1,5 mil novos empregados. Para proteger a indústria têxtil e de confecções no Brasil, o governo federal desonerou a folha de pagamento em 20 pontos porcentuais, em troca de parte do faturamento, e limitou a entrada de importados similares, para evitar a concorrência desleal e dar um folêgo extra ao segmento que respira com dificuldade. No RN, o subsetor demitiu mais de 10 mil pessoas, fechando o ano com um saldo negativo de quase 5 mil empregos. Apesar das medidas, o

RISCO DE APAGÃO DE MÃO DE OBRA Levantamento divulgado pela revista Exame revelou que o Brasil precisa de 130 mil caminhoneiros frotistas,90 mil reparadores automotivos,30 mil analistas de sistemas,30 mil engenheiros civis,10 mil mecânicos industriais.A lista é longa.Inclui 16 áreas.Quem aposta numa delas – e se qualifica – tem grandes chances de ser contratado em 2012,afirma Joab Maciel Rodrigues, diretor do curso de Recursos Humanos da UNP.“Corremos o sério risco de um apagão no mercado de trabalho por falta de pessoal qualificado e capacitado para desempenhar algumas funções e ocupar cargos gerenciais”,afirma o economista Marcus Guedes.Segundo Marcus,os setores que mais demandarão profissionais serão o eletrônico,cosmético,vestuário,alimentos, de tecnologia,comércio varejista e automotivo.O economista William Pereira relembra que já se discute a abertura do mercado para profissionais do exterior.O que pode ser positivo para a economia a curto prazo,é negativo para o brasileiro a médio e longo prazo,destaca William.

2006 2005

2004 2003

2002

Setores que fecharam o ano de 2011 com os menores saldos

Serviços Comércio

2009 2008 2007

sindicato da indústria têxtil e de confecção do RN olha com desconfiança para 2012. Segundo João Lima, presidente do sindicato, vai ser difícil recuperar os postos fechados. O sindicato da Indústrias do RN vai reunir representantes de todos os segmentos em fevereiro para discutir que medidas podem ser tomadas para estimular a geração de emprego. O Turismo também vive um período difícil e teme demissões, segundo George Costa, diretor executivo do Natal Convention Bureau, que capta eventos para a cidade e gera negócios para as empresas. “Não vai dar para segurar por muito tempo”, alerta. A Agropecuária, por sua vez, espera um incremento no saldo entre 5 e 10%, mas se preocupa com os efeitos da crise. “Ninguém sabe a dimensão que ela tomará nem como afetará a exportação de frutas, por exemplo”, afirma José Vieira, presidente da Federação da Agricultura no RN (Faern). Apesar do recuo de 59,4% no número de empregos formais gerados, potiguares conseguiram mudar de ramo e conquistar um posto de trabalho com carteira assinada em 2011. Francisco Maciel Rodrigues, 50, foi um deles.

-2.578

Indústria de Transformação

Serviços Industriais de Utilidade Pública

14

Administração Pública

86

Maciel aprendeu a trabalhar com ferragens no canteiro de obras

De agricultor a armador em Natal Francisco Maciel Rodrigues, 50, não deu ouvidos aqueles que diziam que ele era velho demais para entrar num novo ramo. O agricultor deixou a família em Campo Grande (RN) para trabalhar como armador em Natal há pouco mais de seis meses. Aprendeu o ofício na prática, observando os colegas no canteiro de obras. Hoje não reclama da sorte. “Saí de Campo Grande, porque a agricultura estava dando prejuízo. Um amigo me ligou e disse que tinha vaga aqui na obra. Esta área é muito boa. Tem

emprego para o parente, para o vizinho, o colega. Antes não era assim”. José Amâncio da Silva, 67, que o diga. Ele começou a trabalhar na construção civil aos 18 anos, como auxiliar de pedreiro. “Naquela época, tudo era muito difícil. Emprego não aparecia fácil”. José é mestre de obras há 40 anos e diz: há oportunidade sobrando para quem tem experiência. Márcia Miliana de Souza Silva, 28, também mudou de ramo em 2011. Depois de trabalhar durante seis anos como empregada do-

méstica, resolveu buscar uma oportunidade no comércio. Conseguiu. Contratada temporariamente em dezembro, foi efetivada no início do mês. Hoje trabalha como auxiliar de cozinha num supermercado. Eclécio Marques , 32, ainda está na expectativa. Ele também foi contratado temporariamente em dezembro. O contrato vence em março. Segundo o proprietário do supermercado, o jovem pode ser efetivado. O ajudante de padeiro estava desempregado há um ano.

O que esperar de 2012? O RN deve fechar este ano com um saldo de empregos igual,maior ou menor do que 2011? Há possibilidade de que 2012 seja um ano melhor do que 2011 no contexto do emprego. As obras da Copa do Mundo e a conclusão do Aeroporto de São Gonçalo do Amarante estimularão a abertura de novas vagas. Que fatores vão favorecer ou dificultar a geração de empregos este ano no Estado? O que pode dificultar é a total ausência de uma política de desenvolvimento econômico por parte do governo (que se traduziria num indutor de um novo ciclo virtuoso de crescimento sustentável da nossa economia). A falta desse instrumento norteador de novos investimentos, somado ao quadro crítico que apontou num recente estudo elaborado pelo Centro de Liderança Pública (ligado à revista The Economist), o Rio Grande do Norte como o quinto pior estado da Federação para receber investimentos externos, com certeza reflete o reduzido número de novas empresas que buscam o nosso estado para promover seus investimentos. E consequentemente, gerar novas oportunidades de trabalho por aqui. As grandes obras de infraestrutura esperadas para este ano vão impulsionar a geração de empregos? Em que setores? Sim, se efetivamente saírem. Se assim for, teremos as obras relacionadas à mobilidade urbana, bem como investimentos relativos à implantação do Aeroporto de São Gonçalo. Não vejo outras grandes obras passíveis de execução, notadamente em função da falta de capacidade de investimento com recursos próprios e de alavancagem de financiamentos por parte do setor público. O recente caso da ampliação do porto de Natal, que teve vetada a alocação de recursos no Orçamento Geral da União, por falta de projetos, é um exemplo dessa incapacidade governamental. Como a indústria têxtil e de confecções,que demitiu mais de 10 mil,vai se comportar? Certamente que sim. Aliás, em qualquer loja que visitamos, é fácil constatar a presença dos mais variados tipos de produtos originários da China (maior contingente de artigos), Singapura, Malásia, Taiwan, Vietnã, Índia. Estamos vivendo um perigoso processo de desindustrialização e de intensa inserção de produtos estrangeiros (notadamente asiáticos) no nosso comércio. Para essa situação também contribui a guerra fiscal existente entre os estados, agravada nos últimos anos. Os estados usam o artifício de que tal incentivo propicia uma maior atividade operacional dos seus portos e aeroportos. E aí, o produto oriundo da China, chega ao mercado norte-riograndense, com preços extremamente competitivos. E o que dizer do setor comércio/serviços que fechou o ano com saldo de 11.498 empregos? O saldo poderá aumentar? Em quanto? Ao longo dos últimos dez anos, esse segmento foi responsável, em média, por cerca de 69% do saldo positivo de novas oportunidades de trabalho no Estado. Isso reflete a nossa vocação econômica, centrada nas atividades do comércio de bens, serviços e turismo. Com o advento da Copa e a implantação do Aeroporto de São Gonçalo, as atividades desse setor serão incrementadas.


economia 8

Natal | Rio Grande do Norte | Domingo | 29 de janeiro de 2012

Índice criado pela Serasa para avaliar a probabilidade de inadimplência do consumidor mostra que a melhoria no último trimestre de 2011 só não foi verificada entre as faixas de renda intermediárias da população [ EMPRÉSTIMOS ]

Melhora a qualidade do crédito ão Paulo (AE) - A qualidade do crédito do consumidor medido pela Serasa Experian voltou a melhorar no quatro trimestre de 2011 após dois períodos de queda e estagnação, o que indica que há menores chances de inadimplência

S

durante o ano de 2012. O Indicador da Qualidade de Crédito do Consumidor passou de 80,1 pontos no terceiro trimestre para 80,2 nos últimos três meses do ano passado. O índice, que tem o objetivo de avaliar a probabilidade de inadimplência em um ho-

rizonte de 12 meses, varia de 0 a 100 pontos, sendo que quanto mais próximo do máximo, menores são as chances de calote. Segundo a Serasa Experian, a melhora no último trimestre de 2011 só não foi verificada entre as faixas de renda intermediárias. Pa-

ra os consumidores que recebem até R$ 500 por mês, o indicador passou de 75,8 para 75,9 pontos; entre os que ganham acima de R$ 500 até R$ 1.000 mensais, de 79,2 para 79,3 pontos; e entre os que ganham acima de R$ 10.000 mensais a qualidade de crédito subiu

de 93,6 para 93,8 pontos. Nas camadas intermediárias, houve queda entre os que ganham acima de R$ 1.000 até R$ 2.000 (de 83,7 para 83,6 pontos), estabilidade na faixa dos consumidores que recebem acima de R$ 2 000 até R$ 5.000 (84,8) e recuo entre os que ganham

acima de R$ 5.000 até R$ 10.000 (92,2 para 92 pontos). O gerente de Indicadores de Mercado da Serasa Experian, Luiz Rabi, explicou que o bom desempenho mostrado pelos consumidores que ganham menos está ligado à baixa taxa de desemprego.

[ TELEFONIA ] Decisão atende necessidade

das operadores para criação de novas linhas

Celular em São Paulo terá nono dígito em julho rasília (AE) - Os aparelhos celulares da região metropolitana de São Paulo serão os primeiros do País a ter nove dígitos, já a partir de 29 de julho deste ano. Nessa data, será acrescentado o número 9 no início de todas as linhas habilitadas nos 64 municípios com DDD 11. A decisão foi tomada pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) com o objetivo de aumentar a capacidade das operadoras de telefonia em habilitar novas linhas móveis. No fim de dezembro de 2011, a quantidade de números ativos na região chagava a 32 milhões, bem próxima ao máximo de 37 milhões de combinações possíveis com oito dígitos. De acordo com o gerente da Anatel responsável pelo acompanhamento e controle das obrigações de interconexão, Adeílson Evangelista, os cerca de 4 milhões de números em estoque para a região seriam suficientes para atender novos usuários por apenas mais um ano e meio. “Trata-se de um dos mercados mais dinâmicos do Brasil, com a necessidade de 342 mil novos números por mês. O nono dígito dá mais tranquilidade para a Anatel, para as operadoras e para os usuários”, avaliou o presidente da agência reguladora, João Rezende. O acréscimo do nono dígito abrirá espaço para a habilitação de 53 milhões de novos números de telefones que, somados aos 37 milhões de possibilidades atuais, elevará a capacidade da região para 90 milhões de diferentes identificações de celulares. “Estamos antecipando a implantação em seis meses, porque a decisão original previa a alteração para o fim de 2012”, afirmou Rezende. Segundo ele, as empresas de telefonia terão de arcar com um custo estimado em R$ 300 milhões para fazer a transição em suas redes e sistemas. Mesmo após a mudança, as chamadas real-

B

NÚMEROS

53

milhões de novas linhas serão criadas com a mudança no sistema da Grande São Paulo

32

milhões é o número de clientes da telefonia celular , já próximo do limite operacional

izadas para os oito dígitos originais dos números serão completadas por mais 90 dias, mas ao longo desse período parte delas será interceptada com mensagens orientando os usuários a utilizar o novo dígito. Depois disso, as ligações não serão mais efetuadas. Segundo o diretor da Anatel, os próximos passos devem ser a colocação do nono dígito no resto do Estado de São Paulo e no Rio de Janeiro, mas ainda não há um cronograma para essas outras regiões. “A Anatel monitora a evolução da demanda, e essa mudança por enquanto ainda não é necessária”, concluiu Rezende. De acordo com o diretor-executivo do Sindicato Nacional das Empresas de Telefonia (Sinditelebrasil), Eduardo Levy, existiam várias alternativas técnicas para contornar o problema da falta de números disponíveis, mas a colocação do nono dígito foi a solução adequada. “Não sei se foi a mais cara, mas com certeza foi a mais conveniente”, comentou. Para Levy, a alteração causará um desconforto inicial para os usuários, mas as empresas estão preparadas para fazer a transição sem problemas. “Nosso cronograma foi planejado há mais de um ano e vem sendo cumprido”, completou. DIVULGAÇÃO

Eduardo Levy:transição será feita sem problemas pelas operadoras


SEGURANÇA

natal

Comandante da PM, cel.Araújo fala da sazonalidade dos crimes. PÁGINA 3

TEMPO HOJE

TÁBUA DE MARÉS

FEIRAS LIVRES

Nublado com pancadas de chuvas Máx.: 31ºC Mín.: 25ºC

Preamar 08h17-1.9 - 20h32-1.9 Baixa-mar 01h47-0.6 - 14h06-0.7

Nova Natal: hoje 332 bancas/196 feirantes Cidade da Esperança 386 bancas/406 feirantes

BALNEABILIDADE Impróprias Pirangi do Norte - Apurn Rio Pium - Balneário

FASES DA LUA Nova: hoje Crescente: 31/01 Nascer do sol: 5h22 Pôr do sol: 17h45

Editora: Cledivânia Pereira e-mail: cledivania@tribunadonorte.com.br

NATAL • RIO GRANDE DO NORTE Domingo • 29 de janeiro de 2012 FRANKIE MARCONE

[ EDUCAÇÃO ] Prédios públicos e privados são alvos constantes

de ações de vandalismos que comprometem serviços essenciais

Escolas, praças, monumentos... nada escapa aos vândalos RICARDO ARAÚJO repórter

icolé. Mago. Chibata. Você deve estar se perguntando quem são estas figuras. Palhaços, cantores, candidatos à próxima eleição? Eles estão mais próximos do que se possa imaginar. Nos muros, fachadas e placas de sinalização de trânsito. Estes são, porém, apenas três codinomes dentre milhares espalhados pela cidade em pichações de prédios públicos, privados, monumentos e obras de arte. As nuances do vandalismo, entretanto, não se resumem aos atos “pichatórios” e vão além. Estão dentro das escolas da rede pública, no sistema prisional, no transporte urbano e nos pontos de ônibus que deveriam proteger os passageiros da chuva e do sol, caso a cobertura não tivesse sido destruída em grande parte deles por vândalos. As tentativas de reparo são constantes e, em alguns casos, em vão. O valor pago por e-

P

las, incomputável por alguns órgãos. Na Escola Municipal Veríssimo de Melo, em Felipe Camarão, o muro que um dia foi branco hoje parece um incompreensível dicionário de letras, figuras e formas pichadas em variados tons. Dentro da escola que atende cerca de 1.200 alunos, as manifestações de vandalismo parecem impraticáveis por pré-adolescentes entre 11 e 15 anos, tamanha a destruição provocada. “Parece mentira, se a gente contasse a alguém. Mas tudo o que você viu aqui dentro foi feito pelos próprios alunos”, comenta o diretor Walker Andrade. Um bebedouro posicionado próximo ao portão de entrada da escola é apenas um, dentre muitos equipamentos destruídos por alguns alunos que ali estudam. Nenhuma das 14 salas de aula ficou imune à ação dos vândalos. As inscrições remetem, em sua maioria, a possíveis paixões entre

eles próprios ou à rivalidade entre torcidas organizadas. “A gente sofre muito com a questão das pichações. Não adianta pintar o muro, as salas de aula. No dia seguinte, serão pichados novamente”, ressalta o diretor. Em uma das salas, quase metade do quadro branco foi arrancado. Em outra, os alunos destruíram o ponto de energia elétrica e os ventiladores só funcionam se forem acionados de forma manual, através de contato entre as extremidades dos fios, e não mais pelo interruptor. De acordo com o zelador do prédio, o risco de choque elétrico é grande. Nos banheiros do piso inferior, caixas de descarga foram destruídas, bacias sanitárias arrancadas e pias sem tubulação hidráulica dão a tônica do descaso dos alunos em relação ao prédio no qual podem iniciar a construção de um futuro melhor. “A gente tenta sempre orientar os alunos, tenta conscientizá-los de que não se deve depredar o patri-

Na Escola Municipal Veríssimo de Melo, os banheiros foram totalmente destruídos por vândalos

mônio público. Mas nem sempre adianta”, lamenta Walker Andrade. De acordo com ele a escola recebe anualmente cerca de R$ 4 mil para serem utilizados em reparos. Somente uma carteira nova custa, em média, R$ 80 no comércio varejista. Pelo menos 17 estavam impossibilitadas de serem usadas na escola. A Secretaria Municipal de Educação foi questionada sobre quanto investe anualmente na manutenção das escolas da rede. Através da

assessoria de comunicação, a instituição confirma que não dispõe de informações sistematizadas sobre o assunto. O titular da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Semsur), Cláudio Porpino, foi consultado para informar quanto se gasta anualmente com reparos em praças, monumentos de arte municipais, iluminação pública e placas de sinalização. “Não dispomos de um estudo específico. Os valores gastos

entram no orçamento da conservação pública. Não temos como mensurar isoladamente”, destaca. O secretário ressalta que as ações dos vândalos trazem sérios transtornos à população e os atos devem ser reportados à Polícia. Para 2012, de acordo com o orçamento da pasta, deverão ser utilizados R$ 20 milhões na conservação do patrimônio público municipal. [ LEIA MAIS NA PÁGINA 2 ]


2 | Tribuna do Norte | Natal | Rio Grande do Norte

natal

Domingo | 29 de janeiro de 2012

[ PREJUÍZO - CONT. DA PÁG. 1 ] As concessionárias de água e energia elétrica no Estado contabilizam os prejuízos. Em 2011, o número de

ocorrências na rede elétrica da Cosern chegou a 459. Já a Caern deixou de distribuir 233 milhões de litros de água no ano passado

Ação de vândalos interrompe serviços JÚNIOR SANTOS

ntre os equipamentos mais danificados pelos vândalos estão os utilizados pela Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) e Companhia Energética do Rio Grande do Norte (Cosern), esta última administrada pelo Grupo Neoenergia. Além da ruptura proposital de tubulações que acaba refletindo na paralisação do fornecimento de água para determinadas localidades, da ruptura de fios ou danificação de transformadores, os vândalos roubam fios e equipamentos eletrônicos utilizados nas centrais das concessionárias de fornecimento de água e energia para o estado. Em 2011, o número de ocorrências de furto ou roubo aos equipamentos da rede elétrica da Cosern chegou a 459. Deste total, 313 foram em Natal. De acordo com a assessoria de imprensa da empresa, o item mais furtado é o ramal de ligação, que é um cabo que liga a unidade consumidora à rede elétrica. Este, porém, não é o único. Os transformadores de distribuição, que são dispositivos destinado a transfor-

E

mar a energia elétrica de média tensão (13,8 KV) para baixa tensão (220 V), cabos de alta e baixa tensão da rede de distribuição, também interessam os vândalos. A maioria extrai o cobre dos equipamento e o vende no mercado negro. Em Natal, segundo estudo da Cosern, os bairros que mais sofrem com os atos de vandalismo são: Felipe Camarão e Bom Pastor, na zona Oeste; além de alguns bairros da zona Norte. No Estado, as áreas mais afetadas são a zona rural de Macaíba, Parnamirim e Grossos. Em 2011, a Cosern teve um prejuízo de R$ 400 mil com a reposição dos equipamentos roubados ou deteriorados. Em Natal, o vandalismo custou aproximadamente R$ 183 mil à fornecedora de energia elétrica. Como consequência da ação de vândalos, a Caern deixou de distribuir 233 milhões de litros de água no ano passado. Segundo o chefe da Unidade de Operação e Manutenção de Redes de Água da Regional Natal Sul, Wagner José Nascimento de Oliveira, o prejuízo causado pelos vândalos à empresa é superior a R$ 500 mil. O

valor é empregado na reposição de peças, equipamentos específicos para o funcionamento das motobombas e painéis de controle. Além disso e, considerada o mais importante pelo engenheiro, na água que deixa de ser produzida e distribuída às populações de vários bairros da capital. Conforme levantamento da Caern, os poços localizados em Cidade Satélite, Candelária e San Vale, na zona Sul, sofreram 31 ações de vandalismo. “Pelo desenho e modo de agir dos marginais, percebe-se que estas ações são executadas por gente que possui conhecimento e vivência na área elétrica”, observa Wagner Oliveira ao lembrar que os vândalos têm o foco voltado para as peças que possuem cobre, material valorizado no mercado de receptação. O cobre é um metal caro e está presente em equipamentos como autotransformadores, contactadores e no próprio cabo pertencente à bomba de cada poço. Depois de uma ação desta natureza, são necessárias até 48 horas para recolocar o poço em funcionamento.

OS CUSTOS DO VANDALISMO Não são poucos os recursos utilizadas por empresas públicas e privadas para recuperar a ação do vandalismo: CAERN

COSERN

CBTU

As ações de vandalismo custaram à Caern,em 2011,aproximadamente R$ 500 mil;

A concessionária fornecedora de energia registrou 459 ocorrências de vandalismo e furtos em 2011;

Cerca de R$ 73 mil foram gastos com a reposição de tampões de poços de visita.A Companhia catalogou 25 roubos por mês desta peça no ano passado;

Os cabos de ligação e transformadores foram os itens mais furtados no ano passado;

Ao longo de 2011,a Companhia Brasileira de Trens Urbanos – Regional Natal gastou aproximadamente R$ 500 mil na recuperação de estações de embarque e desembarque e nos reparos de danos causados pelo vandalismo.

Cada hora que um poço fica sem funcionar são menos 150 mil litros de água por hora que deixam de ser fornecidos.Em dois dias,deixam de ser bombeados 7,2 milhões de litros de água;

A empresa gastou cerca de R$ 400 mil com a reposição de peças e equipamentos danificados ou furtados.

SECRETARIA MUNICIPAL DE SERVIÇOS URBANOS (SEMSUR) De acordo com orçamento da Lei Orçamentária Anual da Semsur para 2012,estima-se que R$ 20 milhões sejam gastos para a conservação do patrimônio público.

Somente em Macaíba,os atos de vandalismo refletiram em 56 dias de paralisação na produção de água em unidades existentes na cidade.

*As demais instituições citadas na reportagem não dispõem de planilhas com os valores gastos após a ação de vândalos.

Em toda a cidade, monumentos estão pichados ou depredados, como esse localizado na BR-101 FRANKIE MARCONE

FRANKIE MARCONE

CBTU gasta R$ 500 mil com manutenção A Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) que operacionaliza o transporte público por trens em Natal, soma prejuízos estimados em R$ 500 mil. O valor foi utilizado ao longo de 2011 com a manutenção e reestruturação de plataformas de embarque e desembarque com piso tátil e banheiros adaptados para deficientes físicos. Ambos foram quebrados e as pichações em paredes e placas de sinalização se espalham por quase todas elas. Os trens que circulam entre Natal e região metropolitana são alvos constantes de pedradas, arremesso de lixo e substâncias químicas que mancham as locomotivas. A assessoria de imprensa do órgão ressalta que há um desperdício de dinheiro que poderia ser aplicado em outra bem feitoria. Entretanto, o montante é consumido na contratação de mão de obra humana e na compra de material de construção para os reparos nas estações deterioradas pela ação dos vândalos. “Eu já presenciei algumas pessoas jogando pedras. Geralmente são crianças. Acredito que elas fazem isso porque não tem orientação em casa. É um bem público que precisa ser zelado, a gente depende deles”, alerta o usuário Vital Dantas.

Pelo desenho e modo de agir dos marginais, percebe-se que estas ações são executadas por gente que possui conhecimento e vivência na área elétrica” WAGNER OLIVEIRA Unidade de Operações da Caern

Trens da CBTU em Natal são pichados e apedrejados com frequência

Estátua foi recuperada esta semana. Mãos foram arrancadas

Paradas de ônibus e monumentos são alvos De cabeça baixa e com as mãos pousadas sobre as pernas, o cadeirante Luiz Gonzaga Dantas esperava pacientemente por um ônibus numa das paradas próximas ao Teatro Alberto Maranhão, na Ribeira. Sem nenhuma cobertura, placas informativas das linhas de ônibus que ali param ou assentos para os demais passageiros, a estrutura abriga, às avessas, aqueles que aguardam a condução. “É uma situação constrangedora para qualquer pessoa ficar num ponto de ônibus assim. Não tem teto, não tem bancos. Não protege do sol nem da chuva”, resume Luiz Gonzaga. Tudo, porém, resultado da ação de vândalos. Não muito distante do ponto de ônibus, na subida da Avenida Junqueira Aires, o muro da casa de Câmara Cascudo está pichado. A ex-

tensão da estrutura de alvenaria é uma “menina dos olhos” para os pichadores. O espaço é grande o suficiente para reduzir a criatividade dos vândalos a um risco em linha quase reta, entre inscrições e figuras incompreensíveis. “Sempre temos que pintar o muro inteiro, independente do tamanho da pichação. Durante o ano de 2011, nós pintamos o muro duas vezes. Numa delas, não durou nem uma semana. Não temos nem tempo para ficarmos satisfeitos”, afirma Daliana Cascudo, diretora do Instituto Câmara Cascudo. Questionada sobre uma possível saída para o problema, a diretora comenta que uma discussão acerca da pintura do muro com imagens alusivas ao folclorista está em andamento. “Temos a ideia, junto com a Capitania das Artes,

de grafitarmos o muro com passagens dos livros escritos por Cascudo. Iremos valorizar o trabalho artístico dos grafiteiros, dos artistas locais com um grande painel. Tudo isto em função do fim das pichações”, ressalta. Ainda não há datas ou acordos oficialmente firmados sobre a possível confecção do painel. Também fruto das heranças culturais do povo potiguar, a estátua de Iemanjá, há treze anos erguidas na Praia do Meio pelo escultor Etevaldo, foi alvo da ação de vândalos. As mãos da escultura foram arrancadas durante a madrugada da primeira semana de janeiro. “Independente de religião, todos devem respeitar as imagens. A estátua nunca mexeu com ninguém para alguém cometer este ato de vandalismo”, afirma o am-

bulante Célio Dantas, que trabalha nas proximidades do monumento. A última manutenção na escultura venerada pelos adeptos do candomblé, foi realizada em novembro pelo escultor caicoense Francisco Rodrigues, como parte dos preparativos para as celebrações do ano novo. Na sexta-feira passada o escultor trabalhava na reposição das peças destruídas. “Todos os anos eu retoco a escultura para as festas do fim de ano. Em menos de dois meses eu tive que voltar para reconstruir as mãos que foram arrancadas. Por quais motivos, ninguém sabe. Maldade, talvez”, ressaltou o escultor. De acordo com ele, cerca de R$ 700 foram investidos para a confecção de uma nova estrutura complementar com gesso, cimento e ferro.

Eu já presenciei algumas pessoas jogando pedras. É um bem público que precisa ser zelado, a gente depende deles” VITAL DANTAS Usuário do sistema ferroviário

Em 2011, nós pintamos o muro duas vezes. Numa delas, não durou nem uma semana” DALIANA CASCUDO Dir.do Instituto Câmara Cascudo


Domingo | 29 de janeiro de 2012

natal

Tribuna do Norte | Natal | Rio Grande do Norte | 3

Em época do verão, com a migração de parte da população de Natal para as praias, os bandidos encontram novas oportunidades para cometer delitos como: arrastões em casas de praias e roubos de casas fechadas na cidade.

[ SEGURANÇA ]

Polícia tenta conter ‘crimes de verão’ MARCO CARVALHO Repórter

erão é época de intensificação do movimento turístico no litoral potiguar. Inúmeras famílias se deslocam para casas de praia e pessoas de todo o país, e até mesmo do exterior, buscam aproveitar o período de férias no Rio Grande do Norte. Com a migração da população, a criminalidade também toma novas formas visando aproveitar as oportunidades criadas. No litoral, os bandidos atacam casas desprovidas de segurança e promovem arrastões. Na capital, invadem imóveis desertos em razão do período do ano.

V

As autoridades de segurança pública classificam o fato como a “sazonalidade do crime” e realizam estudos estatísticos no sentido de antecipar e prevenir o cometimento de delitos. Investigações de crimes já constataram as relações do período do ano com a quantidade e a especificidade dos delitos. O verão, ao propiciar lazer e interação social, pode levar a atitudes violentas relacionadas ao aumento no consumo de álcool. “A sazonalidade está ligada à Teoria Sociológica do Crime. A criminalidade é migratória e tem especificidades determinadas em diferentes períodos do ano”. A explicação é do comandante-geral da Polícia Militar, co-

ronel Francisco Canindé de Araújo Silva. Visando combater o índice elevado de criminalidade, a PM já pôs em prática o reforço na segurança através da operação Verão. Atuando em vertentes como a realização de blitzen e a fiscalização da orla, a Corporação quer minimizar os efeitos da sazonalidade do crime. Para o coronel Araújo, o reforço no patrulhamento na Operação Verão tem surtido efeito. Ele alerta que a intensificação ocorre durante os finais de semana e nas praias de maior movimentação. “O nosso trabalho tem conseguido inibir atitudes delituosas. Isso principalmente nos crimes de trânsito. Muitas blitzen têm sido

realizadas”, declarou em entrevista no dia 14 de janeiro. O coronel confirmou as dificuldades iniciais enfrentadas pela Operação Verão, mas esclareceu que o trabalho ocorre normalmente agora. “Realmente, com o atraso das diárias operacionais e a ausências das viaturas novas, começamos de maneira tímida. Mas agora, com o pagamento das diárias e as caminhonetes entregues, está tudo como o planejado”, informou. Com o início do mês de fevereiro, as preocupações se voltam para os festejos do Carnaval. As semanas que antecedem o feriado recebem preocupação especial por parte da Polícia Militar. “Sabemos

que é um período em que assaltos ocorrem pois os criminosos buscam dinheiro para poder curtir a festa e custear as brincadeiras. Estamos atentos a isso”, pontuou o coronel Araújo. Segundo ele, já há um remanejamento de efetivo baseado em um “planejamento inteligente”. Ainda durante 2011, a Secretaria de Estado da Segurança Pública e Defesa Social (Sesed), instaurou a subcoordenadoria de estatística e análise criminal. Através da interpretação semanal dos números, as autoridades de segurança perseguem a criminalidade e tentam antecipar o seu comportamento. “Percebemos a migração da chamada mancha criminal quando

deslocamos o efetivo para determinada área. A interpretação semanal dos dados nos ajuda a compreender a realidade do crime na capital do Estado”, afirmou o comandante-geral da PM. Para a PM, outras datas do ano recebem a mesma atenção. Períodos como os festejos juninos, durante o mês de junho e julho, festas de final de ano e o Carnatal são oportunidades enxergadas por criminosos para cometer delitos e “lucrar” com a situação. Somente durante a edição 2011 do Carnatal, mais de 1.300 policiais militares/dia foram deslocados para a região da micareta no intuito de garantir a segurança de quem participava do evento. ALDAIR DANTAS

Visando combater o índice elevado de criminalidade, a PM já pôs em prática o reforço na segurança através da Operação Verão, que teve início no fim de mês passado e segue até o período do Carnaval EMANUEL AMARAL

Aumenta violência nas estradas A Polícia Rodoviária Federal (PRF) também está atenta às variações da quantidade de acidentes ao longo do ano e planeja operações para evitar colisões através da conscientização de motoristas. Em ação inédita, o governo federal lançou a Operação RodoVida. O objetivo é reduzir a gravidade dos acidentes de trânsito com ações integradas entre a Polícia Rodoviária Federal (PRF), policias estaduais e agências de trânsito. Diagnóstico realizado pela

PRF mostra que 60 trechos de dez quilômetros de extensão respondem por 22% dos acidentes mais graves atendidos pela corporação. É nesses 600 quilômetros de rodovias que as ações coordenadas pela PRF acontecerão até o próximo dia 27 de fevereiro deste ano. Uma característica comum a todos esses pontos levou à integração das ações: em todos existe a confluência de vias estaduais ou municipais para as rodovias

BATE-PAPO » Fábio Rogério Silva

federais. Assim, a ação simultânea nas rodovias e vias de acesso vai aumentar a segurança e propiciar a redução dos acidentes. “O foco estará no combate à embriaguez ao volante e na fiscalização de motocicletas. O primeiro por ser uma das principais causas de acidentes graves e o segundo por ser um veículo que vem se destacando em relação ao número de acidentes nos últimos anos”, disse o inspetor da PRF, Evaldo Morais.

delegado-geral da Polícia Civil

Como o senhor classifica a autuação da PC nesse verão? A Polícia Civil é parte integrante da Operação Verão. Estamos com delegacias funcionando em praias do litoral Norte e do litoral Sul, através de plantões em finais semana e feriados. Como se dá esse trabalho? Os postos estão abertos em Pirangi, Pitangui e Muriú. Esse trabalho é importante para que a PM não tenha que se deslocar até a capital para registrar a ocorrência. Dessa forma, perde-se patrulhamento nas ruas. Além disso, estamos na rua com equipes especializadas de investigação de roubo de carros, investigação de crimes praticados por adolescentes infratores e da Delegacia do Turista.

ALDAIR DANTAS

Fiscalização nas estradas estaduais e federais é intensificada, todos os anos, no período do verão

Coronel Araújo, confirma a migração e sazonalidade do crime

Existem práticas de crimes que se intensificam durante o período? Existem crimes mais comuns para essa época do ano. São casos de assaltos a residências, que estamos tentando diminuir. Investigações Civil já prendeu quadrilhas responsáveis por arrastões em praias do litoral potiguar. . ALDAIR DANTAS

A hora da morte em Natal: 20h30 A sazonalidade do crime também ocorre no comportamento criminal diário. 20h30. Esse é o horário em que os homicídios ocorrem em maior frequência em Natal. A média foi feita levando em consideração dados do primeiro semestre do ano passado e os dados são da Secretaria Estadual de Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed). Dos 144 crimes desse tipo ocorridos na capital do Rio Grande do Norte até a data do levantamento, cerca de 10% foram come-

tidos entre 20h e 21h. Os dados são da Subcoordenadoria de Estatística e Análise Criminal e revelam qual momento o cidadão está mais vulnerável à violência. Para o comandante da Polícia Militar do Estado, coronel Araújo, os números estão diretamente relacionados ao tráfico de drogas na capital. “A maioria dos homicídios ocorre em conseqüência de endividamentos com traficantes. O criminoso escolhe o período da noite para acertar as contas porque é mais

difícil ele ser reconhecido por possíveis testemunhas. Quase sempre, a vítima é atingida após ação de uma dupla usando moto”, afirmou. Os números da Seac revelam ainda que foram nos fins de semana os dias mais violentos do primeiro semestre. 17,2% dos homicídios aconteceram aos sábados. Esse percentual chega a 19% aos domingos. Por outro lado, com apenas 8,2% dos registros, as quintasfeiras aparecerem como sendo os dias menos violentos.

EVALDO MORAIS Inspetor da PRF

CORONEL FRANCISCO ARAÚJO Comandante da PM

O foco nesse período do ano está sempre no combate à embriaguez ao volante e na fiscalização de motocicletas”

A criminalidade é migratória e tem especificidades determinadas em diferentes períodos do ano”


4 | Tribuna do Norte | Natal | Rio Grande do Norte

natal

[ SAÚDE ] Especialistas alertam para a

importância do exame de vista para jovens

Domingo | 29 de janeiro de 2012

[ LIMPEZA ] A Câmara deve receber, logo após o recesso, três projetos de Lei para votação: Plano de Gestão dos Resíduos Sólidos, minuta do edital de Licitação do sistema e atualização da Lei 4748/96 FRANKIE MARCONE

Volta às aulas: cuidado com a visão das crianças specialistas desmistificam a aversão que alguns jovens ainda têm em relação ao uso de óculos de grau e alertam sobre a importância de se fazer o exame de vista antes do início do ano letivo. O começo do ano para os jovens estudantes segue sempre uma rotina religiosa: desde a escolha da instituição de ensino, matrícula e compra de materiais escolares até o primeiro dia de aula. Mas, devido às ocupações do dia a dia, muitos pais acabam não atentando para um detalhe que pode fazer muita diferença no aprendizado de seus filhos em sala de aula: a saúde da visão. Seja miopia, hipermetropia, astigmatismo ou qualquer outra doença ocular, a realidade é que esses problemas são cada vez mais comuns nas famílias brasileiras, especialmente em crianças. Isso porque, além das tendências naturais, os jovens da atualidade passam boa parte do dia conectados no mundo digital, o que facilita o forçar da vista devido a constante proximidade às telas de aparelhos celulares, televisores ou computadores. Para o oftalmologista Lucien Dantas, além dos problemas já citados, durante a infância podem surgir também doenças sazonais, como por exemplo, conjuntivites virais ou alérgicas. “Toda ano a criança deve ser examinada, mesmo que aparentemente não sinta nada. Sabemos seguramente que uma das principais causas do baixo rendimento escolar é o problema visual. Os pais devem estar atentos para a importância da detecção precoce dos problemas, pois é a partir dela que

E

poderemos reverter ou minimizar o caso”. Segundo o designer de óculos Walde Faraj, além da preocupação com a saúde da visão de seus filhos, os pais devem ter também um cuidado especial no momento da escolha da armação. “As crianças e adolescentes de hoje são muito vaidosos. Desde o tempo dos nossos avós criou-se o estereótipo de que usar óculos de grau deixa o rosto feio. Mas a verdade é que não eram escolhidas as armações certas para cada tipo de rosto”, afirma. Atuando com a personalização de armações há 12 anos na capital potiguar, Walde conta que muitos adultos que procuram por seus serviços são clientes fiéis desde criança. “O que faz um cliente gostar ou não da armação que compra é o seu convívio social depois que sai da loja. Se a armação e as lentes forem leves e discretas, não há como errar: eles adotam a peça como um acessório, e não como uma obrigação”, conta. A estética facial e as características da personalidade de quem vai usar as peças são analisados a partir de três pontos principais: a altura da sobrancelha, a lateral do rosto e a cavidade do globo ocular. A partir então os óculos devem ser feitos dentro das características do formato do rosto. “Os mais extrovertidos sempre gostam de brincar com materiais e cores. Já os tímidos preferem modelos discretos. Mas, apesar da personalidade de cada um, todos têm que ter em mente que o nariz é o ponto de equilíbrio durante todo o dia. Um óculos que incomoda no nariz é pior do que sapato apertado”, finaliza Walde.

Pela primeira vez, a Urbana vai abrir audiência pública para debater o Edital de Licitação do sistema de limpeza urbana de Natal

Destino da coleta de lixo nas mãos dos vereadores Câmara Municipal de Natal deve receber, logo após o recesso, três projetos de Lei do Executivo para apreciação e votação: o Plano de Gestão dos Resíduos Sólidos; a minuta do edital de Licitação do sistema, que inclui o plano de Coleta de Lixo; e a minuta que atualiza a Lei 4748/96. Na Urbana, a expectativa é de que esses projetos sejam aprovados pelos vereadores em março. Logo depois, a Companhia lança o edital da Licitação para a coleta, transporte e destinação dos resíduos sólidos no município de Natal. O Plano de Coleta de Lixo, que atualiza o de 1991, estabelece 77 roteiros de coleta, que serão executados por 33 veículos [mais três de reserva]. Já para a coleta de entulho e poda foram fixas 12 áreas. Nesse serviço, deve atuar 65 veículos, já incluindo os que são destinados à coleta seletiva. O documento também inclui as condições da varrição mecanizada e manual. João Bastos anunciou

A

que, pela primeira vez, a Companhia vai abrir audiência pública para debater o Edital de Licitação do sistema. “Queremos dar a maior transparência possível, até porque estamos construindo um plano de gestão para os próximos 20 anos” pontuou, referindo-se ao Plano de Gestão de Resíduos Sólidos, que deve ser revisado a cada cinco anos. Atualmente, quatro empresas Líder; Marquise; Trópicos e Locar - atuam no sistema de limpeza pública, na coleta e transporte de 1,2 mil toneladas diárias de lixo. Todas com contratos emergenciais. A Locar é a mais nova no sistema. O contrato foi publicado no Diário Oficial do Município no dia 02 de dezembro de 2011. Consta no 6º relatório entregue pela Comissão de Fiscalização da Limpeza Pública de Natal que “em virtude do aumento populacional, a Trópicos não estava suprindo toda a demanda da região Norte”. O contrato foi considerado ineficiente, mas não chegou a ser rescindido como estava

previsto. A Urbana decidiu dividir a Zona Norte em dois trechos: a Trópicos ficou com o trecho 1, que corresponde as áreas ao lado da linha férrea no sentido Igapó; e a Locar com o trecho 2, que abrange toda a área à margem da linha férrea sentido praia da Redinha. No caso da Locar o contrato tem vigência de seis meses [até 28 de maio]. Já no caso da Trópicos, o contrato está assinado, mas ainda não foi publicado. O anterior venceu no último dia 02 de janeiro. Nos dois termos contratuais, o preço foi estabelecido em 93,42 por tonelada de lixo recolhido. “Antes pagávamos a Trópicos o veículo, o motorista e o combustível, tudo embutido no custo da locação [o custo era calculado pela hora trabalhada por veículo locado]. Agora é só o valor da tonelada”, disse. Bastos não chegou a garantir redução de custos, mas disse que a configuração atual do sistema é mais eficiente e oferece melhor

qualidade. Ele anunciou que neste fim de semana a Urbana vai instalar GPS em 90 veículos, para monitoramento das rotas. As balanças digitais também já estão em funcionamento. “A fiscalização deve ser muito rigorosa”. Ao ingressar com Ação Civil Publica, em maio de 2011, o MPE afirmou que o caos na coleta de lixo, devia-se a falhas na gestão, com contratos propícios a fraudes e repasses insuficientes por parte da Prefeitura de Natal. O promotor do Meio Ambiente, João Batista Machado Barbosa, relatou, à época, a prática da adição de concreto, areia, e poda de árvores ao lixo doméstico coletado superdimensionar o peso aferido, tendo em vista que o pagamento era por tonelada. Questionado sobre a possibilidade da ocorrência das mesmas fraudes, Bastos afirmou que tem a convicção de que “ninguém vai partir para colocar pedra ou poda em carro coletor de lixo doméstico, arriscando seu veículo”.


Domingo | 29 de janeiro de 2012

natal

Tribuna do Norte | Natal | Rio Grande do Norte | 5


natal

Domingo | 29 de janeiro de 2012

MARCELO ALVES DIAS DE SOUZA [ PROCURADOR DA REPÚBLICA ]

Dois juízes oje não escreverei sobre assuntos do cotidiano. Pelo menos não diretamente. Voltarei a uma temática que abordei dia desses: a Bíblia (vide a crônica “O primeiro caso”, na qual tratei do fratricídio de Abel por Caim). De toda sorte, embora o estudo da Bíblia não seja algo fácil, acredito que algumas palavras sobre o conteúdo jurídico que ela encerra sejam sempre do interesse de muitos, já que ela é, pelo menos para os cristãos, provavelmente, o mais belo, relevante e revelador dos livros. Talvez muitos não tenham ainda percebido, mas a Bíblia é cheia de passagens de conteúdo jurídico. De sábio conteúdo, aliás, para cristãos ou não. Embora já faça algum tempo, na crônica “Notas sobre o Direito na Bíblia” eu tratei de algumas dessas passagens. Ali eu disse que conceitos da “Justiça Divina”, como “livre-arbítrio”, “pecado”, “misericórdia”, “perdão”, “redenção”, se bem interpretados, são de grande valia para a “Justiça dos Homens”. Falei do episódio do Monte Sinai, durante o Êxodo (20:3-17), quando foi entregue por Deus a Moisés os “Dez Mandamentos” (que, para o Judaísmo, é uma pequena parte das suas 613 leis). E registrei que, para além da relevância de conteúdo, os mandamentos se constituem uma das primeiras leis escritas que a história registra. Referi, ainda, uma passagem de conteúdo jurídico específico: ainda no livro do Gênesis (39:123), a injusta acusação sofrida por José (filho de Jacó), no Egito, feita pela mulher de Potifar, alto oficial do Faraó, de que ele (José) a teria tentado seduzir. Um caso que nos mostra a grave injustiça que é dar guarida a falsas acusações e que levou a construção do que se denomina hoje “Síndrome da mulher de Potifar”, isto é, a circunstância de alguém acusar falsamente outrem de sedução ou mesmo estupro, geralmente motivado por uma real rejeição. Mas, hoje, fundamentalmente, quero relembrar e comparar dois julgamentos bíblicos e, ao final, jogar alguns questionamentos no ar.

H

O primeiro é o julgamento de Jesus perante Pôncio Pilatos (Mateus 27:1126). A condenação do maior Inocente, no julgamento perante Pilatos (que diz não ver nenhum motivo para condenar Jesus), nos mos- “Sem entrar na tra as limitações e as discussão falhas da justiça hu- teológica acerca mana. Pilatos foi um do livre-arbítrio de juiz que, como Prae- Pilatos (há quem fectus romano da defenda, em Judeia, “lavou as Teologia, que a mãos”, para, a pedi- morte de Jesus do da turba (a mídia obedece aos de então), que optou planos de Deus), pela absolvição do Pilatos sabia quem criminoso Barrabás, eram os condenar Jesus a verdadeiros morrer crucificado. culpados: a turba, Sem entrar na dis- todos nós, a cussão teológica humanidade, que acerca do livre-ar- queria condenar, bítrio de Pilatos (há naquele instante, o quem defenda, em único Justo. Pilatos Teologia, que a mor- foi um juiz fraco ao te de Jesus obedece ponto de não aos planos de Deus), enfrentar as Pilatos sabia quem responsabilidades eram os verdadeiros de uma sentença culpados: a turba, justa. Juiz sem todos nós, a huma- compromisso com nidade, que queria a Justiça, ele condenar, naquele preferiu ceder às instante, o único investidas da Justo. Pilatos foi um multidão cega” juiz fraco ao ponto de não enfrentar as responsabilidades de uma sentença justa. Juiz sem compromisso com a Justiça, ele preferiu ceder às investidas da multidão cega, temendo talvez uma revolta em Jerusalém, o que ia contra os interesses do seu Imperador romano, este dono de muito mais

que “trinta moedas de prata”. Esse caso é emblemático para nos mostrar como a Justiça não deve ser feita. O outro julgamento, registrado no período dos Reis (3:16-28), tem como protagonista o grande rei Salomão, que ao Senhor rogou sabedoria para, compromissado, governar com Justiça. Salomão tornouse o maior exemplo de sábio e justo magistrado, ao decidir o caso das duas mulheres que afirmavam ser mãe de uma criança recém-nascida, ameaçando dividir a criança ao meio e, assim, obtendo da verdadeira mãe a permissão para entregá-la a outra mulher. Esta, provada sua mentira, não ficou com o recém-nascido. A criança, por decisão de Salomão, foi dada à verdadeira mãe. E, assim, “espalhou-se por todo o Israel a sentença dada pelo rei, e todos o temeram, vendo nele uma sabedoria divina para fazer justiça”. O julgamento de Salomão, diferentemente daquele proferido por Pilatos, é emblemático para nos mostrar como a Justiça, compromissada e sabiamente, deve ser feita. Em tempos de crise no Poder Judiciário nacional e local – no caso deste, sem precedentes na nossa história, e que todos estão acompanhando pela imprensa, embora sem ainda uma total transparência –, jogo no ar a pegunta: será que, no Judiciário de hoje, nos deparamos mais com seguidores de Pilatos ou com discípulos de Salomão? Acredito que os discípulos de Salomão, verdadeiramente compromissados com a Justiça, estão em muito maior número. A questão, agora, é acordar esses muitos discípulos de Salomão. Pedir deles uma posição firme. Rogar que eles, em meio à grave crise, não “lavem as mãos”, à maneira de Pilatos. Caso contrário, os “Pilatos”, muitos ou poucos, assim como na fábula da maçã podre, acabarão por estragar todo o cesto. Mestre em Direito pela PUC/SP Doutorando em Direito pelo King’s College London – KCL

tn família

TODOS OS DOMINGOS NA TRIBUNA DO NORTE

classificados

6 | Tribuna do Norte | Natal | Rio Grande do Norte

Anuncie pelo telefone:

40066161.


natal

Domingo | 29 de janeiro de 2012 ➾ www.tribunadonorte.com.br ➾ tnonline@tribunadonorte.com.br ➾ twitter.com/tribunadonorte

Tribuna do Norte | Natal | Rio Grande do Norte | 7

tn online Fred Carvalho - www.twitter.com.br/fredcarvalhorn

Concorrência

Carregador

corrida entre Apple e Samsung na venda de smartphones tem nova-velha líder. No quarto trimestre do ano passado, a empresa de Steve Jobs recuperou o posto de maior vendedora de smartphones do mundo. A Apple superou com pouca margem de vantagem a Samsung, que era a líder do trimestre anterior, segundo dados da Strategy Analytcs. A empresa da Coreia do Sul foi líder de mercado em 2011, vendendo quase 100 milhões de smartphones durante o ano e alcançando 20% de parcela de mercado em 2011, em comparação à presença de mercado de 19% da companhia de Cupertino. A “ultrapassagem” da Samsung, contudo, havia ocorrido principalmente porque os consumidores da Apple esperavam pelo iPhone 4S, que gerou grande expectativa.

A C3 Tech lançou mais um modelo de carregador de pilhas. Desta vez, no entanto, o novo equipamento consegue recarregar pilhas que, na teoria, não seriam recarregáveis, como é o caso das pilhas alcalinas. Com um custo de aproximadamente R$ 70, o Battery Charger II surge como alternativa para as pessoas que dão atenção especial à área ecológica. A forma como o carregamento das pilhas ocorre é semelhante ao das pilhas recarregáveis, sendo possível a utilização do carregador em uma tomada ou saída USB dos computadores. O carregador pode “ressuscitar” até quatro pilhas por vês, sejam alcalinas ou recarregáveis. O tempo, no entanto, não é curto. Apesar das pilhas funcionarem bem após a recarga, o aparelho leva aproximadamente oito horas para carregar completamente as alcalinas.

A

Twitter O Twitter começou a bloquear determinados conteúdos publicados no microblog desde a quinta-feira da semana passada. A medida é válida apenas para países que exigirem a censura legalmente. Contudo, o tuíte ficará inacessível apenas para usuários do país, continuando visível para o restante dos usuários ao redor do mundo. A mudança, de acordo com o blog oficial do Twitter, a medida não é uma mudança na filosofia de liberdade de expressão, e sim uma forma de fazer com que a companhia continue com o serviço em países autoritários, principalmente do oriente médio. Nas explicações por parte do Twitter, a companhia usou como exemplo França e Alemanha, que banem conteúdo pró-nazista. O objetivo do Twitter é entrar em países que tenham “diferentes ideias sobre o contorno da liberdade de expressão”.

LEILÃO Está em consulta pública no site da Anatel a proposta de edital para a licitação das faixas de 450 MHz e 2,5 GHz, que serão voltadas para internet rural e 4G, respectivamente. De acordo com a proposta, serão cinco formas de leilão, com a venda das frequências podendo ser comercializadas separadas ou de forma conjunta. O pregão está previsto para abril e, após a indicação dos vencedores, estes terão compromissos que possibilitem a ampliação progressiva dos serviços de telecomunicações de voz e de dados a preços acessíveis nas áreas rurais ou urbanizadas em regiões remotas. Além disso, também serão atendidas obrigatoriamente todas as escolas públicas rurais, que receberão banda larga gratuita.

Mudança Os celulares na cidade São Paulo e região metropolitana terão nove dígitos a partir de julho deste ano. A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) confirmou a mudança, que tem como objetivo ampliar os recursos de numeração dessa área. Todos os números de telefones celulares de DDD 11 terão mais um 9 à esquerda. Não há um prazo para a implementação do novo dígito, mas a Anatel, a partir de 29 de julho deste ano, vai disponibilizar mensagem sonora aos usuários explicando a mudança. Após o período de transição, não serão mais completadas as ligações com oito números

[ INCENTIVO ] Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) prepara uma nova linha de crédito destinada para empresas que tiverem ações voltadas à descoberta de novidades

[ INOVAÇÃO ] Indicador leva em consideração

fila e o número de patentes processadas no ano

Prazo para Empresas terão crédito registros de para inovação tecnológica rasília – A Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), ligada ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, prepara uma nova linha de crédito, a Conta Especial Inova Brasil. Por ela, serão concedidos empréstimos subsidiados a empresas que invistam em pesquisa e desenvolvimento. A ideia é conceder linhas de crédito durante cinco anos, aumentando o aporte de recursos para as empresas que inovem conforme as metas do governo. “Vamos oferecer crédito às empresas para que trabalhem tecnologia, mas condicionado a uma série de metas. Se cumprirem as metas, terão mais crédito. Isso faz com que se esforcem mais para conseguir mais crédito”, disse o presidente da Finep, Glauco Arbix. Ele falou à Agência Brasil após a primeira audiência concedida pelo novo ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Marco Antônio Raupp. Entre as metas, Arbix antecipou que será estimulado o aumento do nível de qualificação de pessoal (acima de 10% da média do setor), além da contratação de pequenas empresas de base tecnológica como fornecedores e de institutos, universidades ou departamentos acadêmicos para desenvolverem pesquisas. Também está prevista a internalização de processos de tecnologia que hoje são comprados no exterior. No total, o aponte de recursos pode chegar a 135% do crédito inicialmente contratado. Os empréstimos, até R$ 200 milhões por operação, serão liberados durante cinco anos, a uma taxa de juros anual de 4% (abaixo do percentual do centro

patentes cai 35% em 2011 R

B

Presidente da Finep, Glauco Arbix explica que crédito estará condicionado a uma série de metas

da meta de inflação para 2012, 4,5%), com carência de três anos e prazo de pagamento de dez anos. O dinheiro tem como fonte o Tesouro Nacional, e será liberado por meio do Programa de Sustentação do Investimento (PSI), criado em julho de 2009 como política anticíclica contra os efeitos da crise econômica mundial. A pretensão da Finep é que R$ 6 bilhões do PSI estejam disponíveis (60% acima do estabelecido em 2011). De acordo com Glauco Arbix, o empréstimo “não é para qualquer projeto. Quanto maior o risco tecnológico, melhores são as condições que as empresas vão en-

contrar na Finep”. O dinheiro estará disponível para diversos setores econômicos. “Nenhuma empresa que queira inovar no Brasil vai ficar sem o apoio da Finep. Nenhuma empresa que procura tecnologia vai ficar sem apoio”, disse. A Estratégia Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação 20122015 tem como prioritários os setores de tecnologia da informação e comunicação; fármacos e complexo industrial da saúde; petróleo e gás; complexo industrial da defesa e indústria aeroespacial; além das empresas que trabalham com a “economia verde”, como energia limpa. “Para esses seto-

res, vamos trabalhar de forma mais integrada, mais rápida, e é possível que tenhamos melhores condições”, anunciou o presidente da Finep. Conforme Arbix, o dinheiro da Conta Especial Inova Brasil não será contingenciado pelo governo, pois é recurso de investimento, e não de custeio. Arbix prevê para os próximos dias o anúncio da linha de crédito, após decisão do Ministério da Fazenda e da Presidência da República. A concessão de empréstimos com recursos do Tesouro Nacional (incluindo o PSI) e o custo fiscal dessas operações estão sob análise do Tribunal de Contas da União.

io de Janeiro - O prazo para a concessão do registro de patentes no Brasil caiu 35% no ano passado, passando de 8,3 anos, em média, em 2010, para 5,4 anos, em 2011. Esse indicador de expectativa de concessão leva em consideração o tamanho de pedidos na fila e o número de patentes processadas no ano. De acordo com dados do Inpi, foram concedidos 3.806 registros de patentes em 2011. O estoque de pedidos em análise soma 164.661. O presidente do Instituto Nacional da Propriedade Industrial (Inpi), Jorge Ávila, disse hoje (27) que a diminuição da expectativa de concessão de patentes foi um “resultado excelente”. Ele explicou que o prazo de 5,4 anos é o tempo médio que o pedido de uma patente que entra no Inpi tem de ser decidida. De 2006 para cá, houve uma queda de 53% na expectativa de demora de concessão de patentes no Brasil. “O que é mais importante é que em 2005/2006, a expectativa de concessão do registro estava em 11,6 anos. E crescendo muito fortemente a cada ano. Ou seja, a cada ano, o número de patentes que entrava era muito maior do que o volume de patentes que o instituto era capaz de decidir”. Com os ajustes feitos a partir de 2006, Ávila disse que o Inpi conseguiu estabilizar esse crescimento. “Agora, pela primeira vez, conseguiu fazer com que isso caísse drasticamente”. Este ano, a meta é reduzir a ex-

pectativa de concessão de patentes para 4 anos. Ávila considerou que esse prazo é excelente para a decisão sobre uma patente. Para alcançar esse objetivo o instituto precisará contratar “uma grande massa de examinadores para aumentar a sua capacidade de exame de patentes”. O Inpi está aguardando a autorização do governo para a realização de concurso pú-

E crescendo muito fortemente a cada ano. Ou seja, a cada ano, o número de patentes que entrava era muito maior do que o volume de patentes que o instituto era capaz de decidir” JORGE ÁVILA Presidente do Inpi

blico ainda este ano. Ávila acredita que o lançamento, em 2012, do depósito de patente via internet, poderá facilitar a vida dos empresários brasileiros, principalmente, de pequeno porte. “Ele contribui para a redução do prazo, porque suprime etapas que ainda hoje são feitas em papel. Eu acredito que ele vai produzir um aumento ainda maior do número de depósitos de patentes no Brasil”.


8 | Tribuna do Norte | Natal | Rio Grande do Norte

natal

Domingo | 29 de janeiro de 2012


natal

ENTREVISTA

A cantora Leci Brandão fala de samba e da nova carreira de política. PÁGINA 11

TEMPO HOJE

TÁBUA DE MARÉS

FEIRAS LIVRES

Nublado com pancadas de chuvas Máx.: 31ºC Mín.: 25ºC

Preamar 08h17-1.9 - 20h32-1.9 Baixa-mar 01h47-0.6 - 14h06-0.7

Nova Natal: hoje 332 bancas/196 feirantes Cidade da Esperança 386 bancas/406 feirantes

BALNEABILIDADE Impróprias Pirangi do Norte - Apurn Rio Pium - Balneário

FASES DA LUA Nova: hoje Crescente: 31/01 Nascer do sol: 5h22 Pôr do sol: 17h45

Editora: Cledivânia Pereira e-mail: cledivania@tribunadonorte.com.br

NATAL • RIO GRANDE DO NORTE Domingo • 29 de janeiro de 2012

Ministério Público instaurou inquéritos para orientar prefeitura do interior quanto aos gastos com a contratação de bandas e estrutura. A medida busca evitar que, além dos muitos foliões, recursos públicos sejam usados irregularmente

[ FESTA ]

Carnaval do interior na mira do MP menos de um mês de Momo estabelecer seu reinado, alguns dos principais pólos carnavalescos do Estado, como Parnamirim e Macau, ainda não tem programação definida e estão sob a mira do Ministério Público. O órgão instaurou inquéritos para orientar Prefeituras quanto aos gastos com a contratação de bandas e estrutura. A medida busca evitar que, além dos muitos foliões, recursos públicos também caiam na farra e sejam usados irregularmente. O suposto desvio de recursos públicos nessa época do ano é prática antiga. Em Natal, se tornou alvo de investigação, desde 2006, quando foi descoberto o esquema mais conhecido como Foliaduto, com a promoção de shows fantasmas durante o carnaval daquele ano. A malversação do dinheiro público em anos anteriores resultou em ações que tramitam na justiça. A Promotoria de Justiça de Macau instaurou, dia 19, dois Inquéritos Civis para fiscalizar como será feita as contratações em Macau e Guamaré. No início do mês, a Promotoria do Patrimô-

JÚNIOR SANTOS

ADRIANO ABREU

SARA VASCONCELOS repórter

A

Em Macau, programação da festa ainda não está definida...

...na praia de Pirangi, MP também deu orientação à prefeitura

nio Público de Parnamirim adotou o mesmo procedimento. No ano passado, segundo dados da Promotoria de Justiça de Macau, R$ 2,1 milhões foram gastos apenas com a contratação de músicos para animar os quatros dias de folia na capital salineira e outros R$ 1,9 milhão, em Guamaré. Na última quarta-feira, dia 25, em audiência com gestores dos municípios de Macau e Guamaré, a promotoria estabeleceu que o processo deve obedecer a lei de licitações. Os

só poderá contratar músicos por meio de processo licitatório regular, e em caso de inexigibilidade de licitação, através dos empresários dos artistas, que negociem de forma permanente os trabalhos do suposto contratado e que não seja apenas um “intermediário”. Na maior parte dos casos, explica a promotora de Justiça da Comarca, Raquel Batista de Ataide Fagundes, o que ocorre é a instituição, por meio de declaração, de um representante como empresário ex-

gestores deverão repassar as informações até amanhã ao MPE. A legislação, de número 8.666/93, em seu art. 25, artigo III prevê que “é inexigível a licitação quando houver inviabilidade de competição, em especial: (...) III – para contratação de profissional de qualquer setor artístico, diretamente ou através de empresário exclusivo, desde que consagrado pela crítica especializada ou pela opinião pública”. Em linhas gerias, a Prefeitura

clusivo para fim e prazo específico de conseguir o contrato. “Isso é ilegal. E já configura improbidade administrativa, fora isso, ainda tem o gasto do dinheiro público”, afirma. Em 2011, o Ministério Público conseguiu na Justiça liminar que suspendeu, às vésperas do festejo, a contratação das bandas para o carnaval de Macau. A liminar foi revogada e a festa aconteceu. O inquérito civil ainda se encontra na fase de oitivas. “Como são muitas

as pessoas a serem ouvidas, cerca de 20 a 30 bandas, ainda não conseguimos concluir. Estamos nos precavendo para evitar e poder acompanhar todo o processo”, disse. Além das contratações dos serviços o inquérito determina ainda a organizar o comércio de ambulantes zelando pelos interesses da população, garantir providências específicas para evitar que crianças e adolescentes tenham acesso a bebidas alcoólicas e a locais inadequados. Às polícias Civil e Militar também foram recomendadas a apresentar esquema para o reforço da segurança durante o evento. A programação definitiva do carnaval de Macau será conhecida na próxima quinta, dia 2. “Tempo em que as providências para regularizar contratações serão informadas ao Ministério Público”, explicou o presidente da Fundação Municipal de Cultura Francisco Gaspar da Silva Paraíba Cabral, mais conhecido como Chico Paraíba. A folia custará aos cofres públicos cerca de R$ 1,6 milhão em estrutura e contratação de bandas. [LEIA MAIS NA PÁGINA 10]


10 | Tribuna do Norte | Natal | Rio Grande do Norte

natal

Domingo | 29 de janeiro de 2012

Prefeitura de Parnamirim ainda está preparando material para responder questionamentos do Ministério Público quanto a organização do Carnaval na praia de Pirangi. Programação da festa está indefinida

[ CARNAVAL - CONT. DA PÁG. 9 ]

Pirangi: programação só sai dia 10 inda se adequando para prestar as informações solicitadas pela Promotoria de Justiça do Patrimônio Público de Parnamirim, o chefe de gabinete da Prefeitura Márcio César, informou que a programação oficial do Carnaval só será divulgada no dia 10 de fevereiro – uma semana antes da folia. Quanto a recomendação dos promotores de Justiça Raimundo Caio dos Santos e Juliana Limeira Teixeira - sobre a necessidade de realizar licitação ou em caso de inexigibilidade da mesma, ser comprovado tratar com o empresário exclusivo dos artistas contratados - o chefe de gabinete afirmou “não competir a Prefeitura, enquanto ente municipal, interferir na escolha do empresariado das bandas”. Contudo, Márcio César ratificou que o assunto está sendo tratado pela Procuradoria Geral do Município e que as informações de como irão proceder às contratações serão informadas em tempo hábil ao Ministério Público. O investimento estimado este ano não deve ultrapassar os R$ 900, garante Márcio César, com bandas, estrutura e ajuda de custo para prévias e blocos carnavalescos. O valor segundo ele, se assemelha ao destinado no último ano. Durante o reinado de Momo, 18 blocos ganharão as ruas. “A ajuda aos blocos será tratada caso a caso, de acordo com a peculiaridades de cada um”, afirma. A abertura do carnaval em Pirangi será no dia 11, com a realização do Ensaio Geral, que este ano deixa a Redinha para acontecer ali. A escolha do Rei Momo e a Rainha acontecerá um dia antes, na Praça São Sebastião. As inscrições para concorrer ao título seguem até o dia 7 de fevereiro. A moradora Ana Maria de Castro espera que a segurança seja reforçada. “No réveillon, até tiroteio ocorreu e a gente não encontrava policiais. No carnaval, o número de turista é bem maior, é preciso que o policiamento seja mais presente”, afirma. Para a comerciante Ozanira do Nascimento, o trânsito e o lixo são os principais problemas durante o período momesco. “Vira um tumulto, os acessos são poucos”, disse.

A

CARNAVAL 2012 Confira a programação de Carnaval pelo interior do Rio Grande do Norte: CAICÓ Quarta – 15 de fevereiro A folia começa com o Bloco do Magão e o Camburão da Alegria,formado pela Polícia Militar.Nos palcos da Ilha de Santana,Capilé e Marquinhos Carrera Quinta – 16 de fevereiro Bloco do Magão,que sai com Psifolia, formado por foliões com transtorno mentais;Treme-treme e shows de Inala e Forró Suado,na Ilha. Sexta – 17 de fevereiro O Bloco do Magão traz a irreverência do tradicional Bloco das Virgens;Tremetreme e shows de Cavalo de Pau,Forró da Pegação e Mimosos Sábado – 18 de fevereiro Forró dos Plays,Prabalá e Só a Nata,na Ilha,nas Ruas Magão e Treme-treme.

TIBAU Me Pega Segunda – 20 de fevereiro Bloco do Magão,Treme-treme e shows de Cavaleiros do Forró,Cavalo de Aço e Forró do Agito Terça – 21 de fevereiro A despedida continua com o Bloco do Magão e Treme-treme.E na Ilha de santana,shows de Nagib e Banda, Canindé Moreno e Marquinhos Carrera Quarta-feira (22) O encerramento do carnaval será com o Bloco do Magão e o Camburão da Alegria.

Sábado – 18 de fevereiro 17h às 20h – Arrastão das troças “Juntos e Misturados”na frente da Arena Elétrica. 20h – Bloco Bora Bora na Arena Elétrica com o Trio Zueira - Atração:PLAYS até as 00hs. 00h – Início da Arena Show com a banda Chicabana no palco até às 02h. 02h30 – Banda BAKULEJO no palco da Arena Show até às 5h. Domingo – 19 de fevereiro 13h – Passeio das bandas de Frevo pelas praias das Emanuelas e do Ceará até às 16h.

17h - Arrastão da Troça Batendo o Centro 20h – Início do Bloco Bora Bora na Arena Elétrica com o Trio Zueira - Atração: Aviões até às 00h. 00h – Início da Arena Show com a banda Seu Maxixe no palco até às 02h. 02h30 – Banda Forró os 3 no palco da Arena Show até às 05h. Segunda – 20 de fevereiro 13h – Passeio das bandas de Frevo pelas praias das Emanuelas e do Ceará até às 16h.

Domingo – 19 de fevereiro Bloco do Magão,Treme-treme e shows de Saia Rodada,Pauleira do Brasil,e Forró

17h – Carnaval das Crianças na Rua do Tubarão com paredão de som e orquestra de frevo até às 19h. 20h – Início do Bloco Bora Bora na Arena Elétrica com o Trio Zueira - Atração: Muído até às 00h. 00hs – Início da Arena Show com a banda Solteirões no palco até às 02h. 02h30 – Banda Paulinho Calado no palco da Arena Show até às 05h. Terça – 21 de fevereiro 13h – Passeio das bandas de Frevo pelas praias das Emanuelas e do Ceará até às 16h. 16h – Concentração das Troças “juntos e misturados”na Rua do Tubarão,com paredão de som e orquestra de frevo. 20h – Chegada da TROÇA na Frente da Arena Elétrica. 20h – Início do Bloco Bora Bora na Arena Elétrica com o Trio Zueira - Atração: Garota Safada até às 00h. 00h – Início da Arena Show com a banda Banda Inala no palco até às 02h.

A definir: AREIA BRANCA Em Areia Branca,o cronograma será divulgado ainda esta semana pela Gerência de Turismo,Eventos e Comunicação da Prefeitura Municipal de Areia Branca,entretanto,foram anunciadas já algumas atrações como as bandas: Bonde do Malulo,Sergynho e Banda,Saia Elétrica,Lane Cardoso,

A ajuda aos blocos será tratada caso a caso, de acordo com a peculiaridades de cada um” MÁRCIOS CÉSAR Chefe de gabinete da Prefeitura de Parnamirim

Grafith,Pawlêra do Brasil,Prabalá,Banda Inala,Tabakana Forró dos 3,Forró Ressanha,Abadala,Nilson Vianna,Amaré do Brasil,Roberto Meus Amores,Os Balaz da Bahia,Introza Sob Medida, Forrozão Xamego e Porreta Music.

MACAU A programação definitiva do carnaval de Macau será conhecida na próximaquinta,dia 2.O carnaval terá três pólos (Praia de Camapum,Praça da Conceição e Corredor da Folia) com dois palcos e 45 camarotes.A estimativa é que cerca de R$ 100 mil foliões circulem no circuito por dia.

PIRANGI A Prefeitura de Parnamirim divulgará a programação oficial apenas no dia 10 de fevereiro,uma semana antes do carnaval.A abertura será no dia 11,com a realização do Ensaio Geral,que este ano deixa a Redinha para acontecer em Pirangi.Durante o reinado de Momo,18 blocos ganharão as ruas.

TOUROS Os foliões que elegeram Touros distante 88 quilômetros de Natal, como pólo carnavalesco deverão conhecer nas próximas semanas a programação de shows.Este ano,a Arena da Folia terá 4.500m²,sendo um público estima por dia cerca de 20 mil pessoas.

Festa em Caicó já foi contestada pelo MP Há dois anos, o carnaval de Caicó também foi alvo de investigações do Ministério Público que chegou a pedir a suspensão do pagamento à empresa Montagem Produções e Eventos LTDA, contratada para intermediar as negociações com bandas que deveriam se apresentar no carnaval da cidade, por questionar a legitimidade da contratação, que foi feita sem a devida licitação, conforme noticiado pela TRIBUNA DO NORTE, no dia 16 de janeiro de 2010. O contrato de R$ 150 mil seria para contratação de três bandas e não obedeciam a lei de licitações, uma vez que a empresa de eventos

não era a empresária exclusiva das bandas e cantores contratados, como exige a lei. A recomendação resultou num Termo de Ajustamento de Conduta que, segundo informações da Comarca de Caicó, estão sendo seguidas até então. Em Caicó, de acordo com o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Eurípedes Araújo Costa Júnior, o Município investirá R$ 500 mil em estrutura e atrações este ano. Para a segurança, um efetivo extra de 208 policiais militares e civis será designado para o local. “Contaremos ainda com o monitoramento por câmeras em toda a Ilha de San-

t’Ana”, afirma. O bloco do Magão mantém a tradição de 20 anos, arrastando uma multidão pelas ruas da cidade da quarta-feira que antecede o carnaval até à quarta de cinzas. Este ano, de acordo com informações da assessoria de imprensa do bloco, a troça carnavalesca não contará com ajuda de custo por parte da Prefeitura do Município. Apesar de se tratar do bloco de rua, gratuito, de maior expressão todo o trabalho é feito com o que conseguimos como patrocínio’, disse. Em estrutura, contratação de músicos, trio e os 15 bonecos que homenageiam

personalidades caicoenses, os custos chegam a R$ 140 mil, em sete dias de festa. A cidade ainda não atingiu a taxa de ocupação de hotéis e pousadas e ainda há vagas disponíveis, para os foliões que decidirem o destino de última hora. “A cidade está se preparando para receber o número crescente de turistas que vem aqui conhecer o carnaval , cada ano”, disse Islândia Melo, do Núcleo de Hospedagem. Este ano, o percurso não contará com banheiros químicos, serão usados os banheiros públicos localizados na Biblioteca pública, Praça da Libertação e Mercado Público.


natal

Domingo | 29 de janeiro de 2012

| Tribuna do Norte | Natal | Rio Grande do Norte |

3porquatro

11

POR ANNA RUTH DANTAS

LECI BRANDÃO

MULHER SIMPLES E ARTISTA QUE CANTA PARA AS MINORIAS.ESSAS SÃO APENAS ALGUMAS CARACTERÍSTICAS DA SAMBISTA LECI BRANDÃO,QUE DEPOIS DE 37 ANOS DE CARREIRA SEGUE UM NOVO DESAFIO:A POLÍTICA.NA CONVERSA,A ARTISTA FALA DE SAMBA,POLÍTICA E DA POLÊMICA QUE É A LEGALIZAÇÃO DO JOGO DO BICHO:

“Precisa legalizar o jogo do bicho” tas eu abro mais um pouco. Não penso cota só para negros, mas cota para pobres. Quando você fala em pobre você tem negro, branco, amarelo, caboclo. Os pobres tinham que ter mais oportunidade de inclusão, de acesso. É inadmissível chegar no hospital e não encontrar um médico negro. Não vejo executivos negros. Venho de origem humilde, minha mãe era servente de escola pública, eu fui operária, telefonista. Como consegui ser artista fiz da minha arte um instrumento para defender os desfavorecidos. Minha carreira sempre foi pautada por isso.

Depois de 37 anos de carreira (em 2011 ela completou),começar uma nova carreira que é a política.O que lhe levou a isso? Eu digo para as pessoas que eu sou artista e estou deputada. Eu não digo que sou deputada, digo que estou porque não sei o que vai ocorrer. O que lhe inquietou a buscar a política? Eu fui convidada mesmo. Quem me convidou foi o ex-ministro do Esporte Orlando Silva Júnior e o Netinho de Paula que é vereador em São Paulo. Fiquei sete meses para responder. Pensei em não me envolver nisso porque sempre fiz um trabalho linkado com as questões sociais, sempre fui uma artista onde participei de todos os processos democráticos, Diretas Já, demarcação das terras indígenas, campanha da fome do Betinho, MST, Luta das Mulheres, Luta dos negros, do Conselho da Igualdade Racial. Eu tenho uma vida pautada sempre por uma questão de lutas do Brasil inteiro. Sempre fui requisitada para cantar em favor de professores, em favor do movimento LGBT, enfim, já cantei para todo mundo e já compus por todos e para todos. O que eles (Orlando Silva e Netinho) disseram para mim foi que eu tinha que pensar que era muito importante que eu desse uma oportunidade para essa sociedade civil organizada como parlamentar. Estou na Assembleia Legislativa com 94 deputados, somente dois negros, sou eu e o deputado José Cândido que é do PT. Independente disso, sou a segunda mulher negra a entrar na Assembleia Legislativa, que tem 173 anos de existência. O Estado de São Paulo ,que é considerado o Estado mais importante do Brasil, tudo acontece em São Paulo, você ser a segunda mulher negra em uma Assembléia Legislativa. Veja que eu sou uma carioca que sobrevive artisticamente em São Paulo. O povo de São Paulo gosta muito da gente, se identifica com o meu trabalho, gosta da minha característica de cantar para índio, para a mulher, para o gay. Eu canto para todo mundo. E nesse período de um ano na Assembleia Legislativa, como você analisa sua experiência parlamentar? Estou muito feliz, estou muito grata a Deus porque estou sendo muito elogiada dentro da Assembleia. Eu tenho sido considerada uma revelação. Por que? Pelo fato de ser negra, artista, as pessoas imaginavam que dentro do gabinete a gente ia ficar lá fazendo um samba. Eu sou da Comissão de Educação e Cultura, da Comissão de Direitos Humanos, fiz parte da CPI do Ensino Superior Privado. E a minha atuação na Comissão de Direitos Humanos tem sido muito legal, porque essa é a Comissão mais pesada. Na Educação e Cultura lancei a Frente Parlamentar em Defesa da Cultura. A minha agenda dentro da Assembleia é positiva. Não fui lá para xingar a situação, nunca xinguei parlamentar. Vou lá para defender os interesses do povo de São Paulo. Eu precisei mostrar para os outros deputados que tinha pauta boa para discussão. Eu abri um leque de contatos e expliquei as propostas do meu mandato e por isso estou sendo

cantora Leci Brandão é daquelas artistas que cantam com o clamor das ruas, retratando a vivência e o grito de minorias. Esse tom vai não apenas nas canções, mas também no seu próprio discurso, que chegou a política, com a incursão de Leci Brandão como deputada, cargo que ocupa desde o ano passado. Logo no início da entrevista, a cantora

A

demonstrou o quanto ficou indecisa para saber se entraria ou não na política. Afinal depois de quase quarenta anos de carreira enveredar por um novo caminho não era tarefa fácil. Mas foi nessa rota, após sete meses pensando, que ela enveredou e hoje como deputada afirma que procura legislar para todos. Na campanha de 2010, Leci Brandão obteve mais de 85 mil votos em São Paulo e se tornou a segunda mulher negra a assumir uma cadeira na Assembleia Legislativa do Estado. Como todo artista de posições fortes, Leci não se furta a responder nenhuma pergunta e traz nas respostas um tom de muita propriedade, até mesmo quando é provocada por assuntos polêmicos. Legalização do jogo do bicho? Claro! Leci Brandão é favorável: “Por que não há interesse do Congresso e do Poder Judiciário em legalizarem o jogo do bicho? Porque o jogo do bicho alimenta autoridade, financia campanha política, faz pagamento além do que recebe no contracheque”, responde a cantora, que esteve em Natal em show promovido pela Trupe Promoção e Entretenimento e DC Produção. A convidada de hoje do 3

Detalhes O que faz um bom samba: uma boa letra e boa melodia O samba no Brasil: sendo olhado de forma diferenciada,para melhor.Tem muito jovem querendo fazer samba.Agora precisa as rádios tocarem o samba de raiz.Precisa ter uma democracia na execução do samba de raiz O que busca a deputada Leci: melhorar a qualidade de vida do povo de São Paulo,principalmente os menos favorecidos que foram esses que me elegeram,tive mais de 85 mil votos.

por 4 é uma sambista reconhecida, uma mulher negra que canta para minorias, uma pessoa simples e de especial atenção com o interlocutor. Com vocês, o que pensa e ensina Leci Brandão:

Sempre fui requisitada para cantar em favor de professores, em favor do movimento LGBT, enfim, já cantei para todo mundo”

Eu precisei mostrar para os outros deputados que tinha pauta boa para discussão”

O Carnaval não é mais aquele que comprava o cetim e tinha comunidade que sambava no pé”

considerada uma deputada de atuação boa. Não estou preocupada porque não sou da situação (da bancada do prefeito Geraldo Alckmin), tenho que ver a prioridade e fazer projetos de lei. Saindo da política e indo para o samba.Você tem quase 40 anos de carreira e traz um perfil de cantar para as minorias.De todas as minorias que você canta e para as quais compõe,qual a minoria que evoluiu no seu clamor? Sem dúvida alguma a população negra porque conheço muitas pessoas que dizem para mim assim: “meu filho tinha vergonha de ser negro, levei para um show seu e ele mudou a cabeça”. Hoje eu tenho um público jovem muito grande em São Paulo e diz que foi ver meu show quando tinha 10 anos. Muitos que ouviram os vinis conseguiram fazer uma transformação, tiveram uma formação cultural, de cidadania em função damúsica que nós fizemos. Veja a música Anjos da Guarda. Nós fizemos para os professores. Essa música não foi música de trabalho, mas todos os professores desse país, onde eu vou, pedem para eu cantar Anjo da Guarda. É uma homenagem a

educação, aos professores. Fiz essa música porque vi uma matéria na televisão mostrando professores fazendo uma passeata de reivindicação salarial, a polícia chegou e bateu nos professores. Quando terminou a matéria eu fiz a música. Qual a minoria que está mais desfavorecida? Acho que ainda é a população indígena. Ela teria que ter mais respeito, mais visibilidade. Eu sou a favor das cotas. Não que eu queira que as pessoas entrem na universidade pela cor da pele. A gente sabe que a maioria da população pobre desse país é negra. A população negra acaba ficando fora dos patamares mais altos desse país porque ela não está no poder. A população negra não está no poder. Quem define nossas coisas é outra etnia. Olhe para a Câmara dos Deputados, você conta a dedo quem é negro. Você sabe que a universidade pública ela é frequentada pela elite. Os pobres não têm condição de entrarem no vestibular. O pobre vem da escola pública, que está jogada e não entra. Quem vai para universidade pública é quem deveria pagar. A questão das co-

Perfil Nascida em Madureira,criada em Vila Izabel,Leci Brandão foi a primeira mulher a fazer parte da ala de compositores da Mangueira.Ela já foi comentarista do desfile da escola de samba na televisão e hoje,além de cantora, é deputada estadual pelo Estado de São Paulo.Em 2012 completa 38 anos de carreira.

Depois de quase 40 anos de carreira,qual sua meta agora? Quero fazer se Deus quiser um outro DVD, só tenho um DVD, e agora quero fazer outro focado no Brasil. Já fiz vários discos assim, sempre cantei o Nordeste, o Norte, todas as regiões do Brasil. Quero voltar a fazer isso. Quero, principalmente, gravar todas as regiões, falar do Brasil. Eu sou uma cidadã brasileira, carioca de Madueira, mas que já cantei em todo o meu país. Sou muito bem recebida em todos os Estados. Você é da Escola de samba Mangueira, mas comentava o desfile de escolas de samba em emissora de televisão. Isso não comprometia seu equilíbrio? Não porque a gente sempre procurou ter um equilíbrio. Escola de samba traz temática muito relacionada a jogo do bicho. Como você vê esse desvirtuamento da imagem da escola de samba? Serei muito real na minha resposta. O carnaval virou espetáculo hollywoodiano. O carnaval não é mais aquele que comprava o cetim e tinha comunidade que sambava no pé. Esse carnaval tomou outras direções. (Antigamente) Era o carnaval que tinha arquibancada e você levava seu lanchinho e via seu parente desfilando. Depois do sambódromo a coisa começou a ficar muito maior e escolas tiveram que ter dinheiro para colocar o carnaval na rua. O Joãozinho Trinta sobe os carros alegóricos, tem a célebre frase que pobre gosta de luxo quem gosta de pobreza é intelectual. A gente começava a ver a dificuldade das escolas em colocar o carnaval na rua. As escolas pobres foram perdendo espaço. Entraram os bicheiros que começaram a ajudar as escolas. Não se pode esquecer que bicheiro construiu creche, colégio. Proporciona (o bicheiro) as pessoas uma coisa que o poder público não cumpre o seu papel. Mas o jogo do bicho deve acabar? O que tem que acontecer é a legalização. Por que não há interesse do Congresso e do Poder Judiciário em legalizar o jogo do bicho? Porque o jogo do bicho alimenta autoridade, financia campanha política, faz pagamento além do que recebe no contracheque. Camarote de bicheiro é frequentado por diversas pessoas de autoridades públicas. Os chiques todos querem estar lá (no camarote dos bicheiros). Não sei porque ninguém quer legalizar. Os bicheiros querem legalizar. Não tenho nada contra os bicheiros. Eles são queridos pelas escolas de samba.


12

natal

| Tribuna do Norte | Natal | Rio Grande do Norte

Domingo | 29 de janeiro de 2012

Eliana Lima ANNA RUTH DANTAS - INTERINA annaruth@tribunadonorte.com.br

»ENGAVETADO...

É impossível você segurar uma tocha para iluminar o caminho dos outros sem que o seu fique muito mais claro” Ben Sweetland

ABELHINHA FLASH

BOBFLASH

Ao que parece a governadora Rosalba Ciarlini resolveu engavetar a minuta de projeto apresentado pelo procurador-geral de Justiça, Manoel Onofre Neto, sobre a Ficha Limpa potiguar. A proposta do Ministério Público era que a governadora propusesse projeto de lei na Assembleia Legislativa vetando a nomeação para cargos comissionados de pessoas que fossem condenadas em segunda instância.

»...COM LAMENTO

Membro do Instituto Histórico e Geográfico do Rio Grande do Norte, o juiz federal Ivan Lira de Carvalho representou a instituição na sessão magna que marcou os 150 anos do Instituto Arqueológico, Histórico e Geográfico Pernambucano, evento que ocorreu sexta no Teatro de Santa Isabel, em Recife. O magistrado recebeu, em nome da instituição potiguar, a Medalha do Sesquicentenário, que foi conferida a algumas instituições que contribuíram para a cultura brasileira.

» FIERN

Em dia de aniversário pelo litoral, o presidente da Fiern Amaro Sales e a esposa Fátima Sales são recebidos por Maria Helena Pacheco

Meses depois do projeto ter sido entregue, a governadora Rosalba ainda não deu qualquer sinalização para levar o projeto adiante.

DESABOYA.COM

»DEFICIÊNCIA....

Que o Proerd do Rio Grande do Norte é destaque no Brasil esse fato todos já sabem. Mas o que falta mesmo é o Governo do Estado destinar mais atenção a esse importante programa. Pasmem! O Proerd no Estado não tem ainda uma sede, funciona no precário prédio do Caic de Lagoa Nova.

»NEGATIVA

Reviravolta nas cobranças que alguns cartórios insistiam em fazer. O desembargador Cláudio Santos, Corregedor Geral de Justiça, decidiu em processo administrativo respondendo a dúvida levantada pelo Oficial de Registro do 7º Ofício de Notas, que o Imposto de Transmissão Inter-Vivos (ITIV) só pode incidir quando houver o registro de contratos. Em outras palavras, o cartório não pode exigir o pagamento do imposto em escrituras públicas de compra e venda, os chamados contratos de gaveta.

»PIONEIRO

»....E SOCORRO

Uma sede própria do Proerd é fundamental para que o programa potiguar possa começar a capacitar militares de outros Estados. O certificado para isso já tem, foi emitido pela instituição americana Drug Abuse Resistance Education. Certificado assinado pelo próprio diretor da DRAE. Reconhecimento internacional do Proerd potiguar e Governo local omisso para as necessidades de estrutura física para o programa.

»PRESENÇA

» OLIMPO

Em festejos na cidade, Eduardo e Neyla Santos JOAONETOFOTOS.COM

» MEL

Um legítimo pote de mel de Urucu para quem descobrir quem é o romântico casal nas águas de uma conhecida lagoa. Dica: a junção de investigações BOBFLASH

A notícia chega da coluna do jornalista Anselmo Góis. Um radialista de Ipu, CE, chamado Demizão, pré-candidato a vereador, faz sucesso com sua plataforma eleitoral. Ele promete, caso eleito, vai criar em sua terra um... "albergue com psicólogos para cuidar dos cornos da cidade". Segundo ele, Ipu está cheio de homens que sofrem “danos psicológicos após serem traídos pelas mulheres".

»TÊNIS

Responda rápido: o que há de comum entre os prefeitos de Taipu e de Pedro Avelino? Ambos são filiados ao PSB! Só isso? Não, ambos pintaram prédios públicos com as cores do partido.

A Natal Runner, grupo de corrida comandado pelo professor Walter Molina, está a todo vapor. Para a Meia Maratona do Rio de Janeiro, que acontecerá em julho, Walter deverá levar mais de 80 atletas. Aliás, a Natal Runner está concentrando muitos vips na sua planilha de treinos.

»…COM CORES

»NOVIDADES...

»MENINOS….

Resultado, o Ministério Público já emitiu recomendação para que os dois prefeitos façam a pintura dos prédios com novas cores e não as do PSB. Detalhe: todo serviço, inclusive a compra das tintas, deve ser custeado pelo próprio prefeito.

Aguardada para essa semana novos desdobramentos do escândalo que fechou a Praça 7 de Setembro.

»….EM FAMÍLIA

Na capital dos magos fantasiosos, desvios agora ganhou outro nome, que define profissão do jet.

»SEM CANETA

A prefeita de São José do Mipibu Norma Ferreira deverá renunciar ao cargo no mês de março. Assumirá o vice, Arísio. Já o destino de Norma, que está no segundo mandato, é disputar uma vaga de vereadora da cidade.

»FROM MACAU

O Zangão Antenado faz um rasante pelo Vale do Assu e garante que permanece a indefinição sobre quem será o candidato a prefeito da oposição, apoiado pelo ex-deputado Ronaldo Soares. Na lista surge mais um nome: o empresário Vieirinha, que é irmão do prefeito de Macau Flávio Veras e tem negócios na cidade de Assu.

»IMPORTAÇÃO

Essa quem trouxe foi a Abelhinha de boa escuta. Circula comentário entre grupinhos afirmando que já há quem queira trazer o capitão da Itália, aquele mesmo que gritou ao comandante Schettino “volte a bordo capitão”, para conclamar a alguns gestores locais “volte a sua terra”.

» DNA

Circulando pelo verão, o casal Roberto e Daniela Chaves

»CARO

A Abelhinha traz a notícia de que as empresas de transportes intermunicipais estão na mira dos órgãos de investigação. O foco agora é a cobrança de tarifa superior ao que é estabelecido pelo DER. Linhas que fazem o percurso da Grande Natal serão alvo de questionamento sobre as tarifas cobradas.

»IMPRESSOS....

A Prefeitura Municipal de Bom Jesus resolveu investir pesado em impressos e cartuchos de impressora. Foi contratada pelo valor de R$ 77.500 a empresa P. F. DE OLIVEIRA ME. Ela deverá fornecer “serviços gráficos para impressos de uso geral da municipalidade", conforme define o extrato do contrato.

» PAÇOCA

Pirangi fervendo e eles fazendo sucesso com o Paçoca de Pilão, Giovanni e Bebeta Rodrigues

»...E GASTOS

Outros R$ 49.650,00 da mesma Prefeitura serão gastos com remanufaturação e cartuchos. O contrato foi firmado com a empresa RENOVE COMÉRCIO DE CARTUCHOS PARA IMPRESSORAS LTDA.

COLMEIA

» "Nosso Samba Tá na Rua". Esse é o nome do show que a sambista Beth Carvalho apresentará dia 2 de março no Teatro Riachuelo.

COLABORAÇÃO: HELDON SIMÕES


Domingo |

29 de janeiro de 2012

natal

Tribuna do Norte | Natal | Rio Grande do Norte |

13

George Azevedo georgeazevedo@digizap.com.br

Leleu Beach O caçulinha do deputado Leonardo Nogueira e da prefeita Fafá Rosado, Leleu, reuniu queridos na última sexta-feira, 20, para comemorar idade nova com festa bacanérrima na casa de praia dos pais, em Tibau, com quitutes do Requinte Buffet e animação da banda Pegada de Luxo. Tudo registrado para o Trafegando.com

Gustavo Rosado e Kleber Azevedo. Pura animação!!!

Verinha Rosado com Ericina Leitão. Papo bom!!!

Leonardo Nogueira e Fafá Rosado recebendo o casal Vicente/Jaqueline Amaral e Ruth Ciarlini

Marlus Ciarlini e Renata Dutra

O aniversariante Leleu Rosado com a bela Yasmim Veras. Amorzão!!!

Quarteto animado: Aspázia Fernandes, Luana Almeida, Fádia e Farah Rosado

Ciro Rennê Fernandes e a mui amada Jaynna Ferreira

Verão das antigas Bie, bie, arena!!! Nil Costa e Marcílio Maia foram responsáveis por uma das melhores festas da temporada, em Tibau. O "Verão das Antigas", que reuniu muita gente bacana n anoite de sexta-feira, 21, no restaurante Álibi para momentos de boas recordações ao som de Andrade Júnior, Cantarerê, Garagem 31 e do mossoroense Netinho. O Trafegando.com fez todo o registro.

Érico Fernandes e sua belíssima Luara Rosado

Dorgival Dantas, Forró dos Plays e banda Inala foi a mistura perfeita para o encerramento da temporada de festas da Arena Show, em Tibau, no último sábado, 21. Agora, todos se preparam para o Carnaval, que vai ser o maior do estado. Enquanto isso, veja nosso resumo em fotos do Trafegando.com

Reginaldo e Marluce Bezerra foram curtir o forrozão de Dorgival Dantas

Glenda Soares na espera de mais um herdeiro

Marcelo Filgueira e Berg Filho em ação

Nil Costa recebendo o casal Tarcio Garcia e Fátima Gondim

Arthur Mendes e Raíssa Castro, firme e forte, até o sol raiar

Germanna Gabriella. Linda de viver!!! Ruy Araújo, vocalista da banda Inala, com a esposa Suellen, direto do Pernambuco

Porcino Neto e Fabiana Sá

Andrade Júnior soltando o vozeirão

Cadu Fonseca e Eduarda Pinto com o mesmo look

Ronaldo Mendes e Priscilliana Gondim. Só love!!!

Pablo Marcel e Mariana Aurélio


natal 14

Natal | Rio Grande do Norte | Domingo | 29 de janeiro de 2012

NELSON MATTOS FILHO Velejador-avoante1@gmail.com

uando programamos a viagem no veleiro Malaika para levá-lo de Natal até Salvador no início do ano, não fizemos nenhuma previsão de chegada, até por que não queríamos criar expectativas falsas. O Malaika estava há muito tempo sem navegar e quando isso acontece o mar cobra pedágio e paciência. Não queríamos quebrar a cabeça cruzando contas de milhas e nós, deixamos essa parte para o barco, o mar e o vento, éramos apenas tripulantes e observadores desse trio que se entende como velhos amigos. Não tínhamos data marcada para chegar, mas também não estávamos a passeio, estávamos cumprindo o compromisso de entregar o Malaika em Salvador nas melhores condições e pronto para navegar com o proprietário, comandante Noronha, assim que chegasse. Ás 165 milhas de Natal a Recife demonstrou que estávamos no comando de um grande barco. Entramos na capital pernambucana para recolocar a antena do VHF, substituir a correia do motor e revisar as bombas de porão, nada que gerasse insegurança a bordo, mas que tinham que estar em ordens para segurança da boa navegação. Um dia em Recife, atracado no Cabanga Iate Clube, foi o suficiente para colocar ordem no barco e retomar a velejada. Às vinte e três

DE NATAL A SALVADOR NO MALAIKA II

Q

horas e quarenta e cinco minutos da Quinta-Feira, 05/01, deixamos para trás a capital do frevo e aproamos a alagoana Maceió. O vento não mudou em nada, continuava leste e soprando tão macio quanto o mar que navegávamos. Com a gente estava o casal Marcos e Elilza, que nunca havia feito uma viagem de veleiro em mar

aberto e estava adorando a velejada. Marcos e Elilza embarcaram em Natal e fariam parte da tripulação até Maceió, para um excelente teste de mar. Essa é uma boa maneira para os que sonham um dia comprar um veleiro de oceano, fazer parte de uma tripulação e assim ver se realmente é aquilo mesmo o que querem.

Eles tiraram a viagem de letra e até já estão se programando para uma nova velejada com a gente a bordo do Avoante. Ficamos felizes e certos que em breve teremos mais um casal cruzando os mares a bordo de um veleiro. Chegamos a Maceió na noite da Sexta-Feira, 06/01, depois de 23 horas de mar e debaixo de uma for-

te chuva para lavar a nossa alma coberta de sal. São momentos assim que traduzem a forma de vida dos que trocam o conforto do telhado de uma casa numa noite de chuva, pelo prazer de receber toda aquela chuva no corpo sem a preocupação com o frio nem com a roupa molhada. A natureza é soberana e nada é mais importante

do que a certeza de estar fazendo a manobra correta e ter a tripulação e o barco em segurança. Assim que ancoramos o Malaika a chuva se foi, ela estava ali apenas para nos dar boas vindas e também ajudar na lavagem do convés. Abrimos um vinho para comemorar a chegada e brindar o primeiro cruzeiro do casal, que desembarcariam para retornar a Natal. Passamos mais dois dias em Maceió para rever amigos e dar uma costura na vela de proa. É sempre uma alegria chegar à capital de Alagoas e receber o carinho e atenção dos que fazem a Federação Alagoana de Vela e Motor, mas os problemas no desembarque continuam agravados. Nenhuma autoridade alagoana consegue resolver o mal que a sujeira trazida pelo rio Salgadinho representa para a cidade. Aquilo é um verdadeiro esgoto a céu aberto e diariamente espalha toneladas de imundices nas praias da capital. Uma pena, mas não se resume apenas a Maceió, pois outras cidades também têm o seu Salgadinho. Deixamos Maceió na enluarada noite da Segunda-Feira, 09/01, com a promessa meteorológica de uma virada no tempo, mas nada tão significativo que forçasse o prolongamento de nossa ancoragem. A bordo apenas eu e Lucia, que é igual a São Tomé e não acredita muito nas previsões dos satélites. O vento continuava bom, mas o mar estava meio amuado!


esportes

15h -Botafogo x Nova Iguaçu, Globo 18h30 - Paulista x Santos; SporTV

RÁDIO GLOBO NATAL

6h - Esportes em Debate com Rubens Dantas e Alex Padang 16 h - Campeonato Estadual: ABC x América

[ CAMPEONATO ESTADUAL ] Polícia Militar arma

esquema especial de segurança nas cidades

Rodada será marcada por clássicos e rivalidades quinta rodada do Campeonato Estadual será marcada pelo confronto entre rivais. Estão reservadas emoções extras para Natal, com ABC x América, para Mossoró, onde jogam Potiguar x Baraúnas, bem como em Caicó, onde Coríntians e Caicó voltam a medir forças seis anos após o último confronto oficial pela competição. Na capital potiguar a partida terá início às 16 horas, enquanto os clássicos que prometem movimentar as duas maiores cidades do interior do RN tiveram o início remarcado para às 17 horas. O clima quente que costuma marcar os encontros, já é sentido pelas ruas dessas cidades, onde a Polícia Militar programou um esquema especial de segurança com a finalidade de garantir a tranquilidade dos torcedores e da população. Para o jogo no Frasqueirão será deslocado um efetivo de 500 policiais, contendo homens dos Batalhões de Choque, de Cavalaria, Trânsito e patrulhamento de ruas que vão montar barreiras nas proximidades do estádio abecedista para evitar confrontos entre os membros rivais das facções organizadas das duas equipes.

A

MOSSORÓ O clima esquentou para o clássico Potiba deste domingo. A direção do Potiguar encaminhou ontem à Federação um pedido de exame antidoping para a partida e a atitude não foi bem “digerida” pelo técnico do Baraúnas, Francisco Diá: “Eles estão desconfiando de quê?”, protestou. O presidente alvirrubro Benjamim Machado disse que não vê problema algum em solicitar um direito que consta no regulamento do campeonato e que vale para todos. “É normal. Está no regulamento. Todas as despesas referentes ao exame serão de nossa responsabilidade. Um jogo desta importância exige todas as providências no sentido de termos uma partida limpa”, argumentou Benjamim. No primeiro momento, o técnico baraunense Francisco Diá se mostrou tranquilo quanto a atitude do rival de pedir o exame para o clássico. Mas, depois Diá consi-

derou uma decisão antipática e desrespeitosa. “Acho uma falta de respeito ao nosso preparador físico (Edson Barros), aos atletas e a instituição Baraúnas”, reagiu. Segundo ele, o bom condicionamento físico apresentado pelo Baraúnas nos jogos, estão sendo resultado de uma boa pré-temporada e diz que não sabe por que isso incomoda o Potiguar. “Se a gente está bem fisicamente é porque fizemos uma boa pré-temporada. Aqui, ninguém usa isso (doping). Vão gastar dinheiro em vão”, alfinetou o técnico. É com esse clima que Baraúnas e Potiguar vão a campo em jogo que poderá permitir ao vencedor um lugar no bloco das equipes que estariam classificadas à semifinal e ao derrotado um certo distanciamento na referida zona de classificação. CAICÓ Com a particularidade de nunca ter havido um vencedor nos confrontos entre Caicó x Coríntians pelo Estadual, as duas equipes voltam a se enfrentar hoje, num duelo que os torcedores estavam esperando há seis. O Galo vem embalado pela boa vitória sobre o América, enquanto a Raposa também está com a motivação em alta após a vitória fora de casa sobre o Baraúnas. A expectativa é que o estádio Marizão receba um público recorde, uma vez que a partida colocará em jogo uma série de atrativos. Vencendo, o Coríntians pode assumir a liderança do turno. No lado rubro-negro a vitória fará com que o time passe os rivais na tabela de classificação. OUTROS JOGOS Animado pela boa vitória sobre o ASSU, o Palmeira quer se manter firme no propósito de conquistar uma vaga na semifinal do turno e, para tanto, planeja realizar mais uma boa apresentação e vencer o Alecrim hoje no estádio Nazarenão. O time natalense não tem outra alternativa que não seja vencer para deixar a última colocação. No estádio Edgarzão, o ASSU recebe o Santa Cruz, num encontro onde o derrotado terá dificuldade para continuar na luta para chegar à semifinal. JÚNIOR SANTOS

Técnico Francisco Diá se irritou com pedido de exame antidoping

Washington:ansioso para participar do seu primeiro clássico-rei. PÁGINA 2

CURIOSIDADES

DICAS

NÚMEROS

Nos confrontos válidos pelo Estadual,nunca houve um vencedor nos clássicos entre Coríntians x Caicó.

Os portões do estádio do ABC, Frasqueirão,serão abertos hoje para os torcedores,a partir das 14 horas.

15MIL foi o número de ingressos que o ABC disponibilizou para venda hoje no Frasqueirão.

RODRIGO SENA

HOJE NA TV

ABC X AMÉRICA

Editor: Vicente Estevam (interino) e-mail: esporte@tribunadonorte.com.br

NATAL • RIO GRANDE DO NORTE Domingo • 29 de janeiro de 2012

PARA ONDE SE DIRIGIR NO ESTÁDIO Por questão de segurança,as entradas das duas torcidas vão ocorrer através de portões exclusivos.

Local reservado à torcida do ABC

Local reservado para a torcida do América

Local reservado à torcida do ABC

Local das cadeiras reservado à torcida do América

Local das cadeiras reservado à torcida do ABC

Entrada da torcida do América Policiamento cavalaria Estacionamento imprensa

Acesso de sócios, proprietários de camarotes, os donos de ingressos para as cadeiras numeradas

Policiamento cavalaria

Bilheteria

Estacionamento para autoridades

Policiamento de trânsito

Acesso dos torcedores do ABC para arquibancadas

Policiamento tropa de choque

15.000

3.700

11.300

30

ingressos foram colocados à venda para o clássico.

ingressos foram colocados à disposição para a torcida do América.

ingressos serão destinados para os torcedores do ABC.

reais é o preço cobrado pelo ingresso de arquibancada.


esportes

2 | Tribuna do Norte | Natal | Rio Grande do Norte

PERSONAGENS DO CLÁSSICO

RODRIGO SENA

Domingo | 29 de janeiro de 2012

RODRIGO SENA

JUNIOR SANTOS

ARQUIVO TN

RODRIGO SENA

ARQUIVO TN

WASHINGTON

SOARES

JÉRSON

JUNIOR XUXA

RUBENS GUILHERME

ALEX PADANG

Depois de ter uma estreia discreta contra o Santa Cruz,o centroavante está confiante para o clássico de hoje, contra o América,no Frasqueirão

O atacante foi a maior contratação do América para essa temporada,mas ainda não chegou ao seu ideal na parte física.Começa no banco de reservas

Um dos poucos que permaneceram no elenco depois da série B de 2011,o camisa 8 vem sendo o líder alvinegro nesse início de campeonato

Com um começo arrasador,marcando três gols na estreia,o camisa 10 rubro caiu de produção e espera voltar a se destacar no clássico de hoje

Desde que assumiu a presidência do ABC,o time disputou seis clássicos, vencendo quatro e empatando os outros dois.Está invicto

Recém empossado como presidente do América,o empresário vai estrear em clássicos como mandatário do clube.Assumiu querendo o título

Choque

DE OPOSTOS

NO PRIMEIRO CLÁSSICO DO ANO,ABC E AMÉRICA ENTRAM EM CAMPO EM SITUAÇÕES DISTINTAS.O ALVINEGRO É LÍDER, ENQUANTO O RUBRO TENTA A REABILITAÇÃO NA DISPUTA

RODRIGO SENA

o contrário dos clássicos anteriores, a partida entra ABC e América, hoje, às 16h, no estádio Frasqueirão, vem com mudanças. E, a maior delas, é a cordialidade entre as diretorias dos dois maiores rivais do Rio Grande do Norte. Antes mesmo de se reunir com a Polícia Militar e o Ministério Público, para decidirem o percentual de ingressos que seriam destinados aos torcedores americanos para o clássico-rei, os dirigentes alvinegros se anteciparam e colocaram à disposição da torcida rubra, um total de 3.600 ingressos, o que equivale a 24,5% do total. Um número bem acima do que os 10% que normalmente são enviados aos visitantes. A aproximação dos dois clubes começou quando o deputado estadual Hermano Morais assumiu a presidência do América, depois da renúncia de Clóvis Emídio. E agora, a amizade parece ter sido selada de vez, com Alex Padang assumindo o cargo maior americano. Parceria entre os clubes já foram cogitadas, mas não foi definido. Para o clássico de hoje, Alex Padang defendia de que fosse jogo de torcida única, para evitar confronto entre os torcedores. Mas, o presidente do ABC, Rubens Guilherme Dantas, e o comandante geral da Polícia, Coronel Araújo, foram contra a ideia e mantiveram o jogo aberto para os torcedores alvinegros e alvirrubros. Na operação, serão mais de 500 policiais militares para fazer a segurança do clássico, dentro e fora do Frasqueirão, nas ruas que dão acesso ao estádio. A Cavalaria também foi convocada, assim como o Corpo de Bombeiros. “Quem for ao Frasqueirão será bem acolhido e cada um torça pelo seu clube do coração, que todos possam torcer em paz e hoje não vai ser diferente. Vai ser o primeiro grande clássico de 2012 e acredito também em uma grande festa das torcidas”, previu o presidente do ABC, Rubens Guilherme Dantas. Os torcedores do América vão ficar acomodados no módulo 3 e na cadeiras da parte esquerda das cabines de imprensa. Os americanos vão entrar pelo portão A do estádio Frasqueirão. Outro fator que deve chamar a atenção no clássico, é a arbitragem. Tanto ABC, quanto o América já fizeram críticas nesse estadual em relação ao desempenho dos árbitros no campeonato. Existia a possibilidade de um profissional de fora do Estado ser contratado para ser o responsável pelo clássico, mas não passou de possibilidade. O escolhido para comandar o espetáculo, hoje, é o potiguar Pablo Ramon. Ele já foi o responsável por apitar um compromisso do América, este ano, quando o rubro venceu o Palmeira, por 3x1, na segunda rodada da competição.

RODRIGO SENA

Artilheiros sonham com gols

A

Leandro Campos enfretou o América cinco vezes. Ganhou quatro

FICHA TÉCNICA ABC AMÉRICA Camilo;Murilo,Flávio Boaventura,Eduardo e Renatinho Potiguar;Bileu, Carlinhos Santos (Luís Ricardo),Jérson e Raul;Léo Gamalho e Washington. Técnico:Leandro Campos.

Fabiano;Zé Antônio,Edson Rocha e Mauro; Fabinho,Nata, Ricardo Baiano, Júnior Xuxa e Carlinhos; Wanderley e Isac. Técnico: Flávio Araújo

Estádio:Frasqueirão,Natal/RN Horário:16h Árbitro:Pablo Ramon Assistentes:Luís Carlos Câmara Bezerra e Clistenes Junny de Souza Alves

O técnico Flávio Araújo vai disputar seu primeiro clássico-rei

Atacantes querem ser destaques Eles chegaram a Natal como as maiores contratações para a disputa do campeonato estadual. Mas, até o momento, depois de quatro rodadas, tanto Washington, do ABC, como Soares, no América, ainda não conseguiram corresponder, dentro de campo, ao alto investimento feito neles. É verdade quem ambos tiveram problemas físicos, e só estrearam pelos seus clubes na última rodada, mas, sem conseguir apresentar o futebol que a torcida espera deles. O centroavante alvinegro jogou pouco mais de 70 minutos, até agora, enquanto o atacante americano ficou em

campo apenas metade de um tempo. Mas, ambos estão confiantes de que no clássico de logo mais, possam render o que os torcedores esperam. “Estava treinando bem, aí tive que parar por conta de uma contusão muscular. Depois, me recuperei e não tive muito tempo de treinar com o time e por isso não rendi tudo que podia contra o Santa Cruz. Sei que ainda falta um pouco de ritmo, mas, por se tratar de um clássico, é preciso se doar mais um pouco, para ajudar o seu time. Espero começar a marcar gols para o ABC e ajudar o time a vencer as parti-

das”, disse Washington. Para Soares, seu primeiro jogo com a camisa do América não foi exatamente como ele esperava. Além de sair de campo derrotado, o jogador não conseguiu realizar uma boa partida. “É melhor esquecer o jogo contra o Coríntians e fazer de conta que o clássico contra o ABC vai ser minha estreia pelo América. Sei que vai ser uma partida difícil, que nosso time precisa vencer para voltar a liderança da competição e estou pronto para ajudar o América, seja com gols, seja com assistências. O mais importante é conquistar os três pontos”, finalizou o atacante.

Normalmente, os artilheiros dos times nas competições sãos os atacantes, em especial os centroavantes, aqueles que vestem a camisa de número 9. Mas, nesse início de campeonato potiguar, essa regra vem sendo quebrada. Tanto no ABC, quanto no América, os artilheiros não são os homens de frente e sim os que jogam no meio campo. No lado alvinegro, Jérson vem se destacando como o melhor jogador do clube no estadual e já marcou três gols na disputa, assim como Júnior Xuxa, que mesmo sem marcar há quatro partidas, se mantém no topo da disputa da artilharia. Com a responsabilidade, primeiro, de servir os companheiros de ataque, para que eles possam marcar os gols, os dois meio campistas não estão incomodados em serem eles, os goleadores máximos de seus clubes, até o mo-mento. “Olha só, venho aprimorando nas finalizações e isso vem refletindo dentro de campo. Minha primeira função é servir meus companheiros, mas, as chances estão aparecendo e eu não desperdiçar. O importante é ajudar o ABC a conseguir as vitórias. A artilharia do campeonato fica em segundo plano”, disse Jérson, sobre a possibilidade de assumir o posto d goleador do ABC. Mesmo não atravessando um bom momento dentro da competição, já que o América vem de duas derrotas seguidas, o camisa 10 alvirrubro, Júnior Xuxa se mantém como artilheiro do time no estadual. Os três gols marcados por ele, até o momento, foram todos no primeiro jogo do time na competição, quando a equipe americana goleou o Caicó por 5x0, sendo ele o destaque da equipe da partida. De lá para cá, o América foi caindo de produção e não marca um gol há duas rodadas. Nada melhor que um clássico para voltar a vencer e, quem sabe, reassumir a liderança da competição, perdida na última rodada, depois da derrota para o Coríntians de Caicó, no Marizão, estádio do interior do Rio Grande do Norte. De líder, o América caiu para a terceira posição na tabela de classificação do campeonato estadual. “Estamos vindo de duas derrotas e sabemos das nossas obrigações porque jogamos no América e temos que estar vencendo. O que importa agora é buscar a reabilitação e em cima do maior rival é melhor ainda pois irá levantar a moral da equipe. Sabemos que precisamos dos três pontos e que vamos enfrentar uma equipe que vem crescendo na competição e hoje é líder. Vamos lutar para voltar a vencer e dar alegrias ao torcedor do América”, declarou.


Domingo | 29 de janeiro de 2012

esportes

Tribuna do Norte | Natal | Rio Grande do Norte |

3

MESTRES DO ESPORTE

explosão DE SOLIDARIEDADE

FOTOS:RODRIGO SENA

FELIPE GURGEL repórter

elo seu nome de batismo, pouca gente o conhece: Francisco Rubens da Silva. Mas, pelo apelido que “ganhou” nos tempos de jogador profissional de futebol, é mais fácil identificar esse quase senhor de 55 anos: Chico Explosão. “Quando era atleta, jogava como ponta direita e tinha um vigor físico muito grande. Corria o campo todo, marcava, atacava e fazia isso tudo com muita força. Foi por causa dessa minha característica que a imprensa potiguar daquele época, me colocou esse apelido, de Explosão, que me acompanhou durante toda a minha carreira”, revela o ex jogador. A história de Chico Explosão como jogador, começou em 1976, aos 21 anos, pelo Força e Luz, antigo clube de Natal, que participou de alguns campeonatos estaduais. Em seguida, se transferiu para o Atlético e Ferroviário, ambos equipe da capital do Rio Grande do Norte. Mas, no final da década de 70, o veloz ponta direita teve que se retirar dos gramados. Devido a uma contusão no joelho, decidiu abandonar o futebol, decisão que durou por um ano. Mesmo sem jogador, Chico Explosão mantinha a forma treinando nos morros de Cidade da Esperança. Foi em um desses treinos, que dirigentes do Alecrim o convidaram a retornar aos gramados e defender o time no campeonato estadual de 1979. O exjogador passou pouco tempo no alviverde. Sem muito espaço no cenário profissional do futebol potiguar, Chico se aventurou por diversos times do interior, que disputavam campeonatos regionais. Com pouco retorno dentro de campo, decidiu tomara difícil decisão de pendurar precocemente, de uma vez por todas, suas chuteiras, no final dos anos 80, aos 33 anos. Mas, quem pensa que Chico Explosão se afastou do futebol, se enganou. Menos de um ano depois, estava ele deitado em seu sofá assistindo um programa esportivo na televisão, quando tudo mudou. “Em 1991, depois de me aposentar do futebol, estava em casa, assistindo televisão, quando vi uma reportagem de um ex jogador que estava abrindo uma escolinha de futebol para crianças. Naquela época, aquilo não existia em Natal, não nos moldes que eu queria, uma escolinha gratuita. E foi o que fiz. Arregacei as mangas da camisa e fui trabalhar. Agora, já são 22 anos aqui em Cidade da Esperança, tentando passar alguma coisa para os jovens”, afirma Explosão. Sofrendo para manter sua escolinha funcionado, o ex jogador e hoje treinador, sabe que as dificuldades precisam ser superadas pelo bem maior, que é o ensinar aos jovens que o esporte é a melhor saída para não enveredar pelo mundo das drogas. “Não iludo ninguém. Sempre digo os garotos que não deixem de estudar, porque, se não conseguirem ser jogadores de futebol, eles podem ter um futuro como cidadão de bem, pais de família. Cobro is-

P

Cerca de 30 jovens treinam na escolinha de Chico Explosão.Para ele,o que falta é uma política mais voltada para o esporte,a fim de livrar os jovens das drogas

Mesmo sem a ajuda do poder público ou dos empresários natalenses, Chico Explosão mantém, há 22 anos, uma escolinha de futebol no bairro Cidade da Esperança, para dar uma esperança aos jovens e também tentar manter as crianças longe das drogas e da marginalidade

Para Chico,falta de patrocínio ainda é o maior problema Como é comum em Natal, os esportes que não possuem grande apelo de marketing ou que dão retorno financeiro, dificilmente conseguem patrocínios para financiar os atletas. A escolinha de Chico Explosão não foge a essa regra. Totalmente gratuita, o dono e treinador revela que mantém o projeto apenas com doações e

Sem local para realizar os treinamentos,o ex-jogador utiliza um morro em Cidade da Esperança,para preparar os jogadores so deles, para que não se mandem para o lado ruim da vida. Já imaginou, três desses meus alunos, sem nada na vida, com uma arma na não, dentro de algum comércio? Não é isso que quero para eles. Quero que eles tenham uma vida digna”, afirmou. Atualmente, a escolinha de Chico Explosão funciona no bairro de Cidade da Esperança e conta com jovens de 10 a 15 anos, que sonham em se tornar jogadores profissionais. São mais de 30 garotos que treinam duas vezes por semana. Nas terças-feiras, apenas a parte física, em um morro do bairro. Nas quintas-feiras, a parte técnica e tática.

Antes, os jogos eram realizados no campo de futebol de Cidade da Esperança, mas, de acordo com o ex jogador, a Prefeitura de Natal solicitou o espaço e ele teve que mudar o local dos treinamentos. “Ficou um pouco mais longe de treinar, porque a Prefeitura pediu o campo que eu usava como local de treinamento dos garotos. Agora, estamos treinando em um campo lá nos Barreiros, uma localidade perto de Cidade da Esperança. Mas, isso não vai fazer com que eu me desanime. Vou continuar trabalhando sério, para ajudar esses jovens que querem se tornar jogadores”, afirmou Chico Explosão.

JÁ PENSEI EM DESISTIR, DE ABANDONAR TUDO,MAS,PELAS CRIANÇAS,CONTINUO AQUI E VOU CONTINUAR POR MUITO TEMPO” CHICO EXPLOSÃO treinador de futebol

ajuda dos pais dos seus alunos, que contribuem de forma voluntária, já que para fazer parte da escolinha, não é necessário pagar nenhum tipo de mensalidade. “É complicado tentar desenvolver um projeto sem ajuda nenhuma. Às vezes aparece um empresário, conversa comigo, diz que quer ajudar, mas na hora de investir, desaparece. Isso que é o mais complicado, porque cria expectativas em mim e nos jovens e acaba não se concretizando”, desabafa. Alguns amigos ajudam na escolinha de Chico Explosão, mas, apenas com bolas, coletes e chuteiras. Quando é necessário dinheiro para viagens, para a reali-

zação de amistosos, a situação fica complicada. Aí, os pais dos alunos precisam desembolsar alguma ajuda para que os seus filhos possam jogar fora de Natal. “Sempre tenho convites para jogar no interior do estado e até em outros estados. Mas, fica difícil organizar a viagem, porque não tenho dinheiro para alugar um transporte. Tem que ter dinheiro para alimentação, essas coisas. Por isso que os pais dos meus alunos sempre ajudam, quando podem. Não só em relação as viagens, mas me ajudam também. Eles sempre mandam um ´dinheirinho´, para que eu possa me manter”, revela. Mas, se todas as promessas que fizeram a Chico Explosão, fossem realizadas, ele não estaria precisando mais de ajuda. “O Cascata elogiou meu trabalho, disse que ia ajudar, e nada. O Leandrão me prometeu patrocínio, e foi embora. Até Renato, meio campo do Botafogo/RJ, soube do meu projeto, ficou de ajudar e não apareceu mais. E nem adianta ir atrás de ABC e América, porque os clubes daqui não tem interesse de ajudar essas escolinhas, o que acho errado”, afirma Explosão. Mesmo batalhando atrás de patrocínios para sua escolinha, o que mais Chico Explosão deseja é um emprego para ele, que sobrevive apenas com a ajuda dos pais dos alunos da sua escolinha. “Olha só, já pensei em desistir, de abandonar tudo, mas, pelas crianças, continuo aqui e vou continuar por muito tempo. O que eu queria mesmo era que conseguisse um emprego na Prefeitura, para poder me manter e trabalhar com os jovens mais tranquilo”, finalizou.


4 | Tribuna do Norte | Natal | Rio Grande do Norte

esportes

Domingo | 29 de janeiro de 2012

Afastado da quadra pela inatividade do clube no esporte, ex-treinador revela mágoa com a diretoria americana que não cumpre a promessa de remontar a equipe de futsal, que durante anos ele manteve com ajuda de alguns colegas

[ FUTSAL ]

Arturzinho critica saída do América DIVULGAÇÃO

epresentante do América na FNFs, o ex-técnico de futesal do América, Artuzinho, fez questão de elogiar mais uma aclamação de Clóvis Gomes à frente do futsal do RN. “Precisamos contar com pessoas de bem e que tenham o futsal no sangue. Clóvis tem essas duas qualidades e está de parabéns pelo trabalho que está realizando”, disse o folclórico treinador, que não poupou críticas ao América, licenciado do futsal. “Do América eu só recebo promessas. É um absurdo um futsal de tanta história e tantas glórias como o do América está licenciado”, lamentou, Artuzinho, no seu melhor estilo: aos berros e em tom agudo. O “eterno” treinador rubro não poupou críticas, também, ao ex-presidente do América, Gustavo de Carvalho. “Ele não foi correto comigo, não o perdoo”, afirmou. O futsal potiguar sobrevive hoje graças ao interior do RN. Essa é uma triste realidade lamentada pelo presidente da Federação Norterio-grandense da modalidade, Clóvis Gomes. “Infelizmente, os clubes da capital não querem mais investir no futsal, apesar do esforço e abnegação de algumas pessoas como Artuzinho, no América”, declarou o dirigente. Por outro lado, Clóvis comemora o investimento de equipes do interior. “O interior gosta do futsal e lota os ginásios. É uma festa. Graças ao interior do Estado, o futsal do Rio Grande do Norte não fechou as portas”, afirmou Clóvis. O vice-campeonato do Nordeste conquistado pelo do Cruzeiro de

R

Assu é uma prova da evolução do futsal no interior potiguar. Com o fortalecimento do futsal no interior e chegada de novos investidores e parceiros, como a Intertv Cabugi, que realizará junto com a FNFs, a Taça RN 2012, Clóvis espera que os tradicionais clubes da capital como ABC, América e AABB possam voltar à ativa.A AABB conta, hoje em dia, apenas com times nas categorias de base. O futsal adulto não existe mais. Mesma situação de ABC e América, que sempre dependem ou dependiam de uma pessoa para ativar o departamento de futsal. No Alvinegro, o “último herói” foi o jornalista Rubens Lemos Filho, com apoio da agência de publicidade Art&C; no Alvirrubro, Artuzinho. HOMENAGEM Jogador e técnico de futsal do América durante 50 anos, Artur Ferreira, ou simplesmente Artuzinho, emprestará seu nome à sede da Federação Norte-riograndense de Futsal. A nova sala será inaugurada no próximo mês de março no Ginásio Nélio Dias, Zona Norte de Natal. Mas, de acordo com Clóvis Gomes, presidente da entidade, a casa do futebol de salão potiguar já terá novo endereço a partir de fevereiro próximo, quando ocorrerá a mudança. “Espero que já no início de fevereiro possamos estar fazendo a mudança da federação para o Ginásio Nélio Dias”, confirmou Clóvis. O dirigente emendou, falando da homenagem a Artuzinho.

ge?”, indagou Clóvis. A crítica do dirigente ganhou coro do técnico Artuzinho: “Na política do Rio Grande do Norte só tem irresponsável em matéria de esporte. Quando é que vão construir outro ginásio daquele? Nunca! Estão aca-

bando com o esporte no Estado”. Depois da demolição do Ginásio Humberto Nesi (Machadinho), Clóvis Gomes foi obrigado a transferir a sede da federação para o Colégio Imaculada Conceição (CIC), provisoriamente. Lá, ele foi aclamado, por unanimidade, presidente da Federação Norte-rio-grandense de Futsal para mais um quadriênio, de janeiro de 2012 à janeiro de 2016. A eleição foi realizada às 19h30 da última terça-feira, no CIC, com a participação de dez filiados da FNFs e alguns árbitros do quadro da federação. O edital foi publicado no Diário Oficial do Estado nos dias 28,29 e 30 de dezembro último, conforme o Estatuto da FNFs. E como não houve adversário, chapa de oposição, os filiados resolveram aclamar o atual presidente para mais um mandato, o terceiro consecutivo. Clóvis terá ao seu lado, como vice-presidente, Hideraldo Santos; Wilson da Conceição foi mantido na direção de arbitragem. Além de continuar com o trabalho de popularizar, profissionalizar e desenvolver o futsal no interior do Rio Grande do Norte, Clóvis tem como bandeira para este início de novo mandato incluir Mossoró no roteiro do desenvolvimento e soerguer o futsal da capital. “O que tiver ao alcance da federação, nós faremos. Mas, o retorno de ABC, América e AABB, por exemplo, ao futsal depende muito mais dos próprios clubes do que da federação”, destacou Clóvis.

SÃO PAULO

ATLÉTICO/MG

CENI DEVE FICAR AFASTADO ATÉ JULHO

DANILINHO SERÁ A BAIXA NA ESTREIA

Rogério Ceni se submeteu à cirurgia para correção de uma instabilidade no ombro direito na tarde de sexta-feira. O procedimento realizado no Hospital do Coração pelo médico Sérgio Schubert, com coordenação do ortopedista Rene Abdalla, deve deixar o goleiro fora dos jogos do São Paulo pelo menos até julho. “A previsão é de que fique cerca de seis meses afastado dos gramados para recuperação”, informou Abadalla, após aproximadamente 1h30 de operação bem-sucedida. Ceni acusou a lesão no ombro em 15 de janeiro, durante treinamento de pré-temporada, no CT de Cotia. O goleiro relutou a aceitar a cirurgia como método de tratamento, já que acreditava poder se reabilitar de suas dores crônicas somente com fisioterapia.

O Atlético/MG não poderá contar com meia-atacante Danilinho na estreia do Campeonato Mineiro. Isso porque a Federação Mineira de Futebol informou, que jogador foi expulso na final do Estadual de 2008, e por isso terá de cumprir suspensão automática. O Atlético-MG informou através da assessoria de imprensa, que o clube conseguiu converter a pena em cestas básicas, mas para evitar problemas, a comissão técnica optou por deixar o atleta de fora. O técnico Cuca vinha utilizado Danilinho como titular da equipe, desde o início da pré-temporada, mas terá mudar o time logo no primeiro jogo do Mineiro. A tendência é que o atacante Guilherme ocupe a vaga.

Considerado uma lenda do Futsal potiguar, Artur Ferreira será homenageado pela direção da FNFS

“Esta homenagem é mais do que justa para um homem que dedicou a sua vida ao futsal do Estado e do América”, destacou Clóvis, que criticou a demolição do Machadinho: “Todo mundo só fala da demolição do Machadão pa-

ra a construção do estádio da Copa. Mas, ninguém fala do Machadinho, que era o terceiro maior ginásio do Norte-Nordeste”. “E agora? Vamos ficar só com o Nélio Dias, que é um bom ginásio, mas que todo mundo acha lon-

ESPORTE NA TV 11 horas - Futebol - Campeonato Italiano:Lecce x Internazionale;SporTV e ESPN HD 11 horas - Futebol - Campeonato Italiano:Roma x Bologna;ESPN Brasil 11 horas - Futebol - Campeonato Italiano:Chievo Verona x Lazio;ESPN 14 horas - Futebol - Campeonato Espanhol:Racing Santander x Valencia; ESPN Brasil 15 horas - Futebol - Campeonato Paulista:Catanduvense x Palmeiras; Globo e Band 16 horas - Futebol - Campeonato Paulista:Corinthians x Linense;Pay-perview

16 horas - Futebol - Campeonato Carioca:Nova Iguaçu x Botafogo;Payper-view 16 horas - Futebol - Campeonato Carioca:Duque de Caxias x Vasco;Payper-view 17 horas - Futebol - Campeonato Francês:Rennes x Olympique de Marselha;SporTV 2 18h30 - Futebol - Campeonato Paulista: Paulista x Santos;SporTV 18h30 - Futebol - Campeonato Paulista: Guarani x Ituano;Pay-per-view 18h30 - Futebol - Campeonato Paulista: Mogi Mirim x Ponte Preta;Pay-per-view


Domingo | 29 de janeiro de 2012

esportes

Tribuna do Norte | Natal | Rio Grande do Norte | 5

[ FUTEBOL EUROPEU ] O presidente do Santos, Luís Álvaro de Oliveira Ribeiro, brincou com a proposta feita pela equipe portuguesa,

alegando que os valores são bem abaixo do que o jogador realmente vale. Inter de MIlão e PSG já tentaram o acerto com o jogador

Porto faz proposta por PH Ganso HÉLVIO ROMERO

m meio a polêmicas com a diretoria do Santos, o meia Paulo Henrique Ganso despertou o interesse do Porto (Portugal) na sua contratação. Porém, a proposta apresentada pelos Dragões não agradou a cúpula santista. Desta forma, segundo o presidente Luis Álvaro de Oliveira Ribeiro, o Peixe irá recusar a oferta dos portugueses pelo seu camisa 10. “Recebemos uma proposta do Porto e mandamos uma cópia ao nosso sócio nos direitos do jogador (grupo DIS). Nós vamos res-

E

O camisa 10 santista vai continuar no clube até a Copa de 2014

Zagueiro Alex é contratado pelo Paris Saint Germain Horas depois de o técnico Carlo Ancelotti ter afirmado, em entrevista coletiva, que o zagueiro Alex estava sendo contratado pelo Paris Saint-Germain junto ao Chelsea, da Inglaterra, a direção do clube francês confirmou, nesta sexta-feira, o acerto com o defensor brasileiro, que assinou um contrato por duas temporadas e meia (até junho de 2014). Em sua apresentação oficial no PSG, Alex não poupou críticas ao treinador do Chelsea, o português André Villas-Boas. “Eu tive problemas com o técnico. Ele não gosta do meu futebol. Por isso, preferi me transferir para outro clube”, afirmou o zagueiro na entrevista coletiva, que estava sendo pouco aproveitado por Villas-Boas. Sua última partida pelo clube de Londres foi na derrota para o Liver-

pool, em novembro, nas quartas de final da Copa da Liga Inglesa. Como Alex tem jogado pouco na Inglaterra - o Chelsea até contratou o zagueiro Gary Cahill, do Bolton -, Ancelotti revelou que surgiu uma grande chance de contratar o defensor brasileiro. “É uma grande oportunidade de contratálo pelo preço e pelo seu desejo de se juntar ao PSG”, afirmou o treinador italiano. Alex foi contratado pelo Chelsea junto ao Santos em 2004. No entanto, o brasileiro foi logo emprestado ao PSV Eindhoven, da Holanda, onde jogou por três temporadas. Em 2007, enfim jogando pelo clube londrino, o zagueiro foi comandado por técnicos de renome como o português José Mourinho, hoje no Real Madrid, e o brasileiro Luiz Felipe Scolari, atualmente no Palmeiras. MICHEL SPINGLER/AE

O zagueiro Alex não vinha sendo aproveitado no Chelsea

Milan confirma acerto com o argentino Maxi López O Milan encerrou nesta sextafeira uma longa novela ao anunciar a contratação do atacante argentino Maxi Lopez, que pertencia ao Catania. O clube italiano já havia confirmado anteriormente que tinha um acordo prévio com o jogador e sua equipe, mas a primeira opção era ter como reforço o também argentino Carlitos Tevez, do Manchester City. O atual campeão italiano tinha a intenção de reforçar o seu ataque desde que Cassano precisou passar por uma cirurgia no seu coração. Assim, com o anúncio da chegada de Maxi Lopez, o Milan mostra que desistiu de contratar Tevez, que está afastado do seu clube na Inglaterra. O Milan tentava se reforçar com Tevez por empréstimo, mas o Manchester City só aceitava

vendê-lo. Assim, o argentino não deve trocar de clube nesta janela de transferências do futebol europeu, de acordo com o que revelou o seu empresário, Kia Joorabchian, após as tentativas frustradas de Milan, Paris Saint-Germain e Inter de Milão de contratá-lo. Em comunicado oficial, o Milan explicou que contratou Maxi Lopez por empréstimo até o final da temporada 2011/2012, com a opção de compra do jogador após o encerramento desse período. O novo reforço do clube tem 27 anos, iniciou a carreira no River Plate, teve uma passagem apagada pelo Barcelona e também defendeu o Mallorca na Espanha. O argentino ainda passou por FC Moscou e Grêmio antes de chegar ao Catania em 2010.

ponder na segunda-feira, educadamente, que não temos o menor interesse de vendê-lo. Pelo Santos, o Ganso fica aqui até o fim do seu contrato (previsto para 2015)”, disse Luis Álvaro, em entrevista. Sem interesse na venda de Ganso, o mandatário alvinegro ainda ironizou os valores oferecidos pelo Porto em busca da contratação do meia. “Não temos interesse nenhum em sequer abrir conversa no que nos foi proposto. Propostas como estas, eu diria que são cômicas, para não falar que são trági-

cas. Eu diria que tem um erro de digitação, na proposta tem um 0 a menos”, comentou. Já sobre a situação contratual de Paulo Henrique Ganso com o Santos, Luis Álvaro de Oliveira Ribeiro destacou que está aberto a conversar com o jogador sobre uma renovação, tendo em vista que os seus vencimentos mensais estão abaixo do desejado pelo próprio atleta. “Na hora que ele quiser conversar, vou conversar com ele. E certamente não é o interesse do Santos perder esse jogador.

A nossa expectativa é a de que ele cumpra o contrato em vigência e siga honrando a camisa do Santos como sempre fez”, encerrou. Com um salário avaliado em R$ 150 mil por mês, Ganso tem os seus direitos econômicos divididos entre o DIS, sócio majoritário e dono de 55%, e o Peixe, responsável pelos 45% restantes. Entretanto, os direitos federativos do jogador, segundo as leis da Fifa, ficam sob propriedade do clube. O PSG também já tentou contratar o meio campo santista.


6

| Tribuna do Norte | Natal | Rio Grande do Norte

esportes

Domingo | 29 de janeiro 2012

Com 50% do projeto concluído, a arena Mané Garrincha é um dos projetos mais adiantados para o Mundial. Governo já prepara a licitação para contratar a empresa que ficará responsável em colocar a cobertura da praça de esportes

[ COPA 2014 ]

Estádio do DF pode chegar a 850 mi rasília (Agência Estado) - O governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz (PT), estima que o estádio que Brasília está construindo para a Copa do Mundo de 2014 vai custar entre 800 e 850 milhões de reais. Até agora, o único valor que vinha sendo divulgado pelo governo do DF era de R$ 671 milhões, que é o custo das obras civis. Na próxima semana será aberta a licitação para a construção da cobertura da arena, que tem como teto o valor de R$ 175,8 milhões. A expectativa do governo do DF é que a licitação da cobertura tenha um grande deságio. O chefe de gabinete do governador, Cláudio Monteiro, afirma que o preço da cobertura ficará entre 40% e 70% abaixo do custo da cobertura do Maracanã. A estimativa feita pelo governador leva em conta a celebração de um acordo para cessão de cadeiras praticamente a custo

B

zero e que os gastos com o gramado também não sejam altos. A inauguração do estádio de Brasília está prevista para o dia 31 de dezembro deste ano. O ministro do Esporte afirmou que a inauguração pode contar com um jogo entre os operários e um time montado pelo ex-jogador Ronaldo, que trabalha hoje como conselheiro do Comitê Organizador Local da Copa. Aldo fez elogios ao andamento da obra em Brasília e se referiu todas às vezes ao local como “Estádio Nacional Mané Garrincha”, causando desconforto a Agnelo, uma vez que o governo do DF chama apenas de “Estádio Nacional

de Brasília”. Após a “pressão” do ministro, o governador afirmou que o nome oficial da arena manterá a homenagem ao ex-jogador. O ministro falou ainda brevemente sobre a Lei Geral da Copa, que está em análise no Congresso. Ele reafirmou não haver intenção de retirar o direito a meia-entrada de idosos durante o evento, como deseja a Fifa. A proposta da entidade é deixar os idosos apenas na chamada categoria 4, na qual uma carga de ingressos será disponibilizada a cerca de US$ 25,00. O governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz, anunciou que 50% das obras da arena de Brasília estão concluídas. O percentual coloca o estádio como um dos mais adiantados do país . A capital federal também receberá a Copa das Confederações de 2013 e será palco da abertura da competição. Queiroz acompanhou o ministro do Esporte, Aldo Rebelo.

lopesrn@hotmail.com

Clássico é clássico! a minha avaliação não tem esta conversa de “clássico é clássico e não tem favorito”. Tem sim! E o favorito é aquele time que tem um melhor elenco, melhor aplicação tática e qualidade técnica. Criaram no futebol brasileiro não dá para fazer projeções para um clássico, que tudo pode acontecer em um clássico, blá-blá-blá.... A diferença entre um ABC x América, um Poti-Ba ou Gre-Nal é que a rivalidade está mais acirrada, os ânimos mais exaltados e muitas vezes a superação é maior do que aconteceria em um “jogo comum”, e é só, pelo menos na minha avaliação. Mas no clássico deste domingo, e neste confronto especificamente eu não consigo apontar um favorito e por razões que são simples de explicar. Mesmo com o ABC vivendo uma situação mais confortável na tabela de classificação, os dois times não estão prontos, estão ainda em fase de desenvolvimento. Leandro Campos e Flávio Araújo começaram trabalhar as equipes em cima da estréia no Estadual, com o ABC realizando apenas coletivos e o América um único amistoso e estão fazendo a pré-temporada dentro da competição.

N

É evidente que ninguém no América admite, mas somente uma vitória é capaz de salvar a “pele” do técnico Flávio Araújo que vem de dois resultados negativos e que está tendo o trabalho de organização tática questionado por alguns setores. Em nível técnico, o América tem um elenco de boa qualidade, com exceção das duas laterais, onde Ferreira e Carlinhos não acertaram e é justamente onde está o problema. Flávio Araújo vem insistindo em um esquema tático que precisa de alas e não de laterais, que precisa de jogadores que sejam capazes de jogadas agudas, de fundo de campo, o que ele não tem com os jogadores que indicou para o setor. Depois de perder para o Baraúnas, e Corintians, Flávio Araújo sabe que o confronto com o ABC é decisivo para a sequência do trabalho dele no time rubro, ainda mais que a conquista do Estadual é prioridade para o América.

MANTER A INVENCIBILIDADE Leandro Campos vai para o jogo tentando manter a liderança e a invencibilidade no clássico e vem de um resultado importante em cima do Santa Cruz, com o time mostrando que está em um processo de desenvolvimento coletivo.

O estádio Itaquerão, de São Paulo, que vai ser palco da abertura do Mundial, está avançando

Itaquerão também avança

Marcos Lopes

CLÁSSICO PODE SER DECISIVO

NILTON FUKUDA

Fim de jogo, fim de papo

ARBITRAGEM ARQUIVO TN

Cel. Araújo comanda um time de 500 policiais no clássico do Frasqueirão. Que joguem duro com os marginais, só com os marginais.

Em Mossoró... ... o Potiguar vai embalado para cima do Baraúnas. O time rubro saiu da nona para a quinta posição e jogou o tricolor para a penúltima colocação. Cheiro de decisão no Nogueirão.

Em Caicó.... ... O Corintians tem um time mais qualificado técnica e taticamente, mas vai enfrentar um adversário que venceu fora de casa e que chega motivado para o clássico do Seridó. Clima quente no Marizão, que continua pedindo socorro e ninguém atende.

Depois de muita polêmica e reclamações de ABC e América, a COAF sorteou Pablo Ramon Gonçalves para comandar o clássico, um árbitro jovem e que é visto pelos especialistas na área, como uma promessa da arbitragem potiguar. A palavra-chave para uma boa arbitragem é equilíbrio e tranqüilidade, já que as regras do futebol ele conhece, e sabe que todas as atenções estarão voltadas para o trabalho dele e dos assistentes.

PRIORIDADES Alex Padang estréia em clássicos, como presidente do América e elegeu como prioridade, a conquista do título estadual. Quer tirar o time rubro de uma incômoda fila de espera de quase dez anos. Rubens Dantas está concluindo o mandato – será que está mesmo¿ - e quer a conquista do tri-campeonato. Dois dirigentes que tem estilos diferentes de administrar, mas que tem um carisma muito grande com os torcedores.

Com 124 equipamentos e 1.171 operários trabalhando em três turnos, a Arena Corinthians já está 25% concluída, segundo comunicado oficial do clube. Os últimos avanços foram as instalações de oito degraus no edifício leste. Além disso, já foram cravadas 2.720 estacas, o que corresponde a 85% do total - a cravação deve terminar no fim de fevereiro. Os blocos de concreto já são mais de 500, sustentados por 61 pilares, e 84 vigas foram instaladas. O primeiro turno de trabalho começa às 7h30 e o último termina às 5h30, totalizando 22 horas de serviços ininterruptos. Ainda de acordo com a Odebrecht, construtora da obra, o ritmo vai crescer substancialmente a partir da semana que vem. A ideia do Timão é entregar o campo de Itaquera até dezembro de 2013. Fora da Copa das Confederações, a Arena Corinthians, que tem investimento previsto em R$ 820 milhões, será o palco da abertura da Copa do Mundo de 2014 e ainda receberá mais cinco jogos, incluindo uma semifinal.

Ministério cria secretaria para acompanhar grandes eventos O ministro do Esporte, Aldo Rebelo, e o novo secretário executivo do ministério, Luis Fernandes, empossado na quarta-feira, anunciaram a criação da Assessoria de Coordenação de Grandes Eventos, estrutura específica, ligada à Secretaria Executiva, com o objetivo de coordenar os esforços do governo federal para a preparação da Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014 e dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016. O titular da assessoria será o engenheiro Eugenius Kaszkurewicz, professor da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e ex-diretor do Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI). “Só podemos compreender nossa tarefa e o imenso desafio de realizar esses dois grandes eventos, que as entidades organizadoras e o mundo nos confiaram, como instrumentos para confirmação da vocação do país. A África do Sul e os africanos não lutaram para levar a Copa do Mundo para vencer o torneio, porque sabiam da existência de seleções mais fortes, nem para ficar com alguns estádios modernos. Eles organizaram a Copa para demonstrar sua capacidade de realizar algo grandioso, que motivasse sua popula-

ção, engenharia, tecnologia, ciência e seus desportistas. O Brasil deve observar a realização dos grandes eventos sob esse ponto de vista”, afirmou Aldo Rebelo. Responsável por realizar a ponte entre governo, comunidade acadêmica e cadeia produtiva de inovação, a Assessoria de Coordenação de Grandes Eventos estruturará comissões técnicas de apoio às áreas tecnológicas, sobretudo engenharia e empresariado. O secretário também pretende criar a Câmara Temática de Inovação da Copa do Mundo, que se somará às nove já existentes – várias instâncias governamentais cuidam dos preparativos para o Mundial, sob a coordenação do Ministério do Esporte. “Há outra dimensão desse desafio: a oportunidade única que esses eventos trazem para que os produtos e serviços inovadores sejam apresentados ao mundo e consigam propiciar melhores condições de vida ao povo brasileiro”, destacou Luis Fernandes. O secretário executivo ainda anunciou a estruturação da preparação esportiva brasileira para os Jogos Olímpicos de 2016, com foco na obtenção de um novo patamar de resultados.


esportes

Domingo | 29 de janeiro de 2012

Tribuna do Norte | Natal | Rio Grande do Norte | 7

[ CAMPEONATO CARIOCA ] Direção do clube confirmou parte da dívida, mas jogadores estão insatisfeitos com a situação. O meio-campo Felipe segue fora do time, se recuperando de dores

Apito Final EVERALDO LOPES - elopes@tribunadonorte.com.br

O sobe e desce do clássico e algum dia for escrita a história do clássico ABC x América, todos verão que uma das peculiaridades é que, nos primeiros anos a temporada tinha apenas dois jogos oficiais – os tradicionais turno e returno. As extremidades na história do clássico vão de duas a 17 partidas. Fundados em 1915, somente em 1918 foi disputado o primeiro campeonato metropolitano, haja vista que o interior ainda permanecia de fora. Mesmo com o passar do tempo, pelo menos até os campeonatos dos anos sessenta, o número de jogos ABC x América variava entre três a cinco partidas. A quantidade foi crescendo depois do advento dos jogos noturnos, em 1948. O maior clássico potiguar somente ganhou grandes públicos e número de partidas com a inauguração do estádio de Lagoa Nova. Aí, sim, pode-se dizer que disparou. Em 1975 foram sete clássicos, todos com grandes públicos, em 1976 aconteceram dez ABC x América, em 79 e 80 foram 12, em 1983 nada menos de 14 partidas entre americanos e abecedistas e, finalmente, o recorde, imbatível até hoje que aconteceu em 1994, com 17 ABC x América, todos no estádio de Lagoa Nova – àquela altura, já denominado “João Machado”. A média de jogos ficou sendo de um ABC x América a cada 20 dias. Em outras palavras: vulgarizou-se

Com salários atrasados, Vasco enfrenta o Duque

S

O sobe (2) A precariedade dos dois únicos jornais que circulavam em Natal - “A República” e “A Imprensa” dificulta uma afirmação correta sobre quem ganhou o primeiro ABC x América, já que - segundo o pesquisador Procópio Neto, lamentavelmente já falecido, no seu livro “Esportes em Natal”, como não existia ainda uma entida-

O técnico do Vasco, Cristóvão Borges, está preocupado com o atraso nos salários dos jogadores

de que organizasse o futebol na capital, jovens natalenses disputavam “rachas” nos descampados da cidade. Somente com o surgimento da Liga de Desportos Terrestres, em 1918, é que se oficializou o maior confronto de equipes. O maior problema que os jovens jogadores encontravam era a falta de bolas de couro.

O sobe (3) No livro “Da Bola de Pito ao Apito Final”, editado em 2006, com 450 páginas e escrito por este colunista (o livro ainda pode ser adquirido na banca “Boa leitura”, no Nordestão da Salgado Filho), consta a sequência de jogos dos dois clubes, mas somente a partir de 1950, até 2005, números

extraídos dos jornais, já que a FNF não tinha como informar com precisão. A partir de 1950 até hoje, há um equilíbrio, evidentemente que com maior número de vitórias do ABC antes do Machadão, com empate nos números somente jogos nesse estádio, e vantagem do ABC na última década.

Três clássicos

Clássico de risco

Somente com o retorno do Caicó EC ao Estadual é que a federação pode, finalmente, incluir o que se costuma considerar clássicos. A rigor, os mais tradicionais, são ABC x América e Potiguar x Baraúnas. Com boa vontade, considera-se também clássico o jogo Corinthians x Caicó, apesar de um clássico ter que contabilizar uma longa sequência de jogos, e o Caicó disputou poucos Estaduais, devido muitas ausências na competição. Se não houver algum rebaixamento – inclusive, agora, o Alecrim FC correndo risco, o Estadual poderá manter pelo menos esses três clássicos nos próximos estaduais.

O companheiro Ricardo Silva comentou, no seu blog, a opinião dos colegas mossoroenses que foram cobrir o jogo Potiguar x Alecrim, quinta-feira. Sem exceção, depois de conhecerem mais de perto as instalações do estádio Nazarenão, acharam uma temeridade realizar um América x ABC naquele local. O maior risco está no excesso de torcedores em um estádio que comporta apenas cinco mil. Ir a Goianinha (60 quilômetros) e retornar a Natal sem assistir ao jogo por falta de lugar, cria revolta. É preciso considerar que uma massa incontida (e revoltada) pode gerar consequências graves.

Rubens x Padang Antes & depois Imperdível, para os coleguinhas da Rádio Globo/RN o programa Esportes em Debate deste domingo, como sempre em duas edições: às 6h devido o horário de verão e, à tarde, 14h. De um lado Guilherme Dantas na defesa do seu ABC, do outro o recém-empossado presidente rubro, Alex Padang (Alex Sandro Melo).

Encontro na rua o antigo camisa 10 do Atlético de João Machado – Nozinho, e ele puxa assunto dos velhos tempos do J. Lamartine. Lembra que, quando um jogador queria criticar um árbitro ou um cartola, ia mais próximo da velha tribuna de honra, gesticulava alto e aos gritos “mandava brasa” no árbitro ou no dirigente.

Humor Quando os Campeonatos Estaduais/RN eram precedidos do tradicional Torneio Início, uma espécie de “avant première” do campeonato, havia desfile dos times, dos árbitros e até com car-

Botafogo atrás da vitória contra o Nova Iguaçu

ros alegóricos. Certo dia, num desses desfiles, lá vem o quadro de árbitros também desfilando, todos de preto, golas brancas, um gaiato na Geral, diz a todos os pulmões: “que quadrilha!...”

R. Vital viaja Quem está no rumo de Londres é o médico do ABC, Roberto Vital, da equipe para-médica brasileira. Vai visitar o Comitê Organizador dos Jogos Paraolímpicos de Londres. Retorna dia 03 de fevereiro.

Dispensas no Verdão O treinador Berguinho fica, mas os jogadores são dispensados por indisciplina ou deficiência técnica. Na sexta-feira, foi dispensado o goleiro Fred, por indisciplina, e Osmair, Manmoel e Washington, por deficiência técnica.

esmo após a vitória do último domingo sobre o Americano por 2 a 0, o clima no grupo vascaíno não é bom. O Gigante da Colina jogará mais uma vez em Macaé, hoje, às 16h (no RN) aonde encara o Duque de Caxias, pela segunda rodada da Taça Guanabara, com uma crise iminente. Com os salários atrasados, o elenco do Vasco protestou durante a semana e ameaçou não se concentrar para o confronto deste fim de semana. Com a promessa de pagamento dos atrasados por parte da diretoria, os jogadores sabem que precisam do resultado positivo para não deixarem nenhum clima pesado se instalar em São Januário. A diretoria do Vasco havia se comprometido com o grupo de jogadores que pagaria parte dos salários atrasados do elenco na última sexta-feira e, ao longo desta tarde, cumpriu com o combinado. As pendências foram quitadas pela diretoria e a concen-

M

FICHA TÉCNICA D.DE CAXIAS VASCO Fernando;Michel, Paulão,Daniel Melo e Baiano; Fábio Aguiar, Romário, Gilberto,Carlos Alberto e Juninho;Gilcimar. Técnico:Mário Marques.

Fernando Prass; Fagner,Dedé, Rodolfo e Thiago Feltri;Nilton,Fellipe Bastos,Allan e Juninho;Diego Souza e Alecsandro. Técnico:Cristovão Borges

Estádio:Moacyrzão Horário: 16h (no RN) Árbitro: João Batista de Arruda Assistentes: Silbert Faria Sisquim e Wendel de Paiva Gouveia

tração dos atletas para a partida de hoje, diante do Duque de Caxias, foi mantida. Mesmo com o pagamento de parte das dívidas, os jogadores que não estavam com os direitos de imagem atrasados continuam sem receber os vencimentos que estavam atrasados. A intenção

CARIOCA

MAIS DUAS PARTIDAS FECHAM A RODADA Pelo grupo A, o Resende, que irá jogar em casa, quer conquistar os primeiros três pontos neste sábado, às 17h, quando a equipe enfrentará o Olaria. Apesar da derrota do último domingo para o Botafogo por 3 a 1, o técnico Paulo Campos, que já adiantou que não irá fazer marcação especial em Pedrinho, mostrou otimismo com a atuação da equipe e espera bater o rival. O Olaria, que ocupa o quinto lugar no grupo, e foi derrotado na estreia para o Nova Iguaçu, deve ter mudanças para esta partida. O técnico Acácio pode estrear os reforços Lucão, Moisés e Claudir, mas ainda não sabe quem substituirá Amarildo, expulso na última partida. Após a vitória sobre o Duque de Caxias por 3 a 1 na primeira rodada, o Boavista conta com a experiência do zagueiro Luiz Alberto e o atacante Somália para bater o Americano neste domingo, às 17h em Campos, e alcançar os seis pontos do grupo B.

dos dirigentes é quitar o valor aos poucos para não comprometer o orçamento estipulado para este primeiro semestre. O técnico Cristovão Borges ainda não confirmou a escalação para este confronto, mas deverá fazer apenas duas mudanças no time principal. O zagueiro Rodolfo e o volante Allan vão entrar no lugar de Renato Silva e Chaparro, respectivamente, e devem fazer parte dos onze iniciais. No treino de sexta-feira, Rodolfo e Juninho Pernambucano foram as ausências, mas não serão problemas para este confronto. O meia Felipe, que também sentiu um incômodo durante a semana, vai jogar normalmente. O Duque de Caxias estreou perdendo para o Boavista de virada e quer aproveitar a possível crise instalada em São Januário para garantir os três pontos. Esta semana, a equipe reforçou o elenco ao acertar com o lateral-direito Ari, e os atacantes Tiago e Watthimen.

Após a vitória sobre o Resende por 3 a 1 na primeira rodada do Estadual, o Botafogo terá dois adversários indigestos hoje. A equipe vai enfrentar o Nova Iguaçu, às 16h (no RN), no Estádio do Moça Bonita, em jogo realizado pela segunda rodada da Taça Guanabara. Líder do grupo A ao lado do Flamengo, perdendo apenas no saldo de gols, o Botafogo terá que se preocupar com o forte calor que faz em Bangu, além do time da Baixada Fluminense. Considerado o bairro mais quente do Rio, o local aonde fica o Moça Bonita costuma registrar uma temperatura beirando os 40 graus. “Vai ter um sol para cada jogador. Temos que jogar com inteligência. Estará muito quente para os dois times. Se mantivermos a posse de bola, faremos o adversário correr atrás dela e cansar mais rápido. Temos que ter essa inteligência”, disse o goleiro Jefferson. FICHA TÉCNICA NOVA IGUAÇU BOTAFOGO Jefferson; Marcelinho, Naylhor,Vagner Eugênio e Uallace; Amaral,Luan, Mossoró e Dieguinho;Zambi e Leandrão. Técnico:Léo Condé.

Jefferson,Lucas, Antônio Carlos, Fábio Ferreira e Márcio Azevedo; Marcelo Mattos, Renato,Maicosuel, Andrezinho e Elkeson;Loco Abreu. Técnico:Oswaldo de Oliveira.

Estádio:Moça Bonita Hora:16h (no RN) Árbitro: Antônio Maciel Assistentes: Michael Correia e Luis Felipe Costa


esportes 8 | Natal Rio Grande do Norte | Domingo| 29 de janeiro de 2012

Com a finalidade de pegar ritmo para estreia da Libertadores, os jogadores corintianos encaram a partida de hoje contra o Linense como um teste importante. Todos querem mostrar trabalho para garantir uma vaga no time

[ CAMPEONATO PAULISTA ]

Timão quer manter bom momento pesar de não ter conseguido brilhar como nos melhores momentos de 2011 nas duas primeiras rodadas do Campeonato Paulista, o Corinthians obteve vitórias importantes diante de Mirassol e Guaratinguetá e já ensaia um embalo. Hoje, para manter os 100% de aproveitamento, a equipe de Tite recebe o ainda invicto Linense, às 16h (no RN), no Pacaembu. Além de renderem seis pontos, as partidas iniciais do torneio serviram para mostrar à comissão técnica que o Timão rende mais com Danilo ao lado de Alex na armação em vez de Willian compondo trio de ataque com Liédson e Émerson. Se nenhum jogador for vetado pelo departamento de preparação física, a equipe não sofrerá alterações em relação ao triunfo de quarta-feira, por 2 a 0, sobre o Guará. Chicão, que não jogava desde 6 de novembro de 2011, aproveitou que Paulo André ainda não atingiu sua melhor forma física e que Wallace fraturou o nariz para matar as saudades de começar jogando e até marcar um gol. O antigo capitão seguirá no time e pode até recuperar a braçadeira, posto que Alessandro é outro que ainda não está em plena forma e pode ser poupado. O Linense, que é comandado pelo ex-jogador Pintado, ainda busca o equilíbrio. Na primeira rodada, a equipe do interior bateu o Comercial por 4 a 3 jogando fora

JF DIORIO/AE

DANIEL AUGUSTO JR

A

Liedson fala que o Corithians deve empregar um ritmo forte hoje

FICHA TÉCNICA CORINTHIANS LINENSE Julio Cesar; Alessandro, Chicão,Leandro Castán e Fábio Santos;Ralf, Paulinho,Danilo e Alex;Emerson e Liedson. Técnico:Tite

Douglas;Diego Macedo,Fabão, Bruno Quadros e Alexandre Silva; Makelelê,Elias, Neto e Lenílson; Éder e Chimba Técnico: Pintado

Estádio:Pacaembu Horário: 16h (no RN) Árbitro:Marcelo Rogério (SP) Assistentes:Marcelo C.Van Gasse e Tatiane Sacilotti dos S.Camargo (ambos de SP)

de casa. No meio de semana, a defesa voltou a sofrer três gols e o time só empatou.

Maikon Leite espera pela oportunidade de virar titular de Felipão

Palmeiras duela contra o Cataduvense A suspensão imposta pelo Tribunal de Justiça Desportiva paulista ao técnico Luiz Felipe Scolari colocou o auxiliar Flávio Murtosa como o responsável pelo Palmeiras neste início de temporada. Depois de uma vitória e um empate neste Campeonato Paulista, o interino tenta fechar seu ciclo de forma invicta, hoje, às 16h (no RN), contra o Catanduvense, no estádio Sílvio Salles. Apesar de ter assumido a direção do time no banco de reservas diante de Bragantino e Portuguesa, Murtosa parece não se incomodar em comandar o clube pela última vez antes do retorno do chefe. “Melhor seria ter o Felipão sen-

tado e dirigindo a equipe”, admitiu. No entanto, a suspensão do técnico pentacampeão fica restrita apenas ao dia do jogo, quando se posiciona nas tribunas. Durante a semana, a preparação da equipe é encabeçada por Felipão, que termina de cumprir o gancho por críticas feitas à arbitragem no ano passado. Para encarar o Catanduvense, Murtosa e Felipão encaram uma importante dúvida. Maikon Leite ficou na reserva das duas primeiras partidas, mas entrou em ambas e foi decisivo para os resultados do clube. Agora, aumenta a expectativa pela entrada do camisa 7, enquanto Tinga sofre cada vez mais críticas da torcida.

FICHA TÉCNICA CATANDUVENSE PALMEIRAS João Paulo; Lorran,Cleber, Ednei e Anderson Paim;Fabinho Carioca,Du, Washington e Lúcio;Alex Wilian e Alemão Técnico:Roberval Davino

Deola;Cicinho, Henrique,Leandro Amaro e Juninho; Márcio Araújo, Marcos Assunção, Tinga (Maikon Leite) e Valdivia; Luan e Ricardo Bueno Técnico: Flávio Murtosa

Local: Estádio Sílvio Salles Horário: 17 horas (de Brasília) Árbitro: Luiz Vanderlei Martinucho (SP) Assistentes: Daniel Paulo Ziolli e Mauro André de Freitas (ambos de SP)

Embalado, Mogi recebe a Ponte Preta Com dois triunfos em duas rodadas, o Mogi Mirim vem tendo seu melhor início de Campeonato Paulista desde que retornou à elite do futebol regional, em 2009. Para seguirem fazendo história, os jogadores do Sapão terão pela frente a Ponte Preta, às 18h30 (no RN) hoje, no Estádio Romildo Ferreira. Nos três anos passados, o Mogi estreou com derrota no Paulistão (2 a 0 em casa para o Mirassol, 5 a 1 diante do Palmeiras, e, na última vez, 2 a 0 para o São Paulo), mas em 2012 a história mudou. A equipe de Guto Ferreira começou a competição batendo o Catanduvense fora de seus domínios, e foi mais longe ao vencer o Guarani. O início surpreendente empolga os jogadores, que já sonham com a classificação para a fase mata-mata do torneio. “O nosso objetivo é classificar entre os oito. Estamos firme e forte nessa caminhada. Já começamos bem. Precisamos manter o ritmo que tudo dará certo”, confia o atacante Roni. Para não ter o mesmo destino do rival campineiro, a Ponte Preta terá que driblar o desentrosamento. Pela terceira vez, Gilson Kleina será forçado a mudar a escalação da equipe.


[ PÁGINA 11 ]

[ PÁGINA 3 ]

ESCALADOS PARA DESEMPENHAR COADJUVANTES,GALÃS COMO FÁBIO ASSUNÇÃO E MARCELLO ANTONY, MOSTRAM O SEU LADO MAIS CÔMICO NO PROGRAMA [ PÁGINA 10 ]

A REVISTA DA TV É UM SUPLEMENTO DA TRIBUNA DO NORTE. NÃO PODE SER VENDIDO SEPARADAMENTE.

GAROTA NACIONAL SOPHIE CHARLOTTE É UMA SAMBISTA CARIOCA EM ‘AS BRASILEIRAS’, SÉRIE QUE PASSEIA PELO PAÍS ATRAVÉS DO OLHAR FEMININO [ PÁGINAS 6 E 7 ]

Natal • Rio Grande do Norte • Domingo • 29 de janeiro de 2012

COMO MUITOS ARTISTAS, LUA BLANCO,DE“REBELDE”, MANTÉM A RELAÇÃO COM O PÚBLICO NAS REDES SOCIAIS,MAS ATÉ HOJE RECEBE CARTAS DE FÃS

revista da tv

DURANTE GRAVAÇÃO DE NOVA TRAMA DAS 18H, “AMOR ETERNO AMOR”, ELENCO APRENDEU A LIDAR COM BÚFALOS NA ILHA DE MARAJÓ


Tribuna do Norte • Natal • Rio Grande do Norte

Inter TV/Cabugi – Canal 11

revista da tv

Domingo | 29 de janeiro de 2012

TERÇA

QUARTA

QUINTA

SEXTA

Vinícius despista Laura sobre a armação de Débora. Gabriel ameaça Moisés. Beatriz aconselha Alexia a não mentir sobre o relacionamento com Gabriel. Cristal garante a Babi que reconquistará Gabriel. Helena insiste em ficar com Nelson até encontrarem Gorila. Gabriel pergunta se Alexia está escondendo algo sobre Moisés.

Alexia implora para que Gabriel não se desentenda com Moisés. Babi fica enciumada ao ver Betão cercado por mulheres. Nelson denuncia Gorila. Gabriel e Alexia combinam um final de semana romântico na casa de Beatriz. Laura encontra R$ 100 no bolso de Débora e desconfia da armação. Cristal chega à casa de Beatriz, logo depois de Alexia.

Gabriel fala para Cristal ir embora. Cristal diz a Babi que se unirá a Moisés para separar Alexia e Gabriel. Nelson conta a Betão que servirá de isca para a polícia prender Gorila. Alexia e Gabriel passam a noite juntos. Moisés vê Tomás destratar Alexia. Laura e Guido se beijam. Moisés impede a passagem de Tomás no pátio da faculdade.

Natália flagra Laura e Guido juntos. Débora se encanta por Nando. Aparecida se emociona com a TV que seus filhos compraram. Gorila é preso. Babi fala para Cristal que ela pode estar grávida. Babi compra um teste de gravidez para Cristal. Moisés se preocupa ao saber que Gorila foi preso. Cristal confirma sua gravidez.

NÃO HÁ EXIBIÇÃO

Ana tenta tranquilizar Sofia durante o treino, enquanto Vitória é dura com Cecília. Laudelino aceita ser sócio de Rodrigo em outro negócio. Nanda convida Manuela para sair. Cris flagra Jonas no restaurante com Ângela e esquece Tiago. Lorena avisa que Tiago está no shopping e Lourenço corre para buscá-lo.

Rodrigo se encanta ao ver Manuela arrumada para sair. Lourenço diz que lutará pela guarda de Tiago. Moema convence Iná a conversar com Laudelino. Cecília vence a partida e Vitória sorri satisfeita. Lourenço afirma para seu advogado que pretende fazer o que estiver ao seu alcance para ficar com Tiago.

Suzana convida Renato para trabalhar com ela. Alice conhece Bárbara, que fica encantada com a irmã mais velha. Laudelino vai ao terapeuta. Cícero fica enciumado ao saber que Suzana vai trabalhar com Renato. Ana e Lucio fazem diversos programas juntos. Há uma passagem de tempo. Ana e Lúcio se beijam.

Ana conta para Alice que reatou com Lúcio. Gabriel convida Manuela e Júlia para conhecer sua fazenda. Lourenço diz a Rodrigo que entrou com uma ação contra Jonas. Tiago fica triste com a falta de atenção de Cris e Jonas e pede que Lorena ligue para Lourenço. Jonas recebe a notificação da ação de Lourenço contra ele.

Eva sugere que Ana escreva sua biografia. Laudelino e Wilson se impressionam com o valor das peças criadas por Rodrigo. Humberto desfaz a sociedade com Marcos. Manuela leva Júlia para conhecer a fazenda de Gabriel. Iná e Laudelino reatam. Nanda encontra uma partitura de Lui dedicada a ela e Francisco.

Pilar garante a Roberta que não está interessada em Diego e sugere que ela vá na viagem em seu lugar. Márcia diz que Téo será seu custe o que custar. Débora conta para Leila que ganhou uma bolsa para estudar em Londres. Roberta aconselha Pedro a falar a verdade para Alice, que ouve tudo. Roberta pede a Diego que diga que não a ama mais.

Pedro parte para cima de Binho. Diego admite que ama Roberta, mas não confia nela. Ofélia diz a Carla que Tomás está inseguro. Tomás diz a Diego que ele está fazendo besteira se envolvendo com Pilar. Binho entra no quarto e coloca um pacote de drogas nos pertences de Pedro. Jonas e Leila encontram o pacote.

Jonas questiona Pedro sobre as drogas, mas ele garante que foi uma armação. Bia conta para Raul que a pulseira estava com João e ele lhe pede desculpas. Becky acusa Cris de ter roubado Vicente. Alice e Roberta comemoram a data marcada para um show da banda. Luli diz a Lupi que pode estar grávida. Alice desmaia e é amparada por Binho.

Vicente acha que Alice pode estar grávida, mas ela nega. Diego diz a Pedro que não quer usar Pilar para esquecer Roberta, mas ela é a única garota que o entende. Juju fala para Débora que Luisa roubou a pulseira de Bia para pagar sua dívida de drogas. Eva deixa escapar que há um segredo envolvendo Beth e Franco. A polícia bate na casa de Franco.

Lena ouve Maruschka negociando a comissão de Henrique na venda da Comprare. Maruschka, Henrique, Grace Kelly e Deusa oficializam a venda da Comprare. Belezinha diz a Agenor que vai morar com Bob na casa de Eveva. Vicente decide viajar com Claudia. Belezinha diz a Agenor que quer anular o casamento.

Vicente conta a Claudia sobre a proposta que na corregedoria. Belezinha diz a Bob que pretende voltar às passarelas assim que conseguir a anulação do casamento. Agenor vai à casa de Brigitte e eles se beijam. Mirta obriga Maruschka a ir com Regina tirar Rubinho da casa de Claudia. Claudia e Vicente ficam juntos.

Estela conta para Olga que está namorando Raul. Camila não tem com quem deixar Flavinho e procura Otília. Regina pede informações a Madre Lúcia sobre o filho abandonado de Maruschka. Deusa descobre que Grace Kelly quer destruir o Covil do Bagre. Sarita comenta com Ricardo que viu Camila levar Flavinho para o Lar.

Lucena diz a Henrique que Juan quer que seu filho nasça na Colômbia. Ricardo busca Flavinho no Lar. Felizardo diz a Valério e Damiana que eles estão noivos. Belezinha diz a Íntima que quer anular seu casamento. Henrique avisa que o depósito de Juan já está na conta conjunta de Lucena e Vicente.

Regina descobre que o filho abandonado de Maruschka foi para o Lar da Mão Aberta. Damiana sugere que Felizardo reassuma o controle da Shunel. Claudia pede para Regina interromper a investigação do filho de Maruschka. Rubinho pressiona Lucena a chantagear Claudia para separá-la de Vicente.

Todos se assustam ao ver Joana, a irmã gêmea de Marcela. Íris não acredita que Joana seja irmã de Marcela. Joana se surpreende ao ver que o laptop de Marcela está vazio. Esther repreende Beatriz ao tentar se aproximar de Vitória. Antenor fica impaciente à espera da reportagem sobre Tereza Cristina.

Tereza Cristina manda o repórter ir à sua casa. Patrícia dá um ultimato em Antenor e ele revela a história de Tereza Cristina. Álvaro pede ajuda a Renê ao saber que o segredo de sua prima está prestes a ser revelado. Alexandre flagra Patrícia e Antenor se beijando. O repórter chega à casa de Tereza Cristina

Tereza Cristina convence o repórter a subir as escadas com ela. Renê Junior entra em casa na hora em que sua mãe está prestes a empurrar Beto. Antenor fica satisfeito ao ver a notícia sobre Tereza Cristina na internet. Enzo conta para Pereirinha que Tereza Cristina possui um segredo ainda maior do que o que foi revelado.

Griselda expulsa Teodora de sua casa. Renê avisa a Griselda que voltará para sua antiga casa. Paulo avisa que só fará um teste de DNA se sua irmã quiser. Tereza Cristina manda Crô avisar aos jornalistas que fará uma declaração. Antenor pede Patrícia em casamento. Tereza Cristina se faz de vítima para os jornalistas.

Paulo afirma que nada mudará a relação que tem com sua irmã. Para implicar com a mãe, Patrícia conta que está noiva de Antenor. Tereza Cristina exige que Ferdinand faça o que combinaram contra seu suposto genro. Renê avisa a Tereza Cristina que dormirá no quarto de hóspedes. Tereza Cristina procura Griselda.

Cleber conduz Francisco em uma lancha. Francisco aproveita a distração de Cleber e o acerta na cabeça. O milionário faz uma manobra com o barco e é jogado ao mar. Cleber e o piloto perseguem Francisco até uma ilha. Francisco chega à ilha e se depara com um capanga de Cleber. A médica comunica que Miguel está bem.

A médica conta a Regina que Patrícia sofreu uma eclampsia e está em coma. Francisco escapa de Cleber, mas o ex-policial atira de raspão nele, que se entrega. Valdisnei diz a Severino que Elton confessou ter matado Andrea a mando de Regina. Ernesto invade a casa de Margarida e desperta a atenção de Elton.

Elton procura a fonte do barulho na casa de Margarida. Ernesto e Elton lutam pela posse da arma e tiros são disparados. Elton pede por Socorro, mas Ernesto fuge. Elton informa Margarida de que Ernesto invadiu sua casa e ela chama a polícia. Ernesto vai até a casa de Severino e diz que foi ferido de raspão.

Ernesto teme ser pego ou morrer. Elton vai atrás de Ernesto e se depara com Severino. O dono do restaurante o acusa de ter matado Andrea e diz que ele irá pagar. Elton ameaça atirar em Severino, mas Carlos chega. Patrícia desperta do coma. Edmundo não conta para Patrícia que Nelize levou Marcolino embora.

NÃO HÁ EXIBIÇÃO

Vitor entrega o cartão do ginecologista a Eduardo. Eduardo vai à clínica de Dr. Nicholas. A recepcionista entrega a ficha de Amanda a Eduardo. Vitor conta a Olavo que Amanda não fez aborto. Olavo fala a Vitor que não confia em Eduardo. Vitor vai tirar satisfações com Aline, por ela ter mentido sobre o aborto de Amanda.

Dante pede desculpa a Michel por ter jantado com Regina, pois não teve maldade. Hélio pergunta de Lucy a Olavo, pois está interessado nela. Vera afirma a Tita que vai contratar uma pessoa para ajudála. Vitor pergunta a Amanda se ela namorou Rodrigo. Durante passeio com Amanda, Eduardo entrega pede sua mão.

Amanda aceita, mas depois devolve o anel e diz que não sabe se é o que quer. Ela retorna à mansão e Vitor lhe entrega um presente. Amanda diz a Bianca que quer levar a história com Eduardo adiante. Vitor conta ao pai sobre o pedido de Eduardo. Amanda encontra Eduardo e diz que aceita o pedido dele.

Eduardo arranca página de caderno de anotações de Amanda e esconde. Olavo conta a Tita que vai contratar uma pessoa para ajudá-la no serviço da casa. Aline diz a Flávio que o mesmo anel de noivado que ganhou de Rodrigo está na mão de Amanda. Eduardo diz que Amanda terá escolher entre o casamento e a carreira.

NÃO HÁ EXIBIÇÃO

SEGUNDA

SÁBADO

MALHAÇÃO Gabriel socorre Cristal. Débora fica satisfeita com a demissão de Guido. A médica desconfia que Cristal esteja grávida. Natália se revolta com a atitude de Débora com Guido. Nelson desconversa quando Helena quer acompanhá-lo à polícia para denunciar Gorila. Tomás e Moisés chegam ao hospital questionando Gabriel sobre Cristal e Alexia.

Inter TV/Cabugi – Canal 11

A VIDA DA GENTE Manuela age com frieza ao falar com Ana. Laura diz que terá que viajar por muito tempo e termina o relacionamento com Lúcio. Júlia chama Ana de mãe. Rodrigo diz a Manuela que se afastará da administração do bufê. Sofia e Cecília vencem todas as suas partidas e seguem para a final do torneio.

TV Tropical – Canal 8

REBELDES Pedro confessa a Alice que há um problema envolvendo Beth e Franco. Alice diz a Pedro que sabe que o pijama foi colocado no armário. Carla fala para Tomás que decidiu se aceitar como é. Binho diz a Roberta que ela virou passado. Tomás acha estranho Diego viajar com Pilar. Roberta confessa a Alice que está com saudades de Diego.

NÃO HÁ EXIBIÇÃO

Inter TV/Cabugi – Canal 11

Raíssa vê Agenor com Brigitte e diz ao irmão que Belezinha está passando mal. Raíssa pede que Brigitte leve Belezinha ao hospital. Iara pede a Otília para procurar seu ursinho de infância no porão do Lar. Bob tenta convencer Íntima a visitar Belezinha. Vera alerta Vicente para evitar confusões. Belezinha perde o bebê.

Inter TV/Cabugi – Canal 11

AQUELE BEIJO

Tereza Cristina convence Crô de que Marcela está viva. Teodora encontra Quinzé boiando na piscina. Griselda leva o filho para o hospital. Edvaldo e Glória se preocupam quando Beatriz afirma que lutará para ficar com Vitória. Quinzé sai do hospital e conta o que aconteceu para a família.

FINA ESTAMPA

TV Tropical – Canal 8

VIDAS EM JOGO

TV ponta Negra– Canal 13

2

Carlos coloca a arma no chão e Cleber manda Francisco se algemar. O milionário é colocado dentro do carro. Patrícia percebe que sua bolsa estourou. Regina tem um pressentimento ruim em relação a Patrícia. Carlos conta para Rita que Cleber levou Francisco e ela chora. Marcolino teme pela vida de Patrícia.

CORAÇÕES FERIDOS Aline se passa por Amanda e pede para o médico confirmar o aborto. Ao ir ao toalete, Amanda encontra Aline com o médico e se apresenta como prima de Aline. Aline tenta subornar o médico, que ameaça contar toda a verdade. Vitor encontra Eduardo e revela que Amanda foi namorada de Rodrigo.


revista da tv

Domingo | 29 de janeiro de 2012

Tribuna do Norte • Natal • Rio Grande do Norte 3 GUSTAVO STEPHAN

Lua Blanco, de “Rebelde”, recebe cerca de 400 correspondências por mês

CONTATO IMEDIATO NATALIA CASTRO

er “campeão de cartas” já foi um título almejado e ostentado por muitos artistas. Os nativos digitais, acostumados a medir o sucesso das celebridades pelos seus milhões de seguidores, podem não acreditar, mas era assim que se determinava o sucesso de alguém na televisão. Hoje, é raro, mas há quem ainda goste de expressar sua admiração em papéis perfumados, com adesivos, desenhos e fotos coladas. A diferença é que as cartas, em sua esmagadora maioria, são uma maneira de expressar amor pelo ídolo. E uma forma de comunicação unilateral. Quatro anos depois da explosão de redes sociais como o Twitter, entre uma gafe e outra, as estrelas aos poucos estão se adaptando ao novo modelo, aprendendo a ouvir desaforos e a se relacionar com seus fãs. À frente do “CQC”, da Band,

S

Pedro Bernardo diz que filtra o que escreve e o que lê

COM AS REDES SOCIAIS,ARTISTAS APRENDEM A SE RELACIONAR DE VERDADE COM OS FÃS E A OUVIR CRÍTICAS Marcelo Tas diz que, para quem trabalha com o público, estar nas redes sociais não é mais opcional. E acrescenta que é preciso ter menos preconceito e mais coragem para se expor: — Essas ferramentas sugerem milhares de caminhos a serem descobertos para quem tem interesse em aperfeiçoar a qualidade da comunicação com o público. Tas, que possui blog há oito anos, site, Facebook e Twitter — no qual tem mais de dois milhões de seguidores —, ao mesmo tempo frisa que é importante impor limites. — Uso uma regra simples. Não falo na internet o que evitaria falar em voz alta em público. O que escrevo não

tem a ver com a minha vida pessoal — pontua ele, que mudou até um hábito a pedido de uma fã. O jornalista conta que recebeu em seu blog o apelo da jovem Amanda, do Ceará, no qual ela dizia que sua mãe não a deixaria mais ver o “CQC” por causa dos palavrões ditos na bancada. Sensibilizado, ele imprimiu o comentário, levou para os outros integrantes da atração e a menina foi atendida. Um tempo depois, durante uma palestra em Fortaleza, o apresentador encontrou a garota e sua mãe na plateia: — Internet não é rede de computadores, mas de pessoas que usam computador. Vale a pena ouvi-las com atenção e respeito. Luciano Huck sabe bem disso. Com mais de 4,5 milhões de seguidores no Twitter e com 5 milhões de pessoas “curtindo” a sua página no Facebook, o apresentador procura sempre transformar o que lê na web em pautas para o seu programa. — Na relação entre artista e público, as redes sociais são uma releitura dos programas de rádios ao vivo. Resposta rápida, quase instantânea. Fonte de pesquisa esta que po-

de render um assunto importante para uma atração de TV como também pode apenas decidir que modelo de gravata um jornalista deve usar no ar. Chamado de “tio” entre os tuiteiros de plantão, William Bonner compartilha momentos de sua vida com seus mais de 2,5 milhões de fãs. Eles não só já opinaram no seu figurino como também, na última semana, o viram de um jeito bem mais descontraído do que aparece na bancada do telejornal, com água na boca diante de uma bandeja de brownie. Intérprete de Dieguinho, de “Malhação”, Pedro Bernardo reconhece que o respeito é primordial nesta relação. Após a entrada na novela, seus seguidores no microblog passaram de 600 para 18 mil, o que gerou uma certa preocupação para o ator. — Tenho que ter a noção de que estou falando com muita gente. Por isso, me policio. Paro e penso antes de escrever e evito entrar em discussões ou polêmicas — ensina ele, com 5 mil amigos no Facebook. Para Pedro, que também é músico, o artista precisa aprender a selecionar não só o que escreve, mas também o que lê. Afinal, críticas também vêm em enxurrada na tela do computador. Segundo ele, o negócio é filtrar as informações: — Tem gente que faz elogios, mas tem gente que fala mal e adora criticar. E, na internet, tudo acontece de forma muito direta. Do elenco de “Rebelde”, na Record, Lua Blanco garante que sabe separar bem a vida pessoal do que escreve para seus mais de 700 mil seguidores no Twitter. Embora seja viciada na ferramenta, ela procura manter ao máximo a discrição. A atriz, que geralmente acessa sua página pelo celular durante as gravações, ainda se impressiona com a rapidez com que os fãs lhe exigem um posicionamento: — Eles perguntam a primeira vez. Aí, se não respondo, mandam 100, 200 vezes. Ela ainda dá uma atenção especial às cartas que chegam de várias partes do país. E até de fora do Brasil. E não são poucas. A atriz recebe, em média, 400 delas por mês. — Muita gente ainda senta para escrever. Elas são carinhosas, mandam desenhos, fotos, esmaltes... Outro dia, eu disse que gostava do Coldplay e me mandaram uma blusa deles — impressiona-se ela, que jura guardar absolutamente tudo.


4

revista da tv

Tribuna do Norte • Natal • Rio Grande do Norte

Domingo | 27 de janeiro de 2012

FRASES DA SEMANA Como é mais fácil ser gorda!”

Os gases da vaca fazem o buraco de ozônio maior. Então, parem de comer tanto hambúrguer.”

Eu já bebi um rio Amazonas inteiro. Não quero mais esse diabo pra mim. Quero estar limpa”

Mayara,acostumada a passar horas na frente do computador,se sentindo exausta depois de queimar algumas calorias na academia do“BBB 12”

Glória Coelho, durante a explicação sobre a sua coleção outono-inverno, no “GNT Fashion”

Narcisa Tamborindeguy, no reality show “Mulheres ricas”, da Band

TA P E T E V E R M E L H O

COM REPORTAGEM DE NATALIA CASTRO,TATIANA CONTREIRAS E AGÊNCIAS INTERNACIONAIS

JOGO RÁPIDO

TV GLOBO/DIVULGAÇÃO

MURILO ARMACOLLO

FOTOS:REUTERS

»FUTURO INCERTO

Acostumados a trocar declarações de amor em público,Heidi Klum e Seal chocaram os românticos de plantão ao anunciarem o fim do casamento de sete anos.Mas o cantor parece não ter desistido da top alemã,com quem tem três filhos.“Não podemos dizer nunca.Tivemos problemas...Mas quem sabe?”, disse ele ao jornalista Piers Morgan,ainda com a aliança. AP

GETTY IMAGES

Sim, sim, sim

Como foi a preparação para viver Julie? Logo que soube que faria um papel tão polêmico e longe do meu cotidiano, pesquisei muito sobre o transtorno de identidade de gênero.Li,vi filmes e documentários.Também fiz um laboratório e estive em contato com uma destas meninas.Cada uma tem sua história,mas a unanimidade é o preconceito que elas vivem diariamente.

Além de boas músicas, Amy Winehouse deixou para nós muitas ideias de estilo. E o estilista Jean Paul Gaultier soube captar bem a essência da cantora londrina durante seu desfile na semana de moda de Paris. Não faltaram topetes, roupas moderninhas e o delineador, marca registrada de Amy. Abalou!

A

»SÓ VOCÊ

»AGORA VAI?

Será que Brad Pitt e Angelina Jolie finalmente vão se casar? Em entrevista recente,o ator disse que os seis filhos do casal estão cada dia mais insistentes para que a relação seja oficializada. “Significa muito para eles.E para mim também estabelecer esse compromisso”. Que amor!

Cria do teatro — seu próximo trabalho, aliás,é o musical“Fama”,que estreia em maio,em São Paulo —,Murilo Armacollo encarou um desafio de grandes proporções em sua estreia na TV:viver a transexual Julie,filha do presidente de“O brado retumbante”.Sua maior preocupação,ele conta,foi construir uma personagem humana,suave,delicada, sem nenhum exagero e nada caricata.

E mais uma vez Lindsay Lohan aparece por aqui.Não é pessoal, mas bem que LiLo poderia sossegar,né? Ela,agora,está sendo processada pelo atropelamento de Nubia Preza, em setembro de 2010.No início do mês,a atriz foi acusada por ter atropelado um paparazzo naquele mesmo ano.Que maré!

»ELE VALE A FOSSA?

Na pior desde o fim do casamento com Ashton Kutcher,Demi Moore acabou no hospital. A atriz,raquítica,foi internada após sintomas de convulsão. Especula-se que ela tenha usado óxido nitroso, conhecido como gás hilariante. Enquanto isso,Ashton badalava em São Paulo.

COM REPORTAGEM DE NATALIA CASTRO,TATIANA CONTREIRAS E AGÊNCIAS NTERNACIONAIS

Como surgiu a oportunidade de estrear na TV? De maneira inesperada.Fiz o teste e,logo em seguida,já estava no processo de caracterização.A linguagem da TV é muito diferente,mas tive a sorte de trabalhar com gigantes. E a repercussão? Foi a melhor possível! Recebi e-mails e mensagens no Twitter. Todos elogiaram a construção da personagem e a delicadeza com que o assunto foi tratado. Também recebi elogios de transexuais.


revista da tv

10

Para Rafael Cardoso,pelo Rodrigo de “A vida da gente”, novela de Lícia Manzo com direção de núcleo de Jayme Monjardim.O desempenho do ator cresceu desde a estreia e ele vem emocionando,especialmente nas cenas com Jesuela Moro (Júlia).

CONTROLE REMOTO

Tribuna do Norte • Natal • Rio Grande do Norte

» DE VOLTA À NEVE

0

Para a falta de sincronia nas legendas da rede Telecine.Ocorreu em pelo menos dois filmes,recentemente:“Amor e outras drogas”,no Premium;e“Em nome do pai”,no Touch.O assinante que não quer ver os longas dublados merece um serviço de melhor qualidade.

ELIZABETE ANTUNES (INTERINA) FABIO ROSSI

»RENOVOU Ellen Rocche,que interpretou a sensual Valéria em “O Astro”, renovou seu contrato com a Globo por dois anos.

Um novo hobby para a novela onatas Faro, longe das novelas desde que interpretou o Rafa em “Insensato coração”, está tendo aulas de montaria para voltar à TV como Conrado, seu personagem em “Marias do lar”. Na novela de Filipe Miguez e Izabel de Oliveira, que sucederá a “Aquele beijo” no horário das 19h, na Globo, o ator aparecerá frequentemente em cena andando à cavalo. — O Conrado é filho de um milionário, dono de uma construtora, e a equitação é o seu hobby — adianta Jonatas, que já teve quatro aulas com a professora Patricia Rennó, na Hípica. O ator,que não montava desde a infância,já está trotando. — Estou gostando da experiência — diz Jonatas, que viajará para Curitiba em breve para gravar as primeiras cenas da novela, com direção de núcleo de Denise Saraceni.

J

»RENOVOU 2 E Emanuelle Araújo também.A atriz assinou por mais três anos com a emissora.

»TAPETE VERDE Edwin Luisi embarca para a Espanha no próximo dia 11.Convidado por uma associação de atores daquele país,ele assistirá à entrega do prêmio Goya de cinema,em Madri.

»NO TEATRO Em cartaz no Rio com a peça “Salve Jorge”, Jorge Fernando quer levar o espetáculo para São Paulo depois de “Guerra dos sexos”.

»TROCA NOS PALCOS Fernanda Rodrigues substituirá Regiane Alves na peça “Enfim nós”, que reestreia 30 de março,no Teatro dos Quatro.

»CHAPA QUENTE Clarisse Abujamra e Cristiano Cochrane gravaram participações especiais no seriado “Chapa quente”, da Record.

»DE VOLTA

IQUE ESTEVES

Genézio de Barros, que interpretou um padre na novela “Cordel encantado”, voltará à TV no remake de “Gabriela”.

5

“Snow camp”, atração comandada por Raquel Iendrick no canal OFF,ganhou uma segunda temporada.A apresentadora embarcará para os Estados Unidos no mês que vem,onde fará as primeiras sequências do programa em estações de esqui do Colorado.Raquel,que também apresenta o “Sem destino”, no Multishow,viajará acompanhada de três câmeras.Serão dez episódios nesta nova leva,prevista para ir ao ar em julho.

» NA TELONA As primeiras sequências de “Os caras de pau”, o filme,devem ser rodadas ainda este ano,em dezembro,sob direção de Felipe Joffily,de “Muita calma nessa hora”, e supervisão artística de Márcio Trigo.O roteiro está sendo escrito por Marcius Melhem,Chico Soares,Celso Taddei e Mauro Wilson.

» ‘FOR ALWAYS’ Filha de Kadu Moliterno,Lanai, de 18 anos,compôs uma música que acaba de entrar para a trilha sonora internacional de “Malhação”, novela na qual o ator interpreta Nelson.

CAMILA PEREYRA

Domingo | 29 de janeiro de 2012

»EM DOSE DUPLA

Leona Cavalli (foto), no ar em “A vida da gente”, fará uma participação em “As brasileiras”, série dirigida por Daniel Filho que estreia esta semana. Ela gravou com Marcos Palmeira o episódio “A justiceira de Olinda”.

»EIKE BATISTA COMO INSPIRAÇÃO

Alexandre Borges se tornou um leitor voraz de biografias desde que soube que viveria um empresário em “Avenida Brasil”. As de Eike Batista, Boni e Steve Jobs, por exemplo, estão na sua mesa de cabeceira. O trio serve de inspiração para o ator. Seu personagem, Cadinho, será um empreendedor de sucesso na novela de João Emanuel Carneiro, que sucederá a “Fina estampa” no horário das 21h, na Globo.

»JAYME MATARAZZO: GRAFITE NA TV

Jayme Matarazzo raspou o cabelo e deixou o cavanhaque crescer para voltar à televisão com um visual completamente diferente em “Marias do lar”. Na trama,que vai substituir “Aquele beijo”, atualmente no ar às 19h na Globo,o ator vai interpretar o grafiteiro Rodinei.Nada a ver com o príncipe Felipe,seu último personagem na novela “Cordel encantado”.


6

revista da tv

Tribuna do Norte • Natal • Rio Grande do Norte

Domingo | 29 de janeiro de 2012

m 2010, quando dirigiu “As cariocas” — série baseada na obra de Sérgio Porto —, Daniel Filho já pensava em uma possível sequência para o programa. A princípio, ele revela, seu objetivo era abranger as várias regiões do país. Uma de cada vez. Porém, diante da proposta de reunir os estados em uma só leva, surgiu a ideia de “As brasileiras”, que estreia nesta quinta, logo após o “Big Brother Brasil 12”, na Globo. Os 22 episódios — alguns ainda estão sendo gravados — seguem a mesma cartilha de “As cariocas”, com humor, sensualidade e mulheres bonitas em cena. Ao lado de veteranas como Fernanda Montenegro, Patricia Pillar e Gloria Pires — e coadjuvantes masculinos de luxo (veja na página 15) —, jovens atrizes terão a oportunidade de se transformar em protagonistas. É o caso de Sophie Charlotte, de 22 anos. Atualmente na pele de Amália, em “Fina estampa”, a atriz, já acostumada às novelas, trabalha pela primeira vez em um projeto diferenciado. Nascida em Hamburgo, na Alemanha, a jovem, que veio morar com a família no Rio de Janeiro aos 8 anos, será uma representante das cariocas na atração. — É uma lente diferente, um outro jeito de gravar. É tudo tão novo e inesperado... Estou bem ansiosa. Parece que faço parte de um clube especial — empolga-se Sophie, que ainda não começou a rodar seu episódio, intitulado “A passista da BR 116”, previsto para ir ao ar apenas quando a novela das 21h acabar. Na história, que começa no Rio, a atriz é Esplendor, uma sambista que nasce em pleno Sambódromo, durante o carnaval. Depois, percorre o Brasil por uma das maiores estradas do país. — O programa fala sobre sonhos e como o brasileiro é persistente e não desiste — descreve ela. Além de Fernanda, Gloria, Patricia e Sophie, juntam-se ao dream team outras 18 protagonistas: Juliana Paes, Letícia Sabatella, Maria Flor, Juliana Alves, Leandra Leal, Giovanna Antonelli, Isis Valverde, Suyane Moreira, Alice Braga, Maria Fernanda Cândido, Claudia Jimenez, Cleo Pires, Mariana Ximenes, Bruna Linzmeyer, Dira Paes, Ivete Sangalo, Sandy e Xuxa. Ao lado delas, um elenco de cerca de 250 pessoas. Apesar do nome “As brasileiras”, nem todos os estados estão representados no projeto. O diretor Daniel Filho explica que essa não foi sua maior preocupação. — Em primeiro lugar, queria ter uma boa história para, depois, localizar e pensar qual atriz poderia fazer determinado papel — argumenta ele, acrescentando que não houve dificuldade em selecionar as 22 eleitas. — Temos muito mais atrizes boas que atores. E elas representam os vários tipos de brasileiras. São engraçadas e talentosas — valoriza Daniel, que dividiu a direção com Cris D’Amato, também de “As cariocas”, e Tizuka Yamazaki, conhecida por seu trabalho no cinema. Entre os colaboradores no texto estão Adriana Falcão, Carol Castro, Clarice Falcão, Gregório Duvivier, Jô Abdu, Marcelo Saback, Marcio Alemão Delgado, Marcius Melhem, Marcos Bernstein e Sylvio Gonçalves. Cris enfatiza que alguns lugares foram escolhidos por se adaptarem mais ao estilo de cada personagem. O episódio “A justiceira de Olinda” — o primeiro a ir ao ar, estrelado por Juliana Paes — seria na Paraíba. Mas Olinda, com seu perfil mais carnavalesco,

E

VINTE E DUAS ARTISTAS RETRATAM O BRASIL EM NOVA ATRAÇÃO DIRIGIDA POR DANIEL FILHO

MOSTRA A SUA CARA

NATALIA CASTRO

Suyane Moreira é a índia Arai,que precisa escapar de uma tribo de canibais.Na foto, a atriz contrace na com Claudio Torres Gonzaga

Juliana Alves faz a taxista Janice.Pouco feliz no casamento com Samuel (Ângelo Antônio)

Sandy vive Gabriela,metida a moderna,mas bem careta.É amiga de Luiza (Fernanda Paes Leme) e, brigada com a mãe,se revolta com a família

FABIO ROSSI

Xuxa interpreta Rita,uma socialite fofoqueira que resolve tirar uma história a limpo.Entre suas amigas está Soraya (Giulia Gam)

perfeito para a história fantasiosa, levou a melhor. Já “A mãe da Barra”, protagonizado por Gloria Pires, foi pensado mesmo para ser no Rio. — Escrito por Thalita Rebouças, ele aborda a relação de mãe e filha. Talvez, haja uma continuidade. Então, é importante que seja ambientado neste lugar — avalia Cris. O estado fluminense ainda serve como cenário para Letícia Sabatella, em “zA apaixonada de Niterói”. O episódio marca sua volta à TV após “Afinal, o que querem as mulheres”, de 2010. A atriz ressalta que, apesar dos quatro dias intensos de gravação, a alegria da diretora tornou tudo “menos infernal”: — Cris sabe como animar um set. Camila Morgado, Débora Lamm e eu rimos muito nesse trabalho. Pela região Sudeste, o telespectador acompanha a mineira Isis Valverde em “A culpada de BH”; Bruna Linz-

meyer como “A vidente de “Diamantina”; Dira Paes em “A doméstica de Vitória”; Giovanna Antonelli em “A venenosa de Sampa” e Juliana Alves, na pele de Janice, em “A mascarada do ABC”. Escalada para a próxima novela das 19h, “Marias do lar”, Juliana fez dois testes antes de ganhar o papel na série e não esconde que realizou um sonho ao participar deste projeto. — Daniel não me conhecia e sei que ele seleciona muito as atrizes com quem trabalha. Eu queria fazer algo diferente depois de “Ti-ti-ti” e sei que esta personagem terá um grande significado na minha carreira — orgulha-se ela, que preferiu não fazer nenhum tipo de sotaque em cena: — Sou cariocaça da gema, da Zona Norte, né? Então, em vez de fazer algo que soasse caricato, eu trabalhei com a coach Andréa Cavalcanti e optamos por neutralizar a voz. >>

Letícia Sabatella faz a obcecada e passional Monique,que quer recuperar a todo custo o amor do marido,Marcelo (Caco Ciocler)

Alice Braga, em cena com Carla Daniel, vive a delegada Mirtes,que se sente atraída por Carioca (Rodrigo Santoro), um foragido da prisão


revista da tv

Domingo | 29 de janeiro de 2012

Tribuna do Norte • Natal • Rio Grande do Norte

7

FOTOS DE TV GLOBO/IQUE ESTEVES

Juliana Paes é a descontrolada Janaína, que não hesita em castigar o marido, Anderson (Marcos Palmeira)

>> No Sul,a paranaense Maria Fernanda Cândido faz “A perseguida de Curitiba”,enquanto Leandra Leal vive “A sexóloga de Floripa”;Mariana Ximenes é “A adormecida de Foz do Iguaçu”e Xuxa é o nome principal em “A fofoqueira de Porto Alegre”.Por não ser atriz,a apresentadora do “TV Xuxa”confessa que sua primeira resposta ao convite foi negativa.Mas,diante das várias tentativas da diretora Tizuka Yamazaki — que insistiu,dizendo que “conhecia seu potencial”— a Rainha dos Baixinhos decidiu voltar atrás. — Aceitei pela oportunidade de trabalhar com Daniel Filho.Eu estava com segundas intenções, já que quero que meu próximo filme seja com ele.E também porque Daniel disse que era para eu me divertir.O elenco me ajudou muito — conta ela,que divide o episódio com os atores Rodrigo Lombardi e Giulia Gam. O programa segue pelo Centro-Oeste,onde Claudia Jimenez estrela “A inocente de Brasília”e Sandy é “A reacionária do Pantanal”.Uma experiência revigorante,segundo a cantora,que não atuava há oito anos.— Na hora,quando comecei a ensaiar,as coisas foram voltando e deu tudo certo.Saio com a alma mais enriquecida — filosofa a cantora. No Nordeste,além de Juliana Paes em Olinda, Patricia Pillar aparece em “A viúva do Maranhão” e Cleo Pires é “A matadora do Sertão”.Outra representante da região é Alice Braga,que contracena com Rodrigo Santoro em “A indomável do Ceará”.A atriz reconhece que conciliar as agendas internacionais dos atores foi complicado.Ela estava com viagem marcada para o Canadá,onde rodou o filme “Elysium”.

Maria Flor interpreta Shirley,uma quase Lolita que precisa ser durona no trabalho por conta das investidas do chefe,Seu Loureiro (Otávio Augusto)

Maria Fernanda Cândido vive Sandra,que se esforça para apimentar o casamento

Ivete Sangalo vive a atrapalhada Rachel, envolvida em uma confusão com a cunhada,Úrsula (Emanuelle Araújo)

Giovanna Antonelli faz Gigi,socialite vaidosa e egocêntrica que só quer saber de exclusividade

— O Daniel é uma pessoa tão importante para a televisão brasileira que dei meu jeitinho.E, quando eu soube que era com o Rodrigo,fiquei mais feliz ainda. Foi a união perfeita — avalia. Para protagonizar“A desastrada de Salvador”,a eleita foi a baiana Ivete Sangalo.Uma escolha acertada, segundo a diretora Cris D’Amato: — Ela estava receosa,mas eu disse que quem consegue cantar para 500 mil pessoas também sabe atuar.Ivete tem carisma,agrega a equipe.Foi uma grata surpresa. No Norte,Suyane Moreira vive uma índia em “A selvagem de Santarém”e Maria Flor faz Shirley, “A de menor do Amazonas”.Os dois capítulos foram os únicos rodados na própria localidade.Os outros foram todos gravados nos estúdios da Lereby,a produtora de Daniel no Rio,com inserção de imagens feita por Bruno Garotti. Com sinopse desenvolvida por Daniel e Ana Maria Moretzsohn,o último episódio,“Maria do Brasil”, foi escrito especialmente para Fernanda Montenegro,com participações de Pedro Paulo Rangel e Paulo José.— Não poderíamos ter um encerramento melhor que esse — comemora o diretor do projeto.

Claudia Jimenez,em cena com Suely Franco,interpreta Augusta,uma mulher com fé no ser humano

Isis Valverde (à dir.) é a azarada Catarina.A atriz contracena com Raquel Fabri e Bianca Comparato

[ LEIA MAIS NA PÁGINA 10 ]

Leandra Leal,ao lado de Renata Castro Barbosa,interpreta a sexóloga de sucesso Rosa,que desperta a inveja alheia

Patricia Pillar,em cena com Malu Galli e Leopoldo Pacheco,faz Ludimila,interessada no ex-assessor de seu falecido marido


revista da tv

8 Tribuna do Norte • Natal • Rio Grande do Norte

O QUE VEM POR AÍ

Domingo | 29 de janeiro de 2012

TATIANA CORREIA

DIVULGAÇÃO

GNT/ FLÁVIA MONTENEGRO

»MARATONA DO SOFÁ

Seis horas de desenho.É o que o Cartoon tem para hoje,na “Maratona de verão”. Começa às 10h com “O show dos Looney Tunes”(foto) e segue às 11h com “O show do Garfield”; ao meio-dia tem “O incrível mundo de Gumball”, às 13h é a vez de “Chowder”e às 14h passa “Scooby Doo! Mistério S/A”. Por fim,às 15h tem “Ben 10”.

»OBRA-PRIMA DO CINEMA

O “De lá pra cá”de hoje,às 18h,na TV Brasil,vai falar sobre a vida do cineasta Mário Peixoto e dos 80 anos de seu “Limite”, um dos maiores marcos do cinema brasileiro.

»MEDICINA MODERNA

O NatGeo estreia hoje,às 22h,o documentário “Coração artificial”.A produção mostra o trabalho de cientistas que estudam formas de regeneração a partir de novas células.

o especial de verão do “Viva voz”, que estreia no GNT nesta quarta,às 23h,Sarah Oliveira terá o universo musical como matéria-prima:cantores e compositores vão,junto com a apresentadora,saber que memórias afetivas suas canções despertam no público.O primeiro da lista é Nando Reis e os próximos episódios trarão Lulu Santos,Chitãozinho e Xororó,Elba Ramalho e Gilberto Gil.A própria Sarah lista canções deles que marcaram sua vida.

N

— Tenho memória afetiva com “Relicário”por conta do “Luau MTV”, o último registro da Cássia (Eller) em vida e a única vez que ela e o Nando Reis cantaram essa música juntos numa gravação.Dos outros,também tenho:Gil com “Se eu quiser falar com Deus”;“Dia branco”, da Elba,é a música que eu queria no meu casamento;“Evidências”, do Chitãozinho e Xororó,é a preferida de karaokê e “Toda forma de amor”, do Lulu,é a música da minha adolescência. Sempre gritava no refrão — lembra.

DIVULGAÇÃO

»MÚSICA AO VIVO

Seguindo a temporada de premiações hollywoodianas,hoje é dia de Screen Actors Guild (SAG) Awards,no ar aqui no TNT,às 22h.Na cerimônia,são os próprios atores que consagram as melhores atuações do ano,tanto no cinema quanto na TV.No caso das séries,uma curiosidade:com certeza nenhum vencedor nas categorias principais será igual ao do Globo de Ouro,que aconteceu há duas semanas.Isso porque Kelsey Grammer (“Boss”), Matt LeBlanc (“Episodes”),Claire Danes (“Homeland”, na foto) e Laura Dern (“Enlightened”) não estão nem indicados ao SAG.Apostas?

O Multishow transmite ao vivo,sexta e sábado,a partir das 19h30m,os shows do festival Planeta Atlântida. Entre as atrações estão Sean Kingston,Ivete Sangalo,O Rappa e NX Zero.

»SENTINDO NA PELE

Na nova temporada de “Undercover boss UK”, hoje,às 21h,no Fox Life,mais uma leva de altos executivos vai trabalhar em sua própria empresa e descobrir como é o dia a dia de funcionários que limpam banheiros e aturam clientes raivosos.

C E NA V I R T UA L þ

»E O SAG VAI PARA...

DEU NA TV E FEZ SUCESSO NA INTERNET

Alma.Chico Pinheiro virou notícia entre os fãs de futebol depois de seus comentários bem-humorados e da declaração de amor ao AtléticoMG,mesmo nas dificuldades...

þ

E a graça? É impressão ou a apresentação de Eri Johnson no “BBB”foi um leve fiasco? Nem na versão editada ouvimos muitas risadas dos participantes.

þ

Idiotas?Carlos Nascimento deu uma exagerada ao comentar a polêmica do “BBB”e o sucesso de Luiza chamando as pessoas de idiotas.


revista da tv

Domingo | 29 de janeiro de 2012

Filmes de hoje

05:45 Santa Missa 06:45 Sagrado 06:55 Globo Comunidade 07:25 Pequenas Empresas 08:00 Globo Rural 08:55 Auto Esporte 09:30 Esporte Espetacular 12:30 Esquenta! 13:45 Temperatura Máxima:“Os incríveis” 15:40 Domingão do Faustão 16:45 Campeonato Carioca — Nova Iguaçu X Botafogo 19:00 Domingão do Faustão 20:45 Fantástico 23:05 Big Brother Brasil 12 23:50 Festival de Verão de Salvador 00:40 Domingo Maior:“O jogador” 02:30 Flash Big Brother Brasil 12 02:35 Sessão de Gala:“Hollywoodland — Bastidores da fama”

TV Universitária/Cultura - 5 06:00-Via Legal 06:30-Brasil Eleitor 07:00-Palavras de Vida 08:00-Santa Missa 09:00-Viola Minha Viola 10:15-Curta Criança 10:30-Janela Janelinha 11:00-Escola pra Cachorro 11:15-Meu AmigãoZão 11:30-A Turma do Pererê 12:00-ABZ do Ziraldo 12:30-AnimaTV — Tromba Trem 12:45-AnimaTV — Carrapatos e Catapultas 13:00-A Turma do Pererê 13:30-Catalendas 13:45-Cocoricó 14:00-Dango Balango 14:30-TV Piá 15:00-Stadium 16:00-Planeta Azul 17:00-Ver TV 18:00-De Lá pra Cá 18:30-Cara e Coroa 19:00-Papo de Mãe 20:00-Conexão Roberto D’Ávila 21:00-Esportvisão 22:30-Curta TV 23:00-Cine Ibermedia:“Um filme falado” 00:45-DOC TV IV 01:30-Esportvisão 03:00-De Lá pra Cá 03:30-A Grande Música 04:30-Caminhos da Reportagem 05:30-Expedições

TV Mult tv/Rede TV! - 17 06:00-Ultrafarma 08:00-Igreja Mundial 10:00-Médico de Almas e Corpos 11:00-Super Papo 11:30-America Sub 11:50-Campeonato Italiano 14:00-Pé na Estrada 15:00-Companhia de Viagem 15:45-Olhar Digital

16:15-Transição 16:45-Concessionário 17:15-A Hora e A Vez da Pequena Empresa 17:35-APEOESP 17:45-Pague Menos 18:15-Ritmo Brasil 18:45-Belas na Rede 19:50-O Último Passageiro 21:00-Pânico na TV! 23:30-Dr.Hollywood 00:30-É Notícia 01:30-Bola na Rede 02:00-Super Papo 03:00-Igreja da Graça — Nosso Lar

ZEAN BRAVO

FOTOS:DIVULGAÇÃO

Programação de tv InterTV Cabugi/Globo -11

Tribuna do Norte • Natal • Rio Grande do Norte

Band/Natal - 3 05:45-Religioso 07:00-Gerando Vencedores 07:30-Exerça Sua Fé 08:00-Igreja Batista da Barra 09:00-Multirio 10:00-Comunidade na TV 10:30-Brasil Caminhoneiro 11:00-Infomercial 12:00-Auto Mais 12:45-Euro 2012 13:15-Band Clássicos 13:45-Band Esporte Clube 16:00-Gol,O Grande Momento do Futebol 16:30-Campeonato Carioca — Nova Iguaçu X Botafogo 19:00-Terceiro Tempo 21:00-Bones — Série 22:00-Prison Break — Série 23:30-Canal Livre 00:30-Deles & Delas 01:30-Show Mix 01:45-Cine Band:“A rosa púrpura do Cairo” 03:45-Religioso

TV SBT/Ponta Negra - 13 06:00-Aventura Selvagem 07:00-Pesca Alternativa 08:00-A Grande Ideia 08:30-Vrum 09:00-Chaves — Série 11:00-Domingo Legal 15:00-Eliana 19:00-Roda a Roda Jequiti 19:55-Sorteio da Tele Sena 20:00-Programa Silvio Santos 00:00-De Frente com Gabi 01:00-O Mentalista — Série 02:00-Divisão Criminal — Série 03:00-Os Esquecidos — Série 04:00-Jornal do SBT — Série

TV Tropial/Record - 8 06:30-Desenhos Bíblicos 08:00-Domingo de Prêmios 08:30-Todo Mundo Odeia o Cris 11:00-Record Kids 12:30-Tudo é Possível 16:30-Programa do Gugu 20:30-Domingo Espetacular 23:15-Repórter Record 00:00-Amazônia 01:00-Programação da IURD

Temperatura Máxima:“Os incríveis”

• O MELHOR AMIGO DA NOIVA Com Patrick Dempsey, Michelle Monaghan, Kevin McKidd, Kadeem Hardison. Comédia romântica. Diz a sabedoria popular que você tem que perder para dar valor. Com Tom (Dempsey) é assim. Melhor amigo da doce Hannah (Michelle), o cara, um sedutor nato, só se dá conta de que é apaixonado por ela depois que a jovem vai passar seis semanas na Escócia. O problema é que a moça volta para Nova York noiva de um escocês rico e bonitão. Pior: Tom ainda é chamado para ser uma espécie de “madrinha” do casamento da amiga. UNIVERSAL, 9h e 14h

’ve had the time of my life... este O refrão, que cola dos ouvidos, pode ser ouvido já no ápice da sessão quando os personagens de Jennifer Grey e Patrick Swayze requebram diante de toda a sociedade e mostram que o poder está no quadril. Em 1963, Frances Houseman (Jennifer Grey), ou “Baby”, como é chamada pela família, uma jovem de 17 anos, viajou com seus pais, Marjorie (Kelly Bishop) e Jake Houseman (Jerry Orbach) e sua irmã Lisa (Jane Brucker) para um resort em Catskills. Ao contrário de Lisa, que pensa em roupas, Frances é idealista e quer estar no próximo verão no Corpo da Paz estudando a economia dos países do Terceiro Mundo. Assim, ela espera que este seja o último verão como uma adolescente despreocupada. Até que numa noite Baby ouve algo que parece ser um som de festa no alojamento dos funcionários. Ela consegue entrar na festa graças a um empregado e descobre que ali o pessoal realmente se diverte com danças, que Max Kellerman (Jack Weston), o dono do hotel, não permite.““DIRTY DANCING: RITMO QUENTE” (MGM, 12h15m)

‘I

do, Jake (Baldwin, divertido como de costume). Dez anos depois do divórcio, ela finalmente aprendeu a curtir a vida e tem um novo paquera, Adam (Steve Martin). Mas, ao viajar para Nova York para a formatura do filho, Jane tem uma recaída — com direito a sexo da

O MELHOR AMIGO DA NOIVA

• OS INCRÍVEIS Animação. Roberto SIMPLISMENTE Pêra já foi um herói que atendia co- COMPLICADO mo Sr. Incrível. Depois de uma série de confusões com a Justiça, acabou sendo aposentado. Na atualidade, ele leva uma vida normal ao lado da família — a mulher, Helen, que foi a super-heroína Mulher-Elástica, PAR e seus três filhos. PERFEITO E todo o clã precisa “camuflar” seus superpoderes para conviver em sociedade. Empregado de uma semelhor qualidade guradora, Roberto ga— com o ex. TELECINE FUN, 18h. nhou peso nos anos em que ficou parado e agora • PAR PERFEITO Com Ashton busca maneiras de não cair no tédio com o cotidiano de casado. INTER Kutcher, Katherine Heigl, Tom Selleck, TV/CABUGI, 13h45m. Catherine O’Hara. Comédia romântica. Foi há pouco mais de uma sema• SIMPLESMENTE COMPLICADO Com na, durante a divulgação do filme “One Meryl Streep, Steve Martin, Alec Bald- for the money”, que Katherine maniwin, John Krasinski. Comédia românti- festou a sua vontade de voltar ao seca. Jane (Meryl, ótima como sempre) é riado “Grey’s anatomy”. Nem que fosuma mulher de meia-idade, mãe de três se em uma participação para mostrar filhos, que demorou para sair da fossa por onde anda a médica Izzie, sua perdepois de ter sido trocada por uma mo- sonagem. A loura, que pediu para sair cinha bem mais jovem pelo seu ex-mari- da série para se dedicar ao cinema, tem

feito um trabalho atrás do outro, como esta comédia programada para hoje, ao lado do ex-Senhor Demi Moore. Aqui ela é Jen Kornfeldt, mocinha que conhece o homem aparentemente perfeito, Spencer (Kutcher). E só descobre, depois de casada, que o sujeito ganhava a vida como matador de aluguel. Alvo de uma caçada milionária, Spencer conta toda a verdade sobre sua profissão para a mulher. MEGAPIX, 19h50m. • UM FILME FALADO Com Leonor Silveira, John Malkovich, Catherine Deneuve, Irene Papas. Drama. O título programado para a faixa do Cine Ibermedia deste domingo merece ser conferido pelo elenco de medalhões. Rosa Maria (Leonor) é uma professora de História que embarca com a filha em um cruzeiro, em Lisboa. O navio atravessa o mar Mediterrâneo com destino a Bombaim, na Índia, onde o marido da professora a espera. Durante a viagem, escalas estratégicas dão a deixa para que Rosa conheça lugares fundamentais para a História da civilização ocidental, como a Grécia. TV BRASIL, 23h. • JOHNNY & JUNE Com Joaquin Phoenix, Reese Whiterspoon, Ginnifer Goodwin, Robert Patrick. Drama. Músico country conhecido como o “Homem de preto”, Johnny Cash foi vivido por um talentoso e inspirado Phoenix nesta cinebiografia que retrata desde a juventude do artista, em uma fazenda de algodão, até o início do seu sucesso, em Memphis. A fita mostra ainda o caminho de autodestruição do ídolo em sua fase mais madura. E a devoção do seu grande amor, a também cantora June Carter (Reese, que ganhou o Oscar de melhor atriz em 2006 pelo papel). Produção impecável, o longa acerta também nos vários números musicais. FOX, 1h.

9


10 Tribuna do Norte • Natal • Rio Grande do Norte COLUNA DO

Clube do Assinante

revista da tv

Domingo | 29 de janeiro de 2012

INJEÇÃO DE TESTOSTERONA ESCALADOS PARA DESEMPENHAR COADJUVANTES, GALÃS MOSTRAM O SEU LADO MAIS CÔMICO NO PROGRAMA FOTOS DE TV GLOBO/IQUE ESTEVES

Promoções e descontos renovados a cada domingo

DIVULGAÇÃO

Promoções válidas de domingo (29/01/12) a sábado (04/02/12), limitadas às quantidades em estoque, somente para assinantes da TRIBUNA.

Humberto Martins ficou encantado por Isis Valverde

Clínica Márcia Ortiz A Clínica Márcia Ortiz realiza excelentes atividades aquáticas proporcionando a você estrutura com piscina aquecida, coberta, salinizada, com rampa de acesso e barras de apoio. O desconto oferecido será válido somente para alunos novatos na primeira mensalidade a ser usada em fevereiro 2012. E também deverá ser aplicado ao valor da avaliação inicial (entrevista e primeira aula da prática individual). Av. Passeio dos Girassóis, 2562, Mirassol Tel.: 3231.1727

50% à vista (dinheiro) na hidroginástica, hidrogestante e natação para bebês DIVULGAÇÃO

até 02 anos de idade. Conforme descrição acima.

Frank Centro de Beleza Frank Centro de Beleza lhe propõe estilo com qualidade e as melhores tendências da moda em cabelo, maquiagem, etc. Lá, você encontra excelentes produtos e uma equipe atenciosa para deixar você ainda mais bonita. Esta semana, Frank Centro de Beleza oferecerá um desconto, exclusivo ao assinante da TN, no corte feminino, escova simples e maquiagem. Av. Romualdo Galvão, 779, Tirol Tel.: 3211.1134

50% à vista (dinheiro) no corte feminino, escova simples e maquiagem. ■ As promoções publicadas na Coluna do Clube do Assinante são exclusivas para assinantes da TRIBUNA DO NORTE, PESSOAS FÍSICAS. ■ Desconto não acumulativo. ■ Para ter direito à promoção,o assinante deverá apresentar a carteira do Clube e a Identidade no ato da compra. ■ Contatosparacredenciamento:Depto.deMarketing.Tel.4006-6100,R.6262. ■ e- mail.mkttn@terra.com.br; clubetribuna@digizap.com.br

á certo que as mulheres são as grandes musas de “As brasileiras”, série que começa nesta quinta, dia 2, após o “Big Brother Brasil 12”, na TV Globo. Mas vale ressaltar que o elenco masculino não fica aquém das protagonistas. Ao longo dos 22 episódios, o público terá a oportunidade de ver o trabalho — e a beleza — de atores como Rodrigo Lombardi, Marcos Palmeira, Edson Celulari, Daniel Boaventura, Fabio Assunção, Ângelo Antônio, Caco Ciocler, Danton Mello, Fábio Porchat, Guilherme Winter, Rodrigo Santoro e Humberto Martins. Longe da TV desde a novela “Cama de gato” (2009), Marcos é o único do time a participar de dois episódios, na pele de tipos bastante distintos. No capítulo de estreia, “A justiceira de Olinda”, com Juliana Paes, ele é um nordestino apaixonado pela mulher. Já em “A de menor do Amazonas”, ao lado de Maria Flor, ele interpreta um sério executivo. O ator diz que a série lhe deu a oportunidade de mostrar um lado mais cômico. — É interessante porque as pessoas me veem pouco nesta situação de humor — observa. Escalado para entrar em cena com Leandra Leal, em “A sexóloga de Floripa”, Assunção valoriza o fato de “As brasileiras” prestar uma homenagem ao sexo oposto. — Elas são as nossas musas — classifica o ator, que gravou no primeiro semestre de 2010, antes de entrar em “Tapas & beijos”: — Foi um convite que achei bacana por-

T

Rodrigo Santoro contracena com Alice Braga

que gostei muito de “As cariocas”. Já Humberto aproveitou uma brecha nas gravações de “O Astro” para atuar ao lado de Isis Valverde em “A culpada de BH”. E ele garante que a entrega da atriz o deixou deslumbrado. — Isis tem uma concentração impressionante, foi uma descoberta para mim — desmanchase ele, já envolvido com o papel de Seu Nacib em “Gabriela”, próximo remake das 23h prevista para estrear ainda neste semestre na Globo. Sempre atarefado, Santoro conseguiu uma brecha na agenda para gravar com Alice Braga o episódio “A indomável do Ceará”. Segundo o intérprete, a vontade de

Marcos Palmeira aparece em dois episódios

Fábio Assunção já era fã de “As cariocas”

uma parceria era mútua: — Nós ensaiamos essa ideia por um bom tempo, até que surgiu essa oportunidade que me pareceu ótima considerando todos os envolvidos. Escalado para o capítulo “A viúva do Maranhão”, Antony enche de elogios a parceira, Patricia Pillar, com quem já trabalhou no seriado “Mulher”, na novela “O anjo caiu do céu” e no espetáculo “A paixão de Cristo”: — Ela é uma querida. Adorável e muito generosa.

Marcelo Antony se reencontra com Patrícia Pillar


revista da tv

Domingo | 29 de janeiro de 2012

E

FORÇA DA NATUREZA CERCADA POR BÚFALOS E DE OLHO NO SOBE E DESCE DA MARÉ, EQUIPE GRAVA AS PRIMEIRAS CENAS DE ‘AMOR ETERNO AMOR’, NO PARÁ

mexer com gado, que eu já tinha experiência de outras novelas. Eles são muito fortes e nada parece detê-los — observa ele, que contou com a ajuda de peões reais nas gravações das comitivas: — Eles nos deram apoio nas cenas que incluíram sequências em que os animais entravam na água, por exemplo. Durante os 20 dias de viagem, a equipe precisou acordar cedo, por

volta das 5h, para aproveitar a melhor luz. Geralmente, as cenas aconteciam nas primeiras horas da manhã e no final da tarde. Assim como “Cordel encantado” e “A vida da gente”, a nova trama, com estreia prevista para o início de março, será gravada em 24 quadros (são 24 fotos por segundo), o que também confere ao produto uma estética mais próxima do ci-

PREPARE A RISADA COM SÉRIES, ANIMAÇÕES E PRODUÇÕES NACIONAIS, COMEDY CENTRAL É LANÇADO NO BRASIL epois de uma breve fase de testes no ano passado, quando o VH1 exibiu a faixa especial “Comedy Central apresenta”, comandada por Danilo Gentili, chegou a hora de o canal estabelecer residência fixa no Brasil. A partir de quarta-feira, o Comedy Central — um tradicional espaço do humor na televisão americana — ganha uma versão na grade da TV por assinatura do país, com séries, animações e a promessa de dar visibilidade a produções e comediantes brasileiros. — Tivemos uma excelente recep-

D

ção ao Comedy Central com o especial no Vh1. Foi bom para o canal e também para consolidar a marca — acredita Jimmy Leroy, vice-presidente de criação da Viacom, responsável pelas marcas no Brasil. A exemplo do original americano, o canal exibirá shows de stand up comedy made in USA, mas pretende investir no humor brasileiro. O “Comedy Central apresenta” deve continuar no ar, em uma nova e estendida temporada. — Além das atrações americanas, teremos uma produção brasileira, no modelo da que fizemos

com Danilo Gentili, apresentando dois comediantes por show. Vamos gravar uma temporada de oito meses — conta Jimmy, que não confirma se o humorista continuará como host, mas garante que a permanência do entrevistador do “Agora é tarde”, da Band, é de grande interesse para o canal. Programas como “South Park”, até então exibidas pelo Vh1, migram para o Comedy Central. Entre as séries adquiridas estão as inéditas no Brasil “Happily divorced”, com Fran “The nanny” Drescher, e “Retired at 35”, sobre um rapaz

nema. Normalmente, as novelas são feitas em 30 quadros. — Trabalhamos com muitos filtros, mas todas as cenas captadas nestes cenários ficaram meio “lavadas”, tudo bem clean. Foi de propósito, para podermos mexer nas imagens na pós-produção — conta Sergio Tortori, diretor de fotografia da novela. Segundo ele, as cenas capta-

que se aposenta em tenra idade e vai viver com os pais. Até o fechamento desta edição, o canal não havia confirmado o horário e dia de exibição das atrações. — “South Park” e “Ugly ameri-

das no Pará serão tratadas para ganhar “um ar mais quente”. O tom mais puxado para o dourado — todo feito na base da computação — poderá ser visto até na pele dos atores. O efeito será obtido através do software Baselight. — A luz da novela terá mais contrastes entre claro e escuro — observa Sergio, que voltou encantado com a paisagem local. — Em Marajó, há uma lagoa que parece mar. A água é quente e não é salgada — descreve. O novo folhetim da autora de “Escrito nas estrelas” (2010) teve cenas realizadas em Belém, Santarém, Alter do Chão e Soure. Todas essas locações paraenses irão representar um único cenário, a fictícia Vila dos Milagres, situada na Ilha de Marajó. É lá que vive o peão Carlos (Gabriel), homem capaz de se comunicar com animais desde pequeno e que acaba se tornando um respeitado domador de búfalos. As belezas do Pará serão mostradas nos 18 capítulos iniciais. Sequestrado ainda bem pequeno, o protagonista é o filho desaparecido da empresária Verbena Borges (Ana Lúcia Torre), que vive no Rio de Janeiro, onde a história irá se desenrolar. Depois de receber uma pista do seu herdeiro, a ricaça incumbe a jornalista Miriam (Letícia Persiles, revelada como a jovem Capitu da minissérie homônima da Globo) de investigar o que aconteceu ao rapaz.

cans” estreiam novas temporadas. Mas também são destaque “Um amor de família”, “3rd rock from the Sun” e “Newsradio”. E estamos procurando uma série de ficção para produzirmos para a América Latina — adianta Jimmy.

REPRODUÇÃO

xperiente em novelas rurais, o diretor de núcleo da Globo Rogério Gomes se deparou com paisagens e animais aos quais estava pouco acostumado durante as gravações de “Amor eterno amor”, no Pará. À frente de uma equipe de 80 pessoas, o profissional, responsável por tramas como “Cabocla” (2004) e “Paraíso” (2009), mais uma vez driblou adversidades naturais para realizar cenas da nova produção das 18h. Escrita por Elizabeth Jhin, o folhetim terá boa parte dos seus primeiros capítulos ambientada na Ilha de Marajó, que serviu de cenário para sequências que trarão os atores Gabriel Braga Nunes, Erom Cordeiro e Raphael Viana ao lado de uma manada de 600 búfalos. — A natureza lá é muito forte e se impõe o tempo todo. A maré na ilha, por exemplo, sobe muito rápido. Isso nos obrigava a parar e fazer um intervalo nas gravações. Assim, evitamos realizar cenas com o sol a pino — relata Rogério, que promete exibir paisagens inéditas dos telespectadores: — Escolhemos um cenário totalmente diferente. Esta é a primeira novela feita naquele local. O elenco teve ainda que dividir o set com um tipo de animal muito comum na região. — Lidar com búfalos é totalmente diferente de

RECORD/MICHEL ANGELO

ZEAN BRAVO

Tribuna do Norte • Natal • Rio Grande do Norte 11

“Happily Divorced”, série com a atriz Fran Drescher (sentada)


Revista da tv 12

Natal • Rio Grande do Norte • Domingo • 29 de janeiro de 2012

»QUASE DISNEY

Os contos de fada estão mesmo em alta. Depois de “Once upon a time”e “Grimm”, vem aí uma adaptação para os seriados de “A bela e a fera”. A ABC encomendou o piloto.

SERIAIS

»COISA FINA

Para “Alcatraz”, que supriu as expectativas e agradou na estreia:bem-feita,com mistérios intrigantes e bons personagens.

O grupo HBO estreia quarta,em toda a América Latina,o HBO Signature.No novo canal,só conteúdo produzido por e para eles,como “Família Soprano”(foto),“Entourage”,“Mildred Pierce”, além de filmes exclusivos para a TV e documentários. LÍVIA BRANDÃO - TATIANA CONTREIRAS REPRODUÇÃO

Para os roteiristas de “Alcatraz”, que não resistiram e deram a Jorge Garcia um personagem com o mesmo jeitão de Hurley,de “Lost”.

MAIS MAIS Bateu fome? Listamos os melhores cozinheiros das séries

1

Lafayette Reynolds.Ele é o homem por trás do cardápio do Merlotte’s,de “True blood”, e empresta charme ao lugar.

2

Sookie St.James. Atire a primeira pedra quem nunca quis comer enquanto via as delícias da chef de “Gilmore girls”.

3

Artie Bucco.Responsável pela cantina italiana em “Família Soprano”, é especialista,óbvio,em massas que pareciam incríveis na tela da TV.

4

Monica Geller. A compulsão da chef de “Friends”aparecia até em seu trabalho na cozinha.

A partir da esquerda, Ian Somerhalder,Nina Dobrev e Paul Wesley: febre adolescente

5

Os vampiros vêm ao Rio uando Ian Somerhalder e Paul Wesley subiram ao palco do People’s Choice Awards, no Nokia Theater, em Los Angeles, no último dia 11, o rebuliço foi generalizado. Em tempos de “Crepúsculo”, os vampiros ganharam seus representantes na TV — e viraram um sucesso adolescente. E não só pelos rapazes: eleita melhor atriz dramática pelo público na mesma premiação, Nina Dobrev também faz parte da febre de “The Vampire Diaries”, que no Brasil é exibida pela Warner Channel. Atualmente fora do ar, a série volta para sua terceira temporada em breve. E agora a onda de sucesso deve ganhar ainda mais impulso,

Q

já que parte do elenco virá ao Brasil para uma convenção com fãs. O evento, chamado “Mystic Moon”e organizado pelo produtora Midia Kriativa, está marcado para os dias 2 e 3 de junho no Centro de convenções Sul América, na Cidade Nova, no Rio de Janeiro. Na programação estão “entrevistas coletivas” dos fãs com os atores, apresentação de cosplay, coquetéis, festas, estandes de vendas de produtos e sessões de fotos e autógrafos. Mas chegar pertinho — pausa para os gritinhos histéricos das fãs — de Ian Somerhalder (o único do trio de protagonistas confirmado até agora) não é nada barato. Os ingressos custam de R$

150 a R$ 1 mil, esse último um pacote vip que dá direito a um encontro exclusivíssimo com o intérprete de Damon Salvatore (serão 30 minutos com 25 fãs), um autógrafo e uma fotografia com cada um dos convidados. Os outros atores da série que desembarcam no Rio são Daniel Gillies (o Elijah), Joseph Morgan (Klaus), Kat Graham (Bonnie). Para quem não tem ideia do que estamos falando,um resuminho rápido.Baseada na série de livros homônima escrita por L.J. Smith,a série retrata o triângulo amoroso entre Elena (Nina) e uma dupla de irmãos vampiros:o bonzinho Stefan (Paul) e o malvado Damon.

Oleg. Importado da Ucrânia,é o cozinheiro malandro que dá mole para Max e Caroline, as garçonetes de “2 broke girls”.

E AINDA...

• ‘OSCARIZÁVEIS’:Melissa McCarthy (de “Mike and Molly”) como melhor atriz coadjuvante por “Missão madrinha de casamento”e Glenn Close (de “Damages”) como melhor atriz por “Albert Nobbs”são as mais óbvias,mas não únicas estrelas da TV que concorrem a um Oscar em 26 de fevereiro.Jim Rash, o reitor Pelton de “Community”também pode levar pelo roteiro adaptado de “Os descendentes”, com Alexander Payne e Nat Faxon.Arrasaram!


tn família ASTROLOGIA

Mercúrio e Júpiter em dissonância sugerem desvios e exageros. PÁGINA 6

CINEMA Bons filmes estrearam neste fim de semana em Natal.Confira programação. PÁGINAS 6 e 7

CULTURA Fiart tem seu último dia neste domingo com artesanato e shows. PÁGINA 4

COMO CHEGAMOS AOS CEM ANOS

PENSAR A VELHICE DEVE FAZER PARTE DOS PLANOS DAS PESSOAS QUANDO AINDA JOVENS PARA GARANTIR NÃO APENAS SEGURANÇA FINANCEIRA, MAS TAMBÉM BOA SAÚDE

GLAM A versatilidade das camisas no armário da mulher.Peças vão da seda à organza. PÁGINA 8

E-mail: tnfamilia@tribunadonorte.com.br Editor:Rosa Lúcia Andrade (Interina) ARTIGO O médico Jorge Boucinhas fala sobre os riscos do barulho no dia a dia para a saúde. PÁGINA 2

PAULO COELHO O escritor chama seus leitores a refletirem sobre o significado de algumas palavras. PÁGINA 2

ROSA LÚCIA ANDRADE repórter

té uns 20 anos atrás existia uma pirâmide no Brasil demonstrando a classificação de faixa etária, na qual o topo era onde estavam os idosos com 65 anos ou mais. Hoje, esta pirâmide dá lugar a um retângulo, com o alargamento de seu topo, mostrando um aumento da população idosa e com maior expectativa de vida; por outro lado, a base, onde fica o número de crianças por famílias, vem diminuindo. Será que caminhamos para um novo modelo populacional, seguindo os passos do Velho Mundo? Acredita-se que sim. Pois há linhas na medicina geriátrica que apontam uma inversão desta pirâmide daqui a 50 anos. Para este quadro se configurar aqui no Brasil, é preciso que se abandone a cópia do modelo americano de vida, com má alimentação e sedentarismo desde a infância. Para se chegar longe tem que ter qualidade de vida não só depois dos 50 anos, mas desde o começo da longa jornada. As pessoas, desde criança, têm que comer melhor e não depender do fast food; têm que se mexer e não ser sedentário e têm que manter a mente em funcionamento, abandonando a comodidade das agendas dos aparelhos de celulares, por exemplo. Os hábitos da modernidade terminam minando a vida das pessoas que deixam de memorizar datas e números; que deixam de se movimentar devido até mesmo à comodidade do controle remoto que muda os canais da TV, abre o portão e desliga o ar condicionado. E um dos agravantes para os

A

ALEX RÉGIS

NATAL | RIO GRANDE DO NORTE Domingo | 29 de janeiro de 2012

nossos idosos – que seremos nós amanhã -, é uma cultura latina em que os filhos se sentem na obrigação de tomar conta da vida dos pais quando esses chegam à terceira idade, mesmo sendo pessoas ativas e em condições de administrar suas tarefas. Essa consciência tem que mudar primeiro nas pessoas que já estão envelhecendo. Elas precisam saber que são capazes e que a independência vale a pena. E quando o idoso sofre alguma restrição, seja física ou alguma demência, como o mal de Alzheimer? A geriatria aconselha a família dar suporte, oferecer as condições para que o idoso viva seguro. Mas isso não quer dizer – e tem sido o menos indicado, salvo algumas exceções – que os pais tenham que morar na casa dos filhos. O apoio pode ser dado de longe, como providenciando um bom cuidador, um terapeuta e gerindo as contas dos pais ou ainda oferecendo a estrutura de um lar específico para receber essas pessoas. As ressalvas são para os casos em que as famílias não tenham condições financeiras de tomar essas providências e qualquer arranjo familiar vale para que o idoso não fique desamparado. O que a medicina tem como certo é que deve haver uma preparação física envolvendo atividades aeróbicas, como as caminhadas, e também muscular; ter uma boa alimentação; abandonar hábitos como fumar e beber em excesso; e realizar atividades que proporcionem prazer. Com esse gás podese chegar a cem anos driblando muitas doenças. [ LEIA MAIS NA PÁGINA 3 ]


tn família

2 | Tribuna do Norte | Natal | Rio Grande do Norte

Domingo | 29 de janeiro de 2012

Paulo Coelho [ escritor ]

Palavras que merecem reflexão MUDANÇA eralmente confundido com a famosa frase de Lampedusa: “melhor mudar um pouco, de modo que tudo possa continuar a mesma coisa”. E quando pressentimos que chegou a hora de mudar, começamos inconscientemente a repassar um vídeo mostrando todas as nossas derrotas até aquele momento. É claro que, à medida que ficamos mais velhos, nossa cota de momentos difíceis é maior. Mas, ao mesmo tempo, a experiência nos deu meios de superar essas derrotas, dar a volta por cima, e encontrar um caminho que permitisse seguir adiante. Também precisamos assistir esta fita em no nosso videocassete mental. Atenção: se assistirmos apenas o vídeo da

G

Libertas libertas@libertas.com.br

Homens s mulheres muitas vezes desconhecem quão árduo é ser homem. A elas é dado o direito de seguir a matriz, a mãe e toda linhagem feminina. Aos homens é proibido chorar, expressar medo, ser suave. A expectativa é que sejam fortes, insensíveis, machos. No cotidiano, estas exigências parecem despercebidas, mas é grande a pressão sobre os homens. Está repetida na história familiar que impõe a preservação cultural e estabelece que os homens devem seguir as figuras masculinas com os mesmos comportamentos dos pais e avós. Isto, os afasta muitas vezes de trilhar um caminho único e individual. Afasta-os de seguir os próprios passos, baseados nas experiências e na singularidade. Então, hábitos e padrões de gerações anteriores assumem lugar que dificulta aos homens serem eles mesmos. Fazer emergir o verdadeiro eu, romper com a parte dos galhos ressequidos da árvore da vida, requer coragem e sensibilidade. Ser homem é estar em paz com sua porção feminina como diz Gilberto Gil, na música Super Homem. Parte feminina significa a porção de harmonia, de afeto, de delicadeza e de solidariedade, que existe em todos os homens, mas que o álcool, o machismo, a ignorância, a superficialidade e a repressão dos sentimentos afasta-os de sua essência, que é o Amor. Jayme Panerai Alves – Psicólogo – Jayme@libertas.com.br

A

TRAVESSIA Um dia um jovem monge, no seu caminho de regresso a casa, chega às margens de um rio bastante largo. Desesperado pelo tão grande obstáculo com que se depara, fica horas a ponderar como poderá ultrapassá-lo. Quando estava prestes a desistir, vê na outra margem um grande professor. O jovem monge projeta a voz de forma a ser ouvido pelo professor e pergunta: “Mestre, pode me ensinar como chegar ao outro lado do rio?” O professor olha rio acima e rio abaixo reflete e responde-lhe: “Meu filho, já estás no outro lado!” TAI CHI Nos dias 14 e 15 de abril (sábado e domingo), acontecerá no Libertas, o Seminário teórico/prático “Tai chi - equilíbrio, paz e saúde”, com Jerusha Chang (São Paulo), conhecida como discípula do Mestre Pai Lin. Durante o Seminário acontecerão vivências de: Tai-chi Qigong, Tai-chi-chuan Taoísta, Tuina e I Ching, o livro das mutações. Outras informações: 81 3441-7462 – 3268-3596/3311. MESTRADO Até o dia 10 de fevereiro estão abertas as inscrições para a seleção do Mestrado em Física da UERN. O curso é voltado para as áreas de Física da Matéria Condensada, Astrofísica e Cosmologia que possui as seguintes linhas de pesquisa: “Materiais Magnéticos e Propriedades Magnéticas”; “Materiais Dielétricos e Semicondutores”; “Física Estatística e Teoria Cinética”, “Astrofísica” e “Cosmologia e Gravitação”. www.uern.br

QUERO SABER Por que as pessoas fogem do psicólogo? Margarida Costa

Cara Margarida, De fato, o receio de frequentar o consultório de um psicólogo ou psicóloga acontece com diversas pessoas. É uma sensação de medo e insegurança perante a possibilidade de acessar o autoconhecimento através do processo de psicoterapia. No entanto, quando as pessoas conseguem ultrapassar essa resistência poderão se sentir de modo diferente. Regina Coeli Araujo - CRP 02-4974.

Esta coluna é de responsabilidade da Libertas Comunidade www.libertas.com.br libertas@libertas.com.br

derrota, vamos ficar paralisados. Se nos detivermos no vídeo da experiência, vamos terminar nos julgando mais sábios do que realmente somos. Melhor sempre ter as duas fitas ao alcance da mão. E, quando chegar o momento de um novo passo, encerrar um ciclo e começar algo diferente. VONTADE Esta é uma palavra que a gente deveria colocar sob suspeita durante algum tempo. Quais são as coisas que a gente não faz porque realmente não tem vontade, e quais aquelas que não fazemos porque são arriscadas? Eis um exemplo de risco que confundimos

com “falta de vontade”: falar com desconhecidos. Seja um flerte, um simples contacto, um desabafo, raramente conversamos com estranhos. E sempre achamos que “foi melhor assim”. Terminamos sem ajudar e sem sermos ajudados pela Vida. Nossa distância nos faz parecer muito importantes, muito seguros de nós mesmos, mas - na prática - estamos passando longe dos milagres que os anjos colocaram em nosso caminho. VOZ INTERIOR Na maior parte das vezes, confundida com “inspiração”, o que é um equívoco. Estamos sempre escutando certas vozes interiores, ruídos destinados a nos distrair, a nos fazer per-

Atenção: se assistirmos apenas o vídeo da derrota, vamos ficar paralisados. Se nos detivermos no vídeo da experiência, vamos terminar nos julgando mais sábios do que realmente somos.

Dr. Jorge Boucinhas [ médico e professor da UFRN ]

der o contacto com a vida. Não se calam, não sossegam nunca. Certas Tradições mágicas dizem que nosso controle sobre estas vozes é quase nenhum. Quem já experimentou meditação sabe o quanto isto é verdade; e mesmo quem nunca meditou sabe que elas existem (músicas que cantamos mentalmente, pensamentos que não conseguimos evitar, etc.) Só uma coisa faz calar estas vozes: o Entusiasmo. Quando estamos verdadeiramente envolvidos na arte de viver, estas pequenas e mesquinhas vozes interiores deixam de falar suas bobagens - e então podemos ouvir a voz de nosso anjo da guarda, a voz de nosso coração, a voz de Deus.

boucinhas_jc@hotmail.com

Barulho, perigoso barulho uem pensa que a poluição sonora é produzida apenas por equipamentos industriais e trânsito pesado deve iniciar a repensar. Mesmo as residências são fontes comuníssimas de ruídos excessivos e nem se percebe que o volume da TV está por demais alto ou que o liquidificador é uma verdadeira britadeira, tal o hábito de se viver assaltado por sons fortes em ambientes mui barulhentos. Pouco a pouco esse barulho instala-se no organismo. A vítima, irritada, põe a culpa na agitação da vida moderna, no estresse laboral, nos problemas com os filhos. E ainda se tem um componente psicológico básico: a palavra ruído é tão somente uma expressão técnica para um som muito alto, mas o incômodo de um pode, muito bem, ser o prazer de outro. Um julga um pavor escutar o rock-androll mesmo baixinho (inconcebivelmente pior se a uma altura imensa), já outro sente-se nos céus ao fazê-lo. Para ajudar os pobres ouvidos a saber o que enfrentam, e, assim, poderem escapar mais ou menos ilesos, o Ibama criou o Selo Ruído, para a embalagem das mercadorias, indicativo da quantidade de decibéis que elas são capazes de produzir. As ondas sonoras propagam-se, como vibrações, pelo ar (o meio mais comum para a audição humana), pela água e até em meios sólidos (quais os solos). As orelhas captamnas, direcionam-nas ao tímpano, que vibra e propaga o estímulo até ser atingida uma parte especializada, a cóclea, que transforma-as em impulsos nervosos, que são levados ao cérebro, capaz de as discriminar. O aparelho

Q

auditivo funciona como um vigia que não repousa, enfrentando domingos e feriados, permanecendo sempre em guarda. Por tal não é tão fácil protegê-lo das agressões sonoras. A perda de audição, comum como doença do trabalho, geralmente, só é percebida quando está em estágio avançado. Deixa-se de ouvir quando morrem as células ciliadas do ouvido interno, corresponsáveis pela condução dos sons ao cérebro. Essas delicadas estruturas, que normalmente morrem de velhice, têm sua vida abreviada pela poluição sonora e não se regeneram. Estatisticamente falando, a média dos seres humanos apresenta problemas com elas pouco após a sexta década de idade, enquanto que quem está exposto a um ambiente barulhento já pode começar a ensurdecer logo após completada a quarta. Mas não é apenas no trabalho que se adquire uma lesão auditiva. Quem já não sentiu que estava “meio surdo” depois de um show de rock ou axé ou forró, ou de uma noitada de música eletrônica em boate? Agredidos pelos cada vez mais potentes aparelhos de som, os ouvidos ficam cansados e, pelo prazo de algumas horas, ficam com dificuldade de funcionar. Felizmente, após o devido repouso, ocorre o retorno à normalidade (importante fazer notar que os alcoólatras e os fumantes demoram mais para se recuperarem, de vez que o álcool e o tabaco são substâncias agressoras das células do ouvido interno). Mas a exposição repetitiva leva a danos irreparáveis! E os danos não se produzem só nesta esfera. Por causa dos gritos, zumbidos e buzinas

quotidianamente ouvidos, o corpo, por inteiro, sofre. É que o sistema nervoso passa a agir como se estivesse em uma situação de perigo e faz com que as duas glândulas adrenais produzam altas doses dos hormônios que acompanham as situações de estresse: a adrenalina e o cortisol. O primeiro age como um alarme, deixando o corpo preparado para a luta ou a fuga (a famosa Reação do Stress, descrita por Hans Selye). Se a situação se repete, passa-se ao estresse crônico, com todo seu corolário de comE há,ainda,as plicações. Devido a ele, o trabalho aparenta fisoluções mais car mais e mais pesado, as noites perdem seu simples,que estão sono reparador, a tensão arterial começa a suao alcance de bir, o estômago começar a secretar excesso de todos,quais não ácido e, até, a começar a doer. Pena que não se escutar a televisão relacione os sintomas com o ruído, de vez que muito alto,ouvir ele é um invasor algo insidioso e gradual. música a alturas O bom é que é possível minimizar o problemoderadas,regular ma. A poluição sonora pode ser combatida na baixo o telefone, fonte. Já existem janelas, portas, pisos e revesdeixar funcionando timentos de parede com proteções acústicas. As corretamente os residências podem ser construídas longe de escapamentos,não áreas de grande tráfego e o planejamento urligar mais de um bano está a dar, cada vez mais, atenção a esses eletrodoméstico riscos potenciais. E há, ainda, as soluções mais por vez. simples, que estão ao alcance de todos, quais não escutar a televisão muito alto, ouvir música a alturas moderadas, regular baixo o telefone e o walkman, deixar funcionando corretamente os escapamentos (especialmente os de motos), não ligar mais de um eletrodoméstico por vez, procurar despertadores e campainhas mais discretos. A civilização moderna criou o costume de escutar tudo num volume muito alto. É tempo de isto ser repensado!

Andréia Clara Galvão [ psicóloga ]

andreiaclara@hotmail.com

Caminhada e literatura em é preciso falar da importância de um Festival de Literatura acontecendo anualmente numa Cidade, num Estado, num País. Digo que nem é preciso falar, porque penso que todos os envolvidos com a literatura, com a produção do conhecimento, com a educação, com o crescimento e desenvolvimento de um povo, já sabem, ou deveriam saber da importância do livro, da leitura, da literatura. Não é preciso falar, se já for óbvio, sobretudo para os órgãos oficiais que devem apoiar a iniciativa. Se não for ainda, que se diga, que se alardeie, que se lute para que o dizer poético, que o dizer jornalístico, o dizer documental, histórico, literário tenham sempre entre nós um lugar garantido, já que são instrumentos fundamentais e imprescindíveis. Já que são amálgama, élan para constituição e evolução de um povo. Também pode parecer desnecessário falar da importância de mover o corpo, dar um espaço em nosso cotidiano que considere nossa necessidade fundamental do movimento. E não só do movimento do corpo, mas também do movimento das ideias. Nenhum dos dois, corpo e ideias é da mesma natureza das estátuas. Mas a gente sabe que precisa continuar a ouvir mesmo o que já está posto, por conta de nossa tendência ao comodismo e por conta do poder que a palavra do outro tem sobre cada um de nós. Então que se fale! E se faça! Que a gente se ocupe de mover a vida! Dentre, pois, os tantos eventos importantes que aconteceram no Festival Literário de Pipa, que aconteceu em novembro do ano passado, pinçarei um, que a mim muito comoveu, que muito me tocou. Não que os outros não tenham sido comoventes, instigantes, tocantes. Pois, evidentemente, foram-no. Mas a caminhada literária do Flipipa, organizada por Fernanda Bauermann Costa mostrou, para minha surpresa, um trabalho de interação com a comunidade, sobretudo com uma parte da comunidade que frequentemente fica fora de tais eventos. Falo da terceira ida-

Mas a gente sabe que precisa continuar a ouvir mesmo o que já está posto,por conta do poder que a palavra do outro tem sobre cada um de nós. Então que se fale! E se faça! Que a gente se ocupe de mover a vida!

N

de, apesar de não gostar dessa expressão, pois sempre me pergunto, inspirada em Bob Dylan, quantas idades um homem deve ter para que seja aceito como um homem... Assim, será que não podemos viver infinitas idades, qualquer idade cronológica que a gente tenha? Quantas idades você tem, meu caro leitor? Muitas e muitas senhoras e senhores, que provavelmente não sairiam para uma caminhada daquele porte numa tarde de sábado, naquele dia estavam lá. Interessados, participantes, ativos. Ponto para a iniciativa da caminhada! Participação da comunidade e dos que vieram para o Flipipa, com leituras e oralizações durante o percurso. Corpo e mente convidados ao movimento. A minha caminhada, diga-se de passagem, teve uma trilha um pouco original. É que pa-

rece ter havido um desencontro entre o horário marcado no blog e o do folder do Flipipa. Quando cheguei junto com uma amiga, às 16h soube que eles haviam saído pelas 15h. Sem saber bem do percurso, fomos por um caminho do lado do mar. A certa altura, encontramos uma moça e suas crianças que iam para lá e ajudaram-nos a encontrar um caminho. Subimos dunas, vimos o azul maravilhoso da Praia do Amor. Caminhamos lendo esse poema sem palavras que é o mar, poema-valise, onde podem caber tantas palavras... A grata surpresa foi encontrar Michelle Ferret e todos os participantes, que eram muitos, numa energia fluindo maravilhosamente, as pessoas muito bem acomodadas entre as árvores da mata atlântica, no vale entre as dunas. Encontro, poesia, contação de história e os aplausos até dos pavões, que se achegavam mais e mais com seu canto peculiar, a cada vez que ouviam as palmas depois de uma declamação. Texto emocionante de Ana Brito falando do homenageado, Rui Pereira, poema de Iracema, Alta de Souza, conto sobre o amor por uma mineira... O barulho do mar, do vento, a voz das pessoas. Poesia-acontecimento. Sequer falei com Michelle Ferret ou com Fernanda Costa. Queria ouvir Camila Masiso e peguei uma carona com outra amiga e uma mestra de Pastoril. Não andei junto à caminhada literária, mas muito e muito fui movida por aquela iniciativa coletiva onde o sedentarismo cedia lugar à atividade, à atitude. Seja pelo movimento do corpo daquelas pessoas que deixaram suas casas naquela tarde de novembro e puseram-se a caminhar, seja pelo movimento das ideias que a poesia, a literatura sempre conseguem provocar. Atravessando os continentes, os mares, as montanhas, as dunas: lá, a literatura... Arrancando até a participação dos pavões. Lindo! Bravo! Parabéns à Flipipa, aos que escrevem, aos que que leem, aos que trabalham para que essas atividades vivam, as ideias não fiquem no isolamento e as pessoas se encontrem!


tn família

Domingo | 29 de janeiro de 2012

POR QUE O IDOSO DEVE PREPARAR A MUSCULATURA Aumenta a força e a massa muscular (reduzida com o envelhecimento) Fortalece o coração Melhora a circulação sanguínea Aumenta a força pulmonar Combate a osteoporose Melhora a marcha (caminhada) Reduz a gordura corporal Aumenta o HDL (colesterol bom) e reduz o LDL (colesterol ruim) Aumenta a sensibilidade à insulina Auxilia na regulação da pressão arterial Aumenta a coordenação motora Aumenta da flexibilidade Melhora a postura Reduz e previne dores lombares Melhora a mobilidade articular Melhora a capacidade de trabalho Melhora a capacidade de cumprir atividades da vida diária

Tribuna do Norte | Natal | Rio Grande do Norte | 3

AVANÇO DA MEDICINA MUDA QUADRO Pesquisas com novas drogas e tratamentos e campanhas educativas sobre cuidados com a saúde melhoram expectativa de vida no Brasil mudança no formato da pirâmide etária pode ser observada pelo crescimento da participação relativa da população com 65 anos ou mais, que era de 4,8% em 1991, passando a 5,9% em 2000 e chegando a 7,4% em 2010, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE. No Rio Grande do Norte, em 1991, os potiguares com mais de 60 anos representavam 8% da população total; o percentual subiu para 9% em 2000 e alcançou 9,8% no Censo de 2007. Em termos absolutos, o número de idosos passou de 199.122 (em 1991) para 296.517 (em 2007). Dados mais recentes da Secretaria de Saúde do Estado apontam uma população acima de 60 anos de

A

342.890, que corresponde a 10,82% da população geral do RN, de 3.168.027. E tem mais: a expectativa de vida aumenta cada vez mais, sempre uma geração superando a anterior. Dessa forma, vai ser mais fácil você conhecer uma pessoa com cem anos de idade. Atualmente ainda se chega a essa idade – ou bem perto dela – com alguma sequela de doença, geralmente cardiovascular, ou com demência como o mal de Alzheimer. Mas para as futuras gerações de idosos há como mudar esse prognóstico. Ainda dá tempo de adquirir hábitos saudáveis e poupar dinheiro para ter segurança financeira e viver independente do cuidado exclusivo dos filhos.

A geriatra Vanessa Giffoni, professora da Universidade Federal do Rio Grande do Norte e integrante do Programa de Diagnóstico e Tratamento da Doença de Alzheimer na Secretaria Municipal de Saúde, afirma que a evolução da medicina vem mudando o formato da pirâmide etária no Brasil. Ainda nos anos 1970 começou a transição devido ao avanço de programas que visam melhorias na saúde, como implantação de saneamento básico e campanhas de vacinação. Dessa forma, passou-se a ter um controle das doenças infectocontagiosas que ainda matavam muito os adultos. Com essas melhorias as doenças que passaram a atingir adultos mais velhos foram as car-

diovasculares que, quando não matavam deixavam sequelas e tinha-se uma população idosa com 65 anos ou mais, já bem debilitada. A partir da segunda metade dos anos 1980 e começo dos anos 1990 a medicina avançou e novos tratamentos apareceram para o câncer, gerando uma expectativa de vida maior. Nesse mesmo período começaram as campanhas de prevenção às doenças cardiovasculares. COMO É O IDOSO A geriatra afirma que infelizmente não existe uma proporção favorável ao envelhecimento quanto à qualidade de vida. Muitas pessoas que estão conseguindo chegar mais longe em idade

ainda não têm uma boa saúde e nem mesmo consciência de como fazer para atingir essa meta. Se as famílias têm dificuldade de conviver com uma pessoa mais velha e dependente dentro de casa, isso pode mudar a partir do próprio idoso. Como? Com uma preparação antecipada para se viver essa fase da vida. Cada indivíduo tem que ter a consciência de que vai envelhecer e deve se preparar cuidando da saúde com boa alimentação, exercícios físicos que proporcionem força muscular e função motora para desenvolver atividades do dia a dia, dentro e fora de casa. A parte mental pode ser ativada com atividades intelectuais. Sendo assim, mesmo na velhice a pessoa pode cuidar de atividades domésticas simples, ir às compras e cuidar de questões financeiras sem depender dos filhos. A vida de Luciano Gonçalves de Andrade, 78, pode ser considerada um bom exemplo de vida independente. Apesar de ter começado exercícios físicos como musculação já na terceira idade, antes fazia apenas caminhada, mantém o treino diário e procura manter-se ocupado. “Lavo meu carro, todo dia agou as plantas da minha casa, saio pra banco”, afirma, acrescentando que o único medo é o de ser assaltado e não de cair, como alguns em sua idade têm. Manter a mente ocupada pode ser uma boa receita. FOTOS:ALEX RÉGIS

Luciano Andrade treina e participa de atividades em casa

Ozany Machado, 75, sempre gostou de praticar exercícios

ONDE ENCONTRAR ATIVIDADES FÍSICAS, DE LAZER E INTELECTUAIS

Idosos devem priorizar atividades para musculatura

Instituições como UFRN,Sesc, IFRN,além de Secretarias de Promoção Social como a Semtas (Municipal) mantêm programas voltados para a Terceira Idade promovendo lazer e cultura,além de atividades físicas específicas para essa faixa etária. UFRN e IFRN – oferecem o “De Bem com a Vida”, através da Caixa Assistencial Universitária do Rio Grande do Norte.Funciona no Centro de Convivência da UFRN,sala 20,Campus da UFRN. Sesc – Entre as atividades físicas oferecidas à comunidade pelo Sesc há opções para idosos,como hidroginástica e natação. Semtas - A Secretaria Municipal de Trabalho e Ação Social desenvolve os seguintes programas para os idosos de Natal:Api Conviver, Api Domiciliar,Disk Denúncia SOS Idoso e emissão da Carteira Interestadual da Pessoa Idosa.O Api Conviver conta com 60 grupos distribuídos nas quatro zonas administrativas atendendo a 2.407 idosos. Todas as atividades são gratuitas.Para participar basta ter idade acima de 60 anos e ligar para 3232-4752 para saber qual o programa mais próximo da casa do idoso. Facex - Proporcionar atividades educativas,de esporte,lazer e cultura a pessoas com mais de 40 anos, visando à melhoria da qualidade de vida,é o objetivo da Faculdade Aberta da melhor Idade.

Vanessa Giffoni, geriatra, alerta sobre cuidados especiais

A prática de caminhada aliada a treinos para a musculatura auxilia no combate a doenças

Os cuidados com o preparo físico são como uma poupança: deve-se começar no início da vida adulta para acumular bônus a serem usufruídos no futuro. Esta explicação simples demonstra que todos podem se preparar para uma velhice mais saudável. O educador físico com especialização em fisiologia do exercício pela Usp, Márcio Mousinho, usa essa comparação para responder à pergunta de quando as pessoas devem começar a se preocupar com o futuro. Muitos já estão em débito e não são só os que já estão na badalada faixa 50 +, não. O ideal é que esses cuidados comecem aos 25 anos. A musculação é uma dessas atividades da poupança muscular. “O preparo físico é comparado a uma poupança, pois sabemos que com a aposentadoria perdemos cerca de 1/3 do nosso salário. Assim é com a massa muscular”, diz. É que dos 25 aos 50 anos o ser humano perde 10% de sua massa muscular, conhecido como sarcopenia; dos 50 aos 80 anos, 30%. “Então se a pessoa começa a trabalhar os músculos, a perda não será tão significativa”, afirma. Embora, quanto aos músculos, exista uma possibilidade de regeneração, chamada de hipertrofia muscular, que é o aumento das fibras em resposta ao treino. Cerca de 300% em quatro meses de musculação. Sim, nos idosos. E não são exercícios pesados e padronizados, não. Para cada indivíduo há um programa de exercícios. Segundo Márcio Mousinho é importante se fazer uma avaliação detalhada sobre o aluno, observando-se primeiramente se há risco cardíaco; depois o risco mecânico, como a existência de artrose ou outras doenças articulares. Se houver, nada de desistir da musculação; o treino é

Então se a pessoa começa a trabalhar os músculos, a perda não será tão significativa” MÁRCIO MOUSINHO educador físico e fisiologista

programado de acordo com as limitações de cada pessoa, sem muito peso, com menos repetições e de forma mais lenta. Com a continuidade dos exercícios que trabalham a musculatura – a caminhada auxilia apenas na parte ergométrica - as melhorias são visíveis: aumenta a força, que diminui naturalmente com o envelhecimento e com isso as tarefas diárias de casa podem ser retomadas; aumenta a força pulmonar, evitando o cansaço de uma pequena caminhada, que restringia o convívio familiar; melhora a caminhada; aumenta a coordenação e o equilíbrio; além da flexibilidade entre outros pontos. Aos 71 anos Terezinha de Jesus Freire Cavalcante, professora aposentada, surpreende as pessoas quando diz que fez cirurgia de ponte de safena no ano passado. Se mostrando disposta e realizando exercícios de musculação com desenvoltura, ela diz que sempre gostou de se cuidar. “Fazia dança e caminhada antes. Depois da cirurgia, o médico encaminhou para a musculação”, diz satisfeita com o desempenho. Sempre animada, diz que já está preparando a fantasia para o carnaval, de cigana, que vai brincar na Noite Pauferrense na AABB ao lado do marido. Depois do treino, pegou três netos em casa e foi para a praia.


4 | Tribuna do Norte | Natal | Rio Grande do Norte

tn família

Domingo | 29 de janeiro de 2012

COMEMORANDO

Jota Oliveira

Amanhã é dia de festa no Guinza Blue, onde os médicos residentes da Maternidade Januário Cicco comemoram o término de sua residência em ginecologia obstetrícia.

jotaoliveira@tribunadonorte.com.br CEDIDA

RODRIGO LOUREIRO

FILANTROPIA

CARPE DIEM! “Bom mesmo...É ser feliz! Bom é viver em harmonia com aqueles que nos querem bem.Bom é estarmos sempre atentos às lágrimas alheias.Bom é respeitar nosso semelhante.Bom é realizar nossos sonhos e continuarmos agradecendo a Deus. Bom é vivermos cada momento com alegria.Bom é trazermos para junto de nós aqueles que precisam de carinho.Bom é invadirmos a lama dos amigos com alegria e luz.Bom é termos sempre a coragem de dizer a verdade.Bom,é esperar que a nossa vida seja sempre boa.Bom é não chorarmos por coisas perdidas,só vale o choro quando é de felicidade. Bom é acordar,olhar para o espelho e gostar do que vê refletido.Bom é ter um grande amor dentro do nosso coração e vivê-lo intensamente,mas se este amor não existir,que esteja em nós a procura por ele.Bom é fazer programas simples e na simplicidade sentir imensa alegria.Bom é sermos especiais sempre,acreditar que existem pessoas que nos querem bem.É sentirmos a maravilha que é a vida nos irradiando a cada dia.Bom mesmo é ser FELIZ!”(autor desconhecido)

TÁDZIO FRANÇA Reporter

17ª edição da Fiart – Feira Internacional de Artesanato – chega ao fim neste domingo, dia 29. É a oportunidade última para conferir o numero rol de opções que o evento apresenta a cada ano, no Centro de Convenções da Via Costeira. O tema de 2012 é “Artesanato: instrumento de transformação, criatividade e riqueza”. A feira reune trabalhos de 1,6 mil expositores em 350 estandes, entre gente do Estado, do Brasil, e mais doze expositores de fora do País. Neste domingo tem Trio de Forró Santa Maria (17h30), grupos de dança (19h), banda Salada Sonora (pop/rock) e Alessandro Saldanha (20h). Local: Centro de Convenções (Via Costeira). Informações: 8813 5986 / 3211 2587. Entrada: R$5. Crianças até 7 anos não pagam. Meia para estudantes e idosos acima de 65.

A

Em almoço de família, este colunista com os afilhados Gabriela e Matheus e o amigo-avô-coruja Fernando Nesi

Vivas para Cláudia/Paulo Gallindo. Ela em idade nova

REVIVAL

APROVADA

COLORIDOS

A partir de hoje, a cada 15 dias, reeditaremos o Foco Pessoal no www.jotaoliveira.blog.br, republicando perfis de personalidades da sociedade potiguar entre os anos de 1993 a 2003, que teve início com Denise Pereira Gaspar. Confira!

A médica natalense Roberta Jales comemora aprovação para residência em Mastologia na Escola Paulista de Medicina e na USP. Agora, Roberta estuda a melhor opção para dar prosseguimento aos estudos. De dez!

Com bastante ousadia, irreverência e colorido, a banda das Kengas já prepara seu 29º carnaval e lança, logo mais às 13h, no Centro Histórico, numa feijoada pra lá de animada, as Kengas 2012, que vem com o tema “Circo”. Venda das senhas no Bardallos.

WELLINGTON BARBOSA

JOÃO NETO

BOBFLASH

O próximo dia 03 de fevereiro será de muita solidariedade e animação com o Luau da Bandana, do Projeto Sou Solidário, que acontece no Paçoca de Pilão em Pirangi, às 19hs. A renda será revertida em prol da Associação Sou Solidário e conta com o som das bandas Uskaravelho, Tá no Dom e Novo Grito.

EM ALTO MAR Fashionistas que façam as malas, pois no dia 5 de fevereiro zarpa o primeiro cruzeiro fashion do país, o Brazil Fashion Cruise. Num roteiro de 7 noites pelo nordeste, as mais badaladas grifes de roupas, sapatos e acessórios sendo apresentadas.

ESPAÇO

Parabéns antecipados para o broto Letícia completando 15 anos amanhã

Nos festejos de Ézio Costa, Leonardo Lira e a musa Fabiana

Os afilhados Marquito Arruda/Bárbara. Ele completando idade nova

Estreando fevereiro de cara nova, a TAM Viagens não só reabrirá reformulada, como também ampliada. O novo layout conta com atendimento personalizado, mais conforto, além de novo conceito.

ULTIMO DIA DA FIART ARTESÃOS DO RIO GRANDE DO NORTE, DE OUTROS ESTADOS E DE FORA DO BRASIL APOSTAM NA FEIRA COMO VITRINE DE SUA PRODUÇÃO.A FIART TEM SEU ÚLTIMO DIA NESTE DOMINGO E VAI ATÉ ÀS 22H COM ARTESANATO E SHOWS

CONEXÃO O Conexão Felipe Camarão participa este ano da tradicional Feira Internacional de Artesanato – FIART em sua 17ª edição, no Pavilhão das Dunas, no Centro de Convenções. A expectativa do Conexão é mostrar os produtos produzidos pelo do Polo de Moda, Estilo e Costumes, Adereços e Figurinos para cerca de 70 mil pessoas que irão visitar o evento até o dia 29 de janeiro. A participação do Conexão Felipe Camarão na 17ª Fiart é no estande da Economia Solidária e vai reunir trabalhos confeccionados em 2011 pelos integrantes do Polo de Moda. São almofadas, vestidos, saias, bijuterias, bolsas, adereços, entre outros produtos. Tudo feito com muito estilo e criatividade pela comunidade. O Polo de Moda do projeto tem como fundamentação os princípios da Economia Solidária e é através desse mecanismo que a atividade vem se organizando para levar a comunidade de Felipe Camarão a proposta da criação de cooperativas.

SEBRAE Bordados, plantas ornamentais, objetos em cerâmica, panos de prato e uma série de outros

utensílios. É o que pode se encontrar no Lojão Sebrae, na 17ª Feira Internacional de Artesanato (Fiart).O Lojão é uma pequena mostra do trabalho desenvolvido por grupos produtores de várias regiões do Rio Grande do Norte, representando cerca de 500 artesãos. A maestria em trançar crochê em panos de prato e pintar figuras no tecido tem transformado a vida da contabilista e agricultora, Sílvia Manuela Ribeiro Dias, que trocou terras portuguesas por Caicó. É como essa atividade que complementa o orçamento doméstico. A artesã é uma das que estão expondo no espaço. Das 1600 peças que trouxe para comercializar na feira, 80% das mercadorias foram vendidas nos três primeiros dias do evento. “Foi uma grata surpresa porque além de vender bem, consegui fechar um pedido de 35 peças a serem enviadas para um cliente no Rio Grande do Sul”, comemora. Sílvia Dias vem produzido des-

Shows no palco armado na entrada da feira coemçam às 17h30 e vão até as 20h.

de 2004, mas, somente há dois anos que a atividade ganhou força, após capacitação realizada pelo Sebrae. “Consegui vislumbrar o artesanato como uma opção rentável de ne-

gócio. O pico de vendas só veio mesmo após essa capacitação”.

FEITOS DO COCO A artesã não é a única otimis-

ta com a comercialização dos produtos na Fiart. É o caso de Francisco de Assis Martins, também conhecido como Chico do Coco. Acostumado a vender seus arti-

gos confeccionados a partir do coco na praia de Pipa (Tibau do Sul), foi convidado a participar do Lojão Sebrae. “Estou apostando nessa feira para divulgação do meu trabalho, mas, prenso principalmente em vender”. O otimismo não é à toa. Para dar conta dos pedidos e reabastecer as prateleiras com cinceiros, portaguardanapos, anéis, brincos e outros utilitários, Chico do Coco tem feito as peças no local, entre um atendimento e outro. “O meu trabalho está sendo muito bem aceito. Até agora, vendi bem e espero vender mais”. A empreendedora individual e artesã Francisca Fernandes também não tem do que reclamar. As caricaturas em biscuit feitas por ela são atração no espaço. As peças relativas ao cangaço são as preferidas do público visitante. “Somando os três primeiros dias, contei mais de R$ 3 mil em vendas”, confirma Francisca Fernandes.


tn família

Domingo | xxxxxx

Tribuna do Norte | Natal | Rio Grande do Norte | 5

HITPegando carona no sucesso tão comentando nas redes sociais e na TV sobre a tal Luiza que estava no Canadá, o Forró da Pegação, da Padang Promoções, lança a música “Luiza voltou do Canadá”, a grande aposta para o verão 2012 e o carnaval. No www.jotaoliveira.blog.br, você ouve e faz o download da canção.

Jota Oliveira jotaoliveira@tribunadonorte.com.br JOÃO NETO

CEDIDA

CEDIDA

JOÃO NETO

PARABÉNS! Esta coluna abraça e canta parabéns para os aniversariantes Ricardo Fonseca (Camarão), Cristina Lamas Araujo, Ana Beatriz Wanderley, Cláudia Felinto Carvalho Galindo, Luciana Patriota Cirne, Maria Eduarda Barbalho Gadelha, Marquito Arruda Nesta segunda, dia 30, vivas antecipados para Cácio Mendonça, Letícia Guerda Fonseca cria dos mais queridos Tereza e Henrique Fonseca, Patrícia Lucena.

Dudu Gadelha em parabéns Para mana Maria Eduarda

Em Noite do Branco, os + queridos Carlos Alexandre Câmara/Terezita

Aproveitando os agitos de Verão, Thêmis Dantas e Sérgio Freitas

CEDIDA

JOÃO NETO

JOÃO NETO

LUXO Artigos de luxo deixam de ser apenas objetos de desejo e se tornam agora investimento devido a seu sucesso não só nas vendas, mas também na rentabilidade. Saiba mais detalhes no blog www.jotaoliveira.blog.br.

DEBUT Nesta segunda, Henrique Fonseca, Tereza Guerda, Eduardo e Adriano recebem os amigos em Missa de Ação de Graças pelos 15 anos do broto Letícia. A cerimônia acontecerá às 19h30 na Igreja Nossa Senhora das Graças e Santa Terezinha, e será celebrada por Monsenhor Lucas Batista. E na próxima sexta-feira, dia 03 de fevereiro, o debut de Letícia ganhará uma big party no Versailles Cidade Jardim. Ocasião que reunirá familiares e amigos de várias gerações.

Nos agitos de verão no litoral sul, Gislana/Solânio Saraiva

PREMIAÇÃOTrazendo os

O Jovem Pan Natal Felinto Filho e a musa Heloísa

Roberta Jales comemorando a aprovação dupla em residência de mastologia

Festejando o amigo Ésio Costa, Olindina/Clênio Freire

melhores em 11 categorias, acontece na próxima terça, no TAM, a 10ª edição do Prêmio Hangar de Música. Com o tema “Nordeste Musical de Elino Julião e de Luiz Gonzaga”, shows de artistas potiguares de diferentes estilos recheiam a noite de premiação.

JOÃO NETO

JOÃO NETO

WELCOME Nesta terça-feira, o empresário Arituba, Abdon Gosson Neto recebe os coleguinhas da impressa para conhecer as instalações do novo e chiquérrimo Best Western Premier Majestic. Para brindar a noite, um jantar será servido no restaurante La Brasserie com cardápio especial desenvolvido pelo renomado chef internacional Erick Jacquin. Quer mais, meu bem? De dez!

CONFETE Já tem data definida a comemoração do 11º aniversário do Movimento Cultural e Carnavalesco ‘Antigos Carnavais’. O baile à fantasia acontecerá no dia 04 de fevereiro no Clube de Engenharia no bairro do Tirol.

Em noite de parabéns no Porto Brasil, os irmãos Eduardo Serrano Rocha e Zé Rocha Jr.

Celebrando a vida no Porto Brasil, Carol Tito/Ricardo Lira.

Com Marília/Jorginho Bezerra e Magali Medeiros em vivas para Ésio Costa


6 | Tribuna do Norte | Natal | Rio Grande do Norte

tn família

Domingo | 29 de janeiro de 2012

Liege Barbalho

FILANTROPIA Para ajudar nos custos de sua manutenção,o Hospital Infantil Varela Santiago,colocou à venda calendários edição 2012,que estão disponíveis nas Óticas Diniz,Vanilla Caffé,Potylivros.No valor de R$ 15 a unidade,os calendários também podem ser adquiridos na recepção do hospital.

liegebarbalho@tribunadonorte.com.br

MOVIMENTO DO VERÃO NO LITORAL SUL

NA SAPUCAÍ Deu no UOL, que a cantora norte-americana Jennifer Lopez foi anunciada como a nova musa do camarote da Brahma, na Sapucaí, e garotapropaganda da marca no Carnaval 2012. O valor do cachê para Jennifer participar o carnaval carioca seria de US$ 2 milhões, segundo informação do colunista Leo Dias, mas a cervejaria não confirma. A bela morena que é cantora e atriz, já gravou um comercial para a nova campanha em que aparece dançando com uma camiseta da marca, é o que diz a publicação.

Beto Santos,Thaysa Flor,Herbene e Sanderson Lopes

Jurema Marinho, a Blonde e Regina Pinto em Pirangi

Fred Queiroz,Erika Nesi e Cláudio Porpino no In Mare

Várias »APROVADOS Os professores Antônio Teófilo e Irany

COMEMORAÇÃO O colunista social do Seridó, Carlos Magno Dantas, está ultimando os preparativos para celebrar seu aniversário. Ele reunirá amigos seridoenses radicados em Natal, no próximo sábado com sua tradicional “Feijoada da Amizade”. Carlos receberá coro de parabéns no Versailles Recepções do Tirol, com ambientação toda voltada para o clima de carnaval. Para animar a comemoração, os vivas para o aniversariante terá como atrações musicais uma orquestra de frevo, a cantora Dodora Cardoso, além do grupo de pagode Oitava Cor.

Andrade estão só alegria,em comemoração tripla pela aprovação dos alunos do Complexo Educacional Contemporâneo na Universidade Federal do Rio de Janeiro, uma das instituições de ensino superior mais concorridas do país.Os futuros universitários são:David Cavalcante,aprovado em 8º lugar para o curso de Medicina;Mayara Machado,que ficou na 2ª colocação em Direito,e Isabelle Fernandes,6ª colocada em Farmácia.

Ricardo Bezerra e Gustavo Carvalho no Circo de Pirangi

»REALEZA O príncipe Harry,terceiro na linha de sucessão

Cláudia e Paulo Galindo. Ela brindando aniversário

ao trono inglês,vem ao Brasil no mês de março.A informação é oficial e foi divulgada pelo ministro de Relações Exteriores inglês,William Hague,durante encontro com o governador do Rio de Janeiro,Sérgio Cabral.O irmão caçula do príncipe, William,virá divulgar um programa que promove a cultura,a indústria e ações beneficentes de seu país.

»

LIMPEZA A Companhia de Serviços Urbanos de Natal que tem à frente da presidência o competente João Bastos, intensifica o trabalho de limpeza nas praias de Ponta Negra, Redinha e Praia do Meio durante o verão.Até o Carnaval,a Companhia contará diariamente com a presença ostensiva de garis atuando em todas as praias urbanas.Para fazer denúncias ou sugestões,a população pode entrar em contato com a Urbana,através do Serviço de Atendimento ao Público.

SEGURANÇA O prefeito de Parnamirim, Maurício Marques, esteve reunido com o comandante da Polícia Militar do Rio Grande do Norte, coronel Araújo, para discutir medidas de segurança a serem implantadas no seu município. A ideia é firmar um convênio de cooperação entre a Polícia Militar e a prefeitura para intensificar o policiamento no município, especialmente nos dias de maior movimentação como, o Carnaval 2012, em Pirangi do Norte, onde são esperadas mais de 200 mil pessoas.

CARNAVAL O prefeito Flávio Veras reunirá a imprensa na próxima quinta-feira com um almoço na Churrascaria Sal e Brasa para apresentar a programação do carnaval da Cidade do Sal. Com o título “Carnaval de Macau 2012 – Um mundo de alegria”, o evento que é considerado um dos maiores do Estado, movimenta a região salineira e transforma a cidade num verdadeiro palco da folia de momo, com várias opções de entretenimento para os macauenses e visitantes.

FOTOS:LIEGEBARBALHO.COM/VERSATILNEWS

Denise Alves e o ministro Garibaldi Filho. Ele brinda mudança de idade sábado

Os parabéns da coluna para Geysa Freitas celebrando aniversário amanhã

PARABÉNS

Os cumprimentos da coluna para os aniversariantes da semana.As empresárias Cláudia Galindo e Geysa Freitas,Marcelo Monte Carrilho,a querida Inna Rossana Montenegro, desembargador Rafael Godeiro,professor e escritor João Felipe Trindade,o ministro da Previdência Social,Garibaldi Filho,e o colunista social do Seridó,Carlos Magno Dantas.

Des. Rafael Godeiro recebe coro de vivas de sua Jô. Ele comemorando idade nova nesta quarta-feira

Fernando Montenegro abraça sua musa Inna Rossana que brinda aniversário quarta-feira

PRESIDÊNCIA O deputado Estadual George Soares recebeu do presidente da legenda estadual de seu partido e deputado federal João Maia,o convite para assumir a vice-presidência do PR. George aceitou o convite e a missão de contribuir com seu partido e com o RN.Recentemente,o deputado também foi indicado para presidir o PR Jovem do Estado.

AntônioTeófilo e Irany Andrade comemoram o sucesso do Complexo Educacional Contemporâneo

Carlos Magno e o amigo Cipriano Correia. O colunista celebra aniversário neste sábado

Integração dos deputados do PR, George Soares, estadual e o federal João Maia

João Felipe Trindade recebe o carinho de sua Graça. Ele mudando de idade nesta sexta-feira

Bárbara Abramo

★ RUIM ★ ★ REGULAR ★ ★ ★ BOM ★ ★ ★ ★ ÓTIMO ★ ★ ★ ★ ★ EXCELENTE ESTREIA

Cinema

Horóscopo Mercúrio e Júpiter em dissonância sugerem desvios,excessos e exageros.Lua crescente em Touro:31/1

l OS DESCENDENTES

Áries 21/03 a 20/04 Lua em seu signo pede calma,silencio e natureza para você restaurar suas energias. Semana promete movimento e novidades,então aproveite seu tempo com discriminação.Saiba fazer escolhas saudáveis.

Touro 21/04 a 20/05

Aproveite o domingo para dormir bem,descansar, meditar ou fazer uma pequena viagem em que possa arejar a mente e exercitar os músculos em atividades leves.De noite, evite excessos alimentares.

Gêmeos 21/05 a 20/06

Seu planeta regente Mercúrio arma hoje aspecto tenso com Júpiter,sinalizando gastos desnecessários por conta de uma viagem, ou luxos desnecessários.Exerça seu poder de discriminação.

Câncer 21/06 a 21/07

Lua e Saturno em angulo difícil anunciam adiamentos,demoras ou mudanças de planos que envolvem planos familiares e pessoais.Parcerias problemáticas,não se fie em promessas arrancadas de pressões.

Leão 22/07 a 22/08

Curtir o domingo exigirá de você compreensão para com os outros e capacidade de agir em conjunto,deixando de lado seus interesses.Se estiver disposto,ótimo. Senão,evite programações sociais e familiares.

Virgem 23/08 a 22/09

Altos e baixos neste domingo,em especial por causa de gastos - com concertos domésticos,aquisição de aparelhos ou utensílios etc.aspecto difícil entre Lua e Marte anunciam conflitos com mulheres. Inquietude.

Libra 23/09 a 22/10

Engate uma conversa básica sobre suas deficiências,temores e fraquezas com seu amor.A maioria daqueles aspectos que você preferia ocultar estão saltando aos olhos de todos.Melhor dia para encará-los impossível.

Escorpião 23/10 21/11

Segure a vontade de gastar muito,comer demais,se exceder na bebida,tomar sol demais,enfim fazer tudo alem do moderado e do equilibrado.Mercúrio e Júpiter anunciam efeitos negativos. Mas você pode evitar tudo isso!

Sagitário 22/11 a 21/12

Domingo bom para visitar um canto desconhecido da sua cidade com um amigo.Bom papo,idéias inteligentes para resolver problemas crônicos da cidade etc.mas anote tudo para essa inspiração não ser em vão.

Capricórnio 22/12 a 20/01

Musica,natureza e descanso - no máximo um cineminha no fim da tarde! Melhor programa não há para você neste domingo.Leia sobre novos investimentos financeiros.Evite ser rígido com seus queridos.

Aquário 21/01 a 19/02

Você está vivendo um dos períodos mais propícios do ano para fazer novas amizades e aprender muito com outros estilos de vida.Viagens e novos interesses.Só não seja teimoso e turrão.

Peixes 20/02 a 20/03

Faro fino para computar gastos,entradas e saídas de dinheiro,avaliar bens e como negociar melhor seus talentos profissionais.Arrume um tempo neste domingo para anotar suas inspirações a respeito disso.

(14 anos,legendado) Moviecom 1.Sessões 14h30,16h50,19h10 e 21h30 / Cinemark 3.Sessões 13h,15h30,18h, 20h40 e 23h10 (sáb) Matt King (George Clooney) é um marido indiferente e pai de duas meninas,que é forçado a reexaminar seu passado e abraçar seu futuro depois que sua esposa sofre um acidente de barco.O trágico acontecimento acaba por aproximar Matt das filhas,o que o ajuda na difícil decisão de vender um terreno herdado da família.Direção:Alexander Payne ★ AS AVENTURAS DE AGAMENON,O REPÓRTER(14 anos,nacional) Moviecom 2.Sessões 16h30 e 20h20 / Cinemark 6.Sessões 15h e 19h30 (exceto ter e qui) A comédia,um falso documentário sobre a vida de Agamenon Mendes Pedreira (Hubert),conta a trajetória do jornalista que teria nascido no final do século 19 e estaria vivo até hoje.Presente em diversos momentos importantes históricos do século 20,Agamenon tem sempre uma versão única dos acontecimentos.Participações especiais de Fernando Henrique Cardoso,Jô Soares,Paulo Coelho e Caetano Veloso.Com Marcelo Madureira e Hubert Aranha,Marcelo Adnet e Luana Piovani no elenco.Direção Victor

Lopes ★★★★ 2 COELHOS

(16 anos,nacional) Moviecom 2.Sessões 14h20,18h10 e 22h / Cinemark 5.Sessões 12h,14h20,16h40,19h, 21h30 e 23h50 (sáb) Edgar (Fernando Alves Pinto) encontra-se na mesma situação que a maioria dos brasileiros:espremido entre a criminalidade,que age impunemente,e a maioria do poder público,que só age com o auxilio da corrupção.Cansado de ser vítima desta situação,ele resolve fazer justiça com as próprias mãos e elabora um plano que colocará os criminosos em rota de colisão com políticos gananciosos.Na medida que o plano de Edgar é executado,descobrimos suas reais intenções e sua história.Direção:Afonso Poyart ★★ ALVIN E OS ESQUILOS 3 (Livre,dublado) Moviecom 3.Sessões 13h50,15h50,17h50 e 19h50 / Moviecom 5.Sessão 14h35 / Cinemark 1. Sessão 12h10 / Cinemark 7.Sessões 11h30, 13h40,16h e 18h10 De férias,os esquilos aproveitam todo o luxo de um grande cruzeiro.Mas um naufrágio irá estragar os planos da turma que vai ter de se virar em uma ilha deserta.Direção Mike Mitchell


Domingo | 29 de janeiro de 2012

tn família

Tribuna do Norte | Natal | Rio Grande do Norte | 7

HILNETH É SHOW! Hoje tem reprise de verão os entrevistados: Isaura Rosado e Raphael com Juliano Porciúncula. CELEBRATION será mostrada a White Party no Espaço ECOMAX. Horário de domingo (só no verão) 15h30 na SIM TV (Canais 17 ou 21)

Hilneth Correia EM PRIMEIRÍSSIMA ... hilnethcorreia@tribunadonorte.com.br

PARABÉNS PRA VOCÊS

Abraçar os amigos Ricardo Fonseca (Camarão), Cláudia Galindo, Ana Beatriz Wanderley, Cristina Lamas Araújo, Maria Eduarda Gadelha, Luciana Patriota Cirne, Graça Mota, Sérgio Bezerra Freire, Letícia Guerda Fonseca, Renato Soares Jr., Juliana Oliveira, Ina Rosana Montenegro, Des. Rafael Godeiro, Alexandre Gomes Neto, Natassia Varela Barca, Abreu Jr., Raquel Louvain, Thayane Alvares Flor, Augusto Azevedo e Virginia Melo, Tristão Barros parabéns.

Camarote da Brahma ! Como fazemos todos os anos,já começamos a informar todos os detalhes do CARNAVAL do RIO DE JANEIRO e conseqüentemente,os detalhes do camarote da BRAHMA ,que é objeto de desejo da maioria dos brasileiros.Estivemos no último ano da versão anterior e aqui mostramos.Com certeza estaremos neste próximo e hoje, começamos a dar dicas e dizer como ele estará...O carnaval de 2012 marca o ano

1 do novo Camarote da Brahma,no Rio de Janeiro.Depois de 21 anos de boas e importantes histórias na Marquês de Sapucaí,um espaço completamente novo e moderno emerge na passarela do samba e dá início a uma nova trajetória da Brahma no Sambódromo. Tudo novinho,mas a qualidade e muita diversão,marcas registradas do Camarote,será mantida.O que diz o diretor de marketing da Brahma,Bruno Cosentino.“Este é um ano de virada para

o Camarote da Brahma.Se no passado construímos com sucesso um espaço que se tornou um ícone do carnaval carioca junto com a nossa fábrica,a Brahma tem a ousadia de se reinventar e continuar prestigiando esta grande festa e a Sapucaí nos novos módulos.Temos muito orgulho de deixar o novo emergir oferecendo um espaço que mantém viva a grandiosidade e principalmente a diversão para os nossos convidados”. O TEMA :“SapucAÍ”- O Camarote da

AS RAINHAS DO COPA...

Brahma deste ano celebra o presente e faz uma grande reverência à alegria do carnaval e à própria Marquês de Sapucaí.Com tema“SapucAÍ”,criado pela equipe do Banco de Eventos,a Brahma escalou nada menos que Jennifer Lopez, uma das maiores estrelas pop do mundo,para ser a estrela de carnaval da marca.A cantora e atriz também é presença confirmada no Camarote da Brahma. CONFIRAM a maquete apresentada,em primeira mão ...

SÓ NÃO VAI ... Quem já morreu! E lá vou eu e mais um monte de gente. Claro, para o carnaval carioca e sugeri o Baile do Copa...* Já de “passaporte assinado” para a folia o casal Destaque GUSTAVO CARVALHO e DILMA. * Encontrei com Káká Borges e Veruska que também confirmaram e pediram roteiro...* OUTRO assíduo: queridos Wober Jr. e Ângela.

O glamour carioca já está em efervescência, criando e buscando suas fantasias para brilhar no BAILE DO COPACABANA PALACE. Nos bastidores do hotel, rolam os preparativos para seu baile no sábado de carnaval, homenageando As Rainhas Magic Ball celebrando uma longa lista de divas e musas que já passaram pelo hotel e nele protagonizaram histórias fantásticas. Já confirmei presença no camarote da coleguinha Hildegard Angel. Já falei para alguns chiques que estão de passagem para o carnaval carioca: não percam a oportunidade de viver este grande baile. É único!!! é se sentir como personagem de um filme.

CLIC'S DE VERÃO VAMOS TENTAR UM NOVO VISUAL,COM MENOS FOTOS,NAS NOSSAS COLUNAS DE DOMINGO.COMEÇAMOS HOJE E VAI NUM “PASSEIO”DE NORTE A SUL.CONFIRAM E BOM DOMINGO...MUITO MAIS FOTOS VOCÊS PODEM ACESSAM WWW.NAHORAH.NET E CURTIR NO “XERETA”, NOSSO ÁLBUM DE FOTOS.

DEBUT DE LETÍCIA

BOBFLASH

A lindinha e querida LETÍCIA começa a semana sendo festejada pelos seus 15 anos, nesta segundafeira. Com convite assinado pelos pais Henrique Fonseca-Teresa Guerda e pelos irmãos Eduardo e Adriano o dia será de missa às 19h30, na Matriz de Sta. Terezinha. Mas, festão só sexta-feira, às 22h, no Versailles/Cidade Jardim.

NOSSA BANDA INDEPENDENTE... Nosso “restinho de carnaval,” dos bons e sem ajuda do empresariado a Banda Independente da Ribeira. Já começou os ensaios sendo realizados na Travessa José Alexandre Garcia - Ribeira, entre o restaurante Dona Maria e o Buraco da Catita. Os próximos serão nos dias 2 e 9 de fevereiro, pontualmente às 19h00. Ensaios abertos ao público como nos anos anteriores. O desfile será no dia 10 de fevereiro (sexta feira), saindo da Cidade Alta - Bar de Nazaré em direção a Travessa José Alexandre Garcia.

SORISSOS DE VERÃO – Joanita Potiguar e Franca Giordanetti Firmo

DEBUT – Começa amanhã os “festejos”de Letícia Fonseca

NO OLIMPO- Os noivinhos Marina Melo e Thiago. Foto de Alex Costa

HOJE É DE PARABÉNS – Festejamos Graça Mota em clic com a “queridinha”Dani

ALEX COSTA

NA FESTA DO SAMBARobertoLourdinha, Silvério-Maninha

HOJE É DE FESTEJAR – Cláudia Galindo festeira festejada em clic com Priscila Gimenez e Herbene Pessoa

MACAU CHEGANDO ... Recebendo convite do coleguinha Toinho Silveira, em nome do prefeito Flávio Veras, de Macau, para almoço anual na Sal & Brasa(12h30), quando será apresentando o programa de carnaval.

ESTRELADOS – Os “Olimpo”Beta e o filho Luciano Almeida

FAMÍLIA YANO – Akira, Renée e Erika

★ RUIM ★ ★ REGULAR ★ ★ ★ BOM ★ ★ ★ ★ ÓTIMO ★ ★ ★ ★ ★ EXCELENTE lESTREIA

Cinema l À BEIRA DO ABISMO (12 anos,legendado) Moviecom 3.Sessão 21h50 / Cinemark 7. Sessão 20h10 Nick (Sam Worthington) é um ex-policial, agora fugitivo,que decide ficar no topo de um arranha-céu enquanto uma negociadora da polícia de Nova York tenta convencê-lo a não pular.Quanto mais duram as negociações,a negociadora Lydia (Elizabeth Banks) percebe que o ex-policial tem outros objetivos.Direção: Asger Leth l MILLENNIUM – OS HOMENS QUE NÃO AMAVAM AS MULHERES (16 anos,legendado) Moviecom 4.Sessões 14h10,17h20 e 20h30 / Cinemark 4.Sessões 11h40,15h10,18h20 e 21h40 A jovem Harriet Vanger desapareceu há quase 40 anos sem deixar pistas na ilha em que morava com sua família.Apesar da longa investigação policial ela nunca foi encontrada.Mesmo depois de tanto tempo seu tio decide continuar as buscas e contrata o jornalista investigativo da

19h05 / Moviecom 6.Sessão (leg) 21h25 / Cinemark 2.Sessões (dub) 11h25,14h50, 17h20,19h50 e 22h15 / Cinemark 7. Sessões (leg) 12h30,17h10,21h50 e 0h10 (sáb) O aventureiro Tintim compra para o amigo Haddock um modelo de um galeão antigo, que,por coincidência,era a réplica do navio de um antepassado do capitão: o cavaleiro de Hadoque.O modelo é roubado,e logo depois a casa de Tintim é toda revirada.O que os assaltantes procuravam? Por sua vez,o capitão acha no sótão de casa as memórias do cavaleiro.Direção: Steven Spielberg

revista Millennium Mikael Blomkvist (Daniel Craig),que não está em um bom momento de sua vida.Quando o jornalista se junta a Lisbeth (Rooney Mara),uma investigadora particular nada usual, incontrolável e anti social,a investigação avança muito além do que todos poderiam imaginar.Direção: David Fincher ★ ★ SHERLOCK HOLMES 2 – O JOGO DAS SOMBRAS (14 anos,legendado) Moviecom 5.Sessões 16h35,19h10 e 21h45 / Cinemark 1.Sessões 14h40,17h30,20h20 e 23h20 (sáb) Sherlock Holmes (Robert Downey Jr) sempre foi o homem mais inteligente do pedaço...até agora.Existe um novo gênio do crime,Professor Moriarty,e sua capacidade para o mal,aliada a uma completa falta de consciência,lhe confere vantagem sobre o famoso detetive.Direção Guy Ritchie ★ ★ ★ ★ AS AVENTURAS DE TINTIM (3D) (10 anos,animação,dublado e legendado) Moviecom 6.Sessões (dub) 14h25,16h45 e

O ator George Clooney, em “Os Descendentes”, filme já premiado e esperado pelo público brasileiro

l J. EDGAR (12 anos,legendado) Moviecom 7.Sessões 13h20,16h05,18h50 e 21h35 O drama que explora a vida pública e privada de uma das figuras mais poderosas, controversas e enigmáticas do século 20. Principal nome da lei nos Estados Unidos por quase cinquenta anos,J.Edgar Hoover (Leonardo DiCaprio) era temido e admirado,odiado e reverenciado.Mas,na

intimidade,ele mantinha segredos que teriam destruído sua imagem,sua carreira e sua vida.Direção: Clint Eastwood ★ ★ ★ ★ OS NOMES DO AMOR (12 anos, legendado) Cinemark 6.Sessão 19h30 (ter e qui) Baya é uma jovem ativista de esquerda que dorme com seus adversários políticos para convertê-los aos seus ideais,tudo vai bem até que ela se apaixona por um deles. Direção Michel Leclerc

MISSÃO IMPOSSÍVEL – PROTOCOLO FANTASMA (12 anos,legendado) Cinemark 7.Sessão (dub) 23h (sáb) A agência de espionagem para a qual Ethan Hunt (Tom Cruise) trabalha é envolvida em uma ameaça de bomba nuclear terrorista.A partir disso o Governo inicia o Protocolo Fantasma,que dissolve a organização,e tanto Hunt quanto sua equipe precisarão agir sem auxílio tático, apoio ou contatos para limpar o nome da agência.Direção Brad Bird ★★★


FICHA TECNICA FOTO: Andrey Lourenço MODELO:Jeane Kienen (Tráfego Models); STYLING: Equipe Glam;BELEZA: Junior Oliveiros;AGRADECIMENTOS: Yolla,Carmen Steffens, Folic,Blu K,e Hotel Manary.

tn família 8 | Natal | Rio Grande do Norte | Domingo | 29 de janeiro de 2012

| georgeazevedo@tribunadonorte.com.br

VERÃO CLÁSSICO Sabe qual é a peça que toda mulher tem que ter no seu guarda-roupa? Pensou na camisa, acertou. Roubada do vestuário masculino e ajustada com toques femininos, a peça já se tornou um dos mais valiosos clássicos da moda pela sua versatilidade, e claro, elegância.Nessa temporada as camisas aparecem mais leves e delicadas, e as mais bacanas vem do tradicional tricoline até os estilos em seda, algodão e organza.Combina com tudo, com calças largas e ajustadas, saias curtas e longas, shorts jeans e

A camisa é usada com calça mais larguinha. Tudo Folic.

por aí vai...E se você pensou em amarrar a barra, pensou certíssimo, o truque deixa o look mais despojado e atual.Mas a melhor notícia vem agora; todos os looks do nosso ensaio estão em promoção, aproveitem!!

Camisa de sêda e short de alfaiataria da Blu K em perfeita harmonia com o cinto Victor Dzenk para Yolla e sandálias Carmen Steffens.

Camisa branca de tricoline perfeita com a pantalona off White. Look total Mob para Yolla. Nos pés, Carmen Steffens.

A tradicional camisa de tricoline da Folic usada com saia Mônica Negreiros para Yolla e sandálias Carmen Steffens

Maxi camisa da Iorane para Yolla charme total com o cinto Caos para Yolla e sandálias Carmen Steffens

NEWSNEWSNEWSNEWSNEWSNEWSNEWSNEWSNEWSNEWSNEWS

Camisa com estampa animal e calça mais ajustada, look total Blu K. A bolsa super tendência é Carmen Steffens

Sobre o São Paulo Fashion Week? Não foi uma temporada de grandes novidades,pois se avaliarmos direitinho tudo que apareceu por lá parece que já foi visto em temporadas invernais passadas.Casacos,cores escuras,tricôs,couros,peles...Até aí nada de novo.O que realmente surgiu de novidade foram os tecidos que aparecem metalizados,acetinados, aveludados,com rendas,bordados,fios e muitos enfeites.Comprovando assim o que já publicamos nos lançamentos do Fashion Rio e Fashion Business,ou seja, vem aí uma temporada de muitos brilhos.No nosso portal www.maisglam.com.br elegemos os 5 melhores desfiles da temporada paulista,veja lá!! Fernanda Yamamoto, Ellus,Cori,Osklen e Triton.

Sabiam que a Overend está agora no terceiro piso do Midway Mall? E com uma coleção alto verão linda de viver,onde reinam as camisas em xadrez,pólos com cores incríveis,t-shirts levinhas,sungas e bermudas com estampas bem tropicais. Passa lá!! Depois de uma temporada bem sucedida no Fashion Business,a turma do Natal Pensando Moda se mandou para show roons em João Pessoa/PB e Recife/PE,e claro,arrasaram mais uma vez.Nessa,somente as marcas:Florbella,S.Design,Wagner Kallieno e Lo’r. E chegou a temporada de liquidação de verão,ôba!! Na Carmen Steffens a coleção está com descontos de até 40% em calçados e bolsas.Por lá,vale conferir também os

✱ ✱

pisantes masculinos da marca Raphael Steffens. No nosso www.maisglam.com.br fizemos ensaio de moda com os looks em promoção das lojas Yolla, BobStore,Jogê e Overend.Tudo fotografado por Andrey Lourenço e a participação do cast Trafego Models. Por falar em Trafego Models,a agência inicia no dia 28 de fevereiro o seu Projeto Modelando,onde as garotas interessadas na vida de modelo terão aulas de passarela,vídeo,fotografia, beleza,moda e muito mais.As turmas são limitadas.Mais informações no 843206 3052 ou 9646 5200 No Projeto Modelando,a Agência Tráfego Models iniciará seus trabalhos com o cast infantil para crianças entre 05 e 11 anos,com aulas aos sábados.


PARTE INTEGRANTE DO JORNAL TRIBUNA DO NORTE - NÃO PODE SER VENDIDO SEPARADAMENTE - LINHA DIRETA DO ASSINANTE NATAL: 4006-6100 - R - 6261

ALDAIR DANTAS

Coração

de estudante

clube do assinante Natal • Rio Grande do Norte • Domingo • 29 de janeiro de 2012

Rellicarium trabalha opções diferenciadas para escola e escritório, com um toque artesanal e artístico PÁGINA 07

JUNIOR SANTOS

Espaço da Criança conta com caprichada estrutura de berçário e trabalho pedagógico educativo

DIVULGAÇÃO

PÁGINA 03

OFERTAS VÁLIDAS EXCLUSIVAMENTE AOS ASSINANTES DA TRIBUNA DO NORTE DE 01 A 29 DE FEVEREIRO DE 2012


2

Tribuna do Norte • Natal • Rio Grande do Norte

Palavra do editor

A

educação está na base de tudo. Estudar, aprender mais e acumular conhecimento são ações que definem o caráter e o futuro da maioria das pessoas. E tudo começa nos bancos das escolas. O contato diário com os colegas, professores, o quadro negro – e agora também a tela do computador – são o primeiro passo, o marco inicial educativo. O CLUBE DO ASSINANTE entra no clima de fim de férias e se volta para o momento de volta às aulas, sugerindo várias dicas que poderão deixar mais interessante o retorno à escola. A educação começa de berço, e criança aprende rápido. Mas também nunca é tarde para aprender algo novo e dar um rumo diferente à própria vida, portanto, há uma série de cursos profissionalizantes, de idiomas, e também preparatório para concursos, uma das febres do momento. O visual também conta. Há quem faça questão de voltar às aulas com cadernos, canetas e bolsas caprichadas, modernas e confortáveis.

NOTAS EXPLICATIVAS »Este é um serviço gratuito,oferecido aos assinantes da TRIBUNA DO NORTE pelo Depto.de Marketing com o objetivo de orientá-los na hora de escolher sua opção de compras.As informações contidas no CLUBE DO ASSINANTE foram fornecidas pelas empresas conveniadas.Não nos responsabilizamos pelas mudanças de preços e descontos.

»Os descontos oferecidos pelas empresas associadas e anunciadas são válidos durante o mês de fevereiro de 2012.A cada mês ocorrem alterações na listagem.

»No caso de assinaturas feitas por empresas,uma pessoa deverá ser nomeada como titular do cartão.Os descontos oferecidos não serão cumulativos.

clube do assinante

Domingo | 29 de janeiro de 2012

Conhecimento rápido DIVULGAÇÃO

Adaptação rápida ao mercado de trabalho é algo que todo mundo deseja hoje em dia. Ao mesmo tempo, é preciso garantir uma boa base de conhecimento, estudar e se destacar. A velocidade do mundo corporativo atual nem sempre deixa tempo para essa maior dedicação. Uma forma dinâmica de se conseguir esse objetivo tem sido os chamados cursos tecnológicos, uma modalidade de graduação de nível superior, onde se economiza mais tempo e dinheiro, com uma receptividade bastante generosa no mercado. “Os cursos tecnológicos têm curta duração, de dois a três anos, excelente qualidade, e rápida absorção pelo mercado”, explica Saulo Diniz, coordenador do curso de recursos humanos e comércio exterior de uma instituição de ensino que investe na formação dos chamados ‘tecnólogos’. Os cursos tecnológicos têm por objetivo formar especialistas em determinadas áreas, portanto, são um passo além dos cursos de nível técnico, que são programas de nível médio. Os cursos contemplam diversos segmentos. De acordo com Saulo, há oportunidades de trabalho em quase todos os setores econômicos, principalmente em empresas industriais, comerciais e de serviços. Entre as opções de cursos estão os de RH, gestão financeira, marketing, hotelaria, comércio exterior, gestão pública, logística, petróleo e gás, e o contemporâneo tecnologia da informação e redes – este, por sinal, é um curso bem mais antigo do que se pensa, já realizado em São Paulo desde os anos 70. O alcance dos cursos tecnológicos atrai um perfil diversificado de interessados, segundo Diniz. Há aquelas pessoas que já trabalham na área, possuem um certo conhecimento prático, mas vêm em busca de mais teoria, conhecimento técnico e a formação; e há também aqueles que estão saindo do ensino médio e fundamental e querem inserção rápida no mercado de trabalho. Saulo ressalta o fato de os professores serem profissionais com ampla experiência no mercado. Entre as qualidades dos cursos tecnológicos está o fato de oferecer amplas possi-

bilidades de crescimento para seus praticantes. São cursos reconhecidos pelo Ministério da Educação (MEC), proporcionando uma graduação que permite habilitação para outros cursos de especialização, mestrado e doutorado. “A pessoa está habilitada para concursos que exijam nível superior”, ressalta Saulo. O coordenador também destaca a flexibilidade dos cursos, cujo conteúdo ou estilo podem mudar conforme as exigências e tendências do mercado. Enquanto a graduação convencional (bacharelado) exige uma dedicação de cinco anos ou mais, o curso tecnológico pode oferecer mais possibilidades em menos tempo. As vantagens estão aí, para serem aproveitadas.

Gerente de Marketing :Andreia Barandas Editor : Carlos Peixoto Repórter:Tadzio Yuri Atendimento aos assinantes: Halicene Dantas,Alexsandra Borges e Cibelle Ribeiro

Os cursos tecnológicos têm curta duração, de dois a três anos, excelente qualidade, e rápida absorção pelo mercado SAULO DINIZ, coordenador do curso de recursos humanos e comércio exterior

End.:Av.Duque de Caxias,106,Ribeira CEP:59010-200. Fone:4006-6100 R-6261-6262 E-mail:clube@tribunadonorte.com.br Fax:4006-6121 www.tribunadonorte.com.br/clubeassinante.php


clube do assinante

Domingo | 29 de janeiro de 2012

Diversão Lazer

» BIG BLUE PARQUE AQUÁTICO Av.Brigadeiro Paulo Salema s/n,Praia de Búzios Tel.(84) 3239-2118.Desc.:20% à vista na entrada do parque,limite de até 05 pessoas por assinante.

Tribuna do Norte • Natal • Rio Grande do Norte

3

Educação desde o berço DIVULGAÇÃO

» DANNY'S PARK Av.Senador Salgado Filho,2233 Lagoa Nova – Shopping Via Direta Tel.:3206-1000 Promoção:Compre R$20,00 em créditos e ganhe mais R$25,00 em bônus para brincar a vontade de domingo a domingo. Bônus válido para máquinas de vídeo game simuladores,brinquedos coletivos e Kid Raidem (para participar o assinante terá que adquirir o cartão do Park no valor de R$1,00).www.dannyspark.com.br » DUNNAS BOLICHE Av.Dos Ipês,2685 Neópolis Tel.:3207-6924 Desc.:20% à vista ou 10% a prazo nos jogos de boliche (não inclui alimentação e jogos eletrônicos). www.dunnasboliche.com.br » MA-NOA PARK Av.Ponta dos Anéis,s/n Praia de Maracajaú Município de Maxaranguape/RN Tel.:(84) 3211-2140 Desc.:20% à vista ou a prazo na entrada do parque,na aquisição do passaporte Classic Ma-Noa Park e passeio nos parrachos. Respectivamente no máximo de 5 (cinco) pessoas,(titular + 4 dependentes). » MARINA BADAUÊ Av.Deputado Márcio Marinho,s/n Praia de Pirangi do Norte/RN Tel.:(84) 3238-2066 Desc.:50% à vista na entrada inteira para os passeios de barco (Assinante + 4 pessoas). Crianças até 5 anos não pagam e de 6 a 11 anos pagam meia entrada.Reservas antecipadas.

» TAVERNA PUB MEDIEVAL BAR Rua Dr.Manoel Augusto Bezerra de Araújo,500 Ponta Negra Tel.:3236-3696.Desc.:60% à vista (dinheiro) na entrada do Pub em festas normais e 20% à vista na entrada de festas especiais e nacionais. » TROPICAL ECO RESORT Rua:Da Floresta,078,Taborda/ São José de Mipibu-RN Tel.(84) 3645-6660 Desc.:20% (dinheiro/ cartão) nas hospedagens.(Identificar que é Assinante TN no ato da reserva e fazer a apresentação do CARTÃO DO CLUBE no check-in).

Berçário trabalha faixa etária dos 04 meses aos três anos de idade, com arrojada proposta pedagógica

iz-se que uma boa educação vem do berço. A creche Espaço da Criança, há dois anos e meio no mercado, encara essa afirmativa como um trabalho literal. Dispondo de uma estrutura exemplar e planos pedagógicos variados, ela mantém um berçário que atende crianças de quatro meses a três anos de idade, sempre com a meta educacional em vista. “Costumamos dizer aos pais que preparamos o terreno para quando a criança for para a escola. Queremos que ela não sofra tanto com a adaptação”, diz Anna Lúcia Santos, diretora e pedagoga. A creche é dividida em três salas, cada qual trabalhando uma faixa etária. A proposta pedagógica é aplicada desde o começo por uma equipe especializada e multidisciplinar, coerente com a idade das crianças.

D

A creche Espaço da Criança mantém uma diversificada estrutura com berçários e programação pedagógica que visa educar e preparar a criança para a escola Atividades diferenciadas são promovidas para estimular e desenvolver cada bebê com o suporte de supervisora pedagógica, nutricionista e equipe de enfermagem. Os bebês de quatro meses já recebem estimulações sensório-motoras com músicas, histórias, jogos e dramatizações. O ‘Nivel 1’ (de 1 ano e 4 meses a 2 anos) faz atividades para a época do desfralde, quando as crianças aprendem a falar, andar e imitar. Para o ‘Nível 2’ (2 anos a 3 anos) são

feitas atividades que experimentam a coordenação motora. Há parque, sala de vídeo, estimulação e ‘faz-de-conta’. A creche também desenvolve um trabalho de alimentação especial para a criançada. Os pequenos que ainda estão no peito da mãe exigem uma atenção especial. Há um serviço de nutrição que atende as necessidades de diferentes faixas etárias. A nutricionista elabora cardápios saudáveis, variados e coloridos, com frutas, legumes, verduras e alimentos funcionais (aqueles que fornecem energia pro corpo e auxiliam na redução de doenças). Espaço da Criança Rua Dr Lauro Pinto,124,Lagoa Nova.Tel.:3231-0325.

20%

na anuidade escolar de 2012 (pagamento no boleto bancário da creche).

Educação Berçário, Creches e Educação Infantil

nova CRECHE E BERÇÁRIO ESPAÇO DA CRIANÇA Rua:Dr° Lauro Pinto,124,Lagoa Nova Tel.:3231-0325. Desc.:20% Na anuidade escolar de 2012. (Pagamento através do boleto bancário da creche).

Cursos de Idiomas

» CNA INGLÊS DEFINITIVO Unidade I:Av.Hermes da Fonseca,1168 Tirol Tel.:3222.4395 Unidade II:R.Leôncio Etelvino de Medeiros,2835 Mirassol Tel.:3207-8468 Unidade III:Av.Senador João Câmara,134 CentroParnamirim/RN Tel.:3645-5062.Desc.:20% à

vista ou 15% a prazo nas mensalidades dos cursos de espanhol ou inglês. www.cna.com.br/parnamirim

Desc.:25% à vista ou 20% a prazo nas parcelas dos cursos de inglês e espanhol e promoções para os cursos de informática.Informamos que estamos com novas turmas.

» ESCOLAS FISK Unidade I:Rua Mipibu,365 Petrópolis Tel.:3222.7114 Unidade II:Shopping Via Direta,Mirassol Tel.:3206-2711

» WORD STATION Av.Deodoro da Fonseca,444 Cidade Alta Tel.:3222.7923.Desc.: 45% à vista ou 45% a prazo nas mensalidades dos cursos de Inglês e Espanhol.


4

clube do assinante

Tribuna do Norte • Natal • Rio Grande do Norte

Domingo | 29 de janeiro de 2012

Cursos Profissionalizantes

ALDAIR DANTAS

» IT CURSOS Unidade 01:Rua:Joaquim Holanda,1825 (Acesso Av.Miguel Castro),Lagoa Nova, Tel.:3222-4866 Unidade 02:Av.Ayrton Senna,1501- Fm Empresarial,Nova Parnamirim,Tel.:3208-0111 Desc.:20% à vista ou 10% a prazo nos cursos das academias da IT Cursos.

A

» MICROLINS Av.Ayrton Senna,1970 Neópolis Tel.:3207-3727 Desc.:35% à vista ou a prazo em todos os cursos, exceto nos cursos Vip. Preparatório para Concursos

» PREMIUM CONCURSOS Av.Senador Salgado Filho,2981 Potilândia Tel.:3234-9923.Desc.:20% à vista ou a prazo nos cursos regulares preparatórios para concursos.

Gastronomia Alimentos Dietéticos

São 40 tipos de cursos, com destaque para a opções no setor operacional, entre atendimento, marketing, logística, entre outros

» NUTRE SAÚDE CENTER Rua Ataúlfo Alves,1889 Candelária Tel.:3231.5429 Desc.:10% à vista nos produtos e pratos do dia (alimentação light e diet).

Cursos para crescer

Bares e Restaurantes

» CONFRARIA DAS MASSAS Rua:Valter Fernandes,1846,Loja 1,Capim Macio (Ao lado do estacionamento do Favorito) Tel.:3642-1538.Desc.:20% à vista (dinheiro) ou 10% (cartão) em todos os itens do cardápio.

» MARIPOSA – CREPES E SALADAS Rua:Assú,707,Tiro l Tel.:3611-9227 Desc.:10% à vista (dinheiro) em todo o cardápio, exceto bebidas. » MERCEARIA SANDUÍCHES Rua:Lima e Silva,1549,Lagoa Nova Tel.:3615-6200 Desc.: 10% (dinheiro e cartão débito ou crédito) em todo o cardápio,exceto promoções.

» Ó PAI Ó – CULINÁRIA BAIANA Rua:Fernando Barreto,1443,Lagoa Nova Tel.:32344250 .Desc.: 10% à vista (dinheiro) em todo o cardápio,exceto bebidas. » RESTAURANTE BARRA MARES Av.Cotovelo s/n,Praia de Cotovelo Parnamirim/RN Tel.:3237-2164.Desc.:10% à vista em todo o cardápio.(O desconto é válido havendo consumação de no mínimo uma refeição). » RESTAURANTE COISAS DA ROÇA BR 304,Km 287 Reta Tabajara Macaíba/RN Tel.:3271-3349/ 9985-8307.Desc.:10% à vista (dinheiro) em todo o cardápio. » SHOWCOFRUTAS Av .Engenheiro Roberto Freire,8790 Praia Shopping–Ponta Negra.Tel.: 9481-6183/ 8893.1366 Desc.: 10% à vista (dinheiro) em todo o cardápio.

C

prender com rapidez é a alma do negócio. O mercado cresce e não costuma esperar. A escola de cursos profissionalizantes Microlins absorveu toda essa dinâmica e a oferece a diversos segmentos profissionais sob a forma de 40 tipos diferentes de cursos. A empresa está em Natal há 10 anos, e tem mais de 700 franquias pelo Brasil. A Microlins ensina e também conduz ao mercado. Segundo o diretor local Maurício Ribas, a agência natalense está em terceiro lugar no ranking nacional em encaminhamento e contratação no trabalho. “É o reconhecimento de um bom trabalho que fazemos, e esta posição entre 700 escolas é uma vitória”, analisa. A grade de opções inclui: informática; rotinas administrativas; atendimento, vendas e marketing; logística; petróleo e gás; inglês, e operador de caixa.

A

Óticas » ÓTICA MÁSTER Av.Cel.Joaquim Manoel,615 Loja 02 B-Ed.Harmony Medical Center Petrópolis Tel.:3202-1084. Desc.:20% à vista (dinheiro) ou 15% a prazo em toda a loja.Parcelamento no cartão em até 10x sem juros.Desconto não cumulativo com nenhuma outra promoção.

Tradicional escola de cursos profissionalizantes,a Microlins destaca várias opções que se encaixam perfeitamente entre as necessidades do mercado de trabalho atual Segundo Maurício, vários cursos passaram por reformulação, e a Microlins passou a investir cada vez mais no setor operacional. “A área varejista é onde estão as maiores ofertas. A parte de atendimento é muito carente, e está sempre pedindo gente, como em vendas, marketing, operador de caixa e telemarketing. É uma necessidade grande do comércio local”, diz. A escola também está trabalhando mais os cursos rápidos, para quem não dispõe de muito tempo para estudar. É o

Presentes e decoração ARTE FINAL » Av.Afonso Pena,703 Tirol Tel.:3211-5661 Desc.:20% à vista ou 10% a prazo em todos os produtos.

» MOEDA DE OURO Loja 01:Rua Leonel Leite,1429 Alecrim Tel.:3344.3194.Loja;02 Av.Presidente Bandeira,576, Alecrim Tel.:3613.2744

tou sile vid é fu esc ferê ma A tão anu ver téri seir ra c duz ces teci

caso de todos os cursos de informática, principalmente Excel Avançado. Os cursos que tendem a crescer mais no mercado são os de logística. “Já existiam, mas agora passou a ser valorizado devido o nosso momento econômico”, explica Maurício. São cursos rápidos para cargos de almoxarife, conferente, repositor, estoque, armazenamento e até mesmo o comércio eletrônico. Mas os campeões de procura continuam sendo os de informática, atendimento, e o de rotinas administrativas, pois cuida de formar um profissional polivalente, com noções de escritório, fiscal, contabilidade, auxiliar de departamento de pessoal, entre outros. Microlins Av.Ayrton Senna,1970,Neópolis.

35%

à vista ou a prazo em todos os cursos, exceto nos cursos VIP

Desc.:20% à vista (dinheiro) ou 10% a prazo em toda a loja,exceto produtos em promoção.

» MOLDURA MINUTO Av.Engenheiro Roberto Freire,2920 Shopping Cidade Jardim – Loja 49 Capim Macio Tel.:3207-2235 Desc.:20% à vista (dinheiro) em quadros da vitrine, 15% à vista (dinheiro) em serviços de emolduramento e 10% a prazo em até 6x no cartão, parcela mínima de R$50,00.Desconto não cumulativo com nenhuma outra promoção.

Esco

»S Av.H Desc na co

Ces

»B Av.P


clube do assinante

Domingo | 29 de janeiro de 2012

NTAS

Concurseiros em ação corrida pela vaga em cargo público, visando a tão sonhada estabilidade no emprego, já conquistou um lugar à parte no cotidiano do brasileiro. Passar num concurso é meta de vida para muita gente, e se preparar bem é fundamental pra isso. Há sete anos, a escola Premium Concursos se tornou referência na área. Turmas grandes se formam sem esperar por editais. As expectativas para este semestre estão nos seguintes concursos, a serem anunciados os editais: Polícia Federal (fevereiro), Justiça Federal (março) e Ministério Público do RN (março). Os concurseiros não costumam esperar o edital para começar a estudar. “Se for esperar, reduz o tempo de estudo e também as chances de passar. O candidato tem que se antecipar, pois a concorrência só cresce”,

A

os

Tribuna do Norte • Natal • Rio Grande do Norte

Escola Premium tem tradição de cinco anos em aulas de preparação para concursos, contando com uma equipe afiada de professores que ensinam e dão várias dicas preciosas aos estudantes afirma Demétrio Dantas, advogado, professor e diretor do curso. O ritmo é puxado. As aulas são de domingo a domingo, das 8 às 22h30, sem intervalo. A escola tem professores das áreas jurídicas e não jurídicas, locais e de outros estados. Eles são especializados nos programas e passam vários toques aos alunos. Quando o edital de determinado concurso

ainda não publicado, as aulas são em cima do edital passado. O perfil dos alunos é o mais variado, tendo desde o estudante de 18 anos, começando a vida, até aqueles de 50 querendo mudar de atividade. A Premium conta atualmente com duas unidades, nas zonas sul e norte, e cada uma tem 12 salas climatizadas – com direito a sala de estudo individualizada. Há ainda praça de alimentação e serviço de internet wirelss para os alunos fazerem pesquisas auxiliares em seus estudos. No momento a Premiu tem cerca de 1.500 alunos. Todos concurseiros em busca de um lugar ao sol...

Floriculturas e Paisagismo

» ART PLANTAS Av.Ayrton Senna,s/n Nova Parnamirim (Próximo ao Colégio Salesiano Dom Bosco)Tel.:3608-4736. Desc.:20% à vistaou 10% a prazo em toda a loja. » CEIÇA FLORES Av.Eng.Roberto Freire,2895 Nordestão Cidade Jardim Tel.:3217-2755.Desc.:20% à vista(dinheiro) em toda loja (não inclui entrega em domicílio). » ESTÂNCIA FLORICULTURA Av.Campos Sales,465 Petrópolis Tel.:32011705/ 9987-8706.Desc.:20% à vista em toda loja (não inclui entrega em domicílio). » GIRASSOL FLORES E JARDINS Av.Rui Barbosa,13 Morro Branco Tel.:3211-0660 Av Eng Roberto Freire,3039 Capim Macio Tel.:3217-6278.Desc.:20% à vistanas flores naturais. Fotografia, Filmagem e Acessórios

Premium Concursos Av.Senador Salgado Filho,2981,Potilândia.Tel.:3234-9923.

20%

5

à vista ou a prazo nos cursos regulares preparatórios para concursos.

» FAFÁ NOBRE STUDIO R.Inconfidentes,4778 Conjunto Pirangi II etapa Tel.:3217-3804/9981-5640.Desc.: 20% à vista no poster infantil,book infantil e book para grávidas.www.fafanobre.com.br

ALDAIR DANTAS

» ITALY COLOR R.Cel.Milton Freire,2865,Lj.06,Cidade Jardim, Por trás do Nordestão do Cidade Jardim Tel.:3217-9098.Desc.:15% à vista nos serviços fotográficos e 10% à vista nos produtos.

prin-

Lavanderias

meragomocurnfee até ame indmissio, fisento

» LAVANDERIA PRIMAVERA Av.Rui Barbosa,28 Morro Branco Tel.:3222-9697 R.Princesa Isabel,821 Centro Tel.:3222-6513 Av.Jaguarari,5085 Lagoa Nova Tel.:3606-0827 Desc.:20% à vista na lavagem a seco e lavagens especiais (cortinas,estofados, tapetes) e revitalização de artigos em couro. Delivery grátis a partir de R$80,00.Desconto válido em todos os pontos de atendimento. Papelaria e Livrarias

» RELLICARIUM – PAPELARIA E PRESENTES Av.Afonso Pena,628 Loja 5 Petrópolis Tel.:3211-2300.Desc.:20% à vista ou 10% a prazo em toda a loja. Escola não espera pelos editais: as turmas se formam para estudar, visando a preparação com bastante antecência

Roupas, bolsas & acesórios Bijuterias e Acessórios

em

» SONHO MEU PRESENTES Av.Hermes da Fonseca,620TirolTel.3201.1933 Desc.:20% à vista(dinheiro,cheque ou cartão) na confecção de colchas de cama e cortinas (mão-de-obra).

4450. Desc.:20% à vista (dinheiro) nas cestas de café da manhã.

Av.Prudente de Morais,1836 Tirol Tel.:3201-3678 Desc.:20% à vista em todos os serviços.

» GM SOM E HOMENAGENS Rua Jandira,809 Bairro Nordeste Tel.:36541088/3082-0029.Desc.:20% à vista (dinheiro) em todos os produtos e serviços.

Consertos e Ajustes

» ITALY PRATA Av.Eng° Roberto Freire,8790,Praia Shopping, Loja C-06,Ponta Negra Tel.:3219-2180 Desc.:20% à vista (dinheiro) ou 10% à Prazo em toda a loja (exceto promoções).

» SAPATARIA DO FUTURO Loja I:Av.Senador Salgado Filho,2190 Loja 01 Portugal Center Tel.:3234-1995 Loja II:Shopping Cidade Jardim,Loja 20 Tel.:3217-7527 Desc.:20% à vista em todos os produtos e serviços (Limpeza e consertos de sapatos,tênis,bolsas, cintos,ajustes em roupas, bainhas,etc.)

» TIÊ BIJUTERIAS E PRESENTES Shopping Via Direta,Loja 892,Mirassol Tel.:3206-3850.Norte Shopping,Loja 220, Potengi Tel.:3674-8450 Shopping Cidade Jardim – Tel:3217.9850 Desc.:20% à vista (dinheiro ou vencimento cartão) em toda a loja.

g 7-2235 itrine,

Produtos e serviços

cartão,

Cestas, Presentes e Homenagens ao Vivo

Decoração de Festas

» BREAKFAST SABOR DE CARINHO Av.Paulistana,2113 Panatis 1 Tel.:3214-3521/9987-

» IDEARTE Av.Jaguarari ,1815,Lagoa Nova Tel.:3213-8245


6

clube do assinante

Tribuna do Norte • Natal • Rio Grande do Norte

Domingo | 29 de janeiro de 2012

Bolsas, Calçados e Acessórios

»BAGAGERIE – BOLSAS,MALAS E ACESSÓRIOS Midway Mall loja 144 A 1º piso,Tirol Tel.:3646-3515 Natal Shopping loja 113,Candelária Tel.:3206-8109 Desc.:20% à vista (dinheiro) nas linhas escolares infantis (exceto produtos em promoção).

Inglês e espanhol é Fisk ALDAIR DANTAS

»LE POSTICHE Midway Mall lojas 272/272 A 1º piso, Tirol Tel.:3646-3240. Desc.:20% à vista(dinheiro) nas linhas escolares infantis (exceto produtos em promoção). Moda Feminina

»BÁSICA MODA FEMININA R.Anibal Brandão,Galeria Tânia Pereira,Loja 361D, Nova Parnamirim (Na lateral do Salesiano Dom Bosco) Tel.:3208-4091. Desc.:20% à vista (dinheiro) em toda a loja, exceto promoções. »CONSUMISS STORE Av.Prudente de Moaris,3857,Shopping Natal Sul, Loja 022,Lagoa Nova Tel.:3213-2306 Desc.:20% à vista ou 10% a prazo em toda a loja. »DUETO MODA FEMININA Av.Jaguarari 1875,Jaguarari Center Loja 13 Lagoa Nova Tel.:3213-2306.Desc.:20% à vista ou 10% a prazo em toda a loja. Apesar de o inglês ser o carro-chefe da escola, também foi lançado o curso de lingua portuguesa, a pedido dos alunos

» MALUG ROUPAS E ACESSÓRIOS Av Romualdo Galvão,2100 Loja 06 Lagoa Nova Tel.:3206-4804.Desc.:20% à vista (dinheiro) ou 10% a prazo em toda a loja.

»ZULLYS Av.Amintas Barros,2909 Loja 02 Lagoa Nova Tel.: 3606-0343.Desc.:20% à vista (dinheiro) ou 10% a prazo a toda a loja. Moda Masculina

»O GORDO - TAMANHOS ESPECIAIS Shopping Via Direta,loja 217 Mirassol Tel.:3234-3547 Desc.:20% à vista (dinheiro) em toda a loja.

»ON-LINE FOR MEN Shopping Via Direta,loja 429 Mirassol Tel.:3234-0564 Desc.:20% à vista (dinheiro ou vencimento do cartão) em toda a loja,exceto promoções.

»PIRINEUS Shopping Via Direta,loja 209 Mirassol Tel.:3206-2303 Desc.:20% à vista (dinheiro) em toda a loja. »SCHALK Rua:Trairi,654,Loja 01,Petrópolis Tel.:3212-1123 Shopping Via Direta, Mirassol Tel.:3226-0776 Av.Eng° Roberto Freire,2920,Shopping Cidade Jardim,Loja 31,Capim Macio Tel.:3217-3521 Av.Eng° Roberto Freire,8790,Praia Shopping,Loja 018,Ponta Negra Tel.:3219-2432 Av.Dr° João Medeiros Filho,2395,Norte Shopping, Loja 214,Potengi Tel.:3214-5358 Av.Piloto Pereira Tim,2756,Loja 03,Monte Castelo/ Parnamirim Tel.:3272-0087 Desc.:20% à vista (dinheiro) em toda a loja. Moda Unissex

comunicação é a chave para se conseguir qualquer coisa. Aprender uma nova língua, e até mesmo saber mais sobre o próprio idioma, é o caminho a ser trilhado. A escola de línguas Fisk, que está há nada menos que 40 anos em Natal, chegou ao novo século com ainda mais ensinamentos a se passar. “Estamos tornando o ensinamento ainda mais específico, algo funcional mas com conteúdo”, afirma Dinarte Júnior, proprietário das franquias locais. A escola ensina inglês, espanhol, e também português para brasileiros – um pedido dos próprios alunos. Também foi acrescido informática. A metodologia do Fisk ensina a ouvir e entender, escrever, traduzir e falar. O departamento pedagógico da escola em São Paulo produziu todo o material.

A

Uma das mais tradicionais escola de idiomas do Brasil, Fisk continua inovando e oferendo alternativas de estudo e novas opções Estão se tornando comuns os pedidos por aulas relacionadas a determinadas profissões. Pode ser medicina, construção civil, petróleo, indústria, viagens, etc. Cada área tem o seu vocabulário, e as pessoas não querem perder as oportunidades. “Estamos levando isso para outras universidades além da UnP, o mercado cresce”, afirma Dinarte. Está surgindo até um curso específico para a Copa do Mundo. “O evento vai movimentar muito a cidade, os setores de transporte, turismo, cozinha, etc. Estamos pensando em tudo”, afirma.

A duração dos cursos de inglês e espanhol dura três anos. Mais seis meses se o aluno quiser proficiência. “Não se aprende uma língua nova em um ano. Exige-se dedicação dentro e fora da sala de aula”, diz Dinarte. As escolas estão passando por uma padronização nacional na estrutura externa e interna, com novos equipamentos e tecnologias. A partir dos quatro anos de idade, já pode se inscrever. Escola Fisk Unidade I: Rua Mipibu, 365, Petrópolis. Tel.: 32227114/Unidade II:Shopping Via Direta, Mirassol.Tel.:3206-2711.

25%

à vista ou 20% a prazo nas parcelas dos cursos de inglês e espanhol e promoções para os cursos de informática.

»GARAGEM 303 Av.Deodoro,303 Petrópolis Tel.:8821-1322 Desc.:20% à vista ou 10% a prazo em toda a loja, exceto produtos em promoção.

Unicenter .Lagoa Seca Tel.:3223-5002 Desc.:20% à vista ou 5% a prazo em toda a loja.

Mall,Loja 323,2° Piso Tel.:3646-3050 Desc.:20% à vista em toda a loja,(Exceto promoção.)

Moda Praia Unissex

Moda Esportiva

»TISSAGE – MODA MASCULINA E FEMININA

»FIO A FIO

Av.Sen.Salgado Filho,2190 Portugal Center Loja 11,Lagoa Nova.Tel.:3234-5017 Desc.:20% à vista(dinheiro ou débito) em toda a loja.

Loja 1:Av.Engenheiro Roberto Freire,2920 Shopping Cidade Jardim,Loja 27 Capim Macio Tel.:3217-7966 Loja 2:Av.Engenheiro Roberto Freire,8790 Praia Shopping,Loja G8,Ponta Negra Tel.:3236-3123 Loja 3:Av.Bernardo Vieira,3775,Tirol,Midway

»ADIDAS Av.Bernardo Vieira,3775,Tirol,Midway Mall,3° Piso, Tel.:3611-9881 Desc.:20% (dinheiro/ cartão) em toda a loja, parcelado em até 10x sem juros,exceto promoção e acessórios (bonés,meias,óculos e relógios).

» VESTALE COLECTION Av.Prudente de Morais,2936 Loja 07 Shopping


clube do assinante

Domingo | 29 de janeiro de 2012

Tribuna do Norte • Natal • Rio Grande do Norte

Saúde

7

ALDAIR DANTAS

Academias e Clubes

»AABB – NATAL Av.Hermes da Fonseca,1017 Tirol Tel.:3211-4412 Desc.:20% à vista na adesão para sócio e nas mensalidades das seguintes atividades esportivas (para assinantes não sócios): basquete,dança,futebol,futsal,ginástica, handball,hidroginástica,karatê,musculação, natação,tênis,voleibol.

»AGEM ACADEMIA R.Conselheiro Lafayete ,2837 Conj.Pirangi 1ª Etapa Neópolis Tel.:3217.5586 .Desc.:20% à vista (dinheiro) em uma das modalidades ginástica aéro-local,Musculação,jump e spinning

»ACADEMIA DE KUNG FU SHAO LIN R.Luzia Bezerra,244 Rosa dos Ventos Parnamirim Tel.:9153-5515/ 8809-5296 Desc.:20% à vista nas três primeiras mensalidades e isenção da taxa de matrícula (kung fu tradicional,boxe chinês e Shuai Shiao).

»AERO FOOTBALL CENTER Av.Hermes da Fonseca,1400 Tirol Tel.:3221.1408 Desc.:25% à vista na escolinha de futebol e 10% à vista na locação de quadras e no futebol para executivos.

»SPK – OFICINA DO MOVIMENTO E ESTÚDIO R.Raimundo Chaves,1912,Candelária Tel.:3234.0581.Desc.:20% à vista (dinheiro) na 1ª mensalidade da oficina para crianças de 03 à 13 anos de idade.

»TUAREG – KASA DO ORIENTE (Dança doVentre) R.Praia de Alagamar,2170 Ponta Negra Tel.: 3219-0029.Desc.:20% à vista nas aulas da dança do ventre. »TUTUBARÃO Av.Nascimento de Castro,954,Dix-Sept Rosado Tel.: 3223-5594/ 3223-5599.Desc.: 20% à vista (dinheiro).Com 1 mensalidade o cliente pode fazer as 4 (quatro) modalidades:natação, hidroginástica,musculação e ginástica.Exceto fisioterapia e hidroterapia. Artigos Terapêuticos

» MAKTUB Shopping Via Direta,Loja 824 Mirassol Tel.3234-1897. Desc.: 20% à vista ou 10% a prazo em toda a loja. »FÊNIX AROMAS (Aromaterapia,Florais Saint Germain e Artigos Fitoterápicos) Av.Engº Roberto Freire,2925 Capim Macio Tel. 3207-3600.Desc.: 20% à vista ou 10% a prazo em toda a loja,exceto florais e chás.

Loja conta com cadernos,agendas,blocos e pastas com detalhes artesanais,cores e visuais que não se acham por aí

Papelaria com muita arte Q uer um toque diferenciado na hora de pôr os estudos em dia? A dica pode estar em alguma prateleira da Rellicarium. A papelaria se caracteriza por trabalhar um acervo de produtos com materiais especiais, detalhes artesanais, cores e visuais que não se encontram por aí. São opções bonitas e diferentes para se trabalhar melhor. “Pode-se dizer que nosso material de escritório e sala de aula visa um público mais adulto, que aprecia algo mais trabalhado”, diz a proprietária Patrícia Rejane Lopes. Os tradicionais cadernos, por exemplo, possuem capas em ‘percalux’, um material importado entre o plástico e o papelão; os blocos de anotação e os mo-

lado do Natal Shopping) Tel.:3231-1701 Desc.:20% à vista ou 10% a prazo na hidratação comum,coloração Matrix e mechas.Nos demais serviços 10% à vista (exceto estética). Clínicas de Fisioterapia Respiratória

Cabeleireiros

»FISIOTERAPIA RESPIRATÓRIA PEDIÁTRICA »FRANK CENTRO DE BELEZA Av.Romualdo Galvão 779,Tirol Tel.:3211-1134 Desc.: 20% à vista na cauterização,manicure, pedicure,depilação e escova.

Rua Tomaz Matias II,156 Nova Parnamirim Parnamirim/ RN Tel.:3608.0596 / 8816.2989 Desc.: 20% à vista (dinheiro) nas sessões realizadas.Atendimento 24H de domingo a domingo e por hora marcada.

»SHOP HAIR Av.Senador Salgado Filho,3684 Candelária (ao

Clínicas Terapêuticas

Rellicarium se especializou em produtos para escola, escritório e presente com um toque artesanal e diferenciado,artisticamente trabalhados dernos ‘moleskines’ podem ter capas lisas, desenhadas, com tecido ou percalux. Todo o material escolar/de escritório da Rellicarium tem elementos diferenciados, sejam canetas, lápis grafite, borrachas, apontadores, agendas, marca-textos com silicone, pastas bonitas em plástico ou papel, porta-lápis com

»CIRP – CENTRO INTEGRADO DE REEDUCAÇÃO POSTURAL Rua Coronel Costa Pinheiro,1522,Tirol Tel.: 3211.6016.Desc.:20% à vista nas sessões de pilates para reabilitação e fitness, RPG, osteopatia,terapia manual,fisioterapia dermato-funcional,reabilitação cardíaca e pulmonar e fisioterapia para gestantes.

»CLÍNICA MÁRCIA ORTIZ (Atividades aquáticas e psicocorporais) Av.Passeio dos Girassóis,2562 Mirassol Tel.:3231.1727 /9481.2979 Desc.:20% à vista em todos os serviços,

materiais diferenciados, borrachas, e tudo o mais. Sempre bonito e original. A loja também conta com embalagens (caixas) em papelão, papel italiano, MDF e tecido fino, feitas artisticamente, com desenhos de Flávio Freitas ou Ronaldo Fraga; álbuns para fotografia com capas em couro ou papelão; cartões tipo móbile com trechos de poesia, além de opções de CDs e DVDs de coisas finas da MPB.

Rellicarium Av.Afonso Pena,628,loja 05,Petrópolis. Tel.:3211-2300.

20%

à vista ou 10% a prazo em toda a loja.

incluindo a avaliação. Desconto válido para alunos novatos e em um contrato mínimo de 03 meses. www.marciaortiz.com.br

»ESPAÇO CORPOMENTE Rua Mipibu,338 Petrópolis Tel.:3221-5502 Desc.:20% à vista nas terapias.Yoga, massoterapia oriental (shiatsu,ayurvedica,etc), psicoterapia corporal em biossíntese,terapias da respiração,hidroterapia,relaxamento e meditação,drenagem linfática manual, fisioterapia,bamboterapia,programa de combate a celulite e aumento do tonos musculares e pilatos (com e sem aparelhos).


clube do assinante 8 Domingo | 29 de janeiro de 2012 Natal • Rio Grande do Norte

Bolsas estilosas para a garotada ALDAIR DANTAS

Le Postiche,loja especializada em bolsas, lançou coleções novas em mochilas arrojadas para meninos e meninas criançada não abre mão de mostrar um pouco de estilo na hora de voltar às aulas. Quanto mais colorido, moderno e estiloso for o material escolar, melhor. A Le Postiche oferece tudo isso no seu segmento de mochilas. A loja especializada em bolsas está com uma coleção das mais arrojadas para 2012. Estão fazendo sucesso neste começo de ano, entre meninos e meninas, as mochilas em EVA (um tipo de material emborrachado) com plataforma em formato de carro. Para eles há opções como o Batmóvel, o carro do Batman, o furgão do Scooby-Doo, carros de Fórmula 1 e pick-ups. Para elas, o charmoso carro rosa da Penelope Charmosa. As peças são ricas em detalhes e acompanham uma lancheirinha no mesmo estilo. “São o top de linha”, afirma o proprietário Denerval Júnior. As mochilas com estampas de personagens continuam queridas pela garotada. Os meninos estão adorando o Lanterna Verde, Mutante Rex, Bay Blade, e até os palhaços Patati-Patatá. A tradi-

A

Depilação, Estética e Beleza

»CLINOPÉ Rua Romualdo Galvão,2189,Lagoa Nova Tel.: 3234-1703.Desc.: 20% à vista (dinheiro) Nos serviços de Podologia.

Mochilas arrojadas em materias diversos e estampas de conhecidos personagens dos quadrinhos e desenhos animados

cional Turma da Mônica destacou personagens novos, como Chico Bento, Rosinha e Magali. Outros continuam bem cotados, como Branca de Neve, Cinderela, Rapunzel, Homem-Aranha, Liga da Justiça, etc. Para o público infanto-juvenil, Dener-

val destaca a nova coleção da Mormaii, cheia de cores e designs modernos, estampas em verde, azul marinho e pink. Um detalhe novo, é que agora há modelos que já vêm com porta-laptop e até saída para iPhone. Tudo para nossos dias.

Parque das Dunas Tel.:4005-0505 Desc.:20% à vista (dinheiro) em todos os serviços do salão e SPA (massagem – tratamento corporal e facial,manicure e pedicure,depilação,corte, escova,penteado,maquiagem e química).

Desc.:20% à vista (dinheiro ou cheque) na manipulação de fórmulas (ou produtos manipulados)

Estamparia e Bordados

»ROSE ESTÉTICA

»YES COSMÉTICS – ALECRIM Av.Coronel Estevam,1141,Alecrim Tel.:3211-6216 Desc.:30% à vista ou 10% a prazo nas deocolônias,cosméticos e maquiagens.(exceto para revendedoras).

Av.Prudente de Morais,3857 Loja 22 Shopping Natal Sul-Lagoa Nova Tel.:3234-1996.Desc.:20% à vista em todos os serviços (massagem,peeling, depilação,banho de lua,coloração,corte,escovas (vários tipos),manicure,pedicure e etc).

»STAMP SERVICE Shopping Via Direta,loja 254 Mirassol Tel.:3231-1050 Desc.:20% à vista (dinheiro) em todos os serviços. Perfumaria, Cosméticos e Drogarias

Acessórios para Carros

»SPA PRATAGY E SALÃO FINA FLOR

»SOLUI FARMÁCIA DE MANIPULAÇÃO Rua Apodi,559 Tirol Tel.:3222-1900/3222-1901

»DOM CAR PEÇAS & SERVIÇOS

Av.Senador Dinarte Mariz,4077,Via Costeira-

Veículos

Av.Alexandrino de Alencar,1112 Lagoa Seca

Le Postiche Midway Mall,lojas 272 A,1º piso,Tirol. Tel.:3646-3240.

20%

à vista nas linhas escolares infantis (exceto produtos em promoção).

Tel.:3211.7501/3222.8611. Desc.:15% à vista nas peças. Troca de Óleo, Lava Jato e Revitalização de Pintura

»CAR SERVICE J.MARQUES Loja 01:Av.Presidente Bandeira,975 Lagoa Seca Tel.:3223-6338/9980-3535 Desc.:15% à vista (dinheiro) Na troca de óleo,lava jato e polimentos,(exceto promoções). Loja 02:Estacionamento do Hiper Bompreço Cidade Jardim Tel.:3207-1305/8855-1961 Desc.:15% à vista Lavagem Ecológica (Sem água) e Polimentos.(dinheiro) em todos os produtos e serviços (exceto promoções).

Tribuna do Norte - 29/01/2012  

96 NEGÓCIOS E FINANÇAS APITO FINAL » MESTRES Preocupado com o futuro dos jovens da PREÇO DESTA EDIÇÃO:HOMEPAGE: COMPORTAMENTO Os danos causa...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you